Camila Indiani de Oliveira

Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 1C

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5692825410779014
  • Última atualização do currículo em 20/10/2018


Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade de São Paulo (1995) e doutorado em Ciências (Biologia da Relação Patógeno-Hospedeiro) pela Universidade de São Paulo (2000). É professora permanente dos cursos de pós-graduação em Patologia (UFBA-FIOCRUZ) e em Ciências da Saúde (UFBA) e professora adjunta da Fundação Bahiana Para o Desenvolvimento das Ciências. Tem experiência em Protozoologia Parasitária Humana e Leishmaniose e se dedica a estudar a interação Leishmania-Hospedeiro-Vetor. Em 2011 foi indicada a membro afiliado da Academia Brasileira de Ciências. Atualmente é Vice Diretora de Pesquisa do Instituto Gonçalo Moniz- FIOCRUZ e Coordenadora Adjunta da câmara de Ciências Biológicas III da CAPES. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Camila Indiani de Oliveira
Nome em citações bibliográficas
de Oliveira, C. I.;de Oliveira, C.;Indiani-de-Oliveira, C.;de Oliveira, Camila I.;de Oliveira, Camila Indiani;OLIVEIRA, CAMILA I DE;OLIVEIRA, CAMILA;DE OLIVEIRA, CAMILA INDIANI

Endereço


Endereço Profissional
Centro de Pesquisa Gonçalo Muniz, Fiocruz.
Rua Waldemar Falcão, 121- LIP
Candeal
40296710 - Salvador, BA - Brasil
Telefone: (71) 31762211
Fax: (71) 31762279
URL da Homepage: http://www.bahia.fiocruz.br


Formação acadêmica/titulação


1995 - 2000
Doutorado em Ciências (Biologia da Relação Patógeno-Hospedeiro)pgbmp@icb.usp.br.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Propriedades Antigênicas da Proteína de Superfície do Merozoíto 1 (MSP1) de Plasmodium vivax, Ano de obtenção: 2000.
Orientador: Hernando del Portillo.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
1991 - 1995
Graduação em Ciências Biológicas.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.


Pós-doutorado


2001 - 2005
Pós-Doutorado.
Fiocruz, CPQGM, Brasil.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia, FAPESB, Brasil.
Grande área: Ciências Biológicas


Formação Complementar


1998 - 1999
Doutorado Sanduíche Supervisão: Moriya Tsuji.
New York University, NYU, Estados Unidos.


Atuação Profissional



Centro de Pesquisa Gonçalo Muniz, CPQGM, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Servidor, Carga horária: 40

Atividades

06/2017 - Atual
Direção e administração, Fiocruz, .

Cargo ou função
Vice Diretora de Pesquisa.
2016 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Fiocruz, Laboratório de Imunoparasitologia.

Cargo ou função
Membro da Comissão de Usuários das Plataformas Tecnológicas.
2015 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Fiocruz, .

Cargo ou função
Membro do Comitê Gestor de Tecnologia da Informação.
2013 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Fiocruz, Laboratório de Imunoparasitologia.

Cargo ou função
Membro da Comissão de Biossegurança.
05/2007 - Atual
Ensino, Patologia Experimental, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Biologia de Patógenos - Professora e Coordenadora de Disciplina
2006 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Fiocruz, Laboratório de Imunoparasitologia.

01/2015 - 11/2017
Conselhos, Comissões e Consultoria, Fiocruz, .

Cargo ou função
Membro do Conselho Deliberativo do CPqGM-FIOCRUZ-BA.
05/2013 - 05/2017
Direção e administração, Fiocruz, .

Cargo ou função
Assessoria da Vice Diretoria de Pesquisa.
01/2011 - 01/2014
Conselhos, Comissões e Consultoria, Fiocruz, .

Cargo ou função
Membro do Colegiado do Curso de Pós Graduação em Patologia.
07/2007 - 07/2013
Ensino, Biotecnologia e Medicina Investigativa, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Imunologia
01/2011 - 1/2012
Conselhos, Comissões e Consultoria, Fiocruz, .

Cargo ou função
Coordenadora da Comissão de Usuários de Animais de Laboratório.
03/2009 - 12/2010
Conselhos, Comissões e Consultoria, Fiocruz, .

Cargo ou função
Membro da Comissão Científica.
06/2007 - 06/2008
Outras atividades técnico-científicas , Fiocruz, Fiocruz.

Atividade realizada
Fiocruz para você - coordenação de stand.

Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, EBMSP, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 20

Atividades

08/2006 - Atual
Ensino, Biomedicina, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Imunologia Básica
08/2004 - 07/2006
Ensino, Biomedicina, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Biologia Molecular

Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - Atual
Vínculo: Professor Permanente, Enquadramento Funcional: Curso de Pós Graduação em Ciências da Saúde

Vínculo institucional

2003 - Atual
Vínculo: Professor Permanente, Enquadramento Funcional: Curso de Pós Graduação em Patologia

Atividades

2011 - Atual
Ensino, Ciências da Saúde, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Metodologia Científica
2008 - Atual
Ensino, Patologia Humana, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Biologia de Patógenos
01/2014 - 01/2016
Conselhos, Comissões e Consultoria, Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, .

Cargo ou função
Membro do Colegiado do Curso de Pós Graduação em Ciências da Saúde.

Sociedade Brasileira de Protozoologia, SBPz, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Membro do Conselho, Enquadramento Funcional: Membro do Conselho


Sociedade Brasileira de Imunologia, SBI, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Primeira Secretária, Enquadramento Funcional: Primeira Secretária

Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: Comissão de Ensino, Enquadramento Funcional: Comissão de Ensino


Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: outros, Enquadramento Funcional: Coordenador Adjunto Ciências Biológicas III


Centro de Pesquisa Gonçalo Moniz, CPQGM-FIOCRUZ, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2005
Vínculo: Bolsista recém-doutor, Enquadramento Funcional: Pós Doutorado, Carga horária: 40


Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia, FAPESB, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2015
Vínculo: Membro de Câmara Técnica, Enquadramento Funcional: Ciências Biológicas



Linhas de pesquisa


1.
Imunopatogênese da Leishmaniose Tegumentar
2.
Papel da saliva de flebotomíneos na infecção por L. braziliensis
3.
Novas formas de tratamento na Leishmaniose Tegumentar


