Adriano Nervo Codato

Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 1D

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3926768348141273
  • Última atualização do currículo em 15/12/2018


Adriano Codato (http://orcid.org/0000-0002-5015-4273) é graduado em Ciências Sociais (com ênfase em Ciência Política), Mestre em Ciência Política e Doutor em Ciência Política, sempre pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Professor Associado II de Ciência Política na Universidade Federal do Paraná (UFPR), é fundador e editor da Revista de Sociologia e Política (www.scielo.br/rsocp), pesquisador 1D do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e um dos coordenadores do Núcleo de Pesquisa em Sociologia Política Brasileira da UFPR. Atua no Programa de Pós-Graduação em Ciência Política e no Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas na UFPR. É Coordenador Adjunto da Área de Ciência Política e Relações Internacionais na Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior). É membro titular de Flacso Espanha e realizou estágio de pós-doutorado no Centre européen de sociologie et de science politique de la Sorbonne (CESSP-Paris) em 2015-2016. Atualmente, dedica-se ao estudo dos processos de recrutamento da classe política brasileira, coordena o Observatory of social and political elites of Brazil (http://observatory-elites.org/) e participa do Laboratório de Análise do Campo Científico (LaCC - UFPR). Integrou a Comissão da Memória e da Verdade da UFPR (2013-2014); coordenou o Seminário Temático da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais (ANPOCS) Elites e Espaços de Poder (2013-2015) e a Área Temática de Sociologia Política da Associação Brasileira de Ciência Política (ABCP) (2016; 2018). Possui dois livros publicados: Sistema estatal e política econômica no Brasil pós-64. São Paulo: Hucitec, 1997 (Prêmio José Albertino Rodrigues na categoria melhor Dissertação de Mestrado, conferido pela Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais (ANPOCS) em 1996) e Marxismo como ciência social. Curitiba: Editora UFPR, 2011 (Prêmio ANPOCS para melhor Obra Científica de Ciências Sociais em 2012). Seus temas de pesquisa incluem os seguintes assuntos: regimes políticos ditatoriais; elites estatais; classe política; carreiras políticas; profissionalização política. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Adriano Nervo Codato
Nome em citações bibliográficas
Codato, Adriano;Codato, Adriano Nervo;Codato, A.;Codato, A. N.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Paraná, Departamento de Ciência Política.
Rua General Carneiro n. 460, sala 904 - Núcleo de Pesquisa em Sociologia Política Brasileira
Centro
80060150 - Curitiba, PR - Brasil
Telefone: (41) 33605320
URL da Homepage: https://www.researchgate.net/profile/Adriano_Codato


Formação acadêmica/titulação


2008 - 2008
Doutorado em Ciência Política.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Título: Elites e instituições no Brasil: uma análise contextual do Estado Novo, Ano de obtenção: 2008.
Orientador: Sebastião C. Velasco e Cruz.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: regime político autoritário; elites políticas; instituições políticas.
Grande área: Ciências Humanas
1987 - 1995
Mestrado em Ciência Política.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Título: Estrutura política e interesse de classe: uma análise do sistema estatal no Brasil pós-1964 ? o caso do Conselho de Desenvolvimento Econômico,Ano de Obtenção: 1995.
Orientador: Décio Azevedo Marques de Saes.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: governo Geisel; política econômica; processo decisório.
Grande área: Ciências Humanas
1983 - 1986
Graduação em Ciências Sociais (modalidade: Política).
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Título: Autoritarismo: análise do conceito e sua aplicação nos estudos recentes de Ciência Política.
Orientador: Caio Navarro de Toledo.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.


Pós-doutorado


2015 - 2016
Pós-Doutorado.
Université Paris 1 Pantheon-Sorbonne, PARIS 1, França.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas


Formação Complementar


2018 - 2018
Oficina de Análise Espacial Aplicada a Estudos Sociopolíticos. (Carga horária: 20h).
Asociación Latinoamericana de Ciencia Política, ALACIP, México.
2017 - 2017
Análise de Correspondência Múltipla (MCA). (Carga horária: 12h).
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
2017 - 2017
Qualitative Comparative Analysis (QCA). (Carga horária: 8h).
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
2014 - 2014
Introdução aos Métodos Quantitativos em C. Sociais. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
2009 - 2009
Mini-curso Estado, economia e industrialização. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
2005 - 2005
Extensão universitária em Tópicos de Teoria Política Contemporânea. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
2004 - 2004
Introdução à Análise de Redes Sociais. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
2004 - 2004
Curso Statistical Package for the Social Sciences. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
2003 - 2003
Estatística Geral e Aplicada. (Carga horária: 20h).
Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social, IPARDES, Brasil.
1990 - 1990
Certificat Pratique de la Langue Française 1 Degré.
Universite de Nancy II, U.N.II, França.


Atuação Profissional



Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Coordenador Adjunto de CP&RI, Enquadramento Funcional: Coordenador Adjunto de CP&RI, Carga horária: 4
Outras informações
Coordenador Adjunto da Área de Ciência Política e Relações Internacionais


Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
Vínculo institucional

1992 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Professor efetivo admitido por consurso público de provas e títulos em dezembro de 1991.

Atividades

03/2011 - Atual
Ensino, Políticas Públicas, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Análise de Políticas Públicas
Teorias do Estado
03/2009 - Atual
Ensino, Programa de Pós-Graduação em Ciência Política, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Estudo de elites políticas: questões de teoria e método
Política Brasileira
Teoria Política I
Métodos Avançados em Ciência Política
11/2002 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Setor de Ciências Humanas Letras e Artes, Departamento de Ciências Sociais.

12/2000 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , Setor de Ciências Humanas Letras e Artes, Setor de Ciências Humanas Letras e Artes.

Atividade realizada
Coordenador do Núcleo de Pesquisa em Sociologia Política Brasileira.
3/1992 - Atual
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Política Brasileira III
Estado e Burguesia
Regimes Políticos Contemporâneos
Métodos e Técnicas de Pesquisa em Ciência Política
Teoria do Estado
Política Brasileira IV
Política Brasileira V
Sociologia
Introdução às Ciências Sociais
03/2012 - 03/2014
Direção e administração, Departamento de Ciências Sociais, .

Cargo ou função
Chefe de Departamento.
11/2012 - 11/2013
Conselhos, Comissões e Consultoria, Reitoria, .

Cargo ou função
Membro da Comissão da Memória e da Verdade da UFPR.
9/2000 - 12/2012
Ensino, Sociologia Política, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Conceitos Fundamentais em Sociologia Política
Metodologia de Pesquisa
Política e Sociedade no Brasil
Teoria do Estado Moderno
06/2009 - 12/2009
Direção e administração, Departamento de Ciências Sociais, Coordenação do curso de graduação em Ciências Sociais.

Cargo ou função
vice-coordenador.
2/2003 - 2/2008
Direção e administração, Setor de Ciências Humanas Letras e Artes, Departamento de Ciências Sociais.

Cargo ou função
Vice-coordenador do Curso de Especialização em Sociologia Política.
3/2001 - 3/2003
Conselhos, Comissões e Consultoria, Setor de Ciências Humanas Letras e Artes, Departamento de Ciências Sociais.

Cargo ou função
Membro do Conselho Setorial de Pesquisa.
2/2000 - 2/2002
Direção e administração, Setor de Ciências Humanas Letras e Artes, Departamento de Ciências Sociais.

Cargo ou função
Suplente do Chefe do Departamento de Ciências Sociais.
3/1992 - 9/2001
Outras atividades técnico-científicas , Setor de Ciências Humanas Letras e Artes, Setor de Ciências Humanas Letras e Artes.

Atividade realizada
Coordenador da área de Ciência Política do Departamento de Ciências Sociais.
3/1999 - 10/2000
Conselhos, Comissões e Consultoria, Setor de Ciências Humanas Letras e Artes, Departamento de Ciências Sociais.

Cargo ou função
Membro do colegiado do Curso de Graduação em Ciências Sociais.
3/1993 - 10/2000
Outras atividades técnico-científicas , Setor de Ciências Humanas Letras e Artes, Setor de Ciências Humanas Letras e Artes.

Atividade realizada
Coordenador do Grupo de Estudos Estado e Sociedade (GEES).
3/1993 - 3/1997
Conselhos, Comissões e Consultoria, Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Departamento de Economia.

Cargo ou função
Membro do colegiado do Curso de Graduação em Ciências Econômicas.
3/1992 - 3/1997
Conselhos, Comissões e Consultoria, Setor de Ciências Humanas Letras e Artes, Departamento de Ciências Sociais.

Cargo ou função
Membro do Colegiado do Curso de Graduação em Ciências Sociais.
1/1994 - 1/1996
Outras atividades técnico-científicas , Setor de Ciências Humanas Letras e Artes, Setor de Ciências Humanas Letras e Artes.

Atividade realizada
Co-Tutor do Programa Especial de Treinamento (PET/CAPES).

observatório de elites políticas e sociais do brasil, OBSERVATORIO, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: coordenador, Enquadramento Funcional: conselho executivo, Carga horária: 12
Outras informações
O observatório de elites políticas e sociais do brasil, coordenado pelo núcleo de pesquisa em sociologia política brasileira da universidade federal do paraná (ufpr), pretende ser o principal ponto de referência nacional para informações sistemáticas sobre elites burocráticas e científicas, parlamentares e partidárias, judiciárias e intelectuais e elites profissionais e sociais do Brasil contemporâneo.


Revista de Sociologia e Política, REV.SOCIOL.POLÍT, Brasil.
Vínculo institucional

1993 - Atual
Vínculo: Editor, Enquadramento Funcional: Editor da Revista, Carga horária: 0
Outras informações
A Revista de Sociologia e Política (ISSN 0104-4478) é uma publicação semestral da área de Ciência Política do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal do Paraná (UFPR). www.scielo.br/rsocp

Atividades

9/2004 - Atual
Direção e administração, Revista de Sociologia e Política, .

Cargo ou função
Editor.
11/1994 - 8/2004
Direção e administração, Revista de Sociologia e Política, .

Cargo ou função
Editor-chefe.
11/1999 - 11/2000
Direção e administração, Revista de Sociologia e Política, .

Cargo ou função
Editor de resenhas.
11/1993 - 11/1994
Direção e administração, Revista de Sociologia e Política, .

Cargo ou função
Co-Editor.

Centre européen de sociologie et de science politique de la Sorbonne, CESSP, França.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Visitante, Enquadramento Funcional: Visitante, Carga horária: 2
Outras informações
Le Centre européen de sociologie et de science politique de la Sorbonne (CESSP-Paris), UMR 8209 de l?Université Paris-Panthéon-Sorbonne, du CNRS, et de l?EHESS est né de la fusion du Centre de sociologie européenne (CSE) et du Centre de Recherches Politiques de la Sorbonne (CRPS).


FLACSO España, FLACSO ESPAÑA, Espanha.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Membro titular, Enquadramento Funcional: Membro, Carga horária: 2
Outras informações
FLACSO es un organismo internacional que surge en 1956 en la Conferencia General de la UNESCO. Su intención original fue apoyar a los países de América Latina en la creación de una entidad de ciencias sociales que genere un espacio de reflexión, hasta entonces inexistente, desde la cual se impulsase el desarrollo de las sociedades de la región.


Editora UFPR, EDITORA UFPR, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Membro do Conselho Editorial, Carga horária: 2


Sociologiapolitica.cl, SP, Chile.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Investigador en red, Enquadramento Funcional: Pesquisador
Outras informações
Sociologiapolitica.cl pretende ser un espacio de encuentro destinado a investigadores nacionales e internacionales interesados en la discusión y difusión de sus proyectos de investigación y trabajos en curso, enmarcados en el área de la sociología política. En esta plataforma virtual, se comparten también noticias sobre actividades e informaciones relevantes para el área (publicaciones recientes, actividades de investigación, conferencias, intervenciones en los medios, etc.), proporcionadas por los mismos miembros de la red. Por último, la página no sólo busca posibilitar la comunicación entre investigadores de cara al desarrollo de proyectos de índole comparativa, pudiendo éstos desembocar en la conformación de núcleos de investigación de envergadura nacional o internacional, sino también asociar instituciones pertinentes a esta iniciativa.


Grupos Dirigentes y Poder - Universidad de la República, UDELAR, Uruguai.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: Investigador en red, Enquadramento Funcional: Pesquisador
Outras informações
El interés del grupo es abordar una temática clásica y recurrente de la sociología: las elites y su papel en los mecanismos de producción o reproducción de desigualdades en la sociedad. En función de ello, se analizan los principales aportes de las teorías y enfoques analíticos, así como el desarrollo de herramientas metodológicas y de resultados de estudios comparados en diversos contextos históricos y sociales de la formación, rasgos sociales y transformaciones de los grupos dirigentes.


Universidad de Buenos Aires, UBA, Argentina.
Vínculo institucional

2007 - 2007
Vínculo: Professor vistante, Enquadramento Funcional: Professor visitante, Carga horária: 10
Outras informações
Porfessor visitante na Faculdad de Filosofia y Letras - UBA, onde ministrei o curso "A teoria política de Marx" no programa de pós-graduação em Antropologia


Núcleo de Pesquisa em Sociologia Política Brasileira, NUSP, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: coordenador/pesquisador, Carga horária: 12, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
http://www.nusp.ufpr.br/


revista Paraná Eleitoral, PARANAELEITORAL, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: Editor associado, Enquadramento Funcional: colaborador, Carga horária: 8
Outras informações
A revista Paraná Eleitoral: Revista Brasileira de Direito Eleitoral e Ciência Política é uma publicação quadrimestral do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (PR), especializada em Direito Político e Constitucional, Estudos Eleitorais e Partidos Políticos e Sistemas Partidários.

Atividades

03/2012 - Atual
Direção e administração, Editoria, .

Cargo ou função
Editor-associado.

Grupo de Estudos Estado e Sociedade, GEES, Brasil.
Vínculo institucional

1992 - 2000
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: coordenador, Carga horária: 12


Consejo Latino-Americano de Ciencias Sociales - Argentina, CLACSO, Argentina.
Vínculo institucional

2010 - Atual
Vínculo: Membro de Grupo de Trabajo, Enquadramento Funcional: Membro do GT El Estado en América Latina, Carga horária: 1


Instituto de Ciência Política, ICP, Brasil.
Vínculo institucional

1994 - Atual
Vínculo: Presidente, Enquadramento Funcional: Presidente, Carga horária: 4

Atividades

11/1994 - 4/2006
Direção e administração, Instituto de Ciência Política, .

Cargo ou função
Presidente.

Universidade Federal da Integração Latino-Americana, UNILA, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Laboratório de análise do Campo Científico, LACC, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: pesquisador, Enquadramento Funcional: pesquisador, Carga horária: 4
Outras informações
O principal objetivo do Laboratório de Análise do Campo Científico é estudar a produção científica dos diferentes campos do conhecimento, notadamente nas ciências sociais. Para tanto, mediante diversas estratégias metodológicas, busca identificar e analisar autores, publicações, instituições, temas, objetos, teorias, métodos e procedimentos de coleta e análise de dados, além dos fatores que podem inibir ou otimizar a produção científica. As pesquisas do laboratório são de amplo escopo, voltando-se a escalas tanto nacionais quanto internacionais e a recortes que vão desde temas específicos até campos disciplinares e interdisciplinares inteiros.



Linhas de pesquisa


1.
Elites políticas e burocráticas

Objetivo: Estudos descritivos e análises sociológicas de grupos de elites (políticas, administrativas, partidárias, econômicas, etc.). Seu objetivo é produzir trabalhos que analisem o recrutamento social e político das elites políticas, a relação dessas últimas com as elites sociais e econômicas e o impacto de variáveis sociais, econômicas, culturais e institucionais no comportamento das elites políticas. Pretende-se que tais estudos sejam produzidos a partir de uma combinação de diversos métodos de pesquisa (quantitativo, qualitativo, histórico).
Grande área: Ciências Humanas
Palavras-chave: elite política; elite parlamentar; elite burocrática.


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Regimes políticos, hierarquias sociais e profissionalização política dos congressistas brasileiros
Descrição: O objetivo desta pesquisa é analisar a variação histórica do padrão sócio-profissional e dos modelos de carreira política de deputados federais brasileiros eleitos entre 1945 e 2014. É possível encontrar alguma dependência entre o meio social de origem e o perfil de carreira dos políticos profissionais? Ou essas variáveis são independentes uma da outra? Estudos de Sociologia Política estabelecem uma conexão quase direta entre os recursos (econômicos, familiares, culturais) possuídos pelos indivíduos e as chances de se conquistar altos postos na hierarquia política. Estudos de Ciência Política tendem a explicar os tipos de carreira e os graus de profissionalização parlamentar quase sempre em função de regras eleitorais, de tipos de partidos, de padrões de conexão eleitoral e de ambição política. Os processos muito acelerados de mudança das fontes sociais e dos contextos institucionais de recrutamento dos políticos no Brasil exigem um modelo que consiga medir empiricamente o vínculo entre o nível do status social e o nível do status político dos representantes. Propõe-se neste projeto um primeiro modelo nesse sentido. Banpesq UFPR 2018026453.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Adriano Nervo Codato - Coordenador / Luiz Domingos Costa - Integrante / Mariana Arcos Lorencetti - Integrante / Lucas Massimo - Integrante / Juan Francisco Espinoza Molina - Integrante / Amanda Fantato Sangalli - Integrante / Bruna Brito Prata Ferreira - Integrante / Geovana Basilio Custodio - Integrante / Carolina Forlani Santana - Integrante / Isabela de Souza Gomes - Integrante / Eduardo Salomão Gregio Vargas - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 12
2018 - Atual
Ideologia partidária no Brasil

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Bruno Bolognesi em 07/06/2018.
Descrição: Dada a incongruência, a dinâmica fluída do sistema partidário brasileiro e a dificuldade em classificar os partidos políticos conforme sua ideologia, uma nova investida neste campo se faz necessária. A última vez que uma classificação dos partidos políticos foi realizada ocorreu em 2010. Para tanto utilizamos o método de expert survey e solicitamos à comunidade de cientistas políticos que classificasse as trinta e cinco legendas existentes no Brasil. Os eixos analisados são o de esquerda e direita e também acerca da organização partidária (vote seeking, office seeking e policy seeking). A coleta de dados será feita através de web based survey, com a aplicação de questionário para todos os associados da Associação Brasileira de Ciência Política (ABCP).
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Adriano Nervo Codato - Integrante / Bruno Bolognesi - Coordenador / Ednaldo Aparecido Ribeiro - Integrante / Ana Paula Brito Maciel - Integrante.
2017 - Atual
O campo científico da Ciência Política brasileira
Descrição: A pesquisa pretende estudar a produção científica nas ciências sociais, com destaque para a Ciência Política. Está dividida em três frentes: 1) "mapa dos autores da produção em Ciência Política": o objetivo é diagnosticar a produção científica no campo disciplinar da Ciência Política brasileira com foco nos autores e seus perfis acadêmicos e institucionais; 2) "técnicas e métodos do campo científico": visa avaliar os métodos e técnicas empregadas na área de Ciência Política e em áreas afins, buscando compreender e aferir os desenhos e estratégias das pesquisas, assim como frequência, mudanças ou evoluções no paradigma da aplicação das técnicas; 3) "temas da produção científica da Ciência Política": com o objetivo de determinar e monitorar o estado da arte da disciplina, mapeia temas e objetos presentes na produção acadêmica em Ciência Política, brasileira e estrangeira, em perspectiva sincrônica e diacrônica. Banpesq UFPR 2017026452.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (7) .
Integrantes: Adriano Nervo Codato - Integrante / Rodrigo Horochovski - Coordenador / Rafael Cardoso Sampaio - Integrante.
Número de produções C, T & A: 11
2016 - 2017
Quem decide concorrer? Um estudo dos candidatos a vereador (e de seus partidos) nas eleições de 2016

Projeto certificado pela empresa EDITORA GAZETA DO POVO LTDA em 09/08/2016.
Descrição: Esta pesquisa investiga duas dimensões das candidaturas a cargos representativos. A primeira dimensão diz respeito ao tipo de candidato que se lança na política: quais os seus perfis sociais e partidários, o quão (in)experientes na política eles são, o que pensam da atividade representativa, o quão informados eles são das regras eleitorais. Pretende-se estudar esse primeiro degrau da profissão política (o cargo de vereador) a fim de estimar a ambição política desses indivíduos e o seu grau de profissionalização. As questões centrais dessa primeira dimensão seriam: quem decide e por que alguns indivíduos decidem concorrer a um cargo político? A segunda dimensão da pesquisa é institucional. Como os diferentes partidos políticos escolhem os seus candidatos? Quais são as suas estratégias? O processo de seleção de candidaturas é uma das mais importantes medidas para se estimar o tipo de recrutamento político e, indiretamente, o quão democrático é, do ponto de vista da sua organização, um partido político. Essas questões foram respondidas a partir de survey aplicado ao universo de candidatos a vereador em Curitiba nas eleições municipais de 2016. Num universo de 1.117 candidaturas, entrevistamos 778 candidatos. Banpesq UFPR 2016023498.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (12) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Adriano Nervo Codato - Integrante / Luiz Domingos Costa - Integrante / Bruno Bolognesi - Coordenador / Eneida Desiree Salgado - Integrante / Karolina Mattos Roeder - Integrante / Flávia Roberta Babireski - Integrante / Verônica Castro Hiller - Integrante / Giovanna Castro da Cruz - Integrante / Amanda Fantato Sangalli - Integrante.
2016 - Atual
Elite do Estado e burocracia econômica: prosopografia dos decisores e dos operadores dos instrumentos econômicos da Administração Pública no Brasil
Descrição: Este projeto investiga o perfil sócio-profissional dos indivíduos que tomam as principais decisões de política econômica do Estado brasileiro, como ministros, assessores de ministérios e presidentes e diretores de bancos públicos e de fomento. Do mesmo modo, a pesquisa propõe-se a estudar a burocracia que opera os instrumentos econômicos do Estado, como os servidores públicos e comissionados que decidem sobre orçamentos e processos de aquisições em diferentes órgãos da Administração direta e indireta. Para compreender a elite estatal, pesquisaremos aparelhos como os ministérios da Fazenda, Planejamento, Desenvolvimento, o Banco Central, os bancos de investimento e órgãos de fomento, além das agências reguladoras. Para analisar os agentes que operam os instrumentos econômicos, estudaremos o perfil de ocupantes de funções tipicamente econômicas da Administração, desde decisores que atuam na área orçamentária até servidores envolvidos em processos como licitações. Analisaremos decisores e burocratas isoladamente nos diferentes órgãos da Administração, bem como comparativamente, considerando semelhanças e diferenças entre diversos aparelhos. Interessa aqui tanto a formação do alto escalão e das elites estatais do setor econômico do Estado, como a sua burocracia permanente. Seus perfis serão analisados em termos das ideias econômicas que esposam e das suas origens e carreiras profissionais. Banpesq UFPR 2016026451.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (5) .
Integrantes: Adriano Nervo Codato - Coordenador / Perissinotto, Renato M. - Integrante / Paulo Franz Júnior - Integrante / Marco Antonio Cavalieri - Integrante / Eric Gil Dantas - Integrante / Thais Madeira Fillipi - Integrante / Edilson Montrose - Integrante / Alessandro Tokumoto - Integrante / Monica Sakamori - Integrante.
Número de produções C, T & A: 7 / Número de orientações: 2
2015 - Atual
Recrutamento ministerial em regimes presidenciais: Brasil e Argentina pós-redemocratização

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Renato Monseff Perissinotto em 08/06/2016.
Descrição: Comparamos dois países, Brasil e Argentina, de modo a identificar semelhanças e diferenças nos seus respectivos processos de seleção e indicação de ministros de Estado. Essa comparação é particularmente interessante porque, como mostraram vários autores, na Argentina não vigora um presidencialismo de coalizão, como no caso brasileiro, ao menos não vigora para fins de seleção ministerial. A comparação, portanto, poderia revelar singularidades importantes referentes ao modo de funcionamento dos dois regimes presidenciais na formação de equipes de governo. Banpesq UFPR 2015019526.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Adriano Nervo Codato - Integrante / Renato Monseff Perissinotto - Coordenador / Paulo Franz Júnior - Integrante / Eric Gil Dantas - Integrante / Mariana Gené - Integrante / Mariana Heredia - Integrante / Luisina Perelmiter - Integrante / Wellington Nunes - Integrante / Thais Madeira Fillipi - Integrante / João Paulo Santos Pinto - Integrante.
Número de produções C, T & A: 7 / Número de orientações: 2
2015 - Atual
A direita no Cone Sul: dinâmicas de poder nos partidos políticos de Argentina, Brasil e Chile

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Bruno Bolognesi em 24/11/2014.
Descrição: A pesquisa propõe um estudo comparativo sobro os novos e antigos partidos de direita de Argentina, Brasil e Chile, surgidos no recente contexto de governos de esquerda na região. O objeto será composto pelo PRO e Demócrata de Mendoza na Argentina, DEM, PTB, PP, PSC, PR e PSD no Brasil e UDI, RN e Evópoli no Chile. Em função das relações com o ambiente ? os novos atores políticos e as novas agendas como políticas de inclusão e defesa do meio ambiente ? e do caráter altamente informal da organização partidária na região, a hipótese de trabalho mira a dinâmica interna e a constituição dos líderes como o caminho mais apropriado para analisar as posições desses partidos no interior de cada sistema político. Para isso, propõe um survey comparado para captar as relações de poder, o recrutamento político e as conexões com o ambiente externo. A pesquisa pretende contribuir para o amadurecimento da pesquisa comparativa sobre partidos na região e aprofundar o conhecimento sobre a natureza da política partidária na América Latina. Banpesq 2014018669.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (2) .
Integrantes: Adriano Nervo Codato - Integrante / Renato Monseff Perissinotto - Integrante / Luiz Domingos Costa - Integrante / Luciana Veiga - Integrante / Bruno Bolognesi - Coordenador / Pedro José Floriano Ribeiro - Integrante / Lucas Massimo - Integrante / Mariana Werner de Lemos - Integrante / Gabriel Vommaro - Integrante / Stéphanie Alenda - Integrante / Oswaldo Martins Estanislau Amaral - Integrante / Soraia Marcelino Vieira - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 8
2014 - 2016
Transformaciones recientes de las elites políticas en América Latina. Hacia una convergencia teórico-metodológica para su abordaje
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2013 - 2017
As transformações da classe política brasileira nos séculos XIX, XX e XXI: um estudo do perfil sócio-político de deputados federais e senadores (1889-2014)

