Rosalvo Nobre Carneiro

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/8412414250233687
  • Última atualização do currículo em 16/10/2018


Atualmente é professor do Curso de Geografia e Professor Permanente do Mestrado em Ensino (PPGE) no Campus de Pau dos Ferros. Foi Professor Permanente do Mestrado Interdisciplinar em Ciências Sociais e Humanas (PPGCISH) no Campus de Mossoró de 2011 a 2018. Exerceu a função de Bolsista de Produtividade em Pesquisa da UERN entre 2013 e 2015. Atuou como Editor-chefe da Revista Geotemas entre 2011 e 2017. Tem dedicando atenção profissional para a explicação e a compreensão do espaço como mundo da vida e mundo do sistema analisando as transformações dos espaços culturais pelos processos de reificação do mercado e do poder político; Atualmente é Coordenador de área do Subprojeto PIBID Geografia da UERN e vem trabalhando com o Estágio Curricular Supervisionado, Metodologias de Ensino e Formação Docente em Geografia associada à Teoria do Agir Comunicativo. Dentre as produções, destaque para o livro "Os dois circuitos da economia urbana dos países subdesenvolvidos hoje" e o livro "Pensando a Geografia e o ensino dos seus conceitos-chave". (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Rosalvo Nobre Carneiro
Nome em citações bibliográficas
CARNEIRO, R. N.


Formação acadêmica/titulação


2007 - 2011
Doutorado em Geografia.
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Título: As semelhanças, diferenças e interações dos circuitos de fluxos socioespaciais de redes de dormir do Nordeste brasileiro., Ano de obtenção: 2011.
Orientador: Alcindo José de Sá.
Palavras-chave: Circuitgo Inferior; Circuitos da economia urbana; circuitos de fluxos socioespaciais; São Bento-PB; redes de dormir.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Geografia / Subárea: Geografia Humana / Especialidade: Geografia Cultural.
2004 - 2006
Mestrado em Geografia.
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Título: Produção do espaço e circuitos de fluxos da indústria têxtil de São Bento-PB: do meio técnico ao meio técnico-científico-informacional.,Ano de Obtenção: 2006.
Orientador: Alcindo José de Sá.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: circuitos de fluxos socioespaciais; meio técnico-científico-informacional; redes de dormir; São Bento-PB; Circuito Inferior; Circuitos da economia urbana.
1997 - 2001
Graduação em Geografia.
Universidade Estadual da Paraíba, UEPB, Brasil.
Título: A indústria têxtil em São Bento ? PB: da manufatura à maquinofatura..
Orientador: Helio de Oliveira Nascimento.




Formação Complementar


2010 - 2010
Oficina de Filmagem. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
2009 - 2009
Elaboração de projetos de extensão. (Carga horária: 8h).
Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, UERN, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, UERN, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto IV, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

08/2018 - Atual
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geografia Econômica
Orientação e Estágio Supervisionado em Geografia II - Turma A
04/2017 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Universidade Federal Rural do Semi-Árido, .

03/2017 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , Campus Avançado Profª Maria Elisa de Albuquerque Maia - CAMEAM, Campus Avançado Profª Maria Elisa de Albuquerque Maia - CAMEAM.

Atividade realizada
Coordenador de Estágio Supervisionado do Curso de Geografia (CAMEAM/UERN).
03/2017 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-graduação (PROPEG/UERN), .

Cargo ou função
Comitê Institucional de Pesquisa e Inovação (CIPI) da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.
10/2013 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Campus Avançado Profª Maria Elisa de Albuquerque Maia - CAMEAM, .

01/2013 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Campus Avançado Profª Maria Elisa de Albuquerque Maia - CAMEAM, .

05/2011 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais - FAFIC, Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais e Humanas - PPGCISH.

01/2011 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Avançado Profª Maria Elisa de Albuquerque Maia - CAMEAM, Departamento de Geografia/CAMEAM.

Cargo ou função
Editor Chefe da Revista Geotemas. Site da revista: http://periodicos.uern.br/index.php/geotemas/index.
05/2008 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Avançado Profª Maria Elisa de Albuquerque Maia - CAMEAM, Curso de Geografia.

Cargo ou função
Membro da Comissão do Projeto Político-Curricular do Curso de Geografia do CAMEAM/CPPC.
05/2018 - 09/2018
Ensino, Ensino, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos avançados em ensino: Jurgen Habermas e a educação
03/2018 - 07/2018
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Orientação e Estágio Supervisionado em Geografia III - Turma B
Geografia Regional do Brasil
03/2016 - 03/2018
Direção e administração, Campus Avançado Profª Maria Elisa de Albuquerque Maia - CAMEAM, Curso de Geografia.

Cargo ou função
Coordenador de Curso de Graduação - Portaria n. 0112/2016 - GR/UERN.
07/2017 - 11/2017
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Orientação e Estágio Supervisionado em Geografia II - Turma A
Geografia Econômica
04/2017 - 06/2017
Ensino, Ciências Sociais e Humanas, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Identidade, cultura e subjetividade
02/2017 - 06/2017
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geografia Regional do Brasil
07/2016 - 12/2016
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geografia Econômica
07/2016 - 12/2016
Ensino, Ensino, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Ensino Interdisciplinar em Ciências Humanas e Sociais
02/2016 - 06/2016
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geografia Regional do Brasil
09/2015 - 01/2016
Ensino, Ciências Sociais e Humanas, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos Especiais II - Introdução ao pensamento de Milton Santos
04/2015 - 12/2015
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geografia Econômica
04/2015 - 09/2015
Ensino, Ciências Sociais e Humanas, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
A natureza do espaço: técnica, tempo. razão e emoção.
03/2013 - 03/2015
Direção e administração, Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais - FAFIC, Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais e Humanas - PPGCISH.

Cargo ou função
Vice-coordenador do Promagra de Pós-Graduação em Ciências Sociais e Humanas - PPGCISH.
09/2014 - 02/2015
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Atividade Prática I
Geografia do Nordeste
Geografia Regional do Brasil
09/2014 - 12/2014
Ensino, Mestrado Acadêmico em Ensino, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Conceitos e categorias geográficas de ensino
04/2014 - 08/2014
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geografia Econômica
05/2013 - 08/2014
Extensão universitária , Campus Avançado Profª Maria Elisa de Albuquerque Maia - CAMEAM, .

Atividade de extensão realizada
Coordenador do Projeto de Extensão "Educação e cidadania no e para o trânsito em Pau dos Ferros-RN: discussões e ações sobre o direito à cidade o direito à vida.
08/2012 - 08/2014
Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-graduação, Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica.

Cargo ou função
Membro Titular do Comitê Interno do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica - PIBIC (Portaria n. 0010/2014-GR/UERN).
04/2014 - 04/2014
Ensino, Geografia PARFOR (Segunda Licenciatura), Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geografia do Rio Grande do Norte
10/2013 - 02/2014
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geografia do Nordeste
10/2013 - 02/2014
Ensino, Ciências Sociais e Humanas, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Identidades, cultura e subjetividade
10/2013 - 01/2014
Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-graduação, Assessor da Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação.

Cargo ou função
Assessor da PROPEG (Portaria n. 7826/2013-GR/UERN.
05/2013 - 10/2013
Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-graduação, Assessor da Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação.

Cargo ou função
Assessor da PROPEG (Portaria n. 3865/2013-GR/UERN).
05/2013 - 09/2013
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geografia Urbana
05/2013 - 05/2013
Ensino, Geografia PARFOR (Segunda Licenciatura), Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geografia Urbana
10/2012 - 05/2013
Ensino, Ciências Sociais e Humanas, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Identidades, cultura e subjetividade
05/2012 - 05/2013
Extensão universitária , Campus Avançado Profª Maria Elisa de Albuquerque Maia - CAMEAM, .

Atividade de extensão realizada
Coordenador do Projeto de Extensão "Educação no trânsito e para o trânsito em Pau dos Ferros-RN: discussões e ações sobre o direito à cidade o direito à vida.
11/2012 - 04/2013
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geografia do Nordeste
10/2012 - 10/2012
Ensino, Geografia PARFOR (Segunda Licenciatura), Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Metodologia do Trabalho Científico
10/2012 - 10/2012
Ensino, Geografia PARFOR (Segunda Licenciatura), Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Oficina de Geografia Humana
05/2012 - 10/2012
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geografia econômica
01/2012 - 10/2012
Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-reitoria de Extensão-PROEX, .

Cargo ou função
Membro Titular da Comissão de Extensão.
05/2012 - 09/2012
Ensino, Mestrado em Ciências Sociais e Humanas, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
A natureza do espaço: técnica e tempo, razão e emoção
11/2011 - 03/2012
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Atividade Prática: Geografia e Arte
Geografia do Nordeste
Geografia Regional do Brasil
11/2011 - 03/2012
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Avançado Profª Maria Elisa de Albuquerque Maia - CAMEAM, Departamento de Geografia/CAMEAM.

Cargo ou função
Membro da Comissão de Projeto Político Pedagógico do Curso de Geografia.
02/2010 - 11/2011
Direção e administração, Campus Avançado Profª Maria Elisa de Albuquerque Maia - CAMEAM, Curso de Geografia.

Cargo ou função
Coordenador de Curso.
02/2011 - 10/2011
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Atividade Prática IV: O ensino de Geografia
Geografia Econômica
09/2010 - 01/2011
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geografia do Nordeste
Geografia Regional do Brasil
04/2010 - 08/2010
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Atividade Prática I: O ensino de Geografia
Geografia Econômica
10/2009 - 03/2010
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Atividade Prática: O ensino de Geografia
Geografia do Nordeste
Geografia Regional do Brasil
10/2009 - 03/2010
Extensão universitária , Campus Avançado Profª Maria Elisa de Albuquerque Maia - CAMEAM, Departamento de Geografia/CAMEAM.

Atividade de extensão realizada
Coordenador do Projeto de Extensão "Pensando a Geografia e seus conceitos-chave" no semestre 2009.2.
10/2008 - 03/2010
Outras atividades técnico-científicas , Campus Avançado Profª Maria Elisa de Albuquerque Maia - CAMEAM, Campus Avançado Profª Maria Elisa de Albuquerque Maia - CAMEAM.

Atividade realizada
Orientador Acadêmico nos semestre 2008.2 a 2009.2.
10/2009 - 02/2010
Direção e administração, Campus Avançado Profª Maria Elisa de Albuquerque Maia - CAMEAM, Departamento de Geografia/CAMEAM.

Cargo ou função
Vice-Coordenador de Curso de Graduação.
05/2009 - 09/2009
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Atividade prática: O ensino de Geografia
Geografia Agrária
Geografia Econômica
05/2009 - 09/2009
Extensão universitária , Campus Avançado Profª Maria Elisa de Albuquerque Maia - CAMEAM, Curso de Geografia.

Atividade de extensão realizada
Coordenação do Projeto de Extensão "Pensando a Geografia e seus conceitos-chave" no semestre 2009.1.
10/2008 - 04/2009
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geografia Regional
Geografia Regional do Brasil
10/2008 - 04/2009
Extensão universitária , Campus Avançado Profª Maria Elisa de Albuquerque Maia - CAMEAM, Departamento de Geografia/CAMEAM.

Atividade de extensão realizada
Coordenador do Projeto de Extensão "Pensando a Geografia e seus conceitos-chave" no semestre 2008.2.
05/2008 - 09/2008
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geografia Econômica (6° período)
Geografia Econômica (2° período)
Prática de Ensino em Geografia II
05/2008 - 09/2008
Extensão universitária , Campus Avançado Profª Maria Elisa de Albuquerque Maia - CAMEAM, Curso de Geografia.

Atividade de extensão realizada
Membro do Projeto de Extensão "Pensando a Geografia e seus conceitos-chave" no semestre 2008.1.
05/2008 - 09/2008
Outras atividades técnico-científicas , Campus Avançado Profª Maria Elisa de Albuquerque Maia - CAMEAM, Campus Avançado Profª Maria Elisa de Albuquerque Maia - CAMEAM.

Atividade realizada
Coordenador das Atividades Práticas no semestre 2008.1.
05/2008 - 05/2008
Treinamentos ministrados , Campus Avançado Profª Maria Elisa de Albuquerque Maia - CAMEAM, Curso de Geografia.

Treinamentos ministrados
Mini Curso "Discutindo as relações entre Território, Espaço e Poder a partir do filme 300" na IV Jornada Geográfica
01/2008 - 05/2008
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Atividade Prática: Cineclube
Geografia do Nordeste
Introdução à Ciência Geográfica
Prática de Ensino em Geografia I

E.M.E.I.F Dr° Jarques Lúcio da Silva, -, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2007
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor efetivo, Carga horária: 40

Atividades

02/2001 - 03/2007
Ensino,

Disciplinas ministradas
Geografia


Linhas de pesquisa


1.
Produção material e reprodução simbólica do espaço - (Espaço, Ensino e Ciências Humanas - GEPEECH/UERN)

Objetivo: Linha do Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Espaço, Ensino e Ciências Humanas (GEPEECH) Nesta linha, propõe-se realizar discussões e pesquisas sobre a produção material e a reprodução simbólica de espaços sub-regionais do Nordeste brasileiro, com ênfase no Rio Grande do Norte e no Alto Oeste Potiguar, a partir das interações entre cultura, mercado e Estado..
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Geografia / Subárea: Geografia Humana / Especialidade: Geografia Política.
Palavras-chave: Espaço; Produção material; Simbolismo; Cultura; Identidade.
2.
Espaço e ensino em ciências humanas na educação básica - (Espaço, Ensino e Ciências Humanas - GEPEECH/UERN)

Objetivo: Linha do Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Espaço, Ensino e Ciências Humanas (GEPEECH) Nesta linha, propõe-se realizar discussões e pesquisas sobre o ensino e a aprendizagem dentro das Ciências Humanas da educação básica, com destaque para o sistema público de ensino do Rio Grande do Norte e do Alto Oeste Potiguar..
Grande área: Ciências Humanas
Palavras-chave: Espaço; Ensino; Ciências Humanas; Educação básica.
3.
Cotidiano, Identidades e Subjetividades (Mestrado Interdisciplinar em Ciências Humanas e Sociais - PPGCISH/UERN)

Objetivo: Aglutina estudos acerca das experiências e práticas sociais cotidianas que envolvem construções de coletividades, elaborações culturais e simbólicas concernentes à produção diferencial e subjetiva e a enunciação de processos identitários de grupos e indivíduos, levando em conta os aspectos étnicos, raciais e de gênero, dentre outros. Inclui, ainda, reflexões sobre os processos de formação e expressão de subjetividades, percepções, afetos, pensamentos em meio às formações culturais e sociais, bem como a produção e transmissão de conhecimentos e saberes e modos de fazer, conceber e representar temporalidades e espacialidades de populações e/ou grupos sociais e culturalmente diferenciados. As análises propõem leituras e abordagens acerca da produção de identidades, dos contextos cotidianos de negociação e articulação das diferenças em torno dos processos de enunciação da cultura, no âmbito de sistemas de identificação cultural e das mobilizações identitárias coletivas, como uma dimensão generalizada do discurso humano; este explora e agencia as diferenças no intuito de produzir diversas concepções de identidade coletivas e de articular a fronteira da diferença, por meio das experiências cotidianas, diretas e simultâneas da continuidade e da ruptura, caracterizando a cultura como um universo aberto-fechado, permanentemente modificado pelas sequências dos eventos e que produz a inovação como algo intrínseco, dado e constante..
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Geografia / Subárea: Geografia Humana.
Palavras-chave: Cotidiano; Identidade; Subjetividade.
4.
(Uno)diversidade, Desigualdades Socioespaciais e Dinâmicas Territoriais no Semiárido Brasileiro

Objetivo: Tomando o Semiárido Brasileiro como a escala espacial de partida e de chegada da análise, da discussão, da investigação e dos estudos acerca das desigualdades socioespaciais, das dinâmicas territoriais e dos usos do território, o objetivo geral deste grupo de estudos e pesquisas é investigar as desigualdades socioespaciais, as dinâmicas territoriais e os usos do território no semiárido brasileiro, levando em consideração temas como: educação, Estado, urbanização, cultura, identidade, técnica, finanças, meio ambiente, campo, cidade, planejamento, fome, agricultura, moradia, violência, energia, trabalho, consumo, norma, cidadania, dentre outros, pertinentes à existência humana, nessa interface sociedade-espaço-tempo..
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Geografia / Subárea: Geografia Humana / Especialidade: Ensino de Geografia.
Palavras-chave: Dinâmica Espacial; Educação geográfica.
5.
Ensino de Ciências Humanas e Sociais (Mestrado Acadêmico em Ensino - PPGE/UERN)

Objetivo: Articula pesquisas e produtos educacionais que envolvam a construção de saberes e competências no ensino da educação básica, mediante análise de fenômenos sociais, econômicos, políticos, históricos e culturais, estabelecendo uma relação entre teoria e prática nos processos de ensino e aprendizagem em sala de aula de ciências humana e sociais. Focaliza os processos identitários dos sujeitos envolvidos na problematização dos processos educacionais que caracterizam a sociedade e as particularidades da escola e da aprendizagem, seus espaços, a constituição do ser, explicação, compreensão e contradição das relações sociais e culturais. Discute estratégias metodológicas e novas abordagens de ensino de humanas e ciências sociais, com ênfase em pesquisas quanti-qualitativas e comprometimento com a melhoria da educação básica do semiárido nordestino..
Palavras-chave: Ensino; Ciências Humanas; Ciências Sociais; Geografia; Ensino de Geografia.


