Iranaia Assunção Miranda

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/0066571413356993
  • Última atualização do currículo em 17/09/2018


Possui graduação em Biologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2001), mestrado em Ciências Biológicas pelo Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho (2004), doutorado pelo Instituto de Bioquímica Médica da UFRJ (2009) e Pós-doutorado no Instituto de Microbiologia Professor Paulo de Goés da UFRJ (IMPPG). Atualmente é Professora Adjunta do Departamento de Virologia do IMPPG. Possui experiência na área de Biologia celular, Bioquímica, imunologia e virologia; atuando no estudo da resposta inflamatória desencadeada pela infecção viral em células humanas e caracterização de moléculas com atividade antiviral. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Iranaia Assunção Miranda
Nome em citações bibliográficas
ASSUNÇÃO-MIRANDA, I;Assunção-Miranda, Iranaia;Assuncao-Miranda, I.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Rio de Janeiro, Instituto de Microbiologia.
Avenida Brigadeiro Trompovisky s/n, CCs, Bloco I, Subsolo, sala 55, Laboratório de Resposta Celular à Infecções Virais
Ilha do Fundão
21949900 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil
Telefone: (21) 25626758


Formação acadêmica/titulação


2005 - 2009
Doutorado em Química Biológica.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: Produção e influência do fator inibidor da migração de macrófagos em arboviroses: Papel na infecção pelo vírus do dengue e pelo vírus sindbis, Ano de obtenção: 2009.
Orientador: Andrea Tompson Da Poian.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
2002 - 2004
Mestrado em Ciências Biológicas.
Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho, IBCCF, Brasil.
Título: Modulação do transporte ativo de cálcio em túbulos proximais renais por angiotensina II: Envolvimento dos receptores AT1 e AT2 e dos produtos de proteólise limitada do hormônio,Ano de Obtenção: 2004.
Orientador: Adalberto Vieyra.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
1998 - 2001
Graduação em Biologia.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.


Pós-doutorado


2009 - 2011
Pós-Doutorado.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Bolsista do(a): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ, FAPERJ, Brasil.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Imunologia / Subárea: Imunologia Celular.
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Microbiologia / Subárea: virologia.


Atuação Profissional



Centro Educação a Distância do Estado do Rio de Janeiro, CEDERJ, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2010
Vínculo: Tutor, Enquadramento Funcional: Tutor a distância de Bioquímica I, Carga horária: 20


Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2004 - 2011
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Atividades Científicas

Vínculo institucional

2001 - 2002
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Iniciação científica, Carga horária: 20

Atividades

3/2001 - Atual
Estágios , Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho, Programa de Fisiologia e Biofísica Celular.

Estágio realizado
Iniciação cinentífica.


