André Borges de Carvalho

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/1051763855783856
  • Última atualização do currículo em 22/11/2018


Possui mestrado em Administração pela Universidade Federal da Bahia (2000) e doutorado em Ciência Política - University of Oxford (2005). Atualmente é professor adjunto IV do Instituto de Ciência Política da Universidade de Brasília. Tem produção nas áreas de política comparada, federalismo e política subnacional, partidos políticos, e poder executivo e burocracia. Mais recentemente, tem desenvolvido pesquisas sobre coordenação eleitoral, partidos e sistemas partidários em países presidencialistas, especialmente em contexto federativo. É membro do comitê executivo da Asociación Latinoamericana de Ciencia Política (ALACIP) . (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
André Borges de Carvalho
Nome em citações bibliográficas
Borges, A.;Borges, André;BORGES, ANDRÃ'

Endereço


Endereço Profissional
Universidade de Brasília, Instituto de Ciência Política - IPOL.
Campus Darcy Ribeiro
Asa Norte
70904970 - Brasília, DF - Brasil
Telefone: (61) 33072865
Fax: (61) 33073930
URL da Homepage: http://www.ipol.unb.br


Formação acadêmica/titulação


2001 - 2005
Doutorado em Ciência Política.
University of Oxford, OX, Inglaterra.
Título: Politics, Education and Institutional Change: Reforming School Governance in Brazil, Ano de obtenção: 2005.
Orientador: Christopher Hood / Mahrukh C. Doctor.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Federalismo; Governo Estadual; Politica Educacional; Descentralização.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Estado e Governo / Especialidade: Estudos do Poder Local.
1999 - 2000
Mestrado em Administração.
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Título: A Retorica da Eficiencia: políticas do ajuste fiscal na Bahia,Ano de Obtenção: 2001.
Orientador: Celina Maria de Souza Motta.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Reforma do Estado; Tecnocracia; Clientelismo; Ajuste Fiscal.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
1994 - 1998
Graduação em Administração.
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.




Atuação Profissional



Escola Nacional de Administração Pública, ENAP, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista do Programa Cátedras Brasil, Carga horária: 4


Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto (DE), Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

08/2013 - Atual
Ensino, Ciência Política, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Instituições Políticas Comparadas
08/2012 - Atual
Ensino, Ciências Políticas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Instituições Políticas
07/2012 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Ciência Política - IPOL, .

05/2011 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Ciência Política - IPOL, .

04/2010 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Ciência Política - IPOL, .

03/2010 - Atual
Ensino, Gestão de Políticas Públicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fundamentos de Políticas Públicas
02/2014 - 02/2016
Direção e administração, Instituto de Ciência Política - IPOL, .

Cargo ou função
Coordenador de Graduação - Bacharelado em Ciência Política.
03/2011 - 08/2012
Ensino, Ciência Política, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria e Análise Política 2
03/2010 - 08/2010
Ensino, Ciência Política, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria da Escolha Pública

Asociación Latinoamericana de Ciencia Política, ALACIP, México.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Membro do Comitê Executivo, Carga horária: 0


Associação Brasileira de Ciência Política, ABCP, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Diretor de Ensino de Pós-Graduação, Carga horária: 1


Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto (DE), Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

08/2009 - 12/2009
Ensino, Gestão de Políticas Públicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução às Políticas Públicas (Vespertino)
Introdução às Políticas Públicas (Noturno)
03/2009 - 07/2009
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Ciência Política

Centro de Recursos Humanos / UFBA, CRH, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2009
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Pesquisador


Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais - UFBA, PPGCS - UFBA, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2009
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Bolsista Pós-Doutorado (FAPESB), Regime: Dedicação exclusiva.


Núcleo Interdisciplinar de Estudos sobre Desigualdade, NIED - UFRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 10


Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2007
Vínculo: Bolsista recém-doutor, Enquadramento Funcional: Professor-colaborador, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

03/2006 - 10/2007
Ensino, Ciência Política, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Políticas Públicas e Economia
Epistemologia e Método
08/2005 - 07/2007
Ensino, Bacharelado em Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Métodos Quantitativos para Ciências Humanas
Seminário Livre em Ciência Política
Tópicos em Ciência Política

University of Oxford, UO, Inglaterra.
Vínculo institucional

2004 - 2005
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Assistente de Pesquisa, Carga horária: 10

Atividades

05/2004 - 02/2005
Pesquisa e desenvolvimento , Centre for Brazilian Studies, .

Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - 2001
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: professor substituto, Carga horária: 40

Atividades

03/2000 - 07/2001
Ensino, Administração, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Administração
Introdução à Administração
10/1997 - 01/1999
Estágios , Escola de Administração, .

Estágio realizado
Participação no projeto de pesquisa "Demandas Regionais e Processo Decisório" como bolsista IC.


Linhas de pesquisa


1.
Poder Executivo, burocracia e nomeações do alto escalão governamental
2.
Os impactos do presidencialismo de coalizão sobre a arena eleitoral e partidária
3.
Federalismo, partidos políticos e competição eleitoral no Brasil


