José Vitor Bomtempo Martins

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6504582268267539
  • Última atualização do currículo em 25/11/2018


é engenheiro químico pela Escola de Química da Universidade Federal do Rio de Janeiro (1977), mestre em Engenharia de Produção pela COPPE, UFRJ (1984) e doutor em Economia Industrial pela École Nationale Supérieure des Mines de Paris (1994). Foi pesquisador bolsista do CNPq durante 10 anos em Engenharia de Produção (2001 a 2004) e Administração (2008 a 2014). Atualmente é pesquisador associado e professor colaborador do Grupo de Economia da Energia do Instituto de Economia, UFRJ e pesquisador do Grupo de Estudos em Bioeconomia da Escola de Química, UFRJ. É professor colaborador voluntário da UFRJ. Atua como professor e pesquisador no Programa de Pós-graduação em Políticas Públicas, Estratégias e Desenvolvimento, PPED, do Instituto de Economia, UFRJ. Tem experiência nas áreas de Economia e Administração, com ênfase em Estudos Industriais, Economia e Gestão da Inovação, atuando principalmente nos seguintes temas: bioeconomia, competências para inovar, inovações tecnológicas, indústrias de processos químicos e de energia, estratégias empresariais, estratégias tecnológicas e de inovação. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
José Vitor Bomtempo Martins
Nome em citações bibliográficas
BOMTEMPO, J. V.;Bomtempo, José Vitor;BOMTEMPO, JOSE;MARTINS, JOSÉ VITOR BOMTEMPO;BOMTEMPO, JOSÉ-VITOR

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Rio de Janeiro, Escola de Química da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Departamento de Engenharia Química.
Centro de Tecnologia Bloco E Sala 209
Fundão
21949-900 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil
Telefone: (21) 25627610
Fax: (21) 25627567


Formação acadêmica/titulação


1988 - 1992
Doutorado em Economia Industrial.
Ecole Nationale Supérieure des Mines de Paris, ENSMP, França.
Título: Innovation et organisation: le cas de l'industrie des polymères, Ano de obtenção: 1994.
Orientador: Pierre-Noel Giraud.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: organização industrial; inovação; indústria química; polímeros.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: Economia Industrial / Especialidade: Mudança Tecnológica.
Setores de atividade: Fabricação de Produtos Químicos; Informacao e Gestao C&T.
1980 - 1982
Mestrado em Engenharia de Produção.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: Aspectos técnicos e econômicos da recuperação de subproduots na indústrai do cobre,Ano de Obtenção: 1984.
Orientador: Carlos Augusto G Perlingeiro.
Palavras-chave: análise de investimentos; economia mineral; economia de subprodutos; cobre.
Grande área: Engenharias
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: Economias Agrária e dos Recursos Naturais / Especialidade: Economia dos Recursos Naturais.
Setores de atividade: Recursos Minerais.
1973 - 1977
Graduação em Engenharia Química.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.


Pós-doutorado


2009 - 2010
Pós-Doutorado.
École des Hautes Études Commerciales de Montréal, HEC Montréal, Canadá.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2000 - 2000
Pós-Doutorado.
Université Paris-Dauphine - Paris IX, DAUPHINE, França.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.


Atuação Profissional



Instituto de Economia UFRJ, IE, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: colaborador, Carga horária: 20
Outras informações
Atua como colaborador voluntário do Instituto de Economia e, além das atividades docentes de graduação e pós-gradução, atua como pesquisador do Grupo de Economia da Energia do Instituto de Economia da UFRJ.

Vínculo institucional

2006 - 2007
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Bolsista PRH-ANP


Escola de Química, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro permanente programa de pós graduação, Carga horária: 20
Outras informações
Além das atividades docentes e de orientação no Programa de Pós-graduação da Escola de Química, atua como pesquisador e coordenador do Grupo de Estudos em Bioeconomia


Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Vínculo institucional

1979 - 2005
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

4/1998 - Atual
Treinamentos ministrados , Escola de Química da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Departamento de Engenharia Química.

Treinamentos ministrados
Curso Especialização Gestão Empresarial e Tecnológica para o Complexo Químico
6/1995 - Atual
Ensino, Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
ANÁLISE DA COMPETIÇÃO NA INDÚSTRIA QUÍMICA
Dinâmica de Crescimento e a Indústria Química
DINÂMICA DE INOVAÇÃO NA INDÚSTRIA QUÍMICA
TÓPICOS ESPECIAIS EM GESTÃO E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA
3/1979 - 8/2006
Ensino,

Disciplinas ministradas
Administração e Organização da Indústria Química
Análise de Investimentos na Indústria Química
Ciências Sociais e Introdução à Economia
Planejamento e Avaliação de Projetos
12/2000 - 11/2002
Direção e administração, Escola de Química da Universidade Federal do Rio de Janeiro, .

Cargo ou função
Coordenador de Programa.
11/1998 - 10/2000
Direção e administração, Escola de Química da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Departamento de Engenharia Química.

Cargo ou função
Vice-coordenador do Curso de Pós-graduação em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos.
3/1998 - 12/1998
Direção e administração, Escola de Química da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Departamento de Engenharia Química.

Cargo ou função
Coordenador Acadêmico do Curso de Gestão Empresarial e Tecnológica para o Complexo Químico.
9/1997 - 11/1998
Direção e administração, Escola de Química da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Departamento de Engenharia Química.

Cargo ou função
Chefe-substituto do Departamento.
9/1993 - 9/1995
Direção e administração, Escola de Química da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Departamento de Engenharia Química.

Cargo ou função
Chefe substituto do Departamento.
4/1994 - 12/1994
Treinamentos ministrados , Escola de Química da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Departamento de Engenharia Química.

Treinamentos ministrados
Curso de Especialização em Economia da Indústria Química, para Bayer
3/1994 - 12/1994
Direção e administração, Escola de Química da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Departamento de Engenharia Química.

Cargo ou função
Coordenador do Curso de Especialização em Economia da Indúsrtria Química.

Conselho Interministerial de Preços, CIP, Brasil.
Vínculo institucional

1977 - 1979
Vínculo: Servidor público ou celetista, Enquadramento Funcional: Técnico de nível superior, Carga horária: 40

Atividades

7/1977 - 12/1979
Serviços técnicos especializados , Conselho Interministerial de Preços, .

Serviço realizado
Análise de Preços de Fertilizantes e Produtos Petroquímicos.


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Incorporação do TRL (Technology Readiness Level) como métrica de avaliação de grau de maturidade tecnológica
Descrição: Revisão dos usos de métricas de maturidade tecnológica, TRL em particular, e desenvolvimento de metodologia para adaptação da métrica TRL a situações específicas de desenvolvimento de processos e produtos.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2017 - 2018
Sistema Produtivo Química em Indústria 2027: Riscos e Oportunidades para o Brasil Diante de Inovações Disruptivas
Descrição: Analisar a indústria química brasileira, com foco na química verde e bioeconomia, face as tecnologias diruptivas identificadas tendo como horizonte os desafios e oportunidades em 2027..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: José Vitor Bomtempo Martins - Coordenador / Daniella Fartes - Integrante.Financiador(es): Fundação Coordenação de Projetos, Pesquisas e Estudos Tecnológicos - Outra.
2015 - Atual
Dinamica tecnológica e de inovação em bioeoconomia
Descrição: O projeto estuda de forma estruturada o processo de desenvovimento da bioeconomia no mundo e no Brasil. São exploradas em particular cinco dimensões que estão na base de estruturação da bioeconomia: matérias-primas, tecnologias, produtos, estratégias e modelos de negócio, e paisagem socio-tecnica (políticas, regulações, instituições, tendências da sociedade)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (5) Doutorado: (4) .
Integrantes: José Vitor Bomtempo Martins - Coordenador / Fabio de Almeida Oroski - Integrante / ALVES, FLÁVIA - Integrante.
2014 - 2014
Polímeros especiais - dinâmica de inovação e competição
Descrição: O estudo dos polímeros especiais tem como objetivo abordar quatro questões principais: ? Houve alguma mudança no contexto de valorização desses produtos como uma oportunidade de novos negócios no mundo dos plásticos? ? Como pode ser compreendida a dinâmica de inovação na indústria de polímeros especiais? ? Quais os recursos e competências necessárias para atuar neste mercado? ? Onde se localizam as maiores oportunidades de desenvolvimento para estes produtos? Considera-se no escopo do estudo os chamados polímeros de alta performance e os polímeros de engenharia, chamados neste relatório de polímeros especiais. Logo, espera-se apresentar a dinâmica de estruturação tecnológica, mercadológica e econômica do negócio de polímeros especiais de modo a propiciar uma compreensão dos elementos fundamentais para a dinâmica de inovação desses materiais e a elaboração de um roadmap da indústria. A principal conclusão da análise dos mercados e inovações em torno dos polímeros especiais é de que há uma dinâmica fortemente orientada e concentrada na criação de oportunidades em novas aplicações. O produto é visto como uma plataforma de oportunidades para o desenvolvimento de aplicações. Entre os materiais analisados, muitos já haviam sido desenvolvidos pelas empresas há décadas. Os esforços das empresas produtoras se concentram na busca de maior inserção desses polímeros nos segmentos atendidos e na sua entrada em novas oportunidades ainda pouco ou não exploradas pela indústria..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2013 - 2015
Dinâmica tecnológica e de inovação na utilização da glicerina: avaliação das alternativas em desenvolvimento
Descrição: O glicerol é visto como substância interessante como matéria-prima tendo em vista tanto a disponibilidade decorrente da produção de biodiesel quanto às múltiplas alternativas que sua estrutura e reatividade oferecem aos pesquisadores como oportunidade de inovação. A glicerina seria, portanto, uma oportunidade a ser explorada pela indústria química. Existem numerosas propostas para o aproveitamento do glicerol, utilizando processos diferentes ? químicos, bioquímicos, termoquímicos ? e visando diferentes mercados finais. Os desafios e oportunidades oferecidas pelas diferentes combinações de processos e produtos têm levado à estruturação de diversos projetos de pesquisa. Entretanto, a estruturação efetiva de uma indústria baseada na glicerina não depende apenas do sucesso tecnológico desses projetos de pesquisa. Além dos desenvolvimentos mercadológicos que as particularidades de cada combinação processo/produto podem exigir, a estruturação da própria oferta da glicerina dentro dos padrões de suprimento da indústria química é um desafio a ser vencido. O estudo propõe-se a discutir os seguintes tópicos:  linhas de pesquisa em desenvolvimento;  estágio de desenvolvimento dessas linhas (maturidade tecnológica);  potencial tecnológico e econômico, considerando tanto os processos em desenvolvimento quanto a natureza dos produtos e mercados almejados;  atores envolvidos no desenvolvimento das novas tecnologias: base de conhecimento, alianças, fontes de financiamento, modelos de negócio;  particularidades do caso brasileiro, principalmente quanto à disponibilidade do glicerol (o escopo do estudo é mundial)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: José Vitor Bomtempo Martins - Coordenador / Fabio de Almeida Oroski - Integrante / Flavia Chaves Alves - Integrante.Financiador(es): GE Centro Brasileiro de Pesquisas - Auxílio financeiro.
2013 - 2013
Aproveitamento de rejeitos plásticos para produção de combustíveis e matérias-primas para a indústria química
Descrição: O estudo do aproveitamento de rejeitos plásticos para a produção de combustíveis e matérias-primas para a indústria química tem como objetivo abordar duas questões principais:  É possível encontrar tecnologias viáveis para lidar com o aproveitamento de rejeitos plásticos para a produção de combustíveis ou matérias-primas para a indústria química? Em que horizonte?  Em que medida o desenvolvimento desses processos é influenciado por perspectivas econômicas do negócio ou por exigências da regulamentação? O estudo dessas questões será apresentado na forma de um roadmap (rPTFF). A principal conclusão da análise das tecnologias voltadas para o PTFF é de que não existe efetivamente uma competição tecnológica entre as alternativas identificadas. Para um número restrito de produtos, combustíveis na grande maioria dos casos, um conjunto de tecnologias bastante semelhantes tem sido proposto. Ao se delimitar o estudo ao caso dos rejeitos plásticos pós triagem para reciclagem, o campo de análise se torna ainda mais restrito, afastando-se dos casos clássicos de roadmaps tecnológicos em que uma efetiva competição tecnológica se estabelece..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2011 - 2015
COMPETÊNCIAS PARA INOVAR E O PROCESSO DE TRANSIÇÃO PARA MATÉRIAS-PRIMAS RENOVÁVEIS
Descrição: O projeto de pesquisa visa, de forma geral, explorar e aprofundar a visão do processo de estruturação da bioeconomia, entendida aqui como a indústria baseada em biomassa. Propõem-se três estudos articulados entre si que têm como objetivo permitir, ao mesmo tempo, avançar tanto na compreensão do processo de inovação no nível da indústria e avaliar a inserção brasileira nesse novo setor. Assim, os seguintes objetivos específicos podem ser identificados: 1- Consolidar o esquema de análise baseado na evolução dos 4 espaços de estruturação ? matérias-primas, tecnologias, produtos e modelos de negócios Essa consolidação deverá ser alcançada com estudos de problemas específicos como : o papel estruturante da matéria-prima, a estruturação de uma indústria baseda em glicerina (subproduto da produção de biodiesel), a utilização de dióxido de carbono (CO2) como matéria-prima, a inserção de startups estrangeiras no Brasil, e a dinâmica de crescimento das startups. Nesse objetivo específico, a abordagem utilizando modelos de negócio será central. 2- Estudar o processo de transição do sistema tecnológico baseado em matérias-primas fósseis para um sistema baseado em matérias-primas renováveis no caso brasileiro Utilizando como referência a abordagem multinível proposta por Geels (2002), pretende-se explorar as relações entre os stakeholders envolvidos nos espaços da paisagem, regime e nichos no caso brasileiro. Esse estudo será uma extensão do trabalho de Bennett (2012) para o Reino Unido e permitirá uma discussão comparada com o trabalho de Kircher, 2012. 3- Avaliar as competências para inovar na indústria sucro-alcooleira brasileira No processo de transição, o desenvolvimento alcançado pelo sistema brasileiro de inovação e produção sucro-alcooleiro é desafiado a incorporar novas competências e passar de uma base próxima de uma indústria com trajetória tecnológica « dominada pelos fornecedores » para uma trajetória « baseada em ciência ». A grade de competências para inovar a ser desenvolvida e adaptada para o caso específico, será aplicada e explorada junto aos produtores de etanol..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (3) / Mestrado profissional: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: José Vitor Bomtempo Martins - Coordenador / Fabio de Almeida Oroski - Integrante / Flavia Chaves Alves - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2009 - 2013
Dinâmica de Inovação em Biocombustíveis, Bioprodutos e Biorrefino
Descrição: O projeto estuda a indústria baseada em recursos renováveis - biomassa - como um processo de inovação. Partindo de uma base de dados própria, a dinâmica da indùstria é identificada, destacando-se as dimensões tecnológicas e estratégicas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2007 - 2010
Competências para inovar e os desafios estratégicos da indústria quìmica brasileira
Descrição: O projeto de pesquisa visa, de forma geral, a construir uma visão crítica do complexo químico e dos segmentos correlatos das indústrias de energia, no Brasil, em relação à sua capacidade de inovação. Inclui-se como objeto de estudo, além dos segmentos tradicionais da indústria química, outros segmentos industriais próximos, a montante, como o petróleo, gás natural e biocombustíveis; a jusante, como embalagens e transformação de plásticos, ou ainda setores inseridos em trajetórias tecnológicas relacionadas, marcadamente baseadas em ciência, como a biotecnologia e a farmácia. Essa capacidade de inovação é associada à identificação das competências necessárias para inovar e à aquisição ou construção dessas competências que são tanto de natureza tecnológica como organizacional e relacional. Os objetivos específicos deste projeto são: 1. Reformular teoricamente a noção de competências para inovar de modo a valorizar as competências tecnológicas dos setores estudados e atualizar as dimensões organizacionais da inovação 2. Aprimorar as ferramentas desenvolvidas no levantamento das competências para inovar de indústrias relacionadas ao complexo químico no Brasil, de modo a dar-lhes especificidade dentro das indústrias estudadas. 3. Aplicar a metodologia de mapeamento das competências para inovar a segmentos industriais específicos ligados ao complexo químico e segmentos de energia, enfatizando as características específicas desses segmentos em termos de regime tecnológico e trajetórias tecnológicas. 4. Realizar estudos de casos que aprofundem a compreensão do processo de inovação na indústria brasileira, dentro da perspectiva de construção de competências para inovar..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Outros Projetos


2016 - Atual
Capacitação em Bioeconomia e Inovação
Descrição: Projeto de formação especializada dirigido a profissionais da indústria, orgãos de gover no e centros de pesquisa, com o objetivo de proporcionar a compreensão da dinâmica tecnológica e de inovação da bioeconomia como base para a elaboração de estratégias e políticas para bioeconomia no Brasil. O projeto prevê execuções periódicas, abertas aos interessados ou execuções em formato dirigido especificamente a empresas, associações ou orgãos de governo. Em 2016 foram realizadas duas edições: uma aberta com participantes do BNDES, FINEP, INPI, ABIQUIM, SEBRAE e UFRJ e uma patrocinada pela CNI para participantes de orgãos de governo convidados pela CNI. Em 2017, foi realizada uma edição em São Paulo com o apoio da CNI e da ABBI. Participaram 22 profissionais de diversas empresas e instituições. Em 2018 foi realizada uma edição para o pessoal da FINEP..
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: José Vitor Bomtempo Martins - Coordenador / Fabio de Almeida Oroski - Integrante / ALVES, FLÁVIA - Integrante.


