Vera Schattan Ruas Pereira Coelho

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/2035086868379687
  • Última atualização do currículo em 17/03/2018


Vera Schattan P. Coelho é cientista social e especialista em políticas públicas e análise política. Suas áreas de interesse são: sistemas de saúde, desigualdades na saúde, políticas sociais, a participação do cidadão no processo político e seu envolvimento nos processos decisórios. É doutora em Ciências Sociais com especialização na área de Estado e Políticas Públicas pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Foi pesquisadora visitante no Hauser Center, Kennedy School, Harvard University, EUA; no Instituto de Estudos de Desenvolvimento da Universidade de Sussex, Reino Unido (IDS); na Universidade Torcuato Di Tella, na Argentina, e no Centro de Estudos Econômicos e Sociais do Uruguai (CIESU). Atua como coordenadora do Grupo de Cidadania, Saúde e Desenvolvimento do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap) e pesquisadora do Centro de Estudos da Metrópole (CEPID/CEM). Na Universidade Federal do ABC (UFABC) é pós-doutoranda e integra o corpo docente do programa de pós-graduação em Políticas Públicas. Trabalha com métodos de pesquisa quantitativos e qualitativos e tem uma vasta experiência na avaliação de políticas públicas e coordenação de projetos de investigação no nível local, nacional e internacional (Brasil, México, Argentina, Uruguai, Índia, Bangladesh, África do Sul, Moçambique, Nigéria, Quênia). Conduziu vários estudos comparativos nas áreas de reforma dos sistemas previdenciários, sistemas de saúde e participação social, apoiados pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), pelo Departamento de Desenvolvimento Internacional do Reino Unido (DFID), pelo Centro Internacional de Pesquisa em Desenvolvimento (IDRC / Canadá), pelo Instituto de Estudos de Desenvolvimento (IDS / Sussex University) e pelas fundações Rockefeller e Hewlett entre outras. Entre as instituições para as quais prestou consultoria estão o Ministério da Saúde do Brasil, a Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo e a Fundação Ford. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Vera Schattan Ruas Pereira Coelho
Nome em citações bibliográficas
COELHO, V. S. R. P.;Coelho, Vera Schattan P.;SCHATTAN RUAS PEREIRA COELHO, VERA

Endereço


Endereço Profissional
Centro Brasileiro de Análise e Planejamento, Núcleo de Cidadania e Desenvolvimento, Núcleo de Cidadania, Saúde e Desenvolvimento.
Rua Morgado de Mateus, 615
Vila Mariana
04015902 - São Paulo, SP - Brasil
Telefone: (11) 55740399
Fax: (11) 55745928


Formação acadêmica/titulação


1992 - 1996
Doutorado em Ciências Sociais.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Título: INTERESSES E INSTITUIÇÕES NA POLÍTICA DE SAÚDE: O TRANSPLANTE E A DIALISE NO BRASIL, Ano de obtenção: 1996.
Orientador: ARGELINA MARIA CHEIBUB FIGUEIREDO.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: POLÍTICAS PÚBLICAS; INSTITUIÇÕES; TRANSPLANTE; DIALISE; POLÍTICA DE SAÚDE.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Políticas Públicas.
Setores de atividade: Saúde Humana.
1983 - 1985
Mestrado em Sociologia.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Título: IN CORPORE SANO: 0 CORPO E AS DIFERENÇAS,Ano de Obtenção: 1985.
Orientador: MANUEL TOSTA BERLINCK.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: SOCIOLOGIA URBANA; INDIVIDUO.
Grande área: Ciências Humanas
1977 - 1981
Graduação em Ciências Sociais.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.


Pós-doutorado


2015
Pós-Doutorado.
Universidade Federal do ABC, UFABC, Brasil.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
1997 - 2001
Pós-Doutorado.
Centro Brasileiro de Análise e Planejamento, CEBRAP, Brasil.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.


Atuação Profissional



Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada - DF, IPEA, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Associação Brasileira de Ciência Política, ABCP, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2014
Vínculo: Outros (Colaboradora), Enquadramento Funcional: Coordenação de Área
Outras informações
Coordenadora da Área Temática Participação Política da ABPC


Centro Brasileiro de Análise e Planejamento, CEBRAP, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Coordenadora de Núcleo de Pesquisa, Carga horária: 40
Outras informações
Coordenadora do Núcleo da Cidadania, Saúde e Desenvolvimento do CEBRAP

Vínculo institucional

1997 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Diretora Científica, Carga horária: 40

Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Coordenadora de Curso, Carga horária: 40


Institute of Development Studies, IDS, Inglaterra.
Vínculo institucional

2001 - 2010
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: pesquisador


Centro de Estudos da Metropóle, CEM, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador-coordenador de projeto (INCT/CEM)
Outras informações
Financiadoras: CNPq e Fapesp

Vínculo institucional

2001 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: pesquisador, Carga horária: 20

Atividades

04/2009 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Estudos da Metrópole, .


Deliberative Democracy Consortium, DDC, Estados Unidos.
Vínculo institucional

2005 - 2008
Vínculo: pesquisador principal, Enquadramento Funcional: pesquisador, Carga horária: 10


Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

1999 - 2000
Vínculo: Professor vistante, Enquadramento Funcional: pós dou


Fundação do Desenvolvimento Administrativo, FUNDAP, Brasil.
Vínculo institucional

1989 - 1994
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: consultor


NÚCLEO DE ESTUDOS EM POLÍTICAS PÚBLICAS/UNICAMP, NEPP/UNICAMP, Brasil.
Vínculo institucional

1996 - 1997
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: pesquisador


Universidade Federal do ABC, UFABC, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Docente colaborador, Enquadramento Funcional: docente colaborador, Carga horária: 20



Linhas de pesquisa


1.
CONDIÇÕES DE VIDA, ESTADO E POLÍTICAS PÚBLICAS (INCT/CEM)

Objetivo: PROJETO INCT/CEM "Participação e Políticas de Saúde" Em trabalhos anteriores identificamos que a distribuição de serviços oferecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) nas áreas centrais e periféricas do Município de São Paulo estava se tornando mais equitativa. Este estudo buscou identificar se e como os conselhos locais de saúde estão influenciando os processos que respondem pela mudança no perfil de distribuição dos serviços públicos de saúde no Município de São Paulo. O trabalho coloca em perspectiva a contribuição da participação social na mudança desse perfil vis a vis outros processos ? como, por exemplo, a descentralização e as experiências de administração inter setorial que atuaram no período e também contribuíram para essa mudança.
Grande área: Ciências da Saúde
Palavras-chave: Conselhos de Saúde; Distribuição de serviços de saúde; Participação Social; política saúde; São Paulo; Sistema Único de Saúde.


