Ronaldo Medeiros dos Santos

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/1578919263205943
  • Última atualização do currículo em 05/12/2018


Doutor em Tecnologia Ambiental e Recursos Hídricos pela Universidade de Brasília, Mestre em Ciência Florestal e Engenheiro Agrimensor pela Universidade Federal de Viçosa. Atua nas áreas de Sistemas de Informações Geográficas, Sensoriamento Remoto e Hidrologia (modelagem hidrológica de processos de superfície e modelagem numérica de processos hidrológicos de zona saturada). Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais - Campus Salinas e pesquisador vinculado ao Grupo de Pesquisa em Recursos Hídricos e Ambientais do Norte de Minas - HIDROVALES. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Ronaldo Medeiros dos Santos
Nome em citações bibliográficas
SANTOS, R. M.

Endereço


Endereço Profissional
Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais, Campus Salinas.
Fazenda Varginha, Km 02, Rodovia MG-404
39560-000 - Salinas, MG - Brasil
Telefone: (38) 38417009
URL da Homepage: http://www.ifnmg.edu.br/


Formação acadêmica/titulação


2005 - 2012
Doutorado em Tecnologia Ambiental e Recursos Hídricos.
Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
Título: RECARGA DE ÁGUAS SUBTERRÂNEAS EM AMBIENTE DE CERRADO: Estudo com base em modelagem numérica e simulação hidrológica em uma bacia experimental, Ano de obtenção: 2012.
Orientador: Sergio Koide.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: recarga de águas subterrâneas; modelagem numérica; modelagem hidrológica.
2002 - 2004
Mestrado em Ciência Florestal.
Universidade Federal de Viçosa, UFV, Brasil.
Título: Estruturação Topológica de Grandes Bases de Dados de Bacias Hidrográficas,Ano de Obtenção: 2004.
Orientador: Carlos Antonio Alvares Soares Ribeiro.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Bacias hidrográficas; Características morfométricas; Hidrologia; Sistemas de Informações geográficas.
Grande área: Engenharias
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Sanitária / Subárea: Recursos Hídricos.
1997 - 2001
Graduação em Engenharia de Agrimensura.
Universidade Federal de Viçosa, UFV, Brasil.
Título: Consulta e recuperação de informações cadastrais via SIG: viabilidade técnica e econômica.
Orientador: Joell Gripp Júnior.




Atuação Profissional



Instituto Federal do Norte de Minas Gerais, IFNMG, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais, IFNMG, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

07/2018 - Atual
Ensino, Engenharia Florestal, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sistemas de Informações Geográficas
02/2018 - Atual
Ensino, Engenharia Florestal, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sensoriamento Remoto
02/2018 - Atual
Ensino, Engenharia Florestal, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sensoriamento Remoto
2/2017 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto Federal do Norte de Minas Gerais - Campus Salinas, .

Cargo ou função
Membro do Comitê de Extensão.
02/2014 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Salinas, .

Cargo ou função
Membro do Colegiado do curso de Engenharia Florestal.
04/2013 - Atual
Ensino, Engenharia Florestal, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Hidrologia e Manejo de Bacias Hidrográficas
03/2012 - Atual
Ensino, Engenharia Florestal, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fotogrametria e Fotointerpretação
08/2011 - Atual
Ensino, Engenharia de Alimentos, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Representações Gráficas
04/2011 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Núcleo Docente Estruturante do curso de Engenharia Florestal, .

Cargo ou função
Membro.
02/2010 - Atual
Ensino, Engenharia Florestal, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Desenho Técnico
Topografia Aplicada
02/2010 - Atual
Ensino, Tecnologia em Produção de Cachaça, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Topografia Aplicada
Desenho Técnico
10/2012 - 12/2017
Ensino, Engenharia Florestal, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geoprocessamento
02/2014 - 02/2016
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Salinas, .

Cargo ou função
Membro do Comitê Permanente do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica e Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica, Tecnológica e Industrial.
02/2010 - 02/2016
Ensino,

Disciplinas ministradas
Desenho Técnico (disciplina oferecida ao curso Técnico em Florestas - nível médio)
Desenho Técnico e Topografia (Disciplina oferecida ao curso Técnico em Agropecuária - nível médio)
Topografia e Geoprocessamento (disciplina oferecida ao curso Técnico em Florestas - nível médio)

Agência Nacional de Energia Elétrica, ANEEL, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Terceirizado, Enquadramento Funcional: Analista de sistemas Junior, Carga horária: 40


Ministério do Desenvolvimento Agrário, MDA, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Engenheiro agrimensor, Carga horária: 40


Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2010
Vínculo: Integrante, Enquadramento Funcional: Doutorando, Regime: Dedicação exclusiva.


Universidade Federal de Viçosa, UFV, Brasil.
Vínculo institucional

1999 - 2002
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Bolsista de iniciação científica pelo CNPq, Carga horária: 20
Outras informações
Suporte em Sistemas de Informações Geográficas para geração de tecnologia de apoio a projetos hidroagrícolas e gerenciamento dos recursos hídricos


Universidade de Cuiabá, UNIC, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 24
Outras informações
Ministrou a disciplina "Sensoriamento Remoto e Agricultura de Precisão" do curso de especialização "Tecnologia em Produção de Cana, Açúcar e Álcool".


Fundação Rural Mineira Colonização e Desenvolvimento Agrário, RURALMINAS, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2003
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Colaborador, Carga horária: 20
Outras informações
Suporte em Sistemas de Informações Geográficas para mapeamento e recuperação das propriedades atingidas pelos efluentes da indústria Cataguases de Papel ? sub-bacias do Córrego da Lage e Ribeirão do Cágado


Universidade Federal de Juiz de Fora, UFJF, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - 2018
Vínculo: Consultoria, Enquadramento Funcional: Consultor
Outras informações
Concepção das matrizes de Curso e de Eixo Tecnológico como base para a elaboração de testes de avaliação em larga escala da educação tecnológica do Estado do Ceará.



Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Impactos do novo código florestal no regime hidrológico de uma bacia hidrográfica do semi-árido mineiro: estudo em nível de bacia experimental
Descrição: O objetivo dessa proposta é avaliar os impactos do novo código florestal no regime hidrológico de uma bacia hidrográfica do semi-árido mineiro, via modelagem hidrológica em nível de bacia experimental. Será selecionada e instrumentada uma sub-bacia representativa da região, de área reduzida, propícia ao monitoramento detalhado dos processos hidrológicos. Serão levantados dados de chuva, vazão e evapotranspiração, que, juntamente com planos digitais de informações geográficas, servirão de base à construção de um modelo hidrológico distribuído de base física, que será utilizado para a simulação de cenários ?pré? e ?pós? mudanças no código florestal. Serão avaliados os impactos das mudanças às vazões máximas, médias e mínimas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Ronaldo Medeiros dos Santos - Coordenador / Vinícius Orlandi Barbosa Lima - Integrante / Marcelo Rossi Vicente - Integrante / Alessandro de Paula Silva - Integrante / Roberto Avelino Cecílio - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.
2017 - Atual
Oportunidades em geração de créditos de carbono na bacia do rio Pardo via projetos MDL florestais
Descrição: O objetivo deste trabalho é avaliar o potencial de sequestro de carbono atmosférico e de geração de créditos de carbono, via projetos MDL florestais, na bacia do rio pardo. Para a realização do estudo, será realizado o mapeamento das áreas aptas à implementação de atividades silviculturais via geoprocessamento. Posteriormente, serão mapeadas as áreas elegíveis à implementação de projetos MDL de acordo com os critérios do protocolo de Kyoto. Para essas áreas, aplicando equações de estoque de carbono, serão estimados a quantidade de carbono ?seqüestrada? em reflorestamentos com espécies do gênero eucaliptus e via recuperação das áreas degradadas com espécies nativas da região, além da simulação do seqüestro em um cenário misto de projetos de recuperação de áreas degradadas e silvicultura..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Ronaldo Medeiros dos Santos - Coordenador / Vinícius Orlandi Barbosa Lima - Integrante / Marcelo Rossi Vicente - Integrante / Gesiane Simara Barbosa - Integrante.
2016 - Atual
Implantação e Instrumentação de uma Bacia Experimental no Médio Jequitinhonha, na Bacia Hidrográfica do Rio Salinas, Minas Gerais
Descrição: Este projeto tem como objetivo implementar e instrumentar uma bacia experimental no trecho médio da bacia do rio Jequitinhonha, na bacia hidrográfica do rio Salinas, Minas Gerais. A metodologia compreenderá trabalhos de campo e de escritório, abrangendo a seleção da sub-bacia, caracterização detalhada da área selecionada, a elaboração do plano de monitoramento hidrológico e a instalação de equipamentos e postos de monitoramento. Os resultados esperados compreendem a instalação de um laboratório a céu aberto, representado pela bacia experimental devidamente instrumentada, que poderá ser utilizado por um longo e indefinido período de tempo para a geração e disponibilização de dados hidrológicos e para o estudo e melhor compreensão dos processos hidrológicos na bacia do rio Salinas e no médio/baixo Jequitinhonha..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Ronaldo Medeiros dos Santos - Coordenador / Vinícius Orlandi Barbosa Lima - Integrante / Marcelo Rossi Vicente - Integrante / Antônio Carlos Pinheiro Cani - Integrante / Alessandro de Paula Silva - Integrante / Antônio Henrique Cordeiro Ramalho - Integrante / Tarley Aparecido Santos - Integrante.
2015 - 2017
Estimativa da Biomassa, do Estoque de Madeira e Carbono em Plantios de Eucalipto na Região do Alto Rio Pardo via Sensoriamento Remoto Orbital
Descrição: Este projeto tem por objetivo avaliar a aplicabilidade do sensoriamento remoto à estimação do volume de madeira e dos estoques de biomassa e carbono em plantios de Eucalipto na região do Alto Rio Pardo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) .
Integrantes: Ronaldo Medeiros dos Santos - Coordenador / Vinícius Orlandi Barbosa Lima - Integrante / Isaac Alves Oliveira - Integrante / Marcelo Rossi Vicente - Integrante / Cecília Cristina Almeida Mendes - Integrante / Talita Moreira Câmara - Integrante / Henrique Cordeiro Ramalho - Integrante / Diana Marques Silva - Integrante.Número de orientações: 1
2014 - 2015
Proposição e avaliação de Métodos Para o Mapeamento Preciso do Uso/Cobertura da Terra nas Bacias da Represa do Rio Salinas e do Rio Pardo, Minas Gerais, por Meio de Sensoriamento Remoto
Descrição: O objetivo do presente trabalho é gerar mapas detalhados do uso/cobertura da terra para as bacias dos Rios Pardo e Salinas. A metodologia consistirá em campanhas de campo, para a identificação dos tipos de cobertura vegetal e usos do solo na área estudada, e em trabalhos de escritório, de processamento de imagens orbitais, para a identificação de classificadores e sensores com maior aptidão de aplicação à área estudada e desenvolvimento de um método alternativo de classificação baseando em árvore de decisão. Como resultados previstos, pretende-se estabelecer um método definitivo para o mapeamento do uso/cobertura da terra na área de estudo e a geração de uma série temporal de mapas dessa natureza para a referida área..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Ronaldo Medeiros dos Santos - Coordenador / Vinícius Orlandi Barbosa Lima - Integrante / Wagner Patrício de Sousa Júnior - Integrante / Isaac Alves Oliveira - Integrante / Marcelo Rossi Vicente - Integrante / Hugo Henrique Cardoso de Salis - Integrante.Número de orientações: 1
2014 - 2015
Estimativa da biomassa e do estoque de carbono em ocorrências de cerrado na porção mineira da bacia do Rio Pardo via sensoriamento remoto orbital
Descrição: Este projeto tem como objetivo estimar e mapear a distribuição espacial da biomassa e do estoque de carbono em ocorrências de cerrado na porção mineira da bacia do rio Pardo, a partir da utilização de imagens de sensoriamento remoto orbital. A metodologia da presente proposta compreenderá trabalhos de campo e de escritório, abrangendo campanhas para a estimação do estoque de biomassa e de carbono em ocorrências de cerrado na área de estudos e processamento digital de imagens orbitais, para a geração de índices de vegetação e construção de modelos para a estimativa e espacialização da variável ambiental em questão..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) .
Integrantes: Ronaldo Medeiros dos Santos - Coordenador / Vinícius Orlandi Barbosa Lima - Integrante / Wagner Patrício de Sousa Júnior - Integrante / Marcelo Rossi Vicente - Integrante / Juscelina Arcanjo dos Santos - Integrante / Hugo Henrique Cardoso de Salis - Integrante / Leiliane Pereira Cruz - Integrante / Liliane Pereira Cruz - Integrante / Cecília Cristina Almeida Mendes - Integrante / Talita Moreira Câmara - Integrante / Moisés Castro Alves Franco - Integrante / Eduardo Roman Albuquerque - Integrante.
2013 - 2015
ANÁLISE MULTI-TEMPORAL DAS MUDANÇAS NO USO/COBERTURA DA TERRA NA BACIA DE CONTRIBUIÇÃO DA REPRESA DO RIO SALINAS, MINAS GERAIS: implicações à erosão, produção de sedimentos, e assoreamento do lago
Descrição: O projeto tem por objetivo analisar o impacto das mudanças no uso/cobertura da terra na bacia hidrográfica da represa do Rio Salinas, Minas Gerais, aos processos de erosão, na referida área, e de assoreamento do lago. A metodologia da presente proposta compreenderá atividades de mapeamento do uso/cobertura da terra para diferentes épocas, da formação do lago até o tempo presente, mapeamento da distribuição espacial da perda de solo devido à erosão e estudo da relação entre as mudanças no uso/cobertura da terra, potencial de erosão e produção de sedimentos. Será buscada uma estimativa preliminar aproximada do aporte anual de sedimentos à represa do Rio Salinas, por meio de um método alternativo que associe a conectividade entre os focos de erosão e a rede de drenagem, com o objetivo de se chegar a um valor percentual da taxa de conversão de erosão em sedimentos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Ronaldo Medeiros dos Santos - Coordenador / Bárbara Mendes Oliveira - Integrante / Rhagnya Sharon Ferreira Martins - Integrante / Vinícius Orlandi Barbosa Lima - Integrante / Marcelo Rossi Vicente - Integrante / Talita Câmara - Integrante.
2013 - 2015
DIAGNÓSTICO SÓCIO-ECONÔMICO DE ÁREAS DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE EM SITUAÇÃO DE CONFLITO COM DIFERENTES USOS DA TERRA: estudo de caso para APP?s previamente mapeadas na porção mineira da bacia do Rio Pardo
Descrição: As Áreas de Preservação Permanente ? APP?s são um importante instrumento para a implementação de políticas ambientais e de desenvolvimento sustentável, sendo a sua integridade protegida por lei. No entanto, devido às dimensões continentais do território brasileiro e da falta de pessoal de fiscalização in locu, é grande o número de casos em que os limites dessas áreas são violados. Na bacia do Rio Pardo, em Minas Gerais, estima-se que cerca de 59% das áreas previstas como sendo de preservação permamente podem estar em situação de conflito com alguma atividade antrópica. Como, em muitos casos, os conflitos ou irregularidades já se encontram estabelecidos e as terras indevidamente ocupadas e, por vezes, há muito tempo incorporadas ao arranjo produtivo local ou regional, o restabelecimento dos limites pode ser uma tarefa complexa e requer, antes de qualquer medida de adequação, a execução de estudos que mensurem e caracterizem o problema. Nesse sentido, o objetivo deste projeto de pesquisa consiste em mensurar e caracterizar, física, social e economicamente, os conflitos entre áreas de preservação permanente e usos antrópicos da terra na porção mineira da bacia do Rio Pardo, localizada na região norte do Estado de Minas Gerais. A metodologia compreenderá trabalhos de campo e de escritório, abrangendo as atividades de seleção dos locais a serem definidos como estudos de caso, mapeamento preciso das APP?s e do uso/cobertura da terra para os referidos locais, identificação dos conflitos existentes e campanhas para o levantamento de informações socioeconômicas relativas às ocupações irregulares, dentre outras. Serão utilizados planos temáticos digitais de informações geográficas, como mapa de APP?s e imagens orbitais, assim como equipamentos e softwares para o georreferenciamento e processamento das informações. Espera-se que os resultados a serem gerados revelem a dimensão do problema em questão para a área de estudos, e possam ser utilizadas pelo poder público, em seu pro.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Ronaldo Medeiros dos Santos - Coordenador / Bárbara Mendes Oliveira - Integrante / Vinícius Orlandi Barbosa Lima - Integrante / Hugo Henrique Cardoso dos Santos - Integrante / Isaac Alves Oliveira - Integrante / Mariana Caroline Moreira - Integrante / Marcelo Rossi Vicente - Integrante / Felipe Matheus Ferreira Chagas - Integrante / Letícia Ramires Cardoso - Integrante.
