Mario Roberto Dal Poz

Bolsista de Produtividade Desen. Tec. e Extensão Inovadora do CNPq - Nível 2

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/2552141396889281
  • Última atualização do currículo em 02/12/2018


Professor Associado do Instituto de Medicina Social da Universidade do Estado do Rio de Janeiro e editor-chefe do periódico Human Resources for Health [http://www.human-resources-health.com/]. Bolsista do CNPq, Prociência/UERJ e Cientista do Nosso Estado/FAPERJ. Médico de formação e especialista em Pediatria (1975), fez o Mestrado em Medicina Social (1981) com monografia sobre "urbanização e o desenvolvimento dos serviços de saúde" e posteriormente o Doutorado em Saúde Pública pela Fundação Oswaldo Cruz (1996) com tese sobre "as políticas de recursos humanos no Brasil". Foi Coordenador de Recursos Humanos em Saúde da Organização Mundial de Saúde, Genebra até setembro de 2012. Publicou extensivamente em periódicos especializados, alem de vasta produção técnica na área de recursos humanos, incluindo o desenvolvimento de software de informação e gestão, livros e capítulos de livros. Atua na área de saúde coletiva com ênfase em política, planejamento e gestão de sistemas de saúde, bem como em política, informação, pesquisa e formação em recursos humanos em saúde. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Mario Roberto Dal Poz
Nome em citações bibliográficas
DAL POZ, M. R.;DAL POZ, MR;Dal Poz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario R;Dal Poz, Mario R.;Dal Paz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario;Poz, Mário Roberto Dal;Poz, MRD;POZ, Mario Dal;POZ, MARIO ROBERTO DAL;DAL POZ, MÁRIO ROBERTO;Dal, M.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Instituto de Medicina Social.
Rua São Francisco Xavier, 524, 7o. andar, bloco D
Maracanã
20559900 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil
Telefone: (21) 22340504
Ramal: 130
Fax: (21) 23342152
URL da Homepage: http//www.ims.uerj.br


Formação acadêmica/titulação


1992 - 1996
Doutorado em Saúde Pública.
Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.
Título: Entre o prescrito e o realizado: Estudo sobre a implantação do SUS no Estado do Rio de Janeiro e sua repercussão na política de recursos humanos em nível municipal, Ano de obtenção: 1996.
Orientador: Anna Maria Campos Monteiro.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: RECURSOS HUMANOS EM SAÚDE; POLÍTICA DE SAÚDE; REFORMA DO SISTEMA DE SAÚDE.
Grande área: Ciências da Saúde
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Administração / Subárea: Administração Pública / Especialidade: Administração de Pessoal.
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Administração / Subárea: Administração Pública / Especialidade: Política e Planejamento Governamentais.
Setores de atividade: Saúde Humana; Mercado de Trabalho e Mão-De-Obra.
1976 - 1981
Mestrado em Saúde Coletiva.
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
Título: Organização dos serviços de saúde e o processo de urbanização,Ano de Obtenção: 1981.
Orientador: Hugo Coelho Barbosa Tomassini.
Palavras-chave: POLÍTICA DE SAÚDE; MUNICIPALIZAÇÃO; ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE.
Grande área: Ciências da Saúde
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Planejamento Urbano e Regional / Subárea: Serviços Urbanos e Regionais / Especialidade: Administração Municipal e Urbana.
Setores de atividade: Saúde Humana; Desenvolvimento Urbano.
1974 - 1975
Especialização em Residência Médica em Pediatria e Puericultura. (Carga Horária: 3640h).
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
Bolsista do(a): Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
1968 - 1973
Graduação em Faculdade de Ciências Médicas.
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.




Atuação Profissional



Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Centro de Estudos e Pesquisa em Saúde Coletiva, CEPESC, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Editor Científico da Editora, Carga horária: 2
Outras informações
Editor Cientifico e Ediror Responsável pela Coleção Recursos Humanos em Saúde

Vínculo institucional

1996 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Coordenador de Projeto de Pesquisa


Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Associado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

1996 - 2011
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor adjunto, Carga horária: 40

Vínculo institucional

1982 - 1996
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor assistente, Carga horária: 40
Outras informações
Mudança de vínculo com a promoção na carreira docente devido à conclusão do doutorado.

Atividades

06/2014 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Medicina Social, .

Cargo ou função
Membro do Comite de Etica - CEP.
4/1996 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro Biomédico, Departamento de Planejamento e Administração em Saúde.

4/1996 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro Biomédico, Departamento de Planejamento e Administração em Saúde.

Cargo ou função
Membro de conselho editorial.
3/1991 - Atual
Ensino, Saúde Coletiva, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Planejamento em Saúde
Recursos Humanos em Saúde
Saúde Global
Sistema de Saude
Força de trabalho em saúde: crise global, ética e política
4/1984 - Atual
Extensão universitária , Centro Biomédico, Departamento de Planejamento e Administração em Saúde.

Atividade de extensão realizada
Coordenação e planejamento de saúde em conjunto com as Secretarias Municipal e Estadual de Saúde.
4/1996 - 4/2000
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro Biomédico, Departamento de Planejamento e Administração em Saúde.

Cargo ou função
Membro de conselho de centro.
4/1996 - 3/2000
Direção e administração, Centro Biomédico, Departamento de Planejamento e Administração em Saúde.

Cargo ou função
Diretor de Unidade.
4/1996 - 3/2000
Serviços técnicos especializados , Centro Biomédico, Departamento de Planejamento e Administração em Saúde.

Serviço realizado
Implantação e gestão financeira da Policlinica Piquet Carneiro.
4/1996 - 3/2000
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro Biomédico, Departamento de Planejamento e Administração em Saúde.

Cargo ou função
Membro de conselho de unidade.
4/1996 - 3/2000
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro Biomédico, Departamento de Planejamento e Administração em Saúde.

Cargo ou função
Membro de colegiado superior.
1/1997 - 12/1999
Treinamentos ministrados , Centro Biomédico, Departamento de Planejamento e Administração em Saúde.

Treinamentos ministrados
CAPACITAÇÃO TÉCNICA PARA IMPLANTAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMA DE INFORMAÇÃO E GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS EM SAÚDE
Desenvolvimento, Informação, Planejamento e Gestão de Recursos Humanos em Saúde
4/1984 - 7/1994
Ensino, Residência Em Medicina Social e Preventiva, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Planejamento em Saúde
Administração de recursos humanos em saúde

World Health Organization, WHO, Suiça.
Vínculo institucional

1996 - 2012
Vínculo: Consultor, Enquadramento Funcional: Coordinator, Carga horária: 40
Outras informações
Global coordination of technical cooperation on human resources for health (HRH) development, health workforce information system and monitoring, health system performance and HRH policy and planning implementation at national and sub-national level.,

Atividades

1/2002 - Atual
Serviços técnicos especializados , Evidence and InformationfFor Policy, Department of Health Service Provision.

Serviço realizado
Assessment of human resources for health.
4/2000 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Evidence and InformationfFor Policy, Department of Health Service Provision.


University of Helsinki, HELSINKI, Finlândia.
Vínculo institucional

2005 - 2007
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor visitante, Carga horária: 0
Outras informações
Professor visitante em "International Health (8 cr, 200 h)", do "International Postgraduate Programmes in Health Care", Mestrado em Quality Improvement and Leadership Development. The programmes are organised by the Department of General Practice and Primary Health Care at the University of Helsinki. The Department has been a WHO Collaborating Centre for the Development of Human Resources in Primary Health Care since August 1992.

Atividades

10/2005 - 10/2007
Ensino, Master In Health Care Quality Improvement, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
International Health
10/2005 - 10/2007
Ensino, Diploma In Health Care Quality Improvement, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
International Health

Human Resources for Health.
Vínculo institucional

2002 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Editor-in-Chief, Carga horária: 8
Outras informações
http://www.human-resources-health.com/ Human Resources for Health aims to disseminate research on health workforce policy, the health labour market, health workforce practice, development of knowledge tools and implementation mechanisms nationally and internationally; as well as specific features of the health workforce, such as the impact of management of health workers' performance and its link with health outcomes.

Atividades

5/2002 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, .

Cargo ou função
Membro de conselho editorial.

Espaço para a Saúde.
Vínculo institucional

2003 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro do Conselho Editorial, Carga horária: 0
Outras informações
http://www.ccs.uel.br/espacoparasaude/v5n1/conselho1.htm

Atividades

1/2003 - 06/2006
Conselhos, Comissões e Consultoria, .

Cargo ou função
Membro de corpo editorial.

Université de Montreal, UdeM, Canadá.
Vínculo institucional

1994 - 1995
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor visitante, Carga horária: 40

Atividades

7/1994 - 11/1995
Ensino, Maitrise en Santé Publique, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Planification de Sevices de Santé

Organização Panamericana de Saúde, OPAS, Estados Unidos.
Vínculo institucional

1991 - 2000
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Consultor temporário, Carga horária: 6
Outras informações
Consultor na área de planejamento e desenvolvimento de recursos humanos em saúde

Atividades

04/1991 - 02/2000
Serviços técnicos especializados , Unidad de Recursos Humanos para la Salud, .

Serviço realizado
Consultor na área de planejamento e desenvolvimento de recursos humanos em saúde.

Medical Care Development International, MCDI, Estados Unidos.
Vínculo institucional

1996 - 1998
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Consultor temporário, Carga horária: 10
Outras informações
Trabalho de consultoria em planejamento e desenvolvimento de recursos humanos em saúde para o Projeto Setor Saúde do Ministerio da Saúde de Angola, com financiamento do Banco Mundial.

Atividades

9/1996 - 9/1998
Serviços técnicos especializados , Medical Care Development International, .

Serviço realizado
Elaboração e Implementação do Plano Estratégico de Recursos Humanos do Ministerio da Saude de Angola.


Linhas de pesquisa


1.
A emergência de grupos empresariais no ensino à saúde no Brasil: inovação e desafios para o Sistema Único de Saúde (SUS)

Objetivo: Dimensionar e compreender as inter-relações entre empresas, organizações e instituições privadas que desenvolvem atividades diretas de formação de profissionais de saúde e suas interações com órgãos e políticas públicas, contribuindo para delinear um panorama atualizado sobre o sistema de saúde no Brasil..
Grande área: Ciências da Saúde
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Administração / Subárea: Administração Pública / Especialidade: Política e Planejamento Governamentais.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Planejamento e Avaliação Educacional / Especialidade: Avaliação de Sistemas, Instituições, Planos e Programas Educacionais.
Setores de atividade: Atividades de atenção à saúde humana.
Palavras-chave: FORÇA DE TRABALHO EM SAÚDE; PLANEJAMENTO DE RECURSOS HUMANOS; informação sobre recursos humanos em saúde; Mercado educativo em saúde; Faculdade de Medicina.
2.
INOVAÇÃO E IMPLEMENTAÇÃO DE METODOLOGIA PARA ESTIMATIVA E DIMENSIONAMENTO DE PESSOAL EM INSTITUIÇÕES COMPLEXAS DE SAÚDE

Objetivo: Esta linha propõe fazer uma análise da carga de trabalho como metodologia de dimensionamento de pessoal de saúde e, mais especificamente, da aplicação do Workload Indicators of Staffing Needs, em unidades complexas de saúde. Considerando a demanda de dimensionamento de pessoal em unidades complexas como hospitais e ambulatórios especializados, este estudo pretende analisar a aplicabilidade do WISN nestes tipos de estabelecimentos..
Grande área: Ciências da Saúde
Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Saúde Pública / Especialidade: Gestão do Trabalho.
Setores de atividade: Atividades de atenção à saúde humana.
Palavras-chave: PLANEJAMENTO DE SAÚDE; ECONOMIA DE SAÚDE; dimensionamento da força de trabalho em saúde; ADMINISTRAÇÃO DE SERVIÇOS DE SAÚDE; alocação da força de trabalho em saúde.
3.
CRISE GLOBAL, DETERMINANTES E PERSPECTIVAS DA FORMAÇÃO E ALOCAÇÃO DA FORÇA DE TRABALHO EM SAÚDE

Objetivo: Esta linha tem o objetivo central de produzir conhecimentos e evidência científica sobre opções de políticas e programas que contribuam para enfrentar a crise da força de trabalho em saúde, identificando suas tendências atuais e futuras e os diferentes cenários para a formação e alocação das profissões e dos profissionais da saúde que contribuam para aumentar e melhorar a capacidade dos sistemas de saúde e a saúde das populações..
Grande área: Ciências da Saúde
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Planejamento e Avaliação Educacional / Especialidade: Avaliação de Sistemas, Instituições, Planos e Programas Educacionais.
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: Economia dos Recursos Humanos / Especialidade: Mercado de Trabalho; Política do Governo.
Setores de atividade: Atividades de atenção à saúde humana.
Palavras-chave: POLÍTICA DE SAÚDE; POLÍTICA DE RECURSOS HUMANOS; programas de recursos humanos em saude; AVALIAÇÃO EM SAÚDE; global health.
4.
Human resources for health policy and evidence

Objetivo: Development of an evidence base of methods and tools for the assessment and planning of HR needs, and a set of best practices in HR policy, with tools to aid implementation and evaluation..
Grande área: Ciências da Saúde
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: Economia dos Recursos Humanos / Especialidade: Mercado de Trabalho; Política do Governo.
Setores de atividade: Políticas, Planejamento e Gestão em Saúde.
Palavras-chave: RECURSOS HUMANOS EM SAÚDE; EVIDENCE BASE; POLÍTICA DE RECURSOS HUMANOS.


