André Luis Pereira Miatello

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/1616633319313978
  • Última atualização do currículo em 27/09/2018


Professor Adjunto 4 de História Medieval da Universidade Federal de Minas Gerais; coordenador do Núcleo de Pesquisa do Laboratório de Estudos Medievais (LEME) na UFMG; membro da Rede Latinoamericana de Estudos Medievais. Doutor em História Social pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (2010), Mestre em História Social (2007) pela mesma universidade, Bacharel e Licenciado em Historia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2004). Tem experiência na área de História, com ênfase em História Antiga e Medieval, atuando principalmente nos seguintes temas: História da Igreja (papado, ordens religiosas e paróquias), História político-religiosa das Comunas Italianas e Expansão da Cristandade Latina pelo Mediterrâneo (séc. X-XV). (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
André Luis Pereira Miatello
Nome em citações bibliográficas
MIATELLO, André Luis Pereira;PEREIRA, André Luis.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Minas Gerais, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas.
Universidade Federal de Minas Gerais
Pampulha
31270901 - Belo Horizonte, MG - Brasil
Telefone: (31) 41030793


Formação acadêmica/titulação


2007 - 2010
Doutorado em História Social.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Retórica religiosa e cívica na Itália do século XIII: a composição e os usos das hagiografias mendicantes nas políticas de paz, Ano de obtenção: 2010.
Orientador: Prof. Dr. Marcelo Cândido da Silva.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: Franciscanismo medieval; hagiografia; cidades italianas; Retórica cívica.
2005 - 2007
Mestrado em História Social.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: A representação do espaço urbano na hagiografia medieval franciscana (Compilatio Assisiensis e Memoriale in desiderio animae): perspectivas de uma política social mendicante,Ano de Obtenção: 2007.
Orientador: Prof. Dr. Marcelo Cândido da Silva.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: Franciscanismo medieval; hagiografia; cidades italianas; sociedade.
2001 - 2004
Graduação em Historia.
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Título: As cidades medievais italianas nas hagiografias franciscanas.
Orientador: Profa. Dra. Susani Silveira Lemos França.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.


Pós-doutorado


2018
Pós-Doutorado.
Pontifícia Universidade Católica do Paraná, PUC/PR, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Antiga e Medieval.


Formação Complementar


2008 - 2008
Formazione in Storia Religiosa e Studi Francescani. (Carga horária: 70h).
Centro Interuniversitario di Studi Francescani, CISF, Itália.
2003 - 2003
Extensão universitária em História Medieval. (Carga horária: 52h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.


Atuação Profissional



MIUR - Ministero dell?Istruzione dell?Università e della Ricerca, MIUR, Itália.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: Revisor, Enquadramento Funcional: Revisor de Projeto, Carga horária: 2


Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia, FAJE, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Extensionista, Carga horária: 2

Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Extensão Universitária, Carga horária: 2
Outras informações
Curso de Extensão "História da Igreja Medieval"

Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Extensão Universitária, Carga horária: 2
Outras informações
Curso de Extensão "História da Igreja Antiga"

Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Projeto de Extensão, Carga horária: 2
Outras informações
Projeto de Extensão FUNDE-UFMG, disciplina "História da Igreja medieval", no curso de Teologia.

Atividades

03/2012 - 07/2012
Extensão universitária , Reitoria, Faculdade de Teologia.

Atividade de extensão realizada
Curso de História da Igreja Medieval.
03/2012 - 07/2012
Extensão universitária , Reitoria, Faculdade de Teologia.

Atividade de extensão realizada
Curso de História da Igreja Medieval.

Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2006
Vínculo: Estágio Supervisionado, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 8

Vínculo institucional

2006 - 2006
Vínculo: Estágio Supervisionado, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 8

Atividades

03/2005 - Atual
Estágios , Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, .

Estágio realizado
Laboratório de Estudos Medievais (USP-UNICAMP).
07/2006 - 12/2006
Estágios , Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, .

Estágio realizado
Programa de Aperfeiçoamento de Ensino (Estágio Supervisionado em Docência II).
02/2006 - 07/2006
Estágios , Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, .

Estágio realizado
Programa de Aperfeiçoamente de Ensino (Estágio Supervisionado em Docência e Preparação Pedagógica).

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2003
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Auxiliar de curso, Carga horária: 20
Outras informações
Extensão Universitária: "A Civilização da Liturgia"

Atividades

08/2003 - 08/2003
Extensão universitária , Faculdade de História, Direito e Serviço Social de Franca, .

Atividade de extensão realizada
Módulo de Extensão Universitária "A Civilização da Liturgia".

Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Coordenador de Ação de Extensão Universitária, Carga horária: 2
Outras informações
Ação de Extensão Universitária: "Introdução à Pesquisa em História Medieval" (60h). Universidade Federal de Minas Gerais (FAFICH)

Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Coordenador Laboratório de Estudos Medievais, Carga horária: 8

Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Comissão Revalidação de Diplomas
Outras informações
Comissão de Revalidação de Diplomas do Curso de Graduação em História da FAFICH/UFMG

Vínculo institucional

2016 - 2018
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Membro Colegiado de Pós-graduação em História, Carga horária: 2

Vínculo institucional

2015 - 2017
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Coordenador do Colegiado de História, Carga horária: 8

Vínculo institucional

2013 - 2015
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Subcoordenador do Colegiado de História, Carga horária: 2

Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Coordenador do Colegiado de História, Carga horária: 8

Vínculo institucional

2012 - 2014
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto 2, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2010 - 2012
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

08/2017 - Atual
Extensão universitária , Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, .

Atividade de extensão realizada
Iniciação à pesquisa em História Medieval.
10/2015 - Atual
Direção e administração, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, .

Cargo ou função
Coordenador do Laboratório de Estudos Medievais da UFMG.
04/2015 - Atual
Direção e administração, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, .

Cargo ou função
Coordenador do Colegiado do Curso de Graduação em História.
07/2013 - Atual
Extensão universitária , Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, .

Atividade de extensão realizada
Curso de História da Igreja Medieval.
04/2013 - Atual
Extensão universitária , Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, .

Atividade de extensão realizada
Curso de História da Igreja Antiga.
09/2010 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, .

03/2017 - 07/2017
Ensino, História, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
História Religiosa do mundo ibérico medieval: Pregação e Guerra Santa (SÉC. X-XV)
03/2013 - 03/2015
Direção e administração, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, .

Cargo ou função
Subcoordenador do Colegiado de História.
08/2014 - 12/2014
Ensino, História, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
História do Ocidente Medieval: instituições e cultura política
03/2011 - 12/2014
Ensino, História e Culturas Políticas, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Formação do pensamento político moderno: o renascimento italiano
O Pensamento Político Medieval: sociedade mística e noção de governo
03/2013 - 07/2013
Ensino, História, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Comunidade política e bem comum na Baixa Idade Média ocidental (séc. XIII-XV)
03/2012 - 04/2012
Ensino, História, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
A Igreja, a violência e a ordem social (séculos XI e XII)

Laboratório de Estudos Medievais, LEME, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - Atual
Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Coordenador do Núcleo de Pesquisa UFMG


Université Paul-Valéry Montpellier, UPVM, França.
Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professeur en mobilité universitaire, Carga horária: 40
Outras informações
Professor convidado pelo Centre d'Études Médiévales de Montpellier de 15 de fevereiro a 08 de março de 2015.


Conselho Estadual de Educação de Minas Gerais, CEE/MG, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Presidente de Comissão, Enquadramento Funcional: Comissão de revalidação de curso de graduação, Carga horária: 40
Outras informações
Presidente da Comissão de Revalidação de Curso de Graduação em História (Licenciatura) da Universidade Estadual de Minas Gerais (UEMG) unidade de Campanha/MG, entre os dias 17 e 19 de agosto de 2015

Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Presidente de Comissão, Enquadramento Funcional: Comissão de revalidação de Pós-graduação, Carga horária: 40
Outras informações
Comissão para Recredenciamento para fins de oferecimento de cursos de pós-graduação lato sensu da Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) entre os dias 14/09 e 18/09 de 2015.


Associação Brasileira de Estudos Medievais, ABREM, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Editor-Chefe da Revista Signum, Enquadramento Funcional: Editor-Chefe, Carga horária: 8


Universidade Federal de Alfenas, UNIFAL/MG, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor Permanente do Mestrado Profissional, Carga horária: 8
Outras informações
Professor Permanente do Programa de Pós-graduação Stricto Sensu - Mestrado Profissional em História Ibérica da UNIFAL-Alfenas/MG

Atividades

03/2017 - 12/2017
Ensino, Programa de Pós-Graduação em História Ibérica, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
História Religiosa do mundo ibérico medieval: Pregação e Guerra Santa (SÉC. X-XV)
08/2014 - 12/2014
Ensino, Programa de Pós-Graduação em História Ibérica, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
A ideia de comunidade política e bem comum nos autores eclesiásticos ibéricos (séc. XIII-XIV)

Politecnico di Torino, POLITO, Itália.
Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Revisor de Projeto, Enquadramento Funcional: Revisor de Projeto, Carga horária: 2
Outras informações
Referee para o projeto "Create a network around your research idea" (Metti in rete la tua idea di ricerca) do Politecnico di Torino (Itália)



Linhas de pesquisa


1.
Ordens Mendicantes: concepções de poder e modelo de sociedade
2.
Governança, crise social e a questão do outro
3.
Ética urbana, pensamento político e instituições comunais na Itália dos séc. XIII-XV


