Carlos Eduardo Lopes

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5359023378391776
  • Última atualização do currículo em 24/07/2014


Graduado em Psicologia (Bacharelado e Formação de Psicólogo) pela Universidade Federal de São Carlos (2002) e doutorado em Filosofia pela Universidade Federal de São Carlos (2006). Foi professor adjunto no curso de graduação em Psicologia da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - campus de Paranaíba (UFMS-CPAR) (2006-2008). Atualmente é professor adjunto no Departamento de Psicologia da Universidade Estadual de Maringá (UEM). Coordenador do Laboratório de Filosofia e Metodologia da Psicologia (LAFIMEP). Realiza pesquisas na área de História e Filosofia da Psicologia, principalmente nos temas: Filosofia das Ciências do Comportamento; Comportamentalismo Radical; Subjetividade; Pragmatismo; Discurso Pós-Moderno. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Carlos Eduardo Lopes
Nome em citações bibliográficas
LOPES, C. E.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Estadual de Maringá, Centro de Ciências Humanas Letras e Artes, Departamento de Psicologia.
Avenida Colombo, 5790, Bloco 18
Zona 7
87020-900 - Maringa, PR - Brasil
Telefone: (44) 32614291


Formação acadêmica/titulação


2002 - 2006
Doutorado em Filosofia.
Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.
Título: Subjetividade e Behaviorismo Radical, Ano de obtenção: 2006.
Orientador: José Antônio Damásio Abib.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: Behaviorismo Radical; subjetividade; metafísica relacional; mundo; corpo; self.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: Fundamentos e Medidas da Psicologia / Especialidade: História, Teorias e Sistemas em Psicologia.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Epistemologia.
1997 - 2002
Graduação em Psicologia.
Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.
Título: Teoria da Percepção no Behaviorismo Radical.
Orientador: José Antônio Damásio Abib.


Formação Complementar


2002 - 2002
Introdução Ao Tractatus de Wittgenstein. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.
1998 - 1998
Práticas Culturais Construção do Conhecimento e An. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.
1998 - 1998
Planejamento e Avaliação de Serviços. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Estadual de Maringá, UEM, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto C, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2010 - 2012
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto B, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2008 - 2010
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto A, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

02/2013 - Atual
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Epistemologia e História da Psicologia
Fundamentos Filosóficos da Análise do Comportamento
Análise Experimental do Comportamento
04/2010 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , Pró-Reitoria de Ensino, .

Atividade realizada
Coordenador do Laboratório de Filosofia e Metodologia da Psicologia (LAFIMEP).
1/2009 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Humanas Letras e Artes, Departamento de Psicologia.

03/2013 - 3/2013
Ensino, Especialização em Terapia Comportamental e Cogniti, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Fundamentos Filosóficos do Behaviorismo Radical
03/2013 - 03/2013
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Humanas Letras e Artes, Departamento de Psicologia.

Cargo ou função
Membro da Comissão (Portaria 001/2013-DPI) para análise do memorial descritivo para ascensão na classe de professor adjunto de nível A para B do professor Paulo José da Costa.
03/2012 - 12/2012
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Epistemologia e História da Psicologia
03/2012 - 06/2012
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Análise Experimental do Comportamento
03/2011 - 12/2011
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Epistemologia e História da Psicologia
06/2011 - 06/2011
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Humanas Letras e Artes, Departamento de Psicologia.

Cargo ou função
Membro da Comissão para análise de Memorial Descritivo para ascensão de nível da Profa. Lucia Cecília da Silva.
06/2011 - 06/2011
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Humanas Letras e Artes, Departamento de Psicologia.

Cargo ou função
Membro da Comissão para análise de Memorial Descritivo para ascensão de nível da Profa. Rosane Gumiero Dias da Silva.
03/2011 - 04/2011
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Humanas Letras e Artes, Departamento de Psicologia.

Cargo ou função
Membro da comissão de Propostas para Divisões da planta do Bloco I-34.
03/2011 - 03/2011
Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-Reitoria de Ensino, .

Cargo ou função
Membro da comissão responsável pela seleção dos candidatos ao Programa Bolsa-Ensino 2011.
07/2010 - 12/2010
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Humanas Letras e Artes, Departamento de Psicologia.

Cargo ou função
Membro da comissão (portaria 014/2010-DPI) para rever o Projeto Pedagógico do Curso de Psicologia da Universidade Estadual de Maringá.
03/2010 - 12/2010
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História das Teorias e Sistemas em Psicologia
11/2010 - 11/2010
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Humanas Letras e Artes, Departamento de Psicologia.

Cargo ou função
Membro da Comissão de estudos de vagas para concurso de professor não-titular para o ano de 2011..
05/2010 - 09/2010
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Humanas Letras e Artes, Departamento de Psicologia.

Cargo ou função
Presidente da comissão (portaria 021/2010-DPI) para o processo de revalidação de diplomas estrangeiros de graduação em Psicologia..
03/2009 - 01/2010
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História das Teorias e Sistemas Psicológicos
Psicologia Experimental e Análise do Comportamento
9/2009 - 9/2009
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Humanas Letras e Artes, Departamento de Psicologia.

Cargo ou função
Membro da comissão (portaria 017/2009-DPI) para efetuar estudos das necessidades para contratação de professores efetivos para o Departamento de Psicologia.
8/2009 - 8/2009
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Humanas Letras e Artes, Departamento de Psicologia.

Cargo ou função
Membro da comissão (portaria 013/2009-DPI) para efetuar estudos das necessidades para contratação de professores efetivos para o Departamento de Psicologia.
7/2009 - 7/2009
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Humanas Letras e Artes, Departamento de Psicologia.

Cargo ou função
Membro da comissão (portaria 010/2009-DPI) para pontuação e seleção dos candidatos do Plano Anual de Capacitação Docente de 2010..
5/2009 - 7/2009
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Humanas Letras e Artes, Departamento de Psicologia.

Cargo ou função
Membro da comissão (Portaria 008/2009-DPI) para ascensão de nível na classe de professor adjunto da professora Viviana Carola Velasco Martinez.
5/2009 - 7/2009
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Humanas Letras e Artes, Departamento de Psicologia.

Cargo ou função
Membro da comissão (Portaria 009/2009-DPI) para ascensão de nível na classe de professor assistente da professora Daniela Cristina Grégio d'Arce Mota.

Universidade Estadual de Londrina, UEL, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Professor convidado, Enquadramento Funcional: Livre, Carga horária: 6
Outras informações
Disciplina ministrada juntamente com a Profa. Carolina Laurenti no Programa de Mestrado em Análise do Comportamento, de 05/03/2010 a 09/04/2010, com duração total de 30 horas/aula.

Atividades

03/2010 - 04/2010
Ensino, Análise do Comportamento, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos Especiais em Análise do Comportamento: Filosofia e Metodologia da Pesquisa Conceitual

Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, UFMS, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto II, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2006 - 2008
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor adjunto I, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

10/2008 - 12/2008
Conselhos, Comissões e Consultoria, Câmara de Pesquisa e Pós-Graduação, .

Cargo ou função
Representante Docente do campus da Paranaíba.
08/2008 - 12/2008
Ensino, Psicologia - Formação de Psicólogo, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fenômenos e Processos - Enfoque Comportamental
Fundamentos Epistemológicos e Históricos - Enfoque Comportamental
Métodos e Técnicas de Pesquisa em Psicologia
04/2008 - 09/2008
Direção e administração, Campus Universitário de Paranaíba, .

Cargo ou função
Presidente do Colegiado de Curso de Graduação do Curso de Psicologia - Formação de Psicólogo UFMS/CPAR.
08/2007 - 09/2008
Direção e administração, Campus Universitário de Paranaíba, .

Cargo ou função
Coordenador de Curso de Psicologia - Formação de Psicólogo da UFMS/CPAR.
07/2008 - 07/2008
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Universitário de Paranaíba, .

Cargo ou função
Presidente da Comissão Especial para Seleção de Docentes Substitutos (Edital PREG 70/2008).
08/2007 - 07/2008
Ensino, Psicologia - Formação de Psicólogo, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Atividades Complementares
Filosofia Geral
Métodos e Técnicas de Pesquisa em Psicologia
Seminário em Fundamentos Epistemológicos e Históricos
04/2008 - 05/2008
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Universitário de Paranaíba, .

Cargo ou função
Presidente da Comissão Especial para Seleção de Docentes Substitutos (Edital PREG 33/2008).
08/2007 - 09/2007
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Universitário de Paranaíba, .

Cargo ou função
Presidente da Comissão Especial de Seleção de Docentes Substitutos (Edital PREG 44/2007).
8/2006 - 6/2007
Ensino, Psicologia - Formação de Psicólogo, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia
Métodos e Técnicas de Pesquisa em Psicologia
Modificação de Comportamento
Psicologia do Desenvolvimento e da Aprendizagem
Psicologia Geral e Experimental
03/2007 - 04/2007
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Universitário de Paranaíba, .

Cargo ou função
Presidente da Comissão Especial de Seleção de Docentes Substitutos (Edital PREG 23/2007).
08/2006 - 04/2007
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Universitário de Paranaíba, .

Cargo ou função
Integrante da Comissão de Elaboração do Projeto Político-Pedagógico do Curso de Psicologia UFMS/CPAR.
09/2006 - 10/2006
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Universitário de Paranaíba, .

Cargo ou função
Presidente da Comissão de Patrimômio do Campus de Paranaíba.

Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Professor convidado, Enquadramento Funcional: Professor convidado, Carga horária: 15
Outras informações
Professor convidado para ministrar uma disciplina no Programa de Pós-Graduação em Psicologia, juntamente com os professores Isaías Pessotti e Carolina Laurenti.

