Clarice Santos Mota

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/0237744521147975
  • Última atualização do currículo em 13/11/2017


Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal da Bahia (2000), mestrado em Saúde Coletiva pelo ISC - UFBA (2003) e doutorado em Ciências Sociais pelo Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais da UFBA ( 2007). Concluiu em 2016 o pós doutorado no Departamento de Ciências da Saúde da University of York, no Reino Unido. É professora adjunta IV do Instituto de Saúde Coletiva da UFBA e vice-líder do Programa Integrado de Pesquisa e Cooperação Técnica Família e Saúde (FA-SA): Contextos, trajetórias e políticas públicas. Atua como coordenadora do Projeto Itinerários Terapêuticos e Cuidado Integral de pessoas com Doença Falciforme. Tem experiência na área de Ciências Sociais em Saúde, com ênfase em Antropologia da Saúde e na área de Sociologia, com ênfase na Sociologia da Saúde, atuando como pesquisadora principalmente nos seguintes temas: iniquidades em saúde, saúde da população negra, Doença Falciforme, racismo, etnicidade, identidade,movimentos sociais em saúde. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Clarice Santos Mota
Nome em citações bibliográficas
MOTA, C. S.;Mota, Clarice Santos

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal da Bahia, Instituto de Saúde Coletiva.
Rua Basílio da Gama, s/n - Campus Universitário Canela
Canela
40110170 - Salvador, BA - Brasil
Telefone: (71) 32837397
URL da Homepage: http://www.isc.ufba.br


Formação acadêmica/titulação


2003 - 2007
Doutorado em Ciências Sociais.
Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, FFCH-UFBA, Brasil.
Título: Entre a obediência e a subversão: um estudo sobre as tensões na Renovação Carismática Católica, Ano de obtenção: 2007.
Orientador: Míriam Cristina Rabelo.
Palavras-chave: Religiosidade; Catolicismo; Renovação Carismática.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Outras Sociologias Específicas.
2001 - 2003
Mestrado em Saúde Coletiva.
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Título: A pomba e o estetoscópio: um estudo sobre médicos religiosos na RCC,Ano de Obtenção: 2003.
Orientador: Carlos Caroso Soares.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Religião; Médicos Religiosos; Saúde.
Grande área: Ciências Humanas
1997 - 2000
Graduação em Ciências Sociais.
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Título: Dons e terapiana RCC: uma etnografia.
Orientador: Núbia Bento Rogrigues.


Pós-doutorado


2015 - 2016
Pós-Doutorado.
University of York, YORK, Inglaterra.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Grande área: Ciências da Saúde


Formação Complementar


2004 - 2004
VII Fábrica de Idéias - CEAO. (Carga horária: 160h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
1997 - 1997
Mestrado em Saúde Coletiva. (Carga horária: 20h).
Instituto de Saúde Coletiva, ISC*, Brasil.


Atuação Profissional



Faculdade Regional da Bahia, UNIRB, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2007
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: docente, Carga horária: 8


Faculdade Social da Bahia, FSBA, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2009
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: docente, Carga horária: 10
Outras informações
Docente do Curso de Especialização em Psicopedagogia na disciplina Metodologia da Pesquisa


Instituto Mantenedor de Ensino Superior da Bahia, IMES, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2007
Vínculo: Docente, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 27
Outras informações
Docente das disciplinas: Sociologia Antropologia Bioética

Atividades

03/2003 - 03/2007
Ensino, Fisioterapia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Antropologia
Bioética
Sociologia
05/2004 - 12/2005
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Tecnologia e Ciências de Salvador, Faculdade de Tecnologia e Ciências de Salvador.

Atividade realizada
Coordenação do Projeto Interdisciplinar.
02/2004 - 12/2004
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Tecnologia e Ciências de Salvador, .

Cargo ou função
Membro do Núcleo de Apoio Metodológico.

Pink And Blue Freedom, P&B, Brasil.
Vínculo institucional

1997 - 1998
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Professor de Inglês, Carga horária: 20

Atividades

02/1997 - 02/1998
Ensino,

Disciplinas ministradas
Inglês

Secretaria da Saúde do Estado da Bahia, SESAB, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2008
Vínculo: cargo de provimento temporário, Enquadramento Funcional: coordenadora, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2007 - 2008
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: docente, Carga horária: 10

Atividades

10/2007 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, SESAB, .

Cargo ou função
secretária executiva do Comitê de Ética em Pesquisa da SESAB.
08/2007 - 07/2008
Direção e administração, SESAB, .

Cargo ou função
Cargo administrativo - Coordenação de Estudos e Pesquisas.
08/2007 - 07/2008
Pesquisa e desenvolvimento , SESAB, .

08/2007 - 07/2008
Ensino, Especialização em Saúde da Família -Semi-presencia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Tutoria e orientação TCC

Universidade do Estado da Bahia, UNEB, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2009
Vínculo: professor temporário, Enquadramento Funcional: docente, Carga horária: 20
Outras informações
Professor de Antropologia - Curso de Graduação em Administração a Distância


Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Disciplinas ministradas: 1.1 Graduação ISCA81 Introdução à Saúde Coletiva (51hs) ISCA44 Teorias Sociais em Saúde (68hs) ISCA49 Seminários Interdisciplinares (34hs) 1.2 Pós graduação Disciplinas ministradas ISC541 Saúde, Cultura e Sociedade ISC 549 Métodos Não-Estruturados da Pesquisa Social em Saúde II ISCA13 Etnografia Contemporânea em Saúde ISC550 Teorias Sociais em Saúde

Vínculo institucional

2007 - 2008
Vínculo: professor substituto, Enquadramento Funcional: professor substituto, Carga horária: 20

Vínculo institucional

1998 - 2002
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 20

Atividades

03/2009 - Atual
Ensino, Saúde Coletiva, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
ISC 549 - Métodos Não-Estruturados da Pesquisa Social em Saúde II
ISCA13 Etnografia Contemporânea em Saúde
ISC541 Saúde, Cultura e Sociedade
03/2009 - Atual
Ensino, Graduação em Saúde Coletiva, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução a Ciências Humanas e Sociais
Introdução à Saúde Coletiva
Sociedade Cultura e Saude
Teorias Sociais em Saúde
3/2007 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Saúde Coletiva, Isc.

03/2009 - 12/2011
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Saúde Coletiva, .

Cargo ou função
Membro de colegiado de graduação.
03/2007 - 03/2009
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
antropologia médica
antropologia urbana
antropologia 1
antropologia 2


Linhas de pesquisa


1.
Comunidades, Famílias, Modos de Vida e Saúde

Objetivo: Objetivo: Descrever e analisar modos de vida e práticas de saúde de famílias e grupos sociais específicos; Analisar trajetórias de construção da família enquanto instituição social; Investigar saberes e práticas relacionadas ao processo saúde-doença-cuidado, suas interfaces com as relações de gênero e geração, em diferentes contextos sociais; Analisar a interação entre famílias e redes formais e informais no processo saúde-doença-cuidado; Avaliar políticas e programas relacionados à família e à comunidade, considerando perspectivas de diferentes sujeitos. Palavras-chave: Modos de vida; Família; Redes; Processo Saúde-Doença-Cuidado;.
Palavras-chave: Contextos Sociais; Modos de Vida; Família; Redes.
2.
Vulnerabilidade e Proteção Social ? contextos sócio-ambientais e grupos

