Luciano Maurício Bezerra Visintin

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/1410041500881379
  • Última atualização do currículo em 13/10/2016


Possui graduação em ENGENHARIA AGRONOMICA pela Universidade Estadual de Londrina (1993) e mestrado em SOLOS E NUTRIÇAO MINERAL DE PLANTAS pela ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA LUIS DE QUEIROZ (1998).Atualmente é Diretor Engenheiro Agrônomo da Nazca Georreferenciamento e Topografia Ltda. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Solos e Nutrição Mineral de Plantas, Fitopatologia, Entomologia, Matologia e Georreferenciamento e Geoprecessamento de Imóveis rurais. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Luciano Maurício Bezerra Visintin
Nome em citações bibliográficas
VISINTIN, L. M. B.

Endereço


Endereço Profissional
NAZCA GEORREFERENCIAMENTO E TOPOGRAFIA LTDA, SEDE.
Avenida Sebastião de Camargo Ribas 575 SALA2
São Cristóvão
85060340 - Guarapuava, PR - Brasil
Telefone: (42) 33040527
URL da Homepage: www.nazcatopoegeo.com.br


Formação acadêmica/titulação


2014
Doutorado em andamento em Agronomia.
Universidade Tecnológica Federal do Paraná, UTFPR, Brasil.
Título: TRANSMISSIBILIDADE DE (Fusarium moniliforme Sheld) e (Stenocarpella maydis (Berk). Sacc. (sin. Diplodia maydis) e (Stenocarpella macrospora (Berk). Sacc. (sin. Diplodia macrospora Earle) EM QUATRO DIFERENTES LOTES DE SEMENTES DO HÍBRIDO DE MILHO FPORMULA,
Orientador: IDALMIR DOS SANTOS.
Coorientador: RICARDO TREZZI CASA.
Palavras-chave: FUSARIUM, STENOCARPELLA, TRANSMISSIBILIDADE,.
Grande área: Ciências Agrárias
Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fitossanidade / Especialidade: Fitopatologia.
Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fitotecnia / Especialidade: Manejo e Tratos Culturais.
Setores de atividade: Agricultura, Pecuária e Serviços Relacionados; Pesquisa e desenvolvimento científico.
1994 - 1998
Mestrado em SOLOS E NUTRIÇAO MINERAL DE PLANTAS.
ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA LUIS DE QUEIROZ, ESALQ/USP, Brasil.
Título: EFEITO DO CALCÁRIO, DA DENSIDADE E DOS ATRIBUTOS QUÍMICOS DE UM LATOSSOLO VERMELHO AMARELO, SOBRE O DESENVOLVIMENTO RADICULAR DE DOIS CULTIVARES DE MILHO,Ano de Obtenção: 1998.
Orientador: ANTONIO ROQUE DECHEN.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: estado estrutural; milho; perfil cultural; preparo do solo; repartiçao espacial do sistema radicular; CALCÁRIO.
Grande área: Ciências Agrárias
2015
Especialização em andamento em ESPECIALIZAÇÃO EM GEORREF. DE IMÓVEIS RURAIS E URB. (Carga Horária: 420h).
Universidade Estadual de Maringá, UEM, Brasil.
Título: GEORREFERENCIAMENTO E TOPOGRAFIA DE LAGOAS DE DESCARTE DE EFLUENTES.
Orientador: CLAUDIA FILETTI.
2011 - 2012
Especialização em ESPECIALIZAÇÃO EM PROTEÇÃO DE CULTIVOS. (Carga Horária: 364h).
FACULDADE CDE DIREITO DE SNATA MARIA, FADISMA, Brasil.
Título: TRASMISSIBILIDADE DE DOENÇAS VIA SEMENTE EM MILHO.
Orientador: RICARDO CASA.
2003 - 2005
Especialização em MBA EM GESTAO DE EMPRESAS E NEGÓCIOS. (Carga Horária: 470h).
FUNDAÇAO GETÚLIO VARGAS - CURITIBA, FGV, Brasil.
Título: TCC - CRIAÇAO DE EMPRESA (EMPRESA DE ESTERELIZAÇAO DE MATERIAL CIRURUGICO).
1988 - 1993
Graduação em ENGENHARIA AGRONOMICA.
Universidade Estadual de Londrina, UEL, Brasil.
Título: ESTUDO DO PERFIL CULTURAL.
Orientador: MARIA DE FÁTIMA GUIMARAES.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.