Vínculo institucional

2012 - 2012
Vínculo: Professor convidado, Enquadramento Funcional: Professor convidado, Carga horária: 15
Outras informações
Professor convidado para ministrar uma disciplina no Programa de Pós-Graduação em Psicologia, juntamente com os professores Isaías Pessotti e Carolina Laurenti.

Vínculo institucional

2004 - 2006
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Aluno de Doutorado, Carga horária: 0
Outras informações
O projeto de pesquisa proposto para o doutoramento consistiu na ampliação do projeto apresentado para o mestrado, que embora tenha sido concluído, não foi defendido como dissertação. Na ocasião da qualificação, por sugestão da banca, os resultados apresentado como dissertação de mestrado, tornaram-se parte da futura tese de doutorado. Assim sendo, ao invés de defendido, o mestrado foi convertido em doutorado direto.

Vínculo institucional

2002 - 2004
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Aluno de Mestrado, Carga horária: 0
Outras informações
Embora o projeto de pesquisa, proposto como dissertação de mestrado, tenha sido concluído, o mestrado não foi defendido, mas sim convertido em doutorado direto na ocasião do exame de qualificação, realizado em 20 de novembro de 2003.

Vínculo institucional

1997 - 2002
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Aluno de Graduação, Carga horária: 0

Atividades

7/2013 - 7/2013
Ensino, Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Temas em Psicologia - "Cem anos do Comportamentalismo? (re)contando as histórias da Psicologia Comportamentalista"
8/2012 - 8/2012
Ensino, Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Temas em Psicologia: Pragmatismo e Comportamentalismo: Um diálogo possível?
3/1999 - 2/2006
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Educação e Ciências Humanas, Departamento de Filosofia e Metodologia das Ciências.

3/2001 - 1/2002
Estágios , Centro de Educação e Ciências Humanas, Departamento de Psicologia.

Estágio realizado
Intervenção em Psicologia Clínica: Atendimento Terapêutico em Situação Clínica Segundo o Modelo de Seleção do Comportamento pelas Conseqüências.
3/2000 - 1/2001
Estágios , Centro de Educação e Ciências Humanas, Departamento de Psicologia.

Estágio realizado
Análise e programação de contingências em organizações ou junto a grupos.
03/2000 - 01/2001
Estágios , Centro de Educação e Ciências Humanas, Departamento de Psicologia.

Estágio realizado
como parte das disciplinas "Serviço e Intervenção em Psicologia V e VI", sob supervisão da Prof. Dr. Maria de Jesus Dutra dos Reis.
3/1999 - 12/1999
Estágios , Centro de Educação e Ciências Humanas, Departamento de Psicologia.

Estágio realizado
Intervenção através da análise de relações funcionais de individuos em situação clínica.
03/1998 - 12/1998
Estágios , Centro de Educação e Ciências Humanas, Departamento de Psicologia.

Estágio realizado
Estágio Extracurricular realizado como parte das disciplinas "Serviço e Intervenção em Psicologia III e IV", sob supervisão da Prof. Dra. Ana Lucia Rossito Aiello..


Linhas de pesquisa


1.
Epistemologia e História da Psicologia

Objetivo: Investigam-se as epistemologias modernas e contemporâneas com o objetivo de esclarecer os fundamentos epistemológicos dos textos dos grandes clássicos da psicologia. Mas essa investigação não é suficiente porque nos textos dos fundadores da psicologia há não só desenvolvimento das epistemologias existentes, mas também criação de novas epistemologias. Sendo assim, é necessário dominar a história da epistemologia e a história epistemológica dos textos dos clássicos da psicologia..
Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: Fundamentos e Medidas da Psicologia / Especialidade: História, Teorias e Sistemas em Psicologia.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Epistemologia.
2.
Filosofia e Análise do Comportamento

Objetivo: Discutir os compromissos filosóficos da Análise do Comportamento em suas dimensões ontológica, epistemológica e ética. Busca a elaboração de intertextos por meio de diálogos transdisciplinares da Análise do Comportamento com outras propostas de Psicologia e com áreas afins..
Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: Fundamentos e Medidas da Psicologia / Especialidade: História, Teorias e Sistemas em Psicologia.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Epistemologia.


Projetos de pesquisa


2011 - Atual
Ontologia, Epistemologia e Ética na Análise do Comportamento

Descrição: A filosofia da ciência contemporânea tem defendido que a compreensão de uma proposta de ciência passa inevitavelmente pelo esclarecimento de seus compromissos ontológicos, epistemológicos e éticos. O presente projeto insere-se nesse contexto como uma proposta de discussão dos compromissos filosóficos da Análise do Comportamento. Essa escolha assenta-se, primeiramente, em uma série de divergências interpretativas com respeito a essa teoria psicológica. Esse conflito interpretativo tem ecos em discussões contemporâneas acerca dos modelos de ciência. Vincular a Análise do Comportamento ao pragmatismo, por exemplo, pode ser útil para mostrar a atualidade dessa proposta psicológica. Mas por outro lado, há aspectos do texto skinneriano incompatíveis com o pragmatismo que ainda hoje são amplamente difundidos, tornando-se verdadeiras convicções entre muitos analistas do comportamento. Nesse sentido, o presente projeto volta-se para o texto skinneriano tentando avaliar, em primeiro lugar, o apoio textual às diferentes interpretações dos compromissos filosóficos da Análise do Comportamento. Além disso, como critério de decisão entre interpretações conflitante e igualmente amparadas no texto skinneriano, busca-se a construção de diálogos virtuosos entre Análise do Comportamento e áreas afins..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) .

Integrantes: Carlos Eduardo Lopes - Coordenador.
2009 - 2011
E. C. Tolman e B. F. Skinner: Um exame de influências epistemológicas e históricas

Descrição: A literatura especializada, geralmente, aponta um grande distanciamento entre as propostas de E. C. Tolman e B. F. Skinner. Via de regra, Tolman é considerado um behaviorista que gradualmente aproxima-se do cognitivismo, e Skinner um dos behavioristas mais emblemáticos da história dessa escola de pensamento psicológico. No entanto, uma análise mais cuidadosa revela alguns pontos de confluência entre esses autores. Em primeiro lugar, ambos parecem adotar o pragmatismo como fundamento filosófico de suas propostas. Em segundo lugar, Skinner menciona que o conceito de contingência de reforçamento tem afinidades com as propostas de Tolman e Brunswik. Por fim, está documentado que Skinner assistiu a um curso de verão em Harvard ministrado por Tolman, mantendo contato com ele depois disso. Em virtude desses fatos, o presente projeto tenta responder em que medida Tolman pode ter influenciado nas propostas iniciais e posteriores de Skinner. Trata-se, portanto, de uma pesquisa teórico-conceitual que busca, basicamente por meio de fontes primárias, examinar as relações entre esses autores. Espera-se com isso, pelo menos, dois resultados. Em primeiro lugar, um melhor esclarecimento da História do Behaviorismo. Em segundo lugar, a fundamentação de interpretações alternativas das propostas de Tolman e de Skinner. Tais resultados podem apontar novos horizontes para o ensino de disciplinas que partem dessas teorias, bem como criar condições para outras pesquisas na área..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Carlos Eduardo Lopes - Coordenador / Carolina Laurenti - Integrante.

Número de produções C, T & A: 1
2008 - Atual
O Acesso à História de Treino e o Rótulo como Determinantes da Explicação do Comportamento

Descrição: Estudos anteriores sugerem que o acesso à história de aprendizagem de um dado comportamento é uma variável relevante para a explicação desse comportamento. Além disso, o emprego de rótulos parece ser igualmente relevante para a explicação do comportamento. Em vista disso, o objetivo deste trabalho é aferir qual dessas variáveis (acesso à história ou rótulo) exerce um maior controle no comportamento de explicar outros comportamentos. Para isso, quarenta estudantes universitários assistirão à exibição de um filme, mostrando o desempenho, em laboratório, de abelhas Melipona quadrifasciata anthidioides, em uma tarefa de pressão à barra. O estudo trabalhará, basicamente, com duas variáveis: (1) a falsa informação de que as abelhas do filme são geneticamente modificadas (rótulo), e (2) o acesso à história de aprendizagem do comportamento da abelha. Os participantes serão divididos em quatro grupos: história e rótulo; sem história e rótulo; história e sem rótulo; sem história e sem rótulo. Espera-se, com esse estudo: a) aferir plausibilidade do modelo explicativo proposto pelo behaviorismo radical, e b) criar condições para o desenvolvimento de práticas educativas mais efetivas, que minimizem as conseqüências funestas do emprego arbitrário dos rótulos..
Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) .

Integrantes: Carlos Eduardo Lopes - Coordenador / Paula Fernanda Miller - Integrante / Carolina Laurenti - Integrante / Monalisa de Fátima Freitas Carneiro Leão - Integrante / Maylla Monnik Rodrigues de Souza Chaveiro - Integrante / Ana Letícia Rodrigues Silvestrini - Integrante.
2004 - 2006
Behaviorismo Radical e Subjetividade

Descrição: No behaviorismo radical a subjetividade é estudada, geralmente, recorrendo-se à teoria de eventos privados. A teoria de eventos privados tem em sua raiz a 'problemática da acessibilidade', ou seja, a tese de que a pessoa tem acesso privilegiado a determinados eventos que ocorrem sob sua pele (privacidade). Analisando a origem dessa tese encontraremos que ela chega ao behaviorismo radical pela via do dualismo e do positivismo lógico (através do behaviorismo metodológico). No entanto, quando se interpreta o behaviorismo radical a partir de uma metafísica relacional, elimina-se a influência tanto do dualismo, quanto do positivismo lógico. Com isso, o behaviorismo radical pode abandonar a teoria de eventos privados. Mas diante dessa possibilidade como ficaria o estudo da subjetividade? Responder a essa questão foi o principal objetivo deste trabalho. Defende-se, aqui, a tese de que é viável empreender um estudo da subjetividade no behaviorismo radical desvinculado da teoria de eventos privados. Isso pode ser feito através dos conceitos de corpo e mundo, e da construção de uma teoria do self compatível com o behaviorismo radical. Dessa forma, o presente trabalho busca apresentar uma interpretação do behaviorismo radical, pautada em uma metafísica relacional, que desvincula subjetividade de privacidade. De acordo com essa interpretação, subjetividade está relacionada com os produtos do comportamento verbal discriminativo (que se identifica com o eu). Como esse produto depende de uma comunidade verbal (que arranja contingências discriminativas) a subjetividade passa a ser considerada social. Além disso, a interface pessoa-comunidade verbal torna inviável a defesa de uma subjetividade pura, bem como de um objetivismo pleno. Conseqüentemente, o behaviorismo radical parece ser capaz de desconstruir o debate subjetivo-objetivo: esses termos estão subordinados à relação comportamental..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissionalizante: (0) / Doutorado: (0) .

