Bráulio de Britto Neves

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/1290053168626108
  • Última atualização do currículo em 25/11/2016


Pós-Doutor junto ao Grupo Poéticas Audiovisuais, do programa de Pós-graduação em Comunicação Social da PUC-Minas. Pós-doutor junto ao grupo EME - Grupo de Estudos sobre Mídia e Esfera Pública, do programa de Pós-Graduação em Comunicação Social da UFMG (Depto. de Comunicação Social, UFMG). Doutor em Multimeios pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp, 2011). Mestre em Comunicação Social (pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG, 2000). Graduado no Bacharelado em Comunicação Social, com habilitação em Radialismo e Televisão pela UFMG (1994). No Doutorado em Artes no IAr da Unicamp, pesquisou o documentário brasileiro contemporâneo vinculado ao ciberativismo ("o documentário-rede ciberativista"). Nesta pesquisa, orientado pelo prof. Dr. Fernão Ramos, sustenta que as novas inflexões ético-estilísticas do documentário conduzem a um novo um método de identificação e análise do cinema documentário, a partir de seus traços da sua retórica enquanto ação comunicativa. Entre 2012 e 2013, como estagiário residente de pós-doutorado, atuou como pesquisador do Grupo EME sob supervisão da profa. Rousiley Maia (Depto. de Comunicação Social - UFMG), realizando pesquisa em metodologias de análise de qualidade deliberativa e de processos de reconhecimento para avaliação do potencial emancipatório do uso de plataformas on-line e em interfaces de leitura não-linear de acervos audiovisuais. De 2014 a 2016, junto ao grupo Poéticas Audiovisuais, sob supervisão do Prof. Júlio Pinto (Depto. de Comunicação Social ? PUC-Minas) aprofundou a pesquisa sobre métodos de avaliação deliberatividade, especialmente sobre o vínculo entre reflexividade discursiva e modos de endereçamento. Com esse propósito, dedicou-se à reinterpretação processual-pragmática das teorias contemporâneas sobre a representação e a ação políticas (projeto "Ninguém me representa"). Desde 2015, em parceria com o grupo PIIM-Lab (CEFET-MG), liderado pelo prof. Flávio Cardeal, vem aplicando a matriz metodológica pragmaticista para desenvolver uma metodologia semi-automatizada de análise e apreciação coletiva reflexiva de grandes quantidades de imagens audiovisuais publicadas on-line (?proferimentos ciberaudiovisuais?). O desenvolvimento de processos e operadores de estudos sobre deliberatividade dirigiu-se ao estudo dos arranjos de artefatos de representação política, e do sentido politico dos propiciamentos ("affordances") de cada ambiente on-line. Entre 2001 e 2006, lecionou em cursos de comunicação social de diversas universidades particulares em Minas Gerais (em Belo Horizonte, Coronel Fabriciano, Arcos, Juatuba e Divinópolis). Em 2012 e 2013, lecionou, como estagiário docente junto ao curso de Comunicação Social da UFMG, as disciplinas "Comunicação e Política" (COM 055), "Comunicação e Interações Sociais" (COM 331) e Seminário de Projeto Experimental (COM 322). Entre agosto e novembro de 2016, atuou como professor substituto junto ao Curso de Comunicação Social da UFMG, lecionando as disciplinas Comunicação e Cultura (COM 605) ? para duas turmas: do curso de Comunicação Social e do curso de Turismo; e Metodologias de Pesquisa Científica em Comuniação (COM 076) ? para uma turma do curso de Comunicação Social. Além de suas atividades acadêmicas, participou das atividades de diversos coletivos de midiativismo e arte conceitual participativa (Centro de Mídia Independente, Circuitos Compartilhados, Rizoma de Radios e TVs Livres, Coletivos Saravá, Ystilingue, Kaza Vazia, Associação Elastica). Foi co-fundador da Associação Imagem Comunitária em 1993, ONG de comunicação comunitária de Belo Horizonte, na qual desenvolveu do método de apropriação de mídias a partir de jogos de improvisação e proposições estéticas. Em 2012, participou da fundação da Associação Elástica, dedicada à promoção da tecnologia, cultura e natureza libres. Vem, desde o final dos anos 1990, realizando trabalhos como documentarista, videoartista e artista visual (escultura colaborativa). (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Bráulio de Britto Neves
Nome em citações bibliográficas
NEVES, Bráulio de Britto;NEVES, BRÁULIO


Formação acadêmica/titulação


2007 - 2011
Doutorado em Multimeios.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Título: O Ciberdocumentário Prefigurativo dos anos 2000, Ano de obtenção: 2011.
Orientador: Fernão Vítor Pessoa Almeida Ramos.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: documentário; contemporâneo; brasileiro; telemático; experimental; video-ativismo.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: Cinema.
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Comunicação.
Setores de atividade: Formação Permanente e Outras Atividades de Ensino, Inclusive Educação À Distância e Educação Especial; Educação Superior; Atividades Recreativas, Culturais e Desportivas.
1997 - 2000
Mestrado em Comunicação Social.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Título: Da Câmera no Barraco à Rede Nacional: o Evento da Favela Naval,Ano de Obtenção: 2000.
Orientador: Rousiley Celi Moreira Maia.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Comunicação / Subárea: Rádio e Televisão.
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Comunicação / Subárea: Semiótica.
1991 - 1994
Graduação em Comunicação Social.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Título: Papel, papéis, papeleiros.
Orientador: Maria Céres Spínola de Castro.
1987 - 1989
Ensino Médio (2º grau).
Colégio Técnico, COLTEC, Brasil.
1979 - 1986
Ensino Fundamental (1º grau).
Centro Pedagógico da Universidade Federal de Minas Gerais, CP UFMG, Brasil.