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Renato Monseff Perissinotto em 05/03/2014.
Descrição: Estudos sobre a classe política brasileira avançaram significativamente na última década. Surgiram várias análises sobre origem social/profissional dos representantes eleitos (baseadas principalmente na Sociologia Política e em variáveis sociais), bem como análises das trajetórias e tipos de carreiras políticas dos parlamentares (baseadas principalmente na Ciência Política e em variáveis institucionais). Estudos históricos, por sua vez, são muito menos frequentes e aqueles disponíveis consistem basicamente em estudos de elites políticas focados no passado e não em análises sistemáticas sobre a transformação do perfil social e da trajetória política da elite parlamentar ao longo do tempo. O objetivo desta pesquisa é, a partir de dois grandes bancos de dados construídos pela equipe do Núcleo de Pesquisa em Sociologia Política Brasileira da Universidade Federal do Paraná (UFPR), estudar os processos complexos de profissionalização política de senadores e deputados federais no Brasil entre 1889 e 2014. Por profissionalização política entendemos, conforme Eliassen & Pedersen (1978), o processo em que atributos de status social dão lugar a recursos e status político como critério básico para o recrutamento legislativo. Banpesq: 2013015756.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Adriano Nervo Codato - Coordenador / Renato Monseff Perissinotto - Integrante / Paulo Roberto Neves Costa - Integrante / Luiz Domingos Costa - Integrante / Bruno Bolognesi - Integrante / Mariana Arcos Lorencetti - Integrante / Lucas Massimo - Integrante / Alessandra Dias Mendes - Integrante / Karolina Mattos Roeder - Integrante / Verônica Castro Hiller - Integrante / Amanda Fantato Sangalli - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 37 / Número de orientações: 10
2012 - 2015
Observatory of social and political elites of Brazil
Descrição: The observatory of social and political elites of Brazil, coordinated by the Brazilian Political Sociology Research Center (NUSP) at the Federal University of Paraná, Brazil (UFPR), aims to be the main national focal point for systematic information on bureaucratic and scientific, parliamentary and political party, juridical and intellectual elites as well as professional and social elites in contemporary Brazil. Funded in part by Capes ? Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Coordination for the Improvement of Higher Education Personnel) and CNPq ? Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (National Counsel of Technological and Scientific Development), the observatory constitutes a free-access digital database which brings together research summaries, historical studies, prospective analyses and qualitative and quantitative surveys on Brazilian elites in recent history. The website allows free access to the instruments used in the surveys conducted by several research groups (questionnaires, spreadsheets, code books, prosopography sheets, interview scripts), the finished scientific results produced by theses surveys, in addition to available database. One of the purposes of the observatory of elites is to condense knowledge and aggregate scholars in this field of study in Brazil through the sharing of information. homepage: http://observatory-elites.org Banpesq: 2012011169.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (5) .
Integrantes: Adriano Nervo Codato - Coordenador / Renato Monseff Perissinotto - Integrante / Paulo Roberto Neves Costa - Integrante / Luiz Domingos Costa - Integrante / Flávio Madureira Heinz - Integrante / Bruno Bolognesi - Integrante / Ernesto Seidl - Integrante / Paulo Franz Júnior - Integrante / Mariana Arcos Lorencetti - Integrante / Dhyeisa Lumena Rossi - Integrante / Maria do Socorro Sousa Braga - Integrante / Fernanda R. Petrarca - Integrante / Samira Kauchakje - Integrante / Wilson José F. de Oliveira - Integrante / Pedro José Floriano Ribeiro - Integrante / Lucas Massimo - Integrante / Paula Matoski Butture - Integrante / Ana Paula Lopes Ferreira - Integrante / Mariana Werner de Lemos - Integrante / Andréa Benetti Carvalho de Oliveira - Integrante / Willson Gerigk - Integrante / Alessandra Dias Mendes - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 10 / Número de orientações: 1
2011 - 2013
As transformações da classe política brasileira no século XXI: um estudo do perfil socioprofissional de deputados federais e senadores (1986-2014)
Descrição: Os objetivos deste projeto são: 1) traçar um perfil social da classe política brasileira (especificamente dos deputados federais e senadores) no período compreendido entre 1986-2014; 2) verificar o processo de mudança e/ou conservação das elites políticas no Brasil após o novo regime da Constituição de 1988 e seus impactos sobre os limites para o aprofundamento da democracia. De um ponto de vista mais geral, pretende-se: discutir os problemas da democracia em conexão com os diferentes tipos de desigualdades (sociais, econômicas) e seu impacto sobre as oportunidades de participação política dos indivíduos. Para tanto, será preciso determinar a estrutura atual do campo político nacional e os constrangimentos à participação e à ocupação de posições centrais por integrantes de grupos subalternos. Com isso, desejamos debater a tese segundo a qual tem havido uma relativa popularização da classe política brasileira, basicamente depois das eleições de 2002. Banpesq: 2011025411.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Adriano Nervo Codato - Coordenador / Renato Monseff Perissinotto - Integrante / Paulo Roberto Neves Costa - Integrante / Luiz Domingos Costa - Integrante / Bruno Bolognesi - Integrante / Paulo Franz Júnior - Integrante / Mariana Arcos Lorencetti - Integrante / Dhyeisa Lumena Rossi - Integrante / Célia Gonçalves Gouveia - Integrante / Lucas Massimo - Integrante / Paula Matoski Butture - Integrante / Ana Paula Lopes Ferreira - Integrante / Tiago Alexandre Leme Barbosa - Integrante.Número de orientações: 6
2010 - 2015
Composição e recomposição de grupos dirigentes no Nordeste e no Sul do Brasil: uma abordagem comparativa e interdisciplinar
Descrição: O projeto tem como objetivo principal a formação de uma rede de cooperação em pesquisa sobre elites e grupos dirigentes no país. Para isso, o projeto buscará somar esforços de pesquisadores de diferentes formações disciplinares - história, sociologia, ciência política e antropologia - atuantes em universidades dos estados de Sergipe, Paraná e Rio Grande do Sul, especialistas no tema. Entre os objetivos específicos, identificamos: 1) A partir de uma perspectiva histórica ampla - que compreenda o século XX - e comparativa entre as regiões Nordeste e Sul, estabelecer pelo menos quatro grandes eixos investigativos: (a) das relações entre sistema escolar e formação de grupos dirigentes (profissionais, burocrático-estatais, políticos, culturais, eclesiásticos); (b) das grandes famílias e de suas estratégias de reprodução e consagração social; (c) da atuação das elites estatais e dos processos de elaboração de políticas de governo; (d) das estratégias de consagração profissional desenvolvidas; e 2) com base na implementação dessa agenda comum de questões de pesquisa, criar sinergias entre estoques de investigações parciais e em andamento e comparar novos achados sobre as regiões quanto a: (a) modernização do aparato estatal e as relações com o recrutamento de elites burocráticas e jurídicas; (b) transformações na composição de elites políticas regionais e municipais (parlamentares, executivas e de alta administração); (c) relações entre características das elites políticas e elaboração de determinadas políticas governamentais; e (d) lógicas de constituição de certas elites profissionais, como as empresariais, eclesiásticas e jornalísticas. Banpesq: 2009011165.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Adriano Nervo Codato - Coordenador / Renato Monseff Perissinotto - Integrante / Paulo Roberto Neves Costa - Integrante / Luiz Domingos Costa - Integrante / Flávio Madureira Heinz - Integrante / Bruno Bolognesi - Integrante / Ernesto Seidl - Integrante / Wilson J. F. de Oliveira - Integrante / Lucas Massimo - Integrante / Paula Matoski Butture - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 2
2010 - 2012
Como se faz um deputado: a seleção de candidatos para deputado federal nas eleições de 2010
Descrição: A partir de um survey aplicado a 120 candidatos a deputado federal nas eleições de 2010, o presente projeto de pesquisa tem por principal objetivo entender de que modos os candidatos experimentam a fase em que são inseridos nas listas eleitorais nos quatro maiores partidos brasileiros, notadamente o PT, o PSDB, o PMDB e o DEM. O survey foi aplicado para candidatos de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Rio Grande do Sul, Sergipe e Pará. A pesquisa ocorre através de uma cooperação entre pesquisadores da Universidade Federal de São Carlos, da Universidade Federal do Paraná, da Universidade Federal de Sergipe, da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul e da Universidade Federal do Pará. A pesquisa tem como objetivos específicos: i) formar um banco de dados sobre a seleção de candidatos no Brasil; ii) estabelecer as diferenças do processo de seleção entre os diferentes partidos políticos; iii) criar uma agenda de pesquisa empírica sobre o recrutamento de elites e a profissionalização do ofício político; e iv) estabelecer a lógica da relação entre os processos de seleção de candidatos, os partidos políticos e o sistema político no Brasil. Banpesq: 2010011168.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) .
Integrantes: Adriano Nervo Codato - Integrante / Renato Monseff Perissinotto - Integrante / Flávio Madureira Heinz - Integrante / Luciana Veiga - Coordenador / Bruno Bolognesi - Integrante / Ernesto Seidl - Integrante / Wilson J. F. de Oliveira - Integrante / Maria do Socorro Sousa Braga - Integrante / Ivan Ervolino - Integrante / Maria Luzia Miranda de Almeida - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.
2008 - 2010
Sociologia Política e História: estudos teórico-metodológicos
Descrição: Estudos teóricos e metodológicos abordando várias posições/proposições no campo de produção da sociologia histórica comparada. Pretende-se, a partir daí, construir uma plataforma de pesquisa visando sua aplicação à análise da participação de elites políticas e estatais no processo de industrialização capitalista da América Latina com um viés comparativo e generalizante. Banpesq: 2008000959.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Adriano Nervo Codato - Coordenador / Renato Monseff Perissinotto - Integrante / Paulo Roberto Neves Costa - Integrante / Camila Tribess - Integrante / Hugo Loss - Integrante / Pedro Medeiros - Integrante / Fernando Baptista Leite - Integrante / Alexandra Bandoli Dias - Integrante / Joelcyo Véras Costa - Integrante / Ricardo Zortea Vieira - Integrante.
Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 1
2006 - 2010
A teoria política de Marx: uma análise do marxismo como ciência social
Descrição: O objetivo do projeto é compreender o marxismo de Marx como uma ciência social normal. Isso implica em duas coisas: (i) seus postulados devem ser entendidos como hipóteses, não como princípios; e (ii) hipóteses são por definição verificáveis, ou seja, passíveis de serem confirmadas ? ou refutadas. Só assim os estudos marxistas conseguem deixar de ser o que frequentemente tem sido: ilustração de teoria. Essa postura implica numa compreensão diferente dos textos de Marx, mais interessada nas suas operações analíticas do que na monumental parafernália teórica sobre a qual elas se apoiam (o ?materialismo histórico?, a ?dialética?, etc.). São essas operações analíticas que podem ajudar a formular estratégias intelectuais para conectar microevidências à macroteoria e propor conceitos de médio alcance para colaborar na pesquisa social. Banpesq: 2006011167.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2005 - 2010
A nova elite do poder. Um diagnóstico da elite política e administrativa no Paraná hoje (2003-2010)
Descrição: O objetivo dessa pesquisa é traçar um perfil social, profissional e ideológico das elites políticas e burocráticas do Paraná focalizando as elites parlamentares e administrativas durante o período do governo Requião (2003-2010). Pretende-se verificar o processo de mudança e/ou conservação dessas elites no estado e determinar o padrão de formação das equipes de governo (por coalizão, por cooptação, por fidelidade pessoal etc.) no período considerado. Banpesq: 2005000957.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (13) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Adriano Nervo Codato - Integrante / Renato Monseff Perissinotto - Coordenador / Julio Cesar Gouvêa - Integrante / Bohdan Metchko Filho - Integrante / Angel Miríade de Souza - Integrante / Bárbara Cristina da Silva Nauiack - Integrante / Camila Tribess - Integrante / Daniel Marcelino da Silva - Integrante / Fernando Ricardo Veneri Bonâncio - Integrante / Ícaro Gabriel Engler - Integrante / Juliana Cequella Fontes - Integrante / Mariana Vieira Marques - Integrante / Marina Drehmer - Integrante / Patrick Kobayashi Rodrigues - Integrante / Rodolfo Palazzo Dias - Integrante / Rodrigo Ricardo Mayer - Integrante / Paula Adriana Wagnitz - Integrante / Dhyeisa Lumena Rossi - Integrante / Bruna Maier dos Santos - Integrante.Número de orientações: 1
2002 - 2005
Quem governa? Mapeando as elites políticas e econômicas no Paraná contemporâneo (1995-2002)
Descrição: Esta pesquisa pretende iniciar, de maneira sistemática e coordenada, uma série de estudos sobre a política paranaense contemporânea. Especificamente, nosso objetivo é traçar um perfil social das elites políticas e econômicas no Paraná entre 1995 e 2002, a fim de verificar o processo de mudança e/ou conservação dessas elites num momento em que o estado atravessa transformações significativas. Pretende-se, num primeiro momento, identificar os postos estaduais que constituem, no período definido, as posições políticas mais importantes. Esse levantamento será feito na Assembléia Legislativa, junto aos parlamentares, nos principais partidos políticos, junto às suas direções, e no executivo estadual; em seguida, visa-se identificar os ocupantes de todos os cargos listados durante o período analisado. Teremos assim os indivíduos que compõem a elite política paranaense. Num terceiro momento, será realizada a identificação das principais lideranças empresariais do estado do Paraná. Teremos assim os indivíduos que compõem a elite econômica paranaense. Feitas essas identificações, deve-se em seguida aplicar a cada um dos nomes uma planilha que revele um conjunto significativo de informações político-biográficas. O banco de dados resultante desse levantamento sistemático será processado à luz de questões clássicas da teoria das elites. Banpesq: 2002000956.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (9) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Adriano Nervo Codato - Coordenador / Emerson Urizzi Cervi - Integrante / Renato Monseff Perissinotto - Integrante / Paulo Roberto Neves Costa - Integrante / Luiz Domingos Costa - Integrante / Julio Cesar Gouvêa - Integrante / Karla Lisandra Gobo - Integrante / Ingeborg Anni Rulf Cofré - Integrante / Bruna Gisi Martins de Almeida - Integrante / Marcus Pedroso de Souza - Integrante / Mariana Bettega Braunert - Integrante / Thulio Cícero Guimarães Pereira - Integrante / Joana Pagliosa Corona - Integrante / Nadida Mahfouz - Integrante / Soeli Aparecida Tuleski - Integrante / Flávio Madureira Heinz - Integrante / Lorena Silva Rodrigues - Integrante.Financiador(es): Fundação Araucária de Apoio Ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 8 / Número de orientações: 6
2001 - 2006
Instituições e comportamento político no Brasil contemporâneo: o Paraná em perspectiva histórica
Descrição: Esta pesquisa pretende investigar certas expressões do comportamento político organizado na vida brasileira durante o século XX. Serão estudadas as instituições políticas, os movimentos sociais e a expressão eleitoral dos grupos sociopolíticos e suas articulações com os regimes políticos ao longo do período republicano no Brasil. Especial atenção será dedicada à política paranaense. Banpesq: 2001000958.
Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (12) / Mestrado acadêmico: (3) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Adriano Nervo Codato - Coordenador / Andrea Silio Paladino - Integrante / Emerson Urizzi Cervi - Integrante / Marcus Roberto de Oliveira - Integrante / Alessandro Cavassin Alves - Integrante / Amanda Litzinger Gomes - Integrante / Marcio Mauri Kieller Gonçalves - Integrante / Josiane Ferreira de Liz - Integrante / Soeli Aparecida Tuleski - Integrante / Celise Helena Niero - Integrante / Fernando José dos Santos - Integrante / José Carlos Dutra - Integrante / Luzia Maristela Cabreira Bonette - Integrante / Moacir Ribeiro de Carvalho Júnior - Integrante / Jorge Eduardo França Mosquera - Integrante / Verônica Letícia Pacheco - Integrante / Debora Iankilevich - Integrante / Ana Claudia Melo dos Santos - Integrante / Carla Francielle Faust - Integrante.
Número de produções C, T & A: 5 / Número de orientações: 15
1999 - 2004
Teoria do Estado capitalista: do neomarxismo ao neo-institucionalismo
Descrição: Esta pesquisa investiga os desenvolvimentos teóricos recentes no campo da Teoria do Estado capitalista, basicamente as críticas do paradigma neo-institucionalista à tradição marxista. Banpesq: 1999000951.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Adriano Nervo Codato - Coordenador / Renato Monseff Perissinotto - Integrante.
Número de produções C, T & A: 22
1997 - 2008
Elites e instituições: uma análise contextual do Estado Novo brasileiro
Descrição: Este projeto de pesquisa trata de uma instituição-chave que regulou a representação política durante o regime estadonovista: o Departamento Administrativo dos estados (DAE). O objeto da nossa investigação é o Departamento Administrativo do estado de São Paulo (DAESP). A pesquisa consiste: (i) na investigação da composição do Departamento Administrativo do estado de São Paulo, dos critérios que presidiram, de fato, a nomeação dos seus sete membros, dos interesses que foram então legitimados; (ii) na tentativa de reconstruir a dinâmica política resultante do funcionamento efetivo deste Departamento, enfatizando a relação entre os membros dessa instituição e o Interventor federal, os conflitos e acomodações de interesses que então se processaram no intervalo 1939-1946; e (iii) o significado mais amplo desse aparelho para a compreensão do sistema político do Estado Novo. Banpesq: 1997000954.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Adriano Nervo Codato - Coordenador / Walter Guandalini Jr. - Integrante / Elaine Beatriz Smyl - Integrante / Alexandre Hertz - Integrante / Hugo Loss - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 31 / Número de orientações: 7
1996 - 1998
Determinantes da crise política de 1968: conflitos militares e lutas sociais
Descrição: De 15 de março de 1967, data da posse do Marechal Costa e Silva na Presidência da República, até 13 de dezembro de 1968, data da edição do Ato Institucional n. 5, a cena política nacional transformou-se num palco de manifestações e passeatas de protesto contra o ?modelo econômico? e a política repressiva da ditadura militar brasileira. Este projeto pretende reconstituir historicamente esse período de expressivas lutas sociais - durante o qual o movimento de contestação aberta ao regime ditatorial assumiu uma característica de massa -, com o objetivo de responder a seguinte questão: o avanço do movimento oposicionista (intensificação do protesto estudantil, renascimento da oposição operária, expressão da insatisfação de certas frações da burguesia nacional, ensaios de veto parlamentar ao regime, constituição de uma ?Frente Ampla? de antigos políticos e lideranças populistas, início do movimento de luta armada etc.) foi, na conjuntura de 1967-1968, o fator determinante para explicar o ?endurecimento? do regime, no sentido do aprofundamento do autoritarismo e do reforço da centralização militar do poder de Estado? Essa questão nos permite, igualmente, ?testar? a eficácia da proposição teórica segundo a qual o avanço da luta de classes implica necessariamente o fechamento da cena política, a concentração do poder no ramo Executivo em detrimento do Legislativo e do Judiciário, o declínio das liberdades políticas, em suma, a constituição de um ?Estado de exceção? (N. Poulantzas). Banpesq: 1996000952.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Adriano Nervo Codato - Coordenador / Adriana Lima Domingos - Integrante.Financiador(es): Fundação da Universidade Federal do Paraná Para o Desenvolvimento da Ciênci - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 11 / Número de orientações: 2
1992 - 1995
Estrutura política e interesse de classe: uma análise do sistema estatal no Brasil pós-1964
Descrição: Esta pesquisa discute a organização do sistema decisório de política econômica no Brasil pós-1964. Tomando como objeto de análise uma agência específica - o Conselho de Desenvolvimento Econômico (CDE) -, procura entender as razões que levaram o governo Geisel (1974-1979) a armar uma estrutura burocrática capaz de processar, com relativa autonomia, as múltiplas demandas colocadas sobre o Estado ditatorial. Em seguida, pretende determinar em que medida as disputas políticas conduzidas por setores importantes da burguesia brasileira a partir de meados dos anos setenta - e que compreendem, grosso modo, a batalha ideológica contra a "estatização da economia" (1975/1976) e o engajamento (relativo) do empresariado nacional na campanha pela "redemocratização" do regime (1977/1978) - têm a ver com o processo de reorganização do conjunto do sistema estatal, promovido justamente pela instituição do CDE. Banpesq: 1992000953.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Adriano Nervo Codato - Coordenador / Luciana Paula da Silva - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa / Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica Ufpr - Bolsa / Fundação da Universidade Federal do Paraná Para o Desenvolvimento da Ciênci - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 27 / Número de orientações: 3


Projetos de extensão


2003 - 2004
Cinema, Política e História
Descrição: Projeto de Extensão, através de convênio entre o Departamento de Ciências Sociais/Núcleo de Pesquisa em Sociologia Política Brasileira e a Fundação Cultural de Curitiba/Cinemateca. O objetivo mais geral desse projeto é efetuar o levantamento e a sistematização das fontes disponíveis na Cinemateca de Curitiba para o estudo da história paranaense, bem como realizar pesquisas e reflexões mais amplas sobre as relações entre Cinema, História e Política. Esse objetivo geral se desdobra em outros objetivos específicos que orientarão nossas atividades de pesquisa: 1) realização de um minucioso inventário, no acervo da Cinemateca, dos materiais disponíveis sobre a história política, social e cultural do estado do Paraná; 2) realização de mostras de cinema, endereçadas ao público não só interno à UFPR, mas também à comunidade mais ampla, apresentando as fitas e demais fontes levantadas; 3) produção de um texto e de um vídeo sobre os 150 anos da emancipação política do Paraná, sintetizando os resultados da pesquisa realizada; 4) integração do ensino com a pesquisa, através da realização de oficinas com os estudantes da UFPR, sob a orientação do professores e pesquisadores envolvidos no projeto. Banpesq: 2003000955.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Adriano Nervo Codato - Integrante / Marcos Eugênio Napolitano - Integrante / Sérgio Soares Braga - Coordenador / Nelson Alves Bücker Junior - Integrante.Financiador(es): Universidade Federal do Paraná - Bolsa.


Membro de corpo editorial


2017 - Atual
Periódico: BIB. Revista Brasileira de Informação Bibliográfica em Ciências Sociais
2016 - Atual
Periódico: E-Legis
2013 - Atual
Periódico: Agenda Política
2011 - Atual
Periódico: Crítica e Sociedade
2011 - Atual
Periódico: Paraná Eleitoral
2011 - Atual
Periódico: Pensata
2010 - Atual
Periódico: Revista Eletrônica de Ciência Política
2008 - Atual
Periódico: Revista Debates
2008 - Atual
Periódico: Acta Scientiarum. Human and Social Sciences
2008 - Atual
Periódico: Tomo (UFS)
2007 - Atual
Periódico: Cadernos CEMARX
2007 - Atual
Periódico: Miitares e Política
2005 - Atual
Periódico: Revista Eletrônica Espaço Acadêmico
2004 - Atual
Periódico: Crítica Marxista (São Paulo)
2002 - Atual
Periódico: Politica & Sociedade
1996 - Atual
Periódico: Revista Mediações (UEL)
1993 - Atual
Periódico: Revista de Sociologia e Política


Revisor de periódico


1993 - Atual
Periódico: Revista de Sociologia e Política
2008 - 2008
Periódico: Teoria & Sociedade (UFMG)
2006 - 2006
Periódico: Brazilian Political Science Review
2008 - 2008
Periódico: Journal of Political and Military Sociology
2010 - Atual
Periódico: Politica & Sociedade
2010 - Atual
Periódico: Revista IDEAS ? Interfaces em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade
2010 - 2010
Periódico: Revista Brasileira de Ciência Política
2010 - 2010
Periódico: Revista Eletrônica de Ciência Política
2010 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Ciências Sociais (Impresso)
2011 - 2011
Periódico: Direito, Estado e Sociedade (Impresso)
2011 - Atual
Periódico: Dados (Rio de Janeiro. Impresso)
2012 - Atual
Periódico: Cadernos do CRH (Online)
2012 - Atual
Periódico: Estudos Históricos (Rio de Janeiro)
2012 - Atual
Periódico: História. Questões e Debates
2012 - Atual
Periódico: Sociologia & Antropologia
2012 - Atual
Periódico: Opinião Pública (UNICAMP. Impresso)
2012 - Atual
Periódico: Teoria & Pesquisa
2012 - Atual
Periódico: Idéias - Revista do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da UNICAMP
2013 - Atual
Periódico: Revista Katálysis (Impresso)
2012 - Atual
Periódico: Estudios Sociológicos
2015 - Atual
Periódico: Revista Colombia Internacional
2015 - Atual
Periódico: Dois Pontos (UFPR)
2015 - Atual
Periódico: Colombia Internacional
2016 - Atual
Periódico: Sociologias (UFRGS)
2017 - Atual
Periódico: ÍCONOS (QUITO)
2018 - Atual
Periódico: BIB. Revista Brasileira de Informação Bibliográfica em Ciências Sociais


Revisor de projeto de fomento


2016 - Atual
Agência de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
2015 - Atual
Agência de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo
2011 - Atual
Agência de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
2000 - Atual
Agência de fomento: Fundação Araucária de Apoio Ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia Política.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Comportamento Político/Especialidade: Elites políticas e classes dirigentes.


Idiomas


Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2012
Prêmio ANPOCS para melhor Obra Científica de Ciências Sociais de 2012 pelo livro Marxismo como ciência social (coautoria com Renato Perissinotto. Editora UFPR, 2011)., ANPOCS - Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais.
2005
Paraninfo da Turma de Formandos em Ciências Sociais da Universidade Federal do Paraná - UFPR, Universidade Federal do Paraná - UFPR.
2004
Homenagem Especial da Primeira Turma de Formandos em Ciência Política, Faculdade Internacional de Curitiba - FACINTER.
1996
Prêmio José Albertino Rodrigues para as melhores obras científicas de 1996, na categoria MELHOR DISSERTAÇÃO DE MESTRADO, Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais (ANPOCS).


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Web of Science
Total de trabalhos:48
Total de citações:0
Fator H:0
Codato, Adriano  Data: 30/10/2017

SciELO
Total de trabalhos:5
Total de citações:34
Codato, Adriano Nervo; Codato, Adriano; Codato, A.  Data: 30/09/2016

SCOPUS
Total de trabalhos:15
Total de citações:36
Codato, Adriano Nervo; Codato, Adriano; Codato, A.  Data: 24/07/2018

Outras
Total de trabalhos:89
Total de citações:1147
Codato, Adriano Nervo; Codato, Adriano; Codato, A.  Data: 27/09/2018

Artigos completos publicados em periódicos

1.
Codato, Adriano2018Codato, Adriano; FRANZ, P. . Ministros-técnicos e ministros-políticos nos governos do PSDB e do PT. Revista de Administração Pública (Impresso), v. 52, p. 776-796, 2018.

2.
LEITE, Fernando Baptista2018LEITE, Fernando Baptista ; Codato, Adriano ; PERISSINOTTO, Renato Monseff . Midiendo el capital académico de la ciencia política y la sociología política producida en Brasil. Anuario Latinoamericano - Ciencias Políticas y Relaciones Internacionales, v. 5, p. 61-79, 2018.

3.
CARLOMAGNO, Márcio Cunha2018CARLOMAGNO, Márcio Cunha ; Codato, Adriano . Profissão, sexo e dinheiro: mensuração da acumulação de desigualdades na competição eleitoral brasileira. COLOMBIA INTERNACIONAL, v. 95, p. 79-107, 2018.

4.
Codato, Adriano2017Codato, Adriano; Franz Júnior, Paulo . Recrutamento ministerial no Brasil: comparando as presidências de FHC e Lula. Revista Eletrônica do Programa de Pós-Graduação da Câmara dos Deputados, v. 10, p. 44-62, 2017.

5.
Codato, Adriano2017Codato, Adriano; MASSIMO, Lucas ; COSTA, Luiz Domingos . Social positions and political recruitment: a study of Brazilian senators. TEMPO SOCIAL (ONLINE), v. 29, p. 111, 2017.

6.
Codato, Adriano2017Codato, Adriano; Lobato, Tiemi ; Castro, Andréa Oliveira . VAMOS LUTAR, PARENTES!- As candidaturas indígenas nas eleições de 2014 no Brasil. REVISTA BRASILEIRA DE CIÊNCIAS SOCIAIS (ONLINE), v. 32, p. 01, 2017.

7.
Codato, Adriano2016Codato, Adriano; CAVALIERI, M. A. ; PERISSINOTTO, Renato Monseff ; Dantas, Eric Gil . Economic mainstream and power: a profile analysis of Central Bank directors during PSDB and PT governments in Brazil. Nova Economia (UFMG. Impresso), v. 26, p. 687-720, 2016.

8.
Codato, Adriano2016Codato, Adriano; COSTA, Luiz Domingos ; MASSIMO, Lucas ; HEINZ, Flávio Madureira . Regime político e recrutamento parlamentar: um retrato coletivo dos senadores brasileiros antes e depois da ditadura. Revista de Sociologia e Política (Online), v. 24, p. 47-68, 2016.

9.
Codato, Adriano2016Codato, Adriano. O conceito de ideologia no marxismo clássico: uma revisão e um modelo de aplicação. Revista Política e Sociedade, v. 15, p. 311, 2016.

10.
Codato, Adriano2016Codato, Adriano; Guandalini Jr, Walter . O CÓDIGO ADMINISTRATIVO DO ESTADO NOVO: A DISTRIBUIÇÃO JURÍDICA DO PODER POLÍTICO NA DITADURA. Estudos Historicos (Rio de Janeiro), v. 29, p. 481-504, 2016.

11.
MASSIMO, Lucas2016MASSIMO, Lucas ; Codato, Adriano . Editorial. Revista de Sociologia e Política (Online), v. 24, p. 3-11, 2016.

12.
BOLOGNESI, Bruno2016BOLOGNESI, Bruno ; PERISSINOTTO, Renato Monseff ; Codato, Adriano . Reclutamiento político en Brasil Mujeres, negros y partidos en las elecciones federales de 2014. Revista Mexicana de Ciencias Políticas y Sociales, v. 61, p. 247-278, 2016.

13.
BERLATTO, Fábia2016BERLATTO, Fábia ; Codato, Adriano ; BOLOGNESI, Bruno . Da polícia à política: explicando o perfil dos candidatos das Forças Repressivas de Estado à Câmara dos Deputados. Revista Brasileira de Ciência Política, p. 77-120, 2016.

14.
CERVI, Emerson Urizzi2015CERVI, Emerson Urizzi ; COSTA, Luiz Domingos ; CODATO, Adriano ; PERISSINOTTO, Renato Monseff . Dinheiro, profissão e partido: a vitória na eleição para deputado federal no Brasil em 2010. Sociedade e Estado (UnB. Impresso), v. 30, p. 189-205, 2015.

15.
Mendes, Alessandra Dias2015Mendes, Alessandra Dias ; Codato, Adriano . The institutional configuration of sport policy in Brazil: organization, evolution and dilemmas. Revista de Administração Pública (Impresso), v. 49, p. 563-593, 2015.

16.
CODATO, Adriano2015 CODATO, Adriano. Estado Novo no Brasil: Um Estudo da Dinâmica das Elites Políticas Regionais em Contexto Autoritário. Dados (Rio de Janeiro), v. 58, p. 305-330, 2015.

17.
COSTA, Luiz Domingos2015COSTA, Luiz Domingos ; BOLOGNESI, Bruno ; Codato, Adriano . Onde estão os trabalhadores nas listas de candidatos dos partidos brasileiros?. Newsletter. Observatório de elites políticas e sociais do Brasil, v. 2, p. 1-14, 2015.

18.
Codato, Adriano2015Codato, Adriano; CAVALIERI, M. A. . Diretores do Banco Central do Brasil nos governos Cardoso, Lula e Dilma: uma radiografia dos seus backgrounds educacionais. Newsletter. Observatório de elites políticas e sociais do Brasil, v. 2, p. 1-17, 2015.

19.
Codato, Adriano2015Codato, Adriano; FERREIRA, Ana Paula Lopes ; COSTA, Luiz Domingos . Do serviço público à Câmara dos Deputados: os parlamentares originários do funcionalismo público no Brasil. Revista do Serviço Público, v. 66, p. 605-626, 2015.

20.
PERISSINOTTO, Renato Monseff2015PERISSINOTTO, Renato Monseff ; Dantas, Eric Gil ; Codato, Adriano ; FILLIPI, T. M. . Los ministros de Finanzas, la burocracia y la política económica en el desarrollismo de Brasil (1930-1964). Anuario CEEED - Centro de Estudios Económicos de la Empresa y el Desarrollo, v. 7, p. 57-102, 2015.

21.
Codato, Adriano2015Codato, Adriano; Lorencetti, Mariana Arcos . Sucesso eleitoral nas disputas municipais no estado de São Paulo em 2012 e suas variáveis condicionantes. Revista do ILP, v. 1, p. 70-94, 2015.

22.
CODATO, Adriano2014CODATO, Adriano. Classe política e regime autoritário: os advogados do Estado Novo em São Paulo. Revista Brasileira de Ciências Sociais (Impresso), v. 29, p. 145-163, 2014.

23.
CODATO, Adriano2014 CODATO, Adriano. The legislative work in an authoritarian regime: the case of the São Paulo administrative department. Brazilian Political Science Review, p. 8-33, 2014.

24.
CODATO, Adriano2014 CODATO, Adriano; COSTA, Luiz Domingos ; MASSIMO, Lucas . Classificando ocupações prévias à entrada na política: uma discussão metodológica e um teste empírico. Opinião Pública (UNICAMP. Impresso), v. 20, p. 346-362, 2014.

25.
BERLATTO, Fábia2014BERLATTO, Fábia ; Codato, Adriano . Candidatos policiais na política nacional: uma análise dos aspirantes a deputado federal. Newsletter. Observatório de elites políticas e sociais do Brasil, v. 1, p. 1-16, 2014.

26.
COSTA, Tiemi2014COSTA, Tiemi ; Codato, Adriano . As candidaturas indígenas nas eleições gerais de 2014. Newsletter. Observatório de elites políticas e sociais do Brasil, v. 1, p. 1-12, 2014.

27.
Codato, Adriano2013Codato, Adriano; CERVI, Emerson Urizzi ; PERISSINOTTO, Renato Monseff . Quem se elege prefeito no Brasil? Fatores de sucesso político nas eleições de 2012. Cadernos ADENAUER (São Paulo), v. XIV, p. 61-84, 2013.

28.
CODATO, Adriano2013CODATO, Adriano. Instituições de governo, ideias autoritárias e políticos profissionais em São Paulo nos anos 1940. Revista Brasileira de Ciência Política (Impresso), v. 11, p. 143-167, 2013.

29.
LEITE, Fernando Baptista2013LEITE, Fernando Baptista ; Codato, Adriano . Autonomização e institucionalização da Ciência Política brasileira: o papel do sistema Qualis-Capes. Agenda Política, v. 1, p. 1-21, 2013.

30.
CODATO, Adriano2013CODATO, Adriano. Os mecanismos institucionais da ditadura de 1937: uma análise das contradições do regime de Interventorias Federais nos estados. História (São Paulo. Online), v. 32, p. 189-208, 2013.

31.
Codato, Adriano2012Codato, Adriano. Marx and the Invention of Post-capitalist Politics. Brazilian Political Science Review, v. 6, p. 134-143, 2012.

32.
Codato, Adriano2012Codato, Adriano; BRAGA, MARIA DO SOCORRO SOUSA . Apresentação: Robert Michels, Gramsci e a ciência política contemporânea. Revista de Sociologia e Política (UFPR. Impresso), v. 20, p. 5-10, 2012.

33.
CODATO, Adriano2011CODATO, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff . Ler Marx, hoje: um programa de pesquisa e de interpretação. Mediações - Revista de Ciências Sociais, v. 15, p. 219, 2011.

34.
Codato, Adriano2011Codato, Adriano. O espaço político segundo Marx. Critica Marxista (São Paulo), v. 32, p. 33-56, 2011.

35.
Codato, Adriano2011Codato, Adriano. A sociologia política brasileira em análise: quatro visões sobre o funcionamento administrativo do estado novo. Revista de Sociologia e Política (UFPR. Impresso), v. 19, p. 273-288, 2011.

36.
Codato, Adriano2011Codato, Adriano. Intervenção estatal, centralização política e reforma burocrática: o significado dos Departamentos Administrativos no Estado Novo. Revista do Serviço Público, v. 62, p. 321-339, 2011.

37.
PERISSINOTTO, Renato Monseff2010PERISSINOTTO, Renato Monseff ; Codato, Adriano . Marx e seu legado para a teoria contemporânea do Estado capitalista. BIB. Revista Brasileira de Informação Bibliográfica em Ciências Sociais, v. 70, p. 31-50, 2010.

38.
Codato, Adriano2010Codato, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff . Marxism and Elitism: Two Opposite Social Analysis Models?. Revista Brasileira de Ciências Sociais (Impresso), v. 5, p. 00-00, 2010.

39.
CODATO, Adriano2009CODATO, Adriano. Quando o Brasil era moderno: o Estado antes da crise do Estado. Dois Pontos (UFPR) digital, v. 5, p. 143-168, 2009.

40.
PERISSINOTTO, Renato Monseff2009PERISSINOTTO, Renato Monseff ; Codato, Adriano . Classe social, elite política e elite de classe: por uma análise societalista da política. Revista Brasileira de Ciência Política (Impresso), v. 2, p. 243-270, 2009.

41.
CODATO, Adriano2009CODATO, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff . Marxismo e elitismo: dois modelos antagônicos de análise social?. Revista Brasileira de Ciências Sociais (Impresso), v. 24, p. 143-153, 2009.

42.
CODATO, Adriano2008CODATO, Adriano. Parâmetros para uma análise empírica da relação entre idéias, elites e instituições. Política & Sociedade (Online), v. 7, p. 23-48, 2008.

43.
CODATO, Adriano2008CODATO, Adriano. A formação do campo político profissional no Brasil: uma hipótese a partir do caso de São Paulo. Revista de Sociologia e Política (Online), v. 30, p. 89-105, 2008.

44.
Codato, Adriano2008Codato, Adriano. Poulantzas, o Estado e a Revolução. Critica Marxista (São Paulo), v. 27, p. 65-85, 2008.

45.
PERISSINOTTO, Renato Monseff2008PERISSINOTTO, Renato Monseff ; CODATO, Adriano . Apresentação: por um retorno à Sociologia das Elites. Revista de Sociologia e Política (UFPR. Impresso), v. 16, p. 7-15, 2008.

46.
Codato, Adriano2008Codato, Adriano. The formation of a professional political field in Brazil: a hypothesis developed from a case study of São Paulo. Revista de Sociologia e Política (Online), v. 4, p. 1-20, 2008.

47.
Codato, Adriano2008Codato, Adriano. Princípios de visão e princípios de divisão do mundo político. Revista Espaço Acadêmico (UEM), v. VII, p. 1-3, 2008.

48.
Codato, Adriano2006Codato, Adriano; CERVI, Emerson Urizzi . Partidos nacionais, elites políticas regionais e o fim da verticalização: uma nota crítica. Paraná Eleitoral, Curitiba - PR, v. 1, p. 1-1, 2006.

49.
Codato, Adriano2006Codato, Adriano. Leyendo Marx a la luz de Marx: la relación entre economía y política en los textos de los años cincuenta. Herramienta (Buenos Aires), Buenos Aires - Argentina, v. 31, p. 149-166, 2006.

50.
Codato, Adriano2006Codato, Adriano. Leyendo Marx a la luz de Marx: la relación entre economía y política en los textos de los años cincuenta. Filosofía, política y economía en el Laberinto, Granada - España, v. 20, p. 68-79, 2006.

51.
Codato, Adriano2006Codato, Adriano. Comportamento político e formas de protesto eleitoral: o voto nulo no Brasil e no Paraná. Paraná Eleitoral, v. 62, p. 67-70, 2006.

52.
Codato, Adriano2006Codato, Adriano. A political history of the Brazilian transition: from military dictatorship to democracy. Revista de Sociologia e Política (UFPR. Impresso), v. 2, p. 2, 2006.

53.
Codato, Adriano2006Codato, Adriano; MORAES, Pedro Rodolfo Bodê de . Apresentação: Pierre Bourdieu e a profissão de sociólogo, na prática. Revista de Sociologia e Política (UFPR. Impresso), p. 9-12, 2006.

54.
CODATO, Adriano2005CODATO, Adriano. O GOLPE DE 1964 E O REGIME DE 1968: ASPECTOS CONJUNTURAIS E VARIÁVEIS HISTÓRICAS. História. Questões e Debates, Curitiba - PR, v. 40, p. 11-36, 2005.

55.
CODATO, Adriano2005CODATO, Adriano. O Dezoito Brumário, política e pós-modernismo. Lua Nova (Impresso), São Paulo - SP, v. 64, p. 85-115, 2005.

56.
Codato, Adriano2005Codato, Adriano. Modelo e método de representação política durante o Estado Novo. Acervo Histórico, São Paulo - SP, v. 3, p. 2-18, 2005.

57.
CODATO, Adriano2005CODATO, Adriano. Uma história política da transição brasileira: da ditadura militar à democracia. Revista de Sociologia e Política (UFPR. Impresso), Curitiba - PR, v. 25, p. 83-106, 2005.

58.
CODATO, Adriano2005CODATO, Adriano. Apresentação: outras abordagens de dois velhos conhecidos. Revista de Sociologia e Política (UFPR. Impresso), p. 7-10, 2005.

59.
Codato, Adriano2005Codato, Adriano. Reforma política: entre comportamentos e instituições. Revista Espaço Acadêmico (UEM), v. V, p. 1-4, 2005.

60.
Codato, Adriano2005Codato, Adriano. A elite estatal no governo dos trabalhadores. Revista Espaço Acadêmico (UEM), v. IV, p. 1-4, 2005.

61.
Codato, Adriano2004Codato, Adriano. Las viejas cuestiones: empresariado nacional, reforma del Estado y liberalismo en el Brasil en la década de setenta. Boletín del Instituto de Historia Argentina y Americana Dr. Emilio Ravignani, Buenos Aires - Argentina, v. 26, p. 111-142, 2004.

62.
CODATO, Adriano2004CODATO, Adriano; OLIVEIRA, M. R. de . A Marcha, o Terço e o Livro: catolicismo conservador e ação política na conjuntura do golpe de 1964. Revista Brasileira de História (Impresso), São Paulo - SP, v. 24, n.47, p. 271-302, 2004.

63.
Codato, Adriano2004Codato, Adriano. Grandes feitos dos grandes homens: generais-estadistas e estadistas-generais na política brasileira - a propósito de A ditadura encurralada, de Elio Gaspari. Critica Marxista (São Paulo), São Paulo - SP, v. 19, p. 124-140, 2004.

64.
Codato, Adriano2004Codato, Adriano. O golpe de 1964: luta de classes no Brasil - a propósito de 'Jango', de Silvio Tendler. Revista Espaço Acadêmico (UEM), v. III, p. 1-4, 2004.

65.
Codato, Adriano2003Codato, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff . El Estado como institución. Una lectura de las obras históricas de Marx. Herramienta (Buenos Aires), Buenos Aires - Argentina, v. 24, p. 73-91, 2003.

66.
Codato, Adriano2003Codato, Adriano; Guandalini Jr, Walter . Os autores e suas idéias: um estudo sobre a elite intelectual e o discurso político do Estado Novo. Estudos Historicos (Rio de Janeiro), Rio de Janeiro - RJ, v. 32, p. 145-164, 2003.

67.
Codato, Adriano2003Codato, Adriano. Estado militar, política económica y representación de intereses: dificultades de la transición democrática en el Brasil en los años ochenta. Espacio Abierto (Caracas. 1992), Maracaibo, Venezuela, v. 12, n.4, p. 493-521, 2003.

68.
Codato, Adriano2001Codato, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff . O Estado como instituição: uma leitura das obras históricas de Marx. Critica Marxista (São Paulo), São Paulo - SP, v. 13, p. 9-28, 2001.

69.
Codato, Adriano1998Codato, Adriano. Militares, sistema decisório e Estado ditatorial no Brasil: apontamentos sobre o governo Geisel. Premissas, Campinas - SP, v. 17/18, p. 111-137, 1998.

70.
Codato, Adriano Nervo1998Codato, Adriano Nervo. O general e o político no fio da navalha. Revista Brasileira de Ciências Sociais (Impresso), v. 13, p. 202-203, 1998.

71.
Codato, Adriano1997Codato, Adriano. O Departamento Administrativo do Estado de São Paulo na engenharia institucional do Estado Novo. Revista de Sociologia e Política (UFPR. Impresso), Curitiba - PR, v. 5, p. 115-127, 1997.

72.
Codato, Adriano1995Codato, Adriano. A burguesia contra o Estado? Crise política, ação de classe e os rumos da transição. Revista de Sociologia e Política, Curitiba - PR, v. 3, p. 55-87, 1995.

73.
Codato, Adriano1994Codato, Adriano. Centralização política e processo decisório: o governo Geisel em perspectiva. Revista de Sociologia e Política (UFPR. Impresso), Curitiba - PR, v. 2, p. 57-78, 1994.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
Codato, Adriano; ESPINOZA, F. (Org.) . Élites en las Américas: diferentes perspectivas. 1. ed. Curitiba; Buenos Aires: Editora UFPR; Ediciones UNGS, 2018. v. 1. 384p .

2.
Codato, Adriano; COSTA, Luiz Domingos (Org.) ; MASSIMO, Lucas (Org.) . Retratos da classe política brasileira: estudos de ciência política. 1. ed. Saarbrücken: Novas Edições Acadêmicas, 2015. v. 1. 333p .

