João José Reis

Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 1A

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/1969687480215585
  • Última atualização do currículo em 18/11/2018


O pesquisador possui graduação em História pela Universidade Católica do Salvador (1974). Também cursou, sem concluir, Ciências Sociais pela Universidade Federal da Bahia (1971-75). Obteve título de Mestre em História (1977) e Doutor em História (1982) pela Universidade de Minnesota, EUA. Foi professor visitante nas universidades de Michigan (Ann Arbor), Princeton, Brandeis, Texas (Austin), Harvard e na École des Hautes Études en Sciences Sociales. Foi pesquisador visitante nas seguintes instituições: Universidade de Londres, Center for Advanced Studies in the Behavioral Sciences (Stanford), National Humanities Center (Research Triangle, NC), Harvard University, entre outros. É Professor Titular do Departamento de História da Universidade Federal da Bahia. Tem experiência na área de História do Brasil Império e de História Atlântica, pesquisando, entre outros, os seguintes temas: história social e cultural da África, da escravidão e do tráfico; resistência escrava; movimentos sociais; atitudes diante da morte. Foi em diversas ocasiões membro do Comitê Assessor de História do CNPq, do qual é Pesquisador 1A. Entre outros prêmios e distinções, recebeu a Comenda do Mérito Científico do Ministério da Ciência e Tecnologia, nas classes de Comendador (2004) e Grã Cruz (2010), e é Membro Honorário Estrangeiro Vitalício da American Historical Association. Seu livro "A morte é uma festa" recebeu o Prêmio Jabuti de Melhor Obra, categoria Ensaio, em 1992, e o Prêmio Haring, da American Historical Association, em 1997, entre outros. Seu livro "O Alufá Rufino: tráfico, escravidão e liberdade no Atlântico negro" (em co-autoria com Flávio Gomes e Marcus Carvalho) ganhou o Prêmio Casa de las Américas (Cuba), categoria Literatura Brasileira, em 2012, e foi traduzido para o espanhol. Também participou de coletâneas ganhadoras dos prêmios Jabuti e Manoel Bonfim. Em 2014 recebeu o Prêmio Conjunto de Obras da Academia de Letras da Bahia; em 2017, o Prêmio Machado de Assis pelo Conjunto de Obras da Academia Brasileira de Letras. Três de seus livros foram publicados em inglês: "Slave Rebellion in Brazil" (Johns Hopkins U. Press, 1993; "Death is a Festival" (University of North Carolina Press, 2003); e "Divining Slavery and Freedom" (Cambridge University Press, 2015). (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
João José Reis
Nome em citações bibliográficas
REIS, J. J.;Reis, João José Reis;REIS, João José Reis;João José Reis;J. J. REIS

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal da Bahia, Faculdade de Filosofia e Ciencias Humanas.
Rua Aristides Novis, 197
Federação
40210630 - Salvador, BA - Brasil
Telefone: (71) 32377574
Fax: (71) 2377574


Formação acadêmica/titulação


1978 - 1982
Doutorado em História.
University of Minnesota System, UMN, Estados Unidos.
Título: Slave Rebellion in Brazil: The African Muslim Uprising in Bahia, 1835, Ano de obtenção: 1982.
Orientador: Stuart B Schwartz.
Bolsista do(a): Ford Foundation, FF, Estados Unidos.
1975 - 1977
Mestrado em História.
University of Minnesota System, UMN, Estados Unidos.
Título: American Imperialism in Republican Brazil,Ano de Obtenção: 1977.
Orientador: Stuart B Schwartz.
Bolsista do(a): Ford Foundation, FF, Estados Unidos.
1971 interrompida
Graduação interrompida em 1975 em Ciências Sociais.
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Ano de interrupção: 1975
1971 - 1974
Graduação em História.
Universidade Católica do Salvador, UCSAL, Brasil.


Pós-doutorado


2016 - 2016
Pós-Doutorado.
Humboldt-Universität Zu Berlin, HUB, Alemanha.
Bolsista do(a): Humboldt Universitat, HU, Alemanha.
2008 - 2008
Pós-Doutorado.
National Humanities Center, NHC, Estados Unidos.
2001 - 2002
Pós-Doutorado.
Center for Advanced Study in the Behavioral Sciences/Stanford University, CASBS, Estados Unidos.
Bolsista do(a): Ford Foundation, FF, Estados Unidos.
1987 - 1989
Pós-Doutorado.
University of London, UL, Inglaterra.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas


Formação Complementar


1978 - 1978
Summer Institute In Quantitative History. (Carga horária: 192h).
Newberry Library, NB, Estados Unidos.


Atuação Profissional



Universidade Nova de Lisboa, UNL, Portugal.
Vínculo institucional

2015 - 2017
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Vínculo institucional

1979 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Vínculo institucional

1999 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

1996 - 1999
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Programa de Pós-Graduação em História, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

1982 - 1999
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor adjunto IV, Carga horária: 0

Vínculo institucional

1979 - 1981
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor visitante

Atividades

8/2003 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Centro de Estudos Afro Orientais.

Cargo ou função
Membro do Conselho Deliberativo.
1/1995 - Atual
Direção e administração, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Departamento de História.

Cargo ou função
Coordenador de Linha de Pesquisa do PPGH.
1984 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Departamento de História.

1984 - Atual
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História da América I e II
História da Bahia
Cultura Baiana
Historiografia II: Brasil
Pesquisa Histórica Supervisionada
História da Civilização Brasileira
História das Religiões
1984 - Atual
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário de História Cultural
Seminário de História Social
Seminário Escravidão e Liberdade
Seminário História dos Movimentos Sociais
Métodos e Técnicas de Pesquisa
1984 - Atual
Ensino, História, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Métodos e Técnicas de Pesquisa
Seminário de História Cultural
Seminário de História Social
Seminário Escravidão e Liberdade
Seminário História dos Movimentos Sociais
11/2003 - 11/2007
Direção e administração, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Departamento de História.

Cargo ou função
Membro do Colegiado do PPGH.
8/2003 - 8/2005
Direção e administração, Biblioteca Central Reitor Macedo Costa, Editora da Ufba.

Cargo ou função
Membro do Conselho Deliberativo da Editora da UFBA.
1996 - 1999
Direção e administração, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Departamento de História.

Cargo ou função
Coordenador de Pós-Graduação em História.
1997 - 1998
Direção e administração, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Departamento de História.

Cargo ou função
Representante na Comissão Acadêmica.
1993 - 1995
Direção e administração, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Departamento de História.

Cargo ou função
Membro de conselho de unidade.
1990 - 1994
Direção e administração, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Departamento de História.

Cargo ou função
Vice-coordenador de pós-graduação em história.

Princeton University, PRINCETON, Estados Unidos.
Vínculo institucional

1995 - 1995
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor visitante

Atividades

2/1995 - 6/1995
Ensino, História, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Slave Resistance in the Americas
2/1995 - 6/1995
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Race and Class in Brazil

Stanford University, SU, Estados Unidos.
Vínculo institucional

2001 - 2002
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Pesquisador Center for Advanced Studies, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Pesquisador Senior do Center for Advanced Studies in the Behavioral Sciences, ligado à Stanford University


University of London, UL, Inglaterra.
Vínculo institucional

1987 - 1989
Vínculo: Pesquisador visitante, Enquadramento Funcional: Honorary Research Fellow, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

1987 - 1989
Extensão universitária , University of London, .

Atividade de extensão realizada
PESQUISA EM ARQUIVOS INGLESES, SEMINARIOS..

University of Michigan, UMICH, Estados Unidos.
Vínculo institucional

1992 - 1992
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor visitante, Carga horária: 0

Atividades

9/1992 - 11/1992
Ensino, Race and Class in Modern Brazil, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Race and Class in Modern Brazil

Ecole des Hautes Études en Sciences Sociales, EHESS, França.
Vínculo institucional

2005 - 2005
Vínculo: Professor Visitante (Professeu, Enquadramento Funcional: Enseignant Chercheur, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

5/2005 - 6/2005
Ensino, Seminário em História Cultural da Escravidão, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Seminario História Cultural da Escravidão

Brandeis University, B.U.**, Estados Unidos.
Vínculo institucional

1997 - 1997
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor visitante, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


University of Minnesota System, UMN, Estados Unidos.
Vínculo institucional

1975 - 1981
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Assistente de ensino/Teaching Assistant

Atividades

1975 - 1981
Extensão universitária , University of Minnesota System, .

Atividade de extensão realizada
Disciplinas: História da América Latina, Brasil e México.

Harvard - W.E.B. Du Bois Institute for African and African American Researc, IAAR, Estados Unidos.
Vínculo institucional

2011 - 2013
Vínculo: Non-Resident Fellow, Enquadramento Funcional: Non-Resident Fellow
Outras informações
Filiação como não-residente, com direito a acesso ao sistema eletrônico para consulta nas bibliotecas da Universidade de Harvard, além de acesso, quando em visita, às coleções e bibliotecas.

Vínculo institucional

2012 - 2012
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Visiting Professor, Carga horária: 20
Outras informações
Robert F. Kennedy Visiting Professor, David Rickefeller Center for Latin American Studies e Dpt. of History


National Humanities Center, NHC, Estados Unidos.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Research Fellow - Pesquisador, Enquadramento Funcional: Fellow, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


University of Texas - Institute for Latin American Studies, ILAS, Estados Unidos.
Vínculo institucional

2006 - 2006
Vínculo: Professor vistante, Enquadramento Funcional: Professor Visitante, Carga horária: 20


Humboldt-Universität Zu Berlin, HUB, Alemanha.
Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


Harvard University, HARVARD, Estados Unidos.
Vínculo institucional

2012 - 2012
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Robert F. Kennedy Visiting Professor, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.



Linhas de pesquisa


1.
Escravidão e invenção da liberdade

Objetivo: A linha de pesquisa visa discutir, nos seus diversos aspectos, a história do negro na escravidão e no pós-abolição. Um dos objetivos da linha é reunir professores e alunos não apenas da instituição que a sedia (UFBA), mas também estudiosos do tema filiados a outras instituições. Assim temos pesquisadores, professores e alunos de pós-graduação das universidades Universidade Estadual de Feira de Santana, Universidade Federal do Reôncavo Baiano, Faculdades Jorge Amado, Universidade Estadual e Campinas, entre outras. Nas reuniões quinzenais da linha são debatidos, na maioria das vezes, textos de seus próprios membros..


Projetos de pesquisa


2008 - Atual
SOCIEDADE, CULTURA E RESISTÊNCIA NA BAHIA DO SÉCULO XIX
Descrição: Estudo da sociedade baiana oitocentista a partir das negociações, tensões e conflitos sociais, e suas dimensões culturais. A idéia é investigar a história social da cultura popular, seus repertórios, seus embates com o poder e suas conexões com os movimentos coletivos e episódios de rebeldia individual no período..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2000 - Atual
Sociedade, cultura e resistência na Bahia do século XIX
Descrição: Estudo de movimentos sociais (inclusive revoltas escravas), fugas de escravos, religiosidade, relações escravistas, biografias de escravos africanos, entre outros temas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) .
Integrantes: João José Reis - Coordenador.


Outros Projetos


2017 - Atual
Resistance
Descrição: Economic inequalities, social exclusion, discrimination against minorities, cultural resistance and disruption of social cohesion ? these are all key concerns in the current European and global agenda, both in scholarly work and policy-making. RESISTANCE aims at analysing these issues by focusing on the processes of resistance carried out by social actors that have been historically disadvantaged, discriminated against and dominated. By using a concept of resistance that connects continued and less visible forms of resistance, cultural dissent and violent revolts, the ultimate goal of RESISTANCE is to produce a reinterpretation of the universe of ?the dominated?. RESISTANCE will provide an understanding of how these actors could influence processes of social change, either by opening up societies to diversity and making them more inclusive and equal, or, conversely, by causing the increase of repression. Rooted in the disciplinary field of history, RESISTANCE uses the past as a laboratory for the analysis. Focusing on the former Portuguese and Spanish empires, this project privileges a comparative approach in time and space in order to investigate an extended time frame (sixteenth to mid-nineteenth centuries) and a spatial framework that encompasses Europe, the Americas, Africa and Asia. The past experiences of their societies, strongly grounded on ethnic, social, economic, cultural, religious, and gender inequality, still shape current political and social dynamics. RESISTANCE is led by the University of Évora, and made up of seven beneficiary universities in Portugal, Spain and Germany, plus six universities in third countries (Chile, Argentina, Brazil, Cape Verde, Mexico and USA). In addition to academic-type deliverables, RESISTANCE proposes an extensive range of dissemination and communication outputs specifically targeted at wide-ranging audiences (schools, museums, international agencies, think tanks, policy-makers, and more)..
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.
2015 - 2017
Digitising endangered manuscript sources: the notary books of Bahia, Brazil, 1664-1889
Descrição: Projeto com duração de dois anos, apoiado pelo Endangered Archives Program (EAP), da British Library (BL), cujo objetivo é digitalizar a série documental "Livros de Notas dos Tabeliães de Salvador", entre 1664 e 1889, que estão sob a custódia do Arquivo Público do Estado da Bahia (APEB). Serão digitalizados cerca de 450 mil folios, e imagens posteriormente guardadas no APEB, na UFBA e na BL. Os recursos serã destinados a: 1) compra de equipamentos (câmaras digitais, tripés, computadores, HDs externos etc), a serem doados ao APEB no final do projeto; e 2) remuneração/bolsa de um estudante e um técnico envolvidos diretamente na digitalização dos documentos..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) .
Integrantes: João José Reis - Coordenador / Gabriela dos Reis Sampaio - Integrante / Urano Andrade - Integrante / Luiz Costa - Integrante.Financiador(es): British Library - Auxílio financeiro.
2012 - 2017
Bahia 16 - 19: Salvador da Bahia: American, European, and African forging of a colonial capital city
Descrição: Estudo da história da Bahia a partir de diversos ângulos da disciplina. Trata-se de projeto coletivo internacional envolvendo a Universidade Federal da Bahia, através do Programa de Pós-Graduação em História, a Universidade Nova de Lisboa, através do CHAM, e a École des Hautes Études en Sciences Sociales em Paris.
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Doutorado: (12) .
Integrantes: João José Reis - Integrante / Luis Nicolau Parés - Integrante / Evergton Sales Souza - Integrante / Pedro Cardim - Coordenador / Ligia Bellini - Integrante / Gabriela dos Reis Sampaio - Integrante / Jean-Fredéric Shaub - Integrante / Jean Hébrard - Integrante.


Membro de corpo editorial


2016 - Atual
Periódico: Estudos Ibero-Americanos
2016 - Atual
Periódico: Novos Estudos CEBRAP (Impresso)
2016 - Atual
Periódico: Novos Estudos CEBRAP (Impresso)
2016 - Atual
Periódico: Novos estudos CEBRAP (Online)
2016 - Atual
Periódico: Revista M. Estudos sobre a morte, os mortos e o morrer
2015 - Atual
Periódico: The Americas (Washington. 1944)
2015 - Atual
Periódico: Yoruba Studies Review
2015 - Atual
Periódico: Legon Journal of the Humanities (LJH)
2012 - Atual
Periódico: Anais de História de Além-Mar
2012 - Atual
Periódico: Brésil(s)
2012 - Atual
Periódico: Revista 7 Mares
2011 - Atual
Periódico: Pensata - Revista de Pós-Graduação em C. Sociais, Unifesp
2011 - Atual
Periódico: Journal of African Diaspora Archaelogy and Heritage
2010 - Atual
Periódico: Mujimbo: Revista de Estudos Étnicos e Africanos
2009 - Atual
Periódico: Anuário do Centro de Estudos de História do Atlântico
2008 - Atual
Periódico: Estudos Históricos (Rio de Janeiro)
2008 - 2012
Periódico: Jornal de Resenhas
2007 - 2012
Periódico: Revista de História da Biblioteca Nacional
2006 - Atual
Periódico: Revista de História (USP)
2006 - Atual
Periódico: Almanack Braziliense
2006 - 2008
Periódico: Revista de História Comparada
2005 - Atual
Periódico: Tempo Social. Revista de Sociologia da USP
2005 - Atual
Periódico: História, Ciências, Saúde-Manguinhos
2005 - 2008
Periódico: The Hispanic American Historical Review
2005 - 2010
Periódico: Saeculum (UFPB) (0104-8929)
2003 - Atual
Periódico: Iberoamericana (Madrid)
2003 - Atual
Periódico: Textos de História
2001 - Atual
Periódico: Revista Trajetos
2000 - Atual
Periódico: Topoi (Rio de Janeiro)
1999 - Atual
Periódico: The Journal of American History (Bloomington))
1997 - 2012
Periódico: Tempo. Revista do Departamento de História da UFF
1997 - Atual
Periódico: Projeto História (PUCSP)
1997 - 2018
Periódico: Afro-Ásia (UFBA. Impresso)
1995 - Atual
Periódico: Afro-Ásia (UFBA. Impresso)
1989 - Atual
Periódico: CLIO. Série História do Nordeste (UFPE)
1988 - Atual
Periódico: Estudos Afro-Asiáticos


Membro de comitê de assessoramento


2007 - 2010
Agência de fomento: (CNPq) Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
1999 - 2003
Agência de fomento: (CNPq) Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico


Revisor de periódico


2010 - 2018
Periódico: Afro-Asia (UFBA)
1996 - 2005
Periódico: Afro-Asia (UFBA)


Revisor de projeto de fomento


2011 - Atual
Agência de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
1996 - Atual
Agência de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil/Especialidade: História do Brasil Império.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil/Especialidade: Escravidão.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: Metodologia.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.
Italiano
Lê Pouco.


