Cynthia Cavalcanti de Albuquerque

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/0424387651987567
  • Última atualização do currículo em 14/11/2018


Possui graduação em Bacharelado em Ciências Biológicas pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (1995), mestrado em Botânica pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (1998) e doutorado em Botânica pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (2005). Atualmente é professor adjunto IV da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, vice coordenadora do PPGCN da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte e professora permanente do PPGCN. Tem experiência na área de Botânica, com ênfase em Fisiologia Vegetal, com ênfase em fisiologia do estresse e propagação de plantas. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Cynthia Cavalcanti de Albuquerque
Nome em citações bibliográficas
ALBUQUERQUE, C. C.;Albuquerque, C.C.;ALBUQUERQUE, CYNTHIA CAVALCANTI DE;DE ALBUQUERQUE, CYNTHIA CAVALCANTI

Endereço


Endereço Profissional
Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Faculdade de Ciências Exatas e Naturais.
Rua Prof. Antônio Campos
Costa e Silva
59625-620 - Mossoro, RN - Brasil - Caixa-postal: 70
Telefone: (84) 33152231
Fax: (84) 33152235
URL da Homepage: http://


Formação acadêmica/titulação


2001 - 2005
Doutorado em Botânica.
Universidade Federal Rural de Pernambuco, UFRPE, Brasil.
Título: Ação do óleo essencial de Lippia gracillis sobre contaminantes do ar e bactérias endofíticas de helicônia cultivadas in vitro, Ano de obtenção: 2005.
Orientador: Dra Terezinha Rangel Camata.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Contaminação; Bactérias endofíticas; Monoterpenos; Helicônia; Cultivo in vitro.
Grande área: Ciências Biológicas
Setores de atividade: Produtos e Processos Biotecnológicos Vinculados À Agricultura.
1996 - 1998
Mestrado em Botânica.
Universidade Federal Rural de Pernambuco, UFRPE, Brasil.
Título: Estudos de cultivares de abacaxizeiro (Ananas comosus L. Merr.) propagadas in vitro quanto a resistência à fusariose,Ano de Obtenção: 1998.
Orientador: Dra Terezinha Rangel Camara.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Abacaxi; Fusariose; Limpeza clonal; Cultivo in vitro.
Grande área: Ciências Biológicas
Setores de atividade: Produtos e Processos Biotecnológicos Vinculados À Agricultura.
1990 - 1995
Graduação em Bacharelado Em Ciências Biológicas.
Universidade Federal Rural de Pernambuco, UFRPE, Brasil.
Título: Avaliação da dose específica de adubação química e orgânica para hortelã-da-folha-graúda (Plectranthus amboinicus).
Orientador: Dra Arminda Saconi Messias.




Formação Complementar


2004 - 2004
Plantas Medicinais. (Carga horária: 6h).
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, EMBRAPA, Brasil.
2002 - 2002
Doenças de Plantas Ornamentais Tropicias. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal Rural de Pernambuco, UFRPE, Brasil.
2001 - 2001
I Curso de Cultivo e Produção de Mudas de Plantas. (Carga horária: 20h).
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, EMBRAPA, Brasil.
2001 - 2001
Curso 5s Um Ambiente Para Qualidade Total.
Instituto Tecnológico de Pernambuco, ITEP, Brasil.
2001 - 2001
Curso de Qualificação Técnicas Avançadas de Microp. (Carga horária: 80h).
Universidade Federal Rural de Pernambuco, UFRPE, Brasil.
1996 - 1996
Técnicas Aplicadas a Cultura de Tecidos Vegetais.
Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
1995 - 1995
Polimorfismos Genéticos Aplicações Em Genética For.
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
1994 - 1994
Biotecnologia Cultura In Vitro de Células e Tecido.
Universidade Federal Rural de Pernambuco, UFRPE, Brasil.
1994 - 1994
Curso de Tecnologia de Resíduos Sólidos e Urbanos.
Universidade Católica de Pernambuco, UNICAP, Brasil.
1993 - 1993
Identificação e Caracterização de Plantas Medicina.
Universidade Federal Rural de Pernambuco, UFRPE, Brasil.
1993 - 1993
Toxicologia Plantas Tóxicas e Medicinais.
Universidade Federal Rural de Pernambuco, UFRPE, Brasil.
1993 - 1993
I Curso Básico de Fitoterapia.
Universidade de Pernambuco, UPE, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, UERN, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor permanente do Programa de PPGCN, Carga horária: 20
Outras informações
Professora do quadro permanente do Programa de Pós-graduação em Ciências Naturais (PPGCN)

Vínculo institucional

2005 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto IV, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Professora Adjunto II do Departamento de Ciências Biológicas admitida em 02/09/2005 através da portaria de nº 680/2005-GR/UERN. Atualmente é responsável pelas disciplinas Fisiologia Vegetal na graduação e pertence ao quadro de professor permanente do Programa de Pós-graduação em Ciências Naturais.

Vínculo institucional

2015 - 2018
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Vice coordenadora do PPGCN, Carga horária: 2
Outras informações
Vice Coordenação do Programa de Pós-graduação em Ciências Naturais, de acordo com as portarias de nºs 0461/2015 e 0574/2016

Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Permanente do PROFBIO, Carga horária: 20
Outras informações
Professora do quadro permanente do Mestrado profissional em ensino de biologia (Profbio).

Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Chefe do Departamento de Pesquisa, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Chefe do Departamento Administrativo de Institucionalização de Pesquisa da Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-graduação - PROPEG

Atividades

03/2011 - Atual
Ensino, Ciências Naturais, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Fisiologia vegetal
2006 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Ciências Exatas e Naturais, .

7/2005 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Ciências Exatas e Naturais, Departamento de Ciências Biológicas.

Linhas de pesquisa
Tecnologia ambiental
02/2005 - Atual
Ensino, Bacharelado em Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Cultura de tecidos vegetais
Fisiologia vegetal
2/2005 - 2/2011
Ensino, Licenciatura Em Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Biologia e Sistemática de Fungos, Algas e Briófitas
Botânica econômica
Cultura de tecidos vegetais
Fisiologia Vegetal
03/2009 - 12/2010
Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró Reitoria de Pesquisa e Pós Graduação, .

Cargo ou função
Membro da Comissão Institucional do Programa de Iniciação Científica (PIBIC).
02/2007 - 02/2009
Extensão universitária , Pró-Reitoria de Extensão, .

Atividade de extensão realizada
Participação no Projeto Rio Apodi/ Mossoró: Integridade Ambiental a Serviço de Todos.
02/2006 - 02/2008
Direção e administração, Faculdade de Ciências Exatas e Naturais, .

Cargo ou função
Vice-coordenação do Curso de Especialização em Ciências Biológicas sob a portaria nº 1346/2006-GR/UERN.
10/2005 - 12/2007
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Ciências Exatas e Naturais, Faculdade de Ciências Exatas e Naturais.

Atividade realizada
Vice-coordenação do Curso de Especialização em Ciências Biológicas.
08/2006 - 11/2007
Direção e administração, Pró Reitoria de Pesquisa e Pós Graduação, Departamento de Pesquisa.

Cargo ou função
Chefe de departamento de pesquisa sob a portaria nº 4970/2006-GR/UERN.

Universidade Federal Rural de Pernambuco, UFRPE, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2011
Vínculo: Colaborador em proj extensão, Enquadramento Funcional: Colaborador em projeto de extensão, Carga horária: 2
Outras informações
Participação como colaboradora no projeto "Produção in vitro de orquídeas e aclimatação gerenciada pela agricultura familiar".

Vínculo institucional

2001 - 2005
Vínculo: Aluna de Pós Graduação, Enquadramento Funcional: Aluna de Pós-graduação (tesae concluída), Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
A tese de doutorado intitulada: "Ação do óleo essencial de Lippia gracilis sobre fungos contaminantes do ar e bactérias endofíticas de helicônias cultivadas in vitro", foi defendida no dia 25/02/2005, com conceito A.

Vínculo institucional

1996 - 1998
Vínculo: Aluna de Pós-Graduação, Enquadramento Funcional: Aluna de Pós-Gradução (Dissertação concluída), Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

11/1999 - 11/1999
Extensão universitária , Departamento de Biologia, Área de Botânica.

Atividade de extensão realizada
Exposição dos trabalhos desenvolvidos no laboratório de cultura de tecidos vegetais da UFRPE em eventos agropecuários.
3/1998 - 9/1999
Ensino, Bacharelado Em Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
bioquímica
citologia
histologia
embriologia
3/1996 - 6/1996
Ensino, Licenciatura Em Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fisiologia Vegetal
3/1995 - 2/1996
Estágios , Departamento de Química, Laboratório de Cultura de Tecidos Vegetais.

Estágio realizado
Aprendizagem das técnicas de micropropagação.
4/1992 - 12/1993
Estágios , Departamento de Biologia, Área de Botânica.

Estágio realizado
Participação no projeto: Estudos taxonômicos, fisiológicos e agronômicos de plantas medicinais nativas e exóticas do estado de Pernambuco..

Centro de Tecnologias Estratégicas do Nordeste, CETENE, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2013
Vínculo: Colaborador em projeto de pesq, Enquadramento Funcional: Participação em projeto de pesquisa


Universidade Federal Rural do Semi Árido, UFERSA, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Colaborador na Pós-graduação, Carga horária: 4
Outras informações
Ministrou metade da disciplina de Cultura de Tecidos Vegetais para o curso de Pós-graduzação em Fitotecnia, perfazendo uma carga horária de 30 horas.


Verde Vitro Ltda, VVITRO, Brasil.
Vínculo institucional

1999 - 2003
Vínculo: Autônomo, Enquadramento Funcional: Diretora responsável pela produção, Carga horária: 20
Outras informações
A Verde Vitro iniciou-se através de um projeto enviado ao ITEP - Instituto Tecnológico de Pernambuco. A referida instituição, selecionara projetos de base tecnológica e a Verde Vitro que teve como principal objetivo propagar em larga escala plantas ornamentais tropicais, foi selecionada. A filosofia da incubadora, era garantir à incubada todo apoio técnico, assim como orientação no setor comercial, administrativo, dentre outros. A empresa ficou incubada na UFRPE durante 2 anos.

Atividades

3/1999 - 12/2003
Serviços técnicos especializados , Privado, .

Serviço realizado
Produção em larga escala de plantas ornamentais tropicais (antúrio, bromélias e orquídeas).

Faculdade de Formação de Professores de Goiâna, FFPG, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - 2000
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor convidado, Carga horária: 8

Atividades

8/2000 - 11/2000
Ensino, Especialização Em Metodologia do Ensino de Biologi, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Histologia

Instituto Agronômico de Pernambuco, IPA, Brasil.
Vínculo institucional

1994 - 1994
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 20
Outras informações
Participação no projeto: " Avaliação da dose específica de adubação química e orgânica para hortelã-da-folha-graúda (Plectranthus amboinicus (Lour.) Spr) ", para desenvolvimento da monografia, requisito obrigatório para obtenção do título de Bacharel em Ciências Biológicas.

Atividades

1/1994 - 12/1994
Estágios , Laboratório de Química, .

Estágio realizado
Estudos sobre a adubação adequada para hortelã-da-folha-graúda.


Linhas de pesquisa


1.
Diversidade e produtos vegetais

Objetivo: Tem o objetivo de estudar diferentes aspectos vegetais, principalmente aqueles relativos a levantamento, manutenção e propagação de espécies nativas..
Grande área: Ciências Biológicas
2.
Tecnologia ambiental

Objetivo: Estudar o desenvolvimento de tecnologias ambientais que possam ser utilizadas no diagnóstico e monitoramento ambiental, nas práticas de conservação e na aplicabilidade sustentável dos recursos naturais..
Grande área: Ciências Biológicas
Setores de atividade: Agricultura, Pecuária, Produção Florestal, Pesca e Aqüicultura.
Palavras-chave: Meio ambiente; bioprospeção; Caatinga.