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
A emergência de grupos empresariais no ensino à saúde no Brasil: inovação e desafios para o Sistema Único de Saúde (SUS)
Descrição: Este projeto tem por objetivo dimensionar e compreender as inter-relações entre empresas, organizações e instituições privadas que desenvolvem atividades diretas de formação de profissionais de saúde e suas interações com órgãos e políticas públicas, contribuindo para delinear um panorama atualizado sobre o sistema de saúde no Brasil. Sob esse enfoque pretende-se avançar o conhecimento sobre a estrutura proprietária e as estratégias de expansão e de financeirização de Instituições de Ensino Superior Privadas (IESP) com escolas médicas e de enfermagem. O plano de trabalho visa, assim, analisar como esses grupos empresariais se estruturam e quais estratégias adotam, na perspectiva de Chandler Jr., (1962) - estratégia e estrutura; escala e escopo - para expansão na formação de médicos e outras profissões de saúde no Brasil, bem como examinar a interface das Instituições de Ensino Superior Privadas com as políticas setoriais, buscando identificar os mecanismos de regulação e de financiamento públicos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (3) .
Integrantes: Mario Roberto Dal Poz - Coordenador / Maria Helena Costa Couto - Integrante / Thais de Andrade Vidaurre Franco - Integrante / Mário César Scheffer - Integrante / Izabel Aparecida Mendonça Ferreira - Integrante / Licelma Amanda Cavada Fehn - Integrante / Dércio Santiago da Silva Júnior - Integrante / Leila Senna Maia - Integrante.Financiador(es): FAPERJ - Auxílio financeiro.Número de orientações: 1
2016 - Atual
Tendências e desafios da privatização da educação de enfermagem no Brasil
Descrição: Este Projeto, integra duas linhas de pesquisa em andamento e certificados pelo CNPq e FAPERJ: a) ?Crise global, determinantes e perspectivas da formação e alocação da força de trabalho em saúde?, financiado pela FAPERJ através do Programa ?Cientista do Nosso Estado? (processo E-26/201.359/ 2014) e contemplado também no PROCIENCIA/UERJ/FAPERJ que tem por objetivo produzir conhecimento e evidência científica sobre opções de políticas e programas que contribuam para enfrentar a crise global da força de trabalho em saúde, caracterizada pelo déficit mundial de profissionais de saúde (WHO, 2006) e pela desigualdade regional, nacional e subnacional na distribuição e acesso à força de trabalho da saúde a qual produz desigualdade de distribuição e deficiência de pessoal qualificado de saúde e afeta quase todos os países, inclusive o Brasil, em especial, nas regiões rurais, periferias urbanas e de difícil acesso; b) ?Infraestrutura Científica e Tecnológica das Instituições de Ensino Superior de Natureza Pública e Privada em Saúde?, integrante do projeto ?Complexo Econômico Industrial da Saúde (CEIS), Inovação e Dinâmica Capitalista: Desafios Estruturais para a Construção do Sistema Universal no Brasil?, financiado pelo CNPq (processo 405077/2013-0), que vem analisando as relações entre a formação de profissionais de saúde, em especial a educação médica e as políticas setoriais (educação, saúde e de C &T) e o desenvolvimento econômico, com vistas a contribuir para a elaboração e implementação de opções de políticas de formação de profissionais de saúde e à redução de desigualdades de acesso da população aos serviços de saúde. Assim, o objetivo principal deste plano de trabalho é caracterizar o processo de privatização do ensino superior de enfermagem no Estado do Rio de Janeiro e no Brasil. Além de demonstrar a presença e a participação dos setores público e privado na graduação em enfermagem, a análise terá como objetivos examinar a evolução quantitativa e a distribuição geográfica das escolas de enfermagem, bem como o comparar o desempenho das instituições públicas e privadas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Mario Roberto Dal Poz - Coordenador / Thereza Christina Varella - Integrante / Licelma Amanda Cavada Fehn - Integrante / Carolina Liquieri - Integrante.Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro / Universidade do Estado do Rio de Janeiro - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 3 / Número de orientações: 1
2014 - Atual
Crise global, determinantes e perspectivas da formação e alocação da força de trabalho em saúde
Descrição: A área de Recursos Humanos em Saúde ocupa, com destaque, a agenda governamental para implementação de reformas nos sistemas nacionais de saúde, especialmente no que se refere à formulação, ao gerenciamento e à implementação de políticas de gestão do trabalho e da educação. Ainda que o conjunto de problemas não seja exatamente novo, reconhece-se atualmente a existência de uma crise global da força de trabalho em saúde, caracterizada pelo déficit mundial estimado em mais de 4 milhões de profissionais de saúde (WHO, 2006) e pela a desigualdade regional, nacional e subnacional na distribuição e acesso à FTS. Essa desigualdade de distribuição afeta quase todos os países, inclusive o Brasil, que apresenta déficit de pessoal qualificado de saúde, especialmente nas regiões rurais, periferias urbanas e de difícil acesso. O SUS provocou importantes modificações tanto para a assistência em saúde, quanto para o conjunto dos profissionais que atuam nesse sistema, em especial o crescimento do mercado de trabalho em saúde. Vale destacar que além das reformas nos modelos de prestação de serviços em saúde, especialmente a ênfase na atenção básica, a regulação e qualificação de recursos humanos em saúde (RHS) têm sido apontadas como necessárias para proporcionar equidade e qualidade ao sistema de saúde. Neste contexto o presente projeto objetiva produzir conhecimento e evidência científica sobre opções de políticas e programas que contribuam para enfrentar essa crise que tem limitado a capacidade dos sistemas de saúde para melhorar a saúde de suas populações. O plano de trabalho inclui identificar tendências atuais e futuras (próximas duas décadas) para a formação e alocação das profissões e dos profissionais da saúde na estrutura do setor no Brasil e no Estado do Rio de Janeiro, no contexto global e da América Latina, reportando para o futuro as principais projeções de mudanças..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (2) .
Integrantes: Mario Roberto Dal Poz - Coordenador / Thereza Christina Varella - Integrante / Karen dos Santos Matsumoto - Integrante / Maria Helena Costa Couto - Integrante / Maria Ruth dos Santos - Integrante / Thais de Andrade Vidaurre Franco - Integrante / Fátima Meirelles Pereira Gomes - Integrante / Izabel Aparecida Mendonça Ferreira - Integrante / Licelma Amanda Cavada Fehn - Integrante / Liliádia da silva oliveira Barreto - Integrante / Jorge Luiz Amaral - Integrante / Vanessa Campos - Integrante.Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Bolsa / Universidade do Estado do Rio de Janeiro - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 13 / Número de orientações: 5
2014 - Atual
Perfil e percepções dos recém-graduados em Medicina no Brasil.
Descrição: O presente estudo busca traçar o perfil dos concluintes dos cursos de graduação em Medicina no Brasil, além de sua opinião sobre o curso de graduação, sobre a profissão médica, aspirações profissionais e opiniões sobre ética médica..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2013 - Atual
A formação de profissionais de saúde: análise prospectiva
Descrição: Este projeto tem por objetivo central identificar tendências atuais e futuras (próximas duas décadas) a respeito das profissões e dos profissionais da saúde na estrutura do setor no Brasil e no Estado do Rio de Janeiro reportando para o futuro as principais projeções de mudanças com base no exame das variáveis elencadas para sustentar essas novas realidades e, tem como objetivos específicos: ? Realizar revisão sistemática da literatura, nacional e internacional, sobre o comportamento das profissões e dos profissionais de saúde, com ênfase no globalizado cenário de mudanças em que novas profissões emergem e outras se adaptam ao reordenamento das relações interprofissionais em novos contextos dos processos de trabalho em saúde; ? Apresentar as mudanças induzidas pelos fenômenos da transição demográfica e epidemiológica nos cenários das práticas e cuidados em saúde e que tem potencial de impactar a organização das profissões e do trabalho em saúde; ? Identificar os sentidos dos processos reais de mudanças que têm afetado as profissões e o trabalho em saúde pela expansão e desenvolvimento do conhecimento científico e tecnológico e consequente agregação de novos procedimentos e tecnologias, usurpando e/ou criando novas funções técnicas especializadas, com influência nos parâmetros de gastos dos agentes provedores de serviços de assistência; ? Caracterizar as mutações no quadro dos marcos regulatórios das profissões de saúde e as possíveis consequências no exercício profissional, na formação e qualificação, no mercado de trabalho e na organização de novas formas de provimentos de serviços de saúde, dentre outras..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Mario Roberto Dal Poz - Coordenador / José Carvalho de Noronha - Integrante / Thereza Christina Varella - Integrante / Maria Helena Costa Couto - Integrante / Maria Ruth dos Santos - Integrante / Thais de Andrade Vidaurre Franco - Integrante / Mário César Scheffer - Integrante / Telma Ruth Pereira - Integrante / Fátima Meirelles Pereira Gomes - Integrante / Licelma Amanda Cavada Fehn - Integrante / Jorge Luiz Amaral - Integrante / Gustavo Zoio Portela - Integrante / Carolina Liquieri - Integrante.Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro / Fundação para o Desenvolvimento Científicio e Tecnológico em Saúde - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 8 / Número de orientações: 4
2013 - Atual
Inovação e implementação de metodologia de estimativa e dimensionamento de pessoal de saúde em serviços de saúde
Descrição: Este estudo propõe fazer uma análise da carga de trabalho como metodologia de dimensionamento de pessoal de saúde e, mais especificamente, da aplicação do WISN (Workload Indicators of Staffing Needs, em inglês) em unidades complexas de saúde. O método foi proposto inicialmente pela Organização Mundial de Saúde (OMS) com a finalidade de atender a demanda por novas formas de gerenciar os recursos humanos disponíveis (OMS, 1998, 2010). A partir de experiências prévias, foi realizada uma tradução adaptada para o português do manual do usuário do WISN, como parte da cooperação técnica entre a Estação de Trabalho IMS/UERJ da Rede Observatório de Recursos Humanos em Saúde / Centro Colaborador da OMS para Planejamento e Informação da Força de Trabalho em Saúde e a Organização Mundial de Saúde. Considerando a demanda de dimensionamento de pessoal em unidades complexas como hospitais e ambulatórios especializados, este estudo pretende analisar a aplicabilidade do WISN nestes tipos de estabelecimentos, selecionando três hospitais públicos da cidade do Rio de Janeiro que oferecem serviços especializados na área de ensino, câncer e traumatologia e ortopedia. A partir dos resultados dês estudo, espera-se oferecer subsídios, com sustentação metodológica, para o dimensionamento dos profissionais de saúde na rede de serviços de saúde do SUS (publica e privada), e desta forma, otimizar a capacidade de trabalho e o desempeno dos profissionais de saúde. Vale a pena ressaltar que a força de trabalho em saúde constitui um dos principais determinantes de eficiência e eficácia na prestação de cuidados em saúde..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (2) .
Integrantes: Mario Roberto Dal Poz - Coordenador / Teena Kunjumen - Integrante / Norbert Dreesch - Integrante / Thereza Christina Varella - Integrante / Cláudia Regina Machado - Integrante / Karen dos Santos Matsumoto - Integrante / Raquel Rapone Gaidzinski - Integrante / Riita-Liisa Kolehmainen Aitken - Integrante / Jorge Leandro do Souto Monteiro - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 6 / Número de orientações: 4
2012 - 2016
Estrategia de cooperación para la segunda medición de metas regionales de análisis de políticas de recursos humanos para la salud
Descrição: Através de cooperação com a Organização panamericana da Saúde, o projeto vai contribuir para monitorar, analisar e avaliar as políticas de RHS na região das Américas. Uma variedade de abordagens será considerada (mapeamento resultado, modelos de lógica, análise de impacto de políticas, etc.) Lições aprendidas e "boas práticas" também serão considerados, não só para identificar estratégias apropriadas e mecanismos necessários para fortalecer os processos de avaliação de RHS, mas também para desenvolver uma melhor compreensão da arena do planejamento dos RHS, mas também para identificar os tipos de habilidades e competências necessárias para planejar e gerenciar os RHS no futuro..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) .
Integrantes: Mario Roberto Dal Poz - Coordenador / Maria Helena Costa Couto - Integrante / Thais de Andrade Vidaurre Franco - Integrante.Financiador(es): Organizacão Pan-Americana da Saude/Organizacão Mundial da Saude - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 2
2012 - 2016
Migration of health workers and the global economic crisis
Descrição: The project will look at the progress on the WHO Code of International recruitment implementation, at the global, regional and national levels, including case studies, but also will take stock of situation of the migration of health workers in the current financial crisis, particularly in key importing countries. It is also proposed to include the civil society views and experience..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) .
Integrantes: Mario Roberto Dal Poz - Coordenador / Amani Siyam - Integrante / Madeleine Sumption - Integrante / Thais de Andrade Vidaurre Franco - Integrante.Financiador(es): World Health Organization - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 3
2011 - Atual
Estimativa da necessidade de recursos humanos na atenção primária do SUS
Descrição: Estimar a necessidade da força de trabalho em saúde para que a atenção primária do SUS possa atingir as metas de cobertura por habitante propostas em cada município do Brasil para os próximos 10 anos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (3) .
Integrantes: Mario Roberto Dal Poz - Integrante / Celia Regina Pierantoni - Coordenador / Tania França - Integrante / Cid Manso de Mello Vianna - Integrante / Marcus Paulo da Silva Rodrigues - Integrante / Marina Morici - Integrante / Carinne Magnago - Integrante.Financiador(es): Organizacão Pan-Americana da Saude/Organizacão Mundial da Saude - Auxílio financeiro.
2000 - 2012
Development of HRH monitoring and evaluation indicators
Descrição: The project aiming at developing an evidence base on HRH to support decision-making. Drawing on the WHO framework for health systems performance assessment, we focus on the methods and materials for monitoring HRH inputs. 1. Review the conceptual and methodological issues for selecting relevant indicators. 2. Develop means for enhancing cross-national comparability. 3. Critical review of the main data sources that might be used to generate indicators 4. Statistical applications and empirical findings for illustrative purposes.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Mario Roberto Dal Poz - Coordenador / Khassoum Diallo - Integrante / Andrea Pantoja - Integrante / Teena Kunjumen - Integrante / Neeru Gupta - Integrante / Pascal Zurn - Integrante.Financiador(es): World Health Organization - Remuneração.
Número de produções C, T & A: 25 / Número de orientações: 1
1997 - 2000
Estudo sobre processo de reforma em saúde no Brasil: analise do Programa de Saúde da Família
Descrição: Atendendo à uma demanda do Centro de Investigación y Desarrollo de la Educación - CIDE e do Instituto Latinoamericano de Doctrina y Estudios Sociales - ILADES, na qualidade de coordenadores do projeto "Apoyo a las actividades de seguimiento y evaluación de programas y proyectos sociales" (TC-93-04-39-6) do Banco Interamericano de Desenvolvimento - BID e CHD, este texto apresenta um projeto de avaliação do Programa de Saúde da Família, em fase de execução pelo governo brasileiro. Formulado pelo Ministério da Saúde em 1996, encontra-se atualmente em etapa de implementação pelos executivos municipais. O estudo buscou não apenas conhecer informações mais habituais sobre as atividades desenvolvidas pelo Programa, mas inserir essas informações no quadro da administração pública municipal, responsável pela implementação do Programa. O trabalho também visou ainda subsidiar um aumento da eficiência e da eficácia do Programa de Saúde da Família, entendendo-se por eficiência o melhor uso dos recursos disponíveis para a consecução do alvo desejado e, por eficácia, a melhor configuração operacional e organizacional dos sistemas que dão suporte à atividade-fim. Ele abrangeu uma amostra definida, de municípios de todo o território nacional. Trabalhou com dados qualitativos e quantitativos, bem como apresentou recomendações, apoiando-se em diferentes procedimentos, objetivos e instrumentos de coleta de informações..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Mario Roberto Dal Poz - Coordenador.
Número de produções C, T & A: 7
1991 - 1996
Descentralização e gestão dos serviços de saúde: uma avaliação do SUS
Descrição: SUB-PROJETO 1: DO SUDS AO SUS: DESCENTRALIZAÇÃO E GESTÃO DOS SERVIÇOS DE SAÚDE NOS ESTADOS DA REGIÃO SUDESTE. EXAMINOU AS POLÍTICAS DE SAÚDE NO BRASIL, FOCALIZANDO AS RAZÕES DO CENTRALISMO E OS PRIMÓRDIOS DO PROJETO DESCENTRALIZADOR, OS SISTEMAS UNIFICADOS E DESCENTRALIZADOS DE SAÚDE E A TRANSIÇÃO SUDS-SUS (CARACTERÍSTICAS GERAIS E OS ESTADOS DA REGIÃO SUDESTE) SUB-PROJETO 2: AVALIAÇÃO DO PROCESSO DE MUNICIPALIZAÇÃO DA SAÚDE NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO ANALISOU AS DIMENSÕES DE ORGANIZAÇÃO DOS SERVIÇOS, ESTRUTURA ORGANIZACIONAL, FINANCIAMENTO, RECURSOS HUMANOS, CONTROLE SOCIAL, NOS MUNICÍPIOS DE ANGRA DOS REIS, ARRAIAL DO CABO, BARRA DO PIRAÍ, BOM JESUS DE ITABAPOANA, CAMPOS DE GOYTACAZES, CARMO, MANGARATIBA, MARICA, PETRÓPOLIS, RESENDE, RIO BONITO, RIO DE JANEIRO, SÃO GONÇALO, SÃO JOÃO DE MERITI SUB-PROJETO 3: CARACTERIZAÇÃO DAS CONDIÇÕES PARA A IMPLANTAÇÃO DOS DISTRITOS SANITÁRIOS EM ÁREAS URBANAS E LOCALIDADES RURAIS A PRIMEIRA PARTE ANALISOU AS CONDIÇÕES PARA A IMPLANTAÇÃO DOS DISTRITOS SANITÁRIOS NA AP2- NORTE (RIO DE JANEIRO), ATRAVÉS DAS SEGUINTES DIMENSÕES: TERRITORIALIZAÇÃO, INSTÂNCIA DA GESTÃO E A CONCEPÇÃO DE DISTRITO SANITÁRIO. A SEGUNDA PARTE ANALISOU AS CONDIÇÕES PARA A IMPLANTAÇÃO DE DISTRITOS SANITÁRIOS EM ÁREAS RURAIS NOS MUNICÍPIOS DE 1. BOM JESUS DO ITABAPOANA, ANGRA DOS REIS, NATIVIDADE E RESENDE..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (2) / Mestrado acadêmico: (3) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Mario Roberto Dal Poz - Coordenador / João Regazzi Gerk - Integrante / Cledenir Formiga - Integrante / Ruben Mattos de Araújo - Integrante / Eduardo Levcovitz - Integrante / Thereza Christina Varella - Integrante.Financiador(es): Ministério da Saúde - Cooperação.
Número de produções C, T & A: 5


Projetos de extensão


2013 - Atual
Centro Rio de Saude Global
Descrição: A estruturação do Centro Rio de Saúde Global ocorre em contexto de crescente internacionalização das atividades acadêmicas da UERJ, no qual o IMS pretende se inserir crescentemente, visando contribuir para que esse processo alcance patamar mais elevado. Este programa vem aglutinando - via ensino, pesquisa e extensão ? expertise multidisciplinar a partir de amplo conjunto de unidades da Universidade. No campo emergente da Saúde Global, serão desenvolvidas atividades de assessoria e de cooperação internacional na docência e pesquisa, além de intercambio docente e discente, promoção de eventos, iniciativas editoriais, com uso intensivo de tecnologia de comunicação e informação. A partir do Instituto de Medicina Social, o Centro já agrega docentes do I. Nutrição, F. Comunicação Social e F. Direito. Além da expansão dos vínculos internacionais existentes, pretendemos diversificar, com foco especial em relações Sul-Sul - América do Sul e África por razões históricoculturais. Busca-se participação na crescente comunidade de instituições acadêmicas que promovem atividades colaborativas em saúde global, incuindo a filiação ao Consortium of Universities for Global Health, ALASAG e a World Federation of Academic Institutions for Global Health. O novo Centro pretende também avançar no desenvolvimento de propostas de saúde global oriundas de outras instituições brasileiras e internacionais, incluindo agencias governamentais ou pertencentes ao "terceiro setor", e.g. para participar do movimento de opinião sobre as metas revisadas de desenvolvimento sustentável..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) .
Integrantes: Mario Roberto Dal Poz - Coordenador / Eduardo Faerstein - Integrante / Francisco Javier Ortega - Integrante / Kenneth Camargo Jr - Integrante / Anete Trajman - Integrante / Tassia Cardoso - Integrante / Nathalia Cavassa - Integrante.


Projetos de desenvolvimento


2013 - Atual
Inovação e implementação de metodologia para estimativa e dimensionamento de pessoal de saúde
Descrição: Este estudo propõe fazer uma análise da carga de trabalho como metodologia de dimensionamento de pessoal de saúde e, mais especificamente, da aplicação do WISN (Workload Indicators of Staffing Needs, em inglês) em unidades complexas de saúde e de Atenção Primária à Saúde. O método foi proposto inicialmente pela Organização Mundial de Saúde (OMS) com a finalidade de atender a demanda por novas formas de gerenciar os recursos humanos disponíveis (OMS, 1998, 2010). A partir de experiências prévias, foi realizada uma tradução para o português do manual do usuário do WISN, bem como sua adaptação para o sistema de saude brasileiro e as normas trabalhistas, como parte da cooperação técnica entre a Estação de Trabalho IMS/UERJ da Rede Observatório de Recursos Humanos em Saúde / Centro Colaborador da OMS para Planejamento e Informação da Força de Trabalho em Saúde e a Organização Mundial de Saúde. O planejamento adequado da força de trabalho nos sistemas de saúde representa um grande desafio aos gestores em todo o mundo, sendo imprescindível aos bons resultados que se deseja alcançar. No Brasil, tanto nas unidades da Estratégia de Saúde da Família (ESF), como nas unidades complexas como hospitais e ambulatórios especializados, do SUS e do setor privado, o dimensionamento de pessoal em saúde ainda é incipiente, especialmente na ESF, onde os parâmetros nacionais são estabelecidos sem considerar as especificidades das diferentes regiões geográficas do país ou de fatores como a contenção de gastos e a flexibilização de vínculos de trabalho. Este estudo pretende assim, identificar as intervenções/atividades desenvolvidas pelos médicos (e outros profissionais de saúde) na ESF e unidades complexas de saúde, classificando os componentes da carga de trabalho, verificando a probabilidade de ocorrência e o tempo médio das intervenções e sua distribuição. Pretende ainda analisar as variações no desempenho desses profissionais e a aplicabilidade / utilização do método WISN nestes tipos de estabelecimentos, da ESF e dos hospitais públicos da cidade do Rio de Janeiro que oferecem serviços especializados na área de ensino, câncer e traumatologia e ortopedia. A partir dos resultados desse estudo, espera-se oferecer subsídios, com sustentação metodológica, para o dimensionamento dos profissionais de saúde na rede de serviços de saúde do SUS (publica e privada), e desta forma, otimizar a capacidade de trabalho e o desempeno dos profissionais de saúde. Vale a pena ressaltar que a força de trabalho em saúde constitui um dos principais determinantes de eficiência e eficácia na prestação de cuidados em saúde..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Doutorado: (3) .
Integrantes: Mario Roberto Dal Poz - Coordenador / Tania França - Integrante / Teena Kunjumen - Integrante / Thereza Christina Varella - Integrante / Cláudia Regina Machado - Integrante / Karen dos Santos Matsumoto - Integrante / Raquel Rapone Gaidzinski - Integrante / Alessandra Pereira da Silva - Integrante / Jorge Leandro Monteiro - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 5 / Número de orientações: 4
2013 - Atual
A formação de profissionais de saúde: análise prospectiva
Descrição: Desde o século XX as profissões, sofreram profundas transformações influenciadas por importantes processos de mudanças na estrutura profissional das sociedades, em função de transformações sociais políticas econômicas, demográficas e epidemiológicas. Na área da saúde, algumas profissões surgem, enfraquecem ou se fortalecem abrindo novas áreas funcionais na divisão sócio técnica do trabalho ou se adaptam às mudanças no ambiente social e político. O Brasil tem regulamentado pelo Conselho Nacional de Saúde (resolução 287/98) 14 profissões de nível superior que integram o conjunto do setor saúde e, estudo recente constatou que nas últimas três décadas, 43 categorias ocupacionais de nível médio e elementar da área de saúde foram regulamentadas pelo Ministério da Educação. Do ponto de vista da organização da rede de serviços pode-se estabelecer seguindo critérios sócios culturais e das demandas de atenção em saúde um grupo de profissões nucleares, a saber, médicos, enfermeiros, dentistas e farmacêuticos. A formação das profissões de saúde é regulamentada pelas Diretrizes Curriculares Nacionais das Graduações de Saúde instituídas em 2001, atende às recomendações da Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB). A LDB n° 9.394/96 define a reestruturação dos cursos de graduação com a extinção dos currículos mínimos e a adoção de diretrizes curriculares específicas para cada curso. De acordo com as estatísticas da educação (2011) o país forma por ano 14.634 médicos, 47.114 enfermeiros, 9.637 dentistas, 18.779 farmacêuticos. Os enfermeiros ostentam o maior crescimento na última década, com incremento das IES no setor privado, consequência das mudanças do mercado de trabalho, do desenvolvimento do Sistema Único de Saúde (SUS) e das modificações na legislação educacional. Com base em dados dos censos populacionais e dos conselhos profissionais, mantida as tendências atuais de formação e mercado de trabalho, a projeção é de crescimento da oferta e da densidade per capita de médicos e enfermeiros. Nos próximos 10 a 12 anos, os médicos representarão em 2.3 e 3.5/1000 habitantes (hab.) enquanto as enfermeiras passariam dos atuais 0.7 para 2.4 e 4.0 por 1000 hab. De acordo com a pesquisa realizada em 2009, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) sobre a Assistência Médico Sanitária (AMS) o país ostenta o quantitativo de 1.104.340 postos de trabalho de pessoal de nível superior em estabelecimentos de saúde dos quais 57,6% de médicos, 15% de enfermeiros e 8,5% de dentistas. A distribuição regional é heterogênea e desigual com forte concentração de todas as categorias na região sudeste (cerca de 50%). A maior carência de Profissionais de saúde é percebida na região Norte seguida pelo Nordeste e Centro-Oeste. Em 2030, o país contabilizará 40 milhões de idosos, o que torna crítico, adotar políticas e programas específicos para mudar o quadro atual. Além disso, com a mudança do quadro epidemiológico e o desenvolvimento tecnológico, o Brasil necessita capacitar outros profissionais tais como, fisioterapeuta, enfermeiros geriátricos, odontogeriatras, e outros. A implementação de uma agenda para solvência desses e outros problemas exige planejamento de longo prazo. Isto posto, intenta-se apresentar de forma abrangente os principais aspectos históricos e conceituais sobre as mudanças e necessidades de qualificação técnica, conhecimento especializado e oferta de formação das profissões de saúde, tendo como foco as categorias de médicos, enfermeiros, farmacêuticos, dentistas e fisioterapeutas..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) .
Integrantes: Mario Roberto Dal Poz - Coordenador / Thereza Christina Varella - Integrante / Maria Helena Costa Couto - Integrante / Maria Ruth dos Santos - Integrante / Licelma Amanda Cavada Fehn - Integrante / Liliádia da silva oliveira Barreto - Integrante / Jorge Luiz Amaral - Integrante / Gustavo Zoio Portela - Integrante / MARIO SCHEFFER - Integrante.
Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 2
2005 - 2015
Sistema de Informação da Oferta de Recursos Humanos em Saúde
Descrição: Tem como objetivo de coletar, processar e disseminar informações que facilitem análise sobre o processo de formação de recursos humanos da área da saúde, a partir um banco de dados e do Diretório de Escolas e Faculdades do IMS/UERJ, disponibilizando informações sobre as instituições formadoras de graduação em saúde, com destaque para medicina, enfermagem e odontologia usando as bases de dados do Ministério da Educação através dos Censos realizados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais INEP, dos Conselhos Profissionais como CFM, do Censo Populacional e outros inquéritos do IBGE, e outras fontes de dados..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Mario Roberto Dal Poz - Integrante / Celia Regina Pierantoni - Coordenador / Tania França - Integrante / Thereza Christina Varella - Integrante / MÁRIO Cesar SCHEFFER - Integrante / Gustavo Zoio Portela - Integrante / Alex Jones Flores Cassenote - Integrante.Financiador(es): Organização Mundial da Saúde - Cooperação / Ministério da Saúde - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 14 / Número de orientações: 1
1991 - 2000
Desenvolvimento de Sistema de Informação de Recursos Humanos em saúde
Descrição: O Sistema de Informação e Gestão de Recursos Humanos - SIG-RHS, surge como elemento facilitador de uma Política de Desenvolvimento de RH. Trata-se de um instrumento de coleta, armazenamento e análise de informações sobre recursos humanos em saúde para ser utilizado em serviços e sistemas locais de saúde. A primeira etapa consiste no preenchimento dos dados de acordo com o instrutivo que acompanha o instrumento de coleta. Esta etapa torna-se fundamental na medida em que a função do SIG-RHS como instrumento de planejamento e gestão de recursos humanos depende da validade das informações prestadas. Após a coleta, os dados serão armazenados em bancos de dados do SIG-RHS, que possibilita a emissão de relatórios nominais e estatísticos, de maneira a agilizar a consulta e análise da Força de Trabalho em Saúde. Esses relatórios, entre outras possibilidades, permitem fundamentar os estudos de reordenação e estruturação de planos de cargos, carreiras e salários, fornecer elementos para a elaboração de programas de formação e capacitação, bem como apoiar a fixação de critérios técnicos de alocação de pessoal nas unidades. Ao final, espera-se que a implantação e desenvolvimento do SIG-RHS forneça elementos atualizados para que se viabilize a formulação de diretrizes e normas do desempenho dos Recursos Humanos, favorecendo a melhoria da qualidade da assistência prestada à população..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Mario Roberto Dal Poz - Coordenador / Celia Regina Pierantoni - Integrante / Maria Alice Branco - Integrante / Tania França - Integrante / Julio Dal Poz - Integrante / Valéria Dias Mattos - Integrante / Thereza Christina Varella - Integrante.Financiador(es): Universidade do Estado do Rio de Janeiro - Bolsa / Ministério da Saúde - Cooperação / Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 12 / Número de orientações: 1