Projetos de pesquisa


2015 - Atual
Estudo das alterações musculares induzidas por arboviroses: descrição de marcadores de lesão muscular e identificação de alvos terapêuticos.
Descrição: A hipótese de trabalho do projeto é de que os alfavirus, incluindo o vírus Mayaro (MAYV e Chikungunya (CHIKV), e o vírus Zika (ZIKV) possuem tropismo pelo tecido muscular. Além disso, o dano causado durante a replicação em precursores miogênicos e miofibras in vitro e in vivo estão associados ao danos no processo de miogenese e função muscular acarretando em exacerbação da lesão e, possivelmente na persistência dos sintomas. Desta forma, o objetivo deste trabalho consiste em investigar a suscetibilidade muscular durante a infecção pelo MAYV, CHIKV e ZIKV in vitro e in vivo e avaliar a sua contribuição no estabelecimento da mialgia/miosite..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2011 - 2014
Inativação do vírus do dengue por porfirinas naturais e sintéticas: uma nova abordagem para caracterização de moléculas inibidoras da infecção para aplicação terapêutica e para produção de vacinas
Descrição: O vírus do dengue (DenV) é um vírus envelopado pertencente à família Flaviviridae e ao gênero Flavivirus, e é responsável por uma das mais preocupantes arboviroses de regiões tropicais e subtropicais. Segundo a OMS, estima-se que o vírus infecte de 50 a 100 milhões de pessoas anualmente, dentre as quais aproximadamente 500 mil desenvolvem a forma mais grave da doença, que resulta na morte de em média 20 mil indivíduos, principalmente de crianças. Muitos esforços têm sido feitos na busca de novas estratégias de controle e combate das infecções pelo DenV, porém ainda sem sucesso. As tentativas de desenvolver uma vacina que seja efetiva para os quatro sorotipos do DenV tiveram início em 1940, porém ainda sem sucesso. Desta forma, a caracterização e o desenvolvimento de composto com atividade antiviral para o tratamento da infecção pelo DenV se destaca como uma importante alternativa e complementação ao desenvolvimento da vacina. Atualmente não existe nenhum composto com atividade anti-DenV disponível no mercado. Nosso grupo de pesquisapossui fortes evidências de que o heme e outras metaloporfirinas, como a cobalto-protoporfirina IX (CoPPIX) e a estanho-protoporfirina IX (SnPPIX), são molélulas com potente atividade antiviral sobre a infecção do DenV. Os nosso dados vêm dando indícios de que estas porfirinas são capazes de interagir com a partícula do DenV inibindo a sua entrada em células alvo da infecção. Desta forma, o projeto proposto tem como objetivos caracterização de porfirinas e outros derivados sulfonados como moléculas inibidoras de entrada do DenV em células alvo da infecção; mapear o mecanismo de inativação por estas porfirinas, bem como os fatores associados com esta inativação; evidenciar as porções da molécula importantes na inativação como estratégia de desenho de novos fármacos com atividade anti-DenV; investigar o potencial destas dogas como estratégia terapêutica na infecção pelo DenV; e por fim, avaliar a utilização destas drogas como inativadores d.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Iranaia Assunção Miranda - Coordenador / Marcelo T Bozza - Integrante / Da Poian, A. T. - Integrante / Christine Cruz Oliveira - Integrante.Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.
2005 - Atual
Respostas celulares à infecção viral
Descrição: Este projeto tem como objetivo geral avaliar as respostas celulares à infecção viral. Para estes estudos, são usadas técnicas de microarray e proteômica para análises globais da expressão, síntese e secreção diferencial de proteínas envolvidas na patogênese da infecção assim como abordagens bioquímicas para avaliação de alterações na bioenergética e na fisiologia celular. Estes estudos têm sido desenvolvidos perincipalmente com o vírus da dengue e com o vírus Sindbis em diferentes modelos celulares.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Microbiologia / Subárea: Biologia e Fisiologia dos Microorganismos/Especialidade: Virologia.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Imunologia / Subárea: Imunologia Celular.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Biologia Geral / Subárea: Sinalização Celular.
4.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica / Subárea: Biologia Molecular.
5.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Biofísica / Subárea: Biofísica Celular.
6.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Educação.


Idiomas


Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2004
Menção Honrosa pelo trabalho "Ação integrada de peptídeos derivados de angiotensina na regulação do transporte renal de cálcio" apresentado na XIX Reunião Anual da FeSBE, FeSBE.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
NEM DE OLIVEIRA SOUZA, ISIS2018NEM DE OLIVEIRA SOUZA, ISIS ; FROST, PAULA S. ; FRANÇA, JULIA V. ; NASCIMENTO-VIANA, JÉSSICA B. ; NERIS, RÔMULO L. S. ; FREITAS, LEANDRO ; PINHEIRO, DANIEL J. L. L. ; NOGUEIRA, CLARA O. ; NEVES, GILDA ; CHIMELLI, LEILA ; DE FELICE, FERNANDA G. ; CAVALHEIRO, ÉSPER A. ; FERREIRA, SERGIO T. ; ASSUNÇÃO-MIRANDA, I ; FIGUEIREDO, CLAUDIA P. ; DA POIAN, A. T. ; CLARKE, JULIA R. . Acute and chronic neurological consequences of early-life Zika virus infection in mice. Science Translational Medicine, v. 10, p. eaar2749, 2018.

