Tiago Luís Gil

Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 2 (***)

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5199440376465740
  • Última atualização do currículo em 30/07/2018


Possui graduação em Licenciatura em História pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2000), graduação em Bacharelado em História pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2002), mestrado em História Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2003) e doutorado em História Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2009). Atualmente é professor adjunto III da Universidade de Brasília. Tem experiência na área de História, com ênfase em História do Brasil Colônia, atuando principalmente nos seguintes temas: economia colonial, história digital, contrabando, fronteira, história espacial, geoprocessamento em história e bancos de dados. Entre agosto de 2018 e julho de 2019 atuará "visiting scholar" na Univesità Ca' Foscari di Venezia, com bolsa CAPES. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Tiago Luís Gil
Nome em citações bibliográficas
GIL, T. L.;GIL, TIAGO LUIS;GIL, TIAGO LUÍS;T.Gil

Endereço


Endereço Profissional
Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas - IH.
Campus Universitário Darcy Ribeiro ICC - Ala Norte - Mesanino - sala B1 - Departamento de História, sala 21
Asa Norte
70910900 - Brasília, DF - Brasil
Telefone: (61) 31077518
Ramal: 16


Formação acadêmica/titulação


2005 - 2009
Doutorado em História Social.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: Coisas do caminho Tropeiros e seus negócios do Viamão à Sorocaba (1780-1810), Ano de obtenção: 2009.
Orientador: João Luis Ribeiro Fragoso.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil / Especialidade: História do Brasil Colônia.
2001 - 2003
Mestrado em História Social.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: Infiéis transgressores: ibéricos, indígenas e africanos no mercado muar platino.,Ano de Obtenção: 2003.
Orientador: João Luís Ribeiro Fragoso.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: contrabando; mercado colonial.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil / Especialidade: História do Brasil Colônia.
2001 - 2002
Graduação em Bacharelado em História.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
1997 - 2000
Graduação em Licenciatura Em História.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.


Pós-doutorado


2013 - 2014
Pós-Doutorado.
Ecole des Hautes Études en Sciences Sociales, EHESS, França.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas


Formação Complementar


2007 - 2008
History and Civilization.
European University Institute, E.U.I., Itália.
2004 - 2006
Estudios Avanzados de Tercer Ciclo. (Carga horária: 56h).
Universidad Pablo de Olavide, UPO, Espanha.


Atuação Profissional



Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto II, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
CREDENCIADO NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA DA UNB DESDE FEVEREIRO DE 2010.

Atividades

08/2017 - Atual
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Regional
08/2017 - Atual
Ensino, História, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria em História Social
05/2010 - Atual
Extensão universitária , Instituto de Ciências Humanas - IH, .

Atividade de extensão realizada
Aplicação em escolas do Atlas Histórico Digital da América Lusa.
03/2010 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Ciências Humanas - IH, .

03/2010 - Atual
Extensão universitária , Instituto de Ciências Humanas - IH, .

Atividade de extensão realizada
Atlas Histórico Digital da América Lusa.
03/2017 - 08/2017
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Moderna 2
Introdução ao Estudo da História
08/2016 - 12/2016
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Tópico Especial em História Social
08/2016 - 12/2016
Ensino, História, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário de Pesquisa
03/2016 - 08/2016
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História do Brasil 1
03/2015 - 08/2015
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História do Brasil 1
03/2015 - 07/2015
Ensino, História, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria em História Social
03/2014 - 08/2014
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História do Brasil 1
03/2013 - 08/2013
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História do Brasil 1
Tópico Especial em História Social
03/2013 - 07/2013
Ensino, História, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria da História
07/2012 - 12/2012
Extensão universitária , Reitoria, Decanato de Extensão.

Atividade de extensão realizada
Atlas Histórico Digital da América Lusa.
03/2012 - 08/2012
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História do Brasil 1
Introdução ao Estudo da História
08/2011 - 12/2011
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Regional
História Social e Política do Brasil
03/2011 - 07/2011
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História do Brasil 1
História Social e Política do Brasil
09/2010 - 02/2011
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Social e Política do Brasil-B
História Social e Política do Brasil-A
03/2010 - 08/2010
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História do Brasil I-A
História do Brasil I-B
08/2009 - 12/2009
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Social e Política do Brasil
Tópico Especial em História do Brasil

Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2009
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 40
Outras informações
Desligamento por ingresso de professor efetivo concursado.

Atividades

08/2008 - 01/2009
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à História do Brasil

Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2004
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 20

Atividades

08/2004 - 12/2004
Ensino, Graduação em história, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Econômica: técnicas e métodos
Estado e Sociedade na Época Moderna: as Fronteiras Imperiais no século XVIII
03/2004 - 07/2004
Ensino, Graduação em história, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Metodologia da História II
Tópico Especial em Metodologia da História III - Historiografia Comparada
09/2003 - 12/2003
Ensino, Graduação em história, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Laboratório LIPHIS I - Elites coloniais e transgressão
Teoria e Investigação Histórica
Tópico especial em Metodologia da História III