2013 - 2014
Protótipo de um Sistema de Informações Geográficas para o Gerenciamento de Dados Cadastrais de Imóveis Urbanos e Cálculo Automático do IPTU para a Cidade de Salinas - MG
Descrição: A maioria dos municípios brasileiros tem em repasses da União e do estado a fonte principal de suas receitas, o que se deve, em parte, ao fato de que não há tradição em cultura de arrecadação do IPTU por parte dos mesmos. Em muitos casos, isto se revela na falta de organização e estruturação dos setores municipais responsáveis, ou até mesmo na inexistência destes. Dessa forma, observa-se um potencial não explorado de arrecadação, que em muito poderia contribuir para o desenvolvimento sócio-econômico das cidades. Neste cenário, os sistemas de informações geográficas representam uma alternativa por meio da qual a gestão da informação cadastral pode ser implementada ou aperfeiçoada, ocasionando um aumento na arrecadação do referido tributo. O objetivo desse projeto consiste em implementar um protótipo de um sistema de informações geográficas para o gerenciamento de dados cadastrais de imóveis urbanos e cálculo automático do IPTU para a cidade de Salinas ? MG. A metodologia da presente proposta compreenderá etapas de campo e de escritório, por meio das quais serão coletados dados cadastrais de imóveis urbanos, construído o sistemas de informações geográficas cadastrais e implementada a automatização do cálculo do IPTU, seguindo o método estabelecido no código tributário municipal..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Ronaldo Medeiros dos Santos - Coordenador / Hugo Henrique Cardoso dos Santos - Integrante / Karoline Rodrigues Costa - Integrante / Kennedy Anderson Pereira dos Santos - Integrante.
2013 - Atual
Caracterização Espectral de Fitofisionomias Naturais e Coberturas Antrópicas da terra na Bacia no Rio Salinas, Minas Gerais.
Descrição: Apesar de já serem conhecidas as curvas espectrais típicas dos materiais mais abundantes da superfície terrestre; solo, vegetação e água, há uma grande variação de comportamentos em cada uma das referidas categorias. No caso da vegetação, por exemplo, diferentes padrões são exibidos em função da espécie, de pragas ou estresses incidentes sobre a mesma, do ecossistema e do bioma, fatos que reforçam a importância e o potencial de utilização prática da caracterização espectral de alvos, visando o mapeamento preciso do uso e da cobertura da terra. Neste sentido, o objetivo da presente proposta consistiu em caracterizar o comportamento espectral de fitofisionomias naturais e coberturas antrópicas da terra na bacia hidrográfica do Rio Salinas, Minas Gerais..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Ronaldo Medeiros dos Santos - Integrante / Vinícius Orlandi Barbosa Lima - Integrante / Wagner Patrício de Sousa Júnior - Integrante / Isaac Alves Oliveira - Integrante / Marcelo Rossi Vicente - Coordenador.
2012 - 2016
Mapeamento do potencial de sequestro de carbono atmosférico via florestas plantadas para a porção mineira da Bacia do Rio Pardo, Minas Gerais
Descrição: Diante das previsões científicas acerca da intensificação do efeito estufa e do aquecimento global, criou-se um mecanismo, via Protocolo de Kyoto, por meio do qual os países mais poluidores podem compensar as suas emissões de ?gases efeito estufa ? GEE?s? , a partir do financiamento de projetos de redução de emissões, sediados em países em desenvolvimento. Trata-se do Mecanismo de Desenvolvimento Limpo, que define, dentre as alternativas elegíveis, projetos florestais de florestamento e reflorestamento. Nesse sentido, o presente projeto de pesquisa tem por objetivo mapear o potencial da porção mineira da Bacia do Rio Pardo para o seqüestro de co2 e para a geração de créditos de carbono por meio de florestas plantadas. A metodologia consistirá no mapeamento das terras aptas ao cultivo de espécies do gênero eucalyptos e pinus, identificação, dentre as terras consideradas aptas, das áreas elegíveis, segundo os critérios do artigo 12 do Protocolo de Kyoto, e estimação do potencial de seqüestro de co2 e de geração de créditos de carbono a partir da simulação do plantio das espécies consideradas nas áreas identificadas como elegíveis. Os dados consistirão em planos espaciais de informação e o processamento se dará por meio da aplicação de técnicas em sensoriamento remoto e sistemas de informações geográficas. Os resultados consistirão em mapas temáticos, que poderão ser utilizados por empreendedores na elaboração e justificativa de projetos silviculturais captadores de recursos advindos da negociação de créditos de carbono..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Ronaldo Medeiros dos Santos - Coordenador / Bárbara Mendes Oliveira - Integrante / Rhagnya Sharon Ferreira Martins - Integrante / Alice Soares Brito - Integrante / Marcos Aurélio Alves de Oliveira - Integrante / Nondas Ferreira da Silva - Integrante / Vinícius Orlandi Barbosa Lima - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Bolsa.Número de orientações: 1
2012 - Atual
Análise da relação entre a cobertura vegetal e a recarga do aquífero freáticona bacia do Alto Rio Pardo, Minas Gerais: Estudo com base em modelagem hidrológica distribuída
Descrição: A recarga de águas subterrâneas é o mecanismo por meio do qual ocorre a renovação e/ou o reabastecimento dos aqüíferos. Trata-se de um dos processos hidrológicos de maior dificuldade de estimação, por ser o resultado da interação entre um grande número de variáveis e fatores ambientais, dentre os quais a cobertura vegetal tem importância fundamental: impede ou favorece a infiltração, quando intercepta a água das chuvas ou aumenta a permeabilidade dos solos por meio da abertura de caminhos preferenciais, respectivamente; e extrai água do solo, por meio da evapotranspiração. No entanto, a relação quantitativa entre cobertura vegetal e recarga de águas subterrâneas nem sempre é óbvia, dificultando a mensuração dos reais impactos ambientais advindos de eventuais alterações antrópicas na cobertura vegetal natural de uma bacia hidrográfica. Nesse sentido o presente projeto de pesquisa tem por objetivo analisar quantitativamente, por meio de modelagem hidrológica distribuída, a referida relação na bacia do Alto Rio Pardo, Minas Gerais. A metodologia consistirá na aplicação de um modelo hidrológico distribuído para a caracterização do volume e da distribuição espacial da recarga, na aplicação de técnicas de geoprocessamento para a estimativa dos valores máximos, médios e mínimos de recarga em função da classe de cobertura, e na simulação hidrológica de cenários hipotéticos de alterações no uso/cobertura atual do solo na bacia. Os resultados indicarão a importância da cobertura vegetal ao reabastecimento do aqüífero freático na área de estudo, bem como avaliarão os impactos, às reservas hídricas da bacia, advindos do início iminente da atividade mineradora, da expansão da atividade silvicultural e da ocupação de APP?s devido às alterações no código florestal brasileiro..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Ronaldo Medeiros dos Santos - Coordenador / Bárbara Mendes Oliveira - Integrante / Rhagnya Sharon Ferreira Martins - Integrante / Alice Soares Brito - Integrante / Nondas Ferreira da Silva - Integrante.
2007 - 2010
Estudo dos processos hidrológicos em áreas de cerrado com base em monitoramento de uma bacia experimental e representativa no DF
Descrição: Foi selecionada para estudo a sub-bacia do Capão Comprido (CC) inserida na bacia do rio Descoberto da qual são retirados mais de 60% das águas de abastecimento público do DF. O trabalho teve como objetivo ampliar o conhecimento sobre o comportamento hidrológico do Bioma Cerrado a partir do monitoramento quantitativo da água nas diversas partes do ciclo e do monitoramento do transporte de sedimentos na bacia do Descoberto. Com base nos dados experimentais de sub-superfície (nível dos lençóis, umidade do solo), climatológicos e dos cursos de água estudou-se o balanço hídrico e o transporte de sedimentos e nutrientes utilizando modelos conceituais e modelos com base física em diversas escalas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Ronaldo Medeiros dos Santos - Integrante / Jorge Enoch Furquim Werneck Lima - Integrante / Sergio Koide - Coordenador / Lopes - Integrante.Financiador(es): Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 4
1998 - 2000
Programa HIDROTEC: geração e transferência de tecnologia de suporte para o planejamento, dimensionamento, manejo e gestão de projetos envolvendo os recursos hídricos, no Estado de Minas Gerais
Descrição: Convênio de cooperação mútua entre a Fundação Rural Mineira - RURALMINAS e a Universidade Federal de Viçosa Através deste convênio de intercâmbio técnico, iniciado em 1992, as duas instituições desenvolvem um programa de pesquisa e desenvolvimento, denominado HIDROTEC, direcionado à geração e transferência de tecnologia de suporte para o planejamento, dimensionamento, manejo e gestão de projetos envolvendo os recursos hídricos, no Estado de Minas Gerais. O programa vem recebendo apoio do CNPq desde o biênio 10091/92, da FAPEMIG em 1996/1998 e do Ministério do Meio Ambiente, dos Recursos Hídricos e da Amazônia Legal/Secretaria da Agricultura de Recursos hídricos no biênio 1997-1999, que o tornou de âmbito nacional. O principal objetivo do programa é gerar tecnologias especialmente direcionadas aos projetos hidroagrícolas compreendendo: quantificação de vazões e volumes de regularização em reservatórios, controle de enchentes e seca, projetos de irrigação, sistemas de drenagem, chuvas intensas, estudo de veranicos, demanda de irrigação suplementar, vertedores de barragens, canais, bueiros, pontes, além de projetos concernente ao abastecimento de água, pequenas centrais hidrelétricas, outorga de uso de água superficial, estudos sobre a qualidade de água, dentre outros. Os estudos hidrológicos realizados no âmbito do Programa HIDROTEC, abrangeram 26 regiões hidrográficas apresentando uma área de 1.095.139 km2, assim distribuídas: a)- 587.172 km2 no Estado de Minas Gerais; b)- 46.185 km2 no Estado do Espírito Santo; c)- 46.722 km2 nos Estados da Bahia, Goiás e Distrito Federal, abrangendo parte das áreas de drenagem das bacias dos rios: Jequitinhonha, Verde Grande, Carinhanha, Buranhém, Jucuruçu, Itanhém, Peruíbe, Mucuri e cabeceiras do rio Preto/Paracatu; e c)- 415.011 km2 nos Estados do Acre e Amazonas, compreendendo a região hidrográfica do rio Purus, representando 10,6% da bacia do rio Amazonas no território brasileiro..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Ronaldo Medeiros dos Santos - Integrante / Humberto Paulo Euclydes - Coordenador / Paulo Afonso Ferreira - Integrante / Reynaldo Furtado Ferreira Filho - Integrante.
Número de produções C, T & A: 8


