Maria Luiza Porto

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/2335382603765997
  • Última atualização do currículo em 30/07/2018


Possui graduação em História Natural pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1969), mestrado em Botânica pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul , finalizado em 1973, doutorado em Ecologia Vegetal - Universität Ulm,Alemanha (1981) e pós doutorado em Metodologias de Avaliação Ambiental- Universidade Técnica de Munique(1987).Até 2003 foi professore pesquisador na Universidade Federal do Rio Grande do Sul e até 2014 professor colaborador aposentado nesta mesma Universidade.Tem experiência na área de Ecologia, com ênfase em Ecologia de Paisagem, atuando principalmente nos seguintes temas: zoneamento ambiental, comunidades vegetais, fitorremediação-metais pesados, vegetação, conservação e flora e restauração de áreas degradadas.Recentemente MBA em Pericia, Auditoria e Gestão Ambiental. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Maria Luiza Porto
Nome em citações bibliográficas
PORTO, M. L.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Instituto de Biociências, Centro de Ecologia.
Av Bento Gonçalves 9500
Agronomia
91501-970 - Porto Alegre, RS - Brasil
Telefone: (51) 33166782
Ramal: 6779
Fax: (51) 33167626


Formação acadêmica/titulação


1978 - 1981
Doutorado em Ecologia Vegetal.
Universität Ulm, U.U., Alemanha.
Título: Beiträge zur Schwermetallvegetation von Rio Grande do Sul, Brasilien, Ano de obtenção: 1981.
Orientador: Sieghard Winkler.
Bolsista do(a): Deutscher Academische Austauch Dienst, DAAD, Alemanha.
Palavras-chave: Metais Pesados; Vegetaçãp Metalófita; Tolerância a metais.
Grande área: Ciências Biológicas
Setores de atividade: Produtos e Serviços Voltados Para A Defesa e Proteção do Meio Ambiente, Incluindo O Desenvolvimento Sustentado.
1971 - 1973
Mestrado em Botânica.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Título: A família cucurbitaceae no RS,Ano de Obtenção: 1974.
Orientador: Prof. Dr. Alarich R. H. Schultz.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul, FAPERGS, Brasil.
Palavras-chave: Sistematica; Flora; Cucurbitaceae.
Grande área: Ciências Biológicas
Setores de atividade: Produtos e Serviços Voltados Para A Defesa e Proteção do Meio Ambiente, Incluindo O Desenvolvimento Sustentado.
2016 - 2017
Mestrado profissional em MBA- Pericia, Auditoria e Gestão Ambiental.
Instituto de Pósgraduação, IPOG, Brasil.
Título: MBA, Ano de Obtenção: 2018.
Orientador: IPOG.
1990 - 1990
Especialização em Estatistica de Multivariadas.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
1983 - 1983
Especialização em Estudos Avançados de Problemas Brasileiros.
Curso Superior de Guerra, ESG, Brasil.
Bolsista do(a): Ministério da Educação, ME, Brasil.
1973 - 1973
Especialização em Metodologia Científica.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
1966 - 1969
Graduação em História Natural.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
1993 - 1993
Curso técnico/profissionalizante em Geoprocessamento de Imagens de Satélite.
Westfalische Wilhems Universitat Münster, WWUM, Alemanha.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
1989 - 1989
Curso técnico/profissionalizante em Curso Sobre Sgi Gis.
Enviromental Systems Research Institute, ESRI, Alemanha.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.


Pós-doutorado


1986 - 1987
Pós-Doutorado.
Technische Universität München, TUM, Alemanha.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia Aplicada / Especialidade: Ecologia de Paisagem.


Formação Complementar


2011 - 2011
20 English language - an Over 50´s. (Carga horária: 178h).
ANGLO CONTINENTAL, ENGLISHUK, Inglaterra.
1993 - 1993
Extensão universitária em Geoprocessamento de Imagens de Satélites.
University of Münster, WWU MÜNSTER, Alemanha.
1993 - 1993
Earth Survey By Satellite.
University of Münster, WWU MÜNSTER, Alemanha.
1990 - 1990
Extensão universitária em Extensão Universitária e Técnicas Estatísticas de.
UFRGS, UFRGS, Brasil.
1989 - 1989
Extensão universitária em Sgi Gis Pc Arc Info.
University of Münster, WWU MÜNSTER, Alemanha.
1989 - 1989
Pc Arc Info.
Enviromental Systems Research Institute, ESRI, Alemanha.
1983 - 1983
Extensão universitária em Curso Superior de Guerra.
Curso Superior de Guerra, ESG, Brasil.
1979 - 1979
Extensão universitária em Produktionsbiologie Produção Biológica.
Universität Ulm, U.U., Alemanha.
1979 - 1979
Extensão universitária em Pflanzenphysiologie Gundstoffweschsell Fisiologia.
Universität Ulm, U.U., Alemanha.
1979 - 1979
Extensão universitária em Zool Gelandenpratkum Prática de Campo Em Zoologia.
Universität Ulm, U.U., Alemanha.
1979 - 1979
Extensão universitária em Isotopentechniken In Der Biologischen Und Medizini.
Universität Ulm, U.U., Alemanha.
1978 - 1978
Extensão universitária em Okophysiologischen Kurs Ecosisiologia.
Universität Ulm, U.U., Alemanha.
1977 - 1978
Extensão universitária em Destsch Als Fremdsprache.
Goethe Institut de Blaubeuren, GIB, Alemanha.
1977 - 1977
Extensão universitária em Word Para Publicações Científicas.
UFRGS, UFRGS, Brasil.
1976 - 1976
Extensão universitária em Implantação do Projeto Flora.
Universidade da Amazônia, UNAMA, Brasil.
1975 - 1975
Extensão universitária em Temas Especiais Em Sistemática Vegetal.
UFRGS, UFRGS, Brasil.
1974 - 1974
Extensão universitária em Equilíbrio e Crise do Meio Ambiente.
UFRGS, UFRGS, Brasil.
1973 - 1973
Extensão universitária em Morfologia e Anatomia Vegetal.
UFRGS, UFRGS, Brasil.
1973 - 1973
Extensão universitária em Anatomia Vegetal.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
1973 - 1973
Extensão universitária em Equilíbrio do Meio Ambiente.
UFRGS, UFRGS, Brasil.
1973 - 1973
Extensão universitária em Metodologia Científica.
UFRGS, UFRGS, Brasil.
1972 - 1972
Extensão universitária em Bioestatística.
UFRGS, UFRGS, Brasil.
1972 - 1972
Extensão universitária em Fitogeografia.
UFRGS, UFRGS, Brasil.
1972 - 1972
Extensão universitária em Pastagens Naturais.
UFRGS, UFRGS, Brasil.
1972 - 1972
Extensão universitária em Problemas de Ecologia das Principais Formações Veg.
UFRGS, UFRGS, Brasil.
1972 - 1972
Extensão universitária em Ecologia Vegetal.
UFRGS, UFRGS, Brasil.
1971 - 1971
Extensão universitária em Fundamentos de Taxonomia Moderna.
UFRGS, UFRGS, Brasil.


Atuação Profissional



Sociedade Botânica do Brasil, SBB, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - Atual
Vínculo: Membro do Conselho, Enquadramento Funcional: Conselheiro


Mineradora Metropolitana, MMSC, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - Atual
Vínculo: Pesquisa, Enquadramento Funcional: pesquisador, assessor, Carga horária: 10
Outras informações
Desenvolvimento de Projeto Integrado Empresa e Universidade-UFRGS


Mineradora Criciuma, MCSC, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - Atual
Vínculo: Pesquisador Assessor, Enquadramento Funcional: Pesquisador
Outras informações
Projeto Integrado Universidade Empresa

Atividades

2007 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Biociências, .


Sociedade de Ecologia do Brasil, SEB, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - Atual
Vínculo: Membro do Conselho, Enquadramento Funcional: Conselheiro


Associação Internacional de Ecologia de Paisagem- BR, IALE - BR, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - Atual
Vínculo: Socio Fundador e Conselho, Enquadramento Funcional: Conselheiro


Instituto de Biocências - UFRGS, UFRGS, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor Colaborador Convidado, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Desenvolvimento de Projetos Integrados Universidade Empresas


Prefeitura Municipal de Porto Alegre, P/PORTO ALEGRE, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - 2002
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro representante no COMAM, Carga horária: 1

Atividades

2000 - 2002
Extensão universitária , Comam, Secretaria de Meio Ambiente.

Atividade de extensão realizada
Membro representante da UFRGS junto ao Conselho de Meio Ambiente do Município de Porto Alegre.

Sociedade Botânica do Brasil, SBB, Brasil.
Vínculo institucional

1982 - 1985
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: SÓCIO-PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO, Carga horária: 1

Atividades

1985 - 1991
Direção e administração, Sociedade Botânica do Brasil, .

Cargo ou função
MEMBRO DA COMISSÃO EDITORIAL ACTA BOTÂNICA BRASILICA.
1982 - 1984
Direção e administração, Sociedade Botânica do Brasil, .

Cargo ou função
PRESIDENTE DA SOCIEDADE.

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Vínculo institucional

1982 - 1984
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Assessor, Carga horária: 8, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

1982 - 1984
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Assessor do Comitê Museus e Coleções Cient., Carga horária: 8
Outras informações
Assessoria junto a Comitês de Programas Especiais do CNPq.

Atividades

1982 - 1984
Conselhos, Comissões e Consultoria, Comite Assessor, Grupo Floracontinental.

Cargo ou função
Membro de comitê assessor.
1982 - 1984
Conselhos, Comissões e Consultoria, Comite Assessor, Museus e Coleções Científicas.

Cargo ou função
Membro de comitê assessor.

Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - Atual
Vínculo: Professor colaborador convidad, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 0, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

1973 - 2002
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto IV, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

2000 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Biociências, .

Cargo ou função
Membro representsnte da UFRGS no Conselho Municipal de Meio Ambiente-COMAM.
1999 - Atual
Extensão universitária , Instituto de Biociências, Departamento de Ecologia.

Atividade de extensão realizada
ZONEAMENTO AMBIENTAL DO MUNICÍPIO DE PORTO ALEGRE E DEFINIÇÃO DAS UNIDADES DE PAISAGEM DA BACIA DO DILÚVIO (PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE).
1990 - Atual
Serviços técnicos especializados , Instituto de Biociências, Departamento de Ecologia.

Serviço realizado
ELABORAÇÃO DE MAPAS TEMÁTICOS E DE ZONEAMENTO AMBIENTAL UTILIZANDO SOFTWARE ARC/INFO E ARC/VIEW.
1982 - Atual
Ensino, Ecologia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
COMUNIDADES VEGETAIS
ECOLOGIA DE PAISAGEM
PRÁTICA INTEGRADA DE CAMPO
FITOGEOGRAFIA DO BRASIL
1981 - Atual
Serviços técnicos especializados , Instituto de Biociências, Departamento de Ecologia.

Serviço realizado
DETERMINAÇÃO DE METAIS PESADOS EM PLANTAS.
1973 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Biociências, Departamento de Ecologia.

1990 - 10/2002
Ensino, Biologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
ECOLOGIA DO ORGANISMO
AVALIAÇÃO DE IMPACTO AMBIENTAL
1998 - 2002
Direção e administração, Instituto de Biociências, Departamento de Ecologia.

Cargo ou função
VICE COORDENADOR do PPG de Ecologia.
1999 - 2001
Direção e administração, Instituto de Biociências, Departamento de Ecologia.

Cargo ou função
COORDENADORA DA COMISSÃO DE PESQUISA.
1999 - 2000
Direção e administração, Instituto de Biociências, Departamento de Botânica.

Cargo ou função
MEMBRO DA COMISSÃO COORDENADORA DO CPG EM BOTÂNICA.
1997 - 1998
Direção e administração, Instituto de Biociências, Departamento de Ecologia.

Cargo ou função
VICE-COORDENADORA DA COMISSÃO DE PESQUISA DO INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS.
1/1985 - 1996
Direção e administração, Instituto de Biociências, Departamento de Ecologia.

Cargo ou função
COMISSAO COORDENADORA DO CURSO DE PG EM ECOLOGIA E PG BOTANICA..
1978 - 1993
Ensino, Botânica, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
FUNDAMENTOS DE TAXONOMIA MODERNA
SINECOLOGIA VEGETAL
1984 - 1992
Direção e administração, Instituto de Biociências, Departamento de Botânica.

Cargo ou função
MEMBRO DA COMISSÃO COORDENADORA DO CPG EM BOTÂNICA.
1973 - 1990
Ensino, Biologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
SISTEMÁTICA DE PLANTAS I II III
ECOLOGIA VEGETAL
1985 - 1986
Direção e administração, Instituto de Biociências, Departamento de Ecologia.

Cargo ou função
COORDENADORA "PRO-TEMPORE" DO CENTRO DE ECOLOGIA (CENECO).
1976 - 1977
Direção e administração, Instituto de Biociências, Departamento de Ecologia.

Cargo ou função
COORDENADOR GERAL DO NUCLEO INTERDEPARTAMENTAL DE ESTUDOS ECOLÓGICOS (NIDECO).


Linhas de pesquisa


1.
TOLERÂNCIA DE METAIS PESADOS EM PLANTAS
2.
AVALIAÇÃO AMBIENTAL

Objetivo: Projetos: - Metais Pesados: avaliação de tolerância em plantas e desenvolvimento de processos biotecnológicos. - Metais Pesados nas poeiras de sustensão (PTS) em partículas inaláveis (PM10) na atmosfera de municípios da região metropolitana da grande Porto alegre-Rs, e investigação da sua relação com bioindicadores vegetais, etc..
Grande área: Ciências Biológicas
Palavras-chave: Avaliacao Ambiental.
3.
INFORMAÇÕES ECOGEOGRÁFICAS E MODELOS
4.
FITOSSOCIOLOGIA
5.
ECOLOGIA DE PAISAGEM

Objetivo: Projetos: -Avaliação e Zoneamento Ambiental. -Zoneamento Ambiental do Município de Porto Alegre e Definição das Unidades de Paisagem na Bacia do Dilúvio. - Zoneamento Ambiental do Morro Santana Visando a Implantação de uma reserva Ecológica. - Subsídios ao Planejamento territorial da Lomba do pinheiro, Porto Alegre-RS. -Proteção e Manejo de Áreas Naturais na Região de Porto alegre, com Base no estudo de Padrões e Dinâmica da vegetação. -A Natureza que a Cidade não vê: representação, entendimento do mundo e modelos do Atalas Ambiental de Porto Alegre - um estudo de Ecologia de Paisagem. - O papel do conteúdo informativo e complexidade dos níveis hidrológicos e da avaliação de resiliência dos biótopos de áreas úmidas na definição de vazão de proteção ambiental: o caso do Rio Uruguai..
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia Aplicada / Especialidade: Ecologia de Paisagem.
Palavras-chave: zoneamento ambiental.
6.
Ecologia de Paisagem:restauração ecológica


Projetos de pesquisa


2008 - 2013
Competição e coexistência de espécies vegetais de diferentes estratos e estágios sucessionais visando a restauração ecológica em área impactada pela extração e benficiamento do carvão mineral
Descrição: Experimentos em campo e laboratório sobre a competição e a coexistência de espécies vegetais, visando aplicabilidade em restauração ecológica..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Maria Luiza Porto - Coordenador / Telmo Focht - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Pesquisas - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 1
2008 - 2009
Diagnóstico, zoneamento e restauração de áreas impactadas pela extração de carvão mineral na área de influência direta da termelétrica USITESC, Treviso SC.
Descrição: Estabelecimento de um sistema de recuperação de áreas degradadas pela mineração de carvão utilizando-se métodos e técnicas de Ecologia de Paisagem e diagnósticos baseados em pesquisas de populações de plantas enfatizando sua fisiologia e morfologia.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Maria Luiza Porto - Coordenador / Jairo Jose Zocche - Integrante / Marisa Azzolini - Integrante / Luiz Mauro gonçalves Rosa - Integrante / Gilberto G. Rodrigues - Integrante.Financiador(es): Mineradora Metropolitana S.A. - Auxílio financeiro / Mineradora Criciuma S.A. - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 1
2004 - 2006
Fitorremediação como forma de mitigar o impacto gerado pela extração e processamento de carvão mineral: Portencialidades de espécies vegetaias e
Descrição: Avaliação do potencial fitoremediador de espécies arbóreas e arbustivas, para o uso em programas de restauração ecológica em áreas impactadas por carvão mineral. Estudo do efeito metais pesados da fisiologia de plantas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Maria Luiza Porto - Coordenador / Luiz Mauro gonçalves Rosa - Integrante / Gilberto G. Rodrigues - Integrante / Thomas Stuetzel - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Pesquisas - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 19 / Número de orientações: 4
2003 - Atual
A Natureza que a cidade não vê: representação, entendimento do mundo e modelos do Atlas Ambiental de Porto Alegre - um estudo de Ecologia de Paisagem.
Descrição: Bases teóricas e modelagem em Ecologia de Paisagem..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (2) .
Integrantes: Maria Luiza Porto - Coordenador / Rualdo Menegat - Integrante / Wolfram Michael Adelmann - Integrante.Financiador(es): Deutscher Akademischer Austauschdienst - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 12 / Número de orientações: 2
2002 - 2006
Proteção e Manejo de Áreas naturais na região de Porto Alegre, com Base no Estudo de Padrões e Dinâmica da Vegetação.
Descrição: Pesquisa multidisciplinar abordando a dinâmica do avanço da cobertura natural de áreas de preservação ambiental e a dinâmica da ocupação urbana sobre estas áreas naturais, visando o estabelecimento de um modelo de ecossustentabilidade no desenvolvimento da cidade de Porto Alegre..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Maria Luiza Porto - Coordenador / Valério de Pattta Pillar - Integrante / Joerg Pfadenhauer - Integrante.Financiador(es): Programa de intercâmbio Brasil e Alemanha - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 25 / Número de orientações: 4
2001 - 2003
Seleção de Plantas Hiperacumuladoras de Metais Pesados para Saneamento e Restauração de Áreas Degradadas pela Exploração de Carvão e Cobre na Região Sul do Brasil.
Descrição: Seleção de plantas tolerantes a metais pesados.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (2) .
Integrantes: Maria Luiza Porto - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 21 / Número de orientações: 4
1997 - 2000
Metais Pesados em Plantas:avaliação da tolerância para o desenvolvimento de processos biotecnológicos
Descrição: Estudos básicos e multidisciplinares visando o desenvolvimento de processos biotecnológicos para reabilitação, utilização e manejo de áreas impactadas por metais pesados e avaliação de principios ativos obtidos de plantas medicinais existentes na área..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Maria Luiza Porto - Coordenador / Regina Ramos Termignoni - Integrante / Marcelo Gravina Moraes - Integrante / Ana Maria Girardi- Deiro - Integrante / Gema Galgani dos Santos Dal Piva - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.
1991 - 1995
Zoneamento Ambiental do Morro Santana com vistas à Implantação de uma Reserva ecológica
Descrição: O Projeto visava ao zoneamento ambiental de uma área (Morro Santana ?POA,RS),utilizando o levantamento da vegetação e de alguns grupos da fauna e dados abióticos( solo, clima, geomorfologia,geologia e águas superficiais), estes a serem plotados em um mapa elaborado com recursos do Sistema de Informações Geográficas -GIS. Paralelamente se desenvolveu atividades de extensão e de educação ambiental..
Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa.
1989 - 1992
Avaliação do Impacto Ambiental com uso de recursos da Informática: Informações eco-geográficas e de input e output de dados
Descrição: O Projeto visava avaliação ambiental de caráter multidisciplinar de uma área , cuja paisagem era caracterizada por um agro-ecossistema, onde a matriz original era de Floresta Atlântica. Os indicadores naturais foram avaliados por métodos fitossociológicos e de crescimento e desenvolvimento de plantas. O distúrbio foi levantado através de imagens digitais gerando-se mapas temáticos de uso e cobertura de solo, da existência de biótopos naturais e construídos e de zoneamento dos riscos de erosão dos solos. O objetivo maior visava a formação de um banco de dados associado as diferentes manchas estruturais da paisagem . Os dados seriam plotados e recuperados em um processo de informações eco-geograficas ? o qual inclui o procedimento do GIS..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (4) .
Integrantes: Maria Luiza Porto - Coordenador / Alunos dos Cursos de PPG em Botânica e PPG em Ecologia - Integrante.


Projetos de extensão


1997 - 2000
metais Pesados em Plantas:avaliação da tolerãncia para o desenvolvimento de processos biotecnológicos
Descrição: O Projeto visava realizar estudos básicos e multidiscipinares visando o desenvolvimento de processos biotecnológicos, para reabilitação , utilização e manejo de áreas impactadas por metais pesados e avaliar principios ativos de plantas medicinais existentes nestas áreas..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Maria Luiza Porto - Coordenador / Regina Ramos Termignoni - Integrante / Marcelo Gravina Moraes - Integrante / Ana Maria Girardi- Deiro - Integrante / Gema Galgani dos Santos Dal Piva - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.


