André Luís Lima Nogueira

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/8857028422479286
  • Última atualização do currículo em 15/07/2018


Possui graduação em Licenciatura Plena Em História pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro(2000), mestrado em História pela Universidade Federal Fluminense(2004), doutorado em História das Ciências pelo Fundação Oswaldo Cruz(2013) e pós-doutorado pela Universidade Federal do Espírito Santo(2015). Tem experiência na área de História, com ênfase em História do Brasil. Atuando principalmente nos seguintes temas:feitiçaria, práticas mágicas, MInas Gerais - século XVIII. (Texto gerado automaticamente pela aplicação CVLattes)


Identificação


Nome
André Luís Lima Nogueira
Nome em citações bibliográficas
NOGUEIRA, André;NOGUEIRA, ANDRÉ;Nogueira, André Luís Lima


Formação acadêmica/titulação


2009 - 2013
Doutorado em História das Ciências.
Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.
Título: ENTRE MÉDICOS, TAMBORES E ERVAS: CALUNDUZEIROS E CURADORES NEGROS EM AÇÃO NAS MINAS GERAIS (SÉCULO XVIII), Ano de obtenção: 2013.
Orientador: Lorelai Brilhante Kury.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2001 - 2004
Mestrado em História.
Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
Título: A fé no desvio: : cultos africanos, demonização e perseguição religiosa - Minas Gerais, século XVIII.,Ano de Obtenção: 2004.
Orientador: Hebe Maria Mattos.
Palavras-chave: feitiçaria; práticas mágicas; MInas Gerais - século XVIII.
Grande área: Ciências Humanas
Setores de atividade: Educação Superior.
1996 - 2000
Graduação em Licenciatura Plena Em História.
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
Título: Entre papagaios e diabos - repressão inquisitorial e práticas mágicas na Colônia (1591-1595)..
Orientador: Pedro Marcelo Pache Campos.


Pós-doutorado


2017
Pós-Doutorado.
Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.
Bolsista do(a): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ, FAPERJ, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil colonial.
2014 - 2015
Pós-Doutorado.
Universidade Federal do Espírito Santo, UFES, Brasil.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil.


Atuação Profissional



Faculdade União Araruama de Ensino, UNILAGOS, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2014
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 20


Universidade Aberta do Brasil, UAB, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2014
Vínculo: bolsista, Enquadramento Funcional: tutor à distância, Carga horária: 6


Rede Bahiense, RB, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2008
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: CLT, Carga horária: 12
Outras informações
Professor de História do Ensino Médio e Pré-Vestibular


Instituto Nossa Senhora da Glória - Colégio Castelo, INSG, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2007
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: CLT, Carga horária: 6
Outras informações
Professor de História do Ensino Fundamental, Ensino Médio e Pré-Vestibular


Consórcio Cederj, CEDERJ, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2010
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Tutor presencial, Carga horária: 6
Outras informações
Exercício de atividades de Tutoria presencial para a disciplina de História na Educação do curso de Pedagogia da UNIRIO

Atividades

8/2005 - Atual
Ensino, Pedagogia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História na Educação I
História na Educação II

Prefeitura Municipal de Rio das Ostras, PMRO, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2010
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Estatutário, Carga horária: 20
Outras informações
Aulas de História para o Ensino Médio e E.J.A


rede GPI, GPI, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2006
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: CLT, Carga horária: 10
Outras informações
Professor de História do Ensino Médio e Pré-Vestibular


Colégio Rycano, CR, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - 2003
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 12


Universidade Federal do Espírito Santo, UFES, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2017
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor Visitante, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Desenvolvimento de atividades docentes ligados ao Dept de História (disciplina de História do Império) e ao PPGHIS (disciplinas vinculadas à História da Medicina) Desenvolvimento de projeto de pesquisa sobre a epidemia de cólera no ES (1855-1856)