Prêmios e títulos


2017
Prêmio Machado de Assis pelo conjunto de obras, Academia Brasileira de Letras.
2016
Honorable Mention for the book Divining Slavery and Freedom, Council of Latin American History.
2014
Prêmio Conjunto de Obra, Academia de Letras da Bahia.
2012
Prêmio Literário Casa de las Americas (pelo livro "O Alufá Rufino", co-autoria Flavio Gomes e Marcus Carvalho), Instituto Casa de las Americas, Cuba.
2010
Ordem Nacional do Mérito Científico na Classe de Grã Cruz, Ministério de Ciência e Tecnologia/Academia Brasileira de Ciências.
2010
Robertson Prize, awarded to the best article in the Hispanic American Historical Review for the 2009-10 year (em co-autoria com Hendrik Kraay)., Hispanic American Historical Review.
2007
Honorary Foreign Member of the American Historical Association (for extraordinary scholarly distinction, dedication to international exchange, and assistance to U.S. historians), American Historical Association.
2007
Medalha 2 de Julho, Prefeitura Municipal de Salvador.
2005
Choice Outstanding Academic Title para o livro "Death is a Festival"., Choice: A Journal of the American Library Association.
2004
Ordem Nacional do Mérito Científico na Classe de Comendador, Ministério da Ciência e Tecnologia e Academia Brasileira de Ciência.
2001
Jabuti (Obra coletiva "Festa: Cultura e Sociabilidade na América Portuguesa"), Câmara Brasileira do Livro.
1998
Manoel Bonfim (Obra coletiva "História da Vida Privada no Brasil"), Governo do Distrito Federal.
1997
Haring (Melhor livro latinoamericano de história para "A Morte é uma Festa"), American Historical Association.
1992
Jabuti (Melhor obra não ficção para "A Morte é uma Festa", Câmara Brasileira do Livro.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

SCOPUS

Artigos completos publicados em periódicos

1.
REIS, João José Reis2016REIS, João José Reis. De escravo rico a liberto: a história do africano Manoel Joaquim Ricardo na Bahia oitocentista. Revista de História, p. 15, 2016.

2.
REIS, J. J.2015REIS, J. J.. Resposta a Paul Lovejoy. Topoi (Online): revista de historia, v. 16, p. 374-389, 2015.

3.
REIS, João José Reis2015REIS, João José Reis. Alberto da Costa e Silva, Historiador. Revista Brasileira, v. 4, p. 35-42, 2015.

4.
REIS, João José Reis2014REIS, João José Reis. Há duzentos anos: a revolta escrava de 1814 na Bahia. Topoi (Online): revista de historia, v. 15, p. 68-115, 2014.

5.
REIS, J. J.2013REIS, J. J.; SOUZA, E. S. . Katia Mytilineou de Queirós Mattoso (Volos, 1931 - Paris, 2011). Afro-Ásia, v. 48, p. 365-381, 2013.

6.
REIS, J. J.2010REIS, J. J.. Resenha de 'Reaper's Garden: Death & Power in the World of Atlantic Slavery', de Vincent Brown. NWIG, New West Indian Guide, v. 84, p. 117-119, 2010.

7.
J. J. REIS2010J. J. REIS. Espelho para o mundo: entrevista com o historiador John Hope Franklin (1915-2009). Afro-Ásia (UFBA. Impresso), v. 41, p. 213-234, 2010.

8.
Reis, João José Reis2009Reis, João José Reis; KRAAAY, Hendrik . "The Tyrant is Dead": The Revolt of the Periquitos in Bahia, 1824. The Hispanic American Historical Review, v. 89, p. 399-434, 2009.

9.
REIS, J. J.2008REIS, J. J.. ??Dono da Terra Chegou, Cento e Cincoenta Acabou?? Notas sobre Resistência e Controle dos Escravos na Bahia, que Recebeu a Família Real em 1808?.. Revista USP, v. 79, p. 106-117, 2008.

10.
Reis, João José Reis2008Reis, João José Reis. Sobre a morte escrava na Jamaica (resenha). Afro-Asia (UFBA. Impresso), v. 38, p. 355-358, 2008.

11.
REIS, J. J.;Reis, João José Reis;REIS, João José Reis;João José Reis;J. J. REIS2006REIS, J. J.. La révolte Haoussa de Bahia en 1807: résistence et contrôle des esclaves au Brésil. Annales (Paris), Paris, v. 61, n.2, p. 383-418, 2006.

12.
REIS, J. J.;Reis, João José Reis;REIS, João José Reis;João José Reis;J. J. REIS2006REIS, J. J.. Domingos Pereira Sodré: um sacerdote africano na Bahia oitocentista. Afro-Asia (UFBA), Salvador, v. 34, p. 237-313, 2006.

13.
REIS, J. J.;Reis, João José Reis;REIS, João José Reis;João José Reis;J. J. REIS2006REIS, J. J.. Domingos Pereira Sodré, un prêtre africain dans la Bahia du XIXe siécle. Cahiers du Brésil Contemporain, v. 65/66, p. 97-163, 2006.

14.
REIS, João José Reis2005REIS, João José Reis. Batuque: African Druming and Dance between Repression and Concession, Bahia, 1808-1855. Bulletin of Latin American Research, Oxford, v. 24, n.2, p. 201-214, 2005.

15.
REIS, J. J.;Reis, João José Reis;REIS, João José Reis;João José Reis;J. J. REIS2004REIS, J. J.. O Abolicionismo em Perspectiva Continental (resenha). Afro-Asia (UFBA), Salvador, v. 31, p. 369-373, 2004.

16.
REIS, J. J.;Reis, João José Reis;REIS, João José Reis;João José Reis;J. J. REIS2004REIS, J. J.; GOMES, Flavio dos Santos ; CARVALHO, Marcus J M de . África e Brasil entre margens: aventuras e desventuras do africano Rufino José Maria, c. 1822-1853. Estudos Afro-Asiáticos, Rio de Janeiro, v. 26, n.2, p. 257-302, 2004.

17.
GOMES, F.2002GOMES, F. ; REIS, J. J. . Quilombo: Brazilian Maroons During Slavery. Cultural Survival Quarterly, Cambridge, MA (USA), v. 25, n.4, p. 16-20, 2002.

18.
REIS, J. J.;Reis, João José Reis;REIS, João José Reis;João José Reis;J. J. REIS2002REIS, J. J.; GURAN, Milton . Urbain-Karim Elisio Da Silva, um Agudá Descendente de Negro Malê. Afro-Asia (UFBA), Salvador, Bahia, v. 28, p. 77-96, 2002.

19.
REIS, J. J.;Reis, João José Reis;REIS, João José Reis;João José Reis;J. J. REIS2001REIS, J. J.. Candomblé in Nineteenth-Century Bahia: Priests, Followers, Clients. Slavery And Abolition, Londres, v. 22, n.1, p. 116-134, 2001.

20.
REIS, J. J.;Reis, João José Reis;REIS, João José Reis;João José Reis;J. J. REIS2001REIS, J. J.. Religiosidade, rebelião e identidade afro-brasileira (entrevista a Martha de Abreu e Ronaldo Vainfas). Tempo. Revista do Departamento de História da UFF, Rio de Janeiro, v. 6, n.11, p. 255-266, 2001.

21.
REIS, J. J.;Reis, João José Reis;REIS, João José Reis;João José Reis;J. J. REIS2000REIS, J. J.. De Olho no Canto: Trabalho de Rua na Bahia na Véspera da Abolição. Afro-Asia (UFBA), Salvador, v. 24, p. 199-242, 2000.

22.
REIS, J. J.;Reis, João José Reis;REIS, João José Reis;João José Reis;J. J. REIS1999REIS, J. J.. Slaves as Agents of History: a Note on the New Historiography of Slavery in Brazil. Ciência e Cultura (SBPC), v. 51, n.5/6, p. 437-445, 1999.

23.
REIS, J. J.;Reis, João José Reis;REIS, João José Reis;João José Reis;J. J. REIS1999REIS, J. J.. Resenha de Coroas de glória, lágrimas de sangue. Afro-Asia (UFBA), Salvador, v. 22, p. 382-388, 1999.

24.
REIS, J. J.;Reis, João José Reis;REIS, João José Reis;João José Reis;J. J. REIS1997REIS, J. J.. The Revolution of the Ganhadores: Urban Labour, Ethnicity and the African Strike of 1857 in Bahia, Brazil. Journal of Latin American Studies, v. 29, n.1, p. 355-393, 1997.

25.
REIS, J. J.;Reis, João José Reis;REIS, João José Reis;João José Reis;J. J. REIS1997REIS, J. J.. Identidade e diversidades étnicas nas Irmandade negras no tempo da escravidão. Tempo, Rio de Janeiro, v. 2, n.3, p. 7-22, 1997.

26.
REIS, J. J.;Reis, João José Reis;REIS, João José Reis;João José Reis;J. J. REIS1997REIS, J. J.. Resenha de Avant-Garde na Bahia. Revista de História, São Paulo, v. 136, p. 153-156, 1997.

27.
REIS, J. J.;Reis, João José Reis;REIS, João José Reis;João José Reis;J. J. REIS1996REIS, J. J.; DELFIM, G. . Carne sem osso, farinha sem caroço: o motim de 1858 contra a carestia na Bahia. Revista de História (USP), São Paulo - SP, n.2, p. 133-159, 1996.

28.
REIS, J. J.;Reis, João José Reis;REIS, João José Reis;João José Reis;J. J. REIS1996REIS, J. J.. Thales de Azevedo: historiador da cultura e do cotidiano. Revista da Bahia, Bahia, v. 20, p. 19-23, 1996.

29.
REIS, J. J.;Reis, João José Reis;REIS, João José Reis;João José Reis;J. J. REIS1996REIS, J. J.. Resenha de Proteção e obediência: criadas e seus patrões no Rio de Janeiro, 1860-1910. Afro-Asia (UFBA), Salvador, v. 17, p. 243-245, 1996.

30.
REIS, J. J.;Reis, João José Reis;REIS, João José Reis;João José Reis;J. J. REIS1995REIS, J. J.. Quilombos e revoltas escravas no Brasil. Revista USP, São Paulo, v. 28, p. 14-39, 1995.

31.
REIS, J. J.;Reis, João José Reis;REIS, João José Reis;João José Reis;J. J. REIS1995REIS, J. J.. Resenha de História de quilombolas: mocambos e comunidades de senzalas no Rio de Janeiro - século XIX. História Social, Unicamp, v. 3, p. 197-200, 1995.

32.
REIS, J. J.;Reis, João José Reis;REIS, João José Reis;João José Reis;J. J. REIS1993REIS, J. J.. A Greve Negra de 1857. REVISTA USP, v. 18, p. 6-29, 1993.

33.
REIS, J. J.;Reis, João José Reis;REIS, João José Reis;João José Reis;J. J. REIS1992REIS, J. J.. Recôncavo rebelde: revoltas escravas nos engenhos baianos. AFRO-ASIA, v. 15, p. 100-126, 1992.

34.
REIS, J. J.;Reis, João José Reis;REIS, João José Reis;João José Reis;J. J. REIS1992REIS, J. J.. Differences et Résistances au Brésil de l'esclavage. CAHIERS D'ETUDES AFRICAINS, v. 125, n.32, p. 15-34, 1992.

35.
REIS, J. J.;Reis, João José Reis;REIS, João José Reis;João José Reis;J. J. REIS1992REIS, J. J.. 'Death to the Cemetery': Funerary Reform and Rebellion in Bahia, Brazil, 1836. HISTORY WORKSHOP, Londres, v. 34, p. 33-46, 1992.

36.
REIS, J. J.;Reis, João José Reis;REIS, João José Reis;João José Reis;J. J. REIS1991REIS, J. J.. Fontes para a história da morte na Bahia do século XIX. CADERNOS DO CRH, Salvador, v. 15, p. 111-122, 1991.

37.
REIS, J. J.;Reis, João José Reis;REIS, João José Reis;João José Reis;J. J. REIS1991REIS, J. J.. Ethnic Difference and Slave Resistance: Black Brotherhoods in 19th-Century Afro-American Studies. WORKING PAPER, v. 5, p. 1-25, 1991.

38.
REIS, J. J.;Reis, João José Reis;REIS, João José Reis;João José Reis;J. J. REIS1991REIS, J. J.. Resenha de Decifra-me ou devoro-te: história da vida dos meninos de rua de Salvador, de Yara Dulce B. Ataíde. Revista Brasileira de História, São Paulo, v. 24, p. 197-198, 1991.

39.
REIS, J. J.;Reis, João José Reis;REIS, João José Reis;João José Reis;J. J. REIS1990REIS, J. J.. Os Estados Unidos na disputa pelo mercado brasileiro nos primeiros anos da República. CLIO, Recife, v. 1, n.13, p. 7-46, 1990.

40.
REIS, J. J.;Reis, João José Reis;REIS, João José Reis;João José Reis;J. J. REIS1989REIS, J. J.; FARIAS, P. F. de Moraes . Islam and Slave Resistance in Bahia, Brazil. ISLAM ET SOCIETE AU SUD DU SAHARA (PARIS)., Paris, v. 3, n.3, p. 41-66, 1989.

41.
REIS, J. J.;Reis, João José Reis;REIS, João José Reis;João José Reis;J. J. REIS1989REIS, J. J.. Abolicionismo e resistência escrava. Revista da Bahia, Bahia, v. 14, p. 12-20, 1989.

42.
REIS, J. J.;Reis, João José Reis;REIS, João José Reis;João José Reis;J. J. REIS1988REIS, J. J.. Slave Resistance In Brazil: Bahia, 1807-1835. LUSO-BRAZILIAN REVIEW (EUA)., Estados Unidos, v. 25, n.1, p. 111-144, 1988.

43.
REIS, J. J.;Reis, João José Reis;REIS, João José Reis;João José Reis;J. J. REIS1988REIS, J. J.. Magia Jeje na Bahia: a invasao do Calundu do Pasto da Cachoeira, 1785. REVISTA BRASILEIRA DE HISTORIA (ANPUH)., São Paulo, v. 16, p. 57-82, 1988.

44.
REIS, J. J.;Reis, João José Reis;REIS, João José Reis;João José Reis;J. J. REIS1987REIS, J. J.. Notas sobre a escravidao na África pré-colonial. ESTUDOS AFRO-ASIATICOS (CEAA/RJ) ., Rio de Janeiro, v. 14, p. 5-21, 1987.

45.
REIS, J. J.;Reis, João José Reis;REIS, João José Reis;João José Reis;J. J. REIS1987REIS, J. J.. O jogo duro do Dois de Julho: o partido negro na Independência da Bahia. Estudos Afro-Asiáticos, Rio de Janeiro, v. 13, p. 47-60, 1987.

46.
REIS, J. J.;Reis, João José Reis;REIS, João José Reis;João José Reis;J. J. REIS1987REIS, J. J.. O levante dos malês na Bahia: uma interpretação política. Estudos Econômicos. Instituto de Pesquisas Econômicas, São Paulo, v. 17, p. 131-149, 1987.

47.
REIS, J. J.;Reis, João José Reis;REIS, João José Reis;João José Reis;J. J. REIS1986REIS, J. J.. Nas malhas do poder escravista: a invasão do candomblé do Accu na Bahia, 1929. Religião & Sociedade, Rio de Janeiro, v. 13, p. 108-127, 1986.