2.
NERIS, ROMULO L. S.2018NERIS, ROMULO L. S. ; FIGUEIREDO, CAMILA M. ; HIGA, LUIZA M. ; ARAUJO, DANIEL F. ; CARVALHO, CARLOS A. M. ; VERÇOZA, BRUNNO R. F. ; SILVA, MARIANA O. L. ; CARNEIRO, FABIANA A. ; TANURI, AMILCAR ; GOMES, ANDRE M. O. ; BOZZA, MARCELO T. ; DA POIAN, ANDREA T. ; CRUZ-OLIVEIRA, C. ; ASSUNÇÃO-MIRANDA, I . Co-protoporphyrin IX and Sn-protoporphyrin IX inactivate Zika, Chikungunya and other arboviruses by targeting the viral envelope. Scientific Reports, v. 8, p. 9805, 2018.

3.
WOLFF, THIAGO2018WOLFF, THIAGO ; BERRUETA, LUIS A. ; VALENTE, LIGIA M.M. ; BARBOZA, RODOLFO S. ; NERIS, RÔMULO L.S. ; GUIMARÃES-ANDRADE, IRIS P. ; Assunção-Miranda, Iranaia ; NASCIMENTO, ADRIANA C. ; GOMES, MÁRIO ; GALLO, BLANCA ; IRIONDO, CARMEN . Comprehensive characterisation of polyphenols in leaves and stems of three anti-dengue virus type-2 active Brazilian Faramea species (Rubiaceae) by HPLC-DAD-ESI-MS/MS. PHYTOCHEMICAL ANALYSIS, v. 7, p. 00-0, 2018.

4.
CRUZ-OLIVEIRA, CHRISTINE2017CRUZ-OLIVEIRA, CHRISTINE ; ALMEIDA, ANDREZA F. ; FREIRE, JOÃO M. ; CARUSO, MARJOLLY B. ; MORANDO, MARIA A. ; FERREIRA, VIVIAN N. S. ; Assunção-Miranda, Iranaia ; GOMES, ANDRE M. O. ; CASTANHO, MIGUEL A.R.B. ; Da Poian, Andrea T. . Mechanisms of Vesicular Stomatitis Virus Inactivation by Protoporphyrin IX, Zinc-protoporphyrin IX and Mesoporphyrin IX. Antimicrobial Agents and Chemotherapy (Print), v. 00, p. AAC.00053-17, 2017.

5.
COELHO, SHARTON VINICIUS ANTUNES2017COELHO, SHARTON VINICIUS ANTUNES ; NERIS, RÔMULO LEÃO SILVA ; PAPA, MICHELLE PREMAZZI ; SCHNELLRATH, LAILA CASTRO ; MEUREN, LANA MONTEIRO ; TSCHOEKE, DIOGO A. ; LEOMIL, LUCIANA ; VERÇOZA, BRUNNO RENATO FARIAS ; MIRANDA, MILENE ; THOMPSON, FABIANO L. ; DA POIAN, ANDREA THOMPSON ; SOUZA, THIAGO MORENO L. ; CARNEIRO, FABIANA AVILA ; DAMASO, CLARISSA R. ; Assunção-Miranda, Iranaia ; DE ARRUDA, LUCIANA BARROS . DEVELOPMENT OF STANDARD METHODS FOR ZIKA VIRUS PROPAGATION, TITRATION, AND PURIFICATION. JOURNAL OF VIROLOGICAL METHODS, v. 246, p. 65, 2017.

6.
BARBOZA, RODOLFO S.2017BARBOZA, RODOLFO S. ; VALENTE, LIGIA M. M. ; WOLFF, THIAGO ; Assunção-Miranda, Iranaia ; NERIS, RÔMULO S. L. ; GUIMARÃES-ANDRADE, IRIS P. ; GOMES, MÁRIO . Antiviral activity of and leaves on dengue virus type-2 and their major compounds. CHEMISTRY & BIODIVERSITY, v. 26, p. 00, 2017.