Projetos de extensão


2018 - Atual
USO RACIONAL DA ÁGUA: conscientização e formação de crianças e adolescentes via atividades interdisciplinares em escolas públicas do município de Salinas - MG
Descrição: Uma das formas mais efetivas de incentivar a participação da sociedade na gestão da água é a educação ambiental. Nesse sentido, o objetivo da presente proposta é promover a formação e a capacitação de crianças e adolescentes de escolas públicas do município de Salinas, Minas Gerais, sobre preservação ambiental, recursos hídricos e uso racional e sustentável da água. A metodologia se iniciará com o diagnóstico, a partir do qual serão concebidas atividades interdisciplinares de formação e capacitação. Por último, será realizada uma avaliação, com a finalidade de se verificar a efetividade das estratégias adotadas. O público alvo abrangerá estudantes da rede pública de Salinas..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Ronaldo Medeiros dos Santos - Coordenador / Vinícius Orlandi Barbosa Lima - Integrante / Marcelo Rossi Vicente - Integrante / Diana Marques Silva - Integrante / GLEISIANY NUNES GOMES - Integrante.
2016 - Atual
Capacitação de Usuários da água como Instrumento de Gestão dos Recursos Hídricos: o caso dos moradores do entorno da Barragem de Salinas - MG
Descrição: O entorno do lago da represa de Salinas, em Minas Gerais, têm passado por mudanças significativas quanto ao uso/cobertura da terra e urbanização. Como os impactos gerados pelos referidos processos ainda não foram mensurados e há tendência de intensificação das mudanças, devido à especulação imobiliária e valorização das terras na área, é urgente a necessidade de gestão dos referidos problemas, preferencialmente, com o envolvimento da comunidade geral e dos moradores e proprietários da região de entorno. Nesse contexto, o objetivo da presente proposta é conscientizar moradores e proprietários da referida região, quanto à importância do uso racional e sustentável da água, e capacitá-los à participação pró-ativa na gestão e conservação do lago. A metodologia se iniciará com a caracterização da ocupação e das atividades humanas no entorno da barragem, a partir do que serão propostos temas para a realização de palestras e/ou minicursos, de conscientização e capacitação..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Ronaldo Medeiros dos Santos - Coordenador / Vinícius Orlandi Barbosa Lima - Integrante / Marcelo Rossi Vicente - Integrante / Diana Marques Silva - Integrante / Antônio Carlos Pinheiro Cani - Integrante / Gesiane Simara Barbosa - Integrante.
2015 - 2016
Conflitos de Uso da terra no entorno da barragem de Salinas MG: Mapeamento, Caracterização e Conscientização Sócio-ambiental
Descrição: Este projeto de extensão tem por objetivo caracterizar quantitativamente e qualitativamente os conflitos de uso da terra no entorno da barragem de Salinas e conscientizar os proprietários e/ou moradores da referida região sobre a importância de práticas sustentáveis de uso da terra e dos recursos hídricos, gerando dados e informações para o estabelecimento de ações educativas em práticas ambientalmente corretas e sustentáveis visando a conservação e preservação do lago. A metodologia consistirá basicamente em campanhas de campo, com o objetivo de se identificar os conflitos entre usos antrópicos da terra e áreas de preservação permanente, quantificar, qualificar, e mapear os conflitos, e trabalhos de escritório, abrangendo a sistematização e tabulação de dados, a confecção de mapas, a caracterização do estado ambiental na região de entorno da barragem de Salinas, e a proposição de medidas educativas a serem fomentadas junto a moradores e produtores rurais do referido local..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Ronaldo Medeiros dos Santos - Coordenador / Vinícius Orlandi Barbosa Lima - Integrante / Marcelo Rossi Vicente - Integrante / Danyélly Távellyn Oliveira Galvão - Integrante / Francielle Rodrigues de Oliveira - Integrante / Rodrigo Santana Flávio - Integrante.Número de orientações: 1
2013 - 2014
Caracterização do nível de degradação ambiental na bacia de contribuição da represa do Rio Salinas, Minas Gerais, e conscientização de moradores e proprietários em práticas sustentáveis na agricultura e no manejo de água e solo.
Descrição: Este projeto de extensão tem por objetivo caracterizar, qualitativa e quantitativamente, o tipo de práticas agrícolas, os métodos de manejo do solo, as fontes geradoras de sedimentos/poluentes e o nível de degradação ambiental na bacia hidrográfica da represa do Rio Salinas, gerando dados e informações para o estabelecimento de ações educativas em práticas ambientalmente corretas e sustentáveis visando a conservação e preservação do lago. A metodologia consistirá em campanhas de campo, com o objetivo de se identificar as culturas, as práticas agrícolas e de manejo de água e solo e de se identificar e mapear eventuais fontes geradoras de sedimentos e poluentes, bem como trabalhos de escritório, abrangendo a sistematização e tabulação de dados, a confecção de mapas, a caracterização do estado de degradação ambiental da bacia e a proposição de medidas educativas a serem fomentadas junto a moradores e produtores rurais..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Ronaldo Medeiros dos Santos - Coordenador / Rhagnya Sharon Ferreira Martins - Integrante / Hugo Henrique Cardoso dos Santos - Integrante / Marcelo Rossi Vicente - Integrante.
2012 - 2013
Caracterização e Diagnóstico do Uso de Águas Subterrâneas para Consumo Humano na Zona Rural do Município de Salinas - MG: quantidade e qualidade
Descrição: As águas subterrâneas constituem a maior parte das reservas de água doce potencialmente aproveitáveis do planeta. Tal fato implica em uma grande importância, que tem crescido tendo-se em vista o cenário atual e as tendências futuras de esgotamento das reservas superficiais. No entanto, apesar dessa importância, é cada vez maior o nível de degradação ao qual estão sujeitos os aqüíferos, seja por contaminação decorrente de atividades humanas, ou por exploração intensiva e desordenada. Como a recuperação de aquíferos, na maioria dos casos, é técnica ou economicamente inviável, a melhor solução é o gerenciamento, que obrigatoriamente deve ser precedido por estudos de inventário e de diagnóstico. No caso da exploração de águas subterrâneas em áreas rurais o cenário é critico. Por um lado, a falta de critério e controle sobre as formas de exploração praticadas nos referidos locais, termina por ocasionar duas situações de risco, à saúde dos usuários e ao meio ambiente. Por outro, não há informações disponíveis acerca do estado e da forma de utilização do manancial subterrâneo, inviabilizando a tomada de medidas preventivas ou remediativas. Nesse sentido, o presente projeto de extensão visa contribuir à superação das referidas carências e obstáculos, tendo por objetivo caracterizar qualitativa e quantitativamente a utilização de águas subterrâneas para consumo humano na zona rural do município de Salinas ? MG. A metodologia consistirá na execução de campanhas de campo, para a coleta de dados quantitativos e qualitativos referentes aos poços de captação, em trabalhos de laboratório, para a análise das amostras de água coletadas, e em trabalhos de escritórios, para a geração de mapas de risco, por meio de sistemas de informações geográficas, e para a elaboração do protótipo de uma cartilha de boas práticas na utilização de águas subterrâneas. Serão utilizados receptores GPS, para a medição das coordenadas geográficas dos poços, trenas graduadas para a medição do nível freátic.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Ronaldo Medeiros dos Santos - Coordenador / Hugo Henrique Cardoso dos Santos - Integrante / Wagner Patrício de Sousa Júnior - Integrante / Isaac Alves Oliveira - Integrante / Mariana Caroline Moreira - Integrante.Financiador(es): Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais - Bolsa.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geografia Física/Especialidade: Sistemas de informaçõe geográficas.
2.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Sensoriamento Remoto.
3.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Civil / Subárea: Engenharia Hidráulica/Especialidade: Hidrologia.
4.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Sanitária / Subárea: Recursos Hídricos.
5.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geodésia/Especialidade: Cartografia Básica.
6.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geodésia/Especialidade: Geodésia Geométrica.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2004
Menção de louvor em defesa de dissertação, Departamento de Engenharia Florestal - UFV.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
VICENTE, M. R.2018VICENTE, M. R. ; LEITE, C. V. ; SANTOS, R. M. ; LUCAS, P. O. ; DIAS, S. H. B. ; SANTOS, J. A. . Evapotranspiração de referência utilizando o método FAO Penman-Monteith com dados faltantes. GLOBAL SCIENCE AND TECHNOLOGY, v. 11, p. 217-228, 2018.

2.
SANTOS, R. M.2016 SANTOS, R. M.; KOIDE, S. . Avaliação da Recarga de Águas Subterrâneas em Ambiente de Cerrado com Base em Modelagem Numérica do Fluxo em Meio Poroso Saturado / Groundwater Recharge Evaluation in Brazilian Cerrado Biome Site by Saturated Zone Flow Numerical Modeling. Revista Brasileira de Recursos Hídricos, v. 21, p. 451-465, 2016.

3.
VICENTE, M. R.2014VICENTE, M. R. ; SANTOS, J. A. ; SANTOS, R. M. ; LEITE, C. V. . COMPARAÇÃO ENTRE MÉTODOS DE ESTIMATIVA DA EVAPOTRANSPIRAÇÃO DE REFERÊNCIA PARA O VALE DO JEQUITINHONHA. Global Science and Technology, v. 7, p. 106-118, 2014.

4.
LIMA, J. E. F. W.2012LIMA, J. E. F. W. ; SILVA, E. M. ; KOIDE, S. ; SANTOS, R. M. . Avaliação do Desempenho de Sonda de Capacitância no Monitoramento da Umidade de Latossolos do Cerrado em Condições de Campo. Revista Brasileira de Recursos Hídricos, v. 17, p. 23-32, 2012.

5.
RIBEIRO, C. A. A. S.2008 RIBEIRO, C. A. A. S. ; SOARES, V. P. ; SANTOS, R. M. ; SOARES, C. P. B. . Estruturação Topológica de Grandes Bases de Dados de Bacias Hidrográficas. Revista Árvore (Impresso), v. 32, p. 687-696, 2008.

6.
EUCLYDES, H. P.2001 EUCLYDES, H. P. ; FERREIRA, P. A. ; RUBERT, O. A. V. ; SANTOS, R. M. . Regionalização Hidrológica na Bacia do Alto São Francisco a montante da barragem de Três Marias, Minas Gerais. REVISTA BRASILEIRA DE RECURSOS HÍDRICOS, Rio Grande do Sul, v. 06, n.2, p. 81-105, 2001.

Capítulos de livros publicados
1.
SANTOS, R. M.; Lima, V. O. B. ; VICENTE, M. R. ; CAMARA, T. M. ; MENDES, C. C. A. ; SILVA, D. M. ; BARBOSA, G. S. . RELAÇÃO ENTRE RESPOSTA ESPECTRAL, BIOMASSA E ESTOQUE DE CARBONO EM OCORRÊNCIAS DE CERRADO NA PORÇÃO MINEIRA DA BACIA DO RIO PARDO: ESTUDO PRELIMINAR. In: Túlio, Leonardo. (Org.). Aplicações e Princípios do Sensoriamento Remoto. 1ed.Ponta Grossa: Atena Editora, 2018, v. 1, p. 199-208.

2.
VARELLA, C. A. A ; Gleriani, J. M ; SANTOS, R. M. . Precision Agriculture and Remote Sensing. In: Fernado Santos; Aluízio Borém; Celso Caldas. (Org.). Sugarcane: bioenergy, sugar and ethanol : technology and prospects. 1aed.Viçosa: MAPA/ACS, 2012, v. , p. 237-258.

3.
LOPES, G. R. ; Távora, B. E. ; SANTOS, R. M. ; KOIDE, S. . Reflexões sobre a elaboração e a aplicação de curva-chave de sedimentos em pequenas bacias. In: J.E.F.W. Lima; W.T.A. Lopes. (Org.). Engenharia de Sedimentos: na busca de soluções para problemas de erosão e assoreamento. 1ed.Porto Alegre: ABRH, 2011, v. , p. 139-155.