Pós-doutorado


2014
Pós-Doutorado.
Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, PUC Minas, Brasil.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Comunicação / Subárea: Comunicação e Política.
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: Artes do Vídeo.
2012
Pós-Doutorado.
Pro-reitoria de Pós-Graduação da UFMG, PROPQ - UFMG, Brasil.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas


Formação Complementar


2004 - 2004
Metodologias de Pesquisa e Antropologia Visual. (Carga horária: 72h).
Programa de pós-graduação em Multimeios da Universidade Estadual de Campina, PPGMM-UNICAMP, Brasil.
2002 - 2002
Extensão universitária em Comunicação para a Mobilização Social. (Carga horária: 12h).
Pró-Reitoria de Extensão da UFMG, PROEX-UFMG, Brasil.
1997 - 1997
Oficina de Cinema de Animação. (Carga horária: 12h).
Centro de Referência Audio-Visual (Secretaria Estadual de Cultura de Minas, CRAV, Brasil.
1996 - 1996
Extensão universitária em Criação Videonovista (28° Fest. Inverno UFMG). (Carga horária: 18h).
Pró-Reitoria de Extensão da UFMG, PROEX-UFMG, Brasil.
1996 - 1996
Extensão universitária em Oficina "Teatro e Performance - A Cena Integrada". (Carga horária: 30h).
Pró-Reitoria de Extensão da UFMG, PROEX-UFMG, Brasil.
1995 - 1995
Directing Reality (min. Rob Rombout). (Carga horária: 60h).
Instituto Imagens-Movimento (BH), IMM, Brasil.
1994 - 1994
Capacitação Avançada / Videoproduto - Roteiro. (Carga horária: 80h).
Associação Brasileira de Vídeo Popular, ABVP, Brasil.
1993 - 1993
Extensão universitária em nterpretação no Rádio e na Televisão. (Carga horária: 30h).
Pró-Reitoria de Extensão da UFMG, PROEX-UFMG, Brasil.
1993 - 1993
Metodologias de Uso do Vídeo em Animação Grupal. (Carga horária: 10h).
Associação Brasileira de Vídeo Popular, ABVP, Brasil.
1992 - 1992
ecnologia da Informação/ Economia da Informação. (Carga horária: 15h).
Curso de Mestrado em Ciência da Informação da Escola de Bibilioteconomia da, EBI-UFMG, Brasil.
1991 - 1991
Extensão universitária em Oficina de Xilogravura. (Carga horária: 70h).
Pró-Reitoria de Extensão da UFMG, PROEX-UFMG, Brasil.
1990 - 1990
Extensão universitária em Iniciação à Fotografia. (Carga horária: 72h).
Pró-Reitoria de Extensão da UFMG, PROEX-UFMG, Brasil.
1990 - 1990
Reforma e Revolução na América Latina. (Carga horária: 10h).
Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência - São Paulo, SBPC, Brasil.
1989 - 1989
Extensão universitária em Oficina de Desenho - 21° Fest. de Inverno da UFMG. (Carga horária: 152h).
Pró-Reitoria de Extensão da UFMG, PROEX-UFMG, Brasil.


Atuação Profissional



Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais, CEFET/MG, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, PUC Minas, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador Residente em Estágio Pós-doutoral, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2005 - 2005
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor Auxiliar, Carga horária: 20


Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 40
Outras informações
Disciplinas Comunicação e Cultura (COM 605) ? para uma turma do curso de Comunicação Social e para outra, do curso de Turismo ? e Metodologias de Pesquisa Científica em Comuniação (COM 076) ? para uma turma do curso de Comunicação Social.

Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Estágio Pós-doutoral, Enquadramento Funcional: Pesquisador Residente em Estágio Pós-doutoral, Carga horária: 40


Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Vínculo institucional

1998 - 1999
Vínculo: Bolsista de Mestrado, Enquadramento Funcional: Bolsista de Mestrado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2011
Vínculo: Aluno do ppg em Multimeios, Enquadramento Funcional: Aluno bolsista pela Capes, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


Fundação Educacional de Divinópolis, FUNEDI, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2006
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor Universitário, Carga horária: 40


Centro Universitário de Belo Horizonte, UniBH, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2002
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor Assistente B, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


Fundação TV Minas, FTVM, Brasil.
Vínculo institucional

1993 - 1993
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiario em Edição de Vídeo, Carga horária: 30
Outras informações
Edição de vinhetas, chamadas de programação e videografismos (sob orientação de Guilherme Mendes); edição do Especial Ouver


Instituto João Alfredo de Andrade Ltda., IJAA, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2003
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor Universitário, Carga horária: 12


M25 Vídeo Produções, M25VP, Brasil.
Vínculo institucional

1995 - 1995
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Operador de Controle Mestre de Emissora de TV, Carga horária: 40

Vínculo institucional

1995 - 1995
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Editor de Imagens de Telejornalismo, Carga horária: 40

Atividades

01/1996 - 05/1996
Serviços técnicos especializados , VERTICAL FOTO VÍDEO ARTE LTDA, .

Serviço realizado
Editor de Vídeo.
10/1995 - 12/1995
Serviços técnicos especializados , M25 Vídeo Produções Ltda, .

Serviço realizado
Edição de Imagens para Telejornalismo.

Instituto Católico de Minas Gerais, ICMG, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2001
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor do Curso de Jornalismo, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


Pró-Reitoria de Extensão da UFMG, PROEX-UFMG, Brasil.
Vínculo institucional

1993 - 1994
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Produtor do Programa TV Sala de Espera, Carga horária: 20
Outras informações
O TV Sala de Espera era um programa de TV Comunitária realizado com a participação da população moradora dos Bairros Paulo VI, Ribeiro de Abreu e Jardim Belmonte, localizados na região Nordeste de Belo Horizonte. O programa era exibido nas salas de espera dos postos de saúde da Prefeitura Municipal de BH. O projeto foi coordenado pelos professores Betriz Bretas, Regina Motta e pelo psicanalista Musso Greco. O grupo de estagiários desse projeto originou a Associação Imagem Comunitária, ONG de referência em mídias comunitárias e educação mediática (educomunicação).


Pro-reitoria de Pós-Graduação da UFMG, PROPQ - UFMG, Brasil.
Vínculo institucional

1997 - 1997
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitor de Semiótica dos Meios Audiovisuais, Carga horária: 20
Outras informações
Monitor da disciplina Semiótica dos Meios Audiovisuais, ministrada pelo prof. Dr. Júlio César Machado Pinto. Nesta disciplina, foram desenvolvidas práticas de aprendizado de conceitos da semiótica pragmaticista (peirceana) a partir de jogos de improvisação com vídeo, as "videoadvinhas". Esta prática foi posteriormente incorporada ao repertorio de jogos de aprendizado de oficinas de vídeo e rádio da AIC (Associação Imagem Comunitária, BH-MG), tendo sido posteriormente usadas também pelos professores da UFMG, Júlio C. M. Pinto e Juan Aramayo, na mesma disciplina (Semiótica dos Meios Audiovisuais).