3.
PERISSINOTTO, Renato Monseff (Org.) ; Codato, Adriano (Org.) . Como estudar elites. 1. ed. Curitiba: Ed. UFPR, 2015. v. 1. 319p .

4.
Codato, Adriano. Dicionário de políticas públicas (verbete sistema político; pp. 430-434). 1. ed. São Paulo: FUNDAP : Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2013. v. 2. 568p .

5.
Codato, Adriano. Dicionário de políticas públicas (verbete individualismo metodológico; pp. 477-480). 1. ed. São Paulo: FUNDAP : Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2013. v. 2. 564p .

6.
Codato, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff . Marxismo como ciência social. 1. ed. Curitiba - PR: Editora UFPR, 2011. v. 1. 322p .

7.
BRAGA, Sérgio Soares (Org.) ; COSTA NETO, Pedro Leão da (Org.) ; Codato, Adriano (Org.) ; PANSARDI, Marcos Vinicius (Org.) . Marxismo & Ciências Humanas: leituras sobre o capitalismo num contexto de crise: ensaios em comemoração aos15 anos de Crítica Marxista. 1. ed. Curitiba - PR: , 2011. v. 1. 161p .

8.
Codato, Adriano; KIELLER, Marcio . Velhos vermelhos: história e memória dos dirigentes comunistas no Paraná. 1. ed. Curitiba: Ed. da UFPR, 2008. 399p .

9.
PERISSINOTTO, Renato Monseff (Org.) ; Codato, Adriano (Org.) ; FUKS, Mario (Org.) ; BRAGA, Sérgio Soares (Org.) . Quem governa? Um estudo das elites políticas do Paraná. 1. ed. Curitiba: Editora UFPR, 2007. 352p .

10.
Codato, Adriano. Para viver no século XXI: os problemas da contemporaneidade. 1. ed. Curitiba: Sesc da Esquina, 2007. v. 1. 171p .

11.
Codato, Adriano. Political Transition and Democratic Consolidation: Studies on Contemporary Brazil. 1. ed. New York: Nova Science Publishers, Inc., 2006. 171p .

12.
Codato, Adriano; SANTOS, Fernando José dos (Org.) . Partidos e eleições no Paraná: uma abordagem histórica. 1. ed. Curitiba: Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), 2006. v. 1. 274p .

13.
Codato, Adriano. Tecendo o presente: autores para pensar o século XX. 1. ed. Curitiba: SESC: Serviço Social do Comércio do Paraná, 2006. v. 1. 198p .

14.
Codato, Adriano. Sistema estatal e política econômica no Brasil pós-64. 1. ed. Sao Paulo: Hucitec/ANPOCS/Ed. da UFPR, 1997. 368p .

Capítulos de livros publicados
1.
FRANZ, P. ; Codato, Adriano . Estabilidad e inestabilidad ministerial en el presidencialismo brasileño. In: Codato, Adriano; Espinoza, Fran. (Org.). Élites en las Américas: diferentes perspectivas. 1ed.Curitiba; Buenos Aires: Editora UFPR; Edicones UNGS, 2018, v. , p. 319-345.

2.
Codato, Adriano; CARLOMAGNO, Márcio Cunha . Poder social e poder político: como ocupação, gênero, patrimônio e dinheiro se combinam nas eleições para deputados federais. In: Luiz Eduardo Peccinin. (Org.). Tratado de Direito Eleitoral. 1ed.Belo Horizonte: Fórum, 2018, v. 5, p. 211-236.

3.
Codato, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff ; Dantas, Eric Gil ; FRANZ, P. ; NUNES, Wellington . A instabilidade da equipe econômica do governo brasileiro. In: Pires, Roberto; Lotta, Gabriela Oliveira; Vanessa Elias de. (Org.). Burocracia e políticas públicas no Brasil: interseções analíticas. 1ed.Brasília: IPEA/Enap, 2018, v. , p. 299-325.

4.
Codato, Adriano; Perissinotto, Renato M. ; BOLOGNESI, Bruno ; COSTA, Luiz Domingos ; MASSIMO, Lucas ; COSTA, Paulo Roberto Neves . La sociología política de las elites políticas y estatales de Brasil: un balance de cincuenta años de estudios. In: Gabriel Vommaro; Mariana Gené. (Org.). Las élites políticas en el Sur: um estado de la cuestión de los estudios sobre la Argentina, Brasil y Chile. 1ed.Los Polvorines: Ediciones UNGS, 2018, v. , p. 91-159.

5.
BOLOGNESI, Bruno ; Codato, Adriano . Sociologia política dos políticos do Brasil: um estudo da competição eleitoral sob o regime da Constituição de 88. In: Buarque de Hollanda, Cristina; Veiga, Luciana Fernandes; Amaral, Oswaldo E.. (Org.). A Constituição de 88: trinta anos depois. 1ed.Curitiba: Ed. UFPR, 2018, v. , p. 357-388.

6.
Perissinotto, Renato M. ; Codato, Adriano ; LEITE, F. . Opostos determinantes: a Sociologia Política brasileira no século XXI. In: Sergio Miceli; Carlos Benedito Martins. (Org.). Sociologia brasileira hoje II. 1ed.Cotia: Ateliê Editorial, 2018, v. II, p. 19-63.

7.
Codato, Adriano; BOLOGNESI, Bruno ; ROEDER, Karolina Mattos . A nova direita brasileira: uma análise da dinâmica partidária e eleitoral do campo conservador. In: Sebastião Velasco e Cruz; André Kaysel; Gustavo Codas. (Org.). Direita, volver! : o retorno da direita e o ciclo político brasileiro. 1ed.São Paulo: Editora Fundação Perseu Abramo, 2015, v. , p. 115-143.

8.
Codato, Adriano. Metodologias para a identificação de elites: três exemplos clássicos. In: Renato M. Perissinotto; Adriano Codato. (Org.). Como estudar elites. 1ed.Curitiba: Ed. UFPR, 2015, v. , p. 15-30.

9.
HEINZ, Flávio Madureira ; Codato, Adriano . A prosopografia explicada para cientistas políticos. In: Renato M. Perissinotto; Adriano Codato. (Org.). Como estudar elites. 1ed.Curitiba: Ed. UFPR, 2015, v. 1, p. 249-275.

10.
Codato, Adriano. Intelectuais de Estado e a gestão da política econômica no regime ditatorial brasileiro. In: Milton Pinheiro. (Org.). Ditadura: o que resta da transição. 1a.ed.São Paulo: Boitempo, 2014, v. , p. 151-169.

11.
COSTA, Luiz Domingos ; Codato, Adriano . Profissionalização ou popularização da classe política brasileira? Um perfil dos senadores da República. In: André Marenco. (Org.). Os Eleitos. Representação e carreiras políticas em democracias. 1ed.Porto Alegre: Editora UFRGS, 2013, v. , p. 107-134.

12.
Codato, Adriano. Classes dirigentes e fórmula política: afinidades eletivas entre o liberalismo e o autoritarismo no Brasil. In: SILVA, Manuel Carlos; AGUIAR, João Valente. (Org.). Classes, políticas e culturas de classe: capital, trabalho e classes intermédias. 1ed.Famalicão (Portugal): Edições Húmus, 2013, v. , p. 183-201.

13.
COSTA, Luiz Domingos ; BOLOGNESI, Bruno ; Codato, Adriano . Variáveis sobre o recrutamento político e a questão de gênero no Parlamento brasileiro. In: Eneida Desiree Salgado; Ivo Dantas. (Org.). Partidos políticos e seu regime jurídico: o desenho constitucional dos partidos políticos. 1ed.Curitiba - PR: Juruá, 2013, v. , p. 209-228.

14.
Codato, Adriano. Sobre o teoricismo de Nicos Poulantzas: o marxismo contra a ciência social. In: Andréia Galvão; Elaine Amorim, Julia Gomes e Souza, Leandro Galastri. (Org.). Capitalismo: crises e resistências. 1ed.São Paulo: Outras Expressões, 2012, v. , p. 321-337.

15.
Codato, Adriano. A transformação do universo das elites no Brasil pós-1930: uma crítica sociológica. In: Flavio M. Heniz. (Org.). História social de elites. 1ed.São Leopoldo - RS: Oikos, 2011, v. , p. 56-73.

16.
Codato, Adriano. Política, ciência e ideologia: sobre o 'teoricismo' de Nicos Poulantzas. In: Sérgio Braga; Pedro Leão da Costa Neto; Marcos Vinícius Pansardi; Adriano Codato. (Org.). Marxismo & Ciências Humanas: leituras sobre o capitalismo num contexto de crise: ensaios em comemoração aos15 anos de Crítica Marxista. 1a.ed.Curitiba - PR: , 2011, v. , p. 165-173.

17.
Codato, Adriano. A elite destituída: a classe política paulista nos anos trinta. In: João Ricardo de Castro Caldeira; Nilo Odalia. (Org.). História do Estado de São Paulo: a formação da unidade paulista. 1ed.São Paulo: Editora UNESP; Imprensa Oficial; Arquivo Público do Estado, 2010, v. 2, p. 275-305.

18.
Codato, Adriano. As duas faces da moeda: o liberalismo e o autoritarismo da classe política paulista. In: Silveira, Elder Gordim da; Abreu, Luciano Aronne de; Losso, Tiago. (Org.). Estado e desenvolvimento: política e relações internacionais no Brasil contemporâneo. 1a.ed.Porto Alegre (RS): Asterisco, 2010, v. , p. 43-60.

19.
Codato, Adriano. A formação do Estado no Brasil. In: Adriano Codato; Alexandro Dantas Trindade; Giovana Bonamim; Julio Cesar G. Silva; Luiz Domingos Costa; Pedro Leonardo Medeiros; Lucas Massimo. (Org.). Ciências Políticas II. 1aed.Curitiba: IESDE Brasil S.A., 2010, v. , p. 13-29.

20.
Codato, Adriano; LEITE, Fernando Baptista . Classe social. In: Heloisa Buarque de Almeida; José Szwako. (Org.). Diferenças, igualdade. 1a.ed.São Paulo - SP: Berlendis & Vertecchia, 2009, v. , p. 7-29.

21.
Codato, Adriano. Elites, políticos e instituições políticas: o Estado Novo no Brasil, de novo. In: Flavio M. Heinz. (Org.). Experiências nacionais, temas transversais: subsídios para uma história comparada da América Latina. 1ed.São Leopoldo: Oikos, 2009, v. , p. 316-328.

22.
Codato, Adriano; OLIVEIRA, M. R. de . Catolicismo, liberalismo e política conservadora no Paraná nos anos sessenta. In: Marcio de Oliveira; José Szwako. (Org.). Ensaios de Sociologia e História Intelectual do Paraná. 1ed.Curitiba: Editora da UFPR, 2009, v. , p. 75-91.

23.
KIELLER, Marcio ; Codato, Adriano . A elite dos comunistas e sua história no Paraná. In: Adriano Codato; Marcio Kieller. (Org.). Velhos vermelhos: história e memória dos dirigentes comunistas no Paraná. 1ed.Curitiba - PR: Editora UFPR, 2008, v. , p. 27-59.

24.
Codato, Adriano; GOUVÊA, Julio Cesar . Os atributos da elite político-administrativa: uma visão descritiva dos ocupantes dos empregos políticos no Paraná. In: Renato Monseff Perissinotto; Adriano Nervo Codato; Mario Fuks; Sérgio Soares Braga. (Org.). Quem governa? Um estudo das elites políticas do Paraná. 1ed.Curitiba: Editora UFPR, 2007, v. , p. 49-67.

25.
Codato, Adriano; ALMEIDA, Bruna Gisi Martins de . Vias de acesso a posições de poder: um estudo da trajetória da elite político-administrativa do governo Lerner. In: Renato Monseff Perissinotto; Adriano Nervo Codato; Mario Fuks; Sérgio Soares Braga. (Org.). Quem governa? Um estudo das elites políticas do Paraná. 1ed.Curitiba: Editora UFPR, 2007, v. , p. 113-135.

26.
Codato, Adriano. Political Transition and Democratic Consolidation in Brazil: A Historical Perspective. In: Arthur P. Linket. (Org.). Politics and Economics of Latin America. 1ed.New York: Nova Science Publishers, 2007, v. vol. 4, p. 7-31.

27.
Codato, Adriano. Karl Marx: a política, o poder e o Estado capitalista. In: Vinicius de Figueiredo. (Org.). Seis filósofos na sala de aula. 1a.ed.São Paulo: Berlendis & Vertecchia, 2007, v. 2 vol., p. 110-154.

28.
Codato, Adriano. Political Transition and Democratic Consolidation in Brazil: a Historical Perspective. In: Adriano Nervo Codato. (Org.). Political Transition and Democratic Consolidation: Studies on Contemporary Brazil. 1ed.New York: Nova Science Publishers, 2006, v. , p. 1-26.

29.
Codato, Adriano; CERVI, Emerson Urizzi . Institucionalização partidária: uma discussão empírica a partir do caso do PFL do Paraná. In: Adriano Nervo Codato; Fernando José dos Santos. (Org.). Partidos e eleições no Paraná: uma abordagem histórica. 1ed.Curitiba: Tribunal Regional Eleitoral do Paraná, 2006, v. , p. 245-274.

30.
Codato, Adriano. O Sacerdote e o Feiticeiro: uma análise da história política e militar do Brasil pós-64. In: João Roberto Martins Filho. (Org.). O golpe de 1964 e o regime militar: novas perspectivas. 1ed.São Carlos: EdUFSCar, 2006, v. , p. 183-200.

31.
Codato, Adriano. Leyendo Marx a la luz de Marx: La relación entre economía y política en los textos de los años cincuenta. In: Martínez, María Josefina; Pita, María Victoria. (Org.). Ficha de Cátedra de Antropología Sistemática I (Organización Social y Política). 1aed.Buenos Aires: Faculdad de Filosofia y Letras/Universidad de Buenos Aires, 2006, v. 2, p. 5-26.

32.
Codato, Adriano. The State, institutions and private interests: two logics of Brazilian corporatism (1930-1945 and 1964-1985)?. In: Renato Monseff Perissinotto. (Org.). Entrepreneurs, State and Interest Representation in Brazil (1889-1990). 1ed.New York (NY - EUA): Nova Science Publishers, 2003, v. , p. 115-136.

33.
Codato, Adriano. Política de esquerda e luta armada no Brasil dos anos 60. In: Juliana Schwartz; Lindamir S. Casagrande. (Org.). Representações de gênero no cinema: coletânea. 1ed.Curitiba: CEFET-PR, 2003, v. , p. 30-37.

34.
Codato, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff . The State and Contemporary Political Theory: Lessons from Marx. In: Stanley Aronowitz; Peter Bratsis. (Org.). Paradigm Lost: State Theory Reconsidered. 1ed.Minneapolis (MN - EUA): University of Minnesota Press, 2002, v. , p. 53-72.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
MASSIMO, Lucas ; Codato, Adriano . On the immediate rejection of manuscripts without external peer review. SciELO in Perspective, São Paulo - SP, 10 ago. 2016.

2.
Codato, Adriano; BOLOGNESI, Bruno ; ROEDER, Karolina Mattos . Como a nova direita se consolida no Brasil. Brasileiros, São Paulo (SP), 14 set. 2015.

3.
Codato, Adriano; BERLATTO, Fábia . Racismo de classe. Gazeta do Povo, Curitiba - PR, p. 2 - 2, 24 out. 2014.

4.
COSTA, Luiz Domingos ; Codato, Adriano . Marina e a política de verdade. Gazeta do Povo, Curitiba - PR, p. 2 - 2, 31 ago. 2014.

5.
Codato, Adriano. A mãe de todas as reformas?. Gazeta do Povo, Curitiba - PR, p. 2 - 2, 10 jul. 2013.

6.
Codato, Adriano; COSTA, Luiz Domingos . O enigma dos políticos. Gazeta do povo, Curitiba - PR, p. 2 - 2, 04 nov. 2011.

7.
Codato, Adriano. As elites políticas e a qualidade da democracia. Gazeta do povo, Curitiba - PR, p. 2 - 2, 25 set. 2011.

8.
Codato, Adriano. A gestão política da política. Gazeta do povo, Curitiba - PR, p. 14 - 14, 02 jan. 2011.

9.
Codato, Adriano. A sentença santificada das urnas. Gazeta do povo, Curitiba - PR, p. 2 - 2, 24 out. 2010.

10.
Codato, Adriano. Tiririca e outras pragas. Gazeta do povo, Curitiba - PR, p. 2 - 2, 28 set. 2010.

11.
Codato, Adriano. Quando menos é mais (Resenha de: Jon Elster, Ulisses liberto: estudos sobre racionalidade, pré-compromisso e restrições. São Paulo: Editora Unesp, 2009). Jornal de Resenhas, São Paulo - SP, , v. 9, p. 20 - 21, 11 jun. 2010.

12.
Codato, Adriano. Os enigmas do legislativo. Gazeta do povo, Curitiba - PR, , v. 1ocad., p. 2 - 2, 20 jan. 2010.

13.
Codato, Adriano. Como funciona o parlamento brasileiro?. Folha de Londrina, Londrina - PR, , v. 1o.cad, p. 2 - 2, 04 jan. 2010.

14.
Codato, Adriano; COSTA, Luiz Domingos . A reeleição e as falácias dos políticos. Gazeta do povo, Curitiba - PR, p. 8 - 8, 06 jun. 2009.

15.
Codato, Adriano. Ditabrandas e democraduras. Gazeta do povo, Curitiba - PR, p. 2 - 2, 27 fev. 2009.

16.
Codato, Adriano. O peso das instituições políticas. Gazeta do povo, Curitiba - PR, , v. 1ocad., p. 2 - 2, 16 fev. 2009.

17.
Codato, Adriano. Capital político e transferência de votos. Folha de Londrina, Londrina - PR, p. 4 - 4, 10 out. 2008.

18.
COSTA, Luiz Domingos ; Codato, Adriano . Os candidatos e suas agendas. Gazeta do Povo, Curitiba - PR, , v. 1o.cad, p. 2 - 2, 02 out. 2008.

19.
Codato, Adriano. A competência política. Gazeta do Povo, Curitiba - PR, , v. 1o.cad, p. 2 - 2, 18 set. 2008.

20.
Codato, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff . El Estado como institución. Una lectura de las obras históricas de Marx. PRENSAFONDO.com, Ciudad de Mexico, 18 jul. 2008.

21.
Codato, Adriano. Partidos, políticos, moral etc.. Gazeta do povo, Curitiba - PR, p. 8 - 8, 11 out. 2007.

22.
Codato, Adriano. O caráter público da política. Gazeta do Povo, Curitiba - PR, p. 10 - 10, 06 set. 2007.

23.
Codato, Adriano. Os políticos e sua classe. Gazeta do povo, Curitiba - PR, , v. 1ocad., p. 4 - 4, 24 ago. 2007.

24.
Codato, Adriano. A famosa reforma política. Gazeta do Povo, Curitiba - PR, p. 16 - 12, 20 jan. 2007.

25.
Codato, Adriano; COSTA, Luiz Domingos . O que é o presidencialismo de coalizão?. Folha de Londrina, Londrina - PR, p. 2 - 2, 27 dez. 2006.

26.
COSTA, Luiz Domingos ; Codato, Adriano . A lógica política e o segundo governo Lula. Revista dos Bancári@s, Curitiba - PR, , v. 24, p. 13 - 13, 05 dez. 2006.

27.
Codato, Adriano. O voto nulo e as eleições estaduais. Gazeta do povo, Curitiba - PR, p. 8 - 8, 23 nov. 2006.

28.
Codato, Adriano. Eleições e a crise da agricultura. Folha de Londrina, Londrina - PR, p. 2 - 2, 08 nov. 2006.

29.
Codato, Adriano. Pra que servem os políticos?. Gazeta do Povo, Curitiba - PR, 30 set. 2006.

30.
Codato, Adriano. O terno azul. Gazeta do Povo, Curitiba - PR, , v. 2cad., p. 19 - 19, 29 set. 2006.

31.
Codato, Adriano. Voto obrigatório e mercado político. Folha de Londrina, Londrina - PR, , v. 1cad., p. 2 - 2, 28 set. 2006.

32.
Codato, Adriano; CERVI, Emerson Urizzi . Os partidos políticos e o fim da verticalização (final). Gazeta do Povo, Curitiba - PR, , v. 1o.cad, p. 8 - 8, 11 fev. 2006.

33.
Codato, Adriano; CERVI, Emerson Urizzi . Os partidos políticos e o fim da verticalização (parte I). Gazeta do Povo, Curitiba - PR, , v. 1o.cad, p. 8 - 8, 10 fev. 2006.

34.
Codato, Adriano. A política e a ciência da política. Folha de Londrina, Londrina - PR, , v. 1o.cad, p. 2 - 2, 27 dez. 2005.

35.
Codato, Adriano. Os nossos problemas políticos. Gazeta do Povo, Curitiba - PR, , v. 1 cad., p. 8 - 8, 13 dez. 2005.

36.
Codato, Adriano. Crise política e senso comum. Gazeta do Povo, Curitiba - PR, , v. 1 cad., p. 8 - 8, 07 nov. 2005.

37.
Codato, Adriano. Lula, mais do mesmo. Folha de Londrina, Londrina - PR, , v. 1o.cad, p. 2 - 2, 05 nov. 2005.

38.
Codato, Adriano. Os sentidos da crise presente. Gazeta do Povo, Curitiba - PR, , v. 1, p. 8 - 8, 21 jul. 2005.

39.
Codato, Adriano. Teia tênue: pensando o século XX. Gazeta do povo, Curitiba - PR, , v. 1, p. 8 - 8, 14 jun. 2005.

40.
Codato, Adriano. O liberalismo de Lula. Gazeta do Povo, Curitiba - PR, , v. 2, p. 14 - 14, 30 abr. 2005.

41.
Codato, Adriano. O populismo na política brasileira. Gazeta do Povo, Curitiba - PR, p. 8 - 8, 29 dez. 2004.

42.
Codato, Adriano. Ditadura militar e governo civil. Gazeta do Povo, Curitiba - PR, , v. Mundo, p. 8 - 8, 19 dez. 2004.

43.
Codato, Adriano. Entre a mídia e a política. Jornal Opinião e Informação On-line, Curitiba - PR, , v. 3, 15 nov. 2004.

44.
Codato, Adriano. As eleições municipais em Curitiba. Gazeta do Povo, Curitiba - PR, p. 8 - 8, 02 nov. 2004.

45.
Codato, Adriano. Gramsci e Bobbio. Gazeta do Povo, Curitiba - PR, p. 9 - 9, 29 out. 2004.

46.
Codato, Adriano. Os políticos e suas idéias. Gazeta do Povo, Curitiba - PR, , v. 1, p. 12 - 12, 28 out. 2004.

47.
Codato, Adriano. As muitas faces do populismo. O Estado do Paraná - caderno Direito & Justiça, Curitiba - PR, p. 4 - 4, 24 ago. 2004.

48.
Codato, Adriano. O 11 de setembro: entre a economia e a política. Gazeta do Povo, Curitiba - PR, , v. 1, p. 15 - 15, 11 set. 2003.

49.
Codato, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff . The Republican University in Brazil. The Voice of the Turtle, New York - NY, 01 jun. 2003.

50.
Codato, Adriano. A invenção de um governo. O Estado do Paraná - caderno Direito & Justiça, Curitiba (PR), , v. 1, p. 4 - 4, 28 dez. 2002.

51.
Codato, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff . A Universidade Republicana. Jornal da Ciência, São Paulo - SP, 20 dez. 2002.

52.
Codato, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff . A Universidade republicana. Gazeta do Povo, Curitiba - PR, p. 3 - 3, 19 dez. 2002.

53.
Codato, Adriano. A década de 1930. Gazeta do Povo, Curitiba (PR), p. 2 - 2, 27 ago. 2002.

54.
Codato, Adriano; OLIVEIRA, R. C. . Jaime Lerner: um PFL diferente?. Conjuntura Política, Belo Horizonte (MG), , v. 5, 17 mar. 1999.

55.
Codato, Adriano. Golpe de Estado, regime político e processo político no Brasil contemporâneo: uma discussão a propósito de 1968. Textos Ciências Sociais, Londrina - PR, p. 1 - 23.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
Codato, Adriano; Franz Júnior, Paulo ; SANGALLI, A. F. . Quem são os agentes da coalizão? Radiografia dos ministros-políticos no presidencialismo brasileiro. In: 11º ENCONTRO ABCP, 2018, Curitiba. Anais do 11° Encontro da ABCP. Curitiba: ABCP, 2018.

2.
COSTA, Luiz Domingos ; Codato, Adriano . Reconversão, popularização e ambição: três conceitos sobre as elites parlamentares brasileiras. In: 11º ENCONTRO ABCP, 2018, Curitiba. Anais do 11° Encontro da ABCP. Curitiba: ABCP, 2018.

3.
Codato, Adriano. Tornando-se ministro de Estado na Argentina e no Brasil: expertise, partidarismo e representação de interesses. In: LASA 2018, 2018, Barcelona. Anais, 2018.

4.
Codato, Adriano. Utilizando citações para além do fator de impacto: uma alternativa para determinar topografias científicas. In: SciELO 20 anos: Reunião da Rede SciELO, 2018, São Paulo - SP. SciELO 20 Years Repository. São Paulo - SP, 2018. p. 1-19.

5.
FRANZ, P. ; FERNANDEZ, V. L. ; Codato, Adriano . Federalismo e coalizão regional: a representatividade dos estados da federação nos gabinetes ministeriais brasileiros. In: 42o. Encontro anual da ANPOCS, 2018, Caxambu - MG. Anais. São Paulo: ANPOCS, 2018.

6.
GENÉ, Mariana ; Perissinotto, Renato M. ; Codato, Adriano . Recrutamento ministerial em regimes presidenciais: Brasil e Argentina pós-redemocratização. In: 9º Congreso Latinoamericano de Ciencia Política, 2017, Montevideo. Anais. Montevideo - Uruguay, 2017.

7.
Codato, Adriano; HOROCHOVSKI, R. ; MASSIMO, Lucas ; CAMARGO, N. . A colaboração na Ciência Política brasileira: um estudo exploratório do padrão de coautorias em periódicos nacionais. In: 9º Congreso Latinoamericano de Ciencia Política, 2017, Montevidéu. Anais, 2017.

8.
Dantas, Eric Gil ; MONTROSE, E. ; Silva, Felipe Calabrez da ; Codato, Adriano . Prosopografia dos ajudantes do Ministério da Fazenda: uma análise das lógicas de recrutamento, dos itinerários profissionais e do perfil social do segundo escalão. In: 41o. Encontro Anual da ANPOCS, 2017, Caxambu - MG. Anais. São Paulo - SP: Anpocs, 2017.

9.
Codato, Adriano; HOROCHOVSKI, R. ; CAMARGO, N. ; MASSIMO, Lucas . Mesas separadas? Uma análise das citações concedidas e recebidas dos periódicos de Ciência Política no Brasil. In: 41o. Encontro Anual da ANPOCS, 2017, Caxambu - MG. Anais. São Paulo - SP: ANPOCS, 2017.

10.
Dantas, Eric Gil ; Codato, Adriano ; PERISSINOTTO, Renato Monseff . A troika brasileira: uma análise do perfil dos ministros da área econômica no período republicano, 1889-2015. In: VIII Congresso da Associação Portuguesa de Ciência Política, 2016, Lisboa - Portugal. Anais. Lisboa: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas/Universidade Nova de Lisboa, 2016.

11.
BOLOGNESI, Bruno ; Codato, Adriano . Is there a new right coming up in Brazil? Transformations of recruitment patterns in the national political representation. In: VIII Congresso da Associação Portuguesa de Ciência Política, 2016, Lisboa - Portugal. Anais. Lisboa: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas/Universidade Nova de Lisboa, 2016.

12.
Franz Júnior, Paulo ; Codato, Adriano . O recrutamento ministerial no Brasil: trajetória profissional e filiação partidária de FHC a Lula. In: VII Seminário Nacional Sociologia & Política, 2016, Curitiba. Anais VII Seminário Nacional de Sociologia & Política. Curitiba - PR: Universidade Federal do Paraná, 2016.

13.
Codato, Adriano; CAVALIERI, M. A. ; Perissinotto, Renato M. ; Dantas, Eric Gil ; DIAS, Rodolfo Palazzo . Entre o público e o privado: trajetórias profissionais e conexões de mercado dos diretores e presidentes do Banco Central do Brasil. In: Quinto Congresso Latino-Americano de História Econômica (CLADHE V), 2016, São Paulo - SP. Anais. São Paulo - SP: Associação Brasileira de Pesquisadores em História Econômica (ABPHE), 2016.

14.
BOLOGNESI, Bruno ; COSTA, Luiz Domingos ; Codato, Adriano . A revolução silenciosa no Partido dos Trabalhadores no Brasil. In: 10o. Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política, 2016, Belo Horizonte - MG. Anais eletrônicos. Belo Horizonte -MG: ABCP, 2016.

15.
Dantas, Eric Gil ; Codato, Adriano ; CAVALIERI, M. A. ; Perissinotto, Renato M. ; DIAS, Rodolfo Palazzo . Entre o público e o privado: trajetórias profissionais e conexões de mercado dos diretores e presidentes do Banco Central do Brasil. In: X Workshop Empresa, Empresários e Sociedade, 2016, Porto Alegre - RS. Anais. Porto Alegre: UFRGS, 2016.

16.
BERLATTO, Fábia ; Codato, Adriano . Da polícia à política: estudo de candidatos e eleitos à Câmara dos Deputados do Brasil provenientes das forças repressivas do Estado. In: Congreso internacional: Élites y liderazgo en tiempos de cambio, 2015, Salamanca. Anais, 2015.

17.
COSTA, Tiemi ; Codato, Adriano ; Castro, Andréa Oliveira . Yasuana yamaramunha se anamaitá (Vamos lutar, parentes): as candidaturas indígenas nas eleições de 2014. In: 39º Encontro Anual da ANPOCS, 2015, Caxambu - MG. Anais. São Paulo - SP: ANPOCS, 2015.

18.
FERREIRA, Ana Paula Lopes ; Codato, Adriano . Do serviço público à Câmara dos Deputados: o contorno sociopolítico dos parlamentares originários do funcionalismo público (1982-2010). In: V Seminário Nacional Sociologia & Política, 2014, Curitiba - PR. Anais do V Seminário Nacional Sociologia & Política. Curitiba - PR: Universidade Federal do Paraná, 2014.

19.
Mendes, Alessandra Dias ; Codato, Adriano . Institutional System of the State and Public Policy: The Structure of Sports Management in Brazil. In: 14th Annual International Conference on Sports: Economic, Management, Marketing & Social Aspects, 2014, Athens - Greece. Sports: Economic, Management, Marketing & Social Aspects Abstracts:14th Annual International Conference. Atenas: The Athens Institute for Education and Research (ATINER), 2014.

20.
Codato, Adriano; COSTA, Luiz Domingos ; MASSIMO, Lucas . Classificando ocupações em estudos parlamentares: uma tipologia histórica. In: IX Encontro da ABCP, 2014, Brasília - DF. Anais Eletrônicos do IX Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política, 2014.

21.
Codato, Adriano; COSTA, Luiz Domingos ; MASSIMO, Lucas . Coding Professions in Research with Political Elites: a Methodological and a Typological Discussion. In: 23rd IPSA World Congress of Political Science, 2014, Montreal - Canadá. Anais, 2014.

22.
DANTAS, E. G. ; Codato, Adriano . O perfil dos diretores do Banco Central do Brasil nos governos Cardoso, Lula e Dilma. In: IV Encontro Internacional de Ciências Sociais, 2014, Pelotas - RS. [Anais do] IV EICS - Encontro Internacional de Ciências Sociais [recurso eletrônico]. Pelotas - RS, 2014.

23.
Codato, Adriano; COSTA, Luiz Domingos ; MASSIMO, Lucas . Régimen político y reclutamiento parlamentario en Brasil: perfil de los senadores en la democracia y la dictadura. In: 2º Reunión Internacional sobre Formación de las Elites, 2013, Buenos Aires. 2da Reunión Internacional sobre Formación de las Elites: enfoques y avances de investigación en el estudio relacional de las desigualdades. Buenos Aires: Flacso Argentina, 2013. p. 101-123.

24.
COSTA, Luiz Domingos ; Codato, Adriano . Competição e profissionalização política: as eleições para deputado federal no Brasil em 2010. In: 8º Encontro ABCP, 2012, Gramado - RS. Anais eletrônicos. São Paulo - SP, 2012.

25.
Codato, Adriano; COSTA, Luiz Domingos . Os partidos no Senado: bases sociais, padrões de carreira e profissionalização política nas bancadas da Câmara Alta (1986-2014). In: 36º Encontro Anual da ANPOCS, 2012, Águas de Lindoia - SP. Anais do 36º Encontro Anual da ANPOCS. São Paulo - SP, 2012.

26.
Codato, Adriano. Análise estrutural, análise institucional e análise contextual: uma discussão empírica da política brasileira durante o Estado Novo. In: XXVI SIMPÓSIO NACIONAL DE HISTÓRIA - ANPUH, 2011, São Paulo - SP. Anais. São Paulo - SP: Associação Nacional de História, 2011.

27.
Codato, Adriano; COSTA, Luiz Domingos . A profissionalização da classe política brasileira no século XXI: um estudo do perfil sócio-profissional dos deputados federais (1998-2010). In: 35º Encontro Anual da ANPOCS, 2011, Caxambu - MG. Anais do do 35º Encontro Anual da ANPOCS. São Paulo - SP: ANPOCS, 2011.

28.
Codato, Adriano. Política, ciência e ideologia: sobre o ?teoricismo? de Nicos Poulantzas. In: Congresso Marxismo e Ciências Humanas: leituras sobre o capitalismo num contexto de crise, 2010, Curitiba - PR. Anais do Congresso Marxismo e Ciências Humanas. Curitiba - PR: UFPR, 2010. v. 1. p. 173-195.

29.
Codato, Adriano. A análise prática da política prática: uma introdução ao estudo dos 'textos jornalísticos' de Marx. In: 7o. Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política, 2010, Recife - PE. Anais eletrônicos. São Paulo - SP: ABCP, 2010.

30.
Codato, Adriano; DAGOSTIM, Maristela Wessler . A política de nomeações políticas: a circulação das elites no Paraná no pós-1930. In: II Seminário Nacional Sociologia & Política, 2010, Curitiba - PR. Anais Eletrônicos. Curitiba - PR: UFPR, 2010.

31.
Codato, Adriano; BONAMIM, Giovana . Patrimônio histórico e dominação simbólica: o jogo entre centralização e regionalização no universo das elites durante o Estado Novo. In: 34º Encontro Anual da ANPOCS, 2010, Caxambu - MG. Anais do 34º Encontro Anual da ANPOCS. São Paulo - SP: Anpocs, 2010.

32.
Codato, Adriano; LEITE, Fernando Baptista . Elites universitárias e o campo da Ciência Política brasileira hoje: um modelo teórico-metodológico. In: XIV Congresso Brasileiro de Sociologia - SBS, 2009, Rio de Janeiro - RJ. XIV Congresso Brasileiro de Sociologia: Sociologia: Consensos e Controvérsias, 2009.

33.
Codato, Adriano. Elites políticas e processo decisório: processos e padrões de divisão do trabalho político e burocrático no Estado pós-oligárquico. In: 33º Encontro Anual da ANPOCS, 2009, Caxambu - MG. 33º Encontro Anual da ANPOCS - 26 a 30 de outubro de 2009, Caxambu, MG. São Paulo: Anpocs, 2009.

34.
Codato, Adriano. Sobre o "teoricismo" de Nicos Poulantzas: considerações teóricas e metodológicas. In: 6º COLÓQUIO INTERNACIONAL MARX E ENGELS, 2009, Campinas - SP. Anais do 6º Colóquio Marx e Engels. Campinas - SP: CEMARX, 2009. v. 1.