Projetos de pesquisa


2015 - Atual
Caracterização de Epítopos Reconhecidos por Linfócitos T CD8+ na Infecção por Leishmania braziliensis: estudos funcionais e de proteção
Descrição: As leishmanioses são doenças infecto-parasitárias, causadas por protozoários do gênero Leishmania, que representam importante problema de saúde pública mundial. Entre as formas clínicas da leishmaniose está a leishmaniose tegumentar (LT) cujo principal agente etiológico no Brasil é a Leishmania braziliensis. Por ser um parasita intracelular obrigatório, a resposta à leishmania é mediada predominantemente por células. Enquanto as células T CD4+ (Th1) são críticas para o controle da leishmaniose devido à sua capacidade de produzir IFN-g e ativar macrófagos, as células T CD8+ promovem respostas mais intensas, embora também sejam capazes de produzir IFN-g. No modelo intradérmico de infecção com L. braziliensis, os animais desenvolvem uma lesão e forte resposta inflamatória. Nesse modelo, a depleção de linfócitos T CD8+ reduz a espessura da orelha infectada mas não reduz o número de parasitas, sugerindo que essas células não estão associadas com a ativação de macrófagos. A partir de uma busca in silico em proteínas de L. braziliensis candidatas à vacina, selecionamos oito epítopos de MHC Classe I (H2-Kd) candidatos e validamos os mesmos in vivo. Utilizando esse conjunto de oito epítopos, pretendemos caracterizar a resposta de linfócitos T CD8+, avaliando diferentes parâmetros, incluindo a proliferação, a produção de citocinas e a expressão de moléculas de superfície . Aqueles peptídeos que induzirem a maior produção de IFN-g por células T CD8+ serão usados para a construção de tetrâmeros de MHC Classe I, os quais nos permitirão quantificar diretamente a resposta de células T CD8+ a esses epítopos, avaliando a expansão das mesmas in vivo e as respostas funcionais. Finalmente, imunizaremos camundongos BALB/c com aqueles peptídeos capazes de induzir a maior produção de IFN-g por células T CD8+ e avaliaremos o curso da doença após o desafio com L. braziliensis. A nossa hipótese é que a imunização de camundongos com epítopos que induzem alta produção de IFN-g por linfócitos T CD8+ irá conferir uma resposta protetora, capaz de destruir a L. braziliensis. Estes estudos serão os primeiros a definir epítopos de MHC Classe 1 em leishmania e a caracterizar a resposta desses linfócitos, sendo essa a principal contribuição científica..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Camila Indiani de Oliveira - Coordenador / Fernanda Oliveira Novais - Integrante / Augusto Marcelino Pedreira de Carvalho - Integrante / Phillip Scott - Integrante.
2015 - Atual
Estudo de eficácia de biocurativos à base de dietilditiocarbamato (DETC) e de 17-Allylamino-17- demethoxygeldanamicina (17-AAG) para o tratamento tópico da leishmaniose cutânea causada por Leishmania (Viannia) braziliensis
Descrição: Para o tratamento das leishmanioses, a droga de primeira escolha é o antimonial pentavalente (Sb+5), sendo que no Brasil é utilizado o antimoniato de meglumina (Glucantime). No entanto, o tratamento com o Sb+5 está associado a uma toxicidade significativa e, além disso, há um crescente registro de casos de resistência à droga. Resultados do nosso grupo mostraram a eficácia de dois fármacos: DETC, um inibidor de SOD1, e do 17-AAG, um inibidor de HSP90, na eliminação de Leishmania braziliensis tanto em macrófagos humanos, quanto em camundongos experimentalmente infectados. O DETC e o 17-AAG não foram tóxicos para macrófagos em concentrações capazes de induzir atividade leishmanicida e a análise das células infectadas por L. braziliensis e tratadas com DETC ou com 17-AAG mostrou uma destruição seletiva dos amastigotas no interior do macrófago. Nossa hipótese é que um biocurativo à base de celulose bacteriana (CB), CB-DETC ou de CB-17AAG, aplicados de forma tópica na lesão de pacientes com leishmaniose cutânea (LC) agirá de forma aditiva ao tratamento com drogas de primeira escolha, contribuindo para acelerar a cura da LC. A CB é um nanomaterial produzido por bactérias gram negativas apresenta propriedades químicas e estruturais relevantes para a aplicação prática como alta pureza, elevado grau de polimerização e elevada estabilidade mecânica. Os biocurativos à base de CB são biocompatíves, não tóxicos e favorecem a cicatrização. Diante do potencial leishmanicida do DETC e do 17-AAG e das características da CB, esta proposta tem como objetivo a avaliação da eficácia terapêutica e da segurança de biocurativos à base de CB-DETC e de CB-17-AAG para o tratamento humano da LC causada por Leishmania braziliensis. em uma área endêmica na Bahia..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Camila Indiani de Oliveira - Coordenador / Patrícia S Veras - Integrante / Edgar M Carvalho - Integrante / Valeria M Borges - Integrante / Fabiana Santana Celes - Integrante / Antonio LOA Petersen - Integrante / Paulo Machado - Integrante.
2014 - Atual
Avaliação do papel dos componentes da saliva de Lu. intermedia na infecção por L. braziliensis
Descrição: A leishmaniose é uma doença transmitida por vetor com grande importância para a saúde pública mundial. É endêmica em mais de 88 países, de acordo com a Organização Mundial de Saúde, e o número de pessoas infectadas atualmente é de 12 milhões, com 350 milhões de indivíduos sob risco de infecção em todo o mundo. Não há vacina disponível atualmente para profilaxia dessa doença, cujo agente causal é um protozoário parasita do gênero Leishmania, transmitido para hospedeiros mamíferos através da picada de um flebótomo. Durante esse processo de transmissão, não apenas parasitas, mas também a saliva do vetor. Atualmente existem muitos estudos com objetivo de compreender os mecanismos que levam à proteção ou exacerbação da doença, entretanto apenas uma pequena proporção deles investiga o papel dos componentes da saliva do vetor nesse processo. Dados preliminares mostram que a inoculação de L. braziliensis + saliva do vetor aumentam a carga parasitária observada no linfonodo de drenagem, indicando que a saliva influencia o estabelecimento da infecção por L. braziliensis. Assim, nossa hipótese é que a saliva de Lu. intermedia modula o recrutamento celular, permitindo uma rápida internalização dos parasita e favorecendo o carreamento de L. braziliensis para os linfonodos de drenagem, onde, sabidamente, o parasita persiste, mesmo após a resolução da lesão. Nosso objetivo geral é estudar os efeitos da saliva de Lu. intermedia nos momentos iniciais da infecção, determinando as células recrutadas e, na fase mais tardia, as células que albergam o parasita, nos órgãos linfóides secundários como os linfonodos. Acreditamos que esses resultados contribuirão para um melhor entendimento de como a saliva de Lu. intermedia impacta na infecção por L. braziliensis, o principal agente etiológico da Leishmaniose Cutânea na Bahia e no Brasil..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Camila Indiani de Oliveira - Coordenador / Fabienne Tacchini-Cottier - Integrante / Rebecca Pereira Curvelo - Integrante.
2013 - Atual
Trypanosoma´s prostaglandin metabolism: role in infection, pathogenesis and drug resistance
Descrição: Trypanosomatids are unicellular and flagellated protozoan that parasitize a wide range of hosts. In human and animals they cause highly disabling and mortal diseases (e.g. Chagas´ disease, sleeping sickness, leishmaniasis and Nagana disease of cattle) and account for significant economical losses in endemic regions. The available chemotherapy is insufficient and the development of prophylactic treatments remains problematic. African trypanosomes (AT, e.g. Trypanosoma brucei spp.) differ from other trypanosomatid species in being nearly exclusively extracellular parasites that colonize the blood and extracellular fluids of the mammal hosts. To withstand host innate and adaptive immune defences, AT rely on different mechanisms. A unique thiol-based redox system provides the parasite with protection towards oxidants produced by immune cells. Frequent replacement of the glycoprotein coat allows the parasite to evade antibody recognition and elimination by opsonisation. AT also triggers host immunosupression, cytokine network unbalance and autoantibody production (MacLean et al. 2001), all factors that contributes to the severe immunopathology of the disease. Trypanosomal surface glycoproteins and soluble factors (trypanin or T-lymphocyte triggering factor) released in the host fluids are recognized to act on different immune cells and modulate host response during infection. Prostaglandins (PGs) are major modulators of basic physiological processes in mammals, particularly of the immune response. The recent discovery that protozoan parasites possess the enzymatic machinery to synthesize PGs entailed a paradigm shift in the understanding of the roles PGs may play during parasite infections (Kubata et al. 2007). AT, as well as other trypanosomatids, have been shown to produce PGE2-α and PGD2-α (Kubata et al. 2000 and 2002). African trypanosomiasis course with high levels of PGE2-α (Rhind and Shek, 1999), a potent immunomodulator that contributes to pathogenesis by downregulating cytokine production. Exogenous PGD2-α has been shown to induce apoptosis-like death in AT via a mechanism that involved the production of reactive oxygen species (Figarella et al. 2005 and 2006). Interestingly, the enzyme in charge of PGF2-α synthesis has been implicated in drug metabolization in T. cruzi (Kubata et al. 2002; Murta et al. 2006). Besides these observations, the role of PG produced by the parasite in host immune-modulation, disease progression, pathophysiology and drug resistance has not yet been investigated for any trypanosomatid. This project aims to disclose the role of PGs in parasite biology, drug resistance and host pathophysiology. Transgenic cell lines of infective T. brucei defective in or overexpressing candidate genes for PGE, PGD and PGF synthases will be generated and characterized in vitro and in vivo. Our in vitro studies will focus on investigate: i) the potential involvement of PGD2-α in programme cell death and cell population control; ii) the role of PGF synthase in drug resistance against nitroimidazolic drugs; iii) an immunomodulatory function of PGE2-α on host macrophages. Furthermore the relevance of trypanosomal PG synthases for parasite survival in vivo and pathogenesis will be tested using a mouse infection model. Evaluation of the cytokine´s profile during the course of the infections will contribute to get an insight into the immunomodulatory role these eicosanoids may play in vivo. In addition to elucidating the role of PG in host-parasite relationship, the data derived from our research may contribute to drive future decisions on supportive chemotherapy (immune-modulators) or specific drug development against trypanosomiasis (e.g. trypanosomal PG synthase inhibition)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Camila Indiani de Oliveira - Coordenador / Manoel Barral Netto - Integrante / Marcelo Comini - Integrante.
2013 - Atual
Contribuição do eixo arginase/óxido nítrico no desenvolvimento da Leishmaniose Tegumentar: identificação de biomarcadores e proposição de alvos terapêuticos
Descrição: A Leishmaniose Tegumentar (LT) é uma endemia mundialmente negligenciada e constitui-se um importante problema de Saúde Pública. Na Bahia, a LT tem uma elevada incidência ( 22/100.000 habitantes ) e na região de Corte de Pedra, nossa área de estudo, são notificados mais de 1500 casos /ano. Muito se avançou na compreensão da imunopatogênese da LT humana e hoje é sabido que a resposta celular não modulada está associada à destruição tecidual observada nos pacientes. No momento, nossa atenção se volta para o estudo da resposta inata e como essa resposta , além da resposta adaptativa, pode contribuir ou não para o desenvolvimento da doença. O projeto visa avaliar a contribuição das moléculas do eixo arginase/ óxido nítrico (NO), produzidas por monócitos/macrófagos e neutrófilos, para o desenvolvimento das da LT, focando em leishmaniose cutânea localizada (LCL) e leishmaniose cutânea mucosa (LCM), ambas causadas pela infecção por Leishmania braziliensis. Para tal, empregaremos técnicas de alto desempenho (high throughput) que permitirão a avaliação de muitos alvos simultaneamente. Os marcadores moleculares (RNA, DNA e proteína) identificados por esses métodos serão integrados com os dados clínicos utilizando ferramentas de bioinformática, almejando uma visão da biologia do sistema interação parasita-hospedeiro, no que tange o eixo arginase/NO. Dessa maneira, poderemos identificar biomarcadores para o desenvolvimento da LT. Os biomarcadores encontrados serão propostos como alvos de intervenção, os quais serão validados em amostras de pacientes tratados e curados bem como em modelo experimental de infecção. A equipe da proposta conta com pesquisadores de diferentes áreas de conhecimento, com qualidade e regularidade na produção científica/tecnológica, os quais, juntos aplicarão uma abordagem nova à um problema de saúde pública já bem estabelecido no estado da Bahia..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Camila Indiani de Oliveira - Coordenador / Valeria M Borges - Integrante / Maria Olivia Amado Ramos Bacellar - Integrante / Artur Queiroz - Integrante.
2012 - Atual
Photolysis of chemically sensitized Leishmania for applied to therapy and prophylaxis of cutaneous leishmaniasis
Descrição: Photodynamic therapy (PT) uses photosensitizers (PS) to produce cytolytic reactive oxygen species (ROS) on light exposure to kill diseased cells/pathogens. As ROS react rapidly with multiple targets, PT-resistance is not expected to develop. Also, neither PS nor light by itself is cytolytic, thereby exerting no pressure to select for resistance. PT, already used clinically to treat skin diseases, has the potential to avoid the drug-resistance problem in infectious diseases, e. g. leishmaniasis. This protozoan disease puts a worldwide population of 350 million at risk in ~90 countries and has an annual incidence of ~2 million. Effective drugs have never been developed specifically for leishmaniasis. Continuous use of ineffective drugs, e. g. pentavalent antimony (Sbv), has led to the development of resistance to Sbv chemotherapy for the debilitating mucocutaneous and the often fatal visceral leishmaniasis. Irrespective of their different pathogenicities, the causative agents have evolved the common innate ability of homing specifically to infect mononuclear phagocytes. In natural infections, these phagocytes are the exclusive host cells wherein Leishmania reside in the relatively ROS-resistant phagolysosomes. Besides being targets for PT, the parasites are thus potentially exploitable as purveyors of ?medicines? for release when they are PT-photolysed in the mononuclear phagocytes. These medicines, e.g. drugs/vaccines, can be readily incorporated into Leishmania by genetic engineering. Photolysis of these Leishmania in their host cells, i. e. macrophages and dendritic cells (APCs), is thus expected to release incorporated medicines in the phagolysosomes for activation/presentation for pharmacological/immunological activities. Previously, we showed immunoprophylactic activity of PT against visceral leishmaniasis by using porphyrins as the PS, endogenously induced from transgenic mutants. More recently, we have explored novel phthalocyanines (Pcs), as exogenously appli.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Camila Indiani de Oliveira - Coordenador / Aldina Barral - Integrante / Fabiana Santana Celes - Integrante / Kwang-Poo Chang - Integrante / Sayonara Melo - Integrante.Financiador(es): (CNPq) Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2012 - Atual
Avaliação do potencial terapêutico do diethyldithiocarbamato (DETC) na Leishmaniose Cutânea empregando carreadores sintéticos
Descrição: A presente proposta tem como objetivo o desenvolvimento de esquemas terapêuticos para leishmaniose cutâneo-localizada (LCL) utilizando o dietilditiocarbamato (DETC), empregando carreadores sintéticos. No Brasil, a LCL é ocasionada, principalmente, pelas espécies L. amazonensis e L. braziliensis. A LCL pode produzir grande número de úlceras de pele, que se transformam em cicatrizes permanentes. O número de casos novos anuais de leishmaniose cutâneo-localizada (LCL) está em torno de 1,5 milhões. Segundo o Ministério da Saúde do Brasil, a LCL já foi detectada em todos os estados brasileiros, com média anual de 28568 casos registrados. Para o tratamento das leishmanioses, entre elas a LCL, a droga de primeira escolha são os antimoniais pentavalentes (Sb+5), com duas apresentações comerciais. No entanto, o tratamento com os antimoniais pentavalentes está associado a uma toxicidade significativa e, além disso, há um crescente registro de casos de resistência à droga. Resultados do nosso laboratório mostraram a eficácia do DETC na eliminação de Leishmania spp. tanto em macrófagos humanos, quanto em camundongos experimentalmente infectados. O DETC não foi tóxico para macrófagos em concentrações capazes de induzir atividade leishmanicida. Mostrou-se, ainda, que essa atividade é dependente de superóxido e a análise das células infectadas por Leishmania e tratadas com DETC mostrou uma destruição seletiva dos amastigotas no interior do macrófago. Ao mesmo tempo, o uso de carreadores sintéticos como micropartículas (MP) e nanopartículas (NP) tem se tornado uma estratégia interessante no que diz respeito à alteração e melhoria das propriedades biofarmacêuticas de antiparasitários. Essa melhoria pode ser atribuída ao aumento da estabilidade de fármacos encapsulados no interior das partículas, a uma liberação prolongada através da membrana do carreador, além da capacidade de direcionamento ativo ou passivo de fármacos a tecidos e células alvos. Desse modo, nossa hipótese é que o e.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Camila Indiani de Oliveira - Coordenador / Johan Van Weyembergh - Integrante / Valeria M Borges - Integrante / Diego Moura Santos - Integrante / Fabiana Santana Celes - Integrante / Giovanna Machado - Integrante / Janaína Viana de Melo - Integrante / Hernane da Silva Barud - Integrante.Financiador(es): (CNPq) Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2010 - 2014
Impacto de componentes derivados do vetor na resposta imune inata contra a Leishmania : um projeto de pesquisa com colaboração Brasil-Suiça em uma doença infecciosa negligenciada
Descrição: A leishmaniose é uma doença transmitida por vetor com grande importância para a saúde pública mundial. É endêmica em mais de 88 países, de acordo com a Organização Mundial de Saúde, e o número de pessoas infectadas atualmente é de 12 milhões, com 350 milhões de indivíduos sob risco de infecção em todo o mundo. Não há vacina disponível atualmente para profilaxia dessa doença, cujo agente causal é um protozoário parasita do gênero Leishmania, transmitido para hospedeiros mamíferos através da picada de um flebótomo. Durante esse processo de transmissão, não apenas parasitas, mas também produtos de glândulas salivares são injetados no hospedeiro. Atualmente existem muitos estudos com objetivo de compreender os mecanismos que levam à proteção ou exacerbação da doença, entretanto apenas uma pequena proporção deles investiga o papel dos componentes da saliva derivada do flebótomo nesse processo. Os objetivos dessa proposta é investigar a influencia da saliva do flebótomo no desenvolvimento da resposta imune à infecção pela Leishmania. Para isso, enfocaremos duas espécies de flebótomos (Lutzomyia intermedia e Lutzomyia longipalpis) e a Leishmania braziliensis, o principal agente etiológico da leishmaniose cutânea, todas essas espécies endêmicas no Brasil. O efeito geral dos extratos de glândula salivar de Lutzomyia intermedia e de Lutzomyia longipalpis serão analisados e comparados aplicando tanto sistemas in vitro com sangue humano quanto modelos experimentais in vivo de infecção por Leishmania, combinando a experiência e o conhecimento específico dos laboratórios suíço e brasileiro. Nossa hipótese é que o lago sanguíneo inicial, formado durante o repasto dos flebótomos, influencia no comportamento e desenvolvimento de outras células vizinhas numa interação complexa. Os resultados desse estudo proposto serão relevantes na compreensão de mecanismos básicos envolvidos na resposta imune e na importância dos componentes da saliva do flebótomo nesse processo, com relevância po.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Camila Indiani de Oliveira - Coordenador / Aldina Barral - Integrante / Sarah Falcão - Integrante / Fabienne Tacchini-Cottier - Integrante / Tiffany Weinkopff - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2010 - 2014
Imunopatogênese molecular da leishmaniose e HTLV
Descrição: O projeto visa avançar na compreensão da leishmaniose tegumentar (LT), nas lesões cutâneas por HTLV-1 e nas vasculites, explorando 3 aspectos críticos da imunopatogênese: o papel de neutrófilos e do TNF-a na vasculite, o endereçamento cutâneo de linfócitos, as alterações de tropismo e função dos linfócitos TCD8+ em diferentes manifestações e estágios da LT. O desenvolvimento de vacinas eficientes é prejudicado pela falta de compreensão global dos mecanismos de defesa e patogênese. Os achados deverão contribuir para entendimento das bases moleculares das lesões nestas enfermidades e poderão ter implicações futuras no desenho mais racional de vacinas e de tratamento. O projeto tem, assim, como foco principal a imunopatogênese molecular, que aborda questões fundamentais causadoras de destruição tecidual (TNF-a, neutrófilos, linfócitos TCD8+). A proposta é também centrada na leishmaniose, um sério problema de saúde pública. Ela é o alvo principal de investigação do grupo proponente e serve de base para investigar mecanismos similares em retroviroses e nas vasculites, enfermidades importantes no nosso meio. Para alcançar tal objetivo a equipe é multidisciplinar (clínicos, imunologistas, patologistas, geneticistas) formada por 5 pesquisadores da FIOCRUZ (4 nível I) e 3 pesquisadores da UFBA (2 nível I), associados a grupos emergentes da UESB e UFRB..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2014
DESENVOLVIMENTO DE MÉTODOS DE BIO-INFORMÁTICA PARA A BUSCA IN SILICO DE EPÍTOPOS CD8
Descrição: As espécies de Leishmania são protozoários parasitos que causam um amplo espectro de doenças em mamíferos, conhecidas como leishmanioses. No Brasil, os principais agentes causais da leishmaniose tegumentar são a L. Viannia braziliensis, a L. Viannia guyanensis e a L. Viannia amazonensis. A L. braziliensis é responsável pelas formas mais graves da doença, incluindo a forma mucosa, a qual pode aparecer ao mesmo tempo em que a úlcera cutânea ou meses e até anos após a cura da doença cutânea. Na doença mucosa, ocorre uma resposta imune exagerada e, em casos avançados, pode haver destruição total da mucosa nasal. Em contraste com L. major, existem poucos grupos de pesquisa dedicados ao estudo da imunopatogênese causada por L. braziliensis, embora as doenças decorrentes dessa infecção representem um sério e importante problema de saúde pública em nosso país. É importante salientar também que L. braziliensis é a espécie mais diversa em termos genéticos biológicos, quando comparada com L. major e L. infantum. Sendo assim, o objetivo principal deste trabalho é usar métodos in-silico para identificar, a partir do proteoma de L. braziliensis, um conjunto de epítopos com potencial de ligação ao MHC-I, usando um software web robot automatizado, capaz de combinar um conjunto de algoritmos executados em servidores disponíveis para acesso público em sites na Internet. Acreditamos que os resultados obtidos permitirão estudos futuros no sentido de caracterizar estes epítopos e de avaliar a sua capacidade protetora, o que é de extrema importância para o desenvolvimento de vacinas para a leishmaniose..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Camila Indiani de Oliveira - Coordenador / Angelo Duarte - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia - Auxílio financeiro.
2008 - 2013
Imunopatogênese da infecção por Leishmania braziliensis: papel dos neutrófilos e dos linfócitos T CD8+
Descrição: As espécies de Leishmania são protozoários parasitos que causam um amplo espectro de doenças em mamíferos, conhecidas como leishmanioses. No Brasil, os principais agentes causais da leishmaniose tegumentar são a L. Viannia braziliensis, a L. Viannia guyanensis e a L. Viannia amazonensis. A L. braziliensis é responsável pelas formas mais graves da doença, incluindo a forma mucosa, a qual pode aparecer ao mesmo tempo em que a úlcera cutânea ou meses e até anos após a cura da doença cutânea. Na doença mucosa, ocorre uma resposta imune exagerada e, em casos avançados, pode haver destruição total da mucosa nasal. Em contraste com L. major, existem poucos grupos de pesquisa dedicados ao estudo da imunopatogênese causada por L. braziliensis, embora as doenças decorrentes dessa infecção representem um sério e importante problema de saúde pública em nosso país. É importante salientar também que L. braziliensis é a espécie mais diversa em termos genéticos biológicos, quando comparada com L. major e L. infantum. Finalmente, os modelos murinos de leishmaniose cutânea se mostraram ferramentas valiosas para a investigação dos mecanismos envolvidos em imunopatogênese, resistência à infecção secundária e desenvolvimento de vacinas. Sendo assim, este projeto de pesquisa tem como objetivo estudar dois aspectos da infecção por L. braziliensis: a resposta inata mediada por neutrófilos e a resposta imune adaptativa mediada por linfócitos T CD8+. Essa escolha foi baseada em resultados obtidos pelo nosso laboratório, em um modelo de infecção por L. braziliensis. Esses resultados mostraram o constante recrutamento de neutrófilos para o sítio de inoculação dos parasitas, sugerindo que estas células desempenham um papel importante na resposta imune a infecção. Observamos também a presença significativa de células T CD8+IFN-g+ durante todo o curso da infecção, levantando a hipótese de que os linfócitos T CD8+ participam ativamente no controle da progressão da LT, uma vez que observamos cura.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (2) .
Integrantes: Camila Indiani de Oliveira - Coordenador / Aldina Barral - Integrante / Fernanda Oliveira Novais - Integrante / Claudia Brodskyn - Integrante / Manoel Barral Netto - Integrante / Sarah Falcão - Integrante / Jorge Clarêncio - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2007 - 2010
Imunopatogênese celular e molecular da leishmaniose, HTLV-1 e vasculites
Descrição: Trata-se de um projeto PRONEX, coordenado por Manoel Barral-Netto, teve início em 2007. O projeto visa avançar na compreensão da leishmaniose tegumentar (LT), nas lesões cutâneas por HTLV-1 e nas vasculites, explorando 3 aspectos críticos da imunopatogênese: o papel de neutrófilos e do TNF-a na vasculite, o endereçamento cutâneo de linfócitos, as alterações de tropismo e função dos linfócitos TCD8+ em diferentes manifestações e estágios da LT. O desenvolvimento de vacinas eficientes é prejudicado pela falta de compreensão global dos mecanismos de defesa e patogênese. Os achados deverão contribuir para entendimento das bases moleculares das lesões nestas enfermidades e poderão ter implicações futuras no desenho mais racional de vacinas e de tratamento. O projeto tem, assim, como foco principal a imunopatogênese molecular, que aborda questões fundamentais causadoras de destruição tecidual (TNF-a, neutrófilos, linfócitos TCD8+). A proposta é também centrada na leishmaniose, um sério problema de saúde pública. Ela é o alvo principal de investigação do grupo proponente e serve de base para investigar mecanismos similares em retroviroses e nas vasculites, enfermidades importantes no nosso meio. Para alcançar tal objetivo a equipe é multidisciplinar (clínicos, imunologistas, patologistas, geneticistas) formada por 5 pesquisadores da FIOCRUZ (4 nível I) e 3 pesquisadores da UFBA (2 nível I), associados a grupos emergentes da UESB e UFRB. A equipe do PRONEX tem reuniões mensais com discussão de cada um dos sub-projetos a cada mês...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2007 - 2009
Emprego de estratégias de vacinação homólogas e heterólogas contra a leishmaniose tegumentar causada por Leishmania braziliensis.
Descrição: A L. braziliensis é principal agente da leishmaniose tegumentar americana (LTA), um importante problema de saúde pública no Brasil. No presente projeto, pretendemos avaliar a capacidade protetora de histonas nucleossomais e da proteína KMP-11 contra o desenvolvimento da LTA causada por Leishmania braziliensis. Para tal, empregaremos um modelo experimental de infecção estabelecido em nosso laboratório. Neste sentido, avaliaremos a proteção obtida após a vacinação com DNA ou proteína e utilizando também estratégias de prime-boost, as quais se mostraram bastante eficientes na indução expansão de células TCD8+. A escolha por estes antígenos recai sobre o fato de que antígenos intra-celulares (histonas) podem prover a capacidade imunomodulatória necessária ao desenvolvimento de vacinas. De fato, já foi demonstrada a capacidade protetora destes antígenos contra a leishmaniose tegumentar causada por L. major. O mesmo já foi observado com a proteína KMP-11, uma proteína de superfície expressa tanto na forma promastigota quanto amastigota. Assim, avaliaremos a capacidade protetora destes antígenos após a imunização com DNA ou com proteína e, em paralelo, avaliaremos também a capacidade protetora após a imunização com DNA e reforço com proteína ou nanopartículas (estratégias prime-boost). É importante salientar que as nanopartículas surgiram como uma nova estratégia para a administração de drogas e moléculas biológicas, pois atuam como reservatórios de antígenos além de serem capazes de ativar mecanismos imunes específicos após a sua captação por APCs. Uma vez que ainda não existem vacinas disponíveis para a leishmaniose, a necessidade de se continuar procurando por antígenos protetores assim como a necessidade de se testar novas estratégias de vacinação são reforçadas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Camila Indiani de Oliveira - Coordenador / Aldina Barral - Integrante / Manoel Barral Netto - Integrante / Tatiana Rodrigues de Moura - Integrante / Marcia Weber Carneiro - Integrante / Diego Moura Santos - Integrante / Socorro Espuelas - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2006 - 2008
Caracterização Fenotípica e Funcional de Células T reguladoras na infecção experimental por Leishmania braziliensis
Descrição: A Leishmaniose está presente em 88 países do mundo e, no momento, cerca de 350 milhões de pessoas se encontram infectadas com Leishmania. No Brasil e, em especial, no nordeste, a principal forma clínica da leishmaniose é a Leishmaniose Tegumentar (LT), que, nesta região, é causada pela L. braziliensis. Recentemente, desenvolvemos em nosso laboratório um modelo experimental de LT. Neste modelo, a LT causada pela L. braziliensis é caracterizada por uma lesão cutânea, na qual células T CD4+ efetoras liberam IFN-, a principal citocina responsável pela ativação de macrófagos e, conseqüentemente, pela destruição dos parasitas. Estudos recentes na literatura demonstraram que a infecção por parasitas do gênero Leishmania leva ao desenvolvimento de uma população de células T com atividade reguladora cujo efeito seria controlar uma resposta inflamatória intensa, capaz de causar danos ao hospedeiro. Por outro lado, este controle também permite ao parasita permanecer no hospedeiro, o que assegura sua transmissão. No presente estudo, nosso objetivo é caracterizar o fenótipo e a freqüência de células T reguladoras no modelo experimental de LT causada por L. braziliensis. Nossa hipótese é que camundongos infectados com L. braziliensis apresentam uma população de células T reguladoras, como observado em outros modelos experimentais de LT, e que estas células controlam a atividade de células T efetoras. Para tal, camundongos serão infectados com L. braziliensis e em diferentes tempos após a infecção, as células T reguladoras serão obtidas e caracterizadas quanto ao seu fenótipo e capacidade de modular a atividade de células T efetoras..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Camila Indiani de Oliveira - Coordenador / Aldina Barral - Integrante / Claudia Brodskyn - Integrante / Tatiana Rodrigues de Moura - Integrante / Sarah Falcão - Integrante.Financiador(es): Fundação Oswaldo Cruz - Auxílio financeiro.
2005 - 2008
Vacinas de DNA baseadas na saliva de Lutzomyia intermedia
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Camila Indiani de Oliveira - Coordenador / Aldina Barral - Integrante / José C Miranda - Integrante / Fabiano Oliveira - Integrante / Tatiana Rodrigues de Moura - Integrante / Marcia Weber Carneiro - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2002 - 2005
Caracterização dos componentes da glândula salivar de Lutzomyia intermedia
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Camila Indiani de Oliveira - Coordenador / Aldina Barral - Integrante / Fernanda Oliveira Novais - Integrante / Claudia Brodskyn - Integrante / Jesus G Valenzuela - Integrante / Fabiano Oliveira - Integrante / Manoel Barral Netto - Integrante / Tatiana Rodrigues de Moura - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia - Auxílio financeiro.
2001 - 2003
Leishmaniose tegumentar: diversidade de manifestações clínicas e polimorfismo genético de isolados
Descrição: A leishmaniose tegumentar é causada por parasitas do gênero Leishmania, os quais, no Brasil, são representados, principalmente, pelas espécies Leishmania (Viannia) braziliensis e Leishmania (Leishmania) amazonensis. Atualmente, cerca de 15 milhões de pesssoas estão infectadas pelo parasita, elevando a importância desta parasitose no âmbito da saúde pública. A leishmaniose tegumentar apresenta-se sob diferentes manifestações clínicas podendo levar, por exemplo, a disseminação metastática das lesões e ao comprometimento das mucosas. Embora os estudos acerca da relação parasita-hospedeiro tenham crescido nos últimos anos, não se sabe ao certo quais os fatores responsáveis por estas diferentes manifestações clínicas da doença. Este projeto visa estudar a possível associação entre as diferentes formas clínicas da leishmaniose tegumentar e características genéticas dos parasitas causadores..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Camila Indiani de Oliveira - Coordenador / João Paulo Oliveira - Integrante / Aldina Barral - Integrante / Claudia Brodskyn - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.


Membro de corpo editorial


2013 - 2017
Periódico: Anais da Academia Brasileira de Ciências (Online)


Revisor de periódico


2008 - Atual
Periódico: PLoS Neglected Tropical Diseases (Online)
2012 - Atual
Periódico: Plos One
2012 - Atual
Periódico: Journal of Parasitology Research
2012 - Atual
Periódico: Brazilian Journal of Medical and Biological Research (Impresso)
2013 - Atual
Periódico: Nanomedicine
2010 - Atual
Periódico: International Journal for Parasitology
2010 - Atual
Periódico: Experimental Parasitology
2010 - Atual
Periódico: Parasite Immunology
2016 - Atual
Periódico: Parasitology (Cambridge. Online)
2016 - Atual
Periódico: American Journal of Tropical Medicine and Hygine
2016 - Atual
Periódico: Pathogens and Disease
2016 - Atual
Periódico: Frontiers in Microbiology (Online)
2016 - Atual
Periódico: BMC INFECTIOUS DISEASES


Revisor de projeto de fomento


2018 - Atual
Agência de fomento: Medical Research Council
2013 - Atual
Agência de fomento: Czech Science Foundation
2011 - 2011
Agência de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo
2010 - Atual
Agência de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo
2009 - Atual
Agência de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
2009 - 2009
Agência de fomento: Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Goiás
2008 - Atual
Agência de fomento: Fundação Oswaldo Cruz
2004 - 2004
Agência de fomento: Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado do Amazonas


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Parasitologia / Subárea: Protozoologia de Parasitos/Especialidade: Protozoologia Parasitária Humana.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Imunologia / Subárea: Imunologia Celular.
3.
Grande área: Outros / Área: Divulgação Científica.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2018
Prêmio CAPES de Tese da área de MEDICINA I, CAPES.
2017
Membro Junior, Academia Bahiana de Ciências.
2017
Pesquisador CNPq - 1C, CNPq.
2017
Prêmio de Incentivo em Ciência, Tecnologia e Inovação para o SUS, categoria Trabalho Publicado, SUS.
2015
Prêmio Walter Colli, aluna Fabiana Santana Celes, Sociedade Brasileira de Protozoologia.
2014
Melhor trabalho Reunião Anual de Iniciação Científica - aluna Heloíse Sampaio Costa, CPqGM-FIOCRUZ.
2014
Young Investigator First Tier Mention, aluno Augusto M. de Carvalho, American Society of Tropical Medicine and Hygiene.
2013
Pesquisador CNPq - 1D, CNPq.
2011
Membro Afiliado Academia Brasileira de Ciências, ABC.
2011
Prêmio Zigman Brener, co-orientação de Ana Paula Almeida de Souza, Sociedade Brasileira de Protozoologia.
2007
Prêmio Zigman Brener, aluna Fernanda O. Novais, Sociedade Brasileira de Protozoologia.
2006
Primeiro Lugar (Laboratório de Imunoparasitologia) - Gincana de Qualidade, Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz - FIOCRUZ.
2006
Pesquisador CNPq - 2, CNPq.
2005
Prêmio Melhor poster, aluna Fernanda Novais, Sociedade Brasileira de Imunologia.
2005
Premio de Honra ao Merito, aluna Tatiana R. de Moura, Sociedade Brasileira de Imunologia.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Web of Science
Total de trabalhos:60
Total de citações:1158
Fator H:18
de Oliveira, Camila I  Data: 17/06/2017

SCOPUS
Total de trabalhos:54
Total de citações:1102

Artigos completos publicados em periódicos

1.
FUKUTANI, K.2018FUKUTANI, K. ; KASPRZYKOWSKI, J. I. ; PASCHOAL, A. R. ; GOMES, M. S. ; BARRAL, A. ; de OLIVEIRA, C. I. ; RAMOS, P. I. P. ; QUEIROZ, A. . Meta-analysis of Aedes aegypti expression datasets: comparing virus infection and blood fed transcriptomes to identify markers of virus presence.. FRONTIERS IN BIOENGINEERING AND BIOTECHNOLOGY, v. x, p. x, 2018.

