Marco Antonio Silveira

Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 2

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5290506044605110
  • Última atualização do currículo em 04/01/2019


Possui, pela Universidade de São Paulo, graduação em História (1989), e mestrado (1994) e doutorado (2000) em História Social. Realizou estágio pós-doutoral na Universidade de Lisboa (agosto de 2004 a julho de 2005), na Universidade Federal Fluminense (março de 2011 a fevereiro de 2012) e na Universidade Federal de Minas Gerais (outubro de 2017 a março de 2018). Efetuou missão científica na Cleveland State University (setembro de 2007) e na Universidad Autónoma de Madrid (janeiro e fevereiro de 2015). Atualmente é professor associado da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). Tem experiência na área de História, com ênfase em História do Brasil Colônia, atuando principalmente nos seguintes temas: Minas Gerais, governo, administração, justiça e historiografia. Foi coordenador do Arquivo Histórico da Câmara Municipal de Mariana (2007-2010). É um dos líderes do grupo de pesquisa "Justiça, Administração e Luta Social". Em 2013 e 2014, coordenou o Programa de Pós-Graduação em História da UFOP e foi membro da Câmara de Ciências Humanas, Sociais e Educação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig). Compôs o Grupo de Trabalho da UFOP ligado à Comissão da Verdade de Minas Gerais (2016-2018). Foi bolsista do Programa Pesquisador Mineiro (PPM) da Fapemig entre 2014 e 2016. É bolsista de produtividade do CNPq. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Marco Antonio Silveira
Nome em citações bibliográficas
SILVEIRA, Marco Antonio

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Ouro Preto, Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Departamento de Historia.
Rua do Seminário, s.n.
G
Mariana, MG - Brasil
Telefone: (31) 35579406
URL da Homepage: http://www.ichs.ufop.br/his


Formação acadêmica/titulação


1995 - 2000
Doutorado em História Social.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Fama pública: poder e costume nas Minas setecentistas, Ano de obtenção: 2000.
Orientador: Laura de Mello e Souza.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Brasil colônia; Minas Gerais; escravidão; justiça.
Grande área: Ciências Humanas
Setores de atividade: Educação Superior.
1989 - 1994
Mestrado em História Social.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: O universo do indistinto: Estado e sociedade nas Minas setecentistas (1735-1808),Ano de Obtenção: 1994.
Orientador: Laura de Mello e Souza.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: Brasil colônia; Minas Gerais; escravidão; justiça.
Grande área: Ciências Humanas
Setores de atividade: Educação Superior.
1985 - 1989
Graduação em História.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.


Pós-doutorado


2017
Pós-Doutorado.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
2011 - 2012
Pós-Doutorado.
Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
2004 - 2005
Pós-Doutorado.
Universidade de Lisboa, UL, Portugal.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.


Formação Complementar


2015 - 2015
Missão científica.
Universidad Autónoma de Madrid, UAM, Espanha.
2007 - 2007
Missão científica.
Cleveland State University, CSU, Estados Unidos.


Atuação Profissional



Centro Universitário Newton Paiva, CNP, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2006
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Coordenador do Curso de História, Carga horária: 20

Atividades

8/2005 - 6/2006
Direção e administração, Curso de História, .

Cargo ou função
Coordenador de Curso.

Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, PUC Minas, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2004
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor Doutor
Outras informações
Professor no 34° e 36º Programa de Pós-Graduação Lato Sensu (Prepes)

Atividades

01/2004 - 01/2004
Ensino, História e Cultura em Minas Gerais, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Minas e a América portuguesa - 36º Programa de Pós-Graduação
1/2003 - 1/2003
Ensino, História da América portuguesa, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Cultura e economia na América portuguesa - 34o. Programa de Pós-Graduação

Universidade Federal de Ouro Preto, UFOP, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Associado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

01/2007 - Atual
Ensino, História, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Leituras sobre o pensamento de Hannah Arendt
Poder e linguagem
Soberania, corpo e sensibilidade
Governos e poderes na modernidade
6/2006 - Atual
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História de Minas Gerais
História do Brasil I
Prática em Pesquisa Histórica
Seminário de História da Arte
Seminário de Sociologia
01/2013 - 12/2014
Direção e administração, Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Departamento de Historia.

Cargo ou função
Coordenador do Programa de Pós-Graduação em História.
03/2009 - 06/2010
Direção e administração, Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Departamento de Historia.

Cargo ou função
Presidente do Colegiado do Curso de História.
2007 - 2010
Direção e administração, Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Departamento de Historia.

Cargo ou função
Coordenador do Arquivo Histórico da Câmara Municipal de Mariana.

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Vínculo institucional

1995 - 2001
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor assistente, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

8/1995 - 2/2001
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Geral
História do Brasil
01/1997 - 12/2000
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Filosofia e Ciências - Campus de Marília, .

Cargo ou função
Membro do Conselho Departamental.

Centro Universitário de Belo Horizonte, UNI-BH, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2005
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 20

Atividades

2/2001 - 7/2005
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Brasil-Colônia

Centro Universitário de Belo Horizonte, UNIBH, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2002
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor Doutor
Outras informações
Professor da disciplina "Teoria da História" no Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, Especialização em História do Brasil Contemporâneo.

Atividades

5/2002 - 6/2002
Ensino, História do Brasil Contemporâneo, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Teoria da História (30h)
11/2001 - 2/2002
Ensino, História do Brasil Contemporâneo, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Teoria da História (30h)
7/2001 - 9/2001
Ensino, História do Brasil Contemporâneo, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Teoria da História (28h)

Faculdades Integradas Alcântara Machado, FIAM, Brasil.
Vínculo institucional

1993 - 1994
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor adjunto, Carga horária: 20

Atividades

8/1993 - 12/1994
Ensino, Estudos Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Moderna e Contemporânea

Faculdades Metropolitanas Unidas, FMU, Brasil.
Vínculo institucional

1993 - 1994
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor adjunto, Carga horária: 20

Atividades

8/1993 - 12/1994
Ensino, Serviço Social, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História do Brasil


Projetos de pesquisa


2016 - Atual
Razão de estado e colonização: a arte do governo em Portugal e seus domínios americanos (1618-1789)
Descrição: O projeto tem por objetivo retomar a análise sobre as formas de administração e governo no Portugal moderno - e, consequentemente, sobre seu impacto na sociedade colonial estabelecida na América - através da recuperação do debate em torno do conceito de razão de estado..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2013 - Atual
Justiça e poder numa sociedade em transformação: Mariana, Minas Gerais (1745-1872)
Descrição: O objetivo deste projeto consiste em investigar a maneira pela qual se deu, entre 1745 e 1872, a ocupação e a institucionalização do território que compôs o antigo termo de Mariana, em Minas Gerais, privilegiando as estruturas de justiça. Almeja-se, através da consulta a dezesseis códices guardados pelo Arquivo Histórico da Câmara Municipal de Mariana (AHCMM) e pelo Arquivo Histórico da Casa Setecentista (AHCS) ? relativos fundamentalmente à concessão de provisões, patentes e sesmarias -, reconstitir de forma mais acurada não apenas a ocupação dos fundos territoriais e sua autonomização, mas também a gradual multiplicação, neles, de agentes judiciais, administrativos e militares voltados à constituição de um estado de polícia em áreas marcadamente rurais..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2011 - 2014
Usos sociais da justiça: as notificações no Brasil (1750-1850)
Descrição: Este projeto tem por objetivo investigar a dinâmica de estruturas jurídicas locais no Brasil através da análise de um caso particular: os usos sociais das notificações no Brasil dos séculos XVIII e XIX. As notificações consistiam num procedimento jurídico por meio do qual um ou mais indivíduos eram citados para comparecer em juízo e responder a uma determinada demanda..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Marco Antonio Silveira - Coordenador / Álvaro de Araújo Antunes - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2010 - 2015
A colonização como guerra
Descrição: O projeto visa investigar as estratégias administrativas e militares adotadas por governadores da América portuguesa durante a segunda metade do século XVIII. Focando prioritariamente as Capitanias de São Paulo e Minas Gerais nas décadas de 1770 e 1780, as investigações almejam salientar que a guerra e os expedientes bélicos consistiram em elementos constitutivos da formação das sociedades coloniais..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2007 - 2010
Notificações de Mariana e Ouro Preto (1711-1888): banco de dados e inventário analítico
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) .
Integrantes: Marco Antonio Silveira - Coordenador / Álvaro de Araújo Antunes - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Bolsa.
2007 - 2009
Trajetória e concepções do doutor Luís Beltrão de Gouveia (1779-1814)
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2003 - 2004
O governo Gomes Freire nas Minas setecentistas: problematização e levantamento documental
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
1996 - 2000
Poder e costumes na colonização de Minas Gerais
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Membro de comitê de assessoramento


2013 - 2014
Agência de fomento: (FAPEMIG) Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais


Revisor de periódico


2015 - Atual
Periódico: Revista Hydra
2015 - Atual
Periódico: História. Questões e Debates
2013 - Atual
Periódico: Cadernos de História (UFOP. Mariana)
2010 - Atual
Periódico: História da Historiografia


Revisor de projeto de fomento


2010 - 2014
Agência de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil/Especialidade: História do Brasil Colônia.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Moderna e Contemporânea.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: Teoria e Filosofia da História.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História da Historiografia.
5.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil/Especialidade: História Regional do Brasil.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Italiano
Compreende RazoavelmenteLê Bem.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
SILVEIRA, Marco Antonio2018SILVEIRA, Marco Antonio. Razão de estado e colonização: algumas questões conceituais e historiográficas. HISTÓRIA (SÃO PAULO), v. 37, p. 10.1590/1980-43, 2018.