Vertical Foto Vídeo Arte Ltda, VFVA, Brasil.
Vínculo institucional

1996 - 1996
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Editor de Video, Carga horária: 40



Projetos de pesquisa


2014 - Atual
Ninguém me representa - Ðingue
Descrição: sta pesquisa pretende identificar um desafio contemporâneo para a concepção de representação política, ainda mal identificado pela literatura da filosofia e ciência políticas, além daqueles problemas postos pelos caráter transfronteiriço de processos políticos decisivos e pela relevância política dos interesses entes não-humanos. Demandam-se desenvolvimentos na direção de uma compreensão do papel dos artefatos e das redes artefactuais de representação política enquanto representações políticas, nos seus propiciamento comunciativos e estratégicos específicos, (a) da promoção da autonomia política democrática como um argumento (ou melhor, argumentação, processo inferencial) capaz de propiciar, pela (b) consolidação de seu objeto dinâmico, as vontades coletivas, no sentido de (c) aproximarmo-nos de seu interpretante último, a saber, o alcançamento do bem comum (ou, pelo menos, do "dissenso arrazoado"). O pressuposto é que a política democrática moderna (pelo menos après Dahl, 1998) é um signo que tem como objeto dinâmico (ou objeto real) a vontade geral e como interpretante último o bem comum. A semiose histórica da política moderna, portanto, pode ser traduzida como um processo inferencial cujo telos é ser capaz de representar o desejo coletivo mais profundo para que esta descoberta nos conduza aos melhores interesses comuns..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (2) .
Integrantes: Bráulio de Britto Neves - Coordenador / Flávio Cardeal - Integrante / Moisés Henrique Ramos Pereira - Integrante / Wesley Matheus Oliveira - Integrante.
2007 - 2011
Traçando o ?vôo da mosca?: Retóricas contemporâneas de enunciação do documentário através das situações de captura audiovisual
Descrição: Projeto de Doutorado (Título atual da Tese: "Ciberdocumentário prefigurativo: o documentário-rede ciberativista brasileiro da primeira década do século 21").
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.


Projetos de desenvolvimento


2014 - Atual
Ðingue - Auto-observatório multitudinário
Descrição: O projeto integral do Ðingue prevê o desenvolvimento de um arranjo de auto-interpretação multitudiária de imagens ciberaudiovisuais, com licenciamento livre e de acesso público. Isso será realizado em três esforços de pesquisa e desenvolvimento: 1 - de um codebook para a ser experimentalmente utilizado na análise de uma grande quantidade de imagens das manifestações brasileiras de meados no ano passado. A partir do aprendizado do desenvolvimento desse método qualitativo-quantitativo, será derivada... 2 - uma suíte de ferramentas, baseadas em algoritmos de visão computacional, específicas para o uso de análise de imagens-câmera, capazes de acelerar, tornar semi-automática, mas não independente do juízo do analista humano, a atualmente penosa tarefa de análise de tomadas audiovisuais. Tarefas árduas e repetitivas como a decupagem, de planos, transcrição de falas, avaliação de sincronismo do som, medição de durações, contagem de cortes, identificação de planos, identificação de recursos técnicos auxiliares à tomada, como iluminação, tripés e teleprompters podem ser semi-automáticas, acelerando muito a produção de metadados sobre as enunciações audiovisuais, o que torna viável a invenção de... 3 - sistemas especialistas capazes de gerar, a partir das análises de dados mais superficiais das imagenes ciberaudiovisuais, interpretações sofisticadas, como predominâncias ético-estilísticas das imagens em seu contexto de enunciação, ou sobre pressupostos políticos da representação dos sujeitos que participam da enunciação. Note-se que, usando esses sistemas especialistas, os públicos interessados (politólogos, ativistas, artistas) poderão configurar suas análises segundo paradigmas teóricos variados. Eu (Bráulio B. Neves), especificamente, proponho-me a trabalhar com uma conexão entre estudos críticos (das teorias do agir comunicativo de Habermas, e da teoria do reconhecmento, de Honneth) as mais recentes teorias da fenomenologia da comunicação audiovisual (Merleau-Ponty, Sobchack, Ramos, Tomas). Este paradigma experimental supõe que as imagens sejam constelações de relações entre um publico que é representado por outro público para um terceiro público; e que, portanto, há sempre uma tarefa intensiva de extração das relações políticas pressupostas a cada tomada de imagens, cada sequência de tomadas e em cada enunciação audiovisual. Para que este tipo de abordagem não se torne impossível para abordar multidões de enunciações - como as que se sequem aos protestos, no mundo inteiro - pretendemos desenvolver uma suite de ferramentas para a semi-automatização da análise de imagens e de produção de agregações estatísticas. Em todo caso, deve-se sublinhar o valor político e econômico desta inovação específica, já que ainda não está disponível, no mercado de data-mining, ferramentas para a produção de "big-data" a partir de hipóteses sobre os sentidos das imagens ciberaudiovisuais, e não somente de seus acompanhamentos textuais, não somente a partir de dados básicos das imagens. 4 - Finalmente, os sistemas de análise são ponto de partida para o desenvolvimento de um arranjo de apreciação coletiva das enunciações ciberaudiovisuais, o Ðingue, propriamente dito. Pretendemos que seja um arranjo logotécnico pelo qual cada prática de visionamento coletivo de imagens gere e incorpore novas informações sobre seu uso e interpretação, que se tornam disponíveis para os usos subsequentes do arranjo. O propósito é conduzir os usuáiros a um aprendizado coletivo aberto, multi-perspectivado, sobre eventos que tenham sido representados por uma multidão de imagens ciberaudiovisuais..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Doutorado: (2) .
Integrantes: Bráulio de Britto Neves - Coordenador / Flávio Cardeal - Integrante / Moisés Henrique Ramos Pereira - Integrante / Wesley Matheus Oliveira - Integrante.


