Amábile Ferreira

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3528927275103644
  • Última atualização do currículo em 24/08/2017


Possuo bacharelado em Ciências Biológicas/Habilitação em Biologia Marinha pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2005) e mestrado em Oceanografia Biológica pela Universidade Federal do Rio Grande (2008). Concluí o doutorado no mesmo Programa (2012), com tese entitulada "Propriedades óticas das florações do fitoplâncton na quebra de plataforma Argentina". Atualmente sou pós-doutoranda no CEBIMar/USP, com foco nas propriedades de absorção e espalhamento da luz do fitoplâncton e demais constituintes para a determinação da reflectância dos oceanos e aplicações ao sensoriamento remoto em regiões costeiras e na Antártica. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Amábile Ferreira
Nome em citações bibliográficas
FERREIRA, A.;Ferreira, Amabile;Ferreira, Amábile;FERREIRA, A

Endereço


Endereço Profissional
Universidade de São Paulo, Instituto de Biociências, Centro de Biologia Marinha da USP.
Rodovia Manoel Hypólito do Rego
Praia do Cabelo Gordo
11600000 - São Sebastião, SP - Brasil
Telefone: (12) 38628450


Formação acadêmica/titulação


2008 - 2012
Doutorado em Pós-Graduação em Oceanografia Biológica.
Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.
com período sanduíche em Scripps Institution of Oceanography - California (Orientador: Dr. Dariusz Stramski).
Título: Propriedades Óticas do fitoplâncton na Plataforma Argentina, Ano de obtenção: 2012.
Orientador: Dr. Carlos Alberto Eiras Garcia.
Coorientador: Dr. Dariusz Stramski.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: absorção da luz pelo fitoplâncton; bio-ótica; quebra de plataforma da Patagônia.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
2006 - 2008
Mestrado em Oceanografia Biológica.
Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.
Título: ABSORÇÃO E ATENUAÇÃO DA LUZ NA QUEBRA DA PLATAFORMA ARGENTINA, COM ÊNFASE NA ABSORÇÃO PELO FITOPLÂNCTON.,Ano de Obtenção: 2008.
Orientador: Virgínia Maria Tavano Garcia.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: ecologia do fitoplancton; bio-ótica do fitoplancton.
2002 - 2005
Graduação em Ciências Biológicas/Habilitação em Biologia Marinh.
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Título: Análise da contribuição do fitoplâncton e do material particulado na absorção de luz na Baía de Santos.
Orientador: Áurea Maria Ciotti.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.


Pós-doutorado


2014
Pós-Doutorado.
Centro de Biologia Marinha, CEBIMAR, Brasil.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Fitoplâncton.
2016 - 2017
Pós-Doutorado.
Observatoire Oceanologique de Villefranche, OOV, França.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
2013 - 2013
Pós-Doutorado.
Centro de Biologia Marinha, CEBIMAR, Brasil.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Fitoplâncton.


Formação Complementar


2016 - 2016
Extensão universitária em Estimativa do metabolismo planctônico no ecossistema costeiro. (Carga horária: 12h).
Centro de Biologia Marinha, CEBIMAR, Brasil.
2014 - 2014
Frontiers in Ocean Optics and Ocean Colour Science. (Carga horária: 40h).
Laboratoire d'Océanographie de Villefranche, LOV, França.
2009 - 2009
Phytoplankton Community Structure: From the Molecu. (Carga horária: 120h).
Partnership for Observations of the Global Ocean, POGO, Inglaterra.
2009 - 2009
Application of the PHYSAT method to in situ and sa. (Carga horária: 320h).
Université du Littoral Côte d'Opale, ULCO, França.
2008 - 2008
Curso de Oceanografia por Satélite usando WIM/Wam. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.
2005 - 2005
Análise e caracterização de massas de água. (Carga horária: 8h).
Associação Brasileira de Oceanografia, AOCEANO, Brasil.
2004 - 2004
Traduzindo a genômica do câncer. (Carga horária: 3h).
Conselho Regional de Biologia 1ª Região, CRBIO1, Brasil.
2004 - 2004
Uma reflexão bioética sobre a Biotecnologia. (Carga horária: 3h).
Conselho Regional de Biologia 1ª Região, CRBIO1, Brasil.
2004 - 2004
O silenciamento gênico e suas aplicações. (Carga horária: 3h).
Conselho Regional de Biologia 1ª Região, CRBIO1, Brasil.
2003 - 2003
Remessa de materiais de peixes para exames laborat. (Carga horária: 6h).
Núcleo de Pesquisa em Chondrichytes, NUPEC, Brasil.
2003 - 2003
Biologia, ecologia e conservação do Boto-cinza. (Carga horária: 12h).
Instituto de Pesquisas Cananéia, IPEC, Brasil.
2003 - 2003
Manguezal: funcionamento e uso racional. (Carga horária: 8h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2003 - 2003
Vazamento de óleo no mar - aspectos ecológicos. (Carga horária: 8h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2003 - 2003
Bem-estar animal. (Carga horária: 6h).
Universidade Federal de Uberlândia, UFU, Brasil.
2002 - 2002
Extensão universitária em Tópicos Especiais Em Biologia Marinha. (Carga horária: 30h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
1999 - 2001
Inglês. (Carga horária: 324h).
Cultura Inglesa, CI, Brasil.
1996 - 1998
Inglês. (Carga horária: 144h).
Fisk English Courses, FISK, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2012
Vínculo: Estudante de Doutorado, Enquadramento Funcional: Bolsista CNPq, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2006 - 2008
Vínculo: Estudante de mestrado, Enquadramento Funcional: Bolsista Capes, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