Objetivo: Objetivo: Analisar a dinâmica entre vulnerabilidade e proteção social relativa a grupos sociais específicos, famílias e comunidades; Produzir estudos que abordem os determinantes sociais da saúde, incluindo a relação entre saúde e ambiente como contexto de produção de saúde-doença; Desenvolver estudos que visem contribuir com o desenvolvimento e o aperfeiçoamento de políticas e programas de caráter intersetorial com foco na equidade, centrados em grupos vulneráveis e suas formas de enfrentamento das iniquidades em saúde, respeitando as especificidades sócio-culturais e as necessidades. Palavras-chave: Vulnerabilidade Social; Proteção Social; Determinantes sociais; Grupos Sociais; Famílias; Comunidades..
Palavras-chave: Vulnerabilidade; Determinantes Sociais; Proteção social.
3.
Políticas Públicas, Participação Social e Saúde

Objetivo: Objetivo: Analisar políticas públicas enquanto repostas sociais a problemas de saúde, formas de mobilização e participação social; Promover estudos que analisem a conformação de redes sociais, formação de grupos/coletivos que se organizam em torno de demandas sociais em saúde; Analisar estratégias de empoderamento, mediação e controle social, incluindo a organização de Movimentos sociais em saúde. Palavras-chave: Participação social em saúde; Redes sociais; Políticas públicas.
Palavras-chave: participação social; Redes sociais; Políticas públicas.
4.
Etnicidade, Raça e Saúde

Objetivo: Objetivo: Analisar processos de iniquidade racial em saúde e expressões de racismo, incluindo o racismo institucional; Avaliar limites e potencialidades de políticas públicas voltadas para a superação de racismo e iniquidades raciais em saúde; Analisar as relações entre identidade étnico-racial e de gênero, modos de vida e saúde. Palavras-chave: Identidade étnico-racial; Racismo Institucional; Políticas de equidade; Identidade étnico-racial.
Palavras-chave: identidade; racismo; Equidade.
5.
Itinerários terapêuticos, Cronicidade e Cuidado Integral em Saúde

Objetivo: Objetivo: Analisar os significados e as repercussões de condições crônicas para as pessoas afetadas e seus familiares; Mapear e analisar as instâncias de cuidado em saúde acionadas por indivíduos e grupos; Identificar motivações para escolhas relacionadas aos itinerários terapêuticos, dedicando especial atenção aos serviços públicos, às redes de cuidados dirigidas às condições crônicas. Palavras-chave: itinerários terapêuticos; condições crônicas; acessibilidade; agências de cuidado; redes de cuidado.
Palavras-chave: Itinerários terapêuticos; Cronicidade.
6.
Enfoques teórico-metodológicos em ciências sociais em saúde

Objetivo: Objetivos: Analisar as contribuições, limites e desafios da área das Ciências Sociais em saúde, fomentando estudos que abordem a situação mais recente da área de Ciências Humanas e Sociais em Saúde nos Programas de Pós-Graduação em Saúde Coletiva; Analisar questões epistemológicas, abordagens teórico-metodológicos e as especificidades nos modos de produção e produtos da área. Palavras-chave: Ciências Sociais e Humanas em Saúde; Programa de Pós-graduação em Saúde Coletiva.
Palavras-chave: Ciências Sociais e Humanas em Saúde; Programa de Pós-graduação em Saúde Coletiva.
7.
Direito à saúde e ativismo
8.
Formação em Saúde no Estado da Bahia

Objetivo: Analisar a estrutura curricular dos cursos de graduação da área de saúde das Instituições de Ensino Superior da Bahia, avaliando suas relações com as Diretrizes Curriculares Nacionais e com os princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde..
Palavras-chave: Saúde; formação.
9.
Projeto Educação a Distância no SUS/Ba

Objetivo: Contribuir para o fortalecimento da Política de Educação Permanente em Saúde no Estado da Bahia através da incorporação de novas tecnologias de ensino presencial, semipresencial e a distância;.