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Desenvolvimento do coentro (Coriandrum sativum) e Manjericão (Ocimum basilicum) irrigados com efluente da piscicultura
Descrição: O reaproveitamento de águas salobras é uma alternativa para abrandar os efeitos da escassez de água de boa qualidade, principalmente, nas regiões semiáridas do Brasil e o consumo de hortaliças vem crescendo nos últimos anos sendo, portanto produzidas por vários segmentos da sociedade. Sendo assim, esse trabalho terá como objetivo avaliar o desenvolvimento de coentro (Coriandrum sativum) e Manjericão (Ocimum basilicum) submetidos ao estresse salino, utilizando diferentes níveis de efluente proveniente de piscicultura. As plantas serão avaliadas na fase de germinação e durante o seu desenvolvimento. Para tanto, serão semeadas sementes das duas espécies em separado. Serão estabelecidos cinco tratamentos de irrigação: T1 ? 100% (efluente puro); T2 ? 75%; T3 ? 50% e T4 ? 25% e um tratamento controle (T5) que será água doce. As avaliações serão diárias e as variáveis avaliadas serão: Percentagem de emergência e tempo médio de emergência. Serão avaliadas também, o desenvolvimento das duas espécies, separadamente. Novas sementes serão postas para geminar em recipientes com capacidade para 300 mL, contendo areia lavada mais composto orgânico. O delineamento experimental será em blocos casualizados com 5 tratamentos. Cada bloco representará uma repetição, perfazendo quatro repetições e dentro de cada repetição conterá todos os tratamentos, com 25 sementes para cada tratamento. Os tratamentos serão os mesmos utilizados para os trabalhos de germinação das sementes. A irrigação com o efluente salino será diária, no período da manhã, durante 30 dias. Após esse período, as plantas serão coletadas para as análises de crescimento (biomassa seca de raiz e parte aérea; número de folhas; teor relativo de água; comprimento da raiz, diâmetro do caule para o alface e altura das plantas para rúcula) e bioquímicas (carboidratos solúveis, proteínas solúveis, pigmentos fotossintéticos e prolina). Os óleos essenciais das duas espécies serão extraídos por hidrodestilação em aparato de Clevenger e o rendimento desses óleos será avaliado. Espera-se que as hortaliças tolerem os níveis de salinidade desse efluente para que o mesmo sirva para suprir as necessidades hídricas de hortas, a fim de gerar alimento e possibilidade de renda para comunidades. Espera-se com esse trabalho também, verificar se os óleos essenciais das espécies serão afetados pelas condições de cultivo e se o rendimento desses óleos se mantiver, a comunidade poderá utilizá-lo, inclusive para comercialização..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque - Coordenador / Larissa Martins Brito e Silva - Integrante.
2018 - Atual
Uso do efluente de psicultura em Lactuca sativa
Descrição: O reaproveitamento de águas salobras é uma alternativa para abrandar os efeitos da escassez de água de boa qualidade, principalmente, nas regiões semiáridas do Brasil e o consumo de hortaliças vem crescendo nos últimos anos sendo, portanto produzidas por vários segmentos da sociedade. Sendo assim, esse trabalho terá como objetivo avaliar o desenvolvimento de L. sativa submetida ao estresse salino, utilizando diferentes níveis de efluente proveniente de piscicultura. As plantas serão avaliadas na fase de germinação e durante o seu desenvolvimento. Para tanto, serão semeadas sementes das duas espécies em separado. Serão estabelecidos cinco tratamentos de irrigação: T1 ? 100% (efluente puro); T2 ? 75%; T3 ? 50% e T4 ? 25% e um tratamento controle (T5) que será água doce. As avaliações serão diárias e as variáveis avaliadas serão: Percentagem de emergência e tempo médio de emergência. Serão avaliadas também, o desenvolvimento das duas espécies, separadamente. Novas sementes serão postas para geminar em recipientes com capacidade para 300 mL, contendo areia lavada mais composto orgânico. O delineamento experimental será em blocos casualizados com 5 tratamentos. Cada bloco representará uma repetição, perfazendo quatro repetições e dentro de cada repetição conterá todos os tratamentos, com 25 sementes para cada tratamento. Os tratamentos serão os mesmos utilizados para os trabalhos de germinação das sementes. A irrigação com o efluente salino será diária, no período da manhã, durante 30 dias. Após esse período, as plantas serão coletadas para as análises de crescimento (biomassa seca de raiz e parte aérea; número de folhas; teor relativo de água; comprimento da raiz, diâmetro do caule e bioquímicas (carboidratos solúveis, proteínas solúveis, pigmentos fotossintéticos e prolina). Espera-se que as hortaliças tolerem os níveis de salinidade desse efluente para que o mesmo sirva para suprir as necessidades hídricas de hortas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque - Coordenador / Maria Daniela Freitas - Integrante.
2018 - Atual
Desenvolvimento do coentro (Coriandrum sativum) e Manjericão (Ocimum basilicum) irrigados com efluente da piscicultura
Descrição: O reaproveitamento de águas salobras é uma alternativa para abrandar os efeitos da escassez de água de boa qualidade, principalmente, nas regiões semiáridas do Brasil e o consumo de hortaliças vem crescendo nos últimos anos sendo, portanto produzidas por vários segmentos da sociedade. Sendo assim, esse trabalho terá como objetivo avaliar o desenvolvimento de coentro (Coriandrum sativum) e Manjericão (Ocimum basilicum) submetidos ao estresse salino, utilizando diferentes níveis de efluente proveniente de piscicultura. As plantas serão avaliadas na fase de germinação e durante o seu desenvolvimento. Para tanto, serão semeadas sementes das duas espécies em separado. Serão estabelecidos cinco tratamentos de irrigação: T1 ? 100% (efluente puro); T2 ? 75%; T3 ? 50% e T4 ? 25% e um tratamento controle (T5) que será água doce. As avaliações serão diárias e as variáveis avaliadas serão: Percentagem de emergência e tempo médio de emergência. Serão avaliadas também, o desenvolvimento das duas espécies, separadamente. Novas sementes serão postas para geminar em recipientes com capacidade para 300 mL, contendo areia lavada mais composto orgânico. O delineamento experimental será em blocos casualizados com 5 tratamentos. Cada bloco representará uma repetição, perfazendo quatro repetições e dentro de cada repetição conterá todos os tratamentos, com 25 sementes para cada tratamento. Os tratamentos serão os mesmos utilizados para os trabalhos de germinação das sementes. A irrigação com o efluente salino será diária, no período da manhã, durante 30 dias. Após esse período, as plantas serão coletadas para as análises de crescimento (biomassa seca de raiz e parte aérea; número de folhas; teor relativo de água; comprimento da raiz, diâmetro do caule para o alface e altura das plantas para rúcula) e bioquímicas (carboidratos solúveis, proteínas solúveis, pigmentos fotossintéticos e prolina). Os óleos essenciais das duas espécies serão extraídos por hidrodestilação em aparato de Clevenger e o rendimento desses óleos será avaliado. Espera-se que as hortaliças tolerem os níveis de salinidade desse efluente para que o mesmo sirva para suprir as necessidades hídricas de hortas, a fim de gerar alimento e possibilidade de renda para comunidades. Espera-se com esse trabalho também, verificar se os óleos essenciais das espécies serão afetados pelas condições de cultivo e se o rendimento desses óleos se mantiver, a comunidade poderá utilizá-lo, inclusive para comercialização..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque - Coordenador / Larissa Martins Brito e Silva - Integrante.
2017 - 2018
Avaliação Nutricional dos ratos de linhagem Wistar alimentados com rações compostas com sementes e Hyptis suaveolens e farinha de caju
Descrição: O uso de animais em experimentos laboratoriais vem crescendo ao longo dos anos, já que os mesmos tem o metabolismo muito semelhante aos humanos. Animais como ratos, camundongos e coelhos são os mais utilizados em laboratórios do mundo todo. A contribuição desses animais para biologia, medicina, farmacologia e veterinária são incalculáveis já que eles são a base para dados concretos e satisfatórios nas pesquisas que os utilizam. Para se manter um biotério, local onde ocorrem as experimentações com animais, nas condições adequadas, as Universidades investem recursos financeiros para suprir as necessidades básicas dos mesmos, e os maiores custos são com as rações que são consumidas diariamente e devem ser apropriadas para cada tipo de cobaia. Como a ração é de suma importância e seu gasto é contínuo, o presente trabalho tem como proposta fabricar na própria universidade uma ração que supra as necessidades biológicas dos animais a custos mais reduzidos. Para se fazer uma ração que seja eficaz na alimentação, a menores custos, serão utilizados produtos alternativos e facilmente encontrados no Nordeste, tais como a farinha do caju (Anacardium occidentale L) e sementes da Hyptis suaveolens Benth. A fim de assegurar que esses produtos não comprometerão a vida dos animais, serão realizados testes toxicológicos e para tanto, serão utilizados 24 animais machos, normais divididos em quatro grupos de 6 ratos, os quais ingerirão as seguintes soluções: Grupo 1 - suspensão feita com as sementes da H. suaveolens; grupo 2 ? suspensão feita com a farinha de caju; grupo 3 ? suspensão feita com as sementes e a farinha de caju; e grupo 4 - soluções salina a 0,9% (controle) Todo o conteúdo a ser testado será administrado via gavagem 0,5g/10g de peso corporal de cada animal. Será realizada uma primeira coleta de sangue (antes da ingestão das suspensões), representando o tempo basal T (0), e posteriormente serão realizadas coletas às 12 e 24 horas após a ingestão das diferentes combinações de produtos e da solução salina. As amostras de sangue serão coletadas em tubos tipo eppendorf previamente heparinizados, e postas para avaliações dos níveis plasmáticos de transaminases (ALT e AST). Após o resultado do teste, caso não seja detectado toxicidade das substâncias avaliadas, os mesmos animais serão utilizados para avaliação do efeito da ração na dieta dos mesmos. Para o preparo da ração serão utilizados os seguintes componentes: amido, mistura de vitaminas, minerais, açúcar refinado e água fervente, além dos produtos da pesquisa: sementes de H. suaveolens e farinha de caju. Para o preparo da farinha de caju serão utilizados os pedúnculos do pseudrofruto in natura, os quais serão triturados em liquidificador industrial e prensado manualmente para separação do suco. O bagaço úmido será seco em estufa e após a secagem, será moído novamente, formando assim a farinha. As sementes da H. suaveolens serão coletadas no campus central da UERN. Todos os componentes serão misturados e moldados na forma de pellets, os quais serão secos em estufa de circulação forçada de ar a 60ºC por 24h até obtenção de uma consistência típica de ração. Serão utilizados 24 ratos machos da linhagem Wistar pertencentes ao biotério da UERN, os quais serão divididos em caixas, em grupos de 6 animais, em cada caixa, perfazendo os seguintes tratamentos: Grupo 1 - ratos alimentados com ração acrescida de farinha do caju; Grupo 2 - ratos alimentados com ração acrescida de sementes da H. suaveolens; Grupo 3 - ratos alimentados com ração acrescida de sementes da Hyptis e farinha do caju; e Grupo 4 - ratos alimentados com ração comercial (controle). Os animais terão água e ração ad libitium e a cada 48 horas serão mensurados as quantidades de ração consumida e o peso dos animais. Após 90 dias de dieta, os ratos serão anestesiados com a solução quetamina e xilazina a 2 % para cada 20 mg/Kg, sendo.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque - Coordenador / Ana Clara Santiago - Integrante / Isabelle Romão Rebouças Calazans - Integrante.
2017 - Atual
USO DO REJEITO DE DESSALINIZAÇÃO DE ÁGUA SALOBRA PARA PRODUÇÃO DE Lippia gracilis, UMA ESPÉCIE NATIVA COM POTENCIAL FITORREMEDIADOR E FARMACOLÓGICO
Descrição: O trabalho proposto tem como principal objetivo investigar os mecanismos fisiológicos e bioquímicos de adaptação de Lippia gracilis em condições de estresse osmótico decorrente da salinidade, bem como avaliar sua capacidade de fitorremediação dos sais dissolvidos no solo. O experimento será conduzido na área experimental da Universidade Federal do Semiárido (UFERSA). As plantas obtidas pelo método de estaquia, após 90 dias de estabelecimento, serão distribuídas no campo em espaçamento 1,0 x 1,0 m. O delineamento experimental será em blocos ao acaso, em arranjo fatorial 3 X 2, composto por três níveis de umidade do solo e duas qualidades de água (água de abastecimento e água de rejeito salino), com 5 repetições por tratamento, sendo duas plantas por parcela. Os níveis de umidade do solo terão como base a Capacidade de Campo (CC) nas parcelas irrigadas com água residual, bem como nas parcelas irrigadas com água de abastecimento. O solo mantido na CC constituirá o tratamento controle (T1), ficando assim determinado os tratamentos das parcelas: T1 - 100% da CC; T2 - 75% da CC; T3 - 50% da CC, as quais serão irrigadas com água residual; enquanto os tratamentos T4 - 100% da CC; T5 - 75% da CC; T6 - 50% da CC, serão irrigados com água de abastecimento. Após 90 dias de experimento serão avaliadas as seguintes variáveis: Biomassa seca de raiz e parte aérea; área foliar; teor relativo de água (TRA); integridade da membrana; teores de Na+, K+ e Cl-; fator de translocação e bioacumulação do Na+; níveis de carboidratos e proteínas; níveis de prolina; níveis de pigmentos fotossintéticos (clorofila a, b; totais e carotenoides); enzimas do sistema antioxidativo e rendimento do óleo essencial. O solo será avaliado quanto as suas características fisicoquímicas, no Laboratório de Solos da UFERSA. As demais análises serão realizadas nos Laboratório de Fisiologia e Bioquímica de Plantas (UERN) e Laboratório de Cultura de Tecidos Vegetais (UFRPE). Os dados obtidos serão submetidos à análise de variância (ANOVA) utilizando o programa Sisvar 5.0. Serão realizadas análises de regressão ou teste de Tukey ao nível de 5% de probabilidade. Com o trabalho, espera-se obter a confirmação de tolerância da espécie à salinidade, como as já avaliadas em ambiente de casa de vegetação. Confirmada a tolerância, abrem-se novas perspectivas para trabalhos de fitorremediação de componentes sódicos, utilizado L. gracilis que além de ser adaptadas às condições do semiárido, é produtora de óleo essencial com importante propriedade farmacológica..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque - Coordenador / Marciana Bizerra de Morais - Integrante / Marcos Emanuel de Sousa Silva - Integrante / José Maria Damasceno Neto - Integrante / Nildo da Silva Dias - Integrante / Josiani Félix de Sousa - Integrante.
2016 - 2018
Efeito do estresse salino em Hyptis suaveolens (L.) point (LAMIACEAE) associadas a fungos micorrizicos.
Descrição: Durante seu ciclo de vida, as plantas nem sempre encontram condições favoráveis ao seu crescimento e desenvolvimento. Sob condições naturais, estas são expostas a uma combinação variada de fatores abióticos e bióticos, os quais interagem fortemente, resultando em uma combinação múltipla de fatores adversos que afetam o crescimento, a fisiologia, o metabolismo e a produtividade. Dentre os estresses abióticos, o salino é considerado um dos mais importantes, em virtude de seu efeito osmótico e iônico. Sendo assim, a sobrevivência das plantas em ambientes salinos dependerá da ação de mecanismos adaptativos, que envolvem absorção, transporte e distribuição de íons nos vários órgãos vegetativos. Tendo em vista este contexto, o presente artigo tem como objetivo avaliar respostas fisiológicas e bioquímicas desencadeadas em plantas de Hyptis suaveolens (LAMIACEAE) associada a fungos micorrízicos arbusculares (FMAs) submetidas a diferentes níveis de salinidades. Para tanto, cerca de 1080 sementes de H. suaveolens serão colocadas para germinar diretamente em vasos de polietileno com capacidade para 8L contendo como substrato areia lavada, solo natural e composto orgânico na proporção de 2:1:1, associado ou não com FMAs. Serão utilizadas duas espécies de fungos arbusculares: Claroideoglomus etunicatum (syn. Glomus etunicatum) e Gigaspora albida. Após 20 dias da semeadura, realizara-se o desbaste, ficando uma planta por vaso e iniciado os tratamentos com diferentes concentrações de salinidade (0,0; 35; 70 e 105 mM). O delineamento experimental será em blocos casualizados em esquema fatorial 4x3 perfazendo 12 tratamentos com três repetições cada. Ao final de 15 dias serão realizadas análises fisiológicas e bioquímicas das plantas submetidas aos tratamentos salinos. As variáveis avaliadas serão: biomassa seca da parte aérea, da raiz e total; relação raiz/parte área; comprimento e volume radicular; altura, teor relativo de água (TRA); danos à membrana; determinação dos níveis de prolina nas folhas; peroxidação lipídica (MDA); quantificação dos teores de amido; açúcares redutores; clorofila e testes de colonização dos fungos e contagem de esporos. Os dados serão submetidos a analise de variância e as médias serão comparadas pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque - Coordenador / Marília Cristina Gomes de Souza - Integrante / Francisco Fábio Mesquita Oliveira - Integrante / Marciana Bizerra de Morais - Integrante.
2016 - 2018
INFLUÊNCIA DE FUNGOS MICORRÍZICOS ARBUSCULARES NO DESENVOLVIMENTO E RENDIMENTO DO ÓLEO ESSENCIAL EM Lippia gracilis SUBMETIDA AO ESTRESSE HÍDRICO
Descrição: O presente trabalho tem como objetivo avaliar a influência de espécies de fungos micorrízicos arbusculares no desenvolvimento e rendimento do óleo essencial de Lippia gracilis submetida ao estresse hídrico. O trabalho será composto por dois experimentos. O primeiro experimento terá como objetivo selecionar a espécie de fungo que promover a maior colonização nas raízes de L. gracilis e o melhor desenvolvimento da espécie. Serão avaliadas 4 espécies de fungos micorrízicos arbusculares (FMA): Claroideoglomus etunicatum, Glomus clarum e Gigaspora albida, Acaulospora longula, os quais serão individualmente misturados ao substrato (solo natural) esterilizado, onde as estacas serão plantadas. Semanalmente, será avaliada a percentagem de brotação e após 60 dias, as plantas serão coletadas para avaliação das seguintes variáveis: biomassa seca de raízes, folhas e caule; relação raiz/ parte aérea, área foliar, volume radicular, determinação da densidade de esporos, eficiência e colonização micorrízica. O segundo experimento terá como objetivo avaliar a influência da espécie de FMA (selecionada no experimento 1) em plantas sob estresse hídrico. Após o estabelecimento, as mudas já micorrizadas, serão submetidos a 4 regimes hídricos (100%, 75%, 50% e 25% da capacidade de vaso). Para fins de comparação, serão avaliados os mesmos regimes hídricos sem micorrizas. Após 40 dias de experimento, o desenvolvimento e a tolerância das plantas micorrizadas e não micorrizadas, submetidas ao estresse hídrico serão determinados através da quantificação das seguintes variáveis: biomassa seca total, biomassa seca de folhas, caule/ramos e raiz; relação raiz/ parte aérea; teor relativo de água da folha (TRA); área foliar; volume radicular; níveis de macro e micronutrientes; densidade de esporos, eficiência micorrízica e colonização micorrízica; proteínas totais, carboidratos totais, prolina, carotenóides totais, clorofila a, b e totais; rendimento do óleo essencial. O delineamento experimental será um fatorial 4 x 2 (4 regimes hídricos x com e sem micorriza), inteiramente casualizado. Os dados serão analisados estatisticamente por análise de variância, e as médias comparadas através do teste de Tukey a 5% de significância com o auxílio do programa estatístico Assistat® versão 7.7. Através destes experimentos espera-se identificar espécies de fungos micorrízicos arbusculares que colonizem, melhorem o desenvolvimento e rendimento do óleo essencial em plantas de L. gracilis submetidas ao estresse hídrico..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque - Coordenador / Francisco Fábio Mesquita Oliveira - Integrante / Auciélia Patrícia da Silveira Silva Dantas - Integrante.
2016 - 2017
Efeito alelopático do óleo essencial e hidrolato de Lippia gracilis sobre o brotamento e desenvolvimento de Cyperus rotundus
Descrição: Lippia gracillis tem sido caracterizada pela presença de óleos essenciais com altos teores de metabólicos secundários. Moléculas como estas vem sendo estudadas como aleloquímicos empregados no controle de ervas daninhas. Nessa perspectiva, o presente trabalho tem como objetivo avaliar as potencialidades alelopáticas do óleo essencial e do hidrolato de L. gracilis na emergência do bulbo e desenvolvimento da tiririca (Cyperus rotundus). O Trabalho será composto de 2 experimentos que serão conduzidos em casa de vegetação em delineamento experimental inteiramente casualizado. Em ambos, serão utilizados caixas gerbox, contendo areia esterilizada nas quais bulbos de tiririca, pesando entre 0,4 e 1,0 g serão distribuídos. No 1º e 2º experimentos, respectivamente, serão avaliadas a eficiência do hidrolato (25, 50, 75 e 100%) e óleo essencial (50, 100, 150, 200 µL L-1) de L. gracilis na germinação e desenvolvimento dos bulbos de tiririca. As diferentes concentrações de ambas substâncias serão comparadas com dois tratamentos controle, um negativo que será composto apenas por água e um positivo que será constituído por herbicida comercial Karpi (0,3 mg L-¹). Os bulbos serão regados semanalmente com os respectivos tratamentos e ao final de 30 dias, serão avaliados percentual de plantas emergidas, índice de velocidade de emergência das plântulas, comprimento das plântulas, biomassa seca da parte aérea e raízes, relação raiz/parte aérea (R/Pa), viabilidade dos tubérculos e antes das análises destrutivas, amostras de material vegetal serão coletadas para as análises bioquímicas (carotenoides, clorofilas a, b e totais, proteínas, carboidratos totais e determinação da peroxidação de lipídios). Os dados obtidos serão analisados estatisticamente por análise de variância e regressão, e as médias comparadas através do teste de Tukey. Através dos resultados obtidos neste estudo, espera-se comprovar o potencial inibidor dos produtos extraídos da L. gracilis na emergência do bulbo e desenvolvimento da tiririca..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque - Coordenador / Débora Lopes Silva de Souza - Integrante / Ana Isabel de Sousa Urtiga - Integrante.
2016 - 2017
Avaliação anatômica de estacas de Varronia leucocephala em processo de rizogênese
Descrição: Varronia leucocephala é uma espécie pertencente à família Boraginaceae e se destaca por conter substâncias ativas com atividade citotóxica contra células tumorais. Em função da sua importância medicinal, faz-se necessário estudos que visem aumentar o percentual de mudas propagadas, visto que há dificuldades no enraizamento das estacas, principal unidade de dispersão da espécie. Essa proposta visa dar continuidade a um trabalho que está em andamento, através do qual se estabeleceu um protocolo para enraizamento de forma mais eficaz das estacas e irá selecionar o fungo micorrízico que proporcionará maior volume radicular. Portanto, o objetivo desse projeto é induzir enraizamento de estacas de V. leucocephala com ácido indolbutírico (IBA) e zinco (Zn) associadas com fungo micorrízico e acompanhar anatomicamente o desenvolvimento das raízes. Após a coleta, as estacas serão plantadas em vasos contendo areia e vermiculita na proporção de 1:1. Antes do plantio, as bases das estacas serão imersas em solução contendo os seguintes tratamentos: 1) solução de ácido indolbutírico (IBA) a 1500 mg L-1 acrescido de 100 mg L-1 de Zn (tratamento previamente estabelecido em trabalho anterior); 2) solução de IBA a 1500 mg L-1; 3) solução contendo 100 mg L-1 de Zn; 4) água (controle). As estacas submetidas aos tratamentos supracitados serão plantadas em substrato contendo o fungo micorrízico. O experimento terá a duração de 60 dias e ao final desse período serão avaliadas as seguintes variáveis: Área foliar; volume radicular; biomassa seca de parte aérea e radicular; teor relativo de água (TRA); níveis de carboidratos, proteínas, carotenóides e clorofilas. A fim de avaliar o período de iniciação do enraizamento, aos 15, 30, 45 e 60 dias serão retiradas amostras das estacas brotadas ou não para avaliação anatômica da iniciação e alongamento radicular. O experimento será conduzido em delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial 4 x 4, que correspondem respectivamente às soluções nas quais as estacas serão mergulhadas e 4 períodos de coleta para as análises histológicas. O experimento será composto por 16 tratamentos e 4 repetições, sendo cada uma delas composta por 5 estacas, perfazendo um total de 20 estacas por tratamento..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque - Coordenador / Marcos Emanuel de Sousa Silva - Integrante / Lais Fernanda de Pontes Santos - Integrante.
2015 - 2016
Sinergismo entre os óleos essenciais de Lippia gracilis e Hypthis suaveolens: inibe ou favorece o crescimento de fungos fitopatogênicos?
Descrição: O projeto tem por objetivo avaliar a sinergia de óleos essenciais extraídos de duas espécies, Lippia gracilis e Hypthis suaveolens, que ocorrem na Caatinga, contra fungos patogênicos ao mamão. Serão realizados testes in vitro contra Colletotrichum gloeosporioides e as melhores dose da mistura dos óleos será testada em frutos previamente contaminados..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque - Coordenador / Julyanna Arruda de Oliveira - Integrante / Débora Lopes Silva de Souza - Integrante.
2015 - 2016
Estabelecimento de estacas de Varronia leucocephala e o uso de micorrizas para o desenvolvimento da espécie
Descrição: Dentre as variedades de plantas com potencial bioativo destaca-se a espécie Varronia leucocephala Moric. Contudo, pouco se sabe sobre a propagação dessa espécie e os trabalhos iniciais tem demostrado dificuldades no estabelecimento de estacas pela demora no enraizamento. Nesse sentido, o presente trabalho objetiva estabelecer um protocolo de enraizamento para essa espécie, aliando diferentes auxinas e elementos minerais (B ou Zn), além de fungos micorrízicos que tem papel fundamental na captação de água e minerais..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque - Coordenador / Mônica Danielle Sales da Silva - Integrante / Marcos Emanuel de Sousa Silva - Integrante / MARIA GÉSSICA DA SILVA - Integrante.
2014 - 2016
Características morfofisiológicas de L. gracilis Schauer em resposta ao estresse salino e tempo de exposição
Descrição: A salinidade é um dos estresses abióticos mais impactantes para o solo e para as plantas de uma maneira geral. No entanto, algumas espécies conseguem se modular a essa condição, de modo que ajustam-se morfofisiologicamente, inclusive com incremento de produção de substâncias bioativas. Lippia gracilis é uma espécie nativa da Caatinga produtora de um óleo essencial com potente atividade antimicrobiana. Tendo como base o fato de que essa espécie já foi avaliada quanto a sua tolerância à salinidade, com resultados promissores e que se adapta bem às condições semiáridas, essa proposta terá como objetivo investigar os efeitos subjacentes à utilização de água salinizada em plantas de L. gracilis, a fim de determinar a sua capacidade de acúmulo de íons e as alterações morfofisiológicas, em função da salinidade e tempo de exposição ao estresse..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque - Coordenador / Francisco Fábio Mesquita Oliveira - Integrante / Marcos Emanuel de Sousa Silva - Integrante.
2014 - 2015
Influência de óleos essenciais de plantas da Caatinga no armazenamento e no vigor de sementes de milho armazenadas
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque - Coordenador / Julyanna Arruda de Oliveira - Integrante.
2014 - 2015
Em condições naturais, as plantas mantêm o equilibrio homeostásico, no entanto, quando expostas a uma variedade de condições adversas ocorre um fenômeno fisiológico denominado estresse. Os metais pesados podem induzir estresse às plantas e algumas espécie
Descrição: Em condições naturais, as plantas mantêm o equilibrio homeostásico, no entanto, quando expostas a uma variedade de condições adversas ocorre um fenômeno fisiológico denominado estresse. solos álicos (ricos em alumínio) podem induzir estresse às plantas e algumas espécies minimizam esses estresses através da produção de metabólitos secundários. Dentre essas espécies, Lippia gracilis se destaca, pois vem sendo bastante estudada devido às suas propriedades antimicrobianas. Esse trabalho terá como objetivo avaliar o rendimento do óleo essencial e desenvolvimento de plantas de L. gracilis em dois períodos distintos: No plantio de estacas e após o estabelecimento das mesmas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque - Coordenador / Keithy Kaliany Silva Andrade - Integrante / Julyanna Arruda de Oliveira - Integrante.
2013 - 2015
Influência de óleos essenciais de plantas da Caatinga no armazenamento e no vigor de sementes de milho armazenadas
Descrição: O milho Zea mays L. é um cereal com grande importância econômica e social, fornecendo nutrientes importantes na alimentação humana, especialmente na nutrição animal em forma de ração, sendo também empregado na indústria para a produção de cola, amido, óleo, álcool, flocos alimentícios, bebidas e de muitos outros produtos importantes em nosso cotidiano (FORNASIERI FILHO, 2007). O milho ainda sofre com grandes perdas por armazenamento devido a erros que vão desde a pré-colheita e pós-colheita, como os cuidados básicos que devem ser tomados no combate a fungos e insetos, durante seu o armazenamento, que irão manter a qualidade dos grãos para futura comercialização. O Aspergillus flavus é um fungo que constantemente vem afetando os grãos de milho durante seu armazenamento, como a liberação de micotoxinas (aflatoxinas), tornando o grão amargo , de péssima qualidade tanto para os rebanhos como para os humanos. Uma alternativa para solucionar a contaminação de grãos estocados é o uso de produtos naturais com atividade antifúngica. Dentre os compostos com esse tipo de atividade destacam-se os óleos essenciais de várias espécies, tais como Lippia gracilis e Hyptis suaveolens, cuja atividade antimicrobiana já foi comprovada. Portanto, esse trabalho terá como objetivo avaliar a efeito desses óleos em sementes de milho armazenadas e o seu potencial germinativo após os diferentes períodos de armazenamento. O trabalho será conduzido no laboratório de cultura de tecidos vegetais da Universidade Estadual do Rio grande do Norte. As sementes de milho serão adquiridas através de agricultores familiares e em laboratório serão armazenadas em recipientes de vidro com tampa. Para avaliar a eficiência de cada óleo essencial, no fundo do recipiente será colocada placa de Petri contendo óleo nas seguintes concentrações: 0, 50, 100, 150 e 200 µL. As placas serão cobertas com tela a fim de que as sementes não tenham contato direto com o óleo. As sementes ficarão armazenadas por 30, 60, 90 e 120 dias e ao final de cada período, serão avaliadas quanto à presença ou não do fungo Aspergillus flavus. Em seguida, as sementes serão postas a germinar e as variáveis avaliadas serão: Percentagem de germinação (%G), tempo médio de germinação (TME)e índice de velocidade de emergência (IVE). As plantas oriundas desses tratamentos serão avaliadas quanto ao peso seco; clorofila a, b e totais; carotenóides; proteínas e carboidratos totais. O experimento será conduzido em blocos casualizados em esquema fatorial 5x2x4 (Cinco concentrações de óleo, 2 espécies vegetais e 4 blocos, correspondentes aos 4 períodos de armazenamento), com 4 repetição contendo 25 sementes cada..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque - Coordenador / Francisco Fábio Mesquita Oliveira - Integrante / Julyanna Arruda de Oliveira - Integrante / Tales Martins - Integrante.
2013 - 2015
Potencial da Batis maritima para fitorremediação de solos contaminados por metais pesados
Descrição: Atividades antrópicas provenientes de práticas agrícolas têm contribuído para o aumento de metais pesados em solo e consequentemente para riscos de contaminação de cadeias tróficas. O uso da revegetação de locais contaminados, com o objetivo de minimizar os efeitos advindos da contaminação, é uma tecnologia conhecida como fitorremediação. Por ser adaptada à região semiárida e ser resistente a ambientes perturbados, como a salinidade por exemplo, a Batis maritima será avaliada quando à capacidade de neutralizar os efeitos danosos de metais pesados no solo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque - Coordenador / Francisco Fábio Mesquita Oliveira - Integrante / Suely Souza Leal de Castro - Integrante / Danielle Cristiny de Azevedo Batista - Integrante.
2013 - 2015
Comportamento de plantas de Batis maritima submetidas a diferentes substratos e períodos de rega