35.
LEITE, Fernando Baptista ; Codato, Adriano . Elites universitárias no campo da Ciência Política brasileira: uma análise da produção acadêmica dos principais periódicos da área (1989-2008). In: 33º Encontro Anual da ANPOCS, 2009, Caxambu - MG. 33º Encontro Anual da ANPOCS - 26 a 30 de outubro de 2009, Caxambu, MG. São Paulo - SP: ANPOCS, 2009.

36.
Codato, Adriano. Ideias, práticas e instituições: qual a direção da causalidade?. In: XXV Simpósio Nacional de História, 2009, Fortaleza - CE. Anais do ... Simpósio Nacional de História. Fortaleza - CE: ANPUH, 2009.

37.
Codato, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff . Elitismo versus marxismo? Por uma agenda empírica de pesquisa. In: 32º Encontro Anual da ANPOCS, 2008, Caxambu - MG. Programas e resumos. São Paulo: Anpocs, 2008.

38.
Codato, Adriano. Uma idéia no lugar: o discurso oligárquico e sua afinidade com o pensamento político autoritário. In: VII Congresso Internacional de Estudos Ibero-Americanos, 2008, Porto Alegre - RS. Papers, 2008.

39.
Codato, Adriano. Elites e instituições: uma análise política do Estado Novo. In: 31º Encontro Anual da ANPOCS, 2007, Caxambu -MG. Programa e resumos. São Paulo: ANPOCS, 2007. v. 1. p. 97-97.

40.
ALMEIDA, Bruna Gisi Martins de ; Codato, Adriano . Por dentro do executivo: um estudo sociológico da elite estatal do governo Lerner. In: XIV JORNADAS DE JOVENS PESQUISADORES DA AUGM, 2006, Campinas - SP. ANAIS DO EVENTO, 2006.

41.
Codato, Adriano. O espaço político em Marx: a noção de cena política revisitada. In: 3º Congresso Latino-americano de Ciência Política: democracia & desigualdades, 2006, Campinas - SP. CD-Rom, 2006.

42.
Codato, Adriano; GOUVÊA, Julio Cesar . Por dentro do executivo: um estudo da elite político-burocrática no Brasil meridional. In: XII Congresso Brasileiro de Sociologia, 2005, Belo Horizonte - MG. Anais do Evento, 2005.

43.
Codato, Adriano. Quando falam os documentos: análise das concepções de Estado, política e planejamento da ditadura militar brasileira. In: XXIII SIMPÓSIO NACIONAL DE HISTÓRIA, 2005, Londrina - PR, 2005.

44.
Codato, Adriano; ALMEIDA, Bruna Gisi Martins de . Ideologia da técnica e política democrática. In: XXV Congresso da Associação Latinoamericana de Sociologia, 2005, Porto Alegre - RS, 2005.

45.
Codato, Adriano; CERVI, Emerson Urizzi . O PFL do Paraná: marginalidade e centralidade no sistema político subnacional. In: III Encontro Nacional da Associação Brasileira de Ciência Política (ABCP), 2002, Niterói - RJ. http://www.cienciapolitica.org.br/encontro/reppol2.1.doc, 2002.

46.
Codato, Adriano. As velhas questões: empresariado nacional, crise do Estado e (neo)liberalismo. In: Segundas Jornadas de História Econômica, 1999, Montevideu - Uruguai. CD-ROM, 1999.

47.
Codato, Adriano. Estado, desenho institucional e política econômica no Brasil: 1964-1985. In: III Congresso Brasileiro de História Econômica/IV Conferência Internacional de História de Empresas, 1999, Curitiba (PR). CD-ROM, 1999.

48.
Codato, Adriano. Estado militar, política econômica e representação de interesses no Brasil. In: XVI Jornadas de Historia Económica, 1998, Quilmes - Argentina. CD-ROM (2A-B4 D001 520032). Buenos Aires: Associación Argentina de Historia Económica (AAHE); Universidad Nacional de Quilmes (Argentina), 1998. p. 1-25.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
Codato, Adriano. Entre elites e instituições: a favor de uma revisão conceitual e empírica da dinâmica política do Estado Novo. In: XXIV Simpósio Nacional de História, 2007, São Leopoldo - RS. História e multidisciplinaridade: territórios e deslocamentos --- Caderno de resumos do 24o. Simpósio Internacional de História. São Leopoldo (RS): Oikos, 2007. v. 1. p. 314-315.

2.
Codato, Adriano. São Paulo sob o Estado Novo: quatro hipóteses explicativas. In: Variações sobre um tema: interpretações do Brasil e do Estado Novo, 2007, Florianópolis - SC. Cd-Rom. Florianópolis - SC, 2007.

3.
Codato, Adriano; OLIVEIRA, M. R. de . A Marcha, o Terço e o Livro: catolicismo conservador e ação política na conjuntura do golpe de 1964. In: Seminário 40 anos do Golpe: 1964-2004, 2004, Rio de Janeiro - RJ. Anais. Rio de Janeiro - RJ: Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil (CPDOC), 2004.

4.
Codato, Adriano. Mapeando o passado recente: pressupostos da narrativa histórica sobre a política brasileira contemporânea. In: VII International Conference of the Brazilian Studies Association (BRASA), 2004, Rio de Janeiro - RJ. Anais, 2004.

5.
Codato, Adriano. O Sacerdote e o Feiticeiro: uma análise da história política e militar do Brasil pós-64. In: 40 anos do golpe de 1964: novos diálogos, novas perspectivas, 2004, São Carlos - SP. Anais, 2004.

6.
Codato, Adriano. Elites políticas regionais e jogo político nacional: uma visão sobre o Estado Novo a partir de São Paulo. In: XII Congresso Nacional dos Sociólogos, 2002, Curitiba-PR. Anais, 2002. v. 1. p. 11-11.

7.
Codato, Adriano. As elites políticas no Estado Novo (1937-1945): substituição, depuração ou realinhamento? Uma crítica às hipóteses dominantes. In: XXI Simpósio Nacional de História - ANPUH: A História no Novo Milênio entre o Individual e o Coletivo, 2001, Niterói (RJ). Livro de Resumos, 2001. v. 1. p. 315-315.

8.
Codato, Adriano. Estado, instituições e interesses privados: as duas lógicas do corporativismo no Brasil. In: Seminário Internacional de Ciência Política: Política desde el Sur, 2001, Porto Alegre (RS). Anais, 2001.

9.
Codato, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff . Estado e teoria política contemporânea: as lições de Marx. In: Colóquio: O conceito de Estado na filosofia política moderna e contemporânea, 2000, Curitiba - PR. Livro de Resumos, 2000. p. 4-4.

10.
Codato, Adriano. Estrutura de poder e mecanismos político-burocráticos do Estado Novo. In: XX Simpósio Nacional de História, 1999, Florianópolis (SC). Programas & Resumos. Florianópolis: Associação Nacional de História (ANPUH)/Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), 1999. p. 308-308.

11.
Codato, Adriano. O Estado como instituição: uma leitura das obras históricas de Marx. In: I Colóquio Marx e Engels, 1999, Campinas (SP). A obra teórica de Marx: atualidade, problemas e interpretações. São Paulo: Xamã, 1999. v. 1. p. 269-270.

12.
Codato, Adriano. Empresariado nacional, ação política e Estado: o Brasil dos anos 70. In: Brazilian Identity and Globalization, 1997, Washington, DC - EUA. Brasa IV - Abstracts, 1997. p. 9-9.

13.
Codato, Adriano. Representação de interesses em regimes ditatoriais: um estudo sobre o Departamento Administrativo do Estado de São Paulo (1939-1946). In: III Seminário Nacional sobre Comportamento Político, 1997, Florianópolis (SC). Caderno de Resumos. Florianópolis: Laboratório de Comportamento Político/CFH-UFSC, 1997. p. 122-123.

14.
Codato, Adriano. Sistema decisório e ditadura militar: uma análise do governo Geisel. In: XX Encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais, 1996, Caxambu (MG). Programas e Resumos. São Paulo: ANPOCS, 1996. p. 80-80.

15.
Codato, Adriano. Sistema decisório e conflito político: o Brasil dos anos 70. In: II Seminário Nacional sobre Comportamento Político, 1995, Florianópolis (SC). Caderno de Resumos. Florianópolis: Imprensa Universitária/Universidade Federal de Santa catarina, 1995. p. 43-44.

Artigos aceitos para publicação
1.
Codato, Adriano. Disseram que eu voltei americanizada: trajetória e história da Revista de Sociologia e Política. Revista de Sociologia e Política, 2019.

2.
BOLOGNESI, Bruno ; COSTA, Luiz Domingos ; Codato, Adriano . El PT de Brasil: un partido de trabajadores sin trabajadores. AMÉRICA LATINA HOY, 2019.

3.
Codato, Adriano; Dantas, Eric Gil ; Perissinotto, Renato M. ; CAVALIERI, M. A. . La connexion financière: le pantouflage dans la Banque centrale du Brésil. Gouvernement et action publique, 2018.

4.
GERIGK, W. ; Codato, Adriano ; BOLOGNESI, Bruno . Ideologia, partido político e gasto público nas pequenas cidades brasileiras. Urbe. Revista Brasileira de Gestão Urbana, 2018.

5.
Codato, Adriano; BERLATTO, Fábia ; BOLOGNESI, Bruno . Tipologia dos políticos de direita no Brasil: uma classificação empírica. Análise Social (Lisboa), 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
Codato, Adriano. Oligarcas e plutocratas na classe política brasileira. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
Codato, Adriano. A Ciência Política da América Latina: mapeando 5 mil artigos. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
Codato, Adriano; Dantas, Eric Gil ; MIRANDA, V. . A alta burocracia econômica brasileira: lógicas de recrutamento, (in)dependência política e poder decisório. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
Codato, Adriano; BOLOGNESI, Bruno . A trajetória da Ciência Política na região Sul e no Cone Sul: passado, presente e perspectivas. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
Codato, Adriano. Novas direitas e pensamento conservador: um olhar multidimensional. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
Codato, Adriano. O ponto onde estamos: os dados da avaliação quadrienal da Capes (CP & RI). 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
Codato, Adriano. A Ciência Política da América Latina: um estudo cienciométrico da estrutura e da dinâmica da disciplina hoje. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
Codato, Adriano; Lorencetti, Mariana Arcos ; FERREIRA, B. B. P. . Elites políticas e representação política: análise sistemática da literatura internacional. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
Codato, Adriano. O ponto onde estamos: os dados da avaliação quadrienal da CAPES Ciência Política & Relações Internacionais e as novas propostas de avaliação. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
Codato, Adriano. Comparando a Ciência Política brasileira com a estrangeira: uma análise cienciométrica. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
Codato, Adriano. Produção de material didático em Ciências Sociais. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
Codato, Adriano. Sociologia política dos políticos do Brasil. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

13.
Codato, Adriano. Entre plutocratas e oligarcas: transformações da classe política brasileira. 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

14.
CODATO, Adriano. Aula inaugural do Setor de Ciências Humanas: Para entender a crise política brasileira. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
Codato, Adriano. PT : un Parti des Travailleurs... sans travailleurs. Sociographie des candidats et des élus dans un parti de gauche au Brésil. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

16.
Codato, Adriano; BOLOGNESI, Bruno . A nova direita parlamentar brasileira. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

17.
CAVALIERI, M. A. ; Codato, Adriano ; PERISSINOTTO, Renato Monseff ; Dantas, Eric Gil . Political Power and The Economic Mainstream: A Profile Analysis of the Brazilian Central Bank?s Board of Directors. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

18.
Perissinotto, Renato M. ; Codato, Adriano . Rumos contemporâneos da sociologia brasileira: Sociologia Política. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

19.
Codato, Adriano. Como estudar elites: técnicas aplicadas nas investigações sobre a classe dirigente do Brasil. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

20.
Codato, Adriano. Como estudar as elites políticas. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

21.
Codato, Adriano. PEC 241: Estado, direitos sociais e a nova direita no Brasil. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

22.
Codato, Adriano. Política brasileira: progresso ou retrocesso?. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

23.
Codato, Adriano. As elites políticas do Brasil em contexto de crise. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

24.
Codato, Adriano. O funcionamento do sistema político brasileiro. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

25.
Codato, Adriano; BOLOGNESI, Bruno ; ROEDER, Karolina Mattos . La croissance spectaculaire de la nouvelle droite brésilienne: députés et candidats. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

26.
CODATO, Adriano. A natureza do golpe e do regime. 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

27.
CODATO, Adriano. O nome da coisa: golpe de Estado e ditadura militar. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

28.
CODATO, Adriano. Os economistas na ditadura militar brasileira. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

29.
CODATO, Adriano. A pesquisa sobre elites políticas no Brasil. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

30.
CODATO, Adriano. Sociologia política da classe política brasileira do século XIX ao XXI. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

31.
CODATO, Adriano; MASSIMO, Lucas ; BOLOGNESI, Bruno ; PERISSINOTTO, Renato Monseff ; COSTA, Luiz Domingos . O estado da arte dos estudos sobre elites políticas no Brasil: uma (primeira) proposta de sistematização da literatura. 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

32.
CODATO, Adriano. Sócio-história da classe política brasileira: um estudo dos processos de profissionalização política de deputados federais e senadores (1889-2014). 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

33.
CODATO, Adriano. Era o golpe de 64 inevitável?. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

34.
CODATO, Adriano; LEITE, Fernando Baptista . Por que precisamos de uma Sociologia Política?. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

35.
Codato, Adriano; LEITE, Fernando Baptista . A produção da Ciência Política no Brasil: uma virada temática?. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

36.
CODATO, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff . Marxismo como ciência social. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

37.
CODATO, Adriano. O Estado contemporâneo e a filosofia política. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

38.
CODATO, Adriano; CERVI, Emerson Urizzi . Banco de dados e portal de informação em ciência política. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

39.
CODATO, Adriano. A profissionalização do cientista social brasileiro. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

40.
CODATO, Adriano. Ideologia, mentalidades e futebol no Brasil autoritário. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

41.
CODATO, Adriano. A pesquisa com elites no Brasil: desafios contemporâneos. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

42.
COSTA, Luiz Domingos ; Codato, Adriano ; SOUZA, Lucas Massimo Tonial Antunes de . Codificando profissões em estudos de elites políticas: uma discussão metodológica e tipológica. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

43.
CODATO, Adriano; COSTA, Luiz Domingos ; CERVI, Emerson Urizzi . A direita brasileira em perspectiva histórica: uma sócio-análise dos partidos e dos seus políticos da democracia populista à democracia liberal (1945-2010). 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

44.
CODATO, Adriano. Marxismo, política e direito. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

45.
CODATO, Adriano. As transformações da classe política brasileira no século XX. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

46.
CODATO, Adriano. Prosopografia e variantes do uso da categoria profissão no estudo da classe política. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

47.
CODATO, Adriano. Brasil: una década de gobienos del PT y las manifestaciones de junio. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

48.
CODATO, Adriano. Democracias latinas: o caso da Argentina, Uruguai e Brasil. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

49.
CODATO, Adriano. Estrutura e prática da ciência política no Brasil: uma análise de sua produção acadêmica (2004-2008). 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

50.
CODATO, Adriano; NORONHA, E. G. ; SALLUM JR., B. ; SOARES, G. A. D. . Mesa-redonda (ABCP) Sociologia Política e Ciência Política: diálogos e fronteiras. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

51.
CODATO, Adriano. O Observatório de elites políticas e sociais do Brasil. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

52.
Codato, Adriano; REIS, Bruno P. W. ; ENGELMANN, Fabiano ; FERES JUNIOR, João . Mesa-redonda (ANPOCS) Ciência política brasileira e História: reflexões acerca de suas tensões e sinergias. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

53.
CODATO, Adriano. Sociologia Política e Ciência Política: enfoques teóricos e metodológicos. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

54.
CODATO, Adriano. Transformaciones y tensiones del Estado en América Latina en el marco de la crisis capitalista. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

55.
CODATO, Adriano. A formação do pensamento político brasileiro no século XX. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

56.
CODATO, Adriano. Como e por que estudar elites políticas? Uma abordagem sociológica. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

57.
CODATO, Adriano. Novas agendas na Ciência Política brasileira. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

58.
CODATO, Adriano. Democracia, representação e participação: uma hipótese sobre a estrutura do campo político brasileiro, hoje. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

59.
CODATO, Adriano. De onde vêm os representantes do Brasil? Um estudo do perfil sócio-profissional da classe política brasileira (1998-2010). 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

60.
CODATO, Adriano. Aprendendo na marra: a pesquisa em arquivos e o estudo das elites políticas autoritárias na era Vargas. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

61.
CODATO, Adriano. A agenda de pesquisa da Ciência Política brasileira hoje. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

62.
CODATO, Adriano. Análise social, institucional e contextual: uma discussão empírica da política brasileira. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

63.
CODATO, Adriano. O estruturalismo na Ciência Política. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

64.
CODATO, Adriano. Direita e esquerda: o pensamento liberal e o pensamento socialista hoje. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

65.
CODATO, Adriano. Por que estudar elites políticas?. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

66.
CODATO, Adriano. Brasilidade revolucionária. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

67.
CODATO, Adriano. A fórmula autoritária e sua utilidade política no Estado Novo. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

68.
CODATO, Adriano. "Votar bem" e "votal mal": algumas considerações sobre essas categorias de classificação. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

69.
CODATO, Adriano. Análise do contexto político da cidade de Curitiba. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

70.
CODATO, Adriano. O modo teórico de produção teórica do marxismo estruturalista. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

71.
CODATO, Adriano. O modo teórico de produção teórica do marxismo estruturalista. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

72.
Codato, Adriano. El género del discurso: las abstracciones conceptuales de la teoría marxista del Estado. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

73.
Codato, Adriano. Las élites políticas de São Paulo en la mitad del siglo XX: un análisis prosopográfica. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

74.
Codato, Adriano. A razão anticientífica: marxismo militante e pós-modernismo delirante contra a Ciência Social. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

75.
Codato, Adriano. O poder simbólico. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

76.
Codato, Adriano; LEITE, F. . Elites universitárias e o campo da Ciência Política brasileira hoje: um modelo teórico-metodológico. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

77.
Codato, Adriano. A teoria do Estado em Marx e após: um resumo explicado. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

78.
CODATO, Adriano. Política, ciência e ideologia - sobre o teoricismo de Poulantzas. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

79.
CODATO, Adriano. El género del discurso: las abstracciones conceptuales de la teoría marxista del Estado. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

80.
Codato, Adriano. Um modelo para o estudo de políticas de governo. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

81.
Codato, Adriano. A história política da democracia brasileira. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

82.
Codato, Adriano. Estado, elites, ideologia e instituições: o Estado Novo no Brasil, de novo. 2008. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

83.
Codato, Adriano. A sociologia política e a história: por uma nova agenda de pesquisas. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

84.
Codato, Adriano. A Constituição de 1937: autoritarismo teórico, retórico e prático. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

85.
Codato, Adriano. Maquiavel e a Ciência Política do século XX: Mosca e Gramsci. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

86.
Codato, Adriano. Pierre Bourdieu e a sociologia: o documentário de Pierre Carles. 2007. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

87.
Codato, Adriano. Entre elites e instituições: a favor de uma revisão conceitual e empírica da dinâmica política do Estado Novo. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

88.
Codato, Adriano. A elite restituída: os políticos paulistas sob o Estado Novo. 2007. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

89.
Codato, Adriano. O conceito de cena política: uma abordagem não institucionalista. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

90.
Codato, Adriano. A teoria social de Marx e o lugar e a função do político. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

91.
Codato, Adriano. Leituras de Marx. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

92.
Codato, Adriano. Nicos Poulantzas e a teoria do Estado capitalista: uma revisão crítica. 2007. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

93.
CODATO, Adriano. São Paulo sob o Estado Novo. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

94.
Codato, Adriano. A história política da transição brasileira: uma análise dos determinantes estruturais e institucionais do regime democrático. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

95.
Codato, Adriano. A política de publicacões científicas no Brasil: as Ciências Sociais e o novo modelo institucional. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

96.
Codato, Adriano. A crise das democracias latino-americanas: uma análise da trajetória brasileira. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

97.
Codato, Adriano. Noções de teoria do Estado. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

98.
Codato, Adriano; GOUVÊA, Julio Cesar . O recrutamento da elite político-burocrática no Paraná: uma visão descritiva. 2005. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

99.
Codato, Adriano. A paixão da política e a política da paixão: sociologia, pós-modernismo e relações de gênero num filme de Neil Jordan. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

100.
Codato, Adriano; ALMEIDA, Bruna Gisi Martins de . A carreira política de elite político-administrativa no Paraná (1995-2002). 2005. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

101.
Codato, Adriano. O processo decisório de política econômica na ditadura militar brasileira e o papel das Forças Armadas. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

102.
Codato, Adriano. Fim da Política? O governo Lula e as várias maneiras de pensar a crise atual. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

103.
Codato, Adriano. As Forças Armadas no Império: um comentário. 2005. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

104.
Codato, Adriano. Imaginação política, direito e instituições: uma nota sobre a crise. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

105.
Codato, Adriano. O conceito de autonomia relativa do Estado: uma leitura estruturalista de O 18 Brumário de Louis Bonaparte de K. Marx. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

106.
Codato, Adriano. Evento político e processo histórico-social: considerações sobre o golpe de 1964. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

107.
Codato, Adriano. Luta de classes no Brasil: o golpe de 1964. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

108.
Codato, Adriano. Um passo adiante, outro também: método, técnica e lógica da pesquisa em Ciência Política. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

109.
Codato, Adriano. A periodização da cena política brasileira: analisando os dois primeiros governos militares do pós-1964. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

110.
Codato, Adriano. Intelectuais, pensamento político e reforma do Estado: de volta aos anos 1930-1940. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

111.
Codato, Adriano. Causalidade histórica e explicação sociológica: três hipóteses sobre 1968. 2004. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

112.
Codato, Adriano. Getulio Vargas: passado e presente. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

113.
Codato, Adriano. Notas prévias para uma análise do espaço político: a noção de cena política revisitada. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

114.
Codato, Adriano. A elite do Estado no governo dos trabalhadores. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

115.
Codato, Adriano. Condicionantes político-militares da crise de 1968: aspectos conjunturais. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

116.
Codato, Adriano. Política de esquerda e luta armada no Brasil dos anos 60. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

117.
Codato, Adriano. De um autoritarismo a outro: padrões políticos e comportamento social no Brasil contemporâneo. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

118.
Codato, Adriano. A política, o político: uma discussão sobre autonomia e determinação no pensamento de Marx. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

119.
Codato, Adriano. Maquiavel e Marx: uma questão para duas filosofias. 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

120.
Codato, Adriano. Poder, política e história: um balanço. 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

121.
Codato, Adriano. De um Marx a outro? Método, história e política n'O 18 Brumário de Luís Bonaparte. 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

122.
Codato, Adriano. O futuro da esquerda: uma análise do cenário pós-eleitoral no Brasil em 2002. 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

123.
Codato, Adriano. Uma leitura contemporânea de Marx. 2001. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

124.
Codato, Adriano. O Brasil em perspectiva: a questão democrática no governo FHC. 2001. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

125.
Codato, Adriano. História e instituições: regime, transição política e democracia no Brasil nos anos 90. 2001. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

126.
Codato, Adriano. As transformações do mercado de trabalho e a inserção profissional do cientista político no Brasil. 2001. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

127.
Codato, Adriano. Corporativismo político e corporativismo econômico: entre dois autoritarismos. 2000. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

128.
Codato, Adriano. Questão de método em Ciência Política: considerações preliminares e uma nota pessoal. 2000. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

129.
Codato, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff . O Estado como instituição: uma leitura das obras históricas de Marx. 2000. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

130.
Codato, Adriano. O campo profissional da Ciência Política. 2000. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

131.
Codato, Adriano. Estado e sociedade no Brasil: uma revisão crítica. 2000. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

132.
Codato, Adriano. A herança institucional da ditadura militar brasileira: a questão democrática hoje. 2000. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

133.
Codato, Adriano. Estrutura de poder e processos decisórios no regime ditatorial brasileiro: 1964-1985. 1999. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

134.
Codato, Adriano. Estado e política econômica no Brasil pós-64. 1999. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

135.
Codato, Adriano. Althusser e o estruturalismo. 1998. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

136.
Codato, Adriano. O governo Geisel. 1997. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

137.
Codato, Adriano. Metodologias de pesquisa em Ciência Política. 1997. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

138.
Codato, Adriano. A construção do objeto em Política. 1997. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

139.
Codato, Adriano. Burocracia e política sob a ditadura militar: o processo decisório do Conselho de Desenvolvimento Econômico (1974/1981). 1995. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

140.
Codato, Adriano. A burguesia contra o Estado: a rebelião empresarial no Brasil dos anos 70. 1994. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

141.
Codato, Adriano. Centralização política, corporativismo e processo decisório: o Brasil nos anos 70. 1994. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

142.
Codato, Adriano. A esquerda e a reorganização político-institucional brasileira: o plebiscito de abril. 1993. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

143.
Codato, Adriano. Os sistemas de governo, os trabalhadores e a democracia. 1993. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

144.
Codato, Adriano. O sistema estatal brasileiro - uma análise do Conselho de Desenvolvimento Econômico (CDE). 1993. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

145.
Codato, Adriano. A crise do sistema de decisões no Brasil e seus condicionantes políticos. 1993. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

146.
Codato, Adriano. Os dilemas da transição democrática no Brasil. 1992. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

147.
Codato, Adriano. A teoria da ideologia em Marx e após. 1992. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Outras produções bibliográficas
1.
Codato, Adriano. Como escreve Adriano Codato 2017 (Entrevista).

2.
Codato, Adriano. Protesto e confronto fora do Congresso. Gritaria e empurra-empurra dentro. Qual o estágio da crise. São Paulo: NEXO, 2017 (Entrevista).

3.
Codato, Adriano. Au Brésil, la nouvelle droite conservatrice prospère grâce à la crise politique. Paris: Mediapart, 2017 (Entrevista).

4.
OUALALOU, L. ; Codato, Adriano . Brésil, Dilma Rousseff est la proie d'une droite déchaînée. Paris: Mediapart, 2016 (Entrevista).

5.
Codato, Adriano; OUALALOU, L. . Brésil: suspendue Dilma Rousseff s'acchroche. Rennes: Ouest-France, 2016 (Entrevista).

6.
Codato, Adriano; Oliveira Neto, Claire de . Brésil: l'étoile rouge du PT de Lula et de Rousseff a pâli. Paris: Le Point, 2016 (Entrevista).

7.
Codato, Adriano. Como é medido o conservadorismo do eleitor e quais os limites dessas projeções. São Paulo: NEXO, 2016 (Entrevista).

8.
CODATO, Adriano. Três perguntas sobre a direita brasileira. Brasília - DF: Agência Pública, 2015 (Entrevista).

9.
CODATO, Adriano. À moda da ditadura: ?Vestir a camisa da seleção e homenagear militares?. São Paulo - SP: Placar, 2015 (Entrevista).

10.
Codato, Adriano. La droite au Brésil est en plein essor. Paris: Mediapart, 2015 (Entrevista).

11.
CODATO, Adriano. Ódio aos mais pobres alimenta a direita no Brasil. Rio de Janeiro; São Paulo: Correio do Brasil, 2015 (Entrevista).

12.
CODATO, Adriano. A direita no Brasil está em franca expansão, diz professor da UFPR. Brasil 247, 2015 (Entrevista).

13.
CODATO, Adriano. O menos eficaz é Dilma dizer que é honesta e honrada, afirma cientista político. Curitiba - PR: Gazeta do Povo, 2015 (Entrevista).

14.
Perissinotto, Renato M. ; Codato, Adriano . Introdução: como estudar elites?. Curitiba - PR, 2015. (Prefácio, Pósfacio/Introdução)>.

15.
CODATO, Adriano. A juventude despolitizada de 2013 parece ter encontrado sua redentora. Entrevista especial com Adriano Codato. São Leopoldo - RS: Instituto Humanitas Unisinos ? IHU, 2014 (Entrevista).

16.
CODATO, Adriano. Crescimento é reação ao PT, diz cientista político. São Paulo - SP: Valor Econômico, 2014 (Entrevista).

17.
CODATO, Adriano. A direita que não tem mais vergonha. Brasília - DF: Revista Forum Semanal, 2014 (Entrevista).

18.
CODATO, Adriano. O golpe e a ditadura militar no Brasil. Curitiba - PR: Metro, 2014 (Entrevista).

19.
CODATO, Adriano. A época da superpolitização da universidade passou, diz professor. Curitiba - PR: Gazeta do Povo, 2013 (Entrevista).

20.
CODATO, Adriano. É ingenuidade imaginar que as pessoas podem ser convertidas pelo bom senso. Curitiba - PR: Gazeta do Povo, 2011 (Entrevista).

21.
CODATO, Adriano. Prefácio. Brasília - DF, 2011. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

22.
CODATO, Adriano. Prefácio. Porto Alegre - RS, 2011. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

23.
CODATO, Adriano. Apresentação. Curitiba - PR, 2010. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

24.
Codato, Adriano. 'Janela' descaracteriza reforma política de Lula. Curitiba - PR: Gazeta do Povo, 2009 (Entrevista).

25.
CODATO, Adriano. Apresentação. Curitiba - PR, 2009. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

26.
Codato, Adriano; COSTA, Luiz Domingos . Entrevista do mês. Curitiba -PR: jornal do SINDITEST-PR ano 17 / n° 06 / setembro 2008, 2008 (Entrevista).

27.
Codato, Adriano. Introdução: estudos de elites, uma nota metodológica. Curitiba - PR, 2008. (Prefácio, Pósfacio/Introdução)>.

28.
PERISSINOTTO, Renato Monseff ; Codato, Adriano . Apresentação: por um retorno à sociologia das elites. Curitiba - PR, 2008. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

29.
Codato, Adriano. Introdução: algumas questões do presente. Curitiba - PR, 2007. (Prefácio, Pósfacio/Introdução)>.

30.
Codato, Adriano. Restrição ameaça correntes ideológicas. Curitiba - PR: Gazeta do Povo, 2006 (Entrevista).

31.
Codato, Adriano. Voto nulo: forma de protesto ou desperdício da chance de mudar?. Curitiba - PR: Gazeta do Povo, 2006 (Entrevista).

32.
Codato, Adriano. É preciso mexer antes no modelo econômico. Curitiba - PR: Gazeta do Povo, 2006 (Entrevista).

33.
Codato, Adriano. Agora é que a campanha começa de verdade. Curitiba - PR: Gazeta do Povo, 2006 (Entrevista).

34.
Codato, Adriano. Introduction: interpretations of the process of political change. New York, USA, 2006. (Prefácio, Pósfacio/Introdução)>.

35.
Codato, Adriano. Introdução: novos horizontes para o estudo da política institucional no Paraná. Curitiba - PR, 2006. (Prefácio, Pósfacio/Introdução)>.

36.
Codato, Adriano. Introdução: certos clássicos do século XX. Curitiba - PR, 2006. (Prefácio, Pósfacio/Introdução)>.

37.
PERISSINOTTO, Renato Monseff ; Codato, Adriano . Introdução: o desenho da pesquisa. Curitiba - PR, 2006. (Prefácio, Pósfacio/Introdução)>.

38.
PERISSINOTTO, Renato Monseff ; Codato, Adriano . Conclusão: o perfil da elite e o papel das instituições. Curitiba - PR, 2006. (Prefácio, Pósfacio/Posfácio)>.

39.
Codato, Adriano; MORAES, Pedro Rodolfo Bodê de . Pierre Bourdieu e a profissão de sociólogo, na prática. Curitiba - PR, 2006. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

40.
Codato, Adriano; COSTA, Paulo Roberto Neves ; PERISSINOTTO, Renato Monseff . Editorial. Curitiba - PR, 2006. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

41.
Codato, Adriano. Campo de atuação não é restrito apenas aos períodos eleitorais. Curitiba - PR: Gazeta do Povo, 2005 (Entrevista).

42.
Codato, Adriano. Apresentação: outras abordagens de dois velhos conhecidos. Curitiba - PR, 2005. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

43.
Codato, Adriano; COSTA, Paulo Roberto Neves ; PERISSINOTTO, Renato Monseff . Editorial. Curitiba - PR, 2005. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

44.
Codato, Adriano. Afinal, quem foi ele?. Curitiba - PR: Gazeta do Povo, 2004 (Entrevista).

45.
Codato, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff . As elites paranaenses que nos governam. Curitiba - PR: O Estado do Paraná, 2004 (Entrevista).

46.
Codato, Adriano. Editorial. Curitiba - PR, 2004. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

47.
Codato, Adriano. Aliados, mas com estratégias diferentes. Curitiba - PR: Travessa dos Editores, 2003 (Entrevista).

48.
Codato, Adriano. Eleições de 2004 serão decisivas para o PT. Curitiba - PR: Gazeta do Povo, 2003 (Entrevista).

49.
Codato, Adriano. Editorial. Curitiba - PR, 2003. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

50.
Codato, Adriano. Editorial. Curitiba - PR, 2003. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

51.
Codato, Adriano. Pacto pelo Brasil. Brasília - DF: Federação Nacional das Associações de Pessoal da Caixa Econômica Federal, 2002 (Entrevista).

52.
Codato, Adriano; SILVA, A. J. ; BURMESTER, A. M. ; PERISSINOTTO, Renato Monseff . História e Memória. Curitiba - PR: Gazeta do Povo, 2002 (Encarte em jornal).

53.
Codato, Adriano. Editorial. Curitiba - PR, 2002. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

54.
Codato, Adriano; LACERDA, G. B. . O legado sociológico de Pierre Bourdieu: duas dimensões e uma nota pessoal. Curitiba - PR: Universidade Federal do Paraná, 2002. (Tradução/Artigo).

55.
Codato, Adriano. O estruturalismo e o marxismo. Curitiba (PR): Cadernos PET Filosofia UFPR, vol. 1, p. 55-65, 1999 (Entrevista).

56.
Codato, Adriano. O general e o político no fio da navalha. São Paulo (SP): Revista Brasileira de Ciências Sociais, vol. 13 n. 37, p. 202-203, 1998 (Resenha bibliográfica).

57.
Codato, Adriano. A natureza militar da ditadura brasileira. Curitiba (PR): Revista de Sociologia e Política, n. 8, p. 165-169, 1997 (Resenha bibliográfica).

58.
Codato, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff . O surgimento da marginalidade avançada: notas sobre sua natureza e implicações. Curitiba: Revista de Sociologia e Política, 1997. (Tradução/Artigo).

59.
Codato, Adriano. Geisel: o senhor fechado da Abertura. Curitiba (PR): Revista de Sociologia e Política, n. 6/7, p. 203-207, 1996 (Resenha bibliográfica).

60.
Codato, Adriano; SMITH, P. J. . A técnica da dissertação: guia para dissertação filosófica dos alunos do Liceu, 1994. (Tradução/Artigo).

61.
Codato, Adriano. O sono e o sonho. Campinas - SP: Papirus, 1992. (Tradução/Livro).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
Codato, Adriano. Parecerista ad hoc da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). 2018.

2.
Codato, Adriano. Parecerista ad hoc da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). 2018.

3.
Codato, Adriano. Parecerista ad hoc do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). 2018.

4.
Codato, Adriano. Parecerista ad hoc da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). 2018.

5.
Codato, Adriano. Parecerista ad hoc da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). 2017.

6.
Codato, Adriano. Parecerista ad hoc da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). 2017.

7.
Codato, Adriano. Parecerista ad hoc da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). 2016.

8.
Codato, Adriano. Parecerista ad hoc da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). 2016.

9.
Codato, Adriano. Parecerista ad hoc da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). 2016.

10.
CODATO, Adriano. Parecerista ad hoc da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). 2015.

11.
CODATO, Adriano. Parecerista ad hoc da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). 2015.

12.
CODATO, Adriano. Parecerista ad hoc da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). 2014.

13.
CODATO, Adriano. Parecerista ad hoc da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). 2013.

14.
CODATO, Adriano. Parecerista ad hoc da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). 2012.

15.
CODATO, Adriano. Parecerista ad hoc da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). 2011.

16.
CODATO, Adriano; BERLATTO, Fábia . Projeto pedagógico de Sociologia no Ensino Médio para o Sistema Positivo de Ensino. 2009.