Revisor de periódico


2005 - 2006
Periódico: Iheringia. Série Botânica
2008 - 2009
Periódico: Revista Brasileira de Biociências (Impresso)
2009 - Atual
Periódico: Ecological Modelling


Revisor de projeto de fomento


2012 - 2012
Agência de fomento: Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado do Amazonas
2012 - 2012
Agência de fomento: Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado do Amazonas


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia Aplicada/Especialidade: Ecologia de Paisagem.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Fitogeografia.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Botânica Aplicada.
4.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Taxonomia Vegetal.
5.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia de Ecossistemas.
6.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia Aplicada.


Idiomas


Alemão
Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Inglês
Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Espanhol
Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Francês
Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Italiano
Fala Pouco, Lê Pouco.


Prêmios e títulos


2009
A Contribuição das Mulhers para a Ecologia do Brasil, III- Simpósio de Ecologia do PPGERN.
2009
Primeira Mestranda em Taxonomia Vegetal no PPG-Botânica UFRGS, Curso de Posgraduação em Botânica -UFRGS.
2006
Homenágem pela contribuição a Botânica no Rio Grande do Sul, SBB -Sociedade Botânica do Brasil.
2006
Homenágem pela contribuição na implantação da Reserva Ambiental Refugio da Vida Silvestre da UFRGS, Instituto de Biociências-UFRGS.
2002
Honra ao Mérito, Associassão dos Diplomados da Escola Superior de Guerra e Pontifícia Universidade Católica do RS.
2000
Iniciatives Awards 2000 for Excellence in Land Resource Manegement, ICLEI, Saitama Prefectural(Japão), Earth Council, UNEP e Division for Sustainable Development - UN.
2000
Reconhecimento do Itamaraty: o Atlas Ambiental de Porto Alegre fez parte da Exposição Universal 2000, em Hannover, durante os dias 16 a 23 de agosto, Itamaraty.
2000
Reconhecimento do Ministério do Meio Ambiente da Baixa Saxônia e da Cidade de Hannover, Alemanha: uma exposição do Atlas Ambiental de Porto Alegre, com 11 painéis, encontra-se na cidade de Hannover., Ministério do Meio Ambiente da Baixa Saxônia e da Cidade de Hannover, Alemanha.
2000
Diploma de Honra ao Mérito, Sociedade Botânica do Brasil - SBB.
2000
Distinção no Global 100 - Atlas Ambiental de Porto Alegre, Municipality of Dubai em parceria com United Nations Centre for Human Settlements (Habitat ONU).
1999
Prêmio Mercocidades Solidárias, Montevideu, Uruguai.
1999
Medalha cidade de Porto Alegre, Prefeitura Municipal de Porto Alegre.
1999
Medalla de Honor de la Municipalid Provincial del Trujillo (Peru), Municipalid del Trujillo.
1999
Prêmio Especial do Juri dos Açorianos de Literatura, Secretaria Municipal da Cultura de Porto Alegre.
1999
Prêmio Mercociudades Solidárias - Conocimientos para la Gestión Ambiental Urbana, Red de Mercociudades e Secretariado de Manejo del Ambiente (SEMA) para America Latina y el Caribe..
1999
Reconhecimento da NASA; um exemplar do Atlas Ambiental de Porto Alegre encontra-se no foyer do Goddard Institute of Space Stidies da NASA, em Nova York, NASA.
1998
Prêmio Destaque da 44 Feira do Livro de Porto Alegre, Câmara Riograndense do Livro.
1998
Prêmio Fernando Pini de Excelencia Gráfica - 9 edição - publicação do Atlas Ambiental de Porto Alegre, Associação Brasileira da Indústria Gráfica.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
CRUZ, R. C.2015CRUZ, R. C. ; PORTO, M. L. ; SILVEIRA, G. L. ; CRUZ, J. C. ; PEREIRA, R. D. ; DARU, R. L. . FFTSINT: A TOOL FOR RECURRENCE ANALYSIS OF PEAKS IN THE SPECTRAL ANALYSIS OF DAILY HYDROLOGIC SERIES. Revista Brasileira de Biometria, v. 33-4, p. 426-444, 2015.

2.
PORTO, M. L.2012PORTO, M. L.; AZZOLINI, M. ; Beauvalet, C.S. ; Focht, T . Vascular plant diversityand substratum parameters as indicators of ecologycally baseddegraded-area recuperation. Brazilian Journal of Ecology (Impresso), v. 1, p. 81-89, 2012.

3.
Pereira,D.2011Pereira,D. ; Arruda, J.O. ; MENEGAT, R. ; PORTO, M. L. ; SCHWARZBOLD, A. ; HARTZ, S. M. . Guildas tróficas,composicäo e distribuicäao de espécies de moluscos limnicos no gradiente fluvial de um riacho subtropical brasileiro. Biotemas, v. 24, p. 21-36, 2011.

4.
Rempel, C.2009Rempel, C. ; GUERRA, T. ; PORTO, M. L. ; Périco, E. ; ECKHARDT, R. R. ; CEMIN, G. . A Ecologia de Paisagem como base para o zoneamento ambiental da região politico-administrativa - Vale do Taquari RS-Brasil - Um Modelo de Proposta Metodológica. Geofocus (Madrid), v. 9, p. 102-125, 2009.

5.
Eckhardt, R.R.2008Eckhardt, R.R. ; Rempel, C. ; GUERRA, T. ; PORTO, M. L. . Proposta de zoneamento Ambiental para aRegião Político-Econômica do Vale do Taquari-RS. CLIMEP. Climatologia e Estudos da Paisagem, v. 3, p. 5-38, 2008.

6.
Prade, C.A.2007Prade, C.A. ; Matsumura,A.T.S. ; OTT, A. P. ; PORTO, M. L. . Diversidade de Fungos do Solo em Sistemas Agroflorestais de Citrus com diferentes Tipos de Manejo no Municipio de Roca Sales , Rio Grande do Sul, Brasil. Biociências (Porto Alegre), v. 15, p. 73-81, 2007.

7.
Mattei, G2007Mattei, G ; MULLER, S. C. ; PORTO, M. L. . Corredores de migração e distribuição de espécies arbóreas no Rio Grande do Sul. Revista Brasileira de Biociências (Impresso), v. 5, p. 52, 2007.

8.
ECKHARDT, R. R.2007ECKHARDT, R. R. ; Rempel, C. ; Guerra, T. ; PORTO, M. L. . Uso do Sensoriamento remoto e Técnicas de Geoprocessamento no Zoneamento Ambientaldo Vale do Taquari-RS. Estudos Geográficos (UNESP), v. 5, p. 93-111, 2007.

9.
Rosenfild, M.F.2007Rosenfild, M.F. ; AZZOLINI, M. ; PORTO, M. L. ; Rodrigues, G.G. . Influência dos resíduos carboníferos na decomposição de Rccinus communis L.- Nota científica. Revista Brasileira de Biociências, v. 5, p. 690-692, 2007.

10.
Prade, C.A.2006Prade, C.A. ; Matsumura,A.T.S. ; Guerreiro , R.T ; PORTO, M. L. . Diversidade de fungos filamentosos e microscópicos do solo em uma palntação de Hovenia dulcis Thumb.. Biociências (Porto Alegre), v. 14, p. 101-106, 2006.

11.
PORTO, M. L.2005PORTO, M. L.; OLIVEIRA, P. L. ; GUERRA, T. ; HARTZ, S. M. ; MELLO, R. S. P. ; BORTOLOTTI, J. ; INACIO, J. C. . Análise Ambiental de um Fragmento Florestal Urbano , no Município de Alvorada , Rio Grande do Sul. Revista Brasileira de Biociências, Porto Alegre, v. 3, n.3, p. 9-346, 2005.

12.
PORTO, M. L.2005PORTO, M. L.; PROCHNOW, T. R. . Metal concentrations in atmospherical suspended particles and its accumulation in Canomaculina sp. (lichen). Brazilian Journal of Materials Science and Engineering, Canoas, v. 7, p. 89-102, 2005.

13.
PORTO, M. L.2004PORTO, M. L.; FRIZZO, T. C. E. . Zoneamento da Vegetação e sua relação com a ocorrência de estruturas mineralizadas com cobre, Mina Volta Grande, Lavras do Sul,RS. Revista Iheingia- Série Botânica, Porto Alegre, v. 59, n.1, p. 5-12, 2004.

14.
PORTO, M. L.2004PORTO, M. L.; DEIRO, A. M. G. ; CALLEGARI-JAQUES, S. M. . Manejo de Plantas Lenhosas por Corte e Queima e a Concentração de Cobre e Chumbo na Vegetação Herbácea. Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, Bagé/RS, v. 29, p. 1-19, 2004.

15.
PORTO, M. L.2002PORTO, M. L.. Os campos sulinos - sustentabilidade e manejo. Ciência & Ambiente, Santa Maria -RS / Brasil, v. 24, p. 119-138, 2002.

16.
PORTO, M. L.2001PORTO, M. L.; DEIRO, A. M. G. . Aspectos da dinâmica de espécies herbáceas após corte e queima de plantas lenhosas. Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, Bagé,RS, n.24, p. 1-25, 2001.

17.
OLIVEIRA, M. L. A. A.1999 OLIVEIRA, M. L. A. A. ; PORTO, M. L. . Ecologia de Paisagem do Parque Estadual Delta do Jacuí, Rio Grande do Sul, Brasil: Mapa da Cobertura do Solo e da Vegetação, a partir de imagem do LADSAT.TM5. Iheringia. Série Botânica, Porto Alegre, v. 52, p. 145-160, 1999.

18.
PROSCHNOW, T. R.1998PROSCHNOW, T. R. ; PORTO, M. L. . Avaliação de uma área de rejeitos de mineração de carvão com vistas a bioindicadores vegetais para metais pesados. Revista Logus, v. 1, p. 49-69, 1998.

19.
MELLO, R. P.1998MELLO, R. P. ; PORTO, M. L. . Produção de serrapilheira em duas florestas subtropicais no sul do Brasil. Iheringia. Série Zoologia, v. 49, p. 63-85, 1998.

20.
MARCOMIN, F. E.1998MARCOMIN, F. E. ; PORTO, M. L. . A ecologia de paisagem e o sistema de informações geográficas (GIS) na avaliação ambiental do Rio Tubarão, SC. Episteme, Santa Catarina, v. 5, p. 97-119, 1998.

21.
PORTO, M. L.1998PORTO, M. L.; C., C. R. ; SILVEIRA, G. L. . Relação entre Padrões e Processos em Pequenas Bacias Hidrográficas : a interface entre Ecologia de Paisagem e Hidrologia através do Geoprocessamento e da Geometria Fractal. Anais do I Forum/Geo-Bio-hidrologia, Curitiba, v. 1, p. 184-189, 1998.

22.
PORTO, M. L.1998PORTO, M. L.; C.C.R., . Uso do histograma tempo-área geoprocessada na potencialização de métodos hidrológicos.. Anais do I Forum/Geo-Bio-Hidrologia, Curitiba - PR, p. 103-113, 1998.

23.
FERRARO, L. W.1996FERRARO, L. W. ; HASENACK, H. ; PORTO, M. L. . O clima local em ambientes alterados: aplicações ao conforto térmico em Charqueadas, RS. Boletim Gaúcho de Geografia, v. 20, p. 156-157, 1996.

24.
PORTO, M. L.1995PORTO, M. L.; GUERRA, T. ; MOHR, F. V. . Zoniamento Ambiental Del Morro Santana. REV. DE OPINION SOBRE MEDIO AMBIENTE, MONTEVIDEO, v. 1, p. 61-69, 1995.

25.
PORTO, M. L.1994PORTO, M. L.. Dunas e Restingas. DIAGNÓSTICO AMBIENTAL OCEÂNICO E COSTEIRO DAS REGIOES SUL E SUDESTE DO BRASIL, RIO DE JANEIRO - PETROBRAS, v. VIII, p. 26-50, 1994.

26.
PORTO, M. L.1994PORTO, M. L.; L, E. . Ação do fogo em uma comunidade campestre secundária, em bases fitossociológicas. Boletim do instituto de Biociências, v. 53, n.72, 1994.

27.
ZOCCHE, J. J.1992ZOCCHE, J. J. ; PORTO, M. L. . I-Floristica e Campo Natural Sobre Banco de Carvao e de Areas Mineracao de Carvao A Ceu Aberto. Acta Botanica Brasilica, v. 62, p. 47-84, 1992.

28.
PORTO, M. L.1991PORTO, M. L.; JR., Z. . Avaliação do sistema de lagoas em áreas de mineração de carvão a céu aberto: metais pesados em águas, plantas e substratos.. Boletim do Instituto de Biociências, v. 49, n.1, 1991.

29.
PORTO, M. L.1991PORTO, M. L.. Ecologia de paisagem, meio de preservação e utilização racional: metodologia básica (informações eco-geográficas).. Anais do seminário de integração ambiental Novo século, Porto Alegre, 1991.

30.
PORTO, M. L.1990PORTO, M. L.. Tolerancia Ao Cobre Em Ecotipos de Schinus lentisfolius March (Anacardiaceae) de Areas de Mineracao do Rs,Brasil. Acta Botanica Brasilica, n.32, p. 0-0, 1990.

31.
PORTO, M. L.1989PORTO, M. L.; SILVA, F. F. . Tipos de Vegetacao Metalofila da Serra dos Carajas e de Minas Gerais. Acta Botanica Brasilica, p. 13-21, 1989.

32.
PORTO, M. L.1989PORTO, M. L.. Plantas Detectoras de Metais. Ciência Hoje, BRASIL, v. 10, n.55, p. 8-9, 1989.

33.
PORTO, M. L.1987PORTO, M. L.. Antiprojeto de Lei Sobre A Organizacao e Funcionamento de Estabelecimentos Federais de Ensino Superior,Como Modelo Nao Adaptado As Condicoes Brasileira. CIENCIA E CULTURA, n.39(4), p. 393-394, 1987.

34.
PORTO, M. L.1986PORTO, M. L.. Vegetacao Metalofila e O Desenvolvimento Nacional. ANAIS DO I SIMPOSIO DO TROPICO UMIDO-EMBRAPA, v. 2, p. 171-183, 1986.

35.
PORTO, M. L.1986PORTO, M. L.; DILLENBURG, L. R. . Fisionomia e Composicao Floristica de Uma Mata de Restinga da Estação Ecologica do Taim. CIENCIA E CULTURA, n.38(7), p. 1228-1263, 1986.

36.
DILLENBURG, C. R.1985DILLENBURG, C. R. ; PORTO, M. L. . Rubiaceae tribo Psychotrieae no Rs In: Schultz, A. R. Flora Ilustrada do Rs. BOL. ICB-UFRS, n.39, p. 1-76, 1985.

37.
PFADENHAUER, J.1979PFADENHAUER, J. ; MARIATH, J. E. A. ; RAMOS, R. F. ; OLIVEIRA, P. ; MIOTTO, S. T. S. ; PORTO, M. L. . Seqüência da Vegetacão da Praia Na Margem Oriental da Lagoa Mirim, Banhado do Taim. NIDECO SER. TAIM, n.1, p. 1-21, 1979.

38.
PORTO, M. L.1978PORTO, M. L.. Classificacao da Vegetacao do Rio Grande do Sul In Vegetacao Atual da Regiao Sul. PLANEJAMENTO E ESTUDOS REGIONAIS, v. 2, p. 18-21, 1978.

39.
PORTO, M. L.1977PORTO, M. L.; MARIATH, J. E. A. ; DETONI, M. L. ; CAVALLI, S. S. ; WINGE, H. ; EHRENDORFER, F. . New Species de Relbunium "Rubiaceae" From Brazil; Whith Notes On Flavonoid And Peroxidases Paterns. PLANT. SYST. EVOL., n.128, p. 177-193, 1977.

40.
PORTO, M. L.1977PORTO, M. L.; CALLEGARI, S. L. ; MIOTTO, S. T. S. ; WAECHTER, J. L. ; DETONI, M. L. . Rubiacea - Tribo Spermacoceae In: Schultz Flora Ilustrada do Rs. BOL. DO INST. BROC. - UFRGS, n.35, p. 1-114, 1977.

41.
PORTO, M. L.1976PORTO, M. L.; LONGHI, H. M. ; CITADINI, V. ; RAMOS, R. F. ; MARIATH, J. E. A. . Levantamento Fitossociologico Em Area de "Mata de Baixio" Na Est.Silv.Trop.Inpa. ACTA AMAZONICA 3 (6) : 301-318, v. 3, n.6, p. 301-318, 1976.

42.
GIRARDI, A. M.1976GIRARDI, A. M. ; PORTO, M. L. . Consideracoes Sobre As Formacoes Vegetais do Parque Caracol, Canela, Rs. ANAIS DO XXV CONGR. NAC. DE BOTANICA,MOSSORO,RN, p. 0-0, 1976.

43.
PORTO, M. L.1975PORTO, M. L.; MARIATH, J. E. A. . Taxonomia Numerica de Algumas Entidades do Genero Relbunium (Endl.) Hook Esl.. IHERINGIA SER. BOT., n.20, p. 50-63, 1975.

44.
LINDMAN, J. C.1975LINDMAN, J. C. ; BAPTISTA, L. R. M. ; IRGANG, B. R. ; PORTO, M. L. ; GIRAEDI, A. M. ; LORSCHETTER, M. L. . Estudos Botanicos No Parque Estadual de Torres, Rs - Levantamento Floristico. Iheringia. Série Zoologia, n.21, p. 15-58, 1975.

45.
PORTO, M. L.1975PORTO, M. L.. Sobre A Ocorrencia do Genero Cerathosantes Burm No Rs Brasil. IHERINGIA SER. BOT., n.2, p. 95-87, 1975.

46.
PORTO, M. L.1975PORTO, M. L.. Considerações finais a respeito da sistemática das cucurbitaceae no Rio Grande do Sul. Iheringia Série Botânica, n.20, p. 59-63, 1975.

47.
PORTO, M. L.1974PORTO, M. L.. Cucurbitaceae - In Schultz, A.R - Flora Ilustrada do Rs. BOL. DO INST. DE BIOC. - UFRGS, v. 31, n.31, p. 1-64, 1974.

48.
PORTO, M. L.1974PORTO, M. L.. Nueva Especie Y Nuevas Combinaciones En Cuburbitaceae. BOL. SOC. ARGENTINA DE BOTANICA, v. 12, n.16, p. 112-114, 1974.

49.
PORTO, M. L.1974PORTO, M. L.. Cucurbitaceae - In : SCHULTZ,A.R.-Flora Ilustrada do Rio Grande do Sul. Boletim do Instituto de Biociências, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, p. 01-64, 1974.

50.
PORTO, M. L.1973PORTO, M. L.. Contribuição ao conhecimento doos gêneros de cucurbitaceas no Rio Grande do Sul. Iheringia. Série Zoologia, n.18, p. 04-75, 1973.

51.
SCHULTZ, A. R.1971SCHULTZ, A. R. ; PORTO, M. L. . Nota Previa Sobre o Levantamento Floristico de Regioes Natuais do Rio Grande do Sul. Iheringia. Série Zoologia, v. 5, n.16, 1971.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
Homrich,, M.H. ; BAPTISTA, L. R. M. ; LORSCHEITTER, M. L. ; PORTO, M. L. . O legado de Schultz-uma vida dedicada à Botânica. 1. ed. Porto Alegre: EDITORA DA UFRGS, 2014. v. 1. 249p .

2.
PORTO, M. L.. Comunidades Vegetais e Fitossociologia:fundamentos para Avaliação e Manejo de Ecossistemas. 1. ed. Porto Alegre: Editora da Universidade Fedral do Rio Grande do Sul -UFRGS, 2008. v. 1. 240p .

3.
PORTO, M. L.. Proteção e Manejo da Vegetação Natural de Porto Alegre com base em pesquisa de padrões e dinâmica da Vegetação. Porto Alegre: Posgraduação em Ecologia, 2004. v. 1. 74p .

4.
PORTO, M. L.; MENEGAT, R. (Org.) . Landscape and Vegetation of the Southern Brazilian Coast and meredional Plateau. 1. ed. Porto Alegre: Copyright 2002 by the authors, 2002. v. 150. 65p .

5.
PORTO, M. L.; MENEGAT, R. ; CARRARO, C. C. ; FERNANDES, Á. . Environmental Atlas of Porto Alegre - Condensed version. 1. ed. Porto Alegre: Editora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2000. 133p .

6.
MENEGAT, R. ; PORTO, M. L. ; CARRARO, C. ; FERNANDES, L. D. . ATLAS AMBIENTAL DE PORTO ALEGRE - Prefeitura Municipal de Porto Alegre, Universidade Federal do Rio Grande do Sul e INPE. 1. ed. PORTO ALEGRE: Editora UFRGS, 1998. v. I. 228p .

Capítulos de livros publicados
1.
ADELMANN,W.M. ; Overbeck, G. ; Zellhuber, A. ; MULLER, S. C. ; FORNECK, E. D. ; Droesler, M. ; Pfadenhauer,J.S. ; PILLAR, V. P. ; PORTO, M. L. . Supporting the Ecosystem Approach within urban development planning of Porto Alegre, Brazil -Cap.17. In: Paulsch, A.; Paulsch, C. (Org.). Übereinkommen über die Biologische Vielfalt (CBD) - ein Einstieg für Wissenschaftler.. 1ed.Regensburg: Regensburg, 2011, v. 1, p. 113-133.