Projetos de pesquisa


2014 - Atual
Estudo da dimensão política dos sermões da Baixa Idade Média ocidental: república e monarquia
Descrição: Esta pesquisa insere-se entre os estudos sobre o político durante o período medieval, tomando como ponto de observação das ações políticas o conteúdo e a forma dos sermões enunciados na Península Italiana e Ibérica, entre os séculos XIII-XV. A pregação medieval aparece voltada para grandes públicos e para a consecução de objetivos sociais definidos, como a resolução de conflitos e a proposição de modelos sociais. A despeito da imediata e simplista relação com o aspecto da fé, a pregação na Baixa Idade Média nos remete para o âmbito da instrução coletiva, da comunicação e da ação social; a pregação ocupava lugar importante no cotidiano das comunidades, como cidades-repúblicas e reinos e se amoldava aos sistemas políticos sempre visando sua adequação ao conceito de justiça e de governo. A pregação era expressão de opiniões e convicções religiosas e políticas próprias de instituições representadas pelo pregador, aí incluindo o próprio Estado e as ações governamentais..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (3) .
Integrantes: André Luis Pereira Miatello - Coordenador / Aléssio Alonso Alves - Integrante / Felipe Augusto Ribeiro - Integrante / Letícia Schirm Dias - Integrante / Pamela Emilse Naumann Gorga - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.
2011 - Atual
Ordens Religiosas Mendicantes e organização político-social na Idade Média (séc. XIII-XV)
Descrição: O grupo de pesquisa "Ordens Religiosas Mendicantes e organização político-social na Idade Média (séc. XIII-XV)" tem como proposta o estudo dos tratados políticos e obras correlatas redigidos pelos frades Mendicantes e que estiveram relacionados com a definição de um projeto ideal de sociedade política passível de ser implementado nas coroas de França e Aragão. Estes reinos apresentavam-se fortemente amparados pelo ideário político desenvolvido pelos frades Mendicantes, sobretudo os frades Menores (franciscanos) que ajudaram a construir uma identidade comunitária dos territórios que foram governados pelos reis de Catalunha-Aragão e França. A documentação a ser estudada permite que se avalie de perto as dimensões, as fases, os objetivos e os êxitos da presença dos religiosos Mendicantes nas cortes e nas demais comunidades políticas ligadas aos reinos de Aragão e França. Esses religiosos constituíam uma presença política de primeira grandeza, representando uma elite intelectual preparada, cultural e tecnicamente, para fornecer os modelos de dominação e as práticas de governo e instruir a elite (laica) governante com os instrumentos teóricos desenvolvidos nos centros universitários mais destacados do período. Na consecução desses objetivos, os próprios monarcas financiavam as iniciativas acadêmicas dos ditos frades, inclusive subsidiando as escolas dirigidas por eles nas cidades e demais agrupamentos urbanos dos reinos em questão. Acreditamos que a comparação do caso italiano, fortemente documentado, com o caso aragonês-catalão e francês seja decisiva na avaliação mais ampla da ingerência religiosa mendicante no campo da política..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (7) .
Integrantes: André Luis Pereira Miatello - Coordenador.
2007 - Atual
O PODER PÚBLICO A LUZ DOS PROBLEMAS DA VIOLÊNCIA E DA PAZ NA IDADE MÉDIA (SÉCULOS IV-XVI): HISTÓRIA E HISTORIOGRAFIA
Descrição: Considerada com naturalidade, como integrante do período medieval, a violência tem dificuldades para se impor como tema de investigação geral do período. Seu estudo mantêm-se restrito a eventos excepcionais ou parciais. É evidente o interesse por gestos de violência que permitem justificadamente ou não - sua análise no quadro das teorias antropológicas que estudam os ritos. Alinha-se às perspectivas teóricas, inspiradas na antropologia e na sociologia a abordagem que pretende discernir fraturas sociais claras na descrição, legada pelos documentos, de eventos traumáticos como a perseguição aos hereges na baixa Idade Média ou os estupros coletivos que acompanharam a redinamização urbana em algumas regiões cristandade ocidental. Os estudos sobre a guerra, os guerreiros e a cavalaria embora potencialmente nos levem para os domínios das relações entre violência e poder dominante, raramente avançam nessas relações para além da identificação da força como método de dominação inserida ora no quadro periférico da história econômica de orientação marxista, ora no da história psicologizante. Tais orientações igualmente sucumbem ao mito da "naturalidade" da violência na Idade Média. Este forte pressuposto encobre algo bem conhecido mas pouco frequente em nossa consciência histórica, a Idade Média como espelho invertido e garante das "virtudes" da modernidade, em particular, a "virtude" do Estado e da prática política objetiva, sistemática e racional. O paradigma da "anarquia feudal" se firmou como um dos pressupostos fundadores da Idade Média desde sua invenção historiográfica no século XIX. A violência generalizada como fruto da desorganização do poder imperial carolíngio dando origem aos séculos feudais, perde dia a dia espaço mas certamente continuará por muito tempo a marcar o senso comum. Afora o débil hiato imperial carolíngio, este modelo por sua vez não se mantém isoladamente, mas incorpora uma forma de consideração geral da Idade Média. Nela a violência não é privil.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2017 - Atual
Iniciação à Pesquisa em HIstória Medieval
Descrição: Este curso procura oferecer formação especializada em História Medieval para professores de História do Ensino Escolar, para graduandos e para graduados em História e/ou em Ciências Humanas. Ele pretende capacitá-los para a escrita técnico-científica e a comunicação oral, aplicadas à referida área de estudos. Também espera possibilitar o aprimoramento da crítica documental voltada para as fontes, de diversos tipos, produzidas no período medieval. A proposição do curso se justifica pelo crescimento do interesse que tem se verificado, nos últimos anos, em relação à História Medieval. Tal interesse tem sido mobilizado, especialmente, pela frequente promoção de eventos científicos que o Laboratório de Estudos Medievais (LEME) tem feito na UFMG. Esses eventos fomentam a pesquisa na área e, em decorrência disso, torna-se necessário criar um espaço pedagógico onde se possa desenvolver as habilidades e competências técnico-científicas exigidas para a realização de pesquisas nessa área específica do saber, sobretudo diante do diagnóstico das dificuldades que os estudantes enfrentam quando nela ingressam..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (20) .
Integrantes: André Luis Pereira Miatello - Coordenador / Aléssio Alonso Alves - Integrante / Luiz Felipe Anchieta Guerra - Integrante / Carolina Minardi de Carvalho - Integrante / Wanderson Henrique Pereira - Integrante.
2012 - Atual
Curso de História da Igreja Antiga
Descrição: A historiografia mais recente insiste em dizer que o cristianismo foi um produto do Império Romano, mas que contraditoriamente nasceu antiimperial, tanto pela mensagem do fundador quanto do primeiro grande divulgador, Paulo de Tarso. Em outras palavras, o Império Romano não foi o ?pano de fundo? em frente ao qual o cristianismo se desenvolveu, mas constituiu o próprio fator desse desenvolvimento. E o futuro mostrou que esse movimento religioso e político, oriundo da Palestina, tornou-se, no séc. V, a religião do Império, substituindo, não sem dor e crises, a tradicional religião romana que, por palavras e gestos, evocava a fundação da própria Roma, sustentava seu status quo e se confundia com a cultura romana. A gravidade do acontecimento abalou tanto a explicação romana, quanto a perspectiva cristã, criando um hibridismo que, bem ou mal, esteve entre as forças propulsoras que marcaram a história do Ocidente latino e do Oriente grego; a própria historiografia empenhada em explicar os meandros desta junção, de tão antiga (séc. V), tornou-se ela mesma objeto de história. Este curso tem por finalidade estudar os aspectos sociais do diálogo entre uma instituição religiosa salvacionista e uma instituição política que, apesar de histórica, acreditava-se eterna: o que significou em termos de formas de governo, expressões de poder, manifestações intelectuais e culturais o encontro da igreja (ecclesia) de Cristo com o império (imperium) de César?.
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (30) .
Integrantes: André Luis Pereira Miatello - Coordenador.
2011 - Atual
Curso de História da Igreja Medieval
Descrição: A moderna historiografia medievalística reconhece que a Ecclesia, comunidade histórica e sobrenatural, constituía a única instituição global no período conhecido por "Idade Média", a qual dava coesão e sentido às instituições sociopolíticas de modo amplo e duradouro. Sendo assim, objetivamos o estudo da implantação e expansão do cristianismo no chamado mundo ocidental procurando inserir o estudante nos debates históricos que estiveram no cerne da constituição da própria noção cultural de Ocidente e os projetos políticos daí derivados..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (30) .
Integrantes: André Luis Pereira Miatello - Coordenador.


Outros Projetos


2013 - Atual
Comunidade política e bem comum nos sermões da Baixa Idade Média Ocidental
Descrição: Cientes da importância da documentação sermonária para o estudo das práticas sociais na Baixa Idade Média, este projeto pretende investigar os sermões compostos e pregados por frades mendicantes (dominicanos e franciscanos), entre os séculos XIII-XIV, tanto na Itália comunal quanto nos reinos cristãos ibéricos, particularmente Leão/Castela, Portugal e Aragão; priorizaremos os seguintes pregadores: Paio de Coimbra (+1249), Iacopo de Varagine (+1298), Juan Gil de Zamora (+1318), Giordano de Pisa (+1311) e Ramon Llull (+1315). Como parte de uma ?elite intelectual? (P. Evangelisti) altamente bem formada, tais pregadores empenharam-se em fornecer ao público ouvinte uma variada gama de discursos voltados para as mais diversas situações e os mais variados públicos; dentre os temas recorrentes, verificam-se aqueles prioritariamente políticos, dedicados à discussão da justiça, da paz, contra a usura e a ganância, mas também encontram-se outros tantos relativos ao tema do bem comum e da utilidade pública. A partir dos sermões dedicados a temas políticos, queremos avaliar como os frades pregadores produziam e divulgavam uma linguagem de dominação política que pretendia moldar as práticas sociais segundo a ética forjada nos centros universitários (Paris, Oxford, Bolonha) onde tais pregadores estudavam: sabe-se o quanto as traduções latinas das obras políticas de Aristóteles tumulturam a reflexão filosófica e teológica das universidades, possibilitando a publicação de dezenas de tratados políticos pensados segundo as ideias aristotélicas, como o De regno, de Tomás de Aquino ou o De regimine principum, de Egídio Romano. Os pregadores, sensíveis à produção universitária, foram agentes difusores deste novo modo de se pensar a política, facilitando o acesso do público comum aos conteúdos eruditos; além disso, verificamos que os pregadores mendicantes trabalhavam a questão das virtudes desde uma compreensão ética e não teológica ou, pelo menos, não exclusivamente teológica, o que significa que se pode pensar que, no que tange ao tema proposto, tais pregadores não foram só divulgadores de uma ideia abstrata de bem comum, mas, principalmente, que forjaram uma compreensão de bem comum capaz de responder às demandas concretas das comunas italianas e dos reinos ibéricos, todos na qualidade de comunidades políticas novas, sequiosas de encontrar a solidez de um vocabulário político capaz de respaldar suas instituições e seus procedimentos sociais..
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: André Luis Pereira Miatello - Coordenador / Clara Pernanbuco - Integrante.Financiador(es): Pró-reitoria de Pesquisa UFMG - Auxílio financeiro.