17.
Codato, Adriano. Programa Expansão, Inovação e Melhoria no Ensino Médio do Paraná - PROEM/BID. 2002.

18.
Codato, Adriano. Parecerista ad hoc da Fundação Araucária. 2000.

19.
CODATO, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff ; COSTA, Paulo Roberto Neves . Projeto do Curso de Graduação em Ciência Política - UNINTER. 1999.

Trabalhos técnicos
1.
Codato, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Dados. 2018.

2.
Codato, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Opinião Pública. 2018.

3.
CODATO, Adriano. Parecer a projeto submetido à FAPESP. 2018.

4.
CODATO, Adriano. Parecer a projeto submetido à Capes. 2018.

5.
CODATO, Adriano. Parecer a projeto submetido ao CNPq. 2018.

6.
CODATO, Adriano. Parecer a artigo científico submetido à Revista Brasileira de Informação Bibliográfica em Ciências Sociais BIB. 2018.

7.
Codato, Adriano. Parecer a projeto submetido ao CNPq. 2018.

8.
Codato, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Teoria e Sociedade. 2018.

9.
Codato, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Dados. 2018.

10.
Codato, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Revista Brasileira de Ciências Sociais. 2018.

11.
Codato, Adriano. Avaliação de Relatório Final PIBIC/CNPq (voluntário). 2017.

12.
Codato, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Opinião Pública. 2017.

13.
Codato, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Íconos. 2017.

14.
Codato, Adriano. Parecer técnico à Editora da UFPR. 2017.

15.
Codato, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Dados. 2017.

16.
Codato, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico E-Legis. 2017.

17.
Codato, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Política Hoje. 2017.

18.
Codato, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Sociedade e Estado. 2017.

19.
Codato, Adriano. Avaliação de pedidos de reconsideração da Avaliação Quadrienal da área de Ciência Política e Relações Internacionais (CAPES). 2017.

20.
Codato, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Dois Pontos. 2016.

21.
Codato, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Política & Sociedade. 2016.

22.
Codato, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Brazilian Political Science Review. 2016.

23.
Codato, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Revista Brasileira de Ciência Política. 2016.

24.
Codato, Adriano. Parecer técnico para o CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. 2016.

25.
Codato, Adriano. Parecer técnico à ANPOCS - Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais. 2016.

26.
Codato, Adriano. Avaliação de Relatório Final PIBIC/CNPq. 2016.

27.
Codato, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Brazilian Political Science Review. 2016.

28.
Codato, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Estudios Sociológicos. 2016.

29.
Codato, Adriano. Parecer a projeto submetido à FAPESP. 2016.

30.
CODATO, Adriano. Parecer técnico à Capes - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. 2015.

31.
CODATO, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Opinião Pública. 2015.

32.
CODATO, Adriano. Parecer técnico à Capes - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. 2015.

33.
CODATO, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Brazilian Political Science Review. 2015.

34.
CODATO, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Dados. 2015.

35.
CODATO, Adriano. Parecer técnico à Capes - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. 2015.

36.
CODATO, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Política & Sociedade. 2015.

37.
CODATO, Adriano. Parecer técnico à Capes - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. 2015.

38.
CODATO, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Revista Brasileira de Ciências Sociais. 2015.

39.
CODATO, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Revista Brasileira de Ciência Política. 2015.

40.
CODATO, Adriano. Parecer técnico à FAPESP - Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. 2015.

41.
CODATO, Adriano. Parecer técnico à FAPESP - Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. 2015.

42.
CODATO, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Teoria & Sociedade. 2015.

43.
CODATO, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Brazilian Political Science Review. 2015.

44.
Codato, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Brazilian Political Science Review. 2015.

45.
Codato, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Revista Direito, Estado e Sociedade. 2015.

46.
Codato, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Mediações. 2015.

47.
Codato, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Opinião Pública. 2015.

48.
CODATO, Adriano. Parecer técnico à Capes - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. 2014.

49.
CODATO, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Política & Sociedade. 2014.

50.
CODATO, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Revista Brasileira de Ciência Política. 2014.

51.
CODATO, Adriano. Parecer técnico à Capes - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. 2014.

52.
CODATO, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Revista de Sociologia e Política. 2014.

53.
CODATO, Adriano. Parecer técnico à Capes - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. 2014.

54.
CODATO, Adriano. Parecer técnico à Capes - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. 2014.

55.
CODATO, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Política & Sociedade. 2013.

56.
CODATO, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Dados. 2013.

57.
CODATO, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Opinião Pública. 2013.

58.
CODATO, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Revista Brasileira de Ciências Sociais. 2013.

59.
CODATO, Adriano. Parecer técnico à Capes - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. 2013.

60.
CODATO, Adriano. Parecer técnico à Capes - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. 2013.

61.
CODATO, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Debates. 2013.

62.
CODATO, Adriano. Parecer técnico à Capes - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. 2013.

63.
CODATO, Adriano. Parecer técnico à Capes - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. 2013.

64.
CODATO, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Revista Katálysis. 2013.

65.
CODATO, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Cadernos Cemarx. 2013.

66.
CODATO, Adriano. Parecer técnico à Capes - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. 2012.

67.
CODATO, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Revista Brasileira de Ciência Política. 2012.

68.
CODATO, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Estudos Históricos. 2012.

69.
CODATO, Adriano. Parecer a artigo cientifico submetido ao periodico Teoria & Sociedade. 2012.

70.
CODATO, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Sociologia & Antropologia. 2012.

71.
CODATO, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico História Questões & Debates. 2012.

72.
CODATO, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico CADERNO CRH: Revista quadrimestral de Ciências Sociais (UFBA). 2012.

73.
CODATO, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Mediações - Revista de Ciências Sociais. 2012.

74.
CODATO, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Revista de Sociologia e Política. 2012.

75.
CODATO, Adriano. Parecer técnico à Capes - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. 2012.

76.
CODATO, Adriano. Parecer técnico à Editora da Unesp. 2012.

77.
CODATO, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Estudios sociológicos (México). 2012.

78.
CODATO, Adriano. Parecer técnico à Capes - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. 2012.

79.
CODATO, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Revista Brasileira de Ciências Sociais. 2011.

80.
CODATO, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Direito, Estado e Sociedade. 2011.

81.
CODATO, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Debates. 2011.

82.
CODATO, Adriano. Parecer técnico à Capes - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. 2011.

83.
CODATO, Adriano. Parecer científico a relatório de pesquisa de IC do PIBIC/CNPq. 2011.

84.
CODATO, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Política & Sociedade. 2010.

85.
CODATO, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Revista Espaço Acadêmico. 2010.

86.
CODATO, Adriano. Parecer técnico à Editora da UFPR. 2010.

87.
CODATO, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Crítica Marxista. 2010.

88.
CODATO, Adriano. Parecer a artigo científico submetido à Revista IDEAS ? Interfaces em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade. 2010.

89.
CODATO, Adriano. Parecer a artigo científico submetido à Revista Brasileira de Ciência Política. 2010.

90.
CODATO, Adriano. Parecer a artigo científico submetido à Revista Eletrônica de Ciência Política. 2010.

91.
CODATO, Adriano. Parecer científico a relatório de pesquisa de IC do PIBIC/CNPq. 2010.

92.
Codato, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Debates. 2009.

93.
Codato, Adriano. Parecer técnico à Editora da Unesp. 2009.

94.
Codato, Adriano. Parecer a artigo científico submetido ao periódico Crítica Marxista. 2009.

95.
CODATO, Adriano. Parecer científico a relatório de pesquisa de IC do PIBIC/CNPq. 2009.

96.
Codato, Adriano. Parecer científico a artigo submetido ao periódico Mediações - Revista de Ciências Sociais. 2008.

97.
Codato, Adriano. Parecer científico a artigo submetido ao periódico Revista de Sociologia e Política. 2008.

98.
Codato, Adriano. Parecer científico a artigo submetido ao periódico Militares e Politica. 2008.

99.
Codato, Adriano. Parecer científico a artigo submetido ao periódico Revista de Sociologia e Política. 2008.

100.
Codato, Adriano. Parecer científico a artigo submetido ao periódico Journal of Political and Military Sociology. 2008.

101.
Codato, Adriano. Parecer cientifico a artigo submetido ao periodico Teoria & Sociedade. 2008.

102.
Codato, Adriano. Parecer científico para o Concurso Brasileiro ANPOCS de Obras Científicas e Teses Universitárias em Ciências Sociais. 2008.

103.
Codato, Adriano. Parecer científico a artigo submetido ao periódico Debates. 2008.

104.
CODATO, Adriano. Parecer científico a relatório de pesquisa de IC do PIBIC/CNPq. 2008.

105.
CODATO, Adriano. Parecer científico a relatório de pesquisa de IC do PIBIC/CNPq. 2007.

106.
Codato, Adriano. Parecer científico a artigo submetido ao periódico Brazilian Political Science Review. 2006.

107.
Codato, Adriano. Parecer científico a artigo submetido ao periódico Espaço Acadêmico. 2006.

108.
Codato, Adriano. Parecer científico a artigo submetido ao periódico Espaço Acadêmico. 2006.

109.
Codato, Adriano. Parecer científico a artigo submetido ao periódico Revista Sociedade em Estudos. 2006.

110.
Codato, Adriano. Parecer científico a artigo submetido ao periódico Espaço Acadêmico. 2005.

111.
Codato, Adriano. Parecer científico a artigo submetido ao periódico Revista de Sociologia e Política. 2005.

112.
Codato, Adriano. Parecer científico a artigo submetido ao periódico Revista de Sociologia e Política. 2005.

113.
Codato, Adriano. Parecer científico a relatório de pesquisa de IC do PIBIC/CNPq. 2005.

114.
Codato, Adriano. Parecer científico a artigo submetido ao periódico Espaço Acadêmico. 2005.

115.
Codato, Adriano. Parecerista no processo de seleção de periódicos para a coleção SciELO Brasil. 2005.

116.
Codato, Adriano. Parecerista no processo de seleção de periódicos para a coleção SciELO Brasil. 2004.

117.
Codato, Adriano. Parecer científico a artigo submetido ao periódico Revista de Sociologia e Política. 2004.

118.
Codato, Adriano. Parecer técnico à Editora da Universidade de São Paulo (Edusp). 2003.

119.
Codato, Adriano. Parecer científico a trabalho submetido ao periódico Olhar - UFSCAR. 2003.

120.
Codato, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff ; SILVA, A. J. ; BURMESTER, A. M. . Projeto História e Memória da UFPR: 90 anos. 2002.

121.
Codato, Adriano. Parecer técnico à Editora da Universidade de São Paulo (Edusp). 2002.

122.
Codato, Adriano. Parecer técnico à Editora da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste). 2002.

123.
Codato, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff ; COSTA, Paulo Roberto Neves . Projeto de criação do Curso de Graduação em Ciência Política - Faculdade Internacional de Curitiba (FACINTER). 1999.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
CODATO, Adriano. Professor de Ciência Política da Universidade Federal do Paraná destaca que o clima das eleições esquentou apenas nos últimos 10 dias. 2010. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
CODATO, Adriano. Eleição de Dilma representa vitória de projeto petista, diz analista. 2010. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Redes sociais, websites e blogs
1.
CODATO, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff ; COSTA, Luiz Domingos ; MASSIMO, Lucas ; BOLOGNESI, Bruno . Observatório de elites políticas e sociais do Brasil (Facebook). 2015; Tema: Divulgação de notícias e pesquisas relacionadas à classe política brasileira. (Rede social).

2.
CODATO, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff ; COSTA, Luiz Domingos ; MASSIMO, Lucas ; BOLOGNESI, Bruno . Observatório de elites políticas e sociais do Brasil (Facebook). 2014; Tema: Divulgação de notícias e pesquisas relacionadas à classe política brasileira. (Rede social).

3.
CODATO, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff ; COSTA, Luiz Domingos ; MASSIMO, Lucas ; BOLOGNESI, Bruno . Observatório de elites políticas e sociais do Brasil (Facebook). 2013; Tema: Divulgação de notícias e pesquisas relacionadas à classe política brasileira. (Rede social).

4.
CODATO, Adriano. Observatory of social and political elites of Brazil. 2012; Tema: elites; classes dirigentes; grupos dominantes; ciência política. (Site).

5.
CODATO, Adriano. A década de 1930. 2009; Tema: história política do Brasil. (Blog).

6.
CODATO, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff ; COSTA, Paulo Roberto Neves ; Dias, Alexandra Bandoli ; TRIBESS, Camila ; LEITE, F. ; LOSS, Hugo ; Medeiros, Pedro Leonardo ; COSTA, Luiz Domingos . Sociologia e História. 2008; Tema: sócio-história, política comparada, história econômica do capitalismo. (Blog).

7.
CODATO, Adriano; BOLOGNESI, Bruno ; COSTA, Luiz Domingos ; BRAGA, Sérgio Soares ; ROMA, Celso ; SZWAKO, J. E. ; ZIEGMANN, André . GAC - Grupo de Análise de Conjuntura Política nusp/ufpr. 2007; Tema: análise de conjuntura política nacional. (Blog).

8.
CODATO, Adriano. Sociologia Política. 2006; Tema: sociologia política; ciência política; teoria social; política contemporânea; análise de elites. (Blog).


Demais tipos de produção técnica
1.
Codato, Adriano. A transformação histórica dos parlamentares brasileiros do XIX ao XXI. 2018. (Relatório de pesquisa).

2.
Codato, Adriano; MASSIMO, Lucas . Curso de redação de artigos científicos. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
Codato, Adriano; Dantas, Eric Gil . Database: Governors of the Central Bank of Brazil (1965-2016). 2017. (Banco de dados).

4.
Codato, Adriano; Dantas, Eric Gil . Database: Directors of the Central Bank of Brazil (1995-2014). 2017. (Banco de dados).

5.
Codato, Adriano; Perissinotto, Renato M. ; GENÉ, Mariana . Database: Ministers of Argentina (1983-2015) and Brazil (1985-2016). 2017. (Banco de dados).

6.
Codato, Adriano; Franz Júnior, Paulo . Database: Cabinet Ministers: FHC and Lula governments (1995-2010). 2017. (Banco de dados).

7.
Codato, Adriano; MASSIMO, Lucas . Curso de redação de artigos científicos. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

8.
Codato, Adriano; NUNES, Wellington . Newsletter. Observatório de elites políticas e sociais do Brasil. NUSP/UFPR. 2016. (Editoração/Periódico).

9.
SANTOS, Fernando José dos ; Codato, Adriano ; COSTA, Luiz Domingos ; SALGADO, Eneida Desiree ; SANTANO, Ana Claudia ; Franz Júnior, Paulo . Paraná Eleitoral: Revista brasileira de direito eleitoral e ciência política. 2016. (Editoração/Periódico).

10.
Codato, Adriano; MASSIMO, Lucas ; BOLOGNESI, Bruno ; ROEDER, Karolina Mattos ; Perissinotto, Renato M. ; COSTA, Paulo Roberto Neves . Revista de Sociologia e Política. 2016. (Editoração/Periódico).

11.
Codato, Adriano. Banco de dados: Biografias políticas dos membros do Departamento Administrativo do estado de São Paulo durante o Estado Novo. 2016. (Banco de dados).

12.
Codato, Adriano; BERLATTO, Fábia . Sociologia : ensino médio (Livro do professor). 2015. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Livrodidático).

13.
Codato, Adriano; BERLATTO, Fábia . Sociologia : ensino médio (Livro do aluno). 2015. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Livrodidático).

14.
CODATO, Adriano; SANTOS, Fernando José dos ; COSTA, Luiz Domingos ; SALGADO, Eneida Desiree ; CARLOMAGNO, Márcio Cunha . Paraná Eleitoral: Revista brasileira de direito eleitoral e ciência política. 2015. (Editoração/Periódico).

15.
Codato, Adriano; Perissinotto, Renato M. ; COSTA, Paulo Roberto Neves ; MASSIMO, Lucas ; BOLOGNESI, Bruno . Revista de Sociologia e Política. 2015. (Editoração/Periódico).

16.
Codato, Adriano; NUNES, Wellington . Newsletter. Observatório de elites políticas e sociais do Brasil. NUSP/UFPR. 2015. (Editoração/Periódico).

17.
Codato, Adriano. Curso de redação de artigos científicos. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

18.
CODATO, Adriano; RIBEIRO, Pedro Floriano . Como estudar grupos dirigentes?. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

19.
CODATO, Adriano; SANTOS, Fernando José dos ; COSTA, Luiz Domingos ; BOLOGNESI, Bruno ; SALGADO, Eneida Desiree ; SANTANO, Ana Claudia . Paraná Eleitoral: Revista brasileira de direito eleitoral e ciência política. 2014. (Editoração/Periódico).

20.
CODATO, Adriano. Newsletter. Observatório de elites políticas e sociais do Brasil. NUSP/UFPR. 2014. (Editoração/Periódico).

21.
Codato, Adriano; Perissinotto, Renato M. ; COSTA, Paulo Roberto Neves ; MASSIMO, Lucas ; BOLOGNESI, Bruno . Revista de Sociologia e Política. 2014. (Editoração/Periódico).

22.
CODATO, Adriano; SANTOS, Fernando José dos ; COSTA, Luiz Domingos ; BOLOGNESI, Bruno ; SALGADO, Eneida Desiree ; SANTANO, Ana Claudia . Paraná Eleitoral: Revista brasileira de direito eleitoral e ciência política. 2013. (Editoração/Periódico).

23.
Codato, Adriano; Perissinotto, Renato M. ; COSTA, Paulo Roberto Neves ; MASSIMO, Lucas . Revista de Sociologia e Política. 2013. (Editoração/Periódico).

24.
Codato, Adriano. Análise das instituições brasileiras: o funcionamento do sistema político brasileiro; sistemas eleitorais. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

25.
Codato, Adriano. Análise das instituições brasileiras: o funcionamento do sistema político brasileiro. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

26.
CODATO, Adriano; SANTOS, Fernando José dos ; COSTA, Luiz Domingos ; BOLOGNESI, Bruno ; SALGADO, Eneida Desiree . Paraná Eleitoral: Revista brasileira de direito eleitoral e ciência política. 2012. (Editoração/Periódico).

27.
CODATO, Adriano. Revista de Sociologia e Política. 2012. (Coordenador de Projeto de Auxílio à Editoração Científica/CNPq).

28.
Codato, Adriano; LACERDA, G. B. ; PERISSINOTTO, Renato Monseff ; COSTA, Paulo Roberto Neves ; MASSIMO, Lucas ; ALMEIDA, Bruna Gisi Martins de . Revista de Sociologia e Política. 2011. (Editoração/Periódico).

29.
Codato, Adriano; TRINDADE, Alexandro Dantas ; BONAMIM, Giovana ; SILVA, Júlio Cesar G. ; COSTA, Luiz Domingos ; MASSIMO, Lucas ; MEDEIROS, Pedro Leonardo . Ciências Políticas II. 2010. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Livrodidático).

30.
Codato, Adriano; LEITE, Fernando Baptista ; Medeiros, Pedro Leonardo . Ciências Políticas I. 2009. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Livrodidático).

31.
Codato, Adriano. Projeto pedagógico de Sociologia no Ensino Médio para o Sistema Positivo de Ensino. 2009. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Elaboração, coordenação e supervisão).

32.
Codato, Adriano. Teoria Geral do Direito Parlamentar e Legislativo. Atribuições do Poder Legislativo no Estado Democrático de Direito. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

33.
Codato, Adriano. Construindo a democracia: história da participação política no Brasil. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

34.
Codato, Adriano. La teoría política de Marx. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

35.
Codato, Adriano. A era Vargas através de seus documentos históricos. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

36.
Codato, Adriano. Comportamento e Instituições Políticas Brasileiras: Segurança Pública e Construção Democrática; disciplina ministrada no Curso de especialização latu sensu Gestão penitenciária: problemas e desafios. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

37.
PERISSINOTTO, Renato Monseff ; Codato, Adriano ; GOUVÊA, Julio Cesar . Banco de dados: A elite política do Paraná, 2003-2006. 2006. (Banco de dados).

38.
Codato, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff ; COSTA, Paulo Roberto Neves ; FUKS, Mario . Quem governa? Mapeando as elites políticas e econômicas no Paraná contemporâneo (1995-2002). 2005. (Relatório de pesquisa).

39.
PERISSINOTTO, Renato Monseff ; Codato, Adriano ; FUKS, Mario ; COSTA, Paulo Roberto Neves ; CERVI, Emerson Urizzi ; BRAGA, Sérgio Soares . Banco de dados: Perfil da Elite Política Paranaense, 1994-2002. 2005. (Banco de dados).

40.
GOUVÊA, Julio Cesar ; PERISSINOTTO, Renato Monseff ; Codato, Adriano . Banco de dados: As elites administrativas, parlamentares e partidárias do Paraná, 1995-2006. 2005. (Banco de dados).

41.
Codato, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff ; COSTA, Paulo Roberto Neves ; BRAGA, Sérgio Soares ; CERVI, Emerson Urizzi . Poder, decisão e democracia. 2003. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

42.
Codato, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff . Curso de Especialização Superior de Polícia (CSP). 2000. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

43.
Codato, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff . Curso de Especialização Superior de Polícia (CSP). 1999. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

44.
Codato, Adriano. Curso de Segurança Social. 1999. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

45.
Codato, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff . Curso de Pós-Graduação em Desenvolvimento das Habilidades de Gestão. 1994. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

46.
Codato, Adriano. Filosofia Política Moderna. 1994. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

47.
Codato, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff ; COSTA, Paulo Roberto Neves . Revista de Sociologia e Política. 1993. (Editoração/Periódico).

48.
Codato, Adriano. I Relatório de Pesquisa de Iniciação Científica. 1986. (Relatório de pesquisa).

49.
Codato, Adriano. III Relatório de Pesquisa de Iniciação Científica. 1986. (Relatório de pesquisa).

50.
Codato, Adriano. II Relatório de Pesquisa de Iniciação Científica. 1986. (Relatório de pesquisa).


Produção artística/cultural
Outras produções artísticas/culturais
1.
CODATO, Adriano. Entrevista à rádio CBN 90.1 FM: Se romper com Requião, PT vai terminar relação de 30 anos. 2010.

2.
CODATO, Adriano; BORBA, Alvaro ; MACHADO, Marden ; PUGLIESI, Hélio ; GALINDO, Rogério . Debate na rádio CBN 90.1 FM: A responsabilidade do eleitor. 2010.

3.
CODATO, Adriano; BORBA, Alvaro ; MARTINS, José Pio ; GUEMAN, Gerson . Debate na rádio CBN 90.1 FM: O novo quadro político no Paraná. 2010.

4.
CODATO, Adriano; Gonçalves, André ; SALLAS, Ana Luisa Fayet ; ROSA JUNIOR, P. . Debate no Papo Universitário da Gazeta do Povo: Diários Secretos e a apatia juvenil. 2010.

5.
CODATO, Adriano. Entrevista ao telejornal Bom Dia Paraná: Cientistas políticos comentam a vitória de Dilma Rousseff. 2010.

6.
Codato, Adriano. Entrevista à rádio CBN 90.1 FM: Assembleia Legislativa do Paraná tem proporção de 45 servidores para cada deputado estadual. 2009.

7.
Codato, Adriano. Entrevista à rádio CBN 90.1 FM: Pesquisa mostra polarização da disputa ao governo entre Beto Richa e Osmar Dias. 2009.

8.
CODATO, Adriano. Entrevista à rádio CBN 90.1 FM: Briga entre governador e deputados não é tão grave como parece. 2009.

9.
Codato, Adriano. Entrevista à rádio CBN 90.1 FM: A elite política que governou o Paraná durante os dois mandatos de Jaime Lerner é tema do livro "Quem governa? Um estudo das elites políticas do Paraná". 2008.

10.
Codato, Adriano. Entrevista à rádio Eldorado AM 700 Khz: a política brasileira em 2007. 2008.

11.
Codato, Adriano. Entrevista à rádio CBN 90.1 FM Decisão da Justiça envolvendo uso da TV Educativa causa polêmica. 2008.

12.
Codato, Adriano. Entrevista à rádio CBN 90.1 FM: cientista político, analisa o vazamento de gastos esdrúxulos dos deputados e a necessidade de transparência total. 2008.

13.
Codato, Adriano. Entrevista à rádio CBN 90.1 FM: Deputados acabam com a sessão de quinta-feira. 2008.

14.
Codato, Adriano. Entrevista à Rádio CBN 90.1 FM Vereadores votam aumento salarial de 29%. 2008.

15.
Codato, Adriano. Entrevista à rádio CBN 90.1 FM: Retrospectiva 2006. 2007.

16.
Codato, Adriano. Entrevista à rádio CBN 90.1 FM: fidelidade partidária imposta pelo TSE dificilmente se manterá. 2007.

17.
Codato, Adriano. Entrevista à rádio CBN 90.1 FM: O livro Partidos e eleições no Paraná. 2007.

18.
Codato, Adriano. Entrevista à rádio CBN 90.1 FM: Lei não prevê punição para deputados que votam contrariando a bancada. 2007.

19.
Codato, Adriano. Entrevista à Rádio CBN 90.1 FM: Voto secreto de deputados tem suas razões, mas voto aberto é um avanço maior, diz cientista político Adriano Codato. 2007.

20.
Codato, Adriano. Entrevista à Rádio Clube AM 1430 Mhz: corrupção na política e comportamento social. 2007.

21.
Codato, Adriano. Entrevista à Rádio Clube AM 1430 Mhz: a questão da prorrogação do mandato de Lula. 2007.

22.
Codato, Adriano. Entrevista à Rádio Clube AM 1430 Mhz: o 11 de setembro do Chile e nos EUA. 2007.

23.
Codato, Adriano. Entrevista à rádio Eldorado AM 700 Khz: análise da intenção de voto para prefeito de Curitiba. 2007.

24.
Codato, Adriano. Entrevista à TV Globo sobre as eleições presidenciais e estaduais. 2006.

25.
Codato, Adriano. Entrevista à TV Educativa do Paraná sobre as eleições estaduais. 2006.

26.
Codato, Adriano. Entrevista à rádio CBN 90.1 FM: Cláusula de Barreira não muda em nada correlação de forças na política brasileira. 2006.

27.
Codato, Adriano. Entrevista à rádio CBN 90.1 FM: O cientista político ADRIANO CODATO comenta aumento salarial dos deputados. 2006.

28.
Codato, Adriano. Entrevista UFPR TV - O golpe de 64, o AI-5 e o recrudescimento do regime militar em 68. 2006.

Demais trabalhos
1.
CODATO, Adriano. Observatório de elites políticas e sociais no brasil. 2011 (Acadêmica) .

2.
PERISSINOTTO, Renato Monseff ; Codato, Adriano . Organização do Dossiê Elites Políticas para a Revista de Sociologia e Política n. 30 (jun.). 2008 (Acadêmica) .

3.
Codato, Adriano; COSTA, Luiz Domingos ; ZIEGMANN, André ; GOUVÊA, Julio Cesar ; CASTRO, Lucas ; BOLOGNESI, Bruno ; SOUZA, Lucas Massimo Tonial Antunes de . Blog Grupo de Análise de Conjuntura Política GAC- NUSP. 2007 (Blog de notícias) .

4.
Codato, Adriano; MORAES, Pedro Rodolfo Bodê de ; WACQUANT, Loïc . Organização do Dossiê Pierre Bourdieu no campo para a Revista de Sociologia e Política n. 26 (jun.). 2006. 2006 (Acadêmica) .

5.
Codato, Adriano. Blog Sociologia Política - Adriano Codato. 2006 (Blog de notícias) .

6.
Codato, Adriano. Organização do Dossiê Autoritarismos e Demoracias para a Revista de Sociologia e Política n. 25 (nov.). 2005. 2005 (Acadêmica) .

7.
Codato, Adriano. Rede Virtual de Ciência Política Paraná. 2003 (Demais trabalhos relevantes) .

8.
Codato, Adriano. Organização do Dossiê Transição Política para a Revista de Sociologia e Política n. 17 (nov.). 2001 (Acadêmica) .

9.
Codato, Adriano. Organização do Dossiê Política Internacional para a Revista de Sociologia e Política n. 12 (jun.). 1999 (Acadêmica) .

10.
Codato, Adriano. Organização do Dossiê Estado Novo: 60 anos para a Revista de Sociologia e Política n. 9 (nov.). 1997 (Acadêmica) .

11.
Codato, Adriano; COSTA, Paulo Roberto Neves ; PERISSINOTTO, Renato Monseff . Organização do Dossiê Burguesia e Política para a Revista de Sociologia e Política n. 4/5 (jun.-nov.). 1995 (Acadêmica) .

12.
Codato, Adriano. Organização do Dossiê 1964 para a Revista de Sociologia e Política n. 2 (jun.). 1994 (Acadêmica) .

13.
Codato, Adriano. Monitor II do Programa de Pós-Graduação em Ciência Política (nível Mestrado) da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). 1989 (Acadêmica) .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
BOLOGNESI, Bruno; Codato, Adriano; SCHEEFFER, F.. Participação em banca de Luan Orlando Lima Azevedo. Patronagem partidária e seleção de candidatos: o PSDB e o PDT nas eleições de Curitiba em 2016. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

2.
Perissinotto, Renato M.; Codato, Adriano; LIMA, C. A. M.. Participação em banca de Ulisses Venâncio dos Santos. Carreira política e profissionalização dos senadores no Brasil imperial. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

3.
Codato, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff; DARAUJO, M. C. S.. Participação em banca de Paulo Franz Júnior. O recrutamento ministerial no Brasil: um estudo comparativo entre os governos do PSDB e do PT. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

4.
Codato, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff; Campos, Luiz Augusto. Participação em banca de Mariana Arcos Lorencetti. Estudo de uma profissão (da) política: os advogados na Câmara dos Deputados (1945-2010). 2016. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

5.
Codato, Adriano; Molina, Juan Francisco Espinoza; HEINZ, Flávio Madureira. Participação em banca de Malam Djau. Trinta anos de golpes de Estado na Guiné-Bissau: uma análise da elite militar. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

6.
COSTA, Paulo Roberto Neves; Codato, Adriano; OLIVEIRA, R. C.. Participação em banca de Guatimozin de Oliveira Santos Filho. As transformações institucionais do Fundo de Desenvolvimento Econômico (1990-2015). 2016. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

7.
Codato, Adriano; BOLOGNESI, Bruno; Madeira, Rafael Machado. Participação em banca de Miguel Jose Lorenzoni Herrera. Análisis de las plataformas electorales de partidos de izquierda en Brasil, Uruguay y Chile: un estudio en base a la metodogìa del Comparative Manifesto Project. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

8.
CODATO, Adriano; CERVI, Emerson Urizzi; BOLOGNESI, Bruno. Participação em banca de Tiago Alexandre Leme Barbosa. Dirigentes partidários e parlamentares do PMDB no Mato Grosso do Sul (1980-2010): uma análise da origem social dos membros da Comissão Executiva e dos Deputados Estaduais e Federais eleitos no estado. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

9.
VEIGA, Luciana; CODATO, Adriano; CAMARGOS, Malco. Participação em banca de Flávia Bozza Martins. Avaliação do desempenho do Presidente na economia e políticas públicas como determinantes do comportamento eleitoral na América Latina: o voto econômico entre 2004-2012. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

10.
OLIVEIRA, Marcio Sergio Batista Silveira de; MORAES, Pedro Rodolfo Bodê de; CODATO, Adriano. Participação em banca de Roberto Jardim da Silva. O Brasil construído de fora: trajetória dos estudos doutorais na França de 1990 a 2012 e a nova geração de brasilianistas nas ciências sociais. 2014. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade Federal do Paraná.

11.
VEIGA, Luciana; CODATO, Adriano; Carreirão, Yan de Souza. Participação em banca de Flávia Roberta Barbireski. A Direita no Brasil, Chile e Uruguai: estudo dos programa e manifestos partidários. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

12.
CODATO, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff; LOUREIRO, Maria Rita. Participação em banca de Felipe Alejandro Guerrero Rojas. Os economistas chilenos: o perfil social de uma elite política no período de 1958 a 2013. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

13.
Azevedo, Ariston; Meira, Fabio Bittencourt; Misoczky, Maria Ceci; CODATO, Adriano. Participação em banca de Daniel Ouriques Caminha. Origens sociais, trajetórias e estratégias de ascensão: os padrões de recrutamento e seleção da elite dirigente do departamento administrativo do serviço público (DASP) no Estado Novo. 2014. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

14.
CODATO, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff; ARANTES, Rogério Bastos. Participação em banca de Paula Matoski Butture. A Comissão da Ordem Social na Assembleia Nacional Constituinte (1987-1988): a lógica sociopolítica do comportamento parlamentar. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

15.
CODATO, Adriano; BOLOGNESI, Bruno; CERVI, Emerson Urizzi. Participação em banca de Ana Paula Lopes Ferreira. Funcionários na política: uma análise do funcionalismo público na Câmara dos Deputados no Brasil (1945-2010). 2014. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

16.
NAPOLITANO, Marcos; CODATO, Adriano; Teles, J. A.. Participação em banca de Lucas Monteiro de Oliveira. As dinâmicas da luta pela anistia na transição política. 2014. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo.

17.
PERISSINOTTO, Renato Monseff; CODATO, Adriano; SADEK, M. T. A.. Participação em banca de Rafael Rodrigues Viegas. Recrutamento, socialização e reprodução institucional: um estudo dos assessores jurídicos do Ministério Público do Paraná. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

18.
CODATO, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff; COUTO, C. G.. Participação em banca de Felipe Calabrez da Silva. Reforma do aparelho de Estado no governo Cardoso: entre o ajuste fiscal e a reforma gerencial. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

19.
CODATO, Adriano; CERVI, Emerson Urizzi; RIBEIRO, Pedro Floriano. Participação em banca de Mabelle Bandoli Dias. A extrema-esquerda no Brasil: as organizações partidárias marxistas e suas definições programáticas nos anos 1950. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

20.
CODATO, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff; BRAGA NETO, R. G.. Participação em banca de Fernando Marcelino Pereira. Uma ?nova classe? no capitalismo brasileiro recente? Um estudo sobre a direção executiva da PREVI durante o governo Lula. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

21.
PEREIRA, A. E.; CODATO, Adriano; OPUSZKA, Paulo Ricardo. Participação em banca de Roberta Picussa. O ciclo da política pública no caso da criação da Defensoria Pública do Paraná. 2013. Dissertação (Mestrado em Políticas Públicas) - Universidade Federal do Paraná.

22.
RIBEIRO, Pedro Floriano; BRAGA, MARIA DO SOCORRO SOUSA; CODATO, Adriano. Participação em banca de Carla Simara Luciana da Silva Ayres. Desafios e peculiaridades do PT do Paraná: uma análise da cultura política dos dirigentes petistas. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciencia Politica) - Universidade Federal de São Carlos.

23.
NAPOLITANO, M. E.; FONSECA, Francisco; CODATO, Adriano. Participação em banca de David Ricardo Sousa Ribeiro. Da crise política ao golpe de Estado: conflitos entre o poder Executivo e o poder Legislativo durante o governo João Goulart. 2013. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo.

24.
CHUEIRI, Vera Karam de; CODATO, Adriano; KAUCHAKJE, S.. Participação em banca de Ana Paula Silveira. A política da desconcentração administrativa: um relato do desenho governamental de Santa Catarina. 2013. Dissertação (Mestrado em Políticas Públicas) - Universidade Federal do Paraná.

25.
CODATO, Adriano; VILLA, R. A. D.; PEREIRA, A. E.. Participação em banca de Camila Tribess. Considerações teóricas sobre as transições políticas no Brasil e na Argentina. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

26.
BOITO JUNIOR, A.; MORAES, Reginaldo C. C.; CODATO, Adriano. Participação em banca de Lucas Massimo Tonial Antunes de Souza. A implantação das reformas neoliberais no Brasil na década de 1990: a produção das revistas Economia e Sociedade e Dados em debate. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Estadual de Campinas.

