Ricardo Medeiros Pimenta

Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 2

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/0416440515458304
  • Última atualização do currículo em 08/01/2019


É pesquisador 2 do CNPq (bolsa de produtividade) e Jovem Cientista do Nosso Estado FAPERJ (2018 - 2020). Pesquisador Associado do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT) do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações (MCTIC). Professor Permanente do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação (PPGCI/IBICT-UFRJ). Historiador graduado (2003) pela Universidade Gama Filho - UGF com pós-graduação em História do Brasil (2005) pela Universidade Cândido Mendes - UCAM. Possui mestrado em Memória Social e Documento (2006) pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UNIRIO, e doutorado em Memória Social (2010) pela mesma instituição, com estágio doutoral (2007 - 2008) na École des Hautes Études en Sciences Sociales - EHESS de Paris. É líder do Grupo de Pesquisa Informação, Memória e Sociedade (http://www.memoriaesociedade.ibict.br), registrado no diretório do CNPq e coordena o Laboratório em Rede de Humanidades Digitais do IBICT (Larhud/COEPE/IBICT) . Pesquisador Associado do Laboratório Interdisciplinar sobre Informação e Conhecimento (LIINC/UFRJ) e membro da Rede Latino-Americana de Estudos sobre Vigilância, Tecnologia e Sociedade (LAVITS). Durante o biênio de 2012-2014 foi membro da Comissão de Altos Estudos do Centro de Referência das Lutas Políticas no Brasil (1964-1985) - Memórias Reveladas, no Arquivo Nacional. Tem interesse no campo de diálogos e análises sobre informação, memória e seus lugares/dispositivos; aspectos políticos e econômicos do controle da informação; seus mecanismos de vigilância (surveillance); e ciberespaço em perspectiva sociológica e histórica. Possui interesse nas reflexões concernentes ao papel do documento e da tecnologia para os estudos sobre a Memória, o Esquecimento e as Humanidades Digitais. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Ricardo Medeiros Pimenta
Nome em citações bibliográficas
PIMENTA, Ricardo M.;Pimenta, Ricardo Medeiros

Endereço


Endereço Profissional
Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia, Departamento de Ensino e Pesquisa.
Rua Lauro Muller, 455 - 4ºandar
Botafogo
22290160 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil - Caixa-postal: 20561090
Telefone: (21) 38739460
URL da Homepage: http://www.ibict.br/


Formação acadêmica/titulação


2006 - 2010
Doutorado em Programa de Pós-graduação em Memória Social.
Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, UNIRIO, Brasil.
com período sanduíche em Ecole des Hautes Études en Sciences Sociales (Orientador: Afrânio-Raul Garcia Jr.).
Título: Memória e Legitimidade no Mundo Sindical: Usos Políticos do Passado no Circuito Brasil e França (1970 - 2010), Ano de obtenção: 2010.
Orientador: Icléia Thiesen.
Coorientador: Marco Aurélio Santana.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Memória; História; Arquivos; Poder; Sindicatos; Internet.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: Multidisciplinar.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Trabalho.
2004 - 2006
Mestrado em Memória Social.
Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, UNIRIO, Brasil.
Título: Retalhos de memórias: trabalho e identidade nas falas de operários têxteis do Rio de Janeiro.,Ano de Obtenção: 2006.
Orientador: Prof. Dr. Marco Aurélio Santana.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Memória Social; Trabalho; Trabalhadores; América Fabril; Nova América; Tecelões.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Oral.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia.
Setores de atividade: Mercado de Trabalho e Mão-De-Obra.
2004 - 2005
Especialização em História do Brasil. (Carga Horária: 360h).
Universidade Candido Mendes, UCAM, Brasil.
Título: Revisitando o operariado fluminense: condições sociais na indústria têxtil Companhia América Fabril nos anos 20..
Orientador: Prof Dr. Jorge Ferreira.
2000 - 2003
Graduação em Bacharelado e Licenciatura em História.
Universidade Gama Filho, UGF, Brasil.
Título: Uma Outra Realidade: As condições trabalhistas e assistenciais do operariado da Companhia América Fabril, Rio de Janeiro (1926-1931)..
Orientador: Profª. Drª Marilene Rosa Nogueira da Silva.


Pós-doutorado


2017 - 2018
Pós-Doutorado.
Programa Avançado de Cultura Contemporânea da Universidade Federal do RJ, PACC/UFRJ, Brasil.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia da Ciência.
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Comunicação / Subárea: Estudos Culturais.


Formação Complementar


2009 - 2010
Extensão universitária em Gestão em EAD. (Carga horária: 180h).
Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, UNIRIO, Brasil.
2009 - 2010
Extensão universitária em Elaboração de Material Didático em EAD. (Carga horária: 180h).
Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, UNIRIO, Brasil.
2008 - 2008
Séminaire Mémoires, déplacements.
Universidade de Paris X Nanterre, 1, França.
2008 - 2008
La mémoire, un enjeu politique d'aujourd'hui.
Institut d'Études Politiques de Paris, SciencesPo, França.
2008 - 2008
Socio-histoire.
Ecole des Hautes Études en Sciences Sociales, EHESS, França.
2007 - 2008
Represéntation nationale et reconnaissance intern..
Ecole des Hautes Études en Sciences Sociales, EHESS, França.
2007 - 2008
Estágio de Doutorado no Exterior.
Ecole des Hautes Études en Sciences Sociales, EHESS, França.
2007 - 2008
identités et temporalités histoire de l?action.
Ecole des Hautes Études en Sciences Sociales, EHESS, França.
2007 - 2008
Circulation Intern. des Universitaires Bresiliens.
Ecole des Hautes Études en Sciences Sociales, EHESS, França.
2007 - 2007
Extensão universitária em Redes Sociais, Tecnologia e Democracia. (Carga horária: 40h).
Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional, IPPUR - UFRJ, Brasil.
2003 - 2003
História da Ciência e Ensino. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
2001 - 2001
Programação Neurolinguística. (Carga horária: 50h).
Instituto de Neurolinguística Aplicada, INAP, Brasil.
2000 - 2000
Extensão universitária em Introdução à Pré-história brasileira. (Carga horária: 13h).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.


Atuação Profissional



Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia, IBICT, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Pesquisador Associado III, Carga horária: 40
Outras informações
Professor do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação (PPGCI-IBICT/UFRJ).

Atividades

11/2017 - Atual
Direção e administração, Departamento de Ensino e Pesquisa, .

Cargo ou função
Coordenador do Larhud/COEPE - Laboratório em Rede de Humanidades Digitais.
04/2013 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , Departamento de Ensino e Pesquisa, Departamento de Ensino e Pesquisa.

Atividade realizada
Líder do Grupo de Pesquisa (diretório do CNPq): Informação, Memória e Sociedade. Disponível em .
03/2013 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Ensino e Pesquisa, .

03/2018 - 07/2018
Ensino, Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
As humanidades digitais no contexto da ciência da informação (Geração, Processamento e Transferência da Informação por Meio Eletrônico)
08/2017 - 12/2017
Ensino, Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Informação e Memória
08/2016 - 12/2016
Ensino, Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Informação e Memória
01/2016 - 12/2016
Direção e administração, Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação (PPGCI/IBICT-UFRJ), .

Cargo ou função
Coordenador do PPGCI/IBICT-UFRJ.
03/2016 - 07/2016
Ensino, Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Informação, Conhecimento e Sociedade no Pensamento Contemporâneo
04/2015 - 01/2016
Direção e administração, Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação (PPGCI/IBICT-UFRJ), .

Cargo ou função
Vice-coordenador do PPGCI/IBICT-UFRJ.
08/2015 - 12/2015
Ensino, Ciencia da Informacao, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Informação e Memória
07/2014 - 12/2014
Ensino, Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Informação e Memória
02/2014 - 06/2014
Ensino, Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Seminários Interdisciplinares em Informação e Conhecimento (Pierre Bourdieu e a Ciência da Informação)
08/2013 - 12/2013
Ensino, Ciencia da Informacao, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Informação e Memória

Arquivo Nacional, A.N., Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2014
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro de Comissão

Atividades

02/2012 - 06/2014
Conselhos, Comissões e Consultoria, Memórias Reveladas, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de Altos Estudos do Centro de Referência das Lutas Políticas no Brasil (1964-1985) - Memórias Reveladas.

Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2017
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor Colaborador
Outras informações
Participante do quadro docente do Curso de Especialização (Lato Sensu), da Casa de Oswaldo Cruz (COC/FIOCRUZ), em Preservação e Gestão do Patrimônio Cultural das Ciências e da Saúde.

Atividades

08/2016 - 12/2016
Ensino, MESTRADO PRESERVAÇÃO E GESTÃO DO PATRIMÔNIO CULT. DAS CIENCIAS E SAUDE, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Memória e Cultura Material
07/2014 - 08/2014
Ensino, Preservação e Gestão do Patrimônio Cultural das Ci, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
História, Memória e Patrimônio Cultural II

UNIVERSIDADE DE VASSOURAS, FUSVE, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor Colaborador

Vínculo institucional

2011 - 2013
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto I, Carga horária: 40

Atividades

07/2011 - 02/2013
Pesquisa e desenvolvimento , Programa de Mestrado em História Social, .

Linhas de pesquisa
História Cultural
08/2012 - 12/2012
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Homem, Cultura e Sociedade
08/2012 - 12/2012
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria e Metodologia da História
08/2012 - 12/2012
Ensino, Mestrado em História Social, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Memória, Cultura Política e Informação: uma perspectiva transnacional
03/2012 - 07/2012
Ensino, Mestrado em História Social, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário de Pesquisa
02/2012 - 07/2012
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Homem, Cultura e Sociedade
02/2012 - 07/2012
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução aos Estudos Históricos
11/2011 - 07/2012
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Letras, Ciências Sociais Aplicadas e Humanas, Colegiado do CELCSAH.

Cargo ou função
Representante Docente do Curso de História no Colegiado do CELCSAH.
07/2011 - 07/2012
Outras atividades técnico-científicas , Programa de Mestrado em História Social, Programa de Mestrado em História Social.

Atividade realizada
Editor Executivo da Revista do Mestrado de História da USS.
08/2011 - 12/2011
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Homem, cultura e sociedade
08/2011 - 12/2011
Ensino, Mestrado em História Social, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário de História Política II

Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro, IUPERJ, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor Auxiliar, Carga horária: 8
Outras informações
Professor do Departamento de História do IUPERJ/UCAM

Atividades

08/2013 - 12/2013
Ensino, História (ênfase em Patrimônio Histórico), Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História do Brasil Contemporâneo
08/2013 - 12/2013
Conselhos, Comissões e Consultoria, IUPERJ, .

Cargo ou função
Membro do Conselho Editorial do Programa de Apoio à Publicação (PAP).
03/2013 - 07/2013
Ensino, História (ênfase em Patrimônio Histórico), Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História do Tempo Presente
07/2012 - 12/2012
Ensino, História (ênfase em Patrimônio Histórico), Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História do Brasil Contemporâneo

Universidade Candido Mendes, UCAM, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2004
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro do comitê executivo e editorial
Outras informações
Enquanto aluno da pós-graduação em História do Brasil, idealizou a criação de uma revista ligada àquela pós-graduação. Desde então, atuou como membro do comitê executivo e editorial do primeiro número da Revista Candelária - Revista Semestral do Instituto de Humanidades.

Atividades

02/2012 - 07/2012
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História do Tempo Presente
07/2011 - 12/2011
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História do Brasil Contemporâneo (ciclo básico: cursos de Relações internacionais, Produção Cultural, Ciências Sociais, História e Letras))
02/2011 - 07/2011
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História do Brasil III
Temas Transversais - Mundo do Trabalho: diálogos e perspectivas entre história e sociologia
08/2010 - 12/2010
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História do Brasil Contemporâneo
08/2010 - 12/2010
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Temas Transversais - Memória e Poder em perspectiva transnacional
02/2004 - 12/2004
Conselhos, Comissões e Consultoria, Universidade Candido Mendes - Campus Centro, .

Cargo ou função
Membro do comitê executivo e editorial do primeiro número da Revista Candelária - Revista Semestral do Instituto de Humanidades.

ABEU Centro Universitário, UNIABEU, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2011
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor Assistente, Carga horária: 8

Atividades

07/2011 - 12/2011
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estudos Especiais II
Prática de Pesquisa I
Prática de Pesquisa II
Teoria, Método e Historiografia
07/2011 - 12/2011
Outras atividades técnico-científicas , ABEU Centro Universitário, ABEU Centro Universitário.

Atividade realizada
Co-editor da Rêconcavo - Revista do curso de História da UNIABEU.
02/2011 - 07/2011
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estudos Especiais 2
Prática de Pesquisa I
Prática de Pesquisa II
Teoria, método e historiografia
08/2010 - 12/2010
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução aos Estudos Históricos
Prática de Pesquisa I
Prática de Pesquisa II

Revista de História da Biblioteca Nacional, RHBN, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 40
Outras informações
Atuação na pesquisa de conteúdo para a Revista de História da Biblioteca Nacional e em demais setores da redação da revista. Das atividades se destacam: 1. Revisão e leitura crítica dos artigos selecionados; 2. Levantamento de informações e dados para compor as seções da revista; 3. Resenhas de livros da área; 4. Legendas (referentes às imagens usadas), tabelas e boxes informativos; 5. Definição de pautas futuras e organização de dossiês temáticos; 6. Organização do primeiro Festival de História (fHIST) a ser realizado em Diamantina - MG (8 a 12 de outubro de 2011); 7. participação em colunas e seções da revista impressa e do seu site.

Vínculo institucional

2010 - 2011
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador de conteúdo; revisor.
Outras informações
A atuação está ligada à revisão de roteiros dos episódios da série Histórias do Brasil. Projeto em parceria com a RHBN e o grupo Conspiração Filmes.


Ecole des Hautes Études en Sciences Sociales, EHESS, França.
Vínculo institucional

2007 - 2008
Vínculo: Estágio de doutorando, Enquadramento Funcional: Recherches Doctorales Libres, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Período de estágio de doutorando no exterior com bolsa Capes (via Balcão) realizado no Centre des Recherches sur le Brésil Contemporain - CRBC da École des Hautes Études en Sciences Sociales - EHESS, em Paris.

Atividades

11/2007 - 08/2008
Pesquisa e desenvolvimento , Centre de Recherches sur le Brésil Contemporain, .


Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, UNIRIO, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2011
Vínculo: bolsista UAB/UNIRIO, Enquadramento Funcional: Professor-tutor da licenciatura à distância, Carga horária: 10
Outras informações
Professor-tutor do curso à distância de Licenciatura em História. Parceria da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UNIRIO/ Universidade Aberta do Brasil - UAB. Atua nas disciplinas: história e documento; história e sociologia (desde janeiro de 2009 até hoje)

Vínculo institucional

2006 - 2010
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Bolsista CAPES do Doutorado do PPGMS - UNIRIO, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Bolsista pela CAPES de doutorado no país, e bolsista CAPES de doutorado "sandwich" (via balcão) na École des Hautes Études en Sciences Sociales (EHESS) durante novembro de 2007 a agosto de 2008.

Vínculo institucional

2004 - 2006
Vínculo: Aluno, Enquadramento Funcional: Bolsista do Mestrado em Memória Social, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Bolsista da CAPES com dedicação exclusiva.

Atividades

02/2009 - 03/2011
Ensino, Licenciatura (EAD) em História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História e Documento
03/2010 - 07/2010
Ensino, arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Convidado como prof. colaborador para atuar na disciplina ministrada em parceria com a Profa. Dra. Icléia Thiesen.
Memória, Cultura e Sociedade
03/2010 - 07/2010
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Convidado como Professor Colaborador para ministrar a disciplina em parceria com a Profa. Dra. Icléia Thiesen
Memória, Cultura e Sociedade
04/2009 - 07/2010
Ensino, Licenciatura (EAD) em História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História e Sociologia (em convênio com o sistema CECIERJ/CEDERJ)
02/2004 - 03/2010
Pesquisa e desenvolvimento , Programa de pós-graduação em Memória Social, .

Linhas de pesquisa
Memória e Espaço
03/2009 - 07/2009
Ensino, arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos Especiais - O arquivo enquanto campo: olhares plurais em pesquisas interdisciplinares
12/2008 - 07/2009
Ensino, Licenciatura em História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História e Documento
09/2008 - 12/2008
Ensino, arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos Especiais - Instituição, documento e novas tecnologias: os grupos sociais e seus arquivos.
08/2008 - 12/2008
Ensino, Memória Social, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário de Pesquisa em Memória e Espaço (participação na disciplina, voltada aos mestrandos, com palestras sobre tema de pesquisa realizado no doutorado). Realizado juntamente com a Prof. Dra. Icléia Thiesen
08/2007 - 12/2007
Ensino, arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História e Documento
Disciplina ministrada em conjunto com a Prof. Dra. Anna Carla Almeida Mariz, para o curso de arquivologia.
03/2007 - 07/2007
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Cultura Histórica e Documento, ministrada para a turma de 1º período de Arquivologia
03/2007 - 06/2007
Ensino, Memória Social, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário de Pesquisa em Memória e Espaço (Mestrado em Memória Social). Participação em conjunto com a Prof. Dra. Icléia Thiesen, realizando palestras sobre abordagens teórico-metodológicas da pesquisa de campo em memória social.
07/2006 - 12/2006
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Documentação: ministrada juntamente com a Profª. Drª. Icléia Thiesen para a Escola de História
07/2006 - 12/2006
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário de movimento operário no Brasil. Mistrado em conjunto com o Prof. Dr. Marco Aurélio Santana
03/2005 - 12/2006
Outras atividades técnico-científicas , Centro de Ciências Humanas, Centro de Ciências Humanas.

Atividade realizada
Participante do NETS - UNIRIO: Núcleo de Estudos e Referência sobre Trabalho, Trabalhadores e Sindicato.
7/2004 - 11/2004
Estágios , Centro de Ciências Humanas, Mestrado Memória Social e Documento.