2.
MENEGAT, R. ; PORTO, M. L. . A Teoria de Gaia :tudo está Interligado. In: Rualdo Menegat. (Org.). Visões da Terra- entre deuses e máquinas. 1ed.Porto Alegre: CATÁLOGO- UFRGS/COPESUL, 2008, v. 1, p. 75-77.

3.
TERMIGNONI, R. R. ; PORTO, M. L. ; Pfadenhauer,J.S. . Composição Florísica e Ecologia do Delta do Rio Tramandaí -RS. In: Maria Luiza Porto. (Org.). Comunidades Vegetais e Fitossociologia:Fundamentos para Avaliação e Manejo de Ecossistemas. 1ed.Porto Alegre: Ed. da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2008, v. 1, p. 99-114.

4.
OLIVEIRA, M. L. A. ; PORTO, M. L. . Fatores Condicionantes da Distribuição Espacial de Comunidades Vegetais no Parque Estadual Delta do Jacuí , Rio Grande do Sul- Ilhas das Flores e Ilha Cabeçuda. In: Maria Luiza Porto. (Org.). Comunidades vegetais e Fitossociologia:Fundamentos para Avaliação e Manejo de Ecossistemas. 1ed.Porto Alegre: Ed. da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2008, v. 1, p. 115-137.

5.
GIRARDI-DEIRO, A. M. ; PORTO, M. L. . Comunidades Vegetais em Pastagens Naturais : Uma Análise de Ordenação. In: Maria luiza Porto. (Org.). Comunidades Vegetais e Fitossociologia:Fundamentos para Avaliação e Manejo de Ecossistemas. 1ed.Porto Alegre: Ed. da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2008, v. 1, p. 138-144.

6.
FORNECK, E. D. ; PORTO, M. L. . Comunidades Vegetais e Avifauna : a Importância no Manejo da Paisagem. In: Maria Luiza Porto. (Org.). Comunidades Vegetais e Fitossociologia: Fundamentos para Avaliação e Manejo de Ecossistemas. 1ed.Porto Alegre: Ed. da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2008, v. 1, p. 145-159.

7.
PORTO, M. L.; WILDI, O. ; ASSUNÇÃO, A. . Análise de Gradiente de Comunidades Vegetais e sua Relação com Fatores edáficos em um Remanescente Florestal no Sul do Brasil. In: Maria Luiza Porto. (Org.). Comunidades Vegetais e Fitossociologia: Fundamentos para Avaliação e Manejo de Ecossistemas. 1ed.Porto Alegre: Ed. Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2008, v. 1, p. 162-183.

8.
FRIZZO, T. C. E. ; PORTO, M. L. . Comunidades Vegetais em Área de Mineração de Cobre. In: Maria Luiza Porto. (Org.). Comunidades Vegetais e Fitossociologia::Fundamentos para Avaliação e manejo de Ecossistemas. 1ed.Porto Alegre: Editora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2008, v. 1, p. 184-194.

9.
ZOCCHE, J. J. ; PORTO, M. L. . Ecologia de paisagem na Microbacia do Arroio Camaquã das Lavras , Lavras do Sul,RS: Uso, Cobertura do Solo e Distribuição de Associações Vegetais na Savana Metalófila. In: Maria Luiza Porto. (Org.). Comunidades Vegetais e Fitossociologia: Fundamentos para Avaliação e Mnejo de Ecossistemas. 1ed.Porto Alegre: Editora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2008, v. 1, p. 195-220.

10.
BORTOLOTTI, J. S. ; PORTO, M. L. . Determinação de Zonas de Manejo de Unidades de Conservação Ambiental ,a partir da Ddelimitação de Comunidades Vegetais. In: Maria Luiza Porto. (Org.). Comunidades Vegetais e Fitossociologia : Fundamentos para Avaliação e Manejo de Ecossistemas. 1ed.Porto Alegre: Editora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2008, v. 1, p. 221-238.

11.
BORTOLOTTI, J. S. ; PORTO, M. L. . Relação entre os parãmetros estruturais da vegetação e da paisagem na determinação de valores ecológicos da futura unidade de conservação da UFRGS, Porto Alegre,RS. In: Silvia D. Matteucci. (Org.). Panorama de la Ecologia de Paisajes en Argentina y Países Sudamericanos. 1ed.Buenos Aires: Ediciones INTA, 2007, v. 1, p. 297-302.

12.
PORTO, M. L.. Ecologia de paisagem- um novo enfoque em avaliação e manejo ambiental. In: Jorge Ernesto de Araujo Mariath; Rinaldo dos Santos Pires. (Org.). Os Avanços da Botãnica no Inicio do Século XXI. 1ed.Porto Alegre: Sociedade Botânica do Brasil, 2006, v. 1, p. 450-452.

13.
PORTO, M. L.; MENEGAT, R. . Ecologia de paisagem:um novo enfoque na gestão dos sistemas da terra e do homem. In: Rualdo Menegat &Gerson Almeida. (Org.). Desemvolvimento Sustentável e Gestão Ambiental nas Cidades - Estratégias a partir de Porto Alegre. 1ed.Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2004, v. I, p. 320-342.

14.
PORTO, M. L.. Refugio da Vida Silvestre Morro Santana. In: David Bilenca y Fernando Miñarro. (Org.). Áreas Valiosas de Pastizal em las Pampas y Campos de Argentina , Uruguay y sur de Brasil. 1ed.Buenos Aires: Fundacion Vida Silvestre Argentina, 2004, v. , p. 144-145.

15.
PORTO, M. L.; WAGNER, H. M. L. ; BOLDRINI, I. I. ; MENEGAT, R. . Grasslands and peat bog of the meridional Plateau. In: Maria Luiza Porto e Rualdo Menegat. (Org.). 1ed.Porto Alegre: By Authors, 2002, v. 1, p. 1-51.

16.
PORTO, M. L.; TONI, K. . Coastal Vegetation(Restinga). In: Maria Luiza Porto e Rualdo Menegat. (Org.). Landscape and Vegetation of the Southern Brazilian Coast and Meridional plateau. 1ed.Porto Alegre: Cop. by Authors, 2002, v. 1, p. 56-66.

17.
PORTO, M. L.; MENEGAT, R. . Biosphere the Dynamic of Vegetation : Introdution : vegetational migratory routes of southern Brazil. In: Maria Luiza Porto e Rualdo Menegat. (Org.). 1ed.Porto Alegre: Cop. By Authors, 2002, v. 1, p. 34-36.

18.
PORTO, M. L.. Aspectos Ambientais em área de exploração de metais a céu aberto - Bioindicadores (no prelo). In: E. C. Teixeira; M. Pires. (Org.). Carvão e meio ambiente. Porto Alegre: Editora da PUC-RS, 2000, v. , p. -.

19.
PROSCHNOW, T. R. ; PORTO, M. L. . Avaliação de uma área de rejeitos de mineração de carvão com vistas a bioindicadores vegetais para metais pesados.. In: Centro de Ecologia. (Org.). Carvão e Meio Ambiente. 1ed.Porto Alegre: Editora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2000, v. unico, p. 673-694.

20.
PORTO, M. L.. Gestão SBB 1983-1985, época de mudanças. In: Barradas; SBB. (Org.). Trajetória da Sociedade Botânica do Brasil em 50anos - Resgate da memória dos seus Congressos. Brasília: Editora SBB/CNPq, 2000, v. , p. 127-135.

21.
PORTO, M. L.; MEIRA, J. R. ; MOHR, F. V. ; OLIVEIRA, M. L. A. A. . Unidades de Conservação no Município de Porto Alegre. In: Volkmer, J.A.; Rocha, M.A.; Gertz, R.E.; Rohden, V.. (Org.). Retratos de cooperação científica e cultural - 40 anos do Instituto Cultural Alemão. Porto Alegre: PUCRS, 1999, v. , p. 63-76.

22.
PORTO, M. L.; MEIRA, J. R. ; MOHR, F. V. ; OLIVEIRA, M. L. A. A. . Unidades de Conservação Ambiental no Município de Porto Alegre. In: R Menegat; M L Porto; C C Carraro; L D Fernandes. (Org.). Atlas Ambiental de Porto Alegre. Porto Alegre: UFRGS, 1998, v. , p. 79-92.

23.
PORTO, M. L.; OLIVEIRA, P. L. . O impacto Ambiental no Arroio Dilúvio: A enfermidade da água.. In: R Menegat; M L Porto; C C Carraro; L D Fernandes. (Org.). Atlas Ambiental de Porto Alegre. 1ed.Porto Alegre: Editora UFRGS, 1998, v. 1, p. 79-92.

24.
PORTO, M. L.. As Formações Vegetais: Evolução e Dinâmica da Conquista. In: R Menegat; M L Porto; C C Carraro; L D Fernandes. (Org.). Atlas Ambiental de Porto Alegre. 1ed.Porto Alegre: Editora UFRGS, 1998, v. 1, p. 47-58.

25.
PORTO, M. L.. Mapa dos biótopos naturais da fauna p.p. in: biótopos naturais e diversidade da fauna. In: Menegat, R.; Porto, M.L.; Carraro, C.; Fernandes, L.D.. (Org.). Atlas Ambiental de Porto Alegre. Porto Alegre: , 1998, v. , p. 59-60.

26.
DILLENBURG, R. L. ; WAECHTER, J. L. ; PORTO, M. L. . Species composition and structure of a restinga sandy forest in the north coast of Rio Grande do Sul, Brazil. In: Seeliger, V.. (Org.). COASTAL PLANT COMMUNITIES OF LATIN AMERICA. : ACADEMIC PRESS, 1992, v. , p. 349-366.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
Focht, T ; PORTO, M. L. . Competição entre gramineas como subsidio à restauração ecológica de áreas de mineração de carvão. In: VIII Simpósio Internacional de Qualidade Ambiental, 2012, Porto Alegre. Procedings VIII Congresso de Qualidade Ambiental -www.abes-rs.org.br/qualidade 2011. ABES-RS, 2012. v. 1. p. 9-24.

2.
Eckhardt, R.R. ; Rempel, C. ; Saldanha, D.L. ; GUERRA, T. ; PORTO, M. L. . Análise e diagnóstico ambiental do Vale do Taquari -Rs-Brasil, utilizando sensoriamento remoto e técnicas de geoprocessamento. In: XIII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2007, Florianópolis. Anais do XIII Simpósio Brasileiro. São José dos Campos: IMPE, 2007. p. 5191-5198.

3.
PORTO, M. L.. O que há de novo em Ecologia de Paisagem?. In: I Encontro IALE-BR- Degradação Ambiental , Resultantes Geo-hidrológicas e Desafios a Reabilitação Funcional da Paisagem, 2007, Rio de Janeiro. I Encontro da IALE_BR. Rio de Janeiro: IALE-BR- Lab. de Hidrogeologia, UFRJ, 2007. v. 1.

4.
Rafael Cabral Cruz ; PORTO, M. L. ; Geraldo Lopes da Silveira ; Jussara Cabral Cruz . O papel do regime de pulsos hidricos na definição da vazão de proteção ambiental : proposta metodológica e estudo de caso ( Bacia do Rio Santa Maria, RS, Brasil. In: XVII Simposio Brasileiro de Recursos Hidricos, 2007, São Paulo. Anais do XVII Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos e 80 Símpósio de Hidraulica e Recursos Hídricos dos Paises de Lingua Oficial Portuguesa, 2007. v. CD. p. 1-20.

5.
PORTO, M. L.; BORTOLOTTI, J. S. . Relação entre parâmetros estruturais da vegetação e da paisagem na determinação de valores ecológicos da futura unidade de conservação da UFRGS, Porto Alegre, RS. In: Primeras Jornadas Argentinas de Ecologia de Paisajes, 2005, Buenos Aires. Primeras Jornadas Argentinas de Ecologia de Paisajes - Libro de Resumenes. Buenos Aires: GEPAMA. v. 1. p. 34-38.

6.
INACIO, J. C. ; MENEGAT, R. ; PORTO, M. L. ; SIVIERO, R. S. . Geomorfologia, solos e sua aptidão para fins de recuperação florestal e desenvolvimento Etno-sustentável: um estudo integrado na Terra Indígena de Ligeiro, RS. In: Simpósio de reflorestamento e Recuperação Ambiental, biodiversidade e Culturas: a gestão ambiental em foco, 2003, Ijuí. Trabalhos do Símpósio de Reflorestamento e Recuperação Ambiental, Biodiversidade e culturas: a gfestão ambiental em foco. Injuí: UNIJUI, 2003. p. 184-191.

7.
INACIO, J. C. ; MENEGAT, R. ; PORTO, M. L. . Unidades de paisagem e manejo etno-ambiental das comunidades vegetais na terra indígena de Ligeiro, RS.. In: I Simpósio de Etnobiologia e Etnoecologia da região sul: aspectos humanos da biodiversidade, 2003, Florianópolis. Anais do I Simpósio de Etnobiologia e Etnoecologia da região sul: aspectos humanos da biodiversidade. Florianópolis, 2003. p. 143-147.

8.
FORNECK, E. ; MULLER, S. C. ; PORTO, M. L. ; PILLAR, V. P. ; PFADEBHAUER, J. . Composição, distribuição e estratégias de dispersão das espécies lenhosas em manchas insulares, florestais nos campos do morro Santana, Porto Alegre, RS, Brasil. In: VI Congresso Brasileiro de Ecologia do Brasil, 2003, Fortaleza. Anais do VI Congresso de Ecologia do Brasil. Fortaleza: Universidade Federal do Ceará, 2003. p. 101-103.

9.
BORTOLOTTI, J. S. ; PORTO, M. L. . Aplicação de ecologia de paisagem na definição de unidades de manejo no morro Santana. In: VI Congresso de Ecologia do Brasil, 2003, Fortaleza. Anais do VI congresso de ecologia do Brasil. Fortaleza: Universidade Federal do Ceará, 2003. p. 118-119.

10.
PORTO, C. B. ; MOLINA-SCHILLER, D. ; SILVEIRA, C. M. ; PORTO, M. L. . Aspectos Sócio-Econômicos e Percepção Ambiental da população do entorno de uma unidade de conservação municipal no sul do Estado de Santa Catarina, Brasil. In: VI Congresso de Ecologia do Brasil, 2003, Fortaleza. Anais do VI Congresso de Ecologia do Brasil. Fortaleza: Universidade Federal do Ceará, 2003. p. 78-80.

11.
INACIO, J. C. ; PORTO, M. L. ; MENEGAT, R. . Unidades de paisagem como instrumento para a gestão etno-ambiental da terra indígena de Ligeiro, RS. In: VI Congresso de Ecologia do Brasil, 2003, Fortaleza. Anais do VI Congresso de Ecologia do Brasil. Fortaleza: Universidade Federal do Ceará, 2003. p. 119-121.

12.
FARIA-CORREA, M. ; MOLINA-SCHILLER, D. ; HARTMANN, C. ; HARTZ, S. M. ; PORTO, M. L. . Parque Ecologia Maracajá: Levantamento da mastofauna e registro histórico da caça no parque e seu entorno, Maracajá, SC. In: VI Congresso de Ecologia do Brasil, 2003, Fortaleza. Anais do VI Congresso de Ecologia do Brasil. Fortaleza: Universidade Federal do Ceará, 2003.

13.
PORTO, M. L.; DEIRO, A. M. G. . Herbaceous vegetation dynamic after cut and burn shrub plants in Southern Brazil. In: XIX INTERNATIONAL GRASSLAND CONGRESS, 2001, São Pedro, São Paulo. Proceedings of International Grassland Congress. Piracicaba: FEALC, 2001. v. I. p. 948-949.

14.
ZOCCHE, J. L. ; PORTO, M. L. . Estudos preliminares da resposta espectral em imagem digital da vegetação tolerante à metais pesados.. In: I Forum de debates sobre Ecologia da Paisagem e Planejamento Ambiental, 2000, Rio Claro. Anais do I Forum de debates sobre Ecologia da Paisagem e Planejamento Ambiental. Rio Claro: SEB Soc. de Ecologia do Brasil- CD-Rom, 2000. v. unico.

15.
PORTO, M. L.; HASENACK, H. ; BRACK, P. ; LEITE, S. L. C. ; FORNECK, E. ; PERIN, R. G. ; FRIZZO, T. C. E. . Delimitação preliminar dos biótopos naturais na bacia do Arroio dilúvio, visando contribuir para o manejo dos recursos hídricos em Porto Alegre. In: I Forum de debates sobre Ecologia da Paisagem e Planejamento Ambiental, 2000, Rio Claro. Anais do I Forum de debates sobre Ecologia da Paisagem e Planejamento Ambiental. Rio Claro: SEB- Soc. de Ecologia do Brasil- CD-Rom, 2000. v. único.

16.
BOTH, R. ; SIPPEL, C. ; PORTO, M. L. . Avaliação da vulnerabilidade ambiental na área do município de Ilópolis-RS, pelo uso de técnicas de geoprocessamento (GIS) e imagem Landsat TM.. In: I Forum de debates sobre Ecologia da Paisagem e Planejamento Ambiental, 2000, Rio Claro. Anais do I Forum de debates sobre Ecologia da Paisagem e Planejamento Ambiental. Rio Claro: SEB - Soc. de Ecologia do Brasil - CD-Rom, 2000. v. unico.

17.
PORTO, M. L.; FORNECK, E. . Characterization of native forests biotops on the basis of phitossociology and the bird fauna, Porto Alegre, RS.. In: Forest 2000 - Sexto Congresso e Exposição Internacional sobre Florestas., 2000, Porto Seguro. Anais do Forest 2000 - Sexto Congresso e Exposição Internacional sobre Florestas., 2000. v. único.

18.
PORTO, M. L.. O Atlas Ambiental de Porto Alegre como um modelo em Ecologia de Paisagem. In: Palestra - Sociedade de Ecologia, 2000, Rio Claro SP. Sociedade Brasileira de Ecologia (SEB), 2000.

19.
MENEGAT, R. ; VIGNON, M. L. ; PORTO, M. L. ; CARRARO, C. C. ; FERNANDES, Á. ; MIZUSAKI, A. M. P. . Environmental Atlas of Porto Alegre: Toward the Environmental Manegement with the Citizen Participation.. In: First International Symposium on Sustaintable Ecosystem Management, 1998, Paris. Anais of First International Symposium on Sustaintable Ecosystem Management, 1999.

20.
MELLO, R. P. ; PORTO, M. L. . Producao de Serrapilheira e Aspectos da Ciclagem de Nutrientes Em Dois Tipos Florestais do Rio Grande do Sul. In: I ECO POA, 1995. MOSTRA SOBRE O MEIO AMBIENTE DE PORTO ALEGRE. PORTO ALEGRE. v. I. p. 75-76.

21.
MEIRA, J. R. ; PORTO, M. L. . Zoneamento da Vegetacao e de Condicoes de Topoclima da Reserva Biologica do Lami. In: ECO POA, 1995. MOSTRA DO MEIO AMBIENTE DE PORTO ALEGRE. PORTO ALEGRE. v. 1. p. 77-79.

22.
MEIRA, J. R. ; PORTO, M. L. . Estudo Comparativo das Matas Ciliares da Reserva Biologica do Lami, Atraves do Metodo da Projecao Sobre A Transeccao. In: I ECO POA, 1995. MOSTRA DO MEIO AMBIENTE DE PORTO ALEGRE. PORTO ALEGRE. v. I. p. 80-82.

23.
GUERRA, T. ; MOHR, F. V. ; PORTO, M. L. . Zoneamento Ambiental do Morro Santana Com Vistas A Implantacao de Uma Reserva Ecologica. In: I ECO POA, 1995. MOSTRA SOBRE O MEIO AMBIENTE DE PORTO ALEGRE. PORTO ALEGRE. v. I. p. 83-86.

24.
PORTO, M. L.; DEIRO, G. . Considerações sobre as formações vegetais do parque Caracol, Canela-RS. In: XXV Congresso Nacional da Sociedade Botânica do Brasil, 1976, Mossoró - RN, 1976.

25.
PORTO, M. L.; SCHULTZ, A. R. ; MARIATH, J. E. A. . Nota sobre Rubiaceae campestre no Rio Grande do Sul. In: XXV Congresso Nacional da Sociedade Botânica do Brasil, 1976, Mossoró - RN, 1976.

26.
PORTO, M. L.. Verificação sistemática da tribo epermacoceae (Rubiceae) no Rio Grande do Sul. In: XXVIII Congresso Nacional de Botânica, 1976, Belo Horizonte - MG, 1976.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
Focht, T ; PORTO, M. L. ; ANZZOLINI, M. . Espécies exóticas são viáveis em um processo de restauração ecológica de áreas de mineração de carvão?. In: X Congresso de Ecologia do Brasil, 2011, São Lourenço. X Congresso de Ecologia- I Simpósio de Sustentabilidade. São Lourenço, 2011. v. 1. p. 1-2.

2.
PORTO, M. L.; AZZOLINI, M. ; Beauvalet, C.S. ; Focht, T . Diversidade em especies vegetais e parãmetros de substrato como indicadores para restauração ecológica. In: X Congresso de Ecologia do Brasil, 2011, São Lourenço. X Congresso de Ecologia do Brasil. São Lourenço, 2011. v. 1. p. 1-2.