Outros Projetos


2014 - Atual
Ðingue - Observatório Multitudinário
Descrição: Projeto desenvolvido junto ao PIIM-Lab (CEFET-MG), sob coordenação do prof. Dr. Flávio Cardeal. desenvolvimento de um arranjo de auto-interpretação multitudiária de imagens ciberaudiovisuais, com licenciamento livre e de acesso público. Isso será realizado em três esforços de pesquisa e desenvolvimento: 1 Codebook para a ser utilizado na análise de uma grande quantidade de imagens de manifestações no espaço urbano. 2 Suíte de ferramentas, baseadas em algoritmos de percepção computacional, específicas para o uso de análise de imagens-câmera, capazes de acelerar, tornar semi-automática, mas não independente do juízo do analista humano, a atualmente penosa tarefa de análise de tomadas audiovisuais, acelerando a produção de metadados sobre as enunciações audiovisuais e desindividualizando as decisões discricionárias de classificação de ocorrências significativas para as análises; 3 - sistemas especialistas de recomendação, que gerem, a partir das análises da superficie textual dos proferimentos ciberaudiovisuais, interpretações mais elaboradas, como predominâncias ético-estilísticas das imagens em seu contexto de enunciação, ou sobre pressupostos políticos da representação dos sujeitos que participam da enunciação. Usando esses sistemas especialistas, os públicos interessados (politólogos, ativistas, artistas) poderão configurar suas análises segundo paradigmas teóricos variados. Deve-se sublinhar o valor político e econômico desta inovação específica, a ser posta à disposição do público através de licenças abertas e livres, visa o mercado de "big-data", pois inexistem ferramentas de mineração adequadas à avaliação da consistência de hipóteses acerca dos sentidos específicos de proferimentos ciberaudiovisuais. Os sistemas de análise e recomendação são ponto de partida para o desenvolvimento de um arranjo de apreciação coletiva das enunciações ciberaudiovisuais, nos quais cada prática de visionamento coletivo gere e incorpore novas informações sobre seus sentidos que se tornam disponíveis para os usos subsequentes do arranjo de apreciação e análise coletiva. O propósito é conduzir os usuáiros a um aprendizado coletivo aberto, multi-perspectivado, sobre eventos que tenham sido representados por uma multidão de imagens ciberaudiovisuais..
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (2) .
Integrantes: Bráulio de Britto Neves - Coordenador / Flávio Cardeal - Integrante / Moisés Henrique Ramos Pereira - Integrante / Wesley Matheus Oliveira - Integrante.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: Artes do Vídeo.
2.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Comunicação / Subárea: Comunicação e Política.
3.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Comunicação / Subárea: Semiótica.
4.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: Cinema/Especialidade: teoria do cinema.
5.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: antropologia visual.
6.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Teoria Política.


Idiomas


Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


1988
Melhor trabalho apresentado na Feira de Ciências, Universidade Aberta (UNICAMP).


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
NEVES, BRÁULIO2015NEVES, BRÁULIO. Documentários com Ginga, perspectivas do documentarismo interativo: dos webdocs à TV digital interativa brasileira. Doc On-Line: revista digital de cinema documentario, v. 1, p. 84-129, 2015.

2.
NEVES, Bráulio de Britto;NEVES, BRÁULIO2012NEVES, Bráulio de Britto. A LGUMAS QUESTÕES PARA O DOCUMENTÁRIO-INTERFACE. Doc On-Line: revista digital de cinema documentario, v. 13, p. 148-170, 2012.

3.
NEVES, Bráulio de Britto;NEVES, BRÁULIO2010NEVES, Bráulio de Britto. Prefiguração de contrapúblicos em ?Brad ? Uma noite mais nas barricadas?.. Galáxia (São Paulo. Online), v. 10, p. 01, 2010.

4.
NEVES, Bráulio de Britto;NEVES, BRÁULIO2010NEVES, Bráulio de Britto. Máquinas retóricas livres do documentário ciberativista. Doc On-Line - Revista Digital de Cinema Documentário, v. 8, p. 70-113, 2010.

5.
NEVES, Bráulio de Britto;NEVES, BRÁULIO2010NEVES, Bráulio de Britto. Imagens-câmera, máquinas lógicas e retóricas documentárias. Semeiosis: semiótica e transdisciplinaridade em revista, v. 1, p. 1-18, 2010.

6.
NEVES, Bráulio de Britto;NEVES, BRÁULIO2009NEVES, Bráulio de Britto; Rousiley C. M. Maia . ASTONISHING IMAGES: TV news and accountability processes. Brazilian Journalism Research (Impresso), v. 5.1, p. 1-9, 2009.

7.
NEVES, Bráulio de Britto;NEVES, BRÁULIO2000NEVES, Bráulio de Britto. Educação Mediática: Novos Espaços, Outras Autorias. Presença Pedagógica, v. 6, p. 71-79, 2000.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
MAIA, R. C. M. ; GARCEZ, R. L. ; VEIGA, V. ; MIOLA, E. ; NEVES, Bráulio de Britto ; GONCALVES, A. ; ROSSINI, P. ; LYCARIAO, D. ; CAL, D. . Teorias da Comunicação no Brasil - reflexões contemporâneas. '. ed. Salvador - BA: EdUFBA, 2014. 295p .

Capítulos de livros publicados
1.
NEVES, Bráulio de Britto; Rousiley C. M. Maia . Imagens que chamam ao debate: a construção da denúncia e da controvérsia no evento da Favela Naval. In: Maia, Rousiley C. M.. (Org.). Mídia e deliberação. 1ed.Rio de Janeiro: Editora FGV, 2008, v. 1, p. 321-346.

2.
Melo, Alexia ; Brandão, Ana T. M. ; NEVES, Bráulio de Britto ; Leonel, Juliana. ; Teixeira, Oswaldo P. ; ASPAHAN, Pedro ; MARTINS, V. C. P. . Metodologia: o jogo e a reivenção. In: Lima, Rafaela Pereira. (Org.). Mídias comunitárias , juventude e cidadania. Belo Horizonte: Autêntica, 2007, v. , p. 27-35.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
NEVES, Bráulio de Britto. 'Qual é seu signo?' (ou: o escopo do horóscopo). REVISTA Almanaque d?Oeste séc. xxi, Divinópolis - MG, p. 12 - 13, 01 jul. 2005.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
NEVES, Bráulio de Britto. 'Ninguém me Representa' - da crise da representação democrática à invenção de critérios para a crítica da representação política contemporânea. In: VI Compolítica, 2015, Rio de Janeiro. VI Compolítica. Salvador - BA: EdUFBA, Compolítica, 2015. v. 1.