4.
VARELLA, C. A. A ; SANTOS, R. M. ; Gleriani, J. M . Agricultura de Precisão e Sensoriamento Remoto. In: Santos, F. A.; Borem, A.; Caldas, C.. (Org.). Cana-de-açúcar - Bioenergia, Açúcar e Álcool : Tecnologia e perspectivas. 1ed.Viçosa: Editora UFV, 2009, v. 1, p. 245-269.

5.
EUCLYDES, H. P. ; FERREIRA, P. A. ; SANTOS, R. M. ; FERREIRA FILHO, R. F. . Regionalização Hidrológica nas Sub-bacias do Alto e Médio São Francisco em MInas Gerais. In: EUCLYDES, H. P. ; FERREIRA, P. A. (Org.). Sub-Bacias do Alto e Médio São Francisco. 1ed.Viçosa: , 2002, v. 6, p. 1-142.

6.
PINTO, F. A. ; FERREIRA, P. A. ; EUCLYDES, H. P. ; SANTOS, R. M. ; FERREIRA FILHO, R. F. . Chuvas Intensas e alturas de chuva para projeto de drenagem do solo para as sub-bacias do Alto e Médio São Francisco em Minas Gerais. In: Humberto Paulo Euclydes; Paulo Afonso Ferreira. (Org.). Sub-bacias do Alto e Médio São Francisco - Recursos hídricos e suporte tecnológico a projetos hidroagrícolas. 1ed.Viçosa: , 2002, v. 6, p. 145-226.

7.
EUCLYDES, H. P. ; FERREIRA, P. A. ; RUBERT, O. A. V. ; SANTOS, R. M. . Regionalização Hidrológica na Bacia do Alto São Francisco, Minas Gerais. In: EUCLYDES, H. P. ; FERREIRA, P. A. (Org.). Bacia do Alto São Francisco - Recursos hídricos e suporte tecnológico a projetos hidroagrícolas. 1ed.Viçosa: , 2001, v. 5, p. 01-126.

8.
PINTO, F. A. ; FERREIRA, P. A. ; EUCLYDES, H. P. ; SANTOS, R. M. . Chuvas intensas e alturas de chuva para projeto de drenagem do solo para a bacia do Alto São Francisco, Minas Gerais. In: Paulo Afonso Ferreira; Humberto Paulo Euclydes. (Org.). Bacia do Alto São Francisco - Recursos hídricos e suporte tecnológico a projetos hidroagrícolas. Viçosa: , 2001, v. 5, p. 125-203.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
SANTOS, R. M.; VICENTE, M. R. ; Lima, V. O. B. ; GALVAO, D. T. O. ; BARBOSA, G. S. ; SILVA, D. M. . Conflitos de uso da terra no entorno da barragem de Salinas-MG: mapeamento, caracterização e conscientização socioambiental.. Contação - Revista de Extensão, Montes Claros - MG, p. 72 - 72, 01 nov. 2016.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
SANTOS, R. M.; OLIVEIRA, I. A. ; Lima, V. O. B. ; VICENTE, M. R. ; RAMALHO, A. H. C. ; SANTOS, T. A. . Método alternativo de classificação de imagens orbitais para o mapeamento do uso/cobertura da terra nas bacias dos rios Pardo e Salinas - MG. In: XVIII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2017, Santos, SP. Anais, 2017.

2.
SANTOS, R. M.; Lima, V. O. B. ; CAMARA, T. M. ; VICENTE, M. R. ; MENDES, C. C. A. ; SILVA, D. M. ; BARBOSA, G. S. . Relação entre resposta espectral, biomassa e estoque de carbono em ocorrências de Cerrado na porção mineira da bacia do rio Pardo: estudo preliminar. In: XVIII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2017, Santos, SP. Anais, 2017.

3.
BAHIA, J. B. X. ; SILVA, N. F. ; MOTTA JUNIOR, M. G. ; VICENTE, M. R. ; SANTOS, R. M. . DESENVOLVIMENTO INICIAL DO EUCALIPTO COM O USO DE POLÍMERO HIDROABSORVENTE ASSOCIADO À IRRIGAÇÃO. In: IV INOVAGRI INTERNATIONAL MEETING, 2017, Fortaleza. Anais, 2017.

4.
SILVA, N. F. ; CAPUCHINHO, F. T. B. ; SANTOS, R. M. ; VICENTE, M. R. . Uso de Geoprocessamento na identificação do uso e cobertura do solo na bacia hidrográfica do rio bananal, Salinas - MG. In: III Simpósio Nacional sobre Restauração Florestal - REFOREST, 2016, Viçosa. Anais, 2016.

5.
SILVA, D. M. ; BARBOSA, G. S. ; CAMARA, T. M. ; MENDES, C. C. A. ; Lima, V. O. B. ; VICENTE, M. R. ; SANTOS, R. M. . DIAGNÓSTICO AMBIENTAL DE FORMAÇÕES DE CERRADO NA BACIA DO RIO PARDO UTILIZANDO O ESTOQUE DE CARBONO COMO INDICADOR. In: III lll Simpósio Nacional sobre Restauração Florestal - REFOREST, 2016, Viçosa. Anais, 2016.

6.
OLIVEIRA, B. M. ; SANTOS, R. M. ; CAMARA, T. M. ; VICENTE, M. R. ; Lima, V. O. B. . Mapeamento e análise multi-temporal da perda de solo por erosão na bacia de contribuição da represa do Rio Salinas, MG. In: XVII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2015, João Pessoa - PB. XVII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto - Anais, 2015.

7.
SANTOS, R. M.; OLIVEIRA, B. M. ; CAMARA, T. M. ; OLIVEIRA, I. A. ; VICENTE, M. R. ; Lima, V. O. B. ; TAVORA, B. E. . Modelagem da Taxa de Geração de Sedimentos (SDR) e do Aporte de Sedimentos Para a Bacia de Contribuição do Lago da Represa de Salinas Utilizando Lógica Fuzzy e SIG. In: XXI Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos, 2015, Brasília, DF. Anais, 2015.

8.
OLIVEIRA, F. R. ; GALVAO, D. T. O. ; MENDES, A. A. ; ROCHA, A. P. M. ; VICENTE, M. R. ; SANTOS, R. M. . Qualidade da Água de Cisternas de Captação de Água da Chuva no Município de Salinas ? MG. In: XXI Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2015, Brasília, DF. Anais, 2015.

9.
JESUS, B. S. ; MORELLI, M. C. M. ; MENDES, C. C. A. ; SANTOS, J. A. ; SALIS, H. H. C. ; SANTOS, R. M. . ESTUDO DE CONFLITOS DE USO DA TERRA NA REGIÃO DA COMUNIDADE EXTRATIVISTA DE ÁGUA BOA, EM RIO PARDO DE MINAS - MG. In: III Simpósio Nacional de Áreas Protegidas, 2014, Viçosa - MG. III Simpósio Nacional de Áreas Protegidas, 2014.

10.
CONSINO, J. A. M. ; DURAES, M. C. O. ; SANTOS, R. M. ; RAMOS, C. S. . LEVANTAMENTO DE IMPACTOS AMBIENTAIS NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO BANANAL, SALINAS. In: III Simpósio Nacional de Áreas Protegidas, 2014, Viçosa - MG. III Simpósio Nacional de Áreas Protegidas, 2014.

11.
OLIVEIRA, B. M. ; MARTINS, R. S. F. ; SANTOS, R. M. . Mapeamento preliminar de conflitos de uso da terra na bacia do Rio Pardo ? MG. In: XVI Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2013, Foz do Iguaçu. XVI Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto. Anais, 2013.

12.
SANTOS, H. H. C. ; MOREIRA, M. C. ; OLIVEIRA, I. A. ; CARDOSO, R. L. R. ; SANTOS, R. M. ; SOUSA JUNIOR, W. P. . Caracterização preliminar do uso de águas subterrâneas para abastecimento de comunidades rurais no município de Salinas - MG. In: XX Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos, 2013, Bento Gonçalves - RS. Anais, 2013.

13.
SANTOS, R. M.; KOIDE, S. . Mapeamento da recarga de águas subterrâneas a partir da regionalização de estimativas pontuais via regressão múltipla espacial. In: XV Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2011, Curitiba. Anais, 2011.

14.
SILVA, W. T. P. ; MORAES, A. R. ; SANTOS, R. M. ; SOUZA, M. A. A. . Proposta metodológica para avaliação da influência dos indicadores socioeconômicos e intraurbanos no consumo de água. In: XV Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2011, Curitiba. Anais, 2011.

15.
COSTA, L. M. F. ; Eid, N. J. ; PUECH, C. ; SILVA, G. F. ; SANTOS, R. M. . Determinação de zonas de mudança na área da reserva extrativista Recanto das Araras de Terra Ronca - Goiás. In: XV Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2011, Curitiba. Anais, 2011.

16.
SANTOS, R. M.; KOIDE, S. ; SILVA, W. T. P. . Análise de aplicabilidade do modelo WESTPA à simulação hidrológica em regiões de cerrado: estudo de caso para uma pequena bacia no Distrito Federal. In: XIX Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos, 2011, Maceió. Anais do XIX Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos. Porto Alegre : Associação Brasileira de Recursos Hídricos, 2011, 2011. v. 1. p. 1-20.

17.
JARDIM, D. C. ; SOUZA, F. S. ; RODRIGUES, F. ; MEIRELES, L. M. ; NERES, N. A. ; FERREIRA, R. R. ; OLIVEIRA, R. B. ; CUNHA, V. L. ; SANTOS, R. M. . MODELO REDUZIDO DE UMA BACIA HIDROGRÁFICA COMO INSTRUMENTO DE ENSINO EM HIDROLOGIA, RECURSOS HÍDRICOS E EDUCAÇÃO AMBIENTAL: Projeto Maquete Hidrológica. In: XIX Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos, 2011, Maceió. Anais do XIX Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos. Porto Alegre : Associação Brasileira de Recursos Hídricos, 2011. v. 1. p. 1-7.

