Marcio Rodrigo Loos

Bolsista de Produtividade Desen. Tec. e Extensão Inovadora do CNPq - Nível 2

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5158594461508102
  • Última atualização do currículo em 10/05/2017


Possui graduação em Licenciatura Plena em Física (2005) e mestrado em Ciência e Engenharia de Materiais (2007) pela Universidade Estadual de Santa Catarina (UDESC) e doutorado em Ciências Naturais pela Technisch Universität Hamburg-Harburg/Alemanha (2010). Realizou seus dois estágios de pós doutorado na Case Western Reserve University/Estados Unidos (2010-2012). Atualmente é Professor na UFSC-Blumenau onde coordena Laboratório de Ciência, Tecnologia e Inovação (LabCTI). Têm experiência nas áreas de Física e Ciência e Engenharia de Materiais. Suas áreas de interesse incluem: Física Atômica e Molecular, Nanotecnologia, Nanotubos de Carbono, Simulação do Comportamento Mecânico de Compósitos, Nanocompósitos de Matriz Polimérica, Síntese de Polímeros de Alta Performance, Blendas Poliméricas, Ensino de Física e elaboração de patentes. http://loos.prof.ufsc.br/ http://www.labcti.ufsc.br/ (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Marcio Rodrigo Loos
Nome em citações bibliográficas
LOOS, M. R.;Loos, Marcio R.;Loos, M.R.;LOOS, MARCIO RODRIGO;LOOS, MARCIO

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Santa Catarina.
Rua João Pessoa, 2750
Velha
89036256 - Blumenau, SC - Brasil
Telefone: (47) 992718884
Fax: (47) 992718884
URL da Homepage: http://loos.prof.ufsc.br/


Formação acadêmica/titulação


2007 - 2010
Doutorado em Natural Sciences.
Technical University of Hamburg-Harbug, TUHH, Alemanha.
Título: Development of Functionalyzed Polyoxadiazole Nanocomposites, Ano de obtenção: 2010.
Orientador: Prof. Dr. Karl Schulte.
2005 - 2007
Mestrado em Ciência e Engenharia de Materiais.
Universidade do Estado de Santa Catarina (+Sanduíche UFRGS), UDESC, Brasil.
Título: Nanocompósitos de matriz epóxi reforçados com nanotubos de carbono,Ano de Obtenção: 2007.
Orientador: Prof. Dr. Luiz Antônio Ferreira Coelho.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2001 - 2005
Graduação em Licenciatura Plena Em Física.
Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC, Brasil.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.


Pós-doutorado


2011 - 2012
Pós-Doutorado.
Case Western Reserve University, CASE, Estados Unidos.
2010 - 2011
Pós-Doutorado.
Case Western Reserve University, CASE, Estados Unidos.


Formação Complementar


2009 - 2009
Application of Neutrons and Synchrotron Radiation. (Carga horária: 40h).
GKSS Forschungszentrum Geesthacht GmbH, GKSS, Alemanha.
2006 - 2006
Introdução aos materiais compósitos. (Carga horária: 12h).
Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC, Brasil.
2005 - 2005
Mecânica Quântica.
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
2005 - 2005
Caracterização de materiais avançados. (Carga horária: 12h).
Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC, Brasil.
2005 - 2005
Materiais sinterizados: metais.
Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC, Brasil.
2005 - 2005
Técnicas de união de materiais avançados. (Carga horária: 12h).
Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC, Brasil.
2005 - 2005
Materiais poliméricos avançados. (Carga horária: 12h).
Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC, Brasil.
2005 - 2005
Eletromagnetismo. (Carga horária: 30h).
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
2005 - 2005
Materiais cimentícios e seus compostos. (Carga horária: 20h).
Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC, Brasil.
2004 - 2004
Extensão universitária em Licenciatura Plena em Física. (Carga horária: 20h).
Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC, Brasil.
2002 - 2002
Extensão universitária em Licenciatura Plena em Física. (Carga horária: 4h).
Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC, Brasil.
2001 - 2001
Extensão universitária em Licenciatura Plena em Física. (Carga horária: 2h).
Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC, Brasil.
2001 - 2001
Extensão universitária em Licenciatura Plena em Física. (Carga horária: 4h).
Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto A, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

04/2015 - Atual
Direção e administração, UFSC - Campus Blumenau, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de avaliação de Bolsas PIBITI do Campus Blumenau.
03/2015 - Atual
Ensino, Engenharia de Controle e Automação, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Física Experimental 3 (2015.1; 2015.2;2016.1;2016.2;2017.1)
Física Geral 3 (2015.1; 2015.2;2016.1;2016.2;2017.1)
04/2015 - 04/2017
Direção e administração, UFSC - Campus Blumenau, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de avaliação de Bolsas PIBIC do Campus Blumenau.
11/2016 - 12/2016
Direção e administração, UFSC - Campus Blumenau, .

Cargo ou função
Membro da comissão de seleção do Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física polo UFSC Blumenau.
03/2015 - 07/2016
Ensino, Engenharia de Materiais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Física Experimental 3 (2015.1; 2015.2)
Física Geral 3 (2015.1; 2015.2)
03/2015 - 07/2016
Ensino, Engenharia Têxtil, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Física Experimental 3 (2015.1; 2015.2)
Física Geral 3 (2015.1; 2015.2)
07/2014 - 06/2016
Direção e administração, UFSC - Campus Blumenau, .

Cargo ou função
Membro do Colegiado de curso de Engenharia de Controle e Automação.
08/2014 - 03/2016
Direção e administração, UFSC - Campus Blumenau, .

Cargo ou função
Coordenador de Extensão do Colegiado de Ciências Exatas e Licenciatura de Blumenau.
11/2015 - 12/2015
Direção e administração, UFSC - Campus Blumenau, .

Cargo ou função
Membro da comissão de seleção do Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física polo UFSC Blumenau.
11/2015 - 12/2015
Outras atividades técnico-científicas , UFSC - Campus Blumenau, UFSC - Campus Blumenau.

Atividade realizada
Membro da Comissão de avaliação de Projetos da Fapesc - Sinapse da Inovação.
08/2014 - 07/2015
Direção e administração, UFSC - Campus Blumenau, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de Sustentabilidade do Campus Blumenau da UFSC.
06/2015 - 06/2015
Outras atividades técnico-científicas , UFSC - Campus Blumenau, UFSC - Campus Blumenau.

Atividade realizada
Membro da Comissão de avaliação de Projetos do Edital PROEXT-MEC.
03/2015 - 03/2015
Direção e administração, UFSC - Campus Blumenau, .

Cargo ou função
Membro da Comissão para analisar e avaliar os projetos inscritos no PROBOLSAS/2015, Edital no 02/PROEX/2014.
07/2014 - 12/2014
Ensino, Engenharia de Materiais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Física Experimental 1
Física Experimental 2
07/2014 - 12/2014
Ensino, Engenharia de Controle e Automação, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Física Experimental 1
Física Experimental 2
07/2014 - 12/2014
Ensino, Engenharia Têxtil, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Física Experimental 1
Física Experimental 2
08/2014 - 10/2014
Direção e administração, UFSC - Campus Blumenau, .

Cargo ou função
Presidente da Comissão de Elaboração do Projeto de Curso de Licenciatura em Física.

Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2014
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Prof. Visitante, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2005 - 2007
Vínculo: Bolsista Capes, Enquadramento Funcional: Pesquisa e Desenvolvimento, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2002 - 2004
Vínculo: Bolsista Iniciação Científica, Enquadramento Funcional: Bolsista Iniciação Científica, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Trabalhou com simulações do cálculo da velocidade de escape para átomos de sódio e rubídio em uma armadilha magneto-óptica. Orientador PRof. Dr. André Luiz de Oliveira.

Atividades

07/2013 - 06/2014
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Tecnológicas, Departamento de Física.

07/2013 - 06/2014
Extensão universitária , Centro de Ciências Tecnológicas, Departamento de Física.

Atividade de extensão realizada
Projeto de ensino: Ensino de Física Geral III Usando Simulações dos Fenômenos Físicos.
04/2013 - 06/2014
Extensão universitária , Centro de Ciências Tecnológicas, Departamento de Física.

Atividade de extensão realizada
RENEW: Grupo de divulgação de temas relacionados a energias renováveis e sustentabilidade.
02/2013 - 06/2014
Extensão universitária , Centro de Ciências Tecnológicas, Departamento de Física.

Atividade de extensão realizada
Orientador.
07/2012 - 06/2014
Ensino, Engenharia Elétrica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Física Experimental III
Física Geral III
07/2012 - 06/2014
Ensino, Engenharia de Produção e Sistemas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Física Geral III

Case Western Reserve University, CASE, Estados Unidos.
Vínculo institucional

2010 - 2012
Vínculo: Research Associate, Enquadramento Funcional: ., Carga horária: 60, Regime: Dedicação exclusiva.


GKSS Forschungszentrum Geesthacht GmbH, GKSS, Alemanha.
Vínculo institucional

2007 - 2010
Vínculo: Research Fellow, Enquadramento Funcional: Research Fellow, Carga horária: 60, Regime: Dedicação exclusiva.


TUHH Technical University Hamburg-Harburg, TUHH, Alemanha.
Vínculo institucional

2007 - 2010
Vínculo: PhD Student, Enquadramento Funcional: Graduate Student, Carga horária: 40



Linhas de pesquisa


1.
Nanotecnologia
2.
Nanociência
3.
Plasma
4.
Polimeros
5.
Compósitos
6.
Energia Eólica


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Desenvolvimento de tinta isolante de alta rigidez dielétrica com base em nanotecnologia e robô para pintura de cabos em redes de transmissão e distribuição

