Otavio Akira Sakai

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/7555056380237240
  • Última atualização do currículo em 09/10/2018


Possui graduação em Fisica pela Universidade Estadual de Maringá (2001), mestrado em Física pela Universidade Estadual de Maringá (2004) e doutorado em Física - Uem/Uel pela Universidade Estadual de Maringá (2008). Atualmente é professor ebtt do Instituto Federal do Paraná. Tem experiência na área de Física, com ênfase em Prop. Óticas e Espectrosc. da Mat. Condens; Outras Inter. da Mat. com Rad. e Part., atuando principalmente nos seguintes temas: espectrofotometria, produtos naturais, óleos essenciais, propriedades físico-química. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Otavio Akira Sakai
Nome em citações bibliográficas
SAKAI, O. A.;SAKAI, OTÁVIO AKIRA

Endereço


Endereço Profissional
Instituto Federal do Paraná, Umuarama.
Rodovia PR 323 - KM 310
Centro
87507014 - Umuarama, PR - Brasil
Telefone: (44) 33616202
URL da Homepage: http://umuarama.ifpr.edu.br/


Formação acadêmica/titulação


2004 - 2008
Doutorado em Física - Uem/Uel.
Universidade Estadual de Maringá, UEM, Brasil.
Título: Estudos das propriedades termo-ópticas de materiais vítreos e monocristalinos., Ano de obtenção: 2008.
Orientador: Antonio Medina Neto.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Anisotropia; vidros teluretos; cristais orgânicos; Interfermetria Óptica; transição vítrea; transição de fase ferro-paraelétrica.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
2002 - 2004
Mestrado em Física.
Universidade Estadual de Maringá, UEM, Brasil.
Título: aplicação da interferometria óptica no estudo da anisotropia de sistemas uniaxiais em função da temperatura,Ano de Obtenção: 2004.
Orientador: Antonio Medina Neto.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Interferometria Óptica; Anisotropia; Monocristais; dS/dT em função da temperatura.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Setores de atividade: Outros.
1998 - 2001
Graduação em Fisica.
Universidade Estadual de Maringá, UEM, Brasil.




Atuação Profissional



Instituto Federal do Paraná, IFPR, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor EBTT, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

03/2017 - Atual
Direção e administração, Programa de Pós-Graduação em Sustentabilidade, .

Cargo ou função
Coordenador do mestrado IFPR.
03/2017 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Programa de Pós-Graduação em Sustentabilidade, .


Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, IFRS, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2011
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor EBTT, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


Universidade Estadual de Maringá, UEM, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor 40h, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Professor do Departamento de Física - Universidade Estadual de Maringá. Aulas de Física I para o curso de Engenharia de Produção com ênfase em: Agro-Indústria, Confecção Industrial, Construção Civil e Software. Aulas de Física Experimental I para os cursos de Física e Confecção Industrial. Aulas de Física Experimental II para os cursos de Engenharia Química, Química Bacharelado e Licenciatura.

Vínculo institucional

2004 - 2008
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Doutorado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

1998 - 2004
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Mestrado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

5/2002 - 8/2003
Estágios , Centro de Ciências Exatas, Departamento de Física.

Estágio realizado
Laboratório de Física Experimental II.
3/2001 - 6/2002
Ensino, Fisica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Monitoria de Física Geral e Experimental II