2.
SILVEIRA, Marco Antonio2013 SILVEIRA, Marco Antonio. História e política: a historiografia colonial entre a crítica e a responsabilidade (1989-2010). Revista de Historia (USP), v. 169, p. 255-290, 2013.

3.
ANTUNES, A. A.2012ANTUNES, A. A. ; SILVEIRA, Marco Antonio . Reparação e desamparo: o exercício da justiça através das notificações (Mariana, Minas Gerais, 1711-1888). Topoi (Rio de Janeiro), v. 13, p. 24-44, 2012.

4.
SILVEIRA, Marco Antonio2011SILVEIRA, Marco Antonio. Guerra, historicismo e direito. Almanack, v. 01, p. 24-27, 2011.

5.
SILVEIRA, Marco Antonio2011SILVEIRA, Marco Antonio. Nativismo por adoção: letras e percurso do doutor Marcelino Pereira Cleto (1778-1794). Revista do Instituto Histórico e Geographico Brazileiro, v. 452, p. 115-176, 2011.

6.
SILVEIRA, Marco Antonio2010SILVEIRA, Marco Antonio. Guerra e doutrina: a historiografia brasileira e o problema da autoridade colonial. HISTÓRIA DA HISTORIOGRAFIA, v. 4, p. 178-233, 2010.

7.
SILVEIRA, Marco Antonio2010SILVEIRA, Marco Antonio. Liberdade e libertação: uma leitura da Inconfidência Mineira. Caminhos da História (UNIMONTES), v. 15, p. 27-39, 2010.

8.
SILVEIRA, Marco Antonio2009SILVEIRA, Marco Antonio. Narrativas de contestação. Os Capítulos do crioulo José Inácio Marçal Coutinho (Minas Gerais, 1755-1765. História Social (UNICAMP), v. 17, p. 285-307, 2009.

9.
SILVEIRA, Marco Antonio2009SILVEIRA, Marco Antonio. O desembargador Luís Beltrão de Gouveia: trajetória e pensamento (1752-1814). Oficina do Inconfidência (Ouro Preto), v. 5, p. 85-147, 2009.

10.
SILVEIRA, Marco Antonio2008 SILVEIRA, Marco Antonio. Acumulando forças: luta pela alforria e demandas políticas na Capitania de Minas Gerais (1750-1808). Revista de História (USP), v. 158, p. 131-156, 2008.

11.
ANTUNES, A. A.2007ANTUNES, A. A. ; SILVEIRA, Marco Antonio . Memória e identidade regional: historiografia, arquivos e museus em Minas Gerais. Cadernos de História (UFOP. Mariana), v. 02, p. 01-10, 2007.

12.
SILVEIRA, Marco Antonio2006SILVEIRA, Marco Antonio. A historiografia da fundação: breves considerações sobre a história da formação das Minas. Cronos (Natal), Belo Horizonte, v. 9, 2006.

13.
SILVEIRA, Marco Antonio2005SILVEIRA, Marco Antonio. Governo, mercado e soberania na Capitania de Minas Gerais. Cadernos da Escola do Legislativo, Belo Horizonte/MG, v. 8, n.13, p. 113-150, 2005.

14.
SILVEIRA, Marco Antonio2004SILVEIRA, Marco Antonio. O humanismo homeostático ou Deve a História Cultural dialogar com a Neurobiologia?. Revista Estudos, Belo Horizonte, v. 2, p. 140-145, 2004.

15.
SILVEIRA, Marco Antonio2004SILVEIRA, Marco Antonio. Herança maldita: a invenção da moral cativa na colônia (Minas Gerais, século XVIII). Vértice (Lisboa), v. 115, p. 102-120, 2004.

16.
SILVEIRA, Marco Antonio2003SILVEIRA, Marco Antonio. História x narcisismo: a pesquisa científica como prática política. Boletim do Ladeph, Belo Horizonte, v. 2, p. 1-3, 2003.

17.
SILVEIRA, Marco Antonio2003SILVEIRA, Marco Antonio. Herança maldita: a invenção da moral cativa na colônia (Minas Gerais, 1780-1810). Pós-História, Assis/SP, v. 11, p. 61-90, 2003.

18.
SILVEIRA, Marco Antonio2001SILVEIRA, Marco Antonio. Como se deve fazer a guerra: justiça e mercado nas Minas setecentistas. Oficina do Inconfidência (Ouro Preto), Ouro Preto, v. 2, n.1, p. 47-76, 2001.

19.
SILVEIRA, Marco Antonio2001SILVEIRA, Marco Antonio. Guerra de usurpação, guerra de guerrilhas: conquista e soberania nas Minas setecentistas. Varia História, Belo Horizonte, v. 25, p. 123-143, 2001.

20.
SILVEIRA, Marco Antonio1997SILVEIRA, Marco Antonio. Discursos sobre o escravo e a nação: a escravidão no pensamento brasileiro. Cadernos da FFC, Marília, v. 6, n.1, p. 67-82, 1997.

21.
SILVEIRA, Marco Antonio1988SILVEIRA, Marco Antonio. Sobre o mercado colonial. Boletim do Centro de Estudos do Terceiro Mundo, São Paulo, v. 6, p. 8-9, 1988.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
SILVEIRA, Marco Antonio; MAIA, M. R. (Org.) ; PEREIRA, M. H. F. (Org.) ; SILVA, C. C. (Org.) . Histórias de repressão e luta na UFOP, Ouro Preto e região. 1. ed. Ouro Preto: Editora UFOP, 2018. v. 1. 346p .

2.
SILVEIRA, Marco Antonio. Fama pública: poder e costume nas Minas setecentistas. 1. ed. São Paulo: Hucitec, 2015. v. 1. 360p .

3.
BARRAL, M. E. (Org.) ; SILVEIRA, Marco Antonio (Org.) . Historia, poder e instituciones: diálogos entre Brasil y Argentina. 1. ed. Rosario - Argentina: Prohistoria, 2015. v. 1. 267p .

4.
ROMEIRO, A. (Org.) ; SILVEIRA, Marco Antonio (Org.) . Diogo de Vasconcelos: o ofício do historiador. 1. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2014. v. 1. 156p .

5.
ANTUNES, A. A. (Org.) ; SILVEIRA, Marco Antonio (Org.) . Dimensões do poder em Minas (séculos XVIII e XIX). 1. ed. Belo Horizonte: Fino Traço, 2012. 200p .

6.
MOLLO, H. M. (Org.) ; SILVEIRA, Marco Antonio (Org.) . Termo de Mariana III. 1. ed. Ouro Preto/MG: Editora da UFOP, 2010. 280p .

7.
ANTUNES, A. A. (Org.) ; SILVEIRA, Marco Antonio (Org.) . Anais do Seminário Internacional Justiça, Administração e Luta Social. Ouro Preto/MG: Editora da UFOP, 2010.

8.
SILVEIRA, Marco Antonio; ANTUNES, A. A. (Org.) ; SILVA, F. G. (Org.) ; OLIVEIRA, F. R. C. (Org.) . I Seminário de Prática de Pesquisa Histórica: Fontes e Abordagens. Ouro Preto/MG: UFOP, 2008.

9.
CHAVES, C. M. G. (Org.) ; SILVEIRA, Marco Antonio (Org.) . Território, conflito e identidade. Belo Horizonte/MG: Argvmentvm, 2007. v. 1.

10.
CHAVES, C. M. G. (Org.) ; SILVEIRA, Marco Antonio (Org.) . Anais do I Simpósio Impérios e Lugares no Brasil. Território, Conflito e Identidade. Ouro Preto/MG: Editora da Universidade Federal de Ouro Preto, 2007.

11.
SILVEIRA, Marco Antonio. A volta da democracia no Brasil (1984-1992) - 2ª ed.. 2ª. ed. São Paulo: Saraiva, 2006. 43p .

12.
MELO, C. F. (Org.) ; MORANDO, L. (Org.) ; SILVEIRA, Marco Antonio (Org.) . Revista Estudos. Belo Horizonte: Centro Universitário de Belo Horizonte, 2004. 146p .

13.
MELO, C. F. (Org.) ; SILVEIRA, Marco Antonio (Org.) . Revista Estudos. Belo Horizonte: Centro Universitário de Belo Horizonte, 2003. 259p .

14.
SILVEIRA, Marco Antonio. A volta da democracia no Brasil. São Paulo: Saraiva, 1998. v. 1. 40p .

15.
SILVEIRA, Marco Antonio. O universo do indistinto. São Paulo: Hucitec, 1997. 203p .

16.
SILVEIRA, Marco Antonio. Os arraiais e as vilas nas Minas Gerais. São Paulo: Atual, 1996. 40p .

Capítulos de livros publicados
1.
SILVEIRA, Marco Antonio; FRADKIN, R. . As estruturas administrativas, jurídicas e legais no Atlântico ibérico. In: CAÑIZARES-ESGUERRA, J.; FERNANDES, L. E. de O.; MARTINS, M. C. B.. (Org.). As Américas na Primeira Modernidade (1492-1750). 1ed.Curitiba: Prismas, 2018, v. 2, p. 223-290.

2.
SILVEIRA, Marco Antonio. A Universidade dentro da cidade e o contexto político do pré e pós-golpe de 1964. In: SILVEIRA, M. A.; MAIA, M. R.; PEREIRA, M. H. F.; SILVA, C. C.. (Org.). Histórias de repressão e luta na UFOP, Ouro Preto e região. 1ed.Ouro Preto: Editora UFOP, 2018, v. 1, p. 22-196.

