Mauricio Fiore

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/8445532414052924
  • Última atualização do currículo em 20/03/2018


Bacharel em Ciências Sociais, mestre em Antropologia Social pela Universidade de São Paulo (USP) e doutor em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). É pesquisador do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap), coordenador científico da Plataforma Brasileira de Política de Drogas e membro-fundador do Núcleo de Estudos Interdisciplinares sobre Psicoativos (Neip) e da Associação Brasileira de Estudos Sociais sobre o Uso de Psicoativos (Abesup). Seu principal campo de atuação acadêmica é o dos estudos sobre drogas psicoativas, sob diversos de seus aspectos (socioculturais, médicos, políticos, entre outros). Também atuou em pesquisas e produziu trabalhos sobre uso do tempo livre e práticas culturais, sociabilidade urbana, violência e educação. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Mauricio Fiore
Nome em citações bibliográficas
FIORE, M.

Endereço


Endereço Profissional
Centro Brasileiro de Análise e Planejamento.
Rua Morgado de Mateus, 615
Vila Mariana
04015051 - São Paulo, SP - Brasil
Telefone: (11) 55740399
URL da Homepage: www.cebrap.org.br


Formação acadêmica/titulação


2006 - 2013
Doutorado em Ciências Sociais.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Título: Uso de drogas: substâncias, sujeitos e eventos, Ano de obtenção: 2013.
Orientador: Ronaldo Rômulo Machado de Almeida.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Antropologia; Drogas - Abuso; Drogas - Aspectos sociais.
Grande área: Ciências Humanas
2001 - 2004
Mestrado em Antropologia Social.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Controvérsias médicas e a questão do uso de drogas,Ano de Obtenção: 2004.
Orientador: Paula Montero.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: Antropologia; Drogas; Discursos médicos; Medicina; Controvérsias.
Grande área: Ciências Humanas
1995 - 2000
Graduação em Ciências Sociais.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.




Formação Complementar


2015 - 2015
Antecipating Drug Legalisation.
Cenral Europeian University, CEU, Hungria.
2013 - 2013
English as a Foreign Language.
University of Westminster, WESTMINSTER, Inglaterra.


Atuação Profissional



Centro Brasileiro de Análise e Planejamento, CEBRAP, Brasil.
Vínculo institucional

1999 - Atual
Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Pesquisador

Vínculo institucional

2015 - 2017
Vínculo: Cargo não remunerado, Enquadramento Funcional: Diretor Administrativo


Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor Especialista Visitante, Carga horária: 4
Outras informações
Ministrou a disciplina Tópicos Especiais em Antropologia XVII - Uso de Drogas e Ciências Sociais: diputas metodológicas e controvérsias públicas


Universidade Bandeirante de São Paulo, UNIBAN, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2010
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor universitário, Carga horária: 8



Projetos de pesquisa


2015 - 2016
Pesquisa preliminar de avaliação do Programa ?De Braços Abertos??.
Descrição: O projeto realizou a única avaliação sistemática sobre o "Programa ?De Braços Abertos", implantado em 2014 pela Prefeitura de São Paulo. A pesquisa combinou investigações quanti e qualitativa para investigar a percepção dos(as) beneficiários(as) do Programa..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2013
Consultoria para aperfeiçoamento do Sistema de Proteção Escolar da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
Descrição: Projeto desenvolvido junto à Fundação do Desenvolvimento Administrativo (Fundap)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2010 - 2011
Consultoria para implementação do Sistema de Proteção Escolar da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
Descrição: Projeto desenvolvido junto à Fundação do Desenvolvimento Administrativo (Fundap)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2000 - 2005
O uso do tempo tempo livre e as práticas culturais na Região Metropolitana de São Paulo
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Membro de corpo editorial


2017 - Atual
Periódico: Platô: drogas e políticas
2011 - Atual
Periódico: Revista Direito GV
2010 - Atual
Periódico: Revista Brasileira Adolescência e Conflitualidade