48.
REIS, J. J.;Reis, João José Reis;REIS, João José Reis;João José Reis;J. J. REIS1986REIS, J. J.; SILVEIRA, Renato da . Violência repressiva e engenho político na Bahia do tempo dos escravos. Comunicações do Instituto de Estudos da Religião, Rio de Janeiro, v. 24, p. 22-31, 1986.

49.
REIS, J. J.;Reis, João José Reis;REIS, João José Reis;João José Reis;J. J. REIS1985REIS, J. J.. O rol dos culpados: notas sobre um documento da rebelião de 1835. Anais do Arquivo Público da Bahia, Bahia, v. 48, p. 243-261, 1985.

50.
REIS, J. J.;Reis, João José Reis;REIS, João José Reis;João José Reis;J. J. REIS1983REIS, J. J.. Poderemos brincar, folgar e cantar: o protesto escravo nas Américas. AFRO-ASIA (UFBA)., Bahia, v. 14, p. 107-122, 1983.

51.
REIS, J. J.;Reis, João José Reis;REIS, João José Reis;João José Reis;J. J. REIS1980REIS, J. J.. Rebelião e população: notas sobre a população escrava na Bahia no século XIX. REVISTA DAS CIENCIAS HUMANAS (UFBA)., Bahia, v. 1, p. 143-154, 1980.

52.
REIS, J. J.;Reis, João José Reis;REIS, João José Reis;João José Reis;J. J. REIS1980REIS, J. J.. Resistência escrava em Ilhéus. Anais do Arquivo Público da Bahia, Bahia, v. 44, p. 284-297, 1980.

53.
REIS, J. J.;Reis, João José Reis;REIS, João José Reis;João José Reis;J. J. REIS1976REIS, J. J.. A elite baiana face aos movimentos sociais: Bahia, 1824-1840. REVISTA DE HISTORIA (USP)., São Paulo, p. 341-384, 1976.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
REIS, João José Reis; SILVA JR, C. (Org.) . Atlântico de dor: faces do tráfico de escravos. 1. ed. Cruz das Almas/Belo Horizonte: EDUFRB/Fino Traço, 2016. v. 1. 744p .

2.
REIS, João José Reis. Divining Slavery and Freedom: The Story of Domingos Sodré, an African Priest in Nineteenth-Century Brazil. 1. ed. New York: Cambridge University Press, 2015. v. 1. 357p .

3.
REIS, J. J.; AZEVEDO, E. (Org.) . Escravidão e suas sombras. 1. ed. Salvador: Edufba, 2012. v. 1. 369p .

4.
João José Reis; GOMES, Flavio dos Santos ; CARVALHO, Marcus . El Alufá Rufino: tráfico, esclavitud y libertad en el Atlántico negro (c. 1822 - c. 1853). 1. ed. Havana: Editorial Casa de las Americas, 2012. v. 1. 363p .

5.
Reis, João José Reis; GOMES, Flavio dos Santos ; CARVALHO, Marcus J M de . O alufá Rufino: tráfico, escravidão e liberdade no Atlântico negro (c. 1823 - c. 1853). 1. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2010. v. 1. 481p .

6.
REIS, J. J.. Domingos Sodré, um sacerdote africano: escravidão, liberdade e candomblé na Bahia do século XIX. 1. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2008. v. 1. 465p .

7.
REIS, J. J.. Death is a Festival: Funeral Rites and Rebellion in Nineteenth-Century Brazil. 1. ed. Estados Unidos: North Carolina University Press, 2003. v. 1. 386p .

8.
REIS, J. J.. Rebelião Escrava no Brasil: A História do Levante dos Malês em 1835 (Edição revista e ampliada). 2a. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2003. v. 1. 665p .

9.
REIS, J. J.; GOMES, F. (Org.) . Liberdade por um Fio: História dos Quilombos no Brasil. 1. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 1996. 509p .

10.
REIS, J. J.. Slave Rebellion in Brazil: The Muslim Uprising of 1835 in Bahia. 1. ed. BALTIMORE: Johns Hopkins University Press, 1993. 281p .

11.
REIS, J. J.. A Morte é uma festa: ritos fúnebres e revolta popular no Brasil do século XIX. 1. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 1991. 356p .

12.
REIS, J. J.; SILVA, E. . Negociação e conflito: resistência negra no Brasil escravista. 1. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 1989. v. 1. 151p .

13.
REIS, J. J.; ORG., J. J. R. (Org.) . Escravidão e invenção da liberdade. Brasiliense: São Paulo, 1988. 323p .

14.
REIS, J. J.. Rebelião escrava no Brasil: a historia do levante dos malês (1835). 1. ed. São Paulo: Brasiliense, 1986. 296p .

Capítulos de livros publicados
1.
REIS, João José Reis. Slavery in Nineteenth-Century Brazil. In: David Eltis; Stanley Engerman; Seymour Drescher; David Davidson. (Org.). The Cambridge World History of Slavery, vol. 4: AD 1804-AD 2016. 1ed.Cambridge, UK; Nova York: Cambridge University Press, 2017, v. 4, p. 129-154.

2.
REIS, João José Reis; KRAAY, H. . O tirano está morto: a revolta dos Periquitos na Bahia (1824). In: Maria das Graças Leal; Avanete Pereira de Sousa. (Org.). Capítulos de história da Bahia: independência. 1ed.Salvador: EDUNEB, 2017, v. 1, p. 313-358.

3.
Reis, João José Reis. Entre parentes: nações africanas na cidade da Bahia, século XIX. In: Evergton Sales Souza; Guida Marques; Hugo R. Silva. (Org.). Salvador da Bahia: retratos de uma cidade atlântica. 1ed.Salvador e Lisboa: EDUFBA e CHAM, 2016, v. 1, p. 285-324.

4.
Reis, João José Reis; SILVA JR, C. . Decompondo o tráfico. In: REIS, João; SILVA Jr, Carlos da. (Org.). Atlântico de dor. 1ed.Cruz das Almas/Belo Horizonte: EDUFRB/Fino Traço, 2016, v. 1, p. 15-37.

5.
REIS, João José Reis. Revisitando "Magia Jeje na Bahia". In: Valéria Costa: Flávio Gomes. (Org.). Religiões negras no Brasil. 1ed.Rio de Janeiro: Selo Negro, 2016, v. 1, p. 13-40.

6.
REIS, J. J.; REIS, João José . From Slave to Wealthy African Freedman: The Story of Manoel Joaquim Ricardo. In: Lisa A. Lindsay; John Wood Sweet. (Org.). Black Atlantic Biography. 1ed.Filadelfia: University of Pennsylvania Press, 2014, v. 1, p. 131-145.

7.
REIS, J. J.. African Nations in Nineteenth-Century Salvador, Bahia. In: Jorge Cañizares-Esguerra; Matt D.Childs; James Sidbury. (Org.). The Black Urban Atlantic in the Age of the Slave Trade. 1ed.Filadélfia: University of Pennsylvania Press, 2013, v. 1, p. 63-82.

8.
REIS, J. J.. Slavery in the Brazilian Northeast. In: Marion E. Jackson; Barbara Cervenka, OP. (Org.). Bandits & Heroes, Poets & Saints. 1ed.Detroit: Con/Vida: Popular Arts of the Americas, 2013, v. 1, p. 27-36.

9.
REIS, J. J.. Candomblé para todos. In: Luciano Figueiredo. (Org.). História do Brasil para ocupados. 1ed.Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2013, v. 1, p. 64-72.

10.
REIS, J. J.. Quilombos de um novo tipo. In: Luciano Figueiredo. (Org.). História do Brasil para ocupados. 1ed.Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2013, v. 1, p. 318-324.

11.
REIS, J. J.. Cor, classe, ocupação etc: o perfil social (às vezes pessoal) dos rebeldes baianos, 1823-1833. In: João José Reis e Elciene Azevedo. (Org.). Escravidão e suas sombras. 1ed.Salvador: Edufba, 2012, v. 1, p. 279-320.

12.
REIS, J. J.. Domingos Pereira Sodré, un prêtre africain dans la Bahia du XIXe siècle. In: Jean Hébrard. (Org.). Brésil, quatre siècles d'esclavage: nouvelles questions, nouvelles recherches. 1ed.Paris: Karthala, 2012, v. 1, p. 165-216.

13.
Reis, João José Reis. Candomblé and Slave Resistance in Nineteenth-Century Bahia. In: Luis Nicolau Parés; Roger Sansi. (Org.). Sorcery in the Black Atlantic. 1ed.Chicago; Londres: University of Chicago Press, 2011, v. 1, p. 55-74.

14.
Reis, João José Reis; KLEIN, Herbert . Slavery in Brazil. In: José Moya. (Org.). The Oxford Handbook of Latin American History. 1ed.Oxford; Nova York: Oxford University Press, 2011, v. 1, p. 181-211.

15.
SOUZA, Laura de Mello e ; REIS, J. J. . Popular Movements in Colonial Brazil. In: Nicholas Canny; Philip Morgan. (Org.). The Oxford Handbook of the Atlantic World, 1450-1850. 1ed.Oxford: Oxford University Press, 2011, v. 1, p. 550-566.

16.
J. J. REIS. Quem manda em Salvador? Governo local e conflito social na greve de 1857 e no protesto de 1858 na Bahia. In: Monica Dantas. (Org.). Revoltas, motins, revoluções: homens livres pobres e libertos no Brasil do século XIX. 1ed.São Paulo: Alameda, 2011, v. 1, p. 429-448.

17.
J. J. REIS. Sobre Negros, Estrangeiros. In: C. Lépine; Lilia Scwarcz; A. Hofbauer. (Org.). Manuela Carneiro da Cunha: o lugar da cultura e o papel da antropologia. Rio de Janeiro: Beco do Azougue, 2011, v. 1, p. 243-254.

18.
J. J. REIS. Toyin Falola: A Personal View. In: Niyi Afolabi. (Org.). Toyin Falola: The Man, the Mask, The Muse. 1ed.Durham: Carolina Academic Press, 2010, v. 1, p. 123-126.

19.
REIS, J. J.. Resistência e controle dos escravos na Bahia: a conspiração haussá de 1807. In: João Fragoso e Maria de Fátima Gouvêa. (Org.). Na trama das redes: política e negócios no império português, século XVI-XVIII. 1ed.Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2010, v. 1, p. 549-599.

20.
João José Reis. Slave Rebellion in Brazil: The Muslim Uprising in Bahia. In: Laurent Dubois; Julius S. Scott. (Org.). Origins of the Black Atlantic. 1ed.Nova York: Routledge, 2010, v. 1, p. 214-235.

21.
Reis, João José Reis; GOMES, F. . Repercussions of the Haitian Revolution in Brazil, c. 1791-c.1850. In: David Geggus; Norman Fiering. (Org.). The World of the Haitian Revolution. 1ed.Bloomington: Indiana University Press, 2009, v. 1, p. 284-313.

22.
Reis, João José Reis. Domingos Pereira Sodré, A Nagô Priest in Nineteenth-Century Bahia. In: FALOLA, Toyin; CHILDS, Matt. (Org.). The Changing Worlds of Atlantic Africa: Essays in Honor of Robin Law. 1ed.Durham: Carolina Academic Press, 2009, v. 1, p. 387-407.

23.
Reis, João José Reis; GOMES, Flavio dos Santos ; CARVALHO, Marcus . Rufino José Maria (1820s-1850s): A Muslim in the Nineteenth-Century Brazilian Slave Trade Circuit. In: Beatriz Mamigonian; Karen Racine. (Org.). The Human Tradition in the Black Atlantic, 1500-2000. 1ed.Laham, Maryland: Rowman & Littlefield, 2009, v. , p. 65-75.

24.
Reis, João José Reis. Bahia de todas as Áfricas. Raízes africanas. 1ed.Rio de Janeiro: Sabin, 2009, v. 1, p. 39-49.

25.
Reis, João José Reis. The Bahian Background of the African Returnees. In: Kwesi Kwaa Prah. (Org.). Back to Africa: Afro-Brazilian Returnees and their Communities. 1ed.Cape Town: Center for Advanced Studies of African Societies (CASAS), 2009, v. 1, p. 33-58.

26.
João José Reis. Ameaça negra!. In: Luciano Figueiredo. (Org.). A era da escravidão. 1ed.Rio de Janeiro: Sabin, 2009, v. , p. 20-28.

27.
Reis, João José Reis. 'We're Out There Taking Care of Freedom': Slave Resistance in Nineteenth-Century Brazil. In: Mabel Morafia; Carlos A. Jauregui. (Org.). Revisiting the Colonial Question in Latin America. 1ed.Madrid/Frankfurt: Iberoamericana/Vervuert, 2008, v. 1, p. 95-112.

28.
REIS, J. J.. Levante dos malês em Salvador - 25 de janeiro de 1835 (verbete). In: Circe Bittencourt. (Org.). Dicionário de datas da história do Brasil. 1ed.São Paulo: Contexto, 2007, v. 1, p. 37-40.

29.
REIS, J. J.; GOMES, Flavio dos Santos . Roceiros, camponeses e garimpeiros quilombolas na escravidão e na liberdade. In: Heloisa Starling; Henrique E. Rodrigues; Marcela Telles. (Org.). Utopias agrárias. 1ed.Belo Horizonte: Editora da Universidade Federal de Minas Gerais, 2007, v. 1, p. 206-241.

30.
REIS, J. J.. Sacerdotes, devotos e clientes no Candomblé da Bahia oitocentista. In: Artur Cesar Isaia. (Org.). Orixás e Espíritos: o debate interdisciplinar na pesquisa contemporânea. 1ed.Uberlândia: Editora da Universidade Federal de Uberlândia, 2006, v. 1, p. 57-94.

31.
REIS, J. J.. Cemiterada: reforma funerária e rebelião em Salvador, 1836. In: Lígia Bellini; Evergton Sales Souza; Gabriela dos Reis Sampaio. (Org.). Formas de crer. Ensaios de história religiosa do mundo luso-afro-brasileiro, séculos XIV - XXI. 1ed.Salvador: EDUFBA/Corrupio, 2006, v. , p. 227-248.

32.
REIS, J. J.. Batuque: African Drumming and Dance between Repression and Concession: Bahia, 1808-1855. In: Michael Gomez. (Org.). Diasporic Africa: A Reader. 1ed.New York: New York University Press, 2006, v. 1, p. 45-63.

33.
REIS, J. J.. Street Labor in Bahia on the Eve of the Abolition of Slavery. In: José Curto e Renée Soulodre La France. (Org.). Africa and the Americas: Interconnections During the Slave Trade. 1ed.Trenton, New Jersey: Africa World Press, 2005, v. 1, p. 141-172.

34.
REIS, J. J.. Muerte al Cementerio': Reforma Funeraria y Rebellión en Salvador, Brasil, 1836. In: Silvia Arrom; Servando Ortoll. (Org.). Revueltas en las Ciudades: Políticas Populares en América Latina. 1ed.México, DF: Universidad Autónoma Metropolitana/El Colegio de Sonora, 2004, v. 1, p. 117-138.

35.
REIS, J. J.; MAMIGONIAN, Beatriz . Nagô and Mina: The Yoruba Diaspora in Brazil. In: Toyin Falola; Matt Childs. (Org.). The Yoruba Diaspora in the Atlantic World. 1ed.Bloomington and Indianopolis: Indiana University Press, 2004, v. 1, p. 77-110.

36.
REIS, J. J.. Ethnic Politics Among Africans in Nineteenth-Century Bahia. In: Paul Lovejoy; David Trotman. (Org.). Trans-Atlantic Dimensions of Ethnicity in the African Diaspora. 1ed.Londres: Continuum, 2003, v. 1, p. 240-264.

37.
REIS, J. J.. A Conspiração Haussá de 1807 na Bahia. In: Luiz Sávio de Almeida. (Org.). O Negro no Brasil: Estudos em Homenagem a Clóvia Moura. 1ed.Maceió: Editora da Universidade Federal de Alagoas (EDFAL), 2003, v. 1, p. 75-112.

38.
REIS, J. J.. Tambores e Tremores: A Festa Negra na Bahia na Primeira Metade do Século XIX. In: Maria Clementina Pereira Cunha. (Org.). Carnavais e Outras F(r)estas. Ensaios de História Social da Cultura. 1ed.São Paulo: UNICAMP/CECULT, 2002, v. 1, p. 101-155.

39.
REIS, J. J.. Conversa com Historiadores: João José Reis. In: José Geraldo Vinci de Moraes; José Márcio Rego. (Org.). Conversas com Historiadores Brasileiros. 1ed.São Paulo: Editora 34, 2002, v. 1, p. 311-334.