Revisor de periódico


2005 - Atual
Periódico: Revista de Administração Contemporânea - RAC
2006 - Atual
Periódico: Rev. Produção (0103-6513)
2006 - Atual
Periódico: RAUSP. Revista de Administração
2006 - Atual
Periódico: REAd. Revista Eletrônica de Administração
2009 - Atual
Periódico: management international
2010 - Atual
Periódico: BAR. Brazilian Administration Review


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: Economia Industrial/Especialidade: Organização Industrial e Estudos Industriais.
2.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: Economia Industrial/Especialidade: Mudança Tecnológica.
3.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Administração / Subárea: Administração de Setores Específicos/Especialidade: Gestão Tecnológica.
4.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia de Produção / Subárea: Engenharia Econômica/Especialidade: Economia de Tecnologia.


Idiomas


Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

SCOPUS

Artigos completos publicados em periódicos

1.
SILVA, M. F. O. E.2018SILVA, M. F. O. E. ; PEREIRA, F. S. ; MARTINS, JOSÉ VITOR BOMTEMPO . A BIOECONOMIA BRASILEIRA EM NÚMEROS. BNDES SETORIAL, v. 47, p. 277, 2018.

2.
MARTINS, JOSÉ VITOR BOMTEMPO2018MARTINS, JOSÉ VITOR BOMTEMPO. Desafios do ecossistema de inovação em Bioeconomia no Brasil. BOLETIM INFOPETRO, v. 18, p. 46, 2018.

3.
BOMTEMPO, JOSÉ-VITOR2017 BOMTEMPO, JOSÉ-VITOR; CHAVES ALVES, FLAVIA ; DE ALMEIDA OROSKI, FABIO . Developing new platform chemicals: what is required for a new bio-based molecule to become a platform chemical in the bioeconomy?. FARADAY DISCUSSIONS, v. 202, p. 213-225, 2017.

4.
BITTER, HARRY2017BITTER, HARRY CLARK, JAMES ROTHENBERG, GADI MATHARU, AVTAR CRESTINI, CLAUDIA ARGYROPOULOS, DIMITRIS CABRERA-RODRÍGUEZ, CARLOS I. DALE, BRUCE E. STEVENS, CHRISTIAN MARROCCHI, ASSUNTA GRACA, INES LUO, HUI PANT, DEEPAK WILSON, KAREN ZIJLSTRA, DOUWE SJIRK GSCHWEND, FLORENCE MU, XINDONG ZHOU, LONG HU, CHANGWEI LAPKIN, ALEXEI MASCAL, MARK BUDARIN, VITALIY HUNT, ANDREW WALDRON, KEITH ZHANG, FANG , et al.ZHENOVA, ANNA SAMEC, JOSEPH HUBER, GEORGE COMA, MARTA HUANG, XIAOMING BOMTEMPO, JOSÉ-VITOR ; Bio-based chemicals: general discussion. FARADAY DISCUSSIONS, v. 202, p. 227-245, 2017.

5.
BOMTEMPO, J. V.2017BOMTEMPO, J. V.. O desafio de desenhar políticas para o desenvolvimento da bioeconomia no Brasil: quais as dimensões chave?. BOLETIM INFOPETRO, v. 17, p. 14-20, 2017.

6.
BOMTEMPO, J. V.2017BOMTEMPO, J. V.; KOMATSU, K. ; FERRAZ, C. . Explorando os modelos de negócio circulares nas cadeias dos plásticos: o caso do PET. BOLETIM INFOPETRO, v. 17, p. 37-42, 2017.

7.
BOMTEMPO, J. V.2016BOMTEMPO, J. V.. O potencial inovador das trajetórias baseadas em recursos naturais: a vida fora do high tech. BOLETIM INFOPETRO, v. 16, p. 35-38, 2016.

8.
BOMTEMPO, J. V.2016BOMTEMPO, J. V.; ALVES, FLÁVIA ; OROSKI, F. A. . Os desafios da bioeconomia no Brasil: explorando algumas questões-chave. BOLETIM INFOPETRO, v. 16, p. 10-15, 2016.

9.
Bomtempo, José Vitor2016Bomtempo, José Vitor; SOARES, G. A. . Por que as primeiras plantas comerciais de etanol 2G são quase experimentais?. BOLETIM INFOPETRO, v. 16, p. 33-37, 2016.

10.
PEREIRA, F. S.2015 PEREIRA, F. S. ; BOMTEMPO, J. V. ; ALVES, FLÁVIA . Programas de subvenção às atividades de PDI: uma comparação em biocombustíveis no Brasil, EUA e Europa. REVISTA BRASILEIRA DE INOVAÇÃO, v. 14, p. 61-84, 2015.

11.
BOMTEMPO, J. V.2015BOMTEMPO, J. V.; FARTES, D. ; ALVES, FLÁVIA . Por que as oportunidades de inovação no setor sucroenergético não são exploradas?. BOLETIM INFOPETRO, v. 15, p. 8, 2015.

12.
BOMTEMPO, J. V.2015BOMTEMPO, J. V.. A importância (e a urgência) de se criar uma agenda de inovação para a bioeconomia no Brasil,. BOLETIM INFOPETRO, v. 15, p. 32-35, 2015.

13.
BOMTEMPO, J. V.2015BOMTEMPO, J. V.; ALVES, FLÁVIA . Existe uma agenda de inovação para a bioeconomia no Brasil?. BOLETIM INFOPETRO, v. 15, p. 29-32, 2015.

14.
BOMTEMPO, J. V.2015BOMTEMPO, J. V.. Os novos produtos-plataforma. BOLETIM INFOPETRO, v. 15, p. 15-20, 2015.

15.
ALONSO, IRENE MARIA TESTONI2015ALONSO, IRENE MARIA TESTONI ; MARTINS, JOSÉ VITOR BOMTEMPO ; ALVES, FLÁVIA CHAVES . MEDINDO A CAPACITAÇÃO TECNOLÓGICA: UM ESTUDO DE CASO SOBRE TRANSFERÊNCIAS DE TECNOLOGIA EM UMA EMPRESA PRODUTORA DE IMUNOBIOLÓGICOS. RAI : Revista de Administração e Inovação, v. 12, p. 342-367, 2015.

16.
OROSKI, F. A.2014OROSKI, F. A. ; ALVES, F. C. ; BOMTEMPO, J. V. . Bioplastics Tipping Point: drop-in or non-drop-in?. Journal of Business Chemistry (Print), v. 11, p. 43-50, 2014.

17.
ALONSO, I. M. T.2014ALONSO, I. M. T. ; BOMTEMPO, J. V. ; ALVES, F. . Transferência de tecnologia e desenvolvimento de capacitação tecnológica: proposta de um sistema de medição. Revista Innovare, v. 17, p. 28-52, 2014.

18.
TEIXEIRA, F. G.2014TEIXEIRA, F. G. ; BOMTEMPO, J. V. ; ALVES, F. . Em busca do PET renovável: uma avaliação das alternativas em desenvolvimento. Petro & Química, v. 354, p. 38-44, 2014.

19.
BOMTEMPO, JOSE2014 BOMTEMPO, JOSE; ALVES, FLÁVIA . Innovation dynamics in the biobased industry. CHEMICAL AND BIOLOGICAL TECHNOLOGIES IN AGRICULTURE, v. 1, p. 19, 2014.

20.
TEIXEIRA, F.2014TEIXEIRA, F. ; BOMTEMPO, J. V. ; ALVES, F. C. . Em Busca do PET Renovável: Uma avaliação das Alternativas em Desenvolvimento. Revista Petroquímica, Petróleo, Gas & Química, v. 354, p. 38-44, 2014.

21.
ALONSO, I. M. T.2014ALONSO, I. M. T. ; BOMTEMPO, J. V. ; ALVES, F. C. . Transferência de Tecnologia e Desenvolvimento de Capacitação Tecnológica: Proposta de um Sistema de Medição. Revista Innovare, v. 17, p. 28-52, 2014.

22.
OROSKI, F. A.2013OROSKI, F. A. ; BOMTEMPO, J. V. ; ALVES, F. . Dynamics of the Business Model of a Startup firm: a bioplastic case-study. IJAME - International Journal of Advances in Management and Economics, v. 2, p. 67-76, 2013.

23.
ALVES, F.2012ALVES, F. ; BOMTEMPO, J. V. ; COUTINHO, P. ; MUNIER, F. . Innovation in a productive chain perspective: competences to innovate in Brazilian Plastic Packaging and Petrochemical Industries. Revista de Economia Contemporânea (Impresso), v. 16, p. 27-42, 2012.

24.
PALMEIRA, P.2012PALMEIRA, P. ; PIERONI, J. P. ; ANTUNES, A. ; BOMTEMPO, J. V. . O desafio do financiamento à inovação farmacêutica no Brasil: a experiência do BNDES PROFARMA. Revista do BNDES, v. 37, p. 67-90, 2012.

25.
GUILHERMINO, J.2012GUILHERMINO, J. ; Quental, Cristiane ; SIANI, A. C. ; BOMTEMPO, J. V. . DESAFIOS E COMPLEXIDADE PARA INOVAÇÃO A PARTIR DA BIODIVERSIDADE BRASILEIRA. Revista de Pesquisa e Inovação Farmacêutica, v. 4, p. 18-30, 2012.

26.
GUILHERMINO, J.2012GUILHERMINO, J. ; Quental, Cristiane ; Bomtempo, José Vitor . Sistema de Inovação em Fitomedicamentos: os desafios da gestão para o desenvolvimento de fitomedicamentos a partir da biodiversidade brasileira. Revista Fitos (ALANAC), v. 7, p. 169, 2012.

27.
PALMEIRA, P.2012PALMEIRA, P. ; ANTUNES, A. ; Bomtempo, José Vitor . The pharmaceutical industry in Brazil: is innovation the next step for the domestic Industry?. Chimica Oggi (Testo stampato), v. 30, p. 87-89, 2012.

28.
DUNHAM, F. B.2011DUNHAM, F. B. ; BOMTEMPO, J. V. ; FLECK, D. . A Estruturação do Sistema de Produção e Inovação Sucroalcooleiro como Base para o Proálcool. Revista Brasileira de Inovação, v. 10, p. 35-72, 2011.

29.
COUTINHO, P.2011COUTINHO, P. ; BOMTEMPO, J. V. . ROADMAP TECNOLÓGICO EM MATÉRIAS-PRIMAS RENOVÁVEIS: UMA BASE PARA A CONSTRUÇÃO DE POLÍTICAS E ESTRATÉGIAS NO BRASIL. Química Nova (Impresso), v. 34, p. 910-916, 2011.

30.
Viegas L.2011Viegas L. ; BOMTEMPO, J. V. . Uma conceituação estruturalista para inovação radical. Datagramazero (Rio de Janeiro), v. 12, p. 3, 2011.

31.
DUNHAM, F. B.2009DUNHAM, F. B. ; BOMTEMPO, J. V. . MUDANÇA TECNOLÓGICA E INSTITUCIONAL: DISCUSSÃO DO PROCESSO DE CO-EVOLUÇÃO NA INDÚSTRIA AÇUCAREIRA DO SÉCULO XIX NO BRASIL. Revista Gestão Industrial (Online), v. 5, p. 89-108, 2009.

32.
Barbosa, A P R2009Barbosa, A P R ; BOMTEMPO, J. V. ; BAETAS, R. . Diferenças intrafirmas das competencias para inovar. Journal of Technology Management & Innovation, v. 4, p. 104-114, 2009.

33.
CARDOSO, L G2009CARDOSO, L G ; BOMTEMPO, J. V. ; QUEIROZ JR., H. . Fatores Críticos para elaboração de Estratégias de Empresas de Petróleo em Petroquímica. Petro & Química, v. 314, p. 50-57, 2009.

34.
OROSKI, F. A.2009OROSKI, F. A. ; BOMTEMPO, J. V. . Alternativas estratégicas de atuação da indústria petroquímica na cadeia de embalagens plásticas.. Petro & Química, v. 314, p. 40-48, 2009.

35.
LIMA NETO, E. P.2009LIMA NETO, E. P. ; BOMTEMPO, J. V. ; ALMEIDA, E. L. F. ; LIMA NETO, E. P. . REESTRUTURANDO AS CADEIAS DA QUÍMICA E DA ENERGIA: A VIA METANOL. Revista Brasileira de Energia, v. 1, p. 127-149, 2009.

36.
OLIVEIRA, E. R.2008OLIVEIRA, E. R. ; BOMTEMPO, J. V. ; QUENTAL, C. . Capacitação Tecnológica dos Laboratórios Farmacêuticos Oficiais. RAC. Revista de Administração Contemporânea, v. 12, p. 953-974, 2008.

37.
Barbosa, A P R2008Barbosa, A P R ; BOMTEMPO, J. V. ; BAETAS, R. . COMPETÊNCIAS ORGANIZACIONAIS PARA INOVAR NA INDÚSTRIA BRASILEIRA DE IMUNOBIOLÓGICOS: UM ESTUDO DE CASO. Revista Gestão Industrial (Online), v. 4, p. 1-21, 2008.

38.
COUTINHO, P.2008COUTINHO, P. ; LONGANEZI, T. ; BOMTEMPO, J. V. ; PEREIRA, F. M. A. . Construindo um Sistema de Gestão da Inovação Tecnológica: Atividades, Estrutura e Métricas. Adm. MADE (Universidade Estácio de Sá), v. 12, p. 19-50, 2008.

39.
Quental, Cristiane2008Quental, Cristiane ; Abreu, Jussanã Cristina de ; BOMTEMPO, J. V. ; Gadelha, Carlos Augusto Grabois . Medicamentos genéricos no Brasil: impactos das políticas públicas sobre a indústria nacional. Ciencia & Saude Coletiva, v. 13, p. 619, 2008.

40.
LONGANEZI, T.2008LONGANEZI, T. ; COUTINHO, P. ; BOMTEMPO, J. V. . UM MODELO REFERENCIAL PARA A PRÁTICA DA INOVAÇÃO. Journal Of Technology Management And Innovation, v. 3, p. 74-83, 2008.

41.
LIMA NETO, E. P.2008LIMA NETO, E. P. ; BOMTEMPO, J. V. ; ALMEIDA, E. L. F. . Reestruturando as Cadeias da Química e da Energia: a Via Metanol. Revista Brasileira de Energia, v. 14, p. 127-149, 2008.

42.
PADILHA, G.2007PADILHA, G. ; BOMTEMPO, J. V. . O crescimento na indústria de plásticos. Journal Of Technology Management And Innovation, v. 2, p. 148-156, 2007.

43.
MILANI JR., A.2007MILANI JR., A. ; BOMTEMPO, J. V. ; QUEIROZ JR., H. . A indústria do petróleo como uma organização complexa: modelagem de negócios e processo decisório. Produção (São Paulo), v. 17, p. 008-032, 2007.

44.
MILANI JR., A.2006MILANI JR., A. ; BOMTEMPO, J. V. ; QUEIROZ JR., H. . A gestão do conhecimento e os mundos virtuais. Inteligência Empresarial (UFRJ), Rio de Janeiro, v. jan, n.26, p. 25-31, 2006.

45.
ALMEIDA, E. L. F.2006ALMEIDA, E. L. F. ; BOMTEMPO, J. V. ; BICALHO, R. . Viabilidade das Plantas GTL: Uma Análise de Sensibilidade das Variáveis Determinates. Revista CIER - Comision de Integracion Energetica Regional, v. 15, p. 53-59, 2006.

46.
MORAES, A. B. G. M.2006MORAES, A. B. G. M. ; BOMTEMPO, J. V. . Como a Compreensão da Demanda Apoia a Inovação em Empresas Industriais?. Revista Gestão Industrial (Online), v. 2, p. 12-31, 2006.

47.
DUNHAM, F. B.2006DUNHAM, F. B. ; BOMTEMPO, J. V. ; ALMEIDA, E. L. F. . Trajetórias Tecnológicas em Combustíveis Sintéticos: análise dos mecanismos de seleção e indução. Revista Brasileira de Inovação, v. 5, p. 55-88, 2006.