Membro de corpo editorial


2005 - 2012
Periódico: Bulletin of the World Health Organization
2004 - Atual
Periódico: Espaço para a Saúde
2003 - Atual
Periódico: Human Resources for Health


Membro de comitê de assessoramento


2017 - Atual
Agência de fomento: Medical Research Council
2017 - Atual
Agência de fomento: The Academies of Sciences, Engineering and Medicine
2011 - 2013
Agência de fomento: UK Department for International Development


Revisor de periódico


2002 - 2012
Periódico: Bulletin of the World Health Organization
2004 - Atual
Periódico: Cadernos de Saúde Pública (FIOCRUZ)
2002 - Atual
Periódico: Espaço para a Saúde
2002 - Atual
Periódico: Human Resources for Health
2010 - Atual
Periódico: Health Policy and Planning (Print)
2010 - Atual
Periódico: Revista de Saude Publica (Online)
2000 - Atual
Periódico: Revista de Administração Pública (Impresso)
2013 - Atual
Periódico: Interface - Comunicação, Saúde, Educação


Revisor de projeto de fomento


2013 - Atual
Agência de fomento: Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado do Amazonas


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Saúde Pública.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Políticas Públicas.
3.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Administração / Subárea: Administração de Empresas/Especialidade: Administração de Recursos Humanos.
4.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Administração / Subárea: Administração Pública.
5.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Ciência da Computação / Subárea: Metodologia e Técnicas da Computação/Especialidade: Sistemas de Informação.
6.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Planejamento e Avaliação Educacional/Especialidade: Avaliação de Sistemas, Instituições, Planos e Programas Educacionais.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Italiano
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2016
Homenagem pela contribuição na Oitava Conferência Nacional de Saúde, Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz.
2014
Bolsista CNPq, Modalidade/Nível: DT-ID (310404/2013-4), CNPq.
2014
Bolsista Prociência UERJ (2014-2017), UERJ.
2014
Cientista de Nosso Estado (2014-2017), FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro.
2012
Diploma por relevantes serviços prestados, Organização Mundial da Saúde.
2009
Medalha de Merito Oswaldo Cruz, categoria Ouro, Presidência da Republica do Brasil.
2007
The UC Berkeley Regents' Lecture Series, University of California at Berkeley.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Web of Science
Total de trabalhos:65
Total de citações:1249
Fator H:14
Dal Poz, Mario R  Data: 15/11/2018

SciELO
Total de trabalhos:13
Total de citações:150
DAL POZ, M.R. OR DAL POZ, MARIO OR DAL POZ, MARIO R. OR DAL POZ, MARIO ROBERTO or DAL, M [Autor]  Data: 30/11/2009

SCOPUS
Total de trabalhos:37
Total de citações:994
Dal Poz, Mario Roberto; Dal Poz, Mario R. Dal Poz, M. R.; Dal Poz, Mario; Dal Poz, Mario R.; Poz, MRD  Data: 22/06/2014

Outras
Total de trabalhos:175
Total de citações:4928
DAL POZ, M.R. OR DAL POZ, MARIO OR DAL POZ, MARIO R. OR DAL POZ, MARIO ROBERTO OR DAL POZ, MR OR POZ, MR  Data: 28/04/2017

Artigos completos publicados em periódicos

1.
CRAVEIRO, ISABEL2018CRAVEIRO, ISABEL ; HORTALE, VIRGINIA ; OLIVEIRA, ANA PAULA CAVALCANTE DE ; Dal Poz, Mario ; PORTELA, GUSTAVO ; DUSSAULT, GILLES . The utilization of research evidence in Health Workforce Policies: the perspectives of Portuguese and Brazilian National Policy-Makers. JOURNAL OF PUBLIC HEALTH, v. 40, p. i50-i56, 2018.

2.
FRANCO, THAIS DE ANDRADE VIDAURRE2018FRANCO, THAIS DE ANDRADE VIDAURRE ; POZ, MARIO ROBERTO DAL . A PARTICIPAÇÃO DE INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR PRIVADAS NA FORMAÇÃO EM SAÚDE NO BRASIL. TRABALHO, EDUCAÇÃO E SAÚDE (IMPRESSO), v. 16, p. 1017-1037, 2018.

3.
OLIVEIRA, A. P. C.2018OLIVEIRA, A. P. C. ; POZ, MARIO ROBERTO DAL ; CRAVEIRO, ISABEL ; GABRIEL, MARIANA ; DUSSAULT, GILLES . Fatores que influenciaram o processo de formulação de políticas de recursos humanos em saúde no Brasil e em Portugal: estudo de caso múltiplo. CADERNOS DE SAÚDE PÚBLICA, v. 34, p. e00220416, 2018.

4.
YAKHELEF, NADIA2018YAKHELEF, NADIA ; CODJIA, LAURENCE ; Dal Poz, Mario ; CAMPBELL, JIM . Cartographie des politiques en matière de ressources humaines de la santé en Afrique francophone. Sante Publique, v. S1, p. 19, 2018.

5.
OLIVEIRA, ANA PAULA CAVALCANTE DE2017OLIVEIRA, ANA PAULA CAVALCANTE DE ; GABRIEL, MARIANA ; POZ, MARIO ROBERTO DAL ; DUSSAULT, GILLES . Desafios para assegurar a disponibilidade e acessibilidade à assistência médica no Sistema Único de Saúde. Ciencia & Saude Coletiva, v. 22, p. 1165-1180, 2017.

6.
PORTELA, GUSTAVO ZOIO2017PORTELA, GUSTAVO ZOIO ; FEHN, AMANDA CAVADA ; UNGERER, REGINA LUCIA SARMENTO ; POZ, MARIO ROBERTO DAL . Recursos humanos em saúde: crise global e cooperação internacional. Ciencia & Saude Coletiva, v. 22, p. 2237-2246, 2017.

7.
DAL POZ, MR2016DAL POZ, MR; COSTA-COUTO, M. H. ; FRANCO, T. A. V. . Innovation, development, and financing of institutions of Higher Education in health. CADERNOS DE SAÚDE PÚBLICA, v. 32, p. e00139915,-S14, 2016.

8.
BAHIA, LIGIA2016BAHIA, LIGIA ; SCHEFFER, MARIO ; POZ, Mario Dal ; TRAVASSOS, CLAUDIA . Planos privados de saúde com coberturas restritas: atualização da agenda privatizante no contexto de crise política e econômica no Brasil. CADERNOS DE SAÚDE PÚBLICA, v. 32, p. e00184516-5, 2016.

9.
SCHEFFER, MÁRIO CÉSAR2016SCHEFFER, MÁRIO CÉSAR ; GUILLOUX, ALINE GIL ALVES ; POZ, MARIO ROBERTO DAL ; SCHRAIBER, LILIA BLIMA . Reasons for choosing the profession and profile of newly qualified physicians in Brazil. Revista da Associação Médica Brasileira, v. 62, p. 853-861, 2016.

10.
MACHADO, C. R.2015MACHADO, C. R. ; DAL POZ, MR . Sistematização do conhecimento sobre as metodologias empregadas para o dimensionamento da força de trabalho em saúde. Saude em Debate, v. 39, p. 239-254, 2015.

11.
Dal Poz, Mario Roberto2015Dal Poz, Mario Roberto; SEPULVEDA, HERNAN RODRIGO ; COSTA-COUTO, M. H. ; GODUE, CHARLES ; PADILLA, MONICA ; CAMEROON, RICK ; VIDAURRE, THAIS . Assessment of human resources for health programme implementation in 15 Latin American and Caribbean countries. Human Resources for Health, v. 13, p. 13-24, 2015.

12.
SHEIKH, KABIR2015SHEIKH, KABIR ; FREEDMAN, LYNN ; GHAFFAR, ABDUL ; MARCHAL, BRUNO ; EL-JARDALI, FADI ; MCCAFFERY, JIM ; DE SARDAN, JEAN-PIERRE OLIVIER ; Dal Poz, Mario ; FLORES, WALTER ; GARIMELLA, SUREKHA ; SCHAAF, MARTA . Posting and transfer: key to fostering trust in government health services. Human Resources for Health, v. 13, p. 82, 2015.

13.
SCHEFFER, MÁRIO C.2015SCHEFFER, MÁRIO C. ; Dal Poz, Mario R. . The privatization of medical education in Brazil: trends and challenges. Human Resources for Health, v. 13, p. 96, 2015.

14.
DURANTE, A. L. T. C.2014DURANTE, A. L. T. C. ; DAL POZ, MR . Global health and brazilian health responsibility: the case of polio eradication. Saude em Debate, v. 38, p. 129-138, 2014.

15.
Dal Poz, Mario2014Dal Poz, Mario. Building evidence on HRH programme implementation: assessment in 15 Latin American and Caribbean countries. BMC Health Services Research (Online), v. 14, p. O34, 2014.

16.
SOUSA, ANGELICA2013SOUSA, ANGELICA ; Dal Poz, Mario R. ; BOSCHI-PINTO, C . Reducing Inequities in Neonatal Mortality through Adequate Supply of Health Workers: Evidence from Newborn Health in Brazil. Plos One, v. 8, p. e74772, 2013.

17.
Dal Poz, Mario Roberto2013Dal Poz, Mario Roberto. A crise da força de trabalho em saúde. Cadernos de Saúde Pública (ENSP. Impresso), v. 29, p. 1924-1926, 2013.

18.
SIYAM, A.2013SIYAM, A. ; ZURN, P ; RØ, OTTO CHRISTIAN ; GEDIK, GULIN ; RONQUILLO, KENNETH ; JOAN CO, C ; VAILLANCOURT-LAFLAMME, C ; DELA ROSA, J ; PERFILIEVA, GALINA ; Dal Poz, Mario Roberto . Monitoring the implementation of the WHO Global Code of Practice on the International Recruitment of Health Personnel. Bulletin of the World Health Organization (Print), v. 91, p. 816-823, 2013.

19.
CRETTENDEN, I.2013CRETTENDEN, I. ; Dal Poz, Mario ; BUCHAN, J . Right time, right place: improving access to health service through effective retention and distribution of health workers. Human Resources for Health, v. 11, p. 60, 2013.

20.
SOUSA, A2012SOUSA, A ; Dal Poz, Mario R ; CARVALHO, C L . Monitoring Inequalities in the Health Workforce: The Case Study of Brazil 1991 2005. Plos One, v. 7, p. e33399, 2012.

21.
Dal Poz, Mario Roberto2012Dal Poz, Mario Roberto; LIMA, J C S ; PERAZZI, S . Força de trabalho em saúde mental no Brasil: os desafios da reforma psiquiátrica. Physis (UERJ. Impresso), v. 22, p. 621-639, 2012.

22.
BRUCKNER, T-A2011BRUCKNER, T-A ; SCHEFFLER, R M ; SHEN, G. ; YOON, J. ; CHISHOLM, D. ; MORRIS, J. ; FULTON, B D ; Dal Poz, Mario R ; SAXENA, S. . The mental health workforce gap in low- and middle-income countries: a needs-based approach. Bulletin of the World Health Organization (Print), v. 89, p. 184-194, 2011.

23.
KAKUMA, R2011 KAKUMA, R ; MINAS, H ; VAN GINNEKEN, N ; Dal Poz, Mario R ; DESIRAJU, K ; Morris, J. E. ; SAXENA, S. ; SCHEFFLER, R M . Human resources for mental health care: current situation and strategies for action. Lancet (British edition), v. 378, p. 1654-1663, 2011.

24.
DAL POZ, M. R.;DAL POZ, MR;Dal Poz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario R;Dal Poz, Mario R.;Dal Paz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario;Poz, Mário Roberto Dal;Poz, MRD;POZ, Mario Dal;POZ, MARIO ROBERTO DAL;DAL POZ, MÁRIO ROBERTO;Dal, M.2010DAL POZ, M. R.; DREESCH, N . Modernizing health care: Reinventing professions, the state and the public. Global Public Health (Print), v. 5, p. 105-107, 2010.

25.
RANSON, M. K.2010RANSON, M. K. ; CHOPRA, M. ; ATKINS, S. ; DAL POZ, M. R. ; BENNET, S . Priorities for research into human resources for health in low- and middle-income countries. Bulletin of the World Health Organization (Print), v. 88, p. 435-443, 2010.

26.
SOUSA, A2010SOUSA, A ; DAL POZ, M. R. ; HILL, K . Sub-national assessment of inequality trends in neonatal and child mortality in Brazil. International Journal for Equity in Health (Online), v. 9, p. 21, 2010.

27.
FERRINHO, P.2010FERRINHO, P. ; MARTINS, J. ; SIDAT, M ; CONCEIÇÃO, C ; DAL POZ, M. R. ; FERRINHO, F ; TYRREL, A ; NEVES, C ; DREESCH, N ; MUSSA, A ; DUSSAULT, G . A força de trabalho e a política de saúde em Moçambique. Revista Médica de Moçambique, v. 10, p. 3-12, 2010.

28.
SIDAT, M2010SIDAT, M ; CONCEIÇÃO, C ; AMARAL, M ; FERRINHO, P. ; DAL POZ, M. R. . Gestão de recursos humanos em saúde: experiências e percepções de um grupo de gestores de nível provincial em Moçambique. Revista Médica de Moçambique, v. 10, p. 13-20, 2010.

29.
CONCEIÇÃO, C2010CONCEIÇÃO, C ; SIDAT, M ; AMARAL, M ; FERRINHO, P. ; DAL POZ, M. R. . Gestão de recursos humanos da saúde e incentivos: percepções de um grupo de gestores de nível provincial. Revista Médica de Moçambique, v. 10, p. 21-26, 2010.

30.
KANE, S. S.2010KANE, S. S. ; GERRETSEN, B ; SCHERPBIER, R. ; DAL POZ, M. R. ; DIELEMAN, M. . A realist synthesis of randomised control trials involving use of community health workers for delivering child health interventions in low and middle income countries. BMC Health Services Research (Online), v. 10, p. 286, 2010.

31.
BAILEY, R J2010BAILEY, R J ; DAL POZ, M. R. . Building the public health workforce to achieve health-related development goals: Moving forward in collaboration. Journal of Public Health Policy, v. 31, p. 494-497, 2010.

32.
KINFU, Y2009KINFU, Y ; DAL POZ, M. R. ; MERCER, H S ; EVANS, D B . The health worker shortage in Africa: are enough physicians and nurses being trained?. Bulletin of the World Health Organization, v. 87, p. 225-230, 2009.

33.
GUPTA, N2009GUPTA, N ; DAL POZ, M. R. . Assessment of human resources for health using cross-national comparison of facility surveys in six countries. Human Resources for Health, v. 7, p. 22, 2009.

34.
SCHEFFLER, R M2009SCHEFFLER, R M ; MAHONEY, C. B. ; FULTON, B D ; DAL POZ, M. R. ; PREKER, A S . Estimates Of Health Care Professional Shortages In Sub-Saharan Africa By 2015. Health Affairs, p. 849-862, 2009.

35.
DAL POZ, M. R.;DAL POZ, MR;Dal Poz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario R;Dal Poz, Mario R.;Dal Paz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario;Poz, Mário Roberto Dal;Poz, MRD;POZ, Mario Dal;POZ, MARIO ROBERTO DAL;DAL POZ, MÁRIO ROBERTO;Dal, M.2008DAL POZ, M. R.. Understanding women's contribution to the health workforce. Lancet, v. 371, p. 641-642, 2008.

36.
CAVAGNERO, E.2008CAVAGNERO, E. ; DAELMANS, B. ; GUPTA, N ; SCHERPBIER, R. ; SHANKAR, A. ; BOERMA, T. ; DAL POZ, M. R. ; EVANS, D B ; ISLAM, M. ; MASON, E. ; STAHLHOFER, M. ; VALLENAS, C. ; CLARK, D. ; TERRERI, N. ; FAUVEAU, V. . Assessment of the health system and policy environment as a critical complement to tracking intervention coverage for maternal, newborn, and child health. Lancet, v. 9620, p. 1284-1293, 2008.

37.
SCHEFFLER, R M2008 SCHEFFLER, R M ; LIU, J. X. ; KINFU, Y ; DAL POZ, M. R. . Forecasting the global shortage of physicians: an economic- and needs-based approach. Bulletin of the World Health Organization, v. 86, p. 516-523, 2008.

38.
FERRINHO, P.2007FERRINHO, P. ; ANTUNES, A. R. ; SILVA, A. P. ; DAL POZ, M. R. ; DUSSAULT, G . The Portuguese contribution to the brain drain from portuguese speaking African countries. Cahiers de Sociologie et Démographie Médicales, v. 47, p. 377-391, 2007.

39.
DAL POZ, M. R.;DAL POZ, MR;Dal Poz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario R;Dal Poz, Mario R.;Dal Paz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario;Poz, Mário Roberto Dal;Poz, MRD;POZ, Mario Dal;POZ, MARIO ROBERTO DAL;DAL POZ, MÁRIO ROBERTO;Dal, M.2007DAL POZ, M. R.; MERCER, H S ; GADON, M. ; SHAW, D. M. P. . Call for manuscripts: "Towards a scaling-up of training and education for health workers". Human Resources for Health, v. 5, p. 14, 2007.

40.
DAL POZ, M. R.;DAL POZ, MR;Dal Poz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario R;Dal Poz, Mario R.;Dal Paz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario;Poz, Mário Roberto Dal;Poz, MRD;POZ, Mario Dal;POZ, MARIO ROBERTO DAL;DAL POZ, MÁRIO ROBERTO;Dal, M.2006DAL POZ, M. R.; QUAIN, E. E. ; ONEIL, M. ; MCCAFFERY, J. ; ELZINGA, G. ; MARTINEAU, T. . Addressing the health workforce crisis: towards a common approach. Human Resources for Health, Londres, v. 4, n.21, p. 21, 2006.

41.
DRÄGER, S.2006DRÄGER, S. ; GEDIK, G ; DAL POZ, M. R. . Health workforce issues and the Global Fund to Fight AIDS, Tuberculosis and Malaria: an analytical review. Human Resources for Health, London, v. 4, n.24, p. 23, 2006.

42.
PERES, E. M.2006PERES, E. M. ; ANDRADE, A M ; DAL POZ, M. R. ; GRANDE, N. R. . The practice of physicians and nurses in the Brazilian Family Health Programme - evidences of change in the delivery health care model. Human Resources for Health, London, v. 4, n.25, p. 25, 2006.

43.
PERES, E. M.2006PERES, E. M. ; DAL POZ, M. R. ; GRANDE, N. R. . Visita Domiciliar: espaço privilegiado para diálogo e produção de saberes. Revista Enfermagem (UERJ), Rio de Janeiro, v. 14, p. 208-213, 2006.