7.
NASCIMENTO, A. C.2017NASCIMENTO, A. C. ; VALENTE, L. M. ; GOMES, M. ; BARBOZA, R. S. ; WOLF, T. ; NERIS, RÔMULO L.S. ; FIGUEIREDO, C. M. ; Assuncao-Miranda, I. . Antiviral activity of Faramea bahiensis leaves on dengue virus type-2 and characterization of a new antiviral flavanone glycoside. Phytochemistry Letters (Print), v. 19, p. 220-225, 2017.

8.
CAVALHEIRO, MARIANA G.2016CAVALHEIRO, MARIANA G. ; COSTA, LEANDRO SILVA DA ; CAMPOS, HOLMES S. ; ALVES, LETÍCIA S. ; Assunção-Miranda, Iranaia ; POIAN, ANDREA T. DA . Macrophages as target cells for Mayaro virus infection: involvement of reactive oxygen species in the inflammatory response during virus replication. Anais da Academia Brasileira de Ciências (Online), v. 88, p. 1485-1499, 2016.

9.
REISS-PISTILLI, MARIA L. V.2016REISS-PISTILLI, MARIA L. V. ; SCHUPPAN, DETLEF ; BARROSO, MADALENA M. S. ; Assunção-Miranda, Iranaia ; FARIAS, SHIRLEY ; LERY, LETÍCIA ; BAUER, MICHAEL ; JULIANO, LUIZ ; JULIANO, MARIA A. ; COELHO-SAMPAIO, TATIANA . An extracellular proteasome releases endostatin from human collagen XVIII. Angiogenesis (London), v. 00, p. 00-00, 2016.

10.
ASSUNÇÃO-MIRANDA, I;Assunção-Miranda, Iranaia;Assuncao-Miranda, I.2016ASSUNÇÃO-MIRANDA, I; CRUZ-OLIVEIRA, C. ; NERIS, RÔMULO L.S. ; FIGUEIREDO, CAMILA M. ; PEREIRA, LUIZA P.S. ; RODRIGUES, DANIELLE ; ARAUJO, DANIEL F.F. ; DA POIAN, ANDREA T. ; BOZZA, MARCELO T . Inactivation of Dengue and Yellow Fever viruses by Heme, Cobalt-protoporphyrin IX and Tin-protoporphyrin IX. Journal of Applied Microbiology (Print), v. 120, p. n/a-n/a, 2016.

11.
MIETTO, BRUNO SIQUEIRA2013MIETTO, BRUNO SIQUEIRA ; JURGENSEN, SOFIA ; ALVES, LUCINÉIA ; PECLI, CYNTIA ; NARCISO, MARCELO SAMPAIO ; Assunção-Miranda, Iranaia ; VILLA-VERDE, DEA MARIA SERRA ; DE SOUZA LIMA, FLÁVIA REGINA ; DE MENEZES, JOÃO RICARDO LACERDA ; BENJAMIM, CLÁUDIA FARIAS ; BOZZA, MARCELO TORRES ; MARTINEZ, ANA MARIA BLANCO . Lack of galectin-3 speeds Wallerian degeneration by altering TLR and pro-inflammatory cytokine expressions in injured sciatic nerve. European Journal of Neuroscience (Print), v. 00, p. n/a-n/a, 2013.

12.
Assunção-Miranda, Iranaia2013 Assunção-Miranda, Iranaia; CRUZ-OLIVEIRA, CHRISTINE ; Da Poian, Andrea T. . Molecular Mechanisms Involved in the Pathogenesis of Alphavirus-Induced Arthritis. BioMed Research International, v. 2013, p. 1-11, 2013.

13.
Carvalho F2012 Carvalho F ; Carneiro F ; Martins I ; Assuncao-Miranda, I. ; Faustino A ; Pereira R ; BOZZA, P. T. ; Castanho M ; Mohana-Borges R ; Da POIAN, AT. ; Santos N . Dengue virus capsid protein binding to hepatic lipid droplets (LD) is potassium ion dependent and is mediated by LD surface proteins. Journal of Virology (Online), v. 86, p. 2096-2108, 2012.

14.
Cavalcanti MG2011 Cavalcanti MG ; Mesquita JS ; Madi K ; Feijó DF ; Assuncao-Miranda, I. ; Souza HS ; BOZZA, MT. . MIF participates in Toxoplasma gondii-induced pathology following oral infection.. Plos One, v. 6, p. e25259, 2011.