48.
COUTINHO, P.2006COUTINHO, P. ; BOMTEMPO, J. V. ; ANTUNES, A. . Do mature industries have their own innovation dynamics? A reflection based on the development of thermoplastic vulcanizates industry. Polímeros, v. 16, p. 12-19, 2006.

49.
CARDOSO, L G2006CARDOSO, L G ; BOMTEMPO, J. V. ; QUEIROZ JR., H. . Compreendendo o Crescimento das Firmas: Ferramentas de Análise Baseadas em Chandler e Penrose. O&S. Organizações & Sociedade, v. 13, p. 69-85, 2006.

50.
COUTINHO, P.2005COUTINHO, P. ; BOMTEMPO, J. V. . A recente evolução das competências para inovar de uma empresa do setor petroquímico brasileiro: resultados positivos e limitações.. Cadernos EBAPE.BR, 2005.

51.
Flavia Chaves Alves2005 Flavia Chaves Alves ; BOMTEMPO, J. V. ; COUTINHO, P. . Competências para Inovar na indústria petroquímica brasileira.. Revista Brasileira de Inovação, Rio de Janeiro, v. 4, n.2, 2005.

52.
MILANI JR., A.2005MILANI JR., A. ; BOMTEMPO, J. V. ; QUEIROZ JR., H. . Processo decisório na exploração e produção de petróleo. Revista Produção Online, Florianópolis, v. 5, n.3, 2005.

53.
COUTINHO, P.2004COUTINHO, P. ; BOMTEMPO, J. V. ; WEINBERG, G. . New typology for the Strategic / Technological Positioning of Firms in Developing Countries. LABR Latin American Business Review, v. 5, n.1, p. 95-117, 2004.

54.
BAETAS, R.2004BAETAS, R. ; BOMTEMPO, J. V. ; QUENTAL, C. . Modelo para análise estratégica para indústrias baseadas em ciência. RAE Revista de Administração de Empresas, v. 44, n.4, 2004.

55.
Bahruth, E. B.2004Bahruth, E. B. ; ANTUNES, A. ; BOMTEMPO, J. V. ; Camargo, G. C. . From Technological Forecasting to Evaluation: The QTROP-TB experience. International Journal of Foresight and Innovation Policy, 2004.

56.
SILVEIRA, C. L. R.2001SILVEIRA, C. L. R. ; BOMTEMPO, J. V. ; SEABRA, P. N. . Les biotechnologies aujourd'hui dans l'industrie pétrolière. Pétrole et techniques, v. 2001, n.431, p. 44-50, 2001.

57.
BOMTEMPO, J. V.;Bomtempo, José Vitor;BOMTEMPO, JOSE;MARTINS, JOSÉ VITOR BOMTEMPO;BOMTEMPO, JOSÉ-VITOR1999BOMTEMPO, J. V.; ANTUNES, A. ; SÁ, L. G. . Insights about the mergers and acquisitions in the Mercosur Chemical Industry. Chimica Oggi Chemistry Today, Itália, v. 17, n.1/2, p. 55-59, 1999.

58.
BOMTEMPO, J. V.;Bomtempo, José Vitor;BOMTEMPO, JOSE;MARTINS, JOSÉ VITOR BOMTEMPO;BOMTEMPO, JOSÉ-VITOR1999BOMTEMPO, J. V.; ANTUNES, A. ; BORSCHIVER, S. . Overview of food additives all over the world. Agro Food Industry Hi Tech, Itália, v. 10, n.2, p. 20-23, 1999.

59.
PADILHA, G.1999PADILHA, G. ; BOMTEMPO, J. V. . A inserção dos transformadores de plásticos na cadeia produtiva de produtos plásticos. Polímeros, São Paulo, v. 9, n.4, p. 86-91, 1999.

60.
BOMTEMPO, J. V.;Bomtempo, José Vitor;BOMTEMPO, JOSE;MARTINS, JOSÉ VITOR BOMTEMPO;BOMTEMPO, JOSÉ-VITOR1998BOMTEMPO, J. V.; SÁ, M. P. E. ; QUENTAL, C. . Terceirização no Processamento Final da Indústria Farmacêutica. Revista de Administração Contemporânea - RAC, v. 2, n.2, p. 85-101, 1998.

61.
BOMTEMPO, J. V.;Bomtempo, José Vitor;BOMTEMPO, JOSE;MARTINS, JOSÉ VITOR BOMTEMPO;BOMTEMPO, JOSÉ-VITOR1998BOMTEMPO, J. V.; BATISTA, R. ; CASTIER, M. . Competitive strategy in scheduling of multiproduct batch plants with due-date penalties. Latin American Applied Research, v. 28, n.4, p. 251-256, 1998.

62.
BOMTEMPO, J. V.;Bomtempo, José Vitor;BOMTEMPO, JOSE;MARTINS, JOSÉ VITOR BOMTEMPO;BOMTEMPO, JOSÉ-VITOR1998BOMTEMPO, J. V.; ANTUNES, A. ; BORSCHIVER, S. . Estructura de la industria de aditivos para alimentos en el Brasil y su relación con la Industria de Alimentos. Revista Espacios Revista Venezolana de Gestion Technologica, Venezuela, v. 19, p. 22-34, 1998.

63.
BOMTEMPO, J. V.;Bomtempo, José Vitor;BOMTEMPO, JOSE;MARTINS, JOSÉ VITOR BOMTEMPO;BOMTEMPO, JOSÉ-VITOR1998BOMTEMPO, J. V.; ANTUNES, A. ; BORSCHIVER, S. . O Mercado de Aditivos para Alimentos: Tendência quanto ao uso dos diferentes tipos. Revista Engenharia de Alimentos, Rio de Janeiro, v. 4, 1998.

64.
BOMTEMPO, J. V.;Bomtempo, José Vitor;BOMTEMPO, JOSE;MARTINS, JOSÉ VITOR BOMTEMPO;BOMTEMPO, JOSÉ-VITOR1998BOMTEMPO, J. V.; ANTUNES, A. ; BORSCHIVER, S. . Indústria de Alimentos - Mais e Melhores Produtos. Agroanalysis, Rio de Janeiro, v. 18, n.5, 1998.

65.
BOMTEMPO, J. V.;Bomtempo, José Vitor;BOMTEMPO, JOSE;MARTINS, JOSÉ VITOR BOMTEMPO;BOMTEMPO, JOSÉ-VITOR1998BOMTEMPO, J. V.; ANTUNES, A. ; SÁ, L. G. . Mercosur M&A activity on the rise. Chemical Week, v. 1998, n.november11, p. 37-38, 1998.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
QUEIROZ JR., H. ; Bomtempo, José Vitor ; ALMEIDA, E. L. F. ; BICALHO, R. ; IOOTTY, M. . Economia da Energia. 2a. ed. Elsevier, 2016. v. 1. 416p .

2.
QUEIROZ JR., H. ; ALMEIDA, E. L. F. ; BICALHO, R. ; BOMTEMPO, J. V. ; IOOTTY, M. . Economia da Energia. 1a. ed. Rio de Janeiro: Campus Elsevier, 2007. 343p .

Capítulos de livros publicados
1.
Bomtempo, José Vitor. O futuro dos biocombustíveis. In: Allan Kardec Duailibe. (Org.). Combustíveis no Brasil: desafios e perspectivas. 1ed.Rio de Janeiro: Sinergia, 2012, v. , p. 114-127.

2.
BOMTEMPO, J. V.. Biocombustiveis, bioprodutos e bioprocessos. In: CGEE. (Org.). Quimica Verde no Brasil. Brasilia: CGEE, 2010, v. , p. 333-374.

3.
ALMEIDA, E. L. F. ; BOMTEMPO, J. V. ; SILVA, C. M. S. E. . The performance of Brazilian Biofuels: an economic, environmental and social analysis. In: International Transport Forum OECD. (Org.). ITF Round Tables No. 138 Biofuels Linking Support to Performance. 1ed.Paris: OECD Publishing, 2008, v. 138, p. -.

4.
BOMTEMPO, J. V.; ALMEIDA, E. L. F. ; BICALHO, R. . The selection environment for gas to liquids technology and technological strategies: Challenging the natural trajectory. In: Cantner U.;Malerba F.. (Org.). Innovation, Industrial Dynamics and Structural Transformation Schumpeterian Legacies. 1aed.Berlin: Springer Berlin Heidelberg, 2007, v. , p. 239-253.

5.
BAETAS, R. ; BOMTEMPO, J. V. ; QUENTAL, C. . Gestão da Inovação em Vacinas. In: Azevedo N.; Gadelha C. A. G.; Ponte C. F.. (Org.). Inovação em Saúde: dilemas e desafios de uma instituição pública. 1aed.Rio de Janeiro: Fiocruz, 2007, v. 1, p. 375-396.

6.
LIBERATORI, L. B. ; BOMTEMPO, J. V. ; PEREIRA JR., N. ; SORIANO, A. U. . Tecnologias de Remediação na Indústria de Petróleo/Petroquímica. In: Antunes A.; Ebole M. F.. (Org.). Setores da Indústria Química Orgânica. 1aed.Rio de Janeiro: E-papers, 2007, v. 1, p. -.

7.
CAVALCANTI, F. V. ; BOMTEMPO, J. V. ; ANTUNES, A. . Análise Estrutural da Indústria de Cosméticos. In: Antunes A.; Ebole M.F.. (Org.). Os setores da indústria química orgânica. 1aed.Rio de Janeiro: e-papers, 2007, v. 1, p. -.

8.
BOMTEMPO, J. V.; UGHETTO, P. . Proximité à l'égard du client et compétences de la firme. In: Rallet A.; Torre A.. (Org.). La proximité à l'épreuve des technologies de communication. Paris: L'Harmattan, 2007, v. , p. -.

9.
Bahruth, E. B. ; ANTUNES, A. ; BOMTEMPO, J. V. . Prospecção Tecnológica na Priorização de Atividades de C&T. In: Adelaide Antunes; Nei Pereira Jr.;Maria de Fátima Ébole. (Org.). Gestão em Biotecnologia. 1aed.Rio de Janeiro: E-papers, 2006, v. v1, p. 299-324.

10.
BOMTEMPO, J. V.; BAETAS, R. . Desenvolvimento de vacinas no Brasil: uma análise da potencialidade da P&D e das estratégias de inovação. In: Bermudez. (Org.). Imunização. : Casa de Oswaldo Cruz, 2005, v. , p. -.

11.
BOMTEMPO, J. V.; HASENCLEVER, L. . Competitividade da Indústria Química Brasileira e os Desafios da P&D. In: Adelaide Antunes; Alexis Mercado Soares. (Org.). Aprendizagem Tecnológica no Brasil: a experiência da indústria química e petroquímica. 1aed.Rio, de Janeiro: UFRJ, 1998, v. , p. 267-290.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
BOMTEMPO, J. V.. Capacidade de inovação da Petroquímica. Gazeta Mercantil, São Paulo, p. A3, 14 out. 1996.

2.
Rafael Lépore Pinto Ferreira ; BOMTEMPO, J. V. ; ALMEIDA, E. L. F. . Concentração e dispersão do esforço tecnológico: um estudo da tecnologia GTL com base em patentes. Petro & Química, São Paulo, p. 92 - 96.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
FARTES, D. ; Bomtempo, José Vitor ; ALVES, F. . Transformações no setor sucroenergético brasileiro: O surgimento do ecossistema do etanol 2G. In: 6 th Latin American Energy Economics Meeting - New Energy Landscape: Impacts for Latin America, 2017, Rio de Janeiro. 6 th Latin American Energy Economics Meeting - New Energy Landscape: Impacts for Latin America, 2017.

2.
FARTES, D. ; Bomtempo, José Vitor ; ALVES, FLÁVIA CHAVES . Do 1G ao 2G: Criando um Novo Ecossistema a partir de uma Inovação de Processo. In: XXIX Simpósio de Gestão e Inovação Tecnológica ANPAD, 2016, São Paulo. XXIX Simpósio de Gestão e Inovação Tecnológica ANPAD, 2016.

3.
TEIXEIRA, L. V. ; Bomtempo, José Vitor ; ALVES, FLÁVIA CHAVES ; OROSKI, F. A. . Established firms in emerging industries: innovation strategies in the bio-based industry. In: 16th Conference of the International Schumpeter Society, Montreal, July, 2016, 2016, Montreal. 16th Conference of the International Schumpeter Society, Montreal, July, 2016, 2016.

4.
FARTES, D. ; Bomtempo, José Vitor ; ALVES, FLÁVIA CHAVES . From 1G to 2G: Creating a new ecosystem through process innovation. In: 16th Conference of the International Schumpeter Society, Montreal, July, 2016, 2016, Montreal. 16th Conference of the International Schumpeter Society, Montreal, July, 2016, 2016.

5.
SOARES, G. A. ; Bomtempo, José Vitor . Transição tecnológica na indústria do etanol. In: X CBPE Congresso Brasileiro de Planejamento Energético, 2016, Gramado. X CBPE Congresso Brasileiro de Planejamento Energético, 2016.

6.
FARTES, D. ; Bomtempo, José Vitor ; OROSKI, F. A. . OPORTUNIDADES DE INOVAÇÃO NO SETOR SUCROENERGÉTICO. In: ALTEC 2015: Inovação para além da tecnologia / XVI Congresso Latino-Iberoamerciano de Gestão da Tecnologia, 2015, Porto Alegre. ALTEC 2015: Inovação para além da tecnologia / XVI Congresso Latino-Iberoamerciano de Gestão da Tecnologia. Porto Alegre, 2015.

7.
ARAUJO, M. R. ; BOMTEMPO, J. V. ; ALVES, FLÁVIA CHAVES ; OROSKI, F. A. . DESENVOLVIMENTO DE PLATAFORMAS TECNOLÓGICAS: O CASO DAS PLATAFORMAS QUÍMICAS. In: ALTEC 2015: Inovação para além da tecnologia / XVI Congresso Latino-Iberoamerciano de Gestão da Tecnologia, 2015, Porto Alegre. ALTEC 2015: Inovação para além da tecnologia / XVI Congresso Latino-Iberoamerciano de Gestão da Tecnologia, 2015.

8.
CHEN, C. ; BOMTEMPO, J. V. . A Comparative Study about Innovation Systems of China and Brazil in the Area of Alternative Liquid Fuels. In: XII Triple Helix Conference 2015, 2015, Pequim. XII Triple Helix Conference 2015, 2015. p. 48-67.

9.
FARTES, D. ; BOMTEMPO, J. V. ; ALVES, F. . ?Oportunidade de inovação no setor de etanol?. In: IX Congresso Brasileiro de Planejamento Energético, 2014, Florianópolis. Anais do IX Congresso Brasileiro de Planejamento Energético, 2014.

10.
SOARES, G. A. ; BOMTEMPO, J. V. . Novos Perfis de Empresas no Setor Sucroenergético. In: IX Congresso Brasileiro de Planejamento Energético, 2014, Florianópolis. Anais do IX Congresso Brasileiro de Planejamento Energético, 2014.

11.
ALONSO, I. M. T. ; BOMTEMPO, J. V. ; ALVES, F. . PROPOSTA DE UM SISTEMA DE MEDIÇÃO PARA ANÁLISE DA EVOLUÇÃO DA CAPACITAÇÃO TECNOLÓGICA ADQUIRIDA POR MEIO DE TRANSFERÊNCIAS DE TECNOLOGIA EM EMPRESAS FARMACÊUTICAS. In: Simpoi 2013, 2013, São Paulo SP. SIMPOI 2013, 2013.

12.
LACERDA, M. B. ; BOMTEMPO, J. V. ; BORSCHIVER, S. . A CONSISTÊNCIA NOS ESFORÇOS DE INOVAÇÃO: UMA ANÁLISE DA INDÚSTRIA QUÍMICA BRASILEIRA. In: Simpoi 2013, 2013, São Paulo SP. SIMPOI 2013, 2013.

13.
OROSKI, F. A. ; BOMTEMPO, J. V. ; ALVES, F. . Origem de recursos e a dinâmica de modelo de negócios em startups: o caso de uma empresa inovadora em bioplásticos. In: 8th IAM Conference, 2013, São Paulo SP. 8th IAM Conference, 2013.

14.
Viegas L. ; BOMTEMPO, J. V. . How are radical innovations developed? An analytical framework to examine radical innovations based on the Values of Cohesion approach. In: DRUID 2012, 2012, Copenhagen, Denmark. Aais do DRUID 2012. Copenhagen, Denmark, 2012.

15.
BOMTEMPO, J. V.; ALVES, F. ; GRANDO, R. L. . The geography of knowledge and innovation in the bioeconomy: the moving of American startups to Brazil. In: 7èmes journées de la proximité, 2012, Montréal. Anais das 7èmes journées de la proximité. Montreál, 2012.