44.
FIGUEROA-MUNOZ, J.2005FIGUEROA-MUNOZ, J. ; PALMER, K. ; DAL POZ, M. R. ; BLANC, L. ; BERGSTROM, K. ; RAVIGLIONE, M . The health workforce crisis in TB control: a report from high-burden countries. Human Resources for Health, Londres, v. 3, n.2, p. 2, 2005.

45.
DAL POZ, M. R.;DAL POZ, MR;Dal Poz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario R;Dal Poz, Mario R.;Dal Paz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario;Poz, Mário Roberto Dal;Poz, MRD;POZ, Mario Dal;POZ, MARIO ROBERTO DAL;DAL POZ, MÁRIO ROBERTO;Dal, M.2005DAL POZ, M. R.; PERFILIEVA, G. ; NADAL, J. ; DOAN, B D H . The Barcelona Symposium. Cahiers de Sociologie et Démographie Médicales, Paris, v. 45, n.1, p. 7-8, 2005.

46.
ZURN, P2005ZURN, P ; VUJICIC, M. ; DIALLO, K ; PANTOJA, A. ; DAL POZ, M. R. ; ADAMS, O . Planning for human resources for health: human resources for health and the production of health outcomes/outputs. Cahiers de Sociologie et Démographie Médicales, Paris, v. 45, n.1, p. 134, 2005.

47.
DREESCH, N2005 DREESCH, N ; DOLEA, C. ; DAL POZ, M. R. ; GOUBAREV, A ; ADAMS, O ; AREGAWI, M ; BERGSTROM, K. ; FOGSTAD, H. ; SHERATT, D. ; LINKINS, J. ; SCHERPBIER, R. ; YOUSSEF-FOX, M. . An approach to estimating human resource requirements to achieve the Millennium Development Goals. Health Policy and Planning (Oxford), Oxford, v. 20, n.5, p. 267-276, 2005.

48.
VIANA, A L D2005VIANA, A L D ; DAL POZ, M. R. . A reforma do sistema de saúde no Brasil e o Programa de Saúde da Família. Physis. Revista de Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 15, p. 225-264, 2005.

49.
VUJICIC, M.2004VUJICIC, M. ; DIALLO, K ; ADAMS, O ; DAL POZ, M. R. . The role of wages in the migration of health care professionals from developing countries. Human Resources for Health, BioMed Central (London, UK), v. 2, n.3, p. 3, 2004.

50.
STILWELL, B2004STILWELL, B ; DIALLO, K ; ZURN, P ; VUJICIC, M. ; ADAMS, O ; DAL POZ, M. R. . Migration of health-care workers from developing countries: strategic appraoches to its management. Bulletin of the World Health Organization, Genebra, v. 82, n.8, p. 595-600, 2004.

51.
ZURN, P2004ZURN, P ; DAL POZ, M. R. ; STILWELL, B ; ADAMS, O . Imbalance in the health workforce. Human Resources for Health, BioMed Central (London, UK), v. 2, n.13, p. 13, 2004.

52.
VIANA, A L D2004VIANA, A L D ; DAL POZ, M. R. . Balance de la Política de Salud en Brasil. Cuadernos de Política y Gestión, Santa Fé-Argentina, v. 7, p. 171-190, 2004.

53.
DIALLO, K2003 DIALLO, K ; GUPTA, N ; ZURN, P ; DAL POZ, M. R. . Monitoring and evaluation of human resources for health: an international perspective.. Human Resources for Health, BioMed Central (London, UK), v. 1, n.1, p. 3, 2003.

54.
DAL POZ, M. R.;DAL POZ, MR;Dal Poz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario R;Dal Poz, Mario R.;Dal Paz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario;Poz, Mário Roberto Dal;Poz, MRD;POZ, Mario Dal;POZ, MARIO ROBERTO DAL;DAL POZ, MÁRIO ROBERTO;Dal, M.2003DAL POZ, M. R.; BEAGLEHOLE, R. . Public health workforce: challenges and policy issues. Human Resources for Health, BioMed Central (London, UK), v. 1, n.4, p. 4, 2003.

55.
GUPTA, N2003GUPTA, N ; DIALLO, K ; ZURN, P ; DAL POZ, M. R. . Assessing human resources for health: What can be learned from labour force surveys?. Human Resources for Health, BioMed Central (London, UK), v. 1, n.5, p. 5, 2003.

56.
ZURN, P2003ZURN, P ; DAL POZ, M. R. ; ADAMS, O . L'Organisation Mondiale de la Santé et le developpment des ressources humaines du systeme de santé. Cahiers de Sociologie et Démographie Médicales, Paris, France, v. 43, n.3, p. 467-483, 2003.

57.
STILWELL, B2003STILWELL, B ; DIALLO, K ; ZURN, P ; DAL POZ, M. R. ; ADAMS, O ; BUCHAN, J . Developing evidence-based ethical policies on the migration of health workers: conceptual and practical challenges. Human Resources for Health, BioMed Central (London, UK), v. 1, n.8, p. 8, 2003.

58.
GUPTA, N2003GUPTA, N ; DIALLO, K ; DAL POZ, M. R. . Uses of population census data for monitoring geographical imbalance in the health workforce: snapshots from three developing countries.. International Journal of Equity In Health (Online), BioMed Central (London, UK), v. 2, n.11, p. 11-27, 2003.

59.
BEAGLEHOLE, R.2003BEAGLEHOLE, R. ; SANDERS, D. ; DAL POZ, M. R. . The public health workforce in sub-Saharan Africa: challenges and opportunities. Ethnicity & Disease, Atlanta, USA, v. 13, n.2, p. 24-30, 2003.

60.
DAL POZ, M. R.;DAL POZ, MR;Dal Poz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario R;Dal Poz, Mario R.;Dal Paz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario;Poz, Mário Roberto Dal;Poz, MRD;POZ, Mario Dal;POZ, MARIO ROBERTO DAL;DAL POZ, MÁRIO ROBERTO;Dal, M.2002DAL POZ, M. R.. Cambios en la contratación de recursos humanos: el caso del Programa de Salud de la familia en Brasil. Gaceta Sanitaria (Barcelona), Barcelona, Espanha, v. 16, n.01, p. 82-88, 2002.

61.
DAL POZ, M. R.;DAL POZ, MR;Dal Poz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario R;Dal Poz, Mario R.;Dal Paz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario;Poz, Mário Roberto Dal;Poz, MRD;POZ, Mario Dal;POZ, MARIO ROBERTO DAL;DAL POZ, MÁRIO ROBERTO;Dal, M.2002DAL POZ, M. R.. Agentes Comunitários de Saúde: algumas reflexões. Interface - Comunicação, Saúde, Educação, Botucatu, SP, v. 10, p. 88-90, 2002.

62.
DAL POZ, M. R.;DAL POZ, MR;Dal Poz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario R;Dal Poz, Mario R.;Dal Paz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario;Poz, Mário Roberto Dal;Poz, MRD;POZ, Mario Dal;POZ, MARIO ROBERTO DAL;DAL POZ, MÁRIO ROBERTO;Dal, M.2002DAL POZ, M. R.; BUCHAN, J . Skill mix in the healthcare workforce: reviewing policy and practice. Bulletin of the World Health Organization, Geneva, v. 80, n.7, p. 575-580, 2002.

63.
DAL POZ, M. R.;DAL POZ, MR;Dal Poz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario R;Dal Poz, Mario R.;Dal Paz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario;Poz, Mário Roberto Dal;Poz, MRD;POZ, Mario Dal;POZ, MARIO ROBERTO DAL;DAL POZ, MÁRIO ROBERTO;Dal, M.2001DAL POZ, M. R.. As politicas e a gestão de recursos humanos em saúde: 1984 a 1995. Physis (UERJ. Impresso), Rio de janeiro, v. 11, n.2, p. 19-49, 2001.

64.
VIANA, ANA LUIZA D'ÁVILA2001VIANA, ANA LUIZA D'ÁVILA ; VITZ, EDUARDO LEVCO ; DAL POZ, MÁRIO ROBERTO . O SUS no Estado do Rio de Janeiro. Physis (UERJ. Impresso), v. 11, p. 11-17, 2001.

65.
DAL POZ, M. R.;DAL POZ, MR;Dal Poz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario R;Dal Poz, Mario R.;Dal Paz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario;Poz, Mário Roberto Dal;Poz, MRD;POZ, Mario Dal;POZ, MARIO ROBERTO DAL;DAL POZ, MÁRIO ROBERTO;Dal, M.1999DAL POZ, M. R.. Inequitable Distribution of Doctors: Can It be Solved? (Round Table Discussion).. Human Resource for Health Development, Thailand, v. 3, n.1, p. 28-29, 1999.

66.
DAL POZ, M. R.;DAL POZ, MR;Dal Poz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario R;Dal Poz, Mario R.;Dal Paz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario;Poz, Mário Roberto Dal;Poz, MRD;POZ, Mario Dal;POZ, MARIO ROBERTO DAL;DAL POZ, MÁRIO ROBERTO;Dal, M.1998DAL POZ, M. R.. Inovação Política em Saúde, Tecnologia e Recursos Humanos. Physis. Revista de Saúde Coletiva, v. 8, n.2, p. 7-9, 1998.

67.
DAL POZ, M. R.;DAL POZ, MR;Dal Poz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario R;Dal Poz, Mario R.;Dal Paz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario;Poz, Mário Roberto Dal;Poz, MRD;POZ, Mario Dal;POZ, MARIO ROBERTO DAL;DAL POZ, MÁRIO ROBERTO;Dal, M.1998DAL POZ, M. R.; MARTINS, M. I. C. . A Qualificação dos Trabalhadores e as Mudanças Tecnológicas. Physis. Revista de Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 8, n.2, p. 125-146, 1998.

68.
DAL POZ, M. R.;DAL POZ, MR;Dal Poz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario R;Dal Poz, Mario R.;Dal Paz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario;Poz, Mário Roberto Dal;Poz, MRD;POZ, Mario Dal;POZ, MARIO ROBERTO DAL;DAL POZ, MÁRIO ROBERTO;Dal, M.1998DAL POZ, M. R.; EGGER, D. ; BIAI, A ; PEREIRA, O. . Human resource development in Guinea-Bissau: possibilities and constraints. Cahiers de Sociologie et Démographie Médicales, Paris, v. 38, n.2/3, p. 169-173, 1998.

69.
DAL POZ, M. R.;DAL POZ, MR;Dal Poz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario R;Dal Poz, Mario R.;Dal Paz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario;Poz, Mário Roberto Dal;Poz, MRD;POZ, Mario Dal;POZ, MARIO ROBERTO DAL;DAL POZ, MÁRIO ROBERTO;Dal, M.1998DAL POZ, M. R.; PIERANTONI, C R ; BRANCO, M. A. ; GUTERRES, R. ; FRANÇA, T ; MAX, J. . Sistema de informação e gestão de recursos humanos para o SUS. Cadernos de Extensão, v. 1, p. 43-46, 1998.

70.
DAL POZ, M. R.;DAL POZ, MR;Dal Poz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario R;Dal Poz, Mario R.;Dal Paz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario;Poz, Mário Roberto Dal;Poz, MRD;POZ, Mario Dal;POZ, MARIO ROBERTO DAL;DAL POZ, MÁRIO ROBERTO;Dal, M.1998DAL POZ, M. R.; PINHEIRO, R. . A Participa??o dos Usu?rios nos Conselhos Municipais de Sa?de e seus Determinantes. Ciencia & Saude Coletiva, Rio de Janeiro, v. 3, n.1, p. 28-30, 1998.

71.
DAL POZ, M. R.;DAL POZ, MR;Dal Poz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario R;Dal Poz, Mario R.;Dal Paz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario;Poz, Mário Roberto Dal;Poz, MRD;POZ, Mario Dal;POZ, MARIO ROBERTO DAL;DAL POZ, MÁRIO ROBERTO;Dal, M.1998DAL POZ, M. R.; VARELLA, T C ; PIERANTONI, C R . Produtividade e desempenho dos recursos humanos nos serviços de saúde. Series Human Resources Development, Washington, USA, v. 10, p. 1-23, 1998.

72.
VIANA, A L D1998VIANA, A L D ; DAL POZ, M. R. . Reforma em Saúde no Brasil: Programa de Saúde da Família - a experiência de Barbacena (MG). Estudos em Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. -, p. 3-30, 1998.

73.
VIANA, A L D1998VIANA, A L D ; DAL POZ, M. R. . Reforma em Saúde no Brasil: Programa de Saúde da Família - a experiência de Baturité (CE). Estudos em Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. -, p. 3-27, 1998.

74.
VIANA, A L D1998VIANA, A L D ; DAL POZ, M. R. . Reforma em Saúde no Brasil: Programa de Saúde da Família - a experiência de Olinda e Trindade. Estudos em Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. -, p. 3-39, 1998.

75.
VIANA, A L D1998VIANA, A L D ; DAL POZ, M. R. . A Reforma do Sistema de Saúde no Brasil e o Programa de Saúde da Família. Physis (UERJ. Impresso), Rio de Janeiro, v. 8, p. 11-48, 1998.

76.
VIANA, A L D1998VIANA, A L D ; DAL POZ, M. R. . Reforma em Saúde no Brasil: Programa de Saúde da Família - a experiência de Cocal do Sul (SC). Estudos em Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. -, p. 3-29, 1998.

77.
VIANA, A L D1998VIANA, A L D ; DAL POZ, M. R. . Reforma em Saúde no Brasil: Programa de Saúde da Família - a experiência de Cotia (SP). Estudos em Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. -, p. 3-27, 1998.

78.
VIANA, A L D1998VIANA, A L D ; DAL POZ, M. R. . Reforma em Saúde no Brasil: Programa de Saúde da Família - informe final. Estudos em Saúde Coletiva, v. -, p. 3-35, 1998.

79.
MARTINS, M. I. C.1998MARTINS, M. I. C. ; DAL POZ, M. R. . A qualificação dos trabalhadores de saúde no contexto das mudanças tecnológicas. Physis. Revista de Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 8, n.2, p. 125-146, 1998.

80.
DAL POZ, M. R.;DAL POZ, MR;Dal Poz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario R;Dal Poz, Mario R.;Dal Paz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario;Poz, Mário Roberto Dal;Poz, MRD;POZ, Mario Dal;POZ, MARIO ROBERTO DAL;DAL POZ, MÁRIO ROBERTO;Dal, M.1998DAL POZ, M. R.; PIERANTONI, Celia Regina ; Branco, M. A. F. ; GUTERRES, Raquel ; FRANÇA, Tania ; MAX, Julio . Sistema de Informação e Gestão de Recursos Humanos para o SUS. CADERNOS DE EXTENSÃO (UFRR), v. 1, p. 43-46, 1998.

81.
VARELLA, T C1997VARELLA, T C ; DAL POZ, M. R. . PRODUCTIVIDAD Y DESEMPEÑO DE LOS RECURSOS HUMANOS EN LOS SERVICIOS DE SALUD. Ops Cepal Oit, v. 01, p. 24-59, 1997.

82.
DAL POZ, M. R.;DAL POZ, MR;Dal Poz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario R;Dal Poz, Mario R.;Dal Paz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario;Poz, Mário Roberto Dal;Poz, MRD;POZ, Mario Dal;POZ, MARIO ROBERTO DAL;DAL POZ, MÁRIO ROBERTO;Dal, M.1996DAL POZ, M. R.. A informação como ferramenta para a gestão de recursos humanos em saúde no nivel local. REAd. Revista Eletrônica de Administração, Porto Alegre, v. 2, n.3, p. 1-10, 1996.

83.
DAL POZ, M. R.;DAL POZ, MR;Dal Poz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario R;Dal Poz, Mario R.;Dal Paz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario;Poz, Mário Roberto Dal;Poz, MRD;POZ, Mario Dal;POZ, MARIO ROBERTO DAL;DAL POZ, MÁRIO ROBERTO;Dal, M.1995DAL POZ, M. R.; PINHEIRO, R. . Democratização e controle na saúde: análise do Conselho Estadual de saúde do Rio de Janeiro. Estudos em Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, n.109, p. 1-24, 1995.

84.
DAL POZ, M. R.;DAL POZ, MR;Dal Poz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario R;Dal Poz, Mario R.;Dal Paz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario;Poz, Mário Roberto Dal;Poz, MRD;POZ, Mario Dal;POZ, MARIO ROBERTO DAL;DAL POZ, MÁRIO ROBERTO;Dal, M.1995DAL POZ, M. R.. Sistema de informação sobre recursos humanos como instrumento para alcançar eficiência e democratização na gestão local de saúde. Revista Panamericana de Salud Pública / Pan American Journal of Public Health, Washington, USA, v. 29, n.2, p. 164-173, 1995.

85.
DAL POZ, M. R.;DAL POZ, MR;Dal Poz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario R;Dal Poz, Mario R.;Dal Paz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario;Poz, Mário Roberto Dal;Poz, MRD;POZ, Mario Dal;POZ, MARIO ROBERTO DAL;DAL POZ, MÁRIO ROBERTO;Dal, M.1992DAL POZ, M. R.; ROMANO, R. A. T. ; TORRES, M. N. B. . Formação de recursos humanos de nível médio em saúde no Rio de Janeiro: a experiência da Escola Técnica em Saúde Enfa. Izabel do Santos. Cadernos de Saúde Pública (FIOCRUZ), Rio de Janeiro, v. 8, n.1, p. 57-61, 1992.

86.
DAL POZ, M. R.;DAL POZ, MR;Dal Poz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario R;Dal Poz, Mario R.;Dal Paz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario;Poz, Mário Roberto Dal;Poz, MRD;POZ, Mario Dal;POZ, MARIO ROBERTO DAL;DAL POZ, MÁRIO ROBERTO;Dal, M.1992DAL POZ, M. R.; ROMANO, R. A. T. ; COMINO, L. B. S. ; FRANÇA, T . Sistema de Informação de Recursos Humanos em Saúde no Rio de Janeiro: estudo exploratório. Estudos em Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 2, n.17, p. 1-24, 1992.

87.
DAL POZ, M. R.;DAL POZ, MR;Dal Poz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario R;Dal Poz, Mario R.;Dal Paz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario;Poz, Mário Roberto Dal;Poz, MRD;POZ, Mario Dal;POZ, MARIO ROBERTO DAL;DAL POZ, MÁRIO ROBERTO;Dal, M.1991DAL POZ, M. R.; GERK, J. R. ; SANTOS, M. M. P. A. C. ; LEVCOVITZ, E . Uma contribuição das Universidades Públicas do Rio de Janeiro à IX Conferência Nacional de Saúde. Saúde em Debate, v. -, n.33, p. 23-27, 1991.

88.
DAL POZ, M. R.;DAL POZ, MR;Dal Poz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario R;Dal Poz, Mario R.;Dal Paz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario;Poz, Mário Roberto Dal;Poz, MRD;POZ, Mario Dal;POZ, MARIO ROBERTO DAL;DAL POZ, MÁRIO ROBERTO;Dal, M.1990DAL POZ, M. R.; ROMANO, R. A. T. . Reflexões sobre o planejamento e a gestão de recursos humanos para o Sistema Único de Saúde. Saúde em Debate, v. -, n.29, p. 57-61, 1990.

89.
DAL POZ, M. R.;DAL POZ, MR;Dal Poz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario R;Dal Poz, Mario R.;Dal Paz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario;Poz, Mário Roberto Dal;Poz, MRD;POZ, Mario Dal;POZ, MARIO ROBERTO DAL;DAL POZ, MÁRIO ROBERTO;Dal, M.1985DAL POZ, M. R.; COSTA, S. G. ; TOMASSINI, H. C. B. . Cuidados basicos de la salud en la Ciudad de Niteroi: una experiencia de planeación de la salud a nivel local. Revista Interamericana de Planificacion, v. XIX, n.73, p. 176-192, 1985.

90.
NUNES, N. V. P.1984NUNES, N. V. P. ; QUADRA, A. A. F. ; DAL POZ, M. R. ; LEVCOVITZ, E . Estrutura e funcionamento da Secretaria Municipal de Saúde da Cidade do Rio de Janeiro. Saúde em Debate, Londrina, v. -, n.15/16, p. 54-58, 1984.

91.
DAL POZ, M. R.;DAL POZ, MR;Dal Poz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario R;Dal Poz, Mario R.;Dal Paz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario;Poz, Mário Roberto Dal;Poz, MRD;POZ, Mario Dal;POZ, MARIO ROBERTO DAL;DAL POZ, MÁRIO ROBERTO;Dal, M.1981DAL POZ, M. R.; MIRANDA, A. C. ; TOMASSINI, H. C. B. . Atenção Primária à Saúde: a proposta de atuação do Município de Niterói. Revista de Administração Municipal, Rio de Janeiro, v. 28, n.158, p. 88-92, 1981.