Projeto certificado pela empresa Celesc Distribuição em 04/05/2017.
Descrição: Durante chuvas e temporais é comum que galhos de árvores interfiram na rede elétrica, danificando os fios e postes e causando interrupção no fornecimento de energia. Apesar de haverem ações preventivas os desligamentos ocorrem com frequência e trazem prejuízos para as concessionárias e a população em geral. Cerca de 30% dos desligamentos de energia elétrica nas redes da Celesc são causados por árvores. Há a necessidade da criação de novas metodologias e dispositivos que minimizem o conflito entre árvores e redes de distribuição.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2017 - Atual
Ensino de física através do uso de engenhocas
Descrição: Tradicionalmente o ensino de Física é dificultado por fatores como falta de professores formados na área, limitada carga horária, ausência de laboratórios e, acima de tudo, desinteresse dos alunos. Apesar da Física ser a base da constante revolução tecnológica que presenciamos, a disciplina de Física nas escolas não costuma atrair o interesse dos alunos. Este projeto propõe o ensino de Física através da construção de engenhocas conhecidas como marble machines. A engenhoca permitirá o ensino de vários conceitos físicos de forma atrativa e lúdica de modo a aumentar o interesse dos alunos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
Projeto e construção de um sistema de aquaponia para cultivação de chás e temperos em residências
Descrição: A aquaponia consiste em um ciclo onde a água utilizada em um aquário é bombeada para uma horta acima do nível do aquário. Assim a água com nutrientes provenientes dos peixes é bombeada para a cama de cultivo onde as plantas absorvem os nutrientes e fazem um processo de filtragem. Esta água filtrada retorna ao aquário, fazendo com que o ciclo continue. A utilização de peixe, além de fornecer nutrientes para as plantas faz com que se tenha um sistema sustentável e mais eficiente. Do ponto de vista sustentável, tem-se uma economia de até 80% do consumo de água. Com os nutrientes do peixe não é necessário o uso de componentes químicos (sais) para o crescimento das plantas. Do ponto de vista econômico, tem-se ainda mais vantagens: a aquaponia é um método extremamente barato, se comparado a agricultura e hidroponia, pois tem menos desperdício e não necessita de tanta mão de obra. O objetivo geral desta proposta é projetar e construir um sistema compacto de aquaponia que possa ser utilizado em residências no cultivo de verduras, chás e temperos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
Projeto e construção de uma mini extrusora para fabricação de filamento para impressão 3D
Descrição: Este projeto propõe a construção de uma mini extrusora que viabilize a fabricação de filamentos a um custo reduzido pelo próprio usuário da impressora 3D. Desta forma o uso de impressão 3D poderá ser expandido ainda mais e muito mais usuários poderão beneficiar-se das vantagens deste tipo de tecnologia..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2015 - 2017
Desenvolvimento de haste telescópica de fibra de carbono para suporte e acoplamento de serra recíproca pneumática para otimização do processo de poda em redes de distribuição
Descrição: A poda é uma prática comum e visa reduzir os conflitos de árvores com as linhas de transmissão. As ferramentas atualmente usadas na poda, operadas a partir do solo, são limitadas ao corte de galhos finos e alcance de até 5 metros. Estas ferramentas, além de ineficientes, exigem força do operário e causam fadiga devido a realização de movimentos repetitivos. Há a necessidade de criação de novos dispositivos que facilitem a poda de árvores, de modo a aumentar o rendimento dos operários, diminuir custos e tornar as atividades menos cansativas. É necessário ainda o desenvolvimento de técnicas que visem inibir o crescimento de galhos podados de modo a estender o período entre podas. Não há uma política de reaproveitamento dos resíduos de poda sendo em aplicação e de formação de cooperativas nesta área. Precisa-se de uma metodologia de caráter ecológico que evite o deposito destes materiais em aterros e lixões e contribua para a diminuição da contaminação do solo e de lençóis freáticos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) .
Integrantes: Marcio Rodrigo Loos - Coordenador / João Victor Reinert - Integrante / Adilson Pakuszewski - Integrante / Jorge Coelho - Integrante / Marcelo Callegari Scipioni - Integrante / Cristian Fernando Oecksler - Integrante / Rodrigo Antunes - Integrante.Financiador(es): Celesc Distribuição - Auxílio financeiro.
2015 - 2017
Projeto e construção de um aimpressora 3D
Descrição: A impressão 3D é uma técnica relativamente nova para manufatura de um objeto diretamente de um conjunto de desenhos do computador. Há vários métodos de impressão 3D. Um dos mais difundidos envolve a fundição de um filamento de plástico e a deposição deste para lentamente construir um modelo em camadas. Este projeto visa a construção de uma impressora 3D para suprir a demanda do LabCTI..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2015 - Atual
Projeto e construção de um Router CNC
Descrição: O router CNC é utilizado para desenvolver cortes em MDF acrílico e alumínio. Seu processo de manufatura é substrativo, ou seja, ao contrário da impressora 3D, este efetua cortes em camadas retirando o material necessário aos poucos, para obter um produto final. Este projeto visa a construção de um CNC usando tubos de aço e peças fabricadas na impressora 3D..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2013 - Atual
Nanobiocompósitos Multifuncionais para Aplicações Estruturais
Descrição: O crescimento da população mundial tem colocado constante pressão nas fontes naturais e, muitas destas fontes, uma vez usadas, não são renováveis. A energia eólica é atualmente o tipo de energia alternativa instalada com maior crescimento. No período de 1990-2007 a capacidade mundial de produção de energia eólica cresceu em mais de 50 vezes e a previsão é de que em 2030 o aumento seja de 30 vezes o valor da produção em 2008. Para que se alcance o crescimento esperado nesta área há a necessidade do desenvolvimento de materiais mais resistentes e ao mesmo tempo leves que permitam a construção de pás maiores para as turbinas eólicas. Quanto maior a área pela qual a turbina pode extrair a energia do vento, mais energia elétrica será gerada. Nanotubos de carbono (NTC) possuem propriedades que superam o desempenho de fibras de vidro e de carbono atualmente usadas em compósitos aplicados na indústria eólica. Devido sua baixa densidade, NTC podem ser usados na obtenção de materiais mais leves e resistentes para fabricação de pás para turbinas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Marcio Rodrigo Loos - Coordenador / Pezzin, Sérgio H. - Integrante / Felipe Antonio Miguel - Integrante / Diogo Guimarães da Silva - Integrante / Rodrigo Antunes - Integrante / André Luiz Granemann - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2012 - 2014
PIRE: Materials for Renewable Energy NaturE?s Way (RENEW)
Descrição: PIRE: RENEW will address global energy sustainability by using biological-based materials to improve material performance and create sustainable replacements in clean energy technologies, focusing on novel applications such as solar and wind power rather than liquid fuel..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (10) .
Integrantes: Marcio Rodrigo Loos - Integrante / Coelho, Luiz Antonio F. - Integrante / Pezzin, Sérgio H. - Integrante / Ica Manas-Zloczower - Coordenador / Luis César Fontana - Integrante / Ken Singer - Integrante / Richard Gross - Integrante / Virgil Percec - Integrante / Goran Ungar - Integrante / Xianbing Zeng - Integrante / Anthony JHM Meijer - Integrante / Philippe Dubois - Integrante / Mariastella Scandola - Integrante / Thomas Trabold - Integrante / Callie Babbitt - Integrante / Iwan Alexander - Integrante / David Fleshler - Integrante / Dianne Anderson - Integrante.Financiador(es): National Science Foundation - Cooperação.
2012 - 2014
FUNCIONALIZAÇÃO DE NANOTUBOS DE CARBONO POR PLASMA PARA APLICAÇÃO EM COMPÓSITOS DE MATRIZ EPÓXI
Descrição: Neste projeto de pesquisa estudaremos a funcionalização de nanotubos de carbono por plasma. Serão usados dois princípios para a geração do estado de plasma: 1- descarga luminescente em baixa pressão e, 2- microplasma em alta pressão. No primeiro caso temos um plasma homogêneo composto por partículas que podem ser mantidas com energia relativamente baixa e, no segundo caso, temos um plasma mais energético, porém concentrado em uma pequena área de poucos mm2. Três gases serão usados para a geração dos plasmas: O2 para a funcionalização com grupos hidroxila, carboxila e carbonila; NH3 para grupos amina, nitrila e amida; e CF4 para átomos fluoreno. Após o tratamento as amostras serão analisadas por várias técnicas, tais como espectroscopia no infravermelho por transformada de Fourier (FTIR), espectroscopia de fotoelétrons excitados por raios X (XPS) e Raman, análise termogravimétrica (TGA) e microscopia eletrônica de varredura (SEM). As amostras de nanotubos funcionalizados serão aplicadas na confecção de compósitos de matriz epóxi. Os compósitos serão caracterizados através de ensaios de tração (ASTM D-638) e flexão (ASTM D790M), Análise Dinâmico-Mecânica (DMA) e SEM. O principal objetivo é melhorar a dispersão de nanotubos quando aplicados na fabricação de compósitos bem como a interação interfacial entre nanotubos e matrizes poliméricas..
Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Marcio Rodrigo Loos - Coordenador / Sérgio Henrique Pezzim - Integrante / Luiz Antônio Ferreira Coelho - Integrante / Luis César Fontana - Integrante / Jacimar Nahorny - Integrante.Número de orientações: 4
2011 - 2012
High Thermal Conductivity Graphene-based Composites
Descrição: The goal of the proposed research is to develop a deeper understanding of nanoscale thermal transport in graphene platelets as well as corresponding nanocomposites through characterization and analysis of their properties. These materials are attractive candidates in next generation thermal management solutions for the electronics and solar panel industries due to their superior thermal conductivity. Of particular relevance is the exploration of graphene for incorporation into thermal spreaders and/or as thermal interface materials. The knowledge gained by this work will enable the design and development of significantly improved materials which exhibit high thermal but relatively low electrical conductivity. Our main goal is to produce graphene-based polymers that exhibit thermal conductivities of at least 40 W/m-K. THIS PROJECT IS A COOPERATION BETWEEN BAYER MATERIAL SCIENCE AND CASE WESTERN RESERVE UNIVERSITY.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Marcio Rodrigo Loos - Integrante / Manas-Zloczower, Ica - Integrante / Nayandeep Mahanta - Integrante / Alexis Abramson - Coordenador.
2009 - 2011
Carbon nanotube reinforced polyurethane composites for wind turbine blades
Descrição: Carbon nanotube reinforced polyurethane composites for wind turbine blades. Stronger, lighter wind turbine blades can operate at lower wind speeds and thus reduce the overall cost of wind energy. This project has two main objectives. The first is to determine if polyurethane based composites offer performance advantages over incumbent materials used in the manufacture of wind turbine blades. The second is to determine if carbon nanotubes can be used to strengthen both incumbent and experimental polyurethane systems. Bayer MaterialScience LLC will lead resin and nanocomposite technology development. Molder Fiber Glass Companies, a major wind turbine manufacturer is a subcontractor. They will provide control materials, specifications, next generation performance objectives and testing services.Case Western Reserve University is also a subcontractor. They will conduct mixing, morphology control and other specialized tests of nanocomposites to maximize strength to weight ratio of the new composite designs. Experimental systems will be first evaluated in small laboratory panels. Promising candidates will be scaled to very large panels and evaluated against industry standards and objectives. Technical and commercial viability will be assessed by the development team..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Marcio Rodrigo Loos - Integrante / Jingting Yang - Integrante / Unal, S. - Integrante / Younes, U. - Integrante / Manas-Zloczower, Ica - Coordenador / Feke, Donald L. - Integrante.Financiador(es): Department of Energy - Auxílio financeiro.
2007 - 2010
Development of functionalized polyoxadiazole nanocomposites
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (2) .
Integrantes: Marcio Rodrigo Loos - Integrante / GOMES, D - Coordenador / Schulte, Karl - Integrante / Abetz, V. - Integrante.Financiador(es): Helmholtz-Zentrum Geesthacht - Auxílio financeiro.
2006 - 2010
COMPÓSITOS E NANOCOMPÓSITOS POLIMÉRICOS MOLDADOS POR TRANSFERÊNCIA DE RESINA (PROCAD)