Estágio realizado
Prática de docência no ensino superior ministrando disciplina de Seminário de pesquisa no curso de História.

Arquivo Geral da Cidade do Rio de Janeiro, AGCRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2004
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: voluntário

Atividades

11/2002 - 03/2004
Serviços técnicos especializados , Departamento de Documentação Escrita e Especial, .

Serviço realizado
Trabalho voluntário na identificação, tratamento, organização do acervo e elaboração de arranjo arquivístico para disponibilização ao público, do acervo particular da Companhia América Fabril (Indústria Têxtil).
07/2003 - 12/2003
Serviços técnicos especializados , Departamento de Documentação Escrita e Especial, .

Serviço realizado
Historiador contratado (em regime temporário) para desenvolvimento de projeto, em equipe, Histórico de Logradouros da cidade do Rio de Janeiro. Regiões de Sesmarias, Marinhas, Mangues, Sobejos e Terras Realengas..
04/2001 - 02/2002
Estágios , Departamento de Documentação Escrita e Especial, .

Estágio realizado
em regime de voluntariado, na identificação, organização e catalogação do acervo particular do ex-governador Chagas Freitas..

Fundação Centro de Ciências e Educação Superior à Distância do Estado do RJ, CECIERJ, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: professor-tutor Bolsista, Enquadramento Funcional: Professor-tutor presencial de História, Carga horária: 2
Outras informações
Professor-tutor presencial do curso à distância em Licenciatura em História pela UNIRIO. Atua no pólo CEDERJ de Duque de Caxias com a disciplina História e Sociologia


Museu Nacional da UFRJ, MN/UFRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - 2001
Vínculo: Estágio voluntário, Enquadramento Funcional: Estagiário projeto Memória

Atividades

11/2000 - 04/2001
Estágios , Projeto memória, .

Estágio realizado
sem vínculo empregatício ou remuneração, totalizando 207 horas, em projeto de restauração do Paço de São Cristóvão..

Colégio Anglo- americano, CAA, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2002
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Monitor de História, Carga horária: 30

Atividades

03/2002 - 10/2002
Ensino,

Disciplinas ministradas
História do Brasil
História geral

Colégio Militar do Rio de Janeiro, CMRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2003
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiário de História
Outras informações
Estágio curricular de Prática de Ensino em História

Atividades

02/2003 - 07/2003
Estágios , Seção de ensino D, .

Estágio realizado
Prática de ensino voltada ao corpo discente do ensino médio.

Fundação Educacional Duque de Caxias, FEUDUC, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor

Atividades

04/2010 - 07/2010
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia da Educação
03/2010 - 07/2010
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
TCC ? Trabalho de Conclusão de Curso
03/2010 - 07/2010
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História da África II (Contemporânea)


Linhas de pesquisa


1.
Memória e Espaço

Objetivo: Estudos das relações entre espaço, memória, identidade e alteridade. Processos de apropriação e uso de espaços: global, local, cidade, bairro. Migração e pluralidade de culturas. Trabalho e lutas sociais. Espaço social, territorialização e desterritorialização. Os documentos e os monumentos inscritos no espaço. Os espaços virtuais e a reconstrução das identidades sociais. Narrativas orais: a memória como objeto de uma história possível..
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia.
Palavras-chave: Memória; espaço; História; Identidade.
2.
PraTO - Pratiques, Travail et Organisation

Objetivo: Ce groupe de recherche explore les pratiques de travail, d?entreprise et de gestion en se confrontant aux différentes approches de l?action, organisée ou non, qui sont proposées par les sciences sociales dans leur développement actuel. Le groupe est interdisciplinaire (histoire, sociologie, recherche en gestion, économie, anthropologie). Dans l?échange depuis la position de chacun au sein de sa propre discipline, le groupe discute sur les expériences de recherche de ses membres et des intervenants invités pour y saisir les interrogations intellectuelles et méthodologiques qui renouvellent ses thématiques..
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Trabalho.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: Transnacional.
Palavras-chave: França; História; Identidade; Movimento operário; syndicalisme.
3.
CRBC - Centre des Recherches sur le Brésil Contemporain.

Objetivo: Le Centre a pour objectif de promouvoir les recherches scientifiques, portant sur les dynamiques socioculturelles, économiques et politiques du Brésil contemporain. Il s?agit donc d?un centre à vocation pluridisciplinaire qui vise à encourager les échanges entre les groupes de recherche brésiliens et les équipes de chercheurs français travaillant sur le Brésil à l?EHESS..
4.
História Cultural

Objetivo: Nessa segunda Linha do Programa articulam-se a História Social e a História Cultural em pesquisas cujos temas estão relacionados à construção de identidades espaciais; identidades étnicas e de gênero; expressões culturais pictóricas, fílmicas, musicais, literárias e teatrais, assim como estudos sobre cultura material; a construção simbólica e imaginária como inerente às dimensões culturais das sociedades, intermediadas por imagens e/ou discursos. Sua produção está concentrada no LESC (Laboratório de Estudos sobre Sociedades e Culturas)..
Grande área: Ciências Humanas
5.
Comunicação, Organização e Gestão da Informação e do Conhecimento

Objetivo: Estudos históricos e epistemológicos da Ciência da Informação e metodologias das Ciências Sociais e Aplicadas. Comunicação e divulgação em Ciência e Tecnologia; análises e aplicações bibliométricas, informétricas, webmétricas e cientométricas. Sistemas de organização e representação do conhecimento, ontologias, web semântica e contribuições da lingüística. Processos de busca, acesso, recuperação e uso da informação. Dimensões conceituais e semióticas das estruturas e dos fluxos da informação e do conhecimento em diferentes contextos. Informação e gestão, monitoramento tecnológico, gestão estratégica da informação e do conhecimento nas organizações e nas políticas públicas. Cultura organizacional..
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
Setores de atividade: Pesquisa e desenvolvimento científico; Educação.
Palavras-chave: Teoria da Informação; Epistemologia; História da Informação; Memória; Organização do Conhecimento.


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Estudos Críticos em Humanidades Digitais: desafios à competência e à visibilidade informacional no campo científico das humanas
Descrição: Iniciado enquanto uma linha do grupo de pesquisa Informação, Memória e Sociedade (IMeS) do IBICT, durante o ano de 2017, Esta pesquisa se inicia junto com o financiamento Jovem Cientista do Nosso Estado (FAPERJ), a ser implementado a partir de 2018. As Humanidades Digitais são um campo auto-reflexivo cuja aplicação das tecnologias digitais voltadas às pesquisas em Humanidades seja ela própria o objeto de investigação do pesquisador. Mais ainda, elas atuam na intermediação da informação científica para a produção e circulação do conhecimento em uma esfera pública que não mais se encerra no espaço universitário. O recurso da internet e da sociedade em rede, nesse contexto, dá às Humanidades Digitais o status de condição/cenário atual e futuro das ciências humanas lato sensu. Nesse sentido esta pesquisa busca, uma vez que as Humanidades Digitais são marcadas pelas questões em torno das suas práxis e da techné, compor um canal de diálogo e de análise crítica junto à Ciência da Informação. Nosso objetivo é, portanto, discutir questões relacionadas ao acesso, à competência em informação, à filosofia da técnica, à estética e à visibilidade como elementos formadores de um capital científico que ganha força em face da escalada das humanidades digitais enquanto recurso metodológico, de pesquisa, e de divulgação/comunicação da ciência em seu espectro humanístico. Esta pesquisa se propõe a contribuir, portanto, com a inserção do tema e de sua problemática no processo reflexivo do campo da Ciência da Informação, contando com um aporte interdisciplinar. Ao entendermos que o advento das Humanidades Digitais faz parte de uma cultura digital hiperconectada e estética capaz de influenciar a produção do conhecimento e a cultura visocêntrica contemporânea, buscar-se-á elaborar estratégias, ações e produtos capazes de facilitar não somente o acesso a tais suportes tecnológicos como o desenvolvimento de competências necessárias para a naturalização dos recursos, ferramentas e linguagens da cultura digital às práticas de pesquisa das humanidades pelo público de estudantes e pesquisadores interessados..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
Tecnopolíticas da visibilidade informacional: o ?ser?, o ?ver? e o ?saber? na hipermodernidade.
Descrição: Este projeto busca realizar pesquisa teórica, com base no estudo ?triangular? da interação do homem com seus dispositivos técnicos e dispositivos político-culturais com o intuito de compreender uma ?cultura da visibilidade? em uma sociedade cujo ambivalente desejo por privacidade e pelo ?direito ao esquecimento?, por exemplo, se torna mais comum pari passu o desenvolvimento igualmente intenso das práticas e tecnologias viabilizadoras de transparência, acesso e recuperação da informação. Neste sentido, a pesquisa, com base em um estudo de netnografia, contribuirá para o estudo crítico sobre as formas de apropriação das práticas informacionais visando o controle e consumo da visibilidade, em suas múltiplas abordagens conceituais, enquanto processos coordenados às tecnopoliticas estabelecidas no ciberespaço..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) Doutorado: (2) .
Integrantes: Ricardo Medeiros Pimenta - Coordenador.
Número de produções C, T & A: 18 / Número de orientações: 4
2016 - Atual
Projeto Panteão: Memórias Científicas da Ciência da Informação no Brasil
Descrição: O Projeto Panteão busca no âmbito dos estudos de memória social e documento atuar na recuperação, indexação e produção de fontes e referências (no caso das entrevistas a serem realizadas, por meio da História Oral) voltado para os atores sociais que construíram e ainda compõem o cenário da Ciência da Informação no Brasil. É notório que a memória de homens e mulheres que contribuíram para o desenvolvimento deste campo disciplinar no Brasil se encontra fragmentada quando não apagada. O Grupo Informação, Memória e Sociedade busca, portanto, produzir um repositório de entrevistas de História Oral, baseadas em ?histórias de vida? para contribuir com a memória da C.I. no Brasil e com futuras pesquisas que possam fazer uso deste material..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (4) .
Integrantes: Ricardo Medeiros Pimenta - Coordenador / Lena Vania Ribeiro Pinheiro - Integrante / Rosali Fernandez de Souza - Integrante / Gustavo Silva Saldanha - Integrante / Leyde Klebia Rodrigues da Silva - Integrante / Márcia Teixeira Cavalcanti - Integrante / Priscila de Assunção Barreto Corbo - Integrante / Fernanda do Valle Galvão - Integrante / Rodrigo Piquet Saboia de Mello - Integrante / Bruno F Leite - Integrante / Luana Farias Sales - Integrante.
Número de produções C, T & A: 3
2013 - 2016
Estudos Históricos sobre Informação e Vigilância no Brasil: de Castelo a Snowden.
Descrição: A política de vigilância instituída no Brasil durante o século XX alimentou o regime de informação que esteve presente durante a Ditadura Militar e mesmo após seu arrefecimento, durante a redemocratização. Dessa maneira, consideramos que informação e vigilância são elementos conceituais importantes para se compreender a dinâmica política, social e tecnológica que moveu a sociedade brasileira nos últimos 50 anos e que continua a animá-la seja pela práxis do controle, seja pela da resistência. Este projeto busca, portanto, construir uma história da informação e vigilância tendo como pano de fundo o cenário brasileiro de forma a elaborar uma análise sobre esses dois conceitos, em perspectiva interdisciplinar, e de suas imbricações enquanto elementos e práticas constituintes do status quo do Estado e de seu regime informacional atual. De Castelo à Snowden representa a delimitação temporal proposta para a pesquisa que compreende em dois fatos históricos distintos, marcos fundamentais para se pensar: (1) a instauração de um regime onde as políticas informacionais brasileiras serviam diretamente ao controle da sociedade; (2) sua durée após a redemocratização e (3) sua crise frente aos desdobramentos ocorridos após as revelações do ex-agente americano Edward Snowden. No caso brasileiro, o próprio conceito de informação foi largamente utilizado e interpretado pelo Estado onde práticas de vigilância, já instituídas, se desenvolveriam mais verticalmente frente ao projeto militar instituído a partir de 1964. Quase 50 anos após o golpe, o capital informacional glocal gerado na sociedade civil brasileira ou a partir dela, do público ao privado, não deixou de servir às políticas de vigilância que não se restringem mais às fronteiras convencionais. Não obstante, também se tornou via de resistência ao próprio Estado. Por estes motivos, informação e vigilância tornam-se hoje elementos conceituais indispensáveis à reflexão dos regimes informacionais vigentes, da sociedade e de suas instituições, bem como de políticas públicas possíveis. Assim, é possível afirmar que o cenário político, econômico e tecnológico da segunda metade do século XX se mostra de fundamental importância para compreendermos não somente o conceito de informação, como o desenvolvimento epistemológico e metodológico do campo da ciência da informação..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (2) .
Integrantes: Ricardo Medeiros Pimenta - Coordenador / Lucas de Melo Melgaço - Integrante / Gilda Olinto - Integrante / Alfredo Tiomno Tolmasquim - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 11 / Número de orientações: 2
2013 - 2015
Dimensões tecnopolíticas do esquecimento: usos e abusos da memória na era digital
Descrição: A pesquisa visa analisar e discutir as relações possíveis entre os conceitos de lembrança/recuperação e esquecimento/apagamento na atualidade. Neste sentido, buscar-se-á identificar e compreender fatores, atores, estruturas, dinâmicas e discursos que possam contribuir para a elaboração de uma teoria do esquecimento/apagamento como um dos aspectos fundamentais para se discutir a questão da memória e as dimensões políticas da informação e do conhecimento na Era do ?Big Data?. Como ponto de partida, consideramos a dialética entre o desejo de memória e o direito ao esquecimento enquanto espaço comum da distopia informacional presente na atualidade..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Ricardo Medeiros Pimenta - Coordenador / Alceu Teixeira Guilhen - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 11 / Número de orientações: 2
2012 - 2013
Faces da redemocratização: os movimentos sociais e suas memórias precedentes e subsequentes à Lei da Anistia, de 1979, no Brasil
Descrição: A pesquisa busca analisar a atuação do movimento sindical, estudantil e da imprensa alternativa no processo de luta pela Anistia, então promulgada, em 1979. Nas últimas décadas, a cultura da memória desempenhou um papel essencial para o continuo debate sobre esta lei e sobre sua aceitação por parte da sociedade civil organizada. Esquecimento ou perdão imposto? Quais foram as lutas realizadas, como diferentes grupos sociais se articularam e como estes mesmos personagens avaliaram nos anos seguintes (da década de 1980) a conquista, ou imposição, da Anistia em 1979? Compreender as diferentes formas de ação e luta em torno da campanha pela a Anistia frente ao cenário de arbítrio do Estado brasileiro é identificar a articulação existente entre artistas, intelectuais, estudantes, religiosos, militantes e sindicalistas. Buscaremos, portanto, compreender criticamente as leituras da anistia (então possível a partir da Lei 6.683 de 28 de agosto de 1979) através destes três espaços sociais e de atuação política supracitados; compreendendo-os enquanto atores indeléveis do processo de luta pela redemocratização e, portanto, primordiais objetos para se analisar os ganhos e perdas que a sociedade brasileira incorporava a cada passo dado em direção a restauração do Estado democrático. Processo na FAPERJ nº E-26/110.032/2012..
Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Ricardo Medeiros Pimenta - Coordenador / Angélica Müller - Integrante / Tatyana de Amaral Maia - Integrante / Fernando da Silva Rodrigues - Integrante.Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 8
2011 - 2012
Distensões da memória: cultura, poder e ressentimento entre a anistia desejada e a mantida no Brasil (1974-2011)
Descrição: A pesquisa busca analisar a memória partilhada pelo tecido social, cultural e político brasileiro sobre a anistia promulgada em 1979. Nas últimas décadas, a cultura da memória desempenhou um papel essencial para o continuo debate sobre esta lei e sobre sua aceitação por parte da sociedade civil organizada. Esquecimento ou perdão imposto? A atual inobservância ao acesso à informação do período, no entanto, traz à tona a ideia de que o perdão e o silêncio consentidos a partir de 1979 não deixaram de incomodar e de impedir a busca pela construção do que Ricoeur classificou com "memória justa." Para tal, a pesquisa atuará em duas frentes: (1) identificar e compreender as formas de ação, por parte da sociedade brasileira, de sua cultura e da comunidade internacional, que compuseram a ideia de anistia e sua campanha frente ao Estado durante a década de setenta. Entre artistas, intelectuais, religiosos, militantes e sindicalistas o projeto em torno da anistia se construiu naquele período em pouco menos de dez anos e teve ampla articulação entre atores sociais e os movimentos sociais dentro e fora do Brasil. (2) Analisar na atualidade o que vem a ser a memória da Anistia. Como ela vem sendo partilhada e construída nos últimos anos. E como, em pouco mais de 30 anos, após a aprovação da lei em 1979, o tema tornou-se eixo central de inúmeros debates e críticas quanto às dissonâncias existentes entre aquilo que se desejou e o que se obteve..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2010 - 2011
Instituições de memória na baixada fluminense: usos e desusos políticos de um capital da identidade coletiva
Descrição: O projeto busca analisar diferentes instituições de memória existentes no espaço da baixada fluminense, tendo como perspectiva a própria história de suas formações, enquanto parte de um fenômeno erigido a partir da ausência de ações do poder público em se instituir políticas de memória e de arquivo no cenário recente da Baixada Fluminense. Ao longo dos últimos quarenta anos, na grande região da baixada, municípios foram criados; o crescimento desordenado tomou proporções não imagináveis; episódios de violência se tornaram marcas de sua identidade política e parte dessa memória histórica da baixada parece ter sido silenciada. Seja pela conveniência, de um poder público receoso de seu próprio passado, ou pela falta de estruturas necessárias, tais fatos tornam nebuloso o potencial historiográfico da região. Da mesma forma que aponta para uma clara lacuna no tocante à participação dos poderes públicos em assegurar a preservação da memória coletiva, histórica e pública de territórios tão plurais da região da baixada. A notória insuficiência de espaços, instituições e políticas específicas relacionadas à questão da memória e de valorização da história (de uma política de arquivos e de preservação histórica) própria da região apontam para um cerne de questões cujo conceito de "usos políticos do passado" se torna um eixo central do nosso campo de inflexão. Onde o "não lembrar" compõe aquilo que apontamos como desusos políticos de um capital da identidade coletiva. São notórias as dissonâncias e escleroses no próprio espaço público quanto à circulação da informação e de construção do conhecimento histórico. Neste sentido, este projeto busca refletir criticamente sobre o papel da memória e de seus usos através do poder público e de outras iniciativas orgânicas de grupos sociais distintos na construção de uma imagem/identidade da Baixada Fluminense. Organismos públicos e privados, entidades sindicais, jornais e mídias de comunicação, associação de moradores, entre outros exem.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Ricardo Medeiros Pimenta - Coordenador.Financiador(es): ABEU Centro Universitário - Bolsa.Número de orientações: 1
2006 - 2010
Memória e Legitimidade no Mundo Sindical: Usos Políticos do Passado no Circuito Brasil e França (1970 - 2010)
Descrição: O objetivo desta tese de doutorado é analisar os usos políticos do passado através dos casos vividos pelas instituições sindicais brasileiras e francesas. Nesse sentido, podemos dizer que alguns sindicatos vêm utilizando a memória social como uma ferramenta útil para construir uma identidade coletiva operária, intencionando lutar contra a fragmentação resultante do impacto da reestruturação industrial dos anos 1980 e 1990 respectivamente na França e no Brasil. Na França, traremos à tona dois casos ligados a uma política de arquivos, e de memória, erigida desde os anos 1980 com o Instituto de História Social da CGT e os departamentos de Arquivo da CFDT. Neste cenário se estabelecem entre lutas e demais disputas, os personagens que buscam se tornarem porta-vozes de sua própria história. Algo em constante desenvolvimento no decorrer dos anos através das tecnologias da informação, internet e diálogos com o campo acadêmico. Falamos todos, portanto, de um desafio em busca de legitimidade e de memória, ambas circunscreventes destes atores sociais. No caso do Brasil, apesar das singularidades históricas, encontramos similaridades com tais buscas. Começamos através da experiência vivida pelo Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e pelo Sindicato dos Petroleiros (Sindipetro). Estes dois projetos possuem conexões com a política da CUT e seus militantes. A mesma CUT que foi apoiada por recursos da CFDT, dos quais possibilitaram com que militantes brasileiros e franceses pudessem aprender uns com os outros, construindo novas experiências e uma memória coletiva. Atualmente, estes projetos vêm construindo outras memórias que apesar de serem marcadas pela sua institucionalização, não deixam de ser coletivas e/ou enquadradas pelos sindicatos que se utilizam de novos tipos de comunicação e de mídias eletrônicas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Ricardo Medeiros Pimenta - Coordenador.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 12
2004 - 2006
Retalhos de memórias: trabalho e identidade nas falas de operários têxteis do Rio de Janeiro
Descrição: Esta pesquisa analisa alguns dos aspectos do trabalho e das condições sociais experimentadas pelo operariado das companhias têxteis América Fabril e Nova América ao longo do século XX, através das memórias dos próprios trabalhadores. Partimos da idéia de que os "retalhos" de seus depoimentos individuais são partes de um locus coletivo e de uma identidade os quais são construídos e mantidos pelas lembranças e esquecimentos referentes ao espaço do trabalho. Fazendo uso da História Oral como método de abordagem para a coleta das falas destes antigos operários, incorporamos neste estudo sobre o Mundo do Trabalho algumas das experiências e desafios vividos pelos próprios trabalhadores..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Ricardo Medeiros Pimenta - Coordenador.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 19