Projetos de pesquisa


2015 - Atual
Inventário e organização do acervo do leprosário de Itanhenga-ES
Descrição: Trata o presente do projeto de pesquisa que tem por finalidade inventariar a documentação alusiva ao funcionamento do Hospital Pedro Fontes prontuário dos internos, livro de registro de entrada e saída de internos), regimento de funcionamento, etc..., assim bem como colher depoimentos de ex internos, familiares, médicos, funcionários que atuaram na Colônia, objetivando registrar o cotidiano da vida e funcionamento desse instituição asilar. Num segundo momento, pretende-se reunir todo o material coletado para que mesmo fique disponível no site do PPGHIS/UFES, disponível para todos os pesquisadores da temática da doença lepra...
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil/Especialidade: História do Brasil Colônia.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil/Especialidade: História do Brasil Império.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2015
Prêmio Maria Cecília Puntel de Almeida (2° lugar), Associação Latino Americana de Escolas e Faculdades de Enfermagem (ALADEFE).
2014
Menção Honrosa - Prêmio de Pesquisa Eulália Maria Lahmeyer Lobo, ANPUH - RJ.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
NOGUEIRA, André2017NOGUEIRA, André; FRANCO, S. P. . EPIDEMIAS COMO NOTÍCIAS DE JORNAIS: OS CASOS DE FEBRE AMARELA E DO CÓLERA NO ESPÍRITO SANTO OITOCENTISTA (C. 1849-1856). OPSIS, v. 17, p. 37-51, 2017.

2.
PONTES, M. B.2017PONTES, M. B. ; Tânia Cristina Franco Santos2, ; NOGUEIRA, André ; PERES, M. A. A. ; RIOS, M. Z. ; ALMEIDA FILHO, A. J. . BANCO DE LEITE HUMANO: DESAFIOS E VISIBILIDADE PARA A ENFERMAGEM. Texto e Contexto. (UFSC Impresso), v. 26, p. 1, 2017.

3.
FRANCO, SEBASTIÃO PIMENTEL2017FRANCO, SEBASTIÃO PIMENTEL ; NOGUEIRA, ANDRÉ . A PROVÍNCIA DO ESPÍRITO SANTO VERSUS -EPIDEMIAS REINANTES-: AÇÕES DE ESTADO E MOBILIZAÇÃO POPULAR NA PASSAGEM DA FEBRE AMARELA E DO CÓLERA (1850-1856). HISTÓRIA. QUESTÕES E DEBATES, v. 65, p. 207, 2017.

4.
FRANCO, SEBASTIÃO PIMENTEL2017FRANCO, SEBASTIÃO PIMENTEL ; NOGUEIRA, André . Entre livros, lentes e miasmas: as teses médicas da Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro e a epidemia de cólera (1855-1856).. REVISTA DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE HISTÓRIA DA CIÊNCIA, v. 9, p. 67-84, 2017.

5.
NOGUEIRA, André2015NOGUEIRA, André. Santo forte! Devoção antoniana e práticas de cura ilegais nas Minas do século XVIII. Dimensões: Revista de História da UFES, v. 34, p. 5-27, 2015.

6.
NOGUEIRA, ANDRÉ2014NOGUEIRA, ANDRÉ. Saberes terapêuticos nas Minas coloniais: diálogos entre a medicina oficial e as curas não licenciadas (séc. XVIII). História Unisinos, v. 18, p. 15-26, 2014.

7.
NOGUEIRA, André;NOGUEIRA, ANDRÉ;Nogueira, André Luís Lima2012 NOGUEIRA, André. Doenças de feitiço: as Minas setecentistas e o imaginário das doenças. VARIA HISTÓRIA (UFMG. IMPRESSO), v. 28, p. 259-278, 2012.

8.
NOGUEIRA, ANDRÉ2012 NOGUEIRA, ANDRÉ. Universos coloniais e 'enfermidades dos negros' pelos cirurgiões régios Dazille e Vieira de Carvalho. História, Ciências, Saúde-Manguinhos (Impresso), v. 19, p. 179-196, 2012.

9.
NOGUEIRA, André;NOGUEIRA, ANDRÉ;Nogueira, André Luís Lima2011NOGUEIRA, André. A ?PRODIGIOSA LAGOA? DE SABARÁ E AS DOENÇAS DAS MINAS DO SÉCULO XVIII. Fronteiras (Campo Grande), v. 13, p. 33-57, 2011.

10.
NOGUEIRA, André;NOGUEIRA, ANDRÉ;Nogueira, André Luís Lima2007NOGUEIRA, André. Negros calunduzeiros na sociedade do ouro - Minas Gerais, século XVIII. Revista Faces da Academia (UNIDERP), v. V.2, p. 77-86, 2007.

11.
NOGUEIRA, André;NOGUEIRA, ANDRÉ;Nogueira, André Luís Lima2007NOGUEIRA, André. Os tambores e as minas: negros calunduzeiros no arraiais do ouro: Minas Gerais, século XVIII. Cabanos (Arapiraca), v. 1, p. 35-50, 2007.

