Flavia Lessa de Barros

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/7104674173502049
  • Última atualização do currículo em 09/05/2018


Graduação em Ciências Sociais pela Universidade de Brasília (1987), Mestrado em Sociologia (1993), Doutorado em Sociologia (2005) e Pós-Doutorado em Sociologia (2007) pela Universidade de Brasília. Doutorado Sanduíche CAPES (1996-1998) no Center for Global Studies on Culture, History and Power, Johns Hopkins University (Arrighi Center for Global Studies a partir de 2012). Professora do Departamento de Estudos Latino-Americanos do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Brasília (desde 2008). Diretora da Associação Latino-Americana de Sociologia - ALAS (dez 2017- dez 2019). Coordenadora do Núcleo-Rede de Estudos e Pesquisas sobre Desenvolvimento e Democracia na América Latina (desde agosto de 2015). Coordenadora do projeto de pesquisa "Campos de produção e difusão de conhecimento e informação sobre a 'América Latina' no Brasil" (apoio FAP-DF). Líder do Grupo de Pesquisa/CNPq "Desenvolvimento e Democracia na América Latina". Membro do GT Integração Regional e União Latino-Americana e Caribenha, do Conselho Latino-Americano de Ciências Sociais - CLACSO (desde 2013). Integrante da coordenação da Rede Brasileira de Pesquisadores Latino-Americanistas e Caribeanistas - BLAC (desde 2016). Coordenadora do GT Estudos Políticos, Sócio-jurídicos e Institucionais da Associação Latino-Americana de Sociologia - ALAS (2011-2015). Diretora do Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas - CEPPAC/ICS, da Universidade de Brasília (2013-2014). Coordenadora do PPG-CEPPAC (2012-2013). Principais áreas: Sociologia Latino-Americana, Teoria e Pensamento Social e Político Latino-Americano, Sociologia Política e do Desenvolvimento. Principais temas: campos de produção de conhecimento; desenvolvimento; integração regional; cooperação internacional; instituições financeiras multilaterais; redes de movimentos e organizações sociais; participação e representação; transparência e prestação de contas; ambientalismo. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Flavia Lessa de Barros
Nome em citações bibliográficas
BARROS, Flávia Lessa de

Endereço


Endereço Profissional
Universidade de Brasília, Centro de Pesquisa e Pós-graduação sobre as Américas.
Campus Dary Ribeiro - Multiuso II
Asa Norte
71680030 - Brasília, DF - Brasil
Telefone: (61) 33646287


Formação acadêmica/titulação


2001 - 2005
Doutorado em Sociologia.
Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
Título: Banco Mundial e ONGs ambientalistas internacionais. Ambiente, desenvolvimento, governança global e participação da sociedade civil, Ano de obtenção: 2005.
Orientador: Caetano Ernesto Pereira Araújo.
Palavras-chave: globalização; desenvolvimento; instituições financeiras multilaterais; governança; ambientalismo; participação social.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia.
1995 interrompida
Doutorado interrompido em 1998 em Sociologia.
Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
com período sanduíche em Inst for Global Studies on Culture, Power and History / Johns Hopkins Univ (Orientador: Michel-Rolph Trouillot).
Título: Banco Mundial e ONGs Ambientalistas Internacionais. Ambiente, Desenvolvimento, Governança Global e Participação da Sociedade Civil,
Orientador: Caetano Ernesto Pereira Araújo.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Ano de interrupção: 1998
Palavras-chave: ambientalismo; desenvolvimento; governança global; participação social; instituições financeiras multilaterais.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia.
1989 - 1993
Mestrado em Sociologia.
Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
Título: Desenvolvimento urbano, meio ambiente e qualidade de vida. Estado e movimentos sociais no Distrito Federal,Ano de Obtenção: 1993.
Orientador: Maria Salete Machado.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: ambientalismo; desenvolvimento urbano; políticas públicas; associações comunitárias; redes de organizações e movimentos sociais; impactos sociais e ambientais.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Políticas Públicas.
1983 - 1987
Graduação em Ciências Sociais.
Universidade de Brasília, UNB, Brasil.


Pós-doutorado


2005 - 2007
Pós-Doutorado.
Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia da Globalização.


Formação Complementar


1996 - 1998
Global Studies on Culture, History and Power.
Johns Hopkins University, JHU, Estados Unidos.
1997 - 1997
Extensão universitária em Postmodern Culture, Global Capitalism and Democrat.
Maryland University, MDU, Estados Unidos.
1997 - 1997
Anthropology of Development. (Carga horária: 60h).
George Washington University, GWU, Estados Unidos.
1991 - 1991
Desenvolvimento e Educação Ambiental. (Carga horária: 20h).
Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, INEP/MEC, Brasil.
1991 - 1991
O Direito da Natureza - Curso de Ecologia e Legisl. (Carga horária: 20h).
Sociedade Brasileira de Direito Ambiental, SOBRADIMA, Brasil.
1990 - 1990
Educação Ambiental para Técnicos de 1º e 2º graus. (Carga horária: 20h).
Centro de Desenvolvimento de Recursos Humanos / MEC, CENDER / MEC, Brasil.
1989 - 1989
Extensão universitária em Org. Univ. Bras. frente aos Prob. Ambientais.
Universidade de Brasília, UNB, Brasil.
1980 - 1980
Extensão universitária em Marxismo e Democracia.
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.


Atuação Profissional



Consejo Latino-Americano de Ciencias Sociales - Argentina, CLACSO, Argentina.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Universidade de Brasília, UNB, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Coordenadora de núcleo de pesquisa
Outras informações
Co-Coordenação com a Profa. Lília Gonçalves Magalhães Tavolaro Resumo: A proposta do DDAL prioriza perspectivas teóricas e empíricas sobre as relações entre ?desenvolvimento? e ?democracia?, tanto em termos de suas convergências e interfaces, como em termos de suas descontinuidades, ambigüidades e contradições. O foco é voltado para experiências, mitos e alternativas paradigmáticas. Os estudos, pesquisas e debates referentes às relações entre desenvolvimento e democracia são explorados partir de diversos eixos temáticos inter-relacionados, a saber: i. Processos de integração regional e globalização na América Latina, ii. Cooperação internacional e governança regional na América Latina, iii. Políticas públicas, participação social e cidadania na América Latina; iv. Movimentos sociais, redes e organizações da sociedade civil na América Latina; v. Racismo, identidade e categorias étnico-raciais na América Latina; vi. Ciência e tecnologia, comunidades epistêmicas e epistemologias latino-americanas e latino-americanistas. OBS: A presente proposta d pesquisa envolve uma série de questões transversais ao conjunto de eixos temáticos do DDAL.

Vínculo institucional

2008 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora Adjunta, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Membro titular do Conselho de Administração, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Ato da Reitoria 454/2014

Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Diretora do CEPPAC, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2012 - 2014
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Membro titular do Cons. Inst. Cienc Sociais, Carga horária: 40
Outras informações
Como coordenadora do PPG-CEPPAC (junho 2012 a janeiro de 2013) Como diretora do CEPPAC (desde janeiro de 2013 a novembro de 2014)

Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Coordenadora de Pós-Graduação do PPG-CEPPAC, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Eleita diretora do CEPPAC em dezembro de 2012 e substituída formalmente pela Profa. Lília Tavolaro na função de coordenação do PPG-CEPPAC em 15 de março de 2013.

Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Vice-Diretora do CEPPAC, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Eleita diretora em dezembro de 2013

Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Membro titular do Cons. de Ensino e Pesquisa, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2008 - 2011
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Membro titular da Câm de Ass Comunitários, Carga horária: 40

Atividades

7/2013 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Pesquisa e Pós-graduação sobre as Américas, .

2013 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Pesquisa e Pós-graduação sobre as Américas, .


Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2008
Vínculo: Bolsista recém-doutor, Enquadramento Funcional: pesquisadora colaboradora, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Projeto de pesquisa: "Redes sociais em campos políticos internacionais-globais". Programa Pós-Doutorado Júnior do CNPq (PDJ). A bolsa PDJ correspondeu ao período 09/2005 a 08/2007. O vínculo como pesquisadora colaboradora foi mantido após esse período, mediante a aprovação de novo plano de trabalho. O vínculo foi suspenso por minha socilitação, após ingresso para o quadro permanente do Ceppac, mediante concurso público.

Atividades

08/2008 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas, .

08/2008 - Atual
Ensino, Doutorado em Ciências Sociais, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Estudos Americanos II
Estudos Americanos I
Estágio Supervisionado de Docência II
Estágio Supervisionado de Docência I
Tópicos Especiais em Teoria Sociológica
09/2005 - 07/2008
Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Sociologia, .

04/2006 - 08/2006
Ensino, Sociologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia Política - Desenvolvimento e Globalização
09/2002 - 09/2002
Ensino, Relações Internacionais, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Identidades, Comunidades e Políticas na Globalização (Aula 4: Banco Mundial e Sociedade Civil)

Rede Brasil sobre Instituições Financeiras Multilaterais, RB, Brasil.
Vínculo institucional

1998 - 2003
Vínculo: Assessora Senior, Enquadramento Funcional: Secretária Executiva, Carga horária: 40
Outras informações
A Rede Brasil (RB), sediada em Brasília, é uma rede de organizações da sociedade civil que visa atuar no monitoramento de políticas e projetos promovidos e financiados por instituições financeiras multilaterais no Brasil. Juridica, legal e financeiramente, a RB funciona como um projeto administrado pelo Instituto de Estudos Socioeconômicos (INESC).

Atividades

09/1998 - 09/2005
Pesquisa e desenvolvimento , Secretaria Executiva, .
9/1998 - 9/2003
Direção e administração, .

Cargo ou função
Secretária Executiva.
9/1998 - 9/2003
Serviços técnicos especializados , Secretaria Executiva, .

Serviço realizado
Planejamento, coordenação e execução de projetos da RB e em parceria com outras organizações, no Brasil e internacionais.
9/1998 - 9/2003
Serviços técnicos especializados , Secretaria Executiva, .

Serviço realizado
Planejamento, coordenação e execução de diversas atividades e eventos no Brasil e no exterior (palestras, seminários, mesas redondas, oficinas, encontros, manifestações, etc).
9/1998 - 9/2003
Serviços técnicos especializados , Secretaria Executiva, .

Serviço realizado
Interlocução com órgãos de governo, instituições financeiras multilaterais e organizações internacionais sobre políticas e projetos.
9/1998 - 9/2003
Serviços técnicos especializados , Secretaria Executiva, .

Serviço realizado
Informação, capacitação, articulação e mobilização de organizações filiadas e outras, no Brasil e em outros países.
9/1998 - 9/2003
Serviços técnicos especializados , Secretaria Executiva, .

Serviço realizado
Diálogo, elaboração, execução e avaliação de projetos junto a agências de cooperação internacional.
9/1998 - 9/2003
Serviços técnicos especializados , Secretaria Executiva, .

Serviço realizado
Análise e monitoramento de políticas e projetos governamentais e de instituições financeiras multilaterais.
9/1998 - 9/1998
Treinamentos ministrados , Secretaria Executiva, .

Treinamentos ministrados
Formação e capacitação de lideranças de organizações e movimentos sociais sobre políticas e projetos com financiamento e apoio técnico de instituições financeiras multilaterais

Senado Federal, SENADO, Brasil.
Vínculo institucional

1989 - 1995
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Assessora parlamentar, Carga horária: 20

Atividades

02/1989 - 01/1995
Serviços técnicos especializados .

Serviço realizado
Assessoria em elaboração e acompanhamento de projetos e realização de pesquisas e análises..

Fundação Oswaldo Cruz -Brasília, Fiocruz-BSB, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: livre, Carga horária: 20
Outras informações
Coordenação e docência na disciplina Teoria do Estado, no Curso de Especialização em Vigilância Sanitária promovido pela Fiocruz para a Anvisa

Vínculo institucional

2007 - 2007
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: livre
Outras informações
Coordenadora e professora da Disciplina Teoria do Estado, do Curso de Especialização em Vigilância Sanitária para a Anvisa, com coordenação geral da Fiocruz. A atividade é realizada em caráter de consultoria técnica. O curso atende quatro turmas por ano e a disciplina tem a carga horária de 32h para cada turma. O programa da disciplina compreende aulas sobre: formação do Estado moderno, formação do Estado brasileiro; políticas públicas e desenvolvimento; reforma do Estado; Estado, sociedade civil e participação social.