16.
BAETAS, R. ; BOMTEMPO, J. V. ; QUENTAL, C. . Que Papel o Brasil Poderia Ter no Desenvolvimento de uma Vacina para a AIDS? Oportunidades e Obstáculos para a Pesquisa, o Desenvolvimento e a Inovação em Vacinas no Brasil. In: XXXV Encontro da ANPAD, 2011, Rio de Janeiro, RJ. Anais do XXXV Encontro da ANPAD. Rio de Janeiro: ANPAD, 2011.

17.
BOMTEMPO, J. V.; Viegas L. . Biofuel technological dynamics and the innovation in the Brazilian ethanol industry. In: 33rd IAEE Conference, 2010, Rio de Janeiro. IAEE's Rio 2010 International Conference, 2010.

18.
OROSKI, F. A. ; BOMTEMPO, J. V. . Governança nas cadeias produtivas e as iniciativas de inovaçao: uma exploraçao do caso da petroquimica. In: SIMPOI 2010, 2010, Sao Paulo. Anais do SIMPOI 2010, 2010.

19.
BOMTEMPO, J. V.; COUTINHO, P. . Uso de roadmaps tecnologicos para favorecer o ambiente de inovaçao: uma proposta em matérias primas renovaveis. In: SIMPOI 2010, 2010, Sao Paulo. Anais do SIMPOI 2010, 2010.

20.
Viegas L. ; BOMTEMPO, J. V. . RADICAL INNOVATION AND DEVELOPING COUNTRIES: WHAT CAN STRUCTURALIST APPROACH IN HUMAN SCIENCES TEACH US?. In: XXVI Simpósio de gestão da Inovação Tecnológica da ANPAD, 2010, Vitoria, ES. Anais do XXVI Simpósio de gestão da Inovação Tecnológica da ANPAD. Rio de Janeiro: ANPAD, 2010.

21.
DUNHAM, F. B. ; FLECK, D. ; BOMTEMPO, J. V. . Mudança Institucional e Tecnológica em Sistemas de Inovação: Estudo da Superação da Crise do Mosaico da Cana-de-açúcar na Indústria Sucroalcooleira do Brasil. In: XXVI Simpósio de gestão da Inovação Tecnológica da ANPAD, 2010, Vitoria, ES. Anais do XXVI Simpósio de gestão da Inovação Tecnológica da ANPAD. Rio de Janeiro: ANPAD, 2010.

22.
Correa, C E F ; BOMTEMPO, J. V. . A TERCEIRIZAÇÃO DE P&D EM INDÚSTRIAS MADURAS E SEUS IMPACTOS NA GESTÃO DA INOVAÇÃO. In: SIMPOI 2009, 2009, Sao Paulo. Anais do SIMPOI 2009, 2009.

23.
OROSKI, F. A. ; BOMTEMPO, J. V. . Alternativas de atuação da indústria petroquímica na cadeia de embalagens plásticas: uma análise com base no conceito de governança nas cadeias produtivas. In: 4º Congresso da Indústria Química do Mercosul e 8º Congresso Brasileiro de Petroquímica., 2008, Rio de Janeiro. Anais da 4º Congresso da Indústria Química do Mercosul e 8º Congresso Brasileiro de Petroquímica.. Rio de Janeiro: IBP, 2008. v. 1. p. 1-8.

24.
ALVES, F. ; BOMTEMPO, J. V. . COMPETÊNCIAS PARA INOVAR NA INDÚSTRIA BRASILEIRA DE EMBALAGENS PLÁSTICAS. In: SIMPOI 2008 XI Simpósio de Administração da Produção, Logística e Operações Internacionais, 2008, São Paulo. Anais do SIMPOI 2008 XI Simpósio de Administração da Produção, Logística e Operações Internacionais. São Paulo: FGV, 2008. v. 1. p. 1-15.

25.
PADILHA, G. ; BOMTEMPO, J. V. . DINÂMICA DE CRESCIMENTO DE PEQUENAS EMPRESAS DE MEDIA-BAIXA TECNOLOGIA: ESTUDO DE CASOS EM EMPRESAS DE TRANSFORMAÇÃO DE PLÁSTICOS. In: XXV Simpósio de Gestão da Inovação Tecnológica, 2008, Brasilia. Anais do XXV Simpósio de Gestão da Inovação Tecnológica. Brasilia: ANPAD, 2008. v. 1. p. 1-16.

26.
ALVES, F. ; BOMTEMPO, J. V. ; COUTINHO, P. ; MUNIER, F. . Innovation in a productive chain perspective: competences to innovate in Brazilian Plastic Packaging and Petrochemical Industries. In: 12th International Schumpeter Society ISS Conference in Rio de Janeiro, the Southern Conference on July 2-5, 2008, 2008, Rio de Janeiro. 12th International Schumpeter Society ISS Conference in Rio de Janeiro, the Southern Conference on July 2-5, 2008, 2008.

27.
OLLINAHO, O. L. ; BOMTEMPO, J. V. ; ALMEIDA, E. L. F. . The selection environment for the biofuels: mechanisms now and then. In: 12th International Schumpeter Society ISS Conference in Rio de Janeiro, the Southern Conference on July 2-5, 2008, 2008, Rio de Janeiro. 12th International Schumpeter Society ISS Conference in Rio de Janeiro, the Southern Conference on July 2-5, 2008, 2008.

28.
LIMA NETO, E. P. ; BOMTEMPO, J. V. ; ALMEIDA, E. L. F. . Metanol como produto estruturante das cadeias químicas e de energia. In: 4º Congresso da Indústria Química do Mercosul e 8º Congresso Brasileiro de Petroquímica., 2008, Rio de Janeiro. Anais da 4º Congresso da Indústria Química do Mercosul e 8º Congresso Brasileiro de Petroquímica.. Rio de Janeiro: IBP, 2008.

29.
MILANI JR., A. ; QUEIROZ JR., H. ; BOMTEMPO, J. V. . Oil Upstream Activities: Complex Organizations and Business Modeling. In: 31st IAEE International Conference, Istanbul, june 18-20, 2008, 2008, Istambul. Proceedings of 31st IAEE International Conference, Istanbul, june 18-20, 2008, 2008.

30.
BIGNETTI, L. P. ; BOMTEMPO, J. V. . Évolution des stratégies d'entreprises pétrochimiques brésiliennes en quête de compétitivité internationale. In: AIMS 2007 XVIe Conférence internationale de management stratégique, 2007, Montréal. AIMS 2007 XVIe Conférence internationale de management stratégique, 2007.

31.
BOMTEMPO, J. V.; BIGNETTI, L. P. ; ALVES, F. ; COUTINHO, P. . Compétences pour innover et les défis stratégiques de l'industrie pétrochimique dans les pays émergents: le cas du Brésil. In: AIMS 2007 XVIe Conférence internationale de management stratégique, 2007, Montréal. AIMS 2007 XVIe Conférence internationale de management stratégique, 2007. v. v1.

32.
COUTINHO, P. ; LONGANEZI, T. ; BOMTEMPO, J. V. ; PEREIRA, F. M. A. . Construindo um Sistema de Gestão da Inovação Tecnológica: Atividades, Estrutura e Métricas. In: XXIV Simpósio de Gestão da Inovação Tecnológica, 2006, Gramado. XXIV Simpósio de Gestão da Inovação Tecnológica, 2006. v. 1.

33.
COUTINHO, P. ; Silva, A. L. ; BOMTEMPO, J. V. . Ferramentas ´gráficas para identificação e seleção de oportunidades de inovação utilizadas na Petroflex. In: XXIV Simpósio de Gestão da Inovação Tecnológica, 2006, Gramado. XXIV Simpósio de Gestão da Inovação Tecnológica, 2006.

34.
OLIVEIRA, E. R. ; BOMTEMPO, J. V. ; QUENTAL, C. . A Capacitação Tecnológica dos Laboratórios Farmacêuticos Oficiais. In: XXIV Simpósio de Gestão da Inovação Tecnológica, 2006, Gramado. XXIV Simpósio de Gestão da Inovação Tecnológica, 2006. v. v1.

35.
ALVES, F. ; BOMTEMPO, J. V. ; MUNIER, F. . Competências para Inovar em Indústrias "Dominadas pelos Fornecedores": o Caso da Indústria Brasileira de Embalagens Plásticas. In: XXIV Simpósio de Gestão da Inovação Tecnológica, 2006, Gramado. XXIV Simpósio de Gestão da Inovação Tecnológica, 2006. v. v1.

36.
BOMTEMPO, J. V.; ALVES, F. ; MUNIER, F. . Competences to innovate in supplier-dominated industries: the case of plastic packaging industry in Brazil. In: International J. A. Schumpeter Society 11th ISS Conference, 21-24 June 2006, 2006, Sophia-Antipolis. International J. A. Schumpeter Society 11th ISS Conference, 2006.

37.
BOMTEMPO, J. V.; ALMEIDA, E. L. F. ; IOOTTY, M. . Innovation Strategy and Industry Dynamics in the Oil and Gas Sector: Challenges of the New Pattern of Innovation. In: International J. A. Schumpeter Society 11th ISS Conference, 2006, Sophia-Antipolis. International J. A. Schumpeter Society 11th ISS Conference, Sophia-Antipolis, 21-24 June 2006., 2006.

38.
SOUZA, B. F. ; BOMTEMPO, J. V. ; ALMEIDA, E. L. F. . Scale-up das unidades de geração de gás de síntese para tecnologias gas to liquids-GTL. In: XI Congresso Brasileiro de Energia, 2006, Rio de Janeiro. XI Congresso Brasileiro de Energia, 2006. v. 3. p. 1443-1454.

39.
OLIVEIRA, T. ; BOMTEMPO, J. V. ; ALMEIDA, E. L. F. . Um Estudo de Prospecção e de Estratégias de Inovação: o caso do dimetil éter (DME - um novo combustível derivado do gás natural. In: XI Congresso Brasileiro de Energia, 2006, Rio de Janeiro. XI Congresso Brasileiro de Energia, 2006. v. 1. p. 30-38.

40.
BOMTEMPO, J. V.; QUENTAL, C. ; BAETAS, R. . Vaccines in Brazil. In: Triple Helix, 2005, Turin. Anais do Triple Helix 5, 2005.

41.
BOMTEMPO, J. V.; BAETAS, R. ; QUENTAL, C. . Vaccines in Brazil: a New Pattern of Research, Development and Production Articulation Is Necessary to Innovation.. In: ENANPAD, 2005, Brasília. anais do EnANPAD 2005, 2005.

42.
BOMTEMPO, J. V.; ALMEIDA, E. L. F. ; BICALHO, R. . The Dynamics of Innovation in Natural Gas Industry.. In: ENPROMER 2005, 2005, Rio de Janeiro. Anais do ENPROMER 2005, 2005.

43.
COUTINHO, P. ; BOMTEMPO, J. V. ; ANTUNES, A. ; BORSCHIVER, S. ; AMELIA, A. . Innovation Dynamics, Development of New Applications and Evolution of Vulcanized Thermoplastic Elastomers Industry.. In: ENPROMER 2005, 2005, Rio de Janeiro. Anais do ENPROMER 2005, 2005.

44.
QUENTAL, C. ; ABREU, J. C. ; BOMTEMPO, J. V. . Medicamentos genéricos no Brasil: impactos das políticas públicas sobre a indústria nacional.. In: XI Seminário de Gestión Tecnológica - ALTEC 2005, 2005, Salvador. anais do ALTEC - 2005, 2005.

45.
BOMTEMPO, J. V.; BAETAS, R. ; QUENTAL, C. . Existe potencial inovador na pesquisa brasileira em vacinas?. In: XI Seminário de Gestión Tecnológica - ALTEC 2005, 2005, Salvador. Anais do ALTEC - 2005, 2005.

46.
OLIVEIRA, T. ; BOMTEMPO, J. V. ; ALMEIDA, E. L. F. . Um Estudo de Prospecção e de Estratégias de Inovação: O Caso Dimetil Éter - Um Combustível Alternativo e Seu Desenvolvimento em Nível Mundial.. In: XI Seminário de Gestión Tecnológica - ALTEC 2005, 2005, Salvador. Anais do ALTEC 2005, 2005.

47.
COUTINHO, P. ; BOMTEMPO, J. V. . Existe uma dinâmica de inovação própria das indústrias maduras? Uma reflexão a partir do desenvolvimento da indústria de termoplásticos vulcanizados.. In: XI Seminário de Gestión Tecnológica - ALTEC 2005, 2005, Salvador. Anais do ALTEC 2005, 2005.

48.
MORAES, A. B. G. M. ; BOMTEMPO, J. V. . Como a Compreensão da Demanda apoia a Inovação em Empresas Industriais?. In: XI Seminário de Gestión Tecnológica - ALTEC 2005, 2005, Salvador. Anais do ALTEC 2005, 2005.

49.
COUTINHO, P. ; BOMTEMPO, J. V. . Análise do Desenvolvimento de novos Produtos em uma Empresa Petroquímica Brasileira.. In: XI Seminário de Gestión Tecnológica - ALTEC 2005, 2005, Salvador. Anais do ALTEC 2005, 2005.

50.
BOMTEMPO, J. V.; PADILHA, G. . Conditions for the development of virtuous productive arrangements - a study of the plastics processors industry in Brazil. In: 4th Proximity Congress, 2004, Marseille. Proximity, Networks and Co-ordination, 2004.

51.
BOMTEMPO, J. V.; ALMEIDA, E. L. F. ; BICALHO, R. . The selection environment for GTL technology and technological strategies. In: Schumpeter 2004, 2004, Milan. Innovation, Industrial Dynamics and Structural Transformation: Schumpeterian Legacies, 2004. p. 1-35.

52.
COUTINHO, P. ; BOMTEMPO, J. V. . Competências para inovar e posicionamento tecnológico da firma: um estudo da evolução recente da Petroflex. In: ENANPAD 2004, 2004, Curitiba. Anais do XXVIII ENANPAD 2004, 2004. v. 1.

53.
Flavia Chaves Alves ; BOMTEMPO, J. V. ; COUTINHO, P. . Um estudo das competências para inovar na indústria petroquímica brasileira. In: XXVIII ENANPAD 2004, 2004, Curitiba. Anais do XXVIII ENANPAD 2004, 2004. v. 1.

54.
OLIVEIRA, T. ; BOMTEMPO, J. V. ; ALMEIDA, E. L. F. . Indicadores do Ciclo de Vida da Tecnologia e Prospecção da Inovação: O Caso Dimetil Éter (DME), Um Novo Combustível Derivado do Gás Natural. In: XXIII Simpósio de Gestão da Inovação Tecnológica, 2004, Curitiba. Anais do XXIII Simpósio de Gestão da Inovação Tecnológica, 2004.

55.
BOMTEMPO, J. V.; COUTINHO, P. . Integrando as estratégias de negócio e de tecnologia. In: XXIII Simpósio de Gestão da Inovação Tecnológica, 2004, Curitiba. Anais do XXIII Simpósio de Gestão da Inovação Tecnológica.

56.
BAETAS, R. ; BOMTEMPO, J. V. ; QUENTAL, C. . Modelo para análise estratégica de indústrias: o caso das vacinas em países em desenvolvimento. In: XXIII Simpósio de Gestão da Inovação Tecnológica, 2004, Curitiba. Anais do XXIII Simpósio de Gestão da Inovação Tecnológica, 2004.

57.
Glaucia Moreira Barros ; BOMTEMPO, J. V. ; Fabio Barboza Passos . Inovações de base científica em indústrias maduras: um estudo da difusão do processo de biodessulfurização na indústria do petróleo. In: XXII Simpósio de Gestão da Inovação Tecnológica, 2004, Curitiba. Anais do XXIII Simpósio de Gestão da Inovação Tecnológica, 2004.

58.
MORAES, A. B. G. M. ; BOMTEMPO, J. V. . Capacidade inovativa e a construção de competências na Indústria Química: uma análise da interação cadeia produtiva/cliente. In: XXIII Simpósio de Gestão da Inovação Tecnológica, 2004, Curitiba. Anais do XXIII Simpósio de Gestão da Inovação Tecnológica, 2004.

59.
OLIVEIRA, T. ; SILVA,, C. H. ; BOMTEMPO, J. V. ; ALMEIDA, E. L. F. . Prospecção Tecnológica no Mercado de Combustíveis - O Caso Dimetil Eter (DME). In: Congresso da ABIPTI 2004, 2004, Belo Horizonte. Anais do Congresso da ABIPTI 2004, 2004.

60.
Rafael Lépore Pinto Ferreira ; BOMTEMPO, J. V. ; ALMEIDA, E. L. F. . Concentração e dispersão do esforço tecnológico: um estudo da tecnologia GTL com base em patentes. In: Congresso da ABIPTI 2004, 2004, Belo Horizonte. Anais do Congresso ABIPTI 2004, 2004.

61.
ALMEIDA, E. L. F. ; BOMTEMPO, J. V. ; BICALHO, R. . Viabilidade das Plantas GTL: Uma Análise de Sensibilidade das Variáveis Determinantes. In: 4o Congresso Latinoamericano e do Caribe de Gás e Eletricidade, 2004, Rio de Janeiro. Anais do IV LACGEC, 2004.

