Dimas Moraes Peixinho

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/8010725751887986
  • Última atualização do currículo em 04/10/2018


Possui graduação em Geografia pela Universidade Federal de Mato Grosso (1991), mestrado em Geografia (Humana) pela Universidade de São Paulo (1998) e doutorado em Geografia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2006). Atualmente é professor adjunto iv da Universidade Federal de Goiás. Tem experiência na área de Geografia, com ênfase em Geografia Regional, atuando principalmente nos seguintes temas: sistemas produtivos (setor sucroenergético, biodiesel e cadeia carnes-grãos) dinâmica socioespacial nos cerrados, políticas públicas, processos de arenização em áreas dos cerrados. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Dimas Moraes Peixinho
Nome em citações bibliográficas
PEIXINHO, D. M.;PEIXINHO, DIMAS

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Goiás, Instituto de Estudos Sócio-Ambientais, Campus Avançado de Jataí.
R. Riachuelo, 1530
Samuel Grahan
75800-000 - Jatai, GO - Brasil
Telefone: (62) 6436320003
URL da Homepage: http://


Formação acadêmica/titulação


2002 - 2006
Doutorado em Geografia.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: A dinâmica sócio-espacial do modelo técnico-produtivo da sojicultura no Cerrado e a formação de centros dinâmicos: o caso de Rondonópolis (MT) e Rio Verde (GO), Ano de obtenção: 2006.
Orientador: Júlia Adão Bernardes.
Palavras-chave: fronteira agrícola cerrados espaço; Cerrados- Programas de Desenvolvimentos - Moderniz.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Geografia / Subárea: Geografia Regional.
Setores de atividade: Desenvolvimento Urbano.
1994 - 1998
Mestrado em Geografia (Geografia Humana).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Onças Vermelhas e Amarelas - A ocupação dos cerrados e a dinâmica sócio-espacial em Rondonópolis - MT.,Ano de Obtenção: 1998.
Orientador: Iraci Gomes V Palheta.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: fronteira agrícola cerrados espaço.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Geografia / Subárea: Geografia Humana / Especialidade: Geografia Econômica.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Geografia / Subárea: Geografia Humana / Especialidade: Geografia Urbana.
Setores de atividade: Desenvolvimento Rural; Desenvolvimento Urbano; Educação.
1986 - 1991
Graduação em Geografia.
Universidade Federal de Mato Grosso, UFMT, Brasil.


Pós-doutorado


2013 - 2014
Pós-Doutorado.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas


Formação Complementar


2003 - 2003
Organização do Trabalho Docente. (Carga horária: 30h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
2001 - 2001
Geologia e Recursos Hídricos do Sudoeste de Goiás.
Prefeitura Municipal de Jataí Museu Histórico de Jataí, PMJ, Brasil.
2001 - 2001
Curso de Curta Duração.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
2001 - 2001
Curso de Curta Duração.
Mueseu Histórico de Jataí Francisco Nonório de Campos, MHJ, Brasil.
1996 - 1996
Extensão universitária.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
1996 - 1996
Extensão universitária.
Universidade Federal de Mato Grosso, UFMT, Brasil.
1993 - 1993
Curso de Curta Duração.
Centro de Formação e Aperfeiçãmento do Magistério, CEFAM, Brasil.
1993 - 1993
Curso de Curta Duração.
Universidade Federal de Mato Grosso, UFMT, Brasil.
1993 - 1993
Curso de Curta Duração.
Universidade Federal de Mato Grosso, UFMT, Brasil.
1993 - 1993
Curso de Curta Duração.
Universidade Federal de Mato Grosso, UFMT, Brasil.
1992 - 1992
Extensão universitária.
Universidade Federal de Mato Grosso, UFMT, Brasil.
1992 - 1992
Extensão universitária.
Universidade Federal de Mato Grosso, UFMT, Brasil.
1991 - 1991
Extensão universitária.
Universidade Federal de Mato Grosso, UFMT, Brasil.
1991 - 1991
Extensão universitária.
Universidade Federal de Mato Grosso, UFMT, Brasil.
1991 - 1991
Extensão universitária.
Universidade Federal de Mato Grosso, UFMT, Brasil.
1991 - 1991
Extensão universitária.
Universidade Federal de Mato Grosso, UFMT, Brasil.
1991 - 1991
Extensão universitária.
Associação dos Geógrafo Brasileiro, AGB, Brasil.
1990 - 1990
Extensão universitária.
Universidade Federal de Mato Grosso, UFMT, Brasil.
1990 - 1990
Curso de Curta Duração.
Universidade Federal de Mato Grosso, UFMT, Brasil.
1989 - 1989
Extensão universitária.
Universidade Federal de Mato Grosso, UFMT, Brasil.
1989 - 1989
Extensão universitária.
Universidade Federal de Mato Grosso, UFMT, Brasil.
1988 - 1988
Extensão universitária.
Universidade Federal de Mato Grosso, UFMT, Brasil.
1988 - 1988
Extensão universitária.
Universidade Federal de Mato Grosso, UFMT, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
Vínculo institucional

1998 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto II, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

11/2015 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , Campus Avançado de Jataí, Campus Avançado de Jataí.

Atividade realizada
Coordenador do Laboratório de Investigação das Dinâmicas Espaciais (GEOLIDER).

Universidade Federal de Mato Grosso, UFMT, Brasil.
Vínculo institucional

1996 - 1998
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 60

Atividades

3/1996 - 3/1998
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Epistemologia da Geografia
Metodologia da Geografia
Prática de Ensino em Geografia I
Sociologia do Desenvolvimento


Projetos de pesquisa


2014 - Atual
AVALIAÇÃO DA EXPANSÃO E DOS IMPACTOS SOCIOECONÔMICOS E AMBIENTAIS DA SILVICULTURA NO SUDOESTE DE GOIÁS ENTRE 2005 E 2015

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Iraci Scopel em 27/03/2015.
Descrição: O termo silvicultura refere-se ao cultivo e à exploração de florestas, cujos principais produtos são: papel, celulose, painéis, serrados, compensados e carvão vegetal. As áreas de silvicultura no Brasil atingiram, no ano de 2014, aproximadamente sete milhões de hectares, uma das mais expressivas do mundo, sendo as espécies de eucalyptus as mais plantadas. As espécies de eucalyptus, originárias da Austrália, foram introduzidas no Brasil no século XIX e, comercialmente, no início do século XX. A expansão das florestas plantadas a partir de 1940 está vinculada às indústrias produtoras de celulose. A partir de 1960 as políticas públicas de incentivo ao reflorestamento associam-se às agroindústrias na expansão da atividade. De 1980 em diante, melhoramentos técnicos, provenientes das iniciativas tanto estatais quanto privadas, foram constantes e permitiram que o Brasil alcançasse a melhor produtividade da produção madeireira em todo o mundo. Nos anos 2000, com a pressão da legislação ambiental sobre o uso de vegetação nativa, que está se reduzindo, o aumento da demanda dos mercados nacional e internacional, os incentivos estatais e grandes investimentos privados a atividade inicia sua espacialização para áreas diferentes daquelas tradicionais, nas regiões sudeste e sul, destacando-se sua introdução no nordeste e no centro-oeste brasileiros. Essa expansão ocorre em meio a um acirrado debate sobre os impactos positivos e negativos do plantio de eucalyptus, abalizado, sobretudo, por economistas e engenheiros florestais. Além disso, a expansão, que gera novas formas, transforma paisagens e colabora para a territorialização do capital financeiro, ocorre, no Brasil, de duas maneiras distintas, como insumo principal ou secundário em um sistema agroindustrial, o que determina diferenças nas condições ambientais das áreas em que a atividade é implantada. Em ambos os casos é premente considerar os impactos socioeconômicos e ambientais que resultam na alteração da configuração territorial das regiões. Nessa perspectiva, a silvicultura está atingindo de modo rápido o Sudoeste de Goiás, onde sua incursão tem se dado pela eucaliptocultura em solos ditos frágeis e limitados ao uso agrícola, pois as áreas mais indicadas estão ocupadas com soja, milho e cana-de-açúcar. Esse processo está em curso há menos de uma década e já promove alterações importantes na dinâmica espacial do Sudoeste de Goiás..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Dimas Moraes Peixinho - Integrante / Iraci Scopel - Coordenador / Marluce Silva Sousa - Integrante / Ivanildo José Ferreira - Integrante / júlia adão bernardes - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2011 - 2016
Reconfiguração do Cerrado: usos, conflitos e impactos ambientais no Sudoeste de Goiás
Descrição: O projeto ?Reconfiguração do Cerrado: uso, conflitos e impactos ambientais no Sudeste de Goiás?, é uma proposição conjunta dos professores do programa de Pós-Graduação em Geografia, da Universidade Federal de Goiás ?Campus Jataí e do programa de Pós-Graduação da Universidade Federal do Rio de Janeiro. A parceria tem o propósito de avançar na compreensão teórico-metodológicas, a partir de teorias do espaço, que possibilitem a construção de estudos sobre o processo de ocupação e usos do Cerrado, como foco nas (re)estruturações dos seus processo produtivos, nas relações campo-cidade, na sua inserção nos circuitos internacionais, no mapeamento de áreas residuais das formações dos cerrados e dos impactos no uso do solo e da água. Cabe evidenciar que a excelência reconhecida nesses campos de investigações dos professores/pesquisadores do programa da UFRJ é crucial para realizar o objetivo desse projeto, ou seja, oferecer aos docentes e discentes do mestrado em geografia da UFG/Jataí, densidade teórica/metodológica para as interpretações da realidade dos cerrados, na escala local/regional. A parceria com o Núcleo de Estudos Geoambientais (NUCLAMB), da UFRJ? já existe em vários projetos de pesquisa, o que facilita o acesso, o entrosamento e a correspondente vontade de trabalhar juntos. As diferentes interfaces nos usos do Cerrado e de perspectivas teórico-metodológicas são admitidas pelos dois grupos como parte essencial do enriquecimento de perspectivas. Os temas de pesquisas coordenados pelos professores da UFG/Jataí, assim como da UFRJ, como as dissertações, teses, artigos, bancos de informações, serão apresentados como oportunidade de, primeiramente, efetivar um entrelaçamento de informações internas, criando condições para sintetizar o material produzido, e, posteriormente, oportunizará os trabalhos conjuntos. Esses momentos de trocas serão oportunos para um diagnóstico dos problemas, das contradições e dos dilemas espaciais na ocupação do Cerrado em Goiás, especialmente na microrregião do Sudoeste de Goiás. No que concerne às pesquisas sobre as reconfigurações do Cerrado os dois grupos convergem para ideias comuns. Uma dessas ideias consiste em compreender que a internalização de diferentes sistemas produtivos, como por exemplo, da cadeia carne-grão, da produção de energias de biomassa (etanol e biodiesel) e do uso dos recursos hídricos para a produção de energia no espaço regional dos cerrados é decorrência da divisão nacional e internacional do trabalho na qual o Brasil aumentou sua inserção na economia internacional. A construção da infraestrutura (rodovias, armazéns, rede elétrica, rede bancária etc) e os financiamentos subsidiados aos produtores, deram formas à ocupação dos cerrados. Esse processo promoveu uma nova dinâmica espacial, alterando as relações campo-cidade, refuncionalizando o espaço herdado e/ou criando novas formas funcionais, conforme as demandas do sistema, acelerando a urbanização e reestruturando a rede urbana regional. Esse processo de ocupação dos cerrados atraiu um fluxo populacional expressivo e, ao mesmo tempo, liberou mão-de-obra no campo, o que acelerou o crescimento das cidades, evidenciado pelo alto grau de urbanização da região. Esse processo contribuiu para que o Centro-Oeste se tornasse a segunda região mais urbanizada do país, embora possua uma baixa densidade populacional. Na reestruturação da rede urbana regional surgem centros dinamizadores da sojicultura, representados por Rio Verde, em Goiás, Rondonópolis, em Mato Grosso e Dourados, em Mato Grosso do Sul. Ao reestruturar o espaço com uma produção especializada, voltada para fora, o sistema produtivo distorce a produção e o consumo regional (SANTOS, 2001). No Centro-Oeste houve uma redução na produção de alimentos de mercado interno (arroz, feijão, milho), que em períodos anteriores eram dinamizadores da economia regional..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (3) .
Integrantes: Dimas Moraes Peixinho - Coordenador / Iraci Scopel - Integrante / João Batista Pereira Cabral - Integrante / Hildeu Ferreira da Assunção - Integrante / Marluce Silva Sousa - Integrante / Jília Adão Bernardes - Integrante / Eguimar Felicio Chaveiro - Integrante / William Ferreira da SIlva - Integrante / Alécio Perini Martins - Integrante.
2010 - Atual
O avanço da agroindústria sucroenergética no Cerrado: os impactos da expansão canavieira na dinâmica sociespacial do Sudoeste de Goiás.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (4) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Dimas Moraes Peixinho - Coordenador / Jília Adão Bernardes - Integrante / William Ferreira da SIlva - Integrante / iolanda Martins da SIlva - Integrante / Cinara Franco Carvalho - Integrante.
2009 - 2011
O processo de expansão da produção de etanol no Brasil
Descrição: O projeto procura dar conta da seguinte questão central: partindo do pressuposto de que o Brasil pode se afirmar internacionalmente na área de energia com base na produção de biocombustíveis, implicando em mudanças na divisão internacional do trabalho a nível do setor energético; de que a expansão dos biocombustíveis a nível nacional garantirá maior auto-suficiência e segurança na área de energia, igualmente acarretando mudanças na divisão nacional do trabalho a nível do setor; indaga-se em que medida essa afirmação internacional e nacional, que exige novas estratégias de expansão da produção, se expressa em uma reorganização das estruturas produtivas regionais, que supõe a emergência de uma nova ordem territorial, e se apresenta tanto como produto quanto como condição para o desenvolvimento do setor energético, acaba por significar novas demandas para o planejamento e gestão do território..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2011
AVALIAÇÃO E CONTROLE DAS ÁREAS DEGRADADAS COM AREAIS NO SUDOESTE GOIANO
Descrição: Descrição: A qualidade de vida está necessariamente vinculada ao uso econômico da terra para as populações que direta ou indiretamente a exploram. O conhecimento do potencial dos solos e das águas é a base para a viabilização dos processos produtivos da forma menos danosa ou até, eventualmente, não prejudicial ao meio ambiente. Na região, mensuraram-se diversos efeitos negativos, como manchas de areia desnuda (arenização - desertificação), assoreamento de corpos de água, erosão de vários tipos, perda da biodiversidade, frutos do uso predatório e inconseqüente da natureza como um todo e, particularmente, do solo e da água. O avanço das atividades agrícolas sobre a pequena área ainda sob vegetação nativa é inevitável dado o modelo medieval de agricultura praticado na maior porção desta classe de solo. Os programas de governo direcionados ao desenvolvimento do Centro-Oeste, por diversos motivos, não contemplaram essas áreas, consideradas, até meados da década de 1990, como marginais para o agronegócio. Além disso, quando utilizadas intensivamente, o foram de forma tecnicamente inadequadas. È o caso, por exemplo, de uma área, ao redor de 10.000 ha, explorada com cana-de-açúcar nas décadas de 1980-90, com danos visíveis na paisagem e muito difíceis de serem corrigidos. A pecuária extensiva e com quase nenhum compromisso técnico, seja por falta de recursos do produtor, seja por ignorância ou descaso, tem sido a tônica no uso dessas áreas. Isso está bem caracterizado na região do Douradinho, município de Serranópolis (GO). A pecuária na região, que antes ocupava expressivos chapadões argilosos, foi cedendo lugar às culturas do arroz (na fase incial de mecanização) , do milho e da soja. Neste sentido, a pecuária foi sendo empurrada para áreas de solos mais frágeis e marginais (SCOPEL, PEIXINHO; SOUSA, 2005). O conhecimento dos processos de degradação do uso do solo e de suas causas ainda não estão totalmente esclarecidos. A tecnologia para recuperação e viabilização de uso.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Dimas Moraes Peixinho - Coordenador.Financiador(es): Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Goiás - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1
2008 - 2011
USO E MANEJO DE SOLOS ARENOSOS E RECUPERAÇÃO DE ÁREAS DEGRADADAS COM AREAIS NO SUDOESTE GOIANO .
Descrição: A qualidade de vida está necessariamente vinculada ao uso econômico da terra para as populações que direta ou indiretamente a exploram. O conhecimento do potencial dos solos e das águas é a base para a viabilização dos processos produtivos da forma menos danosa ou até, eventualmente, não prejudicial ao meio ambiente. Na região, mensuraram-se diversos efeitos negativos, como manchas de areia desnuda (arenização - desertificação), assoreamento de corpos de água, erosão de vários tipos, perda da biodiversidade, frutos do uso predatório e inconseqüente da natureza como um todo e, particularmente, do solo e da água. O avanço das atividades agrícolas sobre a área, relativamente pequena, ainda sob vegetação nativa é inevitável dado o modelo medieval de agricultura praticado na maior porção desta classe de solos. Os programas de governo direcionados ao desenvolvimento do Centro-Oeste, por diversos motivos, não contemplaram essas áreas, consideradas, até meados da década de 1990, como marginais para o agronegócio. Além disso, quando utilizadas intensivamente, o foram de forma tecnicamente inadequadas. È o caso, por exemplo, de uma área, ao redor de 10.000 ha, explorada com cana-de-açúcar nas décadas de 1980-90, com danos visíveis na paisagem e muito difíceis de serem corrigidos. A pecuária extensiva e com quase nenhum compromisso técnico, seja por falta de recursos do produtor, seja por ignorância ou descaso, tem sido a tônica no uso dessas áreas. Isso está bem caracterizado na região do Douradinho, município de Serranópolis (GO). A pecuária na região, que antes ocupava expressivos chapadões argilosos, foi cedendo lugar às culturas do arroz (na fase incial de mecanização), do milho e da soja. Neste sentido, a pecuária foi sendo empurrada para áreas de solos mais frágeis e marginais (SCOPEL, PEIXINHO; SOUSA, 2005). O conhecimento dos processos de degradação do uso do solo e de suas causas ainda não estão totalmente esclarecidos. A tecnologia para recuperação e viabilização de.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Dimas Moraes Peixinho - Integrante / Iraci Scopel - Coordenador / Zilda de Fátima Mariano - Integrante / Marluce Silva Sousa - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Goiás - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1
2008 - 2010
Novas fronteiras do biodiesel na Amazônia: limites e desafios da incorporação da pequena produção agrícola
Descrição: O projeto objetiva analisar as repercussões da produção do biodiesel na reorganização territorial das atividades econômicas, dos recursos físicos e humanos, nas áreas de instalação das novas indústrias desse biocombustível, em Mato Grosso, as consequências marcantes para a divisão social e territorial do trabalho, e as possibilidades de incorporação da pequena produção agrícola..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Membro de corpo editorial