92.
DAL POZ, M. R.;DAL POZ, MR;Dal Poz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario R;Dal Poz, Mario R.;Dal Paz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario;Poz, Mário Roberto Dal;Poz, MRD;POZ, Mario Dal;POZ, MARIO ROBERTO DAL;DAL POZ, MÁRIO ROBERTO;Dal, M.1981DAL POZ, M. R.; COSTA, S. G. ; TOMASSINI, H. C. B. . Uma experiência de planejamento de saúde de nivel local: projeto de implantação de uma rede de unidades municipais de saúde no município de Niterói. RAP. Revista Brasileira de Administração Pública, Rio de Janeiro, v. 15, n.4, p. 99-114, 1981.

93.
COSTA, S. G.1981COSTA, S. G. ; DAL POZ, M. R. ; TOMASSINI, H. C. B. . Uma experiência de planejamento de saúde a nível local: projeto de implantação de uma rede de unidades municipais de saúde no município de Niterói. Rev de Adm Pública, n.4, p. 99-114, 1981.

94.
DAL POZ, M. R.;DAL POZ, MR;Dal Poz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario R;Dal Poz, Mario R.;Dal Paz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario;Poz, Mário Roberto Dal;Poz, MRD;POZ, Mario Dal;POZ, MARIO ROBERTO DAL;DAL POZ, MÁRIO ROBERTO;Dal, M.1980DAL POZ, M. R.; MOYSÉS, N. M. N. ; TOMASSINI, H. C. B. . Recursos Humanos em Saúde: a proposta de trabalho do município de Niterói. Revista Brasileira de Educação Médica, Rio de Janeiro, v. IV, n.3, p. 29-37, 1980.

95.
DAL POZ, M. R.;DAL POZ, MR;Dal Poz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario R;Dal Poz, Mario R.;Dal Paz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario;Poz, Mário Roberto Dal;Poz, MRD;POZ, Mario Dal;POZ, MARIO ROBERTO DAL;DAL POZ, MÁRIO ROBERTO;Dal, M.1979DAL POZ, M. R.. Vida e morte de um povo: a determinação social. Mimeografados do Instituto de Medicina Social, Rio de Janeiro, n.2, p. 32-38, 1979.

96.
DAL POZ, M. R.;DAL POZ, MR;Dal Poz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario R;Dal Poz, Mario R.;Dal Paz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario;Poz, Mário Roberto Dal;Poz, MRD;POZ, Mario Dal;POZ, MARIO ROBERTO DAL;DAL POZ, MÁRIO ROBERTO;Dal, M.1977DAL POZ, M. R.; KRAUSS, L. ; CORDEIRO, H. A. . Variáveis psico-sócio-culturais associadas à participação em programas de imunização (protocolo de pesquisa). Memórias do Instituto de Medicina Social, Rio de Janeiro, v. 1, n.2, p. 146-150, 1977.

97.
DAL POZ, M. R.;DAL POZ, MR;Dal Poz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario R;Dal Poz, Mario R.;Dal Paz, Mario Roberto;Dal Poz, Mario;Poz, Mário Roberto Dal;Poz, MRD;POZ, Mario Dal;POZ, MARIO ROBERTO DAL;DAL POZ, MÁRIO ROBERTO;Dal, M.1976DAL POZ, M. R.. Estudo epidemiológico do câncer de mama em mulheres examinadas no Centro de Pesquisas Luiza Gomes de Lemos da Fundação das Pioneiras Sociais. Memórias do Instituto de Medicina Social, IMS/UERJ: Rio de Janeiro, v. 2, n.1, p. 40-64, 1976.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
NORONHA, J. C. (Org.) ; LIMA, L. D. (Org.) ; CHORNY, A. H. (Org.) ; DAL POZ, MR (Org.) ; GADELHA, P. (Org.) . Brasil Saúde Amanhã: dimensões para o planejamento da atenção à saúde. 1. ed. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 2017. v. 1. 236p .

2.
DAL POZ, M. R.; VARELLA, T C ; SANTOS, M. R. . Formação em Saúde: Problemas e Tendências. 1. ed. Rio de Janeiro: Fundação Oswaldo Cruz, 2015. v. 1. 10p .

3.
SIYAM, A. (Org.) ; Dal Poz, Mario Roberto (Org.) . Migration of health workers: the WHO code of practice and the global economic crisis. 1. ed. Geneva: World Health Organization, 2014. v. 1. 220p .

4.
Dal Poz, Mario R; SIYAM, A . Transforming and Scaling Up Health Professional Education and Training: Policy Brief on Monitoring and Evaluating the Education of Health Professionals. 1. ed. Geneva: World Health Organization, 2013. v. 1. 16p .

5.
DAL POZ, M. R.; GEDIK, G (Org.) . Human Resources for Health Observatories: contributing for policy decisions based on evidence. 1. ed. Geneva: World Health Organization, 2012. v. 1. 38p .

6.
PIERANTONI, C R (Org.) ; Dal Poz, Mario Roberto (Org.) ; FRANÇA, T (Org.) . O TRABALHO EM SAÚDE: abordagens quantitativas e qualitativas. 1. ed. Rio de Janeiro: Centro de Estudos e Pesquisa em Saúde Coletiva, 2011. v. 1. 336p .

7.
SCHEFFLER, R M ; BRUCKNER, T-A ; FULTON, B D ; YOON, J. ; SHEN, G. ; CHISHOLM, D. ; Morris, J. E. ; DAL POZ, M. R. ; SAXENA, S. . Human resources for mental health: workforce shortages in low- and middle-income countries. 1. ed. Genebra: World Health Organization, 2011. v. 1. 60p .

8.
DAL POZ, M. R.; GEDIK, G ; WHEELER, M . Efficiency and effectiveness of aid flows towards health workforce development: exploratory study based on four case studies from Ethiopia, the Lao People?s Democratic Republic, Liberia and Mozambique. 1. ed. Genebra: World Health Organization, 2011. v. 1. 28p .

9.
Moore, J. M. (Org.) ; Dal Poz, Mario Roberto (Org.) ; PERFILIEVA, G. (Org.) ; Jaccard-Ruedin, H (Org.) ; DOAN, B D H (Org.) . The performance of a national health workforce. 1. ed. Paris: Centre de Sociologie et de Démographie Médicales, 2010. v. 1. 302p .

10.
DUSSAULT, G ; FRONTEIRA, I. ; Dal Poz, Mario R ; DREESCH, N ; UNGERER, R . Análise dos recursos humanos da saúde (RHS) nos países africanos de língua oficial portuguesa (PALOP). 1. ed. Genebra: World Health Organization, 2010. v. 1. 132p .

11.
Dal Poz, Mario R; DREESCH, N ; FLETCHER, S. ; GEDIK, G ; GUPTA, N ; HORNBY, P. ; SCHOFIELD, D. . Models and tools for health workforce planning and projections. 1. ed. Genebra: World Health Organization, 2010. v. 1. 19p .

12.
BROEK, A. v. d. ; DAL POZ, M. R. ; GEDIK, G ; DIELEMAN, M. . Policies and practices of countries that are experiencing a crisis in human resources for health: tracking survey. 1. ed. Genebra: World Health Organization, 2010. v. 1. 46p .

13.
DUSSAULT, G ; FRONTEIRA, I. ; PRYTHERCH, H. ; DAL POZ, M. R. ; NGOMA, D. ; LUNGUZI, J. ; WYSS, K. . Scaling Up the Stock of Health Workers: a review. Geneva: ICHRN - International Centre for Human Resources in Nursing, 2009. v. 1. 50p .

14.
DAL POZ, M. R.; GUPTA, N (Org.) ; QUAIN, E. E. (Org.) ; SOUCAT, A L B (Org.) . Handbook on Monitoring and Evaluation of Human Resources for Health, with special applications for low- and middle-income countries. 1. ed. Geneva: World Health Organization, 2009. v. 1. 192p .

15.
DAL POZ, M. R.; DOVLO, D. ; GEDIK, G ; NYONI, J. . Who are health managers? - Case studies from three African countries. 1. ed. Genebra: World Health Organization, 2009. v. 1. 16p .

16.
ROSALES, C. ; DAL POZ, M. R. ; ARROYO, J. C. ; MACHADO, M. H. ; PIERANTONI, C R . Perfil de las unidades de recursos humanos de los Ministerios de Salud de América Latina y el Caribe. 1. ed. San Jose: Organizacion Panamericana de la Salud, 2008. v. 1. 89p .

17.
ROTEM, A. (Org.) ; PERFILIEVA, G. (Org.) ; DAL POZ, M. R. (Org.) ; DOAN, B D H (Org.) . National health workforce: assessment of the past and the agenda for the future. 1. ed. Paris: Centre de Sociologie et de Démographie Médicales, 2006. v. 1. 445p .

18.
FERRINHO, P. (Org.) ; DAL POZ, M. R. (Org.) . Towards a Global Health Workforce Strategy. 1. ed. Antwerp: ITGPress, 2003. v. 1. 490p .

19.
DAL POZ, M. R.; VARELLA, T C (Org.) ; GALIN, P. (Org.) ; NOVICK, M. (Org.) . Relaciones laborales en el sector salud.. 1. ed. Quito: Organizacion Panamericana de la Salud, 2000. v. 1. 182p .

20.
DAL POZ, M. R.; PINHEIRO, R. . Qualidade dos serviços de saúde e os espaços de controle social. 1. ed. Rio de Janeiro: ABRASCO/COSEMS/IMS/UERJ, 1997. v. 1. 50p .

21.
SCHRAIBER, L. B. ; DAL POZ, M. R. ; SILVA, J. A. . Educação Médica Continuada: proposições preliminares. 1. ed. BRASILIA: MINISTERIO DA SAUDE, 1989. v. 1. 30p .

22.
DAL POZ, M. R.. Unidades de Cuidados Primários de Saúde no Município do Rio de Janeiro: Projeto de Implantação. 1. ed. Rio de Janeiro: Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, SMS / RIOPLAN, 1981. v. 1. 133p .

Capítulos de livros publicados
1.
DAL POZ, MR; PORTELA, G. Z. ; FEHN, L. A. C. . Recursos Humanos em Saúde: crise global e cooperação internacional. In: Paulo Marchiori Buss; Sebastian Tobar. (Org.). Diplomacia em Saude e Saúde Global. 1ed.Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 2017, v. , p. 259-278.

2.
DAL POZ, MR; VARELLA, T C ; SANTOS, M. R. . Projeção das Capacidades de Formação de Profissionais da Saúde. In: José Carvalho de Noronha, Luciana Dias de Lima, Adolfo Horácio Chorny, Mario Roberto Dal Poz, Paulo Gadelha. (Org.). Brasil Saúde Amanhã: dimensões para o planejamento da atenção à saúde. 1ed.Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 2017, v. 1, p. 213-236.

3.
SCHEFFER, M. ; DAL POZ, M. R. . Introdução. In: Mario Scheffer. (Org.). Demografia Médica no Brasil 2015. 1ed.São Paulo: Conselho Federal de Medicina, 2015, v. 1, p. 1-284.

4.
COSTA-COUTO, M. H. ; FRANCO, T. A. V. ; DAL POZ, M. R. . Instituições de ensino superior, processos de inovação e desenvolvimento em saúde. In: Lais Silveira Costa, Ligia Bahia, Carlos Augusto Grabois Gadelha. (Org.). Saúde, Desenvolvimento e Inovação. 1ed.Rio de Janeiro: CEPESC Editora, 2015, v. 2, p. 205-232.

5.
SIYAM, A. ; DAL POZ, M. R. . Assessing global progress in implementing the WHO Global Code of Practice on the International Recruitment of Health Personnel. In: Amani Siyam; Mario Roberto Dal Poz. (Org.). MIGRATION OF HEALTH WORKERS: The WHO Code of Practice and the global economic crisis. 1ed.Geneva: World Health Organization, 2014, v. 1, p. 8-16.

6.
SIYAM, A. ; DAL POZ, M. R. ; PRENTICE, T. . Conclusions. In: Amani siyam; Mario Roberto Dal Poz. (Org.). MIGRATION OF HEALTH WORKERS: The WHO Code of Practice and the global economic crisis. 1ed.Geneva: World Health Organization, 2014, v. 1, p. 196-203.

7.
FERREIRA, I. A. M. ; DAL POZ, M. R. . Crise e oportunidade: o caso dos hospitais filantrópicos da Região Centro-Sul do Estado do Rio de Janeiro. In: Celia Regina Pierantoni; Cid Manso de Mello Vianna; Roberto Parada,. (Org.). Gestão de sistemas de saúde no Rio de Janeiro. 1ed.Rio de Janeiro: CEPESC, 2014, v. 1, p. 147-158.

8.
MORELLI, J. B. ; DAL POZ, M. R. . A regulação em saúde no âmbito municipal: estudo de caso do município de Rio Bonito-RJ. In: Celia Regina Pierantoni; Cid Manso de Mello Vianna; Roberto Parada,. (Org.). Gestão de sistemas de saúde no Rio de Janeiro. 1ed.Rio de Janeiro: CEPESC, 2014, v. 1, p. 117-146.

9.
KAKUMA, R ; MINAS, H ; Dal Poz, Mario R. . Strategies for Strengthening Human Resource for Mental Health. In: Vikram Patel; Harry Minas; Alex Cohen; Martin J. Prince. (Org.). Global Mental Health: Principles and Practice. 1ed.Nova York: Oxford University Press, 2013, v. 1, p. 1-480.

10.
DAL POZ, MR; PIERANTONI, C R ; GIRARDI, S. . Formação, mercado de trabalho e regulação da força de trabalho em saúde no Brasil. In: Noronha, JC; Pereira, TR. (Org.). A saúde no Brasil em 2030: prospecção estratégica do sistema de saúde brasileiro: organização e gestão do sistema de saúde. 1ed.Rio de Janeiro: Fiocruz/Ipea/Ministério da Saúde/Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, 2013, v. 3, p. 187-233.

11.
DAL POZ, MR; GIRARDI, S. ; PIERANTONI, C R . Formação, Regulação Profissional e Mercado de Trabalho em Saúde. In: Paulo Gadelha; José Carvalho de Noronha; Telma Ruth Pereira. (Org.). A saúde no Brasil em 2030: diretrizes para a prospecção estratégica do sistema de saúde brasileiro. 1ed.Rio de Janeiro: Fiocruz/Ipea/Ministério da Saúde/Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, 2012, v. 1, p. 157-168.

12.
SOUSA, A ; Dal Poz, Mario Roberto ; EVANS, D B . Models to Investigate the Association of Health Workers Availability and Health Outcomes at Sub-national level: Evidence from Brazilian Municipalities. In: Celia Regina Pierantoni; Mario Roberto Dal Poz;Tania França. (Org.). O TRABALHO EM SAÚDE: abordagens quantitativas e qualitativas. 1ed.Rio de Janeiro: Centro de Estudos e Pesquisa em Saúde Coletiva, 2011, v. 1, p. 319-326.

13.
SCHEFFLER, R M ; BRUCKNER, T-A ; FULTON, B D ; YOON, J. ; SHEN, G. ; CHISHOLM, D. ; MORRIS, J. ; Dal Poz, Mario R ; SAXENA, S. . Human Resources for Mental Health Deficits in Lower and Middle Income Countries: preliminary assessment. In: Celia Regina Pierantoni; Mario Roberto Dal Poz; Tania França. (Org.). O TRABALHO EM SAÚDE: abordagens quantitativas e qualitativas. 1ed.Rio de Janeiro: Centro de Estudos e Pesquisa em Saúde Coletiva, 2011, v. 1, p. 161-167.

14.
MACHADO, C. V. ; JOUVAL Jr., H. ; NORONHA, J. C. ; DAL POZ, M. R. . Public health in Latin America. In: Robert Beaglehole; Ruth Bonita. (Org.). Global Public Health: a new era. 2ed.Robert Beaglehole; Ruth Bonita: Oxford University Press, 2009, v. , p. -.

15.
Dal Poz, Mario R.; GUPTA, N ; QUAIN, E. E. ; SOUCAT, A L B . Monitoring and evaluation of human resources for health: challenges and opportunities. In: Dal Poz, M.R., Gupta, N., Quain, E., Soucat, A.L.B.. (Org.). Handbook on monitoring and evaluation of human resources for health:. 1ed.Geneva: World Health Organization, 2009, v. 1, p. 3-11.

16.
HUNTER, D. ; Dal Poz, Mario R. ; KUNJUMEN, T. . Boundaries of the health workforce: definition and classifications of health workers. In: Mario R Dal Poz; Neeru Gupta; Estelle Quain; Agnes LB Soucat. (Org.). Handbook on monitoring and evaluation of human resources for health: with special applications for low- and middle-income countries. 1ed.Geneva: World Health Organization, 2009, v. 1, p. 13-22.

17.
GEDIK, G ; PANISSET, U. B. ; Dal Poz, Mario Roberto ; RIGOLI, F. . Getting information and evidence into policy-making and practice: strategies and mechanisms. In: Mario R Dal Poz; Neeru Gupta; Estelle Quain; Agnes LB Soucat. (Org.). Handbook on monitoring and evaluation of human resources for health: with special applications for low- and middle-income countries. 1ed.Geneva: World Health Organization, 2009, v. 1, p. 159-171.

18.
DAL POZ, M. R.; DREESCH, N ; RENSBURG, D. V. . Redefining HIV/AIDS Care Delivery in the Face of Human Resources Scarcity. In: José M. Zuniga;Alan Whiteside;Amin Ghaziani;John G. Bartlett. (Org.). A Decade of HAART. New York: Oxford University Press, 2008, v. , p. -.

19.
DAYRIT, M. ; DAL POZ, M. R. ; DOLEA, C. ; MERCER, H S . Towards evidence-informed policy-making in human resources for health: the state of research. In: Global Forum for Health Research. (Org.). Global Forum Update on Research for Health Volume 4 : Equitable access: research challenges for health in developing countries. London: Pro-Book Publishing, 2007, v. 4, p. 160-162.

20.
DAL POZ, M. R.; DREESCH, N ; GEDIK, G ; ADAMS, O ; EVANS, T . Developing human resources for the HIV pandemic. In: Eduard J Beck; Nicholas Mays; Alan W Whiteside; José M Zuniga. (Org.). The HIV pandemic: local and global implications. 1ed.Oxford: Oxford University Press, 2006, v. , p. 688-705.

21.
VIANA, A L D ; DAL POZ, M. R. . Balance de la politica social en Brasil. In: Marcelo Cavarozzi; Susana Belmartino. (Org.). Politica y gestión 7. 1a.ed.Rosario: Homo Sapiens Ediciones, 2004, v. 7, p. 171-188.

22.
DAL POZ, M. R.; ADAMS, O ; SHENGELIA, B. ; KWANKAM, S. Y. ; ISSAKOV, A. ; ZURN, P ; GOUBAREV, A . Human, physical, and intellectual resource generation: proposals for monitoring. In: Christopher J. L. Murray; David B. Evans. (Org.). Health Systems Performance Assessment: Debates, Methods and Empiricism. 1ed.Genebra: Whorld Health Organization, 2003, v. 1, p. 273-287.

23.
DAL POZ, M. R.; MERCER, H S ; ADAMS, O ; STILWELL, B ; BUCHAN, J ; DREESCH, N ; ZURN, P ; BEAGLEHOLE, R. . Human resources for health: developing policy options for change. In: Paulo Ferrinho; Mario R. Dal Poz. (Org.). Towards a global health workforce strategy. 1ed.Antwerp: ITGPress, 2003, v. 1, p. 451-482.

24.
BUCHAN, J ; DAL POZ, M. R. . Role definition, skill mix, multi-skilling and new workers. In: Paulo Ferrinho; Mario Roberto Dal Poz. (Org.). Towards a global health workforce strategy. 1ed.Antwerpen: ITGPress, 2003, v. , p. 275-300.

25.
DAL POZ, M. R.; STILWELL, B ; MERCER, H S ; ADAMS, O . Agenda das Organizações Internacionais para o Desenvolvimento de RH em Saúde: Novos Problemas e Soluções. In: Barjas Negri; Regina Faria; Ana Luiza D'Ávila Viana. (Org.). Recursos Humanos em Saúde: política, desenvolvimento e mercado de trabalho. 1ed.Campinas: UNICAMP/NEPP, 2002, v. , p. 376-400.

26.
DAL POZ, M. R.; ADAMS, O . La reforma del sector salud y sus implicaciones para los recursos humanos: una vision panoramica. In: Leobardo Cuevas Alvarez; Pedro Brito. (Org.). Presente y futuro en la formacion, practica y regulacion profesional en Ciencias de la Salud. 1ed.Mexico: DR OPS/OMS, 2002, v. , p. 37-47.

27.
Dal Poz, Mario R.; VARELLA, T C . GUIA DE METODOLOGIAS PARA ANÁLISE DE SISTEMAS DE REMUNERAÇÃO E INCENTIVOS DOS RECURSOS HUMANOS DO SETOR SAÚDE. In: Mario Dal Poz, Pedro Galin, Marta Novich, Thereza Varella. (Org.). RELACIONES LABORALES EN EL SECTOR SALUD: Fuentes de información y métodos de análisis. 1ed.Quito: Organización Panamericana de la Salud, 2000, v. 1, p. 131-174.