2.
VIANA, S. M.2018VIANA, S. M. ; CELES, F. S. ; Ramirez, L. ; KOLI, B. ; CHANG, K.P. ; NG, D. K. ; de OLIVEIRA, C. I. . Photodynamic vaccination of BALB/c mice for prophylaxis of cutaneous leishmaniasis caused by Leishmania amazonensis. Frontiers in Microbiology, v. x, p. x, 2018.

3.
BOUZAS, MAIARA L.2018BOUZAS, MAIARA L. ; OLIVEIRA, JULIANA R. ; QUEIROZ, ARTUR ; Fukutani, Kiyoshi F. ; Barral, Aldina ; RECTOR, ANNABEL ; WOLLANTS, ELKE ; KEYAERTS, ELS ; VAN DER GUCHT, WINKE ; VAN RANST, MARC ; BEUSELINCK, KURT ; de Oliveira, Camila I. ; Van Weyenbergh, Johan ; NASCIMENTO-CARVALHO, CRISTIANA M. . Diagnostic accuracy of digital RNA quantification versus real-time PCR for the detection of respiratory syncytial virus in nasopharyngeal aspirates from children with acute respiratory infection. JOURNAL OF CLINICAL VIROLOGY, v. 106, p. 34-40, 2018.

4.
SHARMA, ROHIT2018SHARMA, ROHIT ; COSTA SANTOS, LARISSA ; DA SILVA, ROBSON A. ; GONÇALVES, CAROLINE V. ; DE MELO CALADO, STÉFANO ; SANTOS, DENISAR P. ; DE ANDRADE DE MELO, JOSANA P. ; DE CÁSSIA PONTELLO RAMPAZZO, RITA ; REQUIÃO, LUCIANA ; KRIEGER, MARCO A. ; Barral-Netto, Manoel ; de Oliveira, Camila I. . Surveillance of donated blood during the 2016 arbovirus outbreak in Brazil. JOURNAL OF MEDICAL VIROLOGY, v. x, p. x, 2018.

5.
LESTINOVA, T.2017LESTINOVA, T. ; ROUHOUSOVA, I. ; SIMA, M. ; de OLIVEIRA, C. I. ; VOLF, P. . Insights into the sand fly saliva: Blood-feeding and immune interactions between sand flies, hosts, and Leishmania. PLoS Neglected Tropical Diseases, v. 11, p. e0005600, 2017.

6.
REBOUCAS, J.2017REBOUCAS, J. ; CELES, F. S. ; LIMA, J. B. ; BARUD, H. S. ; de OLIVEIRA, C. I. ; BERRETTA, A. A. ; BORGES, V. M. . Parasite Killing of by Standardized Propolis Extracts. Evidence-based Complementary and Alternative Medicine, v. 2017, p. 1-14, 2017.

7.
CARVALHO, A. M. P.2017CARVALHO, A. M. P. ; FUKUTANI, K. ; SHARMA, R. ; CURVELO, R. P. ; MIRANDA, J. C. ; BARRAL, A. ; CARVALHO, E. M. ; VALENZUELA, J. G. ; OLIVEIRA, F. ; de OLIVEIRA, C. I. . Seroconversion to Lutzomyia intermedia LinB-13 as a biomarker for developing cutaneous leishmaniasis. Scientific Reports, v. 7, p. 3149, 2017.

8.
SOLANA, J. C.2017SOLANA, J. C. ; Ramirez, L. ; CORVO, L. ; de OLIVEIRA, C. I. ; BARRAL-NETTO, M. ; REQUENA, J. M. ; IBORRA, S. ; SOTO, M. . Vaccination with a Leishmania infantum HSP70-II null mutant confers long-term protective immunity against Leishmania major infection in two mice models. PLoS Neglected Tropical Diseases, v. x, p. x, 2017.

9.
ANDRADE, DAFNE C.2017ANDRADE, DAFNE C. ; BORGES, IGOR C. ; BOUZAS, MAIARA L. ; OLIVEIRA, JULIANA R. ; Fukutani, Kiyoshi F. ; QUEIROZ, ARTUR T. ; de Oliveira, Camila Indiani ; Barral, Aldina ; Van Weyenbergh, Johan ; NASCIMENTO-CARVALHO, CRISTIANA . 10-valent pneumococcal conjugate vaccine (PCV10) decreases metabolic activity but not nasopharyngeal carriage of Streptococcus pneumoniae and Haemophilus influenzae. VACCINE, v. x, p. x, 2017.

10.
DE OLIVEIRA, SUSANA2017DE OLIVEIRA, SUSANA ; DA ORDEM TRAHAMANE, EVARISTO JOÃO ; MONTEIRO, JULIANA ; SANTOS, GUSTAVO PIRES ; CRUGEIRA, PEDRO ; SAMPAIO, FERNANDO ; OLIVEIRA, CAMILA ; NETO, MANOEL BARRAL ; PINHEIRO, ANTÔNIO . Leishmanicidal effect of antiparasitic photodynamic therapy-ApPDT on infected macrophages. LASERS IN MEDICAL SCIENCE, v. x, p. x, 2017.

11.
FLOREZ, MAGDA MELISSA2017FLOREZ, MAGDA MELISSA ; DE OLIVEIRA, CAMILA INDIANI ; PUERTA, CONCEPCIÓN ; GUZMÁN, FANNY ; AYALA, MARTHA ; MONTOYA, GLADIS ; DELGADO, GABRIELA . Synthetic peptides derived from ribosomal proteins of Leishmania spp. in mucocutaneous leishmaniasis: Diagnostic usefulness. PROTEIN AND PEPTIDE LETTERS, v. 24, p. x, 2017.

12.
QUINTELA-CARVALHO, GRAZIELE2017QUINTELA-CARVALHO, GRAZIELE ; LUZ, NÍVEA F. ; CELES, FABIANA S. ; ZANETTE, DALILA L. ; ANDRADE, DANIELA ; MENEZES, DIEGO ; Tavares, Natália M. ; Brodskyn, Claudia I. ; PRATES, DEBORACI B. ; GONÇALVES, MARILDA S. ; de Oliveira, Camila I. ; ALMEIDA, ROQUE P. ; BOZZA, MARCELO T. ; ANDRADE, BRUNO B. ; BORGES, VALERIA M. . Heme Drives Oxidative Stress-Associated Cell Death in Human Neutrophils Infected with Leishmania infantum. Frontiers in Immunology, v. 8, p. x, 2017.

13.
PEREZ, ANA PAULA2016PEREZ, ANA PAULA ; ALTUBE, MARIA JULIA ; SCHILRREFF, PRISCILA ; APEZTEGUIA, GUSTAVO ; CELES, FABIANA SANTANA ; ZACCHINO, SUSANA ; de Oliveira, Camila Indiani ; ROMERO, EDER LILIA ; MORILLA, MARIA JOSE . Topical amphotericin B in ultradeformable liposomes: Formulation, skin penetration study, antifungal and antileishmanial activity in vitro. Colloids and Surfaces. B, Biointerfaces (Print), v. 139, p. 190-198, 2016.

14.
SALGADO, VANESSA R2016SALGADO, VANESSA R ; QUEIROZ, ARTUR TL DE ; SANABANI, SABRI S ; OLIVEIRA, CAMILA I DE ; CARVALHO, EDGAR M ; COSTA, JACKSON ML ; Barral-Netto, Manoel ; Barral, Aldina . The microbiological signature of human cutaneous leishmaniasis lesions exhibits restricted bacterial diversity compared to healthy skin. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz (Online), v. 111, p. 241-251, 2016.

15.
CHANG, KP.2016CHANG, KP. ; KOLI, B. ; de OLIVEIRA, C. I. . New 'light' for one-world approach toward safe and effective control of leishmaniasis, other animal diseases and insect vectors. Parasites & Vectors, v. x, p. x, 2016.

16.
GOMES, R.B.2016GOMES, R.B. ; CAVALCANTI, K. ; TEIXEIRA, C.R. ; CARVALHO, A. M. P. ; MATTOS, P. S. ; CRISTAL, J. R. ; MUNIZ, A. C. ; MIRANDA, J. C. ; de OLIVEIRA, C. I. ; BARRAL, A. . Immunity to Lutzomyia whitmani Saliva Protects against Experimental. PLoS Neglected Tropical Diseases (Online), v. x, p. e0005078., 2016.

17.
BOUZAS, M.2016BOUZAS, M. ; OLIVEIRA, J. R. ; FUKUTANI, K. ; WOLLANTS, E. ; GUCHT, W. V. D. ; RANST, M. V. ; VAN WEYEMBERGH, J. ; de OLIVEIRA, C. I. ; BARRAL, A. ; NASCIMENTO-CARVALHO, C. M. . Respiratory syncytial virus a and b display different temporal patterns in a 4-year prospective cross-sectional study among children with acute respiratory infection in a tropical city. Medicine (Baltimore, Md.), v. 95, p. e5142, 2016.

18.
CARNEIRO, M. W.2016CARNEIRO, M. W. ; Fukutani, Kiyoshi F. ; ANDRADE, B.B. ; CURVELO, R. P. ; CRISTAL, J. R. ; CARVALHO, A. M. P. ; BARRAL, A. ; VAN WEYEMBERGH, J. ; BARRAL-NETTO, M. ; de OLIVEIRA, C. I. . Gene expression profile of high IFN-γ producers stimulated with Leishmania braziliensis identifies genes associated with cutaneous leishmaniasis. PLoS Neglected Tropical Diseases (Online), v. x, p. x-x, 2016.

19.
CELES, F. S.2016CELES, F. S. ; TROVATTI, E. ; KHOURI, R. ; VAN WEYEMBERGH, J. ; RIBEIRO, S. ; BORGES, V. M. ; BARUD, H. S. ; de OLIVEIRA, C. I. . DETC-based bacterial cellulose bio-curatives for topical treatment of cutaneous leishmaniasis. Scientific Reports, v. 6, p. 38330, 2016.

20.
PEREIRA, L. S.2015PEREIRA, L. S. ; ABBEHUSEN, MELISSA ; CUNHA, J. M. ; TEIXEIRA, C.R. ; SOTO, M. ; de OLIVEIRA, C. I. ; BARRAL, A. ; BARRAL-NETTO, M. ; Brodskyn, C. I. . Vaccination with Leishmania infantum Acidic Ribosomal P0 but Not with Nucleosomal Histones Proteins Controls Leishmania infantum Infection in Hamsters. PLoS Neglected Tropical Diseases (Online), v. 10, p. e0003490, 2015.

21.
FALCÃO, S.2015FALCÃO, S. ; WEINKOPFF, T. ; HURREL, B. ; CELES, F. S. ; CURVELO, R. P. ; PRATES, D. B. ; BARRAL, A. ; BORGES, V. M. ; TACCHINI-COTTIER, F. ; de OLIVEIRA, C. I. . Exposure to Leishmania braziliensis Triggers Neutrophil Activation and Apoptosis. PLoS Neglected Tropical Diseases (Online), v. 9, p. e0003601, 2015.

22.
DUARTE, A.2015DUARTE, A. ; QUEIROZ, A. ; TOSTA, R. ; CARVALHO, A. M. P. ; BARBOSA, C. H. ; BELLIO, M. ; de OLIVEIRA, C. I. ; BARRAL-NETTO, M. . Prediction of CD8+ Epitopes in Leishmania braziliensis Proteins Using EPIBOT: In Silico Search and In Vivo Validation. Plos One, v. 10, p. e0124786, 2015.

23.
BARUD, H. O.2015BARUD, H. O. ; CVAICCHIOLI, M. ; AMARAL, T. S. ; BATISTA, O. ; SANTOS, D. M. ; PETERSEN, A. L. ; CELES, F. S. ; BORGES, V. M. ; de OLIVEIRA, C. I. ; OLIVEIRA, P. F. ; FURTADO, R. A. ; TAVARES, D. C. ; RIBEIRO, S. . PREPARATION AND CHARACTERIZATION OF A BACTERIAL CELLULOSE/SILK FIBROIN SPONGE SCAFFOLD FOR TISSUE REGENERATION. Carbohydrate Polymers, p. 41, 2015.

24.
Fukutani, Kiyoshi F.2015Fukutani, Kiyoshi F. ; NASCIMENTO-CARVALHO, C. M. ; GUCHT, W. V. D. ; WOLLANTS, E. ; KHOURI, R. ; DIERCKX, T. ; RANST, M. V. ; HOUSPIE, L. ; BOUZAS, M. ; OLIVEIRA, J. R. ; VAN WEYEMBERGH, J. ; de OLIVEIRA, C. I. . Pathogen transcriptional profile in nasopharyngeal aspirates of children with Acute Respiratory Tract Infection. Journal of Clinical Virology, v. 69, p. 190-196, 2015.

25.
CARVALHO, A. M.2015 CARVALHO, A. M. ; CRISTAL, J. R. ; MUNIZ, A. C. ; CARVALHO, L. P. ; Gomes, R. ; MIRANDA, J. C. ; BARRAL, A. ; CARVALHO, E. M. ; de Oliveira, C. I. . Interleukin 10-Dominant Immune Response and Increased Risk of Cutaneous Leishmaniasis After Natural Exposure to Lutzomyia intermedia Sand Flies. The Journal of Infectious Diseases, v. 212, p. 157, 2015.

26.
WEINKOPFF, T.2014WEINKOPFF, T. ; de OLIVEIRA, C. I. ; CARVALHO, A. M. P. ; Hayoun-La Torre, Y. ; MUNIZ, A. C. ; MIRANDA, J. C. ; BARRAL, A. ; TACCHINI-COTTIER, F. . Repeated Exposure to Lutzomyia intermedia Sand Fly Saliva Induces Local Expression of Interferon-Inducible Genes Both at the Site of Injection in Mice and in Human Blood. PLoS Neglected Tropical Diseases (Online), v. 8, p. e2627, 2014.

27.
Ramirez, L.2014Ramirez, L. ; CORVO, L. ; DUARTE, M. C. ; CHAVEZ-FUMAGALLI, M. A. ; VALLADARES, D. G. ; SANTOS, D. M. ; de OLIVEIRA, C. I. ; ESCUTIA, M. R. ; ALONSO, C. ; BONAY, P. ; TAVARES, C. A. P. ; COELHO, E. A. F. ; SOTO, M. . Cross-protective effect of a combined L5 plus L3 Leishmania major ribosomal protein based vaccine combined with a Th1 adjuvant in murine cutaneous and visceral leishmaniasis. Parasites & Vectors, v. 7, p. 3, 2014.

28.
Fukutani, Kiyoshi F.2014Fukutani, Kiyoshi F. ; FIGUEIREDO, V. ; CELES, F. S. ; CRISTAL, J. R. ; BARRAL, A. ; BARRAL-NETTO, M. ; de OLIVEIRA, C. I. . Serological survey of Leishmania infection in blood donors in Salvador, Northeastern Brazil. BMC Infectious Diseases (Online), v. 14, p. 422, 2014.

29.
SANTOS, D. M.2014SANTOS, D. M. ; PETERSEN, A. L. ; CELES, F. S. ; BORGES, V. M. ; VERAS, P. S. ; de OLIVEIRA, C. I. . Chemotherapeutic Potential of 17-AAG against Cutaneous Leishmaniasis Caused by Leishmania (Viannia) braziliensis. PLoS Neglected Tropical Diseases (Online), v. 8, p. e3275, 2014.

30.
SILVA, C.2013SILVA, C. ; BOAVENTURA, V. ; CARDOSO, C. R. ; Tavares, N.M. ; LORDELO, M. J. ; NORONHA, A. ; COSTA, J.M. ; BORGES, V. M. ; de OLIVEIRA, C. I. ; VAN WEYEMBERGH, J. ; BARRAL, A. ; BARRAL-NETTO, M. ; BRODSKYN, C. . CD8+ Granzyme B+-Mediated Tissue Injury Versus CD4+IFNγ+-Mediated Parasite Killing in Human Cutaneous Leishmaniasis. Journal of Investigative Dermatology, p. 1533-1540, 2013.

31.
Ramirez, L.2013Ramirez, L. ; SANTOS, D. M. ; SOUZA, A. P. ; COELHO, E. A. F. ; BARRAL, A. ; BARRAL-NETTO, M. ; ALONSO, C. ; ROMAN, M. ; BONAY, P. ; de OLIVEIRA, C. I. ; SOTO, M. . Evaluation of immune responses and analysis of the effect of vaccination of the Leishmania major recombinant ribosomal proteins L3 or L5 in two different murine models of cutaneous leishmaniasis. Vaccine (Guildford), v. 31, p. 1312-1319, 2013.

32.
SANTOS, D. M.2013 SANTOS, D. M. ; CARNEIRO, M. W. ; de MOURA, T.R. ; SOTO, M. ; LUZ, N. F. ; PRATES, D. B. ; IRACHE, J. M. ; BRODSKYN, C. ; BARRAL, A. ; BARRAL-NETTO, M. ; ESPUELAS, S. ; BORGES, V. M. ; de Oliveira, Camila I. . PLGA nanoparticles loaded with KMP-11 stimulate innate immunity and induce the killing of Leishmania. Nanomedicine, v. 9, p. 985-995, 2013.

33.
COSTA, DIRCEU JOAQUIM2013COSTA, DIRCEU JOAQUIM ; CARVALHO, RAYSSA M. DE ARAUJO ; ABBEHUSEN, MELISSA ; Teixeira, Clarissa ; Pitombo, Maiana ; TRIGO, JOELMA ; NASCIMENTO, FLÁVIA ; AMORIM, LUCILENE ; ABREU-SILVA, ANA LUCIA ; DO SOCORRO PIRES CRUZ, MARIA ; Miranda, José Carlos ; FUKUTANI, KYOSHI ; de Oliveira, Camila I. ; Barral, Aldina ; Barral-Netto, Manoel ; Brodskyn, Cláudia . Experimental Infection of Dogs with Leishmania and Saliva as a Model to Study Canine Visceral Leishmaniasis. Plos One, v. 8, p. e60535, 2013.

34.
de MOURA, T.R.2013de MOURA, T.R. ; OLIVEIRA, F. ; CARNEIRO, M. W. ; MIRANDA, J. C. ; CLARÊNCIO, J ; BARRAL-NETTO, M. ; BRODSKYN, C. ; BARRAL, A. ; RIBEIRO, J. M. ; VALENZUELA, J. G. ; de OLIVEIRA, C. I. . Functional Transcriptomics of Wild-Caught Lutzomyia intermedia Salivary Glands: Identification of a Protective Salivary Protein against Leishmania braziliensis Infection. PLoS Neglected Tropical Diseases (Online), v. 7, p. e2242, 2013.

35.
SOUZA, A. P.2013SOUZA, A. P. ; SOTO, M. ; COSTA, J.M. ; BOAVENTURA, V. ; de OLIVEIRA, C. I. ; CRISTAL, J. R. ; BARRAL-NETTO, M. ; BARRAL, A. . Towards a More Precise Serological Diagnosis of Human Tegumentary Leishmaniasis Using Leishmania Recombinant Proteins. Plos One, v. 8, p. e66110, 2013.

36.
NOVAIS, F.O.2013NOVAIS, F.O. ; CARVALHO, L. P. ; GRAFF, J. W. ; BEITING, D. P. ; RUTHEL, G. ; ROOS, D. S. ; GOLDSCHMIDT, M. H. ; WILSON, M. E. ; CARVALHO, E. M. ; de OLIVEIRA, C. I. ; SCOTT, P. . Cytotoxic T Cells Mediate Pathology and Metastasis in Cutaneous Leishmaniasis. PLoS Pathogens (Online), v. 9, p. e1003504, 2013.

37.
SOARES, B. R.2013SOARES, B. R. ; SOUZA, A. P. ; PRATES, D. B. ; de OLIVEIRA, C. I. ; BARRAL-NETTO, M. ; MIRANDA, J. C. ; BARRAL, A. . Seroconversion of sentinel chickens as a biomarker for monitoring exposure to visceral Leishmaniasis. SCI REP-UK, v. 3, p. 1-6, 2013.