2.
NEVES, Bráulio de Britto. 'Nobody Represents Me': On Some Paradoxes of the Anti-Representative Claims of 2013 Brazilian Protests. In: 23th IPSA (International Political Science Association) Meeting - Montréal 2014, 2014, Montréal, Québec, Canadá. The Annals of the 23th Meeting of the International Political Science Association. Montréal, Québec, Canadá: Ed IPSA, 2014. v. 1. p. 1-499.

3.
NEVES, Bráulio de Britto. Ciberbarricadas documentárias. In: IV Simpósio Nacional da ABCiber, 2010, Rio de Janeiro. IV Simpósio Nacional da ABCiber - Trabalhos Selecionados, 2010.

4.
NEVES, Bráulio de Britto. Da Câmara no Barraco à Rede Nacional: Operações de Narrativização e a Construção do Evento da Favela Naval. In: II Jornada de Comunicação e Democracia ? ?Apresentação de trabalhos dos Grupos de Pesquisa Comunicação e Democracia do PPG em Comunicação e Culturas Contemporâneas da UFBA e Mídia e Espaço Público (EME) do PPG em Comunicação Social da UFMG?, 2005, Belo Horizonte. Cadernos da II Jornada de Comunicação e Democracia, 2005.

5.
NEVES; Brandão, Ana T. M. ; Leonel, Juliana. ; MARTINS, V. C. P. ; Patrocínio, Janaína ; Melo, Alexia ; Lima, Rafaela P. . A TV na Sala: Reflexões sobre Oficinas de Educação Midiática Realizadas em Escolas Públicas de Belo Horizonte. In: I Congresso Internacional sobre Comunicação e Educação, 1998, São Paulo - SP. Anais do I Congresso de Comunicação e Educação / Revista de Ciência e Tecnologia, Ano I, n.2, maio/agosto de 1998. São Paulo - SP: Centro de Pesquisa e Tecnologia do Centro Universitário Salesiano de São Paulo, 1998. v. I.

Artigos aceitos para publicação
1.
NEVES, Bráulio de Britto. Antes da Comunicação: crueldade, meta-eticidade e artefatos de percepção. Metamorfose, 2016.

Apresentações de Trabalho
1.
NEVES, Bráulio de Britto. Distributed (im)morality and the artifacts of political (mis)representation. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
NEVES, Bráulio de Britto. 'Ninguém me Representa' - da crise da representação democrática à invenção de critérios para a crítica da representação política contemporânea. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
NEVES, Bráulio de Britto. Distribuição actancial no documentário - dos 'modos' às classes naturais de representação política. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
NEVES, Bráulio de Britto. Reflexividade e endereçamento nos documentários ciberaudiovisuais: uma proposta metodológica de reconstrução crítica de artefatos de representação política. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
NEVES, Bráulio de Britto. Doc>>Trans: Transmedialidade Documentária e Representação Política Artefactual. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
NEVES, Bráulio de Britto. 'Nobody Represents Me': On Some Paradoxes of the Anti-Representative Claims of 2013 Brazilian Protests. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
NEVES, Bráulio de Britto. Retóricas Midiáticas: dos vultos às ferragens. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
NEVES, Bráulio de Britto. What (didn't) happen with documentary indexicality. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
NEVES, Bráulio de Britto. "Situações de Tomada" no cinema tardio brasileiro independente. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
NEVES; Brandão, Ana T. M. ; Patrocínio, Janaína ; Melo, Alexia ; Leonel, Juliana. ; Lima, Rafaela P. . A TV na Sala: Reflexões sobre Oficinas de Educação Midiática Realizadas em Escolas Públicas de Belo Horizonte.. 1998. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
NEVES, Bráulio de Britto; Lima, Rafaela P. . Cartilha do Acesso. Belo Horizonte: (Editado pelos autores), 1997 (Técnico-didática).


Produção técnica
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
NEVES, Bráulio de Britto. Poeiras das Encruzilhadas. 2003. (Programa de rádio ou TV/Outra).

2.
NEVES, Bráulio de Britto; MARTINS, V. C. P. ; Lucas Miranda ; Lígia Simões ; BARROS, F. O. ; PAI-PJ . Crime e Loucura: Armadilhas do Esquecimento. 2000. (Programa de rádio ou TV/Outra).

3.
NEVES, Bráulio de Britto; Rede de Intercâmbio de Tecnologias Alternativas . CEVAE Morro das Pedras. 1996. (Programa de rádio ou TV/Outra).

4.
Aluísio Salles Jr. ; Corpo Experimental de Dança do Palácio das Artes ; NEVES, Bráulio de Britto . Dias De Água. 1995. (Programa de rádio ou TV/Outra).

5.
NEVES, Bráulio de Britto. Papel, Papéis, Papeleiros. 1994. (Programa de rádio ou TV/Outra).

6.
Haroldo de Campos ; Augusto de Campos ; Décio Pignatari ; Afonso Ávila ; Laís Corrêa ; Cid Campos ; NEVES, Bráulio de Britto . Especial OUVER. 1993. (Programa de rádio ou TV/Outra).

Redes sociais, websites e blogs
1.
PAULINO, C. H. G. ; Brandão, Ana T. M. ; NEVES, Bráulio de Britto ; FRANCO, J. R. . Thesalia. 2015; Tema: O projeto pretende relizar experimentos de formatos e arranjos capazes de conduzir a investigação e inovação d. (Site).

2.
NEVES, Bráulio de Britto. Deliberômetro - Desenvolvendo critérios e métodos de avaliação da eticidade de ações e representações políticas contemporâneas. 2013; Tema: Desenvolvimento de indicadores, metodologias e arranjos organizacionais cujo propósito é estabelecer o. (Blog).