3.
SILVEIRA, Marco Antonio. De extrema necessidade: justiça e razão de estado na sublevação mineira de 1720. In: FURTADO, J. F.; ATALLAH, C. C.; SILVEIRA, F. S.. (Org.). Justiças, governo e bem comum na administração dos impérios ibéricos de Antigo Regime (séculos XV-XVIII). 1ed.Curitiba: Prismas, 2017, v. , p. 469-504.

4.
ANTUNES, A. A. ; SILVEIRA, Marco Antonio . Casa de Câmara e Cadeia: espaços e símbolos do poder em Mariana (século XVIII). In: PEREIRA, C. A.; TEDESCHI, D. M. R.; PEREIRA, F. L.; ALFAGALI, C. G. M.. (Org.). O espaço e os construtores de Mariana (século XVIII). 1ed.Ouro Preto: Editora UFOP, 2016, v. 1, p. 15-36.

5.
SILVEIRA, Marco Antonio. Entre a ordem e a guerra: política e razão de estado no governo do conde de Assumar (1717-1721). In: BARRAL, María Elena; SILVEIRA, Marco Antonio. (Org.). Historia, poder e instituciones: diálogos entre Brasil y Argentina. 1ed.Rosario - Argentina: Prohistoria, 2015, v. 1, p. 47-71.

6.
SILVEIRA, Marco Antonio. Diogo de Vasconcelos e os demônios. In: ROMEIRO, Adriana; SILVEIRA, Marco Antonio. (Org.). Diogo de Vasconcelos: o ofício do historiador. 1ed.Belo Horizonte: Autêntica, 2014, v. 1, p. 115-156.

7.
SILVEIRA, Marco Antonio. Distinção e patetice: o caso do demente Manuel Pereira de Magalhães (Vila Rica, 1769). In: ANTUNES, A. A.; SILVEIRA, M. A.. (Org.). Dimensões do poder em Minas (séculos XVIII e XIX). 1ed.Belo Horizonte: Fino Traço, 2012, v. , p. 139-156.

8.
SILVEIRA, Marco Antonio. Mariana de João de deus de Castro Lobo. In: Paulo Castagna. (Org.). Patrimônio Arquivístico Musical Mineiro. João de Deus de Castro Lobo (1794-1832). Belo Horizonte: Secretária de Estado da Cultura de Minas Gerais, 2011, v. 5, p. 31-35.

9.
SILVEIRA, Marco Antonio. Vila Rica de Jerônimo de Sousa. In: Paulo Castagna. (Org.). Patrimônio Arquivístico Musical Mineiro. Jerônimo de Sousa Lobo. Belo Horizonte/MG: Secretaria de Estado da Cultura, 2008, v. 2, p. 31-34.

10.
SILVEIRA, Marco Antonio. Capitão-General, pai dos pobres: o exercício do governo na Capitania de Minas Gerais. In: RESENDE, Maria Efigênia Lage; VILLALTA, Luiz Carlos. (Org.). Minas setecentistas. 1ed.Belo Horizonte: Autêntica, 2007, v. 01, p. 147-168.

11.
SILVEIRA, Marco Antonio. Do ódio à nostalgia: história, psicologia, poder. In: PATTO, Maria Helena S.; FRAYZE-PEREIRA, João A.. (Org.). Pensamento cruel. Humanidades e Ciências Humanas: há lugar para a Psicologia?. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2007, v. , p. 133-158.

12.
SILVEIRA, Marco Antonio. Soberania e luta social: negros e mestiços libertos na Capitania de Minas Gerais (1709-63). In: Claudia Chaves; Marco Antonio Silveira. (Org.). Território, conflito e identidade. Belo Horizonte: Argvmentvm, 2007, v. , p. 25-47.

13.
SILVEIRA, Marco Antonio. Ideologia, colonização, sociabilidade: algumas considerações metodológicas. In: I. Iancsó & I. Kantor. (Org.). Festa: cultura e sociabilidade na América portuguesa. São Paulo: Hucitec, Edusp, Fapesp, Imprensa Oficial, 2001, v. 2, p. 979-990.

14.
SILVEIRA, Marco Antonio. Cultura e civilização nas Minas setecentistas. In: J. P. Furtado. (Org.). O viver em colônia: cultura e sociedade no Brasil colonial. São Paulo: IEB/USP, 1999, v. 1, p. 71-92.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
ANTUNES, A. A. ; SILVEIRA, Marco Antonio . A norma em prática: uma análise da institucionalização da justiça em Mariana, Minas Gerais (1711-1888). In: XXV Simpósio Nacional de História. História e Ética, 2009, Fortaleza/CE. Anais do ... Simpósio Nacional de História. Fortaleza/CE: ANPUH, 2009.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
SILVEIRA, Marco Antonio. Revolta e razão de Estado: a apropriação da doutrina luso-espanhola seiscentista no apreendizado da colonização. In: XI Encontro Internacional da ANPHLAC, 2014, Niterói. XI Encontro Internacional da ANPHLAC - Programação e caderno de resumos. Niterói: Universidade Federal Fluminense, 2014. v. 1. p. 67-68.

2.
SILVEIRA, Marco Antonio. 'Nesta longínqua conquista': linguagem, fronteira e contestação. In: IV Encontro Internacional de História Colonial, 2012, Belém. Cadernos sobre o IV Encontro Internacional de História Colonial. Belém: Paka-Tatu, 2012. p. 119-120.

3.
ANTUNES, A. A. ; SILVEIRA, Marco Antonio . A norma em prática: uma análise da institucionalização da Justiça em Mariana, Minas Gerais (1711-1808). In: XXV Simpósio Nacional de História. História e Ética, 2009, Fortaleza/CE. XXV Simpósio Nacional de História. História e Ética. Fortaleza/CE: ANPUH, 2009. p. 161-161.

4.
SILVEIRA, Marco Antonio. Narrativa de contestação: petições de negros e mestiços na Capitania de Minas Gerais (1750-1808). In: XVI Encontro Regional de História da ANPUHMG, 2008, Belo Horizonte. Programação e Caderno de Resumos. Belo Horizonte: Fafich/UFMG, 2008. p. 160-160.

5.
SILVEIRA, Marco Antonio. Geopolítica meridional: trajetória e concepções do doutor Luís Beltrão de Gouveia. In: XV Encontro Regional de História, 2006, São João del Rei. XV Encontro Regional de História - Cadernos de Resumo e Programação, 2006. p. 119-120.

6.
SILVEIRA, Marco Antonio; Núbia Braga Ribeiro ; Maria das Graças Alves Cardoso . Extermínio e desapropriação das terras indígenas nas Minas Gerais do século XVIII. In: Semana de Pesquisa e Extensão do Unibh, 2004, Belo Horizonte. Anais da Semana de Pesquisa do Unibh, 2994. p. 86-86.

7.
SILVEIRA, Marco Antonio; Núbia Braga Ribeiro ; Renata Correa Araújo . Política de terras e sesmarias no governo Gomes Freire de Andrade. In: Semana de Pesquisa do Unibh, 2004, Belo Horizonte. Anais da Semana de Pesquisa do Unibh, 2004. p. 86-86.

8.
SILVEIRA, Marco Antonio; Núbia Braga Ribeiro ; João Paulo Castro Álvares . Os limites de Minas e São Paulo. In: Semana de Pesquisa do Unibh, 2004, Belo Horizonte. Anais da Semana de Pesquisa do Unibh, 2004. p. 87-87.

9.
SILVEIRA, Marco Antonio; Núbia Braga Ribeiro ; Primo Leandro de Abreu . O almotacé e a administração das Minas setecentistas. In: Semana de Pesquisa do Unibh, 2004, Belo Horizonte. Anais da Semana de Pesquisa do Unibh, 2004. v. 87.

10.
SILVEIRA, Marco Antonio; Núbia Braga Ribeiro ; Marlene Ramos dos Santos . As fontes manuscritas do século XVIII e o ofício do historiador. In: Semana de Pesquisa do Unibh, 2004, Belo Horizonte. Anais da Semana de Pesquisa do Unibh, 2004. p. 86-86.

11.
SILVEIRA, Marco Antonio. Costume a alforria nas Minas setecentistas. In: XIII Encontro Regional de História. História: o saber produzido e o saber difundido, 2002, Belo Horizonte. XIII Encontro Regional de História. História: o saber produzido e o saber difundido. Programas e resumos, 2002. v. 2. p. 91-91.

12.
SILVEIRA, Marco Antonio. Símbolos e instituições nas Minas setecentistas. In: XVII Simpósio Nacional de História. História e Utopias, 1993, São Paulo. XVII Simpósio Nacional de História. História e Utopias. Programa e resumos, 1993. p. 99-99.