27.
COSTA, Paulo Roberto Neves; DALLA COSTA, Armando João; CODATO, Adriano. Participação em banca de Icaro Gabriel da Fonseca Engler. A Confederação Nacional da Indústria e sua agenda legislativa: um estudo dos agentes políticos e de suas proposições. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

28.
VEIGA, Luciana; OLIVEIRA, R. C.; CODATO, Adriano. Participação em banca de Rodrigo Mayer. Os partidos como organizações: PSDB e PT. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

29.
PERISSINOTTO, Renato Monseff; ARANTES, Rogério Bastos; CODATO, Adriano. Participação em banca de Francisco José Moreira. Relações institucionais no estado do Paraná: o controle dos poderes executivo e legislativo municipal e estadual pelo Ministério Público via ação civil pública por improbidade administrativa. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

30.
BIANCHI, Alvaro; CODATO, Adriano; Dias, Edmundo Fernandes. Participação em banca de Renato César Ferreira Fernandes. Oligarquia e transformismo: a crítica de Gramsci a Michels. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Estadual de Campinas.

31.
Martins, José Antônio; RIBEIRO, Ednaldo Aparecido; CODATO, Adriano. Participação em banca de Tiago Valenciano Previatto Amaral. As elites políticas de Maringá: um estudo sobre a câmara municipal, 1997-2012. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Universidade Estadual de Maringá.

32.
VEIGA, Luciana; COSTA, Valeriano M. F.; CODATO, Adriano. Participação em banca de Sandra Avi dos Santos. Comportamento do voto: reeleições dos prefeitos em capitais brasileiras em 2008. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

33.
CODATO, Adriano; BIANCHI, Alvaro; VEIGA, Luciana. Participação em banca de Julio Cesar Gonçalves da Silva. Partido, política e organização: o PSOL e os dilemas estratégicos da nova esquerda radical do Brasil (2004-2010). 2011. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

34.
CERVI, Emerson Urizzi; CODATO, Adriano; Kaseker, Mônica Panis. Participação em banca de Larissa Martini Angeli. Radialistas políticos: uma análise do desempenho eleitoral dos comunicadores de rádio na Assembleia Legislativa do Paraná (1986-2006). 2011. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

35.
BREPOHL DE MAGALHAES, M. D.; CODATO, Adriano; GONCALVES, M.. Participação em banca de Dayane Rúbila Lobo Hessmann. Cartilha da repressão: os ensinamentos de um delegado sobre a subversão e a segurança nacional (1974-1977). 2011. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal do Paraná.

36.
PESSALI, Huáscar Fialho; CODATO, Adriano; CAVALIERI, M. A.. Participação em banca de Tatiana Silveira Camacho. Transferência de política públicas: um estudo de caso da transferência do Bolsa-Escola para o Equador. 2011. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Econômico) - Universidade Federal do Paraná.

37.
CODATO, Adriano; BREPOHL DE MAGALHAES, M. D.; BRAGA, Sérgio Soares. Participação em banca de Giovana Carla Bonamim Polli. Elites intelectuais e Nation-Building: conflitos em torno da organização e funcionamento do Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional durante o Estado Novo. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

38.
CODATO, Adriano; ABRUCIO, F. L.; PERISSINOTTO, Renato Monseff. Participação em banca de Maristela Wessler Dagostin. A República dos Conselhos: um estudo sobre a transformação do perfil da elite política paranaense (1930-1945). 2011. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

39.
MORAES, Pedro Rodolfo Bodê de; CODATO, Adriano; BORGES, Clara Roman. Participação em banca de Everaldo Pereira dos Anjos. Controle social: policiamento comunitário e gerencialismo nas retóricas da organização de Polícia Militar. 2011. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade Federal do Paraná.

40.
PERISSINOTTO, Renato Monseff; FERES JUNIOR, João; CODATO, Adriano. Participação em banca de Fernando Baptista Leite. Divisões temáticas e teórico-metodológicas na Ciência Política brasileira: explicando sua produção acadêmica (2008). 2010. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade Federal do Paraná.

41.
PERISSINOTTO, Renato Monseff; VEIGA, Luciana; CODATO, Adriano. Participação em banca de Eloise Helene Hatschbach Machado. Conselhos gestores e disposições políticas: um estudo de caso da região metropolitana de Curitiba. 2009. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade Federal do Paraná.

42.
BREPOHL DE MAGALHAES, M. D.; CODATO, Adriano; TRINDADE, J. M. B.. Participação em banca de Daniel Trevisan Samways. Entre a palavra e a ação: uma análise de O Debate e do fazer jornalístico no interior do Paraná durante a ditadura militar brasileira (1964-1976). 2009. Dissertação (Mestrado em Programa de Pos graduação em História) - Universidade Federal do Paraná.

43.
FERES JUNIOR, João; GUIMARAES, Cesar.; CODATO, Adriano. Participação em banca de José Victor Regadas Luiz. A democracia e seus inimigos: um estudo sobre os conceitos de bonapartismo e totalitarismo. 2008. Dissertação (Mestrado em Ciência Política (Ciência Política e Sociologia)) - Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro.

Teses de doutorado
1.
SALGADO, Eneida Desiree; Somma Neto, João; Fort, Monica; DALTO, Fabiano Abranches Silva; Codato, Adriano. Participação em banca de Renata Caleffi. Agenda de políticas públicas: relações entre o telejornalismo e a construção de leis na Assembleia Legislativa do Paraná no ano de 2015. 2018. Tese (Doutorado em Políticas Públicas) - Universidade Federal do Paraná.

2.
PERISSINOTTO, Renato Monseff; PINTO, A. C.; RICCI, P.; LIMA, C. A. M.; Codato, Adriano. Participação em banca de Lucas Massimo Tonial Antunes de Souza. A profissionalização da oligarquia no Brasil: um estudo sobre a estrutura da carreira política dos senadores na Primeira República. 2018. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

3.
COSTA, Paulo Roberto Neves; Curado, Marcelo; Fonseca, Pedro Dutra; Perissinotto, Renato M.; Codato, Adriano. Participação em banca de Wellington Nunes. Uma estratégia desenvolvimentista sem um ?Estado Desenvolvimentista?: o caso dos governos Lula. 2018. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade Federal do Paraná.

4.
Codato, Adriano; BOLOGNESI, Bruno; DALTO, Fabiano Abranches Silva; BORGES, André; COUTO, C. G.. Participação em banca de Willson Gerigk. Política nos pequenos municípios brasileiros: uma análise de seus efeitos sobre o processo decisório, as políticas fiscais e os investimentos públicos. 2016. Tese (Doutorado em Políticas Públicas) - Universidade Federal do Paraná.

5.
RIBEIRO, L. C.; FREITAS JR., M.; GONCALVES, M.; FICO, C.; Codato, Adriano. Participação em banca de Ernesto Sobocinski Marczal. Qué otra otra cosa se pude festejar? Narrativas sobre futebol, política e ditadura ao redor da Copa do Mundo de 1978, na Argentina e no Brasil (1975-1978). 2016. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal do Paraná.

6.
Carcanholo, Marcelo Dias; AUGUSTO, A. G.; MARTINS, M. V.; MENDEZ, A. G. B.; CODATO, Adriano. Participação em banca de Rômulo André Lima. Marx, Poulantzas e o Estado capitalista. 2014. Tese (Doutorado em Economia) - Universidade Federal Fluminense.

7.
BIANCHI, Alvaro; ROIO, M. T.; BRAGA NETO, R. G.; CODATO, Adriano; Dias, Edmundo Fernandes. Participação em banca de Luciana Aparecida Aliaga Ázara de Oliveira. Gramsci e Pareto: itinerários de Ciência Política. 2013. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade Estadual de Campinas.

8.
GUIMARÃES, Juarez Rocha; FARIA, Cláudia Feres; PAULA, João Antonio de; CODATO, Adriano; MUSSE, Ricardo. Participação em banca de Francisco Mata Machado Tavares. Para além da democracia deliberativa: uma crítica marxista à teoria política habermasiana. 2013. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade Federal de Minas Gerais.

9.
COSTA, Valeriano M. F.; CODATO, Adriano; GOUVEA, Gilda Portugal; SAMPAIO, Helena; CORBUCCI, P. R.. Participação em banca de Vilma Aguiar. Ampliação e diversificação de acesso no ensino superior: a formação do sistema de massa no setor privado (1995-2010). 2013. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Universidade Estadual de Campinas.

10.
BREPOHL DE MAGALHAES, M. D.; CODATO, Adriano; PRIORI, Angelo; GONCALVES, M.; SCHMIDT, Benito Bisso. Participação em banca de Claudia Monteiro. Política entre razão e sentimentos: a militância dos comunistas no Paraná (1945-1947). 2013. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal do Paraná.

11.
LIMA, C. A. M.; CODATO, A. N.; BURMESTER, A. M. O.; WEGNER, R.. Participação em banca de Tatiana Dantas Marchette. A trajetória de Brasil Pinheiro Machado e a construção da historiografia regional do Paraná no território acadêmico: do poema ao modelo historiográfico. 2013. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal do Paraná.

12.
COSTA, Paulo Roberto Neves; DINIZ, Eli; MANCUSO, Wagner Pralon; DALLA COSTA, Armando João; CODATO, Adriano. Participação em banca de Juarez Varallo Pont. Estado e empresariado industrial no Brasil: corporativismo e representação de interesses, 1990-2010. 2012. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade Federal do Paraná.

13.
BREPOHL DE MAGALHAES, M. D.; MARCHI, Euclides; BERTONHA, J. F.; GERTZ, R. E.; CODATO, Adriano. Participação em banca de Rafael Athaides. As paixões pelo Sigma: afetividades políticas e fascismos. 2012. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal do Paraná.

14.
BREPOHL DE MAGALHAES, M. D.; CODATO, Adriano; Naxara, Marcia Regina Capelari; Camilotti, Virgínia Célia; Mendonça, Joseli Maria Nunes. Participação em banca de Elena Camargo Shizuno. A revista Vida Policial (1925-1927): mistérios e dramas em contos e folhetins. 2011. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal do Paraná.

15.
SILVA, Ricardo V.; Seidl, Ernesto; CODATO, Adriano; BORBA, Julian; LOSSO, Tiago. Participação em banca de José Pedro Kunhavalik. Os militares e o conceito de nacionalismo: disputas retóricas na década de 1950 e início dos anos 1960. 2009. Tese (Doutorado em Sociologia Política) - Universidade Federal de Santa Catarina.

16.
COSTA, Valeriano M. F.; CODATO, Adriano; SILVA, Ricardo V.; POCHMANN, Marcio; MORAES, Reginaldo C. C.. Participação em banca de Marco Antônio de Castilhos Acco. Para onde vai o Estado-nação? A teoria social contemporânea frente as transformações dos estados nacionais no final do século XX. 2009. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade Estadual de Campinas.

Qualificações de Doutorado
1.
Codato, Adriano; BOLOGNESI, Bruno; PERISSINOTTO, Renato Monseff. Participação em banca de Luiz Domingos Costa. Estado, partidos políticos e recrutamento legislativo no Brasil, 1945-2010. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

2.
Perissinotto, Renato M.; Codato, Adriano; RICCI, P.. Participação em banca de Lucas Massimo Tonial Antunes de Souza. Profissionalização política e competição oligárquica no Brasil: o recrutamento dos Senadores na primeira metade do século XX. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

3.
Codato, Adriano; SALGADO, Eneida Desiree; GOBO, Karla Lisandra. Participação em banca de Andréa Benetti Carvalho de Oliveira. Profissionalização em Defesa Nacional na Câmara dos Deputados : análise da CREDN nas legislaturas 51 a 54. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Políticas Públicas) - Universidade Federal do Paraná.

4.
Codato, Adriano; SALGADO, Eneida Desiree; SPECK, B.. Participação em banca de Alessandra Dias Mendes. Esporte e Política no Brasil: instituições elites políticas. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Políticas Públicas) - Universidade Federal do Paraná.

5.
CODATO, Adriano; Gruner, Clóvis; BENTHIEN, R. F.. Participação em banca de Luiz Felipe Nunes Alves. Arautos da moralidade: circulação do pensamento autoritário na América Latina no contexto do anti-comunismo e dos regimes autoritários (1960-1980). 2014. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade Federal do Paraná.

6.
Kerbauy, Maria Teresa Miceli; Truzzi, Oswaldo; CODATO, Adriano. Participação em banca de Samuel Candido de Souza. Elites políticas comparadas: Caraguatatuba, São Sebastião e Ubatuba. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Ciencia Politica) - Universidade Federal de São Carlos.

7.
CODATO, Adriano; DALTO, Fabiano Abranches Silva; BORGES, André. Participação em banca de Willson Gerigk. A política brasileira nos pequenos municípios: política fiscal e investimentos públicos. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Políticas Públicas) - Universidade Federal do Paraná.

8.
COSTA, Paulo Roberto Neves; CODATO, Adriano; PEREIRA, A. E.. Participação em banca de Sérgio Gini. Ação política empresarial: elite de classe, mediação e conexão parlamentar. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Sociologia) - Universidade Federal do Paraná.

9.
BREPOHL DE MAGALHAES, M. D.; MARCHI, Euclides; CODATO, Adriano. Participação em banca de Rafael Athaides. As paixões do Sigma: fascismos, integralismo e atividades políticas (1934-1936). 2012. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade Federal do Paraná.

10.
BREPOHL DE MAGALHAES, M. D.; CODATO, Adriano; GONCALVES, M.. Participação em banca de Claudia Monteiro. A militância comunista no Paraná entre a obediência e a liberdade (1945-1947). 2012. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade Federal do Paraná.

11.
LIMA, C. A. M.; CODATO, Adriano; BURMESTER, A. M. O.. Participação em banca de Tatiana Dantas Marchette. A trajetória de Brasil Pinheiro Machado e a construção da historiografia regional do Paraná no território acadêmico: do poema ao modelo historiográfico. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade Federal do Paraná.

12.
COSTA, Paulo Roberto Neves; CODATO, Adriano; BRAGA, Sérgio Soares. Participação em banca de Juarez Varallo Pont. Estado, empresariado industrial e representação de interesses no Brasil: 1990-2010. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Sociologia) - Universidade Federal do Paraná.

13.
ABREU, Luciano Aronne de; HEINZ, Flávio Madureira; CODATO, Adriano. Participação em banca de Cassio Albernaz. Elites industrializantes nos labirintos do poder: estudo prosopográfico dos planejadores do desenvolvimento industrial e seus espaços de poder no Estado brasileiro (1934-1982). 2011. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

Qualificações de Mestrado
1.
CANCELLI, E.; HALL, M.; Codato, Adriano. Participação em banca de Felipe Colla de Amorim. ?The Birth of a Discipline?: a agenda da transição democrática e a modernização da ciência política no Brasil (1964-1985). 2018. Exame de qualificação (Mestrando em História Social) - Universidade de São Paulo.

2.
CERVI, Emerson Urizzi; CODATO, Adriano; TOMIO, Fabricio Ricardo de Limas. Participação em banca de Guilherme de Abreu e Silva. Efeitos da lei da Ficha Limpa nas eleições municipais de 2012: uma análise do perfil dos impugnados e dos reflexos eleitorais da aplicação da Lei. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

3.
PERISSINOTTO, Renato Monseff; CODATO, Adriano; COSTA, Paulo Roberto Neves. Participação em banca de Diego Silveira. A FIESP e o neoliberalismo: a ação política dos industriais paulistas no governo Fernando Henrique Cardoso (1995-2002). 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

4.
BREPOHL DE MAGALHAES, M. D.; CODATO, Adriano; GONCALVES, M.. Participação em banca de José dos Santos Abreu. Operação Pequeno Príncipe: a ação da polícia política no combate à doutrinação comunista nas pré-escolas Oficina e Oca, Curitiba, 1978. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal do Paraná.

5.
CODATO, Adriano; CERVI, Emerson Urizzi; Perissinotto, Renato M.. Participação em banca de Ana Paula Lopes Ferreira. Funcionários na política: uma análise do funcionalismo público na função parlamentar na Câmara dos Deputados no Brasil (1945-2010). 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

6.
CODATO, Adriano; CERVI, Emerson Urizzi; PERISSINOTTO, Renato Monseff. Participação em banca de Paula Matoski Butture. A Comissão da Ordem Social na Assembleia Nacional Constituinte (1987-1988): a lógica sociopolítica do comportamento parlamentar. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

7.
PEREIRA, A. E.; CODATO, Adriano; CHUEIRI, Vera Karam de. Participação em banca de Roberta Picussa. Interesses públicos versus interesses políticos: o caso da criação da Defensoria Pública do Paraná. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Políticas Públicas) - Universidade Federal do Paraná.

8.
CHUEIRI, Vera Karam de; CODATO, Adriano; Kanayama, Rodrigo Luís. Participação em banca de Ana Paula Silveira. A experiência catarinense de descentralização administrativa: uma análise do processo de rearranjo das práticas de gestão pública. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Políticas Públicas) - Universidade Federal do Paraná.

9.
CHUEIRI, Vera Karam de; CODATO, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff. Participação em banca de Luciane Schulz Fonseca. O papel dos conselhos gestores ou setoriais na formulação, execução e fiscalização de políticas públicas: o caso do CEDCA/PR. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Políticas Públicas) - Universidade Federal do Paraná.

10.
CODATO, Adriano; CERVI, Emerson Urizzi; PERISSINOTTO, Renato Monseff. Participação em banca de Mabelle Bandoli Dias. A extrema-esquerda no Brasil do desenvolvimentismo: as organizações partidárias marxistas e suas definições programáticas e institucionais nos anos 1950. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

11.
NAPOLITANO, Marcos; CODATO, Adriano. Participação em banca de Lucas Monteiro de Oliveira. Entre o conflito e o consenso: a Anistia na transição política brasileira. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em História Social) - Universidade de São Paulo.

12.
OLIVEIRA, Marcio Sergio Batista Silveira de; MORAES, Pedro Rodolfo Bodê de; CODATO, Adriano. Participação em banca de Roberto Jardim da Silva. O Brasil construído de fora: trajetória dos estudos doutorais brasilianistas na França de 1970 a 2010. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Sociologia) - Universidade Federal do Paraná.

13.
CODATO, Adriano; CERVI, Emerson Urizzi; BOLOGNESI, Bruno. Participação em banca de Tiago Alexandre Leme Barbosa. O PMDB no Mato Grosso do Sul: elites partidárias e parlamentares (1978-2010). 2013.

14.
VEIGA, Luciana; CODATO, Adriano; CAMARGOS, Malco. Participação em banca de Flávia Bozza Martins. Avaliação do Presidente e economia na América Latina. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

15.
CODATO, Adriano; VEIGA, Luciana; PERISSINOTTO, Renato Monseff. Participação em banca de Felipe Alejandro Guerreros Rojas. Os agentes da economia chilena: o estudo dos Chicago boys e do monjes da CIEPLAN. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

16.
VEIGA, Luciana; CODATO, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff. Participação em banca de Danielle Rodrigues da Silva. Neófitas, capital social e representação: As mulheres na Câmara Federal. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

17.
VEIGA, Luciana; CODATO, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff. Participação em banca de Flávia Babireski. Recrutamento partidário para o Congresso Nacional e Assembleia Legislativa do Paraná. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

18.
OLIVEIRA, Marcio Sergio Batista Silveira de; MORAES, Pedro Rodolfo Bodê de; CODATO, Adriano. Participação em banca de Roberto Jardim da Silva. Brasilianisme: os estudos sobre o Brasil na França: 1970-2010. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Sociologia) - Universidade Federal do Paraná.

19.
Perissinotto, Renato M.; CODATO, Adriano; VEIGA, Luciana. Participação em banca de Silvia Avelina Arias Mongelós. Uma análise do atual processo de recrutamento de advogados pelo Quinto Constitucional para compor o Tribunal de Justiça do Paraná, a partir das seleções de 2009, 2010 e 2012. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

20.
PERISSINOTTO, Renato Monseff; CODATO, Adriano; CERVI, Emerson Urizzi. Participação em banca de Rafael Rodrigues Viegas. Recrutamento e reprodução institucional: um estudo do caso do Ministério Público do estado do Paraná. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

21.
CODATO, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff; CAVALIERI, M. A. R.. Participação em banca de Felipe Calabrez da Silva. Ajustes estruturais e reforma do aparelho de Estado no governo Cardoso. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

22.
CODATO, Adriano; COSTA, Paulo Roberto Neves; PERISSINOTTO, Renato Monseff. Participação em banca de Fernando Marcelino Pereira. A PREVI e a nova elite dos fundos de pensão: realinhamentos políticos e reorganização econômica no capitalismo brasileiro recente. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

23.
CODATO, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff; PEREIRA, A. E.. Participação em banca de Camila Tribess. Transições na Argentina e no Brasil: o papel da elite política em perspectiva comparada. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

24.
PERISSINOTTO, Renato Monseff; CODATO, Adriano; CERVI, Emerson Urizzi. Participação em banca de Samira Kauchakje. Constituição federal e solidariedade: orientações políticas dos vereadores de Curitiba sobre política e direitos sociais. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

25.
MORAES, Pedro Rodolfo Bodê de; CODATO, Adriano; BORGES, Clara Roman. Participação em banca de Everaldo Pereira dos Anjos. Policiamento, gerencialismo e democracia. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Sociologia) - Universidade Federal do Paraná.

26.
CERVI, Emerson Urizzi; CODATO, Adriano; VEIGA, Luciana. Participação em banca de Larissa Martini Angeli. Radialistas políticos: uma análise eleitoral dos comunicadores de rádio eleitos para a Assembleia Legislativa do Paraná (1986-2006). 2010. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

27.
CODATO, Adriano; Meucci, Simone; BRAGA, Sérgio Soares. Participação em banca de Giovana Carla Bonamim Polli. Intelectuais e Estado: a gênese institucional das políticas patrimoniais no Brasil. 2010. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

28.
CODATO, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff; VEIGA, Luciana. Participação em banca de Julio Cesar Gonçalves da Silva. O alvorecer de uma esquerda radical: o PSOL e sua organização como questão estratégica (2004-2010). 2010. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

29.
CODATO, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff; LOSSO, Tiago. Participação em banca de Maristela Wessler Dagostin. A política das nomeações políticas: a circulação das elites no Paraná no pós-1930. 2010. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

30.
VEIGA, Luciana; CERVI, Emerson Urizzi; CODATO, Adriano. Participação em banca de Sandra Avi dos Santos. Governança local e comportamento eleitoral: eleições municipais nas capitais brasileiras em 2008. 2010. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

31.
PERISSINOTTO, Renato Monseff; CODATO, Adriano; SOUZA, Nelson Rosário de. Participação em banca de Francisco José Moreira. Relações institucionais no estado do Paraná: o controle dos poderes executivo e legislativo municipal e estadual pelo Ministério Público via ação civil pública por improbidade administrativa. 2010. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

32.
VEIGA, Luciana; CODATO, Adriano; CERVI, Emerson Urizzi. Participação em banca de Rodrigo Ricardo Mayer. Os partidos como organizações: PSDB e PT. 2010. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná.

33.
BREPOHL DE MAGALHAES, M. D.; CODATO, Adriano; GONCALVES, M.. Participação em banca de Dayane Rúbila Lobo Hessmann. Dicionário da repressão. 2010. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal do Paraná.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
MEDEIROS, Pedro Leonardo; COSTA, Luiz Domingos; Codato, Adriano. Participação em banca de Elias Ariel de Souza.Policiais militares e eleições no Paraná: a profissão como recurso eleitoral. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciência Política) - Centro Universitário Internacional.

2.
CERVI, Emerson Urizzi; CODATO, Adriano; KAUCHAKJE, S.. Participação em banca de Mariel Doane da Silva Ramos.Produção legislativa, campanhas eleitorais e voto distritalizado: estudo de caso dos vereadores candidatos à reeleição em Curitiba em 2012. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

3.
CODATO, Adriano; COSTA, Luiz Domingos; MASSIMO, Lucas. Participação em banca de Paulo Franz Junior.Sucesso eleitoral nas eleições municipais de 2012 no Nordeste e suas variáveis condicionantes. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

4.
PERISSINOTTO, Renato Monseff; CODATO, Adriano; MEDEIROS, Pedro Leonardo. Participação em banca de Cíntia Maria Leal da Silva.Análise decisória do Tribunal de Justiça do Paraná: corrupção na esfera municipal. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

5.
OLIVEIRA, Marcio Sergio Batista Silveira de; CODATO, Adriano; OLIVEIRA, R. C.. Participação em banca de Wilson Alfredo Barbieri.Descendentes de italianos e a indústria do cal em Colombo (PR): formação de uma elite econômica?. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

6.
CERVI, Emerson Urizzi; BRAGA, Sérgio Soares; CODATO, Adriano. Participação em banca de Natalia Panis Kaseker.Participação política e Internet: uma análise dos comentários no portal Estadão.com na eleição para presidente de 2010. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

7.
TRINDADE, Alexandro Dantas; CODATO, Adriano; LIMA, C. A. M.. Participação em banca de Lucas Roahny.A Liga Progressista e a construção do Estado imperial, 1860-1868. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

8.
CODATO, Adriano; CERVI, Emerson Urizzi; PERISSINOTTO, Renato Monseff. Participação em banca de Mariana Arcos Lorencetti.Sucesso eleitoral nas disputas municipais de São Paulo em 2012 e suas variáveis condicionantes. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

9.
Meucci, Simone; TRINDADE, Alexandro Dantas; CODATO, Adriano. Participação em banca de Cristiane Garcia Pires.Democracia, liberdade e escolha: dilemas do pensamento de Anísio Teixeira nos anos 60. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

10.
DITTRICH, A.; FREITAS, Joanneliese de Lucas; CODATO, Adriano. Participação em banca de Jefferson Dantas Hilario.Análise de consequências aplicada ao Programa Bolsa Família: uma avaliação analítico-comportamental de uma prática política do Estado de bem-estar social. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Psicologia) - Universidade Federal do Paraná.

11.
CODATO, Adriano; PEREIRA, A. E.; COSTA, Luiz Domingos. Participação em banca de Maurício Izelli Doré.A política como profissão: uma revisão da literatura. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

12.
BRAGA, Sérgio Soares; CODATO, Adriano; PEREIRA, A. E.. Participação em banca de Cassio Stanczyk Carvalho.Elites políticas e novas tecnologias: mecanismos de participação política nas plataformas virtuais dos senadores do Brasil e dos Estados Unidos. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

13.
COSTA, Paulo Roberto Neves; CODATO, Adriano; BRAGA, Sérgio Soares. Participação em banca de Ricardo Zortéa Vieira.Problematizando o desenvolvimento nacional: as explicações clássicas e a macrossosiologia histórica. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

14.
VEIGA, Luciana; CODATO, Adriano; COSTA, Paulo Roberto Neves. Participação em banca de Paula Adriana Wagnitz.A democracia das elites: o caso do Paraná. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

15.
CODATO, Adriano; COSTA, Paulo Roberto Neves; PERISSINOTTO, Renato Monseff. Participação em banca de Hugo Ferreira Netto Loss.Estado, campo econômico e associações de classe de São Paulo (1920-1945): uma crítica bibliográfica. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

16.
CODATO, Adriano; COSTA, Paulo Roberto Neves; VEIGA, Luciana. Participação em banca de Fernanda Lopes Regina.A propaganda ideológica do IPES (1961-1964). 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

17.
KRITSCH, Raquel; CODATO, Adriano; MÜLLER, Ricardo Gaspar. Participação em banca de Felipe Calabrez da Silva.A reforma do Estado nos anos 1990: entre a economia e a política. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Estadual de Londrina.

18.
PERISSINOTTO, Renato Monseff; CODATO, Adriano; COSTA, Paulo Roberto Neves. Participação em banca de Camila Tribess."Político é tudo igual?" Regime político e ideologia como fatores de mudança no perfil da elite política federal paranaense entre 1964 e 2006. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

19.
CODATO, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff; COSTA, Paulo Roberto Neves. Participação em banca de Fernando Lamarão Neto.O coronelismo numa interpretação sociológica: uma revisão e uma análise da literatura. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

20.
CODATO, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff; BRAGA, Sérgio Soares. Participação em banca de Rodolfo Palazzo Dias.Economicismo e instrumentalismo nas análises econômicas keynesianas e marxistas sobre o sistema financeiro. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

21.
Codato, Adriano; BRAGA, Sérgio Soares; COSTA, Paulo Roberto Neves. Participação em banca de Chan Kin Con.Burocracia militar e autonomia relativa: abordagens marxista e weberiana. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

22.
PERISSINOTTO, Renato Monseff; Codato, Adriano; MORAES, Pedro Rodolfo Bodê de. Participação em banca de Pedro Leonardo Medeiros.Sociologia de um empreendimento cultural: a gênese social da Universidade do Paraná. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

23.
Codato, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff; SOUZA, Nelson Rosário de. Participação em banca de Rafaela Polatti.Processo decisório no comitê das bacias hisdrográficas do Alto Iguaçu e afluentes do Alto Ribeira. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

24.
Codato, Adriano; MORAES, Pedro Rodolfo Bodê de; PERISSINOTTO, Renato Monseff. Participação em banca de Rodrigo Kraemer.A construção da Polícia Rodoviária Federal: uma história sobre processos de militarização. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

25.
PERISSINOTTO, Renato Monseff; Codato, Adriano; VEIGA, Luciana. Participação em banca de Daniel Marcelino da Silva.Democracia, ideologia e religião no Legislativo paranaense: um estudo comparado da 13a., 14a. e 15a. legislaturas. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

26.
COSTA, Paulo Roberto Neves; Codato, Adriano; VEIGA, Luciana. Participação em banca de Nadida Mahfouz.O perfil do empresariado e a democracia brasileira. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

27.
Codato, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff; BRAGA, Sérgio Soares. Participação em banca de Mariana Bettega Braunert.Elite e cultura política: os valores políticos da elite parlamentar de Curitiba (2001-2004). 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

28.
Codato, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff; BRAGA, Sérgio Soares. Participação em banca de Luiz Domingos Costa.Padrões de recrutamento sócio-político da elite política parlamentar no Paraná contemporâneo (1995-2003). 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

29.
Codato, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff; COSTA, Paulo Roberto Neves. Participação em banca de Julio Cesar Gouvea.?Pango-Pango?? Uma descrição da origem social, da carreira política e dos valores políticos da elite político-burocrática do Paraná (1995-2002). 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

30.
Codato, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff; MORAES, Pedro Rodolfo Bodê de. Participação em banca de Bruna Gisi Martins de Almeida.Para uma teoria do campo político: a sociologia política de Pierre Bourdieu. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

31.
Codato, Adriano; BRAGA, Sérgio Soares; VEIGA, Luciana. Participação em banca de Conceição Aparecida dos Santos.Políticas sociais e neoliberalismo: um novo Welfare Sate?. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

32.
Codato, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff; BRAGA, Sérgio Soares. Participação em banca de Lucas Massimo Tonial Antunes de Souza.A organização do Estado capitalista brasileiro: uma revisão crítica da literatura a respeito da alta burocracia econômica no pós-1930. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

33.
Codato, Adriano; COSTA, Paulo Roberto Neves; PEREIRA, A. E.. Participação em banca de Miriam Natali Cruz Ferreira.Sistema político, legislativo e governabilidade: o Brasil pós-1988. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

34.
Codato, Adriano; COSTA, Paulo Roberto Neves; PEREIRA, A. E.. Participação em banca de Alessandra Andrea Carvalho Nottar.A Federação da Agricultura do Estado do Paraná: um estudo sobre a ação política da elite rural paranaense. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

35.
Codato, Adriano; COSTA, Paulo Roberto Neves; PEREIRA, A. E.. Participação em banca de Raquel Stolf.A representação política do empresariado paranaense: um estudo sobre a Associação Comercial do Paraná e sua ação através do Conselho Político (1994-2002). 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

36.
Codato, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff; FUKS, Mario. Participação em banca de Renata S. Schevisbiski.Controle social na política de saúde: um estudo sobre o Conselho Municipal de Saúde de Curitiba (1991-2001). 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

37.
Codato, Adriano; BRAGA, Sérgio Soares; COSTA, Paulo Roberto Neves. Participação em banca de Alexandre Hertz.Estado Novo: política e sociedade na ditadura de Vargas. Um estudo sobre o Departamento Administrativo do Estado do Paraná (1939-1947). 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

38.
Codato, Adriano; COSTA, Paulo Roberto Neves; MORAES, Pedro Rodolfo Bodê de. Participação em banca de Teresa dos Reis Ramos.Algumas notas sobre o encarceramento e seus paradoxos. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

39.
Codato, Adriano; BRAGA, Sérgio Soares; MOLIANI, Maria Marce. Participação em banca de Paulete Cristiane de Oliveira.Sociedade e Executivo na 14a. legislatura da Assembléia Legislativa do Paraná (1998-2002): um estudo sobre a lei estadual de incentivo à cultura. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

40.
Codato, Adriano; BRAGA, Sérgio Soares; CHAVES, C. A.. Participação em banca de Alessandro Cavassin Alves.Clientelismo eleitoral e coronelismo político: estudo de um pequeno município paranaense (1992-2000). 2003. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

41.
Codato, Adriano; COSTA, Paulo Roberto Neves; CERVI, Emerson Urizzi. Participação em banca de Amanda Litzinger Gomes.O voto integralista no Paraná: uma análise das eleições presidenciais de 1955. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

42.
Codato, Adriano; COSTA, Paulo Roberto Neves; BRAGA, Sérgio Soares. Participação em banca de Maria Alice Polo.Interesses e processo decisório na tramitação do Código de Trânsito Brasileiro: a ANFAVEA e o veto ao air-bag. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

43.
Codato, Adriano; MORAES, Pedro Rodolfo Bodê de; ADELMAN, Meryl. Participação em banca de Emmanoelle Bethania Fonseca Ajaime.Políticas públicas e adolescência: o papel do Estado diante do ato infracional - um estudo sobre o Educandário Joana Richa, de Curitiba. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

44.
Codato, Adriano; COSTA, Paulo Roberto Neves; MORAES, Pedro Rodolfo Bodê de. Participação em banca de Cesar Augusto Gaspari.Segurança pública e o papel da polícia judiciária. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

45.
Codato, Adriano; ARGUELLO, Katie Silene Cáceres; CHUEIRI, Vera Karam de. Participação em banca de Walter Guandalini Junior.Ideologia, direito e Estado: o discurso sobre a organização política do Estado Novo. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade Federal do Paraná.