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Regionalização, Contratação de Serviços e Participação o Município de São Paulo
Descrição: Este projeto tem como objetivo fazer um estudo sobre a contribuição da contratação indireta de serviços ? convênios e contratos de gestão com Organizações Sociais de Saúde (OSS) ? para o avanço da regionalização. O SUS se defronta com dificuldades importantes para fazer valer as diretrizes constitucionais que apontam para a organização de um sistema de saúde descentralizado e hierarquizado. Nos últimos vinte anos várias tentativas foram feitas para sanar esta situação como, por exemplo, expedientes incorporados na NOAS-SUS, no Plano Diretor de Regionalização, no Pacto pela Saúde e, mais recentemente no Contrato Organizativo da Ação Pública de Saúde, porém com limitado sucesso. Acreditamos respostas efetivas ao desafio da regionalização dificilmente serão gestadas por esforços concentrados apenas no aprimoramento dos instrumentos de pactuação entre entes federativos. O avanço da regionalização dependerá também das dinâmicas de gestão das relações contratuais entre autoridades sanitárias envolvidas nesse processo, responsáveis pelas unidades que prestam serviços de saúde e participação dos usuários no processo de definição e monitoramento dessas relações. Pretende-se: A) Identificar na literatura avaliações relativas às regiões de saúde e sua capacidade de organizar sistemas eficientes de referência e contra-referência para os usuários do SUS; B) Analisar, no município de São Paulo, as relações entre regionalização e contratação indireta; e C) Propor um modelo analítico que permita estabelecer relações plausíveis entre o uso que vem sendo feito da contratação indireta e determinadas características da gestão municipal e da regionalização em estudo..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Vera Schattan Ruas Pereira Coelho - Coordenador.Financiador(es): Universidade Federal do ABC - Bolsa.
2016 - Atual
Learning from international experiences on approaches to community power, participation and decision making in healthin health
Descrição: O projeto comparativo reunirá experiências de cinco países na área de participação social na atenção básica com o objetivo de fornecer subsídio para a reforma do sistema de saúde norte-americano.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
Regionalização e Contratualização no Estado de São Paulo
Descrição: A pesquisa sobre Regionalização e Contratualização é parte integrante de um projeto maior, liderado pelo CEALAG - Centro de Estudos Augusto Leopoldo Ayrosa Galvão, nomeado ?Elaboração do Diagnóstico e Avaliação do Atual Estágio de Desenvolvimento das Redes Regionais da Atenção à Saúde nas regiões priorizadas pelo Projeto de Fortalecimento da Gestão Estadual?. Este por sua vez fruto de uma parceria entre o Governo do Estado de São Paulo e o Banco Interamericano de Desenvolvimento ? BID para o Fortalecimento da Gestão Estadual da Saúde. O projeto visa identificar os fatores intervenientes e condicionantes do processo de regionalização em curso no Estado de São Paulo, assim como aferir o grau de implantação das Redes de Assistência à Saúde (RAS e redes temáticas), observando seus princípios e diretrizes, bem como seus formatos singulares de implementação. Para tanto, busca-se caracterizar cinco regiões no Estado enfocando-se cinco aspectos em profundidade: Redes de Atenção, Regulação, Contratualização, Atenção Primária à Saúde e Governança. Especificamente quanto ao componente, ?Tipos e Regimes de Contratualização?, liderado pelo Núcleo de Cidadania, Saúde e Desenvolvimento do CEBRAP, o estudo examina os tipos e regimes de contratualização de serviços de saúde em cada uma das cinco regiões priorizadas, a fim de explorar o papel do uso de contratos e da contratação de Organizações de Saúde (OS) nos processos de regionalização, bem como os impactos desse tipo de contratação sobre os processos de regionalização em saúde..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
The Accountability Politics of Reducing Health Inequities
Descrição: Pesquisa feita em parceria com o Institute of Development Studies (Reino Unido) e o N?weti (Moçambique) para investigar as relações entre a trajetória das desigualdades em saúde sob diferentes condições políticas e institucionais. Para tanto busca identificar - tanto em centros urbanos quanto em áreas rurais no Brasil e em Moçambique - as dinâmicas eleitorais, de gestão pública e de participação social que têm contribuído para a redução das desigualdades em saúde. Além de buscar gerar avanços conceituais e metodológicos, o projeto também investe em conexões e espaços de colaboração entre grupos ? tanto na Saúde Pública, quanto na Ciência Política, que estudam, formulam e implementam políticas públicas de saúde no Brasil e na África meridional, promovendo interações constantes entre especialistas e gestores públicos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Vera Schattan Ruas Pereira Coelho - Coordenador / Alexandre Calandrini - Integrante / Daniela Damiati - Integrante / Laura Waisbich - Integrante / Izabel Costa - Integrante / Lais Schalch - Integrante / Vanesa Oliveira - Integrante / Gabriela Lotta - Integrante / Luis marcelo Marcondes Machado - Integrante / Marina Barbosa - Integrante.Financiador(es): Economic and Social Research Council - Auxílio financeiro.
2015 - 2015
Condicionantes Institucionais a Execução do Investimento em Infraestrutura: relações Estado-Sociedade
Descrição: O projeto contribuirá para o estudo que vem sendo realizado pelo IPEA para compreender os fatores que obstaculizam ou habilitam a execução acelerada de grandes obras de infraestrutura no Brasil contemporâneo. Este estudo enfocará a dinâmica das relações Estado-Sociedade ao longo de seis destas grandes obras. As relações Estado-Sociedade constituem um dos sete eixos analíticos considerados no estudo como representativos das diversas dimensões da gestão destas obras..
Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa.
2015 - Atual
Contratação Indireta de Serviços e Regionalização no SUS
Descrição: Pretende-se analisar se e como esse tipo de contratação pode contribuir para a estruturação da rede regional de serviços, seja através do aprimoramento das capacidades de planejamento, avaliação e arbitragem da gestão pública, seja através da competição entre prestadores de serviço pela retenção dos contratos. Especial atenção será dada ao uso da contratação indireta em equipamentos de saúde de média complexidade, hoje reconhecidos como um dos principais gargalos do SUS. Também analisaremos os possíveis impactos do uso desse tipo de contratação sobre a organização e gestão dos sistemas de referência e contra-referência. Estes sistemas organizam o fluxo dos usuários do SUS entre os serviços de atenção básica, geridos pelos municípios onde os usuários residem, e aqueles de média e alta complexidade, que podem ser geridos por outros municípios ou pelo estado..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - Atual
Política, planejamento e gestão de regiões e redes de atenção à saúde no Brasil
Descrição: A pesquisa tem como principal objetivo avaliar, sob a perspectiva de diferentes abordagens teórico ? metodológicas, os processos de organização, coordenação e gestão envolvidos na conformação deregiões e redes de atenção à saúde, e seu impacto para melhoria do acesso, efetividade e eficiência das ações e serviços no SUS. Trata-se de identificar as condições que estejam favorecendo ou dificultando a regionalização nos estados e a conformação das redes de atenção à saúde. Isso permitirá a compreensão dos possíveis entraves à diminuição das desigualdades na universalização da saúde no Brasil. Nesta pesquisa, Vera S P Coelho participa do sub-projeto que estuda a contribuição da contratualização aos processos de regionalização..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2013 - Atual
Combater a desigualdade no acesso aos serviços de saúde: comparando estratégias de políticas
Descrição: Desigualdade em serviços de atendimento à saúde é um tópico que vem ganhando espaço entre pesquisadores e profissionais da área. O Brasil possui um abrangente sistema de saúde pública cujos princípios são a universalidade e a gratuidade. No entanto, o debate sobre como gerenciar prestadores de serviço ainda divide a comunidade das políticas de saúde, bem como preferências partidárias. A contratação indireta de serviços de saúde é uma dessas políticas que está sob escrutínio. Embora alguns digam que se trata de uma forma efetiva de combater a desigualdade, outros resistem a incorporar aquilo que chamam de lógica privada dentro do sistema público. Alinhado com esta agenda este projeto busca examinar dois grupos de municípios: um composto daqueles cujas políticas de saúde local favorecem o modelo de contratação indireta dos serviços de saúde; e outro composto de municípios cujas políticas locais de saúde não são a favor da contratação. O principal objetivo deste projeto é avaliar a efetividade da contratação indireta na promoção da equidade no acesso à saúde..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Vera Schattan Ruas Pereira Coelho - Coordenador / Marcelo F. Dias - Integrante / Ana Claudia Pedrosa - Integrante / Paula Campos Dellomo - Integrante / Thiago Greghi - Integrante / Marina Barbosa e Silva - Integrante.
2012 - 2015
Equidade e Contratualização de Serviços no SUS
Descrição: O SUS tem sido bem avaliado quando se analisa a evolução de indicadores básicos de saúde, mas ainda é duramente criticado quando o foco recai sobre a equidade do sistema e/ou a qualidade do atendimento. A literatura sugere que esse paradoxo reflete tanto os bons resultados alcançados com a descentralização do sistema de saúde, quanto as dificuldades de administrar, em âmbito regional, serviços de saúde de diferentes níveis de complexidade. Este projeto de pesquisa se propõe a contribuir para essa discussão ao aproximar dois debates. Um, posto a partir da Administração Pública, sobre a possibilidade de aperfeiçoar a gestão pública a partir da ?contratação indireta? de serviços de saúde. E o outro, posto a partir da Política, sobre a possibilidade de reduzir as desigualdades promovendo-se o acesso mais equitativo às políticas públicas. A hipótese norteadora da pesquisa é a de que nos casos onde há contratação, crescem as chances de se avançar na estruturação de uma rede regionalizada e de se adotar procedimentos que promovam impactos positivos sobre a equidade no acesso aos serviços públicos de saúde..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2013
The State of the Debate Concerning Cooperation for International Development in the Rising Power Countries
Descrição: O objetivo da pesquisa é produzir um panorama da Cooperação Internacional para o Desenvolvimento no Brasil, particularmente como parceiro na Cooperação Sul- Sul. A pesquisa explora a estrutura nacional de decisão, planejamento e implementação da Cooperação Sul-­‐Sul registrando as lições aprendidas nos últimos anos nas áreas de educação, saúde, assistência, agricultura e inovações democráticas, entre outras. O estudo buscará, ainda, captar o estado do debate público sobre esses temas registrando as posições de diferentes atores..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2013
Open Government Initiative (OGP)
Descrição: The Open Government Initiative is an effort to creating an unprecedented level of openness in Government. The philosophy of the initiative is that the government should be transparent, participatory and collaborative. Concerning the effort to implement this initiative in Brazil, this project presents 35 commitments organized in 4 big areas: 1) Increased open access to federal information and citizen engagement; 2) Transparency in the management of public resource (budgets, contracts, procurement procedures); 3) Corporate responsibility and corruption prevention; 4) Public service delivery. NCSD/CEBRAP, as part of the Independent Review Mechanism, helped to evaluate the outcomes achieved after the end of the project's first round.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2011
Participação e Políticas de Saúde na Cidade de São Paulo
Descrição: Em trabalhos anteriores identificamos que a distribuição de serviços oferecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) nas áreas centrais e periféricas do Município de São Paulo estava se tornando mais equitativa. Este estudo buscou identificar se e como os conselhos locais de saúde estão influenciando os processos que respondem pela mudança no perfil de distribuição dos serviços públicos de saúde no Município de São Paulo. O trabalho coloca em perspectiva a contribuição da participação social na mudança desse perfil vis a vis outros processos ? como, por exemplo, a descentralização e as experiências de administração inter setorial que atuaram no período e também contribuíram para essa mudança..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2011
Social Mobilization in India, Brazil and South Africa
Descrição: O projeto de pesquisa investiga processos de interação entre Estado e Sociedade, no Brasil, Índia e África do Sul, a partir de seis estudos de caso realizados no âmbito do projeto comparativo ?Deepening democracy in states and localities? (CDRC/IDS). A análise dos mecanismos de interação e das alianças formais e informais que vêm se cristalizando entre atores estatais, políticos e sociais nesses diferentes contextos deverá contribuir para a compreensão dos processos de formação de coalizões nas esferas locais e nacionais, bem como de seu papel na definição de políticas distributivas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2011
Creating Systemic Change
Descrição: Problemas com pobreza, saúde, educação, meio ambiente e inclusão social representam importantes desafios sistemicos. O envolvimento de organizações da sociedade civil (ONGs) na solução desses problemas tem se dado por várias vias e colocado dois problemas principais. Primeiro, as ONGs têm indagado sobre a accountability do setor público. Segundo, questiona-se, entretanto, cada vez mais a legitimidade das ONGs de falarem pelos pobres. Nesse estudo buscamos compreeender os mecanisos de interação entre Estado, ONGs, agencias internacionais e outros mediadores na organização do sub-sistema de saúde índigena. Estudos paralelos foram desenvolvidos na Ásia (Índia e Bangladesh), África (África do Sul e Uganda) e América Latina (Bolívia)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2011
Participação e Políticas de Saúde
Descrição: Em trabalhos anteriores identificamos que a distribuição de serviços oferecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) nas áreas centrais e periféricas do Município de São Paulo estava se tornando mais equitativa. Este estudo buscou identificar se e como os conselhos locais de saúde estão influenciando os processos que respondem pela mudança no perfil de distribuição dos serviços públicos de saúde no Município de São Paulo. O trabalho coloca em perspectiva a contribuição da participação social na mudança desse perfil vis a vis outros processos ? como, por exemplo, a descentralização e as experiências de administração inter setorial que atuaram no período e também contribuíram para essa mudança..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (1) .
Integrantes: Vera Schattan Ruas Pereira Coelho - Coordenador / Felipe Szabzon - Integrante / Fabíola Fanti - Integrante / Marcelo Francisco Dias - Integrante / Laura Trajber Waisbich - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 8
2008 - 2009
Facilitation and Learning for Social Change
Descrição: Associado ao grupo de participação do Institute of Development Studies (IDS), a pesquisa teve como objetivo sistematizar e divulgar conhecimentos sobre processos de mudança social..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2007 - 2008
Mobilização social, participação política e desenvolvimento sustentável no vale do Ribeira
Descrição: A variedade e multiplicidade de espações participativos são o foco desse estudo, que busca avaliar tanto as formas de mobilização adotadas por grupos tradicionalmente excluídos, quanto a capacidade dos novos fóruns participativos em incluí-los efetivamente nos debates e decisões relativos ao desenvolvimento sustentável no Vale do Ribeira.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2006 - 2009
Esfera participativa, democracia e desenvolvimento no Brasil
Descrição: O progarma analisou o processo de inclusão social de grupos tradicionalemnte excluídos em contextos urbanos e rurais indagando as relações entre cidadania, participação, confronto, políticas públicas e desenvolvimento territorial..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2005 - 2010
Deepening Democracy in States and Localities
Descrição: O programa analisa a atuação política de associações, ONGs, movimentos sociais e o papel de fóruns participativos na construção da cidadania e da democracia. A pesquisa avalia a capacidade desses atores e espaços, assim como das coalizões que formam, promoverem mudançcas no sistema polítiico, nas políticas públicas e nos processos de coordenação entre agentes econômicos. O programa de pesquisa comparativa reúne doze estudos em sete países- Bangladesh, Quenia, Angola, Nigéria, África do Sul, Brasil e índia. O programa integra o Development Research Centre on Citizenship, Participation and Accountability sediado no Institute of Development Studies da Universidade de Sussex (UK).
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2005 - 2008
Defining indicators for evaluation of participatory experiences
Descrição: A pesquisa desenvolveu indicadores para avaliar e comparar processos participativos e deliberativos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2001 - 2011
Política de Saúde e Participação na Cidade de São Paulo
Descrição: A pesquisa monitora a distribuição de políticas de saúde na cidade de Sâo Paulodesde 2001, buscando verificar se a distribuição destes serviços está se tornando mais equitativa. O projeto testa a hipótese de uma relação positiva entre participação social e mudanças na distribuição dos serviços de saúde a favor das regiões mais pobres do município..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2001 - 2005
Spaces for Change
Descrição: O projeto analisou experiências participativas em sete países, focando sobretudo na área da saúde. Buscou-se identificar o perfil dos participantes, a natureza dos assuntos debatidos e das propostas e decisões encaminhadas por fóruns participativos. A partir dessa análise buscou-se reconhecer os principais obstáculos à inclusão efetiva dos atores tradicionalmente marginalizados nos debates e tecer recomendações para contorná-los..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Outros Projetos


