Marcela Stockler Coelho de Souza

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/0405000888325357
  • Última atualização do currículo em 23/03/2018


Professora do Departamento de Antropologia da Universidade de Brasília desde 2006, possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo (1985), mestrado e doutorado em Antropologia Social pelo Museu Nacional da Universidade Federal do Rio de Janeiro (1992 e 2002). Atua na área de Antropologia, com ênfase em Etnologia Indígena, desenvolvendo pesquisa e projetos colaborativos de longo prazo junto ao povo Kisêdjê, da região do Xingu. Entre os temas de maior interesse, estão a teoria do parentesco e parentesco indígena, regimes de conhecimento e criatividade indígenas, patrimônio imaterial & conhecimentos tradicionais, propriedade intelectual e, desde 2010 aproximadamente, a questão das terras e territorialidades indígenas e de outros povos tradicionais. É coordenadora do Laboratório de Antropologias da T/terra (TTERRA). (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Marcela Stockler Coelho de Souza
Nome em citações bibliográficas
Coelho de Souza, M.S.;SOUZA, MARCELA STOCKLER COELHO DE

Endereço


Endereço Profissional
Universidade de Brasília, Departamento de Antropologia.
Instituto de Ciências Sociais - ICC-Centro - Sobreloja B1-347
Campus Univ. Darcy Ribeiro
70910900 - Brasília, DF - Brasil
Telefone: (61) 31077299
Ramal: 7286
Fax: (61) 31077300


Formação acadêmica/titulação


2001 - 2002
Doutorado em Antropologia Social.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: O traço e o círculo: o conceito de parentesco entre os Jê e seus antropólogos, Ano de obtenção: 2002.
Orientador: Eduardo Batalha Viveiros de Castro.
Palavras-chave: Etnologia Indígena; Índios Jê; Parentesco; Corporalidade; Pessoa; antropologia.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Teoria Antropológica.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia.
1987 - 1992
Mestrado em Antropologia Social.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: Faces da Afinidade: um estudo bibliográfico do parentesco xinguano,Ano de Obtenção: 1992.
Orientador: Eduardo Batalha Viveiros de Castro.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Etnologia Indígena; Alto Xingu; Parentesco.
Grande área: Ciências Humanas
1981 - 1985
Graduação em Ciências Sociais.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.




Formação Complementar


1993 - 1994
Extensão universitária em Curso de Especialização em Línguas Indígenas Brasi.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Roraima, UFRR, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

03/2010 - Atual
Ensino, Antropologia Social, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário Avançado em Teoria 1 (Doutorado)
07/2009 - Atual
Direção e administração, Departamento de Antropologia, .

Cargo ou função
Coordenador de Curso.
07/2009 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Conselho do Instituto de Ciências Sociais, .

Cargo ou função
Membro do Conselho.
03/2009 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Ciências Sociais, .

Cargo ou função
Membro da comissão de reforma da graduação.
08/2007 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Departamento de Antropologia, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de Pós-Graduação.
09/2006 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Antropologia, .

08/2009 - 12/2009
Ensino, Ciências Sociais - Habilitação Antropologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria Antropológica I
08/2009 - 12/2009
Ensino, Antropologia Social, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário de Leitura (Antropologia de Roy Wagner)
03/2009 - 07/2009
Ensino, Antropologia Social, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário de Leitura (Teses Recentes em Etnologia)
03/2008 - 07/2008
Ensino, Tópicos especiais em antropologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos especiais em antropologia: sociocosmologias indígenas
03/2008 - 07/2008
Ensino, Antropologia Social, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Organização social e parentesco
Seminário de leitura: etnografias recentes em etnologia indígena
07/2007 - 03/2008
Conselhos, Comissões e Consultoria, Departamento de Antropologia, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de Seleção do Mestrado em Antropologia 2008.
08/2007 - 11/2007
Ensino, Antropologia Social, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário de Leitura: Monografias em Etnologia Indígena
07/2007 - 11/2007
Ensino, Antropologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria antropológica 2
03/2007 - 07/2007
Ensino, Antropologia Social, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Organização social e parentesco
03/2007 - 06/2007
Ensino, Organização social e parentesco, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Organização social e parentesco
01/2007 - 02/2007
Ensino, Antropologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à antropologia

Centro Brasileiro de Análise e Planejamento, CEBRAP, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Colaborador


Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2005
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador associado

Vínculo institucional

2003 - 2005
Vínculo: Bolsista pesquisador associado, Enquadramento Funcional: Pesquisador associado, Carga horária: 40

Vínculo institucional

2000 - 2002
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador associado

Atividades

03/2000 - 05/2005
Outras atividades técnico-científicas , Museu Nacional, Museu Nacional.

Atividade realizada
Secretaria de Redação de Revista Científica.


Linhas de pesquisa


1.
Etnologia indígena
2.
Patrimônio cultural, propriedade intelectual, conhecimentos tradicionais
3.
Parentesco e Socialidade