Atividades

05/2007 - 09/2007
Ensino, Vigilância Sanitária, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Teoria do Estado

Centro de Formação e Trienamento da Câmara dos Deputados, CEFOR, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: pesquisadora associada, Enquadramento Funcional: livre
Outras informações
Grupo de Estudos e pesquisas (GPE) "Discursos políticos predominantes no Brasil, ontem e hoje" outros membros: CEFOR: Júlio Pinto (coordenador) Antonio Teixeira Barros Cristiane Brum Bernardes André Guimarães UnB: Débora Mesenberg (SOL/ICS) Sayonara Leal (SOL/ICS) Lília Tavolaro (ELA/ICS) DUKE UNIVERSITY: Walter Mignolo

Vínculo institucional

2007 - 2014
Vínculo: pesquisador associado, Enquadramento Funcional: livre
Outras informações
"Grupo de Pesquisa e Estudo Valores Políticos e Poder Legislativo" outros membros: CEFOR: Júlio Roberto de Souza Pinto (coordenador) Antonio Teixeira Barros UnB: Débora Messenberg Guimarães

Atividades

05/2014 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Cefor - Câmara dos Deputados, .

09/2007 - 04/2014
Pesquisa e desenvolvimento , Cefor - Câmara dos Deputados, .


Programas das Nações Unidas para o Desenvolvimento no Brasil, PNUD BRASIL, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2004
Vínculo: Consultora, Enquadramento Funcional: Consultora, Carga horária: 10
Outras informações
Projeto BRA/03/040 - Fortalecimento do Ministério da Cultura (agosto de 2004) Relatório Ministério da Cultura 2003-2007. Balanço e perspectivas (dezembro de 2003)


Instituto Rio Branco / Min.Relações Exteriores, IRB/MRE, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2012
Vínculo: Professora Colaboradora, Enquadramento Funcional: não, Carga horária: 2
Outras informações
Professora Colaboradora no Curso Antropologia da Globalização. Equipe: Gustavo LIns Ribeiro Cristina Patriota Flávia Lessa de Barros


Instituto de Estudos Amazônicos, IEA, Brasil.
Vínculo institucional

1994 - 1994
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: livre
Outras informações
A atividade foi realizada em caráter de colaboração técnica


San Francisco State University, SFSU, Estados Unidos.
Vínculo institucional

1996 - 1996
Vínculo: livre, Enquadramento Funcional: pesquisadora visitante
Outras informações
Pesquisa (Projeto Migração Brasileira em São Francisco - Califórina) coordenada pelo Prof. Gustavo Lins Ribeiro, do Dept. de Antropologia da Universidade de Brasília, com o apoio do Consulado Brasileiro em São Francisco - Califórna (EUA)



Linhas de pesquisa


1.
Política, Valores e Sociedade

Objetivo: Investiga as relações entre a cultura política, os valores sociais, as instituições e atores políticos visando compreender os padrões de legitimação das decisões políticas na sociedade..
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política.
Palavras-chave: cultura política; Poder Legislativo; instituições políticas; atores políticos; democracia.
2.
Desenvolvimento, Globalização e Regionalização nas Américas

Objetivo: ? Estado e Desenvolvimento: Welfare State nas Américas, variedades institucionais do capitalismo nas Américas, relações entre Estado, mercado e sociedade, sistemas políticos e processos de transformação social e econômica, políticas de desenvolvimento (políticas sociais, políticas de emprego, políticas industriais e de inovação) em perspectiva comparada. ? Processos de Desenvolvimento, Globalização e Regionalização: Enfoca as condições da inserção das sociedades americanas em processos de desenvolvimento, globalização e regionalização, em múltiplas dimensões (econômica, social, política e cultural) e escalas. Destaca questões sobre integração, dependência, interdependência e imperialismo; conflitos e disputas entre modelos hegemônicos e contra-hegemônicos; papéis e limites dos Estados nacionais, suas alianças e concertações internacionais; interações entre atores e instituições estratégicas (estatais, supra-estatais, do mercado e da sociedade civil). ? Estratégias da Cooperação Internacional nas Américas: Enfoca políticas e práticas de atores e instituições (multilaterais, bilaterais, e não-governamentais), com estratégias de cooperação internacional em diversas áreas de políticas públicas na região, suas interações, conflitos e influências sobre modelos e processos de governança global e regional. À luz dos debates sobre a democracia na ordem global, destaca trajetórias geopolíticas nas relações Norte-Sul e alternativas de cooperação Sul-Sul, bem como controvérsias, potenciais e desafios acerca do maior protagonismo da sociedade civil..
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política.
Palavras-chave: desenvolvimento; globalização; integração regional; cooperação internacional; instituições de desenvolvimento; políticas públicas.
3.
Política Comparada

Objetivo: Estudos sobre as relações de poder entre o Estado e a sociedade civil, particularmente nas suas diversas formas de expressão massiva (históricas e emergentes), no Brasil e nos países do continente americano. Ênfase dada aos estudos sobre Estado, processos políticos, sindicatos e partidos políticos..
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política.
Palavras-chave: Estado; sociedade civil; relações de poder; cultura política; democracia.
4.
Valores Políticos e Poder Legislativo

Objetivo: O grupo de pesquisa e de extensão aqui constituído por professores da Universidade de Brasília e da Câmara dos Deputados pretende desenvolver estudos e organizar debates (cursos, simpósios, seminários) que envolvam temáticas relativas à cidadania, representação e participação política, bem como a organização e funcionamento do parlamento à luz da cultura política brasileira. As pesquisas abrangem duas frentes de investigação: a primeira focará a relação entre representantes e representados, com ênfase nos movimentos sociais e partidos políticos; a segunda se concentrará na relação entre os representantes: relação entre Executivo/Legislativo, atuação e perfil das lideranças partidárias, elite parlamentar e demais integrantes do Legislativo. OBJETIVOS a) Produzir conhecimentos que possam enriquecer as atividades parlamentares, estimulando os servidores à reflexão para o aprimoramento de seu desempenho; b) Aproximar a produção intelectual da Universidade de Brasília com a produção de estudos sobre o Legislativo realizados por seus servidores; c) Buscar o fortalecimento e o aperfeiçoamento do Poder Legislativo..
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política.
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito.
5.
Os discursos políticos predominantes no Brasil, ontem e hoje

Objetivo: RESUMO: Análise crítica dos discursos políticos prevalecentes nas diferentes fases do processo histórico-social brasileiro, utilizando-se de instrumentos conceituais desenvolvidos por teoristas críticos ligados à Escola de Frankfurt, pós-estruturalistas e pós-modernistas, pós e de-coloniais. Discursos são aqui entendidos como padrões de conhecimento manifestos em estruturas disciplinares, que operam pela conexão entre conhecimento e poder, e que não somente determinam as fronteiras do pensamento em dado domínio e período, mas são também constitutivos da realidade. a) Desenvolver instrumentos conceituais mediante os quais possa proceder a uma análise do entendimento da sociedade brasileira como periférica e dependente em relação às sociedades consideradas centrais, a partir da crítica pós-estruturalista e pós-moderna, bem como pós e de-colonial; OBJETIVOS: Proceder à análise crítica dos discursos políticos que predominaram nas várias fases do processo histórico-social brasileiro; c) Proceder à análise crítica dos discursos políticos prevalecentes hoje, mais especificamente entre os deputados federais da atual legislatura. Secundariamente, o Grupo tem como objetivos: a) Ministrar disciplinas no Mestrado em Poder Legislativo, principalmente relacionadas aos dois primeiros objetivos principais; b) Orientar alunos no Mestrado em Poder Legislativo; c) Participar de eventos acadêmicos e organizar/realizar pelo menos um evento acadêmico; d) Publicar artigos em revistas científicas classificadas pela Capes como A1, A2 e B1..
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política.
Palavras-chave: discursos políticos; campos de poder; campos de produção de conhecimento; Brasil.
6.
História, Teoria e Pensamento Social e Político nas Américas

Objetivo: ? História das Américas: Foca o estudo sobre o continente em diferentes tempos/espaços. Centra-se nas teorias de ocupação e na historia Ameríndia; no Encontro de Mundos; nas colonizações; nas independências; nas relações internacionais; nas diferentes políticas de integração e doutrinas de segurança; nas particularidades locais e macro regionais; nas perspectivas Sul-Sul; nas novas temáticas do tempo presente. ? Pensamento Social e Político Latino-americano: Aborda o pensamento social e político Latino-americano, em constante diálogo com os pensamentos locais e com os pensamentos produzidos desde fora e sobre a América Latina. Centra-se nas teses depreciativas eurocêntricas; nas proposições independentistas; na modernidade e nas identidades; no americanismo, latino-americanismo e indo-americanismo; nas perspectivas críticas, autonomistas, autóctones e emancipacionistas. ? Teoria Social e Política Latino-americana: Estuda as perspectivas teóricas Latino-americanas desenvolvidas ao longo do século XX, em conexão com o pensamento social e político Latino-americano. Centra-se nas perspectivas autóctones; nas proposições da Cepal e nas correntes da dependência; na institucionalização das Ciências Sociais na América Latina; na globalização, na crise de paradigmas e nas novas temáticas da atualidade; no neoliberalismo e no neodesenvolvimentismo; e na decolonialidade..
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia.
Palavras-chave: história; teoria social e política; pensamento social e político; América Latina.
7.
Sociedade, Estado e Política nas Américas

Objetivo: ? Democracia e comportamento político: Aborda diferentes enfoques sobre a democracia contemplando pesquisas sobre as suas condições, contextos e transformações. Enfoca as instituições, processos, sistemas eleitorais, partidos, comportamento político e qualidade da democracia. ? Ideologias e Cultura Política: contempla investigações acerca dos valores, crenças e ideologias que caracterizam os fenômenos políticos americanos. Considera os conteúdos que preenchem o espectro esquerda-direita, suas modificações e seus componentes socioeconômicos para analisar a relação sociedade e política. ? Instituições e Políticas Públicas: Relação entre políticas públicas e as instituições Estado, sociedade e mercado em suas dimensões nacional e internacional. As instituições são concebidas como organizações na forma de agências políticas, econômicas e judiciárias e organismos internacionais e como representações sociais e valores culturais. Envolve o estudo de temas tais como a relação entre ideias, interesses e instituições e o papel dos valores sociais na produção dos resultados das políticas públicas. ? Sociedade civil, movimentos sociais e cidadania: Enfoca diversas formas de organização e a ação de movimentos sociais, redes, ONGs e associações da sociedade civil, e suas interações com outros atores e instituições (estatais, supra-estatais e de mercado) em processos de mudança social, em múltiplas escalas. Destaca questões sobre participação e representação social; novas esferas públicas, espaços de governança e institucionalidades democráticas; cidadania, direitos e políticas culturais e identitárias; novas epistemologias, modelos e projetos de organização social alternativos e emancipatórios..
Palavras-chave: democracia; participação, representação e cidadania; políticas públicas; cultura política; América Latina.