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Vulnerabilidade, Itinerários Terapêuticos e Cuidado Integral frente à Cronicidade: foco na Doença Falciforme (DF) e Leucemia Mieloide Crônica (LMC)
Descrição: A integralidade é um princípio caro ao Sistema Único de Saúde e revela-se de fundamental importância para o cuidado efetivo e humanizado centrado no usuário. Em termos teóricos, a integralidade é vista aqui como uma ação social resultante da interação dos sujeitos que se processa em distintas esferas de atenção à saúde, além de significar também que o processo saúde-doença-cuidado abrange dimensões sociais, culturais e comunitárias. Ações urgentes são necessárias para atuar sobre as vulnerabilidades e atender as necessidades da população, diminuindo as diferenças indesejáveis e evitáveis ? iniquidades ? de saúde. Este projeto almeja articular múltiplas dimensões da vulnerabilidade (individuais, sociais e institucionais/programáticas) associada a duas doenças hematológicas crônicas - Leucemia mielóide crônica (LMC) e Doença Falciforme (DF) e dos processos mobilizados em torno do cuidado integral. A pesquisa adota o enfoque qualitativo, privilegiando os sentidos, significados e experiências dos sujeitos e atores sociais implicados com o fenômeno investigado. Considerando a natureza e abrangência dos objetivos propostos, serão acionadas diferentes técnicas para coleta de dados, como entrevistas semi-estruturadas e grupos focais..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Clarice Santos Mota - Coordenador / Leny Alves Bomfim Trad - Integrante / Ana Luisa Araújo Dias - Integrante / Altair Lira - Integrante / Yeimi Alzate López - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2014 - 2014
Segurança Pública e questões raciais: abordagem policial na perspectiva de policiais militares e jovens negros
Descrição: Esta pesquisa focalizou a abordagem policial nos municípios de Salvador, Fortaleza e Recife, visando explorar critérios normativos e representações sociais que pautam a construção do ?suspeito?, bem como, os mecanismos de monitoramento e controle de práticas discriminatórias e o modo como se incorpora a questão racial e o ?conceito? de suspeição na esfera da segurança pública nos municípios de Salvador, Fortaleza e Recife. Em consonância com estas questões, foram definidos os seguintes objetivos: 1) identificar as representações sociais que pautam a ?escolha do suspeito?; 2) investigar a relação das instituições de segurança pública com a comunidade local, particularmente com a juventude negra; 3) Propor estratégias de sensibilização/formação para mitigar atitudes discriminatórias no âmbito da abordagem policial. Do conjunto de resultados, podem ser destacados dois aspectos comuns aos três contextos investigados: a abordagem policial constitui uma prática marcada por tensões e ambiguidades entre as dimensões técnico-normativas, reguladas por dispositivos formais, e a dimensão discricionária, alimentada por ideologias e valores sociais; a questão racial é subsumida no discurso dos informantes de ambos os segmentos entrevistados, ocupando o lugar do ?não dito? na medida em que a discriminação social atravessa, com destaque, o tema da abordagem policial, figurando como principal interface de diálogo com o contexto social brasileiro e como elemento de orientação do trabalho policial na concepção, sobretudo, dos jovens..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2014 - Atual
Itinerários terapêuticos de pessoas com Doença Falciforme em Salvador: um estudo sobre acessibilidade aos serviços de saúde
Descrição: O estudo proposto pretende discutir a acessibilidade das pessoas com Doença Falciforme aos serviços de saúde explorando três dimensões: Organizacionais (fluxo assistencial, referência e contra-referência nos três níveis de atenção); Sócio-culturais (contextos sociais/experiências dos sujeitos) e Epidemiológicas (perfil sócio econômico e panorama de morbimortalidade da doença através dos sistemas de informação). Acreditamos deste modo, produzir dados relevantes ao conhecimento da realidade das pessoas com DF em Salvador, produzindo informações da morbimortalidade da doença falciforme em Salvador; considerando os itinerários terapêuticos de pessoas com DF enquanto eventos traçadores, cuja análise, aliada a outras fontes de dados, permitirá identificar entraves e potencialidades ao cuidado integral..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (2) .
Integrantes: Clarice Santos Mota - Coordenador / Leny Alves Bomfim Trad - Integrante / Ana Luisa Araújo Dias - Integrante / Altair Lira - Integrante.
2013 - Atual
Perfil e contribuição das ciências humanas e sociais no campo da saúde coletiva: pesquisa, ensino e extensão.
Descrição: Objetivo: Descrever e analisar o perfil e contribuição das ciências humanas e sociais no campo da saúde coletiva nos eixos da pesquisa, ensino e extensão..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) .
Integrantes: Clarice Santos Mota - Integrante / Leny Alves Bomfim Trad - Coordenador / Marcelo Castellanos - Integrante.
2013 - Atual
ITINERÁRIOS TERAPÊUTICOS E CUIDADO INTEGRAL DE PESSOAS COM ÚLCERA DE PERNA E NECROSE DE CABEÇA DE FÉMUR DERIVADAS DE DOENÇA FALCIFORME
Descrição: Trata-se de um projeto de pesquisa e cooperação técnica, com vistas ao cuidado integral dedicado a essas pessoas, este projeto pretende acompanhar o processo de implementação do referido ambulatório, tanto através da pesquisa quanto da cooperação técnica, subsidiando o HAN no que for possível. Tal objetivo será cumprido através da: (1) caracterização do perfil dos usuários com DF atendidos no HAN, visando construir indicadores de vulnerabilidade social; (2) identificação de entraves e barreiras de acesso no fluxo de assistência a doença falciforme tratadas no HAN; (3) descrição e análise de como o usuário avalia os serviços oferecidos pelo HAN, buscando identificar possíveis barreiras no processo de busca e obtenção do cuidado do usuário com DF. Almeja-se, assim, que a cooperação técnica junto ao Hospital Ana Nery, possa se reverter em ações de contribuam para a qualidade da assistência voltada para os usuários..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) .
Integrantes: Clarice Santos Mota - Coordenador / marcelo castellanos - Integrante / Leny Alves Bomfim Trad - Integrante / Ana Luisa Araújo Dias - Integrante.
2012 - Atual
O impacto das políticas de segurança pública sobre a infância de comunidades urbanas de baixa renda: sensação de segurança e expectativas sobre as estratégias em curso
Descrição: Descrição: O estudo pretende analisar a percepção da comunidade do Calabar sobre violência, políticas de segurança pública e suas repercussões para infância, e conhecer as expectativas desta comunidade acerca da implantação da Base Comunitária de Segurança recentemente instalada. São objetivos específicos: 1. Analisar a percepção de lideranças locais e famílias com crianças (até 10 anos) sobre violência e seu impacto sobre a infância; 2. Identificar e analisar as expectativas da implantação da Base Comunitária de Segurança na comunidade; 3. Observar os primeiros impactos da implantação deste modelo de Base Comunitária para o bairro, com destaque para o indicador de sensação de segurança entre moradores. Envolvendo pesquisadores do Programa FASA (ISC/UFBA) e da ONG Avante, o estudo constitui desdobramento da pesquisa finalizada em 2010 pela Avante e CECIP, no bairro, abordando tema violência. Considera-se oportuna a continuidade do estudo diante da recente implantação da Base Comunitária de Segurança..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2010 - 2012
A família do candomblé e a rede religiosa: papel na produção de sentidos e práticas de cuidado em saúde.
Descrição: A pesquisa tem como objetivo compreender o que se entende por ?saúde-doença? entre os adeptos do candomblé e o papel da família-de-santo dos terreiros de candomblé no cuidado e na promoção da saúde..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2009 - Atual
Acessibilidade e Equidade em Saúde desde a perspectiva da população negra
Descrição: Descrição: A criação de políticas específicas dirigidas à saúde da população negra no Brasil deriva do reconhecimento de que este segmento social tem vivenciado historicamente processos de exclusão social, fato que contribuiu para torná-la mais vulnerável do ponto de vista sanitário. Constata-se ainda que esta exclusão se reflete no acesso da população negra a serviços e produtos de saúde. Com base no exposto, este estudo pretende descrever e analisar a implementação das políticas de saúde para a população negra em Salvador, enfocando a questão da acessibilidade e equidade na rede básica, particularmente referida aos portadores de Anemia Falciforme e Diabetes tipo 2. O componente empírico do estudo será realizado no Distrito Sanitário Liberdade, cuja população estimada é de 170.700 habitantes (dados de 2007) e possui a maior concentração populacional de negros e pardos no Município de Salvador. Este Distrito abriga cerca de 6% da população geral da região metropolitana. Tendo como referência a díade acessibilidade-equidade, pretende-se mapear, por um lado, necessidades/demandas específicas da população negra do bairro e, por outro, identificar facilidades e entraves que este grupo encontra ao recorrer aos serviços de saúde. A atenção destacada à Anemia Falciforme e Diabetes tipo 2 justifica-se pelo fato de que ambos os agravos apresentam alta prevalência entre a população negra e de que os afetados enfrentam dificuldades em diagnóstico e tratamento nos serviços de saúde. Espera-se fornecer dados relevantes acerca das questões apontadas e subsidiar a gestão municipal e o Distrito Sanitário da Liberdade no enfrentamento dos problemas identificados. Deste modo, o presente trabalho se constitui numa pesquisa que integra um diagnóstico situacional de abrangência municipal e um estudo de cunho etnográfico (circunscrito no Bairro da Liberdade), contemplando ainda um conjunto de estratégias no âmbito da cooperação técnica com os serviços de saúde.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2007 - 2009
?Itinerários terapêuticos de famílias afrobaianas em um bairro popular de Salvador: o papel das redes sociais e da experiência religiosa?
Descrição: Tem por objetivo descrever os itinerários terapêuticos de famílias afrobaianas um bairro popular da cidade de Salvador, analisando o papel das redes sociais e da experiência religiosa neste processo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Clarice Santos Mota - Integrante / TRAD, Leny - Coordenador.


Projetos de extensão


2016 - Atual
Racismo, vulnerabilidade social e ativismo com foco na saúde das pessoas com Doença Falciforme
Descrição: Objetivos: Geral: Compreender os mecanismos que contribuem para a vulnerabilidade social das pessoas com Doença Falciforme, com foco na interseccionalidade entre raça/cor, gênero, ocupação e renda, bem como as estratégias de enfrentamento ao racismo na saúde e mobilização social Específicos: 1. Realizar um diagnóstico da situação de saúde das pessoas com Doença Falciforme, incluindo perfil sócio-econômico e clínico (renda, escolaridade, ocupação, número de filhos, acesso aos serviços, etc); 2. Investigar na trajetória de famílias de pessoas com Doença Falciforme a interação entre iniquidades sociais e raciais, e como essas iniquidades incidem no adoecimento 3. Fomentar estratégias coletivas de reconhecimento social, empoderamento e enfrentamento das situações de vulnerabilidade.
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Clarice Santos Mota - Coordenador.
2009 - Atual
ACESSIBILIDADE E EQUIDADE NA REDE BÁSICA DE SAÚDE DESDE A PERSPECTIVA DA POPULAÇÃO NEGRA
Descrição: O objetivo do projeto é descrever e analisar a implementação das políticas de saúde para a população negra em Salvador, detendo-se na questão da acessibilidade e equidade na rede básica, particularmente referida aos portadores de Anemia Falciforme e de Diabetes Mellitus..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.