Demais tipos de produção técnica
1.
NEVES, Bráulio de Britto. Workshop 'Ninguém me representa'. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
NEVES, Bráulio de Britto. O Cinema e suas Linguagens. 2003. .

3.
NEVES, Bráulio de Britto. Comunicação Comunitária - Fundamentos e Estratégias. 2002. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

4.
Rousiley C. M. Maia ; NEVES, Bráulio de Britto . Visibilidade Publica e Espaço Público Televisivo: o caso Diadema (palestra). 2002. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

5.
NEVES, Bráulio de Britto; Brandão, Ana T. M. . Oficina de Vídeo do Projeto de Formação e Capacitação do Arena da Cultura. 2000. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

6.
Souza, Silva A. N. ; Paulino, Carlos H. G. ; FROTA, Gastão C. ; Santos, Vanessa. ; NEVES ; NEVES, Bráulio de Britto . Artes-Mídia em Código Aberto. 1998. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

7.
NEVES; PerformaDifusão - Laboratório Conceitual. 1998. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

8.
Brandão, Ana T. M. ; NEVES, Bráulio de Britto ; Patrocínio, Janaína ; Leonel, Juliana. ; MARTINS, V. C. P. ; Melo, Alexia . Curso "Vamos Fazer Vídeo". 1998. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

9.
NEVES, Bráulio de Britto. Atuando Como Imagem - Vídeo para Atores. 1997. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

10.
NEVES, Bráulio de Britto; Brandão, Ana T. M. ; Patrocínio, Janaína ; Melo, Alexia ; Leonel, Juliana. ; MARTINS, V. C. P. . Vidinvenção. 1997. (Curso de curta duração ministrado/Outra).


Produção artística/cultural
Artes Visuais
1.
NEVES, Bráulio de Britto. PlacaAr (Kaza Vazia, Ouro Preto - MG, intervenção urbana). 2008. Outra.

2.
NEVES, Bráulio de Britto. Barroconstrutivismo (Kaza Vazia VII). 2008. Escultura.

3.
NEVES, Bráulio de Britto. Churrasquinho Estrutural (Kaza Vazia II - Pampulha, BH, instalação). 2006. Escultura.

4.
NEVES, Bráulio de Britto. ?Pau de Arara? (Kaza Vazia III, Espaço Estilingue ? BH, instalação). 2006. Instalação.

5.
Zé do Poço ; NEVES, Bráulio de Britto . Zé do Poço - Clipes Especiais. 2005. Vídeo.

6.
NEVES, Bráulio de Britto. ?Poeiras das Encruzilhadas? (video-instalação). 2003. Instalação.

7.
Teixeira, Oswaldo P. ; VASCONCELOS, Bruno ; NEVES, Bráulio de Britto . Meio-fio. 2002. Vídeo.

8.
MARTINS, V. C. P. ; NEVES, Bráulio de Britto ; BARROS, F. O. ; Lígia Simões ; Lucas Miranda . Crime e Loucura: armadilhas do esquecimento. 2000. Vídeo.

9.
NEVES, Bráulio de Britto. Outstanding. 1996. Vídeo.

10.
NEVES, Bráulio de Britto. Papel, Papéis, Papeleiros. 1994. Vídeo.

Outras produções artísticas/culturais
1.
NEVES; VASCONCELOS, Bruno ; Teixeira, Oswaldo P. ; Souza, Silva A. N. . Mostra de Videodocumentários recentes sobre Belo Horizonte. 2003 (Curadoria de Mostra de Videos).

2.
Veloso, Adriana ; NEVES ; NEVES, Bráulio de Britto ; Brasil, André . Ação Provøs ? Novembro de 2002. 2002 (Festival Anticultural).

3.
Antunes, Arnaldo ; Augusto de Campos ; Haroldo de Campos ; Ávila, Affonso ; Tragtemberg, Lívio ; Décio Pignatari ; Silveira, Walter ; NEVES ; NEVES, Bráulio de Britto . Especial OUVER. 1993.

Demais trabalhos
1.
GUIMARÃES, C. G. ; JESUS, E. A. ; FARIA, P. ; NEVES, Bráulio de Britto . Imagem Pensamento out2007 "Interseções" com César Guimarães. 2008 (Áudio de aula, debate ou palestra com participação do autor, para auscultação e reprodução) .

2.
NEVES, Bráulio de Britto; ALMEIDA, M. ; DURANTE, H. ; TAMAN, M. ; SERRA, R. ; LAGUNA, C. ; KINAS, F. ; AZEVEDO, F. ; EMBÓ, D. ; CANINDÉ, F. ; EDUARDO, L. . Debate pós-exibição de "Good Copy, Bad Copy". 2008 (Áudio de aula, debate ou palestra com participação do autor, disponível para auscultação, copiagem) .

3.
BEIGUELMAN, G. ; NEVES, Bráulio de Britto . Giselle Beiguelman - Palestra sobre arte digital interativa. 2008 (Áudio de aula, debate ou palestra com participação do autor, para auscultação e reprodução) .

4.
NEVES, Bráulio de Britto; WHITAKER, G. . Mostra do Filme Livre - Entrevista com Guilherme Whitaker. 2008 (Áudio de entrevista realizada pelo autor, disponível para auscultação, copiagem sem fins lucrativos.) .

5.
GOTO, N. R. F. ; PATO, A. M. P. ; MACHADO JÚNIOR, Rubens L. R. ; LUZ, A. ; NEVES, Bráulio de Britto ; VIVACQUA, F. . Circuitos Compartilhados, Debate com Goto, Sesc Av Paulista 4dez2008a. 2008 (Áudio de aula, debate ou palestra com participação do autor, para auscultação e reprodução) .

6.
MUNTADAS, A. ; NEVES, Bráulio de Britto . Espaços de Tradução. 2008 (Áudio de aula, debate ou palestra com participação do autor, para auscultação e reprodução) .

7.
NEVES, Bráulio de Britto; KOUDELA, I. D. . Entrevista com Ingrid D. Koudela (jogos de improvisação, Brecht e Teatro Improvisacional contemporâneo). 2007 (Áudio de entrevista realizada pelo autor, disponível para auscultação, copiagem sem fins lucrativos.) .