2008 - 2009
Modelos para o subsistema de saúde indígena
Descrição: A consultoria fez parte do programa Vigisus II do Ministério da Saúde, que busca desenvolver a vigilancia em saúde nos estados e municipios. O trabalho definiu metas para o novo modelo de funcionamento do susbsistema de saúde indígena. A consultoria estabeleceu modelos nas áreas de atenção à saúde, formas de organização, gestão e financiamento do sistema, assim como de mecanismos de monitoramento e avaliação..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.


Membro de corpo editorial


2009 - Atual
Periódico: Cadernos de Gestão Pública e Cidadania
2003 - Atual
Periódico: Journal of Public Deliberation


Revisor de periódico


2004 - Atual
Periódico: Tempo Social (USP. Impresso)
2005 - Atual
Periódico: Revista de Economia Política (Impresso)
2007 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Ciências Sociais (Impresso)
2008 - Atual
Periódico: Policy and Politics (Print)
2007 - Atual
Periódico: Nova Economia (UFMG. Impresso)
2006 - Atual
Periódico: Journal of Public Deliberation
2008 - Atual
Periódico: IDS Working Paper
2009 - Atual
Periódico: Health Expectations
2010 - Atual
Periódico: Administração Pública e Cidadania
2010 - Atual
Periódico: Revista Mediações (UEL)
2010 - Atual
Periódico: Opinião Pública (UNICAMP. Impresso)
2011 - Atual
Periódico: CEM Texto para discussão
2011 - Atual
Periódico: Social Science and Medicine
2011 - Atual
Periódico: American Journal of Political Science
2011 - Atual
Periódico: CIVICUS
2013 - Atual
Periódico: Dados (Rio de Janeiro. Impresso)
2012 - Atual
Periódico: Journal of Health Politics, Policy and Law
2012 - Atual
Periódico: Latin American Research Review
2012 - Atual
Periódico: Novos Estudos CEBRAP (Impresso)
2011 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Ciência Política (Impresso)
2013 - Atual
Periódico: Sociedade e Estado (UnB. Impresso)
2013 - Atual
Periódico: World Development
2015 - Atual
Periódico: Revista de Administração Pública
2014 - Atual
Periódico: Ciência e Saúde Coletiva (Impresso)
2014 - Atual
Periódico: Ipea Brasil em Desenvolvimento
2012 - Atual
Periódico: Nova Economia (UFMG. Impresso)
2014 - Atual
Periódico: PAR. Public Administration Review
2017 - Atual
Periódico: International Journal of health Policy and Management
2016 - Atual
Periódico: CADERNOS DE SAÚDE PÚBLICA
2017 - Atual
Periódico: Revista do Serviço Público (Brasília)
2015 - Atual
Periódico: RAP. Revista Brasileira de Administração Pública


Revisor de projeto de fomento


2013 - Atual
Agência de fomento: South Africa National Research Foundation
2010 - Atual
Agência de fomento: Swiss National Science Foundation
2000 - Atual
Agência de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
1999 - Atual
Agência de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Políticas Públicas.
2.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Saúde Pública.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Políticas Públicas/Especialidade: Análise do Processo Decisório.
5.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Políticas Públicas/Especialidade: Análise Institucional.
6.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Estado e Governo.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Outras
Total de trabalhos:85
Total de citações:2189
Vera Schattan P. Coelho  Data: 22/02/2016

Artigos completos publicados em periódicos

1.
GREVE, JANE2017 GREVE, JANE ; SCHATTAN RUAS PEREIRA COELHO, VERA . Evaluating the impact of contracting out basic health care services in the state of São Paulo, Brazil. Health Policy and Planning, v. 32, p. 923-933, 2017.

2.
Coelho, Vera Schattan P.2016Coelho, Vera Schattan P.; WAISBICH, L. . Participatory mechanisms and inequality reduction: searching for plausible relations. Journal of Public Deliberation, v. 12, p. 13, 2016.

3.
Coelho, Vera Schattan P.2016 Coelho, Vera Schattan P.; GREVE, JANE . As Organizações Sociais de Saúde e o Desempenho do SUS: Um Estudo sobre a Atenção Básica em São Paulo. DADOS - REVISTA DE CIÊNCIAS SOCIAIS, v. 59, p. 867-901, 2016.

4.
Coelho, Vera Schattan P.2015Coelho, Vera Schattan P.. Debate. Cadernos de Saúde Pública (Online), v. 31, p. 2069-2071, 2015.

5.
COELHO, V. S. R. P.2014COELHO, V. S. R. P.. A Brief Reflection on the Brazilian Participatory Experience. Journal of Public Deliberation, v. 10, p. 1, 2014.

6.
COELHO, V. S. R. P.2014COELHO, V. S. R. P.; DIAS, Marcelo F. ; SZABZON, Felipe . Política Municipal e acesso a serviços de saúde: São Paulo 2001-2012, quando as periferias ganharam mais que o centro. Novos Estudos CEBRAP (Impresso), v. 100, p. 139-161, 2014.

7.
COELHO, V. S. R. P.2013COELHO, V. S. R. P.. What did we learn about citizen involvement in the health policy process: lessons from Brazil. Journal of Public Deliberation, v. 9, p. 1, 2013.

8.
COELHO, V. S. R. P.2011COELHO, V. S. R. P.; SHANKLAND, Alex . Making the Right to Health a Reality for Brazil?s Indigenous Peoples: Innovation, Decentralization and Equity. MEDICC Review, v. 13, p. 50-53, 2011.

9.
COELHO, V. S. R. P.2011COELHO, V. S. R. P.; Mohanti, R. ; Thompson, L. . Mobilizing the State? Social Mobilization and State Interaction in India, Brazil and South Africa. IDS Bulletin (Brighton. 1984), v. 2011, p. 1-39, 2011.

10.
COELHO, V. S. R. P.2011COELHO, V. S. R. P.; FAVARETO, A. . Participatory Governance and Development: In search of a causal nexus. GEOGRAPHY COMPASS, v. 5, p. 641-654, 2011.

11.
COELHO, V. S. R. P.2010COELHO, V. S. R. P.; FERRAZ, Alexandre ; FANTI, Fabiola ; Ribeiro, Meire de Paula . Mobilização e participação: Um jogo de Soma zero? Um estudo sobre as dinâmicas de conselhos de saúde da cidade de São Paulo. Novos Estudos CEBRAP (Impresso), v. 86, p. 120-139, 2010.

12.
COELHO, V. S. R. P.2010COELHO, V. S. R. P.; FANTI, Fabiola ; DIAS, Marcelo F. . Fighting inequalities in the Access to Health Services: A study of the role of decentralization and participation. Textos para Discussão CEM (Online), v. 10, p. 01-32, 2010.

13.
Barnes, Marian2009Barnes, Marian ; COELHO, V. S. R. P. . Social participation in health in Brazil and England: inclusion, representation and authority. Health Expectations, v. 12, p. 226-236, 2009.

14.
COELHO, V. S. R. P.2008COELHO, V. S. R. P.. Democratização dos Conselhos de saúde. Governet. Boletim de Licitações e Contratos, v. 4, p. 212-224, 2008.