18.
LOPES, G. R. ; Távora, B. E. ; SANTOS, R. M. ; KOIDE, S. . Estimativa do sedimento em suspensão transportado em um ano hidrológico na Bacia do Capão Comprido. In: Encontro Nacional de Engenharia de Sedimentos, 2010, Brasília. Anais, 2010.

19.
SANTOS, R. M.; LEITE, C. V. ; Távora, B. E. ; LOPES, G. R. ; Eid, N. J. . Caracterização hidrodinâmica de aquíferos freáticos via teste de bombeamento em poços de grande diâmetro. In: XVIII Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos, 2009. Anais.

20.
LOPES, G. R. ; Távora, B. E. ; SANTOS, R. M. ; KOIDE, S. . Estudo sobre correlação entre turbidez e sólidos em suspensão para a estimativa da vazão sólida em uma pequena bacia. In: XVIII Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos, 2009, Campo Grande - MS. aNAIS, 2009.

21.
SANTOS, R. M.; KOIDE, S. ; Eid, N. J. ; ATAIDE, W. F. ; PUFAL, M. I. . Modelagem inversa aplicada à simulação do volume e da distribuição espacial da recarga de águas subterrâneas em uma bacia hidrográfica do cerrado. In: II Simpósio de Recursos Hídricos do Sul Sudeste, 2008, Rio de Janeiro. Anais, 2008.

22.
SANTOS, R. M.; SILVA, E. S. ; BRITO, R. S. ; LIMA, J. E. F. W. ; Eid, N. J. ; KOIDE, S. . Uso de imagens CBERS-2/CCD no mapeamento das áreas irrigadas e estimativa da demanda hídrica bruta no projeto de irrigação Vale do Gorutuba, Janaúba-MG. In: XIII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2007, Florianópolis. Anais, 2007.

23.
SANTOS, R. M.; LIMA, J. E. F. W. ; Eid, N. J. ; KOIDE, S. ; SILVA, E. S. ; BRITO, R. S. . Avaliação Preliminar do Uso do Modelo SEBAL para a estimativa da distribuição espacial da evapotranspiração de uma área do Cerrado. In: XIII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2007, Florianópolis. Anais, 2007.

24.
LIMA, J. E. F. W. ; NEVES, C. L. ; SANTOS, R. M. ; VERGARA, F. E. ; SOUZA, M. A. A. ; NETTO, O. M. C. . Desenvolvimento de aplicativo para uso do método multicritério ELECTRE-TRI. In: I Simpósio de Recursos Hídricos do Norte e do Centro-Oeste - ABRH, 2007, Cuiabá. I Simpósio de Recursos Hídricos do Norte e do Centro-Oeste - ABRH - Anais, 2007.

25.
SANTOS, R. M.; LIMA, J. E. F. W. ; ATAIDE, W. F. ; Eid, N. J. ; KOIDE, S. ; SILVA, E. M. . Verificação da aplicabilidade e desempenho de métodos para a estimativa da evapotranspiração com o uso de sensoriamento remoto. In: XVII Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos, 2007, São Paulo. Anais do XVII Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos, 2007.

26.
RIBEIRO, C. A. A. S. ; SANTOS, R. M. ; SOARES, V. P. ; SOARES, C. P. B. . Ambiente topologicamente estruturado para extração automática de características morfométricas de bacias hidrográficas. In: XVII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2007, São Paulo. Anais do XVII Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos, 2007.

27.
LIMA, J. E. F. W. ; SANTOS, R. M. ; CHAVES, H. M. L. ; NOVILLO, M. G. . Base de dados hidrossedimentométricos da bacia do Rio da prata: HidroPlata-SED. In: VII Encontro Nacional de Engenharia de Sedimentos, 2006, Porto Alegre. VII Encontro Nacional de Engenharia de Sedimentos - Anais, 2006.

28.
SANTOS, R. M.; RIBEIRO, R. M. P. . Uso de Sistemas de Informações Geográficas para Estudo de Alternativas Locacionais de Empreendimentos. In: XI Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2003, Belo Horizonte. Anais do XI Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2003.

29.
EUCLYDES, H. P. ; FERREIRA, P. A. ; SANTOS, R. M. . Regionalização Hidrológica na Sub-bacia do Rio das Velhas, MG. In: XIV Simpósio brasileiro de recursos hídricos e V simpósio de hidráulica e recursos hídricos dos países de língua oficial portuguesa, 2001, Aracajú. CD-ROM XIV Simpósio brasileiro de recursos hídricos e V simpósio de hidráulica e recursos hídricos dos países de língua oficial portuguesa: Associação Brasileira de Recursos Hídricos e Associação Portuguesa de Recursos Hídricos, 2001.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
COSTA, K. R. ; SANTOS, R. M. ; SALIS, H. H. C. ; CARDOSO, R. L. R. ; CHAGAS, F. M. F. ; MENDES, V. J. P. ; CRUZ, L. P. ; CRUZ, L. P. ; GALVAO, D. T. O. . Protótipo de um Sistema de Informações Geográficas para o Gerenciamento de Dados Cadastrais de Imóveis Urbanos e Cálculo Automático do IPTU para a Cidade de Salinas - MG. In: III SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E III MOSTRA DE TRABALHOS CIENTÍFICOS DO IFNMG, 2014, Januária. Anais, 2014.

2.
OLIVEIRA, I. A. ; VICENTE, M. R. ; SANTOS, R. M. ; SOUSA, R. E. G. ; CHAVES, I. L. S. ; CRUZ, L. P. ; Lima, V. O. B. ; SOUSA JUNIOR, W. P. . Mapeamento detalhado do uso/cobertura da terra para a bacia do Rio Pardo, Minas Gerais. In: III SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E III MOSTRA DE TRABALHOS CIENTÍFICOS DO IFNMG, 2014, Januária. Anais, 2014.

3.
SALIS, H. H. C. ; SANTOS, R. M. ; MORELLI, M. C. M. ; CARDOSO, R. L. R. ; CHAGAS, F. M. F. ; MENDES, V. J. P. ; VICENTE, M. R. ; Lima, V. O. B. ; ABREU, F. V. S. . AVALIAÇÃO ECONÔMICA DE CONFLITOS DE USO DA TERRA NA BACIA DO RIO PARDO: estudo de caso para uma sub-bacia localizada no Município de São João do Paraíso - MG.. In: III SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E III MOSTRA DE TRABALHOS CIENTÍFICOS DO IFNMG, 2014, Januária. Anais, 2014.

4.
CHAGAS, F. M. F. ; SANTOS, R. M. ; SALIS, H. H. C. ; MORELLI, M. C. M. ; CARDOSO, R. L. R. ; VICENTE, M. R. ; Lima, V. O. B. . Mapeamento de uso e cobertura do solo de uma sub-bacia do Rio Pardo, localizada no município de São João do Paraíso ? MG. In: III SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E III MOSTRA DE TRABALHOS CIENTÍFICOS DO IFNMG, 2014, Januária. Anais, 2014.

5.
OLIVEIRA, B. M. ; SANTOS, R. M. ; CAMARA, T. ; MARTINS, R. S. F. ; VICENTE, M. R. ; Lima, V. O. B. . Análise multi-temporal da perda de solo por erosão devido a mudanças no uso/cobertura da terra na bacia de contribuição da represa do Rio Salinas ? Minas Gerais. In: III SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E III MOSTRA DE TRABALHOS CIENTÍFICOS DO IFNMG, 2014, Januária. Anais, 2014.

6.
MARTINS, R. S. F. ; SANTOS, R. M. ; OLIVEIRA, B. M. ; CONSINO, J. A. M. ; VICENTE, M. R. ; Lima, V. O. B. . Caracterização do nível de degradação ambiental na bacia de contribuição da represa do Rio Salinas, MG. In: III SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E III MOSTRA DE TRABALHOS CIENTÍFICOS DO IFNMG, 2014, Januária. Anais, 2014.

7.
CANGUSSU, Y. J. P. ; LACERDA, W. M. ; SANTOS, R. M. ; ABREU, F. V. S. . A construção de um Blog como ferramenta de educação em saúde e de combate ao mosquito da dengue (Aedes aegypti) em Salinas ? MG. In: III SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E III MOSTRA DE TRABALHOS CIENTÍFICOS DO IFNMG, 2014, Januária. Anais, 2014.

8.
FERREIRA, A. T. ; SANTOS, R. M. ; ABREU, F. V. S. . Ecologia do Rio Salinas: Seu uso, desuso e mapeamento dos principais impactos ambientais. In: III SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E III MOSTRA DE TRABALHOS CIENTÍFICOS DO IFNMG, 2014, Januária. Anais, 2014.

9.
LACERDA, W. M. ; CANGUSSU, Y. J. P. ; SANTOS, R. M. ; ABREU, F. V. S. . Utilização de georreferenciamento como ferramenta de controle do mosquito da dengue (Aedes aegypti) em Salinas ? MG. In: III SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E III MOSTRA DE TRABALHOS CIENTÍFICOS DO IFNMG, 2014, Januária. Anais, 2014.

10.
CONSINO, J. A. M. ; DURAES, M. C. O. ; SANTOS, R. M. . LEVANTAMENTO DE IMPACTOS NA BACIA DO RIO BANANAL,SALINAS-MG. In: III SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E III MOSTRA DE TRABALHOS CIENTÍFICOS DO IFNMG, 2014, Januária. Anais, 2014.

11.
SANTOS, J. A. ; SILVA, N. F. ; VICENTE, M. R. ; SANTOS, R. M. . MÉTODO SIMPLIFICADO PARA A ESTIMATIVA DA EVAPOTRANSPIRAÇÃO DE REFERÊNCIA PARA O VALE DO JEQUITINHONHA. In: II INOVAGRI INTERNATIONAL MEETING, 2014, Fortaleza. Proceedings, 2014.