46.
Codato, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff; BRAGA, Sérgio Soares. Participação em banca de Vânia Sandeleia Vaz da Silva.Transição política e consolidação democrática no Brasil: um olhar retrospectivo. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

47.
Codato, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff; COSTA, Paulo Roberto Neves. Participação em banca de Juliana Lyra Viggiano.A autonomia relativa do Estado capitalista nas obras de Marx. 2002. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

48.
KIRINUS, N. A.; Codato, Adriano; OLIVEIRA, R. C.; VILLA, R. A. D.. Participação em banca de Nanci Adela Kirinus.O comportamento eleitoral no município de Marechal Cândido Rondon. 2001. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

49.
OLIVEIRA, M. R. de; Codato, Adriano; OLIVEIRA, D.; NAPOLITANO, M. E.. Participação em banca de Marcus Roberto de Oliveira.Condicionantes sociais do golpe de 1964: um estudo sobre a Marcha da Família com Deus pela liberdade em Curitiba - PR. 2001. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

50.
LACERDA, G. B.; Codato, Adriano; VILLA, R. A. D.; GUEDES, A. L.. Participação em banca de Gustavo Biscaia de Lacerda.A inserção do Mercosul na política externa brasileira. 2000. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

51.
SOUZA, V. A.; Codato, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff; CARLEIAL, L. M. F.. Participação em banca de Vanessa Aparecida de Souza.Estado, corporativismo e representação de interesses na política de empregos do Paraná. 1999. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

52.
DOMINGOS, A. L.; Codato, Adriano; NAPOLITANO, M. E.; PERISSINOTTO, Renato Monseff. Participação em banca de Adriana Lima Domingos.Aspectos da crise política de 1968: conflitos intramilitares, resistência estudantil e luta armada. 1998. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

53.
BEZERRA, R. G.; Codato, Adriano; SILVA, A. J.; OLIVEIRA, R. C.. Participação em banca de Rafael Ginane Bezerra.A usina hidoelétrica de Itaipu: alternativas para uma análise. 1997. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

54.
SILVA, L. P.; Codato, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff; COSTA, Paulo Roberto Neves. Participação em banca de Luciana Paula da Silva.Burguesia industrial e democracia: análise do 'Documento dos Oito'. 1997. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

55.
PALADINO, A. S.; Codato, Adriano; OLIVEIRA, R. C.; PERISSINOTTO, Renato Monseff. Participação em banca de Andrea Silio Paladino.O poder judiciário do Paraná; padrões de carreira e recrutamento: uma análise política. 1996. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

56.
KUNHAVALIK, J. P.; Codato, Adriano; OLIVEIRA, R. C.; COSTA, Paulo Roberto Neves. Participação em banca de José Pedro Kunhavalik.Bento Munhoz da Rocha Neto: trajetória social e política e sua gestão no governo do Paraná. 1996. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

57.
PEREIRA, A. E.; Codato, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff; OLIVEIRA, R. C.. Participação em banca de Alexsandro Eugênio Pereira.Produção intelectual e prática política: uma análise da questão do capital estrangeiro no ISEB. 1994. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

Outros tipos
1.
Codato, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff; CERVI, Emerson Urizzi. Participação em banca de Lorena Silva Rodrigues. Mapa das elites políticas de Ponta Grossa: um perfil dos membros dos poderes executivo e legislativo (1993-2004). 2006. Outra participação, Universidade Federal do Paraná.

2.
Codato, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff; PEREIRA, A. E.; COSTA, Paulo Roberto Neves. Participação em banca de Marcus Roberto de Oliveira. A ofensiva conservadora na crise do populismo brasileiro - uma análise da coalizão anti-Goulart em Curitiba (1961-1964). 2004. Outra participação, Universidade Federal do Paraná.

3.
Codato, Adriano; COSTA, Paulo Roberto Neves; PANSARDI, Marcos Vinicius. Participação em banca de Marcio Mauri Kieller Gonçalves. O PCB no Paraná: dirigentes e organização - um estudo da elite partidária no movimento comunista paranaense (1945-1964). 2004. Outra participação, Universidade Federal do Paraná.

4.
Codato, Adriano; RIBEIRO, L. C.; NAPOLITANO, M. E.. Participação em banca de Andrea Beatriz Wozniak Giménez. As representações e o imaginário anticomunista através de algumas revistas curitibanas: 1947-1964. 2003. Outra participação, Universidade Federal do Paraná.

5.
Codato, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff; VILLA, R. A. D.. Participação em banca de Emerson Urizzi Cervi. Raízes sociais do neopopulismo na política local: as eleições de prefeito-radialista em Londrina e Ponta Grossa. 2001. Outra participação, Universidade Federal do Paraná.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
Codato, Adriano; ADELMAN, Meryl; Vasconcelos, Eliza Maria Almeida. Banca Examinadora de Seleção para Professor Substituto de Introdução às Ciências Sociais. 2014. Universidade Federal do Paraná.

2.
BOLOGNESI, Bruno; Codato, Adriano; PESSALI, Huáscar Fialho. Comissão julgadora do concurso público de provas e títulos para Professor Adjunto de Políticas Públicas da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA). 2014. Universidade Federal da Integração Latino-Americana.

3.
TOMIO, Fabricio Ricardo de Limas; SALGADO, Eneida Desiree; PEREIRA, Luís Fernando Lopes; LEAL, Rogério Gesta; Codato, Adriano. Comissão julgadora do concurso público de provas e títulos para professor adjunto de Teoria do Estado e Ciência Política do Departamento de Direito Público da Universidade Federal do Paraná. 2012. Universidade Federal do Paraná.

4.
SILVA, Leonardo Barbosa e; GRACIOLLI, E. J.; Codato, Adriano. Comissão julgadora do concurso público de provas e títulos para Professor Adjunto de Ciência Política do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Uberlândia (UFU). 2012. Universidade Federal de Uberlândia.

5.
MOTA, Mauricio; Codato, Adriano; QUINTANA, Fernando. Comissão julgadora do concurso público de provas e títulos para Professor Adjunto de Teoria Política do Instituto de Estudos Sociais e Políticos (IESP) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). 2011. Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

6.
Codato, Adriano; COSTA, Paulo Roberto Neves; TOMIO, Fabricio Ricardo de Limas; MORAES, Reginaldo C. C.; BREDA DOS SANTOS, Norma. Comissão julgadora do concurso público de provas e títulos para professor adjunto do Departamento de Ciências Sociais da UFPR. 2009. Universidade Federal do Paraná.

7.
Santos, André Marenco dos; Codato, Adriano; Tapia, Jorge. Comissão julgadora do concurso público de provas e títulos para professor adjunto do Departamento de Ciência Política da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. 2009. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

8.
Codato, Adriano; RASIA, José Miguel; TRINDADE, Alexandro Dantas. Banca Examinadora de Seleção para Professor Substituto de Sociologia. 2006. Universidade Federal do Paraná.

9.
Codato, Adriano; FLORIANI, Dimas; ADELMAN, Meryl. Banca Examinadora de Seleção para Professor Substituto de Sociologia. 2003. Universidade Federal do Paraná.

10.
Codato, Adriano; COSTA, Paulo Roberto Neves; ADELMAN, Meryl. Banca Examinadora da Seleção para Professor Substituto de Sociologia. 2000. Universidade Federal do Paraná.

11.
Codato, Adriano; RASIA, José Miguel; LEÃO, Igor Zanoni Constant Carneiro; BELOTTO, Divonzir Lopes. Comissão julgadora do concurso público de provas e títulos para professor auxiliar do Departamento de Economia. 1998. Universidade Federal do Paraná.

12.
Codato, Adriano; SOUZA, Nelson Rosário de; ADELMAN, Meryl. Banca Examinadora de Seleção para Professor Substituto de Ciência Política/Sociologia. 1996. Universidade Federal do Paraná.

13.
Codato, Adriano; MORAES, Pedro Rodolfo Bodê de; FIGUEIREDO, V. B.. Banca Examinadora de Concurso Público para Professor de Sociologia. 1994. Faculdade Estadual de Filosofia Ciências e Letras de Paranaguá.

Avaliação de cursos
1.
Codato, Adriano; MACIEL, Maria Helena Silveira; SEIXAS, Gisele Cristina Siqueira da Silva. Comissão verificadora para reconhecimento do curso de graduação em Ciências Sociais (Licenciatura e Bacharelado) da UEM, nos termos da portaria n. 15, de 7 de junho de 2004, do Conselho Estadual de Educação do Estado do Paraná. 2004. Universidade Estadual de Maringá.

2.
Codato, Adriano; MARÇAL, H.; PASSOS, E. A.. Comissão verificadora para reconhecimento do curso de graduação em Ciências Sociais (Licenciatura) da UNIOESTE, nos termos da portaria n. 018/99 de 6/8/1999 do Conselho Estadual de Educação do estado do Paraná. 2002. Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

Outras participações
1.
Codato, Adriano; BOLOGNESI, Bruno; MARQUES, F. P. J. A.. Banca de seleção de candidatos ao Programa de Pós-Doutorado em Ciência Política - UFPR. 2017. Universidade Federal do Paraná.

2.
Codato, Adriano. Comissão de Análise e Julgamento do Prêmio Capes de Tese Edição 2017 (Ciência Política e Relações Internacionais). 2017. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.

3.
Codato, Adriano; PEREIRA, A. E.; PERISSINOTTO, Renato Monseff. Banca de seleção de candidatos ao Programa de Doutorado em Ciência Política - UFPR. 2016. Universidade Federal do Paraná.

4.
Codato, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff; PEREIRA, A. E.. Banca de seleção de candidatos ao Programa de Doutorado em Ciência Política - UFPR. 2014. Universidade Federal do Paraná.

5.
Codato, Adriano; DIAS, Mabelle Bandoli; OLIVEIRA, Andréa Benetti Carvalho de. XXII Evento de Iniciação Científica - EVINCI 2014. 2014. Universidade Federal do Paraná.

6.
Codato, Adriano; NORONHA, E. G.; PAIVA, D.; OLIVEIRA, V. E.. Concurso brasileiro de pôsteres em Ciência Política e Relações Internacionais - Prêmio Eduardo Kugelmas. 2012. Associação Brasileira de Ciência Política.

7.
Codato, Adriano; Meucci, Simone; Symanski, Luis Claudio. Prêmio Florestan Fernandes. Comissão especial para indicação da Melhor Monografia do Curso de Graduação em Ciências Sociais do ano de 2010. 2011. Universidade federal do Paraná.

8.
Codato, Adriano; CERVI, Emerson Urizzi; PERISSINOTTO, Renato Monseff. Banca de seleção de candidatos ao Programa de Mestrado em Ciência Política - UFPR. 2009. Universidade Federal do Paraná.

9.
Codato, Adriano; SOUZA, Nelson Rosário de; OLIVEIRA, Marcio Sergio Batista Silveira de. Banca para a seleção de monitores - Departamento de Ciências Sociais. 2006. Universidade Federal do Paraná.

10.
Codato, Adriano; SALLAS, Ana Luisa Fayet; TULESKI, Valéria. XIV Evento de Iniciação Científica - EVINCI 2006. 2006. Universidade Federal do Paraná.

11.
Codato, Adriano; ROLIM, M. C. B.; BAPTISTA, S.. Prêmio Florestan Fernandes. Comissão especial para indicação da Melhor Monografia do Curso de Graduação em Ciências Sociais do ano de 2000. 2001. Universidade Federal do Paraná.

12.
Codato, Adriano. VIII Evento de Iniciação Científica - EVINCI 2000. 2000. Universidade Federal do Paraná.

13.
Codato, Adriano. VII Evento de Iniciação Científica - EVINCI 99. 1999. Universidade Federal do Paraná.

14.
Codato, Adriano. VI Evento de Iniciação Científica - EVINCI 98. 1998. Universidade Federal do Paraná.

15.
Codato, Adriano. Banca de Seleção de Monitores da área de Ciência Política do Departamento de Ciências Sociais. 1996. Universidade Federal do Paraná.

16.
Codato, Adriano; MORAES, Pedro Rodolfo Bodê de; SALLAS, Ana Luisa Fayet. Banca de Seleção de Bolsistas para o Programa Especial de Treinamento (PET/CAPES) do Departamento de Ciências Sociais. 1995. Universidade Federal do Paraná.

17.
Codato, Adriano. Banca de Seleção de Monitores da área de Ciência Política do Departamento de Ciências Sociais. 1995. Universidade Federal do Paraná.

18.
Codato, Adriano; SALLAS, Ana Luisa Fayet; MORAES, Pedro Rodolfo Bodê de. Banca de Seleção de Bolsistas para o Programa Especial de Treinamento (PET/CAPES) do Departamento de Ciências Sociais. 1994. Universidade Federal do Paraná.

19.
Codato, Adriano; SALLAS, Ana Luisa Fayet; MORAES, Pedro Rodolfo Bodê de. Banca de Seleção de Bolsistas para o Programa Especial de Treinamento (PET/CAPES) do Departamento de Ciências Sociais. 1993. Universidade Federal do Paraná.

20.
Codato, Adriano. Banca de Seleção de Bolsistas para o Programa Especial de Treinamento (PET/CAPES) do Departamento de Ciências Sociais. 1992. Universidade Federal do Paraná.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Ciência Política e cienciometria.A Ciência Política da América Latina: mapeando 5 mil artigos. 2018. (Simpósio).

2.
LASA 2018. Tornando-se ministro de Estado na Argentina e no Brasil: expertise, partidarismo e representação de interesses. 2018. (Congresso).

3.
SciELO 20 anos: Reunião da Rede SciELO. Utilizando citações para além do fator de impacto: uma alternativa para determinar topografias científicas. 2018. (Congresso).

4.
Seminário de Avaliação da Produção Intelectual de PPG (CAPES). 2018. (Seminário).

5.
Simpósio Internacional: Ministros e ministérios: tecnocracia e política.A alta burocracia econômica brasileira: lógicas de recrutamento, (in)dependência política e poder decisório. 2018. (Simpósio).

6.
XI Encontro ABCP.Quem são os agentes da coalizão? Radiografia dos ministros-políticos no presidencialismo brasileiro. 2018. (Encontro).

7.
41o. Encontro Anual da ANPOCS.Prosopografia dos ajudantes do Ministério da Fazenda: uma análise das lógicas de recrutamento, dos itinerários profissionais e do perfil social do segundo escalão. 2017. (Encontro).

8.
9º Congreso Latinoamericano de Ciencia Política. Recrutamento ministerial em regimes presidenciais: Brasil e Argentina pós-redemocratização. 2017. (Congresso).

9.
10o. Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política.A revolução silenciosa no Partido dos Trabalhadores no Brasil. 2016. (Encontro).

10.
40º Encontro Anual da ANPOCS.coordenador da mesa-redonda Que se vayan todos? Uma discussão sobre a crise de legitimação da classe política brasileira.. 2016. (Encontro).

11.
História e Ciência Política: desafios metodológicos da pesquisa social com elites.Classificações profissionais e ocupacionais à prova do tempo. 2016. (Simpósio).

12.
Quinto Congresso Latino-Americano de História Econômica (CLADHE V). Entre o público e o privado: trajetórias profissionais e conexões de mercado dos diretores e presidentes do Banco Central do Brasil. 2016. (Congresso).

13.
VIII Congresso da Associação Portuguesa de Ciência Política. A troika brasileira: uma análise do perfil dos ministros da área econômica no período republicano, 1889-2015. 2016. (Congresso).

14.
VII Seminário Nacional Sociologia & Política.O recrutamento ministerial no Brasil: trajetória profissional e filiação partidária de FHC a Lula. 2016. (Seminário).

15.
X Workshop Empresa, Empresários e Sociedade.Entre o público e o privado: trajetórias profissionais e conexões de mercado dos diretores e presidentes do Banco Central do Brasil. 2016. (Simpósio).

16.
39º Encontro Anual da ANPOCS.Yasuana yamaramunha se anamaitá (Vamos lutar parentes!). As candidaturas indígenas nas eleições de 2014. 2015. (Encontro).

17.
Colloque: Mais c'est quoi cette crise ? Sociologie politique de la crise brésilienne actuelle.La croissance spectaculaire de la nouvelle droite brésilienne: députés et candidats. 2015. (Simpósio).

18.
Congreso internacional: Élites y liderazgo en tiempos de cambio. Da polícia à política: estudo de candidatos e eleitos à Câmara dos Deputados do Brasil provenientes das forças repressivas do Estado. 2015. (Congresso).

19.
38o. Encontro Anual da Anpocs.coordenador do GT Elites e Espaços de Poder. 2014. (Encontro).

20.
IV Encontro Internacional de Ciências Sociais.O perfil dos diretores do Banco Central do Brasil nos governos Cardoso, Lula e Dilma. 2014. (Encontro).

21.
IX Encontro da ABCP.Classificando ocupações em estudos parlamentares: uma tipologia histórica. 2014. (Encontro).

22.
Simpósio Internacional O golpe de 1964 e a onda autoritária na América latina.A natureza do golpe e do regime. 2014. (Simpósio).

23.
V Seminário Nacional Sociologia & Política.Do serviço público à Câmara dos Deputados: o contorno sociopolítico dos parlamentares originários do funcionalismo público (1990-2010). 2014. (Seminário).

24.
2º Reunión Internacional sobre Formación de las Elites.Régimen político y reclutamiento parlamentario en Brasil: perfil de los senadores en la democracia y la dictadura. 2013. (Encontro).

25.
37o. Encontro Anual da ANPOCS. A direita brasileira em perspectiva histórica: uma sócio-análise dos partidos e dos seus políticos da democracia populista à democracia liberal (1945-2010). 2013. (Congresso).

26.
Colóquio Elites em diferentes escalas: teoria e metodologia no estudo de grupos dirigentes.Codificando profissões em estudos de elites políticas: uma discussão metodológica e tipológica. 2013. (Seminário).

27.
III Fórum Brasileiro de Pós-Graduação em Ciência Política. GT 10 ? Estudos de Elites e Estruturas de Poder. 2013. (Congresso).

28.
36º Encontro Anual da ANPOCS.Os partidos no Senado: bases sociais, padrões de carreira e profissionalização política nas bancadas da Câmara Alta (1986-2014). 2012. (Encontro).

29.
8o. Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política.Competição e profissionalização política: as eleições para deputado federal no Brasil em 2010. 2012. (Encontro).

30.
Conferencia Latinoamericana y Caribeña de Ciencias Sociales. Transformaciones y tensiones del Estado en América Latina en el marco de la crisis capitalista. 2012. (Congresso).

31.
Curso de introdução prático à pesquisa bibliográfica e à redação científica. 2012. (Oficina).

32.
III Congresso Brasileiro de Sociologia do Direito - ABRASD. GT Estado, democracia e poder. 2012. (Congresso).

33.
IV Seminário Nacional Sociologia & Política: Pluralidade e Garantia dos Direitos Humanos no Séc.XXI XXI.GT 1. Teoria Política. 2012. (Seminário).

34.
Para que estudar grupos dirigentes?. 2012. (Seminário).

35.
35º Encontro Anual da ANPOCS.A profissionalização da classe política brasileira no século XXI: um estudo do perfil sócio-profissional dos deputados federais (1998-2010). 2011. (Encontro).

36.
Colóquio Interdisciplinar Elites: História e Método.Aprendendo na marra: a pesquisa em arquivos e o estudo das elites políticas autoritárias na era Vargas. 2011. (Simpósio).

37.
Colóquio Internacional Eichmann em Jerusalém; 50 anos depois; anti-semitismo e genocídio entre memória e História.A banalidade da violência contemporânea. 2011. (Simpósio).

38.
II Fórum Brasileiro de Pós-Graduação em Ciência Política. Novas agendas na Ciência Política brasileira. 2011. (Congresso).

39.
III Seminário Nacional Sociologia & Política: Repensando desigualdades em novos contextos.Pesquisando a Política na América Latina. 2011. (Seminário).

40.
Seminário Internacional Os eleitos: como parlamentares tornam-se parlamentares.De onde vêm os representantes do Brasil?. 2011. (Seminário).

41.
XV Congresso Brasileiro de Sociologia. Democracia, representação e participação. 2011. (Congresso).

42.
XXVI SIMPÓSIO NACIONAL DE HISTÓRIA - ANPUH.Análise estrutural, análise institucional e análise contextual: uma discussão empírica da política brasileira durante o Estado Novo. 2011. (Simpósio).

43.
34º Encontro Anual da ANPOCS.Patrimônio histórico e dominação simbólica: o jogo entre centralização e regionalização no universo das elites durante o Estado Novo. 2010. (Encontro).

44.
7o. Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política.A análise prática da política prática: uma introdução ao estudo dos "textos jornalísticos" de Marx. 2010. (Encontro).

45.
As eleições de 2010 e a democracia brasileira.A DEMOCRACIA DE MASSAS NO BRASIL. 2010. (Seminário).

46.
Ciência Política Informada Historicamente.O modo teórico de produção teórica do marxismo estruturalista. 2010. (Seminário).

47.
II Seminário Nacional Sociologia & Política.A política de nomeações políticas: a circulação das elites no Paraná no pós-1930.. 2010. (Seminário).

48.
33º Encontro Anual da ANPOCS. Elites políticas e processo decisório: processos e padrões de divisão do trabalho político e burocrático no Estado pós-oligárquico. 2009. (Congresso).

49.
6º COLÓQUIO INTERNACIONAL MARX E ENGELS. Sobre o teoricismo de Nicos Poulantzas: considerações teóricas e metodológicas. 2009. (Congresso).

50.
Coloquio de Antropología Social: El problema de las clases sociales y el estado. Posibilidades y límites de la teoría marxista para las ciencias sociales.El género del discurso: las abstracciones conceptuales de la teoría marxista del Estado. 2009. (Encontro).

51.
Colóquio Política, história e sociedade: perspectivas comparadas.MÉTODOS COMPARATIVOS. 2009. (Seminário).

52.
Colóquio Política, História e Sociedade: Perspectivas Comparadas.I. SESSÃO: A COMPARAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS; II. SESSÃO: MÉTODOS COMPARATIVOS; III. SESSÃO: QUESTÕES DE POLÍTICA COMPARADA. 2009. (Seminário).

53.
CONGRESSO MARXISMO E CIÊNCIAS HUMANAS: LEITURAS SOBRE O CAPITALISMO NUM CONTEXTO DE CRISE. Política, ciência e ideologia: sobre o ?teoricismo? de Nicos Poulantzas. 2009. (Congresso).

54.
I Seminário Nacional Sociologia & Política.GT2 - Instituições, Elites e Democracia. 2009. (Seminário).

55.
Jornadas Elites intelectuales y formación del Estado.Las élites políticas de São Paulo en el centro del siglo XX: un análisis prosopográfica. 2009. (Simpósio).

56.
Oficina de trabalho: segredos e truques da pesquisa social.O método da ciência política. 2009. (Oficina).

57.
32º Encontro Anual da ANPOCS.Elitismo versus Marxismo? Por uma agenda empírica de pesquisa. 2008. (Encontro).

58.
IIº ENCONTRO DA REDE INTERNACIONAL MARC BLOCH DE ESTUDOS COMPARADOS EM HISTÓRIA ? EUROPA / AMÉRICA LATINA.Estado, elites, ideologia e instituições: o Estado Novo no Brasil, de novo. 2008. (Encontro).

59.
VII Congresso Internacional de Estudos Ibero-Americanos. Uma idéia no lugar: o discurso oligárquico e sua afinidade com o pensamento político autoritário. 2008. (Congresso).

60.
31º Encontro Anual da ANPOCS. Elites e instituições: uma análise política do Estado Novo. 2007. (Congresso).

61.
Interpretações do Brasil e do Estado Novo ? memória, história e política.São Paulo sob o Estado Novo. 2007. (Simpósio).

62.
Variações sobre um tema: interpretações do Brasil e do Estado Novo.São Paulo sob o Estado Novo: quatro hipóteses explicativas. 2007. (Simpósio).

63.
XXIV Simpósio Nacional de História. História e multidisciplinaridade: territórios e deslocamentos.Entre elites e instituições: a favor de uma revisão conceitual e empírica da dinâmica política do Estado Novo. 2007. (Simpósio).

64.
3o. Congresso Latino-americano de Ciência Política: democracia & desigualdades. O espaço político em Marx: a noção de ?cena política? revisitada. 2006. (Congresso).

65.
Crise das democracias latino-americanas: dilemas e contradições.II Simpósio Estadual Lutas Sociais na América Latina. 2006. (Simpósio).

66.
Evinci/2006.XIV Evento de Iniciação Científica - EVINCI 2006. 2006. (Encontro).

67.
I Encontro Filosofia & Engajamento.I Encontro Filosofia & Engajamento. 2005. (Encontro).

68.
XII Congresso Brasileiro de Sociologia - Sociologia e Realidade: pesquisa social no século XXI. XII Congresso Brasileiro de Sociologia. 2005. (Congresso).

69.
XXIII SIMPÓSIO NACIONAL DE HISTÓRIA. XXIII Simpósio Nacional de História. 2005. (Congresso).

70.
XXIII Simpósio Nacional de História - História: Guerra e Paz.XXIII Simpósio Nacional de História. 2005. (Simpósio).

71.
XXV Congreso de la Associación Latinoamericana de Sociología. A carreira política de elite político-administrativa no Paraná (1995-2002). 2005. (Congresso).

72.
40 anos do golpe de 1964: novos diálogos, novas perspectivas.O Sacerdote e o Feiticeiro: uma análise da história política e militar do Brasil pós-64. 2004. (Simpósio).

73.
50 anos sem Getulio Vargas.Seminário 50 anos sem Getulio Vargas. 2004. (Seminário).

74.
VII International Conference of the Brazilian Studies Association (BRASA). Mapeando o passado recente: pressupostos da narrativa histórica sobre a política brasileira contemporânea. 2004. (Congresso).

75.
III Workshop Empresa, empresários e sociedade.III Workshop Empresa, empresários e sociedade. 2002. (Simpósio).

76.
XII Congresso Nacional dos Sociólogos. Elites políticas regionais e jogo político nacional: uma visão sobre o Estado Novo a partir de São Paulo. 2002. (Congresso).

77.
Democracia: teoria e prática. 2001. (Simpósio).

78.
Simpósio Internacional de Ciência Política - Política desde el Sur.Estado, instituições e interesses privados: as duas lógicas do corporativismo no Brasil. 2001. (Simpósio).

79.
XXI Simpósio Nacional de História.As elites políticas no Estado Novo (1937-1945): substituição, depuração ou realinhamento? Uma crítica às hipóteses dominantes. 2001. (Simpósio).

80.
V Congresso Estadual de Sociólogos / I Congresso Estadual de Ciências Sociais. Corporativismo político e corporativismo econômico: entre dois autoritarismos. 2000. (Congresso).

81.
Colóquio de Filosofia Política: O conceito de Estado na filosofia política moderna e contemporânea.Estado e teoria política contemporânea: as lições de Marx. 1999. (Simpósio).

82.
I Colóquio Marx e Engels.O Estado como instituição: uma leitura das obras históricas de Marx. 1999. (Simpósio).

83.
III Congresso Brasileiro de História Econômica / IV Conferência Internacional de História de Empresas. Estado, desenho institucional e política econômica no Brasil: 1964-1985. 1999. (Congresso).

84.
Segundas Jornadas de Historia Económica. As velhas questões: empresariado nacional, crise do Estado e (neo)liberalismo. 1999. (Congresso).

85.
XX Simpósio Nacional de História.Estrutura de poder e mecanismos político-burocráticos do Estado Novo. 1999. (Simpósio).

86.
I Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política. 1998. (Congresso).

87.
XVI Jornadas de Historia Económica. Estado militar, política econômica e representação de interesses no Brasil. 1998. (Congresso).

88.
BRASA IV International Congress - Brazilian Identity and Globalization. Empresariado nacional, ação política e Estado: O Brasil dos anos 70. 1997. (Congresso).

89.
EVINCI/97. V Evento de Iniciação Científica/EVINCI 97. 1997. (Congresso).

90.
III Seminário Nacional sobre Comportamento Político - Valores e Democracia na América Latina.Representação de interesses em regimes ditatoriais: um estudo sobre o Departamento Administrativo do Estado de São Paulo (1939-1946). 1997. (Seminário).

91.
Seminário Internacional Relações Civis-Militares nas Novas Democracias Latino-americanas: Bolívia, Brasil e Uruguai. 1997. (Seminário).

92.
XXI Encontro Anual da ANPOCS.Prêmio José Albertino Rodrigues para as melhores obras científicas de 1996, na categoria MELHOR DISSERTAÇÃO DE MESTRADO. 1997. (Encontro).

93.
50 Anos da Assembléia Constituinte de 1946 - Balanço e Perspectivas da Democracia Brasileira.Constituinte e Constituição. 1996. (Simpósio).

94.
EVINCI/96. IV Evento de Iniciação Científica - EVINCI/96. 1996. (Congresso).

95.
II Congresso Brasileiro de História Econômica / III Conferência Internacional de História de Empresas. 1996. (Congresso).

96.
XX Encontro Anual da ANPOCS.Sistema decisório e ditadura militar: uma análise do governo Geisel. 1996. (Encontro).

97.
II Seminário Nacional sobre Comportamento Político.Sistema decisório e conflito político: o Brasil dos anos 70. 1995. (Seminário).

98.
VIII Congresso Estadual dos Sociólogos. Burocracia e política sob a ditadura militar: o processo decisório do Conselho de Desenvolvimento Econômico (1974/1981). 1995. (Congresso).

99.
O golpe de 64: 30 anos. 1994. (Seminário).

100.
Pensamento Político Contemporâneo.palestras. 1994. (Simpósio).

101.
V Congresso Brasileiro de Geógrafos - Velho Mundo, Novas Fronteiras: Perspectivas da Geografia Brasileira. Centralização política, corporativismo e processo decisório: o Brasil nos anos 70. 1994. (Congresso).

102.
I Congresso Brasileiro de História Econômica / II Conferência Internacional de História de Empresas. 1993. (Congresso).

103.
VII Congresso Estadual dos Sociólogos - Novas e Velhas Crises: Desafios das Ciências Sociais. O sistema estatal brasileiro - uma análise do Conselho de Desenvolvimento Econômico (CDE). 1993. (Congresso).

104.
O Estado e a Força. 1991. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Codato, Adriano; SAMPAIO, R. C. ; HOROCHOVSKI, R. . Ciência Política e cienciometria. 2018. (Outro).

2.
PERISSINOTTO, Renato Monseff ; Codato, Adriano . Simpósio Internacional: Ministros e ministérios: tecnocracia e política. 2018. (Outro).

3.
Codato, Adriano; HEINZ, Flávio Madureira . História e Ciência Política: desafios metodológicos da pesquisa social com elites. 2016. (Congresso).

4.
CODATO, Adriano; MASSIMO, Lucas ; BUTTURE, Paula Matoski . VI Seminário Nacional Sociologia & Política: Releituras contemporâneas: o Brasil na perspectiva das Ciências Sociais. 2015. (Congresso).

5.
Seidl, Ernesto ; CODATO, Adriano . 39o. Encontro Anual da ANPOCS (Grupo de Trabalho 13: Elites e Espaços de Poder). 2015. (Congresso).

6.
CODATO, Adriano; MONCLAIRE, S. . Colloque: Mais c'est quoi cette crise ? Sociologie politique de la crise brésilienne actuelle. 2015. (Congresso).

7.
CODATO, Adriano. Os nomes das coisas: golpe de Estado e ditadura militar. 2014. (Outro).

8.
CODATO, Adriano; COSTA, Luiz Domingos ; NUNES, Wellington . V Seminário Nacional Sociologia & Política: Desenvolvimento e mudanças sociais em contexto de crise. 2014. (Congresso).

9.
Seidl, Ernesto ; CODATO, Adriano . 38o. Encontro Anual da ANPOCS (Grupo de Trabalho 13: Elites e Espaços de Poder). 2014. (Congresso).

10.
CODATO, Adriano; COSTA, Luiz Domingos ; PERISSINOTTO, Renato Monseff ; BORDIGNON, Rodrigo . III Fórum Brasileiro de Pós-Graduação em Ciência Política (GT 10 ? Estudos de Elites e Estruturas de Poder). 2013. (Congresso).

11.
Seidl, Ernesto ; CODATO, Adriano . 37o. Encontro Anual da ANPOCS (Seminário Temático: Elites e Espaços de Poder). 2013. (Congresso).

12.
PERISSINOTTO, Renato Monseff ; COSTA, Paulo Roberto Neves ; CODATO, Adriano . Colóquio Elites em diferentes escalas: teoria e metodologia no estudo de grupos dirigentes. 2013. (Congresso).

13.
CODATO, Adriano. Reforma política: WTF???. 2013. (Outro).

14.
CODATO, Adriano; ROSSI, Dhyeisa Lumena . III Workshop NUSP - Núcleo de Pesquisa em Sociologia Política Brasileira. 2013. (Congresso).

15.
CODATO, Adriano; BARBOSA, Tiago Alexandre Leme ; Wagnitz, Paula Adriana . IV Seminário Nacional Sociologia & Política: Pluralidade e Garantia dos Direitos Humanos no Século XXI. 2012. (Congresso).

16.
CODATO, Adriano; LIMA, F. R. S. . III Congresso Brasileiro de Pesquisadores em Sociologia do Direito. 2012. (Congresso).

17.
LACERDA, G. B. ; CODATO, Adriano . Curso de introdução prático à pesquisa bibliográfica e à redação científica. 2012. (Outro).

18.
CODATO, Adriano. Colóquio: Para que estudar grupos dirigentes?. 2012. (Outro).

19.
CODATO, Adriano; Silva, Felipe Calabrez da ; Mongelós, Sílvia Avelina Ariás . III Seminário Nacional Sociologia & Política: Repensando desigualdades em novos contextos. 2011. (Congresso).

20.
CODATO, Adriano; COSTA, Luiz Domingos ; GOBO, Karla Lisandra . As eleições de 2010 e a democracia brasileira. 2010. (Outro).

21.
CODATO, Adriano; BONAMIM, Giovana ; ENGLER, Ícaro Gabriel . II Seminário Nacional Sociologia & Política: Tendências e Desafios Contemporâneos. 2010. (Congresso).

22.
Codato, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff . Cinco autores fundamentais: sociólogos. 2009. (Outro).

23.
PERISSINOTTO, Renato Monseff ; Codato, Adriano . Mestres do pensamento francês. 2009. (Outro).

24.
PERISSINOTTO, Renato Monseff ; Codato, Adriano . Curto Pensar: O poder. 2009. (Outro).

25.
BERLATTO, Fábia ; Codato, Adriano . Pensar a cidade. 2009. (Outro).

26.
Codato, Adriano; TRIBESS, Camila . Colóquio Política, história e sociedade: perspectivas comparadas. 2009. (Congresso).

27.
Codato, Adriano; TRIBESS, Camila . Mini-curso: Estado, economia e industrialização: Argentina, 1930-1970. 2009. (Outro).

28.
TRIBESS, Camila ; CODATO, Adriano . II Workshop do Núcleo de Pesquisa em Sociologia Política Brasileira ? NUSP/UFPR. 2009. (Congresso).

29.
BRAGA, Sérgio Soares ; APPEL, Emmanuel ; TRIBESS, Camila ; COSTA NETO, Pedro Leão da ; CODATO, Adriano . Congresso Marxismo e Ciências Humanas: leituras sobre o capitalismo num contexto de crise. 2009. (Congresso).

30.
BOLOGNESI, Bruno ; Codato, Adriano ; SOUZA, Angel Miríade de . I Workshop do Núcleo de Pesquisa em Sociologia Política Brasileira ? NUSP/UFPR. 2008. (Congresso).

31.
SILVA, Ricardo V. ; LOSSO, Tiago ; FALCAO, L. F. ; ELIBIO JR., A. M. ; Codato, Adriano . Variações sobre um tema: interpretações do Brasil e do Estado Novo. 2007. (Congresso).

32.
Codato, Adriano; COSTA, Luiz Domingos ; GOUVÊA, Julio Cesar . Política brasileira hoje: perspectivas. 2006. (Congresso).

33.
Codato, Adriano. Para viver no século XXI. 2006. (Congresso).

34.
Codato, Adriano; BERLATTO, Fábia ; SCARPA, Paulo Cesar Almeida ; ALMEIDA, Bruna Gisi Martins de . Pierre Bourdieu no campo: imagens etnográficas. 2006. (Exposição).

35.
Codato, Adriano; STRAPAZZON, Carlos Luiz . As eleições de 2006 e a democracia no Brasil. 2006. (Congresso).

36.
Codato, Adriano. Tecendo o presente: autores para pensar o século XX. 2005. (Congresso).

37.
Codato, Adriano; FERES JUNIOR, João . Curso de Extensão Universitária: Tópicos de teoria política contemporânea. 2005. (Outro).

38.
Codato, Adriano. Fim da Política? O governo Lula e a crise. 2005. (Congresso).

39.
Codato, Adriano. VII Congresso Internacional da Brazilian Studies Association (BRASA). 2004. (Congresso).

40.
Codato, Adriano. XII Congresso Nacional dos Sociólogos: A Profissão de Sociólogo numa Era de Incertezas. 2002. (Congresso).

41.
Codato, Adriano. III Congresso Brasileiro de História Econômica / IV Conferência Internacional de História de Empresas. 1999. (Congresso).

42.
Codato, Adriano. XX Simpósio Nacional de História. 1999. (Congresso).

43.
Codato, Adriano. Seminários de Ciência Política. 1999. (Outro).

44.
Codato, Adriano. Colóquio: O pensamento político clássico e a questão da democracia. 1996. (Outro).

45.
Codato, Adriano; FIGUEIREDO, V. B. . Colóquio Internacional Capitalismo e Estado. 1994. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Bruna Brito Prata Ferreira. Como os empresários votam na Câmara dos Deputados. Início: 2018. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Coorientador).