40.
REIS, J. J.. Dona Flor e seus dois maridos: viagem a um mundo que muda. In: Mariza Carvalho Soares; Jorge Ferreira. (Org.). Filmes que a história não pode perder. 1ed.Rio de Janeiro: Record, 2001, v. , p. 17-30.

41.
REIS, J. J.. Batuques Negros: Repressão e Permissão na Bahia oitocentista. In: Istvan Iancsó; Iris Kantor. (Org.). Festa: Cultura e Sociabilidade na América Portuguesa. 1ed.São Paulo: HUCITEC; EDUSP, 2001, v. 1, p. 339-358.

42.
REIS, J. J.. Quilombos and Rebellions in Brazil. In: Sheila Walker. (Org.). African Roots/American Cultures: Africa in the Creation of the Americas. 1ed.Baltimore: Rowman & Littlefield, 2001, v. , p. 301-313.

43.
REIS, J. J.. Candomblé in Nineteenth-Century Bahia: Priests, Followers, Clients. In: Kristin Mann; Edna Bay. (Org.). Rethinking the African Diaspora: The Making of a Black Atlantic World in the Bight of Benin and Brazil. 1ed.Londres: Frank Cass, 2001, v. 1, p. 116-134.

44.
REIS, J. J.. A presença negra: conflitos e encontros. In: Ronaldo Vainfas. (Org.). Brasil 500 Anos de Povoamento. 1ed.Rio de Janeiro: IBGE, 2000, v. , p. 79-100.

45.
REIS, J. J.. 'Nos achamos em campo a tratar da liberdade': a resistência negra no Brasil oitocentista. In: Carlos Guilherme Mota. (Org.). Viagem incompleta. A experiência brasileira (1500-2000). Formação: histórias. São Paulo: Editora do SENAC, 2000, v. , p. 241-263.

46.
REIS, J. J.. Lembrando a África em 1835. In: Martin Lienhard. (Org.). La Memoria Popular y sus Transformaciones: America Latina y Paises Luso-Africanos(no prelo). 1ed.Zurique: Iberoamericana, 2000, v. , p. 67-78.

47.
REIS, J. J.. Quem manda em Salvador? Poder local e conflito social na greve de 1857 e no motim de 1858. In: Alberto Vieira. (Org.). O Município no Mundo Português. 1ed.Funchal: Centro de Estudos de História do Atlântico, Coleção Municipalismo, 1999, v. , p. 665-676.

48.
REIS, J. J.. Dois de Julho: a independência da Bahia. In: não consta. (Org.). História, natureza e cultura. Parque Metropolitano de Pirajá. Salvador: Editora do Parque, 1998, v. , p. 105-108.

49.
REIS, J. J.. O cotidiano da morte no Brasil oitocentista. In: Luiz Felipe de Alencastro. (Org.). Historia da Vida Privada no Brasil. São Paulo: Companhia das Letras, 1997, v. , p. 95-141.

50.
REIS, J. J.. Escravos e coiteiros no Quilombo do Oitizeiro: Bahia, 1806. In: João José Reis; Flávio Gomes. (Org.). Liberdade por um fio: história dos quilombos no Brasil. 1ed.São Paulo: Companhia das Letras, 1996, v. , p. 332-372.

51.
REIS, J. J.. 'Death to the Cemetery': Funerary Reform and Rebellion in Salvador, Brazil, 1836.. In: Silvia Arrom; Servando Ortoll. (Org.). Riots in the cities: popular politics and the urban poor in Latin America, 1765-1910.. New York, EUA: Scholary Press, 1996, v. , p. 97-113.

52.
REIS, J. J.; GOMES, F. . Introdução: uma história da liberdade. In: João José Reis; Flávio Gomes. (Org.). LIberdade por um fio: história dos quilombos no Brasil. 1ed.São Paulo: Companhia das Letras, 1996, v. , p. 9-25.

53.
REIS, J. J.. O mapa do buraco do tatu. In: João José Reis; Flávio Gomes. (Org.). Liberdade por um fio: história dos quilombos no Brasil. 1ed.São Paulo: Companhia das Letras, 1996, v. , p. 501-505.

54.
REIS, J. J.. Slave Revolts: Brazil (verbete). In: Barbara A. Tanenbaum. (Org.). Encyclopedia of Latin American History and Culture. New York: Charles Scribner's Sons/Macmillan, 1996, v. 5, p. 119-120.

55.
REIS, J. J.. Brazil (verbete). In: John L. Esposito. (Org.). The Oxford Encyclopedia of the Modern Islamic World. 1ed.New York: Oxford University Press, 1995, v. 1, p. 231-232.

56.
REIS, J. J.. Resistances Esclaves de La Virginie a Bahia. In: Anne Remiche-Martynow; Graciela Schneier-Madanes. (Org.). NOTRE AMERIQUE METISSE. 1ed.PARIS: LA DECOUVERTE, 1992, v. , p. 133-140.

57.
REIS, J. J.. Introdução. In: João José Reis. (Org.). Escravidão e invenção da liberdade: estudos sobre o negro no Brasil. São Paulo: Brasiliense, 1988, v. , p. 9-14.

58.
REIS, J. J.. Um balanço dos estudos sobre as revoltas escravas baianas. In: João José Reis. (Org.). Escravidão e invenção da liberdade. 1ed.Brasiliense: São Paulo, 1988, v. , p. 87-140.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
REIS, João José Reis. Quilombos e resistência. Visão História, Lisboa, , v. 49, p. 52 - 55, 01 out. 2018.

2.
REIS, J. J.; IZIQUE, Claudia . Sombras do passado (Entrevista a Claudia Izique). Bahiaciência, São Paulo, p. 44 - 49, 30 maio 2014.

3.
REIS, J. J.. Escravos não foram vítimas passivas (entrevista). Terra Magazine, 03 dez. 2010.

4.
REIS, J. J.. "A escravidão tem profundas contradições" (entrevista). A Tarde Caderno 2+, Salvador, p. 4 - 5, 20 nov. 2010.

5.
AMARAL, Sharyse ; REIS, J. J. . O pai das adivinhações. Revista de História da Biblioteca Nacional, Rio de Janeiro, p. 26 - 27, 01 maio 2010.

6.
REIS, J. J.. "O candomblé virou moeda forte no jogo político-eleitoral" (entrevista). A Tarde (Caderno Cultural), Salvador, p. 1 - 2, 11 out. 2008.

7.
J. J. REIS; A. PINHEIRO . Domingos Sodré, o patrono da contradição (entrevista). Brasileiros, São Paulo, p. 48 - 50, 01 out. 2008.

8.
REIS, J. J.. Bahia do feiticeiro (entrevista). Folha de São Paulo (Ilustrada), São Paulo, 13 set. 2008.

9.
REIS, J. J.. Carne sem osso, farinha sem caroço. Revista de História da Biblioteca Nacional, Rio de Janeiro, p. 34 - 38, 01 ago. 2008.

10.
REIS, J. J.. Realeza portuguesa e escravidão negra. Irohin, Brasília, p. 20 - 20, 10 abr. 2008.

11.
REIS, J. J.; CAULFIELD, Sueann . In Conversation with...João José Reis (entrevista). Perspectives on History. The Magazine of the American Historical Association, Estados Unidos, p. 18 - 20, 02 jan. 2008.

12.
REIS, J. J.. A ameaça negra. Revista de História da Biblioteca Nacional, Rio de janeiro, p. 18 - 23, 01 dez. 2007.

13.
REIS, J. J.. O lugar onde a sociedade se vê (entrevista). A TArde, Salvador, BA, , v. 1, p. 13 - 13, 26 mar. 2006.

14.
REIS, J. J.. Bahia de todas as Áfricas. Revista de História da Biblioteca Nacional, Rio de Janeiro, , v. 6, p. 24 - 30, 05 dez. 2005.

15.
REIS, J. J.. Os guerreiros negros de Alá (entrevista). Nossa História, Rio de Janeiro, , v. 9, p. 52 - 55, 15 jul. 2004.

16.
REIS, J. J.. O escravo-coisa (Resenha de Capitalismo e Escravidão no Brasil Meridional, de F. H. Cardoso). Folha de São Paulo (Jornal de Resenhas), São Paulo, SP, , v. 99, p. 1 - 2, 13 set. 2003.

17.
REIS, J. J.. O dia em que os negros tentaram dominar a Bahia (entrevista). Correio da Bahia, Caderno Folha da Bahia, Salvador, , v. 7669, p. 1 - 1, 11 set. 2003.

18.
REIS, J. J.. Escravos com vida secreta perigosa (entrevista). O Globo (Caderno Prosa & Verso), p. 3 - 3, 16 ago. 2003.

19.
Reis, João José Reis. O sonho da Bahia muçulmana. Revista de História da Biblioteca Nacional, Rio de Janeiro, p. 30 - 35, 01 mar. 2003.

20.
REIS, J. J.. Insurreição no Atlântico Negro (resenha de A Queda do Escravismo Colonial, de Robin Blackburn). Folha de São Paulo. Jornal de Resenhas, São Paulo, , v. 93, p. 3 - 3, 08 fev. 2003.

21.
REIS, J. J.. O fogo africano (resenha de "Na Senzala uma Flor", de Robert Slenes). Jornal de Resenha (Folha de São Paulo), São Paulo, 10 jun. 2000.

22.
REIS, J. J.. Não Creio em Solução (entrevista). Folha de São Paulo, São Paulo, p. 6 - 6, 24 abr. 2000.

23.
REIS, J. J.. A presença negra nos 450 anos. A Tarde. Caderno Especial Salvador 450 anos, Salvador, p. 16 - 16, 29 mar. 1999.

24.
REIS, J. J.. Verger historiador. Folha de São Paulo/Caderno Mais, São Paulo, p. 6 - 6, 18 fev. 1996.

25.
REIS, J. J.. Estudo disseca a Bahia antiga, resenha de Bahia século XIX: uma província no Império, de Katia Mattoso. Folha de São Paulo, São Paulo, 03 abr. 1992.

26.
REIS, J. J.. A morte vista como ritual barroco. O Estado de São Paulo, São Paulo, p. 2 - 2, 02 nov. 1991.

27.
REIS, J. J.. Ritos fúnebres desenham perfil do Brasil imperial. Folha de São Paulo, São Paulo, p. 6 - 6, 02 nov. 1991.

28.
REIS, J. J.. A revolta de Demerara (resenha de "Coroas de Glória, Lágrimas de Sangue", de Emília Viotti da Costa). Folha de São Paulo/Jornal de Resenhas, São Paulo, 08 ago. 1988.

29.
REIS, J. J.. Modelo familiar africano resiste à escravidão, resenha de Família e Sociedade na Bahia do século XIX, de Kátia Mattoso. Folha de São Paulo, São Paulo, 09 jul. 1988.

30.
REIS, J. J.. O candomblé e o poder. Negro (Suplemento do Diário Oficial da Bahia), Salvador, 27 nov. 1987.

31.
REIS, J. J.. A revolta da Bahia 150 anos depois, resenha de A Sabinada de Paulo César de Souza. Correio da Bahia, Salvador, 12 set. 1987.

32.
REIS, J. J.. A história do Candomblé. Tribuna da Bahia, Salvador, 12 set. 1987.

33.
REIS, J. J.. O negro na independência da Bahia. Nêgo: Jornal do Movimento Negro Unificado, Salvador, p. 8 - 8.

34.
REIS, J. J.. Aprender a raça. Veja 25 anos: reflexões para o futuro, São Paulo, p. 189 - 195.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
REIS, J. J.. Domingos Pereira Sodré: um sacerdote nagô na Bahia oitocentista. In: Latin American Studies Association - LASA XXVI International Congress, 2006, San Juan (Porto Rico). LASA 2006: Decentering Latin American Studies. San Juan: LASA, 2006. p. 1-49.

Apresentações de Trabalho
1.
Reis, João José Reis. Trabalho africano na Bahia urbana. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
REIS, João José Reis. Protagonismo escravo da negociação ao conflito. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
REIS, João José Reis. Divining Slavery and Other Deseases in Nineteenth-Century Bahia. 2018. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

4.
REIS, João José Reis. A revolta haussá de 1809 na Bahia. 2018. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

5.
REIS, João José Reis; FERREIRA, R. ; MOYA, J. . Africans in Brazil. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
REIS, João José Reis. Alufá Rufino, A Man of Faith and Magic. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
REIS, João José Reis. The Role of Muslims in the Nineteenth-Century Slave Revolts in Bahia, Brazil. 2018. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

8.
REIS, João José Reis. Alufá Rufino, A Man of Faith and Sorcery on the Periphery of Islam in 19th-Century Brazil. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
REIS, João José Reis. Trabalho africano em Salvador no século XIX: uma história visual. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
Reis, João José Reis. Revolta dos Malês Revisitada. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
REIS, João José Reis. A morte é uma festa, 25 anos depois. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
REIS, João José Reis. As revoltas escravas baianas: perspectivas interpretativas. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
REIS, João José Reis. A morte é uma festa, 25 anos depois. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

14.
REIS, João José Reis; FILGUEIRAS, V. . A escravidão histórica. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
REIS, J. J.. Ganhadores: trabalho africano na Bahia oitocentista. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

16.
Reis, João José Reis. Historiografia da escravidão na Bahia. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

17.
REIS, João José Reis. Os Ricardo: uma família africana na Bahia oitocentista. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

18.
REIS, João José Reis. A Peculiar Institution: Slaves Who Owned Slaves in Bahia, Brazil. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

19.
REIS, João José Reis. A identidade étnica nas revoltas escravas da Bahia. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

20.
REIS, João José Reis. A Revolta dos Malês 180 anos depois. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

21.
REIS, João José ; REIS, João José Reis . Documentos das revoltas escravas. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

22.
REIS, J. J.. Alberto da Costa e Silva, Historiador. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

23.
J. J. REIS. Slavery in Nineteenth Century Brazil. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

24.
J. J. REIS. Divining Slavery and Freedom in 19th-Century Bahia. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

25.
J. J. REIS. Slaves who Owned Slaves in 19th-Century Brazil. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

26.
J. J. REIS. Slaves who Owned Slaves in 19th-Century Brazil. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

27.
J. J. REIS. As Revoltas Escravas na Bahia: tráfico, governo e religião. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

28.
REIS, J. J.. Africans in Brazil. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

29.
REIS, J. J.. From Slave to Freedman: The Story of Manoel Ricardo. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

30.
REIS, J. J.. Slaves of Slaves in Bahia, Brazil. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

31.
REIS, J. J.. Ethnic Identity and the Malê Revolt in Bahia, 1835. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

32.
REIS, J. J.. Slave Rebellion in Brazil. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

33.
REIS, J. J.. O alufá Rufino: tráfico, escravidão e liberdade no Atlântico negro (c. 1823 - c. 1853). 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

34.
Reis, João José Reis. A resistência escrava no Recôncavo da Bahia, 1800-1850. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

35.
Reis, João José Reis. Slavery from the Bottom Up in the Historiography of Brazil. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

36.
Reis, João José Reis. From Slave to (Rich) Freedman: The Story of Manoel Joaquim Ricardo. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

37.
Reis, João José Reis; GOMES, F. . O alufá Rufino. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

38.
Reis, João José Reis. Controle do batuque africano na Bahia oitocentista: Oitavo Conde dos Arcos X Sexto Conde da Ponte. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Outras produções bibliográficas
1.
REIS, João José Reis. Prefácio. São Paulo, 2017. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

2.
REIS, João José Reis. Prefácio. São Paulo, 2016. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

3.
REIS, J. J.. Prefacio. Santiago de Cuba, 2014. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

4.
Reis, João José Reis. Apresentação (orelha). São Paulo, 2011. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

5.
J. J. REIS. Apresentação. Rio de Janeiro, 2011. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

6.
Reis, João José Reis. Apresentação (orelha). São Paulo, 2010. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

7.
REIS, J. J.. Prefácio. Salvador, 2008. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

8.
REIS, J. J.. Raça, política e história na tenda de Jorge. São Paulo, 2008. (Prefácio, Pósfacio/Posfácio)>.

9.
ALBUQUERQUE, W. R. DE ; FRAGA FILHO, Walter ; REIS, J. J. . Uma História do Negro no Brasil (coordenador). Salvador e Brasília: Centro de Estudos Afro-Orientais da UFBA/Fundação Cultural Palmares, 2006 (Editor (Coordenador e consultor)).

10.
REIS, J. J.. Prefácio. Rio de Janeiro, 2006. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

11.
REIS, J. J.; SILVEIRA, Renato da ; ZAMPARONI, Valdemir . Revista Afro-Ásia nº 31 [Editor]. Salvador: CEAO/UFBA, 2004 (Editor).