28.
DAL POZ, M. R.; VIANA, A L D . Estudo sobre o processo de reforma em saúde no Brasil. In: Sergio Martinic; Cristián Aedo; Javier Corvalán. (Org.). Reformas en Educación y Salud en America Latina y el Caribe. 1a.ed.Santiago de Chile: Centro de Investigación y Desarrollo de la Educación - CIDE, 1999, v. , p. 187-217.

29.
DAL POZ, M. R.; VARELLA, T C . Estudo de Condições de Formação e Exercício Profissional em Saúde no Brasil. In: OPAS/OMS. (Org.). Recursos humanos em saúde no MERCOSUL. 1ed.RIO DE JANEIRO: EDITORA FIOCRUZ, 1995, v. 1, p. 75-106.

30.
DAL POZ, M. R.; VARELLA, T C . Recursos Humanos em Saúde no Brasil: política e problemas. In: Reinaldo Guimarães; Ricardo W. Tavares. (Org.). Recursos Humanos em Saúde no Brasil: política e problemas. 1ed.Rio de Janeiro: DUMARÁ/ABRASCO, 1994, v. 1, p. 193-208.

31.
DAL POZ, M. R.. Planejamento e gestão de recursos humanos. In: Thereza Cristina Barata; Carlos Alberto Trindade. (Org.). A saúde no município: organização e gestão. 1ed.Rio de Janeiro: IBAM/UNICEF, 1992, v. 1, p. 105-115.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
DAL POZ, M. R.; PERES, E. M. . A saúde começa em casa. Primeira Página, Campos, RJ, , v. IV, p. 4 - 4, 30 set. 1999.

2.
DAL POZ, M. R.; VIANA, A L D . O Programa de saúde da família é um instrumento da reforma do SUS?. Boletim da ABRASCO, Rio de Janeiro, , v. 71, p. 2 - 3, 05 jan. 1999.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
MONTEIRO, M. F. G. ; DAL POZ, M. R. ; PIMENTEL, A. L. . Mudanças do perfil de internações hospitalares da população idosa registradas pelo SUS, segundo as principais causas de internação, por sexo, para as cinco grandes regiões do Brasil. - 2000 a 2011. In: XIX Encontro Nacional de Estudos Populacionais, 2014, Sao Pedro, SP. XIX Encontro Nacional de Estudos Populacionais. Belo Horizonte: ABEP, 2014. v. XIX.

2.
OLIVEIRA, A. P. C. ; DUSSAULT, G ; DAL POZ, MR . Acesso geográfico aos recursos humanos em saúde no Brasil e em Portugal: impacto da evidência científica sobre as políticas e práticas de gestão.. In: 2º Congresso Brasileiro de Política, Planejamento e Gestão em Saúde, 2013, Belo Horizonte. Anais do 2º Congresso Brasileiro de Política, Planejamento e Gestão em Saúde. Rio de Janeiro: ABRASCO, 2013. p. 1-28.

3.
DAL POZ, M. R.; VIANA, A L D . The Family-Health Program as a Strategy for Reforming Brazil's Health System. In: Seminario Internacional: Reformas de la Política Social en América Latina: Resultados y Perspectivas, 1999, Washington. FORO DE DESARROLLO SOCIAL PARA LAS AMERICAS. Montevideo: Centro Internacional de Investigaciones para el Desarrollo - CIDA, Oficina Regional para América Lat, 1999.

4.
DAL POZ, M. R.; VIANA, A L D ; CORDEIRO, H. A. . O Programa de Saúde da Família como estratégia de intervenção sanitária e a implementação do SUS. In: 8º Congreso Anual de la Asociación Latina para el Análisis de los Sistemas de Salud, 1997, Granada. La reforma de los modelos sanitarios, la definición del producto y las necesidades de gestión. Granada: ALASS, 1997. v. 8. p. 25-25.

5.
DAL POZ, M. R.; BRANCO, M. A. . Système d'information et gestion des resources humaines dans les systèmes locaux de santé au Brésil. In: Sixieme congrès de l'Association pour l'Analyse des Systèmes de Santé, 1995, Otawa. Actes du sixieme congrès de l'Association pour l'Analyse des Systèmes de Santé. Otawa: ALASS, 1995. v. 6. p. 15-16.

6.
DAL POZ, M. R.. La politique et la formation des resources humaines dans le domaine de la santé. In: Sixieme congrès de l'Association pour l'Analyse des Systèmes de Santé, 1995, Otawa. Actes du sixieme congrès de l'Association pour l'Analyse des Systèmes de Santé. Otawa: ALASS, 1995. v. 6. p. 21-22.

7.
DAL POZ, M. R.; ROMANO, R. A. T. ; PIERANTONI, C R ; MACHADO, M. H. . Levantamento Qualitativo da Força de Trabalho em Saúde. In: III Encontro Nacional de Profissionais de Recursos Humanos na Administração Pública, 1989, Vitória, ES. Anais do III Encontro Nacional de Profissionais de Recursos Humanos na Administração Pública. Vitória: Prefeitura de Vitória, 1989. p. 7-38.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
OLIVEIRA, A. P. C. ; DUSSAULT, G ; DAL POZ, MR ; CRAVEIRO, I. M. R. ; PANISSET, U. B. ; HORTALE, V. A. . The use of research evidence in policies to improve geographical access to Human Resources for Health in Portugal. In: The Third Fuse International Conference on Knowledge Exchange in Public Health, 2016, Newcastle. Evidence to Impact in Public Health. Newcastle: Centre for Translational Research in Public Health, 2016.

2.
MATSUMOTO, K. S. ; BONFIM, D. ; GAIDZINSKI, R. R. ; Dal Poz, Mario Roberto . PERFIL DOS PROFISSIONAIS DA ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA NO BRASIL. In: Anais do 11º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, 2015, Goiania. Anais do Anais do 11º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva. Rio de Janeiro: ABRASCO, 2015.

3.
FRANCO, T. A. V. ; Dal Poz, Mario R. ; COSTA-COUTO, M. H. . A EXPANSÃO DO ENSINO SUPERIOR PRIVADO, A FORMAÇÃO EM SAÚDE E POLÍTICAS SETORIAIS. In: 11º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, 2015, Goiania. Anais do 11º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva. Rio de Janeiro: ABRASCO, 2015.

4.
Dal Poz, Mario R.; COSTA-COUTO, M. H. ; FRANCO, T. A. V. . CONSTRUINDO EVIDENCIAS SOBRE A IMPLEMENTAÇÃO DE PROGRAMAS DE RECURSOS HUMANOS EM SAUDE: AVALIAÇÃO EM 15 PAISES LATINOAMERICANOS E CARIBE. In: 11º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, 2015, Goiania. Anais do 11º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva. Rio de Janeiro: ABRASCO, 2015.

5.
SCHEFFER, M. C. ; DAL POZ, MR . A PRIVATIZAÇÃO DO ENSINO MÉDICO NO BRASIL. In: 11º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, 2015, Goiania. Anais do 11º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva. Rio de Janeiro: ABRASCO, 2015.

6.
SOUSA, A ; DAL POZ, M. R. ; EVANS, D B . Models to Investigate the Association of Health Workers Availability and Health Outcomes at Sub-national level: Evidence from Brazilian Municipalities. In: Conferência Internacional sobre Pesquisas em Recursos Humanos em Saúde, 2010, Rio de Janeiro. Conferência Internacional sobre Pesquisas em Recursos Humanos em Saúde. Rio de Janeiro: Instituto de Medicina Social, UERJ, 2010.

7.
SOUSA, A ; TANDON, A ; Dal Poz, Mario R. ; EVANS, D B . Efficiency in Attaining Coverage of Antenatal Care Services Across Municipalities in Brazil: The Impact of Human Resources. In: iHEA 2007 6th World Congress: Explorations in Health Economics, 2007, Copenhagen. iHEA 2007 6th World Congress: Explorations in Health Economics. Copenhagen: International Health Economics Association, 2007. v. 6. p. 1-1.

8.
DAL POZ, M. R.; ADAMS, O ; STILWELL, B ; MERCER, H S . Defining the scope and gaps in research and knowledge on human resources for health. In: Global Forum for Health Research 2003, 2004, Genebra. Global Forum for Health Research 7, 2003. v. 1.

9.
DAL POZ, M. R.. Human resources for health: evidence and policy issues. In: World Conference of Medical Education 2003, 2003, Copenhagen. Global standards in medical education for better health care - Abstracts. Copenhagen: WFME & Universities of Copenhagen and Lund, 2003. v. 1. p. 6-7.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
OLIVEIRA, A. P. C. ; GABRIEL, M. ; DAL POZ, MR ; DUSSAULT, G . The use of research evidence in Policies to improve geographical access to human resources for health in Brazil. In: International Health Conference, 2016., 2016, London. Book of Abstracts. London: King's College London Department of Management, 2016. v. 1. p. 28-28.

2.
OLIVEIRA, A. P. C. ; DUSSAULT, G ; DAL POZ, MR ; PANISSET, U. B. . A Influência da evidência científica no processo da formulação de políticas de recursos humanos em saúde: estudo de caso múltiplo. In: Encontro Nacional de Novos Investigadores em Saúde (ENNIS) & I International Meeting of New Health Researchers (IMNRH), 2015, Leiria. RESEARCH & NETWORKS IN HEALTH. Leiria: ESSLei ? IPL, 2015. v. 1. p. ennis3.

3.
OLIVEIRA, A. P. C. ; DUSSAULT, G ; DAL POZ, MR . Utilização da evidência nas políticas: revisão conceitual de seus determinantes. In: XXIV Congres de l'ALASS: Les maladies chroniques, un enjeu pour les systèmes de santé, un enjeu de société, 2013, Rennes. Annales du XXIV Congres de l'ALASS. Rennes: Université de Rennes 1, 2013. v. 1. p. annexe.

4.
GEDIK, G ; NYONI, J. ; DOVLO, D. ; DAL POZ, M. R. ; ANTWI, J. ; ARGAW, H. ; OVBEREDJO, M. . Mapping health managers in selected African countries. In: First Global Forum on Human Resources for Health, 2008, Kampala, Uganda. Forum Booklet. Genebra: Global Health Workforce Alliance, 2008. p. 169-170.

5.
ABUBAKER, W. ; ALSHEIKH, G. ; GEDIK, G ; DAL POZ, M. R. ; DOVLO, D. . Health Management Workforce in selected countries of Eastern Mediterranean Region. In: First Global Form on Human Resources for Health, 2008, Kampala, Uganda. Forum Boklet. Genebra: Global Health Workforce Alliance, 2008. p. 160-162.

6.
ROSALES, C. ; ARROYO, J. C. ; DAL POZ, M. R. ; MACHADO, M. H. . Analysis of capabilities of health human resources units in Hispanic America. In: First Global Forum on Human Resources for Health, 2008, Kampala, Uganda. Forum booklet. Genebra: Global Health Workforce Alliance, 2008. p. 172-174.

7.
DUSSAULT, G ; DAL POZ, M. R. ; FRONTEIRA, I. ; PRYTHERCH, H. ; WYSS, K. . Scaling-up Interventions to Meet Shortages of Health Workers. In: Berkeley Global Health Workforce Conference: from evidence-based research to policy, 2008, Berkeley. Abstracts. Berkeley, California, USA: School of Public Health, University of Berkeley, 2008. p. 28.

8.
GUPTA, N ; DAL POZ, M. R. . Monitoring Health Workforce Skills Mix and Productivity to Support Decision Making for Health Policy and Planning: Insights from Survey Data in Six Low and Middle Income Countries. In: Berkeley Global Health Workforce Conference: From Evidence-Based Research to Policy, 2008, Berkeley, California, USA. Abstracts. Berkeley, California, USA: School of Public Health, University of California, 2008. p. 36-36.

9.
DAL POZ, M. R.; MCCAFFERY, J. . HRH Action framework. In: First Asia-Pacific Action Alliance on Human Resources for Health Conference, 2006, Ayutthaya. Proceedings of the First Asia-Pacific Action Alliance on Human Resources for Health Conference. Bangkok, Tailandia: International Health Policy Proram, 2006. p. 1-64.

10.
DAL POZ, M. R.. Global health workforce strategy. In: Regional consultative meeting on strategic planning in health, 2005, Damasco, Siria. Report on the Regional consultative meeting on strategic planning in health. Cairo: WHO-EMRO, 2005. p. 27-27.

11.
DAL POZ, M. R.; ZURN, P ; PANTOJA, A. ; DIALLO, K ; VUJICIC, M. ; ADAMS, O . Human resources health planning: the case for a production for human resources for health. In: THE 57th INTERNATIONAL ATLANTIC ECONOMIC CONFERENCE, 2004, Lisbon. THE 57th INTERNATIONAL ATLANTIC ECONOMIC CONFERENCE, 2004. v. 1. p. 17-17.

12.
DAL POZ, M. R.; ZURN, P ; STILWELL, B ; ADAMS, O . Imbalances in the health workforce. In: 4th iHEA World Congress, 2003, São Francisco. Global Health Economics: Bridging Research and Reform, 2003. v. 1. p. 48-48.

13.
DAL POZ, M. R.; DOLEA, C. ; DREESCH, N ; GOUBAREV, A ; ADAMS, O . Approches pour l'identification des déficits en ressources humaines pour atteindre les Objectifs du Millénaire pour le Développement. In: Congrès de 'ALASS, 2003, Lugano. Epistula ALASS. Barcelona: Association Latine pour l'Analyse des Systèmes de Santé, 2003. v. 1. p. 55-55.

14.
DAL POZ, M. R.. Challenges and policy issues in public health workforce. In: Networking of public health institutions, 2002, New Delli. Report of the intercountry meeting, 2003. v. 1. p. 4-5.

15.
DAL POZ, M. R.; VIANA, A L D . Family healt program in Brazil: inovation and experimental changes in the delivery of health care. In: 16th WONCA World Congress of Family Doctors, 2001, Durban, Africa do Sul. 16th WONCA World Congress of Family Doctors, Proceedings. Durban, Africa do Sul: WONCA, 2001. v. 1.

16.
ADAMS, O ; DAL POZ, M. R. . Interactions between Public Health Schools and Health Care Organisations. In: XXII ASPHER Annual Conference, 2000, Aarhus, Denmark. Professionalisation in Public Health: Future Roles and their Implications for Training Programmes and Strategies. Aarhus: Denmark: Master of Public Health, University of Aarhus, Denmark, 2000. v. 1. p. 50.

17.
DAL POZ, M. R.; VIANA, A L D . A reforma do sistema de saúde no Brasil o o Programa de Saúde da Família. In: 1a. Mostra Nacional de Produção em Saúde da Família, 1999, Brasília. 1a. Mostra Nacional de Produção em Saúde da Família: livro de resumos:, 1999. v. 1. p. 11-11.

18.
DAL POZ, M. R.. Assistência à Saúde frente aos Avanços Tecnológicos: A Visão do Setor Público. In: III Congresso Brasileiro de Prevenção do Câncer, 1998, Rio de Janeiro. Anais do III Congresso Brasileiro de Prevenção do Câncer. Rio de Janeiro: INCa/UERJ, 1998. v. 3. p. 29-31.

19.
DAL POZ, M. R.; VARELLA, T C ; FORMIGA, C. . Avaliação da municipalização dos serviços de saúde no Estado do Rio de Janeiro. In: IV Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, 1994, Recife. Anais do IV Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva. Recife: ABRASCO, 1994.

Apresentações de Trabalho
1.
DAL POZ, M. R.. Planejando a força de trabalho do SUS. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

2.
DAL POZ, MR. The global crisis of human resources in the health sector. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

3.
DAL POZ, MR. Health System in Brazil and Brazilian Public Health. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

4.
MATSUMOTO, K. S. ; BONFIM, D. ; GAIDZINSKI, R. R. ; DAL POZ, MR . Profile of Physicians in Family Health Units in Brazil. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
BONFIM, D. ; MATSUMOTO, K. S. ; GAIDZINSKI, R. R. ; DAL POZ, MR ; FAGULIN, F. M. T. . The working time distribution to family physicians in Brazil. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
DAL POZ, MR; PORTELA, G. Z. ; FEHN, L. A. C. . Recursos humanos en salud: crisis global y la cooperación internacional. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
DAL POZ, MR; RODRIGUES, P. H. A. ; NORONHA, J. C. ; SANTOS, I. ; MIRANDA, A. ; PEREIRA, A. T. S. . Política e Gestão de Pessoas para o SUS. 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

8.
DAL POZ, MR; TEMPORÃO, J. G. ; BARBOSA, P. R. . Força de Trabalho em Saúde. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

9.
DAL POZ, MR. Strengthening HRH and nursing in a multi-sectorial engagement to achieve Universal Health Coverage. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
DAL POZ, MR; WHEELER, E . Scaling up and improving the quality of education of health workers. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

11.
DAL POZ, MR. Towards a strategy for strengthening health workforce information, monitoring and evaluation. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
DAL POZ, MR. WHO Global Code of Practice on the International Recruitment of Health Personnel. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

13.
DAL POZ, MR. WHO Global Code of Practice on the International Recruitment of Health Personnel and its implication at country level. 2012. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

14.
DAL POZ, MR. Desafíos para el fortalecimiento de los Sistemas de Información de RHS. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

15.
DAL POZ, MR. Procedimientos para el registro del profesional de salud en Brasil. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

16.
DAL POZ, M. R.; GEDIK, G . Health Workforce Leadership and Governance. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

17.
DAL POZ, M. R.; SIYAM, A ; KUNJUMEN, T. . Strengthening the evidence base on the global health workforce: challenges and opportunities for strengthening HRH information systems. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

18.
DAL POZ, M. R.. Profissão médica, ontem, hoje e amanhã. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

19.
Dal Poz, Mario R. Código de Prácticas de la OMS: Avances en su implementación. 2011. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

20.
DAL POZ, M. R.; GUPTA, N . Strengthening national health workforce information system. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

21.
DAL POZ, M. R.. Challenges and opportunities for monitoring progress on HRH development towards the Millennium Development Goals. 2010. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

22.
DAL POZ, M. R.; GUPTA, N ; GEDIK, G . Health Workforce Observatories. 2009. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

23.
DUSSAULT, G ; DAL POZ, M. R. ; FRONTEIRA, I. ; PRYTHERCH, H. ; WYSS, K. . Scaling-up Interventions to Meet Shortages of Health Workers. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

24.
GUPTA, N ; DAL POZ, M. R. . Monitoring Health Workforce Skills Mix and Productivity to Support Decision Making for Health Policy and Planning: Insights from Survey Data in Six Low and Middle Income. 2008. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

25.
DAL POZ, M. R.. Novas fronteiras e velhos desafios na arena internacional de recursos humanos em saúde. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

26.
DAL POZ, M. R.. WHO perspective on human resources for health. 2002. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

27.
DAL POZ, M. R.. Incentivos y gestión de recursos humanos. 2001. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

28.
DAL POZ, M. R.. Los procesos de reforma del sector salud y sus implicaciones para los recursos humanos. 2001. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

29.
DAL POZ, M. R.; ADAMS, O . Interaction between Public Health Schools and Health Care Organizations. 2000. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

30.
DAL POZ, M. R.; VIANA, A L D . Estudio sobre el proceso de reforma en salud en el Brasil. 1998. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

31.
DAL POZ, M. R.. Gestão hospitalar e modelo assistencial. 1996. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

32.
DAL POZ, M. R.. Sistema de informação e gestão local. 1996. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

33.
DAL POZ, M. R.; FORMIGA, C. ; VARELLA, T C . Avaliação do processo de municipalização dos serviços de saúde no Estado do Rio de Janeiro. 1994. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

34.
DAL POZ, M. R.. Projet de système d'information et gestion des ressources humaines dans les systèmes locaux de santé au Brésil. 1994. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

35.
DAL POZ, M. R.; BRANCO, M. A. . Sistema de Informação e Gestão de Recursos Humanos em Saúde. 1994. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

36.
DAL POZ, M. R.. Formação de recursos humanos em saúde pública. 1993. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

37.
DAL POZ, M. R.; BRANCO, M. A. ; MAX, J. ; FRANÇA, T . SIGRHS (software). 1993. (Apresentação de Trabalho/Outra).

38.
DAL POZ, M. R.. Recursos humanos de saúde no Estado do Rio de Janeiro. 1992. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

39.
DAL POZ, M. R.. Política de recursos humanos em saúde. 1992. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

40.
DAL POZ, M. R.. Recursos Humanos para o SUS. 1991. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

41.
DAL POZ, M. R.. Organização dos serviços de saúde e a questão dos recursos humanos. 1991. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

42.
DAL POZ, M. R.. Recursos Humanos no SUS. 1991. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

43.
DAL POZ, M. R.. Recursos Humanos e o SUS. 1991. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

44.
DAL POZ, M. R.. Formação e capacitação de recursos humanos em saúde pública. 1991. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

45.
DAL POZ, M. R.. Situação atual da área de recursos humanos em saúde no Estado. 1991. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

46.
DAL POZ, M. R.. Estudo critico da residencia medica de pediatria no Hospital de Clinicas da Universidade do Estado da Guanabara. 1974. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Outras produções bibliográficas
1.
DAL POZ, MR. Prefacio. Rio de Janeiro, 2012. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

2.
DAL POZ, M. R.. Prefácio. Rio de Janeiro, 2012. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

3.
DAL POZ, MR. Apresentação. Rio de Janeiro, 2011. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

4.
DAL POZ, MR. Apresentação. Rio de Janeiro, 2006. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

5.
DUSSAULT, G ; ADAMS, O ; FOURNIER, P. ; DAL POZ, M. R. . Planejamento de recursos humanos em saúde. Rio de Janeiro: UERJ, IMS, 1997. (Tradução/Artigo).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
DAL POZ, MR; CODJIA, L. ; SIYAM, A. . Assessment of the recruitment, deployment and retention strategies in the French speaking countries. 2014.