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Sérgio Henrique Pezzin em 13/08/2013.
Descrição: Este projeto aborda a moldagem por transferência de resina (RTM) de compósitos de fibras vegetais ou híbridos (com fibras vegetais e sintéticas), a caracterização e a avaliação do custo/desempenho dos compósitos produzidos e a otimização do processo por simulação numérica. Os compósitos produzidos apresentam grande potencial para aplicação na indústria automotiva substituindo parcialmente a fibra de vidro. Assim, promover-se-a a valorização de matérias-primas nacionais, a nucleação de linhas de pesquisa pioneiras no país, a formação de recursos humanos, a geração de conhecimento e de tecnologia e o combate às desigualdades regionais no Brasil. Completa o projeto, a moldagem por RTM de nanocompósitos de epóxi e espera-se assim contribuir para o desenvolvimento científico em uma área muito recente do conhecimento tecnológico mundial. As Universidades parceiras selecionadas situam-se em grandes pólos de produção de plásticos reforçados por RTM (Caxias do Sul-RS e Joinville-SC), principalmente para atender ao segmento automotivo. PROCAD No. 0303054 - Coordenação Geral: Prof. Sandro Campos Amico (UFRGS) ..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (5) .
Integrantes: Marcio Rodrigo Loos - Integrante / Pezzin, S. H. - Coordenador / Coelho, Luiz Antonio F. - Integrante / Jonas Bertholdi - Integrante / Jaqueline Suave - Integrante / Marcelo Alexandre de Farias - Integrante / Celso Luiz Rigoli Risi - Integrante / Marcos Nunes dos Santos - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 3
2003 - 2005
Cálculo da Velocidade de Escape para Átomos de Rubídio e Sódio

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Andre Luiz de Oliveira em 17/02/2014.
Descrição: O conhecimento da velocidade de escape dos átomos em uma armadilha magneto-óptica é de grande interesse na análise dos processos que ocorrem nela, sobretudo quando relacionamos os de perda nestas armadilhas. Neste trabalho pretendemos obter através de simulação numérica, a velocidade de escape de átomos de 85Rb e Na e consequentemente a velocidade de captura, em um regime de altas intensidades do laser de aprisionamento (de 0 a 400 mW/cm2), variando outros parâmetros da armadilha, tais como cintura do feixe Gaussiano, o gradiente de campo magnético e "detuning" do laser. Os resultados aqui obtidos servirão de base para comparação com os experimentos realizados pelo Grupo de Óptica do Instituto de Física de São Carlos da Universidade de São Paulo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2003 - 2005
Cálculo da Velocidade de Escape e Captura de Átomos Alcalinos

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Andre Luiz de Oliveira em 14/08/2013.
Descrição: O conhecimento da velocidade de escape e captura dos átomos em uma armadilha magneto-óptica é de grande interesse na análise dos processos que nela ocorrem, sobretudo quando relacionamos os de perda nestas armadilhas. Neste trabalho pretendemos obter através de simulação numérica, a velocidade de escape de átomos de metais alcalinos (Rb, Cs, Na e K) e alcalinos terrosos(Ca , Mg e Sr) e conseqüentemente a velocidade de captura, não somente em um regime de baixa intensidade do laser de aprisionamento, como também em um regime de altas intensidades do laser de aprisionamento variando outros parâmetros d..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2017 - Atual
Fazer ciência: Uma cultura que se pratica desde criança.
Descrição: Neste projeto propomos a divulgação da ciência para crianças de 7 a 12 anos através do uso de livros infantis com experimentos lúdicos. A equipe elaborará o primeiro volume de uma coleção de livros com experimentos de fácil execução visando a divulgação e o aumento do interesse pela ciência através do estímulo dado no início da fase de alfabetização. Todos os livros poderão ser utilizados por pais ou responsáveis de crianças e pelos professores de Ciência do Ensino Fundamental que poderão utilizá-los como apoio didático. Assim, este projeto deseja contribuir significativamente para a inserção da cultura, popularização e difusão da ciência, além de contribuir para a melhoria da qualidade do ensino científico em escolas públicas, bem como divulgar a Universidade em Blumenau e região..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2016 - Atual
Sociedade Renovável
Descrição: O projeto ?Sociedade Renovável? propõe a apresentação de uma palestra atrativa e informativa contendo vídeos, animações, experimentos lúdicos e atrativos relacionados a energias renováveis para alunos de 6-8 anos de 1º e 2º ano do Ensino Fundamental. Além disso, neste projeto iremos propor experimentos lúdicos e atrativos, preparar pôsteres, elaborar atividades e jogos para crianças e distribuir cartilhas sobre energias renováveis. O tema Luz será contemplado em atividades relacionadas a geração de energia solar. Através das ações acima educaremos crianças sobre a importância das energias renováveis, especialmente a energia da luz que por meio da fotossíntese é responsável por grande parte da vida no planeta como a conhecemos. Estimamos que o projeto Sociedade Renovável atinja mais de 5000 pessoas diretamente. Visamos assim contribuir significativamente para a popularização e difusão da ciência, além de contribuir para a melhoria da qualidade do ensino de ciência em escolas públicas..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2016 - Atual
Luz, fonte de energia e vida!
Descrição: O projeto ?Luz, fonte de energia e vida!? visa a apresentação de uma oficina com atividades lúdicas focada na utilização da energia solar para alunos de 3º ano do Ensino Fundamental. Em adição planejamos desenvolver kits de experimentos intitulados ?Luz, fonte de energia e vida!? e distribuí-los para 50 professores de escolas municipais. Visamos assim contribuir significativamente para a popularização e difusão da ciência, além de contribuir para a melhoria da qualidade do ensino de ciência em escolas públicas..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado profissional: (1) .
Integrantes: Marcio Rodrigo Loos - Coordenador / Alfredo Alberto Muxel - Integrante / Letícia Oliveira Souza - Integrante / Felipe Michels - Integrante / Luana Magnani - Integrante / Sabrina Gruber - Integrante / Bruno Depizzol - Integrante / Geane Aparecida Felizardo Vivian - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2016 - Atual
Divulgação de ciência através de histórias em quadrinhos
Descrição: Neste projeto propomos a divulgação dos temas ?energias renováveis? e ?sustentabilidade? através do uso do uso de histórias em quadrinho (HQ) como recurso didático. A equipe elaborará uma cartilha contendo HQ e diversas atividades como caça-palavras, palavras cruzadas, jogo da memoria, desenhos para colorir, dentre outros, visando o ensino de energias renováveis a alunos de 6-8 anos de 1º e 2º anos do Ensino Fundamental das escolas de Blumenau e região. Estimamos que este projeto atinja mais de 5000 pessoas através da distribuição de cartilhas impressas e via website. Este público alvo será formado por: acadêmicos, estudantes de escolas municipais, professores da rede pública de ensino e visitantes do website. Assim, este projeto visa contribuir significativamente para a popularização e difusão da ciência, além de contribuir para a melhoria da qualidade do ensino de ciência em escolas públicas..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (8) .
Integrantes: Marcio Rodrigo Loos - Coordenador / Felipe Michels - Integrante / Luana Magnani - Integrante / Sabrina Gruber - Integrante / Júlia Araujo - Integrante / Laura Grimberg de Souza Chaveca - Integrante.
2016 - Atual
Física na Educação Básica: Um livro com experimentos de Física, adequado para professores do ensino fundamental, de forma integrada com ensino de ciências
Descrição: Este projeto visa elaborar uma coleção de livros com experimentos didáticos que contemplem diversas áreas da Física indicadas nos Parâmetros Curriculares Nacionais com roteiros e explicações acessíveis de conceitos, para que os livros possam ser utilizados por professores e pais de alunos desde o Ensino Fundamental I..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2015 - 2016
Física nas escolas
Descrição: Neste projeto propomos ações que visam contribuir para a divulgação do novo Campus da UFSC em Blumenau e região. Objetivamos ainda a popularização e difusão da ciência em escolas públicas. Para isso formaremos um grupo de acadêmicos que elaborará e apresentará palestras em escolas públicas. As palestras serão elaboradas de forma a apresentar conceitos de física de forma simples e descontraída para alunos de ensino médio. Experimentos lúdicos relacionados a diversos tópicos de física serão demonstrados com o objetivo de aumentar o interesse dos alunos pelas áreas de ciências exatas. Estimamos que o projeto Física nas Escolas atinja mais de 2000 pessoas através de palestras e website..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Marcio Rodrigo Loos - Coordenador / João Victor Reinert - Integrante.
2015 - 2016
Sociedade Renovável
Descrição: Neste projeto propomos a divulgação dos temas ?energias renováveis? e ?sustentabilidade?. Acadêmicos irão construir um gerador eólico modelo que será instalado no Campus Blumenau da UFSC. Aequipe elaborará um minicurso intitulado ?Energias da Natureza: Como construir um gerador eólico?. O minicurso será aplicado a estudantes de 4º ano do Ensino Fundamental das escolas de Blumenau e região. Este minicurso terá uma cartilha instrutiva e um kit que permitirá que equipes de estudantes construam seu próprio gerador eólico funcional. Estimamos que o projeto Sociedade Renovável atinja mais de 1000 pessoas através do minicurso e website. Este público alvo será formado por: acadêmicos, estudantes de escolas municipais, professores da rede pública de ensino e visitantes do website. Assim, o projeto Sociedade Renovável visa contribuir significativamente para a popularização e difusão da ciência, além de contribuir para a melhoria da qualidade do ensino de ciência em escolas públicas..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Marcio Rodrigo Loos - Coordenador / Adilson Pakuszewski - Integrante.
2014 - 2015
Diagnóstico do ensino de Física nas escolas de Blumenau e região
Descrição: O objetivo geral do projeto é contribuir para a melhoria da qualidade do ensino de Física nas escolas..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Marcio Rodrigo Loos - Coordenador / Karoline Vargas - Integrante.
2014 - Atual
Física de Portas Abertas
Descrição: O Física de Portas Abertas é um evento de divulgação científica que tem por finalidade apresentar a comunidade acadêmica da UFSC, estudantes de escolas de Blumenau e região, professores e comunidade em geral diversas atividades relacionadas a física. OBJETIVO GERAL Apresentar a comunidade acadêmica da UFSC, estudantes de escolas de Blumenau e região, professores e comunidade em geral diversas atividades relacionadas a física de modo a despertar o interesse por ciência e tecnologia. OBJETIVOS ESPECÍFICOS ? Apresentar diversas atividades atrativas e lúdicas relacionadas a física e tecnologia; ? Mostrar ao público que a física faz parte de nosso cotidiano e não está apenas em livros ou programas de televisão; ? Introduzir aos estudantes diversos conceitos e fenômenos físicos de forma divertida e empolgante; ? Proporcionar aos acadêmicos da UFSC a oportunidade de apresentarem a comunidade seus trabalhos; ? Instruir professores do Ensino Fundamental e Médio sobre diversas formas e técnicas para ensinarem física e ciências de forma mais atrativa e interessante aos alunos; ? Aproximar a comunidade blumenauense às áreas de ciência e tecnologia; ? Divulgar o Centro Blumenau da UFSC a comunidade local e região..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2013 - 2014
RENEW: Divulgação de temas relacionados a energias renováveis e sustentabilidade
Descrição: Neste projeto de extensão propomos a realização de diversas ações visando a divulgação dos temas energias renováveis e sustentabilidade. As atividades previstas incluem: a construção de um gerador eólico, criação de experimentos didáticos e de uma maquete virtual de uma casa ecológica, preparação de pôsteres e de uma palestra para apresentação em escolas públicas. Além disso, a criação de um website contendo textos em linguagem simples, vídeos e experimentos virtuais oferecerá grande suporte na divulgação de temas relacionados a sustentabilidade. Espera-se motivar os estudantes de ensino fundamental e médio ao aprendizado sobre energias renováveis, instigando a curiosidade e visualização fenomenológica através de experimentos simples e apresentação de nosso gerador eólico..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) .
Integrantes: Marcio Rodrigo Loos - Coordenador.
2013 - 2014
Monitoria de Física Geral III
Descrição: As disciplinas de Física básica formam o alicerce do profissional de Ciências Exatas e Engenharias, mas muitos são os problemas encontrados. Esses vão desde o desinteresse dos alunos até um alto grau de dificuldade para a aprendizagem dos conteúdos. Além disso, todas as disciplinas envolvidas nesta monitoria envolvem o conteúdo de eletromagnetismo básico teórico, que exige elevado nível de abstração e cálculos. O monitor tem um papel decisivo àqueles que apresentam dificuldades na compreensão do conteúdo. Possibilitando um atendimento individual em diversos horários o monitor tornar-se um mediador indispensável aos acadêmicos para que possam acompanhar o ritmo da disciplina, resolver exercícios e assim motivar o aprendizado.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Marcio Rodrigo Loos - Coordenador.
2012 - 2014
Ensino de Física Geral III Usando Simulações dos Fenômenos Físicos
Descrição: Neste projeto de ensino propomos o uso de recursos multimídia tais como simulações java e diagramas 3D em sala de aula para o auxílio no ensino de Física Geral, em adição às aulas expositivas . Os programas de simulação dos fenômenos físicos serão baixados da internet em sites de livre acesso, cujas referências estão apresentadas em um apêndice no escopo deste projeto. Para cada tópico do conteúdo da disciplina, será apresentado uma simulação do fenômeno. Além disso, a criação de um website do professor contendo simulações, vídeos, experimentos virtuais, notas de aula e resolução de exercícios oferecerá grande suporte no aprendizado dos alunos. Espera-se motivar os estudantes ao aprendizado do conteúdo (abstrato) de física 3 (eletricidade e magnetismo), instigando a curiosodade e visualização fenomenológica através de simulações computacionais de fenômenos físicos. Uma medida dos resultados obtidos neste projeto será feita através de uma análise da porcentagem de aprovação, assiduidade e permanência no curso dos alunos expostos a esta nova proposta de ensino em comparação com alunos de semestres anteriores. Desta forma, esperamos contribuir para aumentar a porcentagem de aprovação, assiduidade e permanência de alunos no curso..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Marcio Rodrigo Loos - Coordenador / Luis César Fontana - Integrante.