Projetos de pesquisa


2016 - Atual
Campos de produção de conhecimento e informação sobre a América Latina no Brasil
Descrição: O objetivo é investigar os processos de formação, a organização e o funcionamento dos ?campos de produção e difusão de conhecimento e informação sobre a ´América Latina` no Brasil?, constituídos por diversos tipos de iniciativas institucionais criadas nas últimas quatro décadas e meia no país. A investigação de tais processos parte de um conjunto selecionado de ?iniciativas institucionais? no país, as quais elegem a ?América Latina? como unidade de análise e/ou foco de atuação. Assim, o objetivo é também analisar estas iniciativas institucionais, suas histórias, estruturas e dinâmicas, as diversas abordagens e perspectivas temáticas regionais latino-americanas. A análise priorizará especialmente as representações, narrativas e agendas promovidas pelo conjunto das iniciativas institucionais que são relacionadas a ?desenvolvimento? e ?democracia? na América Latina. Trata-se de temas que tradicionalmente mobilizam arenas acadêmicas, políticas e societais no Brasil e demais países latino-americanos, sobretudo em períodos de grandes crises, como as vivenciadas contemporaneamente na região. Ao mesmo tempo, a análise priorizará as influências e impactos dos ?campos de produção e difusão de conhecimento e informação sobre a ´América Latina` no Brasil? sobre os processos de regionalização e integração na região. Nosso objetivo, portanto, compreende a análise das dimensões sócio-político-cultural-científicas de processos de regionalização e integração regional ainda pouco conhecidas para além das convencionais dimensões políticas e econômicas. Consideramos os ?campos de produção e difusão de conhecimento e informação sobre a ´América Latina` no Brasil? como ?janelas? de relevância estratégica para a exploração de dimensões sócio-político-culturais-científicas de processos de regionalização e integração regional, as quais contam com o importante protagonismo de iniciativas institucionais brasileiras. O objeto de investigação, portanto, compreende um conjunto inicial de 146 iniciativas institucionais, públicas e privadas, em operação no presente, as quais elegem centralmente ?América Latina? como unidade de análise e/ou como foco de atuação..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (7) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Flavia Lessa de Barros - Coordenador / Lília Tavolaro - Integrante / Adélia Miglievich - Integrante.Financiador(es): Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal - Auxílio financeiro.
2016 - Atual
Integración Regional y Union Latinoamericana e Caribeña
Descrição: temas clave de investigación: 1) América Latina y Caribe frente a la nueva geopolítica mundial: crisis de hegemonía de las potencias occidentales y emergencia de China, BRICS y de los regionalismos; 2) Arquitectura financiera, soberanía y procesos de integración: América Latina y el Caribe y experiencias internacionales; 3) Patrones de desarrollo, integración y soberanía en América Latina y el Caribe: ciencia y tecnología, producción, infraestructura y seguridad alimentaria; 4) Estado, democracia y proyectos de integración: neoliberalismo, centro-izquierda y Grupos de Trabajo de CLACSO 13-06-16 9:21 p.m. http://www.clacso.org.ar/clacso_grupos_de_trabajo/sistema_gt/convoc?ia_nuevos_gt_2016/f_ngt_cuestionario_cerrado_imprimir.php?ficha=789 Página 9 de 32 nacionalismo popular; 5) Integración y geopolítica de los recursos naturales: gobiernos populares, imperialismo y procesos de desestabilización; 6) Empresas estatales, corporaciones multinacionales, flujos de capitales y procesos de integración en América Latina y el Caribe; 7) Modelo primario-exportador y procesos de integración: conflictos, sustentabilidad ecológica y movimientos sociales; 8) Análisis económico, político e institucional de las tendencias y contradicciones de los procesos de integración en América Latina y Caribe: CELAC, UNASUR, MERCOSUR, ALBA, NAFTA, CARICOM, SICA, Alianza para el Pacifico, Comunidad Andina, y TLCs; 9) Integración y pueblos originarios: Civilización, cultura, territorialidad y Estado; 10) Integración, defensa y soberanía..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2013 - 2015
Integración Regional y Unidad Latinoamericana y Caribeña
Descrição: Temas claves de investigación: a) Economía mundial, ciclos y América Latina b) Las relaciones de Estados Unidos y de China con América Latina c) Soberanía y Nueva Arquitectura de la Integración Regional: dimensiones financieras, productivas y militares d) Integración Europea y Crisis: Reflexiones para América Latina e) Desarrollo, Recursos Estratégicos y Geopolítica f) Los procesos de integración regional en América Latina y Caribe: ALBA, UNASUR, MERCOSUR, SICA y Procesos de integración en Centroamerica, y la Cooperación internacional como instrumento de integración. g) El Neoliberalismo y los procesos de integración en América Latina: México y la Alianza del Pacifico, NAFTA y TLC´s.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2010 - 2012
Models and their Effects on Development Paths: An Ethnographic and Comparative Approach to Knowledge Transmissions and Livelihood strategies
Descrição: Com base em uma perspectiva comparativa e inter-geracional, o projeto enfoca o impacto de fluxos de desenvolvimento sobre formas de subsistência, transmissão de conhecimento e respostas inovadoras a mudanças em contextos locais e globais. O projeto compreende quatro estudos de caso detalhados (Brasil, Argentina, Espanha e Eslovênia). A abordagem interdisciplinar combina metodologias de pesquisa qualitativa e comparativa com a formulação de modelos para explorar os efeitos dinâmicos de modelos de desenvolvimento e suas implementações e traçar as interconexões dos fenômenos nos níveis macro e micro. O projeto visa a contribuir para a análise comparada de modelos para políticas e ações de implementação e para elucidar a complexidade de fluxos de desenvolvimento conforme eles se estendem em e através de domínios sociais..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (1) .
Integrantes: Flavia Lessa de Barros - Coordenador / Gustavo Lins Ribeiro - Integrante / Kelly Silva - Integrante / VIctoria Goddard - Integrante / Susana Narotzky - Integrante / Ailton Dias - Integrante / Izadora Xavier - Integrante / Isabele Villwock Bachtold - Integrante.Financiador(es): União Européia - Auxílio financeiro.Número de orientações: 1
2009 - 2012
Cooperação Internacional e Sociedade Civil na América Latina
Descrição: Objetivos: Conhecer o campo de interação entre a cooperação internacional e organizações da sociedade civil (OSCs) na América Latina, suas estruturas e dinâmicas. O Projeto está voltado para o mapeamento da presença, da influência e das principais tendências, limites, potenciais e desafios por parte de agências de cooperação internacional sobre a formação, a organização e a atuação de organizações da sociedade civil. Pressupostos gerais: i) a importância estratégica da cooperação internacional em cenários globalizados que influenciam processos sociais, econômicos, políticos e culturais, globais, nacionais e sub-nacionais; ii) a importância crescente do envolvimento da sociedade civil em processos relacionados ao desenvolvimento, em âmbitos local, nacional e internacional. Objeto de pesquisa: Diversos tipos de agências de cooperação internacional atuantes na região: i) agências multilaterais; ii) agências financeiras multilaterais (BM, BID), iii) agências bilaterais e iv) agências não-governamentais. São também pesquisados diferentes tipos de OSCs (movimentos sociais, associações de base, associações profissionais, sindicatos, organizações não-governamentais, redes de organizações e movimentos, etc.). Eixos temáticos das investigações e análises: ?Desenvolvimento sustentável?, ?inclusão? e ?participação social?, apresentados como fundamentais nas políticas e operações de diversas agências de cooperação internacional atuantes na América Latina e noutras regiões. Período pesquisado: A partir de 1990, quando emergem grandes tendências nos processos de desenvolvimento em âmbito mundial influenciadas pela cooperação internacional e referentes a tais temáticas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Flavia Lessa de Barros - Coordenador.
2005 - 2008
Cooperação Internacional e Sociedade Civil (1990-2005) - Edital Universal CNPq
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Flavia Lessa de Barros - Integrante / Gustavo Lins Ribeiro - Coordenador / OUTROS - Integrante / Kelly Silva - Integrante / Érica Bernardt - Integrante / Fernando Moreno - Integrante.
2005 - 2007
Redes Sociais em Campos Políticos Internacionais-Globais - Bolsa PDJ/CNPq
Descrição: o objetivo central do Projeto de Pesquisa é contribuir para a compreensão da ação de organizações da sociedade civil (OSCs) em contextos e instâncias políticas internacionais relacionadas a programas de desenvolvimento, os quais tanto são influenciados como influenciam processos de globalização. Trata-se, da identificação e análise de práticas de OSCs, inseridas em diferentes redes e outras organizações sociais coletivas e atuando junto a arenas políticas estabelecidas por organismos internacionais integrantes do sistema de governança global, voltados para a promoção de diferentes políticas, programas e projetos de desenvolvimento em diferentes regiões do mundo. O foco principal de análise é dirigido às relações internas às redes de OSCs e às relações entre estas e os organismos internacionais, com vistas à definição de estratégias, diretrizes e mecanismos para a representação e participação de OSCs em instâncias e processos decisórios e consultivos coordenados por aqueles organismos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Flavia Lessa de Barros - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
1995 - 1995
Migração Brasileira em São Francisco - Califórnia
Descrição: Pesquisa de campo sobre a migração brasileira na San Francisco Bay Area. Além de entrevistas com migrantes brasileiros, foi também realizado levantamento de dados junto ao consulado brasileiro em São Francisco..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
1994 - 1994
Mapeamento dos Conflitos Ambientais no Brasil - Região Amazônica
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2016 - 2017
Seminário Internacional Pré-ALAS Brasil 2017 - As encruzilhadas abertas da América Latina e a Sociologia em tempos de mudança
Descrição: Objetivos i. Contribuir para a divulgação do próximo congresso da Associação Latino-Americana de Sociologia ? ALAS (em dezembro de 2017, em Montevidéu, Uruguai), ii. Promover espaço de reflexão e discussão com perspectivas latino-americanas e latino-americanistas em torno dos temas do próximo congresso da ALAS e em intersecção com os temas do próximo Congresso da SBS; iii. Proporcionar oportunidade de interação, intercâmbio e cooperação entre sociólogos e cientistas sociais brasileiros e de outros países latino-americanos à luz de agendas de pesquisas e debates sobre temas e problemáticas na região, iv. Reforçar o reconhecimento da importância histórica da Sociologia brasileira e de sociólogos e cientistas sociais brasileiros na ALAS; v. Analisar criticamente a importância estratégica do Brasil em processos sociais, políticos, econômicos e culturais com impactos mais amplos na região latino-americana..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Flavia Lessa de Barros - Coordenador / Paulo Henrique Martins - Integrante / Lília Tavolaro - Integrante / Joanildo Burity - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.


Outros Projetos


2015 - Atual
Núcleo-Rede de Estudos e Pesquisas sobre Desenvolvimento e Democracia na América Latina experiências, mitos e alternativas paradigmáticas
Descrição: Núcleo-Rede de Estudos e Pesquisas sobre Desenvolvimento e Democracia na América Latina - experiências, mitos e alternativas paradigmáticas OBS: Projeto aprovado em agosto de 2015. Em processo de elaboração de projetos para solicitação de financiamentos e formação de equipe I. Apresentação e justificativa >A proposta é concebida a partir dos campos temáticos delimitados em torno do ?desenvolvimento? e da ?democracia? no âmbito das Ciências Sociais. >A proposta é fundamentada na percepção do caráter polissêmico das ideias de ?desenvolvimento? e de ?democracia?, cujas conceituações, modelos, projetos e práticas relacionadas são alvo de inúmeras relações de poder e infindáveis disputas. >A proposta prioriza perspectivas teóricas e empíricas sobre as relações entre ?desenvolvimento? e ?democracia?, tanto em termos de suas convergências e interfaces, como em termos de suas descontinuidades, ambigüidades e contradições. O foco é voltado para experiências, mitos e alternativas paradigmáticas. > ?América Latina? é o lócus sócio-político-econômico-cultural-geográfico priorizado pela proposta para os estudos, pesquisas e debates sobre diversas questões compreendidas e identificadas nas relações entre desenvolvimento e democracia. >A proposta visa contribuir para o fortalecimento da visibilidade do campo das Ciências Sociais Latino-americanas e, em especial, da Sociologia Latino-americana. Ao mesmo tempo, a proposta visa buscar nestes campos oportunidades de intercâmbio e de interlocução especializada de alto nível em diversos países latino-americanos, beneficiando-se de um formato operacional de núcleo-rede. II. Eixos temáticos > Os estudos, pesquisas e debates referentes às relações entre desenvolvimento e democracia previstos pela proposta serão inicialmente explorados, a partir de diversos eixos temáticos inter-relacionados, abaixo indicados, juntamente com as principais questões correspondentes: i. Processos de integração regional e globalização na América Latina. ii. Cooperação internacional e governança regional na América Latina. iii. Políticas públicas, participação social e cidadania na América Latina. iv. Movimentos sociais, redes e organizações da sociedade civil na América Latina. v. Racismo, identidade e categorias étnico-raciais na América Latina. vi. Ciência e tecnologia, comunidades epistêmicas e epistemologias latino-americanas e latino-americanistas. III. Organização, estrutura e dinâmica: i. Formato de ?núcleo-rede?, núcleo de estudos, pesquisas e debates, com estrutura e dinâmica combinada às de rede, com vinculação a redes, em prol de redes e com atuação acadêmica coletiva em redes acadêmicas, ii. Coordenação de duas professoras do PPG-CEPPAC (co-coordenação com Profa. Lília Tavolaro) iii. Participação de ex-estudantes e estudantes do PPG-CEPPAC, estudantes de outros programas de pós-graduação na UnB e de outras universidades; iv. Intercâmbio e colaboração com outros professores, pesquisadores individuais, núcleos e laboratórios de outros PPGs, na UnB, noutras universidades brasileiras e internacionais; v. Interfaces e cooperações entre múltiplas agendas (acadêmicas, governamentais, de organismos internacionais, OSCs e movimentos sociais);.
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.