12.
NOGUEIRA, André;NOGUEIRA, ANDRÉ;Nogueira, André Luís Lima2006NOGUEIRA, André; LAMAS, F. G. . Algumas considerações sobre a repressão e a punição nas Minas setecentistas. Histórica (São Paulo. Online), São Paulo, v. 01, n.10, 2006.

13.
NOGUEIRA, André;NOGUEIRA, ANDRÉ;Nogueira, André Luís Lima2006NOGUEIRA, André. "E se diz do dito negro que é feiticeiro e curador": a união entre o natural e o sobrenatural na saúde e na doença das Minas do século XVIII. Outros Tempos (UEMA. Online), v. 3, p. 60-75, 2006.

14.
NOGUEIRA, André;NOGUEIRA, ANDRÉ;Nogueira, André Luís Lima2006NOGUEIRA, André. Aos olhos do rei e de Deus: devassas eclesiásticas e práticas de justiçamento nas Minas do século XVIII. Revista Jurídica da FAMINAS, v. 2, p. 11-25, 2006.

15.
NOGUEIRA, André;NOGUEIRA, ANDRÉ;Nogueira, André Luís Lima2005NOGUEIRA, André. Minas infernais: relações de alteridade e demonização de africanos e afro-descendentes - Minas Gerais, século XVIIII.. Outra. Revista Eletrônica de História, v. 1, n.2, p. 71-79, 2005.

16.
NOGUEIRA, André;NOGUEIRA, ANDRÉ;Nogueira, André Luís Lima2005NOGUEIRA, André. ?O que digo que nessas danças/Satã tem parte ligada": os calundus das Gerais. Revista Museu, 2005.

17.
NOGUEIRA, André;NOGUEIRA, ANDRÉ;Nogueira, André Luís Lima2005NOGUEIRA, André. Doença ou feitiço? O patológico e o sobrenatural nas Gerais do século XVIII. Cadernos de Pesquisa do CDHIS (UFU. Impresso), Uberlândia - MG, v. 1, n.33, p. 51-58, 2005.

18.
NOGUEIRA, André;NOGUEIRA, ANDRÉ;Nogueira, André Luís Lima2005 NOGUEIRA, André. Relações sociais e práticas mágicas na capitania do ouro: o caso do negro angola Pai Caetano (Vila Rica - 1791). Estudos Afro-Asiáticos, v. 27, p. 181-203, 2005.

19.
NOGUEIRA, André;NOGUEIRA, ANDRÉ;Nogueira, André Luís Lima2004NOGUEIRA, André. Da trama: práticas mágicas/feitiçaria como espelho das relações sociais - Minas Gerais, século XVIII.. Mneme (Caicó. Online), UFRN, v. 1, n.11, p. 1-17, 2004.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
NOGUEIRA, ANDRÉ. Entre cirurgiões, tambores e ervas. Calunduzeiros e curadores ilegais em ação nas Minas Gerais (século XVIII). 1. ed. Rio de Janeiro: Garamond, 2016. 424p .

Capítulos de livros publicados
1.
ABREU, J. L. N. ; NOGUEIRA, ANDRÉ ; KURY, L. B. . Na saúde e na doença: enfermidades, saberes e práticas de cura nas medicinas do Brasil Colonial (séculos XVI-XVIII). In: Luiz A Teixeira; Tânia S Pimenta e Gilberto Hochman. (Org.). HISTÓRIA DA SAÚDE NO BRASIL. 1ed.São Paulo: Hucitec, 2018, v. , p. 27-66.

2.
FRANCO, S. P. ; NOGUEIRA, André ; MARLOW, S. L. . A Colônia de Itanhenga (Espírito Santo): edificação e vida em (mais) um leprosário brasileiro. In: Franco, Sebastião P.; Nascimento, Dilene R.; Silveira, Anny J.T.. (Org.). Uma História Brasileira das Doenças. 1ed.Belo Horizonte: Fino Traço, 2017, v. 7, p. 295-323.

3.
FRANCO, S. P. ; NOGUEIRA, ANDRÉ . Livros, leituras e circulação de saberes nas teses médicas sobre a epidemia de cólera da Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro (C. 1855): notas preliminares de pesquisa. In: Luis Fernando Beneduzi; Maria Cristina Dadalto. (Org.). Mobilidade humana e circularidade de ideia Diálogos entre a América Latina e a Europa. 1ed.Veneza: Editora da Universidade Ca'Foscari, 2017, v. 1, p. 137-148.