2016 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Geografia
2015 - 2015
Periódico: Revista de Ensino de Ciências e Matemática (REnCiMa)
2012 - Atual
Periódico: Campo - Território
2006 - Atual
Periódico: Itinerarius Reflectionis
2005 - Atual
Periódico: Geoambiente On-line


Revisor de periódico


2005 - Atual
Periódico: Geoambiente On-line
2008 - Atual
Periódico: Itinerarius Reflectionis
2009 - Atual
Periódico: CAMPO - TERRITÓRIO : REVISTA DE GEOGRAFIA AGRÁRIA


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Geografia / Subárea: Geografia Humana/Especialidade: Geografia Agrária.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Geografia / Subárea: Geografia Regional/Especialidade: Análise Regional.


Idiomas


Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
CASTILLO, RICARDO2016CASTILLO, RICARDO ; ELIAS, DENISE ; PEIXINHO, DIMAS ; BÜHLER, EVE-ANNE ; PEQUENO, RENATO ; FREDERICO, SAMUEL . REGIÕES DO AGRONEGÓCIO, NOVAS RELAÇÕES CAMPO-CIDADE E REESTRUTURAÇÃO URBANA. Revista da ANPEGE, v. 12, p. 259-282, 2016.

2.
1SANTOS, A. E.2015SANTOS, A. E. ; PEIXINHO, D. M. . Processo de Conurbação:elementos espaciais em área não metropolitana. Estudos Geográficos (UNESP), v. 13(1), p. 35-52, 2015.

3.
3FREI, V. V.2014FREI, V. V. ; PEIXINHO, D. M. . A PRODUÇÃO DE CAJU E A DINÂMICA SOCIOESPACIAL NO DISTRITO DE ANGOCHE, NAMPULA-MOÇAMBIQUE. Campo - Território, v. 9, p. 622-651, 2014.

4.
2SCOPEL, Iraci2013SCOPEL, Iraci ; SOUSA, M. S. ; PEIXINHO, D. M. ; MARTINS, A. P. . LEVANTAMENTO DE ÁREAS SOB ARENIZAÇÃO E RELAÇÕES COM O USO DA TERRA NO SUDOESTE DE GOIÁS E NO SUDOESTE DO RIO GRANDE DO SUL - BRASIL. Observatorium, v. 5, p. 24-47, 2013.

5.
4Silva, w. f.2012Silva, w. f. ; PEIXINHO, D. M. . A EXPANSÃO DO SETOR SUCROENERGÉTICO EM GOIÁS: a contribuição das políticas públicas. Campo - Território, v. 07, p. 97-114, 2012.

6.
6MARIANO, Z. DE F.2011MARIANO, Z. DE F. ; SCOPEL, I. ; PEIXINHO, D. M. . A relação homem-natureza e os discursos ambientais. RDG REVI8STA DO DEPARTAMENTO DE GEOGRAFIA - USP, v. 22, p. 158-170, 2011.

7.
7SCOPEL, Iraci2008SCOPEL, Iraci ; PEIXINHO, D. M. ; SOUSA, Marluce Silva ; MARIANO, Zilda de Fátima . Uso e manejo de neossolos quartzarênicos e areiais no Sudoeste de Goiás. Geografia. Ensino & Pesquisa, v. 12, p. 317-329, 2008.

8.
9PEIXINHO, D. M.;PEIXINHO, DIMAS2004PEIXINHO, D. M.. Reestruturação espacial: a interação do local e global - o exemplo da soja. Boletim Goiano de Geografia, Goiânia/GO, 2004.

9.
10PEIXINHO, D. M.;PEIXINHO, DIMAS2003PEIXINHO, D. M.. A questão da regulação do uso da natureza - o papel do Estado e da Sociedade Civil.. Intergeo, Rondonópolis-MT, v. 01, n.01, p. 36-47, 2003.

10.
13PEIXINHO, D. M.;PEIXINHO, DIMAS2003PEIXINHO, D. M.; PEIXINHO, D. M. et. all . Histórico da ocupação e uso atual da terra na microbacia do córrego do sapo, Jataí -GO. Intergeo, Rondonópolis-MT, v. 01, p. 117-125, 2003.

11.
11PEIXINHO, D. M.;PEIXINHO, DIMAS2003PEIXINHO, D. M.. Escoamento superficial da água na microbacia do córrego do sapo, em Jataí -GO, como subsídio ao planejamento urbano. Intergeo, Rondonópolis-MT, v. 01, p. 126-135, 2003.

12.
12PEIXINHO, D. M.;PEIXINHO, DIMAS2003PEIXINHO, D. M.. Espaço agrário brasileiro: inclusão e exclusão social. Intergeo, Rondonópolis-MT, v. 01, p. 23-32, 2003.

13.
16PEIXINHO, D. M.;PEIXINHO, DIMAS2002PEIXINHO, D. M.. O processo de ocupação dos cerrados. Temporis(ação) (UEG), Cidade de Goiás/GO, v. 01, p. 201-230, 2002.

14.
14PEIXINHO, D. M.;PEIXINHO, DIMAS2002PEIXINHO, D. M.. As Políticas do Estado para Educação: um debate necessário. Itinerarius Reflectionis, Jataí - GO, v. 01, 2002.

15.
15PEIXINHO, D. M.;PEIXINHO, DIMAS2002PEIXINHO, D. M.. Evolução do uso da terra na Microbacia do Córrego do Açude, em Jataí-GO. Boletim Goiano de Geografia, Goiânia-GO, v. 01, n.01, p. 31-46, 2002.

16.
17PEIXINHO, D. M.;PEIXINHO, DIMAS2001PEIXINHO, D. M.; SCOPEL, Iraci ; MELO, Nágela Aparecida de . A produção de Valores Mediadores nas relações Sociais. Educação & Mudança, Anápolis-GO, v. 01, p. 129-140, 2001.

17.
18PEIXINHO, D. M.;PEIXINHO, DIMAS2000PEIXINHO, D. M.. Questões Teóricas-Metodológicas da Geografia e os Estudos sobre o campo.. Temporis(ação) (UEG), Cidade de Goiás/GO., v. 01, p. 77-89, 2000.

18.
19PEIXINHO, D. M.;PEIXINHO, DIMAS1999PEIXINHO, D. M.. Do Urbano ao Rural - A trajetória Inversa. Intergeo, Cuiabá -MT, v. único, p. 37-61, 1999.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
PEIXINHO, DIMAS; SOUSA, Marluce Silva (Org.) . Reconfiguração do Cerrado: uso, conflitos e impactos ambientais. 1. ed. Goiânia: Gráfica da Universidade Federal de Goiás, 2016. v. 1. 268p .

2.
FREI, V. V. ; PEIXINHO, D. M. . Do Brasil á Moçambique, uma travessia, um fruto: sistema de produção de caju e dinâmica espacial no distrito de Angoche.. 1. ed. Goiânia: Kelps, 2016. v. 300. 182p .

3.
Silva, I. M. ; PEIXINHO, D. M. . Setor Sucroenergético no Cerrado: a dinâmica da territorialização sob a ótica da renda da terra. 1. ed. Curitiba: Novas edições Acadêmicas, 2015. v. 1. 125p .

Capítulos de livros publicados
1.
PEIXINHO, D. M.; Silva, w. f. . Regiões produtivas canavieiras em Goiás. In: Júlia Adão Bernardes e Ricardo Castillo. (Org.). Espaço geográfico e competitividade: regionalização do setor sucroenergético no Brasil. 1ed.Rio de Janeiro: Lamparina, 2018, v. 1, p. 153-178.

2.
MARTINS, A. P. ; PEIXINHO, D. M. ; SOUSA, M. S. ; SCOPEL, Iraci . uso da terra e cobertura vegetal de 1985 a 2015 no Sudoeste de Goiás e relações com o meio físico. In: Dimas Moraes Peixinho e Marluce Silva Sousa. (Org.). reconfiguração do Cerrado: uso, conflitos e impactos ambientais. 1ed.Goiânia: Gráfica da Universidade Federal de Goiás, 2016, v. 1, p. 11-34.

3.
SANTOS, A. E. ; PEIXINHO, D. M. . A escala intermediária do urbano e os agrupamentos de cidades: considerações teórico-metodológicas acerca dos fenômenos de conurbação e de aglomeração urbana. In: Dimas Moraes Peixinho; Marluce Silva Sousa. (Org.). Reconfiguração do Cerrado: uso, conflitos e impactos ambientais. 1ed.Goiânia: Gráfica da Universidade Federal de Goiás, 2016, v. 1, p. 149-172.