Membro de corpo editorial


2013 - Atual
Periódico: TEMÁTICAS (UNICAMP)
2010 - Atual
Periódico: REALIS - Revista de Estudos AntiUtilitaristas e Poscoloniais


Membro de comitê de assessoramento


2017 - Atual
Agência de fomento: Universidade de Brasília


Revisor de periódico


2017 - 2017
Periódico: Sociedade e Estado
2014 - 2014
Periódico: Sociedade e Estado
2012 - 2012
Periódico: Sociedade e Estado
2008 - 2008
Periódico: Sociedade e Estado
2007 - 2007
Periódico: Sociedade e Estado
2007 - 2007
Periódico: Revista Plural - Pós-Graduação Sociologia / USP
2007 - 2007
Periódico: Revista Brasiliense de Sociologia - Pós-Graduação Sociologia / UnB
2008 - 2008
Periódico: Revista Tabula Rasa - Pontifícia Universidade Javeriana, Colômbia
2009 - 2009
Periódico: Revista Estudos e Pesquisa sobre as Américas (REPAM/CEPPAC)
2009 - 2009
Periódico: Revista Brasiliense de Sociologia
2008 - 2008
Periódico: Sociedade e Estado (UnB. Impresso)
2010 - 2010
Periódico: Revista Habitus IFCS UFRJ
2010 - 2010
Periódico: International Sociology Journal
2010 - 2010
Periódico: Revista Sociedade e Cultura
2012 - 2012
Periódico: Sociedade e Estado (UnB. Impresso)
2013 - 2013
Periódico: Sociologias (UFRGS. Impresso)
2013 - 2013
Periódico: Sociedade e Estado (UnB. Impresso)
2017 - 2017
Periódico: Revista Ciencia Política - Universidad Nacional de Colombia
2013 - 2013
Periódico: Revista Sociologias - UFRGS


Revisor de projeto de fomento


2016 - 2016
Agência de fomento: Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal
2016 - 2016
Agência de fomento: Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia Latino-americana.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia do Desenvolvimento.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia Política.
5.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia do Conhecimento.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Francês
Compreende RazoavelmenteLê Razoavelmente.
Italiano
Compreende RazoavelmenteLê Razoavelmente.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2010
Professora-Pesquisadora Parceira da Imprensa, Universidade de Brasília - Secretaria de Comunicação.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

SciELO
Total de trabalhos:1
Total de citações:1
Flávia Lessa de Barros  Data: 13/04/2005

Artigos completos publicados em periódicos

1.
MIGLIEVICH, A.2017MIGLIEVICH, A. ; BARROS, Flávia Lessa de . Estudos sobre ?América Latina? na América Latina | configurações acadêmico-científicas e horizontes teóricos e metodológicos: uma apresentação. REALIS, Revista de Estudos AntiUtilitaristas e Poscoloniais., v. 7, p. 1-10, 2017.

2.
BARROS, Flávia Lessa de2017BARROS, Flávia Lessa de; TAVOLARO, L. . Latino-americanismos, campos de produção e difusão de conhecimento e informação sobre a 'América Latina' e mapeamento preliminar do caso brasileiro. REALIS, Revista de Estudos AntiUtilitaristas e Poscoloniais., v. 7, p. 42-76, 2017.

3.
PINTO, J.2016PINTO, J. ; BARROS, Flávia Lessa de ; MESSEMBERG, D. . A crise da democracia representativa. E-Legis, v. 9, p. 39-48, 2016.

4.
BARROS, Flávia Lessa de2015 BARROS, Flávia Lessa de. Neoliberalismo e pós-neoliberalismo na América Latina. Contribuições de Alberto Acosta a partir Equador. Revista Brasileira de Sociologia, v. 3, p. 227-256, 2015.

5.
BARROS, Flávia Lessa de2014 BARROS, Flávia Lessa de; MESSEMBERG, D. ; PINTO, J. . Democracia na América Latina: desafios e perspectivas. Sociedade e Estado (UnB. Impresso), v. 29, p. 15-20, 2014.

6.
BARROS, Flávia Lessa de2011BARROS, Flávia Lessa de; MARTINS, P. H. . A Sociologia latino-americana entre os desafios da descolonização planetária e a reconstrução da utopia democrática - Uma reflexão a partir da ALAS. Realis Revista de Estudos Antiutilitaristas e Poscoloniais, v. 1, p. 1-27, 2011.

7.
BARROS, Flávia Lessa de2010BARROS, Flávia Lessa de. Redes sociais em campos políticos internacionais-globais para o desenvolvimento - perspectivas a partir da experiência brasileira. Revista de Estudos e Pesquisas Sobre as Américas, v. 4, p. 65-84, 2010.

8.
BARROS, Flávia Lessa de1996BARROS, Flávia Lessa de. Ambientalismo, Globalização e Novos Atores Sociais. Sociedade e Estado (UnB. Impresso), v. XI, p. 121-138, 1996.

9.
BARROS, Flávia Lessa de1994BARROS, Flávia Lessa de; RIBEIRO, G. L. . A corrida por paisagens autênticas: Turismo, meio ambiente e subjetividade no mundo contemporâneo. Série Antropologia, Universidade de Brasília, v. 171, 1994.

10.
BARROS, Flávia Lessa de1994BARROS, Flávia Lessa de; RIBEIRO, G. L. . A corrida por paisagens autênticas. Revista Humanidades, v. 10, n.4, p. 338-345, 1994.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
MESSEMBERG, D. (Org.) ; BARROS, Flávia Lessa de (Org.) ; PINTO, J. (Org.) ; ASSIS, E. (Org.) ; OUTROS, (Org.) . Estudos Legislativos - Pensamento e Ação Política. 1. ed. Brasília -DF: Câmara dos Deputados, 2008. v. 1. 339p .

2.
BARROS, Flávia Lessa de; SAUER, S. (Org.) ; SCHWARTZMAN, S. (Org.) . The Negative Impacts of World Bank Market Based Land Reform. Brasília: Rede Brasil, 2003. 431p .

3.
BARROS, Flávia Lessa de. Banco Mundial, Participação, Transparência e Responsabilização: A Experiência Brasileira com o Painel de Inspeção. Brasília: Rede Brasil sobre Instituições Financeiras Multilaterais, 2001.

4.
BARROS, Flávia Lessa de. As Estratégias dos Bancos Multilaterais para o Brasil. Documentos e análise crítica.. Brasília: Rede Brasil, 2001. v. 1. 492p .

5.
BARROS, Flávia Lessa de; CAMURCA, S. (Org.) ; SAID, M. (Org.) . Iniciativa de Gênero - Documento memória. Brasília: Rede Brasil sobre Instituições Financeiras Multilaterais, 2001.

Capítulos de livros publicados
1.
BARROS, Flávia Lessa de; GODDARD, V. ; NAROTZKY, S. . Civil Society, Global Governance and the Circulation of Models. In: Victoria Goddard; Susana Narotzky. (Org.). Industry and Work in Contemporary Capitalism Global Models, Local Lives". 1ªed.Oxford: Taylor & Francis Group / Routledge, 2014, v. , p. 180-195.

2.
BARROS, Flávia Lessa de. Internationale Finanzinstitutionen. In: Fernand Kreff; Eva- Maria Knoll; Andre Gringrich. (Org.). Lexikon der Globalisierrung. 1ed.Bielefeld: Transcript Verlag, 2011, v. 1, p. 168-172.

3.
BARROS, Flávia Lessa de. Accountability de Agências Financeiras de Cooperação Multilateral: os casos do Banco Mundial e do Banco Interamericano de Desenvolvimento e seus desdobramentos no Brasil. In: Jorge Romano; Rosana Heringer. (Org.). A política vivida. Olhar Crítico sobre monitoramento de políticas públicas. Coleção Olhar Crítico. 1ed.Rio de Janeiro: Action Aid Brasil, 2011, v. 1, p. 193-244.

4.
BARROS, Flávia Lessa de. Cooperação internacional e sociedade civil: características da experiência brasileira e apontamentos preliminares para incursões em outros cenários latino-americanos. In: FERNANDES, Ana Maria ; RANINCHESKY, Sônia. (Org.). Américas Compartilhadas. São Paulo: Editora Francis; Editora Verbena, 2009, v. , p. 221-246.

5.
BARROS, Flávia Lessa de. Accountability de agências financeiras de cooperação multilateral: Os casos do Banco Mundial e do Banco Interamericano de Desenvolvimento e seus desdobramentos no Brasil. In: Kelly Silva; Daniel Simião. (Org.). Timor Leste por trás do palco. Cooperação internacional e a dialética da formação do Estado. 1ed.Belo Horizonte - MG: UFMG, 2007, v. 1, p. 300-320.

6.
BARROS, Flávia Lessa de; SAUER, S. ; SCHWARTZMAN, S. . The World Bank Market Assisted Land Reform: The Illusion of a Future. In: Flávia Barros; Sérgio Sauer; Stephan Schwartzman. (Org.). The Negative Impacts of World Bank Market Based Land Reform. Brasília: Rede Brasil, 2003, v. , p. -.

7.
BARROS, Flávia Lessa de. Bancando o Desafio: Para Inspecionar o Painel de Inspeção do Banco Mundial. In: Flávia Lessa Barros. (Org.). Banco Mundial, participação, transparência e responsabilização. Brasília: Rede Brasil, 2001, v. , p. -.

8.
BARROS, Flávia Lessa de. A Importância do Debate sobre o Painel de Inspeção do Banco Mundial para uma Agenda Comum.. In: Flávia Lessa de Barros. (Org.). Banco Mundial, Participação, Transparência e Responsabilização: A Experiência Brasileira com o Painel de Inspeção.. Brasília -DF: Rede Brasil, 2001, v. , p. -.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
BARROS, Flávia Lessa de. Monitoring International Financial Institutions. Human Rights Dialogue. An international forum for debating human rights. Carnegie Council on Ethics and International Affairs., New York - USA, p. 16 - 17, 01 abr. 2003.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
BARROS, Flávia Lessa de. International cooperation´s market-oriented civil society perspectives and strategies. In: Congresso da International Sociology Association - ISA, 2010, Goteborg. Congresso da International Sociology Association - ISA, 2010.

2.
BARROS, Flávia Lessa de. Sociedade civil, participação e democracia em campos internacionais-globais de políticas para o desenvolvimento. In: 34º Encontro Anual da Anpocs, 2010, Caxambú. Anais do 34º Encontro Anual da Anpocs. Caxambu -MG, 25-29 de outubro de 2010., 2010.

3.
BARROS, Flávia Lessa de. Cooperação internacional e sociedade civil no Brasil. In: XXVIII International Congress Latin American Studies Association ? LASA, 2009, Rio de Jjaneiro. LASA XXVIII International Congress, 2009.

4.
BARROS, Flávia Lessa de. Cooperação internacional e sociedade civil no Brasil: Algumas características da experiência brasileira e apontamentos preliminares para incursões em outros cenários latino-americanos. In: ISA-ABRI Joint International Meeting, 2009, Rio de Janeiro. ISA-ABRI Joint International Meeting, 2009.

5.
BARROS, Flávia Lessa de. Redes sociais em campos políticos internacionais-globais para o desenvolvimento - perspectivas a partir da experiência brasileira. In: VII Reunião de Antropologia do Mercosul - RAM, 2007, Porto Alegre. VII Reunião de Antropologia do Mercosul RAM, 2007.

