Eliane Maria Balcevicz Grotto

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6414530228489598
  • Última atualização do currículo em 20/11/2018


Mestre em Educação pela Universidade Federal de Santa Maria. Graduada em Pedagogia e Especialista em Planejamento e Gestão Educacional pela Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W. Atualmente atua como professora titular na Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões, nas disciplinas de Política Educacional e Organização da Educação Básica, Planejamento e Gestão Educacional e Educação e Tecnologia. Faz parte do GPET - Grupo de Pesquisa em Educação e Tecnologia, desenvolvendo pesquisa na área das TICs e Formação de Professores. Também, tenho experiência em coordenação da CPA(Comissão Própria de Avaliação) e Coordenação do Comitê de Ética. E para Finalizar tenho dezesseis anos de experiência em direção e coordenação pedagógica em Escola de Educação Básica privada. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Eliane Maria Balcevicz Grotto
Nome em citações bibliográficas
GROTTO, E. M. B.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões, Campus de Frederico Westphalen, Escola de Educação Básica Uri.
Rua.Assis Brasil,709
Itapagé
98400-000 - Frederico Westphalen, RS - Brasil
Telefone: (55) 37449210
Ramal: 210
Fax: (55) 37444111
URL da Homepage: http://www.fw.uri.br/~grotto


Formação acadêmica/titulação


2002 - 2004
Mestrado em Educação.
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
Título: Práticas Docentes com ambientes baseados em Websites: uma possibilidade de ensino,Ano de Obtenção: 2004.
Orientador: Eduardo Adolfo Terrazzan.
Palavras-chave: Ambiente-Educação-Prática Docente-Web.
Grande área: Ciências Humanas
Setores de atividade: Educação Superior; Formação Permanente e Outras Atividades de Ensino, Inclusive Educação À Distância e Educação Especial.
2003 - 2005
Especialização em Planejamento e Gestão Educacional. (Carga Horária: 405h).
Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W, URI, Brasil.
Título: Gestão Escolar: Competências e habilidades da equipe gestora em uma escola púbica.
Orientador: Luci Mary Duso Pacheco.
1996 - 2000
Graduação em Pedagogia.
Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W, URI, Brasil.




Formação Complementar


2018 - 2018
X Seminário de Formação Continuada para Gestores da URI. (Carga horária: 20h).
Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - URI, REDES, Brasil.
2018 - 2018
VII Ciclo de Formação Continuada para Coordenadores: Gestão Est. da URI. (Carga horária: 20h).
Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W, URI, Brasil.
2017 - 2017
VI Ciclo de For. Cont. para Coordenadores: Gestão estratégica da Rede. (Carga horária: 10h).
Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W, URI, Brasil.
2016 - 2016
Ensino Híbrido: persolnalização e tecnologia na educação. (Carga horária: 80h).
Instituto Singularidades, IS, Brasil.
2016 - 2016
V Ciclo de Formação Continuada. (Carga horária: 10h).
Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W, URI, Brasil.
2015 - 2015
Formação Continuada para Profissionais do Trânsito. (Carga horária: 10h).
Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W, URI, Brasil.
2015 - 2015
IV Ciclo de Formação Continuada. (Carga horária: 10h).
Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W, URI, Brasil.
2014 - 2014
III Ciclo de Formação Continuada. (Carga horária: 8h).
Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W, URI, Brasil.
2013 - 2013
V Seminário de Formação Continuada para Gestores. (Carga horária: 20h).
Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W, URI, Brasil.
2013 - 2013
II Encontro de Educomunicação da Região sul. (Carga horária: 20h).
Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul, UNIJUI, Brasil.
2013 - 2013
Treinamento URITec. (Carga horária: 4h).
Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W, URI, Brasil.
2013 - 2013
Conferência Intermunicipal de educação. (Carga horária: 20h).
Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W, URI, Brasil.
2013 - 2013
F.Continuada-A importância da Pes. na Universidade. (Carga horária: 4h).
Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W, URI, Brasil.
2013 - 2013
I Ciclo de Estudos em Educação. (Carga horária: 40h).
Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W, URI, Brasil.
2013 - 2013
II Ciclo de Formação Continuada de Coordenadores. (Carga horária: 8h).
Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W, URI, Brasil.
2012 - 2012
XIX Sem.de For. Continuada do Comitê Institucional. (Carga horária: 8h).
Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W, URI, Brasil.
2012 - 2012
Formação Continuada para Professores e Gestores. (Carga horária: 4h).
Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W, URI, Brasil.
2011 - 2011
I Encontro de Gestores da URI. (Carga horária: 4h).
Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W, URI, Brasil.
2011 - 2011
Curso de Formação Continuada para E. da E. Básica. (Carga horária: 8h).
Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W, URI, Brasil.
2011 - 2011
III Seminário de Formação Continuada para Gestores. (Carga horária: 20h).
Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W, URI, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões, URI, Brasil.
Vínculo institucional

1993 - Atual
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 20

Atividades

08/2018 - Atual
Ensino, Professor Tutor - Comung(Curso de Formação Pedagógica para Coordenadores), Nível: Aperfeiçoamento

Disciplinas ministradas
Formação Pedagógica para Coordenadores
08/2017 - Atual
Ensino, Educação Física, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Monogrfia A
03/2015 - Atual
Ensino, Matemática, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Política Educacional e Organização da Educação Básica
3/2015 - Atual
Ensino, Letras - Língua Portuguesa, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Educação Inclusiva
8/2013 - Atual
Ensino, Educação Física, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Planejamento e Gestão Educacional A
8/2013 - Atual
Ensino, Letras - Língua Portuguesa, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Educação e Tecnologias A
8/2013 - Atual
Ensino, Educação Física, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Política Educacional e Organização da Educação
03/2010 - Atual
Ensino, Especialização em Química Ambiental, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Metodologia da Pesquisa
03/2010 - Atual
Ensino, Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Informática aplicada ao ensino de Química
03/2010 - Atual
Ensino, Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Trabalho de Graduação I
03/2010 - Atual
Ensino, Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Trabalho de Graduação II
03/2009 - Atual
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Política Educacional e Organização da Educação Básica
03/2009 - Atual
Ensino, Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Trabalho de Graduação I
03/2009 - Atual
Ensino, Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Trabalho de Graduação II
12/2008 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missoes, .

Cargo ou função
Membro do Comitê de Ética.
08/2008 - Atual
Ensino, Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Trabalho de Graduação II
03/2008 - Atual
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Política Educacional e Organização da Educação
03/2008 - Atual
Ensino, Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Trabalho de Graduação I
10/2007 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missoes, .

Cargo ou função
Membro da CPA - Comissão Própria de Avaliação.
08/2007 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missoes, .

08/2007 - Atual
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Política Educacional e Organização da Educação
08/2007 - Atual
Ensino, Letras, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Política Educacional e Organização da Educação
08/2007 - Atual
Ensino, Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Prática de Ensino A
03/2006 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missoes, .