Revisor de periódico


2015 - 2015
Periódico: Revista de Antropologia (USP. Impresso)
2015 - Atual
Periódico: Dilemas: Revista de Estudos de Conflito e Controle Social
2011 - 2011
Periódico: Revista Brasileira de Segurança Pública
2015 - 2015
Periódico: Cadernos de Saúde Pública (ENSP. Impresso)
2016 - 2016
Periódico: GERAIS: REVISTA INTERINSTITUCIONAL DE PSICOLOGIA
2017 - 2017
Periódico: ETNOGRÁFICA (LISBOA
2017 - 2017
Periódico: REVISTA BRASILEIRA DE CIÊNCIAS SOCIAIS (IMPRESSO)


Revisor de projeto de fomento


2014 - Atual
Agência de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia.


Idiomas


Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2014
Menção honrosa de Doutorado em Ciências Sociais no Concurso Brasileiro de Obras Científicas e Teses Universitárias em Ciências Sociais, Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
FIORE, M.2012 FIORE, M.. O lugar do estado na questão dad drogas: o paradigma proibicionista e as alternativas. Novos Estudos CEBRAP (Impresso), v. 92, p. 9-21, 2012.

2.
FIORE, M.2003FIORE, M.. Resenha - Ayahuasca: usos e estatutos. Novos Estudos CEBRAP (Impresso), São Paulo, v. 66, p. 198-202, 2003.

3.
FIORE, M.2001FIORE, M.. Resenha - Punir e Privatizar?. Novos Estudos CEBRAP (Impresso), São Paulo - SP, v. 60, p. 180-184, 2001.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
FIORE, M.; LABATE, B. C. (Org.) ; MACRAE, E. (Org.) ; GOULART, S. (Org.) ; CARNEIRO, H. (Org.) . Drogas e Cultura: novas perspectivas. 1. ed. Salvador: Eitora da Universidade Federal da Bahia, 2008. v. 1. 440p .

2.
FIORE, M.. Uso de "drogas": controvérsias médicas e debate público. 1. ed. Campinas: Mercado de Letras e FAPESP, 2007. v. 1. 136p .

Capítulos de livros publicados
1.
FIORE, M.. O lugar do Estado na questão das drogas: o paradigma proibicionista e as alternativas. In: Sérgio Salomão Shecaira. (Org.). Drogas: uma nova perspectiva. 1ed.São Paulo: IBCCRIM, 2014, v. , p. 137-156.

2.
FIORE, M.. Alguns pressupostos para uma política municipal sobre álcool e outras drogas. In: Escola do Parlamento/Câmara Municipal de São Paulo. (Org.). Ciclo de Debates Pensando São Paulo. 1ed.São Paulo: Câmara Municipal de São Paulo, 2012, v. , p. 129-134.

3.
BOTELHO, Isaura ; FIORE, M. . O uso do tempo e as práticas culturais na Região Metropolitana de São Paulo. In: Lia Calabre. (Org.). Políticas Culturais: diálogo indispensável. 1ed.Rio de Janeiro: Edições Casa de Rui Barbosa, 2008, v. II, p. 27-50.

4.
FIORE, M.. Prazer e Risco: uma discussão a respeito dos saberes médicos sobre uso de. In: Fiore, M.; Labate, B.; Goulart, S.; Macrae, E.; Carneiro, H.. (Org.). Drogas e Cultura: novas perspectivas. 1ed.Salvador: Edufba, 2008, v. , p. 141-154.

5.
FIORE, M.. A medicalização da questão do uso de drogas no Brasil: reflexões acerca de debates institucionais e jurídicos. In: Renato Pinto Venâncio; Henrique Carneiro. (Org.). Álcool e Drogas na História do Brasil. São Paulo: Alameda Editoria/Editora PUCMinas, 2005, v. , p. 257-290.

6.
FIORE, M.. O Beco com Saída: a gestão oficial do turismo. In: Maria Nazareth Ferreria. (Org.). A tradição e seu signficado para o turismo: o Vale do Paraíba. 1 ºed.São Paulo: CELACC, 1999, v. , p. 174-185.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
FIORE, M.. Cracolândia, a questão. Veja, p. 88 - 89, 31 maio 2017.