6.
BARROS, Flávia Lessa de. Dilemas da democracia na ordem internacional-global contemporânea: perspectivas da sociedade civil brasileira. In: 31º Encontro Anual da Anpocs, 2007, Caxambu - MG. 31º Encontro Anual da Anpocs, 2007.

7.
BARROS, Flávia Lessa de. Governança, cidadania e diplomacia civil: Participação e representação de redes sociais em campos políticos internacionais-globais. In: XIII Congresso Brasileiro de Sociologia, 2007, Recife - PE. XIII Congresso Brasileiro de Sociologia, 2007.

8.
BARROS, Flávia Lessa de. Redes sociais em campos políticos internacionais-globais para o desenvolvimento - perspectivas a partir da experiência brasileira. In: II Seminário Nacional Movimentos Sociais, Participação e Democracia, 2007, Florianópolis. II Seminário Nacional Movimentos Sociais, Participação e Democracia. Florianópolis: Núcleo de Pesquisa sobre Movimentos Sociais (NPMS) do Centro de Filosofia e Ciências Humanas Univers, 2007.

9.
BARROS, Flávia Lessa de. Banco Mundial e ONGs Ambientalistas Internacionais - desenvolvimento, governança global e participação da sociedade civil. In: III Encontro da Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Ambiente e Sociedade (ANPPAS), 2006, Brasília. III Encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ambiente e Sociedade (ANPPAS), 2006.

10.
BARROS, Flávia Lessa de. Accountability pública de agências de cooperação financeiras multilaterais. Os casos do Banco Mundial e do Banco Interamericano de desenvolvimento e seus desdobramentos no Brasil. In: Cooperação internacional e a construção do Estado no Timor Leste, 2006, Brasília. Cooperação Internacional e a construção do Estado no Timor Leste.

11.
BARROS, Flávia Lessa de. Cooperação Internacional, Estados Nacionais e Sociedade Civil. A Política de Participação do Banco Mundial. In: GT Cooperação Internacional, Estados Nacionais e Sociedade Civil. 25ª RBA, 2006, Goiânia. 25ª Reunião Brasileira de Antropologia. Florianópolis: Associação Brasileira de Antropologia.

12.
BARROS, Flávia Lessa de. Banco Mundial e ONGs ambientalistas internacionais: Interações sobre desenvolvimento, governança e participação. In: III Encontro Nacional da Associação de Pós-Graduação e Pesquisa em Ambiente e Sociedade - ANPPAS, 2006, Brasília - DF. III Encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ambiente e Sociedade - ANPPAS, 2006.

13.
BARROS, Flávia Lessa de. Desenvolvimento sustentável, governança global e participação da sociedade civil - Conflitos e colaborações entre o Banco Mundial e ONGs internacionais. In: XXIX Encontro Anual da ANPOCS, 2005, Caxambú - MG. XXIX Encontro Anual da ANPOCS, 2005.

14.
BARROS, Flávia Lessa de. ONGs e Banco Mundial: É possível colaborar criticamente?. In: Seminário Banco Mundial e participação pública. o mecanismo do projeto de investigação, 2000, São Paulo. Anais do Seminário Banco Mundial e participação pública. O mecanismo de investigação.. São Paulo: Instituto Socioambiental / Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
BARROS, Flávia Lessa de. Estruturas e dinâmicas para o ativismo político internacional-global. In: VIII Reunião de Antropologia do Mercosul (RAM), 2009, Buenos Aires. VIII Reunião de Antropologia do Mercosul (RAM), 2009.

2.
BARROS, Flávia Lessa de. Redes sociais em campos políticos internacionais-globais para o desenvolvimento - perspectivas a partir da experiência brasileira. In: XXVII Congresso da Latin American Studies Association ? LASA, 2007, Montreal. XXVII Congresso da Latin American Studies Association ? LASA, 2007.

3.
BARROS, Flávia Lessa de. A vez e a voz das comunidades. Audiências públicas sobre avaliação de impactos. In: Vida institucional republicana e desenvolvimento sustentável, 1996, Brasília. Anais do seminário nacional da OAB: Vida institucional republicana e desenvolvimento sustentável. Brasília: Ordem dos Advogados do Brasil - Seção do Distrito Federal, 1996.

4.
BARROS, Flávia Lessa de. Políticas ambientais, globalização e novos atores sociais. In: Terceiro encontro especial da SBPC: Ecossistemas costeiros: do conhecimento à auto-gestão, 1996, Florianópolis. Anais do terceiro encontro especial da SBPC. Ecossistemas costeiros: do conhecimento à autogestão, 1996.

Apresentações de Trabalho
1.
BARROS, Flávia Lessa de. Sociedade civil, participação e democracia em campos internacionais-globais de políticas para o desenvolvimento. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
BARROS, Flávia Lessa de. International Finantial Institutions and Civil Society Networks in Brazil. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
BARROS, Flávia Lessa de. Sociedade civil, participação e democracia em campos internacionais-globais de políticas para o desenvolvimento. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

Outras produções bibliográficas
1.
BARROS, Flávia Lessa de; TAVOLARO, L. . Campos de produção e difusão de conhecimento e informação sobre a América Latina no Brasil e dimensões sócio-político-cultural-científicas de processos de regionalização e integração regional. Buenos Aires: CLACSO, 2017 (Série de papers).

2.
BARROS, Flávia Lessa de; RAMOS, A. R. ; BERNHARDT, E. . Antropologias Mundiais. Transformações da disciplina em sistemas de poder. Brasília - DF: Universidade de Brasília, 2012. (Tradução/Livro).

3.
SILVA, C. T. ; BARROS, Flávia Lessa de ; ROCHA, A. P. ; LAMONTAGNE, A. ; MELO, C. ; IBARRA, E. S. R. ; BAGGIA, F. . Estudos comparados nas ciências sociais - resenhas. Brasília: Ceppac-UnB, 2011 (Série de papers).

4.
BARROS, Flávia Lessa de. Redes sociais em campos políticos internacionais-globais para o desenvolvimento - perspectivas a partir da experiência brasileira. Brasília: Ceppac, 2009 (Série de papers).

5.
BARROS, Flávia Lessa de; REGO, F. . Investindo em transparência. Rio de Janeiro: Revista do Terceiro Setor, 2003 (Entrevista).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
BARROS, Flávia Lessa de; ALVAREZ, G. O. ; XAVIER, R. . Projeto BRA/03/040 - Fortalecimento do Ministério da Cultura. 2004.

2.
BARROS, Flávia Lessa de; RIBEIRO, G. L. ; ALVAREZ, G. O. . Ministério da Cultura 2003-2007. Balanço e perspectivas. 2003.

Trabalhos técnicos
1.
BARROS, Flávia Lessa de. Perspectives on Civil Society`s Relations with International Cooperation under Lula`s Presidency. 2007.

2.
BARROS, Flávia Lessa de. Donors? changing policies in Latin America and the implications for civil society organisations ? The case of Brazil. 2007.

3.
BARROS, Flávia Lessa de. Avaliação de Impacto Ambiental. Relatório de Impacto Ambiental do Sistema de Esgotamento Sanitário das Cidades Satélites do Gama e Santa Maria. Componente Sócio-econômico.. 1995.

4.
BARROS, Flávia Lessa de. Avaliação de Impacto Ambiental. Relatório de Impacto Ambiental da Engexplo - Desmonte à Explosivos. Componente Sócio-econômico.. 1991.

5.
BARROS, Flávia Lessa de. Avaliação de Impacto Ambiental. Relatório de Impacto Ambiental da Mineração e Agropecuária ? MAP. Componente Sócio-econômico. 1991.

6.
BARROS, Flávia Lessa de; SCARTEZINE, G. ; BIAVATTI, E. . Avaliação de Impacto Ambiental. Relatório de Impacto Ambiental. Núcleo Habitacional Santa Maria. Componente Sócio-econômico. 1990.

7.
BARROS, Flávia Lessa de; BIAVATTI, E. ; SCARTEZINE, G. . Avaliação de Impacto Ambiental. Relatório de Impacto Ambiental. Setor de Armazenamento, Indústria e Abastecimento. Componente Sócio-econômico. 1990.

8.
BARROS, Flávia Lessa de. Avaliação de Impacto Ambiental. Relatório de Impacto Ambiental do Setor Complementar de Indústria e Abastecimento. Componente sócio-econômico. 1990.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
LEITE, P. M. ; BARROS, Flávia Lessa de ; MARTINS, H. . Programa Espaço Público - TV Brasil, Especial com o Professor David Harvey. 2014.


Demais tipos de produção técnica
1.
MIGLIEVICH, A. ; BARROS, Flávia Lessa de ; FERES JR., J. ; TAVOLARO, L. ; BOTTO, M. I. ; FERNANDES, V. T. ; SILVA, L. T. ; FORTE, V. L. ; CAMINO-ESTURO, E. ; GUIMARAES, F. S. ; ALVES, H. C. ; COSTA, S. L. ; CIGALES, M. ; FETZ, M. . Dossiê Estudos sobre a 'América Latina' na América Latina: configurações acadêmico científicas e horizontes teórico-metodológicos. 2017. (Editoração/Periódico).

2.
MESSEMBERG, D. ; BARROS, Flávia Lessa de ; PINTO, J. ; MIGNOLO, W. ; CORONADO, J. A. P. ; GOHN, M. G. ; NOGUEIRA, M. A. ; REIS, B. P. W. . Dossiê Desafios da consolidação democrática na América Latina. 2014. (Editoração/Periódico).

3.
BARROS, Flávia Lessa de. Flows and models of development and global governance in the interaction between international cooperation and civil society. 2012. (Relatório de pesquisa).

4.
BARROS, Flávia Lessa de; RIBEIRO, G. L. . Cooperação internacional e sociedade civil no Brasil (1990-2005). 2008. (Relatório de pesquisa).

5.
BARROS, Flávia Lessa de. Donors? changing policies in Latin America and the implications for civil society organisations ? The case of Brazil. 2007. (Relatório de pesquisa).

6.
BARROS, Flávia Lessa de. Redes sociais em campos políticos internacionais-globais. 2007. (Relatório de pesquisa).

7.
BARROS, Flávia Lessa de. Accountability de agências financeiras de cooperação multilateral: Os casos do Banco Mundial e do Banco Interamericano de Desenvolvimento e seus desdobramentos no Brasil. Uma contribução para a reflexão crítica sobre a democracia na ordem global. 2006. (Relatório de pesquisa).

8.
RIBEIRO, G. L. ; BARROS, Flávia Lessa de ; ALVAREZ, G. O. . Ministério da Cultura 2003-2007. Balanço e perspectivas. 2003. (Relatório de pesquisa).

9.
BARROS, Flávia Lessa de. A participação do BM e do BID no Acordo do Governo Brasileiro com o FMI. 2002. (Análise técnica).

10.
BARROS, Flávia Lessa de. Os empréstimos de ajuste estrutural do Banco Mundial em 2001. 2001. (Análise técnica).

11.
BARROS, Flávia Lessa de; RIBEIRO, G. L. . Mapeamento dos conflitos ambientais no Brasil - Região Norte. 1994. (Relatório de pesquisa).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
BARROS, Flávia Lessa de; MACHADO, L. Z.; BANDEIRA, L.. Participação em banca de Hairam Machado. Políticas de Gênero e Desenvolvimento: Uma análise do campo a partir da Agenda Nacional de Trabalho Decente ? o caso do Programa Trabalho e Empreendedorismo da Mulher. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais, Est. Comp. sobre as Américas) - Universidade de Brasília.

2.
BARROS, Flávia Lessa de; BRUSSI, A.; LOIOLA, M.. Participação em banca de Karine Lyra Correa. O princípio da separação dos poderes e os efeitos do mandato de injunção: A evolução do entendimento do Supremo Tribunal Federal. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Instituto de Ciência Política da Universidade de Brasília.

3.
BARROS, Flávia Lessa de; BRUSSI, A.; LOIOLA, M.. Participação em banca de Karine Lyra Correa. O princípio da separação dos poderes e os efeitos do mandado de injunção: A evolução do entendimento do Supremo Tribunal Federal. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Instituto de Ciência Política da Universidade de Brasília.