15.
ASSUNÇÃO-MIRANDA, I;Assunção-Miranda, Iranaia;Assuncao-Miranda, I.2010 ASSUNÇÃO-MIRANDA, I; BOZZA, MT. ; Da POIAN, AT. . Pro-inflammatory response resulting from sindbis virus infection of human macrophages: implications for the pathogenesis of viral arthritis. Journal of Medical Virology (Print), v. 82, p. 164-174, 2010.

16.
ASSUNÇÃO-MIRANDA, I;Assunção-Miranda, Iranaia;Assuncao-Miranda, I.2010ASSUNÇÃO-MIRANDA, I; Fagundes, C. T. ; SOUSA, LIRLâNDIA PIRES ; Sousa, L. P. ; Amaral, F. A. ; Barbosa-Lima, G. ; Gomes, R. N. ; Souza, D. G. ; Da Poian, A. T. ; Bozza, F. A. ; Bozza, P. T. ; Pacheco, P. ; Teixeira, M. M. ; Bozza, M. T. . Contribution of macrophage migration inhibitory factor to the pathogenesis of dengue virus infection. The FASEB Journal (Online), v. 24, p. 218-228, 2010.

17.
AXELBAND, F.2009AXELBAND, F. ; ASSUNÇÃO-MIRANDA, I ; de Paula, IR ; Ferrão, FM ; Dias, J ; Miranda, A ; Miranda, F ; Lara, LS ; Vieyra A . Ang-(3-4) suppresses inhibition of renal plasma membrane calcium pump by Ang II.. Regulatory Peptides (Print), v. 155, p. 81-90, 2009.

18.
Samsa, Marcelo M.2009 Samsa, Marcelo M. ; Mondotte, Juan A. ; Iglesias, Nestor G. ; ASSUNÇÃO-MIRANDA, I ; Barbosa-Lima, Giselle ; Da Poian, Andrea T. ; Bozza, Patricia T. ; Gamarnik, Andrea V. . Dengue Virus Capsid Protein Usurps Lipid Droplets for Viral Particle Formation. PLoS Pathogens (Online), v. 5, p. e1000632, 2009.

19.
ASSUNÇÃO-MIRANDA, I;Assunção-Miranda, Iranaia;Assuncao-Miranda, I.2005ASSUNÇÃO-MIRANDA, I; GUILHERME, AL. ; Reis-Silva C ; Costa-Sarmento, G. ; OLIVEIRA, MM. ; Vieyra A . Protein kinase C-mediated inhibition of renal Ca2+ ATPase by physiological concentrations of angiotensin II is reversed by AT1- and AT2-receptor antagonists.. Regulatory Peptides (Print), v. 127, p. 151-157, 2005.

Capítulos de livros publicados
1.
HIGA, L. M. ; CONCEICAO, T. M. ; El-Bacha, T. ; Assuncao-Miranda, I. ; Da POIAN, AT. . Target cells responses to dengue virus infection: implications for pathogenesis. In: Ganim, B; Reis A. (Org.). Dengue Virus: Detection, Diagnosis, and Control. NY: Nova Science Publishers, 2010, v. 1, p. 00-00.

2.
ASSUNÇÃO-MIRANDA, I; Cinele, L. ; Rios, B. . Artrite Reumatóide. In: CArvalho-Alves, PC; Da Poian, AT; Abrahão, A.. (Org.). Bases moleculares em clínica médica. Rio de Janeiro: Atheneu, 2010, v. 1, p. 00-00.

3.
ASSUNÇÃO-MIRANDA, I; HIGA, L. M. ; BOZZA, F. T. ; Da POIAN, AT. . Bases celulares da patogênese da dengue. In: CArvalho-Alves, PC; Da Poian, AT; Abrahão, A.. (Org.). Bases moleculares em clínica médica. Rio de Janeiro: Atheneu, 2010, v. 1, p. 73-87.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
ASSUNÇÃO-MIRANDA, I. Atividades Lúdicas no Ensino de Biologia e Educação Ambiental. In: I Encontro Regional de Ensino de Biologia, 2001, Rio de Janeiro, 2001.