Apresentações de Trabalho
1.
SILVEIRA, Marco Antonio. Luzes, fronteiras e razão de Estado: o governo de Francisco Xavier de Mendonça Furtado na Amazônia. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
SILVEIRA, Marco Antonio. Um olhar ilustrado sobre os domínios coloniais: as notas do visconde de Balsemão endereçadas ao abade Raynal. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
SILVEIRA, Marco Antonio. Colonização e razão de Estado: apropriações de Saavedra Fajardo no 'Discurso histórico e político'. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

4.
SILVEIRA, Marco Antonio. Sacrificar a crítica para adorar o historiador: estratégias de ocultamento do problema da dependência na historiografia sobre a sociedade colonial. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
SILVEIRA, Marco Antonio. Hércules e a Hidra: as práticas da justiça nas Minas setecentistas. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
SILVEIRA, Marco Antonio. Estruturas e especificidades na administração colonial. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
SILVEIRA, Marco Antonio. Comentário do filme 'Ainda existem perseguidos políticos no Brasil'. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

8.
SILVEIRA, Marco Antonio. Sentidos do fazer histórico. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
SILVEIRA, Marco Antonio. Aquém da soberania: costume e caridade nas Minas setecentistas. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
SILVEIRA, Marco Antonio. Revolta e razão de Estado: a apropriação da doutrina luso-espanhola seiscentista no apreendizado da colonização. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
SILVEIRA, Marco Antonio. Discurso, universidade e política: a gestação de uma memória pragmática. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
SILVEIRA, Marco Antonio. Guerra e razão de Estado no universo colonial: a formação de Minas. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

13.
SILVEIRA, Marco Antonio. 'Nesta longínqua conquista' linguagem, fronteira e contestação. 2012. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

14.
SILVEIRA, Marco Antonio. Narrativa de contestação: petições de negros e mestiços na Capitania de Minas Gerais (1750-1808). 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

15.
SILVEIRA, Marco Antonio. Costume e alforria nas Minas setecentistas. 2002. (Apresentação de Trabalho/Outra).

16.
SILVEIRA, Marco Antonio. Exposição e debate da tese de Doutorado Fama pública. 2001. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

17.
SILVEIRA, Marco Antonio. Guerra de usurpação, guerra de guerrilhas: soberania e conquista nas Minas gerais do século XVIII. 2001. (Apresentação de Trabalho/Outra).

18.
SILVEIRA, Marco Antonio. Ideologia, colonização, sociabilidade: algumas considerações metodológicas. 1999. (Apresentação de Trabalho/Outra).

19.
SILVEIRA, Marco Antonio. Cultura e civilização nas Minas setecentistas. 1995. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

20.
SILVEIRA, Marco Antonio. Símbolos e instituições nas Minas setecentistas. 1993. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

Outras produções bibliográficas
1.
SILVEIRA, Marco Antonio. Corromper repúblicas, espoliar conquistas. São Paulo: Universidade de São Paulo, 2017 (resenha).

2.
ANTUNES, A. A. ; SILVEIRA, Marco Antonio . Prefácio, 2014. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

3.
SILVEIRA, Marco Antonio. Sociedade. Belo Horizonte: Autêntica, 2013 (Verbete em dicionário especializado).

4.
SILVA, L. G. ; SILVEIRA, Marco Antonio . Dinâmica institucional nas Américas (1640-1840). Revista de História da USP, n. 169, 2013 (organização de dossiê).

5.
RAMOS, D. ; SILVEIRA, Marco Antonio . Identidade tripartite. Entrevista com Donald Ramos. Belo Horizonte: Arquivo Público Mineiro, 2010 (Realização de entrevista).

6.
SILVEIRA, Marco Antonio. Autoridade ao rés do chão. São Paulo, 2010. (Prefácio, Pósfacio/Posfácio)>.

7.
SILVEIRA, Marco Antonio. "Antigo Sistema Colonial";"Câmara Municipal";"Dízimo";"Escravo de ganho;"Estado Moderno";"Governador";"Juiz sesmeiro";"Juízo Eclesiástico";"Junta das Justiças";"Lei da Trintena";"Mesa da Consciência e Ordens";"Mesa do Desembargo do Paço";"Moeda";"Ouvidor";"Padroado";"Provedoria dos Defuntos e Ausentes";"Quinto";"Real Fazenda";"Tropas". In: Dicionário Ilustrado da Inconfidência Mineira. Belo Horizonte: Cemig - Lei de Incentivo à Cultura, 2008 (Verbete em dicionário especializado).

8.
MORANDO, L. ; SILVEIRA, Marco Antonio . "Apresentação". In: Revista Estudos. Belo Horizonte, 2004. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

9.
SILVEIRA, Marco Antonio. "Sociedade". In: Dicionário Histórico das Minas Gerais. Belo Horizonte: Autêntica, 2003 (Verbete em dicionário especializado).

10.
SILVEIRA, Marco Antonio. "Apresentação". In: Revista Estudos. Belo Horizonte, 2003. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
SILVEIRA, Marco Antonio. Parecerista ad hoc da Revista Andes (Argentina). 2018.

2.
SILVEIRA, Marco Antonio. Parecerista ad hoc da revista História da Historiografia. 2018.

3.
SILVEIRA, Marco Antonio. Parecerista ad hoc da revista Faces da História. 2018.

4.
SILVEIRA, Marco Antonio. Parecerista ad hoc da revista Locus. 2018.

5.
SILVEIRA, Marco Antonio. Parecerista ad hoc da revista Tempo & Argumento. 2018.

6.
SILVEIRA, Marco Antonio. Consultor ad hoc dos programas de iniciação científica da UFRN. 2018.

7.
SILVEIRA, Marco Antonio. Parecerista ad hoc da Fapesp. 2018.

8.
SILVEIRA, Marco Antonio. Parecerista ad hoc da Revista de História (São Paulo) da UNESP. 2018.

9.
SILVEIRA, Marco Antonio. Parecerista ad hoc da Revista História (São Paulo) da UNESP. 2017.

10.
SILVEIRA, Marco Antonio. Parecerista ad doc da revista Topoi (UFRJ). 2017.

11.
SILVEIRA, Marco Antonio. Parecerista ad hoc do CNPq. 2017.

12.
SILVEIRA, Marco Antonio. Parecerista ad hoc da Revista Escrita da História. 2016.

13.
SILVEIRA, Marco Antonio. Parecerista ad hoc da Revista Cadernos de História PUC Minas. 2016.

14.
SILVEIRA, Marco Antonio. Parecerista ad hoc do CNPq. 2016.

15.
SILVEIRA, Marco Antonio. Parecerista ad hoc da Revista Hydra - Unifesp. 2016.

16.
SILVEIRA, Marco Antonio. Parecerista ad hoc da Revista Varia Historia - UFMG. 2016.

17.
SILVEIRA, Marco Antonio. Parecerista ad hoc da revista História da Historiografia (UNIRIO-UFOP). 2016.

18.
SILVEIRA, Marco Antonio. Parecerista ad hoc do CNPq. 2015.

19.
SILVEIRA, Marco Antonio. Parecerista ad hoc da Revista História & Perspectivas. 2015.

20.
SILVEIRA, Marco Antonio. Revisor de trabalhos no XXIII Encontro de Saberes UFOP. 2015.

21.
SILVEIRA, Marco Antonio. Revisor de trabalhos no XXIII Encontro de Saberes UFOP 2015. 2015.

22.
SILVEIRA, Marco Antonio. Parecerista ad hoc da Revista Hydra - Unifesp. 2015.

23.
SILVEIRA, Marco Antonio. Parecerista ad hoc da revista História da Historiografia. 2015.

24.
SILVEIRA, Marco Antonio. Parecerista ad hoc da Revista Eletrônica Cadernos de História. 2014.

25.
SILVEIRA, Marco Antonio. Parecerista ad hoc da revista História da Historiografia. 2014.

26.
SILVEIRA, Marco Antonio. Parecerista ad hoc da Fapesp. 2014.

27.
SILVEIRA, Marco Antonio. Parecerista ad hoc do CNPq. 2014.

28.
SILVEIRA, Marco Antonio. Parecerista ad doc do CNPq. 2013.

29.
SILVEIRA, Marco Antonio. Parecerista ad hoc da Revista de História da USP. 2013.

30.
SILVEIRA, Marco Antonio. Parecerista ad hoc da Fapemig. 2013.

31.
SILVEIRA, Marco Antonio. Parecerista ad hoc da Revista de História Regional (Universidade Estadual de Ponta Grossa). 2013.

32.
SILVEIRA, Marco Antonio. Parecerista ad hoc da Revista Cadernos de História (UFOP). 2013.

33.
SILVEIRA, Marco Antonio. Parecerista as hoc da Revista Varia Historia. 2012.

34.
SILVEIRA, Marco Antonio. Parecerista as hoc da Revista de História da USP. 2012.

35.
SILVEIRA, Marco Antonio. Parecerista ad hoc do CNPq. 2012.

36.
SILVEIRA, Marco Antonio. Parecerista ad doc da Fapemig. 2012.

37.
SILVEIRA, Marco Antonio. Parecerista ad hoc da Fapesp. 2011.

38.
Avanete Pereira Souza ; SILVEIRA, Marco Antonio . Parecerista ad hoc da revista eletrônica História da Historiografia. 2010.

39.
SILVEIRA, Marco Antonio. Parecerista ad hoc da Revista Dia-Logos (UERJ). 2010.

40.
SILVEIRA, Marco Antonio. Parecerista ad hoc da Revista Temporalidades (UFMG). 2010.

41.
SILVEIRA, Marco Antonio. Presidente do Colegiado do Curso de História da UFOP. 2009.

42.
SILVEIRA, Marco Antonio. Parecerista ad hoc da Revista LPH. 2009.

43.
SILVEIRA, Marco Antonio. Parecerista ad hoc da Revista de História da USP. 2009.

44.
SILVEIRA, Marco Antonio. Elaboração de laudo para a Promotoria Estadual de Defesa do Patrimônio Cultural e Turístico de Minas Gerais. 2009.