Linhas de pesquisa


1.
História Social e suas múltiplas Formas


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
InterAmerican Database
Descrição: Levantamento da circulação de navios de diferentes bandeiras (Impérios) no Atlântico durante o século XVIII. Em parceria com Fabricio Prado (William and Mary)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Tiago Luís Gil - Coordenador / Manoel Domingos Rendeiro Neto - Integrante / João Pedro Galvão Ramalho - Integrante / Fabricio Prado - Integrante.Número de orientações: 2
2017 - Atual
Mapear as missões
Descrição: Cartografia histórica digital dos trinta povos das missões no Rio da Prata..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Tiago Luís Gil - Coordenador / Manoel Domingos Farias Rendeiro Neto - Integrante / Guillermo Wilde - Integrante.
2016 - Atual
Confiança, redes sociais e vizinhança no comércio de animais do centro-sul da América Portuguesa (rota das tropas: Viamão, Curitiba e Sorocaba, 1770-1810).
Descrição: O problema central deste projeto diz respeito às formas como a confiança era gerada em uma rota mercantil onde a interação social era descontínua e onde os agentes econômicos não tinham instrumentos diretos para combater o oportunismo. Esta rota era aquela que abastecia a Vila de Sorocaba com animais vindos do Viamão (Rio Grande do Sul) entre fins do século XVIII e inícios do século XIX. Era uma rota descontínua pois se dava ao longo de mais de mil quilômetros, entremeados de poucas aldeias e vilas dispersas, muitas das quais muito distantes umas das outras e sem interação efetiva, como pudemos observar em pesquisa anterior. Os motivos para esta descontinuidade eram diversos, passando por arranjos políticos familiares, relações mercantis regionais e até mesmo pela distância e pelas dificuldades topográficas, considerando as tecnologias disponíveis na época. A falta de instrumentos diretos para combater o oportunismo, no caso, por exemplo, a falta de pagamento ou a má qualidade dos animais, diz respeito a inexistência de instituições formais dedicadas para este fim, como as ligas e corporações mercantis, para não sair de possibilidades existentes naquele universo. Nossa hipótese central, construída a partir de pesquisas anteriores, aponta o espaço (a vizinhança) e as redes sociais como elementos fundamentais para geração e manutenção da confiança necessária para a economia funcionar, não apenas na escala local, mas também no conjunto da rota..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (7) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Tiago Luís Gil - Coordenador / Fernanda de Freitas Campos - Integrante / Sarah Resende dos Santos - Integrante / Mariana Silveira Leonardo de Souza - Integrante / Lana Sato de Moraes - Integrante / David da Silva Carvalho - Integrante / João Pedro Galvão Ramalho - Integrante / Vinicius Maluly - Integrante / Durval de Souza Filho - Integrante / Carlos Antônio Pereira de Carvalho - Integrante / Romulo Valle Salvino - Integrante / Daniel Martins Ferreira - Integrante / Mariana Fernandes Rodrigues Barreto Regis - Integrante / Manoel Domingos Farias Rendeiro Neto - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2013 - 2016
Crédito, dívidas e relacionamentos em duas rotas mercantis na América: Cerro Largo ­Rio Grande­Rio de Janeiro e Viamão­-Curitiba-­Sorocaba (1770­-1810).
Descrição: O problema do qual partimos refere­-se às relações de crédito e de endividamento praticadas em um contexto específico, isto é, em uma sociedade caracterizada por aspectos típicos de Antigo Regime1 e pela escravidão: as rotas mercantis Cerro Largo ­ Rio Grande ­ Rio de Janeiro (via predominantemente marítima) e Viamão ? Curitiba ? Sorocaba (via terrestre), entre 1770­1810. As duas rotas que pretendemos estudar eram distintas, mas não de todo: o comércio de animais tinha origem na produção de muares, eqüinos e bovinos realizada no Rio Grande de São Pedro e nos domínios espanhóis, particularmente nas localidades de Rio Pardo, Viamão, Rio Grande (domínios portugueses), Cerro Largo e Santa Fé nos territórios espanhóis. Muitos dos criadores do Rio Grande de São Pedro também se interessavam no contrabando dos espanhóis, sendo praticamente impossível determinar a origem dos animais remetidos para Curitiba. Havia uma especialização nestas atividades relacionadas ao gado: a elite do Rio Grande se reservava o negócio da produção da mercadoria, seja através da criação propriamente dita ou o contrabando; por sua vez, passava os animais para os tropeiros de Curitiba, Lapa, Castro e outras localidades de Capitania de São Paulo, que levavam as bestas até a feira de Sorocaba, passando, necessariamente, pelos ?Registros? de Viamão, Curitiba e Sorocaba.2 Tais ?Registros? eram unidades de fisco de animais e funcionavam na forma de concessão da Coroa para particulares. No recorte temporal que propomos, os Registros de Curitiba e Sorocaba estão na mão de um mesmo grupo. Era uma oikonomia tributando outras tantas que circulavam com mercadorias..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Tiago Luís Gil - Coordenador / Martha Daisson Hameister - Integrante / Fábio Kuhn - Integrante / Lana Sato de Moraes - Integrante / Augusto da Silva - Integrante / Carlos Antônio Pereira de Carvalho - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.Número de orientações: 3
2012 - 2016
História Social: Fontes, Abordagens e Novos Procedimentos de Investigação
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (15) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Tiago Luís Gil - Coordenador / Luiz Paulo Ferreira Nogueról - Integrante / Teresa Cristina de Novaes Marques - Integrante / Neuma Brilhante Rodrigues - Integrante / Marcelo Balaban - Integrante / Silvia Hunold Lara - Integrante / Sidney Chalhoub - Integrante / Robert Slenes - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2010 - Atual
Atlas Digital da América Lusa
Descrição: O Atlas é uma proposta colaborativa, que congrega pesquisadores de diversas instituições. A ferramenta base foi desenvolvida pelo Laboratório de História Social (LHS) da Universidade de Brasília, usando tecnologia do Ministério do Meio Ambiente, o software I3GEO. O LHS/UnB também produziu mapas base com informações de unidades urbanas e populacionais do período entre 1500 e 1800, além de outros bancos de dados de informações geográficas. Sendo uma ferramenta colaborativa, no espírito da chamada web 2.0 no qual há ênfase no trabalho de equipe e troca livre de informações, o ATLAS DIGITAL DA AMÉRICA LUSA é um espaço de interação. Nele podem ser publicados dados espacializados de diversas pesquisas ou mesmo informações que possam passar pelo processo de geoprocessamento a cargo do LHS/UnB. A ideia é que diversos pesquisadores possam enviar informações de seus estudos e, ao mesmo tempo, usufruir deste grande banco de dados coletivo revisado, organizado e certificado, assim como da cartografia produzida..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (13) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Tiago Luís Gil - Coordenador / Luiza Hooper Moretti - Integrante / Letícia Coelho Felix - Integrante / Fernanda de Freitas Campos - Integrante / Jaqueline Rivas - Integrante / Ana Luisa Pereira Lourenço - Integrante / Sarah Resende dos Santos - Integrante / Rafaela Araújo do Nascimento - Integrante / Enver Dias Murari Borba - Integrante / Mariana Silveira Leonardo de Souza - Integrante / Vevila Rezende Costa - Integrante / Leonardo Brandão Barleta - Integrante / Priscila Formiga dos Santos - Integrante / Lana Sato de Moraes - Integrante / David da Silva Carvalho - Integrante / João Pedro Galvão Ramalho - Integrante / Carlos Henrique Reis - Integrante / Vinicius Maluly - Integrante / Durval de Souza Filho - Integrante / Carlos Antônio Pereira de Carvalho - Integrante / Mariana Fernandes Rodrigues Barreto Regis - Integrante / Manoel Domingos Farias Rendeiro Neto - Integrante / Mariana dos Santos Mesquita - Integrante.
Número de produções C, T & A: 21 / Número de orientações: 6


Projetos de extensão


2010 - Atual
Atlas Histórico Digital da América Lusa
Descrição: Proposta colaborativa, que reúne pesquisadores de diversas instituições. A ferramenta base foi desenvolvida pelo Laboratório de Experimentação em História Social (LEHS) da Unversidade de Brasília, usando tecnologia do Ministério do Meio Ambiente, o software I3GEO*. O LEHS/UnB também produziu mapas base com informações de unidades urbanas e populacionais do período entre 1500 e 1800, além de outros bancos de dados de informações geográficas. Sendo uma ferramenta colaborativa, no espírito da chamada web 2.0 no qual há enfase no trabalho de equipe e troca livre de informações, o ATLAS DIGITAL DA AMÉRICA LUSA é um espaço de interação. Nele podem ser publicados dados geoprocessados de diversas pesquisas ou mesmo informações que possam passar pelo processo de georeferenciamento a cargo do LEHS/UnB. A ideia é que diversos pesquisadores possam enviar informações de seus estudos e, ao mesmo tempo, usufruir deste grande banco de dados coletivo revisado, organizado e certificado, assim como da cartografia produzida..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (16) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Tiago Luís Gil - Coordenador / Martha Daisson Hameister - Integrante / Luiz Paulo Ferreira Nogueról - Integrante / Luiza Hooper Moretti - Integrante / Letícia Coelho Felix - Integrante / Fernanda de Freitas Campos - Integrante / Jaqueline Rivas - Integrante / Rafaela Araújo do Nascimento - Integrante / Mariana Silveira Leonardo de Souza - Integrante / Leonardo Brandão Barleta - Integrante.Financiador(es): Universidade de Brasília - Auxílio financeiro.


Membro de corpo editorial


2012 - Atual
Periódico: História, histórias
2012 - Atual
Periódico: Histórica (São Paulo. Online)
2010 - 2011
Periódico: Textos de Historia (UnB)


Revisor de periódico


2009 - 2009
Periódico: Antíteses (Londrina)
2015 - 2015
Periódico: Revista Fronteras de la Historia
2012 - 2012
Periódico: Topoi (Rio de Janeiro)
2015 - 2015
Periódico: Revista de Historia (USP)
2014 - 2014
Periódico: Bresil(s)


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil/Especialidade: História do Brasil Colônia.
2.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: Teoria Econômica/Especialidade: História Econômica.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História da América/Especialidade: História Latino-Americana.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil/Especialidade: História Regional do Brasil.
5.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: Teoria e Filosofia da História/Especialidade: Metodologia da História.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Italiano
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2011
Menção Honrosa no Prêmio Capes de Melhor Tese na área de História, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.
2005
Prêmio Arquivo Nacional de Pesquisa (2.º Colocado), Arquivo Nacional.
2000
Destaque na sessão de História do Salão de Iniciação Científica, Universidade Federal do Rio Grande do Sul.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
1GIL, TIAGO LUÍS2017GIL, TIAGO LUÍS. As Listas Nominativas de habitantes como fontes para a história dos preços, 1798-1810. REVISTA MARACANAN, v. 2017, p. 35-49, 2017.