Projetos de desenvolvimento


2016 - Atual
Desenvolvimento de um sistema de controle de acesso à ambientes usando RFID
Descrição: Será desenvolvido um sistema de controle de acesso que poderá ser operado via celular..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
2016 - Atual
Projeto e construção de uma mini extrusora para fabricação de filamento para impressão 3D
Descrição: Planejamos construir uma mini extrusora de fácil operação e que permita a fabricação de filamentos para impressão 3D a baixo custo. Estimamos que filamentos que custam comercialmente R$120/kg possam ser fabricados a um custo máximo de R$30/kg. Isto representará uma economia de 75% no custo de filamentos. A mini extrusora terá uma interface amigável que permitirá que usuários de impressoras 3D consigam fabricar seu próprio filamento sem grandes complicações. Avaliaremos diferentes formas de. Além de diminuir o custo, diminuir também o tempo necessário para impressão de filamentos..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Marcio Rodrigo Loos - Coordenador.
2015 - Atual
Projeto e construção de um dispositivo automatizado para alimentação de animais.
Descrição: Neste projeto objetivamos construir um sistema de alimentação automatizado que permita alimentar dois animais simultaneamente com a mesma quantidade de comida..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
2013 - 2014
Desenvolvimento de um sistema para purificação de água
Descrição: Estima-se que 4500 crianças morrem todos os dias por falta de água potável . De acordo com o secretário da convenção das Nações Unidas de Combate à Desertificação (UNCCD), ?Quase metade da população mundial estará vivendo em áreas com grande escassez de água até 2030?. Em dezembro de 2010 a Assembléia Geral das Nações Unidas declarou 2013 como ?Ano Internacional de Cooperação pela Água?. O projeto tem por objetivo criar um sistema inovador para purificação de água em regiões de seca bem como em regiões aonde ocorreram desastres como enchentes, tsunamis ou furacões. UMA PROPOSTA DE PATENTE JÁ FOI ENCAMINHADA PARA DEPÓSITO..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Marcio Rodrigo Loos - Coordenador.


Outros Projetos


2012 - 2013
Construção de um dispositivo para controle de temperatura em intervalos alternados
Descrição: Neste projeto criaremos um sistema apropriado para controlar aquecimento e resfriamento de ambientes ou volumes de líquidos. O sistema permitirá programação de estágios alternado de aquecimento e resfriamento..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Marcio Rodrigo Loos - Coordenador.Número de orientações: 1


Membro de corpo editorial


2012 - Atual
Periódico: Current Organic Chemistry
2011 - 2012
Periódico: Journal of Nanomaterials


Revisor de periódico


2010 - Atual
Periódico: Polymer International
2011 - Atual
Periódico: Journal of Polymer Science. Part A, Polymer Chemistry
2011 - Atual
Periódico: Journal of Rheology (New York, N.Y.)
2011 - Atual
Periódico: Journal of Polymer Engineering
2011 - Atual
Periódico: Colloid and Polymer Science (Print)
2012 - Atual
Periódico: Composites. Part A, Applied Science and Manufacturing
2012 - Atual
Periódico: Chemical Physics Letters (Print)
2012 - Atual
Periódico: Wind Energy (Chichester, England)
2011 - Atual
Periódico: Journal of Nanomaterials
2012 - Atual
Periódico: Molecules Online
2012 - Atual
Periódico: Polymer Composites
2013 - Atual
Periódico: ACS Applied Materials & Interfaces (Online)
2012 - Atual
Periódico: Composites Science and Technology
2012 - Atual
Periódico: Chemical Engineering Science
2012 - Atual
Periódico: Chemical Engineering Journal (1996)
2013 - Atual
Periódico: Current Organic Chemistry
2017 - Atual
Periódico: Materia


Revisor de projeto de fomento


2017 - Atual
Agência de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
2016 - Atual
Agência de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo
2015 - Atual
Agência de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
2015 - Atual
Agência de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Física / Subárea: Física Atômica e Molecular.
2.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Física / Subárea: Física Geral.
3.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia de Materiais e Metalúrgica / Subárea: CIÊNCIA E ENGENHARIA DE MATERIAIS.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Alemão
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Pouco, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2012
Eleito para o Who's Who., Biltmore who's who. Hollywood, Florida, USA..
2004
Melhor aluno da turma de formandos em Física., UDESC.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
MAHANTA, NAYANDEEP K.2015MAHANTA, NAYANDEEP K. ; Loos, Marcio R. ; MANAS ZLOCOZOWER, ICA ; ABRAMSON, ALEXIS R. . Graphite-graphene hybrid filler system for high thermal conductivity of epoxy composites. Journal of Materials Research, v. 30, p. 959-966, 2015.

2.
Loos, M.R.2013Loos, M.R.; MANAS-ZLOCZOWER, I. . Micromechanical models for carbon nanotube and cellulose nanowhisker reinforced composites. Polymer Engineering and Science, v. 53, p. 882-887, 2013.

3.
LOOS, MARCIO2013LOOS, MARCIO. Editorial (Hot Topic: Surface Modification of Carbon Nanotubes). Current Organic Chemistry, v. 17, p. 1829-1829, 2013.

4.
LOOS, MARCIO2013LOOS, MARCIO; NAHORNY, JACIMAR ; FONTANA, LUIS . Plasma Modification of Carbon Nanotubes. Current Organic Chemistry, v. 17, p. 1880-1893, 2013.

5.
Loos, M.R.2012Loos, M.R.; YANG, J. ; Feke, D.L. ; MANAS-ZLOCZOWER, I. ; Unal, S. ; Younes, U. . Enhancement of fatigue life of polyurethane composites containing carbon nanotubes. Composites. Part B, Engineering, v. 1, p. 1, 2012.

6.
YANG, J.2012YANG, J. ; LOOS, M. R. ; FEKE, D. L. ; MANAS-ZLOCZOWER, I. . The effect of dispersants on the tensile properties of carbon nanotube/vinyl ester composites. Polymer Composites, v. 33, p. 412-419, 2012.

7.
Loos, M.R.2012Loos, M.R.; YANG, J. ; Feke, D.L. ; MANAS-ZLOCZOWER, I. . Enhanced fatigue life of carbon nanotube-reinforced epoxy composites. Polymer Engineering and Science, v. 52, p. 1882-1887, 2012.

8.
Loos, M.R.2012Loos, M.R.; YANG, J. ; Feke, D.L. ; MANAS-ZLOCZOWER, I. . Effect of block-copolymer dispersants on properties of carbon nanotube/epoxy systems. Composites Science and Technology, v. 72, p. 482-488, 2012.

9.
Sing, Michelle2012Sing, Michelle ; Loos, Marcio R. ; Manas-Zloczower, Ica ; Feke, Donald L. . Dispersion of particulate clusters via the rapid vaporization of interstitial liquid. Powder Technology (Print), v. 215-216, p. 223-226, 2012.

10.
LOOS, M. R.2012LOOS, M. R.; MANAS-ZLOCZOWER, I. . Reinforcement Efficiency of Carbon Nanotubes - Myth and Reality. Macromolecular Theory and Simulations, v. 21, p. 130, 2012.

11.
Coelho, Luiz Antonio Ferreira2012Coelho, Luiz Antonio Ferreira ; PEZZIN, SERGIO HENRIQUE ; LOOS, MARCIO RODRIGO ; PRADO, LUIS ANTONIO SANCHEZ DE ALMEIDA ; RAMIREZ, ALEJANDRO MANZANO . Polymer Matrix Nanocomposites and Nanostructured Materials. Journal of Nanomaterials (Print), v. 2012, p. 1-2, 2012.