Descrição: A espécie Batis maritima habita ambientes salinos e tem a capacidade de retenção de nutrientes minerais essenciais em seus tecidos, podendo servir uma alternativa de alimentação para animais. Ainda não há registros a respeito do comportamento dessa espécies diante o estresse hídrico. Portanto esse trabalho terá como objetivo avaliar diferentes períodos de rega da espécie, associando esse tipo de estresse a diferentes substratos ..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque - Coordenador / Eleneide Pinto Gurgel - Integrante / Mônica Danielle Sales da Silva - Integrante / Keithy Kaliany Silva Andrade - Integrante.
2012 - 2014
Estresse biótico e seu efeito no crescimento da planta e na produção e qualidade do óleo essencial de Lippia gracilis Shauer, uma espécie nativa da caatinga
Descrição: Os estresses vegetais estão expostos a duas classes de estresse: os abióticos e os bióticos. O estresse biótico geralmente é incitado por seres vivos que atacam as plantas, as quais ativam seus mecanismos de defesa ativando rotas bioquímicas que são responsáveis pela produção de uma ampla gama de metabólitos secundários. Estes metabólitos tem forte ação tóxica aos seus patógenos e são importantes para a indústria, tendo em vista que as substâncias produzidas são usadas na cura de enfermidades. Apesar da interação planta/patógeno ser satisfatória no cunho industrial-medicinal, causa grandes prejuízos na agricultura, principalmente porque alguns fungos habitam o solo e são dificilmente removidos. No oeste potiguar o fungo Monosporasccus cannonballus Pollack & Uecker é amplamente conhecido devido ao colapso que causa ao meloeiro,uma das mais importantes culturas do estado, além de permanecer por longos períodos no solo. Uma das alternativas para esses solos contaminados seria o plantio de espécies com propriedades medicinais que fossem resistentes ao patógeno, podendo este ser utilizado a favor do aumento da quantidade e qualidade dos princípios ativos, através do processo de elicitação. Muitas espécies de plantas nativas da caatinga melhoram a qualidade do solo e desempenham uma importante função como fontes de produtos naturais biologicamente ativos como os óleos essenciais, como a espécie vegetal Lippia gracilis Schauer. O óleo essencial dessa espécie, que pode ser extraído de várias partes da planta, possui atividade antimicrobiana comprovada devido à presença de dois monoterpenos fenólicos, o carvacrol e o timol. Com base no exposto o objetivo deste trabalho é avaliar o efeito do estresse biótico causado por fungos no crescimento, produção e qualidade do óleo essencial de L. gracilis. O experimento será realizado em DIC, com esquema fatorial 4 x 2, sendo 4 concentrações do patógeno (0,10, 20 e 30 ufc g-1 de solo) e 2 épocas de avaliação (45 e 90 dias), perfazendo.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque - Coordenador / Eleneide Pinto Gurgel - Integrante / Mônica Danielle Sales da Silva - Integrante / Luciana Cristina Borges Fernandes - Integrante / Rui Sales Junior - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.
2012 - 2014
RESPOSTA BIOLÓGICA EM Lippia gracilis SCHAUER E Cucumis melo L. INDUZIDA PELO FUNGO Monosporasccus cannonballus POLLACK E UECKER.
Descrição: O estresse biótico geralmente é incitado por seres vivos que atacam as plantas, ativando seus mecanismos de defesa por meio da produção de metabólitos secundários tóxicos para o patógeno e bastante utilizados na cura de enfermidades. Tal interação planta/patógeno é satisfatória no cunho industrial-medicinal, mas causa prejuízos na agricultura, pois alguns fungos habitam o solo e são dificilmente removidos. O fungo Monosporasccus cannonballus Pollack & Uecker é conhecido devido ao colapso que causa no meloeiro, permanecendo por longos períodos no solo. Uma alternativa para esse problema seria o plantio de espécies resistentes ao patógeno, podendo este ser utilizado no aumento dos princípios ativos, através do processo de elicitação. Muitas plantas nativas da caatinga são fontes de metabólitos secundários, como os óleos essenciais. A espécie Lippia gracilis Schauer possui óleo essencial com atividade antimicrobiana comprovada devido à presença do carvacrol e do timol. Assim, o objetivo deste projeto será avaliar o efeito do estresse biótico causado por fungos no crescimento, produção e qualidade do óleo essencial de L. gracilis.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque - Coordenador / Mônica Danielle Sales da Silva - Integrante / Luciana Cristina Borges Fernandes - Integrante.
2012 - 2013
Controle do estresse oxidativo na propagação in vitro de Schinopsis brasiliensis Engl.
Descrição: A Schinopsis brasiliensis (Anacardiaceae) popularmente conhecida como baraúna, é nativa da caatinga, possui potencial econômico e está em vias de extinção. Consciente da importância da S. brasiliensis e das dificuldades naturais de reprodução que a mesma enfrenta, este trabalho propõe tentar o controle da oxidação in vitro desta espécie. Para tanto, serão realizados 3 experimentos. No primeiro, será acrescentado dois agentes antioxidante (ácido ascórbico e cisteína-HCl) ao meio de cultura WPM nas concentrações de 100 e 200 mg.L-1, sendo que cada concentração também será combinada com ácido cítrico em forma de banho nos explantes. No segundo experimento, será alterado a composição do meio de cultura, reduzindo individualmente a concentração nitrogênio, potássio e FeSO4 a metade e a 1/3, além da redução dos três compostos em conjunto a metade, a 1/3 e a 1/8 de cada. No ultimo, os explantes serão transferidos para meios frescos durante as primeiras semanas de cultivo, perfazendo 5 tratamentos, correspondendo a transferência dos explantes nas primeiras semanas de cultivo (1ª, 2ª, 3ª e 4ª semana) além do controle (sem transferência). Em todos os experimentos serão utilizados como explantes, segmentos nodais provenientes de plântulas jovens germinadas em casa de vegetação e o meio de cultivo será o WPM básico. Aos 45 dias serão avaliados: percentagem de indução de brotos; número de brotos emitidos por explante e o percentual de calogênese, oxidação e contaminação. Todos os experimentos serão montados em DIC e os dados serão comparados pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque - Coordenador / Francisco Fábio Mesquita Oliveira - Integrante / Ricardo Gonçalves Santos - Integrante / Tales Martins de Alencar Paiva - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2011 - 2013
Efeito do estresse salino na qualidade do óleo essencial da Lippia gracilis Schauer, uma espécie nativa da caatinga
Descrição: A região semi-árida do Brasil é caracterizada por apresentar insuficiência hídrica e chuvas mal distribuídas, fazendo-se necessário o uso da irrigação para aumento da produtividade das culturas. Tal técnica, no entanto, tem gerado vários problemas ambientais, principalmente a salinização do solo que pode provocar diminuição acentuada do crescimento e da produtividade das culturas. Poucos estudos foram realizados sobre o potencial medicinal das espécies da caatinga, no entanto, as pesquisas apontam que a concentração de princípios ativos constituintes de óleos essenciais pode aumentar em decorrência de estresses, sejam eles bióticos ou abióticos. Levando-se em consideração que Lippia gracilis é nativa do Nordeste brasileiro, é rica em óleo essencial com potente atividade antimicrobiana e que 20% das terras cultiváveis no mundo estão salinizadas esse trabalho terá como objetivo avaliar o efeito do estresse salino sobre o crescimento, produção e qualidade do óleo essencial de Lippia gracilis..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque - Coordenador / Terezinha Rangel Camara - Integrante / Cláudia Ulisses - Integrante / Lilia Willadino - Integrante / Francisco Arnaldo Viana - Integrante / Kathia Maria Barbosa e Silva - Integrante / Francisco Fábio Mesquita Oliveira - Integrante / Marciana Bizerra de Morais - Integrante / Eleneide Pinto Gurgel - Integrante / Jaécio Carlos Diniz - Integrante / Ricardo Gonçalves Santos - Integrante / Roberto Carlos Grillo Ragagnin - Integrante / José Francismar de Medeiros - Integrante / Suely Souza Leal de Castro - Integrante / Mônica Danielle Sales da Silva - Integrante.Financiador(es): Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Norte - Auxílio financeiro / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.Número de orientações: 1
2011 - 2013
Aridus: Plataforma para integração semântica de informações e apoio ao desenvolvimento sustentável no semiárido
Descrição: Este projeto tem como objetivo principal o desenvolvimento de uma plataforma Web, denominada ARIDUS, para anotação semântica, extração, apresentação e análise integrada de informações sobre o semiárido, para dar suporte a projetos sustentáveis. A concenpção de um modelo de anotação semântica, envolvendo ontologias de domínio e regras de inferência, servirá de base para a realização dos objetivos propostos. Serão utilizados como estratégia de validação da plataforma, os resultados obtidos em diversos projetos de pesquisa desenvolvidos na UERN e na UFERSA, instituição parceira da UERN no programa de pós-graduação em Ciência da Computação..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (3) .
Integrantes: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque - Integrante / Claudia Maria Fernandes Araújo Ribeiro - Coordenador / Francisco Bezerra Neto - Integrante / Vania Christina Nascimento Porto - Integrante / Disraelly Hander Pereira - Integrante / Francisco Dantas Neto - Integrante / Suely Souza Leal de Castro - Integrante / Felipe Soares da Costa - Integrante / Carlos Fran Ferreira Dantas - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2011 - 2012
Efeito do déficit hídrico sobre as características de crescimento, produção e qualidade do óleo essencial de Lippia gracillis Schauer
Descrição: Todos os vegetais apresentam limites ótimos de umidade para o seu desenvolvimento, sendo, portanto, um dos fatores que influenciam na distribuição dos vegetais no globo. Quando submetidos ao déficit hídrico, em geral, as espécies vegetais sofrem alterações anato-morfológicas e fisiológicas. Do ponto de vista fisiológico a condutância estomática diminui, a fotossíntese é limitada, há produção de osmorreguladores como a prolina e a glicina betaína e como conseqüência alterações no metabolismo secundário, o qual é responsável pela biossíntese de várias substâncias químicas envolvidas na defesa do vegetal. Portanto, a descoberta de novas possibilidades de cultivo de plantas nativas adaptadas às condições de falta de água na maior parte do ano e que mantenham seus metabólitos potencialmente ativos abre perspectivas para pequenos produtores da região local para o cultivo de espécies com potencial econômico a baixos custos. Este trabalho tem como objetivo avaliar o efeito do déficit hídrico sobre o crescimento, produção e qualidade do óleo essencial de Lippia gracilis Schauer. Inicialmente, será avaliado o enraizamento de estacas de Lippia gracilis em diferentes concentrações de ácido naftalenoacético (ANA). Em seguida será realizado um novo plantio de estacas e o uso do indutor de enraizamento ANA, dependerá do experimento realizado previamente. Após a uniformização em tamanho (aproximadamente 60 dias) as plantas serão submetidas a quatro tratamentos de déficit hídrico: T1 controle (irrigação diária); T2 irrigação a cada 10 dias; T3 irrigação a cada 20 dias; T4 irrigação a cada 30 dias. O experimento será realizado em DIC e terá duração de 90 dias. Durante o experimento, as variáveis avaliadas serão: Taxa de crescimento relativo (TCR); Teor relativo de água (TRA); Potencial hídrico; Área foliar; Teor de prolina e no final do experimento serão avaliadas: Percentagem dos elementos minerais N, P, K, Ca, Mg, Na e Cl nas raízes e na parte aérea das plantas; Presença das enzima.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque - Coordenador / Eleneide Pinto Gurgel - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2011 - 2012
Alternativas de propagação da baraúna (Schinopsis brasiliensis Engl.)
Descrição: O impacto do manejo impróprio da flora da caatinga coloca a biodiversidade desta área em risco. A Schinopsis brasiliensis (Anacardiaceae), conhecida como baraúna, planta de grande potencial econômico está em vias de extinção, refletindo o extrativismo inadequado. Visto a importância desta espécie e das dificuldades naturais de reprodução que a mesma apresenta, este trabalho propõe buscar alternativas de propagação vegetativa para esta planta arbórea, tentando superar a dormência de sementes in vitro e ex vitro e, induzindo o enraizamento de estacas lenhosas desta espécie nativa. Para tanto, será montado 3 experimentos na Faculdade de Ciências Exatas e Naturais da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. O experimento I será montado em casa de vegetação com sementes submetidas a 6 métodos de quebra de dormência (Frutos com epicarpo e mesocarpo removidos - controle; Imersão em ácido sulfúrico (95%) por 2 minutos; Imersão em solução de hidróxido de sódio (30%) por 15 e 30 minutos; Imersão em urina de vaca por 1 hora a temperatura ambiente e Sementes estressadas em estufa de circulação de ar forçada por 1 hora e, logo em seguida, imersas em água por 30 minutos). O experimento II será montado no Laboratório de Cultura de Tecidos Vegetais, neste será avaliado o efeito da escarificação mecânica e do GA3 (0; 0,1; 0,3 e 0,5 mg.L-1) na germinação in vitro de sementes de S. brasiliensis em meio MS com a metade da concentração de sais. Por último, o experimento III será montado em casa de vegetação e testado a ação do AIB (0; 1000; 2000 e 3000 mg.L-1) e de substratos (solo comum, areia grossa lavada, argila e esterco de vaca) no enraizamento de estacas de baraúna. Todos os experimentos serão montados em DIC e as dados serão comparados pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque - Integrante / Kathia Maria Barbosa e Silva - Coordenador / Ricardo Gonçalves Santos - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2010 - 2012
Estudo da corrosão influenciada por microrganismos (CIM) noo complexo industrial portuário de SUAPE/Pernambuco: Utilização de química verde no controle da colonização e adesão de microrganimos à superfícies metálicas
Descrição: MCT;CNPq 14/2010 Universal.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2010 - 2011
Estudo dos aspectos reprodutivos e quimiopreventivos da Arrabidaea pulchra
Descrição: A cirrose hepática está entre as principais causas de morte no mundo e está associada às diversas etiologias, notadamente infecções virais (hepatite B e C), consumo abusivo de álcool e doenças parasitárias. A cirrose crônica é geralmente irreversível, assim, justificam-se esforços a fim de estudar efeitos hepatoprotetores de plantas de Biomas brasileiros que possam diminuir ou prevenir a progressão da doença. Entre elas, destacamos a Arrabidaea pulchra Sandwith (Bignoniaceae) por possuir substâncias sabidamente hepatoprotetoras e antiinflamatórias como ácido ursólico, dentre outros metabólitos secundários. Devido a esse fato, o estudo a cerca da propagação dessa espécie é imprescindível, pois visa diminuir os impactos causados pelo extrativismo causado pelo uso demasiado das plantas coletadas no campo, caso o princípio ativo da planta apresente atividade. Esse projeto foi elaborado por dois grupos de pesquisa, sendo um responsável pelo estudo da propagação das plantas e o outro responsável pela avaliação do efeito hepatoprotetor do extrato das plantsa em ratos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque - Coordenador / Francisco Arnaldo Viana - Integrante / Kathia Maria Barbosa e Silva - Integrante / Ramiro Gustavo Valera Camacho - Integrante / José Iranildo Miranda de Melo - Integrante / Lamarck do Nascimento Galdino da Rocha - Integrante / Eleneide Pinto Gurgel - Integrante / Silvia Catarina Salgado Oloris - Integrante / Francisca Marta Machado Casado de Araújo - Integrante / Mara Líbia Costa de Oliveira - Integrante / Elizabete Alexandra Borges Bezerra - Integrante.Financiador(es): Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Norte - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 3
2010 - 2011
Diferentes meios de quebra de dormência e propagação in vitro de baraúna (Schinopsis brasiliensis Engl.)
Descrição: A caatinga é rica em espécies arbóreas e arbustivas, porém, apresenta potencial pouco conhecido cientificamente e vem sofrendo forte impacto com o manejo inadequado, colocando em risco essa biodiversidade. A Schinopsis brasiliensis (Anacardiaceae) popularmente conhecida como baraúna, é nativa da caatinga e por ser muito cobiçada pelo seu potencial econômico está em vias de extinção. Consciente da importância desta espécie e das dificuldades naturais de reprodução que a mesma enfrenta, este trabalho propõe avaliar o comportamento germinativo das sementes de baraúna submetidas a diferentes tratamentos pré-germinativos, como também, tentar induzir a regeneração direta de brotos in vitro desta espécie nativa. O trabalho será dividido em 3 experimentos descritos a seguir. Para o teste de germinação, um experimento será montado em casa de vegetação com sementes submetidas a 8 diferentes métodos de quebra de dormência frutos íntegros (controle); frutos com epicarpo e mesocarpo removidos; imersão em água por 24, 48, e 72 horas; imersão em água à 80ºC até resfriamento; escarificação ácida (H2SO4 a 95% por 5 min.) e escarificação mecânica com lixa onde serão avaliadas as variáveis: %G; TMG; IVG; altura e peso seco da plântula aos 60 dias da emergência. Para indução de brotos in vitro, serão montados 2 experimentos no Laboratório de Cultura de Tecido Vegetal (LCTV/FANAT/UERN). Os explantes utilizados serão segmentos nodais e ápices caulinares provenientes de plântulas jovens germinadas em casa de vegetação e o meio básico de cultivo será o WPM e o MS para os experimentos II e III, respectivamente. Os tratamentos a serem testados serão diferentes concentrações de N6-benzilaminopurina (BAP - 0,0 μM; 2,5 μM; 4,5 μM; 6,5 μM e 10 μM) e as variáveis analisadas: percentagem de indução de brotos; número de brotos emitidos por explante e percentagem de calogênese, oxidação e contaminação. Todos os experimentos serão montados em DIC e as dados..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque - Integrante / Kathia Maria Barbosa e Silva - Coordenador / Ricardo Gonçalves Santos - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2010 - 2011
Diferentes métodos de controle antimicrobiano na micropropagação de Jatropha curcas L.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque - Integrante / Kathia Maria Barbosa e Silva - Coordenador / Sara Caroline Pinto de Almeida - Integrante.
Número de produções C, T & A: 2
2009 - 2010
Avaliação da propagação vegetativa do pinhão-manso (Jatropha curcas L.)
Descrição: Dentre as fontes de combustíveis alternativos intensamente estudados, os óleos vegetais para a produção de biodiesel têm se destacado pela importância ambiental do uso de fontes de energia menos poluentes e pela eficiência quando usados em substituição ao diesel derivado do petróleo. O Brasil incentiva a produção de biodiesel e nesse sentido vem ocupando posição de destaque nesse setor da economia. Dentre as plantas oleaginosas, o pinhão-manso (Jatropha curcas) merece destaque por se tratar de uma das espécies com elevado potencial na produção de óleo combustível no Brasil, sendo considerada promissora para esses estudos. Nesse sentido, objetiva-se com o presente trabalho, avaliar diferentes métodos de propagação de J. curcas. Para isso, brotos jovens de plantas mantidas em condições de casa-de-vegetação serão levados ao Laboratório de Cultura de Tecidos Vegetais da UERN. A fim de testar diferentes agentes desinfestantes para a assepsia de explantes, os brotos serão tratados com hipoclorito de sódio a 1,5 e 2,5% ou de cálcio a 1,5 e 3% em diferentes tempos de imersão: 2,0; 5,0 e 8,0 minutos. O tratamento que proporcionar o melhor resultado será utilizado para a avaliação do efeito dos fitorreguladores 6-benzilaminopurina (BAP) e/ou ácido naftalenoacético (ANA) em diferentes concentrações, combinadas ou não. As concentrações avaliadas para o BAP serão: 0,0; 1,0 e 2,0 mg L-1 e para o ANA serão: 0,0; 0,05 e 0,1 mg L-1. Para a propagação de pinhão-manso via estaquia, serão estudados diferentes tipos de substrato para a produção de mudas de pinhão-manso. As estacas com aproximadamente 15 cm de altura serão retiradas de plantas matrizes oriundas de sementes fornecidas pela Embrapa. Os experimentos serão estabelecidos em casa de vegetação utilizando-se sacos de polietileno com capacidade para 2 kg, contendo os seguintes substratos: Plantmax; húmus + solo argiloso na proporção de 2:1; húmus + areia lavada na proporção de 2:1...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque - Coordenador.
2009 - 2010
Crescimento in vitro de juazeiro submetido ao estresse hídrico induzido por sorbitol
Descrição: O gênero Ziziphus possui várias espécies, uma delas é endêmica da região Nordeste do Brasil.(Ziziphus joazeiro MART.). A espécie é conhecida popularmente como juá, juazeiro ou laranjeira de vaqueiro e apresenta grande importância econômica e ecológica, sendo utilizada para diversos fins, dentre eles podemos ressaltar; a recuperação de áreas degradadas e alimentação animal. A espécie apresenta ainda uma alta resistência ao estresse hídrico, permanecendo verde e frondosa, mesmo em anos de seca. Em situações de estresse ambiental, as plantas podem apresentar diversas respostas, dentre elas, o decréscimo na produção da área foliar, no fechamento dos estômatos, na aceleração da senescência, na abscisão foliar e na biossíntese de solutos compatíveis intracelulares para evitar a perda de água. O trabalho será dividido em 2 experimentos que serão realizados no Laboratório de Cultura de Tecido Vegetal/FANAT/UERN/Mossoró-RN. Serão coletados frutos de juazeiro de uma única planta no Campus Central da UFERSA no mês de junho de 2009. Após a coleta, os frutos serão levados ao laboratório para a retirada dos diásporos (Experimento I). Estes serão postos para germinar em meio MS em 5 tratamentos com diferentes concentrações de sorbitol (0 mM, 200 mM, 400 mM e 600 mM). As plantas remanescentes do controle serão utilizadas para a retirada dos explantes a serem utilizadas na montagem do 2º experimento com os mesmos tratamentos. As variáveis a serem testadas no 1º e/ou 2º experimento são: % de germinação, tamanho visual das plântulas formadas; nº de explantes enraizados; nº de folhas; emissão de espinhos; nº de gemas emitidas e quantificação de prolina acumulada nas folhas: Os 2 experimentos serão montados em DIC com 5 repetições e será feita a análise de regressão com a finalidade de se obter a curva de melhor ajuste para a explicação dos fenômenos. Neste sentido, o presente trabalho tem como objetivo testar a resistência do juazeiro ao estresse hídrico induzido pelo s..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque - Integrante / Kathia Maria Barbosa e Silva - Coordenador / Maiza de Azevedo Dantas - Integrante / Sara Caroline Pinto de Almeida - Integrante.
Número de produções C, T & A: 1
2008 - 2010
Biotecnologia ao alcançe da fruticultura norteriograndense (5 subprojetos)
Descrição: A pesquisa será realizada com finalidade de se obter um protocolo para micropropagação de 2 planatas matrizes de pinha. Serão testados difentes doses de fitôrmonios combinados ou isolados, 2 tipos de meio de cultivo e 4 épocas...
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque - Integrante / Kathia Maria Barbosa e Silva - Coordenador / Francisco Fábio Mesquita Oliveira - Integrante / Maiza de Azevedo Dantas - Integrante / Ítala Ruanna Paiva de Góis - Integrante / Paulo Sérgio Lima e Silva - Integrante / Sara Caroline Pinto de Almeida - Integrante.Financiador(es): Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Norte - Auxílio financeiro.
2008 - 2009
Avaliação de diferentes meios de quebra de dormência de sementes in vitro e ex vitro de quatro espécies da mata ciliar do rio Apodi-Mossoró
Descrição: Estudos já demonstraram a dificuldade na reprodução de algumas espécies nativas relevantes ao ecossistema em questão. Dentre essas espécies destacam-se: Auxemma oncocalyx Taub.; Ziziphus joazeiro Mart. ; Licania rígida Benth e Sapindus saponaria L. Portanto, este projeto tem como objetivo avaliar o efeito do ácido acético e ácido sulfúrico na quebra da dormência das sementes supracitadas. A espécie Auxemma onconcalyx (pau branco) diferentemente das demais, terá o seu embrião resgatado da semente e inoculado in vitro com diferentes concentrações de ácido giberélico. Essa metodologia será utilizada para essa espécie devido à dureza do endocarpo. As plantas oriundas desse trabalho, serão utilizadas para replantio de uma área de mata ciliar do rio Apodi-Mossoró..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque - Coordenador / Kathia Maria Barbosa e Silva - Integrante / Antonio Dalemberg Ferreira - Integrante / Marciana Bizerra de Morais - Integrante / Paulo Sérgio Lima e Silva - Integrante.Financiador(es): Centro de Apoio ao Desenvolvimento da Agricultura Familiar - Terra Viva - Auxílio financeiro.
2008 - 2009
Efeito do Ácido Jasmônico na indução de tricomas glandulares em plantas de Lippia gracilis Schauer cultivadas in vitro e em casa de vegetação.
Descrição: A Lippia gracilis Schauer (Verbenaceae) é uma espécie nativa do Nordeste brasileiro que se caracteriza pelo acúmulo de óleos essenciais em tricomas glandulares. Nas espécies do gênero Lippia, a produção de óleos essenciais está atrelada à presença dessas projeções epidérmicas, as quais podem ter sua síntese aumentada em decorrência da presença do ácido jasmônico, elicitor associado às vias de sinalização de mecanismos de defesa. Nesse sentido, objetiva-se com o presente trabalho avaliar o efeito do ácido jasmônico na indução de tricomas glandulares em plantas de L. gracilis cultivadas in vitro e em casa de vegetação..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque - Coordenador / Kathia Maria Barbosa e Silva - Integrante / Maria Jocileide de Medeiros Marinho - Integrante / Marciana Bizerra de Morais - Integrante.Financiador(es): Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2008 - 2009
Enraizamento de explantes de Annona squamosa L. em função de diferentes concentações de ácido indol-3-butírico
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2007 - 2008
Estabelecimento de protocolo para micropropagação de Lippia gracilis Schauer
Descrição: Lippia gracilis (Verbenaceae) é uma planta nativa do Nordeste brasileiro rica em óleos essenciais, cujos principais compostos são timol e carvacrol. A propagação in vitro de espécies nativas do Nordeste brasileiro ainda é pouco estudada. Visto a importância dessa espécie como fonte de óleos essenciais, este trabalho terá como objetivo estabelecer um protocolo para micropropagação de Lippia gracilis..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque - Coordenador / Francisco Arnaldo Viana - Integrante / Kathia Maria Barbosa e Silva - Integrante / Marília Cristina Gomes de Souza - Integrante / Maria Jocileide de Medeiros Marinho - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - Auxílio financeiro.Número de orientações: 1
2007 - 2008
Respostas morfogenéticas de explantes de Annona squamosa L. submetidos a diferentes concentrações de N6-benzilaminopurina em função da época de inoculação
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque - Integrante / Kathia Maria Barbosa e Silva - Coordenador / Iasmin Matias de Sousa - Integrante / Ítala Ruanna Paiva de Góis - Integrante.
2006 - 2007
Avaliação da atividade do extrato de Cassia alata sobre os principais fungos de Cucumis melo L. em casa de vegetação.
Descrição: O melão (Cucumis melo L.) é uma das frutas mais apreciadas em todo mundo. Esta cultura gera importantes recursos econômicos para o estado do Rio Grande do Norte. Um dos maiores entraves para o cultivo desta espécie é a ocorrência de doenças causadas por fungos. Os fungicidas freqüentemente utilizados para a resolução do problema, além de caros, podem induzir resistência do patógeno ao produto químico. Uma das soluções viáveis para este problema, seria a utilização de extratos vegetais, cujos compostos químicos já tiveram sua atividade antifúngica comprovada. Dentre essas plantas, a Cassia alata se destaca. Portanto esse trabalho terá como objetivo, avaliar a atividade antifúngica de extratos Cassia alata sobre os principais fungos do melão. Os extratos de folha, casca, raiz e inflorescência serão obtidos em Soxhlet, utilizando-se etanol a 95% como solvente. A partir da solução estoque do extrato serão preparadas diluições seriadas para obtenção das concentações 0,25; 0,5; 50; 75; 250 e 500 ppm. Como controle negativo, será utilizada água destilada deionizada e como controle positivo, será utilizado o etanol a 95%. Alíquotas de 1mL destas concentrações serão adicionadas aos meios de culturas (BDA), os quais serão vertidos em placas de Petris. Os fungos Rhizoctonia solani; Monosporascus cannonballus; Macrophomina phaseolina; Colletotrichum logenarium e Fusarium oxysporum serão obtidos a partir de plantas de melão infectadas. No centro de cada placa serão depositados discos de micélio de cada fungo individualmente. As variáveis avaliadas serão crescimento micelial e esporulação. O delineamento experimental será inteiramente casualizado, em esquema fatorial 8 x 4 (8 doses x 4 partes da planta), com quatro repetições por tratamento..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque - Coordenador / Francisco Arnaldo Viana - Integrante / Kathia Maria Barbosa e Silva - Integrante / Érika Valente de Medeiros - Integrante / Marcelino Gevilbergue Viana - Integrante / Marília Cristina Gomes de Souza - Integrante / Maria Jocileide de Medeiros Marinho - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Universidade Estadual do Rio Grande do Norte - Auxílio financeiro.
2006 - 2007
Avaliação da viabilidade de sementes extraídas de diásporos de juazeiro (Ziziphus joazeiro Mart.)
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2005 - 2006
Avaliação da atividade dos extratos de Cassia alata sobre os principais fungos de Cucumis melo L
Descrição: O projeto tem como principal objetivo, avaliar os extratos de diferentes partes da planta de Cassia alata (Legiminosae) sobre os principais fungos do melão. A busca por resultados positivos visa minimizar os problemas fitossanitário desta cultura de importância econômica para região, através de extratos naturais que normamelmente não acumulam-se no ambiente e são biodegradáveis..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque - Coordenador / Francisco Arnaldo Viana - Integrante / Kathia Maria Barbosa e Silva - Integrante / Érika Valente de Medeiros - Integrante / Marcelino Gevilbergue Viana - Integrante / Maria Joscileide de M. Marinho - Integrante / Marília Cristina Gomes de Souza - Integrante.Financiador(es): Universidade Estadual do Rio Grande do Norte - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 1
2002 - 2005
Estudo da embriogênese somática de espécies de helicônia
Descrição: Avaliar a indução da embriogênese de espécies de helicônias, mediante determinados fitorreguladores..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2002 - 2005
Produção de mudas de helicônias por meio de micropropagação
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2001 - 2005
Ação do óleo essencial de Lippia gracilis Schauer sobre fungos contaminantes do ar e bactérias endofíticas de helicônias cultivadas in vitro
Descrição: Avaliar a atividade do óleo essencial de Lippia gracilis sobre bactérias endofíticas de ápices caulinares de helicônias cultivadas in vitro e sobre fungos isolados da suspensão do ar no laboratório de cultura de tecidos vegetais..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
1999 - 2001
Aplicação da biotecnologia, visando a tolerância ao estresse abiótico em culturas de importância econômica para o estado de Pernambuco
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
1996 - 1998
Estudos de cultivares de abacaxizeiro (Ananas comosus L. Merr.) propagadas in vitro quanto a resistência à fusariose
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2006 - 2010
Produção in vitro de mudas de orquídeas e aclimatização em unidades gerenciadas pela agricultura familiar
Descrição: O projeto se propõe a produção de mudas de orquídeas in vitro e aclimatização em assentamentos de agricultores familiares selecionados no Estado de Pernambuco. Paralelamente serão ministrados cursos de capacitação para os agricultores sobre o processo de aclimatização, cultivo de orquídeas e empreendedorismo. Diante da execução do referido projeto, busca-se a diversificação de culturas, permitindo diversificação de produtos produzidos em assentamento e um incremento na renda familiar dos agricultores..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) .
Integrantes: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque - Integrante / Terezinha Rangel Camara - Integrante / Cláudia Ulisses - Coordenador / Lilia Willadino - Integrante / Josabete Salgueiro Bezerra de Carvalho - Integrante / Júlio Zoé de Brito - Integrante / Maria de Fátima Vieira Santos - Integrante.Financiador(es): Banco do Nordeste do Brasil - Auxílio financeiro.