62.
BOMTEMPO, J. V.; COUTINHO, P. ; WEINBERG, G. . New Typology For The Strategic / Technological Positioning Of Firms In Developing Countries. In: The 12th International Conference on Mangement of Technology, 2003, Nancy. From Information To Knowledge to Competencies: Key Success Factors For Innovation and Sustainable Development, 2003. p. 298-299.

63.
BOMTEMPO, J. V.; ALMEIDA, E. L. F. ; BICALHO, R. . The Selection Environment for Gas-to-Liquids Technology: Challenging the Natural Trajectory. In: The 12th International Conference on Management of Technology, 2003, Nancy. From Information ti knowleddge to competencies: key Success Factors for Innovation and Sustainable Development, 2003. p. 214-215.

64.
BOMTEMPO, J. V.; Glaucia Moreira Barros ; Fabio Barboza Passos . Prospecção da Inovação: Um Estudo da Difusão de Processo de Biodessulfurização na Indústria do Petróleo. In: 2º Congresso Brasileiro de P&D em Petróleo & Gás, 2003, Rio de Janeiro. 2º Congresso Brasileiro de P&D em Petróleo & Gás, 2003. p. 329-329.

65.
BOMTEMPO, J. V.; ALMEIDA, E. L. F. ; Rafael Lépore Pinto Ferreira . Estudo das Inovações Tecnológicas em GTL com base em Patentes: o Caso Shell. In: 2º Congresso Brasileiro de P&D em Petróleo & Gás, 2003, Rio de Janeiro. 2º Congresso Brasileiro de P&D em Petróleo & Gás, 2003. p. 344-344.

66.
BOMTEMPO, J. V.. Proposição de análise Comparativa no Parque de Refino Brasileiro. In: 2º Congresso Brasileiro de P&D em Petróleo & Gás, 2003, Rio de Janeiro. 2º Congresso Brasileiro de P&D em Petróleo & Gás, 2003. p. 352-352.

67.
BOMTEMPO, J. V.; VIEIRA, F. A. ; DUNHAM, F. B. ; ALMEIDA, E. L. F. ; BICALHO, R. . Processos de Produção de Combustíveis Sintéticos: Análise das Trajetórias Tecnológicas. In: 2º Congresso Brasileiro de P&D em Petróleo & Gás, 2003, Rio de Janeiro. 2º Congresso Brasileiro de P&D em Petróleo & Gás, 2003. p. 370-370.

68.
BOMTEMPO, J. V.; COUTINHO, P. ; Flavia Chaves Alves . Competencies for Innovation in the Brazilian Petrochemical Industry. In: Iberoamerican Academy of Management, 2003, São Paulo. Management in Iberoamerican Countries: Current Trends and Futures Prospects. São Paulo: FGV, 2003.

69.
PADILHA, G. ; BOMTEMPO, J. V. . Mibilidade dos Transformadores de Plásticos na Cadeia Produtiva. In: 7o Congresso Brasileiro de Polímeros, 2003, Belo Horizonte. Anais do 7o Congresso Brasileiro de Polímeros, 2003. p. 1019-1020.

70.
ALMEIDA, E. L. F. ; BOMTEMPO, J. V. ; BICALHO, R. ; DUNHAM, F. B. . The Renewal the Gas-To-Liquids Technology: Perspectives and Impacts. In: 25th International Conference - International Association for Energy Economics, 2002, Aberdeen. 25th International Conference - IAEE - Innovation and Maturity in Energy Markets: Experience and Prospects, 2002.

71.
BAETAS, R. ; BOMTEMPO, J. V. ; QUENTAL, C. . Modelo Dinâmico de Planejamento para Inovação. In: XXII Simposio de Gestão da Inovação Tecnologica, 2002, Salvador. Anais do XXII Simposio de Gestão da Inovação Tecnologica, 2002.

72.
BOMTEMPO, J. V.; ALMEIDA, E. L. F. ; BICALHO, R. ; DUNHAM, F. B. . O renascimento de uma tecnologia madura: o processo Fischer-Tropsch de conversão de gas em combustiveis liquidos. In: XXII Simposio de Gestão da Inovação Tecnologica, 2002, Salvador. Anais do XXII Simposio de Gestão da Inovação Tecnologica, 2002.

73.
BOMTEMPO, J. V.; TORNOVSKY, J. . Estratégias de Adoção da Internet no Setor Industrial: Três Estudos de Casos. In: XXVI ENANPAD 2002, 2002, Salvador. XXVI ENANPAD 2002, 2002. p. 94-94.

74.
BOMTEMPO, J. V.; COUTINHO, P. ; WEINBERG, G. . Uma Nova Tipologia para Postura Tecnológicas da Empresa. In: XXII Simpósio de Gestão da Inovação Tecnológica, 2002, Salvador. Gestão da Inovação Tecnológica, 2002. p. 76-76.

75.
BOMTEMPO, J. V.; COUTINHO, P. . Estratégia tecnológica e Gestão da Inovação: Uma Estrutura analítica Voltada para os Administradores. In: XXII Simpósio de Gestão da Inovação Tecnológica, 2002, Salvador. Gestão da Inovação Tecnológica, 2002. p. 87-87.

76.
BOMTEMPO, J. V.; Flavia Chaves Alves . Dinâmica da Inovação e Inserção na Cadeia Produtiva: O Caso das Embalagens Plásticas. In: XXII Simpósio de Gestão da Inovação Tecnológica, 2002, Salvador. Gestão da Inovação Tecnológica, 2002. p. 102-102.

77.
COUTINHO, P. ; WEINBERG, G. ; BOMTEMPO, J. V. . A inovação tecnológica na petroquímica brasileira. In: 2o Congresso da Indústria química do Mercosul/7o Congresso Brasileiro de Petroquímica, 2001, Rio de janeiro. 2o Congresso da Indústria Química do Mercosul, 2001.

78.
TORNOVSKY, J. ; BOMTEMPO, J. V. . Sobre o uso da internet pela Indústria Química Brasileira. In: 2o Congresso da Indústria química do Mercosul/7o Congresso Brasileiro de Petroquímica, 2001, Rio de Janeiro. 2o Congresso da Indústria Química do Mercosul/7o Congresso Brasileiro de Petroquímica, 2001.

79.
BOMTEMPO, J. V.; UGHETTO, P. . Proximité `a l'égard du client et compétences de la firme. In: Troisièmes journées de la proximité, 2001, Paris. "Nouvelles croissances et territoires" III journees de la proximite, 2001.

80.
SILVEIRA, C. L. R. ; BOMTEMPO, J. V. ; SEABRA, P. N. . A estratégia tecnologica das empresas de petroleo e a biotecnologia. In: ENANPAD 2001, 2001, Campinas. Anais do ENANPAD 2001, 2001.

81.
BOMTEMPO, J. V.; KALAF, E. . Grupos estratégicos, competição baseada em recursos e a operacionalização da estratégia. In: ENANPAD, 2000, Florianópolis. ENANPAD 2000 - 24o encontro da ANPAD, 2000.

82.
BOMTEMPO, J. V.; SILVEIRA, C. L. R. ; SEABRA, P. N. . A biotecnologia na indústria de petróleo: uma análise do posicionamento das principais empresas. In: XXI Simposio de Gestão da Inovação Tecnológica, 2000, São Paulo. Anais do XXI Simposio de Gestão da Inovação Tecnológica, 2000.

83.
BOMTEMPO, J. V.; QUENTAL, C. ; VIEIRA, F. A. . Decisão estratégica e descontinuidade tecnológica: o caso Monsanto. In: XXI Simposio de Gestão da Inovação Tecnológica, 2000, São paulo. Anais do XXI Simposio de Gestão da Inovação Tecnológica, 2000.

84.
BOMTEMPO, J. V.. Inovação e relações entre firmas: uma proposta de quadro analítico com aplicações na ind. de polímeros. In: ALTEC 99, 1999, Valencia. ALTEC 99 VII Semianrio latino-ibero-americano de gestão e inovação tecnologica, 1999.

85.
BOMTEMPO, J. V.; ALEMANNO, M. . Aplicações em polipropileno: a Organização das Inovações. In: XX Simpósio de Gestão e Inovação Tecnológica, 1998, São Paulo. Anais do XX Simpósio de Gestão e Inovação Tecnológica, 1998. p. 1484-1495.

86.
BOMTEMPO, J. V.; QUENTAL, C. ; SÁ, M. P. E. . Terceirização no Processamento Final das Indústrias Farmacêutica e Veterinária. In: ENANPAD - Encontro Nacional da Associação Nacional dos Programas de Pós-graduação em Administração, 1997, Rio das Pedras. Anais do 21o. Encontro da Associação Nacional dos Programas de Pós-graduação em Administração, 1997.

87.
BOMTEMPO, J. V.; MORAES FILHO, C. . Uma análise dos fatores de competitividade no setor de elastômeros. In: 6o. Congresso Brasileiro de Petroquímica, 1996, Rio de Janeiro. Anais do 6o. Congresso Brasileiro de Petroquímica, 1996.

88.
BOMTEMPO, J. V.; ANTUNES, A. ; CASTRO, M. S. O. . As tendências da Petroquímica no Brasil e a Formação de Recursos Humanos. In: 6o. Congresso Brasileiro de Petroquímica, 1996, Rio de Janeiro. Anais do 6o. Congresso Brasileiro de Petroquímica, 1996.

89.
BOMTEMPO, J. V.. Inovação e organização: o caso da indústria de polímeros. In: 6o. Congresso Brasileiro de Petroquímica, 1996, Rio de Janeiro. Anais do 6o. Congresso Brasileiro de Petroquímica, 1996.

90.
BOMTEMPO, J. V.. Uma análise histórica da indústria de polímeros e a dinâmica de inovação das empresas. In: c, 1995, Rio de Janeiro. Anais do 6o. Congresso Brasileiro de Petroquímica, 1995.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
ALMEIDA, E. L. F. ; BOMTEMPO, J. V. ; IOOTTY, M. ; SOUZA, B. F. ; NIEMEYER, M. . GTL, DME and Methanol: A Comparative Economic Analysis. In: 8th Natural Gas Conversion Symposium, 2007, Natal. 8th Natural Gas Conversion Symposium, 2007.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
BOMTEMPO, J. V.; DUTRA, L. E. D. . Innovation and inter-firm relations: proposing an analytical framework with applications in the polymer industry. In: Third Triple Helix International Conference, 2000, Rio de Janeiro. Rio 2000 Third Triple Helix International Conference, 2000.

2.
BOMTEMPO, J. V.; CASTIER, M. ; BATISTA, R. . Planejamento de Produção em Plantas Multiproduto com Processamento em Bateladas Utilizando Análise Competitiva. In: 1o Congresso de Engenharia de Processos do Mercosul, 1997, Buenos Aires, 1997.

Artigos aceitos para publicação
1.
BOMTEMPO, J. V.; Viegas L. . Biofuel technlogical dynamics and the innovation in the Brazilian ethanol industry. REVISTA BRASILEIRA DE ENERGIA, 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
BOMTEMPO, J. V.; ALVES, F. ; OROSKI, F. A. . Developing new platform chemicals: what is required to a new biobased molecule to become a platform in the bioeconomy?. 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

2.
BOMTEMPO, J. V.. As inovações na indústria baseada em biomassa: dos biocombustíveis à bioeconomia. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
BOMTEMPO, J. V.. o que é bioeconomia? nota conceitual e proposta de framework para análise das inovações em bioeconomia. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
BOMTEMPO, J. V.. Challenges and opportunities in Bioeconomy: an innovation dynamics approach. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
Bomtempo, José Vitor. Dinâmica de inovação na indústria biobased: oportunidades e desafios em química verde e biomateriais. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

6.
Bomtempo, José Vitor. Dos biocombustíveis à bioeconomia: a dinâmica de inovação que está construindo a nova indústria baseada em biomassa. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
Bomtempo, José Vitor. Dos biocombustíveis à bioeconomia. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
Bomtempo, José Vitor. The Role for Academia in a Growing Bio-Based Economy. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

9.
Bomtempo, José Vitor. Challenges in Platform Chemicals Development. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
BOMTEMPO, J. V.; ALVES, F. . The relevant technologies and products in The Brazilian developing biobased economy: investment opportunities. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

11.
BOMTEMPO, J. V.. Agenda Tecnológica Setorial ? ATS Química de Renováveis. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
BOMTEMPO, J. V.. Agenda Tecnológica Setorial ? ATS Química de Renováveis. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
BOMTEMPO, J. V.. Dinâmica tecnológica e de inovação da indústria baseada em biomassa: dos biocombustíveis à bioeconomia. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

14.
BOMTEMPO, J. V.. BIOCOMBUSTÍVEIS: ESTRUTURA DA INDÚSTRIA. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
BOMTEMPO, J. V.. Dos biocombustíveis à bioeconomia. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

16.
BOMTEMPO, J. V.. ?Novas trajetórias da inovação no setor sucroenergético: estratégias empresariais, alternativas tecnológicas e desafios organizacionais?. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

17.
BOMTEMPO, J. V.. Dinâmica tecnológica e de inovação da indústria baseada em biomassa: dos biocombustíveis à bioeconomia. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

18.
BOMTEMPO, J. V.. Agenda Tecnológica Setorial ? ATS Química de Renováveis. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

19.
BOMTEMPO, J. V.. Estratégias das empresas de petróleo em biocombustíveis. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

20.
BOMTEMPO, J. V.. Química Verde. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

21.
BOMTEMPO, J. V.. Some reflections on biofuels as an innovation process. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

22.
BOMTEMPO, J. V.. Dinâmica tecnológica e de inovação em biocombustíveis (bioindústria). 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

23.
BOMTEMPO, J. V.. Dinâmica de inovação e a construção da bioindústria do futuro. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

24.
BOMTEMPO, J. V.. Dinâmica tecnológica e de inovação em biocombustíveis: o processo de inovação que está construindo a bioindústria do futuro. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

25.
BOMTEMPO, J. V.. O futuro dos biocombustíveis e da bioindústria. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

26.
BOMTEMPO, J. V.. Biocombustíveis, bioprodutos e biorrefino: o processo de inovação que está construindo a bioindústria do futuro. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

27.
BOMTEMPO, J. V.. Biocombustíveis, bioprodutos e biorrefino: o processo de inovação. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

28.
BOMTEMPO, J. V.. Dinâmica tecnológica e de inovação em biocombustíveis (bioindústria). 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

29.
BOMTEMPO, J. V.. Bioindustry: innovation dynamics toward a new industry. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

30.
BOMTEMPO, J. V.. Biocombustíveis e a bioindústria do futuro. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

31.
BOMTEMPO, J. V.. Dos biocombustíveis à bioeconomia: dinâmica tecnológica e de inovação da indústria baseada em biomassa. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

32.
BOMTEMPO, J. V.. INOVAÇAO E O DESENVOLVIMENTO DA BIOECONOMIA: DESAFIOS PARA O BRASIL. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

33.
BOMTEMPO, J. V.. O DESENVOLVIMENTO DA BIOECONOMIA E O FUTURO DOS BIOCOMBUSTÍVEIS: DESAFIOS PARA O BRASIL. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

34.
BOMTEMPO, J. V.. Biocombustíveis, bioprodutos e biorrefino: o processo de inovação que está construindo a bioindústria do futuro. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

35.
BOMTEMPO, J. V.. Biocombustíveis, bioprodutos e biorrefino: o processo de inovação que está construindo a bioindústria do futuro. 2011. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

36.
BOMTEMPO, J. V.. Dendê no contexto da indústria de biocombustíveis e bioprodutos do futuro. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Outras produções bibliográficas
1.
BOMTEMPO, J. V.. Biocombustiveis 2009 (Relatorio de pesquisa).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
BAETAS, R. ; BOMTEMPO, J. V. ; Quental, Cristiane . Accelerating AIDS Vaccine R&D in Brazil: Policy Obstacles & Opportunities. 2008.

2.
BOMTEMPO, J. V.. Tecnologias de Produção e Mercado de Hidrogênio no Brasil. 2005.

3.
BOMTEMPO, J. V.; IOOTTY, M. . Estudo de Viabilidade Técnico-econômica para a Implantação de um sub-setor Petroquímico no Pólo Industrial de Manaus - PIM. 2005.

4.
BOMTEMPO, J. V.. Análise competitiva da indústria de elastômeros termoplásticos. 2004.

5.
BOMTEMPO, J. V.; BAETAS, R. . Potencialidade para o desenvolvimento de vacinas no Brasil. 2003.

6.
ALMEIDA, E. L. F. ; BOMTEMPO, J. V. . Analise das alternativas tecnologicas em liquefação de gas natural. 2002.

7.
BOMTEMPO, J. V.. A competição em plásticos de engenharia. 2001.

8.
BOMTEMPO, J. V.. Estudo comparativo dos principais produtores mundiais de elastômeros II. 2001.

9.
BOMTEMPO, J. V.. Perfil comparativo das empresas produtoras de elastomeros. 2000.

10.
BOMTEMPO, J. V.; ANTUNES, A. ; DUTRA, L. E. D. ; DIAS, M. L. . Competicao e substituicao entre os termoplasticos. 2000.