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Ensino e aprendizagem em Geografia na educação básica: um perfil da rede pública no Alto Oeste Potiguar
Descrição: Projeto desenvolvido no Programa de Pós-Graduação em Ensino (PPGE). A geografia que se ensina nas escolas públicas do Alto Oeste Potiguar pode ser enquadrada na corrente crítica da Geografia, em voga no Brasil há mais de 40 anos? Os discursos, as práticas e habilidades dos docentes destas escolas estão em sintonia com o ensino e a aprendizagem crítica da Geografia ou ainda permanece uma forte ligação com o ensino tradicional? O objetivo é analisar as práticas docentes de Geografia e a aprendizagem classificando-as em tradicional ou críticas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) .
Integrantes: Rosalvo Nobre Carneiro - Coordenador / Miquéias Virginio da Silva - Integrante / Amanda Santos de Queiroz Oliveira Paiva - Integrante / Andrei Gomes de Azevedo - Integrante.
2017 - Atual
Espaço, munda da vida e mundo do sistema no Alto Oeste Potiguar-RN
Descrição: Pesquisa vinculada ao projeto: "Espaço, mundo da vida e sistema no Alto Oeste Potiguar-RN: uma análise da produção material e simbólica regional a partir das interações entre cultura, mercado e Estado", desenvolvido no Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais e Humanas (PPGCISH). (Introdução). O mundo vivido, espaço compartilhado intersubjetivamente, estruturado pela cultura, personalidade e sociedade, se encontra em constante processo de colonização pelo mundo do sistema estruturado, por sua vez, pelo mercado e pelo Estado. Essa colonização conduz a um embate entre as horizontalidades que se dão no cotidiano compartido comunicativamente entre as pessoas e as verticalidades que se impõe, a partir da ação instrumental dos meios deslinguistisados, como o dinheiro e o poder. (Objetivo). Neste sentido, o espaço é analisado, compreendido e explicado em função das interações entre a reprodução simbólica do mundo da vida e a reprodução material do mundo do sistema. Especificamente a produção e a reprodução simbólica e material da região do Alto Oeste Potiguar a partir das interações entre as manifestações de cultura regional, a estruturação da economia de acumulação flexível e do Estado neoliberal. (Referencial). Fundamenta-se em Habermas (1990, 2003c) e sua teoria da ação comunicativa; Schutz; Luckmann (2009) e sua teoria do mundo da vida; Santos (2004, 2008) e sua teoria da totalidade espacial; Carneiro (2009, 2011b, 2015) e seus estudos sobre a articulação das teorias miltonianas e habermasianas. (Metodologia). Sendo formado por 37 municípios, propõe-se trabalhar 100% do Universo. Estudos de cunho historiográfico, em fontes primárias, sobre a formação territorial dos municípios e as atividades/espaços culturais locais, serão acompanhados pela obtenção de informações sobre o perfil econômico e suas transformações ao longo do tempo, sobre a atuação do Estado vinculada àquelas atividades culturais. (Resultados esperados). Sendo uma ?região serviçal?, dependente do setor de serviços e a serviço do mercado, observam-se implicações culturais do avanço do mercado global. Se, de um lado, nota-se uma fragilidade intra-regional de desenvolvimento cultural inclusive direcionada pela não atuação ou ação seletiva do Estado, por outro, alguns municípios revalorizam sua cultura, produzindo e reproduzindo seus cotidianos conforme as suas vantagens espaciais, a exemplo das festas religiosas ? Marcelino Vieira e Encanto ? das festas em praças públicas ? Pau dos Ferros ? da dança de caboclos ? Major Sales ? dos remanescentes quilombolas em Portalegre..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Rosalvo Nobre Carneiro - Coordenador / Aluizio Bezerra Júnior - Integrante / Maria Erlane Bezerra Bessa - Integrante / Conceição Kévia Firmino da Silva - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2016 - 2017
Produção e reprodução material e simbólica do espaço
Descrição: O mundo da vida cotidiano, compartilhado intersubjetivamente, está estruturado pela cultura, personalidade e sociedade, e se encontra em processo de colonização pelo mundo do sistema, isto é, sujeito a processos de racionalização pelas logicas do mercado e do Estado. A imposição da racionalidade instrumental sobre os processos de reprodução simbólica do espaço, porém, de alguma forma se rebate positivamente na construção de identidades territoriais. Busca-se, assim, compreender a construção de identidades territoriais a partir da produção material do espaço pelo mercado e pelo Estado. Delimita-se Pau dos Ferros e Major Sales e o período de constituição do meio técnico-científico-informacional no Brasil, pós 1970. Fundamenta-se em Habermas (1990, 2003) e sua teoria da ação comunicativa e do mundo da vida; Santos (2004) e sua teoria da totalidade espacial, além de Haesbaert (1999) sobre identidades territoriais e Carneiro (2011, 2014) em seus estudos que articulam as teorias miltonianas e habermasianas. Pesquisa de métodos mistos, seguindo o pensamento de Creswell (2010) utilizar-se-á entrevista e observação participante, além de levantamentos historiográficos sobre a Dança de Caboclos. Para a FINECAP, sobretudo questionários. Se por um lado constata-se a invenção de novas atividades econômicas na região do Alto Oeste Potiguar-RN, como a FINECAP em Pau dos Ferros, por outro se observa a revalorização de manifestações culturais tradicionais, como a Dança de Caboclos em Major Sales. As atividades econômicas e as manifestações culturais sofrem influências do mercado e do Estado de tal modo que, neste processo, há rebatimentos espaciais através da construção de identidades territoriais ou na reprodução de seus mundos da vida..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Rosalvo Nobre Carneiro - Coordenador / Mariana Pricilia de Assis - Integrante / Talhany Cris Ferreira da Conceição - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2015 - 2016
Produção e reprodução material e simbólica do espaço
Descrição: Pesquisa vinculada ao projeto: "Espaço, mundo da vida e sistema: uma análise da produção material e simbólica no Alto Oeste Potiguar-RN", desenvolvido no Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais e Humanas (PPGCISH). O mundo da vida cotidiano, compartilhado intersubjetivamente, está estruturado pela cultura, personalidade e sociedade, e se encontra em processo de colonização pelo mundo do sistema, isto é, sujeito a processos de racionalização pelas logicas do mercado e do Estado. A imposição da racionalidade instrumental sobre os processos de reprodução simbólica do espaço, porém, de alguma forma se rebate positivamente na construção de identidades territoriais. Busca-se, assim, compreender a construção de identidades territoriais a partir da produção material do espaço pelo mercado e pelo Estado. Delimita-se Pau dos Ferros e Major Sales e o período de constituição do meio técnico-científico-informacional no Brasil, pós 1970. Fundamenta-se em Habermas (1990, 2003) e sua teoria da ação comunicativa e do mundo da vida; Santos (2004) e sua teoria da totalidade espacial, além de Haesbaert (1999) sobre identidades territoriais e Carneiro (2011, 2014) em seus estudos que articulam as teorias miltonianas e habermasianas. Pesquisa de métodos mistos, seguindo o pensamento de Creswell (2010) utilizar-se-á entrevista e observação participante, além de levantamentos historiográficos sobre a Dança de Caboclos. Para a FINECAP, sobretudo questionários. Se por um lado constata-se a invenção de novas atividades econômicas na região do Alto Oeste Potiguar-RN, como a FINECAP em Pau dos Ferros, por outro se observa a revalorização de manifestações culturais tradicionais, como a Dança de Caboclos em Major Sales. As atividades econômicas e as manifestações culturais sofrem influências do mercado e do Estado de tal modo que, neste processo, há rebatimentos espaciais através da construção de identidades territoriais ou na reprodução de seus mundos da vida. Está vinculado ao projeto desenvolvido no Programa de Pós-graduação em Ciências Humanas e Sociais (PPGCISH):.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (0) .
Integrantes: Rosalvo Nobre Carneiro - Coordenador / Mariana Pricilia de Assis - Integrante / Talhany Cris Ferreira da Conceição - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2015 - Atual
Espaço, mundo da vida e sistema no Alto Oeste Potiguar-RN: uma análise da produção material e simbólica regional a partir das interações entre cultura, mercado e Estado.
Descrição: Projeto desenvolvido no Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais e Humanas (PPGCISH. (Introdução). O mundo vivido, compartilhado intersubjetivamente, é estruturado por cultura, personalidade e sociedade, as quais se encontram em constantes e diferentes processos de colonização pelo mundo do sistema, o mercado e o Estado. Tem-se, assim, um embate entre as horizontalidades que se dão no cotidiano e as verticalidades que se impõe de fora. (Objetivo). Neste sentido a produção do espaço do Alto Oeste Potiguar é analisada em função das interações entre mundo da vida e mundo do sistema. Propõe-se analisar, deste modo, a produção e reprodução simbólica e material desta região a partir das interações entre as manifestações de cultura local ou regional, o avanço do mercado global com a passagem do fordismo para a acumulação flexível e a transformação do Estado intervencionista para o Estado neoliberal. (Referencial). Fundamenta-se em Habermas (1990, 2003c) e sua teoria da ação comunicativa, Luckman e Schultz (2009) e sua teoria do mundo da vida, Santos (2004) e sua teoria da totalidade espacial, Carneiro (2011) e seus estudos sobre a articulação das teorias miltonianas e habermasianas. (Metodologia). Sendo formado por 36 municípios, propõe-se trabalhar com uma amostra de 09. Estudos de cunho historiográfico serão acompanhados pela obtenção de informações ligadas à economia regional, dentre outros métodos. (Resultados esperados). Espera-se contribuir para o avanço da corrente cultural da Geografia. Sendo uma ?região serviçal?, dependente do setor de serviços e a serviço do mercado, cabe analisar as implicações culturais do avanço do mercado global. Se de um lado se tem uma desigualdade intra-regional de desenvolvimento inclusive direcionada pela atuação seletiva do Estado, por outro, alguns municípios revalorizam sua cultura a partir de baixo, produzindo e reproduzindo seus cotidianos conforme as suas vantagens espaciais, a exemplo do turismo ? Portalegre ? da religião ? Marcelino Vieira ? ou das festas em praças públicas ? Pau dos Ferros..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (5) .
Integrantes: Rosalvo Nobre Carneiro - Coordenador / José Erimar dos Santos - Integrante / Francisco Ringostar Pinto - Integrante / Jocivânia Fernandes do Nascimeneto - Integrante / Fábio Rodrigo Fernandes Araújo - Integrante / Henara Marques da Silva - Integrante / Maria Iratelma Pereira - Integrante.
2014 - 2015
Homicídios e tráfico de drogas: distribuição espacial no Alto Oeste Potiguar-RN
Descrição: Aprovado no Edital EDITAL N° 002/2014-DP/PROPEG/UERN. Seleciona projetos de pesquisa, coordenadores e discentes bolsistas e voluntários para o Programa Institucional de Iniciação Científica da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Introdução. A violência como objeto de interesse pela Geografia se revela a partir de sua dimensão espacial, isto é, por meio da espacialização dos tipos de crime, sua distribuição diferenciada e desigual territorial e as causas que lhe explicam. Objetivo. Determinar a relação entre os homicídios e o tráfico de drogas na região do Alto Oeste Potiguar, considerando o período de 2005 a 2011. Metodologia. Serão utilizados os dados primários do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM) ? do Ministério da Saúde, diretamente ligado ao Departamento de Informática do SUS (DATASUS/MS). Especificamente, com à Classificação Internacional de Doenças ? CID-10, Capítulo XX: ?causas externas de morbidade e mortalidade?. Entre as causas de óbito estabelecidas por ela no intervalo de X85 a Y09: ?Agressões?, no qual se enquadram os homicídios. Resultados. Os homicídios tiveram um aumento de 40,17% de 2005 a 2011. Pau dos Ferros, centro sub-regional, lidera o ranking, seguido de Umarizal em 2011. Discussões. Esta distribuição espacial de homicídios nos municípios pode estar diretamente ligadas ao avanço regional e local da rede de tráfico de drogas nacional..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Rosalvo Nobre Carneiro - Coordenador / Marta Evânia Miguel da Silva - Integrante / Taires da Silva Ferreira - Integrante.
2014 - 2015
O circuito inferior informal de moto taxi de Pau dos Ferros-RN
Descrição: Aprovado no Edital EDITAL N° 005/2014 - DP/PROPEG/UERN. Seleciona projetos de pesquisa, coordenadores e discentes bolsistas e voluntários para concorrer às bolsas remanescentes do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica para o Ensino Médio (PIBIC - EM CNPq). A produção e reprodução material das cidades brasileira é resultado e condição de uma estrutura complexa que reflete as interligações entre as atividades humanas de seus circuitos de fluxos socioespaciais inferiores e de seus circuitos de fluxos socioespaciais superiores. Assim, a atividade de moto taxi de Pau dos Ferros, pertencente ao circuito inferior informal aparece como objeto de análise, cuja importância socioal e econômica é revelada pelo serviço que desempenham na mobilidade humana no espaço urbano, inter-urbano e urbano-rural. Boa parte da população de Pau dos Ferros acessa os serviços de moto taxi, incluindo donas de casa, trabalhadores, estudantes, dentre outros públicos que poderão ser identificados em pesquisa de campo. Assim, será utilizado pesquisa in loco para fins de caracterização desta atividade, considerando as variáveis do circuito inferior (SANTOS, 1979; CARNEIRO, 2006, 2011) e mapeamento do circuito espacial da produção desta atividade. Defende-se a necessidade de maior organização deste grupo social, os motos taxistas, e um apoio direto do poder público a exemplo de criação de espaços apropriados para fixação dos mesmo no espaço citadino..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Rosalvo Nobre Carneiro - Coordenador / Amanda Lopes Gurgel - Integrante / Tamyres Dantas da Costa - Integrante / Lucas Tadeu Martins - Integrante / Jeyssi Claudia Martins Silva - Integrante.
2013 - 2017
A Geografia que se ensina na educação básica do Alto Oeste Potiguar-RN: um perfil do ensino fundamental
Descrição: Projeto de credenciamento ao Programa de Pós-Graduação em Ensino (PPG). Introdução: A caracterização do ensino de Geografia na educação básica do Alto Oeste Potiguar-RN a partir das práticas docentes. Objetivo Geral: Analisar as práticas docentes de Geografia em escolas do Ensino Fundamental do Alto Oeste Potiguar-RN, identificando-as como tradicionais ou críticas; Objetivos Específicos: 1. Caracterizar o perfil teórico e metodológico dos docentes de Geografia das escolas do Alto Oeste Potiguar. 2. Analisar diferentes atividades realizadas pelos professores de Geografia nas escolas do Alto Oeste Potiguar. Problematização/justificativa do tema: A geografia que se ensina nas escolas públicas do Ensino Fundamental de Pau dos Ferros pode ser enquadrada na corrente crítica da Geografia, em voga no Brasil há mais de 40 anos? Os discursos, as práticas e habilidades dos docentes destas escolas estão em sintonia com o ensino crítico da Geografia ou ainda permanece uma forte ligação com o ensino tradicional? Os alunos que entram no curso de Geografia da UERN, no Campus Avançado Prof. Maria Elisa de Albuquerque Maia ? CAMEAM, chegam com inúmeras deficiências de aprendizagem em Geografia, notadamente na capacidade de leitura e interpretação de imagens, na construção de conceitos, no entendimento do que seja a ciência geográfica, na baixa capacidade de operacionalização do conhecimento e com uma clara dicotomia da geografia física e humana. São sintomas de uma Geografia Tradicional que se ensinava no país até a década de 1970, a partir de quando surge o movimento critico no ensino de Geografia. Aspectos metodológicos da Pesquisa Pesquisar 1 escola de Ensino Médio pública em cada 1 dos 36 municípios do Alto Oeste Potiguar. Serão enviados para as escolas questionário acerca da formação docente, afim de que estes preencham. Como amostra de análise, acompanharemos de forma sistemática 5 escolas de cidades mais populosas e 5 de cidades menos populosas do Alto Oeste Potiguar, a fim de analisar as práticas docentes diárias. Bases teóricas: CAVALCANTI, L. S. (2002, 2012); DARDEL, E. (2011); HABERMAS, J. (2009); LACOSTE, Y. (2002); MARANDOLA Jr; E.; HOLZER, W.; OLIVEIRA, L. (2012). MORAES, A. C (2005); OLIVEIRA, A. U. (1994); VESENTINI, J. W. (2010). Perspectiva de Repercussão/Impactos/Aplicação no ensino etc: 1. Fortalecimento de parcerias Universidade-Escolas Públicas de Pau dos Ferros; 2. Produção e publicação científica dos alunos do mestrado e da graduação; 3. Retorno informativo e possibilidade de capacitação aos professores de geografia da educação básica. 4. Melhorias no ensino de Geografia da educação básica de Pau dos Ferros..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (3) .
Integrantes: Rosalvo Nobre Carneiro - Coordenador / Cícero Nilton Moreira Silva - Integrante / Miquéias Virginio da Silva - Integrante / Mariana Pricilia de Assis - Integrante / Talhany Cris Ferreira da Conceição - Integrante / Amanda Santos de Queiroz Oliveira Paiva - Integrante / Andrei Gomes de Azevedo - Integrante.
2013 - 2017
A construção de conceitos espaciais nas aulas de Geografia em escolas públicas de Pau dos Ferros-RN: O Ensino Fundamenta
Descrição: Projeto de credenciamento ao Programa de Pós-Graduação em Ensino (PPGE). Os conceitos espaciais constituem o arcabouço de sustentação teórica da Geografia, os quais por sua solidez ou fraqueza de domínio intelectual refletem nos processos de ensino e aprendizagem escolar. Assim, toma-se por objeto de estudo a construção de conceitos espaciais nas aulas de Geografia do Ensino Médio em escolas públicas, tendo como campo de estudo o município de Pau dos Ferros-RN. Tais conceitos incluem inicialmente o de Espaço, meta-conceito da Geografia, e a partir dele os demais, Lugar, Paisagem, Região, Território..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (3) .
Integrantes: Rosalvo Nobre Carneiro - Coordenador / Cícero Nilton Moreira Silva - Integrante / Miquéias Virginio da Silva - Integrante / Mariana Pricilia de Assis - Integrante / Talhany Cris Ferreira da Conceição - Integrante / Amanda Santos de Queiroz Oliveira Paiva - Integrante / Andrei Gomes de Azevedo - Integrante.
2013 - 2014
Espaço público e circuito de fluxo inferior da feira livre de Pau dos Ferros-RN
Descrição: Aprovamos este projeto no EDITAL FAPERN/CNPq nº 009/2012 PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA JÚNIOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE ? PIBIC Jr para a participação de alunos do Ensino Médio de Escolas de Pau dos Ferros, relacionando o tema da Violência Espacial ao Espaço Escolar. Este estudo é um prolongamento da pesquisa desenvolvida no Programa de Pós-Graduação em Ensino (PPGE) intitulado: A Geografia que se ensina na educação básica do Alto Oeste Potiguar-RN: um perfil do ensino fundamental..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Rosalvo Nobre Carneiro - Coordenador / José Fontes Batista - Integrante / Bruna Monaliza Holanda da Silva - Integrante / Ianne Brígida Jacinto dos Anjos - Integrante / Geovana Fernandes Alves - Integrante / Gessica dos Santos Silva - Integrante / Jessica Alice Nogueira de Freitas - Integrante / João Victor dos Nascimento Souza - Integrante / Joyce Azevedo de Souza - Integrante / Lara de Lourdes Freitas de Melo - Integrante / Milena Emilly Feitoza Carvalho - Integrante / Milena Raquel da Costa Melo - Integrante.Financiador(es): Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Norte - Cooperação / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2013 - 2014
As Geografias da violência e no medo do Alto Oeste Potiguar-RN
Descrição: Projeto aprovado no Edital 002/2013?DP/PROPEG/UERN - Seleciona projetos, orientadores e discentes bolsistas e voluntários para o Programa Institucional de Iniciação Científica da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte ? PIBIC UERN. Introdução. A configuração sócioespacial da violência no Alto Oeste Potiguar na atualidade se explica por sua ocupação territorial e pela implantação do ?período técnico-científico-informacional? (SANTOS, 2008) a partir da década de 1970 no Brasil. Objetivo. Objetiva-se analisar as geografias da violência e do medo do Alto Oeste Potiguar no período de 2005 a 2011, buscando identificar as evoluções espaço-temporais dos 10 tipos de ocorrências criminais mais representados nesta região. Referencial. Assim, para entender o processo de evolução da violência, referencia-se teoricamente em Bauman (2008), Santos (2008a), Arendt (2007), Sá (2005), Carneiro (2007, 2008, 2009, 2010, 2011), Tuan (2005), Melgaço (2010). Metodologia. Trabalha-se com dados anuais da polícia militar ? check-ups, os quais representam registros de ocorrências criminais diárias nos municípios. Realizar entrevistas junto aos comandantes das companhias de policia do 7 Batalhão do Rio Grande do Norte. Aplicar questionários junto as 10 prefeituras cujos municípios estão entre os mais violentos do Alto Oeste Potiguar. Realizar entrevistas junto à população deste municípios acerca de violência e do medo. Resultados. No Alto Oeste Potiguar, de janeiro de 2005 a dezembro de 2010 de um total de 14.648 ocorrências criminais analisados mediante os check-ups da polícia militar dominaram os tipos de ocorrências, tais como, embriaguez e desordem, 10.032 ocorrências no total, onde logo em seguida vem Acidentes de Veículos com Danos Materiais, 1.141 registros, as lesões corporais com 583, os acidentes de veículos com lesões corporais e furtos, ambos aparecem logo em seguida com 476 e 350 registros, respectivamente. Conclusões. A geografia da violência e do medo do Alto Oeste se explica em parte por sua geografia econômica e pelas relações entre um estado crescente de insegurança no cenário regional relacionado à incapacidade do Estado, em suas diferentes esferas, particularmente a estadual e as municipais em garantir a segurança, bem como a falta de políticas públicas regionalizada de combate aos problemas intermunicipais..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Rosalvo Nobre Carneiro - Coordenador / Francisco Ringostar Pinto - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2013 - 2014
As Geografias da violência e do medo no Alto Oeste Potiguar-RN
Descrição: Aprovamos este projeto no EDITAL FAPERN/CNPq nº 009/2012 PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA JÚNIOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE ? PIBIC Jr para a participação de alunos do Ensino Médio de Escolas de Pau dos Ferros, relacionando o tema da Violência Espacial ao Espaço Escolar. Este estudo é um prolongamento da pesquisa desenvolvida no Programa de Pós-Graduação em Ensino (PPGE) intitulado: "A construção de conceitos espaciais nas aulas de Geografia em escolas públicas de Pau dos Ferros-RN: O ensino fundamental".
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Rosalvo Nobre Carneiro - Coordenador / Francisco Ringostar Pinto - Integrante / Thiago Vinicius Maia de Lima - Integrante / José Marcos Rodrigues da Silva - Integrante / Railson Gomes de Queiroz - Integrante / Vitor de Andrade Galdino - Integrante / João Vitor Ferreira Duarte - Integrante / Janneson José Ferreira de Lima - Integrante / Clícia Maria de Queiroz - Integrante / Antonia Alícia Chagas Sena Dias - Integrante / Andriano Miguel da Silva - Integrante / André Miguel da Silva - Integrante.Financiador(es): Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Norte - Cooperação / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2013 - 2014
Espaço público e circuito de fluxo inferior da feira livre de Pau dos Ferros-RN