Membro de corpo editorial


2013 - 2017
Periódico: Revista Signum
2011 - Atual
Periódico: Territórios e Fronteiras (UFMT. Impresso)


Revisor de projeto de fomento


2017 - Atual
Agência de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Antiga e Medieval.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Social.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História e Culturas Políticas.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Social e Cristianismo.
5.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: Relações de Igreja e Estado.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Italiano
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2002
Menção Honrora, Universidade de São Paulo.
2002
Menção Honrosa, Universidade Federal de Ouro Preto.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

SciELO
Total de trabalhos:1
Total de citações:1
MIATELLO, André Luis Pereira  Data: 04/09/2012

Outras
Total de trabalhos:4
Total de citações:4
MIATELLO, A.  Data: 02/09/2014

Artigos completos publicados em periódicos

1.
MIATELLO, André Luis Pereira2017MIATELLO, André Luis Pereira. A política dos sermões ou os sermões na política: a pregação nas cidades comunais da Baixa Idade Média. Diálogos (On-line), v. 21, p. 98-113, 2017.

2.
MIATELLO, André Luis Pereira2017MIATELLO, André Luis Pereira. Giordano of Pisa (1260-1311) and the threefold meanings of the city. An essay on medieval urban politics. TEMPO. REVISTA DO DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA DA UFF, v. 23, p. 239-263, 2017.

3.
MIATELLO, André Luis Pereira2017MIATELLO, André Luis Pereira. A História Medieval na Graduação em História: da pesquisa à docência. Revista Chilena de Estudios Medievales, v. 11, p. 68-90, 2017.

4.
MIATELLO, André Luis Pereira2017MIATELLO, André Luis Pereira. Pregação e cavalaria no processo de expansão da cristandade latina: o papel da Ordem da Milícia de Ramon Llull (1232-1316). HORIZONTE: REVISTA DE ESTUDOS DE TEOLOGIA E CIÊNCIAS DA RELIGIÃO (ONLINE), v. 15, p. 1151-1190, 2017.

5.
MIATELLO, André Luis Pereira2015MIATELLO, André Luis Pereira. O pregador e a sociedade local: a luta pelo poder pastoral no seio das cidades da Baixa Idade Média ocidental (séc. XIII-XIV). Territórios e Fronteiras (UFMT. Online), v. 7, p. 112-131, 2015.

6.
MIATELLO, André Luis Pereira2015MIATELLO, André Luis Pereira. Por uma nova história da Igreja medieval. Varia História (UFMG. Impresso), v. 31, p. 15-19, 2015.

7.
MIATELLO, André Luis Pereira2014MIATELLO, André Luis Pereira. CONSIDERAÇÕES SOBRE OS CONCEITOS DE ECCLESIA E DOMINIUM À LUZ DA CANONIZAÇÃO DE HOMOBONO DE CREMONA (1198) POR INOCÊNCIO III. HISTÓRIA REVISTA (ONLINE), v. 19, p. 37-65, 2014.

8.
MIATELLO, André Luis Pereira2013MIATELLO, André Luis Pereira. Relações de poder e bem comum na Baixa Idade Média Italiana (séc. XIII-XIV). Anos 90 (UFRGS. Impresso), v. 20, p. 181-217, 2013.

9.
MIATELLO, André Luis Pereira2013MIATELLO, André Luis Pereira. Quando o pregador ensina a governar: a literatura política dos frades mendicantes nos reinos ibéricos (séc. XIII). Revista Diálogos Mediterrânicos, v. 5, p. 94-117, 2013.

10.
MIATELLO, André Luis Pereira2013MIATELLO, André Luis Pereira. A realeza cristã em Vicente de Beauvais. Olhar (UFSCar), v. 15, p. 25-39, 2013.

11.
MIATELLO, André Luis Pereira2012 MIATELLO, André Luis Pereira. O rei e o reino sob o olhar do pregador: Vicente de Beauvais e a realeza no século XIII. Revista Brasileira de História (Online), v. 32, p. 225-246, 2012.

12.
MIATELLO, André Luis Pereira2011MIATELLO, André Luis Pereira. O Rei e o Santo: Tratado Político e Hagiografia em João de Salisbury. SIGNUM - REVISTA DA ABREM, v. 11, p. 155-176, 2011.

13.
MIATELLO, André Luis Pereira2011MIATELLO, André Luis Pereira. Governar os corpos e reger as almas: a relação entre -igreja- e -cidade- na correspondência de S. Gregório Magno. OPSIS, v. 10, p. 11-26, 2011.

14.
MIATELLO, André Luis Pereira2010MIATELLO, André Luis Pereira. A transcendência imanente no ordenamento social da Idade Média: os limites da dicotomia sagrado e profano. Veredas da História, v. III, p. 1-14, 2010.

15.
PEREIRA, André Luis.2007PEREIRA, André Luis.. O percurso místico-escatológico da experiência visual em Boaventura de Bagnoregio. Fragmentos de Cultura (Goiânia), v. 17, p. 629-645, 2007.

16.
PEREIRA, André Luis.2006PEREIRA, André Luis.. Hagiografia franciscana e espaço urbano: o mau exemplo de Perúgia, a "cidade terrestre". Um esboço de leitura das fontes. Revista Franciscana, v. VI, p. 12-30, 2006.

17.
PEREIRA, André Luis.2004PEREIRA, André Luis.. Franciscanismo Primitivo e a questão da heresia: eclesialidade e evangelismo na conturbada. Revista Franciscana, Petrópolis, v. 4, n.7, p. 58-86, 2004.

18.
PEREIRA, André Luis.2003PEREIRA, André Luis.. Uma nova ordem social nos Escritos de Francisco de Assis. Revista de Cultura Teológica, São Paulo, v. 11, n.43, p. 119-129, 2003.

19.
PEREIRA, André Luis.2003PEREIRA, André Luis.. Os franciscanos medievais na contracorrente da economia:os impasses da proibição do dinheiro. Revista Franciscana, Petrópolis, v. 3, n.5, p. 56-68, 2003.

20.
PEREIRA, André Luis.2003PEREIRA, André Luis.. O Anônimo Perusino: a desventura de um texto e seu valor para a história dos primeiros franciscanos. Ensaios de História (Franca), Franca, v. 8, n.1/2, p. 37-52, 2003.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
MIATELLO, André Luis Pereira. Santos e Pregadores nas cidades medievais italianas: retórica cívica e hagiografia. 1. ed. Belo Horizonte: Fino Traço, 2013. v. 1. 192p .

2.
MIATELLO, André Luis Pereira; ALVES, Aléssio Alonso (Org.) ; RIBEIRO, Felipe Augusto (Org.) . Colóquio de História Medieval LEME/UFMG. 1. ed. Belo Horizonte: LEME/UFMG, 2013. v. 1. 323p .

3.
MIATELLO, André Luis Pereira; ALVES, Aléssio Alonso (Org.) ; RIBEIRO, Felipe Augusto (Org.) . Perspectivas de Estudo em História Medieval no Brasil. 1. ed. Belo Horizonte: Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, 2012. 233p .

Capítulos de livros publicados
1.
MIATELLO, André Luis Pereira. Servo e servidão, escravo e escravidão nas cidades comunais italianas da Baixa Idade Média: estudo de caso na Chronica civitatis Ianuensis. In: Eduardo França Paiva; Manuel F. Fernández Chaves; Rafael M. Pérez García. (Org.). De que estamos falando? Antigos conceitos e modernos anacronismos: escravidão e mestiçagens. 1ed.Rio de Janeiro: Garamond, 2016, v. 1, p. 155-178.

2.
MIATELLO, André Luis Pereira. Iacopo de Varagine a escrita da história no século XIII. In: Igor Salomão Teixeira; Rafael Bassi. (Org.). A escrita na história da Idade Média. 1ed.São Leopoldo: Oikos, 2015, v. 1, p. 112-143.

3.
MIATELLO, André Luis Pereira. Ars hagiographica em Tomás de Celano e Juliano de Espira: o ornamento da palavra a serviço da memória, da prédica e da política. In: Néri de Barros Almeida; Eliane Moura da Silva. (Org.). Missão e Pregação: a comunicação religiosa entre a História da Igreja e a História das Religiões. 1ed.São Paulo: Fap-Unifesp, 2014, v. , p. 107-126.

4.
MIATELLO, André Luis Pereira. Escrita Hagiográfica Mendicante: pregação e culto cívico. In: Igor Salomão Teixeira. (Org.). História e Historiografia sobre a Hagiografia Medieval. 1ed.São Leopoldo: Oikos, 2014, v. , p. 114-139.

5.
MIATELLO, André Luis Pereira. Antiguidade e Medievalidade nos Textos. In: SIQUEIRA, Ana Marcia; SIQUEIRA, Silvia. (Org.). Conceito de ecclesia nos escritos de Bernardo de Claraval: sociedade política e sociedade espiritual na Idade Média. 1ed.Fortaleza: Editora da UECE, 2013, v. , p. 121-138.

6.
MIATELLO, André Luis Pereira; MIATELLO, André Luis Pereira . Cultura letrada, pregação e educação política no século XIII (Vicente de Beauvais e Iacopo de Varazze). In: Igor Salomão Teixeira; Cybele Crossetti de Almeida. (Org.). Reflexões sobre o medievo III: Práticas e Saberes no Ocidente Medieval. 1ed.São Leopoldo: Oikos, 2013, v. , p. 103-126.

7.
MIATELLO, André Luis Pereira. O conceito de Ecclesia e sua funcionalidade política. In: André Luis Pereira Miatello; Aléssio Alonso Alves; Felipe Augusto Ribeiro. (Org.). Perspectivas de Estudo em História Medieval no Brasil. 1ed.Belo Horizonte: Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, 2012, v. , p. 212-225.

8.
PEREIRA, André Luis.. A historiografia franciscana frente aos desafios da medievalística e da interpretação hagiográfica: novas possibilidades de trabalho?. In: ALMEIDA, Néri de Barros. (Org.). A Idade Média entre os séculos XIX e XX. Estudos de historiografia. 1ed.Campinas: UNICAMP Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, 2008, v. , p. 177-190.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
MIATELLO, André Luis Pereira. A Europa que o Islã criou. História Viva, São Paulo, p. 72 - 75, 01 dez. 2010.

2.
PEREIRA, André Luis.. Da Gruta ao Presépio. História Viva, São Paulo, p. 48 - 51, 10 dez. 2007.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
MIATELLO, André Luis Pereira. Salimbene de Parma e a escrita da história no séc. XIII. In: XXVI Simpósio Nacional de História (ANPUH), 2011, São Paulo. Anais eletrônicos do XXVI Simpósio Nacional de História, 2011.

2.
PEREIRA, André Luis.. O empenho franciscano-hagiográfico na pacificação das cidades: os vínculos morais da política (séc. XIII). In: XXIV Simpósio Nacional de História, 2007, São Leopoldo. XXIV Simpósio Nacional de História. São Leopoldo: Oikos, 2007. v. 24. p. 137-137.