03/2005 - Atual
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Planejamento e Gestão Educacional
03/2004 - Atual
Ensino, Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estrutura e Funcionamento da Educação Básica I e II
08/2003 - Atual
Ensino, Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Prática de Ensino III
Prática de Ensino B
Prática de Ensino A
Estrutura e Funcionamento da Educação Básica I e II
2/2013 - 7/2013
Ensino, Educação Física, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Docência
2/2013 - 7/2013
Ensino, Letras - Língua Portuguesa, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Planejamento, Gestão e Avaliação da Educação
8/2012 - 12/2012
Ensino, Educação Física, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Planejamento e Gestão Educacional A
8/2012 - 12/2012
Ensino, Letras - Língua Portuguesa, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Educação e Tecnologias A
2/2012 - 7/2012
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Docência
2/2012 - 7/2012
Ensino, Pedagogia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Educação e tecnologias A

Escola de Educação Básica da URI, URI, Brasil.
Vínculo institucional

1993 - Atual
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 20

Atividades

09/2010 - Atual
Direção e administração, URI - Universidade regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões, .

Cargo ou função
Diretora da Escola de Educação Básica da URI.
08/2002 - 08/2010
Direção e administração, URI - Universidade regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões, .

Cargo ou função
Vice-Diretora e Coordenadora Pedagógica.
03/1993 - 12/2002
Ensino,

Disciplinas ministradas
Informática na Educação
03/1993 - 07/2002
Serviços técnicos especializados , Privada, .

Serviço realizado
Técnico em Assuntos Educacionais.


Linhas de pesquisa


1.
Formação de Professores e Práticas Educativas

Objetivo: Congrega a bagagem acumulada na formação de professores, pesquisando os processos de formação inicial e continuada e suas relações com os espaços institucionais em que se constituem. Estuda práticas educativas instituintes dos saberes docentes, possibilitando avanços qualitativos da formação de professores: As abordagens terão como fulcro desencadeador novas elaborações e reflexões das práticas educativas reconceituando o ensino e a pesquisa..
2.
Avaliação Institucional no Ensino Superior

Objetivo: Pesquisar e construir conhecimentos teóricos e práticos sobre avaliação institucional, buscando compreender os significados do conjunto de suas atividades para melhorar a qualidade educativa e alcançar maior relevância social..


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
ENSINO HÍBRIDO: NARRATIVA DOCENTE SOBRE ABORDAGENS METODOLÓGICAS NA PERSPECTIVA DA PERSONALIZAÇÃO DO ENSINO
Descrição: Em 2004, a publicação da Portaria MEC nº 4.059, de 10 de dezembro de 2004, revogou a portaria nº 2.253/2001, autorizando as IES a incluírem, na organização pedagógica e curricular de cursos em nível superior reconhecidos, até vinte por cento de cursos/disciplinas, no ensino semipresencial. A aprovação dessa portaria proporcionou um crescimento exponencial do número de universidades, públicas e privadas, que oferecem disciplinas nesta modalidade. A normatização da semipresencialidade abriu as portas para o ensino híbrido (ou blended learning) no Brasil. A portaria n.º 4.059/2004 tornou-se um importante marco para a disseminação das práticas de Ensino Híbrido no Ensino Superior. Nesse sentido, a pesquisa intitulada ?Ensino Híbrido: Narrativa Docente sobre Abordagens Metodológicas na Perspectiva da Personalização do Ensino? tem como objetivo promover reflexão junto aos professores do Ensino Superior sobre a abordagem metodológica do Ensino Híbrido, a fim de contribuir para prática pedagógica mais interativa, utilizando os diferentes recursos tecnológicos. A metodologia se insere em uma abordagem qualitativa, quanto ao método utilizado será descritivo e de campo. Participarão da pesquisa em torno de vinte (20) professores que atuam nos cursos de graduação da URI, campus de Frederico Westphalen. A seleção dos professores se dará após um encontro com a coordenação, a qual indicará os professores que colocam em prática o Ensino Híbrido. O instrumento adotado para coleta de dados será questionário semiestruturados com questões abertas e fechadas. Para análise dos dados optamos pelo método de análise de conteúdo que constitui uma metodologia de pesquisa usada para descrever e interpretar o conteúdo de toda classe de documentos e textos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .

Integrantes: Eliane Maria Balcevicz Grotto - Coordenador / Larissa Dalpasquale - Integrante.
2014 - 2016
Rede Social Facebook Como Recurso Didático: Percepção Dos Professores Da Educação Básica
Descrição: A rede social vem ganhando destaque nos últimos anos, entre os mais populares estão facebook. Com toda a tecnologia disponível, as redes sociais podem ser acessadas de qualquer lugar; a influência delas é tão grande que várias discussões sobre o seu uso estão surgindo no campo educacional. As mesmas são fenômenos sociais que ocorrem desde o inicio da humanidade e estas permitem que as pessoas se conectem por um interesse em comum, pois são formadas por pessoas com iguais interesses e se utilizadas de forma adequada, pode tornar-se uma ferramenta extraordinária e com múltiplas opções de impulsionar o ensino. A referida pesquisa tem como objetivo conhecer a rede social facebook e suas aplicabilidades na educação, sinalizando que a mesma abrange grande parte das atividades sociais e setores econômicos, portanto, a escola, enquanto instituição fundamental no desenvolvimento da criança e do adolescente deve estar preparada para utilizar as mesmas como espaço de ensino e aprendizagem. A pesquisa insere-se em uma abordagem qualitativa, que tem como instrumento de coleta de dados a entrevista semi-estruturada. Participarão do estudo professores que atuam no Ensino Médio e que sejam usuários da rede social. Após a conclusão da pesquisa, pretendemos socializar as experiências, bem como, oportunizar aos sujeitos de pesquisa um seminário no intuito de aprofundar os conhecimentos relativos à parte técnica e pedagógica da plataforma do facebook..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .

Integrantes: Eliane Maria Balcevicz Grotto - Coordenador / Ludigerio Ferraz - Integrante / Cassiano Cacian Baggiotto - Integrante.
2013 - Atual
EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA: REFLEXÕES TEÓRICAS E METODOLÓGICAS NO PROCESSO DE ENSINAR E APRENDER
Descrição: O projeto PIBIC/EM ? CNPq, Educação e Tecnologia: Políticas para a Formação do Professor tem como objetivo refletir sobre a relação Educação e tecnologia sob o olhar das políticas públicas, no intuito de fornecer subsídios teóricos para estudantes do Curso Normal. A metodologia que orienta este estudo inscreve-se numa abordagem qualitativa de cunho bibliográfico. Considerando que a pesquisa encontra-se em andamento, serão feitas algumas considerações com base nos estudos realizados até o momento. Na análise de algumas das políticas públicas para inserção das tecnologias na educação, que foram elaboradas entre anos de 1990 e 2007, pode-se destacar as duas de maior expressão naquele período: o Programa Nacional de Informática Educativa (PRONINFE), e o Programa Nacional de Informática na Educação (PROINFO). O Proninfe ao ser estruturado no início da década 90 trabalhava com três vertentes: ensino fundamental, ensino técnico e ensino superior. Estes dois exemplos de políticas para a educação, ao serem elaborados tinham como viés a preparação do aluno para uma sociedade em desenvolvimento, a partir da lógica, do trabalho, do capital e do mercado. Importante observar, também, que esse discurso, ainda prevalece nos programas educacionais atuais. Assim, os docentes, ao fazerem uso de ações governamentais, diretrizes, políticas públicas e parâmetros educativos, necessitam posicionar-se criticamente. O PROINFO INTEGRADO exerce um papel importante atualmente na inserção das TIC na educação brasileira, principalmente a nível básico, pois ele é o programa que tanto, possibilita a inserção das tecnologias na educação, quanto proporciona a capacitação dos professores e gestores para utilizarem-se das mesmas. Contudo, ele não é política pública para tecnologias na educação, mais recente, em 2007, o governo Federal iniciou o Projeto Um Computador por Aluno (UCA), cujo objetivo é ?ser um projeto Educacional utilizando tecnologia, inclusão digital e adensamento da cadeia produtiva comercial no Brasil? (MEC, 2011). Esse projeto pretende massificar a utilização das TIC, no espaço escolar, a partir da distribuição de laptops educacionais aos alunos da rede pública brasileira de ensino. Para além dessas iniciativas governamentais, os professores precisam compreender como e porque integrar o computador à sua prática pedagógica e, dessa forma, superar barreias e criar condições para atingir os objetivos pedagógicos a que se propõe..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Eliane Maria Balcevicz Grotto - Coordenador / Juliane Piovesan - Integrante.
2013 - Atual
FORMAÇÃO PROFISSIONAL ACADÊMICA: ESPAÇO-TEMPO INTERDISCIPLINAR NA CONSTRUÇÃO DO PROFESSOR
Descrição: O projeto PIBIC/EM ? CNPq, Universidade X Educação Básica tem por objetivo estudar formas de interação entre Instituições de Ensino Superior e Escolas de Educação Básica, visando subsidiar a realização de atividades formativas. Caracteriza-se como estudo bibliográfico (artigos, revistas, livros). Segundo alguns autores, há três eixos que podem colaborar com o processo de interação entre universidade/escola. Em um primeiro momento podemos citar o estágio, que insere o acadêmico na escola para que ele possa desenvolver através de um processo de observação e reflexão suas estratégias para uma futura prática docente, tornando-se inevitável uma relação entre escola e universidade. Também, a pesquisa se apresenta como importante meio de interação Universidade e Escola de Educação Básica, bem como, contribui para o aprofundamento e estudos da realidade educacional. Já a extensão na Universidade realiza um movimento dialético e transformador ao articular ações internas, no âmbito de uma Unidade e entre Unidades, em perspectiva crítica e sensível às características dos contextos sócio-culturais e políticos das diferentes comunidades - internas e externas - nas quais a ação docente se realiza. Portanto, é imprescindível a promoção de espaços de compartilhamento entre a universidade e a escola, uma vez que, a partir das mediações e interações, os professores poderão construir um ambiente de profissionalização para discutir seus enfrentamentos diários, suas ideias, inquietações e suas dúvidas, constituindo uma dinâmica potencializadora para o exercício reflexivo, o protagonismo e a autonomia pedagógica..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Eliane Maria Balcevicz Grotto - Integrante / Edite Maria Sudbrack - Coordenador.
2009 - 2011
Trabalho de conclusão de curso enquanto pesquisa: componente curricular em um contexto de formação inicial dos professores
Descrição: A pesquisa propõe-se a verificar as contribuições do Trabalho de Conclusão do Curso enquanto componente formativo na formação dos acadêmicos dos cursos de licenciatura da URI. A mesma define-se como estudo de caso, o qual tem como sujeitos quatro acadêmicos concluintes de cada cursos de licenciatura no ano de 2009 e quatro acadêmicos egressos de cada curso que encontram-se atuando como docente. O instrumento utilizado no estudo de campo foi o questionário. Conforme a literatura e a partir de dados preliminares, a pesquisa no processo de formação de professores constitui, antes, um princípio educativa orientador do processo formativo. Isto é, a pesquisa é aquele elemento que possibilita ao professor, na relação com o saber já consolidado e com a reflexão que ele elabora a partir da prática e da experiência, construir os próprios conhecimentos de modo sistemático. Segundo a fala dos sujeitos, a pesquisa no processo de formação do professor é importante por constituir o eixo central na elaboração de novos saberes e de novos conhecimentos a respeito da realidade educacional, transformando-a em objeto a investigar. É pela prática da pesquisa que se aprende a re-elaborar o conhecimento, para aprender a re-interpretar a realidade e aprender a reunir as informações para traduzi-las num conhecimento próprio e pessoal..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Eliane Maria Balcevicz Grotto - Coordenador / Vanusa Kerscner - Integrante.
2009 - 2011
Autoavaliação Institucional na URI: concepções e contribuições
Descrição: A URI, em 1994, aderiu ao programa de Avaliação Institucional das Universidades Brasileiras ? PAIUB. E como instituição comunitária e membro do consórcio das Universidades Comunitárias Gaúcha ? COMUNG aderiu ao Programa de Avaliação Institucional das Universidades que compõe o COMUNG ? PAIUNG. Com base nisto, em 2003 criou o Programa de Avaliação Institucional da URI ? PAIURI e nomeou um Comitê de Avaliação Institucional, pela Resolução nº 567/CUN/2003. Com a criação do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), através da Lei n° 10.861, de 14 de abril de 2004, a URI considerou apropriada a revisão e valorização das práticas avaliativas existentes. Constituiu sua Comissão própria de Avaliação ? CPA, transformando e complementando o Comitê de Avaliação Institucional já existente. Tendo em vista a importância da autoavaliação para o desenvolvimento e qualidade da instituição como um todo, o referido estudo tem como objetivo verificar as concepções e contribuições da autoavaliação sinalizadas pelos diferentes segmentos (gestores, professores, funcionários, alunos, egressos e comunidade externa) nos quatro últimos anos do processo de autoavaliação. A pesquisa tem caráter bibliográfico, com enfoque qualitativo, o método utilizado para análise de dados será a interpretação de relatórios internos referentes a autoavaliação da instituição..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .

Integrantes: Eliane Maria Balcevicz Grotto - Coordenador / Joice Mara Zaffari do Rosário - Integrante.
2008 - 2009
Educação superior à distância: aspectos pedagógicos e físicos em questão
Descrição: Com a aprovação da Lei de Diretrizes da Educação Nacional (LDB) ? Lei 9394/96, a qual desencadeou o processo de reconhecimento da educação à distância (EAD) no Brasil que, por sua vez, passou a exigir uma definição de políticas e estratégias para sua implementação e consolidação nas mais diversas Instituições de Ensino Superior (IES) do país. A pesquisa ?Educação Superior à Distância: aspecto pedagógico e físico em questão? busca analisar as políticas públicas para a Educação Superior à Distância, a fim de refletir sobre as possibilidades e limitações da formação de docentes à distância e contribuir para a melhoria da qualidade do ensino nessa modalidade. Caracteriza-se esse estudo como estudo bibliográfico, sendo de caráter descritivo e analítico e adota como procedimento metodológico o estudo dos referenciais teóricos, a análise documental como, legislação, relatórios e textos institucionais. Sabe-se que as experiências e estudos em Educação à Distância no Brasil ainda são incipientes. Por isso, faz-se necessário refletir e pontuar algumas questões como as políticas públicas, a metodologia estabelecida pela mesma, na perspectiva de visualizar as reais possibilidades desses cursos na formação docente..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .

Integrantes: Eliane Maria Balcevicz Grotto - Coordenador / Gilnei da Rosa - Integrante.
2007 - 2009
Resgate de uma trajetória e construção da cultura de avaliação
Descrição: O presente projeto tem por finalidade resgatar a experiência e a trajetória realizadas em Avaliação Institucional - também designada por auto-avaliação - na URI, procurando identificar os princípios e valores que nortearam e norteiam sua realização e, em que medida essa experiência contribuiu para criar a tão desejada cultura da avaliação.Importa frisar ainda que a avaliação não constitui um processo tranqüilo; ao contrário, implica reconhecer a existência de conflitos, de interesses e contradições, seja internas, seja advindas do mundo exterior, mormente, do mercado em tempos em que a própria sociedade tende a tornar-se ela própria uma ?sociedade de mercado?, atravessada totalmente pelas leis do mercado, dominada pela lógica da eficiência, eficácia, da competição, premida a produzir resultados, produtos, ao invés de profissionais e cidadãos.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .

Integrantes: Eliane Maria Balcevicz Grotto - Coordenador / Carlise Inês Schneider - Integrante.
2006 - 2008
O Ensino de Química e o uso de ambientes virtuais: uma análise da realidade nas escolas públicas
Descrição: A Informática vem adquirindo cada vez mais relevância no cenário educacional. Sua utilização como instrumento de aprendizagem e sua ação no meio social vem aumentando de forma rápida entre nós. Nesse sentido, a educação vem passando por mudanças estruturais e funcionais frente a essa nova tecnologia. Através do sistema de interface gráfica Web é possível ter acesso a ambientes de ensino-aprendizagem interativos.Com base nesses pressupostos a pesquisa se propôs a investigar como os professores da disciplina de Química do Ensino Médio utilizam os ambientes baseados virtuais em sua prática pedagógica e que fatores eles atribuem para o uso desse recurso. A fundamentação teórica procura sinalizar para a Formação do professor frente os avanços tecnológicos; Ambientes on-line e as Concepções de aprendizagem interacionistas. Esta pesquisa define-se como qualitativa de cunho etnográfica, o qual utilizará instrumentos como: questionário, a observação e análise documental. Participarão da pesquisa os professores de cinco municípios da região.Quanto aos dados preliminares e/ou conclusivos nada acrescentar, pois, a pesquisa encontra-se em fase inicial. Como contribuição, ao final do projeto propõe-se um encontro com os professores para uma reflexão e discussão, com o intuito de aprofundar os conhecimentos teóricos e práticos relacionados ao uso dos recursos informáticos no ensino..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .

Integrantes: Eliane Maria Balcevicz Grotto - Coordenador / Marcelo Prado Amaral Rosa - Integrante.
2006 - 2007
Gestão Escolar e as Novas tecnologias de Informação e Comunicação
Descrição: O uso das novas tecnologias de informação e comunicação no contexto escolar requer a formação, o envolvimento e o compromisso de todos os protagonistas do processo educacional (professores, diretores, supervisores, coordenadores pedagógicos) no sentido de repensar o processo de ensino e aprendizagem na e para a sociedade do conhecimento. Estes protagonistas têm papéis distintos e, portanto, o uso da tecnologia deve atender as suas especificidades, de tal forma que, no âmbito global, suas ações sejam articuladas com vistas a favorecer o desenvolvimento do aluno como cidadão participativo e crítico para lidar as inovações tecnológicas. Segundo Libâneo(2001), surge a demanda por um perfil de gestor escolar que apresente diferentes características entre elas o manejo de tecnologias emergentes. Neste sentido, o projeto Gestão Escolar e as NTICs: Um olhar sobre a formação tecnológica dos gestores; propõe-se a verificar que conhecimento técnicos e pedagógicos os gestores das Escolas Públicas de Ensino Fundamental e Médio de Frederico Westphalen tem com relação as novas tecnologias. A proposta metodológica que embasa este estudo possui caráter descritivo e adota, como procedimento metodológico, o aprofundamento do referencial teórico, aplicação de questionário, entrevista e observação da prática administrativa e pedagógica dos gestores na utilização do computador..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .

Integrantes: Eliane Maria Balcevicz Grotto - Coordenador / Graciela Salla - Integrante.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.
Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
GROTTO, E. M. B.2009GROTTO, E. M. B.; SCHEFFER, N. F. (Nilce Fátima Scheffer) . Resgate da trajetória da avaliação institucional da URI. Revista de Ciências Humanas (Frederico Westphalen. Impresso), v. 10, p. 7-149, 2009.

2.
GROTTO, E. M. B.2008GROTTO, E. M. B.; ROSA, Marcelo P.A. . Ensino de Química: uma proposta metodológica mediada pelas TICs. Revista de Ciências Humanas (Frederico Westphalen), v. 9, p. 79-97, 2008.

3.
GROTTO, E. M. B.2006 GROTTO, E. M. B.; TERRAZZAN, E. A. . Do ensino presencial ao virtual: a configuração de um novo profissional da educação. Revista de Ciências Humanas (Frederico Westphalen), v. 7, p. 172-192, 2006.

4.
GROTTO, E. M. B.2004 GROTTO, E. M. B.; TERRAZZAN, E. A. ; FRANCO, S. R. K. . Interação em ambientes educacionais baseados na Web: uma reflexão necessária. III Ciclo de Palestra de Informática na Educação - UFRGS, 2004.

5.
GROTTO, E. M. B.2004GROTTO, E. M. B.; TERRAZZAN, E. A. . Formação Inicial: competências e metodologias para utilização da NTICs no ensino. Revista de Ciências Humanas (Frederico Westphalen), URI - Campus de F.W., v. 4, p. 249-261, 2004.

6.
GROTTO, E. M. B.2003GROTTO, E. M. B.; TERRAZZAN, E. A. . Prática Docente: concepções sobre o uso de ambientes educacionais baseados na Web. II Ciclo de Palestra de Informática na Educação na UFRGS, v. 01, p. 02, 2003.

7.
GROTTO, E. M. B.2003GROTTO, E. M. B.. Ambientes virtuais: uma alternativa para ensino-aprendizagem. Caderno de Ensino, Pesquisa e Extensão (UFSM), UFSM-RS, v. 7, p. 01-42, 2003.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
SUDBRACK,Edite Maria (Org.) ; GROTTO, E. M. B. (Org.) . Políticas de Formação Docente: vivência emancipatória. Frederico Westphalen: GRAFIMAX, 2009. 180p .

Capítulos de livros publicados
1.
GROTTO, E. M. B.; FERRAZ, L. ; SCHID, N. M. J. . Rede Social Facebook: Um Estudo Sobre As Possibilidades De Seu Uso No Ensino. In: Elisabete Cerutti ; Manoelle Silveira Duarte. (Org.). A Pesquisa Em Educação E Tecnologias: Entre Perguntas E Respostas. 1ed.Frederico Westphalen: URI, 2017, v. 1, p. 1-135.

2.
GROTTO, E. M. B.; NORA, M. D. . Tecnologias de Informação e Comunicação: Reconfiguração da Formação Docente. In: Elisabete Cerutti e Manoelle Silveira Duarte. (Org.). Educação e Tecnologia: Decifrando caminhos na pesquisa e no ensino.. 1ed.Frederico Westphalen: Editora URI, 2015, v. 1, p. 1-120.