Descrição: Aprovado no EDITAL 002/2013?DP/PROPEG/UERN - Seleciona projetos, orientadores e discentes bolsistas e voluntários para o Programa Institucional de Iniciação Científica da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte ? PIBIC UERN. A economia dos países em desenvolvimento e dos subdesenvolvidos vem se caracterizando, sobretudo a partir do século XX com a industrialização nacional por apresentar uma estrutura dual, mas sem dualismo em que de um lado se encontram atividades produtivas resultantes diretamente dos processos de modernizações e de outro as atividades econômicas que resultam indiretamente destes mesmos processos. Neste último caso encontram-se as atividades ligadas ao circuito inferior da economia (SANTOS, 1979) ou aos circuitos de fluxos sócioespaciais (CARNEIRO, 2010). Este circuito é formado por atividades de pequenas dimensões, familiares, unidades de produção doméstica, pequenas empresas ou microempresas. No circuito de fluxos inferior informal dentre outras estão os feirantes, camelôs e vendedores ambulantes de tal modo que se propõe analisar as relações entre espaço público e as atividades do circuito de fluxos inferior da feira livre de Pau dos Ferros-RN. Apoiam-se, sobretudo em Santos (1979), Carneiro (2006, 2007, 2008, 2009, 2010) e Habermas (2003). O trabalho se propõe a realizar pesquisa de campo com feirantes, consumidores e lojistas a fim de identificar elementos do espaço público ligado à ação comunicativa, ação instrumental e as relações de poder em seu interior. Cada feirante da feira livre de Pau dos Ferros possui equivalente circuito espacial da produção ou uma área de abrangência de suas atividades, que juntos conformam o circuito espacial da produção geral da feira livre, demonstrando a sua importância regional..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Rosalvo Nobre Carneiro - Coordenador / Arilane Fernandes Maia - Integrante.
2012 - 2014
Espaço público e circuito de fluxo inferior da feira livre de Pau dos Ferros-RN
Descrição: Aprovado no EDITAL FAPERN/MCT/CNPQ/CT-INFRA n° 005/2011 ? Programa Primeiros Projetos ? PPP ? Programa de Infraestrutura para Jovens Pesquisadores. A economia dos países em desenvolvimento e dos subdesenvolvidos vem se caracterizando, sobretudo a partir do século XX com a industrialização nacional por apresentar uma estrutura dual, mas sem dualismo em que de um lado se encontram atividades produtivas resultantes diretamente dos processos de modernizações e de outro as atividades econômicas que resultam indiretamente destes mesmos processos. Neste último caso encontram-se as atividades ligadas ao circuito inferior da economia (SANTOS, 1979) ou aos circuitos de fluxos sócioespaciais (CARNEIRO, 2010). Este circuito é formado por atividades de pequenas dimensões, familiares, unidades de produção doméstica, pequenas empresas ou microempresas. No circuito de fluxos inferior informal dentre outras estão os feirantes, camelôs e vendedores ambulantes de tal modo que se propõe analisar as relações entre espaço público e as atividades do circuito de fluxos inferior da feira livre de Pau dos Ferros-RN. Apoiam-se, sobretudo em Santos (1979), Carneiro (2006, 2007, 2008, 2009, 2010) e Habermas (2003). O trabalho se propõe a realizar pesquisa de campo com feirantes, consumidores e lojistas a fim de identificar elementos do espaço público ligado à ação comunicativa, ação instrumental e as relações de poder em seu interior. Cada feirante da feira livre de Pau dos Ferros possui equivalente circuito espacial da produção ou uma área de abrangência de suas atividades, que juntos conformam o circuito espacial da produção geral da feira livre, demonstrando a sua importância regional..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Rosalvo Nobre Carneiro - Coordenador / José Fontes Batista - Integrante / Thalles Chaves Costa - Integrante / Ana Cristina Carvalho de Araújo - Integrante / Caio Anderson de Oliveira Pereira - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Norte - Cooperação.
2012 - 2013
As Geografias da violência e no medo do Alto Oeste Potiguar-RN
Descrição: Aprovado no EDITAL N° 003/2012-DP/PROPEG/UERN Seleciona projetos, orientadores e discentes bolsistas/voluntários para o Programa de Bolsas de Iniciação Científica da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - PIBIC UERN. Introdução. A configuração sócioespacial da violência no Alto Oeste Potiguar na atualidade se explica por sua ocupação territorial e pela implantação do ?período técnico-científico-informacional? (SANTOS, 2008) a partir da década de 1970 no Brasil. Objetivo. Objetiva-se analisar as geografias da violência e do medo do Alto Oeste Potiguar no período de 2005 a 2011, buscando identificar as evoluções espaço-temporais dos 10 tipos de ocorrências criminais mais representados nesta região. Referencial. Assim, para entender o processo de evolução da violência, referencia-se teoricamente em Bauman (2008), Santos (2008a), Arendt (2007), Sá (2005), Carneiro (2007, 2008, 2009, 2010, 2011), Tuan (2005), Melgaço (2010). Metodologia. Trabalha-se com dados anuais da polícia militar ? check-ups, os quais representam registros de ocorrências criminais diárias nos municípios. Realizar entrevistas junto aos comandantes das companhias de policia do 7 Batalhão do Rio Grande do Norte. Aplicar questionários junto as 10 prefeituras cujos municípios estão entre os mais violentos do Alto Oeste Potiguar. Realizar entrevistas junto à população deste municípios acerca de violência e do medo. Resultados. No Alto Oeste Potiguar, de janeiro de 2005 a dezembro de 2010 de um total de 14.648 ocorrências criminais analisados mediante os check-ups da polícia militar dominaram os tipos de ocorrências, tais como, embriaguez e desordem, 10.032 ocorrências no total, onde logo em seguida vem Acidentes de Veículos com Danos Materiais, 1.141 registros, as lesões corporais com 583, os acidentes de veículos com lesões corporais e furtos, ambos aparecem logo em seguida com 476 e 350 registros, respectivamente. Conclusões. A geografia da violência e do medo do Alto Oeste se explica em parte por sua geografia econômica e pelas relações entre um estado crescente de insegurança no cenário regional relacionado à incapacidade do Estado, em suas diferentes esferas, particularmente a estadual e as municipais em garantir.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Rosalvo Nobre Carneiro - Coordenador / Francisco Ringostar Pinto - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 5
2012 - 2013
Espaço, mundo da vida e sistema no Alto Oeste Potiguar-RN: uma análise da produção material e simbólica regional a partir das interações entre cultura, mercado e Estado.
Descrição: Aprovado no EDITAL N° 003/2012-DP/PROPEG/UERN Seleciona projetos, orientadores e discentes bolsistas/voluntários para o Programa de Bolsas de Iniciação Científica da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - PIBIC UERN. (Introdução). O mundo vivido, compartilhado intersubjetivamente, é estruturado por cultura, personalidade e sociedade, as quais se encontram em constantes e diferentes processos de colonização pelo mundo do sistema, o mercado e o Estado. Tem-se, assim, um embate entre as horizontalidades que se dão no cotidiano e as verticalidades que se impõe de fora. (Objetivo). Neste sentido a produção do espaço do Alto Oeste Potiguar é analisada em função das interações entre mundo da vida e mundo do sistema. Propõe-se analisar, deste modo, a produção e reprodução simbólica e material desta região a partir das interações entre as manifestações de cultura local ou regional, o avanço do mercado global com a passagem do fordismo para a acumulação flexível e a transformação do Estado intervencionista para o Estado neoliberal. (Referencial). Fundamenta-se em Habermas (1990, 2003c) e sua teoria da ação comunicativa, Luckman e Schultz (2009) e sua teoria do mundo da vida, Santos (2004) e sua teoria da totalidade espacial, Carneiro (2011) e seus estudos sobre a articulação das teorias miltonianas e habermasianas. (Metodologia). Sendo formado por 36 municípios, propõe-se trabalhar com uma amostra de 09. Estudos de cunho historiográfico serão acompanhados pela obtenção de informações ligadas à economia regional, dentre outros métodos. (Resultados esperados). Espera-se contribuir para o avanço da corrente cultural da Geografia. Sendo uma ?região serviçal?, dependente do setor de serviços e a serviço do mercado, cabe analisar as implicações culturais do avanço do mercado global. Se de um lado se tem uma desigualdade intra-regional de desenvolvimento inclusive direcionada pela atuação seletiva do Estado, por outro alguns municípios revalorizam sua cultura a partir de baixo, produzindo e reproduzindo seus cotidianos conforme as suas vantagens espaciais, a exemplo do turismo ? Portalegre ? da religião ? Marcelino Vieira ? ou das festas em praças públicas ? Pau dos Ferros..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Rosalvo Nobre Carneiro - Coordenador / Jocivânia Fernandes do Nascimeneto - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 2
2012 - 2013
O setor terciário de Pau dos Ferros-RN: uma análise da influência regional dos seus circuitos de fluxos sócioespaciais
Descrição: Aprovado na COMISSÃO PERMANENTE DE PESQUISA (CPP) da UERN em maio de 2012. (Introdução) O setor terciário, incluindo as atividades de serviços intangíveis e de serviços tangíveis ? comércio ? apresenta no mundo contemporâneo maior representatividade na geração de riqueza dos países, de seus estados e da maioria de seus municípios, devendo-se, portanto, considerá-lo nas análises sobre desenvolvimento regional na contemporaneidade. Neste cenário, enfatiza-se o município de Pau dos Ferros-RN cujas atividades produtivas terciárias pertencentes aos seus Circuitos de Fluxos Sócioespaciais, seja o superior ou o inferior, exercem influência sobre os municípios componentes do Alto Oeste Potiguar contribuindo, assim, para o seu desenvolvimento regional. Esta é uma ?região serviçal?, no dizer de Carneiro (2011b), pois se trata de uma região em cujos produtos internos brutos (PIBs) setoriais predominam o setor terciário. Por outro lado, a população desta região é dependente de diversos tipos de serviços ofertados em Pau dos Ferros-RN, tais como os serviços de saúde, serviços de educação e serviços comerciais. (Objetivo). Diante desta realidade objetiva-se analisar a influência socioeconômica de Pau dos Ferros-RN no cenário regional a partir da atuação dos diferentes circuitos de fluxos sócioespaciais que compõem o setor terciário de sua economia. (Referencial) Apoia-se em Santos (1979) e sua teoria dos dois circuitos da economia urbana dos países subdesenvolvidos e, sobretudo, em Carneiro (2006 e 2011a) que desenvolve estudos sobre as relações entre desenvolvimento regional e esta teoria, utilizando, porém, a noção de circuitos de fluxos socioespaciais. (Metodologia). Far-se-á levantamentos em bases institucionais como IBGE, IDEMA, Secretária de Administração de Pau dos Ferros-RN, Câmara de Dirigentes Lojistas dentre outras a fim de obter dados sobre as atividades de serviços de Pau dos Ferros, objeto da pesquisa. Será realizada pesquisa de campo para coleta de dados qualitativos sobre estas atividades, devendo as informações obtidas em todo caso, ser.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Rosalvo Nobre Carneiro - Coordenador / Jobson Reges de Lima - Integrante / Fábio Rodrigo Fernandes Araújo - Integrante / Jeferson Carlos Araújo Tavares - Integrante.
2011 - 2012
As Geografias da violência e do medo do Alto Oeste Potiguar
Descrição: Projeto de pesquisa PIBIC A configuração sócioespacial do Alto Oeste Potiguar na atualidade se explica por sua ocupação territorial e pela implantação do ?período técnico-científico-informacional? (SANTOS, 1999) a partir da década de 1970 no Brasil. Objetiva-se analisar as geografias da violência e do medo do Alto Oeste Potiguar no período de 2005 a 2010, tentando identificar as evoluções espaço-temporais dos tipos de ocorrências criminais mais representativos desta região. Referencia-se teoricamente em Waiselfisz (2008), Santos (1999), Arendt (2005), Sá (2005), Benjamim (1995), Tuan (2005) e especialmente Carneiro et. al. (2008, 2010), Carneiro (2009), Farias e Carneiro (2009), Farias, Maia e Carneiro (2009). Trabalha-se com dados anuais da política militar ? check-ups, os quais representam registros de ocorrências criminais diárias. No Alto Oeste Potiguar, de janeiro de 2005 a dezembro de 2009 de um total de 13.597 ocorrências criminais analisados mediante os check-ups da polícia militar dominaram os tipos violentos de embriaguez e desordem, 9.645 ocorrências no total, seguido por Acidentes de Veículo com Danos Materiais, 961 registros, as Lesões corporais com 500, os acidentes de veículos com lesões corporais e com mortes de pessoas aparecendo logo em seguida com 426 e 311 registros, respectivamente. Os resultados mostram que a violência regional apresenta uma forte relação com questões sociais de ordem cultural, especialmente as ligadas ao uso de bebidas alcoólicas, uma vez que os casos de embriagues e desordem somam mais da metade dos demais tipos de ocorrências analisados. A geografia da violência e do medo do Alto Oeste se explica, em parte, por sua geografia econômica e pelas relações entre um estado crescente de insegurança no cenário regional relacionado à incapacidade do Estado, em suas diferentes esferas, particularmente a estadual e as municipais em garantir a segurança sócioespacial, bem como a falta de políticas públicas regionalizada de combate aos.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Rosalvo Nobre Carneiro - Coordenador / Francisco Ringostar Pinto - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2011 - 2012
Ordenamento Territorial e Desenvolvimento Regional do Alto Oeste Potiguar
Descrição: Projeto de Pesquisa PIBIC O Alto Oeste Potiguar, região do Rio Grande do Norte, é formado por 36 municípios, cujo polo é Pau dos Ferros, secundado por Apodi, Luís Gomes e São Miguel. Esta região apresenta desde 1990 um ordenamento territorial particular no cenário estadual em função das relações entre os perfis socioeconômicos dos seus municípios e o desenvolvimento regional cujas explicações desta relação devem ser buscadas em potenciais diferenciados de desenvolvimento local bem como em problemas diversificados que exigem, em todo caso, ações conjuntas do poder público e da sociedade para sua efetiva solução. Propõe-se analisar as relações entre ordenamento territorial e desenvolvimento regional do Alto Oeste Potiguar a partir do perfil socioeconômico dos seus municípios, tomando-se por base os dados estatísticos governamentais referentes ao período de 1990 a 2010. Trabalhar-se-á com dados dos órgãos governamentais federais como o IBGE, IPEA, SUDENE, Ministério do Turismo, Ministério das Cidades, Ministério da Integração Nacional, Ministério de Minas e Energia, Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Ministério do Meio Ambiente, Ministério do Trabalho e Emprego e as Secretárias do Governo do Estado do Rio Grande do Norte. Após a criação de um banco de dados estatísticos sobre a realidade socioeconômica regional, com a elaboração de tabelas, quadros e gráficos e mapas no SPRING 5.0, as informações serão individualizadas e cruzadas a fim de se analisar e compreende as dinâmicas territoriais do Alto Oeste Potiguar. Como aporte teórico-metodológico, utilizam-se, sobretudo, os estudos de Brasil (2003) sobre políticas de desenvolvimento regional no Brasil, além de Almeida e Soares (2009) e Galvão (2005) os quais realizam trabalham com as questões do ordenamento territorial. A observação permanente e sistemática das diversidades sociais e econômicas dos municípios do Alto Oeste Potiguar poderá contribuir para o entendimento do seu atual ordenamento territor.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Rosalvo Nobre Carneiro - Coordenador / Jocivânia Fernandes do Nascimeneto - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2010 - 2011
As Geografias da violência e do medo do Alto Oeste Potiguar
Descrição: Projeto de pesquisa PIBIC A configuração socioespacial do Alto Oeste Potiguar na atualidade se explica por sua ocupação territorial e pelo avanço do ?período técnico-científico-informacional? (SANTOS, 1999) a partir da década de 1970 no Brasil. Objetiva-se analisar as geografias da violência e do medo do Alto Oeste Potiguar no período de 2005 a 2009, tentando identificar as evoluções espaço-temporais dos tipos de crimes mais representativos. Referencia-se teoricamente em Waiselfisz (2008), Santos (1999), Arendt (2005), Sá (2005), Benjamim (1995), Tuan (2005) e especialmente Carneiro et. al. (2008), Carneiro (2009), Farias e Carneiro (2009), Farias, Maia e Carneiro (2009). Trabalha-se com dados da política militar ? check-ups. No Alto Oeste Potiguar, de janeiro de 2005 a dezembro de 2008 de um total de 12.021 ocorrências criminais analisados mediante os check-ups da polícia militar dominaram os tipos violentos de embriaguês e desordem, 8.782 ocorrências no total, seguido por Acidentes de Veículo com Danos Materiais, 799 registros, os acidentes de veículos com lesões corporais e com mortes de pessoas aparecem logo em seguida com 325 e 160 registros, respectivamente. A geografia da violência e do medo do Alto Oeste se explica, em parte, por sua geografia econômica e pelas relações entre um estado crescente de insegurança no regional relacionado à incapacidade do Estado, em suas diferentes esferas, particularmente a estadual e as municipais em garantir a segurança socioespacial..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Rosalvo Nobre Carneiro - Coordenador / Miquéias Virginio da Silva - Integrante / Cristiano Souza Paiva da Silva - Integrante / Maria Adriana de Souza Lins - Integrante / Dâmarys Fontes Costa - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 1
2009 - 2010
Desenvolvimento regional e indústria têxtil de moda íntima de Tabuleiro Grande
Descrição: Projeto de pesquisa PIBIC Analisar o desenvolvimento regional da cidade de Tabuleiro Grande ? RN a partir de suas seis indústrias têxteis de moda íntima, de acordo com os circuitos de fluxos sócioespaciais e os circuitos de fluxos das indústrias têxteis de moda íntima, identificando as modificações ocorridas em escala local e regional. Sendo feito um estudo dessas indústrias, das quais três produzem peças íntimas: Ellis moda íntima que teve inicio no ano de 1997, J. Érica moda íntima, no ano de 2004, e Du corpo moda íntima, essas fábricas contam com várias lojas, distribuídas no Rio Grande do Norte e em outros estados. A Fascínios moda íntima, D.L.S. Alças e Elita?s etiquetas que fornecem acessórios para as indústria locais, e de algumas cidades vizinha. A partir da pesquisa de campo, foi analisando o processo produtivo dessas indústrias bem como o seu desenvolvimento, sendo realizada entrevistas junto aos funcionários, a fim de conhecer suas condições de trabalho, qualificações profissionais, renda, escolaridade entre outras informações, e aos respectivos proprietários das fábricas, no intuito de levantar dados sobre a organização dessas, os processos produtivos, e comercialização, sendo esses dados tabulados e transformado em gráficos. Foi possível identificar, com base na análise desses fatores a evolução de suas potencialidades econômica, através de atividades que têm condições favoráveis para o desenvolvimento desse município e de todo auto oeste Potiguar..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Rosalvo Nobre Carneiro - Coordenador / Fablênia Tatiany de Farias - Integrante / Maria Erivanir Rodrigues Nunes - Integrante.
Número de produções C, T & A: 2
2009 - 2010
Produção do espaço regional e indústria têxtil de Jardim de Piranhas-RN: uma análise comparativa com Jaguaruana-CE.
Descrição: Projeto convênio BNB/IUERN 11/2009: Objetiva-se estudar a produção do espaço regional de Jardim de Piranhas-RN a partir das interações entre o mundo vivido e os circuitos de fluxos socioespaciais de sua indústria têxtil de fabricação de redes de dormir, mantas, tapetes, panos de prato dentre outros buscando compará-la à realidade de Jaguaruana-CE. Estes municípios apresentam realidades diferenciais quanto à produção de seus espaços regionais, expressas na existência diferencial dos seus circuitos de fluxos socioespaciais e mundos sociais vividos. Espera-se, assim, com este estudo, contribuir à elaboração de proposta de planejamento e desenvolvimento socioespacial para o município de Jardim de Piranhas, na medida em que Jaguaruana-CE apresenta maior tradição industrial, um arranjo produtivo local organizado, forte presença estatal e institucional além de ser grande exportador de seus produtos têxteis..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2010
Indústria têxtil e desenvolvimento regional em pequenas cidades do Alto Oeste Potiguar
Descrição: Convênio FAPERN/UERN O presente projeto nasce a partir da discussão presente em projetos de pesquisa desenvolvidos no Núcleo de Estudos em Geografia Agrária e Regional (NuGAR) do Curso de Geografia do CAMEAM/UERN, sobre a produção do espaço das pequenas cidades do semiárido nordestino, caracterizadas pela ausência de políticas públicas e atividades econômicas voltadas para o desenvolvimento da população. No Alto Oeste Potiguar, as economias secundárias apresentam-se com pouca expressão na pauta comercial da região, proporcionando um quadro com baixa dinâmica socioeconômica, entretanto, a produção têxtil em alguns municípios, a exemplo de Tabuleiro Grande, São Francisco do Oeste e Rodolfo Fernandes, desponta como uma alternativa para o desenvolvimento regional. Cada um destes municípios apresenta uma ou mais empresas integrantes a determinado circuito de fluxos sociais, cabendo-se identificar, se no ?circuito de fluxos inferior informal?, no ?circuito de fluxos inferior formal? ou no ?circuito de fluxos superior secundário?. A cada um destes circuitos de fluxos sociais, há um correlato circuito espacial da produção, incluindo o ?circuito espacial da produção local?, o ?circuito espacial da produção regional?, o ?circuito espacial da produção nacional? e/ou ?circuito espacial da produção internacional?. O desenvolvimento regional no Brasil e, particularmente em Tabuleiro Grande, São Francisco do Oeste e Rodolfo Fernandes deve levar em consideração, portanto, a ação destes diferentes circuitos, pois em cada caso uma articulação singular se dá entre o mundo vivido, partilhado intersubjetivamente e organizado linguisticamente e o mundo sistêmico, representado pelo Estado e pelo mercado. Para o desenvolvimento desta pesquisa nos embasamos em Bassan e Siendeberg (2003), Becker (2003), Bezerra (2008), Carneiro (2006, 2007), Castells (2003), Habermas (1990), Maia (2005) e Santos (1979a, 1979b, 1999) e procederemos metodologicamente a partir de levantamento bibliográfico e.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) .
Integrantes: Rosalvo Nobre Carneiro - Integrante / Luiz Eduardo do Nascimento Neto - Integrante / Josué Alencar Bezerra - Coordenador / Fablênia Tatiany de Farias - Integrante / Andrea Paula Rego Maia - Integrante / Maria Berlândia da Silva Farias - Integrante / Maria Erivanir Rodrigues Nunes - Integrante.Financiador(es): Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Norte - Auxílio financeiro.
2009 - 2010
As Geografias da violência e do medo do Alto Oeste Potiguar
Descrição: Projeto de pesquisa PIBIC A configuração socioespacial do Alto Oeste Potiguar na atualidade se explica por sua ocupação territorial e pelo avanço do ?período técnico-científico-informacional? (SANTOS, 1999) a partir da década de 1970 no Brasil. Objetiva-se analisar as geografias da violência e do medo do Alto Oeste no período de 2001 a 2008, tentando identificar as transformações espaço-temporais dos tipos de violência e a percepção da população frente à segurança. Referencia-se teoricamente em Waiselfisz (2008), Santos (1999), Arendt (2005), Sá (2005), Benjamim (1995), Tuan (2005) e especialmente Carneiro et. al. (2008) o qual analisou as relações entre segurança e violência no Alto Oeste Potiguar, no período de janeiro a agosto de 2008. Buscar-se-á trabalhar com dados da política militar ? check-ups ? e policia civil ? boletins de ocorrência. As pesquisas de campo servirão à compreensão das relações entre a ?tecnosfera da segurança? e a ?tecnosfera da insegurança? do Alto Oeste Potiguar, expressas nos seus sistemas de objetos e ações da segurança pública e privada respectivamente e a construção da ?psicosfera da segurança?, da ?psicosfera da insegurança? (CARNEIRO et. al., 2008) e do medo. O Alto Oeste Potiguar destaca-se como uma região dual, de um lado com uma economia tradicional estagnada e, de outro, com uma economia emergente, cujas atividades de apicultura, confecções, artesanato, turismo, comércio e serviços aparecem como possibilidades para o seu desenvolvimento sustentável (IICA, 2006, p. 69). A geografia da violência e do medo do Alto Oeste se explica, em parte, por sua geografia econômica e pelas relações entre um estado crescente de insegurança no regional relacionado à incapacidade do Estado, em suas diferentes esferas, particularmente a estadual e as municipais em garantir a segurança socioespacial..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Rosalvo Nobre Carneiro - Coordenador / Emeson Matheus Bezerra Ferreira - Integrante / Andrea Paula Rego Maia - Integrante / Maria Berlândia da Silva Farias - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 5
2008 - 2009
Os mundos vividos de Jardim de Piranhas-RN e Tacaratu-PE e suas relações com os circuitos de fluxos socioespaciais das indústrias têxteis de redes de dormir locais.
Descrição: Projeto de pesquisa PIBIC.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Rosalvo Nobre Carneiro - Coordenador / José Erimar dos Santos - Integrante.Financiador(es): Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 2


