Girlene Santos de Souza

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/4788424013248782
  • Última atualização do currículo em 08/11/2018


Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal da Bahia (1999), Mestrado em Ciências (Energia Nuclear na Agricultura) pela Universidade de São Paulo (2003). Doutorado em Agronomia aréa de concentração Fisiologia Vegetal pela Universidade Federal de Lavras. Atualmente é professora Associada 2 do Centro de Ciências Agrárias, Ambientais e Biológicas da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (CCAAB/UFRB). Tem experiência na área de Fisiologia Vegetal , Morfo-Anatomia, atuando principalmente nos seguintes temas: fisiologia vegetal com ênfase em qualidade de luz, anatomia comparada de fanerógamas, anatomia floral, crescimento e desenvolvimento de espécies vegetais. Tem experiência também em Metodologia da Pesquisa Científica e em Educação Ambiental. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Girlene Santos de Souza
Nome em citações bibliográficas
SOUZA, G. S.;SOUZA, GIRLENE SANTOS DE;SOUZA, GIRLENE;Girlene Santos de Souza

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Centro de Ciências Agrárias, Ambientais e Biológicas.
UFRB, Campus Curz das Almas
Centro
44380-000 - Cruz das Almas, BA - Brasil
Telefone: (75) 36219751
Fax: (75) 36211220
URL da Homepage: www.ufrb.edu.br


Formação acadêmica/titulação


2004 - 2006
Doutorado em Agronomia (Fisiologia Vegetal).
Universidade Federal de Lavras, UFLA, Brasil.
Título: Aspectos fisiológicos, anatômicos e fitoquímicos de plantas jovens de Mikania glomerata e Mikania leavigata (Asteraceae) submetidas a diferentes condições e qualidade de luz., Ano de obtenção: 2006.
Orientador: Evaristo Mauro de Castro.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais, FAPEMIG, Brasil.
Grande área: Ciências Agrárias
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Fisiologia.
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Anatomia e morfologia floral.
2001 - 2003
Mestrado em Mestrado em Ciências (Morfo-Anatomia vegetal).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: ANÁLISE COMPARATIVA DO DESENVOLVIMENTO FLORAL EM Hevea brasiliensis E EM Phylanthus niruri L.,Ano de Obtenção: 2003.
Orientador: Marcelo Carnier Dornelas.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: Euphorbiacea; Leafy; Phillanthus niruri.
Grande área: Ciências Agrárias
Setores de atividade: Produção Vegetal.
1994 - 1999
Graduação em Agronomia.
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.




Formação Complementar


2016 - 2016
Extensão universitária em Licenciatura em Biologia. (Carga horária: 10h).
Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, UFRB, Brasil.
2014 - 2014
Curso sobre Técnicas Histológicas. (Carga horária: 24h).
Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, UFRB, Brasil.
2014 - 2014
Curso de Atualização em Botânica. (Carga horária: 8h).
Sociedade Botânica do Brasil - DF, SBB, Brasil.
2014 - 2014
Oficina sobre currículos. (Carga horária: 13h).
Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, UFRB, Brasil.
2014 - 2014
III Oficina sobre currículos. (Carga horária: 14h).
Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, UFRB, Brasil.
2014 - 2014
II Oficina sobre currículos. (Carga horária: 6h).
Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, UFRB, Brasil.
2012 - 2012
Extensão universitária em II Seminário de Estágio dos Cursos de Licenciatura. (Carga horária: 32h).
Universidade Estadual de Feira de Santana, UEFS, Brasil.
2012 - 2012
Métodos de coletas na pesquisa qualitaitva. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, UFRB, Brasil.
2012 - 2012
I Seminário de Docência Universitária. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, UFRB, Brasil.
2012 - 2012
Formação para docência, turoria e aprend em EAD. (Carga horária: 60h).
Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, UFRB, Brasil.
2011 - 2011
O Método Lógico para a Redação Científica. (Carga horária: 12h).
Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, UFRB, Brasil.
2011 - 2011
Treinamento Lousa Eletrônica. (Carga horária: 4h).
Universidade federal do Recôncavo da Bahia, UFRB/CCAAB, Brasil.
2011 - 2011
Educação Vocal. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, UFRB, Brasil.
2007 - 2007
Extensão universitária em Identificação e Avvaliação de Impactos Ambientais. (Carga horária: 40h).
Centro de Ciências Agrárias e Ambientais da UFMA, CCAA/UFMA, Brasil.
2007 - 2007
A vegetação do cerrado:forma de vida e adaptações. (Carga horária: 8h).
Centro de Ciências Agrárias e Ambientais/UFMA, Brasil.
2007 - 2007
Curso de Didática e Formação Docente. (Carga horária: 20h).
Centro de Ciências Agrárias e Ambientais da UFMA, CCAA/UFMA, Brasil.
2005 - 2005
Extensão universitária em Ciclo de Palestras em Ecofisiologia. (Carga horária: 14h).
Universidade Federal de Lavras, UFLA, Brasil.
2005 - 2005
Extensão universitária em Bioinformática. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal de Lavras, UFLA, Brasil.
2005 - 2005
Extensão universitária em Produção e Biotecnologia de Sementes. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal de Lavras, UFLA, Brasil.
2005 - 2005
Extensão universitária em Estatística Experimental Aplicada a Fisiologia Veg. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal de Lavras, UFLA, Brasil.
2004 - 2004
Extensão universitária em ?Cultivo Hidropônico com Alface?. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
2004 - 2004
Extensão universitária em absorção e assimilação de nutrientes pela planta. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
2003 - 2004
Extensão universitária em Estagio: Tecnicas laboratoriais.
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
2002 - 2002
Extensão universitária.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2002 - 2002
Extensão universitária em Microcopia eletrônica aplicado a Palinologia. (Carga horária: 40h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2002 - 2002
Extensão universitária em Microscopia eletrônica de Pressão variável. (Carga horária: 40h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2001 - 2001
Extensão universitária em Genetica evolutiva do desenvolvimento. (Carga horária: 40h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2001 - 2001
Extensão universitária em XX curso de Microscopia eletrônica de varredura. (Carga horária: 40h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2001 - 2001
Extensão universitária em Estágio no laboratório de Biologia Molecular e Cel. (Carga horária: 120h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2000 - 2000
Extensão universitária em Agrotóxico e qulidade de Vida.
Conselho regional de Arquitetura e Engenharia, CREA, Brasil.
1999 - 1999
Extensão universitária em Praticas de adubação em culturas anuais e per.
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
1999 - 1999
Extensão universitária em Estágio na area de tecnologia da mandioca. (Carga horária: 360h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
1998 - 1998
Extensão universitária em Treinamento sobre a Cultura do Abacaxi.
Embrapa Mandioca e Fruticultura, EMBRAPA/CNPMF, Brasil.
1998 - 1998
Extensão universitária em Técnicas de Biologia Molecular. (Carga horária: 40h).
Universidade Estadual de Feira de Santana, UEFS, Brasil.
1998 - 1998
Extensão universitária em Monitora da Disciplina Biologia do Slo.
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
1996 - 1998
Extensão universitária em Estágio no Laboratório de Biotecnologia. (Carga horária: 720h).
Embrapa Mandioca e Fruticultura, EMBRAPA/CNPMF, Brasil.
1996 - 1996
Extensão universitária em Treinamento na area de Cultura de tecidos. (Carga horária: 160h).
Embrapa Mandioca e Fruticultura, EMBRAPA/CNPMF, Brasil.
1995 - 1995
Extensão universitária em Monitora de Biologia Vegetal. (Carga horária: 360h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, UFRB, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - Atual
Vínculo: *Servidor público, Enquadramento Funcional: Professor Associado 1, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

09/2013 - Atual
Direção e administração, Centro de Ciências Agrárias, Ambientais e Biológicas, .

Cargo ou função
Gestora de Pesquisa - CCAAB/UFRB.
07/2013 - Atual
Direção e administração, Centro de Ciências Agrárias, Ambientais e Biológicas, .

Cargo ou função
Coordenadora do Curso de Licenciatura em Biologia.
04/2013 - Atual
Extensão universitária , Pró-Reitoria de Políticas Afirmativas - PROPAAE, .

Atividade de extensão realizada
Coordenadora Pedagógica do Projeto Universidade Para Todos - UPT/UFRB - 2013.
09/2012 - Atual
Direção e administração, Centro de Ciências Agrárias, Ambientais e Biológicas, Colegiado do Curso de Licenciatura em Biologia - CCAAB/UFR.

Cargo ou função
Vice coordenadora do Colegiado do Curso de Licenciatura em Biologia.
03/2011 - Atual
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Metodologia da Pesquisa
03/2011 - Atual
Ensino, Licenciatura em Biologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Morfologia e Anatomia de Angiospermas
07/2009 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Agrárias, Ambientais e Biológicas, .

Cargo ou função
Membro do Colegiado de Agronomia.
04/2012 - 12/2012
Extensão universitária , Pró-Reitoria de Políticas Afirmativas - PROPAAE, .

Atividade de extensão realizada
Coordenadora da área de Biologia do Projeto Universidade Para Todos - UPT/UFRB-2012.
03/2011 - 04/2011
Extensão universitária , Centro de Ciências Agrárias, Ambientais e Biológicas, .

Atividade de extensão realizada
II Curso de Metodologia Científica: A construção do conhecimento no processo de ensino e aprendizagem.
08/2010 - 12/2010
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Metodologia da Pesquisa
08/2010 - 12/2010
Ensino, Licenciatura em Biologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Morfologia e Anatomia de Angiospermas
08/2010 - 12/2010
Ensino, Zootecnia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Biologia Vegetal I
03/2010 - 07/2010
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Metodologia da Pesquisa
03/2010 - 04/2010
Extensão universitária , CCAAB/UFRB, .

Atividade de extensão realizada
Curso de Metodologia Científica: ?A construção do Conhecimento e do Pensamento Científico no Processo de Aprendizado?.
08/2009 - 12/2009
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Metodologia da Pesquisa
08/2009 - 12/2009
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Morfologia e Anatomia de Angiospermas
08/2009 - 12/2009
Ensino, Engenharia Sanitária e Ambiental, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Metodologia da Pesquisa

Centro de Ciências Agrárias e Ambientais da UFMA, CCAA/UFMA, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2009
Vínculo: Professor Adjunto, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

01/2014 - Atual
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Botânica Básica

Universidade Federal do Maranhão, UFMA, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2009
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

12/2007 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Agrárias e Ambientais/UFMA, .

Cargo ou função
Membro da Câmara de Graduação da UFMA.
11/2007 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, CONSEPE, .

Cargo ou função
Membro do Conselho de Ensino, Pesquisa e Exrensão da UFMA.
11/2007 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-Reitoria de Graduação, .

Cargo ou função
Membro da Cãmara de Ensino de Gradução da UFMA.
11/2007 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, CONSUN, .

Cargo ou função
Membro do Conselho Universitário da UFMA.
07/2007 - Atual
Extensão universitária , Centro de Ciências Agrárias e Ambientais/UFMA, .

Atividade de extensão realizada
Evento de Extensão Café com Ciência.
11/2006 - Atual
Direção e administração, Centro de Ciências Agrárias e Ambientais/UFMA, .

Cargo ou função
Coordenador de Curso.
11/2006 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Agrárias e Ambientais/UFMA, .

11/2006 - Atual
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Anatomia vegetal
Fisiologia Vegetal
Propagação Vegetativa de Plantas
11/2006 - Atual
Ensino, Zootecnia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fisiologia vegetal
11/2006 - Atual
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Anatomia e Morfologia Vegetal
Defesa de Plantas
Fisiologia Vegetal
11/2006 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Agrárias e Ambientais/UFMA, .

Cargo ou função
Membro do Conselho de Centro do CCAA/UFMA.

Universidade Federal de Lavras, UFLA, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2006
Vínculo: Estagio docência, Enquadramento Funcional: Aluna de Doutorada, Carga horária: 0, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

8/2005 - 08/2006
Estágios , Departamento de Biologia, .

Estágio realizado
Estágio docência:Aatomia comparada de fanerógamas.

Escola Agrotécnica de Amargosa, EAA, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2004
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Profesora, Carga horária: 40
Outras informações
Profesora do curso profissionalizante Técnico em Agricultura

Atividades

8/2003 - 7/2004
Ensino, Tecnico Em Agricultura, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Tecnologia de Sementes
Tecnologia do Leite
Cultura do café
Cultura do caju

Escola Municipal Dr. Eraldo Tinôco, EMDET, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2004
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Nível I, Carga horária: 20

Atividades

05/2003 - 06/2004
Ensino,

Disciplinas ministradas
Ciências Naturais
Matemática

Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2003
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 48

Atividades

09/2003 - 09/2003
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Nutrição Mineral de Plantas

Centro de Energia Nuclear na Agricultura/USP, CENA/USP, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2003
Vínculo: Integrante, Enquadramento Funcional: Mestranda, Carga horária: 0, Regime: Dedicação exclusiva.


Secretaria de Educação do Estado da Bahia, SEBA, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - 2000
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Coordenadora do PROFORMAÇÃO, Carga horária: 20

Atividades

07/2000 - 12/2000
Ensino,

Disciplinas ministradas
Ciencias
Matema´tica
Português

Escola municipal Jovino lima, EMJL, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - 2000
Vínculo: Professor nivel 1, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 20

Atividades

01/2000 - 05/2000
Ensino,

Disciplinas ministradas
Matemática e ciências

Embrapa Mandioca e Fruticultura, EMBRAPA/CNPMF, Brasil.
Vínculo institucional

1996 - 1998
Vínculo: bolsista de iniciação cientifi, Enquadramento Funcional: Bolsisita, Carga horária: 20

Atividades

01/1996 - 01/1998
Estágios , UFBA, .

Estágio realizado
Biotecnologia.

Colégio Estadual Dr. Eliel da Silva Martins, CEDESM, Brasil.
Vínculo institucional

1994 - 2000
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor nivel I, Carga horária: 40

Atividades

02/1994 - 12/2000
Ensino,

Disciplinas ministradas
Matemática
Biologia


Linhas de pesquisa


1.
Morfo-anatomia do desenvolvimento Vegetal;Fisiologia Vegetal; Comportamento fisiológico de plantas em condições de estresse ambiental