3.
GROTTO, E. M. B.. Políticas para a Educação a Distância: Uma releitura do contexto atual. In: Edite maria Sudbrack; Luci Mary Duso Pacheco. (Org.). Políticas de Formação Docente: Contextos e Interfaces. Frederico Westphalen: URI, 2011, v. , p. 01-254.

4.
ROSA, Marcelo P.A. ; CATELLI, Francisco ; GROTTO, E. M. B. . Levantamento dos Cursos de Formação de Professores(licenciaturas) de Química do Estado do Rio Grande do Sul frente as Tecnologias Digitais. In: Edite Maria Sudbrack. (Org.). DIVERSIDADE NA EDUCAÇÃO - SÉRIE PESQUISA EM CIÊNCIAS HUMANAS. Frederico Westphalen - RS: URI, 2011, v. 4, p. 6-93.

5.
GROTTO, E. M. B.. Gestão Escolar e as Tecnologias de Informação e Comunicação nas Práticas Administrativas e Pedagógicas. In: Edite Maria Sudbrack, Eliane Maria Balcevicz Grotto. (Org.). Políticas de Formação Docente: vivência emancipatória. Frederico Westphalen: GRAFIMAX, 2009, v. , p. 73-91.

6.
GROTTO, E. M. B.; ROSA, Marcelo P.A. . A Informática como Estratégia Didática no Ensino de Química. In: Edite Maria Sudbrack, Eliane Maria Balcevicz Grotto. (Org.). Políticas de Formação Docente: vivência emancipatória. Frderico Westphalen: GRAFIMAX, 2009, v. , p. 53-71.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
GROTTO, E. M. B.. Ensino Híbrido: Colocando em Prática o modelo Rotacional. In: X Simpósio Nacional De Educação, IV Colóquio Internacional De Políticas Educacionais E Formação De Professores, II Encontro De Redes De Pesquisa Em Educação, 2018, Frederico Westphalen. X Simpósio Nacional De Educação, IV Colóquio Internacional De Políticas Educacionais E Formação De Professores, II Encontro De Redes De Pesquisa Em Educação. Frederico Westphalen: URI, 2018. p. 1-1962.

2.
GROTTO, E. M. B.; SOUZA, E. . Trabalho de Conclusão de Curso enquanto pesquisa: repercussões e contribuições na formação dos acadêmicos dos cursos de licenciatura da URI. In: XIII Jornadas Transandinas de Aprendizagem, 2010, Frederico Westphalen. Ensinar e Aprender Num Mundo Complexo e Cultural. Frederico Westphalen: URI, 2010. p. 1-1334.

3.
GROTTO, E. M. B.. Possibilidades e Limites Quanto ao uso da Internet na Infância e adolescencia: Uma Visão Alternativa. In: XIII Jornadas Transandinas de Aprendizagem, 2010, Frederico Westphalen. Ensinar e Aprender num Mundo Complexo e Intercultural, 2010.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
GROTTO, E. M. B.; SCHNEIDER, C. I. . Ensino Superior: Avaliação Institucional em Questão. In: VI Simpósio Nacional de Educação, VII Curso Pedagógico Amigos do Saber, IV Encontro de Educação Física, II Curso Integrado das Licenciaturas, 2008, Frederico Westphalen. Complexidade e Conhecimento: Tempos e Espaços de Educação. Frederico Westphalen: Grafimax, 2008. v. 06. p. 11-463.

2.
GROTTO, E. M. B.. Prática pedagógica e o uso de ambientes baseados em Wesites. In: V Simpósio Nacional de Educação VI Curso Pedagógico Amigos do Saber III Encontro de Educação Física da Região da AMZOP, 2006, Frederico Westphalen. Diversidade Na Educação: Diálogos Possíveis. Frederico Westphalen: URI, 2006. p. 143-147.

3.
GROTTO, E. M. B.; ROSA, Marcelo P.A. . Ensino de química e o uso de ambientes baseados em websites: uma análise da realidade nas Escolas Públicas.. In: XIV Encontro de Química da Região Sul- SBQsul, 2006, Erechim. XIV Encontro de Química da Região Sul- SBQsul Química na sociedade: significados e implicações, 2006.

4.
GROTTO, E. M. B.; ROSA, Marcelo P.A. ; GIACOMELLI, S. R. . Química Orgânica enquanto disciplina: uma reflexão em torno das dificuldades de aprendizagem. In: XIV Encontro de Química da Região Sul- SBQsul, 2006, Erechim. XIV Encontro de Química da Região Sul- SBQsul Química na sociedade: significados e implicações, 2006.

5.
GROTTO, E. M. B.; ROSA, Marcelo P.A. ; GIACOMELLI, S. R. . Química orgânica: o processo ensino e aprendizagem em questão. In: Ética, Ciência e Tecnologia um novo paradigma para a sociedade da informação- Feira de Inovação e Empreendedorismo, 2006, Santiago. Ética, Ciência e Tecnologia um novo paradigma para a sociedade da informação- Feira de Inovação e Empreendedorismo. Santiago: Editora URI, 2006. p. 67-69.

6.
PACHECO, L. M. D. ; GROTTO, E. M. B. . Gestão Escolar: Competências e habilidades da equipe gestora em uma Escola Pública. In: V Simpósio Nacional de Educação: Diversidade na Educação - Diálogos Possíveis, 2006, Frederico Westphalen. V Simpósio Nacional de Educação. Frederico Westphalen: URI, 2006. p. 254-259.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
GROTTO, E. M. B.; POKULAT, G. M. . Gestão Democrática um caminho a trilhar. In: Conexões em Redes: Saberes sem Fronteiras, 2016, Frederico Westphalen. XXII Seminário Institucional de iniciação Científica. Frederico Westphalen: Editora URI, 2016. p. 1-898.

2.
GROTTO, E. M. B.; HENN, L. F. O. . Educação Básica: O uso do facebook como recurso didático. In: Conexões em Redes: Saberes sem Fronteiras, 2016, Frederico Westphalen. XXII Seminário Institucional de iniciação Científica. Frederico Westphalen: Editora URI. p. 1-898.

3.
GROTTO, E. M. B.; BAGGIOTTO, C. C. . Facebook como recurso didático: olhar dos professores da Educação Básica. In: Conexões em Redes: Saberes sem Fronteiras, 2016, Frederico Westphalen. XXII Seminário Institucional de iniciação Científica. Frederico Westphalen: Editora URI, 2016. p. 1-898.

4.
GROTTO, E. M. B.; SCHNEIDER, C. I. . Avaliação Institucional: Percepção dos Alunos, Professores, Técnicos-Administrativo e Coordenadores em Relação ao Processo de Auto-Avaliação da URI. In: XIV Seminário Institucional de Iniciação Científica, XII Seminário de Integração de Pesquisa e Pós-Graduação e VI Seminário de Extensão, 2008, Frederico Westphalen. Responsabilidade Socioambiental: Um compromisso de Todas as Ciências, 2008.

5.
GROTTO, E. M. B.; ROSA, Marcelo P.A. . O Ensino de Química e as NTICs: A prática Pedagógica em Questão. In: XIV Seminário Institucional de Iniciação Científica, XII Seminário de Integração de Pesquisa e Pós-Graduação e VI Seminário de Extensão, 2008, Frederico Westphalen. Responsabilidade Socioambiental: Um compromisso de Todas as Ciências, 2008.