3.
PORTO, M. L.; H.H.Wendel ; ZOCCHE, J. J. ; Rodrigues, G.G. ; AZZOLINI, M. ; BOTH, R. . Naturalness and diversity of Biotopos : their impact on Landscape Quality- a Matematical Model. In: Forest landscapes and Global Change - New Frontiers in Manejement , Conservation and Restoration, 2010, Braganca. Book Proceedens :Forest Landscapes and Global Change. Bragança: Instituto Politecnico de Bragança, 2010. v. 1. p. 525-528.

4.
PORTO, M. L.; ASSUNÇÃO, A. ; ANZZOLINI, M. ; ZOCCHE, J. L. ; Rodrigues, G.G. . Importance of biotopes and the environmental valuation for the construction of trajetory to ecological restoration. In: 2009Latin America IALE Conference-Landscape Ecology in Latin America, 2009, Campos do Jordão. Program and Abstract Book. Sao Paulo, 2009. v. 1. p. 152-152.

5.
Focht, T ; PORTO, M. L. . Avaliação Quali-quantitativa do banco de sementes no solo em áreas sob a influência de atividade de extração carbonífera em Treviso SC. In: IX Congresso de Ecologia do Brasil, 2009, São Lourenço. Anais... São Lourença: Sociedade de Ecologia do Brasil, 2009. v. 1.

6.
PORTO, M. L.; AZZOLINI, M. ; DEIRO, A. M. G. ; Rodrigues, G.G. ; ZOCCHE, J. J. ; Focht, T ; Flores, M.S. ; Francisco, P.B. ; Martinhago, K . Uso de indicadores biológicos para avaliação do sucesso da restauração ecológica. In: IX Congresso de Ecologia do Brasil, 2009, São Lourenço. Anais do IX Congresso de Ecologia do Brasil.. São Lourenço: Sociedade de Ecologia do Brasil, 2009. v. 1.

7.
MENEGAT, R. ; PORTO, M. L. . Relações entre a paisagem e a cidade Inca de Machu Picchu: elementos para decifrar sua construção. In: I Encontro IALE-Br - degradação Ambiental,resultanntes geo-hidrológicas e Desafios á Reabilitação Funcional da Paisagem, 2007, Rio de Janeiro. Anais e Guia de Campo. Rio de Janeiro: Geoheco- UFRJ, 2007. p. 36-30.

8.
Rempel, C. ; Strohschoen,A.A.G. ; Freitas E.M. ; Rheinheimer, C.|G. ; GUERRA, T. ; PORTO, M. L. ; PILLAR, V. P. . Influência de fatores físicos( pH e umidade) na abundância de espécies florísticas na área de campo da Unidade de Conservação Refúgio da Vida Silvestre da UFRGS(REVIS UFRGS). In: Congresso de Ecologia do Brasil, 2007, Caxambu, MG. Anais do VIII Congresso de Ecologia do Brasil, 2007. p. 1-3.

9.
AZZOLINI, M. ; PORTO, M. L. ; Rodrigues, G.G. . Influência dos resíduos carboníferos na decomposição de Ricinuscommunis L. In: 57° Congresso Nacional de Botânica, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2006, Gramado. Revista Brasileira de Biociências (no prelo), 2006.

10.
PORTO, M. L.; AZZOLINI, M. ; Rosa, G.L.M. ; SILVA, A. P. M. . Influência de Cinzasde Carvão no desenvolvimento de Mamona. In: Congresso Nacional de Fisiologia, 2005. Congresso de Fisiologia, 2005.

11.
PORTO, M. L.; SILVA, A. P. M. ; AZZOLINI, M. ; Rosa, G.L.M. ; Brack, S. . Respostas Fisiológicas de Palntas de Mamona (Ricinus communis)cultivadas em cinzas de carvão mineral. In: Congresso Nacional de Fisiologia, 2005. Congresso de Fisiologia.

12.
PORTO, M. L.. The Importance of International Academic Exchenge Projects for questions of Integreited Sustainable Land Use Planning. In: Workhop CAPES/DAAD/PROBRAL- 135-01- Brasil -Alemanha, 2004, Porto Alegre. Proteção e Manejo da Vegetação Natural de Porto Alegrecom base em Pesquisa de Padrões e Dinâmica da Vegetação. Porto Alegre: Curso de Posgraduação em Ecologia-UFRGS, 2004. v. 1. p. 14-15.

13.
PORTO, M. L.; MENEGAT, R. . Urban Development and Natural Area maitenance : it is possible a balance?. In: Workhop CAPES/DAAD/PROBRAL -135-01 BRASIL-ALEMANHA, 2004, Porto Alegre. Proteção e Manejo da Vegetação Natural de Porto Alegre com base em pesquisa de Padrões e Dinâmicsa da Vegetação. Porto Alegre: Curso de Pósgraduação em Ecologia, 2004. v. 1. p. 52-55.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
PORTO, M. L.; H.H.Wendel ; ZOCCHE, J. J. . Biotic Quality in the Atlantic Forest : 2. Comparative and Quantitative Evaluation Method of Lanscapes. In: II Congresso Brasileiro de Ecologia de Paisagens e II Simposio SCGIS-Br, 2012, Salvador ,10- 12 de setembro. IALE,Br-Ecologia de Paisagens e Sustentabilidade, 2012. v. 1. p. 1-2.

2.
PORTO, M. L.; H.H.Wendel . Biotic quality in the Atlantic Forest:1. New System of Quantitative indicators for Biotopes Comparative Evaluation. In: II Congresso Brasileiro de Ecologia de Paisagens e II Simposio SCGIS-Br, 2012, Salvador, 9-12 de setembro. IALE-Br: Ecologia de paisagens e Sustentabilidade, 2012. v. 1. p. 1-2.

3.
Focht, T ; PORTO, M. L. . Competição entre especies vegetais visando a restauração ecológica. In: 63 Congresso Nacional de Botânica, 2012, Joenville. Anais do 63 Congresso Nacional de Botânica, 2012. v. 1. p. 24-24.

4.
AZZOLINI, M. ; PORTO, M. L. ; Focht, T . A diversidade em espécies vegetais como um indicador para restauração ecológica. In: XIV Encontro de Borânicos do Rio Grande do Sul, 2011, Novo Hamburgo. XIV Encontro de Botânicos do RS. Novo Hamburgo: FEEVALE, 2011. v. 1. p. 56-57.

5.
Beauvalet, C.S. ; AZZOLINI, M. ; PORTO, M. L. . Germinação e crescimento de aroeira Schinus lentiscifolius March em misturas de resíduos carboníferos. In: XXI Salão de Iniciação Científica da UFRGS, 2009. RESUMOS do XX1 Salão de Iniciação, 2009.

6.
AZZOLINI, M. ; PORTO, M. L. ; SILVA, A. P. M. ; ROSA, L. M. G. . Diferentes respostas fisiológicas de mamona Ricinus communis L. expostas a cromo VI r níquel. In: XI Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal, 2007, Gramado. Anais do XI Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal, 2007.

7.
AZZOLINI, M. ; PORTO, M. L. ; SILVA, A. P. M. ; STUETZEL, T. . Localização e efeitos fitotóxicos de níquel em mamona (Ricinus communis). In: 58 Congresso Nacional de Botânica, 2007, São Paulo. Anais do 58 Congresso Nacional de Botânica, 2007.

8.
SILVA, A. P. M. ; AZZOLINI, M. ; ROSA, L. M. G. ; PORTO, M. L. . Influência do cobre na fluorescência de Schinus lentiscifolius e Schinus terebenthifolius. In: 58 Congresso Nacional de Botânica, 2007, São Paulo. Anais do 58 Congresso Nacional de Botânica, 2007.

9.
SLOMP, D. ; SILVA, A. P. M. ; AZZOLINI, M. ; PORTO, M. L. . Germinação e sobrevivência de plântulas de aroeira-cinza (Shinus lentisfolius March) sobre a influência de cromo. In: XIX Salão de Iniciação Científica e XVI Feira de Iniciação Científica, 2007, Porto Alegre. Resumos, XIX Salão de Iniciação Científica e XVI Feira de Iniciação Científica, 2007.

10.
ANZZOLINI, M. ; PORTO, M. L. . The impotance of use of different species in recovering degraded smelting áreas. In: 17 International Symposium-Biodiversity and Evolutionary Biology, 2006, Bonn. 17 International Symposium-Biodiversity and Evolutionary Biology, 2006.

11.
ANZZOLINI, M. ; PORTO, M. L. ; SILVA, A. P. M. ; STUETZEL, T. . Identificando precocemente os efeitos de Cd em Ricinus communis L ( Euphorbiaceae). In: 57° Congresso Brasileiro de Bôtanica, 2006, Gramado. Resumos do 57° Congresso Brasileiro de Bôtanica, 2006.

12.
PORTO, M. L.. Ecologia de paisagem um novo enfoque em avaliação e manejo ambiental.. In: Sociedade Botânica do Brasil, 2006, Porto Alegre. Os avanços da Botânica no início do século XXI., 2006.

13.
SILVA, A. P. M. ; PORTO, M. L. ; Rosa, G.L.M. . Influência de cinzas e rejeitos de carvão mineral na germinação de duas populações de Shinus lentiscifolius.. In: 57° Congresso Nacional de Botânica, 2006, Gramado. Resumos do 57° Congresso Nacional de Botânica, 2006.

14.
PORTO, M. L.; SILVA, A. P. M. . Influêcia do cobre na germinação de Shinus lentiscifolius.. In: XVIII Salão de Iniciação Científica da UFRGS, 2006, Porto Alegre. Resumos do XVIII Salão de Iniciação Científica da UFRGS, 2006.

15.
PORTO, M. L.; SILVA, A. P. M. . Germinação e tolerância de duas populações de Shinus lentiscifolius em diferentes concentrações de Cobre.. In: 57° Congresso Nacional de Botânica, 2006, Gramado. Ruesumos do 57° Congresso Nacional de Botânica, 2006.

16.
Silvia, A.P.M ; PORTO, M. L. . Crescimento e tolerância de Cynodon dactylon exposto a diferentes concentrções de Cobre. In: XVIII Salão de Iniciação Científica, 2006, Porto Alegre. Reumos do XVIII Salão de Iniciação Científica, 2006.

17.
AZZOLINI, M. ; PORTO, M. L. ; SILVA, A. P. M. ; STUETZEL, T. . Identificando os efeitos de cádmio, em gemas apicaisde Ricinus communis L. (Euphobiaceae). In: 57 Congresso Nacional de Botânica, 2006, Gramado. Anais do 57 Congresso Nacional de Botânica, 2006.

18.
PORTO, M. L.; FORNECK, E. D. . Ilhas de espécies lenhosas inseridas no mosaico natural floresta-campo no Sul do Brasil: análise da expansão florestala partir da estrutura florística e espacial. In: Primeiras Jornadas Argentinas de Ecologia de Paisajes, 2005, Buenos Aires. Primeiras Jornadas de Ecologia de Paisajes - Libro de Resúmenes. Buenos Aires: GEPAMA, 2005. v. 1. p. 27-27.

19.
PORTO, M. L.; FORNECK, E. D. ; HENTSCHEL, R. L. . Zoneamento de RPPN pelo inventariamento de esécies arbóreas visando o uso sustentávelda área, Depressão Central, Rio Grande do Sul. In: Congresso Nacional de Botânica, 2005, Curitiba. Congresso de Botânica, 2005.

20.
PORTO, M. L.; AZZOLINI, M. ; SILVA, A. P. M. ; Rosa, G.L.M. ; Brake, S. . Alterações da Assimilação de CO2 em Mamona cultivada em cinzas de carvão mineral. In: Congresso Nacional de Botânica, 2005, Curitiba. Congresso de Botânica, 2005.

21.
PORTO, M. L.; HENTSCHEL, R. L. ; FORNECK, E. D. . Análise da cobertura Vegetal associada a fitossociologia e florística como subsidio para o zoneamento ambiental de uma RPPN. In: Salão de Iniciação Científica, 2005. Salão de IC-UFRGS, 2005.

22.
HENTSCHEL, R. L. ; FORNECK, E. D. ; PORTO, M. L. ; Rosa, G.L.M. . Análise fitossociológica de duas formações vegetais do Baixo Jacuí, Rio Grande do Sul. In: VII Congresso de Ecologia do Brasil, 2005, Caxambu. Livro de resumos do VII congresso de Ecologia do Brasil, 2005.

23.
Silvia, A.P.M ; AZZOLINI, M. ; Brack, S. ; PORTO, M. L. ; Rosa, G.L.M. . Características fisiológicas de populações naturais de mamona que colonizam cinzas de carvão mineral. In: XVII Salão de Iniciação Científica da UFRGS, 2005, Porto Alegre. Resumos do XVII Salão de Iniciaçaõ Científica, 2005.

24.
PORTO, M. L.; ROSA, L. M. G. ; AZZOLINI, M. ; SILVA, A. P. M. . Desenvolvimento de Populações de Mamona submetidas a diferentes concentrações de Cromo (VI). In: XVI Salão de Iniciação Científica, 2004, Porto Alegre. xVI SaLÃO DE iNICIAÇÃO CINTÍFICA. pORTO aLEGRE, 2004. v. 1.

25.
PORTO, M. L.; BOTH, R. ; BRANDAO, T. V. . Identificação de Novas Unidades de Conservação através de uma abordágem da Ecologia de Paisagem utilizando o conceito de multiplas espécies guarda chuva. In: XVI Salão de Iniciação Científica, 2004, Porto Alegre. XVI Salão de Iniciação Científica. Porto Alegre: UFRGS, 2004. v. 1.

26.
PORTO, M. L.; AZZOLINI, M. ; HENTSCHEL, R. L. . Seleção de cultivares de Ricinus communis (mamona) para fitorremediação de solos degradados por rejeitos de carvão. In: XVI Salão de Iniciação Cientifica- UFRGS, 2004, Porto Alegre. Anais do XVI Salão de Iniciação Científica. Porto Alegre: UFRGS, 2004. v. 1.

27.
PORTO, M. L.; Rodrigo N. e Silva ; HASENACK, H. . Mapping and data base related to and soil use at Saint Hilaire Park, Viamão-Porto Alegre-RS. In: 45th Symposium of the International Association for Vegetation Science_IAVS, 2002, Porto Alegre. 45th Symposium of the International Association for Vegetation Science-IAVS, 2002.

28.
PORTO, M. L.; FRIZZO, T. C. E. . Vegetation zonation on área of cupro-auriferous ores. In: 45th Symposium of the International Association for Vegetation Science-IAVS, 2002, Porto Alegre. 45th Symposium of the International Association for Vegetation Science-IAVS, 2002.

29.
PORTO, M. L.; ZOCCHE, J. J. . Plant comunities in mineralized copper structures in Volta grande Mine-Lavras do Sul,RS-Brazil. In: 45th Symposium of the international Association for Vegetation Science-IAVS, 2002, Porto Alegre. 45 Symposium of the International Association for Vegetation Science-IAVS, 2002.

30.
PORTO, M. L.; SIPPEL, C. ; BERGER, T. M. . Patterns of the landscape: fiding the link between the plant funtional types and soils. In: 45th Symposium of the International Association for Vegetation Science-IAVS, 2002, Porto Alegre. 45th Symposium of the International Association for Vegetation Science-IAVS, 2002.

31.
PORTO, M. L.; PERIN, R. G. . Phitosociologic study of a riparian forest in the Saint Hilaire Municipal Park, Porto Alegre,RS-Brasil. In: 45th Symposium of the International Association for Vegetation Science-IAVS, Porto Alegre,RS-Brazil, 2002, Porto Alegre. 45th Symposium of the International Association for vegetation Science-IAVS, 2002.

32.
PORTO, M. L.; FORNECK, E. ; PERIN, R. G. ; BOTH, R. . Landscape ecology and phytosociology applied for the management of forest areas. In: 45th Symposium of the International Association for Vegetation Science-IAVS, 2002, Porto alegre. 45th Symposium of the International Association for Vegetation-IAVS, 2002.

33.
PORTO, M. L.; GUERRA, T. . Diagnóstico ambiental e proposta de recuperação da bacia da represa Mãe D'Água, Morro Santana, Porto Alegre / Viamão, RS. In: XIII Salão de Iniciação Científica, 2002, Porto Alegre, 2002.

34.
PORTO, M. L.; DALPIVA, G. G. . Metais pesados e sua relação com a biossíntese de metabólicos secundários em ecotipos de Baccharis trimera(Less) AD de Candolle- Compositae. In: XVII Simpósio de Plantas Medicinais do Brasil, 2002, São Paulo, 2002.

35.
PORTO, M. L.; WEBER, R. L. M. ; TERMIGNONI, R. R. . Comportamento in vitro de Baccharis trimera (carqueja) em diferentes níveis de sobrecarga por cobre.. In: XIII Salão de Iniciação Científica - UFRGS, 2002, Porto Alegre, 2002.

36.
PORTO, M. L.. Seminário de Avaliação dos Projetos Apoidos pelo CNPq. In: PSPPG, 2002, Florianópolis, 2002.

37.
PORTO, M. L.. Zoneamenmto Ambiental do Município de Porto Alegre e Definição das Unidades de Paisagem na Bacia do Dilúvio. In: 3º Salão de Extensão da UFRGS, 2002.

38.
PORTO, M. L.. Ecologia de Paisagem: Evolução e Perspectiva. In: V Congresso de Ecologia do Brasil, 2001, Porto alegre-RS. V Congresso de Ecologia do Brasil, 2001.

39.
PORTO, M. L.. Enviromentnental Atlas of Porto alegre Knowledge for Sustainable Development and Citizen Participation. In: V Congresso de Ecologia do Brasil, 2001, Porto Alegre-RS. V Congresso de Ecologia do Brasil, 2001.

40.
PORTO, M. L.; BECKER, V. ; CANZANO, ; FURTADO, ; HARTZ, S. M. ; MENEGAT, R. ; NUNES, ; PEREIRA, ; SWCHARZBOLD, ; SILVA, . Organismos aquáticos indicadores de zonzção fluvial na bacia do Arroio Velhaco, RS-Brasil.. In: V Congresso de Ecologia do Brasil, 2001, Porto Alegre. V Congresso brasileiro de Ecologia, 2001.

41.
PORTO, M. L.; ZOCCHE, J. J. . Comunidades de vegetaçãometalófila sobre estruturas mineralizadas de cobre na mina de Volta Grande - Lavras do Sul, RS-Brasil. In: V Congresso de Ecologia do Brasil, 2001, Porto Alegre. V Congresso de Ecologia do Brasil, 2001.

42.
PORTO, M. L.; FRIZZO, T. C. E. . Comunidades vegetais em solos metalíferos na mina Volta Redonda, Lavras do Sul-RS-Brasil. In: V Congresso Brasileiro de Ecologia, 2001, Porto Alegre. V Congresso Brasileiro de Ecolofgia, 2001.

43.
PORTO, M. L.; BECKER, V. ; CANZANO, ; FRIZZO, T. ; MENEGAT, R. ; PEREIRA, ; PERIN, R. G. ; SCHARZBOLD, ; SIPPEL, C. ; SILVA, . Subsídios para elaboração de planos de manejo com bases na Ecologia de Paisagem- estudo de caso na bacia hidrográfica de arroio velhaco.. In: V Congresso sw Ecologia do Brasil, 2001, Porto alegre. V Congresso de Ecologia do Brasil, 2001.

44.
PORTO, M. L.; PERIN, R. G. ; FRIZZO, T. C. E. . Vegetação da bacia hidrográfica do Arroio Velhaco(RS) com ênfase nas matas ciliares.. In: V Congresso de Ecologia do Brasil, 2001, Porto alegre. V Congresso de Ecologia do Brasil, 2001.

45.
PORTO, M. L.; PEREIRA, ; MENEGAT, R. ; SWCHARZBOLD, ; HARTZ, S. M. . Moluscos limnicos indicadores de unidades da paisagem fluvial na bacia do Arroio velhaco, RS-Brasil. In: V Congresso de Ecologia do Brasil, 2001, Porto Alegre. V Congresso de Ecologia do Brasil, 2001.

46.
PORTO, M. L.; FORNECK, E. . Influências da paisagem do entorno na estrutura das comunidades vegetais da avifauna em biótopos naturais florestais. In: V Congresso de Ecologia do Brasil, 2001, Porto alegre. V Congresso de Ecologia do Brasil, 2001.

47.
PORTO, M. L.; HASENACK, H. ; Rodrigo N. e Silva . Zoneamento da vegetação e uso do solo com banco de dados do Parque Saint Hilaire, Porto Alegre,RS. In: V Congresso de Ecologia do Brasil, 2001, Porto Alegre. V Congresso de Ecologia do Brasil, 2001.

48.
PORTO, M. L.; FURTADO, ; MAIA, F. C. ; TEIXEIRA, L. M. F. ; SWCHARZBOLD, ; BECKER, V. . Situação sócio-econômica da bacia hidrográfica do Arroio Velhaco. In: V Congresso de Ecologia do Brasil, 2001, Porto Alegre. V Congresso de Ecologia do Brasil, 2001.

49.
PORTO, M. L.; S., D. P. G. G. . Metais pesados e sua relação com a biossíntese de metabólicos secundário e ecótipos de bacharis trimera (Less) A. P. de candolle. In: V Congresso de Ecologia do Brasil, 2001, Porto Alegre. V Congresso de Ecologia do Brasil, 2001.