38.
Oliveira, Fabiano2013Oliveira, Fabiano ; CARVALHO, A. M. P. ; de OLIVEIRA, C. I. . Sand-Fly Saliva-Leishmania-Man: The Trigger Trio. Frontiers in Immunology (Online), v. 4, p. 375, 2013.

39.
6Silva, Joselli S.2012Silva, Joselli S. ; Andrade, Alan C. ; Santana, Claudia C. ; Santos, Leina Q. ; de Oliveira, Camila I. ; Veras, Patrícia S. T. ; Vassallo, José ; dos-Santos, Washington L. C. . Low CXCL13 Expression, Splenic Lymphoid Tissue Atrophy and Germinal Center Disruption in Severe Canine Visceral Leishmaniasis. Plos One, v. 7, p. e29103, 2012.

40.
3SANTOS, D. M.2012SANTOS, D. M. ; CARNEIRO, M. W. ; de Moura, T. R. ; Fukutani, Kiyoshi F. ; Clarencio, J. ; SOTO, M. ; ESPUELAS, S. ; BRODSKYN, C ; BARRAL, A. ; BARRAL-NETTO, M. ; de OLIVEIRA, C. I. . Towards development of novel immunization strategies against leishmaniasis using PLGA nanoparticles loaded with kinetoplastid membrane protein-11. International Journal of Nanomedicine (Online), v. 7, p. 2115-2127, 2012.

41.
4de Oliveira, Camila I.2012de Oliveira, Camila I.; Brodskyn, Claudia I. . The immunobiology of Leishmania braziliensis infection. Frontiers in Immunology, v. 3, p. 145, 2012.

42.
2FALCÃO, S.2012FALCÃO, S. ; de MOURA, T.R. ; CLARÊNCIO, J ; BRODSKYN, C. ; BARRAL, A. ; de Oliveira, Camila I. . The presence of Tregs does not preclude immunity to reinfection with Leishmania braziliensis. International Journal for Parasitology, v. 42, p. 771-780, 2012.

43.
5FRAGA, H. R.2012FRAGA, H. R. ; Fukutani, Kiyoshi F. ; CELES, F. S. ; BARRAL, A ; de Oliveira, C. I. . Avaliação da Implementação de um Sistema de Qualidade em um Laboratório de Pesquisa Básica: Viabilidade e Impactos. Einstein (São Paulo), v. 10, p. 491-497, 2012.

44.
1CARNEIRO, M. W.2012CARNEIRO, M. W. ; SANTOS, D. M. ; Fukutani, Kiyoshi F. ; CLARÊNCIO, J ; MIRANDA, J. C. ; Brodskyn, Claudia ; BARRAL, A. ; BARRAL-NETTO, M. ; SOTO, M. ; de Oliveira, Camila I. . Vaccination with L. infantum chagasi nucleosomal histones confers protection against New World Cutaneous Leishmaniasis caused by Leishmania braziliensis. Plos One, v. x, p. e52296, 2012.

45.
8Tavares, N.M.2011Tavares, N.M. ; SILVA, R. A. ; COSTA, D. J. ; PITOMBO, M. A. ; Fukutani, Kiyoshi F. ; MIRANDA, J. C. ; VALENZUELA, J. G. ; de Oliveira, Camila I. ; BARRAL, A. ; BARRAL-NETTO, M. ; BRODSKYN, C. . Lutzomyia longipalpis Saliva or Salivary Protein LJM19 protects against Leishmania braziliensis and the saliva of its vector, Lutzomyia intermedia. PLoS Neglected Tropical Diseases (Online), v. 5, p. 1169, 2011.

46.
7da Silva, Robson A.A.2011da Silva, Robson A.A. ; Tavares, Natália M. ; Costa, Dirceu ; Pitombo, Maiana ; Barbosa, Larissa ; Fukutani, Kyioshi ; Miranda, Jose C. ; de Oliveira, Camila I. ; Valenzuela, Jesus G. ; Barral, Aldina ; Soto, Manuel ; Barral-Netto, Manoel ; Brodskyn, Cláudia . DNA vaccination with KMP11 and Lutzomyia longipalpis salivary protein protects hamsters against visceral leishmaniasis. Acta Tropica, v. 120, p. 185-190, 2011.

47.
13Souza, Ana Paula2010Souza, Ana Paula ; Andrade, Bruno Bezerril ; Aquino, Dorlene ; Entringer, Petter ; Miranda, José Carlos ; Alcantara, Ruan ; Ruiz, Daniel ; Soto, Manuel ; Teixeira, Clarissa R. ; Valenzuela, Jesus G. ; de Oliveira, Camila Indiani ; Brodskyn, Cláudia Ida ; Barral-Netto, Manoel ; Barral, Aldina . Using Recombinant Proteins from Lutzomyia longipalpis Saliva to Estimate Human Vector Exposure in Visceral Leishmaniasis Endemic Areas. Plos Neglected Tropical Diseases, v. 4, p. e649, 2010.

48.
11Teixeira, Clarissa2010Teixeira, Clarissa ; Gomes, Regis ; Collin, Nicolas ; Reynoso, David ; Jochim, Ryan ; Oliveira, Fabiano ; Seitz, Amy ; Elnaiem, Dia-Eldin ; Caldas, Arlene ; de Souza, Ana Paula ; Brodskyn, Cláudia I. ; de Oliveira, Camila Indiani ; Mendonca, Ivete ; Costa, Carlos H. N. ; Volf, Petr ; Barral, Aldina ; Kamhawi, Shaden ; Valenzuela, Jesus G. . Discovery of Markers of Exposure Specific to Bites of Lutzomyia longipalpis, the Vector of Leishmania infantum chagasi in Latin America. Plos Neglected Tropical Diseases, v. 4, p. e638, 2010.

49.
9Campanelli, Ana P.2010Campanelli, Ana P. ; Brodskyn, Claudia I. ; Boaventura, Viviane ; Silva, Claire ; Roselino, Ana M. ; Costa, Jackson ; Saldanha, Ana Cristina ; Rodrigues de Freitas, Luiz Antônio ; de Oliveira, Camila Indiani ; Barral-Netto, Manoel ; BARRAL, A. . Chemokines and chemokine receptors coordinate the inflammatory immune response in human cutaneous leishmaniasis. Human Immunology, v. 71, p. 1220-1227, 2010.

50.
10Khouri, Ricardo2010Khouri, Ricardo ; Novais, Fernanda ; Santana, Gisélia ; de Oliveira, Camila Indiani ; Vannier dos Santos, Marcos André ; Barral, Aldina ; Barral-Netto, Manoel ; Van Weyenbergh, Johan . DETC Induces Leishmania Parasite Killing in Human In Vitro and Murine In Vivo Models: A Promising Therapeutic Alternative in Leishmaniasis. Plos One, v. 5, p. e14394, 2010.

51.
12de Moura, Tatiana R.2010de Moura, Tatiana R. ; Oliveira, Fabiano ; Rodrigues, Gabriele C. ; Carneiro, Marcia W. ; Fukutani, Kiyoshi F. ; Novais, Fernanda O. ; Miranda, José Carlos ; Barral-Netto, Manoel ; Brodskyn, Claudia ; Barral, Aldina ; de Oliveira, Camila I. . Immunity to Lutzomyia intermedia Saliva Modulates the Inflammatory Environment Induced by Leishmania braziliensis. Plos Neglected Tropical Diseases, v. 4, p. e712, 2010.

52.
20BOAVENTURA, V.2009BOAVENTURA, V. ; OLIVEIRA, J.G. ; COSTA, J.M. ; NOVAIS, F.O. ; de OLIVEIRA, C. I. ; BARRAL-NETTO, M. ; BARRAL, A. . The value of the otorhinolaryngological exam in correct ML diagnosis. The American Journal of Tropical Medicine and Hygiene, v. 81, p. 384-386, 2009.

53.
19SOTO, M.2009SOTO, M. ; Ramirez, L. ; PINEDA, M. A. ; GONZALEZ, V. M. ; ENTRINGER, P. F. ; de OLIVEIRA, C. I. ; SOUZA, A. P. ; CORVO, L. ; ALONSO, C. ; BONAY, P. ; BRODSKYN, C. ; BARRAL, A ; BARRAL-NETTO, M. ; IBORRA, S. . Searching Genes Encoding Leishmania Antigens for Diagnosis. Scholarly Research Exchange (Print), v. 2009, p. 1-25, 2009.

54.
14de Oliveira, Camila I.2009de Oliveira, Camila I.; Nascimento, Ivan P. ; Barral, Aldina ; Soto, Manuel ; Barral-Netto, Manoel . Challenges and perspectives in vaccination against leishmaniasis. Parasitology International, v. 58, p. 319-324, 2009.

55.
15Tavares, N.M.2009Tavares, N.M. ; SANTOS, D. M. ; de OLIVEIRA, C. I. ; BRODSKYN, C. . Estratégias de vacinação contra Leishmaniose Visceral e Cutânea: lições dos modelos experimentais. Gazeta Médica da Bahia, v. 79, p. 110-117, 2009.

56.
18Novais, F. O.2009 Novais, F. O. ; SANTIAGO, R. C. ; Bafica, A. ; KHOURI, R. ; AFONSO, L. ; BORGES, V. M. ; BRODSKYN, C. ; BARRAL-NETTO, M. ; BARRAL, A. ; de Oliveira, C. I. . Neutrophils and Macrophages Cooperate in Host Resistance against Leishmania braziliensis Infection. The Journal of Immunology (1950), v. 183, p. 8088-8098, 2009.

57.
17de Toledo, Juliano Simões2009de Toledo, Juliano Simões ; Junqueira dos Santos, André F. ; Rodrigues de Moura, Tatiana ; Antoniazi, Simone Aparecida ; Brodskyn, Cláudia ; de Oliveira, Camila Indiani ; Barral, Aldina ; Cruz, Angela Kaysel . Leishmania (Viannia) braziliensis transfectants overexpressing the miniexon gene lose virulence in vivo. Parasitology International (Print), v. 58, p. 45-50, 2009.

58.
16Ramirez, L.2009Ramirez, L. ; IBORRA, S. ; de Oliveira, Camila I. ; CARNEIRO, M. W. ; RUIZ, D. ; GONZALEZ, V. M. ; CORVO, L. ; NIETO, C. G. ; ALONSO, C. ; BONAY, P. ; BARRAL, A. ; BARRAL-NETTO, M. ; SOTO, M. . Las Histonas de Leishmania. Gazeta Medica da Bahia, v. 3, p. 129-133, 2009.

59.
21Giunchetti, R.C.2008Giunchetti, R.C. ; CORREA-OLIVEIRA, R. ; MARTINS-FILHO, O. A. ; TEIXEIRA-CARVALHO, A. ; ROATT, B.M. ; AGUIAR-SOARES, R. ; VITAL, W.C. ; ABREU, R. T. ; MALAQUIAS, L. C. C. ; GONTIJO, N. F. ; BRODSKYN, C. ; de Oliveira, C. I. ; COSTA, D. J. ; LANA, M. ; REIS, A. B. . A killed Leishmania vaccine with sand fly saliva extract and saponin adjuvant displays immunogenicity in dogs. Vaccine (Guildford), v. 26, p. 623-638, 2008.

60.
23Gomes, R.2008Gomes, R. ; Teixeira, C. ; Teixeira, M. J. ; OLIVEIRA, F. ; Menezes, M. J. ; SILVA, C. ; de Oliveira, C. I. ; MIRANDA, J. C. ; Elnaiem, D.-E. ; KAMHAWI, S. ; VALENZUELA, J. G. ; Brodskyn, C. I. . Immunity to a salivary protein of a sand fly vector protects against the fatal outcome of visceral leishmaniasis in a hamster model. Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America, v. 105, p. 7845-7850, 2008.

61.
24MENEZES, M.J.2008MENEZES, M.J. ; COSTA, D. J. ; CLARÊNCIO, J ; MIRANDA, J. C. ; BARRAL, A. ; BARRAL-NETTO, M. ; BRODSKYN, C. ; de Oliveira, C. I. . Immunomodulation of human monocytes following exposure to Lutzomyia intermedia saliva. BMC immunology (Online), v. 9, p. 12, 2008.

62.
25AFONSO, L.2008AFONSO, L. ; BORGES, V. M. ; CRUZ, H. ; RIBEIRO-GOMES, F. ; DOSREIS, G. A. ; DUTRA, A. N. ; CLARÊNCIO, J ; de Oliveira, C. I. ; BARRAL, A. ; BARRAL-NETTO, M. ; BRODSKYN, C. . Interactions with apoptotic but not with necrotic neutrophils increase parasite burden in human macrophages infected with Leishmania amazonensis. Journal of Leukocyte Biology, v. 84, p. 1-8, 2008.

63.
22Clarencio, J.2008Clarencio, J. ; de Oliveira, C. I. ; FAVALI, C. ; MEDINA, O. ; CALDAS, A. ; COSTA, C. H. ; Costa, D. L. ; BRODSKYN, C. ; BARRAL, A. ; BARRAL-NETTO, M. . Could the lower frequency of CD8+CD18+CD45RO+ lymphocytes be biomarkers of human VL?. International Immunology, v. 21, p. 137-144, 2008.

64.
27OLIVEIRA, J. P.2007OLIVEIRA, J. P. ; FERNANDES, F. ; CRUZ, A. K. ; TROMBELA, V. ; MONTEIRO, E. ; CAMARGO, A.A. ; BARRAL, A. ; de Oliveira, C. I. . Genetic diversity of Leishmania amazonensis strains isolated in northeastern Brazil as revealed by DNA sequencing, PCR-based analyses and molecular karyotyping. Kinetoplastid Biology and Disease, v. 6, p. 5, 2007.

65.
28ANDRADE, B.B.2007ANDRADE, B.B. ; de Oliveira, C. I. ; BRODSKYN, C. ; BARRAL, A. ; BARRAL-NETTO, M. . Role of Sand Fly Saliva in Human and Experimental Leishmaniasis: Current insights. Scandinavian Journal of Immunology, v. 66, p. 122-127, 2007.

66.
26de MOURA, T.R.2007de MOURA, T.R. ; OLIVEIRA, F. ; NOVAIS, F.O. ; MIRANDA, J. C. ; CLARÊNCIO, J ; FOLLADOR, I. ; CARVALHO, E. M. ; VALENZUELA, J. G. ; BARRAL-NETTO, M. ; BARRAL, A. ; BRODSKYN, C. ; de Oliveira, C. I. . Enhanced Leishmania braziliensis infection following pre-exposure to sand fly saliva. PLoS Neglected Tropical Diseases (Print), v. 1, p. e84, 2007.

67.
29SALAY, G.2007SALAY, G. ; DORTA, M. L. ; SANTOS, N.M. ; MORTARA, R. A. ; BRODSKYN, C. ; de Oliveira, C. I. ; BARBIERI, C. L. ; RODRIGUES, M. M. . Testing of Four Leishmania Vaccine Candidates in a Mouse Model of Infection with Leishmania (Viannia) braziliensis, the Main Causative Agent of Cutaneous Leishmaniasis in the New World. Clinical and Vaccine Immunology, v. 14, p. 1173-1181, 2007.

68.
30CLARÊNCIO, J2006CLARÊNCIO, J ; de Oliveira, C. I. ; BONFIM, G. ; POMPEU, M M L ; TEIXEIRA, M.J. ; BARBOSA, T. C. ; SOUZA-NETTO, S. ; CARVALHO, E. M. ; BRODSKYN, C. ; BARRAL, A. ; BARRAL-NETTO, M. . Characterization of the T-cell receptor Vbeta repertoire in the human immune response against Leishmania parasites.. Infection and Immunity, v. 74, p. 4757-4765, 2006.

69.
32OLIVEIRA, J.G.2005OLIVEIRA, J.G. ; de Oliveira, C. I. ; CRUZ, A.C. ; CAMPOS, L.F. ; ROCHA, A.V. ; BOAVENTURA, V. ; NORONHA, A. ; BARRAL, A. . Polymerase Chain Reaction (PCR) is highly sensitive for diagnosis of Mucosal Leishmaniasis. Acta Tropica, v. 94, p. 55-59, 2005.

70.
33de Moura, T. R.2005 de Moura, T. R. ; Novais, F. O. ; OLIVEIRA, F. ; Clarencio, J. ; NORONHA, A. ; BARRAL, A. ; BRODSKYN, C. ; de Oliveira, C. I. . Toward a Novel Experimental Model of Infection To Study American Cutaneous Leishmaniasis Caused by Leishmania braziliensis. Infection and Immunity (Print), Estados Unidos, v. 73, n.9, p. 5827-5834, 2005.

71.
31de Oliveira, C. I.;de Oliveira, C.;Indiani-de-Oliveira, C.;de Oliveira, Camila I.;de Oliveira, Camila Indiani;OLIVEIRA, CAMILA I DE;OLIVEIRA, CAMILA;DE OLIVEIRA, CAMILA INDIANI2005de Oliveira, C. I.; BARRAL-NETTO, M. . O modelo experimental nas infecções causadas por L. amazonensis e L. braziliensis. Gazeta Médica da Bahia, Salvador-Bahia, v. 75, n.1, p. 35-45, 2005.

72.
35de Oliveira, C. I.;de Oliveira, C.;Indiani-de-Oliveira, C.;de Oliveira, Camila I.;de Oliveira, Camila Indiani;OLIVEIRA, CAMILA I DE;OLIVEIRA, CAMILA;DE OLIVEIRA, CAMILA INDIANI2004de Oliveira, C. I.; TEIXEIRA, M.J. ; TEIXEIRA, C.R. ; JESUS, J.R. ; ROSATO, A.B. ; BRODSKYN, C. ; BARRAL-NETTO, M. ; BARRAL, A. . Leishmania braziliensis isolates differing at the genome level display distinctive features in BALB/c mice. Microbes and Infection, v. 6, n.11, p. 977-984, 2004.

73.
34de Oliveira, C. I.;de Oliveira, C.;Indiani-de-Oliveira, C.;de Oliveira, Camila I.;de Oliveira, Camila Indiani;OLIVEIRA, CAMILA I DE;OLIVEIRA, CAMILA;DE OLIVEIRA, CAMILA INDIANI2004de Oliveira, C. I.; TEIXEIRA, M.J. ; GOMES, R.B. ; BARRAL, A. ; BRODSKYN, C. . Animal models for infectious diseases caused by parasites. Drug Discovery Today, v. 1, n.1, p. 81-86, 2004.

74.
36de Oliveira, C. I.;de Oliveira, C.;Indiani-de-Oliveira, C.;de Oliveira, Camila I.;de Oliveira, Camila Indiani;OLIVEIRA, CAMILA I DE;OLIVEIRA, CAMILA;DE OLIVEIRA, CAMILA INDIANI2003 de Oliveira, C. I.; OLIVEIRA, F. ; FAVALI, C. ; CORREIA, T. ; COSTA, J.M. ; BARRAL, A. . Clinical utility of PCR-based detection of Leishmania in the diagnosis of American Cutaneous Leishmaniasis. Clinical Infectious Diseases, Estados Unidos, v. 37, p. e149-e153, 2003.

75.
37BRODSKYN, C.2003BRODSKYN, C. ; de Oliveira, C. I. ; BARRAL, A. ; BARRAL-NETTO, M. . Vaccines in leishmaniasis: advances in the last five years. Expert Review of Vaccines, Inglaterra, v. 2, n.5, p. 705-717, 2003.

76.
38GOMES, R.B.2002GOMES, R.B. ; BRODSKYN, C. ; de Oliveira, C. I. ; MIRANDA, J. C. ; CALDAS, A. ; VALENZUELA, J. G. ; BARRAL, A. . Seroconversion against Lutzomyia longipalpis Saliva Concurrent with the Development of Anti-Leishmania chagasi Delayed-Type Hypersensitivity.. The Journal of Infectious Diseases, Estados Unidos, v. 186, p. 1530-1534, 2002.

77.
39GONZALEZ-ASEGUINOLAZA, G.2000GONZALEZ-ASEGUINOLAZA, G. ; de Oliveira, C. I. ; TOMASKA, M. ; ONG, S. ; BRUNA-ROMERO, O. ; NAKAYAMA, T. ; TANIGUCHI, M. ; BENDELAC, A. ; KAER, L. V. ; YASUHIKO, K. ; TSUJI, M. . Alfa-galactosyl ceramide-activated v alfa natural killer T cells mediate protection against murine malaria. PNAS. Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America, v. 97, n.15, p. 8461-8466, 2000.

78.
40de Oliveira, C. I.;de Oliveira, C.;Indiani-de-Oliveira, C.;de Oliveira, Camila I.;de Oliveira, Camila Indiani;OLIVEIRA, CAMILA I DE;OLIVEIRA, CAMILA;DE OLIVEIRA, CAMILA INDIANI1999de Oliveira, C. I.; WUNDERLICH, G. ; LEVITUS, G. L. ; SOARES, I. S. ; RODRIGUES, M. M. ; TSUJI, M. ; del PORTILLO, H. A. . Antigenic Properties of the merozoite surface protein 1 gene of Plasmodium vivax. Vaccine (Guildford), v. 17, p. 2959-2968, 1999.