2.
2Barleta, Leonardo2016Barleta, Leonardo ; GIL, T. L. . Digital Atlas of Portuguese America. CEUR Workshop Proceedings, v. 1681, p. 1, 2016.

3.
5GIL, T. L.2015GIL, T. L.. Storici e informatica: l'uso dei database (1968-2013). Memoria e Ricerca, p. 161-178, 2015.

4.
3GIL, T. L.2015GIL, T. L.. Redes e camadas de relacionamentos na economia: metodologias para o estudo da confiança mercantil na América Portuguesa do Antigo Regime. Revista de Indias, v. 75, p. 421-456, 2015.

5.
4GIL, T. L.2015GIL, T. L.; Barleta, Leonardo . Formas alternativas de visualização de dados na área de História: algumas notas de pesquisa. Revista de História (USP), p. 427, 2015.

6.
6GIL, TIAGO LUIS2014GIL, TIAGO LUIS. Elites locais e changadores no mercado atlântico de couros (Rio Grande e Soriano, 1780-1810). História Unisinos, v. 18, p. 287-300, 2014.

7.
7GIL, T. L.2014GIL, T. L.. Recuperando terreno: o espaço como problema de pesquisa em história colonial. Locus (UFJF), v. 29, p. 173-190, 2014.

8.
12GIL, T. L.2014GIL, T. L.; PESAVENTO, F. . 'Por ser público e notório?: notas sobre informação na economia da América Lusa (séculos XVIII e XIX). Locus (UFJF), v. 20, p. 13-33, 2014.

9.
GIL, T. L.2014GIL, T. L.; MARQUES, Teresa Cristina de Novaes ; ALMICO, Rita de Cássia da Silva . Apresentação. LOCUS (UFJF), v. 20, p. 7-10, 2014.

10.
8GIL, T. L.;GIL, TIAGO LUIS;GIL, TIAGO LUÍS;T.Gil2011GIL, T. L.. Elites locais e suas bases sociais na América Portuguesa: uma tentativa de aplicação das social network analisys. Revista Brasileira de História & Ciências Sociais, v. 3, p. 82-96, 2011.

11.
9SIRTORI, Bruna2009SIRTORI, Bruna ; GIL, T. L. . Bom dia, padrinho: espaço e parentesco na formação de redes entre cativos nos campos de Vacaria, 1778-1810. Revista Eletrônica de História do Brasil, v. 10, p. 142-160, 2009.

12.
10GIL, T. L.;GIL, TIAGO LUIS;GIL, TIAGO LUÍS;T.Gil2005GIL, T. L.. O delirum tremens do Império português. Topoi (Rio de Janeiro), v. 06, p. 217-222, 2005.

13.
11GIL, T. L.;GIL, TIAGO LUIS;GIL, TIAGO LUÍS;T.Gil2002GIL, T. L.. Nos domínios portugueses: mecanismos de estruturação e manutenção do mercado muar platino (1750-1800).. Acervo (Rio de Janeiro), Rio de Janeiro, v. 15, p. 33-54, 2002.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
GIL, T. L.; BARLETA, L. ; MORAES, L. S. ; RENDEIRO NETO, M. D. ; CARVALHO, D. S. ; NASCIMENTO, C. A. P. ; RAMALHO, J. P. G. ; ROCHA, N. S. ; CARBONESI, J. R. ; NASCIMENTO, L. P. ; XAVIER, F. P. L. ; REIS, C. H. ; MALULY, V. ; SILVA, G. S. ; SOUZA FILHO, D. . Atlas Histórico da América Lusa. 1. ed. Porto Alegre: Ladeira Livros, 2016. v. 1. 50p .

2.
GIL, T. L.; VALENCIA, C. . O retorno dos mapas: sistemas de informação geográfica em História. 1. ed. Porto Alegre: Ladeira Livros, 2016. v. 1. 516p .

3.
GIL, T. L.. Como se faz um banco de dados (em história). 1. ed. Porto Alegre: Ladeira Livros, 2015. v. 1. 120p .

4.
BRESCIANO, J. A. (Org.) ; GIL, T. L. (Org.) . La historiografía ante el giro digital: Reflexiones teóricas y prácticas metodológicas. 1. ed. Montevideo: Ediciones Cruz del Sur, 2015. v. 1. 440p .

5.
GIL, T. L.. Os Infiéis transgressores: elites e contrabandistas nas fronteiras do Rio Grande e do Rio Pardo (1760-1810). Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 2007. v. 1. 225p .

Capítulos de livros publicados
1.
GIL, T. L.. PRÁTICAS CREDITÍCIAS E O COFRE DOS ÓRFÃOS NA VILA DE CURITIBA (1780-1810). In: GUIMARÃES, Carlos Gabriel;SARAIVA, Luiz Fernando. (Org.). Credito & descrédito: relações sociais de empréstimos na América - séculos XIX e XX. 1ed.Niterói: EdUFF, 2018, v. 1, p. 35-62.

2.
AIDAR, B. ; PESAVENTO, F. ; GIL, T. L. . A história econômica colonial e a ABPHE. In: SAES, Alexandre; SAES, Flavio; RIBEIRO, Maria.. (Org.). Rumos da História Econômica no Brasil. 25 Anos da ABPHE. 1ed.São Paulo: Alameda, 2017, v. 1, p. 349-377.

3.
GIL, T. L.. Geografia política e mobilidade na América Lusa (São José dos Pinhais, 1770-1800). In: GUEDES, Roberto; FRAGOSO, João. (Org.). História social em registros paroquiais (Sul-Sudeste do Brasil, séculos XVIII-XIX). 1ed.Rio de Janeiro: Mauad, 2016, v. 1, p. 126-141.

4.
GIL, T. L.. O Império Marítimo Baiano: uma cartografia da produção na obra de Gabriel Soares de Souza (1587). In: VALENCIA, Carlos; GIL, Tiago. (Org.). O retorno dos mapas: Sistemas de informação Geográfica em História. 1ed.Porto Alegre: Ladeira Livros, 2016, v. 1, p. 200-222.

5.
GIL, T. L.. «Our own in-house» software: una Historia de historiadores programadores. In: BRESCIANO, Juan Andrés; GIL, Tiago. (Org.). La historiografia ante el giro digital: Reflexiones teóricas y prácticas metodológicas. 1ed.Montevideo: Ediciones Cruz del Sur, 2015, v. 1, p. 113-158.

6.
GIL, T. L.; Barleta, Leonardo . Notas sobre bases de dados no estudo de elites e seus desdobramentos metodológicos: a aparente neutralidade técnica do uso da informática. In: MARTINS, Maria Fernanda; BARATA, Alexandre; BARBOSA, Silvana. (Org.). DOS PODERES DO IMPERIO - CULTURAS POLITICAS REDES SOCIAIS. 1ed.Juíz de Fora: EDUFJF, 2014, v. , p. 205-224.

7.
GIL, T. L.. Mídias digitais, bancos de dados e documentos históricos: uma avaliação do Estado da arte e algumas propostas de trabalho. In: Marilda Santana da Silva; Ana Célia Rodrigues. (Org.). História, arquivos e mídias digitais. 1ed.Fortaleza: Expressão Gráfica e Editora, 2013, v. 1, p. 57-73.

8.
GIL, T. L.. Cartografia digital para historiadores: algumas noções básicas. In: Marilda Santana da Silva; Ana Célia Rodrigues. (Org.). História, arquivos e mídias digitais. 1ed.Fortaleza: Expressão Gráfica e Editora, 2013, v. 1, p. 94-114.

9.
GIL, T. L.; SIRTORI, Bruna . A geografia do compadrio cativo: Viamão, Continente do Rio Grande de São Pedro, 1770-1795. In: Regina Célia Lima Xavier. (Org.). Escravidão e Liberdade: temas, problemas e perspectivas de análise. 1ed.São Paulo: Alameda, 2012, v. , p. 123-142.