Projetos de desenvolvimento


2013 - 2014
Diferentes métodos propagativo de Hyptis suaveolens (L) Poit.e a viabilidade do seu óleo essencial como agente antimicrobiano
Descrição: O presente trabalho terá como objetivo estudar diferentes métodos propagativos de Hyptis suaveolens (L.) Poit. e a atividade do seu óleo essencial como agente antimicrobiano. Para isso serão desenvolvidos cinco experimentos: Experimento I - sementes coletadas no campus da UERN serão submetidas a diferentes tratamentos pré-germinativos: T1 - (controle); T2 e T3 - imersão em água aos 40ºC e 50ºC/30 minutos respectivamente; T4, T5, T6 e T7 - sementes tratadas com ácido giberélico (GA3) em diferentes concentrações (0,5; 1,0; 1,5 e 2 mg. L-1 ) respectivamente. O semeio das sementes será em sacos de polietileno de 1 kg, com areia lavada, argila e polifértil® na proporção de 2:1:1. O ensaio será em DIC com 25 repetições por tratamentos e uma semente por saco. As variáveis avaliadas serão porcentagem de emergência (%E), tempo médio de emergência (TME) e índice de velocidade de emergência (IVE). No II experimento estacas serão coletadas de plantas matrizes existentes aos redores do Campus da UERN e submetidos aos respectivos tratamentos: imersão em ácido indolbultírico - AIB (1000; 2000; 3000 e 4000 mg/L-1), ácido naftaleno acético - ANA (1000; 2000; 3000 e 4000 mg/L-1) e Testemunha (água destilada), por 5 minutos. Em seguida serão plantadas em sacos de polietileno contendo argila, areia e Polifértil na proporção de (2:1:1). Aos 60 dias, serão avaliadas % de brotação e enraizamento. O delineamento será em DIC, com quatro repetições e cada unidade experimental será composta por uma estaca. Experimento III. Após assepsia e em câmara de fluxo laminar, sementes serão inoculadas em meio de cultura MS acrescidas de 15 g.L-1 de sacarose e 5,5 g.L-1 de ágar, com distintas concentrações de GA3 (0,0; 0,2; 0,4; 0,6; 0,8 e 1 mg.L-1) o pH ajustado para 5,8 ± 0,1 e autoclavado. O experimento será realizado por 120 dias e a cada 30 dias os brotos serão repicados para avaliação das seguintes variáveis: Percentagem de brotação e número de folhas. Após a avaliação, as plântulas serão aclimatizadas por 30 dias para avaliar a % de plantas aclimatadas/tratamento. O experimento será montado em DIC com 3 repetições contendo cada repetição 10 explantes. Experimento IV. Disco de micélio das espécies Fusarium subglutinans, Monosporasccus cannonballus e macrophamina sp., serão individualmente inoculados em meio de cultura BDA acrescido com óleo essencial de H. suaveolens nas seguintes concentrações: (0,0; 100; 200; 300 e 400 µL.L-1). Após 48 horas da instalação do experimento será avaliado o crescimento micelial e a esporulação. O experimento será em DIC em esquema fatorial (5 x 3) com 4 repetições contendo 3 placas por repetição. Experimento V ? Nesse experimento será avaliada a esterilização do meio de cultura com óleo de Hyptis suaveolens e o efeito desse processo em ápices caulinares de abacaxi. Diferentes concentrações do óleo serão adicionadas ao meio MS nas seguintes proporções: (0, 100, 200, 300 e 400 µL.L-1). O meio será suplementado com 30 g L-1 de sacarose, 4,5 g L-1 de ágar e o pH ajustado para 5,8. Com exceção do controle, os meios dos demais tratamentos não serão autoclavados. Ápices caulinares de abacaxi serão inoculados nos meios MS contendo óleo nas diferentes concentrações. O delineamento será em DIC com 4 repetições e 5 tubos por repetição. As variáveis testadas serão % de explantes contaminados,% de oxidação e número de brotos por explantes. Em ambos os experimentos as médias serão comparadas pelo teste de Tukey ao nível de 5% de probabilidade..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque - Coordenador / Maria Valdiglêzia de Mesquita - Integrante / Maria Vanilse Sampaio - Integrante.
2011 - 2012
Micropropagação de bananeira cultivar Fhia 1 em meio desprovido de sacarose: Prejuízos x benefícios
Descrição: A banicultura no Brasil é uma importante atividade agrícola, com produção anual de cerca de 6 milhões de toneladas. Dentre as cultivares, FHIA 01 se destaca por ser resistente a sigatoka negra e as três raças do mal do Panamá. A bananeira normalmente é propagada vegetativamente, porém esse sistema é o principal veiculo disseminador de doenças. A micropropagação é uma alternativa para a produção de mudas com boa qualidade fitossanitaria, porém, os altos custos da técnica dificultam a produção. Com o intuito de reduzir os custos de produção, será feita a avaliação da micropropagação de bananeira FHIA 01 sob condições menos onerosas. Ápices caulinares serão retirados de plantas matrizes doadas pela empresa Mossoró agroindustrial. Após a desinfestação, os explantes serão inoculados em MS completo ou ½ MS com açúcar comercial (AC) em diferentes concentrações, perfazendo os seguintes tratamentos: MS + 0,0 g L-1 de AC; MS + 15,0 g L-1 de AC; MS + 30,0 g L-1 de AC; ½ MS + 0,0 g L-1 de AC; ½ MS + 15,0 g L-1 de AC; ½ MS + 30,0 g L-1 de AC. Em todos os tratamentos, os meios serão suplementados com 2,0 mg L-1 de BAP. Para termos de comparação o tratamento controle será o MS completo suplementado com 6,5 g L-1 de ágar e 4,5 mg L-1 de BAP, normalmente utilizado para multiplicação de bananeira in vitro. O experimento será montado em delineamento inteiramente casualizado com 7 tratamentos e 10 repetições. Cada repetição será composta de cinco unidades experimentais, perfazendo um total de 50 explantes por tratamento. As avaliações serão realizadas a cada subcultivo (cerca de 30 dias) durante 5 meses e as variáveis avaliadas serão: percentual de contaminação; percentual de oxidação; taxa de multiplicação absoluta; taxa de multiplicação acumulada. As plantas obtidas serão aclimatizadas em casa de vegetação..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
2011 - 2012
Efeito do óleo essencial de Hyptis suaveolens (L.) Poit. No controle da contaminação in vitro de bananeira (cultivar FHIA 1)
Descrição: O Brasil é considerado o segundo maior produtor mundial de banana (Musa spp), diante disso tem enfrentado muitos problemas, pois a renovação dos plantios e a ampliação das áreas cultivadas dependem da disponibilidade de mudas de qualidade, o que vem sendo dificultado devido ao grande aumento de pragas e doenças. Nesse sentido, objetiva-se com o presente trabalho, estudar o efeito do óleo essencial de Hyptis suaveolens (L.) Poit. No controle da contaminação in vitro de bananeira. Para isso serão testadas diferentes concentrações do óleo essencial de H. suaveolens que possui ação antimicrobiana, no meio de cultura MS suplementado com 30 g L-1 de sacarose e 4,5 g L-1 de ágar. As mudas das quais serão retiradas as folhas para extrair o óleo essencial serão produzidas em casa de vegetação. Serão adicionadas ao meio de cultura diferentes concentrações do óleo:100 Μl.L-1, 200 Μl.L-1, 300 Μl.L-1 e 400 Μl.L-1. A adição do óleo essencial ao meio será feita em câmara de fluxo laminar e após uma semana deste procedimento, será feita uma análise para identificar qual concentração do óleo no meio de cultura inibiu o maior percentual de microrganismos. Com os resultados obtidos na inibição de microrganismos no meio de cultura, serão estabelecidas concentrações do óleo para ser adicionado ao meio de cultura no qual serão inoculados rizomas de bananeira, que passarão por assepsia e serão diminuídos no laboratório de cultura de tecido vegetal. A desinfecção dos explantes em câmara de fluxo laminar será feita com a imersão em álcool 70% durante 1 minuto, em hipoclorito de sódio a 2,5% por 10 minutos e três lavagens em água deionizada esterilizada. Os explantes com aproximadamente 1 cm de comprimento serão inoculados no meio MS suplementado com 30 g L-1 de sacarose e 4,5 g L-1 de ágar. O experimento será conduzindo em DIC com 4 tratamentos de 4 repetições com 5 tubos de ensaio cada. Serão avaliados a porcentagem de explantes contaminados e oxidados e o número de brotos..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.


Outros Projetos


2009 - 2010
Percepcão de alunos do terceiro ano sobre energia, biocombustíveis e biodiesel
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque - Coordenador / Kathia Maria Barbosa e Silva - Integrante / Marciana Bizerra de Morais - Integrante / Diego Nathan do Nascimento Souza - Integrante.


Revisor de periódico


2006 - 2007
Periódico: Caatinga (Mossoró)
2014 - 2015
Periódico: Revista Brasileira de Horticultura Ornamental (Impresso)
2015 - 2016
Periódico: Acta Physiologiae Plantarum
2017 - 2017
Periódico: Revista Caatinga
2015 - 2015
Periódico: HORTICULTURA BRASILEIRA
2014 - 2014
Periódico: HORTICULTURA BRASILEIRA
2012 - 2012
Periódico: HORTICULTURA BRASILEIRA


Revisor de projeto de fomento


2011 - 2011
Agência de fomento: Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Fisiologia Vegetal.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Fisiologia Vegetal/Especialidade: Biotecnologia Vegetal.


Idiomas


Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2012
Menção honrosa ao trabalho intitulado Influência do BAP na regeneração in vitro de Schinopsis brasiliensis Engl. em meio WPM e MS, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
ULISSES, C.2018ULISSES, C. ; MORAIS, M. B. ; BARBOSA, M. R. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; WILLADINO, Lilia ; CAMARA, Terezinha Rangel . Physiological development of heliconias derived from in vitro culture of zygotic embryos and conventional propagation. HORTICULTURA BRASILEIRA, v. 36, p. 229-234, 2018.

2.
OLIVEIRA, E. M. S.2018OLIVEIRA, E. M. S. ; SILVA, F. R. ; MORAIS, C. C. O. ; OLIVEIRA, T. M. B. F. ; MARTINEZ-HUITLE, C. A. ; MOTHEO, A. J. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; CASTRO, S. S. L. . Performance of (in)active anodic materials for the electrooxidation of phenolic wastewaters from cashew-nut processing industry. CHEMOSPHERE, v. 201, p. 740-748, 2018.

3.
ARRUDA, M. V. M.2018ARRUDA, M. V. M. ; OLIVEIRA, Francisco Fábio Mesquita ; SAMPAIO, M. V. ; FERNANDES, M. D. S. S. ; DIAS, N. S. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; FERNANDES, C. S. . Influence of nutrition and water stress in Hyptis suaveolens. INDUSTRIAL CROPS AND PRODUCTS, v. 125, p. 511-519, 2018.

4.
PALHARES NETO, LUIZ2018PALHARES NETO, LUIZ ; DE SOUZA, LINDOMAR MARIA ; DE MORAIS, MARCIANA BIZERRA ; DE ALBUQUERQUE, CYNTHIA CAVALCANTI ; CAMARA, Terezinha Rangel ; ULISSES, CLAUDIA . Controlling hyperhydricity in micropropagated plants of Lippia grata Schauer (Verbenaceae), a native species of a dry seasonal tropical forest with pharmacological potential. REVISTA BRASILEIRA DE BOTÂNICA (IMPRESSO), v. 1, p. 1-10, 2018.

5.
SANTOS, RICARDO GONÇALVES2017SANTOS, RICARDO GONÇALVES ; ALBUQUERQUE, CYNTHIA CAVALCANTI DE ; CIPRIANO, ALINE KELLY DE AQUINO LIMA ; DANTAS, IRON MACÊDO ; MESQUITA, MARIA VALDIGLÊZIA DE ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . EMERGÊNCIA DE Licania rigida BENTH (CHRYSOBALANACEAE) EM FUNÇÃO DO TRATAMENTO PRÉ-GERMINATIVO E DO TEMPO DE ARMAZENAMENTO. HOLOS (NATAL. ONLINE), v. 5, p. 27, 2017.

6.
CROUS, P.W.2017CROUS, P.W. WINGFIELD, M.J. BURGESS, T.I. CARNEGIE, A.J. HARDY, G.E.ST.J. SMITH, D. SUMMERELL, B.A. CANO-LIRA, J.F. GUARRO, J. HOUBRAKEN, J. LOMBARD, L. MARTÍN, M.P. SANDOVAL-DENIS, M. ALEXANDROVA, A.V. BARNES, C.W. BASEIA, I.G. BEZERRA, J.D.P. GUARNACCIA, V. MAY, T.W. HERNÁNDEZ-RESTREPO, M. STCHIGEL, A.M. MILLER, A.N. ORDOÑEZ, M.E. ABREU, V.P. ACCIOLY, T. , et al.AGNELLO, C. AGUSTIN COLMÁN, A. Albuquerque, C.C. ALFREDO, D.S. ALVARADO, P. ARAÚJO-MAGALHÃES, G.R. ARAUZO, S. ATKINSON, T. BARILI, A. BARRETO, R.W. BEZERRA, J.L. CABRAL, T.S. CAMELLO RODRÍGUEZ, F. CRUZ, R.H.S.F. DANIËLS, P.P. DA SILVA, B.D.B. DE ALMEIDA, D.A.C. DE CARVALHO JÚNIOR, A.A. DECOCK, C.A. DELGAT, L. DENMAN, S. DIMITROV, R.A. EDWARDS, J. FEDOSOVA, A.G. FERREIRA, R.J. FIRMINO, A.L. FLORES, J.A. GARCÍA, D. GENÉ, J. GIRALDO, A. GÓIS, J.S. GOMES, A.A.M. GONÇALVES, C.M. GOULIAMOVA, D.E. GROENEWALD, M. GUÉORGUIEV, B.V. GUEVARA-SUAREZ, M. GUSMÃO, L.F.P. HOSAKA, K. HUBKA, V. HUHNDORF, S.M. JADAN, M. JURJEVI', '. KRAAK, B. KUč KUMAR, T.K.A. KU?AN, I. LACERDA, S.R. LAMLERTTHON, S. LISBOA, W.S. LOIZIDES, M. LUANGSA-ARD, J.J. LYSKOVÁ, P. MAC CORMACK, W.P. MACEDO, D.M. MACHADO, A.R. MALYSHEVA, E.F. MARINHO, P. MATOč MEIJER, M. ME?I', A. MONGKOLSAMRIT, S. MOREIRA, K.A. MOROZOVA, O.V. NAIR, K.U. NAKAMURA, N. NOISRIPOOM, W. OLARIAGA, I. OLIVEIRA, R.J.V. PAIVA, L.M. PAWAR, P. PEREIRA, O.L. PETERSON, S.W. PRIETO, M. RODRÍGUEZ-ANDRADE, E. ROJO DE BLAS, C. ROY, M. SANTOS, E.S. SHARMA, R. SILVA, G.A. SOUZA-MOTTA, C.M. TAKEUCHI-KANEKO, Y. TANAKA, C. THAKUR, A. SMITH, M.TH. TKALč VALENZUELA-LOPEZ, N. VAN DER KLEIJ, P. VERBEKEN, A. VIANA, M.G. WANG, X.W. GROENEWALD, J.Z. ; Fungal Planet description sheets: 625-715. PERSOONIA, v. 39, p. 282-283, 2017.

7.
SANTOS, RICARDO GONÇALVES2016SANTOS, RICARDO GONÇALVES ; SOUSA, IASMIN MATIAS DE ; ALBUQUERQUE, CYNTHIA CAVALCANTI DE ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . Tipo de estaca e substrato na propagação vegetativa de Lippia gracilis Schauer. Arquivos do Instituto Biológico (Online), v. 83, p. 1-4, 2016.

8.
SANTOS, R. G.2016SANTOS, R. G. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; PAIVA, D. N. C. ; OLIVEIRA, Francisco Fábio Mesquita ; RAGAGNIN, R. C. G. ; CIPRIANO, A. K. A. L. . Performance on tolerance of the AL Bandeirantes maize cultivar under salt stress. MAGISTRA CRUZ DAS ALMAS-BA, v. 28, p. 352, 2016.

9.
DANTAS, L. I. S.2015DANTAS, L. I. S. ; ARAUJO, G. M. ; RIBEIRO, N. M. ; ANDRADE, V. S. ; OLIVEIRA, Francisco Fábio Mesquita ; ALBUQUERQUE, C. C. ; ROCHA, F. A. G. . Antibacterial potential of Lippia gracilis Schauer essential oil against a Salmonella sp strain isoleted in tilápia fillet-fish (Oreochromis niloticus). International Journal of Scientific Research, v. 4, p. 500-503, 2015.

10.
FERNANDES, LUCIANA CRISTINA BORGES2015FERNANDES, LUCIANA CRISTINA BORGES ; ALBUQUERQUE, CYNTHIA CAVALCANTI DE ; SALES JÚNIOR, RUI ; OLIVEIRA, Francisco Fábio Mesquita ; GURGEL, ELENEIDE PINTO ; MESQUITA, MARIA VALDIGLÊZIA DE ; SILVA, MÔNICA DANIELLE SALES DA . Fungitoxicidade dos extratos vegetais e do óleo essencial de Lippia gracilis Schauer sobre o fungo Monosporascus cannonballus Pollack e Uecker. Summa Phytopathologica (Impresso), v. 41, p. 153-155, 2015.

11.
RAGAGNIN, R. C. G.2014 RAGAGNIN, R. C. G. ; Albuquerque, C.C. ; OLIVEIRA, Francisco Fábio Mesquita ; SANTOS, R. G. ; GURGEL, E. P. ; DINIZ, J. C. ; ROCHA, S. A. S. ; VIANA, Francisco Arnaldo . Effect of salt stress on the growth of Lippia gracilis Schauer and on the quality of its essential oil. Acta Botanica Brasílica (Impresso), v. 28, p. 346-351, 2014.

12.
GURGEL, E. P.2013GURGEL, E. P. ; OLIVEIRA, Francisco Fábio Mesquita ; SILVA, M. D. S. ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e ; ALBUQUERQUE, C. C. . Métodos de superação da dormência na emergência de Cuspidaria pulchra (Cham.) L.G.Lohmann (BIGNONIACEAE). Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, v. 8, p. 65, 2013.

13.
ALBUQUERQUE, C. C.;Albuquerque, C.C.;ALBUQUERQUE, CYNTHIA CAVALCANTI DE;DE ALBUQUERQUE, CYNTHIA CAVALCANTI2012 ALBUQUERQUE, C. C.; Camara, T.R. ; Sant&apos ; Ulisses, C. ; Willadino, L. ; Marcelino Júnior, C. . Effects of the essential oil of Lippia gracilis Schauer on caulinary shoots of heliconia cultivated in vitro. Revista Brasileira de Plantas Medicinais (Impresso), v. 14, p. 26-33, 2012.

14.
MEDEIROS, Érika Valente de2012MEDEIROS, Érika Valente de ; VIANA, M. G. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; VIANA, Francisco Arnaldo ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . Extrato etanólico de Senna alata no controle de Fusarium oxysporum, causador da murcha-de-fusarium do meloeiro. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental (Online), v. 16, p. 1166-1170, 2012.

15.
MARINHO, Maria Jocileide de Medeiros2011MARINHO, Maria Jocileide de Medeiros ; ALBUQUERQUE, C. C. ; MORAIS, M. B. ; SOUZA, Marília Cristina Gomes de ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . Estabelecimento de protocolo para micropropagação de Lippia gracilis Schauer. Revista Brasileira de Plantas Medicinais (Impresso), v. 13, p. 246/2-252, 2011.

16.
SOARES, L. E. S.2011SOARES, L. E. S. ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e ; BARBOSA, Z. ; ALBUQUERQUE, C. C. . Número cromossômico de Lippia gracilis Schauer (Verbenaceae) ocorrentes no estado do Rio Grande do Norte, Brasil. Revista Caatinga (UFERSA. Impresso), v. 24, p. 221/3-224, 2011.

17.
SILVA, Cláudia Ulisses de Carvalho2011SILVA, Cláudia Ulisses de Carvalho ; ALBUQUERQUE, C. C. ; WILLADINO, Lilia ; CAMARA, Terezinha Rangel . Indução de embriões somáticos a partir de embriões zigóticos de Heliconia bihai (L.) L. cv. Lobster Claw Two. Revista Ceres, v. 58, p. 407/5-410, 2011.

18.
MEDEIROS, Érica Valente de2011MEDEIROS, Érica Valente de ; VIANA, Marcelino Gevilbergue ; ALBUQUERQUE, C. C. ; VIANA, Francisco Arnaldo ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . EXTRATO ETANÓLICO DE Senna alata NO CONTROLE DE Myrothecium. Planta Daninha (Impresso), v. 29, p. 577/3-583, 2011.

19.
OLIVEIRA, A. M.2011OLIVEIRA, A. M. ; SILVA, P. S. L. E. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; RIBEIRO, M. C. C. ; CARDOSO, M. J. . Weed control in corn via intercropping with Gliciridia sown by broadcasting. Planta Daninha (Impresso), v. 29, p. 535/3-543, 2011.

20.
ULISSES, Cláudia2010ULISSES, Cláudia ; CAMARA, Terezinha Rangel ; WILLADINO, Lilia ; ALBUQUERQUE, C. C. ; BRITO, Júlio Zoé de . Early somatic embriogenesis in Heliconia chartaceae Lane ex Barreiros cv. Sexy Pink ovary sections explants. Brazilian Archives of Biology and Technology, v. 53, p. 11-18, 2010.

21.
ULISSES, Cláudia2010ULISSES, Cláudia ; PINNA, G. F. M. ; WILLADINO, Lilia ; ALBUQUERQUE, C. C. ; CAMARA, Terezinha Rangel . In vitro propagation of Heliconia bihai (L.) L. from zigotic embryos. Acta Botanica Brasílica (Impresso), v. 24, p. 184/1-192, 2010.

22.
ULISSES, Cláudia2010ULISSES, Cláudia ; WILLADINO, Lilia ; ALBUQUERQUE, C. C. ; CAMARA, Terezinha Rangel . Clonagem vegetal. Anais da Academia Pernambucana de Ciência Agronômica, v. 7, p. 86-91, 2010.

23.
OLIVEIRA, O. R.2008OLIVEIRA, O. R. ; TERAO, D. ; CARVALHO, A. C. P. P. ; INNECCO, R. ; ALBUQUERQUE, C. C. . Efeito de óleos essenciais de plantas do gênero Lippia sobre fungos contaminantes encontrados na micropropagação de plantas. Revista Ciência Agronômica, v. 39, p. 94-100, 2008.

24.
VIANA, Marcelino Gevilbergue2008VIANA, Marcelino Gevilbergue ; ALBUQUERQUE, C. C. ; MEDEIROS, Érika Valente de ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e ; VIANA, Francisco Arnaldo . Avaliação do potencial fungicida de extratos etanólicos de Senna alata contra Monosporascus cannomballus. Ciência e Agrotecnologia, v. 32, p. 1387-1393, 2008.

25.
MELO, J. I. M.2008MELO, J. I. M. ; CAMACHO, Ramiro Gustavo Valera ; ALBUQUERQUE, C. C. ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e ; SOUZA, D. N. N. ; ROCHA, L. N. G. ; SANTOS, D. A. . Composição florística do Lajedo de Soledade, Apodi, Rio Grande do Norte. Revista FAPERN, v. 9, p. 47-53, 2008.

26.
ULISSES, Cláudia2007ULISSES, Cláudia ; CAMARA, Terezinha Rangel ; WILLADINO, Lilia ; ALBUQUERQUE, C. C. . Induction of somatic embryogenesis in Heliconia chartaceae Lane ex Barreiros cv. Sexy pink and cv. Sexy scarlet from sections of ovaries. Agrária (Recife), v. 2, p. 281/4-284, 2007.

27.
ALBUQUERQUE, C. C.;Albuquerque, C.C.;ALBUQUERQUE, CYNTHIA CAVALCANTI DE;DE ALBUQUERQUE, CYNTHIA CAVALCANTI2006 ALBUQUERQUE, C. C.; CAMARA, Terezinha Rangel ; MARIANO, Rosa de Lima Ramos ; WILLADINO, Lilia ; MARCELINO JÚNIOR, Cristiano ; ULISSES, Cláudia . Antimicrobial action of the essential oil of Lippia gracilis Schauer. Brazilian Archives of Biology and Technology, Tecpar - Paraná, v. 49, n.4, p. 527-535, 2006.

28.
Lima, F. C.2006Lima, F. C. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; CAMARA, Terezinha Rangel ; CAVALCANTE, U. M. T. ; WILLADINO, Lilia . Anthurium andraeanum Lind.cv. Eidiebel in vitro rooting and acclimatization with arbuscular mycorrhizal fungi. Agrária (Recife), v. 1, p. 13, 2006.

29.
ULISSES, C.2002ALBUQUERQUE, C. C.; ULISSES, C. ; CAMARA, Terezinha Rangel ; WILLADINO, Lilia ; MARTINS, L. S. S. ; FREITAS, N. S. A. . Caracterização isoenzimática de clones de bananeira nanicão submetidas à salinidade. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v. 6, n.2, p. 358-361, 2002.

30.
ALBUQUERQUE, C. C.;Albuquerque, C.C.;ALBUQUERQUE, CYNTHIA CAVALCANTI DE;DE ALBUQUERQUE, CYNTHIA CAVALCANTI2000ALBUQUERQUE, C. C.; CAMARA, Terezinha Rangel ; MENEZES, M. ; WILLADINO, Lilia ; MEUNIER, I. ; ULISSES, Cláudia . Cultivo in vitro de ápices caulinares de abacaxizeiro para limpeza clonal em relação à fusariose. SCIENTIA AGRICOLA, Piracicaba, v. 57, p. 363-366, 2000.

31.
ULISSES, Cláudia2000ULISSES, Cláudia ; CAMARA, Terezinha Rangel ; ROCHA, Paulo Sérgio Gomes ; WILLADINO, Lilia ; ALBUQUERQUE, C. C. ; MEUNIER, I. . Seleção in vitro de gemas nanicão tolerantes à salinidade. Scientia Agricola, Piracicaba, v. 57, p. 667-670, 2000.