12.
Loos, Marcio R2011Loos, Marcio R ; Abetz, Volker ; Schulte, Karl ; LOOS, M. R. . Fast and highly efficient one-pot synthesis of polyoxadiazole/carbon nanotube nanocomposites in mild acid. Polymer International, v. 60, p. 517-528, 2011.

13.
Loos, Marcio R.2011Loos, Marcio R. ; Abetz, Volker ; Schulte, Karl ; LOOS, M. R. . In situ synthesis of polyoxadiazoles (POD) and carbon black (CB) as an approach to POD/CB nanocomposites. Composites. Part B, Engineering, v. 42, p. 414-420, 2011.

14.
LOOS, M. R.;Loos, Marcio R.;Loos, M.R.;LOOS, MARCIO RODRIGO;LOOS, MARCIO2011 LOOS, M. R.; Schulte, Karl . Is It Worth the Effort to Reinforce Polymers With Carbon Nanotubes?. Macromolecular Theory and Simulations, v. 20, p. 350-362, 2011.

15.
Loos, Marcio R.2011Loos, Marcio R.; Abetz, Volker ; Schulte, Karl . A Highly Efficient One-Pot Method for the Synthesis of Carbon Black/Poly(4,4?-Diphenylether-1,3,4-Oxadiazoles) Composites. Macromolecular Chemistry and Physics (Print), v. 212, p. 1236-1244, 2011.

16.
LOOS, M. R.;Loos, Marcio R.;Loos, M.R.;LOOS, MARCIO RODRIGO;LOOS, MARCIO2010LOOS, M. R.; Gomes, D. . The Effect of Sulfonation Level and Molecular Weight on the Tensile Properties of Polyoxadiazoles. High Performance Polymers (Print), v. 21, p. 697-708, 2010.

17.
Loos, Marcio R.2010Loos, Marcio R. ; Abetz, Volker ; Schulte, Karl ; LOOS, M. R. . Dissolution of MWCNTs by using polyoxadiazoles, and highly effective reinforcement of their composite films. Journal of Polymer Science. Part A, Polymer Chemistry, v. 48, p. 5172-5179, 2010.

18.
LOOS, M2009LOOS, M ; GOMES, D ; LOOS, M. R. . In situ-polymerization of fluorinated polyoxadiazole with carbon nanotubes in poly(phosphoric acid). Materials Letters (General ed.), v. 63, p. 694-696, 2009.

19.
GOMES, D2009GOMES, D ; LOOS, M ; WICHMANN, M ; DELAVEGA, A ; SCHULTE, K ; LOOS, M. R. . Sulfonated polyoxadiazole composites containing carbon nanotubes prepared via in situ polymerization. Composites Science and Technology, v. 69, p. 220-227, 2009.

20.
Loos, Marcio Rodrigo2008Loos, Marcio Rodrigo ; Coelho, Luiz Antonio Ferreira ; Pezzin, Sérgio Henrique ; Amico, Sandro Campos ; LOOS, M. R. . Effect of carbon nanotubes addition on the mechanical and thermal properties of epoxy matrices. Materials Research (São Carlos. Impresso), v. 11, p. 347-352, 2008.

21.
LOOS, M. R.;Loos, Marcio R.;Loos, M.R.;LOOS, MARCIO RODRIGO;LOOS, MARCIO2008LOOS, M. R.; Pezzin, S. H. ; AMICO, S. C. ; Bergmann, C. P. ; Coelho, L. A. F. . The matrix stiffness role on tensile and thermal properties of carbon nanotubes/epoxy composites. Journal of Materials Science, v. 43, p. 6064-6069, 2008.

22.
Loos, Marcio R.2008Loos, Marcio R. ; Coelho, Luiz Antonio F. ; Pezzin, Sérgio H. ; Amico, Sandro C. ; LOOS, M. R. . The effect of acetone addition on the properties of epoxy. Polímeros (São Carlos. Impresso), v. 18, p. 76-80, 2008.

23.
Loos, M.2005Loos, M. ; Massardo, S. ; De S. Zanon, R. ; de Oliveira, A. ; LOOS, M. R. . Secondary scattering on the intensity dependence of the capture velocity in a magneto-optical trap. Physical Review. A, Estados Unidos, v. 72, n.2, p. 025403, 2005.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
LOOS, M. R.. NANOCIÊNCIA E NANOTECNOLOGIA: Compósitos Termofixos Reforçados com Nanotubos de Carbono. 1. ed. Rio de JAneiro: Interciência, 2014. 300p .

2.
LOOS, M. R.. Carbon Nanotube Reinforced Composites. 1. ed. ELSEVIER, 2014. v. 1. 304p .

3.
LOOS, M. R.. Development of Functionalizaed Polyoxadiazole Nanocomposites. 1. ed. Hamburg: TuTech Verlag, 2010. v. 1. 140p .

Capítulos de livros publicados
1.
HACKENBERG, A. M. ; LOOS, M. R. ; HABECK, A. L. ; REZENDE, D. M. P. ; CUREAU, R. J. ; CORREA, L. . Projeto de uma escola sustentável em Joinville-SC. http://loos.prof.ufsc.br/. 1ed.: , 2014, v. , p. 179-194.

2.
Coelho, L. A. F. ; Pezzin, S. H. ; LOOS, M. R. ; AMICO, S. C. . General issues in carbon nanocomposites technology. In: Mikhail Lechkov; Sergej Prandzheva.. (Org.). Encyclopedia of Polymer Composites: Properties, Performance and Applications. New York: Nova Science Publishers, 2010, v. , p. 389-416.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
HOEPFNER, J. C. ; ANDRADE, A. G. L. L. ; LOOS, M. R. ; Pezzin, S. H. . MECHANICAL AND THERMAL CHARACTERIZATION OF POLYVINYL BUTYRAL REINFORCED WITH GRAPHENE NANOPLATELETS. In: 3rd Brazilian Conference on Composite Materials, 2016, Gramado. Anais, 2016.

2.
HOEPFNER, J. C. ; ANDRADE, A. G. L. L. ; LOOS, M. R. ; Pezzin, S. H. . NANOCOMPÓSITOS DE POLIVINIL BUTIRAL REFORÇADOS COM NANOTUBOS DE CARBONO VIA POLIMERIZAÇÃO IN SITU. In: 13º Congresso Brasileiro de Polímeros- CBPOL, 2015, Natal-RN. Anais, 2015.

3.
LOOS, M. R.; YANG, J. ; FEKE, D. L. ; MANAS-ZLOCZOWER, I. . Epoxy/Carbon Nanotubes Composites for Wind Turbine Blades. In: The Society of Plastic Engineers ANTEC, 2011, Boston. The Society of Plastic Engineers ANTEC - Book of abstracts, 2011.

4.
LOOS, M. R.; MANAS-ZLOCZOWER, I. . Reinforcement Efficiency of Carbon Nanotubes - Myth and Reality. In: Polymer Processing Society Regional Meeting, 2011, Marrakech. Polymer Processing Society Regional Meeting - Book of abstracts, 2011.

5.
LOOS, M. R.; YANG, J. ; FEKE, D. L. ; MANAS-ZLOCZOWER, I. . Polyurethane/Carbon nanotube composites using block copolymers as dispersing agents. In: Polymer Processing Society Regional Meeting, 2010, Istambul. PPS-2010, 2010.

6.
LOOS, M. R.; Boschetti-de-Fierro, A ; Abetz, V. ; SCHULTE, K . In Situ Synthesis of Poly(4,4?-diphenylether-1,3,4-oxadiazoles)/MWCNTs composites: Synthesis, Structural and Thermal Properties.. In: 11th Pacific Polymer Conference, 2009, Cairns-Austrália. PPC 2009, 2009.

7.
LOOS, M. R.; Boschetti-de-Fierro, A ; Abetz, V. ; SCHULTE, K . Thermomechanical and tensile properties of sulfonated polyoxadiazoles/Multiwall Carbon Nanotubes (POD/MWCNT) composites. In: 11th Pacific Polymer Conference, 2009, Cairns- Austrália. PPC 2009, 2009.

8.
LOOS, M. R.; Boschetti-de-Fierro, A ; Abetz, V. ; SCHULTE, K . Polyoxadiazoles/Carbon Black Composites via in situ Polymerization in Mild Poly(phosphoric acid) Synthesis, Structural and Thermal Properties. In: CNTComp 2009, 2009, Hamburgo-Alemanha. Book of Abstracts, 2009. p. 177-178.

9.
LOOS, M. R.; Boschetti-de-Fierro, A ; Abetz, V. ; SCHULTE, K . Polyoxadiazoles/Carbon Black Composites via in situ Polymerization in Mild Poly(phosphoric acid) Mechanical Properties and Morphology. In: Nano Tube (CNT) ? Composites 4th International Conference on Carbon Based Nanocomposites, 2009, Hamburgo-Alemanha. CNTComp 2009, 2009. p. 126-127.

10.
LOOS, M. R.; Boschetti-de-Fierro, A ; Abetz, V. ; Schulte, Karl . Polyoxadiazoles/Carbon Black Composites via in situ Polymerization in Mild Poly(phosphoric acid) Synthesis, Structural and Thermal Properties. In: Composites 4th International Conference on Carbon Based Nanocomposites, 2009. Polyoxadiazoles/Carbon Black Composites via in situ Polymerization in Mild Poly(phosphoric acid) Synthesis, Structural and Thermal Properties - Book of abstracts, 2009.

11.
LOOS, M. R.; GOMES, D . Synthesis, thermal and mechanical Properties of sulfonated Polyoxadiazoles. In: 42nd IUPAC World Polymer Congress Macro 2008, 2008, Taipei-Taiwan. 42nd Macro 2008, 2008.

12.
LOOS, M. R.; AMICO, S. C. ; PEZZIM, S. H. ; Coelho, L. A. F. . Efeito da Adição de Nanotubos de Carbono nas Propriedades Mecânicas e Térmicas de Matrizes Epóxi. In: IV Congresso Brasileiro de Carbono, 2007, Gramado. CARBONO 2007, 2007. p. 448-452.

13.
LOOS, M. R.; AMICO, S. C. ; PEZZIM, S. H. ; Coelho, L. A. F. . Efeito da Adição de Acetona nas Propriedades Mecânicas, Físicas e Químicas de Resina Epóxi. In: IV Congresso Brasileiro de Carbono, 2007, Gramado. CARBONO 2007, 2007. p. 316-319.