Integrantes: Carlos Eduardo Lopes - Integrante / José Antônio Damásio Abib - Coordenador.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 5
2002 - 2004
A Teoria de Eventos Privados de Skinner e o Conceito de Behaviorismo Radical: Retórica e Explicação

Descrição: A diferença entre o behaviorismo radical e outros "behaviorismos" está no tratamento dos eventos privados. Essa interpretação é defendida por Skinner, e alguns de seus principais comentadores. Contudo, na análise de alguns conceitos mentais (como por exemplo, pensamento, criatividade e resolução de problemas), no behaviorismo radical é difícil encontrar menção a eventos privados. Ao trazer os conceitos mentais para o domínio público, a explicação de Skinner aproxima-se da de Ryle no livro The Concept of Mind. O objetivo desse projeto é discutir se a teoria de eventos privados tem uma função explicativa no behaviorismo radical de Skinner. Isso será feito através do estabelecimento do conceito de comportamento e da análise dos conceitos de percepção e feeling (assuntos nos quais tradicionalmente a teoria de eventos privados tem uma função explicativa). Pretende-se, assim, (1) estabelecer os limites da teoria de eventos privados (o que precisa ser mantido e o que pode ser abandonado), (2) propor um novo conceito de behaviorismo radical (que não seja baseado exclusivamente na teoria de eventos privados, mas na definição de comportamento adotada por essa filosofia) e (3) esboçar a importância da teoria de eventos privados no estudo da subjetividade nessa nova interpretação no behaviorismo radical de Skinner..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado profissionalizante: (0) / Doutorado: (0) .

Integrantes: Carlos Eduardo Lopes - Integrante / José Antônio Damásio Abib - Coordenador.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 4
2000 - 2001
O Behaviorismo Radical como uma Filosofia da Mente

Descrição: O behaviorismo radical fundado por B. F. Skinner (1904 - 1990) é constantemente acusado de eliminar a mente de sua explicação do comportamento humano. Ao analisar o livro The Concept of Mind de 1949 de G. Ryle, depara-se com a possibilidade de interpretação de uma mente relacional, que difere, em sua categoria de existência, da mente defendida por interpretações cartesianas (mente substancial). Com base na análise epistemológica de alguns textos de Skinner (1945, 1953, 1957, 1968, 1974, 1977) e do livro de Ryle (1949), acredita-se que seja possível defender a existência de uma mente relacional no behaviorismo radical. Se isso for de fato possível, além de filosofia da ciência do comportamento, o behaviorismo radical, também pode ser uma filosofia da mente, o que trará conseqüências tanto teóricas, quanto práticas, para o estudo e aplicação da análise do comportamento..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissionalizante: (0) / Doutorado: (0) .

Integrantes: Carlos Eduardo Lopes - Integrante / José Antônio Damásio Abib - Coordenador.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 2
1999 - 2001
Teoria da Percepção no Behaviorismo Radical

Descrição: A percepção é explicada por Skinner através do conceito de comportamento perceptivo - um comportamento complexo que se inter-relaciona com muitos outros. O estudo da percepção na teoria skinneriana pode ser dividido em duas etapas: estudo do comportamento perceptivo como precorrente e estudo dos precorrentes do comportamento perceptivo. No primeiro caso, a investigação passa pelo processo de resolução de problemas, no qual o comportamento perceptivo desempenha um papel fundamental modificando o ambiente, o que permite a emissão do comportamento discriminativo e a solução do problema. No segundo caso, a investigação trata com uma série de outros comportamentos, tais como, propósito, atenção, e consciência, que modificam a probabilidade de emissão do comportamento perceptivo. A análise das relações entre o comportamento perceptivo e demais comportamentos culmina no esboço de uma teoria da percepção no behaviorismo radical, que é mais convincente do que explicações mentalistas que fazem uso da "teoria da cópia"..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissionalizante: (0) / Doutorado: (0) .

Integrantes: Carlos Eduardo Lopes - Integrante / José Antônio Damásio Abib - Coordenador.

Número de produções C, T & A: 3
1999 - 2000
Efeitos da Topografia de Respostas de Escolha em Discriminações Condicionais Sobre a Formação de Classes de Estímulos Equivalentes

Descrição: Os objetivos deste projeto foram: a) investigar em que medida a topografia da resposta de escolha em discriminações condicionais altera a natureza das relações de controle de estímulo; b) verificar a interação entre relações de controle e número de nódulos na formação de classes de estímulos. O projeto previa o ensino de uma série de discriminações condicionais, com múltiplos nódulos, em uma série linear (AB, BC, CD, DE, EF), com três estímulos de comparação, possibilitando a formação de três classes de estímulos equivalentes, verificadas em sondas das relações emergentes FA, EA, DA e CA. Estas sondas foram aplicadas em blocos, cada um dos quais continha um bloco de sondas FA, um de EA, um de DA e um de CA, nesta ordem. Cada participante foi exposto às sondas até apresentar dois blocos consecutivos com 90% de acerto em todas as sondas ou até que fossem completados 10 blocos de sonda. A principal variável de interesse foi a topografia de respostas de escolha em discriminações condicionais. Metade dos sujeitos pressionou teclas, no teclado do computador, correspondentes à posição dos estímulos na tela. A outra metade utilizou o mouse para mover um cursor até o estímulo a ser escolhido, pressionando então o botão do mouse. A principal comparação envolveu o número de blocos de sonda necessários para emergência de equivalência (com os diversos números de nódulos), para os grupos com as diferentes topografias de resposta. Dos catorze participantes, dez deles atingiram o critério de acerto, sendo seis do grupo do mouse (75%) e quatro do teclado (67%). Além disso, não se verificou diferença significativa no número de sessões necessárias para atingir o critério. Os resultados obtidos não confirmam os efeitos da topografia da resposta sobre a formação de classe de estímulos equivalentes, quando se usa três estímulos de comparação..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissionalizante: (0) / Doutorado: (0) .

Integrantes: Carlos Eduardo Lopes - Integrante / Júlio César Coelho de Rose - Coordenador.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 1
1999 - 1999
Análise Comparativa de uma Tarefa de Discriminação Simples entre Ratos Submetidos a Choques Controláveis e Incontroláveis

Descrição: A hipótese do desamparo aprendido supõe que um sujeito exposto a estímulos aversivos incontroláveis aprende que suas respostas não têm conseqüência sobre o ambiente, o que gera uma expectativa de independência entre resposta (R) e estímulo (S). Esta aprendizagem de independência entre R e S causaria deficiências motivacionais, cognitivas e emocionais. O presente estudo teve como objetivo verificar se ocorre déficit de aprendizagem de uma tarefa de discriminação simples, em ratos Albinos wistar, após serem submetidos à choques incontroláveis. De acordo com a teoria de desamparo este déficit seria esperado. Utilizaram-se oito ratos machos experimentalmente ingênuos com idade entre 100 e 120 dias. O experimento foi dividido em três fases: modelagem de pressão à barra, aplicação de choques e discriminação simples de som. Após a modelagem foi estabelecido um esquema de intervalos variáveis que foram de VI 3 à VI 20, a fim de manter a resposta do animal. Para as sessões de choque os ratos foram divididos em dois grupos, um deles sem o controle sobre os choques (I) e o outro com controle sobre o choque (C),. As caixas foram acopladas de modo que o rato do grupo C ao saltar por uma janela central desligava os choques de ambas as caixas. Após a sessão de choque os sujeitos votaram à primeira situação experimental para a tarefa de discriminação simples entre um som de 11 kHz (S+) e silêncio (S-), ainda em VI 20. Os resultados obtidos demonstram no final de três sessões de discriminação simples, que nenhum dos grupos apresentou um índice de discriminação significativo (ID=0,39 para grupo I e ID=0,52 para o grupo C), portanto não houve discriminação em nenhuma dos grupos; além disso, as taxas médias de respostas (respostas por minuto) da terceira sessão de discriminação demonstram que, não houve diferença significativa entre os grupos (em média 36,43 respostas por minuto para o grupo I e 36,07 para o grupo C). Não confirmando a hipótese da teoria do desamparo aprendido..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissionalizante: (0) / Doutorado: (0) .

Integrantes: Carlos Eduardo Lopes - Integrante / Júlio César Coelho de Rose - Coordenador / Carmen Silvia Motta Bandini - Integrante / Giovana Corsi - Integrante / Mirian Béccheri Cortez - Integrante.


Outros Projetos


2010 - Atual
Laboratório de Filosofia e Metodologia da Psicologia - LAFIMEP

Descrição: Projeto de ensino permanente, vinculado ao departamento de Psicologia da Universidade Estadual de Maringá - UEM.
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.

Integrantes: Carlos Eduardo Lopes - Coordenador / Carolina Laurenti - Integrante / Helio Honda - Integrante / Lucia Cecília da Silva - Integrante.