4.
SCOPEL, Iraci ; PEIXINHO, DIMAS ; SOUSA, Marluce Silva ; MARTINS, A. P. . Solos Arenosos e areais no Sudoeste de Goiás. In: Dimas Moraes Peixinho; Marluce Silva Sousa. (Org.). Reconfiguração do Cerrado: uso, conçfitos e impactos ambientais. 1ed.Goiânia: gráfica da Universidade Federal de Goiás, 2016, v. 1, p. 103-129.

5.
SOUSA, Marluce Silva ; PEIXINHO, D. M. ; SCOPEL, Iraci ; MARTINS, A. P. . Feições do Centro-Oeste do Brasil: Goiás. Brasil: feições ilustradas. 1ed.Porto Alegre: Compasso - Lugar-cultura, 2014, v. 1, p. 79-94.

6.
SILVA, C. O. E. ; PEIXINHO, D. M. ; Silva, w. f. ; OLIVEIRA, S. R. L. . A produção de biocombustível no cerrado. In: Francisco Alberto Severo de Almeida, Armando Malheiro da Silva, Mário José Batista Franco e Carla Conti de Freitas. (Org.). Educação, gestão da informação e sustentabilidade. 1ed.Porto- Portugal: Editora da Universidade do Porto, 2012, v. 1, p. 158-178.

7.
SCOPEL, Iraci ; PEIXINHO, D. M. ; SOUSA, Marluce Silva ; SUERTEGARAY, D. M. A. . NEOSSOLOS QU ARTZARÊNICOS ÓRTICOS DAS ÁREAS DE AREAIS DO SUDOESTE DO RIO GRANDE DO SUL: CARACTERÍSTICAS FÍSICAS E MORFOLÓGICAS. In: Dirce Maria Antunes Suertegaray Luis Alberto Pires da Silva Laurindo Antônio Guasselli. (Org.). ARENIZAÇÃO Natureza socializada. 1ed.Porto Alegre-RS: Compasso Lugar-Cultura, 2012, v. 1, p. 478-525.

8.
SOUSA, Marluce Silva ; SCOPEL, Iraci ; PEIXINHO, D. M. ; MARTINS, A. P. . O PRO CESSO DE ARENIZAÇÃO NO SUDOESTE DE GOIÁS. In: Dirce Maria Antunes Suertegaray Luis Alberto Pires da Silva Laurindo Antônio Guasselli. (Org.). ARENIZAÇÃO Natureza socializada. 1ed.Porto Alegre-RS: Compasso Lugar-Cultura, 2012, v. 1, p. 550-583.

9.
SCOPEL, Iraci ; SUERTEGARAY, D. M. A. ; SOUSA, Marluce Silva ; PEIXINHO, D. M. . Neossolos Quartzarêncios òrticos das áreas de areais do sudoeste do Rio Grande do Sul:características físicas e morfológicas. Dirce M. Antunes Suertegaray; Luiz Alberto P. da SIlva; Laurindo A. Guasselli. 1ed.Porto Alegre: Compasso - lugar´cultura, 2012, v. 1, p. 503-540.

10.
SCOPEL, Iraci ; SOUSA, Marluce Silva ; PEIXINHO, D. M. . O Processo de arenização no sudoeste de Goiás. In: Dirce Maria A. Suertegaray; Luis Alberto P. da SIlva; Laurindo A. Guasselli. (Org.). Arenização: natureza socializada. 1ed.Porto Alegre: Camposa- lugar cultura, 2012, v. 1, p. 563-597.

11.
PEIXINHO, D. M.; SCOPEL, Iraci . A agricultura familiar e a produção de soja para o biodiesel em Goiás. In: Bernardes, Júlia Adão; ARACRI, Luís Angelo dos Santos. (Org.). Novas Fronteiras deo Biodiesel na Amazônia: limites e desafios da incorporação da pequena produção agríciola.. 1ªed.Rio de Janeiro: Arquimedes, 2011, v. 01, p. 161-176.

12.
PEIXINHO, D. M.; SCOPEL, Iraci . Territorialização da agricultura moderna no Piauí. In: Julia Adão Bernardes;. (Org.). Geografia da Soja II: A territorialização do capital.. Rio de Janeiro: Arquimedes, 2009, v. 1, p. 79-93.

13.
PEIXINHO, D. M.. A espacialização da soja em Mato Grosso. In: Júlia Adão Bernardes e Osni de Luna. (Org.). Geografias da Soja -BR163: fronteiras em mutação. 1ed.Rio de Janeiro: Arquimenes Edições, 2006, v. 500, p. 153-175.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
SQUIAVE, H. E. ; PEIXINHO, DIMAS . A MINERAÇÃO EM GOIÁS NO SÉCULO XVIII: A FORMAÇÃO ESPACIAL DO ARRAIAL DE PILÕES. In: XV ENCONTRO REGIONAL DE GEOGRAFIA: Geografia no contexto das reformas neoliberais no Brasil, 2018, Catalão. XV ENCONTRO REGIONAL DE GEOGRAFIA: Geografia no contexto das reformas neoliberais no Brasil, 2018. v. 1. p. 722-734.

2.
Pires, W. ; PEIXINHO, D. M. . O (Uso) do discurso ambiental como elemento para consolidação do setor agroenergético no Sudoeste de Goiás. In: VIII Simpósio de geografia Agrária, 2017, Curitiba. Simpósio de Geografia Agrária. Curitiba: AGB, 2017. v. 1. p. 232-248.

3.
Squiave, H, E. ; PEIXINHO, D. M. . Tempos de ouro: uma análise sobre a formação espacial de Israelânida -G. In: XII Encontro nacional da Associação de Pos-gradução e Pesquisa em Geografia, 2017, Porto Alegre. Geografia, Ciência e Política: do pensamento à ação, da ação ao pensamento. Porto Alegre: AGB, 2017. v. 1. p. 457-469.

4.
Squiave, H, E. ; PEIXINHO, D. M. . A dimensão temporal do espaço: estudo de caso a partir do município de Israelândia-GO. In: II CONEPE - Congresso de ensino, pesquisa e extensão., 2017, Jataí. CONEPE. Jatai: UFG, 2017. v. 1. p. 01-05.

5.
SOUSA, Marluce Silva ; SCOPEL, Iraci ; PEIXINHO, D. M. . A eucaliptocultura no Brasil.. In: XV Encuentro de Geógrafos de América Latina, 2015, Havana. Por una América Latina unida y sustentable.. Havana: Egal, 2015. v. 1. p. 825-837.

6.
PEIXINHO, D. M.; SOUSA, M. S. ; SCOPEL, Iraci . A produção de biodiesel na América do Sul.. In: XV Encuentro de Geógrafos de América Latina,, 2015, Havana. Por una América Latina unida y sustentable.. Havana: Egal, 2015. v. 1. p. 629-637.

7.
SCOPEL, Iraci ; PEIXINHO, D. M. ; SOUSA, Marluce Silva ; Oliveira, A. R . Características de solos arenosos do Sudoeste de Goiás (Brasil).. In: XV Encuentro de Geógrafos de América Latina, 2015, Havana. Por una América Latina unida y sustentable. Egal: Egal, 2015. v. 1. p. 568-580.

8.
SANTOS, A. E. ; PEIXINHO, D. M. . Processo de urbanização em área não metropolitana: considerações a cerca de Aragarças-GO, Barra do Garças-MT e Pontal do Araguaia-MT.. In: XI Encontro Nacional da ANPEGE, 2015, Presidente Prudente. Anais ENANPEGE. Presidente Prudente: ANPEGE, 2015. v. 1. p. 357-369.

9.
FREI, V. V. ; PEIXINHO, D. M. ; SOUSA, Marluce Silva . A produção de caju e a dinâmica socioespacial no Distrito de Angoche, Nampula/Moçambique. In: IV Congresso Internacional de História: Cultura, Sociedade3, 2014, Jataí. IV Congresso Internacional de História: Cultura e Sociedade. Jataí: Congresso de História, 2014. v. 1. p. 287-303.

10.
Silva, w. f. ; PEIXINHO, D. M. . O trabalho no setor sucroenergético em áreas de expansão: o caso do município de jataí-GO. In: I Seminário nacional - Reestruturação no setor sucroenergético brasileiro: novas e velas espacialidades, 2012, Rio deJjaneiro. I Seminário nacional - Reestruturação no setor sucroenergético brasileiro: novas e velas espacialidades, 2012. v. 1. p. 57-68.

11.
Carvalho. C. F. ; PEIXINHO, D. M. . Análise da normatização do território no contexto sucroenergético do município de jataí-GO. In: I Seminário nacional - Reestruturação no setor sucroenergético brasileiro: novas e velas espacialidades, 2012, Rio deJjaneiro. I Seminário nacional - Reestruturação no setor sucroenergético brasileiro: novas e velas espacialidades, 2012. v. 1. p. 211-222.

12.
FRANCO, I. ; PEIXINHO, D. M. . Aspectos ambientais e energético do setor sucroalcooleiro: a emissão de gases agressivos ao meio ambiente e a bioeletricidade da cana. In: I Seminário nacional - Reestruturação no setor sucroenergético brasileiro: novas e velas espacialidades, 2012, Rio deJjaneiro. I Seminário nacional - Reestruturação no setor sucroenergético brasileiro: novas e velas espacialidades, 2012. v. 1. p. 256-268.

13.
PEIXINHO, D. M.; SOUSA, Marluce Silva ; SCOPEL, Iraci . FUNDAMENTOS TEÓRICO-METODOLÓGICOS PARA A COMPREENSÃO DO SISTEMA PRODUTIVO DA SOJICULTURA NOS CERRADOS. In: Encontro Nacional de Geografia Agrária, 2012, Uberlândia. Territórios em Disputa: os desafios da Geografia Agrária nas contradições do desenvolvimento brasileiro. Uberlândia: XX ENGA, 2012. v. 1. p. 1-20.

14.
FREI, V. V. ; PEIXINHO, D. M. . A PRODUÇÃO DE CAJU EM MOÇAMBIQUE E A DINÂMCA SOCIOESPACIAL. In: Encontro Nacional de Geografia Agrária, 2012, Uberlândia. Territórios em Disputa: os desafios da Geografia Agrária nas contradições do desenvolvimento brasileiro. Uberlândia: ENGA, 2012. v. 1. p. 1-22.

15.
Silva, w. f. ; PEIXINHO, D. M. . O TERRITÓRIO A QUALQUER PREÇO: AS ESTRATÉGIAS DE TERRITORIALIZAÇÃO DO SETOR SUCROENERGÉTICO. In: Encontro Nacional de Geografia Agrária, 2012, Uberlândia. Territórios em Disputa: os desafios da Geografia Agrária nas contradições do desenvolvimento brasileiro. Uberlândia: ENGA, 2012. v. 1. p. 1-15.

16.
OLIVEIRA, F. A. ; PEIXINHO, D. M. ; CHAVEIRO, E. F. . ?TERRITÓRIO LÍQUIDO?: A APROPRIAÇÃO DAS ÁGUAS NA BACIA DO RIO DOCE - SUDOESTE GOIANO. In: Encontro Nacional de Geografia Agrária, 2012, Uberlândia. Territórios em Disputa: os desafios da Geografia Agrária nas contradições do desenvolvimento brasileiro. Uberlândia: ENGA, 2012. v. 1. p. 1-16.

17.
SOUSA, Marluce Silva ; PEIXINHO, D. M. ; SCOPEL, Iraci ; MARTINS, Alécio Perini . Geografia física no ensino médio: propostas metodológicas. In: XIV Simpósio Brasileiro de Geografia Física Aplicada, 2011, Dourados. Dinâmicas socioambientais, das inter-relações às interdependências. Dourados: Simpósio Brasileiro de Geografia Física Aplicada, 2011. v. 1. p. 345-354.

18.
SCOPEL, Iraci ; PEIXINHO, D. M. ; SOUSA, Marluce Silva ; MARTINS, Alécio Perini . Delimitação de unidades de neossolos quartzarênicos no sudoeste de Goiás. In: XIV Simpósio Brasileiro de Geografia Física Aplicada, 2011, Dourados. Dinâmicas socioambientais, das inter-relações às interdependências. Dourados: Simpósio Brasileiro de Geografia Física Aplicada, 2011. v. 1. p. 451-459.

19.
SCOPEL, Iraci ; PEIXINHO, D. M. ; SOUSA, Marluce Silva ; MARTINS, Alécio Perini . Metodologia para delimitação de áreas de ocorrência de Neossolos quartzarênicos na região Sudoeste de Goiás. In: XXXIII Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 2011, Uberlândia. SOLOS NOS BIOMAS BRASILEIROS: SUSTENTABILIDADE E MUDANÇAS CLIMÁTICAS. São Paulo: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, 2011. v. 1. p. 643-652.

20.
PEIXINHO, D. M.; SCOPEL, Iraci ; SOUSA, Marluce Silva . O homem e a terra: uso e ocupação dos neossolos quartzanêncios (RQ) em Serranópolis-GO-Brasil. In: VI Seminário Latino-Americano e II Seminário Ibero-Americano de Geografia física, 2010, Coimbra. Sustentabilidade da "Gaia"; Ambiente, Ordenamento e Desenvolvimento, 2010. v. 1. p. 512-525.

21.
SOUSA, Marluce Silva ; PEIXINHO, D. M. ; SCOPEL, Iraci . O processo de arenização no Cerrado brasileiro: estudo de caso da bacia do ribeirão sujo, Serranópolis-GO-Brasil. In: VI Seminário Latino-Americano e II Seminário Ibero-americano de Geografia Física., 2010, Coimbra. Sustentabilidade da "Gaia"; ambiente, ordenamento e desenvolvimento, 2010. v. 1. p. 623-635.

22.
SCOPEL, Iraci ; PEIXINHO, D. M. ; SOUSA, Marluce Silva . Aspectos climáticos e os areais do sudoeste de Goiás-Brasil. In: VI Seminário Latino-Americano e II seminário Ibero-americano de Geografia física, 2010, Coimbra. Sustentabildade da "Gaia"; ambinete, ordenamento e desenvolvimento, 2010. v. 1. p. 638-649.

