Silvio Takashi Hiruma

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3931379703382167
  • Última atualização do currículo em 12/12/2018


Graduado em Geologia pelo Instituto de Geociências da Universidade de São Paulo, Mestre em Ciências (Programa de Geologia Sedimentar) e Doutor em Ciências (Programa de Geoquímica e Geotectônica) pela mesma instituição. Pesquisador Científico do Núcleo de Geomorfologia (Centro de Estudos Geográficos da Paisagem) do Instituto Geológico/Secretaria de Estado do Meio Ambiente/São Paulo desde 1993. Tem desenvolvido trabalhos nas áreas de Geomorfologia, Neotectônica, Termocronologia de Traços de Fissão e Geomorfologia Cárstica. Editor-Chefe da Revista do Instituto Geológico. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Silvio Takashi Hiruma
Nome em citações bibliográficas
HIRUMA, S. T.;Hiruma, Silvio T.;Hiruma, Silvio Takashi

Endereço


Endereço Profissional
Instituto Geológico do Estado de São Paulo, Centro de Estudos Geográficos da Paisagem.
Avenida Miguel Stéfano, 3900
Água Funda
04301903 - São Paulo, SP - Brasil
Telefone: (11) 50735511
Ramal: 2067
Fax: (11) 50772219
URL da Homepage: http://www.igeologico.sp.gov.br


Formação acadêmica/titulação


2002 - 2007
Doutorado em Geociências (Geoquímica e Geotectônica).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Morfotectônica e evolução cenozóica do Planalto da Bocaina, Ano de obtenção: 2007.
Orientador: Claudio Riccomini.
Coorientador: May Christine Modenesi-Gauttieri.
Palavras-chave: Planalto da Bocaina; morfotectônica; níveis topográficos; Rift Continental do Sudeste Brasileiro.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
1996 - 1999
Mestrado em Geociências (Geologia Sedimentar).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Neotectônica no Planalto de Campos do Jordão, SP,Ano de Obtenção: 1999.
Orientador: Claudio Riccomini.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: neotectônica; morfotectônica; Planalto de Campos do Jordão.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Setores de atividade: Produtos e Serviços Voltados Para A Defesa e Proteção do Meio Ambiente, Incluindo O Desenvolvimento Sustentado.
1987 - 1991
Graduação em Geologia.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.




Atuação Profissional



Instituto de Biociências - USP, IB - USP, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Instituto Geológico do Estado de São Paulo, IG, Brasil.
Vínculo institucional

1993 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Pesquisador Científico VI, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

02/2009 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto Geológico - SMA/SP, .

Cargo ou função
Comissão de Biblioteca e Mapoteca do Instituto Geológico.
12/1993 - Atual
Direção e administração, Centro de Estudos Geográficos da Paisagem, .

Cargo ou função
Diretoria de Serviço do Núcleo de Geomorfologia.
7/1993 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Estudos Geográficos da Paisagem, .

3/2002 - 12/2002
Conselhos, Comissões e Consultoria, Divisão de Estudos Geográficos da Paisagem, Seção de Geomorfologia.

Cargo ou função
Membro da Comissão Responsável pela Promoção por Merecimento para os integrantes das classes de Auxiliar de Apoio à Pesquisa Científica e Tecnológica, Oficial de Apoio à Pesquisa Científica e Tecnológica, Agente de Apoio à Pesquisa Científica e Tecnológic.
6/1999 - 6/2001
Conselhos, Comissões e Consultoria, Divisão de Estudos Geográficos da Paisagem, Seção de Geomorfologia.

Cargo ou função
Membro do Grupo de Trabalho para elaborar e implantar um sistema de gerenciamento de banco de dados georeferenciados para a Mapoteca do Instituto Geológico.
6/1999 - 6/2000
Conselhos, Comissões e Consultoria, Divisão de Estudos Geográficos da Paisagem, Seção de Geomorfologia.

Cargo ou função
Representante do IG no Grupo de Trabalho para para a elaboração do Plano de Contingência com vistas às inundações e aos escorregamentos de encostas na região do Vale do Paraíba.
10/1997 - 10/1999
Conselhos, Comissões e Consultoria, Divisão de Estudos Geográficos da Paisagem, Seção de Geomorfologia.

Cargo ou função
Membro da Comissão de Biblioteca.
5/1996 - 5/1999
Conselhos, Comissões e Consultoria, Divisão de Estudos Geográficos da Paisagem, Seção de Geomorfologia.

Cargo ou função
Membro do Conselho Técnico do IG-SMA.
5/1995 - 5/1999
Conselhos, Comissões e Consultoria, Divisão de Estudos Geográficos da Paisagem, Seção de Geomorfologia.

Cargo ou função
Representante do IG-SMA no Grupo de Trabalho do Programa Estadual para Conservação da Biodiversidade (Probio/SP).
11/1997 - 11/1998
Treinamentos ministrados , Divisão de Estudos Geográficos da Paisagem, Seção de Geomorfologia.

Treinamentos ministrados
Orientação do estágiário Luís Fernando Borsoi (graduando do 4º ano de Geografia da FFLCH-USP). Atividades desenvolvidas: atualização e informatização do levantamento bibliográfico e cartográfico da geomorfologia do Estado de São Paulo
2/1994 - 9/1997
Conselhos, Comissões e Consultoria, Divisão de Estudos Geográficos da Paisagem, Seção de Geomorfologia.

Cargo ou função
Membro da Comissão de Implantação de Sistema de Geoprocessamento do IG-SMA.
1/1995 - 1/1997
Conselhos, Comissões e Consultoria, Divisão de Estudos Geográficos da Paisagem, Seção de Geomorfologia.

Cargo ou função
Representante do IG-SMA na Comissão Especial do Consema para a regulamentação e implantação das Áreas de Proteção Ambiental Corumbataí, Botucatu e Tejupá.
1/1995 - 1/1996
Treinamentos ministrados , Divisão de Estudos Geográficos da Paisagem, Seção de Geomorfologia.

Treinamentos ministrados
Orientação da estágiária Elisabete Presente (graduanda do curso de Geografia da PUC/SP). Atividades desenvolvidas: levantamentos bibliográficos e elaboração de cartas temáticas


Linhas de pesquisa


1.
Neotectônica

Objetivo: Temática dedicada aos estudos sobre a influência da tectônica cenozóica na elaboração do relevo..
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Palavras-chave: neotectônica; morfotectônica; regimes de esforços.
2.
Geomorfologia cárstica

Objetivo: Temática dedicada à estrutura e a dinâmica da paisagem cárstica. O conhecimento do funcionamento desta paisagem, com forte potencial para gerar problemas ambientais, é essencial para subsidiar o planejamento territorial e a proteção dos recursos hídricos..
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Palavras-chave: carste; vulnerabilidade; dinâmica hidrologica.
3.
Geoprocessamento aplicado à pesquisa geomorfológica

Objetivo: Visa aplicar e desenvolver técnicas de geoprocessamento para cruzamento de informações geoambientais, elaboração de cartas geomorfológicas e simulação de modelos geomorfológicos..
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Palavras-chave: geoprocessamento; Sistema de Informação Geográfica; morfometria.
4.
Estudos paleogeográficos das cimeiras do sudeste do Brasil

Objetivo: Essa linha de pesquisa tem por finalidade obter dados necessários à reconstituição espacial e temporal da evolução da paisagem das cimeiras do Brasil do Sudeste. A linha abrange diversos temas, entre eles, compartimentação geomorfológica e formações superficiais, neotectônica e morfogênese, intemperismo e morfogênese e evolução das vertentes..
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geologia / Especialidade: Morfotectônica.
Palavras-chave: compartimentação geomorfológica; evolução das vertentes; formações superficiais; morfotectônica; Planalto da Bocaina; Planalto de Campos do Jordão.
5.
Morfotectônica


Projetos de pesquisa


2015 - Atual
Hidrodinâmica e Hidroquímica de Aquiferos Cársticos do Planalto Alambari - Ouro Grosso, Iporanga - SP