10.
GIL, T. L.; Comissoli, Adriano . Camaristas e potentados no extremo da Conquista, Rio Grande de São Pedro, 1770-1810. In: João Fragoso; Antônio Carlos Jucá de Sampaio. (Org.). Monarquia Pluricontinental e a governança da terra no ultramar atlântico luso. 1ed.Rio de Janeiro: Mauad, 2012, v. , p. 241-260.

11.
GIL, T. L.. Produção e comércio de animais na Aldeia dos Anjos. In: JACHEMET, Célia; BARROSO, Véra Lucia Maciel. (Org.). Trajetória econômica, participação cidadã, literatura e memória. 1ed.Porto Alegre: EST, 2011, v. 3, p. 39-48.

12.
GIL, T. L.; HAMEISTER, M. D. . Fazer-se elite no Extremo-sul do Estado do Brasil: uma obra em três movimentos. Continente do Rio Grande de São Pedro (século XVIII). In: João Luis Ribeiro Fragoso; Carla Maria Almeida; Antonio Carlos Jucá de Sampaio. (Org.). Conquistadores e negociantes: histórias de elites no Antigo Regime nos trópicos. América Lusa, séculos XVI a XVIII. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2007, v. , p. -.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
GIL, T. L.. As implicações da família no mercado de crédito e na economia de Antigo Regime: um estudo no contexto do sul da América Lusa (1780-1810). In: IX Congresso da Associação de Demografia Histórica, 2010, Ponta Delgada,S.Miguel, Açores. Anais do IX Congresso da Associação de Demografia Histórica. Ponta Delgada: Universidade dos Açores, 2010. v. 1.

2.
GIL, T. L.. Mercados de crédito e camadas de relacionamentos em uma rota mercantil: Viamão-Curitiba-Sorocaba, 1780-1810. In: VIII Congresso Brasileiro de História Econômica, 2009, Campinas. Anais do VIII Congresso Brasileiro de História Econômica, 2009.

3.
GIL, T. L.. Amizade e negócios na rota das tropas: os homens de confiança de um arrecadador no final do século XVIII. In: XXI Jornadas de Historia Económica, 2008, Caseros. XXI Jornadas de Historia Económica. Buenos Aires: AAHE, 2008.

4.
GIL, T. L.; PESAVENTO, F. . ?Por ser público e notório?: notas sobre informação no mercado interno colonial. In: III Encontro de Pós Pós-Graduação em História Econômica, 2006, Campinas. III Encontro de Pós Pós-Graduação em História Econômica, 2006.

5.
GIL, T. L.. O mercado de crédito no comércio de animais: uma discussão metodológica e alguns resultados (Viamão, Curitiba e Sorocaba - 1780-1810). In: XX Jornadas de Historia Económica, 2006, Mar del Plata. XX Jornadas de Historia Económica, 2006.

6.
GIL, T. L.. O Bando de Rafael Pinto Bandeira em uma representação gráfica: uma tentativa de aplicação das social network anaysis na história social. In: I Colóquio do LAHES, ?Alternativas Metodológicas para História Econômica e Social, 2005, Juiz de Fora. I Colóquio do LAHES, ?Alternativas Metodológicas para História Econômica e Social, 2005.

7.
GIL, T. L.. Acerca del ?ilícito juro?: notas sobre la práctica de la usura en una ruta mercantil en la América Portuguesa (1778). In: Xº Jornadas Interescuelas Departamentos de Historia, 2005, Rosário - Argentina. Actas de las Xº Jornadas Interescuelas Departamentos de Historia, 2005.

8.
GIL, T. L.. Mercado Interno Colonial: reavaliando o debate e propondo novos elementos. In: VI Jornadas Setecentistas, 2005, Curitiba. VI Jornadas Setecentistas, 2005.

9.
GIL, T. L.. Os negócios da fronteira: o contrabando e suas relações com o mercado interno.. In: II Encontro de Pós-graduação em História Econômica, 2004, Niterói. Anais do II Encontro de Pós-graduação em História Econômica, 2004. v. 1.

10.
GIL, T. L.. O contrabando na fronteira: uma produção social de mercadorias. In: V Congresso Nacional de História Econômica, 2003, Caxambu. Anais do V Congresso Nacional de História Econômica. Caxambu: ABPHE, 2003.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
GIL, T. L.. Amizade e negócios na rota das tropas: os homens de confiança de um arrecadador no final do XVIII em Sorocaba. In: Diálogos e Aproximações: Seminário de Pesquisa de Pós-graduação em História da UFRJ, 2008, Rio de Janeiro. Livro de Resumos: Diálogos e Aproximações: Seminário de Pesquisa de Pós-graduação em História da UFRJ, 2008.

2.
GIL, T. L.. A espada e os punhais: elites locais e changadores no mercado atlântico de couros. In: Jornadas Interescuelas, 2007, Tucumán. Jornadas Interescuelas, 2007. v. 1.

3.
GIL, T. L.. Notas sobre o uso de bases de dados e metodologias de história social. In: Nas rotas do império: eixos mercantis, tráfico e relações sociais no Mundo português, 2006, Rio de Janeiro. Livro de Resumos: Nas rotas do império: eixos mercantis, tráfico e relações sociais no Mundo português, 2006.

4.
GIL, T. L.. A visão dos demarcadores de limites sobre o contrabando terrestre na fronteira entre os domínios lusos e espanhóis no Prata (1774-1801). In: I Colóquio Internacional sobre as cidades do Prata, 2006, Pelotas. I Colóquio Internacional sobre as cidades do Prata, 2006.

5.
GIL, T. L.; PESAVENTO, F. . Notas sobre confiança no Mercado Interno Colonial. In: III Encontro de Pós Pós-Graduação em História Econômica da USP, 2006, São Paulo. Livro de Resumos: III Encontro de Pós Pós-Graduação em História Econômica da USP, 2006.

6.
GIL, T. L.; HAMEISTER, M. D. . Uso de bases de dados na investigação histórica. In: VI Jornadas Setecentistas, 2005, Curitiba. Programação e Resumos das VI Jornadas Setecentistas, 2005.

7.
GIL, T. L.. Sobre o comércio ilícito: a visão dos demarcadores de limites sobre o contrabando terrestre na fronteira entre os domínios lusos e espanhóis no Rio da Prata (1780-1810). In: II Jornadas de História Regional Comparada, 2005, Porto Alegre. II Jornadas de História Regional Comparada, 2005.

8.
GIL, T. L.. Mercado Interno Colonial: reavaliando o debate e propondo novos elementos. In: VI Jornadas Setecentistas, 2005, Curitiba. Programação e Resumos das VI Jornadas Setecentistas, 2005.

9.
GIL, T. L.. O Bando de Rafael Pinto Bandeira em uma representação gráfica: uma tentativa de aplicação das social network anaysis na história social. In: I Colóquio do LAHES, 2005, Juiz de Fora. Resumos I° Colóquio LAHES, 2005.

10.
GIL, T. L.. As regras do jogo: contrabando na fronteira entre os domínios portugueses e espanhóis (1750-1800). In: VIII ENCONTRO REGIONAL DE HISTÓRIA ? 150 ANOS DE PARANÁ. HISTÓRIA E HISTORIOGRAFIA., 2002, Curitiba. Anais do VIII ENCONTRO REGIONAL DE HISTÓRIA ? 150 ANOS DE PARANÁ. HISTÓRIA E HISTORIOGRAFIA.. Curitiba: ANPUH, 2002. v. 1.

11.
GIL, T. L.. Soldados, lavradores e peões: a guerra, a estância e o comércio como formas de sobrevivência e melhoria social. In: I Encontro de Pós-graduação em História Econômica, 2002, Araraquara. Anais do Encontro de Pós-graduação em História Econômica. Araraquara: Unesp, 2002. v. 1.

12.
GIL, T. L.. A economia platina durante o século XVIII: um estudo panorâmico. In: XXI Simpósio Nacional de História, 2001, Niterói. Anais do XXI Simpósio Nacional de História. Niterói: ANPUH, 2001. v. 1. p. 456-456.