Projetos de extensão


2013 - 2014
Educação e Cidadania no e para o trânsito em Pau dos Ferros-RN: Discussões e ações sobre o direito à cidade e o direito à vida
Descrição: Este projeto de extensão surge como um desdobramento da pesquisa PIBIC-UERN, 2008-2013, ?As geografias da violência e do medo no Alto Oeste Potiguar-RN? realizada no âmbito do curso de Geografia e das experiências em Educação para a Cidadania no Trânsito, a partir da disciplina de Estágio Supervisionado III, semestre 2012.1, do curso de Pedagogia, atividades de pesquisa e ensino, respectivamente, realizadas no Campus Avançado Prof.ª Maria Elisa de Albuquerque Maia ? CAMEAM . A pesquisa PIBIC evidenciou que os acidentes de trânsito em suas diferentes formas ? acidentes de trânsito com danos materiais, acidentes de trânsito com lesões corporais e acidentes de trânsito com mortes de pessoas ? constitui o segundo tipo de ocorrências criminais mais representativos do Alto Oeste Potiguar e de Pau dos Ferros, como apontam Carneiro et. al. (2008) e Carneiro (2009 e 2010). Em função destes indicadores do Alto Oeste Potiguar e igualmente dos indicadores da cidade de Pau dos Ferros serem alarmantes comparativamente às demais 35 cidades desta região se propõe um trabalho de caráter educativo, de cunho participativo, que envolva os diversos atores sociais que compõem o trânsito, segmentos da sociedade civil organizada e poder público local, em torno da problemática da violência e da falta de educação no trânsito no espaço urbano deste município. Propõe-se um trabalho de educação ? para pedestres e condutores de veículos em geral ? no e para o trânsito ? incluindo além destes as escolas públicas municipais e estaduais de Pau dos Ferros. Este é, sobretudo, um projeto de extensão espacial ou sócioespacial e humanístico, na medida em que se busca discutir sobre o direito à cidade e o direito à vida, a partir da concepção de Mobilidade Urbana Sustentável, seguindo a linha do Ministério das Cidades, cujas ações de trânsito e para o trânsito estão voltadas para as pessoas e não para os veículos. Texto escrito por Rosalvo Nobre Carneiro e Sheyla Maria Fontenele Macedo.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (13) .
Integrantes: Rosalvo Nobre Carneiro - Coordenador / Sheyla Maria Fontenele Macedo - Integrante / Maria Luiza Alves - Integrante / Aline Kalyane Magalhães - Integrante / Fernanda Lucianne da Silva - Integrante / Ivanilza de Souza Beserra - Integrante / Leandro Gomes Silva - Integrante / Maria de Fátima Aires Andrade - Integrante / Dejânia Maria Silva Souza - Integrante / Jhonnys Ferreira Nascimento - Integrante / Maria Cleoneide de Souza Santos - Integrante / Maria Raquel Bezerra - Integrante / Ana Raquel de Oliveira - Integrante / Francisca Romelha Alexandre - Integrante / Valéria Vieira Pereira - Integrante.
2012 - 2013
Educação no trânsito e para o trânsito em Pau dos Ferros-RN: Discussões e ações sobre o direito à cidade e o direito à vida
Descrição: Este projeto de extensão surge como um desdobramento da pesquisa PIBIC-UERN ?As geografias da violência e do medo no Alto Oeste Potiguar-RN? realizada no âmbito do curso de Geografia do Campus Avançado Prof.ª Maria Elisa de Albuquerque Maia ? CAMEAM. Este estudo evidenciou que os acidentes de trânsito em suas diferentes formas ? acidentes de trânsito com danos materiais, acidentes de trânsito com lesões corporais e acidentes de trânsito com mortes de pessoas ? constitui o segundo tipo de ocorrências criminais mais representativos do Alto Oeste Potiguar e de Pau dos Ferros, como apontam Carneiro et. al. (2008) e Carneiro (2009 e 2010). Em função destes indicadores do Alto Oeste Potiguar e igualmente dos indicadores da cidade de Pau dos Ferros serem alarmantes comparativamente às demais 35 cidades desta região se propõe um trabalho de caráter educativo, de cunho participativo, que envolva os diversos agentes de trânsito, segmentos da sociedade civil organizada e poder público local, em torno da problemática da violência do trânsito no espaço urbano deste município. Propõe-se um trabalho de educação no trânsito ? para pedestres e motoristas ? e para o trânsito ? incluindo além destes as escolas públicas municipais e estaduais de Pau dos Ferros. Este é, sobretudo, um projeto de extensão espacial ou sócioespacial na medida em que se busca discutir sobre o direito à cidade e o direito à vida, a partir da concepção de Mobilidade Urbana Sustentável, seguindo a linha do Ministério das Cidades, cujas ações de trânsito e para o trânsito estão voltadas para as pessoas e não para os veículos..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (7) .
Integrantes: Rosalvo Nobre Carneiro - Coordenador / Ramon Felipe da Silva - Integrante / Lígia Fernanda da Silveira Andrade - Integrante / Ana Cristina Costa - Integrante / Hélida Lunara De Freitas - Integrante / Maria Juliete Maia Gomes - Integrante / Adlane Fontes Oliveira - Integrante.Financiador(es): Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - Bolsa.
2008 - 2010
Pensando a Geografia e seus Conceitos-Chave
Descrição: A ciência geográfica possui vários conceitos-chave, dentre os quais espaço, paisagem, território, região, lugar, escala, globalização, técnicas e rede que se constituem como base de formação teórico-metodológica, expresso inclusive nos PCNs e PCNs+. Nesse sentido, torna-se necessário ao aluno do curso de Geografia e ao profissional já graduado a clareza e entendimento desses conceitos com vistas a um ensino de qualidade. Podemos observar uma carência no debate e na compreensão dos referidos conceitos pelos alunos do Curso de Geografia do Campus Avançado Profª Maria Elisa de Albuquerque Maia, bem como pelos professores que lecionam Geografia nas escolas de ensino fundamental e médio no Município de Pau dos Ferros e Alto Oeste Potiguar, isto porque a maioria deste profissionais não possui a formação específica na área. O Curso de Geografia do CAMEAM/UERN possui papel significante para a dinamização das discussões acerca da organização do espaço da região do Alto Oeste Potiguar. Nesse contexto, o Município de Pau dos Ferros configura-se como pólo regional, demonstrando a necessidade da sociedade local discutir questões pertinentes à produção e organização, bem como à dinâmica da geografia na região. Para tanto, este projeto tem por objetivo discutir os conceitos-chave da Ciência Geográfica, buscando contribuir para uma formação qualificada dos discentes do Curso, assim como atualizar os conhecimentos dos professores de Geografia ou demais áreas da rede pública de Pau dos Ferros e região no que tange ao ensino destes conceitos..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Rosalvo Nobre Carneiro - Coordenador / Luiz Eduardo do Nascimento Neto - Integrante / Agassiel de Medeiros Alves - Integrante / Clefson Fernandes - Integrante / Lediane Leite Praxedes - Integrante.
Número de produções C, T & A: 3 / Número de orientações: 13


Membro de corpo editorial


2018 - Atual
Periódico: Revista Ensino de Geografia (Recife)
2017 - Atual
Periódico: SOCIEDADE E TERRITÓRIO (NATAL)
2016 - Atual
Periódico: Revista Geotemas
2014 - Atual
Periódico: Revista LEVS (Marília)
2011 - Atual
Periódico: Geografia (UFPI)
2011 - Atual
Periódico: Revista Conexão Geográfica
2011 - 2016
Periódico: Revista Geotemas


Revisor de periódico


2014 - Atual
Periódico: Revista Econômica do Nordeste


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Geografia / Subárea: Geografia Humana/Especialidade: Geografia Econômica.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Geografia / Subárea: Geografia Humana/Especialidade: Geografia Cultural.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Geografia / Subárea: Geografia Humanistíca.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Geografia / Subárea: Geografia Humana/Especialidade: Ensino de Geografia.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Inglês
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2018
Prêmio Professor José Lacerda Alves Felipe, com o trabalho "Região e regionalização: uma caracterização dos livros didáticos de geografia do ensino básico, XXIV Encontro Estadual de Geografia do Rio Grande do Norte.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Outras
Total de trabalhos:20
Total de citações:16
Rosalvo Nobre Carneiro  Data: 12/10/2016

Artigos completos publicados em periódicos

1.
CARNEIRO, R. N.2017CARNEIRO, R. N.. Dos circuitos da economia urbana aos circuitos de fluxos sócioespaciais: a indústria textil de São Bento, Paraíba, Brasil. REVISTA POLÍTICAS PÚBLICAS & CIDADES, v. 5, p. 64-83, 2017.

2.
PINTO, F. R.2015PINTO, F. R. ; CARNEIRO, R. N. . A produção da psicosfera e da tecnosfera da insegurança em Pau dos Ferros/RN. Revista Geotemas, v. 5, p. 81-93, 2015.

3.
COSTA, T. C.2015COSTA, T. C. ; CARNEIRO, R. N. . A identidade nas obras de arte públicas em Mossoró ? RN. Composição: Revista de Ciências Sociais da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, v. 16, p. 8-22, 2015.

4.
SILVA, M. V.2014SILVA, M. V. ; CARNEIRO, R. N. . Violência ambiental urbana em José da Penha-RN: o caso dos bairros Alto Duque de Caxias e Boa Esperança. Revista Geotemas, v. 3, p. 41-57, 2014.

5.
CARNEIRO, R. N.2014CARNEIRO, R. N.; SOUZA, K. C. A. . Gênero, trabalho e interação nos meios técnicos da indústria têxtil de redes de dormir de São Bento-PB. Formação (Presidente Prudente), v. 1, p. 123-142, 2014.

6.
CARNEIRO, R. N.2014 CARNEIRO, R. N.. Espaço, inovação e indústria têxtil de redes de dormir em São Bento-PB: do meio natural ao meio técnico-científico-informacional. GEOGRAPHIA (UFF), v. 16, p. 76-100, 2014.

7.
NASCIMENETO, J. F.2014NASCIMENETO, J. F. ; ARAUJO, F. R. F. ; CARNEIRO, R. N. . O lugar na construção social: o ponto de cultura de Major Sales/RN. Terra Livre, v. 2, p. 206-224, 2014.

8.
LIMA, A. P. S.2014LIMA, A. P. S. ; CARNEIRO, R. N. ; MEIRELES, A. J. A. . Ecossistema banco de algas e identidade territorial no município de Icapuí/CE:comunidade tradicional pesqueira e meio técnico-científico-informacional. REDE : REVISTA ELETRÔNICA DO PRODEMA, v. 8, p. 35-49, 2014.

9.
PINTO, F. R.2013PINTO, F. R. ; CARNEIRO, R. N. . Medo e meio técnico-científico-informacional no Alto Oeste Potiguar-RN. Revista LEVS (Marília), v. 11, p. 47-59, 2013.

10.
SOUZA, G. F.2013SOUZA, G. F. ; CARNEIRO, R. N. . A agricultura familiar e a pluriatividade no perímetro irrigado de Pau Dos Ferros-RN. Revista Geotemas, v. 3, p. 111-123, 2013.

11.
ARAUJO, F. R. F.2013ARAUJO, F. R. F. ; LIMA, J. R. ; CARNEIRO, R. N. . O setor de serviços de educação de Pau dos Ferros/RN e os seus circuitos de fluxos socióespaciais. Revista Geotemas, v. 3, p. 125-136, 2013.

12.
CARNEIRO, R. N.2013CARNEIRO, R. N.; GUEDES, J. A. . Circuitos de fluxos sócioespaciais da indústria têxtil e impactos ambientais em Jardim de Piranhas-RN. Geosul, v. 28, p. 103-122, 2013.

13.
MAIA, A. P. R.2012MAIA, A. P. R. ; FARIAS, F. T. ; CARNEIRO, R. N. . A violência contra a mulher na cidade de Pau dos Ferros-RN. Revista LEVS (Marília), v. 12, p. 239-253, 2012.

14.
CARNEIRO, R. N.2011CARNEIRO, R. N.. O espaço como um sistema de objetos e um sistema de ações orientadas para fins e para o entendimento. GEOGRAFIA (UFPI), v. 9, p. 1-20, 2011.

15.
GAMA, F. R. F.2011GAMA, F. R. F. ; CARNEIRO, R. N. . A produção do espaço fumicultor no Município de Pilões-RN e a territorialização da Souza Cruz. Revista Geotemas, v. 1, p. 33-42, 2011.

16.
OLIVEIRA, F. T. R.2011OLIVEIRA, F. T. R. ; CARNEIRO, R. N. . A produção do espaço e a cajucultura em Severiano Melo-RN. Revista Geotemas, v. 1, p. 3-17, 2011.

17.
SANTOS, J. E.2011SANTOS, J. E. ; GOMES, R. C. C. ; FERNANDES, M. J. C. ; CARNEIRO, R. N. ; NASCIMENTO NETO, L. E. . Pensando um subespaço do homem: reflexões sobre problemas socioespaciais das pequenas cidades da microrregião de Umarizal (RN). Geografia Ensino & Pesquisa, v. 15, p. 261-270, 2011.

18.
CARNEIRO, R. N.2011CARNEIRO, R. N.. O PAPEL DAS POLÍTICAS PÚBLICAS E O DESENVOLVIMENTO REGIONAL NO BRASIL: DO PARADIGMA MENTALISTA AO LINGUÍSTICO. Boletim Goiano de Geografia, v. 30, p. 113-123, 2011.

19.
CARNEIRO, R. N.2010CARNEIRO, R. N.; FERNANDES, C. . O projeto de extensão 'Pensando a Geografia e seus conceitos-chave' e as articulações extensão, ensino e pesquisa. Revista de Extensão, v. 7, p. 111-119, 2010.

20.
CARNEIRO, R. N.2009 CARNEIRO, R. N.. A NATUREZA DO ESPAÇO NUMA PERSPECTIVA COMUNICATIVA OU PÚBLICA. Boletim Goiano de Geografia (Online), v. 29, p. 33-46, 2009.

21.
CARNEIRO, R. N.2008CARNEIRO, R. N.. As interações sociedade e natureza nos espaços nordestinos de produção de redes de domrir e as configurações de seus meios geográficos. Revista Geográfica Acadêmica, v. 2, p. 50-56, 2008.

22.
CARNEIRO, R. N.2008CARNEIRO, R. N.; SA, A. J. . As Semelhanças, Diferenças e Interações entre os Mundos Vividos e os Circuitos de Fluxos Socioespaciais de Redes de Dormir no Nordeste Brasileiro. Revista de Geografia (Recife), v. 25, p. 62-71, 2008.

23.
SANTOS, J. E.2008SANTOS, J. E. ; CARNEIRO, R. N. ; SA, A. J. . Os Mundos Vividos de Jadim de Piranhas-RN e Tacaratu-PE e suas relações com circuitos de fluxos socioespaciais da indústria têxtil de redes de dormir locais. Revista de Geografia (Recife), v. 25, p. 49-63, 2008.

24.
CARNEIRO, R. N.2007CARNEIRO, R. N.; SA, A. J. . As Multiterritorialidade dos Centros Produtores de Redes de Dormir da Região Nordeste Brasileira e suas Inserções nas Redes Urbanas Nacional e Internacional. Revista de Geografia (Recife), v. 24, p. 220-235, 2007.

25.
SA, A. J.2007SA, A. J. ; BARROS, L. M. ; NASCIMENTO, M. A. G. ; FARIAS, P. S. C. ; CARNEIRO, R. N. ; VASCONCELOS, S. A. ; ALBANO, G. P. . Questões Geopoliticas contemporâneas da África e da América Latina: Alguns pontos para reflexão. Revista de Geografia (Recife), v. 24, p. 07-21, 2007.

26.
CARNEIRO, R. N.2005CARNEIRO, R. N.; SA, A. J. . A produção do espaço e os circuitos de fluxos da indústria têxtil de São Bento-PB. Revista de Geografia (Recife), v. 22, p. 5-22, 2005.

27.
CARNEIRO, R. N.2004CARNEIRO, R. N.; SA, A. J. . Do meio técnico ao meio técnico-científico-informacional: mecanização da indústria têxtil e produção do espaço em São Bento. Revista de Geografia (Recife), v. 21, p. 87-93, 2004.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
CARNEIRO, R. N.; MEDEIROS, J. F. (Org.) . Anais da VIII Jornada Geográfica: para onde vai a Geografia? Reformas curriculares em questão. 1. ed. , 2018. 128p .

2.
CARNEIRO, R. N.. Circuito inferior e fluxos sócioespaciais: a feira livre de Pau dos Ferros-RN. 1. ed. Mossoró: EDUERN, 2018. v. 1. 146p .

3.
CARNEIRO, R. N.. Os dois circuitos da economia urbana dos países subdesenvolvidos hoje. 1. ed. Mossoró: EDUERN, 2018. v. 1. 200p .

4.
FERREIRA, L. S. (Org.) ; CARNEIRO, R. N. (Org.) . XXII Encontro Estadual de Geografia do Rio Grande do Norte: desafios da gestão dos recursos hídricos no estado do Rio Grande do Norte. 1. ed. Natal: CCHLA, 2016. 371p .

5.
FERREIRA, L. S. (Org.) ; CARNEIRO, R. N. (Org.) . XXII Encontro Estadual de Geografia do Rio Grande do Norte: desafios da gestão dos recursos hídricos no estado do Rio Grande do Norte. 1. ed. Natal: CCHLA, 2016. 211p .

6.
CARNEIRO, R. N.. Os dois circuitos da economia urbana dos países subdesenvolvidos hoje. 1. ed. Mossoró: Edições UERN, 2015. v. 1. 203p .

7.
CARNEIRO, R. N.. Circuito inferior e fluxos sócioespaciais: a feira livre de Pau dos Ferros-RN. 1. ed. Mossoró: UERN, 2014. v. 1. 160p .

8.
CARNEIRO, R. N.. Anais do I Encontro Estadual sobre Espaço, Ensino e Ciências Humanas na Educação Básica: I EECHEB: o espaço como objeto de estudo interdisciplinar. 1. ed. , 2013.

9.
CARNEIRO, R. N.. Pensando a Geografia e o ensino dos seus conceitos-chave. 1. ed. Pará de Minas: Virtual Books, 2011. v. 1. 97p .

Capítulos de livros publicados
1.
CARNEIRO, R. N.. Circuitos de fluxos socioespaciais, feira livre e espaço. In: Rosalvo Nobre Carneiro. (Org.). Circuito inferior e fluxos socioespaciais: a feira livre de Pau dos Ferros- RN. 1ed.Mossoró: EDUERN, 2018, v. 1, p. 29-49.

2.
PINTO, F. R. ; CARNEIRO, R. N. . A feira livre de Pau dos Ferros-RN: espaço e tempo. In: Rosalvo Nobre Carneiro. (Org.). Circuito inferior e fluxos socioespaciais: a feira livre de Pau dos Ferros- RN. 1ed.Mossoró: EDUERN, 2018, v. 1, p. 50-68.

3.
PEREIRA, C. A. O. ; CARNEIRO, R. N. . Circuito de fluxos inferiores informais, mundo do sistema e feira livre de Pau dos Ferros-RN. In: Rosalvo Nobre Carneiro. (Org.). Circuito inferior e fluxos socioespaciais: a feira livre de Pau dos Ferros- RN. 1ed.Mossoró: EDUERN, 2018, v. 1, p. 69-86.

4.
MAIA, A. F. ; CARNEIRO, R. N. . Circuito de fluxos inferiores informais, mundo da vida e feira livre. In: Rosalvo Nobre Carneiro. (Org.). Circuito inferior e fluxos socioespaciais: a feira livre de Pau dos Ferros- RN. 1ed.Mossoró: EDUERN, 2018, v. 1, p. 87-107.

5.
BATISTA, J. F. ; CARNEIRO, R. N. . Os circuitos espaciais da produção da feira livre de Pau dos Ferros-RN. In: Rosalvo Nobre Carneiro. (Org.). Circuito inferior e fluxos socioespaciais: a feira livre de Pau dos Ferros- RN. 1ed.Mossoró: EDUERN, 2018, v. 1, p. 108-127.

6.
ARAUJO, A. C. C. ; CARNEIRO, R. N. . Espaço público e ações comunicativas na feira livre de Pau dos Ferros-RN. In: Rosalvo Nobre Carneiro. (Org.). Circuito inferior e fluxos socioespaciais: a feira livre de Pau dos Ferros- RN. 1ed.Mossoró: EDUERN, 2018, v. 1, p. 128-140.

7.
PINTO, F. R. ; CARNEIRO, R. N. . Ensino de Geografia e construção epistemológica do conhecimento: do ensino à pesquisa e da pesquisa ao ensino. In: Christian Dennys Monteiro de Oliveira; Lucas Bezerra Gondim; Luiz Raphael Teixeira Silva; Ivna Carolinne Bezerra Machado; Tiago Vieira Cavalcante. (Org.). Os outros, Nós somos... NEER (2006-2016). 1ed.Timburi/SP: Editora Cia do Ebook, 2017, v. 1, p. 127-143.

8.
ARAUJO, F. R. F. ; CARNEIRO, R. N. . O Nordeste pelo olhar fílmico-geográfico do cinema de Cláudio de Assis: algumas notas introdutórias. In: Christian Dennys Monteiro de Oliveira, Lucas Bezerra Gondim, Luiz Raphael Teixeira Silva, Ivna Carolinne Bezerra Machado, Tiago Vieira Cavalcante. (Org.). Os outros, nós somos... NEER (2016-2016). 1ed.Timburi/SP: Editora Cia do Ebook, 2017, v. 1, p. 842-864.

9.
NASCIMENETO, J. F. ; CARNEIRO, R. N. . Os caboclos e a identidade territorial, Major Sales/RN. In: Christian Dennys Monteiro de Oliveira, Lucas Bezerra Gondim, Luiz Raphael Teixeira Silva, Ivna Carolinne Bezerra Machado, Tiago Vieira Cavalcante. (Org.). Os outros, Nós somos... NEER (2006-2016). 1ed.Timburi/SP: Editora Cia do Ebook, 2017, v. 1, p. 703-725.

10.
CARNEIRO, R. N.; PAIVA, A. S. Q. O. . Filosofia e ciências humanas: olhares a partir da teoria de Habermas. In: Ivanaldo Santos. (Org.). Filosofia e ciências humanas: teorias e problemas. 1ed.Porto Alegre: Editora Fi, 2017, v. , p. 17-29.

11.
CARNEIRO, R. N.; SILVA, M. V. . As ciências humanas no ensino médio: contribuições para uma formação educativa da geografia. In: Ivanaldo Santos. (Org.). Filosofia e ciências humanas: teorias e problemas. 1ed.Porto Alegre: Editora Fi, 2017, v. , p. 175-195.

12.
CARNEIRO, R. N.; SILVA, M. E. M. ; FERREIRA, T. S. . Território-rede e território-zona: tráfico de drogas e homicídios no Alto Oeste Potiguar. In: Francisco Vanderlei de Lima; Elcimar Dantas Pereira. (Org.). Leviatã ameaçado: crimes, drogas e violência. 1ed.Mossoró: EDUERN, 2017, v. 1, p. 157-186.

13.
CARNEIRO, R. N.; AZEVEDO, A. G. . O método dialético e o ensino de Geografia: estratégia metodológica para um debate em sala de aula. In: Ivanaldo Santos. (Org.). Filosofia e ciências humanas: teorias e problemas. 1ed.Porto Alegre: Editora Fi, 2017, v. , p. 209-221.

14.
CARNEIRO, R. N.. Circuitos de fluxos socioespaciais, feira livre e espaço. In: Rosalvo Nobre Carneiro. (Org.). Circuito inferior e fluxos sócioespaciais: a feira livre de Pau dos Ferros-RN. 1ed.Mossoró: UERN, 2014, v. 1, p. 33-54.

15.
PINTO, F. R. ; CARNEIRO, R. N. . A feira livre de Pau dos Ferros-RN: espaço e tempo. In: Rosalvo Nobre Carneiro. (Org.). Circuito inferior e fluxos sócioespaciais: a feira livre de Pau dos Ferros-RN. 1ed.Mossoró: UERN, 2014, v. 1, p. 55-74.

16.
PEREIRA, C. A. O. ; CARNEIRO, R. N. . Circuito de fluxos inferiores informais, mundo do sistema e feira livre de Pau dos Ferros-RN. In: Rosalvo Nobre Carneiro. (Org.). Circuito inferior e fluxos sócioespaciais: a feira livre de Pau dos Ferros-RN. 1ed.Mossoró: UERN, 2014, v. 1, p. 75-93.

17.
MAIA, A. F. ; CARNEIRO, R. N. . Circuito de fluxos inferiores informais, mundo da vida e feira livre em Pau dos Ferros-RN. In: Rosalvo Nobre Carneiro. (Org.). Circuito inferior e fluxos sócioespaciais: a feira livre de Pau dos Ferros-RN. 1ed.Mossoró: UERN, 2014, v. 1, p. 95-116.

18.
BATISTA, J. F. ; CARNEIRO, R. N. . Os circuitos espaciais das produção da feira livre de Pau dos Ferros-RN. In: Rosalvo Nobre Carneiro. (Org.). Circuito inferior e fluxos sócioespaciais: a feira livre de Pau dos Ferros-RN. 1ed.Mossoró: UERN, 2014, v. 1, p. 117-137.

19.
ARAUJO, A. C. C. ; CARNEIRO, R. N. . Espaço público e ações comunicativas na feira livre de Pau dos Ferros-RN. In: Rosalvo Nobre Carneiro. (Org.). Circuito inferior e fluxos sócioespaciais: a feira livre de Pau dos Ferros-RN. 1ed.Mossoró: UERN, 2014, v. 1, p. 139-152.

20.
COSTA, T. C. ; CARNEIRO, R. N. . Obra de arte, identidade e subjetividade espacial em Mossoró-RN. In: Maria Cristina Rocha Barreto; Guilherme Paiva de Carvalho. (Org.). Memórias do espaço: identidades e subjetividades. 1ed.Mossoró: Edições UERN, 2014, v. , p. 119-140.