2.
ELIAS, G. S. ; FIORE, M. . O que pensam os parlamentares brasileiros sobre política de drogas. Nexo, 16 mar. 2016.

3.
FIORE, M.. Drogas: outra política, não ausência de política. Nexo, 31 jan. 2016.

4.
TOFOLI, L. F. F. ; FIORE, M. . Debate Proibido. Folha de São Paulo, 13 jan. 2016.

5.
FIORE, M.. Ação foca modo mais radical de tratamento. Folha de São Paulo, São Paulo, p. C2 - C2, 10 maio 2013.

6.
FIORE, M.. Os Equívocos da Internação Compulsória. Revista Carta Capital online, Digital, 22 jan. 2013.

7.
FIORE, M.; RUI, T. . Crack, gestão urbana e internação compulsória. Gazeta do Povo, Curitiba, 01 nov. 2012.

8.
FIORE, M.. A Criminalização como obstáculo aos controles sociais do consumo de substâncias psicoativas. Boletim IBCCRIM, São Paulo, p. 20 - 21, 30 out. 2012.

9.
FIORE, M.. Debater nas ruas não é crime. Folha de São Paulo, São Paulo, p. A3 - A3, 28 maio 2011.

10.
FIORE, M.. Mesmo com apreensões, crack manteve preço estável. Folha de São Paulo, p. C7 - C7, 27 jun. 2010.

11.
FIORE, M.. Reviewd: The Ritual Use of Ayahuasca. Erowid Library, www.erowid.org, 26 maio 2008.

12.
FIORE, M.. Um tapa na democracia. Última Instância Revista Jurídica, http://ultimainstancia.uol.com, 07 maio 2008.

13.
FIORE, M.. Uso de substâncias psicoativas ilegais e juventude: algumas ponderações. Revista diverCIDADE, www.centrodametropole.org.br, 01 jul. 2007.

14.
FIORE, M.. Alguns apontamentos sobre o consumo de substâncias psicoativas como objeto antropológico. Comunidade Virtual de Antropologia.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
BOTELHO, Isaura ; FIORE, M. . Pesquisa sobre Práticas Culturais e Uso do Tempo Livre na Região Metropolitana de São Paulo. In: VIII Congresso Luso-Afro-Brasileiro de Ciências Sociais, 2004, Coimbra. Agenda do Evento, 2004.

2.
FIORE, M.. Tensões entre o social e o biológico nas controvérsias médicas sobre uso de. In: XXVIII Reunião Anual da ANPOCS, 2004, Caxambú. CD-ROM dos trabalhos apresentados na XVIII Reunião Anual da ANPOCS, 2004.

3.
BOTELHO, Isaura ; FIORE, M. . O uso do tempo livre e as práticas culturais na Região Metropolitana de São PAulo. In: VIII Encontro Luso-Afro-Brasileiro de Ciências Sociais, 2004. Anais do VIII Encontro Luso-Afro-Brasileiro de Ciências Sociais, 2004.

4.
FIORE, M.. Algumas reflexões a respeito dos discursos médicos sobre uso de. In: XXVI Encontro Anual da ANPOCS, 2002, Caxambú - MG. CD-ROM XXVI Encontro Anual da ANPOCS, 2002.


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
FIORE, M.. Comissão Científica do II Congresso Internacional de Prevenção dos Problemas Relacionados ao Uso de Drogas ? PREVINE 2017. 2017.

2.
FIORE, M.. Membro da Comissão Científica do 6 Congresso Internacional da ABRAMD. 2017.

3.
FIORE, M.; ALMEIDA, R. R. M. . Estudos e avaliações para o aperfeiçoamento do Sistema de Proteção Escolar e Cidadania da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo.. 2012.

Trabalhos técnicos
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
FIORE, M.. Complicações - A questão do uso de drogas. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
FIORE, M.; MARQUES, A. C. . Contra ou a Favor: internação compulsória. 2013.