12.
REIS, J. J.. Escritos multilingues em caracteres árabes: novas fontes de Trinidad e Brasi lno século XIX. in Afro-Ásia nº 31. Salvador: CEAO/UFBA, 2004. (Tradução/Artigo).

13.
REIS, J. J.; SILVEIRA, Renato da ; ZAMPARONI, Valdemir . Revista Afro-Ásia no 29/30 (Editor). Salvador: CEAO/UFBA, 2003 (Editor).

14.
REIS, J. J.. Prefácio. Salvador, 2003. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

15.
REIS, J. J.. Apresentação (orelha). Rio de Janeiro, 2003. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

16.
REIS, J. J.. Afro-Centrismo: entre uma contra-narrativa histórica universalista e o relativismo cultural. In Afro-Ásia nº 29/30, pp. 317-344.. Salvador: CEAO/UFBA, 2003. (Tradução/Artigo).

17.
REIS, J. J.; ZAMPARONI, Valdemir ; SILVEIRA, Renato da . Revista Afro-Ásia no. 27 (Editor). Salvador: Centro de Estudos Afro-Orientais da UFBA, 2002 (Editor).

18.
REIS, J. J.; SILVEIRA, Renato da ; ZAMPARONI, Valdemir . Revista Afro-Ásia no. 28 (Editor). Salvador: Centro de Estudos Afro-Orientais, 2002 (Editor).

19.
REIS, J. J.; SILVEIRA, Renato da ; ZAMPARONI, Valdemir . Revista Afro-Asia, no. 25/26 (Editor). Salvador: Centro de Estudos Afro-Orientais da UFBA, 2001 (Editor).

20.
REIS, J. J.; SILVEIRA, Renato da . Revista Afro-Ásia, no. 23 (Editor). Salvador: Centro de Estudos Afro-Orientais da UFBA, 2000 (Editor).

21.
REIS, J. J.; SILVEIRA, Renato da . Revista Afro-Asia, no. 24 (Editor). Salvador: Centro de Estudos Afro-Orientais da UFBA, 2000 (Editor).

22.
REIS, J. J.; REIS, Isabel Cristina F dos . A participação dos países da Europa e das Américas no tráfico transatlântico de escravos: novas evidências, in Afro-Ásia, nº 24, pp. 9-51. Salvador: Centro de Estudos Afro-Orientais da UFBA, 2000. (Tradução/Artigo).

23.
REIS, J. J.. Apresentação (orelha). São Paulo, 1999. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

24.
REIS, J. J.. Prefácio. Campinas, 1999. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

25.
REIS, J. J.; SILVEIRA, Renato da . Afro-Ásia nº 21/22 (Editor). Salvador: Centro de Estudos Afro-Orientais da UFBA, 1998 (Editor).

26.
REIS, J. J.; SILVEIRA, Renato da . Afro-Ásia nº 19/20 (Editor). Salvador: Centro de Estudos Afro Orientais da UFBA, 1997 (Editor).

27.
REIS, J. J.. Prefácio. Rio de Janeiro, 1997. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

28.
REIS, J. J.; BELLINI, Ligia . Fraternidade ou os Perigos da História Etnográfica. São Paulo: Folha de São Paulo, 1997. (Tradução/Artigo).

29.
REIS, J. J.; GUIMARÃES, Antonio Sergio A . Afro-Ásia nº 17 (Editor). Salvador: EDUFBA/Centro de Estudos Afro-Orientais, 1996 (Editor).

30.
REIS, J. J.; GUIMARÃES, Antonio Sergio A . Afro-Ásia nº 18 (Editor). Salvador: EDUFBA/Centro de Estudos Afro-Orientais, 1996 (Editor).

31.
REIS, J. J.. Prefácio. São Paulo, 1996. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

32.
REIS, J. J.. Apresentação (orelha). Salvador, 1996. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

33.
REIS, J. J.; MOREIRA, Neuracy de Azevedo . O abrigo da farda: o Exército brasileiro e os escravos fugidos, 1800-1888, Afro-Ásia nº 17, pp. 29-56. Salvador: EDUFBA, 1996. (Tradução/Artigo).

34.
REIS, J. J.. Raça, sexo e casamento: crimes sexuais no Rio de Janeiro, 1918-1940. Salvador: Afro-Ásia, 1996. (Tradução/Artigo).

35.
REIS, J. J.. A arte dos povos sem história. Salvador: Afro-Ásia, 1996. (Tradução/Artigo).

36.
REIS, J. J.. Palmares como poderia ter sido. São Paulo: Companhia das Letras, 1996. (Tradução/Artigo).

37.
REIS, J. J.. Os quilombos do ouro na capitania de Goiás. São Paulo: Companhia das Letras, 1996. (Tradução/Artigo).

38.
REIS, J. J.. Cantos e quilombos numa conspiração de escravos haussás. São Paulo: Companhia das Letras, 1996. (Tradução/Artigo).

39.
REIS, J. J.. O quilombo e o sistema escravista em Minas Gerais do século XVIII. São Paulo: Companhia das Letras, 1996. (Tradução/Artigo).

40.
REIS, J. J.. Apresentação (orelha). Rio de Janeiro, 1993. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

41.
REIS, J. J.. Purgando o pecado original: compadrio e batismo de escravos na Bahia no século XVIII. São Paulo: Brasiliense, 1988. (Tradução/Artigo).

42.
REIS, J. J.. Homens montados: homossexualidade e simbolismo da possessão nas religiões afro-brasileiras. São Paulo: Brasiliense, 1988. (Tradução/Artigo).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
SCHILD, G. ; REIS, João José Reis ; DAGGETT, M. ; ERNST, D. R. ; LYU, H. ; TSUCHIYA, K. . Membro do WILLI PAUL ADAMS AWARD COMMITTEE - ORGANIZATION OF AMERICAN HISTORIANS. 2018.

2.
REIS, João José Reis; OXHORN, P. ; MAJLUF, N. ; VARGAS, A. ; VALDES, F. ; GARAMUNO, F. . Membro do Comitê Editorial da Latin American Research Commons - Latin American Studies Association. 2017.

3.
REIS, João José Reis; ASSENSOH, A. ; FALOLA, T. ; SEGOBYE, A. K. . Membro de Corpo editorial da editora Pan-African University Press. 2015.

4.
REIS, João José Reis; SOUZA, E. S. ; BELLINI, Ligia ; SOUZA, Laura de Mello e . Membro da comissão científica da Coleção Atlântica. 2015.

5.
ALENCASTRO, L. F. ; J. J. REIS . Membro do Advisory Board, Dictionary of the Caribbean and Afro-Latin American Biography. 2012.

6.
J. J. REIS. Editor de Resenhas da Revista Afro-ásia. 2012.

7.
Reis, João José Reis; ALBUQUERQUE, Durval ; VAINFAS, Ronaldo ; HORTA, Regina ; MATOS, Maria Izilda . Membro do Comitê Assessor de História do CNPq. 2009.

8.
Reis, João José Reis. Membro do Conselho Científico do Centro de Estudos de História do Atlântico. 2009.

9.
REIS, J. J.. Consultor (Reviewer) de candidaturas à bolsa do Center for Advanced Studies in the Behavioral Sciences, Stanford. 2007.

10.
REIS, J. J.. Membro do grupo de trabalho The New Genetics and the Trans-Atlantic Slave Trade', Universidade de Harvard. 2006.

11.
REIS, J. J.; SCHWARTZ, Lilia Moritz ; GASPARI, Elio ; LEHMANN, Jorge Paulo ; CARDOSO, Ruth ; CASTRO, Claudio de Moura ; FLEISCHER, David ; AGUIAR, Mauro de Salles ; KLABIN, Wolff ; FRAGA, Arminio ; HADDAD, Claudio ; FORMANN, Leona ; III, Oivind Lorentzen . Membro do Advisory Board do Center for Latin American Studies, Harvard University, Brazil Office. 2006.

12.
REIS, J. J.; VAINFAS, Ronaldo ; ALBUQUERQUE, Durval ; MONTENEGRO, Antonio ; CAPELATO, Maria Helena . Membro suplente do Comitê Assessor de História do CNPQ. 2005.

13.
REIS, J. J.; SANTOS, Jocélio Telles dos ; SOUZA, Florentina . Membro do Comitê Científico do Projeto de Elaboração do Livro Didático sobre História e Cultura do Negro (CEAO/Fundação Palmares). 2004.

14.
REIS, J. J.. Membro da Câmara de Assessoramento e Avaliação Técnico-Científica da FAPESB- Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. 2004.

15.
REIS, J. J.; NEVES, M. ; IOKOI, G. . Membro do Comitê Assessor de História do CNPq. 2003.

16.
REIS, J. J.. Membro do Comitê Editorial da coleção Várias Histórias da Editora da UNICAMP. 2003.

17.
REIS, J. J.. Membro do Comitê Assessor de História do CNPQ. 2001.

18.
REIS, J. J.. Membro do Comitê Assessor de História do CNPq. 2000.

19.
REIS, J. J.; FLORENTINO, Manolo ; SILVA, Alberto da Costa e . Membro do International Advisory Board do Harriet Tubman Resource Center on the African Diaspora, York University, Canadá. 2000.

20.
REIS, J. J.. Membro do Comitê Assessor de História do CNPq. 1999.

21.
REIS, J. J.. Membro do Conselho Deliberativo do Centro de Estudos Afro-Orientais da UFBA. 1996.

Trabalhos técnicos
1.
Reis, João José Reis. Parecerista ad hoc para promoção a Full Professor (tenure), Departamento de História, Universidade de Virginia. 2010.

2.
J. J. REIS. Editor de Resenhas da revista AfroÁsia. 2010.

3.
BARRETO, Paula ; BACELAR, Jefferson ; SANTOS, Jocélio Telles dos ; SOUZA, Florentina ; Reis, João José Reis . Projeto de criação do ICEAO - Instituto de Estudos Étnicos e Africanos da UFBA. 2009.

4.
REIS, J. J.. Parecer à edição de livro, North Carolina University Press (EUA). 2007.

5.
REIS, J. J.. Parecerista ad hoc para concessão do título de Distinguished Professorship of History, Univ. de Pittsburgh (EUA). 2007.

6.
REIS, J. J.. Parecerista ad hoc para promoção a Full Professor, University of Idaho, Department of History. 2006.

7.
REIS, J. J.. Membro do Conselho Deliberativo da Editora da UFBA (EDUFBA). 2004.

8.
REIS, J. J.. Parecerista ad hoc para promoção ao nível de Full Professor, Department of Political Sciences, Northwestern University (EUA). 2002.

9.
REIS, J. J.. Parecerista ad hoc para promoção a professor permanente (tenure), Department of African Studies, Rutgers University. 2001.

10.
REIS, J. J.. Parecerista ad hoc para promoção a professor permanente (tenure), Department of Performance Studies, New YorkUniversity. 1999.

11.
REIS, J. J.. Parecerista ad hoc para promoção ao nível de professor permanente (tenure), Department of History, Princeton University. 1998.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
REIS, João José Reis; TORRES, B. . João José Reis, vencedor do Prêmio Machado de Assis, entrevista a Bolívar Torres. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
REIS, João José Reis; PRATES, T. . Escritor João José Reis fala sobre escravidão contemporânea. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
REIS, João José Reis; REZENDE, E. . A História livre. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
REIS, João José Reis; SA, R. . Deveríamos falar menos sobre escravidão e mais sobre racismo. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

5.
REIS, João José Reis. CONECTA - A Escravidão no Brasil e seus reflexos, por João José Reis. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

6.
REIS, João José Reis; FINGERGUT, D. . Frente a Frente. 1997. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
ALBUQUERQUE, W. R. DE ; FRAGA FILHO, Walter ; REIS, J. J. (Coordenação de consultoria) ; REIS, J. J. . Uma história do negro no Brasil. 2006. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Consultor).


Produção artística/cultural
Outras produções artísticas/culturais
1.
REIS, J. J.. Entrevista - revolta dos malês. 2009.

2.
Reis, João José Reis. Entrevista Radio Fapesp. 2009.

Demais trabalhos
1.
REIS, J. J.. A Rebelião dos Malês: Afirmação da Dignidade e da Vida do Povo Negro No Brasil. 1998 (Palestra) .

2.
REIS, J. J.. The Problem Of Slavery And Slave Resistance In Brazil: A Survey. 1998 (Palestra) .

3.
REIS, J. J.. African Religions In Nineteenth-Century Bahia. 1998 (Comunicação) .

4.
REIS, J. J.. Lembrando A África Em 1835. 1998 (Palestra) .

5.
REIS, J. J.. La Résistance Des Esclaves Au Brésil. 1998 (Comunicação) .

6.
REIS, J. J.. O Negro Nos Movimentos Sociais Baianos, 1798-1858. 1998 (Comunicação) .

7.
REIS, J. J.. Quem Manda Em Salvador? Governo Local e Conflito Social Na Greve de 1857 e No Food Riot de 1858. 1998 (Comunicação) .

8.
REIS, J. J.. Rebeldia Negra Na Bahia do Século Xix. 1998 (Palestra) .

9.
REIS, J. J.. Escravidão, Resistência e Conflito. 1998 (Palestra) .

10.
REIS, J. J.. Sociedade, Cultura e Resistência Na Bahia No Século Xix. 1997 (Palestra) .

11.
REIS, J. J.. O Motim da Carne Sem Osso, Farinha Sem Caroço: Bahia, 1858.. 1997 (Palestra) .

12.
REIS, J. J.. A História Cultural da Bahia No Século Xix. 1997 (Ciclo de palestras) .

13.
REIS, J. J.. Slave Resistence In Brazil. 1997 (Palestra) .

14.
REIS, J. J.. New Trends In The Study Of Slave Resistance In Brazil. 1997 (Palestra) .

15.
REIS, J. J.. Slavery In Brazil: A Dialogue With Warren Dean. 1997 (Palestra New York University) .

16.
REIS, J. J.. The 1857 African Strike And Other Events Of African Resistance In Bahia, Brazil.. 1997 (Palestra Harvard University) .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
ALBUQUERQUE, W. R. DE; Reis, João José Reis; DOMINGUES, P. J.. Participação em banca de Lucas Ribeiro Campos. Sociedade Protetora dos Desvalidos: mutualismo, política e identidade social em Salvador (1861-1894). 2018. Dissertação (Mestrado em Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em História da UFBA.

2.
REIS, João José Reis; PARES, L. N.; MARQUES, D. F.. Participação em banca de Vinicius Lins Gesteira. Rituais jurídicos na Costa da Mina (1602-1789). 2015. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Antropologia) - Universidade Federal da Bahia.

3.
Reis, João José Reis; PARES, L. N.; CASTILLO, L. E.. Participação em banca de Elaine Santos Faleiros. Luis Xavier de Jesus, um africano liberto entre o Brasil e a África. 2014. Dissertação (Mestrado em Mestrado) - Programa de Pós Graduação em História da UFBA.

4.
REIS, João José Reis; ALBUQUERQUE, W. R. DE; SILVEIRA, Renato da. Participação em banca de Luisa Gonçalves Saad. "Fumo de negro": a criminalização da maconha no Brasil (c. 1890 - 1032). 2013. Dissertação (Mestrado em Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em História da UFBA.

5.
REIS, J. J.; Sampaio, Gabriela dos Reis; CASTELLUCCI, A. A. S.. Participação em banca de Rafael Davis Portela. Os pescadores na Bahia do século XIX. 2012. Dissertação (Mestrado em Mestrado) - Programa de Pós Graduação em História da UFBA.

6.
REIS, J. J.; Sampaio, Gabriela dos Reis; AMARAL, Sharyse. Participação em banca de Ana Paula Dornelles Schantz. Libertos no Rio Grande de São Pedro: Porto Alegre e Viamão no final do séc. XVIII e início do XIX. 2009. Dissertação (Mestrado em Mestrado) - Programa de Pós Graduação em História da UFBA.

7.
JANCSÓ, Ístvan; Miriam Dolhnikoff; REIS, J. J.. Participação em banca de Juliana Sezerdello Crispim Lopes. Identidades políticas e raciais na Sabinada (1837-1838). 2008. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo.

8.
REIS, J. J.; FRAGA FILHO, Walter; SOARES, Carlos Eugênio Líbano. Participação em banca de Claudia Trindade. A Casa de Prisão com Trabalho da Bahia, 1833-1865. 2007 - Programa de Pós-Graduação em História da UFBA.