Membro de corpo editorial


2011 - 2011
Periódico: Recôncavo - Revista de História da UNIABEU
2011 - Atual
Periódico: Recôncavo - Revista de História da UNIABEU
2011 - 2011
Periódico: Revista de História da Biblioteca Nacional (RHBN)
2011 - Atual
Periódico: Revista do Mestrado de História (Universidade Severino Sombra)
2010 - 2011
Periódico: Editora da Universidade Federal de Rondônia EDUFRO/UNIR
2008 - 2009
Periódico: Passages de Paris (APEB-Fr)
2004 - 2004
Periódico: CANDELÁRIA - Revista do Instituto de Humanidades


Revisor de periódico


2011 - 2011
Periódico: Revista de História da Biblioteca Nacional (RHBN)
2012 - Atual
Periódico: Diálogos (Maringá. Impresso)
2012 - Atual
Periódico: Recôncavo: Revista de História da UNIABEU
2012 - Atual
Periódico: Revista Eletrônica do Curso de Direito da UFSM
2013 - Atual
Periódico: Revista Direitos Emergentes na Sociedade Global
2013 - 2013
Periódico: Liinc em Revista
2016 - 2016
Periódico: RDBCI: Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação
2016 - 2016
Periódico: Estudos Ibero-Americanos
2016 - 2016
Periódico: Kamchatka. Revista de análisis cultural


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Ciência da Informação.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Memória Social.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Italiano
Compreende PoucoLê Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2017
Programa Jovem Cientista do Nosso Estado, FAPERJ.
2016
Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 2 - CA AC - Artes, Ciência da Informação e Comunicação, CNPq.
2014
Edital - Chamada Universal MCTI/CNPQ Nº14/2014, CNPq.
2013
Edital - Chamada MCTI/CNPq/MEC/CAPES - nº 43/2013 - Ciências Humanas, Sociais e Sociais Aplicadas, CNPq.
2012
Membro da Comissão de Altos Estudos do Centro de Referência das Lutas Políticas no Brasil (1964-1985) - Memórias Reveladas [portaria nº 16/2012, D.O.U. 12 de fev. 2012], Ministério da Justiça / Arquivo Nacional.
2012
Aprovado em Concurso Público para Pesquisador Adjunto I, Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT).
2011
Edital - Apoio a projetos de pesquisa na área de Humanidades, FAPERJ.
2010
Scholarship award to XVIth International Oral History Association in Prague, Czech Republic July 7-11, 2010., International Oral History Association.
2010
Título de Doutor em Memória Social, Programa de Pós-Graduação em Memória Social (PPGMS) da UNIRIO.
2009
Aprovado em concurso público para o cargo efetivo de Professor Assistente do Departamento de Filosofia e Ciências Sociais - DFCS (disciplina Técnicas e Métodos de Pesquisa/ Comunicação Científica), Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UNIRIO.
2009
Moção de Congratulações, Câmara Municipal do Rio de Janeiro.
2008
Aprovado em primeiro lugar para professor-tutor da disciplina História e Documento do curso de licenciatura à distância em História pela UNIRIO/UAB, Escola de História / UNIRIO / UAB.
2007
Aprovado (4º lugar) no concurso para o cargo de Professor Substituto do Departamento de História (área teoria e metodologia da História) do IFCS da Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ, Instituto de Filosofia e Ciências Sociais (IFCS) da UFRJ.
2007
Bolsa para estágio de doutorando no exterior - balcão (sanduíche/sandwich), Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES.
2006
MENÇÃO HONROSA no Concurso: Prêmio Professor Afonso Carlos Marques dos Santos; pela Dissertação Retalhos da memória: trabalho e identidade nas falas de operários têxteis do Rio de Janeiro., Arquivo Geral da Cidade do Rio de Janeiro - AGCRJ.
2006
Aprovado em 3º lugar em concurso público para o cargo de Professor Substituto do Departamento de História (disciplina Metodologia da História) da UFOP/Campus Mariana., Universidade Federal de Ouro Preto - UFOP.
2006
Título de Mestre em Memória Social e Documento, Programa de Pós-graduação em Memória Social PPGMS da UNIRIO..
2006
Beca de ayuda completa - 52 Congreso Internacional de Americanistas., Universidad de Sevilla, España..


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
4SCHNEIDER, Marco. A. F.2018SCHNEIDER, Marco. A. F. ; PIMENTA, Ricardo M. . Marx, ética e a Ciência da Informação. Informacao & Sociedade-Estudos, v. 28, p. 287-290, 2018.

2.
3GALVAO, Fernanda V.2018GALVAO, Fernanda V. ; COSTA, D. S. ; PIMENTA, Ricardo M. . Tecnovigilância e desafios à competência em informação. Estudos em Comunicação, v. 1, p. 101-118, 2018.

3.
2MELLO, Rodrigo Piquet S.2018MELLO, Rodrigo Piquet S. ; PIMENTA, Ricardo M. . Os repositórios públicos do Estado brasileiro e a construção da autonomia informacional dos povos indígenas. CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO (ONLINE), v. 47, p. 100, 2018.

4.
1CASTRO, Renan M.2018CASTRO, Renan M. ; PIMENTA, Ricardo M. . NOVAS PRÁTICAS INFORMACIONAIS FRENTE ÀS HUMANIDADES DIGITAIS: A CONSTRUÇÃO DE ACERVOS DIGITAIS COMO SUPORTE PARA AS DIGITAL HUMANITIES. Informação & Informação (Online), v. 23, p. 523-543, 2018.

5.
11PIMENTA, Ricardo M.2017PIMENTA, Ricardo M.. O desafio contemporâneo a Tânatos: a dialética entre acumular e preservar a informação. PESQUISA BRASILEIRA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA, v. 12, p. 34-45, 2017.

6.
10PIMENTA, Ricardo M.2017PIMENTA, Ricardo M.; MELLO, Rodrigo Piquet S. . Olhares e práticas convergentes da informação: algumas reflexões sobre Gilbert Simondon, interdisciplinaridade e saberes indígenas. REVISTA ECO-PÓS (ONLINE), v. 20, p. 170-183, 2017.

7.
8RANGEL, T. R.2017RANGEL, T. R. ; PIMENTA, Ricardo M. . As politicas de informação e a construção da identidade profissional: um analise contextual da criação do Instituto Brasileiro de Biliografia e Documentação (IBBD). PESQUISA BRASILEIRA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA, v. 12, p. 107-118, 2017.

8.
9COSTA, D. S.2017COSTA, D. S. ; PIMENTA, Ricardo M. . Gamificação do comum: o jogo digital enquanto realidade sócio-cultural e dispositivo mediador info-comunicacional. PESQUISA BRASILEIRA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA, v. 12, p. 134-144, 2017.

9.
7Pimenta, Ricardo Medeiros2017Pimenta, Ricardo Medeiros. Nosso futuro em um post. Cultura da velocidade, big data e a novo desafio dos -peixes- para os historiadores da era digital.. REVISTA TRANSVERSOS, v. 1, p. 9-22, 2017.

10.
6CASTRO, Renan M.2017CASTRO, Renan M. ; PIMENTA, Ricardo M. . UMA TOPOGRAFIA DAS HUMANIDADES DIGITAIS NA CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO. REVISTA Z CULTURAL (UFRJ), v. XII, p. 1, 2017.

11.
5SCHNEIDER, Marco. A. F.2017SCHNEIDER, Marco. A. F. ; PIMENTA, Ricardo M. . Walter Benjamin?s Concept of History and the plague of post-truth. International Review of Information Ethics, v. 26, p. 61-77, 2017.

12.
13PIMENTA, Ricardo M.2016PIMENTA, Ricardo M.. As rugosidades do Ciberespaço: um contributo teórico aos estudos dos web espaços informacionais. Informação & Sociedade (UFPB. Online), v. 26, p. 77-90, 2016.

13.
12PIMENTA, Ricardo M.2016PIMENTA, Ricardo M.. Os Objetos Técnicos e seus papéis no horizonte das Humanidades Digitais: um caso para a Ciência da Informação. Revista Conhecimento em Ação, v. 1, p. 17-29, 2016.

14.
14JORENTE, Maria J. V.2015JORENTE, Maria J. V. ; SILVA, A. R. ; PIMENTA, Ricardo M. . Cultura, Memória e Curadoria Digital na Plataforma SNIIC. Liinc em Revista, v. 11, p. 122-139, 2015.

15.
15PIMENTA, Ricardo M.2013PIMENTA, Ricardo M.. Big Data e controle da informação na Era digital: tecnogênese de uma memória a serviço do mercado e do estado. Tendências da Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação, v. 6, p. 7-24, 2013.

16.
16PIMENTA, Ricardo M.2012PIMENTA, Ricardo M.. O futuro da História e de sua leitura.. Recôncavo: Revista de História da UNIABEU, v. 2, p. 154-157, 2012.

17.
17PIMENTA, Ricardo M.2012PIMENTA, Ricardo M.. Lembranças do desalento: experiências do(s) cárcere(s) em tempos de arbítrio. Revista Perspectiva Histórica, v. 2, p. 249-252, 2012.

18.
18PIMENTA, Ricardo M.2011PIMENTA, Ricardo M.. A ?cidade luz? e os trabalhadores da Renault: lugares de trabalho e da memória. Da periferia parisiense ao Magrebe. Diálogos (Maringá), v. 15, p. 567-587, 2011.

19.
21PIMENTA, Ricardo M.;Pimenta, Ricardo Medeiros2009 PIMENTA, Ricardo M.. Le rôle du passé dans les pratiques syndicales: regards sur le Brésil et France.. Passages de Paris (APEB-Fr), v. 1, p. 1-8, 2009.

20.
20PIMENTA, Ricardo M.;Pimenta, Ricardo Medeiros2009 PIMENTA, Ricardo M.; Santana, Marco Aurélio . Public History and Militant Identities: Brazilian Unions and the Quest for Memory. International Labor and Working Class History, v. 76, p. 65-81, 2009.

21.
19Pimenta, Ricardo Medeiros2009Pimenta, Ricardo Medeiros. Construindo conhecimentos através do espaço sindical francês: um olhar sobre a informação e o papel do arquivo junto a uma política de memória militante. Perspectivas em Ciência da Informação, v. 14, p. n.esp, 2009.

22.
22PIMENTA, Ricardo M.;Pimenta, Ricardo Medeiros2007PIMENTA, Ricardo M.. Entre os Retalhos do Trabalho Esquecido: narrativa, memória e história dos trabalhadores têxteis no Rio de Janeiro. Revista Cidade Nova (Cessou em 2007. Cont. ISSN 1983-6031 Revista do Arquivo Geral da Cidade do Rio de Janeiro), v. 1, p. 71-83, 2007.

23.
23PIMENTA, Ricardo M.;Pimenta, Ricardo Medeiros2006PIMENTA, Ricardo M.. A ferrugem da máquina: ?velhos? trabalhadores no vértice das mudanças do cenário contemporâneo. Revista Enfoques (Rio de Janeiro), v. 5, p. 11-25, 2006.

24.
24PIMENTA, Ricardo M.;Pimenta, Ricardo Medeiros2005PIMENTA, Ricardo M.. Conhecer para esquecer. A identidade e os caminhos para a memória: perspectivas nietzschianas sobre a identidade e o esquecimento como elementos constitutivos da memória no locus social.. Morpheus, www.unirio.br/morpheusonline, 2005.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
MARTELETO, Regina. M. (Org.) ; PIMENTA, Ricardo M. (Org.) . Pierre Bourdieu e a produção social da cultura, do conhecimento e da informação. 1. ed. Rio de Janeiro: Garamond, 2017. v. 1. 370p .

2.
PIMENTA, Ricardo M.. Retalhos de Memória: Lembranças de Operários Têxteis Sobre Identidade e Trabalho. 1. ed. Jundiaí: Paco Editorial, 2012. 128p .

Capítulos de livros publicados
1.
PIMENTA, Ricardo M.. Ciberespaço, internet e habitus: uma reflexão bourdieusiana sobre a era digital. In: Regina Maria Marteleto; Ricardo Medeiros Pimenta. (Org.). Pierre Bourdieu e a produção social da cultura, do conhecimento e da informação. 1ed.Rio de janeiro: Garamond, 2017, v. 1, p. 241-258.

2.
PIMENTA, Ricardo M.. Arquivos da ditadura militar brasileira: ética, informação e verdade contra a opacidade de um regime informacional autoritário. In: Maria Nelida Gonzalez de Gomez; Regina de Barros Cianconi. (Org.). Ética da Informação: Perspectivas e Desafios. 1ed.Rio de Janeiro: Garamond, 2017, v. 1, p. 160-177.

3.
PIMENTA, Ricardo M.. Da Aesthetica informacional e do capital simbólico na contemporaneidade: a internet e suas redes sociais enquanto campo. In: Elaine Rosangela de Oliveira Lucas; Murilo Artur Araújo da Silveira. (Org.). A Ciência da informação encontra Pierre Bourdieu. 1ed.Recife: Ed. Universitária da UFPE, 2017, v. 1, p. 353-372.

4.
PIMENTA, Ricardo M.. Entre a intenção do registro, a serendipidade da busca e a seletividade da memória: o dilema documental na era digital. In: Antonio José Marques, Inez Terezinha Stampa. (Org.). Arquivos e o direito à memória e à verdade no mundo dos trabalhadores. 1ed.Rio de Janeiro; São Paulo: CUT; Arquivo Nacional, 2015, v. 1, p. 243-256.

5.
PIMENTA, Ricardo M.; MELGAÇO, Lucas M. . Brazilian universities under surveillance: information control during the Military Dictatorship (1964-1985). In: Kees Boersma, Rosamunde van Brakel, Chiara FONIO, Pieter WAGENAAR. (Org.). Histories of State Surveillance in Europe and Beyond. 1ed.New York; London: Routledge, 2014, v. 1, p. 118-131.

6.
PIMENTA, Ricardo M.. A ditadura militar brasileira e as redes de solidariedade na França dos anos 1970: o "fazer" da ação informativa e o "dever" do trabalho de memória. In: Icléia Thiesen. (Org.). Documentos sensíveis: informação, arquivo e verdade na Ditadura de 1964. 1ed.Rio de Janeiro: 7 Letras, 2014, v. 1, p. 231-246.