50.
PORTO, M. L.. Researches in plant communities in the South of Brazil based on current perspectives in landscape ecology. In: 45 Symposium of International Assotiation for Vegetation Science, 2001, Porto alegre. 45 Symposium of the International Association for Vegetation Science. Porto Alegre: Association for Vegetation Sciece - IAVS. v. 1. p. 93-93.

51.
PORTO, M. L.; FORNECK, E. D. . Charecterization of two native forests biotopes based on phytosociology and birdfauna , Porto Alegre, Brazil. In: 44 IAVS Symposium, 2001, Freising. ABSTRACTS- 44 IAVS Symposium. Freising. v. 1.

52.
PORTO, M. L.; PORTO, C. C. P. ; WEBER, R. L. M. . A Futura Reserva do Morro Santana como Laboratório para Educação Ambiental. In: 2º Salão de Extensão, 2000, Porto Alegre. Anais do 2º Salão de Extensão, 2000. v. único. p. 246.

53.
PORTO, M. L.; WEBER, R. L. M. ; BORTOLOTTI, J. ; PORTO, C. C. P. . Testes de exposição de plantas à sobrecarga de metais pesados.. In: XII Salão de Iniciação Científica, 2000, Porto Alegre. Anais do XII Salão de Iniciação Científica, 2000.

54.
PORTO, M. L.; BOTH, R. . Diagnóstico preliminar da vulnerabilidade no Município de Ilópolis - RS através da utilização de técnicas de geoprocessamento e interpretação de imagens digitais LANDSAT TM.. In: XII Salão de Iniciação Científica, 2000, Porto Alegre. Anais do XII Salão de Iniciação Científica, 2000.

55.
PORTO, M. L.; AGNES, G. ; MORAES, M. G. . Changes in gene expression in cooper-tolerant plants. In: Botanikertagung 2000, 2000, Jena, Deutschland. Botanikertagung 2000, 17-22 sept.,Jena, Deutschland, 2000. p. 151-151.

56.
PORTO, M. L.; PIVA, G. G. S. D. . Investigations of heavy metals (lead, cooper and cadmium) in the chemical composition and pharmacologycal activity of ecotypes of Baccharis trimera (less.) A.P. De Candolle - Compositae.. In: Botanikertagung 2000, 2000, Jena, Deutschland. Botanikertagung 2000, 17-22 sept.,Jena, Deutschland, 2000. p. 226-226.

57.
PORTO, M. L.; G., A. . Changes in gene expression in cooper-tolerant plants. In: In: Botanikertagung 2000, 2000, Jena,Deutschland. In: Botanikertagung, 2000. p. 151-151.

58.
PORTO, M. L.. Gestão SBB 2983-1985; uma gestão de mudanças. In: gestão SBB 1983-1985, 2000. gestão SBB 1983-1985, 2000.

59.
AGNES, G. ; PORTO, M. L. ; MORAES, M. G. . Caracterização de novos genes de metalotioninas de plantas crescendo em solos ricos em cobre.. In: 51 reunião anual da sociedade brasileira para o progresso da ciência, 1999, Porto Alegre. resumos da 51 reunião anual da sociedade brasileira para o progresso da ciência, 1999.

60.
GIRARDI-DEIRO, A. M. ; PORTO, M. L. . Ocorrência de metais pesados na vegetação herbácea e manejo por corte e queima de plantas lenhosas na Serra do Sudeste, RS. In: 50º Congresso Nacional de Botânica - SBB - Universidade Regional de Blumenau, 1999, Blumenau. Anais do 50º Congresso Nacional de Botânica, 1999. p. 167.

61.
OLIVEIRA, M. L. A. ; PORTO, M. L. . Fatores condicionantes da distribuição de comunidades vegetais no Parque Estadual do Delta do Jacuí, RS.. In: 50º Congresso Nacional de Botânica - SBB - Universidade Regional de Blumenau, 1999, Blumenau. Anais do 50º Congresso Nacional de Botânica, 1999. p. 250.

62.
OLIVEIRA, M. L. A. ; PORTO, M. L. . Classificação e Mapeamento de Comunidades Vegetais do Parque Estadual do Delta do Jacuí, Rio Grande do Sul - Ilha das Flores e Ilha Cabeçuda. In: 50º Congresso Nacional de Botânica - SBB - Universidade Regional de Blumenau, 1999, Blumenau. Anais do 50º Congresso Nacional de Botânica, 1999. p. 250.

63.
SCHULTZ, A. R. ; PORTO, M. L. . Uso do Software Gispad nas caracterização de trilhas interpretativas em áreas preservadas e sua aplicabilidade em Educação Ambiental. In: XI Salão e VIII Feira de Iniciação Científica UFRGS, 1999, Porto Alegre. Anais do XI Salão e VIII Feira de Iniciação Científica UFRGS. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 1999.

64.
PIVA, G. G. S. D. ; PORTO, M. L. . Avaliação de metais pesados (Cd, Cu, Pb, Zn) na composição química em diferentes ecótipos de Baccharis trimera (Less) A. P. de Candolle e Achyrocline saturioides (Lam) D. C. Compositae.. In: 10º Encontro Nacional de Química Analítica, 1999, Santa Maria. Anais do 10º Encontro Nacional de Química Analítica. Santa Maria: Editora da UFSM, 1999.

65.
AGNES, G. ; PORTO, M. L. ; PASQUALI, G. ; MORAES, M. G. . Caracterização de novos genes de metalotionina de plantas crescendo em solos ricos em cobre. In: XI Salão e VIII Feira de Iniciação Científica da UFRGS, 1999, Porto Alegre. Anais do XI Salão e VIII Feira de Iniciação Científica da UFRGS. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 1999. p. 194.

66.
PIVA, G. G. S. D. ; PORTO, M. L. . Composição Química em diferentes ecótipos de Baccharis trimera (Less.) A. P. DC e Achyrocline saturioides (Lam.) DC. In: IX Encontro de Botânicos do RS - SBB: Secção Regional do RS, 1998, Porto Alegre. Anais do IX Encontro de Botânicos do RS - SBB: Secção Regional do RS, 1998. p. 55.

67.
PORTO, M. L.. A vegetação do município de Porto Alegre: Origem e Evolução. In: IX Encontro de Botânicos do RS - SBB: Secção Regional do RS, 1998, Porto Alegre. Anais do IX Encontro de Botânicos do RS - SBB: Secção Regional do RS, 1998. p. 53.

68.
FRIZZO, T. ; PORTO, M. L. . Flora Ilustrada da Vegetação da Futura Reserva Ecológica do Morro Santana, Porto Alegre.. In: IX Encontro de Botânicos do RS - SBB: Secção Regional do RS, 1998, Porto Alegre. Anais do IX Encontro de Botânicos do RS - SBB: Secção Regional do RS, 1998. p. 75.

69.
OLIVEIRA, M. L. A. A. ; PORTO, M. L. . Cobertura do Solo e Vegetação do Parque Estadual do Delta do Jacuí, RS- Brasil.. In: IX Encontro de Botânicos do RS - SBB: Secção Regional do RS, 1998, Porto Alegre. Anais do IX Encontro de Botânicos do RS - SBB: Secção Regional do RS, 1998. p. 77.

70.
GIRARDI, A. M. ; PORTO, M. L. . Influência Antrópica e do Substrato na Vegetação Campestre em Área com Potencial de Ocorrência de Metais Pesados.. In: IX Encontro de Botânicos do RS - SBB: Secção Regional do RS, 1998, Porto Alegre. Anais do IX Encontro de Botânicos do RS - SBB: Secção Regional do RS, 1998. p. 86.

71.
PORTO, P. R. ; PORTO, M. L. . Corredores Lineares (Trilhas) em Áreas Preservadas: Ação sobre o Ambiente Natural e Importância em Educação Ambiental e Ecoturismo.. In: IX Encontro de Botânicos do RS - SBB: Secção Regional do RS, 1998, Porto Alegre. Anais do IX Encontro de Botânicos do RS - SBB: Secção Regional do RS, 1998. p. 87.

72.
PORTO, M. L.; MORAES, M. C. ; AGNES, G. . Characterization of new Metallothionein Genes from Plants Growing in Copper-Reich Soils. In: XXVII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Bioquímica e Biologia Molecular - SBBq, 1998, Caxambu. Resumos da XXVII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Bioquímica e Biologia Molecular - SBBq, 1998. p. 34-35.

73.
PIVA, G. G. S. D. ; PORTO, M. L. . Avaliação de Metais Pesados (Cl, Cu, Pb, Zn) na Composição Química e Atividade Farmacológica em Diferentes Ecótipos de Baccharis trimera (Less) A. P. DC. e Achyrocline saturioides ( Lam.) DC Compositae: Parte II.. In: XV Simpósio de Plantas Medicinais do Brasil, 1998, Águas de Lindóia. Resumos do XV Simpósio de Plantas Medicinais do Brasil, 1998. p. 171.

74.
FRIZZO, T. ; PORTO, M. L. . Flora Ilustrada da Futura Reserva Ecólogica do Morro Santana.. In: X Salão de Iniciação Científica. UFRGS-PROPESQ, 1998, Porto Alegre. Resumos do X Salão de Iniciação Científica. UFRGS-PROPESQ, 1998. p. 213.

75.
AGNES, G. ; PORTO, M. L. ; PASQUALI, G. ; MORAES, M. G. . Caracterização de genes de metalotioninas de plantas provenientes de solos ricos em cobre. In: X Salão e VII Feira Iniciação Científica, 1998, Porto Alegre. Anais do X Salão e VII Feira Iniciação Científica. Porto Alegre: Editora de UFRGS, 1998. p. 205.

76.
OLIVEIRA, M. L. A. ; MEIRA, J. R. ; MOHR, F. V. ; PORTO, M. L. . Zoneamento Ambiental e Gerenciamento de Unidades de Conservação no Município de Porto Alegre. In: III Jornadas Científicas sobre Meio Ambiente, 1997, La Plata, 1997.

77.
PORTO, M. L.. As formações vegetais no município de Porto Alegre: evolução e dinâmica da colonização. In: III Jornadas Cientificas sobre Medio Ambiente, 1997, La Plata, 1997.

78.
PORTO, M. L.; OLIVEIRA, P. L. ; CAMPANHA, A. R. . Avaliação e Zoneamento Preliminar de Condições Ambientais Visando A Implantação de Um Parque Municipal Em Porto Alegre. In: III CONGRESSO DE ECOLOGIA DO BRASIL III CONGRESSO DE ECOLOGIA DO BRASIL, 1996. RESUMOS. LONDRINA. p. 458-458.

79.
MARCOMIN, F. E. ; PORTO, M. L. . Zoneamento Ambiental da Bacia do Rio Tubarão, Sc, Com Base Na Investigação dos Teores de Metais Traço e Sulfato Em Água, Planta, Sedimento e Solo. In: III CONGRESSO DE ECOLOGIA DO BRASIL, 1996. RESUMOS. LONDRINA. p. 296-296.

80.
CRUZ, R. E. ; PORTO, M. L. ; SILVEIRA, G. L. . Relação Entre Padroões e Processos Em Pequenas Bacias Hidrográficas: A Interface Entre Ecologia de Paisagem e Hidrografia Através do Geoprocessamento e da Geometria Fractal. In: III CONGRESSO DE ECOLOGIA DO BRASIL, 1996. RESUMOS. LONDRINA. p. 106-106.

81.
FRIZZO, T. C. E. ; PORTO, M. L. . Elaboração de Uma Flora Ilustrada da Vegetação da Futura Reserva Ecológica do Morro Santana, Poa, Rs. In: VIII SALAO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 1996. RESUMOS. PORTO ALEGRE.

82.
PROCHNOW, T. R. ; PORTO, M. L. . Avaliação de Áreas Com Rejeitos de Carvão, Com Ênfase Em Bioindicadores Vegetais Para Metais Pesados Em Charqueadas, Rs. In: JORNADAS CIENTIFICAS SOBRE MEIO AMBIENTE, 1996. RESUMOS. MONTEVIDEU, 1996. p. 60-60.

83.
ANDREAZZA, A. M. P. ; NIVA, C. C. ; PORTO, M. L. . Avaliação Preliminar das Condições Ambientais da Bacia do Arroio Dilúvio, Porto Alegre, Com Ênfase Na Qualidade da Água. In: JORNADAS CIENTÍFICAS SOBRE O MEIO AMBIENTE, 1995. RESUMOS. MONTEVIDEU. p. 59-59.

84.
MOHR, F. V. ; PORTO, M. L. . Zoneamento da Vegetação da Reserva Ecológica do Morro Santana, Porto Alegre,Rs: Aplicabilidade de Geoprocessamento e Bases Fitossociológicas. In: JORNADAS CIENTÍFICAS SOBRE MEIO AMBIENTE, 1995. RESUMOS. MONTEVIDEU.

85.
PORTO, M. L.. Percepção Ambiental da População de Charqueadas. In: II CONGRESSO DE ECOLOGIA DO BRASIL, 1994. RESUMOS. LONDRINA. p. 565-566.

86.
PORTO, M. L.; LANDAU, E. L. ; MOHR, F. V. . Aplicabilidade dos Sistemas de Informações Geográficas Na Avaliação Ambiental. In: XLV CONGRESSO NACIONAL DE BOTÂNICA, 1994. RESUMOS. PORTO ALEGRE. p. 411-411.

87.
PORTO, M. L.; ASSUNÇÃO, A. ; WILDI, O. . Análise dos Descritores Ambientais Na Definição das Comunidades Florestais do Morro do Pinhal, Parobé,Rs. In: XLV CONGRESSO NACIONAL DE BOTANICA, 1994. RESUMOS. PORTO ALEGRE. p. 41-41.

88.
LANDAU, E. C. ; PORTO, M. L. . Zoneamento Fitofisionômico do Estrato Herbáceo Com Base Em Métodos Fitossociológicos No Vale do Rio dos Sinos, Parobé, Rs. In: XLV CONGRESSO NACIONAL DE BOTÂNICA, 1994. RESUMOS. PORTO ALEGRE. p. 67-67.

89.
PORTO, M. L.. Estudos Floristicos e de Campo Natural Sobre Banco de Carvao e Em Areas Mineradas.. In: XL.CONGRESSO NACIONAL DE BOTANICA, 1989. CUIABA,BR. p. 0-0.

90.
PORTO, M. L.. Tipos de Vegetacao Metalofila Em Areas da Serra dos Carajas e de Minas Gerais. In: XXXVII-CONGRESSO NACIONAL DE BOTANICA, 1987. SAO PAULO-BR.. p. 0-0.

91.
PORTO, M. L.. Anatomia Comparada de Heterothalamus Aliens(Spreng)O.K.(Compositae) da Area de Mineracao de Lavras do Sul,Rs. In: XXXVI-CONGRESSO NACIONAL DE BOTANICA, 1987. Anais do XXXVI Congresso Nacional de Botânica. SAO PAULO. p. 0-0.

92.
PORTO, M. L.. Vegetacao e Fatores Ambientais de Um Morro Testemunho da Formcao Botucatu Em Parobe,Rs. In: XXXVII-CONGRESSO NACIONAL DE BOTANICA, 1987. SAO PAULO. p. 0-0.

93.
PORTO, M. L.. Bionindicadores de Metais Pesados e Caracterizacao de Areas Demineracao Aguas de Lagoas de Areas de Mineracao A Ceu Aberto,Butia,Rs. In: XL.CONGRESSO NACIONAL DE BOTANICA, 1987. CUIABA,BR. p. 0-0.

94.
PORTO, M. L.. O Genero Hyptis (Labiatae) No Rio Grande do Sul. In: XXXVII.CONGRESSO NAC. DE BOTANICA, 1986. SAO PAULO,BR. p. 0-0.

95.
PORTO, M. L.. Plantas Acumuladoras de Metasis Pesados Em Areas de Mineracao de Carvao Em Areas Para Revegetacao.. In: XXXVII.CONGRESSO NACIONAL DE BOTANICA, 1985. SAO PAULO. p. 0-0.

96.
PORTO, M. L.. Estudo Fitossociologico das Especies Arboreas de Uma Mata Arenosa de Restinga, Emboaba, Osorio, Rs. In: VI-SIMPOSIO DE ECOLOGIA-UFRGS-SAAEBRUCKEN, 1985. PORTO ALEGRE,RS. p. 0-0.

97.
PORTO, M. L.. Ciência e Tecnologia Brasileira - Situação na Área Botãnica. In: II Encontro de Botânica do Rio Grande do Sul, 1984, São leopoldo-RS. II Encontro de Botãnica do Rio grande do sul, 1984.

98.
PORTO, M. L.. Manual ilustrado da Flórula da Estação Ecológica do Taim-parte I. In: XXXIV Congresso Nacionalde Botãnica, 1983. XXXIV Congresso Nacional de Botânica, 1983.

99.
PORTO, M. L.. Botãnica e Ambiente - a importância dos bioindicadores vegetais no ambiente aéreo, aquático e terrestre. In: XXXIV Congresso Nacional de botãnica, 1983, Porto Alegre-Rs. XXXIV Congresso Nacional de Botãnica, 1983.

100.
PORTO, M. L.. Morfologia Interna de um Ecotipo de Schinus lentscifolius March da Vegetação da Área de Mineração da CRM, Lavras do Sul, RS. In: XXIV Semana Universitária Gaúcha de Debates Biológicos, 1982, Porto Alegre-RS. XXIV Semana Universitária Gaúcha de Debates Biológicos, 1982.

101.
PORTO, M. L.. Vegetação Natural Sobre Solos metalíferos no RS. In: IX Simpósio de Ecologia UFRGS/Saabrucken "Meio ambiente Diagnóstico e Perspectiva, 1982. IX Simpósio de ecologia UFRGS/Saabrucken, 1982.

102.
PORTO, M. L.. Sistemática e Evolução de Plantas Nativas. In: 2º Salão de Pesquisas Biológicas de Porto Alegre, 1981, Porto Alegre-Rs. 2º Salão de Pesquisas Biológicas de Porto Alegre, 1981.

103.
PORTO, M. L.. XI Sudamerika Simposium inSaarbrucken. In: XI Sudamerika Symposium in Saarbrucken, 1980, Alemanha. Max-Planck Institute fur Limnologie, 1980.

104.
PORTO, M. L.. A Tribo Psychotriae (Rubiaceae) no RS. In: II Congresso latino americano da Sociedade de Botânica do Brasil, 1978, Brasília-DF. II Congresso Latino Americano de Botânica do Brasil, 1978.

105.
PORTO, M. L.. Duas espécies de relbunium (Endl.) Hook fil. Novas para a Ciencia. In: XVII Semana Universitária Gaúcha de Debates Biológicod, 1975, Porto Alegre-RS. XVII Semana Universitária Gaúcha de Debates Biológicos, 1975.

106.
PORTO, M. L.. Considerações Sobre as Formações vegetais do Parque do Caracol. In: XXV Congresso nacional de Botânica do Brasil, 1974, Mossoró-RN. XXV Congresso Nacional de Botãnica do Brasil, 1973.

107.
PORTO, M. L.. Taxonomia Numérica de Algumas Entidades do Gênero Relburium (Endl.) Hook fil. (Rubiaceae). In: XVI Semana universitária Gaúcha de Debates Biológicos, 1974, Porto Alegre-RS. XVI Semana Universitária Gaúcha de Debates Biológicos, 1974.

108.
PORTO, M. L.. Considerações Finais a Respeito da Sistemática das Curcubitaceae do Rio Grande do Sul. In: XXIV Congresso Nacional da Sociedade Botãnica do Brasil, 1973, Pelotas-RS. XXIV Congrssso Nacional de Botânica do Brasil, 1973.

109.
PORTO, M. L.; SCHULTZ, A. R. . Nota Prévia Sobre o Levantamento Florístico de4 Quatro regiões naturais do Rio Grande do Sul.. In: XXII Congresso nacional da Sociedade Botãnica do Brasil, 1971, São Paulo. XXII Congresso Nacional da Sociedade Botãnica do Brasil, 1971.

Artigos aceitos para publicação
1.
PORTO, M. L.; H.H.Wendel ; ZOCCHE, J. J. ; Rodrigues, G.G. ; ANZZOLINI, M. ; BOTH, R. . Naturalness and Diversity of Biotopes: Their Impact on Landscape Quality- A Mathematical Model. Agroforestry Systems (Print), 2012.

2.
Rempel, C. ; Guerra, T. ; PORTO, M. L. ; Périco, E. ; Chemin, G. ; Ekhardt, R.R. . O emprego de dados de cobertura do solo e de métricas de paisagem no zoneamento ambiental: uma proposta metodológica. Geofocus (Madrid), 2009.

3.
BOTH, R. ; Mattei, G ; PORTO, M. L. . Representatividade do Sistema de Unidades de Conservação no Bioma Pampa. Revista Brasileira de Biociências, 2007.

Apresentações de Trabalho
1.
PORTO, M. L.; H.H.Wendel ; ZOCCHE, J. J. ; Rodrigues, G.G. ; AZZOLINI, M. ; BOTH, R. . Naturalnesss and Diversity of Biotops : their impact on Lanscape Quality -a Matematical Model. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Outras produções bibliográficas
1.
PORTO, M. L.. Qualidade Bióticana Floresta Atlantica: Novo Sistema de Indicadores Quantitativos para Avaliação e Valoração comparativa de Biótopos Fundamentais. Goiania: IPOG, 2018 (Trabalho de conclusão-TCC).