Linhas de pesquisa


1.
Tecnologia de produtos naturais


Projetos de pesquisa


2015 - 2015
IF Orgânico
Descrição: Nos dias de hoje são utilizados na produção dos alimentos produtos que aceleram o processo de produção como os agrotóxicos, pesticidas e fungicidas, a fim de obter alimentos com máxima qualidade estética e em menor tempo. Todos esses recursos utilizados acabam afetando diretamente o solo e todo o meio ambiente. Ao contrário disso, os alimentos orgânicos são isentos destes produtos, não desgastam nossa fonte de produção e principalmente o meio em que vivemos; porém há uma grande carência na produção de orgânicos, em virtude do alto cuidado para serem produzidos, necessitando assim de uma ampla mão de obra para o seu cultivo. O presente projeto visa utilizar o liquido biofertilizante, popularmente chamado de chorume, como um inseticida natural, fazendo com que a produção de orgânicos aumente, tenha maior qualidade e que seu custo final seja mais acessível. Para a produção do chorume, foi construído um minhocário, com base de madeira e um tambor cortado ao meio, sendo colocadas terra e matéria orgânica selecionada, como esterco, cascas de legumes e folhas de verduras, nas duas partes do tambor. Todo o chorume produzido foi recolhido através de um cano fixado ao tambor, sendo conduzido diretamente para uma garrafa pet através da força da gravidade, não possuindo nenhum sistema que consuma energia elétrica. Foram construídos caixotes com madeiras reutilizadas, que funcionam como hortas-móveis, onde foram plantadas mudas de alface americana (Lactuca sativa L) que possui cabeça compacta e folhas lisas e a couve manteiga (Brassica oleracea variedade acephala) uma hortaliça arbustiva que serão submetidas ao chorume e ao húmus produzidos no minhocário com quantidades definidas para cada tratamento. A terra contida no minhocário passa por análises de temperatura e pH (potencial hidrogeniônico), o chorume passa por análises de pH e nas hortaliças serão analisados tamanho, aspecto e qualidade..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2015 - Atual
Caracterização de parâmetros térmicos e ópticos do teor de óleo Helianthus annuss L. cultivado através de doses de lodo de esgoto associados ou não com Azospirillum Brasilense.
Descrição: O uso de lodo de esgoto, em fornecer N, na adubação da cultura de girassol e a inoculação das sementes com a bactéria Azospirillum Brasilense tem se tornado objeto de estudo para o melhoramento do rendimento do óleo de girassol. Esse rendimento pode acarretar em um aumento e melhor qualidade do óleo extraído das sementes do girassol, o qual é utilizado como matéria prima para a produção de biodiesel pela indústria. O presente trabalho visa caracterizar as propriedades térmicas como DSC e PDSC, estudos gravitométricos, espectros de absorção nas regiões UV/Vis e infravermelho, densidade e índice de refração do óleo de girassol; e se a bactéria Azospirillum Brasiliense, inoculada nas sementes, e o lodo de esgoto (utilizado como adubo) interferem na qualidade do teor do óleo de girassol para a produção de biodiesel..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2015 - Atual
Análise e monitoramento do nível de pressão sonora (NPS) na região central de Umuarama-Pr.
Descrição: Grande parte dos sons existentes são complexos, com diferentes ondas superpostas como a fala, a música e os ruídos. Fisicamente não existe diferença entre som e ruído. O ser humano recebe diariamente informações sonoras e podem ser potencialmente prejudicial a saúde do indivíduo. Este projeto tem como objetivo realizar o levantamento do mapa de nível de pressão sonora (NPS) e do incômodo sonoro na região central da cidade de Umuarama-Pr. Será realizada uma análise e mapeamento do NPS por meio de medição para o conhecimento dos níveis de ruído aos quais os cidadãos e os trabalhadores das regiões centrais da cidade, estão expostos em seu cotidiano. As medições dos níveis de ruído serão executadas com a utilização de um decibelímetro, que avalia a pressão local, no horário compreendido entre as 07:00 às 08h, 11h às 13h, 17h30 às 19h e 23h as 2h, horários de maior movimentação de pessoas e automóveis. A metodologia adotada no projeto será qualificar o grau de incômodo sonoro, que acomete a comunidade e isto será determinado por meio de um questionário diagnóstico. As medições do ruído serão analisados e discutidas de acordo com as normas vigentes, consequentemente serão propostas algumas soluções para amenizar o problema. Posteriormente, os resultados serão comparados com estudos independentes dos mapeamentos realizados nas regiões centrais da cidade de Maringá-PR. A comparação será realizada quantos aos níveis de pressão sonora, o grau de incômodo sonoro percebido pela sociedade, suas principais causas, as soluções propostas pelos autores e quanto às metodologias utilizadas em cada trabalho. Será possível identificar semelhanças nas conclusões do autores, bem como a aplicabilidade das soluções propostas. Outro objetivo é verificar a viabilidade das metodologias utilizadas pelos autores, além de conscientizar a população dos danos e riscos que os níveis excessivos de pressão sonora podem trazer para a qualidade de vida das pessoas em centros urbanos. Ao final do projeto será gerado um mapa, com ajuda de um GPS presente no campus, onde será colocado os pontos, nas ruas e avenidas, que ocorre a maior incidências de ruídos. E também um diagnóstico completo com as causas, motivos e soluções para os problemas diagnosticados..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Otavio Akira Sakai - Coordenador / Guilherme Liegel Leopold - Integrante / Grasielle Cristina dos Santos Lembi Gorla - Integrante.
2015 - Atual
Estudo do potencial biológico do óleo essencial de Gallesia integrifolia (SPRENG.) HARMS (PHYTOLACCACEAE).
Descrição: Várias espécies nativas possuem grande potencial econômico devido à presença de óleos essenciais (OE), os quais são utilizados em diversos setores industriais. A Floresta Atlântica apresenta-se como um dos maiores centros de biodiversidade, na qual encontra-se dentre as espécies o pau d?alho, Gallesia integrifolia (Spreng.) Harms, uma espécie arbórea nativa do sul da América e pertencente à família Phytolaccaceae. Sua madeira apresenta cheiro característico de alho e é uma planta utilizada na medicina popular para a preparação de chás para o tratamento de gripe, tosse, pneumonia, verminoses, gonorréia, tumores de próstata e reumatismo. Além disso, a casca e as folhas dessa planta apresenta OE, cujo componente majoritário é o 2,4,5,7-tetratiaoctano entre outros compostos. Sendo assim, esse trabalho teve por objetivo realizar a extração do OE de pau d?alho através da técnica de hidrodestilação. A coleta foi realizada no município de Umuarama-PR, nos meses de maio e junho de 2015, período esse que havia presença dos frutos. Esses foram coletados no período da manhã e submetidos ao processo de hidrodestilação por um período de 2h. Após a extração, o OE foi retirado do aparelho, seco com Na2SO4 anidro e armazenado a 4 ºC. O OE será analisado por cromatografia gasosa acoplada à espectrometria de massas (CG/EM) e serão realizadas atividades antimicrobiana, acaricida sobre o Rhipicephalus (Boophilus) microplus, que causa grandes problemas à pecuária, e larvicida, sobre o Aedes aegypti, o qual transmite a dengue e hoje nos encontramos numa epidemia dessa doença. Portanto, há uma grande expectativa em encontrar resultados favoráveis nessa pesquisa, pelo fato de ser uma planta pouco estudada, podendo então contribuir na substituição de produtos químicos por naturais para o controle do carrapato bovino e A. aegypti, fornecendo melhorias para os animais, seres humanos e também ao meio ambiente..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - 2014
INCLUSÃO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA VISUAL ATRAVÉS DO ENSINO DE ASTRONOMIA
Descrição: A inclusão de pessoas com necessidades especiais nas escolas tem sidomuito discutido nas últimas décadas, principalmente nos meios científicos, tanto que setornou um direito em documentos como Constituição Federal de 1988, a DeclaraçãoMundial sobre Educação para Todos e a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Cada vez mais estudantes com deficiência visual estão frequentando os bancos escolares. Será que nossos professores de Ciências têm acesso fácil a materiais didáticos de astronomia para facilitar a aprendizagem e motivar estudantes com necessidade educacional especial? É de conhecimento público que a maioria dosprofessores deCiências da rede pública do país, possuem formação em biologia,matemática e poucos em ciências. E também que, na maioria das vezes eles possuemsomente os conceitos ?superficiais? de astronomia, pois quando se aprofunda ou exige-seestudos, como astrometria, astronáutica ou mesmo astrofísica o professor ficar limitado, pois há o envolvimento de conceitos de matemática e física, em ensinar por possuir uma lacuna na sua formação inicial e continuada. Isso se torna um problema mais agravantequando se coloca no âmbito de estudantes com deficiência visual, por envolver mais umavariável na questão ensino-aprendizagem de astronomia. Será que há materiaisadaptados de astronomia eficazes para uma aprendizagem plena dos estudantes com deficiência visual? Deste modo, baseando-se em artigos como o de Bernardes e Souza (2009), onde pode-se encontrar o relato de uma experiência utilizando arquivos de áudio de curta duração para explicar e descrever fenômenos, conceitos e equipamentos comuns na Astronomia, como: ônibus espaciais, planetas, cometas, Lua, Sol etc. Em outro trabalho, do mesmo autor, Bernardes e Souza (2011), apresentou-se o desenvolvimento de um material táctil elaborado para o ensino de Astronomia, bem como sua aplicação em sala de aula regular inclusiva. Ou quando o autor Dominici et al. (2008), descreve o desenvolvimento de um kit de Astronomia contendo oito mapas celestes, sendo quatro do hemisfério Norte e quatro do hemisfério Sul; três mapas de mudanças do céu ao longo da noite; dois mapas celestes em relevo, mostrando a poluição luminosa em São Paulo; um catálogo em tamanho A4 com 14 constelações separadas em relevo, sendo as 12 zodiacais ?clássicas? (excetuando Ofiúco), mais Órion e Cruzeiro do Sul; duas constelações tridimensionais: Órion e Cruzeiro do Sul; uma esfera celeste de 21 cm de diâmetro com as estrelas em relevo e os desenhos das constelações; e um livro voltado aos educadores com os principais conceitos astronômicos, descrição do kit, sugestões de aplicação e depoimentos. Além disso, há na literatura os autores, Siqueira e Langhi (2011) que apresentam uma pesquisa documental sobre os trabalhos realizados no Brasil na temática da educação em Astronomia para deficientes visuais. Onde o objetivo principal foi analisar o potencial dessa produção bibliográfica no que se refere à contribuição ao trabalho dos professores em turmas inclusivas, abordando a produção de materiais didáticos. Além de fornecer uma visão geral da direção que tomam os resultados de pesquisas na área de Educação em Astronomia para deficientes visuais, o trabalho fornece subsídios para futuras pesquisas nessa temática. A partir desses estudos, e de pesquisas realizadas nas escolas do município e centros de apoio aos deficientes visuais, há a motivação desse trabalho em poder contribuir e melhorar a inclusão de estudantes e/ou pessoas com deficiência visual através do ensino de astronomia, seja no âmbito sócio educacional quanto na temática de educação inclusiva. Para tanto, o presente projeto pretende realizar uma pesquisa de campo com participantes que possuam alguma deficiência visual com o intuito de diagnosticar o conhecimento desse público na área de astronomia básica, e após construir materi.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2014 - 2014
MONITORAMENTO E ESTUDO DAS INFORMAÇÕES METEOROLÓGICAS EM UMUARAMA - PR
Descrição: Este projeto de pesquisa está em desenvolvimento no IFPR, campus Umuarama. Sua execução teve início em março de 2014, vinculada ao Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica Junior (PIBIC Jr). A pesquisa foi motivada, primeiramente, pelo incentivo da professora de geografia em desenvolver uma pesquisa sobre climatologia geográfica, mas com interface em química ambiental e; o segundo, em razão do interesse e curiosidade dos estudantes em realizar tal desafio. O principal objetivo consiste em construir um banco de dados relacionados ao tempo atmosférico e clima de Umuarama. Especificamente, objetiva-se também: monitorar e sistematizar as informações meteorológicas; identificar os fenômenos atmosféricos recorrentes no município e aqueles que recebem mais atenção dos veículos de informação; observar como as atividades econômicas e culturais. São pesquisadas, diariamente, notícias que fazem menção a elementos meteorológicos, em dois jornais de ampla circulação no Paraná e na cidade de Umuarama, respectivamente Gazeta do Povo e Umuarama Ilustrado. Os resultados preliminares apontam que o elemento climático predominantemente citado nas notícias é a chuva e também a estiagem. E a consequência que mais recebeu atenção, neste período e nos jornais selecionados, foi a erosão e as perdas na agricultura. O acervo de informações meteorológicas já tem fomentado estudos de clima local e verificação de eventuais impactos na região do campus..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2014 - Atual