13.
GIL, T. L.. O mercado muar platino no período colonial e sua integração ao mercado interno luso (1730-1780). In: XXI Simpósio Nacional de História, 2001, Niterói. Anais do XXI Simpósio Nacional de História. Niterói: ANPUH, 2001. v. 1. p. 489-489.

14.
GIL, T. L.. Infiéis transgressores: portugueses, indígenas e espanhóis no mercado muar platino. In: II Seminário de História Quantitativa e Serial, 2001, Belo Horizonte. Anais do II Seminário de História Quantitativa e Serial. Belo Horizonte: s.e, 2001. v. 1. p. 321-321.

15.
GIL, T. L.. A produção de gado muar no Rio Grande de São Pedro -período colonial. In: 53ª Reunião Anual da SBPC, 2001, Salvador. Anais da 53ª Reunião Anual da SBPC. Salvador: SBPC, 2001. v. 1. p. 446-446.

16.
GIL, T. L.. A produção de gado muar no Rio Grande de São Pedro no período colonial (1750-1800). In: XII Salão de Iniciação Científica, 2000, Porto Alegre. Anais do XII Salão de Iniciação Científica. Porto Alegre: EDUFRGS, 2000. v. 1. p. 301-301.

17.
GIL, T. L.; PETERSEN, S. R. F. . Construção de um banco de dados: levantamento, análise qualitativa e divulgação da bibliografia sobre teoria e metodologia da história. In: XI Salão de Iniciação Científica, 1999, Porto Alegre. Anais dos XI Salão de Iniciação Científica. Porto Alegre: EDUFRGS, 1999. v. 1. p. 452-452.

Apresentações de Trabalho
1.
GIL, TIAGO LUIS. L?Atlante Digitale dell?America Portoghese. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
GIL, T. L.. Atlas numérique de l?Amérique portugaise. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
GIL, T. L.. Integração regional e abastecimento na América Portuguesa (São Paulo, 1765-1800). 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
GIL, T. L.. A confiança: geração, valor e manutenção (caminho das tropas ? 1780-1810). 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

5.
GIL, T. L.. Práticas creditícias e o cofre dos órfãos da Vila de Curitiba. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

6.
GIL, T. L.. Contratadores e elites locais no final do século XVIII, sul da América Portuguesa. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
GIL, T. L.. Atlas Digital da América Lusa. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
GIL, T. L.. Atlas Digital da América Lusa. 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

9.
GIL, T. L.. O Atlas Digital da América Lusa: análise espacial e pesquisa em História. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
GIL, T. L.. O Atlas Digital da América Lusa: análise espacial e pesquisa em História. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
GIL, T. L.. Atlas Digital da América Lusa. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

12.
GIL, T. L.. Atlas Digital da América Lusa. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

13.
GIL, T. L.. Atlas Digital da América Lusa. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

14.
GIL, T. L.. Atlas Digital da América Lusa. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

15.
GIL, T. L.; PESAVENTO, F. . ?POR SER PÚBLICO E NOTÓRIO?: NOTAS SOBRE INFORMAÇÃO NA ECONOMIA DA AMÉRICA LUSA (SÉCULO XVIII). 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

16.
GIL, T. L.; BARLETA, L. . Atlas Digital da América Lusa. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

17.
GIL, T. L.; BARLETA, L. . Atlas Digital da América Lusa. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

18.
GIL, T. L.; BARLETA, L. . Atlas Digital da América Lusa. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

19.
GIL, T. L.; PEREIRA, Levy . Atlas Digital da América Lusa. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

20.
GIL, T. L.. Atlas Digital da América Lusa. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

21.
GIL, T. L.. Relações sociais e políticas nas rotas mercantis de gado entre a Banda Oriental e São Paulo, final do século XVIII e início do século XIX. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

22.
GIL, T. L.. Atlas Digital da América Lusa. 2011. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

23.
GIL, T. L.; Barleta, Leonardo . Atlas Digital da América Lusa. 2011. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

24.
GIL, T. L.. Coisas do caminho: tropeiros e seus negócios do Viamão à Sorocaba (1780-1810). 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

25.
GIL, T. L.. Amizade e negócios na rota das tropas: os homens de confiança de um arrecadador no final do XVIII em Sorocaba. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

26.
GIL, T. L.. Infiéis Transgressores: elites e contrabandistas nas fronteiras do Rio Grande e do Rio Pardo, 1760-1810. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

27.
GIL, T. L.. Amizade e negócios na rota das tropas: os homens de confiança de um arrecadador no final do século XVIII em Sorocaba. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

28.
GIL, T. L.; PRADO, Fabrício Pereira . A Colônia de Sacramento e a Banda Oriental.. 2007. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

29.
GIL, T. L.. Crédito, contrabando e redes sociais. Rio Grande, Cerro Largo e Soriano, 1790-1810. 2007. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

30.
GIL, T. L.. A espada e os punhais: elites locais e changadores no mercado atlântico de couros. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

31.
GIL, T. L.. A colonização do Brasil. (Comentário sobre o filme ?A Missão?). 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

32.
GIL, T. L.. A espada e os punhais: elites locais e changadores no mercado atlântico de couros. 2006. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

33.
GIL, T. L.. As Fronteiras entre a geografia e a história: um debate a partir do caso dos demarcadores de limites e do contrabando no século XVIII no sul da América Lusa. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

34.
GIL, T. L.. Notas sobre o uso de bases de dados e metodologias de história social. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

35.
GIL, T. L.. O mercado de crédito no comércio de animais: uma discussão metodológica e alguns resultados (Viamão, Curitiba e Sorocaba - 1780-1810). 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

36.
GIL, T. L.. ?Por ser público e notório?: notas sobre informação no mercado interno colonial. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

37.
GIL, T. L.. A visão dos demarcadores de limites sobre o contrabando terrestre na fronteira entre os domínios lusos e espanhóis no Prata (1774-1801). 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

38.
GIL, T. L.; PESAVENTO, F. . Notas sobre confiança no Mercado Interno Colonial. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

39.
GIL, T. L.. Apresentação sobre "Bases de dados e Investigação histórica". 2006. (Apresentação de Trabalho/Outra).

40.
GIL, T. L.; HAMEISTER, M. D. . A construção da base de dados: problemas e potencialidades. 2006. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

41.
GIL, T. L.. Métodos para uma história das elites: experiencias de trabalho. 2005. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

42.
GIL, T. L.. O Bando de Rafael Pinto Bandeira em uma representação gráfica: uma tentativa de aplicação das social network anaysis na história social. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

43.
GIL, T. L.. Acerca del ?ilícito juro?: notas sobre la práctica de la usura en una ruta mercantil en la América Portuguesa (1778). 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

44.
GIL, T. L.. Mercado Interno Colonial: reavaliando o debate e propondo novos elementos. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

45.
GIL, T. L.. Sobre o ilícito juro: notas sobre a prática da usura em uma rota mercantil da América Portuguesa (1778). 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
SIRTORI, Bruna ; GIL, T. L. . A memória, o historiador e o cidadão. A memória do Proceso argentino e os problemas da democracia.. Rio de Janeiro: 7 Letras, 2008. (Tradução/Artigo).

2.
GIL, T. L.. Posfácio. Rio de Janeiro, 2007. (Prefácio, Pósfacio/Posfácio)>.

3.
GIL, T. L.. A efêmera utopia dos escravos de Nueva Granada: o caso do palenque de Cartago. Rio de Janeiro: 7 Letras/PPGHIS, 2005. (Tradução/Artigo).

4.
GIL, T. L.. Sujeitos sem história, prática calada e marcas apagadas: a sodomia imperfeita diante do Santo Ofício do México. Rio de Janeiro: PPGHIS-UFRJ/Sette Letras, 2004. (Tradução/Artigo).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
GIL, T. L.. Parecer para a Revista Tempo (UFF). 2012.

2.
GIL, T. L.. Parecer para a Revista TOPOI (UFRJ). 2012.

3.
GIL, T. L.. Parecer para a Revista Vária História. 2011.

4.
GIL, T. L.. Parecer para a Revista - Topoi., Revista de História. Programa de Pós-Graduação em História Social. UFRJ. 2008.