12.
MARTINS, R. S. F. ; SANTOS, R. M. ; OLIVEIRA, B. M. . Confecção de um mosaico semi-controlado para a bacia do Rio Pardo ? Minas Gerais. In: 2º SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E 2ª MOSTRA DE TRABALHOS CIENTÍFICOS DO IFNMG, 2013, Januária. Anais, 2013.

13.
SANTOS, H. H. C. ; MOREIRA, M. C. ; OLIVEIRA, I. A. ; CARDOSO, R. L. R. ; SANTOS, R. M. ; SOUSA JUNIOR, W. P. . Caracterização e Diagnóstico do Uso de Águas Subterrâneas para Consumo Humano na Zona Rural do Município de Salinas - MG: quantidade e qualidade. In: 2º SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E 2ª MOSTRA DE TRABALHOS CIENTÍFICOS DO IFNMG, 2013, Januária - MG. Anais, 2013.

14.
OLIVEIRA, B. M. ; SANTOS, R. M. ; MARTINS, R. S. F. ; VICENTE, M. R. . Zoneamento agroecológico da cultura do eucalipto para a porção mineira da bacia do Rio Pardo. In: 2º SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E 2ª MOSTRA DE TRABALHOS CIENTÍFICOS DO IFNMG, 2013, Januária - MG. Anais, 2013.

15.
SANTOS, J. A. ; SILVA, N. F. ; VICENTE, M. R. ; SANTOS, R. M. . Utilização do método de Hargreaves para a estimativa da evapotranspiração de referência para o Vale do Jequitinhonha. In: 2º SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E 2ª MOSTRA DE TRABALHOS CIENTÍFICOS DO IFNMG, 2013, Januária. Anais, 2013.

16.
CARDOSO, R. L. R. ; SARMENTO, M. F. Q. ; SANTOS, H. H. C. ; SANTOS, R. M. . Avaliação Do Espelho D?agua Na Barragem do Rio Salinas Por Meio De Sensoriamento Remoto Orbital. In: IV Congresso Nordestino de Engenharia Florestal, 2013, Vitória da Conquista - BA. Anais, 2013.

17.
OLIVEIRA, B. M. ; MARTINS, R. S. F. ; SANTOS, R. M. . Análise temporal de uso/cobertura do solo na bacia da represa do rio Salinas, Minas Gerais. In: IV Congresso Nordestino de Engenharia Florestal, 2013, Vitória da Conquista - BA. Anais, 2013.

18.
SANTOS, H. H. C. ; SILVA, C. H. S. ; CARDOSO, R. L. R. ; SANTOS, R. M. . Mapeamento e Análise da Vulnerabilidade Natural à Erosão do Município de Salinas-MG. In: IV Congresso Nordestino de Engenharia Florestal, 2013, Vitória da Conquista - BA. Anais, 2013.

19.
NEVES, C. L. ; LIMA, J. E. F. W. ; SANTOS, R. M. ; SOUZA, M. A. A. ; NETTO, O. M. C. ; VERGARA, F. E. . Apresentação de ferramenta computacional desenvolvida para a aplicação do método multicritério ELECTRE-TRI em processos decisórios complexos. In: Workshop sobre Gestão Estratégica de Recursos hídricos, 2006, Brasília-DF. Workshop sobre Gestão Estratégica de Recursos hídricos - Anais, 2006.

20.
EUCLYDES, H. P. ; FERREIRA, P. A. ; RUBERT, O. A. V. ; SANTOS, R. M. . Regionalização Hidrológica na Bacia do Alto São Francisco a montante da barragem de Três Marias, Minas Gerais. In: XIV Simpósio brasileiro de recursos hídricos V simpósio de hidráulica e recursos hídricos dos países de língua oficial portuguesa, 2001, Aracajú. CD-ROM XIV Simpósio brasileiro de recursos hídricos V simpósio de hidráulica e recursos hídricos dos países de língua oficial portuguesa: Associação Brasileira de Recursos Hídricos e Associação Portuguesa de Recursos Hídricos, 2001.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
SANTOS, R. M.; EUCLYDES, H. P. ; FERREIRA, P. A. . Geração e Disponibilização de Tecnologia de Suporte a projetos Hidroagrícolas. In: X Simpósio de iniciação científica da Universidade Federal de Viçosa, 2000, Viçosa, MG. Anais do X Simpósio de iniciação científica - UFV.

Apresentações de Trabalho
1.
SANTOS, R. M.. A influência das bacias hidrográficas do Cerrado para a produção de água do país.. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
SANTOS, R. M.. Qualidade Ambiental ? Controle e Fiscalização da Poluição dos Corpos Hídricos e do Uso da Água. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

3.
SANTOS, R. M.. Os Direitos Humanos e o Meio Ambiente: a preservação do Rio Gorutuba. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Produção técnica
Programas de computador sem registro
1.
LIMA, J. E. F. W. ; SANTOS, R. M. . Base de dados hidrossedimentométricos da Bacia do Rio da Prata - HIDROPLATA-SED. 2006.

2.
NEVES, C. L. ; LIMA, J. E. F. W. ; SANTOS, R. M. ; SOUZA, M. A. A. ; NETTO, O. M. C. ; VERGARA, F. E. . Ferramenta multicritério de apoio à gestão de recursos hídricos: o método Electre-TRI. 2006.

Produtos tecnológicos
1.
EUCLYDES, H. P. ; FERREIRA, P. A. ; FERREIRA FILHO, R. F. ; SANTOS, R. M. ; LEITE, C. V. . Atlas Digital das Águas de Minas - 2a Edição. 2007.

Trabalhos técnicos
1.
EMATER/RURALMINAS/UFV, C. E. ; SANTOS, R. M. . Estudo do uso do potencial dos ecossistemas das propriedades atingidas pelos efluentes da indústria cataguases de papel ? Sub-bacias do Córrego da Lage e Ribeirão do Cágado. 2003.


Demais tipos de produção técnica
1.
SANTOS, R. M.. Posicionamento por Satélite Aplicado à Conservação Ambiental (Semana Regional da Biolagia - 2018). 2018. .

2.
SANTOS, R. M.. Noções de GPS de Navagação. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
SANTOS, R. M.. Introdução aos Sistemas de Informações Geográficas e ao ArcView. 2002. .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
SILVA, E. B.; MUCIDA, D. P.; SANTOS, R. M.; SANTANA, R. C.. Participação em banca de Mateus Felipe Quintino Sarmento. Estimativa de nutrientes foliares em mudas de eucalipto pelo uso de mini espectrômetro. 2017. Dissertação (Mestrado em CIÊNCIA FLORESTAL) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
SANTOS, R. M.; RIBEIRO, L. S.; MARTINS, G. D.; ANDRADE, D. S.. Concurso Público de Provas e Títulos para Provimento de Cargos de Professor do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico do IFNMG. 2015. Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais.

2.
SANTOS, R. M.; Lima, V. O. B.; FERRARI, L. T.. Concurso público para professor de magistério superior - Edital nº 032 de 11 de fevereiro de 2015. 2015. Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK.

3.
MOREIRA, V. S.; SALBEGO, A. G.; SANTOS, R. M.. Comissão Examinadora do Concurso Público de Títulos e Provas Para Professor Auxiliar - Área Engenharia Cartográfica e Agrimensura. 2013. Universidade Federal do Pampa.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
XVIII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto.Método alternativo de classificação de imagens orbitais para o mapeamento do uso/cobertura da terra nas bacias dos rios Pardo e Salinas - MG. 2017. (Simpósio).

2.
XXI Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos.Modelagem da taxa de geração de sedimentos (SDR) e do aporte de sedimentos para a bacia de contribuição do lago da represa de Salinas utilizando lógica fuzzy e SIG. 2015. (Simpósio).

3.
XX Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos.Caracterização Preliminar do Uso de Águas Subterrâneas para Abastecimento de Comunidades Rurais no Município de Salinas - MG. 2013. (Simpósio).

4.
XIX Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos.Análise de aplicabilidade do modelo WESTPA à simulação hidrológica em regiões de cerrado: estudo de caso para uma pequena bacia no Distrito Federal. 2011. (Simpósio).

5.
XIV Simpósio brasileiro de recursos hídricos.Caracterização hidrodinâmica de aquíferos freáticos via teste de bombeamento em poços de grande diâmetro. 2009. (Simpósio).

6.
II Simpósio de Recursos Hídricos do Sul Sudeste.Modelagem inversa aplicada à simulação do volume e da distribuição espacial da recarga de águas subterrâneas em uma bacia hidrográfica do cerrado. 2008. (Simpósio).

7.
XIII Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos.Avaliação do desempenho de métodos para a estimativa da evapotranspiração como uso de sensoriamento remoto. 2007. (Simpósio).

8.
XIII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto.Avaliação preliminar do uso do modelo SEBAL na determinação da distribuição espacial da evapotranspiração em uma área do cerrado. 2007. (Simpósio).

9.
1o Encontro de Preservação de Mananciais da Zona da Mata Mineira. 2001. (Encontro).

10.
VI Seminário do Plano de transferência de tecnologia do Projeto SIVAM.VI Seminário do Plano de transferência de tecnologia do Projeto SIVAM. 2001. (Seminário).

11.
X Simpósio de Iniciação Científica.Geração e disponibilização de Tecnologia de Suporte a Projetos Hidroagrícolas. 2000. (Simpósio).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Tábata Ritchielle Martins. Impactos do novo código florestal brasileiro no regime hidrológico de uma pequena bacia hidrográfica no médio Jequitinhonha. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Florestal) - Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais. Orientador: Ronaldo Medeiros dos Santos.

2.
Jaíssa Bittencourt de Figueiredo. Mapeamento das áreas susceptíveis à desertificação nas regiões de Salinas e Alto Rio Pardo - MG. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Florestal) - Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais. Orientador: Ronaldo Medeiros dos Santos.

3.
Everton Dias Amaral. Influência de fatores físicos, climáticos e socioeconômicos na suceptibilidade à desertificação nas regiões de Salinas e Alto Rio Pardo - MG. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Florestal) - Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais. Orientador: Ronaldo Medeiros dos Santos.