Membro de corpo editorial


2011 - 2012
Periódico: Psicologia em Estudo (Impresso)
2013 - Atual
Periódico: Acta Comportamentalia


Revisor de periódico


2007 - 2008
Periódico: Mosaico: Estudos em Psicologia
2007 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Terapia Comportamental e Cognitiva
2008 - Atual
Periódico: Temas em Psicologia (Ribeirão Preto)
2009 - Atual
Periódico: Acta Comportamentalia
2009 - Atual
Periódico: Psicologia em Estudo
2011 - Atual
Periódico: Psicologia: Teoria e Pesquisa (UnB. Impresso)
2012 - Atual
Periódico: Psicologia em Pesquisa (UFJF)


Revisor de projeto de fomento


2011 - Atual
Projeto: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo
2013 - 2013
Projeto: Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: Fundamentos e Medidas da Psicologia/Especialidade: História, Teorias e Sistemas em Psicologia.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Epistemologia.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: Psicologia do Ensino e da Aprendizagem.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
LOPES, C. E.2011LOPES, C. E. . Uma arqueologia do pensamento de Wilhelm Wundt: Por que a Psicologia Científica ainda não chegou ao século XIX?. Psicologia em pesquisa (UFJF), v. 5, p. 91-94, 2011.

2.
LAURENTI, C.2009LAURENTI, C. ; LOPES, C. E. . Explicação e Descrição no Behaviorismo Radical: Identidade ou Dicotomia?. Psicologia. Teoria e Pesquisa, v. 25, p. 129-136, 2009.

3.
LOPES, C. E.2009LOPES, C. E. . O projeto de psicologia científica de Edward Tolman. Scientiae Studia (USP), v. 7, p. 237-250, 2009.

4.
LAURENTI, C.2008LAURENTI, C. ; LOPES, C. E. . Uma Explicação Não-Causal do Comportamento no Behaviorismo Radical. Acta Comportamentalia, v. 16, p. 379-397, 2008.

5.
LOPES, C. E.2008LOPES, C. E. . Uma proposta de definição de comportamento no Behaviorismo Radical. Revista Brasileira de Terapia Comportamental e Cognitiva, v. 10, p. 1-13, 2008.

6.
LOPES, C. E.2008LOPES, C. E. . Atualidade das críticas ao Behaviorismo Radical: Proposta de uma agenda de pesquisa. Revista Brasileira de Terapia Comportamental e Cognitiva, v. 10, p. 119-123, 2008.

7.
LOPES, C. E.2008LOPES, C. E. . Uma matriz de influências como instrumento de análise da obra de E. C. Tolman. Psicologia em Pesquisa (UFJF), v. 2, p. 14-22, 2008.

8.
LOPES, C. E.2003LOPES, C. E. ; ABIB, José Antônio Damásio . O Behaviorismo Radical como Filosofia da Mente. Psicologia: Reflexão e Crítica (UFRGS. Impresso), Porto Alegre, v. 16, n.1, p. 85-94, 2003.

9.
LOPES, C. E.2002LOPES, C. E. ; ABIB, José Antônio Damásio . Teoria da Percepção no Behaviorismo Radical. Psicologia: Teoria e Pesquisa (UnB. Impresso), Brasília, v. 18, n.2, p. 129-137, 2002.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
LOPES, C. E. ; LAURENTI, C. ; ABIB, José Antônio Damásio . Conversas pragmatistas sobre comportamentalismo radical: mundo, homem e ética. 1. ed. Santo André: ESETec, 2012.

Capítulos de livros publicados
1.
LOPES, C. E. . Uma discussão sobre a concepção de ciência de B. F. Skinner no livro Science and Human Behavior. In: Estanislau, C. R.; Fornazari, S. A.; Haydu, V. B.. (Org.). Psicologia e análise do comportamento: Conceituações e aplicações à educação, organizações, saúde e clínica. 1ed.Londrina: UEL, 2014, v. , p. 37-58.

2.
LOPES, C. E. . Freud e Skinner sobre a história do comportamento. In: Murta, C.; Bocca, F. V.; Simanke, R. T.. (Org.). Psicanálise em Perspectiva IV. 1ed.Curitiba: CRV, 2013, v. , p. 113-122.

3.
LOPES, C. E. . Onde está a probabilidade?. In: M. M. C. Hubner; M. R. Garcia; P. R. Abreu; E. N. P. Cillo; P. B. Faleiros. (Org.). Sobre Comportamento e Cognição: Análise Experimental do Comportamento, cultura, questões conceituais e filosóficas. 1ed.Santo André: Esetec, 2010, v. 25, p. 27-34.

4.
LOPES, C. E. . Aprendizagem. In: Arthur A. L. Ferreira. (Org.). A Pluralidade do Campo Psicológico. 1ed.Rio de Janeiro: Editora da UFRJ, 2010, v. , p. 341-358.

5.
LOPES, C. E. . O Behaviorismo Radical. In: Arthur A. L. Ferrereira. (Org.). A Pluralidade do Campo Psicológico. 1ed.Rio de Janeiro: Editora da UFRJ, 2010, v. , p. -.

6.
LOPES, C. E. . Contextualismo e monismo neutro: Reflexões ontológicas sobre a Análise do Comportamento. In: Regina Christina Wielenska. (Org.). Sobre Comportamento e Cognição: Desafios, soluções e questionamentos. 1ed.Santo André: Esetec, 2009, v. 23, p. 239-242.

7.
LOPES, C. E. . O Conceito de Estímulo no Behaviorismo Radical: Esboço de uma Interpretação Pragmatista. In: Wander C. M. Pereira da Silva. (Org.). Sobre Comportamento e Cognição: Reflexões Teórico-Conceituais e Implicações para Pesquisas. 1ed.Santo André: Esetec, 2007, v. 20, p. 96-100.

8.
LOPES, C. E. . Subjetividade, Privacidade e Ética. In: Hélio José Guilhardi; Norren Campbell de Aguirre. (Org.). Sobre Comportamento e Cognição: Expondo a Variabilidade. 1ed.Santo André: Esetec, 2006, v. 17, p. 51-56.

9.
LOPES, C. E. . O Papel do Tempo na Definição e Explicação do Comportamento. In: Hélio José Guilhardi; Norren Campbell de Aguirre. (Org.). Sobre Comportamento e Cognição. 1ed.Santo André: Esetec, 2006, v. 17, p. 57-60.

10.
LOPES, C. E. . Uma Crítica ao Papel da Teoria de Eventos Privados no Estudo da Subjetividade. In: Hélio José Guilhardi; Noreen Campbell de Aguirre. (Org.). Sobre Comportamento e Cognição: Expondo a Variabilidade. 1ed.Santo André: Esetec, 2005, v. 15, p. 126-132.

11.
LOPES, C. E. . Comportamento e Disposição. In: Maria Zilah da Silva Brandão; Fátima Cristina de Souza Conte; Fernanda Silva Brandão; Yara Kuperstein Ingberman; Vera Lucia Menezes da Silva; Simone Martin Oliani. (Org.). Sobre Comportamento e Cognição. 1ed.Santo André: EseTec, 2004, v. 13, p. 39-43.

12.
LOPES, C. E. . Conceitos Disposicionais no Behaviorismo Radical e a Mente Imanente. In: Maria Zilah da Silva Brandão; Fátima Cristina de Souza Conte; Fernanda Silva Brandão; Yara Kuperstein Ingbergman; Cynthia Borges de Moura; Vera Menezes da Silva; Simone Martin Olian. (Org.). Comportamento e Cognição. 1ed.Santo André: Esetec, 2003, v. 11, p. 82-88.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
Moreno, D. C. ; FERREIRA, M. S. ; LOPES, C. E. . Usos do termo cultura na obra de B. F. Skinner. In: III Seminário de Prática de Pesquisa da UEM, 2013, Maringá. Anais do III Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2013.

2.
FERNANDES, J. S. ; BIANCHI, S. R. A. ; LOPES, C. E. . Consumismo e Análise do Comportamento. In: III Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2013, Maringá. Anais do III Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2013.

3.
PERES, J. S. ; LOPES, C. E. . Sobre o amor na sociedade contemporânea: Um diálogo entre Bauman e Skinner. In: III Seminário de Pratica de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2013, Maringá. Anais do III Seminário de Pratica de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2013.

4.
INNECCO, C. S. ; LOPES, C. E. . Liberdade na sociedade contemporânea para Bauman e Skinner. In: III Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2013, Maringá. Anais do III Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2013.

5.
TAZIMA, H. K. ; LAURENTI, C. ; LOPES, C. E. . Intervenção analítico-comportamental em indivíduos diagnosticados com TDAH: uma reflexão filosófica. In: III Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2013, Maringá. Anais do III Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2013.

6.
GUIMARAES, R. K. ; LOPES, C. E. . O contracontrole como ferramenta micropolítica: Um diálogo entre Skinner e Foucault. In: III Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2013, Maringá. Anais do III Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2013.

7.
LOPES, B. M. ; LOPES, C. E. . Uma reflexão sobre civilização em Norbert Elias e B. F. Skinner. In: III Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2013, Maringá. Anais do III Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2013.

8.
BELASCUSA, M. M. B. ; LOPES, C. E. . Uma história não contada do behaviorismo no Paraná. In: III Seminário de Pratica de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2013, Maringá. Anais do III Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2013.

9.
Moreno, D. C. ; FERREIRA, M. S. ; LOPES, C. E. . Um projeto para o estudo do conceito de cultura na obra de B. F. Skinner. In: II Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2012, Maringá. Anais do II Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2012.

10.
SILVA, P. C. S. ; LOPES, C. E. . O conceito de memória na Psicologia da Gestalt. In: II Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2012, Maringá. Anais do II Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2012.

11.
CALVOSO, L. B. ; LOPES, C. E. . Sennett e Bauman: Do indivíduo privatizado à exposição nas redes sociaos. In: II Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2012, Maringá. Anais do II Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2012.