5.
GIL, T. L.. Parecer para a Revista "História Social", Unicamp.. 2004.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
GIL, T. L.. Livros do século 19 revelam cotidiano social e econômico de escravos. 2017. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

Redes sociais, websites e blogs
1.
Lourenço, Ana ; Campos, Fernanda ; Rivas, Jaqueline ; Barleta, Leonardo ; NOGUERÓL,. Luiz Paulo Ferreira ; Felix, Letícia ; GIL, T. L. ; Santos, Sarah ; Nascimento, Rafaela . Atlas Digital da América Lusa. 2012; Tema: Cartografia digital de informações históricas. (Site).

2.
Lourenço, Ana ; Campos, Fernanda ; Rivas, Jaqueline ; Moretti, Luiza ; Souza, Mariana ; Nascimento, Rafaela ; GIL, T. L. . BiblioAtlas - Enciclopédia Digital de Suporte do Atlas Digital da América Lusa. 2012; Tema: Cartografia digital de informações históricas. (Site).


Demais tipos de produção técnica
1.
GIL, T. L.. Bases de dados para a pesquisa em história social: nomes, séries, lugares e redes. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
GIL, T. L.. Produção de Cartografia Histórica. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
GIL, T. L.; Barleta, Leonardo ; Souza, Mariana ; Campos, Fernanda ; Costa, Vevila ; Felix, Letícia ; Lourenço, Ana ; Moretti, Luiza ; Nascimento, Rafaela ; Rivas, Jaqueline ; Santos, Priscila ; Santos, Sarah ; Borba, Enver . Atlas Digital da América Lusa. 2011. (Cartas, mapas ou similares/Mapa).

4.
Barleta, Leonardo ; Borba, Enver ; Campos, Fernanda ; Felix, Letícia ; Lourenço, Ana ; Moretti, Luiza ; Nascimento, Rafaela ; Rivas, Jaqueline ; Santos, Sarah ; Santos, Priscila ; Souza, Mariana ; GIL, T. L. . Atlas Histórico Digital da América Lusa. 2011. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Extensão).

5.
Barleta, Leonardo ; Borba, Enver ; Campos, Fernanda ; Costa, Vevila ; Felix, Letícia ; Lourenço, Ana ; Rivas, Jaqueline ; Santos, Priscila ; Santos, Sarah ; Souza, Mariana ; GIL, T. L. . Atlas Histórico Digital da América Lusa. 2010. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Extensão).

6.
GIL, T. L.. A informática na investigação histórica: aportes, idéias e experiências. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

7.
GIL, T. L.; HAMEISTER, M. D. . Bases de dados para a investigação histórica. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

8.
GIL, T. L.; HAMEISTER, M. D. . Informática e Investigación Histórica ? Posibilidades y Perspectivas. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

9.
GIL, T. L.; HAMEISTER, M. D. . O uso de bases de dados na investigação histórica. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

10.
GIL, T. L.. Economia colonial brasileira. 2000. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Patentes e registros



Programa de computador
1.
Barleta, Leonardo ; GIL, T. L. . Oduduwa. 2015.
Patente: Programa de Computador. Número do registro: BR5120140006-2, data de registro: 23/03/2015, título: "Oduduwa" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial.



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
ANDREAZZA, M. L.; Barleta, Leonardo; GIL, T. L.. Participação em banca de Leonardo Brandão Barleta. O Sertão Partido: A formação do espaço no planalto curitibano (séculos XVII e XVIII). 2013. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal do Paraná.

2.
MARQUES, Teresa Cristina de Novaes; GIL, T. L.. Participação em banca de LOYANNE DIAS ROCHA. A morte amparada dos irmãos da Paróquia de Nossa Senhora do Pilar de Ouro Preto (1780-1800). 2011. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade de Brasília.

3.
Nadalin, Sérgio; Mendonça, Joceli; GIL, T. L.. Participação em banca de DANIELE WEIGERT. Compadrio e família escrava em Palmas, Província do Paraná (1843-1888). 2010. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal do Paraná.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
GIL, T. L.; NOGUERÓL,. Luiz Paulo Ferreira; MARQUES, Teresa Cristina de Novaes. Participação em banca de Juanita Rodrigues Martins.Tráfico e abolição: notas sobre um debate. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade de Brasília.

2.
GIL, T. L.; MARQUES, Teresa Cristina de Novaes; OLIVEIRA, Susane Rodrigues de. Participação em banca de Mayra Calandrini Guapindaia.Relações de gênero, pensamento pedagógico e reforma política na Ilustração portuguesa. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade de Brasília.

3.
TOURINHO, A. O; DAHER, A. V.; FRAGOSO, J. L.; GIL, T. L.. Participação em banca de Adriana de Oliveira Tourinho.Punição e interesses na prática do degredo no Império Portugues. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Graduação em história) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
NEUMANN, Eduardo; KUHN, Fabio; GIL, T. L.. XX Salão de Iniciação Científica - Ciências Humanas - História e Região. 2008. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Cartografia storica e GIS. 2008. (Oficina).

2.
23ª REUNIÃO DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ANTROPOLOGIA.. Reciprocidade e parentesco: um estudo das relações entre portugueses e minuanos no rio da Prata colonial (1750-1800). 2002. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
GIL, T. L.. XII Congresso Brasileiro de História Econômica e 13ª Conferência Internacional de História de Empresas. 2017. (Congresso).

2.
GIL, T. L.; MARQUES, Teresa Cristina de Novaes . III Simpósio Histórias de Crédito. 2016. (Congresso).

3.
GIL, T. L.. Questões de Teoria e Metodologia da História. 2000. (Congresso).

4.
GIL, T. L.. Semana Acadêmica de História 1968 - As barricadas fecham as ruas mas abrem os caminhos. 1998. (Congresso).

5.
GIL, T. L.. Seminário Internacional de História Conozca Chile. 1997. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Jéssika de Souza Cabral Corrêa. A imigração Americana e os registros da inquisição: Uma análise econômica dos portos de Salvador e Cartagena das índias (1591 a 1660). Início: 2017. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade de Brasília. (Orientador).

2.
Lana Sato de Moraes. As viúvas de Curitiba e suas interações econômicas (1780-1810). Início: 2016. Dissertação (Mestrado profissional em História) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Durval de Souza Filho. SESMARIAS, SESMEIROS E MEEIROS: Proprietários de Terras e Lavradores Agregados na Amazônia Portuguesa - 1700-1836. Início: 2016. Tese (Doutorado em História) - Universidade de Brasília. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Thalita Alves Sant'Ana de Oliveira. Créditos, endividamentos e redes de relacionamentos dos escravizados em Porto Alegre: 1770-1810. Início: 2018 - Universidade de Brasília. (Orientador).

2.
Estevan Alexander de Paula. A formação da propriedade fundiária e a população indígena local no Paraná dos séculos XVII e XVIII. Início: 2018 - Universidade de Brasília. (Orientador).

3.
Carlos Henrique Alves dos Reis. análise de redes de compadrio escravo na freguesia de Viamão (1760-1790). Início: 2018 - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

4.
Amanda do Couto e Silva Pinheiro. Endividamento e confiança: um estudo do crédito e resolução de dívidas nos campos de Curitiba no final do século XVIII. Início: 2018 - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

5.
Márcia Cecília Flexa Freitas. Circulação de mercadorias no Grão-Pará na segunda metade do século XVIII. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em História) - Universidade de Brasília. (Orientador).

6.
Clara Correia Lima Felix. Crédito e confiança em Irmandades da rota entre Viamão e Sorocaba no século XVII. Início: 2018 - Universidade de Brasília. (Orientador).

7.
Gabriel Luan Oliveira da Silva Pereira. O significado da morte na atividade creditício ao final do século XVIII. Início: 2018 - Universidade de Brasília. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Carlos Antonio Pereira de Carvalho. Limites e Possibilidades da Mobilidade escravizada na cidade da Bahia, século XVI - XVII. 2018. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade de Brasília, . Orientador: Tiago Luís Gil.