23.
SCOPEL, Iraci ; PEIXINHO, D. M. ; SOUSA, Marluce Silva . Uso e manejo de neossolos quartzanênicos em Serranópolis (Goiás/Brasil): grau de degradação e possível recuperação. In: Vi seminário latino-americano e II seminário ibero-americano de geografia física, 2010, Coimbra. Sustentabilidade da "Gaia"; ambiente, ordenamento e desenvolvimento, 2010. v. 1. p. 688-681.

24.
PEIXINHO, D. M.; SOUSA, Marluce Silva ; SCOPEL, Iraci . A organização da produção mundial de soja e sua espaicalização nos países Sul- Américanos. In: 12º Encuentro de Geógrafos de América Latina, 2009, Montevideo. Caminhando en una América Latina en transformación, 2009.

25.
SCOPEL, Iraci ; SOUSA, Marluce Silva ; MENESES, B. B. ; MARIANO, Zilda de Fátima ; PEIXINHO, D. M. . Novas Fornteiras Agrícolas: solos arenosos e tecnologias atuais. In: 12º Encuentro de geógrafos de América Latina, 2009, Montevideo. Caminando en una América Latina en transformación, 2009.

26.
MENESES, B. B. ; LEMOS, R. E. ; SCOPEL, Iraci ; PEIXINHO, D. M. . Uso e ocupãção agropecuária no Cerrado brasileiro; transformações da paisagem e seus impactos ambinetais no estado de Goiás. In: 12º Encuentro de Geógrafos de América Latina, 2009, Montevideo. Caminando en una América Latina en Transformación, 2009.

27.
PEIXINHO, D. M.. A dinâmica sócio-espacial do modelo técnico-produtivo da sojicultura no Cerrado e a formação dos centros dinâmicos: o caso de Rondonópolis (MT) e Rio Verde (GO).. In: XV Encontro Nacional dos Geógrafos, 2008, São Paulo. - O Espaço no pára - por uma AGB em movimento. São Paulo: AGB - Secão São Paulo, 2008. v. 1. p. 352-263.

28.
SOUSA, Marluce Silva ; PEIXINHO, D. M. ; SCOPEL, Iraci ; MARIANO, Zilda de Fátima . A degradação de solos arenosos em Goiás/Brasil: o caso dos areais do sudoeste goiano. In: VII Simpósio Nacional de Geomorfologia e II Encontro Latino-Americano de Geomorfologia, 2008, Belo Horizonte. Dinâmica e Diversidade de paisagens. São Paulo: TecArt, 2008. v. único. p. 253-268.

29.
PEIXINHO, D. M.; MENESES, B. B. ; COSTA, M. ; Silva, F. B . . Reflexões do Grupo de Estudo Teoria e Método em Geografia Sobre as Categorias: Espaço, Região, Lugar e Paisagem na Obra de Milton Santos. In: : VII Jornada de Geografia, 2008, Jataí. Recursos naturais: potencialidades e limitações produtivas do Sudoeste de Goiás, 2008. v. 1.

30.
COSTA, M. ; MENESES, B. B. ; FARIA, S. M. ; PEIXINHO, D. M. ; SCOPEL, Iraci . . EXPANSÃO DA CANA-DE-AÇÚCAR EM RELAÇÃO À SOBREPOSIÇÃO DE OUTRAS ATIVIDADES AGRÍCOLAS NO MUNICÍPIO DE JATAÍ (GO). In: VIII Jornada de Geografia, 2008, Jataí. VIII Jornada de Geografia-Pesquisa em Geografia:inserção regional e global, 2008. v. 1.

31.
SCOPEL, Iraci ; PEIXINHO, D. M. ; SOUSA, Marluce Silva ; MARIANO, Zilda de Fátima . Uso e manejo de neossolos quartzarênicos e areiais no Sudoeste de Goiás.. In: V Seminario Latino-Americano e I Seminario Ibero Americano de Geografia Fisica, 2008, Santa Maria. . Aproximando Experiencias para a Sustentabilidade de um Ambiente Globalizado, 2008. v. 1. p. 1-15.

32.
PEIXINHO, D. M.. Cana-de-açúcar: dinâmica e reestruturação espacial em Goiás. In: VI SIMGEO - SImpósio de Goegrafia, 2007, Quirinópolis. Anais do VI SIMGEO, 2007. v. 1. p. 82-95.

33.
PEIXINHO, D. M.. A relação campo-cidade no modelo técnico-produtivo da sojicultura no Cerrado: o caso de Rondonópolis (MT) e Rio Verde (GO). In: X EREGEO, 2007, Catalão. X EREGEO, 2007. v. 1. p. 155-174.

34.
PEIXINHO, D. M.; PEIXINHO, D. M. et. all . NEOSSOLOS QUARTZARÊNICOS: origens e ampliações dos areais. In: X EREGEO, 2007, Catalão. Abordagens geográficas do cerrado paisagens e diversidade. Catalão-GO: Editora Modelo, 2007. v. 1. p. 25-40.

35.
MARIANO, C. P. ; PEIXINHO, D. M. . "LAGO DIACUY": exemplo de alterações nas formas e nas funções do espaço de Jataí GO. In: Abordagens geográficas do cerrado paisagens e diversidade, 2007, Catalão. Anais do X EREGEO. Catalão: Editora Modelo, 2007. v. 1. p. 115-125.

36.
OLIVEIRA, F. A. ; PEIXINHO, D. M. ; SCOPEL, Iraci . Por um fio d´água. In: X EREGEO, 2007, Catalão. Abordagens geográficas do cerrado paisagens e diversidade. Catalão: Editora Modelo, 2007. v. 1. p. 186-192.

37.
MENESES, B. B. ; SCOPEL, Iraci ; ASSUNÇÃO, Hildeu Ferreira da ; BORGES, L. C. ; PEIXINHO, D. M. ; MARIANO, Zilda de Fátima ; LEMOS, R. E. ; SOUSA, Marluce Silva . . Produtividade Potencial do Milho de "safrinha" no Município de Jataí (2005-2006). In: XXIII Congresso de Educação do Sudoeste Goiano, 2007, Jataí. XXIII Congresso de Educação do Sudoeste Goiano, 2007. v. 1.

38.
SOUZA, Z. H. ; MENESES, B. B. ; SCOPEL, Iraci ; ASSUNÇÃO, Hildeu Ferreira da ; PEIXINHO, D. M. ; MARIANO, Zilda de Fátima . Analise da Produtividade do Milho de safrinha Através das Características do Solo e da Variabilidade Espacial da Chuva no Município de Jataí no Ano Agrícola de 2006. In: X EREGEO Simpósio Regional de Geografia, 2007, Catalão. X EREGEO Simpósio Regional de Geografia, 2007. v. 1.

39.
OLIVEIRA, F. A. ; PEIXINHO, D. M. ; SCOPEL, Iraci . POR UM FIO D`AGUA: o uso da água na comunidade do Sobrado em Jataí/GO. In: X SIMPÓSIO REGIONAL DE GEOGRAFIA - ERGEO, 2007, Catalão. Abordagens Geograficas do Cerado: Paisagens e Diversidades, 2007. v. 1.

40.
OLIVEIRA, F. A. ; PEIXINHO, D. M. ; SCOPEL, Iraci . POR UMA NOVA ÉTICA DA ÁGUA NO ESPAÇO RURAL. In: XXIII Congrasso de Educação do Sudoeste Goiano, 2007, Jataí. Educação e Meio Ambiente Cerrado - Patrimônio em Extinção, 2007. v. 1.

41.
COSTA, M. ; SOUSA, Marluce Silva ; PEIXINHO, D. M. . Caracterização da ocupação sócio-econômica em áreas suscetíveis á formação de areais. In: X EREGEO Simpósio Regional de Geografia, 2007, Catalão. X EREGEO Simpósio Regional de Geografia, 2007. v. 1.

42.
SCOPEL, Iraci ; PEIXINHO, D. M. ; SOUSA, Marluce Silva ; MARIANO, Zilda de Fátima ; MENESES, B. B. ; SILVA, Márcio Rodrigues ; ASSUNÇÃO, Hildeu Ferreia da . : Origem e Ampliação dos Areais. In: X EREGEO Simpósio Regional de Geografia, 2007, Catalão. X EREGEO Simpósio Regional de Geografia, 2007. v. 1.

43.
MENESES, B. B. ; ASSUNÇÃO, Hildeu Ferreira da ; PEIXINHO, D. M. ; SCOPEL, Iraci . Variabiolidade espacial da chuva e a produtividade do milho-safrinha em 2005, no município de Jataí )GO). In: VII Simpósio Brasileiro de Climatologia geográfica, 2006, Rondonópolis MT. Os climas e a produção do espaço no Brasil, 2006. v. 1. p. 102-115.

44.
MORAES, H ; MARIANO, Zilda de Fátima ; PEIXINHO, D. M. . Umidade relativa no inverno n acidade de Jataí GO. In: VII Simpósio Brasileiro de Climatologia geográfica, 2006, Rondonópolis. Os climas e a produção do espaço no Brasil, 2006. v. 1. p. 150-161.

45.
SOUSA, Marluce Silva ; PEIXINHO, D. M. ; SCOPEL, Iraci . Reflexões sobre análise ambiental n aGeografia e a degradação do Cerrado no sudoeste goiano. In: XIVEncontro Nacional de Geografia, 2006, Rio Branco. XIVEncontro Nacional de Geografia. Rio Branco AC: AGB Diretoria Executiva Nacional, 2006. v. 1. p. 208-216.

46.
SOUSA, Marluce Silva ; PEIXINHO, D. M. ; SCOPEL, Iraci . Compartimentação geomorfológica do Sudoeste de Goiás e relação com a formação de areais.. In: Simpósio Nacional de Geomorfologia, 2006, Goiânia. Simpósio Nacional de Geormorfologia, 2006. v. 1. p. 131-143.

47.
FARIA, S. M. ; MORAGAS, Rosana Alves Ribas ; SCOPEL, Iraci ; PEIXINHO, D. M. ; MARIANO, Zilda de Fátima . . Educação Ambiental como tema transversal: o exemplo do Colegio Nossa Senhora do Bom Conselho. In: VII Jornada de Geografia, 2006, Jataí. VII Jornada de Geografia Potencialidades e Limitções Produtivas do Sudoeste de Goiás, 2006. v. 1. p. 23-25.

48.
PEIXINHO, D. M.; SCOPEL, Iraci ; SOUSA, Marluce Silva . A dinâmica espacial a partir da economia espacial. In: X Encontro de geógrafos da América Latina, 2005, São Paulo. Por uma Geografia latino-americana: do labirinto da solidão ao espaço da solidariedade. São Paulo: FFCHL - USP, 2005. v. 01. p. 11513-11531.

49.
OLIVEIRA, F. A. ; PEIXINHO, D. M. . - Pensando os Sem Tetos do Parque Oeste Industrial Goiânia/GO. In: IX Encontro Regional de Geografia - Eregeo, 2005, Porto Nacional. Novas Territorialidades: Integração e Redefinição Regional, 2005. v. 1.

50.
PEIXINHO, D. M.. Economia Espacial: Perspectiva para uma análise metodológica na geografia. In: VI Congresso Brasileiro de Geógrafos, 2004, Goiânia. VI COngresso Brasileiro de Geógrafos. Goiânia: AGB - Associação dos Geógrafos Brasileiro, 2004. v. 01. p. 723-730.

51.
PEIXINHO, D. M.; PEREIRA, Neusa Maria ; GÖRGEN, Lucimar ; SCOPEL, Iraci . Expansão agrícola no município de Jataí-GO de 70 a 2004.. In: VI Jornada de Geografia, 2004, Jataí-GO. Recursos naturais: potencialidades e limitações produtivas do Sudoeste de Goiás. Jataí-GO: Campus Avançado de Jataí, 2004. v. 01.

52.
PEIXINHO, D. M.; MARIANO, Zilda de Fátima ; SILVA, Jesiel de Souza ; ASSUNÇÃO, Hildeu Ferreia da ; SCOPEL, Iraci . Clima urbano de Jataí/Goiás. In: VI Simpósio Brasileiro de Climatologia Geográfica, 2004, Aracaju/SE. VI Simpósio Brasileiro de Climatologia Geográfica. Aracaju/SE: Núcleo de Pós-Graduação de Geografia/Universidade Federal de Sergipe, 2004.

53.
PEIXINHO, D. M.; PEIXINHO, D. M. et. all . Tendência das chuvas mensais em Jataí-GO.. In: XIII Congresso Brasileiro de Agrometeorologia, 2003, Santa Maria. XIII Congresso Brasileiro de Agrometeorologia, 2003. v. 01. p. 733-735.

54.
PEIXINHO, D. M.; PEIXINHO, D. M. et. all . A Formação de areais no sudoeste goiano e sua relação com aspectos geológicos e geomorfológicos: estudo de caso do município de Serranópolis-GO.. In: Encontro Regional de Geografia EREGEO, 2003, Goiás. VIII EREGEO, 2003. v. 01. p. 181-189.

55.
PEIXINHO, D. M.. Espaço Agrário Brasileiro: inclusão e exclusão social. In: Encontro Regional de Geografia EREGEO, 2003, Goiás. VII EREGEO - A Geografia no Mundo da Diversidade. Goiás: AGB - Associação dos Geógrafos Brasileiros, 2003. v. 01. p. 53-73.

56.
PEIXINHO, D. M.; MORAES, Raquel Souza ; SOUSA, Marluce Silva ; CARVALHO, Núbia Rosário ; SCOPEL, Iraci . Considerações sobre Neossolos Quartzarênicos no Sudoeste de Goiás. In: VI Jornada de Geografia, 2003, Jataí-GO. Ocupação do Espaço com Qualidade de Vida, 2003.