2.
PORTO, M. L.. Introdução à Botânica Sistemática. Ijuí, 2006. (Prefácio, Pósfacio/Posfácio)>.

3.
PORTO, M. L.. Relationships Between Urban, Agricultural And Natural Landscape In Porto Alegre 2002 (Caderno didático).

4.
PORTO, M. L.; GOES NETO, A. ; MULLER, S. C. ; VENTURI, S. ; DITTRICH, V. A. O. . Estudos Fitogeográficos em quatro regiões Fisiográficas do Sul do Brasil. Porto Alegre: Gráfica da UFRGS, 1999 (Caderno didático).

5.
PORTO, M. L.; GIRARDI-DEIRO, A. M. ; OLIVEIRA, P. L. ; TERMIGNONI, R. R. ; PIVA, G. G. S. D. ; MORAES, M. G. . Metais pesados em plantas: avaliação da tolerância para o desenvolvimento de processos biotecnológicos. Porto Alegre 1999 (Relatório de Pesquisa).

6.
PORTO, M. L.. Verwendung der Software ARC/INFO. MULVA4 und Auswertung von Rasterbilder zur Bewertung des 6Okologischen Zustandes einer sub-tropischen Region aus Brasiliens. Münster: Westfälische Wilhems Universität - Münster, 1993 (Relatório de Pesquisa).

7.
PORTO, M. L.. Levantamento de dados pretéritos (sistemas costeiros: restingas e dunas. Porto Alegre - RS: Fundação de Estudos e Pesquisas aquáticas, 1992 (Relatório de Pesquisa).

8.
PORTO, M. L.. Levantamento, identificação, classificação e mapeamento da Mata Atlântica na área de sua maior incidência no estado do RS. Porto Alegre - RS: IBAMA, 1992 (Relatório de Pesquisa).

9.
PORTO, M. L.. Relatório Nacional do Brasil para a CNUMAD (Rio/92): capítulo III Os campos sulinos e O complexo dos pinhais. Brasília - DF: Comissão Interministerial para preparação da conferência das Nações Unidas sobre meio ambiente e des, 1991 (Relatório de Pesquisa).

10.
PORTO, M. L.. Sistema de informações geográficas e ecológicas em uma área em Santa Catarina do Pinhal, Vale do Rio dos Sinos, RS-Brasil. Munique: Setor de Geobotânica- Universidade Tecnica de Munique, 1988 (Relatório de Pesquisa- Pós-doutorado).

11.
PORTO, M. L.. Metodologia de avaliação ambiental na região das turfeiras do Danúbio Ddonaumoos, sul da Baviera - Estabelecimento de Modelos e Programas de avaliação da Quantidade de Nitrato (NO3) na Água de Filtração. Munique: Universidade Tecnica de Munique, 1988 (Relatório de Pesquisa- Pós-doutorado).


Produção técnica
Programas de computador sem registro
1.
MENEGAT, R. ; PORTO, M. L. ; CARRARO, C. C. ; FERNANDES, L. A. D. . CD-ROM - ATLAS AMBIENTAL DE PORTO ALEGRE. 1998.

Trabalhos técnicos
1.
PORTO, M. L.. Atividade de Extensão - Zoneamento Ambiental do Morro Santana com Vista a Implantação de uma Reserva Ecológica. 2003.

2.
PORTO, M. L.. Diagnóstico e Planejamento Etno-Sustentável e Participativo das terras Indígenas de Cacique Doble e Ligeiro. 2002.

3.
PORTO, M. L.. Avaliação da Concentração de Substâncias Tóxicas nas Lavouras (solo e alimento) Existentes na Área de interferência Direta da Usina Termo Elétrica CGTEE. 2002.

4.
PORTO, M. L.; BRACK, P. ; LEITE, S. L. C. ; PERIN, R. G. ; FRIZZO, T. C. E. . Zoneamento Ambiental o Município de Porto Alegre e Definição das Unidades de Paisagem na Bacia do Dilúvio - Fase I: Lista de espécies vegetais citadas na literatura com família, nome científico, nome popular e referência bibliográfica, lista de referências bibliográficas sobre a Bacia do Arroio Dilúvio do Arroio Dilúvio e digitalização de folhas cartográficas na abrangência do Dilúvio. 1999.

5.
PORTO, M. L.; BRACK, P. ; LEITE, S. L. C. ; PORTO, P. R. ; FORNECK, E. ; FRIZZO, T. C. E. ; IRGANG, G. ; WEBER, E. ; PERIN, R. G. ; Rodrigo N. e Silva . Zoneamento Ambiental do Município de Porto Alegre e Definição das Unidades de Paisagem na Bacia do Dilúvio. Fase II: Levantamentos Botânicos com citação das novas ocorrências na Bacia do Arroio Dilúvio, Classificação da Imagem de Porto Alegre destacando o Uso dos Solos e digitalização de folhas cartográficas na abrangência do Dilúvio.. 1999.

6.
PORTO, M. L.; MELLO, R. S. P. . Mapa digital da vegetação natural de Porto Alegre. In: Menegat, Porto, Carraro e Fernandes - Atlas Ambiental de Porto Alegre.. 1998.

7.
PORTO, M. L.; MENEGAT, R. . Mapa da vegetação natural potencial de Porto Alegre. In: Menegat, Porto, Carraro e Fernandes - Atlas Ambiental de Porto Alegre.. 1998.

8.
PORTO, M. L.; MOHR, F. V. . Mapa digital das comunidades vegetais do Morro Santana In: Menegat, Porto, Carraro e Fernandes - Atlas Ambiental de Porto Alegre.. 1998.

9.
MEIRA, J. R. ; PORTO, M. L. . Mapa digital do zoneamento da vegetação da estação biológica do Lami In: Menegat, Porto, Carraro e Fernandes - Atlas Ambiental de Porto Alegre.. 1998.

10.
OLIVEIRA, M. L. A. A. ; PORTO, M. L. . Mapa da vegetaçào da Ilha das Flores, Parque Delta do Jacuí In: Menegat, Porto, Carraro e Fernandes - Atlas Ambiental de Porto Alegre. 1998.

11.
PORTO, M. L.. Mapa dos biótopos naturais potenciais de Porto Alegre In: Menegat, Porto, Carraro e Fernandes - Atlas Ambiental de Porto Alegre. 1998.

12.
PORTO, P. R. ; PORTO, M. L. . Folder: Educação Ambiental e Ecoturismo - IB, CPG-Ecologia, CENECO - UFRGS - PROPESQ. 1998.

13.
PORTO, P. R. ; PORTO, M. L. . Folder Educativo: Ecologia de Paisagem, meio de utilização e preservação racional. 1990.


Demais tipos de produção técnica
1.
PORTO, M. L.. Relatório Técnico-Científico das atividades desenvolvidas pela equipe da UFRGS- Convênio entre a Carbonifera Criciuma S.A., Carbonifera Metropolitana S.A e Grupo USITESC. 2009. (Relatório de pesquisa).

2.
PORTO, M. L.. Comunidades Vegetais e Fitossociologia. 2007. (Editoração/Livro).

3.
PORTO, M. L.. Fitorremediação como forma mitigadora do impacto gerado pela extração e processamento de carvão: potencialidade de espécies vegetais. 2006. (Relatório de pesquisa).

4.
PORTO, M. L.. Seleção de Plantas Iperacumuladoras de Metais Pesados para saneamento e restauração de áreas degradadas pela exploração de carvão e cobre na região sul do Brasil. 2004. (Relatório de pesquisa).

5.
PORTO, M. L.. Proteção e Manejo de àreas Naturais na Região de Porto Alegre, com base no estudo de Padrões e Dinâmica da Vegetação. 2004. (Relatório de pesquisa).

6.
PORTO, M. L.. Subsídios ao Desenvolvimento Sustentado e a Gestão Ambiental do Município de Porto Alegre. 2002. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

7.
PORTO, M. L.. Utilização do Atlas Ambiental de porto Alegre no Ensino Fundamental e Médio nas Escolas de Porto Alegre.. 2002. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

8.
PORTO, M. L.. Metais Pesados em Plantas:avaliação da tolerância para o desenvolvimento de processos biotecnológicos. 1999. (Relatório de pesquisa).

9.
PORTO, M. L.. Os Campos Sulinos. 1991. (Relatório de pesquisa).

10.
PORTO, M. L.. O Complexo dos Pinhais. 1991. (Relatório de pesquisa).


Produção artística/cultural
Artes Visuais
1.
PORTO, M. L.. Mostra do Atlas Ambiental de Porto Alegre. 2000. Outra.

Outras produções artísticas/culturais
1.
PORTO, M. L.. Santa Cristina do Pinhal - Ecologia da Paisagem.. 1990 (FILME, VIDEO OU AUDIOVISUAL DE DIVULGACAO CIENTIFICA REALIZADO).

2.
PORTO, M. L.. Avaliacao do Impacto Ambietal Atraves do Uso de Programas de Computadores :Sitema de Informacao Geografico e Modelos. 1989 (PARTICIPACAO EM EXPOSICAO OU APRESENTACAO ARTISTICA).

3.
PORTO, M. L.. Avaliacao dos Ecossistemas Alterados Em Areas de Exploracao do Carvao A Ceu Aberto. 1989 (PARTICIPACAO EM EXPOSICAO OU APRESENTACAO ARTISTICA).

Demais trabalhos
1.
PORTO, M. L.. Padrões e processos de vegetação lenhosa em mosaicos de florestas e áreas abertas. 2006 (Coordenação de Simpósio) .

2.
PORTO, M. L.. Paninologia e paleobotânica. 2006 (Revisor dos resumos da área temática) .

3.
PORTO, M. L.. Florística e fitossociologia. 2006 (Revisor da área temática) .

4.
PORTO, M. L.. Ecologia de paisagem como base para grandes desafios ambientais. Com o tema: ecologia de paisagem: avaliação e manejo ambiental. 2006.

5.
PORTO, M. L.. Ecologia de Paisagem como base para grandes desafios ambientais. 2006.

6.
PORTO, M. L.. As diferentes abordagens da botânica sobre a conservação. Com o tema : Comunidades e ecossistemas como bases da conservação biológica.. 2006.

7.
PORTO, M. L.. Manejo, conservação e restauração. 2005 (Palestra) .

8.
PORTO, M. L.. II Simpósio de ecolgia de paisagem sob a ótica aplicada : manejo, planejamento e conservação. 2005 (Coordenação de Smpósio) .

9.
PORTO, M. L.. Primeira Jornadas Argentinas de Ecología de Paisajes. 2005.

10.
PORTO, M. L.. Curso de Posgraduação- UNIJUI. 2004 (Didática) .

11.
PORTO, M. L.. Subsídios ao desenvolvimento sustentado e à gestão ambiental do Município de Porto Alegre.. 2002 (Palestra) .

12.
PORTO, M. L.. Palestra: gestão SBB 1983-1985; uma gestão de mudanças. 2000 (Palestra) .

13.
PORTO, M. L.. Palestra: O Atlas Ambiental de Porto Alegre Como um Modelo em Ecologia de Paisagem. 2000 (Palestra) .

14.
PORTO, M. L.. Pesquisa multidisciplinar e sua utilidade no planejamento ambiental: o exemplo do Atlas Ambiental de Porto Alegre. 1999 (Palestra) .

15.
PORTO, M. L.. Palestra sobre Fitogeografia do RS. 1999 (Atividade de Extensão) .

16.
PORTO, M. L.. Atlas Ambiental de Porto Alegre: Usos no ensino e na aprendizagem na sala de aula -. 1999 (Atividade de extensão) .

17.
PORTO, M. L.. Fundamentos em Ecologia de Paisagem. 1999 (Atividade de Extensão) .

18.
PORTO, M. L.. Flora e vegetação do município de Porto Alegre. 1999 (Atividade de Extensão) .

19.
PORTO, M. L.. Feira das Profissões 1999. 1999 (Atividade de Extensão) .

20.
PORTO, M. L.. Coordenação de projeto de extensão"Zoneamento Ambiental do município de Porto Alegre e definição das unidades de paisagem na Bacia do Dilúvio.. 1999 (Projeto de Extensão) .

21.
PORTO, M. L.; OLIVEIRA, M. L. A. . Análise de Padrão de Distribuição Espacial de Comunidades vegetais do Parque Delta do Jacuí - Mapeamento e Subsídios ao Zoneamento da Unidade de Conservação.. 1998 (Banca examinadora de tese de doutorado) .

22.
PORTO, M. L.. Palestra: Diagnóstico da pesquisa botânica no RS. 1998 (Palestra) .

23.
PORTO, M. L.. Palestra: Ecologia de paisagem, geoprocessamento e sua aplicação na tomada de decisões. 1998 (Palestra) .

24.
PORTO, M. L.. Palestra: Perspectivas da pesquisa. 1998 (Palestra) .

25.
PORTO, M. L.. Coordenação de projeto integrado de pesquisa "Metais pesados em plantas: avaliação da tolerância para o desenvolvimentos de processos biotecnológicos. 1997 (Coordenação de projetos) .

26.
PORTO, M. L.; NUNES, C. B. S. N. . Modelagem da Geometria de Paisagem de Áreas Queimadas por Fogo de Superfície Usando Diagramas de Voronoi.. 1997 (Banca de dissertaçaõ de mestrado) .

27.
PORTO, M. L.. Palestra: A vegetação de Porto Alegre e sua dinâmica de colonização: Atlas Ambiental de POA. 1997 (Palestra) .

28.
PORTO, M. L.. Palestra:Um desafio multidisciplinar: ecologia de paisagem. 1997 (Palestra) .

29.
PORTO, M. L.. Palestra: Temas atuais em Botânica - evolução histórica da ecologia de paisagem. 1997 (Palestra) .

30.
PORTO, M. L.. Palestra: Estratégias de conservation de la biodiversidad, actividades economicas em áreas de conservación y protetión de la natureza. 1997 (Palestra) .

31.
PORTO, M. L.; PASCUAL, M. G. C. . Otimização de Amostragem para Estudo de Padrões em Vegetação Campestre. 1996 (Banca de dissertação de mestrado) .

32.
PORTO, M. L.. Palestra: Aspectos fitogeográficos do Rio Grande do Sul. 1996 (Palestra) .

33.
PORTO, M. L.. Palestra: Ecologia de paisagem: estado de arte no contexto da avaliação ambiental. 1995 (Palestra) .

34.
PORTO, M. L.. Palestra: Evolução da ecologia de paisagem. 1995 (Palestra) .

35.
PORTO, M. L.. Palestra: Gerenciamento ambiental do Lami, município de Porto Alegre. 1994 (Palestra) .

36.
PORTO, M. L.. Palestra: Bioindicadores vegetais compo subsídio de monitoramento para áreas de exploração do carvão. 1993 (Palestra) .

37.
PORTO, M. L.. Palestra: A flora de Porto Alegre. 1993 (Palestra) .

38.
PORTO, M. L.. Coordenação de projeto integrado de pesquisa "Zoneamento Ambiental do Morro Santana com vistas a implantação de uma reserva ambiental.. 1992 (Projeto de pesquisa) .

39.
PORTO, M. L.. Palestra: Avaliação dos principais biomas do RS. 1992 (Palestra) .

40.
PORTO, M. L.. Palostra: A importância da Botânica no contexto RIO/92. 1992 (Palestra) .

41.
PORTO, M. L.. Palestra: Avaliação do impacto ambiental como uso de recursos da informática. 1992 (Palestra) .

42.
PORTO, M. L.. Palestra:Ecologia de paisagem - meio de preservação e utilização racional. 1991 (Palestra) .

43.
PORTO, M. L.. Palestra: Ecossistemas alterados em áreas de mineração de carvão. 1990 (Palestra) .

44.
PORTO, M. L.. Palestra: Metodologia e avaliação ambiental com uso de recursos da informática. 1989 (Palestra) .

45.
PORTO, M. L.. Palestra: Avaliação ambiental com uso de recursos da informática. 1989 (Palestra) .

46.
PORTO, M. L.. Palestra: Metais pesados. 1987 (Palestra) .

47.
PORTO, M. L.. Palestra: A influência de metais pesados nas plantas e o uso destas como bioindicadores. 1986 (Palestra) .

48.
PORTO, M. L.. Palestra: Ciência e tecnologia brasileira. 1984 (Palestra) .

49.
PORTO, M. L.. Palestra: Base ecológica para o desenvolvimento mineral das regiões tropicais. 1984 (Palestra) .

50.
PORTO, M. L.. Palestra: Plantas acumuladoras de metais pesados como bioindicadores de jazidas minerais. 1982 (Palestra) .

51.
PORTO, M. L.. Palestra: Parque nacional dos Aparatos da Serra. 1976 (Palestra) .

52.
PORTO, M. L.. Palestra: A vegetação no Rio Grande do Sul. 1975 (Palestra) .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
FARINA, F.; PORTO, M. L.; Fitz, P.R.. Participação em banca de Priscila Menegghetti Eger. Análise da Dinâmica da Vegetação na Paisagem da Bacia Hidrográfica de Candiota- RS. 2012. Dissertação (Mestrado em Avaliação de Impactos Ambientais em Mineração) - Universidade La Salle - Canoas.

2.
Podgaiski, L.R.; Rodrigues, G.G.; PORTO, M. L.. Participação em banca de Luciana Regina Podgaiski. Decomposição foliar de espécies pioneiras e macrofauna de solo em ecossistemas degradados pela deposição de cinzas e extrção do carvão. 2009. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

3.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Samuel Costa. Estrutura da Vegetação herbáceo-arbustivados solos construidos em áreas mineradas de carvão a céu aberto e a relação de Axonopus obtusifolius (Raddi)Chase co Mn e Pb. 2007. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

4.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Graziela Obregon Wedy. Regeneração natural de espécies Arbóreas na Floresta Estacionaldo parque do Turvo, Derrubadas, RGS. 2007. Dissertação (Mestrado em Botânica) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

5.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Marilda Alexandre Rebelo. Composição florstica e estrutura fitossociológica de um remanescente florestal ciliar ne microbacia do rio Três Cachoeiras. 2006. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

6.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Paulus Mendes Porto. Uso da vegetação para redução de perigo aviário no aéroporto Salgado Filho. 2006. Dissertação (Mestrado em Engenharia) - Universidade Luterana do Brasil.

7.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Marcelle Mirico da Silva. Fitosssociologia e Regeneração Natural em Floresta Ombrofila Mista Na Floresta Nacional de São Francisco de Paula. 2005 - Universidade Vale do Rio dos Sinus.

8.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Claudia Felin Cerutti. Produção de Serrapilheira em Floresta estacional Decidual do Médio Alto Uruguai - Frederico Westphalen , RS. Brasil. 2004 - Universidade Vale do Rio dos Sinos.

9.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Daniel Pereira. Aplicação de Índices ambientais para a avaliação da sub-bacia do Arroio Maratá,bacia do rio Caí.. 2002. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - UFRGS.

10.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Marisa santos. Paspalum notatum Flügge var. notatum(POACEAE) em ambiente com e sem rejeitos de mineração de carvão: morfo-anatomia e bioacumulação de metais pesados. 2000. Dissertação (Mestrado em Botânica) - UFRGS.

11.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Celso Copstein Wademar. A vegetação rupestre heliófila do Parque Estadual de Itapuã, Viamão, RS-Brasil. 1998. Dissertação (Mestrado em Botânica) - UFRGS.

12.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Maria de Lourdes Abruzzi de Oliveira. Análise de padrão de distribuição espacial de comunidades vegetais do Parque Delta do Jacuí - mapeamento e subsídio ao zoneamento da unidade de conservação. 1998. Dissertação (Mestrado em Botânica) - UFRGS.

13.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Zurita, M. L. L.. Avaliação de odores gerados por fontes estacionárias através de painel de monitores. 1998. Dissertação (Mestrado em Botânica) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

14.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Balbueno, R. A.. A fragemntação de ambientes florestais: dois casos na região do Baixo Jacuí,RS.. 1997. Dissertação (Mestrado em Botânica) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

15.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Rodrigues, M. L. K.. Diagnóstico da poluição por elementos - traço no sedimento da bacia hidrográfica do rio Jacuí. 1997. Dissertação (Mestrado em Botânica) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

16.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Martin, E. V.. Estrutura das comunidades de aves aquáticas no complexo de áreas úmidas de Tapes e arambaré, planície costeira do Rio Grande do Sul. 1997. Dissertação (Mestrado em Botânica) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

17.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Nunes, C. B. S.N.. Modelagem da geometria de paisagem de áreas queimadas por fogo de superfície usando diagramas de Voronol. 1997. Dissertação (Mestrado em Matemática) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

18.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Cléa Bernardete Silveira Netto. Modelagem da geometria de paisagem de áreas queimadas por fogo de superfície usando diagramas de voronol. 1997. Dissertação (Mestrado em Matemática) - UFRGS.

19.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Mondin, C. A.. A tribo Mutisiese cass (Asteraceau) Sensu cabrera no Rio Grande do Sul. 1996. Dissertação (Mestrado em Botânica) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

20.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Kindel, E. A. I.. Padrões de dissertação e disposição espacial de araucária augustifolia e suas relações com aves e mamíferos na Estação Ecológica de Aracuri, esmeralda,RS.. 1996. Dissertação (Mestrado em Botânica) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

21.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Hass, S.. variação sanzonal da biomassa, composiçaõ e aspectos da dinâmica populacional de scirpus califormicus. 1996. Dissertação (Mestrado em Botânica) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

22.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Mônica graciema Cadenazzi Pascual. Otimização de amostragem para estudos de padrões em vegetação campestre. 1996. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - UFRGS.