Análise de parâmetros físicos e químicos do teor de óleo Helianthus annuss L. cultivado através do teor de doses de lodo de esgoto associados ou não com Azospirillum brasiliense
Descrição: O melhoramento dos processos de extração e das sementes em si tem se tornado objeto de estudos nos últimos tempos, para obtenção de melhores rendimentos de óleo. Os processos de extração tem por principal função a separação de componentes presentes em diferentes materiais, neste trabalho foram utilizados dois solvente Hexano e Etanol para a extração do óleo de girassol. As sementes de girassol apresenta diferentes propriedades físico químicas e nutricionais, podendo render até 40% em óleo. O seu óleo é considerado nobre, por apresentar características peculiares. A utilização de lodo de esgotos, para o fornecimento de N e a inoculação das sementes com a bactéria Azospirillum Brasilense, foram estudado neste projeto, bem como a verificação do melhor solvente a ser utilizado, avaliando rendimento e consequências ambientais. A próxima etapa do projeto será caracterizar as propriedades físico-químicas do óleo de girassol para verificar as mudanças ocorridas nele ..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2013 - 2014
MÉTODOS FÍSICO-QUÍMICOS PARA ANÁLISES DE ADULTERANTES EM CAFÉ NA REGIÃO DE UMUARAMA - PR
Descrição: A cafeicultura desempenhou grande importância para a formação do Brasil, relacionando-se diretamente com a economia e a política nacional. Em virtude da demanda desse produto, a ABIC instituiu o Programa de Controle do Café Torrado e Moído / Selo de Pureza ABIC, proporcionnado ao consumidor a segurança em adquirir um café livre de impurezas e sem adulteração, a qual é realizada por meio da adição ao café de substâncias indesejáveis como milho, cevada, soja, entre outros. Dessa forma, o presente trabalho teve como objetivo analisar as diferenças nas propriedades físico-químicas entre o café arábico puro e o comercial, com o intuito de verificar a presença de substâncias indesejáveis que podem alterar o sabor e aroma da bebida, Para isso, utilizou-se como amostra o café arábico comercial e puro em concentrações de 0,005 a 0,15% (m / v), dissolvendo-se o pó de café em água destilada fervente e filtrando. Após, as amostras foram resfriadas até atingirem 20 °C para análises de pH, refratometria, espectroscopia UV / VIS e infravermelho (FTIR). Os resultados obtidos das análises físico-químicas de pH e nD indicam serem técnicas básicas, porém não efetivas. No entanto, quando associadas a técnicas mais completas como a espectrofotometria, podem auxiliar na detecção da presença de adulterantes no café..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2007 - 2009
Caracterização termo-óptica de materiais em função da temperatura aplicando técnicas fototérmicas e interferometria óptica
Descrição: Participação como membro da equipe executora - (ed. 02/2006 universal - edital MCT/CNPq 02/2006 - universal).
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2004 - 2006
Estudo do coeficiente de temperatura do caminho óptico (dS/dT) de sólidos e líquidos transparentes em função da temperatura.
Descrição: Membro da equipe executora - (chamada: 05/2003, programa: apoio à instalação de récem doutores).
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2015 - Atual
ASTROCORDEL: a literatura e o Universo no ensino de Ciências
Descrição: A proposta deste projeto é relacionar o estudo e a produção da literatura de cordel com os conhecimentos relacionados à astronomia enquanto conteúdo estruturante contemplado nas diretrizes curriculares orientadoras da educação do estado do Paraná, como parte da disciplina de Ciências no Ensino Fundamental. Tendo em vista que a literatura de cordel é uma modalidade poética sustentada pela adequação aos mais diversos temas, os quais chegam de maneira atraente a públicos que vão desde o mais erudito até os grupos heterogêneos de pessoas no cotidiano das cidades, entendemos que os estudos de astronomia podem ser relacionados ao cordel para torná-los acessíveis, porém não destituídos do caráter científico de suas proposições. As ações a serem empreendidas, visando à formação acadêmica do(a) estudante bolsista e possíveis voluntários pertencentes ao Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas, do IFPR/campus Umuarama, contemplam leituras, observações, discussões teóricas e aulas práticas sobre versificação e questões do Universo para que, no diálogo entre duas áreas do saber, os estudantes possam propagar produções poéticas por meio de apresentações, oficinas e publicações. Devido à literatura de cordel ter sua linguagem simples e envolvente, podemos utilizá-la como instrumento para a popularização e a comunicação pública da ciência. Temas como a formação do Universo, o Sistema Solar, as galáxias, etc., são encontrados em folhetos já publicados. Mas, seguindo as características comuns das escritas ficcionais e poéticas, esses cordéis não têm o compromisso com a cientificidade das informações contempladas em suas estrofes; não contribuem para o aprendizado científico pleno, ficando assim destinados somente aos estudos e atividades sobre a parte lúdica e poética, à crítica subjetiva proporcionada pela tradição popular. Promover o encontro criador da astronomia com a literatura de cordel, entre os estudantes do Ensino Fundamental, será uma forma de aliar duas fontes de conhecimento que, muitas vezes, são apresentadas ao público carregadas de estereótipos causadores de aversão no que se referem aos temas inerentes às suas abordagens. No caso da astronomia, as principais dificuldades enfrentadas pelos estudantes em compreendê-la estão ligadas à falta de base matemática para entendimento e desenvolvimentos do conceitos que às vezes estão no próprio livro didático; ao ensino fora do contexto do cotidiano; à falta, no currículo de graduação em licenciatura em Ciências Biológicas, de conteúdos básicos de astronomia. Em relação à literatura de cordel ? por ser uma expressão poética advinda da tradição popular, cujas variadas formas de representação estiveram historicamente à margem do contexto da sala de aula, por não comporem o cânone tradicional dos conhecimentos artísticos supostamente superiores ?, a principal dificuldade que se pode atribuir aos estudantes em compreendê-la e praticá-la encontra-se explicação justamente na falta de difusão dessa modalidade da literatura que, atualmente, ainda utilizada pelos professores de maneira tímida, aparece listada nas diretrizes curriculares para o ensino de Língua Portuguesa. O presente projeto, portanto, no diálogo da astronomia com a literatura de cordel, volta-se às experiências das atividades de extensão com estudantes do Ensino Fundamental; tem como ferramenta diferenciada de propagação do conhecimento a pesquisa e as práticas interdisciplinares..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Otavio Akira Sakai - Coordenador / Adenilson de Barros de Albuquerque - Integrante.
2015 - Atual
Abraço Ambiental
Descrição: Localizado na região noroeste do Estado do Paraná, o Município de Umuarama abriga alguns remanescentes de Mata Atlântica, e como a maioria das áreas urbanas de crescimento vertiginoso, sofre regime de degradação ambiental, tornando extremamente necessários os processos de sensibilização e conscientização das pessoas de todas as gerações em prol a sustentabilidade do planeta, visando à diminuição dos desperdícios e utilização racional de tudo que advêm da natureza. Todas as transformações que provocam essa consciência têm necessidade de um ponto de partida, envolvendo a comunidade para que a ação de pontual resulte em movimento contínuo. Pensando nesse envolvimento e interesse da comunidade umuaramense pelas questões ambientais, que diretamente estão ligadas às questões sociais o presente projeto tem como objetivo principal desenvolver atividades de Educação Ambiental nas escolas municipais da cidade de Umuarama, visando à valorização da arborização urbana, culminando com um Abraço Ambiental no Bosque Uirapuru no dia da árvore (21 de setembro de 2016). Vale ressaltar que esse trabalho no Instituto Federal do Paraná Campus Umuarama teve início em 2015, tendo recebido o prêmio RankBrasil pelo Maior Abraço em Bosque do país, contando com a presença de 1.382 pessoas. Este estudo se justifica na necessidade da manutenção dos recursos naturais e sustentabilidade da cidade, considerando que a mesma já apresenta a média de uma árvore por habitante. Para tanto, estudantes do Instituto Federal do Paraná Campus Umuarama, orientados pelos docentes, irão até as escolas municipais para realizar atividades de Educação Ambiental com vistas à sensibilização dos alunos para as questões ambientais. O encerramento dessas atividades está previsto para o dia da árvore, quando os alunos das escolas municipais, servidores do IFPR e comunidade em geral serão convidados a realizar o ?Abraço Ambiental? no Bosque Uirapuru localizado no município de Umuarama-PR..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2014 - Atual
IFPR - VIVER BEM: ATIVIDADES FÍSICA, SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2012 - Atual
Grupo de estudos em astronomia
Descrição: O Grupo de Estudo de Astronomia (GEA) visa desenvolver junto aos alunos do IFPR- campus Umuarama o estímulo aos estudos de Astronomia e suas ciências correlacionadas: Física e Geografia. O projeto de extensão será planejado e coordenado pelo professor de física: Otávio Akira Sakai, que fará a manutenção do projeto no âmbito qualitativo e as ações que os bolsitas e colaboradores realizarão. Todo o suporte em relação aos conteúdos de Física e Matemática, como por exemplo: história da astronomia, noções de volume, espaço e tempo, magnetismo, óptica geométrica (formação de imagens), construção de maquete do sistema solar, relógios solares, lunetas, foguetes, entre outros, será realizado pelo mesmo. Juntamente com a professora Diane Belusso, formada em geografia, que fornecerá conhecimentos sobre astronomia de posição e ajudará o coordenador nas ações de orientação dos bolsistas e alunos do projeto. Ainda, o professor Claudio Luiz Mangini, com formação em design, terá sua função na oficina de construção de um possível relógio solar no campus Umuarama. Ele ajudará os alunos na questão do desenho e execução do relógio solar..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
1999 - 2002
Apoio ao Desenvolvimento de Atividades de Física
Descrição: Laboratório Permanente Tem a finalidade de dar subsídios aos professores de Ciências e, em particular de Física, principalmente em relação às atividades experimentais, apesar de ter nos experimentos sua principal meta, sua vinculação com as pesquisas teóricas em ensino de Física também existe. Partimos do pressuposto de que o aluno deve ser também responsável pela construção de seu conhecimento. Ele é incentivado a montar os instrumentos que utiliza em suas atividades experimentais. Tal ponto de vista já foi defendido por Kaptisa, prêmio Nobel de Física. Trabalhamos também na produção de material para atividades experimentais do Ensino fundamental, médio e superior. Neste caso estão sendo elaborados guias para o desenvolvimento dessas atividades, incluindo a descrição, montagem e procedimentos experimentais. Projeto Experimentoteca-Ludoteca Buscamos, como pode ser visto o que existe de Ciência nos brinquedos. A utilização de material de baixo custo faz parte de nossa filosofia. Muitas vezes, o material que o professor necessita não é encontrado no comércio e, quando o é nem sempre está de acordo com seus objetivos e sua metodologia..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (8) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Otavio Akira Sakai - Coordenador.Financiador(es): Universidade Estadual de Maringá - Bolsa.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Física / Subárea: Física da Matéria Condensada/Especialidade: Prop. Óticas e Espectrosc. da Mat. Condens; Outras Inter. da Mat. com Rad. e Part..
2.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Física / Subárea: Física da Matéria Condensada/Especialidade: Propriedades Térmicas da Matéria Condensada.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2015
Destaque em comunicação Oral do trabalho " Utilização do Chorume Produzido em Minhocário Como Inseticida Natural" no IV Seminário de Extensão, Ensino, Pesquisa e Inovação, Instituto Federal do Paraná - PROEPI.
2014
1 lugar - VI Jornada de Foguetes e VIII Mostra Brasileira de Foguetes, Sociedade Astronômica Brasileira, Agência Espacial Brasileira, Ministério da Educação.
2013
2 lugar - Trabalho apresentado na 3a Mostra da Produção Ciência e Tecnologia - "Descartes e a Emergência da Ciência Moderna" no eixo Ciência Humanas, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul.
2013
V jornada de foguetes e XVI Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica, Sociedade Astronômica Brasileira, Agência Espacial Brasileira, Ministério da Educação.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
RAIMUNDO, K. F.2017RAIMUNDO, K. F. ; BORTOLUCCI, W. C. ; SILVA, E. S. ; PEREIRA, A. F. B. ; SAKAI, O. A. ; PIAU JUNIOR, R. ; GONCALVES, J. E. ; LINDE, G. A. ; GAZIM, Z. C. . Chemical composition of garlic wood (Gallesia integrifolia) (Phytolaccaceae) volatile compounds and their activity on cattle tick. AUSTRALIAN JOURNAL OF CROP SCIENCE (ONLINE), v. 11, p. 1058-1067, 2017.