2.
DAL POZ, MR; BELLO, R. ; DAVID, H. M. S. L. ; FRANCISCO, M. T. R. ; SANTOS, E. . Proposta de ampliação da Rede de Atenção Básica na Baixada Fluminense. 2013.

3.
DAL POZ, M. R.; MATTOS, V. D. . Implantação de sistema de informação de recursos humanos em saúde no Hospital Geral do Andaraí. 1999.

4.
DAL POZ, M. R.. Avaliação de estudos apresentados na Mostra Nacional de Saúde da Família. 1999.

5.
DAL POZ, M. R.; MACHATINE, G. . Avaliação do Plano de Desenvolvimento de Recursos Humanos Em Saúde de Moçambique. 1998.

6.
DAL POZ, M. R.; FRESTA, E. . Proposta de Politica de Recursos Humanos em Saúde e Reorganização da Direcção Nacional de Recursos Humanos do Ministério da Saúde de Angola. 1997.

7.
DAL POZ, M. R.; BIAI, A . Plano de Desenvolvimento de Recursos Humanos de Saúde Em Guiné Bissau. 1996.

Programas de computador sem registro
1.
DAL POZ, M. R.; BRANCO, M. A. ; RIBAS, E. C. ; DAL POZ, J. . Health Human Resource Management Information System - Version 3.0. 1999.

2.
DAL POZ, M. R.; PIERANTONI, C R ; MAX, J. ; DAL POZ, J. ; RIBAS, E. C. . Sistema de Informação e Gestão de Recursos Humanos em Saúde. 1998.

3.
DAL POZ, M. R.; BRANCO, M. A. ; MAX, J. . Sistema de Informação e Gestão de Recursos Humanos Em Saúde - SIGRHS v. 1.0. 1993.

Trabalhos técnicos
1.
DAL POZ, M. R.. Parecer emitido para manuscrito submetido à revista Health Policy and Planning. 2017.

2.
DAL POZ, M. R.. Parecer emitido para manuscrito submetido à revista BMJ Open. 2016.

3.
DAL POZ, MR. Parecer emitido para manuscrito submetido à revista Cadernos de Saude Publica. 2014.

4.
DAL POZ, MR. Parecer emitido para manuscrito submetido à revista Globalization and Health. 2014.

5.
DAL POZ, M. R.. Parecer emitido para manuscrito submetido à revista Ciencia & Saude Coletiva. 2014.

6.
DAL POZ, M. R.; KINFU, Y ; DRÄGER, S. ; KUNJUMEN, T. ; DIALLO, K . Counting health workers: definitions, data, methods and global results. 2006.

7.
DRÄGER, S. ; DAL POZ, M. R. ; EVANS, D B . Health workers' wages: an overview from selected countries. 2006.

8.
HERNANDEZ, P. ; DRÄGER, S. ; EVANS, D B ; EDEJER, T. T. ; DAL POZ, M. R. . Measuring expenditure for the health workforce: evidence and challenges. 2006.

9.
KINFU, Y ; MERCER, H S ; DAL POZ, M. R. ; EVANS, D B . Estimating inflows and outflows of health service providers in sub-Saharan Africa. 2006.

10.
SOUSA, A ; TANDON, A ; DAL POZ, M. R. ; PRASAD, A. ; EVANS, D B . Measuring the efficiency of human resources for health for attaining health outcomes across subnational units in Brazil. 2006.

11.
SPEYBROECK, N. ; KINFU, Y ; DAL POZ, M. R. ; EVANS, D B . Reassessing the relationship between human resources for health, intervention coverage and health outcomes. 2006.

12.
DAL POZ, M. R.; ADAMS, O ; ZURN, P ; STILWELL, B ; ISSAKOV, A. ; GOUBAREV, A ; KWANKAM, S. Y. ; SHENGELIA, B. . Human, physical and intellectual resource generation: proposal for monitoring. 2002.

13.
DAL POZ, M. R.; GUPTA, N ; DIALLO, K ; ZURN, P . Human resources for health: an international comparison of health occupations from Labour Force Survey data. 2002.

14.
DAL POZ, M. R.; SOUZA, M. F. ; FRANKLIN, A. ; SILVA, A. C. ; CORDEIRO, H. A. ; HELMANN, L. ; ALMEIDA, M. ; CAVALCANTI, P. ; NOGUEIRA, R. ; SENA, R. ; HARTZ, Z . Relatório de avaliação da produção em saúde da família. 2000.

15.
DAL POZ, M. R.; GIRARDI, S. ; BRITO, P. ; NOVICK, M. . Propuesta de desarrollo de un conjunto de indicadores y datos básicos de los recursos humanos en las reformas sectoriales en salud (core data). 1999.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
Dal Poz, Mario Roberto; GRACA, R. A. ; VAZQUEZ, P. ; ROMEIRO, F. . Pesquisa avalia migração médica por três décadas. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
DAL POZ, M. R.. La distribución de recursos humanos en salud es un problema complejo. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
MEINAO, F. ; DAL POZ, M. R. ; MARTINS, M. A. . Faltam medicos ou falta planejamento de saude. 2015. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

4.
BAHIA, L. ; DAL POZ, MR . Saude Publica - Programa Debate Brasil (AEPET Nacional). 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

5.
Dal Poz, Mario Roberto. Falta consistência ao programa Mais Médicos, diz brasileiro da OMS. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

6.
Dal Poz, Mario Roberto. 'Faculdades não formam médicos para o que é necessário para a população', ressalta médico. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

7.
Tourinho, P ; Dal Poz, Mario Roberto . Programa mais médicos. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
SIYAM, A ; DAL POZ, MR . Migration of health workers: the WHO code of practice and the global economic crisis.. 2014. (Editoração/Livro).

2.
DAL POZ, MR; BUCHAN, J ; MERCER, H S ; DIELEMAN, M. ; FRONTEIRA, I. . Human Resources for Health. 2014. (Editoração/Periódico).

3.
SCHEFFER, M. ; DAL POZ, MR . A privatização do ensino de graduação em Medicina no Brasil. 2014. (Relatório de pesquisa).

4.
RANSON, M. K. ; CHOPRA, M. ; MUNRO, S ; DAL POZ, M. R. ; BENNETT, S . Establishing human resources for health research priorities in developing countries using a participatory methodology. 2008. (Relatório de pesquisa).

5.
DAL POZ, M. R.; VIANA, A L D . Estudo sobre o processo de reforma em saúde no Brasil: análise da formulação e da implementação do Programa de Saúde da Família. 1998. (Relatório de pesquisa).

6.
ARAÚJO, R. M. ; DAL POZ, M. R. ; GERK, J. R. ; LEVCOVITZ, E . Descentralização e gestão dos serviços de saúde: uma avaliação do SUS - informe final. 1993. (Relatório de pesquisa).

7.
DAL POZ, M. R.; FAVERET, P. ; GERK, J. R. ; ARAÚJO, R. M. . Descentralização e gestão dos serviços de saúde: uma avaliação do Sistema Único de Saúde - 1o. relatório. 1992. (Relatório de pesquisa).



Patentes e registros



Programa de computador
1.
DAL POZ, M. R.; BRANCO, M. A. ; MAX, J. . Sistema de Informação e Gestão de Recursos Humanos Em Saúde - SIGRHS v. 1.0. 1993.
Patente: Programa de Computador. Número do registro: 93006716, título: "Sistema de Informação e Gestão de Recursos Humanos Em Saúde - SIGRHS v. 1.0" .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
DAL POZ, MR; ANDRADE, M. A. C.; BUSSINGER, E. C. A.; SODRE, F.. Participação em banca de Lorena Estevam Martins. Gestão do Trabalho em serviços públicos estaduais de saúde gerenciados por Organizações Sociais. 2017. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade Federal do Espírito Santo.

2.
DAL POZ, M. R.; CAMPOS, C. E. A.; MACHADO, M. H.. Participação em banca de Cyro Leonardo de Albuquerque Mendes. Perfil do profissional medico na Estrategia de Saude da Familia no Municipio do Rio de Janeiro. 2015. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Fundação Oswaldo Cruz.

3.
DAL POZ, MR; CAMPOS, C. E. A.; PIERANTONI, C R. Participação em banca de Swellen de Paula Vieira. Formando medicos para a atenção primária de saúde: o perfil de formação de medicos no Estado do Rio de Janeiro. 2014. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

4.
DAL POZ, MR; Favoreto, C A O; FERREIRA, J. B. B.. Participação em banca de Julia Barban Morelli Rosas. Avaliação das ações de regulação em saúde: um estudo de caso do municipio de Rio Bonito, RJ. 2013. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

5.
DAL POZ, MR; BAHIA, L.; RODRIGUES, P. H. A.. Participação em banca de Izabel Aparecida Mendonça Ferreira. Crise e oportunidade: O caso dos hospitais filantrópicos da região centro sul fluminense do Estado do Rio de Janeiro. 2013. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

6.
DAL POZ, MR; SANTOS, M. R.; FRANÇA, T. Participação em banca de Ana Paula Costa da Rosa. Estudo da oferta e produção de atendimentos das práticas integrativas e complementares no SUS no município do Rio de Janeiro. 2013. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

7.
DAL POZ, MR; Parada, R; GOUVEIA, C. S. D.. Participação em banca de Luciana de Almeida Ferreira. O impacto da expansão da estrategia de saude da familia em indicadores selecionados na área de planejamento 5.3 no municipio do Rio de Janeiro. 2013. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

8.
DAL POZ, MR; FRANÇA, T; GOUVEIA, C. S. D.. Participação em banca de Rizzieri Mesaque e Silva. Fatores determinantes do absenteísmo das mulheres de Piraí, Estado do Rio de Janeiro ao exame de mamografia. 2013. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

9.
DAL POZ, MR; FRONTEIRA, I.; CABRAL, A. J. R.. Participação em banca de Anabela Almestre Munguambe. Retenção de Enfermeiros Recém Colocados no hospital Rural de Xinavane e Centros de saúde da Maluana e Manhiça na Província de Maputo em Moçambique. 2012. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Saúde e Desenvolvimento) - Universidade Nova de Lisboa.

10.
DAL POZ, MR; FRONTEIRA, I.; CABRAL, A. J. R.. Participação em banca de António Paulino Rodrigues. O papel dos incentivos financeiros e não financeiros para os enfermeiros de nível básico e médio que trabalham nos centros de saúde da área do Hospital Geral José Macamo. 2012. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Saúde e Desenvolvimento) - Universidade Nova de Lisboa.

11.
Dal Poz, Mario Roberto; TORRES, H O G; CAMPOS, F E; BARBOSA, A C Q. Participação em banca de Marina Campos Morici. Recursos Humanos em Hospitais do Sistema Único de Saúde: Entre a Assistência e a Gestão. 2011. Dissertação (Mestrado em Centro de Pós-Graduação e Pesquisas em Administração - CEPEAD) - Universidade Federal de Minas Gerais.

12.
Dal Poz, Mario R; DUSSAULT, G; CRAVEIRO, I. M. R.; GONÇALVES, L. Participação em banca de Ana Marta Amaral. Contributos para o planeamento de uma política de Humanos da Saúde para Moçambique. 2011. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Saúde e Desenvolvimento) - Universidade Nova de Lisboa.

13.
DAL POZ, M. R.. Participação em banca de Anamaria Carvalho Schneider. CONSÓRCIOS INTERMUNICIPAIS DE SAÚDE: INSTRUMENTO DE ORGANIZACAO DO SUS?. 1998. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

14.
DAL POZ, M. R.; RICAS, J.; BATISTA, N. A.; RIBEIRO, E. C. O.. Participação em banca de José Inacio jardim Motta. Educação permanente em saúde: da política do consenso à construção do dissenso. 1997. Dissertação (Mestrado em Educação em Ciências e Saúde) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Teses de doutorado
1.
KUSCHNIR, R. C.; NEY, M. S.; ARAUJO JUNIOR, M. L. C.; AGUIAR, A. C.; MESSIAS, J. A. S.; DAL POZ, M. R.. Participação em banca de Fatima Meirelles Pereira Gomes. A participação dos médicos patologistas na rede de atenção ao câncer: formação e mercado de trabalho. 2017. Tese (Doutorado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

2.
DAL POZ, M. R.. Participação em banca de VEM Zweigenthal. The contribution of public health medicine specialists to South Africa?s health system. 2017 - University of Cape Town.

3.
Dal Poz, Mario Roberto; LAGUNAS, L. M. F.; BERNARDES, A.; TRONCHIN, D. M. R.; PEDUZZI, M.. Participação em banca de Pilar Alejandra Espinoza Quiroz. Satisfaccion en equipos interprofesionales: relaciones interpersonales, liderazgo transformacional y clima de equipos en un hospital de Santiago, Chile. Un estudio de metodos mixtos. 2016. Tese (Doutorado em GERENCIAMENTO EM ENFERMAGEM) - Universidade de São Paulo.

4.
DAL POZ, MR; MARTINS, M. I. C.; SANTOS, M. R.; MIRANDA, R. F.; PIERANTONI, C R. Participação em banca de Claudia Regina Machado. Dimensionamento da carga de trabalho em unidade de alta complexidade em Traumatologia e Ortopedia. 2015. Tese (Doutorado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

5.
Nascimento, M F; Wermelinger, M C M W; VIEIRA, M.; DAL POZ, MR; PIERANTONI, C R. Participação em banca de Vania Maria Fernandes Teixeira. Citotecnico: análise do processo de trabalho em laboratórios de citopatologia e anatomopatologia no Estado do Rio de Janeiro. 2015. Tese (Doutorado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

6.
HADDAD, A. E.; DAL POZ, MR; PINTO, I. M. C.; TEIXEIRA, C. F.; ALMEIDA FILHO, N.. Participação em banca de Marcelo Nunes Dourado Rocha. Educação superior no Brasil: tendências e perspectivas da graduaçào em saúde no seculo XXI. 2014. Tese (Doutorado em doutorado em saúde pública) - Universidade Federal da Bahia.

7.
GAIDZINSKI, R. R.; FAGULIN, F. M. T.; PEDUZZI, M.; LAUS, A. M.; DAL POZ, M. R.. Participação em banca de Daiana Bonfim. Planejamento da força de trabalho de enfermagem na estrategia de saude da familia. 2014. Tese (Doutorado em GERENCIAMENTO EM ENFERMAGEM) - Universidade de São Paulo.

8.
DAL POZ, M. R.; VIANA, A L D; RODRIGUES, P. H. A.; CAMPOS, C. E. A.; PIERANTONI, C R. Participação em banca de Marcia Silveira Ney. Sistema de avaliação profissional no âmbito da contratualização da gestão na atenção primária à saúde. 2014. Tese (Doutorado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

9.
LEHMANN, U.; DAL POZ, M. R.; HUTTER, I.; RUITENBERG, E. J.. Participação em banca de Maria Areke Dieleman. Triggering Meaningful Change. 2010 - Free University of Amsterdam.

10.
CAMPOS, F E; MACHADO, M. H.; DAL POZ, M. R.; CAMPOS, A. M. S. M.; PIERANTONI, C R. Participação em banca de Jorge Luiz do Amaral. DUZENTOS ANOS DE ENSINO MÉDICO NO BRASIL. 2007. Tese (Doutorado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

11.
PAUL, C.; FIGUEIREDO, M. C. A. B.; AZEREDO, Z. A. S.; GANDRA, R. M. B.; DAL POZ, M. R.. Participação em banca de Ellen Marcia Peres. ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA, AÇÃO ESSENCIAL NO ENFRENTAMENTO DAS DESIGUALDADES SOCIAIS. 2007. Tese (Doutorado em Doutorado em Ciências Biomédicas) - Universidade do Porto.

12.
CARVALHEIRO, J. R.; RIBAS, V T; DAL POZ, M. R.; CAETANO, R; FIORI, J. L. C,. Participação em banca de Maria Eneida de Almeida. Guerra e desenvolvimento biológico: o caso da biotecnologia e da genômica na segunda metade do século XX. 2006. Tese (Doutorado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

13.
GADELHA, C A G; TEMPORÃO, J. G.; DAL POZ, M. R.; ARAÚJO, R. M.; VIANA, A L D. Participação em banca de Cristiani Vieira Machado. Direito universal, politica nacional e diversidade local: uma proposta de investigação do papel do gestor federal no Sistema Único de Saúde. 2005. Tese (Doutorado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

14.
LESSA, C; DAL POZ, M. R.; KORNIS, G.; FIORI, J. L. C,. Participação em banca de Paulo Rocha. NO LIMIAR DO SÉCULO XXI - GLOBALIZAÇÃO E SAÚDE. OS DESAFIOS DA PROTEÇÃO SOCIAL BRASILEIRA NOS ANOS 90. 1997. Tese (Doutorado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Qualificações de Doutorado
1.
CAMPOS, G. W. S.; LABBATE, S.; DAL POZ, MR. Participação em banca de Monica Martins de Oliveira. Analise da formação Paideia para profissionais do apoio matricial em Campinas (SP), Curitiba (PR) e Uberlândia (MG). 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Saúde Coletiva) - Universidade Estadual de Campinas.

2.
DAL POZ, M. R.; FRANÇA, T; SILVA, G. A. E.; LIMA, J C S; NASCIMENTO, M. F.; SOUZA, S. P. S. E.. Participação em banca de Fátima Meirelles Pereira Gomes. A escassez de medicos especialistas em patologia no Brasil e o impacto para as ações de prevenção e controle do câncer. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

3.
VIANA, A L D; DAL POZ, M. R.; Magalhães, R; MACHADO, C. V.. Participação em banca de Ana Luisa Barros de Castro. Atenção Primária a saude no Brasil: avanços e desafos na implantação do SUS. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em Saúde Pública) - Fundação Oswaldo Cruz.

4.
DAL POZ, MR; PIERANTONI, C R; MARTINS, M. I. C.; MIRANDA, R. F.. Participação em banca de Claudia Regina Machado. Os desafios na alocação da força de trabalho em serviços de alta complexidade na área de traumatologia e ortopedia. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

5.
PIERANTONI, C R; Nascimento, M F; DAL POZ, M. R.; Wermelinger, M C M W. Participação em banca de Vania Maria Fernandes Teixeira. Tecnicos em citologia: análise do processo de trabalho em laboratórios de citopatologia no Estado do Rio de Janeiro. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

6.
CAMPOS, F E; ARAÚJO Jr., J. L. A. C; DAL POZ, M. R.; PIERANTONI, C R. Participação em banca de Romulo Maciel Filho. Distribuição de médicos no Brasil: um desafio para a política nacional de recursos humanos em saúde. 2004. Exame de qualificação (Doutorando em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Qualificações de Mestrado
1.
DAL POZ, MR; ANDRADE, M. A. C.; SODRE, F.; BUSSINGER, E. C. A.. Participação em banca de Lorena Estevam Martins. Gestão do Trabalho em serviços públicos estaduais de saúde gerenciados por Organizações Sociais. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Saúde Coletiva) - Universidade Federal do Espírito Santo.