10/2007 - 10/2007
Outras atividades técnico-científicas , Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão.

Atividade realizada
Embarque no Navio de Apoio Oceanográfico Ary Rongel (OPERANTAR XXVI); Travessia Rio Grande (RS) - Puntar Arenas (Chile); 2.030 milhas; 11 dias.
3/2007 - 3/2007
Outras atividades técnico-científicas , Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão.

Atividade realizada
Embarque no NAvio de Apoio Oceanográfico Ary Rongel (OPERANTAR XXV) ;Travessia Antártica - Montevidéu; 3.544 milhas; 29,5 dias.
10/2006 - 10/2006
Outras atividades técnico-científicas , Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão.

Atividade realizada
Embarque no Navio de Apoio Oceanográfico Ary Rongel (OPERANTAR XXV); Travessia Rio Grande (RS) - Antártica; 2.890 milhas; 21,5 dias.

Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2005
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 16

Atividades

3/2005 - Atual
Estágios , Instituto Oceanográfico da USP, .

Estágio realizado
Aplicação de espectrofotometria e fluorometria para análise da absorção de luz pelo fitoplâncton e material particulado na Baía de Santos.
9/2005 - 9/2005
Outras atividades técnico-científicas , Instituto Oceanográfico da USP, Instituto Oceanográfico da USP.

Atividade realizada
Embarque em navio oceanográfico; 731 milhas náuticas, 165 horas de navegação, 7 dias de mar.

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2003
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Científica, Carga horária: 16

Atividades

7/2004 - 12/2004
Estágios , Campus do Litoral Paulista - Unidade São Vicente, .

Estágio realizado
Fitoplâncton da Baía de São Vicente e sua relação com a transparência da água - Duração de 100 horas.
6/2004 - 6/2004
Estágios , Instituto de Biociências - Campus de Botucatu, .

Estágio realizado
Estágio de Iniciação Científica na Área de Ecologia de Riachos - Duração de 108 horas.
3/2004 - 6/2004
Estágios , Campus do Litoral Paulista - Unidade São Vicente, .

Estágio realizado
Técnicas para o estudo da dinâmica do fitoplâncton em uma região estuarina - 8 horas semanais.


Projetos de pesquisa


2013 - Atual
Cooperation Brazil-Canada supporting the implementation of the "Brazilian Coastal Monitoring System (SiMCosta)