14.
LOOS, M. R.; Coelho, L. A. F. ; PEZZIM, S. H. ; AMICO, S. C. . Estudo das Propriedades Mecânicas de Nanocompósitos de Matriz Epóxi Reforçados com Nanotubos de Carbono. In: International Conference on Non-Conventional Materials and Technologies: Ecological Materials and Technologies for Sustainable Building, 2007, Maceió. IC-NOCMAT 2007. Rio de Janeiro: Brazilian Association of Non-Conventional Materials and Technologies, 2007. v. ICN.

15.
LOOS, M. R.; Coelho, L. A. F. ; PEZZIM, S. H. ; AMICO, S. C. . Thermal and Viscoelastic Properties of Carbon Nanotubes/Epoxy Systems.. In: International Conference on Advanced Materials and Composites, 2007, Trivandrum - India. ICAMC 2007 Proceedings, 2007. p. 944-949.

16.
LOOS, M. R.; GOMES, D . Grafted carbon nanotubes with polyoxadiazoles. In: Functional Fillers for Advanced Applications ? Eurofillers, 2007, Zalakaros-Hungria. Eurofillers, 2007.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
LOOS, M. R.; OLIVEIRA, A. L. . Cálculo da velocidade de escape para átomos de sódio e rubídio em uma armadilha magneto óptica. In: Jornada Acadêmica, 2003, Lages - SC. Cálculo da velocidade de escape de átomos de sódio e rubídio em uma armadilha magneto óptica. Florianópolis: IOESC, 2003. p. 301-302.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
LOOS, M. R.; Coelho, L. A. F. ; PEZZIM, S. H. ; AMICO, S. C. . Influência da adicao de acetona no comportamento de cura e nas propriedades de resinas epóxi.. In: 17 Congresso Brasileiro de Engenharia e Ciência dos Materiais - CBECIMAT, 2006, Foz do Iguaçu. 17o CBECiMat, 2006. v. 411.

2.
LOOS, M. R.; Bergmann, C. P. ; Lima, M. D. ; AMICO, S. C. ; Coelho, L. A. F. ; Pezzin, S. H. . Influence of the Cure Process in the Mechanical Properties of Epoxy/SWNTS Nanocomposites. In: Brazilian MRS Meeting 2006, 2006, Florianópolis. Brazilian MRS Meeting 2006 CD-ROM, 2006. v. E561. p. 97-97.

3.
LOOS, M. R.. Projeto Mundo Físico. In: Fórum de extensão Acafe, 2004, Blumenau. Resumos, 2004.

4.
LOOS, M. R.; OLIVEIRA, A. L. . Cálculo da velocidade de escape para átomos de rubídio e sódio em uma armadilha magneto óptica. In: IX Jornada acadêmica, 2004, Florianópolis. Resumos dos trabalhos, 2004.

5.
LOOS, M. R.; ZANON, R. A. S. ; OLIVEIRA, A. L. . Novos Cálculos para a Velocidade de Captura para Átomos de Na em um MOT. In: XXVI Encontro Nacional de Física da Matéria Condensada, 2003, Caxambu. XXVI Encontro Nacional de Física da Matéria Condensada, 2003. p. 67-67.

Apresentações de Trabalho
1.
Loos, Marcio R.; Boschetti-de-Fierro, A ; Abetz, Volker ; Schulte, Karl . Polyoxadiazoles/Carbon Black Composites via in situ Polymerization in Mild Poly(phosphoric acid). 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
LOOS, M. R.; GOMES, D . Synthesis, thermal and mechanical Properties of sulfonated Polyoxadiazoles. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Outras produções bibliográficas
1.
LOOS, M. R.. Apostila de curso preparatório para o vestibular vocacionado UDESC 2006 (Apostila de curso preparatório para o vestibular).

2.
LOOS, M. R.. Apostila de curso preparatório para o vestibular Mundo Físico 2004 (Apostila de curso preparatório para o vestibular).


Produção técnica
Processos ou técnicas
1.
LOOS, M. R.; Abetz, V. ; SCHULTE, K . Polyazole based nanocomposites composition and method for preparing the same. 2010.

2.
LOOS, M. R.; Abetz, V. ; SCHULTE, K . Polyoxadiazol-Polymers. 2010.

3.
FEKE, D. L. ; MANAS-ZLOCZOWER, I. ; LOOS, M. R. ; SING, M. . Method for the complete dispersion of clusters of particles in the nanometer to millimeter size range by the rapid vaporization of liquid. 2010.

4.
LOOS, M. R.; Abetz, V. ; SCHULTE, K . Methods for manufacturing polymer nanocomposites. 2010.

5.
GOMES, D ; LOOS, M. R. ; Albuerne, J. . Production Of Composites Made Of Polyoxadiazole Polymers. 2009.

6.
GOMES, D ; LOOS, M. R. . Method For The Synthesis Of A Polyoxadiazole Polymer. 2009.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
Loos, Marcio R.. Researchers Build a Tougher, Lighter Wind Turbine Blade. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
LOOS, M. R.. Eclise solar. 2004. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Redes sociais, websites e blogs
1.
LOOS, M. R.. Eletricidade e Eletromagnetismo. 2012; Tema: Eletricidade e Eletromagnetismo. (Site).

2.
LOOS, M. R.. CNT Composites. 2011; Tema: Nanotubos de carbono e Compósitos. (Site).


Demais tipos de produção técnica
1.
LOOS, M. R.. Apostila de curso preparatório para o vestibular vocacionado UDESC. 2006. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Apostila de curso preparatório para o vestibular).

2.
LOOS, M. R.. Introdução ao Latex. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
LOOS, M. R.. Ensino de conceitos básicos de Física para crianças das séries iniciais. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).



Patentes e registros



Patente

A Confirmação do status de um pedido de patentes poderá ser solicitada à Diretoria de Patentes (DIRPA) por meio de uma Certidão de atos relativos aos processos
1.
 GOMES, D ; Albuerne, J. . Production of composites made of polyoxadiazole polymers. 2008, Alemanha.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: US2009306265A1, título: "Production of composites made of polyoxadiazole polymers" , Instituição de registro: German Patent and Trademark Office. Depósito: 10/06/2008; Pedido do Exame: 01/11/2008; Concessão: 10/12/2009. Instituição(ões) financiadora(s): GKSS Forschungs-zentrum Geesthacht GmbH - Alemanha.

2.
 GOMES, D . Method For The Synthesis Of A Polyoxadiazole Polymer. 2008, Alemanha.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: CA2654118A1), título: "Method For The Synthesis Of A Polyoxadiazole Polymer" , Instituição de registro: German Patent and Trademark Office. Depósito: 01/02/2008; Pedido do Exame: 01/03/2009; Concessão: 13/08/2009. Instituição(ões) financiadora(s): GKSS Forschungs-zentrum Geesthacht GmbH - Alemanha.

3.
 Abetz, V. ; SCHULTE, K . Production of polyazol composites. 2009, Alemanha.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: EP2236542 A1, título: "Production of polyazol composites" , Instituição de registro: German Patent and Trademark Office. Depósito: 23/03/2009; Pedido do Exame: 16/01/2010; Concessão: 06/10/2010. Instituição(ões) financiadora(s): GKSS Forschungs-zentrum Geesthacht GmbH - Alemanha.

4.
 Abetz, V. ; SCHULTE, K . Polyoxadiazole polymers. 2009, Alemanha.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: EP2241585A1, título: "Polyoxadiazole polymers" , Instituição de registro: German Patent and Trademark Office. Depósito: 07/04/2009; Pedido do Exame: 01/05/2010; Concessão: 20/10/2010. Instituição(ões) financiadora(s): GKSS Forschungs-zentrum Geesthacht GmbH - Alemanha.

5.
 Abetz, V. ; SCHULTE, K . Manufacturing composite materials from nano-composites. 2009, Alemanha.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: EP2266786, título: "Manufacturing composite materials from nano-composites" , Instituição de registro: German Patent and Trademark Office. Depósito: 23/06/2009; Pedido do Exame: 16/03/2010; Concessão: 08/05/2013. Instituição(ões) financiadora(s): GKSS Forschungs-zentrum Geesthacht GmbH - Alemanha.

6.
 Feke, Donald L. ; MANAS-ZLOCZOWER, I. ; Loos, M.R. ; SING, M. . Dispersion of particulate clusters via the rapid vaporization of interstitial liquid. 2011, Estados Unidos.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: WO2013013010A1, título: "Dispersion of particulate clusters via the rapid vaporization of interstitial liquid" , Instituição de registro: United States Patent and Trademark Office. Depósito: 20/07/2011; Concessão: 24/01/2013.

7.
 Loos, M.R.; MANAS-ZLOCZOWER, I. ; ABRAMSOM, A. ; MAHANTA, N. . High Thermal Conductivity Micro/Nano Hybrid Composites. 2012, Estados Unidos.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: 61/782,344, título: "High Thermal Conductivity Micro/Nano Hybrid Composites" , Instituição de registro: United States Patent and Trademark Office. Depósito: 01/06/2012

8.
 LOOS, M. R.; Dias, IS ; Luchini, FJ . BOMBA MANUAL PURIFICADORA DE ÁGUA. 2013, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: BR2020130318863, título: "BOMBA MANUAL PURIFICADORA DE ÁGUA" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 11/12/2013; Concessão: 11/12/2013.

9.
 Loos, M.R.; PAKUSZEWSKI, A. . Kit experimental compacto para a demonstração da existência de linhas de campo elétrico. 2015, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: PI00001, título: "Kit experimental compacto para a demonstração da existência de linhas de campo elétrico" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 10/10/2015



Bancas




Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
HAAS, R.; LOOS, MARCIO; CHARRET, I.. Edital 2033 DDP 2016 - Física Geral - Curitibanos. 2016. Universidade Federal de Santa Catarina.

2.
LOOS, MARCIO. Concurso 299/DDP/2014-2015 - Física Geral - Blumenau. 2015. Universidade Federal de Santa Catarina.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
11th Pacific Polymer Conference. Thermomechanical and tensile properties of sulfonated polyoxadiazoles/Multiwall Carbon Nanotubes (POD/MWCNT) composites.. 2009. (Congresso).

2.
Composites 4th International Conference on Carbon Based Nanocomposites. Polyoxadiazoles/Carbon Black Composites via in situ Polymerization in Mild Poly(phosphoric acid) Mechanical Properties and Morphology.. 2009. (Congresso).

3.
42nd IUPAC World Polymer Congress Macro. Poster. 2008. (Congresso).

4.
Functional Fillers for Advanced Applications ? Eurofillers. Grafted carbon nanotubes with polyoxadiazoles. 2007. (Congresso).

5.
17 CBECIMat. Influência da adição de acetona no comportamento de cura e nas propriedades de resinas epóxi. 2006. (Congresso).

6.
V SBPMat. Influence of the cure process in the mechanical properties of epoxy/SWNT nanocomposites. 2006. (Congresso).

7.
XI Seminário de Atualidades Tecnológicas Elastômeros, Plásticos, Adesivos e Moldes.. 2006. (Seminário).

8.
Curso de verão. 2005. (Outra).

9.
300 Anos do Livro Opticks de Newton. 2004. (Outra).