Outros Projetos


2013 - Atual
Família e condições crônicas: explorando itinerários terapêuticos, redes socio-assistenciais e acessibilidade
Descrição: Descrição: Projeto de cooperação - técnica e de pesquisa - PROCAD Casadinho..
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.


Membro de corpo editorial


2009 - Atual
Periódico: Interface. Comunicação, Saúde e Educação
2008 - Atual
Periódico: Revista Baiana de Saúde Pública


Revisor de periódico


2011 - Atual
Periódico: Interface (Botucatu. Impresso)
2008 - 2012
Periódico: Revista Baiana de Saúde Publica


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Saúde Pública/Especialidade: Saúde Coletiva.
2.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Antropologia da Saúde.
3.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Sociologia da Saúde.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2008
Aprovação em Concurso Público UFRB - 3º lugar, Universidade Federal do Recôncavo Baiano.
2008
Aprovação em Concurso Público - 1º lugar, Instituto de Saúde Coletiva - UFBa.
2007
Aprovação em seleção de professor substituto no departamento de Antropologia, Universidade Federal da Bahia.
2006
Aprovação em Concurso Público - 2º lugar, UFBA.
2005
Aprovação em Concurso Público - 2º Lugar, CEFET - BA.
1999
Prêmio de melhor painel no Seminário estudantil PIBIC, PIBIC-UFBA.
1994
Certificado de Proficiência em Inglês, University of Michigan.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
Mota, Clarice Santos2017 Mota, Clarice Santos; ATKIN, KARL ; TRAD, LENY A. ; DIAS, ANA LUISA A. . Social disparities producing health inequities and shaping sickle cell disorder in Brazil. Health Sociology Review, v. 1, p. 1-13, 2017.

2.
MOTA, C. S.;Mota, Clarice Santos2012MOTA, C. S.; TRAD, L. A. B. ; VILLAS BOAS, MARIA JOSÉ VILLARES BARRAL . O papel da experiência religiosa no enfrentamento de aflições e problemas de saúde. INTERFACE (BOTUCATU. IMPRESSO), v. 16, p. 665-675, 2012.

3.
MOTA, C. S.;Mota, Clarice Santos2011MOTA, C. S.; Trad, Leny Alves Bomfim . A Gente Vive pra Cuidar da População: estratégias de cuidado e sentidos para a saúde, doença e cura em terreiros de candomblé. Saude e Sociedade, v. 20, p. 325-337, 2011.

4.
MOTA, C. S.;Mota, Clarice Santos2008MOTA, C. S.. O Trabalho em Saúde: refletindo sobre o passado e encarando os desafios para o futuro. Revista Baiana de Saúde Publica, v. 32, p. 51-57, 2008.

5.
MOTA, C. S.;Mota, Clarice Santos2005MOTA, C. S.. Humanizando a Prática Médica: um estudo sobre o manejo terapêutico e as concepções de saúde de médicos carismáticos. Formadores (Cachoeira), v. 1, p. 269-275, 2005.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
Leny Alves Bonfim Trad (Org.) ; JORGE, M. S. B. (Org.) ; PINHEIRO, R. (Org.) ; MOTA, C. S. (Org.) ; ROCHA, A. A. R. M. (Org.) . Contextos, parcerias e itinerários na produção do cuidado integral: diversidade e interseções. 1. ed. Rio de Janeiro: CEPESC/ ABRASCO, 2015. v. 1. 364p .

Capítulos de livros publicados
1.
MOTA, C. S.; TRAD, LENY A. ; LOPEZ, Y. A. ; LIRA, A. . Ativismo e itinerários na luta pelo direito ao cuidado integral em saúde em duas experiências de cronicidade: doença falciforme e leucemia mieloide crônica. In: Roseni Pinheiro; Tatiana Engel Gerhardt; Felipe Dutra Asensi. (Org.). Vulnerabilidades e resistências na integralidade do cuidado: pluralidades multicêntricas de ações, pensamentos e a (re)forma do conhecimento. 1ed.Rio de Janeiro: CEPESC / IMS /UERJ, 2017, v. 1, p. 148-168.

2.
TRAD, L. A. B. ; Mota, Clarice Santos ; Vieira, L. ; VILLAS BOAS, M. J. . Sentidos e práticas em torno do corpo e do cuidado em terreiros de candomblé. In: MANDARINO, A.; GOMBERG, E.. (Org.). Candomblés: encruzilhadas de ideias. 1ed.SALVADOR: EDUFBA, 2015, v. , p. 30-45.

3.
MOTA, C. S.; VILLAS BOAS, MARIA JOSÉ VILLARES BARRAL ; Leny Alves Bonfim Trad . ?Cuidar do orixá é cuidar e si?: notas sobre o cuidado na família de santo em terreiros de candomblé. In: TRAD, Leny Alves Bonfim; JORGE, Maria Salete Bessa; PINHEIRO, Roseni; MOTA, Clarice Santos; ROCHA, Ana Angélica Ribeiro de Meneses. (Org.). Contextos, parcerias e itinerários na produção do cuidado integral: diversidade e interseções. 1ed.Rio de Janeiro: CEPESC/ABRASCO, 2015, v. 1, p. 317-336.

4.
REIS, M. ; TRAD, L. A. B. ; MOTA, C. S. . Concepções e práticas do cuidado em um terreiro de candomblé. In: TRAD, Leny Alves Bonfim; JORGE, Maria Salete Bessa; PINHEIRO, Roseni; MOTA, Clarice Santos; ROCHA, Ana Angélica Ribeiro de Meneses. (Org.). Contextos, parcerias e itinerários na produção do cuidado integral: diversidade e interseções. 1ed.Rio de Janeiro: CEPESC/ABRASCO, 2015, v. 1, p. 337-350.

5.
MOTA, C. S.; Leny Alves Bonfim Trad ; DIAS, A. L. A. ; QUEIROZ, M. C. . A integralidade no cuidado às pessoas com doença falciforme: gestão e pesquisa em dois contextos de vulnerabilidade. In: TRAD, Leny Alves Bonfim; JORGE, Maria Salete Bessa; PINHEIRO, Roseni; MOTA, Clarice Santos; ROCHA, Ana Angélica Ribeiro de Meneses. (Org.). Contextos, parcerias e itinerários na produção do cuidado integral: diversidade e interseções. 1ed.Rio de Janeiro: CEPESC/ABRASCO, 2015, v. 1, p. 75-94.

6.
MOTA, C. S.; TRAD, L. A. B. ; DIAS, A. L. A. ; QUEIROZ, M. C. . Os desafios do cuidado integral à doença falciforme sob os diversos olhares: o olhar da gestão, o olhar das famílias e usuários e o olhar do serviço e seus profissionais. In: CASTELLANOS, M; TRAD, L; JORGE, M.S.B; LEITAO, I.M.T.A. (Org.). Cronicidade: experiência de adoecimento e cuidado sob a ótica das ciências sociais. 1ed.Fortaleza: EdUECE, 2015, v. 1, p. 392-425.