3.
FIORE, M.. Tabú em decadência. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
RUI, T. ; FIORE, M. ; TOFOLI, L. F. F. . Relatório da Pesquisa de Avaliação Preliminar do Programa 'De Braços Abertos'. 2016. (Relatório de pesquisa).

2.
FIORE, M.; MARONNA, C. A. . Curso: 'Perspectivas para além do proibicionismo: drogas & sociedade contemporânea'. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
FIORE, M.; ADORNO, R. C. . Perspectivas para além do proibicionismo: drogas & sociedade contemporânea. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

4.
FIORE, M.. Processo de Seleção de Projetos PIBIC/PIVIC-CNPq -Universidade do Vale do São Francisco. 2013. (Parecer ad-hoc).

5.
FIORE, M.. A epidemia de crack nos grandes centros urbanos. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

6.
FIORE, M.. Uso de "drogas": controvérsias médicas e o direito. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

7.
FIORE, M.. Uso de drogas: redução de danos e outras controvérsias. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

8.
FIORE, M.. Uso de substâncias psicoativas na humanidade. 2011. .

9.
FIORE, M.. Uso de substâncias psicoativas na humanidade. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

10.
FIORE, M.; Sztutman, Renato ; LABATE, B. C. . Drogas na perspectiva das ciências sociais. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

11.
FIORE, M.. O uso de drogas enquanto problema social: uma análise das controvérsias médicas. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

12.
FIORE, M.. Política Criminal e uso de drogas. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

13.
BOTELHO, Isaura ; FIORE, M. . O uso do tempo tempo livre e as práticas culturais na Região Metropolitana de São Paulo - Relatório da 1 etapa da pesquisa. 2005. (Relatório de pesquisa).

14.
FIORE, M.. A produção discursiva contemporânea sobre drogas na área de saúde. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

15.
FIORE, M.. A produção discursiva contemporânea sobre a questão das drogas. 2003. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
OLIVEIRA, W. F.; NEGRAO, A. B.; RUI, T.; FIORE, M.. Participação em banca de Daniel Fernando Fischer Lomonaco. De usuários para usuários: uma (auto)etnografia. 2018 - Universidade Federal de Santa Catarina.

2.
ALMEIDA, R. R. M.; TELES, V. S.; FIORE, M.. Participação em banca de Deborah Rio Fromm Trinta. A busca pelo fim da cracolândia: etnografia de uma aporia urbana. 2017. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) - Universidade Estadual de Campinas.

3.
GALLASSI, A. D.; FIORE, M.; MALCHER LOPES, R.. Participação em banca de Isabela Alves Machado. Caracterização da "Lei da Maconha" nos estados norte-americanos e suas peculiaridades. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências e Tecnologias em Saúde) - Universidade de Brasília.

4.
MARRAS, S. A.; COSTA, D. L. R.; FIORE, M.. Participação em banca de Roberta Marcondes Costa. Mil fitas na Cracolândia: Amanhã é domingo e a Craco Resiste. 2017. Dissertação (Mestrado em Culturas e Identidades Brasileiras) - Universidade de São Paulo.

5.
SARTI, C. A.; ADORNO, R. C.; FIORE, M.. Participação em banca de Ronaldo Bispo dos Santos. Ciências Sociais e Saúde: um estudo da controvérsia em torno do uso de droga na psiquiatria. 2016. Dissertação (Mestrado em Pós-graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal de São Paulo.

6.
VECCHIA, M. D.; MELO JUNIOR, W.; FIORE, M.. Participação em banca de Filippe de Mello Lopes. As novas comunidades terapêuticas a as velhas políticas sobre drogas: um estudo de caso sobre a "Aliança pela Vida". 2015. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de São João Del-Rei.

Teses de doutorado
1.
CARNEIRO, H.; ADORNO, R. C.; SILVA, M. R. B.; WISSENBACH, M. C. C.; FIORE, M.. Participação em banca de Carlos Eduardo Martins Torcato. A história das drogas e sua proibição no Brasil: da Colônia à República. 2016. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo.