3.
PEREIRA, André Luis.. A historiografia franciscana frente aos pressupostos teóricos da medievalística contemporânea. Esboço de leitura comparativa dos franciscanólogos. In: Congresso Internacional Franciscano, 2007, Curitiba. São Francisco e as Fontes Franciscanas. Bragança Paulista: Editora Universitária São Francisco, 2007. p. 153-159.

4.
PEREIRA, André Luis.. As hagiografias franciscanas medievais e as cidades comunais italianas no século XIII. In: XXIII Simpósio Nacional de História - História: Guerra e Paz, 2005, Londrina - PR. Anais do XXIII Simpósio Nacional de História - História: Guerra e Paz, 2005.

5.
PEREIRA, André Luis.. Alguns pontos de reflexão acerca da Eclesiologia franciscana no século XIII. In: VI Simpósio da Associação Brasileira de História das Religiões, 2004, Franca - SP. Anais do VI Simpósio da ABHR, 2004.

Artigos aceitos para publicação
1.
MIATELLO, André Luis Pereira. Giordano de Pisa (1260-1311) e os três sentidos da cidade: um ensaio de política urbana medieval. Tempo. Revista do Departamento de História da UFF, 2017.

2.
MIATELLO, André Luis Pereira. A política dos sermões ou os sermões na política: a pregação nas cidades comunais da Baixa Idade Média. Dialogos (Maringa), 2017.

Apresentações de Trabalho
1.
MIATELLO, André Luis Pereira. A política dos sermões ou os sermões na política: a pregação nas cidades comunais da Baixa Idade Média. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
MIATELLO, André Luis Pereira; CASTANHO, G. . Escrita e Pregação: o poder do discurso e o efeito das fontes. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
PEREIRA, André Luis.. Os historiadores do franciscanismo e a. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
PEREIRA, André Luis.. As hagiografias medievais e a pesquisa historiográfica contemporânea: possibilidades de trabalho e níveis de interpretação. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
PEREIRA, André Luis.. A narrativa hagiográfica entre a percepção e a legibilidade do espaço urbano italiano na obra 'Memoriale in desiderio animae' do franciscano Tomás de Celano (1247): esboço de uma política citadina mendicante. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
PEREIRA, André Luis.. A historiografia franciscana frente aos pressupostos teóricos da medievalística contemporânea. Esboço de leitura comparativa dos franciscanólogos. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
PEREIRA, André Luis.. A narrativa hagiográfica entre os impasses da história e da literatura: a meta-temporalidade de um percurso espiritual. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
PEREIRA, André Luis.. A tradição hagiográfica franciscana e a proposta moralizadora das cidades italianas no século XIII. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
PEREIRA, André Luis.. Alguns pontos de reflexão acerca da eclesiologia franciscana no século XIII. Entre carisma e instituição.. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
PEREIRA, André Luis.. A Igreja Hierárquica e o Franciscanismo Medieval: entrecruzamento e diálogo. Um estudo dos Opuscula Sancti Patris Francisci Assisiensis. 2003. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
PEREIRA, André Luis.. A opção pela pobreza do movimento franciscano primitivo e a sua inserção entre os pobres: a Igreja Medieval vista da base. 2003. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
PEREIRA, André Luis.. O Franciscanismo primitivo e suas relações com a Igreja hierárquica.. 2003. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
PEREIRA, André Luis.. As articulações do franciscanismo primitivo na sociedade medieval. 2002. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
PEREIRA, André Luis.. As implicações sociais do carisma franciscano primitivo frente às transformações do século XIII. 2002. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

15.
PEREIRA, André Luis.. Implicações e contestações sociais decorridas do Exire de saeculo do primitivo movimento franciscano. 2002. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

16.
PEREIRA, André Luis.. O movimento franciscano primitivo e as estruturas sociais: contatos, influências e transformações. 2002. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
MIATELLO, André Luis Pereira. Cismas. Theologica Latinoamericana Enciclopedia Digital. Belo Horizonte: AJEAS-Associação Jesuíta de Educação e Assistência Social, 2017 (Verbete de Dicionário).

2.
MIATELLO, André Luis Pereira. Cristianismo Medieval. Theologica Latinoamericana Enciclopedia Digital. Belo Horizonte: AJEAS-Associação Jesuíta de Educação e Assistência Social, 2015 (Verbete de Dicionário).

3.
MIATELLO, André Luis Pereira. Apresentação dos Anais do Colóquio de História Medieval LEME/UFMG. Belo Hoizonte, 2013. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

4.
MIATELLO, André Luis Pereira. O método polêmico de Agostinho no. Campinas: Editora da Unicamp, 2009. (Tradução/Livro).

5.
MIATELLO, André Luis Pereira. Polêmicas, poder e exegese. O exemplo dos gnósticos antigos no mundo grego. In: ZERNER, Monique (org.). Inventar a heresia? Discursos polêmicos e poderes antes da Inquisição. Campinas: Editora da Unicamp, 2009. (Tradução/Livro).

6.
MIATELLO, André Luis Pereira. Hagiografia. Lisboa: Universidade Nova de Lisboa - Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, 2008 (Verbete de Dicionário).


Produção técnica
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
MIATELLO, André Luis Pereira. Impacto da religião nos direitos humanos. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
MIATELLO, André Luis Pereira; CASAS, R. L. . Provas Históricas referentes a Jesus Cristo. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
MIATELLO, André Luis Pereira; MUZZI, L. . Metas ficam mais distantes. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
PEREIRA, André Luis.. Varia História 1. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

5.
PEREIRA, André Luis.. Pesquisa pioneira no Brasil analisa discursos políticos dos frades pregadores da Itália medieval. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

6.
MIATELLO, André Luis Pereira. Idade Média. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

7.
MIATELLO, André Luis Pereira. A Idade Média e a ficção literária. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
MIATELLO, André Luis Pereira. Manuscritos medievais ibéricos e a cultura da Guerra Santa: identidade e exclusão. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
MIATELLO, André Luis Pereira. Arte e sensibilidade na Alta Idade Média - O Livro de Kells. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
MIATELLO, André Luis Pereira. Parecer técnico-científico ad hoc. 2015. (Parecer técnico).

4.
MIATELLO, André Luis Pereira. Le prédicateur et la communauté locale: la lutte pour le pouvoir pastoral dans les villes du Bas Moyen-Âge occidental (XIIIe-XIVe siècle). 2015. (Apresentação de seminário de pesquisa).

5.
MIATELLO, André Luis Pereira. Comissão de Avaliação durante a XXIV Semana de Iniciação Científica/PRPq. 2015. (Parecer técnico).

6.
MIATELLO, André Luis Pereira. Arte e sensibilidade na Alta Idade Média: o Livro de Kells. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

7.
MIATELLO, André Luis Pereira. Programa de Inovação e Qualidade no Ensino de Graduação - PIQEG 2014. 2014. (Parecer técnico).

8.
MIATELLO, André Luis Pereira. Parecerista ad hoc Editora Unesp. 2014. (Assossoria técnica).

9.
MIATELLO, André Luis Pereira. Parecer técnico-científico ad hoc. 2014. (Parecer técnico).

10.
MIATELLO, André Luis Pereira. O Pensamento Político medieval: sociedade mística e noção de governo. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

11.
MIATELLO, André Luis Pereira. Um dia a mais no calendário. 2012. (Assossoria técnica).

12.
MIATELLO, André Luis Pereira. Parecer ad hoc Editora Unesp. 2012. (Parecer técnico).

13.
MIATELLO, André Luis Pereira. Parecer ad hoc Revista discente do Programa de Pós-graduação em História UFMG - Temporalidades (ed. n. 6). 2012. (Parecer técnico).

14.
MIATELLO, André Luis Pereira. Realeza e Poder Público no Período Medieval. 2012. (Curso de Graduação).

15.
MIATELLO, André Luis Pereira. História da Igreja Medieval. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

16.
MIATELLO, André Luis Pereira. A formação do pensamento político moderno: o Renascimento Italiano. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

17.
MIATELLO, André Luis Pereira. Ordens mendicantes e a organização sócio-política no período medieval. 2011. (Curso de Graduação).

18.
MIATELLO, André Luis Pereira. As cidades na Idade Média Ocidental. 2011. (Curso de Graduação).

19.
MIATELLO, André Luis Pereira. Parecer ad hoc Revista Varia História. 2011. (Parecer técnico).

20.
MIATELLO, André Luis Pereira. Parecer ad hoc Revista Varia História. 2011. (Parecer técnico).

21.
MIATELLO, André Luis Pereira. Parecer ad hoc Revista Varia História. 2011. (Parecer técnico).

22.
MIATELLO, André Luis Pereira. Parecer ad hoc Revista Varia História. 2011. (Parecer técnico).

23.
MIATELLO, André Luis Pereira. Parecer ad hoc para Editora Unesp. 2011. (Parecer técnico).

24.
MIATELLO, André Luis Pereira. Ordens religiosas na Idade Média: balanço bibliográfico e perspectivas de estudo. 2010. .

25.
MIATELLO, André Luis Pereira; ALMEIDA, Néri de Barros . A filosofia na Idade Média. 2010. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Entrevista de divulgação científica).

26.
MIATELLO, André Luis Pereira; ALMEIDA, Néri de Barros . O franciscanismo e as cidades italianas no final da Idade Média. 2010. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Entrevista de divulgação científica).

27.
MIATELLO, André Luis Pereira. Idade Média: os impasses de uma construção historiográfica. 2010. (Curso de Graduação).

28.
MIATELLO, André Luis Pereira. Parecer técnico a Revista Opsis - Revista do Departamento de História e Ciências Sociais - UFG/CAC volume 10 número 2 - jul/dez 2010. 2010. (Parecer técnico).

29.
PEREIRA, André Luis.. Vidas de santos como fontes históricas?. 2008. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material Didático EAD Centro Universitário Claretiano).

30.
PEREIRA, André Luis.. Como ler e estudar as obras narrativas medievais? Apontamentos sobre metodologia de interpretação textual.. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

31.
PEREIRA, André Luis.. As cidades medievais italianas através das hagiografias franciscanas. 2004. (Trabalho de Conclusão de Curso).

32.
PEREIRA, André Luis.. O Franciscanismo Primitivo frente à Igreja Hierárquica e o Monasticismo medieval. 2003. (Relatório de pesquisa).

33.
PEREIRA, André Luis.. As Ordens Mendicantes e as cidades medievais. 2003. (Apresentação de seminário de pesquisa).

34.
PEREIRA, André Luis.. Um estudo dos. 2002. (Relatório de pesquisa).

35.
PEREIRA, André Luis.. Fontes para o estudo do primeiro século do franciscanismo. 2002. (Apresentação de seminário de pesquisa).