21.
CARNEIRO, R. N.. Violência no Rio Grande do Norte no período 2000-2010: uma análise da espacialização dos homicídios e dos 'transiticídios'. In: Gleydson Pinheiro Albano, Larissa da Silva Ferreira, Agassiel de Medeiros Alves. (Org.). Capítulos de Geografia do Rio Grande do Norte. 1ed.Natal: Fundação José Augusto, 2013, v. 1, p. 61-90.

22.
CARNEIRO, R. N.; SANTOS, J. E. . Ética e identidade territorial na feira da pedra de Sâo Bento (PB). In: Alcindo José de Sá; Paulo Sérgio Cunha Farias. (Org.). Ética, Identidade e Território. 1ed.Recife: CCS Gráfica e Editora, 2012, v. 1, p. 279-306.

23.
CARNEIRO, R. N.; SANTOS, J. E. . O espaço geográfico e a sua (re)construção na educação básica. In: Rosalvo Nobre Carneiro. (Org.). Pensando a Geografia e o ensino dos seus conceitos-chave. 1ed.Pará de Minas: Virtual Books, 2011, v. , p. 15-44.

24.
CARNEIRO, R. N.; FERNANDES, C. ; PRAXEDES, L. L. . O conceito de região e sua aplicabilidade nas escolas públicas de Pau dos Ferros-RN: experiências do projeto de extensão pensando a Geografia e seus conceitos-chave. In: Rosalvo Nobre Carneiro. (Org.). Pensando a Geografia e o ensino dos seus conceitos-chave. 1ed.Pará de Minas: Virtual Books, 2011, v. 1, p. 71-82.

25.
CARNEIRO, R. N.. Desenvolvimento regional, meio técnico-científico-informacional e indústria têxtil de redes de dormir de São Bento. In: Alcindo José de Sá; Paulo Sérgio da Cunha Farias; Gleydson Pinheiro Abano. (Org.). Milton Santos e o universo (uno e diverso) brasileiro. 1ed.Recife: Ed. Universitária da UFPE, 2009, v. , p. 93-114.

26.
FERREIRA, E. M. B. ; CARNEIRO, R. N. . Espaços públicos comunictivos em Pau dos Ferros e o despertar da cidadania. In: Alncindo José de Sá. (Org.). Nas Geografias da violência... o renascimento dos espaços de civilidade?. Recife: CCS, 2009, v. 1, p. 331-344.

27.
CARNEIRO, R. N.; SILVA, F. M. ; COSTA, F. R. ; SA, A. J. . Segurança, insegura e violência na região do Alto Oeste Potiguar. In: Alcindo José de Sá. (Org.). Pelo direito à vida: a construção de uma Geografia cidadã. 1ªed.Recife: Ed. Universitária da UFPE, 2008, v. 1, p. 279-296.

28.
CARNEIRO, R. N.; SA, A. J. . A produção social pública dos lugares numa perspectiva comunicativa como contraponto à produção privada do espaço. In: Alcindo José de Sá. (Org.). Por uma Geografia sem Cárceres Públicos ou Privados. 1ªed.Recife: Os Autores, 2007, v. 1, p. 324-335.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
PAIVA, A. S. Q. O. ; CARNEIRO, R. N. . A intervenção pedagógica em casos de ensino: novos sentidos para os ofícios de professores e alunos. In: IV Congresso Nacional de Educação (IV CONEDU), 2017, João Pessoa. Anais IV CONEDU. Campina Grande: Realize Eventos e Editora, 2017. v. 1.

2.
SILVA, M. V. ; AZEVEDO, A. G. ; CARNEIRO, R. N. . Ensino de geografia na escola: uma abordagem sobre o uso de materiais didáticos no meio técnico científico informacional. In: IV Congresso Nacional de Educação (IV CONEDU), 2017, João Pessoa. Anais IV CONEDU. Campina Grande: Realize Eventos e Editora, 2017. v. 1.

3.
GOMES, H. P. R. ; CARNEIRO, R. N. . Estágio supervisionado em geografia II: relato de experiência em turmas de 6° e 7° anos. In: IV Congresso Nacional de Educação (IV CONEDU), 2017, João Pessoa. Anais IV CONEDU. Campina Grande: Realize Eventos e Editora, 2017. v. 1.

4.
CARNEIRO, R. N.. Prolegômenos a compreensão do espaço como mundo da vida e mundo do sistema. In: XII Encontro Nacional da ANPEGE: Geografia, Ciência e Política: do pensamento à ação da ação ao pensamento, 2017, Porto Alegre. Anais do XII Encontro Nacional da ANPEGE. Dourados: UFGD Editora, 2017. v. 1. p. 5404-5415.

5.
ARAUJO, F. R. F. ; CARNEIRO, R. N. . As cores e a geopoética do filme febre do rato de Cláudio de Assis. In: XII Encontro Nacional da ANPEGE, 2017, Porto Alegre. Anais do XII Encontro Nacional da ANPEGE. Dourados: UFGD Editora, 2017. v. 1. p. 9713-9724.

6.
ARAUJO, F. R. F. ; CARNEIRO, R. N. . Experiência geográfica do lugar na construção subjetiva de uma narrativa seriada: uma reflexão conceitual. In: VI semana de geografia (SEMAGEO): a geografia e a transdisciplinaridade: diversidade(s), inclusão e questões ambientais, 2016, Cajazeiras. Programação e caderno de resumos e trabalhos completos, 2016. v. 1. p. 26-36.

7.
SILVA, M. E. M. ; FERREIRA, T. S. ; CARNEIRO, R. N. . Território, homicídios e tráfico de drogas no Alto Oeste Potiguar-RN. In: Semana de Ciência, Tecnologia e Inovação da UERN, 2015, Mossoró. Anais do XI Salão de Iniciação Científica da UERN. Mossoró: UERN, 2015. v. 1. p. 1385-1394.

8.
ARAUJO, F. R. F. ; CARNEIRO, R. N. . Por um olhar geográfico sobre a identidade cultural: breves propostas conceituais através das dimensões espaciais do lugar, paisagem e território. In: XI - Encontro Nacional da ANPEGE: a diversidade da geografia brasileira: escalas e dimensões da análise e da ação, 2015, Fortaleza. Anais do XI-ENAMPEGE, 2015. v. 1. p. 1687-1698.

9.
SILVA, M. A. M. ; CARNEIRO, R. N. . Formação docente, integração curricular e práticas de ensino em geografia. In: V Encontro Nacional das Licenciaturas: Professores em espaços de formação: mediações, práxis e saberes docentes, 2014, Natal. Professores em espaços de formação [recurso eletrônico] : mediações, práxis e saberes docentes. Natal: EDUFRN, 2014. v. 1.

10.
PINTO, F. R. ; CARNEIRO, R. N. . Ensino de geografia: uma discussão acerca da praticidade escolar. In: SETEPE - V Semana de Estudos, Teorias e Práticas Educativas, 2014, Pau dos Ferros. Anais V SETEPE. Campina Grande: Realize Eventos e Editora, 2014. v. 1.

11.
SILVA, M. A. M. ; CARNEIRO, R. N. . O currículo de geografia do CAMEAM/UERN na visão de egressos. In: Congresso Nacional de Educação CONEDU, 2014, Campina Grande. Anais I CONEDU. Campina Grande: Realize Eventos Cientificos & Editora, 2014. v. 1.

12.
ARAUJO, F. R. F. ; CARNEIRO, R. N. . Uma análise subjetiva do espaço urbano do filme amarelo manga. In: XIII Encontro Cearense de História da Educação ? ECHE III Encontro Nacional do Núcleo de História e Memória da Educação ? ENHIME III Simpósio Nacional de Estudos Culturais e Geoeducacionais ? SINECGEO, 2014, Fortaleza. Anais XIII Encontro Cearense de História da Educação ? ECHE III Encontro Nacional do Núcleo de História e Memória da Educação ? ENHIME III Simpósio Nacional de Estudos Culturais e Geoeducacionais ? SINECGEO. Fortaleza: Imprece, 2014. v. 1. p. 1135-1147.

13.
SOUSA, C. F. ; SOUZA JUNIOR, R. H. ; CARNEIRO, R. N. . Espaço público da praça de eventos de Pau dos Ferros. In: II Simpósio Interdisciplinar de Pós-Graduação em Ciências Sociais e Humanas, 2014, Mossoró. Anais do II Simpósio Interdisciplinar de Pós-Graduação em Ciências Sociais e Humanas. Mossoró: UERN, 2014. v. 1. p. 49-58.

14.
ARAUJO, F. R. F. ; CARNEIRO, R. N. . A paisagem de deus e o diabo na terra do sol de Glauber Rocha. In: II Simpósio Interdisciplinar de Pós-Graduação em Ciências Sociais e Humanas, 2014, Mossoró. Anais do II Simpósio Interdisciplinar de Pós-Graduação em Ciências Sociais e Humanas. Mossoró: UERN, 2014. v. 1. p. 77-85.

15.
GURGEL, A. L. ; SILVA, J. C. M. ; CARNEIRO, R. N. . Circuito inferior informal e constituição identitária dos motos taxistas de Pau dos Ferros, RN. In: II Simpósio Interdisciplinar de Pós-Graduação em Ciências Sociais e Humanas, 2014, Mossoró. Anais do II Simpósio Interdisciplinar de Pós-Graduação em Ciências Sociais e Humanas. Mossoró: UERN, 2014. v. 1. p. 515-526.

16.
SILVA, M. E. M. ; FERREIRA, T. S. ; CARNEIRO, R. N. . Segurança pública e homicídios no Rio Grande do Norte no período 2001-2011. In: II Simpósio Interdisciplinar de Pós-Graduação em Ciências Sociais e Humanas, 2014, Mossoró. Anais do II Simpósio Interdisciplinar de Pós-Graduação em Ciências Sociais e Humanas. Mossoró: UERN, 2014. v. 1. p. 788-801.

17.
TORRES, A. C. M. ; CARNEIRO, R. N. ; TORRES, F. L. ; SILVA, R. T. . Juventude rural organizada: o caso do GRUJOSP em Apodi / RN. In: VI Simpósio Internacional de Geografia Agrária, VII Simpósio Nacional de Geografia Agrária e 1ª Jornada de Geografia das Águas, 2013, João Pessoa. Anais do VI Simpósio Internacional de Geografia Agrária, VII Simpósio Nacional de Geografia Agrária e 1ª Jornada de Geografia das Águas, 2013.

18.
PINTO, F. R. ; NASCIMENETO, J. F. ; CARNEIRO, R. N. . Ensino de Geografia, câmera digital e leitura do cotidiano. In: III Colóquio Brasileiro Educação na Sociedade Contemporânea: escola e educação na sociedade contemporânea - COBESC, 2012, Campina Grande. III Colóquio Brasileiro Educação na Sociedade Contemporânea: escola e educação na sociedade contemporânea, 2012. v. 1.

19.
CARNEIRO, R. N.; PINTO, F. R. ; NASCIMENETO, J. F. . Meio técnico-científico-informacional e comunicacional e ensino de Geografia. In: III Colóquio Brasileiro Educação na Sociedade Contemporânea: escola e educação na sociedade contemporânea - COBESC, 2012, Campina Grande. III Colóquio Brasileiro Educação na Sociedade Contemporânea: escola e educação na sociedade contemporânea, 2012. v. 1.

20.
MEDEIROS, I. G. ; CARNEIRO, R. N. . O papel do PRONAF no desenvolvimento do espaço agrário de José da Penha-RN. In: XIX Encontro Estadual de Geografia do RN - EGEORN, IV Simpósio de Ensino de Geografia da UERN - SIMPEG, 2012, Mossoró. Anais do XIX Encontro Estadual de Geografia do RN - EGEORN, IV Simpósio de Ensino de Geografia da UERN - SIMPEG, 2012. p. 193-203.

21.
GONDIM, M. F. R. ; SILVA, M. R. F. ; NUNES, E. M. ; CARNEIRO, R. N. . Políticas Públicas e Desenvolvimento Territorial Rural: o papel da governança no Açu/Mossoró.. In: VI Colóquio Internacional de Ciências Sociais, 2012, Natal. Anais do VI Colóquio Internacional de Ciências Sociais, 2012.

22.
SOUZA, G. F. ; ALMEIDA, J. J. G. ; SOUZA, R. K. ; CARNEIRO, R. N. ; MEDEIROS, J. F. . A agricultura familiar e o perímetro irrigado de Pau dos Ferros-RN. In: XIX Encontro Estadual de Geografia do RN - EGEORN, IV Simpósio de Ensino de Geografia da UERN - SIMPEG, 2012, Mossoró. Anais do XIX Encontro Estadual de Geografia do RN - EGEORN, IV Simpósio de Ensino de Geografia da U ERN - SIMPEG, 2012. p. 130-139.

23.
LINS, M. A. S. ; CARNEIRO, R. N. . Rua, calçadas e praças da cidade de Pau dos Ferros-RN. In: XIX Encontro Estadual de Geografia do RN - EGEORN, IV Simpósio de Ensino de Geografia da UERN - SIMPEG, 2012, Mossoró. Anais do XIX Encontro Estadual de Geografia do RN - EGEORN, IV Simpósio de Ensino de Geografia da UERN - SIMPEG, 2012. v. 1. p. 998-1007.

24.
SILVA, M. V. ; CARNEIRO, R. N. . O retrato da violência no Alto Oeste Potiguar-RN no período de 2005 a 2009. In: XVIII Encontro Estadual de Geografia e VI Jornada Geográfica, 2011, Pau dos Ferros. Anais do XVIII Encontro Estadual de Geografia e VI Jornada Geográfica, 2011.

25.
SILVA, F. M. ; LINS, M. A. S. ; CARNEIRO, R. N. . A arquitetura da violência e do medo em Pau dos Ferros, estado do Rio Grande do Norte, Brasil. In: XVIII Encontro Estadual de Geografia, VI Jornada Geográfica, 2011, Pau dos Ferros. Anais do XVIII Encontro Estadual de Geografia e VI Jornada Geográfica, 2011.

26.
CARNEIRO, R. N.. Espaço público comunicativo. In: IV Simpósio internacional sobre as Geografias da violência e do mede:, 2010, Recife. Anais do IV Siimpósio internacional sobre as Geografias da violência e do medo. Recife: Editora da UFPE, 2010.

27.
CARNEIRO, R. N.; SILVA, M. V. ; SILVA, C. S. P. ; SILVA, F. M. ; LINS, M. A. S. . A violência no Alto Oeste Potiguar no período de 2005 a 2008. In: IV Simpósio internacional sobre as Geografias da violência e do medo, 2010, Recife. Anais do IV Siimpósio internacional sobre as Geografias da violência e do medo. Recife: Editora da UFPE, 2010.

28.
CARNEIRO, R. N.. Contribuições teórico-metodológica da teoria da ação comunicativa de Jurgen Habermas a Geografia. In: IV Encontro Paraibano de Geografia, 2010, Campina Grande. IV Encontro Paraibano de Geografia (EPAGEO). Campina Grande: M3 DESIGN Web Sites, 2010.

29.
MAIA, A. P. R. ; FARIAS, M. B. S. ; CARNEIRO, R. N. . O mapa da violência do Alto Oeste Potiguar (2005-2006). In: IV Encontro Paraibano de Geografia (EPAGEO), 2010, Campina Grande. Anais do 4° Encontro Paraibano de Geografia. Campina Grande: M3 DESIGN Web Sites & Marketing, 2010.

30.
FARIAS, F. T. ; NUNES, M. E. R. ; CARNEIRO, R. N. . Desenvolvimento regional e indústria têxtil de moda íntima em Tabuleiro Grande-RN. In: IV Encontro Paraibano de Geografia (EPAGEO), 2010, Campina Grande. Anais do 4° Encontro Paraibano de Geografia. Campina Grande: M3 DESIGN Web Sites & Marketing, 2010.

31.
SANTOS, J. E. ; CARNEIRO, R. N. . Os mundos vividos de Jardim de Piranhas-RN e Tacaratu-PE e suas relações com os circuitos de fluxos socioespaciais das indústrias têxteis de redes de dormir locais. In: 1° Encontro de Pesquisa em Assú, 2009, Assú. Educação, linguagens e desenvolvimento regional: trajetórias e perspectivas para pesquisa, 2009.

32.
SANTOS, J. E. ; CARNEIRO, R. N. . O mundo da vida de Jardim de Piranhas-RN e Tacaratu-PE e os circuitos de fluxos socioespaciais de suas indústrias têxteis. In: VIII encontro nacional e I encontro internacional com o pensamento de Milton Santos, 2009, Natal. VIII Encontro Nacional e I Encontro Internacional com o Pensamento de Milton Santos. Natal: EDUFRN, 2009.

33.
CARNEIRO, R. N.. Os dois circuitos da economia urbana dos paises subdesenvolvidos, hoje: contribuições da teoria da ação comunicativa. In: VIII Encontro Nacional e I Encontro Internacional com o pensamento de Milton Santos, 2009, Natal. VIII Encontro Nacional e I Encontro Internacional com o Pensamento de Milton Santos. Natal: EDUFRN, 2009.

34.
SANTOS, J. E. ; CARNEIRO, R. N. . Indústira têxtil de redes de dormir, mundo vivido e meio técnico-científico-informacional em Jardim de Piranhas-RN e Tacaratu-PE. In: X Encontro Regional de Estudos Geográficos, 2009, Campina Grande. Anais do X Encontro Regional de Estudos Geográficos. Campina Grande: Realize Editora, 2009.

35.
NASCIMENTO NETO, L. E. ; FERNANDES, M. J. C. ; CARNEIRO, R. N. . Atução docente e estágio supervisionado: primeira vivência no curso de Geografia do CAMEAM/UERN. In: X Encontro Regional de Estudos Geográficos, 2009, Campina Grande. Anais do X Encontro Regional de Estudos Geográficos. Campina Grande: Realize Editora, 2009.

36.
FARIAS, F. T. ; MAIA, A. P. R. ; CARNEIRO, R. N. . A violência contra a mulher na cidade de Pau dos Ferros - RN: o caso dos bairros Princesinha do Oeste e Manoel Deodato. In: III Simpósio internacional sobre as Geografias da violência e do medo, 2009, Recife. Anais do III Simpósio Internacional sobre as Geografias da violência e do medo, 2009. v. 1.

37.
LOPES, M. C. F. L. ; MEDEIROS, S. J. G. R. ; CARNEIRO, R. N. . Violência e medo no Espaço Público Escolar: O Caso de Algumas Escolas Públicas no Município de Pau dos Ferros ? RN. In: III Simpósio internacional sobre as Geografias da violência e do medo, 2009, Recife. Anais do III Simpósio internacional sobre as Geografias da violência e do medo, 2009.

38.
FARIAS, M. B. S. ; CARNEIRO, R. N. . Segurança insegura, violência e medo nos municípios da 3ª companhia de Polícia Militar do Alto Oeste Potiguar. In: III Simpósio internacional sobre as Geografias da violência e do medo, 2009, Recife. Anais do III Simpósio internacional sobre as Geografias da violência e do medo, 2009. v. 1.

39.
FERREIRA, E. M. B. ; CARNEIRO, R. N. . Espaços Públicos Comunicativos em Pau dos Ferros e o Despertar da Cidadania. In: III Simpósio internacional sobre as Geografias da violência e do medo, 2009, Recife. Anais do III Simpósio internacional sobre as Geografias da violência e do medo, 2009. v. 1.

40.
CARNEIRO, R. N.. Desenvolvimento regional, meio técnico-científico-informacional e produção de redes de dormir em São Bento-PB. In: X Encontro Regional de Estudos Geográficos, 2009, Campina Grande. Anais do X Encontro Regional de Estudos Geográficos. Campina Grande: Realize Editora, 2009.

41.
CARNEIRO, R. N.. Formação humana e ações comunicativa do educador: forma, função, processo e estrutura. In: III Semana de Estudos, Teorias e Práticas Educativas, 2008, Pau dos Ferros. III SETEPE - A Formação Humana e Atuação do/a Educador/a: Concepções e Práticas. Mossoró: Queima-Bucha, 2008.

42.
CARNEIRO, R. N.. Educação pública, cidadania espacial e agir comunicativo. In: VI Semana de Estudos Linguísticos e Literários de Pau dos Ferros, 2008, Pau dos Ferros. Anais da VI SELLP: Tendências e aboragens em Linguistica, Literatura e Ensino.. Pau dos Ferros: Queima Bucha, 2008. p. 1458-1464.

43.
CARNEIRO, R. N.; NASCIMENTO NETO, L. E. . A natureza do espaço numa perspectiva comunicativa ou pública. In: Anais XV Encontro Nacional de Geográfos: o espaço não para: por uma AGB em movimento, 2008, São Paulo. Anais XV Encontro Nacional de Geográfos: o espaço não para: por uma AGB em movimento. Dourados - MS: CIACOM. Nicanor Coelho Editor., 2008.

44.
CARNEIRO, R. N.; SA, A. J. . Espaço público, agir comunictivo e cidadania espacial. In: II Simpósio Internacional sobre as Geografia da violência e do medo: Pelo direito à vida: a construção de uma Geografia cidadã, 2008, Recife. II Simpósio Internacional sobre as Geografia da Violência e do Medo: Pelo direito à vida: um espaço cidadão, 2008. p. 442-447.

45.
CARNEIRO, R. N.; SILVA, F. M. ; COSTA, F. R. ; SA, A. J. . Segurança insegura e violência na região do Alto Oeste Potguar. In: II Simpósio Internacional sobre as Geografia da Violência e do Medo: Pelo direito à vida: um espaço cidadão, 2008, Recife. Anais do II Simpósio Internacional sobre as Geografia da Violência e do Medo: Pelo direito à vida: um espaço cidadão, 2008. p. 231-245.

46.
FERNANDES, M. J. C. ; CARNEIRO, R. N. ; NASCIMENTO NETO, L. E. . O estágio supervisionado e sua relação com o ensino: relatos de experiências da primeira turma do curso de Geografia do CAMEAM/UERN. In: I Fórum Internacional de Pedagogia, 2008, Pau dos Ferros. Anais do I Fórum Internacional de Pedagogia. Mossoró: Queima Bucha, 2008. p. 1350-1359.

47.
CARNEIRO, R. N.. A produção social pública dos lugares numa perspectiva comunicativa como contraponto à produção social privada. In: I Simpósio Internacional sobre as Geografias da violência e do medo: por um espaço sem cárceres públicos ou privados, 2007, Recife. Anais do I Simpósio Internacional sobre as Geografias da violência e do medo, 2007.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
ASSIS, M. P. ; CONCEICAO, T. C. F. ; CARNEIRO, R. N. . A cultura como tema da educação geográfica. In: VIII Jornada Geográfica: para onde vai a Geografia? Reformas curriculares em questão, 2018, Pau dos Ferros. Anais da VIII Jornada Geográfica: para onde vai a Geografia? Reformas curriculares em questão. Mossoró: UERN, 2018. v. 1. p. 18-23.