9.
REIS, J. J.; FRAGA FILHO, Walter; NEGRO, Antonio Luigi. Participação em banca de Douglas Guimarães Leite. Sabinos e Diversos: Emergências Políticas e Projetos de Poder na Revolta Baiana de 1837. 2006. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em História da UFBA) - Universidade Federal da Bahia.

10.
NEVES, E. F.; SOARES, Carlos Eugênio Líbano; REIS, J. J.. Participação em banca de Katia Novaes Almeida Lorena. Alforrias em Rio de Contas, Bahia, século XIX. 2006. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós Graduação Em História) - Universidade Federal da Bahia.

11.
SILVEIRA, Renato da; PARES, L. N.; REIS, J. J.. Participação em banca de Christianne Vasconcellos. O Circuito Social da Fotografia da Gente Negra, Salvador, 1860-1916. 2006. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós Graduação Em História) - Universidade Federal da Bahia.

12.
REIS, J. J.; ARAS, Lina; JANCSÓ, Ístvan. Participação em banca de Sérgio Armando Diniz Guerra Filho. O Povo e a Guerra: camadas populares nas lutas pela independência do Brasil na Bahia. 2004. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia.

13.
REIS, J. J.; PARAISO, Maria Hilda B; CARVALHO, Marcus. Participação em banca de Lara de Melo dos Santos. Resistência indígena e escrava em Camamu no século XVII. 2004. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em História da UFBA) - Universidade Federal da Bahia.

14.
REIS, J. J.; MATTOS, Wilson; SOARES, Carlos Eugênio Líbano. Participação em banca de Paulo César Oliveira de Jesus. O fim do tráfico na imprensa baiana. 2004. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em História da UFBA) - Universidade Federal da Bahia.

15.
REIS, J. J.. Participação em banca de André Luiz Rosa Ribeiro. Memória e identidade: reformas urbanas e arquitetura cemiterial na região cacaueira do sul baiano (1880-1950). 2003. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em História da UFBA) - Universidade Federal da Bahia.

16.
REIS, J. J.. Participação em banca de Tânia Maria de Jesus Pinto. Os Negros Cristãos Católicos e o Culto aos Santos. 2000. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia.

17.
REIS, J. J.. Participação em banca de Cristiana F. Lyrio Ximenes. Joaquim Pereira Marinho: Perfil de um Contrabandista de Escravos na Bahia, 1827-1880. 1999. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia.

18.
REIS, J. J.. Participação em banca de José Jorge Damasceno. A Cuia e a Bengala: Politicas Públicas e Assistência aos Deficientes Visuais na Bahia, 1940-1990. 1998. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia.

19.
REIS, J. J.; SODRÉ, Jaime. Participação em banca de Iraneidson Santos Costa. A Bahia Já Deu Regua e Compasso. 1997. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia.

20.
REIS, J. J.. Participação em banca de Carlos Zacarias F. de Sena Jr.. Entre a Pobreza e a Propriedade: O Pequeno Proprietário de Escravos. 1997. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia.

21.
REIS, J. J.. Participação em banca de Antônio Risério. Avant Garde na Bahia. 1995 - Universidade Federal da Bahia.

22.
REIS, J. J.; SLENES, Robert. Participação em banca de Flavio dos Santos Gomes. Histórias de Quilombolas. 1993. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Estadual de Campinas.

23.
REIS, J. J.. Participação em banca de Neuza Maria de Oliveira. Damas de Paus. 1986 - Universidade Federal da Bahia.

24.
REIS, J. J.. Participação em banca de Jorge L. B. Nóvoa. Dependência na Bahia. 1979. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Sociais) - Universidade Federal da Bahia.

Teses de doutorado
1.
SANTOS, V. S.; HORTA, J. A. S.; FARIAS, P. F. M.; PAIVA, E. F.; WISSEMBACH, M. C.; GREEEN, T.; REIS, João José Reis. Participação em banca de Thiago Henrique Mota. A grande jihad: história atlântica da islamização da Senegâmbia. 2018. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

2.
Reis, João José Reis; AMARAL, Sharyse; NEVES, E. F.; PIRES, M. F. N.; CASTILLO, L. E.. Participação em banca de Jackson André da Silva Ferreira. Gurgalha: um coronel e seus dependentes no sertão baiano (Morro do Chapéu, século XIX). 2014. Tese (Doutorado em Doutorado) - Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal da Bahia.

3.
CARVALHO, Marcus; REIS, J. J.; SILVA, José Bento Rosa da; SILVA, Wellington B. da; VASCONCELOS, Sergio Sezino D.. Participação em banca de Robson Pedrosa Costa. A Ordem de São Bento e os escravos do santo, Pernambuco, séculos XVIII e XIX. 2013. Tese (Doutorado em Doutorado em História) - Universidade Federal de Pernambuco.

4.
GOMES, Flavio dos Santos; REIS, J. J.; CARVALHO, Marcus; SOARES, Carlos Eugênio Líbano; Antônio Liberac Cardoso Simões Pires. Participação em banca de Valéria Gomes Costa. Trajetórias negra: os libertos da Costa d'África no Recife (1846-1890). 2013. Tese (Doutorado em Doutorado) - Programa de Pós Graduação em História da UFBA.

5.
REIS, J. J.; Sampaio, Gabriela dos Reis; BRETAS, M.; FRAGA FILHO, Walter; CASTELLUCCI, A. A. S.. Participação em banca de Claudia Moraes trindade. Ser preso na Bahia oitocentista. 2012. Tese (Doutorado em Doutorado) - Programa de Pós Graduação em História da UFBA.

6.
REIS, J. J.; Sampaio, Gabriela dos Reis; SLENES, Rolbert; PARES, L. N.; NEVES, E. F.. Participação em banca de Kátia Lorena de Novais Almeida. Escravos e Libertos nas Minas do Rio de Contas - Bahia século XVIII. 2012. Tese (Doutorado em Doutorado) - Programa de Pós Graduação em História da UFBA.

7.
SLENES, Rolbert; REIS, J. J.; LARA, Silvia Hunold; CHALHOUB, S.; GRINBERG, K.. Participação em banca de Ricardo Figueiredo Pirola. A lei de 10 de junho de 1835 - justiça, escravidão e pena de morte. 2012. Tese (Doutorado em Doutorado em História Social Unicamp) - Universidade Estadual de Campinas.

8.
CHALHOUB, S.; GUIMARÃES, Antonio Sergio A; SLENES, Rolbert; REIS, J. J.; ALBUQUERQUE, W. R. DE. Participação em banca de Iacy Maia Mata. Conspirações da "raça de cor": escravidão, liberdade e tensões raciais em Santiago de Cuba (1864-1881). 2012. Tese (Doutorado em Doutorado em História Social Unicamp) - Universidade Estadual de Campinas.

9.
REIS, J. J.; ALBUQUERQUE, W. R. DE; GUIMARÃES, Antonio Sergio A; SANTOS, Jocélio Telles dos. Participação em banca de Luiz Augusto. Perspectivas do pensamento sobre o negro no Pará na primeira metade do século XX. 2011 - Programa de Pós Graduação em História da UFBA.

10.
SOARES, Mariza; MATTOS, Hebe; REIS, J. J.; SOARES, Carlos Eugênio Líbano; GEBARA, Alexsander. Participação em banca de Nielson Rosa Bezerra. Mosaicos da escravidão: identidades africanas e conexões atlânticas do Recôncavo da Guanabara (1780-1840). 2010. Tese (Doutorado em Doutorado em História) - Universidade Federal Fluminense.

11.
REIS, J. J.; GOMES, Flavio dos Santos; SLENES, Rolbert; CHALHOUB, S.; MARSON, I.. Participação em banca de Isabel Cristina Ferreira dos Reis. A família negra no tempo da escravidão: Bahia, 1850-1888. 2007. Tese (Doutorado em Doutorado em História) - Universidade Estadual de Campinas.

12.
REIS, J. J.; WISSEMBACH, Maria Cristina; SILVA, L. G.; FONSECA, R. M.; PENA, E. S.. Participação em banca de Ricardo Tadeu Caires. Caminhos e descaminhos da abolição: escravos, senhores e direitos nas últimas décadas da escravidão (Bahia, 1850-1888). 2007. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em História) - Universidade Federal do Paraná.

13.
GOMES, F.; CARVALHO, Marcus; FRAGA FILHO, Walter; ALBUQUERQUE, W. R. DE; REIS, J. J.. Participação em banca de Sharyse Piroupo do Amaral. Escravidão, liberdade e resistência em Sergipe: Cotinguiba, 1850-1888. 2007. Tese (Doutorado em Programa de Pós Graduação Em História) - Universidade Federal da Bahia.

14.
REIS, J. J.; LARA, Silvia Hunold; SLENES, Rolbert; MATOS, Hebe; WISSEMBACH, Maria Cristina. Participação em banca de Walter Fraga Filho. Encruzilhadas da Liberdade: histórias e trajetórias de escravois e libertos na Bahia, 1870-1910. 2004. Tese (Doutorado em História) - Universidade Estadual de Campinas.

15.
REIS, J. J.; CUNHA, Maria Clementina Pereira da; SLENES, Robert; MATTOS, Hebe; LARA, Silvia Hunold. Participação em banca de Wlamyra Ribeiro de Albuquerque. A Exaltação das Difererenças: racialização, cultura e cidadania negra (Bahia, 1880-1900). 2004. Tese (Doutorado em História) - Universidade Estadual de Campinas.

16.
REIS, J. J.. Participação em banca de Antônio Liberac C. S. Pires. Movimentos da Cultura Afro-Brasileira: A Formação Histórica da Capoeira Contemporânea, 1890-1950. 2001. Tese (Doutorado em História) - Universidade Estadual de Campinas.

17.
REIS, J. J.. Participação em banca de Gabriela dos reis Sampaio. A História do Feiticeiro Juca Rosa: Cultura e Relações Sociais no Rio de janeiro Imperial. 2000. Tese (Doutorado em História) - Universidade Estadual de Campinas.

18.
REIS, J. J.. Participação em banca de Keila Grinberg. O Fiador dos Brasileiros: Cidadania, Escravidão e Direito Civil no Tempo de Antônio Pereira Rebouças. 2000. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal Fluminense.

19.
REIS, J. J.. Participação em banca de Marina de Mello e Souza. Reis Negros no Brasil Escravista: HIstória, Mito e Identidade na Festa de Coroação de Rei Congo. 1999. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal Fluminense.

20.
REIS, J. J.; CHALHOUB, S.; ALENCASTRO, L. F.; SLENES, Robert. Participação em banca de Eduardo Spiller Pena. Pagens da Casa Imperial. 1998. Tese (Doutorado em História) - Universidade Estadual de Campinas.

21.
REIS, J. J.. Participação em banca de Carlos Eugênio Libano Soares. Capoeira Escrava. 1998. Tese (Doutorado em História) - Universidade Estadual de Campinas.

22.
REIS, J. J.. Participação em banca de Gladys Sabino Ribeiro. A Liberdade em Construção: Identidade Nacional e Conflitos Antilusitanos no Primeiro Reinado. 1997. Tese (Doutorado em História) - Universidade Estadual de Campinas.

23.
REIS, J. J.. Participação em banca de Flávio dos Santos Gomes. A Hidra e os Pântanos: Quilombos no Brasil Escravista, Séculos XVI-XIX. 1997. Tese (Doutorado em História) - Universidade Estadual de Campinas.

24.
REIS, J. J.. Participação em banca de Martha Campos Abreu. O Império do Divino. 1996. Tese (Doutorado em História) - Universidade Estadual de Campinas.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Professor titular
1.
João José Reis; VIEIRA FILHO, R. R.; SANTOS, D. F.; LEAL, M. G. A.; MOREIRA, R. N. P.. Banca para Professor Titular, Departamento de História, UFBA. 2014. Universidade Federal da Bahia.

2.
REIS, J. J.; Antonio Montenegro; Modesto Florescano; Lucia Guimarães; AMADO, Janaina. Banca para Professor Titular, Departamento de História da UFMG. 2012. Departamento de História da UFMG.

3.
NOVAIS, Fernando Antonio; SLENES, Rolbert; SOUZA, Laura de Mello e; MATTOS, Hebe; REIS, J. J.. Banca para Professor Titular, Departamento de História da UNICAMP. 2009. Universidade Estadual de Campinas.

4.
CUNHA, Manuela Carneiro da; BRANDÃO, Carlos Rodrigues; PEREIRA, João Pacheco; REIS, J. J.; SLENES, Robert. Banca para Professor Titular, Departamento de Antropologia da UNICAMP. 2009. Universidade Estadual de Campinas.

5.
REIS, J. J.; JANCSÓ, Ístvan; Baiardi, Amilcar; Anastasia, Carla; Oliveira, Daniel. Banca Professor Titular Pleno de História, Universidade Estadual de Feira de Santana. 2007. Universidade Estadual de Feira de Santana.

6.
REIS, J. J.; MAGGIE, Yvonne; MICELI, Sergio; PEREIRA, João Batista Borges; DEBERT, Guita Grin. Banca para Professor Titular, Departamento de Antropologia da USP. 2005. Universidade de São Paulo.

7.
REIS, J. J.; HIRANO, Sedi; HASENBALG, Carlos; PEREIRA, João Batista; SILVA, Nelson Do Valle. Banca para Professor Titular do Departamento de Sociologia da USP. 2004. Universidade de São Paulo.

8.
REIS, J. J.; TRONCA, Í.; GOMES, A. C.; TEODORO, J.; ARNALDOCONTIER. Banca para Professor Titular do Departamento de História da UNICAMP. 2003. Universidade Estadual de Campinas.

Concurso público
1.
REIS, J. J.; Martha Abreu; Claudio Batalha; Iris Kantor; Lucilene Reginaldo. Banca para Professor Doutor, História do Brasil, Departamento de História UNICAMP. 2014. Universidade Estadual de Campinas.

2.
Oswaldo Coggiola; FERREIRA, A. C.; MOTA, C. G.; Margareth Rago; REIS, J. J.. Banca para Professor Doutor, Departamento História USP. 2013. Universidade de São Paulo.

3.
REIS, J. J.; CARVALHO, José Murilo de; AMADO, Janaina; SILVA, Francisco Carlos Teixeira da; WEHLING, Arno. Banca para Professor Adjunto de História do Brasil - UFRJ. 2004. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

4.
REIS, J. J.; REIS, Daniel Aarão; SOARES, Mariza; FLORENTINO, Manolo; MUNANGA, Kabengele. Banca para Professor Adjunto de História da África, UFF. 2004. Universidade Federal Fluminense.

5.
REIS, J. J.. Banca para Professor de História do Brasil da Universidade Estadual de Maringá. 2001. Universidade Estadual de Maringá.

Livre docência
1.
REIS, J. J.; NOVAIS, Fernando Antonio; ALGRANTI, Leila; SOUZA, Laura de Mello e; HANSEN, João Adolfo. Banca para Professor Livre-Docente em História do Brasil Colônia - UNICAMP. 2004. Universidade Estadual de Campinas.

Outras participações
1.
REIS, João José Reis; Robert Verhine; HOISEL, E.; OLIVEIRA, R. L.. Banca Avaliação do Edital de Contratação de Professor-Visitante da UFBA 2017-18. 2018. Universidade Federal da Bahia.

2.
Silvio Torres-Saillant; Gloria Rolando; Reis, João José Reis. Prêmio Casa de Las Americas. 2017. Casa de las Américas.

3.
REIS, J. J.; PRIORE, M.; POLIDORO, M.; SENNA, F.; CAVALCANTE NETO, J. L.; BARREIRO, J. H.. Prêmio Clarival do Prado Valadares. 2015. Fundação Odebrecht.

4.
REIS, João José Reis; FREITAS, A. F. G.; MOURA, M.. Banca de seleção para Doutorado, PPGH da UFBA. 2014.

5.
REIS, J. J.; BELLINI, Ligia; FERREIRA, M.. Banca de seleção para Doutorado no Programa Pós-Graduação História da UFBA. 2003. Universidade Estadual de Campinas.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Seminario Prêmio Casa de Las Americas 2017.La Cuestion Racial en Brasil en la Llave de la Cultura. 2017. (Seminário).

2.
Histórias da Escravidão.A África das revoltas escravas na Bahia. 2016. (Seminário).

3.
Book Seminar at Fordham University.Comments. 2015. (Outra).

4.
Conversando com a sua História (Centro de Memória da FPC).180 Anos da Revolta dos Malês. 2015. (Outra).

5.
Histórias da escravatura, Biblioteca Nacional, Lisboa 23-26 setembro 2015.SObre a história social da escravidão no Brasil. 2015. (Seminário).