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) José Antonio Ferrari em 28/06/2017.
Descrição: Nesta proposta são monitorados simultaneamente dois aqüíferos cársticos do planalto Alambari - Ouro Grosso (PETAR, Vale do Ribeira, SP), para compreender como os diferentes componentes do sistema interferem na hidrodinâmica e na hidroquímica registradas em nascentes. Para proceder a análise comparada serão realizados: (a) monitoramento dos débitos e do fluxo de matéria nas fontes cársticas; (b) monitoramento das precipitações nas zonas de recarga; (c) testes com traçadores para identificar a geometria e caracterizar o transporte nas rotas de fluxo; (d) análise geomorfológica das zonas de recarga. Ferramentas para a análise espectral serão utilizadas para a caracterização hidrológica dos sistemas e para quantificar as diversas relações impulso-resposta. A estimativa de parâmetros hidráulicos nos testes com traçadores será obtida pelo método dos momentos. O trabalho fornecerá parâmetros para entender o escoamento subterrâneo em aqüíferos cársticos dispostos em estrutura sinclinal com comprimento de onda da ordem de centenas a milhares de metros. Os resultados devem contribuir para o desenvolvimento sustentado de aqüíferos cársticos e para o manejo e conservação de cavernas associadas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Silvio Takashi Hiruma - Integrante / José Antonio Ferrari - Coordenador / Ivo Karmann - Integrante / Allan Calux - Integrante.Financiador(es): (FAPESP) Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
2014 - 2016
História denudacional das cimeiras do sudeste do Brasil
Descrição: A margem continental passiva do sudeste do Brasil é caracterizada por uma evolução tectônica e denudacional polifásica desde a ruptura do Gondwana, que resultou em uma complexa compartimentação geomorfológica, com marcante contraste topográfico e diversidade das formas de relevo. Nesta paisagem, destacam-se as cimeiras das serras do Mar e da Mantiqueira (Bocaina, Campos do Jordão, campos do Ribeirão Fundo, entre outras) com altitudes superiores a 1800 m, consideradas remanescentes de antigas superfícies de erosão, segundo modelos geomorfológicos clássicos. A ausência de marcadores estratigráficos nessas áreas cristalinas pré-cambrianas dificultam a sua reconstrução paleogeográfica. No entanto, a aplicação de métodos termocronológicos de baixa temperatura, como a análise de traços de fissão em apatita e zircão, vêm permitindo obter as histórias térmicas de rochas do embasamento e estabelecer taxas de denudação ao longo do tempo geológico. Apesar da quantidade significativa de idades de traços de fissão em apatitas no Planalto da Bocaina, nas demais cimeiras os dados termocronológicos são raros ou insuficientes. O objetivo do projeto é comparar a história denudacional dessas áreas, a partir da integração da termocronologia de traços de fissão em apatita e zircão com análises estruturais e geomorfológicas. Desse modo, espera-se o melhor entendimento da evolução da margem continental passiva do sudeste do Brasil, bem como rediscutir a aplicação de modelos geomorfológicos clássicos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Silvio Takashi Hiruma - Coordenador / José Antonio Ferrari - Integrante / Claudio Riccomini - Integrante / Antonio Luis Teixeira - Integrante / PETER CHRISTIAN HACKSPACHER - Integrante.Financiador(es): (FAPESP) Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
2013 - Atual
Dimensions US - Biota São Paulo: integrando disciplinas para a predição da biodiversidade da Floresta Atlântica no Brasil
Descrição: Será utilizado um processo de teste de hipótese para prever padrões espaciais de biodiversidade na megadiversa e acessível, porém ameaçada Mata Atlântica (MA) do Brasil. Como forma de caracterizar padrões espaciais de diversidade, serão gerados e integrados: 1. novos conjuntos de dados de clima e de cobertura vegetal baseados em sensoriamento remoto e combinados com dados meteorológicos, 2. dados de localidades, filogenia e análises genômicas de mais de 30 famílias de plantas, vertebrados e invertebrados, 3. Informação sobre características funcionais (fisiologia) e interações bióticas, e 4. informação paleoambiental oriunda de registros geológicos, incluindo o de pólen fóssil e os de isótopos de espeleotemas (para inferir mudanças na precipitação baseadas em depósitos em cavernas)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (10) / Doutorado: (15) .
Integrantes: Silvio Takashi Hiruma - Coordenador / Carlos Henrique Grohmann de Carvalho - Integrante / Cristina Yumi Miyaki - Integrante / Lucia Garcez Lohmann - Integrante / Miguel Trefaut Urbano Rodrigues - Integrante / André Víctor Lucci Freitas - Integrante / Henrique Batalha-Filho - Integrante / Paulo Takeo Sano - Integrante / Fábio Sarubbi Raposo do Amaral - Integrante / Ricardo Pinto da Rocha - Integrante / Francisco William da Cruz - Integrante / Vera Nisaka Solferini - Integrante / Cibele Bragagnolo - Integrante / Marcio Bernardino da Silva - Integrante / Carlos Alfredo Joly - Integrante / Célio Fernando Baptista Haddad - Integrante / Cristiano Mazur Chiessi - Integrante / Gilvan Sampaio de Oliveira - Integrante / Maria Regina Vasconcelos Barbosa - Integrante / Renato Goldenberg - Integrante / Manoel Cardoso - Integrante / Thiago Sanna Freire Silva - Integrante / Ana Carolina Carnaval - Integrante.Financiador(es): (FAPESP) Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
2010 - 2011
Monumento Geológico da Pedra do Baú, São Bento do Sapucaí, SP
Descrição: A Pedra do Baú, situada no Município de São Bento do Sapucaí (SP), na borda sudoeste do Planalto de Campos do Jordão, é uma imponente feição geomorfológica de grande beleza cênica, que se destaca na paisagem da Serra da Mantiqueira. Abrange um conjunto de cristas rochosas, denominadas Ana Chata, Bauzinho e Pedra do Baú, sendo a última a mais famosa, com ponto culminante a 1.905 m de altitude. Constituída por gnaisses do Complexo Varginha-Guaxupé, esta feição está alinhada segundo a direção NE-SW, concordante com a estruturação pré-cambriana. A evolução geológica da Pedra do Baú está intimamente relacionada aos processos tectônicos e denudacionais que se seguiram à ruptura continental, em especial, à origem e evolução do rift continental do sudeste do Brasil, durante o Paleógeno. O presente projeto teve por finalidade efetuar a caracterização geológica e geomorfológica da região da Pedra do Baú, São Bento do Sapucaí (SP), com vistas à sua proposição como Monumento Geológico. Paralelamente, o trabalho visou também a proposição da Pedra do Baú como Sítio Geológico junto à SIGEP (Comissão Brasileira de Sítios Geológicos e Paleobiológicos)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2010 - Atual
Levantamentos e estudos para a caracterização dos terrenos cársticos e proteção de cavernas do PETAR