2.
DAL POZ, MR; ROCHA, C. M. F.; GIUGLIANI, C.. Participação em banca de Mariana da Rosa Martins. ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE E A COOPERAÇÃO COM AGENTES NÃO ESTATAIS: CONSIDERAÇÕES ACERCA DO MARCO REGULATÓRIO. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Saúde Coletiva) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

3.
DAL POZ, M. R.; OLIVEIRA, S. A.; RAFEL, R. M. R.. Participação em banca de Helen Fernanda Barbosa Batista. Vigilancia em saúde: um estudo de curriculos de graduação da área de saúde do Distrito Federal. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

4.
DAL POZ, M. R.; AGUIAR, A. C.; GUIMARAES, M. C. S.. Participação em banca de Marco Aurélio de Rezende. Projeto Caminhos do Cuidado: Contribuições para as Políticas de Educação Profissional em saúde. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

5.
DAL POZ, M. R.; AGUIAR, A. C.; AMARAL, J. L.; LIMA, J C S. Participação em banca de Vanessa Dalva Guimarães Campos. Residência médica e o sistema de saúde brasileiro: o caso do Distrito Federal. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

6.
DAL POZ, M. R.; Parada, R; Favoreto, C A O. Participação em banca de Julia Barban Morelli Rosas. Avaliação das ações de regulação em saúde: um estudo de caso do município de Rio Bonito - RJ. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
Costa, R A H; Infante, M; DAL POZ, M. R.. Participação em banca de Edna Suely Feitosa Pires. Diagnostico da situação de recursos humanos no Hemocentro de Caruaru. 2013. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Saude Publica) - Fundação Oswaldo Cruz.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
DAL POZ, M. R.; VIANA, A L D; AMÂNCIO FILHO, A. Presidente da Banca Examinadora do Concurso de Títulos e Provas para provimento do cargo de Professor Adjunto no Departamento de Planejamento e Administração em Saúde do Instituto de Medicina Social. 2010. Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

2.
DAL POZ, M. R.; CHORNY, A. H.; SAYD, J. D.. Concurso para vaga de pesquisador adjunto na Escola Nacional de Saúde Publica, FIOCRUZ. 1997. Fundação Oswaldo Cruz.

Avaliação de cursos
1.
DAL POZ, M. R.. PROYECTO PARA LA CREACIÓN DEL INSTITUTO DE INVESTIGACIÓN EN SALUD PÚBLICA EN LA UNIVERSIDAD DE BUENOS AIRES. 2007. Universidad de Buenos Aires.

Outras participações
1.
DAL POZ, MR. Comissão de Avaliação dos trabalhos submetidos à 65ª Reunião Anual da SBPC. 2013. Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência - São Paulo.

2.
DAL POZ, MR. Comissão de Avaliação dos trabalhos submetidos à 64ª Reunião Anual da SBPC. 2012. Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência - São Paulo.

3.
DAL POZ, MR. Comissão de Avaliação dos trabalhos submetidos à 63ª Reunião Anual da SBPC. 2011. Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência - São Paulo.

4.
DAL POZ, MR. Comissão de Avaliação dos trabalhos submetidos à 62ª Reunião Anual da SBPC. 2010. Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência - São Paulo.

5.
DAL POZ, M. R.; HARTZ, Z; FRANKLIN, A.; SILVA, A. C.; NADER, E.; CORDEIRO, H. A.; HELMANN, L.; CAVALCANTI, P.; NOGUEIRA, R.; SENA, R.. Comissão Examinadora da I Mostra nacional de Produç!ao em Saúde da Familia. 2000. Ministério da Saúde.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
1o. Forum Nacional PRO-SUS.A carreira medica em sistemas de saúde comparados. 2016. (Seminário).

2.
21 Conferencia Mundial de Medicos de Familia. The working time distribution to family physicians in Brazil. 2016. (Congresso).

3.
A saúde no Brasil após-PEC 241.Desafios emergentes e pesquisas estratégicas. 2016. (Simpósio).

4.
Cenário atual das políticas de saúde no Brasil.Cenário atual das políticas de saúde no Brasil. 2016. (Seminário).

5.
II Jornada Cientifica da Diretoria de Saude.Panorama da crise global dos recursos humanos em saúde e estratégias de desenvolvimento. 2016. (Simpósio).

6.
IV Congreso de la Alianza Latinoamericana y de Caribe de salud Global. Recursos humanos en salud: crisis global y la cooperación internacional. 2016. (Congresso).

7.
Reunion regional de ALASAG.Collaboration regional en salud global. 2016. (Oficina).

8.
11º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva. A PRIVATIZAÇÃO DO ENSINO MÉDICO NO BRASIL. 2015. (Congresso).

9.
Atencion Primaria a la salud y la formacion de las profesiones de la salud.Atención Primaria a la Salud y la formación de las profesiones de la salud. 2015. (Simpósio).

10.
Brechas en la disponibilidad de recursos humanos para la salud en el primer nivel de atencion.Las experiencias internacionales de medición y cierre de brechas en la disponibilidad de recursos humanos para la salud. 2015. (Oficina).

11.
Bellagio conference on postings and transfers (P&T) in the health sector in low and middle-income countries (LMIC).What does the theme signify for broader research on health systems / health workers/public administration?. 2014. (Simpósio).

12.
2ºCongresso Brasileiro de Política, Planejamento e Gestão em Saúde,. Educação e trabalho em saúde. 2013. (Congresso).

13.
6th Distingushed Lectures Series of the Global Network of WHO Collaborating Centres for Nursing and Midwifery Development.The health professionals? education for the 21st century: challenges and opportunities. 2013. (Outra).

14.
Third Global Forum on Human Resources for Health.Strengthening human resource in health and nursing in a multi-sectorial engagement to achieve Universal Health Coverage. 2013. (Simpósio).

15.
7th AAAH Annual Conference: ?Leadership Development for Health System Strengthening: A Focus on Human Resources for Health?. Towards a strategy for strengthening health workforce information, monitoring and evaluation. 2012. (Congresso).

16.
Building Skills for Work and Life: Third International Congress on Technical and Vocational Education and Training. Scaling up and improving the quality of education of health workers. 2012. (Congresso).

17.
Distributing Human Resources for Health: Ethics and Health Polic.WHO Global Code of Practice on the International Recruitment of Health Personnel. 2012. (Seminário).

18.
Estrategia de Cooperación para la Segunda Medición de Metas Regionales y Análisis de Políticas de Recursos Humanos para la Salud.Modelo conceptual seguimiento, análisis y evaluación de Políticas de RHS para la Región de las Américas. 2012. (Oficina).

19.
Regional Consultation on Strengthening of the Management of Human Resources for Health in the South-East Asia Region.WHO Global Code of Practice on the International Recruitment of Health Personnel: implication at country level & reporting. 2012. (Seminário).

20.
Taller sobre los sistemas de registro de profesionales de salud.Desafíos para el fortalecimiento de los Sistemas de Información de RHS. 2012. (Oficina).

21.
International Accreditation Congress. Health workforce global crisis and medical profession. 2011. (Congresso).

22.
IV Reunión Iberoamericana de Migración de Profesionales de la Salud.Código de Prácticas de la OMS: Avances en su implementación. 2011. (Simpósio).

23.
NEW SKILLS FOR NEW JOBS IN HEALTH: HEALTH WORKFORCE PLANNING AND MANAGEMENT IN OECD COUNTRIES.Health workforce planning and projections. 2011. (Simpósio).

24.
TALLER DE SISTEMAS DE INFORMACIÓN DE RECURSOS HUMANOS PARA LA SALUD.Desafíos para el fortalecimiento de los Sistemas de Información de RHS. 2011. (Oficina).

25.
Expert meeting on guidelines for the monitoring of the implementation of the WHO Global Code of Practice on the International Recruitment of Health Personnel.Strengthening national HRH information systems. 2010. (Seminário).

26.
First Global Symposium on Health Systems Research.Towards a global strategy for strengthening health workforce information systems. 2010. (Simpósio).

27.
Inaugural Forum on Human Resources for Health in the Asia and Pacific Regions.Challenges and opportunities for monitoring progress on HRH development towards the Millennium Development Goals. 2010. (Simpósio).

28.
Regional Consultation on the development of a Regional Strategy on Human Resources for Health / HRH Observatories in the Eastern Mediterranean Region.Overview of role of HRH Observatories in strategy formulation and M&E. 2010. (Seminário).

29.
2nd Regional Meeting of the Africa Health Workforce Observatory.Framework for health workforce monitoring. 2009. (Seminário).

30.
36th World Hospital Congress. The global health workforce: crisis, future and challenges. 2009. (Congresso).

31.
Globalising Higher Education: Universities, International Development and Social Justice.Universities and applied research. 2009. (Simpósio).

32.
International Seminar about Retention of Health Care Professionals in remote, isolated and vulnerable areas.Panel of Policies in Africa, Asia and Oceania. 2009. (Seminário).

33.
Meeting on the Regional Strategy and initiatives on human resources for health.Monitoring and evaluation of HRH. 2009. (Seminário).

34.
Symposium on ?Performance of National Health Workforce.Opening and closing sessions. 2009. (Simpósio).

35.
First Global Forum on Human Resources for Health. Mapping health managers in selected African countries. 2008. (Congresso).

36.
Seminario Internacional de Análise das Unidades de Recursos Humanos dos Ministerios da Saúde.Análise dos casos africanos e do oriente médio. 2007. (Seminário).

37.
XII Congreso de investigación en salud pública. Impacto del Informe Mundial de la Salud 2006 en la mejoria del desempeño de los sistemas de salud. 2007. (Congresso).

38.
11o. Congresso Mundial de Saúde Pública e 8o. Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva. La educación profesional frente a los desafios de las políticas de salud. 2006. (Congresso).

39.
11o. Congresso Mundial de Saúde Pública e 8o. Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva. Fuerza de trabajo de salud: desafios globales en el Siglo XXI. 2006. (Congresso).

40.
11o. Congresso Mundial de Saúde Pública e 8o. Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva. Avaliação de posters e definição dos agraciados com menção honrosa. 2006. (Congresso).

41.
3a. Conferência Nacional de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde.Gestão do Trabalho. 2006. (Simpósio).

42.
First Asia-Pacific Action Alliance on Human Resources for Health Conference.The HRH framework and tools. 2006. (Seminário).

43.
VIII Reunión Regional de los Observatorios de Recursos Humanos en Salud.facilitador de grupo de trabalho. 2006. (Seminário).

44.
Workshop Strengthening capacities for using tools for health workforce analysis por policy making in the Eurpean region.Human resources for health action framework. 2006. (Oficina).

45.
Consultation on moving HRH agenda.AFRO Consultation on moving HRH agenda. 2005. (Oficina).

46.
ICN High Level Consultation on the Global Nursing Workforce.Achieving consensus on priority interventions and identifying appropriate actions to be taken to alleviate the critical imbalance and shortage in the nurse workforce at the global, regional and local levels.. 2005. (Seminário).

47.
Past trends assessment and future forecast of health workforce.Planning for Human Resources for Health: the case for a health production function. 2005. (Simpósio).

48.
VI Congresso Nacional da Rede UNIDA. Eqüidade global na saúde e recursos humanos. 2005. (Congresso).

49.
VII Reunión Regional de los Observatorios de Recursos Humanos en Salud: Critical challenges for a decade of human resources for health in the Americas.Global challenges: perspectives from WHO regional offices. 2005. (Simpósio).

50.
Global Forum for Health Research 7. Defining the scope and gaps in research and knowledge on human resources for health. 2003. (Congresso).

51.
Seminario Internacional sobre Mercado de Trabalho: formação e regulação no âmbito do MERCOSUL.Seminario Internacional sobre Mercado de Trabalho: formação e regulação no âmbito do MERCOSUL. 2003. (Seminário).

52.
Seminário Internacional sobre mercado de trabalho no âmbito do Mercosul.O papel da OMS e a formação e regulação das profissões de saúde. 2003. (Seminário).

53.
Human resources and national health systems: shaping the agenda for action.HRH policy development and priorities. 2002. (Simpósio).

54.
Imbalances in the health workforce: conceptual and practical challenges.Technical consultation on imbalances in the health workforce. 2002. (Seminário).

55.
Inter-country Meeting for Networking of Public Health Institutions.Challenges for public health education and training. 2002. (Seminário).

56.
La Strategie de Developpement des Ressources Humaines pour la Santé au Tchad.Evaluer le Plan Strategique de Developpement des Ressources Humaines pour la Santé au Tchad. 2002. (Oficina).

57.
Politica de Recursos Humanos em saúde.Os processos de reforma setorial de saúde: impactos sobre recursos humanos. 2002. (Seminário).

58.
Second Invited Experts Meeting: Human Resources for Health Care Project.WHO?s work on human resources for health. 2002. (Seminário).

59.
Seminario Internacional sobre Politicas de Recursos Humanos em Saúde.Debate sobre os processos da reforma setorial de saúde: impactos sobre RH. 2002. (Seminário).

60.
Health Care Privatization: Workers'Insecurities in Eastern Europe.WHO perspective on human resource for health. 2001. (Simpósio).

61.
Towards Unity for Health.Towards Unity for Health. 2001. (Seminário).

62.
Reunion de la ALAESP.Development of Public Health Education: Challenges for the XXI Century. 2000. (Seminário).

63.
Towards Unity for Health seminar.Towards Unity for Health (TUFH) review the plan of action. 2000. (Oficina).

64.
Social Policy Reforms in Latin America: results and prospects.Family Health Program as a strategy to reform the health system in brazil. 1999. (Seminário).

65.
Approaches and tools useful for HRH planning and policy. Sistema de Informação e Gestão de Recursos Humanos em Saúde - SIGRHS. 1998. (Congresso).

66.
Educacion permanente sobre gestion decentralizada de recursos humanos en las reformas sectoriales en salud.La gestion de ecursos humanos en las reformas sectoriales. 1998. (Oficina).

67.
Negociação coletiva do trabalho em saúde.Informação como instrumento de negociação coletiva. 1998. (Seminário).

68.
La decentralizacion, los sistemas de salud y los procesos de reforma del sector salud.Decentralizacion y recursos humanos. 1997. (Seminário).

69.
Recursos humanos: un factor critico de la reforma sectorial en salud.Produtividad y desempeño de los recursos humanos en los servicios de salud. 1997. (Seminário).

70.
Taller regional de gestion decentralizada de recursos humanos de salud en las reformas sectoriales.Analisis de la situacion de los recursos humanos en Brasil. 1997. (Oficina).

71.
Reunion decentralizacion de los servicios de salud.Diseño, Mantenimiento y Conservacion de Unidades en los Sistemas Locales de Salud. 1988. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
DAL POZ, M. R.; PIERANTONI, C R ; GIRARDI, S. . Capacitação em análise e planejamento da força de trabalho em saúde.. 2012. (Congresso).

2.
DAL POZ, M. R.; PIERANTONI, C R ; SOUSA, A ; SEPULVEDA, H. . Reunião técnica sobre medidas e monitoramento de desigualdades dos recursos humanos em saúde. 2012. (Congresso).

3.
PIERANTONI, C R ; DAL POZ, M. R. . Conferência Internacional sobre Pesquisas em Recursos Humanos em Saúde. 2010. (Congresso).

4.
ADAMS, O ; DAL POZ, M. R. ; DREESCH, N ; MERCER, H S . Human resources and service delivery aspects of scaling up ARV treatment in resource-limited settings. 2003. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Tese de doutorado
1.
Alessandra Pereira da Silva. Regulação e recursos humanos na atenção ao câncer. Início: 2016. Tese (Doutorado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro. (Orientador).

2.
Liliádia da Silva Oliveira Barreto. Formação profissional para o SUS e os Currículos Baseados em Competência. Início: 2015. Tese (Doutorado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro. (Orientador).

3.
Amanda Cavada Fehn. Inovações na formação profissional e seu impacto na formulação de políticas na área de Recursos Humanos em Saúde- Estratégias para o enfrentamento da crise da força de trabalho em saúde.. Início: 2015. Tese (Doutorado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

Supervisão de pós-doutorado
1.
Leila Senna Maia. Início: 2018. Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Marco Aurelio de Rezende. Caminhos do Cuidado: uma Análise da Formação em Saúde Mental, Crack, Álcool e outras Drogas para o Agente Comunitário de Saúde e Auxiliares e Técnicos de Enfermagem. 2017. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, . Orientador: Mario Roberto Dal Poz.

2.
Vanessa Dalva Guimarães Campos. Residência médica e o sistema de saúde brasileiro: o caso do Distrito Federal. 2017. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, . Orientador: Mario Roberto Dal Poz.

3.
Thais de Andrade Vidaurre Franco. A participação de instituições de ensino superior privadas na formação em saúde: marco regulatório, financiamento e as políticas setoriais. 2016. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Mario Roberto Dal Poz.

4.
Luciana de Almeida Ferreira. O impacto da expansão da estratégia da saúde da família em indicadores selecionados na Área de Planejamento 5.3 do Município do Rio de Janeiro. 2013. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, . Orientador: Mario Roberto Dal Poz.

5.
Julia Barban Morelli Rosas. Avaliação das ações de Regulação em Saúde: um estudo de caso do município de Rio Bonito ? RJ.. 2012. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, . Orientador: Mario Roberto Dal Poz.

6.
Izabel Aparecida Mendonça Ferreira. Crise e Oportunidades: o caso dos hospitais filantrópicos da região centro-sul fluminense do estado do Rio de Janeiro. 2012. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, . Orientador: Mario Roberto Dal Poz.

7.
Ana Paula Costa da Rosa. Estudo da oferta e produção de atendimentos das práticas integrativas e complementares no SUS no município do Rio de Janeiro. 2012. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, . Orientador: Mario Roberto Dal Poz.

8.
Anamaria Carvalho Schneider. Consórcios Municipais de Saúde: Instrumento de Organização do Sus?. 1998. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, . Orientador: Mario Roberto Dal Poz.

Tese de doutorado
1.
Karen dos Santos Matsumoto. Parâmetros para dimensionamento de médicos na Estratégia de Saúde da Família. 2018. Tese (Doutorado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, . Orientador: Mario Roberto Dal Poz.

2.
Fátima Meirelles Pereira Gomes. A participação dos médicos patologistas na rede de atenção ao câncer: formação e mercado de trabalho. 2017. Tese (Doutorado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, . Orientador: Mario Roberto Dal Poz.

3.
Ana Paula Cavalcante de Oliveira. A influência da evidência científica no processo da formulação de políticas de recursos humanos em saúde: estudo de caso múltiplo. 2017. Tese (Doutorado em Doutorado em Políticas de Saúde e Desenvolvimento) - Universidade Nova de Lisboa, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Coorientador: Mario Roberto Dal Poz.

4.
Claudia Regina Machado. Dimensionamento da carga de trabalho em unidade de alta complexidade em traumatologia e ortopedia. 2015. Tese (Doutorado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, . Orientador: Mario Roberto Dal Poz.

5.
Ellen Marcia Peres. Estratégia Saúde da Família, ação essencial no enfrentamento das desigualdades sociais. 2007. Tese (Doutorado em Doutorado em Ciências Biomédicas) - Universidade do Porto, . Orientador: Mario Roberto Dal Poz.

6.
Maria Inês Carsalade Martins. A transição tecnológica e os processos de trabalho em saúde. 2002. 176 f. Tese (Doutorado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, . Orientador: Mario Roberto Dal Poz.

7.
Maria Alice Branco. Política nacional de Informação em Saude: um olhar alternativo. 2001. 132 f. Tese (Doutorado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Mario Roberto Dal Poz.

Supervisão de pós-doutorado
1.
Gustavo Zoio Portela. 2017. Universidade do Estado do Rio de Janeiro, . Mario Roberto Dal Poz.

Iniciação científica
1.
Rodrigo Azeredo de Souza. Estudo sobre de recursos humanos em saúde. 1998. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Faculdade de Ciências Médicas) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Orientador: Mario Roberto Dal Poz.



Inovação



Projetos de pesquisa

Projeto de desenvolvimento tecnológico

Projeto de extensão


Educação e Popularização de C & T



Livros e capítulos
1.
Dal Poz, Mario R; SIYAM, A . Transforming and Scaling Up Health Professional Education and Training: Policy Brief on Monitoring and Evaluating the Education of Health Professionals. 1. ed. Geneva: World Health Organization, 2013. v. 1. 16p .


Apresentações de Trabalho
1.
DAL POZ, MR; RODRIGUES, P. H. A. ; NORONHA, J. C. ; SANTOS, I. ; MIRANDA, A. ; PEREIRA, A. T. S. . Política e Gestão de Pessoas para o SUS. 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

2.
DAL POZ, MR. Strengthening HRH and nursing in a multi-sectorial engagement to achieve Universal Health Coverage. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
Dal Poz, Mario Roberto. Falta consistência ao programa Mais Médicos, diz brasileiro da OMS. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
BAHIA, L. ; DAL POZ, MR . Saude Publica - Programa Debate Brasil (AEPET Nacional). 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
Dal Poz, Mario Roberto; GRACA, R. A. ; VAZQUEZ, P. ; ROMEIRO, F. . Pesquisa avalia migração médica por três décadas. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
MEINAO, F. ; DAL POZ, M. R. ; MARTINS, M. A. . Faltam medicos ou falta planejamento de saude. 2015. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).



Outras informações relevantes


Bolsista CNPq, Modalidade/Nível: DT-1D (310404/2013-4)
Bolsista Prociência UERJ (2014-2017)
Bolsista Cientista do Estado FAPERJ (E-26/201.359/2014)
Membro do Committee on Improving Quality of Health Care Globally, National Research Council, and the Health and Medicine Division of the National Academies of Sciences, Engineering, and Medicine (2017/2018).



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 12/12/2018 às 3:44:11