2.
ASSUNÇÃO-MIRANDA, I. O meio ambiente como espaço não formal para o ensino de ecologia e educação ambiental. In: I Encontro Regional de Ensino de Biologia, 2001, Rio de Janeiro. I Encontro Regional de Ensino de Biologia, 2001.

Apresentações de Trabalho
1.
Assuncao-Miranda, I.; Cruz-Oliveira, C ; Da Poian, A. T. ; Bozza, M. T. . ?Involvement of heme oxygenase-1 (HO-1) in the regulation of macrophage migration inhibitory factor (MIF) and inflammatory response during dengue virus infection of human cells?. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
ASSUNÇÃO-MIRANDA, I. MIF release is associated with inflammatory response of dengue virus infection in macrophage and hepatocytes and it is increased in the plasma of patients with hemorrhagic form. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
MUSA, MS. ; ASSUNÇÃO-MIRANDA, I . MACROPHAGE MIGRATION INHIBITORY FACTOR IS A POTENTIAL CYTOKINE INVOLVED IN SINDBIS VIRUS INFLAMMATORY PATHOGENESIS. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
ASSUNÇÃO-MIRANDA, I; MUSA, MS. ; BOZZA, F. T. ; BOZZA, P. T. ; BOZZA, MT. ; Da POIAN, AT. . PROGRESSION OF DENGUE 2 AND 3 VIRUS INFECTION IS ASSOCIATED WITH MACROPHAGE MIGRATION INHIBITORY FACTOR (MIF) RELEASE.. 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
ASSUNÇÃO-MIRANDA, I; BOZZA, F. T. ; MUSA, MS. ; BOZZA, P. T. ; Da POIAN, AT. ; BOZZA, MT. . MIF IS RELEASED BY MACROPHAGES AND HEPATOCYTES INFECTED WITH DENGUE VIRUS (DEN) AND IS INCREASED IN THE PLASMA OF PATIENTS WITH THE HEMORRAGIC FORM. 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
ASSUNÇÃO-MIRANDA, I; MUSA, MS. ; BOZZA, F. T. ; BOZZA, P. T. ; BOZZA, MT. ; Da POIAN, AT. . MACROPHAGE MIGRATION INHIBITORY FACTOR (MIF) INVOLVEMENT IN DENGUE 3 INFECTION. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
ASSUNÇÃO-MIRANDA, I; Costa-Sarmento, G. ; CERQUEIRA, D. M. ; Assunção-Miranda, T ; Vieyra A . Angiotensin II-derived peptides and the regulation of (Ca2+, Mg2+)ATPase from kidney proximal tubules. 2003. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
ASSUNÇÃO-MIRANDA, I; Assunção-Miranda, T ; Costa-Sarmento, G. ; Vieyra A . Modulação do transporte ativo de cálcio de túbulos proximais renais por angiotensina (1-7). 2002. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
ASSUNÇÃO-MIRANDA, I; Vieyra A . Envolvimento de receptores AT1 e AT2 na modulação da (Ca2+-Mg2+)ATPase de membrana de túbulos proximais renais. 2001. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

10.
ASSUNÇÃO-MIRANDA, I; Costa-Sarmento, G. ; GUILHERME, AL. ; OLIVEIRA, MM. ; Vieyra A . Inibição da (Ca2+, Mg2+)ATPase por angiotensina II através de uma via regulatória envolvendo receptores AT1 e AT2 acoplada à ativação de PLC e PKC. 2001. (Apresentação de Trabalho/Congresso).