2.
BARBADO, N.2016BARBADO, N. ; BASSO, S. E. O. ; BELUSSO, D. ; RONQUIM, J. ; PRACA, E. A. ; SAKAI, O. A. . ABRAÇO AMBIENTAL: UMA EXPERIÊNCIA DE SENSIBILIZAÇÃO SOBRE A IMPORTÂNCIA DA ARBORIZAÇÃO URBANA. Revista de Ensino de Biologia da Associação Brasileira de Ensino de Biologia (SBEnBio), v. 9, p. 2404-2415, 2016.

3.
SILVA, M. R.2016SILVA, M. R. ; STEFANO, G. M. M. F. ; SEIXAS, F. A. V. ; MORITZ, C. M. F. ; SAKAI, O. A. . Coumarin solubilization in aqueous medium and determination of the its activity antibacterial. Saúde (Santa Maria), v. 42, p. 1, 2016.

4.
D. Belusso2013D. Belusso ; SAKAI, O. A. . DA FORMAÇÃO DE UM GRUPO DE ESTUDOS À REALIZAÇÃO. Revista Latino-Americana de Educação em Astronomia, v. 16, p. 63-71, 2013.

5.
FAGHERAZZI, O. J.2012FAGHERAZZI, O. J. ; SAKAI, O. A. ; MOHNSAM, L. A. . DA SALA DE AULA PARA A VIDA: ACÚSTICA NO DIA A DIA. Tear: Revista de Educação, Ciência e Tecnologia, v. 01, p. 01-19, 2012.

6.
Alysson Steimacher2008 Alysson Steimacher ; Márcio José Barboza ; Aline Milan Farias ; SAKAI, O. A. ; Jurandir Hilman Rohling ; Antonio Carlos Bento ; Mauro Luciano Baesso ; Antonio Medina Neto ; Carlos Mauricio Lepienski . Preparation of Nd2O3 doped calcium aluminosilicate glasses and thermo-optical and mechanical characterization. Journal of Non-Crystalline Solids, v. 354, p. 4749-4754, 2008.

7.
Alysson Steimacher2008 Alysson Steimacher ; SAKAI, O. A. ; Antonio Carlos Bento ; Mauro Luciano Baesso ; Antonio Medina Neto ; Sandro Marcio Lima ; T. Catunda . Angular dependence of the thermal -lens effect on LiSrAlF3 and LiSrGaF6 single crystals. Optics Letters, v. 33, p. 1720-1722, 2008.

8.
SAKAI, O. A.;SAKAI, OTÁVIO AKIRA2008 SAKAI, O. A.; Alysson Steimacher ; Jurandir Hilman Rohling ; Antonio Carlos Bento ; Mauro Luciano Baesso ; Antonio Medina Neto . Study of anisotropy in the temperature coefficient of the optical>path length of axial single crystal using an interferometric technique. Journal of Physics. D, Applied Physics, v. 41, p. 245406, 2008.

9.
kelly Cristina Silva2007 kelly Cristina Silva ; SAKAI, O. A. ; Alysson Steimacher ; Franciana Pedrochi ; Mauro Luciano Baesso ; Antonio Carlos Bento ; Antonio Medina Neto ; Sandro Marcio Lima ; Oliveira ; João Carlos S. Moraes ; YUKIMITU, Keizo ; Eudes Borges de Araújo ; Petrovich ; Hewak . Temperature and wavelength dependence of the thermo-optical properties of tellurite and chalcogenide glasses. Journal of Applied Physics, v. 102, p. 073507-1-073507-6, 2007.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
SCHNEIDER, P. R. ; PADILHA, A. R. ; SAKAI, O. A. . FILOSOFIA EM DIÁLOGO COM OUTROS SABERES. 1. ed. Santa Maria/RS: Universidade Federal de Santa Maria, 2017. v. 1 e-bo. 336p .

2.
FAGHERAZZI, O. J. ; TASSO, R. D. ; MACEDO, A. C. O. ; DORNELES, C. L. ; SAKAI, O. A. . Uma breve introdução à Filosofia da Ciência. 1. ed. Rio Grande: Editora do IFRS ? Câmpus Rio Grande, 2014. v. 1. 166p .

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
SAKAI, OTÁVIO AKIRA; RONQUIM, JOYCE ; GORLA, GRASIELLE ; ARAGÃO, FRANCIELY ; LISOT, ALINE . Nível de Pressão Sonora: cenário em meio urbano. In: XXVIII ENCONTRO DA SOBRAC, 2018, Porto Alegre, RS. XXVIII Encontro da SOBRAC. Porto Alegre, RS: Galoa, 2018.

2.
BARBADO, N. ; BASSO, S. E. O. ; D. Belusso ; RONQUIM, J. ; PRACA, E. A. ; SAKAI, O. A. . ABRAÇO AMBIENTAL: UMA EXPERIÊNCIA DE SENSIBILIZAÇÃO SOBRE A IMPORTÂNCIA DA ARBORIZAÇÃO URBANA. In: VI Encontro Nacional de Ensino de Biologia/ VIII Encontra Regional de Ensino de Biologia-3, 2016, Maringá-PR. VI Encontro Nacional de Ensino de Biologia/ VIII Encontra Regional de Ensino de Biologia-3, 2016.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
Daniele Dias ; SAKAI, O. A. ; Antonio Medina Neto ; Mauro Luciano Baesso ; Antonio Carlos Bento ; Santos ; Povh ; Rubira . Optical characterization of polycarbonate impregnated in supercritical. In: XXVIII Encontro Nacional de Física da Matéria- SBF, 2005, Santos-SP. XXVIII ENFMC - Annals of Optics, 2005.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
GORLA, G. C. S. L. ; RONQUIM, J. ; BERTINOTTI, G. K. ; SAKAI, O. A. . COMPARAÇÃO DA PERCEPÇÃO DO RUÍDO URBANO EM RELAÇÃO AO NÍVEL DE PRESSÃO SONORA (NPS). In: V SeTec ? SEMINÁRIO DE ESTUDOS TÉCNICOS E TECNOLÓGICOS DO INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ ? CAMPUS UMUARAMA, 2017, Umuarama - PR. V SeTec ? SEMINÁRIO DE ESTUDOS TÉCNICOS E TECNOLÓGICOS DO INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ ? CAMPUS UMUARAMA, 2017. v. 1. p. 29-29.

2.
SANTOS, G. S. ; A.B. Albuquerque ; SAKAI, O. A. . ASTROCORDEL: LITERATURA E CIÊNCIAS NA SALA DE AULA. In: IV SeTec ? SEMINÁRIO DE ESTUDOS TÉCNICOS E TECNOLÓGICOS DO INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ-CAMPUS UMUARAMA Desenvolvimento Sustentável, 2016, Umuarama- PR. IV SeTec ? SEMINÁRIO DE ESTUDOS TÉCNICOS E TECNOLÓGICOS DO INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ-CAMPUS UMUARAMA Desenvolvimento Sustentável, 2016. v. 1. p. 14-14.

3.
RONQUIM, J. ; GORLA, G. C. S. L. ; BERTINOTTI, G. K. ; SAKAI, O. A. . POLUIÇÃO SONORA EM CENTROS URBANOS E SUAS CONSEQUÊNCIAS. In: IV SeTec ? SEMINÁRIO DE ESTUDOS TÉCNICOS E TECNOLÓGICOS DO INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ-CAMPUS UMUARAMA Desenvolvimento Sustentável, 2016, Umuarama- PR. IV SeTec ? SEMINÁRIO DE ESTUDOS TÉCNICOS E TECNOLÓGICOS DO INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ-CAMPUS UMUARAMA Desenvolvimento Sustentável, 2016. v. 1. p. 54-54.

4.
SAKAI, O. A.; SANTOS, G. S. ; A.B. Albuquerque . ASTROCORDEL: UMA PROPOSTA INTERDISCIPLINAR. In: IV SEPEC - Seminário de Práticas de Ensino dos Cursos de Licenciatura do CECA, 2016, Cascavel - PR. IV SEPEC - Seminário de Práticas de Ensino dos Cursos de Licenciatura do CECA, 2016.

5.
GORLA, G. C. S. L. ; SOUZA, N. B. ; BERTINOTTI, G. K. ; RONQUIM, J. ; SAKAI, O. A. . MONITORAMENTO DO NÍVEL DE PRESSÃO SONORA (NPS): UMA ANÁLISE DAS REGIÕES CRÍTICAS EM UMUARAMA-PR. In: IV SeTec ? SEMINÁRIO DE ESTUDOS TÉCNICOS E TECNOLÓGICOS DO INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ-CAMPUS UMUARAMA Desenvolvimento Sustentável, 2016, Umuarama - PR. IV SeTec ? SEMINÁRIO DE ESTUDOS TÉCNICOS E TECNOLÓGICOS DO INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ-CAMPUS UMUARAMA Desenvolvimento Sustentável, 2016. v. 1. p. 65-65.

6.
SAKAI, O. A.; BERTINOTTI, G. K. ; LEMBI, G. C. S. . Análise e monitoramento do nível de pressão sonora (NPS) na região central de Umuarama-Pr.. In: III Seminário de Estudos Técnicos e Tecnológicos - SETEC; I Seminário de Extensão, Ensino, Pesquisa e Inovação - SEEPIN, 2015, Umuarama, PR. III SeTec - Seminário de Estudos Técnicos e Tecnológicos do Instituto Federal do Paraná - Campus Umuarama, 2015. v. 1. p. 26-26.

7.
SAKAI, O. A.; SUTILE, I. B. ; RAIMUNDO, K. F. ; PEREIRA, G. U. ; OLIVEIRA, A. M. S. . IF Orgânico. In: III Seminário de Estudos Técnicos e Tecnológicos - SETEC; I Seminário de Extensão, Ensino, Pesquisa e Inovação - SEEPIN, 2015, Umuarama, PR. III SeTec - Seminário de Estudos Técnicos e Tecnológicos do Instituto Federal do Paraná - Campus Umuarama. Umuarama, 2015. v. 1. p. 21-21.