Projetos de pesquisa


2016 - 2017
Eleições presidenciais, coordenação eleitoral e formação de coalizões em sistemas políticos multipartidários e multinível
Descrição: O objetivo da pesquisa é investigar os impactos da eleição presidencial e do efeito rabo-de-casaca sobre a arena eleitoral e a arena governativa, buscando dar conta de uma série de lacunas teóricas e empíricas da literatura. A investigação empírica pretende dar conta de três questões. Primeiro, como as instituições federativas e eleitorais interagem com a eleição presidencial, fomentando ou não a coordenação intra- e entre os distritos e moldando o sistema partidário? Em segundo lugar, como a dinâmica de formação de coligações eleitorais na eleição presidencial impacta sobre o efeito rabo-de-casaca, no que diz respeito: a) aos mecanismos cognitivos no plano do eleitor individual; b) aos processos de coordenação eleitoral na eleição legislativa? E por fim, como a formação de coligações na eleição presidencial e o efeito rabo-de-casaca daí decorrente impactam sobre as estratégias dos partidos na arena eleitoral e governativa? Como estratégia metodológica, a pesquisa se propõe a combinar o estudo longitudinal de um caso "crítico" - o Brasil - com estudos comparados entre o Brasil e outros países da América, além da análise estatística multivariada de dados em painel referentes a uma ampla gama de países presidencialistas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (1) .
Integrantes: André Borges de Carvalho - Coordenador / Mathieu Turgeon - Integrante / Ryan Lloyd - Integrante / Adrian Albala - Integrante.Financiador(es): Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal - Auxílio financeiro.
2016 - Atual
Federalismo, eleições presidenciais e sistema partidário: o caso brasileiro em perspectiva comparada
Descrição: A pesquisa tem por objetivo investigar as estratégias de funcionamento e organização dos partidos no território, dados os incentivos e constrangimentos institucionais colocados pela estrutura federativa, regras eleitorais e sistema de governo presidencialista. Mais precisamente, busca-se entender o impacto da competição eleitoral pela presidência e do reordenamento dos arranjos federativos sobre a nacionalização dos partidos e do sistema partidário no Brasil e na Argentina no recente período democrático..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (3) .
Integrantes: André Borges de Carvalho - Coordenador / Mathieu Turgeon - Integrante / Ryan Lloyd - Integrante / ALBALA, ADRIAN - Integrante.
2013 - 2015
Coattails Presidencial no Presidencialismo de Coalizão: O caso brasileiro em perspectiva comparada
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: André Borges de Carvalho - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Des. Cient. Tecnológico - Bolsa.
2012 - 2014
O preenchimento dos cargos do alto escalão federal no presidencialismo de coalizão brasileiro
Descrição: O projeto tem por objetivo entender o papel do Congresso nacional na ocupação dos cargos do alto escalão governamental no presidencialismo brasileiro..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2010 - 2013
Como se elegem os governadores? Geografia do voto e dinâmica eleitoral em quatro estados da federação (BA, RN, MG e RS)
Descrição: Esta pesquisa tem por objetivo analisar a dimensão territorial da política eleitoral nos estados, buscando identificar a existência ou não de padrões territoriais regulares na distribuição dos votos nas eleições para governador, e em que medida estes padrões seriam condicionados pelos mecanismos formais e informais utilizados pelo chefe do Executivo e seu grupo político para reduzir a incerteza na arena eleitoral. Em especial, busca-se verificar o impacto da clivagem situação-oposição nos níveis estaduais e federais sobre os padrões de votação nos pleitos majoritários estaduais..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: André Borges de Carvalho - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2009 - 2011
Geografia do Voto e Instituições Políticas Estaduais: um estudo de quatro estados da federação (BA, RN, MG e RS)
Descrição: O projeto tem dois objetivos centrais. Mapear a evolução ao longo do tempo dos padrões territoriais de votação associados aos principais partidos/coalizões de situação/oposição presentes nos estados brasileiros, investigando o papel das nomeações do alto escalão estadual para a reprodução dos grupos políticos estaduais e, ainda, para a construção de coalizões eleitorais..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: André Borges de Carvalho - Coordenador / Alvino Sanches Filho - Integrante / Calos Vasconcelos Rocha - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2007 - 2010
O uso de recursos de autoridade, interesses e solidariedade na política social. Sub-projeto: Atores públicos e privados na condução de programas sociais
Descrição: Abordar o tema da democracia e da igualdade social através do foco nas transformações dos padrões de interação entre estado, mercado e sociedade ocorridas nas décadas recentes..
Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa.
2007 - 2010
Repensando a Política Estadual: Competição vertical, políticas sociais e mudança eleitoral nos estados brasileiros
Descrição: O projeto tem por objetivo entender o recente crescimento eleitoral da esquerda e a renovação dos quadros dirigentes nos estados mais pobres e de menor competitividade eleitoral do país..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: André Borges de Carvalho - Coordenador / Alvino Sanches Filho - Integrante / Antônio Sérgio A. Fernandes - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2007 - 2009
Governo, políticas sociais e ciclo eleitoral nos estados brasileiros: o caso da Bahia
Descrição: O projeto se propõe a investigar a relação entre gasto social e ciclo político-eleitoral na esfera estadual de governo, a partir da análise do caso da Bahia. A pesquisa objetiva entender duas questões principais: a) qual a relação entre competição política e a produção de políticas públicas de gasto sociail? b) qual o impacto dessas políticas sobre os resultados eleitorais?.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: André Borges de Carvalho - Integrante / Celina Souza - Coordenador / Alvino Sanches Filho - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.


Membro de comitê de assessoramento


2017 - Atual
Agência de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior


Revisor de periódico


2009 - Atual
Periódico: Brazilian political science review
2010 - Atual
Periódico: Public Administration and Development (Print)
2010 - Atual
Periódico: Latin American Research Review
2012 - Atual
Periódico: Latin American Politics and Society
2011 - Atual
Periódico: Revista de Sociologia e Política (UFPR. Impresso)


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Estado e Governo.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Políticas Públicas.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Comportamento Político/Especialidade: Estudos Eleitorais e Partidos Políticos.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Estado e Governo/Especialidade: Estudos do Poder Local.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


1999
Prêmio ENANPAD/Administração Pública, ANPAD.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

SCOPUS
Total de trabalhos:6
Total de citações:33
Borges, A  Data: 01/08/2016

Artigos completos publicados em periódicos

1.
1Borges, André2018Borges, André; VIDIGAL, ROBERT . Do lulismo ao antipetismo? Polarização, partidarismo e voto nas eleições presidenciais brasileiras. OPINIÃO PÚBLICA, v. 24, p. 53-89, 2018.