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Carlos Alberto Eiras Garcia em 21/06/2016.
Descrição: The present project aims to perform several actions towards planning, acquiring and developing equipments and knowledge training, seeking the implementation of the "Brazilian Coastal Monitoring System (SiMCosta)", throughout the cooperation among five Brazilian research institutes, one Canadian university and three private companies (two Brazilian and one Canadian). The SiMCosta aims to improve the Brazilian coastal observing systems, by using advanced and integrated methodologies, which can obtain, analyze and distribute permanent and continuous temporal series of climatic and oceanographic parameters, collected in several points along the coast. The SiMCosta seeks to detect long term trends, improve the capability of predicting the effects of climatic variability and climate changes and contribute with other national efforts of early warning systems for extreme events. In the medium term, the SiMCosta aims to install platforms embracing the entire Brazilian coastal region. The project SiMCosta was created in December 2011, attending a specific request from the Ministry of Environment (MMA) and an old need identified by the Brazilian scientific community. It has been first financed with resources from the Climate Change National Funds (MMA/ Fundo Clima), summing R$ 1.96 million. The Coastal Zones Network, linked to the Brazilian Network for Global Climate Change Studies (Rede CLIMA) and the National Institute of Science and Technology for Climate Changes (INCT for Climate Changes), will be responsible for establishing and implementing the monitoring system. The Federal University of Rio Grande (FURG) and its Institute of Oceanography (IO) are national leaders in oceanic and coastal sciences. The IO is the headquarter of several integrated Brazilian programs and initiatives, such as the Coastal Zone Network, the National Institute of Science and Technology for the Sea (INCT-Sea) and the Brazilian Long Term Ecological Research (Brazilian LTER). The Dalhousie University (Halifax, Canada) is internationally recognized in the field of oceanic science and technology. In 1990, researchers from this institution founded Satlantic Incorporation, aiming to attend the emerging need for more precise optical sensors, used in the calibration and validation of on board satellite sensors. In 2010, Satlantic integrated the companies Sea-Bird Electronic and WET Labs Inc. to form Sea-Bird Scientific, aiming to design integrated water physical and biogeochemical sensors for the global scientific community. We hope that the cooperation among the Brazilian institutions, the Canadian University and the private companies, a jointed effort towards the application of the most advanced technology developed in the areas of oceanic sensors, floating platforms and data transmission, will improve the Brazilian coastal observing systems..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Amábile Ferreira - Integrante / Carlos Alberto Eiras Garcia - Coordenador / Áurea Maria Ciotti - Integrante / Osmar O Moller - Integrante / Antonio Fernando Harter Fetter Filho - Integrante.
2012 - Atual
Temático Biota/Araçá Biodiversidade e funcionamento de um ecossistema costeiro tropical: subsídios para gestão integrada, Módulos Interações Tróficas, Sistema Nectônico, Modelagem Ecológico
Descrição: A região costeira vem sofrendo pressões de diferentes origens, tipos e magnitudes que comprometem serviços ambientais e levam a perda de qualidade de vida da população que depende direta ou indiretamente de seus recursos. O gerenciamento costeiro tem como meta integrar interesses econômicos, sociais e ambientais e buscar a sustentabilidade desta região. Entretanto, a tomada de decisão recai sobre a necessidade de um entendimento amplo e ao mesmo tempo profundo do sistema a ser manejado, como preconiza a Agenda 21, integração de conhecimento inexistente na costa brasileira. Neste sentido este projeto tem como objetivo realizar uma pesquisa efetivamente integrada e orientada por esta demanda para entender como uma região costeira funciona em termos sistêmicos, considerando processos físicos, biológicos e sociais, como circulação, transporte de sedimentos, interações tróficas, fluxos de matéria e energia, produção e dinâmica pesqueira, entre outros temas. Adicionalmente, este estudo irá caracterizar os serviços ambientais prestados por este ambiente, incluindo os econômicos e não econômicos bem como os diretos e indiretos, com destaque para aqueles derivados da biodiversidade marinha, e avaliar a importância socioeconômica da região. Por fim, pretende elaborar, participativamente, propostas de ação visando a sustentabilidade da região. Como estratégia de execução este projeto considerará a baía do Araçá como modelo de estudo que poderá ser transposto para outras regiões. A obtenção e a análise desses dados de forma simultânea, por tipo de habitat, permitirá investigar essa região sob uma ótica integrada, ou seja, as questões relacionadas com o estado atual da área e sua importância ecológica, social, econômica e política, permitindo um diálogo entre ciência e tomadores de decisão..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Amábile Ferreira - Integrante / Áurea Maria Ciotti - Integrante / Antonia Cecilia Zacagnini Amaral - Coordenador / Carmem Lúcia D.B.R. Wongstschowski - Integrante / Alexander Turra - Integrante / Yara S. Novelli - Integrante.
2011 - Atual
PROcessos de enriquecimento de águas superficiais do Oceano Austral e influências sobre o ecosSIStema marinho: dos produtores primários aos predadores de topo PRO-OASIS