8.
PEREIRA, A. F. B. ; RAIMUNDO, K. F. ; ANDRICH, F. ; GAZIM, Z. C. ; SAKAI, O. A. . ESTUDO DO POTENCIAL BIOLÓGICO DO ÓLEO ESSENCIAL DE GALLESIA INTEGRIFOLIA (SPRENG.) HARMS (PHYTOLACCACEAE). In: III SeTec ? SEMINÁRIO DE ESTUDOS TÉCNICOS E TECNOLÓGICOS DO INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ-CAMPUS UMUARAMA, 2015, Umuarama-PR. III SeTec ? SEMINÁRIO DE ESTUDOS TÉCNICOS E TECNOLÓGICOS DO INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ-CAMPUS UMUARAMA, 2015. v. 1. p. 24-24.

9.
OLIVEIRA, I. M. ; BELUSSO, D. ; SAKAI, O. A. ; MENDES, H. S. F. . Inclusão de estudantes com deficiência visual nas escolas através da astronomia - um projeto PBIS. In: II SEEPIN, 2013, Paranaguá, PR. Anais do 2 Seminário de Extensão, Pesquisa e Inovação do IFPR. Curitiba, PR: IFPR - Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão e Inovação, 2013. v. 1. p. 419-419.

10.
ALIEVI, A. L. ; SAKAI, O. A. ; MENDES, H. S. F. ; BELUSSO, D. . A INFLUÊNCIA DA LUA NO PLANETA TERRA: UM ENSINO ADAPTADO A DEFICIENTES VISUAIS. In: II SEEPIN, 2013, Paranaguá, PR. Anais do 2 Seminário de Extensão, Pesquisa e Inovação do IFPR - Ideias, Impacto e Desenvolvimento. Curitiba, PR: IFPR - Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão e Inovação, 2013. v. 1. p. 48-48.

11.
GALASSI, J. V. ; BELUSSO, D. ; SAKAI, O. A. ; ARAUJO, N. L. ; RAIMUNDO, K. F. . A INTERDISCIPLINARIDADE NO ENSINO MÉDIO INTEGRADO AO TÉCNICO, UM OLHAR ATRAVÉS DA PRÁTICA EXPERIMENTAL. In: II SEEPIN, 2013, Paranaguá, PR. Anais do 2 Seminário de Extensão, Pesquisa e Inovação do IFPR - Ideias, Impacto e Desenvolvimento. Curitiba, PR: IFPR - Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão e Inovação, 2013. v. I. p. 52-52.

12.
MENDES, H. S. F. ; SAKAI, O. A. . ASTRONOMIA PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA VISUAL É POSSÍVEL?. In: II SEEPIN, 2013, Paranaguá, PR. Anais do 2 Seminário de Extensão, Pesquisa e Inovação do IFPR - Ideias, Impacto e Desenvolvimento, 2013. v. 1. p. 134-134.

13.
SGOBI, F. P. ; RAIMUNDO, K. F. ; LEOPOLD, G. L. ; SAKAI, O. A. . MÉTODOS FÍSICO-QUÍMICOS PARA ANÁLISES DE ADULTERANTES EM CAFÉ NA REGIÃO DE UMUARAMA ? PR. In: II SEEPIN, 2013, Paranaguá,PR. Anais do 2 Seminário de Extensão, Pesquisa e Inovação do IFPR - Ideias, Impacto e Desenvolvimento, 2013. v. 1. p. 480-480.

14.
FRANCA, M. I. S. ; BELUSSO, D. ; MENDES, H. S. F. ; SAKAI, O. A. . OBSERVAÇÃO DE MANCHAS SOLARES PARA DEFICIENTES VISUAIS ATRAVÉS DO TATO E CONTRASTE DE CORES. In: II SEEPIN, 2013, Paranaguá, PR. Anais do 2 Seminário de Extensão, Pesquisa e Inovação do IFPR - Ideias, Impacto e Desenvolvimento, 2013. v. 1. p. 536-536.

15.
REGO, J. V. O. ; SAKAI, O. A. . UTILIZAÇÃO DO SOFTWARE STELLARIUM PARA O ENSINO DE ASTRONOMIA. In: II SEEPIN, 2013, Paranaguá, PR. Anais do 2 Seminário de Extensão, Pesquisa e Inovação do IFPR - Ideias, Impacto e Desenvolvimento, 2013. v. 1. p. 718-718.

16.
REGO, J. V. O. ; SAKAI, O. A. . ENSINO DE ASTRONOMIA PARA VISUAL POR MEIO DE MAQUETE ADAPTADA. In: II Seminário de Estudos Técnicos e Tecnológicos ? SeTec; Tema: Sustentabilidade e Inovação, 2013, Umuarama, PR. II Seminário de Estudos Técnicos e Tecnológicos ? SeTec Tema: Sustentabilidade e Inovação, 2013.

17.
FRANCA, M. I. S. ; MENDES, H. S. F. ; SAKAI, O. A. ; BELUSSO, D. . MANCHAS SOLARES PARA DEFICIENTES VISUAIS ATRAVÉS DO TATO E CONTRASTE DE CORES. In: II SeTec ? Seminário de Estudos Técnicos e Tecnológicos, 2013, Umuarama. II SeTec ? Seminário de Estudos Técnicos e Tecnológicos, 2013.

18.
ALIEVI, A. L. ; MENDES, H. S. F. ; SAKAI, O. A. ; BELUSSO, D. . A INFLUÊNCIA DA LUA NO PLANETA TERRA: UM ENSINO ADAPTADO AOS DEFICIENTES VISUAIS. In: II SeTec? Seminário de Estudos Técnicos e Tecnológicos, 2013, Umuarama- PR. II SeTec? Seminário de Estudos Técnicos e Tecnológicos, 2013.

19.
GALASSI, J. V. ; RAIMUNDO, K. F. ; SAKAI, O. A. ; ARAUJO, N. L. . A INTERDISCIPLINARIDADE NO ENSINO MÉDIO INTEGRADO AO TÉCNICO, UM OLHAR ATRAVÉS DA PRÁTICA EXPERIMENTAL. In: II SeTec? Seminário de Estudos Técnicos e Tecnológicos, 2013, Umuarama- PR. II SeTec? Seminário de Estudos Técnicos e Tecnológicos, 2013.

20.
SGOBI, F. P. ; SAKAI, O. A. ; LEOPOLD, G. L. ; RAIMUNDO, K. F. . MÉTODOS QUÍMICOS PARA ANÁLISES DE ADULTERANTES EM CAFÉ NA REGIÃO DE UMUARAMA-PR. In: II SeTec? Seminário de Estudos Técnicos e Tecnológicos, 2013, Umuarama- PR. II SeTec? Seminário de Estudos Técnicos e Tecnológicos, 2013.

21.
Márcio José Barboza ; Alysson Steimacher ; SAKAI, O. A. ; Antonio Carlos Bento ; Mauro Luciano Baesso ; Antonio Medina Neto . Development of an interferometric dilatometer for the determination of the linear thermal expansion coefficient as a function of temperature for glasses. In: 8th Brazilian Symposium on Glass and Related Materials and the 4th International Symposium on Non-Crystalline Solids, 2007, Aracaju-SE. 8th Brazilian Symposium on Glass and Related Materials and the 4th International Symposium on Non-Crystalline Solids - IV ISNCS 2007, 2007.

22.
SAKAI, O. A.; Alysson Steimacher ; Márcio José Barboza ; Antonio Medina Neto ; Mauro Luciano Baesso ; Antonio Carlos Bento ; Wilson Capanema Junior ; YUKIMITU, Keizo ; Sandro Marcio Lima . The thermo-optic properties of 80TeO2-(20-x)Li2O-xTiO2 as a function of temperature. In: 8th Brazilian Symposium on Glass and Related Materials and the 4th International Symposium on Non-Crystalline Solids, 2007, Aracaju-Se. 8th Brazilian Symposium on Glass and Related Materials and the 4th International Symposium on Non-Crystalline Solids - IV ISNCS 2007, 2007.

23.
Wilson Capanema Junior ; YUKIMITU, Keizo ; SIDEL, S. M. ; João Carlos S. Moraes ; SAKAI, O. A. ; Antonio Medina Neto . Relação entre mudanças estruturais e propriedades ópticas em vidros teluretos do sistema. In: Relação entre mudanças estruturais e propriedades ópticas em vidros teluretos do sistema, 2006, São Lourenço -MG. XXX Encontro Nacional de Física da Matéria Condensada, 2006.

24.
kelly Cristina Silva ; SAKAI, O. A. ; Alysson Steimacher ; Antonio Carlos Bento ; Mauro Luciano Baesso ; Antonio Medina Neto ; Sandro Marcio Lima ; YUKIMITU, Keizo . The temperature and wavelength dependence of the thermo-optical properties of tellurite and chalcogenide glasses. In: International Symposium on Non-Crystalline Solids and Brazilian Symposium on Glass and Related Materials, 3rd ISNCS and 7th BSGRM, 2005, Maringá-PR. International Symposium on Non-Crystalline Solids and Brazilian Symposium on Glass and Related Materials, 3rd ISNCS and 7th BSGRM, 2005.

Artigos aceitos para publicação
1.
FRANCISCATO, LIDAIANE MARIAH SILVA SANTOS ; SILVA, MILENE RIBEIRA ; ANDRICH, FILIPE ; SAKAI, OTÁVIO AKIRA ; DOYAMA, JÚLIO TOSHIMI ; JÚNIOR, ARY FERNANDES ; MORTINZ, CRISTIANE MENGUE FENIMAN . Chemical Characterization and Antimicrobial Activity of Essential Oils of Mint (Mentha spicata L.) and Surinam Cherry (Eugenia uniflora L.). ORBITAL: THE ELECTRONIC JOURNAL OF CHEMISTRY, 2018.