4.
Gesiane Simara Barbosa. Oportunidades em geração de créditos de carbono via projetos MDL na bacia do Rio Pardo - MG. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Florestal) - Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais. Orientador: Ronaldo Medeiros dos Santos.

5.
Lucas Neiva dos Santos. Diagnóstico ambiental das Sub-bacias a montante da barragem de Salinas: caracterização de impactos e proposição de ações mitigadoras. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Florestal) - Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais. Orientador: Ronaldo Medeiros dos Santos.

6.
Cecília Cristina Almeida Mendes. Estimativa da Biomassa, do Estoque de Madeira e Carbono em Plantios de Eucalipto na Região do Alto Rio Pardo via Sensoriamento Remoto Orbital. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Florestal) - Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais. Orientador: Ronaldo Medeiros dos Santos.

7.
Riuller Batista Bicalho. Maquete Hidrológica: desenvolvimento e avaliação de uma maquete de apoio ao ensino de hidrologia e manejo de bacias hidrográficas. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Florestal) - Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais. Orientador: Ronaldo Medeiros dos Santos.

8.
Isaac Alves Oliveira. Proposição e avaliação de Métodos Para o Mapeamento Preciso do Uso/Cobertura da Terra nas Bacias da Represa do Rio Salinas e do Rio Pardo, Minas Gerais, por Meio de Sensoriamento Remoto. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Florestal) - Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais. Orientador: Ronaldo Medeiros dos Santos.

9.
Danyelly Távellyn Oliveira Galvão. Mapeamento e Caracterização de Conflitos de Uso da terra no entorno da barragem de Salinas, MG. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Florestal) - Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais. Orientador: Ronaldo Medeiros dos Santos.

10.
Talita Moreira Câmara. Estimativa da biomassa e do estoque de carbono em ocorrências de cerrado na porção mineira da bacia do Rio Pardo via sensoriamento remoto orbital. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Florestal) - Instituto Federal do Norte de Minas Gerais. Orientador: Ronaldo Medeiros dos Santos.

11.
Hugo Henrique Cardoso de Salis. Análise da Sucetibilidade a Incêndios Florestais na Bacia do Rio Bananal, Salinas-MG, por meio de Índices de Vegetação. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Florestal) - Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais. Orientador: Ronaldo Medeiros dos Santos.

Iniciação científica
1.
Gesiane Simara Barbosa. Oportunidades em geração de créditos de carbono via projetos MDL na bacia do Rio Pardo - MG. 2018. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Florestal) - Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais. Orientador: Ronaldo Medeiros dos Santos.

2.
Antônio Henrique Cordeiro Ramalho. Implantação e Instrumentação de uma Bacia Experimental no Médio Jequitinhonha, na Bacia Hidrográfica do Rio Salinas, Minas Gerais. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Florestal) - Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais. Orientador: Ronaldo Medeiros dos Santos.

3.
Cecília Cristina Almeida Mendes. Estimativa da Biomassa, do Estoque de Madeira e Carbono em Plantios de Eucalipto na Região do Alto Rio Pardo via Sensoriamento Remoto Orbital. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Florestal) - Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais. Orientador: Ronaldo Medeiros dos Santos.

4.
Isaac Alves Oliveira. Proposição e avaliação de Métodos Para o Mapeamento Preciso do Uso/Cobertura da Terra nas Bacias da Represa do Rio Salinas e do Rio Pardo, Minas Gerais, por Meio de Sensoriamento Remoto. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Florestal) - Instituto Federal do Norte de Minas Gerais, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais. Orientador: Ronaldo Medeiros dos Santos.

5.
Moisés Castro Alves Franco. Estimativa da biomassa e do estoque de carbono em ocorrências de cerrado na porção mineira da bacia do Rio Pardo via sensoriamento remoto orbital. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Tecnico em Agropecuária) - Instituto Federal do Norte de Minas Gerais, Instituto Federal do Norte de Minas Gerais. Orientador: Ronaldo Medeiros dos Santos.

6.
Talita Moreira Câmara. Estimativa da biomassa e do estoque de carbono em ocorrências de cerrado na porção mineira da bacia do Rio Pardo via sensoriamento remoto orbital. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Florestal) - Instituto Federal do Norte de Minas Gerais, Instituto Federal do Norte de Minas Gerais. Orientador: Ronaldo Medeiros dos Santos.

7.
Bárbara Mendes Oliveira. ANÁLISE MULTI-TEMPORAL DAS MUDANÇAS NO USO/COBERTURA DA TERRA NA BACIA DE CONTRIBUIÇÃO DA REPRESA DO RIO SALINAS, MINAS GERAIS: implicações à erosão, produção de sedimentos, e assoreamento do lago. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Florestal) - Instituto Federal do Norte de Minas Gerais, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais. Orientador: Ronaldo Medeiros dos Santos.

8.
Karoline Rodrigues Costa. Protótipo de um Sistema de Informações Geográficas para o Gerenciamento de Dados Cadastrais de Imóveis Urbanos e Cálculo Automático do IPTU para a Cidade de Salinas - MG. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Tecnico em Agropecuária) - Instituto Federal do Norte de Minas Gerais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Ronaldo Medeiros dos Santos.

9.
Felipe Matheus Ferreira Chagas. DIAGNÓSTICO SÓCIO-ECONÔMICO DE ÁREAS DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE EM SITUAÇÃO DE CONFLITO COM DIFERENTES USOS DA TERRA: estudo de caso para APP?s previamente mapeadas na porção mineira da bacia do Rio Pardo. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Tecnico em Agropecuária) - Instituto Federal do Norte de Minas Gerais, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais. Orientador: Ronaldo Medeiros dos Santos.

10.
Hugo Henrique Cardoso de Salis. DIAGNÓSTICO SÓCIO-ECONÔMICO DE ÁREAS DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE EM SITUAÇÃO DE CONFLITO COM DIFERENTES USOS DA TERRA: estudo de caso para APP?s previamente mapeadas na porção mineira da bacia do Rio Pardo. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Florestal) - Instituto Federal do Norte de Minas Gerais, Instituto Federal do Norte de Minas Gerais. Orientador: Ronaldo Medeiros dos Santos.

11.
Bárbara Mendes Oliveira. Mapeamento do potencial de sequestro de carbono atmosférico via florestas plantadas para a porção mineira da Bacia do Rio Pardo, Minas Gerais. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Florestal) - Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais. Orientador: Ronaldo Medeiros dos Santos.

12.
Rhagnya Sharon Ferreira Martins. Análise da relação entre a cobertura vegetal e a recarga do aqüífero freático na bacia do Alto Rio Pardo, Minas Gerais: estudo com base em modelagem hidrológica distribuída. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Florestal) - Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais, Instituto Federal do Norte de Minas Gerais. Orientador: Ronaldo Medeiros dos Santos.

Orientações de outra natureza
1.
Diana Marques Silva. USO RACIONAL DA ÁGUA: conscientização e formação de crianças e adolescentes via atividades interdisciplinares em escolas públicas do município de Salinas - MG. 2018. Orientação de outra natureza. (Engenharia Florestal) - Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais, Instituto Federal do Norte de Minas Gerais. Orientador: Ronaldo Medeiros dos Santos.

2.
Gesiane Simara Barbosa. Capacitação de Usuários da água como Instrumento de Gestão dos Recursos Hídricos: o caso dos moradores do entorno da Barragem de Salinas - MG. 2016. Orientação de outra natureza. (Engenharia Florestal) - Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais, Instituto Federal do Norte de Minas Gerais. Orientador: Ronaldo Medeiros dos Santos.

3.
Danyelly Távellyn Oliveira Galvão. Conflitos de Uso da terra no entorno da barragem de Salinas MG: Mapeamento, Caracterização e Conscientização Socioambiental. 2015. Orientação de outra natureza. (Engenharia Florestal) - Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais, Instituto Federal do Norte de Minas Gerais. Orientador: Ronaldo Medeiros dos Santos.

4.
Rhagnya Sharon Ferreira Martins. Caracterização do nível de degradação ambiental na bacia de contribuição da represa do Rio Salinas, Minas Gerais, e conscientização de moradores e proprietários em práticas sustentáveis na agricultura e no manejo de água e solo.. 2013. Orientação de outra natureza. (Engenharia Florestal) - Instituto Federal do Norte de Minas Gerais, Instituto Federal do Norte de Minas Gerais. Orientador: Ronaldo Medeiros dos Santos.

5.
Hugo Henrique Cardoso de Salis. Caracterização e Diagnóstico do Uso de Águas Subterrâneas para Consumo Humano na Zona Rural do Município de Salinas - MG: quantidade e qualidade. 2012. Orientação de outra natureza. (Engenharia Florestal) - Instituto Federal do Norte de Minas Gerais, Instituto Federal do Norte de Minas Gerais. Orientador: Ronaldo Medeiros dos Santos.



Inovação



Projetos de pesquisa

Projeto de extensão


Outras informações relevantes


Aprovado em quarto lugar em concurso público para professor assistente da Universidade Federal de Viçosa (2007);

Aprovado em segundo lugar em concurso público para professor assistente da Universidade Federal do Tocantins (2009);

Aprovado em segundo lugar em concurso público para professor de ensino médio, técnico e tecnológico do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Norte de Minas (2009);

Aprovado em segundo lugar em concurso público para professor de ensino médio, técnico e tecnológico da Universidade Federal de Viçosa, campus Florestal (2009);

Aprovado em primeiro lugar em concurso público para engenheiro agrimensor do Ministério do Desenvolvimento Agrário (2009);

Aprovado em terceiro lugar em concurso público para professor adjunto da Universidade Federal de São João del-Rei (2009);

Aprovado em primeiro lugar em concurso público para professor assistente da Universidade Federal de Ouro Preto (2015).



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 21/01/2019 às 9:30:15