Capítulos de livros publicados
1.
CAMARA, Terezinha Rangel ; WILLADINO, Lilia ; ALBUQUERQUE, C. C. . Microrganismos Silenciosos no cultivo in vitro in vitro de plantas. In: Jonny Everson Scherwinsky Pereira. (Org.). Contaminações Microbianas na Cultura de células, tecidos e órgãos de plantas. Brasília: EMBRAPA, 2010, v. 1, p. 17-446.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
ALBUQUERQUE, C. C.; ULISSES, Cláudia . Agricultura na mira da biotecnologia. Folha de Pernambuco, Recife, p. 3 - 3, 17 fev. 2003.

2.
ALBUQUERQUE, C. C.; ULISSES, Cláudia . Rural abriga Verde Vitro. Diário de Pernambuco, Pernambuco, p. B8 - B8, 21 fev. 1999.

3.
ALBUQUERQUE, C. C.; ULISSES, Cláudia . Biofábrica produz clones vegetais. Jornal do Comércio, Pernambuco, p. 8 - 8, 07 fev. 1999.

4.
ALBUQUERQUE, C. C.; SILVA, C. U. C. . Multiplicando beleza. Direção Empresarial, SEBRAE - PE, , v. 192.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
GURGEL, E. P. ; OLIVEIRA, M. L. C. ; SANTOS, R. G. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . USO DO HIPOCLORITO DE SÓDIO NA DESINFESTAÇÃO DE EXPLANTES DE ARRABIDAEA PULCHRA. In: V Simpósio Brasileiro sobre meio ambiente e desenvolvimento sustentável do semiárido, 2012, Mossoró. Anais do V Simpósio Brasileiro sobre meio ambiente e desenvolvimento sustentável do semiárido, 2012.

2.
ALMEIDA, S. C. P. ; SANTOS, R. G. ; ARRUDA, M. V. M. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . Influência do substrato na Emergência de plântulas de Jotropha curcas L. In: V Simpósio Brasileiro de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável do Semiárido, 2012, Mossoró. Anais do V Simpósio Brasileiro de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável do Semiárido, 2012.

3.
SANTOS, R. G. ; ALMEIDA, S. C. P. ; FERREIRA, A. D. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . Condições ambientais na superação de dormência de sementes de Ziziphus juazeiro MART. In: V Simpósio Brasileiro de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável do Semiárido, 2012, Mossoró. Anais do V Simpósio Brasileiro de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável do Semiárido, 2012.

4.
SANTOS, R. G. ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e ; ALMEIDA, S. C. P. ; MESQUITA, M. V. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; ALBUQUERQUE, C. C. . Diferentes Meios de Quebra de Dormência e Regeneração in vitro de Schinopsis brasiliensis Engl.. In: VII Salão de Iniciação Científica, 2011, Mossoró. Anais do VII Salão de Iniciação Científica, 2011.

5.
MEDEIROS, Érika Valente de ; VIANA, Marcelino Gevilbergue ; ALBUQUERQUE, C. C. ; VIANA, Francisco Arnaldo . Efeito do extrato etanólico da vagem de Cassia alata sobre os principais fungos radiculares do meloeiro (Cucumis melo L.). In: 46º Congresso Brasileiro de Olericultura, 2006, Goiânia. Revista da Associação Brasileira de Horticultura, 2006. v. 24. p. 160-161.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
BRANDAO, Y. K. F. S. ; SILVA, M. E. S. ; SANTOS, L. F. P. ; Albuquerque, C.C. . POTENCIAL FITOEXTRATOR DE LIPPIA GRACILIS SHAUER EM UM SOLO CONTAMINADO POR CHUMBO. In: I Congresso internacional da diversidade do semiárido, 2016, Campina Grande. I Congresso internacional da diversidade do semiárido, 2016.

2.
SOUZA, D. L. S. ; SILVA, M. D. S. ; Albuquerque, C.C. . ATIVIDADE FUNGICIDA DO ÓLEO DE LIPPIA GRACILIS E HYPTIS SUAVEOLENS SOBRE O DESENVOLVIMENTO IN VITRO DE FUNGOS FITOPATOGÊNICOS. In: I Congresso Internacional da Diversidade do Semiárido, 2016, Campina Grande. Anais do I Congresso Internacional da Diversidade do Semiárido, 2016.

3.
SANTIAGO, A. C. A. ; MOTA, T. R. ; URTIGA, A. I. S. ; Albuquerque, C.C. . EFEITO ANTI-INFLAMATÓRIO DO ÓLEO ESSENCIAL DE LIPPIA GRACILIS SCHAUER.. In: I Congresso Internacional de Diversidade do Semiárido, 2016, Campina Grande. Anais do I Congresso Internacional de Diversidade do Semiárido, 2016.

4.
SILVA, M. D. S. ; SILVA, M. G. ; SILVA, M. E. S. ; ALBUQUERQUE, C. C. . DESENVOLVIMENTO DE ESTACAS DE VARRONIA LEUCOCEPHALA (MORIC) J. S. MILL. ASSOCIADA A FUNGOS MICORRIZICOS ARBUSCULARES. In: I Congresso Internacional da diversidade do Semiárido, 2016, Campina Grande. Anais do I Congresso Internacional da diversidade do Semiárido, 2016.

5.
FERNANDES, L. C. B. ; GURGEL, E. P. ; SILVA, M. D. S. ; OLIVEIRA, Francisco Fábio Mesquita ; ALBUQUERQUE, C. C. . Estresse biótico e seu efeito no crescimento de Lippia gracilis Schauer, uma espécie nativa da Caatinga. In: VI Simpósio Brasileiro sobre Meio Ambiente e desenvolvimento sustentável do semiárido, 2013, Mossoró. Sociedades Sustentáveis: Estratégias para Convivência com o Semiárido. Mossoró, 2013.

6.
GURGEL, E. P. ; SILVA, M. D. S. ; MESQUITA, M. V. ; FERNANDES, L. C. B. ; ALBUQUERQUE, C. C. . Influência do substrato no crescimento de Batis maritima L. (Bataceae) cultivadas em casa-de-vegetação. In: VI Simpósio Brasileiro sobre Meio Ambiente e desenvolvimento sustentável do semiárido, 2013, Mossoró. Sociedades Sustentáveis: Estratégias para Convivência com o Semiárido, 2013.

7.
GURGEL, E. P. ; SILVA, M. D. S. ; OLIVEIRA, Francisco Fábio Mesquita ; PAIVA, M. R. F. C. ; ALBUQUERQUE, C. C. . Influência do substrato nos teores de carboidratos totais e de proteínas totais em Batis maritima cultivadas em casa-de-vegetação. In: VI Simpósio Brasileiro sobre Meio Ambiente e desenvolvimento sustentável do semiárido, 2013, Mossoró. Sociedades Sustentáveis: Estratégias para Convivência com o Semiárido, 2013.

8.
SILVA, M. D. S. ; GURGEL, E. P. ; ANDRADE, K. K. S. ; OLIVEIRA, Francisco Fábio Mesquita ; ALBUQUERQUE, C. C. . Alterações bioquímicas em plantas de Lippia gracilis Schauer submetidas a estresse salino. In: VI Simpósio Brasileiro sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, 2013, Mossoró. Anais do VI Simpósio Brasileiro sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, 2013.

9.
FERNANDES, L. C. B. ; GURGEL, E. P. ; PAIVA, M. R. F. C. ; SANTOS, R. G. ; ALBUQUERQUE, C. C. . Avaliação da germinação in vitro de sementes de Jatropha curcas L. submetidas à condições déficit hídrico com polietilenoglicol. In: VI Simpósio Brasileiro sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, 2013, Mossoró. Anais do VI Simpósio Brasileiro sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, 2013.

10.
SILVA, M. D. S. ; GURGEL, E. P. ; MESQUITA, M. V. ; OLIVEIRA, Francisco Fábio Mesquita ; ALBUQUERQUE, C. C. . Extração e quantificação de proteínas totais solúveis em Lippia gracilis Schauer. In: VI Simpósio Brasileiro sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, 2013, Mossoró. Anais do VI Simpósio Brasileiro sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, 2013.

11.
PAIVA, M. R. F. C. ; GURGEL, E. P. ; SANTOS, R. G. ; ALBUQUERQUE, C. C. . Utilização do resíduo de algas marinhas na composição de substratos para germinação do alface. In: VI Simpósio Brasileiro sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, 2013. Anais do VI Simpósio Brasileiro sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, 2013.

12.
MARINHO, Maria Jocileide de Medeiros ; ALBUQUERQUE, C. C. ; MORAIS, M. B. ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . Controle da oxidação no cultivo in vitro de Lippia gracilis Schauer. In: I Simpósio de Biologia do Rio Grande do Norte, 2008, Mossoró. Anais do I Simpósio de Biologia do Rio Grande do Norte, 2008.

13.
MELO, G. M. ; PAULINO, P. M. S. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; CAMARA, Terezinha Rangel ; WILLADINO, Lilia . Avaliação de diferentes meios nutritivos para a germinação assimbiótica de Cattleya labiata. In: III Congresso Brasileiro de Cultura de Tecidos, 2007, Goiânia. Anais do III Congresso Brasileiro de Cultura de Tecidos, 2007.

14.
ALBUQUERQUE, C. C.; CAMARA, Terezinha Rangel ; MARIANO, Rosa de Lima Ramos ; MARCELINO JÚNIOR, Cristiano de Almeida Cardoso ; ULISSES, Cláudia ; WILLADINO, Lilia . Ação antimicrobiana do óleo essencial de Lippia gracilis Schauer. In: X Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal e XII Congresso Latino Americano de Fisiologia Vegetal, 2005, Recife. Anais do X Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal e XII Congresso Latino Americano de Fisiologia Vegetal, 2005.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
PALHARES NETO, L. ; DE SOUZA, LINDOMAR MARIA ; MORAIS, M. B. ; ULISSES, C. ; Albuquerque, C.C. . INFLUÊNCIA DO DÉFICIT HÍDRICO NA MORFOFISIOLOGIA DE Lippia grata, ESPÉCIE MEDICINAL ENDÊMICA DA CAATINGA. In: II Simpósio do Bioma Caatinga, 2018, Juazeiro - BA. Anais do II Simpósio do Bioma Caatinga, 2018.

2.
DANTAS, A. P. S. S. ; SILVA, M. E. S. ; OLIVEIRA, Francisco Fábio Mesquita ; SOUZA, Marília Cristina Gomes de ; ALBUQUERQUE, CYNTHIA CAVALCANTI DE . DESENVOLVIMENTO DE ESTACAS DE Lippia gracilis ASSOCIADAS A FUNGOS MICORRÍZICOS ARBUSCULARES. In: 35ª Reunião Nordestina de Botânica, 2017, Recife. Anais da 35ª Reunião Nordestina de Botânica, 2017.

3.
MIRANDA, C. B. F. ; MOTA, T. R. ; OLIVEIRA, Francisco Fábio Mesquita ; VERAS, D. M. ; ARAUJO FILHO, J. H. ; Albuquerque, C.C. . MINIMUM INHIBITORY CONCENTRATION DETERMINATIONS FOR ESSENTIAL OILS AGAINST CANDIDA ALBICANS. In: VI International Symposium in Biochemistry of Macromolecules and Biotechnology, 2016, Fortaleza. Anais do VI International Symposium in Biochemistry of Macromolecules and Biotechnology, 2016.

4.
MOTA, T. R. ; MIRANDA, C. B. F. ; OLIVEIRA, Francisco Fábio Mesquita ; ALBUQUERQUE, C. C. ; VERAS, D. M. ; ALMEIDA, D. R. Q. ; ARAUJO FILHO, J. H. ; MARTINS, T. F. . IN VITRO ANTIBACTERIAL EFFECT OF ESSENTIAL OILS AGAINST STAPHYLOCOCCUS AUREUS. In: VI International Symposium in Biochemistry of Macromolecules and Biotechnology, 2016, Fortaleza. Anais do VI International Symposium in Biochemistry of Macromolecules and Biotechnology.

5.
SILVA, M. D. S. ; ARRUDA, M. V. M. ; GURGEL, E. P. ; OLIVEIRA, Francisco Fábio Mesquita ; ALBUQUERQUE, C. C. . UTILIZAÇÃO DO RESÍDUO DA EXTRAÇÃO DE ÓLEO ESSENCIAL DE LIPPIA GRACILIS SHAUER. (VERBENACEAE) COMO SUBSTRATO ORGÂNICO.. In: Congreso Latinoamericano de Botánica, 2014, Salvador. Anais do Congreso Latinoamericano de Botánica, 2014.

6.
SAMPAIO, M. V. ; SILVA, M. D. S. ; ARRUDA, M. V. M. ; SILVA, M. G. ; OLIVEIRA, Francisco Fábio Mesquita ; ALBUQUERQUE, C. C. . AÇÃO DO ÓLEO ESSENCIAL DE HYPTIS SUAVEOLENS (L.) POINT. (LAMIACEAE) SOBRE A PRODUÇÃO DE ESPOROS DE FUNGOS FITOPATOGÊNICOS. In: Congreso Latinoamericano de Botánica, 2014, Salvador. Anais do Congreso Latinoamericano de Botánica, 2014.

7.
SAMPAIO, M. V. ; SILVA, M. D. S. ; ARRUDA, M. V. M. ; GURGEL, E. P. ; SILVA, M. G. ; ALBUQUERQUE, C. C. . ATIVIDADE ANTIFÚNGICA DO ÓLEO ESSENCIAL DE HYPTIS SUAVEOLENS (L.) POINT. (LAMIACEAE) SOBRE FUSARIUM PALLIDOROSEUM (COOKE) SACC. (HYPOCREACEAE). In: Congreso Latinoamericano de Botánica, 2014, Salvador. Anais do Congreso Latinoamericano de Botánica, 2014.

8.
ARRUDA, M. V. M. ; SILVA, M. D. S. ; OLIVEIRA, Francisco Fábio Mesquita ; GURGEL, E. P. ; SAMPAIO, M. V. ; ALBUQUERQUE, C. C. . PROSPECÇÃO FITOQUÍMICA DE EXTRATOS ETANÓLICO E AQUOSO DE HYPTIS SUAVEOLENS (L.) POIT. (LAMIACEAE). In: Congreso Latinoamericano de Botánica, 2014, Salvador. Anais do Congreso Latinoamericano de Botánica, 2014.

9.
DANTAS, L. I. S. ; RIBEIRO, N. M. ; CAMPOS, J. S. ; ARAUJO, G. M. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; ANDRADE, V. S. . Avaliação da atividade anti-Heliobacter pylori do óleo essencial de Lippia gracilis Schauer (Verbenaceae). In: VII Simpósio Iberoamericano de Plantas Medicinais, 2014, Ilhéus -BA. Anais do VII Simpósio Iberoamericano de Plantas Medicinais, 2014.

10.
RAGAGNIN, R. C. G. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; OLIVEIRA, Francisco Fábio Mesquita ; SANTOS, R. G. ; GURGEL, E. P. ; DINIZ, J. C. ; SERAFIM, S. A. ; VIANA, Francisco Arnaldo . Efeito do estresse salino na qualidade do óleo essencial da Lippia gracilis Schauer. In: III Congresso Fapern de Ciência, Tecnologia e Inovação do RN, 2014, Natal. Anais do III Congresso Fapern de Ciência, Tecnologia e Inovação do RN, 2014.

11.
FERNANDES, L. C. B. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; SALES JUNIOR, R. ; OLIVEIRA, Francisco Fábio Mesquita ; BEZERRA, H. S. ; GURGEL, E. P. ; SILVA, M. D. S. ; ARRUDA, M. V. M. ; ANDRADE, K. K. S. . SUSCEPTIBILIDADE IN VITRO DE MONOSPORASCCUS CANNONBALLUS (POLLACK & UECKER) AO ÓLEO ESSENCIAL DE LIPPIA GRACILIS SCHAUER.. In: 27 Congresso Brasileiro de Microbiologia, 2013, Natal. Anais do 27 Congresso Brasileiro de Microbiologia, 2013.

12.
FERNANDES, L. C. B. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; SALES JUNIOR, R. ; OLIVEIRA, Francisco Fábio Mesquita ; BEZERRA, H. S. ; GURGEL, E. P. ; SILVA, M. D. S. ; ARRUDA, M. V. M. ; DIAS, F. K. D. ; SILVA, M. G. . BIOATIVIDADE IN VITRO DO ÓLEO ESSENCIAL DE LIPPIA GRACILIS SCHAUER SOBRE O FUNGO MACROPHOMINA PHASEOLINA. In: 27 Congresso Brasileiro de Microbiologia, 2013, Natal. Anais do 27 Congresso Brasileiro de Microbiologia, 2013.

13.
RAGAGNIN, R. C. G. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; DINIZ, J. C. ; OLIVEIRA, Francisco Fábio Mesquita ; GURGEL, E. P. . Efeito do estresse salino no crescimento e qualidade do óleo essencial de Lippia gracilis. In: XIV Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal, 2013, Poços de Caldas. Anais do XIV Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal, 2013.

14.
MESQUITA, M. V. ; SILVA, M. D. S. ; SAMPAIO, M. V. ; GURGEL, E. P. ; ALBUQUERQUE, C. C. . INFLUÊNCIA DO MEIO (MS E WPM) NO ESTABELECIMENTO IN VITRO DE Licania rigida BENTH A PARTIR DE ÁPICES CAULINARES E SEGMENTOS NODAIS. In: XIX Congresso Brasileiro de Floricultura e Plantas Ornamentais e VI Congresso Brasileiro de Cultura de Tecido de Plantas, 2013. Anais do XIX Congresso Brasileiro de Floricultura e Plantas Ornamentais e VI Congresso Brasileiro de Cultura de Tecido de Plantas, 2013.

15.
GURGEL, E. P. ; SILVA, M. D. S. ; MESQUITA, M. V. ; SILVA, M. G. ; ALBUQUERQUE, C. C. . EFEITO DO ALUMÍNIO NA BROTAÇÃO DE EXPLANTES DE deBatis maritima L. (BATACEAE) CULTIVADAS IN VITRO. In: XIX Congresso Brasileiro de Floricultura e Plantas Ornamentais e VI Congresso Brasileiro de Cultura de Tecido de Plantas, 2013, Recife. Anais do XIX Congresso Brasileiro de Floricultura e Plantas Ornamentais e VI Congresso Brasileiro de Cultura de Tecido de Plantas, 2013.

16.
GURGEL, E. P. ; SILVA, M. D. S. ; MESQUITA, M. V. ; OLIVEIRA, Francisco Fábio Mesquita ; ALBUQUERQUE, C. C. . INFLUÊNCIA DO SUBSTRATO NA PRODUÇÃO DE BIOMASSA SECA DE Batis maritima (BATACEAE) CULTIVADAS EM CASA DE VEGETAÇÃO. In: XIX Congresso Brasileiro de Floricultura e Plantas Ornamentais e VI Congresso Brasileiro de Cultura de Tecido de Plantas, 2013, Recife. Anais do XIX Congresso Brasileiro de Floricultura e Plantas Ornamentais e VI Congresso Brasileiro de Cultura de Tecido de Plantas, 2013.

17.
GURGEL, E. P. ; SILVA, M. D. S. ; ARRUDA, M. V. M. ; ANDRADE, K. K. S. ; Albuquerque, C.C. . ACÚMULO DE PROLINA EM PLANTAS DE LIPPIA GRACILIS SHAUER SUBMETIDAS A DIFERENTES CONCENTRAÇÕES. In: 64º Congresso Nacional de Botânica, 2013, Belo Horizonte. 64º Congresso Nacional de Botânica, 2013.

18.
GURGEL, E. P. ; SILVA, M. D. S. ; OLIVEIRA, Francisco Fábio Mesquita ; FERNANDES, L. C. B. ; Albuquerque, C.C. . TAXA DE CRESCIMENTO RELATIVO EM PLANTAS DE Batis maritima (BATACEAE) CULTIVADAS EM DIFERENTES SUBSTRATOS. In: 64º Congresso Nacional de Botânica, 2013, Belo Horizonte. Anais do 64º Congresso Nacional de Botânica, 2013.

19.
SAMPAIO, M. V. ; SANTOS, R. G. ; ARRUDA, M. V. M. ; Albuquerque, C.C. ; CAMACHO, Ramiro Gustavo Valera ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . REMOÇÃO DO EPICARPO E EMBEBIÇÃO DAS SEMENTES EM ÁGUA NA EMERGÊNCIA DELICANIA RIGIDA BENTH. In: 65º Reunião Anual da SBPC, 2013, Recife. 65º Reunião Anual da SBPC, 2013.

20.
ALMEIDA, S. C. P. ; MESQUITA, M. V. ; SANTOS, R. G. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . Efeito do óleo essencial de Lippia gracilis Schauer como controle microbiano na propagação in vitro de pinhão manso. In: V Congresse Brasileiro de Mamona, 2012, Guarapari/ES. Anais do V Congresse Brasileiro de Mamona. Campina Grande: Embrapa Algodão, 2012. p. 157.

21.
SANTOS, R. G. ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e ; ALMEIDA, S. C. P. ; MESQUITA, M. V. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; ALBUQUERQUE, C. C. . Influência do BAP na regeneração in vitro de Schinopsis brasiliensis Engl. em meio WPM e MS. In: XVII Curso de Verão de Genética, 2012, Ribeirão Preto/SP. Anais do XVII Curso de Verão de Genética, 2012. p. 72.

22.
SANTOS, R. G. ; ALMEIDA, S. C. P. ; DANTAS, Iron Macedo ; ALBUQUERQUE, C. C. ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . Influência do tempo de armazenamento e da imersão em água na emergência de plântulas de carnaúba. In: XVII Congresso Brasileiro de Sementes, 2011, Natal. Informativo ABRATES/ Associação Brasileira de Tecnologia de Sementes. Londrina: Associação Brasileira de Tecnologia de Sementes, 2011. v. 21.

23.
SANTOS, R. G. ; ALMEIDA, S. C. P. ; MESQUITA, M. V. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . Viabilidade de sementes de Licania rigida Benth (Chrysobalanaceae) armazenadas em câmara fria. In: XVII Congresso Brasileiro de Sementes, 2011, Natal. Informativo ABRATES/ Associação Brasileira de Tecnologia de Sementes. Londrina: Associação Brasileira de Tecnologia de Sementes, 2011. v. 21.

24.
SANTOS, R. G. ; ALMEIDA, S. C. P. ; CAMACHO, Ramiro Gustavo Valera ; ALBUQUERQUE, C. C. ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . Emergência de sementes de Schinopsis brasiliensis Engl. (Anacardiaceae) sob influência de diferentes tratamentos pré-germinativos. In: 62º Congresso Nacional de Botânica, 2011, Fortaleza. Anais do 62º Congresso Nacional de Botânica. Fortaleza: EdUECE, 2011. v. 62.

25.
GURGEL, E. P. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; OLIVEIRA, M. L. C. ; SILVA, F. G. R. ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . Indução de calos em exolantes foliares de Arrabidaea pulchra (Cham.) Sandwith (Bignoniaceae) cultivados in vitro. In: 62 Congresse Nacional de Botânica, 2011, Fortaleza. Anais do 62 Congresse Nacional de Botânica. Fortaleza: EdUECE, 2011. v. 1.

26.
GURGEL, E. P. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; OLIVEIRA, M. L. C. ; SILVA, F. G. R. ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . Efeito do substrato na germinação de sementes de Arrabidaea pulchra (Cham.) Sandwith (Bignoniaceae). In: 62 Congresse Nacional de Botânica, 2011, Fortaleza. Anais do 62 Congresse Nacional de Botânica. Fortaleza: EdUECE, 2011. v. 1.

27.
ALBUQUERQUE, C. C.; GURGEL, E. P. ; OLIVEIRA, M. L. C. ; SILVA, F. G. R. ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . Efeito do substrato e da época do ano no desenvolvimento da parte aérea e radicular de estacas de Arrabidae pulchra (Cham.) Sandwith (Bignoniaceae). In: XIII Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal, 2011. Brazilian Journal of Plant Physiology, 2011. v. 23. p. 156-157.

28.
SOARES, L. E. S. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e ; CAVALCANTE, A. W. C. . Citogenética de duas espécies de Iridáceas ocorrentes no estado do Rio Grande do Norte. In: Reunião Regional da SBPC, 2010, Mossoró. Anais da Reunião Regional da SBPC, 2010.

29.
MORAIS, M. B. ; CAMACHO, Ramiro Gustavo Valera ; ALMEIDA, S. C. P. ; GURGEL, E. P. ; ALBUQUERQUE, C. C. . Interação da concentração de fitorreguladores de crescimento na micropropagação de Jatropha curcas L. (Euforbiaceae: Platilobeae). In: 61 Congresso Nacional de Botânica, 2010, Manaus. Anais do 61 Congresso Nacional de Botânica, 2010.

30.
SOARES, L. E. S. ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e ; CAVALCANTE, A. W. C. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; ROCHA, L. N. G. ; CAMACHO, Ramiro Gustavo Valera . Primeiro Registro Cromossômico em Tabebuia aurea (Bignoniaceae). In: 62 Reunião Anual da SBPC, 2010, Natal. Anais da 62 Reunião Anual da SBPC, 2010.

31.
MARINHO, Maria Jocileide de Medeiros ; MORAIS, M. B. ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e ; DINIZ, C. C. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; DINIZ, J. C. . Avaliação da pulverização de ácido jasmônico na indução de tricomas glandulares em plantas de Lippia gracilis Schauer. In: 62 Reunião Anual da SBPC, 2010, Natal. Anais da 62 Reunião Anual da SBPC, 2010.