Projetos de pesquisa


2016 - Atual
Mito e história indígena no vale do Araguaia
Descrição: Esse projeto coletivo tem como objetivo a documentação da tradição oral de dois povos que ocupam o vale do Araguaia, os Karajá (moradores do Araguaia propriamente dito) e os Xavante (cujo território se extende ao longo do Rio das Mortes, afluente do Araguaia). As narrativas desses dois povos remontam aos primeiros tempos, em que o mundo era povoado por heróis transformadores e outros seres, tratando da formação do cosmos e do surgimento da humanidade. Mas também há aquelas que guardam memória de acontecimentos relativamente mais recentes, como a travessia do Araguaia pelos Xavante - e sua conseqüente separação dos Xerente - e o primeiro encontro dos Karajá com os bandeirantes paulistas que vinham em busca de ouro. Por meio do registro em audio de narrativas nas línguas nativas, sua transcrição e tradução, o projeto visa aprofundar a história indígena, ou seja, a história do ponto de vista indígena, do vale do Araguaia..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Marcela Stockler Coelho de Souza - Coordenador / Eduardo Soares Nunes - Integrante / Marcos Miranda Ramires - Integrante / Xirihore Karajá - Integrante / Manaije Karajá - Integrante / Cosme Xavante - Integrante / Boaventura Xavante - Integrante.
2016 - Atual
T/terras indígenas e territórios conceituais: incursões etnográficas e controvérsias públicas
Descrição: O objetivo geral deste projeto é contribuir para a construção de uma interpretação antropológica que permita intervir no debate público recente em torno da noção de ?terra tradicionalmente ocupada?, tal como consta no caput e no §1 do Artigo 231 da Constituição Federal. Que a interpretação seja antropológica significa, de nosso ponto de vista, que o método fundamental de pesquisa seja etnográfico: pretendemos investigar e descrever em que consiste a ?ocupação da terra?? a vida na terra ? para diferentes coletivos indígenas. Quando dizemos que este é nosso método, entenda-se que se trata de um método de produção teórica, e não de ?coleta de dados?; a teorização que almejamos é etnográfica, e pretende submeter as próprias teorias antropológicas a crítica das idéias e práticas dos coletivos estudados. Quando dizemos que pretendemos investigar e descrever em que consistem as ?terras? que esses modos de ocupar e viver constituem, isso significa para nós descrever como se constituem as terras habitadas por nossos interlocutores a partir dos seus ?usos, costumes e tradições? ? isto é, a partir das suas próprias práticas de conhecimento e de suas territorialidades específicas.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (4) Doutorado: (6) .
Integrantes: Marcela Stockler Coelho de Souza - Coordenador.
2016 - Atual
ANTROPO-SEM.
Sementes e políticas públicas: uma abordagem antropológica
Descrição: A proposta é fundamentada na análise antropológica de um objeto pouco visível para as ciências humanas e sociais, mas fortemente presente nas ciências biológicas e agronômicas: as sementes, uma categoria genérica portadora de significados múltiplos e no centro de questões vitais para a diversidade dos agriculturas mundiais, as produções alimentares delas derivadas e as inovações necessárias para manter a capacidade de adaptação dessas agriculturas. A categoria sementes é aqui entendida como o conjunto de material biológico reprodutivo (sementes, grãos, mudas, estacas...), formado de entidades ao mesmo tempo biológicas - de morfologias e fisiologias diversas - e portadoras de informações sobre o devir das plantas delas oriundas. A questão central colocada é a da interface entre os regimes de conhecimento e de práticas que estão na base da existência das sementes tal como utilizadas nos sistemas agrícolas tradicionais ou indígenas, e os regimes de conhecimentos e de práticas em torno desses ?mesmos? objetos mobilizados na definição e implementação das políticas públicas orientadas a esses sistemas. De quais valores, qualificações e relações de poder, estes dois conjuntos são portadores e a quais hibridações o seu encontro dá lugar? Como eles podem dialogar, reforçar ou, ao contrário, enfraquecer a singularidade das dinâmicas agrícolas locais em proveito do advento de um modelo único?.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2009 - Atual
Socialidades Perspectivas: transformações rituais no mundo indígena centro-brasileiro
Descrição: O objeto da pesquisa delineada neste projeto são as transformações em curso nos regimes de constituição das pessoas e coletivos indígenas centro-brasileiros, regimes estes estreitamente articulados a seus sistemas rituais. Tomando estes sistemas rituais como dispositivos transformativos voltados para a recriação de pessoas e coletivos, perguntamo-nos de que maneira vêm incidir sobre esta recriação, e assim sobre a reprodução dessas sociedades, as transformações pelas quais a própria vida ritual vem passando, no contexto da vertiginosa multiplicação e complexificação da presença na vida indígena de agentes, objetos e instituições não-indígenas. Considerando que essas transformações envolvem muitas vezes, e muito diretamente, o próprio lugar do antropólogo e do conhecimento por ele produzido nos projetos de reinvenção cultural e ritual indígenas, queremos refletir sobre a relação entre o conhecimento do antropólogo e o conhecimento indígena a partir dos esforços indígenas de engajar os etnólogos em suas práticas rituais, recolocando o debate relativo ao engajamento dos antropólogos e da antropologia com esses povos e seus projetos de futuro de uma maneira que leve a sério os projetos de reivenção dos sujeitos. Assim, quando falamos em "transformações rituais centro-brasileiras", estamos nos referindo simultaneamente às transformações operadas sobre os rituais e às transformações que os rituais operam; e estamos subentendendo também que a antropologia dessas transformações é ela mesma um dos objetos desta última operação..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (3) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Marcela Stockler Coelho de Souza - Coordenador.Número de orientações: 4
2008 - Atual
Effects of intellectual and cultural rights protection on traditional people and traditional knowledge. Case studies in Brazil
Descrição: This project aims at generating an understanding by all stake-holders involved and particularly traditional people of the effects ? not to be confused with simply financial returns - of a regime of intellectual and cultural rights on the lives of traditional people and their continued production of knowledge, based on a number of Brazilian case-studies. Such case studies will be selected to highlight the effects of state policies, of forums of decision and of contracts dealing with TK and should be chosen among the so-called failures as well as the alleged successes. We will consider cultural as well as intellectual rights, since instruments pertaining to one and the other of these rights have been called upon by traditional people. We have chosen for leading the case studies experienced researchers with long-standing knowledge of the people they will work with. Activities will consist of straightforward ethnography, annual meetings and a final symposium. The results of this investigation would be submitted to the people concerned. They would translate into a video and a publication in a creative commons regime that would help traditional communities? representatives appraise the consequences on their peoples? lives and knowledge of adopting different policies or varieties of intellectual and cultural rights. They would also translate into a symposium focusing on Brazil for promoting a forum that would foster information, dialogue and innovative institution building involving all parties concerned, namely traditional people and their organizations, the academy and research institutions, different sectors of government and the industry..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2007 - Atual
Objetivação da cultura e regimes de subjetivação: perspectivas etnográficas
Descrição: Este projeto focaliza, em primeiro lugar, certos experimentos hoje em curso entre diversos povos indígenas, envolvendo relações de propriedade e apropriações da (noção de) cultura. Esses experimentos concernem à questão da "propriedade intelectual" e ao campo do que se têm denominado "conhecimentos tradicionais", "patrimônio imaterial" ou "cultural". Por meio da investigação de novos objetos emergentes nesses contextos (as experiências de produção e circulação da "cultura" para consumo externo; as intervenções e reações indígenas no debate sobre "conhecimentos tradicionais" e "patrimônio imaterial" e seus experimentos na área da propriedade intelectual e "resgate" e "revitalização" de seu "patrimônio cultural"; os processos de auto-objetivação cultural no contexto da ação política; a constituição de territórios, lugares e paisagens como componente da constituição de coletividades), pretende-se intervir, a partir de uma perspectiva etnográfica, sobre o debate contemporâneo em torno das noções de cultura e de propriedade cultural, dentro e fora da antropologia. Os experimentos e as transformações mencionados em curso não se restringem aos povos indígenas, ainda que o impulso para o projeto tenha nascido neste campo. Mas o objetivo deste projeto é a inclusão de investigações que, a partir dos eixos temáticos do patrimônio cultural, propriedade intelectual e conhecimentos tradicionais, possibilitem estender essa perspectiva etnográfica para além da etnologia indígena..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Marcela Stockler Coelho de Souza - Coordenador.
Número de produções C, T & A: 3 / Número de orientações: 5
2004 - 2008
Transformações Indígenas: Os regimes de subjetivação indígena à prova da história
Descrição: Este projeto de pesquisa versa sobre a dinâmica transformacional dos coletivos indígenas sul-americanos, propondo-se a estudar as atualizações desta dinâmica em uma variedade de processos concretos. Nossa ambição é estender a novos objetos as hipóteses, conceitos e modelos desenvolvidos no contexto de uma descrição dos regimes sociocósmicos ameríndios e refletir sobre certas noções hoje aceitas como moeda corrente na antropologia, ralizando uma intervenção conceitual sobre as problemáticas da 'identidade', da 'agência' e da 'mudança', a partir, respectivamente, das idéias referentes à alteração, à subjetivação e à transformação pressupostas nas práticas indígenas de sentido. Trata-se de utilizar os conhecimentos já acumulados sobre três dimensões básicas da economia sociocósmica, ou cosmopraxis, nativa - as economias da preensão relacional, da subjetivação perspectivista e da metamorfose mitopoiética - para levar a termo uma crítica etnograficamente motivada de palavras-de-ordem em circulação no campo disciplinar que nos parecem tributárias de uma concepção modernista (entenda-se, etnocêntrica) da socialidade. Entre os novos temas abordados, tradicionalmente estudados dentro de quadros teóricos muito diversos do aqui proposto,estão a monetarização das economias indígenas, a emergência de formas de chefia associadas aos processos interétnicos, a 'migração' selva-cidade, a conversão religiosa, a escolarização, as políticas metaculturais da identidade, e assim por diante. Nossa convicção central é que o instrumental desenvolvido no estudo de temas 'clássicos' como o parentesco, o ritual ou o xamanismo deve ser aplicado aos 'novos' temas do dinheiro e do consumo, da escola e da escrita, da missão e da conversão, da política e da história, os quais terão tudo a ganhar conceitualmente com tal incorporação..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (8) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (21) .
Integrantes: Marcela Stockler Coelho de Souza - Integrante / Aparecida Vilaça - Integrante / Eduardo Batalha Viveiros de Castro - Coordenador / Carlos Fausto - Integrante / Oscar Calavia - Integrante / Tânia Stolze Lima - Integrante / Bruna Franchetto - Integrante / Cristiane Lasmar - Integrante / Cesar Gordon - Integrante / Márnio Teixeira Pinto - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Instituto Socioambiental - Cooperação / Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.
2004 - Atual
Propriedades da cultura: transformações kisêdjê (Suyá)
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.