4.
BARROS, Flávia Lessa de; ABERS, R.; BULLOW, M. V.. Participação em banca de Arthur Sinimbu Silva. Novas arenas na disputa em torno da construção democrática no âmbito da Câmara dos Deputados ? A CLP e a CDHM.. 2009. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade de Brasília.

Teses de doutorado
1.
BARROS, Flávia Lessa de; LANIADO, R. N.; OLIVEIRA, A. E. A.; LEAL, A. B.; RIBEIRO, M. T. F.. Participação em banca de Rubenilda Sodré dos Santos. Relações internacionais, integração regional e cooperação em produção de conhecimento: um estudo sobre Brasil e Argentina. 2014. Tese (Doutorado em Curso de doutorado em Ciências Sociais) - Universidade Federal da Bahia.

2.
BARROS, Flávia Lessa de; POCHAMANN, M; VIOLA, E.; NOVION, J.; CORONADO, J. A. P.. Participação em banca de Ailton Dias dos Santos. A integração da infra-estrutura sul-americana e as dinâmicas do sistema-mundo capitalista: análise comparada das relações entre governos e bancos de desenvolvimento no Brasil, Peru e Bolívia. 2014. Tese (Doutorado em Estudos Comparados sobre as Américas) - Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas.

3.
CATTAN, A. D.; SANTOS, J. V. T.; PEREIRA, A. D.; BARROS, Flávia Lessa de. Participação em banca de Fabiano Burkhardt. Dependência e autonomia no Sul Geopolítico: A Indonésia pós-Suharto. 2012. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Sociologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

4.
RIBEIRO, G. L.; LIMA, A. C. S.; SILVA, C. T.; ALMEIDA, W. L.; BARROS, Flávia Lessa de. Participação em banca de Rodrigo Augusto Lima de Medeiros. Decodificando a Internacionalização da Amazônia em Narrativas e Práticas Institucionais: Governos da natureza no Brasil e nos EUA. 2012.

5.
PAVIANI, A.; Demo, Pedro; ROSSO, S. D.; WELLER, W. J.; BARROS, Flávia Lessa de. Participação em banca de Magda de Lima Lúcio. A nova periferização urbana - políticas públicas com financiamentos internacionais e seus impactos sobre os direitos humanos. 2007. Tese (Doutorado em Sociologia) - Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília.

Qualificações de Doutorado
1.
POCHAMANN, M; TAVOLARO, L.; BARROS, Flávia Lessa de; BULLOW, M. V.. Participação em banca de Ronaldo Santos Silva. Impactos da precarização do trabalho sobre o movimento sindical latino-americano: as experiências de centrais sindicais brasileiras, chilenas e paraguaias. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Estudos Comparados sobre as Américas) - Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas.

2.
BULLOW, M. V.; TAVOLARO, L.; BARROS, Flávia Lessa de. Participação em banca de Marcelle Silva Vaz. Redes transnacionais de OSCs em processos de integração regional na América Latina: Atuação da Mesa junto à UNASUL e à CELAC. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Estudos Comparados sobre as Américas) - Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas.

3.
BULLOW, M. V.; TAVOLARO, L.; BARROS, Flávia Lessa de. Participação em banca de Edelcio Vigna. Redes transnacionais da sociedade civil em processos de integração: A experiências colombiana e brasileira. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Estudos Comparados sobre as Américas) - Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas.

4.
BULLOW, M. V.; TAVOLARO, L.; BARROS, Flávia Lessa de. Participação em banca de Marcelle Silva Vaz. Redes transnacionais de OSCsem processos de integração regional na América Latina: As experiências da UNASUL e da CELAC. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Estudos Comparados sobre as Américas) - Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas.

5.
COSTA, A. T. M.; BARROS, Flávia Lessa de; ROSA, M. C.. Participação em banca de José Nivaldino Rodrigues. Práticas e demandas sociais no trânsito. Estudo comparado do cicloativismo brasileiro e do cicloativismo espanhol na perspectiva dos movimentos sociais. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Sociologia) - Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília.

Qualificações de Mestrado
1.
SAYAGO, D.; BARROS, Flávia Lessa de. Participação em banca de Mara Cecília Miranda Palhares. Impactos sociais de barragens sobre comunidades locais. Os casos de Abunã e Manupiri na fronteira Brasil-Bolívia. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Estudos Comparados sobre as Américas) - Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas.

2.
BARROS, Flávia Lessa de; NOVION, J.; COELHO, M. F.; SEABRA, R.. Participação em banca de Paulo Vinícius Santos da Silva. O projeto nacional de desenvolvimento venezuelano-boliviano: alternativa contra-hegemônica e anti-sistêmica ao capitalismo neo-liberal?. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Estudos Comparados sobre as Américas) - Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas.

3.
BARROS, Flávia Lessa de; COELHO, M. F.; RODRIGUES, S. M.. Participação em banca de Juliana Soares Mendes. Políticas e práticas de informação de bancos multilaterais de desenvolvimento: Os casos do Banco Mundial e do Banco Interamericano de Desenvolvimento no Brasil. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Estudos Comparados sobre as Américas) - Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas.

4.
BARROS, Flávia Lessa de; COELHO, M. F.; SAUER, S.. Participação em banca de Mayrá Silva LIma. Tensões e conflitos entre sociedade política e sociedade civil no Brasil em torno de políticas e modelos de desenvolvimento: Os casos das comissões parlamentares de inquérito das ONGs, do MST e da Terra. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Estudos Comparados sobre as Américas) - Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas.

5.
BARROS, Flávia Lessa de; COELHO, M. F.; ROSA, M. C.. Participação em banca de Bryan Pedro Rey Evangelista. Participação e representação das redes - O caso do Fórum Brasileiro de ONGs e Movimentos Sociais para o Meio Ambiente e o Desenvolvimento. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Estudos Comparados sobre as Américas) - Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas da Univ. de Brasília.

6.
BARROS, Flávia Lessa de; NEVES, A. V.; SOUZA, C. G.. Participação em banca de Thaís Kristosch Imperatori. Sociedade civil, voluntariado e direito à saúde: Um estudo sobre a Associação de Voluntários do Hospital Universitário de Brasília. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado em Política Social) - Departamento de Serviço Social da Universidade de Brasília.

7.
BARROS, Flávia Lessa de; BANDEIRA, L.; MACHADO, L. Z.. Participação em banca de Hairam Machado. Políticas de Gênero e Desenvolvimento: Uma análise do campo a partir da Agenda Nacional de Trabalho Decente ? o caso do Programa Trabalho e Empreendedorismo da Mulher. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Estudos Comparados sobre as Américas) - Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
SILVA, K.; VAZ, A. C.; BARROS, Flávia Lessa de. Participação em banca de Yu Zhiming.Cooperação internacional e identidade nacional: a participação da cooperação internacional na construção da identidade nacional em termos cultural e linguístico em Timor Leste entre 2007-2012. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Instituto de Relações Internacionais.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
BARROS, Flávia Lessa de; TAVOLARO, L.. Concurso Público para Professor Substituto (nível Doutorado). 2013. Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas da Univ. de Brasília.

2.
BARROS, Flávia Lessa de; FLEICHER, D.; MIGLIEVICH, A.. Concurso Público para Professor Adjunto, Edital n. 474/2012. 2012. Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas / Univ. de Brasília.

3.
BARROS, Flávia Lessa de; RODRIGUES, S. M.; TAVOLARO, L.. Concurso Público para Professor Visitante. 2011. Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas / Univ. de Brasília.

4.
BARROS, Flávia Lessa de; BULLOW, M. V.; ABERS, R.. Comissão Examinadora de Concurso Público para Professor Adjunto. 2009. Instituto de Ciência Política da Universidade de Brasília.

Outras participações
1.
BARROS, Flávia Lessa de; NOVION, J.; IGREJA, R. L.. Seleção de Mestrado e Doutorado para estrangeiros não residentes no Brasil. 2013. Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas.

2.
FLEICHER, D.; SCHMIDT, B. V.; NEGRI, C.; BARROS, Flávia Lessa de. Comissão Examinadora de Seleção de Doutorado. 2012.

3.
BARROS, Flávia Lessa de; VILAMIL, M.; NEGRI, C.. Comissão Examinadora de Seleção de Mestrado. 2011. Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas / Univ. de Brasília.

4.
BARROS, Flávia Lessa de. Comissão Examinadora de Programa de Cooperação Internacional PEC-PG. 2010. Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.

5.
BARROS, Flávia Lessa de; RENNO, L.; BAINES, S.. Comissão Examinadora de Seleção de Doutorado. 2010. Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas / Univ. de Brasília.

6.
BARROS, Flávia Lessa de; RODRIGUES, S. M.; SCHMIDT, B. V.. Comissão Examinadora de Seleção de Mestrado. 2009. Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas / Univ. de Brasília.

7.
BARROS, Flávia Lessa de. Comissão Examinadora do Programa de Cooperação Internacional PEC-PG (Mestrado e Doutorado). 2009. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.

8.
BARROS, Flávia Lessa de; SILVA, C. T.; CASTRO, H. C.. Comissão Examinadora de Seleção de Mestrado. 2008. Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas / Univ. de Brasília.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
40º Encontro Anual da ANPOCS.SPG06 - Desenvolvimento e democracia na América Latina: experiências, mitos e alternativas paradigmáticas. 2016. (Encontro).

2.
40º Encontro Anual da ANPOCS.ST10 Democracia na América Latina: tensões e práticas. 2016. (Encontro).

3.
MR4 ANPOCS - Campos de produção e difusão de conhecimento e informação sobre a América Latina no Brasil no l.O latino-americanismo no Brasil. 2016. (Encontro).

4.
VII Conferência CLACSO. Desenvolvimento, meio ambiente e participação social em estratégias alternativas de integração regional na América latina e Caribe (apontamentos para debates e agendas de pesquisa). 2015. (Congresso).

5.
XXX Congresso Latino-americano de Sociologia - ALAS. Tensões e limites nas relações entre desenvolvimento e democracia na América Latina. Contribuições de Alberto Acosta Espinosa para o debates, a partir do Equador. 2015. (Congresso).

6.
Economía Política Contemporánea, Estado y Crisis: Nuevos Alineamientos Mundiales y Alternativas de América Latina. Encuentro de los GTs de Economia Política y Integración Regional de CLACSO.La economía mundial y arquitecturas financieras de la integración. 2014. (Encontro).

7.
XXXVIII Encontro Anual da ANPOCS.O pós-neoliberalismo na América Latina - Contribuições de Álvaro Garcia Linera e Alberto Acosta Espinosa a partir da Bolívia e do Equador. 2014. (Encontro).

8.
Conferência de Boaventura Sousa Santos ?As revoltas mundiais da indignação, seu significado para a teoria e a prática? (vídeo-conferência) e lançamento de livro (em 5/11/2013).As revoltas mundiais da indignação, seu significado para a teoria e a prática - Importância da reflexão a partir das Ciências Sociais na América Latina. 2013. (Outra).

9.
Mesa-Redonda ?Ciências Sociais e manifestações em curso no Brasil.Ciências Sociais e manifestações em curso no Brasil ? perspectivas a partir da América Latina e do cenário mundial. 2013. (Outra).

10.
XXIX Congresso da Associação Latino-Americana de Sociologia (ALAS) ?Crise e emergência social na América Latina?. ?Movimentos sociais contra-hegemônicos e cooperação internacional para o desenvolvimento na América Latina (Apontamentos preliminares para uma agenda de pesquisa)?. 2013. (Congresso).

11.
2nd ISA Forum of Sociology Social Justice & Democratization.Contra-hegemonic social movements and the international cooperation for development in Latin America. 2012. (Seminário).

12.
110th American Anthropological Association Annual Meeting - Traces, Tidemarks and Legacies. Civil society organizations and networks in the strenghening of global governance ? perspectives of World Bank strategies in Brazil. 2011. (Congresso).

13.
XXVIII Congresso da Associação Latino-Americana de Sociologia. Debatedora da Sessão. 2011. (Congresso).

14.
XXVIII Congresso da Associação Latino-Americana de Sociologia. Encruzilhadas da democracia e da cidadania nos fluxos de desenvolvimento e governança global. 2011. (Congresso).