15.
Cornwall, Andrea2008Cornwall, Andrea ; COELHO, V. S. R. P. . New Democratic Spaces and the Politics of Inclusion. Participation and Governance, v. 1, p. 1-21, 2008.

16.
COELHO, V. S. R. P.2008COELHO, V. S. R. P.; FAVARETO, A. . Dilemas da participação e Desenvolvimento Territorial. RDE. Revista de Desenvolvimento Econômico, v. X, p. 15-26, 2008.

17.
COELHO, V. S. R. P.2008 COELHO, V. S. R. P.; FAVARETO, A. . Questioning the Relationship Between Participation and Development. World Development, v. 36, p. 2937-2952, 2008.

18.
COELHO, V. S. R. P.2007COELHO, V. S. R. P.. Development and Policy: rethinking hegemonic concepts and ideas. IDS Bulletin (Brighton), v. 38, p. 98-99, 2007.

19.
COELHO, V. S. R. P.2007COELHO, V. S. R. P.. Democratização dos Conselhos de Saúde: o paradoxo de atrair não aliados. Novos Estudos. CEBRAP, v. 78, p. 77-92, 2007.

20.
COELHO, V. S. R. P.2006COELHO, V. S. R. P.. Democratization of Brazilian Health Councils: The paradox of bringing the other side into the tent. International Journal of Urban and Regional Research (Print), v. 30.3, p. 656-671, 2006.

21.
COELHO, V. S. R. P.2006COELHO, V. S. R. P.; ANDRADE, I. A. L. ; M., M. C. . Fóruns deliberativos: uma boa estratégia para melhorar nossas políticas sociais?. Cronos (Natal), v. 7, p. 15-25, 2006.

22.
COELHO, V. S. R. P.2005COELHO, V. S. R. P.. Microcrédito e pobreza. Novos Estudos. CEBRAP, São Paulo, v. 71, p. 93-99, 2005.

23.
COELHO, V. S. R. P.2004COELHO, V. S. R. P.. Brazil´s Health Councils: The Challenge of Building Participatory Political Institutions. IDS Bulletin, Sussex, v. 35, n.2, p. 33-39, 2004.

24.
COELHO, V. S. R. P.2002COELHO, V. S. R. P.. Deliberative Fora and the Democratisation of Social Policies in Brazil. IDS bulletin, Sussex, v. 33, n.2, p. 65-73, 2002.

25.
COELHO, V. S. R. P.2002COELHO, V. S. R. P.. Distribuição de Serviços Públicos de Saúde no Município de São Paulo. Novos Estudos, São Paulo, v. 64, p. 141, 2002.

26.
COELHO, V. S. R. P.2002COELHO, V. S. R. P.. El Poder Ejecutivo y la reforma de la Seguridad Social: los casos de la Argentina, Brasil y Uruguay. Desarrollo Económico, Buenos Aires, v. 42, n.165, p. 45-62, 2002.

27.
COELHO, V. S. R. P.2001COELHO, V. S. R. P.. Poder Executivo reforma da Previdência na América Latina. Novos Estudos. CEBRAP, São Paulo, v. 61, p. 93-108, 2001.

28.
COELHO, V. S. R. P.1999COELHO, V. S. R. P.. A reforma da Previdência e o jogo político no interior do Executivo. Novos Estudos. CEBRAP, São Paulo, v. 55, 1999.

29.
COELHO, V. S. R. P.1998COELHO, V. S. R. P.. Interesses e Instituições na Política de Saúde. Revista Brasileira de Ciências Sociais, v. 13, n.37, 1998.

30.
COELHO, V. S. R. P.1997COELHO, V. S. R. P.. Doação presumida e transplante no Brasil. Novos Estudos. CEBRAP, São Paulo, v. 48, p. 161-175, 1997.

31.
COELHO, V. S. R. P.1996COELHO, V. S. R. P.. Theda Skocpol e o neo-institucionalismo. Revista Brasileira de Ciências Sociais, São Paulo, v. 30, n.11, 1996.

32.
COELHO, V. S. R. P.1994COELHO, V. S. R. P.; MORAES, C. ; SANTOS, L. A. . Sangue, Aids e Constituinte: Senso e Contra-Senso. A Aids no Brasil, Rio de Janeiro, 1994.

33.
COELHO, V. S. R. P.1993COELHO, V. S. R. P.; MORAES, C. ; SANTOS, L. A. . A Politização do Sangue no Primeiro Mundo. Physis. Revista de Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 3, n.2, 1993.

34.
COELHO, V. S. R. P.1992COELHO, V. S. R. P.; SANTOS, L. A. ; MORAES, C. . Os anos 80: A Politização do Sangue. Physis. Revista de Saúde Coletiva, v. 2, n.1, p. 107-149, 1992.

35.
COELHO, V. S. R. P.1992COELHO, V. S. R. P.. Gestão pública x gestão privada do sangue: oposição ou complementaridade. RAP. Revista Brasileira de Administração Pública, Rio de Janeiro, v. 26, n.2, p. 116-126, 1992.

36.
COELHO, V. S. R. P.1991COELHO, V. S. R. P.; MORAES, C. ; SANTOS, L. A. . A hemoterapia no Brasil de 64 a 80. Physis. Revista de Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 1, n.1, p. 161-182, 1991.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
COELHO, V. S. R. P.; LIERS, B. V. . Mobilising for Democracy: Citizen Action and the Politics of Public Participation. 1. ed. London: Zed Books, 2010. 287p .

2.
MOHANTY, Ranjita ; THOMPSON, Lisa ; COELHO, V. S. R. P. . States of Mobilization? A comparison of modes of interaction between states and socialo actors in India, Brazil and South Africa. 1. ed. Cape Town: African Centre for Citenship and democracy, 2010. v. 1. 140p .

3.
Cornwall, Andrea ; COELHO, V. S. R. P. . Novos Espaços Democráticos: Perspectivas Internacionais. 1. ed. São paulo: Singular, 2009. v. 1. 303p .

4.
Cornwall, Andrea ; COELHO, V. S. R. P. . Spaces for Change? The politics of citizen participation in new democratic arenas. 1. ed. Londres: Zed Books, 2007. v. 1. 270p .

5.
COELHO, V. S. R. P.; Nobre, Marcos . Participação e Deliberação: Teoria democrática e experiências institucionais no Brasil Contemporâneo. São Paulo: 34Letras, 2004. v. 1. 367p .

6.
COELHO, V. S. R. P.. A Reforma da Previdência Social na América Latina. 1. ed. Rio de Janeiro: FGV, 2003. v. 1. 255p .

Capítulos de livros publicados
1.
COELHO, V. S. R. P.. Local Government. In: Gianpietro Mazzoleni. (Org.). The International Encyclopedia of Polittical Communication. 1ed.Hoboken: Wiley-Blackwell, 2015, v. 3, p. 1-6.

2.
COELHO, V. S. R. P.; DIAS, Marcelo F. . Saúde e Desigualdade no Brasil. In: Marta Arretche. (Org.). Trajetórias das desigualdades: como o Brasil mudou nos últimos cinquenta anos. 1ed.São Paulo: Unesp, 2015, v. , p. 249-276.

3.
COELHO, V. S. R. P.; FAVARETO, A. . Conexões entre participação, democracia e desenvolvimento: investigação dos impactos políticos e distributivos da participação social. In: Adrian Gurza Lavalle. (Org.). O Horizonte da Política. 1ed.: Unesp, 2012, v. , p. 237-260.

4.
BARRET, G. ; WYMAN, M. ; COELHO, V. S. R. P. . Assessing the Policy Impacts of Deliberative Civic Engagement. Democracy in Motion. 1ed.: Oxford University Press, 2012, v. , p. 181-.

5.
COELHO, V. S. R. P.. Is Social Participation Democratizing Politics?. In: S. Odugbemi; T. Lee. (Org.). Accountability through Public Opinion: From Inertia to Public Action. Washington DC: The World Bank, 2011, v. , p. 333-346.

6.
COELHO, V. S. R. P.. UMA METODOLOGIA PARA A ANÁLISE COMPARATIVA DE PROCESSOS PARTICIPATIVOS: PLURALIDADE, DELIBERAÇÃO, REDES E POLÍTICA DE SAÚDE. In: Roberto Rocha C. Pires. (Org.). Efetividade das instituições participativas no Brasil: estratégias de avaliação. Brasilia: IPEA, 2011, v. 7, p. 279-295.

7.
COELHO, V. S. R. P.; FAVARETO, A. . Conexiones entre participación, democracia y desarrollo. Investigación de los impactos políticos y distributivos de la participación social. In: GURZA Lavalle, Adrián. (Org.). El horizonte de la política - Brasil y la agenda contemporánea de investigación en el debate internacional. 1ed.México: CIESAS, 2011, v. , p. 269-294.

8.
COELHO, V. S. R. P.; LIERS, B. V. . Mobilizing for Democracy: Citizen engagement and the Politics of Public Participation. In: Vera Schattan P. Coelho; Bettina von Lieres. (Org.). Mobilizing for Democracy: Citizen Action and the Politics of Public Participation. London: Zed Books, 2010, v. , p. 1-19.

9.
COELHO, V. S. R. P.; FERRAZ, Alexandre ; FANTI, Fabiola ; Ribeiro, Meire de Paula . Mobilization and Public Participation: A win-win game?. In: Vera Schattan P. Coelho; Bettina von Lieres. (Org.). Mobilizing for Democracy: Citizen Action and the Politics of Public Participation. London: Zed Books, 2010, v. , p. 176-198.

10.
FAVARETO, A. ; GALVANESE, C. ; MENINO, F. ; COELHO, V. S. R. P. ; KAWAMURA, Yumi . How styles of activism influence social participation and democratic deliberation. In: Vera Schattan P. Coelho; Bettina von Lieres. (Org.). Mobilising for Democracy: Citizen Action and the Politics of Public Participation. London: Zed Books, 2010, v. , p. -.

11.
COELHO, V. S. R. P.; FAVARETO, A. . Participation, Inclusion and Development Under Conditions of Social Mobilization. In: Lisa Thompson; Chris Tapscott. (Org.). Citizenship and social movements: Perspectives from the global south. London: Zed Books, 2010, v. , p. -.