Demais trabalhos
1.
PEREIRA, André Luis.. História da Hagiografia Franciscana. 2008 (Curso de História Medieval) .

2.
PEREIRA, André Luis.. Estudo e ensino de História Medieval. 2007 (Palestra) .

3.
PEREIRA, André Luis.. História Medieval - a projeção de nossos medos?. 2007 (Palestra) .

4.
PEREIRA, André Luis.. Como ler e estudar as obras narrativas medievais. 2007 (Oficina de Estudos) .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
MIATELLO, André Luis Pereira; ALMEIDA, Néri de Barros; MOREIRA, B. J. I. B. S. N.. Participação em banca de Michele Rosado de Lima Castro. O discurso histórico como local de ideias políticas: a narrativa sobre o assassinato de 'Uthman na História de Al-Tabari (séc. IX). 2018. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Estadual de Campinas.

2.
MIATELLO, André Luis Pereira; ALMEIDA, Néri de Barros; ALMEIDA, C. C.. Participação em banca de Maria Eduarda Capellini. A Historia Pontificalis de João de Salisbury: uma análise da escrita da história (século XII). 2018. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Estadual de Campinas.

3.
MIATELLO, André Luis Pereira. Participação em banca de Hugo Monfardini. Adversus Haereses de Ireneu de Lião: Elementos para uma reflexão em torno à tradição como regra de fé e lugar de diálogo inter-religioso. 2017. Dissertação (Mestrado em Teologia) - Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia.

4.
MIATELLO, André Luis Pereira. Participação em banca de Paulo Renato Silva de Andrade. Recita, em nome do teu Senhor: As raízes judaico-cristãs do movimento proto-islâmico e os profetismos na Península Arábica (séc. VII E.C.). 2017. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

5.
MIATELLO, André Luis Pereira; AMARAL, F. A.; CÂNDIDO DA SILVA, Marcelo. Participação em banca de Karen Torres da Rosa. As estratégias de transmissão de bens nos Testamentos Merovíngios (séculos VI-VIII). 2017. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo.

6.
MIATELLO, André Luis Pereira; Cristina Campolina; ARAUJO, V. C. D.. Participação em banca de Átila Siqueira Martins Lopes. As representações históricas do orientalismo na obra de Tolkien (1930-1950). 2016. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

7.
MIATELLO, André Luis Pereira; CALDEIRA, A. P. S.; Cristina Campolina. Participação em banca de Carolina Minardi de Carvalho. Da Fé se valem os Belicosos: uma perspectiva educacional sobre a Cavalaria nas Cantigas de Santa Maria. 2016. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em História Ibérica) - Universidade Federal de Alfenas.

8.
MIATELLO, André Luis Pereira; SALLES, B. T.; ARNAUT, L. H.. Participação em banca de Pamela Emilse Naumann Gorga. La repubblica vi sono tutti: O Batistério de Pádua como expressão visual da Religião das Comunas durante a Signoria dos Carraresi. 2016. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

9.
PEREIRA, André Luis.; REIS, A. R.; RUST, L. D.. Participação em banca de Douglas de Freitas Almeida Martins. O pauperismo como equilíbrio econômico: as hagiografias e as engrenagens da materialidade na ordo fratrum minorum. 2015. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Mato Grosso.

10.
MIATELLO, André Luis Pereira; FORTES, C. C.; TEIXEIRA, I. S.. Participação em banca de Felipe Augusto Ribeiro. O exemplo, o milagre, a vida: a hagiografia e a santidade nas comunas medievais italianas (século XIII). 2015. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

11.
MIATELLO, André Luis Pereira. Participação em banca de Edward Dettmam Loss. Embaixadores e políticas urbanas na Legislação Estatutária Comunal Italiana entre os séculos XIII e XIV. 2015. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo.

12.
MIATELLO, André Luis Pereira; SALLES, B. T.; AMARAL, F. A.. Participação em banca de Aléssio Alonso Alves. Comunidade Política e Bem Comum na Chronica Civitatis Ianuensis de Iacopo de Varazze. 2014. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

13.
MIATELLO, André Luis Pereira; SOUZA, N.. Participação em banca de Rodrigo Pires Vilela da Silva. O estilo hagiográfico na figura do Padre Gabriel Malagrida: o modelo de santidade na segunda metade do século XVIII. 2014. Dissertação (Mestrado em TEOLOGIA) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

14.
MIATELLO, André Luis Pereira. Participação em banca de Rodrigo Maia dos Santos. Fé e Devoção: a vivência histórico-litúrgica das irmandades de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos de Ouro Preto. 2013. Dissertação (Mestrado em TEOLOGIA) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

15.
MIATELLO, André Luis Pereira. Participação em banca de Flávio Américo Dantas de Carvalho. Clarissimo speculo bonitatis Dei: o mundo de Tomás de Celano e a sua leitura de mundus. 2011. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

16.
MIATELLO, André Luis Pereira. Participação em banca de Letícia Dias Schirm. Omnem e Iurisdictio: comentários de Bartolus da Sassoferrato (1314-1357) sobre o dominium. 2011. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

17.
MIATELLO, André Luis Pereira. Participação em banca de Letícia Dias Schirm. Dominium na obra de Bartolus da Sassoferrato: um estudo introdutório. 2010. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

18.
MIATELLO, André Luis Pereira. Participação em banca de Natalia Codo de Oliveira. Da aurora da história nacional ao estudo da história da Igreja. Os Decem Libri Historiarum na historiografia. 2010. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo.

Teses de doutorado
1.
MIATELLO, André Luis Pereira; SALLES, B. T.; BOVO, C. R.; SILVA, C. G.; PINTO, F. M.. Participação em banca de Letícia Dias Schirm. Le città d'Italia tutte piene son di tiranni: tirania, bem comum, cidade e governo na Península Itálica da segunda metade do século XIV e início do século XV. 2018. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

2.
MIATELLO, André Luis Pereira; ALMEIDA, Néri de Barros; BOVO, C. R.; FORTES, C. C.; DELCORNO, P.. Participação em banca de Aléssio Alonso Alves. A Pregação e a Comunidade: reflexões morais e sobre a origem e configuração da sociedade humana nos sermões de Giordano de Pisa, OP (1302-1309). 2018. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

3.
MIATELLO, André Luis Pereira. Participação em banca de Robson Murilo Grando Della Torre. O Concílio de Éfeso (431) e suas "atas": um estudo sobre o desenvolvimento das coleções documentais relativas à controvérsia nestoriana". 2017. Tese (Doutorado em História) - Universidade Estadual de Campinas.

4.
MIATELLO, André Luis Pereira; ROMEIRO, A.; ANDRADE, F. E.; SILVEIRA, M. A.; VENANCIO, R. P.. Participação em banca de Felipe Augusto de Bernardi Silveira. Atuação administrativa e institucional autocéfala: Ordem Terceira do Carmo em Minas Gerais (séc. XVIII-XIX). 2017. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

5.
MIATELLO, André Luis Pereira; ROMEIRO, A.; SALLES, B. T.; AMARAL, F. A.; COELHO, Maria Filomena Pinto da Costa. Participação em banca de Olga Pisnitchenko. A Cavalaria no discurso político castelhano-leonês no final do séc. XIII e início do séc. XIV: entre vínculo social e forma de vida virtuosa. 2016. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

6.
PEREIRA, André Luis.; MELLO, M.. Participação em banca de Cláudio Monteiro Duarte. Iconographia spiritualis: arte paleocristã e simbolismo funerário em um fragmento tumular na Basílica de Santa Agnese fuori le mura em Roma - 370-440. 2016. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

7.
MIATELLO, André Luis Pereira; CAMPOS, A. A.; TABORDA, F. A. C.. Participação em banca de Sabrina Mara Sant'Anna. Sobre o meio do altar: os sacrários produzidos na região centro-sul das Minas Gerais setecentistas. 2015. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

8.
MIATELLO, André Luis Pereira; VIDOTTE, Adriana; RUST, L. D.; BUBELLO, Juan Pablo; COELHO, Maria Filomena Pinto da Costa. Participação em banca de Francisco de Paula Souza de Mendonça Júnior. A arte do segredo: esoterismo, segredo, sigilo e dissimulação política nos séculos XV e XVI. 2014. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

9.
MIATELLO, André Luis Pereira; VIDOTTE, Adriana; CÂNDIDO DA SILVA, Marcelo; RUST, L. D.; RUI, A. J.. Participação em banca de Bruno Tadeu Salles. Constituir a amizade, romper os vínculos, estabelecer o compromisso: a dinâmica dos equilíbrios senhoriais sob a perspectiva das comendadorias templárias de Vaour, Richerenches e Bayle (séc. XII e XIII). 2013. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

10.
MIATELLO, André Luis Pereira. Participação em banca de Flávia Aparecida Amaral. História e ressignificação: Joana d'Arc e a historiografia francesa da primeira metade do século XIX. 2012. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo.

Qualificações de Doutorado
1.
MIATELLO, André Luis Pereira; BRANDAO, J. J. L.. Participação em banca de Eduardo Cursino de Faria Chagas. O corpo político do monarca nas Siete Partidas: A governabilidade no sentido de constituir e orgazinar os moçárabes, enquanto parte do corpo do reino afonsino, nas Partidas. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Letras: estudos literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

2.
MIATELLO, André Luis Pereira; CÂNDIDO DA SILVA, Marcelo; SALLES, B. T.; ALVES, A. A.. Participação em banca de Felipe Augusto Ribeiro. Uma História pré-comunal: Orvieto da reforma eclesiástica ao primeiro consulado (1029-1157). 2018. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

3.
MIATELLO, André Luis Pereira; ALMEIDA, Néri de Barros; BIGNOTTO, N.. Participação em banca de Aléssio Alonso Alves. O Político na Pregação Mendicante: Origem e Forma da Sociedade Humana na pregação de Giordano de Pisa em Florença (1302-1309). 2017. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

4.
MIATELLO, André Luis Pereira; SALLES, B. T.; ALMEIDA, Néri de Barros. Participação em banca de Philipe Rosa de Lima. Poderes eclesiásticos e seculares na repressão ao Catarismo no Languedoc (1145-1229). 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em História) - Universidade Estadual de Campinas.