45.
SILVEIRA, Marco Antonio. Parecerista ad doc da Revista Cadernos de História. 2009.

46.
SILVEIRA, Marco Antonio. Membro do Conselho Consultivo da Revista "Cadernos de História". 2008.

47.
SILVEIRA, Marco Antonio. Parecerista ad hoc da revista eletrônica "Almanack Braziliense". 2008.

48.
SILVEIRA, Marco Antonio. Parecerista ad hoc da revista eletrônica "Cadernos de História". 2008.

49.
SILVEIRA, Marco Antonio. Parecerista ad hoc da Fapesp. 2008.

50.
SILVEIRA, Marco Antonio. Parecerista ad hoc da "Revista de História - USP". 2008.

51.
SILVEIRA, Marco Antonio. Parecerista ad hoc da revista eletrônica "Cadernos de História". 2007.

52.
SILVEIRA, Marco Antonio. Parecerista ad hoc da Revista Brasileira de História. 2007.


Demais tipos de produção técnica
1.
SILVEIRA, Marco Antonio. Dicionário Ilustrado da Inconfidência Mineira (Revisão técnica). 2008. (Revisão Técnica).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
FURTADO, J. F.; MENEZES, J. N. C.; SILVEIRA, Marco Antonio. Participação em banca de Gislaine Gonçalves Dias Pinto. Perseguição, nobilitação e mácula de sangue cristão-novo: trajetória da família Pessoa Tavares (1706-1816). 2016. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

2.
ANTUNES, A. A.; SILVEIRA, Marco Antonio; SILVEIRA, A. J. T.. Participação em banca de Lucas Samuel Quadros. A praxe da medicina no Reino: legislações, leituras e ofícios medicinais nas Minas (1772-1828). 2015. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

3.
FERNANDES, L. E. O.; SILVEIRA, Marco Antonio; MARQUESE, R. B.. Participação em banca de Marcelle Danielle de Carvalho Braga. Um mosaico de fatos: produção e circulação de literatura sobre a escravidão nos Estados Unidos em meados do XIX - A cabana do Pai Tomás e os romances anti-tom. 2014. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

4.
JESUS, R. P.; PEREIRA NETO, M. L.; SILVEIRA, Marco Antonio. Participação em banca de Kaio César Goulart Alves. Em busca das formas de consciência: as lutas operárias contra a carestia no Rio de Janeiro (1912-1918). 2014. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

5.
GONCALVES, A. L.; SILVEIRA, Marco Antonio; VILLALTA, L. C.. Participação em banca de Ana Cristina Magalhães Jardim. O mito de Marília de Dirceu - séculos XVIII e XIX: aspectos da construção e da apropriação de heróis românticos e o processo de formação da nação brasileira. 2014. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

6.
PIRES, M. C.; MENEZES, J. N. C.; SILVEIRA, Marco Antonio. Participação em banca de Danielle de Fátima Eugênio. Arrematantes de obras públicas em Vila do Carmo e Cidade de Mariana (1711-1808). 2013. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

7.
NICOLAZZI, F. F.; AMARAL, S. A. P.; SILVEIRA, Marco Antonio. Participação em banca de Pedro Telles da Silveira. O cego e o coxo: crítica e retórica nas dissertações históricas da Academia Brasílica dos Esquecidos (1724-1725). 2012. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

8.
GONCALVES, A. L.; CARVALHO, M. J. M.; SILVEIRA, Marco Antonio. Participação em banca de Pablo de Oliveira Andrade. A "legítima representante": câmaras municipais, oligarquias e a institucionalização do Império liberal brasileiro (Mariana, 1822-1836). 2012. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

9.
MENEZES, W. A.; PERPETUA, E. D.; SILVEIRA, Marco Antonio. Participação em banca de Sara Helena Quintino. Um estudo discursivo de Cartas Chilenas: construção retórica e representações da memória. 2012. Dissertação (Mestrado em Letras: Estudos da Linguagem) - Universidade Federal de Ouro Preto.

10.
RAMINELLI, R. J.; FERREIRA, R. G.; SILVEIRA, Marco Antonio. Participação em banca de Ana Carolina Teixeira Crispin. Além do acidente pardo: os oficiais das milícias pardas de Pernambuco e Minas Gerais (1766-1807). 2011. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal Fluminense.

11.
JESUS, R. P.; VISCARDI, C. M.; SILVEIRA, Marco Antonio. Participação em banca de Daniela Oliveira Ramos dos Passos. Identidade e ciltura das classes trabalhadoras em Belo Horizonte no início do século XX (1893-1930). 2011. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

12.
GONCALVES, A. L.; SILVEIRA, Marco Antonio; LIBBY, D. C.. Participação em banca de Marileide Lázara Cassoli Meyer. "Arranjos de vida": direito e relações entre senhores e escravos. Termo de Mariana, 1850-1888. 2010. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

13.
FRANÇA, J. M. C.; LEWKOWICZ, I.; SILVEIRA, Marco Antonio. Participação em banca de Daniel Precioso. "Legítimos vassalos": pardos livres e forros na Vila Rica colonial (1750-1803). 2010. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

14.
GONCALVES, A. L.; FURTADO, J. F.; SILVEIRA, Marco Antonio. Participação em banca de Luana Melo e Silva. Os deputados mineiros eleitos às Cortes Constituintes de Lisboa. 2010. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

15.
ROMEIRO, A.; FURTADO, J. F.; SILVEIRA, Marco Antonio. Participação em banca de Gustavo Henrique Barbosa. Associações religiosas de leigos e sociedade em Minas colonial: os membros da Ordem Terceira de São Francisco de Mariana (1758-1808). 2010. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

16.
GONCALVES, A. L.; MUAZE, M. A. F.; SILVEIRA, Marco Antonio. Participação em banca de Amanda Dutra Hot. Cartas à viscondessa: cotidiano e vida familiar no Brasil Império (1850-1902). 2010. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

17.
Júnia Furtado; Adriana Romeiro; SILVEIRA, Marco Antonio. Participação em banca de Vagner da Silva Cunha. A "Rochela" das Minas do Ouro? Paulistas na Vila de Pitangui (1709-1721). 2009. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

18.
SILVEIRA, Marco Antonio. Participação em banca de João Paulo Martins. Política e História no Reformismo Ilustrado pombalino. 2008. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

19.
SILVEIRA, Marco Antonio; Carla Maria Junho Anastasia; Júnia Furtado. Participação em banca de Tatiana da Cunha Peixoto. Os mandarins do Sertão: os criadores de gado do São Francisco (1650-1750). 2006. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

20.
SILVEIRA, Marco Antonio; Rosângela Pereira de Tugny; Paulo Castagna. Participação em banca de Rodrigo Teodoro de Paula. Música e representação nas cerimônias de morte em Minas Gerais (1750-1827). Reflexão para o estudo da memória sonora na festa. 2006. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Teses de doutorado
1.
FURTADO, J. F.; SILVEIRA, Marco Antonio; ALMEIDA, C. M. C.; ANTUNES, A. A.; MENEZES, J. N. C.. Participação em banca de Regina Mendes de Araujo. Vereadores da Câmara de Mariana: perfil socioeconômico, redes relacionais e poder local (1711-1808). 2018. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

2.
ROMEIRO, A.; SOUSA, A. P.; CAMARINHAS, N.; PEGORARO, J. W.; SILVEIRA, Marco Antonio. Participação em banca de Débora Cazelato de Souza. Homens de letras: juízes de fora em Salvador e Mariana (1696-1777). 2018. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

3.
ANTUNES, A. A.; SILVEIRA, Marco Antonio; CARRARA, A. A.; MENDES, F. F.; REIS, B. P. W.. Participação em banca de Adriano Sérgio Lopes da Gama Cerqueira. Os fundamentos políticos da constituição dos sistemas administrativos na França e na Inglaterra nos séculos XVII e XVIII. 2017. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

4.
MARQUESE, R. B.; SILVEIRA, Marco Antonio; SILVA, L. G.; SLEMIAN, A.; PIMENTA, J. P. G.. Participação em banca de Priscila de Lima Souza. "Sem que lhes obste a diferença da cor": a habilitação dos pardos livres na América portuguesa e no Caribe espanhol (c. 1750-1808). 2017. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo.

5.
ROMEIRO, A.; SILVEIRA, Marco Antonio; ANDRADE, F. E.; VENÂNCIO, R. P.; MIATELLO, A.. Participação em banca de Felipe Augusto de Bernardi Silveira. Atuação administrativa e institucional autocéfala: Ordem Terceira do Carmo em Minas Gerais (XVIII-XIX). 2017. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

6.
ALMEIDA, C. M. C.; SILVEIRA, Marco Antonio; BARATA, A. M.; FRAGOSO, J. L. R.; MARTINS, W. S.. Participação em banca de Monalisa Pavone Oliveira. Fé e distinção: um estudo da dinâmica interna e do perfil de irmãos da Irmandade do Santíssimo Sacramento da Igreja Matriz de Nossa Senhora do Pilar do Ouro Preto (século XVIII). 2016. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Juiz de Fora.

7.
ROMEIRO, A.; VILLALTA, L. C.; SILVEIRA, Marco Antonio; ANDRADE, F. E.; RODRIGUES, A. C.. Participação em banca de Gustavo Henrique Barbosa. Poderes locais, devoção e hierarquias sociais: a Ordem Terceira de São Francisco de Mariana no século XVIII. 2015. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

8.
MARQUESE, R. B.; SILVA, A. R. C.; PIMENTA, J. P. G.; SLEMIAN, A.; SILVEIRA, Marco Antonio. Participação em banca de Renata Romualdo Diório. Os libertos e a construção da cidadania em Mariana, 1780-1840. 2013. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo.