Capítulos de livros publicados
1.
Tavares, N.M. ; CASTELUCCI, L. ; de OLIVEIRA, C. I. ; BRODSKYN, C. . Leishmaniasis. Skin and Arthropod Vectors. 1ed.Estrasburgo: Academic Press, 2018, v. , p. 194-.

2.
de Oliveira, C. I.; PRATES, D. B. ; BRODSKYN, C. . Leishmaniose e Imunoprofilaxia. In: Aldina Barral; Jackson Costa. (Org.). Leishmania e a Leishmaniose Tegumentar nas Américas. 1ed.Salvador: Contexto, 2011, v. 1, p. 177-190.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
CARVALHO, A. M. P. ; Fukutani, Kiyoshi F. ; CURVELO, R. P. ; SHARMA, R. ; BARRAL, A. ; CARVALHO, E. M. ; VALENZUELA, J. G. ; OLIVEIRA, F. ; de OLIVEIRA, C. I. . LinB-13 from Lutzomyia intermedia saliva acts as a vector exposure marker and a risk factor for cutaneous leishmaniasis development caused by Leishmania braziliensis. In: 6th World Congress on Leishmaniasis, 2017, Toledo. Anais do 6th World Congress on Leishmaniasis, 2017.

2.
SHARMA, R. ; VIANA, S. M. ; KOLI, B. ; CHANG, K.P. ; de OLIVEIRA, C. I. . Delta-aminolevulinate-inducible uroporphyrinogensis in transgenic Leishmania braziliensis; a tool for photodynamic vaccination. In: 6th World Congress on Leishmaniasis, 2017, Toledo. Anais do 6th World Congress on Leishmaniasis, 2017.

3.
VIANA, S. M. ; CELES, F. S. ; Ramirez, L. ; NG, D. ; CHANG, K.P. ; de OLIVEIRA, C. I. . Photo-inactivation of Leishmania amazonensis for immunoprophylaxis of cutaneous leishmaniasis. In: 6th World Congress on Leishmaniasis, 2017, Toledo. Anais do 6th World Congress on Leishmaniasis, 2017.

4.
Ramirez, L. ; VIANA, S. M. ; BARRAL-NETTO, M. ; SOTO, M. ; de OLIVEIRA, C. I. . Vaccination with attenuated Leishmania infantum HSP70-II null mutant induces protection in Leishmania brasiliensis murine model. In: 6th World Congress on Leishmaniasis, 2017, Toledo. Anais do 6th World Congress on Leishmaniasis, 2017.

5.
FERREIRA, V. C. ; MEDEIROS, A. ; BENITEZ, D. ; KUNICK, C. ; COMINI, M. ; de OLIVEIRA, C. I. . Novel chemotherapeutic agents targeting Leishmania braziliensis Trypanothione Synthetase for the treatment of Cutaneous Leishmaniasis. In: 6th World Congress on Leishmaniasis, 2017, Toledo. Anais do 6th World Congress on Leishmaniasis, 2017.

6.
CRISTAL, J. R. ; NORONHA, A. ; VAN WEYEMBERGH, J. ; SHARMA, R. ; de OLIVEIRA, C. I. ; BARRAL-NETTO, M. ; KHOURI, R. ; BOAVENTURA, V. ; BARRAL, A. . Gene expression in lesions of patients with mucosal and cutaneous leishmaniasis. In: 6th World Congress on Leishmaniasis, 2017, Toledo. Anais do 6th World Congress on Leishmaniasis, 2017.

7.
REBOUCAS, J. ; LIMA, J. B. ; LUZ, N. F. ; de OLIVEIRA, C. I. ; BERRETTA, A. A. ; FORMIGA, F. R. ; BORGES, V. M. . EVALUATION OF THE IN VITRO LEISHMANICIDAL EFFECT OF AMPHOTERICIN B NANOSTRUCTURED LIPID CARRIERS (NLC - AMB) IN LEISHMANIA BRAZILIENSIS INFECTION. In: XLII Congress of the Brazilian Society of Immunology, 2017, Salvador. Anais do XLII Congress of the Brazilian Society of Immunology, 2017.

8.
CURVELO, R. P. ; Fukutani, Kiyoshi F. ; ROZANSKI, A. ; CARVALHO, A. M. P. ; MIRANDA, J. C. ; GALANTE, P. ; CAMARGO, A.A. ; BARRAL, A. ; TACCHINI-COTTIER, F. ; de OLIVEIRA, C. I. . Transcriptomic analysis of the early events resulting from stimulation with sand fly saliva: the case of Lutzomyia intermedia vs. Lu. longipalpis. In: 6th World Congress on Leishmaniasis, 2017, Toledo. Anais do 6th World Congress on Leishmaniasis, 2017.

9.
MEDEIROS, A. ; BENITEZ, D. ; FERREIRA, V. C. ; ORBAN, O. ; SARDI, F. ; de OLIVEIRA, C. I. ; KUNICK, C. ; COMINI, M. . Target- and Phenotypic-based Drug Discovery against Pathogenic Trypanosomatids. In: 45a Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Bioquímica e Biologia Molecular, 2016, Natal. Anais da 45a Reunião Anual da SBBq, 2016.

10.
CELES, F. S. ; TROVATTI, E. ; KHOURI, R. ; VAN WEYEMBERGH, J. ; RIBEIRO, S. ; BORGES, V. M. ; BARUD, H. S. ; de OLIVEIRA, C. I. . Bacterial Cellulose bio-curatives containing DETC for the topical treatment of cutaneous leishmaniasis caused by L. braziliensis. In: XXXI Reunião da Sociedade Brasileira de Protozoologia, 2015, Caxambu. Anais da XXXI Reunião da Sociedade Brasileira de Protozoologia.

11.
FERREIRA, V. C. ; MEDEIROS, A. ; BENITEZ, D. ; KUNICK, C. ; COMINI, M. ; de OLIVEIRA, C. I. . Novel chemotherapeutic agents targeting Leishmania braziliensis Trypanothione Synthetase for the treatment of Cutaneous Leishmaniasis. In: Novel chemotherapeutic agents targeting Leishmania braziliensis Trypanothione Synthetase for the treatment of Cutaneous Leishmaniasis, 2015, Caxambu. Anais da XXXI Reunião da Sociedade Brasileira de Protozoologia, 2015.

12.
Ramirez, L. ; MELO, S. ; de OLIVEIRA, C. I. ; BARRAL-NETTO, M. ; SOTO, M. . Testing protein recognized by recovered visceral leishmaniases patients in experimental model of cutaneous leishmaniasis.. In: XXXI Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Protozoologia, 2015, Caxambu. Anais da XXXI Reunião da Sociedade Brasileira de Protozoologia, 2015.

13.
CURVELO, R. P. ; ROZANSKI, A. ; GALANTE, P. ; CAMARGO, A.A. ; MIRANDA, J. C. ; BARRAL, A. ; TACCHINI-COTTIER, F. ; de OLIVEIRA, C. I. . TRANSCRIPTOMIC PROFILE OF HUMAN CELLS STIMULATED WITH SALIVA FROM Lu. intermedia OR FROM Lu. longipalpis, VECTORS OF LEISHMANIASIS IN BRAZIL.. In: XXXI Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Protozoologia, 2015, Caxambu. Anais da XXXI Reunião da Sociedade Brasileira de Protozoologia, 2015.

14.
REBOUCAS, J. ; CELES, F. S. ; BARUD, H. S. ; de OLIVEIRA, C. I. ; BERRETTA, A. A. ; BORGES, V. M. . LEISHMANICIDAL POTENTIAL OF PROPOLIS EXTRACT FOR THE TREATMENT OF CUTANEOUS LEISHAMANIASIS. In: XXXI Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Protozoologia, 2015, Caxambu. Anais da XXXI Reunião da Sociedade Brasileira de Protozoologia, 2015.

15.
GONCALVES, G. O. ; LUZ, N. F. ; CELES, F. S. ; ANDRADE, B.B. ; MENEZES, D. S. ; ZANETTE, D. L. ; GONCALVES, M. S. ; Tavares, N.M. ; BRODSKYN, C. ; de OLIVEIRA, C. I. ; PACHECO, R. A. ; BOZZA, M. T. ; BORGES, V. M. . HEME-DRIVEN OXIDATIVE MECHANISMS CONTRIBUTETO PERSISTENCE of LEISHMANIA INFANTUMIN INFECTED HUMAN NEUTROPHILS. In: XXXI Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Protozoologia, 2015, Caxambu. Anais da XXXI Reunião da Sociedade Brasileira de Protozoologia, 2015.

16.
MELO, S. ; Ramirez, L. ; KOLI, B. ; CHANG, KP. ; de OLIVEIRA, C. I. . PHOTO-INACTIVATION OF Leishmania APPLIED TO CUTANEOUS LEISHMANIASIS VACCINATION. In: XXXI Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Protozoologia, 2015, Caxambu. Anais da XXXI Reunião da Sociedade Brasileira de Protozoologia, 2015.

17.
CARVALHO, A. M. P. ; ANDERSEN, J. ; de OLIVEIRA, C. I. ; VALENZUELA, J. G. ; OLIVEIRA, F. . LiFxaIn, a sand fly salivary protein from the vector of cutaneous leishmaniasis in Brazil acts as a specific factor Xa Inhibitor. In: 64th Annual Meeting ASTMH, 2015, Philadelphia. Annals of 64th Annual Meeting ASTMH, 2015.

18.
CARVALHO, A. M. P. ; CRISTAL, J. R. ; GOMES, R.B. ; CARVALHO, L. P. ; MIRANDA, J. C. ; BARRAL, A. ; CARVALHO, E. M. ; de OLIVEIRA, C. I. . Immune response to Lutzomyia intermedia saliva in individuals from a cutaneous leishmaniasis endemic area. In: 63rd Annual Meeting of the American Society of Tropical Medicine and Hygiene, 2014, New Orleans. Anais do 63rd annual ASTMH meeting, 2014.

19.
de OLIVEIRA, C. I.; CELES, F. S. ; BARUD, H. S. ; TROVATTI, E. ; RIBEIRO, S. ; BORGES, V. M. . SOD 1 inhibition as a target to control Leishmania braziliensis infection. In: 18th Woods Hole Immunoparasitology Conference, 2014, Woods Hole. Anais do 18th WHIP, 2014.

20.
CARNEIRO, M. W. ; ANDRADE, D. R. ; VAN WEYEMBERGH, J. ; BARRAL-NETTO, M. ; de OLIVEIRA, C. I. . GENE EXPRESSION ASSOCIATED WITH IFN-g PRODUCTION DURING THE INITIAL PHASE OF LEISHMANIA BRAZILIENSIS INFECTION. In: Worldleish 5, 2013, Porto to Galinhas. Abstract Book.

21.
SANTOS, D. M. ; CELES, F. S. ; BOZZA, M. T. ; SALAZAR, A. ; ANDRADE, B.B. ; de OLIVEIRA, C. I. . IMMUNOSTIMULATORY ABILITY OF POLY-ICLC AGAINST EXPERIMENTAL INFECTION WITH LEISHMANIA BRAZILIENSIS. In: Worldleish 5, 2013, Porto de Galinhas. Abstract Book, 2013.

22.
FALCÃO, S. ; WEINKOPFF, T. ; CELES, F. S. ; HURREL, B. ; PRATES, D. B. ; BARRAL, A. ; BORGES, V. M. ; TACCHINI-COTTIER, F. ; de OLIVEIRA, C. I. . INTERACTION BETWEEN NEUTROPHILS AND LEISHMANIA BRAZILIENSIS. In: Worldleish 5, 2013, Porto de Galinhas. Abstract Book, 2013.

23.
CELES, F. S. ; BARUD, H. S. ; TROVATTI, E. ; SANTOS, D. M. ; RIBEIRO, S. ; BORGES, V. M. ; de OLIVEIRA, C. I. . THERAPEUTIC POTENTIAL OF BIOCELLULOSE MEMBRANES CONTAINING SODIUM DIETHYLDITHILCARBAMATE IN CUTANEOUS LEISHMANIASIS CAUSED BY LEISHMANIA BRAZILIENSIS. In: Worldleish 5, 2013, Porto de Galinhas. Abstract Book, 2013.

24.
SANTIAGO, R. C. ; FRANCA-COSTA, J. ; BORGES, V. M. ; de OLIVEIRA, C. I. . ARGINASE I, WHAT IS ITS ROLE IN LEISHMANIA BRAZILIENSIS INFECTION?. In: Worldleish 5, 2013, Porto de Galinhas. Abstract Book, 2013.

25.
CARVALHO, A. M. P. ; CRISTAL, J. R. ; MIRANDA, J. C. ; LAGO, E. ; BARRAL, A. ; CARVALHO, E. M. ; de OLIVEIRA, C. I. . HUMORAL AND CELLULAR IMMUNE RESPONSE TO LUTZOMYIA INTERMEDIA SALIVA IN RESIDENTS OF AN ENDEMIC AREA FOR LEISHMANIA BRAZILIENSIS CARVALHO, A.M.. In: Worldleish 5, 2013, Porto de Galinhas. Abstract Book, 2013.

26.
TACCHINI-COTTIER, F. ; WEINKOPFF, T. ; de OLIVEIRA, C. I. ; CARVALHO, A. M. P. ; HAYOUN-LA-TORRE, Y. ; MUNIZ, A. C. ; MIRANDA, J. C. ; BARRAL, A. . THE ROLE OF LUTZOMYIA INTERMEDIA SANDFLY SALIVA ON THE EARLY EVENTS OF LEISHMANIA BRAZILIENSIS INFECTION. In: Worldleish 5, 2013, Porto de Galinhas. Abstract Book, 2013.

27.
CRISTAL, J. R. ; COSTA, J.M. ; Santana, Gisélia ; NARDY, V. ; SALGADO, V. ; BRODSKYN, C. ; ANDRADE, D. R. ; BARRAL-NETTO, M. ; de OLIVEIRA, C. I. ; BARRAL, A. . RECALL IMMUNOLOGICAL RESPONSES IN HUMAN CUTANEOUS LEISHMANIASIS.. In: Worldleish 5, 2013, Porto de Galinhas. Abstract Book, 2013.

28.
PEREIRA, L. S. ; ABBEHUSEN, MELISSA ; CUNHA, J. M. ; BARRAL, A. ; BARRAL-NETTO, M. ; de OLIVEIRA, C. I. ; SANTOS, W. L. C. ; SOTO, M. ; BRODSKYN, C. . ACIDIC RIBOSOMAL AND HISTONES PROTEINS OF LEISHMANIA INFANTUM AS POTENTIAL CANDIDATES FOR VACCINES AGAINST CUTANEOUS LEISHMANIASIS. In: Worldleish 5, 2013, Porto de Galinhas. Abstract Book, 2013.

29.
BRODSKYN, C. ; SANTOS, C. S. ; BOAVENTURA, V. ; Tavares, N.M. ; LORDELO, M. J. ; NORONHA, A. ; BORGES, V. M. ; de OLIVEIRA, C. I. ; VAN WEYEMBERGH, J. ; BARRAL, A. ; BARRAL-NETTO, M. . CD8+ GRANZYME B+-MEDIATED TISSUE INJURY VERSUS CD4+IFNg+- MEDIATED PARASITE KILLING IN HUMAN CUTANEOUS LEISHMANIASIS. In: Worldleish 5, 2013, Porto de Galinhas. Abstract Book, 2013.

30.
SOUZA, A. P. ; SALDANHA, A. C. ; RUIZ, D. ; SOTO, M. ; de OLIVEIRA, C. I. ; BARRAL-NETTO, M. ; BARRAL, A. ; COSTA, J.M. . ANTI-LEISHMANIA IGG4 AS A BIOMARKER OF CURE IN DIFFUSE CUTANEOUS LEISHMANIASIS PATIENTS.. In: Worldleish 5, 2013, Porto de Galinhas. Abstract Book, 2013.

31.
SOARES, B. R. ; SOUZA, A. P. ; PRATES, D. B. ; de OLIVEIRA, C. I. ; VALENZUELA, J. G. ; BARRAL-NETTO, M. ; Miranda, José Carlos ; BARRAL, A. . SENTINEL CHICKEN SEROCONVERSION AS A BIOMARKER OF EXPOSURE TO SAND FLY BITES AT AN ENDEMIC AREA FOR VL. In: Worldleish 5, 2013, Porto de Galinhas. Abstract Book, 2013.

32.
CAVICCHIOLI, M. ; BARUD, H. O. ; OLIVEIRA, O. B. ; de OLIVEIRA, C. I. ; BORGES, V. M. ; RIBEIRO, S. ; BARUD, H. S. . Compósito poroso biocompatíve à base de celulose bacterianda e fibroína da seda para aplicação em engenharia de tecidos. In: Congresso Brasileiro de Polímeros, 2013. Anais do 12o Congresso Brasileiro de Polímeros, 2013.

33.
SALGADO, V. ; QUEIROZ, A. ; SANABANI, S. S. ; de OLIVEIRA, C. I. ; BARRAL-NETTO, M. ; CARVALHO, E. M. ; BARRAL, A. . Microbiome composition in Localized Cutaneous Leishmaniasis lesions. In: XXIX Annual Meeting of the Brazilian Society of Protozoology, 2013, Caxambu. Anais da XXIX Reunião da Sociedade Brasileira de Protozoologia, 2013.

34.
BARUD, H. S. ; de OLIVEIRA, C. I. ; BORGES, V. M. ; RIBEIRO, S.J.L. . Antimicrobial nancomposites based on bacterial cellulose and metallic nano particles. In: 7o Congresso Latino Americano de Órgãos Artificias e Biomateriais, 2012, Natal. Anais do 7o Congresso Latino Americano de Órgãos Artificias e Biomateriais, 2012.

35.
FALCÃO, S. ; PRATES, D. B. ; BORGES, V. M. ; WEINKOPFF, T. ; TACCHINI-COTTIER, F. ; BARRAL, A. ; de OLIVEIRA, C. I. . Role of neutrophils during L. braziliensis infection. In: The Neutrophil in Immunity, 2012, Quebec. Annals of the Neutrophil In Immunity, 2012.

36.
CARVALHO, A. M. P. ; CRISTAL, J. R. ; MIRANDA, J. C. ; LAGO, E. ; BARRAL, A. ; CARVALHO, E. M. ; de Oliveira, Camila I. . IMMUNE RESPONSE TO LUTZOMYIA INTERMEDIA SALIVA IN HOUSEHOLDS CONTACTS OF CUTANEOUS LEISHMANIASIS PATIENTS. In: XXXVII Congress of the Brazilian Society of Immunology, 2012, Campos do Jordão. Anais do XXXVII Congress of the Brazilian Society of Immunology, 2012.

37.
FUKUTANI, K. ; CELES, F. S. ; CRISTAL, J. R. ; FIGUEIREDO, V. ; BARRAL, A. ; BARRAL-NETTO, M. ; de OLIVEIRA, C. I. . Comparação entre ELISA e qPCR para a detecção de Leishmania em doadores de Sangue Assintomáticos da cidade de Salvador. In: XLVII Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, 2011, Natal. Anais do XLVII Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, 2011.

38.
SOUZA, A. P. ; SALDANHA, A. C. ; RUIZ, D. ; SOTO, M. ; de OLIVEIRA, C. I. ; BARRAL-NETTO, M. ; BARRAL, A. ; COSTA, J.M. . Anti Leishmania IgG4 as a biomarker of cure in diffuse cutaneous leishmaniasis. In: XXVII Annual Meeting of the Brazilian Society of Protozoology, 2011, Foz do Iguaçu. Anais do XXVII Annual Meeting of the Brazilian Society of Protozoology, 2011.

39.
FALCÃO, S. ; PRATES, D. B. ; BARRAL, A. ; BORGES, V. M. ; de OLIVEIRA, C. I. . Evaluation of the interaction between neutrophils and Leishmania braziliensis. In: XXVII Annual Meeting of the Brazilian Society of Protozoology, 2011, Foz do Iguaçu. Anais do XXVII Annual Meeting of the Brazilian Society of Protozoology, 2011.

40.
CARNEIRO, M. W. ; BARRAL, A. ; BARRAL-NETTO, M. ; de OLIVEIRA, C. I. . Study of the initial response against L. braziliensis: is it possible to predict disease outcome based on gene expression profiles?. In: XXVII Annual Meeting of the Brazilian Society of Protozoology, 2011, Foz do Iguaçu. Anais do XXVII Annual Meeting of the Brazilian Society of Protozoology, 2011.