5.
MIATELLO, André Luis Pereira; ROMEIRO, A.; MENESES, J. N. C.. Participação em banca de Felipe Augusto de Bernardi Silveira. A Ordem Terceira do Carmo em Minas Gerais: autogestão pendular, dinâmica administrativa confrarial e relação de sociabilidade (1808-1920). 2015. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

6.
MIATELLO, André Luis Pereira; BOVO, C. R.; BIGNOTTO, N.. Participação em banca de Letícia Dias Schirm. O tirano e a tirania na Península Itálica da segunda metade do século XIV: Bartolus da Sassoferrato e Coluccio Salutati. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

7.
MIATELLO, André Luis Pereira; Adriane Vidal; COELHO, Maria Filomena Pinto da Costa. Participação em banca de Olga Pisnitchenko. Cavalaria castelhano-leonesa e seu papel no projeto político de Alfonso X. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

8.
MIATELLO, André Luis Pereira. Participação em banca de Cláudio Monteiro Duarte. Iconographia mirifica: a iconografia paleocristã e o ascetismo monástico. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

9.
MIATELLO, André Luis Pereira; CAMPOS, A. A.; TABORDA, F. A. C.. Participação em banca de Sabrina Mara Sant'Anna. A Casa do Santíssimo: história, função, ornamentação, decoração e segurança dos sacrários nas Minas Geraes (1700-1822). 2013. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

10.
MIATELLO, André Luis Pereira; VIDOTTE, Adriana; COELHO, Maria Filomena Pinto da Costa; BUBELLO, Juan Pablo. Participação em banca de Francisco de Paula Souza de Mendonça Júnior. A arte do segredo: o encontro entre magia e política na gênese do segredo de Estado renascentista (1462-1615). 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-graduação em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

11.
MIATELLO, André Luis Pereira. Participação em banca de Bruno Tadeu Salles. De Apóstolos e Macabeus a senhores de homens e terras: o Novum Militiae Genus e as expressões do Dominium. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Qualificações de Mestrado
1.
MIATELLO, André Luis Pereira. Participação em banca de Maria Eduarda Capellini. A Historia Pontificalis de João de Salisbury. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Estadual de Campinas.

2.
MIATELLO, André Luis Pereira. Participação em banca de Luciano Corrêa Pugas Domiciano. Concupiscência: O discurso de (des)naturalização, interdição, censura e negação da sexualidade, nos quatro primeiros séculos do cristianismo. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação em Educação Sexual) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

3.
MIATELLO, André Luis Pereira. Participação em banca de Michele Rosado de Lima Castro. Os Primeiros Conflitos Político-Teológicos do Islã segundo a narrativa de Al-Tabari. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Estadual de Campinas.

4.
PEREIRA, André Luis.; TRABULSI, J. A. D.; VERZA, T. M.. Participação em banca de Paulo Renato Silva de Andrade. Um estudo sobre os delineamentos políticos e culturais pré-islâmicos. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

5.
PEREIRA, André Luis.; SALLES, B. T.; TABORDA, F. A. C.. Participação em banca de Pamela Emilse Naumann Gorga. Rito de iniciação cívico-religiosa: o batismo em Pádua no século XIII. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

6.
MIATELLO, André Luis Pereira; CÂNDIDO DA SILVA, Marcelo. Participação em banca de Karen Torres da Rosa. As estratégias de transmissão de bens nos testamentos merovíngios (séculos VI-VIII). 2015. Exame de qualificação (Mestrando em História Social) - Universidade de São Paulo.

7.
MIATELLO, André Luis Pereira; TEIXEIRA, I. S.; FORTES, C. C.. Participação em banca de Felipe Augusto Ribeiro. As cidades e os santos: política hagiográfica e santidade política nos catálogos santorais da Ordem dos Frades Menores (Itália Central, séculos XIII-XIV). 2014. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

8.
MIATELLO, André Luis Pereira; RUST, L. D.. Participação em banca de Douglas de Freitas Martins. O pauperismo como equilíbrio econômico: as hagiografias e as engrenagens da materialidade na Ordo Fratrum Minorum (1228-1263). 2014. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal de Mato Grosso.

9.
MIATELLO, André Luis Pereira; RUST, L. D.; CÂNDIDO DA SILVA, Marcelo. Participação em banca de Edward Dettmam Loss. O papel das embaixadas na Legislação Estatutária Comunal Italiana e na Crônica de Salimbene de Adam (séculos XII-XIV). 2013. Exame de qualificação (Mestrando em História Social) - Universidade de São Paulo.

10.
MIATELLO, André Luis Pereira. Participação em banca de Denise Aparecida Sousa Duarte. "E professo viver e morrer em Santa Fé Católica": a morte em Vila Rica na primeira metade do século XVIII. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
MIATELLO, André Luis Pereira; DIAS, L. S.; PISNITCHENKO, O.. Participação em banca de Aline Lourdes Silveira de Assis. Um debate sobre o medievo e a história no cinema: uma pequena leitura entre os cavaleiros e o filme Coração de Cavaleiro. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em História e Culturas Políticas) - Universidade Federal de Minas Gerais.

2.
MIATELLO, André Luis Pereira. Participação em banca de Felipe Augusto Ribeiro. Os atos da bem-aventurada província de Rieti: religião cívica e cultura política na Itália Medieval (séc. XIII-XIV). 2013. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Culturas Políticas e História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

3.
Cristina Campolina; Adriane Vidal; MIATELLO, André Luis Pereira. Participação em banca de Margareth Pereira Lima. Os Espelhos de Príncipes no Antigo Regime Ibérico: a educação política dos monarcas cristãos. 2012. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

4.
MIATELLO, André Luis Pereira; Cristina Campolina; ARNAUT, L. H.. Participação em banca de Edneia Fátima da Cunha. Comunicação e política: análise do discurso político nas eleições municipais de 2008 em Belo Horizonte através da Folha de São Paulo Online. 2012. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Culturas Políticas e História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
MIATELLO, André Luis Pereira; SILVA FILHO, L. M.. Participação em banca de Marco Antônio Sant?Ana Camargos.Natura Humana e os Bona Dei: a dinâmica da construção do Homem segundo Agostinho de Hipona em De Libero Arbitrio. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

2.
MIATELLO, André Luis Pereira; SALLES, B. T.. Participação em banca de Paulo Renato Silva de Andrade.ITA' DHI L-QURBA: Um estudo sobre as possibilidades interpretativas pró-alidas e pró-xiitas no Alcorão. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

3.
GUIMARAES, C. M.; MIATELLO, André Luis Pereira; ALMEIDA, A. Q. X.. Participação em banca de Anna Luiza Rezende Ladeia.O vento e a faísca: a reforma da Catedral da Cantuária (séc. XII) perspectivas históricas e arqueológicas. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais.

4.
MIATELLO, André Luis Pereira. Participação em banca de Aléssio Alonso Alves.A morte e os mortos nas Vitae Fratrum de Gerardo de Frachet (séc. XIII). 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
MIATELLO, André Luis Pereira; TRABULSI, J. A. D.; LIEBEL, S.. Concurso público para Professor Substituto de HIstória Medieval. 2017. Universidade Federal de Minas Gerais.

2.
MIATELLO, André Luis Pereira; OLIVEIRA, W.; SODRE, E. L. V.. Comissão Examinadora do concurso público para Professor Adjunto para área de história antiga e medieval da UFVJM. 2013. Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK.

3.
MIATELLO, André Luis Pereira; SILVA, A. C. L. F.; PINTO, F. M.; GRALHA, J. C. M.; SANTOS, M. C. P.. Banca Examinadora do Concurso Público de Provas e Títulos para a Carreira de Magistério Superior Adjunto 40H para o Cargo de Professor de História Medieval. 2012. Universidade Federal Fluminense.

Outras participações
1.
MIATELLO, André Luis Pereira; VILLALTA, L. C.; CALDEIRA, A. P. S.. Processo seletivo de Pós-graduação em História Linha de Pesquisa História e Culturas Políticas. 2017. Universidade Federal de Minas Gerais.

2.
MIATELLO, André Luis Pereira; BAGGIO, K. G.; MARCELINO, D. A.. Processo Seletivo de Pós-graduação em História da UFMG. 2014. Universidade Federal de Minas Gerais.

3.
MIATELLO, André Luis Pereira. Banca de Seleção de Pós-Graduação. 2011. Universidade Federal de Minas Gerais.

4.
MIATELLO, André Luis Pereira. Banca de Seleção de Doutorado DINTER-UFMG. 2010. Universidade Federal de Minas Gerais.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Formas da Política na Antiguidade. Por um elogio à democracia.Siena mi fè. Cidadania e participação política nas comunas italianas da Baixa Idade Média. 2018. (Encontro).

2.
I Simpósio Nacional de Estudos Medievais da UFSJ.As formas do político na Idade Média italiana: confrarias, mulheres e hereges. 2018. (Simpósio).

3.
Lançamento de Livro Vida de uma família judia e outros escritos autobiográficoso de Edith Stain.Edith Stein: entre a universidade e a mística feminina. 2018. (Outra).

4.
Regards croisés sur les crises médiévales (Europe du Nord-Ouest, Italie).La prédication et les prédicateurs face aux crises politiques des communes italiennes (XIIIè-XIVè siècles). 2018. (Simpósio).

5.
Congreso Internacional: esclavitud, tráfico y dinámicas de mestizaje en los mundos ibéricos en perspectiva comparada durante la Edad Moderna. Escravos, cativos e casais mistos segundo o Direito Eclesiástico: estudo de caso da missão católica no Reino de Túnis (1230-1290). 2017. (Congresso).

6.
III Seminário Temas Contemporâneos em Ensino de História.A Idade Média na sala de aula. 2017. (Seminário).

7.
Jornada 500 Anos da Reforma Protestante - História, cultura e política.O conceito de reforma e o surgimento da ideia de indivíduo. Uma discussão eclesial na Idade Média Latina. 2017. (Outra).

8.
Jornada de Estudos Medievais: Pregação e Literatura sermonária na cultura e na política do mundo mediterrâneo (séc. IV-XVI) - diálogos entre História, Letras, Filosofia e Teoloiga.A pregação para além do espaço da cristandade: o caso das novas dioceses latinas da África setentrional (séc. XIII-XIV). 2017. (Outra).

9.
Primeiro Encontro LEME/UFOP: Olhares sobre a Idade Média a partir do Novo Mundo.Papas e Pregadores na (Re)conquista Latino-cristã da África Setentrional: o caso da fundação e desenvolvimento da Diocese romano-católica do Marrocos (1240-1300). 2017. (Encontro).

10.
Seminário de Estudos Medievais.Um balanço das atividades do Laboratório de Estudos Medievais na UFMG. 2017. (Seminário).

11.
XVI Semana de História.História Medieval e a formação do Historiador Brasileiro: epistemologia e políticas de área. 2017. (Outra).

12.
1º Ciclo de Formação de Editores do Portal de Periódicos UFMG. 2016. (Oficina).