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Carlos Alberto Eiras Garcia em 25/03/2013.
Descrição: Este projeto é embasado na experiência adquirida na elaboração e condução de programas e/ou projetos de pesquisa do Grupo de Oceanografia de Altas Latitudes (GOAL), criado no âmbito do Edital CNPq/PROANTAR 02/2002, com a aprovação da Rede 1 - Antártica, Mudanças Globais, Meio-Ambiente e Teleconexões com o Continente Sul-Americano. Como é imperativo a compreensão da variabilidade oceânica (em nível físico e biológico) devido aos processos naturais para que se possa, posteriormente, isolar os efeitos devido ao quadro de mudanças globais, o GOAL vem atuando em programas plurianuais de longo prazo. As atividades científicas do grupo estão inseridas em inúmeros programas internacionais, demonstrando, assim, total compatibilidade com as metas de longo prazo da comunidade científica mundial. O presente projeto tem a finalidade de dar continuidade ao programa de estudos oceanográficos no Oceano Austral, agora com ênfase nos processos de enriquecimento das águas superficiais e suas conseqüências em alguns compartimentos dos ecossistemas marinhos de regiões aparentemente produtivas, ao redor da Península Antártica. O meio ambiente marinho será inicialmente caracterizado através de suas propriedades termohalinas (temperatura e salinidade), que fornecerão informações sobre as massas de água e o grau de estabilidade da coluna de água do mar. Os níveis dos macronutrientes (nitrogênio, fósforo, silício) e do metal ferro serão determinados na coluna d água, com especial atenção à proximidade de geleiras e icebergs. A perda de massa e o nível de derretimento das geleiras serão estimados por medidas in-situ e por modelagem. As propriedades óticas aparentes (ex: refletância espectral, entre outras) e inerentes (ex: absorção espectral do material particulado e dissolvido, entre outras) das águas superficiais serão medidas e correlacionadas com constituintes óticos, dentre eles o fitoplâncton marinho. No caso da biota marinha, os estudos in-situ estarão concentrados nos microrganismos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Amábile Ferreira - Integrante / Áurea Maria Ciotti - Integrante / Carlos Alberto Eiras Garcia - Coordenador / Virgínia Maria Tavano Garcia - Integrante / Carlos Rafael Borges Mendes - Integrante / Eduardo Secchi - Integrante / Alex Prast - Integrante.
2007 - Atual
SOS-CLIMATE (Southern Ocean Studies for Understanding Global Climate Issues)
Descrição: A proposta brasileira para a oceanografia durante o Ano Polar Internacional, SOS-CLIMATE, conduzirá estudos multidisciplinares nas áreas da quebra da plataforma e talude Antártico, particularmente nas regiões oeste do Mar de Weddell, passagem de Philip, Ilha Elefante, Estreito de Bransfield e Gerlache. A proposta visa contribuir no constante monitoramento da exportação de águas densas formadas nessa região. Este aspecto é crucial para o entendimento das mudanças no clima da Terra. A proposta brasileira está embasada na obtenção de dados hidrográficos e dinâmicos (correntometria) na região, através de seções repetidas a bordo de navio e de fundeios em setores considerados críticos na região do talude do Estreito de Bransfield e Ilha Joinville. As seções hidrográficas serão coordenadas com outras atividades previstasI, como por exemplo fundeios de correntômetros e termo-condutivímetros na região das passagens profundas a oeste das Ilhas Orcadas do Sul. Além disso, o grupo do SOS-CLIMATE irá amostrar aspectos químicos e biológicos destas águas como as concentrações de nutrientes dissolvidos, as concentrações de biomassa fitoplanctônicas e as relações entra o sinal ótico e os constituintes da água do mar (clorofila, material particulado e matéria orgânica dissolvida). Durante a Rede-1/GOAL, verificou-se a dessalinização da bacia central do Estreito de Bransfield. Durante o API, pretende-se, através dos fundeios (moorings), monitorar as propriedades termohalinas e correntes do fundo oceânico para verificar sua variabilidade sazonal e intranual..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (3) .

Integrantes: Amábile Ferreira - Coordenador.
2004 - 2006
Análise da contribuição do fitoplâncton e do material particulado na absorção da luz na Baía de Santos
Descrição: O projeto pretende caracterizar os espectros de absorção da luz pelo fitoplâncton e pelos detritos na Baía de Santos (SP) e quantificar a participação relativa desses componentes nas propriedades ópticas das águas da Baía, durante dois períodos com diferentes características climatológicas e físicas. O estudo faz parte do Projeto Temático Fapesp (2003/09932-1) ECOSAN, cujo objetivo é quantificar o impacto biológico da Pluma do estuário de Santos na Plataforma Continental adjacente, dentro de um contexto oceanográfico e, portanto, multidisciplinar..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .

Integrantes: Amábile Ferreira - Integrante / Áurea Maria Ciotti - Coordenador.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
2004 - 2006
ECOSAN - A influência do complexo estuarino da Baixada Santista sobre o Ecossistema da Plataforma Continental Adjacente
Descrição: O objetivo do projeto é quantificar o impacto biológico da Pluma do estuário de Santos na Plataforma Continental adjacente, dentro de um contexto oceanográfico e, portanto, multidisciplinar..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Amábile Ferreira - Coordenador.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
2004 - Atual
PATEX - Processos físicos e bio-geoquímicos na quebra da plataforma da Patagônia
Descrição: PATEX (PATagonian EXperiment) é um projeto multidisciplinar de coleta e análise de dados oceanográficos (físicos, químicos e biológicos) e atmosféricos no Oceano Austral, mais especificamente na região da quebra da plataforma Argentina (Patagônia), onde alta abundância de fitoplâncton marinho ocorre durante a primavera e verão de cada ano, com dominância de cocolitoforídeos, segundo a literatura. Estas florações possuem papel relevante nos processos biogeoquímicos no hemisfério sul, tais como no seqüestro de CO2 atmosférico e na liberação de compostos de enxofre para a atmosfera, os quais interferem na formação de nuvens e no nível de albedo terrestre. No entanto, estes complexos processos ainda não são totalmente compreendidos e, menos ainda, quantificados. Assim, durante os cruzeiros oceanográficos propostos neste trabalho, pretende-se contribuir para a elucidação de alguns destes processos. Outro objetivo, de importância neste projeto, é de mapear do espaço, através de técnicas de modelagem e de sensoriamento remoto, a abundância e distribuição da biomassa e composição de grupos do fitoplâncton marinho, entre outros parâmetros. Análises recentes das imagens de satélites desta área sugerem que as florações estendem-se de setembro a março de cada ano, com alta variabilidade interanual, e em várias ocasiões as águas da plataforma e quebra da plataforma Argentina parecem ser advectadas para a região costeira do sul do Brasil, com prováveis impactos positivos na produção biológica local..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) .

Integrantes: Amábile Ferreira - Coordenador.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Biologia Geral / Subárea: Biologia Marinha.
2.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Biológica.
3.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Biológica/Especialidade: Bio-ótica Marinha.
4.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Física / Subárea: Sensoriamento remoto da cor do oceano.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Lê Bem.
Francês
Compreende Razoavelmente, Lê Razoavelmente.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Web of Science
Total de trabalhos:1
Total de citações:1
Ferreira, Amabile  Data: 06/12/2010

Artigos completos publicados em periódicos

1.
6REGAUDIE-DE-GIOUX, A2017REGAUDIE-DE-GIOUX, A ; CASTAGNA, A ; FERREIRA, A ; ABBRECHT, M ; BRAGA, ES ; CIOTTI, AM . Influence of mixed upwelled waters on metabolic balance in a subtropical coastal ecosystem: São Sebastião Channel, southern Brazil. MARINE ECOLOGY PROGRESS SERIES, v. 573, p. 61-72, 2017.

2.
4Ferreira, Amabile2014Ferreira, Amabile; CIOTTI, Áurea Maria ; COLÓ GIANNINI, MARIA FERNANDA . Variability in the light absorption coefficients of phytoplankton, non-algal particles, and colored dissolved organic matter in a subtropical bay (Brazil). Estuarine, Coastal and Shelf Science (Print), v. 139, p. 127-136, 2014.

3.
1FERREIRA, A.2013FERREIRA, A.; STRAMSKI, D. ; GARCIA, C. A. E. ; GARCIA, V. M. T. ; MENDES, C. R. B. ; CIOTTI, Áurea Maria . Variability in light absorption and scattering of phytoplankton in Patagonian waters: Role of community size structure and pigment composition. Journal of Geophysical Research, v. 118, p. 1-17, 2013.