32.
MORAIS, M. B. ; ALMEIDA, S. C. P. ; GURGEL, E. P. ; MARINHO, Maria Jocileide de Medeiros ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e ; ALBUQUERQUE, C. C. . Influência do hipoclorito de sódio no controle da contaminação bacteriana em explantes de pinhão manso (Jatropha curcas L.). In: 62 Reunião Anual da SBPC, 2010, Natal. Anais da 62 Reunião Anual da SBPC, 2010.

33.
SANTOS, R. G. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; CAMACHO, Ramiro Gustavo Valera ; FERREIRA, A. D. ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . Avaliação do vigor de sementes de Licania rigida Benth (Oiticica) em função de diferentes tratamentos pré-germinativos. In: 62 Reunião Anual da SBPC, 2010, Natal. Anais da 62 Reunião Anual da SBPC, 2010.

34.
SOARES, L. E. S. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; FELIX, L. P. ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . Determinação do número cromossômico de Lippia gracilis Schauer (Verbenaceae). In: 61 Congresso Nacional de Botânica, 2010, Manaus. Anais do 61 Congresso Nacional de Botânica, 2010.

35.
SANTOS, R. G. ; FERREIRA, A. D. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; CAMACHO, Ramiro Gustavo Valera ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . Crescimento inicial e matéria seca de plântulas de Licania rigida Benth (Chrysobalanaceae) submetidas a diferentes tratamentos pré-germinativos. In: 61 Congresso Nacional de Botânica, 2010, Manaus. Anais do 61 Congresso Nacional de Botânica, 2010.

36.
DANTAS, L. I. S. ; ROCHA, F. A. G. ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e ; ALBUQUERQUE, C. C. ; DINIZ, J. C. . Atividade antibacteriana in vitro do óleo essencial de Lippia gracilis Schauer sobre Salmonella sp.. In: XXII Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia, 2010, Salvador. Anais do XXII Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia, 2010.

37.
ALMEIDA, S. C. P. ; SANTOS, R. G. ; ARRUDA, M. V. M. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . Germinação de sementes de Jatropha curcas L. em diferentes substratos. In: V Seminário Brasileiro Sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável do Semiárido, 2010, Mossoró. Anais do V Seminário Brasileiro Sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável do Semiárido, 2010.

38.
MELO, J. I. M. ; CAMACHO, Ramiro Gustavo Valera ; ALBUQUERQUE, C. C. ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . Levantamento Etnobotânico de Plantas Medicinais em uma Área de Caatinga do Oeste Potiguar. In: Congresso Nacional de Botânica, 2009, Feira de Santana. Anais do Congresso Nacional de Botânica, 2009.

39.
MORAIS, M. B. ; FERREIRA, A. D. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . Influência do ácido sulfúrico na superação de dormência de Sapindus saponaria (saboneteira). In: XII Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal, 2009, Fortaleza. Anais do XII Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal, 2009.

40.
MORAIS, M. B. ; FERREIRA, A. D. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . Superação de dormência em sementes de Sapindus saponaria (saboneteira). In: XII Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal, 2009, Fortaleza. Anais do XII Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal, 2009.

41.
MARINHO, Maria Jocileide de Medeiros ; MORAIS, M. B. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . Auxinas na propagação e no enraizamento de estacas de Lippia gracilis Schauer em casa de vegetação. In: XII Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal, 2009, Fortaleza. Anais do XII Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal, 2009.

42.
MARINHO, Maria Jocileide de Medeiros ; SOUZA, Marília Cristina Gomes de ; ALBUQUERQUE, C. C. ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . Avaliação da influência da pulverização de ácido jasmônico na propagação de Lippia gracilis Schauer via estaquia. In: XII Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal, 2009, Fortaleza. Anais do XII Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal, 2009.

43.
MARINHO, Maria Jocileide de Medeiros ; MORAIS, M. B. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . Controle de contaminação in vitro de Lippia gracilis Schauer. In: 4 Congresso Brasileiro de Cultura de Tecidos de Plantas, 2009, Aracajú. Anais do 4 Congresso Brasileiro de Cultura de Tecidos de Plantas, 2009.

44.
MORAIS, M. B. ; SOUZA, Marília Cristina Gomes de ; ALBUQUERQUE, C. C. ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . Micropropagação e aclimatação da espécie Ananas erectifolius. In: 59º Congresso Nacional de Botânica, 2008, Natal. Anais do 59º Congresso Nacional de Botânica. Natal, 2008.

45.
MORAIS, M. B. ; MARINHO, Maria Jocileide de Medeiros ; ALBUQUERQUE, C. C. ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . Influência da cefalexina no controle da contaminação bacteriana em explantes de Lippia gracilis Schauer. In: 59º Congresso Nacional de Botânica, 2008, Natal. Anais do 59º Congresso Nacional de Botânica. Natal, 2008.

46.
GOIS, I. R. P. ; SOUSA, I. M. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; CAMACHO, Ramiro Gustavo Valera ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . Avaliação de explantes de pinha em função de concentrações de N-6-benzilaminopurina em meio WPM. In: 59º Congresso Nacional de Botânica, 2008, Natal. Anais do 59º Congresso Nacional de Botânica. Natal, 2008.

47.
GOIS, I. R. P. ; DANTAS, M. A. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; OLIVEIRA, Francisco Fábio Mesquita ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . Avaliação de respostas de explante de pinha em função de concentrações de N-6-benzilaminopurina em meio MS. In: 59º Congresso Nacional de Botânica, 2008, Natal. Anais do 59º Congresso Nacional de Botânica. Natal, 2008.

48.
OLIVEIRA, Francisco Fábio Mesquita ; ALBUQUERQUE, C. C. ; DANTAS, Iron Macedo ; SILVA, P. S. L. E. ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . Avaliação fisiológica de explantes de Annona squamosa L. em funções de diferentes concentrações de nitrato de cálcio. In: 59º Congresso Nacional de Botânica, 2008, Natal. Anais do 59º Congresso Nacional de Botânica. Natal, 2008.

49.
MARINHO, Maria Jocileide de Medeiros ; ALBUQUERQUE, C. C. ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e ; MORAIS, M. B. . Micropropagação de Lippia gracilis Schauer. In: XV Encontro de Pesquisa e Extensão, 2008, Mossoró. Anais do XV Encontro de Pesquisa e Extensão, 2008.

50.
DANTAS, M. A. ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e ; ALBUQUERQUE, C. C. ; GOIS, I. R. P. ; OLIVEIRA, Francisco Fábio Mesquita . Respostas morfogenéticas de explantes de Ziziphus joazeiro Mart. submetidos a diferentes concentrações de N6-benzilaminopurina em função do meio de cultivo. In: XV Encontro de Pesquisa e Extensão, 2008, Mossoró. Anais do XV Encontro de Pesquisa e Extensão, 2008.

51.
GOIS, I. R. P. ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e ; ALBUQUERQUE, C. C. ; OLIVEIRA, Francisco Fábio Mesquita . Respostas morfogenéticas de explantes de Annona squamosa L. submetidos a diferentes concentrações de N6-benzilaminopurina em função do meio de cultivo. In: XV Encontro de Pesquisa e Extensão, 2008, Mossoró. Anais do XV Encontro de Pesquisa e Extensão, 2008.

52.
SOUSA, I. M. ; LOPES, T. E. S. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; CAMACHO, Ramiro Gustavo Valera ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . Avaliação de aspectos relacionados ao vigor de sementes do cumaru (Dipteryx odorata Willd). In: 59º Congresso Nacional de Botânica, 2008, Natal. Anais do 59º Congresso Nacional de Botânica, 2008.

53.
ALMEIDA, S. C. P. ; LOPES, T. E. S. ; FERREIRA, A. D. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . Avaliação de diferentes métodos de quebra de dormência em timbaúba (Enterolobium schomburgkii) Benth. In: 59º Congresso Nacional de Botânica, 2008, Natal. Anais do 59º Congresso Nacional de Botânica, 2008.

54.
ALMEIDA, S. C. P. ; LOPES, T. E. S. ; FERREIRA, A. D. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . Avaliação de diferentes métodos de quebra de dormência em ipê-roxo, Tabebuia impetiginosa (Mart. Ex. Dc) Standl.. In: 59º Congresso Nacional de Botânica, 2008, Natal. Anais do 59º Congresso Nacional de Botânica, 2008.

55.
MARINHO, Maria Jocileide de Medeiros ; MORAIS, M. B. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . Estabelecimento in vitro de Lippia gracilis Schauer sob diferentes concentrações de 6-benzilaminopurina (BAP) e ácido naftalenoacético (ANA). In: 59º Congresso Nacional de Botânica, 2008, Mossoró. Anais do 59º Congresso Nacional de Botânica, 2008.

56.
MARINHO, Maria Jocileide de Medeiros ; MORAIS, M. B. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . Efeito do ácido giberélico (GA3) na micropropagação de Lippia gracilis Schauer. In: 59º Congresso Nacional de Botânica, 2008, Natal. Anais do 59º Congresso Nacional de Botânica, 2008.

57.
FERREIRA, A. D. ; OLIVEIRA, Francisco Fábio Mesquita ; DANTAS, Iron Macedo ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e ; ALBUQUERQUE, C. C. . Avaliação de sementes de Copernicia cerifera (Arruda) Mart. em função de diferentes tratamentos pré-germinativos. In: 59º Congresso Nacional de Botânica, 2008, Natal. Anais do 59º Congresso Nacional de Botânica, 2008.

58.
OLIVEIRA, Francisco Fábio Mesquita ; ALBUQUERQUE, C. C. ; DANTAS, Iron Macedo ; SILVA, P. S. L. E. ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . Respostas fisiológicas de explantes de Annona squamosa L. em função de diferentes concentrações de nitrato de cálcio. In: 59º Congresso Nacional de Botânica, 2008, Natal. Anais do 59º Congresso Nacional de Botânica, 2008.

59.
DANTAS, M. A. ; GOIS, I. R. P. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; CAMACHO, Ramiro Gustavo Valera ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . Controle da contaminação e oxidação in vitro em explantes de Ziziphus joazeiro Mart.. In: 59º Congresso Nacional de Botânica, 2008, Natal. Anais do 59º Congresso Nacional de Botânica, 2008.

60.
SOUSA, I. M. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e ; OLIVEIRA, Francisco Fábio Mesquita ; DANTAS, Iron Macedo . Avaliação de diferentes métodos de quebra de dormência de sementes do cumaru (Dipteryx odorarata Willd.) e Jucá (Caesalpinia ferrea Mart. Ex. Tul.). In: XIV Encontro de Pesquisa e Extensão, 2007, Mossoró. Anais do XIV Encontro de Pesquisa e Extensão (digitalizada), 2007.

61.
LOPES, T. E. S. ; SOUSA, I. M. ; OLIVEIRA, Francisco Fábio Mesquita ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e ; ALBUQUERQUE, C. C. . Avaliação de diferentes métodos de quebra de dormência em sementes de Sapindus saponaria L.. In: XIV Encontro de Pesquisa e Extensão, 2007, Mossoró. Anais do XIV Encontro de Pesquisa e Extensão (digitlizado), 2007.

62.
FERREIRA, A. D. ; OLIVEIRA, Francisco Fábio Mesquita ; LOPES, T. E. S. ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e ; ALBUQUERQUE, C. C. . Avaliação inicial do comportamento germinativo de sementes de Copernicia cerifera (Arruda) Mart. em função de diferentes tratamentos pré-germinativos. In: XIV Encontro de Pesquisa e Extensão, 2007, Mossoró. Anais do XIV Encontro de Pesquisa e Extensão (digitalizado), 2007.

63.
DANTAS, M. A. ; OLIVEIRA, Francisco Fábio Mesquita ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e ; ALBUQUERQUE, C. C. . Avaliação de diferentes métodos de quebra de dormência em sementes de juazeiro (Ziziphus joazeiro Mart) e sabiá (Mimosa caesalpiniaefolia Benth.). In: XIV Encontro de Pesquisa e Extensão, 2007, Mossoró. Anais do XIV Encontro de Pesquisa e Extensão, 2007.

64.
MARINHO, Maria Jocileide de Medeiros ; SOUZA, Marília Cristina Gomes de ; ALBUQUERQUE, C. C. ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . Multiplicação in vitro de Cattleya granulosa x Cattleya labiata em diferentes concentrações de ácido giberélico (GA3) e 6-Benzilaminopurina (BAP). In: XIV Encontro de Pesquisa e Extensão, 2007, Mossoró. Anais do XIV Encontro de Pesquisa e Extensão, 2007.

65.
MARINHO, Maria Joscileide de M. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; SOUZA, Marília Cristina Gomes de ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . Influência de diferentes concentrações de ácido naftalenoacético (AIA) sobre a micropropagação de Lippia gracilis Schauer. In: 58 Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), 2006, Florianópolis. Anais da 58 Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), 2006.

66.
OLIVEIRA, Goretti Fernandes de ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e ; OLIVEIRA, Francisco Fábio Mesquita ; CARVALHO, Ana Carolina de ; ALBUQUERQUE, C. C. . Efeito do ácido naftalenoacético (ANA) e benzilaminopurina (BAP) sobre a germinação in vitro de sementes de Ziziphus joazeiro Mart. (Rhamnaceae). In: XXIX Reunião Nordestina de Botânica, 2006, Mossoró. Anais da XXIX Reunião Nordestina de Botânica, 2006.

67.
OLIVEIRA, Francisco Fábio Mesquita ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e ; CARVALHO, Ana Carolina de ; OLIVEIRA, Goretti Fernandes de ; ALBUQUERQUE, C. C. . Micropropagação da Ximenia americana L. a partir de meristemas apicais. In: XXIX Reunião Nordestina de Botânica, 2006, Mossoró. Anais da XXIX Reunião Nordestina de Botânica, 2006.

68.
OLIVEIRA, Francisco Fábio Mesquita ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e ; CARVALHO, Ana Carolina de ; OLIVEIRA, Goretti Fernandes de ; ALBUQUERQUE, C. C. . Influência do tempo de exposição e da concentração de hipoclorito de sódio na desinfestação de explantes de Ximenia amaricana L.. In: XXIX Reunião Nordestina de Botânica, 2006, Mossoró. Anais do XXIX Reunião Nordestina de Botânica, 2006.

69.
OLIVEIRA, Francisco Fábio Mesquita ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e ; CARVALHO, Ana Carolina de ; OLIVEIRA, Goretti Fernandes de ; ALBUQUERQUE, C. C. . Efeitos da 6-Benzilaminopurina sobre o desenvolvimento in vitro de explantes de juazeiro (Ziziphus joazeiro Mart., Rhamnaceae). In: XXIX Reunião Nordestina de Botânica, 2006, Mossoró. Anais da XXIX Reunião Nordestina de Botânica, 2006.

70.
MARINHO, Maria Jocileide de Medeiros ; ALBUQUERQUE, C. C. ; OLIVEIRA, Francisco Fábio Mesquita ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . Efeito do ácido naftalenoacético (ANA) e 6-benzilaminopurina (BAP) sobre a micropropagação da sabiá (Mimosa caesalpiniaefolia Benth). In: XXIX Reunião Nordestina de Botânica, 2006, Mossoró. Anais do XXIX Reunião Nordestina de Botânica, 2006.

71.
CARVALHO, Ana Carolina de ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e ; OLIVEIRA, Goretti Fernandes de ; OLIVEIRA, Francisco Fábio Mesquita ; ALBUQUERQUE, C. C. . Influência de diferentes concentrações de sais de MS (Murashige & Skoog, 1962) e ácido giberélico (GA3) na germinação in vitro de sementes de Ziziphus joazeiro Mart.. In: XXIX Reunião Nordestina de Botânica, 2006, Mossoró. Anais da XXIX Reunião Nordestina de Botânica, 2006.

72.
VIANA, Marcelino Gevilbergue ; ALBUQUERQUE, C. C. ; MEDEIROS, Érica Valente de . Avaliação da atividade do extrato etanólico da inflorescência de Cassia alata sobre Fusarium oxysporum. In: XXXIX Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2006, Salvador. Revista Oficial da Sociedade Brasileira de Fitopatologia, 2006. v. 31. p. 144.

73.
VIANA, Marcelino Gevilbergue ; ALBUQUERQUE, C. C. ; MEDEIROS, Érica Valente de . Efeito da atividade do extrato etanólico da folha de Cassia alata sobre Rizoctonia solani e Myrotecium ssp. In: XXXIX Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2006, Salvador. Revista Oficial da Sociedade Brasileira de Fitopatologia, 2006. v. 31. p. 144-145.

74.
VIANA, Marcelino Gevilbergue ; ALBUQUERQUE, C. C. ; MEDEIROS, Érika Valente de ; VIANA, Francisco Arnaldo ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . Avaliação in vitro da atividade do extrato etanólico da folha de Cassia alata sobre os principais fungos radiculares do melão (Cucumis melo L.). In: XXIX Reunião Nordestina de Botânica, 2006, Mossoró. Anais da XXIX Reunião Nordestina de Botânica, 2006.

75.
VIANA, Marcelino Gevilbergue ; ALBUQUERQUE, C. C. ; MEDEIROS, Érica Valente de ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e ; VIANA, Francisco Arnaldo . Avaliação da atividade do extrato etanólico da vagem de Cassia alata sobre Rhizoctonia solani e Fusarium oxysporum. In: XXIX Reunião Nordestina de Botânica, 2006, Mossoró. Anais da XXIX Reunião Nordestina de Botânica, 2006.

76.
VIANA, Marcelino Gevilbergue ; ALBUQUERQUE, C. C. ; MEDEIROS, Érika Valente de ; VIANA, Francisco Arnaldo ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . Efeito do extrato etanólico da inflorescência de Cassia alata sobre Phytium ssp. e Myrothecium ssp.. In: XXIX Reunião Nordestina de Botânica, 2006, Mossoró. Anais da XXIX Reunião Nordestina de Botânica, 2006.

77.
ALBUQUERQUE, C. C.; MARINHO, Maria Jocileide de Medeiros ; OLIVEIRA, Francisco Fábio Mesquita . In vitro oxidation control in explants of Annona squamosa L.. In: VII Reunião Regional da SBBQ e 3º International Symposium in Biochemistry of Macromolecules and Biotechnology, 2006, Natal. Anais do VIII Reunião Regional da SBBq e 3º International Symposium in Biochemistry of Macromolecules and Biotechnology, 2006.

78.
ALBUQUERQUE, C. C.; SILVA, Kathia Maria Barbosa e ; OLIVEIRA, Francisco Fábio Mesquita . Callus induction from nodal segments of the Anona squamosa L.. In: VIII Reunião Regional da SSBq e International Symposium in Biochemistry of Macromolecules and Biotechnology, 2006, Natal. Anais da VIII Reunião Regional da SSBq e International Symposium in Biochemistry of Macromolecules and Biotechnology, 2006.

79.
MARINHO, Maria Jocileide de Medeiros ; CARVALHO, Ana Carolina de ; ALBUQUERQUE, C. C. ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . Avaliação de protocolos para germinação de sementes de sabiá (Mimosa caesalphiniaefolia Benth) em diferentes concentrações de ácido giberélico (GA3). In: XXIX Reunião Nordestina de Botânica, 2006, Mossoró. Anais do XXIX Reunião Nordestina de Botânica, 2006.

80.
MEDEIROS, E. C. ; COSTA, D. A. ; WILLADINO, Lilia ; CAMARA, Terezinha Rangel ; ALBUQUERQUE, C. C. . Multiplicação de Lippia gracilis via embriogênese somática. In: XXIX Reunião Nordestina de Botânica, 2006, Mossoró. Anais do XXIX Reunião Nordestina de Botânica, 2006.

81.
ALBUQUERQUE, C. C.; CAMARA, Terezinha Rangel ; MARIANO, Rosa de Lima Ramos ; ULISSES, Cláudia ; WILLADINO, Lilia ; PIMENTEL, Rejane . Efeito do óleo essencial de Lippia gracilis sobre ápices caulinares de helicônias cultivadas in vitro. In: 2 Congresso Brasileiro de Cultura de Tecidos de Plantas, 2005, Fortaleza. Horticultura Brasileira (Impresso), 2005. v. 23. p. 333-694.

82.
ULISSES, Cláudia ; CAMARA, Terezinha Rangel ; BRITO, Júlio Zoé de ; WILLADINO, Lilia ; ALBUQUERQUE, C. C. . Somatic embryogenesis in heliconia from sections of ovaries. In: 2 Congresso Brasileiro de Cultura de Tecidos de Plantas, 2005, Fortaleza. Horticultura Brasileira (Impresso), 2005. v. 23. p. 333-694.

83.
ULISSES, Cláudia ; SILVA, Valéria Maria da ; CAMARA, Terezinha Rangel ; WILLADINO, Lilia ; ALBUQUERQUE, C. C. . Avaliação do desenvolvimento fisiológico entre plantas provenientes do cultivo de embriões zigóticos in vitro e plantas provenientes de propagação por rizomas de H. bihai cv. Lobster Claw Two. In: 2 Congresso Brasileiro de Cultura de Tecidos de Plantas, 2005, Fortaleza. Horticultura Brasileira (Impresso), 2005. v. 23. p. 333-694.

84.
ALBUQUERQUE, C. C.; CAMARA, Terezinha Rangel ; MARIANO, Rosa de Lima Ramos ; SILVA, H. F. P. ; ULISSES, Cláudia ; WILLADINO, Lilia . Avaliação do controle de contaminação bacteriana de ápices caulinares de helicônias, mediante o uso de óleo essencial de Lippia gracillis H.B.K, timol e carvacrol. In: XXVII Reunião Nordestina de Botânica, 2004, Petrolina. Anais da XXVII Reunião Nordestina de Botânica, 2004.

85.
ALBUQUERQUE, C. C.; CAMARA, Terezinha Rangel ; MARIANO, Rosa de Lima Ramos ; SANT'ANA, A. E. G. ; MARCELINO JÚNIOR, Cristiano de Almeida Cardoso ; SILVA, H. F. P. . Ação antibacteriana do óleo essencial de Lippia gracillis sobre bactérias endofíticas de helicônias cultivadas in vitro. In: XVI Congresso Brasileiro de Floricultura e Plantas Ornamentais e I Congresso de Cultura de Tecidos de Plantas, 2003, Lavras. Anais do XVI Congresso Brasileiro de Floricultura e Plantas Ornamentais e I Congresso de Cultura de Tecidos de Plantas, 2003.

86.
ALBUQUERQUE, C. C.; ULISSES, Cláudia ; CAMARA, Terezinha Rangel ; PINNA, G. F. M. ; WILLADINO, Lilia . Avaliação da micropropagação de Heliconia bihai L. cv. Lobster Claw a partir de embriões zigóticos. In: XVI Congresso Brasileiro de Floricultura e Plantas Ornamentais e I Congresso de Cultura de Tecidos de Plantas, 2003, Lavras. Anais do XVI Congresso Brasileiro de Floricultura e Plantas Ornamentais e I Congresso de Cultura de Tecidos de Plantas, 2003.

87.
ALBUQUERQUE, C. C.; CAMARA, Terezinha Rangel ; MENEZES, M. ; SANT'ANA, A. E. G. ; MARCELINO JÚNIOR, Cristiano de Almeida Cardoso ; ULISSES, Cláudia ; WILLADINO, Lilia . Ação antifúngicas do óleo essencial de Lippia gracillis sobre contaminantes de laboratório de cultura de tecidos vegetais. In: XVI Congresso Brasileiro de Floricultura e Plantas Ornamentais e I Congresso de Cultura de Tecidos de Plantas, 2003, Lavras. Anais do XVI Congresso Brasileiro de Floricultura e Plantas Ornamentais e I Congresso de Cultura de Tecidos de Plantas, 2003.

88.
ALBUQUERQUE, C. C.; CAMARA, Terezinha Rangel ; MENEZES, M. ; SILVA, S. I. ; MARCELINO JÚNIOR, Cristiano de Almeida Cardoso . Avaliação da ação antifúngica dos óleos essenciais de Lippia gracillis e L. thymoides. In: 53 Congresso Nacional de Botânica, 2002, Recife. Anais do 53 Congresso Nacional de Botânica, 2002.

89.
ALBUQUERQUE, C. C.; SILVA, Cláudia Ulisses de Carvalho ; CAMARA, Terezinha Rangel ; WILLADINO, Lilia . Indução de embriogênese somática em diferentes cultivares de helicônia. In: III Simpósio de Pesquisa e Pós graduação da UFRPE, 2002, Recife. Livro de resumos do III Simpósio de Pesquisa e Pós graduação da UFRPE, 2002.

90.
ALBUQUERQUE, C. C.; CAMARA, Terezinha Rangel ; MENEZES, M. ; SILVA, S. I. ; MARCELINO JÚNIOR, Cristiano de Almeida Cardoso . Avaliação da ação antifúngica dos óleos essenciais de Lippia gracillis e Lippia thymoides. In: III Simpósio de Pesquisa e Pós graduação da UFRPE, 2002, Recife. Livro de resumos do III Simpósio de Pesquisa e Pós graduação da UFRPE, 2002.

91.
ALBUQUERQUE, C. C.; CARVALHO, J. S. B. ; WILLADINO, Lilia ; CAMARA, Terezinha Rangel ; PORTO, A. L. . Efeito do estresse salino no crescimento de prolina em diplóides de bananeira (Musa spp) cultivados in vitro. In: 53 Congresso Nacional de Botânica, 2002, Recife. Anais do 53 Congresso Nacional de Botânica, 2002.

92.
CARVALHO, Josabete Salgueiro Bezerra ; WILLADINO, Lilia ; CAMARA, Terezinha Rangel ; ALBUQUERQUE, C. C. . Efeito do estresse salino no crescimento e no teor de prolina em diplóides de bananeira (Musa spp), cultivados in vitro. In: 53 Congresso Nacional de Botânica, 2002, Recife. Anais do 53 Congresso Nacional de Botânica, 2002.