2.
RAIMUNDO, K. F. ; BORTOLUCCI, W. C. ; SILVA, E. S. ; PEREIRA, A. F. B. ; SAKAI, O. A. ; PIAU JUNIOR, R. ; GONCALVES, J. E. ; LINDE, G. A. ; GAZIM, Z. C. . Chemical composition of garlic wood (Gallesia integrifolia) (Phytolaccaceae) volatile compounds and activity on cattle tick. AUSTRALIAN JOURNAL OF CROP SCIENCE (ONLINE), 2017.

Apresentações de Trabalho
1.
FRANCISCATO, L. M. S. S. ; SILVA, M. R. ; ANDRICH, F. ; SAKAI, O. A. ; DOYAMA, J. T. ; FERNANDES JUNIOR, A. ; MORITZ, C. M. F. . ATIVIDADE ANTIMICROBIANA E CARACTERIZAÇÃO QUÍMICA DOS ÓLEOS ESSENCIAIS DE MENTA (Mentha spicata L.) E PITANGA (Eugenia uniflora L.). 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

2.
SAKAI, O. A.; MENDES, H. S. F. ; REGO, J. V. O. ; BELUSSO, D. . Inclusão de deficientes visuais nas escolas através da astronomia. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

3.
SAKAI, O. A.; REGO, J. V. O. ; MENDES, H. S. F. . Ensino de Astronomia para pessoas com deficiência visual por meio de maquete adaptada. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
GALASSI, J. V. ; BELUSSO, D. ; ARAUJO, N. L. ; RAIMUNDO, K. F. ; SAKAI, O. A. . A interdisciplinaridade no ensino médio integrado ao técnico, um olhar através da prática experimental. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

5.
SAKAI, O. A.; Onorato F. . Da sala de aula para a vida: análise do ruído num restaurante acadêmico ? IFPR/IFRS.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

6.
STUVE, D. C. N. ; SAKAI, O. A. ; D. Belusso ; Onorato F. . 'Pesquisa Qualitativa - Ensino de Astronomia nos estabelecimentos de Ensino Público e Privado da cidade de Umuarama-PR'. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

7.
D. Belusso ; SAKAI, O. A. ; FRANCA, M. I. S. ; GALASSI, J. V. . Observações das manchas solares através do telescópio equatorial refletor newtoniano na cidade de Umuarama -PR - uma ação do Grupo de Estudos de Astronomia. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

8.
REGO, J. V. O. ; D. Belusso ; SAKAI, O. A. . Grupo de Estudo de Astronomia: O discente como instrutor em ações de extensão.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

9.
GALVAO, V. F. D. ; SGOBI, F. P. ; SAKAI, O. A. . Divulgação da Astronomia nas escolas de Umuarama-PR. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

10.
SAKAI, O. A.; FAGHERAZZI, O. J. . Da sala de aula para a vida: análise do ruído num restaurante acadêmico. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

11.
Onorato F. ; SAKAI, O. A. . O saber e a curiosidade: algumas considerações sobre a curiosidade heurística no processo de ensino-aprendizagem. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

12.
SAKAI, O. A.; Kwecko, V. R. ; STRZODA, F. A. ; SILVEIRA, R. B. ; Silva, D. M . FOTOGRAFANDO A INTERDICIPLINARIDADE: UM EXECÍCIO ESTÉTICO ENTRE A ÓPTICA E A ARTE NA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

13.
SAKAI, O. A.; MACEDO, A. C. O. ; DIAS, J. C. ; SZEWCZYK, S. B. O. . FISIMAT ? PREPARATÓRIO PARA O INGRESSO NO IFRS ? CAMPUS RIO GRANDE. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

14.
SAKAI, O. A.; Alysson Steimacher ; Márcio José Barboza ; Antonio Carlos Bento ; Mauro Luciano Baesso ; Antonio Medina Neto ; J.M. Sasaki ; ALMEIDA, J. M. . Determinação das propriedades termo-ópticas do cristal sal de rochelle utilizando a técnica de interferometria óptica.. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

15.
W.F.Silva ; C. Jacinto ; A. Benayas ; D. Jaque ; T.Catunda ; SAKAI, O. A. ; Alysson Steimacher ; Antonio Medina Neto . Thermo-optical properties at high temperature of Nd:YAG ceramic and crystals : A comparative study. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

16.
A.A. Monteiro ; V.O.Gordo ; SAKAI, O. A. ; Wilson Capanema Junior ; S.M. Sidel ; YUKIMITU, Keizo . Estudo da correlação do índice de refração linear com a composição dos sistemas TeO2-Li2O-TiO2 e TeO2-Li2O-O3. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Outras produções bibliográficas
1.
SAKAI, O. A.; Alysson Steimacher ; Antonio Carlos Bento ; Mauro Luciano Baesso ; Antonio Medina Neto . Study of anisotropy in the temperature coefficient of the optical path length of axial single crystals using interferometric technique 2008 (Artigo Submetido).


Demais tipos de produção técnica
1.
SAKAI, O. A.. Construção de Foguetes. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
SAKAI, O. A.. Aprendendo os fenômenos de interferência e difração - um olhar no ensino médio. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
ENDO, M. S.; SATO, F.; SAKAI, O. A.. Participação em banca de BÁRBARA GRECCO DE LIMA. AVALIAÇÃO FÍSICO-QUÍMICA DA INFLUÊNCIA DO ASCORBATO DE SÓDIO NA ESTRUTURA DENTÁRIA APÓS O CLAREAMENTO EXTERNO COM H2O2 37,5% - ESTUDO IN VITRO. 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Odontologia) - Universidade Estadual de Maringá.

2.
BATISTA, M. C.; LACZKOWSKI, I. M.; SAKAI, O. A.; SEHN, E.; SCHIAVON, G. J.. Participação em banca de Joslaine de Lima. Sequência didática para o ensino de termodinâmica. 2016. Dissertação (Mestrado em Mestrado profissional em Ensino de Física) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná.

3.
MORAES, F. F.; ZANIN, G. M.; SAKAI, O. A.; BORBA, C. E.; MANTOVANI, D.. Participação em banca de Osvaldor Valarini Júnior. Inclusão Molecular de Metil Jasmonato e Catequina em Ciclodextrinas e Caracterização dos Complexos. 2016. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química) - Universidade Estadual de Maringá.

Teses de doutorado
1.
MEDINA NETO, A.; SAMPAIO, J. A.; ROHLING, J. H.; SATO, F.; SAKAI, O. A.. Participação em banca de Rogério Ribeiro Pezarini. Influência da composição da matriz nas propriedades espectroscópicas e luminescentes dos vidros Aluminosilicato de Cálcio dopados com Er e Cr. 2016. Tese (Doutorado em Física) - Universidade Estadual de Maringá.

Qualificações de Doutorado
1.
SATO, F.; SAKAI, O. A.. Participação em banca de Camilla Yara Langer Ogawa. Estudo da fotodegradação de corantes azoicos e naturais. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Física) - Universidade Estadual de Maringá.

Qualificações de Mestrado
1.
SAKAI, O. A.; SATO, F.; FUJIMAKI, M.; ENDO, M. S.; ROHLING, J. H.. Participação em banca de Bárbara Grecco de Lima. Avaliação espectroscópica da influência do ascorbato de sódio na estrutura dentária após clareamento e no tratamento restaurador - Estudo in Vitro. 2017.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
SEIXAS, F. A. V.; SAKAI, O. A.. Teste seletivo para contratação de professor temporário. 2016. Universidade Estadual de Maringá.

2.
FURTADO, C. H.; SAKAI, O. A.; KAWAZOE, E. F.. Comissão Julgadora do Concurso de Provas e Títulos para o Cargo de professor do Ensino Básico e Tecnológico, Classe D, Nível 1. 2015.

3.
SAKAI, O. A.; ABRANTES, T. A.; LUKASIEVICZ, G.; RAIMUNDO, K. F.; LEOPOLD, G. L.; HIRSCH, L. R.. Banca de concurso público para docente. 2014. Instituto Federal do Paraná.

4.
SAKAI, O. A.; BONFIM, B. G.; LUKASIEVICS, G.; NAVES, A. T.; SOUZA, N. E.; DEIMLING, C. V.. Banca de concurso para docente de Física. 2014. Instituto Federal do Paraná.

5.
BREUS, T. L.; SAKAI, O. A.; SANTOS, J. C.. Comissão julgadora do concurso público de provas e títulos para o cargo de professor do ensino básico, técnico e tecnológico, Classe DI, área de conhecimento: ciências exatas e da terra - Física. 2014. Instituto Federal do Paraná.

6.
ARAUJO, N. L.; CARDOSO, J. R.; ONADA , L. K. I.; SAKAI, O. A.. Processo seletivo do Curso de formação Inicial e Continuada. 2014.

7.
SAKAI, O. A.; SILVA NETO, J.; Rickes, M.. CONCURSO PÚBLICO ? EDITAL Nº 18/2010. 2010. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul.

8.
SAKAI, O. A.; Souza, M. B.; PEREIRA, R. C.; SANTOS, J. E. S.. Comissão Examinadora para a Seleção de Professor Substituto,. 2010. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul.

Outras participações
1.
SAKAI, O. A.. II Congresso Internacional de Ciência, Tecnologia e Inovação. 2017. Universidade Paranaense.

2.
SAKAI, O. A.; ROCHA, S. A.; ALMEIDA, J. A. M.. Comissão de monitoria em Física I. 2016. Instituto Federal do Paraná.

3.
SAKAI, O. A.. Avaliador de Trabalhos durante o V Seminário de Extensão, Ensino, Pesquisa e Inovação do IFPR. 2016. Instituto Federal do Paraná.

4.
SIMONARIO, P. S.; SATO, F.; SAKAI, O. A.. Comissão de seleção de candidatos inscritos no Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior da CAPES. 2016. Universidade Estadual de Maringá.