Demais tipos de produção técnica
1.
ASSUNÇÃO-MIRANDA, I. A multiplicação e divisão dos microorganismos. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
ASSUNÇÃO-MIRANDA, I. Educação ambiental: prazer em conhecê-la. 2001. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
Assuncao-Miranda, I.; Clarissa Damaso; Maria Tereza Romanos; Norma Suely do Oliveira Santos. Participação em banca de Marcela Sabino Cunha. Caracterização do mecanismo de ação de um peptídeo truncado de Nef do SIVcpz que inibe a replicação do SIVcpz e do HIV-1. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciências (Microbiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
Assunção-Miranda, Iranaia. Participação em banca de Luciana Gomes Fialho. Caracterização dos efeitos imunomodulador e antiviral de uma espécie da família Marcgraviaceae em modelo in vitro de infecção em linhacem de hepatócitos HuH-7 pelo vírus dengue-2. 2012. Dissertação (Mestrado em Biologia Parasitária) - Fundação Oswaldo Cruz.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
Assuncao-Miranda, I.; Leticia Carneiro; Maria Tereza Romanos. Participação em banca de Michelle Premazzi Papa.Estudo dos mecanismos de morte celular induzida pelo vírus da Dengue em células endoteliais humanas. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas: Microbiologia e Imunologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
Assunção-Miranda, Iranaia. Melhor trabalho Jornada de Iniciação Científica (UFRJ). 2012. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
Assuncao-Miranda, I.. Melhor Trabalho Jornada de Iniciação Científica da UFRJ/ CCS. 2011. Universidade Federal do Rio de Janeiro.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
XVI Reunião Anual da Federação da Sociedade de Biologia Experimental. Inibição da (Ca2+,Mg 2+)ATPase por angiotensina II através de uma via regulatória envolvendo receptores AT1 e AT2 acoplada à ativação de PLC e PKC. 2001. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Daniel Gavino Leopoldino. Caracterização da replicação do vírus ZIka no tecido muscular e seu papel na progressão da patogênse. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências (Microbiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

2.
Camila Menezes Figueiredo. Papel de mediadores inflamatórios e lipídicos na artrite induzida por alfavirus. Início: 2014. Dissertação (Mestrado em Ciências (Microbiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

3.
Daniel Araujo. Envolvimento de granulos de estresse na replicação do vírus da dengue. Início: 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências (Microbiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Coorientador).

Tese de doutorado
1.
Camila Menezes Figueiredo. Impacto da replicação do MAYV e CHIKV no processo de miogênese reparativa e atrofia muscular: papel de mediadores inflamatórios e estresse oxidativo. Início: 2016. Tese (Doutorado em Ciências (Microbiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

2.
Romulo Leão da SIlva Neris. PAPEL DA ATIVAÇÃO DO INFLAMOSSOMA NLRP3 NA ARTRITE E MIOSITE INDUZIDA PELOS VÍRUS MAYARO E CHIKUNGUNYA. Início: 2016. Tese (Doutorado em IMUNOLOGIA E INFLAMAÇAO) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

3.
Mariana Giovenardi. Estudo da resposta inflamatória induzida durante a infecção pelo vírus Mayaro e sua correlação com a artrite induzida pelos vírus membro da família dos Alfavírus. Início: 2010. Tese (Doutorado em Química Biológica) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Coorientador).

Iniciação científica
1.
Letícia Barcelos. Comprometimento muscular na infecção fetal e neonatal pelo vírus Zika. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Ciências Biológicas: Microbiologia e Imunologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

2.
João Vitor Carvalho de Deus. Avaliação do papel da interação macrófago e músculo esquelético no dano tecidual e progressão a infecção pelo CHIKV. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Ciências Biológicas: Microbiologia e Imunologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ. (Orientador).

3.
Mariana Oliveira Lopes da Silva. Papel do fator inibidor da migração muscular no dano tecidual induzido pelo vírus Zika. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Ciências Biológicas: Microbiologia e Imunologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. (Orientador).

4.
Giovana Paula Angelice. Papel do estresse oxidativo na atrofia muscular induzida pelos vírus MayV e ChikV. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Ciências Biológicas: Microbiologia e Imunologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. (Orientador).

5.
Iris de Paula Guimarães Andrade. Atividade antiviral de composto isolados de plantas em arboviroses. Início: 2014. Iniciação científica (Graduando em Farmácia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

6.
Julio Souza dos Santos. Papel da imunidade inata na artrite e miosite induzida pelo vírus Mayaro. Início: 2014. Iniciação científica (Graduando em Biotecnologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Rômulo Leão da SIlva Neris. Caracterização da atividade antiviral de compostos porfirínicos na replicação de na replicação de arbovírus. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências (Microbiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Iranaia Assunção Miranda.