7.
PIMENTA, Ricardo M.. Uma luta difícil: instituições sindicais brasileiras e o uso das novas tecnologias para construção de sua memória. In: Lucília de Almeida Neves Delgado; Marieta de Moraes Ferreira. (Org.). História do Tempo Presente. 1ed.Rio de Janeiro: Editora FGV, 2014, v. 1, p. 98-115.

8.
PIMENTA, Ricardo M.. A ditadura militar no Brasil e a luta de uma rede franco-brasileira: resistência pela informação nos anos 1970. In: MÜLLER, Angélica; STAMPA, Inez; SANTANA, Marco Aurélio. (Org.). Documentar a Ditadura: arquivos da repressão e da resistência. 1ed.Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 2014, v. 1, p. 173-189.

9.
MARTELETO, Regina. M. ; PIMENTA, Ricardo M. . Símbolo. In: Regina Maria Marteleto; Gustavo Silva Saldanha. (Org.). Perfil empreendedor: Olímpio Marteleto, histórias de vida e de trabalho no Mercado Central de Belo Horizonte. 1ed.Belo Horizonte: Escritório de Histórias, 2013, v. 1, p. 197-241.

10.
PIMENTA, Ricardo M.. Memória em ruínas: desindustrialização fluminense no limiar do século XX. In: SANGLARD, Gisele; ARAÚJO, Carlos Eduardo Moreira de; SIQUEIRA, José Jorge.. (Org.). História Urbana: memória, cultura e sociedade. 1ed.Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas, 2013, v. 1, p. 303-319.

11.
PIMENTA, Ricardo M.. O futuro do passado: desafios entre a informação e a memória na sociedade digital. In: Sarita Albagli. (Org.). Fronteiras da Ciência da Informação. 1ed.Brasília: IBICT, 2013, v. 1, p. 146-171.

12.
PIMENTA, Ricardo M.. Memórias Caladas: os arquivos sindicais enquanto campo. In: Antonio José Marques; Inez Terezinha Stampa. (Org.). Arquivos do mundo dos trabalhadores: coletânea do 2º Seminário Internacional o Mundo dos Trabalhadores e seus Arquivos: memória e resistência. 1ed.Rio de Janeiro - São Paulo: Arquivo Nacional - Central Única dos Trabalhadores, 2012, v. 1, p. 129-139.

13.
PIMENTA, Ricardo M.. Fronteiras da memória: trabalho e identidade na periferia de Paris. O caso Renault Île Seguin. In: SCHEIDT, Eduardo.. (Org.). História Social das Fronteiras. 1ed.Jundiaí: Paco Editorial, 2012, v. 1, p. 77-88.

14.
PIMENTA, Ricardo M.. Quando o arquivo serve à identidade: sindicatos e o uso da memória no cenário pós-redemocratização. In: Paulo César de Oliveira; Shirley de Souza Gomes Carreira. (Org.). Memória e Identidade: ensaios.. 1ed.Rio de Janeiro: Galo Branco, 2011, v. 1, p. 155-169.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
PIMENTA, Ricardo M.. A disputa pela memória nas ruas. O Globo / Caderno Prosa e Verso, Rio de Janeiro, p. 8 - 8, 25 maio 2013.

2.
PIMENTA, Ricardo M.. 'O que existe em uma cópia?' é analisada em aula inaugural do PPGCI (IBICT/UFRJ). Portal do IBICT, 18 mar. 2013.

3.
PIMENTA, Ricardo M.. Fábrica centenária sambou. Revista de História (Rio de Janeiro), 06 jun. 2011.

4.
PIMENTA, Ricardo M.. Novas formas de se relembrar o passado. Revista de História (Rio de Janeiro), 27 maio 2011.

5.
PIMENTA, Ricardo M.. Dia de que trabalhador?. Revista de História (Rio de Janeiro), 02 maio 2011.

6.
PIMENTA, Ricardo M.. Historiador responde: Quilombola. Revista de História (Rio de Janeiro), 15 abr. 2011.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
CASTRO, Renan M. ; PIMENTA, Ricardo M. . VISUALIZANDO DADOS BIBLIOGRÁFICOS: O USO DO VOSVIEWER COMO FERRAMENTA PARA ESTUDOS BIBLIOMÉTRICOS. In: Congresso Internacional em Humanidades Digitais, 2018, Rio de Janeiro. Anais do Congresso Internacional em Humanidades Digitais. Rio de Janeiro: FGV, 2018. v. 1. p. 488-493.

2.
COSTA, D. S. ; GALVAO, F. V. ; PIMENTA, Ricardo M. . DESAFIOS À COMPETÊNCIA EM INFORMAÇÃO: A TECNOVIGILÂNCIA ENQUANTO AMEAÇA ÀS LIBERDADES INDIVIDUAIS. In: IX Simpósio Nacional ABCiber, 2017, São Paulo. Anais eletrônicos do IX Simpósio Nacional da ABCiber ? Associação Brasileira de Pesquisadores em Cibercultura ? PUC-SP, 2016. São Paulo: ABCiber, 2016. v. 1. p. 1-19.

3.
CORBO, D. A. S. ; PIMENTA, Ricardo M. . DOCUMENTO COMO OBJETO E ELO INTERDISCIPLINAR NA CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO: O RELATÓRIO FINAL DA COMISSÃO NACIONAL DA VERDADE E SEUS EFEITOS SOCIAIS. In: XVII ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 2016, Salvador. ANAIS DO XVII ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO. Salvador: PPGCI/UFBA, 2016. v. 1. p. 163-179.

4.
RANGEL, T. R. ; PIMENTA, Ricardo M. . O INSTITUTO BRASILEIRO DE BIBLIOGRAFIA E DOCUMENTAÇÃO E AS POLÍTICAS DE INFORMAÇÃO: PERSPECTIVAS SOCIAIS E TECNO-POLÍTICAS DA PRIMEIRA METADE DA DITADURA CIVIL MILITAR BRASILEIRA (1964-1976). In: XVII Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação (ENANCIB): Descobrimentos da Ciência da Informação. Desafios da Multi, Inter e Transdisciplinaridade (MIT), 2016, Salvador. ANAIS DO XVII ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO (XVII ENANCIB ? 2016 / BAHIA). Salvador: PPGCI/UFBA, 2016. v. 1. p. 4793-4808.

5.
CORBO, P. A. B. ; PIMENTA, Ricardo M. . POLÍTICA DE MEMÓRIA NO COLÉGIO PEDRO II: PARADOXOS PARA PRESERVAÇÃO DO PATRIMONIO DOCUMENTAL. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 2016, Salvador. ANAIS DO XVII ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO. Salvador: PPGCI/UFBA, 2016. v. 1. p. 4341-4360.

6.
LOUREIRO, Erica. C. ; PIMENTA, Ricardo M. . CONHECIMENTO E MEMÓRIA NA CASA DE OSWALDO CRUZ/FIOCRUZ: ELEMENTOS PARA CONSTRUÇÃO DE INICIATIVAS DE MEMÓRIA ORGANIZACIONAL.. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO (XVII ENANCIB ? 2016 / BAHIA), 2016, Salvador. ANAIS DO XVII ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO (XVII ENANCIB ? 2016 / BAHIA). Salvador: PPGCI/UFBA, 2016. v. 1. p. 4323-4340.

7.
PIMENTA, Ricardo M.. O dilema entre a recuperação e o apagamento da informação na era digital: perspectivas em construção. In: XV Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação ? ENANCIB 2014, 2014, Belo Horizonte. Anais do XV Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação ? ENANCIB 2014. Belo Horizonte: ANCIB; UFMG, 2014. v. 1.

8.
TOLMASQUIM, A. T. ; PIMENTA, Ricardo M. ; OLINTO, G. . ENTRE A MEMÓRIA E A INFORMAÇÃO: CIENTISTAS PERSEGUIDOS NA DITADURA MILITAR. In: XV Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação, 2014, Belo Horizonte. Anais do XV Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação. Belo Horizonte: ANCIB; UFMG, 2014. v. 1.

9.
BEZERRA, Arthur. C. ; ORMAY, Larissa. S. ; PIMENTA, Ricardo M. . Vigilância, vigilância inversa e democracia: do panoptismo ao midiativismo. In: XV Encontro Nacional de Pesquisa em Pós-Graduação em Ciência da Informação, 2014, Belo Horizonte. Anais do XV Encontro Nacional de Pesquisa em Pós-Graduação em Ciência da Informação. Belo Horizonte: ANCIB; UFMG, 2014. v. 1. p. 2528-2543.

10.
PIMENTA, Ricardo M.. A REDE INFORMACIONAL FRANCO-BRASILEIRA DURANTE A DITADURA MILITAR NO BRASIL: O CASO DOS ARQUIVOS DA CFDT. In: XIV Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação (ENANCIB 2013), 2013, Florianópolis. Anais do XIV Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação (Enancib), 2013. v. 1.

11.
THIESEN, Icléia. ; PIMENTA, Ricardo M. . Informação, arquivo e memória: os documentos da ditadura militar no contexto da redemocratização no Brasil. In: Médiations et hybridations: construction sociale des savoirs et de l`information. Deuxième colloque scientifique du réseau MUSSI, 2011, Toulouse. Médiations et hybridations: construction sociale des savoirs et de l`information. Actes du deuxième colloque scientifique du réseau MUSSI. Toulouse: Université de Toulouse 3 ? IUT, 2011. v. 1. p. 229-242.

12.
PIMENTA, Ricardo M.. PERCURSOS ENTRE A MEMÓRIA E IDENTIDADE: INSTITUIÇÕES SINDICAIS E A CONSTRUÇÃO DE UMA POLÍTICA DE ARQUIVO. In: XXVI Simpósio Nacional de História - Anpuh 50 anos, 2011, São Paulo. Anais do XXVI simpósio nacional da ANPUH - Associação Nacional de História. São Paulo: ANPUH-SP, 2011. v. 1.

13.
PIMENTA, Ricardo M.. Entre passados construídos e futuros desejados: o caso do Instituto de História Social da CGT. In: XIV Congresso Brasileiro de Sociologia - sociologia: consensos e controvérsias, 2009, Rio de Janeiro. GT21 - Sindicato, Trabalho e Ações Coletivas, 2009.

14.
PIMENTA, Ricardo M.. Um rio de lembranças: trabalhadores da Renault Île Seguin de Paris em disputa pela memória.. In: XXV Simpósio Nacional de História, 2009, Fortaleza. Anais do ... Simpósio Nacional de História. Fortaleza: anpuh, 2009. v. 1.

15.
PIMENTA, Ricardo M.. O Dever de Memória na Política Sindical Francesa: a Identidade Coletiva Militante e o Papel do Arquivo. In: I Colóquio Mediações e Usos de Saberes e da Informação: um diálogo França - Brasil, 2008, Rio de Janeiro. Anais do I Colóquio Mediações e Usos de Saberes e da Informação: um diálogo França - Brasil.. Rio de Janeiro: Rede MUSSI, 2008. v. 1. p. 507-521.

16.
PIMENTA, Ricardo M.. (Re)conhecer a classe trabalhadora no Século XXI: Uma política de memória e identidade.. In: XIII Congresso Brasileiro de Sociologia, 2007, Recife. GT21: Sindicato, Trabalho e Ações Coletivas, 2007.

17.
PIMENTA, Ricardo M.. Memória do Trabalho: estratégias de produção e consumo de uma classe longe do fim. In: XXIV Simpósio Nacional de História - História e Multidisciplinaridade: territórios e deslocamentos, 2007, São Leopoldo. ANAIS - XXIV SIMPÓSIO NACIONAL DE HISTÓRIA. São Leopoldo: UNISINOS / ANPUH, 2007. v. 1.

18.
PIMENTA, Ricardo M.. Dois extremos de uma só luta: trajetórias em meio à precariedade do trabalho infantil e à exclusão do ?velho? trabalhador na contemporaneidade.. In: 52º ICA - International Congress of Americanists, 2006, Sevilla. CD-ROM - Anais del Simposio: Memória, violencia y protección de los derechos humanos en América. Rio de Janeiro, 2006. v. 1.

19.
PIMENTA, Ricardo M.. A imagem do trabalho na cultura operária:a construção identitária e o "ser cidadão" dos anos 20 aos 40. In: III Simpósio Nacional de História Cultural: Mundos da imagem do texto ao visual, 2006, Florianópolis. Anais do [recurso eletrônico]/ III Simpósio Nacional de História Cultural - Mundos da imagem do texto ao visual. Florianópolis: Clicdata Multimídia, 2006. p. 3968-3976.

20.
PIMENTA, Ricardo M.. Olhando para as chaminés: a questão do patrimônio industrial na cidade do Rio de Janeiro junto à velocidade contemporânea. In: 25º RBA - Reunião Brasileira de Antropologia, 2006, Goiânia. 25ª rba - reunião brasileira de antropologia/ saberes e práticas antropológicas, desafios para o século XXI [cd-rom de anais]. Goiânia: Multimedia Design Studio, 2006. v. 2.

21.
PIMENTA, Ricardo M.. Construindo tramas com velhos teares: ?velhos? trabalhadores têxteis e a construção de uma memória coletiva no Rio de Janeiro. In: PRIMER CONGRESO LATINOAMERICANO DE ANTROPOLOGÍA, 2005, Rosario. 1º Congreso Latinoamericano de Antropología. Rosario: Universidad Nacional de Rosario, 2005.

22.
PIMENTA, Ricardo M.. Retalhos de memórias: relatos de trabalhadores têxteis cariocas. In: XI Encontro Regional de História (Anpuh-RJ): Democracia e Conflito, 2005, Rio de Janeiro. Encontro Regional de História (Anpuh-RJ): Democracia e Conflito, 2004.

23.
PIMENTA, Ricardo M.. Trovões em dias de sol: reverberações de uma memória operária.. In: VI Encontro Regional Sudeste de História Oral: História, Cultura e Poder., 2005, Juiz de Fora. Anais VI Encontro Regional Sudeste de História Oral: História, Cultura e Poder., 2005.

24.
PIMENTA, Ricardo M.. O Esquecimento do Trabalho e a Produção de ?Fantasmas? Sociais: Antigos Trabalhadores no Vértice das Mutações do Mundo do Trabalho. In: I Seminário do NETS - visões do trabalho: História, Memória e Sociologia, 2005, Rio de Janeiro. CD-ROM Anais do I Seminário do NETS - visões do trabalho: História, Memória e Sociologia, 2005.

25.
PIMENTA, Ricardo M.. BATALHAS DE ALGODÃO: A INFÂNCIA OPERÁRIA INTERROMPIDA PELO TRABALHO NAS INDÚSTRIAS TÊXTEIS DO RIO DE JANEIRO.. In: XXIII SIMPÓSIO NACIONAL DE HISTÓRIA, 2005, Londrina. XXIII Simpósio Nacional de História; história; Guerra e Paz [CD-ROM]. Londrina: Editorial Mídia, 2005.

26.
PIMENTA, Ricardo M.. Conhecer para esquecer. A identidade e os caminhos para a memória: perspectivas nietzschianas sobre a identidade e o esquecimento como elementos constitutivos da memória no locus social. In: V Simpósio Internacional de Filosofia (Assim Falou Nietzsche V). Nietzsche e os Gregos: Arte, Memória e Educação., 2004, Rio de Janeiro. Anais do V Simpósio Internacional de Filosofia (Assim Falou Nietzsche V). Nietzsche e os Gregos: Arte, Memória e Educação., 2004.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
PIMENTA, Ricardo M.. Um rio de lembranças: trabalhadores da Renault Île Seguin de Paris em disputa pela memória. In: XXV Simpósio Nacional de História (Anpuh): História e Ética, 2009, Fortaleza. História e Ética: simpósios temáticos e resumos [do] XXV Simpósio Nacional de História. Fortaleza, 2009. v. 1. p. 356-356.

2.
PIMENTA, Ricardo M.. Entre passados construídos e futuros desejados: o caso do Instituto de História Social da CGT. In: XIV Congresso Brasileiro de Sociologia - sociologia: consensos e controvérsias, 2009, Rio de Janeiro. XIV Congresso Brasileiro de Sociologia - sociologia: consensos e controvérsias [programação e caderno de resumos], 2009. v. 1. p. 381-381.

3.
PIMENTA, Ricardo M.. Memória do Trabalho: estratégias de produção e consumo de um classe longe do fim. In: XXIV Simpósio Nacional de História - história e multidisciplinaridade: territórios e deslocamentos, 2007, São Leopoldo. XXIV Simpósio Nacional de História - história e multidisciplinaridade: territórios e deslocamentos: Caderno de Resumos.. São Leopoldo: Oikos, 2007. v. 1. p. 76-76.

4.
PIMENTA, Ricardo M.. As Redes Sindicais: um espaço de identidades e memórias coletivas. In: III Seminário Memória e Espaço: memória, espaço e produção do conhecimento, 2007, Rio de Janeiro. Caderno de Resumos - III Seminário Memória e Espaço: memória, espaço e produção do conhecimento, 2007. p. 46-47.

5.
PIMENTA, Ricardo M.. (Re)conhecer a classe trabalhadora no século XXI: uma política de memória e identidade. In: XIII Congresso Brasileiro de Sociologia: desigualdade, diferença, reconhecimento, 2007, Recife. XIII Congresso Brasileiro de Sociologia (resumos): desigualdade, diferença, reconhecimento, 2007. p. 343-343.

6.
PIMENTA, Ricardo M.. Na "tecitura" das vozes: cotidiano e cultura operária nas fábricas de tecido do Rio de Janeiro. In: VIII Encontro Nacional de História Oral: História Oral e Diversidades Culturais, 2006, Rio Branco. VIII Encontro Nacional de História Oral: História Oral e Diversidades Culturais. Programação e Caderno de Resumos, 2006. p. 22-23.

7.
PIMENTA, Ricardo M.. Identidades e memórias em crise: o trabalho e seus tabalhadores no caso da fábrica de tecidos Crown. In: V Seminário do Trabalho: trabalho e educação no Século XXI, 2006, Marília - SP. RESUMOS - V Seminário do Trabalho: trabalho e educação no Século XXI. Marília: Fundepe Publicações, 2006.