5.
SAKAI, O. A.; BARBADO, N.; ALMEIDA, J. A. M.. Comissão de Monitoria de Biofísica. 2016. Instituto Federal do Paraná.

6.
SAKAI, O. A.. Avaliador Ad hoc de projetos de extensão no Programa de Bolsas de Extensão do IFPR. 2014. Instituto Federal do Paraná.

7.
SAKAI, O. A.. Avaliador de trabalhos no II Seminário de Extensão, Ensino, Pesquisa e Inovação do IFPR. 2013. Instituto Federal do Paraná.

8.
SAKAI, O. A.. Avaliador de trabalhos no II SEEPIN. 2013.

9.
SAKAI, O. A.. Revisor de trabalhos no 2 seminário de extensão e inovação da UTFPR. 2012. Universidade Tecnológica Federal do Paraná.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Treinamento prático e teórico do software ChromNAV2.0 e Cromatógrafo Líquido Jasco modelo LC 4000.Treinamento prático e teórico do software ChromNAV2.0 e Cromatógrafo Líquido Jasco modelo LC 4000. 2018. (Outra).

2.
XXVI Encontro Anual de Iniciação Científica e VI EAIC Júniorr.Mesa temática do Centro de Ciências Exatas. 2017. (Encontro).

3.
IV SETEC.POLUIÇÃO SONORA EM CENTROS URBANOS E SUAS CONSEQUÊNCIAS. 2016. (Seminário).

4.
VII Jornada de Foguetes.Mostra Brasileira de Foguetes. 2015. (Outra).

5.
I Wokshop de Inovação. 2013. (Outra).

6.
2 Seminário de Extensão e Inovação da UTFPR- SEI. 2012. (Seminário).

7.
II Fórum Mundial de Educação Profissional de Tecnológica. 2012. (Outra).

8.
II Fórum Mundial de educação Profissional e tecnológica.Da sala de aula para a vida: análise do ruído num restaurante acadêmico ? IFPR/IFRS.. 2012. (Outra).

9.
I SEMINÁRIO DE EXTENSÃO, PESQUISA E INOVAÇÃO DO IFPR ? SEPIN/IFPR.Grupo de Estudos de Astronomia. 2012. (Seminário).

10.
SITIES - I Simpósio IFPR de Tecnologia, Inovação e Software Livre. 2011. (Simpósio).

11.
28º SEURS - Seminário de Extensão Universitária da Região Sul.FISIMAT ? PREPARATÓRIO PARA O INGRESSO NO IFRS ? CAMPUS RIO GRANDE. 2010. (Seminário).

12.
XXXI Encontro nacional da matéria condensada. DETERMINAÇÃO DAS PROPRIEDADES TERMO-ÓPTICAS DO CRISTAL SAL DE ROCHELLE UTILIZANDO A TÉCNICA DE INTERFEROMETRIA ÓPTICA.. 2008. (Congresso).

13.
XXVII Encontro Nacional de Física da Matéria Condensada. Determinação de dS/dT de Monocristais Uniaxiais em Função da Temperatura Utilizando Interferometria Óptica. 2004. (Congresso).

14.
XXVII Encontro Nacional de Física da Matéria Condensada. Determinação do Coeficiente Térmico do Caminho Óptico para Diferentes Vidros Ópticos. 2004. (Congresso).

15.
XI Encontro Anual de Iniciaçãi Científica.Uma Equação Geral Unidimensional. 2002. (Encontro).

16.
XI Encontro Anual de Iniciação Científica.Uma Equação Geradora de Novos Modelos. 2002. (Encontro).

17.
XI Encontro Anual de Iniciação Científica.Uma Generalização Direta do Oscilador Harmônico Simples. 2002. (Encontro).

18.
XI Encontro Anual de Iniciação Científica.Um Modelo Generalizado a Partir de OHS. 2002. (Encontro).

19.
5th Ibero-American Workshop on Complex Fluids and Their Applications. 5th Ibero-American Workshop on Complex Fluids and Their Applications. 2001. (Congresso).

20.
II EPCC - Encontro de Produção Científica do Cesumar.II EPCC - Encontro de Produção Científica do Cesumar. 2001. (Encontro).

21.
X Encontro Anual de Inciação Científica.Um Sistema Duplamente Quantizado. 2001. (Encontro).

22.
X Encontro Anual de Iniciação Científica.Equações Diferenciais Ordinárias Não Lineares de Segunda Ordem Cujas Soluções São Parametrizadas Através de Funções Circulares. 2001. (Encontro).

23.
X Encontro Anual de Iniciação Científica.Método de Obtenção de Uma Solução Especificável, Analítica e Fechada de Equação Diferencial Ordinária Linear de Segunda Ordem. 2001. (Encontro).

24.
X Encontro Anual de Iniciação Científica - I Encontro de Pesquisa da UEPG.Soluções Funções Hiperbólicas Provenientes de suas Respectivas Equações Diferenciais Ordinárias Não-Lineares de Segunda Ordem. 2001. (Encontro).

25.
XI Semana da Física.XI Semana da Física. 2001. (Outra).

26.
Integração da Morfologia Luso-Brasileira /Comemoração dos 500 anos do Brasil.Exposição Interdisciplinar de Ciências. 2000. (Simpósio).

27.
IX Encontro Anual de Iniciação Científica.Modulação de uma Oscilação Harmônica por Funções Harmônicas. 2000. (Encontro).

28.
X Semana da Física.X Semana da Física. 2000. (Outra).

29.
Evento de Extensão.Monitor da IX Semana da Física. 1999. (Outra).

30.
Evento de Extensão.IX Semana da Física. 1999. (Outra).

31.
IV Semana de Artes da UEM - Módulo 3.Organização da I Mostra do Museu Dinâmico Interdisciplinar e Palestra Ensino da Física. 1999. (Outra).

32.
Curso de Extensão.Física Radiológica. 1998. (Outra).

33.
Evento de Extensão.I Encontro Paranaense Sobre Luz Síncroton. 1998. (Encontro).

34.
Evento de Extensão.VIII Semana da Física. 1998. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
SAKAI, O. A.. IV SETEC/IV IFTECH/ II SEEPIN do Instituto Federal do Paraná. 2016. (Outro).

2.
SAKAI, O. A.. 10 Mostra Brasileira de Foguetes. 2016. (Outro).

3.
SAKAI, O. A.; A.B. Albuquerque ; COSTA, A. F. ; SANTOS, A. C. C. ; TOMASELLA, C. ; FERRARI, M. P. S. ; SILVA, R. E. L. ; SOARES, S. R. ; DALBELLO, S. V. ; CALDAS NETO, S. F. . III Seminário de Estudos Técnicos e Tecnológicos. 2015. (Outro).

4.
SAKAI, O. A.; A.B. Albuquerque ; COSTA, A. F. ; SANTOS, A. C. C. ; TOMASELLA, C. ; FERRARI, M. P. S. ; SILVA, R. E. L. ; SOARES, S. R. ; DALBELLO, S. V. ; CALDAS NETO, S. F. . III Feira Tecnológica - IFTech. 2015. .

5.
SAKAI, O. A.; DAVI, M. A. ; ARAUJO, N. L. . IX Mostra Brasileira de Foguetes (MOBFOG). 2015. (Outro).

6.
SAKAI, O. A.; A.B. Albuquerque ; BARROS, R. M. . Comissão organizadora do III Seminários de Estudos Técnicos e Tecnológicos - SeTec / I Seminário de Extensão, Ensino, Pesquisa e Inovação - SEEPIN. 2015. (Outro).

7.
SAKAI, O. A.. XVII Olimípada Brasileira de Astronomia e Astronáutica. 2014. .

8.
SAKAI, O. A.. XVII Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica. 2014. (Outro).

9.
SAKAI, O. A.. Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas. 2013. .

10.
SAKAI, O. A.. VII Mostra Brasileira de Foguetes. 2013. (Outro).

11.
SAKAI, O. A.. XVI Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica. 2013. .

12.
SAKAI, O. A.; Rickes, M. . Olimpíada Brasileira de Física. 2011. (Outro).

13.
SAKAI, O. A.; Rickes, M. . Olimpíada Brasileira de Física. 2010. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
MARIA ROSÂNGELA DIAS FRANÇA. EXTRAÇÃO, CARACTERIZAÇÃO FÍSICO-QUÍMICA, ATIVIDADE ANTIMICROBIANA E ANTIOXIDANTE DO ÓLEO ESSENCIAL DE SEMENTES DE AROEIRA VERMELHA (Schinus terebinthifolius). Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Sustentabilidade) - Instituto Federal do Paraná. (Orientador).

2.
Charlini Balastreri. CARACTERIZAÇÃO QUÍMICA E ANÁLISE ESPECTROSCÓPICA FOTOACÚSTICA DO GINSENG-BRASILEIRO (Pfaffia glomerata (Spreng.) Pedersen).. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Sustentabilidade) - Instituto Federal do Paraná. (Orientador).

3.
WOLFRAN APARECIDO DE ALVARENGA. CARACTERIZAÇÃO DOS COMPOSTOS ORIGINÁRIOS DO METABOLISMO SECUNDÁRIO PRESENTE NA PLANTA MAYTENUS ILICIFOLIA MART. EX REISS POR MEIO DO MÉTODO ESPECTROSCOPIA FOTOACÚSTICA. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Sustentabilidade) - Instituto Federal do Paraná. (Coorientador).


Orientações e supervisões concluídas
Iniciação científica
1.
Neuvaldo Barbosa de souza. Monitoramento do nível de pressão sonora (NPS): uma análise das regiões criticas em Umuarama-PR. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas) - Instituto Federal do Paraná, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Otavio Akira Sakai.