12.
SUZUKI, B. M. ; LOPES, C. E. . Imaginação, leitura e Análise do Comportamento. In: II Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2012, Maringá. Anais do II Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2012.

13.
SOUZA, F. H. S. ; LOPES, C. E. . Uma crítica comportamentalista ao individualismo na modernidade líquida. In: II Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2012, Maringá. Anais do II Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM.

14.
MELLO, M. A. B. ; LOPES, C. E. . A classificação externalista do Behaviorismo Radical. In: II Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2012, Maringá. Anais do II Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2012.

15.
INNECCO, C. S. ; CARDOSO, M. A. O. ; BASSO, M. S. ; LOPES, C. E. . O mal estar da sociedade para Bauman e Skinner. In: II Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2012, Maringá. Anais do II Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2012.

16.
LOPES, C. E. ; PEREIRA, B. R. ; TEIXEIRA, A. F. . Skinner e Foucault: Analogias para uma investigação ético-social do Behaviorismo Radical. In: II Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2012, Maringá. Anais II Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2012.

17.
SOUZA, F. H. S. ; LOPES, C. E. . Notas sobre indivíduo e polítca a partir da relação entre Skinner e Bauman. In: 21 Encontro Anual de Iniciação Científica, 2012, Maringá. Anais do 21 Encontro Anual de Iniciação Científica, 2012.

18.
SANTOS, L. F. ; BARRETO, R. P. G. ; LOPES, C. E. ; LAURENTI, C. . O estatuto da Análise do Comportamento no debate científico contemporâneo: uma análise bibliográfica. In: 21 Encontro Anual de Iniciação Científica, 2012, Maringá. Anais do 21 Encontro Anual de Inciação Científica, 2012.

19.
SILVA, L. M. G. ; LOPES, C. E. . Relação entre controle e liberdade na teoria de B. F. Skinner. In: 21 Encontro Anual de Inciação Científica, 2012, Maringá. Anais do 21 Encontro Anual de Inciação Científica, 2012.

20.
Trento, L. M. ; LOPES, C. E. . A produção teorica nos dez primeiros anos da Revista Brasileira de Terapia Comportamental e Cognitiva (1999-2009): Racionalidades moderna e pós-moderna. In: XX Encontro Anual de Iniciação Científica, 2011, Ponta Grossa. Anais do XX Encontro Anual de Iniciação Científica, 2011.

21.
LOPES, C. E. . História do comportamento segundo Freud e Skinner. In: III Congreso Iberoamericano de Filosofía de la Ciencia y de la Tecnología, 2010, Buenos Aires. Libro de Abstracts y Resúmenes. Buenos Aires: Eduntref, 2010.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
Pieracio, A. C. V. ; Lazarini, T. K. ; LOPES, C. E. . A Interpretação dos sonhos na Análise do Comportamento à luz da crítica à teorias de eventos privados. In: I Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2011, Maringá. I Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2011.

2.
Fragoso, L. F. L. R. ; LOPES, C. E. . Análise dos discursos teórico, prático e técnico nas primeiras formulações de ciência do comportamento de Skinner. In: I Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2011, Maringá. I Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2011.

3.
Trento, L. M. ; LOPES, C. E. . A produção teórica nos dez primeiros anos da Revista Brasileira de Terapia Comportamental e Cognitiva (1999- 2009): Racionalidades Moderna e Pós-Moderna. In: I Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2011, Maringá. I Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2011.

4.
CALVOSO, L. B. ; LOPES, C. E. . As relações público-privado na era da Internet: Uma reflexão baseada no Behaviorismo Radical. In: I Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2011, Maringá. I Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2011.

5.
SILVA, P. C. S. ; LOPES, C. E. . É possível uma teoria da memória no Behaviorismo Radical?: Uma aproximação entre Koffka e Skinner. In: I Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2011, Maringá. I Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2011.

6.
SOUZA, F. H. S. ; LOPES, C. E. . Individualismo: Uma relação entre Skinner e Bauman. In: I Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2011, Maringá. I Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2011.

7.
MELLO, M. A. B. ; LOPES, C. E. . Internalismo e Externalismo: Ambiguidade na obra de Skinner?. In: I Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2011, Maringá. I Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2011.

8.
SUZUKI, B. M. ; LOPES, C. E. . O ensino da imaginação e suas relações com a leitura. In: I Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2011, Maringá. I Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM, 2011.

9.
LOPES, C. E. . Os modelos de ciência no livro Verbal Behavior. In: XXI Encontro Brasileiro de Psicologia e Medicina Comportamental, 2011, Salvador. Resumos, 2011. p. 77-78.

10.
LOPES, C. E. . A ciência pode ser considerada uma agência controladora?. In: XXI Encontro Brasileiro de Psicologia e Medicina Comportamental, 2011, Salvador. Resumos, 2011. p. 82-83.

11.
LOPES, C. E. . Algumas consequências do antidogmatismo pragmatista para a Análise do Comportamento. In: XL Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Psicologia, 2010, Curitiba. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Psicologia. Ribeirão Preto: SBP, 2010.

12.
LOPES, C. E. ; LAURENTI, C. . Variação e seleção na ontologia e epistemologia da Análise do Comportamento. In: XVIII Encontro Brasileiro de Psicoterapia e Medicina Comportamental, 2009, Campinas. Anais do XVIII Encontro Brasileiro de Psicoterapia e Medicina Comportamental, 2009. v. 1. p. 17-18.

13.
LOPES, C. E. . Uma análise da neutralidade científica à luz dos conceitos de tacto e mando. In: XVIII Encontro Brasileiro de Psicoterapia e Medicina Comportamental, 2009, Campinas. Anais do XVIII Encontro Brasileiro de Psicoterapia e Medicina Comportamental, 2010. v. 1. p. 110-110.

14.
LOPES, C. E. . Richard Sennett e a Construção Social do Mentalismo. In: XVIII Encontro Brasileiro de Psicoterapia e Medicina Comportamental, 2009, Campinas. Anais do XVIII Encontro Brasileiro de Psicoterapia e Medicina Comportamental, 2009. v. 1. p. 242-243.

15.
LOPES, C. E. . Reducionismo Biológico: Uma Ameaça à Ciência do Comportamento?. In: XVI Encontro Brasileiro de Psicoterapia e Medicina Comportamental, 2007, Brasília. Resumos do XVI Encontro da ABPMC, 2007.

16.
LOPES, C. E. . Relacionismo como Alternativa ao Reducionismo Biológico na Análise do Comportamento. In: XVI Encontro Brasileiro de Psicoterapia e Medicina Comportamental, 2007, Brasília. Resumos do XVI Encontro da ABPMC, 2007.

17.
LOPES, C. E. . Tolman: Behaviorista ou Cognitivista?. In: XVI Encontro Brasileiro de Psicoterapia e Medicina Comportamental, 2007, Brasília. Resumos do XVI Encontro da ABPMC, 2007.

18.
LOPES, C. E. ; SERIO, T. M. A. P. ; LAURENTI, C. . Explicação e Descrição: Dicotomia ou Identificação?. In: XVI Encontro Brasileiro de Psicoterapia e Medicina Comportamental, 2007, Brasília. Resumos do XVI Encontro da ABPMC, 2007.

19.
LOPES, C. E. . O Conceito de Estímulo no Behaviorismo Radical: Uma Interpretação Pragmatista. In: XV Encontro Brasileiro de Psicoterapia e Medicina Comportamental, 2006, Brasília. Anais Eletrônico do XV Encontro Brasileiro de Psicoterapia e Medicina Comportamental, 2006.

20.
LOPES, C. E. . Relação entre Eventos, Estados e Processos: Uma Explicação Não-Causal do Comportamento. In: XV Encontro Brasileiro de Psicoterapia e Medicina Comportamental, 2006, Brasília. Anais Eletrônico do XV Encontro Brasileiro de Psicoterapia e Medicina Comportamental, 2006.

21.
LOPES, C. E. . Subjetividade, Privacidade e Ética. In: XIV Encontro Brasileiro de Psicoterapia e Medicina Comportamental, 2005, Campinas. Anais Eletrônico do XIV Encontro Brasileiro de Psicoterapia e Medicina Comportamental, 2005.

22.
TOURINHO, E. Z. ; REIS, Maria de Jesus Dutra dos ; LOPES, C. E. ; TEIXEIRA, J. F. . O Papel do Tempo da Definição e Explicação do Comportamento. In: XIV Encontro Brasileiro de Psicoterapia e Medicina Comportamental, 2005, Campinas. Anais Eletrônico do XIV Encontro Brasileiro de Psicoterapia e Medicina Comportamental, 2005.

23.
LOPES, C. E. . A Teoria do Self de William James. In: XXXIV Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Psicologia, 2004, Ribeirão Preto. Resumos de Comunicação Científica, 2004.

24.
LOPES, C. E. . Uma Crítica ao Papel da Teoria de Eventos Privados no Estudo da Subjetividade. In: XIII Encontro da Associação Brasileira de Psicoterapia e Medicina Comportamental e II Congresso Internacional da Association for Behavior Analysis, 2004, Campinas. Anais Eletrônico do XIII Encontro Brasileiro de Psicoterapia e Medicina Comportamental e II Congresso Internacional da Association for Behavior Analysis, 2004.

25.
LOPES, C. E. . Disposição e Comportamento. In: XII Encontro Brasileiro de Psicoterapia e Medicina Comportamental, 2003, Londrina. Anais, 2003. p. 262-263.

26.
LOPES, C. E. . Skinner, Ryle e Aristóteles: Metafísicas Substancialista e Relacional. In: XXXII Reunião Anual de Psicologia, 2002, Florianópolis. Resumo de Comunicação Científica, 2002. p. 78-79.

27.
LOPES, C. E. . Conceitos Disposicionais no Behaviorismo Radical e a Mente Imanente. In: XI Encontro Brasileiro de Psicoterapia e Medicina Comportamental, 2002, Londrina. Anais, 2002.