2.
REGO, D. M. G. ; VILACA, I. L. V. ; ALMEIDA, S. K. B. ; CARNEIRO, R. N. . Aspectos econômicos dos municípios de São Bento/PB, Areia Branca/RN e Aracati/CE. In: XXII Encontro Estadual de Geografia do Rio Grande do Norte - EGEORN: desafios da gestão dos recursos hídricos no Estado do Rio Grande do Norte, 2016, Pau dos Ferros. XXII Encontro Estadual de Geografia do Rio Grande do Norte: desafios da gestão dos recursos hídricos no estado do Rio Grande do Norte [recurso eletrônico]. Natal: CCHLA, 2016. v. 1. p. 15-20.

3.
ASSIS, M. P. ; CONCEICAO, T. C. F. ; CARNEIRO, R. N. . Identidade territorial e os caboclos de Major Sales, RN. In: XXII Encontro Estadual de Geografia do Rio Grande do Norte - EGEORN: desafios da gestão dos recursos hídricos no estado do Rio Grande do Norte, 2016, Pau dos Ferros. XXII Encontro Estadual de Geografia do Rio Grande do Norte: desafios da gestão dos recursos hídricos no estado do Rio Grande do Norte [recurso eletrônico]. Natal: CCHLA, 2016. v. 1. p. 75-83.

4.
PINTO, F. R. ; CARNEIRO, R. N. . A violência nas pequenas cidades do Alto Oeste Potiguar-RN no ano de 2010. In: XXI Encontro Estadual de Geografia: planejamento e ordenamento territorial: desafios e perspectivas, 2015, Caicó. Anais do XXI Encontro Estadual de Geografia do Rio Grande do Norte (XXI EGEORN). Natal: UFRN, 2015. v. 1. p. 103-110.

5.
SILVA, M. A. M. ; CARNEIRO, R. N. . Formação do professor de Geografia: o papel do professor e do aluon. In: XXI Encontro Estadual de Geografia: planejamento e ordenamento territorial: desafios e perspectivas, 2015, Caicó. Anais do XXI Encontro Estadual de Geografia do Rio Grande do Norte (XXI EGEORN). Natal: UFRN, 2015. v. 1. p. 591-598.

6.
GURGEL, A. L. ; SILVA, M. E. M. ; CARNEIRO, R. N. . O circuito inferior informal da feira de pedra de São Bento-PB. In: XXI Encontro Estadual de Geografia: planejamento e ordenamento territorial: desafios e perspectivas, 2015, Caicó. Anais do XXI Encontro Estadual de Geografia do Rio Grande do Norte (XXI EGEORN). Natal: UFRN, 2015. v. 1. p. 766-777.

7.
PINTO, F. R. ; CARNEIRO, R. N. . Os roubos contra as residências e a construção da tecnosfera da insegurança em Pau dos Ferros-RN. In: II Semana de Ciência e Tecnologia da UERN, 2014, Mossoró. Anais do X Salão de Iniciação Científica da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Mossoró: UERN, 2014. v. 1. p. 288-294.

8.
PINTO, F. R. ; CARNEIRO, R. N. . Cultura, Espaço e Ensino de Geografia. In: I Encontro Estadual sobre Espaço, Ensino e Ciências Humanas na Educação Básica: I EECHEB: o espaço como objeto de estudo interdisciplinar., 2013, Pau dos Ferros. Anais do I Encontro Estadual sobre Espaço, Ensino e Ciências Humanas na Educação Básica: I EECHEB: o espaço como objeto de estudo interdisciplinar., 2013. p. 105-113.

9.
MAGALHAES, A. K. F. ; BEZERRA, M. L. A. ; CARNEIRO, R. N. . Em defesa da educação para e no Trânsito no Ensino Básico (EB) como Forma de Melhor Organizar o Espaço Social e Geográfico. In: I Encontro Estadual sobre Espaço, Ensino e Ciências Humanas na Educação Básica: I EECHEB: o espaço como objeto de estudo interdisciplinar., 2013, Pau dos Ferros. Anais do I Encontro Estadual sobre Espaço, Ensino e Ciências Humanas na Educação Básica: I EECHEB: o espaço como objeto de estudo interdisciplinar., 2013. p. 127-133.

10.
LIMA, A. P. S. ; CARNEIRO, R. N. . A Comunidade e o Ecossistema Banco de Algas como espaço da ação. In: I Encontro Estadual sobre Espaço, Ensino e Ciências Humanas na Educação Básica: I EECHEB: o espaço como objeto de estudo interdisciplinar., 2013, Pau dos Ferros. Anais do I Encontro Estadual sobre Espaço, Ensino e Ciências Humanas na Educação Básica: I EECHEB: o espaço como objeto de estudo interdisciplinar., 2013. p. 294-299.

11.
MAIA, M. A. F. ; ARAUJO, A. C. C. ; CARNEIRO, R. N. . Conhecendo a Feira-Livre de Pau dos Ferros através dos conceitos chaves da Geografia na educação básica. In: I Encontro Estadual sobre Espaço, Ensino e Ciências Humanas na Educação Básica: I EECHEB: o espaço como objeto de estudo interdisciplinar, 2013, Pau dos Ferros. Anais do I Encontro Estadual sobre Espaço, Ensino e Ciências Humanas na Educação Básica: I EECHEB: o espaço como objeto de estudo interdisciplinar, 2013. v. 1. p. 96-104.

12.
CAVALCANTE, A. A. O. ; CARNEIRO, R. N. . Umarizal: Medo, Insegurança e Violência. In: III Seminário Pensando a Geografia e seus conceitos-chave: o período técnico-científico-informacional e o ensino de Geografia, 2010, Pau dos Ferros. Anais do III Seminário Pensando a Geografia e seus conceitos-chave: o período técnico-científico-informacional e o ensino de Geografia, 2010. p. 37-43.

13.
SANTOS, J. E. ; CARNEIRO, R. N. . Os dois circuitos da economia e mundo vivido: notas a partir da ?Feira da Pedra? de São Bento-PB. In: III Seminário Pensando a Geografia e seus conceitos-chave: o período técnico-científico-informacional e o ensino de Geografia, 2010, Pau dos Ferros. Anais do III Seminário Pensando a Geografia e seus conceitos-chave: o período técnico-científico-informacional e o ensino de Geografia, 2010. p. 71-79.

14.
CARNEIRO, R. N.; GUEDES, J. A. ; NASCIMENTO NETO, L. E. . Mundo vivido e indústria têxtil de panos de prato em Jardim de Piranhas-RN. In: II Seminário Nacional do Laboratório de Estudos sobre o Espaço e Cultura - II LECGEO, 2010, Recife. Anais do II Seminário Nacional do Laboratório de Estudos sobre Espaço e Cultura. Recife: Editora Universitária UFPE, 2010.

15.
NUNES, M. E. R. ; CARNEIRO, R. N. . A indústria têxtil de Tabuleiro Grande-RN e seu desenvolvimento regional. In: XVI Encontro Estadual de Geografia Norte-rio-grandense, 2009, Natal. Anais do XVI Encontro Estadual de Geografia Norte-rio-grandense, 2009.

16.
BRASIL, J. R. P. ; CARNEIRO, R. N. . A rede urbana da microrregião de Pau dos Ferros-RN e as pequenas cidades. In: XVI Encontro Estadual de Geografia Norte-rio-grandense, 2009, Natal. Anais do XVI Encontro Estadual de Geografia Norte-rio-grandense, 2009.

Apresentações de Trabalho
1.
CARNEIRO, R. N.. Mesa redonda 2 - Imagens e imaginários do Nordeste: a cultura se reiventa. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
ARAUJO, F. R. F. ; CARNEIRO, R. N. . A experiência geográfica do lugar na construção subjetiva de uma narrativa seriada: por uma tentativa de reflexão conceitual. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
PINTO, F. R. ; CARNEIRO, R. N. . Ensino de Geografia: uma discussão acerca da praticidade escolar. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

4.
GURGEL, A. L. ; SILVA, M. E. M. ; CARNEIRO, R. N. . O circuito inferior informal da feira da pedra de São Bento-PB. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
PINTO, F. R. ; CARNEIRO, R. N. . A violência nas pequenas cidades do Alto Oeste Potiguar-RN no ano de 2010. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
SILVA, M. E. M. ; FERREIRA, T. S. ; CARNEIRO, R. N. . Segurança pública e homicídios no Rio Grande do Norte no período 2001-2011. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
SOUSA, C. F. ; SOUZA JUNIOR, R. H. ; CARNEIRO, R. N. . Espaço público da praça de eventos de Pau dos Ferros. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
ARAUJO, F. R. F. ; CARNEIRO, R. N. . A paisagem de deus e o diabo na terra do sol de Glauber Rocha. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
GURGEL, A. L. ; SILVA, J. C. M. ; CARNEIRO, R. N. . Circuito inferior informal e constituição identitária dos motos taxistas de Pau dos Ferros, RN. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
CARNEIRO, R. N.. Caminhos da Iniciação Científica: a contribuição do PIBIC Ensino Médio. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
ARAUJO, F. R. F. ; LIMA, J. R. ; CARNEIRO, R. N. . O setor de serviços de educação de Pau dos Ferros/RN e os seus circuitos de fluxos socióespaciais. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
SOUZA, G. F. ; SOUZA, R. K. ; CARNEIRO, R. N. . A agricultura familiar e a pluriatividade no perímetro irrigado de Pau dos Ferros-RN. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
TAVARES, J. C. A. ; CARNEIRO, R. N. . O setor de serviços de Pau dos Ferros/RN e seus circuitos de fluxos inferiores (2012-2013). 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

14.
TORRES, A. C. M. ; CARNEIRO, R. N. ; TORRES, F. L. ; SILVA, R. T. . Juventude rural organizada - o caso do GRUJOSP em Apodi-RN. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

15.
PINTO, F. R. ; NASCIMENETO, J. F. ; CARNEIRO, R. N. . Ensino de Geografia, câmera digital e leitura do cotidiano. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

16.
CARNEIRO, R. N.; PINTO, F. R. ; NASCIMENETO, J. F. . Meio técnico-científico-informacional e comunicacional e ensino de Geografia. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

17.
MEDEIROS, I. G. ; CARNEIRO, R. N. . O papel do PRONAF no desenvolvimento do espaço agrário de José da Penha-RN. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

18.
CARNEIRO, R. N.; GUEDES, J. A. ; NASCIMENTO NETO, L. E. . Mundo vivido e indústria têxtil de panos de prato em Jardim de Piranhas-RN. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

19.
CARNEIRO, R. N.. Espaço público comunicativo. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

20.
CARNEIRO, R. N.. Contribuições teórico-metodológica da teoria da ação comunicativa de Jurgen Habermas a Geografia. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

21.
SANTOS, J. E. ; CARNEIRO, R. N. . Os circuitos de fluxos socioespaciais e os mundos da vida da indústria têxtil de Jardim de Piranhas-RN e Tacaratu-PE: diferenças e semelhanças. 2009. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

22.
CARNEIRO, R. N.. Os dois circuitos da economia urbana dos países subdesenvolvidos, hoje: contribuições da teoria da ação comunicativa. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

23.
SANTOS, J. E. ; CARNEIRO, R. N. . Indústira têxtil de redes de dormir, mundo vivido e meio técnico-científico-informacional em Jardim de Piranhas-RN e Tacaratu-PE. 2009. (Apresentação de Trabalho/Outra).

24.
NASCIMENTO NETO, L. E. ; FERNANDES, M. J. C. ; CARNEIRO, R. N. . Atução docente e estágio supervisionado: primeira vivência no curso de Geografia do CAMEAM/UERN. 2009. (Apresentação de Trabalho/Outra).

25.
CARNEIRO, R. N.. Desenvolvimento regional, meio técnico-científico-informacional e produção de redes de dormir em São Bento-PB. 2009. (Apresentação de Trabalho/Outra).

26.
CARNEIRO, R. N.. Violência e medo na "tromba do elefante": tradição e modernidade. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

27.
BRASIL, J. R. P. ; CARNEIRO, R. N. . A rede urbana da microrregião de Pau dos Ferros-RN e as pequenas cidades. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

28.
CARNEIRO, R. N.; NUNES, M. E. R. . A indústria têxtil de Tabuleiro Grande e seu desenvolvimento regional. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

29.
CARNEIRO, R. N.. Formação humana e ação docente comunicativas: forma, função, processo e estrutura. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

30.
CARNEIRO, R. N.. A produção teórica e social do espaço moderno e pós-moderno. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

31.
CARNEIRO, R. N.; PAIVA, F. J. P. . O triste fim de Policarpo Quaresma e sua utilização nas aulas de Geografia na educação básica. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

32.
CARNEIRO, R. N.. Marcelino Vieira e Riacho de Santana: semelhantes ou diferentes?. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

33.
CARNEIRO, R. N.. Problemas urbanos da cidade de Pau dos Ferros. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

34.
CARNEIRO, R. N.; NASCIMENTO NETO, L. E. . A natureza do espaço numa perspectiva comunicativa ou pública.. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

35.
CARNEIRO, R. N.; SA, A. J. . Espaço público, agir comunictivo e cidadania espacial. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

36.
FERNANDES, M. J. C. ; NASCIMENTO NETO, L. E. ; CARNEIRO, R. N. . O estágio supervisionado e sua relação com o ensino: relatos de experiência da primeira turma do curso de geografia do CAMEAM/UERN. 2008. (Apresentação de Trabalho/Outra).

37.
CARNEIRO, R. N.. A produção social pública dos lugares numa perspectiva comunicativa como contraponto à produção social privada instrumental. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
CARNEIRO, R. N.. Apresentação, 2013. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

2.
CARNEIRO, R. N.. Apresentação, 2012. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

3.
CARNEIRO, R. N.. Grupo de trabalho Turismo e novas tendências econôimcas 2011 (Coordenação de Espaço de Diálogo).

4.
CARNEIRO, R. N.. Novos cenários, novos arranjos produtivos: o Litoral do RN 2011 (Coordenaçãp de mesa redonda).

5.
CARNEIRO, R. N.. Apresentação, 2011. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

6.
CARNEIRO, R. N.. Apresentação, 2011. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

7.
CARNEIRO, R. N.. O período técnico-científico-informacional e o ensino de Geografia 2010 (Coordenaçãp de mesa redonda).

8.
CARNEIRO, R. N.. GT Geografia dos Circuitos 2010 (Coordenação de Espaço de Diálogo).

9.
CARNEIRO, R. N.. Experiências Acadêmicas no ensino, na pesquisa e na extensão: relatos de alunos 2010 (Coordenaçãp de mesa redonda).

10.
CARNEIRO, R. N.. O ensino-aprendizagem dos conceitos-chave da Geografia na educação básica de Pau dos Ferros-RN 2009 (Coordenaçãp de mesa redonda).

11.
CARNEIRO, R. N.. Políticas de desenvolvimento socioambiental no/para o Nordeste 2009 (Coordenaçãp de mesa redonda).

12.
CARNEIRO, R. N.. O espaço agrário e suas dimensões 2009 (Coordenação de Espaço de Diálogo).

13.
CARNEIRO, R. N.. Sertão, Estado e Políticas Públicas: olhares sobre o Nordeste 2008 (Coordenaçãp de mesa redonda).

14.
CARNEIRO, R. N.. Dinâmias populacionais 2008 (Coordenação de Espaço de Diálogo).


Produção técnica
Redes sociais, websites e blogs
1.
CARNEIRO, R. N.. VII Jornada Geográfica. 2013; Tema: VII Jornada Geográfica. (Site).

2.
CARNEIRO, R. N.. I Encontro Estadual sobre Espaço, Ensino e Ciências Humanas na Educação Básica. 2013; Tema: I Encontro Estadual sobre Espaço, Ensino e Ciências Humanas na Educação Básica. (Site).


Demais tipos de produção técnica
1.
CARNEIRO, R. N.. Oficina: Elaboração de projetos científicos. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
GUEDES, J. A. ; CARNEIRO, R. N. . Revista Geotemas Vol. 5, No 2 (5). 2015. (Editoração/Periódico).

3.
CARNEIRO, R. N.; GUEDES, J. A. . Revista Geotemas Vol. 5, No 1 (5). 2015. (Editoração/Periódico).

4.
CARNEIRO, R. N.; GUEDES, J. A. . Revista Geotemas Vol. 4, No 2 (4). 2014. (Editoração/Periódico).

5.
GUEDES, J. A. ; CARNEIRO, R. N. . Revista Geotemas Vol. 4, No 1 (4). 2014. (Editoração/Periódico).

6.
CARNEIRO, R. N.. Revista Geotemas Vol. 3, No 1 (3). 2013. (Editoração/Periódico).

7.
GUEDES, J. A. ; CARNEIRO, R. N. . Revista Geotemas Vol. 3, No 2 (3). 2013. (Editoração/Periódico).

8.
CARNEIRO, R. N.. Revista Geotemas Vol. 2, No 1 (2). 2012. (Editoração/Periódico).

9.
CARNEIRO, R. N.. Revista Geotemas Vol. 2, No 2 (2). 2012. (Editoração/Periódico).

10.
CARNEIRO, R. N.. Revista Geotemas Vol. 1, No 2 (1). 2011. (Editoração/Periódico).

11.
CARNEIRO, R. N.. Revista Geotemas Vol. 1, No 1 (1). 2011. (Editoração/Periódico).

12.
MAIA, A. P. R. ; CARNEIRO, R. N. . O medo e a violência na região do Alto Oeste Potiguar: uma análise do ano de 2006. 2010. (Relatório de pesquisa).

13.
FARIAS, M. B. S. ; CARNEIRO, R. N. . Violência e insegurança na região do Alto Oeste Potiguar (2005). 2010. (Relatório de pesquisa).

14.
FERREIRA, E. M. B. ; CARNEIRO, R. N. . As geografias da violência e do medo no Alto Oeste Potiguar nos anos de 2007 e 2008. 2010. (Relatório de pesquisa).

15.
NUNES, M. E. R. ; CARNEIRO, R. N. . A produção do espaço, o meio técnico - cientifico - informacional e os circuitos espaciais da produção de Tabuleiro Grande-RN.. 2010. (Relatório de pesquisa).

16.
FARIAS, F. T. ; CARNEIRO, R. N. . Uma análise da Indústria Têxtil de Tabuleiro Grande-RN fundamentada nos Circuitos de Fluxos Sócioespacial. 2010. (Relatório de pesquisa).

17.
CARNEIRO, R. N.; NASCIMENTO NETO, L. E. ; GUEDES, J. A. . Produção do espaço regional e indústria têxtil de Jardim de Piranhas-RN: uma análise comparativa com Jaguaruana-CE. Relatório Final. 2010. (Relatório de pesquisa).

18.
CARNEIRO, R. N.; FERREIRA, E. M. B. ; MAIA, A. P. R. ; FARIAS, M. B. S. . As Geografias da violência e do medo do Alto Oeste Potiguar. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

19.
SANTOS, J. E. ; CARNEIRO, R. N. . Os mundos vividos de Jardim de Piranhas-RN e Tacaratu-PE e suas relações com os circuitos de fluxos socioespaciais das indústrias têxteis de redes de dormir locais. 2009. (Relatório de pesquisa).

20.
CARNEIRO, R. N.; GUEDES, J. A. ; NASCIMENTO NETO, L. E. . Produção do espaço regional e indústria têxtil de Jardim de Piranhas-RN: uma análise comparativa com Jaguaruana-CE.. 2009. (Relatório de pesquisa).

21.
CARNEIRO, R. N.. Discutindo as relações entre Território, Espaço e Poder a partir do filme 300. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
CARNEIRO, R. N.; SOUZA, K. C. A.. Participação em banca de Maria Iratelma Pereira. Identidades, territorialização e cotidiano dos trabalhadores da Cobal. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais e Humanas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

2.
CARNEIRO, R. N.; FONTELES NETO, F. L.; SANTOS, J. E.. Participação em banca de Henara Marques da Silva. Expansão do sistema prisional brasileiro e a cidadania no Brasil. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais e Humanas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

3.
CARNEIRO, R. N.; CAETANO, L. M. D.; SILVA, C. N. M.. Participação em banca de Francisca Adriana da Silva Bezerra. O uso do google earth e do google maps na abordagem de conteúdos geográficos: contribuições ao ensino de geografia. 2017. Dissertação (Mestrado em Ensino) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

4.
LIMA, F. V.; CARNEIRO, R. N.; SANTOS JUNIOR, R. J.. Participação em banca de Josué Jácome Filho. Condomínios fechados: um estudo de caso do Alpha Ville na cidade de Mossoró/RN. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais e Humanas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

5.
CARNEIRO, R. N.; ANDRADE, C. S. P.; SILVA, C. N. M.. Participação em banca de Maria Aparecida Monteiro da Silva. Os PPCs de Geografia da UERN: formação e prática docente para e no ensino médio. 2016. Dissertação (Mestrado em Ensino) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

6.
CARNEIRO, R. N.; CUNHA, A. V. C. S.; LOCATEL, C. D.. Participação em banca de Francisco Gildevan Holanda do Carmo. A representação do espaço rural e dos povos do campo no livro didático de história: uma imagem sob a ótica da educação do campo ou da pluralidade rural. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais e Humanas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

7.
CARNEIRO, R. N.; DANTAS, D. F.; MACIEL, C. A. A.. Participação em banca de Fábio Rodrigo Fernandes Araújo. Identidade e subjetividade no Nordeste fílmico de Cláudio de Assis. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais e Humanas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

8.
CARNEIRO, R. N.; MEIRELES, A. J. A.; TOSCANO, G. S.. Participação em banca de Ana Paula da Silva Lima. A identidade territorial e o meio técnico-científico-informacional: grupo "mulheres de corpo e algas": Barrinha-Icapuí-CE. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais e Humanas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

9.
CARNEIRO, R. N.; SOUZA, K. C. A.; FACANHA, A. C.. Participação em banca de Thalles Chaves Costa. Caminhos da arte pública em Mossoró: obras de arte nos espaços públicos de 1904 a 2014. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais e Humanas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

10.
COSTA, A. A.; AZEVEDO, F. F.; CARNEIRO, R. N.. Participação em banca de José Erimar dos Santos. Feira livre e circuito da economia urbana: um estudo da feira da pedra, em São Benton(PB). 2012. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Teses de doutorado
1.
LOCATEL, C. D.; AZEVEDO, F. F.; MARIANO NETO, B.; COSTA, F. B.; CARNEIRO, R. N.. Participação em banca de Leandro Paiva do Monte Rodrigues. Territórios rurais e desenvolvimento no Rio Grande do Norte: política e planejamento. 2016. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

2.
CARNEIRO, R. N.; FARIAS, P. S. C.; SILVA, E. S.; MENELAU, A. S.; ALBANO, G. P.. Participação em banca de Ericê Bezerra Correia. Bloqueios e possibilidades para o surgimento de espaços inovativos periféricos: o caso do setor leiteiro na região de Garanhuns/Pernambuco. 2012. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Federal de Pernambuco.

3.
ALBANO, G. P.; CARNEIRO, R. N.; SA, A. J.; FARIAS, P. S. C.. Participação em banca de Gleydson PInheiro Albano. Globalizaçao da Agricultura: uma análise comparativa com fruticultura irrigada para exportaçao mo RN - Ipamguaçu e Baraúna. 2011. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Pernambuco.