8.
PIMENTA, Ricardo M.. Dois extremos de uma só luta: trajetórias em meio à precariedade do trabalho infantil e à exclusão do ?velho? trabalhador na contemporaneidade. In: 52º ICA - International Congress of Americanists, 2006, Sevilla. Caderno de Resumos - Simpósio Memoria, violencia y protección de los derechos humanos en América. Rio de Janeiro. p. 29-30.

9.
PIMENTA, Ricardo M.. A ?construção? de memórias de trabalhadores em meio às mudanças contemporâneas: qual futuro, companheiros?. In: XII Encontro Regional de História - Anpuh-Rio: Usos do Passado, 2006, Rio de Janeiro. Caderno de resumos do XII Encontro Regional de História - Anpuh-Rio: Usos do Passado. Rio de Janeiro: UFF, 2006. p. 18.

10.
PIMENTA, Ricardo M.. A fábrica está ?aqui dentro?: reminiscências do espaço, do controle e suas resistências nos trabalhadores têxteis no Rio de Janeiro. In: 3ª Jornada Nacional de História do Trabalho, 2006, Rio de Janeiro. Programação e Resumos - 3ª Jornada de História do Trabalho/ GT Mundos do Trabalho - ANPUH. Rio de Janeiro: UFF, 2006. p. 55-55.

11.
PIMENTA, Ricardo M.. A imagem do trabalho na cultura operária: a construção identitária e o "ser cidadão" dos anos 20 aos 40.. In: III Simpósio Nacional de História Cultural - Mundos da Imagem do Texto ao Visual, 2006, Florianópolis. III Simpósio Nacional de História Cultural: Mundos da imagem do texto ao visual - Caderno de resumos e programação. Florianópolis: UFSC, 2006. p. 209-209.

12.
PIMENTA, Ricardo M.. Batalhas de algodão: a infância operária interrompida pelo trabalho nas indústrias têxteis do Rio de Janeiro.. In: XXIII SIMPÓSIO NACIONAL DE HISTÓRIA, 2005, Londrina. XXII Simpósio Nacional de História: história: Guerra e Paz/Associação Nacional de História - ANPUH. Londrina: Editorial Mídia, 2005. p. 403-403.

13.
PIMENTA, Ricardo M.. Acordando em um novo cenário: olhares de "velhos" operários sobre as mudanças do cenário contemporâneo.. In: XXV Congresso da Associação Latino-americana de Sociologia, 2005, Porto Alegre. XXV Congresso - 2005 - ALAS - Associação Latino-americana de Sociologia. Porto Alegre: Editora Evangraf, 2005. v. 1. p. 273-273.

14.
PIMENTA, Ricardo M.. Trovões em dias de sol: reverberações de uma memória operária. In: VI Encontro Regional Sudeste de História Oral: História, Cultura e Poder, 2005, Juiz de Fora. Caderno de Resumos VI Encontro Regional Sudeste de História Oral: História, Cultura e Poder, 2005.

15.
PIMENTA, Ricardo M.. Retalhos de Memória: Relatos deTrabalhadores Têxteis Cariocas. In: XI ENCONTRO REGIONAL DE HISTÓRIA (ANPUH-RJ) . DEMOCRACIA E CONFLITO, 2004, Rio de Janeiro. XI ENCONTRO REGIONAL DE HISTÓRIA. DEMOCRACIA E CONFLITO, 2004.

16.
PIMENTA, Ricardo M.. Saúde dentro da Fábrica: Companhia América Fabril e seus métodos de auxílio ao operariado na década de vinte. In: I Congresso de Saúde, Gênero e Corpo do CMS Waldir Franco., 2003, Rio de Janeiro. I Congresso de Saúde, Gênero e Corpo do CMS Waldir Franco., 2003.

Artigos aceitos para publicação
1.
CASTRO, Renan M. ; PIMENTA, Ricardo M. . Novas práticas informacionais frente às Humanidades Digitais: a construção de acervos digitais como suporte para as Digital Humanities. Informação & Informação (Online), 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
PIMENTA, Ricardo M.. A era digital, o neodocumentalismo e o desafio às humanidades digitais: perspectivas em torno do fazer científico histórico e sociológico. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
PIMENTA, Ricardo M.. Conhecimento e dromocracia cibercultural: entre usos e abusos da informação. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
GOMES, Josir C. ; PIMENTA, Ricardo M. . Competência Computacional para as Humanidades: desdobramentos de um projeto de interlocução entre a Ciência da Informação e as Humanidades Digitais.. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
LEE, P. P. Y. ; PIMENTA, Ricardo M. . A COMUNICAÇÃO CIENTÍFICA E O ACESSO ABERTO: TRAJETÓRIA DOS PERIÓDICOS CIENTÍFICOS DA HISTÓRIA E O ENCONTRO COM A MEMÓRIA SOCIAL. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
CASTRO, Renan M. ; PIMENTA, Ricardo M. . Visualizando dados bibliográficos: o uso do VOSviewer como ferramenta para estudos bibliométricos. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
CASTRO, Renan M. ; PIMENTA, Ricardo M. . Visualizando Dados Bibliográficos: o Uso do VOSviewer como Ferramenta de Análise Bibliométrica de Palavras-Chave na Produção das Humanidades Digitais. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
PIMENTA, Ricardo M.; CAVALCANTI, Márcia. T. ; SALES, L. F. . Compartilhamento e Acesso a Dados de Pesquisa em Humanidades Digitais. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
PIMENTA, Ricardo M.; ARAUJO, R. B. . questões éticas da Ciência de Dados. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
PIMENTA, Ricardo M.. Memória Incógnita: nós, a sociedade-moda e a distopia informacional. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
PIMENTA, Ricardo M.. Cidade e Redes Informacionais. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
PIMENTA, Ricardo M.. Humanidades digitais: desafios e expectativas. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
PIMENTA, Ricardo M.. Humanidades Digitais e Memória: inovação ou mais do mesmo?. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
PIMENTA, Ricardo M.. As humanidades Digitais e a (re)produção do conhecimento: sobre extensões, visibilidades e memória. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

14.
PIMENTA, Ricardo M.. As Humanidades Digitais no cenário brasileiro: desafios e expectativas. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
LOUREIRO, Erica. C. ; PIMENTA, Ricardo M. . Memória e Organizações: reflexões com base em teorias sociais. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

16.
PIMENTA, Ricardo M.. A comissão da verdade. O papel dos arquivos públicos e privados na construção de testemunhos jurídicos, históricos e políticos. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

17.
PIMENTA, Ricardo M.. Os arquivos privados, produto das redes informacionais: vestígios de uma resistência Brasil-França na Ditadura Militar.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

18.
BEZERRA, Arthur. C. ; PIMENTA, Ricardo M. ; ORMAY, Larissa. S. . Vigilância, vigilância inversa e democracia: do panoptismo ao midiativismo. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

19.
TOLMASQUIM, Alfredo T. ; PIMENTA, Ricardo M. ; OLINTO, Gilda . Entre a memória e a informação: cientistas perseguidos na ditadura militar. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

20.
PIMENTA, Ricardo M.. O dilema entre a recuperação e o apagamento da informação na era digital: perspectivas em construção. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

21.
PIMENTA, Ricardo M.. A rede informacional franco-brasileira durante a ditadura militar no Brasil: o caso dos arquivos da CFDT. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

22.
PIMENTA, Ricardo M.. A construção do campo disciplinar da física médica: fronteiras e limites de um conhecimento em tensão. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

23.
PIMENTA, Ricardo M.. Do lado de lá, uma memória que não se cala: imprensa e militância no exterior contra a ditadura brasileira. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

24.
PIMENTA, Ricardo M.. Percursos entre a memória e identidade: instituições sindicais e a construção de uma política de arquivo. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

25.
PIMENTA, Ricardo M.. Industrialização Fluminense no fim do século XX: memória, cultura e identidade operária ameaçados ontem e hoje. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

26.
PIMENTA, Ricardo M.. Memória, patrimônio e mídia: o conhecimento histórico na era digital. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

27.
PIMENTA, Ricardo M.. O Pensamento Social de Florestan Fernandes. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

28.
PIMENTA, Ricardo M.. Um rio de lembranças: trabalhadores da Renault Île Seguin de Paris em disputa pela memória. 2009. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

29.
PIMENTA, Ricardo M.. Entre passados contruídos e futuros desejados: o caso do Instituto de História Social da CGT. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

30.
PIMENTA, Ricardo M.. Historia dos Trabalhadores Têxteis no Rio de Janeiro: conceitos e métodos. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

31.
PIMENTA, Ricardo M.. La mémoire syndicale dans le Brésil contemporain: les usages politiques du passé dans un projet de reconnaissance publique.. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

32.
PIMENTA, Ricardo M.. La construction identitaire dans l?espace syndical:un regard sur l?héritage des trajectoires politiques et sociales. 2008. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

33.
PIMENTA, Ricardo M.. Le rôle du passé dans les pratiques syndicales: regards dur le Brésil et France. 2008. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

34.
PIMENTA, Ricardo M.. la construction identitaire dans l?espace syndical: un regard sur l?héritage des trajectoires politiques et sociales. 2008. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

35.
PIMENTA, Ricardo M.. O dever de memória na política sindical francesa: a identidade coletiva militante e o papel do arquivo. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

36.
PIMENTA, Ricardo M.. La Mémoire Syndicale dans le Brésil contemporain.. 2008. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

37.
PIMENTA, Ricardo M.. Retalhos de memórias: trabalho e identidade nas falas dos operários têxteis do Rio de Janeiro. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

38.
PIMENTA, Ricardo M.. Vozes entre chaminés: memória, narrativa e experiência dos trabalhadores têxteis no Rio de Janeiro. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

39.
PIMENTA, Ricardo M.. Memória do Trabalho: estratégias de produção e consumo de uma classe longe do fim. 2007. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

40.
PIMENTA, Ricardo M.. (Re)conhecer a classe trabalhadora no século XXI: uma política de memória e identidade. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

41.
PIMENTA, Ricardo M.. As redes sindicais: um espaço de identidades e memórias coletivas. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

42.
PIMENTA, Ricardo M.. Homens e vozes: o uso da História Oral no processo da construção historiográfica.. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

43.
PIMENTA, Ricardo M.. Dois extremos de uma só luta: trajetórias em meio à precariedade do trabalho infantil e à exclusão do ?velho? trabalhador na contemporaneidade. 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

44.
PIMENTA, Ricardo M.. Olhando para as chaminés: a questão do patrimônio industrial na cidade do Rio de Janeiro junto à velocidade contemporânea. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

45.
PIMENTA, Ricardo M.. A ?construção? de memórias de trabalhadores em meio às mudanças contemporâneas: qual futuro, companheiros?. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

46.
PIMENTA, Ricardo M.. A fábrica está ?aqui dentro?: reminiscências do espaço, do controle e suas resistências nos trabalhadores têxteis no Rio de Janeiro. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

47.
PIMENTA, Ricardo M.. A imagem do trabalho na cultura operária: a construção identitária e o "ser cidadão" dos anos 20 aos 40. 2006. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

48.
PIMENTA, Ricardo M.. Batalhas de algodão: a infância operária interrompida pelo trabalho nas indústrias têxteis do Rio de Janeiro.. 2005. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

49.
PIMENTA, Ricardo M.. Acordando em um novo cenário: olhares de "velhos" operários sobre as mudanças do cenário contemporâneo.. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

50.
PIMENTA, Ricardo M.. A história da Construção Civil no Rio de Janeiro ? Lutas e sentido histórico. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

51.
PIMENTA, Ricardo M.. O esquecimento do Trabalho e a produção de "fantasmas sociais": Antigos Trabalhadores no Vértice das Mutações do Mundo do Trabalho.. 2005. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

52.
PIMENTA, Ricardo M.. Construindo tramas com velhos teares: ?velhos? trabalhadores têxteis e a construção de uma memória coletiva no Rio de Janeiro. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

53.
PIMENTA, Ricardo M.. Retalhos de memórias: relatos de trabalhadores têxteis cariocas. 2004. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

54.
PIMENTA, Ricardo M.. Conhecer para esquecer: a identidade e os caminhos para a memória. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

55.
PIMENTA, Ricardo M.. Saúde dentro da Fábrica: Companhia América Fabril e seus métodos de auxílio ao operariado na década de vinte. 2003. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

56.
PIMENTA, Ricardo M.. Uma outra realidade: condições trabalhistas e assistenciais do operariado da Companhia América Fabril (1926-1931). 2003. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

Outras produções bibliográficas
1.
PIMENTA, Ricardo M.; JORENTE, Maria J. V. . Liinc em Revista, 2015. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

2.
PIMENTA, Ricardo M.. Uma Outra Realidade: As condições trabalhistas e assistenciais do operariado da Companhia América Fabril 2003 (Trabalho de conclusão de curso de graduação em História).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
PIMENTA, Ricardo M.. Avaliador ad hoc de trabalhos cien􀀁ficos (comunicação oral e pôsteres). 2017.

2.
PIMENTA, Ricardo M.. Editora da Universidade Federal de Rondônia EDUFRO/UNIR. 2011.

3.
PIMENTA, Ricardo M.. Consultor parecerista Ad Hoc da EDUFRO/UNIR. 2010.

Trabalhos técnicos
1.
PIMENTA, Ricardo M.. XXIII Encontro Nacional do Conselho Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Direito (CONPEDI). 2014.

2.
PIMENTA, Ricardo M.. XXIII Congresso Nacional do CONPEDI. 2014.

3.
PIMENTA, Ricardo M.. XXIII Congresso Nacional do CONPEDI. 2014.

4.
PIMENTA, Ricardo M.. Referee na Digital Humanities 2015 - Annual Conference of the Alliance of Digital Humanities Organizations, Sydney - Australia.. 2014.

5.
PIMENTA, Ricardo M.. Referee na Conference Digital Humanities 2014 [parecerista]. 2013.

6.
PIMENTA, Ricardo M.. Avaliador na 21ª Reunião Anual de Iniciação Científica. 2013.

7.
PIMENTA, Ricardo M.. LIINC em Revista, paracerista. 2013.

8.
PIMENTA, Ricardo M.. Avaliador Ad Hoc na Revista Direitos Emergentes na Sociedade Global (REDESG). 2013.

9.
PIMENTA, Ricardo M.. Avaliador Ad Hoc na Revista Eletrônica do Curso de Direito da UFSM. 2013.

10.
PIMENTA, Ricardo M.. Avaliador Ad Hoc na XXII Encontro Nacional do CONPEDI. 2013.

11.
STAMPA, I. ; PIMENTA, Ricardo M. ; NETTO, R. S. . Arquivos da repressão e da resistência: comunicações do I Seminário Internacional Documentar a Ditadura. 2013.

12.
PIMENTA, Ricardo M.. Diálogos. Revista do Departamento de História e do Programa de Pós-graduação em História da Universidade Estadual de Maringá. 2012.

13.
PIMENTA, Ricardo M.. Recôncavo ? Revista de História da UNIABEU. 2012.

14.
PIMENTA, Ricardo M.. Caminhos da História - Revista Discente do Mestrado de História da Universidade Severino Sombra. 2012.

15.
PIMENTA, Ricardo M.. Bolsa PIBIC. 2012.

16.
PIMENTA, Ricardo M.. XXI Congresso Nacional do Conselho Nacional de Pesquisa e Pós- graduação em Direito (CONPEDI). 2012.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
PIMENTA, Ricardo M.. Verbas para Ciência no Brasil. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
MELO, Alice ; PIMENTA, Ricardo M. ; LEITE, Edmundo . Memória Dinâmica. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
SALES, F. ; PIMENTA, Ricardo M. . Enfim, a verdade. 2011. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

Redes sociais, websites e blogs
1.
PIMENTA, Ricardo M.; GOMES, Josir C. . Laboratório em Rede de Humanidades Digitais - Larhud. 2018; Tema: Humanidades Digitais (sítio do laboratório de pesquisa e práticas em humanidades digitais do IBICT). (Site).

2.
PIMENTA, Ricardo M.; SILVA, Leyde K. Rodrigues ; CORBO, P. A. B. ; GALVAO, Fernanda V. ; MELO, R. P. S. . Informação, Memória e Sociedade. 2016; Tema: Informação, Memória, Sociedade. (Site).

3.
PIMENTA, Ricardo M.. Visibilidades. 2016; Tema: caderno ou ?diário de campo? (para escrita de livro autoral) relacionado à temática da "visibilidade informacional" e da "cultura das visibildiades". (Blog).

4.
PIMENTA, Ricardo M.. Informação, Memória e Verdade. 2013; Tema: Página de referência e repositório de informações disponíveis no meio virtual sobre as temáticas: Memória da Ditadura Militar; Acesso à informação e Direito à verdade.. (Rede social).

5.
PIMENTA, Ricardo M.. Faces da redemocratização: anistia(s) em debate. 2012; Tema: A Lei de Anistia de 1979 e seus desdobramentos na memória política brasileira. (Rede social).

6.
PIMENTA, Ricardo M.. Observatório da Redemocratização. 2012; Tema: Memória e História da redemocratização no Brasil. (Blog).


Demais tipos de produção técnica
1.
PIMENTA, Ricardo M.. Humanidades Digitais e Ciência da Informação. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
PIMENTA, Ricardo M.; GOMES, Josir C. . Wiki-Larhud: Tutorial de ferramentas digitais para cientistas da informação e das humanidades. 2018. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Instrumentaldeconsultaàacervotextual.).

3.
PIMENTA, Ricardo M.. Laboratório em Rede de Humanidades Digitais - Larhud. 2017. (Laboratório).

4.
PIMENTA, Ricardo M.. Dimensões tecnopolíticas do esquecimento: usos e abusos da memória na era digital.. 2016. (Relatório de pesquisa).