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) José Antonio Ferrari em 17/08/2012.
Descrição: A partir do mapeamento geomorfológico de superfície, modelagem 3D de cavernas e da estrutura geológica, monitoramentos hidrológicos e testes com traçadores, buscar a identificação de áreas de influência, cuja preservação é fundamental para a manutenção de aqüíferos cársticos e cavernas do Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2012
A dinâmica da drenagem subterrânea nos planaltos cársticos do Rio Betari, Vale do Ribeira - SP
Descrição: Os mecanismos de gênese e desenvolvimento de aqüíferos cársticos levam à formação de meios altamente descontínuos e heterogêneos. Nestes meios, a modelagem hidrológica baseada na noção de volume elementar representativo não pode ser utilizada. No entanto, a descarga destes aqüíferos costuma concentrar-se numa única ressurgência, característica que tem estimulado o uso da análise de sistemas para entender suas propriedades. O princípio da técnica é considerar o aqüífero como um filtro que transforma um sinal de entrada (precipitação) num sinal de saída (débito). Portanto, o grau de transformação do sinal de entrada fornece informações a respeito da natureza do fluxo no sistema. Nesta análise, variáveis relacionadas ao relevo da zona de recarga e ao arranjo espacial da drenagem subterrânea também devem ser consideradas. Nesta pesquisa pretende-se monitorar simultaneamente alguns aqüíferos cársticos do Vale do Ribeira, para compreender como os diferentes componentes do sistema interferem na hidrodinâmica e no fluxo de matéria registrados em nascentes. Para proceder a análise comparada serão realizados: (a) monitoramento dos débitos e do fluxo de matéria nas fontes cársticas; (b) monitoramento das precipitações nas zonas de recarga; (c) testes com traçadores para identificar a geometria e caracterizar o transporte nas rotas de fluxo; (d) análise geomorfológica das zonas de recarga. Um monitoramento para caracterizar a dinâmica da infiltração no epicarste da zona de recarga será realizado em um dos sistemas. Ferramentas para a análise espectral serão utilizadas para a caracterização hidrológica dos sistemas e para quantificar as diversas relações impulso-resposta. A estimativa de parâmetros hidráulicos nos testes com traçadores será obtida pelo método dos momentos. Esta pesquisa fornecerá parâmetros fundamentais para o desenvolvimento sustentado de aqüíferos cársticos e para o manejo de áreas de conservação..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2005 - 2009
Caracterização dos terrenos cársticos das bacias dos rios Ribeira e Paranapanema e sua vulnerabilidade frente a processos erosivos e atividades minerárias
Descrição: Nas bordas do Planalto Atlântico e nas serras que fazem a transição deste planalto com a baixada litorânea, região do Vale do Ribeira, encontram-se os principais terrenos cársticos do Estado de São Paulo. Encontram-se aí, também, importantes áreas de conservação, destacando-se o Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira - PETAR e o Parque Estadual Intervales - PEI. As características dos terrenos cársticos nesta região ainda são pouco conhecidas e inexistem estudos regionais que sintetizem suas feições principais, conhecimento indispensável para a promoção do desenvolvimento sustentável em uma paisagem suscetível a problemas ambientais peculiares. O objetivo do estudo foi caracterizar o meio físico relacionado aos terrenos cársticos, bem como sua vulnerabilidade frente a processos erosivos e a atividade minerária na região de entorno. A caracterização desses terrenos permitiu, em escala regional, a identificação das fragilidades do meio em relação às possíveis alterações de origem antrópica..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2003 - 2007
Morfotectônica e evolução cenozóica do Planalto da Bocaina
Descrição: O objetivo do projeto foi definir o quadro neotectônico e a evolução geológica e geomorfologica do Planalto da Bocaina. Com altitudes superiores a 2000 m, os altos blocos de planaltos cristalinos da região da Bocaina e de Campos do Jordão são áreas-chave para o entendimento da evolução geomorfológica e geológica do Brasil de Sudeste durante o Cenozóico. A metodologia integrou análises geomorfológicas, estruturais e termocronológicas procurando estabelecer a cronologia dos regimes de esforços tectônicos e dos processos de soerguimento e denudação que atuaram na configuração dos planaltos isolados da Bocaina..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Silvio Takashi Hiruma - Coordenador / Claudio Riccomini - Integrante / May Christine Modenesi-Gauttieri - Integrante / PETER CHRISTIAN HACKSPACHER - Integrante / JÚLIO CÉSAR HADLER NETO - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 5
2001 - 2005
Carta geomorfológica diagnóstico de Campos do Jordão
Descrição: O Planalto de Campos do Jordão esteve exposto, nas últimas décadas, à intensa degradação da paisagem e da natureza, conseqüência do uso inadequado dos espaços naturais e do impacto de uma urbanização mal orientada que levou à ocupação de áreas instáveis. Tais fatos têm especial significado num sistema de paisagem de montanha tropical, caracterizado por estrutura em equilíbrio delicado, extremamente vulnerável ao uso inadequado do solo. O levantamento geológico-geomorfológico de detalhe da área situada ao longo do vale do Capivarí e dados de estudos anteriores permitiram elaborar uma carta geomorfológica diagnóstico. Este documento é uma contribuição pragmática, com subsídios para a ocupação e reordenação do espaço natural e urbano e para a avaliação do risco geomorfológico na área de urbanizaçãomais intensa do planalto..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2000 - 2003
Interação relevo-drenagem subterrânea no corpo carbonático Lajeado-Bombas, Iporanga, SP
Descrição: O projeto teve por objetivo caracterizar a relação relevo-drenagem subterrânea no corpo carbonático Lajeado-Bombas, bacia do Rio Betari (Iporanga - SP). Com a utilização de técnicas de geoprocessamento, foram investigadas relações entre fatores litoestruturais e a distribuição espacial de feições de recarga, pontos de absorção e sistemas de cavernas. A estrutura e o funcionamento da drenagem subterrânea que conecta as feições de recarga às saídas do sistema foram determinados a partir de testes com traçadores, e com o monitoramento hidrológico. A pesquisa contribuiu para a demarcação da área de captação das ressurgências do Bairro da Serra (Iporanga), fontes potenciais para o abastecimento da população local..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Silvio Takashi Hiruma - Integrante / José Antonio Ferrari - Coordenador / Ivo Karmann - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
1996 - 1999
Neotectônica no Planalto de Campos do Jordão - SP
Descrição: Projeto de Capacitação (Dissertação de Mestrado) desenvolvido no âmbito do Programa de Pós-Graduação de Geologia Sedimentar do Instituto de Geociências/USP, sob orientação do Prof. Dr. Claudio Riccomini. O objetivo do projeto foi a definição e caracterização do quadro neotectônico da região do planalto de Campos do Jordão, pela integração de análises morfotectônica e estrutural. Mapas morfométricos em várias escalas foram elaborados a partir de técnicas de geoprocessamento. A análise morfotectônica apoiou-se na interpretação de fotos aéreas e imagens de satélite e nos trabalhos de campo. A evolução do regime de esforços na região foi estabelecida por levantamentos geológico-estruturais. A integração dos dados contribuiu para melhor compreensão da evolução geomorfológica do planalto, confirmando a presença de tectonismo recente, evidenciado por sistemas de falhas associadas a feições morfotectônicas e afetando depósitos quaternários..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
1995 - 1999
Contribuição ao conhecimento do meio físico no Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira - PETAR (Apiaí e Iporanga, SP)
Descrição: O projeto teve como objetivo o estudo multidisciplinar do meio físico num setor (área-piloto) do PETAR. As informações técnicas resultantes dos estudos constituem uma efetiva contribuição científica ao conhecimento do meio físico na área-piloto escolhida. O conjunto de informações resultantes representa um grande avanço no conhecimento do meio físico regional, e poderá subsidiar novos estudos e ações para a conservação e manejo do PETAR. Os resultados obtidos constituíram, também, a base de dados da UNESCO para declarar a região como Patrimônio Natural da Humanidade..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
1993 - 1996
Mapeamento da suscetibilidade à erosão na Bacia do Rio Quilombo-SP
Descrição: O projeto desenvolvido na Bacia do Rio Quilombo, na região de Campinas, teve como objetivo realizar um diagnóstico de perda potencial de solos a partir da aplicação parcial da "Equação Universal de Perdas dos Solos" (USLE), considerando os fatores relacionados ao clima, relevo e solos. Constituiu uma experiência piloto para o Instituto na área de geoprocessamento e cartografia digital, fornecendo novos subsídios à análise geomorfológica. O tratamento em "Sistema de Informação Geográfica" permitiu elaborar e cruzar mapas temáticos, bem como estabelecer índices de correlação entre os fatores da USLE e feições erosivas lineares. O diagnóstico permitiu reconhecer zonas com diferentes suscetibilidades à erosão, sendo importante para diminuir impactos e corrigir tendências na ocupação do espaço agrícola. O projeto foi realizado em parceria com a equipe do programa Tendências e variabilidades hidroclimatológias do Estado de São Paulo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
1993 - 1995
Subsídios para o planejamento regional e urbano do meio físico na porção média da bacia do rio Piracicaba
Descrição: O projeto reflete o diagnóstico do meio físico realizado na porção média da Bacia do Rio Piracicaba, compreendendo os municípios: Americana, Cosmópolis, Holambra, Hortolândia, Jaguariúna, Nova Odessa, Paulínia e Sumaré. São apresentados como resultado do projeto um conjunto de informações, sistematizadas e integradas que apontam uma série de diretrizes e recomendações para um adequado manejo do meio físico nas áreas correspondentes aos municípios estudados. O trabalho foi desenvolvido em quatro etapas principais. Na etapa de Inventário, foram produzidos cadastros e mapas (Geológico, Geomorfológico, Materiais Inconsolidados, Unidades Climáticas, Localização dos Poços Tubulares Profundos, Geometria dos Sistemas Aqüíferos, Potenciométrico, Áreas Degradadas, Zoneamento Institucional, Uso e Ocupação do Solo). Na etapa de Diagnóstico foram produzidos 10 mapas (Distribuição de Empreendimentos Minerários, Potencialidade Mineral, Zonas de Produtividade Similar das Águas Subterrâneas, Orientativo ao Usuário de Águas Subterrâneas, Disposição de Resíduos, Erodibilidade, Vulnerabilidade Natural dos Aqüíferos à Poluição, Diagnóstico do Meio Físico). Na etapa de Prognóstico, foram elaboradas recomendações e diretrizes para orientar a adequada ocupação do meio físico e apontar soluções para os conflitos existentes. Finalmente, a etapa de Divulgação compreende a disponibilização dos resultados e a adoção de esforços para que o trabalho seja utilizado no máximo de seu potencial..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2010 - 2011
Programa FAPLIVROS VI - Instituto Geológico
Descrição: Aquisição de livros nacionais e importados para a Biblioteca do Instituto Geológico.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
1998 - 2003
Banco de dados bibliográficos da geomorfologia do Estado de São Paulo
Descrição: O projeto teve por objetivo organizar, atualizar e informatizar os levantamentos da bibliografia geomorfológica do Estado de São Paulo em um banco de dados, disponível para consulta no site do Instituto Geológico (www.igeologico.sp.gov.br/geocad). Sua análise permite evidenciar o estádio do conhecimento científico no âmbito do Estado de São Paulo e identificar áreas carentes de informação, que demandem maior investimento em pesquisa. O projeto compreendeu duas fases: organização do banco de dados e atualização do levantamento bibliográfico e cartográfico. A atualização do banco de dados é feita pela contínua incorporação da nova produção científica..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.