Membro de corpo editorial


2007 - Atual
Periódico: Anuário Antropológico
2007 - Atual
Periódico: Série Antropologia (Brasília)


Revisor de periódico


2008 - Atual
Periódico: Mana (Rio de Janeiro)
2009 - Atual
Periódico: American Anthropologist


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Etnologia Indígena.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Teoria Antropológica.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Italiano
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2003
Menção Honrosa na categoria doutorado do Concurso Brasileiro CNPq-ANPOCS de Obras Científicas e Teses Universitárias em Ciências Sociais, Associação Nacional de Pós-Graduação em Ciências Sociais.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
SOUZA, MARCELA STOCKLER COELHO DE2017SOUZA, MARCELA STOCKLER COELHO DE. Contradisciplina: indígenas na pós-graduação e os futuros da antropologia. Revista de Antropologia (São Paulo), v. 60, p. 99, 2017.

2.
Coelho de Souza, M.S.;SOUZA, MARCELA STOCKLER COELHO DE2017Coelho de Souza, M.S.. Dois pequenos problemas com a lei: terra intangível para os Kisedje. R@U : REVISTA DE ANTROPOLOGIA SOCIAL DOS ALUNOS DO PPGAS-UFSCAR, v. 9, p. 109-130, 2017.

3.
Coelho de Souza, M.S.;SOUZA, MARCELA STOCKLER COELHO DE2014Coelho de Souza, M.S.. Descola's Beyond Nature and Culture, viewed from Central Brazil. HAU: Journal of Ethnographic Theory, v. 4, p. 419-429, 2014.

4.
Coelho de Souza, M.S.;SOUZA, MARCELA STOCKLER COELHO DE2012Coelho de Souza, M.S.. A pintura esquecida e o desenho roubado: contrato, troca e criatividade entre os Kisêdjê. Revista de Antropologia (São Paulo), v. 55, p. 209-253, 2012.

5.
Coelho de Souza, M.S.;SOUZA, MARCELA STOCKLER COELHO DE2010Coelho de Souza, M.S.. A cultura invisível: conhecimento indígena e patrimônio imaterial. Anuário Antropológico, v. 2009, p. 179-210, 2010.

6.
Coelho de Souza, M.S.;SOUZA, MARCELA STOCKLER COELHO DE2007Coelho de Souza, M.S.. A dádiva indígena e a dívida antropológica: o patrimônio cultural entre direitos universais e relações particulares. Série Antropologia (Brasília), v. 415, p. 5-18, 2007.

7.
Coelho de Souza, M.S.;SOUZA, MARCELA STOCKLER COELHO DE2006 Coelho de Souza, M.S.. As propriedades da cultura no Brasil Central indígena. Revista do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, v. 32, p. 316-335, 2006.

8.
Coelho de Souza, M.S.;SOUZA, MARCELA STOCKLER COELHO DE2006Coelho de Souza, M.S.. Blood kin: incest, substance and relation in Timbira thought.. Mana (UFRJ. Impresso), v. 1, p. 1-25, 2006.

9.
Coelho de Souza, M.S.;SOUZA, MARCELA STOCKLER COELHO DE2004 Coelho de Souza, M.S.. Parentes de sangue: incesto, substâncie e relação no pensamento timbira. Mana (Rio de Janeiro), v. 10, n.1, p. 25-60, 2004.

10.
Coelho de Souza, M.S.;SOUZA, MARCELA STOCKLER COELHO DE2004Coelho de Souza, M.S.; FAUSTO, Carlos . Reconquistando o campo perdido: o que Lévi-Strauss deve aos ameríndios. Revista de Antropologia (São Paulo), São Paulo, v. 47, n.1, p. 87-131, 2004.

11.
Coelho de Souza, M.S.;SOUZA, MARCELA STOCKLER COELHO DE2002 Coelho de Souza, M.S.. We are those who are alive: kinship and person among Gê groups. Revista Brasileira de Ciências Sociais, São Paulo, v. 2, p. 23-49, 2002.

12.
Coelho de Souza, M.S.;SOUZA, MARCELA STOCKLER COELHO DE2001Coelho de Souza, M.S.. Nós os Vivos: "construção do parentesco" e "construção da pessoa" entre alguns Jê. Revista Brasileira de Ciências Sociais, São Paulo, v. 46, p. 69-96, 2001.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
Coelho de Souza, M.S.; Lima, Edilene C. (Org.) ; PIMENTA, J. A. V. (Org.) ; Guerreiro Jr, Antonio R. (Org.) ; Ferreira, Paulo R. N. (Org.) ; Pérez Gil, Laura (Org.) ; Pinto, Nicole Soares (Org.) ; Nunes, Eduardo S. (Org.) ; SANTOS, J. O. (Org.) . Conhecimento e Cultura: práticas de transformação no mundo indígena. 1. ed. Brasília: Athalaia Gráfica e Editora, 2010. 260p .

Capítulos de livros publicados
1.
Coelho de Souza, M.S.. Conhecimento indígena e seus conhecedores: uma ciência duas vezes concreta. In: Manuela Carneiro da Cunha; Pedro de Niemeyer Cesarino. (Org.). Políticas Culturais e Povos Indígenas. 1ed.São Paulo: Cultura Acadêmica, 2014, v. , p. 195-218.