Qualificações de Doutorado
1.
CARNEIRO, H.; D'Alambert Francisco; FIORE, M.. Participação em banca de Julio Delmanto Franklin de Matos. Drogas e contracultura. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade de São Paulo.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
FIORE, M.; NERY, R.; CINTRA, J. R. F.. Participação em banca de Bruna Renata Bernardo Escaleira.Pileque. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Comunicação Social Com Habilitação em Jornalismo) - Universidade de São Paulo.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
FIORE, M.. Concurso de Monografias do IBCCRIM. 2017. Instituto Brasileiro de Ciências Criminais.

2.
FIORE, M.. Comissão científica do 6 Congresso Internacional da ABRAMD. 2017. Associação Brasileira Multidisciplinar de Estudos Sobre Drogas.

3.
FIORE, M.. Seleção de Projetos Culturais da Política de Democratização Cultural do Instituto Votorantim. 2006. Instituto Votorantim.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
6 Congresso Internacional da ABRAMD. Desafios na conjuntura nacional e internacional sobre a política de drogas. 2017. (Congresso).

2.
6 Congresso Internacional da ABRAMD. A avaliação do Programa "De Braços Abertos" e os desafios colocados pela "cracolândia". 2017. (Congresso).

3.
6 Congresso Internacional da ABRAMD. Especificidades brasileiras para o debate sobre a regulação das drogas psicoativas. 2017. (Congresso).

4.
I Encontro Drogas + Políticas.Cenários Contemporâneos. 2017. (Encontro).

5.
II Congresso Internacional de Prevenção dos Problemas Relacionados ao Uso de Drogas ? PREVINE 2017. Violências nos contextos de uso de drogas. 2017. (Congresso).

6.
Políticas Públicas sobre Drogas: concepções e contradições.Política, saúde e justiça: concepções e contradições das políticas sobre drogas e suas implicações no cuidado e nos direitos humanos dos usuários. 2017. (Encontro).

7.
Ciclo de debates sobre saúde mental.Descriminalização do uso de drogas: a atuação da Defensoria Pública do Estado de São Paulo e as experiências internacionais. 2016. (Outra).

8.
Discussões multidisciplinares sobre o uso, abuso e dependência de drogas.Qual o lugar das Comunidades Terapêuticas no tratamento de dependente de drogas no Brasil?. 2016. (Seminário).

9.
Programa De Braços Abertos: uma análise dos impactos e perspectivas.Avaliação preliminar do Programa "De Braços Abertos". 2016. (Seminário).

10.
Reunião Científica do GREA - Programa do Grupo Interdisciplinar de Estudos de Álcool e Drogas.Descriminalização da maconha no Brasil: complexidades e perspectivas. 2016. (Seminário).

11.
Seminário Políticas Públicas sobre Drogas.Política de drogas: qual o lugar do Estado?. 2016. (Seminário).

12.
Seminário sobre os dez anos da Lei de Drogas.A viabilidade e a pertinência dos critérios objetivos de distinção entre tráfico e uso de drogas. 2016. (Seminário).

13.
XVIII Simpósio Internacional sobre Tabaco, Álcool e outras Drogas.Está na hora de liberar as drogas?. 2016. (Simpósio).

14.
9th Annual Conference of the International Society for the Study on Drug Policy. 2015. (Congresso).

15.
Álcool e outras drogas - Direitos Humanos - Ações Libertárias.O paradigma proibicionista: pressupostos, equívocos e alternativas. 2015. (Seminário).

16.
Curso de capacitação em Política de Drogas.Perspectivas sobre o uso de drogas e a contribuição das ciências sociais. 2015. (Outra).

17.
Descriminalização do Porte por Usuários de Cannabis.Descriminalização do Porte por Usuários de Cannabis. 2015. (Outra).

18.
Drogas, Política y Cultura: perspectivas Brasil-México.Marijuana: from prohibition to the challenges of regulation. 2015. (Seminário).