Membro de corpo editorial


2002 - Atual
Periódico: Revista do Instituto Geológico


Revisor de periódico


2013 - Atual
Periódico: Journal of Maps
2013 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Geociências
2014 - 2014
Periódico: Anais da Academia Brasileira de Ciências (Impresso)


Revisor de projeto de fomento


2011 - 2011
Agência de fomento: (FAPESP) Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geografia Física/Especialidade: Geomorfologia.
2.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geologia/Especialidade: Neotectônica.
3.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geologia/Especialidade: Geomorfologia Cárstica.
4.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geologia/Especialidade: Geoprocessamento.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende PoucoLê Razoavelmente.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Web of Science
Total de trabalhos:20
Total de citações:65
Fator H:4
Hiruma, Silvio T  Data: 16/11/2017

SciELO
Total de trabalhos:1
Total de citações:1
SILVIO TAKASHI HIRUMA  Data: 16/09/2017

SCOPUS
Total de trabalhos:34
Total de citações:68
Hiruma, Silvio Takashi  Data: 04/12/2017

Outras
Total de trabalhos:30
Total de citações:309
ST HIRUMA  Data: 16/09/2017

Artigos completos publicados em periódicos

1.
Hiruma, Silvio Takashi2014Hiruma, Silvio Takashi; FERRARI, JOSÉ ANTONIO . ANÁLISE COMPARATIVA DA EXTRAÇÃO AUTOMATIZADA DE DOLINAS A PARTIR DE MODELOS DIGITAIS DE TERRENO. Revista do Instituto Geológico, v. 35, p. 1-11, 2014.

2.
2Hiruma, Silvio Takashi2013 Hiruma, Silvio Takashi; Modenesi-Gauttieri, May Christine ; Riccomini, Claudio . Late Quaternary colluvial deposits in the Bocaina Plateau, southeastern Brazil highlands: age and palaeoenvironmental consequences. Boreas (Oslo. Trykt utg.), v. 42, p. 306-316, 2013.

3.
3Modenesi-Gauttieri, May Christine2011 Modenesi-Gauttieri, May Christine ; de Toledo, Maria Cristina Motta ; Hiruma, Silvio Takashi ; Taioli, Fabio ; Shimada, Helio . Deep weathering and landscape evolution in a tropical plateau. Catena (Cremlingen), p. 221-230, 2011.

4.
6FERRARI, J. A.2011FERRARI, J. A. ; AMARAL, R. ; ARMANI, G. ; HIRUMA, S. T. . A erosividade das chuvas nos planaltos cársticos do Vale do Rio Betari, Iporanga (SP). Revista do Instituto Geológico, v. 32, p. 1-10, 2011.

5.
1HIRUMA, S. T.;Hiruma, Silvio T.;Hiruma, Silvio Takashi2010 HIRUMA, S. T.; Riccomini, Claudio ; Modenesi-Gauttieri, May C. ; Hackspacher, Peter C. ; Neto, Julio C. Hadler ; Franco-Magalhães, Ana O.B. . Denudation history of the Bocaina Plateau, Serra do Mar, southeastern Brazil: Relationships to Gondwana breakup and passive margin development. Gondwana Research, v. 18, p. 674-687, 2010.

6.
7SALLUN FILHO, W.2010SALLUN FILHO, W. ; FERRARI, J. A. ; HIRUMA, S. T. ; SALLUN, A.E.M. ; KARMANN, I. . O carste no plano de manejo do Parque Estadual Intervales e zona de amortecimento, Estado de São Paulo, Brasil. REM. Revista Escola de Minas (Impresso), v. 63, p. 441-448, 2010.

7.
9HIRUMA, S. T.;Hiruma, Silvio T.;Hiruma, Silvio Takashi2007HIRUMA, S. T.. Revisão dos conhecimentos sobre o significado das. Revista do Instituto Geológico, v. 27-28, p. 53-64, 2007.

8.
8HIRUMA, S. T.;Hiruma, Silvio T.;Hiruma, Silvio Takashi2007HIRUMA, S. T.; FERRARI, J. A. ; AMARAL, R. ; HONORIO, R. F. . Mapeamento e caracterização de feições cársticas de superfície na Faixa Itaiacoca nas regiões de Nova Campina e Bom Sucesso de Itararé, SP/PR. Revista do Instituto Geológico, v. 27-28, p. 1-12, 2007.

9.
10GAUTTIERI, M. C. M.2004 HIRUMA, S. T.; GAUTTIERI, M. C. M. ; A expansão urbana no planalto de Campos do Jordão: diagnóstico geomorfológico para fins de planejamento. Revista do Instituto Geológico, São Paulo, v. 25, n.1/2, p. 1-28, 2004.

10.
4MODENESI-GAUTTIERI, M. C.2002 MODENESI-GAUTTIERI, M. C. ; HIRUMA, S. T. ; RICCOMINI, C. . Morphotectonics of a high plateau on the northwestern flank of the Continental Rift of southeastern Brazil. Geomorphology (Amsterdam), Netherlands, v. 43, n.3/4, p. 257-271, 2002.

11.
5HIRUMA, S. T.;Hiruma, Silvio T.;Hiruma, Silvio Takashi2001HIRUMA, S. T.; RICCOMINI, C. ; MODENESI-GAUTTIERI, M. C. . Neotectônica no Planalto de Campos do Jordão, SP. Revista Brasileira de Geociências, São Paulo, v. 31, n.3, p. 375-384, 2001.

12.
11HIRUMA, S. T.;Hiruma, Silvio T.;Hiruma, Silvio Takashi1999HIRUMA, S. T.; RICCOMINI, C. . Análise morfométrica em neotectônica: o exemplo do Planalto de Campos do Jordão, SP. Revista do Instituto Geológico, São Paulo, v. 20, n.1/2, p. 5-19, 1999.