6.
I fHist (Braga).Brasileiros e abrasileirados. 2015. (Encontro).

7.
III fHist (Diamantina).Resistência escrava no Brasil: história e historiografia. 2015. (Simpósio).

8.
Palestra: Where Slaves Were Slaveowners (New York University).Where Slaves Were Slaveowners. 2015. (Outra).

9.
Projeto MusEuCurto.Tráfico de escravos e escravidão na Bahia do século XIX. 2015. (Outra).

10.
Spring 2015 Lecture Series and Events (Boston University).African Slave Owners in 19th-Century Bahia, Brazil. 2015. (Outra).

11.
Bahia dans l´Espace Afro-Atlantique (EHESS, Paris).Brésil et Afrique. 2014. (Oficina).

12.
III Encontro de Pesquisa em História (UFMG).Escravidão e mobilidade: escravos senhores de escravos. 2014. (Encontro).

13.
III Semana de História (UNEB).Histórias, sujeitos e trajetórias. 2014. (Simpósio).

14.
II Semana de História (Faculdade AGES).História e historiografia da escravidão. 2014. (Encontro).

15.
II Seminário Internacional Conexões Atlânticas (UFBA).África no Brasil, séculos XVIII e XIX. 2014. (Seminário).

16.
Salvador da Bahia: porto afro-atlântico e cidade de muitas culturas (CHAM, Lisboa).História e historiografia da escravidão. 2014. (Oficina).

17.
VIII Semana de História (UFBA).Revisitando a revolta haussá de 1814. 2014. (Encontro).

18.
Africanos na Bahia e Baianos na África (mesa FPC/Ba).Africanos na Bahia Oitocentista. 2013. (Outra).

19.
Heterodoxies (U. Vanderbilt).Social Mobility among Slaves in Brazil. 2013. (Seminário).

20.
II Colóquio Nacional História Cultural e Sensibilidades (RGN).Escravos de Escravos na Bahia Oitocentista. 2013. (Simpósio).

21.
Interlocuções Brasil - África (USP).Escravos Senhores na Bahia Oitocentista (Conferência de abertura). 2013. (Seminário).

22.
Palestra: Africans in Brazil (Forum on Migrations, Columbia University).Africans in Brazil. 2013. (Outra).

23.
Palestra: From Slave to Freedman: The Story of Manoel Ricardo (USC).From Slave to Freedman: The Story of Manoel Ricardo. 2013. (Outra).

24.
Palestra : Slave Rebellion in Brazil (Columbia University).Slave Rebellion in Brazil. 2013. (Outra).

25.
Palestra : Slave Rebellion in Brazil (U. of South Carolina).Slave Rebellion in Brazil. 2013. (Seminário).

26.
Conversando com a sua história. Palestra "Sobre micro-historia e biografia".Sobre micro-história e biografias. 2012. (Outra).

27.
FLICA - Feira Literária Internacional de Cachoeira.A diáspora e seu avesso. 2012. (Outra).

28.
IV Encontro Nacional de História da UFAL. Palestra "O Islã Africano no Brasilsil.O Islã Africano no Brasil Oitocentista. 2012. (Encontro).

29.
IX Encontro de História ANPUH Pernambuco. Palestra "Islã em O Alufá Rufino".O Alufá Rufino: biografia e escravidão. 2012. (Encontro).

30.
Palestra: "Healing Slavery: An African Priest in Nineteenth-Century Brazil" (U. de Harvard).Palestra: "Healing Slavery: An African Priest in Nineteenth-Century Brazil" (U. de Harvard). 2012. (Outra).

31.
Palestra: "M. J. R.: A Self-Made African Man" (U. Maryland)."M. J. R.: A Self-Made African Man". 2012. (Outra).

32.
Palestra: "The 1807 Hausa Conspiracy in Bahia" (U. de Harvard)."The 1807 Hausa Conspiracy in Bahia" (U. de Harvard). 2012. (Outra).

33.
Blacks in Latin America - Harvard University - WEB Du Bois Center.Brazil. 2011. (Seminário).

34.
II Seminário de Pesquisa da FFCH/UFBA.O fator étnico na revolta de 1835. 2011. (Seminário).

35.
O Alufá Rufino e o Islâ no Atlântico Sul Oitocentista (Univ. de Lisboa).O Alufá Rufino e o Islã no Atlântico Sul Oitocentista. 2011. (Outra).

36.
Os afrodescendentes na América Latina (Centro Am. Latina, Lisboa).Afrodescendentes, história e atualidade. 2011. (Encontro).

37.
Palestra avulsa: Mobilidade social entre africanos forros na Bahia (U. Nova Lisboa).Mobilidade social entre africanos forros. 2011. (Outra).

38.
The Black Atlantic and the Biographical Turn - National Humanities Center.The Politics of Mobility. 2011. (Simpósio).

39.
X Seminario Internacional de Estudios del Caribe - Universidad de Cartagena.La historiografia de la esclavitud en Brasil. 2011. (Seminário).

40.
Zeferina, rainha do Quilombo do Urubu (palestra).Mulheres nas revoltas escravas baianas do seculo XIX. 2011. (Outra).

41.
American Counterpoint: New Approaches to Slavery and Abolition in Brazil (Yale University).The Ethnic Factor in the Malê Revolt in Bahia, 1835. 2010. (Seminário).

42.
I Encontro de História (UFRB).O alufá Rufino. 2010. (Encontro).

43.
I SImpósio Internacional de Estudos sobre a Escravidão Africana no Brasil (UFRN).O Islã nas pegadas de um africano escravizado no Brasil oitocentista. 2010. (Simpósio).

44.
O Oitavo Conde dos Arcos: 200 anos de seu governo (IGHB).A liberação do batuque: o Oitavo Conde dos Arcos X o Sexto Conde da Ponte. 2010. (Seminário).

45.
Palestra avulsa (Vidas extraordinárias: biografias de libertos africanos no Brasil oitocentista) (UFPE).Vidas extraordinárias: biografias de libertos africanos no Brasil oitocentista. 2010. (Outra).

46.
Semana de História 2010 (FFCH/UFBA).Biografias do Atlântico Negro. 2010. (Simpósio).

47.
XII Jornada de Ciências Sociais: A contribuição de Manuela Carneiro da Cunha (Unesp).Negro e Etnicidade. 2010. (Seminário).

48.
Condições ambiguas: lei, escravidão e liberdade no mundo atlântico.Manoel Joaquim Ricardo, um liberto africano na Bahia oitocentista. 2009. (Seminário).

49.
Conversando com a história (Fundação Pedro Calmon).Domingos Sodré, um sacerdote africano. 2009. (Outra).

50.
Diálogos de Resistência.Luiza Mahin e a resistência da mulher negra no Brasil escravista. 2009. (Seminário).

51.
Palestra Avulsa (Batuque negro na Bahia oitocentista) (Facom/UFBA).Batuque negro na Bahia oitocentista. 2009. (Outra).

52.
Palestra avulsa (Domingos Sodré, biografia e sociedade).Domingos Sodré, biografia e sociedade. 2009. (Oficina).

53.
Princeton Study Abroad (Palestra: "The Meaning of the Second of July, Bahia's Independence Day".The Meaning of the Second of July, Bahia's Independence Day. 2009. (Outra).

54.
Urban Black Atlantic Workshop (Univ. of Texas- Austin).Urban Black Atlantic Conference. 2009. (Oficina).

55.
A Bahia e o açúcar: mão-de-obra da África e consumo na Europa.Revoltas escravas no Recôncavo açucareiro, século XIX. 2008. (Simpósio).

56.
American Historical Association 2008 Annual Meeting. The Historiography of Slavery in Brazil. 2008. (Congresso).

57.
Brazilian Returnees in Africa.The Big Wave: Background to the Deportation of Africans in 1835-36. 2008. (Oficina).

58.
Experiências da Escravidão e da Liberdade.Feitiçaria e resistência escrava. 2008. (Oficina).

59.
História, cultura e poder: I Seminário de Pesquisa do Mestrado em História.Escravidão e identidades afro-descendentes. 2008. (Simpósio).

60.
Palestra avulsa.Resistência escrava: uma leitura para a atualidade. 2008. (Oficina).

61.
Culture and the State in Lusophone Black Atlantic (U. Londres/King's College).Candomblé and Slave resistance in Nineteenth-Century Bahia. 2007. (Seminário).

62.
III Encontro Escravidão e Liberdade (UFSC).Candomblé e resistência escrava na Bahia no século XIX. 2007. (Encontro).

63.
IV Festival de Arte Negra (Belo Horizonte).O Islã Negro. 2007. (Outra).

64.
Palestra avulsa (UNISINOS).A questão étnica no levante dos malês. 2007. (Outra).

65.
Quilombos: História e Experiências Negras (Fundação Pedro Calmon).Nova história dos quilombos no Brasil. 2007. (Seminário).

66.
Rethinking Histories of Resistance in Brazil and Mexico (UFBA/Univ. Manchester).Afro-Brazilian Religion: Slave Resistance or Resistance to Slavery?. 2007. (Oficina).

67.
As fontes documentais do Arquivo Público do Estado da Bahia para a história da afro-descendência brasileira (APEBA).O escravo nos documentos do Arquivo Público do Estado da Bahia (palestra, APEBa). 2006. (Simpósio).

68.
Conversando com a sua história.Trabalhadores dos Cantos na Bahia Oitocentista (palestra). 2006. (Seminário).

69.
Latin American History Workshop (University of Chicago).The Haitian Revolution and Brazil, c.1791-c.1850. 2006. (Oficina).

70.
Palestra avulsa (CEAO).Slave revolts in Bahia (palestra, CEAO). 2006. (Outra).

71.
Palestra avulsa (Michigan State University).Domingos Sodré: A Yoruba Priest in Bahia, Brazil, c. 1810s - 1887 (palestra na Michigan State University). 2006. (Outra).

72.
Palestra avulsa (The University of Michigan).Domingos Sodré: A Yoruba Priest in Bahia, Brazil, c. 1810s - 1887 (palestra, University of Michigan/Ann Arbor). 2006. (Outra).

73.
Palestra avulsa (UFPE).A diáspora haussá e a conspiração de 1807 na Bahia (palestra, UFPE). 2006. (Outra).

74.
Palestra avulsa (UFRGS).Biografia, micro-história do tráfico e crioulização: a trajetória do africano Rufino José Maria na África e no Brasil (palestra, PPGH/UFRGS). 2006. (Seminário).

75.
Palestra Avulsa (University of Tulane, EUA).Micro-história no mundo do tráfico: o caso do cozinheiro Rufino José Maria. 2006. (Outra).

76.
Seminários do Center for Latin American Studies.África e Brasil entre Margens: Aventuras e Desventuras do Africano Rufino José Maria (seminário Univcersity of Michigan). 2006. (Seminário).

77.
The Historiography of Slavery and the New Genetics (Harvard University).Participação em grupo de discussão com o tema The Historiography of Slavery and the New Genetics (Harvard University). 2006. (Seminário).

78.
XXVI Congresso da Latin American Studies Association. Domingos Pereira Sodré, um Sacerdote Nagô na Bahia Oitocentista (mesa redonda Decentering the Historiography of Brazilian Slavery, 1720-1888: Old Problems, New Methods and Sources). 2006. (Congresso).

79.
Colloque International: L'expérience coloniale: dynamiques des échanges dans les espaces atlantiques à l'époque de l'esclavage.Heurs et malheurs d'un musulman dans le monde atlantique. 2005. (Simpósio).

80.
Distinguished Speakers Series in Latin American History.The Atlantic Story of Rufino, a Muslim from Oyo, Slave in Brazil (Palestra: Distinguished Speakers Series in Latin American History, U. Texas, Austin, USA). 2005. (Outra).

81.
Historiografia Brasileira: balanço crítico de alguns temas.A Historiografia da escravidão no Brasil (palestra, Academia Brasileira de Letras, RJ). 2005. (Outra).

82.
I Colóquio História da Escravidão e do Tráfico de Escravos nas Américas.Um malê na rota do tráfico: a memorável história de Rufino José Maria (palestra). 2005. (Outra).

83.
Mostra Pan-Africana de Arte Contemporânea.Memória e escravidão (mesa redonda Fundação Cultural da Bahia). 2005. (Seminário).

84.
O Centro Histórico em Debate. A Câmara Municipal e a Greve Negra de 1857 (palestra, Câmara Municipal e Salvador). 2005. (Congresso).

85.
Palestra avulsa.O levante dos malês e a questão étnica (palestra, UFRJ). 2005. (Outra).

86.
Poder Político e Movimentos Sociais.Domingos Sodré, um sacerdote nagô na Bahia noitocentista. 2005. (Simpósio).

87.
Resistência Escrava: 170 Anos da Revolta dos Malês.A Revolta dos Malês: Problemas de Interpretação (palestra, Fundação Clemente Mariani). 2005. (Encontro).

88.
Salvador de todos os toques: mesa-redonda.Diversidade, Desigualdade, Mobilidade e Agitação Política: Salvador no Século XIX (palestra UFBA). 2005. (Outra).

89.
Seminaires d'Histoire des Cultures Écrites.A grande e a pequena resistência escrava: em torno da revolta haussá de 1807 na Bahia (palestra EHESS, Paris). 2005. (Seminário).

90.
Seminaires Mercredi.Para uma história social do candomblé na Bahia no século XIX (palestra EHESS, Paris). 2005. (Seminário).

91.
Special Talks.The Atlantic Story of Rufino, a Muslim from Oyo, Slave in Brazil (palestra Trinity University, USA). 2005. (Outra).

92.
169 ANos da Revolta dos Malês.A África e a Revolta dos Malês na Bahia (palestra, Fundação Clemente Mariani). 2004. (Outra).

93.
170 Anos da Revolta dos Malês.A questão étnica na revolta dos malês (palestra Associação dos Funcionários Públicos da Bahia). 2004. (Outra).

94.
7ª Bienal do Recôncavo.Revoltas escravas no Recôncavo: novas evidências (palestra, Centro Cultural Danneman, Cachoeira, BA). 2004. (Outra).

95.
Conflitos sociais, interétnicos, interregionais e formação de identidades (Seminário PROCAD 2004).Redes africanas no mundo do Recôncavo palestra (mesa redonda, UFBA). 2004. (Seminário).

96.
Curso de História Afro-Brasileira.Escravidão e resistência escrava (palestra TV UFES). 2004. (Outra).

97.
Palestra.La revuelta de los malês (palestra, Universidad de Buenos Aires). 2004. (Oficina).

98.
SBPC: QUARTA REUNIÃO REGIONAL (24 a 27 de abril de 2004). Uma revolta muçulmana na Bahia: o levante dos malês em 1835 (Palestra, SBPC, UFMA). 2004. (Congresso).

99.
SBPC: QUARTO ENCONTRO REGIONAL (23 a 27 de abril de 2004). Rebelião e controle: a conspiração haussá de 1807 na Bahia (Comunicação à Mesa Redonda Resistência Escrava e Controle Social, SBPC, UFMA). 2004. (Congresso).

100.
Seminário de Pesquisa.Resistência e controle de trabalhadores escravizados: Bahia, 1807 (palestra, UFPR). 2004. (Outra).

101.
The Haitian Revolution Viewed 200 Years After. Repercussions of the Haitian Revolution in Brazil (co-autoria Flavio Gomes, John Carter Brown Library, Brown University, USA). 2004. (Congresso).

102.
Visions of Brazil: Overseas Course.Slavery and Slave Resistance in Brazil (palestra, Vassar Colege Overseas Program, Brazil). 2004. (Outra).

103.
168 Anos da Insurreição Malê.Os iorubás e a revolta de 1835 (palestra, Casa de Angola, Bahia). 2003. (Seminário).

104.
Islã na África Ocidental.O Islã na África Ocidental (coordenação e tradução do curso ministrado por Dr. Nikolai Dobronravin, Universidade de São Petersburg, Rússia). 2003. (Outra).

105.
Refletindo a África (11 a 14 de novembro de 2003).Memórias da África na Bahia oitocentista (comunicação, Centro Cultural Banco do Brasil, RJ). 2003. (Seminário).

106.
Seminário: Aspectos do Escravismo no Século XIX: Nordeste e Centro-Sul.Formação do Candomblé na Bahia do século XIX (comunicação, UFPE). 2003. (Seminário).

107.
VI Fábrica de Idéias: Curso Avançado Sobre Relações Raciais e Cultura Negra.Minicurso: Identidade Étnica, Escravidão e Liberdade (4 a 8 de agosto de 2003, Centro de Estudos Afro-Orientais, UFBA). 2003. (Oficina).