93.
ULISSES, Cláudia ; CAMARA, Terezinha Rangel ; FALCÃO, T. M. M. A. ; FREITAS, N. S. A. ; MARTINS, L. S. S. ; WILLADINO, Lilia ; ALBUQUERQUE, C. C. . Caracterização isoenzimática de clones de bananeira (musa sp) selecionados, in vitro quanto à tolerância à salinidade.. In: VII Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal, 1999, Brasília. Anais do VII Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal, 1999.

94.
ALBUQUERQUE, C. C.; CAMARA, Terezinha Rangel ; ULISSES, Cláudia ; WILLADINO, Lilia . Identificação de fontes de resistência à fusariose em cultivares de abacaxizeiro propagadas in vitro. In: VII Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal, 1999, Brasília. Anais do VII Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal, 1999.

95.
ALBUQUERQUE, C. C.; CAMARA, Terezinha Rangel ; WILLADINO, Lilia . Influencia de distintos medios en el cultivo in vitro de meristema apical de plantas de piña (Ananas comosus L. Merr.) cv. Pérola. In: III Encuentro Latinoamericano de Biotecnologia Vegetal, 1998, Havana. Livro de resumos do III Encuentro Latinoamericano de Biotecnologia Vegetal, 1998.

96.
ULISSES, Cláudia ; ROCHA, Paulo Sérgio Gomes ; CAMARA, Terezinha Rangel ; ALBUQUERQUE, C. C. . Enraizamento in vitro de plantulas de plátano (Musa sp. cv. nanicão-aaa) e aclimatización utilizando hongos micorrízicos arbusculares. In: III Encuentro Latinoamericano de Biotecnologia Vegetal, 1998, Havana. Livro de resumos do III Encuentro Latinoamericano de Biotecnologia Vegetal, 1998.

97.
ULISSES, Cláudia ; ROCHA, Paulo Sérgio Gomes ; ALBUQUERQUE, C. C. ; CAMARA, Terezinha Rangel ; WILLADINO, Lilia . Determinación de prolina en yemas de plátano (Musa sp). cv. Nanicão - AAA) selecionadas in vitro en quanto a la tolerancia a la salinidad. In: III Encuentro Latinoamericano de Biotecnologia Vegetal, 1998, Havana. Livro de resumos do III Encuentro Latinoamericano de Biotecnologia Vegetal, 1998.

98.
ALBUQUERQUE, C. C.; CAMARA, Terezinha Rangel ; BATISTA, A. O. . Estudos sobre a resistência do abacaxizeiro (Ananas comosus L. Merr.) à fusariose, através da cultura de tecidos. In: II Encontro Brasileiro de Biotecnologia Vegetal, 1997, Gramado. Livro de resumos do II Encontro Brasileiro de Biotecnologia Vegetal, 1997.

99.
ALBUQUERQUE, C. C.; SILVA FILHA, J. S. . Hortelã da folha - graúda (Plectranthus amboinicus): Determinação da adubação organomineral. In: VI Congresso de Inciação Científica, 1996, Recife. Anais do VI Congresso de Inciação Científica, 1996.

100.
ALBUQUERQUE, C. C.; MESSIAS, A. S. ; CAMARA, Terezinha Rangel . Avaliação da dose específica de adubação química e orgânica para hortelã da folha graúda (Plectranthus amboinicus (Lour. Spr.). In: V Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal, 1995, Lavras. Anais do V Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal, 1995.

101.
ALBUQUERQUE, C. C.; MESSIAS, A. S. . Avaliação do efeito do composto urbano sobre plantas medicinais cultivadas na estação experimental de Itapirema - IPA. Hortelã-da-folha-graúda (Plectranthus amboinicus). In: IV Congresso de Iniciação Científica, 1994, Recife. Livro de resumos do IV Congresso de Iniciação Científica, 1994.

102.
ALBUQUERQUE, C. C.; NOVA, Y. V. . Influência da inoculação do Rhizobium em plantas de amendoim (Arachis hypogea). In: II Congresso de Iniciação Científica, 1992, Recife. Livro de resumos do II Congresso de Iniciação Científica, 1992.

Artigos aceitos para publicação
1.
FERNANDES, M. D. S. S. ; MORAIS, M. B. ; OLIVEIRA, Francisco Fábio Mesquita ; ULISSES, C. ; MEDEIROS, J. F. ; ALBUQUERQUE, C. C. . Mycorrhizal arbuscular and auxin associated with microelements in the development of cuttings of Varronia leucocephala. REVISTA BRASILEIRA DE ENGENHARIA AGRÍCOLA E AMBIENTAL (IMPRESSO), 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
Albuquerque, C.C.. Coleta e beneficiamento de produtos medicinais na caatinga. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
FRANCA, S. C. ; Albuquerque, C.C. . Debatedora da palestra: Produção in vitro de metabólitos secundários. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
ALBUQUERQUE, C. C.; CAMARA, Terezinha Rangel ; MARIANO, Rosa de Lima Ramos ; SILVA, Cláudia Ulisses de Carvalho ; WILLADINO, Lilia ; PIMENTEL, Rejane . Efeito do óleo essencial de Lippia gracilis sobre ápices caulinares de helicônias cultivadas in vitro. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
ALBUQUERQUE, C. C.; CAMARA, Terezinha Rangel ; MARIANO, Rosa de Lima Ramos ; SILVA, H. F. P. ; WILLADINO, Lilia ; SILVA, C. U. C. . Avaliação do controle de contaminação bacteriana de ápices caulinares de helicônias, mediante o uso de óleo essencial de Lippia gracillis H.B.K., timol e carvacrol. 2004. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
ALBUQUERQUE, C. C.; CAMARA, Terezinha Rangel ; MENEZES, M. ; SILVA, S. I. ; MARCELINO JÚNIOR, Cristiano de Almeida Cardoso . Avaliação da ação antifúngica dos óleos essenciais de Lippia gracillis e L. thymoides. 2002. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
ALBUQUERQUE, C. C.; CAMARA, Terezinha Rangel ; MENEZES, M. ; SILVA, S. I. ; MARCELINO JÚNIOR, Cristiano de Almeida Cardoso . Avaliação da ação antifúngica dos óleos essenciais de Lippia gracillis e Lippia thymoides. 2002. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

7.
ALBUQUERQUE, C. C.; ULISSES, C. ; CAMARA, Terezinha Rangel ; WILLADINO, Lilia . Indução de embriogênese somática em diferentes cultivares de helicônia. 2002. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

8.
ALBUQUERQUE, C. C.; CAMARA, Terezinha Rangel ; WILLADINO, Lilia . Influencia de distintos medios en el cultivo in vitro de meristema apical de plantas de piña (Ananas comosus L. Merr.) cv. Pérola. 1998. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
ALBUQUERQUE, C. C.; ULISSES, Cláudia ; ROCHA, Paulo Sérgio Gomes ; CAMARA, Terezinha Rangel . Enraizamento in vitro de plantulas de plátano (Musa sp. cv. nanicão - aaa) e aclimatización utilizando hongos micorrízicos arbusculares. 1998. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
ALBUQUERQUE, C. C.; CAMARA, Terezinha Rangel ; BATISTA, A. O. . Estudos sobre a resistência do abacaxizeiro (Ananas comosus L. Merr.) à fusariose, através da cultura de tecidos. 1997. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

11.
ALBUQUERQUE, C. C.; ULISSES, Cláudia ; CAMARA, Terezinha Rangel ; WILLADINO, Lilia . Efeito do cloreto de cálcio na multiplicação in vitro de bananeira (Musa sp). 1996. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

12.
ALBUQUERQUE, C. C.. Avaliação do efeito do composto urbano sobre plantas medicinais cultivadas na estação experimental de Itapirema IPA - III - Hortelão da folha graúda. 1994. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

13.
ALBUQUERQUE, C. C.; NOVA, Y. V. . Influência da inoculação do Rhizobium em plantas (Arachis hypogea). 1992. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Outras produções bibliográficas
1.
ALBUQUERQUE, C. C.; CAMARA, Terezinha Rangel ; MENEZES, M. ; WILLADINO, Lilia ; MEUNIER, I. . Adequação do cultivo in vitro de ápices caulinares do abacaxizeiro, visando produção de mudas com alta qualidade fitossanitária. Recife 1999 (ABCTP Notícias).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
ALBUQUERQUE, C. C.. Consultor ad hoc dos projetos PIBIC. 2013.

2.
ALBUQUERQUE, C. C.. Consultor ad hoc dos projetos PIBIC. 2012.

3.
ALBUQUERQUE, C. C.. Assessora Ad hoc ao Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica PIBIC/ FACEPE/ CNPq. 2011.

Trabalhos técnicos
1.
ALBUQUERQUE, C. C.. Consultor ad hoc da Revista Basileira de horticultura. 2011.

2.
ALBUQUERQUE, C. C.. Consultor ad hoc da Revista Brasileira de Ciências Agrárias. 2011.

3.
ALBUQUERQUE, C. C.. Parecerista da Revista Expressão (Não indexada). 2009.

4.
ALBUQUERQUE, C. C.. Avaliação de projeto submetido FAPITEC/SE/MCT/CNPq Nº 07/2008 (Universal). 2008.

5.
ALBUQUERQUE, C. C.. Consultor ad hoc da revista Caatinga. 2007.

6.
ALBUQUERQUE, C. C.. Consultor Ad hoc da revista Caatinga. 2006.


Demais tipos de produção técnica
1.
ALBUQUERQUE, C. C.. Micropropagação de Plantas. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
ALBUQUERQUE, C. C.. Cultura de Tecidos. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
ALBUQUERQUE, C. C.; BRITO, Júlio Zoé de . Cultivo in vitro de vegetais: Considerações Básicas. 2005. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Manual).

4.
ALBUQUERQUE, C. C.. Cultura de Tecidos. 2005. (Palestra).

5.
ALBUQUERQUE, C. C.. Micropropagação de Flores e Plantas Ornamentais. 2003. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

6.
ALBUQUERQUE, C. C.. Biotecnologia vegetal: uma introdução ao tema. 2003. (Palestra).

7.
ALBUQUERQUE, C. C.; ULISSES, Cláudia ; CARVALHO, J. S. B. . Biotecnologia Aplicada à Agricultura - Transgênicos. 2003. (Mesa redonda).

8.
ALBUQUERQUE, C. C.. Empreendedorismo. 2002. (Palestra).

9.
WILLADINO, Lilia ; ISEPPON, A. M. B. ; ALBUQUERQUE, C. C. ; MONTARROYOS, A. V. V. ; TORRES, A. C. ; KERBAUY, G. B. ; RIBEIRO, G. P. ; PETERS, J. A. ; CALDAS, L. S. ; MROGINSKI, L. ; GUERRA, M. P. ; SEGEREN, M. I. ; MELO, N. F. ; CAMARA, Terezinha Rangel ; LEMOS, E. . Curso de técnicas avançadas de micropropagação de plantas. 2001. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

10.
ALBUQUERQUE, C. C.. A experiência da Verde Vitro na Propagação de Plantas. 2001. (Palestra).

11.
ALBUQUERQUE, C. C.. Cultivo in vitro de vegetais. 2000. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

12.
ALBUQUERQUE, C. C.. Biotecnologia: Cultivo in vitro de tecidos vegetais. 2000. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

13.
ALBUQUERQUE, C. C.. Cultura de Tecidos vegetais. 2000. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

14.
ALBUQUERQUE, C. C.. Biotecnologia Aplicada à Agricultura. 2000. (Palestra).

15.
ALBUQUERQUE, C. C.. A experiência da Verde Vitro Biotecnologia na propagação de plantas. 2000. (Palestra).

16.
ALBUQUERQUE, C. C.. Cultura de tecidos vegetais. 1999. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

17.
ALBUQUERQUE, C. C.. Cultura de Tecidos Vegetais. 1998. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

18.
ALBUQUERQUE, C. C.. Nutrição mineral. 1996. (Palestra).

19.
ALBUQUERQUE, C. C.. Respiração Vegetal. 1996. (Palestra).

20.
ALBUQUERQUE, C. C.. Cultivo de tecidos vegetais. 1995. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).


Produção artística/cultural
Outras produções artísticas/culturais
1.

Demais trabalhos
1.
ALBUQUERQUE, C. C.; MARCELINO, J. C. M. S. ; CAMARA, Terezinha Rangel ; MARCELINO JÚNIOR, Cristiano de Almeida Cardoso . Propagação vegetativa de Lippia alba e Lippia gracilis. 2004 (Co-orientação) .

2.
ALBUQUERQUE, C. C.. Participação do Concurso público para professor assistente do Departamento de Morfologia e Fisiologia Animal da UFRPE. 2000 (Concurso Público) .

3.
ALBUQUERQUE, C. C.; OLIVEIRA, A. B. ; CAMARA, Terezinha Rangel . Estudos sobre a resistência do abacaxizeiro (Anana comosus) à fusariose, através da cultura de tecidos. 1999 (Co-orientação) .

4.
ALBUQUERQUE, C. C.. Monitoria na disciplina Bioquímica. 1994 (Monitoria) .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
MORAIS, P. L. D.; ALBUQUERQUE, C. C.; SOUZA, G. H. N.. Participação em banca de Clara Alana Rocha Santos Gois. Produtividade e qualidade de frutos de cultivares de melão submetido a diferentes doses de bioestimulantes. 2016. Dissertação (Mestrado em Fitotecnia) - Universidade Federal Rural do Semi-Árido.

2.
FALCAO, D. A.; ALBUQUERQUE, C. C.; ARAUJO, F. M. M. C.. Participação em banca de Helaine Mirelli de Almeida. Influência dos extratos hidroalcoólicos da entrecasca e da folha de Pseudobombax marginatum (St. Hill) Rob sobre o crescimento de células de câncer cervical. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Naturais) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

3.
SALES JUNIOR, R.; AMBROSIO, M. M. Q.; ALBUQUERQUE, C. C.. Participação em banca de Pedro Duarte Ferreira Neto. Efeito fungitóxico do óleo essencial de Lippia gracilis sobre Alternaria spp.. 2016. Dissertação (Mestrado em Fitotecnia) - Universidade Federal Rural do Semi-Árido.

4.
VIANA, Francisco Arnaldo; SILVA, G. C.; ALBUQUERQUE, C. C.. Participação em banca de Bárbara Alessandra Mendonça Duarte. Estudo químico e biológico do óleo essencial da Varronia dardani (Taroba) J. S. Mill. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciências Naturais) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

5.
Albuquerque, C.C.; WILLADINO, Lilia; CAMARA, Terezinha Rangel; CARVALHO FILHO, J. L. S.. Participação em banca de Mariana Bizerra de Morais. Ação combinada de fatores abióticos de estresse em variedades de cana-de-açúcar variáveis fisiológicas e bioquímicas. 2013. Dissertação (Mestrado em Agronomia ( Melhoramento Genético de Plantas)) - Universidade Federal Rural de Pernambuco.

6.
SILVA, M. V.; ALBUQUERQUE, C. C.; ALBUQUERQUE, C. C.; CAMARA, Terezinha Rangel; Willadino, L.. Participação em banca de Marta Ribeiro Barbosa. O estresse na micropropagação da variedade RB863129 de cana de açúcar (Saccharum spp.): variáveis bioquímicas e moleculares. 2012. Dissertação (Mestrado em Quimica) - Universidade Federal Rural de Pernambuco.

7.
ALBUQUERQUE, C. C.; ALBUQUERQUE, C. C.; SILVA, J. B. A.; OLORIS, S. C. S.. Participação em banca de Maria Jocileide de Medeiros Marinho. Potencial Antineoplásico do extrato aquosos bruto da casca de Mimosa tenuiflora (willd.) Poir. (mimosaceae). 2012. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Ciência Animal) - Universidade Federal Rural do Semi Árido.

8.
ALBUQUERQUE, C. C.; SILVA, P. S. L. E.; MORAIS, P. L. D.. Participação em banca de Bernardo Bezerra de Araújo Júnior. Crescimento e rendimento de milho cultivado com controle de plantas daninhas via consorciação com gliricídia. 2010. Dissertação (Mestrado em Fitotecnia) - Universidade Federal Rural do Semi Árido.

9.
SILVA, D. R.; LUTTERBACH, M. T. S.; DANTAS, T. N. C.; ALBUQUERQUE, C. C.. Participação em banca de Marcelino Gevilbergue Viana. Uso de Produtos Naturais no Controle de Biofilmes Formados em Sistema Dinâmico. 2009. Dissertação (Mestrado em Ciência e Engenharia de Petróleo) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

10.
ALBUQUERQUE, C. C.; BARBOSA, Francisco Barros; LOIOLA, M. I. L.. Participação em banca de Francisco Ângelo Gurgel da Rocha. Uso de Plantas Medicinais: Fonte Potencial de Riscos à saúde humana. 2007. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

11.
ALBUQUERQUE, C. C.; CHELLAPPA; LICHSTON, J. E.. Participação em banca de Narjara Maria de Sena Costa. Cultivo in vitro e estudo anatômico da tamareira (Phoenix dactylifera L.). 2006. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Teses de doutorado
1.
DOMBROSKI, J. L. D.; DANTAS, D. J.; ALBUQUERQUE, C. C.; DANTAS, D. J.; SILVA, J. R.. Participação em banca de Diego Rangel da Silva Gama. INDICADORES MORFOFISIOLÓGICOS DE ACESSOS DE MELOEIRO (Cucumis L.) CULTIVADOS SOB ESTRESSE SALINO. 2018. Tese (Doutorado em Doutorado em Fitotecnia) - Universidade Federal Rural do Semi-Árido.

2.
TORRES, S. B.; ALVES JUNIOR, C.; NASCIMENTO, S. R. C.; ALBUQUERQUE, C. C.; MEDEIROS, D. C.; PAIVA, E. P.. Participação em banca de Francisco Esio Porto Diogenes. Emprego do plasma de descarga por barreira dielétrica (DBD) na inativação de fungos e na superação de dormência em sementes de Erytrina velutina Willd. 2017. Tese (Doutorado em Doutorado em Fitotecnia) - Universidade Federal Rural do Semi-Árido.

3.
CAMARA, Terezinha Rangel; ALBUQUERQUE, C. C.; MEUNIER, I.; MORAIS, M. B.; MELO FILHO, P. A.. Participação em banca de Marta Ribeiro Barbosa. Estratégias fisiológicas à restrição hídrica de Cnidoscolus quercifolius Pohl com e sem tricomas. 2017. Tese (Doutorado em Agronomia ( Melhoramento Genético de Plantas)) - Universidade Federal Rural de Pernambuco.

4.
MORAIS, P. L. D.; SOUZA, G. H. N.; FEITOZA, J. B. M.; ROCHA, R. H. C.; ARAUJO, F. M. M. C.; ALBUQUERQUE, CYNTHIA CAVALCANTI DE. Participação em banca de Felipe Moura Pontes. Maturação, armazenamento e metabolismo da parede celular de diferentes variedades de melões. 2017. Tese (Doutorado em Doutorado em Fitotecnia) - Universidade Federal Rural do Semi-Árido.

5.
CAMARA, Terezinha Rangel; WILLADINO, Lilia; ULISSES, C.; ALBUQUERQUE, C. C.; SANTOS, M. G.. Participação em banca de Marina Medeiros de Araújo Silva. Alterações morfofisiológicas e bioquímicas em duas cultivares de Ricinus communis L. sob déficit hídrico in vitro e ex vitro. 2014. Tese (Doutorado em Biologia Vegetal) - Universidade Federal de Pernambuco.

6.
ALBUQUERQUE, C. C.; PORTO, A. L.; SILVA, C. U. C.; WILLADINO, Lilia. Participação em banca de Deivid Almeida da Costa. Aspectos fisiológicos da cana de açúcar sob o cultivo in vitro em diferentes microambientes. 2012. Tese (Doutorado em Botânica) - Universidade Federal Rural de Pernambuco.

7.
SILVA, P. S. L. E.; MORAIS, P. L. D.; PONTES, F. S. T.; ALBUQUERQUE, C. C.; CARDOSO, M. J.. Participação em banca de Renato Silva de Castro. Rendimento de espigas verdes e de grãos de cultivares de milho, após a colheita da primeira espiga como minimilho. 2010. Tese (Doutorado em Fitotecnia) - Universidade Federal Rural do Semi Árido.

8.
PEDROSA, E. M. R.; SILVEIRA, E. B.; ALBUQUERQUE, C. C.; CAVALCANTE, U. M. T.; ASSIS, T. C.; OLIVEIRA, S. M. A.; ULISSES, Cláudia. Participação em banca de Sandra Roberta Vaz Lira Maranhão. Comunidade dinâmica populacional e variabilidade espacial de nematóides em áreas de cultivo da cana de açúcar sob diferentes condições edafoclimáticas. 2010. Tese (Doutorado em Fitopatologia) - Universidade Federal Rural de Pernambuco.

9.
GRANGEIRO, L. C.; DOMBROSKI, J. L. D.; SANTOS, M. A.; ALBUQUERQUE, C. C.; OLIVEIRA, A. M.. Participação em banca de Francisco Augusto Alves Câmara. Crescimento e desempenho agronômico de batata-doce propagada de forma convencional e in vitro. 2009. Tese (Doutorado em Fitotecnia) - Universidade Federal Rural do Semi Árido.

10.
SILVA, P. S. L. E.; ALBUQUERQUE, C. C.; RIBEIRO, M. C. C.; CARDOSO, M. J.; AZEVEDO, M. C. S. B.. Participação em banca de Antonio Marcos de Oliveira. Controle de plantas daninhas no milho por meio da consorciação com glicirídia semeada a lanço. 2009. Tese (Doutorado em Fitotecnia) - Universidade Federal Rural do Semi Árido.

Qualificações de Mestrado
1.
CAMACHO, Ramiro Gustavo Valera; ALBUQUERQUE, C. C.; ARAUJO, E. L.. Participação em banca de Daniel Limaverde da Silva. Atividade inseticida de Lippia gracilis e Croton blanchetianus sobre Aleurodicus cocois. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Naturais) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

2.
PINTO, C. H. C.; ALBUQUERQUE, C. C.; ALVES, J. J. F.. Participação em banca de Syonara Michelle Mesquita Paiva Souza. Aplicação de água cinza tratada no cultivo da alface (Lactuca sativa L.) e rúcula (Eruca sativa Mill). 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Naturais) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

3.
Albuquerque, C.C.. Participação em banca de Louise Duarte Matias de Amorim. Estudo taxonômico de Loranthaceae Juss para o estado do Rio Grande do Norte. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Naturais) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
DIODATO, M. A.; GRIGIO, A. M.; ALBUQUERQUE, C. C.. Participação em banca de Samuel Rodrigues de Freitas Moura. Mapeamento da vegetação remanescente do município de Mossoró/RN. 2012. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Gestão Ambiental) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
VASCONCELOS, M. A.; ALBUQUERQUE, C. C.; MORAIS, M. B.. Participação em banca de Ana Clara Santiago.Avaliação do potencial cicatrizante da lectina isolada de sementes de Clathrotropsis nitida. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

2.
VASCONCELOS, M. A.; NASCIMENTO NETO, L. G.; ALBUQUERQUE, C. C.. Participação em banca de Isabelle Romão Rebouças Calazans.Potencial antimicrobiano do óleo de Lippia gracilis sobre biofilmes bacterianos de interesse clínico. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

3.
VASCONCELOS, M. A.; NASCIMENTO NETO, L. G.; ALBUQUERQUE, C. C.. Participação em banca de Isabelle Romão Rebouças Calazans.Potencial antimicrobiano do óleo de Lippia gracilis sobre biofilmes bacterianos de interesse clínico. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

4.
Albuquerque, C.C.; OLIVEIRA, Francisco Fábio Mesquita; SOUZA, D. N. N.. Participação em banca de Lisandra Oliveira Rafael.Metabolismo secundário em Pombalia calceolaria: Flavonóides totais e atividade antioxidante. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

5.
OLIVEIRA, Francisco Fábio Mesquita; ALBUQUERQUE, C. C.; SILVA, F. H. A.. Participação em banca de Alliny Luzia Alves Cavalcante.Mudanças fisiológicas em Scoparia dulcis L. e Phyllanthus niruri L. decorrentes da infecção por oídio. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

6.
MARTINS, D. F. F.; OLIVEIRA, A. M.; ALBUQUERQUE, C. C.. Participação em banca de Layane Érica da Silva Pinto.Influência temporal na composição química e potencial fitorremediador da Pistia strationtes em ambiente natural. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciência e Tecnologia) - Universidade Federal Rural do Semi-Árido.