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
SUBSTÂNCIAS HÚMICAS E CONCENTRAÇÕES DE ALUMÍINIO NO DESENVOLVIMENTO E MORFOLOGIA ANATÔMICA DE CULTIVARES DE COENTRO (Coriandrum sativum L.)
Descrição: O coentro é uma olerícola muito consumida em todo território brasileiro, em especial na região Nordeste, seu cultivo visa à obtenção de massa verde, onde é amplamente utilizada na culinária fazendo parte de diversos pratos, molhos e saladas, isso devido ao grande interesse por apresentar grande quantidade de vitaminas A, B1, B2 e C, e boa fonte de cálcio e ferro. Grande parte da constituição do COT (Carbono orgânico total) dos solos, onde apresentam alta reatividade e interações com as superfícies dos minerais, e podem reagir com metais, tais como Cu2+, Fe2+ e Al3+, formando complexos estáveis, tornando-os indisponíveis às plantas. A toxicidade ao alumínio é um dos mais importantes problemas de toxicidade de metais em solos ácidos (pH ≤ 5,0), representando um dos fatores limitantes de crescimento para as plantas. Desta forma, o objetivo desse trabalho será avaliar o crescimento e morfologia anatômica de cultivares de coentro em diferentes doses de ácidos orgânicos na presença e ausência de alumínio em cultivo hidropônico. O experimento será conduzido em casa de vegetação da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), tendo como delineamento experimental será inteiramente casualizado em esquema fatorial triplo 5x5x2, com cinco tratamentos (0,0; 0,64; 0,96; 1,28; 1,6 mL) de fertilizante orgânico composto classe A, Codahumus 20®, cinco cultivares de coentro (Verdão SF 177, Americano Gigante, Tabocas, Rei, Nacional Palmeira e Pacífico Português), na presença e ausência de alumínio (0,0 e 27 mg L-1 de AlCl3*6H2O) e cinco repetições. Aos 50 de cultivo serão avaliadas as seguintes características de crescimento da planta: altura, diâmetro do caule, área foliar, matéria seca das folhas, caule e raiz, índices de clorofila a e b, posteriormente os teores de N, P e K, e as estruturas anatomicas. Os resultados serão submetidos à análise de variância utilizando-se o programa estatístico SISVAR 4,6 e em função do nível de significância será aplicado o teste de Tukey a 5 % de probabilidade e de regressão para identificar o efeito das doses de substâncias húmicas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Girlene Santos de Souza - Integrante / Uasley Caldas de Oliveira - Integrante / Janderson do Carmo Lima - Integrante / Anacleto Ranulfo dos Santos - Coordenador / Patrícia Messias Ferreira - Integrante.
2017 - Atual
PLANTAS DE ALECRIM (ROSMARINUS OFFICINALIS L.) CULTIVADAS NUM LATOSSOLO AMARELO, EM AMBIENTES DE LUZ E ADUBAÇÕES ORGÂNICAS
Descrição: Plantas medicinais e aromáticas são tradicionalmente cultivadas nos diversos ambientes de solo e clima por todo o mundo. Dentre essas plantas, destaca-se o alecrim (Rosmarinus officinalis L.) da família Lamiaceae que é procedente da Região Mediterrânea. Substâncias como alcalóides, mucilagens, flavonóides, taninos e óleos essenciais encontradas nessas plantas apresentam interesses de ação farmacológica para tratamento de doenças e uso no segmento culinário. Os resíduos orgânicos quando aplicados em doses e proporções adequadas influenciam significativamente no crescimento inicial das plantas, em função dos benefícios nos atributos físicos, químicos e biológicos do solo. Outro fator importante no crescimento vegetal é a intensidade luminosa e a qualidade do espectro de luz absorvido pelas plantas. Desta forma, a utilização de malhas fotoconversoras nos cultivos pode fornecer proteção física e, principalmente filtragem diferencial da radiação solar. O objetivo deste trabalho é avaliar a influência de diferentes malhas fotoconversoras e termorrefletora e tipos de adubação orgânica no crescimento vegetativo, diagnose nutricional e produção do óleo essencial de alecrim cultivado num Latossolo Amarelo em ambiente controlado. O estudo será realizado no período de setembro de 2017 a agosto de 2018, no campo experimental da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, no município de Cruz das Almas-BA. O delineamento experimental será inteiramente casualizado em esquema fatorial 4x5, sendo três tipos de adubação orgânica: húmus de minhoca, esterco bovino, esterco avícola e a testemunha (solo) e quatro condições de luminosidade obtidas com o uso de malhas coloridas: 1) malha ChromatiNet Vermelha; 2) malha Azul (Polysack Plastic Industries); 3) malha ChromatiNet Aluminet; 4) Malha Preta (neutra) e 5) Tratamento controle ? a pleno sol, com seis repetições para cada tratamento. O ensaio terá 20 tratamentos, num total de 120 unidades experimentais (vasos). As avaliações ocorrerão aos 90 dias após o transplantio por meio das variáveis de crescimento, através das medidas biométricas lineares e não lineares. Para a diagnose nutricional os teores de K serão determinados por fotometria de chama, de N pelo método espectrofotométrico do fenol-hipoclorito e P pelo método espectrofotométrico do molibdo-vanadato. Também serão analisados os teores de óleo essencial, através do hidrodestilador do modelo Clevenger modificado, e a composição química do óleo essencial pelo método de cromatografia gasosa. Os resultados obtidos serão submetidos à análise de variância utilizando-se o programa estatístico ?R?. Em função do nível de significância será aplicado o teste de Tukey a 5 % de probabilidade..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Girlene Santos de Souza - Integrante / Anacleto Ranulfo dos Santos - Coordenador / Janildes de Jesus da Silva - Integrante / Luciano da Silva Souza - Integrante / Maria Luiza Miranda dos Santos - Integrante.
2017 - Atual
Aspectos fisológicos e rendimento de óleo essencial de plantas de manjericão (Ocimum basilicum l. ) cultivadas sob adubação com macronutrientes em latossolo amarelo
Descrição: O objetivo deste projeto de pesquisa será avaliar o crescimento, diagnose nutricional, rendimento e composição de óleo essencial e trocas gasosas de plantas de manjericão, essas cultivadas sob adubação com macronutrientes em Latossolo Amarelo. Inicialmente será coletado o solo na camada de 0-20 cm de profundidade e esse será submetido a analise química para verificar a necessidade de correção, se houver essa será feita e o solo permanecerá incubado por 60 dias. Após esse período será feita a propagação das plantas via sexuada, sendo distribuídas diretamente em vasos de 6 cm³ de capacidade. Os tratamentos serão distribuídos no esquema de matriz baconiana na qual um dos nutrientes é fornecido em quantidades variáveis, enquanto os outros são mantidos em um nível referencial. Serão avaliados seis nutrientes (nitrogênio, fósforo, potássio, cálcio, magnésio e enxofre), totalizando 20 tratamentos com 5 repetições cada. Após 120 dias será avaliado o crescimento vegetal, os teores de cada um dos elementos estudados na folha, haste e raiz, também será avaliada as trocas gasosas com auxilio do medidor de fotossíntese e extração, quantificação e composição química do óleo produzido. Os dados gerados serão interpretados por meio de contrastes ortogonais, análises de variância e regressão, no programa Estatístico ?R?, com base nos valores do quadrado médio do resíduo da ANOVA analisada á 1 e 5 % de probabilidade..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2017 - Atual
Aspectos fisiológicos de Pereskia aculeata cultivada sob diferentes proporções de amônio e nitrato e ambientes de luz
Descrição: Pereskia aculeata Mill. é uma espécie pertencente à família Cactaceae, popularmente conhecida como ora-pro-nobis do latim ?rogai por nós?, e como carne-de-pobre, devido ao alto teor de proteína encontrado em suas folhas. Possui valor na medicina popular brasileira, sendo utilizada como emoliente, além de possuir minerais, vitaminas e elevado teor proteico. No entanto, aspectos importantes do seu cultivo ainda permanecem pouco conhecidos. Ao se considerar o cultivo de plantas medicinais e de hortaliças não convencionais, faz-se necessário associar a produção de biomassa à qualidade da planta, enquanto matéria-prima, para a fabricação de medicamentos fitoterápicos. Os íons amônio (NH4 + ) e nitrato (NO3-) são as principais fontes de absorção de N pelas plantas, por isso, a aplicação de proporções desbalanceadas pode provocar alteração no crescimento da planta. A luminosidade que incide sobre as plantas é fundamental para o seu crescimento. Assim, respostas morfofisiológicas das plantas não dependem apenas da presença, mas também da qualidade espectral da radiação. Este estudo terá como objetivo avaliar sob condições de viveiro, as proporções dos íons NH4 + e NO3- em soluções nutritivas e dos diferentes ambientes de luz, sobre o crescimento, a fisiologia e o estado nutricional de plantas de Pereskia aculeata crescidas sob malhas fotoconversoras Chromatinet e termorefletora, com 50% de sombreamento. O delineamento será inteiramente casualizado com 5 repetições e parcelas constituídas por uma planta útil. No experimento efeito das proporções dos íons NH4+e NO3- no crescimento de Pereskia aculeata serão utilizados cinco tratamentos nas proporções de NH4 +: NO3-:T1= 100:0;T2= 75:25; T3= 50:50; T4= 25:75; T5= 0:100. A concentração de N em todos os tratamentos será de 210 mg L-1 de solução, conforme solução de Hoagland & Arnon, 1950. No experimento, efeito da luz serão utilizados 3 ambientes diferentes (a pleno sol, malha colorida vermelha e malha termorefletora, ambas com 50% de sombreamento) com cinco repetições. Posteriormente, as mudas serão transplantadas para vasos de plásticos 6 dcm3 de capacidade e o volume do substrato, contendo uma mistura de areia lavada + vermiculita na proporção 2:1. Aos 120 dias após a aplicação dos tratamentos serão avaliados os seguintes parâmetros: número de folhas, índice de clorofila a, b, total e relação clorofila a/clorofila b, massa seca de folhas, caule, raiz, total e parte aérea, volume de raiz, área foliar, relação raiz/parte aérea, razão de área foliar, área foliar específica e razão de massa foliar, teores de nitrogênio (N), fósforo (P) e potássio (K) nas folhas e o teor de proteína total, fotossíntese líquida e medidas de condutância estomática, além das características anatômicas da folha, caule e da raiz. Os dados obtidos serão submetidos à análise de variância com significância de P<0,05, em seguida será realizado o teste de média (Tukey 5%) e regressão para avaliar o efeito da qualidade de luz e das proporções de amônio e nitrato, utilizando o programa estatístico SISVAR..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - 2017
Plantas de Physalis angulata L., cultivadas sob diferentes qualidades de luz e concentrações de nitrato e amônio
Descrição: A espécie Physalis angulata L., pertencente à família Solanaceae, tem despontado como uma planta extremamente promissora para uso medicinal, em razão da produção do composto fisalina. No entanto, aspectos importantes do seu cultivo ainda permanecem pouco conhecidos. Ao se considerar o cultivo de plantas medicinais, faz-se necessário associar a produção de biomassa à qualidade da planta, enquanto matéria-prima, para a fabricação de medicamentos fitoterápicos. Os íons NH4+ e NO3- são as principais fontes de absorção de N pelas plantas, por isso, a aplicação de proporções desbalanceadas pode provocar alteração no crescimento da planta. A luminosidade que incide sobre as plantas é fundamental para o seu crescimento. Assim, respostas morfofisiológicas das plantas não dependem apenas da presença, mas também da qualidade espectral da radiação. Este estudo terá como objetivo avaliar sob condições de viveiro, as proporções dos íons NH4+ e NO3- em soluções nutritivas, sobre o crescimento, a fisiologia e o estado nutricional de plantas de Physalis angulata crescidas sob malhas fotoconversoras Chromatinet e termorefletora, com 50% de sombreamento. O delineamento será inteiramente casualizado, em esquema fatorial (5x3) sendo os tratamentos nas proporções de NH4+: NO3-:T1= 100:0; T2= 75:25; T3= 50:50; T4= 25:75; T5= 0:100, e em 3 qualidade de luz (malha colorida vermelha, malha termorefletora e em pleno sol), em quatro repetições. A concentração de N em todos os tratamentos será de 210 mg L-1 de solução, conforme solução de Hoagland & Arnon, 1950. Posteriormente as mudas de Physalis angulata serão transferidas para vasos de capacidade de 8 dm3, sendo areia lavada o substrato para sustentação das plantas. A colheita ocorrerá aos 90 dias após a semeadura. Os dados serão submetidos à análise de variância (P<0,05) e realizado o teste de médias (Tukey 5%) empregando o programa estatístico SISVAR®..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2016 - 2017
UTILIZAÇÃO DE TELAS DE SOMBREAMENTO NA PRODUÇAO DE MUDAS DE Physalis angulata CULTIVADAS SOB DIFERENTES SUBSTRATOS
Descrição: O gênero Physalis pertencente à família Solanaceae, possui 110 espécies, das quais 11 ocorrem no Brasil. Physalis angulata L. destaca-se no gênero pela presença de vitaesteróides, principalmente as fisalinas, encontradas em raízes, caules e folhas, com propriedades imunomoduladora, antimicrobiana e anticancerígena. No Brasil, poucas são as pesquisas com esta espécie visando maximização das técnicas de cultivo, tais como necessidades nutricionais, condições edáficas, sistemas de condução e necessidades ambientais (umidade, temperatura, luminosidade, etc.) que permitam o melhor desempenho da planta. Nesse sentido, é preciso almejar uma produtividade ótima, o que pode ser corroborado por meio do estudo da interferência de fatores que influenciam esses caracteres, como a disponibilidade de nutrientes e a intensidade luminosa. Considerando a importância do ambiente para o crescimento e desenvolvimento dos vegetais, alternativas que permitem a manipulação da luz incidente sobre as plantas, tanto em sua intensidade quanto em sua composição espectral tem surgido no mercado a fim de propiciar às diversas espécies a expressão de todo seu potencial genotípico. Uma delas é a utilização de telas coloridas fotoconversoras e termorefletoras, capazes de modular o espectro luminoso em função de suas propriedades físicas, promovendo respostas morfofisiológicas desejáveis, reguladas pela luz o que pode ser benéfico quando empregado em espécies economicamente exploradas. De modo diferente das casas de vegetação, as malhas exercem uma menor interferência sobre o microclima da planta, entretanto, são capazes de modificar tanto a quantidade como a qualidade da radiação solar transmitida. Formar mudas sadias e vigorosas é fundamental para quem deseja plantas produtivos e precoces, desta forma a escolha do substrato, além do ambiente de luz é decisiva na sua qualidade. Neste contexto, o presente estudo tem como objetivo avaliar a produção de mudas e frutos de Physalis angulata, cultivadas sob diferentes telas fotoconversoras e substratos. O delineamento experimental será inteiramente casualizado em esquema fatorial 4x3, sendo fator A os diferentes substratos: Substrato 1 (Latossolo amarelo + Substrato comercial - Vivatto), Substrato 2 (Latossolo amarelo + Composto orgânico), Substrato 3 (Latossolo amarelo + Esterco bovino), Substrato 4 (Latossolo amarelo + Húmus de minhoca) todos na proporção 2:1. E o fator B os ambientes de qualidade de luz 1. Tela ChromatiNet vermelha com 50% de sombreamento; 2. Tela Termorefletora aluminet com 50% de sombreamento; 3. Pleno Sol (tratamento controle). Assim o ensaio terá 12 tratamentos e 6 repetições, num total de 72 unidades experimentais/vasos, permanecendo duas plantas/vaso. Serão avaliadas as seguintes características: porcentagem de germinação, índice de velocidade de germinação, altura do ramo principal, diâmetro da haste, número de folhas, altura e número de inflorescência, comprimento e volume de raízes, área foliar, massa da matéria seca das folhas, caule e raízes, os índices fisiológicos: razão de área foliar (RAF), área foliar específica (AFE), razão de peso foliar (RPF), taxa de crescimento da cultura (TCC), taxa de crescimento relativo (TCR) e taxa de assimilação liquida (TAL), teor de pigmentos fotossintéticos (clorofila a, b e total e carotenoides) fotossíntese líquida e medidas de condutância estomática, além das características anatômicas da folha, caule e da raiz. Posteriormente serão avaliados parâmetros filotécnicos tais como produção e produtividade das mudas e frutos. Os resultados serão avaliados utilizando o programa estatístico Sisvar, através de análise de variância, teste de Tukey a 5% de probabilidade e análise de regressão polinomial, para identificar o efeito das telas e dos substratos, respectivamente..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2015 - 2016
Influência do Amônio e nitrato no rendimento de óleo essencial de plantas de Lippia alba cultivadas sob malhas fotoconverssoras e aluminizada- processo: 23007001980/2016-79
Descrição: A erva cidreira (Lippia alba (Mill) N.E. Br), é uma planta medicinal, largamente empregada na medicina popular, na forma de chás, possui ação calmante, antiespasmódica, analgésica, sedativa e citostática, no entanto, o conhecimento fitotécnico da espécie é bastante limitado. Os íons NH4+ e NO3- são as principais fontes de absorção de N pelas plantas, por isso, a aplicação de proporções desbalanceadas pode provocar alteração no crescimento da planta. A luminosidade que incide sobre as plantas é fundamental para o seu crescimento. Assim, respostas morfofisiológicas das plantas não dependem apenas da presença, mas também da qualidade espectral da radiação. Os óleos essenciais, constituintes voláteis orgânicos responsáveis pela fragrância de muitas plantas, são compostos que têm apresentado grande importância em determinadas pesquisas, por serem potencialmente úteis no controle fitossanitário, propiciando o desenvolvimento de técnicas que procuram diminuir os efeitos negativos de oxidantes, radicais e microrganismos que causam prejuízos nas indústrias alimentícias e na agricultura. Este estudo terá como objetivo avaliar proporções dos íons NH4+ e NO3- em soluções nutritivas, sobre o crescimento, a fisiologia, rendimento e composição do óleo essencial e o estado nutricional de plantas de Lippia alba crescidas sob malhas fotoconversoras C hromatinet e Aluminet, com 50% de sombreamento. O delineamento será inteiramente casualizado, em esquema fatorial (5x4) sendo os tratamentos nas proporções de NH4+: NO3- :T1= 100:0; T2= 75:25; T3= 50:50; T4= 25:75; T5= 0:100, e em 4 ambientes de luz (malhas coloridas cinza e vermelha, aluminizada e em pleno sol), com cinco repetições. A concentração de N em todos os tratamentos será de 210 mg L-1 de solução, conforme solução de Hoagland & Arnon, 1950. Posteriormente plantas de Lippia serão transferidas para vasos com capacidade de 6 dm3, sendo areia lavada + vermiculita o substrato para sustentação das plantas. A colheita ocorrerá aos 90 dias após a semeadura. Os dados serão submetidos à análise de variância (P<0,05) e realizado o teste de médias (Tukey 5%) empregando o programa estatístico SISVAR®..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2015 - 2016
CONSTRUINDO PRÁTICAS EDUCATIVAS INOVADORAS COM ENFOQUE EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL: EXPLORATÓRIO EM ESCOLAS PÚBLICAS DA REGIÃO DO RECÔNCAVO BAIANO
Descrição: Este trabalho pretende refletir sobre possíveis contribuições para a efetivação da Educação Ambiental em escola públicas, através da utilização de práticas educativas na construção de uma consciência crítica atuante e responsável dos alunos. Terá como pressuposto que tais práticas pedagógicas na escola também serão capazes de colaborar no processo de ensino e aprendizagem interdisciplinar. O estudo terá como objetivo desenvolver práticas educativas que possam auxiliar professores a incentivar os alunos a ter respeito pela natureza, por meio de um processo participativo e interativo de construção da cidadania. Para tanto, haverá dois momentos distintos: primeiramente, realizar-se-á uma pesquisa bibliográfica para a fundamentação teórica das questões ambientais e práticas educativas, onde contextualizar-se-á nos quatro pilares da educação: aprender a conhecer, aprender a fazer, aprender a viver juntos e aprender a ser. Num segundo momento, serão proporcionadas atividades artísticas e sociais aos alunos das escolas envolvidas. Oficinas de reciclagem, histórias em quadrinhos, implantação da coleta seletiva, da prática da compostagem, construção de cartilhas educativas, utilização de sala ambiente, realização de curso de capacitação em Educação Ambiental, entre outras, serão as atividades que se destacarão dentre as práticas aplicadas. A metodologia utilizada será a qualitativa, mais especificamente um estudo de caso do tipo exploratório. Como instrumento de coleta de dados serão aplicadas entrevistas e questionários, e registros como: gravações, filmagens, fotos, diários de campo entre outros. Espera-se que as práticas educativas aplicadas sejam capazes de colaborar com o processo de ensino e aprendizagem e contribuir para as interações entre alunos, professoras e demais participantes..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Girlene Santos de Souza - Coordenador / Anacleto Ranulfo dos Santos - Integrante / Daniel Melo de Castro - Integrante / Vanessa Ribeiro dos Reis - Integrante / Jeane Almeida - Integrante / Pollyana da Silva de Magalhães - Integrante / Danilo Brito - Integrante / Isabele Araujo - Integrante / Safira Aguiar Bomfim - Integrante.Financiador(es): Ministério da Educação - Auxílio financeiro.
2015 - 2016
INFLUENCIA DAS MALHAS FOTOCONVERSORAS NA PRODUÇÃO DE BIOMASSA, ASPECTOS MORFOSISIOLÓGICOS E FITOQUIMÍCOS DE MUDAS DE LYCHNOPHORA PINASTER MART. CULTIVADOS EM DIFERENTES NÍVEIS DE ADUBAÇÃO ORGÂNICA
Descrição: Considerada uma planta endêmica dos campos rupestres, a arnica (Lychnophora pinaster) vem sofrendo grande pressão de extrativismo, devido ao seu largo uso na medicina popular. Com a demanda crescente no uso de plantas medicinais, há necessidade de se estabelecer diretrizes agronômicas visando ao cultivo dessas plantas, de modo que o mercado seja suprido com material vegetal em quantidade e qualidade satisfatórias. Dentre as práticas agronômicas de manejo da fertilidade do solo, a calagem e a adubação se destacam como as mais tradicionais. Além da adubação mineral, hoje se preconiza o uso da adubação orgânica, não somente como parte essencial dos chamados cultivos orgânicos, mas, sobretudo pelos inúmeros benefícios decorrentes da aplicação de matéria orgânica ao solo. No Brasil poucas são as pesquisas com esta espécie visando maximização das técnicas de cultivo. Ao se considerar o cultivo de plantas medicinais, faz-se necessário associar a produção de biomassa à qualidade da planta, enquanto matéria-prima, para a fabricação de medicamentos fitoterápicos. Nesse sentido, é preciso almejar uma produtividade ótima, o que pode ser corroborado por meio do estudo da interferência de fatores que influenciam esses caracteres, como a disponibilidade de nutrientes e a intensidade luminosa. Neste contexto, o objetivo deste trabalho é avaliar a ação de diferentes intensidades e qualidade de luz com uso de malhas coloridas e diferentes doses de esterco bovino sobre o crescimento, características anatômicas, fisiológicas e fotoquímicas em plantas de arnica. O delineamento experimental será em blocos ao acaso em esquema fatorial 5 x 3, sendo 5 doses de esterco bovino curtido: 0, 25, 50, 75, 100 t ha-1, e 3 condições de luminosidade obtidas com o uso de malhas fotoconversoras: 1) malha ChromatiNet Vermelha; 2) malha termorefletora Aluminet; 3) a pleno sol. Assim o ensaio terá 15 tratamentos e 5 repetições, num total de 75 unidades experimentais/vasos, permanecendo duas plantas/vaso. Serão avaliadas as seguintes características de crescimento: altura do ramo principal, diâmetro da haste, número de folhas, altura e número de inflorescência, número de comprimento e volume de raízes, área foliar, matéria seca das folhas, caule e raízes, os índices fisiológicos: razão de área foliar (RAF), área foliar específica (AFE), razão de peso foliar (RPF), taxa de crescimento da cultura (TCC), taxa de crescimento relativo (TCR) e taxa de assimilação líquida (TAL), teor de pigmentos fotossintéticos (clorofila a, b e total e carotenóides), além das características anatômicas da folha e da raiz. Posteriormente serão analisados teor e rendimento de óleo essencial, através hidrodestilador do modelo Clevenger modificado. Os resultados serão avaliados utilizando o programa estatístico Sisvar, através de análise de variância, teste de Tukey a 5% e análise de regressão polinomial..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2015 - 2016
DIMENSÃO PEDAGÓGICA E PRÍNCIPIOS DA GESTÃO ESCOLAR DA REDE ESTADUAL DE ENSINO DO MUNICÍPIO DE CRUZ DAS ALMAS-Processo: 23007.002013/2016-24
Descrição: A gestão escolar pautada na concepção democrática na participação e valorização dos diversos profissionais e segmentos da comunidade escolar no planejamento, acompanhamento e execução da proposta pedagógica da escola, pode, sem dúvida, transformar o processo educativo e melhorar a qualidade de ensino. Nesta perspectiva, este trabalho tem por objetivo analisar de que forma os gestores escolares da Rede Estadual de Ensino do município de C ruz das Almas-BA, elaboram e executam a proposta pedagógica de sua gestão e quais os princípios que norteiam seus trabalhos. A pesquisa de cunho qualitativo será realizada através de observações diretas no campo de estudo, de entrevistas com os gestores escolares (diretores, vice-diretores), coordenadores pedagógicos e representantes dos professores, funcionários, pais e alunos nas instâncias colegiadas das unidades escolares, bem como, da análise do Projeto Político Pedagógico, buscando verificar de forma clara e objetiva os desafios encontrados pelos gestores na condução dos trabalhos pedagógicos, sabendo das diversas variáveis que interferem no cotidiano da escola..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2015 - 2016
PERCEPÇÕES DA PROFISSÃO DOCENTE, UM DIAGNÓSTICO EM ALUNOS DE LICENCIATURA EM BIOLOGIA DA UFRB-Processo: 23007.002008/2016-11
Descrição: Os primeiros cursos de formação de professores, em termos de licenciatura, surgiram no Brasil nos anos 30 (séc. XX) com a criação das Faculdades de Filosofia, Ciências e Letras. No período compreendido entre 1931 a 1939 foram criadas novas unidades de ensino nos diferentes projetos de Universidade, incluído-se nesse contexto vários modelos de organização das unidades voltadas especificamente para o processo de formação de professores. A formação inicial de professores vem sendo uma das categorias de análise frequentemente debatidas e refletidas tanto na dimensão governamental como nas instituições educativas. A mesma apresenta-se como um eixo articulador de todo o processo de formação configurando-se como espaço de aprendizagens e de relações entre a teoria e a prática. Nos últimos anos, tornou-se comum a noção de que cada vez menos jovens querem ser professores. O Brasil já experimenta as consequências do baixo interesse pela docência. Segundo estimativa do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), apenas no Ensino Médio e nas séries finais do Ensino Fundamental o déficit de professores com formação adequada à área que lecionam chega a 710 mil. E não se trata de falta de vagas. A queda de procura tem sido imensa, entre 2001 e 2006, houve o crescimento de 65% no número de vagas no cursos de licenciatura, porém, se expandiram apenas 39%. De acordo com dados do Censo da Educação Superior de 2009, o índice de vagas ociosas chega a 55% do total oferecido em cursos de Pedagogia e de formação de professores. A baixa procura contrasta com a falta de docentes com formação adequada. O presente projeto de pesquisa surgiu aparti de percepções de situações conflituosas dos acadêmicos em estarem fazendo um curso de licenciatura sem querer ser professores, numa projeção de distanciamento da vida docente.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2014 - 2016
Lippia Alba (Mill.) N.E. Brown sob malhas fotoconversoras e doses nitrogênio
Descrição: A Lippia alba (Mill.) N.E. conhecida vulgarmente como erva cidreira é uma planta amplamente utilizada pela população brasileira, tanto para fins industriais como para uso na medicina tradicional. Em virtude da crescente demanda no consumo de plantas medicinais, práticas agronômicas têm sido estudadas para aumentar a sua produtividade e dentre elas, destacam-se o uso de malhas fotoconversoras no cultivo de plantas medicinais a fim de manipular o desenvolvimento vegetativo, estimulando a produção de metabólitos secundários nas plantas. Além da luminosidade a nutrição merece destaque, pois a deficiência ou excesso de nutrientes podem interferir na produção de biomassa e na quantidade de princípio ativo, diante disso, o trabalho tem como objeto avaliar a crescimento e produção da Lippia alba (Mill.) N.E. Brown cultivada sob malhas fotoconversoras e doses nitrogênio. O experimento será conduzido no campo experimental do Centro de Ciências Agrárias, Ambientais e Biológicas da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - UFRB. O delineamento experimental utilizado será inteiramente casualizado, em esquema fatorial 5 X 3, sendo constituído de cinco doses de N (0; 40; 80; 120 e 160 Kg ha -1) tendo como fonte a úreia e quatro condições de qualidade de luz obtidas com o uso das malhas fotoconversoras ( malha vermelha e azul) além do tratamento controle (pleno solo), totalizando 15 tratamenentos, com 10 repetições, a unidade experimental utilizada será composta por uma planta por vaso. Serão realizadas duas colheitas, aos 45 e 90 dias após o transplante onde serão avaliados dados de crescimento (altura da parte aérea, comprimento e volume de raiz, diâmetro da haste, número de folhas e os teores de clorofila a e b e total (a + b ) (ICF ? Índice de Clorofila Folker)), desenvolvimento ( massa seca da folha (MSF), massa seca da raiz (MSR ), massa seca da parte aérea (MSPA), massa seca total (MST)), índices fisiológicos (área foliar (AF), razão de área foliar (RAF), área foliar específica (AFE) e razão de peso foliar (RPF), taxa de assimilação líquida (TAL), taxa de crescimento relativo (TCR), taxa de crescimento absoluto (TCA)) , diagnose nutricional (Teor de nitrogênio folha (NF) caule (NC) e raiz (NR) e total (NT)), também serão avaliados rendimento, teor, composição do óleo essencial, anatomia foliar e histoquímica de Lippia alba (Mill) N. E. Brown. Os dados obtidos serão submetidos à análise de variância com significância (P< 0,05) e será realizado o teste de médias (Tukey 5%), e estudo de regressão, empregando o programa estatístico SISVAR® 5.3 (FERREIRA, 2008). Diante disto, espera-se, após a conclusão deste estudo, a identificação da qualidade de luz ideal e de uma adubação nitrogenada adequada, capaz de proporcionar uma maior produção do óleo essencial Lippia alba , além de obter uma metodologia para o cultivo e exploração econômica da espécie..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2014 - 2015
Influência da qualidade da luz e da relação amônio e nitrato no crescimento, atividade fotossintética e diagnose nutricional de plantas de orégano cultivadas em soluções
Descrição: Origanum vulgare L., conhecida como orégano, é considerada planta condimentar largamente usada na culinária. O orégano (Origanum vulgare L.), da família Lamiaceae, é um dos condimentos mais utilizados na culinária brasileira no preparo de carnes, ovos, peixes, panificação e frutos do mar. Além disso, seu óleo essencial também é utilizado na perfumaria sendo que muitas plantas como o orégano pode ser utilizada também no controle de fungos fitopatogênicos. Em feiras e supermercados o orégano é um dos condimentos mais procurados pela população, evidenciando sua importância na olericultura. No Brasil poucas são as pesquisas com esta espécie visando maximização das técnicas de cultivo. Os íons NH4+ e NO3- são as principais fontes de absorção de N pelas plantas, por isso, a aplicação de proporções desbalanceadas pode provocar alteração no crescimento da planta. A luminosidade que incide sobre as plantas é fundamental para o seu crescimento. Assim, respostas morfofisiológicas das plantas não dependem apenas da presença, mas também da qualidade espectral da radiação. Este estudo terá como objetivo avaliar sob condições de viveiro, as proporções dos íons NH4+ e NO3- em soluções nutritivas, sobre o crescimento, a fisiologia e o estado nutricional de plantas de óregano crescidas sob malhas fotoconversoras Chromatinet, com 50% de sombreamento. O delineamento será inteiramente casualizado, em esquema fatorial (5x3) sendo os tratamentos nas proporções de NH4+: NO3-:T1= 100:0; T2= 75:25; T3= 50:50; T4= 25:75; T5= 0:100, e em 3 qualidade de luz (malhas coloridas azul e vermelha, e em pleno sol), em quatro repetições. A concentração de N em todos os tratamentos será de 210 mg L-1 de solução, conforme solução de Hoagland & Arnon, 1950. Posteriormente plantas d de manjericão serão transferidas para vasos de capacidade de 5 dm3, sendo areia lavada o substrato para sustentação das plantas. A colheita ocorrerá aos 90 dias após a semeadura. Os dados serão submetidos à análise de variância (P<0,05) e realizado o teste de médias (Tukey 5%) empregando o programa estatístico SISVAR®..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2014 - 2015
Educação ambiental no ensino normal: atuação do professor nas escolas municipais de Cruz das Almas - BA
Descrição: A pesquisa será desenvolvida em Escolas de Educação Básica do município de Cruz das Almas, BA, tendo como finalidade analisar a prática docente em escolas da rede municipal em relação à temática Educação Ambiental em disciplinas de Ensino Fundamental nos anos finais tendo como referências os Parâmetros Curriculares Nacionais - PCNs (1998) e a Política Nacional de Educação Ambiental - PNEA (1999), verificando também o conhecimento que possuem sobre o assunto e como o recebem nas escolas. A metodologia baseou-se em pesquisa descritiva, de natureza qualitativa e quantitativa. A presente pesquisa será realizada em três escolas, onde serão aplicados questionários aos professores, com perguntas abertas e fechadas, relacionadas aos conceitos, objetivos, abordagens e desenvolvimento de atividades de educação ambiental no ambiente escolar que serão respondidas por professores de todas as disciplinas. Após a aplicação do questionário, será realizada a fase da análise dos dados obtidos durante a pesquisa. Através desta, analisar se a temática Educação Ambiental é trabalhada de forma significativa pelos professores. Essa pesquisa é importante porque com os resultados dos dados, terá um retorno acerca da atuação do professor com o tema Educação Ambiental no município de Cruz das Almas, sobre a inserção do tema no ensino formal que é aquele que ocorre nos espaços formais de educação. Neste sentido a realização do presente estudo, fornecerá dados que servirão como base para intervenções na Educação Básica do município como instrui os documentos oficiais que regem a Educação Ambiental..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2014 - 2015
Rendimento de biomassa e produção de óleo essencial em plantas de manjericão (ocimum basilicum L.) cultivadas sob malhas fotoconversoras e diferentes e diferentes concentrações de potássio
Descrição: O manjericão (Ocimum basilicum L. Lamiaceae) é uma planta medicinal, aromática e condimentar com elevada importância no cenário econômico mundial. Além de seu uso in natura, é utilizado para obtenção de óleo essencial, muito importante na indústria de perfumaria, cosmético, medicamento e alimento, tendo, o linalol como principal componente. No Brasil poucas são as pesquisas com esta espécie visando maximização das técnicas de cultivo. Ao se considerar o cultivo de plantas medicinais, faz-se necessário associar a produção de biomassa à qualidade da planta, enquanto matéria-prima, para a fabricação de medicamentos fitoterápicos. Nesse sentido, é preciso almejar uma produtividade ótima, o que pode ser corroborado por meio do estudo da interferência de fatores que influenciam esses caracteres, como a disponibilidade de nutrientes e a intensidade luminosa. O potássio desempenha importante papel na regulação do potencial osmótico das células vegetais, atuando como ativador de enzimas envolvidas na respiração e fotossíntese. As malhas coloridas representam um novo conceito agrotecnológico, que tem o objetivo de combinar a proteção física juntamente com a filtragem diferencial da radiação solar, para promover respostas fisiológicas desejáveis, reguladas pela luz. De modo diferente das casas de vegetação, as malhas exercem uma menor interferência sobre o microclima da planta, entretanto, são capazes de modificar tanto a quantidade como a qualidade da radiação solar transmitida. O presente projeto tem como objetivo avaliar a influência de malhas coloridas e diferentes concentrações de potássio sobre o crescimento, desenvolvimento, características anatômicas e produção de óleo essencial em plantas de manjericão. O delineamento experimental será em blocos ao acaso em esquema fatorial 5 x 3, sendo 5 concentrações de potássio: 0; 30; 60; 120; 180 kg ha-1 de K2O, usando como fonte o cloreto de potássio e 3 condições de luminosidade obtidas com o uso de malhas coloridas: 1) malha ChromatiNet Vermelha; 2) malha ChromatiNet Azul; 3) Tratamento controle ? a pleno sol. Assim o ensaio terá 15 tratamentos e seis repetições, num total de 90 unidades experimentais (vasos), permanecendo duas plantas/vaso. Serão avaliadas as seguintes características de crescimento: altura do ramo principal, área foliar, matéria seca das folhas, caule e raízes, os índices fisiológicos: razão de área foliar (RAF), área foliar específica (AFE) e a razão de peso foliar (RPF), número de folhas, diâmetro do haste, teor de clorofila a, b e total, fotossíntese líquida e características anatômicas da folha. Posteriormente serão analisados teores de óleo essencial, através hidrodestilador do modelo Clevenger modificado, e a composição química do óleo essencial pelo método de cromatografia gasosa. Os resultados serão avaliados utilizando o programa estatístico Sisvar, através de análise de variância, teste de Tukey a 5% e análise de regressão polinomial..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2014 - 2015
Plantas de chia cultivadas sob malhas fotoconversoras e diferentes níveis de adubação orgânica
Descrição: A Salvia hispânica L., conhecida como chia, é cultivada para fins culinários, medicinais e ornamentais e apresenta, portanto, importância etno-farmacológicos e econômicos. No Brasil poucas são as pesquisas com esta espécie visando maximização das técnicas de cultivo. Nesse sentido, é preciso almejar uma produtividade ótima, o que pode ser corroborado por meio do estudo da interferência de fatores que influenciam esses caracteres. O objetivo deste trabalho foi avaliar a ação da intensidade e qualidade de luz com uso de malhas coloridas e diferentes doses de esterco bovino sobre o crescimento, características anatômicas e fotoquímicas em plantas de chia. O delineamento experimental será em blocos ao acaso em esquema fatorial 5 x 3, sendo 5 doses de esterco bovino curtido: 0, 25, 50, 75, 100 t ha-1, e 3 condições de luminosidade: malhas vermelha e azul e a pleno sol. Serão avaliadas as características de crescimento da planta, os índices fisiológicos como: razão de área foliar, área foliar específica, razão de peso foliar, taxa de crescimento da cultura, taxa de crescimento relativo e taxa de assimilação líquida, teor de pigmentos fotossintéticos, além das características anatômicas da folha e da raiz. Posteriormente serão analisados teor e rendimento de óleo essencial. Os resultados serão avaliados utilizando o programa estatístico Sisvar..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2013 - 2015
Construindo práticas educativas inovadoras no ensino médio com enfoque em Educação Ambiental: um estudo exploratório em uma escola estadual do município de Muritiba-BA
Descrição: Este trabalho pretende refletir sobre possíveis contribuições para a efetivação da Educação Ambiental em uma escola de campo, através da utilização de práticas educativas na construção de uma consciência crítica atuante e responsável dos alunos. Terá como pressuposto que tais práticas pedagógicas na escola também serão capazes de colaborar no processo de ensino e prendizagem interdisciplinar e proporcionar condições para atividades coletivas de educação ambiental. No contexto do ensino médio, abordar-se-á o fortalecimento da interação de professores e alunos e destes consigo mesmos e com a Natureza, trabalhando a criatividade e a afetividade dos educandos como agentes de transformação do meio ambiente onde vivem. O estudo terá como objetivo geral desenvolver práticas educativas que possam auxiliar o professor a incentivar o aluno a ter respeito pela Natureza, por meio de um processo participativo e interativo de construção da cidadania. Para tanto, haverá dois momentos distintos: primeiramente, realizar-se-á uma pesquisa bibliográfica para a fundamentação teórica das questões ambientais e das práticas educativas. Contextualizar-se-á nos quatro pilares da educação: aprender a conhecer, aprender a fazer, aprender a viver juntos e aprender a ser. Num segundo momento, serão proporcionadas atividades artísticas e sociais aos alunos do ensino médio da Escola Estadual Manoel Benedito Mascarenhas , que fica localizada na zona rural do município de Muritiba, Bahia. Oficinas de reciclagem, histórias em quadrinhos, implantação da coleta seletiva, da prática da compostagem, construção de cartilhas educativas, utilização de sala ambiente, realização de curso de capacitação em Educação Ambiental, entre outras, serão as atividades que se destacarão dentre as práticas aplicadas. A metodologia utilizada será a qualitativa, mais especificamente um estudo de caso do tipo exploratório, que contará com a participação da professora, funcionários e alunos da escola. Como instrumento de coleta de dados serão aplicadas entrevistas e questionários dirigidos à diretora, professoras e alunos, bem como registros como: gravações, filmagens, fotos, diários de campo e de depoimentos dos alunos e seus pais. Espera-se que as práticas educativas aplicadas sejam capazes de colaborar com o processo de ensino-aprendizagem e contribuir para as interações entre alunos, professoras e demais participantes. As experiências vivenciadas contribuirão para sensibilizar e motivar os alunos para a aquisição de conhecimentos e valores voltados ao respeito à natureza e às questões ambientais de seu cotidiano..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) .
Integrantes: Girlene Santos de Souza - Coordenador / Anacleto Ranulfo dos Santos - Integrante / Viviane Borges Dias - Integrante / Daniel Melo de Castro - Integrante / Aline Santos dos Santos - Integrante / Vanessa dos Reis Ribeiro - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia - Auxílio financeiro.
2013 - 2015
Qualidade de luz e adubação orgânica na produção de biomassa, aspectos fisiológicos, anatômicos e no teor de óleo essencial de Melissa officinalis L.
Descrição: O cultivo de plantas medicinais assume importância mundial devido à demanda exercida pelas indústrias químicas, farmacêuticas, alimentícias e de cosméticos. Essa importância justifica o forte investimento em pesquisas com plantas medicinais, principalmente, na busca por novas ferramentas de investigação, determinação e síntese de produtos naturais. Entre as plantas medicinais, a melissa (Melissa officinalis L.), conhecida como erva-cidreira, pertence à família Lamiaceae, é de origem asiática e europeia e foi introduzida no Brasil há mais de um século, sendo atualmente cultivada em todo o país. Esta espécie é utilizada popularmente para controlar crises nervosas, taquicardia, melancolia, histerismo e ansiedade. Tendo em vista que em grande parte as plantas medicinais são de importante uso e cultivo por pequenos agricultores, a adubação orgânica é uma forma viável de incremento da produção. A utilização da adubação orgânica é uma prática cultural para melhorar as qualidades físico-químicas e microbiológicas do solo, pois liberam os nutrientes lentamente, porém de maneira constante, resultando em benefícios químicos e físicos para o solo, como melhoria na estruturação, aeração, drenagem e retenção de água. Outro fator que afeta a produção de biomassa, bem como de compostos químicos vegetais é a luz. Trabalhos realizados com cultivos sob malhas coloridas e sob proteção do excesso de irradiação solar tem sido desenvolvidos a fim de aumentar a produtividade do composto de interesse comercial. Assim, esta pesquisa será realizada com o objetivo de avaliar o efeito da intensidade e da qualidade espectral da luz transmitida pelas malhas fotoconversoras (Chromatinet®) vermelha e azul com 50% de sombreamento, em comparação à ausência de sombreamento (pleno sol), e da adubação orgânica, sobre os aspectos do desenvolvimento vegetativo, fisiológico, anatômico e fitoquímico de plantas jovens de Melissa officinalis L. Serão conduzidos dois ensaios separadamente, sendo um com esterco bovino e o outro com esterco de aves, na área experimental da UFRB, em Cruz das Almas, BA, sob condições de sombreamento, em delineamento inteiramente casualizado com cinco repetições e a parcela experimental composta por cinco vasos. Plantas de melissa serão cultivadas em vasos de 6 L, submetidas aos seguintes tratamentos: Ensaio I - esterco bovino (0; 10; 20; 30; 40 e 50 t ha-1); Ensaio II - esterco avícola (0; 10; 20; 30; 40 e 50 t ha-1). No final do experimento, serão avaliadas as características de crescimento da planta bem como aspectos anatômicos e o teor de óleo essencial em melissa. Os resultados obtidos serão submetidos à análise de variância, utilizando-se o programa estatístico ?SISVAR? (Ferreira, 2008) e as médias entre os tratamentos serão comparados pelo teste Tukey a 5% de probabilidade..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2013 - 2014
Plantas de manjericão (Ocimum basilicum L.) cultivadas sob diferentes malhas coloridas e concentrações de fósforo no Recôncavo Baiano
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2013 - 2013
Produção de Biomassa e óleo essencial em planta de manjericão (Ocimum Basilicum L.) cultivadas sob malhas coloridas e interação de nitrogênio e fósforo
Descrição: O presente trabalho visa obter informações sobre o efeito da intensidade e qualidade de luz com o uso das malhas fotoconversoras (Chromatinet®), nos aspectos fisiológicos de crescimento e teor de óleo essencial do manjericão e da interação do nitrogênio (N) e do fósforo (P) em diferentes concentrações..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2014
ADUBAÇÃO ORGÂNICA E MINERAL EM PLANTAS DE ORÉGANO (*Origanum vulgare *L.)
Descrição: - Avaliar a influencia de diferentes dosagem de adubação fosfatada e qualidade de luz no crescimento, desenvolvimento e produção de óleo essencial de planta de orágano (Origanum vulgare L.) Objetivo Específico - Avaliar as diferentes dosagens da adubação fosfata para a produção de óleo essencial de orégano; - Estimar a produção de biomassa fresca e massa seca das plantas de orégano, submetidos a diferentes concentrações de fósforo e de qualidade de luz; - Avaliar o efeito da luminosidade e da qualidade da luz transmitida pelas malhas coloridas (Chromatinet®) no crescimento das plantas de orégano através dos parâmetros: altura, diâmetro do colo da planta, biomassa seca da raiz e da parte área, biomassa total, relações raiz/ parte aérea, área foliar, área foliar especifica, razão de área foliar, razão de peso foliar; - Avaliar o efeito de diferentes doses de fósforo e da qualidadde de luz no teor de pigmentos fotossintéticos: clorofila a, b e total e características anatômicas (espessura dos parênquimas paliçádicos e lacunoso, epiderme abaxial e adaxial, limbo foliar, densidade estomática) das folhas de orégano; - Identificar a melhor interação da concentração de fósforo e da qualidade de luz quanto ao estado nutricional das plantas; - Verificar o efeito da qualidade da luz com 50 % de sombreamento das diferentes coberturas coloridas no rendimento do óleo essencial nas plantas de orégano..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2013
Influência da adubação fosfatada nas características biométricas de plantas de erva cidreira (Melissa officinalis) cultivadas sob malhas fotoconversoras
Descrição: O entendimento do comportamento fisiológico e nutricional dessa espécie a mudanças ambientais torna-se necessário para o aperfeiçoamento dos métodos de cultivo. Assim, observando a influência que a radiação solar e nutrição mineral exerce sobre a produção de fitomassa, este trabalho será realizado com o objetivo de avaliar o efeito da intensidade e da qualidade espectral da luz transmitida pelas malhas fotoconversoras (Chromatinet®) e da adubação fosfatada no crescimento inicial e nas características fisiológicas de Melissa officinalis L (erva-cidreira).
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2010 - 2012
Avaliação de características fotossintéticas, anatômicas, nutricionais e fitoquímicas de plantas jovens de alfavaca (Ocimum gratissimum Lineu) e alecrim (Rosmarinus officinalis L. cultivadas sob malhas fotoconversoras
Descrição: ? O presente trabalho visa obter informações sobre o balanço espectral da luz interceptada por plantas medicinais em estudo submetidas a tratamentos com adubação e coberturas coloridas, identificando possíveis respostas, diretas ou indiretas das plantas às mudanças na qualidade da luz refletida e interceptada, dando continuidade às pesquisas com espécies medicinais que avaliam as alterações anatômicas, fisiológicas e fitoquímicas sob diferentes condições ambientais. Processo Nº 23007.005483/2010-54.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Girlene Santos de Souza - Coordenador / Anacleto Ranulfo dos Santos - Integrante / Fernanda Carlota Nery - Integrante / Elvis Lima Vieira - Integrante / Jain dos Santos Silva - Integrante / Djane dos Reis Ferreira - Integrante / Camila Santiago Hohenfeld - Integrante.Financiador(es): Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - Cooperação.
2010 - 2011
CRESCIMENTO E DIAGNOSE NUTRICIONAL DA CULTURA DO GIRASSOL SUBMETIDA A DOSES DE FÓSFORO EM DIFERENTES NÍVEIS DE SATURAÇÃO POR BASES
Descrição: Esse projeto tem o objetivo de avaliar as respostas da cultura do Girassol (Helianthus annuus L.) em função das doses de fósforo em diferentes níveis de saturação por bases..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Girlene Santos de Souza - Integrante / Anacleto Ranulfo dos Santos - Coordenador / Jain dos Santos Silva - Integrante / Joctã Lima do Couto - Integrante / Peterson Costa Conceição Silva - Integrante.Financiador(es): Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - Cooperação.
2010 - Atual
DESENVOLVIMENTO VEGETATIVO, CARACTERÍSTICAS FOTOSSINTÉTICAS, ANATÔMICAS, NUTRICIONIAS E FITOQUÍMICAS DE PLANTAS MEDICINIAS E AROMÁTICAS CULTIVADAS SOB DIFERENTES AMBIENTES DE LUZ E ADUBAÇÃO
Descrição: Estudos relacionados com plantas medicinais e aromáticas são de relevância, para toda a população brasileira, uma vez que são utilizadas como fonte primária de medicação de significativa parte da população, e representarem fonte de renda para o pequeno agricultor e, para a indústria de fitoterápicos e de alimentos que tem crescido consideravelmente ao longo dos anos. Um fator que tem tido destaque em pesquisas científicas é a forma de cultivo, como o manejo da adubação que é de extrema importância, pois reflete na produção de fitomassa e de princípios ativos da planta, que é de grande interesse para a indústria. A luz é outro fator ambiental que desempenha papel relevante no controle dos processos associados ao acúmulo de biomassa, contribuindo, de forma inequívoca, para o desenvolvimento da planta, sendo a sua qualidade fator limitante no crescimento vegetal. O entendimento de como as plantas detectam, respondem e se adaptam aos estímulos do ambiente é importante para a melhor exploração agrícola dos genótipos hoje disponíveis. No entanto, esses estudos devem ser realizados de forma que simulem as situações de lavoura, ou seja, em ambiente com radiação natural e plantas crescendo em densidade de cultivo. O presente projeto guarda-chuva de pesquisa, tem o objetivo avaliar os impactos no crescimento, desenvolvimento, estado nutricional e anatomia de plantas medicinais e aromáticas, cultivadas em diferentes substratos e ambientes de luminosidade com adubações orgânicas e inorgânicas. O projeto busca integrar subprojetos de pesquisa complementares aplicadas às ciências agrárias e ao manejo dos recursos naturais e da conservação. Os vários subprojetos que serão desenvolvidos terão grande impacto sobre o manejo de plantas aromáticas e medicinais, principalmente quanto à adubação com substâncias orgânicas e minerais, assim como, o impacto da alteração do ambiente de luz sobre o metabolismo vegetal, minimizando os custos de produção e os efeitos positivos no ambiente de cultivo. Assim, espera-se que esses subprojetos produzam resultados efetivos com o desenvolvimento dessas pesquisas, obtendo-se resultados significativos e inovadores. Além disso, promover a divulgação desses resultados através de ciclos de palestras, em eventos científicos e publicações em periódicos específicos, objetivando gerar oportunidades para agregar novos conhecimento aos discentes da graduação e da pós-graduação, tanto nas atividades de análises químicas laboratoriais como em redação científica na geração de artigos e no desempenho como palestrantes em apresentações públicas. Os experimentos serão conduzidos em condições de campo e em casa de vegetação situados dentro da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia-UFRB, no município de Cruz das Almas-BA, Os delineamentos experimentais serão definidos conforme os arranjos e objetivos de cada estudo, com ênfase para o modelo inteiramente casualizado.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (6) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Girlene Santos de Souza - Coordenador / Marilza Neves Nascimento - Integrante / Fernanda Carlota Nery - Integrante / Elvis Lima Vieira - Integrante / Uasley Caldas de Oliveira - Integrante / Janderson do Carmo Lima - Integrante / Anacleto Ranulfo dos Santos - Integrante / Aglair Cardoso Alves - Integrante / Aline dos Anjos Souza - Integrante / Vanuse Costa de Oliveira - Integrante / Gilvanda Leão dos Anjos - Integrante / Flávia dos Santos Cunha - Integrante / Maria Elisa Falcao de Oliveira - Integrante / Diego Chaves Fagundes - Integrante / Patrícia Messias Ferreira - Integrante / Franciele Mediros Costa - Integrante / Alessandro Ramos de Jesus - Integrante.
2009 - 2010
Adubação verde e inóculo microbiano no cultivo do feijoeiro (phaseolus vulgaris l.) em um Latossolo Amarelo de Recôncavo Baiano.
Descrição: O objetivo deste trabalho foi avaliar o desempenho produtivo da cultura do feijoeiro, variedade Carioca, num Latossolo Amarelo do Recôncavo Baiano em função da aplicação materiais orgânicos e adubação verde, utilizando inoculo microbiano.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Girlene Santos de Souza - Integrante / Anacleto Ranulfo dos Santos - Coordenador / Joctã Lima do Couto - Integrante / Peterson Costa Conceição Silva - Integrante.Financiador(es): Fundação Mokiti Okada - Matriz - Auxílio financeiro.
2008 - 2011
Melhoramento Genético do Pinhão-Manso (Jatropha curcas L.) na Região do Baixo Parnaíba Maranhense
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2011
Desenvolvimento de Genótipos de Arroz de Terras Altas para a Região do Baixo Parnaíba Maranhense
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2011
Coleta, conservação, caracterização e avaliação de germoplasma de feijão-caupi (Vigna unguiculata (L.) Walp.) das regiões Norte, Centro e Leste do Estado do Maranhão
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2010
Avaliação de cultivares de milho de ciclo precoce na região do Baixo Parnaíba Maranhense
Descrição: Devido à importância do milho para o desenvolvimento agrário no Maranhão, objetivou-se selecionar e recomendar cultivares de milho de ciclo precoce e alto rendimento, estáveis e adaptadas à região do Baixo Parnaíba Maranhense. Para este objetivo, serão realizados ensaios de híbridos e variedades, em diferentes locais, no triênio 2008/2010. As sementes serão fornecidas pela EMBRAPA/CPATC e, fazem parte da rede nacional de cultivares de milho da região nordeste. As variáveis avaliadas na parcela útil serão: altura média de plantas e espiga em cm, início do florescimento feminino e rendimento de grãos em kg e índices fisiológicos (análise de crescimento). As variáveis avaliadas serão submetidas à análise de variância, considerando análise conjunta em modelo misto, obedecendo ao critério de homogeneidade dos quadrados médios residuais. No final do triênio, pretende-se realizar um dia de campo para recomendação de cultivares comerciais na região.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Girlene Santos de Souza - Integrante / Emmanuel Arnhold - Coordenador / Ricardo Gonçalves Silva - Integrante / Cleso Antônio Patto Pacheco - Integrante / Hélio Wilson Lemos de Carvalho - Integrante.Financiador(es): Banco do Nordeste do Brasil S/A - Auxílio financeiro.
2007 - 2011
Desenvolvimento de cultivares de feijão-caupi (Vigna unguiculata (L.) Walp) para a região do Baixo Parnaíba Maranhense
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2006 - 2007
Rendimento e qualidade da alface (var. crespa) em função de doses de N e P em solução nutritiva
Descrição: Descrição: Projeto de Pesquisa, que tem o objetivo de estudar o comportamento produtivo da alface var. crespa, e seu estado nutricional quando submetida a diferentes doses de nitrogênio e de fósforo em solução nutritiva. Também busca inserir alunos de Iniciação Científica com atividades no com cultivo hidropônico e práticas laboratoriais no preparo das respectivas soluções.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação ( 3) / Especialização ( 0) / Mestrado acadêmico ( 0) / Mestrado profissionalizante ( 0) / Doutorado ( 0) . Integrantes: Ubiratan Oliveira Souza - Integrante / Waldete Japiassu Souza Oliveira - Integrante / Girlene Santos de Souza - Integrante / José Arthur Matos Carneiro - Integrante / Anacleto Ranulfo dos Santos - Coordenador. Finaciador(es): Universidade Federal da Bahia - Cooperação.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2006 - 2007
Rendimento e qualidade do capim Brachiaria decumbens submetido a doses de P e S num Latossolo Amarelo
Descrição: Descrição: Projeto de Pesquisa com o objetivo de avaliar o efeito da interação fósforo e enxofre num Latossolo Amarelo Coeso do recôncavo da Bahia sobre o rendimento em forragem do capim-braquiária decumbens. Estudo desenvolvido em casa-de-vegetação, com vasos (5 kg de solo) em condições controlada.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação ( 3) / Especialização ( 0) / Mestrado acadêmico ( 0) / Mestrado profissionalizante ( 0) / Doutorado ( 0) . Integrantes: Ubiratan Oliveira Souza - Integrante / Waldete Japiassu Souza Oliveira - Integrante / Girlene Santos de Souza - Integrante / José Arthur Matos Carneiro - Integrante / Anacleto Ranulfo dos Santos - Coordenador. Finaciador(es): Universidade Federal da Bahia - Cooperação...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2006 - 2007
Produção e diagnose nutricional do amendoinzeiro (Arachis hypogaea) em função da interação N x S num Latossolo Amarelo do Recôncavo Baiano
Descrição: Descrição: Projeto de Pesquisa com o objetivo de avaliar o efeito produtivo de grãos e diagnose nutricional das plantas devido à adubação nitrogenada e sulfatada num amendoinzeiro cultivado num Latossolo Amarelo Coeso do recôncavo da Bahia.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação ( 1) / Especialização ( 0) / Mestrado acadêmico ( 0) / Mestrado profissionalizante ( 0) / Doutorado ( 0) . Integrantes: Ubiratan Oliveira Souza - Integrante / Girlene Santos de Souza - Integrante / Anacleto Ranulfo dos Santos - Coordenador. Finaciador(es): Universidade Federal da Bahia - Cooperação...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2005 - 2008
CRESCIMENTO, AVALIAÇÃO DE CARACTERÍSTICAS FOTOSSINTÉTICAS, ESTRUTURAIS E FITOQUÍMICAS DE PLANTAS DE IPECA (Psychotria ipecacuanha (BROT.) STOVES) E GUACO (Mikania leavigata Shultz Bip.) SUBMETIDAS A DIFERENTES CONDIÇÕES DE LUMINOSIDADE: DURAÇÃO,INTENSIDA
Descrição: Possuidor de uma das mais ricas floras do mundo, o Brasil conta com mais de 120.000 espécies das quais cerca de 10% são consideradas medicinais, e apesar dessa grande diversidade genética vegetal, os investimentos do país nas pesquisas referentes a este grupo de plantas são pequenos, sendo os estudos ainda muito escassos. Mikania glomerata e Mikania laevigata são duas espécies brasileiras, pertencente ao gênero Mikania, ambas conhecidas como guaco, que apresentam grande uso fitoterápico com ação broncodilatadora. Estudos recentes têm demonstrado que a espécie M. laevigata apresenta também efeito antiulcerogênico, e várias pesquisas estão em andamento com o objetivo de comprovar seu efeito fitoterápico para outros fins, assim como na prevenção de doenças. Uma das principais substâncias associadas ao seu efeito terapêutico é a cumarina. A espécie [Psychotria ipecacuanha (Brot.) Stoves], popularmente conhecida como Ipeca, Poaia ou Ipecacuanha possui em suas raízes 7 alcalóides: emetina, cefalina, psicotrina, ipecamina, hidroipecamina, metilpsicotrina e emetamina. Essas sSão utilizados no tratamento da desinteria amebiana, de náuseas e vômitos na gravidez e asma, além de possuir propriedades adstringentes, expectorantes, hemostáticos, sudoríficos, eméticos e antiinflamatórias (Vieira,1991). A emetina é a principal substância encontrada nesta espécie associada aos efeitos fitoterápicos.O objetivo deste projeto é avaliar as alterações anatômicas e fisiológicas desencadeadas por diferentes níveis de radiação, e fotoperíodos e características espectrais que possam alterar a produção de cumarina e emetina, em guaco e ipeca, respectivamente..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Girlene Santos de Souza - Integrante / Evaristo Mauro de Castro - Coordenador / José Eduardo B P Pinto - Integrante / Amauri Alves de Alvarenga - Integrante / Jose Donizeti Alves - Integrante / Eduardo alves - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2002 - 2004
Bases Moleculares para o Florescimento Precoce em Espécies Arbóreas
Descrição: O objetivo deste projeto foi a investigação dos mecanismos moleculares envolvidos na indução do florescimento em espécies arbóreas. Na planta modelo Arabidopsis thaliana, (Brassicaceae) o gene LEAFY (LFY) é um elemento central do sistema genético que controla a transição do meristema vegetativo para o meristema reprodutivo. Há evidências de que este gene seja evolutivamente conservado em outras espécies, desempenhando a mesma função. Por esta razão, genes homólogos ao gene LFY das espécies arbóreas Pinus caribaea var. hondurensis, Eucalyptus grandis, Hevea brasiliensis, e Cedrela fissilis), foram clonados e caracterizados. Os padrões de expressão dos mesmos serão analisados por hibridização in situ, e os dados obtidos serão complementados por um estudo morfo-anatômico das modificações observadas durante o desenvolvimento floral das espécies arbóreas escolhidas. Os homólogos de LFY das espécies arbóreas terão sua homologia funcional analisada em experimentos de complementação do mutante lfy de A. thaliana. Os resultados obtidos pelo projeto apresentado possuem importância científico-teórica, pois fornecerão bases moleculares para o entendimento do controle genético do florescimento em espécies arbóreas. Este projeto possui também importância aplicada pois permitirá estudos futuros de obtenção de plantas de espécies arbóreas geneticamente modificadas para o florescimento precoce, importante para programas de melhoramento genético florestal...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Girlene Santos de Souza - Integrante / Marcelo Carnier Dornelas - Coordenador / Adriana P M Rodriguez - Integrante / Felipe Gabriel Adriano - Integrante / Cristiano Alamda Lobo - Integrante / Hérika Aparecida de Araújo Bequis Zaia - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
2001 - 2003
Análise comparativa do desenvolvimento floral em Hevea brasiliensis (Willd. Ex. Adr. De Juss.) Muell. Arg. e em Phyllanthus niruri L. (Euphorbiaceae)
Descrição: Este projeto objetivou analisar comparativamente o desenvolvimento floral de uma espécie arbórea [Hevea brasiliensis (Willd. Ex. Adr. De Juss.) Muell. Arg.] e de uma espécie herbácea (Phyllanthus niruri L) da família Euphorbiaceae. Esta análise compreendeu o estudo do padrão de expressão do gene LEAFY (LFY) durante a transição para o florescimento nestas espécies, bem como na análise morfo-anatômica do desenvolvimento floral das mesmas. Há evidências de que o gene LFY, identificado primeiramente na planta modelo Arabidopsis thaliana, (Brassicaceae) como um elemento central da transição do meristema vegetativo para o meristema reprodutivo, seja evolutivamente conservado em outras espécies. O padrão de expressão de LFY foi analisado por hibridização in situ, e os dados obtidos foram complementados por um estudo morfo-anatômico das modificações observadas durante o desenvolvimento floral das espécies escolhidas. Os resultados obtidos pelo projeto apresentado fornecerão subsídios importantes para o entendimento do processo de evolução do hábito de desenvolvimento vegetativo (arbóreo ou herbáceo) em Euphorbiaceae e do controle genético do florescimento em seringueira.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação ( 0) / Especialização ( 0) / Mestrado acadêmico ( 1) / Mestrado profissionalizante ( 0) / Doutorado ( 0) . Integrantes: Adriana Pinheiro Martinelli Rodriguez - Integrante / Girlene Santos de Souza - Integrante / Marcelo Carnier Dornelas - Coordenador. Finaciador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa. Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Girlene Santos de Souza - Integrante / Marcelo Carnier Dornelas - Coordenador / Adriana P M Rodriguez - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.


