Ella Soares Pereira

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/4411607376402942
  • Última atualização do currículo em 03/08/2015


Possui graduação em Matemática pela Universidade Federal do Rio Grande (2009) e mestrado em Oceanografia Física, Química e Geológica pela Universidade Federal do Rio Grande (2013). Atualmente é pesquisador da Universidade Federal do Rio Grande. Tem experiência na área de Oceanografia, com ênfase em Ótica Marinha, atuando principalmente nos seguintes temas: sistemas de monitoramento, sensoriamento remoto, oceanografia física, geoprocessamento e matemática. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Ella Soares Pereira
Nome em citações bibliográficas
PEREIRA, Ella Soares.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Rio Grande, Instituto de Oceanografia, Laboratório de Estudos dos Oceanos e Clima.
Av Itália, s/n Km 8
Vila Maria
96201-900 - Rio Grande, RS - Brasil
Telefone: (53) 32336855
URL da Homepage: http://goal.ocfis.furg.br/


Formação acadêmica/titulação


2010 - 2013
Mestrado em Oceanografia Física, Química e Geológica.
Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.
Título: Estudos bio-óticos na região adjacente ao Estreito de Bransfield, Antártica, para mapeamento da concentração de clorofila do espaço.,Ano de Obtenção: 2013.
Orientador: Carlos Alberto Eiras Garcia.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.
Palavras-chave: Bio-Ótica Marinha; Sensoriamento Remoto; Oceanografia Física; Oceanografia Polar.
2004 - 2009
Graduação em Matemática.
Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
2001 - 2003
Curso técnico/profissionalizante.
Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.




Formação Complementar


2015 - 2015
Best Practices for Biogeochemical Sensors. (Carga horária: 400h).
International Ocean Carbon Coordination Project.
2014 - 2014
Innovative integrated marine monitoring systems in. (Carga horária: 60h).
Partnership for Observation of the Global Oceans.
2009 - 2009
Formação de Tutores. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.
2008 - 2008
Extensão universitária em Curso de Capacitação de Gestores em EaD. (Carga horária: 136h).
Universidade Federal de Santa Catarina.
2008 - 2008
Treinamento Pré-Antártico. (Carga horária: 60h).
Comissão Interministerial Para os Recursos do Mar/ PROANTAR.
2008 - 2008
Oceanografia por satélites usando WIM/WAM. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.
2006 - 2006
Sensoriamento Remoto Aplicado a Projetos de Engenh. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.
2005 - 2005
Remote Sensing of Ocean Colour in Open, Coastal, a. (Carga horária: 80h).
Universidad de la Republica Uruguay.
2003 - 2003
Linux Básico e uso do Linux na versão Kurumin. (Carga horária: 8h).
Colégio Técnico Industrial Prof. Mário Alquati, CTI, Brasil.
2003 - 2003
Atualização em Integração de Dados para SIG. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.
2003 - 2003
AutoCad Básico e Software de Topografia Posição. (Carga horária: 10h).
Colégio Técnico Industrial Prof. Mário Alquati, CTI, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 40

Vínculo institucional

2010 - 2012
Vínculo: Estudante, Enquadramento Funcional: Mestranda, Carga horária: 40

Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Bolsista DTI-3, Enquadramento Funcional: Bolsista DTI-3, Carga horária: 40
Outras informações
Atividades do projeto Monitoramento da Variabilidade Regional do transporte de calor e volume na camada superficial do oceano Atlântico Sul entre o Rio de Janeiro (RJ) e a Ilha Trindade (ES) MOVAR.

Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Apoio Técnico a Pesquisa, Carga horária: 20
Outras informações
Programa de Ação Induzida para Formação no Exterior - Oceanografia

Vínculo institucional

2004 - 2007
Vínculo: Acadêmico, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Científica, Carga horária: 20
Outras informações
Bolsista de iniciação científica do projeto de pesquisa REDE 1- GRUPO DE OCEANOGRAFIA DE ALTAS LATITUDES (GOAL)

Vínculo institucional

2002 - 2003
Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20
Outras informações
Estágio obrigatório do curso Técnico em Geomática

Atividades

10/2011 - 12/2011
Outras atividades técnico-científicas , Instituto de Oceanografia, Laboratório de Estudos dos Oceanos e Clima.

Atividade realizada
Participação no Cruzeiro Oceanográfico CO2 Atlântico Sul Subtropical.
12/2010 - 12/2010
Outras atividades técnico-científicas , Instituto de Oceanografia, Nucleo de Oceanografia Física.