2.
Coelho de Souza, M.S.. The Making and Unmaking of ?Crow-Omaha? Kinship in Central Brazil(ian Ethnology). In: Thomas R. Trautmann; Peter M. Whiteley. (Org.). Crow-Omaha: New Light on a Classic Problem of Kinship Analysis. 1ed.Tucson: University of Arizona Press, 2012, v. , p. 205-.

3.
Coelho de Souza, M.S.. A vida material das coisas intangíveis. In: Claude Lepine; Andreas Hofbauer; LiliaM. Schwarcz. (Org.). Manuela Carneiro da Cunha: O lugar da cultura e o papel da antropologia. 1ed.São Paulo: Beco do Azougue, 2012, v. , p. 199-224.

4.
Coelho de Souza, M.S.. A vida material das coisas intangíveis. In: Coelho de Souza, M.S.; Coffaci de Lima, E.. (Org.). Conhecimento e Cultura: práticas de transformação no mundo indígena. 1ed.Brasília: Athalaia Gráfica e Editora, 2010, v. , p. 97-118.

5.
Coelho de Souza, M.S.. The future of the structural theory of kinship. In: Boris Wiseman. (Org.). The Cambridge Companion to Lévi-Strauss. Cambridge: Cambridge University Press, 2009, v. , p. 80-99.

6.
Coelho de Souza, M.S.. Porque a identidade não pode durar. A troca entre Lévi-Strauss e os índios. In: Ruben Caixeta de Queiroz; Renarde Freitas Nobre. (Org.). Lévi-Strauss. Leituras brasileiras. 1ed.Belo Horizonte: Editora UFMG, 2008, v. , p. 265-300.

7.
Coelho de Souza, M.S.. A dádiva indígena e a dívida antropológica. In: Barros, Benedita da Silva; Garcés, Claudia.; Moreira, Eliane; Pinheiro, Antonio. (Org.). Proteção aos conhecimentos das sociedades tradicionais. Belém: Museu Paraense Emilio Goeldi/CESUPA, 2007, v. , p. 101-118.

8.
Coelho de Souza, M.S.. Virando gente: notas a uma história aweti. In: Bruna Frachetto; Michael Heckenberger. (Org.). Povos Indigenas do Alto Xingu: História e Cultura. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 2001, v. , p. 358-400.

9.
Coelho de Souza, M.S.. Da complexidade do elementar: para uma reconsideração do parentesco xinguano. In: Eduardo B. Viveiros de Castro. (Org.). Antropologia do parentesco: estudos ameríndios. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 1995, v. , p. 121-206.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
Coelho de Souza, M.S.. A pintura esquecida e o desenho roubado: troca, contrato e criatividade entre os Kisêdjê. In: 27a Reunião Brasileira de Antropologia, 2010, Belém. C, 2010.

2.
Coelho de Souza, M.S.. The material life of intangible things: three experiences from Brazil. In: Preserving Aboriginal Heritage: Technical and Traditional Approaches, 2008, Ottawa. Preserving Aboriginal Heritage: Technical and Traditional Approaches. Ottawa: Canadian Conservation Institute, 2007.

3.
Coelho de Souza, M.S.. A dádiva indígena e a dívida antropológica: direitos universais e relações particulares. In: Seminário Internacional de Proteção aos Conhecimentos Tradicionais, 2007, Belém. Proteção ao conhecimento das sociedades tradicionais. Belém: Museu Paraense Emilio Goeldi/Centro Universitário do Pará, 2005. p. 101-118.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
Coelho de Souza, M.S.. Três nomes para um sítio só: a vida dos lugares entre os Kisêdjê. In: IV Congresso da Associação Portuguesa de Antropologia, 2009, Lisboa. Anais do IV Congresso da Associação Portuguesa de Antropologia, 2009.

2.
Coelho de Souza, M.S.. Parentes de Sangue: substância e relação no pensamento jê. In: XXV Encontro Anual da Associação Nacional de Pós-Graduação em Ciências Sociais, 2001, Caxambu. XXV Encontro Anual da ANPOCS - Programa e Resumos, 2001.

3.
Coelho de Souza, M.S.. Nós os Vivos: construção do parentesco e construção da pessoa entre alguns grupos Jê. In: XXIV Encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação em Ciências Sociais, 2000, Petrópolis. XXIV Encontro Anual da ANPOCS - Programa e Resumos, 2000.

4.
Coelho de Souza, M.S.. De volta ao Brasil Central: dualismo e triadismo nas terras baixas sul-americanas. In: XXI Encontro Anual da Associação Nacional de Pós-Graduação em Ciências Sociais, 1997, Caxambu. XXI Encontro Anual da ANPOCS, 1997.

Apresentações de Trabalho
1.
Coelho de Souza, M.S.. Living places among the Kïsêdjê: toponyms as relationship terms. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
Coelho de Souza, M.S.. A pintura esquecida e o desenho roubado: troca, contrato e criatividade entre os Kisêdjê. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

3.
Coelho de Souza, M.S.. Notícias do campo: elementos de etnografia kisêdjê. 2009. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

4.
Coelho de Souza, M.S.. A pintura esquecida e o desenho roubado: contrato, troca e criatividade entre os Kisêdjê (Suyá). 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
Coelho de Souza, M.S.. A pintura esquecida e o desenho roubado: contrato, troca e criatividade entre os Kisêdjê. 2009. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

6.
Coelho de Souza, M.S.. Três nomes para um sítio só: a vida dos lugares entre os Kisêdjê (Suyá). 2009. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

7.
Coelho de Souza, M.S.. Quando ninguém nasce parente: a fabricação do parentesco ameríndio. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
Coelho de Souza, M.S.. Quando a cultura não pertence a seus criadores: propriedade intelectual e patrimônio imaterial no mundo indígena. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Outras produções bibliográficas
1.
Coelho de Souza, M.S.. Prefácio. Campinas, 2015. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

2.
Coelho de Souza, M.S.; Morales, Alexandre . A invenção da cultura. São Paulo: Cosac e Naify, 2010. (Tradução/Livro).

3.
Coelho de Souza, M.S.. Monopólio masculino do xamanismo amazônico: o contra-exemplo das mulheres xamã shipibo-conibo. Rio de Janeiro: Contra Capa Livraria, 2005. (Tradução/Artigo).

4.
Coelho de Souza, M.S.. Um aroma no ar: a ecologia histórica das plantas anti-fantasma entre os Guajá da Amazônia. Rio de Janeiro: Contra Capa Livraria, 2005. (Tradução/Artigo).

5.
Coelho de Souza, M.S.. Notas para uma teoria espacial do parentesco. Rio de Janeiro: Contra Capa Livraria, 2005. (Tradução/Artigo).

6.
Coelho de Souza, M.S.; CASTRO, Eduardo Viveiros de . Esperando Foucault, ainda. São Paulo: Cosac & Naify, 2004. (Tradução/Livro).

7.
Coelho de Souza, M.S.. O oficial e o oficioso: objeto e regulação de conflitos nas Antilhas Francesas. Rio de Janeiro: Contra Capa Livraria, 2004. (Tradução/Artigo).