4.
2Ferreira, Amabile2013Ferreira, Amabile; GARCIA, CARLOS A.E. ; DOGLIOTTI, ANA I. ; GARCIA, VIRGINIA M.T. . Bio-optical characteristics of the Patagonia Shelf break waters: Implications for ocean color algorithms. Remote Sensing of Environment, v. 136, p. 416-432, 2013.

5.
3GARCIA, CARLOS ALBERTO EIRAS2011GARCIA, CARLOS ALBERTO EIRAS ; Garcia, Virginia Maria Tavano ; Dogliotti, Ana Inés ; Ferreira, Amábile ; Romero, Silvia I. ; Mannino, Antonio ; Souza, Marcio S. ; Mata, Mauricio M. . Environmental conditions and bio-optical signature of a coccolithophorid bloom in the Patagonian shelf. Journal of Geophysical Research, v. 116, p. C03025, 2011.

6.
5FERREIRA, A.2009FERREIRA, A.; GARCIA, V. M. T. ; GARCIA, C. A. E. . Light absorption by phytoplankton, non-algal particles and dissolved organic matter at the Patagonia shelf-break in spring and summer. Deep-Sea Research. Part 1. Oceanographic Research Papers, v. 56, p. 2162-2174, 2009.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
CIOTTI, A. M. ; FERREIRA, A. . Particulate backscattering coefficients as related to total and size-fractionated chlorophyll-a concentration in a coastal environment. In: Ocean Optics XXII, 2014, Portland. http://www.tos.org/oceanoptics2014/abstract_access.html, 2014.

2.
FERREIRA, A.; GARCIA, C. A. E. ; GARCIA, V. M. T. ; DOGLIOTTI, A. I. . VARIABILITY IN THE HYPERSPECTRAL REMOTE SENSING REFLECTANCE AND PERFORMANCE OF OC4V4 ALGORITHM AT THE COAST OFF PATAGONIA. In: XX Ocean Optics, 2010, Anchorage, Alaska. XX Ocean Optics, 2010.

3.
GARCIA, C. A. E. ; GARCIA, V. M. T. ; ROMERO, S. ; FERREIRA, A. ; DOGLIOTTI, A. I. ; SIGNORINI, S. ; McClain, R. C. . BIO-OPTICAL STUDIES ALONG THE PATAGONIAN SHELF-BREAK ZONE. In: Ocean Optics XIX, 2008, Toscana, Itália. Proceedings of Ocean Optics XIX, 2008. v. 1.

4.
FERREIRA, A.; PERINOTTO, Rafael Riani Costa ; CIOTTI, Áurea Maria . A influência das marés nas variações da biomassa do fitoplâncton na Baía de São Vicente. In: V Congresso Brasileiro de Pesquisas Ambientais e Saúde, 2005, Santos, SP. Anais do V Congresso Brasileiro de Pesquisas Ambientais e Saúde, 2005, 2005.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
FERREIRA, A.; GARCIA, C. A. E. ; GARCIA, V. M. T. ; DOGLIOTTI, A. I. . Variabilidade spectral da Reflectância do Sensoriamento Remoto no Talude Argentino e desempenho do modelo OC4v4 para estimativa de concentração de clorofila-a. In: Congresso Brasileiro de Oceanografia, 2010, Rio Grande. Anais do Congresso Brasileiro de Oceanografia, 2010.

2.
FERREIRA, A.; GARCIA, V. M. T. . CARACTERIZAÇÃO DA VARIABILIDADE ESPECTRAL NA ABSORÇÃO DA LUZ PELO FITOPLÂNCTON NA QUEBRA DA PLATAFORMA PATAGÔNICA, EM PRIMAVERA E VERÃO.. In: Congresso Brasileiro de Oceanografia, 2008, Fortaleza, CE. Livro de Resumos, 2008.

3.
FERREIRA, A.; GARCIA, V. M. T. ; MARCIO, ; GARCIA, C. A. E. ; COMIN, R. . DIFERENÇAS SAZONAIS NA BIOMASSA FITOPLANCTÔNICA TOTAL E POR CLASSES DE TAMANHO NA QUEBRA DE PLATAFORMA DA PATAGÔNIA.. In: Congresso Brasileiro de Oceanografia, 2008, Fortaleza, CE. Livro de Resumos, 2008.