Atividade realizada
Participação no Cruzeiro Oceanográfico MCT II - CO2SSE.
02/2010 - 03/2010
Outras atividades técnico-científicas , Instituto de Oceanografia, Nucleo de Oceanografia Física.

Atividade realizada
Participação no cruzeiro oceanográfico SOS-CLIMATE III (OPERANTAR XVIII).
01/2009 - 01/2009
Outras atividades técnico-científicas , Instituto de Oceanografia, Nucleo de Oceanografia Física.

Atividade realizada
Participação no cruzeiro oceanográfico PATEX VII (OPERANTAR XVII).
11/2002 - 2/2003
Estágios , Departamento de Física, Laboratório de Oceanografia / Sensoriamento Remoto.

Estágio realizado
Processamento de Imagens AVHRR/NOAA para obtenção da Temperatura Superficial do Mar.

Colégio Técnico Industrial Prof. Mário Alquati, CTI, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2009
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2007 - 2008
Vínculo: Contrato Temporário, Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 20

Atividades

03/2007 - 07/2008
Ensino, Técnico em Geomática, Nível: Ensino Médio

Disciplinas ministradas
CARTOGRAFIA DIGITAL
GPS
INTRODUÇÃO À ESTATÍSTICA
MATLAB
Sensoriamento Remoto
TOPOGRAFIA


Projetos de pesquisa


2013 - Atual
Apoio à implantação e manutenção do Sistema de Monitoramento da Costa Brasileira (SiMCosta)

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Carlos Alberto Eiras Garcia em 31/07/2013.
Descrição: O projeto visa apoiar a implantação e a manutenção de uma rede de monitoramento de variáveis meteorológicas e oceanográficas ao longo da costa brasileira, denominada de Sistema de Monitoramento da Costa Brasileira (SiMCosta), com o fim de estabelecer um sistema de alerta em caso de ocorrência de eventos extremos e, com a continuidade do programa, poder antever os processos ligados aos efeitos climáticos, como os eventos de El Niño/La Niña, e as tendências de longo período. O SimCosta visa, em médio prazo, atender toda a região costeira ao longo do território brasileiro. Nesta fase inicial, atenderá aos estados do RS, SC, PR e SP (região sul-sudeste). A Universidade Federal do Rio Grande, sede da Sub-rede Zonas Costeiras da REDE CLIMA e INCT para Mudanças Climáticas, será responsável pelo estabelecimento e implantação do sistema de monitoramento. O projeto SiMCosta foi aprovado em dezembro de 2012 pelo Ministério de Meio Ambiente (MMA), e recebeu o aporte de R$ 1.96 milhão (ver Anexo I) em recursos de capital porém nenhum recurso para custeio. O projeto SiMCosta encontra-se na fase final de detalhamento dos sensores, acoplamento das bóias meteorológicas com o sistema de sensores oceanográficos, e importação dos sensores e instrumentos. Os sensores oceanográficos serão adquiridos da empresa canadense Satlantic Inc. (http://www.satlantic.com/) que possui vasta experiência em tecnologia de sensores e plataformas flutuantes (ex., bóias, embarcações) e de sistema de observações de propriedades meteo-oceanográficas. A Satlantic foi fundada em 1990 em Halifax, Canadá, pelo Dr. Marlon Lewis, da Universidade Dalhousie, para satisfazer a necessidade emergente de sensores óticos de precisão para calibração e validação de sensores a bordo de satélites. Em 2010, a Satlantic juntou-se às empresas Sea Bird-Electronic e WET Labs Inc. para formar Sea Bird-Cientific visando projetar sensores físicos e biogeoquímicos integrados para a comunidade científica mundial..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (4) .