57.
PEIXINHO, D. M.. Movimentos Políticos e a Universidade. In: II Ciclo de Educação, 1999, Jataí. II Ciclo de Educação. Jataí -GO: Publicaçõa do próprio evento, 1999. v. 01. p. 08-12.

58.
PEIXINHO, D. M.. A (Re)organização dos Currículos nos Cursos de Licenciatura e Bacherelado.. In: I Semana Científica e Tecnológica de Jataí, 1999, Jataí -GO. Livro de Resumos. Jataí: Impresso pelo Evento -UFG/CAJ., 1999. v. 01. p. 06-06.

59.
PEIXINHO, D. M.. O Processo de ocupação dos Cerrados. In: I Jornada Interna de Geografia, 1998, Jataí. I Jornada Interna de Geografia, 1998. v. único. p. 22-26.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
SANTOS, A. E. ; PEIXINHO, D. M. . O PAPEL DOS LIMITES NA LÓGICA ESPACIAL DO PROCESSO DE CONURBAÇÃO FORA DA METRÓPOLE. In: XI Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão da Universidade Federal de Goiás, 2014, Jataí. CONPEEX. Goiânia: UFG, 2014. v. 1. p. 1166-1170.

2.
Silva, w. f. ; PEIXINHO, D. M. . O avanço do setor sucroenergético no cerrado: os impactos da expansão canaveira na dinâmica socioespacial de jataí (GO). In: 63ª Reunião anual da SBPC, 2011, Goiânia. Cerrado: Água, alimento e energia, 2011. v. 1. p. 1021-1022.

3.
Silva, I. M. ; PEIXINHO, D. M. . A TERRITORIALIZAÇÃO DO SETOR SUCROALCOOLEIRO NO MUNICÍPIO DE QUIRINÓPOLIS A PARTIR DE 2005. In: VIII Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão da UFG - CONPEEX, 2011, Goiânia. VIII CONPEEX. Uberlândia: UFG, 2011. v. 1. p. 325-331.

4.
PEIXINHO, D. M.; SCOPEL, Iraci ; MARIANO, Zilda de Fátima ; ASSUNÇÃO, Hildeu Ferreia da . Variabildade da temperatura do ar e precipitação pluviométrica no município de Jataí-GO. In: II Conferência Regional sobre mudanças globais: América do Sul, 2005, São Paulo. II Conferência Regional sobre mudanças globais: América do Sul, 2005. v. 1.

5.
PEIXINHO, D. M.; PEIXINHO, D. M. et. all . Impactos ambientais urbanos: o caso da ocupação das margens dos córregos Jataí e do Açude.. In: V Jornada de Geografia - Geograffia - uma construção permanente, 2003, Jataí-GO. Recursos naturais: potencialidades e limitações produtivas do Sudoeste de Goiás, 2003. v. 01.

6.
PEIXINHO, D. M.. A implantação da agricultura moderna nos cerrados. In: XVI Encontro Nacional de Geografia Agrária, 2002, Petrolina -PE. XVI Encontro Nacional de Geografia Agrária - Agricultura brasileiro: unidade na diversidade, 2002. v. 01. p. 184-187.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
COSTA, M. ; SOUSA, Marluce Silva ; PEIXINHO, D. M. ; MARIANO, Zilda de Fátima ; SCOPEL, Iraci . Caracterização da Ocupação Sócio-econômica em áreas suscetíveis á formação de areais. In: EREGEO, 2007, Catalão. EREGEO, 2007.

2.
OLIVEIRA, F. A. ; PEIXINHO, D. M. ; SCOPEL, Iraci . POR UM FIO D`AGUA: o uso da água na comunidade do Sobrado em Jataí/GO. In: X EREGEO - SIMPÓSIO REGIONAL DE GEOGRAFIA, 2007, Catalão. Abordagens geográficas do cerrado paisagens e diversidade, 2007. v. 1. p. 34-35.

3.
OLIVEIRA, F. A. ; PEIXINHO, D. M. ; SCOPEL, Iraci . Por uma nova ética da água no espaço rural. In: XXIII Congresso de Educação do Sudoeste Goiano, 2007, Jataí. Educação e Meio Ambiente Cerrado - Patrimônio em Extinção, 2007. v. 1.

4.
SCOPEL, Iraci ; PEIXINHO, D. M. ; MARIANO, Zilda de Fátima ; SOUSA, Marluce Silva . Deficiência hídrica em Neossolos Quartzarêncios no Sudoeste de Goiás. In: VII Simpósio Brasileiro de Climatologia Geográfica, 2006, Rondonópolis -MT. Os climas e a produção do espaço no Brasil, 2006. v. 1. p. 64-64.

5.
MENESES, B. B. ; ASSUNÇÃO, Hildeu Ferreia da ; SCOPEL, Iraci ; MARIANO, Zilda de Fátima ; PEIXINHO, D. M. ; SOUSA, Marluce Silva ; OLIVEIRA, F. A. . Variabilidade espacial da chuva e a produtividade do milho-safrinha em 2005, no município de Jataí. In: VII SBCG Simpósio Brasileiro de Climatologia Geográfica, 2006, Rondonópolis. Os climas e a Produção do Espaço no Brasil, 2006. v. 1. p. 93-93.

6.
PEIXINHO, D. M.; SCOPEL, Iraci ; ASSUNÇÃO, Hildeu Ferreira da ; MARIANO, Zilda de Fátima . Sand spots exposure origin and perspectives of use and managment of Quartzipsamment soils at Serranópolis (GO). In: Simpósio Internacional de Degradação de Terras e Desertificação, 2005, Uberlândia. Abstracts - Internacional Symposium on Land Degradation and Desertification, 2005. v. 01. p. 39-40.

7.
PEIXINHO, D. M.; CARVALHO, Ednaldo Oliveira de ; SILVA, Márcio Rodrigues ; MORAGAS, Washington Mendonça . Relations between soil classes and use in the Southwest of Goiás state, Brazil.. In: Simpósio Internacional de Degradação de Terras e Desertificação, 2005, Uberlândia. Abstracts - Internacional Symposium on Land Degradation and Desertification, 2005. v. 01. p. 95-96.

8.
OLIVEIRA, F. A. ; PEIXINHO, D. M. . . REPENSANDO A CARENCIA HABITACIONAL - Pensado os Sem Tetos do Parque Oeste Industrial de Goiânia/GO. In: IX EREGEO - Encontro Regional de Geografia, 2005, Porto Nacional/TO. NOVAS TERRITORIALIDADES - Integração e Redefinição Regional, 2005. v. 1. p. 89-90.

9.
PEIXINHO, D. M.; SCOPEL, Iraci ; SOUSA, Marluce Silva . Economia espacial e as temporalidade no campo brasileiro. In: XVII Encontro nacional de Geografia Agrária, 2004, Gramado-RS. Tradição X Tecnologia: as Novas Territorialidades do Espaço Agrário Brasileiro. Gramado/RS: Universidade Federald do Rio Grande do Sul, 2004.

10.
PEIXINHO, D. M.; MARIANO, Zilda de Fátima ; SCOPEL, Iraci . Espaço Agrário Brasileiro: Inclusão e exclusão social.. In: VII Congreso Internacional Geografía América Latina, 2004, Madrid. Puentes para otro mundo, 2004.

11.
PEIXINHO, D. M.; MARIANO, Zilda de Fátima ; SCOPEL, Iraci . A relação homem-natureza os discursos ambientais. In: VII Congreso Internacional Geografía América Latina, 2004, Madrid. Puentes para otro mundo, 2004.

12.
PEIXINHO, D. M.; SCOPEL, Iraci ; FREITAS, Volnan Vieira de ; MARIANO, Zilda de Fátima ; SOUSA, Marluce Silva . O processo de arenização no Sudoeste Goiano. In: X Simpósio Brasileiro de Geografia Física Aplicada, 2003, Rio de Janeiro, 2003.

13.
PEIXINHO, D. M.. O processo de ocupação dos cerrados. In: XII Encontro Nacional de Geógrafos, 2000, Florianópolis -SC. Os outros 500 na Formação do Território Brasileiro., 2000. v. 01. p. 422-422.

Apresentações de Trabalho
1.
PEIXINHO, D. M.. Sustentabilidade e desenvolvimento Regional. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
PEIXINHO, D. M.. A produção de Biodiesel: as políticas de Brasil e Argentina. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
PEIXINHO, D. M.. Produção agroindustrial e dinâmica socioespacial do setor sucroenergético em Goiás:perspectivas econômicas e ambientais.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
PEIXINHO, D. M.. Os métodos na geografia. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
PEIXINHO, D. M.. Impactos da reestruturação produtiva na vida/história dos lugares. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
Silva, w. f. ; PEIXINHO, D. M. . O avanço do setor sucroenergético no cerrado: os impactos da expansão canaveira na dinâmica socioespacial de jataí (GO). 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
bernardes, j.a. ; PEIXINHO, D. M. . Novas Fronteiras do capital no Cerrado brasileiro:cadeia carne/grão. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
SOUSA, Marluce Silva ; PEIXINHO, D. M. ; SCOPEL, Iraci ; MARTINS, Alécio Perini . Geografia física no ensino médio: propostas metodológicas. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

9.
PEIXINHO, D. M.; SOUSA, Marluce Silva ; SCOPEL, Iraci . Formação territorial, evolução no uso da terra e caracterização socieconômica no município de Serranópolis/Sudoeste de Goiás. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
SCOPEL, Iraci ; SOUSA, Marluce Silva ; PEIXINHO, D. M. . Proposta agronômica aos agricultores que trabalham com solos arenosos. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

11.
SOUSA, Marluce Silva ; PEIXINHO, D. M. ; SCOPEL, Iraci . Pra´ticas de ensino de geografia física na educação básica. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

12.
PEIXINHO, D. M.. Agricultura familiar e a produção do Biodiesel em Goiás.. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
PEIXINHO, D. M.. "A expansão do setor sucroalcooleiro em Goiás: a contribuição da ação estatal".. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

14.
PEIXINHO, D. M.. "A estratégia expansão da agricultura canavieira na região dos cerrados". 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

15.
PEIXINHO, D. M.. O selo social: diferentes realidades regionais. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

16.
PEIXINHO, D. M.; SCOPEL, Iraci ; SOUSA, Marluce Silva . "O processo de arenização no cerrado brasileiro: estudo de caso da Bacia do Ribeirao Sujo,. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

17.
Silva, w. f. ; PEIXINHO, D. M. . A territorialização do capital sucroenergético nos cerrados: o caso de Jataí-GO. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

18.
OLIVEIRA, F. A. ; PEIXINHO, D. M. . Território e apropiração do "ouro azul". 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

19.
PEIXINHO, D. M.; SOUSA, Marluce Silva ; SCOPEL, Iraci . A organização da produção mundial de soja e sua espacialização nos países sul-americanos. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

20.
SOUSA, Marluce Silva ; SCOPEL, Iraci ; PEIXINHO, D. M. . Novas fronteiras agrícolas: solos arenosos e tecnologias atuais. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

21.
MENESES, B. B. ; SCOPEL, Iraci ; PEIXINHO, D. M. ; COSTA, M. . Uso e ocupação agropecuária mno cerrado brasileiro: transformações da paisageme seus impactos ambientais. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

22.
PEIXINHO, D. M.. Abordagens Teórico-Metodológica so Espaço Agrário Goiano. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

23.
SOUSA, Marluce Silva ; PEIXINHO, D. M. ; SCOPEL, Iraci ; MARIANO, Zilda de Fátima . A degradação de solos arenosos em Goiás/Brasil: o caso dos areais do sudoeste goiano.. 2008. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

24.
PEIXINHO, D. M.. A dinâmica sócio-espacial do modelo técnico-produtivo da sojicultura no Cerrado e a formação dos centros dinâmicos: o caso de Rondonópolis (MT) e Rio Verde (GO).. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Outras produções bibliográficas
1.
Oliveira, D. J. ; PEIXINHO, D. M. . A construção de olhares geográficos. Goiânia, 2017. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
SCOPEL, Iraci ; SOUSA, Marluce Silva ; PEIXINHO, D. M. . Indicações pra uso e manejo de solos arenosos no Sudoeste de Goiás. 2011.


Demais tipos de produção técnica
1.
SCOPEL, Iraci ; PEIXINHO, D. M. ; SOUSA, Marluce Silva . A Formação de areais e seu controle na região de Jataí e Serranópois/GO. 2005. (Relatório de pesquisa).

2.
PEIXINHO, D. M.. Gestão Escolar. 1999. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
PEIXINHO, D. M.; Oliveira, A. U.; SOUSA, Marluce Silva. Participação em banca de HYAGO ERNANE GONÇALVES SQUIAVE. RIO CLARO: A NATUREZA QUE REÚNE O ESPAÇO MINEIRO DO SÉCULO XVIII À FORMAÇÃO TERRITORIAL DE ISRAELÂNDIA ? GO ATUAL. 2018. Dissertação (Mestrado em Geografia ( Campus Jatai )) - Universidade Federal de Goiás.

2.
PEIXINHO, D. M.; Silva, w. f.; Paula, M. C.. Participação em banca de Marcos Vinicius Ferreira da SIlva. Políticas Energéticas e dinamica espacial: análise das cooperativas do sudoeste de Goiás. 2017. Dissertação (Mestrado em Geografia ( Campus Jatai )) - Universidade Federal de Goiás.

3.
PEIXINHO, D. M.; CLEMENTE, E. C.; PANIAGRO JUNIOR, E.. Participação em banca de Juliana Abadia do Prado Soares. A pluriatividade na agricultura familiar:estudo no Assentamentos Agrovila Rio Verdinho -Rio Verde-Go e Assentamento Nossa Senhora do Guadalupe- Jataí-GO.. 2016. Dissertação (Mestrado em Geografia ( Campus Jatai )) - Universidade Federal de Goiás.