8.
NEVES, Bráulio de Britto; Coletivo Kaza Vazia . Mesa Vazia (KV5, 30set2007). 2007 (Áudio de debate ou palestra com participação do autor, disponível para auscultação, copiagem sem fi) .

9.
MARIE, Michel ; RAMOS, F. V. P. A. ; NEVES, Bráulio de Britto . 'Documentário e sua influência na ficção: França, Brasil, Quebec, anos 50, 60 e documentário contemporâneo (Curso Michel Marie, 2007-1). 2007 (Áudio de aula, debate ou palestra com participação do autor, disponível para auscultação, copiagem) .

10.
DETANICO, A ; LAIM, R. ; JESUS, E. A. ; NEVES, Bráulio de Britto . ImagemPensamento - R Laim e A Detanico (20, 21dez2007). 2007 (Áudio de aula, debate ou palestra com participação do autor, para auscultação e reprodução) .

11.
PEIXOTO, Clarice Ehlers ; Goifman, K. ; GUIMARÃES, C. G. ; NEVES, Bráulio de Britto . Semana da Imagem (UFMG, jun2007) - Clarisse Peixoto e Kiko Goifman. 2007 (Áudio de aula, debate ou palestra com participação do autor, para auscultação e reprodução) .

12.
RAMOS, F. V. P. A. ; NEVES, Bráulio de Britto . Do Retorno do Documentário - Entrevista com Fernão Ramos. 2007 (Áudio de entrevista realizada pelo autor, disponível para auscultação, copiagem sem fins lucrativos.) .

13.
MOLFETTA, A. ; NEVES, Bráulio de Britto . Documentário do Cone Sul - Performativo como Técnica de Si. 2007 (Áudio de entrevista realizada pelo autor, disponível para auscultação, copiagem sem fins lucrativos.) .

14.
LINS, C. L. ; NEVES, Bráulio de Britto . Consuelo Lins - Entrevista sobre o documentário brasileiro contemporâneo. 2007 (Áudio de aula, debate ou palestra com participação do autor, para auscultação e reprodução) .

15.
LINS, C. L. ; STEEN, P. A. V. ; MIGLIORIN, C. ; JESUS, E. A. ; FARIA, P. ; NEVES, Bráulio de Britto . Interseções - ImagemPensamento, 29set2007. 2007 (Áudio de aula, debate ou palestra com participação do autor, para auscultação e reprodução) .

16.
MORAN, Patrícia ; ALVARENGA, C. M. ; JESUS, E. A. ; FARIA, P. ; NEVES, Bráulio de Britto . Interseções 2: ImagemPensamento 30set2007. 2007 (Áudio de aula, debate ou palestra com participação do autor, para auscultação e reprodução) .

17.
GUARINI, Carmen ; MOLFETTA, A. ; NEVES, Bráulio de Britto . Documentário e Direitos Humanos na Argentina. 2007 (Áudio de debate ou palestra com participação do autor, disponível para auscultação, copiagem sem fi) .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
NEVES, BRÁULIO; LEAO, G. M.; LOPES, S.. Participação em banca de Ana Tereza Melo Brandão. Aprender 'na tora': práticas e saberes de jovens produtores mediáticos. 2016 - Faculdade de Edudação da UFMG.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
FRANCO, J. R.; NEVES, Bráulio de Britto; LIMA, R.. Participação em banca de Jéssica Henschke Pêgo.Movimentos Bottom Up e Top Down: Categorizando a Interação Transmediática. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Graduação em Comunicação Social) - Faculdade Promove de Minas Gerais.

2.
FRANCO, J. R.; NEVES, Bráulio de Britto; LIMA, R.. Participação em banca de Marina Lucas Santos.Sousveillance: o Papel da Contra-vigilância nas Jornadas de Junho. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Graduação em Comunicação Social) - Faculdade Promove de Minas Gerais.

3.
MAIA, R. C. M.; REIS, R. A.; GARCEZ, R. L. O.; NEVES, Bráulio de Britto. Participação em banca de Thaiane Alexsandra Silva de Rezende.Algo que escapa: conversações online em torno de racismo e homofobia. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Comunicação Social) - Universidade Federal de Minas Gerais.

4.
Raslan Filho, Gilson Soares; NEVES; NEVES, Bráulio de Britto. Participação em banca de Sylvia Pagotto Quites, Mayra Belém Tavares de Brito.Crônica de uma Morte Anunciada - Uma história do fechamento do jornal A SEMANA: análise sobre os espaço público midiático impresso em Divinópolis. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Comunicação Social) - Fundação Educacional de Divinópolis.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
NEVES; NEVES, Bráulio de Britto; FORMAGGINI, Beth; Costa, Ana Luiza Martins. Juri da Mostra Competitiva Nacional do 10o Festival do Filme Documentário e Etnográfico - ForumDoc.BH. 2006. Faculdade Filosofia Ciencias Humanas.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
III Simpósio ArTecnologia - Simpósio de Tecnologias e Culturas Contemporâneas.Videografias em mídias móveis: sousveillance e conversação pública nos ambientes on-line. 2016. (Simpósio).

2.
II Jornada de Grupos de Pesquisa em Semiótica.Sujeitos do Doc: sobre os proferimentos audiovisuais documentários e posições actanciais. 2016. (Encontro).

3.
The Politics of Representation.Distributed (im)morality and the artifacts of political (mis)representation. 2016. (Simpósio).

4.
I Cinemídia - Encontro Internacional do Grupo de Estudos sobre História e Teoria das Mídias Audiovisuais.Doc>>Trans: Transmedialidade Documentária e Representação Política Artefactual. 2015. (Encontro).

5.
VI Encontro da Compolítica. "Ninguém me Representa" - da crise da representação democrática à representação artefatual: novas bases ontológicas para a crítica da representação política contemporânea. 2015. (Congresso).

6.
XIX Encontro Internacional da SOCINE ? Sociedade Brasileira de Estudos sobre Cinema e Audiovisual.Reflexividade e endereçamento nos documentários ciberaudiovisuais: uma proposta metodológica de reconstrução crítica de artefatos de representação política. 2015. (Encontro).

7.
23rd World Congress of Political Science. "Nobody Represents Me": On Some Paradoxes of the Anti-Representative Claims of 2013 Brazilian Protests. 2014. (Congresso).