12.
COELHO, V. S. R. P.; FERRAZ, Alexandre ; FANTI, Fabiola ; Ribeiro, Meire de Paula . Mobilização e Participação: um estudo sobre as dinâmicas de conselhos de saúde na cidade de São Paulo. In: Leonardo Avritzer. (Org.). A dinâmica da participação local no Brasil. Sãp Paulo: Cortez, 2010, v. 3, p. 366-393.

13.
COELHO, V. S. R. P.. Brazilian Health Councils: Including the Excluded?. In: Cornwall, A.; Coelho V.. (Org.). Spaces for Change?. 1ed.Londres: Zed Books, 2007, v. 1, p. 33-54.

14.
Cornwall, Andrea ; COELHO, V. S. R. P. . The politics of citizen participation in new democratic arenas. In: Cornwall A.; Coelho V.. (Org.). Spaces for Change?. 1ed.Londres: Zed Books, 2007, v. 1, p. 1-29.

15.
COELHO, V. S. R. P.; FAVARETO, A. ; GALVANESE, C. ; MENINO, F. . Foros Participativos y Desarollo Territorial en el Valle de Ribeira (Brasil). In: Jose Bengoa. (Org.). Coelho, V. S. & Favaretto, A. & Galvanese & C.; Menino, F. (2007). ?Foros Participativos y Desarollo Territorial en el Valle de Ribeira (Brasil)? IN: BENGOA, J. Territorios Rurales. Santiago/Chile.: Catalonia, 2007, v. , p. 459-481.

16.
COELHO, V. S. R. P.; FAVARETO, A. . Dilemas da Participação e Desenvolvimento Territorial. In: E. Dagnino & L. Tatagiba. (Org.). Democracia, Sociedade Civil e Participação. Chapecó: Argos, 2007, v. , p. 97-126.

17.
COELHO, V. S. R. P.; Nílian Silva . Has the distribution of public services become more equitable reflecting on the case of Sao Paulo. In: Devarajan, S; Widlund I.. (Org.). The politics of service delivery in democracies. Better access for the poor. Stockholm: Ministry for Foreign affairs, 2007, v. , p. 136-149.

18.
COELHO, V. S. R. P.. Participação Social: Uma agenda para o aperfeiçoamento. In: Veet Vivarta. (Org.). Desafios da Sustentabilidade. 1ed.São Paulo: Cortez, 2006, v. 10, p. 84-86.

19.
COELHO, V. S. R. P.; Pozzoni, B. ; Montoya, M. C. . Participation and Public Policies in Brazil. In: John Gastil; Peter levine. (Org.). The Deliberative Democracy Handbook. San Francisco: Jossey-Bass, 2005, v. , p. 174-184.

20.
COELHO, V. S. R. P.. O desafio de construir instituições participativas nas subprefeituras. In: Garibe, Roberto; Capucci, Paulo. (Org.). Gestão Local nos territórios da cidade. 1ed.São Paulo: Mídia Alternativa Cominicação Editora, 2004, v. , p. 45-52.

21.
COELHO, V. S. R. P.. Construindo instituciones que hagan la diferencia. In: Alicia Ziccardi. (Org.). Participación ciudadana y políticas sociales en el espacio local. Ciudad de Mexico: INDESOL, 2004, v. , p. 217-228.

22.
COELHO, V. S. R. P.. Conselhos de saúde enquanto instituições políitcas: o que está faltando?. In: Vera Schattan P. Coelho; Marcos Nobre. (Org.). Participação e Deliberação. São Paulo: 34Letras, 2004, v. , p. 255-269.

23.
COELHO, V. S. R. P.; Veríssimo . Considerações sobre o processo de escolha dos representantes da sociedade civil nos conselhos de saúde em São Paulo. In: Leonardo Avritzer. (Org.). Participação em São Paulo. São Paulo: Unesp, 2004, v. , p. 105-122.

24.
COELHO, V. S. R. P.. Solidariedade, Mercado e Doação de Órgãos. In: Goldenberg, Paulete; Marsiglia, Maria M. G.; Gomes, Mara H. A.. (Org.). O Clássico e o Novo, tendências, objetos e abordagens em ciências sociais e saúde. Rio de Janeiro: Fiocruz, 2003, v. , p. 339-347.

25.
COELHO, V. S. R. P.. Poder Executivo e a Reforma da Previdência na América Latina. In: Vera Schattan P. Coelho. (Org.). A Reforma da Previdência Social na América Latina. 1ed.Rio de Janeiro: FGV, 2003, v. 1, p. 131-154.

26.
COELHO, V. S. R. P.. Como alocar recursos médicos escassos?. In: Canesqui, Ana Maria. (Org.). Ciências Sociais e Saúde para o Ensino Médico. São Paulo: HUCITC, 2000, v. , p. 167-177.

27.
COELHO, V. S. R. P.. Doação presumida e sistema de transplante no Brasil. In: Debert, Guita Grin; Goldenstein, Donna M.. (Org.). Políticas do Corpo e o Curso da Vida. São Paulo: Sumaré, 2000, v. , p. 83-88.

28.
COELHO, V. S. R. P.. O Poder Executivo e a reforma da Previdência no Brasil. In: Filgueira, Carlos; Pautassi, Laura; Petersen-Thumser, Jens. (Org.). Sistemas de protección social em um mundo globalizado. Buenos Aires: Fundácion Alemana para el Desarrollo Internacional, 1999, v. , p. 257-282.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
COELHO, V. S. R. P.. Faltam órgãos ou falta organização?. Gazeta Mercantil, São Paulo, 28 jan. 2097.

2.
Coelho, Vera Schattan P.. Contratação de Serviços e regionalização. Novos Caminhos, São Paulo, p. 1 - 25, 14 fev. 2017.

3.
COELHO, V. S. R. P.. Interesse Público e o caso Incor. Gazeta Mercantil, SÃO PAULO, 14 jun. 1999.

4.
COELHO, V. S. R. P.. ORGANIZAÇÕES SOCIAIS E O SISTEMA DE SAÚDE. GAZETA MERCANTIL, SÃO PAULO, 12 jan. 1998.

5.
COELHO, V. S. R. P.. Comments on Retiring the State: the politics of pension privatization in Latin America and Beyond. Contemporary Sociology, Purdue, p. 579 - 580.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
Coelho, Vera Schattan P.; COSTA, M. I. ; SCHALCH, L. . Arranjos contratuais para a provisão de serviços públicos e o fortalecimento da regionalização. In: 41 Encontro Anual da ANPOCS, 2017, Caxambu. Anais 41 Anpocs, 2017.

2.
COELHO, V. S. R. P.; GREVE, J. ; PEDROSA, A. C. ; DIAS, Marcelo F. . Saúde e contratação indireta de serviços. Estratégias municipais de gestão da atenção básica importam?. In: 38° Encontro da Associação Nacional de Pós Graduação em Ciências Sociais, 2014, Caxambu. Anais do 38º Encontro Anual da Anpocs, 2014.

3.
COELHO, V. S. R. P.; GREVE, J. ; DIAS, Marcelo F. ; PEDROSA, A. C. . Equidade e Contratualização de Serviços no SUS. In: 9° Reunião da Associação Brasileira de Ciência Política, 2014, Brasília. Anais do IX Encontro Anual da ABCP, 2014.

4.
COELHO, V. S. R. P.; GREVE, J. ; DIAS, Marcelo F. ; PEDROSA, A. C. . Tackling Inequity in Health Provision: An assessment of the impact of contracting non-governmental organizations. In: 23º International Political Science Association, 2014, Montreal. IPSA Online Paper Room, 2014.

5.
COELHO, V. S. R. P.; MOHANTY, Ranjita ; THOMPSON, Lisa . Deepening Democracy in States and Localities: Evidences from IBSA. In: Whatever Happen to South-North?, 2011, São Paulo. International Political Science Association Conference. São Paulo, 2011.

6.
COELHO, V. S. R. P.; FAVARETO, A. . Ação Afirmativa e Intersetorialidade - discutindo seus limites no enfrentamento das desigualdades. In: 7° Encontro da ABCP, 2010, Recife. VII Encontro da ABCP. Recife, 2010.

7.
COELHO, V. S. R. P.; ANDRADE, I. A. L. ; Montoya, M. C. . Deliberative Fora and Social Policies in Brazil. In: 3° Encontro da Associação Brasileira de Ciência Politica, 2002, Niterói. III encontro ABCP. Niterói, 2002.

8.
COELHO, V. S. R. P.. Doação Presumida e Sistema de Transplante no Brasil. In: Corpo e Cidadania, 1998, Campinas. Políticas do Corpo e o curso da vida. São Paulo: Sumare, 1998. v. 1. p. 83-88.