Formação Complementar


2012 - 2012
CURSO SOBRE SILAGEM DE MILHO. (Carga horária: 8h).
FUNDAÇÃO ABC, ABC, Brasil.
2011 - 2011
WORKSHOP SOBRE MOFO BRANCO. (Carga horária: 8h).
Associação de Engenheiros Agrônomos de Pato Branco, AEAPB, Brasil.
2010 - 2010
I ENCONTRO SOBRE FERRUGEM ASIÁTICA E MOFO BRANCO. (Carga horária: 15h).
ASSOCIAÇÃO DE ENGENHEIROS AGRONOMOS DOS CAMPOS GERAIS, AEACG, Brasil.
2008 - 2008
ADMINISTRAÇÃO DO TEMPO. (Carga horária: 8h).
PRINCIPIARE CONSULTORIA, PRINCIPIARE, Brasil.
2003 - 2004
CURSO DE METODOLOGIA DRIS DE ANALISE DE SOLOS. (Carga horária: 270h).
LABORSOLOS LABORATÓRIO DE SOLOS LTDA, LABORSOLOS, Brasil.


Atuação Profissional



UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTROESTE PARANAENSE, UNICENTRO, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2005
Vínculo: CONTRATO DE TRABALHO, Enquadramento Funcional: PROFESSOR COLABORADOR, Carga horária: 70
Outras informações
DISCIPLINA: MERCADO FUTUROS E DE CAPITAIS 30 HORAS-AULA 05, 06, 12 E 13 DE AGOSTO DE 2005 CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO (PÓS-GRADUAÇÃO LATU SENSU) EM ADMINISTRAÇÃO DE AGRONEGÓCIO E DESENVOLVIMENTO REGIONAL REALIZADO NO CAMPUS DE GUARAPUAVA ESTADO DO PARANÁ.

Vínculo institucional

2005 - 2005
Vínculo: CONTRATO DE TRABALHO, Enquadramento Funcional: PROFESSOR COLABORADOR, Carga horária: 4
Outras informações
CURSO SEQUENCIAL EM GESTÃO DO AGRONÉCIO CAMPUS DE GUARAPUAVA CARGA HORÁRIA 68 HORAS DISCIPLINA - COMERCIALIZAÇÃO AGRÍCOLA E MERCADOS INTERNACIONAIS

Vínculo institucional

2005 - 2005
Vínculo: CONTRATO DE TRABALHO, Enquadramento Funcional: PROFESSORT COLABORADOR, Carga horária: 4
Outras informações
CURSO SEQUENCIAL DE GESTÃO EM AGRONEGÓCIO CAMPUS DE LARANJERIAS DO SUL - PR UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTROESTE - UNICENTRO CARGA HORÁRIA: 68 HORAS DISCIPLINA DE COMERCIALIZAÇÃO AGRÍCOLA E MERCADOS INTERNACIONAIS

Vínculo institucional

2005 - 2005
Vínculo: CONTRATO DE TRABALHO, Enquadramento Funcional: PROFESSOR COLABORADOR, Carga horária: 40
Outras informações
CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ECONOMIA DO AGRONEGÓCIO UNICENTRO - CAMPUS DE GUARAPUAVA DISCIPLINA DE COMERCIALIZAÇÃO DE PRODUTOS AGROINDUSTRIAIS CARGA HORÁRIA: 40 HORAS-AULA PERÍODO 4, 5, 11, 12, 18 E 19 DE MARÇO DE 2005 01 E 02 DE ABRIL DE 2005