6.
GROTTO, E. M. B.; TERRAZZAN, E. A. . Praticas Docentes: concepções sobre o uso de ambientes educacionais baseados na Web. In: V Seminário de Pesquisa em Educação da Região Sul, 2004, Curitiba. V Anped Sul - Seminário de Pesquisa em Educação da Região Sul. Curitiba - PR: Universitária Champagnat, 2004. p. 69-396.

Apresentações de Trabalho
1.
GROTTO, E. M. B.. Oss desafios da Gestão Escolar na era Tecnológica. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
GROTTO, E. M. B.; LOVIS, R. L. . Autoavaliação Institucional na URI: concepções e contribuições da autoavaliação. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

3.
GROTTO, E. M. B.; AREND, K. . Os desafios das atividades desenvolvidas nas práticas de ensino na formação de docentes em química: a experiência da URI. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
GROTTO, E. M. B.; SOUZA, E. . Trabalho de Conclusão de Curso Enquanto Pesquisa: Repercussões e Contribuições na formação dos Acadêmicos dos Cursos de Licenciatura da URI. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
GROTTO, E. M. B.; SCHNEIDER, C. I. . Resgate da trajetória da avaliação institucional na URI. 2009. (Apresentação de Trabalho/Outra).

Outras produções bibliográficas
1.
ARGENTA, M. ; GROTTO, E. M. B. . Contos Revelados. Frederico Westphalen, 2017. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

2.
GROTTO, E. M. B.; Graciela S. . Pesquisas em Educação, Cultura, Linguagem e Arte 2007 (Revista Travessia - UNIOESTE/PR).

3.
BASTOS, F. de P. ; MÜLLER, F.M. ; GROTTO, E. M. B. ; MIQUELIN, A . F. ; MALLMANN, E.M. ; SILVA, M. da B. . Ambientes virtuais de aprendizagem. Santa Maria: UFSM, 2003 (Cadernos de Ensino, Pesquisa e Extensão).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
GROTTO, E. M. B.; SCHEFFER, N. F. (Nilce Fátima Scheffer) ; KONZEN, L.Z.(Léo Zeno Konzen) ; ALMEIDA, G. M. C. ; TOMASI, D.B. ; BOLSAN, E. . Relatório de Autoavaliação Institucional. 2009.

2.
GROTTO, E. M. B.; SCHEFFER, N. F. (Nilce Fátima Scheffer) ; KONZEN, L.Z.(Léo Zeno Konzen) ; BECKER, L.S. ; CLARICE, F. ; ALMEIDA, G. M. C. . Relatório de Autoavaliação Institucional. 2008.

3.
GROTTO, E. M. B.; SCHEFFER, N. F. (Nilce Fátima Scheffer) ; KONZEN, L.Z.(Léo Zeno Konzen) ; BECKER, L.S. ; FROHLICH, C. ; ALMEIDA, G. M. C. . Relatório de Autoavaliação Institucional. 2007.

Redes sociais, websites e blogs
1.
GROTTO, E. M. B.. Aprendizagem online. 2013; Tema: Este espaço disponibiliza diferentes espaços de aprendizagem virtuais. (Blog).

2.
GROTTO, E. M. B.. Educação & Tecnologia. 2010; Tema: Esse espaço destina-se a refleções e discussões sobre Educação e as Tecnologias de Informação e Comunicação. (Blog).


Demais tipos de produção técnica
1.
GROTTO, E. M. B.. Ensino Híbrido: uma proposta metodologica possivel. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
GROTTO, E. M. B.. Festa Junina: Vivênciando a cultura. 2017. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Revista - FUTURO URI).

3.
GROTTO, E. M. B.. Tecnologias de Informação e Comunicação: Teoria/Prática. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

4.
GROTTO, E. M. B.. A licenciatura e o mercado de trabalho: como diferenciar a minha carreira. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

5.
GROTTO, E. M. B.. Escola Híbrida. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Revista - FUTURO URI).

6.
GROTTO, E. M. B.. Escola da URI é destaque no ENEM. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Revista - FUTURO URI).

7.
GROTTO, E. M. B.. Simulados Internos e Externos: preparando para os vestibulares. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Revista - FUTURO URI).

8.
GROTTO, E. M. B.; BAGGIOTTO, C. C. . Facebook como recurso didático: olhar dos professores da Educação Básica. 2016. (Relatório de pesquisa).

9.
GROTTO, E. M. B.; FERRAZ, L. . Ambientes Virtuais de Aprendizagem. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

10.
GROTTO, E. M. B.. O que as mídias não dizem para você?. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

11.
GROTTO, E. M. B.. Estudos e organização do Plano de Estudos. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

12.
GROTTO, E. M. B.. Planejamento e Ornanização do Simulado/ENEM. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

13.
GROTTO, E. M. B.. O uso das TICs no Contexto Educacional e as Tecnologias em seus diferentes contextos. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

14.
GROTTO, E. M. B.. O Uso das tecnologias na Educação. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

15.
GROTTO, E. M. B.. Educação e Tecnologias: reflexões sobre os impactos de novos conceitos e metodologias na formação docente. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

16.
GROTTO, E. M. B.. V Seminário de Tecnologia e Educação. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

17.
GROTTO, E. M. B.. As Tecnologias transformarão a Educação. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

18.
GROTTO, E. M. B.. Metodologia para o uso das Tecnologias de Informação e Comunicação na Prática Pedagógica. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

19.
GROTTO, E. M. B.. Informática aplicada à Educação. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

20.
GROTTO, E. M. B.. Informática aplicada à Educação. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

21.
GROTTO, E. M. B.. Organizando a Escola - O Papel do Gestor. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

22.
GROTTO, E. M. B.. II Seminário Tecnologia e Educação. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

23.
GROTTO, E. M. B.. Metodologia para o Uso da Informática na Prática Pedagógica. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

24.
GROTTO, E. M. B.. Educação Infantil X Informática. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

25.
GROTTO, E. M. B.. Possibilidades e Limites Quanto ao uso da Internet na Infância e Adolescência. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

26.
GROTTO, E. M. B.. Informática na Educação. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

27.
GROTTO, E. M. B.. Competências e habilidades para utilização das NTICs no ensino. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

28.
GROTTO, E. M. B.. Competências e metodologias para a integração das novas tecnologias no ensino. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

29.
GROTTO, E. M. B.. Escola e Metodologias Cooperativas. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

30.
GROTTO, E. M. B.. Competências e Metodologias para a utilização de Novas Técnicas de Ensino. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

31.
GROTTO, E. M. B.. Escola e Metodologias Cooperativas. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

32.
GROTTO, E. M. B.. Escola e Metodologias Cooperativas. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

33.
GROTTO, E. M. B.. O uso das Tecnologias na Educação. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

34.
GROTTO, E. M. B.. Diferentes ambientes para o ensino de química: do natural ao virtual. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

35.
GROTTO, E. M. B.. Modalidades de Aplicação da Informática no Processo Ensino-Aprendizagem. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

36.
GROTTO, E. M. B.. Prática Pedagógica e o uso de Sites Educacionais. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

37.
GROTTO, E. M. B.. Informática na Educação. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

38.
GROTTO, E. M. B.. Curso de Formação de Professores para o Uso do Computador no Processo Ensino-Aprendizagem. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

39.
GROTTO, E. M. B.. O uso do computador no processo ensino-aprendizagem. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
GROTTO, E. M. B.. Participação em banca de Michele Schimitz. Especialização em Educação Inclusiva. 2007. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Educação Inclusiva) - URI - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
GROTTO, E. M. B.. Participação em banca de Solange Terezinha de Almeida.Formação de Professores e Prática Pedagógica na Disciplina de Educação Física. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W.