28.
LOPES, C. E. . O Behaviorismo Radical como uma Filosofia da Mente. In: XXXI Reunião Anual de Psicologia, 2001, Rio de Janeiro. Resumos, 2001. p. 100.

29.
LOPES, C. E. ; ROSE, Júlio César Coelho de . Efeitos da Topografia de Respostas sobre a Formação de Classes de Estímulos Equivalente. In: XXX Reunião Anual de Psicologia, 2000, Brasília. Resumos, 2000. p. 86.

30.
LOPES, C. E. . O Estudo da Percepção no Behaviorismo Radical. In: IX Encontro Brasileiro de Psicoterapia e Medicina Comportamental, 2000, Campinas. Resumos, 2000. p. 81.

31.
LOPES, C. E. . Uma Explicação Skinneriana do Ver na Ausência do Objeto Visto. In: XXX Reunião Anual de Psicologia, 2000, Brasília. Resumos, 2000. p. 61-62.

32.
LOPES, C. E. ; BANDINI, Carmen Silvia Motta ; CORSI, Giovana ; CORTEZ, Mirian Béccheri ; ROSE, Júlio César Coelho de . Análise Comparativa de uma Tarefa de Discriminação Simples em Ratos Albinos Wistar Submetidos a Choques Controláveis e Incontroláveis. In: IX Encontro Brasileiro de Psicoterapia e Medicina Comportamental, 2000, Campinas. Resumos, 2000. p. 13.

33.
REIS, Maria de Jesus Dutra dos ; BRINO, Ana Leda de Faria ; BORGES, Jarbas Coimbra ; HIDALGO, Matheus ; FALEIROS, Pedro Bordini ; BOTOLOTI, Renato ; ALVES JUNIOR, Carlos Alberto ; LOPES, C. E. ; NOGUEIRA, Simone Gibran . Caracterização da População Carcerária e Levantamento de Necessidades em Instituição Penal. In: XXIX Reunião Anual de Psicologia, 1999, Campinas. Resumos de Comunicação Científica, 1999. p. 301-302.

34.
LOPES, C. E. ; ROSE, Júlio César Coelho de . Efeitos da Topografia de Resposta sobre a Formação de Classe de Estímulos Equivalentes. In: VII Congresso de Iniciação Científica da UFSCar, 1999, São Carlos. Resumos de trabalhos científicos, 1999.

Apresentações de Trabalho
1.
LOPES, C. E. . História da Psicologia e Questões Contemporâneas: O hábito em William James. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
LOPES, C. E. ; LAURENTI, C. . Bauman e Skinner: Reflexões sobre o bem e o mal. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
LOPES, C. E. ; LAURENTI, C. . Seleção pelas consequências: Construção e Destruição do Comportamento. 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

4.
LOPES, C. E. . Há lugar para as crenças na Análise do Comportamento?. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
LOPES, C. E. ; LAURENTI, C. . Skinner e Rorty: Por uma ética sem absoluto. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
LOPES, C. E. . Questões sobre cognição em Psicologia. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
LOPES, C. E. ; LAURENTI, C. ; ABIB, José Antônio Damásio . Comportamentalismo Radical e Pragmatismo. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
LOPES, C. E. . O conflito em pesquisa factual e pesquisa conceitual. 2012. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

9.
LOPES, C. E. . Privacidade, subjetividade e Análise do Comportamento. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
LOPES, C. E. . Análise do Comportamento e o debate científico contemporâneo. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
LOPES, C. E. . O conceito de mente na história da filosofia e suas relações com a psicologia. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
LOPES, C. E. . Algumas questões sobre a interpretação na Psicologia. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
LOPES, C. E. . Os modelos de ciência no livro Verbal Behavior. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

14.
LOPES, C. E. . A ciência pode ser uma agência controladora?. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

15.
LOPES, C. E. ; DIAS, A. L. F. . Agências de controle e planejamento de contingências: fundamentos e incoerências. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

16.
LOPES, C. E. . Uma discussão sobre a concepção de ciência de B. F. Skinner. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

17.
LOPES, C. E. . Algumas consequências do antidogmatismo pragmatista para a Análise do Comportamento. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

18.
LOPES, C. E. . História do comportamento segundo Freud e Skinner. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

19.
LOPES, C. E. ; LAURENTI, C. . Contextualismo e Psicologia. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

20.
LOPES, C. E. . Uma análise do conceito de personalidade no Behaviorismo Radical. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

21.
LOPES, C. E. . Aspectos Teórico-Metodológicos da Pesquisa Conceitual. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

22.
LOPES, C. E. . Pragmatismo, Pluralismo e Análise do Comportamento. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

23.
LOPES, C. E. . Onde está a Probabilidade?. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

24.
LOPES, C. E. ; LAURENTI, C. . Um exame crítico dos conceitos de doença e saúde mental: Algumas conseqüências para o diálogo entre Psicologia e Direito. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

25.
LOPES, C. E. ; GUIZO, A. A. ; SILVA, L. C. ; COUTINHO, M. K. A. R. G. . Os compromissos éticos à luz do Behaviorismo. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

26.
LOPES, C. E. ; CHAVEIRO, M. M. R. S. ; SANTOS, W. M. . Desenvolvimento e manutenção do comportamento ético na perspectiva do Behaviorismo Radical. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

27.
LOPES, C. E. . O conceito de comportamento. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

28.
LOPES, C. E. . Diálogos da psicologia na produção de conhecimento: Ciências humanas e ciências biológicas. 2007. (Apresentação de Trabalho/Outra).

29.
LOPES, C. E. . Relacionismo como alternativa ao reducionismo biológico na análise do comportamento. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

30.
LOPES, C. E. . Tolman: Behaviorista ou cognitivista?. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

31.
LOPES, C. E. . Explicação e descrição: Dicotomia ou identificação?. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

32.
LOPES, C. E. . Relação entre Fato e Teoria: Definição de 'Behaviorismos'. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

33.
LOPES, C. E. . Behaviorismo radical e pragmatismo: Ontologia, epistemologia e ética. 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

34.
LOPES, C. E. . Por que os organismos se comportam? Abandonando a explicação causal do comportamento. 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

35.
LOPES, C. E. . O behaviorismo radical pode ser uma filosofia da mente?. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

36.
LOPES, C. E. . Personalidade: Diferentes concepções da psicologia. 2006. (Apresentação de Trabalho/Outra).

37.
LOPES, C. E. . O Conceito de Corpo na Psicologia da Gestalt. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

38.
LOPES, C. E. . Psicologia da Gestalt e Desenvolvimento Humano: Sincronia e Diacronia. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

39.
LOPES, C. E. . Ética. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

40.
LOPES, C. E. . A aprendizagem na psicologia da Gestalt. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

41.
LOPES, C. E. . Subjetividade, privacidade e ética. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

42.
LOPES, C. E. . O conceito de tempo na análise do comportamento. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

43.
LOPES, C. E. . Behaviorismo radical e subjetividade. 2004. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

44.
LOPES, C. E. . Uma crítica ao papel da teoria de eventos privados no estudo da subjetividade. 2004. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

45.
LOPES, C. E. . A teoria do self de William James. 2004. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

46.
LOPES, C. E. . Disposição e Comportamento. 2003. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

47.
LOPES, C. E. . Consciência e comportamento. 2003. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

48.
LOPES, C. E. . Eventos privados, emoção, repertório comportamental e personalidade no behaviorismo radical. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

49.
LOPES, C. E. . Conceitos disposicionais no behaviorismo radical e a mente imanente. 2002. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

50.
LOPES, C. E. . Skinner, Ryle e Aristóteles: Metafísicas substancialista e relacional. 2002. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

51.
LOPES, C. E. . Investigações filosóficas sobre análise do comportamento. 2002. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

52.
LOPES, C. E. ; ABIB, José Antônio Damásio . O behaviorismo radical como uma filosofia da mente. 2001. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

53.
LOPES, C. E. ; BANDINI, Carmen Silvia Motta ; CORSI, Giovana ; CORTEZ, Mirian Béccheri . Análise comparativa de uma tarefa de discriminação simples em ratos albinos Wistar submetidos a choques controláveis e incontroláveis. 2000. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

54.
LOPES, C. E. ; ABIB, José Antônio Damásio . Uma explicação skinneriana do ver na ausência do objeto visto. 2000. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

55.
LOPES, C. E. ; ROSE, Júlio César Coelho de . Efeitos da topografia de resposta sobre a formação de classe de estímulos equivalentes. 2000. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

56.
LOPES, C. E. ; ROSE, Júlio César Coelho de . Efeitos da topografia de resposta sobre a formação de classe de estímulos equivalentes. 1999. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

57.
BRINO, Ana Leda de Faria ; BORGES, Jarbas Coimbra ; HIDALGO, Matheus ; FALEIROS, Pedro Bordini ; BOTOLOTI, Renato ; ALVES JUNIOR, Carlos Alberto ; LOPES, C. E. ; NOGUEIRA, Simone Gibran ; REIS, Maria de Jesus Dutra dos . Levantamento de necessidades de serviços em instituição penal. 1999. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Outras produções bibliográficas
1.
LOPES, C. E. . Editorial. Maringá: Revista Psicologia em Estudo, 2011 (Editorial da Revista Psicologia em Estudo vol. 16, n. 3).

2.
LOPES, C. E. . Orelha do livro: "O sujeito no Labirinto: Um ensaio psicológico". Santo André, 2007. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
LOPES, C. E. . Assessor científico da FAPESP. 2011.