Projetos de extensão


2017 - Atual
Estratégias de Educação Ambiental Escolar e Permacultura na Escola Municipal Joaquim de Medeiros, Cruz das Almas,BA
Descrição: Esse projeto se constitui como uma contribuição significativa para o fortalecimento e efetivação da educação ambiental crítica na comunidade acadêmica do Escola Municipal Joaquim de Medeiros ? Cruz das Almas, BA, no sentido em que se propõe a desenvolver atividades teóricas e práticas de caráter formador e intervencionista, diretamente ligadas com a proposta de educação crítica que tenha como objetivo principal contribuir para o processo de emancipação humana. As atividades a serem desenvolvidas buscam fundamentação nos princípios básicos da Permacultura (Cuidado com a terra, Cuidado com as pessoas e Partilha justa) aliados aos de Educação Ambiental com viés crítico. Entendemos ser possível e necessária a relação da Permacultura com a prática educativa de caráter transformador, pois esta se configura como a materialização das mudanças de valores almejados para a construção de uma sociedade mais justa e igualitária. Nessa perspectiva, pretendemos com esse projeto, construir coletivamente as bases ambientais de uma educação de fato libertadora, que dá sentido as modificações das relações que vem sendo estabelecidas entre o ?bicho homem? e os outros animais, bem como destes com os recursos naturais disponíveis no meio ambiente. Este trabalho é pautado na necessidade de revisão das bases educacionais que dão sentido a prática do educador do campo, ou seja, se constitui como uma colaboração para o processo de reconhecimento da escola do campo como espaço de transferência de conhecimentos historicamente acumulados, que por muito tempo foi negado ao povo camponês, bem como de construção de novos saberes e práticas que servirão de alicerce para a transformação dos padrões de vida estabelecidos no campo brasileiro, em especial, nesse caso, do recôncavo baiano. As etapas de realização desse trabalho estão organizadas em eixos temáticos transdisciplinares que trazem a proposta de realização de atividades teóricas e práticas que envolvam a comunidade escolar na construção de saberes interligados e dependentes, trazendo à tona o eixo temático principal ?A Organização da vida em sociedade?, que dará embasamento para a realização de todas as atividades propostas. Nesse sentido acreditamos que os resultados obtidos com esse trabalho serão alcançados, principalmente por entendermos a necessidade de se pensar o espaço escolar como mobilizador da arte, da vida, dos conhecimentos que nos fazem humanos e que nos fazem os únicos seres vivos capazes de mudar o curso da nossa história..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Girlene Santos de Souza - Coordenador.
2015 - 2016
CONSTRUINDO PRÁTICAS EDUCATIVAS INOVADORAS COM ENFOQUE EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL: EXPLORATÓRIO EM ESCOLAS PÚBLICAS DA REGIÃO DO RECÔNCAVO BAIANO
Descrição: Este trabalho pretende refletir sobre possíveis contribuições para a efetivação da Educação Ambiental em escola públicas, através da utilização de práticas educativas na construção de uma consciência crítica atuante e responsável dos alunos. Terá como pressuposto que tais práticas pedagógicas na escola também serão capazes de colaborar no processo de ensino e aprendizagem interdisciplinar. O estudo terá como objetivo desenvolver práticas educativas que possam auxiliar professores a incentivar os alunos a ter respeito pela natureza, por meio de um processo participativo e interativo de construção da cidadania. Para tanto, haverá dois momentos distintos: primeiramente, realizar-se-á uma pesquisa bibliográfica para a fundamentação teórica das questões ambientais e práticas educativas, onde contextualizar-se-á nos quatro pilares da educação: aprender a conhecer, aprender a fazer, aprender a viver juntos e aprender a ser. Num segundo momento, serão proporcionadas atividades artísticas e sociais aos alunos das escolas envolvidas. Oficinas de reciclagem, histórias em quadrinhos, implantação da coleta seletiva, da prática da compostagem, construção de cartilhas educativas, utilização de sala ambiente, realização de curso de capacitação em Educação Ambiental, entre outras, serão as atividades que se destacarão dentre as práticas aplicadas. A metodologia utilizada será a qualitativa, mais especificamente um estudo de caso do tipo exploratório. Como instrumento de coleta de dados serão aplicadas entrevistas e questionários, e registros como: gravações, filmagens, fotos, diários de campo entre outros. Espera-se que as práticas educativas aplicadas sejam capazes de colaborar com o processo de ensino e aprendizagem e contribuir para as interações entre alunos, professoras e demais participantes..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) .
Integrantes: Girlene Santos de Souza - Coordenador / Anacleto Ranulfo dos Santos - Integrante / Viviane Borges Dias - Integrante / Daniel Melo de Castro - Integrante / Vanessa dos Reis Ribeiro - Integrante / Jeane Almeida - Integrante / Pollyana da Silva de Magalhães - Integrante.Financiador(es): PREOXT MEC SESU - Auxílio financeiro.
2014 - 2016
Construindo práticas educativas inovadoras com enfoque em Educação Ambiental: estudo exploratório em escolas públicas da região do Recôncavo Baiano
Descrição: ste trabalho pretende refletir sobre possíveis contribuições para a efetivação da Educação Ambiental em escola públicas, através da utilização de práticas educativas na construção de uma consciência crítica atuante e responsável dos alunos. Terá como pressuposto que tais práticas pedagógicas na escola também serão capazes de colaborar no processo de ensino e aprendizagem interdisciplinar. O estudo terá como objetivo desenvolver práticas educativas que possam auxiliar professores a incentivar os alunos a ter respeito pela natureza, por meio de um processo participativo e interativo de construção da cidadania. Para tanto, haverá dois momentos distintos: primeiramente, realizar-se-á uma pesquisa bibliográfica para a fundamentação teórica das questões ambientais e práticas educativas, onde contextualizar-se-á nos quatro pilares da educação: aprender a conhecer, aprender a fazer, aprender a viver juntos e aprender a ser. Num segundo momento, serão proporcionadas atividades artísticas e sociais aos alunos das escolas envolvidas. Oficinas de reciclagem, histórias em quadrinhos, implantação da coleta seletiva, da prática da compostagem, construção de cartilhas educativas, utilização de sala ambiente, realização de curso de capacitação em Educação Ambiental, entre outras, serão as atividades que se destacarão dentre as práticas aplicadas. A metodologia utilizada será a qualitativa, mais especificamente um estudo de caso do tipo exploratório. Como instrumento de coleta de dados serão aplicadas entrevistas e questionários, e registros como: gravações, filmagens, fotos, diários de campo entre outros. Espera-se que as práticas educativas aplicadas sejam capazes de colaborar com o processo de ensino e aprendizagem e contribuir para as interações entre alunos, professoras e demais participantes..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2014 - 2014
Terra que Educa: uma proposta de Educação Ambiental e Permacultura no Colégio Municapal da embira, Cruz das Almas, BA
Descrição: Esse projeto se constitui como uma contribuição significativa para o fortalecimento e efetivação da educação ambiental crítica na comunidade escolar da Embira (Colégio Municipal da Embira ? Cruz das Almas, BA), no sentido em que se propõe a desenvolver atividades teóricas e práticas de caráter formador e intervencionista, diretamente ligadas com a proposta de educação crítica que tenha como objetivo principal contribuir para o processo de emancipação humana. As atividades a serem desenvolvidas buscam fundamentação nos princípios básicos da Permacultura (Cuidado com a terra, Cuidado com as pessoas e Partilha justa) aliados aos de educação ambiental com viés crítico. Entendemos ser possível e necessária a relação da Permacultura com a prática educativa de caráter transformador, pois esta se configura como a materialização das mudanças de valores almejados para a construção de uma sociedade mais justa e igualitária. Nessa perspectiva, pretendemos com esse projeto, construir coletivamente as bases ambientais de uma educação de fato libertadora, que dá sentido as modificações das relações que vem sendo estabelecidas entre o ?bicho homem? e os outros animais, bem como destes com os recursos naturais disponíveis no meio ambiente. Este trabalho é pautado na necessidade de revisão das bases educacionais que dão sentido a prática do educador do campo, ou seja, se constitui como uma colaboração para o processo de reconhecimento da escola do campo como espaço de transferência de conhecimentos historicamente acumulados, que por muito tempo foi negado ao povo camponês, bem como de construção de novos saberes e práticas que servirão de alicerce para a transformação dos padrões de vida estabelecidos no campo brasileiro, em especial, nesse caso, do recôncavo baiano. As etapas de realização desse trabalho estão organizadas em eixos temáticos transdisciplinares que trazem a proposta de realização de atividades teóricas e práticas que envolvam a comunidade escolar na construção de saberes interligados e dependentes, trazendo à tona o eixo temático principal ?A Organização da vida em sociedade?, que dará embasamento para a realização de todas as atividades propostas. Nesse sentido acreditamos que os resultados obtidos com esse trabalho serão alcançados, principalmente por entendermos a necessidade de se pensar o espaço escolar como mobilizador da arte, da vida, dos conhecimentos que nos fazem humanos e que nos fazem os únicos seres vivos capazes de mudar o curso da nossa história..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2013 - 2015
CONSTRUINDO PRÁTICAS EDUCATIVAS INOVADORAS NO ENSINO MÉDIO COM ENFOQUE EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL: ESTUDO EXPLORATÓRIO EM UMA ESCOLA ESTADUAL DO MUNICÍPIO DE MURITIBA - BA
Descrição: Este trabalho pretende refletir sobre possíveis contribuições para a efetivação da Educação Ambiental em uma escola de campo, através da utilização de práticas educativas na construção de uma consciência crítica atuante e responsável dos alunos. Terá como pressuposto que tais práticas pedagógicas na escola também serão capazes de colaborar no processo de ensino e aprendizagem interdisciplinar e proporcionar condições para atividades coletivas de educação ambiental. No contexto do ensino médio, abordar-se-á o fortalecimento da interação de professores e alunos e destes consigo mesmos e com a Natureza, trabalhando a criatividade e a afetividade dos educandos como agentes de transformação do meio ambiente onde vivem. O estudo terá como objetivo geral desenvolver práticas educativas que possam auxiliar o professor a incentivar o aluno a ter respeito pela Natureza, por meio de um processo participativo e interativo de construção da cidadania.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2013 - 2015
Projeto Universidade Para Todos- UPT/UFRB 2014
Descrição: O Projeto Universidade para Todos, criado pelo governo do Estado da Bahia através do Decreto nº 9.149, de 23 de julho de 2004, é coordenado pela Secretaria da Educação e executado em parceria com as Universidades Estaduais (Uneb, Uefs, Uesb, Uesc) e a Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB). Trata-se de uma ação voltada para fortalecer a política de acesso à educação superior, direcionada a estudantes concluintes e egressos do ensino médio da rede pública estadual. O curso é presencial, com carga horária de 25 horas semanais e aulas das disciplinas Português, Redação, Matemática, Física, Química, Biologia, Literatura, Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol), História e Geografia, tendo como objetivo consolidar e aprofundar conhecimentos adquiridos pelos alunos, preparando-os para os processos seletivos de ingresso ao ensino superior. O Projeto UPT como política educacional afirmativa de acesso à educação superior, se fundamenta no princípio de igualdade de oportunidades por meio do aprofundamento de conhecimentos e habilidades cobrados no processo seletivo do vestibular. Assim, a execução do Projeto UPT possibilitará ao estudante inserir-se no contexto de luta pelo direito social de igualdade de oportunidade e tratamento, perante outros de classe elevada, preparados adequadamente para ocupar as vagas nas universidades públicas. O projeto Universidade para Todos (UPT) reafirma-se pelo seu caráter público de política afirmativa, compulsória, que proporciona o acesso à educação superior e à inclusão sócio-educativa. A pertinência social do projeto se fundamenta como política afirmativa de acesso à educação superior ao estudante oriundo da escola pública que deseja atingir melhor preparação. Dá-se por meio do aprofundamento de conteúdos e competências direcionados ao exame de vestibular, ao desenvolvimento da autoestima, além das atividades voltadas para a orientação profissional. Além disso, O Projeto oferecerá também, material didático.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2013 - 2014
Uma proposta de Educação Ambiental em Escolas Públicas de Cruz das Almas - Ba utilizando o Lixo como tema interdisciplinar
Descrição: Esse estudo é de suma importância, pois trará grande contribuição não só para a atuação governamental no que tange a destinação correta dos resíduos sólidos, com também para despertar em nossos alunos a consciência de que praticamente todo o lixo pode ser reaproveitado, podendo inclusive, ser usado na confecção de ricos e criativos materiais didáticos, que servirão de instrumentos para enriquecer as aulas, facilitando assim, o processo ensino/aprendizagem. A problemática ambiental abrange uma série de questões de ordem política, econômica, cultural, social e não apenas as de ordem ecológica. Para se alcançar uma transformação de hábitos na sociedade, a fim de conscientizar as pessoas dos problemas ambientais, a educação ambiental tem sido apontada como melhor estratégia. Na teoria a educação ambiental não deveria se tornar mais uma disciplina do currículo da educação formal, e sim o meio ambiente deveria, como tema transversal, permear todas as disciplinas em busca de uma interdisciplinaridade. A interdisciplinaridade vem sendo apontada como principal estratégia para se alcançar um verdadeiro conhecimento do mundo real com toda sua complexidade. Apesar disso uma série de dificuldades impedem a adoção desta prática. Dentre todos os problemas ambientais, o do lixo é um dos mais preocupantes. Assim sendo, este projeto propõe uma série de procedimentos que buscam uma educação ambiental com enfoque interdisciplinar, para se alcançar a alfabetização ecológica, utilizando o lixo como tema gerador. Esse projeto terá como ações concretas a realização de algumas visitas técnicas de estudos em alguns locais (lixão municipal, terrenos baldios, etc) onde o lixo é depositado inadequadamente, a confecção de materiais didáticos alternativos usando sucatas, culminando com uma exposição dos trabalhos, a implantação no ambiente escolar de um projeto piloto de separação do lixo, a organização de uma cartilha educativa, realização de mini-cursos, entre outras.Este trabalho será conduzid.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Girlene Santos de Souza - Coordenador / Marcos da Cunha Teixeira - Integrante / Daniel Melo de Castro - Integrante / Aline Santos dos Santos - Integrante / Vanessa Ribeiro dos Reis - Integrante / Anacleto Ranulfo dos Santos - Integrante.
2012 - 2013
Projeto Universidade Para Todos
Descrição: O Projeto Universidade para Todos, criado pelo governo do Estado da Bahia através do Decreto nº 9.149, de 23 de julho de 2004, é coordenado pela Secretaria da Educação e executado em parceria com as Universidades Estaduais (Uneb, Uefs, Uesb, Uesc) e a Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB). Trata-se de uma ação voltada para fortalecer a política de acesso à educação superior, direcionada a estudantes concluintes e egressos do ensino médio da rede pública estadual. O curso é presencial, com carga horária de 25 horas semanais e aulas das disciplinas Português, Redação, Matemática, Física, Química, Biologia, Literatura, Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol), História e Geografia, tendo como objetivo consolidar e aprofundar conhecimentos adquiridos pelos alunos, preparando-os para os processos seletivos de ingresso ao ensino superior. O Projeto UPT como política educacional afirmativa de acesso à educação superior, se fundamenta no princípio de igualdade de oportunidades por meio do aprofundamento de conhecimentos e habilidades cobrados no processo seletivo do vestibular. Assim, a execução do Projeto UPT possibilitará ao estudante inserir-se no contexto de luta pelo direito social de igualdade de oportunidade e tratamento, perante outros de classe elevada, preparados adequadamente para ocupar as vagas nas universidades públicas. O projeto Universidade para Todos (UPT) reafirma-se pelo seu caráter público de política afirmativa, compulsória, que proporciona o acesso à educação superior e à inclusão sócio-educativa. A pertinência social do projeto se fundamenta como política afirmativa de acesso à educação superior ao estudante oriundo da escola pública que deseja atingir melhor preparação. Dá-se por meio do aprofundamento de conteúdos e competências direcionados ao exame de vestibular, ao desenvolvimento da autoestima, além das atividades voltadas para a orientação profissional. Além disso, O Projeto oferecerá também, material didático e isenção.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2010 - 2012
Projeto Utilixo: uma experiência de Educação Ambiental em Escolas Públicas Municipais de Cruz das Almas
Descrição: Este trabalho será conduzido com o objetivo de colaborar para a melhoria da qualidade de vida do povo de Cruz das Almas; promover, por meio de ensino formal a conscientização sobre os problemas ambientais em nossa sociedade, em especial, sobre o lixo, seu destino e possíveis formas de reaproveitamento; utilizar a temática lixo em sala de aula dos diferentes componentes curriculares; organizar campanhas comunitárias de redução, reciclagem e reutilização de lixo nas escolas; difundir a idéia sustentável de que o lixo é fonte de renda e economia da natureza; separar os materiais cujo destino é o lixo e reaproveitá-los em aulas de ciências, artes dentre outras, visando melhorar as relações entre sociedade e ambiente. O período de vivência será de fevereiro/2010 a jeneiro/2012), dividido em quatro momentos: I ? Estudo dos estabelecimentos de ensino objeto de estudo; II ? visita in loco aos estabelecimentos de ensino; III - Vivência em sala de aula e IV - Elaboração e divulgação de jornais, folder e cartilha informativa. O projeto Utilixo: uma experiência de Educação Ambiental trará resultados satisfatórios atendendo a todas as expectativas, visando construir um olhar sobre a importância econômica do lixo bem como melhorar a qualidade ambiental da comunidade, a partir da coleta seletiva do lixo e deu sua reciclagem. As cartilhas e jornais elaborados contribuirão para a formação de um cidadão consciente e crítico dos problemas causados pela má gestão do lixo, ajudando os educadores a ampliar a Educação Ambiental da comunidade escolar e a fortalecer o movimento de preservação do nosso planeta para as gerações futuras. A realização desse trabalho se pauta em estudos bibliográficos e qualitativos sobre a Educação Ambiental e reciclagem do lixo através de projetos interdisciplinares..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Girlene Santos de Souza - Coordenador / Marcos da Cunha Teixeira - Integrante / Daniel Melo de Castro - Integrante / Aline Santos dos Santos - Integrante / Vanessa Ribeiro dos Reis - Integrante / Anacleto Ranulfo dos Santos - Integrante / Viviane Borges Dias - Integrante / Poliana Brandão Machado - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia - Auxílio financeiro.
2007 - 2009
PROJETO UTILIXO: construindo arte-educação na Escola
Descrição: Despertar na comunidade Escolar (alunos, professores, funcionários, pais), bem como nas autoridades municipais de Chapadinha, MA, a difusão de conceitos e práticas que contribuam para preservação e proteção do meio ambiente e a melhoria da qualidade de vida, estimulando em cada segmento da sociedade a adotarem novos valores e atitudes, mobilizando a comunidade para implantação de coleta seletiva; b) Desenvolver projetos temáticos na área de "Meio Ambiente e Cidadania", com a finalidade de diminuir os impactos ambientais provocados pelo homem, através do empenho de toda a comunidade escolar que de forma contínua, integrada e interdisciplinar, proporcione a melhoria da qualidade do ensino-aprendizagem.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Girlene Santos de Souza - Coordenador / Emmanuel Arnhold - Integrante / Ricardo Gonçalves Silva - Integrante / Gustavo Hugo Ferreira Oliveira - Integrante / Leoneide Brita Martins - Integrante.


Outros Projetos


2005 - 2005
Resposta da cultura do amendoinzeiro (Arachis hypogaea) em função da adubação fosfatada e potássica num Latossolo Amarelo do recôncavo Baiano
Descrição: Descrição: Projeto de Pesquisa: Este projeto tem como objetivo avaliar a influencia da adubação fosfatada e potássica quando interagida, em um Latossolo Amarelo coeso, sobre o desenvolvimento produtivo e a diagnose nutricional do amendoinzeiro na região do recôncavo da Bahia.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação ( 2) / Especialização ( 0) / Mestrado profissionalizante ( 0) / Doutorado ( 0) . Integrantes: Ubiratan Oliveira Souza - Integrante / Waldete Japiassu Souza Oliveira - Integrante / Girlene Santos de Souza - Integrante / Anacleto Ranulfo dos Santos - Coordenador. Finaciador(es): Universidade Federal da Bahia - Cooperação / Fundação Mokiti Okada - M.O.A. - Cooperação. Número de produções C, T & A: 1..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.


Membro de corpo editorial


2018 - Atual
Periódico: Atena Editora
2015 - Atual
Periódico: Boletim Informativo de Pesquisa e Extensão em Ciências Agrárias, Ambientais
2014 - Atual
Periódico: Revista Extensão
2013 - Atual
Periódico: ANIMAL - Produtora e Editora Ltda - ME


Revisor de periódico


2012 - Atual
Periódico: Revista Monografias Ambientais
2012 - Atual
Periódico: Revista eletrônica em Gestão, Educação e Tecnologia Ambiental
2015 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Plantas Medicinais
2015 - Atual
Periódico: Revista Extensão
2015 - Atual
Periódico: Revista Caatinga (Online)


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Fisiologia Vegetal.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Morfologia Vegetal/Especialidade: Anatomia Vegetal.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Anatomia e morfologia floral.
4.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Morfologia Vegetal.
5.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica.
6.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Fisiologia / Subárea: Fisiologia de plantas em condições de estresse ambiental.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
ALVES, A. C.2018ALVES, A. C. ; NASCIMENTO, F. ; SOUZA, G. S. ; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos . Biomass production and essential oil of lemon balm cultivated under colored screens and nitrogen. HORTICULTURA BRASILEIRA, v. 36, p. 94-99, 2018.

2.
Costa, F M2018Costa, F M ; Anjos, G L ; CAMILO, G. B. M. ; OLIVEIRA, U. C. ; SOUZA, GIRLENE ; SANTOS, A. R. . 'Produção de mudas de maracujazeiro amarelo em diferentes composições de substrato e ambiência'. REVISTA DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS (LISBOA), v. 41, p. 138-146, 2018.

3.
Anjos, G L2018Anjos, G L ; Costa, F M ; Souza, A A ; SOUZA, GIRLENE ; SANTOS, A. R. . Growth and photosynthetic pigment content in Salvia hispanica L. with macronutrient omission in nutrient solution. CIENTÍFICA (JABOTICABAL. ONLINE), v. 46, p. 323-328, 2018.

4.
Oliveira, M E F2018Oliveira, M E F ; SOUZA, G. S. ; SANTOS, A. R. . LIGHT ENVIRONMENTS AND PHOSPHORUS DOSES IN THE GROWTH OF BASIL PLANTS. NATIVA, v. 6, p. 326-332, 2018.

5.
Lima, JC2018Lima, JC ; OLIVEIRA, U. C. ; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos ; Souza, A A ; SOUZA, G. S. . The proportions of ammonium and nitrate on the growth of plants of (Lippia alba (Mill) N. E. Br.). grown under light environments. REVISTA DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS (LISBOA), v. 41, p. 655-662, 2018.

6.
Oliveira, V C2017Oliveira, V C ; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos ; SOUZA, G. S. . Respostas fisiológicas de plantas de orégano (Origanum vulgare L.) cultivadas sob malhas coloridas e fertilizantes orgânicos. REVISTA COLOMBIANA DE CIENCIAS HORTICOLAS, v. 11, p. 400-407, 2017.

7.
SANTOS, M. A.2017SANTOS, M. A. ; SOUZA, G. S. . DIMENSÃO PEDAGÓGICA E PRINCÍPIOS DA GESTÃO ESCOLAR DA REDE ESTADUAL DE ENSINO DE CRUZ DAS ALMAS ? BA. GESTÃO UNIVERSITÁRIA, v. 7, p. 1-20, 2017.

8.
Santos, A. S.2017Santos, A. S. ; SOUZA, G. S. ; Dias, VB . A INSERÇÃO DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL NO CURRÍCULO ESCOLAR NA REDE PÚBLICA DE ENSINO DO MUNICÍPIO DE CRUZ DAS ALMAS ? BA. EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM AÇÃO, v. 60, p. 1, 2017.

9.
Vieira, A M S2017Vieira, A M S ; Silva, MA ; Mendes, TF ; Carvalho, QC ; SOUZA, G. S. . REAPROVEITAMENTO DO ÓLEO DE COZINHA PARA A FABRICAÇÃO DE SABÃO: UMA AÇÃO SUSTENTÁVEL VOLTADA PARA EDUCAÇÃO AMBIENTAL. EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM AÇÃO, v. 60, p. 20, 2017.

10.
Anjos, G L2017Anjos, G L ; Santos, F. S. ; Fagundes, D. C. ; SOUZA, GIRLENE SANTOS DE . Índice de clorofila em mudas de pimentão cultivado sob diferentes substratos e ambientes de luz. SCIENTIFIC ELECTRONIC ARCHIVES, v. 10, p. 160-164, 2017.

11.
Moreira, G2017Moreira, G ; SOUZA, GIRLENE SANTOS DE . Efeito de diferentes proporções de substratos e ambientes de luz na produção de mudas de couve. SCIENTIFIC ELECTRONIC ARCHIVES, v. 10, p. 165, 2017.

12.
BRASIL, C. B.2017BRASIL, C. B. ; SOUZA, GIRLENE SANTOS DE . CONCEPÇÕES DE PROFESSORES COLABORADORES DE BIOLOGIA SOBRE ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM ESCOLAS DA REDE ESTADUAL DO MUNICÍPIO DE CRUZ DAS ALMAS, BA. GESTÃO UNIVERSITÁRIA, v. 7, p. 1-20, 2017.

13.
SOUZA, GIRLENE SANTOS DE2017SOUZA, GIRLENE SANTOS DE; LIMA, JANDERSON CARMO ; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos ; OLIVEIRA, UASLEY CALDAS DE ; BEZERRA, MARIANA NOGUEIRA . Produção de fitomassa de Sálvia officinalis L. cultivada sob malhas coloridas e doses de esterco avícola. REVISTA VERDE DE AGROECOLOGIA E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL, v. 12, p. 182-186, 2017.

14.
Anjos, G L2017 Anjos, G L ; SOUZA, GIRLENE ; Fagundes, D. C. ; SANTOS, A. R. . Initial growth of sweet pepper in different substrates and light environments. CIENTÍFICA (JABOTICABAL. ONLINE), v. 45, p. 406, 2017.

15.
Lima, JC2017 Lima, JC ; OLIVEIRA, U. C. ; SANTOS, A. R. ; Souza, A A ; SOUZA, GIRLENE . Diagnose nutricional de Lippia alba (Mill) N. E. Br. cultivada sob proporções de amônio e nitrato e ambientes de luz. REVISTA DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS (LISBOA), v. 40, p. 770-776, 2017.

16.
SILVA, T. P.2017SILVA, T. P. ; SOUZA, G. S. . CONCEPÇÕES DA PROFISSÃO DOCENTE: UM DIAGNÓSTICO COM ALUNOS DA LICENCIATURA EM BIOLOGIA DA UFRB. Educação Ambiental em Ação, v. 59, p. 1-15, 2017.

17.
SOUZA, G. S.;SOUZA, GIRLENE SANTOS DE;SOUZA, GIRLENE;Girlene Santos de Souza2016SOUZA, G. S.; Cabral, M . FATORES QUE INTERFEREM NA APRENDIZAGEM DE CIÊNCIAS: PESQUISA COM ALUNOS DO 8ª ANO. Revista Ciências & Idéias, v. 7, p. 54-70, 2016.

18.
Oliveira, N.A.S.2016Oliveira, N.A.S. ; SOUZA, G. S. . SEQUÊNCIA DIDÁTICA PARA O ENSINO DE BOTÂNICA USANDO PLANTAS DA MEDICINA POPULAR EM TURMAS DE 7° ANO DE ESCOLAS RURAIS DE CACHOEIRA/BA. Educação Ambiental em Ação, v. 56, p. 1, 2016.

19.
REIS, VANESSA RIBEIRO DOS2016REIS, VANESSA RIBEIRO DOS ; SOUZA, GIRLENE SANTOS DE ; DIAS, VIVIANE BORGES . EDUCAÇÃO AMBIENTAL NO ENSINO FORMAL: ATUAÇÃO DO PROFESSOR NAS ESCOLAS MUNICIPAIS DE CRUZ DAS ALMAS- BA. Pesquisa em Educação Ambiental (Online), v. 11, p. 52-65, 2016.

20.
OLIVEIRA, VANUZE2016OLIVEIRA, VANUZE ; SANTOS, ANACLETO ; SOUZA, GIRLENE ; LIMA, GABRIEL ; ALVES, PÉRICLES ; SANTOS, HAMILTON . Metabólitos secundários e características anatômicas de folhas de orégano (Origanum vulgare ssp. hirtum) cultivado sob malhas coloridas. Revista de Ciências Agrárias (Lisboa), v. 39, p. 170-177, 2016.

21.
Almeida, J2016Almeida, J ; SOUZA, GIRLENE SANTOS DE . ANÁLISE DOS RESÍDUOS SÓLIDOS PROVENIENTES DA MERENDA ESCOLAR EM ESCOLAS DA REDE PÚBLICA DE GOVERNADOR MANGABEIRA-BA. Educação Ambiental em Ação, v. 58, p. 1, 2016.