4.
NOGUEIRA, André. Dos tambores, cânticos, ervas... Calundus como prática terapêutica nas Minas setecentistas. In: Tânia Salgado Pimenta; Flávio Gomes. (Org.). Escravidão, doenças e práticas de cura no Brasil. 1ed.Rio de Janeiro: Outras Letras, 2016, v. , p. 15-36.

5.
NOGUEIRA, André. O cólera no Espírito Santo pela lente do Correio da Vitória (1855-1856) ou quando as epidemias viram notícia. In: SEBASTIÃO PIMENTEL FRANCO; DILENE RAIMUNDO DO NASCIMENTO; ANNY JACKELINE TORRES SILVEIRA. (Org.). Uma História Brasileira das doenças. 1ed.Belo Horizonte: Fino Traço, 2016, v. 6, p. 243-267.

6.
NOGUEIRA, André. Das 'doenças de feitiço' nas minas do ouro. In: FRANCO, Sebastião Pimentel; NASCIMENTO, Dilene Raimundo do; SILVEIRA, Anny Jackeline Torres. (Org.). Uma História Brasileira das Doenças V.5. ved.Belo Horizonte: Fino Traço, 2015, v. , p. 333-356.

7.
NOGUEIRA, André. Doenças, feitiços e curas:africanos e seus descendentes em ação nas Minas do século XVIII. In: Ângela Porto. (Org.). Doenças e escravidão: sistema de saúde e práticas terapêuticas. Rio de Janeiro: Fiocruz - Casa de Oswaldo Cruz, 2007, v. , p. -.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
NOGUEIRA, André. Os calundus e seus significados: diferentes conotações (ou ?olhares brancos)?. In: II Simpósio Internacional de Estudos Inquisitoriais: religião e poder, 2013, Salvador. Anais - II Simpósio Internacional de Estudos Inquisitoriais: religião e poder, 2013.

2.
NOGUEIRA, André. Cativeiro e "enfermidades dos negros" pelos cirurgiões régios Dazille e Vieira de Carvalho. In: V Encontro Escravidão e Liberdade no Brasil Meridional, 2011, Porto Alegre. V Encontro Escravidão e Liberdade no Brasil Meridional, 2011.

3.
NOGUEIRA, André. As "doenças de feitiço" e as Minas do Século XVIII. In: XXVI Simpósio Nacional de História (ANPUH), 2011, São Paulo. XXVI Simpósio Nacional de História (ANPUH) - ANPUH 50 Anos, 2011.

4.
NOGUEIRA, André. Das doenças nas Minas setecentistas: o difícil viver entre ?cursos?, ?lombrigas? e ?sezões?. In: 1ª Jornada de Pós-Graduação em História das Ciências e da Saúde, 2011, Rio de Janeiro. 1ª Jornada de Pós-Graduação em História das Ciências e da Saúde, 2011.

5.
NOGUEIRA, André. "mestres insignes nessa arte": escravos e feitiços nas Minas do século XVIII. In: V Simpósio Escravidão e Mestiçagens: ambientes, paisagens e espaços, 2010, Niterói. V Simpósio Escravidão e Mestiçagens: ambientes, paisagens e espaços, 2010.

6.
NOGUEIRA, André. "... do estrondo dos tambaques": negros calunduzeiros nas Minas Gerais do século XVIII. In: III Simpósio Internacional sobre Religiosidades, Diálogos Culturais e Hibridações, 2009, Campo Grande. Anais III Simpósio Internacional, 2009.

7.
NOGUEIRA, André. Os calundus e as Minas (século XVIII). In: XXV Simpósio Nacional de História (ANPUH) - HIstória e Ética, 2009, Ceará. XXV Simpósio Nacional de História (ANPUH) - HIstória e Ética, 2009.

8.
NOGUEIRA, André. Batuques e curas: Pai Caetano em ação (Vila Rica - 1791). In: XXIV Simpósio Nacional de História, 2007, São Leopoldo. XXIV Simpósio Nacional de História, 2007.

9.
NOGUEIRA, André. Relações sociais e práticas mágicas na Capitania do Ouro: o caso do negro angola Pai Caetano (Vila Rica - 1791). In: XV Encontro Regional de História - ANPUH MG, 2006, São João Del Rei. Anais do XV Encontro Regional de História, 2006.

10.
NOGUEIRA, André. Práticas Mágicas/feitiçaria como espelho das relações sociais - Minas Gerais, século XVIII. In: XIV Encontro Regional de História - ANPUH, 2004, Juiz de Fora, 2004.