41.
SANTOS, D. M. ; CARNEIRO, M. W. ; de MOURA, T.R. ; SOTO, M. ; PRATES, D. B. ; LUZ, N. F. ; BRODSKYN, C. ; BARRAL, A. ; BARRAL-NETTO, M. ; ESPUELAS, S. ; BORGES, V. M. ; de OLIVEIRA, C. I. . L. infantum-chagasi KMP11-loaded PLGA nanoparticles as a tool for antigen delivery against leishmaniasis. In: XXVII Annual Meeting of the Brazilian Society of Protozoology, 2011, Foz do Iguaçu. Anais do XXVII Annual Meeting of the Brazilian Society of Protozoology, 2011.

42.
FALCÃO, S. ; WILKE, D. V. ; BARRAL, A. ; de OLIVEIRA, C. I. . EVALUATION OF THE INTERACTION BETWEEN NEUTROPHILS AND DENDRITIC CELLS DURING INFECTION WITH Leishmania braziliensis.. In: Anais da XXXV Reunião da Sociedade Brasileira de Imunologia, 2010, Porto Alegre. XXXV Reunião da Sociedade Brasileira de Imunologia, 2010.

43.
WILKE, D. V. ; DEGROSSOLI, A. ; BÁFICA, A. ; PREVIATO, J. O. ; PREVIATO, L. ; BARRAL, A. ; BARRAL-NETTO, M. ; de OLIVEIRA, C. I. . Membrane-associated lipophosphoglycan from Leishmania braziliensis impairs dendritic cells activation. In: Anais da XXXV Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Imunologia, 2010, Porto Alegre. XXXV Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Imunologia, 2010.

44.
NOVAIS, F.O. ; SANTIAGO, R. C. ; BRODSKYN, C. ; BARRAL-NETTO, M. ; BARRAL, A. ; de OLIVEIRA, C. I. . The role of CD8+ T cells in cutaneous leishmaniasis caused by Leishmania braziliensis.. In: Woods Hole Immunoparasitology Meeting, 2010, Woods Hole. WHIP Abstract Book, 2010.

45.
de OLIVEIRA, C. I.; CARNEIRO, M. W. ; BARRAL, A. ; SOTO, M. ; BARRAL-NETTO, M. . Protection against Leishmania braziliensis infection after immunization with plasmids encoding nucleosomal histones. In: 4th World Congress on Leishmaniasis, 2009, Lucknow. Annals of the 4th World Congress on Leishmaniasis.

46.
de OLIVEIRA, C. I.; FALCÃO, S. ; de MOURA, T.R. ; CLARÊNCIO, J ; NOVAIS, F.O. ; BRODSKYN, C. ; BARRAL, A. . Phenotypic and Functional Charaterization of Regulatory T cells in an experimental model of American Cutaneous Leishmaniais. In: 4th World Congress on Leishmaniasis, 2009, Lucknow. Annals of the 4th World Congress on Leishmaniasis, 2009.

47.
SANTOS, D. M. ; CARNEIRO, M. W. ; de MOURA, T.R. ; SOTO, M. ; ESPUELAS, S. ; CLARÊNCIO, J ; BARRAL-NETTO, M. ; BARRAL, A. ; de OLIVEIRA, C. I. . Protective capacity of the KMP-11 antigen encapsulated in nanoparticles against Cutaneous Leishmaniasis caused by L. braziliensis. In: XXXIV Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Imunologia, 2009, Salvador. Anais da XXXIV Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Imunologia, 2009.

48.
WILKE, D. V. ; SILVA, W. M. B. ; PESSOA, O. D. L. ; RICARDO, N. M. P. S. ; MORAES, M. O. ; NOVAIS, F.O. ; BARRAL, A. ; de OLIVEIRA, C. I. ; COSTA-LOTUFO, L. V. . Antitumor and immunostimulating effect of polysaccharides obtained form the zoanthid Protopalythoa variabilis (CNIDARIA).. In: XXXIV Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Imunologia, 2009, Salvador. Anais da XXXIV Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Imunologia, 2009.

49.
de MOURA, T.R. ; RODRIGUES, G.C. ; CARNEIRO, M. W. ; NOVAIS, F.O. ; FUKUTANI, K. ; OLIVEIRA, F. ; MIRANDA, J. C. ; BRODSKYN, C. ; BARRAL, A. ; de OLIVEIRA, C. I. . Immunity to Lutzomyia intermedia saliva modulates the inflammatory environment upon stimulation with Leishmania braziliensis leading to increased neutrophil recruitment and IL-10 production. In: XXXIV Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Imunologia], 2009, Salvador. Anais da XXXIV Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Imunologia], 2009.

50.
CARNEIRO, M. W. ; SANTOS, D. M. ; SOTO, M. ; CLARÊNCIO, J ; BARRAL-NETTO, M. ; BARRAL, A. ; de OLIVEIRA, C. I. . Protective capacity of the nucleossomal histones against cutaneous leishmaniasis caused by L. braziliensis. In: XXXIV Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Imunologia, 2009, Salvador. Anais da XXXIV Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Imunologia, 2009.

51.
NOVAIS, F.O. ; SANTIAGO, R. C. ; BRODSKYN, C. ; BARRAL-NETTO, M. ; BARRAL, A. ; de OLIVEIRA, C. I. . The role of T CD8+ lymphocytes during L. braziliensis experimental infection. In: XXXIV Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Imunologia, 2009, Salvador. Anais da XXXIV Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Imunologia, 2009.

52.
de MOURA, T.R. ; CARNEIRO, M. W. ; NOVAIS, F.O. ; MIRANDA, J. C. ; CLARÊNCIO, J ; BRODSKYN, C. ; VALENZUELA, J. G. ; BARRAL, A. ; de Oliveira, C. I. . Protection or exacerbation of Leishmania braziliensis infection after immunization with plasmids encoding distinct Lutzomyia intermedia salivary proteins. In: XXXIII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Imunologia, 2008, Ribeirão Preto. Anais da XXXIII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Imunologia, 2008.

53.
de MOURA, T.R. ; FALCÃO, S. ; CLARÊNCIO, J ; NOVAIS, F.O. ; BRODSKYN, C. ; BARRAL, A. ; de OLIVEIRA, C. I. . Phenotypic and functional characterization of regulatory T cells in an experimental model of american tegumentary leishmaniasis. In: XXXIII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Imunologia, 2008, Ribeirão Preto. Anais da XXXIII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Imunologia, 2008.

54.
NOVAIS, F.O. ; SANTIAGO, R. C. ; de MOURA, T.R. ; CLARÊNCIO, J ; BÁFICA, A. ; BARRAL-NETTO, M. ; BARRAL, A. ; BRODSKYN, C. ; de Oliveira, C. I. . Evaluation of the Role of Neutrophils in a Cutaneous Leishmaniasis Experimental Model of Infection. In: XXXII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Protozoologia, 2007, Caxambu. Anais da XXXII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Protozoologia, 2007.

55.
NOVAIS, F.O. ; SANTIAGO, R. C. ; de MOURA, T.R. ; CLARÊNCIO, J ; BORGES, V. M. ; BARRAL-NETTO, M. ; BARRAL, A. ; BRODSKYN, C. ; de OLIVEIRA, C. I. . The role of neutrophils in American Cutaneous Leishmaniasis caused by Leishmania braziliensis in BALB/c mice. In: 13th International Congress of Immunolgy, 2007, Rio de Janeiro. Annals of the 13th International Congress of Immunolgy, 2007.

56.
de MOURA, T.R. ; NOVAIS, F.O. ; OLIVEIRA, F. ; MIRANDA, J. C. ; BARRAL-NETTO, M. ; BRODSKYN, C. ; BARRAL, A. ; VALENZUELA, J. G. ; de OLIVEIRA, C. I. . Partial protection against Leishmania braziliensis infection by immunization with cDNA encoding Lutzomyia intermedia salivary proteins. In: 13th International Congress of Immunology, 2007, Rio de Janeiro. Annals of the 13th International Congress of Immunology, 2007.

57.
NOVAIS, F.O. ; SANTIAGO, R. C. ; de MOURA, T.R. ; CLARÊNCIO, J ; BORGES, V. M. ; BARRAL-NETTO, M. ; BARRAL, A. ; BRODSKYN, C. ; de OLIVEIRA, C. I. . The role of neutrophils in american cutaneous leishmaniasis caused by L. braziliensis in balb/c mice. In: XXXI Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Imunologia, 2006, Buzios. Anais da XXXI Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Imunologia, 2006.

58.
MENEZES, M.J. ; COSTA, D. J. ; BRODSKYN, C. ; CLARÊNCIO, J ; MIRANDA, J. C. ; BARRAL, A. ; BARRAL-NETTO, M. ; de OLIVEIRA, C. I. . Immunomodulatory properties of Lutzomyia intermedia salivary gland homogenate (SGH): effects in human monocytes. In: XXXI Reunião da Sociedade Brasileira de Imunologia, 2006, Buzios. Anais da XXXI Reunião da Sociedade Brasileira de Imunologia, 2006.

59.
de MOURA, T.R. ; NOVAIS, F.O. ; MIRANDA, J. C. ; OLIVEIRA, F. ; VALENZUELA, J. G. ; BARRAL-NETTO, M. ; BARRAL, A. ; BRODSKYN, C. ; de OLIVEIRA, C. I. . Pre-exposure to Lutzomyia intermedia saliva does not protect against Leishmania braziliensis infection. In: XXXI Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Imunologia, 2006, Buzios. Anais da XXXI Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Imunologia, 2006.

60.
de OLIVEIRA, C. I.; de MOURA, T.R. ; NOVAIS, F.O. ; OLIVEIRA, F. ; CLARÊNCIO, J ; NORONHA, A. ; BARRAL, A. ; BRODSKYN, C. . Towards the development of a novel experimental model of infection to study American Cutaneous Leishmaniasis caused by Leishmania (V.) braziliensis. In: Third World Congress on Leishmaniosis, 2005, Terrassini. Annals of the Third World Congress on Leishmaniosis, 2005.

61.
de MOURA, T.R. ; RODRIGUES, G.C. ; NOVAIS, F.O. ; MIRANDA, J. C. ; BRODSKYN, C. ; BARRAL, A. ; de OLIVEIRA, C. I. . Lutzomyia intermedia Saliva: immunomodulation of Leishmania braziliensis infection. In: XXX Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Imunologia, 2005, São Pedro. Anais da XXX Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Imunologia, 2005.

62.
de OLIVEIRA, C. I.; OLIVEIRA, F. ; MIRANDA, J. C. ; VALENZUELA, J. G. ; BARRAL, A. ; BRODSKYN, C. . Immune response against Lutzomyia intermedia saliva in BALB/c mice. In: 12th International Congress of Immunology, 2004, Montreal. Annals of the 12th International Congress of Immunology, 2004.

63.
de OLIVEIRA, C. I.; OLIVEIRA, F. ; NOVAIS, F.O. ; BARRAL, A. ; BRODSKYN, C. . Outcome of Leishmania braziliensis infection in the ear dermis of mice. In: XXVIII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Imunologia, 2003, Mangaratiba. Anais da XXVIII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Imunologia, 2003.

64.
de OLIVEIRA, C. I.; OLIVEIRA, F. ; MIRANDA, J. C. ; PASSOS, E. ; BARRAL, A. ; BRODSKYN, C. . Immune response against Lutzomyia intermedia saliva in BALB/c mice. In: XIX Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Protozoologia, 2003, Caxambu. Revista to Instituto de Medicina Tropical de São Paulo, 2003. v. 45. p. 63-63.

65.
de OLIVEIRA, C. I.; OLIVEIRA, F. ; NOVAIS, F.O. ; BARRAL, A. ; BRODSKYN, C. . Outcome of Leishmania (V.) braziliensis infection in the ear dermis of mice. In: XIX Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Protozoologia, 2003, Caxambu. Revista to Instituto de Medicina Tropical de São Paulo, 2003. v. 45. p. 122-122.

66.
de OLIVEIRA, C. I.; OLIVEIRA, J. P. ; COSTA, J.M. ; SALDANHA, A. C. ; BARRAL, A. . Leishmania amazonensis: genetic polymorphism of strains isolated from different clinical variations of Leishmaniases. In: XVIII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Protozoologia, 2002, Caxambu. Anais da XVIII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Protozoologia, 2002.

67.
OLIVEIRA, J. P. ; NOVAIS, F.O. ; OLIVEIRA, J.G. ; de OLIVEIRA, C. I. ; BARRAL, A. . Use of the PCR in the detection and characterization of Leishmania parasites isolated from ACL patients in Rio Branco, Acre. In: XVIII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Protozoologia, 2002, Caxambu. Anais da XVIII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Protozoologia, 2002.

68.
de OLIVEIRA, C. I.; BÁFICA, A. ; OLIVEIRA, F. ; MACHADO, C. C. B. ; NASCIMENTO, E. G. ; CAFÉ, V. ; VERAS, P. S. ; FREITAS, L. A. ; BARRAL, A. . Contribution of the PCR in the diagnosis of American Cutaneous Leishmaniasis in an endemic area of Southeastern Brazil. In: XVII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Protozoologia, 2001, Caxambu. Anais da XVII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Protozoologia, 2001.

69.
de OLIVEIRA, C. I.; WUNDERLICH, G. ; SOARES, I. S. ; RODRIGUES, M. M. ; TSUJI, M. ; del PORTILLO, H. A. . Plasmodium vivax DNA mediated immunization with five recombinant plasmids representing the N and C terminal regions of the Merozoite Surface Protein 1 gene. In: 3rd Immunoparasitology Meeting, 1999, Woods Hole. Annals of the 3rd Immunoparasitology Meeting, 1999.

70.
de OLIVEIRA, C. I.; SOARES, I. S. ; RODRIGUES, M. M. ; del PORTILLO, H. A. . Immunogenic properties of different segments of the MSP1 gene of Plasmodium vivax. In: XXII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Imunologia, 1997, Angra dos Reis. Anais da XXII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Imunologia, 1997.

71.
de OLIVEIRA, C. I.; SOARES, I. S. ; LEVITUS, G. L. ; WUNDERLICH, G. ; RODRIGUES, M. M. ; del PORTILLO, H. A. . Immunogenic Properties of the gene segment encoding the C terminal region of the Merozoite Surface Protein 1 gene of Plasmodium vivax. In: XIII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Protozoologia, 1997, Caxambu. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz, 1997. v. 92. p. 249-249.

72.
de OLIVEIRA, C. I.; LEVITUS, G. L. ; SOARES, I. S. ; RODRIGUES, M. M. ; del PORTILLO, H. A. . Plasmodium vivax DNA mediated immunization with five recombinant plasmids representing different segments of the Merozoite Surface I Protein gene. In: XII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Protozoologia, 1996, Caxambu. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz. v. 91. p. 87-87.

73.
de OLIVEIRA, C. I.; LEVITUS, G. L. ; SOARES, I. S. ; RODRIGUES, M. M. ; del PORTILLO, H. A. . Plasmodium vivax DNA mediated immunization with five recombinant plasmids representing different segments of the merozoite surface protein 1 gene. In: 45th Annual Meeting of the American Society of Tropical Medicine and Hygiene, 1996, Baltimore. American Journal of Tropical Medicine and Hygiene, 1996. v. 55. p. 284-285.

74.
LEVITUS, G. L. ; de OLIVEIRA, C. I. ; HOFFMAN, S. L. ; del PORTILLO, H. A. . Immunogenic Properties of the N and C terminal regions of Plasmodium vivax MSP1 after injection of DNA. In: XI Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Protozoologia, 1995, Caxambu. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz, 1995. v. 90. p. 283-283.

75.
de OLIVEIRA, C. I.; PUDLES, J. ; GARCIA, C. . Regulation of intracellular transport of a 220kDa Plasmodium chabaudi polypeptide. In: X Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Protozoologia, 1994, Caxambu. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz, 1994. v. 89. p. 238-238.

Artigos aceitos para publicação
1.
FUKUTANI, K. ; NASCIMENTO-CARVALHO, C. M. ; BOUZAS, M. ; OLIVEIRA, J. R. ; BARRAL, A. ; DIERCKX, T. ; KHOURI, R. ; NAKAYA, H. ; ANDRADE, B.B. ; VAN WEYEMBERGH, J. ; de OLIVEIRA, C. I. . In situ immune signatures and microbial load at the nasopharyngeal interface in children with Acute Respiratory Infection. Frontiers in Microbiology, 2018.


Produção técnica
Redes sociais, websites e blogs
1.
BARRAL-NETTO, M. ; de OLIVEIRA, C. I. . Scientia Totum Circumit Orbem. 2011; Tema: Um blog de divulgação científica e de temas relacionados.. (Blog).


Demais tipos de produção técnica


Patentes e registros



Patente

A Confirmação do status de um pedido de patentes poderá ser solicitada à Diretoria de Patentes (DIRPA) por meio de uma Certidão de atos relativos aos processos
1.
 RIBEIRO, S. ; BARUD, H. S. ; de OLIVEIRA, C. I. ; CELES, F. S. ; BORGES, V. M. . Nanocompósitos de biocelulose e seu uso. 2014, Brasil.
Patente: Modelo de Utilidade. Número do registro: BR10201401634, título: "Nanocompósitos de biocelulose e seu uso" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 01/07/2014; Concessão: 01/07/2014.



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
CRUZ, A. M.; BRAGA, S.; de OLIVEIRA, C. I.. Participação em banca de Camilla Sampaio Paixão. Contribuição das metaloproteinases 1 e 3 para a re-epitelização das lesões de pacientes com leishmaniose cutânea. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal da Bahia.

2.
de OLIVEIRA, C. I.; ZANETTE, D. L.; SCHRIEFER, A.. Participação em banca de Catiule de Oliveira Santos. Produção e avaliação de receptor solúvel de IL-10 canina recombinante (rcaIL-10R). 2016. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia em Saúde E Medicina Investigativa) - Fundação Oswaldo Cruz.

3.
de OLIVEIRA, C. I.; REIS, M. G.; PACHECO, L. G. C.. Participação em banca de Laís de Souza Paixão. Comparação de diferentes métodos para obtenção das citocinas recombinantes caninas IL-7 e IL-15 com atividade biológica produzidas em E. coli. 2014. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia e Medicina Investigativa) - Centro de Pesquisa Gonçalo Muniz.

4.
VERAS, P. S.; BACELLAR, O.; Vannier dos Santos, Marcos André; de OLIVEIRA, C. I.. Participação em banca de Niara de Jesus Almeida. Avaliação do papel do receptor MARCO na infecção de macrófagos murinos por L. major. 2014. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia e Medicina Investigativa) - Centro de Pesquisa Gonçalo Muniz.

5.
de Oliveira, Camila I.; JESUS, A. R.; FERNANDES, R. P. M.. Participação em banca de Alana Freire de Azevedo. Perfis de ácidos graxos em isolados de Leishmania spp. com resistência natural ao óxido nítrico e ao glucantime. 2013. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia) - Universidade Federal de Sergipe.

6.
ARAUJO, M. I.; de OLIVEIRA, C. I.; SANTOS, S. M. B.. Participação em banca de Diego Mota Lopes. Estudo do perfil de células dendríticas de pacientes com leishmaniose cutânea frente ao antígeno do Schistosoma mansoni. 2013. Dissertação (Mestrado em Imunologia) - Universidade Federal da Bahia.

7.
BACELLAR, O.; PRATES, D. B.; de Oliveira, Camila I.. Participação em banca de Ludmila Porto Mendes Polari. Caracterização da Expressão dos receptores Toll-like 2 e Toll-like 4 em monócitos de pacientes com Leishmaniose Tegumentar. 2013. Dissertação (Mestrado em Imunologia) - Universidade Federal da Bahia.

8.
OLIVEIRA, R. R.; SCHRIEFER, A.; de OLIVEIRA, C. I.; BACELLAR, O.. Participação em banca de Aline do Couto Muniz. Caracterização da Resposta Imune de Familiares de Pacientes com Leishmaniose Cutânea Residentes em uma área endêmica de transmissão de L. braziliensis. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal da Bahia.

9.
de OLIVEIRA, C. I.; CARVALHO, L. P.; SANTOS, W. L. C.; GONCALVES, R.. Participação em banca de Thaís Menezes Cerqueira Campos. Produção de Metaloproteinase-9 por monócitos de pacientes com Leishmaniose Cutânea. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal da Bahia.

10.
ULIANA, S.; de OLIVEIRA, C. I.; SHAW, J.. Participação em banca de Rogeria Cristina Zauli Nascimento. Determinação da sensiblidade de isolados de Leishmaia a antimoniato de meglumina, anfotericina B e tamoxifeno. 2009. Dissertação (Mestrado em Ciências (Biologia da Relação Patógeno-Hospedeiro)pgbmp@icb.usp.br) - Universidade de São Paulo.

11.
de Oliveira, C. I.; FREIRE, S. M.. Participação em banca de Thiado Marconi de S. Cardoso. Caracterização da resposta de polimorfonucleares neutrófilos de doadores sadios infectados por cepas geneticamente polimórficas de L. braziliensis isoladas de pacietens com diferentes formas clínicas da leishmaniose tegumentar. 2008. Dissertação (Mestrado em Imunologia) - Universidade Federal da Bahia.