23.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Miro, C. P.. Efeitos aleopáticos de frutos maduros de erva-mate (ilex paraguariensis St.Hil) sobre a germinação e crescimento ionicinal do milho. 1995. Dissertação (Mestrado em Botânica) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

24.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Sevegnani,L.. Fitossociologia de uma floresta secundária, Maquiné,RS. 1995. Dissertação (Mestrado em Botânica) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

25.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Otón, P.R.B.. Relações entre a estrutura da vegetação e pastejo seletivo de bovinos em campo natural. 1995. Dissertação (Mestrado em Fitotecnia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

26.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Adami, R. M.. Zoneamento ecológico da bacia de denagem do Rio Itajaí-Açu, por intermédio da aplicação dos programas MULVAS e CPTI. 1995. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

27.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Cardoso L. S.. Dinoflagelados da ilha do Arvoredo e da praia de Ponta das canas - SC - Brasil (setembro de 1991 a fevereiro de 1992) : considerações toxinômicas e ecológicas. 1993. Dissertação (Mestrado em Biologia de Fungos, Algas e Plantas) - Universidade Federal de Santa Catarina.

28.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Marinês Garcia Batista. Contribuição ao conhecimento das algas psânicas de Praia Azul. 1992. Dissertação (Mestrado em Botânica) - UFRGS.

29.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Mara Rejane Ritter. Estudo taxonômici do Gênero Mikania Willd (Asteraceae) secção Globosae e Thyrsigerae no RS. 1990. Dissertação (Mestrado em Botânica) - UFRGS.

30.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Irene Fernandes. Levantamento da flora vascular rupestre do Morro do Cabrito e Morro sapucaia, RS-Brasil. 1990. Dissertação (Mestrado em Botânica) - UFRGS.

31.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Elezabete Zanin. Flora espermatófita do Estreito de Augusto César, Rio Uruguai, Marcelino ramos, RS-Brasi, Concórdia, SC-Brasil. 1990. Dissertação (Mestrado em Botânica) - UFRGS.

32.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Paulo Brack. A Família urticaceae no Rio Grande do Sul. 1989. Dissertação (Mestrado em Botânica) - UFRGS.

33.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Ubiratã Soares Jacobi. Efeitos aleopáticos de Mimosa bimucronata (DC.) O. KUNTZE (MARICÁ). 1989. Dissertação (Mestrado em Botânica) - UFRGS.

34.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Valéria Sampaio Teixeira Gil de Lima. Avaliação comparativa da participação e incorporação radicular de 226Ra endógeno e exógeno em solos agrícolas em Poços de Caldas: formas de ocorrência e disponibilidade vegetal. 1988. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho.

35.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Marisa Santos. Anatomia foliar de espécies do Gênero Ocotea AUBL. (LAURACEAE) ocorrentes no Rio Grande do Sul. 1986. Dissertação (Mestrado em Botânica) - UFRGS.

36.
PORTO, M. L.. Participação em banca de João André Jarenkow. Composição florística e estrutura da mata com Araucária na Estação Ecológica de aracurí, Esmeralda, RS-Brasil. 1985. Dissertação (Mestrado em Botânica) - UFRGS.

37.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Vera Regina Werner. Cyanophyceae (=Nostocophyceae) plantônicas da Lagoa de Tramandaí e da Lagoa do armazém, RS-Brasil. 1984. Dissertação (Mestrado em Botânica) - UFRGS.

38.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Jorge Luiz Martins. Toxidez de Cadmio e Chumbo para plantas e microorganismos do solo. 1983. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - UFRGS.

39.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Lezilda Carvalho Torgan. Estudo taxonômico de diatomáceas planctônicas da represa de Águas Belas, Viamão, RS-Brasil. 1982. Dissertação (Mestrado em Botânica) - UFRGS.

40.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Branca Aime Severo. O gênero Aristida L. (Gramineacea) no RS. 1982. Dissertação (Mestrado em Botânica) - UFRGS.

41.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Vera Lúcia Carvalho Siqueira. Podocarpus lamberti O.K.-Geminação e Anatomia. 1982. Dissertação (Mestrado em Botânica) - UFRGS.

42.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Silas Costa Pereira. O gênero Chloris (Gramineae) n0 Rio Grande do Sul. 1975. Dissertação (Mestrado em Botânica) - UFRGS.

Teses de doutorado
1.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Jairo José Zocche. Comunidades vegetais de savana sobre estruturas mineralizadas de cobre na mina Volta Grande, Lavras do Sul, RS.. 2002. Tese (Doutorado em Curso de Posgraduação em Botânica) - UFRGS.

2.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Francisco Renato Galvani. Vegetação e aspectos ecológicos do Parque Estadual do Espenilho, Barra do Quaraí, RS.. 2002. Tese (Doutorado em Curso de Posgraduação em Botânica) - UFRGS.

3.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Geraldo Mário Rodhe. Diagnóstico Ambiental do Rio Grande do Sul.. 2002. Tese (Doutorado em Ecologia) - UFRGS.

4.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Marisa Santos. Paspalum notatum (Poaceae) em ambientes com uso de rejeito de mineração de carvão: morfoanatomia e bioacumulação de metais pesados. 2000. Tese (Doutorado em Curso de Posgraduação em Botânica) - UFRGS.

Qualificações de Doutorado
1.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Carolina Scherer. Palinomorfos de perfis sedimentares de duas matas com Araucária, Planalto do Rio Grande do Sul, Brasil. 2007. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-graduação em Botânica) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

2.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Enio Egon Sosinski. Padrões e Diversidade de Tipos Funcionais em Pastágem Natural. 2005. Exame de qualificação (Doutorando em Ecologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

3.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Éllen Nunes Garcia. Recomposição da cobertura campestre após cultivo convencional de arroz irrigado (Gryza sativa L.) na planície costeira do Rio Grande do Sul.. 2002. Exame de qualificação (Doutorando em Curso de Posgraduação em Botânica) - UFRGS.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Ricardo Lange Hentschel.Desenvolvimento e tolerância de Cynodon dactlylon (L.) Peerson em cinzas e rejjeitos de carvão mineral. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

2.
PORTO, M. L.. Participação em banca de Banca Avaliadora de Trabalhos.I Jornada de Iniciação Científica - Meio Ambiente. 2004 - Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
Santos, G.M.M.; PORTO, M. L.; Almeida-Neto,M.. professor Adjunto em Ecologia de Ecosistemas e Paisagem. 2011. Universidade Estadual de Feira de Santana.

2.
PORTO, M. L.; METZGER, J. P. W.; ZANIN, E. M.. Provimento de Cargo de Professor Adjunto- Área de Ecologia de Paisagem - UFRGS. 2004. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

3.
PORTO, M. L.. Professor Assistente em Ecologia de Sistemas-Departamento de Ecologia-UFRGS. 1995. UFRGS.

4.
PORTO, M. L.. Professor Assistente Departamento de Ecologia-UFRGS. Setor de Ecologia de Populações e Comunidades. 1993. UFRGS.

5.
PORTO, M. L.. Professor Adjunto do departamento de Botânica- UFMG. 1984. UFRGS.

Avaliação de cursos
1.
PORTO, M. L.. Curso de Pós-Graduação em BIologia Vegetal-UNICAMP. 1993. Universidade Estadual de Campinas.

Outras participações
1.
PORTO, M. L.. XIX Salão de Iniciação Científica / XVI Feira de Iniciação Científica / II Salão UFRGS Jovem. 2007. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Forest Landscapes and Global Change. Naturalness and diversity of Biotops: their impact on Landscape Quality - a Matematical Model. 2010. (Congresso).

2.
Frnteiras da Biodiversidadeo.Biodiversidade. 2010. (Simpósio).

3.
Fronteiras da Biodiversidade.Câmara Tecnica. 2010. (Simpósio).

4.
IALE European Conference 2009. Landscape Ecology. 2009. (Congresso).

5.
III-Simposio de Ecologia do PPGERN.O Desenvolvimento da Ecologia Vegetal no Brasil. 2009. (Simpósio).

6.
Conferência Mundial sobre Desenvolvimento de Cidades. Desenvolvimento Urbano e Conservação Ambiental: uma chave para asustentabilidade. 2008. (Congresso).

7.
57° Congresso Nacional de Botânica, 13° Encotro Estadual de Botânicos e 5° Encontro Estadual de Herbários. 2006. (Congresso).

8.
Workshop.Estado Atual e Desafios para a Conservação dos Campos. 2006. (Outra).

9.
Desenvolvimento Sustentável em Debates.Ecologia de Paisagem. 2004. (Seminário).

10.
VII Semana de Biologia do Vale do Taquari.Ecologia de Paisagem. 2004. (Encontro).

11.
.Seminário I; Atlas Ambiental como ferramneta para o manejo e planejamento ambiental. 2002. (Seminário).

12.
45 Symposium of the international Association for vegetation Science - IAVS.Landscape Ecology and phitosociology applied for the management of forest areas. 2002. (Simpósio).

13.
45th Symposium International Association for Vegetation Science.45th Symposium International Association for Vegetation Science. 2002. (Simpósio).

14.
45th Symposium of the international Association for Vegetation Science - IAVS.Mapping and data base related to and soil use at Saint Hilaire Municipal Park, Viamão - Porto Alegre-RS-Brasil. 2002. (Simpósio).

15.
45th Symposium of the International Association for vegetation Science - IAVS.Phitosociologic study of a riparian forest in the Saint'Hilaire Municipal Park. 2002. (Simpósio).

16.
45th Symposium of the International Association for Vegetation Science - IAVS.Patterns of the landscape: fiding the link between the plant funtional types and soils. 2002. (Simpósio).

17.
45th Symposium of the International Association for Vegetation Science - IAVS.Researches in plant communities in the south of Barsil from the bases to the current perspectives in Landscape Ecology. 2002. (Simpósio).

18.
45th Symposium of the International Association for Vegetation Science - IAVS.Plant comunities on mineralized copper structures in Volta Redonda Mine - Lvras do Sul/RS, Brasil. 2002. (Simpósio).

19.
45th Symposium of the International Association for Vegetation Science- IAVS.Vegetation zonation on area of cupro-auriferours ores. 2002. (Simpósio).

20.
Mostra Virtual.3º Salão de Extensão da UFRGS. 2002. (Outra).

21.
11º Encontro Nacional de Química Analítica AB-42.18-21.Metais pesados e sua relação com a biossíntese de metabólicos secundários em ecótipos de Baccharis trimera (Less) A. P. de Candolle. 2001. (Encontro).

22.
V Congresso Brasileiro de Ecologia do Brasil.. Comunidades de vegetação metalófila sobre estruturas mineralizadas de cobre na Mina Volta Grande - Lavras do Sul, Brasil. 2001. (Congresso).

23.
V Congresso de ecologia do barsil Ambiente X Sociedade. Comunidades Vegetais em solos Metalíferos na Mina Volta Redonda - Lavras do Sul/RS Brasil. 2001. (Congresso).

24.
V Congresso de Ecologia do Brasil. Organismos aquáticos indicadores de zonação fluvial na Bacia do arroio Velhaco,RS, Brasil.. 2001. (Congresso).

25.
V Congresso de Ecologia do Brasil. Comunidades vegetais em solos metalíferos na Mina Volta Redonda - Lavras do sul, Brasil. 2001. (Congresso).

26.
V Congresso de Ecologia do Brasil Ambiente X Sociedade. Moluscos limnicos indicadores de unidades da paisagem fluvial na bacia do Arroio Velhaco, RS-Brasil. 2001. (Congresso).

27.
V Congresso de Ecologia do Brasil Ambiente X Sociedade. Vegetação da bacia hidrográfica do arroio Velhaco(RS) com ênfase nas matas ciliares. 2001. (Congresso).

28.
V Congresso de Ecologia do Brasil Ambiente X Sociedade. Subsídios para elaboração de planos de manejo com bases na Ecologia de paisagem - Estudo de caso na bacia hidrográfica do Arroio Velhaco. 2001. (Congresso).

29.
V Congresso de Ecologia do Brasil Ambiente X Sociedade. Zoneamento da vegetação e uso do solo com basnco de dados do Parque Saint Hilaire, Viamão-Porto Alegre-RS. 2001. (Congresso).

30.
V Congresso de Ecologia do Brasil Ambiente X Sociedade. Metais pesados e seua relação com a biossíntese de metabólicos secundários em ecótipos Bacaris trimera (Less) A. P. de Candolle-COMPOSITAE. 2001. (Congresso).

31.
V Congresso de Ecologia do Brasil Ambiente X Sociedade. Influências da paisagem do entorno na estrutura das comunidades vegetais da avifauna em biótopos naturais florestais. 2001. (Congresso).

32.
V Congresso de Ecologia do Brasil Ambiente X Sociedade. Situação sócio-econômica da bacia hidrográfica do Arroio Velhaco (RS). 2001. (Congresso).

33.
XIX Internacional Grassland Congress. Herbaceus vegetation dynamic after cut and burn shurub plants in southern Brazil. 2001. (Congresso).

34.
First International Symposium on Sustainable Ecosystem Management.Enviromental Management with the citizen participation. 1999. (Simpósio).

35.
BIO-GEO: FORSCHEN FÜR GEENWART UND ZUKUNFT.Pesquisar para o presente e para o futuro. 1998. (Outra).

36.
IX Encontro de Botânicos do RS.Composição química em diferentes ecótipos de Baccharis trimera (Less), A.P.DC e Achyroeline satureoides (Lam), D.C. Compositae, A vegetação do município de POA: origem e evolução, Influência antrópica e do substrato na vegetação campestre em área com potencial de ocorrência de metais pesados, Corredores lineares em áreas preservadas: Ação sobre o ambiente natural e importância em Educação Ambien. 1998. (Encontro).

37.
X Salão de Iniciação Científica da UFRGS/Propesq.Caracterização de genes de metalotineinas de plantas provenientes de solos ricos em cobre, Flora ilustrada da futura Reserva Biológica do Morro Santana. 1998. (Outra).

38.
XV Simpósio dem Plantas Medicinais do Brasil.Avaliação de metais pesados (CI,Cu,Pb,Zn) na composição química e atividade farmacológica em diferentes ecótipos de Baccharis trimera (Less)A.P.DC e Achyrocline saturoides(Lam), DC. Compositae. 1998. (Simpósio).

39.
XXVII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Bioquímica e Biologia Molecular.Characterization of new metallothionein genes from plants growing in cooper-reich soils. 1998. (Outra).

40.
5ª Reunião Especial da SBPC - Floresta Atlântica.As formações vegetais no município de POA: evolução e dinâmica da colonização, Elaboração de uma flora ilustrada da vegetação da futura reserva ecológica do Morro Santana,POA-RS.. 1997. (Outra).

41.
II Congresso Latino-Americano de Botânica. Nota prévia sobre o levantamento florístico. 1997. (Congresso).

42.
III Jornadas Científicas sobre Meio Ambiente.As formações vegetais no município de POA: evolução e dinãmica da colonização, Zoneamento ambiental e gerenciamento de unidades de conservação no município de POA-RS. 1997. (Outra).

43.
III Congresso de Ecologia do Brasil. Relação entre padrões e processos em pequenas bacias hidrográficas: a interface entre Ecologia de Paisagem e Hidrografia através do geoprocessamento e da geometria fractal, Zoneamento ambiental na Bacia do Rio Tubarão-SC- com base na investigação dos teores de metais traço e sulfato em água, planta, sedimento e solo, Avaliação e zoneamento preliminar de condições ambientais visando a implantação. 1996. (Congresso).

44.
Jornadas Científicas Sobre Meio Ambiente.Relação entre padrões e processos em pequenas bacias hidrográficas: a interface entre Ecologia de Paisagem e hidrologia, através do geoprocessamento e da geometria fractal, Zoneamento da vegetação da reserva ecológica do morro santana de POA-RS: aplicabilidade de. 1995. (Outra).

45.
XLVI Congresso Nacional de Botânica. Estudo comparativo de matas ciliares na Reserva Biológica do Lami, através do método de projeção sobre a transecção Ribeirão Preto.. 1995. (Congresso).

46.
XV Encontro Estadual de Professores de geografia.O clima local em ambientes alternados: aplicações no conforto térmico em charqueadas,RS. 1995. (Encontro).

47.
II Congresso de Ecologia do Brasil. Percepção ambiental da população de Charqueadas,RS. 1994. (Congresso).

48.
III Feira de Iniciação Científica.Exposiçaõ de equipamentos e softwares PC-ARC/INFO e PC-SEM. 1994. (Outra).

49.
XLV Congresso Nacional de Botânica. produção de serrapilheira em comunidades florestais do Morro do Pinhal, Alguns aspectos da ciclagem de nutrientes em comunidades florestais do Morro do Pinhal, Parobé-RS, Zoneamento fitosionômico do estrato arboreo com bases fitossociológicas no Vale do Rio dos Sinos-Santa Cristina do Pinhal,Parobé-RS, Zoneamento fitosionômico do estrato herbáceo com base em métodos fitissociológicos no Vale do. 1994. (Congresso).

50.
III Encontro de Ecotoxicologia.Bioindicadores vegetais como subsídio de monitoramento para áreas de exploração de carvão. 1993. (Encontro).

51.
V Salão de Iniciação Científica.Aplicação do software PC-ARC/INFO - SEM no desenvolvimento de um modelo topológico tridimencional visando a contribuir ao zoneamento ambiental do Morro Santana, Porto Alegre,RS. 1993. (Outra).

52.
6º Encontrop de Botânicos do RS.Tipos de vegetação natural em Porto Alegre. 1992. (Encontro).

53.
IV Salão de Iniciação Científica.Mapeamento geológico e estudo dos processos antrópicos em Santa Cristina do Pinhal, Vale do Rio dos Sinos,RS. 1992. (Outra).

54.
III Mostra de Iniciação Científica.Estudo comparativo de duas comunidades campestres em Santa Cristina do Pinhal,Parobé-RS. 1991. (Outra).

55.
Seminário Integração Ambiental Novo Século.Ecologia: meio de preservação e utilização racional. 1991. (Seminário).

56.
42º Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência.42ºReunião Anual da Sociedade brasileira para o Progresso da Ciência. 1990. (Outra).

57.
II Mostra de Iniciação Científica/UFRGS.Comunidade vegetal em campo secundário sujeito a ação períodica do fogo, santa Cristina do Pinhal, Parobé,RS, Estudo comparativo de duas comunidades vegetais campestres, sua relação com Arthropoda e as condições microclimáticas em santa Cristina do Pinhal,Parobé,RS. 1990. (Outra).

58.
Seminário de Avaliação Ambiental.Avaliação ambiental do RS. 1990. (Seminário).

59.
XLI Congresso nacional de Botãnica. Fitossociologia de uma área florestal no Morro do Pinhal, Parobé,RS, Eleocharis obtusetrigona (Lind. et Nees) Stendl. como bioindicador de metal pesado, Ecologia da Paisagem,Estudo da vegetação de margem de dois corpos d1água em área natural e alternada pela exploração do carvão a céu aberto, Butiá,RS. 1990. (Congresso).

60.
4º Semana do Instituto de Biociências-UFRGS.Painés: Avaliação do impacto ambiental através do uso de programas de computador: sistema de informação geográficas e modelos de imput e output, Avalição dos ecossistemas alternados em áreas de exploração de carvão a céu aberto, Estudo fitossociológico e recolonização após prática do fogo em comunidades vegetal campestre.. 1989. (Outra).

61.
I Mostra de Iniciação Científica.Estudo da vegetação de margem de dois corpos d'água em área natural e alternada pela exploração de carvão a céu aberto. 1989. (Outra).

62.
XIV Congresso Brasileiro de Cartografia. Mapas temáticos obtidos pelo sistema PC-ARC/INFO. 1989. (Congresso).

63.
XL Congresso Nacional de Botânica. Bioindicadores de metais pesados e caracterização das águas de lagoas de áreas de mineração a céu aberto, Butiá,RS, Estudos florísticos e fitossociológico de uma áreas de campo sobre banco de carvão e sobre áreas mineradas, Concentração de metais pesados em plantas que se desenvolvem am áreas de mineração de carvão, Proposta de análise conjunta dos estratos de uma comunidade florestal com adapta. 1989. (Congresso).

64.
8º Simpósio de Ecologia - UFRGS Saarbrucken.Pesquisa em ecologia aplicada. 1988. (Simpósio).

65.
IV Encontro de Botânicos do RS.Parâmetros de solo como subsídio ao estudo das comunidades vegetais do Morro do Pinhal, Parobé-RS. 1988. (Encontro).

66.
1º Encontro de Ecologia Ambiental, Biogeoquímica e Geobotânica.Vegetação metalófila no RS. 1987. (Encontro).

67.
25 Hochschultagung da faculdade de Agricultura e Jardinagem.Agricultura em conflítuo entre a economia e a ecologia. 1987. (Encontro).