4.
ARAUJO, R. ; FERREIRA, A. ; GARCIA, V. M. T. . DISTRIBUIÇÃO DA BIOMASSA FITOPLANCTÔNICA NA PLATAFORMA DA PATAGÔNIA, DURANTE UMA FLORAÇÃO DE COCOLITOFORÍDEOS. In: Simpósio de Pesquisas Antárticas, 2008, São Paulo, SP. Livro de Resumos, 2008.

5.
ARAUJO, R. ; FERREIRA, A. ; GARCIA, V. M. T. . DISTRIBUIÇÃO HORIZONTAL E VERTICAL DA BIOMASSA FITOPLANCTÔNICA NA PLATAFORMA DA PATAGÔNIA, JANEIRO/2008. In: Semana Nacional de Oceanografia, 2008, Arraial do Cabo. Livro de Resumos, 2008.

6.
GARCIA, C. A. E. ; GARCIA, V. M. T. ; FERREIRA, A. ; ROMERO, S. . MEDIDAS BIO-ÓTICAS NA REGIÃO DA QUEBRA DA PLATAFORMA ARGENTINA, OUTUBRO DE 2006. In: XII Congresso Latino-Americano de Ciências do Mar, 2007, 2006, Florianópolis. Anais do XII Congresso Latino-Americano de Ciências do Mar CD-rom, 2007. v. 1.

7.
FERREIRA, A.; CIOTTI, Áurea Maria . Contribuição relativa do fitoplâncton e dos detritos na absorção de luz na Baía de Santos e estuário, durante o verão. In: II Congresso Brasileiro de Oceanografia, 2005, Vitória, Espírito Santo. Livro de Resumos do II Congresso de Oceanografia, 2005.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
FERREIRA, A.; CIOTTI, A. M. ; GARCIA, C. A. E. ; Bricaud, A. ; GENTILI, B. . Temporal variability of SeaWiFS-derived chlorophyll-a and a cell size parameter of phytoplankton along the Patagonian shelf-break, from 1998 to 2009.. In: Ocean Sciences Meeting, 2012, Salt Lake City. TOS/AGU/ASLO Abstract Book, 2012.

2.
FERREIRA, A.; GARCIA, V. M. T. ; GARCIA, C. A. E. . Variability in particle absorption and scattering coefficients at the coast off Patagonia in spring and Summer.. In: Scientific Committee on Antarctic Research (SCAR) XXXI - and Open Science Conference, 2010. Scientific Committee on Antarctic Research (SCAR) XXXI - and Open Science Conference, 2010.

3.
FERREIRA, A.; GARCIA, C. A. E. ; GARCIA, V. M. T. . Variabilidade temporal da calcita e concentração de clorofila-a na quebra da Plataforma Argentina, através do sensor MODIS/Aqua.. In: Simpósio Brasileiro do Sensoriamento Remoto, 2009, Natal. Anais do XIV Simpósio Brasileiro do Sensoriamento Remoto, 2009.

4.
PERINOTTO, Rafael Riani Costa ; FERREIRA, A. ; PEREIRA, Larissa Miranda ; CIOTTI, Áurea Maria . Variações diárias da biomassa e do estado fisiológico do fitoplâncton na Baía de São Vicente e suas relações com os ciclos de maré. In: I Congresso Brasileiro de Oceanografia, 2004, Itajaí, Santa Catarina. Livro de Resumos do I Congresso Brasileiro de Oceanografia, 2004.

Artigos aceitos para publicação
1.
FERREIRA, A.; CIOTTI, Áurea Maria ; MENDES, C. R. B. ; UITZ, J. ; Bricaud, A. . Phytoplankton light absorption and the package effect in relation to photosynthetic and photoprotective pigments in the northern tip of Antarctic Peninsula. JOURNAL OF GEOPHYSICAL RESEARCH, 2017.

Apresentações de Trabalho
1.
REGAUDIE-DE-GIOUX, A. ; CASTAGNA, A. ; FERREIRA, A. ; ABBRECHT, M. ; BRAGA, E. ; CIOTTI, A. M. . Metabolic balance in a subtropical coastal upwelling system. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

2.
CIOTTI, A. M. ; FERREIRA, A. ; COLÓ GIANNINI, MARIA FERNANDA ; LOPES, R. M. ; MEDEIROS, M. G. ; MARCOLIN, C. R. ; SIGNORI, C. N. ; PELLIZARI, V. H. . Variabilidade sazonal e episódica doas comunidades de plâncton da Baía do Araçá. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