19.
Fórum "Visões Interdisciplinares da Maconha: Evidências, Valores e Fantasias".Ciências Humanas e Maconha. 2015. (Simpósio).

20.
Fórum Universidade Aberta Nº 1 - Uso de álcool e substâncias psicoativas na Comunidade Universitária.Raízes antropológicas. 2015. (Encontro).

21.
International Drug Policy Reform Conference.Arresting Harm: new approaches to law enforcement and people who use drugs. 2015. (Outra).

22.
IV Encontro Nacional sobre a Sócio-Antropologia do Uso de Psicoativos.Fricções e fronteiras dos paradigmas médico e proibicionista. 2015. (Encontro).

23.
Maconha: usos, políticas e interfaces com a Saúde e Direitos.Caminhos para a Reforma da Política sobre Drogas. 2015. (Seminário).

24.
Mostra de Cinema: "Vidas que Importam - O sistema de justiça criminal em tela.Debate sobre o filme "Ilegal". 2015. (Outra).

25.
Perspectivas para além do proibicionismo: drogas e sociedades contemporâneas.Diálogos e impasses entre diferentes perspectivas antiproibicionistas. 2015. (Seminário).

26.
Plenária Temática sobre ?Descriminalização do Porte por Usuários de Cannabis?.Descriminalização do Porte por Usuários de Cannabis. 2015. (Outra).

27.
Semana de extensão do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo.Drogas: os limites do atual modelo proibicionista e as perspectiva internacionais". 2015. (Outra).

28.
V Ciclo Abramd 2015 "Discussões multidisciplinares sobre o uso, abuso e dependência de drogas".Reflexões sobre violência e as políticas sobre drogas: desconstruindo tabus e preconceitos. 2015. (Outra).

29.
V Ciclo Abramd 2015 "Discussões multidisciplinares sobre o uso, abuso e dependência de drogas".Qual o lugar do abuso e dependência de drogas na política de saúde mental no Brasil?. 2015. (Outra).

30.
XIII Semana de Ciências Sociais da UFSCar.Política de drogas em perspectiva. 2015. (Encontro).

31.
V Conferencia Latinoamericana sobre Políticas de Drogas. 2014. (Outra).

32.
35 Reunião do Fórum Permanente de Direitos Humanos.Crack e Internação Compulsória: para além dos mitos que cercam a questão. 2013. (Outra).

33.
Drogas e Cidades: Pensamentos para uma Prática Cidadã.Drogas e cultura: sentidos, tensionamentos e mediações possíveis. 2013. (Seminário).

34.
Encontro Anual de Iniciação Científica da Direito GV.Avaliação do trabalho de "Das ruas ao Supremo Tribunal Federal", de Lorena Otero. 2013. (Encontro).

35.
I Congresso Internacional sobre Drogas: lei, saúde e sociedade. Propostas para uma nova política de drogas no Brasil. 2013. (Congresso).

36.
Semana de Psicologia 2013.Drogas e estados alterados de consciência. 2013. (Encontro).

37.
Seminário "Drogas: prazer e risco".Controvérsias médicas e o debate público sobre uso de drogas: 10 anos depois. 2013. (Seminário).

38.
Seminário Ibero-Americano sobre Drogas.Política sobre drogas. 2013. (Seminário).

39.
Sétimo Encontro do Fórum Brasileiro de Segurança Pública.Segurança pública e política sobre drogas. 2013. (Encontro).

40.
28 Reunião Brasileira de Antropologia. Sujeitos e drogas: escolhas, agenciamentos e eventos. 2012. (Congresso).

41.
Cannabis Sativa: Cultura, Saúde e Justiça.A antropologia da Cannabis Sativa. 2012. (Seminário).

42.
Dessemana de Ciências Sociais da PUC-SP.Drogas hoje. 2012. (Outra).

43.
Drogas: o modelo proibicionista em xeque.Drogas: o modelo proibicionista em xeque. 2012. (Outra).

44.
II Congresso Internacional de Saúde Mental e Reabilitação Psicossocial. Álcool e outras drogas: múltiplos olhares. 2012. (Congresso).