2.
3Borges, André2017Borges, André; ALBALA, ADRIAN ; BURTNIK, LUCIA . Pathways to Nationalization in Multilevel Presidential Systems: Accounting for Party Strategies in Brazil and Argentina. PUBLIUS-THE JOURNAL OF FEDERALISM, v. 47, p. 648-672, 2017.

3.
2Borges, André2017Borges, André; Turgeon, Mathieu . Presidential coattails in coalitional presidentialism. PARTY POLITICS, v. 1, p. 135406881770228, 2017.

4.
6Borges, André2016Borges, André; SANCHES FILHO, A. . Federalismo, coalizões de governo e escolhas de carreira dos deputados federais. Opiniao Publica, v. 22, p. 1, 2016.

5.
5Borges, André2016Borges, André; PAULA, C. A. ; Nóbrega, A. . Eleições Legislativas e Geografia do Voto em Contexto de Preponderância do Executivo. Revista de Sociologia e Política (Online), v. 24, p. 31-58, 2016.

6.
4Borges, André2016 Borges, André; LLOYD, RYAN . Presidential coattails and electoral coordination in multilevel elections: Comparative lessons from Brazil. Electoral Studies, v. 43, p. 104-114, 2016.

7.
7Borges, André2015 Borges, André. Nacionalização partidária e estratégias eleitorais no presidencialismo de coalizão. Dados (Rio de Janeiro. Impresso), v. 58, p. 239-275, 2015.

8.
8Borges, André2013Borges, André. Eleições presidenciais, federalismo e política social. Revista Brasileira de Ciências Sociais (Impresso), v. 28, p. 117-136, 2013.

9.
9Borges, André2011Borges, André; SANCHES FILHO, A. ; Rocha, C. . La conexión subnacional: geografía del voto y coaliciones electores en el federalism brasileño. Revista SAAP, v. 5, p. 323-358, 2011.

10.
10Borges, A.2011 Borges, A.. The Political Consequences of Center-Led Redistribution in Brazilian Federalism: The Fall of Subnational Party Machines. Latin American Research Review, v. 46, p. 21-45, 2011.

11.
13Borges, A.;Borges, André;BORGES, ANDRÃ'2010Borges, A.. Já não se fazem mais máquinas políticas como antigamente: competição vertical e mudança eleitoral nos estados brasileiros. Revista de Sociologia e Política (UFPR. Impresso), v. 18, p. 167-188, 2010.

12.
11Borges, André2010Borges, André. Dinâmica político-eleitoral, burocracia e gasto social estadual. Caderno CRH (UFBA. Impresso), v. 23, p. 91-109, 2010.

13.
12Borges, André2010Borges, André. Federalismo, dinâmica eleitoral e políticas públicas no Brasil: uma tipologia e algumas hipóteses. Sociologias (UFRGS), v. 12, p. 120-157, 2010.

14.
15Borges, André2008Borges, André. State Government, Political Competition and Education Reform: Comparative Lessons from Brazil. Bulletin of Latin American Research, v. 27, p. 235-254, 2008.

15.
14FERNANDES, A. S.2008FERNANDES, A. S. ; Borges, André . Idéias Fora do Lugar: O Neoliberalismo como categoria de análise das políticas sociais no Brasil. O&S. Organizações & Sociedade, v. 15, p. 13-38, 2008.

16.
17Borges, André2007Borges, André. From patronage politics to community deliberation: the recent experience of democratic school management in Brazil. Public Administration and Development (Print), v. 27, p. 273-282, 2007.

17.
16Borges, A.;Borges, André;BORGES, ANDRÃ'2007Borges, A.. Desenvolvendo Argumentos Teóricos a partir de Estudos de Caso: o debate recente em torno da pesquisa histórico-comparativa. Revista Brasileira de Informação Bibliográfica em Ciências Sociais, v. 63, p. 42-67, 2007.

18.
18Borges, André2007 Borges, André. Rethinking State Politics: The withering of state dominant machines in Brazil. Brazilian Political Science Review, v. 1 (2), p. 108-136, 2007.

19.
19Borges, A.;Borges, André;BORGES, ANDRÃ'2004Borges, A.. Lições de Reformas da Gestão Educacional: Brasil, EUA e Grã-Bretanha. São Paulo em Perspectiva, São Paulo, v. 18 (3), p. 125-138, 2004.

20.
20Borges, A.;Borges, André;BORGES, ANDRÃ'2003Borges, A.. Governança e Politica Educacional: A agenda recente do Banco Mundial. Revista Brasileira de Ciências Sociais (Impresso), v. 52, p. 125-138, 2003.

21.
21Borges, A.;Borges, André;BORGES, ANDRÃ'2001Borges, A.. Democracia vs. Eficiencia: reflexoes sobre a teoria da escolha publica. Lua Nova. Revista de Cultura e Política, Sao Paulo, v. 53, p. 1, 2001.

22.
22Borges, A.;Borges, André;BORGES, ANDRÃ'2000Borges, A.. Ética Burocrática, Mercado e Ideologia Administrativa: Contradições da Resposta Conservadora à. Dados (Rio de Janeiro. Impresso), Rio de Janeiro, v. 43, p. 119-152, 2000.

Capítulos de livros publicados
1.
Borges, André. Federalism, Party Politcs and Coalition Dynamcs. In: Barry Ames. (Org.). Routledge Handbook of Brazilian Politics. 1ed.New York: Routledge, 2018, v. 1, p. 240-.

2.
Borges, André. Subnational hybrid regimes and democratization in Brazil: why party nationalization matters. In: Behrend, Jacqueline; Whitehead, Laurence. (Org.). Illiberal Practices: Territorial variance within large federal democracies. 1ed.Baltimore, MA: John Hopkins University Press, 2016, v. 1, p. 162-196.