22.
SANTOS, A. R.2016SANTOS, A. R. ; SOUZA, GIRLENE SANTOS DE ; Lima, JC ; OLIVEIRA, U. C. . Grupo de Pesquisa Manejo de Nutriente no Solo e em Plantas Cultivadas. Boletim Informativo de Pesquisa e Extensão em Ciências Agrárias Ambientais e Biológicas, v. 4, p. 1-5, 2016.

23.
Moreira, L. C2016Moreira, L. C ; SOUZA, G. S. . O USO DE ATIVIDADES INVESTIGATIVAS COMO ESTRATÉGIA METODOLÓGICA. Experiências em Ensino de Ciências (UFRGS), v. 11, p. 1-17, 2016.

24.
SOUZA, G. S.;SOUZA, GIRLENE SANTOS DE;SOUZA, GIRLENE;Girlene Santos de Souza2015SOUZA, G. S.; OLIVEIRA, N. A. ; LUCENA JUNIOR, A. C. . EDUCAÇÃO AMBIENTAL COMO PRÁTICA PEDAGÓGICA UTILIZANDO O LIXO DE FORMA INTERDISCIPLINAR: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA. Educação Ambiental em Ação, v. 51, p. 1, 2015.

25.
Moreira, L. C2015Moreira, L. C ; SOUZA, G. S. . O ensino de Biologia por investigação e problematização: uma articulação entre teoria e prática.. ENSINO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA EM REVISTA, v. 5, p. 60-74, 2015.

26.
SOUZA, G. S.;SOUZA, GIRLENE SANTOS DE;SOUZA, GIRLENE;Girlene Santos de Souza2015SOUZA, G. S.; Vieira, A M S ; Reis, V. R. ; Almeida, J ; Araujo, I . CONSTRUINDO PRÁTICAS EDUCATIVAS COM ENFOQUE EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL. Boletim Informativo de Pesquisa e Extensão em Ciências Agrárias, Ambientais e Biológicas, v. 02, p. 03, 2015.

27.
OLIVEIRA, VANUZE2015OLIVEIRA, VANUZE ; SANTOS, A. R. ; SOUZA, GIRLENE SANTOS DE . Efeito da adubação orgânica e mineral no crescimento de plantas de orégano cultivadas em ambiente protegido. REVISTA VERDE DE AGROECOLOGIA E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL, v. 10, p. 08, 2015.

28.
SOUZA, G. S.;SOUZA, GIRLENE SANTOS DE;SOUZA, GIRLENE;Girlene Santos de Souza2014SOUZA, G. S.; Silva, JS ; OLIVEIRA, U. C. ; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos . VEGETATIVE GROWTH AND YIELD OF ESSENTIAL OIL OF THE ROSEMARY PLANTS DEVELOPMENT WHEN CULTIVATED UNDER COLORED SCREENS. Bioscience Journal (Online), v. 30, p. 232-239, 2014.

29.
FERREIRA, M. M. A. S.2014FERREIRA, M. M. A. S. ; SOUZA, G. S. ; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos . PRODUÇÃO DE MUDAS DE RÚCULA EM DIFERENTES SUBSTRATO S CULTIVADAS SOB MALHAS COLORIDAS. Enciclopédia Biosfera, v. 10, p. 2429-2430, 2014.

30.
Moreira, L. C2014Moreira, L. C ; SOUZA, G. S. . AS ATIVIDADES INVESTIGATIVAS E A RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS NO ENSINO DE BIOLOGIA: LIMITES E POSSIBILIDADES. Revista de Ensino de Biologia da Associação Brasileira de Ensino de Biologia (SBEnBio), v. 1, p. 4782-4793, 2014.

31.
SOUZA, G. S.;SOUZA, GIRLENE SANTOS DE;SOUZA, GIRLENE;Girlene Santos de Souza2013SOUZA, G. S.; Machado, PB ; Santos, A. S. ; Reis, V. R. . Educação ambiental como ferramenta para o manejo de resíduos sólidos no cotidiano escolar. Revista Brasileira de Educação Ambiental (Online), v. 8, p. 107-119, 2013.

32.
Aquino, EL2013Aquino, EL ; SOUZA, G. S. ; SANTOS, A. R. . PLANTAS DE AMENDOIM (Arachis hypogeae L.) SUBMETIDAS À DIFERENTES DOSES DE ALUMÍNIO EM SOLUÇÃO NUTRITIVA. Enciclopédia Biosfera, v. 9, p. 39-50, 2013.

33.
ALVES, A. C.2013ALVES, A. C. ; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos ; SOUZA, G. S. . Diagnose Nutricional de mudas de Girassol Submetidas a Proporções de Amônio e Nitrato. Enciclopédia Biosfera, v. 09, p. 723-732, 2013.

34.
ABREU, C. B.2013ABREU, C. B. ; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos ; SOUZA, G. S. . QUALIDADE DE LUZ NO CRESCIMENTO INICIAL DE PLANTAS DE MANJERICÃO (Ocimum basilicum L.) EM AMBIENTE CONTROLADO. Enciclopédia Biosfera, v. 9, p. 1855-1867, 2013.

35.
Lima, JC2013Lima, JC ; SOUZA, G. S. ; Silva, JS ; OLIVEIRA, U. C. ; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos . ADUBAÇÃO FOSFATADA E QUALIDADE DE LUZ NA PRODUÇÃO DE BIOMASSA DO CAPIM-LIMÃO. Enciclopédia Biosfera, v. 09, p. 45-55, 2013.

36.
NASCIMENTO, F.2013NASCIMENTO, F. ; ALVES, A. C. ; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos ; SILVA, P. C. C. ; SOUZA, G. S. . MUDAS DE GIRASSOL SUBMETIDAS A DOSES DE POTÁSSIO. Enciclopédia Biosfera, v. 9, p. 1554-1566, 2013.

37.
SOUZA, G. S.;SOUZA, GIRLENE SANTOS DE;SOUZA, GIRLENE;Girlene Santos de Souza2013SOUZA, G. S.; OLIVEIRA, U. C. ; Lima, JC . CRESCIMENTO, PRODUÇÃO DE BIOMASSA E ASPECTOS FISIOLÓGICOS DE PLANTAS DE MENTHA PIPERITA L. CULTIVADAS SOB DIFERENTES DOSES DE FÓSFORO E MALHAS COLORIDAS. Global Science and Technology, v. 6, p. 25-38, 2013.

38.
SOUZA, G. S.;SOUZA, GIRLENE SANTOS DE;SOUZA, GIRLENE;Girlene Santos de Souza2012SOUZA, G. S.; Ferreira, DR ; Reis, V. R. ; Santos, A. S. ; Machado, PB . EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA ESCOLA PÚBLICA MUNICIPAL HAMILTON CERQUEIRA, CRUZ DAS ALMAS - BA: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA. Educação Ambiental em Ação, v. 41, p. 1-10, 2012.

39.
SOUZA, G. S.;SOUZA, GIRLENE SANTOS DE;SOUZA, GIRLENE;Girlene Santos de Souza2012SOUZA, G. S.; Silva, JS ; OLIVEIRA, U. C. ; Lima, JC ; SANTOS, A. R. . RENDIMENTO DE BIOMASSA DE PLANTAS DE ERVA-CIDREIRA (Melissa officinalis L.) CULTIVADA SOB DIFERENTES AMBIENTES DE LUZ E DOSES DE FÓSFORO. Enciclopédia Biosfera, v. 8, p. 1516-1526, 2012.

40.
SOUZA, Ubiratan Oliveira da2012SOUZA, Ubiratan Oliveira da ; SANTOS, Leandro Gonçalves dos ; SANTOS, A. R. ; SOUZA, G. S. . Adubação fosfatada e qualidade de luz modificada no desenvolvimento e produtividade da cultura do amendoim. Enciclopédia Biosfera, v. 8, p. 16, 2012.

41.
SOUZA, G. S.;SOUZA, GIRLENE SANTOS DE;SOUZA, GIRLENE;Girlene Santos de Souza2011SOUZA, G. S.; CASTRO, Evaristo Mauro de ; SOARES, A. M. ; PINTO, José Eduardo B P . Crescimento, teor de óleo essencial e conteúdo de cumarina de plantas jovens de guaco (Mikania glomerata Sprengel) cultivadas sob malhas coloridas. BIOTEMAS (UFSC), v. 24, p. 1-18, 2011.

42.
SOUZA, G. S.;SOUZA, GIRLENE SANTOS DE;SOUZA, GIRLENE;Girlene Santos de Souza2011SOUZA, G. S.; CASTRO, Evaristo Mauro de ; SOARES, A. M. ; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos ; ALVES, Eduardo . Teores de pigmentos fotossintéticos, taxa de fotossíntese e estrutura de cloroplastos de plantas jovens de Mikania laevigata Schultz Bip. ex Baker cultivadas sob malhas coloridas. Semina. Ciências Agrárias (Online), v. 32, p. 1843-1854, 2011.

43.
SOUZA, G. S.;SOUZA, GIRLENE SANTOS DE;SOUZA, GIRLENE;Girlene Santos de Souza2011SOUZA, G. S.; Silva, JS ; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos ; Gomes, D G . Crescimento e produção de pigmentos fotossintéticos em alfavaca cultivadas sob malhas coloridas e adubação fosfatada. Enciclopédia biosfera, v. 7, p. 296-306, 2011.

44.
Machado, PB2011Machado, PB ; Ribeiro, V.R. ; Santos, A. S. ; SOUZA, G. S. . "Educação Ambiental como ferramenta para o manejo de lixo: uma experiência na escola municipal Recanto Feliz". Educação Ambiental em Ação, v. 38, p. 1-7, 2011.

45.
SOUZA, G. S.;SOUZA, GIRLENE SANTOS DE;SOUZA, GIRLENE;Girlene Santos de Souza2010SOUZA, G. S.; CASTRO, Evaristo Mauro de ; SOARES, A. M. ; PINTO, José Eduardo B P . Características biométricas e fisiológicas de plantas jovens de Mikania Glomerata Sprengel e Mikania Laevigata Schultz Bip. Ex Baker (Asteraceae) cultivadas sob malhas coloridas. REVISTA BRASILEIRA DE BIOCIÊNCIAS, v. 8, p. 330-335, 2010.

46.
SANTOS, Anacleto Ranulfo dos2010SANTOS, Anacleto Ranulfo dos ; SOUZA, G. S. ; Couto, J. L. ; SILVA, P. C. C. ; Lobo, D M . Rendimento e nutrição do amendoinzeiro em função da interação PXN em latossolo amarelo. Revista da Faculdade de Zootecnia, Veterinaria e Agronomia (PUCRS. Uruguaiana), v. 17, p. 233-248, 2010.

47.
SANTOS, Leandro Gonçalves dos2010SANTOS, Leandro Gonçalves dos ; SOUZA, G. S. ; SILVA, P. C. C. ; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos . Estado nutricional da cultura do girassol submetido À adubação com fósforo e boro. Enciclopédia biosfera, v. 6, p. 1-8, 2010.

48.
SOUZA, G. S.;SOUZA, GIRLENE SANTOS DE;SOUZA, GIRLENE;Girlene Santos de Souza2007SOUZA, G. S.; CASTRO, Evaristo Mauro de ; PINTO, José Eduardo B P ; ALVES, Eduardo ; BIAGIOTTI, Gabriel ; DEUNER, S. . Estrutura foliar e de cloroplastídeos de Mikania laevigata Schultz Bip. ex Baker em diferentes condições de qualidade de luz. Revista Brasileira de Biociências (Impresso), v. 5, p. 78-80, 2007.

49.
NERY, F. C.2007NERY, F. C. ; ALVARENGA, Amauri Alves de ; CASTRO, Evaristo Mauro de ; SOUZA, G. S. ; ALVES, Eduardo . Aspectos Anatômicos de Folhas de Plantas Jovens de Calophyllum brasiliense Cambess. Submetidas a Diferentes Níveis de Sombreamento. Revista Brasileira de Biociências, v. 5, p. 129-131, 2007.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
Bomfim, S.A ; Girlene Santos de Souza . A práxis pedagógica de educação ambiental pelos professores que lecionam a disciplina de biologia da rede estadual em Cruz das Almas ? Bahia. 1. ed. Ponta Grossa-PR: Atena editora, 2018. v. 1. 66p .

2.
SOUZA, G. S.. Manual Prático de Anatomia Vegetal. 1. ed. Jaguarão -RS: Selbach & Autores Associados, 2015. 66p .

3.
SOUZA, G. S.; Reis, V. R. ; Vieira, A M S ; Almeida, J . Construindo práticas educativas no Ensino Médio com enfoque em Educaçao Ambiental: ensino, conscientizaçao e preservaçao. 1. ed. Jaguarão/RS: Selbach & autores associados, 2015. 68p .

4.
SOUZA, G. S.; SANTOS, A. R. ; Dias, VB . Metodologia da Pesquisa Científica: a construção do conhecimento e do pensamento científico no processo de aprendizado. 1. ed. Porto Alegre: Animal, 2013. v. 1. 165p .

5.
Vieira EL ; SOUZA, G. S. ; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos ; Silva, JS . Manual de Fisiologia Vegetal. São Luís: EDUFMA, 2010. 229p .

6.
SOUZA, G. S.; CASTRO, Evaristo Mauro de ; MELO, Hyrandir Cabral de . Anatomia comparada de fanerógamas em diferentes ecossistemas. Lavras: Editora UFLA, 2005. 56p .

Capítulos de livros publicados
1.
Anjos, G L ; Costa, F M ; Fagundes, D. C. ; Ferreira, P. M. ; SOUZA, GIRLENE . PROPORÇÕES DE AMÔNIO E NITRATO NO CRESCIMENTO DE PLANTAS DE PIMENTÃO. In: Adriane Theodoro Santos Alfaro, Daiane Garabeli Trojan.. (Org.). Agronomia: elo da cadeia produtiva. 2ed.Ponta Grossa: Editora Atena, 2018, v. 2, p. 196-206.

2.
Fagundes, D. C. ; Costa, F M ; Anjos, G L ; OLIVEIRA, U. C. ; SOUZA, GIRLENE ; SANTOS, A. R. . AMBIENTES DE LUZ NO CRESCIMENTO DE Physalis angulata L. CULTIVADAS EM DIFERENTES SUBSTRATOS. In: Adriane Theodoro Santos Alfaro, Daiane Garabeli Trojan.. (Org.). Agronomia: elo da cadeia produtiva. 1ed.Ponta Grossa: Editora Atena, 2018, v. 1, p. 25-37.

3.
Silva, D C ; OLIVEIRA, U. C. ; Nogueira, M ; Souza, A A ; Lima, JC ; SOUZA, GIRLENE . CRESCIMENTO DE MUDAS DE FLAMBOYANZINHO SUBMETIDAS À TOXIDEZ DE ALUMÍNIO. In: Adriane Theodoro Santos Alfaro, Daiane Garabeli Trojan.. (Org.). Agronomia: elo da cadeia produtiva. 1ed.Ponta Grossa: Editora Atena, 2018, v. 1, p. 138-145.

4.
Lima, JC ; OLIVEIRA, U. C. ; Souza, A A ; Nogueira, M ; SANTOS, A. R. ; SOUZA, GIRLENE . CRESCIMENTO INICIAL DE PLANTAS DE GIRASSOL EM SOLUÇÃO NUTRITIVA COM OMISSÕES DE N, P E K. In: Adriane Theodoro Santos Alfaro, Daiane Garabeli Trojan.. (Org.). Agronomia: elo da cadeia produtiva. 1ed.Ponta Grossa: Editora Atena, 2018, v. 1, p. 284-291.

5.
Costa, F M ; Anjos, G L ; SOUZA, GIRLENE ; SANTOS, A. R. . CRESCIMENTO INICIAL DE PLANTAS DE MARACUJÁ SUBMETIDAS À TOXIDEZ POR ALUMÍNIO. In: Adriane Theodoro Santos Alfaro, Daiane Garabeli Trojan.. (Org.). Agronomia: elo da cadeia produtiva. 1ed.Ponta Grossa: Editora Atena, 2018, v. 1, p. 292-303.

6.
Souza, A A ; OLIVEIRA, U. C. ; SOUZA, GIRLENE ; Lima, JC ; ALVES, A. C. ; Nogueira, M . ÍNDICE DE CLOROFILA EM PLANTAS DE Alternanthera brasiliana (L.) KUNTZE SUBMETIDAS Á TOXIDEZ DE ALUMÍNIO. In: Adriane Theodoro Santos Alfaro, Daiane Garabeli Trojan.. (Org.). Agronomia: elo da cadeia produtiva. 1ed.Ponta Grossa: Editora Atena, 2018, v. 1, p. 365-374.

7.
Souza, A A ; SOUZA, G. S. ; SANTOS, A. R. ; OLIVEIRA, U. C. ; Lima, JC ; Nogueira, M . ADUBAÇÃO ORGÂNICA COM SERAPILHEIRA DE BUMELIA SERTORIUM NO CULTIVO DO BOLDO. In: Alan mario Zuffo & Fábio Steiner. (Org.). Impactos das Tecnologias nas Ciências Agrárias. 1ed.Ponta Grossa-PR: Atena Editora, 2018, v. 1, p. 1-12.

8.
Lima, JC ; NASCIMENTO, M. N. ; Santos , M L M ; Souza, A A ; SOUZA, G. S. . AVALIAÇÃO DA QUALIDADE FISIOLÓGICA DA SOJA. In: Alan Maro Zuffo & Fábio Steiner. (Org.). Impactos das Tecnologias nas Ciências Agrárias. 1ed.Ponta Grossa: Atena Editora, 2018, v. 1, p. 23-32.

9.
Jesus, A. R. ; Costa, F M ; Lima, JC ; Anjos, G L ; SOUZA, G. S. ; SANTOS, A. R. . QUALIDADE DE LUZ NO CRESCIMENTO VEGETATIVO DO ESPINAFRE-DA-NOVA-ZELÂNDIA (TETRAGONIA TETRAGONIOIDES (PALL.) KUNTZE). In: Alan mario Zuffo & Fábio Steiner. (Org.). Impactos das tecnologias nas Ciências Agrárias. 1ed.Ponta Grossa: Atena Editora, 2018, v. 1, p. 135-143.

10.
Lima, JC ; NASCIMENTO, M. N. ; Santos , M L M ; Souza, A A ; OLIVEIRA, U. C. ; SOUZA, G. S. . UNIDADE DE BENEFICIAMENTO DE SEMENTES DE MILHO. In: Alan Fabio Zuffo & Fábio Steiner. (Org.). Impactos das tecnologias na Ciências Agráiras. 1ed.Ponta Grossa: Atena editora, 2018, v. 1, p. 164-172.

11.
ALVES, A. C. ; NASCIMENTO, F. ; SANTOS, A. R. ; SOUZA, G. S. ; Souza, A A ; OLIVEIRA, U. C. . INTERAÇÕES ENTRE OS ÍONS AMÔNIO E NITRATO NO CRESCIMENTO DE MUDAS DE QUIABEIRO. In: Alan Mario Zuffo & Fábio Steiner. (Org.). Impactos das Tecnologias nas Ciências Agrárias. 1ed.Ponta Grossa: Atena Editora, 2018, v. 1, p. 104-112.

12.
Nogueira, M ; Silva, D C ; Souza, A A ; SOUZA, G. S. . Pigmentos fotossintéticos em mudas de sombreiro cultivado com amônio e nitrato sob malhas coloridas. Tierra: Naturaleza, Biodiversidad y Sustentabilidad. 1ed.San jose: Jade Diseños & Soluciones S.A, 2017, v. 1, p. 595-600.

13.
OLIVEIRA, U. C. ; Lima, JC ; Souza, A A ; SOUZA, G. S. . Efeito do sombreamento com telas coloridas e da adubação orgânica no crescimento vegetativo de Salvia hispanica l. Tierra: Naturaleza, Biodiversidad y Sustentabilidad. 1ed.San Jose: Jade Diseños & Soluciones S.A, 2017, v. 1, p. 783-.

14.
SOUZA, GIRLENE; Moreira, G ; SANTOS, A. R. ; OLIVEIRA, U. C. . CRESCIMENTO INICIAL DE MAMOEIRO CULTIVADO EM DIFERENTES SUBSTRATOS E SOB TELAS TERMOREFLETORAS. In: Adriane Theodoro Santos Alfaro, Daiane Garabeli Trojan. (Org.). Descobertas das ciências agrárias e ambientais 3. 3ed.Ponta Grossa-PR: Atena Editora, 2017, v. 3, p. 146-162.

15.
SOUZA, GIRLENE; JESUS, R. S. ; SILVA, R. S. ; QUEIROZ, L. A. ; Lima, JC ; OLIVEIRA, U. C. . PRODUÇÃO DE MUDAS DE MARACUJAZEIRO-AMARELO EM DIFERENTES SUBSTRATOS E RECIPIENTES. In: Adriane Theodoro Santos Alfaro, Daiane Garabeli Trojan. (Org.). Descobertas das ciências agrárias e ambientais 3. 3ed.Ponta Grossa -PR: Atena Editora, 2017, v. 3, p. 299-308.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
SOUZA, G. S.. Lixo é Lucro. Jornal Reverso, Cachoeira- Bahia, 05 maio 2011.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
Silva, D C ; OLIVEIRA, U. C. ; Nogueira, M ; Lima, JC ; SANTOS, A. R. ; SOUZA, G. S. . Fitomassa de Mudas de Flamboyanzinho Submetidas à Toxidez de Alumínio. In: III reunião nordestina de Ciência do Solo, 2016, Aracaju-SE. Anais da III reunião nordestina de Ciência do Solo. Ciência do Solo: Integração e uso do conhecimento para uma agricultura sustentável no Nordeste. Aracaju-SE: Even 3- Sistema de Gestão de Eventos, 2017. v. 1. p. 672-676.

2.
OLIVEIRA, U. C. ; Lima, JC ; Nogueira, M ; Souza, A A ; SANTOS, A. R. ; SOUZA, GIRLENE SANTOS DE . Clorofila em plantas de girassol sob omissão de N, P, e K em solução nutritiva. In: III reunião nordestina de Ciência do Solo, 2016, Aracaju-SE. Anais da III reunião nordestina de Ciência do Solo. Ciência do Solo: Integração e uso do conhecimento para uma agricultura sustentável no Nordeste. Aracaju-SE: Even3 ? Sistema de Gestão de Eventos, 2017. v. 1. p. 316-320.

3.
Nogueira, M ; OLIVEIRA, U. C. ; Silva, D C ; Souza, A A ; SANTOS, A. R. ; SOUZA, GIRLENE SANTOS DE . Crescimento de Mudas de Flamboyanzinho Submetidas à Toxidez de Alumínio. In: III reunião nordestina de Ciência do Solo. Ciência do Solo:, 2016, Aracaju-SE. Anais da III reunião nordestina de Ciência do Solo. Ciência do Solo: Integração e uso do conhecimento para uma agricultura sustentável no Nordeste. Aracaju SE: Even3 ? Sistema de Gestão de Eventos, 2017. v. 1. p. 391-395.

4.
Anjos, G L ; Moreira, G ; Souza, DS ; Santos, N S ; SOUZA, G. S. . Crescimento inicial de plantas de Ocimum gratissimum L. cultivadas sob diferentes ambientes de luz. In: III reunião nordestina de Ciência do Solo, 2016, Aracaju SE. Anais da III reunião nordestina de Ciência do Solo. Ciência do Solo: Integração e uso do conhecimento para uma agricultura sustentável no Nordeste. Aracaju SE: Even3 ? Sistema de Gestão de Eventos, 2016. v. 1. p. 423-427.

5.
Moreira, G ; Nogueira, M ; Anjos, G L ; Matos, L. S ; SOUZA, G. S. ; SANTOS, A. R. . Índice de clorofila em mudas de Carica papaya L. cultivado em diferentes substratos e qualidade de luz. In: III reunião nordestina de Ciência do Solo, 2016, Aracaju SE. Anais da III reunião nordestina de Ciência do Solo. Ciência do Solo: Integração e uso do conhecimento para uma agricultura sustentável no Nordeste. Aracaju SE: Even3 ? Sistema de Gestão de Eventos, 2016. v. 1. p. 720-724.

6.
SOUZA, G. S.; Passos, T P . CONSTRUINDO PRÁTICAS EDUCATIVAS INOVADORAS COM ENFOQUE EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA ESCOLA. In: V Simpósio Baiano das Licenciaturas e 1º Seminário PIBID do Nordeste, 2015, Salvador. V Simpósio Baiano das Licenciaturas e 1º Seminário PIBID do Nordeste. Salvador: UFBA, 2015.

7.
SOUZA, G. S.; Almeida, J ; Bomfim, S.A . O DESPERTAR DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL NO COLÉGIO ESTADUAL JOSÉ BONIFÁCIO DA CIDADE DE GOVERNADOR MANGABEIRA - BAHIA. In: V Simpósio Baiano das Licenciaturas e 1º Seminário PIBID do Nordeste, 2015, Salvador. V Simpósio Baiano das Licenciaturas e 1º Seminário PIBID do Nordeste. Salvador: UFBA, 2015.

8.
Vieira, A M S ; Araujo, I ; SOUZA, G. S. . O USO DA MODELAGEM MATEMÁTICA NA CONSTRUÇÃO DE MÓVEIS REUTILIZANDO PET: UMA PROPOSTA DIDÁTICA NA INTRODUÇÃO DE CONCEITOS PRIMITIVOS DE GEOMETRIA ESPACIAL. In: V Simpósio Baiano das Licenciaturas e 1º Seminário PIBID do Nordeste, 2015, Salvador. V Simpósio Baiano das Licenciaturas e 1º Seminário PIBID do Nordeste. Salvador: UFBA, 2015.

9.
Araujo, I ; SOUZA, G. S. ; Vieira, A M S . PRÁTICAS PEDAGOGICAS VOLTADAS PARA A EDUCAÇÃO AMBIENTAL. In: V Simpósio Baiano das Licenciaturas e 1º Seminário PIBID do Nordeste, 2015, Salvador. V Simpósio Baiano das Licenciaturas e 1º Seminário PIBID do Nordeste. Salvador: UFBA, 2015.

10.
Brito, D ; SOUZA, G. S. . TEATRO COMO MÉTODO DE ENSINO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL. In: V Simpósio Baiano das Licenciaturas e 1º Seminário PIBID do Nordeste, 2015, Salvador. V Simpósio Baiano das Licenciaturas e 1º Seminário PIBID do Nordeste. Salvador: UFBA, 2015.

11.
Santos, A. S. ; SOUZA, G. S. . CONCEPÇÕES DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DE PROFESSORES DE UMA ESCOLA PÚBLICA NO MUNICÍPIO DE CRUZ DAS ALMAS­BA. In: V Seminário Baiano das Licenciaturas, V Seminário Estadual PIBID-IAT e I Seminário PIBID do Nordeste, 2015, Salvador. V Seminário Baiano das Licenciaturas, V Seminário Estadual PIBID-IAT e I Seminário PIBID do Nordeste. Salvador: UFBA, 2015.

12.
Ribeiro, V.R. ; SOUZA, G. S. ; Dias, VB . EDUCAÇÃO AMBIENTAL NO ENSINO FORMAL PRÁTICA DOCENTE EM ESCOLAS MUNICIPAIS DE CRUZ DAS ALMAS­ BA. In: V Seminário Baiano das Licenciaturas, V Seminário Estadual PIBID-IAT e I Seminário PIBID do Nordeste, 2015, Sakvador. V Seminário Baiano das Licenciaturas, V Seminário Estadual PIBID-IAT e I Seminário PIBID do Nordeste. Salvador: UFBA, 2015.

13.
Ribeiro, V.R. ; Santos, A. S. ; SOUZA, G. S. ; Machado, PB . Educação Ambiental na escola: da coleta seletiva do lixo ao aproveitamento do resíduo. In: VII Fórum Brasileiro de Educação Ambiental, 2012, Feira de Santana. VII Fórum Brasileiro de Educação Ambiental. Feira de Santana: UEFS, 2012.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
Nogueira, M ; OLIVEIRA, U. C. ; Lima, JC ; SOUZA, G. S. . Fotosíntese, condutância estomática e transpiraçãoem mudas de tamarindo sob concentração de chumbo. In: IV semana de Engenharia Florestal da Bahia e I mostra de Pós-graduação em Ciências Florestais, 2016, Vitória da Conquista. IV semana de Engenharia Florestal da Bahia e I mostra de Pós-graduação em Ciências Florestais. Vitória da Conquista: UESB, 2016.

2.
Souza, DS ; Anjos, G L ; Fagundes, D. C. ; SOUZA, GIRLENE SANTOS DE . CRESCIMENTO E ÍNDICES DE CLOROFILA DE BOLDO SOB EFEITO DE DOSES DE VERMICOMPOSTO. In: SIMPA Simpósio de Pós-Graduação em Agroecologia da Universidade Federal de Viçosa, 2016, Viçosa,MG. ANAIS DO V SIMPÓSIO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGROECOLOGIA. Viçosa: UFV, 2016. v. 2. p. 56-59.

3.
Moreira, G ; SOUZA, GIRLENE SANTOS DE ; SANTOS, A. R. . CRESCIMENTO INICIAL DE MAMOEIRO CULTIVADO EM DIFERENTES AMBIENTES E SUBSTRATOS. In: SIMPA Simpósio de Pós-Graduação em Agroecologia da Universidade Federal de Viçosa, 2016, Viçosa,MG. ANAIS DO V SIMPÓSIO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGROECOLOGIA. Viçosa, MG: UFV, 2016. v. 2. p. 68-71.

4.
Souza, DS ; Moreira, G ; Matos, L. S ; SOUZA, GIRLENE SANTOS DE ; SANTOS, A. R. . DESENVOLVIMENTO DE MUDAS DE MAMOEIRO CULTIVADOS SOB MALHAS EM DIFERENTES SUBSTRATOS. In: SIMPA Simpósio de Pós-Graduação em Agroecologia da Universidade Federal de Viçosa, 2016, Viçosa, MG. ANAIS DO V SIMPÓSIO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGROECOLOGIA. Viçosa, MG: UFV, 2016. v. 2. p. 83-86.

5.
Moreira, G ; Souza, DS ; Anjos, G L ; SOUZA, GIRLENE SANTOS DE ; SANTOS, A. R. . RENDIMENTO DE MASSA SECA EM MUDAS DE MAMOEIRO CULTIVADOS EM DIFERENTES AMBIENTES E SUBSTRATOS. In: SIMPA Simpósio de Pós-Graduação em Agroecologia da Universidade Federal de Viçosa, 2016, Viçosa MG. ANAIS DO V SIMPÓSIO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGROECOLOGIA. Viçosa, MG: UFV, 2016. v. 2. p. 146-149.

6.
Souza, A A ; OLIVEIRA, U. C. ; SOUZA, G. S. ; Lima, JC . Índice de Clorofila em plantas de Alternanthera brasiliana (L.) Kuntze sob toxidex de aluminio. In: III Reunião Nordestina de Solos, 2016, Aracaju. III Reunião Nordestina de Ciência do Solo:Integração e uso do conhecimento para uma agricultura sustentável no Nordeste. Rio de Janeiro: SBCS, 2016.

7.
Souza, A A ; OLIVEIRA, U. C. ; SOUZA, G. S. ; Lima, JC ; ALVES, A. C. . Relação de Clorofila em Mentha peperita L. cultivadas em casa de vegetação com omissão de nutrientes. In: III Reunião Nordestina de Solos, 2016, Aracaju. III Reunião Nordestina de Ciência do Solo:Integração e uso do conhecimento para uma agricultura sustentável no Nordeste. Rio de Janeiro: SBCS, 2016.

8.
SANTOS, A. R. ; Lima, JC ; SOUZA, G. S. . Avaliação morfofisiológica de Feijão - Caupí (Vigna unguiculata L.) submetidos a doses de Chumbo (Pb). In: XXXV Congresso Brasiliero, 2015, Natal-RN. O solo e suas múltiplas funçoes, 2015.

9.
ALVES, A. C. ; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos ; SOUZA, G. S. . Nitrogênio e qualidade de luz na produção de óleo essencial de Erva cidreira brasileira (Lippia alba (Mill.) N.E. Br.).. In: XXXV Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 2015. O Solo e suas múltiplas funções, 2015.

10.
SOUZA, G. S.; Vieira, A M S . Reutilização de garrafas pets: uma prática ambiental. In: III Semana de Educação, Ciência e Tecnologia, 2015, Jequié. III Semana de Educação, Ciência e Tecnologia. Jequié: IFBA, 2015.

11.
Santos, A. S. ; SOUZA, GIRLENE SANTOS DE . CONCEPÇÕES DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DE PROFESSORES DE UMA ESCOLA PÚBLICA NO MUNICÍPIO DE CRUZ DAS ALMAS-BA EIXO TEMÁTICO: EDUCAÇÃO AMBIENTAL. In: 1 Seminário PIBI Nordeste e 5º Simpósio Baiano das Licenciaturas, 2015, Salvador. 1 Seminário PIBI Nordeste e 5º Simpósio Baiano das Licenciaturas. Salvador: UFBA, 2015. p. 1-3.

12.
Moreira, L. C ; SOUZA, G. S. . AS ATIVIDADES INVESTIGATIVAS E A RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS NO ENSINO DE BIOLOGIA: LIMITES E POSSIBILIDADES. In: V Encontro Nacional de Ensino de Biologia, 2014, São Paulo. V Encontro Nacional de Ensino de Biologia e II Encontro Regional de Ensino de Biologia, 2014.

13.
SOUZA, G. S.; OLIVEIRA, N. A. ; LUCENA JUNIOR, A. C. . EDUCAÇÃO AMBIENTAL COMO PRÁTICA PEDAGÓGICA NA ESCOLA MUNICIPAL JONIVAL LUCAS, MURITIBA-BA: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA. In: II Simpósio de Pesquisa e Formação de Professores, 2013, Jequié. II Simpósio de Pesquisa e Formação de Professores. Jequié: UESB, 2013.

14.
SANTOS, Anacleto Ranulfo dos ; SOUZA, G. S. . MUDAS DE RÚCULA (ERUCA SATIVA MILL) CULTIVADAS EM DIFERENTES SUBSTRATOS SOB MALHAS COLORIDAS. In: XXXIV Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 2013, Florianópolis- SC. Ciência do Solo para que e para quem. Florianópolis: Epagri e SBCS, 2013. v. 1.

15.
Lima, JC ; OLIVEIRA, U. C. ; Silva, JS ; SOUZA, G. S. . ADUBAÇÃO FOSFATADA NA PRODUÇÃO DE BIOMASSA DE CAPIM - LIMÃO, CULTIVADO SOB MALHAS FOTOCONVERSORAS. In: XXXIV Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 2013, Florianópolis- SC. Ciência do Solo para que e para quem. Florianópolis: Epagri e SBCS, 2013. v. 01.

16.
SANTANA, M. C. C. ; OLIVEIRA, T. Q. ; SOUZA, G. S. . REFLEXÕES ACERCA DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO COMO CAMPO DE PESQUISA. In: II Fórum das Licenciaturas da UFRB, 2013, Amargosa. II Fórum das Licenciaturas da UFRB. Amargosa: UFRB, 2013.

17.
SANTANA, M. C. C. ; BRASIL, C. B. ; SOUZA, G. S. . ?Construindo um histórico sobre as relações do homem com a natureza: Um relato de experiência?. In: II Fórum das Licenciaturas da UFRB, 2013, Amargosa. II Fórum das Licenciaturas da UFRB. Amargosa: UFRB, 2013.

18.
Hora, R A C ; Souza, A A ; SOUZA, G. S. . Adubação nitrogenada em plantas de agrião cultivadas sob malhas Fotoconversoras. In: I Reunião Nordestina de Ciência do Solo, 2013, Areia-Paraíba. I Reunião Nordestina de Ciência do Solo. Areia-PB, 2013.

19.
Souza, A A ; Hora, R A C ; SOUZA, G. S. . Efeito da adubação orgânica e da qualidade de luz no cultivo do hortelã-grosso. In: I Reunião Nordestina de Ciência do Solo, 2013, Areia-Paraíba. I Reunião Nordestina de Ciência do Solo. Areia-PB, 2013.