5.
PIMENTA, Ricardo M.. Como fazer um blog: a relação entre diário e memória. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

6.
PIMENTA, Ricardo M.; MÜLLER, Angélica ; RODRIGUES, Fernando da Silva. ; MAIA, Tatyana de Amaral . Faces da redemocratização: os movimentos sociais e suas memórias precedentes e subsequentes à Lei da Anistia, de 1979, no Brasil. 2013. (Relatório de pesquisa).

7.
PIMENTA, Ricardo M.. História da Arte: Questões e Perspectivas. / Módulo IV: História da Arte Contemporânea. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

8.
PIMENTA, Ricardo M.. Minicurso O uso da história oral e sua metodologia na investigação histórica: uma janela à interdisciplinaridade. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

9.
Santana, Marco Aurélio ; PIMENTA, Ricardo M. ; PESSANHA, Elina . Exposição Virtual - Palácio dos Metalúrgicos 50 anos. 2009. (Exposição Virtual Fotográfica).

10.
PIMENTA, Ricardo M.. Mini-curso em História Oral. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

11.
PIMENTA, Ricardo M.; THIESEN, Icléia. ; CENTENO, C. J. . CD-ROM MEMORIA, VIOLENCIA Y PROTECCIÓN DE LOS DERECHOS HUMANOS EN AMÉRICA.. 2006. (Editoração/Anais).

12.
PIMENTA, Ricardo M.; THIESEN, Icléia. ; CENTENO, C. J. . Caderno de Resumos - simpósio Memória, violencia y protección de los derechos humanos en América. 2006. (Editoração/Outra).

13.
ESTEVEZ, Alejandra Luisa Magalhães ; PIMENTA, Ricardo M. ; PENAFIEL, Carolina . A trajetória das lutas dos trabalhadores na cidade do Rio de Janeiro. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

14.
PIMENTA, Ricardo M.; SILVA, A. B. ; LIMA, E. P. ; GONZAGA, L. E. ; COSTA, F. A. P. . Coleção de documentos de Volta Redonda. 2005. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - CD-ROM de acervo documental digitalizado).

15.
PIMENTA, Ricardo M.. Candelária - Revista do Instituto de Humanidades. 2004. (Editoração/Periódico).

16.
PIMENTA, Ricardo M.; TAVARES, A. P. . Coleção Particular Companhia América Fabril. 2003. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Instrumental de consulta à acervo textual.).


Produção artística/cultural
Outras produções artísticas/culturais
1.
PIMENTA, Ricardo M.. E por falar em Saudade. 2010 (Pesquisador de enredo e conteúdo).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
PIMENTA, Ricardo M.; SOUZA, P. C. L.; SCHNEIDER, Marco. A. F.; BEZERRA, Arthur. C.. Participação em banca de Fernanda do Valle Galvão. Competência em informação: vulnerabilidade do processo de monitoramento de mídias digitais para a reputação das organizações. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
PIMENTA, Ricardo M.; SILVA JUNIOR, A. F.; BEZERRA, Arthur. C.. Participação em banca de Diego da Silva Costa. Perspectivas de informação práticas lúdicas: o jogo digital enquanto mediador infocomunicacional. 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação) - Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia.

3.
PIMENTA, Ricardo M.; SALDANHA, G. S.; PINHEIRO, L. V. R.; MORAES, Júlia N. L.. Participação em banca de Isabela Sousa Curvo. A ESPETACULARIZAÇÃO NO USO DA INFORMAÇÃO EM ESPAÇOS MUSEOLÓGICOS: UMA ANÁLISE NO MUSEU IMPERIAL DE PETRÓPOLIS. 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação) - Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia.

4.
PIMENTA, Ricardo M.; THIESEN, Icléia.; SALDANHA, G. S.; CAVALCANTI, Márcia. T.. Participação em banca de Thayron Rodrigues Rangel. Os institutos de informação (DASP, IBBD e IBICT) do Brasil e o processo de construção da identidade do profissional em Biblioteconomia. 2017. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação) - Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia.

5.
OLIVEIRA, Sergio R.; TEIXEIRA, Márcia O.; PIMENTA, Ricardo M.. Participação em banca de Ariane Fontes dos Santos. O Tutor: atribuições na mediação em EaD. 2017. Dissertação (Mestrado em Mestrado profissional em Educação Profissional em Saúde) - Fundação Oswaldo Cruz.

6.
FONTES, P.; HEYMANN, Luciana Q.; PIMENTA, Ricardo M.. Participação em banca de Joanilda Maria dos Santos. Paracambi: estudo de caso do processo de reconversão de uma fábrica de tecidos em ?fábrica do conhecimento?. 2017. Dissertação (Mestrado em História, Política e Bens Culturais) - Fundação Getúlio Vargas.

7.
KOSMINSKY, Doris C.; NOBREGA, Carlos Augusto.; GERHEIM,  Fernando Souza.; BASTOS, Marcus Vinicius Fainer; PIMENTA, Ricardo M.. Participação em banca de Mateus Knelsen. ESPECTROS: arte, memória, mídia. 2016. Dissertação (Mestrado em Artes Visuais) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

8.
PIMENTA, Ricardo M.; HEYMANN, Luciana Q.; ASSIS, João M. F.. Participação em banca de Bruno Ferreira Leite. Percepções sobre a produção, custódia e uso do arquivo pessoal de Dom Adriano Mandarino Hypólito. 2014. Dissertação (Mestrado em Gestão de Documentos e Arquivos) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

9.
ATALLAH, Cláudia. C. A.; CORDEIRO, J. M.; PIMENTA, Ricardo M.. Participação em banca de Fabíola Amaral Tomé de Souza. Do Congá ao Peji: a ascensão afro religiosa na cidade de Barra Mansa na metade do século XX. 2014. Dissertação (Mestrado em Mestrado em História Social) - UNIVERSIDADE DE VASSOURAS.

10.
OLINTO, Gilda; PIMENTA, Ricardo M.; ODDONE, Nanci. E.. Participação em banca de Luís Cláudio Borges. Boas práticas em bibliotecas públicas: análise de três experiências no Rio de Janeiro. 2014. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação) - Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia.

11.
SALES, Jean R.; DAMASCENO, Maria. Caetana; PIMENTA, Ricardo M.. Participação em banca de Lucrécia de Mascarenhas Batista. Vozes do insilio: "Movimiento Cristiano de Liberación" entre dissidência e oposição em Cuba (1988-2002). 2013. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação do CPDA) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

12.
DAMASCENO, Caetana M.; SALES, Jean Rodrigues; PIMENTA, Ricardo M.. Participação em banca de Tadeu Pamplona Pagnossa. Operários, Padres e Soldados no Vale do Aço: Um Estudo das Disputas de Memória sobre os Conflitos de Outubro de 1963. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

13.
ATALLAH, Cláudia. C. A.; CAVALCANTI, I. R.; PIMENTA, Ricardo M.. Participação em banca de Mônica Teixeira Serra. Chiquinha Gonzaga entre a música e a política na sociedade carioca no final do século XIX. 2013. Dissertação (Mestrado em Mestrado em História Social) - UNIVERSIDADE DE VASSOURAS.

14.
PIMENTA, Ricardo M.; ATALLAH, Cláudia. C. A.; SANGLARD, Gisele. Participação em banca de Claudenir Pereira do Val. Protagonismo feminino no processo de implantação da Fundação Educacional Severino Sombra, no fim da década de 1960. 2013. Dissertação (Mestrado em Mestrado em História Social) - UNIVERSIDADE DE VASSOURAS.

15.
SOUZA, J. V. A.; MARTINS, William de S.; PIMENTA, Ricardo M.. Participação em banca de Osnera Pinto da Silva. Caminhando pelos mortos, caminhando pela vida: conflitos, romarias e santidade no sudeste paraense (c.1980 - c.2010). 2012. Dissertação (Mestrado em Mestrado em História Social) - UNIVERSIDADE DE VASSOURAS.

Teses de doutorado
1.
PIMENTA, Ricardo M.; SALDANHA, G. S.; MALIN, A. M. B.; CAMARGO, Ana.M. A.; RODRIGUES, A. C.. Participação em banca de Rosale de Mattos Souza. Produção de sentido em documentos e informações de arquivos sigilosos: comunidade de informação e contrainformação sob o olhar da Assessoria de Segurança e Informação - ASI de 1971 a 1982. 2017. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação) - Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia.

2.
PRADO, G. M.; BARBOSA, M. F. S. O.; MACHADO, E. C.; DANTAS, R. M. M. C.; MARTELETO, Regina. M.; PIMENTA, Ricardo M.. Participação em banca de Ana Senna. Capital Social e Capital Cultural na Biblioteca Comunitária Paulo Coelho nas Favelas Pavão-pavãozinho/Cantagalo no Rio de Janeiro. 2015. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

3.
SILVA, S. L. P.; MELLO, D. M.; PIRES, M. C. F.; PIMENTA, Ricardo M.; BRINGEL, B. M.; LIMA, M. A. C.. Participação em banca de Eladir Fátima Nascimento dos Santos. Disputas de Memórias: memória e identidade do Movimento Revolucionário Oito de Outubro (1975-1985). 2014. Tese (Doutorado em Memória Social) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

4.
PIMENTA, Ricardo M.; GOMEZ, Maria Nélida G.; PESSANHA, Elina; ASSIS, João M. F.; PINHEIRO, L. V. R.; SALDANHA, G. S.. Participação em banca de Marcia Teixeira Cavalcanti. Os centros de documentação universitários como espaços de institucionalização de "novas" memórias. 2014. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação) - Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia.

Qualificações de Doutorado
1.
PIMENTA, Ricardo M.; GOUVEIA, F. C.; BRAYNER, A. R. A.. Participação em banca de Renan Marinho de Castro. Mapeamento da literatura das humanidades digitais: uma proposta de análise bibliométrica para congruência de escopos por seu alcance na ciência da informação. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência da Informação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
PIMENTA, Ricardo M.; SALDANHA, G. S.; OLINTO, Gilda; DODEBEI, Vera L. D. L. M.. Participação em banca de Priscila de Assunção Barreto Côrbo. Políticas de memória no Colégio Pedro II: preservação do patrimônio histórico-cultural e seus paradoxos. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência da Informação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

3.
GOMEZ, M. N. G.; PINHEIRO, M. M. K.; ODDONE, Nanci. E.; LIMA, C. R. M.; PIMENTA, Ricardo M.. Participação em banca de Vinícius Souza de Menezes. A informação entre sentido e validade: programa para uma reconstrução racional. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência da Informação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

4.
PIMENTA, Ricardo M.; ASSIS, João M. F.; SOUZA, Rosali F.; MOLLICA, M. C. M.. Participação em banca de Rosale de Mattos Souza. A Assessoria de Segurança e Informação (ASI) no Regime Militar: Discurso e Controle da Informação na Universidade Federal Fluminense. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência da Informação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

5.
PRADO, G. M.; MARTELETO, Regina. M.; PIMENTA, Ricardo M.; MACHADO, E. C.; DANTAS, R. M. M. C.; GUEDES, V. L. S.. Participação em banca de Ana Senna. Capital social e recursos educacionais em bibliotecas sociais em espaços vulneráveis do Rio de Janeiro. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação) - Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia.

6.
GOMEZ, Maria Nélida G.; PIMENTA, Ricardo M.; THIESEN, Icléia.; PINHEIRO, L. V. R.; PESSANHA, Elina. Participação em banca de Marcia Teixeira Cavalcanti. A influência da historiografia brasileira nas décadas de 1980/90 na formação dos Centros de Documentação e Memória. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência da Informação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Qualificações de Mestrado
1.
SALDANHA, G. S.; PIZARRO, D. C.; MELO, G. C. V.; MARTELETO, Regina. M.; PIMENTA, Ricardo M.. Participação em banca de FRANCIÉLE CARNEIRO GARCÊS DA SILVA. REPRESENTAÇÕES SOCIAIS ACERCA DAS CULTURAS AFRICANA E AFRO-BRASILEIRA NA EDUCAÇÃO EM BIBLIOTECONOMIA E CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO NO BRASIL. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação) - Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia.

2.
BEZERRA, Arthur. C.; PIMENTA, Ricardo M.; SILVA, F. L.. Participação em banca de José Marcio Rangel. A PROPRIEDADE INTELECTUAL E A DIFUSÃO DE ARQUIVOS DE INTERESSE PÚBLICO. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação) - Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia.

3.
SANTANA JUNIOR, C. A.; MIRANDA, M. K. F. O.; PIMENTA, Ricardo M.. Participação em banca de João Pedro Silva de Albuquerque. Utilizando Social Media Analytics como instrumento de avaliação de lugares de memória virtuais. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação) - Universidade Federal de Pernambuco.

4.
PIMENTA, Ricardo M.; DANTAS, M.; FARBIARZ, A.. Participação em banca de Rafael de Souza Mendonça. Videogames, Conhecimento, Memória e Preservação do Registro Histórico-Cultural no Brasil. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência da Informação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

5.
PIMENTA, Ricardo M.; SALDANHA, G. S.; FREIRE, Gustavo H. A.. Participação em banca de Carolina de Paula Barbosa. As bibliotecas nacionais e os diferentes regimes de informação que as perpassam: uma análise funcional e conceitual. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência da Informação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

6.
PIMENTA, Ricardo M.; SCHNEIDER, Marco. A. F.; SOUZA, P. C. L.. Participação em banca de Fernanda do Valle Galvão. Competência em informação: vulnerabilidade dos sistemas de monitoramento para a reputação das organizações. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência da Informação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

7.
HEYMANN, Luciana Q.; ROCHA, Alexandre L. Moreli; PIMENTA, Ricardo M.. Participação em banca de Taciana Sene Lúcio. #hashtag: uma possibilidade de coleta de recursos informacionais. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em História, Política e Bens Culturais) - Fundação Getúlio Vargas.

8.
PIMENTA, Ricardo M.; PINHEIRO, L. V. R.; SALDANHA, G. S.; MORAES, Júlia N. L.. Participação em banca de ISABELA SOUSA CURVO. ANÁLISE DO DISCURSO EXPOGRÁFICO DO MUSEU IMPERIAL DE PETRÓPOLIS: entre fetichismo e realidade.. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação) - Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia.

9.
PIMENTA, Ricardo M.; THIESEN, Icléia.; PINHEIRO, L. V. R.. Participação em banca de Thayron Rodrigues Rangel. O IBBD e sua condição sociopolítica: um estudo reflexivo sobre o profissional da informação e suas instituições. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência da Informação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

10.
FONTES, P.; PIMENTA, Ricardo M.; HEYMANN, Luciana Q.. Participação em banca de JOANILDA MARIA DOS SANTOS. PARACAMBI: ESTUDO DE CASO DO PROCESSO DE RECONVERSÃO DE UMA FÁBRICA DE TECIDOS EM ?FÁBRICA DO CONHECIMENTO?. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em História, Política e Bens Culturais) - Fundação Getúlio Vargas.

11.
OLIVEIRA, S. R.; TEIXEIRA, M. O.; PIMENTA, Ricardo M.. Participação em banca de Ariane Fontes dos Santos. Com a palavra o tutor: papéis, atribuições e impressões em EAD. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado profissional em Educação Profissional em Saúde) - Fundação Oswaldo Cruz.

12.
ASSIS, João M. F.; KUSHNIR, B.; SILVA, J. G. C. G. E.; PIMENTA, Ricardo M.. Participação em banca de Isabelle da Rocha Brandão Castellini. Arquivos na Justiça do Trabalho: perspectivas a partir do encontro nacional da memória da justiça do trabalho. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Gestão de Documentos e Arquivos) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

13.
PIMENTA, Ricardo M.; MARTELETO, Regina; SANTOS, Paulo R. Elian. Participação em banca de Érica de Castro Loureiro. Conhecimento e memória em instituições: reflexões e elementos críticos para a construção de iniciativas de memória organizacional. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência da Informação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

14.
JORENTE, Maria J. V.; CARVALHO, A. M. G.; PIMENTA, Ricardo M.. Participação em banca de Anahi Rocha Silva. A plataforma digital de cultura sob a perspectiva da Ciência da Informação e do Design da Informação. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência da Informação) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

15.
KOSMINSKY, Doris. C.; GERHEIM, F.; PIMENTA, Ricardo M.. Participação em banca de Mateus Knelsen. Midiamnésia: memória e esquecimento. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Artes Visuais) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

16.
PIMENTA, Ricardo M.; CAPELLER, I.; SALIS, F. A.. Participação em banca de Sarah Barreto Marques. Pessoas com deficiência visual: sinestesia e informação. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência da Informação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

17.
SOUZA, Rosali. F.; PIMENTA, Ricardo M.; FERNANDES, Geni. C.; COUTO, Ione. H. P.. Participação em banca de Rodrigo Piquet Sabóia de Mello. Um olhar classificatório:o acervo imagético dos índios Urubu-Kaapor no Museu do Índio. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação) - Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia.

18.
OLINTO, Gilda; ODDONE, N. E.; PIMENTA, Ricardo M.. Participação em banca de Luís Cláudio Borges. Competência em informação em bibliotecas públicas: estudo de duas bibliotecas municipais do Rio de Janeiro. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência da Informação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

19.
PRADO, Geraldo; SOUZA, Rosali. F.; PIMENTA, Ricardo M.; THIESEN, Icléia.. Participação em banca de Ana Maria Ruttimann. Informação e Memória à luz das atas das sessões ordinárias da Academia Brasileira de Letras na década de 1920. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência da Informação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

20.
PIMENTA, Ricardo M.; MAIA, Tatyana de Amaral; FERREIRA, Gustavo A. A.. Participação em banca de Ulisses Monteiro Coli Diogo. Sérgio Sampaio e a cultura marginal nas décadas de 1960 e 1970. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em História) - UNIVERSIDADE DE VASSOURAS.