7.
OLIVEIRA, Francisco Fábio Mesquita; ALBUQUERQUE, C. C.; FALCAO, D. A.. Participação em banca de Lorena Lúcia do Vale Vasconcelos.Variação no teor de flavonóides totais em diferentes órgãos vegetativos e atividade antioxidante de Pseudobombax marginatum (ST Hill) Robs. em duas áreas do Rio Grande do Norte, Brasil. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

8.
OLIVEIRA, Francisco Fábio Mesquita; ALBUQUERQUE, C. C.; LIMA, A. K. A.. Participação em banca de Virton Rodrigo Targino de Oliveira.Fungos micorrízicos arbusculares e ácido indolbutírico alteram a taxa de enraizamento e alguns caracteres fisiológicos de Lantana camara?. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

9.
Albuquerque, C.C.; CAMACHO, Ramiro Gustavo Valera; LIMA, A. K. A.. Participação em banca de Ceres Suely Campos Sena.Avaliação da atividade antifúngica do óleo essencial e extrato de folha de Schinopsis brasiliensis Engler. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

10.
ALBUQUERQUE, C. C.; SILVA, Kathia Maria Barbosa e; BARBOSA, Z.. Participação em banca de Antonio Dalemberg Ferreira.Dificuldades educacionais elencadas como prioritárias por professores de ciências naturais. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura Em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

11.
ALBUQUERQUE, C. C.; SILVA, Kathia Maria Barbosa e; BARBOSA, Z.. Participação em banca de Marciana Bizerra de Morais.Percepção de aluno do 3 ano do ensino médio sobre energia, biocombustíveis e biodiesel. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura Em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

12.
SILVA, Kathia Maria Barbosa e; SILVA, A. M.; ALBUQUERQUE, C. C.. Participação em banca de Sara Caroline Pinto de Almeida.Abordagem de doenças genéticas humanas veiculadas por livros didáticos de biologia utilizados em escolas públicas de Mossoró/RN. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura Em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

13.
SILVA, Kathia Maria Barbosa e; ALBUQUERQUE, C. C.; BARBOSA, Z.. Participação em banca de Luis Eduardo de Souza Soares.Citogenética de Lippia gracilis Schauer (Verbenaceae) ocorrentes no Estado do Rio Grande do Norte. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

14.
SILVA, Kathia Maria Barbosa e; ALBUQUERQUE, C. C.; BARBOSA, Z.. Participação em banca de Maíza de Azevedo Dantas.Estresse hídrico na germinação in vitro de diásporos. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

15.
ALBUQUERQUE, C. C.; ALMEIDA, F. N.; COSTA, C. C. A.. Participação em banca de Rsângela Maria da Silva Câmara.Caminhando em busca dos conhecimentos em Ciências Biológicas. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológica) - Faculdade de Ciências Exatas e Naturais.

16.
ALBUQUERQUE, C. C.; ALMEIDA, F. N.; COSTA, C. C. A.. Participação em banca de Lenoir de Oliveira Felipe.A prática pedagógica do professor de Ciências Biológicas. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológica) - Faculdade de Ciências Exatas e Naturais.

17.
ALBUQUERQUE, C. C.; ALMEIDA, F. N.; COSTA, C. C. A.. Participação em banca de Hildete Vânia Alves de Carvalho.A busca da competência profissional no ensino de Ciências Biológicas. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológica) - Faculdade de Ciências Exatas e Naturais.

18.
ALBUQUERQUE, C. C.; CAMARA, Terezinha Rangel; LINS, Fátima Cardoso. Participação em banca de Juliana Carla Melo de Sousa Marcelino.Propagação vegetativa de Lippia alba e Lippia gracilis. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Faculdade Frassinetti do Recife.

19.
ALBUQUERQUE, C. C.; MARCELINO JÚNIOR, Cristiano de Almeida Cardoso; GALDINO, R. M. N.. Participação em banca de Nicledja de Macedo Teixeira.Atividade antifúngica do óleo essencial de Lippia gracillis (Verbenaceae) frente a fungos patogênicos. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado Em Ciências Biológicas) - Universidade Federal Rural de Pernambuco.

20.
ALBUQUERQUE, C. C.; SILVA, Cláudia Ulisses de Carvalho; CARVALHO, J. S. B.. Participação em banca de Francisca Cavalcanti de Lima.Micropropagação de Anthurium andraeanum e aclimatação utilizando fungos micorrízicos arbusculares. 2002. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado Em Ciências Biológicas) - Universidade Federal Rural de Pernambuco.

21.
ALBUQUERQUE, C. C.; SILVA, C. U. C.; CAMARA, Terezinha Rangel. Participação em banca de Manuella Mendes Araújo.Avaliação de formação de protocormos a partir de sementes imaturas de Encyclia sp. Hook. Orchidaceae, mediante o uso de diferentes concentrações de BAP (6-benzilaminopurina) sob distintos meios de cultivo in vitro. 2002. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Faculdade Frassinetti do Recife.

22.
ALBUQUERQUE, C. C.; MARCELINO JÚNIOR, Cristiano. Participação em banca de Maria de Fátima Bernardes de Lacerda.Extração de alginato e de carragenana de macroalgas da praia de Pedra do Xaréu (PE). 2000. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado Em Ciências Biológicas) - Universidade Federal Rural de Pernambuco.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
Albuquerque, C.C.; PERETTI, D.; PORPINO, K. O.. Banca para Seleção para Professor Substituto do Curso de Ciências Biológicas. 2015. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

2.
Albuquerque, C.C.; SILVA, Kathia Maria Barbosa e; CAMACHO, Ramiro Gustavo Valera. Banca de concurso de provas e títulos para técnico especializado da UERN. 2010. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

3.
ALBUQUERQUE, C. C.; MORAIS, P. L. D.; CAMPOS, M. A.. Concurso Público de Provas e Títulos para Universidade Federal de Campina Grande. 2009. Universidade Federal de Campina Grande.

4.
ALBUQUERQUE, C. C.. Banca de avaliação para professor adjunto na área de botânica. 2008. Universidade Federal do Vale do São Francisco.

Outras participações
1.
Albuquerque, C.C.. Avaliadora dos trabalhos apresentados no XI Salão de Iniciação Científica da UERN. 2015. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

2.
ALBUQUERQUE, C. C.. Avaliadora dos trabalhos de Iniciação Científica. 2014. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

3.
ALBUQUERQUE, C. C.. Avaliadora de trabalhos do IX Salão de Iniciação Científica. 2013. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

4.
Albuquerque, C.C.. Avaliadora da Exposição no VIII Salão de Iniciação científica. 2012. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

5.
ALBUQUERQUE, C. C.. Membro ad hoc dos resumos apresentados no XVI Encope e Reunião Regional da SBPC. 2010. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

6.
ALBUQUERQUE, C. C.. Avaliador de trabalhos do VI Salão de Iniciação Científica da UERN. 2010. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

7.
ALBUQUERQUE, C. C.; SILVA, G. H. G.; NEGREIROS, A. N. M.. Coordenação da banca avaliadora da sessão oral dos trabalhos apresentados no V Salão de Iniciação Científica da Universidade do Estado do RN. 2009. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

8.
ALBUQUERQUE, C. C.. Comissão científica do 59º Congresso Nacional de Botânica. 2008. Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

9.
ALBUQUERQUE, C. C.. Comissão científica do I Simpósio de Biologia do Rio Grande do Norte. 2008. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

10.
ALBUQUERQUE, C. C.; SOARES, A. J.; BEZERRA, C. G.; HARIMA, E.. Comissão de Seleção do Prêmio de Iniciação Científica 2008 "Augusto Severo e Leopoldo Nelson". 2008. Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Norte.

11.
ALBUQUERQUE, C. C.. Comissão científica do XIV Encontro de Pesquisa e Extensão. 2007. Universidade Estadual do Rio Grande do Norte.

12.
ALBUQUERQUE, C. C.. Consultor ad hoc dos resumos expandidos submetidos ao III Congresso Brasileiro de Cultura de Tecidos. 2007.

13.
ALBUQUERQUE, C. C.; MACEDO, G. R.; BRAGA, C. C. M.; ASSIS, M. M. M.; SOARES, A. J.. Comissão Julgadora do I Prêmio FAPERN - SEEC de Iniciação Científica nas categorias Prêmio Augusto Severo e Leopoldo Nelson. 2007. Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Norte.

14.
ALBUQUERQUE, C. C.. Comissão Científica do XIII Encontro de Pesquisa e Extensão. 2006. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

15.
ALBUQUERQUE, C. C.. Comissão Científica da XXIX Reunião Nordestina de Botânica. 2006. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

16.
ALBUQUERQUE, C. C.. Avaliadora de resumos apresentados ao XII Encontro de Pesquisa e Extensão da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. 2005. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

17.
ALBUQUERQUE, C. C.. 43 Congresso Brasileiro de Olericultura. 2003. Universidade Federal Rural de Pernambuco.

18.
ALBUQUERQUE, C. C.. II Jornada de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFRPE. 2002. Universidade Federal Rural de Pernambuco.

19.
ALBUQUERQUE, C. C.. II Jornada de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFRPE. 2002. Universidade Federal Rural de Pernambuco.

20.
ALBUQUERQUE, C. C.. IX Congresso de Iniciação Científica da UFRPE. 1999. Universidade Federal Rural de Pernambuco.

21.
ALBUQUERQUE, C. C.. VIII Congresso de Iniciação Científica. 1998. Universidade Federal Rural de Pernambuco.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
XIII Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal. Efeito do substrato e da época do ano no desenvolvimento da parte aérea e radicular de estacas de Arrabidaea pulchra (Cham.) Sandwith (Bignoniaceae). 2011. (Congresso).

2.
4 Congresso Brasileiro de Cultura de Tecidos de Plantas. Controle de contaminação in vitro de Lippia gracilis Schauer. 2009. (Congresso).

3.
III Congresso Brasileiro de Cultura de Tecidos. Avaliação de diferentes meios nutritivos para germinação assimbiótica de Cattleya labiata. 2007. (Congresso).

4.
II Seminário de Ciência, Tecnologia e Inovação do RN. 2006. (Seminário).

5.
I Simpósio de Biossegurança do Nordeste. 2006. (Simpósio).

6.
2 Congresso Brasileiro de Cultura de Tecidos de Plantas. 2 Congresso Brasileiro de Cultura de Tecidos de Plantas. 2005. (Congresso).

7.
XII Congresso Latino Americano de Fisiologia Vegetal. XII Congresso Latino Americano de Fisiologia Vegetal. 2005. (Congresso).

8.
IV Jornada de ensino, pesquisa e extensão.IV Jornada de ensino, pesquisa e extensão. 2004. (Simpósio).

9.
Reunião Nordestina de Botânica. Reunião Nordestina de Botânica. 2004. (Congresso).

10.
XIV Congresso Brasileiro de Floricultura e Plantas Ornamentais. XIV Congresso Brasileiro de Floricultura e Plantas Ornamentais. 2003. (Congresso).

11.
53 Congresso Nacional de Botânica. 53 Congresso Nacional de Botânica. 2002. (Congresso).

12.
III Simpósio de Pesquisa e Pós graduação. III Simpósio de Pesquisa e Pós graduação da UFRPE. 2002. (Congresso).

13.
II Simpósio de Pesquisa e Pós-graduação da UFRPE.II Simpósio de Pesquisa e Pós-graduação da UFRPE. 1999. (Simpósio).

14.
III Encuentro Latinoamericano de Biotecnologia Vegetal.III Encuentro Latinoamericano de Biotecnologia Vegetal. 1998. (Encontro).

15.
II Encontro Brasieliro de Biotecnologia Vegetal.II Encontro Brasileiro de Biotecnologia Vegetal. 1997. (Encontro).

16.
XX Reunião Nordestina de Botânica. XX Reunião Nordestina de Botânica. 1996. (Congresso).

17.
IV Congresso de Iniciação Científica da UFRPE. IV Congresso de Iniciação Científica da UFRPE. 1994. (Congresso).

18.
III Congresso de Iniciação Científica da UFRPE. III Congresso de Iniciação Científica da UFRPE. 1993. (Congresso).

19.
II Congresso de Iniciação Científica. II Congresso de Iniciação Científica. 1992. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Albuquerque, C.C.. II Semana de Biologia da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. 2013. (Outro).

2.
ALBUQUERQUE, C. C.; FEITOSA, A. P. S. ; PERETTI, D. ; COSTA, S. A. G. L. ; OLORIS, S. C. S. . I Simpósio de Ciências Biológicas do Rio Grande do Norte. 2008. (Outro).

3.
ALBUQUERQUE, C. C.. 59º Congresse Nacional de Botânica. 2008. (Congresso).

4.
ALBUQUERQUE, C. C.. XIV Encontro de Pesquisa e Extensão. 2007. (Outro).

5.
ALBUQUERQUE, C. C.; CAMACHO, Ramiro Gustavo Valera ; SILVA, Kathia Maria Barbosa e . XXIX Reunião Nordestina de Botância. 2006. (Congresso).

6.
ALBUQUERQUE, C. C.. XIII Encontro de Pesquisa e Extensão. 2006. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
José Maria Damasceno Silva Neto. USO DO REJEITO DE DESSALINIZAÇÃO DE ÁGUA SALOBRA PARA PRODUÇÃO DE Lippia gracilis, UMA ESPÉCIE NATIVA COM POTENCIAL FITORREMEDIADOR E FARMACOLÓGICO. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências Naturais) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Maria Daniella Freitas Oliveira. Efeito do efluente de psicultura em alface (Lactuca sativa). Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Licenciatura Em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

2.
Larissa Martins Brito e Silva. Efeito da água residual do cultivo de tilápias na germinação, desenvolvimento e produção de óleo essencial de Ocimum basilicum. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Licenciatura Em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Auciélia Patrícia da Silveira Silva Dantas. Influência de fungos micorrízicos arbusculares no desenvolvimento de Lippia gracilis submetidas a diferentes regimes hídricos. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências Naturais) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, . Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

2.
MARÍLIA CRISTINA GOMES DE SOUZA. Efeito do estresse salino em Hyptis suaveolens (Lamiaceae) associada a fungos micorrízicos. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências Naturais) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, . Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

3.
Luiz Palhares Neto. Respostas morfofisiológicas e bioquímicas de Lippia gracilis (Verbenaceae) frente ao déficit hídrico. 2018. Dissertação (Mestrado em Botânica) - Universidade Federal Rural de Pernambuco, . Coorientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

4.
Mônica Danielle Sales da Silva Fernandes. USO DE FUNGOS MICORRIZICOS ARBUSCULARES E AUXINAS ASSOCIADAS COM MICROELEMENTOS NO DESENVOLVIMENTO DE ESTACAS DE Varronia leucocephala. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências Naturais) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

5.
Franciso Fábio Mesquita Oliveira. COMPORTAMENTO DE PLANTAS DE Lippia gracilis SCHAUER EM CONDIÇÕES DE DIFERENTES NÍVEIS DE SALINIDADE DA ÁGUA DE IRRIGAÇÃO. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Naturais) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, . Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

6.
Maria Valdiglêzia de Mesquita Arruda. ESTRESSE HÍDRICO E ADUBAÇÃO NA PRODUÇÃO DE BIOMASSA E ÓLEO ESSENCIAL DE Hyptis suaveolens (L.) POIT. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Naturais) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

7.
Yáskara Karine Fernandes Saraviva Brandão. TOLERÂNCIA E POTENCIAL FITORREMEDIADOR DE Lippia gracilis S. EM SUBSTRATO CONTAMINADO COM CHUMBO. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Naturais) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, . Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

8.
Danielle Cristiny de Azevedo Batista. Comportamento fisiológico e bioquímico em plantas de Batis maritima L. (Bataceae) sob efeito de chumbo e seu potencial fitoextrator. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciências Naturais) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, . Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

9.
Luciana Cristina Borges Fernandes. RESPOSTA BIOLÓGICA EM Lippia gracilis SCHAUER E Cucumis melo L. INDUZIDA PELO FUNGO Monosporasccus cannonballus POLLACK E UECKER.. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciências Naturais) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

10.
Maria Regilene de Freitas Costa Paiva. Crescimento, desenvolvimento e produção de óleo essencial da Lippia gracilis Schauer em funcão de diferentes dose de N e P. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciências Naturais) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Fundação de Amparo à pesquisa no Rio Grande do Norte. Coorientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

11.
Eleneide Pinto Gurgel. Desenvolvimento de Batis maritima L. submetida a estresses e caracterização de seus frutos. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciências Naturais) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

12.
Roberto Carlos Grillo Ragagnin. Efeito do estresse salino em plantas de Lippia gracilis Schauer. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências Naturais) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, . Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Josiani Félix de Souza. Avaliação de diferentes métodos de escarificação de sementes de Hyptis suaveolens. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

2.
Marcelo da Silva Andrade. Crescimento e atividade antioxidante de Hypthis suaveolens submetida a estresse salino e inoculada com fungos micorrízicos arbusculares. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

3.
MAGNA MISLEIZA RODRIGUES MEDEIROS. CARTILHA PEDAGÓGICA COMO FERRAMENTA PARA MELHORAR O ENSINO DE BOTÂNICA E ORIENTAR A IMPLANTAÇÃO DE UMA HORTA ESCOLAR. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

4.
Mara Líbia Costa de Oliveira. Avaliação do potencial alelopático do resíduo de extração do óleo essencial de Lippia gracilis na germinação de sementes de Hyptis suaveolens. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

5.
Mônica Danielle Sales da Silva. Agregação de valor ao resíduo da extração de óleos essenciais de Lippia gracilis e de Hyptis suaveolens. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

6.
Eleneide Pinto Gurgel. Influência do substrato no crescimento de Batis maritima L. (Bataceae) cultivadas em casa-de-vegetação. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

7.
Ricardo Gonçalves Santos. Tratamentos pré-germinativos e armazenamento em câmara fria sobre a emergência de sementes de oiticica. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

8.
Luciana Freitas de Andrade. Efeito do ácido giberélico (GA3) na emergência de sementes de Anadenanthera columbrina (Vell.) e Commiphora leptophleos (Mart), nativas da caatinga. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

9.
Ítala Ruanna Paiva de Góis. Efeito do ácido giberélico na germinação in vitro de sementes de jucá escarificadas com ácido sulfúrico. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

10.
Marciana Bizerra de Morais. Percepção de alunos de 3 ano do ensino médio sobre energia, biocombustíveis e biodiesel. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura Em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

11.
Iasmin Matias de Souza. Influência do diâmetro no desenvolvimento de estacas de Lippia gracilis. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

12.
Héric Fernando da Paz Silva. Avaliação do controle de contaminação bacteriana de ápices caulinares de helicônias, mediante o uso de antibióticos e óleo essencial de Lippia gracillis. 2003. 35 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura Em Ciências Biológicas) - Universidade Federal Rural de Pernambuco. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

Iniciação científica
1.
Ana Clara Santiago. Desenvolvimento de ratos alimentados com ração composta com farinha do caju e sementes da Hyptis suaveolens. 2018. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

2.
Isabelle Romão Rebouças Calazans. Avaliação do efeito toxicológico das sementes de Hyptis suaveolens e da farinha do caju.. 2018. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

3.
Josiani Félix de Sousa. Avaliação do potencial fitorremediador de Lippia gracilis em ambiente submetido à água salobra.. 2018. Iniciação Científica - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

4.
Maria Daniella Freitas Oliveira. Desenvolvimento de mudas de Lippia gracilis (Verbenaceae) utilizando-se rejeito salino.. 2018. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura Em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

5.
Marcos Emanuel de Sousa Silva. Enraizamento de estacas de Varronia leucocephala (Moric) J. S. Mill submetidos a diferentes auxinas. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

6.
Maria Géssica da Silva. Influência de Fungos Micorrizicos Arbusculares no desenvolvimento de Varronia leucocephala (Moric) J. S. Mill.. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

7.
Julyanna Arruda de Oliveira. Ação dos óleos essenciais de Lippia gracilis e Hyptis suaveolens sobre o desenvolvimento in vitro de fungos fitopatogênicos. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

8.
Débora Lopes. Avaliação da eficácia de óleos essenciais nos frutos de mamão contaminados pelos fungos Alternaria alternata e Colletotrichum gloeosporioides. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

9.
Débora Lopes Silva de Souza. Efeito alelopático do óleo essencial e hidrolato de Lippia gracilis sobre o brotamento e desenvolvimento de Cyperus rotundus. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

10.
Ana Isabel de Sousa Urtiga. Efeito alelopático do óleo essencial e hidrolato de Lippia gracilis sobre o brotamento e desenvolvimento de Cyperus rotundus. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

11.
Marcos Emanuel de Sousa Silva. Enraizamento de estacas de Varronia leucocephala com ácido indolbutírico (IBA), zinco e fungo micorrízico. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

12.
Lais Fernanda de Pontes Santos. Monitoramento do enraizamento de estacas de Varronia leucocephala através de estudos anatômicos.. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

13.
Maria Géssica da Silva. Efeito do tipo de adubação e diferentes formas de suspensão hídrica no rendimento do óleo essencial de Hyptis suaveolens. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

14.
Maria Vanilse Sampaio. Efeito do tipo de adubação e diferentes formas de suspensão hídrica no rendimento do óleo essencial de Hyptis suaveolens. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

15.
Julyanna Arruda de Oliveira. Respostas metabólicas de plantas de a Lippia gracilis Schauer submetidas ao estresse induzido por alumínio. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

16.
Maria Géssica da Silva. Diferentes métodos propagativo de Hyptis suaveolens (L) Poit.e a viabilidade do seu óleo essencial como agente antimicrobiano. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

17.
Maria Vanilse Sampaio. Diferentes métodos propagativo de Hyptis suaveolens (L) Poit.e a viabilidade do seu óleo essencial como agente antimicrobiano. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

18.
Julyanna Arruda de Oliveira. Influência de óleos essenciais de plantas da Caatinga no armazenamento e no vigor de sementes de milho armazenados. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

19.
Keithy Kaliany Silva Andrade. Influência do estresse hídrico no comportamento de Batis maritima L. (Bataceae).. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

20.
Tales Martins de Alencar Paiva. Controle do estresse oxidativo na propagação in vitro de Schinopsis brasiliensis Engl. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

21.
Eleneide Pinto Gurgel. EFEITO DO ESTRESSE SALINO NA QUALIDADE DO ÓLEO ESSENCIAL DE Lippia gracilis SCHAUER, UMA ESPÉCIE NATIVA DA CAATINGA. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

22.
Mônica Danielle Sales da Silva. Efeito do estresse salino na produção e qualidade do óleo essencial de Lippia gracilis. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

23.
Eleneide Pinto Gurgel. Efeito do déficit hídrico sobre as características de crescimento, produção e qualidade do óleo essencial de Lippia gracillis Schauer. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

24.
Mara Líbia Costa de Oliveira. MICROPROPAGAÇÃO DE BANANEIRA CULTIVAR FHIA 1 EM MEIO DESPROVIDO DE SACAROSE: PREJUÍZOS X BENEFÍCIOS. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

25.
Ricardo Gonçalves Santos. Controle do estresse oxidativo na propagação in vitro de Schinopsis brasiliensis Engl. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

26.
Eleneide Pinto Gurgel. Estudo da propagação in vitro da Arrabidaea pulchra. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

27.
Mara Líbia Costa de Oliveira. Estudo da propagação da Arrabidaea pulchra via estaquia e sementes. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

28.
Marciana Bizerra de Morais. Avaliação de diferentes meios de quebra de dormência e do vigor de sementes in vitro e ex vitro de quatro espécies da mata ciliar do Rio Apodi-Mossoró. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura Em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Centro de Apoio ao Desenvolvimento da Agricultura Familiar - Terra Viva. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

29.
Antonio Dalemberg Ferreira. Avaliação de diferentes meios de quebra de dormência e do vigor de sementes in vitro e ex vitro de quatro espécies da mata ciliar do Rio Apodi-Mossoró. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura Em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Centro de Apoio ao Desenvolvimento da Agricultura Familiar - Terra Viva. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

30.
Tamy Elícia da Silva Lopes. Rio Apodi/Mossoró: Integridade ambiental a serviço de todos. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Petrobrás. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

31.
Maria Jocileide Medeiros Marinho. Efeito do ácido jasmônico na indução de tricomas glandulares em plantas de Lippia gracilis Schauer cultivadas in vitro e em casa de vegetação. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura Em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

32.
Marciana Bizerra de Morais. Avaliação da propagação vegetativa do pinhão manso (Jatropha curcas L.). 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura Em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

33.
Maria Jocileide. Estabelecimento de protocolo para micropropagação de Lippia gracilis. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura Em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

34.
Maria Jocileide Medeiros Marinho. Avaliação da atividade do extrato de Cassia alata sobre os principais fungos de Cucumis melo L. em casa de vegetação. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura Em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

35.
Marcelino Gevilbergue Viana. Avaliação da atividade de Cassia alata sobre os principais fungos de Cucumis melo. 2006. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura Em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

36.
Marília Cristina Gomes de Souza. Avaliação da taxa de multiplicação da Lippia gracilis shauer com o ácido naftalenoácetico (ANA) em diferentes concentrações.. 2005. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura Em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

37.
Maria Jocileide Medeiros Marinho. Influência de diferentes concentrações de ácido indolacético (AIA) sobre a micropropagação de Lippia gracilis.. 2005. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura Em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

Orientações de outra natureza
1.
Fabiana Gomes Rodrigues da Silva. Estudos dos aspectivos reprodutivos e quimiopreventivos de Arrabidaea pulchra. 2012. Orientação de outra natureza. (Ensino médio) - Escola Estadual Professor José Nogueira, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

2.
Francisco Sérvulo de Oliveira Carvalho. Efeito do déficit hídrico sobre as características de crescimento, produção e qualidade do óleo essencial de Lippia gracillis Schauer. 2012. Orientação de outra natureza. (Ensino médio) - Escola Estadual Professor Abel Freire Coelho, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

3.
Francisco Fábio Mesquita Oliveira. Monitoria em fisiologia vegetal. 2005. 0 f. Orientação de outra natureza - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.

4.
Renatha Monalyza de Góis. Monitoria em fisiologia vegetal. 2005. 0 f. Orientação de outra natureza - Universidade Estadual do Rio Grande do Norte, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Cynthia Cavalcanti de Albuquerque.



Inovação



Projetos de pesquisa


Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
FRANCA, S. C. ; Albuquerque, C.C. . Debatedora da palestra: Produção in vitro de metabólitos secundários. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
Albuquerque, C.C.. Coleta e beneficiamento de produtos medicinais na caatinga. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 18/12/2018 às 23:29:39