20.
Machado, PB ; Ribeiro, V.R. ; Santos, A. S. ; SOUZA, G. S. . "REUTILIZACAO DE MATERIAIS RECICLAVEIS COMO INSTRUMENTO PARA PRATICA DE EDUCACAO AMBIENTAL NA ESCOLA MUNICIPAL RECANTO FELIZ". In: 3 Congresso Nordestino de Extensão Universitária, 2012, Feira de Santana. 3 CNEU : Cultura, Diveridade e Identtidade- O papel da Extensão, 2012.

21.
Ribeiro, V.R. ; Machado, PB ; Santos, A. S. ; SOUZA, G. S. . "PROJETO UTILIXO: UMA EXPERIENCIA DE EDUCACAO AMBIENTAL EM ESCOLAS PUBLICAS MUNICIPAIS DE CRUZ DAS ALMAS - BA". In: 3 Congresso Nordestino de Extensão, 2012, Feira de Santana. 3 CNEU Cultura, Diversidade e Identidade: o papel da Extensão, 2012.

22.
Machado, PB ; SOUZA, G. S. ; Reis, V. R. ; Santos, A. S. . Educação ambiental como ferramenta para o manejo de resíduos sólidos no contexto escolar. In: XXXIII Congresso interamericano de Engenharia Sanitária e Ambiental, 2012, Salvador. XXXIII Congresso interamericano de Engenharia Sanitária e Ambiental, 2012.

23.
Machado, PB ; SOUZA, G. S. ; Reis, V. R. ; Santos, A. S. . Eduação ambiental aplicada aos resíduos sólidos:importância e contextualização no ambiente escolar. In: Congresso Baiano de Engenharia Sanitária e Ambiental, 2012, Feira de Santana. Congresso Baiano de Engenharia Sanitária e Ambiental, 2012.

24.
Reis, V. R. ; Santos, A. S. ; SOUZA, G. S. ; Dias, VB . EDUCAÇÃO AMBIENTAL COMO PRÁTICA PEDAGÓGICA NA ESCOLA PÚBLICA: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA. In: I Simpósio de Pesquisa e Formação de Professores, 2012, Jequié - Bahia. I Simpósio de Pesquisa e Formação de Professores, 2012.

25.
Santos, A. S. ; Reis, V. R. ; SOUZA, G. S. . EDUCAÇÃO AMBIENTAL COM FERRAMENTA PARA O MANEJO DO LIXO: UMA EXPERIÊNCIA NO CONTEXTO ESCOLAR. In: I Simpósio de Pesquisa e Formação de Professores, 2012, Jequié-BA. I Simpósio de Pesquisa e Formação de Professores, 2012.

26.
Silva, JS ; SOUZA, G. S. ; SANTOS NETO, R. B. ; OLIVEIRA, U. C. . Rendimento de biomassa de plantas de erva-cidreira (Melissa Officinalis L.) cultivada sob diferentes ambientes de luz e doses de fósforo. In: FERTBIO 2012, 2012, Maceió- Alagoas. Fertbio : A responsabilidade sociombiental da pesquisa agrícola, 2012.

27.
Silva, JS ; OLIVEIRA, U. C. ; SOUZA, G. S. ; SANTOS NETO, R. B. . Crescimento, produção de biomassa e aspectos fisiológicos de plantas de Mentha piperita L. cultivadas sob diferentes doses de fósforo e malhas coloridas. In: FERTBIO 2012, 2012, Maeio-Alagoas. Fertbio: a responsabilidade socioambiental da pesquisa agrícola, 2012.

28.
AQUINO, E. L. ; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos ; SOUZA, G. S. ; SILVA, P. C. C. . Plantas de amendoim (Arachis hypogeae L.) submetidas à diferentes concentrações de alumínio em solução nutritiva. In: FERTBIO 2012, 2012, Maceió-AL. Fertbio: A responsabilidade socioambiental da pesquisa agrícola, 2012.

29.
SANTOS, Anacleto Ranulfo dos ; SOUZA, G. S. . Crescimento Inicial de Plantas de Rúcula (Eruca sativa Miller) Cultivadas em Ambiente Contaminado com Chumbo. In: FERTBIO 2012, 2012, Maceió-AL. Fertbio: a respinsabilidade socioambiental da pesqusia agropecuária, 2012.

30.
Reis, V. R. ; Santos, A. S. ; SOUZA, G. S. . Utilização de Cartilha como Ferramenta de Educação Ambiental. In: Seminário Universidade e Sociedade- Semana Kirimuré 2012, 2012, Cachoeira. Seminário Universidade e Sociedade- Semana Kirimuré 2012, 2012.

31.
Santos, A. S. ; Ribeiro, V.R. ; Machado, PB ; SOUZA, G. S. . Educação Ambiental na Escola Pública: um relato de Experiência. In: II Jornada de Extensão Universitária da Bahia, 2011, Cruz das Almas. II Jornada de Extensão Universitária da Bahia, 2011.

32.
Ferreira, DR ; SOUZA, G. S. . Utilixo: uma Experiência de Educação Ambiental nas Escolas Públicas Municipais de Cruz das Almas. In: II Jornada de Extensão Universitária da Bahia, 2011. II Jornada de Extensão Universitária da Bahia, 2011.

33.
Gomes, D G ; Silva, JS ; SOUZA, G. S. ; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos . Influencia da adubação fosfatada no crescimento incial de plants de alfavaca cultivadas sob malhas coloridas. In: XXXIII Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 2011, Uberlândia, MG. Solos nos Biomas Brasileiros, 2011.

34.
Machado, PB ; Ribeiro, V.R. ; Santos, A. S. ; SOUZA, G. S. . Educação Ambiental como ferramenta para o manejo de lixo: uma experiência na escola municipal Recanto Feliz. In: I Jornada de Engenharia Sanitaria e Ambiental da UFRB, 2011, Cruz das Almas. I Jornada de Engenharia Sanitaria e Ambiental da UFRB, 2011.

35.
SOUZA, Ubiratan Oliveira da ; SANTOS, Leandro Gonçalves dos ; SOUZA, G. S. ; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos . Adubação fosfatada e qualidade de luz modificada na produtividade da cultura do amendoim. In: XXXII Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 2009, Fortaleza-CE. XXXII Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 2009.

36.
SOUZA, Ubiratan Oliveira da ; SANTOS, Leandro Gonçalves dos ; SOUZA, G. S. ; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos . Desenvolvimento do amendoinzeiro submetido à adubação fosfatada em ambientes com qualidade de luz modificada. In: XXXII Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 2009, Fortaleza-CE. XXXII Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 2009.

37.
SOUZA, G. S.; CASTRO, Evaristo Mauro de ; PINTO, José Eduardo B P ; ALVES, Eduardo ; BIAGIOTTI, Gabriel . Estudos de microscopia de luz e microscopia eletrônica de transmissão em folhas de Mikania leavigata em diferentes condições de qualidade de luz. In: 57º Congresso Nacional de Botânica, 2006, Gramado. Revista Brasileira de Biociências.

38.
NERY, F. C. ; ALVARENGA, Amauri Alves de ; CASTRO, Evaristo Mauro de ; SOUZA, G. S. ; ALVES, Eduardo . Aspectos da anatomia de folhas de plantas jovens de Calophyllium brasieinsis Cam,bess, submetidas a diferentes níveis de sombreamento. In: 57 Congreso Nacional de Botânica, 2006, Gramado. Revista Brasileira de Biociências, 2006.

39.
SANTOS, Anacleto Ranulfo dos ; CAMPOS, Mauricio Sena ; SOUZA, G. S. ; SANTOS, Leandro Gonçalves dos . CONCENTRAÇÃO DE FÓSFORO E NITROGÊNIO NO AMENDOINZEIRO (Arachis hypogaea L.) EM FUNÇÃO DA INTERAÇÃO DESTES NUTRIENTES NUM LATOSSOLO AMARELO DO RECÔNCAVO BAIANO.. In: X congresso brasileiro de Fisiologia Vegetal/ XII congreso latino Americano de Fisiologia vegetal, 2005, Recife. Brazilian Journal of Plant Physiology. Campinas, 2005. v. 117. p. 418-418.

40.
SANTOS, Anacleto Ranulfo dos ; CAMPOS, Maurício Sena ; SOUZA, Ubiratan Oliveira da ; SOUZA, G. S. . RENDIMENTO DO AMENDOINZEIRO (Arachis hypogaea L.) EM FUNÇÃO DA INTERAÇÃO POTÁSSIO E NITROGÊNIO NUM LATOSSOLO AMARELO. In: X congresso brasileiro de Fisiologia Vegetal/ XII congreso latino Americano de Fisiologia vegetal, 2005, Recife. Brazilian Journal of Plant Physiology, 2005. v. 117. p. 437-437.

41.
SOUZA, G. S.; CASTRO, Evaristo Mauro de ; PINTO, José Eduardo B P . ANÁLISE DO DESENVOLVIMENTO FLORAL DE Mikania glomerata Sprengel E Mikania leavigata Schultz Bip. Ex Baker (ASTERACEAE). In: X congresso brasileiro de Fisiologia Vegetal/ XII congreso latino Americano de Fisiologia vegetal, 2005, Recife. Brazilian Journal of Plant Physiology. Campinas, 2005. v. 17. p. 8-8.

42.
SOUZA, G. S.; DORNELAS, Marcelo Carnier ; RODRIGUEZ, Adriana P M . ESTUDO DO PADRÃO DE EXPRESSÃO DO GENE LEAFY (LFY) EM TECIDOS VEGETATIVOS E REPRODUTIVOS DE Hevea brasileinsis (Willd. Ex. Adr. De juss.) E Phyllanthus niruri L. (EUPHORBIACEAE). In: X congresso brasileiro de Fisiologia Vegetal/ XII congreso latino Americano de Fisiologia vegetal, 2005, Recife. Brazilian Journal of Plant Physiology, 2005. v. 17. p. 455-455.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
Anjos, G L ; Costa, F M ; CAMILO, G. B. M. ; Girlene Santos de Souza ; SANTOS, A. R. . PIGMENTOS FOTOSSINTÉTICOS DE RÚCULA CULTIVADA SOB AMBIENTES DE LUZ E DOSES DE CHUMBO. In: I Seminário de solos e Qualidade de ecossistemas: Manejo e conservação do solo e recursos hídricos, 2018, Cruz das Almas-BA. Scientific Electronic Archives: Especial Edition (2018) Anais do Seminário de Solos e Qualidade de Ecossistemas Manejo e Conservação dos Solos e Recursos Hídricos, 2018. v. 11. p. 21-21.

2.
Anjos, G L ; Costa, F M ; Oliveira, B. R. ; Girlene Santos de Souza ; SANTOS, A. R. . Nicotiana tabacum L. EM DIFERENTES AMBIENTES DE LUZ E DOSES DE CHUMBO. In: I Seminário de solos e Qualidade de ecossistemas: Manejo e conservação do solo e recursos hídricos, 2018, Cruz das Almas, BA. Scientific Electronic Archives: Especial Edition (2018) Anais do Seminário de Solos e Qualidade de Ecossistemas Manejo e Conservação dos Solos e Recursos Hídricos, 2018. v. 11. p. 22-22.

3.
Souza, A A ; OLIVEIRA, U. C. ; Santos , M L M ; Lima, JC ; SANTOS, A. R. ; Girlene Santos de Souza . EFEITO DAS DOSES DE ALUMÍNIO NO CRESCIMENTO DE ESPÉCIES DE FEIJÃO. In: I Seminário de solos e Qualidade de ecossistemas: Manejo e conservação do solo e recursos hídricos, 2018, Cruz das Almas, BA. Scientific Electronic Archives: Especial Edition (2018) Anais do Seminário de Solos e Qualidade de Ecossistemas Manejo e Conservação dos Solos e Recursos Hídricos, 2018. v. 11. p. 44-44.

4.
Souza, A A ; OLIVEIRA, U. C. ; Santos , M L M ; Lima, JC ; SANTOS, A. R. ; Girlene Santos de Souza . ACÚMULO DE FITOMASSA DE ESPÉCIES DE FEIJÃO SUBMETIDAS À DOSES DE ALUMÍNIO. In: I Seminário de solos e Qualidade de ecossistemas: Manejo e conservação do solo e recursos hídricos, 2018, Cruz das Almas, BA. Scientific Electronic Archives: Especial Edition (2018) Anais do Seminário de Solos e Qualidade de Ecossistemas Manejo e Conservação dos Solos e Recursos Hídricos, 2018. v. 11. p. 45-45.

5.
Ferreira, P. M. ; JESUS, R. S. ; Anjos, G L ; Silva, J J ; Girlene Santos de Souza . CRESCIMENTO INICIAL DE QUIABEIRO EM PRESENÇA DO ALUMÍNIO TÓXICO. In: I Seminário de solos e Qualidade de ecossistemas: Manejo e conservação do solo e recursos hídricos, 2018, Cruz das Almas - BA. Scientific Electronic Archives: Especial Edition (2018) Anais do Seminário de Solos e Qualidade de Ecossistemas Manejo e Conservação dos Solos e Recursos Hídricos, 2018. v. 11. p. 52-52.

6.
OLIVEIRA, U. C. ; Souza, A A ; Santos , M L M ; Lima, JC ; SANTOS, A. R. ; Girlene Santos de Souza . COMPRIMENTO RADICULAR DE ESPÉCIES DE FEIJÃO SUBMETIDAS À DOSES DE ALUMÍNIO EM SOLUÇÃO NUTRITIVA. In: I Seminário de solos e Qualidade de ecossistemas: Manejo e conservação do solo e recursos hídricos, 2018, Cruz das Almas - BA. Scientific Electronic Archives: Especial Edition (2018) Anais do Seminário de Solos e Qualidade de Ecossistemas Manejo e Conservação dos Solos e Recursos Hídricos, 2018. v. 11. p. 62-62.

7.
Silva, J J ; Anjos, G L ; Costa, F M ; Girlene Santos de Souza ; SANTOS, A. R. . CULTIVO DE RÚCULA EM DIFERENTES CONCENTRAÇÕES DE CHUMBO E AMBIENTES DE LUZ. In: I Seminário de solos e Qualidade de ecossistemas: Manejo e conservação do solo e recursos hídricos, 2018, Cruz das Almas - BA. Scientific Electronic Archives: Especial Edition (2018) Anais do Seminário de Solos e Qualidade de Ecossistemas Manejo e Conservação dos Solos e Recursos Hídricos, 2018. v. 11. p. 78-78.

8.
Silva, J J ; Anjos, G L ; Ferreira, P. M. ; Girlene Santos de Souza ; SANTOS, A. R. . TOXIDEZ DE ALUMÍNIO NA SÍNTESE DE CLOROFILA EM ALFACE. In: I Seminário de solos e Qualidade de ecossistemas: Manejo e conservação do solo e recursos hídricos, 2018, Cruz das Almas - BA. Scientific Electronic Archives: Especial Edition (2018) Anais do Seminário de Solos e Qualidade de Ecossistemas Manejo e Conservação dos Solos e Recursos Hídricos, 2018. v. 11. p. 79-79.

9.
Jesus, E. R. ; Santos, F. S. ; Costa, F M ; Girlene Santos de Souza ; Lemos, L. B. . ÍNDICE DE CLOROFILA EM PIMENTEIRA CULTIVADA SOB SOLUÇÃO NUTRITIVA COM OMISSÃO DE MACRONUTRIENTES. In: I Seminário de solos e Qualidade de ecossistemas: Manejo e conservação do solo e recursos hídricos, 2018, Cruz das Almas - BA. Scientific Electronic Archives: Especial Edition (2018) Anais do Seminário de Solos e Qualidade de Ecossistemas Manejo e Conservação dos Solos e Recursos Hídricos, 2018. v. 11. p. 99-99.

10.
Jesus, E. R. ; Santos, F. S. ; Anjos, G L ; Girlene Santos de Souza ; Lemos, L. B. . MASSA SECA DE PIMENTA EM FUNÇÃO DA OMISSÃO DE MACRONUTRIENTES. In: I Seminário de solos e Qualidade de ecossistemas: Manejo e conservação do solo e recursos hídricos, 2018, Cruz das Almas - BA. Scientific Electronic Archives: Especial Edition (2018) Anais do Seminário de Solos e Qualidade de Ecossistemas Manejo e Conservação dos Solos e Recursos Hídricos, 2018. v. 11. p. 100-100.

11.
Cunha, F S ; OLIVEIRA, U. C. ; SOUZA, GIRLENE SANTOS DE ; Lima, JC ; Santos, N S ; Anjos, G L . INFLUÊNCIA DAS MALHAS FOTOCONVERSORAS NOS ASPECTOS ANATÔMICOS DE PLANTAS DE SOLIDAGO CHILENSIS MEYEN. In: RECONCITEC, 2017, Cruz das Almas. Reconcitec: Educação, Desenvolvimento e Integração Social. Cruz das Almas: UFRB, 2017. v. 1. p. 18.

12.
Souza, DS ; Anjos, G L ; SANTOS, A. R. ; SOUZA, GIRLENE SANTOS DE ; Santos, F. S. ; Matos, L. S . RENDIMENTO DE MASSA SECA DE PLANTAS DE PLECTRANTHUS ORNATUS CODD SUBMETIDAS A DIFERENTES PROPORÇÕES DE AMÔNIO E NITRATO E AMBIENTES DE LUZ. In: RECONCITEC, 2017, Cruz das Almas. Reconcitec: Educação, Desenvolvimento e Integração Social. Cruz das Almas: UFRB, 2017. v. 1. p. 23.

13.
Brito, D ; Santos, A F ; SOUZA, GIRLENE SANTOS DE ; Araujo, I ; Bomfim, S.A ; Passos, T P . O TEATRO E EDUCAÇÃO AMBIENTAL. In: RECONCITEC, 2017, Cruz das Almas. Reconcitec: Educação, Desenvolvimento e Integração Social. Cruz das Almas: UFRB, 2017. v. 1. p. 129.

14.
Bomfim, S.A ; SOUZA, GIRLENE SANTOS DE ; Brito, D ; Araujo, I ; Passos, T P . CONSTRUINDO PRÁTICAS EDUCATIVAS NO ENSINO MÉDIO COM ENFOQUE EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL NO COLÉGIO ESTADUAL JOSÉ BONIFÁCIO. In: RECONCITEC, 2017, CRUZ DAS ALMAS. Reconcitec: Educação, Desenvolvimento e Integração Social. CRUZ DAS AMAS: UFRB, 2017. v. 1. p. 176.

15.
Araujo, I ; SOUZA, GIRLENE SANTOS DE ; Brito, D ; Bomfim, S.A . EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA ESCOLA ESTADUAL MANOEL BENEDITO MASCARENHAS: ESTUDO EXPLORATÓRIO DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA CRITICA E ATUANTE. In: RECONCITEC, 2017, CRUZ DAS ALMAS. Reconcitec: Educação, Desenvolvimento e Integração Social. CRUZ DAS ALMAS: UFRB, 2017. v. 1. p. 177.

16.
Passos, T P ; SOUZA, GIRLENE SANTOS DE ; Araujo, I ; Brito, D ; Bomfim, S.A . IMPLANTAÇÃO DE PRÁTICAS EDUCATIVAS INOVADORAS COM ENFOQUE EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA ESCOLA MUNICIPAL CARLOS PEREIRA DA SILVA. In: RECONCITEC, 2017, CRUZ DAS ALMAS. Reconcitec: Educação, Desenvolvimento e Integração Social. CRUZ DAS ALMAS: UFRB, 2017. v. 1. p. 178.

17.
Anjos, G L ; Souza, DS ; Santos, F. S. ; Matos, L. S ; SOUZA, GIRLENE SANTOS DE ; SANTOS, A. R. . CRESCIMENTO DE PLANTAS DE PLECTRANTHUS ORNATUS CODD SUBMETIDAS A DIFERENTES PROPORÇÕES DE AMÔNIO E NITRATO E AMBIENTES DE LUZ. In: RECONCITEC, 2017, CRUZ DAS ALMAS. Reconcitec: Educação, Desenvolvimento e Integração Social. CRUZ DAS ALMAS: UFRB, 2017. v. 1. p. 217.

18.
Santos, N S ; Santos, F. S. ; Cruz, R O R ; Anjos, G L ; Souza, DS ; SOUZA, GIRLENE SANTOS DE . CRESCIMENTO DE SOLIDAGO CHILENSIS MEYEN SUBMETIDAS A DIFERENTES DOSES DE ESTERCO BOVINO E DIFERENTES CONDIÇÕES DE LUMINOSIDADE. In: RECONCITEC, 2017, CRUZ DAS ALMAS. Reconcitec: Educação, Desenvolvimento e Integração Social. CRUZ DAS ALMAS: UFRB, 2017. v. 1. p. 218.

19.
Cruz, R O R ; Santos, N S ; Santos, F. S. ; Souza, DS ; SOUZA, GIRLENE SANTOS DE . INFLUÊNCIA DA APLICAÇÃO DE ESTERCO BOVINO E DO CULTIVO SOB MALHAS FOTOCONVERSORAS NO TEOR DE CLOROFILA DE PLANTAS DE ARNICA (SOLIDAGO CHILENSIS MEYEN). In: RECONCITEC, 2017, CRUZ DAS ALMAS. Reconcitec: Educação, Desenvolvimento e Integração Social. CRUZ DAS ALMAS: UFRB, 2017. v. 1. p. 254.

20.
Nogueira, M ; Silva, D C ; OLIVEIRA, U. C. ; Souza, A A ; Lima, JC ; SOUZA, GIRLENE SANTOS DE . ÍNDICE DE QUALIDADE DE DICKSON EM MUDAS DE FLAMBOYANZINHO SOB TOXIDEZ DE ALUMÍNIO. In: RECONCITEC, 2017, CRUZ DAS ALMAS. Reconcitec: Educação, Desenvolvimento e Integração Social. CRUZ DAS ALMAS: UFRB. v. 1. p. 409.

21.
Almeida, J ; SOUZA, GIRLENE SANTOS DE . ANÁLISE DOS RESÍDUOS SÓLIDOS PROVENIENTES DA MERENDA ESCOLAR EM ESCOLAS DA REDE PÚBLICA DE GOVERNADOR MANGABEIRA - BA. In: RECONCITEC, 2017, CRUZ DAS ALMAS. Reconcitec: Educação, Desenvolvimento e Integração Social. CRUZ DAS ALMAS: UFRB, 2017. p. 1052.

22.
Santos, A F ; Almeida, J ; SOUZA, GIRLENE SANTOS DE . PRATICANDO A EDUCAÇÃO AMBIENTAL NO ENSINO FUNDAMENTAL NA ESCOLA MUNICIPAL RECANTO FELIZ. In: RECONCITEC, 2017, CRUZ DAS ALMAS. Reconcitec: Educação, Desenvolvimento e Integração Social. CRUZ DAS ALMAS: UFRB, 2017. v. 1. p. 1062.

23.
Anjos, G L ; Moreira, G ; Souza, DS ; Matos, L. S ; Santos, N S ; SOUZA, GIRLENE SANTOS DE . CRESCIMENTO INICIAL DE PLANTAS DE OCIMUM GRATISSIMUM L. CULTIVADAS EM DIFERENTES AMBIENTES DE LUZ. In: 2ª SEMANA DE ATUALIZAÇÃO EM CIÊNCIAS AGRÁRIAS, AMBIENTAIS E BIOLÓGICAS: SUSTENTABILIDADE E INOVAÇÃO, 2017, Cruz das Almas. 2ª SEMANA DE ATUALIZAÇÃO EM CIÊNCIAS AGRÁRIAS, AMBIENTAIS E BIOLÓGICAS: SUSTENTABILIDADE E INOVAÇÃO. Cruz das Almas: UFRB, 2017. v. 2. p. 27-27.

24.
Santos, F. S. ; Fagundes, D. C. ; Ferreira, P. M. ; SOUZA, GIRLENE SANTOS DE ; Lima, JC . INFLUÊNCIA DA CLOROFILA A EM FUNÇÃO DO pH EM PLANTAS DE MILHO. In: 2ª SEMANA DE ATUALIZAÇÃO EM CIÊNCIAS AGRÁRIAS, AMBIENTAIS E BIOLÓGICAS: SUSTENTABILIDADE E INOVAÇÃO, 2017, Cruz das Almas. 2ª SEMANA DE ATUALIZAÇÃO EM CIÊNCIAS AGRÁRIAS, AMBIENTAIS E BIOLÓGICAS: SUSTENTABILIDADE E INOVAÇÃO. Cruz das Almas: UFRB, 2017. v. 2. p. 48-48.

25.
Brito, D ; Santos, A F ; SOUZA, GIRLENE SANTOS DE . O TEATRO COMO FERRAMENTA PARA A EDUCAÇÃO AMBIENTAL: UMA EXPERIÊNCIA COM ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL DA ESCOLA AUGUSTO EUGÊNIO DA SILVEIRA. In: 2ª SEMANA DE ATUALIZAÇÃO EM CIÊNCIAS AGRÁRIAS, AMBIENTAIS E BIOLÓGICAS: SUSTENTABILIDADE E INOVAÇÃO, 2017, Cruz das Almas. 2ª SEMANA DE ATUALIZAÇÃO EM CIÊNCIAS AGRÁRIAS, AMBIENTAIS E BIOLÓGICAS: SUSTENTABILIDADE E INOVAÇÃO. Cruz das Almas: UFRB, 2017. v. 2. p. 72-72.

26.
Silva, D C ; Nogueira, M ; OLIVEIRA, U. C. ; Souza, A A ; SOUZA, GIRLENE SANTOS DE . FITOMASSA DO SISTEMA RADICULAR DE MUDAS DE SOMBREIRO CULTIVADA SOB TOXIDEZ DE ALUMÍNIO. In: 2ª SEMANA DE ATUALIZAÇÃO EM CIÊNCIAS AGRÁRIAS, AMBIENTAIS E BIOLÓGICAS: SUSTENTABILIDADE E INOVAÇÃO, 2017, Cruz das Almas. 2ª SEMANA DE ATUALIZAÇÃO EM CIÊNCIAS AGRÁRIAS, AMBIENTAIS E BIOLÓGICAS: SUSTENTABILIDADE E INOVAÇÃO. Cruz das Almas: UFRB, 2017. v. 2. p. 124.

27.
Anjos, G L ; Costa, F M ; Souza, DS ; Santos, F. S. ; SOUZA, G. S. ; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos . PROPORÇÕES DE AMÔNIO E NITRATO E QUALIDADE DE LUZ NAS CARACTERISTICAS FOLIARES DE BOLDO. In: II WORKSHOP INTERNACIONAL: BIODIVERSIDADE FUNCIONAL EM AGROECOSSISTEMAS, 2017, Cruz das Almas. II WORKSHOP INTERNACIONAL: BIODIVERSIDADE FUNCIONAL EM AGROECOSSISTEMAS. Cruz das Almas: UFRB, 2017.

28.
Santos, F. S. ; Costa, F M ; Anjos, G L ; SOUZA, GIRLENE ; SANTOS, A. R. . TEORES DE CLOROFILA EM MANJERICÃO CULTIVADO COM ADUBAÇÃO ORGÂNICA. In: II WORKSHOP INTERNACIONAL: BIODIVERSIDADE FUNCIONAL EM AGROECOSSISTEMAS, 2017, Cruz das Almas. II WORKSHOP INTERNACIONAL: BIODIVERSIDADE FUNCIONAL EM AGROECOSSISTEMAS, 2017.

29.
Costa, F M ; Anjos, G L ; Cunha, F S ; SOUZA, GIRLENE ; SANTOS, A. R. . DESEMPENHO DE MANJERICÃO SUBMETIDO À TOXICICIDADE POR ALUMÍNIO. In: II WORKSHOP INTERNACIONAL: BIODIVERSIDADE FUNCIONAL EM AGROECOSSISTEMAS, 2017, Cruz das Almas. II WORKSHOP INTERNACIONAL: BIODIVERSIDADE FUNCIONAL EM AGROECOSSISTEMAS. Cruz das Almas: UFRB, 2017.

30.
Fagundes, D. C. ; Anjos, G L ; Costa, F M ; SOUZA, GIRLENE ; SANTOS, A. R. . CARACTERÍSTICAS FOLIARES DE Mentha piperita L. COM DIFERENTES DOSES DE ALUMÍNIO. In: II WORKSHOP INTERNACIONAL: BIODIVERSIDADE FUNCIONAL EM AGROECOSSISTEMAS, 2017, Cruz das Almas. II WORKSHOP INTERNACIONAL: BIODIVERSIDADE FUNCIONAL EM AGROECOSSISTEMAS. Cruz das Almas: UFRB, 2017.

31.
Moreira, G ; Costa, F M ; Anjos, G L ; SOUZA, GIRLENE ; SANTOS, A. R. . CARACTERÍSTICAS FISIOLÓGICAS DE Physalis angulata SUBMETIDA À ADUBAÇÃO ORGÂNICA. In: II WORKSHOP INTERNACIONAL: BIODIVERSIDADE FUNCIONAL EM AGROECOSSISTEMAS, 2017, Cruz das Almas. II WORKSHOP INTERNACIONAL: BIODIVERSIDADE FUNCIONAL EM AGROECOSSISTEMAS. Cruz das Almas: UFRB, 2017.

32.
SILVA, E. F. ; Costa, F M ; Anjos, G L ; SOUZA, GIRLENE ; SANTOS, A. R. . PRODUÇÃO DE MASSA SECA DE Physalis angulata L. COM DIFERENTES DOSES DE ADUBAÇÃO ORGÂNICA. In: II WORKSHOP INTERNACIONAL: BIODIVERSIDADE FUNCIONAL EM AGROECOSSISTEMAS, 2017, Cruz das Almas. II WORKSHOP INTERNACIONAL: BIODIVERSIDADE FUNCIONAL EM AGROECOSSISTEMAS. Cruz das Almas: UFRB, 2017.

33.
GUIMARAES1, L. P. ; Costa, F M ; Anjos, G L ; Fagundes, D. C. ; SOUZA, GIRLENE ; SANTOS, A. R. . CRESCIMENTO DE Ocimum basilicum L. SOB DIFERENTES DOSES DE ADUBAÇÃO ORGÂNICA. In: II WORKSHOP INTERNACIONAL: BIODIVERSIDADE FUNCIONAL EM AGROECOSSISTEMAS, 2017, Cruz das Almas. II WORKSHOP INTERNACIONAL: BIODIVERSIDADE FUNCIONAL EM AGROECOSSISTEMAS. Cruz das Almas: UFRB, 2017.

34.
Santos, N S ; Cruz, R O R ; Souza, DS ; Santos, F. S. ; Anjos, G L ; SOUZA, G. S. . Produção de biomassa de Solidago chilensis Meyen submetidas a diferentes doses de esterco bovino e diferentes condições de luminosidade. In: XI SEMINÁRIO ESTUDANTIL DE PESQUISA, INOVAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO, 2017, CRUZ DAS ALMAS. Anais do XI Seminário Estudantil de Pesquisa, Inovação e Pós-Graduação. CRUZ DAS ALMAS: UFRB, 2017. v. 1. p. 8-8.

35.
Cruz, R O R ; Santos, N S ; Souza, DS ; Anjos, G L ; Santos, F. S. ; SOUZA, G. S. . EFEITO DA APLICAÇÃO DE ESTERCO BOVINO E DO CULTIVO SOB MALHAS FOTOCONVERSORAS NO VOLUME DE RAIZ E ÁREA FOLIAR DE PLANTAS DE ARNICA (SOLIDAGO CHILENSIS MEYEN). In: XI SEMINÁRIO ESTUDANTIL DE PESQUISA, INOVAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO, 2017, CRUZ DAS ALMAS. XI SEMINÁRIO ESTUDANTIL DE PESQUISA, INOVAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO. CRUZ DAS ALMAS: UFRB, 2017. v. 1. p. 35-35.

36.
Fagundes, D. C. ; Santos, F. S. ; Costa, F M ; Anjos, G L ; OLIVEIRA, U. C. ; SOUZA, G. S. . PRODUÇÃO DE BIOMASSA DE SOLIDAGO CHILENSIS MEYEN SUBMETIDAS A DIFERENTES DOSES DE ESTERCO BOVINO E DIFERENTES CONDIÇÕES DE LUMINOSIDADE.. In: XI SEMINÁRIO ESTUDANTIL DE PESQUISA, INOVAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO, 2017, CRUZ DAS ALMAS. XI SEMINÁRIO ESTUDANTIL DE PESQUISA, INOVAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO. CRUZ DAS ALMAS: UFRB, 2017. v. 1. p. 47-47.

37.
Carvalho, ZS ; LIMA, G. R. F. ; SOUZA, G. S. . ANATOMIA COMPARADA E PRODUÇÃO DE ÓLEO ESSENCIAL DE DOIS ACESSOS DE Lippia alba (Mill.) N. E. Brown. In: XV Brazilian Congress of Plant Physiology, 2015, Foz do Iguaçu. XV Brazilian Congress of Plant Physiology, 2015.

38.
Cruz, R O R ; Moreira, G ; Anjos, G L ; Souza, DS ; SANTOS, A. R. ; SOUZA, GIRLENE SANTOS DE . CARACTERÍSTICAS FISIOLÓGICAS DE MANJERICÃO (OCIMUM BASILICUM L.) SOB DIFERENTES PROPORÇÕES DE AMÔNIO E NITRATO. In: IX Seminário de Pesquisa , Pós-graduação, e Inovção da UFRB/ III Seminário Estudantil de Pesquisa, Inovação e Pós-graduação: Recusros Hidricos, 2015, Cruz das Almas. Recursos Hídricos. Cruz das Almas: UFRB, 2015. p. 95-95.

39.
Santos, N S ; Moreira, G ; Anjos, G L ; Souza, DS ; SANTOS, A. R. ; SOUZA, GIRLENE SANTOS DE . IX Seminário de Pesquisa , Pós-graduação, e Inovção da UFRB/ III Seminário Estudantil de Pesquisa, Inovação e Pós-graduação: Recusros Hidricos. In: IX Seminário de Pesquisa , Pós-graduação, e Inovção da UFRB/ III Seminário Estudantil de Pesquisa, Inovação e Pós-graduação: Recusros Hidricos, 2015, Cruz das Almas. Recursos Hídricos. Cruz das Almas: UFRB, 2015. p. 67-67.

40.
OLIVEIRA, U. C. ; Silva, D C ; Lima, JC ; Souza, A A ; Nogueira, M ; SOUZA, GIRLENE SANTOS DE . CRESCIMENTO DE MUDAS DE TAMARINDO SUBMETIDAS A TOXIDEZ DE CHUMBO. In: IX Seminário de Pesquisa , Pós-graduação, e Inovção da UFRB/ III Seminário Estudantil de Pesquisa, Inovação e Pós-graduação: Recusros Hidricos, 2015, Cruz das Almas. Recursos Hídricos. Cruz das Almas: UFRB, 2015. p. 133-133.

41.
LIMA, G. R. F. ; Lima, JC ; SOUZA, GIRLENE SANTOS DE . PLANTAS DE CHIA CULTIVADAS SOB MALHAS FOTOCONVERSORAS E DIFERENTES NÍVEIS DE ADUBAÇÃO ORGÂNICA. In: IX Seminário de Pesquisa , Pós-graduação, e Inovção da UFRB/ III Seminário Estudantil de Pesquisa, Inovação e Pós-graduação: Recusros Hidricos, 2015, Cruz das Almas. Recursos Hídricos. Crzu das Almas: UFRB, 2015. p. 210-210.

42.
Anjos, G L ; Matos, L. S ; Moreira, G ; Souza, DS ; SANTOS, A. R. ; SOUZA, GIRLENE SANTOS DE . CLOROFILA EM PLANTAS DE MANJERICÃO SOB O EFEITO DE PROPORÇÕES DE NITRATO E AMÔNIO. In: IX Seminário de Pesquisa , Pós-graduação, e Inovção da UFRB/ III Seminário Estudantil de Pesquisa, Inovação e Pós-graduação: Recusros Hídricos, 2015, Cruz das Almas. Recursos Hídricos. Cruz das Almas: UFRB, 2015. p. 108-108.