2.
GROTTO, E. M. B.. Participação em banca de Alexandre da Silva.A inserção do Ensino Híbrido a partir das TDICs no processo Ensino-aprendizagem de Matemática. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Matemática) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W.

3.
GROTTO, E. M. B.. Participação em banca de Daiane da Silva Oliveira.Tecnologias Digitais no Processo de Ensino aprendizagem de Matemática, Implicações na Formação de professores. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Matemática) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W.

4.
GROTTO, E. M. B.; PACHECO, L. M. D.. Participação em banca de Jéssica Avila da Silva.O impacto socioafetivo na criança em situação de visita carcérária: o papel do pedagogo na mediação desse processo. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W.

5.
GROTTO, E. M. B.. Participação em banca de Ana Maura Candaten.A (Des) Motivação dos alunos de Ensino Médio nas aulas de Educação Física. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W.

6.
GROTTO, E. M. B.. Participação em banca de Aline Estafor.Educação Física Inclusiva: as dificuldades enfrentadas pelo professor de Educação Física. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W.

7.
GROTTO, E. M. B.. Participação em banca de Tatiane Lucas Fortes.Evasão Escolar no Ensino Médio nas aulas de Educação Física. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W.

8.
GROTTO, E. M. B.. Participação em banca de Silvani Danieli Lamb.Dança para Crianças Especiais. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W.

9.
GROTTO, E. M. B.. Participação em banca de Jéssica Stefanello.Inclusão de Deficientes Físicos nas aulas de Educação Física. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W.

10.
GROTTO, E. M. B.. Participação em banca de Fernanda Costa.A Educação Física e o Lúdico na Visão dos professores da Educação Infantil. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W.

11.
GROTTO, E. M. B.; NORA, M. D.. Participação em banca de Eduardo Post.Tendências em Educação Matemática. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Matemática) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W.

12.
GROTTO, E. M. B.; SCHNEIDER, C. I.. Participação em banca de Andrêssa Renata Viana.A inclusão da Pessoa com Síndrome de Down na Escola Regular: a qualidade de vida através da disciplina de Eucação f´sicia. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W.

13.
GROTTO, E. M. B.. Participação em banca de Vinícius Romitti.A inclusão no Ensino Fundamental com Deficência Física nas aulas de Educação Física: o acesso e a permanência. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W.

14.
GROTTO, E. M. B.. Participação em banca de João Eduardo Baptista dos dos Santos.A pessoas com deficiência : acesso e permanência no espaço acadêmico. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W.

15.
GROTTO, E. M. B.. Participação em banca de Tuane de Fátima Parcianello.A importância da educação Fìsicia nos anos iniciais. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W.

16.
GROTTO, E. M. B.. Participação em banca de Lana Carine Portz.A prática do professor de Educação F´sicia voltada às dificuldades de aprendizagem. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W.

17.
GROTTO, E. M. B.. Participação em banca de Solange Terezinha Giovenardi.Dislexia e prática da Natação. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - URI.

18.
CASAL,J.S.; GROTTO, E. M. B.. Participação em banca de Juliana Signor Casal.Avaliação da aprendizagem: concepções dos professores de Química que atuam no Ensino Médio. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Química) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - URI.

19.
GROTTO, E. M. B.; FORTES, P. R.. Participação em banca de Andréia da Silva Lopes.Jogos Virtuais no Ensino de Matemática. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Química) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - URI.

20.
GROTTO, E. M. B.; CANAN, S. R.. Participação em banca de Nilva Beatriz Machado de Avila.Gestão Escolar Democrática. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia) - URI - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões.

21.
GROTTO, E. M. B.; AITA, M. C. G.. Participação em banca de Graciela Salla.Formação Pedagógica como elemento nuclear na formação do gestor. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia) - URI - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões.

22.
GROTTO, E. M. B.; FERRARI, R. F.. Participação em banca de Vanessa Cristina Marques Ferreira Antonello.Estudos do uso dos Laboratórios de Informática no Sistema Educacional. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W.

23.
GROTTO, E. M. B.. Participação em banca de Clarisse de Mello da Silva.Estrutura Legal para Implantação de Escolas de Educação Infantil. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia) - URI - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões.

24.
FELTRES, A. M.; GROTTO, E. M. B.. Participação em banca de Adriana Maria Feltres.A utilização das tecnologias em sala de aula. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia) - URI - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões.

25.
VEDOVATO, L.; GROTTO, E. M. B.. Participação em banca de Luisa Vedovato.Dificuldades de Aprendizagem. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia) - URI - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Professor titular
1.
GROTTO, E. M. B.. Processo Seletivo/Docente. 2016. Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W.

2.
GROTTO, E. M. B.. Processo Seletivo/Docente. 2015. Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W.

3.
GROTTO, E. M. B.. Processo seletivo para docente. 2014. Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W.

4.
GROTTO, E. M. B.; PANNO, F.; ALBARELLO, E.. Processo Seletivo/Docente. 2014. Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W.

5.
GROTTO, E. M. B.. Processo seletivo para docente. 2013. Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W.

6.
GROTTO, E. M. B.. Processo seletivo para Docente. 2012. URI - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões.

Outras participações
1.
GROTTO, E. M. B.. XXII Seminário Institucional de Iniciação Científica. 2016.

2.
GROTTO, E. M. B.. XIV Semana Acadêmica do Curso de Pedagogia e VI Seeminário de Tecnologias e Educação. 2015. Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W.

3.
GROTTO, E. M. B.. XIII Jornadas Transandinas de Aprendizagem. 2015. Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W.

4.
GROTTO, E. M. B.. Avaliador Ad-hoc na Comissão Científica do VIII Simpósio Nacional de Educação. 2014. Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W.

5.
GROTTO, E. M. B.. Avaliadora II Mostra Regional de Ciências. 2014. Instituto Federal Farroupilha.

6.
GROTTO, E. M. B.. Avaliadora- XIX Seminário Institucional de Iniciação Científica. 2013.

7.
GROTTO, E. M. B.. Avaliadora Pôsteres - I Ciclo de estudos em Educação. 2013. Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W.

8.
GROTTO, E. M. B.. Avaliadora Pôsteres - VII Simpósio Nacional de Educação. 2012. Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W.

9.
GROTTO, E. M. B.. Avaliadora-XVI Seminário de Iniciação Científica. 2010. Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - URI.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
XXV Seminário de Formação Continuada do CIAP,CIAPEx, CEP e CEUA. 2018. (Seminário).

2.
TDAH - Transtorno de Déficit de Atenção e Himperatividade. 2017. (Outra).

3.
XXIII Seminário Institucional de Iniciação Científica. 2017. (Seminário).

4.
IX Simpósio Nacional de Educação e II Colóquio Internacional de Políticas Educacionais e Formação de Professores. 2016. (Simpósio).