8.
Coelho de Souza, M.S.. Resenha de L. Rival e N. Whitehead (orgs.), Beyond the invisible and the material: the amerindianization of society in the work of Peter Rivière. Rio de Janeiro: Mana. Estudos de Antropologia Social. Contra Capa Livraria; PPGAS-MN-UFRJ, 2003 (Resenha).

9.
Coelho de Souza, M.S.. Ex-Cocama: identidades em transformação na Amazônia peruana. Rio de Janeiro: Contra Capa Livraria, 2003. (Tradução/Artigo).

10.
Coelho de Souza, M.S.; VILACA, A. . Dos Krahó aos Marubo: a aventura etnográfica (entrevista com Julio Cezar Melatti). Rio de Janeiro: Contra Capa Livraria, 2002 (Entrevista).

11.
Coelho de Souza, M.S.. Fractalidade e troca de perspectivas. Rio de Janeiro: Contra Capa Livraria; PPGAS/MN/UFRJ, 2001. (Tradução/Artigo).

12.
Coelho de Souza, M.S.. Um gaúcho e dezoito condóres nas Ilhas Malvinas: identidade política e nação sob o autoritarismo argentino. Rio de Janeiro: Contra Capa Livraria; PPGAS/MN/UFRJ, 2000. (Tradução/Artigo).

13.
Coelho de Souza, M.S.. Elogio do cotidiano: a confiança e a arte da vida social em uma comunidade amazônica. Rio de Janeiro: Contra Capa Livraria; PPGAS/MN/UFRJ, 1999. (Tradução/Artigo).

14.
Coelho de Souza, M.S.. Resenha de "Performing Dreams: discourses of immortality among the Xavante of Central Brazil". Rio de Janeir: Contra Capa Livraria; PPGAS/MN/UFRJ, 1997 (Resenha).

15.
Coelho de Souza, M.S.. Resenha de "Amazônia: Etnologia e História indígena". Rio de Janeiro: Contra Capa Livraria; PPGAS/MN/UFRJ, 1995 (Resenha).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
Coelho de Souza, M.S.. Inventário do Patrimônio Cultural Indígena. 2002.

2.
Coelho de Souza, M.S.. Novo Aurélio Século XXI. 1999.

Trabalhos técnicos

Demais tipos de produção técnica
1.
Coelho de Souza, M.S.. Uma introdução prática ao estudo do parentesco ameríndio. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
Coelho de Souza, M.S.. Uma introdução prática ao estudo do parentesco ameríndio. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
OLIVEIRA, L. R. C. ; TEIXEIRA, C. C. ; TRAJANO FILHO, W. ; Coelho de Souza, M.S. . Anuário Antropológico 2006. 2008. (Editoração/Periódico).

4.
Coelho de Souza, M.S.. Mana. Estudos de Antropologia Social vol.8 ns.1-2. 2002. (Editoração/Periódico).

5.
Coelho de Souza, M.S.. Mana. Estudos de Antropologia Social vol.8 ns.1-2. 2002. (Editoração/Periódico).

6.
Coelho de Souza, M.S.. Mana. Estudos de Antropologia Social vol.7 ns.1-2. 2001. (Editoração/Periódico).

7.
Coelho de Souza, M.S.. Mana. Estudos de Antropologia Social vol.7 ns.1-2. 2001. (Editoração/Periódico).

8.
Coelho de Souza, M.S.. Mana. Estudos de Antropologia Social vol.6 ns.1-2. 2000. (Editoração/Periódico).

9.
Coelho de Souza, M.S.. Mana. Estudos de Antropologia Social vol.6 ns.1-2. 2000. (Editoração/Periódico).

Demais trabalhos
1.
Coelho de Souza, M.S.. Quarup: a festa dos mortos no Alto Xingu. 2001 (Dossiê para eventual registro de bem cultural imaterial) .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
Giraldin, Odair; GRACIO, H. R.; Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Cassiano Sotero Apinagé. Escola, Meio ambiente e conhecimentos: formas de ensinar e aprender na teoria e na prática entre os Apinaje. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências do Ambiente) - Universidade Federal do Tocantins.

2.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Janaina Ferreira Fernandes. Paisagens do Nordeste: Almofala dos Tremembé e os Tremembé de Almofala. 2015. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade de Brasília.

3.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Guilherme Moura Fagundes. Recursos e patrimônios: matéria e forma nas políticas da agrodiversidade. 2014. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade de Brasília.

4.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Aline Alcarde Balestra. Tempos mansos: história, sociabilidade e transformação no Juruá-Purus indígena. 2013. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade de Brasília.

5.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Jose Fernnell Arenas Gómez. Entre a harmonia e o caos. Construções para uma releitura da etnologia da Sierra nevada de Santa Marta (Colômbia). 2012. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade de Brasília.

6.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Fabiano Campelo Bechelany. Figuras da caotura: a atividade cinética na etnologia indígena. 2012. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade de Brasília.

7.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Eduardo Soares Nunes. No asfalto não se pesca: parentesco mistura e transformação entre os Karajá de Buridina (Aruana, GO). 2012. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade de Brasília.

8.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Daniela Batista Lima. Vamos amansar os brancos para pegar as coisas. Elementos de etnohistória khajkwaratxidjê (Tapayuna). 2012. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade de Brasília.

9.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Patrícia Carvalho Rosa. "Para deixar crescer e existir": sobre a produção de corpos e de pessoas Kaingang. 2011. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade de Brasília.

10.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Fausto dos Anjos Alvim. Software Público Internacional - SPI: Uma experiência etnográfica com um projeto de inovação tecnológica. 2011. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade de Brasília.

11.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Kaio Domingues Hoffmann. Música, Mito e Parentesco: uma etnografia Xokleng. 2011. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) - Universidade Federal de Santa Catarina.

12.
Coelho de Souza, M.S.; Vargas, Eduardo V.; Queiroz, Rubem C.. Participação em banca de Maria Christina Almeida Barra. Transformações dos corpos: um estudo do conceito de corpo enawene nawe. 2010. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

13.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Fabíola Nogueira da Gama Cardoso. Línguas como patrimônio imaterial: etnografia de um debate. 2010. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade de Brasília.

14.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Diogo Bonadiman Goltara. Santos Guerreiros: Relatos de uma experiência vivida nas jornadas das Folias de Reis do sul do Espírito Santo. 2010. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade de Brasília.

15.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Carolina Souza Pedreira. Irmãs de Alma: rituais de lamentação na Chapada Diamantina. 2010. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade de Brasília.

16.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Júlia Otero dos Santos. Os vagares da alma: elaborações ameríndias sobre o sonhar. 2010. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade de Brasília.

17.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Valeria Cristina de Paula Martins. Uma etnografia do Nove: brincadeira de viola em Machado e arredores (MG). 2009. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade de Brasília.

18.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Rogerio Schmidt Campos. Fotografia e Alteridade: os limites das linguagens na experiência etnográfica. 2009. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade de Brasília.