12.
de Oliveira, C. I.; ALMEIDA, P. R. C.; FREITAS, M. V. C.. Participação em banca de Lia Fernandes Alves de Lima. A Influência do gênero e da infecção materna na resposta à Leishmania brazileinsis em filhotes de hamster. 2008. Dissertação (Mestrado em Patologia) - Universidade Federal do Ceará.

13.
de Oliveira, C. I.; SILVA, J. S.; SANTOS, W. L. C.. Participação em banca de Nathanael de Freitas Pinheiro Junior. Adesão de Fagócitos Mononucleares ao Tecido Conjuntivo na Leishmaniose: Papel de Integrinas e Receptores de Quimiocinas. 2006. Dissertação (Mestrado em Patologia Experimental) - Fiocruz.

14.
de Oliveira, C. I.; TORALLES, M.B.; BERTUZZO, C.S.. Participação em banca de José Pereira de Moura Neto. Bases Moleculares da Defciência da Desidrogenase da Glicose 6-Fosfato e sua Associação com Hemoglobinas Variantes em um Grupo de Recém-Nascidos da Cidade de Salvador, BA.. 2004. Dissertação (Mestrado em Biologia Celular e Molecular) - Fundação Oswaldo Cruz.

15.
ANUNCIAÇÃO, A.M.; SARDI, S.I.; de Oliveira, C. I.. Participação em banca de Dellane Martins Tigre. Detecção do vírus da artrite-encefalite caprina através da técnica de double nested PCR em amostra de sangue e leite. 2003. Dissertação (Mestrado em Imunologia) - Universidade Federal da Bahia.

Teses de doutorado
1.
BORGES, V. M.; CARVALHO, L. P.; CARDOSO, L. S.; de OLIVEIRA, C. I.; PINHEIRO, C. S.. Participação em banca de Diego Mota Lopes. Efeito do santígeno Sm29 do Schistosoma Mansoni in vitro sobre o perfil de células dendríticas e linfócitos de pacientes com leishmaniose cutânea. 2017. Tese (Doutorado em Imunologia) - Universidade Federal da Bahia.

2.
de OLIVEIRA, C. I.; SILVA, A. M.; BONATO, V. L. D.; CARREGARO, V.; CUNHA, T. M.. Participação em banca de Laíse Amorim Sacramento. papel do receptor do tipo Toll (TLR) 4 na modulação da resposta durante a infecção por L. infantum. 2017. Tese (Doutorado em Imunologia Básica e Aplicada) - Universidade de São Paulo.

3.
de OLIVEIRA, C. I.; CRUZ, A. K.; MENEZES, J. P.; MORETTI, N. S.. Participação em banca de Vinicius Pinto Costa Rocha. Avaliação da proteína cinase DYRK (Dual Specificity Tyrosine-Regulated Kinase) como alvo molecular para o desenvolvimento de fármacos anti-leishmania. 2017. Tese (Doutorado em Patologia Humana) - Universidade Federal da Bahia.

4.
MARTINS-FILHO, O. A.; SANTOS, S. M. B.; COSTA, D. T.; CARVALHO, E. M.; de OLIVEIRA, C. I.. Participação em banca de Camila Farias Amorim. Caracterização fenotípica de células NK e NKT na infecção pelo HTLV. 2017. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal da Bahia.

5.
SILVA, J. S.; ROSELINO, A. M. F.; de OLIVEIRA, C. I.; SANTOS, I. K.. Participação em banca de Manuela Sales Lima Nascimento. A sinalização via NOD2-RIP2 modula a imunidade adaptativa contra Leishmania infantum. 2016. Tese (Doutorado em Imunologia Básica e Aplicada) - Universidade de São Paulo.

6.
de OLIVEIRA, C. I.; VIEIRA, L. Q.; HORTA, M. F. M.; OLIVEIRA, M. A. P.; TAFURI, W.. Participação em banca de Waldionê de Castro. Papel das espécies reativas de oxigênio durante a infecção por Leishmania infantum. 2015. Tese (Doutorado em Bioquímica e Imunologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

7.
de OLIVEIRA, C. I.; HORTA, M. F. M.; AFONSO, L. C. C.; DINIZ, L. F.; BEZERRA, F. S.. Participação em banca de Rodrigo Saar Gomes. E-NTPDase-2 de Leishmania amazonensis é importante na adesão do parasito ao macrófago e participa na modulação da resposta inflamatória, de forma dependente e independente da atividade ectonucleotidásica. 2015. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Ouro Preto.

8.
SILVA, F. C.; MONTEIRO, C. M.; de OLIVEIRA, C. I.. Participação em banca de Giselle Aparecida Fagundes da Silva. Evolução pós tratamento de pacientes infectados por duas espécies de Leishmania do subgênero Viannia: L. braziliensis e L. naiffi. 2015. Tese (Doutorado em Biologia Parasitária) - Fundação Oswaldo Cruz.

9.
de OLIVEIRA, C. I.; OLIVEIRA, R. R.; Mascarenhas R.E.; ROCHA, P. N.; SALHAS, D. M.. Participação em banca de Thaís Menezes Cerqueira Campos. Dicotomia funcional de células NK na leishmaniose cutânea: participação na patogênese e destruição de parasitos. 2015. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal da Bahia.

10.
de OLIVEIRA, C. I.; SARAIVA, E.; GONCALVES, R.; ANDRADE, H. M.; VIEIRA, L. Q.. Participação em banca de Louisa Maria de Andrade e Sousa. Neutrófilos têm um papel protetora durante os estágios iniciais da infecção por Leishmania amazonensis em camundongos BALB/c. 2013. Tese (Doutorado em Bioquímica e Imunologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

11.
WILKE, D. V.; COSTA-LOTUFO, L.; VALE, M. L.; ASSREUY, A. M. S.; de OLIVEIRA, C. I.. Participação em banca de Kézia Oliveira Abrantes de Lacerda Lins. Estudos das atividade antitumoral e inflamatória do alginato isolado de Sargassum vulgare. 2012. Tese (Doutorado em Farmacologia) - Universidade Federal do Ceará.

12.
de OLIVEIRA, C. I.; BARRAL, A.; GONCALVES, M. S.; LIMA, C. P.; ACOSTA, A. X.. Participação em banca de Bruno Veloso Cerqueira. Inflamação, hemólise e ativação celular: importância nos eventos vasculares da anemia falciforme. 2011. Tese (Doutorado em Patologia Experimental) - Centro de Pesquisa Gonçalo Muniz.

13.
VERAS, P. S.; FARRE, L. V.; GODOY, L. F.; MACAMBIRA, S. G.; de OLIVEIRA, C. I.. Participação em banca de Juliana Perrone Bezerra de Menezes. Abordagem proteômica para a identificação de moléculas envolvidas no controle ou estabelecimento da leishmaniose cutânea. 2010. Tese (Doutorado em Patologia Experimental) - Centro de Pesquisa Gonçalo Muniz.

14.
CASTILHO, M. S.; CARVALHO, L. C. P.; de OLIVEIRA, C. I.. Participação em banca de Elsio Augusto Wunder Jr. Patogênese da leptospirose: estudo sobre os fatores envolvidos na virulência e disseminação do agente durante a infecção o modelo animal de hamster. 2010. Tese (Doutorado em Biotecnologia e Medicina Investigativa) - Centro de Pesquisa Gonçalo Muniz.

15.
de Oliveira, C. I.; GONCALVES, M. S.; BERTUZZO, C.S.; CASTRO FILHO, B. G.; COSTA, C. M. C.. Participação em banca de Sandra Rocha Gadelha. Correlação de Polimorfismos na região promotora dos genes de IL-6 e IL-10 com o desenvolvimento da doença em indivíduos infectados pelo HTLV-1. 2007. Tese (Doutorado em Patologia Experimental) - Fiocruz.

16.
RODRIGUES, M. M.; PERSECHINI, P.; ABRAHAMSOHN, I.; ULIANA, S.; de Oliveira, C. I.. Participação em banca de Gerson Salay. Imunização Genética Conta Infecção Experimental por Leishmania (Viannia) braziliensis. 2006. Tese (Doutorado em Microbiologia e Imunologia) - Universidade Federal de São Paulo.

17.
RUSSO, M.; SCHRIEFER, A.; BARRAL, A.; de Oliveira, C. I.. Participação em banca de Ivana Nunes Gomes. Estudo de Mecanismos Moleculares que Determinam as Diferencças de Interação de Macrófagos de Camundongos CBA com Leishmania major ou Leishmania amazonensis.. 2004. Tese (Doutorado em Patologia Experimental) - Fiocruz.

Qualificações de Doutorado
1.
de OLIVEIRA, C. I.; FRANCA-COSTA, J.; CARVALHO, L. P.. Participação em banca de Dayana Santos Mendes. Contribuições de queratinócitos para a resposta inflamatória de pacientes com leishmaniose cutânea. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Biotecnologia em Saúde E Medicina Investigativa) - Fundação Oswaldo Cruz.

2.
de OLIVEIRA, C. I.; Grassi F.R.; Mascarenhas R.E.. Participação em banca de Camila Farias Amorim. Avaliação da citotoxicidade de células NK e NLT na infecção pelo HTLV-1. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências da Saúde) - Universidade Federal da Bahia.

3.
de OLIVEIRA, C. I.; OLIVEIRA, R. R.; BITTENCOURT, A.. Participação em banca de Taís Campos Oliveira. Dicotomia funcional de células NK na leishmaniose cutânea: participação na patogênese e destruição de parasitas. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências da Saúde) - Universidade Federal da Bahia.

4.
de Oliveira, Camila I.; MOREIRA, E. D.. Participação em banca de Thessika Hialla Almeida Araújo. Caracterização dos genomas completos do vírus HTLV-1 provenientes de pacientes com diferentes perfis clínicos. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Biotecnologia e Medicina Investigativa) - Centro de Pesquisa Gonçalo Muniz.

5.
de OLIVEIRA, C. I.; CARVALHO, L. P.; Grassi F.R.. Participação em banca de Micely D´El-Rei Hermida. Mecanismos celulares envolvidos na alteração da adesão de fagócitos infectados por Leishmania. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Patologia Experimental) - Centro de Pesquisa Gonçalo Muniz.

6.
de OLIVEIRA, C. I.; VERAS, P. S.. Participação em banca de Karla Graziela Santana dos Anjos. Mecanismos de sinalização na interface Entamoeba histolytica-células do hospedeiro. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Biotecnologia e Medicina Investigativa) - Centro de Pesquisa Gonçalo Muniz.

7.
MACAMBIRA, S. G.; de OLIVEIRA, C. I.. Participação em banca de Luciana Souza Aragão França. Avaliação de possíveis protocolos para terapia e/ou prevenção do desenvolvimento de miocardite chagásica. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Biotecnologia e Medicina Investigativa) - Centro de Pesquisa Gonçalo Muniz.

8.
de OLIVEIRA, C. I.; Grassi F.R.. Participação em banca de Cyntia Cajado de Souza. Estudo de fatores moleculares e imunológicos no prognóstico da infecção e vaso-oclusão na anemia falciforme. 2010. Exame de qualificação (Doutorando em Biotecnologia e Medicina Investigativa) - Centro de Pesquisa Gonçalo Muniz.

9.
de Oliveira, C. I.; McBride, A.. Participação em banca de Carlos Eduardo Sampaio Guedes. Avaliação funcional de potenciais alvos terapêuticos no controle das leishmanioses. 2009. Exame de qualificação (Doutorando em Biotecnologia em Saúde e Medicina Investigativa) - Fundação Oswaldo Cruz.

10.
de OLIVEIRA, C. I.; CARDILLO, F.; PETITINGA, F.. Participação em banca de Gilvaneia Souza Santos. Estudo do papel anti-inflamatório e farmacológico da apoptose no modelo murino da leishmaniose, por in vivo imaging. 2009. Exame de qualificação (Doutorando em Patologia Experimental) - Centro de Pesquisa Gonçalo Muniz.

11.
de Oliveira, C. I.; Ornellas, M.A.. Participação em banca de Fred da Silva Julião. Uso de método de PCR Real Time para a investigação de potenciais reservatórios de Leishmaniose Visceral. 2008. Exame de qualificação (Doutorando em Biotecnologia em Saúde e Medicina Investigativa) - Fundação Oswaldo Cruz.

12.
de Oliveira, C. I.; BACELLAR, O.; MENGEL, J.. Participação em banca de Marcus Welby-Borges. Perfis de respostas imuno inflamatórias de camundongos C57BL/6 infectados na orelha com Leishmania sps. 2008. Exame de qualificação (Doutorando em Patologia Humana) - Universidade Federal da Bahia.

13.
de Oliveira, C. I.; REIS, J. N.; GONCALVES, M. S.. Participação em banca de Cleusa Alves Theodoro Rodrigues. Comparação Genotípica por RAPD de isolados de L. chagasi de cães provenientes de duas regiões endêmicas do Brasil. 2007. Exame de qualificação (Doutorando em Patologia Experimental) - Fiocruz.

14.
de Oliveira, C. I.; BONFIM, G.. Participação em banca de Fabio David Couto. Citocinas e Moléculas de Adesão: Provável Envolvimento nos Fenômenos Vaso-Oclusivos na Anemia Falciforme. 2006. Exame de qualificação (Doutorando em Patologia Experimental) - Fiocruz.

15.
de Oliveira, C. I.. Participação em banca de Elizângela Vitória Adorno. Fatores transcricionais, região promotora gos genes gama e sítio HS2-LCR: anáilse da interação em portadores da anemia falciforme de Salvador, BA.. 2005. Exame de qualificação (Doutorando em Patologia Experimental) - Fiocruz.

16.
ARRUDA, S.; VAN WEYEMBERGH, J.; de Oliveira, C. I.. Participação em banca de Édson Luiz Paes Camandaroba. Caracterização genética e susceptibilidade ao tratamento de clones da cepa colombiana do Trypanosoma cruzi isolados de camundongos tratados com benzonidazol e não curados.. 2004. Exame de qualificação (Doutorando em Patologia Experimental) - Fiocruz.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
de OLIVEIRA, C. I.; CARVALHO, L. P.; SOUZA, D.. Participação em banca de Augusto Marcelino Pedreira de Carvalho.Estudo da memória imunológica em pacientes com Leishmaniose Tegumentar. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biomedicina) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública.

2.
de OLIVEIRA, C. I.; CARVALHO, E. M.; BACELLAR, O.. Participação em banca de Camila Farias Amorim.Avaliação da função de macrófagos de pacientes infectados pelo HTLV1. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biomedicina) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública.

3.
Grassi F.R.; Mascarenhas R.E.; de OLIVEIRA, C. I.. Participação em banca de Luana Leandro Gois.Produção de citocinas do tipo Th1 e Th2 em indivíduos co-infectados por Leishmania/HIV. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biomedicina) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública.

4.
de OLIVEIRA, C. I.; BARRAL-NETTO, M.; LIMA, S.C.T.. Participação em banca de Carolina Gándara Rosa.Avaliação da atividade de promotores em micobactérias recombinantes utilizando GFP como gene repórter. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal da Bahia.

5.
de OLIVEIRA, C. I.; Tavares, N.M.; BRODSKYN, C.. Participação em banca de Maiana Albuquerque Pitombo.Avaliação da Imunidade de Vacinas de DNA de Proteínas de Leishmania spp e/ou Proteínas Salivares de Lutzomyia longipalpis na Infecção por Leishmania chagasi em cães. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal da Bahia.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
de Oliveira, C. I.. PROFESSOR ASSISTENTE DE BIOLOGIA COM ÊNFASE EM BIOLOGIA CELULAR E MOLECULAR. 2006. Universidade Federal da Bahia.

Outras participações
1.
de OLIVEIRA, C. I.; BARBOSA, T. C.; REIS, M. G.. Seleção de alunos de Doutorado - Pós Graduação em Patologia. 2016. Centro de Pesquisa Gonçalo Muniz.

2.
VERAS, P. S.; SANTOS, W. L. C.; de OLIVEIRA, C. I.. Seleção de alunos de Doutorado - Pós Graduação em Patologia. 2014. Centro de Pesquisa Gonçalo Muniz.

3.
SCHRIEFFER, A.; de OLIVEIRA, C. I.; ROCHA, P. N.. Seleção de alunos de Doutorado - Pós Graduação em Ciências da Saúde - UFBA. 2013. Universidade Federal da Bahia.

4.
de OLIVEIRA, C. I.; FREITAS, L. A.; FREGONESE, J.. Seleção de alunos de Mestrado - Pós Graduação em Patologia. 2012. Centro de Pesquisa Gonçalo Muniz.

5.
BRODSKYN, C.; BORGES, V. M.; de OLIVEIRA, C. I.. Seleção de alunos de Mestrado - Pós Graduação em Patologia. 2011. Centro de Pesquisa Gonçalo Muniz.

6.
BACELLAR, O.; SCHRIEFFER, A.; ARAUJO, I.; NASCIMENTO, C.; de OLIVEIRA, C. I.. Seleção de alunos de Mestrado - Pós Graduação em Ciências da Saúde - UFBA. 2011. Universidade Federal da Bahia.

7.
de OLIVEIRA, C. I.; REIS, J. N.; FRAGOSO, S.. XVIII Reunião Anual de Iniciação Científica FIOCRUZ (RAIC). 2010. Fundação Oswaldo Cruz.

8.
VERAS, P. S.; GONCALVES, M. S.; FREIRE, S. M.; ROCHA, P.; de Oliveira, C. I.; COSTA, S.. Câmara Técnica da FAPESB - Ciências Biológicas. 2010. Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia.

9.
de OLIVEIRA, C. I.; BORGES, V. M.; COSTA, F. T. M.. XVI Reunião Anual de Iniciação Científica FIOCRUZ (RAIC). 2008. Centro de Pesquisa Gonçalo Moniz.

10.
de OLIVEIRA, C. I.; SANTOS, W. L. C.; FREITAS, L. A.. Seleção de alunos de Doutorado - Pós Graduação em Patologia. 2008. Centro de Pesquisa Gonçalo Moniz.

11.
de OLIVEIRA, C. I.; MENEZES, M.J.. Seleção de alunos de mestrado - Pós Graduação em Imunologia. 2004. Universidade Federal da Bahia.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
5o Curso de Verão de Imunologia -PPgIm.Resposta immune à saliva do vetor da leishmania: da bancada à aplicação. 2018. (Outra).

2.
Cusro Internacional: Aspectos bioquímicos, moleculares e imunológicos na interação tripanossomatídeos com vetores e hospedeiros.Interação vetor-hospedeiro: a resposta anti-saliva em indivíduos expostos a Lutzomyia intermedia. 2018. (Seminário).

3.
1st International Symposium on Autophagy, Phagocytosis and Innate Respose. Exploring the oxidative response to Leishmania braziliensis. 2017. (Congresso).

4.
Gordon Research Conference in Tropical Diseases. Seroconversion to Lutzomyia intermedia LinB-13 as a biomarker for developing cutaneous leishmaniasis. 2017. (Congresso).

5.
XLII Congress of the Brazilian Society of Immunology. Immune resposta to experimental leishmaniasis. 2017. (Congresso).

6.
ENTOMOL 6 - SOVE. Measuring vector exposure and risk of CL development using Lutzomiya intermedia Linb13. 2016. (Congresso).

7.
XXXII Annual Meeting of the Braziliian Society of Immunology. Leishmania braziliensis modulates neutrophil function. 2016. (Congresso).

8.
I Meeting LASID FAIC SAI. Early response to Leishmania brazilensis infection: the rol of neutrophils. 2015. (Congresso).

9.
16th Woods Hole Immunoparasitology Meeting. SOD 1 inhibition as a target to control Leishmania braziliensis infection. 2014. (Congresso).

10.
VI Curso Avançado de Biologia Celular de Patógenos.SOD 1 inhibition as a target to control cutaneous leishmaniasis caused by Leishmania braziliensis. 2014. (Encontro).

11.
XXXIX Congress of the Brazilian Society of Immunology. Twilight Conference. 2014. (Congresso).

12.
2o Encontro de Membros Afiliados da ABC.Participação em Discussões. 2013. (Encontro).

13.
Seminários do CPqGM, FIOCRUZ-BA.A modulação da resposta imune pela saliva de Lutzomyia intermedia: efeitos sobre o desenvolvimento da Leishmaniose Tegumentar. 2013. (Seminário).

14.
Seminários em Parasitologia II, Programa de Pós Graduação em Biologia da Relação Patógeno Hospedeiro.A saliva do flebótomo como agente imunomodulador na Leishmaniose Cutânea: a história de Lu. intermedia e L. braziliensis. 2013. (Seminário).

15.
Worldeish 5. 2013. (Congresso).

16.
64a Reunião Anual da SBPC. Associação entre exposição à saliva de flebótomos e o desenvolvimento de leishmaniose tegumentar. 2012. (Congresso).

17.
7o Congresso Latino Americano de Órgãos Artificais e Biomateriais. Antimicrobial nanocomposites based on bacterial cellulose and metallic nanoparticles. 2012. (Congresso).