Apresentações de Trabalho
1.
Coelho, Vera Schattan P.. The challenge of researching inclusive infrastructures. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

2.
Coelho, Vera Schattan P.. Strategies for reducing health inequalities in São Paulo. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

3.
Coelho, Vera Schattan P.. Entre os municípios e o estado: o desafio de construir regiões de saúde. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

4.
Coelho, Vera Schattan P.; WAISBICH, L. T. ; CALAMDRINI, A. . Community voices from Cidade Tiradentes São Paulo, Brazil. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

5.
Coelho, Vera Schattan P.; SCHALCH, L. ; COSTA, I. . Arranjos contratuais para a provisão de serviços públicos e o fortalecimento da regionalização. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
Coelho, Vera Schattan P.. Trajetória das Desigualdades em Saúde no Brasil. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

7.
Coelho, Vera Schattan P.. Conflitos, contratos e cooperação no SUS. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
COELHO, V. S. R. P.; GURZA LAVALLE, A. . O acesso dos movimentos indígena e negro à arena da política de HIV no Brasil. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
COELHO, V. S. R. P.; FAVARETO, A. . Affirmative Action, Intersectoral Policies and State-Society Relation in Brazil. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
COELHO, V. S. R. P.; MOHANTY, Ranjita ; THOMPSON, Lisa . Deepening Democracy in States and Localities: Evidences from IBSA. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

11.
COELHO, V. S. R. P.. Comparative Research on Democracy. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
COELHO, V. S. R. P.; FAVARETO, A. . Ação Afirmativa e Intersetorialidade - discutindo seus limites no enfrentamento das desigualdades. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
COELHO, V. S. R. P.. Seeking for Inclusiveness. 2007. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

14.
COELHO, V. S. R. P.; FAVARETO, A. ; menino, F. ; GALVANESE, C. . The Quilombola Communities in Vale do Ribeira. 2007. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

15.
COELHO, V. S. R. P.; FAVARETO, A. . Dilemas da participação e do desenvolvimento territorial rural: um estudo de caso no Vale do Ribeira (Brasil). 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

16.
COELHO, V. S. R. P.. Participação Social e Políticas Públicas no Brasil. 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

17.
COELHO, V. S. R. P.; FAVARETO, A. . Fóruns Participativos e Desenvolvimento territorial no Vale do Ribeira. 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

18.
COELHO, V. S. R. P.; Veríssimo ; GALVANESE, C. . Conselhos de Saúde enquanto instituições políticas: o que está faltando?. 2004. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

19.
COELHO, V. S. R. P.. Conselhos de Saúde: o processo de construção institucional. 2003. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

20.
COELHO, V. S. R. P.; ANDRADE, I. A. L. . Fóruns Deliberativos, uma boa estratégia para melhorar nossas políticas sociais?. 2002. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

21.
COELHO, V. S. R. P.. Preliminary notes about the viability of a common social secutrity system among Mercosul coutries. 2000. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

22.
COELHO, V. S. R. P.. Solidariedade, mercado e doação de órgãos. 1999. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Outras produções bibliográficas
1.
Coelho, Vera Schattan P.. Novos Caminhos. São Paulo: Projeto Região e Redes, 2017 (Revista).

2.
COELHO, V. S. R. P.. Coleção Métodos e técnicas de pesquisa: ferramentas quantitativas. São Paulo: SESC, 2015 (Revista).

3.
COELHO, V. S. R. P.. New: Brasil. Hinnovic, 2014 (Dossiê).

4.
COELHO, V. S. R. P.; Bettina von Lieres . Mobilizing for Democracy. Londres, 2010. (Prefácio, Pósfacio/Introdução)>.

5.
COELHO, V. S. R. P.. Prefácio. São Paulo, 2007. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

6.
COELHO, V. S. R. P.; Cornwall, Andrea . New Democratic Spaces?. Brighton: IDS Bulletin, 2004 (Revista).

7.
COELHO, V. S. R. P.; Nobre, Marcos . Apresentação, 2004. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

8.
COELHO, V. S. R. P.. Apresentação. Rio de janeiro, 2003. (Prefácio, Pósfacio/Introdução)>.


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
Coelho, Vera Schattan P.. World Development. 2017.

2.
Coelho, Vera Schattan P.. Fapesp. 2017.

3.
Coelho, Vera Schattan P.. Cadernos de Saúde Pública. 2017.

4.
Coelho, Vera Schattan P.. Revista do Serviço Público. 2017.

5.

6.
Coelho, Vera Schattan P.. Novos Estudos. 2017.

7.
COELHO, V. S. R. P.. Estudos de Sociologia. 2016.

8.
COELHO, V. S. R. P.. Global Symposium on Health Systems Research. 2016.

9.
Coelho, Vera Schattan P.. Regionlização e Contratação de Serviços no estado de São Paulo. 2016.

10.
Coelho, Vera Schattan P.; CALANDRINI, A. ; DAMIATI, D. ; SCHALCH, L. ; COSTA, I. . Regionalização, Contratação de Serviços e Participação o Município de São Paulo. 2016.

11.
Coelho, Vera Schattan P.. Novos Estudos. 2016.

12.
Coelho, Vera Schattan P.. Journal of Public Deliberation. 2016.

13.
Coelho, Vera Schattan P.. Saúde e Sociedade. 2016.

14.
Coelho, Vera Schattan P.. FAPESP. 2016.

15.
COELHO, V. S. R. P.. Revista Novos Estudos. 2015.

16.
COELHO, V. S. R. P.. Journal of Public Deliberation. 2015.

17.
COELHO, V. S. R. P.. CAPES. 2015.

18.
COELHO, V. S. R. P.. Revista de Administração Pública RAP. 2015.

19.
COELHO, V. S. R. P.. Fapesp. 2015.

20.
COELHO, V. S. R. P.. Public Administration Review. 2015.

21.
COELHO, V. S. R. P.. Cadernos de Cidadania. 2015.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
COELHO, V. S. R. P.. Engaging Citizens: Monitoring and Evaluating the Effectiveness of Citizen Engagement. 2016. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

2.
COELHO, V. S. R. P.. Cidadania, participação social e desenvolvimento territorial. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
COELHO, V. S. R. P.; FUSARO, E. . Construção de Indicadores: Abordagens qualitativas e quantitativas na avaliação de políticas públicas. 2015. .

2.
COELHO, V. S. R. P.. The Brazilian Public health System. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
LOTTA, G.; AZEVEDO, C. B.; Coelho, Vera Schattan P.. Participação em banca de Rodrigo Luppi. A implementação de políticas intersetoriais: estudo de caso dos CEUs. 2017. Dissertação (Mestrado em POLÍTICAS PÚBLICAS) - Universidade Federal do ABC.

2.
BITTENCOURT, L.; OLIVEIRA, V.; COELHO, V. S. R. P.. Participação em banca de Eliane Cristina de Carvalho Mendoza Meza. Desafios e aprendizados na produção de políticas públicas para as mulheres. 2015. Dissertação (Mestrado em POLÍTICAS PÚBLICAS) - Universidade Federal do ABC.

3.
JARD, S.; FREY, K.; COELHO, V. S. R. P.. Participação em banca de Tatiana Montorio. Participação Social e meio Ambiente na Cidade de São Paulo. 2015. Dissertação (Mestrado em POLÍTICAS PÚBLICAS) - Universidade Federal do ABC.

4.
COELHO, V. S. R. P.; ZIONI, F.. Participação em banca de Felipe Szabzon. Utilização de Leitos Psiquiátricos em São Paulo: um estudo exploratório. 2013. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública) - Universidade de São Paulo.

5.
COELHO, V. S. R. P.; FAVARETO, A.. Participação em banca de Carolina Simões Galvanese. Dilemas do Planejamento e as Instituições do Desenvolvimento Sustentável. 2009. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade Federal do ABC.

6.
COELHO, V. S. R. P.; ALMEIDA, M. H. T.; SCHWARCZ, Lilia K. M.. Participação em banca de Frederico Menino Bindi de Oliveira. Mobilizando Oportunidades: estado, ação coletiva e o recente movimento social quilombola. 2009. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade de São Paulo.

7.
ARRETHE, M.; MARQUES, E.; COELHO, V. S. R. P.. Participação em banca de Vera Viviane Schmidt. Coerência Programática e disciplina parlamentar, partidos politicos frente à proposta das organizações sociais. 2007. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Universidade Cidade de São Paulo.

8.
COELHO, V. S. R. P.. Participação em banca de José Verissímo Romão Netto. Participação Popular em Saúde. 2006. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade de São Paulo.

9.
COELHO, V. S. R. P.. Participação em banca de Anna Beatriz Bonnetti Paes. Governo e ONGs no combate à epidemica de Aids no Brasil. 2005. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade de São Paulo.

10.
COELHO, V. S. R. P.. Participação em banca de Rodrigo Rodrigues. Conselhos Gestores Municipais: reforma do Estado, desigualdades regionais e participação. 2005. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade de São Paulo.

11.
COELHO, V. S. R. P.. Participação em banca de Marcel Pedroso. Desenvolvimento Humano no Município de São Paulo. 2003. Dissertação (Mestrado em Economia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

12.
COELHO, V. S. R. P.. Participação em banca de Rosilda Costa. Sociedade civil organizada e os caminhos do aperfeiçoamento democrático no Brasil. 2003. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal de Minas Gerais.

13.
COELHO, V. S. R. P.. Participação em banca de Luciana de Souza. Descentralização e mortalidade infantil. 2003. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Teses de doutorado
1.
MariaConceição da Costa; Lea Velho; COSTA, J.; BALBACHEVSKY, E.; COELHO, V. S. R. P.. Participação em banca de Renan Gonçalves Leonel da Silva. A agenda de pesquisa em oncologia molecular no Estado de São Paulo. 2015. Tese (Doutorado em Instituto de Geociências da Unicamp) - Instituto de Geociências da Unicamp.

2.
FARIA, C. F.; ALMEIDA, D. C. R.; FIGUEIRAS, F. B.; MENICUCCI, T. M. G.; COELHO, V. S. R. P.. Participação em banca de Eduardo Moreira da Silva. As ressignificações da representação e da legitimidade política: um estudo sobre representantes no CEDCA-MG. 2013. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Ciência Política) - Universidade Federal de Minas Gerais.

3.
COELHO, V. S. R. P.; GURZA LAVALLE, A.; MARQUES, E.; CORTES, Soraya M. V.. Participação em banca de Olivia Cristina Perez. A representaçãoo em arenas extra-parlamentares: os conselhos gestores de políticas públicas. 2010. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade de São Paulo.

4.
COELHO, V. S. R. P.; Carson L.. Participação em banca de Beth Anna Rushton. Consuming a Participation Policy: Cambodian Health Committes. 2008. Tese (Doutorado em Economia e Administração) - The University of Sydney.

5.
COELHO, V. S. R. P.. Participação em banca de Sidney Jards. Interação sindicalismo-governo nas reformas previdenciárias argentina e brasileira. 2005. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade de São Paulo.

Qualificações de Doutorado
1.
DALLARI, S. G.; COELHO, V. S. R. P.. Participação em banca de Ana Maria Caldeira Oliveira. Participação social no contexto da Atenção Primária à Saúde: um estudo de caso das Comissões Locais de Saúde do Sistema Único de Saúde no município de Belo Horizonte. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública) - Universidade de São Paulo.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Accountability for Health Equity.Strategies for reducing health inequalities in São Paulo. 2017. (Seminário).