13.
12FERRARI, J. A.1998FERRARI, J. A. ; HIRUMA, S. T. ; KARMANN, I. . Caracterização morfométrica de uma superfície cárstica do Vale do Ribeira, São Paulo (Núcleo Caboclos - Petar). Revista do Instituto Geológico, São Paulo, v. 19, n.1/2, p. 9-17, 1998.

14.
13HIRUMA, S. T.;Hiruma, Silvio T.;Hiruma, Silvio Takashi1994HIRUMA, S. T.; PONÇANO, W. L. . Densidade de drenagem e sua relação com fatores geomorfopedológicos na área do alto rio Pardo, SP e MG. Revista do Instituto Geológico, São Paulo, v. 15, n.1/2, p. 49-57, 1994.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
SOUZA, C.R.G ; HIRUMA, S. T. ; SALLUN, A.E.M. ; RIBEIRO, R.R. ; AZEVEDO SOBRINHO, J. M. . Restinga: Conceitos e Empregos do Termo no Brasil e Implicações na Legislação Ambiental. 1. ed. São Paulo: Instituto Geológico - SMA, 2008. 104 p.p .

2.
RICCOMINI, C. ; MODENESI-GAUTTIERI, M. C. ; FERRARI, A. L. ; HIRUMA, S. T. ; SANT'ANNA, L. G. . Origin and evolution of the Continental Rift of Southeastern Brazil. , 2000. 37p .

Capítulos de livros publicados
1.
HIRUMA, S. T.; TEIXEIRA, A. L. . Pedra do Baú, São Bento do Sapucaí, SP. Imponente paisagem e registro de eventos tectônicos e denudacionais pós-ruptura continental. In: Winge, M.; Schobbenhaus, C.; Souza, C.R.G.; Fernandes, A.C.S.; Berbert-Born, M.; Sallun Filho, W.; Queiroz, E.T.. (Org.). Sítios Geológicos e Paleontológicos do Brasil. 1ed.Brasília: CPRM, 2013, v. 3, p. 39-56.

2.
RICCOMINI, C. ; GROHMANN, C.H. ; SANT'ANNA, L. G. ; HIRUMA, S. T. . A captura das cabeceiras do Rio Tietê pelo Rio Paraíba do Sul. In: May C. Modenesi-Gauttieri, Andrea Bartorelli, Virginio Mantesso-Neto, Celso D.R. Carneiro, Matias B.A. Lima. (Org.). A Obra de Aziz Nacib Ab´Sáber. 1ed.São Paulo: Beca-Ball, 2010, v. , p. 157-169.

3.
HIRUMA, S. T.; MODENESI-GAUTTIERI, M. C. . Paleopavimentos. In: May C. Modenesi-Gauttieri, Andrea Bartorelli, Virginio Mantesso-Neto, Celso D.R. Carneiro, Matias B.A. Lima. (Org.). A Obra de Aziz Nacib Ab´Sáber. 1ed.São Paulo: Beca-Ball, 2010, v. , p. 226-229.

4.
MODENESI, M. C. ; HIRUMA, S. T. . Geomorfologia do Estado de São Paulo. In: Paulo Alves de Souza. (Org.). O Instituto Geológico em Geociências e Meio Ambiente. 1ed.São Paulo: Instituto Geológico, 1999, v. , p. 33-38.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
SALLUN FILHO, W. ; FERRARI, J. A. ; HIRUMA, S. T. ; SALLUN, A.E.M. ; KARMANN, I. . Estudos do carste para o Plano de Manejo do Parque Estadual Intervales (PEI) e Zona de Amortecimento (ZA), Estado de São Paulo. In: Workshop de Manejo e Conservação de Cavernas ? Estratégias para Conservação de Áreas Cársticas e Áreas Prioritárias para Conservação de Cavernas no Brasil, 2008, Curitiba. Anais, 2008. p. 17-24.

2.
HIRUMA, S. T.; FERRARI, J. A. ; ANTONIETTI, E. ; PEREIRA, P. R. B. ; TAVARES, R. . Mapeamento de risco a erosão em bacias hidrográficas a partir de análise fatorial, Bacia do rio Quilombo, SP. In: VI Simpósio Nacional de Geografia Física Aplicada, 1995, Goiânia. Anais, 1995. v. 1. p. 514-521.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
HIRUMA, S. T.; FERRARI, J. A. ; AMARAL, R. . Caracterização morfométrica dos terrenos cársticos das bacias dos rios Ribeira de Iguape e Paranapanema. In: II Encontro Brasileiro de Estudos do Carste, 2007, São Paulo. Resumos Expandidos e Simples, 2007. p. 47-51.

2.
HIRUMA, S. T.; FERRARI, J. A. ; AMARAL, R. ; HONORIO, R. F. . Geomorfologia cárstica da faixa Itaiacoca nas regiões de Nova Campina e Bom Sucesso de Itararé. In: II Encontro Brasileiro de Estudos do Carste, 2007, São Paulo. Resumos Expandidos e Simples, 2007. p. 16-20.

3.
HIRUMA, S. T.; RICCOMINI, C. ; MODENESI-GAUTTIERI, M. C. . Níveis topográficos no Planalto da Bocaina e suas implicações tectônicas: considerações preliminares. In: X Simpósio Nacional de Estudos Tectônicos, 2005, Curitiba. Boletim de Resumos Expandidos, 2005. p. 227-229.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
FURQUIM, SHEILA APARECIDA CORREIA ; HIRUMA, S. T. . Late Pleistocene Paleosols of Serra da Mantiqueira, southeastern Brazil: pedological processes and genesis conditions. In: XXI World Congress of Soil Science, 2018, Rio de Janeiro. Proceedings, 2018.

2.
Hiruma, Silvio Takashi; CARVALHO, C. H. G. . Geo-referenced database of Brazilian thermochronological studies. In: THERMO 2016 ? 15th International Conference on Thermochronology, 2016, São Sebastião. Abstracts, 2016. p. 79-79.

3.
Hiruma, Silvio Takashi; FURQUIM, SHEILA APARECIDA CORREIA ; TEIXEIRA, ANTONIO LUIZ . LATE QUATERNARY CHRONOLOGY OF COLLUVIAL AND PEDOGENIC PROCESSES IN THE MANTIQUEIRA HIGHLANDS, SOUTHEASTERN BRAZIL. In: GSA Annual Meeting in Denver, Colorado, USA 2016, 2016, Denver, 2016. v. 48.

4.
Hiruma, Silvio Takashi; FERRARI, J. A. . Geração de modelo digital de terreno a partir de fotografias aéreas, planaltos cársticos do Rio Betari, Vale do Ribeira (SP). In: Congresso Brasileiro de Geologia, 2012, Santos. Resumos, 2012. v. CD-ROM.

5.
FERRARI, J. A. ; HIRUMA, S. T. ; ARMANI, G. . Estimating steady and unsteady transport in the karst systems using quantitative tracer tests and correlation analysis. In: Geological Society of America ? Annual Meeting, 2011, Minneapolis. Geological Society of America Abstracts with Programs, 2011. v. 43. p. 285.

6.
FERRARI, J. A. ; HIRUMA, S. T. ; ARMANI, G. . Characterizing flow behaviour in karst systems using time series analyses ? Betari Valey - Brazil. In: Geological Society of America - 2010 Annual Meeting, 2010, Denver. Abstracts with Programs, 2010. v. 42. p. 434.

7.
HIRUMA, S. T.; RICCOMINI, C. ; MODENESI-GAUTTIERI, M. C. ; HACKSPACHER, P. C. ; HADLER NETO, J. C. . Significado tectônico e denudacional das cimeiras do sudeste do Brasil (Planaltos de Campos do Jordão e da Bocaina). In: 44 Congresso Brasileiro de Geologia, 2008, Curitiba. Anais, 2008. p. 293.