7.
GOMES, I. L. V. ; MOTA, C. S. ; TRAD, L. A. B. ; FIGUEIREDO, S. V. ; CUSTODIO, L. L. . ARTICULAÇÕES DO PROGRAMA DE TRIAGEM NEONATAL ESTADUAL PARA DOENÇA FALCIFORME: DESAFIOS NA REDE DE SERVIÇOS DE SAÚDE. In: Carlos Garcia Filho, Cybelle Façanha Barreto Medeiros Linard, Thereza Maria Magalhães Moreira. (Org.). SAÚDE COLETIVA E SUAS INTERFACES NO CONTEXTO DA PRODUÇÃO DO CONHECIMENTO. 1ed.Fortaleza: Ed. UECE, 2015, v. 1, p. 31-52.

8.
TRAD, L. A. B. ; ROCHA, A. A. R. M. ; MOTA, C. S. . Pesquisa versus ação? Pesquisador versus comunidade? Engajamento, interferências e participação em pesquisas na Saúde Coletiva. In: TRAD, Leny Alves Bonfim; JORGE, Maria Salete Bessa; PINHEIRO, Roseni; MOTA, Clarice Santos; ROCHA, Ana Angélica Ribeiro de Meneses. (Org.). Contextos, parcerias e itinerários na produção do cuidado integral: diversidade e interseções. 1ed.Rio de Janeiro: CEPESC/ABRASCO, 2015, v. 1, p. 25-42.

9.
TRAD, L. A. B. ; MOTA, C. S. . Religion et ethnicité dans le candomblé de Bahia au Brésil : bref parcours historique et remarques ethnographiques. In: Guillermo Uribe. (Org.). Sociabilités, citoyenneté et liens sociaux en Amérique latine. 01ed.Mayenne: Presses Universitaires Rennes, 2013, v. 01, p. 123-137.

10.
Leny Alves Bonfim Trad ; MOTA, C. S. ; CASTELLANOS, M. ; FARIAS, V. ; BRASIL, S. A. . Percepção sobre a política de Saúde da População Negra: perspectivas polifônicas. In: BATISTA, L.E.; WERNECK, J.; LOPES, F.. (Org.). Saúde da População Negra. Coleção Negras e Negros: Pesquisas e Debates. 1ed.Petrópolis: De Petrus et Alii, 2012, v. , p. 172-192.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
Leny Alves Bonfim Trad ; MOTA, C. S. ; VILLAS BOAS, M. J. ; Vieira, L. . O papel da família de santo no cuidado e na produção de saberes e práticas em saúde. In: XXVIII Congresso Internacional da Associação Latino-Americana de Sociologia, 2011, Recife. Anais do XXVIII Congresso Internacional da Associação Latino-Americana de Sociologia, 2011.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
Leny Alves Bonfim Trad ; MOTA, C. S. ; JESUS, A. S. ; SANTANA, A. Q. N. . A RELAÇÃO ENTRE IDENTIDADE E SAÚDE DA POPULAÇÃO NEGRA: SABERES E PRÁTICAS EM TORNO DA ANEMIA FALCIFORME. In: V Congresso Brasileiro de Ciências Sociais e Humanas em Saúde 'O lugar das Ciências Sociais e Humanas no campo da Saúde Coletiva', 2011, São Paulo. Anais do Congresso Brasileiro de Ciências Sociais e Humanas em Saúde. Rio de Janeiro, 2011. v. 0. p. 29-31.

2.
Leny Alves Bonfim Trad ; MOTA, C. S. ; JESUS, A. S. ; SANTANA, A. Q. N. . Rede assistencial a Anemia Falciforme: desafios na acessibilidade entre famílias negras na Liberdade. In: XXVIII Congresso Internacional da Associação Latino-Americana de Sociologia, 2011, Recife. Anais do XXVIII Congresso Internacional da Associação Latino-Americana de Sociologia, 2011.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
MOTA, C. S.; Leny Alves Bonfim Trad . Aqui é Como se Fosse um Pronto-Socorro?: os Terreiros de Candomblé como Espaços de Produção de Sentidos e Práticas de Cuidado.. In: 27a. Reunião da Associação Brasileira de Antropologia, 2010, Belém. Brasil Plural, 2010.

2.
VILLAS BOAS, M. J. ; Leny Alves Bonfim Trad ; MOTA, C. S. ; GOMES, N. S. . A religiosidade compartilhada: Mapeando espaços religiosos em um bairro popular de Salvador. In: ABRASCO, 2009, Recife. Reunião da ABRASCO 2009, 2009.

3.
MOTA, C. S.; Leny Alves Bonfim Trad ; VILLAS BOAS, M. J. ; GOMES, N. S. . Conversão, sincretismo e outras experiências religiosas: reflexos na construção de saberes e práticas em saúde. In: Reunião ABRASCO 2009, 2009, Recife. Reunião ABRASCO 2009, 2009.

4.
MOTA, C. S.; Leny Alves Bonfim Trad . A religião no mundo contemporâneo: reflexões sobre concepções de saúde e doença e práticas de cuidado nos contextos religiosos.. In: XIV Congresso Brasileiro de Sociologia, 2009, Rio de Jjaneiro. XIV Congresso Brasileiro de Sociologia, 2009.

5.
MOTA, C. S.; Leny Alves Bonfim Trad ; VILLAS BOAS, M. J. ; GOMES, N. S. . O papel do curador no cuidado à saúde: comparando trajetórias de lideranças religiosas no bairro da Boca do Rio. In: I Seminário de Ciências Sociais do PPGCS - UFBA, 2008. Questões contemporâneas em Ciências Sociais.

6.
MOTA, C. S.; Leny Alves Bonfim Trad ; VILLAS BOAS, M. J. ; GOMES, N. S. . Terreiros de candomblé e igrejas evangélicas como sistemas terapêuticos: um estudo sobre a experiência de adoecimento e adesão religiosa. In: I Seminário de Ciências Sociais do PPGCS - UFBA "Questões contemporâneas em Ciências Sociais, 2008, Salvador. Questões contemporâneas em Ciências Sociais, 2008.

7.
MOTA, C. S.. ?Ele é quem cura?: um estudo sobre a experiência religiosa de médicos carismáticos. In: XIII Jornadas sobre Alternativas Religiosas na América Latina, 2005, Porto Alegre. Livro de Resumos. p. 54-54.

8.
MOTA, C. S.. ?Um Novo Pentecostes: a trajetória da Renovação Carismática em Salvador?. In: V Seminário de Pesquisa e Pós-graduação da UFBA, 2004, Salvador. Livro de Resumos. p. 6-6.

9.
MOTA, C. S.. A Pomba e o Estetoscópio: um estudo sobre o manejo terapêutico e as concepções de saúde de médicos carismáticos. In: XI Encontro Nacional de Ciências Sociais do Norte e Nordeste, 2003, São Cristóvão, Sergipe. XI Encontro Nacional de Ciências Sociais do Norte e Nordeste, 2003.

10.
MOTA, C. S.. A Pomba e o Estetoscópio: um estudo sobre médicos carismáticos na RCC. In: VIII ABANNE, 2003, São Luís, MA. VIII Reunião de Antropólogos do Norte e Nordeste, 2003.

11.
MOTA, C. S.; CAROSO, C. ; RODRIGUES, N. . A Explicação da doença e Itinerário Terapêutico em Saúde Mental. In: 52a Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), 2000, Brasília. Anais da SBPC. -: -, 2000. p. 234-234.

12.
MOTA, C. S.. Erguei as Mãos: práticas terapêuticas e concepções de cura na Renovação Carismática Católica. In: VI Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva (ABRASCO), 2000, Salvador. Anais da ABRASCO, 2000. p. 303-303.

13.
MOTA, C. S.; RODRIGUES, N. . Erguei as Mãos: uma análise antropológica de processos terpêuticos na Renovação Carismática Católica. In: 22a Reunião Brasileira de Antropologia (ABA), 2000, Brasília. Livro de Resumos, 2000.