11.
BOMTEMPO, J. V.; ANTUNES, A. . Cenário Tecnológico em Polímeros. 1998.

Trabalhos técnicos
1.
BOMTEMPO, J. V.. A Biotecnologia nas Empresas de Petróleo. 1997.

2.
BOMTEMPO, J. V.; MACULAN, A. . Apoio à Gestão do Projeto de Pesquisa: Hidrólise Enzimática de Óleo de Babaçu. 1996.

Redes sociais, websites e blogs
1.
BOMTEMPO, J. V.. Bioeconomia em construção II ? Os grants e subvenções às empresas: comparando o Biomass Program do DOE e o PAISS do BNDES/FINEP. 2014; Tema: bioeconomia e inovação. (Blog).

2.
BOMTEMPO, J. V.. Bioeconomia em construção I ? Os fatores de competitividade na bioeconomia. 2014; Tema: bioeconomia e inovação. (Blog).

3.
BOMTEMPO, J. V.. O futuro dos biocombustíveis XIX ? Encerrando a série e continuando o processo de construção da indústria baseada em biomassa. 2014; Tema: biocombustíveis e inovação. (Blog).

4.
BOMTEMPO, J. V.. O futuro dos biocombustíveis XVIII: Os dilemas dos produtos na bioeconomia. 2014; Tema: biocombustíveis e inovação. (Blog).

5.
BOMTEMPO, J. V.; ALVES, F. . O futuro dos biocombustiveis XVII - Competências para inovar e o futuro da ind´sutria do etanol no Brasil. 2013. (Blog).

6.
Bomtempo, José Vitor. O futuro dos biocombustíveis XVI ? Perfis de empresas e as diferentes perspectivas em relação à bioeconomia. 2013. (Blog).

7.
BOMTEMPO, J. V.; OROSKI, F. A. . O futuro dos biocombustiveis XV: A difícil transição em 2012 e o caso da Metabolix. 2013; Tema: Biocombustíveis, bioprodutos e inovação. (Blog).

8.
BOMTEMPO, J. V.. O futuro dos biocombustíveis XI: 2011 ? ano 1 da era pós-etanol?. 2012; Tema: Biocombustíveis, bioprodutos e inovação. (Blog).

9.
BOMTEMPO, J. V.; ALVES, F. . O futuro dos biocombustíveis XII ? As novas empresas da bioindústria e o Brasil: comparando Amyris, Solazyme e LS9 *. 2012; Tema: Biocombustíveis, bioprodutos e inovação. (Blog).

10.
BOMTEMPO, J. V.. O futuro dos biocombustíveis XIII: a matéria-prima como fator estruturante da indústria. 2012; Tema: Biocombustíveis, bioprodutos e inovação. (Blog).

11.
BOMTEMPO, J. V.. O futuro dos biocombustiveis XIV: Qual o sentido das políticas públicas e industriais para o futuro dos biocombustíveis?. 2012; Tema: Biocombustíveis, bioprodutos e inovação. (Blog).

12.
BOMTEMPO, J. V.. O futuro dos biocombustiveis VI: a estratégia da Petrobras. 2011; Tema: Biocombustíveis, bioprodutos e inovação. (Blog).

13.
BOMTEMPO, J. V.. O futuro dos biocombustiveis VII ? qual o papel do Brasil?. 2011; Tema: Biocombustíveis, bioprodutos e inovação. (Blog).

14.
BOMTEMPO, J. V.. O futuro dos biocombustiveis VIII: Os contrastes das estratégias das grandes empresas de petróleo e o futuro da bioeconomia. 2011; Tema: Biocombustíveis, bioprodutos e inovação. (Blog).

15.
BOMTEMPO, J. V.. O futuro dos biocombustiveis IX: A diversidade de estratégias e o futuro da bioeconomia ? comparando Shell, Braskem e Amyris. 2011; Tema: Biocombustíveis, bioprodutos e inovação. (Blog).

16.
BOMTEMPO, J. V.. O futuro dos biocombustiveis X: as duas corridas do açúcar. 2011; Tema: Biocombustíveis, bioprodutos e inovação. (Blog).

17.
Bomtempo, José Vitor. O futuro dos biocombustíveis. 2010; Tema: biocombustíveis e inovação. (Blog).

18.
BOMTEMPO, J. V.. O futuro dos biocombustíveis II: Por que a indústria de biocombustíveis do futuro será diferente da que conhecemos hoje?. 2010; Tema: Biocombustíveis, bioprodutos e inovação. (Blog).

19.
BOMTEMPO, J. V.. O futuro dos biocombustíveis III: : O processo de inovação que está construindo a indústria do futuro. 2010; Tema: Biocombustíveis, bioprodutos e inovação. (Blog).

20.
BOMTEMPO, J. V.. O futuro dos biocombustíveis IV: a posição brasileira. 2010; Tema: Biocombustíveis, bioprodutos e inovação. (Blog).

21.
BOMTEMPO, J. V.. O futuro dos biocombustíveis V: as estratégias de Shell e BP. 2010; Tema: Biocombustíveis, bioprodutos e inovação. (Blog).


Demais tipos de produção técnica
1.
ALMEIDA, E. L. F. ; BOMTEMPO, J. V. . Fundamentos e evolução da indústria do gás natural. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
BOMTEMPO, J. V.. Fundamentos da indústria do gás natural. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

3.
BOMTEMPO, J. V.; COUTINHO, P. . Gestão da Inovação e estratégias tecnológicas em petroquímica. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

4.
BOMTEMPO, J. V.. Estratégias Competitivas para o Curso de Especialização em Gestão Empresarial e Tecnológica para o Complexo Químico. 1999. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

5.
BOMTEMPO, J. V.. Estratégias Competitivas para o Curso de Especialização em Inteligência Competitiva. 1999. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

6.
BOMTEMPO, J. V.. ESTRATÉGIAS COMPETITIVAS para o Curso de Especialização em Gestão Empresarial e Tecnológica para o Complexo Químico. 1998. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

7.
BOMTEMPO, J. V.; ANTUNES, A. ; MALDONADO, J. . GETIQ Curso de Especializaçao em Gestão Empresarial e Tecnológica para o Complexo Químico. 1998. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

8.
BOMTEMPO, J. V.. Curso Básico de Análise de Projetos na Indústria Petroquímica. 1998. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

9.
BOMTEMPO, J. V.; QUENTAL, C. . Gestão da Tecnologia para Curso de Especialização em Gestão da Qualidade. 1998. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

10.
BOMTEMPO, J. V.. Avaliação de Projetos Industriais para Curso de Especialização em Engenharia de Processos para Polímeros. 1997. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

11.
BOMTEMPO, J. V.. Economia da Indústria Química. 1994. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Mariana Talita Gomes Pinheiro. Os desafios de crescimento em empresas familares. 2017. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Daniele Cintra Malpelli. Inovação social e empreendedorismo: identificação dos principais fatores na avaliação de startups de negócios de negócios sociais. 2016. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional em Economia) - Faculdades IBMEC.

3.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Rafael Pereira de Araújo Pedrosa. Desafios do crescimento de empresas diversificadas: os casos Matarazzo e Votorantim. 2015. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

4.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Thiago Guedes de Melo. How growth may affect the survival of long-lived organizations: the Colgate and Procter&Gamble cases. 2015. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

5.
Bomtempo, José Vitor. Participação em banca de Victoria Emilia Neves Santos. Biorrefinaria de cana de açúcar como âncora de instrumentos de ecologia industrial: uma proposta para a cidade de Campos dos Goytacazes. 2013. Dissertação (Mestrado em Planejamento Energético) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

6.
Bomtempo, José Vitor. Participação em banca de Camila Pinto Caldeira. Desafios do crescimento de organizações brasileiras intensivas em conhecimento: estudo de caso de uma organizaçãoda indústria de engenharia consultiva. 2012. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

7.
Bomtempo, José Vitor. Participação em banca de Laura Rielo de Moura. Desafios do crescimento em empresas inovadoras da internet: o caso Google. 2012. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

8.
Bomtempo, José Vitor. Participação em banca de Sandro Luiz Costa Roma. Desafios do sucesso no longo prazo em estratégias de reestruturação: o estudo de caso da companhia de bebidas das Américas (AMBEV). 2011. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

9.
Bomtempo, José Vitor. Participação em banca de Rodrigo de Rezende Penalva Santos. Impactos da privatização para a longevidade saudável da organização: o caso CVRD/VALE. 2011. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

10.
Bomtempo, José Vitor. Participação em banca de Carla Santos de Souza Giordano. Avaliação do technology roadmapping (TRM) como método de apoio ao planejamento tecnológico: estudo de caso do Centro de Tecnologia SENAI Ambiental. 2011. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

11.
Bomtempo, José Vitor. Participação em banca de Carlos Alexandre Matias. Co-evolução dos componentes do marco institucional e das trajetórias de acumulação de capacidades tecnológicas no setor de agro-energia (ETANOL) no Brasil (1970-2009). 2011. Dissertação (Mestrado em Gestão Empresarial) - Fundação Getúlio Vargas.

12.
Bomtempo, José Vitor. Participação em banca de Luiz Marcel Alonso Levy Notari. Sucesso e fracasso organizacional em contexto de privatização: o caso CELMA/GE-CELMA. 2010. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

13.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Renato Martins Barbosa. Como uma empresa brasileira centenária com características de first mover respondeu aos desafios do crescimento?. 2008. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

14.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Rafael Prado de Moraes. Estratégia & Crescimento da Firma: As Respostas aos Desafios Organizacionais e o Destino da Ipiranga.. 2008. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

15.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Cecilia Martins Soares. Potenciais de Geração de Créditos de Carbono na Indústria da Palma.. 2008. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

16.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Fabio Henrique Cavalcanti Vieira. Análise da Trajetória de Crescimento do Grupo Gerdau. 2007. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

17.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Jorge Arlei Silva da Silva. Institucionalizacao de Praticas Organizacionais em Organizacoes Inovadoras. 2007. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

18.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Iuri Ludkevitch. Trajetórias de Crescimento dos Grupos Sadia e Perdigão: um estudo comparativo.. 2005. Dissertação (Mestrado em Administração de Organizações) - Instituto Coppead de Administração.

19.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Sarina Nigri. Tendências Tecnológicas e Mercadológicas da Indústria de Tintas no Brasil e no Mundo.. 2005 - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

20.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Eduardo Rangel de Oliveira. A Capacitação Tecnológica dos Laboratórios Farmacêuticos Oficiais. 2005. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

21.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Telma de Oliveira. Ciclo de vida da tecnologica e prospecção da inovação: o caso do DME, um combustível derivado do gás natural.. 2005. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

22.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Maria de Fátima Ebole de Santana. O perfil da biotecnologia no Brasil: Investimentos, recursos humanos e a indústria da biotecnologia. 2004. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

23.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de João Luiz de San Tiago Dantas Barbosa Quental. Integralidade institucional: análise das sinergias internas da Fiocruz. 2004. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Fundação Oswaldo Cruz.

24.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Paulo Roberto Estêves Grigorovski. Estratégias da Souza Cruz em 101 anos: os desafios para a longevidade saudável.. 2004. Dissertação (Mestrado em Administração de Organizações) - Instituto Coppead de Administração.

25.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Sabrina Souto Ferreira. Alternativas para o abastecimento de derivados de petróleo no Brasil. 2004 - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

26.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Nilo Martins de Andrade Filho. Vetores Estratégicos para a Autoperpetuação da Empresa. 2003. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

27.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Ricardo Monte Alto de Almeida. A Estratégia de Crescimento por Aquisições - Discussão e Aplicação de Tipologias. 2003. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

28.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Simone Almeida de Vilhena Totti. Desafios Estratégicos na Implementação de Aquisição. 2003. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

29.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Carlos Eduardo Fernandes Corrêa. Terceirização com Comprometimento - Um Desafio na Contratação de Trabalho Intelectual para a Bayer no Brasil. 2003. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

30.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Maurício Moraes Davidovich. Mecanismos de Indução de Comportamento e suas Implicações Estratégicas em Diferentes Formas Organizacionais. 2003. Dissertação (Mestrado em Administração de Organizações) - Instituto Coppead de Administração.

31.
BOMTEMPO, J. V.; ANTUNES, A.. Participação em banca de Rafaela Di Sabato Guerrante. Estratégia Empresarial no Setor de Sementes Geneticamente Modificadas. 2002. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

32.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Rodrigo Balthazar da Silveira Novis. Estudo sistêmico de uma parceria comprador-fornecedor. 2002. Dissertação (Mestrado em Administração de Empresas) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

33.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Paula Schroter Kalache. Estudo da operacionalização da força rivalidade no setor siderúrgico. 2002. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

34.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Paula Schröter Kalache. Avaliação da Possibilidade de Operacionalização da Força de Rivalidade de Porter no Setor Siderúrgico. 2002. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

35.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Jorge Souza dos Santos Junior. A Trajetória de Crescimento da Petrobras 1954-2001. 2002. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

36.
BOMTEMPO, J. V.; DUTRA, L. E. D.. Participação em banca de Alexandre de Figueiredo Freire. Análise Comparativa da Evolução Política e Institucional da Indústria de Petróleo na América Latina. 2001 - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

37.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Karen Silva Pereira. Inovações Tecnologicas, Mudança no Aparato Regulatório e Estratégia Empresarial: O Caso da CTBC Celular. 2001 - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

38.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Gustavo André Pereira Guimarães. Logística de Gás Natural. 2001. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

39.
BOMTEMPO, J. V.; ANTUNES, A.. Participação em banca de Marcello José Pio. A Inovação Tecnologica e o Processo de Tranferência Tecnológica no Setor Têxtil. 2000. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

40.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de José Luiz dos Santos Tepedino. Os Tipos de Contratos de Transferência de Tecnologia das Empresas químicas Subsidiárias no Brasil de Multinacionais. 2000. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

41.
BOMTEMPO, J. V.; HASENCLEVER, L.. Participação em banca de Beatriz de Castro Fialho. A Natureza gradual e Descontínua da Mudança Tecnológica: Um Caso na Indústria de Polímeros. 1999. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

42.
BOMTEMPO, J. V.; DUTRA, L. E. D.. Participação em banca de Cassiano Antonio Moraes Filho. O comportamento de longo prazo dos preços de produtos petroquímicos. 1999. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

43.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Eliana Kalaf. Grupos Estratégicos na Indústria de Transformação de Plásticos. 1999. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

44.
BOMTEMPO, J. V.; ANTUNES, A.. Participação em banca de Massimiliano Alemanno. A Organização das Inovações Incrementais: O desenvolvimento de novas aplicações em polipropileno. 1999. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

45.
BOMTEMPO, J. V.; ANTUNES, A.; HASENCLEVER, L.. Participação em banca de Gabriela Maria Amorim Padilha. Competitividade da Indústria de Transformação de Plásticos: Um Estudo de Empresas no Rio de Janeiro. 1999.

46.
BOMTEMPO, J. V.; MACULAN, A.. Participação em banca de Maria Fátima Gonçalves Furtado Faria. O Desenvolvimento e Difusão de uma Nova Tecnologia de Produção de Alcool: A Fermentação Contínua com Levedura Floculante. 1999. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

47.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de José Eduardo Pessoa de Andrade. A Trajetória Inicial das 'Jovens Senhoras ': As Principais Empresas da Indústria Química Internacional Descobrem o Elixir da 'Eterna Juventude'. 1998. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

48.
BOMTEMPO, J. V.; ANTUNES, A.. Participação em banca de Roberto Gomes Giannini. Taxionomia da setor sucro-alcooleiro do centro-sul do Brasil - uma abordagem estatística. 1997. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

49.
BOMTEMPO, J. V.; ANTUNES, A.. Participação em banca de José Luiz dos Santos Tepedino. Os Tipos de Contrato de Transferência de Tecnologia das Empresas Químicas Subsidiárias no Brasil de Multinacionais. 1997. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

50.
BOMTEMPO, J. V.; CASTIER, M.. Participação em banca de Rogério de Castro Batista. Planejamento de Produção em Plantas Multiproduto com Processamento em Batelada. 1997. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

51.
BOMTEMPO, J. V.; ANTUNES, A.; DUTRA, L. E. D.; QUENTAL, C.. Participação em banca de Suzana Borschiver. Análise Técnica, Economica e de Tendência da Indústria de Aditivos para Alimentos no Brasil. 1997. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

52.
BOMTEMPO, J. V.; ANTUNES, A.. Participação em banca de Melissa Peron e Sá. Terceirização no Processamento Final das Industrias Farmacêutica e Veterinária. 1997. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

53.
BOMTEMPO, J. V.; ANTUNES, A.; MACULAN, A.. Participação em banca de Claudia Inês Chamas. Formação de Joint Ventures como Estratégia de Capacitação Tecnológica: A Experiência da Fábrica Carioca de Catalisadores. 1994. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Teses de doutorado
1.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Bernardo Alves Cinelli. Produção de etanol acoplada a processos de separação por membranas. 2017. Tese (Doutorado em Doutorado em Engenharia Química) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Marcelo Archer Duque. O FUTURO DO REFINO EUROPEU E IMPLICAÇÕES PARA INDÚSTRIA MUNDIAL DE PETRÓLEO. 2017. Tese (Doutorado em Planejamento Energético) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

3.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Altair Aparecido de Oliveira Filho. MUDANÇAS E PERMANÊNCIAS NO SISTEMA SETORIAL DE INOVAÇÃO DA CANA-DE-AÇÚCAR: O CASO DO ETANOL CELULÓSICO. 2017. Tese (Doutorado em Política Científica e Tecnológica) - Universidade Estadual de Campinas.