3.
Borges, André; COELHO, D. B. . O Preenchimento de Cargos da Burocracia Pública Federal no Presidencialismo de Coalizão Brasileiro: análise comparada de dois ministérios - Ciência e Tecnologia e Integração Nacional. In: Felix Garcia Lopez. (Org.). Cargos de Confiança no Presidencialismo de Coalizão Brasileiro. 1aed.Brasília: Editora IPEA, 2015, v. , p. 71-105.

4.
Borges, André. Eleições presidenciais, federalismo e política social. In: Gilberto Hochman; Carlos Aurélio de Faria. (Org.). Federalismo e Políticas Públicas no Brasil. 1ed.Rio de Janeiro: Fiocruz, 2013, v. , p. 136-.

5.
Borges, A.. Variáveis ou casos? Mapeando o debate metodológico recente na ciência política. In: Céli Regina Jardim Pinto; Cesar A. Barcellos Guazzelli. (Org.). Ciências Humanas: Pesquisa e Método. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2008, v. , p. 85-96.

6.
Borges, A.. Governo Estadual, Competição Política e Mudança Institucional: Lições comparativas da reforma da gestão escolar no Brasil. In: Celina Souza; Paulo Fábio Dantas Neto. (Org.). Governo, Elites Políticas e Políticas Públicas nos Estados Brasileiros. Revan: Rio de Janeiro, 2006, v. , p. -.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
Borges, A.. Fall from Grace: Disappointment replaces hope as the PT government faces a corruption scandal. Oxford Forum, Oxford, Reino Unido.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
Borges, André; Turgeon, Mathieu ; ALBALA, ADRIAN . Electoral Incentives to Coalition Formation in Multiparty Presidential Systems. In: 76th MPSA Congress, 2018, Chicago. MPSA, 2018.

2.
Borges, André. Presidentialism and Party System Institutionalization in Brazil. In: 11o Congresso da ABCP, 2018, Curitiba. ABCP, 2018.

3.
ALBALA, A. ; Borges, André . Pre-Electoral Coalitions and Cabinet Stability in Presidential Systems. In: 9o Congresso da ALACIP, 2017, Montevidéu. ALACIP, 2017.

4.
Borges, A.. Strong Governors, Fragmented Party Systems: Accounting for Multilevel coattails. In: Annual Meeting of the American Political Science Association, 2017, San Francisco, CA. APSA, 2017.

5.
Borges, A.; BURTNIK, L. . Gubernatorial elections and the nationalization of Political Parties: accounting for party strategy in multilevel presidential countries. In: Latin American Studies Association XXXIV Congress, 2016, Nova Iorque. LASA Proceedings, 2016.

6.
Borges, A.; VIDIGAL, R. L. . Polarização ou Indiferença: Partidarismo e voto nas eleições presidenciais brasileiras. In: X Congresso da Associação Brasileira de Ciência Política, 2016, Belo Horizonte (MG). ABCP, 2016.

7.
Borges, A.; LLOYD, R. ; MESQUITA, L. . Presidential coattails and party system integration: comparative lessons from Brazil. In: MPSA, 2015, Chicago, IL. MPSA Proceedings, 2015.

8.
Borges, André. Nacionalização partidária no presidencialismo de coalizão: teoria e evidências sobre o caso brasileiro. In: IX Congresso da ABCP, 2014, Brasília, DF. ABCP, 2014.

9.
Borges, André; Turgeon, Mathieu . Presidential coattails in coalitional presidentialism. In: XXXVII Congresso da ANPOCS, 2013, Caxambu, MG. Anais da ANPOCS, 2013.

10.
Borges, André; Rocha, C. ; PAULA, C. A. . Eleições Legislativas e Geografia do Voto em Contexto de Preponderância do Executivo. In: VIII Encontro da ABCP, 2012, Gramado, RS. Anais do VIII Encontro da ABCP, 2012.

11.
Borges, André; Turgeon, Mathieu . Presidential Coattails in Coalition Presidentialismo: Why Lula's victory in 2006 did not help his party. In: MPSA 69th Annual Conference, 2011, Chicago, USA. MPSA 2011 Proceedings, 2011.

12.
Borges, A.. Coalizões eleitorais, competição vertical e política social no federalismo brasileiro. In: X Congreso Nacional de Ciencia Política - SAAP, 2011, Buenos Aires, Argentina. X Congreso SAAP, 2012.

13.
Borges, A.; Rocha, C. ; SANCHES FILHO, A. . A Conexão Estadual: Geografia do voto e coalizões eleitorais nos estados brasileiros. In: IV Congresso Latino-Americano de Opinião Pública da WAPOR, 2011, Belo Horizonte, MG. IV Congresso WAPOR, 2011.

14.
Borges, André. The Politics of Geography: Explaining the Decay of oligarchic enclaves in an unequal federation. In: V Congresso da ALACIP, 2010, Buenos Aires. Anais do V Congresso da ALACIP, 2010.

15.
Borges, André; Turgeon, Mathieu . Do Petismo ao "Lulismo"? Explicando a ausência de cottails nas eleições de 2006. In: 34o Congresso da ANPOCS, 2010, Caxambu, MG. Anais do 34o Congresso da ANPOCS, 2010.

16.
Borges, André. The Swan Song of Political Bosses: Vertical competition in Brazilian Federalism. In: VII Encontro da ABCP, 2010, Recife. Anais do VI Encontro da ABCP, 2010.

17.
Borges, A.. The Decline of Political Bosses: Unstable clientelism ,vertical competition and electoral change in the Brazilian states. In: 2009 Meeting of the Latin American Studies Association, 2009, Rio de Janeiro, RJ. LASA 2009, 2009.

18.
Borges, A.. Dinâmica Político-eleitoral, Burocracia e gasto social nos estados brasileiros: o caso da Bahia. In: XIV Encontro de Ciências Sociais do Norte/Nordeste, 2009, Recife, PE. Anais do XIV Encontro de Ciências Sociais do Norte/Nordeste, 2009.