Integrantes: Ella Soares Pereira - Integrante / Carlos Alberto Eiras Garcia - Coordenador / Ronald B de Souza - Integrante / Osmar Olinto Möller Junior - Integrante / Aurea Maria Ciotti - Integrante / Antonio Fernando Harter Fetter Filho - Integrante / José Henrique Muelbert - Integrante.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2013 - Atual
Variabilidade das propriedades óticas e dos constituintes oticamente ativos no estuário da Lagoa dos Patos, RS, Brasil

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Carlos Alberto Eiras Garcia em 11/09/2013.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Ella Soares Pereira - Integrante / Carlos Alberto Eiras Garcia - Coordenador / Virginia Maria Tavano - Integrante.
2012 - Atual
Cooperation Brazil-Canada supporting the implementation of the "Brazilian Coastal Monitoring System (SiMCosta)

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Carlos Alberto Eiras Garcia em 11/09/2013.
Descrição: The present project aims to perform several actions towards planning, acquiring and developing equipments and knowledge training, seeking the implementation of the "Brazilian Coastal Monitoring System (SiMCosta)", throughout the cooperation among five Brazilian research institutes, one Canadian university and three private companies (two Brazilian and one Canadian). The SiMCosta aims to improve the Brazilian coastal observing systems, by using advanced and integrated methodologies, which can obtain, analyze and distribute permanent and continuous temporal series of climatic and oceanographic parameters, collected in several points along the coast. The SiMCosta seeks to detect long term trends, improve the capability of predicting the effects of climatic variability and climate changes and contribute with other national efforts of early warning systems for extreme events. In the medium term, the SiMCosta aims to install platforms embracing the entire Brazilian coastal region. The project SiMCosta was created in December 2011, attending a specific request from the Ministry of Environment (MMA) and an old need identified by the Brazilian scientific community. It has been first financed with resources from the Climate Change National Funds (MMA/ Fundo Clima), summing R$ 1.96 million. The Coastal Zones Network, linked to the Brazilian Network for Global Climate Change Studies (Rede CLIMA) and the National Institute of Science and Technology for Climate Changes (INCT for Climate Changes), will be responsible for establishing and implementing the monitoring system. The Federal University of Rio Grande (FURG) and its Institute of Oceanography (IO) are national leaders in oceanic and coastal sciences. The IO is the headquarter of several integrated Brazilian programs and initiatives, such as the Coastal Zone Network, the National Institute of Science and Technology for the Sea (INCT-Sea) and the Brazilian Long Term Ecological Research (Brazilian LTER). The Dalhousie University (Halifax, Canada) is internationally recognized in the field of oceanic science and technology. In 1990, researchers from this institution founded Satlantic Incorporation, aiming to attend the emerging need for more precise optical sensors, used in the calibration and validation of on board satellite sensors. In 2010, Satlantic integrated the companies Sea-Bird Electronic and WET Labs Inc. to form Sea-Bird Scientific, aiming to design integrated water physical and biogeochemical sensors for the global scientific community. We hope that the cooperation among the Brazilian institutions, the Canadian University and the private companies, a jointed effort towards the application of the most advanced technology developed in the areas of oceanic sensors, floating platforms and data transmission, will improve the Brazilian coastal observing systems. ..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Ella Soares Pereira - Integrante / Carlos Alberto Eiras Garcia - Coordenador / Aurea Maria Ciotti - Integrante / Mauricio Almeida Noernberg - Integrante / Antonio Fernando Harter Fetter Filho - Integrante.
2011 - Atual
PRO-OASIS : PROcessos de enriquecimento de águas superficiais do Oceano Austral e influências sobre o ecosSIStema marinho: dos produtores primários aos predadores de topo

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Carlos Alberto Eiras Garcia em 31/07/2013.
Descrição: Este projeto é embasado na experiência adquirida na elaboração e condução de programas e/ou projetos de pesquisa do Grupo de Oceanografia de Altas Latitudes (GOAL), criado no âmbito do Edital CNPq/PROANTAR 02/2002, com a aprovação da Rede 1 - Antártica, Mudanças Globais, Meio-Ambiente e Teleconexões com o Continente Sul-Americano. Como é imperativo a compreensão da variabilidade oceânica (em nível físico e biológico) devido aos processos naturais para que se possa, posteriormente, isolar os efeitos devido ao quadro de mudanças globais, o GOAL vem atuando em programas plurianuais de longo prazo. As atividades científicas do grupo estão inseridas em inúmeros programas internacionais, demonstrando, assim, total compatibilidade com as metas de longo prazo da comunidade científica mundial. O presente projeto tem a finalidade de dar continuidade ao programa de estudos oceanográficos no Oceano Austral, agora com ênfase nos processos de enriquecimento das águas superficiais e suas conseqüências em alguns compartimentos dos ecossistemas marinhos de regiões aparentemente produtivas, ao redor da Península Antártica. O meio ambiente marinho será inicialmente caracterizado através de suas propriedades termohalinas (temperatura e salinidade), que fornecerão informações sobre as massas de água e o grau de estabilidade da coluna de água do mar. Os níveis dos macronutrientes (nitrogênio, fósforo, silício) e do metal ferro serão determinados na coluna d água, com especial atenção à proximidade de geleiras e icebergs. A perda de massa e o nível de derretimento das geleiras serão estimados por medidas in-situ e por modelagem. As propriedades óticas aparentes (ex: refletância espectral, entre outras) e inerentes (ex: absorção espectral do material particulado e dissolvido, entre outras) das águas superficiais serão medidas e correlacionadas com constituintes óticos, dentre eles o fitoplâncton marinho. No caso da biota marinha, os estudos in-situ estarão concentrados nos microrganismos....
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Ella Soares Pereira - Integrante / Carlos Alberto Eiras Garcia - Coordenador / Mauríco M Mata - Integrante / Aurea Maria Ciotti - Integrante / Carlos Rafael Borges Mendes - Integrante / Rodrigo Kerr Duarte Pereira - Integrante / Amabile Ferreira - Integrante / Ricardo Pollery - Integrante / Virginia Maria Tavano - Integrante.
2007 - 2012
SOS-CLIMATE (Southern Ocean Studies for Understanding Global Climate Issues)