4.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de VICTOR PAULO PEÇANHA ESTEVES. METODOLOGIA DE AVALIAÇÃO REGIONAL E TEMPORAL DE SUSTENTABILIDADE DO CICLO DE VIDA DE BIODIESEL DE ORIGEM AGROPASTORIL: SOJA E SEBO NO CENTRO-OESTE BRASILEIRO. 2017. Tese (Doutorado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

5.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de RAFAEL KURAMOTO GONZALEZ. PROCESSO ALTERNATIVO DE CATCH-UP EM INDÚSTRIAS INTENSIVAS EM RECURSOS NATURAIS: UMA ANÁLISE EMPÍRICA DA TRAJETÓRIA TECNOLÓGICA DA INDÚSTRIA DE BIOETANOL DE CANA-DE-AÇÚCAR NO BRASIL. 2015. Tese (Doutorado em Administração de Empresas) - Fundação Getúlio Vargas.

6.
Bomtempo, José Vitor; SALLES FILHO, S. L. M.; CONSONI, F. L.; BLUNDI, M. D. S.; BRITTES, J. L. P.. Participação em banca de Denile Cominato Boeruni. Gestão de pesquisa, desenvolvimento e inovação no setor elétrico brasileiro. 2013. Tese (Doutorado em Política Científica e Tecnológica) - Universidade Estadual de Campinas.

7.
Bomtempo, José Vitor; QUINTELLA, R. H.. Participação em banca de Gustavo da Silva Motta. Uma abordagem patento-cientométrica para avaliação de empresas inovadoras. 2012. Tese (Doutorado em Administração) - Universidade Federal da Bahia.

8.
Bomtempo, José Vitor; YOKOYAMA, L.; PESSOA, F. L. P.. Participação em banca de Reinaldo Coelho Mirre. Metodologia para o gerenciamento sustentável do reuso de águas e efluentes industriais por meio da integração de processos. 2012. Tese (Doutorado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

9.
Bomtempo, José Vitor. Participação em banca de Paulo Antonio de Oliveira Chacon. O que podemos revelar a respeito do esforço inovativo brasileiro a partir do olhar crítico sobre o balanço de transações correntes, subcontas do balanço de serviços que explicitem fluxos tecnológicos?. 2012. Tese (Doutorado em Políticas Públicas, Estratégias e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

10.
Bomtempo, José Vitor. Participação em banca de Denise Rodrigues da Silva. Dois ensaios sobre o empreendedorismo: perfil motivacional de empreendedores e papel de bancos comerciais. 2012. Tese (Doutorado em Administração) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

11.
Bomtempo, José Vitor. Participação em banca de Robson Luis Mori. A diversificação das empresas de energia elétrica no Brasil: oportunidades e requisitos de entrada no setor de telecomunicações. 2011. Tese (Doutorado em Economia da Indústria e da Tecnologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

12.
Bomtempo, José Vitor. Participação em banca de Berenice Santini. Estudo exploratório sobre o paradoxo do crescimento versus insucesso das alianças na perspectiva dos objetivos não-declarados. 2009. Tese (Doutorado em Administração) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

13.
Bomtempo, José Vitor. Participação em banca de Vera Maria Luz Spínola. Impacto da demanda do complexo industrial FORD Nordeste sobre a indústria de transformaçãode plásticos da Bahia: uma abordagem de economia industrial e regional. 2009. Tese (Doutorado em Administração) - Universidade Federal da Bahia.

14.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Telma Longanezi. Sistemas de gestão da inovação e a capacidade inovadora das empresas. 2008. Tese (Doutorado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

15.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Fancisco José Peixoto Rosario. COMPETITIVIDADE E TRANSFORMAÇAO ESTRUTURAL NA AGRO INDUSTRIA SUCROALCOOLEIRA NO BRASIL - UMA ANÁLISE SOB A ÓTICA DOS SISTEMAS SETORIAIS DE INOVASÕES. 2008. Tese (Doutorado em Economia da Indústria e da Tecnologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

16.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Maria Fatima Ludovico de Almeida. Sustentabilidade Corporativa, Inovação Tecnológica e Planejamento Adaptativo - dos princípios à ação,. 2006. Tese (Doutorado em Engenharia de Produção) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

17.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Teresa Cristina Janes Carneiro. Integração Organizacional e Tecnologia da Informação: um Estudo na Indústria Farmacêutica. 2005. Tese (Doutorado em Biociências Aplicadas à Farmácia) - Instituto Coppead de Administração.

18.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Ana Amélia Magalhães Gomes Martini. Análise da Cadeia Produtiva Petrolífera Utilizando o ROADMAPPING Como Ferramenta de Prospecção Tecnológica. 2005. Tese (Doutorado em Engenharia Química) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

19.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Beatriz de Castro Fialho. Dependência Tecnológica e Biodiversidade: Um Estudo Histórico sobre a Indústria Farmacêutica no Brasil e nos Estados Unidos. 2005. Tese (Doutorado em Engenharia de Produção) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

20.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Flávia Alves Chaves. Competências para Inovar: o caso das embalagens plásticas.. 2005. Tese (Doutorado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

21.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Mirian Hasegawa. Avaliação das Capacitações e dos Spinoffs Gerados po Programas de P&D: O Programa Cana do IAC. 2005. Tese (Doutorado em Geociências) - Universidade Estadual de Campinas.

22.
BOMTEMPO, J. V.; ANTUNES, A.; BORSCHIVER, S.. Participação em banca de Marcelo Pio. Prospecção Tecnológica aplicada ao setor textil. 2004.

23.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Guido Carrera. Avaliação de tecnologias alternativas (GNL e GTL) para a viabilização de jazidas de gás natural remotas em países em desenvolvimento - estudo de caso: jazida de camisea no Peru. 2004. Tese (Doutorado em Energia) - Universidade de São Paulo.

24.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Guido Carrera. Avaliação de tecnologias alternativas (GNL e GTL) para a viabilização de jazidas de gás natural remotas em países em desenvolvimento - estudo de caso: jazida de camisea no Peru. 2004. Tese (Doutorado em Energia) - Universidade de São Paulo.

25.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Eliane de Brito Bahruth. Prospecção Tecnológica na Priorização de Atividades de C&T: Caso QTROP-TB. 2004 - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

26.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Suzana Burschiver. O Impacto da Indústria Quimica na Economia Através do Sistema das Contas Nacionais. 2002. Tese (Doutorado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

27.
BOMTEMPO, J. V.; ANTUNES, A.; DUTRA, L. E. D.. Participação em banca de Hugo Tulio Rodrigues. A Gestão pelo Conhecimento Focado na Inovação. Arquitetura de Gestão Integrada aos Negócios de Empresa. 2002. Tese (Doutorado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

28.
BOMTEMPO, J. V.; ANTUNES, A.. Participação em banca de Carmem Maria Gadea de Souza. Desenvolvimento Tecnologico na Indústria Química: Um Estudo Comparativo dos Países Latino-Americanos: Ênfase em Patentes. 2002. Tese (Doutorado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

29.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Vicente de Paulo Santos Cerqueira. Estratégias de Inovação Tecnologica Aplicadas aIndústria de Transformação de Polímeros. 2002. Tese (Doutorado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

30.
BOMTEMPO, J. V.; ANTUNES, A.. Participação em banca de Maria José Smith Ferreira Netto. Importância da Criação de um Sistema Local de Inovação para Segmentos de Termoplásticos no Brasil e na Argentina. 2001. Tese (Doutorado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

31.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Carlos Augusto Caldas de Moraes. A inovação tecnológica e a estratégia da empresa. 1999. Tese (Doutorado em Engenharia de Produção) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

32.
BOMTEMPO, J. V.; ANTUNES, A.. Participação em banca de Ricardo Isidoro da Silva. Industria Farmacêutica Brasileira: Estrutura e a questão dos preços de transferências. 1999. Tese (Doutorado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

33.
BOMTEMPO, J. V.; MACULAN, A.. Participação em banca de Lia Hasenclever. Dinâmica e Gestão da Inovação: O Papel das Empresas Industriais Químicas. 1997. Tese (Doutorado em Engenharia de Produção) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

34.
BOMTEMPO, J. V.; MACULAN, A.; ANTUNES, A.. Participação em banca de Ronaldo Laport Ribeiro. Internalização das atividades tecnológicas/P&D: estudos de caso na indústria química e farmacêutica. 1996. Tese (Doutorado em Engenharia de Produção) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Qualificações de Doutorado
1.
Bomtempo, José Vitor; QUINTELLA, R. H.; SOUZA, M. E.. Participação em banca de Elizabeth Jorge da Silva Monteiro de Freitas. Redes de concientíficoda UFBA: estudo das áreas de ciências exatas e saúde (1998-2009)hecimento. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Administração) - Universidade Federal da Bahia.

2.
Bomtempo, José Vitor; Quental, Cristiane. Participação em banca de Glauco de Kruse Villas Bôas. O espaço para a inovação em filomedicamentos a partir da biodiversidade brasileira: análise das políticas públicas relacionadas à luz do conceito Complexo Industrial-Econôico da Saúde. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Saúde Pública) - Fundação Oswaldo Cruz.

3.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Maria Alzira Pereira Montes. Políticas Públicas e Estratégias Competitivas na Indústria Farmacêutica Brasileira. 2000. Exame de qualificação (Doutorando em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

4.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Suzana Borschiver. Oportunidades de Investimento na Indústria Química: O Conhecimento da Balança Comercial do Complexo Químico. 1999. Exame de qualificação (Doutorando em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

5.
BOMTEMPO, J. V.. Participação em banca de Francisco Ascendino Ribeiro Filho. Análise da Interface Refino-Petroquímica com Ênfase em Novos Processos Químicos de Valorização de Correntes a Produtos Olefínicos e Aromáticos. 1998. Exame de qualificação (Doutorando em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
Bomtempo, José Vitor. Participação em banca de Igor Martins Cordeiro.O mercado do etanol e suas perspectivas de crescimetno. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
Bomtempo, José Vitor. Participação em banca de Marcio Alvarenga Júnior.O programa nacional de produção e uso do biodieses: uma análise crítica. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
Bomtempo, José Vitor. Seleção da Professor Adjunto. 2014. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
Bomtempo, José Vitor. Seleção para Professor Auxiliar. 2013. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

3.
Bomtempo, José Vitor. Seleção para Professor Doutor. 2012. Universidade Estadual de Campinas.

4.
BOMTEMPO, J. V.. Análise de viabilidade técnico-econômico-financeira. 2002. Fundação Oswaldo Cruz.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
2nd Mercosur Congress on Chemical Engineering, 4th Mercosur Congress on Process Systems Engineering. Chair da Technology and Innovation Management Division ENPROMER 2005. 2005. (Congresso).

2.
ALTEC 2005. Membro do Comite Cientifico do ALTEC 2005. 2005. (Congresso).

3.
ENANPAD 2005.Debatedor e coordenador de sessao ENANPAD 2005. 2005. (Encontro).

4.
I Escola de Inverno em Gestão e Inovação Tecnológica.I Escola de Inverno em Gestão e Inovação Tecnológica. 2005. (Outra).

5.
25 Encontro da ANPAD.A estratégica tecnológica de empresas de petróleo e a biotecnologia. 2001. (Encontro).

6.
2º Congresso da Indústria Química do Mercosul / 7ºCongresso Brasileiro de Petroquímica. Sobre o uso da internet pela Indústria Química Brasileira. 2001. (Congresso).

7.
Les Troisièmes Journées de la Proximité. Proximité à l'égard du client et compétences de la firme. 2001. (Congresso).

8.
ENANPAD 2000 - 24º Encontro da ANPAD.Grupos estratégicos, competição baseada em recursos e a operacionalização da estratégia. 2000. (Encontro).

9.
XXI Simpósio de Gestão da Inovação Tecnológica.Decisão Estratégia e Descontinuidade tecnológica: o caso Monsanto. 2000. (Simpósio).

10.
XXI Simpósio de Gestão da Inovação Tecnológica.A biotecnologia na indústria do petróleo: uma análise do posicionamento das principais empresas. 2000. (Simpósio).

11.
XXI Simpósio de Gestão da Inovação Tecnológicas.Tendências Tecnológicas (r)evolucionárias na Produção de Polímeros. 2000. (Simpósio).

12.
VIII Seminário Latino-Iberoamericano de Gestión Tecnológica.Inovação e Relações entre Firmas: uma Proposta de Quadro Analítico com Aplicações na Indústria de Polímeros. 1999. (Seminário).

13.
1º Congreso de la Industria Quimica y Petroquimica del Mercosul. Funsões e Aquisições na Indústria Química do Mercosul. 1998. (Congresso).

14.
XX Simpósio de Gestão da Inovação Tecnológica.Aplicações em Polipropileno: A Organização das Inovação. 1998. (Simpósio).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
BOMTEMPO, J. V.. Forum Brasil Canadá em Gestão da Inovação e da Criatividade. 2012. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Tese de doutorado
1.
Leonardo Teixeira. "Indústrias Emergentes e Novos Produtos: uma exploração da dinâmica de desenvolvimento dos petroquímicos como base para estratégias de inovação de produtos na Bioeconomia".. Início: 2017. Tese (Doutorado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. (Orientador).

2.
Jacqueline Gisele Batista Silva. Políticas em bioeconomia. Início: 2016. Tese (Doutorado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. (Orientador).

3.
Daniella Fartes. Ecossistemas de inovação na bioeconomia. Início: 2015. Tese (Doutorado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

4.
Debora Moretti. Ecossistema de inovação e a criação de empresas inovadoras em saúde no Brasil. Início: 2014. Tese (Doutorado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
KAMILA YOKO CARVALHO KOMATSU. A ESTRUTURAÇÃO DOS MODELOS DE NEGÓCIO CIRCULARES NA CADEIA PRODUTIVA DAS EMBALAGENS PLÁSTICAS PET. 2017. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

2.
Fernanda de Souza Cardoso. Elaboração de Roadmaps Tecnológicos da Produção de Biogás a partir de Palha e Vinhaça. 2017. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: José Vitor Bomtempo Martins.

3.
Gustavo Soares. O AVANÇO DAS TECNOLOGIAS DE SEGUNDA GERAÇÃO E SEUS IMPACTOS NA INDÚSTRIA DO ETANOL. 2016. Dissertação (Mestrado em Economia da Indústria e da Tecnologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Agência Nacional de Petróleo. Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

4.
Bruna Cristina Oliveira. Complexidade em Biorrefinarias,. 2016. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

5.
Leonardo Teixeira. Estratégias em Indústrias Emergentes: Um Estudo de Empresas Petroquímicas e Startups na Bioeconomia. 2016. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

6.
Manoela Araújo. Desenvolvimento de Novas Plataformas Químicas: o caso do bio-ácido succínico. 2015. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Agência Nacional de Petróleo. Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

7.
Daniella Fartes. Oportunidades de inovação na indústria de etanol. 2015. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

8.
Chen Chen. UM ESTUDO COMPARATIVO DOS SISTEMAS DE INOVAÇÃO DO BRASIL E DA CHINA NA ÁREA DE COMBUSTÍVEIS LÍQUIDOS ALTERNATIVOS. 2015. Dissertação (Mestrado em Políticas Públicas, Estratégias e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

9.
Zilmara Freitas. Glicerina como matéria prima para a indústria química: avaliação dos esforços de pesquisa e das iniciativas comerciais. 2013. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

10.
Rafaela Lora Grando. Start-ups e modelos de negócio em bioeconomia: as trajetórias de Amyris e Solazyme. 2013. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

11.
Pedro Henrique Verges. Transição do Sistema Nacional de Inovação Sucro-alcooleiro. 2013. Dissertação (Mestrado em Economia da Indústria e da Tecnologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Agência Nacional de Petróleo. Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

12.
Felipe |Pereira. COMPARAÇÃO INTERNACIONAL DE PROGRAMAS DE SUBVENÇÃO A ATIVIDADES DE PD&I EM BIOCOMBUSTÍVEIS. 2013. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

13.
Flavia Chen Chen. Sistemas de inovação em novos combustíveis líquidos: comparação Brasil, China e EUA. 2013. Dissertação (Mestrado em Políticas Públicas, Estratégias e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Agência Nacional de Petróleo. Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

14.
INAIÊ TAKAES SANTOS. ADAPTAÇÃO REGULATÓRIA NA INDÚSTRIA DE BIOCOMBUSTÍVEIS. 2012. Dissertação (Mestrado em Economia da Indústria e da Tecnologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Agência Nacional de Petróleo. Coorientador: José Vitor Bomtempo Martins.