2.
Ana Maria da Silva. Caracterização de parâmetros térmicos e ópticos do teor de óleo Helianthus annuss L. cultivado através de doses de lodo de esgoto associados ou não com Azospirillum Brasiliense. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Curso Técnico Integrado em Química) - Instituto Federal do Paraná, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Otavio Akira Sakai.

3.
Isabela Bom Sutile. IF Orgânico. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Técnico integrado em Química) - Instituto Federal do Paraná, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Otavio Akira Sakai.

4.
Ana Flávia Baliski Pereira. Estudo do Potencial Biológico do Óleo Essencial de GallesiaIntegrifolia (SPRENG.) Harms (PHYTOLACCACEAE). 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Técnico integrado em Química) - Instituto Federal do Paraná, Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Otavio Akira Sakai.

5.
Giuliano Bertinoti. Análise e monitoramento do nível de pressão sonora (NPS) na região central de Umuarma/PR. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas) - Instituto Federal do Paraná, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Otavio Akira Sakai.

Orientações de outra natureza
1.
Géssica dos Santos. ASTROCORDEL: a literatura e o Universo no ensino de Ciências. 2015. Orientação de outra natureza. (Ciências Biológicas) - Instituto Federal do Paraná, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Otavio Akira Sakai.

2.
Ana Flávia Balinski. Programa de Monitoria. 2015. Orientação de outra natureza. (Técnico integrado em Química) - Instituto Federal do Paraná, Pró-Reitoria de Ensino do Instituto Federal do Paraná. Orientador: Otavio Akira Sakai.

3.
Anderson Lucas Alievi. Inclusão de estudantes com deficiência visual nas escolas através da astronomia. 2014. Orientação de outra natureza. (Técnico integrado em Química) - Instituto Federal do Paraná, Pró-Reitoria de Ensino do Instituto Federal do Paraná. Orientador: Otavio Akira Sakai.

4.
Isabella Marques de Oliveira. Inclusão de estudantes com deficiência visual nas escolas através da astronomia. 2013. Orientação de outra natureza. (Técnico integrado em Química) - Instituto Federal do Paraná, Pró-Reitoria de Ensino do Instituto Federal do Paraná. Orientador: Otavio Akira Sakai.

5.
Matheus Igor Silva França. inclusão de estudantes com deficiência visual nas escolas através da astronomia. 2013. Orientação de outra natureza. (Técnico integrado em Química) - Instituto Federal do Paraná, Pró-Reitoria de Ensino do Instituto Federal do Paraná. Orientador: Otavio Akira Sakai.

6.
Daniela Stuve. Grupo de Estudos de Astronomia (GEA). 2012. Orientação de outra natureza. (Técnico em Desenho da Construção Civil) - Instituto Federal do Paraná, Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão e Inovação. Orientador: Otavio Akira Sakai.



Inovação



Projetos de pesquisa

Projeto de extensão


Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos completos publicados em periódicos
1.
BARBADO, N.2016BARBADO, N. ; BASSO, S. E. O. ; BELUSSO, D. ; RONQUIM, J. ; PRACA, E. A. ; SAKAI, O. A. . ABRAÇO AMBIENTAL: UMA EXPERIÊNCIA DE SENSIBILIZAÇÃO SOBRE A IMPORTÂNCIA DA ARBORIZAÇÃO URBANA. Revista de Ensino de Biologia da Associação Brasileira de Ensino de Biologia (SBEnBio), v. 9, p. 2404-2415, 2016.

2.
SILVA, M. R.2016SILVA, M. R. ; STEFANO, G. M. M. F. ; SEIXAS, F. A. V. ; MORITZ, C. M. F. ; SAKAI, O. A. . Coumarin solubilization in aqueous medium and determination of the its activity antibacterial. Saúde (Santa Maria), v. 42, p. 1, 2016.

Artigos aceitos para publicação
1.
RAIMUNDO, K. F. ; BORTOLUCCI, W. C. ; SILVA, E. S. ; PEREIRA, A. F. B. ; SAKAI, O. A. ; PIAU JUNIOR, R. ; GONCALVES, J. E. ; LINDE, G. A. ; GAZIM, Z. C. . Chemical composition of garlic wood (Gallesia integrifolia) (Phytolaccaceae) volatile compounds and activity on cattle tick. AUSTRALIAN JOURNAL OF CROP SCIENCE (ONLINE), 2017.

2.
FRANCISCATO, LIDAIANE MARIAH SILVA SANTOS ; SILVA, MILENE RIBEIRA ; ANDRICH, FILIPE ; SAKAI, OTÁVIO AKIRA ; DOYAMA, JÚLIO TOSHIMI ; JÚNIOR, ARY FERNANDES ; MORTINZ, CRISTIANE MENGUE FENIMAN . Chemical Characterization and Antimicrobial Activity of Essential Oils of Mint (Mentha spicata L.) and Surinam Cherry (Eugenia uniflora L.). ORBITAL: THE ELECTRONIC JOURNAL OF CHEMISTRY, 2018.


Livros e capítulos
1.
SCHNEIDER, P. R. ; PADILHA, A. R. ; SAKAI, O. A. . FILOSOFIA EM DIÁLOGO COM OUTROS SABERES. 1. ed. Santa Maria/RS: Universidade Federal de Santa Maria, 2017. v. 1 e-bo. 336p .

2.
FAGHERAZZI, O. J. ; TASSO, R. D. ; MACEDO, A. C. O. ; DORNELES, C. L. ; SAKAI, O. A. . Uma breve introdução à Filosofia da Ciência. 1. ed. Rio Grande: Editora do IFRS ? Câmpus Rio Grande, 2014. v. 1. 166p .


Apresentações de Trabalho
1.
STUVE, D. C. N. ; SAKAI, O. A. ; D. Belusso ; Onorato F. . 'Pesquisa Qualitativa - Ensino de Astronomia nos estabelecimentos de Ensino Público e Privado da cidade de Umuarama-PR'. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

2.
D. Belusso ; SAKAI, O. A. ; FRANCA, M. I. S. ; GALASSI, J. V. . Observações das manchas solares através do telescópio equatorial refletor newtoniano na cidade de Umuarama -PR - uma ação do Grupo de Estudos de Astronomia. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

3.
REGO, J. V. O. ; D. Belusso ; SAKAI, O. A. . Grupo de Estudo de Astronomia: O discente como instrutor em ações de extensão.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

4.
GALVAO, V. F. D. ; SGOBI, F. P. ; SAKAI, O. A. . Divulgação da Astronomia nas escolas de Umuarama-PR. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

5.
SAKAI, O. A.; FAGHERAZZI, O. J. . Da sala de aula para a vida: análise do ruído num restaurante acadêmico. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
GALASSI, J. V. ; BELUSSO, D. ; ARAUJO, N. L. ; RAIMUNDO, K. F. ; SAKAI, O. A. . A interdisciplinaridade no ensino médio integrado ao técnico, um olhar através da prática experimental. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

7.
SAKAI, O. A.; MENDES, H. S. F. ; REGO, J. V. O. ; BELUSSO, D. . Inclusão de deficientes visuais nas escolas através da astronomia. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

8.
SAKAI, O. A.; REGO, J. V. O. ; MENDES, H. S. F. . Ensino de Astronomia para pessoas com deficiência visual por meio de maquete adaptada. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
FRANCISCATO, L. M. S. S. ; SILVA, M. R. ; ANDRICH, F. ; SAKAI, O. A. ; DOYAMA, J. T. ; FERNANDES JUNIOR, A. ; MORITZ, C. M. F. . ATIVIDADE ANTIMICROBIANA E CARACTERIZAÇÃO QUÍMICA DOS ÓLEOS ESSENCIAIS DE MENTA (Mentha spicata L.) E PITANGA (Eugenia uniflora L.). 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).


Cursos de curta duração ministrados
1.
SAKAI, O. A.. Construção de Foguetes. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
SAKAI, O. A.. Aprendendo os fenômenos de interferência e difração - um olhar no ensino médio. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
SAKAI, O. A.; A.B. Albuquerque ; COSTA, A. F. ; SANTOS, A. C. C. ; TOMASELLA, C. ; FERRARI, M. P. S. ; SILVA, R. E. L. ; SOARES, S. R. ; DALBELLO, S. V. ; CALDAS NETO, S. F. . III Seminário de Estudos Técnicos e Tecnológicos. 2015. (Outro).

2.
SAKAI, O. A.; A.B. Albuquerque ; COSTA, A. F. ; SANTOS, A. C. C. ; TOMASELLA, C. ; FERRARI, M. P. S. ; SILVA, R. E. L. ; SOARES, S. R. ; DALBELLO, S. V. ; CALDAS NETO, S. F. . III Feira Tecnológica - IFTech. 2015. .

3.
SAKAI, O. A.; DAVI, M. A. ; ARAUJO, N. L. . IX Mostra Brasileira de Foguetes (MOBFOG). 2015. (Outro).

4.
SAKAI, O. A.. XVII Olimípada Brasileira de Astronomia e Astronáutica. 2014. .

5.
SAKAI, O. A.. Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas. 2013. .

6.
SAKAI, O. A.. VII Mostra Brasileira de Foguetes. 2013. (Outro).

7.
SAKAI, O. A.. XVI Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica. 2013. .

8.
SAKAI, O. A.. IV SETEC/IV IFTECH/ II SEEPIN do Instituto Federal do Paraná. 2016. (Outro).

9.
SAKAI, O. A.. 10 Mostra Brasileira de Foguetes. 2016. (Outro).

10.
SAKAI, O. A.; A.B. Albuquerque ; BARROS, R. M. . Comissão organizadora do III Seminários de Estudos Técnicos e Tecnológicos - SeTec / I Seminário de Extensão, Ensino, Pesquisa e Inovação - SEEPIN. 2015. (Outro).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/11/2018 às 11:25:28