43.
Brito, D ; Santos, A F ; SOUZA, GIRLENE SANTOS DE . O USO DO TEATRO COMO MÉTODO DE ENSINO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL: UMA EXPERIÊNCIA EM UMA ESCOLA DA ZONA RURAL DE CRUZ DAS ALMAS, BA. In: IX Seminário de Pesquisa , Pós-graduação, e Inovção da UFRB/ III Seminário Estudantil de Pesquisa, Inovação e Pós-graduação: Recusros Hídricos, 2015, Cruz das Almas. Recursos Hídricos. Cruz das ALmas: UFRB, 2015. p. 326-326.

44.
Souza, A A ; OLIVEIRA, U. C. ; Lima, JC ; Nogueira, M ; SOUZA, GIRLENE SANTOS DE . ASPECTOS FISIOLÓGICOS EM PLANTAS DE ANADOR CULTIVADAS COM DOSES DE ALUMÍNIO.. In: IX Seminário de Pesquisa , Pós-graduação, e Inovção da UFRB/ III Seminário Estudantil de Pesquisa, Inovação e Pós-graduação: Recusros Hídricos, 2015, Crus das Almas. Recursos Hídricos. Cruz das Almas: UFRB, 2015. p. 53-53.

45.
Moreira, G ; Anjos, G L ; Souza, DS ; Nogueira, M ; SOUZA, GIRLENE SANTOS DE . TEOR DE CLOROFILA EM PLANTAS DE ORÉGANO CULTIVADAS SOB MALHAS FOTOCONVERSORAS COM DIFERENTES RELAÇÕES DE NITRATO/AMÔNIO. In: IX Seminário de Pesquisa , Pós-graduação, e Inovção da UFRB/ III Seminário Estudantil de Pesquisa, Inovação e Pós-graduação: Recusros Hídricos, 2015, Cruz das Almas. Recursos Hídricos. Cruz das Almas: UFRB, 2015. p. 244-244.

46.
Nogueira, M ; Souza, A A ; OLIVEIRA, U. C. ; SANTOS, A. R. ; SOUZA, GIRLENE SANTOS DE . INFLUÊNCIA DA QUALIDADE DE LUZ E DA RELAÇÃO AMÔNIO E NITRATO NO CRESCIMENTO DE PLANTAS DE ORÉGANO CULTIVADAS EM SOLUÇÕES NUTRITIVAS. In: IX Seminário de Pesquisa , Pós-graduação, e Inovção da UFRB/ III Seminário Estudantil de Pesquisa, Inovação e Pós-graduação: Recusros Hídricos, 2015, Cruz das Almas. Recursos Hídricos. Cruz das Almas: UFRB. p. 182-182.

47.
SOUZA, G. S.; Reis, V. R. ; Almeida, J . Construindo práticas educativas no ensino médio com enfoque em educação ambiental: estudo exploratório em uma escola estadual do município de Muritiba-BA. In: IV Simpósio Baiano das Licenciaturas, 2014, Ilheus. IV Simpósio Baiano das Licenciaturas. Ilhéus, 2014.

48.
PIMENTEL, P. P. ; BRASIL, C. B. ; SOUZA, G. S. . ENTRE A RIQUEZA E O DESCONHECIMENTO: ESTUDANTES DO ENSINO MÉDIO DISCUTEM A BIODIVERSIDADE BRASILEIRA. In: Congresso Nacional de Educação, 2014, Campina Grande - PB. Congresso Nacional de Educação, 2014.

49.
PIMENTEL, P. P. ; SOUZA, G. S. . SABERES E CONDUTAS DE ADOLESCENTES ACERCA DAS DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS: UMA EXPERIÊNCIA COM ESTUDANTES DO ENSINO MÉDIO DE UMA ESCOLA DE CRUZ DAS ALMAS, BAHIA. In: Congresso Nacional de Educação, 2014, Campina Grande - PB. Congresso Nacional de Educação, 2014.

50.
BRASIL, C. B. ; SOUZA, G. S. . A SALA DE AULA E SEUS DESAFIOS: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA ACERCA DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM UMA ESCOLA PÚBLICA DO MUNICÍPIO DE CRUZ DAS ALMAS, BAHIA. In: Congresso Nacional de Educação, 2014, Campina Grande - PB. Congresso Nacional de Educação, 2014.

51.
BRASIL, C. B. ; SOUZA, G. S. . PERCEPÇÕES DOS ESTUDANTES DO 1º ANO DO ENSINO MÉDIO SOBRE SEXUALIDADE: RELATANDO AS EXPERIÊNCIAS DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO IV. In: Congresso Nacional de Educação, 2014, Campina Grande - PB. Congresso Nacional de Educação, 2014.

52.
SOUZA, G. S.; Silva, JS ; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos . PRODUÇÃO DE BIOMASSA E ASPECTOS FISIOLÓGICOS DE MANJERICÃO CULTIVADOS SOB DIFERENTES ESPECTROS DE LUZ. In: XI Congresso Latinoamericano de Botância, 2014, Salvador. Botãnica na AméricaLlatina: conhecimento, interação e difusão. Feira de Santana: UEFS, 2014.

53.
SOUZA, G. S.; SANTOS, A. R. . EFEITO DA ADUBAÇÃO E DA LUZ NO RENDIMENTO, TEOR E CARACTERIZAÇÃO DO ÓLEO ESSENCIAL DE OCIMUM BASILICUM L. (MAGNOLIOPHYTA: MAGNOLIOPSIDA). In: XI Congresso Latinoamericano de Botância, 2014, Salvador. Botânica na AméricaLlatina: conhecimento, interação e difusão. Feira de Santana: UEFS, 2014.

54.
ALVES, A. C. ; Moreira, G ; Nogueira, M ; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos ; SOUZA, G. S. . ÍNDICES FISIOLÓGICOS DE CHIA CULTIVADOS SOB MALHAS COLORIDAS E DOSES FÓSFORO. In: XI Congresso Latinoamericano de Botância, 2014, Salvador. Botânica na AméricaLlatina: conhecimento, interação e difusão. Feira de Santana: UEFS, 2014.

55.
Anjos, G L ; SOUZA, G. S. . ACÚMULO DE CLOROFILA DE LIPPIA ALBA (MILL.) N. E. BR. (SPERMATOPHYTA: DICOTYLEDONEAE) CULTIVADA SOB MALHAS COLORIDAS E DOSES DE ESTERCO AVÍCOLA. In: XI Congresso Latinoamericano de Botânica, 2014, Salvador. Botânica na América Latina: conhecimento, interação e difusão. Feira de Santana: UEFS, 2014.

56.
Souza, A A ; OLIVEIRA, U. C. ; SOUZA, G. S. . CRESCIMENTO E TEORES DE CLOROFILA DE PLANTAS HORTELÃ GRAÚDO CULTIVADO MALHAS FOTOCONVERSORAS E ADUBAÇÃO FOSFATADA. In: XI Congresso Latinoamericano de Botânica, 2014, Salvador. Botânica na América Latina: conhecimento, interação e difusão. Feira de Santana: UEFS, 2014.

57.
Souza, A A ; OLIVEIRA, U. C. ; SOUZA, G. S. ; ALVES, A. C. . ASPECTOS FISIOLÓGICOS E PRODUÇÃO DE BIOMASSA DE PLANTAS DE HORTELÃ GRAÚDA CULTIVADA SOB MALHAS COLORIDAS E ADUBAÇÃO FOSFATADA. In: XI Congresso Latinoamericano de Botânica, 2014, Salvador. Botânica na América Latina: conhecimento, interação e difusão. Feira de Santana: UEFS, 2014.

58.
OLIVEIRA, U. C. ; SOUZA, G. S. ; Souza, A A ; ALVES, A. C. ; Lima, JC . TEORES DE CLOROFILA EM PLANTAS DE HORTELÃ GROSSO CULTIVADO EM SOLUÇÃO NUTRITIVA E CONCENTRAÇÕES DE ALIMÍNIO. In: XI Congresso Latinoamericano de Botânica, 2014, Salvador. Botânica na América Latina: conhecimento, interação e difusão. Feira de Santana: UEFS, 2014.

59.
OLIVEIRA, U. C. ; SOUZA, G. S. ; Souza, A A ; ALVES, A. C. . CRESCIMENTO E TEORES DE CLOROFILA EM PLANTAS DE ALFAVACA SUBMETIDAS À ADUBAÇÃO ORGÂNICA. In: XI Congresso Latinoamericano de Botânica, 2014, Salvador. Botânica na América Latina: conhecimento, interação e difusão. Feira de Santana: UEFS, 2014.

60.
ALVES, A. C. ; Nogueira, M ; SOUZA, G. S. ; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos . TEORES DE CLOROFILA EM PLANTAS DE RÚCULA SUBMETID AS À OMISSÃO DE MACRONUTRIENTES. In: XI Congresso Latinoamericano de Botânica, 2014, Salvador. Botânica na América Latina: conhecimento, interação e difusão. Feira de Santana: UEFS, 2014.

61.
SOUZA, G. S.. Organização econômica participativa e desenvolvimento de comunidades. In: III reunião anual de Ciência, Tecnologia, Inovação e Cultura no Recôncavo da Bahia -III RECONCITEC, 2014, Cruz das Almas. III reunião anual de Ciência, Tecnologia, Inovação e Cultura no Recôncavo da Bahia -III RECONCITEC. Cruz das Almas: UFRB, 2014. p. 633.

62.
Anjos, G L ; Lima, JC ; SILVA, D. ; SOUZA, G. S. . Efeito das malhas coloridas e doses de esterco avícola sob a biomassa seca de Lippia Alba (Mill) em dois períodos de colheita. In: III reunião anual de Ciência, Tecnologia, Inovação e Cultura no Recôncavo da Bahia -III RECONCITEC, 2014, Cruz das Almas. III reunião anual de Ciência, Tecnologia, Inovação e Cultura no Recôncavo da Bahia -III RECONCITEC. Cruz das Almas: UFRB, 2014. p. 9.

63.
SILVA, D. ; Anjos, G L ; SOUZA, G. S. ; Lima, JC . Acúmulo de clorofila de Lippia alba cultivada sob diferentes malhas fotoconversoras e doses de esterco bovino. In: III reunião anual de Ciência, Tecnologia, Inovação e Cultura no Recôncavo da Bahia -III RECONCITEC, 2014, Cruz das Almas. III reunião anual de Ciência, Tecnologia, Inovação e Cultura no Recôncavo da Bahia -III RECONCITEC. Cruz das Almas: UFRB, 2014. p. 237.

64.
Lima, JC ; OLIVEIRA, U. C. ; SILVA, D. ; Anjos, G L ; SOUZA, G. S. . Avaliação do rendimento de biomassa de erva-cidreira (Lippia alba) cultivadas sob malhas fotoconversortas e doses de esterco bovino. In: III reunião anual de Ciência, Tecnologia, Inovação e Cultura no Recôncavo da Bahia -III RECONCITEC, 2014, Cruz das Almas. III reunião anual de Ciência, Tecnologia, Inovação e Cultura no Recôncavo da Bahia -III RECONCITEC. Cruz das Almas: UFRB, 2014. p. 38.

65.
Lima, JC ; SILVA, D. ; Souza, A A ; Anjos, G L ; SOUZA, G. S. . Acúmulo de clorofila em plants de Lippia alba cultivadas sob malhas fotoconversoras e doses de esterco bovino em períodos distintos. In: III reunião anual de Ciência, Tecnologia, Inovação e Cultura no Recôncavo da Bahia -III RECONCITEC, 2014, Cruz das Almas. III reunião anual de Ciência, Tecnologia, Inovação e Cultura no Recôncavo da Bahia -III RECONCITEC, 2014. p. 39.

66.
Gomes, D G ; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos ; SOUZA, G. S. ; Oliveira, V C . Influencia da qualidade de luz e da relação amônio e nitrato no crescimento de plantas de manjericão cultivadas em solução nutritiva. In: III reunião anual de Ciência, Tecnologia, Inovação e Cultura no Recôncavo da Bahia -III RECONCITEC, 2014, Cruz das Almas. III reunião anual de Ciência, Tecnologia, Inovação e Cultura no Recôncavo da Bahia -III RECONCITEC. Cruz das Almas: UFRB, 2014. p. 187.

67.
Silva, JS ; SOUZA, G. S. ; Vieira EL ; SANTOS NETO, R. B. ; Lima, JC . CRESCIMENTO VEGETATIVO E PRODUÇÃO DE ÓLEO ESSENCIAL DE ALECRIM (Rosmarinus officinalis) CULTIVADA SOB MALHAS FOTOCONVERSORAS. In: Reunion Argentina de Fisiologia Vegetal 2012, 2012, Mar Del Plata. Reunio Argentina de fisiologia Vegetal.

68.
Silva, JS ; OLIVEIRA, U. C. ; SOUZA, G. S. ; Vieira EL ; SANTOS NETO, R. B. . ASPECTOS FISIOLÓGICOS DE PLANTAS DE Mentha piperita L. CULTIVADAS SOB DIFERENTES DOSES DE FÓSFORO E MALHAS COLORIDAS. In: Reunion Argentina de Fisiologia Vegetal 2012, 2012, Mar Del Plata. Reunion Argentina de Fisiologia vegetal, 2012.

69.
Silva, JS ; SOUZA, G. S. ; OLIVEIRA, U. C. ; Lima, JC . Crescimento vegetativo, produção de biomassa e óleo essencial de alecrim submetidas a diferentes doses de fósforo e qualidade de luz. In: II RECONCITEC - Reunião Anual de Ciência, Tecnologia, Inovação e Cultura no Recôncavo da Bahia, 2012, Cruz das Almas. II RECONCITEC - Reunião Anual de Ciência, Tecnologia, Inovação e Cultura no Recôncavo da Bahia, 2012.

70.
Silva, JS ; SOUZA, G. S. ; OLIVEIRA, U. C. ; Lima, JC . Aspectos fisiológicos do desenvolvimento de plantas de alfavaca submetidas a diferentes doses de potássio. In: II RECONCITEC, 2012, Cruz das Almas-BA. Reunião anual de Ciência, tecnologia, inovaçao e cultura do Recôncavo da Bahia, 2012.

71.
Lima, JC ; Silva, JS ; SOUZA, G. S. . Efeito da adubação e da qualidade de luz na produção de biomassa, aspectos fisiológicos eteores de fósforo de erva-cidreira. In: II RECONCITEC, 2012, Cruz das Almas. Renião anula de ciência, tecnologia, inovação e cultura no Recôncavo da Bahia, 2012.

72.
Lima, JC ; Silva, JS ; SOUZA, G. S. . Efeito da adubação nitrogenada e da luz na produção de biomassa de plantas de Cucurbita moschata. In: II RECONCITEC, 2012, Cruz das Almas. Reunião anual de Ciência, tecnologia , inovação e cultura no Recôncavo da Bahia, 2012.

73.
SANTOS NETO, R. B. ; SOUZA, G. S. ; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos . Rendimento de biomassa e teores de clorofila a e b de plantas de hortelã em resposta à adubação orgânica e mineral cultivadas sob malhas coloridas. In: II RECONCITEC, 2012, Cruz das Almas. Reunião Anual de ciencia, tecnologia, inovação e cultura no reconcavo da Bahia, 2012.

74.
Ribeiro, V.R. ; Santos, A. S. ; SOUZA, G. S. . A UTILIZAÇÃO DOS JOGOS EDUCATIVOS COMO INSTRUMENTO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL. In: II RECONCITEC, 2012, Cruz das Almas. Reunião anaul de ciência, tecnologia, inivação e cultura no recòncavo da Bahia, 2012.

75.
ABREU, C. B. ; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos ; SOUZA, G. S. . Efeito da adubação fosfatada no crescimento vegetativo de plantas de abóbora cultivadas sob qualidade de luz. In: II RECONCITEC, 2012, Cruz das Almas. Reunião anula de ciencia, tecnologia, inovação e cultura no recôncavo da bahia, 2012.

76.
Silva, JS ; SOUZA, G. S. ; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos ; Vieira EL ; Gomes, D G . Características biométricas e fisiológicas de plantas de alfavca (Ocimum grantissimum Lineu) cultivadas sob malhas fotoconversoras. In: XIII Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal e XIV Reunião Latinoamericana de Fisiologia vegetal, 2011, Buzios, RJ. XIII Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal e XIV Reunião Latinoamericana, 2011.

77.
Ferreira, DR ; SOUZA, G. S. . Educação Ambiental na Escola Municipal Hamilton Cerqueira: ações ecologicamente corretas geram lucro e sustentabilidade.. In: I RECITEC RECÔNCAVO, 2011, Cruz das Almas. I RECITEC RECÔNCAVO, 2011.

78.
Ribeiro, V.R. ; Santos, A. S. ; Machado, PB ; SOUZA, G. S. . Educação Ambiental na Escola Pública Municipal Joaquim de Medeiros: Realidade e Desafios. In: I RECITEC RECÔNCAVO, 2011, Cruz das Almas. I RECITEC RECÔNCAVO, 2011.

79.
Silva, JS ; SOUZA, G. S. ; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos . Análise do crescimento vegetativo e teor de clorofila de plantas de alfavaca (Ocimum gratissimum Lineu) submetidas a diferentes níveis de fósforo. In: I RECITEC RECÔNCAVO, 2011, Cruz das Almas. I RECITEC RECÔNCAVO, 2011.

80.
SOUZA, G. S.; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos ; Silva, JS . Avaliação do teor de óleo essencial de plantas jovens de Mikania glomerata Sprengel e Mikania laevigata Schultz Bip. Ex Baker (Guaco) cultivadas sob malhas coloridas. In: I RECITEC RECONCAVO, 2011, CRUZ DAS ALMAS. I RECITEC RECONCAVO, 2011.

81.
Silva, JS ; SOUZA, G. S. ; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos . Crescimento de plantas de alfavaca (Ocimum gratissimum Lineu) cultivadas sob malhas fotoconversoras. In: I RECITEC RECONCAVO, 2011, CRUZ DAS ALMAS. I RECITEC RECONCAVO, 2011.

82.
SOUZA, G. S.; Vieira EL ; Souza, V. O. ; Gonçalves, C.A. . STIMULATE®, VIA EMBEBIÇÃO, NA GERMINAÇÃO DE SEMENTES E VIGOR DE PLÂNTULAS CÍTRICAS. In: XXVIII Reunión Argentina de Fisiologia Vegetal, 2010, La Plata. XXVIII Reunión Argentina de Fisiologia Vegetal, 2010. p. 198-198.

83.
SOUZA, G. S.; Vieira EL ; Santos, C. R. S ; Santos, C. A. C. . CRESCIMENTO INICIAL DE PLANTAS DE SOJA SOB TRATAMENTO COM STIMULATE® EM CONDIÇÕES DE RIZOTRON. In: XXVIII Reunión Argentina de Fisiologia Vegetal, 2010, La Plata. XXVIII Reunión Argentina de Fisiologia Vegetal. La Plata, 2010. p. 197-197.

84.
Vieira EL ; SOUZA, G. S. ; COSTA, M. A. P. C. ; PEREIRA, K. S. . Stimulate® na multiplicação in vivo de bromeliácea. In: XII Congresso de Fisiologia Vegetal: Desafios para produção de alimentos e bionergia, 2009, Fortaleza-CE. XII Congresso de Fisiologia Vegetal: Desafios para produção de alimentos e bionergia, 2009.

85.
SOUZA, G. S.; ARNHOLD, E. ; Oliveira, GHF ; Vieira EL ; PEREIRA, K. S. . Comparação de diferentes classes genéticas de milho em região de fronteira agrícola no Estado do Maranhão. In: XII Congresso Brasileiro de Fisiologia vegetal: Desafios para aprodução de alimentos e bioenergia, 2009, Fortaleza-CE. XII Congresso Brasileiro de Fisiologia vegetal: Desafios para aprodução de alimentos e bioenergia, 2009.

86.
Oliveira, GHF ; ARNHOLD, E. ; SOUZA, G. S. . Comparação do rendimento de grãos de diferentes classes genéticas de milho no município de Anapurus-MA.. In: XX Seminário de Iniciação Científica = UFMA, 2008, São Luis, MA. XX Seminário de Iniciação Científica, 2008.

87.
SOUZA, G. S.; CASTRO, Evaristo Mauro de . Efeito de diferentes condições de transmissão de luz, com uso de malhas coloridas no crescimento e aspectos fisiológicos de plantas jovens de Mikania laevigata Schultz Bip. Ex. Baker (Asteraceae). In: XI Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal, 2007, Gramado, RS. XI Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal, 2007.

88.
Valadares, Ricardo de Normandes ; SILVA, R. G. ; SOUZA, G. S. . Desempenho de linhagens de feijão-caupi de porte ereto em Buriti - MA. In: XIX Seminário De Iniciação Científica/Semic, 2007, São Luis, MA. XIX Seminário De Iniciação Científica/Semic, 2007.

89.
Valadares, Ricardo de Normandes ; SILVA, R. G. ; SOUZA, G. S. . Análise de trilha dos componentes de rendimento de grãos de feijão-caupi de porte prostrado. In: XIX Seminário De Iniciação Científica/Semic, 2007, São Luis, MA. XIX Seminário De Iniciação Científica/Semic, 2007.

90.
SOUZA, G. S.; BIAGIOTTI, Gabriel ; VIEIRA, G. R. ; CASTRO, Evaristo Mauro de . EFEITO DA QUALIDADE ESPECTRAL NAS CARACTERÍSTICAS ANATÔMICAS FOLIARES DE PLANTAS JOVENS Mikania Glomerata sprengel (Asteraceae).. In: XX Congresso de Iniciação Científica da UFLA - CIUFLA,, 2006, Lavras. CD- ROM- CIUFLA, 2006. Lavras, MG: UFLA, 2006. p. 101-102.

91.
VIEIRA, G. R. ; SOUZA, G. S. ; CASTRO, Evaristo Mauro de ; PASQUAL, Moacir ; BRAGA, F. T. . ASPECTOS DA ANATOMIA FOLIAR DE CRISÂNTEMO (Dendranthema grandiflora cv. Rage) MICROPROPAGADAS SUBMETIDOS A ALTERAÇÕES ESPECTRAIS. In: XX Congresso de Iniciação Científica da UFLA - CIUFLA, 2006, Lavras, MG. CR_ROM- CIUFLA, 2006. Lavras, MG: UFLA, 2006. p. 102-102.

92.
BIAGIOTTI, Gabriel ; CASTRO, Evaristo Mauro de ; PASQUAL, Moacir ; BRAGA, F. T. ; SOUZA, G. S. . CARACTERIZAÇÃO ANATÔMICA DAS FOLHAS DE PLÂNTULAS ACLIMATIZADAS DE CRISÂNTEMO (Dendranthema grandiflora cv. Rage) SUBMETIDAS A DIFERENTES QUALIDADE DE LUZ DURANTE O CULTIVO IN VITRO. In: XX Congresso de Iniciação Científica da UFLA - CIUFLA, 2006, Lavras, MG. Cd-ROM-CIUFLA, 2006, 2006. p. 103-103.

93.
BIAGIOTTI, Gabriel ; SOUZA, G. S. ; OLIVEIRA, C. ; CASTRO, Evaristo Mauro de . CARACTERIZAÇÃO ANATÔMICA DAS FOLHAS DE PLANTAS JOVENS DE Mikania leavigata Schultz Bip.Ex Baker (ASTERACEAE) SUBMETIDAS A DIFERENTES QUALIDADES DE LUZ. In: XX Congresso de Inciação Científica da UFLA - CIUFLA, 2006, LAvras, MG. CD-ROM CIUFLA, 2006. p. 103-103.

94.
NASCIMENTO, M. N. ; SOARES, A. M. ; SOUZA, G. S. ; CASTRO, Evaristo Mauro de . DIFERENCIAÇÃO DE GEMAS FLORAIS EM CAFEEIROS*. In: XX Congresso de Iniciação Científica da UFLA - CIUFLA, 2006, Lavras, MG. CD-ROM-CIUFLA, 2006, 2006. p. 115-115.

95.
ROCHA, Hermínio Souza ; PASQUAL, Moacir ; CASTRO, Evaristo Mauro de ; SOUZA, G. S. . Caracterização dos estômatos em bananeira 'Prata Anã', intensidade luminosa e concentração de sacarose, no protocolo de micropropagação. In: 45 CBO Congresso Brasileiro de Olericultura; 15 CBFPO Congresso Brasileiro de Olericultura e Plantas Ornamentais; 2 CBCTP Congreso Brasileiro de Cultura de tecidos de Plantas, 2005, Fortaleza. Revista de Associação Brasileura de Horticultura, 2005. v. 23.

96.
SOUZA, G. S.; DORNELAS, Marcelo Carnier ; RODRIGUEZ, Adriana P M ; BIAGIOTTI, Gabriel ; CASTRO, Evaristo Mauro de . Desenvolvimento Reprodutivo em Phyllanthus niruri L. (Euphorbiaceae). In: 56º Congreso Nacional de Botânica, 2005, Curitiba. Conservação da Flora Brasileira, 2005.

97.
SOUZA, G. S.. Desenvolvimento Reprodutivo de Hevea brasiliensis (Willd. Ex. Adr. De Juss). In: 53º Congresso Nacional de Botânica- 25ª Reunião Nordestina de Botânica, 2002, Recife. Biodiversidade, Conservação e Uso Sustentável da Flora Brasileira - 53º Congresso Nacional de Botânica. Recife: Editora Universitária UFPE, 2002.

98.
SOUZA, G. S.; DORNELAS, Marcelo Carnier ; Rodriguez, A. P. M . Controle genético do desenvolvimento reprodutivo em Hevea brasiliensis (Willd. ex Adr. de Juss) Muell. Agr. e Phyllanthus niruri L. (Euphorbiaceae). In: 47º Conresso Nacional de Genética, 2001, Águas de Lindóis. 47º Conresso Nacional de Genética, 2001.

99.
SOUZA, G. S.; Tavares, I. Q ; Costa, J.A . Avaliação da qualidade de bolos de diferentes variedades de aipim (Manihot esculenta Crantz). In: XVII Congresso Brasileiro de Ciências e Tecnologia de Alimentos, 2000, Fortaleza-CE. Resumos, 2000.

100.
SOUZA, G. S.; ZANOL, C.G ; Oliveira, R.P . Adaptação de Metodologias para a Cultura de calos Nucelares Embriogênicos de Citros. In: Seminário UEFS/EMBRAPA de Iniciação Científica 2, 1998, Feira de Santana-BA. Resumos, 1998.

101.
SOUZA, G. S.; Oliveira, R.P . Adaptação de Metodologias para a Cultura de Calos nucelares e suspensões celulares de Citros. In: Seminário UEFS/EMBRAPA de Iniciação Científica 1, 1997, Feira de Santana-Bahia. Resumos, 1997.

102.
SOUZA, G. S.; ZANOL, C.G ; Oliveira, R.P . Ajuste de Metodologias para Obtenção de calos nucelares embriogênicos e cultivo in vitro de "Seedlings"de Citros. In: Encontro Brasileiro de Biotecnologia Vegetal II, 1997, Gramado- RS. Resumos, 1997.

Artigos aceitos para publicação
1.
Lima, JC ; OLIVEIRA, U. C. ; LIMA, G. R. F. ; SOUZA, GIRLENE SANTOS DE ; SANTOS, A. R. . Efeito do sombreamento com telas coloridas e da adubação organica no desenvolvimento vegetativo e estrutura foliar de Salvia hispanica. Revista Brasileira de Plantas Medicinais, 2016.

Apresentações de Trabalho
1.
SOUZA, G. S.. Produção de mudas de pimentão com diferentes substratos (pôster). 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

2.
SOUZA, G. S.. Efeito de diferentes concentrações de nitrogênio no crescimento inicial de mudas de Legenaria siceraria (Pôster). 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

3.
SOUZA, G. S.. Desenvolvimento de manjericão sob níveis crescentes de alumínio. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

4.
SOUZA, G. S.. Cultivares de rúcula submetidas à adubação orgânica (Pôster). 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

5.
SOUZA, G. S.. Crescimento inicial de aboboreira sob diferentes proporções de subtrato e qualidade de luz (Pôster). 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

6.
SOUZA, G. S.. Adubação orgânica no desempenho de cultivares de rúcula em ambiente protegido (Pôster. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

7.
SOUZA, G. S.. Rendimento de massa seca de rúcula cultivada com adubação orgânica (Oral). 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

8.
SOUZA, G. S.; Passos, T P . CONSTRUINDO PRÁTICAS EDUCATIVAS INOVADORAS COM ENFOQUE EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA ESCOLA. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

9.
SOUZA, G. S.; Almeida, J ; Bomfim, S.A . O DESPERTAR DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL NO COLÉGIO ESTADUAL JOSÉ BONIFÁCIO DA CIDADE DE GOVERNADOR MANGABEIRA - BAHIA. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

10.
SOUZA, G. S.; Vieira, A M S ; Araujo, I . O USO DA MODELAGEM MATEMÃ?TICA NA CONSTRUÃ?Ã?O DE MÃ?VEIS REUTILIZANDO PET: UMA PROPOSTA DIDÃ?TICA NA INTRODUÃ?Ã?O DE CONCEITOS PRIMITIVOS DE GEOMETRIA ESPACIAL. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

11.
SOUZA, G. S.; Araujo, I ; Vieira, A M S . PRÁTICAS PEDAGOGICAS VOLTADAS PARA A EDUCAÇÃO AMBIENTAL. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

12.
SOUZA, G. S.; Brito, D . TEATRO COMO MÉTODO DE ENSINO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

13.
Santos, A. S. ; SOUZA, G. S. . CONCEPÇÕES DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DE PROFESSORES DE UMA ESCOLA PÚBLICA NO MUNICÍPIO DE CRUZ DAS ALMAS­BA. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

14.
Reis, V. R. ; SOUZA, G. S. ; Dias, VB . EDUCAÇÃO AMBIENTAL NO ENSINO FORMAL PRÁTICA DOCENTE EM ESCOLAS MUNICIPAIS DE CRUZ DAS ALMAS­ BA. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

15.
Vieira, A M S ; SOUZA, G. S. ; Ribeiro, V.R. ; Araujo, I . Reutilização de garrafas pets: uma prática ambiental. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

16.
Souza, A A ; SOUZA, G. S. . ASPECTOS FISIOLÓGICOS EM PLANTAS DE ANADOR CULTIVADAS COM DOSES DE ALUMÍNIO.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

17.
Santos, N S ; SOUZA, G. S. . AVALIAÇÃO DO CRESCIMENTO DE OCIMUM BASILICUM L. SOB O EFEITO DE PROPORÇÕES DE NITRATO E AMÔNIO. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

18.
Cruz, R O R ; SOUZA, G. S. . CARACTERÍSTICAS FISIOLÓGICAS DE MANJERICÃO (OCIMUM BASILICUM L.) SOB DIFERENTES PROPORÇÕES DE AMÔNIO E NITRATO. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

19.
Anjos, G L ; SOUZA, G. S. . CLOROFILA EM PLANTAS DE MANJERICÃO SOB O EFEITO DE PROPORÇÕES DE NITRATO E AMÔNIO. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

20.
OLIVEIRA, U. C. ; SOUZA, G. S. . CRESCIMENTO DE MUDAS DE TAMARINDO SUBMETIDAS A TOXIDEZ DE CHUMBO. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

21.
Araujo, I ; SOUZA, G. S. . A EFETIVAÇÃO DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM ESCOLAS PUBLICAS. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

22.
Nogueira, M ; SOUZA, G. S. . INFLUÊNCIA DA QUALIDADE DE LUZ E DA RELAÇÃO AMÔNIO E NITRATO NO CRESCIMENTO DE PLANTAS DE ORÉGANO CULTIVADAS. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

23.
LIMA, G. R. F. ; SOUZA, G. S. . PLANTAS DE CHIA CULTIVADAS SOB MALHAS FOTOCONVERSORAS E DIFERENTES NÍVEIS DE ADUBAÇÃO ORGÂNICA. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

24.
Passos, T P ; SOUZA, G. S. . IMPLANTAÇÃO DE PRÁTICAS EDUCATIVAS INOVADORAS COM ENFOQUE EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL NO COLÉGIO MUNICIPAL CARLOS PEREIRA DA SILVA EM GEOLÂNDIA -BAHIA. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

25.
Almeida, J ; Bomfim, S.A ; SOUZA, G. S. . REUTILIZAÇÃO DO ÓLEO RESIDUAL DE FRITURA NO ÂMBITO ESCOLAR: UMA PROPOSTA DE CONSCIENTIZAÇÃO AMBIENTAL. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

26.
Souza, DS ; SOUZA, G. S. . INFLUÊNCIA DA RELAÇÃO AMÔNIO/NITRATO NO RENDIMENTO DE FITOMASSA EM PLANTAS DE OCIMUM BASILICUM L.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

27.
SOUZA, G. S.; Reis, V. R. ; Almeida, J . Construindo práticas educativas no ensino médio com enfoque em educação ambiental: estudo exploratório em uma escola estadual do município de Muritiba-BA. 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

28.
Cunha, F S ; Silva, V S ; SOUZA, G. S. . O LÚDICO COMO RELATO DE EXPERIÊNCIA: NO ESTÁGIO SUPERVISIONADO II. 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

29.
SOUZA, G. S.; OLIVEIRA, N. A. ; LUCENA JUNIOR, A. C. . EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA ESCOLA PÚBLICA: USANDO O LIXO DE FORMA INTERDISCIPLINAR. 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

30.
SOUZA, G. S.; Reis, V. R. ; Vieira, A M S . PRATICANDO A EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM UMA ESCOLA ESTADUAL DA ZONA RUAL DE MURITIBA-BA. 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

31.
SOUZA, G. S.; Silva, JS ; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos . PRODUÇÃO DE BIOMASSA E ASPECTOS FISIOLÓGICOS DE MANJERICÃO CULTIVADOS SOB DIFERENTES ESPECTROS DE LUZ. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

32.
SOUZA, G. S.; Oliveira, M E F ; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos . EFEITO DA ADUBAÇÃO E DA LUZ NO RENDIMENTO, TEOR E CARACTERIZAÇÃO DO ÓLEO ESSENCIAL DE OCIMUM BASILICUM L. (MAGNOLIOPHYTA: MAGNOLIOPSIDA). 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

33.
Lima, JC ; OLIVEIRA, U. C. ; SOUZA, G. S. . Efeito da Adubação nitrogenada e fosfatada na produção de biomassa de plantas de ábobora sob qualidade de luz. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

34.
Lima, JC ; SOUZA, G. S. ; OLIVEIRA, U. C. . Análise do crescimento vegetativo e teor de óleo essencial e plantas de erva-cidreira cultivadas sob malhas fotoconversoras e adubação nitrogenada. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

35.
Hora, R A C ; Souza, A A ; SOUZA, G. S. . Adubação nitrogenada em plantas de agrião cultivadas sob malhas Fotoconversoras. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

36.
OLIVEIRA, U. C. ; SOUZA, G. S. . Avaliação da concentração de alumínio em Salvia hispanica cultivada em solução nutritiva. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

37.
OLIVEIRA, N. A. ; SOUZA, G. S. ; LUCENA JUNIOR, A. C. . Uma proposta de Educação Ambiental em Escolas Públicas de Cruz das Almas- BA utilizando o lixo como tema interdisciplinar. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

38.
Souza, A A ; Hora, R A C ; SOUZA, G. S. . Efeito da adubação orgânica e da qualidade de luz no cultivo do hortelã-grosso. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

39.
SOUZA, G. S.. COMPARAÇÃO DO RENDIMENTO DE GRAÕS DE DIFERENTES CLASSES GENÉTICAS DE MILHO NO MUNICÍPIO DE ANAPURUS-MA. 2008. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

Outras produções bibliográficas
1.
SILVA, D. O. ; SOUZA, GIRLENE SANTOS DE ; PINHEIRO, G. L. ; RAMOS, M. A. V. ; Carvalho, ZS ; Vieira EL . ANAIS: 2ª SEMANA DE ATUALIZAÇÃO EM CIÊNCIAS AGRÁRIAS, AMBIENTAIS E BIOLÓGICAS: SUSTENTABILIDADE E INOVAÇÃO. Cruz das Almas: UFRB, 2017 (Publicação on line).