4.
MONTEIRO, J. L. G.; PEIXINHO, DIMAS; NEGRI, S. M.. Participação em banca de Maria Regina Ritter Moreira. A UFMT E A DINÂMICA ESPACIAL DE SEU ENTORNO. 2016. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal de Mato Grosso.

5.
CHAVEIRO, E. F.; MELO, S. C.; PEIXINHO, D. M.. Participação em banca de Pollyany Pereira Martins. Dinâmica socioespacial de Aragarças Goiás: a cotidianidade na construção e estruturação do espaço urbano. 2015. Dissertação (Mestrado em Geografia ( Campus Jatai )) - Universidade Federal de Goiás.

6.
SCOPEL, Iraci; PEIXINHO, D. M.; COSTA, R. A.. Participação em banca de Tatiane da Silveira Garcia. Relação entre uso, manejo e propriedade físicas de um latossolo vermelho distrófico no município de Ituiutaba (MG). 2015. Dissertação (Mestrado em Geografia ( Campus Jatai )) - Universidade Federal de Goiás.

7.
Silva. M. R; PEIXINHO, D. M.; RODRIGUES, M. J.. Participação em banca de Frank Luiz Rosa Chagas. Caracterização do Espaço Urbano de Iporá no Período de 1970 a 2010. 2014. Dissertação (Mestrado em Geografia ( Campus Jatai )) - Universidade Federal de Goiás.

8.
CHAVEIRO, E. F.; CLEMENTE, E. C.; PEIXINHO, D. M.. Participação em banca de Divino José Lemes. O município de Iporá no contexto da modernização do Cerrado goiano. 2014. Dissertação (Mestrado em Geografia ( Campus Jatai )) - Universidade Federal de Goiás.

9.
PEIXINHO, D. M.; CASTILLO, R. A.; SCOPEL, I.. Participação em banca de Winder Rodrigues Pires. O (Uso do) discurso ambiental como elemento para a consolidação do setor agroenergético no suidoeste de Goiás. 2014. Dissertação (Mestrado em Geografia ( Campus Jatai )) - Universidade Federal de Goiás.

10.
CLEMENTE, E. C.; PEIXINHO, D. M.; OLIVEIRA, A. R.. Participação em banca de Isaías Mutombo Mafavisse. O PAPEL DAS POLÍTICAS PÚBLICAS NA PROMOÇÃO DO DESENVOLVIMENTO RURAL EM MOÇAMBIQUE - DISTRITO DE MALEMA.. 2014. Dissertação (Mestrado em Geografia ( Campus Jatai )) - Universidade Federal de Goiás.

11.
PEIXINHO, D. M.. Participação em banca de Isaias Mutombo Mafavisse. O papel das politicas públicas na promoção do desenvolvimento rural em Moçambique - distrito de Malema.. 2014. Dissertação (Mestrado em Geografia ( Campus Jatai )) - Universidade Federal de Goiás.

12.
PEIXINHO, D. M.. Participação em banca de Wayrone Klaiton Luiz Silva. O FCO como instrumento de desenvolvimento regional: "as relações entre Estado e Mercado na produção do território goiano.". 2014. Dissertação (Mestrado em Geografia ( Campus Jatai )) - Universidade Federal de Goiás.

13.
BERNARDES, J. A.; PEIXINHO, D. M.; EGLER, C. A.. Participação em banca de Lourenço Passeri Lavrado da Silva Moreira. A Corporação COSAN e a conquista de um território em torno de sua usina de etanol em Jataí, Goiás (2007-2012). 2013. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

14.
SCOPEL, Iraci; PEIXINHO, D. M.; CASTRO, S. S.. Participação em banca de Íria Oliveira Franco. Análise espacial da expansão canaveira no sudoeste de Goiás. 2012. Dissertação (Mestrado em Geografia ( Campus Jatai )) - Universidade Federal de Goiás.

15.
CHAVEIRO, E. F.; PEIXINHO, D. M.; Marco, V.. Participação em banca de Francis Borges da Silva. Seguindo o Boi e descobrindo o território: reflexão socioterritorial da pecuária bovina no município de jataí (GO).. 2011. Dissertação (Mestrado em Geografia ( Campus Jatai )) - Universidade Federal de Goiás.

16.
PEIXINHO, D. M.; BERNARDES, J. A.; Arraes, T. A.. Participação em banca de William Ferreira da SIlva. O avanço do setor sucroenergético no cerrado: os impactos da expansão canaveira na dinâmica socioespacial de jataí (GO). 2011. Dissertação (Mestrado em Geografia ( Campus Jatai )) - Universidade Federal de Goiás.

17.
Fockink, Edione Raquel; PEIXINHO, D. M.. Participação em banca de Edione Raquel Fockink. Produção Rural Familiar em Jataí (GO). 2007. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal de Uberlândia.

18.
MORAIS, G. R.; PEIXINHO, D. M.; BORBA, O. F.; SCOPEL, Iraci. Participação em banca de Genialdo Rodrigues Morais. Crescimento Urbano de Jataí - GO. 1999.

Teses de doutorado
1.
CASTILLO, R. A.; PEIXINHO, D. M.; SOUZA, A. O.; ABREU, S.; OLIVEIRA, T.. Participação em banca de Ana crolina Torelle Marquezini Faccin. Complexo soja no Mato Grosso do Sul: competitividade regional e vulnerabilidade territorial. 2017. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Federal da Grande Dourados.

2.
CHAVEIRO, E. F.; MENDONÇA, M. R.; PEIXINHO, D. M.; Gonçalves. R. J. de A.; Oliveira, A. R.. Participação em banca de Vanito Viriato Marcelino frei. No pais do man Muça, eu sou carvão: implicações socioespaciais nos megaprojetos de mineração nas comunidades locais da provincia de Napula. 2017. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

3.
DEUS, J. B.; CHAVEIRO, E. F.; PEIXINHO, D. M.; Freitas, C. A. L; MOta. F. C. Participação em banca de Alex Tristão de Santana. Artérias do Cerrado desigual: a rodovia BR 060 na dinâmica territorial de Goiás. 2017. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

4.
OLIVEIRA, I. J.; PEIXINHO, D. M.; BARREIRA, C. C. M. A.; FERREIRA, M. E.; LUZ, F. J. F.. Participação em banca de Gladis de Fátima Nunes da Silva. Reconfiguração da paisagem nas savanas da amazônia: o processo de ocupação do "lavrado" no município de Boa Vista, Roraima.. 2016. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

5.
PEIXINHO, D. M.. Participação em banca de Weder David de Freitas. Geografia militância e marxismo: a trajetória de Horieste Gomes e sua participação no movimento de renovação da geografia brasileira.. 2014. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

6.
Cleps Junior, J.; PESSOA, V. L. S.; PEIXINHO, D. M.; Oliveira, A. R; Rodrigues, S. C. Participação em banca de Gilberto José de Faria Queiroz. Modernização agrícola e transformações socioespaciais em Goiás: desigualdades e concentração no desenvolvimento regional no perído 1930-2007. 2010. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Federal de Uberlândia.

7.
DEUS, J. B.; PEIXINHO, D. M.; CHAVEIRO, E. F.; MENDONÇA, M. R.; TAVARES, J. C.. Participação em banca de Cesar Augusto L. L. de Freitas. A reciclagem e suas dinâmica reprodutora d euma situação de lumpemproletariado. 2010. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

8.
Oliveira, A. U.; Neto, J. V; PEIXINHO, D. M.; Scarlato, F. C.; Lombardo, M, A,. Participação em banca de Leida Maria de Souza Lima. O processo de (re) criação do campesinato em áreas de latifúndio: a fragmentação da terra em Rondonópolis -MT. 2007. Tese (Doutorado em Geografia (Geografia Humana)) - Universidade de São Paulo.

Qualificações de Doutorado
1.
GOETTERT, J. D.; PEIXINHO, D. M.; Mordado, M, L.; Arguello, C. G.. Participação em banca de Marlene Flauzina Oliveira. Festa de Nossa Senhora da Abadia em jataí-GO: uma experiência de interpretação geográfica. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Geografia) - Universidade Federal da Grande Dourados.

2.
PEIXINHO, D. M.. Participação em banca de Alex Tristão de Santana. A BR-060 no Cerrado Goiano: Circulação e dinâmica territorial.. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

3.
CHAVEIRO, E. F.; PEIXINHO, D. M.; MEDONCA, M. R.. Participação em banca de Vanito Viriato Marcelino Frei. Território e Recursos Minerais em Moçambique: análise das implicações socioterritoriais dos megas projetos de mineração para as comunidades locais na província de Nampula. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

4.
CASTILLO, R. A.; PEIXINHO, D. M.; SOUZA, A. O.; ABREU, S.; LAMOSO, L. P.. Participação em banca de Ana Carolina Torelli marquenizi Faccin. Regiões Competitiva da Soja em Moto Grosso do Sul: especialização produtiva, vulnerabilidade territorial e reestruturação logistica. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Geografia) - Universidade Federal da Grande Dourados.

5.
CANDIDO, G. A.; AZEVEDO, P. V.; DANTAS NETO, J.; LIMA, L. M. S.; PEIXINHO, D. M.; MONTEIRO, J. L.. Participação em banca de Adenilce Ferreira de Oliveira. Recursos hídricos, assistência técnica, financiamento e eficiência econômica na gleba Cascata e assentamento fazenda Esperança -Rondonópolis-MT. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Recursos Naturais) - Universidade Federal de Campina Grande.

Qualificações de Mestrado
1.
CALVACANTI, L. S.; PEIXINHO, DIMAS; LIMA, S. R.. Participação em banca de Gustavo Araújo de Carvalho. A construção do conceito de indústria no ensino de geografia no município de Canápolis-MG. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Geografia ( Campus Jatai )) - Universidade Federal de Goiás.

2.
Oliveira, A. U.; SOUSA, Marluce Silva; PEIXINHO, D. M.. Participação em banca de GLEIDA GUTIELLE DA SILVA MELO. AGRICULTURA CAMPONESA E SOBERANIA ALIMENTAR: OS ASSENTAMENTOS DE REFORMA AGRÁRIA EM GOIÁS/GO. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Geografia ( Campus Jatai )) - Universidade Federal de Goiás.

3.
CHAVEIRO, E. F.; PEIXINHO, D. M.; Borges, J. P. Participação em banca de Franscimere Cordeiro de Souza. Planejamento e a segregação socio espacial na cidade de iporá. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Geografia ( Campus Jatai )) - Universidade Federal de Goiás.

4.
PEIXINHO, D. M.; Silva, w. f.; Menezes, M. A,. Participação em banca de Hyago Ernane Gonçalves Squiave. Rio Claro: a natureza que reúne o espaço mineiro do século XVIII à formação territorial de Israelândia -GO. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Geografia ( Campus Jatai )) - Universidade Federal de Goiás.

5.
CLEMENTE, E. C.; Silva, w. f.; PEIXINHO, D. M.. Participação em banca de Luana Cândido de souza. Contribuição do território rrual do médio Araguaia para o desenvolvimento rural do municipio de Iporá-GO. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Geografia ( Campus Jatai )) - Universidade Federal de Goiás.

6.
PEIXINHO, D. M.; SILVA, Márcio Rodrigues; BESSA, K. C. O.. Participação em banca de Alexandre Eduardo Santos. Expansão Urbana e Conurbação não metropolitana: um estuo em Barra do Garças-MT, Pontal do Araguaia -MT e Aragarças-GO. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Geografia ( Campus Jatai )) - Universidade Federal de Goiás.

7.
SILVA, Márcio Rodrigues; PEIXINHO, D. M.; RODRIGUES, M. J.. Participação em banca de Paulo de Alencar Monteiro Filho. Conhecendo a Rede e entendendo o problema: olhar geográfico no sistema de saúde púiblica de Jataí (GO). 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Geografia ( Campus Jatai )) - Universidade Federal de Goiás.

8.
CLEMENTE, E. C.; PEIXINHO, D. M.. Participação em banca de Emival da Cunha Ribeiro. O papel da Geografia na formação da cidadania nas escolas rurais de Rio Verde (GO). 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Geografia ( Campus Jatai )) - Universidade Federal de Goiás.

9.
SCOPEL, I.; ASSUNÇÃO, Hildeu Ferreia da; PEIXINHO, D. M.. Participação em banca de Tatiane da Silva Vieira Garcia. Análise das propriedades fisico-quimica de solos e suas r4elação com os usos e manejo em, latossolo vermelho-amarelo. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Geografia ( Campus Jatai )) - Universidade Federal de Goiás.

10.
MONTEIRO, J. L. G.; PEIXINHO, D. M.. Participação em banca de Sálvio Itamar. O agronegócio em áreas de assentamentos no município de Rondonópolis (MT). 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Geografia) - Universidade Federal de Mato Grosso.

11.
PEIXINHO, D. M.. Participação em banca de Adjair Maranhão de Sousa.. Formação espacial de Iporá (GO) e a estrutura fundiária: apropriação capitalista da terra e o jogo político local.. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Geografia ( Campus Jatai )) - Universidade Federal de Goiás.

12.
Silva. M. R; PEIXINHO, D. M.; SCOPEL, Iraci. Participação em banca de Alexandrina Baia Cruvinel. Resíduos de serviço de saúde: compreendendo o gerenciamento de resíduos de serviços de saúde na cidade de Rio Verde no ano de 2012. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Geografia ( Campus Jatai )) - Universidade Federal de Goiás.

13.
PEIXINHO, D. M.; SCOPEL, Iraci; PIRES, Luciene Lima de Assis. Participação em banca de Vanito Viriato Frei. A produção de caju e a dinâmica socioespacial no distrito de Angoche, Napula- Moçambique. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Geografia ( Campus Jatai )) - Universidade Federal de Goiás.