Vínculo institucional

2003 - 2003
Vínculo: CONTRATO DE TRABALHO, Enquadramento Funcional: PROFESSOR COLABORADOR, Carga horária: 2
Outras informações
CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ECONOMIA DO AGRONEGÓCIO UNICENTRO - CAMPUS GUARAPUAVA DISCIPLINA DE COMERCIALIZAÇÃO DE PRODUTOS AGROINDUSTRIAIS CARGA HORÁRIA: 40 HORAS 26 E 27/09 2003 3, 4, 10 E 11 DE OUTUBRO DE 2003


FACULDADE GUARAPUAVA LTDA, FACULDADE GPUAVA, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2007
Vínculo: CONTRATO DE TRABALHO, Enquadramento Funcional: PROFESSOR COLABORADOR, Carga horária: 10
Outras informações
CURSO SUPERIOR DE TENCOLOGIA EM GESTÃO DE AGRONEGÓCIOS DISCIPLINA DE COMERCIALIZAÇÃO NO AGRONEGÓCIO CARGA HORÁRIA DE 100 HORAS AULA

Vínculo institucional

2007 - 2007
Vínculo: CONTRATO DE TRABALHO, Enquadramento Funcional: PROFESSOR COLABORADOR, Carga horária: 12
Outras informações
CURSO SUPERIOR DE TENCOLOGIA EM GESTÃO DO AGRONEGÓCIO DISCIPLINA DE MERCADOS FUTUROS E DE OPÇÕES AGROPECUÁRIAS CARGA HORÁRIA DE 120 HORAS AULA

Vínculo institucional

2005 - 2005
Vínculo: CONTRATO DE TRABALHO, Enquadramento Funcional: PROFESSOR COLABORADOR, Carga horária: 10
Outras informações
CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO ESTRATÉGICA DE NEGÓCIOS DISCIPLINA DE COMERCIALIZAÇÃO DE PRODUTOS AGROINDUSTRIAIS CARGA HORARIA: 10 HORAS AULA


SYNGENTA Proteção de Cultivos - Matriz, SYNGENTA, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - Atual
Vínculo: EMPREGATÍCIOS, Enquadramento Funcional: ENGENHEIRO AGRONOMO REPRES. TÉCNICO DE VENDAS, Carga horária: 48, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
SUPERVISÃO DE VENDAS ELABORAÇÃO DE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE MERKETING IMPLEMENTAÇÃO DE LINHAS DE AÇÃO DE MARKETING ORGANIZXAÇÃO DE VENTOS (AGRISHOW, SHOW RURAL COOPAVEL, SHOW RURAL PLAMA SOLA, DIAS DE CAMPO INVERNO E VERÃO DA AGRÁRIA); SEGMENTAÇÃO DE MERCADO POSICIONAMENTO DE PRODUTOS ELABORAÇÃO DE FOLDERS ASSISTENCIA TÉCNICA A LCIENTES FINAIS ELABORAÇÃO E EXECUÇÃO DE PALESTRAS TÉCNICAS


FUNDAÇÃO EDUCACIONAL GUARAPUAVA, FEG, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: PROFESSOR AUXILIAR MESTRE, Carga horária: 8


FETILIZANTES MITSUI KYOEY DO BRASDIL S/A, FERTIMITSUI, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - Atual
Vínculo: EMPREGATÍCIOS, Enquadramento Funcional: DESENVOLVIMENTO TÉCNICO DE MERCADOS, Carga horária: 48, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
CONDUÇÃO DE FARM TESTS PROTEÇÃO DE CULTIVOS (INSETICIDAS, FUNGICIDAS, HERBICIDAS E ELICITORES); CONDUÇÃO DE FARM TESTS DE HÍBRIDOS DE MILHO CONDUÇÃO DE FARM TESTS DE VARIEDADES DE SOJA AVANÇO DE PIPELINE DE CROP AVANÇO DE PIPELINE DE SEMENTES (MILHO E SOJA) PREPARAÇÃO DE PALESTRAS PREPARAÇÃO DE TREINAMENTOS PREPARAÇÃO WORKSHOPS (MATORRESISTENCIA, MOFO BRANCO, INSETICIDAS); TREINAMENTO DE EQUIPOE INTERNA DE VENDAS TREINAMENTO EQUIPE EXTERNA DE VENDAS (48 CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO TREINADOS); SUMARIZAÇÕES DE DADOS DE FARM TESTS DE CROP E SEEDS;