8.
HIRUMA, S. T.; FERRARI, J. A. ; AMARAL, R. . Caracterização de feições cársticas de superfície da Faixa André Lopes (Vale do Ribeira, SP). In: 44 Congresso Brasileiro de Geologia, 2008, Curitiba. Anais, 2008. p. 993.

9.
SALLUN FILHO, W. ; FERRARI, J. A. ; SALLUN, A.E.M. ; HIRUMA, S. T. ; KARMANN, I. . Gestão do carste do Vale do Ribeira no Estado de São Paulo: Plano de Manejo do Parque Estadual Intervales. In: XLIV Congresso Brasileiro de Geologia, 2008, Curitiba. Anais, 2008. p. 996.

10.
RICCOMINI, C. ; HIRUMA, S. T. ; MODENESI-GAUTTIERI, M. C. ; HACKSPACHER, P. C. ; HADLER NETO, J. C. . The evolution of the elevated, passive continental margin of southeastern Brazil: Magmatism, changes of stress field, uplift, and river captures. In: XXXIII International Geological Congress, 2008, Oslo. Abstract - CD-ROM, 2008.

11.
RICCOMINI, C. ; GROHMANN, C.H. ; SANT'ANNA, L. G. ; HIRUMA, S. T. . A captura das cabeceiras do Rio Tietê pelo Rio Paraíba do Sul. In: X Simpósio de Geologia do Sudeste, 2007, Diamantina. Programação e Livro de Resumos, 2007. p. 145.

12.
HIRUMA, S. T.; MODENESI-GAUTTIERI, M. C. ; RICCOMINI, C. . Cronologia dos depósitos coluviais do Planalto da Bocaina. In: X Simpósio de Geologia do Sudeste, 2007, Diamantina. Programação e Livro de Resumos,, 2007. p. 157.

13.
HIRUMA, S. T.; RICCOMINI, C. ; MODENESI-GAUTTIERI, M. C. ; HACKSPACHER, P. C. ; HADLER NETO, J. C. . Termocronologia de traços de fissão em apatitas no Planalto da Bocaina: implicações na evolução da margem continental passiva do Atlântico Sul. In: X Simpósio de Geologia do Sudeste, 2007, Diamantina. Programação e Livro de Resumos, 2007. p. 170.

14.
HIRUMA, S. T.; RICCOMINI, C. ; MODENESI-GAUTTIERI, M. C. ; HACKSPACHER, P. C. ; HADLER NETO, J. C. . Relações entre tectônica, distribuição dos níveis topográficos e idades de traços de fissão em apatita no Planalto da Bocaina: resultados preliminares. In: VI Simpósio Nacional de Geomorfologia, 2006, Goiânia. Anais/Resumos, 2006. v. 1. p. 192.

15.
MODENESI-GAUTTIERI, M. C. ; HIRUMA, S. T. . Diagnóstico geomorfológico para planejamento urbano do Planalto de Campos do Jordão, São Paulo. In: VI Simpósio Nacional de Geomorfologia, 2006, Goiânia. Anais/Resumos, 2006. v. 1. p. 120.

16.
HIRUMA, S. T.; RICCOMINI, C. . Campos de esforços neotectônicos em um setor do Rift Continental do Sudeste do Brasil, Planalto de Campos do Jordão, SP. In: VIII Simpósio Nacional de Estudos Tectônicos, 2001, Recife. Anais, 2001. p. 323-325.

17.
HIRUMA, S. T.; RICCOMINI, C. . Métodos morfométricos aplicados ao estudo da morfotectônica, Planalto de Campos do Jordão, SP. In: VIII Simpósio de Quantificação em Geociências, 2000, Rio Claro. Boletim de Resumos Expandidos, 2000. p. 107-110.

18.
HIRUMA, S. T.; RICCOMINI, C. ; MODENESI-GAUTTIERI, M. C. . Neotectonics in the Mantiqueira highlands, Campos do Jordão Plateau, Southeastern Brazil. In: XXXI International Geological Congress, 2000, Rio de Janeiro. Abstracts Volume (CD-ROM), 2000.

19.
HIRUMA, S. T.; MODENESI-GAUTTIERI, M. C. . Implementação de um banco de dados georeferenciados como apoio às pesquisas geomorfológicas. In: III Simpósio Nacional de Geomorfologia, 2000, Campinas. Anais, 2000. v. 1. p. 128.

20.
FAIRCHILD, T. R. ; Nogueira, A.C.R. ; Suguio, K. ; SOUSA, S. H. M. ; HIRUMA, S. T. . Ichnofossils from the Passa Dois Group (Permian) near Santa Rosa de Viterbo, SP, Southeastern Brazil. In: Paleo-2000 - Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Paleontologia, 2000, Botucatu. Boletim de Resumos e Programa, 2000. p. 6.

21.
HIRUMA, S. T.; MODENESI, M. C. ; BORSOI, L. F. . Banco de dados cartográficos e bibliográficos da Geomorfologia do Estado de São Paulo. In: VI SIMPÓSIO DE GEOLOGIA DO SUDESTE, 1999, São Pedro. Boletim de Resumos, 1999. p. 166.

22.
HIRUMA, S. T.; FERRARI, J. A. ; ANTONIETTI, E. ; KARMANN, I. . Análise morfométrica aplicada à caracterização de terrenos cársticos - Núcleo Caboclos (PETAR). In: XL CONGRESSO BRASILEIRO DE GEOLOGIA, 1998, Belo Horizonte. Anais, 1998. p. 416.

23.
FERRARI, J. A. ; HIRUMA, S. T. ; ANTONIETTI, E. ; KARMANN, I. . Geoprocessamento aplicado à caracterização de terrenos cársticos - Núcleo Caboclos (PETAR). In: VII Simpósio de Quantificação em Geociências, 1997, Rio Claro. Boletim de Resumos Expandidos, 1997. p. 37-40.

24.
MODENESI-GAUTTIERI, M. C. ; HIRUMA, S. T. ; RICCOMINI, C. . Geomorphological evolution and tectonic reactivation in a tropical plateau (Campos do Jordão, SE Brasil). In: IV International Conference on Geomorphology, 1997, Bologna. Supplement di Geografia Fisica e Dinamica Quaternaria, 1997. v. 3. p. 278.

25.
MODENESI-GAUTTIERI, M. C. ; HIRUMA, S. T. ; RICCOMINI, C. . Morfotectônica dos altos Campos de São Francisco (Planalto de Campos do Jordão - SP). In: VI SIMPÓSIO DE GEOLOGIA DO SUDESTE, 1997, Penedo. Atas, 1997. p. 77-79.

26.
FERRARI, J. A. ; HIRUMA, S. T. . Utilização do software Idrisi no mapeamento da suscetibilidade à erosão. In: I Simpósio de Usuários Idrisi, 1996, Campinas. Caderno de Resumos, 1996. p. 67-68.

27.
HIRUMA, S. T.. Neotectônica no Planalto de Campos do Jordão - SP. In: II Workshop Científico de Pós-Graduação do IG-USP, 1996, São Paulo. Boletim de Resumos, 1996. p. 34.

28.
FERRARI, J. A. ; ANTONIETTI, E. ; HIRUMA, S. T. . Geoprocessamento aplicado na identificação dos fatores responsáveis pela formação de feições lineares de erosão na Bacia do rio Quilombo - SP. In: VI Simpósio de Quantificação em Geociências, 1995, Rio Claro. Boletim de Resumos Expandidos, 1995. p. 67-69.

29.
HIRUMA, S. T.; FUJIMOTO, N. S. V. M. ; BERTOLO, R. A. ; YOSHINAGA, S. . Diagnóstico do meio físico da Área de Proteção Ambiental de Corumbataí - SP. In: IV SIMPÓSIO DE GEOLOGIA DO SUDESTE, 1995, Águas de São Pedro. Boletim de Resumos, 1995. p. 30.

30.
ROHN, R. ; MARANHÃO, M. S. A. S. ; FAIRCHILD, T. R. ; SOUSA, S. H. M. ; SIMÕES, M. G. ; HIRUMA, S. T. . Lito- e biofácies, paleoambientes e estratigrafia da Formação Teresina (Permiano Superior) às margens da represa Xavantes (Fartura, SP). In: IV SIMPÓSIO DE GEOLOGIA DO SUDESTE, 1995, Águas de São Pedro. Boletim de Resumos, 1995. p. 62.