19.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Daniel Mendes Fernandes. Histórias de Aukê e seus gêmeos: uma releitura dos movimentos messiânicos krahô e rankokameka. 2009. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade de Brasília.

20.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Lilian Leite Chaves. "Esse negócio de loucura, cê sabe né, fia": integração e diferenciação pelas ruas de Ouro Preto. 2009. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade de Brasília.

21.
Coelho de Souza, M.S.; BORGES, A. M.; SILVA, D. I.. Participação em banca de Aina Guimarães Azevedo. Não há estrelas no céu branco: o pensamento ocidental diante da cegueira. 2008. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) - Universidade de Brasília.

22.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Marianna Assunção Figueiredo Holanda. Quem são os humanos dos direitos? Sobre a criminalização do infanticídio indígena. 2008. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade de Brasília.

23.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Maria Janete Albuquerque de Carvalho. Os Guarani e as políticas fundiárias do Estado brasileiro - Dinâmica social e reconfiguração territorial em Santa Catarina. 2008. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade de Brasília.

24.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Alexandre Magno de Aquino. En ga vyg en tóg (Nós conquistamos nossas terras): os Kaingang no litoral do Rio Grande do Sul. 2008. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade de Brasília.

25.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Odilon Rodrigues de Morais Neto. SAWREPTÉ: IMAGENS DO BRASIL CENTRAL. 2007. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade de Brasília.

26.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Graziela Rodrigues de Almeida. Terras Indígenas e o Licenciamento Ambiental da Usina Hidroelétrica de Esteio: análise etnográfica de um conflito socioambiental. 2007. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade de Brasília.

27.
Coelho de Souza, M.S.; VIVEIROS DE CASTRO, Eduardo Batalha; LIMA, Tânia Stolze. Participação em banca de Marina Vanzolini. Centralização e Faccionismo: Imagens da Política no Alto Xingu. 2006. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

28.
Coelho de Souza, M.S.; CASTRO, Eduardo Viveiros de; VILACA, A.. Participação em banca de Flavio Gordon. Os Kulina do Sudoeste Amazônico: História e Socialidade. 2006. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

29.
Coelho de Souza, M.S.; VILACA, A.; VIVEIROS DE CASTRO, Eduardo Batalha. Participação em banca de Helder Farago. Xamanismo e poder entre os grupos de língua pano. 2005. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Teses de doutorado
1.
Coelho, Elizabeth M. B.; Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Maycon Henrique Franzoi de Melo. O Nome e a Pele: nominação e decoração corporal Gavião (Amazonia maranhense). 2017. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Maranhão.

2.
VILACA, A.; CARNEIRO DA CUNHA, M.; FAUSTO, Carlos; Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Bruno Nogueira Guimarães. O Outro Lado da Moeda Dos Benefícios Sociais dos Brancos ao Parentesco dos Apanjekra. 2017. Tese (Doutorado em Programa de Pos-Graduação em Antropologia Social-Museu Nacional) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

3.
Tassinari, Antonella; Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Melissa Santana de Oliveira. Sobre casas, pessoas e conhecimentos: uma etnografia entre os Tukano Hausiro e Nahuri Porã, do médio rio Tiquié, Noroeste Amazônico. 2016. Tese (Doutorado em Antropologia Social) - Universidade Federal de Santa Catarina.

4.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Carolina Souza Pedreira. Tecidos do mundo: almas, espíritos e caboclos em Andaraí, Bahia. 2015. Tese (Doutorado em Antropologia) - Universidade de Brasília.

5.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Nicole Soares Pinto. Entre as Teias do Marico: parentes, pajés djeoromitxi. 2014. Tese (Doutorado em Antropologia) - Universidade de Brasília.

6.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Júlio César Borges. Feira Krahô de sementes tradicionais: cosmologia, história e ritual no contexto de um projeto de segurança alimentar. 2014. Tese (Doutorado em Antropologia) - Universidade de Brasília.

7.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Diogo Bondiman Goltara. Dá um S na corrente: A rede esotérico-umbandista às margens do rio Itapemirim. 2014. Tese (Doutorado em Antropologia) - Universidade de Brasília.

8.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Andressa Lewandowski. O direito em última instância: uma etnografia do Supremo Tribunal Federal. 2014. Tese (Doutorado em Antropologia) - Universidade de Brasília.

9.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Valeria Cristina de Paula Martins. O Brinquedo do Princípio do Mundo: música, dança e solidariedade no Córrego do Machado (Médio Jequitinhonha). 2013. Tese (Doutorado em Antropologia) - Universidade de Brasília.

10.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Aina Guimarães Azevedo. Conquistas Cosmológicas: pessoa, casa e casamento entre os Khubeka de Kwazulu-Natal e Gauteng. 2013. Tese (Doutorado em Antropologia) - Universidade de Brasília.

11.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Antonio Roberto Guerreiro Júniar. Ancestrais e suas sombras. Uma etnografia da chefia kalapalo e seu ritual mortuário. 2012. Tese (Doutorado em Antropologia) - Universidade de Brasília.

12.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Diego Soares da Silveira. Redes Sociotécnicas, práticas de conhecimento e ontologias na amazônia: a tradução de saberes no campo da biodiversidade.. 2011. Tese (Doutorado em Antropologia) - Universidade de Brasília.

13.
VIVEIROS DE CASTRO, Eduardo Batalha; VILACA, A.; FRANCHETTO, Bruna; Stutzman, Renato; Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Marina Vazolini. A flecha do ciúme: o parentesco e seu avesso segundo os Aweti do Alto Xingu. 2010. Tese (Doutorado em programa de pós-graduação em antropologia social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

14.
Coelho de Souza, M.S.; Ramos, Alcida R.; Lozoncsy, Anne-Marie; Rodrigues, Patricia de M.; Langdon, Jean. Participação em banca de Luís Cayon. Penso, Logo Crio: A teoria Makuna do Mundo. 2010. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social) - Universidade de Brasília.

15.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Héber Rogério Grácio. Estudos de Impacto Ambiental e o Modelo de Ordenamento Territorial do Estado Brasileiro: Colonialidade do poder e Povos Diferenciados no Brasil Contemporâneo. 2010.

16.
LITTLE, P. E.; WOORTMANN, E. F.; Coelho de Souza, M.S.; MONTARDO, D. L. O.; TEIXEIRA-PINTO, M.. Participação em banca de Juliana Gonçalves Melo. Identidades fluidas: ser e perceber-se como Baré (Aruak) na Manaus contemporânea. 2009. Tese (Doutorado em Antropologia Social) - Universidade de Brasília.

17.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Márcia Leila de Castro Pereira. Rios de História: GUERRA, TEMPO E ESPAÇO ENTRE OS MURA DO BAIXO MADEIRA. 2009. Tese (Doutorado em Antropologia) - Universidade de Brasília.

18.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de João Miguel Manzolillo Sautchuk. A POÉTICA DO IMPROVISO: prática e habilidade no repente nordestino. 2009. Tese (Doutorado em Antropologia) - Universidade de Brasília.