68.
Internacionales Feuchtgebiets Symposium.Internationales Feuchtgebiets Symposium. 1987. (Simpósio).

69.
XIII Congresso Internacional de Berlin. XIII Congresso Internacional de Berlin. 1987. (Congresso).

70.
XXXVIII Congresso Nacional de Botânica. Tipos de vegetação metalófila em áreas da serra dos Carajás e de MG, Anatomia comparada de Heterothalamus alienus (EPREG) O.K. (Compositae) da área de mineração de Lavras do Sul, Vegetação e fatores ambientais de um Morro Testemunho da formação botucatu em Parobé,RS, Plantas acumuladoras de metais pesados em área sde mineração de carvão-subsídio para revegetação, O Gênero Hyptis (Labiatae) no RS. 1987. (Congresso).

71.
!º Semana do Instituto de biociências, UFRGS.A família Labiatae no RS, Fitossociologia das matas de restinga do RS, Metais pesados: bioindicação , vegetação metalófila, bioprospecção. 1986. (Encontro).

72.
XXXVII Congresso Nacional de Botânica. Palestra no simpósio sobre poluição e plantas. 1986. (Congresso).

73.
2º Reunião regional da SBPC.Mineração como fonte energética. 1985. (Simpósio).

74.
VI Simpósio de Ecologia UFRGS-Saarbrucken.Estudos preliminares da população de heterothalamus alienus (Spreg) O.K. Compositae da área de mineração de lavras do Sul-RS, Estudos fitossociológicos das espácies arbóreas de uma mata arenosa de restinga, em Emboaba, Osório-Tramandaí,RS, metais Pesados e sua influência nos ecossistemas terrestres.. 1985. (Simpósio).

75.
XXXVI Congresso Nacional de Botânica. I Encontro de curadores de herbário. 1985. (Congresso).

76.
XXXVI Congresso Nacional de Botãnica. Estudo fitossociológico das espécies arbóreas de uma mata arenosa de restinga, em Emboaba, Osório - Tramandaí,RS. 1985. (Congresso).

77.
II Encontro de Botânica do RS.Ciência e tecnologia brasileira - situação na área botãnica. 1984. (Encontro).

78.
Iº Simpósi do Trópico Úmido.Bases ecológicas para o desenvolvimento do setor mineral. 1984. (Simpósio).

79.
XXXV Congresso Nacional de Botânica. XXXV Congresso Nacional de Botânica. 1984. (Congresso).

80.
XXXVI Reunião anual da SBPC.Pesquisas em campos rupestres. 1984. (Simpósio).

81.
XXIV Congresso Nacional de Botânica.A importancia dos bioindicadores vegetais no ambiente aéreo, aquático e terrestre.. 1983. (Simpósio).

82.
XXXIV Congresso Nacional de Boânica. Manual ilustrado da flórula da estação ecológica do Taim-parte I, Morfologia externa e interna de ecótipos de Schnus lentiscifolius.. 1983. (Congresso).

83.
IX Simpósio de Ecologia UFRGS/Saabrucken Meio Ambiente Diagnóstico e Perpectiva..vegetação natural sobre solos metalíferos no RS.. 1982. (Simpósio).

84.
XXIV Semana Universitária gaúcha de Debates Biológicos.Nota prévia sobre o levantamento florístico de quatro regiões naturais do RS. 1982. (Encontro).

85.
XXIV Semana Universitária Gaúcha de debates Biológicos.Morfologia interna de um ecotipo de Schinus lentiscifolius March da vegetação da área de mineração da CRM,Lavras do Sul-RS. 1982. (Encontro).

86.
XXIV Semana Universitária Gaúcha de Debates Biológicos.A profissão biólogo. 1982. (Encontro).

87.
2º Salão de Pesquisas Biológicas de Porto Alegre.Considerações finais a respeito da sistemática das curcibitaceae do RS. 1981. (Encontro).

88.
2º Salão de Pesquisas Biológicas de Porto Alegre.Sistemática e evoulção de plantas nativas.. 1981. (Encontro).

89.
XI Sudamerika Symposium in Saarbrucken.Schwermetallvegetationstypen in Rio Grande do Sul e Studies on Relbunium hypocarpium (Ribiceae) anatomy, ontogeny and isoenzyme variability.. 1980. (Simpósio).

90.
IV Internacionales Symposium zur Erfassung der Europeischen Invertebraten und X Sudamerika Symposium in Saarbrucken.Participante. 1979. (Simpósio).

91.
XXIX Congresso Nacional da Sociedade Botânica do Brasil. A tribo psychotriae (Rubiaceae) no RS.. 1978. (Congresso).

92.
XXVIII Congresso Nacional da Sociedade Botânica do Brasil. XXVIII Congresso nacional da Sociedade de Botânica do Brasil. 1977. (Congresso).

93.
I Salão de Pesquisas BIológicas de Porto Alegre.A família Cactaceae no RS-Sistemática e ecologia , Sistemática e evolução do Genero Relbunium (Rubiaceae), A família Rubiaceae no RS, A sub-família Papilionoideae (Leguminoseae) no RS, Distribuição geográfica de plantas riograndenses, Vegetação e ecologia de dunas da Lagoa Mirim e levantamento fitossociológico em banhados junto ao Rio Tramandaí.. 1976. (Simpósio).

94.
Simpósio de Biologia de Ecossistemas.Levantamento fitossociológico em banhados junto ao Rio Tramandaí, Levantamento fitossociológico em área de mata de baixio na estaçãode sivicultura tropical-INPA, Manaus-Am, vegetação e ecologia de dunas da matgem da Lagoa Mirim e vegetação da estação ecológica do Taim.. 1976. (Simpósio).

95.
XVIII Semana Universitária Gaúcha de debates Biológicos.XVIII Semana Universitária Gaúcha de Debates Biológicos. 1976. (Encontro).

96.
XVII Semana Universitária Gaúcha de debates Biológicos.Duas espécies de relbunium (Endl.) Hook fil. novas para a ciência.. 1975. (Encontro).

97.
1º Simpósio de Pesquisa Florestal.Iº Simpósio de Pesquisa Florestal. 1974. (Simpósio).

98.
XVI Semana Universitária Gaúcha de Debates Biológicos.Taxonomia numérica de algumas entidades do gênero Relbunium (Endl.) Hook fil (Rubiaceae). 1974. (Encontro).

99.
XXV Congresso Nacional da Sociedade de Botânica do Brasil. Considerações sobre as formações vegetais do Parque do Caracol,Canela,RS-Brasil e nota sobre Uubiciae campestre do RS.. 1974. (Congresso).

100.
XXIV COngresso Nacional de Botânica do Brasil. Considerações finais a respeito da sistemática das curcubitaceae do RS. 1973. (Congresso).

101.
Sessão de Botãnica da Sociedade de Biologia do RS.Nota prévia sobre o levantamento florístico de quatro regiões naturais do RS. 1971. (Encontro).

102.
XXII Congresso Nacional da Sociedade Botânica do Brasil. Nota prévia sobre o levantamento florístico de quatro regiões naturais do RS. 1971. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
PORTO, M. L.. II Jornada de Iniciação Científica - Meio Ambiente-. 2006. (Congresso).

2.
PORTO, M. L.. 57° Congresso de Nacional de Botânica, 5° Encontro Estadual de Herbários 13°Encontro Estadual de Botânicos- Comissão Científica. 2006. (Congresso).

3.
PORTO, M. L.. 57° Congresso de Nacional de Botânica, 5° Encontro Estadual de Herbários 13°Encontro Estadual de Botânicos- Comissão de Programa. 2006. (Congresso).

4.
PORTO, M. L.. 44th IAVS SYMPOSIUM/2002. 2002. (Congresso).

5.
PORTO, M. L.. Congresso Brasileiro de Ecologia/2001. 2001. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Ana Paula Moreira da Silva. Potencial de uso de Schinus lentiscifolius March. e Schinus terebinthifolius Raddi na recuperação de áreas degradadas pela mineração e respostas fisiológicas ao cobre. 2008. Dissertação (Mestrado em Botânica) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Coorientador: Maria Luiza Porto.

2.
Greice Mattei. Padrães estruturais de uma paisagem fragmentada no planalto médio: efeitos sobre a riqueza e diversidade de espécies arbóreas. 2007. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Maria Luiza Porto.

3.
Rogerio Both. Avaliação da Representatividade do Sistema de Unidades de Conservação do Estado do Rio Grande do Sul. 2006. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Maria Luiza Porto.

4.
Juliane da Silva Bortolotti. Caracterização das Unidades de Manejo (biótopos) da Futura Unidade de Conservação Ambiental da UFRGS, POA,RS. 2005. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Maria Luiza Porto.

5.
Júlio César Inácio. Zoneamento Etno-Ambiental da Terra Indígina de Ligeiro: um estudo com base na Ecologia de Paisagem. 2005. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - UFRGS, Fundação Ford. Orientador: Maria Luiza Porto.

6.
Cibele Sippel. Unidades da paisagem e suas relações com as características dos solos na área da mineração Volta grande, Lavras do Sul, RS- uma visão em diferentes escalas. 2003. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Maria Luiza Porto.

7.
Rafael G. Perin. Comunidade vegetal arbórea da floresta ripária do Arroio Pequeno Dilúvio, Parque Natural Municipal Saint'Hilaire, Viamão - Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil.. 2002. 90 f. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - UFRGS, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Maria Luiza Porto.

8.
TAÍS C ERNST FRIZZO. Zoneamento da vegetação e sua relação com metais pesados na mina Volta Grande, Lavras do Sul, RS. 2002. 130 f. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - UFRGS, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria Luiza Porto.

9.
Eduardo Dias Forneck. Biótopos Naturais Florestais nas Nascentes do Arroio Dilúvio (Porto Alegre,RS): Caracterização por Vegetação e Avifauna.. 2001. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - UFRGS, . Orientador: Maria Luiza Porto.

10.
Paulo Roberto Porto. Corredores Lineares"Trilhas"Em Áreas de Preservação Sua Importância Em Educação Ambiental e Ecoturismo - Cpg Ecologia. 1997. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Maria Luiza Porto.

11.
FÁTIMA E. MARCOMIN. Zoneamento Ambiental do Rio Tubarao - Sc, Através da Analise de Metais Pesados Em Agua, Sedimento, Substrato, Plantas e de Componentes Estruturais da Paisagem. 1996. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria Luiza Porto.

12.
JOÃO ROBERTO MEIRA. Zoneamento da Vegetacao e de Condicoes de Topoclima da Reserva Biologica do Lami, Porto Alegre, Rs. 1996. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria Luiza Porto.

13.
LILIAN MARIA WAQUIL FERRARO. A Temperatura do Ar Em Ambientes Alterados: Aplicacoes Ao Conforto Termico Em Charqueadas, Rs. 1996. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Maria Luiza Porto.

14.
RAFAEL CABRAL CRUZ. Relacao Entre Padroes e Processos Em Pequenas Bacias Hidrograficas: A Interface Entre Ecologia de Paisagem e Hidrologia Atraves do Geoprocessamento e Geometria Fractal. 1995. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria Luiza Porto.

15.
RICARDO SILVA PEREIRA MELLO. Producao de Serrapilheira e Aspectos da Ciclagem de Nutrientes Em Tipos Florestais Adjacentes No Rio Grande do Sul. 1995. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Maria Luiza Porto.

16.
FÁBIO VIANA MOHR. Zoneamento da Vegetacao da Reserva Ecologica do Morro Santana. Porto Alegre, Rs: Aplicabilidade de Geoprocessamento e de Bases Fitossociologicas. 1995. Dissertação (Mestrado em Botânica) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria Luiza Porto.

17.
TANIA RENATA PROCHNOW. Avaliacao de Areas Com Rejeito de Carvao Com Enfase Em Bioindicadores Vegetais Para Metais Pesados Em Charqueadas, Rs. 1995. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Maria Luiza Porto.

18.
Elena Charlote Landau. Ecologia de Paisagem da Regiao do Vale do Rio dos Sinos, Santa Cristina do Pinhal, Parobé,Rs, em bases fitossociológicas e de geoprocessamento. 1994. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Maria Luiza Porto.

19.
ELISABETH DANILEVICS. Estrutura da comunidade vegetal e correlações com fatores ambientais em uma mancha remanescente de mata no Morro do Pinhal, Parobé, RS. 1992. 0 f. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Maria Luiza Porto.

20.
Liliam Eggers. Ação do fogo em uma comunidade campestre, em bases fitossociológicas. 1991. 0 f. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Maria Luiza Porto.

21.
VOLNEY ZANARDI JUNIOR. Avaliação do Sistema de Lagoas de Mineração de Carvão a Céu Aberto com Ênfase em Metais Pesados nas Plantas, Água e Substrato. 1990. 0 f. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Maria Luiza Porto.

22.
Sérgio Loretto de Bordignon. O gênero Hyptis (Labiatae) no Rio Grande do Sul. 1990. 0 f. Dissertação (Mestrado em Botânica) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Maria Luiza Porto.

23.
JAIRO JOSE ZOCCHE. Comunidades Vegetais de Campo e Sua Relacao Com A Concentracao de Metais Pesados No Solo e Nas Plantas Em Areas de Mineracao do Carvao A Ceu Aberto,Butia,Rs. 1989. Dissertação - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Maria Luiza Porto.

24.
Lúcia Rabello Dillenburg. Estudos Fitossociologico das Especies Arboreas de Uma Mata Arenosa de Restinga,Localizada Em Emboara,Osorio,Rs. 1986. Dissertação (Mestrado em Botânica) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Maria Luiza Porto.

25.
M L A A Oliveira. Estudos Taxinômico do Genero Desmodium Desv.(Fabaceae-Herysareae) No Rs. 1981. Dissertação (Mestrado em Botânica) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Maria Luiza Porto.

26.
SÍLVIA TEREZINHA SFOGGIA MIOTTO. Sistema das Sub-Tribos Cajaninae e Gelactinae (Fabaceae)No Rs. 1980. Dissertação (Mestrado em Botânica) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Maria Luiza Porto.

27.
Cecília Rabello Dillenburg. A Tribo Psychotrieae (Rubiaceae) No Rs. 1978. Dissertação (Mestrado em Botânica) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Maria Luiza Porto.

28.
R. F. RAMOS. Composicao Floristica e Ecologia do Delta do Rio Tramandai,Rs. 1977. Dissertação (Mestrado em Botânica) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Maria Luiza Porto.

Tese de doutorado
1.
Claudete Rempel. A Ecologia de Paisagem e suas ferramentas podem aprimorar o zoneamento ambiental?O Caso da região Política do Vale do Taquari. 2009. Tese (Doutorado em Ecologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Maria Luiza Porto.

2.
Marisa Azzolini. Restauração Ecológica de Áreas Impactadas por Cinzas de Carvão Mineral: Contribuição da Mamona (Ricinus communis L.) e Respostas da Espécie a Metais Pesados. 2008. Tese (Doutorado em Botânica) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Maria Luiza Porto.

3.
Eduardo Dias Forneck. Estrutura e dinâmica da expansão florestal em mosaico natural de floresta-savana no Morro Santana , Porto Alegre,RS, Brasil: da ecologia de comunidades de espécies lenhosas à ecologia de população de plântulas de Myrcia palustrisDC.(MYRTACEAE). 2007. Tese (Doutorado em Ecologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Maria Luiza Porto.

4.
Rualdo Menegat. A Matriz do Lugar na Interpretação das Cidades Incas de Machu Picchu e Ollantaytambo- Um Estudo de Ecologia de Paisagem e a reconstrução dos procesos civilizatórios. 2006. Tese (Doutorado em Ecologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Maria Luiza Porto.

5.
Wolfram Michael Adelmann. Umsetzung der Biodiversititatskonvention in urbanen Expansionsraumen am Beispiel der Stadt Porto Alegre (Brasilien). 2006. Tese (Doutorado em Ciências da Vegetação) - Technische Universitaet Muenchen, . Coorientador: Maria Luiza Porto.

6.
Rafael Cabral Cruz. Prescrição de Vazão Ecológica:Aspectos Conceituais e Técnicos para Bacias com Carência de Dados. 2005. Tese (Doutorado em Ecologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Maria Luiza Porto.

7.
Tania Renata Prochnow. Biomonitoramento de Metais em Suspensão Atmosférica na Sub-Bacia do Arroio Sapucaia , RS - Brasil. 2005. Tese (Doutorado em Ecologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Maria Luiza Porto.

8.
Jairo Jose Zocche. Comunidades vegetais de savana sobre estruturas mineralizadas de cobre, na mina Volta Grande, Lavras do Sul, RS.. 2002. 250 f. Tese (Doutorado em Curso de Posgraduação em Botânica) - UFRGS, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria Luiza Porto.

9.
Gema Galgani dos Santos Dal Piva. Metais pesados (cádmio, cobre e chumbo) e a sua relação com a biossíntese de metabólicos secundários em ecótipos de Bacharis trimera (Less) A. P. de Candolle-COMPOSITAE. 2001. Tese (Doutorado em Botânica) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Maria Luiza Porto.

10.
Ana Maria Girardi-Deiro. Influência de Manejo, Profundidade do Solo, Inclinação do Terreno e Metais Pesados sobre a Estrutura e a Dinâmica da VegetaçãoHerbácea da Serra do Sudeste, RGS.. 1999. 0 f. Tese (Doutorado em Botânica) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Maria Luiza Porto.

11.
Maria de Lurdes Abruzzi de Oliveira. Análise do padrão de distribuição e comunidades vegetais do Parque Delta do Jacuí. 1998. 0 f. Tese (Doutorado em Botânica) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Maria Luiza Porto.

Supervisão de pós-doutorado
1.
Telmo Focht. 2012. Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Maria Luiza Porto.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Ricardo Lange Hentschel. Desenvolvimento e Tolerância de Cynodon dactylon (L.)Persoon em cinzas e rejeitos de carvão mineral. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Biologia) - UFRGS. Orientador: Maria Luiza Porto.

2.
Rodrigo Nascimento e Silva. Zoneamento e banco de dados relacional da vegetação e uso do solo no parque saint Hilaire, Porto Alegre,RS-Brasil. 2001. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Biologia) - UFRGS, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria Luiza Porto.

3.
Rogério Both. Macrozoneamento do município de Ilópolis-RS, com vistas á identificação e quantificação de áreas de preservação e a conservação florestal. 2000. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Biologia) - UFRGS, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria Luiza Porto.

4.
Iraci Rissi Noer. Estudo Botânico no Complexo dos Pinhais, visando a revegetação das áreas degradadas pela exploração do basalto. 1992. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Botânica) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Maria Luiza Porto.

5.
Omara Lange. Estudo Fitossociológico de um campo pastejado atravéz de duas metodologias amostrais. 1990. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Botânica) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Maria Luiza Porto.

6.
Elena Charlote Landau. Estudo comparativo de duas comunidades vegetais campestres, sua relação com os Arthropoda e as Condições Microclimáticas em Santa Cristina do Pinhal, Parobé/RS. 1990. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Botânica) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Maria Luiza Porto.

Iniciação científica
1.
Cintia Silva Beauvalet. Germinação e Cultivo de plantas tolerantes a Metais Pesados. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Ciencias Biológicas) - Instituto de Biocências - UFRGS, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria Luiza Porto.



Outras informações relevantes


Cursos ministrados:
1975 -Curso de Taxonomia vegetal, oferecido aos participántes da XVII Semana Univertsitária gaúcha de Debates Biológicos.
-1984 - Curso Linhas Atuais de pesquisa em Biologia Vegetal - Ecologia das Espácies Metalófilas, oferecido aos participantes da XXXVI Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência.
-1987 - Respostas Ecofisiológicas de Metais Pesados no Solo - Parte integrante no minicurso de ecofisiologia Vegetal durante o XXXVIII Congresso Nacional de Botânica.
-1989 - Curso de extensão univeresitária- Relatório de impacto Ambiental p.p. - Avaliação dos aspectos Vegetacionais e Recursos da Informática em Avaliação Ambiental.
-1989 - Curso de Metais pesados - XL Congresso Nacional de Botânica - Cuiabá, MT.
-1990 - Curso de extensão universitária em paisagismop.p. - I. Zoneamento, II. Fitogeografia e Fitossociologia.
-1992 - Curso de extensão universitária "Preparação de Monitores?Guias de Reservas Ambientais"
-1993 - I Curso de Treinamento Interno de pessoal Técnico do centro de Ecologia sobre sistema de informações geográficas (GIS) com uso do software PC-ARC/INFO.
-Curso sobre Sistema de Informações Geoambientais ministrado no curso de especialização em geoprocessamento do centro integrado de estudos em geoprocessamento,Paraná.
-Curso de treinamento no Sistema de Informação geográficas ARC/INFO, RS.
-08/1968 a 03/1969 - estagiária em Laboratório da Secção de Botânica do ICN da UFRGS.
-02/1970 a 07/1970 - estagiária e colaboradora no trabalho "Levantamento Florístico de 4 regiões Naturais do RS".
-12/1975 a 01/1976 - Estagiária no Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.
-03/1993 a 05/1993 - estágio junto ao Instituto de Ecologia de Paisagem, Wãstfãlische Wilhems Universitãt, Münster, Alemanha.
-11/1996 a 12/1996 - estágio junto ao Instituto de Geoinformática, Universidade de Münster.
-08/1970 a 04/1971 - Bolsista de aperfeiçoamento de FAPERGS.
-Bolsa de produtividade científica CNPq 1976-1996



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 14/11/2018 às 24:28:05