14.
Silva. M. R; PEIXINHO, D. M.; SCOPEL, Iraci. Participação em banca de Vander de Souza Lima. Problemas urbanos ligados à gestão da informação na administração municipal de Jataí: um diagnóstico do cadastro urbano. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Geografia ( Campus Jatai )) - Universidade Federal de Goiás.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
SOUSA, Marluce Silva; PEIXINHO, D. M.; LACERDA, K. A. P.. Participação em banca de Marluz Martins Cabral. Projeto de horta escolar: estudo de caso no colégio da polícia militar de Rio Verde-GO. 2012. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em especiliazação em ensino de ciência e matemática) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás.

2.
PEIXINHO, D. M.; FERREIRA, Ivanildo José; SILVA, Jocenaide Maria Rosseto; MARKUS, Maria Esla. Participação em banca de Samira Borges de Oliveira. Reciclagem do lixo em Rondonópolis: o Bairro Parque Real como amostra e subsídio para implantação de um programa eficiente de sensibilização. 2003. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Educação Ambiental) - Universidade Federal de Mato Grosso.

3.
SILVA, I. M. P.; PEIXINHO, D. M.. Participação em banca de Inêz Maria Paeze da Silva. Arborização: Uma Questão de Educação Ambiental - Estudo de Caso conjunto São José II. 2001. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Educação Ambiental) - Universidade Federal de Mato Grosso.

4.
MUSSI, M. C.; PEIXINHO, D. M.. Participação em banca de Marilene Cury Mussi. Consumo e Demanda de Água Tratada em Rondonópolis - MT: Uma Questão de Educação Ambiental. 2001. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Educação Ambiental) - Universidade Federal de Mato Grosso.

5.
SILVA, M. A. V.; PEIXINHO, D. M.. Participação em banca de Maria Aparecida Vieira da Silva. Forma de Aborização das Ruas de Vila Mariana, como subsídio para Educação Ambiental. 2001. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Educação Ambiental) - Universidade Federal de Mato Grosso.

6.
PEIXINHO, D. M.. Participação em banca de Maria de Lourdes. A Educação Ambiental nos Livros Didáticos das Séries Iniciais: Uma Reflexão para a Educação. 1997. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Educação Ambiental) - Universidade Federal de Mato Grosso.

7.
SILVA, S. C.; PEIXINHO, D. M.. Participação em banca de Sílvia Cléia da Silva. Os Agrotóxicos - Destino das Embalagens: estudo de caso em rondonópolis - MT. 1997. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Educação Ambiental) - Universidade Federal de Mato Grosso.

8.
HORTA, H. S.; PEIXINHO, D. M.. Participação em banca de Hernandes da Silva Horta. Plantio direto - Solo Bem Conservado. 1997. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Educação Ambiental) - Universidade Federal de Mato Grosso.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
PEIXINHO, D. M.; MORAGAS, Rosana Alves Ribas; SCOPEL, Iraci. Participação em banca de Claudinei Pereira Mariano.O cotidiano, a motivação e o interesse na aprendizagem da geografia no ensino médio: o estudo de caso do Colégio Estadual João Roberto Moreira. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

2.
MORAGAS, Rosana Alves Ribas; PEIXINHO, D. M.; SCOPEL, Iraci. Participação em banca de Joana Darc Barbosa Costa.A relação do programa bolsa-escola e a permanência das crinaças na escola José Manoel Vilela de Jataí (GO). 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

3.
PEIXINHO, D. M.. Participação em banca de Neusa Maria Pereira.Implicações da Modernização da AGricultura no Município de Jataí-GO. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em geografia) - Campus Avançado de Jataí.

4.
PEIXINHO, D. M.; SCOPEL, Iraci; MELO, Nágela Aparecida de. Participação em banca de Rosália Terezinha Katzer.Sojicultores Camponeses: o caso do assentamento Rio Paraíso. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

5.
SILVA, E. R.; PEIXINHO, D. M.; SCOPEL, Iraci; RIBEIRO, Dinalva Donizete. Participação em banca de Edione Raquel da Silva.Mateando no Serrado - Uma Integração de Culturas. 2002. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

6.
BORGES, L. C.; PEIXINHO, D. M.; SCOPEL, Iraci; RIBEIRO, Dinalva Donizete. Participação em banca de Luiz Carlos Borges.Estudos dos Vázios Urbanos de Jataí - O Caso do Setor Planalto. 2002. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

7.
RODRIGUES, M.; PEIXINHO, D. M.; SCOPEL, Iraci; BORGES, R. E.. Participação em banca de Márcia Rodrigues.Segregação Urbana: Um Estudo sobre o conjunto Sebastião Herculano de Souza e Vila Luiza na Cidade de Jataí - GO. 2002. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

8.
ALVES, Â. M. T.; PEIXINHO, D. M.; SCOPEL, Iraci; MARIANO, Zilda de Fátima. Participação em banca de Ângela Maria Teodoro Alves.Variação da Temperatura do Ar de 1980 à 1999 com subsídio à Caracterização da Estação do Ano, no Município de Jataí 0 GO. 2002. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

9.
FERREIRA, K. F.; PEIXINHO, D. M.; SCOPEL, Iraci; MORAGAS, Washington Mendonça. Participação em banca de Kelisson Furtado Ferreira.O Uso de Agrotóxicos no Assentamento Rio Paraiso - Jataí - GO. 2000. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

10.
MAMEDE, E. M.; PEIXINHO, D. M.; SCOPEL, Iraci; BORBA, O. F.. Participação em banca de Eliane de Moura Mamede.O Abastecimento de Água Tratada em Jataí - GO. 1999. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

11.
FREITAS, S. P.; PEIXINHO, D. M.; BORBA, O. F.; OLIVEIRA, D. A.. Participação em banca de Selma Pereira de Freitas.Gestão Urbana e Qualidade de Vida: Conjunto Rio Claro - EtapasI, II, III - Um Estudo de Caso. 1999. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
PEIXINHO, D. M.; CALACA, M.; OLIVEIRA, A. R.. Concurso público -prova de títulos : magistério superior - Sub área: Geografia/Geografia Agrária.. 2016. Universidade Federal de Mato Grosso.

2.
RIBEIRO, Dinalva Donizete; PEIXINHO, D. M.; COSTA, Edgar Aparecido da; COSTA; SCOPEL, Iraci; MARIANO, Zilda de Fátima. Professor Adjunto: Geografia Humana e Ensino de Geografia/CAJ. 2009. Universidade Federal de Goiás.

3.
CALVACANTI, L. S.; PEIXINHO, D. M.; SOUSA NETO, M. F. S.. Banca de Concurso Público para professor adjunto. 2009. Universidade Federal de Goiás.

4.
PEIXINHO, D. M.; RIBEIRO, Dinalva Donizete; CABRAL, João Batista Pereira. Concurso para professor substituto. 2007. Universidade Federal de Goiás.

5.
MORAGAS, Rosana Alves Ribas; PEIXINHO, D. M.; RIBEIRO, Dinalva Donizete. Membro de Banca de Concurso Público para professor de "Geografia Humana e Ensino" no ensino superior,. 2007. Universidade Federal de Goiás.

6.
PEIXINHO, D. M.; CABRAL, João Batista Pereira; RIBEIRO, Dinalva Donizete. Presidente de Banca de Concurso Público, área de "Geografia Humana e Ensino". 2007. Universidade Federal de Goiás.

7.
PEIXINHO, D. M.; BORGES, R. E.; SOUZA NETO, A. R.. Concurso para professor efetivo. 2006. Campus Avançado de Jataí.

8.
MORAGAS, Washington Mendonça; PEIXINHO, D. M.; RIBEIRO, Dinalva Donizete. Banca de concurso público para professor do ensino superior. 2005. Universidade Federal de Goiás.

9.
PEIXINHO, D. M.; RIBEIRO, Dinalva Donizete; MORAGAS, Washington Mendonça. Banca de Seleção de Professor Substituto. 2004. Universidade Federal de Goiás.

10.
PEIXINHO, D. M.; SCOPEL, Iraci; MORAGAS, Washingotn Mendonça. Banca de Seleção de Monitor. 2004. Universidade Federal de Goiás.

11.
PEIXINHO, D. M.; MORAGAS, Washington Mendonça; RIBEIRO, Dinalva Donizete. Banca de concurso público para professor do ensino superior. 2004. Universidade Federal de Goiás.

12.
PEIXINHO, D. M.; MORAGAS, Rosana Alves Ribas; MELO, Nágela Aparecida de. Banca de Seleção de Professor Substituto. 2003. Universidade Federal de Goiás.

13.
PEIXINHO, D. M.; SCOPEL, Iraci; CABRAL, João Batista Pereira. Banca de Seleção de Professor Substituto. 2002. Universidade Federal de Goiás.

14.
PEIXINHO, D. M.; SCOPEL, Iraci; CABRAL, João Batista Pereira. Banca de Seleção de Professor Susbtituto. 2002. Universidade Federal de Goiás.

15.
PEIXINHO, D. M.; SCOPEL, Iraci; MORAGAS, Rosana Alves Ribas. Banco de Seleção de Professor Substituto. 1999. Universidade Federal de Goiás.

16.
PEIXINHO, D. M.; SCOPEL, Iraci; BURJACK, M. I. A.. Banca de Seleção de Professor Substituto. 1998. Universidade Federal de Goiás.

17.
PEIXINHO, D. M.. Banca de Seleção de Professor Substituto. 1998. Universidade Federal de Goiás.

Outras participações
1.
PEIXINHO, D. M.; ASSUNÇÃO, Hildeu Ferreira da. II Seminário Interno do Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Geografia. 2010. Universidade Federal de Goiás.

2.
PEIXINHO, D. M.. Representante do Campus Jataí na Comissão de Avaliação PIBIC/UFG - Ciências Humanas. 2010. Universidade Federal de Goiás.

3.
PEIXINHO, D. M.; MARKUS, Maria Esla; GARSKE, L. M. N.; GOETTERT, J. D.; PASSARI, A. V.. Comissão Especial de Avaliação Docente Progressão Funcional Especial(professor ajunto). 2009. Universidade Federal de Mato Grosso.

4.
PEIXINHO, D. M.; CALACA, M.; CHAVEIRO, E. F.. No obscuro do ouro o brilho do Cerrado: a dinâmica territorial do município de Crixás-go. 2009. Universidade Federal de Goiás.

5.
PEIXINHO, D. M.. concurso para professor substituto. 2007. Campus Avançado de Jataí.

6.
PEIXINHO, D. M.; PIRES, Luciene Lima de Assis; ASSIS, Renato Machado de. Banca de Avaliação de Processo. 2001. Universidade Federal de Goiás.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
EREGEO - Encontro Regional de Geografia - XIV. 2016. (Encontro).

2.
XV Encuentro de geógrafos de América Latina - ENGAL.A produção de Biodiesel no Mercosul. 2015. (Encontro).

3.
11º Conpeex 2014. Energia e Sustentabilidade. 2014. (Congresso).

4.
IV congresso internacional de História.. A produção de Caju e a dinâmica socioespacial do distrito de Angoche, Nampula-Moçambique.. 2014. (Congresso).

5.
IV congresso internacional de História.. O tempo empiricizado na paisagem urbana: aspectos temporais e especiais de Jataí (GO). 2014. (Congresso).

6.
14 Encuentro de geógrafos da América Latina.. Água no solo e potencial de uso de solos muito arenosos nos cerrados(savanas) do brasil. 2013. (Congresso).

7.
14 Encuentro de geógrafos da América Latina.. Espaço urbano e construção civil em Jataí -GO: produção, destinação e aproveitamento dos resíduos sólidos. 2013. (Congresso).

8.
II Encontro Regional da ANPEGE.A territorialização do capital sucroenergético nos cerrados: o caso de Jataí-GO. 2010. (Seminário).

9.
II Seminário Regional de Pesquisa dos Programas de Pós-Graduação do Centro-Oeste.Projetos e Redes de Pesquisa. 2010. (Seminário).

10.
Seminário Regional "Novas fronteiras do biodiesel na Amazônia: limites e desafios da incorporação da pequena produção agrícola".A expansão do setor sucroalcooleiro em Goiás: a contribuição estatal. 2010. (Seminário).

11.
Seminario Regional "Novas Fronteiras do Biodiesel na Amazônia: Limites e Desafios da Incorporação da Pequena Produção Agrícola".."A expansão do setor sucroalcooleiro em Goiás: a contribuição da ação estatal".. 2010. (Seminário).

12.
Seminário Regional "Novas Fronteiras do Biodiesel na Amazônia: limites e desafios da incorporação da pesquena produção agrícola".O Selo social: diferentes realidades regionais. 2010. (Seminário).

13.
VI SEMINARIO LATINO-AMERICANO E II SEMINARIO IBERO-AMERICANO DE GEOGRAFIA FISICA."O processo de arenização no cerrado brasileiro: estudo de caso da Bacia do Ribeirao Sujo, Serranopolis/GO-Brasil.". 2010. (Seminário).

14.
12 Encuentro de geógrafos de América Latina.A organização da produção mundial de soja e sua espacialização nos paises sul-americanos. 2009. (Encontro).

15.
III Encontro do Dia do Geógrafo.Cerrado: características e perspectivas de um domínio. 2009. (Encontro).

16.
Programa de Formação Inicial para a Docência do CAJ/UFG: A estrutura do Campus Jataí (CAJ). 2009. (Outra).

17.
VIII Encontro Nacional da ANPEGE. 2009. (Congresso).

18.
Impacto econômico, ambiental e social da cana-de-acúcar na cidade de Jataí e região.Cana-de-açúcar: impactos na economia. 2007. (Encontro).