14.
MOTA, C. S.. A Igreja em Movimento: uma etnografia da Renovação Carismática Católica. In: XVIII Seminário Estudantil PIBIC-UFBA, 2000, Salvador. Livro de Resumos, 2000.

15.
MOTA, C. S.. Erguei as Mãos: práticas terapêuticas e concepções de cura na Renovação Carismática Católica. In: Seminário Interno do Instituto de Saúde Coletiva, 2000, Salvador. Livro de Resumos, 2000.

Apresentações de Trabalho
1.
MOTA, C. S.. DISPARIDADES SOCIAIS, INIQUIDADES EM SAÚDE E DESVANTAGENS RACIAIS: O IMPACTO NAS CONDIÇÕES DE VIDA E SAÚDE DE PESSOAS COM DOENÇA FALCIFORME. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
MOTA, C. S.. ITINERÁRIOS TERAPÊUTICOS E BARREIRAS DE ACESSO AO CUIDADO INTEGRAL ÀS PESSOAS COM DOENÇA FALCIFORME. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
FIGUEIREDO, J. ; MOTA, C. S. . CONDIÇÕES DE VIDA E MORTALIDADE POR DOENÇA FALCIFORME EM SALVADOR-BAHIA. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
GUEDES, C. A. ; TRAD, LENY A. ; MOTA, C. S. . EMPODERAMENTO E PARTICIPAÇÃO SOCIAL: A MEDIAÇÃO DE UMA ASSOCIAÇÃO DE USUÁRIOS COM DOENÇAS FALCIFORMES E FAMILIARES. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
SILVA, G. S. ; MOTA, C. S. ; TRAD, L. A. B. . DIREITO REPRODUTIVO DAS MULHERES NEGRAS COM DOENÇA FALCIFORME: DO RECUO DO ?EXTINTO? PROGRAMA DE PREVENÇÃO À FALCEMIA AOS DESAFIOS ATUAIS. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
MOTA, C. S.; TRAD, L. A. B. ; DIAS, A. L. A. ; PURIFICACAO, T. . Integralidade do cuidado como eixo norteador: uma análise da rede de serviços voltados para pessoas com Doença Falciforme. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
MOTA, C. S.. Os Desafios da Etnografia na Saúde Coletiva: perspectivas teórico-metodológicas e experiências em campo. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
MOTA, C. S.. Família, reciprocidade e cuidado coletivo: explorando o universo da família de santo em terreiros de candomblé. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
Leny Alves Bonfim Trad ; MOTA, C. S. ; VILLAS BOAS, M. J. ; Vieira, L. . O papel da família de santo no cuidado e na produção de saberes e práticas em saúde. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
Leny Alves Bonfim Trad ; MOTA, C. S. . Rede assistencial a Anemia Falciforme: desafios na acessibilidade entre famílias negras na Liberdade. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
MOTA, C. S.; Vieira, L. . Corporeidade e saúde no candomblé: Um estudo sobre percepções e práticas de cuidado com o corpo no contexto religioso. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
MOTA, C. S.; Leny Alves Bonfim Trad . ?Aqui é Como se Fosse um Pronto-Socorro?: os Terreiros de Candomblé como Espaços de Produção de Sentidos e Práticas de Cuidado. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
MOTA, C. S.; Leny Alves Bonfim Trad . A Religião na Contemporaneidade: reflexões sobre saúde, doença e cuidado nos contextos religiosos. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
MOTA, C. S.; Leny Alves Bonfim Trad ; GOMES, N. S. ; VILLAS BOAS, M. J. . CONVERSÃO, SINCRETISMO E OUTRAS EXPERIÊNCIAS RELIGIOSAS: REFLEXOS NA CONSTRUÇÃO DE SABERES E PRÁTICAS EM SAÚDE. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

15.
VILLAS BOAS, M. J. ; Trad, Leny Alves Bomfim ; MOTA, C. S. ; GOMES, N. S. . A RELIGIOSIDADE COMPARTILHADA: MAPEANDO ESPAÇOS RELIGIOSOS EM UM BAIRRO POPULAR DE SALVADOR. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

16.
MOTA, C. S.. RELIGIÃO E SAÚDE: a contribuição da Antropologia para um campo interdisciplinar. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

17.
MOTA, C. S.; Leny Alves Bonfim Trad ; VILLAS BOAS, M. J. ; GOMES, N. S. . O papel do curador no cuidado à saúde: comparando trajetórias de lideranças religiosas no bairro da Boca do Rio. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

18.
MOTA, C. S.; Leny Alves Bonfim Trad ; VILLAS BOAS, M. J. ; GOMES, N. S. . Terreiros de candomblé e igrejas evangélicas como sistemas terapêuticos: um estudo sobre a experiência de adoecimento e adesão religiosa. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
MOTA, C. S.. Projeto Interdisciplinar. 2005.

Trabalhos técnicos
1.
MOTA, C. S.; DALTRO, C. H. . Perfil dos Alunos do Curso de Fisioterapia da FTC. 2004.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
MOTA, C. S.. ?É preciso acelerar?, diz pesquisadora sobre políticas de saúde para população negra. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
TRAD, L. A. B. ; MOTA, C. S. ; Vieira, L. ; VILLAS BOAS, MARIA JOSÉ VILLARES BARRAL . A FAMÍLIA DO CANDOMBLÉ E A REDE RELIGIOSA: PAPEL NA PRODUÇÃO DE SENTIDOS E PRÁTICAS DE CUIDADO EM SAÚDE. 2012. (Relatório de pesquisa).

2.
TRAD, L. A. B. ; MOTA, C. S. ; FARIAS, V. ; CASTELLANOS, M.P. . ACESSIBILIDADE E EQUIDADE NA REDE BÁSICA DE SAÚDE DESDE A PERSPECTIVA DA POPULAÇÃO NEGRA. 2012. (Relatório de pesquisa).

3.
MOTA, C. S.. Metodologia da Pesquisa. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

4.
MOTA, C. S.. Metodologia da Pesquisa. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

5.
MOTA, C. S.. Metodologia da Pesquisa. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

Demais trabalhos
1.
MOTA, C. S.. Explicação da Doença e Itinerário Terapêutico em Saúde Mental. 1999 (Apresentação de Trabalho) .

2.
MOTA, C. S.. Casa Branca, Monumento Negro. 1999 (Apresentação de Trabalho) .

3.
MOTA, C. S.. XXII Encontro Anual da Associação Nacional de Pós-Graduação e p[esquisa em Ciências Sociais. 1998 (Participante/Ouvinte) .

4.
MOTA, C. S.. Programa de Extensão INCISO. 1997 (Participante) .

5.
MOTA, C. S.. V Congresso Afro-Brasileira. 1997 (Participante) .

6.
MOTA, C. S.. XXI Encontro Anual da Associação de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS. 1997 (Participante/Ouvinte) .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
TRAD, LENY A.; BARBOSA, M. I.; Mota, Clarice Santos. Participação em banca de Hanna Keturah Moore. Violência Policial, Masculinidade Negra e Empoderamento através da arte. 2016. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade Federal da Bahia.

2.
TRAD, L. A. B.; MOTA, C. S.. Participação em banca de Altair dos Santos Lira. Análise da Assistência ofertada às gestantes com Doença Falciforme, em Salvador/BA. 2015. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade Federal da Bahia.