15.
XXVIII Congresso da Associação Latino-Americano de Sociologia. Debatedora da Sessão. 2011. (Congresso).

16.
Ciclo de Debates sobre Multiculturalismo.A dialética global / local para além dos paradigmas de homogeneização e resistência. 2010. (Outra).

17.
Fluxos de Modelos em Escala Global: Explorando o cenário da Antárdida.Fluxos de modelos científicos na Antártida: variações de práticas brasileiras. 2010. (Seminário).

18.
II Workshop Models and their Effects on Development Paths: an ethnographic and comparative approach to knowledge transmission and livelihood strategies (Medea).Global Flows - preliminary report. 2010. (Oficina).

19.
I Seminário Internacional e III Seminário Nacional Movimentos Sociais, Participação e Democracia.Sociedade civil, participação e democracia em campos internacionais-globais de políticas de desenvolvimento. 2010. (Seminário).

20.
Workshop The Anthropology of International Institutions: How etnograph contributes to understanding mechanisms of global governance..Politics of international institutions: diluting conflict and rendering it technical. 2010. (Oficina).

21.
XVII ISA World Congress of Sociology. International cooperation´s market-oriented civil society perspectives and strategies. 2010. (Congresso).

22.
Ciclo de Palestras do Instituto de Investigaciones Histórico Sociales da Universidade de Veracruz.A prestação de contas de agências de cooperação internacional. 2009. (Outra).

23.
ISA-ABRI Joint International Meeting Diversity and inequality in world politics. Session:Thur C-21. 2009. (Congresso).

24.
ISA-ABRI Joint International Meeting - Diversity and inequality in world politics.. Cooperação internacional e sociedade civil no Brasil: Algumas características da experiência brasileira e apontamentos preliminares para incursões em outros cenários latino-americanos. 2009. (Congresso).

25.
Seminário A promoção e a aplicação dos direitos sócio-culturais no Brasil e no Canadá.Mesa 2: Mecanismos e instrumentos de cooperação internacional para a promoção dos direitos sócio-culturais. 2009. (Seminário).

26.
Workshop Models and their Effects on Development Paths: an ethnographic and comparative approach to knowledge transmission and livelihood strategies (Medea)..Workshop Models and their Effects on Development Paths: an ethnographic and comparative approach to knowledge transmission and livelihood strategies (Medea).. 2009. (Oficina).

27.
XIV Congresso Brasileiro de Sociologia. Sessão: Modernidade-Mundo e Modernidade Latino-Americana: temas e problemas; Grupo de Trabalho Estado e Sociedade na Modernidade Atual. 2009. (Congresso).

28.
XXVIII International Congresso da Latin American Studies Association ? LASA. Cooperação internacional e sociedade civil no Brasil. 2009. (Congresso).

29.
II Seminário Nacional Movimentos Sociais, Participação e Democracia.Redes sociais em campos políticos internacionais-globais para o desenvolvimento - perspectivas a partir da experiência brasileira. GT 1 Movimentos sociais, novos olhares, perspectivas e desafios. 2007. (Seminário).

30.
Seminário Internacional Estudos sobre o Legislativo.?Representação, participação e reforma política?. 2007. (Seminário).

31.
Seminário Internacional Poder Global.Redes sociais brasileiras em campos políticos internacionais-globais e a questão da diplomacia civil. 2007. (Seminário).

32.
Seminário Internacional sobre Monitoramento de Políticas Públicas, Transparência e Controle Social.Accountability de agências financeiras de cooperação multilateral: Os casos do Banco Mundial e do Banco Interamericano de Desenvolvimento e seus desdobramentos no Brasil. 2007. (Seminário).

33.
VII Reunião de Antropologia do Mercosul - RAM. Redes sociais em campos políticos internacionais-globais para o desenvolvimento - perspectivas a partir da experiência brasileira?. GT 2 Estudos sobre engajamento militante e mobilização coletiva. 2007. (Congresso).

34.
Workshop Donors? changing policies in Latin America and the implications for civil society organizations. LAC Where to Now Project (Santa Cruz de la Sierra, Bolívia).The Case of Brazil - Donors? changing policies in Latin America and the implications for civil society organizations. 2007. (Oficina).

35.
XIII Congresso Brasileiro de Sociologia. Grupo 2, Sessão 2: ?Estado, democracia e sociedade civil?. Grupo de Trabalho Estado, Sociedade e Cidadania. 2007. (Congresso).

36.
XIII Congresso Brasileiro de Sociologia. Grupo 1, Sessão 1: ?Conselhos gestores e processos participativos?. Grupo de Trabalho Estado, Sociedade e Cidadania,. 2007. (Congresso).

37.
XIII Congresso Brasileiro de Sociologia. Grupo 6, Sessão 3: ?Problemas teóricos da representação, da identidade e da participação?. Grupo de Trabalho Estado, Sociedade e Cidadania. 2007. (Congresso).

38.
XIII Congresso Brasileiro de Sociologia. Grupo 2, Sessão 1: ?Movimentos sociais e novos arranjos institucionais?. Grupo de Trabalho Estado, Sociedade e Cidadania. 2007. (Congresso).

39.
XIII Congresso Brasileiro de Sociologia. Governança, cidadania e diplomacia civil: Participação e representação de redes sociais em campos políticos internacionais-globais. Sessão 2, Grupo 3, Formas de democracia, esquerda e ordem global. Grupo de Trabalho Estado, Sociedade e Cidadania. 2007. (Congresso).

40.
XXVII Congresso da Latin American Studies Association ? LASA (Montreal, Canadá). Redes sociais em campos políticos internacionais-globais para o desenvolvimento - perspectivas a partir da experiência brasileira. Working Group Transnational actors and governance processes.. 2007. (Congresso).

41.
XXXI Encontro Anual da Anpocs.Dilemas da democracia na ordem internacional-global contemporânea: perspectivas da sociedade civil brasileira. Seminário Temático 13 Dilemas da modernidade periférica. 2007. (Encontro).

42.
XXXI Encontro Anual da Anpocs.Redes sociais em campos políticos internacionais-globais para o desenvolvimento - perspectivas a partir da experiência brasileira. Mesa-redonda Cooperação internacional e dinâmicas sociais no Brasil contemporâneo.. 2007. (Encontro).

43.
Cooperação Internacional e a Construção do Estado em Timor Leste.Accountability de agências financeiras de cooperação multilateral: Os casos do Banco Mundial e do Banco Interamericano de Desenvolvimento e seus desdobramentos no Brasil. 2006. (Seminário).

44.
Cooperação Internacional e Sociedade Civil no Brasil - Desenvolvimento Participação e Inclusão Social.Estratégias e mecanismos da cooperação internacional para a sociedade civil no Brasil. 2006. (Seminário).

45.
III Encontro Nacional da Associação de Pós-Graduação e Pesquisa em Ambiente e Sociedade - ANPPAS.Banco Mundial e ONGs Ambientalistas Internacionais - Desenvolvimento, Governança Global e Participação da Sociedade Civil. GT 14 - Relações Internacionais e Ambiente. 2006. (Encontro).

46.
Seminário Cooperação Internacional e Sociedade Civil no Brasil - Desenvolvimento, Participação e Inclusão Social.Mesa de Abertura. 2006. (Seminário).

47.
Seminário Cooperação Internacional e Sociedade Civil no Brasil - Desenvolvimento, Participação e Inclusão Social.Sessão 2: Estratégias e mecanismos da cooperação internacional para a sociedade civil no Brasil. 2006. (Seminário).

48.
XXV Reunião Brasileira de Antropologia - RBA. Sessão 3, Cooperação técnica internacional e redes sociais no mundo globalizado. 2006. (Congresso).

49.
XXV Reunião Brasileira de Antropologia - RBA. Cooperação internacional, Estados nacionais e sociedade civil. A política de participação do Banco Mundial. Sessão 1, Contextos organizacionais da cooperação. GT Cooperação Internacional, Estados Nacionais e Sociedade Civil. 2006. (Congresso).

50.
XXIX Encontro Anual da ANPOCS.Desenvolvimento sutentável, governança global e participação da sociedade civil. Grupo de Trabalho Conflitos Sociais e Ambientais. 2005. (Encontro).

51.
Agenda da Sociedade Civil Paralela à Assembléia Anual de Governadores do BID (Millão, Itália).Os impactos negativos das políticas e financiamentos do Banco Interamericano de Desenvolvimento para o setor privado ? O caso da Usina Hidrelétrica de Cana Brava (Brasil). 2003. (Outra).

52.
?International Seminar The Negative Impacts of the World Bank Market Based Land Reform (Washington DC, EUA).Banco Mundial e desenvolvimento - sessão de abertura. 2002. (Seminário).

53.
Oficina sobre a Política de Informação do Banco Mundial.A política de informação do Banco Mundial. 2001. (Oficina).

54.
Seminário da Iniciativa de Gênero - Região Sul.Por que monitorar as políticas e operações de instituições financeiras multilaterais. 2001. (Seminário).

55.
Seminário sobre as Instituições Financeiras Multilaterais.Introdução às instituições financeiras multilaterais (Banco Mundial e Banco Interamericano de Desenvolvimento). 2001. (Seminário).

56.
O Banco Mundial e a Participação Pública: O Mecanismo de Investigação de Projetos.ONGs e o Banco Mundial: É possível colaborar criticamente?. 2000. (Seminário).

57.
Seminário Nacional sobre Fundos Ambientais e Sociais Apoiados pelo Banco Mundial.Uma visão crítica sobre o relatório independente do Banco Mundial. 2000. (Seminário).

58.
Encontro Nacional de Redes de ONGs.A importância da atuação das redes de organizações da sociedade civil no monitoramento das operações das instituições financeiras multilaterais no Brasil. 1999. (Encontro).

59.
I Seminário da Rede Brasil sobre Instituições Financeiras Multilaterais na Região Centro-Oeste.As instituições financeiras multilaterais no Brasil e a ação da sociedade civil organizada. 1999. (Seminário).

60.
I Seminário Gênero e Cooperação das Instituições Financeiras Multilaterais.A atuação das instituições financeiras multilaterais no Brasil. 1999. (Seminário).

61.
Seminário Regional do Movimento dos Atingidos por Barragens e Rede Brasil.Como monitorar as políticas e projetos do Banco Mundial. 1999. (Seminário).

62.
Seminário Regional do Movimento dos Atingidos por Barragens e Rede Brasil.A atuação das instituições financeiras multilaterais no Brasil e na Região Nordeste. 1999. (Encontro).

63.
Seminário Regional do Programa de Apoio a Pobreza Rural.A Importância do controle social sobre as ações do Banco Mundial no Brasil. 1999. (Seminário).

64.
Sessão de consulta pública com o Conselho de Diretores Executivos do Banco para Reconstrução e Desenvolvimento e da Associação Internacional para o Desenvolvimento sobre a segunda revisão do Painel de Inspeção (Washington DC, EUA).As problemáticas da proposta de revisão dos procedimentos do Painel de Inspeção do Banco Mundial. 1999. (Outra).

65.
Mesa-Redonda Ambientalismo e Desenvolvimento Sustentável.Políticas ambientais, globalização e novos atores sociais. 1996. (Outra).

66.
Seminário Nacional da OAB: O Estado de Direito e o Desenvolvimento.A vez e a voz das comunidades em audiências públicas sobre avaliação de impacto ambiental. 1996. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
BARROS, Flávia Lessa de; TAVOLARO, L. ; BURITY, J. ; MARTINS, P. H. . Seminário Internacional Pré-ALAS - As encruzilhadas da América Latina e a Sociologia em tempos de mudança. 2017. (Outro).

2.
BARROS, Flávia Lessa de; BURITY, J. . II Reunião de Pesquisadores Latino-americanistas e Caribeanistas. 2017. (Outro).

3.
BARROS, Flávia Lessa de; TAVOLARO, L. ; MESSEMBERG, D. ; CARVALHO, R. B. . Mesa-redonda Ciências Sociais e Democracia. 2016. (Outro).