19.
BARRETO FILHO, H. T.; MELATTI, J. C.; GALLOIS, D. T.; LITTLE, P. E.; Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Jaime Garcia Siqueira Junior. Wyty-Catê: cultura e política de um movimento pan-Timbira. Contribuição ao entendimento das organizações indígenas e novas formas de expressão da política indígena no Brasil. 2007. Tese (Doutorado em Antropologia Social) - Universidade de Brasília.

Qualificações de Doutorado
1.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Lediane Fani Felzke. Deus e Zagapoj na terra dos Gavião: em encontro de cosmologias e seus desdobramentos. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Antropologia Social) - Universidade de Brasília.

2.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Fabiano Campelo Bechelany. Caçar entre os Panará (Jê): técnica, corpo e território na Amazônia Meridional. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Antropologia Social) - Universidade de Brasília.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Noshua Amoras de Morais e Silva.Manobras e evoluções. Etnografia dos movimentos do Maracatu Leão de ouro de condado (PE). 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais - Habilitação Antropologia) - Universidade de Brasília.

2.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Bárbara de Souza Aquino.Fora da Caixa: Uma etnografia da fabricação de corpos sonoros na região do comércio, em Belém Pará. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais - Habilitação Antropologia) - Universidade de Brasília.

3.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Janaína Ferreira Fernandes.Falar para sobreviver: o Torém e o processo de elaboração étnica dos Tremembé de Almofala. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais - Habilitação Antropologia) - Universidade de Brasília.

4.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Igor Omar de Araújo Abdel Karin.Sem Sertanista não há Sertão. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais - Habilitação Antropologia) - Universidade de Brasília.

5.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de José Roberto Sobral Correia.Reflexões Etnográficas sobre Política de educação Escolar Indígena desde uma Reunião da CNEEI. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais - Habilitação Antropologia) - Universidade de Brasília.

6.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Luisa Pontes Molina.AQUI NESTE REINO: O CONGADO DE NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO EM FAGUNDES (MG). 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais - Habilitação Antropologia) - Universidade de Brasília.

7.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Ester de Souza Oliveira.DANHÕNO: INICIAÇÃO DOS ADOLESCENTES A'UWE XAVANTE. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais - Habilitação Antropologia) - Universidade de Brasília.

8.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Luciana Palhares Lima.O espaço da liderança: do discurso antropológico às práticas Xavante. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais - Habilitação Antropologia) - Universidade de Brasília.

9.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de João Carlos Albuquerque Souza Almeida.Etnomusicologias Alto-Xinguanas: Os Yawalapiti. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais - Habilitação Antropologia) - Universidade de Brasília.

10.
Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Eduardo Soares Nunes.A Cruz e o Itxe(k)ò: MESTIÇAGEM, MISTURA E RELAÇÃO ENTRE OS KARAJÁ DE BURINA (ARUANÃ -GO). 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais - Habilitação Antropologia) - Universidade de Brasília.

11.
ALVAREZ, G.O.; Coelho de Souza, M.S.. Participação em banca de Germano Faria Côrrea.Índios, brancos, mitos e histórias no alto Rio Negro. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais - Habilitação Antropologia) - Universidade de Brasília.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
McCallum, Cecilia; Costa, Luiz; Coelho de Souza, M.S.. Concurso Publico para Professor Adjunto. 2017. Universidade Federal da Bahia.

2.
BARRETO, Alessandra S.; Coelho de Souza, M.S.; Clemente, Claudelir C.. Concurso público para professor adjunto de antropologia. 2010. Universidade Federal de Uberlândia.

Outras participações
1.
LARAIA, R. B.; Coelho de Souza, M.S.; PIMENTA, J. A. V.. Comissão de Seleção para Professor Substituto. 2008. Universidade de Brasília.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Aula Inaugural do PPGAS-UFRGS.Contradisciplina e tranversalidade: indígenas na pós-gradução e os futuros da antropologia. 2016. (Outra).

2.
VI Congresso da Associação Portuguesa de Antropologia. A terra para os Kisedje: uma questão de vida e morte. 2016. (Congresso).

3.
VIII Semana de Antropologia e Arqueologia.Diálogos Cruzados: direitos coletivos e ações afirmativas: experiências na universidade. 2016. (Seminário).

4.
Seminário Ações afirmativas no PPGAS-UFRGS.diálogos com experiências de inclusão e permanência de estudantes indígenas, negros e de pessoas com deficiência na universidade brasileira. 2015. (Seminário).

5.
XI Reunião de Antropologia do Mercosul. O sangue e a cultura entre os Kisêdjê: uma questão de força. 2015. (Congresso).

6.
Antropologia da Raposa: a antropologia de Roy Wagner.Endogamia verdadeira e o tabu do incesto: como o parentesco subdetermina a humanidade. 2011. (Simpósio).

7.
27a Reunião Brasileira de Antropologia. GT 23 - Conhecimento, criatividade e os efeitos dos direitos culturais e intelectuais entre povos amazônicos. 2010. (Congresso).

8.
27a Reunião Brasileira de Antropologia. A pintura esquecida e o desenho roubado: troca, contrato e criatividade entre os Kisêdjê. 2010. (Congresso).

9.
IV Congresso da Associação Portuguesa de Antropologia. Três nomes apra um sítio só: a vida dos lugares entre os Kisêdjê. 2009. (Congresso).

10.
XXX Encontro Anual da Associação Nacional de Pós-Graduação em Ciências Sociais.GT Os regimes de subjetivação ameríndios e a objetivação da cultura. 2006. (Encontro).

11.
Colóquio Direito Autoral, de Imagem, Som e Produção de Conhecimento.O patrimônio cultural, a dádiva indígena e a dívida antropológica: direitos universais e relações particulares. 2005. (Seminário).

12.
Seminário Internacional dos Conhecimentos das Sociedades Tradicionais.O conhecimento tradicional: um direito cultural efetivo. 2005. (Seminário).

13.
XXIX Encontro Anual da ANPOCS.GT Os regimes de subjetivação ameríndios e a objetivação da cultura. 2005. (Encontro).

14.
Seminários de Etnologia Indígena.Nem corporado nem corporal: terminologia e aliança entre os Jê. 2001. (Seminário).

15.
XXV Encontro Anual da ANPOCS.Parentes de sangue: substância e relação no pensamento jê. 2001. (Encontro).

16.
Conferência Internacional "A estrutura das línguas indígenas brasileiras".Estudos de parentesco (conceitos e instrumentos): as terminologias de parentesco indígenas. 2000. (Seminário).

17.
XXIV Encontro Anual da ANPOCS.Nós os Vivos: ´construção do parentesco´ e ´construção da pessoa´ entre alguns grupos jê. 2000. (Encontro).

18.
XXI Encontro Anual da ANPOCS.De volta ao Brasil Central: dualismo e triadismo nas terras baixas sul-americanas. 1997. (Encontro).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Sheppard, Glenn ; Coelho de Souza, M.S. . VII Sesquiannual conference of the Society for the Anthropology of Lowland South America. 2011. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Ester de Souza Oliveira. A terra (vivida) em movimento: produção de lugares e a luta Mẽbêngôkre (Kayapó). Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Carolina Perini de Almeida. "Sobre viver em troncos: metáforas vividas, terra, corpo e parentesco entre os Terena de Cachoeirinha". Início: 2016. Tese (Doutorado em Antropologia Social) - Universidade de Brasília. (Orientador).