19.
Borges, A.. Federalismo, Dinâmica Eleitoral e Políticas Públicas nos estados brasileiros: uma tipologia e algumas hipóteses. In: XXXIII Encontro Anual da ANPOCS, 2009, Caxambu, MG. Anais do XXXIII Encontro Anual da ANPOCS, 2009.

20.
FERNANDES, A. S. A. ; Borges, A. . Idéias Fora do Lugar: Neoliberalismo e Política Social no Brasil. In: VI Encontro da Assoc. Brasileira de Ciência Política, 2008, Campinas, SP. VI Encontro da ABCP, 2008.

21.
Borges, A.. Já não se Fazem mais Máquinas Políticas como Antigamente: evidências sobre o caso da Bahia e algumas hipóteses. In: VI Encontro da Assoc. Brasileira de Ciência Política, 2008, Campinas, SP. VI Encontro da ABCP, 2008.

22.
Borges, A.. Burocracia, Política de Patronagem e Gasto Educacional nos Estados Brasileiros: o caso da Secretaria de Educação do Estado da Bahia. In: III Encontro de Administração Pública e Governança, 2008, Salvador, BA. III ENAPG, 2008.

23.
Borges, A.. Dinâmica Político-Eleitoral e Investimentos Educacionais nos Estados Brasileiros: o caso da Bahia. In: 31o Encontro da ANPOCS, 2007, Caxambu (MG). 31o Encontro da ANPOCS, 2007.

24.
Borges, A.. Desenvolvendo Argumentos Teóricos a partir de Estudos de Caso: o debate recente em torno da pesquisa histórico-comparativa. In: XXIV Simpósio Nacional de História, 2007, São Leopoldo. Anais do XXIV Simpósio Nacional de História, 2007.

25.
Borges, A.. State Government, Political Competition and School Decentralization: Comparative lessons from Brazil. In: Annual Meeting of the American Political Science Association, 2006, Philadelphia. APSA Proceedings.

26.
Borges, A.. Política Estadual, Escopo do Conflito Político e Mudança Institucional: Reformando a gestão escolar no Brasil. In: 29 Encontro Anual da ANPOCS, 2005, Caxambu. 29 Encontro Anual da ANPOCS, 2005.

27.
Borges, A.. Política Tradicional e Insulamento Burocrático: As Políticas do Ajuste Fiscal no Brasil. In: 2o Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política, 2000, São Paulo - SP. n.d, 2999.

28.
Borges, A.. As Vicissitudes da Reforma Gerencial no Brasil: Uma Abordagem Analítica. In: XXIV Encontro Nacional da ANPAD, 1999, Foz do Iguaçu. Anais do XXIV Encontro Nacional da ANPAD, 1999. p. 1-15.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
Borges, André; BURTNIK, L. . Presidential elections and the nationalization of political parties in federal countries: comparing parties and institutions in Brazil and Argentina. In: IPSA 23rd World Congress, 2014, Montreal. IPSA 23rd World Congress, 2014.

2.
Borges, A.. The Dual Logic of Empowerment: Democracy, education and school reform in Brazil. In: Society for Latin American Studies Annual Conference, 2005, Derby, UK. 2005 SLAS Conference, 2005.

Apresentações de Trabalho
1.
Borges, A.. Federalismo, eleições e política social no Brasil: uma tipologia. 2008. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

2.
Borges, A.. State government, democratization and the Scope of Political Conflct in Brazil: a typology. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
Borges, A.. Política estadual, educação e mudança institucional: reformando a gestão escolar no Brasil. 2005. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

Outras produções bibliográficas
1.
Borges, André. Parecer 01-2015 - Revista Brasileira de Ciência Política 2015 (Parecer).

2.
Borges, André. Parecer 01 - 2014 - Revista Organizações e Sociedade 2014 (Parecer).

3.
Borges, André. Parecer 01 - 2013 - Latin American Politics & Society 2013 (Parecer).

4.
Borges, André. Parecer 02 - 2013 - Latin American Research Review 2013 (Parecer).

5.
Borges, André. Parecer 03 - 2013 - Brazilian Political Science Review 2013 (Parecer).

6.
Borges, André. Parecer 01 - 2012 - Revista de Sociologia e Política. Curitiba - PR: Editora UFPR, 2012 (Parecer).

7.
Borges, André. Parecer 02 - 2012 - Latin American Politics & Society 2012 (Parecer).

8.
Borges, A.. Parecer 01-2010. Public Administration and Development 2010 (Parecer).

9.
Borges, André. Parecer 02-2010. Latin American Research Review 2010 (Parecer).

10.
Borges, André. Parecer 03 - 2010. Public Administration and Development 2010 (Parecer).

11.
Borges, André. Parecer 04-2010. Publius - Journal of Federalism. 2010 (Parecer).

12.
Borges, A.. Parecer 01-2009. Brazilian Political Science Review 2009 (Parecer).

13.
Borges, A.. Parecer 02-2009. Revista Organizações e Sociedade. 2009 (Parecer).

14.
Borges, A.. Parecer 03-2009. Caderno do CRH. 2009 (Parecer).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
Borges, André. Brazil - Five Year Political Outlook. 2009.

2.
Borges, A.. Brazil - Social spending. 2008.

3.
Borges, A.. Brazil - crime. 2008.

4.
Borges, A.. Brazil - Municipal Elections. 2008.

5.
Borges, A.. Brazil: Presidential succession. 2008.

6.
Borges, A.. Brazil - Venezuela Relations. 2008.

7.
Borges, André. Brazil - Demographic Transition. 2008.

8.
Borges, A.. Brazil - Labour Reform. 2007.

9.
Borges, A.. Brazil cabinet. 2007.

10.
Borges, A.. Brazil - Alckmin Profile. 2006.

11.
Borges, A.. Brazil - Education Reform. 2006.

12.
Borges, A.. Brazil - Palocci Resignation. 2006.

13.
Borges, A.. Brazil - Subnational Fiscal Performance. 2006.

14.
Borges, A.. Brazil _ Pension Reform. 2006.

15.
Borges, A.. Brazil - State Politics. 2006.

16.
Borges, A.. Brazil Elections. 2006.

17.
Borges, A.. Brazil Presidential Prospects. 2005.

18.
Borges, A.. Brazil - Cuban Connection. 2005.

Trabalhos técnicos
1.
Borges, André. Parecer 01 - 2017 - Latin American Research Review. 2017.