108.
Brasil 1822-2002: Alternativas e Desdobramentos na Construção da Nação (12 e 13 de dezembro de 2002).Nações africanas na deconstrução da nação brasileira (palestra, UFPE, Recife). 2002. (Simpósio).

109.
Colóquio Procad (16 a 18 de outubro de 2002).A Conspiração Haussá de 1807 na Bahia (comunicação, UFCE). 2002. (Seminário).

110.
II Semana da Cultura Afro-Brasileira (25 a 29 de novembro de 2002).Escravidão e Resistência Escrava: Uma Revisão (palestra de abertura da II Semana Afro-Brasileira de Sergipe). 2002. (Seminário).

111.
Palestra individual.Ethnic Politics Among Africans in Nineteenth-Century Bahia, Brazil (palestra, University of Vanderbilt). 2002. (Outra).

112.
Palestra Individual.What was it to be an African in 19th-Century Bahia? (palestra, UCLA, USA). 2002. (Outra).

113.
Um Encontro com Pierre Verger (14 de novembro de 2002).Pierre Verger Historiador (comunicação, Fundação Pierre Verger, Bahia). 2002. (Seminário).

114.
Wednesday Evening Seminar.Religion and Ethnicity Among African Slaves in Nineteenth-Century Bahia, Brazil( palestra,Center for Advanced Studies, Stanford). 2002. (Outra).

115.
Workshop on Database Construction and the African Diaspora.African Ethnic Groups in Probate Records: Nineteenth-Century Bahia (comunicação, York University, Canadá).. 2002. (Oficina).

116.
Aguda: Aspects of Afro-Brazilian Heritage in the Bight of Benin. Bahian Background of the Returnees to Africa (comunicação, Université Nationale de Benin). 2001. (Congresso).

117.
Enslaving Connections. Urban Labor on the Eve of Abolition in Bahia (comunicação, York University, Canada). 1999. (Congresso).

118.
História na Bahia: História e Historiografia nas Universidades Baianas.O Negro nos Movimentos Sociais baianos (comunicação, Câmara dos Vereadores de SSA, BA). 1998. (Seminário).

119.
II Encuentro Internacional de Estudios Socio-Religiosos. Religiones negras bajo la esclavitud en Brasil (comunicação, IER, Havana, Cuba). 1998. (Congresso).

120.
III Semana de História da UEFS.Escravidão: Resistência e Conflito (palestra, Universidade de Feira de Santana, BA). 1998. (Seminário).

121.
Jornadas de 1848.Rebeldia negra na Bahia do Século XIX (palestra, UFPE). 1998. (Seminário).

122.
La Memória Popular y Sus Transformaciones.Lembrando a África em 1835 (comunicação, Universidade de Zurique, Suiça). 1998. (Seminário).

123.
Palestra: The Probllem of Slavery and Slave Resistance in Brazil.The Problem of Slavery and Slave Resistance in Brazil: A Survey (palestra, Emory University, EUA). 1998. (Outra).

124.
Résistances: des corps et des voix.La résistance des esclaves au Brésil (comunicação, Municipalité de Marin, Martinique). 1998. (Simpósio).

125.
Rethinking the African Diaspora: The Making of a Black Atlantic World in the Bight of Benin and Brazil.African Religions in 19th-Century Bahia (palestra, Emory University, USA). 1998. (Simpósio).

126.
Seminário Internacional "O Município no Mundo Português.Quem Manda em Salvador? Governo Local e Conflito Social na Greve de 1857 e no motim de 1858 (comunicação, Centro de Estudos de História do Atlântico, Ilha da Madeira, Portugal).. 1998. (Seminário).

127.
Conferência: Slavery in Brazil (A dialogue with Warren Dean).Slavery in Brazil: A Dialogue with Warren Dean (Palestra, New York University). 1997. (Outra).

128.
Latin American Seminars.The Ganhadores revolution: African Resistance in Bahia, 1857 (Palestra, Harvard University). 1997. (Simpósio).

129.
Levantes Populares no NE do Século XIX.O Motim da carne Sem Osso e Farinha Sem Caroço: Bahia, 1858 (palestra, UNICAMP). 1997. (Outra).

130.
Palestra Individual.The 1835 Muslim Rebellion in Bahia (palestra, University of Pittsburg). 1997. (Outra).

131.
Seminarios do CECULT.Movimentos Sociais na Bahia do Século XIX. 1996. (Oficina).

132.
The African Diaspora and the Modern World. Quilombos and Revolts in Brazil (palestra, University of Texas, EUA). 1996. (Congresso).

133.
XX Reunião Brasileira de Antroplogia. História dos Quilombos no Brasil (comunicação, XX Reunião da ABA). 1996. (Congresso).

134.
Semana de História.A Morte na Bahia do Século XIX (palestra UFBA). 1990. (Simpósio).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
João José Reis; SILVA JR, C. ; GREEN, T. . Poder e Dinheiro na Era do Tráfico. 2017. (Congresso).

2.
REIS, J. J.; Sampaio, Gabriela dos Reis . Experiências na Escravidão e na Liberdade. 2008. (Outro).

3.
REIS, J. J.; Sampaio, Gabriela dos Reis . Oficina Pesquisas em Andamento em História Social da Escravidão (convênio CAPES/COFECUB). 2008. (Outro).

4.
REIS, J. J.. Escravidão e Resistência Escrava: Seminários1985 a 1993. 1993. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
ANA APARECIDA GONZAGA DA SILVA. REESCRAVIZAÇÃO EM SALVADOR NO SÉCULO XIX: O CASO DE EMILIANO E MANOEL GRAVE (1831 - 1875). Início: 2018. Dissertação (Mestrado profissional em Mestrado) - Programa de Pós Graduação em História da UFBA. (Orientador).

2.
Kaique Moreira Léo Lopes. As práticas jesuíticas no governo dos escravos do engenho Santana dos Ilhéus, 1657-1759. Início: 2017. Dissertação (Mestrado profissional em Mestrado) - Programa de Pós Graduação em História da UFBA. (Orientador).

3.
Marina Leão. Criadas e criados de servir em Salvador (1871-1893): cidadania, trabalho, gênero e raça. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Mestrado) - Programa de Pós Graduação em História da UFBA, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Coorientador).

Tese de doutorado
1.
Raiza Cristina Canuta da Hora. Vida familiar de africanos na Cidade da Bahia (1760-1800). Início: 2018. Tese (Doutorado em Doutorado) - Programa de Pós Graduação em História da UFBA. (Orientador).

2.
Candido Eugênio Domingues. Um comércio de grosso trato: traficantes de escravos, poder e riqueza na Bahia colonial (1690-1817). Início: 2018. Tese (Doutorado em Doutorado) - Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal da Bahia. (Orientador).

3.
Vanessa Castaneda. Traditional and Political: A Reconceptualization of Brazil?s Baianas de Acarajé. Início: 2018. Tese (Doutorado em PhD in Latin American Studies) - Tulane University, Fulbright Foundation. (Coorientador).

4.
Poliana Cordeiro de Farias. A Junta da Administração e Arrecadação de Fazenda Real da Bahia: a instituição, a fiscalidade e a burocracia (1761-1808). Início: 2017. Tese (Doutorado em Doutorado) - Programa de Pós Graduação em História da UFBA, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Elaine Santos Falheiros. Luis Antonio Xavier de Jesus: mobilidade social de africanos na Bahia oitocentista. 2014. Dissertação (Mestrado em Mestrado) - Programa de Pós Graduação em História da UFBA, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: João José Reis.

2.
Rafael Portela. Os pescadores na Bahia no século XIX. 2012. Dissertação (Mestrado em Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em História da UFBA, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: João José Reis.

3.
Carlos Francisco da SIlva Junior. Identidades africanas na Bahia na primeira metade do século XVIII. 2011. Dissertação (Mestrado em Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em História da UFBA, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: João José Reis.

4.
Luisa Gonçalves Saad. "Fumo de negro": a criminalização da maconha no Brasil (c. 1890 - 1032). 2011. Dissertação (Mestrado em Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em História da UFBA, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: João José Reis.

5.
Daniele Santos Souza. Entre o seviço da casa e o ganho: trabalho escravo na primeira metade do século XVIII,. 2010. Dissertação (Mestrado em Mestrado) - Programa de Pós Graduação em História da UFBA, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: João José Reis.

6.
Ana Paula Dornelles Schantz. Libertos no Rio Grande de São Pedro: Porto Alegre e Viamão, 1750-1808. 2009. 0 f. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em História da UFBA) - Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: João José Reis.

7.
Alane Fraga do Carmo. Colonização e escravidão na Bahia: a Colônia Leopoldina (1850-1888). 2008. Dissertação (Mestrado em Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em História da UFBA, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: João José Reis.

8.
Claudia Moraes Trindade. A Casa de Prisão com Trabalho na Bahia, 1833-1865. 2007. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós Graduação Em História) - Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: João José Reis.

9.
Douglas Guimarães Leite. Sabinos e Diversos: Emergências Políticas e Projetos de Poder na Revolta Baiana de 1837. 2006. 151 f. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós Graduação Em História) - Universidade Federal da Bahia, . Orientador: João José Reis.

10.
Kátia Lorena Novais Almeida. Alforrias em Rio de Contas, Bahia, século XIX. 2006. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós Graduação Em História) - Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: João José Reis.

11.
Christiane Silva de Vasconcellos. O circuito social da fotografia da gente negra, Salvador, 1860-1916. 2006. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós Graduação Em História) - Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: João José Reis.

12.
Lara de Melo dos Santos. Resistência indígena e escrava em Camamu no século XVII. 2004. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em História da UFBA) - Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: João José Reis.

13.
Paulo César Oliveira de Jesus. O fim do tráfico na imprensa baiana, 1811-1850. 2004. 0 f. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em História da UFBA) - Universidade Federal da Bahia, . Orientador: João José Reis.

14.
Afonso Bandeira Florence. Entre o cativeiro e a emancipação: a liberdade dos africanos livres no Brasil (1818-1864). 2002. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em História da UFBA) - Universidade Federal da Bahia, . Orientador: João José Reis.

15.
Iacy Maia Mata. Os Treze de Maio: polícia e libertos na Bahia pós-abolição, 1888-1889. 2002. 126 f. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em História da UFBA) - Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: João José Reis.

16.
Luis Augusto Pinheiro Leal. Capoeiragem no Pará, 1990-1910. 2001. Dissertação (Mestrado em Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: João José Reis.

17.
Meire Lucia Alves dos Reis. A Cor da Notícia: Discursos Sobre o Negro na Imprensa Baiana, 1888-1937. 2000. Dissertação (Mestrado em Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: João José Reis.

18.
Otávio Ribeiro Chaves. Escravidão, Fronteira e Liberdade (Resistência Escrava em Mato Grosso, 1725-1850. 2000. Dissertação (Mestrado em Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: João José Reis.

19.
Ricardo Tadeu Caires da Silva. Os Escravos Vão à Justiça: A resistência Escrava Através das Ações de Liberdade: Bahi, Século XIX. 2000. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: João José Reis.

20.
Wlamyra Ribeiro de Albuquerque. O Civismo Festivo Na Bahia: Comemorações Públicas do Dois de Julho. 1997. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós Graduação Em História) - Universidade Federal da Bahia, . Orientador: João José Reis.

21.
Sara Oliveira Farias. A Irmandade de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos do Pelourinho, 1800-1899. 1997. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós Graduação Em História) - Universidade Federal da Bahia, . Orientador: João José Reis.

22.
Jailton Lima Brito. A abolição na Bahia: uma história política, 1870-1888. 1996. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia, . Orientador: João José Reis.

23.
Cecília Moreira Soares. Mulheres negras na Bahia no século XIX. 1994. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia, . Orientador: João José Reis.

24.
Onildo Reis David. O inimigo invisível: a epidemia do cólera na Bahia, 1855-56. 1994. 0 f. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós Graduação Em História) - Universidade Federal da Bahia, . Orientador: João José Reis.

25.
Walter Fraga Filho. Mendigos, Moleques e vadios na Bahia do século XIX. 1994. 0 f. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia, . Orientador: João José Reis.

26.
Luiza Helena de Bairros. Pecados no paraíso racial: o negro na força de trabalho da Bahia, 1950-1980. 1987. 0 f. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia, . Orientador: João José Reis.

27.
Paulo César de Souza. A revolta da Sabinada: Bahia, 1837. 1984. 0 f. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia, . Orientador: João José Reis.

Tese de doutorado
1.
Paulo Oliveira de Jesus. Mantendo o curso: restrições, subterfúgios e comércio da escravatura na Bahia (1810-1817). 2017. Tese (Doutorado em Doutorado) - Programa de Pós-Graduação em História da UFBA, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: João José Reis.

2.
Jackson André da Silva Ferreira. Gurgalha: um coronel e seus dependentes no sertão baiano (Morro do Chapéu, século XIX). 2014. Tese (Doutorado em Doutorado) - Programa de Pós-Graduação em História da UFBA, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: João José Reis.

3.
Cláudia Moraes Trindade. Ser preso na Bahia oitocentista. 2012. Tese (Doutorado em Doutorado) - Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: João José Reis.

4.
Daniele Santos de Souza. Tráfico, escravidão e liberdade na Bahia dos anos de ouro do comércio negreiro (c. 1680-c.1790). 2012. Tese (Doutorado em Doutorado) - Programa de Pós-Graduação em História da UFBA, . Orientador: João José Reis.

5.
Kátia Lorena Novais Almeida. A escravidão em Rio de Contas, Bahia (séculos XVIII e XIX). 2012. Tese (Doutorado em Doutorado) - Programa de Pós-Graduação em História da UFBA, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: João José Reis.

6.
Luiz Augusto Pinheiro Leal. Perspectivas do pensamento sobre o negro no Pará na primeira metade do século XX. 2011. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Estudos Étnicos e Afr) - Universidade Federal da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: João José Reis.

7.
Sharyse Piroupo do Amaral. Escravidão, liberdade e resistência em Sergipe: Cotinguiba, 1860-1888. 2007. Tese (Doutorado em Progra de Pós-Graduação em História) - Universidade Fwederal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: João José Reis.



Inovação



Outros projetos


Educação e Popularização de C & T



Livros e capítulos
1.
REIS, J. J.. Slavery in the Brazilian Northeast. In: Marion E. Jackson; Barbara Cervenka, OP. (Org.). Bandits & Heroes, Poets & Saints. 1ed.Detroit: Con/Vida: Popular Arts of the Americas, 2013, v. 1, p. 27-36.

2.
REIS, J. J.. Candomblé para todos. In: Luciano Figueiredo. (Org.). História do Brasil para ocupados. 1ed.Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2013, v. 1, p. 64-72.

3.
REIS, J. J.. Quilombos de um novo tipo. In: Luciano Figueiredo. (Org.). História do Brasil para ocupados. 1ed.Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2013, v. 1, p. 318-324.

4.
Reis, João José Reis; SILVA JR, C. . Decompondo o tráfico. In: REIS, João; SILVA Jr, Carlos da. (Org.). Atlântico de dor. 1ed.Cruz das Almas/Belo Horizonte: EDUFRB/Fino Traço, 2016, v. 1, p. 15-37.


Textos em jornais de notícias/revistas
1.
REIS, J. J.; IZIQUE, Claudia . Sombras do passado (Entrevista a Claudia Izique). Bahiaciência, São Paulo, p. 44 - 49, 30 maio 2014.

2.
REIS, João José Reis. Quilombos e resistência. Visão História, Lisboa, , v. 49, p. 52 - 55, 01 out. 2018.


Apresentações de Trabalho
1.
Reis, João José Reis. Controle do batuque africano na Bahia oitocentista: Oitavo Conde dos Arcos X Sexto Conde da Ponte. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
Reis, João José Reis. A resistência escrava no Recôncavo da Bahia, 1800-1850. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
Reis, João José Reis. Revolta dos Malês Revisitada. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
REIS, João José Reis. A morte é uma festa, 25 anos depois. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
REIS, João José Reis. As revoltas escravas baianas: perspectivas interpretativas. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
REIS, João José Reis; FILGUEIRAS, V. . A escravidão histórica. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
REIS, João José Reis. Trabalho africano em Salvador no século XIX: uma história visual. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
REIS, João José Reis. CONECTA - A Escravidão no Brasil e seus reflexos, por João José Reis. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
REIS, João José Reis; TORRES, B. . João José Reis, vencedor do Prêmio Machado de Assis, entrevista a Bolívar Torres. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 18/12/2018 às 10:52:47