Vínculo institucional

1999 - 2010
Vínculo: EMPREGATÍCIOS, Enquadramento Funcional: ENGENHEIRO AGRÔNOMO DE VENDAS, Carga horária: 48, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
SUPERVISÃO DE VENDAS ELABORAÇÃO DE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE MERKETING IMPLEMENTAÇÃO DE LINHAS DE AÇÃO DE MARKETING ORGANIZXAÇÃO DE VENTOS (AGRISHOW, SHOW RURAL COOPAVEL, SHOW RURAL PLAMA SOLA, DIAS DE CAMPO INVERNO E VERÃO DA AGRÁRIA); SEGMENTAÇÃO DE MERCADO POSICIONAMENTO DE PRODUTOS ELABORAÇÃO DE FOLDERS ASSISTENCIA TÉCNICA A LCIENTES FINAIS ELABORAÇÃO E EXECUÇÃO DE PALESTRAS TÉCNICAS


CIA DE MIMENTOS PORTLAND ITAÚ LTDA, CIMENTOS ITAÚ, Brasil.
Vínculo institucional

1995 - 1999
Vínculo: EMPREGATÍCIOS, Enquadramento Funcional: ENGENHEIRO AGRÔNOMO DE VENDAS, Carga horária: 48, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
SUPERVISÃO DE VENDAS ELABORAÇÃO DE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE MERKETING IMPLEMENTAÇÃO DE LINHAS DE AÇÃO DE MARKETING ORGANIZXAÇÃO DE VENTOS (AGRISHOW, SHOW RURAL COOPAVEL, SHOW RURAL PLAMA SOLA, DIAS DE CAMPO INVERNO E VERÃO DA AGRÁRIA); SEGMENTAÇÃO DE MERCADO POSICIONAMENTO DE PRODUTOS ELABORAÇÃO DE FOLDERS ASSISTENCIA TÉCNICA A LCIENTES FINAIS ELABORAÇÃO E EXECUÇÃO DE PALESTRAS TÉCNICAS


Nazca Georreferenciamento e Topografia Litda, NAZCA, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: SÓCIO PROPIETÁRIO, Enquadramento Funcional: DIRETOR TÉCNICO COMERCIAL, Carga horária: 20
Outras informações
SERVIÇOS PRESTADOS: - GEORREFERENCIAMENTO E TOPOGRAFIA INDUSTRIAL; - IMPLANTAÇÃO DE INDÚSTRIAS LEVES E PESADAS; - IMPLANTAÇÃO DE PARQUES INDUSTRIAIS; - IMPLANTAÇÃO DE RODOVIAS, TREVOS, CONTORNOS E ACESSOS; - IMPLANTAÇÃO DE DE USINAS HIDRELÉTRICAS E PEQUENAS CENTRAIS HIDRELÉTRICAS; - IMPLANTAÇÃO DE OBRAS DE MOBILIDADE URBANA; - IMPLANTAÇÃO DE OBRAS DE ARTE CORRENTES; - IMPLANTAÇÃO E GEORREFERENCIAMENTO DE GALERIAS DE ÁGUA E ESGOTO; - IMPLANTAÇÃO E GEORREFERENCIAMENTO DE REDES ELÉTRICAS DE SUB-SUPERFÍCIE; - IMPLANTAÇÃO E GEORREFERENCIAMENTO DE REDES TELEFÔNICAS DE SUB SUPERFÍCIES;