Qualificações de Mestrado
1.
CARNEIRO, R. N.; COSTA, M. C.; OLIVEIRA, M. N.; SANTOS FILHO, I. O.. Participação em banca de Miqueias Virgínio da Silva. Metodologias de ensino em Geografia: um estudo de caso no Ensino Fundamental. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Ensino) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

2.
CAVALCANTE, M. P.; CARNEIRO, R. N.; VERAS, E. F.; BESSA, J. C. R.. Participação em banca de Sheila Danielle Fernandes de Souza. A percepção dos professores da disciplina de História sobre as relações de poder existentes entre homens e mulheres. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Ensino) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

3.
SILVA, C. N. M.; CAVALCANTE, M. P.; CARNEIRO, R. N.; SANTOS, S. C. M.. Participação em banca de Renata Michele Messias. Cinema e Geografia: o filme como instrumento didático no ensino de Geografia. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Ensino) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

4.
CARNEIRO, R. N.; CAVALCANTE, M. P.; VIEIRA, F. B. A.; MARTINS, M. A. N. S.. Participação em banca de Andrei Gomes de Azevedo. Materiais didáticos de Geografia e metodologias de ensino: uma caracterização do Ensino Médio em Caicó-RN. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Ensino) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

5.
CARNEIRO, R. N.; COSTA, M. C.; OLIVEIRA, M. N.; BESSA, J. C. R.. Participação em banca de Amanda Santos Queiroz Paiva. Possibilidades do agir comunicativo no espaço escolar. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Ensino) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

6.
SILVA, M. R. F.; TORRES, M. B. R.; CARNEIRO, R. N.. Participação em banca de Vera Cidley Paz de Lira e Castro. Condomínios fechados horizontais em Mossoró-RN: o paraíso construído entre muros. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Sociais e Humanas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

7.
CARNEIRO, R. N.; FONTELES NETO, F. L.; LIMA, F. V.. Participação em banca de Henara Marques da Silva. Expansão do sistema prisional brasileiro e a cidadania no Brasil. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Sociais e Humanas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

8.
CARNEIRO, R. N.; SOUZA, K. C. A.. Participação em banca de Maria Iratelma Pereira. A construção da identidade: o cotidiano dos trabalhadores da Cobal. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Sociais e Humanas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

9.
LIMA, F. V.; CARNEIRO, R. N.; TORRES, M. B. R.. Participação em banca de Josué Jácome Filho. Novas e velhas cidades: os condomínios fechados na cidade de Mossoró-RN. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Sociais e Humanas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

10.
CARNEIRO, R. N.; SOUZA, K. C. A.; COSTA, J. H.. Participação em banca de Jocivânia Fernandes do Nascimento. Os caboclos e a identidade territorial, Major Sales-RN. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Sociais e Humanas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

11.
SILVA, L. R.; FONTELES NETO, F. L.; CARNEIRO, R. N.. Participação em banca de Pedro Gil Silva Santos. A cidade de Mossoró na segunda metade dos Oitocentos: espaço, controle social e cotidiano (1852-1876). 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Sociais e Humanas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

12.
CARNEIRO, R. N.; VASCONCELOS, T. S. L.; FELIPE, J. L. A.. Participação em banca de Francisca Adriana da Silva Bezerra. As geotecnologias e o ensino de geografia: o uso do Google Earth e do Google Maps no processo de ensino e compreensão de conceitos geográficos. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Sociais e Humanas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

13.
SILVA, C. N. M.; MORAIS, I. R. D.; CARNEIRO, R. N.. Participação em banca de Patrícia Tâmara da Silva. O ensino da Geografia do Rio Grande do Norte: um estudo sobre o processo de ensino aprendizagem em ensino médio. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Ensino) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

14.
MENDES, F. F. F.; CARNEIRO, R. N.; LINS, L. F. T. S.. Participação em banca de Gileno Câmara de França. Cidade pensada, cidade vivenciada: a vida cotidiana dos trabalhadores urbanos pobres durante a reelaboração espacial/urbanística de Natal entre 1900 e 1930. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Sociais e Humanas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

15.
TORRES, M. B. R.; ZUBEN, M. C. V.; CARNEIRO, R. N.. Participação em banca de Raul Nogueira dos Santos. Verdade, poder e discurso: o 'projeto da morte' de Santa Cruz do Apodi/RN. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Sociais e Humanas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

16.
CARNEIRO, R. N.; COSTA, M. C.; CAVALCANTE, M. P.. Participação em banca de Francisco Ringostar Pinto. Meio técnico-científico-informacional e ensino de geografia: uma análise crítico-reflexiva da Geografia no Ensino Médio na Escola Estadual Dr. José Fernandes de Melo. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Ensino) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

17.
CARNEIRO, R. N.; MARTINS, M. A. N. S.; SANTOS FILHO, I. O.. Participação em banca de Maria Aparecida Monteiro da Silva. Os PPCs de Geografia da UERN: formação e prática docente para e no Ensino Médio. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Ensino) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

18.
CARNEIRO, R. N.; SILVA, C. N. M.; CUNHA, A. V. C. S.. Participação em banca de Francisco Gildevan Holanda do Carmo. A representação do espaço rural e do homem do campo nos livros didáticos de história: pluralidade rural ou (suposta) identidade comum camponesa?. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Sociais e Humanas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

19.
CARNEIRO, R. N.; DANTAS, D. F.; MENDES, M. L. G. C.. Participação em banca de Fábio Rodrigo Fernandes Araújo. Identidade e subjetividade no Nordeste fílmico de Cláudio de Assis. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Sociais e Humanas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

20.
CARNEIRO, R. N.; MEIRELES, A. J. A.; TOSCANO, G. S.. Participação em banca de Ana Paula da Silva Lima. Mulheres de Corpo e Algas: A construção da identidade das mulheres algicultoras e suas relações com as questões ambiental e econômica/Barrinha-Icapuí-CE. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado em Ciências Sociais e Humanas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

21.
SILVA, M. R. F.; CARNEIRO, R. N.; SOUSA, K. C. A.. Participação em banca de Maria de Fátima Rocha Gondim. Análise das Políticas Públicas no Território da Cidadania Açu/Mossoró(RN): tecendo os nós para fortalecer as identidades locais. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Sociais e Humanas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

22.
CARNEIRO, R. N.; SOUZA, K. C. A.; TOSCANO, G. S.. Participação em banca de Thalles Chaves Costa. Artes, espaços públicos e identidade em Mossoró (1904-2012). 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Sociais e Humanas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

23.
TOSCANO, G. S.; CARNEIRO, R. N.; CAMACHO, R. G. V.; DIODATO, M. A.. Participação em banca de Ligia Valléria de Oliveira Silva. A gestão ambiental no Municipio de Mossoro: o mapeamento da fiscalização ambiental urbana. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Sociais e Humanas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
CARNEIRO, R. N.; COSTA, E. V.; BESSA, C. M. B.. Participação em banca de Maria Ivanúbia Lopes da Costa. Educação de Jovens e Adultos: uma abordagem multicultural sobre as práticas de ensino em Marcelino Vieira-RN. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Educação e Linguagens para a Multiculturalidade) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

2.
CARNEIRO, R. N.; CASTRO, G. J.; ALBUQUERQUE, E. M.. Participação em banca de Adriana do Nascimento Feitosa Souza. Ensino de Geografia e Educação Inclusiva: um estudo de caso na Escola Estadual Tarcísio Maia. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Educação e Linguagens para a Multiculturalidade) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

3.
CARNEIRO, R. N.; BESSA, C. M. B.; DUTRA, L. V.. Participação em banca de Andrea Paula Rego Maia. O multiculturalismo e as práticas pedagógicas no ensino de Geografia em escolas públicas. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Educação e Linguagens para a Multiculturalidade) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

4.
CARNEIRO, R. N.; BESSA, C. M. B.; DUTRA, L. V.. Participação em banca de Vinicius de Carvalho Andrade. Os desafios e as perspectivas do ensino geográfico multicultural na escola municipal Alice Pessoa em São Miguel - RN. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Educação e Linguagens para a Multiculturalidade) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

5.
CARNEIRO, R. N.. Participação em banca de Maria Micilene Vieira. Agricultura familiar, alimentação escolar e desenvolvimento local: o caso do município de Campo Grande/RN. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Desenvolvimento Regional e Planejamento Territoria) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

6.
CARNEIRO, R. N.. Participação em banca de José Augusto Soares. Agricultura familiar e políticas públicas: uma análise da evolução do crédito do PRONAF concedido pelo Banco do Nordeste na microrregião da Serra de São Miguel (2000-2010). 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Desenvolvimento Regional e Planejamento Territoria) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

7.
CARNEIRO, R. N.. Participação em banca de Francisca Eliana Bandeira Monteiro. Relações de trabalho no comércio varejista de Umarizal: um comparativo entre os anos de 2008 a 2011 nas empresas cadastradas na CDL. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Desenvolvimento Regional e Planejamento Territoria) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
BEZERRA, J. A.; CARNEIRO, R. N.; SILVA, C. N. M.. Participação em banca de Maria Luiza Alvez Bezerra.A expansão (peri)urbana na cidade de Pau dos Ferros (RN): uma análise do espaço entre o bairro Riacho do Meio e o sítio Carvão. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

2.
CARNEIRO, R. N.; ARAUJO, F. R. F.; ALMEIDA, J. E.. Participação em banca de Nazaré Rafaela Barbosa Bento.Ciruito inferior da economia da feira livre de Rodolfo Fernandes-RN. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

3.
SILVA, M. E. B. R.; CARNEIRO, R. N.. Participação em banca de Karla Pricila de Oliveira Farias.A prática docente diante da manifestação da sexualidade na educação infantil. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

4.
FERREIRA, L. S.; CARNEIRO, R. N.; TAVARES, T. R. R.. Participação em banca de José Porto de Queiroz Júnior.Produção espacial do município de Itaú-RN, a partir da construção de casas financiadas pela Caixa Econômica Federal. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

5.
VASCONCELOS, T. S. L.; CARNEIRO, R. N.. Participação em banca de Ana Cristina Carvalho de Araújo.Territorialidades na feira livre de Pau dos Ferrros/RN. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

6.
CARNEIRO, R. N.; SOUZA, K. C. A.; FONSECA, A. S. S.. Participação em banca de Jocivânia Fernandes do Nascimento.Os caboclos e a identidade territorial na "terra da cultura", Major Sales/RN. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

7.
CARNEIRO, R. N.; SILVA, C. N. M.; DUTRA, L. V.. Participação em banca de Ivanaldo Gomes de Medeiros.O papel do PRONAF no desenvolvimento do espaço agrário do município de José da Penha ? RN. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

8.
CARNEIRO, R. N.; COSTA, T. C.; DUTRA, L. V.. Participação em banca de Luiz Fernandes Figueiredo Neto.A feira livre de Pau dos Ferros e o papel cultural e simbólico da rua. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

9.
CARNEIRO, R. N.. Participação em banca de Fablênia Tatiany de Farias.A produção do espaço urbano na pequena cidade de Alexandria-RN: o caso do bairro Novo Horizonte. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

10.
CARNEIRO, R. N.. Participação em banca de Antonio Carlos Santos.Análise da tendência de valorização do solo urbano da cidade de Pau dos Ferros-RN, com foco no bairro São Geraldo. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

11.
CARNEIRO, R. N.. Participação em banca de Andrea Paula Rego Maia.Expansão urbana no espaço pauferrense. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

12.
OLIVEIRA, F. T. R.; CARNEIRO, R. N.. Participação em banca de Fernando Tásio Rêgo de Oliveira.A produção do espaço e a cajucultura em Severiano Melo-RN. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

13.
BESSA, C. C.; CARNEIRO, R. N.. Participação em banca de Carlos Cezar Bessa.Os dois circuitos da economia das vaquejadas de Severiano Melo-RN e Tabuleiro do Norte-CE. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

14.
CAVALCANTE, A. A. O.; CARNEIRO, R. N.. Participação em banca de André Alexandre de Oliveira Cavalcante.Análise espacial da dinâmica da violência, do medo e da insegurança na cidade de Umarizal entre os anos de 1990 a 2010. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

15.
SILVA, F. M.; CARNEIRO, R. N.. Participação em banca de Francisco Monte da Silva.VIolência, crime e criminalidade na cidade de Pau dos Ferros. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

16.
PEREIRA, J. J. C.; CARNEIRO, R. N.. Participação em banca de José Jarbas de C. Pereira.Agricultura familiar e práicas rurais: uma leitura sobre as comunidades de Gamela e Poço da Pedra, em Riaco de Santana-RN. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

17.
FERNANDES, C.; CARNEIRO, R. N.. Participação em banca de Clefson Fernandes.O setor de serviços de Pau dos Ferros: especialização e divisão territorial do trabalho dos serviços de saúde. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

18.
BESSA, C. C.; CARNEIRO, R. N.. Participação em banca de Carlos Cezar Bessa.Os dois circuitos da economia das vaquejadas de Severiano Melo-RN e Tabuleiro do Norte-CE. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

19.
BEZERRA, J. A.; CARNEIRO, R. N.; NASCIMENTO NETO, L. E.. Participação em banca de Francisco Andeálison do Monte Góis.O processo de fragmentação territorial ocorrido no Município de Portalegre-RN na década de 1960. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

20.
BEZERRA, J. A.; CARNEIRO, R. N.; NASCIMENTO NETO, L. E.. Participação em banca de José Renato Pereira Brasil.Segregação residencial na cidade de Itaú-RN: o caso do bairro da Felicidade. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

21.
BEZERRA, J. A.; CARNEIRO, R. N.; NASCIMENTO NETO, L. E.. Participação em banca de Lediane Leite Praxedes.Registros recentes sobre a expansão urbana e a especialização imobiliária da/na cidade de Pau dos Ferros-RN. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

22.
CARNEIRO, R. N.; BEZERRA, J. A.; NASCIMENTO NETO, L. E.. Participação em banca de Rosângela da Silva Carvalho.A produção do espaço regional de São Miguel-RN e o setor terciário. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

23.
CARNEIRO, R. N.; BEZERRA, J. A.; NASCIMENTO NETO, L. E.. Participação em banca de Francisco Rérison Ferreira Gama.A produção do espaço fumicultor no município de Pilões-Rn e a territorialização da Souza Cruz S.A. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
CARNEIRO, R. N.; MEIRELES, A. J. A.; SILVA, S. M. P.. CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA PROVIMENTO DO CARGO DE PROFESSOR EFETIVO DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE. 2016. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

2.
LIMA, R. F. P.; CARNEIRO, L. O.; CARNEIRO, R. N.. Concurso público de provas e títulos para o cargo de professor de 3° Grau, na Classe Assistente, na área de. 2010. Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

3.
CARNEIRO, R. N.; COSTA, F. R.; BRAGA, F. S.. Seleção de professores com contrato provisório de 20 horas. 2010.

4.
CARNEIRO, R. N.; BEZERRA, J. A.; DOZENA, A.. Concurso Público de Provas e Titulos para Docentes. 2010. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

5.
GUEDES, J. A.; CARNEIRO, R. N.; ALVES, A. M.. Processo seletivo para contratação de professor provisório de 40 horas, para atuar no curso de geografia do CAMEAM, durante o semestre letivo 2009.1. 2009. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

6.
CARNEIRO, R. N.; BEZERRA, J. A.; MEDEIROS, J. F.. Processo Seletivo para contratação de professor provisório de 40 horas, para atuar no curso de geografia do CAMEAM, durante o semestre letivo 2009.2. 2009. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

Outras participações
1.
CARNEIRO, R. N.; NASCIMENTO NETO, L. E.; SOUSA, M. L. M.. Processo seletivo simplificado para contratação temporária de professor. 2018. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

2.
BATISTA, A. L.; CARNEIRO, R. N.; BEZERRA, J. A.; CHAVES, G. E. D. F.. Avaliação de estágio probatório de docentes do curso de Geografia. 2011. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

3.
CARNEIRO, R. N.; BEZERRA, J. A.; FORTUNATO, R. I. H. C.. Seleção para Monitor do Programa Institucional de Monitoria - PIM. 2010. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

4.
DANTAS, M. F. C.; CARNEIRO, R. N.; MEDEIROS, J. F.; FREITAS, M. C.. Subcomissão de Avaliação do Estágio Probatório de Docentes do Curso de Geografia. 2010. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

5.
SOUZA, G. S.; CARNEIRO, R. N.; NASCIMENTO NETO, L. E.; FREITAS, M. C.. Subcomissão de Avaliação do Estágio Probatório de Docentes do Curso de Geografia. 2010. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

6.
BEZERRA, J. A.; CARNEIRO, R. N.; FORTUNATO, R. I. H. C.. Seleção de alunos para o Programa Institucional de Monitoria 2011.1. 2010. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

7.
CARNEIRO, R. N.; GUEDES, J. A.; NASCIMENTO NETO, L. E.. Seleção para bolsistas remunerado e voluntários para os projetos de pesquisa PIBIC. 2009. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

8.
CARNEIRO, R. N.; NASCIMENTO, M. A. G.; NASCIMENTO NETO, L. E.. Seleção para monitor do Programa Insitucional de Monitoria - PIM. 2009. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

9.
CARNEIRO, R. N.; SANTOS, J. E.; BEZERRA, J. A.. Seleção para monitor do Programa Institucional de Monitoria - PIM. 2009. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

10.
NASCIMENTO, M. A. G.; CARNEIRO, R. N.; SILVA, C. N. M.. Seleção para monitor do Programa Insitucional de Monitoria - PIM. 2008. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

11.
BEZERRA, J. A.; FERNANDES, M. J. C.; CARNEIRO, R. N.. Seleção para monitor do Programa Insitucional de Monitoria - PIM. 2008. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

12.
FERNANDES, M. J. C.; BEZERRA, J. A.; CARNEIRO, R. N.. Seleção para monitor do Programa Insitucional de Monitoria - PIM. 2008. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

13.
CARNEIRO, R. N.. Avaliador no Grupo de trabalho ASPECTOS SOCIO-ECONOMICOS DOS MUNICIPIOS NORTE-RIO GRANDENSE. 2008. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

14.
FERNANDES, M. J. C.; GUEDES, J. A.; CARNEIRO, R. N.. Processo seletivo para preenchimento das Vagas Não iniciais Disponíveis-PSVNID. 2008. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Observatório de Paisagens Patrimoniais & Artes Latino Americana.Reprodução material e simbólica do espaço. 2018. (Encontro).

2.
VII Semana de Geografia e II Seminário de Geografia do Semiárido.Desafios conteporâneos na/para a formação docente. 2017. (Seminário).

3.
VI Feira Regional de Ciências para Todos no Semiárido Potigaur. Observação: Foram avaliados trabalhos dos alunos na educação básica. 2016. (Feira).

4.
V Semana de Estudos, Teorias e Práticas Educativas e I Colóquio das Licenciaturas que integram o PIBID/UERN. 2014. (Outra).

5.
XIII Encontro Cearense de História da Educação - ECHE, do III Encontro Nacional do Núcleo de História e Memória da Educacão - ENHIME e do III Simpósio Nacional de Estudos Culturais e Geoeducacionais - SINECGEO.Uma análise subjetiva do espaço urbano do filme amarelo manga. 2014. (Simpósio).

6.
I Seminário Regional Comércio, Consumo e Cultura das Cidades. 2013. (Seminário).

7.
III Colóquio Brasileiro Educação na Sociedade Contemporânea: escola e educação na sociedade contemporânea - COBESC. 2012. (Outra).

8.
II Seminário Nacional do Laboratório de Estudos sobre Espaço e cultura: "Imaginar Abordagens Culturais do Urbano e do Rural". 2010. (Seminário).

9.
I Jornada de Gestão do Ensino de Graduação da UERN. 2010. (Outra).

10.
IV Encontro Paraibano de Geografia. 2010. (Encontro).

11.
IV Simpósio Internacional sobre as Geografias da violência e do medo: "dos espaços do medo à psicosfera da civilidade, a premência de uma nova economia politica/territorial. 2010. (Simpósio).

12.
XV Semana Universitária do CAMEAM/UERN. 2010. (Outra).

13.
Ciclo de palestras - A bacia hidrográficado rio apodi/mossoró: situação, intervenção e perspectivas. 2009. (Outra).

14.
I Colóquio sobre o gênero e o ensino de Geografia. 2009. (Seminário).

15.
I Encontro de Pesquisa em Assú. 2009. (Encontro).

16.
III COLÓQUIO DE EXTENSÃO - Desafios da extensão universitária: debater práticas e pensar novos caminhos. 2009. (Outra).

17.
III Simpósio internacional sobre as geografias da violência e do medo. 2009. (Simpósio).

18.
I Seminário do grupo de pesquisa: território, cultura e cidade no Nordeste brasileiro: análise sócio-territorial e ambiental.Produção do espaço urbano e regional. 2009. (Seminário).

19.
I Simpósio Internacional sobre o desenvolvimento urbano latino americano. 2009. (Simpósio).

20.
VIII encontro nacional e I encontro internacional com o pensamento de Milton Santos. 2009. (Encontro).

21.
X Encontro Regional de Estudos Geográficos. 2009. (Encontro).

22.
II Colóquio de Extensão: extensão universitária, saberes e transformação social. 2008. (Outra).

23.
III Semanta de Estudos, Teorias e Práticas Educativas (SETEPE). 2008. (Outra).

24.
II Seminário Iinternacional sobre as Geografias da Violencia e do Medo. 2008. (Simpósio).

25.
I Seminário de Estágio Supervisionado das Licenciaturas do CAMEAM/UERN. 2008. (Seminário).

26.
I Seminário Pensando a Geografia e seus conceitos-chave.A produção teórica e social do espaço moderno e pós-modernos. 2008. (Seminário).

27.
XV Encontro Nacional de Geógrafos. 2008. (Encontro).

28.
I Simpósio Internacional sobre as Geografias da Violência e do Medo. 2007. (Simpósio).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
CARNEIRO, R. N.. VIII Jornada Geográfica. 2017. (Congresso).

2.
CARNEIRO, R. N.. IV Salão de Iniciação Científica do Ensino Médio (PIBIC-EM). 2016. (Congresso).

3.
FERREIRA, L. S. ; VASCONCELOS, T. S. L. ; CARNEIRO, R. N. . 10 anos do curso de Geografia - UERN Campus Pau dos Ferros-RN: conhecimento e formação docente em Geografia no Alto Oeste Potiguar. 2014. (Congresso).

4.
CARNEIRO, R. N.. III Salão de Iniciação Científica do Ensino Médio (PIBIC-EM). 2014. (Congresso).

5.
CARNEIRO, R. N.; ZUBEN, M. C. V. . II Simpósio Interdisciplinar de Pós-Graduação em Ciências Sociais e Humanas: Sujeitos, Saberes e Práticas Sociais: abordagens interdisciplinares. 2014. (Congresso).

6.
CARNEIRO, R. N.. VII Jornada Geográfica. 2013. (Congresso).

7.
CARNEIRO, R. N.; MACEDO, S. M. F. . I Fórum de Educação e Cidadania no e para o Trânsito em Pau dos Ferros-RN. 2013. (Congresso).