8.
V Ecomig - Encontro dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação do Estado de Minas Geriais.Retóricas midíaticas: dos vultos às ferragens. 2012. (Encontro).

9.
XV Encontro Internacional da Sociedade Brasileira de Estudos de Cinema e Audiovisual (Socine).Plataformas políticas, políticas de plataforma. 2011. (Encontro).

10.
XII Encontro Internacional da Sociedade Brasilieira de Estudos de Cinema e Audiovisual ? SOCINE.Situações de tomada' no cinema tardio brasileiro independente. 2008. (Encontro).

11.
II Encontro Nacional do Centro de Mídia Independente.CMI-BH, Laboratório de Conhecimentos Livres. 2005. (Encontro).

12.
II Jornada de Comunicação e Democracia ? ?Apresentação de trabalhos dos Grupos de Pesquisa Comunicação e Democracia do PPG em Comunicação e Culturas Contemporâneas da UFBA e Mídia e Espaço Público (EME) do PPG em Comunicação Social da UFMG?.Da Câmara no Barraco à Rede Nacional: Operações de Narrativização e a Construção do Evento da Favela Naval. 2005. (Encontro).

13.
Encontro de Grupos Autônomos.CMI-Belo Horizonte. 2004. (Encontro).

14.
Mídia Tática Brasil. 2003. (Outra).

15.
1a Oficina de Capacitação de Radialistas e Técnicos da Saúde em DST/AIDS.Discutindo Parcerias e Projetos. 2002. (Outra).

16.
Seminário O Poder Público e o Terceiro Setor.TV Sala de Espera. 2001. (Seminário).

17.
I Congresso Internacional sobre Comunicação e Educação. A TV na Sala: Reflexões sobre Oficinas de Educação Midiática Realizadas em Escolas Públicas de Belo Horizonte.. 1998. (Congresso).

18.
I International Congress on Communication and Education. A TV na Sala: Reflexões sobre Oficinas de Educação Midiática Realizadas em Escolas Públicas de Belo Horizonte" (Grupo Temático "Recepção Ativa e Crítica dos Meios de Comunicação"). 1998. (Congresso).

19.
Seminário TV Cidadã.Acesso Público e Cidadania. 1997. (Seminário).

20.
Seminário Imagem Comunitária. 1995. (Seminário).

21.
III Seminário Nacional de Vídeo Popular e IX Encontro Nacional da ABVP.TV Sala de Espera. 1993. (Seminário).

22.
XVI Enecom - Encontro Nacional de Estudantes de Comunicação.Oficina Radio Livre. 1992. (Encontro).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
GOTO, N. R. F. ; NEVES ; NEVES, Bráulio de Britto . Circuitos Compatilhados em Belo Belo Horizonte. 2009. (Outro).

2.
Veloso, Adriana ; NEVES ; NEVES, Bráulio de Britto . Ação Provos - Provoque Alternativas. 2002. (Festival).

3.
Lima, Rafaela P. ; NEVES ; NEVES, Bráulio de Britto . Assembléia de Fundação da Associação de Entidades Usuárias do Canal comunitário de BH. 1997. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Otávio Augusto Malheiros Rodrigues. Abordagem Multimodal em Vídeos de Manifestações Políticas. Início: 2015. Dissertação (Mestrado em Modelagem Matemática e Computacional) - Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Coorientador).


Orientações e supervisões concluídas
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Paulo Henrique Mauro dos Santos. Poder Legislativo e Democracia na Era Digital: Uma análise das estratégias de visibilidade e accountability no site da Camara Municipal de Lagoa Santa. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Comunicação Social - Jornalismo) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Bráulio de Britto Neves.

2.
Daniel Camargos Souza Ferreira e Daniel Nogueira Gontijo. O Skate com a Câmera. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Comunicação Social) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Bráulio de Britto Neves.

3.
Giselle Ferreira Nunes. Pixo: um re[corte] jornalístico. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Comunicação Social) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Bráulio de Britto Neves.

4.
Agnel Leandro Marques. Provocações para Transformação Social através do Cinema Documentário. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Comunicação Social) - Fundação Educacional de Divinópolis. Orientador: Bráulio de Britto Neves.

5.
Carolina Braz Rabelo. Corporeidade - Apontamentos acerca da configuração imagem corpo. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Comunicação Social) - Fundação Educacional de Divinópolis. Orientador: Bráulio de Britto Neves.

6.
Max Myller Cardoso Lima, Ivane Ferreira da Silva. Rádio Comunitária - A potencialidade de uma comunicação cidadã. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Comunicação Social) - Fundação Educacional de Divinópolis. Orientador: Bráulio de Britto Neves.

7.
Alisson Amaral, Caroline Marchesini, Hendrikus Rocha et alii. Programa de TV ?República?. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Comunicação Social) - Fundação Educacional de Divinópolis. Orientador: Bráulio de Britto Neves.



Inovação



Projetos de pesquisa

Projeto de desenvolvimento tecnológico

Outros projetos


Outras informações relevantes


É co-propositor, em Belo Horizonte, da Associação Elástica, onde realiza pesquisas, atividades didáticas e desenvolvimento de pesquisas em poéticas de inovação logotécnica, participante da rede internacional Bricolabs. 

Desde 2012, é pesquisador voluntário junto ao Grupo de Pesquisas sobre Democracia Digital, liderado pelos professores Ricardo Fabrino Mendonça e Marcos Abílio Pereira.

Desde 2013, vem desenvolvendo, junto ao Laboratório Interdisciplinar de Informação Multimídia (PIIM-Lab) do Centro Federal de Educação de Minas Gerais, o projeto de framework de análise e visualização de arquivos extensos de vídeos de protestos, provisoriamente denominado "Ðingue - Auto-Observatório Multitudinário".

Em fevereiro de 2012, foi aprovado em quarto lugar no concurso para professor adjunto da UFMG, para a disciplina "Processos e Linguagens em Mídias Audiovisuais". (EDITAL No 496, DE 30 DE AGOSTO DE 2011, publicado na seçào 3 do DOU No 168, quarta-feira, 31 de agosto de 2011)



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 15/12/2018 às 11:51:08