3.
MOTA, C. S.; MOTA, E.. Participação em banca de Renata do Carmo Silva. Aloimunização Eritrocitária no cuidado a pessoas com Doença Falciforme. 2015. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade Federal da Bahia.

4.
MOTA, C. S.; MOTA, E.. Participação em banca de Simplícia Almeida de Brito Andrade França.. Fatores que interferem no acesso de pessoas com Doença Falciforme ao Hemocentro Coordenador da Bahia. 2015. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade Federal da Bahia.

5.
MOTA, E.; MOTA, C. S.. Participação em banca de Anelisa Schittini Costa Streva. Avaliação de Crianças com Doença Falciforme, Doppler Transcraniano anormal e terapia transfusional. 2015. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade Federal da Bahia.

6.
SOUZA, S. R. M.; MOTA, C. S.; LEMOS, C. T.; SANTOS, L. C.. Participação em banca de Rafaela Magalhães. ESTRATÉGIAS DE MEDIAÇÃO REALIZADA POR ESTUDANTES: EXPERIÊNCIAS RELIGIOSAS NO PROCESSO DE APRENDIZADO. 2014. Dissertação (Mestrado em Educação e Contemporaneidade) - Universidade do Estado da Bahia.

7.
RODRIGUES, N.; MOTA, C. S.; Azenha, G.. Participação em banca de Manuela Machado Ribeiro Venâncio. DE PEITO ABERTO: UMA ETNOGRAFIA SOBRE A VIVÊNCIA DAS MULHERES COM O CÂNCER DE MAMA. 2010. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade Federal da Bahia.

8.
SOUZA, S. R. M.; FIALHO, L.; MOTA, C. S.. Participação em banca de Sílvia Karla Almeida dos Santos. O Gênero e a Sexualidade na Escola: em estudo com docentes do Instituto de Educação Gastão Guimarães em Feira de Santana - BA. 2010. Dissertação (Mestrado em Educação e Contemporaneidade) - Universidade do Estado da Bahia.

9.
RABELO, M.; MOTA, C. S.. Participação em banca de Maria das Dores de Souza Machado. Católicos convertidos? Adesão religiosa e suas implicações no comportamento de jovens carismáticos e de simpatizantes da Teologia da Libertação: uma análise comparada. 2009. Dissertação (Mestrado em Ciencias Sociais) - Universidade Federal da Bahia.

Teses de doutorado
1.
TRAD, LENY A.; Noronha, C.V.; MOTA, C. S.. Participação em banca de Ana Clara de Rebouças Carvalho. Foi épico: prevenção da violência em um bairro popular de Salvador. 2016. Tese (Doutorado em Saúde Coletiva) - Universidade Federal da Bahia.

2.
Leny Alves Bonfim Trad; MOTA, C. S.. Participação em banca de Mardênia Gomes Ferreira Vasconcelos. Família e Atenção à Saúde Mental: Sentidos, Práticas e Itinerário Terapêutico. 2014. Tese (Doutorado em Saúde Coletiva - Uece - Ufc) - Universidade Estadual do Ceará.

Qualificações de Mestrado
1.
Mota, Clarice Santos; MOTA, E.; DALTRO, G.. Participação em banca de Simplícia Andrade França. ACESSIBILIDADE DE PESSOAS COM DOENÇA FALCIFORME AO HEMOCENTRO DA BAHIA. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Saúde Coletiva) - Universidade Federal da Bahia.

2.
Mota, Clarice Santos; MOTA, E.; DALTRO, G.. Participação em banca de Renata do Carmo Silva. ALOIMUNIZAÇÃO ERITROCITÁRIA NO CUIDADO A PESSOAS COM DOENÇA FALCIFORME. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Saúde Coletiva) - Universidade Federal da Bahia.

3.
TRAD, L. A. B.; MOTA, C. S.; TEIXEIRA, C.; BARBOSA, M. I.. Participação em banca de Altair Lira. Análise da Assistência Hemoterápica ofertada às gestantes com Doença Falciforme, identificadas na Rede Cegonha em Salvador/BA. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Saúde Coletiva) - Universidade Federal da Bahia.

4.
SOUZA, S. R. M.; MOTA, C. S.. Participação em banca de Rafaela Magalhães. Jovens Mediando Conhecimento. Compreendendo a Experiência Religiosa no Espaço de Aprendizado. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Educação e Contemporaneidade) - Universidade do Estado da Bahia.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
MOTA, C. S.. Participação em banca de Vanessa Barbosa Pereira.ENFRENTANDO O CÂNCER DE MAMA: PERCEPÇÕES E EXPERIÊNCIAS DE PACIENTES DO GÊNERO MASCULINO. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fisioterapia) - Universidade Católica do Salvador.

2.
MOTA, C. S.. Participação em banca de Vívian Valente.A Visão das mães sobre o Método Mãe Canguru. 2005 - Universidade Católica do Salvador.

3.
MOTA, C. S.. Participação em banca de Caroline Ferreira Guerreiro.A opinião dos pais sobre a inclusão escolar de crianças portadoras de Síndrome de Down. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fisioterapia) - Universidade Católica do Salvador.

4.
MOTA, C. S.. Participação em banca de Laurísia Oliveira de Souza.ELA: Vida em Ventilação Mecânica. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fisioterapia) - Universidade Católica do Salvador.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
MOTA, C. S.; CASTELLANOS, M.; SOUTO, A. C.. Seleção para professor substituto. 2012. Universidade Federal da Bahia.

2.
MOTA, C. S.; Noronha, C.V.; Rangel, L.. Seleção para professor substituto ISC. 2010. Universidade Federal da Bahia.

3.
MOTA, C. S.; MAIA, H.; MIDLEJ, S.; JESUS, T.. Seminário de Pôster do Curso de Fisioterapia. 2005. Universidade Católica do Salvador.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
II Global Congress ? Sickle Cell Disease. Parceria universidade e gestão: experiência de formação em Doença Falciforme para profissionais de a saúd. 2014. (Congresso).

2.
IV Seminário Multidisciplinar de Pesquisa em Enfermagem.Itinerários Terapêuticos. 2011. (Seminário).

3.
XI Congresso Luso Afro Brasileiro de Ciências Sociais. Corporeidade e saúde no candomblé: Um estudo sobre percepções e práticas de cuidado com o corpo no contexto religioso. 2011. (Congresso).

4.
XXVIII Congresso Internacional da ALAS. O papel da família de santo no cuidado e na produção de saberes e práticas em saúde. 2011. (Congresso).

5.
27ª Reunião da Associação Brasileira de Antropologia. ?Aqui é Como se Fosse um Pronto-Socorro?: os Terreiros de Candomblé como Espaços de Produção de Sentidos e Práticas de Cuidado. 2010. (Congresso).

6.
II Colóquio Internacional Etnicidade, Religião e Saúde: Questões Identitárias e Políticas em Saúde da População Negra no Brasil..?Os caminhos e descaminhos da etnografia em saúde: notas sobre o trabalho de campo em terreiros de Candomblé?. 2010. (Outra).

7.
IX Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva. Conversão, sincretismo e outras experiências religiosas: reflexos na construção de saberes e práticas em saúde. 2009. (Congresso).

8.
IX Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva. A religiosidade compartilhada: mapeando espaços religiosos em um bairro popular de salvador. 2009. (Congresso).

9.
XIV Congresso Brasileiro de Sociologia. A religião no mundo contemporâneo: reflexões sobre concepções de saúde e doença e práticas de cuidado nos contextos religiosos.. 2009. (Congresso).