45.
Lançamento da Frente de Drogas e Direitos Humanos de São Paulo. 2012. (Outra).

46.
Lançamento do Livro Álcool e outras Drogas.Debate sobre o livro "Álcool e outras drogas". 2012. (Outra).

47.
5º Semana de Extensão da Universidade Tiradentes: "A Prática Acadêmica mudando caminhos.".Controvérsias médicas e a questão do uso de drogas. 2011. (Encontro).

48.
Encontro Ayahuasca e o Tratamento da Dependência."O conceito de ?droga? e a Ayahuasca?. 2011. (Encontro).

49.
I Seminário Acadêmico sobre crack e drogas: uma discussão necessária.Reflexões sobre a Lei 11.343/06 e suas repercussões na sociedade. 2011. (Seminário).

50.
V Congresso Brasileiro de Ciências Sociais e Humanas em Saúde. Repressão ou Redução de Danos: A Questão das Drogas Lícitas e Ilícitas e a Saúde Pública Brasileira. 2011. (Congresso).

51.
"Drogas: notícias do campo, lei e movimentos sociais.O antiproibicionismo em questão. 2010. (Simpósio).

52.
Alteridade: um problema antropológico?. 2010. (Outra).

53.
I Seminário Usos de Drogas na Contemporaneidade: outras perspectivas em debate.sos de drogas na teia dos saberes e poderes. 2010. (Seminário).

54.
Semana de Ciências Sociais / 2010.so de Substâncias Psicoativas como Objeto de Pesquisa e de Debate Público. 2010. (Encontro).

55.
Ciclo de Debates DCE e C.A. : Estudar, Organizar e Lutar.Drogas lícitas e ilícitas: quais as diferenças?. 2009. (Outra).

56.
I Seminário de Integração do Programa de Mestrado em Adolescente em conflito com a lei da UNIBAN.O estatuto das dorga e o conflito com a lei entre adolescentes. 2009. (Seminário).

57.
Mesa de Estudos e Debates IBCCRIM. 2009. (Outra).

58.
Saúde Pública, consumos e tráficos contemporâneos.Consumo de substâncias psicoativas: sujeitos, substâncias e eventos. 2009. (Seminário).

59.
VIII Reunion de Antropololgia del Mercosur. Consumo de substâncias psicoativas: sujeitos, substâncias e eventos. 2009. (Congresso).

60.
20 Jornada do Centro Mineiro de Toxicomania.Legislação e os impasses no tratamento e na sociedade. 2008. (Outra).

61.
26 Reunião Brasileira de Antropologia. Consumo de psicoativos: construção teórica de uma abordagem fármaco-cultural. 2008. (Congresso).

62.
Centro de Estudos Psicanalíticos: Debates Contemporâneos.Palavras em torno do copo: reflexões sobre o alcoolismo. 2008. (Outra).

63.
IX São Paulo Research Conferences - Drogas: uma abordagem interdisciplinar.Sociologia do consumo de substâncias psicoativas. 2008. (Simpósio).

64.
Encuentro Consumos Culturales em Iberoamérica.Pesquisa sobre práticas culturais e uso do tempo livre na Região Metropolitana de São Paulo. 2007. (Encontro).

65.
Indicadores Culturais: debate Brasil e Espanha.O uso de indicadores em pesquisas do setor cultural. 2007. (Seminário).

66.
I Seminário Internacional de Democratização Cultural.Pesquisa sobre práticas culturais e uso do tempo livre na Região Metropolitana de São Paulo. 2007. (Seminário).

67.
Mídia, drogas, imperialismo e a criminalização da pobreza.Drogas, mídia e proibicionismo. 2007. (Outra).

68.
Redução de Danos: impasses e perspectivas.Algumas reflexões sobre a redução de danos. 2007. (Outra).

69.
Alternativas para a Política de Drogas.Políticas publicas e legislação sobre psiocativos: equívocos do proibicionismo e alternativas à proibição. 2006. (Outra).