2.
Creating Inclusive and Resilient Cities.Inclusionary infrastructures. 2017. (Seminário).

3.
II Seminário da rede Internacional de Conhecimento no Campo das Ciências do Planejamento e Organização Assistencial em Saúde.Contratação de Serviços na Atenção Básica. 2017. (Seminário).

4.
10o. Encontro da ABCP. Políticas Públicas, Participação e Deliberação. 2016. (Congresso).

5.
24o. World Congress of Political Science. Why, how and with what impacts? Co-production strategies in public health service delivery in Brazil. 2016. (Congresso).

6.
Encontros na Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo.As Organizações Sociais de Saúde (OSSs) têm contribuído para melhorar o desempenho do SUS?. 2016. (Encontro).

7.
I Semana de Políticas Públicas UFABC.Um estudo sobre a contratação indireta de serviços no SUS. 2016. (Simpósio).

8.
Lançamento Burocracia e Implementação de Políticas de Saúde, os agentes Comunitários na Estratégia de Saúde da Família.Burocracia e Implementação de Políticas de Saúde, os agentes Comunitários na Estratégia de Saúde da Família. 2016. (Encontro).

9.
LASA2016 Congress. The access of the indigenous movements to the HIV/Aids Policy Arena in Brazil: effectiveness and accountability to the most vulnerable. 2016. (Congresso).

10.
Learning from international experience on approaches to community power, participation and decision-making in health.Learning from international experience on approaches to community power, participation and decision-making in health. 2016. (Encontro).

11.
Seminário CEM-CEPID ?Coprodução de Serviços Públicos?.Coprodução e regionalização no SUS. 2016. (Oficina).

12.
State, market and Society IDS 50th Conference.Fighting Health Inequalities in Brazil. 2016. (Encontro).

13.
Vozes Desiguais.Reducing health inequalities, what can we learn from the Brazilian experience in social participation. 2016. (Seminário).

14.
Ciclo de Direito e Políticas Públicas da Faculdade de Direito da USP.Participação Social e Desenho Institucional: Em busca de Evidências. 2015. (Seminário).

15.
III Transparency and Accountability Learning Workshop Open Society.The Brazilian participatory experience. 2015. (Oficina).

16.
New Dem Workshop.Co-prooduction and accountability in health provision. 2015. (Seminário).

17.
Programa de Formação CEBRAP.Participação e Mobilização Social. 2015. (Seminário).

18.
Seminário de Pesquisa Governo e Sociedade Civil - FGV.Participação e deliberação: teorias democráticas e experiências institucionais. 2015. (Seminário).

19.
Seminários do programa de Pós-Graduaçào em Ciências da Saúde Unifesp.Trajetória das desigualdades em saúde no Brasil. 2015. (Seminário).

20.
Workshop sobre os Dilemas da Participação Social no SUS.Os dilemas da participação social no SUS. 2015. (Oficina).

21.
23º International Political Science Association. Tackling Inequity in Health Provision: An Assessment of the Impact of Contracting Non-Governamental. 2014. (Congresso).

22.
38° Encontro da Associação Nacional de Pós Graduação em Ciências Sociais.Saúde e contratação indireta de serviços: Estratégias municipais de gestão da atenção básica importam?. 2014. (Encontro).

23.
3rd Annual Meeting of Collaborative Research on Democracy (CORD).Are Health Inequities Decreasing in Brazil?. 2014. (Encontro).

24.
3rd Annual Meeting of Collaborative Research on Democracy (CORD).Comparing participatory processes: a methodological approach. 2014. (Encontro).

25.
9° Reunião da Associação Brasileira de Ciência Política.Desigualdades em Saúde, Descentralização e Nova Gestão Pública: Comparando estratégias municipais na implantação da Atenção Básica. 2014. (Encontro).

26.
Geneva Health Forum. Equity and Local Government São Paulo, Brazil. 2014. (Congresso).

27.
Ciclo de Seminários Protestos, Reforma Política e Políticas Públicas.Quanto o Brasil mudou? Desigualdades e Política de Saúde. 2013. (Seminário).

28.
Seminários Cebrap CENSO/CEM/CEBRAP.Um estudo sobre a associação entre desigualdades, sistema de saúde e mortalidade nos municípios brasileiros nos últimos 30 anos. 2013. (Seminário).

29.
II Global Symposium on Health System research..Citizen participation and equity in access to health services: Evidence from Brazil. 2012. (Simpósio).

30.
Second Global Health System Research Symposium.The role of citizen mobilization in framing the Brazilian Universal Health System. 2012. (Simpósio).

31.
XXX Congresso Internacional da Associação de Estudos Latino - Americanom. Improving the Access to Health Services: The role of municipal policy and participation in the making of a more equitable public health system. 2012. (Congresso).

32.
Global Conversation on Democracy.Comparative research on Democracy. 2011. (Seminário).

33.
V Congresso Brasileiro de Ciências Sociais e Humanas em Saúde. Gestão com Inovação no Subsistema de Saúde Indígena. 2011. (Congresso).

34.
Whatever Happen to South-North?. Affirmative Action, Intersectoral Policies and State-Society Relations in Brazil. 2011. (Congresso).

35.
7° Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política.Ação Afirmativa e Intersetorialidade - discutindo seus limites no enfrentamento das desigualdades. 2010. (Encontro).

36.
First Global Symposium on Health Systems Research. Making the right to health a reality to Indigenous People in Brazil - Innovation cycles, quality and equity. 2010. (Congresso).

37.
Geneva Health Forum. Making the Right to Health a Reality in Brazil. 2010. (Congresso).

38.
I Seminário Internacional Centro Ruth Cardoso.Democracia e Novas Formas de participação. 2010. (Seminário).

39.
Public Deliberation, Ethics and Health Policy Symposium.What did we learn about citizen involvement in the health policy process: lessons from Brazil. 2010. (Simpósio).

40.
The Politics of Poverty: Elites, Citizens and States.Citizen participation in delivery of health services. 2010. (Seminário).

41.
What Really Works? Evidence from a Decade of Governance Research Seminar.Citizen-State relations at the interface: a comparison of India, Brazil and South Africa. 2010. (Seminário).

42.
Latin American Studies Association Meeting. Governança Participativa e Política de Saúde: Ampliando o acesso aos serviços?. 2009. (Congresso).

43.
O Subsistema de Saúde Índigena.Propondo um modelo de organização para o subsistema. 2009. (Seminário).

44.
Participação e Mobilização: Impactos e Perspectivas para as Políticas Públicas.Researching Social Participation. 2009. (Seminário).

45.
Seeing Like a Citizen: International Perspectives on Deepening Democracy.Mobilizing for democracy. 2009. (Seminário).

46.
Annual Meeting of the RC19/ISA. Participatory Governance and development: In search of casual nexus. 2008. (Congresso).

47.
Rethinking Representation.Pos-national and sub-national challenges to representation. 2008. (Seminário).

48.
Economic Restructuring and Social Equality.Citizen Participation and Health System Restructuring: Lessons frm Brazil and UK. 2007. (Seminário).

49.
I Congresso Latino Americano de Ciências Sociais e Barragens. VideoDocumentário "O Vale pede passagem". 2007. (Congresso).

50.
Including the Marginalized in Democratic Deliberation.The Quilombola Communities in the Region of Vale do Ribeira, Brazil. 2007. (Oficina).

51.
Law and the Developmental State.Health Policy and Public Participation in the Decision Making Process. 2007. (Seminário).

52.
Olhar Crítico.A agenda de pesquisa na área de participação. 2007. (Seminário).

53.
Participação e Parceria no SUS.Participação nos Conselhos Municipais de Saúde. 2007. (Oficina).

54.
Seminário Internacional sobre Garantias Sociales.Câmbios constitucionales y nueva institucionalidad ? La salud en Brasil. 2007. (Seminário).

55.
Seminários Mensais da Asian Society for Participatory Research.Brazilian Participatory Institutions: Promises and Challenges. 2007. (Encontro).

56.
The Collective Capacity.Capacity Development: a researcher?s approach to better understand how research programs and funders are approaching the concept. 2007. (Oficina).

57.
3º Congresso da Sociedade Latino Americana de Ciência Política. Dilemas da participação e do desenvolvimento territorial: um estudo de caso no Vale do Ribeira (Brasil). 2006. (Congresso).

58.
IDS40.Challenges to Participatory Governance in Brazil. 2006. (Seminário).

59.
IX Congresso Luso Afro Brasileiro de Ciências Sociais. Participação Social e Políticas Públicas no Brasil. 2006. (Congresso).

60.
Participação e Saúde.Notas sobre o estado da pesquisa acerca dos Conselho de Saúde. 2006. (Oficina).

61.
Participação Social, Políticas Públicas e Desenvolvimento Territorial.Os dilemas da participação social em um região pobre: um estudo sobre o Vale do Ribeira. 2006. (Seminário).

62.
Pobreza, desigualdade e desenvolvimento: desafios para as políticas e a pesquisa.Desenvolvimento e Participação: reflexões sobre a experiência brasileira. 2006. (Encontro).

63.
Seminário Internacional Regiões Rurais em Movimento.Fóruns participativos e desenvolvimento regional no Vale do Ribeira (Brasil). 2006. (Seminário).

64.
The Politics of Service Delivery in Democracies: better access for the poor.Has the distribution of public health services become more equitable?. 2006. (Encontro).

65.
V Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política (ABCP). Fóruns participativos e Desenvolvimento Territorial no Vale do Ribeira (Brasil). 2006. (Congresso).

66.
Citizen Development Research Centre Synthesis Workshop.What have we learnt about the links between social participation and pro-poor outcomes?. 2005. (Seminário).

67.
New democratic Spaces?.Participatory governance and democratic inovation. 2005. (Seminário).

68.
Reunião do Programa Colaborativo.Barragem de Tijuco Alto: emprego, recursos naturais e direitos das comunidades tradicionais em debate nos fóruns participativos do Vale do Ribeira. 2005. (Oficina).

69.
Territorios Rurales en América Latina.?Participatory Foruns and regional development in Vale do Ribeira (Brasil)?.. 2005. (Seminário).

70.
IX Congresso Internacional del Centro Latinoamericano de Administración para el Desarrollo. Consejos de salud: cuánto avanzamos en la copncertación de intereses?. 2004. (Congresso).