31.
GOULART, A. C. O. ; SOUZA, C.R.G ; CASTRO, S. A. P. ; TOMINAGA, L. K. ; ANTONIETTI, E. ; HIRUMA, S. T. ; PIRES NETO, A. G. ; TORRES, M. C. . Geomorfologia da Bacia do rio Piracicaba entre Jaguariúna e Americana - SP. In: XXXVIII CONGRESSO BRASILEIRO DE GEOLOGIA, 1994, Balneário Camboriú. Boletim de Resumos Expandidos, 1994. v. 3. p. 192-194.

32.
HIRUMA, S. T.; PONÇANO, W. L. . Análise das densidades de drenagem e de nascentes na área do alto rio Pardo, SP e MG. In: XXXVIII CONGRESSO BRASILEIRO DE GEOLOGIA, 1994, Balneário Camboriú. Boletim de Resumos Expandidos, 1994. v. 3. p. 181-182.

33.
FAIRCHILD, T. R. ; HIRUMA, S. T. ; SOUSA, S. H. M. . Nova ocorrência de estromatólitos na Formação Estrada Nova (Permiano Superior), Fartura, SP. In: XII Congresso Brasileiro de Paleontologia, 1991, São Paulo. Boletim de Resumos, 1991. p. 14.

Resumos publicados em anais de congressos (artigos)
1.
HIRUMA, S. T.;Hiruma, Silvio T.;Hiruma, Silvio Takashi1997HIRUMA, S. T.; RICCOMINI, C. ; MODENESI, M. C. . Neotectônica no Planalto de Campos do Jordão, SP: primeira aproximação.. Anais da Academia Brasileira de Ciências, São Paulo, v. 69, n.3, p. 442, 1997.

Apresentações de Trabalho
1.
Hiruma, Silvio Takashi; CARVALHO, C. H. G. . Geo-referenced database of Brazilian thermochronological studies. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
Hiruma, Silvio Takashi; FURQUIM, S. A. C. ; TEIXEIRA, A. L. . Late Quaternary chronology of colluvial and pedogenic processes in the Mantiqueira Highlands, Southeastern Brazil. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Outras produções bibliográficas
1.
FERRARI, J. A. ; HIRUMA, S. T. ; ANTONIETTI, E. ; PEREIRA, P. R. B. ; TAVARES, R. ; MORAIS, S. C. . Mapeamento da suscetibilidade à erosão na Bacia do Rio Quilombo - SP. São Paulo: Instituto Geológico, 1996 (Boletim do Instituto Geológico).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
ARZOLLA, F. ; VILELA, F. ; ARMANI, G. ; FERRARI, J. A. ; PISCIOTTA, K. R. ; FIGUEIREDO, L. A. V. ; MARINHO, M. A. ; IVANUSKAS, N. M. ; AMARAL, R. ; HIRUMA, S. T. ; SALLUN FILHO, W. . Caracterização regional - Plano de Manejo Espeleológico do Parque Estadual Caverna do Diabo. 2010.

2.
ARZOLLA, F. ; VILELA, F. ; ARMANI, G. ; FERRARI, J. A. ; PISCIOTTA, K. R. ; FIGUEIREDO, L. A. V. ; MARINHO, M. A. ; IVANUSKAS, N. M. ; AMARAL, R. ; HIRUMA, S. T. ; SALLUN FILHO, W. . Caracterização regional - Plano de Manejo Espeleológico do Parque Estadual Intervales. 2010.

3.
ARZOLLA, F. ; VILELA, F. ; ARMANI, G. ; FERRARI, J. A. ; PISCIOTTA, K. R. ; FIGUEIREDO, L. A. V. ; MARINHO, M. A. ; IVANUSKAS, N. M. ; AMARAL, R. ; HIRUMA, S. T. ; SALLUN FILHO, W. . Caracterização regional - Plano de Manejo Espeleológico do Parque Estadual do Rio Turvo (Gruta da Capelinha). 2010.

4.
ARZOLLA, F. ; VILELA, F. ; ARMANI, G. ; FERRARI, J. A. ; PISCIOTTA, K. R. ; FIGUEIREDO, L. A. V. ; MARINHO, M. A. ; IVANUSKAS, N. M. ; AMARAL, R. ; HIRUMA, S. T. ; SALLUN FILHO, W. . Caracterização regional - Plano de Manejo Espeleológico do Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira. 2010.

5.
FERRARI, J. A. ; HIRUMA, S. T. ; NEGRI, F. A. . Plano de manejo do Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira - PETAR - Áreas Cársticas. 2010.

6.
SALLUN, A.E.M. ; FERRARI, J. A. ; KARMANN, I. ; HIRUMA, S. T. ; SALLUN FILHO, W. . Plano de Manejo do Parque Estadual Intervales - Carste. 2008.


Demais tipos de produção técnica
1.
SHIMADA, H. ; TEIXEIRA, A. L. ; NEGRI, F. A. ; AZEVEDO SOBRINHO, J. M. ; HIRUMA, S. T. ; FERRARI, J. A. ; ANTONIETTI, E. ; MARINHO, M. A. ; GUTJAHR, M. R. ; TAVARES, R. ; BURGI, R. . Contribuição ao conhecimento do meio físico no Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira - PETAR (Apiaí e Iporanga, SP). 1999. (Relatório de pesquisa).

2.
AMARANTE, A. ; FERRARI, J. A. ; HIRUMA, S. T. . Introdução à cartografia digital. 1994. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - manual técnico).

Demais trabalhos
1.
HIRUMA, S. T.. Aplicação de parâmetros morfométricos em estudos de morfotectônica. Palestra proferida para alunos da disciplina eletiva de graduação "Neotectônica". 2003 (Palestra) .

2.
HIRUMA, S. T.. Análise morfométrica em estudos de neotectônica. Palestra proferida na disciplina Neotectônica, ministrada pelo Prof. Dr. Claudio Riccomini (IGc-USP). 2002 (Palestra) .

3.
HIRUMA, S. T.. Banco de dados georeferenciados da bibliografia geomorfológica do Estado de São Paulo. Palestra proferida durante o I Encontro de Usuários MapInfo do Brasil (São Paulo). 2000 (Palestra) .

4.
RICCOMINI, C. ; MODENESI-GAUTTIERI, M. C. ; FERRARI, A. L. ; HIRUMA, S. T. ; SANT'ANNA, L. G. . Organização de excursão técnica durante o XXXI International Geological Congress no Rift Continental do Sudeste Brasileiro. 2000 (Organização de excursão técnica) .

5.
MODENESI-GAUTTIERI, M. C. ; HIRUMA, S. T. . Organização de excursão técnica para a região do Itatiaia-RJ, por solicitação da International Periglacial Association - IPA. 2000 (Organização de excursão técnica) .

6.
HIRUMA, S. T.. O quadro neotectônico do Planalto de Campos do Jordão. Palestra proferida na disciplina Ecologia, paisagem e gestão ambiental, ministrada pelo Prof. Dr. Felisberto Cavalheiro (FFLCH-USP). 1999 (Palestra) .

7.
HIRUMA, S. T.. Morfotectônica no Planalto de Campos do Jordão. Palestra proferida na disciplina Neotectônica, ministrada pelo Prof. Dr. Claudio Riccomini (IGc-USP). 1998 (Palestra) .

8.
HIRUMA, S. T.. Neotectônica no Planalto de Campos do Jordão. Palestra proferida na disciplina Neotectônica, ministrada pelo Prof. Dr. Claudio Riccomini (IGc-USP). 1997 (Palestra) .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
GROHMANN, C.H.; RIEDEL, P. S.; PUPIM, F. N.; HIRUMA, S. T.. Participação em banca de Karyna D'Onofre Neves. Caracterização geomorfométrica e temporal de área degradada por processos erosivos: o exemplo da Sub-Bacia do Tucum, São Pedro, SP. 2017. Dissertação (Mestrado em Geologia) - Instituto de Geociências - USP.