21.
SCHEIDT, E; SOUZA, J. V. A.; PIMENTA, Ricardo M.. Participação em banca de Osnera Pinto da Silva. Romarias: um fragmento da luta do povo pelo viés de práticas da religião popular no Sudeste paranaense (1980 a 2010). 2011.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
SANTOS, B. S.; COSTA, R. G.; PIMENTA, Ricardo M.. Participação em banca de Bruno Sarmento dos Santos. Adaptação de usos em edifícios históricos: o caso do Hospital Escola São Francisco de Assis - HESFA. 2013. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Preservação e Gestão do Patrimônio Cultural das Ci) - Fundação Oswaldo Cruz.

2.
FERREIRA, C. R. F.; VENANCIO, A. T. A.; PIMENTA, Ricardo M.. Participação em banca de Cíntia Rodrigues Fontoura Ferreira. Hospital de custódia e tratamento psiquiátrico Henrique Roxo: lugar de memória da psiquiatria no Rio de Janeiro (1967-1975). 2013.

3.
COELHO, D. S.; COELHO, C.; COSTA, R. G.; PIMENTA, Ricardo M.. Participação em banca de Denise dos Santos Coelho. Azulejos de Burle Marx na Fiocruz ? uma proposta de conservação. 2013. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Preservação e Gestão do Patrimônio Cultural das Ci) - Fundação Oswaldo Cruz.

4.
SILVA, J.; COSTA, R. G.; PIMENTA, Ricardo M.. Participação em banca de Joelson da Silva. Hopital da Fábrica Presidente Vargas em Piquet/SP: espaço de acolhimento e cura. 2013. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Preservação e Gestão do Patrimônio Cultural das Ci) - Fundação Oswaldo Cruz.

5.
VIANA, L. L.; SANGLARD, Gisele; COSTA, R. G.; PIMENTA, Ricardo M.. Participação em banca de Laís Lacerda Viana. Hospital Pedro II: lugar de cura e identidade do bairro de Santa Cruz.. 2013. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Preservação e Gestão do Patrimônio Cultural das Ci) - Fundação Oswaldo Cruz.

6.
COSTA, M. A. C. F.; AGUILERA, J.; COSTA, R. G.; PIMENTA, Ricardo M.. Participação em banca de Márcia Aranha Clemente da Fonseca Costa. Projeto de solicitação de tombamento do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho - UFRJ. 2013. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Preservação e Gestão do Patrimônio Cultural das Ci) - Fundação Oswaldo Cruz.

7.
FALCAO, R. T.; COELHO, C.; COSTA, R. G.; PIMENTA, Ricardo M.. Participação em banca de Rachel Tavares Falcão. Restauração e conservação preventiva das pinturas em marouflage do CAPS Ernesto Nazareth. 2013. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Preservação e Gestão do Patrimônio Cultural das Ci) - Fundação Oswaldo Cruz.

8.
CUNHA, R. C. C.; SANTOS, Paulo R. Elian; PIMENTA, Ricardo M.. Participação em banca de Rita de Cássia Castro da Cunha. Uma proposta de diagnóstico para os álbuns de fotografia das formaturas das normalistas do Instituto Superior de Educação do Rio de Janeiro - ISERJ. 2013. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Preservação e Gestão do Patrimônio Cultural das Ci) - Fundação Oswaldo Cruz.

9.
ROCHA, R. P. S.; COSTA, R. G.; SANTOS, Paulo R. Elian; PIMENTA, Ricardo M.. Participação em banca de Roberto Peres da Silva Rocha. Fazenda do Brejo: um patrimônio em Belford Roxo. 2013. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Preservação e Gestão do Patrimônio Cultural das Ci) - Fundação Oswaldo Cruz.

10.
PACCICO, V. F.; CARVALHO, C. S. R.; PIMENTA, Ricardo M.. Participação em banca de Vivian Faria Paccico. Preservação e acesso às obras raras da Coleção Rui Barbosa. 2013. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Preservação e Gestão do Patrimônio Cultural das Ci) - Fundação Oswaldo Cruz.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
ALVES, Teresa Vitória F.; SILVEIRA, Marta; PIMENTA, Ricardo M.. Participação em banca de Fabiana Gonçalves de Oliveira.Princesa Isabel por sua própria voz: a história que não consta no livro didático. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em História) - Universidade Gama Filho.

2.
ALVES, Teresa Vitória F.; REIS, Tiago; PIMENTA, Ricardo M.. Participação em banca de Claudia Benedito Ricardo.A juventude estado-novista e o DIP: o uso de imagens como fonte pedagógica para o ensino de História. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em História) - Universidade Gama Filho.

3.
ALVES, Teresa Vitória F.; REIS, Tiago; PIMENTA, Ricardo M.. Participação em banca de Jaqueline Simone Fiaux.O Mundo do Trabalho na primeira república (1889-1920): mulheres nas fábricas. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em História) - Universidade Gama Filho.

4.
ALVES, Teresa Vitória F.; SILVEIRA, Marta; PIMENTA, Ricardo M.. Participação em banca de Thiago Rebello Simões."Amanhã há de ser outro dia..." Música de protesto na ditadura militar. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado em História) - Universidade Gama Filho.

5.
PIMENTA, Ricardo M.; THIESEN, Icléia.; Santana, Marco Aurélio. Participação em banca de Luiz Augusto Cavalcante Teixeira.Vila Isabel e o Jogo do Bicho: Memória e Identidade. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado e Licenciatura em História) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

6.
PIMENTA, Ricardo M.; Santana, Marco Aurélio; THIESEN, Icléia.. Participação em banca de Thiago Costa Machado.Poder e clandestinidade: a luta do movimento estudantil entre 1960 e 1968. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado e Licenciatura em História) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

7.
SOUTO JÚNIOR, J. F.; SILVA, A. R.; PIMENTA, Ricardo M.. Participação em banca de Henrique Barreiros Alves.Da casa à fábrica: um olhar sobre a mulher operária.. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado e Licenciatura em História) - Universidade Gama Filho.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
PIMENTA, Ricardo M.; BASTOS, D. R.; CALIL JUNIOR, A.. Concurso de Seleção de Bolsistas para o Programa de Incentivo à Produção do Conhecimento Técnico e Científico na Área da Cultura da Fundação Casa de Rui Barbosa. 2018. Fundação Casa de Rui Barbosa.

2.
PIMENTA, Ricardo M.; DANTAS, M.; SALES, L. F.. Banca de Seleção para o Mestrado em Ciência da Informação - turma 2018. 2017. Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia.

3.
SCHEIDT, E; PIMENTA, Ricardo M.; ATALLAH, Cláudia. C. A.; SANGLARD, Gisele. Seleção discente para o Mestrado em História. 2012. UNIVERSIDADE DE VASSOURAS.

Outras participações
1.
ALBAGLI, S.; FERNANDEZ, R.; PIMENTA, Ricardo M.. Comitê Interno de avaliadores PIBIC/IBICT. 2016. Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia.

2.
PESSANHA, Andréa Santos S.; CARVALHO, Ana Paula G.; LIRA, Ronald Apolinário de; PIMENTA, Ricardo M.. Seleção de Monitoria do curso de Licenciatura em História da UNIABEU 2010/2 das disciplinas História Medieval, História Moderna II e Introdução aos Estudos Históricos. 2010. ABEU Centro Universitário.

3.
GRINBERG, Lúcia; PIMENTA, Ricardo M.. Banca (Entrevista) para seleção de professores-tutores presenciais do curso de licenciatura EAD em História da UNIRIO (disciplina Teoria da História).. 2009. Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

4.
CUNHA, Neiva V.; PIMENTA, Ricardo M.. Banca (entrevista) para seleção de professores-tutores presenciais do curso de Licenciatura EAD de História da UNIRIO (disciplina História e Antropologia). 2009. Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
12º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva - Abrascão. Saúde Coletiva e Informação e Tecnologia de Informação em Saúde (ITIS): o contexto da internet das coisas. 2018. (Congresso).

2.
70ª Reunião Anual da SBPC.O impacto da digitalização na pesquisa e no ensino superior. 2018. (Outra).

3.
9ª Conferência Luso-brasileira sobre Acesso Aberto - CONFOA. Compartilhamento e Acesso a Dados de Pesquisa em Humanidades Digitais. 2018. (Congresso).

4.
Aula Magna do curso de Gestão e Tecnologia.Conhecimento e dromocracia cibercultural: entre usos e abusos da informação. 2018. (Outra).

5.
Encontro às Quintas.A era digital, o neodocumentalismo e o desafio às humanidades digitais: perspectivas em torno do fazer científico histórico e sociológico. 2018. (Encontro).

6.
I Congresso Internacional em Humanidades Digitais. Divulgar e comunicar a ciência: Humanidades Digitais em um cenário de profusão informacional. 2018. (Congresso).

7.
I Workshop Interdisciplinar sobre Desenvolvimento Regional.Cidade e Redes Informacionais. 2017. (Outra).

8.
Seminário Interdisciplinar sobre Ciência de Dados e Sociedade.questões éticas da Ciência de Dados. 2017. (Seminário).

9.
III Simpósio Internacional LAVITS: Vigilância, Tecnopolíticas, Territórios.Dados Pessoais: proteção, prospecção, controvérsias. 2015. (Simpósio).

10.
II Oficina Integridade da Pesquisa, Ética da Ciência e Regime de Informação.A comissão da verdade. O papel dos arquivos públicos e privados na construção de testemunhos jurídicos, históricos e políticos. 2015. (Oficina).

11.
2º Simpósio Internacional de História Pública: perspectivas da história pública no Brasil.Coord. GT-11 História Pública e Plataformas Digitais. 2014. (Simpósio).

12.
Colóquio do Centro de Estudos Estratégicos da Escola Superior de Guerra.A Economia da Informação e o Controle da Memória na Era Digital: Perspectivas Políticas do "Jogo". 2014. (Encontro).

13.
Mesa-redonda Arquivos da repressão e da resistência: configurações e usos sociais.Redes Informacionais e Resistência no Exílio: Movimento Sindical Franco-Brasileiro e a Ditadura Militar no Brasil. 2014. (Outra).

14.
Semana de Humanidades do IUPERJ.Memória e o Golpe Militar. 2014. (Outra).

15.
THE 6TH BIANNUAL SURVEILLANCE AND SOCIETY CONFERENCE. Unveiling the Archives of the Brazilian Dictatorship (1964‐1985): Surveillance in the ?Years of Lead?. 2014. (Congresso).

16.
XIX Congresso Brasileiro de Física Médica. O campo da física médica no Brasil: perspectivas e fronteiras de uma área em construção. 2014. (Congresso).

17.
XV Enancib 2014 - Além das "nuvens": expandindo as fronteiras da Ciência da Informação.Vigilância, vigilância inversa e democracia: do panoptismo ao midiativismo. 2014. (Encontro).

18.
XV Enancib 2014 - Além das "nuvens": expandindo as fronteiras da Ciência da Informação.O dilema entre a recuperação e o apagamento da informação na era digital: perspectivas em construção. 2014. (Encontro).

19.
XV Enancib 2014 - Além das "nuvens": expandindo as fronteiras da Ciência da Informação.Entre a memória e a informação: cientistas perseguidos na ditadura militar. 2014. (Encontro).

20.
3º Seminário internacional O Mundo dos Trabalhadores e seus Arquivos - Direito à Memória e à Verdadade.Entre a intenção do registro, a serendipidade da busca e a seletividade da memória: o dilema documental na era digital. 2013. (Seminário).

21.
II Seminário Interno do CDOC-ARREMOS (PROExC/UNIRIO): memória, documento e cidadania.Redes militantes de informação no exílio: formas de resistência à ditadura brasileira. 2013. (Seminário).

22.
Segunda Jornada de Pós-Graduação em História das Ciências e da Saúde.Mesa Redonda História e Patrimônio. 2013. (Encontro).

23.
Semana Nacional de Ciência e Tecnologia.Cultura Digital e Informação: Desafios para a Memória do Futuro. 2013. (Encontro).

24.
XI Semana de Humanidades.Movimentos sociais contemporâneos e a História do Tempo Presente: possibilidades e limites metodológicos. 2013. (Seminário).

25.
XIV Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação (ENANCIB).A rede informacional franco-brasileira durante a ditadura militar no Brasil: o caso dos arquivos da CFDT. 2013. (Encontro).

26.
54º International Congress of Americanists: building dialogues in the americas. Do lado de lá, uma memória que não se cala: imprensa e militância no exterior contra a ditadura brasileira. 2012. (Congresso).

27.
Ciclo de Conferências "O Brasil em Tempos Autoritários".. 2012. (Outra).

28.
Festival Cinema pela Verdade.Diário de uma busca (filme e debate). 2012. (Outra).

29.
I Seminário de Graduação do Laboratório de Ensino de História.A fotografia e as mídias eletrônicas: desafios contemporâneos da escrita da História. 2012. (Seminário).

30.
Jornada do Patrimônio na USS - Patrimônio: preservação, identidade e política.O patrimônio na era digital: aceleração e acumulação significa vulgarização?. 2012. (Outra).

31.
Mesa Redonda Arquivo, Memória e Ditadura.Arquivo, Memória e Ditadura. 2012. (Outra).

32.
Palestra do Mestrado em História da Universidade Salgado de Oliveira - UNIVERSO.A anistia no Brasil de 1979: questões sobre a bem sucedida imposição do silêncio. 2012. (Outra).

33.
VII Jornada de Estudos Históricos Manoel Salgado Guimarães do PPGHIS/UFRJ.Grupo de Trabalho (GT): Intelectuais, Crítica Cultural e Memória. 2012. (Outra).

34.
XV Encontro Regional de História (Anpuh RJ) - Ofício do Historiador: ensino & pesquisa.Conhecimento histórico na web: novos espaços e personagens na escrita da História. 2012. (Encontro).

35.
XXI Encontro Nacional do CONPEDI.Cinema e Justiça de Transição. 2012. (Encontro).

36.
2º Seminário Internacional o Mundo dos Trabalhadores e seus Arquivos ? Memória e Resistência.Arquivos sindicais: as experiências internacionais. 2011. (Seminário).

37.
Dimensões da Política: II Simpósio do Núcleo de Estudos da Política.Os usos políticos do passado e o mundo sindical: por uma cultura da memória no circuito Brasil e França. 2011. (Simpósio).

38.
I Jornada de História da UFRRJ (Curso de Mestrado em História).Mesa sobre Movimentos Operários. 2011. (Encontro).

39.
I Jornada do Laboratório de Estudos sobre Sociedade e Cultura (LESC).Memória, patrimônio e mídia: o conhecimento histórico na era digital. 2011. (Outra).

40.
IV Semana Acadêmica de História da UFRRJ.Conhecimento histórico na era digital: considerações sobre arquivos, fontes e enciclopedismo virtual. 2011. (Outra).

41.
XXVI Simpósio Nacional de História.Percursos entre a memória e identidade: instituições sindicais e a construção de uma política de arquivo. 2011. (Simpósio).

42.
I Encontro de História e Pedagogia da Faculdades Integradas Simonsen.História pública no mundo sindical: uma análise transnacional das políticas militantes de arquivos e memória no circuito Brasil - França. 2010. (Encontro).

43.
Jornada acadêmica do NEPDD/ Faculdade Moraes Júnior - Mackenzie Rio.O Pensamento Social Brasileiro de Florestan Fernandes. 2010. (Outra).

44.
Projeto Cine Humanidades."Hércules 56" projeção de documentário seguido de debate. 2010. (Outra).

45.
IV Semana de História da UNIRIO: IDENTIDADES - PERSPECTIVAS.Memória, controle e identidade política. 2009. (Outra).

46.
XIV Congresso Brasileiro de Sociologia - sociologia: consensos e controvérsias. Entre passados construídos e futuros desejados: o caso do Instituto de História Social da CGT. 2009. (Congresso).

47.
XXV Simpósio Nacional de História (Anpuh): História e Ética.Um rio de lembranças: trabalhadores da Renault Île Seguin de Paris em disputa pela memória. 2009. (Simpósio).

48.
I Colóquio "Mediações e Usos dos Saberes e Informação: um diálogo França - Brasil..O dever de memória na política sindical francesa: a identidade coletiva militante e o papel do arquivo. 2008. (Outra).

49.
I Colóquio Mediações e Usos de Saberes e da Informação: um diálogo França - Brasil.O Dever de Memória na Política Sindical Francesa: a Identidade Coletiva Militante e o Papel do Arquivo. 2008. (Outra).

50.
I Séminaire Recherches du Brésil Contemporain.Le rôle du passé dans les pratiques syndicales: regards sur le Brésil et France.. 2008. (Seminário).

51.
I Seminário Nacional de Pós-graduandos em História das Instituições: Instituições, Cultura e Poder.Mesa "Associações de Resistência e Políticas de Estado: Avanço Econômico e Bem Estar Social". 2008. (Seminário).

52.
Recherches Brésil Contemporain.la construction identitaire dans l?espace syndical: un regard sur l?héritage des trajectoires politiques et sociales. 2008. (Seminário).

53.
Table ronde à la Mission Universitaire Française (MUF).La Construction Identitaire dans l?espace syndical : un regard sur l?heritage des trajectoires politiques et sociales.. 2008. (Seminário).

54.
Velhos e novos direitos do trabalho no Brasil. 2007. (Seminário).

55.
XIII Congresso Brasileiro de Sociologia. (Re)conhecer a classe trabalhadora no Século XXI: Uma política de memória e identidade.. 2007. (Congresso).

56.
XXIV Simpósio Nacional de História - História e Multidisciplinaridade: territórios e deslocamentos.Memória do Trabalho: estratégias de produção e consumo de uma classe longe do fim. 2007. (Simpósio).

57.
3ª Jornada Nacional de História do Trabalho.A fábrica está ?aqui dentro?: reminiscências do espaço, do controle e suas resistências nos trabalhadores têxteis no Rio de Janeiro. 2006. (Outra).