9.
ROMEIRO, A.; MENEZES, J. N. C.; FURTADO, J. F.; PAIVA, E. F.; AMARANTINO, M. S.; SILVEIRA, Marco Antonio. Participação em banca de Adriano Toledo Paiva. "Aranzéis da tradição": conquistadores nos sertões do ouro (1760-1800). 2013. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

10.
FURTADO, J. F.; VENÂNCIO, R. P.; BOSCHI, C. C.; FURTADO, J. P.; SILVEIRA, Marco Antonio. Participação em banca de Maria Eliza de Campos Souza. Ouvidores de comarcas na Capitania de Minas Gerais no século XVIII (1711-1808): origens sociais, remuneração de serviços, trajetórias e mobilidade social pelo "caminho das Letras". 2012. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

11.
SILVEIRA, Marco Antonio; Júnia Furtado; Avanete Pereira Souza; KANTOR, Iris; Guiomar Maria de grammont Souza. Participação em banca de Humberto José Fonsêca. Vida e morte na Bahia Colonial: sociabilidades festivas e rituais fúnebres (1640-1760). 2006. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

12.
Júnia Furtado; HANSEN, J. A.; Guiomar Maria de grammont Souza; SILVEIRA, Marco Antonio. Participação em banca de Maria Paula Dias Couto Paes. A sociedade do corpo místico. A formação do Império e a fundação da América portuguesa. 2006. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

13.
SILVEIRA, Marco Antonio; Carla Anastasia; Eduardo França Paiva; Ida Lewcowicz; Júnia Furtado. Participação em banca de Maria do Carmo Pires. "Em testemunho de verdade": juízes de vintena e o poder local na Comarca de Vila Rica (1736-1808). 2005. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

14.
SILVEIRA, Marco Antonio; Eduardo França Paiva; Júnia Furtado; Andréa Lisly; Carlos Magno Guimarães; Luiz Carlos Villalta; Adriana Romeiro. Participação em banca de Ramom Fernandes Grossi. O "dar o seu a cada um": demandas por honras, mercês e privilégios na Capitania das Minas (1750-1808). 2005. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Qualificações de Doutorado
1.
ROMEIRO, A.; Avanete Pereira Souza; SILVEIRA, Marco Antonio. Participação em banca de Débora Cazelato de Souza. As mãos do rei: os juízes de fora na administração portuguesa (1696-1777). 2017. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

2.
ANTUNES, A. A.; ANDRADE, F. E.; SILVEIRA, Marco Antonio. Participação em banca de Tércio Voltani Veloso. Terrenos urbanos: tributação, repartição fundiária e a ideia de propriedade em Vila Rica e Vila do Carmo/Mariana (1711-1808). 2016. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

3.
ANTUNES, A. A.; SILVEIRA, Marco Antonio. Participação em banca de Adriano Sérgio Lopes Gama Cerqueira. Os fundamentos políticos da constituição dos sistemas administrativos na França e na Inglaterra, séculos XVII e XVIII. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

Qualificações de Mestrado
1.
SILVEIRA, Marco Antonio; BUARQUE, V. A. C.; MARTINS, K. D.. Participação em banca de Anna Karolina Vilela Siqueira. Dom Frei José da Santíssima Trindade: educação, política e religiosidade na Diocese de Mariana (1820-1835). 2018. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

2.
FERNANDES, L. E. O.; SILVEIRA, Marco Antonio. Participação em banca de Letícia Roberto dos Santos. Bem morrer: um vislumbre pelas pinturas de Postrímerias na Capela do Hospital da Caridade de Sevilha e da Igreja de Carabuco no século XVII. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

3.
ANTUNES, A. A.; VILLALTA, L. C.; SILVEIRA, Marco Antonio. Participação em banca de ALINE MACHADO GONÇALVES. Scripta Manent: tradição epistolográfica e retórica na correspondência ativa do frei dom Manuel da Cruz, primeiro bispo das Minas (1748-1762). 2018. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

4.
BOTELHO, T. R.; SILVEIRA, Marco Antonio; ROMEIRO, A.. Participação em banca de Taiane Cristina da Silva. O mapa do abandono: a exposição na freguesia de Guarapiranga, Minas Gerais (1770-1820). 2016. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

5.
QUELER, Jefferson; SILVEIRA, Marco Antonio; MATA, S. R.. Participação em banca de Marcelo Martins Vieira. Dom Luciano Mendes e a construção dos direitos da criança e do adolescente no Brasil -1984 a 1994). 2016. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

6.
FURTADO, J. F.; MENEZES, J. N. C.; SILVEIRA, Marco Antonio. Participação em banca de Gislaine Gonçalves Dias Pinto. Nobilitação e mácula de sangue cristão-novo: a perseguição como leitmotiv da Família Pessoa (1706-1815). 2015. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

7.
FERNANDES, L. E. O.; SILVEIRA, Marco Antonio; REIS, M. F.. Participação em banca de Fernanda Luiza Teixeira Lima. Batalhas pela memória: o cerco do passado e do presente ditatoral chileno através das narrativas historiográficas e fílmicas (1973-2013). 2014. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

8.
PIRES, M. C.; ANTUNES, A. A.; SILVEIRA, Marco Antonio. Participação em banca de Danielle de Fátima Eugênio. Oficialato mecânico em Mariana setecentista: os arrematantes de obras públicas. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

9.
GONCALVES, A. L.; SILVEIRA, Marco Antonio; Luiz Carlos Villalta. Participação em banca de Ana Cristina Magalhães Jardim. A apropriação de heróis românticos no processo de formação da nação brasileira: o mito de Marília de Dirceu - séculos XVIII e XIX. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

10.
JESUS, R. P.; MATTOS, M. B.; SILVEIRA, Marco Antonio. Participação em banca de Kaio César Goulart Alves. O movimento contra a carestia de vida e a formação da classe trabalhadora carioca (1913-1917). 2013. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

11.
ANTUNES, A. A.; PIRES, M. C.; SILVEIRA, Marco Antonio. Participação em banca de Luciano Guimarães Pereira. A defesa da honra no período colonial: ações de injúria como instrumento de afirmação social (Mariana, 1739-1799). 2013. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

12.
SILVEIRA, Marco Antonio; ANTUNES, A. A.; ANDRADE, F. E.. Participação em banca de Gilson César Xavier Moutinho. Tensões nas Terras de Minas: embates em torno das áreas produtivas no Termo de Mariana (1730-1830). 2012. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

13.
ANDRADE, F. E.; GONCALVES, A. L.; SILVEIRA, Marco Antonio. Participação em banca de Dejanira Ferreira de Rezende. Mineração nos moros das Minas Gerais: conflitos sociais e o estilo dos pequenos exploradores, 1711-1779. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
FERNANDES, L. E. O.; GONCALVES, A. L.; SILVEIRA, Marco Antonio. Participação em banca de Marcelle Danielle de Carvalho Braga.Refúgio do difícil e do terrível: a construção da questão escravista no romance oitocentista Uncle Tom's Cabin de Harriet Beecher Stowe. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

2.
Nacif, P. C.; ANTUNES, A. A.; SILVEIRA, Marco Antonio. Participação em banca de Paulo César Miranda Nacif.Mais que o sangue: o apadrinhamento de filhos naturais na freguesia de Santo Antônio da Casa Branca durante o século XVIII. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

3.
DUTRA, T. B.; GONCALVES, A. L.; SILVEIRA, Marco Antonio. Participação em banca de Thiara Bernardo Dutra.Ofícios da liberdade: a conquista da alforria através dos ofícios mecânicos, Vila Rica (1770-1810). 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

4.
PEREIRA, M. H. F.; SILVEIRA, Marco Antonio. Participação em banca de Ana Luiza Ladeia Prates.Visões do horizonte; arte, poder e modernização na capital mineira (1940-1945). 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

5.
PEREIRA, M. H. F.; SILVEIRA, Marco Antonio. Participação em banca de Ana Luiza Ladeia de Prates Correia.Visões do horizonte: arte, poder e modernização na capital mineira (1940-1945). 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

6.
CARVALHO, R. A.; SILVEIRA, Marco Antonio. Participação em banca de Raphael Ribeiro Machado.O programa de ensino primário mineiro de 1906 como reflexo das experiências dos políticos republicanos. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

7.
THIMOTEO, J. C.; SILVEIRA, Marco Antonio. Participação em banca de Hudsob Lucas Marques Martins.João Nepomuceno Correia Castro, pintor nas Minas setecentistas. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

8.
THIMOTEO, J. C.; SILVEIRA, Marco Antonio. Participação em banca de Natália Casagrande Salvador.Litígio arquitetural: as igrejas de São Francisco de Assis e Nossa Senhora do Carmo de Mariana. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

9.
CARVALHO, R. A.; SILVEIRA, Marco Antonio. Participação em banca de Raphael Ribeiro Machado.O programa de ensino primário mineiro de 1906 como reflexo das experiências dos políticos republicanos. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

10.
SILVEIRA, Marco Antonio; VISCARDI, C. M.; JESUS, R. P.. Participação em banca de David Patrício Lacerda.Vida associativa no Brasil monárquico: uma análise do mutualismo na cidade do Rio de Janeiro (1835-1889). 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

11.
SILVEIRA, Marco Antonio; MOLLO, H. M.; ARAÚJO, V. L.. Participação em banca de Bruno Franco Medeiros.Notas sobre uma tradição subterrânea: a historiografia sobre Minas Gerais no século XIX (1854-1913). 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

12.
SILVEIRA, Marco Antonio; ANTUNES, A. A.; CHAVES, C. M. G.. Participação em banca de Maykon Rodrigues dos Santos.Entre secos e molhados: a participação das mulheres Mina no pequeno comércio e a construção de identidades. Vila Rica, 1773-1794. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

13.
VENÂNCIO, R. P.; GONCALVES, A. L.; SILVEIRA, Marco Antonio. Participação em banca de Ricardo Batista de Oliveira.Índios e roceiros: destribalização indígena e a conquista da Mata Mineira (1770-1830). 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
SILVEIRA, Marco Antonio; Monteiro, H. P.; MARQUESE, R. B.; RODRIGUES, J.; SCHLEUMER, F.; KUHN, F.. Professor Adjunto de História do Brasil Colonial. 2010. Universidade Federal de São Paulo.