11.
NOGUEIRA, André. Ecos do Rocio: medo da feitiçaria, batuques e demonização do universo cultural africano - Rio de Janeiro, século XIX. In: XXII Simposio Nacional de História, 2003, Joao Pessoa. XXII Simposio Nacional de História, 2003.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
NOGUEIRA, André. guia de fontes sobre a Inquisição. In: I Semana de Integração da História, 1998, Rio de Janeiro. Caderno de Resumos - I Semana de Integração, 1998. v. 1. p. 7-8.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
NOGUEIRA, André. "E se diz do dito negro que é feiticeiro e curador": a união entre o natural e o sobrenatural na saúde e na doença das Gerais do século XVIII. In: XII Encontro Regional de História / ANPUH/RJ, 2006, Niterói/RJ. Usos do Passado / ANPUH/RJ, 2006.

2.
NOGUEIRA, André; LAMAS, F. G. . Algumas Considerações sobre a repressão e a punição nas Minas setecentistas. In: VI Encontro Regional da ANPUH - ES, 2006, Vitória. Territórios e Fronteiras - limites e deslocamentos, 2006. v. 1. p. 39.

3.
NOGUEIRA, André. Minas Infernais: relações de alteridade e demonização de africanos e afro-descendentes - Minas Gerais, século XVIII. In: V Encontro Regional de História - ANPUH, 2004, Espírito Santo. Estado & Sociedade. Relações de Poder e Práticas Políticas, 2004.

4.
NOGUEIRA, André. A Inquisição e suas fontes nos arquivos do Rio de Janeiro. In: V Semana de História - UERJ/FFP, 1999, São Gonçalo. V Semana de História, 1999.

Apresentações de Trabalho
1.
NOGUEIRA, André. As Múltiplas e Dramáticas Experiências da Passagem do Cólera na Província do Espírito Santo (1855-1856). 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
NOGUEIRA, André. Entre práticas e curas: as polivalentes formas de se enfrentar a epidemia de cólera no Espírito Santo (c.1855). 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
NOGUEIRA, André. Os prontuários médicos como fonte para o estudo da História da Lepra no Espírito Santo ? apontamentos e possibilidades de trabalho. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
NOGUEIRA, André. A produção de saberes médicos e a epidemia de cólera no Império (c.1855). 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
NOGUEIRA, André. Livros, leituras e circulação de saberes nas teses médicas sobre a epidemia de cólera da FMRJ (c.1885). 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
NOGUEIRA, André. O Cólera no Espírito Santo pela lente do Correio da Victória (1855-1856) ou quando as epidemias viram notícias.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
NOGUEIRA, André. A Epidemia de cólera na província do Espírito Santo (1855-1856): resultados, caminhos e possibilidades de pesquisa. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
NOGUEIRA, André. As 'doenças de feitiço' nas Minas do ouro. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
NOGUEIRA, André. Práticas de feitiçaria e cura no universo escravista das Minas Gerais do século XVIII. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
NOGUEIRA, André. Cativeiro e 'enfermidades dos negros' pelos cirurgiões régios Dazille e Vieira de Carvalho. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
NOGUEIRA, André. Das doenças nas Minas setecentistas: o difícil viver entre 'cursos', 'lombrigas' e 'sezões'. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
NOGUEIRA, André. As 'doenças de feitiço' e as Minas do século XVIII. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
NOGUEIRA, André. Olhares da História: imagens e seus usos em sala de aula. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

14.
NOGUEIRA, André. Práticas religiosas e universo colonial: crenças, hibridismos e costumes. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
NOGUEIRA, André. 'mestres insignes nessa arte': escravos e feitiços nas Minas do século XVIII. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

16.
NOGUEIRA, André. Os calundus e as Minas (século XVIII). 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

17.
NOGUEIRA, André. Os calundus e as Minas (século XVIII). 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

18.
NOGUEIRA, André. '...do estrondo dos tambaques': negros calunduzeiros nas Minas Gerais do século XVIII. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

19.
NOGUEIRA, André. Batuques e curas: Pai Caetano em ação (Vila Rica - 1791). 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

20.
NOGUEIRA, André. 'E se diz do dito negro que é feiticeiro e curador': a união entre o natural e o sobrenatural na saúde e na doença das Gerais do século XVIII. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

21.
NOGUEIRA, André. Relações sociais e práticas mágicas na capitania do ouro: o caso do negro angola Pai Caetano (Vila Rica - 1791). 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

22.
NOGUEIRA, André. 'Minas infernais': relações de alteridade e demonização de africanos e afrodescendentes - Minas Gerais, século XVIII. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