10.
Curso de verão IFUSP'2004. 2004. (Encontro).

11.
I Escola do Instituto de Física da UFF.I Escola do IF/UFF. 2004. (Outra).

12.
II Escola Sérgio Porto de Óptica aplicada.II Escola Sérgio Porto de Óptica aplicada. 2004. (Outra).

13.
IX Jornada Acadêmica.IX Jornada Acadêmica. 2004. (Encontro).

14.
V Fórum de Extensão Acafe. 2004. (Congresso).

15.
Visita técnica a INB Resende - Fábrica de Combustível Núclear. 2004. (Outra).

16.
Visita técnica à Usina Nuclear de Angra dos Reis. 2004. (Outra).

17.
XV Escola de Inverno - Física UFMG. 2004. (Outra).

18.
I Escola de Inverno de Física. 2003. (Outra).

19.
I Oficina de Mecânica Quântica. 2003. (Oficina).

20.
Jornada Acadêmica da UDESC. VIII Jornada Acadêmica da UDESC. 2003. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
LOOS, MARCIO. Física de Portas Abertas. 2016. .

2.
LOOS, MARCIO. Física de Portas Abertas. 2015. .

3.
LOOS, MARCIO. Física de Portas Abertas. 2014. .

4.
LOOS, M. R.; PEZZIM, S. H. ; Coelho, L. A. F. . Workshop em compósitos e nanocompósitos de matriz polimérica. 2006. (Outro).

5.
LOOS, M. R.; Fragalli, J. F. . Curso pré vestibular Udesc. 2006. (Outro).

6.
LOOS, M. R.; Fragalli, J. F. . Curso pré vestibular Udesc. 2006. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Rodrigo Luiz de Souza. Ensino de Física através do uso de enhenhocas. Início: 2017. Dissertação (Mestrado profissional em Física) - Universidade Federal de Santa Catarina. (Orientador).

2.
Emerson Medeiros. Física na Educação Básica: Um livro com experimentos de Física, adequado para professores do ensino fundamental, de forma integrada com ensino de ciências. Início: 2016. Dissertação (Mestrado profissional em Física) - Universidade Federal de Santa Catarina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Jean Hoepfner. Preparação de nanocompósitos de polivinilbutiral reforçados com grafenos funcionalizados via silanização. Início: 2013. Tese (Doutorado em Ciência e Engenharia de Materiais) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina. (Coorientador).

Iniciação científica
1.
Maria Clara Lima. Projeto e construção de um sistema de aquaponia para cultivação de chás e temperos em residências. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Ensino Médio) - SENAI - Departamento Regional de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

2.
Johann Fernandes Reguse. Fazer ciência: uma cultura que se pratica desde criança. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Engenharia de Controle e Automação) - Universidade Federal de Santa Catarina. (Orientador).

3.
Jefferson Nazario. Projeto e construção de um sistema de aquaponia para cultivação de chás e temperos em residências. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Informática) - Instituto Federal Catarinense, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

4.
Jaqueline Bieging. Projeto e construção de um sistema de aquaponia para cultivação de chás e temperos em residências. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Administração) - Centro de Educação Profissional Hermann Hering, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

5.
Pedro Bernardo. Projeto e construção de um sistema de aquaponia para cultivação de chás e temperos em residências. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Informática) - Instituto Federal Catarinense, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

6.
Mateus Antonio Thiesen Lehmkuhl. Desenvolvimento de um sistema de controle de acesso à ambientes usando RFID. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Engenharia de Controle e Automação) - Universidade Federal de Santa Catarina. (Orientador).

7.
Andrei Possamai. Projeto e construção de um sistema de aquaponia para cultivação de chás e temperos em residências. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Informática) - Instituto Federal Catarinense, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

8.
Bruno Josué de Oliveira Vergutz. Ensino de física através do uso de engenhocas. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Engenharia de Materiais) - Universidade Federal de Santa Catarina. (Orientador).

9.
Augusto Magno da Silva. Projeto de construção de um CNC. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Engenharia de Controle e Automação) - Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC. (Orientador).

10.
Sara Bezerra. Projeto e construção de um sistema de aquaponia para cultivação de chás e temperos em residências. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Informática) - Instituto Federal Catarinense, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

11.
Caroline Carpes dos Santos. Inovações tecnológicas. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Engenharia de Controle e Automação) - Universidade Federal de Santa Catarina. (Orientador).

12.
Gabriel Schmdit. Projeto e construção de um sistema de aquaponia para cultivação de chás e temperos em residências. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Informática) - Instituto Federal Catarinense, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

13.
Allana Santana. Projeto e construção de um sistema de aquaponia para cultivação de chás e temperos em residências. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Informática) - Instituto Federal Catarinense, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

14.
Igor Becker Boos. Projeto de construção de um CNC. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Engenharia de Controle e Automação) - Universidade Federal de Santa Catarina. (Orientador).

15.
Jéssica Jenifer Sornas. Projeto e construção de uma mini extrusora para fabricação de filamento para impressora 3D. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Engenharia Têxtil) - Universidade Federal de Santa Catarina. (Orientador).

16.
Welliton Rafael M. Martins. Desenvolvimento de tinta isolante de alta rigidez dielétrica com base em nanotecnologia e robô para pintura de cabos em redes de transmissão e distribuição. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Engenharia de Controle e Automação) - Universidade Federal de Santa Catarina. (Orientador).

17.
Diogo Guimarães da Silva. Projeto e construção de um sistema de aquaponia para cultivação de chás e temperos em residências. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Engenharia Têxtil) - Universidade Federal de Santa Catarina. (Orientador).

18.
Amanda Scaranello Bontadine. Projeto e construção de um sistema de aquaponia para cultivação de chás e temperos em residências.. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Informática) - Instituto Federal Catarinense, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

19.
Igor Vinícius de França. Projeto e construção de um sistema de aquaponia para cultivação de chás e temperos em residências. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Química) - Universidade Federal de Santa Catarina. (Orientador).

20.
Leonardo May. Projeto e construção de um sistema de aquaponia para cultivação de chás e temperos em residências. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Informática) - Instituto Federal Catarinense, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

21.
Arthur Wegner Wippel. Desenvolvimento de um sistema de controle de acesso à ambientes usando RFID.. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Engenharia de Controle e Automação) - Universidade Federal de Santa Catarina. (Orientador).

22.
André Luiz Granemann. Nanobiocompósitos Multifuncionais para Aplicações Estruturais. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Engenharia de Controle e Automação) - Universidade Federal de Santa Catarina. (Orientador).

23.
Rodrigo Antunes. Nanobiocompósitos Multifuncionais para Aplicações Estruturais. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Engenharia de Materiais) - Universidade Federal de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

24.
Cristian Fernando Oecksler. Projeto e construção de uma mini extrusora para fabricação de filamento para impressão 3D. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Engenharia de Controle e Automação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

25.
Mariane schalm. Projeto e construção de um sistema de aquaponia para cultivação de chás e temperos em residências. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Informática) - Instituto Federal Catarinense, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

26.
Gabriela Antunes. Projeto e construção de um sistema de aquaponia para cultivação de chás e temperos em residências. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Informática) - Instituto Federal Catarinense, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

27.
Mariana dos Santos Pontara. Projeto e construção de um sistema de aquaponia para cultivação de chás e temperos em residências. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Ensino Médio) - SENAI - Departamento Regional de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

28.
Heloisa Hort. Projeto e construção de um sistema de aquaponia para cultivação de chás e temperos em residências. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Administração) - Centro de Educação Profissional Hermann Hering, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

29.
Daniel Kratz. Projeto e construção de um sistema de aquaponia para cultivação de chás e temperos em residências. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Informática) - Instituto Federal Catarinense, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

30.
Lucas Pinheiro. Projeto e construção de um sistema de aquaponia para cultivação de chás e temperos em residências. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Informática) - Instituto Federal Catarinense, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

Orientações de outra natureza
1.
Sabrina Gruber. Difusão de ciência através de histórias em quadrinhos. Início: 2017. Orientação de outra natureza. Universidade Federal de Santa Catarina. UFSC. (Orientador).

2.
Thalia Brunn Metzner. Fazer ciência: uma cultura que se pratica desde criança. Início: 2017. Orientação de outra natureza. Universidade Federal de Santa Catarina. UFSC. (Orientador).

3.
Felipe Michels. Luz, fonte de energia e vida. Início: 2017. Orientação de outra natureza. Universidade Federal de Santa Catarina. UFSC. (Orientador).

4.
Bruno Depizzol. Luz, fonte de energia e vida. Início: 2017. Orientação de outra natureza. Universidade Federal de Santa Catarina. (Orientador).

5.
Luana Magnani. Sociedade Renovável. Início: 2017. Orientação de outra natureza. Universidade Federal de Santa Catarina. UFSC. (Orientador).

6.
Fernanda Araujo Marques. Física na educação básica: um livro com experimentos como suporte didático para pais e professores de alunos do ensino fundamental. Início: 2017. Orientação de outra natureza. Universidade Federal de Santa Catarina. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Jingting Yang. Carbon Nanotube Reinforced Composites for Wind Turbine Blades. 2011. Dissertação (Mestrado em Polymer Science) - Case Western Reserve University, . Coorientador: Marcio Rodrigo Loos.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Michelle K Sing. Method to improve dispersion of particulate clusters via rapid evaporation of liquid. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Polymer Science) - Case Western Reserve University. Orientador: Marcio Rodrigo Loos.

Iniciação científica
1.
Cristian Fernando Oecksler. Desenvolvimento de haste telescópica de fibra de carbono para suporte e acoplamento de serra recíproca pneumática para otimização do processo de poda em redes de distribuição.. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia de Controle e Automação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcio Rodrigo Loos.

2.
Rodrigo Antunes. Desenvolvimento de haste telescópica de fibra de carbono para suporte e acoplamento de serra recíproca pneumática para otimização do processo de poda em redes de distribuição.. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia de Materiais) - Universidade Federal de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcio Rodrigo Loos.

3.
Bianca da Silva Britto. Projeto e construção de um sistema de aquaponia para cultivação de chás e temperos em residências. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia de Controle e Automação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Marcio Rodrigo Loos.

4.
Gabriel Henrique Dal-Ri. Projeto e construção de um sistema de aquaponia para cultivação de chás e temperos em residências. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia de Materiais) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Marcio Rodrigo Loos.

5.
Bruno Depizzol. Projeto e construção de uma mini extrusora para fabricação de filamento para impressão 3D. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia de Controle e Automação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Marcio Rodrigo Loos.

6.
Ciro Renato Rebelo Filho. Projeto e construção de uma mini extrusora para fabricação de filamento para impressão 3D. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia de Materiais) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Marcio Rodrigo Loos.