2.
SILVEIRA, Marco Antonio; SHIRMER, J.; MADIO, T. C.; GUAZZELLI, C. A.; LOPEZ, A. P.; RODRIGUES, J.. Professor Adjunto de História e Arquivos. 2009. Universidade Federal de São Paulo.

3.
CERQUEIRA, A. L. G.; CHAVES, C. M. G.; SILVEIRA, Marco Antonio. Professor Substituto de História Moderna e Contemporânea. 2007. Universidade Federal de Ouro Preto.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
II Colóquio Internacional A Globalização das Luzes: contestações e contrarrevoluções na França e no mundo luso-brasileiro.Luzes, fronteiras e razão de Estado: o governo de Francisco Xavier de Mendonça Furtado na Amazônia. 2018. (Encontro).

2.
VII Encontro Internacional de História Colonial.Coordenador, com Silvia Racchi, do simpósio temático "Governo e dominação: práticas e estratégias discursivas na administração da América portuguesa". 2018. (Encontro).

3.
"Discurso histórico e político" (1720). Novos estudos sobre o manuscrito atribuído a Pedro Miguel de Almeida Portugal, 3º conde de Assumar.História e historicidade do "Discurso histórico e político". 2016. (Simpósio).

4.
Presença dos anos 80: fantasmas, esperanças e historiografia.Sacrificar a crítica para adorar o historiador: estratégias de ocultamento do problema da dependência na historiografia sobre a sociedade colonial. 2016. (Seminário).

5.
Colóquio Internacional Justiças, Governo e Bem Comum.Justiças, juristas e ideias: atuação, exercício de poder e releituras intelectuais nos domínios lusitanos. 2015. (Outra).

6.
Filiações - Encontro sobre a obra de Laura de Mello e Souza.Política e administração. 2015. (Encontro).

7.
Semana da Anistia de Ouro Preto 2015.Comentário do filme "Ainda existem perseguidos políticos no Brasil". 2015. (Outra).

8.
XXVI Ciclo de Estudos Históricos da UESC.Sentidos do fazer histórico. 2015. (Outra).

9.
Simpósio 300 anos do Recolhimento de Macaúbas - educação, sociedade, arte e cultura.Aquém da soberania: costume e caridade nas Minas setecentistas. 2014. (Simpósio).

10.
XI Encontro Internacional da ANPHLAC.Revolta e razão de Estado: a apropriação da doutrina luso-espanhola seiscentista no aprendizado da colonização. 2014. (Encontro).

11.
II Jornada de Pesquisa: Discruso, Identidade e Memória.Discrusos sociais, identidade e memória. 2013. (Simpósio).

12.
Seminário Internacional Diálogos entre Brasil e Argentina: História e Historiografia.Guerra e razão de Estado no universo colonial: a formação de Minas. 2013. (Seminário).

13.
XIV Jornadas Interescuelas. Justiça e poder numa sociedade em transformação - Mariana, Minas Gerais (1745-1872). 2013. (Congresso).

14.
Grupo de Estudios de Historia de la Iglesia Religio.Justiça e território em Mariana, Minas Gerais (1711-1888). 2012. (Seminário).

15.
IV Encontro Internacional de História Colonial."Nesta longínqua conquista": linguagem, fronteira e contestação. 2012. (Encontro).

16.
XVII Encontro Regional da ANPUH/MG - Dimensões do poder na História.El rei está em Lisboa: representação e historiografia. 2012. (Encontro).

17.
XX Seminário de Iniciação Científica da UFOP.Avaliador. 2012. (Seminário).

18.
Cátedra Jaime Cortesão.A historiografia brasileira e o problema da autoridade colonial. 2010. (Encontro).

19.
Colóquio Oficinas da História: fontes, métodos e novas tecnologias na pesquisa histórica.Métodos quantitativos e micro-análise. 2010. (Encontro).

20.
Seminário da Linha de Pesquisa Espaço e Sociabilidades.Narrativas de contestação. 2010. (Seminário).

21.
XXV Simpósio Nacional de História. História e Ética.A norma em prática: uma análise da institucionalização da Justiça em Mariana, Minas Gerais (1711-1808). 2009. (Simpósio).

22.
XVI Encontro Regional de História da ANPUHMG.Comunicação. 2008. (Encontro).

23.
II Simpósio Escravidão e Mestiçagem: Histórias Comparadas - ANPUH.Aspectos da luta social na colonização do Brasil: crioulos e pardos forros na Capitania de Minas Gerais. 2006. (Simpósio).

24.
XIV Seminário de Iniciação Científica da UFOP.Avaliador. 2006. (Seminário).

25.
XV Encontro Regional de História.Geopolítica meridional: trajetória e concepções do doutor Luís Beltrão de Gouveia. 2006. (Encontro).

26.
O Atlântico Ibero-Americano (séc. XVI-XVII): perspectivas historiográficas recentes.O problema da soberania na colonização da América portuguesa: alguns aspectos relativos à Capitania de Minas Gerais. 2005. (Seminário).

27.
I Simpósio de Mostra de Pesquisas Integradas do Instituto de Ciências Humanas da PUCMG.Apresentação da tese. 2003. (Simpósio).

28.
Semana de História do Unibh.O governo Gomes Freire de Andrada nas Minas setecentistas. 2003. (Encontro).

29.
XVIII Encontro Regional de História - ANPUH/MG.Costume e alforria nas Minas setecentistas. 2002. (Encontro).

30.
I Simpósio de História Newton Paiva.Guerra de usurpação, guerra de guerrilhas: justiça e mercado nas Minas setecentistas. 2001. (Simpósio).

31.
Programa.Discussão da tese. 2001. (Outra).

32.
Festa: cultura e sociabilidade na América portuguesa.Ideologia, colonização, sociabilidade: algumas considerações metodológicas. 1999. (Seminário).

33.
O viver em colônia: cultura e sociedade no Brasil colonial.Cultura e civilização nas Minas setecentistas. 1995. (Outra).

34.
XVII Simpósio Nacional de História - História e Utopias.Símbolos e instituições nas Minas setecentistas. 1993. (Simpósio).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
SILVEIRA, Marco Antonio. Seminário Internacional Diálogos entre Brasil e Argentina: História e Historiografia. 2013. (Congresso).

2.
ANTUNES, A. A. ; SILVEIRA, Marco Antonio . 2] Seminário Internacional Justiça, Administração e Luta Social. 2012. (Outro).

3.
ANTUNES, A. A. ; SILVEIRA, Marco Antonio . Seminário Internacional Justiça, Administração e Luta Social: Dimensões do Poder em Minas. 2010. (Congresso).

4.
ANTUNES, A. A. ; SILVA, F. G. ; OLIVEIRA, F. R. C. ; SILVEIRA, Marco Antonio . 1º Seminário de Prática de Pesquisa Histórica: Fontes e Abordagens. 2008. (Outro).

5.
CHAVES, C. M. G. ; SILVEIRA, Marco Antonio . I Simpósio Impérios e Lugares no Brasil: Território, Conflito e Identidade. 2007. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Gabriel Luz de Oliveira. Os veios profundos de Mariana (Minas Gerais): transformação do espaço urbano na cidade contemporânea (1965-1988). Início: 2018. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

2.
Mark de Soldi Matzner. Paisagem e natureza em Minas Gerais. Início: 2018. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Marcus Vinícius Duque Neves. Elites locais e novas linguagens institucionais na construção da nação monárquica: interpretações acerca do clientelismo, burocracia e sociedade (Centro e Sul de Minas Gerais - 1827-1889). Início: 2018. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto. (Orientador).

2.
Pedro Eduardo Andrade Carvalho. Habitus entrecruzes: poder e eclesiásticos no Bispado de Mariana (1748 ? 1779). Início: 2016. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto. (Orientador).

3.
Pollyanna Precioso Neves. As Intendências do Ouro e o tributo da capitação: A busca pela legitimidade do poder real e os ensaios colonizadores em Vila Rica e Ribeirão do Carmo, (1735 ? 1750). Início: 2016. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto. (Orientador).

4.
Mayara Amanda Januário. A Justiça Eclesiástica e o Tribunal do Santo Ofício: poderes e práticas nos processos de bigamia no Brasil Setecentista. Início: 2015. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto. (Orientador).

Supervisão de pós-doutorado
1.
Renata Romualdo Diório. Diálogos culturais em marfim: a circulação no Império Português e a recepção local em Minas Gerais. Início: 2017. Universidade Federal de Ouro Preto, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Elias Theodoro Mateus. O perdão de parte entre a dinâmica judicial e a vida comunitária nas Minas setecentistas (Mariana, 1711-1821). 2017. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marco Antonio Silveira.

2.
Pollyanna Precioso Neves. Entre os caminhos e descaminhos da estrada proibida do Sertão da Bahia: a Superintendência do Rio das Velhas e o abastecimento das Minas nos primeiros anos de exploração aurífera (1701-1716). 2015. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Federal de Ouro Pr. Orientador: Marco Antonio Silveira.

3.
Luiz Carlos Teixeira. Registro manuscrito: a escrituração de devassas e querelas em Vila Rica, 1750-1822. 2015. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais. Orientador: Marco Antonio Silveira.

4.
Maria Gabriela Souza de Oliveira. O rol das culpas: crimes e criminosos em Minas Gerais (1711-1745). 2014. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marco Antonio Silveira.

5.
Gilson César Xavier Moutinho. Tensões nas Terras das Minas: embates em torno das áreas produtivas no termo de Mariana (1711-1840). 2013. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto, . Orientador: Marco Antonio Silveira.

6.
Lídia Gonçalves Martins. Entre a lei e o crime: a atuação da Justiça nos processos criminais envolvendo escravos - Termo de Mariana, 1830-1888. 2012. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto, . Orientador: Marco Antonio Silveira.