2.
Camila Menezes Figueiredo. Replicação dos Virus Mayaro e Chikungunya em células precursoras miogênicas humanas e tecido muscular in vivo: implicações para a patogênese da mialgia e miosite induzido por alfavirus. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências (Microbiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Iranaia Assunção Miranda.

3.
Daniel Fellipe Filgueiras Araujo. Modulação da replicação do vírus da Dengue através da fosforilação de eIF2alfa. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciências (Microbiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Iranaia Assunção Miranda.

4.
Lorena de Oliveira Fernandes Siqueira. Alterações no metabolismo lipídico durante a infecção pelo vírus da dengue em um modelo animal para a doença grave. 2013. Dissertação (Mestrado em Química Biológica) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Iranaia Assunção Miranda.

Tese de doutorado
1.
Lorena de Oliveira Fernandes Siqueira. Alterações no metabilismo lipídico e papel das lipoproteínas plasmáticas na infecção pelo vírus da dengue. 2013. Tese (Doutorado em Química Biológica) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Coorientador: Iranaia Assunção Miranda.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Rômulo Leão Silva Neris. Caracterização da atividade antiviral de compostos porfirínicos na replicação de vírus envelopados. 2014. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Ciências Biológicas - Biofísica) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Iranaia Assunção Miranda.

2.
Camila Menezes Figueiredo. Atividade antiviral da cobalto protoporfirina IX sobre vírus envelopados mediada por espécies reativas de oxigênio. 2014. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Ciências Biológicas - Biotecnologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Iranaia Assunção Miranda.

3.
Daniel Araujo. Envolvimento de granulos de estresse na replicação do vírus da dengue. 2013. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Biomedicina) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ. Orientador: Iranaia Assunção Miranda.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Juliana de Almeida Silva. CARACTERIZAÇÃO DO DANO TECIDUAL INDUZIDO PELO VÍRUS MAYARO E O ENVOLVIMENTO DO FATOR INIBIDOR DA MIGRAÇÃO DE MACRÓFAGOS IN VIVO. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Castelo Branco. Orientador: Iranaia Assunção Miranda.

Iniciação científica
1.
Julliana de Almeida Silva. Papel do fator inibidor da migração de macrófagos (MIF) na artrite e miosite induzida por alphavírus artritogênicos. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Castelo Branco. Orientador: Iranaia Assunção Miranda.

2.
Marcela Lima do Nascimento. Estudo de novas drogas anti-Dengue na elucidação de etapas crusciais para a entrada do vírus da dengue. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade do Grande Rio. Orientador: Iranaia Assunção Miranda.

3.
Julio Souza dos Santos. Ativação de macrófagos na infecção pelo vírus Mayaro. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Biotecnologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. Orientador: Iranaia Assunção Miranda.

4.
Luiza Mendonça Penna. Desenvolvimento de um modelo animal de artrite induzida por Alfavírus. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Biotecnologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Iranaia Assunção Miranda.

5.
Mariana dos Santos Musa. MACROPHAGE MIGRATION INHIBITORY FACTOR IS A POTENTIAL CYTOKINE INVOLVED IN SINDBIS VIRUS INFLAMMATORY PATHOGENESIS. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Biologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ. Orientador: Iranaia Assunção Miranda.

6.
Débora Malta Cerqueira. Regulação da (Ca2++Mg2+)ATPase de túbulos proximais renais por peptídeos derivados da metabolização de AII. 2003. Iniciação Científica. (Graduando em FARMÁCIA) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Iranaia Assunção Miranda.

7.
Tatiana Assunção Miranda. Regulação da (Ca2++Mg2+)ATPase de túbulos proximais renais por peptídeos derivados da metabolização de AII. 2003. Iniciação Científica. (Graduando em Enfermagem) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Iranaia Assunção Miranda.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/12/2018 às 2:27:36