2.
Juan Francisco Arrom Suhurt. Carreiras políticas na América Latina: um estudo descritivo dos deputados de Argentina, Brasil, Chile, Uruguai e México em perspectiva comparada. Início: 2018. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

3.
Katiano Miguel Cruz. Estrutura dos partidos e parlamentarização das direções partidárias no Brasil. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Mariana Arcos Lorencetti. Tipos de capital e posições de elite: meta-análise da literatura e propostas de mensuração empírica. Início: 2018. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

2.
Mônica Sakamori. O papel do Ministério Público do Estado do Paraná na conformação das políticas públicas estaduais de saúde pública. Início: 2018. Tese (Doutorado em Políticas Públicas) - Universidade Federal do Paraná. (Orientador).

3.
Flávia Roberta Babireski. Irmãos de voto: partidos confessionais no Brasil. Início: 2017. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

4.
Paulo Franz Junior. O perfil dos ministros brasileiros no presidencialismo de coalizão. Início: 2017. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

5.
Eric Gil Dantas. Elite estatal e política econômica: um estudo dos ministros e secretários dos ministérios da área econômica no Brasil (1995 ? 2016). Início: 2015. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná. (Orientador).

6.
Luiz Domingos Costa. Sistema partidário, partidos e carreira política no Brasil (1946-2014). Início: 2014. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná. (Orientador).

Supervisão de pós-doutorado
1.
Victor Garcia Miranda. Início: 2018. Universidade Federal do Paraná.

2.
Eneida Desiree Salgado. Início: 2016. Universidade Federal do Paraná.

Iniciação científica
1.
Muhammad Achraf Annabiyna Ahmad Kaled El Chab. Senadores-ministros no presidencialismo de coalizão: profissionalização política e sobrevivência no cargo. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Abi - Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná. (Orientador).

2.
Carolina Forlani Santana. Presidencialismo de coalizão e formação de gabinetes ministeriais no Brasil: comparando os dois períodos democráticos. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Abi - Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná. (Orientador).

3.
Eduardo Salomão Gregio Vargas. Outsiders na Câmara dos Deputados: análise do perfil e da trajetória do noviciado político em direção à política institucional. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Abi - Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

4.
Amanda Fantato Sangalli. Sobrevivência ministerial no presidencialismo de coalizão: um estudo sobre fatores de risco. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica do Paraná. (Orientador).

5.
Isabela de Souza Gomes. Deputados-ministros no presidencialismo de coalizão: profissionalização política e sobrevivência no cargo. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Abi - Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná. (Orientador).

6.
Geovana Basilio Custodio. Estudo da carreira política prévia dos congressistas que serviram como ministros entre 1946-1964 e 1985-2016. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica do Paraná. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Paulo Franz Junior. O recrutamento ministerial no Brasil: um estudo comparativo entre os governos do PSDB e do PT. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Adriano Nervo Codato.

2.
Mariana Arcos Lorencetti. Estudo de uma profissão (da) política: os advogados na Câmara dos Deputados (1945-2010). 2016. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Adriano Nervo Codato.

3.
Malam Djau. Trinta anos de golpes de Estado na Guiné-Bissau: uma análise da elite militar. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Adriano Nervo Codato.

4.
Miguel Jose Lorenzoni Herrera. Análisis de las plataformas electorales de partidos de izquierda en Brasil, Uruguay y Chile: un estudio en base a la metodogìa del Comparative Manifesto Project. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Adriano Nervo Codato.

5.
Tiago Alexandre Leme Barbosa. Os representantes do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) em Mato Grosso do Sul. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná, Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades F. Orientador: Adriano Nervo Codato.

6.
Felipe Alejandro Guerreros Rojas. Os economistas chilenos: o perfil social de uma elite política no período de 1958 a 2013. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná, REUNI. Orientador: Adriano Nervo Codato.

7.
Paula Matoski Butture. A Comissão da Ordem Social na Assembleia Nacional Constituinte (1987-1988): a lógica sociopolítica do comportamento parlamentar. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná, Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades F. Orientador: Adriano Nervo Codato.

8.
Ana Paula Lopes Ferreira. Funcionários na política: uma análise da carreira do funcionalismo público na Câmara dos Deputados no Brasil (1945-2010). 2014. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Adriano Nervo Codato.

9.
Felipe Calabrez da Silva. Reforma do aparelho de Estado no governo Cardoso: entre o ajuste fiscal e a reforma gerencial. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná, Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades F. Orientador: Adriano Nervo Codato.

10.
Fernando Marcelino Pereira. Uma ?nova classe? no capitalismo brasileiro recente? Um estudo sobre a direção executiva da PREVI durante o governo Lula. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná, Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades F. Orientador: Adriano Nervo Codato.

11.
Mabelle Bandoli Dias. A extrema esquerda no Brasil: as organizações partidárias marxistas e suas definições programáticas nos anos 1950. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná, Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades F. Orientador: Adriano Nervo Codato.

12.
Ana Paula Silveira. A política da desconcentração administrativa: um relato do desenho governamental de Santa Catarina. 2013. Dissertação (Mestrado em Políticas Públicas) - Universidade Federal do Paraná, . Coorientador: Adriano Nervo Codato.

13.
Camila Tribess. Considerações teóricas sobre as transições políticas no Brasil e na Argentina. 2012. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná, Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades F. Orientador: Adriano Nervo Codato.

14.
Giovana Carla Bonamim Polli. Elites intelectuais e Nation-Building: conflitos em torno da organização e funcionamento do Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional durante o Estado Novo. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná, Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades F. Orientador: Adriano Nervo Codato.

15.
Maristela Wessler Dagostin. A República dos Conselhos: um estudo sobre a transformação do perfil da elite política paranaense (1930-1945). 2011. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná, Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades F. Orientador: Adriano Nervo Codato.

16.
Julio Cesar Gonçalves da Silva. Partido, política e organização: o PSOL e os dilemas estratégicos da nova esquerda radical no Brasil (2004-2010). 2011. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Paraná, . Orientador: Adriano Nervo Codato.

Tese de doutorado
1.
Alessandra Dias Mendes. A política da política de esporte: uma análise da Frente Parlamentar do Esporte e da Comissão do Esporte da Câmara dos Deputados na 54ª. Legislatura. 2017. Tese (Doutorado em Políticas Públicas) - Universidade Federal do Paraná, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Adriano Nervo Codato.

2.
Willson Gerigk. Política nos pequenos municípios brasileiros: uma análise de seus efeitos sobre o processo decisório, as políticas fiscais e os investimentos públicos. 2016. Tese (Doutorado em Políticas Públicas) - Universidade Federal do Paraná, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Adriano Nervo Codato.

3.
Bruno Martins Augusto Gomes. Políticas públicas de turismo: interação empresários-setor público em Curitiba sob a ótica institucional. 2015. Tese (Doutorado em Políticas Públicas) - Universidade Federal do Paraná, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Adriano Nervo Codato.

Supervisão de pós-doutorado
1.
Juan Francisco Espinoza Molina. 2018. Universidade Federal do Paraná, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Adriano Nervo Codato.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Lauro Zubek. O processo de mudança político ideológica do PC do B na década de 1980: da luta armada à retórica eleitoral. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Sociologia Política) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

2.
Tálita Jacy Rasoto. Getúlio Vargas e as contradições da política populista no Brasil: um resumo bibliográfico. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Sociologia Política) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

3.
Gladstone Leonel da Silva Júnior. Da legitimação à repressão: a construção da figura dos ?terroristas de Estado?. 2009. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Sociologia Política) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

4.
Uilson Gonçalves Gundim. O conceito de coronelismo na sociologia política brasileira: uma análise bibliográfica. 2009. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Sociologia Política) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

5.
Roberto Barcelos Costa. Política e desenvolvimento no governo JK: uma revisão da literatura de sociologia política. 2009. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Sociologia Política) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

6.
Lairdes Figueredo Cheke. A instauração do regime político ditatorial no Brasil em 1964: um resumo descritivo. 2008. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Sociologia Política) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

7.
Roberta Ravaglio Gagno. Conceitos fundamentais de Sociologia Política em Weber: uma revisão. 2007. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Sociologia Política) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

8.
Simone Correa Oliveira. Trajetória sócio-histórica das políticas governamenais: um estudo da lei municipal de incentivo à cultura sobre o cinema no Paraná (1993-2002). 2006. 100 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Sociologia Política) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

9.
José de Oliveira Santos Júnior. Marxismo e democracia: uma discussão bibliográfica a partir da literatura brasileira recente. 2006. 63 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Sociologia Política) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

10.
Daniela Resende Archanjo. O público e o privado: os debates parlamentares sobre o divórcio no Brasil nos anos 1950-1970. 2006. 0 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Sociologia Política) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

11.
Debora Iankilevich. O golpe de 1964 através das páginas do Última Hora e de O Diário do Paraná. 2005. 44 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Sociologia Política) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

12.
Maria Sandra Teixeira Gonçalves. O bipartidarismo nos EUA: variáveis culturais, sociais e institucionais. 2005. 29 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Sociologia Política) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

13.
Marlene Milan Arana Cuin. Um relato histórico da participação da mulher na política brasileira. 2005. 39 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Sociologia Política) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

14.
Sérgio Moab Amorim de Albuquerque. Uma análise do cenceito de poder: Freud e Foucault. 2005. 58 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Sociologia Política) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

15.
Celise Helena Niero. Políticas culturais no Paraná dos setenta aos noventa: uma radiografia. 2004. 65 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Sociologia Política) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

16.
Fernando José dos Santos. Corrupção eleitoral no Paraná: um estudo de caso das eleições municipais de 1996. 2004. 49 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Sociologia Política) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

17.
José Carlos Dutra. A revolução de 1964 e o movimento militar no Paraná: impressões da caserna. 2004. 61 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Sociologia Política) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

18.
Soeli Aparecida Tuleski. Recrutamento de elites, circulação e governo partidário: uma análise empírica da relação executivo-legislativo no Paraná (1995-2002). 2004. 33 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Sociologia Política) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

19.
Bruno Zavataro. A transição democrática no Brasil e a manutenção das práticas autoritárias: um estudo de caso das instituições policiais. 2004. 66 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Sociologia Política) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

20.
Jorge Eduardo França Mosquera. A votação da ARENA no Paraná: uma análise histórica (1966 e 1978). 2004. 66 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Sociologia Política) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

21.
Luzia Maristela Cabreira Bonette. Geografia do voto de esquerda no Paraná: uma análise do desempenho eleitoral do PT nas eleições presidenciais (1989-2002). 2004. 32 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Sociologia Política) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

22.
Moacir Ribeiro de Carvalho Júnior. A votação do MDB do Paraná: uma análise histórica (1966 e 1978). 2004. 90 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Sociologia Política) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

23.
Amélia Siegel Corrêa. A influência da doutrina positivista: um estudo de caso em Curitiba. 2004. 41 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Sociologia Política) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

24.
Verônica Letícia Pacheco. Censura política e ditadura: uma análise dos veículos da grande imprensa no Paraná. 2004. 65 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Sociologia Política) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

25.
Sérgio Augusto Kalil. Judicialização da política: o Supremo Tribunal Federal e o controle de constitucionalidade das medidas provisórias do poder executivo federal nos anos 90. 2003. 45 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Sociologia Política) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

26.
Josiane Ferreira de Liz. Migração partidária: o caso do PDT do Paraná. 2003. 19 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Sociologia Política) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

27.
Sergio Marson. Modelos de desenvolvimento na América Latina: Brasil e Argentina em perspectiva comparada. 2003. 66 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Sociologia Política) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

28.
Elaine Beatriz Smyl. Política e instituições no pós-30: um estudo do Conselho Consultivo do Estado - o caso do Paraná. 2002. 47 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Sociologia Política) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

29.
Frederico Ricardo de Ribeiro e Lourenço. A trajetória de um partido: o PSDB no governo FHC (1995-2002). 2002. 41 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Sociologia Política) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

30.
Emerson Urizzi Cervi. Opção pelo populismo: dissidência política e renovação eleitoral no Município de Ponta Grossa (PR). 1999. 88 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Ciência Política) - Instituto Brasileiro de Pós Graduação e Extensão. Orientador: Adriano Nervo Codato.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
João Paulo Santos Pinto. Crises políticas e rotatividade ministerial no Ministério da Defesa do Brasil. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Abi - Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

2.
Paulo Franz Júnior. Sucesso eleitoral nas eleições municipais de 2012 no Nordeste e suas variáveis condicionantes. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Adriano Nervo Codato.

3.
Mariana Arcos Lorencetti. Sucesso eleitoral nas disputas municipais de São Paulo em 2012 e suas variáveis condicionantes. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná, Fundação Araucária de Apoio Ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do. Orientador: Adriano Nervo Codato.

4.
Maurício Izelli Doré. A política como profissão: uma revisão da literatura. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

5.
Hugo Ferreira Netto Loss. Estado, campo econômico e associações de classe de São Paulo (1920-1945): uma crítica bibliográfica. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

6.
Fernando Lamarão Neto. O coronelismo numa interpretação sociológica: uma revisão e uma análise da literatura. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

7.
Rodolfo Palazzo Dias. Economicismo e instrumentalismo nas análises econômicas keynesianas e marxistas sobre o sistema financeiro. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

8.
Kin Con Chan. A burocracia militar e a luta de classes na França como problematização da autonomia relativa do Estado: indícios históricos na sociologia marxista e weberiana. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

9.
Lucas Massimo Tonial Antunes de Souza. Formação e organização do Estado no Brasil no pós-1930: uma análise crítica da sociologia política brasileira. 2005. 116 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná, Programa Especial de Treinamento Capes. Orientador: Adriano Nervo Codato.

10.
Julio Cesar Gouvêa. ?Pango-Pango?? Uma descrição da origem social, da carreira política e dos valores políticos da elite político-burocrática do Paraná (1995-2002). 2005. 49 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná, Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica Ufpr. Orientador: Adriano Nervo Codato.

11.
Bruna Gisi Martins de Almeida. Para uma teoria do campo político: a sociologia política de Pierre Bourdieu, seguida de uma análise empírica. 2005. 69 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

12.
Conceição Aparecida dos Santos. Considerações sobre políticas sociais no contexto neoliberal: em discussão os programas Fome Zero e Bolsa Família do Governo Federal. 2005. 45 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

13.
Miriam Natali Cruz Ferreira. Sistema político, legislativo e governabilidade: o Brasil pós-1988. 2004. 33 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

14.
Alexandre Hertz. Estado Novo: política e sociedade na ditadura de Vargas. Um estudo sobre o Departamento Administrativo do Estado do Paraná (1939-1947). 2004. 82 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

15.
Alessandro Cavassin Alves. Clientelismo eleitoral e coronelismo político: estudo de um pequeno município paranaense (1992-2000). 2003. 67 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

16.
Amanda Litzinger Gomes. O voto integralista no Paraná: uma análise das eleições presidenciais de 1955. 2003. 49 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

17.
Walter Guandalini Junior. Direito e poder no Estado Novo: discurso cultural, discurso jurídico e ideologia política na década de 1930. 2003. 42 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Direito) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

18.
Vania Sandeleia Vaz da Silva. Transição política e consolidação democrática no Brasil: um olhar retrospectivo. 2003. 42 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Adriano Nervo Codato.

19.
Karla Lisandra Gobo. A política externa brasileira dos governos Médici e Geisel (1969-1979). 2003. 49 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná, Programa Especial de Treinamento Capes. Orientador: Adriano Nervo Codato.

20.
Marcus Roberto de Oliveira. Condicionantes sociais do golpe de 1964: a ação dos católicos conservadores - um estudo da Marcha da Família com Deus pela Liberdade em Curitiba - PR. 2001. 101 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

21.
Adriana Lima Domingos. Aspectos da crise política de 1968: conflitos intramilitares, resistência estudantil e luta armada. 1998. 104 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

22.
Luciana Paula da Silva. Burguesia industrial e democracia: análise do 'Documento dos Oito'. 1997. 66 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

23.
Andrea Silio Paladino. O Poder Judiciário do Paraná. Padrões de carreira e recrutamento: uma análise política. 1996. 112 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

Iniciação científica
1.
Amanda Fantato Sangalli. O perfil dos senadores e deputados federais que ocuparam pastas ministeriais (1945-2017). 2018. Iniciação Científica. (Graduando em Abi - Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Adriano Nervo Codato.

2.
Verônica Castro Hiller. Os senadores na IV e na V Repúblicas (1945-1986). 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Abi - Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Adriano Nervo Codato.

3.
Amanda Fantato Sangalli. Os senadores na IV e na V Repúblicas (1945-1986). 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Abi - Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Adriano Nervo Codato.

4.
Marlon Cesar Meo Taborda. As transformações da classe política brasileira no século XXI: um estudo do perfil socioprofissional dos senadores durante a República Populista (1946-1964) - Programa Jovens Talentos para a Ciência. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Adriano Nervo Codato.

5.
Paulo Franz Júnior. As transformações da classe política brasileira no século XXI: os novos deputados nordestinos. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Adriano Nervo Codato.

6.
Mariana Arcos Lorencetti. As transformações da classe política brasileira no século XXI: banco de dados. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

7.
Paulo Franz Júnior. As transformações da classe política brasileira no século XXI: índices de avaliação da democracia. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

8.
Bruna Maier dos Santos. Quem governa? Uma análise quantitativa e qualitativa da elite político-administrativa do estado do Paraná (2003-2010). 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Adriano Nervo Codato.

9.
Hugo Ferreira Netto Loss. Elites e Instituições: uma abordagem (teórica e histórica) dos processos de State-Building. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Adriano Nervo Codato.

10.
Joelcyo Veras Costa. A industrialização no Brasil e o papel das elites estatais: um estudo bibliográfico. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná, Universidade Federal do Paraná Pró Reitoria de Graduação. Orientador: Adriano Nervo Codato.

11.
Hugo Ferreira Netto Loss. Bases teóricas --- marxistas e weberianas --- do neo-institucionalismo histórico. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná, Universidade Federal do Paraná Tesouro Nacional. Orientador: Adriano Nervo Codato.

12.
Rossana Freitas. Configuração do poder legislativo do Paraná na 15ºlegislatura. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná, Universidade Federal do Paraná Tesouro Nacional. Orientador: Adriano Nervo Codato.

13.
Angel Miríade de Souza. Valores e democracia: um estudo comprado da elite parlamentar do Paraná. 2006. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná, Universidade Federal do Paraná Tesouro Nacional. Orientador: Adriano Nervo Codato.

14.
Bruna Gisi Martins de Almeida. Um estudo empírico de elites políticas: testando o modelo teórico de Pierre Bourdieu. 2005. 12 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná, Universidade Federal do Paraná Tesouro Nacional. Orientador: Adriano Nervo Codato.

15.
Lígia Magalhães. Fontes para o estudo de elites no Paraná: um mapeamento (e uma discussão metodológica). 2004. 25 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Adriano Nervo Codato.

16.
Bruna Gisi Martins de Almeida. Testando o modelo teórico de Pierre Bourdieu: um estudo empírico de elites políticas. 2004. 26 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná, Universidade Federal do Paraná Tesouro Nacional. Orientador: Adriano Nervo Codato.

17.
Bruna Gisi Martins de Almeida. Biografia coletiva, carrer-line analysis e prosopografia: um modelo para a investigação das elites políticas. 2003. 19 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná, Fundação Araucária de Apoio Ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do. Orientador: Adriano Nervo Codato.

18.
Julio Cesar Gouvêa. Elites políticas e estrutura de poder: uma análise regional - o caso do poder executivo do Paraná (1995-2002). 2003. 45 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Adriano Nervo Codato.

19.
Julio Cesar Gouvêa. Elites políticas e estrutura de poder: uma análise regional - o caso do poder executivo do Paraná (1995-2002). 2002. 39 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná, Universidade Federal do Paraná Tesouro Nacional. Orientador: Adriano Nervo Codato.

20.
Adriana Lima Domingos. Determinantes da crise política de 1968. 1996. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná, Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica Ufpr. Orientador: Adriano Nervo Codato.

21.
Luciana Paula da Silva. Burguesia e transição política no Brasil. 1993. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná, Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica Ufpr. Orientador: Adriano Nervo Codato.

Orientações de outra natureza
1.
Cintia Leal Silva. Monitoria na disciplina Introdução às Ciências Sociais (para o curso de graduação em Ciências Econômicas). 2012. Orientação de outra natureza. (Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná, Universidade Federal do Paraná Pró Reitoria de Graduação. Orientador: Adriano Nervo Codato.

2.
Célia Gonçalves Gouveia. Monitoria na disciplina Políticas Governamentais Comparadas (para o curso de graduação em Ciências Sociais). 2010. Orientação de outra natureza. (Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná, Universidade Federal do Paraná Pró Reitoria de Graduação. Orientador: Adriano Nervo Codato.

3.
Hilton Costa. Monitoria na disciplina Sociologia (para o curso de graduação em Pedagogia). 2008. Orientação de outra natureza. (Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná, Universidade Federal do Paraná Pró Reitoria de Graduação. Orientador: Adriano Nervo Codato.

4.
Hilton Costa. Monitoria na disciplina Sociologia (para o curso de graduação em Pedagogia). 2007. Orientação de outra natureza. (Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná, Universidade Federal do Paraná Pró Reitoria de Graduação. Orientador: Adriano Nervo Codato.

5.
Rodolfo Palazzo Dias. Monitoria na disciplina Sociologia (para o curso de graduação em Pedagogia). 2006. 0 f. Orientação de outra natureza. (Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná, Universidade Federal do Paraná Pró Reitoria de Graduação. Orientador: Adriano Nervo Codato.

6.
Julio Cesar Gouvêa. Monitoria na disciplina Sociologia (para o curso de graduação em Pedagogia). 2005. 0 f. Orientação de outra natureza - Universidade Federal do Paraná, Universidade Federal do Paraná Pró Reitoria de Graduação. Orientador: Adriano Nervo Codato.

7.
Bohdan Metchko Filho. Monitoria na disciplina Sociologia (para o curso de graduação em Pedagogia). 2005. 0 f. Orientação de outra natureza - Universidade Federal do Paraná, Universidade Federal do Paraná Pró Reitoria de Graduação. Orientador: Adriano Nervo Codato.

8.
Lígia Magalhães. Monitoria na disciplina Introdução às Ciências Sociais (para o curso de graduação em Ciências Econômicas). 2004. 0 f. Orientação de outra natureza - Universidade Federal do Paraná, Universidade Federal do Paraná Pró Reitoria de Graduação. Orientador: Adriano Nervo Codato.

9.
Joana Pagliosa Corona. Monitoria na disciplina Introdução às Ciências Sociais (para o curso de graduação em Ciências Econômicas). 2003. Orientação de outra natureza - Universidade Federal do Paraná, Universidade Federal do Paraná Pró Reitoria de Graduação. Orientador: Adriano Nervo Codato.

10.
Andrea Silio Paladino. Monitoria na disciplina Política I: Conceitos Fundamentais de Ciência Política (para o curso de graduação em Ciências Sociais). 1996. 0 f. Orientação de outra natureza - Universidade Federal do Paraná, Universidade Federal do Paraná Pró Reitoria de Graduação. Orientador: Adriano Nervo Codato.

11.
Vanderlei Hermes Machado. Monitoria na disciplina Política Brasileira IV (para o curso de graduação em Ciências Sociais). 1996. 0 f. Orientação de outra natureza - Universidade Federal do Paraná, Universidade Federal do Paraná Pró Reitoria de Graduação. Orientador: Adriano Nervo Codato.

12.
Adriana Lima Domingos. Monitoria na disciplina Política III: Teoria do Estado I (para o curso de graduação em Ciências Sociais). 1995. 0 f. Orientação de outra natureza - Universidade Federal do Paraná, Universidade Federal do Paraná Pró Reitoria de Graduação. Orientador: Adriano Nervo Codato.

13.
Alexandre Hamilton dos Santos. Monitoria na disciplina Introdução à Ciência Política (para o curso de graduação em Ciências Sociais). 1993. 0 f. Orientação de outra natureza - Universidade Federal do Paraná, Universidade Federal do Paraná Pró Reitoria de Graduação. Orientador: Adriano Nervo Codato.

14.
Ana Lúcia Lemos de Lima. Monitoria na disciplina Introdução à Ciência Política (para o curso de graduação em Ciências Sociais). 1992. 0 f. Orientação de outra natureza - Universidade Federal do Paraná, Universidade Federal do Paraná Pró Reitoria de Graduação. Orientador: Adriano Nervo Codato.



Inovação



Projetos de pesquisa


Educação e Popularização de C & T



Livros e capítulos
1.
Codato, Adriano. Tecendo o presente: autores para pensar o século XX. 1. ed. Curitiba: SESC: Serviço Social do Comércio do Paraná, 2006. v. 1. 198p .

2.
Codato, Adriano. Para viver no século XXI: os problemas da contemporaneidade. 1. ed. Curitiba: Sesc da Esquina, 2007. v. 1. 171p .

1.
Codato, Adriano. Karl Marx: a política, o poder e o Estado capitalista. In: Vinicius de Figueiredo. (Org.). Seis filósofos na sala de aula. 1a.ed.São Paulo: Berlendis & Vertecchia, 2007, v. 2 vol., p. 110-154.

2.
Codato, Adriano; LEITE, Fernando Baptista . Classe social. In: Heloisa Buarque de Almeida; José Szwako. (Org.). Diferenças, igualdade. 1a.ed.São Paulo - SP: Berlendis & Vertecchia, 2009, v. , p. 7-29.

3.
Codato, Adriano. A formação do Estado no Brasil. In: Adriano Codato; Alexandro Dantas Trindade; Giovana Bonamim; Julio Cesar G. Silva; Luiz Domingos Costa; Pedro Leonardo Medeiros; Lucas Massimo. (Org.). Ciências Políticas II. 1aed.Curitiba: IESDE Brasil S.A., 2010, v. , p. 13-29.


Textos em jornais de notícias/revistas
1.
Codato, Adriano. A década de 1930. Gazeta do Povo, Curitiba (PR), p. 2 - 2, 27 ago. 2002.

2.
Codato, Adriano. As muitas faces do populismo. O Estado do Paraná - caderno Direito & Justiça, Curitiba - PR, p. 4 - 4, 24 ago. 2004.

3.
Codato, Adriano. Gramsci e Bobbio. Gazeta do Povo, Curitiba - PR, p. 9 - 9, 29 out. 2004.

4.
Codato, Adriano. Ditadura militar e governo civil. Gazeta do Povo, Curitiba - PR, , v. Mundo, p. 8 - 8, 19 dez. 2004.

5.
Codato, Adriano. O populismo na política brasileira. Gazeta do Povo, Curitiba - PR, p. 8 - 8, 29 dez. 2004.

6.
Codato, Adriano. A política e a ciência da política. Folha de Londrina, Londrina - PR, , v. 1o.cad, p. 2 - 2, 27 dez. 2005.

7.
Codato, Adriano; CERVI, Emerson Urizzi . Os partidos políticos e o fim da verticalização (parte I). Gazeta do Povo, Curitiba - PR, , v. 1o.cad, p. 8 - 8, 10 fev. 2006.

8.
Codato, Adriano. Pra que servem os políticos?. Gazeta do Povo, Curitiba - PR, 30 set. 2006.

9.
Codato, Adriano. Voto obrigatório e mercado político. Folha de Londrina, Londrina - PR, , v. 1cad., p. 2 - 2, 28 set. 2006.

10.
COSTA, Luiz Domingos ; Codato, Adriano . A lógica política e o segundo governo Lula. Revista dos Bancári@s, Curitiba - PR, , v. 24, p. 13 - 13, 05 dez. 2006.

11.
Codato, Adriano; COSTA, Luiz Domingos . O que é o presidencialismo de coalizão?. Folha de Londrina, Londrina - PR, p. 2 - 2, 27 dez. 2006.

12.
Codato, Adriano. A famosa reforma política. Gazeta do Povo, Curitiba - PR, p. 16 - 12, 20 jan. 2007.

13.
Codato, Adriano. Os políticos e sua classe. Gazeta do povo, Curitiba - PR, , v. 1ocad., p. 4 - 4, 24 ago. 2007.

14.
Codato, Adriano. O caráter público da política. Gazeta do Povo, Curitiba - PR, p. 10 - 10, 06 set. 2007.

15.
Codato, Adriano. Partidos, políticos, moral etc.. Gazeta do povo, Curitiba - PR, p. 8 - 8, 11 out. 2007.

16.
Codato, Adriano. A competência política. Gazeta do Povo, Curitiba - PR, , v. 1o.cad, p. 2 - 2, 18 set. 2008.

17.
COSTA, Luiz Domingos ; Codato, Adriano . Os candidatos e suas agendas. Gazeta do Povo, Curitiba - PR, , v. 1o.cad, p. 2 - 2, 02 out. 2008.

18.
Codato, Adriano. Capital político e transferência de votos. Folha de Londrina, Londrina - PR, p. 4 - 4, 10 out. 2008.

19.
Codato, Adriano. O peso das instituições políticas. Gazeta do povo, Curitiba - PR, , v. 1ocad., p. 2 - 2, 16 fev. 2009.

20.
Codato, Adriano. Ditabrandas e democraduras. Gazeta do povo, Curitiba - PR, p. 2 - 2, 27 fev. 2009.

21.
Codato, Adriano; COSTA, Luiz Domingos . A reeleição e as falácias dos políticos. Gazeta do povo, Curitiba - PR, p. 8 - 8, 06 jun. 2009.

22.
Codato, Adriano. Como funciona o parlamento brasileiro?. Folha de Londrina, Londrina - PR, , v. 1o.cad, p. 2 - 2, 04 jan. 2010.

23.
Codato, Adriano. Os enigmas do legislativo. Gazeta do povo, Curitiba - PR, , v. 1ocad., p. 2 - 2, 20 jan. 2010.

24.
Codato, Adriano. Tiririca e outras pragas. Gazeta do povo, Curitiba - PR, p. 2 - 2, 28 set. 2010.

25.
Codato, Adriano. A sentença santificada das urnas. Gazeta do povo, Curitiba - PR, p. 2 - 2, 24 out. 2010.

26.
Codato, Adriano. A gestão política da política. Gazeta do povo, Curitiba - PR, p. 14 - 14, 02 jan. 2011.

27.
Codato, Adriano. As elites políticas e a qualidade da democracia. Gazeta do povo, Curitiba - PR, p. 2 - 2, 25 set. 2011.

28.
Codato, Adriano; COSTA, Luiz Domingos . O enigma dos políticos. Gazeta do povo, Curitiba - PR, p. 2 - 2, 04 nov. 2011.

29.
Codato, Adriano. A mãe de todas as reformas?. Gazeta do Povo, Curitiba - PR, p. 2 - 2, 10 jul. 2013.

30.
Codato, Adriano; CERVI, Emerson Urizzi . Os partidos políticos e o fim da verticalização (final). Gazeta do Povo, Curitiba - PR, , v. 1o.cad, p. 8 - 8, 11 fev. 2006.


Apresentações de Trabalho
1.
Codato, Adriano. Fim da Política? O governo Lula e as várias maneiras de pensar a crise atual. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
CODATO, Adriano. Direita e esquerda: o pensamento liberal e o pensamento socialista hoje. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
CODATO, Adriano. Análise do contexto político da cidade de Curitiba. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
CODATO, Adriano. O Observatório de elites políticas e sociais do Brasil. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
CODATO, Adriano; CERVI, Emerson Urizzi . Banco de dados e portal de informação em ciência política. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
Codato, Adriano. Produção de material didático em Ciências Sociais. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
CODATO, Adriano. Professor de Ciência Política da Universidade Federal do Paraná destaca que o clima das eleições esquentou apenas nos últimos 10 dias. 2010. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
CODATO, Adriano. Eleição de Dilma representa vitória de projeto petista, diz analista. 2010. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
LACERDA, G. B. ; CODATO, Adriano . Curso de introdução prático à pesquisa bibliográfica e à redação científica. 2012. (Outro).


Redes sociais, websites e blogs
1.
CODATO, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff ; COSTA, Luiz Domingos ; MASSIMO, Lucas ; BOLOGNESI, Bruno . Observatório de elites políticas e sociais do Brasil (Facebook). 2014; Tema: Divulgação de notícias e pesquisas relacionadas à classe política brasileira. (Rede social).

2.
CODATO, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff ; COSTA, Luiz Domingos ; MASSIMO, Lucas ; BOLOGNESI, Bruno . Observatório de elites políticas e sociais do Brasil (Facebook). 2015; Tema: Divulgação de notícias e pesquisas relacionadas à classe política brasileira. (Rede social).

3.
CODATO, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff ; COSTA, Luiz Domingos ; MASSIMO, Lucas ; BOLOGNESI, Bruno . Observatório de elites políticas e sociais do Brasil (Facebook). 2013; Tema: Divulgação de notícias e pesquisas relacionadas à classe política brasileira. (Rede social).

4.
CODATO, Adriano. Sociologia Política. 2006; Tema: sociologia política; ciência política; teoria social; política contemporânea; análise de elites. (Blog).

5.
CODATO, Adriano. A década de 1930. 2009; Tema: história política do Brasil. (Blog).

6.
CODATO, Adriano; BOLOGNESI, Bruno ; COSTA, Luiz Domingos ; BRAGA, Sérgio Soares ; ROMA, Celso ; SZWAKO, J. E. ; ZIEGMANN, André . GAC - Grupo de Análise de Conjuntura Política nusp/ufpr. 2007; Tema: análise de conjuntura política nacional. (Blog).

7.
CODATO, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff ; COSTA, Paulo Roberto Neves ; Dias, Alexandra Bandoli ; TRIBESS, Camila ; LEITE, F. ; LOSS, Hugo ; Medeiros, Pedro Leonardo ; COSTA, Luiz Domingos . Sociologia e História. 2008; Tema: sócio-história, política comparada, história econômica do capitalismo. (Blog).



Outras informações relevantes


ATIVIDADES ACADÊMICAS E DE PESQUISA:
Editor-chefe da Revista de Sociologia e Política (A1)
Editor-associado da revista Paraná Eleitoral: Revista Brasileira de Direito Eleitoral e Ciência Política (B2)
Coordenador do Observatory of social and political elites of Brazil (http://observatory-elites.org/)
Coordenador do ST/ANPOCS Elites e Espaços de Poder (2013-2015)
Coordenador da AT/ABCP Sociologia Política (2016; 2018)


ATIVIDADES INSTITUCIONAIS:
Coordenador do Núcleo de Pesquisa em Sociologia Política Brasileira - NUSP/UFPR
Chefe do Departamento de Ciência Política e Sociologia - UFPR (2012-2014)
Membro da Comissão da Memória e da Verdade - UFPR (2012-2013)
Chefe do Departamento de Ciência Política - UFPR (2016-2018)


PARTICIPAÇÃO EM SOCIEDADES CIENTÍFICAS
International Political Science Association (IPSA), 
Associação Brasileira de Ciência Política (ABCP), 
Ex-membro da Associação Brasileira de Pesquisadores em História Econômica (ABPHE), da Sociedade Brasileira de Sociologia (SBS), da Associação Nacional de História (ANPUH).


ATIVIDADES COMO CONSULTOR AD HOC
CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; FAPESP - Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; CNPq; e de diversos periódicos brasileiros na área de Ciências Sociais (Brazilian Political Science Review, Dados, Estudos Históricos, Revista Brasileira de Ciências Sociais, Caderno CRH, Teoria & Sociedade, Política & Sociedade, Revista Brasileira de Ciência Política, Sociologias, Opinião Pública).

ATIVIDADES DE REPRESENTAÇÃO
Membro do Conselho Setorial do Setor de Ciências Humanas UFPR (2012-2014)
Membro da Comissão da Memória e da Verdade da UFPR (2013-2014)
Membro do Conselho Editorial da Editora UFPR (2015-2019)
Membro do Conselho Setorial do Setor de Ciências Humanas UFPR (2016-2018)



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 18/12/2018 às 21:09:27