2.
Santos, D R ; Silva, E P L ; SANTOS, G. A ; ALMEIDA, J. P ; SOUZA, GIRLENE . Portfólio: 'HORA DA BÔTANICA- RAIZ'. Webartigos, 2017 (Publicação on line).

3.
RIBEIRO, B ; VIEIRA, G ; REIS, H ; CERQUEIRA, S. ; SOUZA, GIRLENE . Portfólio sobre 'Célula Vegetal'. Webartigos, 2017 (Publicação on line).

4.
SOUZA, GIRLENE SANTOS DE. A TURMA DO CHAVES EM: UMA AULA SOBRE FOLHAS. Web artigos, 2016 (Artigo on line).

5.
SOUZA, G. S.. CARTILHA INFORMATIVA SOBRE A FLOR - SCOOBY-DOO E O MISTÉRIO DAS FLORES Leia mais em: http://www.webartigos.com/artigos/cartilha-informativa-sobre-a-flor-scooby-doo-e-o-misterio-das-flores/132296/#ixzz3amDzTtvx. Web artigos, 2015 (Artigo on line).

6.
SOUZA, G. S.. Estruturas Secretoras: Usando a linguagem informal a favor do ensino de Biologia no Ensino Médio. São Paulo: WebArtigos, 2014 (Artigo on line).

7.
SOUZA, G. S.. Aspectos botânicos sobre o caule. São Paulo: Webaartigos, 2014 (Artigo on line).

8.
SOUZA, G. S.; DORNELAS, Marcelo Carnier . ONTOGÊNESE FLORAL EM Hevea brasiliensis (WILLD. EX. ADR. DE JUSS., Euphorbiaceae). São Paulo: www.webartigos.com, 2011 (Artigo on line).

9.
SOUZA, G. S.. Propagação Vegetativa. São Paulo: Web artigos, 2011 (Artigo on line).

10.
SOUZA, G. S.. Folheto Informativo sobre Anatomia e Morfologia da Folha. São Paulo: Web Artigos, 2011 (Artigo on line).

11.
SOUZA, G. S.. Folheto Informativo sobr Anatomia e Morfologia da Raiz. São Paulo: Web Artigos, 2011 (Artigo on line).

12.
SOUZA, G. S.. Folheto Informativo sobre Anatomia e Morfologia do Caule. São Paulo: Web artigos, 2011 (Artigo on line).

13.
SOUZA, G. S.; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos ; Santos, A. S. ; Machado, PB ; Ribeiro, V.R. ; Ferreira, DR ; Dias, VB . Cartilha de Educação Ambiental:cuidando do planeta. São Paulo: Web Artigos, 2011 (Artigo on line).

14.
SOUZA, G. S.. Aspectos anatômicos de raiz e folha sob diferentes regimes hídricos. São Paulo: WeArtigos.com, 2010 (Artigo on line).

15.
SOUZA, G. S.; SILVEIRA, D. . Estruturas secretoras. São Paulo: Web Artigos.com, 2010 (Publicação on line).

16.
SOUZA, G. S.; OLIVEIRA, G. A. F. ; LIMA, G. R. F. . Cortes histológicos de caules e folhas realizados à mão livre. São Paulo: Web Artigos, 2010 (Publicação on line).

17.
SOUZA, G. S.. Metodologia da Pesquisa Científica: A construção do conhecimento e do oensamento científico no processo de aprendizagem 2010 (CD Multimídia).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
SOUZA, G. S.. Acessoria para Reconhecimento do Curso de Agronomia. 2011.

Trabalhos técnicos
1.
SOUZA, G. S.. Avaliadora dos trabalhos cinetificos na modalidade poster no IV Seminário Estudantil de Pesquisa , Inovação e Pós-graduação (IV RECONCITEC). 2017.

2.
SOUZA, GIRLENE. Comisão para análise de progressão funcional do Prof. Luciano da Silva SOuza de adjunto nivel 4 para associado nivel 1. 2017.

3.
SOUZA, GIRLENE. Avaliadora de Trabalhos Científicos do eixo 'Práticas Pedagógicas e Estágio na Educação Básica' no IV Fórum de Licenciatura da UFRB. 2017.

4.
SOUZA, GIRLENE. Comissão Cientifica das atividades do IV Fórum das licenciaturas da UFRB/V Seminário Institucional do PIBID. 2017.

5.
SOUZA, G. S.. Avaliador dos relatórios parciais do edital PIBIC 2015/2016. 2016.

6.
SOUZA, G. S.. Conduzir processo seletivo para prencimneto de vagas remanescentes de transferências interna e externa, rematrícula e matrícula de portador de diploma. 2016.

7.
SOUZA, G. S.. Processo de Progressão Funcional do docente Marcilio Delan BAliza Fernandes da classe de professor Adjunto nível III para nível IV. 2016.

8.
SOUZA, G. S.. Processo de Progressão Funcional do Professor Fábio David Couto da classe de professor Adjunto nível III para nível IV. 2016.

9.
SOUZA, G. S.. Avaliadora Ad Hoc no Processo Seletivo do Programa Institucional de Bolsas de Extensão Universitária - PIBEX. 2016.

10.
SOUZA, GIRLENE SANTOS DE. Comissão do Concurso Público para professor efetivo do CCAAB edital 01/2016. 2016.

11.
SOUZA, GIRLENE SANTOS DE. Comisão para análise de progressão funcional do Prof. Weliton Antonio Bastos de Almeida de adjunto nivel 4 para associado nivel 1. 2016.

12.
SOUZA, GIRLENE SANTOS DE. Membro da Comissão CIentifica III Fórum de Licenciaturas da UFRB. 2016.

13.
SOUZA, G. S.. Comissão para avaliaçao da Progressão funcional de Weliton Bastos de Almeida de Adjunto I para II. 2015.

14.
SOUZA, G. S.. Comissão para avaliaçao da Progressão funcional de Weliton Bastos de Almeida de Adjunto II para III. 2015.

15.
SOUZA, G. S.. Relatora do artigo científico intitulado ?Germinação e vigor de sementes de chia (Salvia hispanica L.) em diferentes temperaturas e condições de luz? para a Revista Brasileira de Plantas Medicinais.. 2015.

16.
SOUZA, G. S.. Avaliador externo, no período de maio a junho, do Processo de Seleção do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC) e Programa Institucional de Bolsa de Iniciação Tecnológica e Inovação (PIBITI) da Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Edital 01 /2015.. 2015.

17.
SOUZA, GIRLENE SANTOS DE. Comissão do Concurso Público para Professor Efetivo do CCAAB edital 01/2015. 2015.

18.
SOUZA, GIRLENE SANTOS DE. Comissão de apuração referente ao desaparecimento da filmadora SONY Ordem de serviço 011/2015. 2015.

19.
SOUZA, GIRLENE SANTOS DE. Comisão para análise de progressão funcional do Prof. Weliton Bastos de Almeida de adjunto nivel 1 para 2. 2015.

20.
SOUZA, GIRLENE SANTOS DE. Comisão para análise de progressão funcional do Prof. Weliton Bastos de Almeida de adjunto nivel 2 para 3. 2015.

21.
SOUZA, GIRLENE SANTOS DE. Comisão para análise de progressão funcional do Prof. Oldair Del'Arco VInhas Costa de adjunto nivel 3 para 4. 2015.

22.
SOUZA, GIRLENE SANTOS DE. Comissão do Concurso Público para professor efetivo do CCAAB edital 09/2015. 2015.

23.
SOUZA, GIRLENE SANTOS DE. Comisão para análise de progressão funcional do Prof. Luciano da Silva SOuza de adjunto nivel 3 para 4. 2015.

24.
SOUZA, GIRLENE SANTOS DE. Avaliadora dos trabalhos cinetificos na modalidade poster no IX Seminário de Pesquisa , Pós-graduação, e Inovção da UFRB/ III Seminário Estudantil de Pesquisa, Inovação e Pós-graduação: Recusros Hídricos. 2015.

25.
SOUZA, GIRLENE SANTOS DE. Avaliadora dos resumos cientificossubmetidos para apresentação no IX Seminário de Pesquisa , Pós-graduação, e Inovção da UFRB/ III Seminário Estudantil de Pesquisa, Inovação e Pós-graduação: Recusros Hídricos. 2015.

26.
SOUZA, G. S.. Comissão designada para avaliar a Progressão de Funcional do Prof. Sérgio Luiz Bragatto Boss de Adjunto Nível I para II. 2014.

27.
SOUZA, G. S.. Comissão para avaliar a progresão da Profa. Rosineide Mubaracak Garcia da classe de Adjunto Nível II para III. 2014.

28.
SOUZA, G. S.. Avaliadora na seleção dos resumos científicos da III reunião Anual de Ciência, Tecnologia , Inovação e Cultura no Recôncavo da Bahia- III RECONCITEC. 2014.

29.
SOUZA, G. S.. Avaliadora de resumos na 1 Semana de Atualização em Ciências Agrárias, Ambientais e Biológicas. 2014.

30.
SOUZA, G. S.. Progrssão funcional da docente Isabela de Matos Mendes da Silva de adjunto I para II. 2013.

31.
SOUZA, G. S.. Progressão Funcional de ADJUNTO II para III do prof. Sérgio Schwarz da Rocha. 2013.

32.
SOUZA, G. S.. Processo Seletivo para Estagiário de Coordenação do projeto Universidade para Todos - UTP/UFRB-2013. 2013.

33.
SOUZA, G. S.. Comissão para conduzir eleição dos representantes do curso de Licenciatura em Biologia. 2013.

34.
SOUZA, G. S.. Comissão responsável pela organização da participação do CCAAB no evento Brasil Rural Contemporâneo do MDA 2013. 2013.

35.
SOUZA, G. S.. Progressão funcional da classe de Adjunto I para II do prof. Luiz Mendes. 2013.

36.
SOUZA, G. S.. Progressão Funcional de ADJUNTO II para III do prof. Luiz Gonzaga Mendes. 2013.

37.
SOUZA, G. S.. Parecerista Ad Hoc do 3 Congresso Nordestino de Extensão Universitária. 2012.

38.
SOUZA, G. S.. Progressão Funcional de ADJUNTO I para II da profa. Célia Regina Ferrari Fagnello Noiritn. 2012.

39.
SOUZA, G. S.. Progressão Funcional de Adjunto I para II da Profa. Tatiana Pacheco Rodrigues. 2012.

40.
SOUZA, G. S.. Progressão Funcional de ADJUNTO II para III da profa. Larissa Pires. 2012.

41.
SOUZA, G. S.. Comissão de avaliação da progressão do Professor Josival Santos Souza de adjunto I para II. 2012.

42.
SOUZA, G. S.. Comissão de avaliação da progressão da Professor Ferlano Lima Santos de adjunto I para adjunto II. 2012.

43.
SOUZA, G. S.. Comissão do processo eleitoral para eleição dos membros do Colegiado de Engenharia de Pesca. 2012.

44.
SOUZA, G. S.. Comissão do processo eleitoral para eleição dos membros do Colegiado de Engenharia Florestal. 2012.

45.
SOUZA, G. S.. Revisora ad-hoc e parecerista da Revista Monografias Ambientais e da Revista Eletrônica em Gestão, Educação e Tecnologia Ambiental. 2012.

46.
SOUZA, G. S.. Avaliadora dos relatórios finais dos projetos de extensão PIBEX (10/2012). 2012.

47.
SOUZA, G. S.. Avaliadora no processo de seleção interna do Edital Nº 02 PROEXT/MEC/SESu 2013. 2012.

48.
SOUZA, G. S.. Núcleo Docente Estruturante do Curso de Graduação em Licenciatura em Biologia. 2011.

49.
SOUZA, G. S.. Progressão funcional da Professora Patricia Martins de Freitas. 2011.

50.
SOUZA, G. S.; Vieira EL . Comissão para conduzir processo de Transferencia interna, externa matrícula d portador de diplima de nível superior e rematricula do curso de Agronomia. 2011.

51.
SOUZA, G. S.. Progressão Funcional da docente Larissa Pires Barbosa. 2011.

52.
SOUZA, G. S.. Progressão Funcional do docente Aluísio Marques da Fonseca. 2011.

53.
SOUZA, G. S.; Vieira EL ; MArques, J L M . Núcleo Docente Estruturante do Curso de Agronomia. 2011.

54.
SOUZA, G. S.. Parecerista Ad Hoc da II Jornada de Extensão Universitária da Bahia. 2011.

55.
SOUZA, G. S.. Progressão Funcional do docente Josival Santos Souza. 2011.

56.
Vieira EL ; SOUZA, G. S. . Emissão de pareceres sobre processos de permanêcia no curso de Agronomia e dilatção do prazo para integralização curricular. 2011.

57.
SOUZA, G. S.. Progressão Funcional de adjunto I para II da profa. Célia Regina Ferrari Faganello Noirtin. 2011.

58.
SOUZA, G. S.. Avaliador no processo de seleção de bolsas PIBEX 2011. 2011.

59.
SOUZA, G. S.; LOURES, D. R. S. . Processos de Trancamento Parcial do Curso de Agronomia/UFRB. 2010.

60.
SOUZA, G. S.. Comissão de Avaliação de Progressão Funcional do Profesor Marcilio Delan Baliza Fernandes. 2010.

61.
SOUZA, G. S.; Vieira EL . Comissão para condução de transferência interna e externa, matrícula de portador de diploma e rematrícula do Curso de Agronomia. 2010.

62.
SOUZA, G. S.; Vieira EL . Comissão para acompanhar e organizar seminários de apresentação do TCC Agronomia. 2010.

63.
SOUZA, G. S.. Comisão para organizar e proceder a um pleito eleitoral para um representante da clsse Auxilia junto a CPPD. 2010.

64.
SOUZA, G. S.; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos ; Vieira EL . Expositora do estande Anatomia Vegetal/Fisiologia Vegteal e Nutrição mIneral de Plantas na Reunião Regional da SBPC. 2010.

65.
SOUZA, G. S.. Comissão para Avaliação do Projeto Pegadógico de Agronomia-CCAAB/UFRB (alterações, ajustes e adequações). 2009.

66.
SOUZA, G. S.. Comissão de Eleição do Colegiado de Agronomia - CCAAB/UFRB, na area de Zootecnia. 2009.

67.
SOUZA, G. S.. Comissão de Avaliação de Progressão Funcional da professora Ludimila Santana Soares Barros. 2009.

68.
SOUZA, G. S.. Comissão Técnica do CCAAB/UFRR para implantação do Centro Vocacional Tecnológico Territorial. 2009.

69.
SOUZA, G. S.. Processo de avaliação dos Relatórios Técnicos Finais da Pesquisa de Iniciação Científica, como consultor ad hoc. da UNEB. 2008.

70.
SOUZA, G. S.; Silva, CG . Comissão de realização de simulado aberto à comunidade acadêmica do CCAA. 2007.

71.
SOUZA, G. S.. Comissaõ de elaboração do Manual do Aluno do Centro de Ciências Agrárias e Ambientais da UFMA. 2007.

72.
SOUZA, G. S.. Comissão de realização do WORSHOP Científico do Centro de Ciências Agrárias e Ambientais da UFMA. 2007.

73.
SOUZA, G. S.. Comissão de Elaboração do Projeto de Criação do Núcleo de Extensão Rural do centro de Ciências Agrárias e Ambientais da UFMA. 2007.

74.
SOUZA, G. S.. FIscal do Vestibular Especial da Universidade Federal do Maranhão. 2007.


Demais tipos de produção técnica
1.
SOUZA, G. S.; SANTOS, A. R. . Palestra sobre Técnicas de Apresentação e Comunicação. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
SOUZA, G. S.. Curso Preparatório para Pós-Graduação - Metodologia da Pesquisa-Turma A. 2013. .

3.
SOUZA, G. S.. Curso Preparatório para Pós-Graduação - Metodologia da Pesquisa-Turma B. 2013. .

4.
SOUZA, G. S.. Curso Preparatório para Pós-Graduação - Aplicabilidade das normas da ABNT. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

5.
SOUZA, G. S.. O Mergulho no seculum: exploração, conquista e organização espacial jesuítica na América. 2013. (Editoração/Livro).

6.
SOUZA, G. S.. III Curso de Merodologia Científica. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

7.
SOUZA, G. S.; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos ; Vieira EL ; Silva, JS ; Ferreira, DR . II Curso de Metodologia da Pesquisa: A construção do cinhecimento e do pensamento científico no proceso de aprendizado. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

8.
SOUZA, G. S.; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos . Téncicas de Apresentação. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

9.
SOUZA, G. S.. Fundamentos da Metodologia, Ciência e Tecnologia. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

10.
SOUZA, G. S.. Elaboração de Projetos de Pesquisa e Aplicabilidade das Normas da ABNT. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

11.
SOUZA, G. S.. Curso de Capacitação em Educação Ambiental. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

12.
SOUZA, G. S.; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos . Curso preparatório para Pós-graduação- Módulo Metodologia da Pesquisa Científica. 2011. .

13.
SOUZA, G. S.. Curso preparatório para Pós-graduação- Módulo Formatação da ABNT para Projetos de Pesquisa. 2011. .

14.
SANTOS, Anacleto Ranulfo dos ; SOUZA, G. S. ; Vieira EL . I Curso de Atualização em Fisiologia Vegetal. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

15.
SOUZA, G. S.; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos . I Curso de Metodologia da Pesquisa: A construção do cinhecimento e do pensamento científico no proceso de aprendizado. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

16.
SOUZA, G. S.; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos . Procedimentos para Elaborção de Projetos de Pesquisa em Ciências Agrárias. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

17.
SOUZA, G. S.. Manual de Anatomia e Morfologia Vegetal. 2010. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Apostila).

18.
SOUZA, G. S.; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos . PROCEDIMENTOS PARA ELABORAR UM PROJETO DE PESQUISA EM CIÊNCIAS AGRÁRIAS. 2010. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Apostila).

19.
SOUZA, G. S.. Metodologia da Pesquisa. 2010. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Apostila).

20.
SOUZA, G. S.; Dantas, ACVL ; Moretti, ACCC ; SOuza, BA . Tópicos em Ciências Agrárias. 2009. (Editoração/Livro).

21.
SOUZA, G. S.. Fotossíntese. 2008. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Apostila).

22.
SOUZA, G. S.. Translocação de Solutos orgânicos. 2008. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Apostila).

23.
SOUZA, G. S.. RELAÇÕES HÍDRICAS EM CÉLULAS E TECIDOS VEGETAIS. 2008. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Apostila).

24.
SOUZA, G. S.. Anatomia vegetal. 2007. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Apostila).

Demais trabalhos
1.
SOUZA, G. S.. Palestra: Elaboração de Projetos de Pesquisa e aplicabilidadde das normas da ABNT. 2011 (Palestra) .

2.
SOUZA, G. S.. Inter-relações entre Anatomia vegetal e Produção Vegetal. 2011 (Palestra) .

3.
SOUZA, G. S.. Palestra: Fundamentos da Metodologia Científica. 2011.

4.
SOUZA, G. S.. Palestra: Fundamentos da Metodologia Científica. 2010 (Palestra) .

5.
SOUZA, G. S.; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos . Procedimentos para elaborar um Projeto de Pesquisa em Ciências Agrárias. 2010 (Mini-curso) .

6.
SOUZA, G. S.. Palestra: Perfis profissionais e linhas de pesquisa dos Docentes do Curso de Agronomia do CCAA/UFMA. 2007 (Palestra) .

7.
SOUZA, G. S.. Coordenadora da Mesa Redonda: Perspectivas da Agricultura da Região do baixo APrnaíba: Produção x Equilíbrio Ambiental. 2007 (Coordenador de Mesa Redonda) .

8.
SOUZA, G. S.. Palestra: Expressão diferencial de genes durante o desenvolvimento floral. 2006 (Palestra) .

9.
SOUZA, G. S.. Curso de Atualização em Nutição Mineral de Plantas: absorção e assimilação de nutrientes pela planta. 2004 (Palestra) .

10.
SOUZA, G. S.. Palestra: Interação Anatomia Vegetal e Nutrição Mineral de Plantas. 2004 (Palestra) .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
Mutim, ALB; SOUZA, GIRLENE SANTOS DE; Aquino, MS. Participação em banca de Vanessa Ribeiro dos reis. Educação Ambiental na formação docente: análise das propostas curriculares dos cursos de Pedagogia da UNEB. 2017. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós Graduação em Educação) - Universidade do Estado da Bahia.

2.
SOUZA, G. S.. Participação em banca de Celma Caldas Rebouças. Cultivo in vitro de embriões e crescimento in vivo de mudas de mangueira (Mangifera indica L.). 2013. Dissertação (Mestrado em Pós Gradução em Recursos Genéticos Vegetais) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

Qualificações de Mestrado
1.
SOUZA, G. S.. Participação em banca de Vanessa Ribeiro dos Reis. Educação Ambiental na formação docente:análise das propostas curriculares dos cursos de Pedagogia da Universidade do Estado da Bahia-UNEB. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Progrma de Pós Graduação em Educação e Contemporaneidade) - Universidade do Estado da Bahia.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
CASTRO, Evaristo Mauro de; SOUZA, G. S.. Participação em banca de Márcia Apareceida Coutinho Shimabukuro. Morfo-anatomia dos órgãso vegetativos de Pectis brevipedunculata (Gardner) Sch. Bip (Asteraceae) e caracterização farmacognostica das partes aéreas. 2006. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Botânica) - Universidade Federal de Lavras.

2.
CASTRO, Evaristo Mauro de; SOUZA, G. S.. Participação em banca de José Ricardo rabelo Azi. Recuperação de áreas degradadas: estudo em uma pequena propriedade localizada no municipio de Lauro de Freitas-Bahia. 2006. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Botânica) - Universidade Federal de Lavras.

3.
CASTRO, Evaristo Mauro de; SOUZA, G. S.; CARVALHO, D. A.. Participação em banca de Marcio Salabert Settmi. Estudo Anatômico de Stiffti Chrysantha Mikan. 2006. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Botânica) - Universidade Federal de Lavras.

4.
SOUZA, G. S.; ALVARENGA, Amauri Alves de; MAGALHAES, M. M.. Participação em banca de Fernando Eduardo de Souza Leal. Aplicação da mIcroscopia óptica de luz na análise comparativa do esperma do homem (Homa sapiens) e do cachorro (Canis fanuliares) para fins concernentes à Ciência Forense. 2006. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Biologia) - Universidade Federal de Lavras.

5.
SOUZA, G. S.. Participação em banca de Silvanda Aparecida de Paula. Avaliação da poluição do ar usando plantas bioindicadoras. 2005 - Universidade Federal de Lavras.

6.
SOUZA, G. S.. Participação em banca de Divina Teixeira Dias. Descrição botanica e uso popular de Boerharvia diffusa L.(Nyctaginaceae); Plantago major L.(Plantaginaceae) e Cassia tora (Leguminosaeae: cesalpinoideae). 2005 - Universidade Federal de Lavras.

7.
SOUZA, G. S.; CASTRO, Evaristo Mauro de; Berg, EVD. Participação em banca de Lucimar Galinari Ferreira Rodrigues. Carqueja- Baccharis trimera (Less.) D.C. Asteraceae: aspectos botânicos, fitoterápicos e econômicos. 2005. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Plantas Medicinais) - Universidade Federal de Lavras.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
SOUZA, G. S.; Moreira, L. C; Scherer, C S. Participação em banca de Safira Aguiar Bomfim.A PRÁXIS PEDAGÓGICA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL PELOS PROFESSORES QUE LECIONAM A DISCIPLINA DE BIOLOGIA DA REDE ESTADUAL EM CRUZ DAS ALMAS ? BAHIA. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

2.
SOUZA, G. S.; NASCIMENTO, M. N.; Conceição, P C. Participação em banca de UASLEY CALDAS DE OLIVEIRA.TOXIDEZ DE ALUMÍNIO EM ESPÉCIES DE FEIJÃO. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

3.
SOUZA, GIRLENE SANTOS DE; NASCIMENTO, M. N.; Carvalho, ZS. Participação em banca de GILVANDA LEÃO DOS ANJOS.PRODUÇÃO DE MUDAS DE PIMENTÃO EM DIFERENTES SUBSTRATOS E AMBIENTES DE LUZ. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

4.
SOUZA, GIRLENE SANTOS DE; Vieira EL. Participação em banca de ALINE DOS ANJOS SOUZA.EFEITO DA ADUBAÇÃO ORGÂNICA NO CRESCIMENTO INICIAL DO BOLDO. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

5.
SOUZA, GIRLENE SANTOS DE. Participação em banca de Ângela Santos de jesus Cavalcante dos Anjos.Subtratos orgânicos no crescimento inicial de mudas de Cassia grandis L.. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia em Agroecologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

6.
SOUZA, GIRLENE SANTOS DE. Participação em banca de Janildes de Jesus da Silva.Nodulação natural e crescimento inicial de clitoria fairchildiana em substratos orgânicos. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia em Agroecologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

7.
SOUZA, GIRLENE; Moreira, L. C. Participação em banca de NEUZA CARVALHO DOS SANTOS.A importância da aulas práticas no ensino de Biologia em uma escola de Educação Profissional no município de Santo Antonio de Jesus, BA. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

8.
SOUZA, G. S.; DIAS, V. B.. Participação em banca de Maisa de Almeida Santos.Dimensão pedagógica e princípios da gestão escolar da rede estadual de ensino do município de Cruz das Almas. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

9.
SOUZA, G. S.; DIAS, V. B.. Participação em banca de Tais Peixoto SIlva.Percepções da profissão docente: um diagnóstico com alunos de Licenciatura em Biologia da UFRB. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

10.
SOUZA, G. S.; Zanotti, K. Participação em banca de Sandra dos Santos Conceição.A merenda escolar sob a ótica dos diversos atores de uma escola pública do município de Cruz das Almas, Bahia. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

11.
SOUZA, G. S.; Sodre, M L S; Ferreira, R A. Participação em banca de Jeane Pinto de Almeida.Os estudos e análises dos resíduos sólidos provenientes da merenda escolar em escolas da rede pública de Governador Mangabeira. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

12.
SOUZA, GIRLENE. Participação em banca de Luzia Almeida de Souza Sampaio.A abordagem do ensino de microbiologia em instituições de ensino do município de Cruz das Almas: um estuo comparativo com o livro didático. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

13.
SOUZA, G. S.; DIAS, V. B.. Participação em banca de Lidiane de Oliveira Neves.O Livro didático e a sua influência na construção do conhecimento de Botânica nas aulas de Biologia. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

14.
SOUZA, G. S.; Vieira EL; Santos, C. A. C.. Participação em banca de Caio Fernandes Meira.Efeito do fertilizanre ROOTMAX no cresimento inicial de mudas de bananeira Prata -anã. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

15.
SANTOS, Anacleto Ranulfo dos; SOUZA, G. S.; Carvalho, ZS. Participação em banca de Gisele Chagas Moreira.CRESCIMENTO INICIAL DE MAMOEIRO CULTIVADO EM DIFERENTES SUBSTRATOS E QUALIDADE DE LUZ.. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

16.
SOUZA, G. S.; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos; Vieira EL. Participação em banca de Janderson do Carmo Lima.AVALIAÇÃO MORFOFISIOLÓGIA DE PLANTAS DE SALVIA HISPÂNICA L. CULTIVADAS SOB MALHAS COLORIDAS E DOSES DE ESTERCO BOVINO. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

17.
SOUZA, G. S.. Participação em banca de Marcos Vinícius Silva de Andrade.Uso de Atividades Investigativas no Ensino de Ciências Naturais para uma Turma do 6º ano do Ensino Fundamental. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

18.
SOUZA, G. S.; Magalhães, P S; DIAS, V. B.. Participação em banca de Vanessa Ribeiro dos Reis.Educação ambiental no ensino formal: atuação do professor nas escolas municipais de Cruz das Almas. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

19.
SOUZA, G. S.; Magalhães, P S. Participação em banca de Aline Santos dos Santos.A inserção da Educação Ambiental no currículo escolar da rede pública de educação do município de Cruz das Almas, BA. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

20.
SOUZA, G. S.; DIAS, V. B.. Participação em banca de Nívea Aparecida dos Santos Oliveira.Uso de plantas medicinais típicas da região do Recôncavo Baiano como ferramenta didática para o ensino e aprendizagem de botânica em turmas do 7 ano de escolas rurais de Cachoeira, BA. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

21.
SOUZA, G. S.; Silva, RS; DIAS, V. B.. Participação em banca de Carine Barroso brasil.Concepções e inquietações de professores colaboradores de Biologia sobre estágio supervisionado em escolas da rede estadual do municipio de cruz das Almas. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

22.
SOUZA, G. S.. Participação em banca de Jusilene Ferreira Serra.O ensino de Ciências em uma escola pública municipal de cabaceiras do paraguaçu-BA. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Ciências da Natureza - PARFOR) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

23.
SOUZA, G. S.. Participação em banca de Jovenice Pinheiro Macahdo.A prática de experimentos em turma do sexto ano do ensino fundamental de Cabaceiras do Paraguaçu-BA. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Ciências da Natureza - PARFOR) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

24.
SOUZA, G. S.. Participação em banca de Maria Raimunda Oliveira Souza.Educação sexual nos anos finais no colégio Edvaldo Machado Boaventura: uma análise e percepção dos docentes. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Ciências da Natureza - PARFOR) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

25.
SOUZA, G. S.. Participação em banca de Maria Nilzete Conceição Oliveira.Utilização de Recursos Didáticos para melhoria do processo de ensino e aprendizagem dos alunos, nos anos finais do ensino fundamental. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Ciências da Natureza - PARFOR) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

26.
SOUZA, G. S.. Participação em banca de Luana Azevedo Dias.Avaliação das metodologias e motivações para o ensino das Ciências Naturais: um estudo de caso. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Ciências da Natureza - PARFOR) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

27.
SOUZA, G. S.. Participação em banca de Delza de Santana Passos.A disciplina de Ciênciasdo Ensino Fundamental II como ferramenta na redução da produção de resíduos escolares. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Ciências da Natureza - PARFOR) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

28.
SOUZA, G. S.. Participação em banca de Denise da Paz Passos.Conhecimento tradicional e o uso de plantas medicinais como fonte de recurso terapêutico por alunos do colégio Carlos Pereira da Silva de Cabaceiras do Paraguaçu-BA. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Ciências da Natureza - PARFOR) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

29.
SOUZA, G. S.; SANTOS, A. R.; Castro, D. M.. Participação em banca de Jain dos Santos Silva.Produção de biomassa e óelo essencial em plantas de manjericão cultivadas sob malhas coloridas e interação nitrogênio e fósforo. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

30.
SOUZA, G. S.; ALMASSY, R. C. B; SILVA, N.. Participação em banca de Lídia Cabral Moreira.O ensino de Biologia como investigação e problematização: intervenção entre teoria e prática em uma escola pública de Cruz das Alams, BA. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

31.
SOUZA, G. S.. Participação em banca de Maria Celeste Almeida de Jesus Amorim.O processo de avaliação em ciências naturais no 9º ano do ensino fundamental público e privado. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Ciências da Natureza - PARFOR) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

32.
SOUZA, G. S.. Participação em banca de Margarete Mascarenhas Lima.O desencanto e a aprendizagem de ciências nos anos finais do ensino fundamental. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Ciências da Natureza - PARFOR) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

33.
SOUZA, G. S.. Participação em banca de Messias Correia Cabral.Fatores que interferem na aprendizagem no ensino de ciências dos alunos do 8ºano do colégio Municipal Luís Eduardo Magalhães, Castro Alves-BA. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Ciências da Natureza - PARFOR) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

34.
SOUZA, G. S.. Participação em banca de Joselita Henrique dos Santos.Horta escolar: um laboratório vivo para o ensino. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Ciências da Natureza - PARFOR) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

35.
SOUZA, G. S.. Participação em banca de Tatiane Moraes dos Santos.Evasão escolar com alunos trabalhadores: uma experiência em Itatim-BA. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Ciências da Natureza - PARFOR) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

36.
SANTOS, A. R.; SOUZA, G. S.; Vieira EL. Participação em banca de Aglair Cardoso Alves.Planta de sálvia, cultivadas sob malhas coloridas e submetidas a diferentes doses de fósforo. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

37.
SANTOS, A. R.; SOUZA, G. S.; Vieira EL. Participação em banca de Cláudia Brito Abreu.Plantas de manjericão, cultivadas sob malhas coloridas em diferentes concentrações de fósforo. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

38.
SOUZA, G. S.; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos; Couto, J. L.. Participação em banca de Elielson Lima de Aquino.Desenvolvimento do Amendoim submetido atoxidez por alumínio. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

39.
SOUZA, G. S.; Vieira EL; Santos, C. A. C.. Participação em banca de Maria Elisa Falcão de Oliviera.Utilização do Stimulate na Cultura da Soja. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

40.
SOUZA, G. S.; Vieira EL; Santos, C. A. C.. Participação em banca de Silvio dos Anjos Santos Filho.Correlação entre as características da folha "D" e do fruto de abacaxi na cultivar BRS Imperial. 2011.

41.
SOUZA, G. S.; MArtins, F.M; Carvlho, P.C.L. Participação em banca de Juliane Cardoso da Silva.Anatomia foliar de seis espécies de Manihot Mill (Euphorbiaceae) do estado da Bahia. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

42.
SOUZA, G. S.; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos; Vieira EL. Participação em banca de Dryele Menezes Lobo.Desordens nutricionais do amendoinzeiro submetido à omissão de N P K. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

43.
SOUZA, G. S.; Castro, D. M.; MArtins, F.M. Participação em banca de Jamile Fernandes Lima.Anatomia de espécies de Ocimum grantissimum L. com ênfase na caracterização das estruturas secretoras. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

44.
SOUZA, G. S.; Vieira EL; COSTA, M. A. P. C.. Participação em banca de Kelly Anselmo de Souza.Utilização do Stimulate em culturas frutíferas e graníferas. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

45.
SOUZA, G. S.; Vieira EL; COSTA, M. A. P. C.. Participação em banca de Fábio Ribeiro Garcia.Efeito do regulador vegetal na indução da embriogênese somática em Aechmea fasciate. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
SOUZA, G. S.; Castro, D. M.; Souza, J S. Processo seletivo para contratação de docente por tempo determinado - Biodiversidade. 2017. Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

2.
SOUZA, G. S.; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos; Vieira EL. Ciências Agrárias. 2010. Instituto Federal Baiano.

3.
SOUZA, G. S.; Vieira EL; TORRES, J. E. B.. Agronomia- Biologia vegetal. 2009. Instituto Federal Baiano.

4.
SOUZA, G. S.; Vieira EL; TORRES, J. E. B.. Agronomia - Produção Vegetal. 2009. Instituto Federal Baiano.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
III Fórum de Licenciaturas da UFRB/IV Seminário do PIBID UFRB/ BIU. 2016. (Seminário).

2.
Roda Viva da Docência Profissional: reflexões, experiências e perspectivas pelo CCAABB. 2016. (Oficina).

3.
12º Seminário de Pesquisa e Extensão da FAMAM.DIMENSÃO PEDAGÓGICA E PRINCÍPIOS DA GESTÃO ESCOLAR DA REDE ESTADUAL DE ENSINO DO MUNICÍPIO DE CRUZ DAS ALMAS - BA. 2015. (Seminário).

4.
V Simposio Baiano das Licenciaturas e 1º Seminário PIBID Nordeste.CONSTRUINDO PRÁTICAS EDUCATIVAS INOVADORAS COM ENFOQUE EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA ESCOLA. 2015. (Simpósio).