10.
I Colóquio Internacional Etnicidade, Religião e Saúde.Religião e Saúde: contribuições da Antropologia para um campo interdisciplinar. 2008. (Outra).

11.
Seminário de Pôster do Curso de Fisioterapia da UCSAL.Seminário de Pôster do Curso de Fisioterapia da UCSAL. 2005. (Seminário).

12.
Palestra.A trajetória da Pesquisa: um caminho de idas e vindas. 2002. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Leny Alves Bonfim Trad ; FARIAS, V. ; MOTA, C. S. . II Colóquio Internacional Etnicidade, Religião e Saúde: Questões Identitárias e Políticas em Saúde da População Negra no Brasil. 2010. (Outro).

2.
Leny Alves Bonfim Trad ; MOTA, C. S. . I Colóquio Internacional Etnicidade, Religião e Saúde: questões identitárias e políticas em saúde da população negra do Brasil. 2008. (Outro).

3.
MOTA, C. S.. I Mostra de Trabalhos Interdisciplinares do Curso de Fisioterapia da FTC. 2005. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Steffane Cavalcanti Rodrigues. O Adoecimento Crônico frente à dor: a presença das Práticas Integrativas e Complementares nos Itinerários Terapêuticos. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade Federal da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. (Orientador).

2.
Fabiola Araujo. Os desafios para transformar a prática: limites e possibilidade de um Curso de Extensão com foco no cuidado integral. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade Federal da Bahia. (Orientador).

3.
Taia Caroline Nascimento. VOZES, OLHARES E PRÁTICAS EM SAÚDE: UM ESTUDO DE CASO DE UM SERVIÇO ESPECIALIZADO NO ATENDIMENTO ÀS PESSOAS COM DOENÇAS FALCIFORMES NO MUNICÍPIO DE SALVADOR/BA. Início: 2016. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade Federal da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Gabriela dos Santos Silva. ?POR VOCÊ SER NEGRA E POBRE, TEM ESSE DIREITO NEGADO? ? UM ESTUDO SOBRE DIREITOS REPRODUTIVOS DE MULHERES NEGRAS COM DOENÇA FALCIFORME EM SALVADOR. 2017. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade Federal da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Clarice Santos Mota.

2.
Cintia Alice Sampaio Guedes. Empoderamento e participação social: a mediação de uma associação de usuários com doenças falciformes e familiares. 2016. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade Federal da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Coorientador: Clarice Santos Mota.

3.
Juliana Oliveira Figueiredo. Morbidade e mortalidade por doença falciforme em Salvador, Bahia. 2015. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade Federal da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Clarice Santos Mota.

4.
Simplicia Andrade França. Fatores que interferem no acesso de pessoas com doença falciforme ao hemocentro coordenador da Bahia. 2014. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade Federal da Bahia, . Orientador: Clarice Santos Mota.

5.
Marieta Reis. ?Do moço do anel às coisas do azeite: um estudo sobre as práticas terapêuticas no candomblé?. 2012. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Saúde Coletiva) - Instituto de Saúde Coletiva, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Coorientador: Clarice Santos Mota.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Tiago Coutinho. ACESSIBILIDADE AOS SERVIÇOS DE SAÚDE: UMA REVISÃO DE LITERATURA. 2014. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização em Saúde Coletiva) - Universidade Federal da Bahia. Orientador: Clarice Santos Mota.

2.
Andrey Roosewelt Chagas Lemos. Triângulo Rosa: Plano de intervenção com gestão participativa para o controle do HIV e Aids entre gays e hsh na cidade de Aracaju. 2012. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Planejamento em Saúde ? PlanejaS) - Universidade Federal da Bahia. Orientador: Clarice Santos Mota.

3.
KÁTIA MARIA SALGADO MARTINS MARCUS VINÍCIUS ALMEIDA LOUREIRO. O PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DO ORGANOGRAMA COMO FERRAMENTA DE GESTÃO PARTICIPATIVA. 2009. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização em Gestão Hospitalar - UFB) - Universidade Federal da Bahia. Orientador: Clarice Santos Mota.

4.
Danilo César Conceição, Fábio Lopes da Mata, José Mario Bene. O DESENVOLVIMENTO DE UM FLUXOGRAMA INTERNO COMO FORMA DE VIABILIZAR A INTEGRALIDADE DA ATENÇÃO AOS USUÁRIOS. 2009. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização em Gestão Hospitalar - UFB) - Universidade Federal da Bahia. Orientador: Clarice Santos Mota.

5.
Allan Dantas dos Santos, Ana Raquel Lima, Adilson Mello. MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO DAS PRÁTICAS DE EDUCAÇÃO PERMANENTE EM SAÚDE DESENVOLVIDAS PELA FUNDAÇÃO ESTADUAL DE SAÚDE (FUNESA) EM SERGIPE.. 2009. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Planejamento em Saúde ? PlanejaS) - Universidade Federal da Bahia. Orientador: Clarice Santos Mota.

6.
Vanilza Jordão Silva. Sexualidade e Aprendizagem na adolescência. 2007. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Psicopedagogia) - Faculdade Social da Bahia. Orientador: Clarice Santos Mota.

7.
Tânia Maria Rigaud Martins. Trabalhando limites na sala de aula. 2007. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Psicopedagogia) - Faculdade Social da Bahia. Orientador: Clarice Santos Mota.

8.
Rita Helena Matta de Souza França. Um olhar sobre a relação Afetividade e Aprendizagem. 2007. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Psicopedagogia) - Faculdade Social da Bahia. Orientador: Clarice Santos Mota.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Lorena Vieira Fernandez. A VIDA DEPOIS DE UM CÂNCER-DE-MAMA: UM ESTUDO SOBRE A EXPERIÊNCIA DE MULHERES MASTECTOMIZADAS. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Fisioterapia) - Universidade Católica do Salvador. Orientador: Clarice Santos Mota.

2.
Vanessa Barbosa Pereira. ENFRENTANDO O CÂNCER DE MAMA: PERCEPÇÕES E EXPERIÊNCIAS DE PACIENTES DO GÊNERO MASCULINO. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Fisioterapia) - Universidade Católica do Salvador. Orientador: Clarice Santos Mota.

3.
Vívian Valente. A visão das mães sobre o Método Mãe-Canguru. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Fisioterapia) - Universidade Católica do Salvador. Orientador: Clarice Santos Mota.



Outras informações relevantes


Durante o período em que assumi o cargo de Coordenadora de Estudos e Pesquisas da Escola Estadual de Saúde Pública coordenei o Projeto EAD SUS/Ba, que teve por objetivo promover a democratização do processo de ensino-aprendizagem aos profissionais do SUS dispersos no extenso território do Estado da Bahia através da incorporação da modalidade de educação a distância - EAD. Através da EAD, almeja-se a capilarização da educação permanente de profissionais do SUS, tanto daqueles atuantes no âmbito da assistência quanto daqueles condutores da gestão dos sistemas loco-regionais. O Projeto EAD SUS/BA teve como ponto de partida a proposta ?Incorporação de Novas Tecnologias no Processo de Educação Permanente para as Equipes do Programa Saúde da Família da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia? (2004-2006), a partir do estabelecimento da parceria com o Instituto Anísio Teixeira - IAT/SEC. Desde então, passamos a desenvolver cursos semi-presenciais e a distância, utilizando a ferramenta Moodle. Atuei também como tutora e orientadora de aprendizagem em um desses cursos, o Curso de Especialização em Saúde da Família com Ênfase na Coordenação e Gerenciamento de Processos de Trabalho.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 22/10/2018 às 8:20:51