23.
NOGUEIRA, André. Práticas mágicas/feitiçaria como espelho das relações sociais - Minas Gerais, século XVIII. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

24.
NOGUEIRA, ANDRÉ. Ecos do Rócio: medo da feitiçaria, 'batuques' e demonização do universo colonial africano - Rio de Janeiro, século XIX. 2003. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

25.
NOGUEIRA, André. Guia de Fontes sobre a Inquisição. 1999. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
FRANCO, S. P. ; NOGUEIRA, André . O Terribilíssimo Mal do Oriente. Vitória: EDUFES, 2015 (apresentação livro).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
NOGUEIRA, ANDRÉ. Parecer ad hoc - Revista Dimensões. 2018.

2.
NOGUEIRA, André. Parecer Ad Hoc para a revista História, ciências, Saúde - Manguinhos. 2018.

3.
NOGUEIRA, André. Parecer Ad Hoc para Revista Dimensões. 2017.

4.
NOGUEIRA, André. Parecer ad hoc - Revista Dimensões. 2016.

5.
NOGUEIRA, ANDRÉ. Parecer ad hoc Revista Cadernos de História - PUC-MG. 2015.

6.
NOGUEIRA, André. Parecer Ad Hoc para a revista História, ciências, Saúde - Manguinhos. 2013.


Demais tipos de produção técnica
1.
NOGUEIRA, André; FRANCO, S. P. . Os animais microscópicos e os enfermos. 2015. (curso de curta duração ("workshop")).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
NOGUEIRA, André; MARLOW, S. L.; OLIVEIRA, U. J.; DADALTO, M. C.. Participação em banca de Américo Soares Mignone. A História da saúde como direito fundamental no Brasil: a atuação do Tribunal de Justiça do Espírito Santo. 2018. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

2.
FRANCO, S. P.; MERLO, P. M. S.; NOGUEIRA, André. Participação em banca de Karolina Dias da Cunha. Inspetoria de Higiene pública do Espírito Santo: políticas de assistência à saúde em tempos de epidemias. 2015. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

Qualificações de Doutorado
1.
NOGUEIRA, André; MERLO, P. M. S.; FRANCO, S. P.. Participação em banca de Raphael Americano Câmara. Escravidão, criminalidade e violência na província do Espírito Santo (1850-1888). 2017. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

2.
NOGUEIRA, André; RIBEIRO, L. C. M.; LEITE, J. L.. Participação em banca de Júlia Freire Perini. Morrer e deixar viver: as mudanças no sentido da morte na cidade de Vitória-ES. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

3.
RIBEIRO, L. C. M.; LEITE, J. L.; RIBEIRO, A. M. M.; NOGUEIRA, André. Participação em banca de Alyne dos Santos Gonçalves. Augusto Ruschi: pensamento ecológico e estratégias conservacionistas na esfera pública capixaba (1930-1970). 2016.

4.
NOGUEIRA, André; KURY, L. B.; PIMENTA, T. S.. Participação em banca de Evandro Carlos Guilhon de Castro. Cirurgiões Militares e Camaristas em Minas Gerais Colonial. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em História das Ciências) - Fundação Oswaldo Cruz.

Qualificações de Mestrado
1.
FRANCO, S. P.; MERLO, P. M. S.; NOGUEIRA, André. Participação em banca de Karolina Dias da Cunha. Inspetoria de Higiene pública do Espírito Santo: políticas de assistência à saúde em tempos de epidemias. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
IV Jornada de Pós-Graduação em História das Ciências e da Saúde.Religiosidade e Práticas afro-brasileiras. 2017. (Seminário).

2.
III Colóquio de História das Doenças.Moderador de apresentações de comunicações-livres. 2015. (Outra).

3.
II Jornada de Pós-Graduação em História das Ciências e da Saúde.História das terapêuticas e das práticas de cura. 2013. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
FRANCO, S. P. ; NASCIMENTO, D. R. ; SILVEIRA, A. J. T. ; NOGUEIRA, André . IV Colóquio de História das Doenças. 2016. (Outro).

2.
NOGUEIRA, André; SANTOS, V. S. . II Simpósio Internacional de Estudos Inquisitoriais: religião e poder.Organizador de Simpósio temático: A Inquisição na África e os Africanos na Inquisição.. 2013. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Fernanda Lambranho Saldanha. Contos de fadas e seus mistérios. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Pedagogia) - Faculdade União Araruama de Ensino. Orientador: André Luís Lima Nogueira.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 20/10/2018 às 17:06:06