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Carlos Alberto Eiras Garcia em 31/07/2013.
Descrição: A proposta brasileira para a oceanografia durante o Ano Polar Internacional, SOS-CLIMATE, conduzirá estudos multidisciplinares nas áreas da quebra da plataforma e talude Antártico, particularmente nas regiões oeste do Mar de Weddell, passagem de Philip, Ilha Elefante, Estreito de Bransfield e Gerlache. A proposta visa contribuir no constante monitoramento da exportação de águas densas formadas nessa região. Este aspecto é crucial para o entendimento das mudanças no clima da Terra. A proposta brasileira está embasada na obtenção de dados hidrográficos e dinâmicos (correntometria) na região, através de seções repetidas a bordo de navio e de fundeios em setores considerados críticos na região do talude do Estreito de Bransfield e Ilha Joinville. As seções hidrográficas serão coordenadas com outras atividades previstasI, como por exemplo fundeios de correntômetros e termo-condutivímetros na região das passagens profundas a oeste das Ilhas Orcadas do Sul. Além disso, o grupo do SOS-CLIMATE irá amostrar aspectos químicos e biológicos destas águas como as concentrações de nutrientes dissolvidos, as concentrações de biomassa fitoplanctônicas e as relações entra o sinal ótico e os constituintes da água do mar (clorofila, material particulado e matéria orgânica dissolvida). Durante a Rede-1/GOAL, verificou-se a dessalinização da bacia central do Estreito de Bransfield. Durante o API, pretende-se, através dos fundeios (moorings), monitorar as propriedades termohalinas e correntes do fundo oceânico para verificar sua variabilidade sazonal e intranual...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Ella Soares Pereira - Integrante / Carlos Alberto Eiras Garcia - Coordenador / Mauríco M Mata - Integrante / Rodrigo Kerr Duarte Pereira - Integrante / Ricardo Pollery - Integrante / Virginia Maria Tavano - Integrante / Rosane Gonçalves Ito - Integrante / Ronald Buss de Souza - Integrante / Carlos C. Y. O. Fujita - Integrante.
2005 - 2007
PATEX - Processos físicos e bio-geoquímicos na quebra da plataforma da Patagônia
Descrição: PATEX (PATagonian EXperiment) é um projeto multidisciplinar de coleta e análise de dados oceanográficos (físicos, químicos e biológicos) e atmosféricos no Oceano Austral, mais especificamente na região da quebra da plataforma Argentina (Patagônia), onde alta abundância de fitoplâncton marinho ocorre durante a primavera e verão de cada ano, com dominância de cocolitoforídeos, segundo a literatura. Estas florações possuem papel relevante nos processos biogeoquímicos no hemisfério sul, tais como no seqüestro de CO2 atmosférico e na liberação de compostos de enxofre para a atmosfera, os quais interferem na formação de nuvens e no nível de albedo terrestre. No entanto, estes complexos processos ainda não são totalmente compreendidos e, menos ainda, quantificados. Assim, durante os cruzeiros oceanográficos propostos neste trabalho, pretende-se contribuir para a elucidação de alguns destes processos. Outro objetivo, de importância neste projeto, é de mapear do espaço, através de técnicas de modelagem e de sensoriamento remoto, a abundância e distribuição da biomassa e composição de grupos do fitoplâncton marinho, entre outros parâmetros. Análises recentes das imagens de satélites desta área sugerem que as florações estendem-se de setembro a março de cada ano, com alta variabilidade interanual, e em várias ocasiões as águas da plataforma e quebra da plataforma Argentina parecem ser advectadas para a região costeira do sul do Brasil, com prováveis impactos positivos na produção biológica local..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) .