18.
International Meeting on Innate Immunity in Leishmaniasis.Can exposure to L. intermedia saliva be a marker of disease development in Cutaneous Leishmaniasis?. 2012. (Seminário).

19.
I Simpósio Nordestino de Doenças Infecciosas e Parasitárias.Ferramentas Moleculares Aplicadas às Doenças Infecciosas e Parasitárias. 2012. (Simpósio).

20.
Seminários Integrados dos Programas de Pós Graduação em Microbiologia, Imunologia e Ie Inflamação.Nanotecnologia aplicada à vacinação e ao tratamento da Leishmaniose Cutânea: Resultados e Possibilidades. 2012. (Seminário).

21.
The Neutrophil in Immunity. 2012. (Congresso).

22.
XXXVII Congress of the Brazilian Society of Immunology. 2012. (Congresso).

23.
3o Simpósio de Parasitologia - Regional Bahia.Vacinas e Doenças Parasitárias. 2011. (Simpósio).

24.
XV Tropical Medicine Research Center Meeting.Protective role of polymorphonuclear neutrophils during experimental L. braziliensis infection. 2011. (Encontro).

25.
XXVII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Protozoologia. 2011. (Congresso).

26.
97th Annual Meeting The American Association of Immunologists. The role of CD8+ T cells in cutaneous leishmaniasis caused by Leishmania braziliensis. 2010. (Congresso).

27.
I Workshop Bahiano de Biotecnologia Aplicada à Saúde.Nanopartículas: Uma abordagem biotecnológica na Terapia de Doenças Parasitárias. 2010. (Oficina).

28.
Seminários do CPqGM, FIOCRUZ-BA.Imunopatogênese da infecção por Leishamnia braziliensis: papel dos neutrófilos e dos linfócitos T CD8. 2010. (Seminário).

29.
V Reunião Regional da FeSBE. Imunopatogênese da Leishmaniose: Papel dos Neutrófilos e dos Linfócitos T CD8+. 2010. (Congresso).

30.
XXVI Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Protozoologia. Role of neutrophils in resistance against Leishmania braziliensis. 2010. (Congresso).

31.
XXXV Congresso da Sociedade Brasileira de Imunologia. Frontiers in Imaging. 2010. (Congresso).

32.
Curso de Atualização em Imunologia - SBI.Vacinas na Leishmaniose Cutânea. 2009. (Outra).

33.
International Symposium on Leishmaniasis Vaccines.The future of Leishmaniasis Vaccines. 2009. (Simpósio).

34.
Novas Tecnologias em vacinas recombinantes.Desenvolvimento de vacinas contra leishmaniose cutânea. 2009. (Simpósio).

35.
Worldleish 4. Protection against Leishmania braziliensis infection after immunization with plasmids encoding nucleosomal histones. 2009. (Congresso).

36.
XXIV Congresso da Sociedade Brasileira de Imunologia. The secrets to be a sucessful scientist. 2009. (Congresso).

37.
Congresso Pré-FESBE. Leishmaniose: é possível gerar vacinas a partir da saliva do flebótomo?. 2008. (Congresso).

38.
Seminário Ibero Americano de Atualização em Leishmaniose.Modelo experimental de Leishmaniose Tegumentar. 2008. (Seminário).

39.
Dormy House II: Integrated Functional Genomics on the Road to Leishmaniasis Control. 2007. (Encontro).

40.
Seminários do CPqGM, FIOCRUZ-BA.Vacinas para leishmaniose baseadas na saliva de flebótomos. 2007. (Seminário).

41.
VIII Simpósio Internacional de Alergia e Imunologia Clínica.Workshop em Leishmanioses. 2007. (Simpósio).

42.
XXIII Annual meeting of the Brazilian Society of Protozoology. Towards understanding L. braziliensis infection: Lessons from a murine model. 2007. (Congresso).

43.
European Congress of Immunology. Pre exposure to Lutzomyia intermedia saliva does not protect against Leishmania brazilensis infection. 2006. (Congresso).

44.
Worldliest 3. Towards the development of a novel experimental model of infection to study American Cutaneous Leishmaniasis caused by Leishmania (V.) braziliensis. 2005. (Congresso).

45.
12th International Congress of Immunology. Immune response against Lutzomyia intermedia saliva in BALB/c mice. 2004. (Congresso).

46.
Seminários do CPqGM, FIOCRUZ-BA.Lutzomyia intermedia: estudos in vivo e in vitro. 2004. (Seminário).

47.
XIX Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Protozoologia. Immune response against Lutzomyia intermedia saliva in BALB/c mice. 2003. (Congresso).

48.
XXVIII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Imunologia. Outcome of Leishmania braziliensis infection in the ear dermis of mice. 2003. (Congresso).

49.
Seminários do CPqGM, FIOCRUZ-BA.Contribuição do PCR para o diagnóstico da LTA em uma área endêmica. 2002. (Seminário).

50.
XVIII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Protozoologia. Leishmania amazonensis: genetic polymorphism of strains isolated from different clinical variations of Leishmaniases. 2002. (Congresso).

51.
XVII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Protozoologia, Caxambu. Contribution of the PCR in the diagnosis of American Cutaneous Leishmaniasis in an endemic area of Southeastern Brazil. 2001. (Congresso).

52.
3rd Immunoparasitology Meeting.Plasmodium vivax DNA mediated immunization with five recombinant plasmids representing the N and C terminal regions of the Merozoite Surface Protein 1 gene. 1999. (Seminário).

53.
XIII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Protozoologia, Caxambu. Immunogenic Properties of the gene segment encoding the C terminal region of the Merozoite Surface Protein 1 gene of Plasmodium vivax. 1997. (Congresso).

54.
45ª Reunião da American Society of Tropical Medicine and Hygiene. Plasmodium vivax DNA mediated immunization with five recombinant plasmids representing different segments of the merozoite surface protein 1 gene. 1996. (Congresso).

55.
XII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Protozoologia. Plasmodium vivax DNA mediated immunization with five recombinant plasmids representing different segments of the Merozoite Surface I Protein gene. 1996. (Congresso).

56.
Seminários Laveran sobre a Imunologia da Malária.Desenvolvimento de candidatos à vacina de DNA derivados da MSP1 de Plasmodium vivax. 1995. (Seminário).

57.
XI Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Protozoologia. Immunogenic Properties of the N and C terminal regions of Plasmodium vivax MSP1 after injection of DNA. 1995. (Congresso).

58.
X Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Protozoologia.. Regulation of intracellular transport of a 220kDa Plasmodium chabaudi polypeptide. 1994. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
de OLIVEIRA, C. I.; BRODSKYN, C. ; LEPIQUE, A. P. ; PACHECO, R. A. ; CARVALHO, L. P. . XLIII Congress of the Brazilian Society of Immunology. 2018. (Congresso).

2.
de Oliveira, Camila I.; FONTES, A. ; SOUZA FILHO, A. G. ; PELLEGRINO, D. ; ROCHA, G. O. ; OLIVEIRA, K. ; TEIXEIRA, L. ; COSTA-LOTUFO, L. ; MORENO, R. R. M. . 1o Encontro de Membros Afiliados da ABC - Regional Nordeste e Espírito Santo. 2012. (Outro).

3.
BARRAL, A. ; de OLIVEIRA, C. I. . International Meeting on Innate Immunity in Leishmaniasis. 2012. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Taise Queiroz. Caracterização de Vesículas Extracelulares produzidas na infecção por Leishmania braziliensis e de seus efeitos imunomoduladores.. Início: 2018. Dissertação (Mestrado profissional em Patologia Humana) - Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Francys Avendaño. Desenvolvimento de vacinas para a leishmaniose cutânea empregando Leishmania tarentolae. Início: 2017. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

2.
Rebecca Pereira Curvelo. Estudo do perfil transcriptômico de células humanas estimuladas com a saliva de vetores transmissores das leishmanioses. Início: 2015. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal da Bahia. (Orientador).

3.
Fabiana Santana Celes. Estudo da eficácia de biocurativos à base de Celulose Bacteriana (CB) e dietilditiocarbamato (DETC) para o tratamento tópico da leishmaniose cutânea causada por Leishmania braziliensis. Início: 2015. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

4.
Vinicius Costa Souza Ferreira. Avaliação de inibidores de enzimas envolvidas no metabolismo redox para o tratamento da leishmaniose cutânea. Início: 2015. Tese (Doutorado em Patologia Experimental) - Centro de Pesquisa Gonçalo Muniz. (Orientador).

Supervisão de pós-doutorado
1.
Sayonara de Melo Viana. Início: 2018. Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Paulo Mattos. Efeitos da saliva de Lutzomyia intermedia sobre o recrutamento celular induzido por Leishmania braziliensis. 2017. Dissertação (Mestrado em Patologia Experimental) - Centro de Pesquisa Gonçalo Muniz, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Camila Indiani de Oliveira.

2.
Fabiana Santana Celes. Avaliação do potencial terapêutico do diethyldithiocarbamato (DETC) na infecção experimental por L. braziliensis. 2015. Dissertação (Mestrado em Patologia Experimental) - Centro de Pesquisa Gonçalo Muniz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Camila Indiani de Oliveira.

3.
Rebecca Pereira Curvelo. Perfil de transcrição gênica de células humanas estimuladas com a saliva de Lu. intermedia ou Lu. longipalpis, vetores da leishmanioses no Brasil. 2015. Dissertação (Mestrado em Patologia Experimental) - Centro de Pesquisa Gonçalo Muniz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Camila Indiani de Oliveira.

4.
Augusto Marcelino de Carvalho. Avaliação da Resposta Imune à Saliva de Flebótomos Lutzomyia intermedia em Indivíduos Residentes de Área Endêmica de Leishmaniose Tegumentar. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Camila Indiani de Oliveira.

5.
Rômulo Carvalho Santiago. A relação arginase-óxido nítrico na infecção experimental por Leishmania braziliensis. 2013. Dissertação (Mestrado em Patologia Humana) - Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Camila Indiani de Oliveira.

6.
Kiyoshi Ferreira Fukutani. Utlização do PCR em tempo real na quantificação de Leishmania em amostras de pacientes com Leishmaniose Tegumentar Americana. 2011. Dissertação (Mestrado em Patologia Humana) - Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Camila Indiani de Oliveira.

7.
Hilda Carolina Rios Fraga. Implantação do sistema de gestão Boas Práticas de Laboratório ? BPL em um laboratório de pesquisa do Centro de Pesquisa Gonçalo Moniz ? FIOCRUZ/BA. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal da Bahia, . Orientador: Camila Indiani de Oliveira.

8.
Marcia Weber Carneiro. Avaliação da capacidade protetora das histonas nucleossomais em um modelo experimental de Leishmaniose Tegumentar causada por Leishmania braziliensis. 2010. Dissertação (Mestrado em Patologia Humana) - Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Camila Indiani de Oliveira.

9.
Diego Moura Santos. Avaliação da capacidade protetora do antígeno KMP-11 na Leishmaniose Tegumentar causada por Leishmania braziliensis. 2010. Dissertação (Mestrado em Patologia Experimental) - Centro de Pesquisa Gonçalo Muniz, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Camila Indiani de Oliveira.

10.
Sarah Athayde Couto Falcão. Caracterização fenotípica e funcional de células T reguladoras em um modelo experimental de leishmanisoe tegumentar americana. 2008. Dissertação (Mestrado em Patologia Experimental) - Centro de Pesquisa Gonçalo Muniz, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Camila Indiani de Oliveira.

11.
Maria José Menezes. Efeitos da saliva de Lutzomyia intermedia sobre monócitos humanos. 2007. Dissertação (Mestrado em Patologia Experimental) - Centro de Pesquisa Gonçalo Muniz, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Camila Indiani de Oliveira.

12.
João Paulo Sena Chagas de Oliveira. Polimorfismo genético de isolados de Leishmania amazonensis. 2006. 0 f. Dissertação (Mestrado em Patologia Experimental) - Centro de Pesquisa Gonçalo Muniz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Camila Indiani de Oliveira.

13.
Fernanda Oliveira Novais. O papel dos neutrófilos na infecção experimental por Leishmania braziliensis. 2006. Dissertação (Mestrado em Patologia Experimental) - Centro de Pesquisa Gonçalo Muniz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Camila Indiani de Oliveira.

14.
Tatiana Rodrigues de Moura. Desenvolvimento de um modelo experimental de Leishmaniose Tegumentar Americana utilizando Leishmania braziliensis. 2005. 86 f. Dissertação (Mestrado em Patologia Experimental) - Centro de Pesquisa Gonçalo Muniz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Camila Indiani de Oliveira.

15.
Andrea Bomura Rosato. Polimorfismo genético de Leishmania braziliensis. 2004. 80 f. Dissertação (Mestrado em Patologia Experimental) - Centro de Pesquisa Gonçalo Muniz, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Camila Indiani de Oliveira.

Tese de doutorado
1.
Sayonara de Melo Viana. Fotólise de Leishmania quimicamente sensibilizada aplicada à profilaxia de leishmaniose cutânea. 2018. Tese (Doutorado em Patologia Experimental) - Centro de Pesquisa Gonçalo Muniz, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Camila Indiani de Oliveira.

2.
Augusto Marcelino de Carvalho. AVALIAÇÃO DA RESPOSTA IMUNE A PROTEÍNAS RECOMBINANTES DA SALIVA DE Lutzomyia intermedia EM RESIDENTES DE ÁREA ENDÊMICA DE LEISHMANIOSE TEGUMENTAR. 2017. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Camila Indiani de Oliveira.

3.
Kiyoshi Ferreira Fukutani. Avaliação da carga viral e a da resposta imune em crianças portadoras de infecção respiratória aguda. 2016. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Camila Indiani de Oliveira.

4.
Diego Moura Santos. Nanotecnologia aplicada ao desenvolvimento de vacinas para a Leishmaniose Tegumentar. 2014. Tese (Doutorado em Patologia Humana) - Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Camila Indiani de Oliveira.

5.
Marcia Weber Carneiro. Expressão gênica associada à produção de IFN-g na resposta inicial a L. braziliensis. 2014. Tese (Doutorado em Patologia Humana) - Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Camila Indiani de Oliveira.

6.
Sarah de Athayde Couto Falcão. Avaliação da interação entre neutrófilos e Leishmania brazilensis. 2013. Tese (Doutorado em Patologia Humana) - Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Camila Indiani de Oliveira.

7.
Fernanda Oliveira Novais. Papel das células T CD8+ na Leishmaniose Tegumentar Experimental causada por L. braziliensis. 2011. Tese (Doutorado em Patologia Humana) - Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Camila Indiani de Oliveira.

8.
Tatiana Rodrigues de Moura. Papel da saliva do Lutzomyia intermedia na infecção por Leishmania braziliensis: desenvolvimento de vacinas para Leishmaniose Tegumentar. 2008. Tese (Doutorado em Patologia Experimental) - Centro de Pesquisa Gonçalo Muniz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Camila Indiani de Oliveira.

Supervisão de pós-doutorado
1.
Rohit Sharma. 2015. Fundação Oswaldo Cruz, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Camila Indiani de Oliveira.

2.
Artur Lopo Trancoso Queiroz. PREVISÃO DE EPÍTOPOS T CD8+ NO PROTEOMA DE L. BRAZILIENSIS: UMA ABORDAGEM COMPUTACIONAL. 2011. Centro de Pesquisa Gonçalo Muniz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Camila Indiani de Oliveira.

3.
Diego Veras Wilke. Atividade imunomoduladora do lipofosfoglicano de Leishmania braziliensis: influência na imunidade inata.. 2009. Centro de Pesquisa Gonçalo Moniz, . Camila Indiani de Oliveira.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Laíse Brandão. Avaliação dos mecanismos oxidativos envolvidos no controle da infecção por L. braziliensis. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Biomedicina) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública. Orientador: Camila Indiani de Oliveira.

2.
Heloíse Sampaio da Costa. Nanocompósitos de cobre para o tratamento da leishmaniose tegumentar. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Biomedicina) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, Fundação Oswaldo Cruz. Orientador: Camila Indiani de Oliveira.

3.
Fabiana Santana Celes. Avaliação da capacidade protetora de L. amazonensis produtora de uroporfirina contra a infecção experimental por L. braziliensis. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Biomedicina) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, Fundação Oswaldo Cruz. Orientador: Camila Indiani de Oliveira.

4.
Rebecca Curvelo. Estudo da resposta inicial contra Leishmania braziliensis. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Biomedicina) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Camila Indiani de Oliveira.

5.
Diego Moura Santos. Modelos animais para o estudo das leishmanioses. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Biomedicina) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública. Orientador: Camila Indiani de Oliveira.

6.
Fernanda Oliveira Novais. Desenvolvimento de um modelo experimental de Leishmaniose Tegumentar Americana. 2005. 44 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal da Bahia. Orientador: Camila Indiani de Oliveira.

7.
Gabriele Costa Rodrigues. Efeito da saliva de Lutzomyia intermedia no recrutamento celular, utilizando o modelo do bolsão inflamatório.. 2005. 30 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Católica do Salvador, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Camila Indiani de Oliveira.

8.
João Paulo Sena Chagas Oliveira. Avaliação do polimorfismo genético em isolados de Leishmania amazonensis. 2003. 37 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Católica do Salvador, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Camila Indiani de Oliveira.

Iniciação científica
1.
Laíse Brandão. Avaliação dos mecanismos oxidativos envolvidos no controle da infecção por L. braziliensis. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Biomedicina) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Camila Indiani de Oliveira.

2.
Heloíse Sampaio da Costa. NANOCOMPÓSITOS DE COBRE PARA O TRATAMENTO DE LEISHMANIOSE TEGUMENTAR. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Biomedicina) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, Fundação Oswaldo Cruz. Orientador: Camila Indiani de Oliveira.

3.
Fabiana Santana Celes. Pesquisa de prevalência de Leishmaniose em doadores de sangue da cidade de Salvador. 2011. Iniciação Científica - Centro de Pesquisa Gonçalo Muniz, Fundação Oswaldo Cruz. Orientador: Camila Indiani de Oliveira.

4.
Rebecca Curvelo. Estudo da resposta inicial contra Leishmania braziliensis. 2011. Iniciação Científica - Fundação Bahiana Para o Desenvolvimento das Ciências, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Camila Indiani de Oliveira.

5.
Fabricio Caixeta Andriani. SOFTWARE WEB ROBOT PARA A BUSCA IN SILICO DE EPITOPOS DERIVADOS DO PROTEOMA DE L.BRAZILIENSIS RECONHECIDOS POR LINFÓCITOS T. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências da Computação) - Universidade Estadual de Feira de Santana, Fundação Oswaldo Cruz. Orientador: Camila Indiani de Oliveira.

6.
Marcia Weber Carneiro. Vacinas de DNA baseada na Saliva de flebotomos. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Biomedicina) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Camila Indiani de Oliveira.

7.
Rômulo Santiago. Papel das celulas TCD8 na infecção por L.braziliensis. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Odontologia) - Universidade Federal da Bahia, Fundação Oswaldo Cruz. Orientador: Camila Indiani de Oliveira.

8.
Fernanda Oliveira Novais. Desenvolvimento de um modelo experimental para Leishmaniose Tegumentar Americana. 2005. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Camila Indiani de Oliveira.

9.
Gabriele Costa Rodrigues. Efeito da saliva de Lutzomyia intermedia no recrutamento celular, utilizando o modelo do bolsão inflamatório.. 2005. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Católica do Salvador, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Camila Indiani de Oliveira.

10.
João Paulo Sena Chagas Oliveira. Avaliação de polimorfismo genético em isolados de L. amazonensis. 2003. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Católica do Salvador, Fundação Oswaldo Cruz. Orientador: Camila Indiani de Oliveira.



Inovação



Patente
1.
 RIBEIRO, S. ; BARUD, H. S. ; de OLIVEIRA, C. I. ; CELES, F. S. ; BORGES, V. M. . Nanocompósitos de biocelulose e seu uso. 2014, Brasil.
Patente: Modelo de Utilidade. Número do registro: BR10201401634, título: "Nanocompósitos de biocelulose e seu uso" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 01/07/2014; Concessão: 01/07/2014.



Educação e Popularização de C & T



Redes sociais, websites e blogs
1.
BARRAL-NETTO, M. ; de OLIVEIRA, C. I. . Scientia Totum Circumit Orbem. 2011; Tema: Um blog de divulgação científica e de temas relacionados.. (Blog).



Outras informações relevantes


Aprovada em concurso público em 2o lugar - Universidade Federal da Bahia - 2004 - ICS - Depto. de Biointeração, Matéria: Parasitologia.
Aprovada em concurso público em 2o lugar - Universidade Federal da Bahia - 2006 - Faculdade de Farmáci a - Depto. de Análises Clínicas e Toxicológicas, Matéria: Parasitologia Clínica com Ênfase em Diagnóstico Laboratorial para as Parasitoses Humanas.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 24/10/2018 às 2:49:59