2.
Mariana Leonardo de Souza. As elites locais na obra de Frei Vicente de Salvador. 2016. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Tiago Luís Gil.

3.
Daniel Martins Ferreira. CEO DE GRAÇA, INFERNO CUSTOZO: a pastoral da morte, a partir da obra do jesuíta português Luís Alvares, séculos XVII e XVIII. 2016. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade de Brasília, . Orientador: Tiago Luís Gil.

4.
Mariana Barreto Regis. Irmãos pretos do Rosário de Goiana: experiências religiosas e sociais no Pernambuco do século XVIII. (1784). 2016. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade de Brasília, . Orientador: Tiago Luís Gil.

5.
Fernanda de Freitas Campos. O Prazer pela carne: Antropofagia ritual dos povos Tupinambá nas cartas jesuíticas de meados do século XVI. 2016. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade de Brasília, . Orientador: Tiago Luís Gil.

6.
Sarah Resende dos Santos. O uso de cartografia nos livros didáticos de histórai. 2016. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Tiago Luís Gil.

7.
Lúcia Helena Ribeiro Silva Ferreira Armond. ?O Tal do Casamento Civil?: razão de dispensa de parentesco para o casamento religioso, no período de 1890 a 1916, em Passa Quatro/MG. 2015. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade de Brasília, . Orientador: Tiago Luís Gil.

8.
Dayane Augusta Santos da Silva. Em tempo de visitas: inquisição, circulação e oralidade escrava na Bahia (1590-1620). 2014. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Tiago Luís Gil.

Tese de doutorado
1.
Romulo Valle Salvino. Minas de papel: disputas e estratégias em torno da comunicação escrita na América Portuguesa. 2018. Tese (Doutorado em História) - Universidade de Brasília, . Orientador: Tiago Luís Gil.

Supervisão de pós-doutorado
1.
Graciela Bonassa Garcia. 2017. Universidade de Brasília, . Tiago Luís Gil.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
João Pedro Galvao Ramalho. A Produção para Consumo Interno na Amazônia da segunda metade do século XVIII: da historiografia à análise do abastecimento no vale do rio Tocantins. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Tiago Luís Gil.

2.
Manoel Domingos Farias Rendeiro Neto. Casar, civilizar, colonizar : mulheres indígenas e a política de matrimônios mistos na Capitania de São José do Rio Negro (1755 ? 1779). 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade de Brasília. Orientador: Tiago Luís Gil.

3.
Joana Regattieri Adam. Estudo histórico demográfico da população escrava nas fazendas cafeeiras do Barão de Nova Friburgo : Cantagalo / Rio de Janeiro (1850-1873). 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Gestão de Saúde Coletiva) - Universidade de Brasília. Orientador: Tiago Luís Gil.

4.
David da Silva de Carvalho. Diário do demarcador : uma introdução : a segunda subdivisão de limites espanhola e a narrativa sobre os grupos nativos 1783 -1801. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade de Brasília. Orientador: Tiago Luís Gil.

5.
João Vitor de Oliveira Silva. Entre pelouros e barretes : estudo da ocupação dos cargos oficiais na Câmara de Curitiba (1782-1800). 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade de Brasília. Orientador: Tiago Luís Gil.

6.
Carlos Antonio Pereira de Carvalho. O uso de pesos e medidas em uma economia de Antigo Regime. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade de Brasília. Orientador: Tiago Luís Gil.

7.
Ana Elisa Pereira Lara. O casamento entre os viúvos escravos no Paraná no final do século XVIII e início do XIX. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade de Brasília. Orientador: Tiago Luís Gil.

8.
Fernanda de Freitas Campos. Antropofagia ritual dos povos Tupinambá nas cartas jesuíticas de meados do século XVI. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade de Brasília. Orientador: Tiago Luís Gil.

9.
Letícia Coelho Félix. Família e os filhos naturais no Brasil Colônia. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade de Brasília. Orientador: Tiago Luís Gil.

10.
Mariana Silveira Leonardo de Souza. Duas formas de produzir historiografia : as invasões holandesas na história do Brasil e nos capítulos de história colonial. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade de Brasília. Orientador: Tiago Luís Gil.

Iniciação científica
1.
Amanda do Couto e Silva Pinheiro. A Família escrava diante da separação: um estudo dos escravos hipotecados nos Campos de Curitiba no final do século XVIII. 2017. Iniciação Científica - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Tiago Luís Gil.

2.
Carlos Henrique Alves dos Reis. Escravizados e libertos: apadrinhamento como forma de ascensão social.. 2017. Iniciação Científica - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Tiago Luís Gil.

3.
Daniella Leite da Silva Barbosa. Análise da Historiografia produzida no século XX que retrata a sexualidade da mulher negra no período do Brasil Colônia. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de Brasília. Orientador: Tiago Luís Gil.

4.
João Pedro Galvao Ramalho. Estudo sobre abastecimento e crise na América Portuguesa, no final do século XVIII. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de Brasília. Orientador: Tiago Luís Gil.

5.
Manoel Domingos Farias Rendeiro Neto. Matrimônio mestiço: mulheres indígenas e o mercado relacional na América Portuguesa. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de Brasília. Orientador: Tiago Luís Gil.

6.
Andrei Alvaro Santos Arruda. A vila e o sertão: as relações entre a câmara da vila de São Paulo e os indígenas. Séculos XVI-XVII. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de Brasília. Orientador: Tiago Luís Gil.

7.
Fernanda Nascimento de Brito. Compadrio e apadrinhamento de escravos em Curitiba no final do século XVIII. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de Brasília. Orientador: Tiago Luís Gil.

8.
Carlos Henrique Alves dos Reis. Relações de poder dentro e fora do cativeiro, partindo da hipótese do apadrinhamento como forma de angariar poder na vila de Viamão no século XVIII.. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de Brasília. Orientador: Tiago Luís Gil.

9.
Manoel Rendeiro Neto. Mulheres indígenas e a política de casamentos mistos na América Portuguesa. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Tiago Luís Gil.

10.
João Pedro Galvão Ramalho. Mercado interno no Grão-Pará setecentista. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de Brasília. Orientador: Tiago Luís Gil.

11.
Carlos Antonio Pereira de Carvalho. Crédito, dívidas e relacionamentos em duas rotas mercantis na América: Cerro Largo-Rio Grande-Rio de Janeiro e Viamão-Curitiba-Sorocaba. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Tiago Luís Gil.

12.
Lana Sato de Moraes. Crédito, dívidas e relacionamentos em duas rotas mercantis na América: Cerro Largo-Rio Grande-Rio de Janeiro e Viamão-Curitiba-Sorocaba (1770-1810).. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Tiago Luís Gil.

13.
Lana Sato de Moraes. Crédito, dívidas e relacionamentos em duas rotas mercantis na América: Cerro Largo-Rio Grande-Rio de Janeiro e Viamão-Curitiba-Sorocaba (1770-1810).. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Tiago Luís Gil.

14.
Leonardo Pereira Santos. Crédito, dívidas e relacionamentos em duas rotas mercantis na América: Cerro Largo-Rio Grande-Rio de Janeiro e Viamão-Curitiba-Sorocaba (1770-1810).. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de Brasília. Orientador: Tiago Luís Gil.

15.
Carlos Antonio Pereira de Carvalho. Crédito, dívidas e relacionamentos em duas rotas mercantis na América: Cerro Largo-Rio Grande-Rio de Janeiro e Viamão-Curitiba-Sorocaba (1770-1810).. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Tiago Luís Gil.

16.
Mariana Leonardo de Souza. Novos procedimentos de investigação para a história social: o uso de crônicas seiscentistas para geoprocessamento em história (o caso da ?História do Brasil, do Frei Vicente de Salvador, 1624). 2012. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Tiago Luís Gil.