7.
Débora Cazelato de Souza. Administração e poder local: a Cãmara de Mariana e seus juízes de fora (1730-1777). 2011. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto, Propp/UFOP. Orientador: Marco Antonio Silveira.

8.
Wellington Júnio Guimarães da Costa. As tramas do poder: as notificações e a prática da justiça nas Minas setecentistas. 2011. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marco Antonio Silveira.

9.
Germano Moreira Campos. Ultramontanismo na Diocese de Mariana: o governo de D. Antônio Ferreira Viçoso (1844-1875). 2010. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto, . Orientador: Marco Antonio Silveira.

10.
Monalisa Pavonne Oliveira. Devoção e poder: a Irmandade do Santíssimo Sacramento do Ouro Preto (Vila Rica, 1732-1800). 2010. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto, . Orientador: Marco Antonio Silveira.

11.
Daniela Gonçalves Gomes. Ordens Terceiras e o ultramontanismo em Minas: catolicismo leigo e o projeto reformador da Igreja Católica em Mariana e Ouro Preto (1844-1875). 2009. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto, Propp/UFOP. Orientador: Marco Antonio Silveira.

Tese de doutorado
1.
Luiz Fernando Rodrigues Lopes. Indignos de servir: os candidatos rejeitados pelo Santo Ofício português (1680-1780). 2018. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais. Orientador: Marco Antonio Silveira.

2.
Maria Gabriela Souza de Oliveira. A força e a pena: a Junta de Justiça de Vila Rica (1731-1832). 2018. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Federal de Ouro Pr. Orientador: Marco Antonio Silveira.

3.
Wellington Júnio Guimarães da Costa. De cofre não tem mais que o nome: a Provedoria dos Defuntos e Ausentes no Brasil Colonial (séculos XVI-XVIII). 2018. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marco Antonio Silveira.

Supervisão de pós-doutorado
1.
Adriano Toledo Paiva. 2015. Universidade Federal de Ouro Preto, . Marco Antonio Silveira.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Marcos Aurélio de Mato. Sob a égide do requinte: a indumentária das rainhas Elisabeth I e Catarina de Medici. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal de Ouro Preto. Orientador: Marco Antonio Silveira.

2.
Kátia de Lourdes Colen. Retórica e efetividade da integração sul-americana no governo José Sarney (1985-1990). 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal de Ouro Preto. Orientador: Marco Antonio Silveira.

3.
Deisiane Pereira Carlos. Gênero, mulher e viuvez: as mulheres nas Minas Gerais (1760-1840). 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal de Ouro Preto. Orientador: Marco Antonio Silveira.

4.
Letícia Silva Batista. Diálogo além-mar: o padrão do consumo de tecidos nos inventários post-mortem de Vila Rica em relação à produção e ao consumo têxtil europeu (1760-1820). 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal de Ouro Preto. Orientador: Marco Antonio Silveira.

5.
Bruno Mateus Pereira de Andrade. O Sertão do Jequitinhonha: demografia e família nas matas de São Miguel do Jequitinhonha (1889-1891). 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal de Ouro Preto. Orientador: Marco Antonio Silveira.

6.
Danielle de Fátima Eugênio. Arrematantes de obras públicas: oficialato mecânico na Cidade de Mariana (1745-1800). 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal de Ouro Preto. Orientador: Marco Antonio Silveira.

7.
Marco Túlio Gonçalves. O universo conjugal em Minas: possibilidades de ascensão social através dos casamentos (1748-1764). 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal de Ouro Preto, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais. Orientador: Marco Antonio Silveira.

8.
Priscilla Samantha Barbosa Verona. A linguagem de João Guimarães Rosa e o aspecto mimético de sua ficção. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal de Ouro Preto. Orientador: Marco Antonio Silveira.

9.
Emanuel José dos Santos. A azulejaria da capela-mor da capela de Nossa Senhora do Carmo de Ouro Preto. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal de Ouro Preto. Orientador: Marco Antonio Silveira.

10.
Nicole de Oliveira Alves Damasceno. A criação de expostos em Mariana (1748-1822). 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal de Ouro Preto. Orientador: Marco Antonio Silveira.

11.
Lídia Gonçalves Martins. Criminalidade escrava em Mariana (1850-1888). 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal de Ouro Preto. Orientador: Marco Antonio Silveira.

12.
Daniel Precioso. As estratégias de branqueamento social dos artistas e artífices da Confraria de São José dos Homens Pardos ou Bem Casados - Vila Rica, 1730-1823. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal de Ouro Preto. Orientador: Marco Antonio Silveira.

Iniciação científica
1.
Edgleice Santos da Silva. O cotidiano de Angola na segunda metade do século XVIII: fontes e interpretações. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais. Orientador: Marco Antonio Silveira.

2.
Elias Theodoro Mateus. A Justiça e a prática do perdão nas Minas setecentistas (1711-1832). 2015. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marco Antonio Silveira.

3.
Ana Gabriela Resende e Silva. Dilemas da urbanização em Ouro Preto (1823-1897). 2015. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Federal de Ouro Pr. Orientador: Marco Antonio Silveira.

4.
Helena Azevedo Paulo de Almeida. Conflito e conversão: a política referente aos indígenas na Capitania de Minas Gerais durante o século XVIII. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marco Antonio Silveira.

5.
Michele Aparecida dos Santos Carneiro. Relações internacionais entre Brasil e Guiné-Bissau em 1975: o edificar nacional guineense conforme as epístolas diplomáticas. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais. Orientador: Marco Antonio Silveira.

6.
Bruno Oliveira de Andrade. Dos carretéis às estruturas: representação e especialidade na obra de Iberê Camargo. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto. Orientador: Marco Antonio Silveira.

7.
Marco Túlio Gonçalves. O universo conjugal em Minas: possibilidades de ascensão social através dos casamentos (1748-1764). 2010. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais. Orientador: Marco Antonio Silveira.

8.
Bruna Xavier Medeiros. Notificações de Mariana e Ouro Preto. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto. Orientador: Marco Antonio Silveira.

9.
Éder Liz Novaes. Justiça e vizinhança. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marco Antonio Silveira.

10.
Emanuel José dos Santos. Uma história em imagens: representações hagiográficas presentes nos azulejos da capela-mor da Ordem Terceira de Nossa Senhora do Carmo de Ouro Preto. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto, Propp/UFOP. Orientador: Marco Antonio Silveira.

11.
Emanuel José dos Santos. Uma história em imagens: representações hagiográgicas presentes nos azulejos da capela-mor da Capela da Ordem Terceira de Nossa Senhora do Carmo de Ouro Preto. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto, Propp/UFOP. Orientador: Marco Antonio Silveira.

12.
Marco Túlio Gonçalves. A procura por casamentos em Mariana: livres, forros e escravos (1748-64). 2008. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marco Antonio Silveira.

13.
Gilson César Xavier Moutinho. Notificações de Mariana e Ouro Preto: inventário analítico e banco de dados (1711-1888). 2008. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marco Antonio Silveira.

14.
Lídia Gonçalves Martins. Criminalidade escrava em Mariana (1850-1888). 2008. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto. Orientador: Marco Antonio Silveira.

15.
Juliana Salles de Siqueira. Perspectivas feministas sobre a educação de mulheres: Maria Lacerda de Moura e suas contemporâneas na década de 1920. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto. Orientador: Marco Antonio Silveira.

16.
Marcus Fernandes Marcusso. ?As fórmulas de conciliação são sempre admissíveis?: Tenentismo e Aliança Liberal às vésperas da Revolução de 30 (1927-1930). 2007. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto. Orientador: Marco Antonio Silveira.

17.
Wellington Junio Guimarães da Costa. Notificações de Mariana e Ouro Preto (1711-1888): banco de dados e inventário analítico. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto. Orientador: Marco Antonio Silveira.

18.
Lui George Leles Gomes Costa. Trajetória e concepções do doutor Luís Beltrão de Gouveia (1779-1814). 2007. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto, Propp/UFOP. Orientador: Marco Antonio Silveira.

19.
Maria das Graças Alves Cardoso. Extermínio e desapropriação das terras indígenas nas Minas Gerais do século XVIII. 2004. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Centro Universitário de Belo Horizonte, Centro Universitário de Belo Horizonte. Orientador: Marco Antonio Silveira.

20.
Marlene Ramos dos Santos. As fontes manuscritas do século XVIII e o ofício do historiador. 2004. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Centro Universitário de Belo Horizonte, Centro Universitário de Belo Horizonte. Orientador: Marco Antonio Silveira.

21.
Renata Correa Araújo. Política de terras e sesmarias no governo Gomes Freire de Andrade. 2004. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Centro Universitário de Belo Horizonte, Centro Universitário de Belo Horizonte. Orientador: Marco Antonio Silveira.

22.
João Paulo Castro Álvares. Os limites de Minas e São Paulo. 2004. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Centro Universitário de Belo Horizonte, Centro Universitário de Belo Horizonte. Orientador: Marco Antonio Silveira.

23.
Primo Leandro de Abreu. O almotacé e a administração das Minas setecentistas. 2004. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Centro Universitário de Belo Horizonte. Orientador: Marco Antonio Silveira.



Outras informações relevantes


1.Bolsista da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp): Iniciação científica, de 1º de março de 1988 a 30 de junho de 1989.

2.Bolsista da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp): Mestrado, de 1º de março de 1990 a 31 de julho de 1993.

3.Bolsista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes): Pós-Doutorado, de 1° de agosto de 2004 a 31 de julho de 2005.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 16/01/2019 às 21:02:23