7.
Gustavo Abiel Link. Projeto e construção de uma mini extrusora para fabricação de filamento para impressão 3D. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia de Controle e Automação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Marcio Rodrigo Loos.

8.
Ricardo W. Besser. Projeto e construção de uma mini extrusora para fabricação de filamento para impressão 3D. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia de Controle e Automação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Marcio Rodrigo Loos.

9.
Diogo Guimarães da Silva. Desenvolvimento de um sistema de tratamento automático para cachorros. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Têxtil) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Marcio Rodrigo Loos.

10.
Felipe Antonio Miguel. Desenvolvimento de um sistema microondas para geração de plasma. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia de Controle e Automação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Marcio Rodrigo Loos.

11.
Leticia Amarante dos Santos. Desenvolvimento de um kit experimental para ensino da Lei da Indução de Faraday. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia de Controle e Automação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Marcio Rodrigo Loos.

12.
Vinicius Canani. Projeto e construção de uma mini extrusora para fabricação de filamento para impressão 3D. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia de Controle e Automação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Marcio Rodrigo Loos.

13.
André Luiz de Sousa Marcondes Reuter. Desenvolvimento de haste telescópica de fibra de carbono para suporte e acoplamento de serra recíproca pneumática para otimização do processo de poda em redes de distribuição. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia de Controle e Automação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcio Rodrigo Loos.

14.
Adilson Pakuszewski. Desenvolvimento de haste telescópica de fibra de carbono para suporte e acoplamento de serra recíproca pneumática para otimização do processo de poda em redes de distribuição. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia de Controle e Automação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcio Rodrigo Loos.

15.
Fernando Jose Luchini. Construção de um sistema para geração de plasma microondas. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Elétrica) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcio Rodrigo Loos.

16.
Mariana Beatriz Batista. Caracterização de naotubos de carbono (NTC) modificados via tratamento ácido e tratamento plasma. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Civil) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcio Rodrigo Loos.

17.
Alexandre Wentz Zorzi. Nanocompósitos de matriz epóxi reforçados com nanotubos de carbono (NTC) modificados por tratamento plasma. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Mecânica) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcio Rodrigo Loos.

18.
Fábio Sacurae. Caracterização de nanotubos de carbono (NTC) modificados via tratamento ácido e tratamento plasma.. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Elétrica) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcio Rodrigo Loos.

19.
Maria Amélia Ubertti. Construção de um dispositivo para controle de temperatura em intervalos alternados. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Elétrica) - Universidade do Estado de Santa Catarina. Orientador: Marcio Rodrigo Loos.

Orientações de outra natureza
1.
Alkiméia Magalhães. Luz, Fonte de energia e Vida. 2016. Orientação de outra natureza. (Química) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Marcio Rodrigo Loos.

2.
Thaisa Marina Garrozi. Divulgação de ciência através de histórias em quadrinhos. 2016. Orientação de outra natureza. (Engenharia de Materiais) - Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC. Orientador: Marcio Rodrigo Loos.

3.
Sabrina Gruber. Sociedade Renovável II. 2016. Orientação de outra natureza. (Engenharia de Materiais) - Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC. Orientador: Marcio Rodrigo Loos.

4.
Geane Aparecida Felizardo Vivian. Sociedade Renovável II. 2016. Orientação de outra natureza. (Engenharia de Materiais) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Marcio Rodrigo Loos.

5.
Carla Karine Bortoli. Sociedade Renovável II. 2016. Orientação de outra natureza. (Química) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Marcio Rodrigo Loos.

6.
Sheila da Silva Araujo. Sociedade Renovável II. 2016. Orientação de outra natureza. (Química) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Marcio Rodrigo Loos.

7.
Caio Marcelo Berbereia da Costa. Sociedade Renovável II. 2016. Orientação de outra natureza. (Engenharia de Materiais) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Marcio Rodrigo Loos.

8.
Luiz Otávio L. dos Santos. Sociedade Renovável II. 2016. Orientação de outra natureza. (Engenharia de Materiais) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Marcio Rodrigo Loos.

9.
Danielly Rodrigues. Física de Portas Abertas. 2016. Orientação de outra natureza. (Engenharia de Controle e Automação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Marcio Rodrigo Loos.

10.
Letícia Oliveira Souza. Luz, Fonte de energia e Vida!. 2016. Orientação de outra natureza. (Engenharia de Materiais) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Marcio Rodrigo Loos.

11.
João Victor Reinert. Física na Escolas - Projeto de extensão. 2015. Orientação de outra natureza. (Engenharia de Controle e Automação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Marcio Rodrigo Loos.

12.
Marcos Figueiredo Pereira. Sociedade Renovável. 2015. Orientação de outra natureza. (Engenharia Têxtil) - Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC. Orientador: Marcio Rodrigo Loos.

13.
Daniella Borth Abreu. Soceidade Renovável. 2015. Orientação de outra natureza. (Engenharia Têxtil) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Marcio Rodrigo Loos.

14.
Larissa Almeida. Sociedade Renovável. 2015. Orientação de outra natureza. (Engenharia Têxtil) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Marcio Rodrigo Loos.

15.
Karoline Vargas. Diagnóstico do ensino de Física nas escolas de Blumenau e região - Projeto de Extensão. 2014. Orientação de outra natureza. (Engenharia de Materiais) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Marcio Rodrigo Loos.

16.
Igor Dias. Desenvolvimento de um sistema para purificação de água. 2013. Orientação de outra natureza. (Engenharia Elétrica) - Universidade do Estado de Santa Catarina. Orientador: Marcio Rodrigo Loos.

17.
Glenn R Craig. Dispersion of Carbon Nanotubes via Rapid Vaporization of Volatile Interstitial Solvents. 2011. Orientação de outra natureza. (Polymer Science) - Case Western Reserve University. Orientador: Marcio Rodrigo Loos.

18.
Claire Czarnecki. Characterization of Epoxy/Graphene Composites. 2011. Orientação de outra natureza. (Chemical Engineering) - Case Western Reserve University. Orientador: Marcio Rodrigo Loos.



Inovação



Patente
1.
 Abetz, V. ; SCHULTE, K . Production of polyazol composites. 2009, Alemanha.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: EP2236542 A1, título: "Production of polyazol composites" , Instituição de registro: German Patent and Trademark Office. Depósito: 23/03/2009; Pedido do Exame: 16/01/2010; Concessão: 06/10/2010. Instituição(ões) financiadora(s): GKSS Forschungs-zentrum Geesthacht GmbH - Alemanha.

2.
 Abetz, V. ; SCHULTE, K . Polyoxadiazole polymers. 2009, Alemanha.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: EP2241585A1, título: "Polyoxadiazole polymers" , Instituição de registro: German Patent and Trademark Office. Depósito: 07/04/2009; Pedido do Exame: 01/05/2010; Concessão: 20/10/2010. Instituição(ões) financiadora(s): GKSS Forschungs-zentrum Geesthacht GmbH - Alemanha.

3.
 Loos, M.R.; MANAS-ZLOCZOWER, I. ; ABRAMSOM, A. ; MAHANTA, N. . High Thermal Conductivity Micro/Nano Hybrid Composites. 2012, Estados Unidos.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: 61/782,344, título: "High Thermal Conductivity Micro/Nano Hybrid Composites" , Instituição de registro: United States Patent and Trademark Office. Depósito: 01/06/2012

4.
 Feke, Donald L. ; MANAS-ZLOCZOWER, I. ; Loos, M.R. ; SING, M. . Dispersion of particulate clusters via the rapid vaporization of interstitial liquid. 2011, Estados Unidos.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: WO2013013010A1, título: "Dispersion of particulate clusters via the rapid vaporization of interstitial liquid" , Instituição de registro: United States Patent and Trademark Office. Depósito: 20/07/2011; Concessão: 24/01/2013.

5.
 Loos, M.R.; PAKUSZEWSKI, A. . Kit experimental compacto para a demonstração da existência de linhas de campo elétrico. 2015, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: PI00001, título: "Kit experimental compacto para a demonstração da existência de linhas de campo elétrico" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 10/10/2015

6.
 Abetz, V. ; SCHULTE, K . Manufacturing composite materials from nano-composites. 2009, Alemanha.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: EP2266786, título: "Manufacturing composite materials from nano-composites" , Instituição de registro: German Patent and Trademark Office. Depósito: 23/06/2009; Pedido do Exame: 16/03/2010; Concessão: 08/05/2013. Instituição(ões) financiadora(s): GKSS Forschungs-zentrum Geesthacht GmbH - Alemanha.


Projetos de pesquisa

Projeto de desenvolvimento tecnológico

Projeto de extensão

Outros projetos


Educação e Popularização de C & T



Livros e capítulos
1.
LOOS, M. R.. NANOCIÊNCIA E NANOTECNOLOGIA: Compósitos Termofixos Reforçados com Nanotubos de Carbono. 1. ed. Rio de JAneiro: Interciência, 2014. 300p .


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
LOOS, MARCIO. Física de Portas Abertas. 2016. .

2.
LOOS, MARCIO. Física de Portas Abertas. 2015. .

3.
LOOS, MARCIO. Física de Portas Abertas. 2014. .


Redes sociais, websites e blogs
1.
LOOS, M. R.. CNT Composites. 2011; Tema: Nanotubos de carbono e Compósitos. (Site).

2.
LOOS, M. R.. Eletricidade e Eletromagnetismo. 2012; Tema: Eletricidade e Eletromagnetismo. (Site).



Outras informações relevantes


1) Em 2011 Marcio Loos construiu as primeiras pás para gerador eólico do mundo feitas a partir de poliuretano e nanotubos de carbono. A noticia atraiu a atenção de diversos meios de divulgação incluindo DISCOVERY CHANNEL e msnbc. Em adição, a reportagem de cobertura foi traduzida e divulgada em mais de 12 países ao redor do mundo. https://sites.google.com/site/cntcomposites/in-the-news

2) O artigo publicado na revista 'Macromol. Theory Simul.' [vol. 20, pags. 350?362, 2011] foi um dos mais acessados na revista em 2010/2011.

3) O artigo publicado na revista 'Polímeros: Ciência e Tecnologia' [vol. 18, pags. 76-80, 2008] foi um dos mais citados da revista em 2007/2008.

4) Em 2007 foi aprovado no concurso para Professor Colaborador no Departamento de Física da UDESC.

5) Em 2013 foi aprovado no concurso para Professor efetivo de Física UTFPR Campus Guarapuava Edital nº 108/2013-DIRGEP.

6) Em 2014 foi aprovado no concurso para Professor efetivo de Física UTFPR Campus Pato Branco Edital nº 146/2013-DIRGEP.

7) Em 2014 foi aprovado no concurso para Professor efetivo de Física UFSC Campus Blumenau Edital nº 270/DDP/2014.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 15/12/2018 às 24:01:04