2.
Borges, André. Parecer 02 - 2017 - Revista Opinião Pública. 2017.

3.
Borges, André. Parecer 03 - 2017 - Dados Revista de Ciências Sociais. 2017.

4.
Borges, André. Parecer 04- 2017 - Revista Brasileira de Ciência Política. 2017.

5.
CEPIK, M. ; Borges, A. . Combate à pobreza no PPA. 2006.

6.
CEPIK, M. ; Borges, A. . Relatorio Pesquisas SAGI II. 2006.

7.
CEPIK, M. ; Borges, A. . Relatorio Pesquisas SAGI III. 2006.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
Borges, André. Políticos admitem o mau momento. 2017. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

2.
Borges, André. O Remédio Errado. 2017. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

3.
Borges, André; LOPEZ, F. G. . Por que Temer depende tanto do apoio da maioria do Congresso?. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
Borges, A.; NICOLAU, J. . Crise na Representação Política Reacende Debate sobre Reformas. 2017.

5.
Borges, André. Sistema partidário à beira do colapso. 2016. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

6.
Borges, André. A força da retórica conservadora. 2016. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

7.
Borges, André; BARRETO, L. . Os desafios em tempos de crise política e econômica. 2015.

8.
Borges, André; Terron, Sonia . Eleições 2014: Terceira via ainda é inviável, dizem especialistas. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

9.
Borges, André; Terron, Sonia . Divisão Geográfica dos Votos indica Percepção sobre Políticas Públicas. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

10.
Borges, André. O Eleitor Reafirma a Aposta. 2012. (Programa de rádio ou TV/Comentário).


Demais tipos de produção técnica


Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
Turgeon, Mathieu; IGLESIAS, F.; Borges, A.. Participação em banca de Robert Lee Borges de Paula Vidigal. Opinião pública sobre ações afirmativas: efeito do afeto racial, estratificação social , predisposições políticas e conhecimento político na visão dos brancos. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade de Brasília.

2.
Turgeon, Mathieu; Hoersting, R.; Borges, André. Participação em banca de Mariana Tanus Marques. Choro e Raiva: os efeitos da expressão de emoções e dos estereótipos de gênero em eleições. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade de Brasília.

3.
COELHO, D. B.; Borges, André; Turgeon, Mathieu. Participação em banca de Adryelle Pedrosa Fontes. Participação do Legislativo na Definição de Políticas Trabalhistas e Sindicais. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade de Brasília.

4.
Rennó, Lucio; Borges, André. Participação em banca de André Bello Sá Rosas Costa. Impactos de rede e contexto social para uma decisão de qualidade: o voto correto. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade de Brasília.

5.
SOUZA, C. A. S.; Borges, A.; SILVA, M. D. L.. Participação em banca de Ramiro de Assis Oliveira. A Geografia do Voto e Financiamento de Campanha: análise das eleições para a Câmara Federal em 2006 e 2010. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Pará.

6.
COELHO, D. B.; GOMIDE, A.; Borges, André. Participação em banca de Mariana Rodrigues de Moura. A criação das agências reguladoras no Brasil: uma análise dos diferentes padrões de agendamento. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade de Brasília.

7.
COELHO, D. B.; Borges, André. Participação em banca de Daienne Amaral Machado. Políticas Públicas Interfederativas: coordenação na implementação do Programa Alfabetização na Idade Certa do Ceará. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade de Brasília.

8.
Rennó, Lucio; Turgeon, Mathieu; Borges, André. Participação em banca de Carlos Antônio de Oliveira. As Ideologias Políticas no Brasil e suas implicações no cotidiano político do eleitorado: uma análise empírico-teórica. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade de Brasília.

9.
Rennó, Lucio; Borges, A.; GRAMACHO, W.. Participação em banca de Igor Nogueira Calvet. Determinantes do voto, corrupção e impacto eleitoral nas eleições presidenciais Brasileiras de 2002 a 2010. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade de Brasília.

10.
MEDEIROS, J.; Borges, André; Gomes, Ricardo. Participação em banca de Jorge Luiz Rocha Ramos. Implementação de programas federais e descentralização de políticas públicas: um estudo de caso no contexto do Proinfância. 2011. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade de Brasília.

11.
Turgeon, Mathieu; Borges, André; Cervi, Emerson. Participação em banca de Paulo Henrique Canhoto Alves. A converência de agendas candidatos-mídia no primeiro turno das eleições presidenciais de 2006. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade de Brasília.

12.
Abers, Rebecca; Empinotti, Vanessa; Borges, A.. Participação em banca de Aline Marques Ohira. Uma Trajetória de Mudança: Idéias, instituições e reofrma da política da gestão de recursos hídricos no Paraná. 2010. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade de Brasília.

13.
Borges, A.. Participação em banca de Maria Goreti Farias Machado. A Prosta do FUNDEB do Executivo Federal: interlocuções na formulação da política. 2007. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Teses de doutorado
1.
CODATO, A.; Couto, C.; Borges, André; Dalto, F.. Participação em banca de Wilson Gerigk. POLÍTICA NOS PEQUENOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS: UMA ANÁLISE DE SEUS EFEITOS SOBRE O PROCESSO DECISÓRIO, AS POLÍTICAS FISCAIS E OS INVESTIMENTOS PÚBLICOS. 2016. Tese (Doutorado em Políticas Públicas) - Universidade Federal do Paraná.