13.
Colóquio Internacional A Palavra social do Clero na Idade Média Ocidental. Giordano de Pisa, O.P. e a política comunal florentina. 2016. (Congresso).

14.
II Congresso Internacional Península Ibérica - Antiguidade, Medievo e suas projeções para o século XVI. Militia Christi contra Saracenos: a cavalaria cristã na pregação de Raimundo Lúlio (1232-1316). 2016. (Congresso).

15.
XXV Semana de Iniciação Científica.Avaliador de Painéis. 2016. (Outra).

16.
De que estamos falando? Antigos conceitos e modernos anacronismos. Escravidão e mestiçagense. Escravo e escravidão nas cidades comunais italianas da Baixa Idade Média: estudo de caso na Chronica civitatis Ianuensis de Iacopo de Varagine (1298). 2015. (Congresso).

17.
I Jornada Internacional de Estudos Medievais.A potencialidade política dos sermões da Baixa Idade Média italiana. 2015. (Outra).

18.
IV Encontro de Pesquisa em História.A História Medieval na graduação em História: da pesquisa à docência. 2015. (Encontro).

19.
O Outono da Idade Média.O amor das letras e a questão do fim da Idade Média. 2015. (Seminário).

20.
Congresso Internacional Ordens Religiosas na Idade Média:. O pregador e a sociedade local: a luta pelo poder pastoral no seio das cidades da Baixa Idade Média ocidental (séc. XIII-XIV). 2014. (Congresso).

21.
III Semana Acadêmica de História: Idade Média.A organização paroquial medieval: propostas de análise sociopolítica. 2014. (Outra).

22.
XII Semana de História/I Simpósio Nacional de História.Fontes Históricas: desafios para o ensino e a pesquisa. 2014. (Simpósio).

23.
Debate sobre o livro Santos e Pregadores nas Cidades Medievais italianas.Apreciação geral sobre o livro Santos e Pregadores nas cidades medievais italianas. 2013. (Outra).

24.
II Colóquio Internacional de Estudos Medievais: Práticas discursivas e literárias as maneiras de se escrever a história no mundo antigo e medieval. A escrita da história nas cidades comunais italianas (séc. XIII). 2013. (Congresso).

25.
I Seminário Internacional sobre Hagiografia Medieval.Escrita Hagiográfica mendicante: pregação e culto cívico na mesa "Ordens Mendicantes e Escrita Hagiográfica". 2013. (Seminário).

26.
Mestrado em Estudos Medievais.A transcendência imanente no ordenamento social da Idade Média. 2013. (Seminário).

27.
47th International Congress on Medieval Studies. A saint for Merchants and the Saint Merchant: Innocent III and the case of Homobono of Cremona. 2012. (Congresso).

28.
I Colóquio Internacional LEME/VIVARIUM/CEEO.Inocêncio III e a santidade laica no século XIII: o caso de Homobono de Cremona. 2012. (Outra).

29.
I Congresso Nacional - Península Ibérica: Antiguidade, Medievo e suas projeções no século XVIodi. Quando o pregador ensina a governar: a literatura política dos frades mendicantes nos reinos ibéricos (séc. XIII). 2012. (Congresso).

30.
II Encontro Estadual de Estudos Medievais.Cultura letrada, pregação e educação política no século XIII (Vicente de Beauvais e Iacopo de Varazze). 2012. (Encontro).

31.
Jornada de Estudos "A escrita da história na Idade Média.Salimbene de Parma e o por que da história no século XIII. 2012. (Outra).

32.
XVIII Encontro Regional de História (ANPUH-MG).Os frades mendicantes e a educação política no século XIII (Vicente de Beauvais e Gilberto de Tournai). 2012. (Encontro).

33.
I Encontro Internacional de Estudos Multidisciplinares - Antiguidade e Medievalidade nos textos.O conceito de Ecclesia nos escritos de Bernardo de Claraval: sociedade política e sociedade espiritual na Idade Média. 2011. (Encontro).

34.
Primeiro Colóquio de Filosofia da UFLA.O conceito de realeza cristã em Vicente de Beauvais. 2011. (Outra).

35.
Wokshop de História Medieval: "Perspectivas de Estudo em História Medieval no Brasil".O conceito de Ecclesia e sua funcionalidade política. 2011. (Outra).

36.
XX Semana de Iniciação Científica da UFMG.Comissão de Avaliação. 2011. (Outra).

37.
XXVI Simpósio Nacional de História.Salimbene de Parma e a escrita da História no século XIII. 2011. (Simpósio).

38.
A política pontifícia e o governo das cidades na Itália do século XIII. 2009. (Outra).

39.
Colóquio Internacional de História Medieval e Ciências Humanas - "Por que estudar a Idade Média no século XXI?". 2008. (Simpósio).

40.
Seminário Internacional Hagiografia: texto, imagem e historiografia.Ars hagiographica em Tomás de Celano e Juliano de Spira: a beleza da linguagem a serviço da memória, do culto e da prédica. 2008. (Seminário).

41.
XIX Encontro Regional de História.As narrações de "guerra civil" e a idéia de paz nos retores e hagiógrafos da Itália centro-setentrional no século XIII: retórica cívica e eclesiástica a serviço da mesma causa?. 2008. (Encontro).

42.
15º Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP - SIICUSP.História e teologia política. 2007. (Simpósio).

43.
IX Ciclo de Estudos Antigos e Medievais "Formas de Pensar na Antigüidade e na Idade Média".Relatos Medievais. 2007. (Outra).

44.
IX Ciclo de Estudos Antigos e Medievais "Formas de Pensar na Antigüidade e na Idade Média".A escrita biográfica antiga e a hagiografia medieval: a constituição formal e os usos de um gênero retórico-narrativo. 2007. (Outra).

45.
XXIV Simpósio Nacional de História "História e Multidisciplinaridade: territórios e deslocamentos".O empenho franciscano-hagiográfico na pacificação das cidades: os vínculos morais da política (séc. XIII). 2007. (Simpósio).

46.
Congresso Internacional São Francisco e as Fontes Franciscanas. A historiografia franciscana frente aos pressupostos teóricos da medievalística contemporânea. Esboço de leitura comparativa dos franciscanólogos.. 2006. (Congresso).

47.
III Seminário Multidisciplinar Gênero, Narrativas e autoridade.Ordem das matérias, ordem da exposição na 'Suma de Teologia' de Tomás de Aquino. 2006. (Seminário).

48.
Colóquio Internacional Inês de Castro: a época e a memória. 2005. (Outra).

49.
XXIII Simpósio Nacional de História - História: Guerra e Paz.Simpósio Nacional de História. 2005. (Simpósio).

50.
Colóquio Internacional As cidades no tempo: do mundo Antigo ao Contemporâneo. 2004. (Outra).

51.
Seminário Continuidade e ruptura - a Tradição Latina entre Antiguidade e Idade Média.As idéias em Santo Agostinho. 2004. (Seminário).

52.
Ciclo de palestras: A monarquia e o sagrado durante a Idade Média.. 2003. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
MIATELLO, André Luis Pereira. Jornada de Estudos Medievais: Pregação e literatura sermorária na cultura e na política do mundo mediterrâneo (séc. IV-XVII) ? diálogos entre História, Letras, Filosofia e Teologia. 2017. (Outro).

2.
MIATELLO, André Luis Pereira; PAIVA, E. F. . Workshop Escravidão, servidão e mestiçagens no mundo mediterrânico (séc. XIII-XV) e atlântico (séc. XVI-XVIII). 2016. (Outro).

3.
MIATELLO, André Luis Pereira; SALLES, B. T. . Colóquio Internacional A Palavra Social do Clero na Idade Média Ocidental. 2016. (Congresso).

4.
MIATELLO, André Luis Pereira. Jornada Internacional de Estudos Medievais da UFMG. 2015. (Outro).

5.
MIATELLO, André Luis Pereira; SALLES, B. T. . Congresso Internacional Ordens religiosas na Idade Média: concepções de poder e modelos de sociedade. 2014. (Congresso).

6.
MIATELLO, André Luis Pereira; VERZA, T. M. . I Colóquio Internacional de Estudos Árabes e Islâmicos: Islam entre tradição e modernidade. 2013. (Outro).

7.
MIATELLO, André Luis Pereira; RUST, L. D. . As formas e os limites do político nos Estudos Medievais. 2013. (Congresso).

8.
MIATELLO, André Luis Pereira. Comissão de Avaliação da XXI Semana de Iniciação Científica da UFMG. 2012. (Congresso).

9.
MIATELLO, André Luis Pereira. Colóquio de História Medieval LEME/UFMG. 2012. (Congresso).

10.
MIATELLO, André Luis Pereira. Workshop de História Medieval:. 2011. (Outro).

11.
MIATELLO, André Luis Pereira. Colóquio Internacional. 2009. (Congresso).

12.
MIATELLO, André Luis Pereira. Colóquio Internacional de História Medieval e Ciências Humanas - Por que estudar a Idade Média no século XXI?. 2008. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Luiz Felipe Anchieta Guerra. A Cruzada das revistas: O medievalismo no Brasil visto por meio das produções de divulgação científica. Início: 2018. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais. (Orientador).

2.
Wanderson Henrique Pereira. A utilização da noção de affectus na política régia capetíngia segundo Gilberto de Tournai (séc.XIII). Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em História) - Universidade Federal de Minas Gerais. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Carolina Minardi de Carvalho. Processos migratórios na Segunda Cruzada: interações políticas e culturais entre os diversos grupos étnico-religiosos presentes em batalhas na Península Ibérica. Início: 2018. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais. (Orientador).

2.
Pamela Emilse Naumann Gorga. A pluma e o tijolo: o ofício de cronista segundo a obra de Matthews Paris e o Mosteiro de Saint Albans (séc. XIII). Início: 2017. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em História) - Universidade Federal de Minas Gerais. (Orientador).

3.
Douglas de Freitas Almeida Martins. A passagem da fraternitas para a ordo: os frades minoritas como uma comunidade emocional (1220-1240). Início: 2017. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Mato Grosso. (Coorientador).

4.
Adriano Cecatto. A recepção do Concílio Vaticano II pela instituição dos Irmãos Maristas das Escolas, na Província Marista de São Paulo (1967-1985). Início: 2016. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

5.
Felipe Augusto Ribeiro. Entre a democracia e o feudalismo: a comuna de Orvieto e a construção de um regime republicano em torno da propriedade fundiária (séculos XI-XIV). Início: 2015. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Francisco Pereira Castilho Ferreira Machado. Legitimação e Identidade: uma análise da Historia Ecclesiastica de Beda com enfoque na legitimação de poderes no mundo anglo-saxônico do século oitavo. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Abi - História) - Universidade Federal de Minas Gerais. (Orientador).