17.
Gustavo de Almeida Borges Barcelos. Novos procedimentos de investigação para a história social: o uso de crônicas do século XVI para geoprocessamento em história (o caso do ?Tratado Descritivo do Brasil?, de Gabriel Soares de Souza, 1587). 2012. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Tiago Luís Gil.

18.
Fernanda de Freitas Campos. Uma Colônia de Índios: narrativas sobre grupos nativos nos autores quinhentistas. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de Brasília. Orientador: Tiago Luís Gil.

19.
Lana Sato. Pesquisa sobre Registros de Batismos em São José dos Pinhais, século XVIII. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Tiago Luís Gil.

20.
David da Silva Carvalho. História Social: fontes,abordagens e novos procedimentos de investigação. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de Brasília. Orientador: Tiago Luís Gil.

21.
Diogo Neves de Carvalho. História Social: fontes,abordagens e novos procedimentos de investigação. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de Brasília. Orientador: Tiago Luís Gil.

22.
Luiza Hooper Moretti. Estudo sobre mobilidade geográfica e formação de unidades populacionais durante a conquista da América Portuguesa, Minas Gerais, 1680-1780.. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de Brasília. Orientador: Tiago Luís Gil.

23.
Letícia Coelho Felix. Os filhos ilegítimos no Brasil colônia - Estudo comparativo entre a sociedade urbana e rural da Capitania do Rio do Janeiro entre 1771-1776. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de Brasília. Orientador: Tiago Luís Gil.

24.
Jaqueline Rivas Paredes. A dinâmica social na fronteira sul da América Portuguesa, em fins do século XVIII e início do XIX.. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de Brasília. Orientador: Tiago Luís Gil.

25.
Fernanda de Freitas Campos. Estudo sobre o modo de vida e cultura indígena no Brasil Colonial, visto sob a perspectiva de cronistas e viajantes.. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de Brasília. Orientador: Tiago Luís Gil.

26.
Fernanda de Freitas Campos. Estudo sobre o modo de vida e cultura indígena no Brasil Colonial, visto sob a perspectiva de cronistas e viajantes.. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Tiago Luís Gil.

27.
Letícia Coelho Félix. Os filhos ilegítimos no Brasil colônia - Estudo comparativo entre a sociedade urbana e rural da Capitania do Rio do Janeiro entre 1771-1776. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Tiago Luís Gil.

28.
Luiza Hooper Moretti. Estudo sobre mobilidade geográfica e formação de unidades populacionais durante a conquista da América Portuguesa, Minas Gerais, 1680-1780.. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Tiago Luís Gil.

29.
Jaqueline Rivas. A dinâmica social na fronteira sul da América Portuguesa, em fins do século XVIII e início do XIX.. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Tiago Luís Gil.

Orientações de outra natureza
1.
Thiego Fernandes. Atlas Histórico Digital da América Lusa. 2013. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade de Brasília, Universidade de Brasília, Decanato de Extensão. Orientador: Tiago Luís Gil.

2.
Thiago Menezes. Atlas Histórico Digital da América Lusa. 2013. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade de Brasília, Universidade de Brasília, Decanato de Extensão. Orientador: Tiago Luís Gil.

3.
Sarah Resende dos Santos. Atlas Digital da América Lusa. 2012. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade de Brasília, Universidade de Brasília, Departamento de Ensino de Graduação, Projeto Reun. Orientador: Tiago Luís Gil.

4.
Gustavo de Almeida Borges Barcelos. Atlas Digital da América Lusa. 2012. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade de Brasília, Universidade de Brasília, Departamento de Ensino de Graduação, Projeto Reun. Orientador: Tiago Luís Gil.

5.
Edson Porto de Carvalho. Atlas Digital da América Lusa. 2012. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade de Brasília, Universidade de Brasília, Departamento de Ensino de Graduação, Projeto Reun. Orientador: Tiago Luís Gil.

6.
Lana Sato. Atlas Digital da América Lusa. 2012. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade de Brasília, Universidade de Brasília, Departamento de Ensino de Graduação, Projeto Reun. Orientador: Tiago Luís Gil.

7.
Sarah Resende dos Santos. Atlas Digital da América Lusa. 2011. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade de Brasília, Universidade de Brasília, Decanato de Extensão. Orientador: Tiago Luís Gil.

8.
Priscila Formiga dos Santos. Atlas Digital da América Lusa. 2011. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade de Brasília, Universidade de Brasília, Decanato de Extensão. Orientador: Tiago Luís Gil.

9.
Mariana Leonardo de Souza. Atlas Digital da América Lusa. 2011. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade de Brasília, Universidade de Brasília-Decanato de Ensino de Graduação. Orientador: Tiago Luís Gil.

10.
Rafaela do Nascimento Araújo. Atlas Digital da América Lusa. 2011. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade de Brasília, Universidade de Brasília, Diretoria de Desenvolvimento Social. Orientador: Tiago Luís Gil.

11.
Diego Martins dos Santos. Atlas Digital da América Lusa. 2011. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade de Brasília, Universidade de Brasília, Diretoria de Desenvolvimento Social. Orientador: Tiago Luís Gil.

12.
Sebastião Gomes Sousa. Atlas Digital da América Lusa. 2011. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade de Brasília, Universidade de Brasília, Diretoria de Desenvolvimento Social. Orientador: Tiago Luís Gil.

13.
Luisa Tollendal Prudente. Atlas Digital da América Lusa. 2011. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade de Brasília, Universidade de Brasília, Departamento de Ensino de Graduação, Projeto Reun. Orientador: Tiago Luís Gil.

14.
Mariana Silveira Leonardo de Souza. Atlas Histórico Digital da América Lusa. 2010. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade de Brasília, Universidade de Brasília-Decanato de Ensino de Graduação. Orientador: Tiago Luís Gil.

15.
Sarah Resende dos Santos. Atlas Histórico Digital da América Lusa. 2010. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade de Brasília, Universidade de Brasília, Decanato de Extensão. Orientador: Tiago Luís Gil.

16.
Priscila Formiga dos Santos. Atlas Histórico Digital da América Lusa. 2010. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade de Brasília, Universidade de Brasília, Decanato de Extensão. Orientador: Tiago Luís Gil.



Inovação



Programa de computador registrado
1.
Barleta, Leonardo ; GIL, T. L. . Oduduwa. 2015.
Patente: Programa de Computador. Número do registro: BR5120140006-2, data de registro: 23/03/2015, título: "Oduduwa" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial.


Projeto de extensão


Educação e Popularização de C & T



Livros e capítulos
1.
GIL, T. L.. Cartografia digital para historiadores: algumas noções básicas. In: Marilda Santana da Silva; Ana Célia Rodrigues. (Org.). História, arquivos e mídias digitais. 1ed.Fortaleza: Expressão Gráfica e Editora, 2013, v. 1, p. 94-114.


Apresentações de Trabalho
1.
GIL, TIAGO LUIS. L?Atlante Digitale dell?America Portoghese. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).


Programa de Computador registrado
1.
Barleta, Leonardo ; GIL, T. L. . Oduduwa. 2015.
Patente: Programa de Computador. Número do registro: BR5120140006-2, data de registro: 23/03/2015, título: "Oduduwa" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial.


Redes sociais, websites e blogs
1.
Lourenço, Ana ; Campos, Fernanda ; Rivas, Jaqueline ; Barleta, Leonardo ; NOGUERÓL,. Luiz Paulo Ferreira ; Felix, Letícia ; GIL, T. L. ; Santos, Sarah ; Nascimento, Rafaela . Atlas Digital da América Lusa. 2012; Tema: Cartografia digital de informações históricas. (Site).

2.
Lourenço, Ana ; Campos, Fernanda ; Rivas, Jaqueline ; Moretti, Luiza ; Souza, Mariana ; Nascimento, Rafaela ; GIL, T. L. . BiblioAtlas - Enciclopédia Digital de Suporte do Atlas Digital da América Lusa. 2012; Tema: Cartografia digital de informações históricas. (Site).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/11/2018 às 24:26:35