3.
FERREIRA, A.; CIOTTI, A. M. . Caracterização das propriedades ópticas inerentes ao redor da Península Antártica ? Efeito da composição de pigmentos na eficiência de absorção da luz pelo fitoplâncton. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
FERREIRA, A.; CIOTTI, Áurea Maria ; GARCIA, C. A. E. ; Bricaud, A. ; GENTILI, B. . Temporal variability of SeaWiFS-derived chlorophyll-a and a cell size parameter of phytoplankton along the Patagonian shelf-break, from 1998 to 2009. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
GARCIA, C. A. E.; MOLLER, O. O. Jr.; FERREIRA, A.. Participação em banca de Jeane Patrício Rodrigues.Absorção e atenuação da luz e suas relações com os constituintes óticos das águas da plataforma e talude superior do sul do Brasil. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanologia) - Universidade Federal do Rio Grande.

2.
FERREIRA, A.; CIOTTI, Áurea Maria. Participação em banca de Nayara Bettencourt Pinto de Carvalho.Análise Comparativa de estimativas de clorofila-a e coeficiente de absorção de luz pelo fitoplâncton obtidas in situ e através dos sensores MODIS/Aqua e SeaWiFs. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas Habilitação e Biologia Marinha) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
XIX Simpósio de Biologia Marinha.Variabilidade das propriedades ópticas inerentes ao redor da Península Antártica. 2015. (Simpósio).

2.
2012 Ocean Sciences Meeting.Variability in light absorption and scattering of phytoplankton in Patagonian waters: Role of community size structure and pigment composition. 2012. (Encontro).

3.
Congresso Brasileiro de Oceanografia. VARIABILIDADE ESPECTRAL DA REFLECTÂNCIA DO SENSORIAMENTO REMOTO NO TALUDE ARGENTINO E DESEMPENHO DO MODELO OC4V4 PARA ESTIMATIVA DE CONCENTRAÇÃO DE CLOROFILA-A. 2010. (Congresso).

4.
Scientific Committee on Antarctic Research (SCAR) XXXI - and Open Science Conference.Variability in particle absorption and scattering coefficients at the coast off Patagonia in spring and Summer.. 2010. (Encontro).

5.
XX Ocean Optics.VARIABILITY IN THE HYPERSPECTRAL REMOTE SENSING REFLECTANCE AND PERFORMANCE OF OC4V4 ALGORITHM AT THE COAST OFF PATAGONIA. 2010. (Encontro).

6.
II Congresso Brasileiro de Oeanografia. II Congresso Brasileiro de Oeanografia. 2005. (Congresso).

7.
V Congresso Brasileiro de Pesquisas Ambientais e Saúde. V Congresso Brasileiro de Pesquisas Ambientais e Saúde. 2005. (Congresso).

8.
XVII Semana Nacional de Oceanografia.XVII Semana Nacional de Oceanografia. 2005. (Outra).

9.
15º Encontro de Biólogos do CRBio-1(SP,MT,MS).15º Encontro de Biólogos do CRBio-1(SP,MT,MS). 2004. (Encontro).

10.
II Simpósio Brasileiro de Oceanografia.II Simpósio Brasileiro de Oceanografia. 2004. (Simpósio).

11.
III Simpósio de Ecologia Comportamental e de Interações.III Simpósio de Ecologia Comportamental e de Interações. 2003. (Simpósio).

12.
I Semana da Biologia Marinha e do Gerenciamento Costeiro.I Semana da Biologia Marinha e do Gerenciamento Costeiro. 2003. (Outra).

13.
ll Workshop De Chondrichthyes do NUPEC.ll Workshop De Chondrichthyes do NUPEC. 2003. (Outra).

14.
XIV Encontro Regional de Estudantes de Biologia - SE.XIV Encontro Regional de Estudantes de Biologia - SE. 2003. (Encontro).

15.
XXI Encontro Anual de Etologia.XXI Encontro Anual de Etologia. 2003. (Encontro).

16.
I Encontro Nacional do Gerenciamento Costeiro.I Encontro Nacional do Gerenciamento Costeiro. 2002. (Encontro).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
FERREIRA, A.; CIOTTI, A. M. ; BARBOSA, C. ; CARVALHO, L. A. S. ; CARMO, A. ; BERNARDO, N. . Últimos avanços, medições em campo e inter-calibração de sensores do retro-espalhamento na água do mar. 2017. (Outro).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/02/2019 às 11:55:44