2.
Diego de Farias Monteiro. A cavalaria e a cristandade: da formação do ideal cristão cavaleiresco às suas expressões na região ibérica nos séculos XI ao XIII. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Abi - História) - Universidade Federal de Minas Gerais. (Orientador).

3.
Eduarda Moysés Temponi. Medieval colonial: medievalismo e o discurso imperial britânico na Índia. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Abi - História) - Universidade Federal de Minas Gerais. (Orientador).

4.
Henrique Vieira Gomides. A população leiga e as multidões nos conflitos eclesiásticos da Antiguidade Tardia (312-425). Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Abi - História) - Universidade Federal de Minas Gerais. (Orientador).

5.
Anna Carolina Alves Viana. Iniciação à Pesquisa em História Medieval: Poder e Sociedade na Bacia Mediterrânea em perspectiva comparada (séc. V-XV). Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em História) - Universidade Federal de Minas Gerais. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Pamela Emilse Naumann Gorga. La repubblica vi sono tutti: O Batistério de Pádua como expressão visual da Religião das Comunas durante a Signoria dos Carraresi. 2016. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: André Luis Pereira Miatello.

2.
Carolina Minardi de Carvalho. Da Fé se valem os Belicosos: uma perspectiva educacional sobre a Cavalaria nas Cantigas de Santa Maria. 2016. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em História Ibérica) - Universidade Federal de Alfenas, . Orientador: André Luis Pereira Miatello.

3.
Átila Siqueira Martins Lopes. As representações históricas do orientalismo na obra de Tolkien (1930-1950). 2016. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: André Luis Pereira Miatello.

4.
Felipe Augusto Ribeiro. As cidades e os santos: culto santoral e vida política citadina na Itália medieval (1245-1335). 2015. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em História) - Universidade Federal de Minas Gerais, . Orientador: André Luis Pereira Miatello.

5.
Paulo Renato Silva de Andrade. Recita, em nome do teu Senhor: As raízes judaico-cristãs do movimento proto-islâmico e os profetismos na Península Arábica (séc. VII E.C.). 2014. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais, . Orientador: André Luis Pereira Miatello.

6.
Aléssio Alonso Alves. Comunidade Política e Bem Comum na Chronica Civitatis Ianuensis de Iacopo de Varazze. 2012. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: André Luis Pereira Miatello.

Tese de doutorado
1.
Aléssio Alonso Alves. A Pregação e a Comunidade: reflexões morais e sobre a origem da sociedade humana nos Sermões de Giordano de Pisa, O.P. (1302-1309). 2018. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: André Luis Pereira Miatello.

2.
Olga Pisnitchenko. Cavalaria no discurso político castelhano-leonês no final do séc. XIII e início do séc. XIV: entre vínculo social e forma de vida virtuosa. 2016. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais. Orientador: André Luis Pereira Miatello.

3.
Letícia Dias Schirm. A tirania e o tirano na Península Itálica do século XIV. 2013. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais, . Orientador: André Luis Pereira Miatello.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Paula Andrade Silva Fonseca. Imaginário social, propaganda e poder: a construção retórica do califado de Córdoba (929-1031). 2015. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Culturas Políticas e História) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: André Luis Pereira Miatello.

2.
Felipe Augusto Ribeiro. Os atos da bem-aventurada província de Rieti: religião cívica e cultura política na Itália medieval (séculos XII-XIV). 2012. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Culturas Políticas e História) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: André Luis Pereira Miatello.

3.
Margareth Pereira Lima. Os Espelhos de Príncipes no Antigo Regime Ibérico: a educação política dos monarcas cristãos. 2012. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em História e Culturas Políticas) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: André Luis Pereira Miatello.

4.
Edneia Fátima da Cunha. Comunicação e política: análise do discurso político nas eleições municipais de 2008 em Belo Horizonte através da Folha de São Paulo Online. 2012. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Culturas Políticas e História) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: André Luis Pereira Miatello.

5.
Aline Lourdes Silveira de Assis. O processo de manutenção e reelaboracão dos mitos medievais através das produções cinematográficas. 2012. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Culturas Políticas e História) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: André Luis Pereira Miatello.

6.
Mislaine da Cruz Pereira. Rafael Barrett: um despertar libertário (1904-1910). 2011. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Culturas Políticas e História) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: André Luis Pereira Miatello.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Marco Antônio Sant'Ana Camargos. Natura Humana e os Bona Dei: a dinâmica da construção do Homem segundo Agostinho de Hipona em De Libero Arbitrio. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: André Luis Pereira Miatello.

2.
Gabriela Marotta Vidigal. Estudo da dimensão política dos sermões da Baixa Idade Média ocidental: república e monarquia. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: André Luis Pereira Miatello.

3.
Paulo Renato Silva de Andrade. ITA' DHI L-QURBA: Um estudo sobre as possibilidades interpretativas pró-alidas e pró-xiitas no Alcorão. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: André Luis Pereira Miatello.

4.
Anna Luiza Rezende Ladeia. O vento e a faísca: a reforma da Catedral da Cantuária (séc. XII) perspectivas históricas e arqueológicas. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: André Luis Pereira Miatello.

5.
Felipe Augusto Ribeiro. Os atos da beata Rieti: o elogio da cidade numa hagiografia de São Francisco de Assis (século XIII). 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: André Luis Pereira Miatello.

6.
Aléssio Alonso Alves. A morte e os mortos nas Vitae Fratrum de Gerardo de Frachet (séc. XIII). 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: André Luis Pereira Miatello.

Iniciação científica
1.
Gabriel Oberdá Leão. Estudo da dimensão política dos sermões da Baixa Idade Média ocidental: república e monarquia.. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal de Minas Gerais, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais. Orientador: André Luis Pereira Miatello.

2.
Luiz Felipe Anchieta Guerra. Estudo da dimensão política dos sermões da Baixa Idade Média ocidental: república e monarquia. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal de Minas Gerais, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais. Orientador: André Luis Pereira Miatello.

3.
Sabrina Budweg Duarte. Estudo da dimensão política dos sermões da Baixa Idade Média ocidental: república e monarquia. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: André Luis Pereira Miatello.

4.
Ronaldo Romualdo dos Reis. Estudo da dimensão política dos sermões da Baixa Idade Média ocidental: república e monarquia. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Abi - História) - Universidade Federal de Minas Gerais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: André Luis Pereira Miatello.

5.
Ulli Christie Cabral. As paróquias e as comunidades de aldeia na Alta Idade Média Ibérica. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Abi - História) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: André Luis Pereira Miatello.

6.
Maria Daniela Donoso. As paróquias e as comunidades de aldeia na Alta Idade Média Ibérica. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Abi - História) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: André Luis Pereira Miatello.

7.
Patrícia Rangel Gonçalves do Sacramento. Ética urbana, pensamento político e instituições na Itália do século XIV: os sermões de Giordano de Pisa, O.P.. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Abi - História) - Universidade Federal de Minas Gerais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: André Luis Pereira Miatello.

8.
Clara Pernambuco. Comunidade política e bem comum nos sermões da Baixa Idade Média Ocidental. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal de Minas Gerais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: André Luis Pereira Miatello.

9.
Ulli Christie Cabral. Comunidade Política e bem comum nos sermões da Baixa Idade Média Ocidental. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal de Minas Gerais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: André Luis Pereira Miatello.

10.
Henrique dos Santos Grandinetti de Barros. Comunidade Política e Bem Comum nos sermões da Baixa Idade Média Ocidental. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal de Minas Gerais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: André Luis Pereira Miatello.

11.
Wanderson Henrique Pereira. O conceito de affectus em Gilberto de Tournai e sua aplicação na política régia capetíngia (séc. XIII). 2012. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal de Minas Gerais, Pró-noturno. Orientador: André Luis Pereira Miatello.

12.
Alexsandra Pimentel França. Realeza visigoda: a figura de Suintila nas Histórias ibéricas dos séc. VII e VIII. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal de Minas Gerais, Pró-noturno. Orientador: André Luis Pereira Miatello.

13.
Aléssio Alonso Alves. Ordens religiosas mendicantes e organização político-social na Idade Média. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Abi - História) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: André Luis Pereira Miatello.

14.
Bruna Massai do Carmo. Ordens religiosas mendicantes e organização político-social na Idade Média. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Abi - História) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: André Luis Pereira Miatello.

15.
Daniel de Souza Ramos. Ordens religiosas mendicantes e organização político-social na Idade Média. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Abi - História) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: André Luis Pereira Miatello.

16.
Felipe Augusto Ribeiro. Ordens religiosas mendicantes e organização político-social na Idade Média. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Abi - História) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: André Luis Pereira Miatello.

17.
Marco Antonio Sant'Ana Camargos. Ordens religiosas mendicantes e organização político-social na Idade Média. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Abi - História) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: André Luis Pereira Miatello.



Educação e Popularização de C & T



Livros e capítulos
1.
MIATELLO, André Luis Pereira; ALVES, Aléssio Alonso (Org.) ; RIBEIRO, Felipe Augusto (Org.) . Perspectivas de Estudo em História Medieval no Brasil. 1. ed. Belo Horizonte: Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, 2012. 233p .

1.
MIATELLO, André Luis Pereira. O conceito de Ecclesia e sua funcionalidade política. In: André Luis Pereira Miatello; Aléssio Alonso Alves; Felipe Augusto Ribeiro. (Org.). Perspectivas de Estudo em História Medieval no Brasil. 1ed.Belo Horizonte: Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, 2012, v. , p. 212-225.

2.
MIATELLO, André Luis Pereira. Antiguidade e Medievalidade nos Textos. In: SIQUEIRA, Ana Marcia; SIQUEIRA, Silvia. (Org.). Conceito de ecclesia nos escritos de Bernardo de Claraval: sociedade política e sociedade espiritual na Idade Média. 1ed.Fortaleza: Editora da UECE, 2013, v. , p. 121-138.


Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
MIATELLO, André Luis Pereira; CASAS, R. L. . Provas Históricas referentes a Jesus Cristo. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).



Outras informações relevantes


Pesquisador e membro do Conselho Deliberativo do Laboratório de Estudos Medievais (LEME/USP-UNICAMP-UFMG-UNIFESP-UFG).

Professor responsável do Núcleo de Pesquisa História do LEME na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Bolsista integral no "Corso di Formazione in Storia religiosa e Studi Francescani" promovido pelo "Centro Interuniversitario di Studi Franciscani" - Assisi, Itália (2008).



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 21/11/2018 às 6:30:39