71.
A reforma da Previdência Social na América Latina.A reforma da previdência social na América Latina. 2003. (Seminário).

72.
Seminário Internacional de Participación Ciudadana y Politicas Sociales en el espacio Local.El desafío de construir instituciones que hagan la diferencia. 2003. (Seminário).

73.
Seminário Internacional sobre Democracia Deliberativa.Notas sobre o Associativismo em São Paulo. 2003. (Seminário).

74.
2o. Conferência CEBRAP/ILAS.Política Social: o que podemos esperar da participação?. 2002. (Simpósio).

75.
International Workshop of the Development Research Centre on Citizenship, Participation and Accountability.Methodological issues to access the effectiveness of the Brazilian health councils. 2002. (Encontro).

76.
Política de Saúde e Descentralização no Município de São Paulo.Conselho de Saúde, Participação e Cidadania. 2002. (Seminário).

77.
Participation, Citizenship and Accountability.Participation and Social Inclusion in Brazil. 2000. (Oficina).

78.
Seminário de Promoção de Saúde e Avaliação de Políticas Públicas e Projetos Sociais.Interesse público e avaliação de políticas. 2000. (Seminário).

79.
Decentralization, Equity, and Local Development: Brazil and Beyond.Alternatives for social security reform and the profile of Brazilian retirees. 1999. (Seminário).

80.
Corpo e Cidadania.O debate sobre a doação presumida no Brasi. 1998. (Seminário).

81.
Seguridade Social no Mercosul.Propostas do Executivo para a Reforma da Previdência. 1998. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Coelho, Vera Schattan P.. Os objetivos de desenvolvimento sustentável: uma nova agenda para o Brasil?. 2016. (Outro).

2.
Coelho, Vera Schattan P.; FELTRAN, G. . Seminário CEM-CEPID Coprodução de Serviços Públicos. 2016. (Outro).

3.
COELHO, V. S. R. P.. A contratação de serviços na atenção básica: um diálogo entre gestores públicos e pesquisadores. 2014. (Outro).

4.
COELHO, V. S. R. P.. VIII Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política. 2012. (Outro).

5.
COELHO, V. S. R. P.. Índia, Brasil e África do Sul: Evidências e Perspectivas de Cooperação Internacional. 2011. (Outro).

6.
COELHO, V. S. R. P.; Frederico Menino . Painel: Deepening Democracy in States and Localities, Evidences from IBSA Countries. 2011. (Congresso).

7.
COELHO, V. S. R. P.; Cornwall, Andrea ; Marcus Figueiredo . Participação e Mobilização. 2009. (Outro).

8.
COELHO, V. S. R. P.; LIERS, B. V. ; GAVENTA, J. . Annual Meeting of the Deepening Democracy in States and Localities Working Group. 2008. (Outro).

9.
GAVENTA, J. ; COELHO, V. S. R. P. ; LIERS, B. V. . Deepening Democracy in States and Localities. 2007. (Outro).

10.
COELHO, V. S. R. P.; NAVARRO, Z. . Pobreza, Desigualdade e Desenvolvimento: desafios para as políticas e a pesquisa. 2006. (Outro).

11.
COELHO, V. S. R. P.; FAVARETO, A. ; ABRAMOVAY, R. . Governança Ambiental e Desenvolvimento Territorial. 2006. (Outro).

12.
COELHO, V. S. R. P.. Participação e Deliberação. 2005. (Outro).

13.
COELHO, V. S. R. P.. Reforma da Previdência Social na América Latina. 2004. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Mauricio Osório Gonçalves. A atuação do burocrata de médio escalão na implementação do PSE. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Programa de Políticas Públicas) - Univeersidade Federal do ABC. (Orientador).

2.
Beatriz Soares Benedito. Atuação dos burocratas de nível de rua no Programa Consultório de Rua. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Programa de Políticas Públicas) - Univeersidade Federal do ABC. (Orientador).

3.
Luis Marcelo Marcondes. Consórcio do ABC e Governança regional. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Programa de Políticas Públicas) - Univeersidade Federal do ABC. (Orientador).

4.
maurício osório. Políticas Públicas de Promoção à Saúde. Início: 2016. Dissertação (Mestrado em POLÍTICAS PÚBLICAS) - Universidade Federal do ABC. (Orientador).

5.
Rodrigo Luppi. Intersetorialidade e Burocracia: Qual a visão dos burocratas sobre intersetorialidade?. Início: 2015. Dissertação (Mestrado em POLÍTICAS PÚBLICAS) - Universidade Federal do ABC. (Orientador).

Orientações de outra natureza
1.
Marina Barbosa. A contratação indireta de serviços no SUS - Estado de São Paulo. Início: 2015. Orientação de outra natureza. Centro de Estudos da Metropóle. Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Rodrigo Luppi. A implementação de políticas setoriais: Estudo de caso sobre os CEUs. 2017. Dissertação (Mestrado em Programa de Políticas Públicas) - Univeersidade Federal do ABC, . Orientador: Vera Schattan Ruas Pereira Coelho.

2.
Ana Eugenia López Ricoy. VINCULANDO ESPACIOS DIFERENCIADOS: REDES DE GOBERNANZA Y POLÍTICAS CONTRA LA MUERTE MATERNA EN LA COSTA CHICA DE GUERRERO. 2015. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Estudos Regionais) - Instituto de Investigaciones Dr. José María Luis Mora, . Coorientador: Vera Schattan Ruas Pereira Coelho.

3.
Felipe Szabzon. Perfil das internações psiquiátricas em São Paulo: Um estudo exploratório. 2013. Dissertação (Mestrado em mestrado) - Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Vera Schattan Ruas Pereira Coelho.

4.
Sonia Martins. Descentralization and Participation: the dynamics of committe of basin in Vale do Ribeira. 2005. Dissertação (Mestrado em Master in development studies) - Institute of Development Studies, . Coorientador: Vera Schattan Ruas Pereira Coelho.

5.
Lucy Hayes. Participation and associational activity in Brazil. 2004. Dissertação (Mestrado em Master in development studies) - Institute of Development Studies, . Coorientador: Vera Schattan Ruas Pereira Coelho.

6.
Barbara Pozzoni. Citizen participation and deliberation in Brazil. 2002. Dissertação (Mestrado em Development Studies) - Insitute of Development Studies, . Coorientador: Vera Schattan Ruas Pereira Coelho.

7.
Mariana Cifuentes Montoya. Political legitimacy of Deliberative institutions. 2002. Dissertação (Mestrado em Master in development studies) - Institute of Development Studies, . Coorientador: Vera Schattan Ruas Pereira Coelho.

Tese de doutorado
1.
Alex Shankland. "The Indigenous people movement, forest ciitizenship, and struggles over health services in Acre, Brazil. 2010. Tese (Doutorado em Development Studies) - Institute of Development Studies, Economic and Social Research Council. Coorientador: Vera Schattan Ruas Pereira Coelho.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Alexandre de Oliveira Fraga. A efetividade da participação popular nos conselhos locais de saúde das Unidades de Saúde da Família do Município de Vitória ES. 2011. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Democracia Participativa, Repúbl) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Vera Schattan Ruas Pereira Coelho.

2.
Roseli Kich Viecieli. Hospital Municipal de Palotina (PR): Política de Saúde ou Espaço de Politicagem?. 2011. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Democracia Participativa, Repúbl) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Vera Schattan Ruas Pereira Coelho.

Iniciação científica
1.
Carolina Simões Galvanezzi. A representação popular nos conselhos de saúde. 2004. Iniciação Científica - Centro Brasileiro de Análise e Planejamento, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Vera Schattan Ruas Pereira Coelho.

2.
Cristiane Rachel Pironi. Controle Social, democracia deliberativa e oferta de equipamentos e serviços de saúde. 2001. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Vera Schattan Ruas Pereira Coelho.

Orientações de outra natureza
1.
Felipe Szabzon. Participação e política de saúde na cidade de São Paulo. 2010. Orientação de outra natureza - Centro Brasileiro de Análise e Planejamento, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Vera Schattan Ruas Pereira Coelho.

2.
Marcelo Dias. Participação e Distribuição de Serviços de Saúde Públicos na Cidade de São Paulo. 2009. Orientação de outra natureza - Centro de Estudos da Metropóle, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Vera Schattan Ruas Pereira Coelho.

3.
Ligia Amstalden Rubega. Mudanças no Perfil de Distribuição de Serviços de Saúde Públicos na Cidade de São Paulo. 2007. Orientação de outra natureza - Centro de Estudos da Metropóle, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Vera Schattan Ruas Pereira Coelho.

4.
Mariana Thibes. Distribuição de Serviços Públicios de Saúde no Município de São Paulo. 2006. Orientação de outra natureza - Centro Brasileiro de Análise e Planejamento, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Vera Schattan Ruas Pereira Coelho.



Inovação



Projetos de pesquisa


Outras informações relevantes


É membro do Conselho Diretor e da Câmara de Pesquisadores do CEBRAP; do Conselho do Centro de Estudos da Metrópole - CEM/CEBRAP; do Conselho Executivo do Deliberative Democracy Consortium (DDC); da diretoria da Associação Brasileira da Criança Transplantada e Cardíaca e do board do IPSA IPSA Research Committee on Comparative Health Policy. É fundadora e membro do Conselho Executivo do Collaborative Research on Democracy (CORD). Foi membro por dez anos do Conselho Executivo do Citizenship Development Research Centre (UK) e Coordenou a Área de Participação Política da ABCP. É membro do Conselho editorial do Journal of Public Deliberation, Berkley Press e da Revista de Administração Pública e Cidadania, da FGV. É filiada à Associação Brasileira de Ciência Política, à Associação Latino Americana de Ciência Política, ao RC 25 Comparative Health Policy da International Political Society Association; e ao RC 19 Research Committe on Poverty, Social Welfare and Social Policy da International Sociological Association. Assessora "ad hoc" da FAPESP, da CAPES, da South Africa National Research Foundation e da Swiss National Science Foundation. Parecerista de publicações nacionais e internacionais.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 21/10/2018 às 14:31:07