58.
III Simpósio Nacional de História Cultural - Mundos da Imagem do Texto ao Visual.A imagem do trabalho na cultura operária: a construção identitária e o "ser cidadão" dos anos 20 aos 40.. 2006. (Simpósio).

59.
Seminário Memória e Cultura Petrobrás.Seminário Memória e Cultura Petrobrás. 2006. (Seminário).

60.
XII Encontro Regional de História - Anpuh-Rio: Usos do Passado.A "construção" de memórias de trabalhadores em meio às mudanças contemporâneas: qual futuro, companheiros?. 2006. (Encontro).

61.
XII Encontro Regional de História - anpuh RJ.Sessão: Memória, Cultura e Identidade. 2006. (Encontro).

62.
I Encontro de Trabalhadores da Construção Civil junto a CUT.I Encontro de Trabalhadores da Construção Civil junto a CUT. 2005. (Encontro).

63.
PRIMER CONGRESO LATINOAMERICANO DE ANTROPOLOGÍA. Construindo tramas com velhos teares: velhos trabalhadores têxteis e a construção de uma memória coletiva no Rio de Janeiro. 2005. (Congresso).

64.
XXIII Simpósio Nacional de História - ANPUH.Batalhas de algodão: a infância operária interrompida pelo trabalho nas indústrias têxteis do Rio de Janeiro. 2005. (Simpósio).

65.
V Simpósio Internacional de Filosofia (Assim Falou Nietzsche V). Nietzsche e os Gregos: Arte, Memória e Educação..Conhecer para esquecer. A identidade e os caminhos para a memória: perspectivas nietzschianas sobre a identidade e o esquecimento como elementos constitutivos da memória no locus social. 2004. (Simpósio).

66.
XI Encontro Regional de História. Democracia e Conflito.Retalhos de Memória: Relatos de Trabalhadores Têxteis Cariocas. 2004. (Simpósio).

67.
I Congresso de Saúde, Corpo e Gênero do CMS Waldyr Franco. Saúde dentro da Fábrica: Companhia América Fabril e seus métodos de auxílio ao operariado na década de vinte. 2003. (Congresso).

68.
I Encontro de Arquivologia do Rio de Janeiro - RIOARQ.I Encontro de Arquivologia do Rio de Janeiro ? RIOARQ. 2003. (Encontro).

69.
XXIX Seminário Interno de História da Universidade Gama Filho.XXIX Seminário Interno de História da Universidade Gama Filho. 2003. (Seminário).

70.
VIII Seminário Nacional de História da Ciência e Tecnologia.VIII Seminário Nacional de História da Ciência e Tecnologia.. 2001. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
GOMES, Josir C. ; PIMENTA, Ricardo M. . Mini-curso Python para Ciência da Informação (1ª edição). 2018. (Outro).

2.
GOMES, Josir C. ; PIMENTA, Ricardo M. . Mini-curso Python para Ciência da Informação (2ª edição). 2018. (Outro).

3.
PIMENTA, Ricardo M.; FERREIRA, Leonardo S. . Curso de Zotero: ferramenta de gestão bibliográfica. 2018. (Outro).

4.
PIMENTA, Ricardo M.. I Congresso Internacional em Humanidades Digitais. 2018. (Congresso).

5.
PIMENTA, Ricardo M.; PASTOR, B. L. . Humanidades Digitais e Realidade Brasileira [eixo temático de apresentação de trabalhos no I Congresso Internacional em Humanidades Digitais]. 2018. (Outro).

6.
PIMENTA, Ricardo M.; RANGEL, T. R. ; CAVALCANTI, Márcia. T. ; LEITE, B. F. ; ROCCO, B. C. B. ; ALMEIDA, Thays L. A. F. . I Workshop Informação Memória e Sociedade: a história oral e a ciência da informação. 2017. (Outro).

7.
SALDANHA, G. S. ; SOUZA, R. F. ; PIMENTA, Ricardo M. . II Colóquio de Organização do Conhecimento. 2016. (Congresso).

8.
PIMENTA, Ricardo M.. I Encontro de Estudos Interdisciplinares de Informação e Memória. 2016. (Congresso).

9.
PIMENTA, Ricardo M.. III Simpósio Internacional LAVITS: Vigilância, Tecnopolíticas, Territórios. 2015. (Congresso).

10.
PIMENTA, Ricardo M.. Colóquio - Os estudos da vigilância e a ciência da informação: perspectivas de um trajeto em construção. 2014. (Outro).

11.
MARTELETO, Regina ; PIMENTA, Ricardo M. ; ORMAY, L. ; DOURADO, S. ; SANTIS, R. ; CAVALCANTE, M. C. M. ; ZATTAR, M. ; BOZZETTI, R. . Pierre Bourdieu e a produção social da cultura, do conhecimento e da informação. 2014. (Outro).

12.
PINHEIRO, L. V. R. ; SOUZA, R. F. ; AZEVEDO, I. C. A. ; PIMENTA, Ricardo M. ; BALLESTE, A. ; FERREZ, H. D. ; CHALHUB, T. ; BENCHIMOL, A. ; GUERRA, C. B. ; GAUZ, V. . 1ª BIENAL NACIONAL DE IMAGENS NA CIÊNCIA, ARTE, TECNOLOGIA, EDUCAÇÃO E CULTURA. 2013. (Congresso).

13.
Pimenta, Ricardo Medeiros. Mesa Redonda - Lugares de Memória e de Informação: construção de conhecimentos sobre a Ditadura Militar. 2013. (Outro).

14.
MÜLLER, Angélica ; PIMENTA, Ricardo M. ; Santana, Marco Aurélio ; THIESEN, Icléia. ; STAMPA, I. ; RODRIGUES, V. A. C. . I Seminário Internacional Documentar a Ditadura: Arquivos da Repressão e da Resistência. 2013. (Congresso).

15.
MÜLLER, Angélica ; PIMENTA, Ricardo M. . XV Encontro Regional de História - Ofício do Historiador: ENSINO & PESQUISA. 2012. (Outro).

16.
PIMENTA, Ricardo M.; MAIA, Tatyana de Amaral ; MÜLLER, Angélica . Ciclo de Conferências. 2012. (Outro).

17.
PIMENTA, Ricardo M.. I Jornada do Laboratório de Estudos sobre Sociedade e Cultura (LESC). 2011. (Outro).

18.
PIMENTA, Ricardo M.; SOLFIATI, F. ; EL-JAICK, Ana Paula ; GOOS, Maria Carolina Giliolli ; CORONA, Marilice ; BENTHIEN, Rafael ; DIAS, Marco ; AZEVEDO, Mário . Séminaire Recherches du Brésil Contemporain. 2008. (Outro).

19.
PIMENTA, Ricardo M.; THIESEN, Icléia. ; MARTELETO, Regina ; VIEIRA, A. C. P. ; CARDOSO, Cristina Leite L. ; ABRANTES, Vera L. C. ; BENTO, A. M. . III Seminário Memória e Espaço: Memória, Espaço e Produção do Conhecimento. 2007. (Outro).

20.
PIMENTA, Ricardo M.; ESTEVEZ, Alejandra Luisa Magalhães ; SILVA, A. B. ; LIMA, E. P. ; COSTA, F. A. P. ; THIAGO, Cristiane. M. ; CARVALHO, Paulo. R. ; FONSECA, Mariana. ; QUEIROZ, Carolina. P. ; TEIXEIRA, Marco. A. . I Seminário NETS - Visões do Trabalho: História, Memória e Sociologia. 2005. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Patrícia Conceição Romeu da Fonseca. O uso das redes sociais por arquivos públicos: o caso do Arquivo Nacional. Início: 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação) - Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia. (Orientador).

2.
Gabriel Bernardo Correa. Regime de informação no poder Judiciário durante ditadura militar 1964. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Ciencia da Informacao) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. (Orientador).

3.
Tatiana Mendonça de Sousa e Silva. Folksonomia e humanidades digitais (título provisório). Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação) - Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia. (Coorientador).

4.
Rafael de Souza Mendonça. preservação digital de jogos digitais e sua implicação nas humanidades digitais. Início: 2016. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação) - Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Fernanda do Valle Galvão Debetto. Fronteiras epistemológicas das ciências da comunicação e informação: uma perspectiva crítica. Início: 2018. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação) - Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia. (Orientador).

2.
Brenda Couto de Brito Rocco. Um novo estatuto teórico para a preservação digital: uma abordagem conceitual a partir de quatro pilares distintos. Início: 2016. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação) - Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia. (Orientador).

3.
Rodrigo Piquet Saboia de Mello. Uma epistemografia da etnia Kayapó,. Início: 2016. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. (Orientador).

4.
Patricia Pui Yue Lee. Representações Gráficas em 3D para o estudo da Memória, Informação e seus Desdobramentos (título provisório). Início: 2016. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação) - Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia. (Orientador).

5.
Renan Marinho de Castro. DOS USOS CONTEMPORÂNEOS DA INFORMAÇÃO À MEDIAÇÃO DIGITAL: EM BUSCA DA INTERSEÇÃO ENTRE AS HUMANIDADES DIGITAIS E A CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO. Início: 2016. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. (Orientador).

6.
Priscila de Assunção Barreto Côrbo. Políticas de memória no Colégio Pedro II: a preservação de documentos digitais e seus paradoxos. Início: 2015. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. (Orientador).

7.
Dayo de Araújo Silva Côrbo. Entre verdade e validação da informação a partir do documento Relatório Final da Comissão Nacional da Verdade do Brasil. Início: 2015. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Isabela Sousa Curvo. A ESPETACULARIZAÇÃO NO USO DA INFORMAÇÃO EM ESPAÇOS MUSEOLÓGICOS: UMA ANÁLISE NO MUSEU IMPERIAL DE PETRÓPOLIS. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: Ricardo Medeiros Pimenta.

2.
Diego da Silva Costa. Perspectivas de informação práticas lúdicas: o jogo digital enquanto mediador infocomunicacional. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: Ricardo Medeiros Pimenta.

3.
Fernanda do Valle Galvão. Competência em informação: vulnerabilidade do processo de monitoramento de mídias digitais para a reputação das organizações. 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação) - Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Ricardo Medeiros Pimenta.

4.
Thayron Rodrigues Rangel. Os institutos de informação (DASP, IBBD e IBICT) do Brasil e o processo de construção da identidade do profissional em Biblioteconomia. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: Ricardo Medeiros Pimenta.

5.
Érica de Castro Loureiro. Memória e Conhecimento na Casa de Oswaldo Cruz/FIOCRUZ: reflexões e elementos para a construção de iniciativas de memória organizacional. 2016. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação) - Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia, . Orientador: Ricardo Medeiros Pimenta.

6.
Claudenir Pereira do Val. Protagonismo feminino no processo de implantação da Fundação Educacional Severino Sombra, no fim da década de 1960. 2013. Dissertação (Mestrado em Mestrado em História Social) - UNIVERSIDADE DE VASSOURAS, . Orientador: Ricardo Medeiros Pimenta.

Tese de doutorado
1.
Rosale de Mattos Souza. Produção de sentido em documentos e informações de arquivos sigilosos: comunidade de informação e contrainformação sob o olhar da Assessoria de Segurança e Informação - ASI de 1971 a 1982. 2017. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: Ricardo Medeiros Pimenta.

2.
Marcia Teixeira Cavalcanti. Os centros de documentação universitários como espaços de institucionalização de. 2014. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: Ricardo Medeiros Pimenta.

3.
Adriana Lucia Cox Hollós. O futuro da memória digital da administração pública federal brasileira. 2014. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Coorientador: Ricardo Medeiros Pimenta.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Darla da Silva. A história da África no contexto educacional. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em História do Brasil) - Fundação Educacional Duque de Caxias. Orientador: Ricardo Medeiros Pimenta.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Darby de Lemos Igayara. O setor da construção naval no Rio de Janeiro: mudanças e perspectivas nos últimos 30 anos. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Candido Mendes. Orientador: Ricardo Medeiros Pimenta.

2.
Leonardo Barbosa Cavalcante. ?Geração 80?: Voltar à Pichação Após os 30 Anos de Idade. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Candido Mendes. Orientador: Ricardo Medeiros Pimenta.

3.
Lenildes Prado Santos. Vila Operária da Fábrica Confiança. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Candido Mendes. Orientador: Ricardo Medeiros Pimenta.

4.
Simone Carvalho de Moura. Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro: buscando novas formas de enfrentar os problemas sociais. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Fundação Educacional Duque de Caxias. Orientador: Ricardo Medeiros Pimenta.

Iniciação científica
1.
Alceu Teixeira Guilhen. Informação e conhecimento na era digital. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Biblioteconomia) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Ricardo Medeiros Pimenta.

2.
Vinicius Marcelo Silva. Instituições de memória na baixada fluminense: usos e desusos políticos de um capital da identidade coletiva. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em História) - ABEU Centro Universitário, Centro Universitário ABEU. Orientador: Ricardo Medeiros Pimenta.

3.
Marcia Flexa Rodrigues. Instituições de memória na baixada fluminense: usos e desusos políticos de um capital da identidade coletiva. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em História) - ABEU Centro Universitário, Centro Universitário ABEU. Orientador: Ricardo Medeiros Pimenta.

Orientações de outra natureza
1.
Amal Abdulmalek. Memória do Regime Militar através dos livros didáticos. 2012. Orientação de outra natureza. (História) - UNIVERSIDADE DE VASSOURAS. Orientador: Ricardo Medeiros Pimenta.

2.
José Francisco Portela Amaral. A memória do regime militar através dos livros didáticos. 2012. Orientação de outra natureza. (História) - UNIVERSIDADE DE VASSOURAS. Orientador: Ricardo Medeiros Pimenta.

3.
Natashja Abreu de Sá. A memória do regime militar através dos livros didáticos. 2012. Orientação de outra natureza. (História) - UNIVERSIDADE DE VASSOURAS. Orientador: Ricardo Medeiros Pimenta.

4.
Vinicius Marcelo Silva. Monitoria na disciplina: Introdução aos Estudos Históricos. 2010. Orientação de outra natureza. (História) - ABEU Centro Universitário. Orientador: Ricardo Medeiros Pimenta.



Educação e Popularização de C & T



Textos em jornais de notícias/revistas
1.
PIMENTA, Ricardo M.. 'O que existe em uma cópia?' é analisada em aula inaugural do PPGCI (IBICT/UFRJ). Portal do IBICT, 18 mar. 2013.


Cursos de curta duração ministrados
1.
PIMENTA, Ricardo M.. Como fazer um blog: a relação entre diário e memória. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Outra).


Desenvolvimento de material didático ou instrucional
1.
PIMENTA, Ricardo M.; GOMES, Josir C. . Wiki-Larhud: Tutorial de ferramentas digitais para cientistas da informação e das humanidades. 2018. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Instrumentaldeconsultaàacervotextual.).


Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
MELO, Alice ; PIMENTA, Ricardo M. ; LEITE, Edmundo . Memória Dinâmica. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
PIMENTA, Ricardo M.. Verbas para Ciência no Brasil. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
SALES, F. ; PIMENTA, Ricardo M. . Enfim, a verdade. 2011. (Programa de rádio ou TV/Comentário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
MÜLLER, Angélica ; PIMENTA, Ricardo M. . XV Encontro Regional de História - Ofício do Historiador: ENSINO & PESQUISA. 2012. (Outro).

2.
GOMES, Josir C. ; PIMENTA, Ricardo M. . Mini-curso Python para Ciência da Informação (1ª edição). 2018. (Outro).

3.
GOMES, Josir C. ; PIMENTA, Ricardo M. . Mini-curso Python para Ciência da Informação (2ª edição). 2018. (Outro).

4.
PIMENTA, Ricardo M.; FERREIRA, Leonardo S. . Curso de Zotero: ferramenta de gestão bibliográfica. 2018. (Outro).


Redes sociais, websites e blogs
1.
PIMENTA, Ricardo M.. Faces da redemocratização: anistia(s) em debate. 2012; Tema: A Lei de Anistia de 1979 e seus desdobramentos na memória política brasileira. (Rede social).

2.
PIMENTA, Ricardo M.. Observatório da Redemocratização. 2012; Tema: Memória e História da redemocratização no Brasil. (Blog).

3.
PIMENTA, Ricardo M.; SILVA, Leyde K. Rodrigues ; CORBO, P. A. B. ; GALVAO, Fernanda V. ; MELO, R. P. S. . Informação, Memória e Sociedade. 2016; Tema: Informação, Memória, Sociedade. (Site).

4.
PIMENTA, Ricardo M.. Visibilidades. 2016; Tema: caderno ou ?diário de campo? (para escrita de livro autoral) relacionado à temática da "visibilidade informacional" e da "cultura das visibildiades". (Blog).

5.
PIMENTA, Ricardo M.; GOMES, Josir C. . Laboratório em Rede de Humanidades Digitais - Larhud. 2018; Tema: Humanidades Digitais (sítio do laboratório de pesquisa e práticas em humanidades digitais do IBICT). (Site).

6.
PIMENTA, Ricardo M.. Informação, Memória e Verdade. 2013; Tema: Página de referência e repositório de informações disponíveis no meio virtual sobre as temáticas: Memória da Ditadura Militar; Acesso à informação e Direito à verdade.. (Rede social).



Outras informações relevantes


Ricardo M. Pimenta realizou parte de seu doutorado na École des Hautes Études en Sciences Sociales (com bolsa CAPES) e participou de seminários com professores renomados como: Jean-Pierre Faguer, Yves Cohen, Michel Pialoux, Afranio Garcia, Gérard Noiriel, Marie-Claire Lavabre, Bogumil Jewsiewicki Koss, Henri Rousso, e Pierre Nora.
Especializou-se em estudos sobre a Memória em perspectivas políticas, culturais e econômicas. Atualmente tem como eixo principal de suas pesquisas as relações teórico-conceituais da memória com a informação.
É Pesquisador Adjunto I do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT) e professor do quadro permanente do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação (PPGCI/IBICT-UFRJ).



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 21/01/2019 às 14:00:12