2.
Melo, Carlos; Inácio, Magna; Santos, Fabiano; Nunes, Felipe; Borges, André. Participação em banca de Filipe Souza Corrêa. O que fazer para sobreviver politicalmente? Padrões de Carreira dos Deputados estaduais no Brasil. 2016. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade Federal de Minas Gerais.

3.
Abers, Rebeca; PIRES, Roberto; BULOW, M. V.; Borges, André. Participação em banca de Ana Karine Pereira. A Construção da Capacidade Estatal por Redes Transversais: o caso de Belo Monte. 2014. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade de Brasília.

4.
FLEISCHER, D.; CINTRA, A. O.; RODRIGUES, R. J. P.; Borges, A.; Adeoadato, J. M.. Participação em banca de Nunes Junior, Amandino Teixeira. A judicialização da política no Brasil : análise das decisões do TSE e do STF sobre verticalização das coligações e fidelidade partidária. 2014. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade de Brasília.

5.
Borges, A.; Napoleão, S.; Baptista, C.. Participação em banca de Francéli Brizolla. Políticas Públicas de inclusão escolar: "negociação sem fim". 2007. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Qualificações de Doutorado
1.
Rennó, Lucio; Neiva, P.; Borges, André. Participação em banca de Milton de Souza Mendonça Sobrinho. Governabilidade é tudo? Office-seeking e policy-seeking no presidencialismo brasileiro. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Política) - Universidade de Brasília.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
PRA, J. R.; BRAGA, M. S.; Borges, André. Concurso Público para professor adjunto na área de Metodologia Quantitativa da Pesquisa Social". 2015. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

2.
Borges, André; Turgeon, Mathieu; BULOW, M. V.. Concurso Professor Substituto - Políticas Públicas. 2015. Universidade de Brasília.

3.
Borges, André; Nascimento, P.; Teixeira, G.. Concurso Prof. Substituto - Ciência Política. 2014. Universidade de Brasília.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
III Seminário Câmara Legislativa do DF.Sistema Eleitoral e Democracia. 2015. (Simpósio).

2.
38o Encontro da ANPOCS, MR06. As eleições de 2014 e a geografia do voto. 2014. (Congresso).

3.
II Seminário Internacional de Gestão e Políticas Públicas.Voto, políticas públicas e nacionalização partidária em sistemas federativos. 2013. (Seminário).

4.
II Fórum Brasileiro de Ciência Política. Metodologia em Ciência Política (Debatedor). 2011. (Congresso).

5.
Sub-national Democratization: Latin America, the United States, Russia and India in Comparative Perspective. The Politics of Geography: explaining the decay of oligarchic enclaves in an unequal federation. 2010. (Congresso).

6.
Mesa Redonda A Ciência Política no Nordeste - XIV CISO. Desigualdades regionais e hierarquia do campo da Ciência Política no Brasil. 2009. (Congresso).

7.
Seminário de Ciência Política - UFPR.Aplicando o Método Comparativo Subnacional: limites e potencialidades no estudo de democracias federais. 2009. (Simpósio).

8.
Governo Estadual, Competição Política e Políticas Públicas no Brasil. 5o Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política. 2006. (Congresso).

9.
Seminários FLEM.Descentralização e Reformas da Educação: Brasil, EUA e Grã-Bretanha. 2006. (Outra).

10.
State Politics and Institutions in Comparative Perspective.State Government, Democratization and the Scope of Political Conflict in Brazil: a typology. 2006. (Seminário).

11.
Education as a Human Right Conference. Education Quality in Brazil. 2005. (Congresso).

12.
Seminário Política Estadual Comparada.Política Estadual, Educação e Mudança Institucional. 2005. (Seminário).

13.
St. Antony's Graduate Seminar.Governance, the State and Civil Society: a critique. 2005. (Outra).

14.
Centre for Brazilian Studies MichaelmasTerm Seminar.State Government, Education Reform and Democracy in Brazil. 2004. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Borges, André; Gramacho, W. ; Braga, R. . Seminário Internacional 30 Anos de Presidencialismo de Coalizão. 2016. (Congresso).

2.
Borges, André. Panel "New Perspectives on Party Nationalization". 2016. (Congresso).

3.
Borges, A.; Terron, Sonia ; Peixoto, Vitor . Mesa Redonda "As Eleições de 2014 e a Geografia do Voto". 2014. (Congresso).

4.
Borges, A.; Turgeon, Mathieu ; Rennó, Lucio . Seminário Internacional Instituições, Comportamento Político e Geografia do Voto. 2012. (Congresso).

5.
Borges, André. Painel "Challenges of Subnational Democratization in Comparative Perspective", São Paulo IPSA-ECPR Conference. 2011. (Congresso).

6.
Borges, A.; Souza, C. . State Politics and Institutions in Comparative Perspective: lessons from Brazil. 2006. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Marcello Doudement. Conexão Eleitoral e Reeleição de Deputados Evangélicos. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade de Brasília. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Danilo Bijos Crispim. Estruturas e Fissuras de Representação e Accountability no Federalismo Brasileiro. Início: 2015. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade de Brasília. (Orientador).

2.
Vinicius Alves. O papel dos partidos políticos na reeleição de deputados federais. Início: 2015. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade de Brasília. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Isadora Faust Peron. O Momento de Formação das Coligações e a influência na Formação das Coalizões: um estudo de caso. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade de Brasília, . Orientador: André Borges de Carvalho.

2.
Guilherme Brandão. Tribunais de Contas Estaduais: Politização, transparência e eficiência. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade de Brasília, . Orientador: André Borges de Carvalho.

3.
Aldenir Brandão. Reforma Política: do gradualismo às mudanças sistêmicas.. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade de Brasília, . Orientador: André Borges de Carvalho.