8.
CARNEIRO, R. N.. I Encontro Estadual sobre Espaço, Ensino e Ciências Humanas na Educação Básica: o espaço como objeto de estudo interdisiciplinar. 2013. (Congresso).

9.
CARNEIRO, R. N.. XVIII Encontro Estadual de Geografia e VI Jornada Geográfica. 2011. (Congresso).

10.
CARNEIRO, R. N.. III Seminário pensando a Geografia e seus conceitos-chave: o período técnico-científico-informacional e o ensino de Geografia. 2010. (Outro).

11.
CARNEIRO, R. N.; FERNANDES, M. J. C. ; FERNANDES, C. . II Seminário Pensando a Geografia e seus conceitos-chave. 2009. (Outro).

12.
CARNEIRO, R. N.; ALVES, A. M. ; BEZERRA, J. A. ; COSTA, F. R. ; GUEDES, J. A. ; NASCIMENTO, M. A. G. ; NASCIMENTO NETO, L. E. ; SILVA, C. N. M. . V Jornada Geográfica e II Jornada de Estudos Agrários. 2009. (Outro).

13.
BRAGA, F. S. ; ALVES, A. M. ; BEZERRA, J. A. ; CARNEIRO, R. N. ; COSTA, F. R. ; GUEDES, J. A. ; NASCIMENTO NETO, L. E. . I Colóquio sobre o Gênero e Ensino de Geografia. 2009. (Outro).

14.
CARNEIRO, R. N.; ALVES, A. M. ; BEZERRA, J. A. ; FERNANDES, M. J. C. ; GUEDES, J. A. ; NASCIMENTO, M. A. G. ; NASCIMENTO NETO, L. E. ; SILVA, C. N. M. . IV Jornada Geográfica. 2008. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Amanda Santos de Queiroz Oliveira Paiva. Entre a formação e a experiência: os saberes docentes e a ação comunicativa. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Ensino) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. (Orientador).

2.
Andrei Gomes de Azevedo. A Geografia no ensino médio: uma análise das metodologias e materiais didáticos utilizados por professores nas escolas do município de Caicó-RN. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Ensino) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. (Orientador).

3.
Miqueias Vírginio da Silva. Processos metodológicos docentes no ensino dos conteúdos geográficos em escolas de ensino médio da microrregião de Pau dos Ferros: confrontos entre teoria e prática. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Ensino) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. (Orientador).

4.
Henara Marques da Silva. Expansão do sistema prisional brasileiro: reflexo de um país sem cidadãos. Início: 2016. Dissertação (Mestrado profissional em Ciências Sociais e Humanas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Conceição Kévia Firminino da Silva. Reprodução simbólica do espaço e mundo da vida no Alto Oeste Potiguar. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. (Orientador).

2.
Maria Erlane Bezerra Bessa. Produção material do espaço e política no Alto Oeste Potiguar. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. (Orientador).

3.
Aluizio Bezerra Júnior. Produção material do espaço e mercado no Alto Oeste Potiguar. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Maria Iratelma Pereira. Identidades, territorialização e cotidiano dos trabalhadores da Cobal. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais e Humanas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, . Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

2.
Francisca Adriana da Silva Bezerra. Implicações do uso da informática no ensino de geografia nos anos finais do ensino fundamental: desafios e possibilidades. 2015. Dissertação (Mestrado em Ensino) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, . Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

3.
Francisco Ringostar Pinto. O ensino de geografia na educação básica: da prática docente à ação comunicativa. 2015. Dissertação (Mestrado em Ensino) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, . Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

4.
Jocivânia Fernandes do Nascimento. Os caboclos e a identidade territorial na ?terra da cultura?, Major Sales/RN. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais e Humanas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, . Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

5.
Francisco Gildevan Holanda do Carmo. Universo campesino e livros didáticos de História: uma análise da inclusão do espaço rural e dos grupos camponeses nas narrativas históricas escolares. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais e Humanas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, . Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

6.
Fábio Rodrigo Fernandes Araújo. Identidade e subjetividade no Nordeste fílmico de Cláudio de Assis. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais e Humanas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, . Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

7.
Maria Aparecida Monteiro da Silva. Os PPCs de Geografia da UERN: Formação e Prática Docente para e no Ensino Medio. 2014. Dissertação (Mestrado em Mestrado Acadêmico em Ensino) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

8.
Ana Paula da Silva Lima. A identidade territorial e o meio técnico-científico-informacional: grupo "mulheres de corpo e algas": Barrinha-Icapuí-CE. 2012. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Sociais e Humanas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

9.
Thalles Costa Chaves. Caminhos da arte pública em Mossoró: obras de arte nos espaços públicos de 1904-2014. 2012. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Sociais e Humanas) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, . Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Andrea Paula Rego Maia. O multiculturalismo e as práticas pedagógicas no ensino de Geografia em escolas públicas. 2013. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Educação e Linguagens para a Multiculturalidade) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

2.
Vinicius de Carvalho Andrade. Os desafios e perspectivas do ensino geográfico multicultural na escola municipal Alice Pessoa em São Miguel-RN. 2013. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Educação e Linguagens para a Multiculturalidade) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

3.
Adriana do Nascimento Feitosa. Ensino de Geografia e educação inclusiva: um estudo de caso na Escola Estadual Tarcísio Maia. 2013. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Educação e Linguagens para a Multiculturalidade) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

4.
Maria Ivanubia Lopes da Costa. Educação de Jovens e Adultos: uma abordagem multicultural sobre as práticas de ensino em Marcelino Vieira-RN. 2013. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Educação e Linguagens para a Multiculturalidade) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Antonia Nézia de Carvalho Maia Queiroz. Programa bolsa família: uma análise do desempenho em Geografia no ensino fundamental II da escola José Pôrto de Queirós - Itaú-RN. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

2.
Ozias Rodrigues da Silva. Um estudo sobre o ensino da geografia no ensino fundametal da Escola Municipal Mário Alves Diniz em João Dias-Rn. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

3.
Diana Holanda de Queiroz. Os engenhos de cana de açúcar e sua importância econômica para o município de Almino Afonso/ RN. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

4.
Jobson Reges de Lima Araújo. Organização espacial e trânsito da cidade de Pau dos Ferros - RN. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

5.
Lucivanda Abrantes Batista. A festa da padroeira santa luzia no municipio de Rafael Fernandes/RN. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

6.
Miqueias Virginio da Silva. Violência ambiental urbana em José da Penha-Rn: o caso dos bairros alto duque de caxias e boa esperança. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

7.
Rita de Cássia Ferreira da Silva. Privatização dos espaços públicos: uma reflexão ou análise sobre a relação público-privado nas praças em Itaú/RN. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

8.
Luiz Fernandes Figueiredo Neto. A feira livre de Pau dos Ferros e o papel cultural e simbólico da rua. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

9.
Ivanaldo Gomes de Medeiros. O papel do PRONAF no desenvolvimento do espaço agrário do município de José da Penha ? RN. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

10.
Carlos Cezar Bessa. Os dois circuitos da economia das vaquejadas de Severiano Melo-RN e Tabuleiro do Norte-CE. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

11.
André Alexandre de Oliveira Cavalcante. Análise espacial da dinâmica da violência, do medo e da insegurança na cidade de Umarizal entre os anos de 1990 a 2010. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

12.
Fernando Tasio Rego de Oliveira. A produção do espaço e a cajucultura em Severiano Melo-RN. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

13.
Francisco Monte da Silva. Violência, crime e criminalidade na cidade de Pau dos Ferros. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

14.
Francisco Rérison Ferreira Gama. A produção do espaço fumicultor no município de Pilões-Rn e a territorialização da Souza Cruz S.A. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

15.
Rosângela da Silva Carvalho. A produção do espaço regional de São Miguel-RN e o setor terciário. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

Iniciação científica
1.
Talhany Cris Ferreira da Conceição. Produção e reprodução material e simbólica do espaço. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

2.
Mariana Pricilia de Assis. Produção e reprodução material e simbólica do espaço. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

3.
Talhany Cris Ferreira da Conceição. Produção e reprodução material e simbólica do espaço. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

4.
Mariana Pricilia de Assis. Produção e reprodução material e simbólica do espaço. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

5.
Maria Nazaré da Silva Oliveira. Espaço público e circuito de fluxo inferior da feira livre de Pau dos Ferros-RN. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

6.
Marta Evânia Miguel da Silva. Homicídios e tráfico de drogas: distribuição espacial no Alto Oeste Potiguar-RN. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

7.
Taires da Silva Ferreira. Homicídios e tráfico de drogas: distribuição espacial no Alto Oeste Potiguar-RN. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

8.
Amanda Lopes Gurgel. O circuito inferior informal de moto taxi de Pau dos Ferros-RN. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

9.
Tamyres Dantas da Costa. O circuito inferior informal de moto taxi de Pau dos Ferros-RN. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

10.
Lucas Tadeu Martins. O circuito inferior informal de moto taxi de Pau dos Ferros-RN. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

11.
Milena Bezerra de Almeida. A criminalidade em Pau dos Ferros no período 2005-2012: apontamentos acerca da emergência local de uma ?psicosfera da insegurança?. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Ensino Médio) - Escola Estadual Prof. Maria Edilma de Freitas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

12.
Igor Ramon Fernandes Diniz. Manifestações culturais e mercado em Pau dos Ferros/RN.. 2013. Iniciação Científica - Escola Estadual Dr. José Fernandes de Melo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

13.
Gessica dos Santos Silva. Espaço público e circuito de fluxo inferior da feira livre de Pau dos Ferros-RN.. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

14.
Jessica Alice Nogueira de Freitas. Espaço público e circuito de fluxo inferior da feira livre de Pau dos Ferros-RN.. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

15.
Joyce Azevedo de Souza. Espaço público e circuito de fluxo inferior da feira livre de Pau dos Ferros-RN.. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

16.
Bruna Monaliza Holanda da Silva. Espaço público e circuito de fluxo inferior da feira livre de Pau dos Ferros-RN.. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

17.
Ianne Brigida Jacinto dos Anjos. Espaço público e circuito de fluxo inferior da feira livre de Pau dos Ferros-RN.. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

18.
João Victor do Nascimento. Espaço público e circuito de fluxo inferior da feira livre de Pau dos Ferros-RN.. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

19.
Lara de Lourdes Freitas de Melo. Espaço público e circuito de fluxo inferior da feira livre de Pau dos Ferros-RN.. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

20.
Antonia Alícia Chagas Sena Dias. As Geografias da violência e do medo do Alto Oeste Potiguar-RN. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

21.
André Miguel da Silva. As Geografias da violência e do medo do Alto Oeste Potiguar-RN. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

22.
Andriano Miguel da Silva. As Geografias da violência e do medo do Alto Oeste Potiguar-RN. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

23.
Clícia Maria de Queiroz. As Geografias da violência e do medo do Alto Oeste Potiguar-RN. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

24.
Janneson José Ferreira de Lima. As Geografias da violência e do medo do Alto Oeste Potiguar-RN. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

25.
João Vitor Ferreira Duarte. As Geografias da violência e do medo do Alto Oeste Potiguar-RN. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

26.
José Marcos Rodrigues da Silva. As Geografias da violência e do medo do Alto Oeste Potiguar-RN. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

27.
Railson Gomes de Queiroz. As Geografias da violência e do medo do Alto Oeste Potiguar-RN. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

28.
Thiago Vinicius Maia de Lima. As Geografias da violência e do medo do Alto Oeste Potiguar-RN. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

29.
Vitor de Andrade Galdino. As Geografias da violência e do medo do Alto Oeste Potiguar-RN. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

30.
Francisco Ringostar Pinto. As Geografias da violência e do medo no Alto Oeste Potiguar-RN. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

31.
Arilane Fernandes Maia. Espaço público e circuito de fluxo inferior da feira livre de Pau dos Ferros-RN. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

32.
Aparecida Suiane Batista Estevam. A criminalidade em Pau dos Ferros-RN: uma análise mensal da violência no período de 2005 a 20012. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Ensino Médio) - Escola Estadual Prof. Maria Edilma de Freitas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

33.
Liliany Ketlily França dos Santos. Atividades artesanais e mercado em Pau do Ferros-RN. 2013. Iniciação Científica - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

34.
Mileidy Maiare de Sousa Barbosa. A criminalidade em Pau dos Ferros no período 2005-2012: apontamentos acerca da emergência local de uma ?psicosfera da insegurança?. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

35.
Arilane Fernandes Maia. Espaço público e ensino de Geografia: uma proposta metodológica a partir da feira livre de Pau dos Ferros. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

36.
Geovana Fernandes Alves. Espaço público e circuito de fluxo inferior da feira livre de Pau dos Ferros-RN.. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

37.
Francisco Ringostar Pinto. As Geografias da violência e do medo do Alto Oeste Potiguar-RN. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

38.
José Fontes Batista. Espaço público e circuito de fluxo inferior da feira livre de Pau dos Ferros-RN.. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

39.
Shakira Letícia Fernandes Feitosa. Desenvolvimento regional, circuito espacial da produção e feira livre de Pau dos Ferros-RN.. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

40.
José Marconde Monte Maia. A tecnosfera da (in) segurança de Pau dos Ferros-RN. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

41.
Nazaré Rafaela Barbosa Bento. Espaço público e circuito de fluxo inferior da feira livre de Pau dos Ferros-RN.. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

42.
Jocivânia Ferandes do Nascimento. Espaço, mundo da vida e sistema no Alto Oeste Potiguar-RN: uma análise da produção material e simbólica regional a partir das interações entre cultura, mercado e Estado.. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

43.
Fábio Rodrigo Fernandes Araújo. O setor terciário de Pau dos Ferros-RN: uma análise da influência regional dos seus circuitos de fluxos sócioespaciais. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

44.
Jeferson Carlos Araújo Tavares. O setor terciário de Pau dos Ferros-RN: uma análise da influência regional dos seus circuitos de fluxos sócioespaciais. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

45.
Jobson Reges de Lima. O setor terciário de Pau dos Ferros-RN: uma análise da influência regional dos seus circuitos de fluxos sócioespaciais. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

46.
Ana Cristina Carvalho de Araújo. Espaço público e circuito de fluxo inferior da feira livre de Pau dos Ferros-RN. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

47.
Caio Anderson de Oliveira Pereira. Espaço público e circuito de fluxo inferior da feira livre de Pau dos Ferros-RN. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

48.
Francisco Ringostar Pinto. As Geografias da violência e do medo do Alto Oeste Potiguar. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

49.
Ilsa Priscila dos Santos Batista. Ordenamento territorial e desenvolvimento regional no Alto Oeste Potiguar. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

50.
Jocivânia Fernandes do Nascimento. Ordenamento Territorial e Desenvolvimento Regional do Alto Oeste Potiguar. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

51.
Miqueias Virginio da Silva. As Geografias da violência e do medo no Alto Oeste Potiguar. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

52.
Francisco Monte da Silva. As Geografias da violência e do medo do Alto Oeste Potiguar. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

53.
Cristiano Souza Paiva da Silva. As Geografias da violência e do medo do Alto Oeste Potiguar. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

54.
Maria Adriana de Souza Lins. As Geografias da violência e do medo do Alto Oeste Potiguar. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

55.
Dâmarys Fontes Costa. As Geografias da violência e do medo no Alto Oeste Potiguar. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

56.
Maria Adriana de Souza Lins. As Geografias da violência e do medo no Alto Oeste Potiguar. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

57.
Francisco Monte da Silva. As geografias da violência e do medo no Alto Oeste Potiguar. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

58.
Emeson Matheus Bezerra Ferreira. As Geografias das violência e do medo do Alto Oeste Potiguar. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

59.
Andrea Paula Rego Maia. As Geografias da violência e do medo do Alto Oeste Potiguar. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

60.
Maria Berlândia da SIlva Farias. As Geografias da violência e do medo do Alto Oeste Potiguar. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

61.
Maria Erivanir Rodrigues Nunes. Desenvolvimento regional e indústria têxtil de moda íntima em Tabuleiro Grande-RN. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

62.
Fablênia Tatiany de Farias. Desenvolvimento regional e indústria têxtil de moda íntima em Tabuleiro Grande-RN. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

63.
José Erimar dos Santos. Os mundos vividos de Jardim de Piranhas-RN e Tacaratu-PE e suas relações com os circuitos de fluxos socioespaciais das indústrias têxteis de redes de dormir locais.. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

64.
Benedito Carlos de Oliveira. Os mundos vividos de Jardim de Piranhas-RN e Tacaratu e suas relações com os circuitos de fluxos socio-espaciais das indústrias têxteis de redes de dormir locais. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

Orientações de outra natureza
1.
Ramon Felipe da Silva. Educação no trânsito e para o transito em Pau dos Ferros-RN: discussões e ações sobre o direito à cidade e o direito à vida.. 2012. Orientação de outra natureza. (Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

2.
Simária Michele Sales Aires. Programa Institucional de Monitoria - PIM de Geografia Regional do Brasil. 2010. Orientação de outra natureza. (Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

3.
Samuel Jonathan Gomes Rocha Medeiros. Pensando a Geografia e seus conceitos-chave. 2009. Orientação de outra natureza. (Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

4.
Mirrayla Campos Feitosa Lacerda Lopes. Pensando a Geografia e seus conceitos-chave. 2009. Orientação de outra natureza. (Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

5.
Maria Dalvaneve Bezerra Barbosa. Pensando a Geografia e seus conceitos-chave. 2009. Orientação de outra natureza. (Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

6.
Francisco Leodécio Feitosa. Projeto de Monitoria Institucional da disciplina Geografia Regional do Brasil. 2009. Orientação de outra natureza. (Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

7.
Antonia Teanklyds Leymange. Projeto de Monitoria da disciplina de Introdução à Ciência Geográfica. 2008. Orientação de outra natureza. (Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

8.
Adriano Rêgo Pessoa. Projeto de Monitoria da disciplina Geografia Econômica. 2008. Orientação de outra natureza. (Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

9.
Clefson Fernandes. Pensando a Geografia e seus conceitos-chave. 2008. Orientação de outra natureza. (Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

10.
Roberto Platini Rocha Bilac. Pensando a Geografia e seus conceitos-chave. 2008. Orientação de outra natureza. (Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

11.
Francisca Freitas de Queiroz. Pensando a Geografia e seus conceitos-chave. 2008. Orientação de outra natureza. (Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

12.
Rute Soares Paiva. Pensando a Geografia e seus conceitos-chave. 2008. Orientação de outra natureza. (Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

13.
Francisco Monte da Silva. Pensando a Geografia e seus conceitos-chave. 2008. Orientação de outra natureza. (Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

14.
José Erimar dos Santos. Pensando a Geografia e seus conceitos-chave. 2008. Orientação de outra natureza. (Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

15.
Francisco Jerri Alan de Oliveira. Pensando a Geografia e seus conceitos-chave. 2008. Orientação de outra natureza. (Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

16.
Lediane Leite Praxedes. Pensando a Geografia e seus conceitos-chave. 2008. Orientação de outra natureza. (Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

17.
Áurea de Paula Medeiros e Silva. Pensando a Geografia e seus conceitos-chave. 2008. Orientação de outra natureza. (Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.

18.
Camila de Léllis. Pensando a Geografia e seus conceitos-chave. 2008. Orientação de outra natureza. (Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Rosalvo Nobre Carneiro.



Inovação



Projetos de pesquisa

Projeto de extensão


Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos completos publicados em periódicos
1.
CARNEIRO, R. N.2010CARNEIRO, R. N.; FERNANDES, C. . O projeto de extensão 'Pensando a Geografia e seus conceitos-chave' e as articulações extensão, ensino e pesquisa. Revista de Extensão, v. 7, p. 111-119, 2010.


Livros e capítulos
1.
CARNEIRO, R. N.. Pensando a Geografia e o ensino dos seus conceitos-chave. 1. ed. Pará de Minas: Virtual Books, 2011. v. 1. 97p .

1.
CARNEIRO, R. N.; SANTOS, J. E. . O espaço geográfico e a sua (re)construção na educação básica. In: Rosalvo Nobre Carneiro. (Org.). Pensando a Geografia e o ensino dos seus conceitos-chave. 1ed.Pará de Minas: Virtual Books, 2011, v. , p. 15-44.

2.
CARNEIRO, R. N.; FERNANDES, C. ; PRAXEDES, L. L. . O conceito de região e sua aplicabilidade nas escolas públicas de Pau dos Ferros-RN: experiências do projeto de extensão pensando a Geografia e seus conceitos-chave. In: Rosalvo Nobre Carneiro. (Org.). Pensando a Geografia e o ensino dos seus conceitos-chave. 1ed.Pará de Minas: Virtual Books, 2011, v. 1, p. 71-82.

3.
PINTO, F. R. ; CARNEIRO, R. N. . Ensino de Geografia e construção epistemológica do conhecimento: do ensino à pesquisa e da pesquisa ao ensino. In: Christian Dennys Monteiro de Oliveira; Lucas Bezerra Gondim; Luiz Raphael Teixeira Silva; Ivna Carolinne Bezerra Machado; Tiago Vieira Cavalcante. (Org.). Os outros, Nós somos... NEER (2006-2016). 1ed.Timburi/SP: Editora Cia do Ebook, 2017, v. 1, p. 127-143.

4.
CARNEIRO, R. N.; PAIVA, A. S. Q. O. . Filosofia e ciências humanas: olhares a partir da teoria de Habermas. In: Ivanaldo Santos. (Org.). Filosofia e ciências humanas: teorias e problemas. 1ed.Porto Alegre: Editora Fi, 2017, v. , p. 17-29.

5.
CARNEIRO, R. N.; SILVA, M. V. . As ciências humanas no ensino médio: contribuições para uma formação educativa da geografia. In: Ivanaldo Santos. (Org.). Filosofia e ciências humanas: teorias e problemas. 1ed.Porto Alegre: Editora Fi, 2017, v. , p. 175-195.

6.
CARNEIRO, R. N.; AZEVEDO, A. G. . O método dialético e o ensino de Geografia: estratégia metodológica para um debate em sala de aula. In: Ivanaldo Santos. (Org.). Filosofia e ciências humanas: teorias e problemas. 1ed.Porto Alegre: Editora Fi, 2017, v. , p. 209-221.


Apresentações de Trabalho
1.
CARNEIRO, R. N.. Formação humana e ação docente comunicativas: forma, função, processo e estrutura. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
FERNANDES, M. J. C. ; NASCIMENTO NETO, L. E. ; CARNEIRO, R. N. . O estágio supervisionado e sua relação com o ensino: relatos de experiência da primeira turma do curso de geografia do CAMEAM/UERN. 2008. (Apresentação de Trabalho/Outra).

3.
NASCIMENTO NETO, L. E. ; FERNANDES, M. J. C. ; CARNEIRO, R. N. . Atução docente e estágio supervisionado: primeira vivência no curso de Geografia do CAMEAM/UERN. 2009. (Apresentação de Trabalho/Outra).


Cursos de curta duração ministrados
1.
CARNEIRO, R. N.. Oficina: Elaboração de projetos científicos. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Outra).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 20/10/2018 às 19:20:18