70.
Drogas: controvérsias e perspectivas.Política de drogas e intervenções na esfera bio-psíquica-social. 2006. (Simpósio).

71.
Drogas: Controvérsias e Perspectivas.Entraves ao potencial da mídia como veículo do debate público sobre uso de drogas. 2005. (Simpósio).

72.
Encontro de Estudos Multidisciplinares em Cultura.O uso do tempo livre e as práticas culturais na Região Metropolitana de São Paulo. 2005. (Encontro).

73.
Mesa Redonda integrade do Curso de Pós-graduação em ciências criminais da UNISUL-PRO OMNIS.Uso de drogas, aborto anencefálico, eutanásia, gênero e direito penal. 2005. (Simpósio).

74.
I Conferência de Redução de Danos da América Latina e do Caribe.Mídia e Drogas. 2004. (Outra).

75.
Metodologia e Pesquisas na Área de Cultura. 2004. (Seminário).

76.
Mídia e Drogas: o olhar da imprensa sobre uso e usuários. 2004. (Outra).

77.
Seminário Internacional Medologias e Pesquisas na Área de Cultura. 2004. (Seminário).

78.
VIII Encontro Luso-Afro-Brasileiro de Ciências Sociais.Pesquisa sobre práticas culturais e uso do tempo livre na Região Metropolitana de São Paulo. 2004. (Encontro).

79.
XVIII Encontro Anual da ANPOCS.Tensões entre o social e o biológico nas controvérsias médicas sobre uso de drogas. 2004. (Encontro).

80.
Encontro Anual dos Alunos de Pós-graduação de Antropologia Social da Universidade de São Paulo.Algumas reflexões a respeito dos discusos médicos sobre uso de drogas. 2002. (Encontro).

81.
Ensino de Antropologia: diagnóstico, mudanças e novas inserções no mercado de trabalho. 2002. (Encontro).

82.
Jornada Mídia e drogas e Uso de drogas e suas representações sociais. 2002. (Outra).

83.
XXVI Encontro Anual da ANPOCS.Algumas Reflexões a respeito dos discursos médicos sobre uso de drogas. 2002. (Encontro).

84.
I International Congress on Communication and Education. 1998. (Congresso).

85.
Comunicação, Cultura e política na América Latina: Perspectiva para um novo mundo. 1997. (Simpósio).



Educação e Popularização de C & T



Textos em jornais de notícias/revistas
1.
FIORE, M.. Os Equívocos da Internação Compulsória. Revista Carta Capital online, Digital, 22 jan. 2013.

2.
FIORE, M.. A Criminalização como obstáculo aos controles sociais do consumo de substâncias psicoativas. Boletim IBCCRIM, São Paulo, p. 20 - 21, 30 out. 2012.

3.
FIORE, M.. Ação foca modo mais radical de tratamento. Folha de São Paulo, São Paulo, p. C2 - C2, 10 maio 2013.

4.
TOFOLI, L. F. F. ; FIORE, M. . Debate Proibido. Folha de São Paulo, 13 jan. 2016.

5.
FIORE, M.. Drogas: outra política, não ausência de política. Nexo, 31 jan. 2016.

6.
ELIAS, G. S. ; FIORE, M. . O que pensam os parlamentares brasileiros sobre política de drogas. Nexo, 16 mar. 2016.


Cursos de curta duração ministrados
1.
FIORE, M.; MARONNA, C. A. . Curso: 'Perspectivas para além do proibicionismo: drogas & sociedade contemporânea'. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
FIORE, M.. Uso de substâncias psicoativas na humanidade. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
FIORE, M.; ADORNO, R. C. . Perspectivas para além do proibicionismo: drogas & sociedade contemporânea. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).


Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
FIORE, M.. Tabú em decadência. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
FIORE, M.. Complicações - A questão do uso de drogas. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
FIORE, M.; MARQUES, A. C. . Contra ou a Favor: internação compulsória. 2013.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/10/2018 às 2:04:07