4.
Iana Alves de Lima. Ambição e padrões de carreira de Deputados Federais: a alternância entre cargos no Poder Executivo e Legislativo. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade de Brasília, . Orientador: André Borges de Carvalho.

5.
Marcelle Silva Vaz. Federalismo, Instituições Políticas e Sinergia Estado-Socieade: Entendendo Processos e resultados do Programa Saúde da Família. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: André Borges de Carvalho.

6.
Danilo Bijos Crispim. Federalismo, Instituições Políticas e Relações Intergovernamentais: um estudo sobre os elementos das transferências voluntárias no Estado de Minas Gerais. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade de Brasília, . Orientador: André Borges de Carvalho.

7.
Noelle da Silva. A Presidência da República: atores políticos e burocracia no funcionamento da Casa Civil. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: André Borges de Carvalho.

8.
Renato Soares Coutinho. O Impacto dos Royalties Petrolíferos sobre o Desenvolvimento Econômico Local: um estudo comparativoentre os municípios de Campos e Niterói. 2008. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: André Borges de Carvalho.

9.
James Batista Vieira. Os Microfundamentos da Transação Corrupta: o referencial analítico da corrupção reconsiderado. 2008. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: André Borges de Carvalho.

Tese de doutorado
1.
Nivaldo Adão Ferreira Jr.. Regras formais e informais: a complexidade do processo de tomada de decisões no parlamento brasileiro. 2018. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade de Brasília, . Orientador: André Borges de Carvalho.

2.
Pedro Palotti. Presidentes, partidos políticos e burocracia: nomeação e rotatividade dos cargos de confiança no presidencialismo de coalizão brasileiro pós-88. 2017. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade de Brasília, . Orientador: André Borges de Carvalho.

3.
Adriano da Nóbrega Silva. Medidas Provisórias: Delegação e Lógica Partidária na Câmara dos Deputados. 2015. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade de Brasília, . Orientador: André Borges de Carvalho.

4.
Joelmo Oliveira. A Teoria Política na análise e formulação da Política de Ciência, Tecnologia e Inovação. 2015. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade de Brasília, . Orientador: André Borges de Carvalho.

5.
Gildete Dutra Emerick. Relações Federativas na oferta da Educação básica para as populações residentes em áreas rurais brasileiras. 2013. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade de Brasília, . Orientador: André Borges de Carvalho.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Kennia Rodrigues Oliveira. Os labirintos do poder - patronagem e jogo eleitoral na máquina pública brasileira. 2011. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização em Análise Institucional) - Universidade de Brasília. Orientador: André Borges de Carvalho.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Juan Carlos Costa de Arruda Pereira Gonçalves. Renúncias e Impeachments na América Latina Estudo dos casos de 1990 a 2016 Brasília. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciência Política) - Universidade de Brasília. Orientador: André Borges de Carvalho.

2.
Matheus Vitor Leone Gomes Carneiro. COESÃO PARTIDÁRIA: O CASO DO PARTIDO DA SOCIAL DEMOCRACIA BRASILEIRA NA CÂMARA DOS DEPUTADOS. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciência Política) - Universidade de Brasília. Orientador: André Borges de Carvalho.

3.
André Atadeu Moreira. Coesão partidária no Senado Federal. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Políticas) - Universidade de Brasília. Orientador: André Borges de Carvalho.

4.
Iana Alves de Lima. CARREIRA E MOTIVAÇÕES PARLAMENTARES: PADRÕES DE TRAJETÓRIA DE DEPUTADOS FEDERAIS E A ALTERNÂNCIA ENTRE CARGOS NO PODER EXECUTIVO E LEGISLATIVO. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciência Política) - Universidade de Brasília. Orientador: André Borges de Carvalho.

5.
Pedro Mansueto de Lavor Filho. Indústria Brasileira no Governo Lula: a construçaõ das coalizões de defesa na política industrial, tecnológica e de comércio exterior. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Políticas) - Universidade de Brasília. Orientador: André Borges de Carvalho.

6.
Ludmila Terra Pontes Duarte. Coalizões e Gabinetes na esfera subnacional: o caso do governo Cristovam Buarque (1995-1998). 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Políticas) - Universidade de Brasília. Orientador: André Borges de Carvalho.

7.
Egídio dos Santos Ferreira. As Políticas Sociais de Saúde e Educação nos governos de Alceu Collares, Antônio Britto e Olívio Dutra. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharelado em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: André Borges de Carvalho.

Iniciação científica
1.
Rodrigo Lima de Oliveira. Coattails presidencial no presidencialismo de coalizão. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Políticas) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: André Borges de Carvalho.

2.
Tayrine dos Santos Dias. Análise dos mecanismos e condicionantes do efeito coattails nas eleições de 2010. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Políticas) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: André Borges de Carvalho.

3.
Adriana de Oliveira Pinheiro. Estudo do efeito coattails presidencial nas eleições de 1998 a 2010 com dados ao nível dos estados. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Políticas) - Universidade de Brasília. Orientador: André Borges de Carvalho.

4.
Iana Alves de Lima. Geografia do voto, eleições e carreiras políticas: um estudo de quatro estados da federação (BA, MG, RN e RS). 2012. Iniciação Científica - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: André Borges de Carvalho.

5.
Dennis Saldanha Novaes. Geografia do voto na Bahia e no Rio Grande do Sul: mapeamento dos padrões de votação dos deputados federais e estaduais nas eleições de 2006. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Políticas) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: André Borges de Carvalho.

6.
Noelle da Silva Campos. Geografia do voto no Rio Grande do Norte e em Minas Gerais: mapeamento dos padrões de carreira dos deputados federais e estaduais e governadores. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Ciência Política) - Universidade de Brasília. Orientador: André Borges de Carvalho.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 16/12/2018 às 15:15:43