2.
LOPES, C. E. . I Congresso de Psicologia e Análise do Comportamento. 2010.

3.
LOPES, C. E. . IV Congresso Internacional de Psicologia e X Semana de Psicologia da UEM. 2009.

4.
LOPES, C. E. . I Congresso de Psicologia da Zona da Mata e Vertentes & V Encontro Juizforano de Psicologia. 2008.

Trabalhos técnicos
Redes sociais, websites e blogs
1.
LOPES, C. E. . V Congresso Internacional de Psicologia - CIPSI. 2012; Tema: Formatação e implantação de página de evento científico. (Site).


Demais tipos de produção técnica
1.
LOPES, C. E. ; LAURENTI, C. . Prazer, Felicidade e Ética no Comportamentalismo Radical. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
LOPES, C. E. ; LAURENTI, C. . Por um dietética dos prazeres: Um encontro entre Epicuro e Skinner. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
LOPES, C. E. . Aproximações entre a teoria da seleção natural de Darwin e o Behaviorismo de Skinner. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

4.
LOPES, C. E. ; LAURENTI, C. . Behaviorismo Radical e Pragmatismo: Ontologia, Epistemologia e Ética. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

5.
LOPES, C. E. ; LAURENTI, C. . Variação e seleção na ontologia e epistemologia da Análise do Comportamento. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

6.
LOPES, C. E. . Sujeito e Cultura. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

7.
LOPES, C. E. . Filosofia do Behaviorismo Radical. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

8.
LOPES, C. E. . Eventos Privados: Indivíduo e Cultura. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
PESSOTTI, I.; LAURENTI, C.; LOPES, C. E.; REIS, Maria de Jesus Dutra dos. Participação em banca de Henrique Mesquita Pompermaier. Avanços na compreensão da subjetividade no behaviorismo radical. 2013. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Psicologia) - Universidade Federal de São Carlos.

2.
HONDA, H.; BOCCA, F. V.; LOPES, C. E.. Participação em banca de Greicibely Faccin Borges. O entrelaçamento do psíquico com o corporal em Freud: Considerações preliminares sobre o estatuto do campo da psicanálise. 2011. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Psicologia) - Universidade Estadual de Maringá.

3.
HONDA, H.; Maniakas, G. C. O. F.; LOPES, C. E.. Participação em banca de Maria Carolina Martins Furini. A constituição do Princípio do Prazer na obra de Freud (1895-1911). 2011. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Psicologia) - Universidade Estadual de Maringá.

4.
CIRINO, S. D.; LOPES, C. E.; OLIVEIRA, B. J.; RICCI, C. R. F. M. S.. Participação em banca de Rodrigo Lopes Miranda. Laboratórios de Análise do Comportamento no Brasil: percursos na UFMG. 2010. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Educação: Conhecimento e inclusão social, da F) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Teses de doutorado
1.
ROSE, Júlio César Coelho de; PINTO, D. C. M.; SERIO, T. M. A. P.; DITTRICH, A.; LOPES, C. E.. Participação em banca de Paulo Roberto dos Santos Ferreira. Regra e criatividade no Comportamentalismo Radical de B. F. Skinner. 2010. Tese (Doutorado em Pós Graduação em Filosofia da Universidade Federal de São Carlos: UFSCar) - Universidade Federal de São Carlos.

Qualificações de Mestrado
1.
SOUSA, M. B. C. N.; LAURENTI, C.; LOPES, C. E.. Participação em banca de Eliza Galo Silva. O impacto do manifesto behaviorista na psicologia norte-americana: Uma análise da literatura entre 1903-1923. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Teoria e Pesquisa do Comportamento) - Universidade Federal do Pará.

2.
PESSOTTI, I.; LOPES, C. E.; ROSE, Júlio César Coelho de. Participação em banca de Henrique Mesquita Pompemaier. Avanços na compreensão da subjetividade no behaviorismo radical. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em Psicologia) - Universidade Federal de São Carlos.

3.
HONDA, H.; BOCCA, F. V.; LOPES, C. E.. Participação em banca de Greicibely Faccin Borges. A indissociabilidade entre o corporal e o psíquico em Freud: sobre a originalidade do objeto da psicanálise. 2010. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em Psicologia) - Universidade Estadual de Maringá.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
LISTON, G.; LAURENTI, C.; LOPES, C. E.. Participação em banca de Monalisa de Fátima Freitas Carneiro Leão. Estrutura de explicação científica na biologia evolutiva. 2013. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em História e Filosofia da Ciência) - Universidade Estadual de Londrina.

2.
LISTON, G.; LOPES, C. E.; LAURENTI, C.. Participação em banca de Cesar Antonio Alves da Rocha. Popper, Skinner e o estatuto prima facie determinista do behaviorismo radical. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em História e Filosofia da Ciência) - Universidade Estadual de Londrina.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
ARAUJO, S. F.; LOPES, C. E.; BAIRRÃO, J. F. M. H.. Secretário e Membro da Comissão Examinadora do Concurso Público para Professor Adjunto. 2010. Universidade Federal de Juiz de Fora.

2.
LOPES, C. E.; Amorin, S. M. F.; Costa, C. A. S.. Membro efetivo de Comissão Julgadora para Professor Adjunto para História, Teorias e Sistemas em Psicologia. 2008. Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

Outras participações
1.
THOMAZ, S. L.; MENDES, C. M.; LOPES, C. E.. Membro da banca de ascensão de nível da Prof. Dra. Marta Luzia de Souza. 2011. Universidade Estadual de Maringá.

2.
OLIVEIRA, S. N.; LOPES, C. E.; LAURENTI, C.. Membro efetivo da Banca Examinadora do Teste Seletivo para Professor Colaborador para Fundamentos de Psicologia. 2010. Universidade Estadual do Centro-Oeste.

3.
LOPES, C. E.; COMBINATO, D. S.; PACCINI, J. L. V.. Presidente da Banca Examinadora do Teste Seletivo para Professor Substituto do curso de Psicologia - UFMS/CPAR. 2007. Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

4.
LOPES, C. E.; COMBINATO, D. S.; PACCINI, J. L. V.. Presidente da Banca Examinadora do Teste Seletivo para Professor Substituto do curso de Psicologia - UFMS/CPAR. 2007.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
VI Encontro Maringaense de Análise do Comportamento. Bauman e Skinner: Reflexões sobre o bem e o mal. 2013. (Congresso).

2.
43 Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Psicologia. Há lugar para as crenças na Análise do Compormento?. 2013. (Congresso).

3.
XXI Encontro Brasileiro de Psicologia e Medicina Comportamental. Comportamentalismo Radical e Pragmatismo. 2012. (Congresso).

4.
IV Encontro de História e Filosofia da Psicologia.Questões sobre cognição em Psicologia. 2012. (Simpósio).

5.
V Semana de Psicologia - A psicologia em transformação. O conceito de mente na história da filosofia e suas relações com a psicologia. 2011. (Congresso).

6.
IV Encontro Maringaense de Análise do Comportamento e V Encontro Paranaense de Análise do Comportamento. Análise do Comportamento e o debate científico contemporâneo. 2011. (Congresso).

7.
XX Encontro Brasileiro de Psicologia e Medicina Comportamental e I Encontro Sulamericano de Análise do Comportamento. A ciência pode ser uma agência controladora?. 2011. (Congresso).

8.
XX Encontro Brasileiro de Psicologia e Medicina Comportamental e I Encontro Sulamericano de Análise do Comportamento. Os modelos de ciência no livro Verbal Behavior. 2011. (Congresso).

9.
I Encontro do Sudoeste Goiano de Análise do Comportamento. Senso Comum e Análise do Comportamento: Reflexões para a prática. 2011. (Congresso).

10.
I Congresso de Psicologia e Análise do Comportamento. Algumas questões sobre a interpretação na Psicologia. 2010. (Congresso).

11.
III Congreso Iberoamericano de Filosofía de la Ciencia y de la Tecnología. História do comportamento segundo Freud e Skinner. 2010. (Congresso).

12.
XL Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Psicologia. Algumas consequências do antidogmatismo pragmatista para a Análise do Comportamento. 2010. (Congresso).

13.
VII Semana de Psicologia. Contextualismo e Psicologia. 2010. (Congresso).

14.
II Jornada de Análise do Comportamento da Unesp Bauru. Reflexões contemporâneas em Análise do Comportamento: Responsabilidade, Ética e Senso Comum. 2010. (Congresso).

15.
XIII Simpósio de Pesquisa e Intercâmbio Científico em Psicologia. 2010. (Simpósio).

16.
XVIII Encontro Brasileiro de Psicoterapia e Medicina Comportamental. Ciência como comportamento do cientista. 2009. (Congresso).

17.
XVIII Encontro Brasileiro de Psicoterapia e Medicina Comportamental. Reflexões sobre Análise do Comportamento e Sociologia. 2009. (Congresso).

18.
Hegel e Marx - Seminários Vigotski Epistemológicos. 2009. (Seminário).

19.
XVII Encontro Brasileiro de Psicoterapia e Medicina Comportamental. Determinismo, Probabilidade e Comportamento. 2008. (Congresso).

20.
XVII Encontro Brasileiro de Psicoterapia e Medicina Comportamental. Pragmatismo, Pluralismo e Análise do Comportamento. 2008. (Congresso).

21.
VII Jornada de Análise do Comportamento. O Conceito de Comportamento. 2008. (Congresso).

22.
XVI Encontro Brasileiro de Psicoterapia e Medicina Comportamental. Tolman: Behaviorista ou Cognitivista?. 2007. (Congresso).

23.
V Semana de Psicologia: Diálogos da Psicologia.Diálogos da Psicologia na Produção de Conhecimento: Ciências Humanas e Ciências Biológicas. 2007. (Outra).

24.
I Congresso de Psicologia e XII Semana da Psicologia da UNESP - Bauru. Psicologia da Gestalt e Behaviorismo Radical: Um Diálogo Possível?. 2006. (Congresso).