Faculdade Campo Real, UNICAMPO, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: , Enquadramento Funcional: PROFESSOR COLABORADOR, Carga horária: 4, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
PROFESSOR DA DISCIPLINA DE TOPOGRAFIA PARA AGRONOMOS

Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PROTEÇÃO DE PLANTAS - DISCIPLINA ASPECTOS DE RESISTÊNCIA E MODO DE AÇÃO DOS HERBICIDAS

Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FERTILIDADE DE SOLOS E PROTEÇÃO DE CULTIVOS - DISCIPLINA NUTRIÇÃO MINERAL DE PLANTAS


FACULDADE GUARIACÁ, GUARIACÁ, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: PROFESSOR COLABORADOR, Carga horária: 9, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
PROFESSOR DISCIPLINAS: GESTÃO AGROINDUSTRIAL - CURSO ADMINISTRAÇÃO EMPREENDEDORISMO - CURSO ANALISE DE SISTEMAS E TECNOLOGIA DA INFOMRAÇÃO EMPREENDEDORISMO E GESTÃO DE SAÚDE - CURSO DE FARMÁCIA



Outros Projetos


2016 - Atual
PROETO DE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO
Descrição: PROJETO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO: GESTÃO E MARKETING NO AGRONEGÓCIO.
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Luciano Maurício Bezerra Visintin - Coordenador / JANETE P. MUNHOZ - Integrante.Financiador(es): Faculdade de Guairacá - Remuneração.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia.
2.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Ciência do Solo.
3.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fitossanidade.
4.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fitotecnia.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Francês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


1991
PREMIO IOCHPE DE TENCOLOGIA - EDIÇÃO 1990/1991, MAXION S/A.


Produções



Produção bibliográfica
Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
RALISCH, R. ; Guimaraes, M. F. ; MEDINA, C. de ; TAVARES FILHO, J. ; Dersigny, C. ; VISINTIN, L. M. B. . O METODO DO PERFIL CULTURALPARA AUXILIAR A AVALIAÇAO DOS EFEITOS DO PREPARO SOBRE A ESTRUTURA DO SOLO. In: XX CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA AGRÍCOLA, 1991, LONDRINA. XX GRONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA AGRÍCOLA. LONDRINA: IAPAR - LONDRINA, 1991. v. II. p. 1374-1383.

2.
TAVARES FILHO, J. ; Guimaraes, M. F. ; RALISCH, R. ; MEDINA, C. de ; Dersigny, C. ; VISINTIN, L. M. B. . UTILIZAÇAO DO MÉTODO DO PERFIL CULTURAL PARA AVALIAÇAO DO DESENVOLVIMENTO DE UMA CULTURA. In: XXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE CIENCIA DO SOLO, 1991, PORTO ALEGRRE. ANAIS DO XXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE CIENCIA DO SOLO. PORTO ALEGRE: SBCS, 1991. p. 142-142.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
HECK, D. W. ; PAZOLINI, K. ; VISINTIN, L. M. B. ; SANTOS, I. dos . Tratamento químico de sementes de soja para controle de Rhizoctonia solani. In: 44° CONGRESSO BRASILEIRO DE FITOPATOLOGIA, 2011, BENTO GONÇALVES. Tropical Plant Pathology 36 (Suplemento), agosto 2011. BENTO GONÇALVES - RS: SOCIEDADE BRASILEIRA DE FITOPATOLOGIA, 2011. p. 942-942.

2.
Dersigny, C. ; Guimaraes, M. F. ; VISINTIN, L. M. B. . OBSERVAÇAO DO ESTADO ESTRUTURAL E DA REPARTIÇAO ESPACIAL DO SISTEMA RADICULAR DO MILHO CULTIVADO EM LATOSSOLO ROXO. In: VIII CONGRESSO BRASILEIRO E ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA SOBRE CONSERVAÇAO DO SOLO, 1990, LONDRINA. ANAIS DO VIII CONGRESSO BRASILEIRO E ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA SOBRE CONSERVAÇAO DO SOLO. LONDRINA: IAPAR, 1990. p. 76-76.