5.
Congresso Nacional de Educação. 2014. (Congresso).

6.
I Simpósio de Extensão da UFRB. 2014. (Simpósio).

7.
IV Simpósio Baiano das Licenciaturas.Construindo práticas educativas no ensino médio com enfoque em educação ambiental: estudo exploratório em uma escola estadual do município de Muritiba-BA. 2014. (Simpósio).

8.
XI Congresso latinoamericano de Botânica. 2014. (Congresso).

9.
Conferência Estadual de Educação. 2013. (Outra).

10.
II Fórum Internacional 20 de Novembro e VII Fórum Pró-Igualdade Racial e Inclusão Social do Recôncavo. 2013. (Outra).

11.
III Simpósio Baiano das Licenciaturas.GT 5 - PRÁTICAS DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES NAS CIÊNCIAS NATURAIS E EXATAS. 2013. (Simpósio).

12.
II Simpósio de Pesquisa e Formação de Professores.Mesa redonda: A apropriação do conceito de professor pesquisador por cursos do Parfor: discursos e práticas.. 2013. (Simpósio).

13.
I Simpósio da rede de Recursos Genéticos Vegetais do Nordeste.Consultor ad hoc de vários trabalhos. 2013. (Simpósio).

14.
IV Congresso Baiano de Pesquisadores Negros. 2013. (Congresso).

15.
IV Seminário de Formação de Professores - SEMFOPA. 2013. (Seminário).

16.
IV SEMINÁRIO DE FORMAÇÃO DO PARFOR ? SEMFOPA. TEMA: DIDÁTICA, FORMAÇÃO E TRABALHO DOCENTE.Formação do Professor de Ciências: uma reflexão sobre ética e cidadania. 2013. (Seminário).

17.
Membro da Comissão Científica do IV Seminário de Formação de Professores - SEMFOPA.membro da Comissão Científica do IV Seminário de Formação de Professores - SEMFOPA. 2013. (Seminário).

18.
Oficina "Modelo de intervenção socioambiental para a produção de comportamentos pró-ambientais". 2013. (Oficina).

19.
Palestra sobre Fisiologia Vegetal - enfoque prático. 2013. (Outra).

20.
3 Congresso Nordestino de Extensão Universitária. 2012. (Congresso).

21.
Congresso Baiano de Engenharia Sanitária e Ambiental. 2012. (Congresso).

22.
Fórum Internacional 20 de novembro. 2012. (Outra).

23.
II Seminário sobre Formação de Professores em Exercício. 2012. (Seminário).

24.
II Simpósio Baiano de Licenciatura. 2012. (Simpósio).

25.
I Simpósio de Pesquisa e Formação de Professores. 2012. (Simpósio).

26.
VII Fórum Brasileiro de Educação Ambiental. 2012. (Outra).

27.
Workshop- Tendências dos Currículos de Formação de Professores em Ciências da Natureza. 2012. (Outra).

28.
XXXIII Congresso Interamericano de Engenharia Sanitária e Ambiental. 2012. (Congresso).

29.
II Jornada de Extensão Universitária da Bahia. 2011. (Outra).

30.
I reunião Anual de Ciência, tecnologia, Inovação e Cultura no Recôncavo da Bahia. 2011. (Outra).

31.
XIII Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal e XIV Reuniuão Latinoamaericana de Fisiologia Vegetal. 2011. (Congresso).

32.
XXXIII Congresso Brasileiro de Ciência do Solo. 2011. (Congresso).

33.
I RECITEC RECONCAVO. 2010. (Outra).

34.
Reunião Regional da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência.Procedimentos para elaboração de projetos de pesquisa em Ciências Agrárias. 2010. (Outra).

35.
Evolução da Agricultura Brasileira, Defesa Sanitária e Segurança do Trabalho Rural. 2009. (Outra).

36.
II Seminário de Pesquisa do recôncavo da Bahia. 2009. (Seminário).

37.
I Fórum de Graduação da UFMA. 2008. (Outra).

38.
Seminário sobre ?Meio Ambiente no Baixo Parnaíba: olhos no mundo, pés na região. 2008. (Outra).

39.
I Semana Acadêmica de Agronomia do CCAA/UFMA. 2007. (Seminário).

40.
I Semana Acadêmica do Curso de Ciências Biológicas. 2007. (Outra).

41.
XI Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal. Efeito de diferentes condições de transmissão de luz, com uso de malhas coloridas no crescimento e aspectos fisiológicos de plantas jovens de Mikania laevigata Schultz Bip. Ex. Baker (Asteraceae). 2007. (Congresso).

42.
XI Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal. Efeito de diferentes condições de transmissão de luz, com uso de malhas coloridas no crescimento e aspectos fisiológicos de plantas jovens de Mikania laevigata Schultz Bip. Ex. Baker (Asteraceae). 2007. (Congresso).

43.
45 CBO Congresso Brasileiro de Olericultura; 15 CBFPO Congresso Brasileiro de Olericultura e Plantas Ornamentais; 2 CBCTP Congreso Brasileiro de Cultura de tecidos de Plantas,. 2005. (Congresso).

44.
56º Congresso Nacional de Botânica/Conservação da Flora Brasileira. 2005. (Congresso).

45.
congresso brasileiro de Fisiologia Vegetal/ XII congreso latino Americano de Fisiologia vegetal. Anatomia flora de Mikania laevigata. 2005. (Congresso).

46.
53º Congresso Nacional de Botânica- 25ª Reunião Nordestina de Botânica. 2002. (Congresso).

47.
47º Congresso Nacional de Genética. 2001. (Congresso).

48.
XVII Congresso Brasileiro de Ciências e Tecnologia de Alimentos. 2000. (Congresso).

49.
I ISeminário UEFS/EMBRAPA de Iniciação Científica. 1998. (Seminário).

50.
Treinamento sobre a cultura do abacaxi. 1998. (Outra).

51.
XIII Encontro de Genética do Nordeste. 1998. (Encontro).

52.
1º ALTERCON. 1997. (Seminário).

53.
II Encontro de Biotecnologia do Vegetal. 1997. (Encontro).

54.
I Seminário UEFS/EMBRAPA de Iniciação Científica. 1997. (Seminário).

55.
Mesa Redonda de Micropropagação de fruteiras e mandioca. 1997. (Outra).

56.
Simpósio Brasileiro de Abacaxi. 1996. (Simpósio).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
SOUZA, G. S.. V CICLO DE SEMINÁRIOS CIENTÍFICOS DO GRUPO DE PESQUISA MANEJO DE NUTRIENTES NO SOLO E EM PLANTAS CULTIVADAS. 2018. (Outro).

2.
SOUZA, G. S.. ?II Semana de Atualização em Ciências, Agrárias, Ambientais e Biológicas: ?Inovação e Sustentabilidade. 2017. (Outro).

3.
SOUZA, GIRLENE; SANTOS, A. R. ; OLIVEIRA, U. C. ; Costa, F M . Curso prático laboratorial em Nutrição Mineral de Plantas. 2017. (Outro).

4.
SOUZA, G. S.. Curso de Capacitação em Restauração Florestal. 2015. (Outro).

5.
SOUZA, G. S.. Mini-Curso em Técnicas de Apresentação e Comunicação Oral. 2015. (Outro).

6.
SOUZA, G. S.. III CICLO DE SEMINÁRIOS CIENTÍFICOS DO GRUPO DE PESQUISA MANEJO DE NUTRIENTES NO SOLO E EM PLANTAS CULTIVADAS. 2015. (Outro).

7.
SOUZA, G. S.. ?I Semana de Atualização em Ciências, Agrárias, Ambientais e Biológicas: ?Produção e Equilíbrio Ambiental. 2014. (Outro).

8.
SOUZA, G. S.. Oficina de Orientação Pedagógica para monitores do Projeto Univeridade Para Todos - UPT/UFRB 2014: A educação do olhar. 2014. (Outro).

9.
SOUZA, G. S.. ENCONTRO ITINERANTE DO PROJETO UNIVERSIDADE PARA TODOS ? UPT/UFRB 2014",. 2014. (Outro).

10.
SOUZA, G. S.. II Ciclo de Seminários Científicos do Grupo de Pesquisa Manejo de Nutrientes no Solo e em Plantas Cultivadas. 2014. (Outro).

11.
SOUZA, G. S.. I Ciclo de Seminários Científicos do Grupo de Pesquisa Manejo de Nutrientes no Solo e em Plantas Cultivadas,. 2014. (Outro).

12.
SOUZA, G. S.. Aulão Preparatório para o ENEM - Projeto Universidade para Todos. 2013. (Outro).

13.
SOUZA, G. S.. Reencôncavo 2013. 2013. (Outro).

14.
SOUZA, G. S.. II Fórum Internacional 20 de novembro. 2013. (Outro).

15.
SOUZA, G. S.; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos ; Vieira EL ; Silva, JS ; Ferreira, DR . II Curso de Metodologia da Pesquisa Científica. 2011. (Outro).

16.
SOUZA, G. S.; Santos, A. S. ; Machado, PB ; Ribeiro, V.R. ; Ferreira, DR . CURSO DE CAPACITAÇÃO EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL. 2011. (Outro).

17.
SOUZA, G. S.; SANTOS, Anacleto Ranulfo dos . I Curso de Extensão em Metodologia da Pesquisa Científica. 2010. (Outro).

18.
SOUZA, G. S.. I Fórum Acadêmico- Científico do Centro de Ciências Agrárias e Ambientais do CCAA/UFMA. 2007. (Outro).

19.
SOUZA, G. S.. I Semana Acadêmica de Agronomia do CCAA/UFMA. 2007. (Outro).

20.
SOUZA, G. S.. I Workshop do Centro de Ciências Agrárias e Ambientais da UFMA. 2007. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Aline dos Anjos Souza. CRESCIMENTO DE BOLDO (Plectranthus ornatus Cood) CULTIVADO SOB MALHAS FOTOCONVERSORAS COM DIFERENTES TIPOS DE ADUBAÇÃO ORGÂNICA. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em SOLOS E QUALIDADE DE ECOSSISTEMAS) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Coorientador).

2.
UASLEY CALDAS DE OLIVEIRA. SUBSTÂNCIAS HÚMICAS E CONCENTRAÇÕES DE ALUMÍINIO NO DESENVOLVIMENTO E MORFOLOGIA ANATÔMICA DE CULTIVARES DE COENTRO (Coriandrum sativum L.). Início: 2017. Dissertação (Mestrado em SOLOS E QUALIDADE DE ECOSSISTEMAS) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. (Coorientador).

3.
Janildes de jesus da Silva. Ambientes de luz e adubação orgânica no crescimento, diagnose nutricional e produção de óleo essencial em plantas de alecrim (Rosmarinus officinalis L.). Início: 2017. Dissertação (Mestrado em SOLOS E QUALIDADE DE ECOSSISTEMAS) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. (Coorientador).

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Gabriel Rocha Ferreira Lima. DESENVOLVIMENTO, CONSTRUÇÃO E USO DE EQUIPAMENTOS E MATERIAIS ALTERNATIVOS PARA O ENSINO DE BOTÂNICA. Início: 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Patrícia Messias Ferreira. Aspectos fisiológicos de Pereskia aculeata cultivada sob diferentes proporções de amônio e nitrato e ambientes de luz. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
FRANCIELLE MEDEIROS COSTA. Crescimento e produção de óleo essencial em plantas de manjericão (Ocimum basilicum L.) cultivadas em solo natural e com uso de corretivo sob diferentes malhas fotoconversoras. 2018. Dissertação (Mestrado em SOLOS E QUALIDADE DE ECOSSISTEMAS) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Coorientador: Girlene Santos de Souza.

2.
Janderson do Carmo Lima.  INFLUENCIA DO AMONIO E NITRATO NO RENDIMENTO DE OLEO ESSENCIAL DE PLANTAS DE LIPPIA ALBA CULTIVADAS SOB MALHAS FOTOCONVERSORAS.. 2015. Dissertação (Mestrado em SOLOS E QUALIDADE DE ECOSSISTEMAS) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Girlene Santos de Souza.

3.
Lavine Silva Matos. Rendimento de biomassa e produção de óleo essencial em plantas de manjericão (Ocimum basilicum L.) cultivadas sob malhas fotoconversoras e diferentes concentrações de potássio. 2014. Dissertação (Mestrado em SOLOS E QUALIDADE DE ECOSSISTEMAS) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Coorientador: Girlene Santos de Souza.

4.
Aglair Cardoso Alves. Lippia alba (Mill.) N.E. Brown cultivada sob malhas fotoconversoras e doses nitrogênio. 2013. Dissertação (Mestrado em SOLOS E QUALIDADE DE ECOSSISTEMAS) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, . Coorientador: Girlene Santos de Souza.

5.
Vanuze Costa de Oliveira. Plantas de orégano (Origanum vulgare L.) cultivadas sob diferentes malhas coloridas e concentrações de fósforo em Latossolo Amarelo do Recôncavo Baiano. 2012. Dissertação (Mestrado em SOLOS E QUALIDADE DE ECOSSISTEMAS) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Coorientador: Girlene Santos de Souza.

6.
Maria Elisa Falcão de Oliveira. Plantas de manjericão (Ocimum basilicum L.) cultivadas sob diferentes malhas coloridas e concentrações de fósforo no Recôncavo Baiano. 2012. Dissertação (Mestrado em SOLOS E QUALIDADE DE ECOSSISTEMAS) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Coorientador: Girlene Santos de Souza.

7.
LEANDRO GONÇALVES DOS SANTOS. Suprimento de fósforo e boro no desenvolvimento e rendimento de óleo na cultura do girassol. 2009. Dissertação (Mestrado em Ciências Agrárias) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, . Coorientador: Girlene Santos de Souza.

8.
Ubiratan Oliveira Souza. COMPORTAMENTO ANATÔMICO E DESENVOLVIMENTO DO AMENDOINZEIRO (Arachis hypogaea L.), SUBMETIDO À INTERAÇÃO FÓSFORO E ENXOFRE, EM AMBIENTES COM QUALIDADE DE LUZ MODIFICADA.. 2009. Dissertação (Mestrado em Ciências Agrárias) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Coorientador: Girlene Santos de Souza.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Safira Aguiar Bomfim. A ABORDAGEM PEDAGÓGICA DO PROFESSOR QUE LECIONA A DISCIPLINA DE BIOLOGIA NO CONTEXTO DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM INSTITUIÇÕES DE ENSINO DA REDE ESTADUAL DE CRUZ DAS ALMAS ? BAHIA. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

2.
GILVANDA LEÃO DOS ANJOS. PRODUÇÃO DE MUDAS DE PIMENTÃO EM DIFERENTES SUBSTRATOS E AMBIENTES DE LUZ. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

3.
ALINE DOS ANJOS SOUZA. EFEITO DA ADUBAÇÃO ORGÂNICA NO CRESCIMENTO INICIAL DO BOLDO. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

4.
NEUZA CARVALHO DOS SANTOS. ?A IMPORTÂNCIA DAS AULAS PRÁTICAS NO ENSINO DE BIOLOGIA EM UMA ESCOLA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL NO MUNICIPÍO DE SANTO ANTONIO DE JESUS- BAHIA. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

5.
UASLEY CALDAS DE OLIVEIRA. TOXIDEZ DE ALUMÍNIO EM ESPÉCIES DE FEIJÃO. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

6.
JEANE PINTO DE ALMEIDA. ESTUDO E ANÁLISE DOS RESÍDUOS SÓLIDOS PROVINIENTES DA MERENDA ESCOLAR EM UMA ESCOLA DA REDE PÚBLICA DE GOVERNADOR MANGABEIRA. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

7.
SANDRA DOS SANTOS CONCEIÇÃO. A MERENDA ESCOLAR SOB A ÓTICA DOS DIVERSOS ATORES DE UMA REDE PUBLICA DO MUNICÍPIO DE CRUZ DAS ALMAS, BAHIA. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

8.
MAISA DE ALMEIDA SANTOS. DIMENSÃO PEDAGÓGICA E PRÍNCIPIOS DA GESTÃO ESCOLAR DA REDE ESTADUAL DE ENSINO DO MUNICÍPIO DE CRUZ DAS ALMAS. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

9.
LIDIANE DE OLIVEIRA NEVES. O LIVRO DIDÁTICO E A SUA INFLUÊNCIA NA CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO DE BOTÂNICA NAS AULAS DE BIOLOGIA. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

10.
Janderson do Carmo Lima. Influencia das malhas fotoconversoras na produção de biomassa, aspectos morfosisiológicos e fitoquimícos de mudas de Lychnophora pinaster Mart. cultivados em diferentes níveis de adubação orgânica. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

11.
Thais Peixoto da Silva. PERCEPÇÕES DA PROFISSÃO DOCENTE, UM DIAGNÓSTICO EM ALUNOS DE LICENCIATURA EM BIOLOGIA DA UFRB. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

12.
Aline Santos dos Santos. Como a Educação Ambiental estar sendo mediada no currículo das escolas municipais de Cruz das Almas ? BA. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

13.
CARINE BARROSO BRASIL. CONCEPÇÕES E INQUIETAÇÕES DE PROFESSORES COLABORADORES DE BIOLOGIA SOBRE ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM ESCOLAS DA REDE ESTADUAL DO MUNICÍPIO DE CRUZ DAS ALMAS, BA.. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

14.
NÍVIA APARECIDA DOS SANTOS OLIVEIRA. USO DE PLANTAS MEDICINAIS TÍPICAS DA REGIÃO DO RECÔNCAVO BAIANO COMO FERRAMENTA DIDÁTICA PARA O ENSINO E APRENDIZAGEM DE BOTÂNICA EM UMA ESCOLA DA ZONA RURAL. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

15.
Jain dos Santos Silva. Produção de Biomassa e óleo essencial em planta de manjericão (Ocimum Basilicum L.) cultivadas sob malhas coloridas e interação de nitrogênio e fósforo. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

16.
Lídia Cabral Moreira. O ensino e aprendizagem como investigação e problematização: contribuições ao ensino de Biologia em uma escola pública de Cruz das Almas, BA. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

17.
Vanessa Ribeiro dos Reis. EDUCAÇÃO AMBIENTAL NO ENSINO FORMAL: ATUAÇÃO DO PROFESSOR NAS ESCOLAS MUNICIPAIS DE CRUZ DAS ALMAS- BAHIA. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

18.
Messias Correia Cabral. Fatores que interferem na aprendizagem no ensino de ciências dos alunos do 8ºano do colégio Municipal Luís Eduardo Magalhães, Castro Alves-BA. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura em Ciências da Natureza - PARFOR) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

Iniciação científica
1.
Diego Chaves Fagundes. UTILIZAÇÃO DE TELAS DE SOMBREAMENTO NA PRODUÇAO DE MUDAS DE Physalis angulata CULTIVADAS SOB DIFERENTES SUBSTRATOS. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

2.
Nakbert Silva dos Santos. Influencia das malhas fotoconversoras na produção de biomassa, aspectos morfosisiológicos e fitoquimícos de mudas de Lychnophora pinaster Mart. cultivados em diferentes níveis de adubação orgânica. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

3.
Gabriel Rocha Ferreira de Limas.  INFLUENCIA DAS MALHAS FOTOCONVERSORAS NA PRODUÇÃO DE BIOMASSA, ASPECTOS FISIÓLOGICOS E FITOQUIMICOS DE MUDAS DE LYCHONOPHORA PINASTER MART. CULTIVADOS EM DIFERENTES NIVES DE ADUBAÇÃO ORGÂNICA. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

4.
Janderson do Carmo Lima. PLANTAS DE CHIA CULTIVADAS SOB MALHAS FOTOCONVERSORAS E DIFERENTES NÍVEIS DE ADUBAÇÃO ORGÂNICA. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

5.
Gabriel Rocha Ferreira de Lima. PLANTAS DE CHIA CULTIVADAS SOB MALHAS FOTOCONVERSORAS E DIFERENTES NÍVEIS DE ADUBAÇÃO ORGÂNICA. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

6.
Gilvanda Leão dos Anjos. Qualidade de luz e adubação orgânica na produção de biomassa, aspectos fisiológicas, anatômicos e no teor de óleo essencial de Melissa officinalis L.. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

7.
Danilo Silva. Qualidade de luz e adubação orgânica na produção de biomassa, aspectos fisiológicas, anatômicos e no teor de óleo essencial de Melissa officinalis L.. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Girlene Santos de Souza.

8.
Adailton Correia Lucena Junior. CONSTRUINDO PRÁTICAS EDUCATIVAS INOVADORAS NO ENSINO MÉDIO COM ENFOQUE EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL: ESTUDO EXPLORATÓRIO EM UMA ESCOLA ESTADUAL DO MUNICÍPIO DE MURITIBA - BA. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

9.
Jain dos Santos Silva. Aspectos fisiológicos, fotoquímicos e nutricionais de plantas de Melissa officinalis L., cultivadas sob malhas fotoconversoras e diferentes doses de nitrogênio. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

10.
Poliana Brandão. PROJETO UTILIXO: Uma experiência de Educação Ambiental em Escolas Públicas Municipais de Cruz da Almas - Ba. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Sanitária e Ambiental) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

11.
Elvis Rangel Barreto. PROJETO UTILIXO: Uma experiência de Educação Ambiental em Escolas Públicas Municipais de Cruz da Almas - Ba. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

12.
MARIANA QUEIROZ OLIVEIRA VENTURA. PROJETO UTILIXO: Uma experiência de Educação Ambiental em Escolas Públicas Municipais de Cruz da Almas - Ba. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

13.
Jain dos Santos Silva. valiação de características fotossintéticas, anatômicas, nutricionais e fitoquímicas de plantas jovens de alfavaca (Ocimum gratissimum Lineu) e alecrim (Rosmarinus officinalis L. cultivadas sob malhas fotoconversoras. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

14.
Jain Santos Silva. Avaliação de características fotossintéticas, anatômicas, nutricionais e fitoquímicas de plantas jovens de alfavaca (Ocimum gratissimum Lineu) e alecrim (Rosmarinus officinalis L. cultivadas sob malhas fotoconversoras. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Girlene Santos de Souza.

15.
Gustavo Hugo Ferreira de Oliveira. CRESCIMENTO E ASPECTOS FISIOLÓGICOS DE PLANTAS DE MILHO DE CICLO PRECOCE NA REGIÃO DO BAIXO PARNAÍBA MARANHENSE. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Centro de Ciências Agrárias e Ambientais da UFMA, Universidade Federal do Amranhão. Orientador: Girlene Santos de Souza.

Orientações de outra natureza
1.
Flávio Soares dos Santos. Pimenta (Capscum sp) cultivada sob diferentes ambientes de luz. 2018. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

2.
Danilo Brito de Almeida. Monitoria em Morfologia e Anatomia da Angiospermas 207-1. 2017. Orientação de outra natureza. (Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

3.
Safira Aguiar Bomfim. Estratégias de Educação Ambiental Escolar e Permacultura na Escola Municipal Joaquim de Medeiros, Cruz das Almas,BA. 2017. Orientação de outra natureza. (Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Programa de Bolsa de extensão da UFRB. Orientador: Girlene Santos de Souza.

4.
Aline Ferreira Lima. Estratégias de Educação Ambiental Escolar e Permacultura na Escola Municipal Joaquim de Medeiros, Cruz das Almas,B. 2017. Orientação de outra natureza. (Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, UFRB/ PRO REITORIA DE POLITICAS AFRIMATIVAS. Orientador: Girlene Santos de Souza.

5.
Alesssandro Ramos de Jesus. Monitoria em Botânica Básica- Semestre 2017-2. 2017. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

6.
JESSICA TALIA MACHADO DE JESUS. Monitoria em Morfologia e Anatomia de Angiospermas- 2017-2. 2017. Orientação de outra natureza. (Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

7.
Aline dos Santos. CONSTRUINDO PRÁTICAS EDUCATIVAS INOVADORAS COM ENFOQUE EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL: EXPLORATÓRIO EM ESCOLAS PÚBLICAS DA REGIÃO DO RECÔNCAVO BAIANO. 2016. Orientação de outra natureza. (Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, UFRB/ PRO REITORIA DE POLITICAS AFRIMATIVAS. Orientador: Girlene Santos de Souza.

8.
Isabele Araújo. CONSTRUINDO PRÁTICAS EDUCATIVAS INOVADORAS COM ENFOQUE EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL: EXPLORATÓRIO EM ESCOLAS PÚBLICAS DA REGIÃO DO RECÔNCAVO BAIANO. 2016. Orientação de outra natureza. (Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, UFRB - Programa de bolsas de extensão. Orientador: Girlene Santos de Souza.

9.
Nisângela de Oliveira Santana. Monitoria em Anatomia e Morfologia de Angiospermas. 2016. Orientação de outra natureza. (Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, UFRB/Monitoria. Orientador: Girlene Santos de Souza.

10.
Marília Moreira Castro. Monitoria em Morfologia e Anatomia de Angiospermas. 2016. Orientação de outra natureza. (Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

11.
Nisangela Oliveira Santana. Monitoria em Morfologia e Anatomia de Angiospermas 2015-2. 2016. Orientação de outra natureza. (Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

12.
Danilo Brito. CONSTRUINDO PRÁTICAS EDUCATIVAS INOVADORAS COM ENFOQUE EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL: EXPLORATÓRIO EM ESCOLAS PÚBLICAS DA REGIÃO DO RECÔNCAVO BAIANO. 2015. Orientação de outra natureza. (Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Ministério da Educação. Orientador: Girlene Santos de Souza.

13.
Isabelle Araujo. CONSTRUINDO PRÁTICAS EDUCATIVAS INOVADORAS COM ENFOQUE EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL: EXPLORATÓRIO EM ESCOLAS PÚBLICAS DA REGIÃO DO RECÔNCAVO BAIANO. 2015. Orientação de outra natureza. (Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Ministério da Educação. Orientador: Girlene Santos de Souza.

14.
Safira Aguiar Bomfim. CONSTRUINDO PRÁTICAS EDUCATIVAS INOVADORAS COM ENFOQUE EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL: EXPLORATÓRIO EM ESCOLAS PÚBLICAS DA REGIÃO DO RECÔNCAVO BAIANO. 2015. Orientação de outra natureza. (Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Ministério da Educação. Orientador: Girlene Santos de Souza.

15.
Thaise Paz Passosl. CONSTRUINDO PRÁTICAS EDUCATIVAS INOVADORAS COM ENFOQUE EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL: EXPLORATÓRIO EM ESCOLAS PÚBLICAS DA REGIÃO DO RECÔNCAVO BAIANO. 2015. Orientação de outra natureza. (Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Programa de Bolsa de extensão da UFRB. Orientador: Girlene Santos de Souza.

16.
Jeane Pinto de Almeida. CONSTRUINDO PRÁTICAS EDUCATIVAS INOVADORAS COM ENFOQUE EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL: EXPLORATÓRIO EM ESCOLAS PÚBLICAS DA REGIÃO DO RECÔNCAVO BAIANO. 2015. Orientação de outra natureza. (Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, UFRB/ PRO REITORIA DE POLITICAS AFRIMATIVAS. Orientador: Girlene Santos de Souza.

17.
Isabele Barbosa de Araujo. Monitoria em Morfologia e Anatomia da Angiospermas 2014-2. 2015. Orientação de outra natureza. (Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

18.
Neuza Helena Carvalho de Oliveira. Monitoria em Botânica Básica 2015-2. 2015. Orientação de outra natureza. (Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

19.
Uasley caldas de Oliviera. Características fisiológicas de (Physalis angulata L.) cultivada em diferentes concentrações de alumínio sob malhas fotoconversoras.. 2014. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

20.
Thais Queiroz Oliviera. Terra que educa: uma proposta de Educação Ambiental e Permacultura no Colégio Municipal da Embira, Cruz das Almas-BA. 2014. Orientação de outra natureza. (Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, UFRB - Programa de bolsas de extensão. Orientador: Girlene Santos de Souza.

21.
Alexandra Machado Santana Vieir. ?Construindo práticas educativas inovadoras no ensino médio com enfoque em Educação Ambiental: estudo exploratório em uma escola estadual do município de Muritiba ? BA?. 2014. Orientação de outra natureza. (Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

22.
Danilo Silva. Monitoria em Morfologia e Anatomia de Angiospermas Monitoria. 2013. Orientação de outra natureza. (Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, UFRB/PROGRAD. Orientador: Girlene Santos de Souza.

23.
Naira Almeida Oliveira. Uma proposta de Educação Ambiental em Escolas Públicas de Cruz das Almas - Ba utilizando o Lixo como tema interdisciplinar - PIBEX. 2013. Orientação de outra natureza. (Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, UFRB - Programa de bolsas de extensão. Orientador: Girlene Santos de Souza.

24.
Nadja Oliveira. Monitoria em Morfologia e Anatomia de Angiospermas- Monitoria. 2013. Orientação de outra natureza. (Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

25.
Adailton Correia Lucena. Monitoria em Morfologia e Anatomia de Angiospermas - Monitoria. 2013. Orientação de outra natureza. (Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

26.
Pollyana da Silva de Magalhães. CONSTRUINDO PRÁTICAS EDUCATIVAS INOVADORAS NO ENSINO MÉDIO COM ENFOQUE EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL: ESTUDO EXPLORATÓRIO EM UMA ESCOLA ESTADUAL DO MUNICÍPIO DE MURITIBA - BA. 2013. Orientação de outra natureza - Secretaria de Educação do Estado da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

27.
Gabrile Rocha Ferreira de Lima. Monitoria na disciplina CAA 312 Morfologia e Anatomia de Angiospermas. 2013. Orientação de outra natureza. (Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, UFRB/ Pró-Reitoria de Gradução. Orientador: Girlene Santos de Souza.

28.
Joel lemos. Monitoria em anatomia e morfologia vegetal. 2013. Orientação de outra natureza. (Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

29.
Raquel Almeida Cardoso da Hora. Avaliação de características fotossintéticas, anatômicas, nutricionais e fitoquímicas de plantas jovens de alfavaca (Ocimum gratissimum Lineu), alecrim (Rosmarinus officinalis L.) e melissa (Melissa officinalis L.) cultivadas sob malhas fotoconversoras- PROPAAE. 2012. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, UFRB/PROPAE. Orientador: Girlene Santos de Souza.

30.
Aline dos Anjos. Avaliação de características fotossintéticas, anatômicas, nutricionais e fitoquímicas de plantas jovens de alfavaca (Ocimum gratissimum Lineu), alecrim (Rosmarinus officinalis L.) e melissa (Melissa officinalis L.) cultivadas sob malhas fotoconversoras- PROPAAE. 2012. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, UFRB/PROPAE. Orientador: Girlene Santos de Souza.

31.
Gabrile Rocha Ferreira de Lima. Monitoria - CCA 312_ Morfologia e Anatomia de Angiospermas. 2012. Orientação de outra natureza. (Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, UFRB/PROGRAD. Orientador: Girlene Santos de Souza.

32.
Janderson do Carmo Lima. Crescimento, avaliação de características fotossintéticas, anatômicas, nutricionais e fitoquímicas de plantas medicinais cultivadas sob malhas fotoconversoras- PROPAAE. 2012. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

33.
Uasley Caldas de Oliveira. Crescimento, avaliação de características fotossintéticas, anatômicas, nutricionais e fitoquímicas de plantas medicinais cultivadas sob malhas fotoconversoras. 2011. Orientação de outra natureza. (Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

34.
Caliane de Almeida Santana. Técnicas Básicas de Anatomia e Morologia Vegetal. 2011. Orientação de outra natureza. (Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

35.
Gabriel Rocha Ferreira de Lima. Técnicas Básicas de Anatomia e Morfologia vegetal. 2011. Orientação de outra natureza. (Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

36.
Vanessa Ribeiro dos Reis. Projeto Utilixo: uma expereiência de Educação Ambiental em Escolas Públicas Municipis de Cruz das Almas. 2011. Orientação de outra natureza. (Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Programa de Bolsa de extensão da UFRB. Orientador: Girlene Santos de Souza.

37.
Caliane de Almeida Santana. Monitoria da Disciplina Morfologia e Anatomia de Angiospermas. 2011. Orientação de outra natureza. (Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

38.
Gabriel Rocha Ferreira de Lima. Monitoria da disciplina Morfologia e Anatomia de Angiospermas. 2011. Orientação de outra natureza. (Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

39.
Roberto Bispo dos Santos Neto. ?Avaliação de características fotossintéticas, anatômicas, nutricionais e fitoquímicas de plantas jovens de alfavaca (Ocimum, gratissimum Lineu), alecrim (Rosmarinus officinalis L.) e melissa (Melissa officinalis L.) cultivadas sob malhas fotoconversoras?. 2011. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

40.
Vanessa Ribeiro dos Reis. PROJETO UTILIXO: Uma experiência de Educação Ambiental em Escolas Públicas Municipais de Cruz da Almas - Ba. 2011. Orientação de outra natureza. (Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Pró-Reitoria de Extensão. Orientador: Girlene Santos de Souza.

41.
Aline Santos dos Santos. Projeto Utilixo: uma expereiência de Educação Ambiental em Escolas Públicas Municipis de Cruz das Almas. 2011. Orientação de outra natureza. (Licenciatura em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

42.
GILMARA A. F. OLIVEIRA. Monitoria da disciplina Morfologia e Anatomia de Angiospermas(Monitoria). 2010. Orientação de outra natureza. (Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

43.
CAMILA SANTIAGO HOLENFILD. Monitora da disciplina Morfologia e Anatomia de Angiospermas (Monitoria). 2010. Orientação de outra natureza. (Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Girlene Santos de Souza.

44.
DJANE DOS REIS FERREIRA. Avaliação de características fotossintéticas, anatômicas, nutricionais e fitoquímicas de plantas jovens de alfavaca (Ocimum gratissimum Lineu) e alecrim (Rosmarinus officinalis L. cultivadas sob malhas fotoconversoras. 2010. Orientação de outra natureza. (Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, UFRB/PET. Orientador: Girlene Santos de Souza.

45.
Danilo Gonçalves Gomes. Avaliação de características fotossintéticas, anatômicas, nutricionais e fitoquímicas de plantas jovens de alfavaca (Ocimum gratissimum Lineu) e alecrim (Rosmarinus officinalis L. cultivadas sob malhas fotoconversoras (PROPAE). 2010. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, UFRB/PROPAE. Orientador: Girlene Santos de Souza.

46.
Fabininéia Amaral Guedes. PROJETO UTILIXO: Uma experiência de Educação Ambiental em Escolas Públicas Municipais de Cruz da Almas - Ba (PROPAE). 2010. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, UFRB/PROPAE. Orientador: Girlene Santos de Souza.

47.
Elisvalber Serra Sousa. Coleta, conservação, caracterização e avaliação de germoplasma de feijão-caupi (Vigna unguiculata (L.) Walp.) das regiões Norte, Centro e Leste do Estado do Maranhão (Bolsa de Trabalho). 2008. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Centro de Ciências Agrárias e Ambientais da UFMA, Universidade Federal do Amranhão. Orientador: Girlene Santos de Souza.

48.
Ricardo de Normandes Valadares. Coleta, conservação, caracterização e avaliação de germoplasma de feijão-caupi (Vigna unguiculata (L.) Walp.) das regiões Norte, Centro e Leste do Estado do Maranhão (Bolsa de trabalho). 2007. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Centro de Ciências Agrárias e Ambientais da UFMA, Universidade Federal do Amranhão. Orientador: Girlene Santos de Souza.



Educação e Popularização de C & T



Livros e capítulos
1.
Bomfim, S.A ; Girlene Santos de Souza . A práxis pedagógica de educação ambiental pelos professores que lecionam a disciplina de biologia da rede estadual em Cruz das Almas ? Bahia. 1. ed. Ponta Grossa-PR: Atena editora, 2018. v. 1. 66p .



Outras informações relevantes


Bolsista de Iniciação Científica (CNPq)no período de 01/08/1996 a 31/07/1998
Aprovada no concurso público da Prefitura Municipal de Sapeaçú, Bahia para professor nivel I em janeiro de 2000, com carga horário de 20horas.Classificada no concurso público da Universidade Federal do Mato Grosso, Cuiabá, para professor Assistente em março de 2006.Aprovado em primeiro lugar no concurso publico da Universidade Federal do Maranhão para professor Assistente em junho de 2006.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 14/11/2018 às 2:33:05