25.
XV Encontro Brasileiro de Psicoterapia e Medicina Comportamental.Behaviorismo Radical e Pragmatismo: Ontologia, Epistemologia e Ética. 2006. (Encontro).

26.
XV Encontro Brasileiro de Psicoterapia e Medicina Comportamental.Por que os Organismos se Comportam? Abandonando a Explicação Causal do Comportamento. 2006. (Encontro).

27.
IV Semana de Psicologia - Psicologia: Conhecimento e Profissão.Epistemologia da Psicologia e Profissão. 2006. (Outra).

28.
III Congresso de Psicologia FESURV. Introdução à Psicologia da Gestalt. 2005. (Congresso).

29.
XIV Encontro Brasileiro de Psicoterapia e Medicina Comportamental.Subjetividade, Privacidade e Ética. 2005. (Outra).

30.
XXXIV Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Psicologia. A Teoria do Self de William James. 2004. (Congresso).

31.
I Seminário de Pós-Graduação em Filosofia da UFSCar.Behaviorismo Radical e Subjetividade. 2004. (Seminário).

32.
I Encontro de Fundamentos do Behaviorismo Radical.Eventos Privados, Emoção, Repertório Comportamental e Personalidade no Behaviorismo Radical. 2004. (Encontro).

33.
XIII Encontro da Associação Brasileira de Psicoterapia e Medicina Comportamental e II Congresso Internacional da Association for Behavior Analysis.Uma Crítica ao Papel da Teoria de Eventos Privados no Estudo da Subjetividade. 2004. (Outra).

34.
XII Encontro Brasileiro de Psicoterapia e Medicina Comportamental.Disposição e Comportamento. 2003. (Encontro).

35.
II Jornada de Análise do Comportamento.Consciência e Comportamento. 2003. (Outra).

36.
XXXII Reunião Anual de Psicologia. Skinner, Ryle e Aristóteles: Metafísicas Substancialista e Relacional. 2002. (Congresso).

37.
I Jornada de Análise do Comportamento.Investigações Filosóficas sobre Análise do Comportamento. 2002. (Outra).

38.
XI Encontro Brasileiro de Psicoterapia e Medicina Comportamental.Conceitos Disposicionais no Behaviorismo Radical e a Mente Imanente. 2002. (Outra).

39.
XXXI Reunião Anual de Psicologia. O Behaviorismo Radical como uma Filosofia da Mente. 2001. (Congresso).

40.
X Encontro Brasileiro de Psicoterapia e Medicina Comportamental. 2001. (Encontro).

41.
XXX Reunião Anual de Psicologia. Uma Explicação Skinneriana do Ver na Ausência do Objeto Visto. 2000. (Congresso).

42.
IX Encontro Brasileiro de Psicoterapia e Medicina Comportamental.Análise Comparativa de uma Tarefa de Discriminação Simples em Ratos Albinos Wistar Submetidos a Choques Controláveis e Incontroláveis. 2000. (Encontro).

43.
XXIX Reunião Anual de Psicologia. 1999. (Congresso).

44.
VII Congresso de Iniciação Científica da UFSCar. Efeitos da Topografia de Resposta sobre a Formação de Classe de Estímulos Equivalentes. 1999. (Congresso).

45.
II Encontro de Extensão da UFSCar.Levantamento de Necessidades de Serviço em Instituição Penal. 1999. (Encontro).

46.
Ciclo de Estudos Behaviorista. 1999. (Outra).

47.
Encontro para Estudos Avançados de Behaviorismo Radical: do Conceito à Aplicação. 1998. (Encontro).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
LAURENTI, C. ; LOPES, C. E. . I Seminário de Pesquisa em Análise do Comportamento da UEM. 2013. (Congresso).

2.
LAURENTI, C. ; LOPES, C. E. . III Ciclo de Palestras em História e Filosofia da Psicologia. 2013. (Congresso).

3.
LAURENTI, C. ; LOPES, C. E. . III Semenário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM. 2013. (Congresso).

4.
SILVA, L. C. ; LOPES, C. E. . V Congresso Internacional de Psicologia. 2012. (Congresso).

5.
Valentin, A. S. ; LOPES, C. E. ; LAURENTI, C. . II Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM. 2012. (Congresso).

6.
LOPES, C. E. ; LAURENTI, C. ; SILVA, L. C. . II Ciclo de Palestras em História e Filosofia da Psicologia. 2011. (Congresso).

7.
LOPES, C. E. ; Valentin, A. S. ; LAURENTI, C. . I Seminário de Prática de Pesquisa em Psicologia da UEM. 2011. (Congresso).

8.
LOPES, C. E. ; LAURENTI, C. ; HONDA, H. ; SILVA, L. C. . I Ciclo de Palestras em História e Filosofia da Psicologia. 2010. (Congresso).

9.
COMBINATO, D. S. ; LOPES, C. E. ; VECCHIA, M. D. . V Semana de Psicologia: Diálogos da Psicologia. 2007. (Congresso).

10.
LOPES, C. E. ; COMBINATO, D. S. ; BITTELBRUNN, I. B. A. ; PACCINI, J. L. V. ; VECCHIA, M. D. ; BONASSI, S. M. ; GOMES, F. M. A. ; SIVIERO, F. R. G. ; SILVA, K. F. ; LOPES, Ellen Gonçalves ; NASCIMENTO, L. S. ; MILLER, P. F. . IV Semana de Psicologia - Psicologia: Conhecimento e Profissão. 2006. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Iniciação científica
1.
Renan Kois Guimarães. O contracontrole como ferramenta micropolítica: um diálogo entre Skinner e Foucault. Início: 2014. Iniciação científica (Graduando em Psicologia) - Universidade Estadual de Maringá. (Orientador).

2.
Bianca Martins Lopes. Uma reflexão sobre civilização em Norbert Elias e B. F. Skinner. Início: 2014. Iniciação científica (Graduando em Psicologia) - Universidade Estadual de Maringá. (Orientador).

3.
Marcelo Mazzotti Bono Belascusa. Uma história não contada do behaviorismo no Paraná. Início: 2014. Iniciação científica (Graduando em Psicologia) - Universidade Estadual de Maringá. (Orientador).

4.
Ana Flavia Teixeira; Bruna Rocha Pereira. Skinner e Foucault: Uma aproximação possível?. Início: 2013. Iniciação científica (Graduando em Psicologia) - Universidade Estadual de Maringá. (Orientador).

5.
Camila Stefani Innecco. Críticas ao conceito de liberdade em Bauman e Skinner. Início: 2013. Iniciação científica (Graduando em Psicologia) - Universidade Estadual de Maringá. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Iniciação científica
1.
Letícia Bottura Calvoso. As relações público-privado na era da Internet: Uma reflexão baseada no Behaviorismo Radical. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Psicologia) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Carlos Eduardo Lopes.

2.
Pamela Cristina S. da Silva. É possível uma teoria da memória no Behaviorismo Radical?: Uma aproximação entre Psicologia da Gestalt e Skinner. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Psicologia) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Carlos Eduardo Lopes.

3.
Beatriz Miyuki Suzuki. Busca de práticas educativas que promovam a imaginação e sua relação com a leitura. 2012. Iniciação Científica - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Carlos Eduardo Lopes.

4.
Mariana Adeline Bazotte de Mello. Internalismo e Externalismo: Ambiguidade na obra de Skinner?. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Psicologia) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Carlos Eduardo Lopes.

5.
Fábio Henrique Silva de Souza. Individualismo: Uma relação entre Skinner e Bauman. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Psicologia) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Carlos Eduardo Lopes.

6.
Lilian Monise Gomes da Silva. Relação entre controle e liberdade na teoria de B. F. Skinner. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Psicologia) - Universidade Estadual de Maringá, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Carlos Eduardo Lopes.

7.
Ana Carolina Vecchi Pieracio e Thaiany Kariny Lazarini. A interpretação dos sonhos na Análise do Comportamento à luz da crítica à teoria de eventos privados. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Psicologia) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Carlos Eduardo Lopes.

8.
Luan Mendes Trento. A produção teórica nos dez primeiros anos da Revista Brasileira de Terapia Comportamental e Cognitiva: Racionaliidades moderna e pós-moderna. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Psicologia) - Universidade Estadual de Maringá, Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Carlos Eduardo Lopes.

9.
Cesar Antonio Alves da Rocha. Uma investigação acerca da visão-de-mundo da Análise do Comportamento. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Psicologia) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Carlos Eduardo Lopes.

10.
Erick Ferreira de Souza Guerra. Reflexões sobre a crítica pós-estruturalista à teoria estruturalista do conhecimento científico. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Psicologia) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Carlos Eduardo Lopes.

Orientações de outra natureza
1.
Daine da Cruz Moreno; Maíra dos Santos Ferreira. O conceito de cultura na obra de B. F. Skinner. 2013. Orientação de outra natureza. (Psicologia) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Carlos Eduardo Lopes.

2.
Aline Velasque Lucas. Habilidades Sociais de pais e Desempenho Escolar. 2008. Orientação de outra natureza. (Psicologia - Formação de Psicólogo) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Orientador: Carlos Eduardo Lopes.

3.
Lourenço Luciano Carneiro Filho. Conhecimento e preconceito em relação ao Behaviorismo Radical. 2008. Orientação de outra natureza. (Psicologia - Formação de Psicólogo) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Orientador: Carlos Eduardo Lopes.

4.
Ana Paula de Castro. Habilidades Sociais de pais e Desempenho Escolar. 2008. Orientação de outra natureza. (Psicologia - Formação de Psicólogo) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Orientador: Carlos Eduardo Lopes.

5.
Leonardo Sagrado Cezário. Desenhos com cenas de agressividade e comportamento violento. 2008. Orientação de outra natureza. (Psicologia - Formação de Psicólogo) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Orientador: Carlos Eduardo Lopes.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 24/07/2014 às 22:44:49