4.
BARROS, Flávia Lessa de. I Reunião de Pesquisadores Latino-Americanistas e Caribeanistas. 2016. (Outro).

5.
BARROS, Flávia Lessa de; PALACIOS, D. ; PALLAVICINI, V. . Grupo de Trabalho 10 ALAS - Estudos Políticos, Sócio-Jurídicos e Instituciionais. 2015. (Congresso).

6.
BARROS, Flávia Lessa de; PALACIOS, D. ; ATRIA, R. ; REIGADAS, M. C. . Grupo de Trabalho Estudos Políticos, Sócio-Jurídicos e Institucionais. 2013. (Congresso).

7.
BARROS, Flávia Lessa de; MESSEMBERG, D. ; PINTO, J. . III Seminário Internacional Estudos sobre o Legislativo: Desafios da Consolidação da Democracia na América Latina. 2013. (Outro).

8.
BARROS, Flávia Lessa de. Aula Magna Modernidade e modernização na América Latina Contemporânea (Professor José Maurício Castro Domingues da Silva, IESP/UFRJ). 2013. (Outro).

9.
BARROS, Flávia Lessa de. Palestra ?Desafios para o fortalecimento da agenda de pesquisa sobre as Américas?, Professor Benício Viero Schmidt. 2013. (Outro).

10.
BARROS, Flávia Lessa de; ROSSO, S. D. . Mesa-redonda As Ciências Sociais e as manifestações em curso no Brasil. 2013. (Outro).

11.
BARROS, Flávia Lessa de; POMAR, V. ; MARTINS, C. E. . Mesa-redonda As esquerdas e a integração latino-americana. 2013. (Outro).

12.
BARROS, Flávia Lessa de; MOHR, R. . Conferência de Slajov Zizek : De Hegel a Marx... e de volta a Hegel! A tradição dialética em tempos de crise. 2013. (Outro).

13.
SILVA, C. T. ; FLEICHER, D. ; SCHMIDT, B. V. ; BARROS, Flávia Lessa de . Painel: CEPPAC, história e perspectivas para o futuro. 2012. (Outro).

14.
BARROS, Flávia Lessa de; SILVA, C. T. ; TAVOLARO, L. . I Ciclo Internacional de Seminários Afro-Latino-Américas Compartilhadas. 2012. (Outro).

15.
BARROS, Flávia Lessa de. Ciclo de Palestras e Debates Ceppac. 2011. (Outro).

16.
BARROS, Flávia Lessa de; ZARIAS, A. ; REIGADAS, C. ; SALAZAR, A. R. . Grupo de Trabalho Estudos Políticos e Sócio-Jurídicos. XXVIII Congresso da Associação Latino-Americana de Sociologia. 2011. (Congresso).

17.
BARROS, Flávia Lessa de; MARTINS, P. H. ; POCHAMANN, M ; AMIGO, B. ; GRANJA, M. . Fórum Cientistas Sociais, desenvolvimento e democracia na América Latina. 2011. (Congresso).

18.
BARROS, Flávia Lessa de; TAVOLARO, L. ; ARAÚJO, Zulu . Festival Latino-Americano e Africano de Arte e Cultura - FLAAC 2012. 2011. (Festival).

19.
BARROS, Flávia Lessa de. Ciclo de Palestras e Debates Ceppac. 2010. (Outro).

20.
BARROS, Flávia Lessa de. Ciclo de Palestras e Debates Ceppac. 2009. (Outro).

21.
BARROS, Flávia Lessa de; BORGES, P. C. A. ; NOGUEIRA, M. A. . Grupo de Trabalho Estado e Sociedade na Modernidade Atual. XIV Congresso Brasileiro de Sociologia. 2009. (Congresso).

22.
BARROS, Flávia Lessa de; MESSEMBERG, D. ; PINTO, J. ; OUTROS, . II Seminário Internacional Estudos sobre o Legislativo: Vinte Anos da Constituição Brasileira. 2008. (Outro).

23.
BARROS, Flávia Lessa de; MESSEMBERG, D. ; ASSIS, E. ; PINTO, J. ; OUTROS, . Seminário Internacional Estudos sobre o Legislativo. 2007. (Outro).

24.
NOGUEIRA, M. A. ; BORGES, P. C. A. ; BARROS, Flávia Lessa de . Grupo de Trabalho Estado, Sociedade e Cidadania. XIII Congresso Brasileiro de Sociologia. 2007. (Congresso).

25.
BARROS, Flávia Lessa de; RIBEIRO, G. L. . Cooperação Internacional e Sociedade Civil no Brasil - Desenvolvimento, Participação e Inclusão Social.. 2006. (Outro).

26.
BARROS, Flávia Lessa de; SAUER, S. ; SCHWARTZMAN, S. ; PERET, R. ; OUTROS, . The Negative Impacts of the World Bank Market Based Land Reform. 2002. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Iniciação científica
1.
Maria Canaan Pires Fialho. Perfil das iniciativas institucionais sobre a América Latina no Brasil. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Abi - Ciências Sociais) - Universidade de Brasília, Universidade de Brasília. (Orientador).

2.
Aryell Calmon Gonzaga Borges. Perfil das iniciativas institucionais sobre a "América latina no Brasil" (FASE 2). Início: 2017 - Universidade de Brasília. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Mara Cecília Miranda Palhares. Participação social no planejamento do complexo hidrelétrico Rio Madeira, perspectivas do Brasil, Bolívia e Peru. 2015. Dissertação (Mestrado em Estudos Comparados sobre as Américas) - Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Flavia Lessa de Barros.

2.
Mayrá Lima. Tensões e conflitos em torno da luta pela terra. Estudo das Comissões Parlamentares de Inquérito no Brasil. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais - Est. Comp. sobre as Américas) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Flavia Lessa de Barros.

3.
Juliana Soares Mendes. Políticas e práticas de informação em processo de desenvolvimento no Brasil: o caso do Programa de Desenvolvimento do Turismo ? PRODETUR no Ceará e em Pernambuco. 2012. Dissertação (Mestrado em Estudos Comparados sobre as Américas) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Flavia Lessa de Barros.

4.
Brian Pedro Rey Evangelista. Participação e representação em redes da sociedade civil no Brasil. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Flavia Lessa de Barros.

5.
Paulo Vinícius Santos da Silva. Venezuela bolivariana entre a intenção e o gesto: a normatividade do discurso e o Projeto de Desenvolvimento Nacional.. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais - Est. Comp. sobre as Américas) - Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas da Univ. de Brasília, . Orientador: Flavia Lessa de Barros.

6.
Hairam Machado da Silva. Espaços interacionais e discursividades sobre gênero e desenvolvimento no Programa Trabalho e Empreendedorismo da Mulher e no Projeto Com Licença, Eu Vou à Luta no Distrito Federal. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais - Est. Comp. sobre as Américas) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Flavia Lessa de Barros.

Tese de doutorado
1.
Edélcio Vigna de Oliveira. Papel das redes de organizações da sociedade civil na construção da democracia na América Latina. 2015. Tese (Doutorado em Estudos Comparados sobre as Américas) - Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas, . Orientador: Flavia Lessa de Barros.

2.
Arquimedes Belo Paiva. Itinerários da inter e multidisciplinaridade em Ciências Sociais nas agências de fomento à ciência, tecnologia e inovação na América Latina: possibilidades e limites para a construção de uma agenda positiva na região. 2015. Tese (Doutorado em Estudos Comparados sobre as Américas) - Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas, . Orientador: Flavia Lessa de Barros.

3.
Marcelle Silva Vaz. Sociedade Civil em Processos de Integração na América Latina: As Experiências da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (CELAC) e da União das Nações Sul-Americanas (UNASUL). 2015. Tese (Doutorado em Estudos Comparados sobre as Américas) - Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Flavia Lessa de Barros.

4.
Ronaldo dos Santos Silva. Impactos da precarização do trabalho sobre as práticas e estruturas do movimento sindical: Um estudo a partir de Centrais Sindicais do Brasil e do Paraguai. 2015. Tese (Doutorado em Estudos Comparados sobre as Américas) - Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas, . Orientador: Flavia Lessa de Barros.

5.
Ailton Santos Dias. A integração da infra-estrutura física na América do Sul e o sistema-mundo.. 2014. Tese (Doutorado em Estudos Comparados sobre as Américas) - Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas, . Orientador: Flavia Lessa de Barros.

6.
Ailton Dias dos Santos. Estudos comparados sobre a cooperação internacional para o desenvolvimento e a integração na América Latina. 2010. Tese (Doutorado em Ciências Sociais - Est. Comp. sobre as Américas) - Universidade de Brasília, . Orientador: Flavia Lessa de Barros.

Iniciação científica
1.
Aryell Calmon Gonzaga Borges. Perfil das instituições sobre a ?América Latina? no Brasil. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade de Brasília. Orientador: Flavia Lessa de Barros.

2.
Gustavo Fontele Dourado. Participação da sociedade civil em programas e políticas de agências não governamentais para cooperação internacional na América Latina e Caribe.. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Flavia Lessa de Barros.

3.
Tainá Leandro. Redes de Organizações da Sociedade Civil em Campos Internacionais de Políticas de Desenvolvimento. 2007. Iniciação Científica - Universidade de Brasília. Orientador: Flavia Lessa de Barros.

4.
Gabriela Souza Nunes. Redes de Organizações da Sociedade Civil em Campos Internacionais de Políticas de Desenvolvimento. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade de Brasília. Orientador: Flavia Lessa de Barros.

5.
Tainá Leandro. Cooperação internacional e sociedade civil no Brasil e na Argentina (1990-2005). 2006. Iniciação Científica. (Graduando em Relações Internacionais) - Universidade de Brasília. Orientador: Flavia Lessa de Barros.

6.
Renata Henriques Malheiros. Cooperação Internacional e sociedade civil no Brasil e na Argentina (1990-2005). 2006. Iniciação Científica. (Graduando em Relações Internacionais) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Flavia Lessa de Barros.

Orientações de outra natureza
1.
Ailton Dias. Modelos e fluxos globais de modelos de desenvolvimento e de conhecimento para o desenvolvimento nas interações entre organismos internacionais e sociedade civil. 2010. Orientação de outra natureza - Universidade de Brasília. Orientador: Flavia Lessa de Barros.

2.
Isabele Bachtold. Modelos e fluxos globais de modelos de desenvolvimento e de conhecimento para o desenvolvimento nas interações entre organismos internacionais e sociedade civil. 2010. Orientação de outra natureza - Universidade de Brasília. Orientador: Flavia Lessa de Barros.

3.
Izadora Xavier Monte. Modelos e fluxos globais de modelos de desenvolvimento e de conhecimento para o desenvolvimento nas interações entre organismos internacionais e sociedade civil. 2010. Orientação de outra natureza - Universidade de Brasília. Orientador: Flavia Lessa de Barros.



Inovação



Projetos de pesquisa

Projeto de extensão


Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos completos publicados em periódicos
1.
MIGLIEVICH, A.2017MIGLIEVICH, A. ; BARROS, Flávia Lessa de . Estudos sobre ?América Latina? na América Latina | configurações acadêmico-científicas e horizontes teóricos e metodológicos: uma apresentação. REALIS, Revista de Estudos AntiUtilitaristas e Poscoloniais., v. 7, p. 1-10, 2017.


Livros e capítulos
1.
BARROS, Flávia Lessa de. Internationale Finanzinstitutionen. In: Fernand Kreff; Eva- Maria Knoll; Andre Gringrich. (Org.). Lexikon der Globalisierrung. 1ed.Bielefeld: Transcript Verlag, 2011, v. 1, p. 168-172.

2.
BARROS, Flávia Lessa de. Accountability de Agências Financeiras de Cooperação Multilateral: os casos do Banco Mundial e do Banco Interamericano de Desenvolvimento e seus desdobramentos no Brasil. In: Jorge Romano; Rosana Heringer. (Org.). A política vivida. Olhar Crítico sobre monitoramento de políticas públicas. Coleção Olhar Crítico. 1ed.Rio de Janeiro: Action Aid Brasil, 2011, v. 1, p. 193-244.


Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
LEITE, P. M. ; BARROS, Flávia Lessa de ; MARTINS, H. . Programa Espaço Público - TV Brasil, Especial com o Professor David Harvey. 2014.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/10/2018 às 22:31:52