15.
Juliana Cunha da Cruz. MATERIAIS LIGNOCELULÓSICOS COMO MATÉRIA PRIMA PARA PETROQUÍMICA: EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA DAS ROTAS DE GASEIFICAÇÃO E PIRÓLISE. 2012. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Instituto Brasileiro de Petróleo. Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

16.
Marcelo Kropf Fermam. Capacitaçao brasileira para produçao de medicamentos biologicos similares. 2010. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

17.
Marcelo Bittencourt de Lacerda. Analise multivariada da inovacao nos setores da indústria química nacional. 2009. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Coorientador: José Vitor Bomtempo Martins.

18.
Rose Mary Maduro Camboim de Azevedo. Avaliacao da conformidade: um analise de sua importancia para a indústria de sucos de frutas. 2009. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

19.
Tarcísio Campanholo. Comércio Eletrônico e Estratégia Competitiva: Estudo de Caso na Indústria de Cosméticos. 2009. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

20.
Rodrigo de Oliveira e Souza. Valoração de Ativos Intangíveis: seu Papel na Transferência de Tecnologias e na Promoção da Inovação Tecnológica. 2009. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

21.
Marcionis Francisco Alves. Vantagens Competitivas Derivadas da Estrutura Organizacional e dos Modelos de Gestão na Indústria Sucroalcooleira Exibe Detalhes. 2009. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

22.
Roberta Vinhas Adducci. Movimentos estratégicos das empresas de petróleo em biocombustiveis. 2008. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

23.
Fábio de Almeida Oroski. GOVERNANÇA NAS CADEIAS PRODUTIVAS: uma Análise da Cadeia Produtiva de Embalagens Plásticas. 2007. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

24.
Bárbara Freire de Souza. Modelagem de Investimentos sob Incerteza: um Estudo de Caso para Plantas GTL. 2007. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

25.
Mariana Araujo Limeira de Niemeyer. UTILIZAÇÃO DE PUBLICAÇÕES CIENTÍFICAS EM ESTUDOS DE PROSPECÇÃO DA INOVAÇÃO ? CASO DIMETIL ÉTER (DME) E SUA APLICAÇÃO COMO COMBUSTÍVEL. 2007. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

26.
Eduardo Rangel de Oliveira. Capacitação Tecnológica dos Laboratórios Farmacêuticos Oficiais. 2005. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

27.
Telma de Oliveira. Um estudo de prospecção e de estratégias de inovação: O caso dimetil éter(DME) e seu uso como combustível.. 2005. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

28.
Antônio Felippe Zaccur de Figueiredo. A indústria química utilizando suas competências em novos mercados: a oferta de serviços. 2005. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

29.
Jussanã Cristina de Abreu. Competitividade e análise estrutural da indústria brasileira de medicamentos genéricos. 2004. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

30.
Leonardo Gomes Cardoso. Um estudo da trajetória de crescimento da Standard Oil/Exxon nas perspectivas de Chandler e Penrose. 2004. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

31.
Rafael Lepore. Um estudo do esforço tecnológico em GTL com base em patentes. 2004. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

32.
Letícia Benevides Liberatori. As Trajetórias Tecnológicas das Empresas de Petróleo em Biotecnologia. 2003. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

33.
Glaucia Moreira Barros. Prospecção da Inovação: um estudo da difusãodo processo de biodessulfurização na indústria do petróleo. 2003. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Petrobras. Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

34.
Fabrício Brollo Dunham. Trajetórias Tecnológicas em Combustíveis Sintéticos: ANÁLISE DOS MECANISMOS DE SELEÇÃO E INDUÇÃO. 2003. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

35.
Flávio Ferreira da Silva. Predição de preços de elastômeros através modelos lineares e de redes neurais. 2003. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Coorientador: José Vitor Bomtempo Martins.

36.
Fernanda Viceconte Cavalcanti. A cadeia produtiva de cosméticos no Brasil: análise e caracterização do setor. 2002. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Coorientador: José Vitor Bomtempo Martins.

37.
Admilson Jorge Ramalho Zanelli. Indústria de manufatura e serviços: o caso da indústria química. 2002. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

38.
Márcio do Nascimento Magalhães. Proposição de Análise Comparativa no Parque de Refino Brasileiro. 2002. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Agência Nacional de Petróleo. Coorientador: José Vitor Bomtempo Martins.

39.
João Tornovsky. SISTEMAS DE INFORMAÇÃO BASEADOS NA INTERNET E ESTRATÉGIA COMPETITIVA: O Caso da Cadeia Produtiva das Indústrias de Processos Químicos. 2002. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

40.
Lúcia Cristina da Silva Moutinho. A experiência Antidumping no Brasil e a indústria química. 2001. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

41.
Celso Luis Rey da Silveira. A biotecnologia e a estratégia tecnológica das empresas de petróleo. 2000. 0 f. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Petróleo Brasileiro - Rio de Janeiro - Matriz. Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

42.
Felipe Accioly Vieira. Decisão estratégica e descontinuidade tecnológica: a construção da arquitetura estratégica da Monsanto rumo à biotecnologia. 2000. 0 f. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

43.
Luís Felipe Barbosa Olivieri. A diversificação do petróleo para a química. 2000. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

44.
Cassiano Moraes Filho. COMPORTAMENTO DE LONGO PRAZO DOS PREÇOS DE PRODUTOS PETROQUÍMICOS. 1999. 0 f. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

45.
Gabriela Padilha. Competitividade da Indústria de Transformação de Plásticos: um estudo de empresas do Estado do Rio de Janeiro. 1999. 0 f. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

46.
Massimiliano Alemanno. A Organização das Inovações Incrementais: novas aplicações em polipropileno. 1999. 0 f. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

47.
Eliana Kalaf. Grupos Estratégicos na Indústria de Transformação de Plásticos. 1999. 0 f. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

48.
Melissa Peron e Sá. Terceirização no Processamento Final das Indústrias Farmacêuticas e Veterinárias. 1997. 0 f. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

49.
Rogério Batista. Planejamento de Produção em Plantas Multipropósito. 1997. 0 f. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Coorientador: José Vitor Bomtempo Martins.

50.
Suzana Borschiver. Análise Técnica, Econômica e de Tendências da Indústria de Aditivos para Alimentos no Brasil. 1997. 0 f. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

Tese de doutorado
1.
Adriana Caselgrandi. A evolução do etanol no Brasil: uma análise a partir da perspectiva multinível. 2018. Tese (Doutorado em Políticas Públicas, Estratégias e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Agência Nacional de Petróleo. Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

2.
Irene Maria Testoni Alonso. MEDINDO A CAPACITAÇÃO TECNOLÓGICA: um estudo de caso sobre transferências de tecnologia em Bio-Manguinhos. 2015. Tese (Doutorado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Coorientador: José Vitor Bomtempo Martins.

3.
Fabio de Almeida Oroski. MODELOS DE NEGÓCIO E TRANSIÇÃO DE SISTEMAS TECNOLÓGICOS: o caso dos bioplásticos. 2013. Tese (Doutorado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

4.
Pedro Lins Palmeira Filho. CATCH UP DA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA NACIONAL E FINANCIAMENTO À INOVAÇÃO: O CASO DA ATUAÇÃO DO BNDES ATRAVÉS DO PROFARMA. 2013. Tese (Doutorado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Coorientador: José Vitor Bomtempo Martins.

5.
Lúcia Helena Tavares Viegas. Inovação Radical e Países em Desenvolvimento. O Potencial para Inovação Radical na Mudança de Base de Matérias Primas da Indústria Química de Fósseis para Renováveis. 2011. Tese (Doutorado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

6.
Jislaine de Fátima Guilhermino. Sistema de Inovação em Fitomedicamentos: Uma Análise dos Desafios e da Complexidade da Inovação a partir da Biodiversidade Brasileira. 2011. Tese (Doutorado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

7.
Cesar Ferreira do Nascimento. Desenvolvimento, Implantação e Avaliação de um Sistema de Monitoramento de Comportamentos de Risco e Condições Inseguras para a Gestão da Segurança. 2010. Tese (Doutorado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Coorientador: José Vitor Bomtempo Martins.

8.
Ana Beatriz Gomes de Mello Moraes. Análise da Capacidade de Inovação com Foco na Demanda: Casos na Indústria Química. 2010. Tese (Doutorado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

9.
Irene Testoni. Transferencia de tecnologia e formação de capacidade inovadora:caso Biomanguinhos. 2010. Tese (Doutorado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Coorientador: José Vitor Bomtempo Martins.

10.
Antônio de Pádua Risolia Barbosa. A Formação de Competências para Inovar através de Processos de Transferência de Tecnologia: um estudo de caso. 2009. Tese (Doutorado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

11.
Leonardo Gomes Cardoso. Níveis Hierárquicos de Análise Estratégica: Um Estudo sobre a Diversificação das Empresas de Petróleo em Petroquímica. 2009. Tese (Doutorado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

12.
Ernesto Pires de Lima Neto. Perspectivas de Reestruturação das Indústrias da Química e da Energia: A via metanol. 2009. Tese (Doutorado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

13.
Fabrício Brollo Dunham. Co-evolução da mudança tecnológica e institucional em sistema de inovação análise histórica da indústria de álcool combustível no Brasil. 2009. Tese (Doutorado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

14.
Telma Longanezi. Sistemas de gestão da inovação e a capacidade inovadora das empresas. 2008. Tese (Doutorado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

15.
Gabriela Maria Padilha. Trajetórias de crescimento de empresas de transformação de plásticos. 2007. Tese (Doutorado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

16.
Flávia Alves Chaves. Competências para inovar: um estudo a partir da indústria de embalagens plásticas no Brasil. 2005. Tese (Doutorado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

17.
Angelo Milani Jr.. Modelagem de Negócios em Organizações Complexas: uma aplicação à Exploração e Produção de Petróleo. 2005. Tese (Doutorado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO - ESCOLA DE QUÍMICA, . Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

18.
Paulo Luiz de Andrade Coutinho. Estratégia Tecnológica e Gestão da Inovação: uma Estrutura Analítica Voltada para os Administradores das Empresas. 2004. Tese (Doutorado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

19.
Rosiceli Baetas. Modelo para Análise Estratégia de Indústria baseadas em Ciência: o caso da indústria brasileira de vacinas. 2004. Tese (Doutorado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: José Vitor Bomtempo Martins.

20.
Eliane de Britto Bahruth. Prospecção Tecnológica na Priorização de Atividades de C&T: caso QTROP -TB. 2004. Tese (Doutorado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Coorientador: José Vitor Bomtempo Martins.

21.
Luís Guilherme de Sá. Fusões e aquisições na indústria química do Mercosul: impacto das desregulamentações e estratégia de crescimento. 2002. Tese (Doutorado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Coorientador: José Vitor Bomtempo Martins.



Inovação



Projetos de pesquisa


Educação e Popularização de C & T



Redes sociais, websites e blogs
1.
Bomtempo, José Vitor. O futuro dos biocombustíveis. 2010; Tema: biocombustíveis e inovação. (Blog).

2.
BOMTEMPO, J. V.. O futuro dos biocombustíveis II: Por que a indústria de biocombustíveis do futuro será diferente da que conhecemos hoje?. 2010; Tema: Biocombustíveis, bioprodutos e inovação. (Blog).

3.
BOMTEMPO, J. V.. O futuro dos biocombustíveis III: : O processo de inovação que está construindo a indústria do futuro. 2010; Tema: Biocombustíveis, bioprodutos e inovação. (Blog).

4.
BOMTEMPO, J. V.. O futuro dos biocombustíveis IV: a posição brasileira. 2010; Tema: Biocombustíveis, bioprodutos e inovação. (Blog).

5.
BOMTEMPO, J. V.. O futuro dos biocombustíveis V: as estratégias de Shell e BP. 2010; Tema: Biocombustíveis, bioprodutos e inovação. (Blog).

6.
BOMTEMPO, J. V.. O futuro dos biocombustiveis VI: a estratégia da Petrobras. 2011; Tema: Biocombustíveis, bioprodutos e inovação. (Blog).

7.
BOMTEMPO, J. V.. O futuro dos biocombustiveis VII ? qual o papel do Brasil?. 2011; Tema: Biocombustíveis, bioprodutos e inovação. (Blog).

8.
BOMTEMPO, J. V.. O futuro dos biocombustiveis VIII: Os contrastes das estratégias das grandes empresas de petróleo e o futuro da bioeconomia. 2011; Tema: Biocombustíveis, bioprodutos e inovação. (Blog).

9.
BOMTEMPO, J. V.. O futuro dos biocombustiveis IX: A diversidade de estratégias e o futuro da bioeconomia ? comparando Shell, Braskem e Amyris. 2011; Tema: Biocombustíveis, bioprodutos e inovação. (Blog).

10.
BOMTEMPO, J. V.. O futuro dos biocombustiveis X: as duas corridas do açúcar. 2011; Tema: Biocombustíveis, bioprodutos e inovação. (Blog).

11.
BOMTEMPO, J. V.. O futuro dos biocombustíveis XI: 2011 ? ano 1 da era pós-etanol?. 2012; Tema: Biocombustíveis, bioprodutos e inovação. (Blog).

12.
BOMTEMPO, J. V.; ALVES, F. . O futuro dos biocombustíveis XII ? As novas empresas da bioindústria e o Brasil: comparando Amyris, Solazyme e LS9 *. 2012; Tema: Biocombustíveis, bioprodutos e inovação. (Blog).

13.
BOMTEMPO, J. V.. O futuro dos biocombustíveis XIII: a matéria-prima como fator estruturante da indústria. 2012; Tema: Biocombustíveis, bioprodutos e inovação. (Blog).

14.
BOMTEMPO, J. V.. O futuro dos biocombustiveis XIV: Qual o sentido das políticas públicas e industriais para o futuro dos biocombustíveis?. 2012; Tema: Biocombustíveis, bioprodutos e inovação. (Blog).

15.
BOMTEMPO, J. V.; ALVES, F. . O futuro dos biocombustiveis XVII - Competências para inovar e o futuro da ind´sutria do etanol no Brasil. 2013. (Blog).

16.
Bomtempo, José Vitor. O futuro dos biocombustíveis XVI ? Perfis de empresas e as diferentes perspectivas em relação à bioeconomia. 2013. (Blog).

17.
BOMTEMPO, J. V.. Bioeconomia em construção II ? Os grants e subvenções às empresas: comparando o Biomass Program do DOE e o PAISS do BNDES/FINEP. 2014; Tema: bioeconomia e inovação. (Blog).

18.
BOMTEMPO, J. V.. Bioeconomia em construção I ? Os fatores de competitividade na bioeconomia. 2014; Tema: bioeconomia e inovação. (Blog).

19.
BOMTEMPO, J. V.. O futuro dos biocombustíveis XIX ? Encerrando a série e continuando o processo de construção da indústria baseada em biomassa. 2014; Tema: biocombustíveis e inovação. (Blog).

20.
BOMTEMPO, J. V.. O futuro dos biocombustíveis XVIII: Os dilemas dos produtos na bioeconomia. 2014; Tema: biocombustíveis e inovação. (Blog).

21.
BOMTEMPO, J. V.; OROSKI, F. A. . O futuro dos biocombustiveis XV: A difícil transição em 2012 e o caso da Metabolix. 2013; Tema: Biocombustíveis, bioprodutos e inovação. (Blog).



Outras informações relevantes


Organização da I Escola de Inverno em Gestão e Inovacao Tecnológica, "Competências para Inovar", na Escola de Química, nos dias 18, 19, 22 e 23 de agosto de 2005. Com a presença de 50 pessoas, entre pesquisadores, profissionais de empresas e governo, doutorandos e mestrandos foi desenvolvida uma programação de sessões-aulas nas quais os convidados desenvolveram seus temas de pesquisa em inovação. O evento teve âmbito internacional, tendo como convidados os prof Francis Munier, BETA/Université de Strasbourg, Pascal Ughetto, IRES, LATTS, Université de Marne-la-Valée e Stefano Brusoni, CESPRI, Università Bocconi. Participaram ainda os seguintes palestrantes brasileiros: Edmar Almeida, Ruy Quadros, Paulo Figueiredo, Denise Fleck, Adelaide Antunes e José Vitor Bomtempo.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 15/12/2018 às 16:14:21