5.
Jornadas de Estudos Docente - JED. 2016. (Outra).

6.
XXII Seminário Institucioal de Iniciação Científica. 2016. (Seminário).

7.
XIV Semana Acadêmica do Curso de Pedagogia e VI Seminário de Tecnologias e Educação.Gestão e Organização da Educação Básica. 2015. (Seminário).

8.
XIV Semana Acadêmica do Curso de Pedagogia e VI Seminário de Tecnologias e Educação.Rede Social facebook na prática docente: possibilidades e limites. 2015. (Seminário).

9.
XXI Seminário Institucional de Iniciação Científica. 2015. (Seminário).

10.
V Seminário de Tecnologia e Educação.GPET - Grupo de Pesquisa em educação e Tecnologia - Saberes pesquisados aprendizagens futuras. 2014. (Seminário).

11.
V Seminário de Tecnologia e Educação.As Tecnologias Transformarão a Educação. 2014. (Seminário).

12.
IV Seminário de Tecnologia e Educação.Compartilhando a Interdisciplinaridade na Cultura Digital. 2013. (Seminário).

13.
IV Seminário Tecnologia e Educação.Compartilhando a interdisciplinaridade na Cultura Digital. 2013. (Seminário).

14.
XVIII Seminário Institucional de Iniciação Científica. 2012. (Seminário).

15.
III Seminário - Tecnologia e Educação. 2011. (Outra).

16.
XIV Seminário Institucional de Iniciação Científica. 2008. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
GROTTO, E. M. B.. Coord. do GT-Educação e Tecnologias: relesões sobre o impacto de novos conceitos e metodologias na formação docente. 2014. (Outro).

2.
GROTTO, E. M. B.. Coord. do Eixo Educação, Trabalho e desenvolvimento Sustentável. 2013. (Outro).

3.
GROTTO, E. M. B.. Conferência Intermunicipal. 2013. (Outro).

4.
GROTTO, E. M. B.. VII Simpósio Nacional de Educação, I Colóquio Internacional de Políticas Educacionai se Formação de Professores. 2012. (Outro).

5.
GROTTO, E. M. B.. 10ª Seminário de Química do Rio Grande do Sul. 2011. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Monografias de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Luciane Mayer. Educação ambiental como tema de trabalho de Conclusão de Curso: um olhar sobre os cursos de licenciaturas. Início: 2010. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Química Ambiental) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - URI. (Orientador).

2.
Fernanda Gonsalves de Lima. O papel da mídia na concientização e preservação do meio ambiente: percepção dos alunos de ensino médio. Início: 2010. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Química Ambiental) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - URI. (Orientador).

3.
Talita Dalbosco. Responsabilidade Social e Ambiental: Imagem das indutrias situadas na região do Médio Alto Uruguai. Início: 2010. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Química Ambiental) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - URI. (Orientador).

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Maicon Ferri Campos. Educação Física: Percepção dos professores quanto ao Ensino Noturno. Início: 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W. (Orientador).

2.
Alice Feltes. Transtorno de Defict de Atenção e Himpertividade na Escola: Percepção dos professores de Educação Física. Início: 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - F.W. (Orientador).

3.
Andrêssa Cristina Datsch. Meio Ambiente: concepções de alunos em relação aos riscos do lixo eletrônico. Início: 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Química) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - URI. (Orientador).

4.
Juliana Signor Casal. A avaliação da aprendizagem em química: concepções dos professores de ensino médio. Início: 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Química) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - URI. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Luciane Mayer. Abordagem do tema Educação Ambiental em trabalho de Conclusão de Curso. 2011. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Química Ambiental) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões. Orientador: Eliane Maria Balcevicz Grotto.

2.
Talita Dalbosco. Impactos Sócio-Ambientais das Indústrias da região do Médio Alto Uruguai: Percepções da Realidade. 2011. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Química Ambiental) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões. Orientador: Eliane Maria Balcevicz Grotto.

3.
Fernanda Gonçalves de Lima. O papel da mídia na conscientização e preservação do meio ambiente: percepção dos alunos de ensino médio. 2011. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Química Ambiental) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - URI. Orientador: Eliane Maria Balcevicz Grotto.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Andrêssa Cristina Datsch. Meio Ambiente: Concepções de alunos de ensino médio com relação aos riscos do lixo eletrônico. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Química) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões. Orientador: Eliane Maria Balcevicz Grotto.

2.
Francine pokulat Vendrusculo. Química no Ensino Fundamental. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Química) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - URI. Orientador: Eliane Maria Balcevicz Grotto.

3.
Carlos Eugênio Rossa. Uso de Revista não Especializada na Contextualização do do Ensino de Química. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Química) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - URI. Orientador: Eliane Maria Balcevicz Grotto.

4.
Karina Saleh. Sofware para o Ensino de Química: Analisando a Qualidade e Eficácia. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Química) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - URI. Orientador: Eliane Maria Balcevicz Grotto.

5.
Daiane Tonet. Química no Ensino Médio: Concepções dos Professores em Relação à Metodologia de Ensino. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Química) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - URI. Orientador: Eliane Maria Balcevicz Grotto.

6.
Adrielli pricila Kazmierki. Inicação Científica na Fromação Inicial de Professores: Contribuições Epistemológicas no Processo Formativo. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Química) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - URI. Orientador: Eliane Maria Balcevicz Grotto.

7.
Josiane de Bem Santos. A pesquisa na formação incial do acadêmico de Química: repercussões e contribuições. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Química) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - URI. Orientador: Eliane Maria Balcevicz Grotto.

8.
Camila Maria Simon. Química no Ensino Fundamental: Repercussões e Contribuições. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Química) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - URI. Orientador: Eliane Maria Balcevicz Grotto.

9.
Minucha Manfro Cavalleri. Educação Ambiental no Ensino Médio: Uma análise dos livros didáticos de Química. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Química) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - URI. Orientador: Eliane Maria Balcevicz Grotto.

10.
Luana Zanatta. Educação Ambienta na Educação Básica: Demarcando Espaços. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Química) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - URI. Orientador: Eliane Maria Balcevicz Grotto.

11.
Camila Zerbiélli Trentin. Química no Ensino Médio: a formação continuada dos professores em questão. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Química) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - URI. Orientador: Eliane Maria Balcevicz Grotto.

12.
Odair Dal Agnol. O ensino de Química e o uso de recursos didáticos: materiais alternativos versus simulações virtuais. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Química) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - URI. Orientador: Eliane Maria Balcevicz Grotto.

Iniciação científica
1.
Rafaela da Silva Pinto. Formação profissiona Acadêmica: Espaço- Tempo Interdiciplinar na Construção do professor. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Pedagogia) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Eliane Maria Balcevicz Grotto.

2.
Fabiana Vicente. Educação e Tecnologia: reflexões teóricas e metodológicas no processo de ensinar e aprender. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Formação de Docentes Para A Educação Básica) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Eliane Maria Balcevicz Grotto.



Educação e Popularização de C & T



Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
GROTTO, E. M. B.. 10ª Seminário de Química do Rio Grande do Sul. 2011. (Outro).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/02/2019 às 13:24:41