19.
VI SIMGEO - Simpósio de Geografia.Cana-de-açúcar: dinâmica e reestruturação espacial em Goiás. 2007. (Simpósio).

20.
X EREGEO- Encontro Regional de Geografia.A relação cidade-campo: "novas" e "velhas" territorialidades. 2007. (Simpósio).

21.
Agenda Goiana de Progrmas de Fomento á Pesquisa. 2006. (Simpósio).

22.
IXEREGEo Encontro Regional de Geografia.Inclusão e exclusão na questão agrária brasileira. 2005. (Encontro).

23.
X Encontro de geógrafos da América Latina.X Encontro de geógrafos da América Latina. 2005. (Encontro).

24.
VI congresso Brasileiro de Geógrafos. VI congresso Brasileiro de Geógrafos. 2004. (Congresso).

25.
VI Jornada de Geografia.Mini-curso Princípios Básicos do Ecoturismo. 2004. (Outra).

26.
XVII Encontro Nacional de Geografia Agrária.XVII Encontro Nacional de Geografia Agrária. 2004. (Encontro).

27.
IV Encontro de Geografia.IV Encontro de Ensino de Geografia. 2003. (Encontro).

28.
Simpósio Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação.Simpósio Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação. 2003. (Simpósio).

29.
VIII encontro Nacional de Geografia: A Geografia no mundo da diversidade.VIII encontro Regional de Geografia. 2003. (Encontro).

30.
V Jornada de Geografia.Mini-curso: Eixos Nacionais de Integração e desenvolvimento - diretrizes básicas e repercusões espaciais. 2003. (Outra).

31.
V Jornada de Geografia.V Jornada de Geografia. 2003. (Outra).

32.
4° Programa de Estudos em Redistribuição Espacial da População, Meio Ambiente e Condições de Vida.4° Programa de Estudos em Redistribuição Espacial da População, Meio Ambiente e Condições de Vida. 2001. (Outra).

33.
I Fórum Regional " Formaçãodo Profissional em Geografia".Fórum Regional - A Formação do profissional de Geografia. 2001. (Simpósio).

34.
Espaço Agrário Brasileiro: Velhas Formas, Novas Funções, Novas Formas, Velhas Funções.XV Encontro Nacional de Geografia Agrária. 2000. (Encontro).

35.
Modernização da Agricultura.XII Encontro Nacional de Geógrafo. 2000. (Encontro).

36.
Os Outros 500 na Formação do Território Brasileiro.XII Encontro Nacional de Geógrafo. 2000. (Encontro).

37.
Segunda Guerra: o Brasil na Ordem Mundial.Palestra - Segunda Guerra: o Brasil na ordem mundial. 2000. (Oficina).

38.
VIII Semana de História - extensão e Atualização.VIII Semana de História. 2000. (Simpósio).

39.
II Ciclo de Educação.II Ciclo de Educação do CAJ - UFG. 1999. (Seminário).

40.
II Jornada de Geografia - (RE) PENSANDO O ESPAÇO DO HOMEM.II Jornada de geografia. 1999. (Encontro).

41.
I Semana científica e Tecnológica de Jataí - SECITEJA.I Semana Científica e tecnológica de Jataí - SECITEJA. 1999. (Simpósio).

42.
Aspecto da Formação Moral, Social e Cultural do Ser Humano: Um Desafio Interdiciplinar.III Semana Interdisciplinar. 1998. (Simpósio).

43.
III Encontro de Professores de Geografia - Extensão e Atualização.III Encontro de Professores de Geografia. 1998. (Encontro).

44.
I Jornada Interna de Geografia do CAJ/UFG.I Jornanda Interna de Geografia do CAJ/UFG. 1998. (Simpósio).

45.
I Jornada Interna de Geografia do CAJ/UFG.I Jornada Interna de Geografia do CAJ/UFG. 1998. (Simpósio).

46.
IX Semana de geografia.IX Semana de Geografia. 1997. (Simpósio).

47.
X Semana de Geografia.X Semana de Geografia. 1997. (Simpósio).

48.
1º Encontro Regional de Educação.1º Encontro Regional de Educação. 1996. (Encontro).

49.
O mato Grosso no Contexto do Mercosul.IX Semana de Geografia. 1996. (Simpósio).

50.
FOUCAULT: Um Pensamento Desconcertante.Simpósio FOUCAULT: Um pensamento Desconcertante. 1995. (Simpósio).

51.
A Produção do Espaço Matogrossense.I Encontro dos Professores de Geografia. 1994. (Encontro).

52.
Ciclo de Debates Sobre a Realidade Agrária Brasileira.Ciclo de Debates Sobre a Realidade Agrária Brasileira. 1994. (Simpósio).

53.
Encontro Internacional -Lugar, formação socio espacial, mundo.Encontro Internacional -Lugar, formação socio espacial, mundo. 1994. (Encontro).

54.
Jornada de Estudos "Maria Isaura Pereira Queiroz".V Jornada de Ciências Sociais. 1994. (Simpósio).

55.
Seminário de Formação Sindical Político-Sindical de Educadores.Seminário de Formação Sindical Político-Sindical de Educadores. 1992. (Seminário).

56.
II Encontro Nacional de ensino de Geografia - Fala Professor.II Encontro Nacional de Ensino de Geografia. 1991. (Encontro).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
PEIXINHO, D. M.; MARIANO, Zilda de Fátima ; MORAGAS, Rosana Alves Ribas . XI EREGEO - Simpósio Regional de Geografia. 2009. (Congresso).

2.
PEIXINHO, D. M. et. all ; PEIXINHO, D. M. . VII Jornada de Geografia. 2006. (Congresso).

3.
PEIXINHO, D. M.; FONTANA, C. A. P. ; PANIAGO, M. L. F. S. . Debate com os Candidatos a Prefeito de Jataí. 2000. (Outro).

4.
PEIXINHO, D. M.; SOUZA, L. F. ; ASSIS, M. F. P. ; PANIAGO, M. L. F. S. ; GONÇALVES, V. O. . I Forum Multidiciplinar do Campus Avançado de Jataí. 2000. (Congresso).

5.
PEIXINHO, D. M.; REIS, M. S. A. ; PINTO, S. L. A. ; SOUZA NETO, A. R. ; SOUZA, C. M. ; FREITAS, E. R. ; PANIAGO, M. L. F. S. ; SILVA, D. G. . Brasil 500 anos Jataí 105. 2000. (Exposição).

6.
PEIXINHO, D. M.. II Jornada de Geografia - (RE) REPENSANDO O ESPAÇO DO HOMEM. 1999. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Tese de doutorado
1.
Juliana Abadia do Prato. A TERRA É MINHA, E AGORA O QUE FAZER? Estudo de caso Assentamento Rio Paraíso em Jataí (GO) (título provisório). Início: 2018. Tese (Doutorado em Geografia ( Campus Jatai )) - Universidade Federal de Goiás. (Orientador).

2.
Alexandre dos Santos. TERRITÓRIO E REGIÃO: DIFERENCIAÇÕES ESPACIAIS NO NORDESTE DE MATO GROSSO (título provisório). Início: 2018. Tese (Doutorado em Geografia ( Campus Jatai )) - Universidade Federal de Goiás. (Orientador).

3.
Guilherme Valagna Pelisson. Geografia da pecuária - a raça Tabapuã (título provisório). Início: 2017. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Federal de Goiás. (Orientador).

4.
Divino José Lemes de Oliveira. Do espaço produtivo à região competitiva: o papel do sistema cooperativo em Iporá. Início: 2016. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Federal de Goiás, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Goiás. (Orientador).

Supervisão de pós-doutorado
1.
Mariana Crepaldi de Paula. Início: 2015. Universidade Federal de Goiás, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.

Orientações de outra natureza
1.
Josy. Difusor de informação. Início: 2018. Orientação de outra natureza. Universidade Federal de Goiás. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Alexandre Eduardo Santos. : Agrupamentos de cidades de pequeno porte: um estudo sobre Barra do Grças-MT, Pontal do Araguaia-MT e Aragarças ?GO. 2016. Dissertação (Mestrado em Geografia ( Campus Jatai )) - Universidade Federal de Goiás, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Dimas Moraes Peixinho.

2.
: HYAGO ERNANE GONÇALVES SQUIAVE. RIO CLARO: A NATUREZA QUE REÚNE O ESPAÇO MINEIRO DO SÉCULO XVIII À FORMAÇÃO TERRITORIAL DE ISRAELÂNDIA ? GO ATUAL.. 2016. Dissertação (Mestrado em Geografia ( Campus Jatai )) - Universidade Federal de Goiás, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Dimas Moraes Peixinho.

3.
Juliana Abadia Prado. A ocorrência da pluriatividade em assentamentos no Sudoeste de Goiás (provisório). 2015. Dissertação (Mestrado em Geografia ( Campus Jatai )) - Universidade Federal de Goiás, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Dimas Moraes Peixinho.

4.
Débora da Silva Pereira. Cartografia: a linguagem da representação espacial e o seu ensino-aprendizagem. 2015. Dissertação (Mestrado em Geografia ( Campus Jatai )) - Universidade Federal de Goiás, . Orientador: Dimas Moraes Peixinho.

5.
Winder Rodrigues Pires. Setor sucroenergético: inovações técnicas e impacros ambientais (provisório). 2014. Dissertação (Mestrado em Geografia ( Campus Jatai )) - Universidade Federal de Goiás, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Goiás. Orientador: Dimas Moraes Peixinho.

6.
Marcos Vinícius Ferreira da Silva. ANÁLISE DOS IMPACTOS DA PRODUÇÃO DE BIODIESEL NA AGRICULTURA FAMILIAR: a territorialização do capital nos assentamentos rurais da microrregião Sudoeste de Goiás (PROVISÓRIO). 2014. Dissertação (Mestrado em Geografia ( Campus Jatai )) - Universidade Federal de Goiás, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Goiás. Orientador: Dimas Moraes Peixinho.

7.
Vanito Viriato Frei. A produção de caju e a dinâmica socioespacial no distrito de Angoche , Nampula-Moçambique. 2013. Dissertação (Mestrado em Geografia ( Campus Jatai )) - Universidade Federal de Goiás, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Dimas Moraes Peixinho.

8.
Iolanda Martins da SIlva. A territorialização do setor sucroenergético no município de Quirinópolis-GO. 2012. Dissertação (Mestrado em Geografia ( Campus Jatai )) - Universidade Federal de Goiás, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Goiás. Orientador: Dimas Moraes Peixinho.

9.
William Ferreira da SIlva. O AVANÇO DO SETOR SUCROENERGÉTICO NO CERRADO: os impactos da expansão canavieira na dinâmica socioespacial de Jataí (GO).. 2011. Dissertação (Mestrado em Geografia ( Campus Jatai )) - Universidade Federal de Goiás, Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado de Goiás. Orientador: Dimas Moraes Peixinho.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Raquel Aparecida Marques Guerini. Descentralização e a Escola Participativa: um estudo de caso em Chapadão do Céu.. 2000. 58 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Pedagogia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Dimas Moraes Peixinho.

2.
Marina Helena Amorim de Souza. Ensino-aprendizagem em ambiente informatizado.. 2000. 76 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Pedagogia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Dimas Moraes Peixinho.

3.
Liziane Cristina Cerutti Hoff. Qualidade como princípio: um estudo de caso sobre a escola municipal Dona Amélia Garcia Cunha. 2000. 67 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Pedagogia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Dimas Moraes Peixinho.

4.
Silva Cléia da Silva. Os Agrotóxicos - Destinos das Embalagens - estudo de caso em Rondonópolis-MT. 1997. 48 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Educação Ambiental) - Universidade Federal de Mato Grosso. Orientador: Dimas Moraes Peixinho.

5.
Hernandes da Silva Horta. Plantio Direto - solo bem conservado. 1997. 0 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Educação Ambiental) - Universidade Federal de Mato Grosso. Orientador: Dimas Moraes Peixinho.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Taís Aparecida Oliveira. Abordagem sobre a globalização: Uma análise do livro didático de geografia da rede pública de Goiás do ano de 2016.. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Abi - Geografia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Dimas Moraes Peixinho.

2.
Leonardo Martins Machado. Alfabetização Cartográfica: uma ferramenta de aprendizagem e compreensão do espaço. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Abi - Geografia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Dimas Moraes Peixinho.

3.
Franciane Araújo de Oliveira. Por um fio d´água: o uso da água na comunidade do Sobrado no município de Jataí-GO. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em geografia) - Campus Avançado de Jataí. Orientador: Dimas Moraes Peixinho.

4.
Franciane Araujo. Por um fio d´água: o uso da água na comunidade rural do. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Dimas Moraes Peixinho.

5.
Rosália Terezinha Katzer. Sojicultores Camponeses: o caso do assentamento Rio Paraíso, em Jataí-GO. 2003. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Dimas Moraes Peixinho.

6.
Marcia Rodrigues. Segregação Urbana: Um Estudo sobre po Conjunto Sebastião Herculanno de Souza e Vila Luiza na cidade de Jataí-GO. 2002. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Dimas Moraes Peixinho.

7.
Edione raquel da Silva. Mateando no Cerrado - Uma Integração de Culturas. 2002. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Dimas Moraes Peixinho.

8.
Luiz Carlos Pereira Borges. Estudo dos Vazios Urbanos de Jataí: caso do Setor Planalto. 2001. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Dimas Moraes Peixinho.

9.
Eliane de Moura Mamede. O abastecimento de água tratada em Jataí-GO. 1998. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Dimas Moraes Peixinho.

10.
Genialdo Rodrigues Morais. Crescimento urbano em Jataí -GO e impactos ambientais no conjunto COHACOL. 1998. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Dimas Moraes Peixinho.

Orientações de outra natureza
1.
Daniel Markiewicz Souza. Geografia politica e Geopolitica. 2015. Orientação de outra natureza. (Abi - Geografia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Dimas Moraes Peixinho.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 21/10/2018 às 10:34:44