2.
Janaína F. Fernandes. Encante e Encantados: uma etnografia do (ir)racional. Início: 2015. Tese (Doutorado em Antropologia Social) - Universidade de Brasília. (Orientador).

3.
Francisco de Moura Cândido. ?OS LIMITES? DA RODOVIA FEDERAL BR 317 E OS POVOS INDÍGENAS: Uma reflexão sobre o que os relatórios de impactos ambientais não se propõe mostrar. Início: 2015. Tese (Doutorado em Antropologia) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

4.
Daniela Lima. Aldeia Kawêrêtxikô: Análise do processo de reorganização e reafirmação dos Tapayuna. Início: 2014. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

5.
Renata Otto Diniz. Etnografia Awá-Guajá: transformações de uma sociedade Tupi-Guarani. Início: 2012. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Isabella Drumond Rodrigues. "- Eles querem ser Deus": o povo krenak e a morte do Watu (Rio Doce). Início: 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - Ciências Sociais) - Universidade de Brasília. (Orientador).

2.
Rafael Azevedo Lima. Desdobramentos da Paisagem Fantástica. Início: 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - Ciências Sociais) - Universidade de Brasília. (Orientador).

3.
Paula Bizzi Junqueira. El Yagé Lo Cura: Uma discussão antropológica sobre a epidemiologia da esquizofrenia a partir da medicina yagecera. Início: 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - Ciências Sociais) - Universidade de Brasília. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Eduardo Souza Gastão da Silva. Rede de Sementes do Xingu ? Embates Ontológicos em Contextos Sociotécnicos. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade de Brasília. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Ester de Souza Oliveira. A terra (vivida) em movimento: nomeação de lugares e a luta Mẽtyktire-Mẽbêngôkre (Kayapó). 2017. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade de Brasília, . Orientador: Marcela Stockler Coelho de Souza.

2.
Luísa Pontes Molina. Terra, luta, vida: autodemarcações indígenas e afirmação da diferença. 2016. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) - Universidade de Brasília, . Orientador: Marcela Stockler Coelho de Souza.

3.
Júlia Trujillo Miras. "De terra(s) indígena(s) à Terra Indígena. O caso da demarcação Krikati".. 2015. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marcela Stockler Coelho de Souza.

4.
Daniela Lima. ?Vamos amansar um branco para pegar as coisas?. Elementos da etnohistória Kajkhwakratxi-jê (Tapayuna). 2012. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcela Stockler Coelho de Souza.

5.
Eduardo Soares Nunes. No asfalto não se pesca: parentesco, mistura e transformação entre os Karajá de Buridina. 2012. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcela Stockler Coelho de Souza.

6.
Patrícia Carvalho Rosa. 'Para deixar crescer e existir': sobre a produção de corpos e pessoas kaingang. 2011. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcela Stockler Coelho de Souza.

7.
Julia Otero. Os vagares da alma: elaborações ameríndias acerca do sonhar. 2010. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcela Stockler Coelho de Souza.

8.
Fabíola Nogueira da Gama Cardoso. Línguas como patrimônio imaterial: etnografia de um debate. 2009. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcela Stockler Coelho de Souza.

9.
Daniel Mendes Fernandes. Histórias de Aukê e seus gêmeos: uma releitura dos movimentos messiânicos dos Krahô e dos Ramkokamekra. 2009. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcela Stockler Coelho de Souza.

10.
Valéria Cristina de Paula Martins. Uma etnografia do Nove: brincadeiras de viola em Machado e arredores (MG). 2009. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcela Stockler Coelho de Souza.

11.
Alexandre Magno de Aquino. En ga uyg en tog ("nós conquistamos nossa terra"): os Kaingang no litoral do Rio Grande do Sul. 2008. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcela Stockler Coelho de Souza.

Tese de doutorado
1.
Eduardo Soares Nunes. Transformações Karajá : os ?antigos? e o ?pessoal de hoje? no mundo dos brancos. 2016. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcela Stockler Coelho de Souza.

2.
Júlia Otero. SOBRE MULHERES BRABAS, P AREN TES INCONSTANTES E A VIDA ENTRE OUTROS A FESTA DO JACARÉ ENTRE OS ARARA DE RONDÔNIA. 2014. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcela Stockler Coelho de Souza.

3.
Nicole Soares Pinto. Entre as Teias do Marico: parentes e pajés djeoromitxi. 2014. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marcela Stockler Coelho de Souza.

4.
Valéria Cristina de Paula Martins. O Brinquedo do princípio do mundo Música, dança e socialidade no córrego do Machado (Médio Jequitinhonha). 2013. Tese (Doutorado em Antropologia Social) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcela Stockler Coelho de Souza.

5.
Antonio Roberto Guerreiro Junior. Ancestrais e suas sombras: uma etnografia da chefia kalapalo e seu ritual mortuário. 2012. Tese (Doutorado em Antropologia Social) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcela Stockler Coelho de Souza.

6.
Diego Soares Silveira. Redes Sociotécnicas, Práticas de conhecimento e Ontologias na Amazônia: a tradução de saberes no campo da biodiversidade. 2011. Tese (Doutorado em Antropologia) - Universidade de Brasília, . Orientador: Marcela Stockler Coelho de Souza.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Gabriela Mosqueira Ospina. Noabo: Nós mulheres Um estudo do papel das mulheres no movimento indígena no Peru. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Antropologia) - Universidade de Brasília. Orientador: Marcela Stockler Coelho de Souza.

2.
João Lucas Moraes Passos. "Ibê Kupatô":histórias de um velho mebengokre (kayapó). 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Antropologia) - Universidade de Brasília. Orientador: Marcela Stockler Coelho de Souza.

3.
Lethícia Pinheiro Angelim. Antropologia, Arte e Arqueologia Artesanais de Alteridade. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Antropologia) - Universidade de Brasília. Orientador: Marcela Stockler Coelho de Souza.

4.
Eduardo Soares Nunes. Os Karajás da aldeia de Buridina (Aruanã-GO). 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais - Habilitação Antropologia) - Universidade de Brasília. Orientador: Marcela Stockler Coelho de Souza.

5.
João Carlos Almeida. Etnomusicologias Xinguanas. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais - Habilitação Antropologia) - Universidade de Brasília. Orientador: Marcela Stockler Coelho de Souza.

Iniciação científica
1.
José Eduardo Souza Gastão da Silva. Redes de Sementes do Xingu - Embates ontológicos em Contextos Sociotécnicos. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Abi - Ciências Sociais) - Universidade de Brasília. Orientador: Marcela Stockler Coelho de Souza.

2.
Igor Omar de Araujo Abd El Karim. Índios em Brasília: dinâmica e resistência cultural da comunidade do Bananal, DF. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais - Habilitação Antropologia) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcela Stockler Coelho de Souza.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/12/2018 às 12:11:48