Teses de doutorado
1.
HACKSPACHER, P. C.; PUPIM, F. N.; SCARDIA, G.; RIBEIRO, M. C. S.; HIRUMA, S. T.. Participação em banca de Daniel Henrique de Souza. Reativações Pós-Rifte e Evolução do Relevo da Área Central da Margem Continental do Sudeste Brasileiro: Relações entre Dinâmicas de Longo e Curto Prazo no Tempo Geológico. 2018. Tese (Doutorado em Geologia) - Instituto de Geociências e Ciências Exatas - UNESP.

2.
HACKSPACHER, P. C.; RIBEIRO, M. C. S.; MAGALHAES, A. O. B. F.; GODOY, D. F.; HIRUMA, S. T.. Participação em banca de Carolina Doranti. Evolução geomórfica e modelagem termocinemática 3D da região do Planalto de Poços de Caldas (SP/MG). 2013. Tese (Doutorado em Geociencias - Geologia Regional(Rc)) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Qualificações de Doutorado
1.
SALGADO, A. A. R.; VIEIRA, B. C.; HIRUMA, S. T.. Participação em banca de Maria Carolina Villaça Gomes. Os movimentos de massa e as taxas de denudação da Serra do Mar (SP). 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Geografia (Geografia Física)) - Universidade de São Paulo.

Qualificações de Mestrado
1.
CARVALHO, C. H. G.; HIRUMA, S. T.; SANTOS, M. G. M.. Participação em banca de Guilherme Pereira Bento Garcia. Elaboração de mapas geomorfológicos a partir de modelos digitais de elevação (MDE) para diferentes contextos geomorfológicos no território brasileiro. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Geologia) - Instituto de Geociências - USP.

2.
HIRUMA, S. T.; CARVALHO, C. H. G.; PERROTTA, M. M.. Participação em banca de Renato dos Santos Neves Kahwage. Aplicação do método de isobases e de sensores remotos ópticos no mapeamento da folha Capão Bonito, SE do Estado de São Paulo. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Geologia) - Instituto de Geociências - USP.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
HIRUMA, S. T.; SIGOLO, J. B.; GROHMANN, C.H.. Participação em banca de André Polistchuck.Caracterização morfométrica da região cárstica da Serra André Lopes, Vale do Ribeira, SP. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geologia) - Instituto de Geociências - USP.

2.
HIRUMA, S. T.. Participação em banca de Daniel Barel Filho.Aspectos geológicos da região do Município de Campos do Jordão como subsídio para o entendimento dos processos de escorregamentos. 2002. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geologia) - Instituto de Geociências, Universidade de São paulo.

3.
HIRUMA, S. T.. Participação em banca de Pedro Refinetti Rodrigues Martins.Neotectônica nos Campos do Ribeirão Fundo. 2002. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geologia) - Instituto de Geociências, Universidade de São paulo.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
ALBUQUERQUE FILHO, J. L.; ASSUNCAO, M. P. M.; BITENCOURT, A. L. V.; EZAKI, S.; HIRUMA, S. T.; LEITE, C. B. B.. Banca examinadora de provas para obtenção de cargo de Professor Adjunto A - UNIFESP (campus Diadema) - área de Geociências. 2014. Universidade Federal de São Paulo.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
GSA Annual Meeting 2016.Late Quaternary chronology of colluvial and pedogenic processes in the Mantiqueira Highlands, Southeastern Brazil. 2016. (Simpósio).

2.
THERMO 2016 ? 15th International Conference on Thermochronology.Geo-referenced database of Brazilian thermochronological studies. 2016. (Simpósio).

3.
VIII Simpósio Nacional de Geomorfologia.História denudacional do Planalto da Bocaina (Serra do Mar): implicações na evolução da margem continental passiva do sudeste do Brasil. 2010. (Simpósio).

4.
XLIX Congresso Brasileiro de Geologia. Significado tectônico e denudacional das cimeiras do Sudeste do Brasil (planaltos de Campos do Jordão e da Bocaina). 2008. (Congresso).

5.
II Encontro Brasileiro de Estudos do Carste.Geomorfologia cárstica da faixa Itaiacoca nas regiões de Nova Campina e Bom Sucesso de Itararé. 2007. (Encontro).

6.
VI Simpósio Nacional de Geomorfologia.Relações entre tectônica, distribuição dos níveis topográficos e idades de traços de fissão em apatita no Planalto da Bocaina: resultados preliminares. 2007. (Simpósio).

7.
X Simpósio Nacional de Estudos Tectônicos.Níveis topográficos no Planalto da Bocaina e suas implicações tectônicas: considerações preliminares. 2005. (Simpósio).

8.
I Encontro de Usuários MapInfo.Banco de dados georeferenciados da bibliografia geomorfológica do Estado de São Paulo. 2000. (Encontro).

9.
III Simpósio Nacional de Geomorfologia.Implementação de um banco de dados georeferenciados como apoio às pesquisas geomorfológicas. 2000. (Simpósio).

10.
VIII Simpósio de Quantificação em Geociências.Métodos morfométricos aplicados ao estudo da morfotectônica, Planalto de Campos do Jordão, SP. 2000. (Simpósio).

11.
XXXI International Geological Congress. Neotectonics in the Mantiqueira highlands, Campos do Jordão Plateau, Southeastern Brazil. 2000. (Congresso).

12.
VI Simpósio de Geologia do Sudeste.Banco de dados cartográficos e bibliográficos da Geomorfologia do Estado de São Paulo. 1999. (Simpósio).

13.
XL Congresso Brasileiro de Geologia. Análise morfométrica aplicada à caracterização de terrenos cársticos - Núcleo Caboclos (PETAR). 1998. (Congresso).

14.
Sessão Regular da Academia Brasileira de Ciências: Serras do Sul e Sudeste do Brasil: Geologia, Geofísica e Meio Ambiente.Neotectônica no Planalto de Campos do Jordão, SP: primeira aproximação. 1997. (Encontro).

15.
VII Simpósio de Quantificação em Geociências.Geoprocessamento aplicado à caracterização de terrenos cársticos - Núcleo Caboclos (PETAR). 1997. (Simpósio).

16.
V Simpósio de Geologia do Sudeste.Morfotectônica dos altos Campos de São Francisco (Planalto de Campos do Jordão - SP). 1997. (Simpósio).

17.
II Workshop Científico de Pós-Graduação do IGc-USP.II Workshop Científico de Pós-Graduação do IGc-USP. 1996. (Seminário).

18.
I Simpósio de Usuários Idrisi.Utilização do software Idrisi no mapeamento da suscetibilidade à erosão. 1996. (Simpósio).

19.
IV Simpósio de Geologia do Sudeste.Diagnóstico do meio físico da Área de Proteção Ambiental de Corumbataí - SP. 1995. (Simpósio).

20.
VI Simpósio de Quantificação em Geociências.Geoprocessamento aplicado na identificação dos fatores responsáveis pela formação de feições lineares de erosão na Bacia do rio Quilombo - SP. 1995. (Simpósio).

21.
VI Simpósio Nacional de Geografia Física Aplicada.Mapeamento de risco a erosão em bacias hidrográficas a partir de análise fatorial, Bacia do rio Quilombo, SP. 1995. (Simpósio).

22.
XXXVIII Congresso Brasileiro de Geologia. Análise das densidades de drenagem e de nascentes na área do alto rio Pardo, SP e MG. 1994. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Iniciação científica
1.
Rafael Gobeti Faquim Pereira. Mineralogia da fração argila de paleossolosos do Planalto de Monte Verde, Serra da Mantiqueira. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Ciências Ambientais) - Universidade Federal de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Simone Sandra Sonvesso. Análise morfométrica de um setor do Planalto Atlântico e Província Costeira, entre Salesópolis e São Sebastião. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Geologia) - Instituto de Geociências, Universidade de São paulo. Orientador: Silvio Takashi Hiruma.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 18/12/2018 às 12:58:17