Artigos aceitos para publicação
1.
VISINTIN, L. M. B.. DESENVOLVIMENTO READICULAR DE DOIS HÍBRIDOS DE MILHO. Scientia Agricola (USP. Impresso), 2014.

Apresentações de Trabalho
1.
VISINTIN, L. M. B.. CONTROLE QUÍMICO DE MOFO BRANCO EM SOJA. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
VISINTIN, L. M. B.. CONTROLE DE PRAGAS E REGULADORES HORMONAIS EM CULTURAS ANUAIS. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
VISINTIN, L. M. B.. MOTIVAÇÃO E O PROFISSIONAL AGRÔNOMO. 1997. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
VISINTIN, L. M. B.. MOTIVAÇÃO E O ENGENHEIRO AGRÔNOMO PROFISISONAL. 1997. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
44° CONGRESSO BRASILEIRO DE FITOPATOLOGIA. TRATAMENTO QUÍMICO DE SEMENTES DE SOJA PARA CONTROLE DE RIZOCTONIA SOLANI. 2011. (Congresso).

2.
CONFERÊNCIA SOBRE O RPOFISSIONAL DE AGRONOMIA.MOTIVAÇÃO PROFISSIONAL E PESSOAL. 1998. (Outra).

3.
CONFERÊNCIA SOBRE O PROFISSIONAL DE AGRONOMIA.CONFERÊNCIA SOBRE MOTIVAÇÃO PRIOFISSIONAL E PESSOAL. 1997. (Outra).

4.
XXVI CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIA DOM SOLO. 1997. (Congresso).

5.
XI CONGRESSO DA SOCIEDADE BOTÂNICA DE SÃO PAULO. 1996. (Congresso).

6.
IV REUNIÃO SOBRE METODOLOGIA DE PESQUISA EM MANEJO DO SOLO. 1993. (Encontro).

7.
COMISSÃO TÉCNICA DE METODOLOGIA DE AVALIAÇÃO DA AGREGAÇÃO DO SOLO. 1992. (Encontro).

8.
III REUNIÃO SOBRE METODOLOGIA DE PESQUISA EM MANEJO DE SOLO. 1992. (Encontro).

9.
IX REUNIÃO BRASILEIRA DE MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO E DA ÁGUA. 1992. (Congresso).

10.
XX REUNIÃO BRASILEIRA DE FERTILIDADE DO SOLO E NUTRIÇÃO DE PLANTAS. 1992. (Congresso).

11.
II REUNIÃO SOBRE METODOLOGIA DE PESQUISA EM MANEJO DE SOLO.OBSERVAÇÃO DO ESTADO ESTRUTURAL E DA REPARTIÇÃO ESPACIAL DO SISTEMA RADICULAR DO MILHO CULTIVADO EM LATOSSOLO ROXO. 1991. (Outra).

12.
XX CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA AGRÍCOLA. O MÉTODO DO PERFIL CULTURAL PARA AUXILIAR NA AVALIAÇÃO DOS EFEITOS DO PREPARO SOBRE A ESTRUTURA DO SOLO. 1991. (Congresso).

13.
XXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIA DO SOLO. UTILIZAÇÃO DO MÉTODO DO PERFIL CULTURAL PARA A AVALIAÇÃO DO DESENVOLVIMENTO DE UMA CULTURA. 1991. (Congresso).

14.
CONGRESSO BRASILEIRO E ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA SOBRE CONSERVAÇÃO DO SOLO. OBSERVAÇÃO DO ESTADO ESTRUTURAL E DA REPARTIÇÃO ESPACIAL DO SISTEMA RADICULAR DO MILHO CULTIVADO EM LATOSSOLO ROXO. 1990. (Congresso).



Inovação



Outros projetos



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 16/10/2018 às 2:36:23