Integrantes: Ella Soares Pereira - Integrante / Carlos Alberto Eiras Garcia - Coordenador / Maurício Magalhães MATA - Integrante / Virginia Maria Tavano Garcia - Integrante.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2002 - 2006
Rede 1 - Antártica, Mudanças Globais, Meio-Ambiente e Teleconexões com o continente Sul-Americano
Descrição: REDE 1 - Antártica, Mudanças Globais, Meio-Ambiente e Teleconexões com o continente Sul-Americano Grupo de Oceanografia de Altas Latitudes (GOAL) Objetivos: Grupo único interdisciplinar focalizado no estudo do Oceano Circumpolar. As mudanças globais (e.g., o aquecimento global) afetam os processos hidrodinâmicos e a biota de maneira diferente, porém interrelacionada. Por outro lado, os fatores biológicos participam das mudanças ambientais através do bombeamento biológico (fotossíntese e respiração, interface oceano-atmosfera e cadeia alimentar). Esse grupo propõe um plano de coleta sistemática de dados oceanográficos (físicos, químicos e biológicos), através de diferentes meios e métodos, no sentido de contribuir, juntamente com a comunidade internacional, na investigação de processos relevantes para a compreensão do impacto das mudanças globais no Oceano Austral. Justificativas: A proposta possibilitará a realização de estudo integrado do ecossistema marinho. O ambiente físico e químico, os microorganismos marinhos, e os predadores de topo da cadeia trófica têm sido estudados separadamente, porém a relação entre eles não. O entendimento dessa relação é crucial para que possamos avaliar como as mudanças ambientais globais afetam cada segmento. No entanto, a dificuldade de acesso ao ambiente marinho na região antártica requer um planejamento especifico e eficiente para amostrar as possíveis mudanças globais que impactam aquela área inóspita. Neste sentido, um aumento significativo do entendimento da variabilidade oceânica devido a processos climáticos poderá ser obtido através de programas plurianuais de coletas de dados bióticos e abióticos do meio marinho..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Ella Soares Pereira - Integrante / Carlos Alberto Eiras Garcia - Coordenador / Maurício Magalhães MATA - Integrante / Virginia Maria Tavano Garcia - Integrante.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Ótica Marinha.
2.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Por Satélite.
3.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Física.
4.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Sensoriamento Remoto.


Idiomas


Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.


Produções



Produção bibliográfica
Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
SANCHES, Josef Martins. ; LEITE, Lucas Barcelos. ; RODRIGUES, E. S. ; GONÇALVES, Glauber Acunha ; LEITE, A. V. ; PEREIRA, Ella Soares. . O PROGRAMA RELUZ. UMA IMPLANTAÇÃO DE UM CADASTROGEORREFERENCIADO DA REDE DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA DO MUNICÍPIO DE RIO GRANDE (RS). In: ll Mostra Nacional de Iniciação Cientifica e Tecnológica Interdisciplinar, 2007, Camboriú - SC. Anais da ll Mostra Nacional de Iniciação Cientifica e Tecnológica Interdisciplinar, 2007.

2.
Freitas. Martiela V ; PEREIRA, Ella Soares. ; Rosa. Soimone E. ; RODRIGUES, Victor Hugo Guimarães . Matemática: ser ou não ser professor. In: XV CONGRESSO INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 2006, Rio Grande. ANAIS DA V MOSTRA DE PRODUÇÃO UNIVERSITÁRIA, 2006.

3.
PEREIRA, Ella Soares.; GARCIA, Carlos Alberto Eiras ; SOUZA, Ronald B de ; MATA, Mauríco M ; FRONZA, Giovani . Sensoriamento Remoto Aplicado à Localização e Acompanhamento de Vórtices Quentes da Corrente do Brasil em Águas Subantárticas. In: XII Seminário sobre Pesquisa Antártica, 2004, São Paulo. Anais do XII Seminário sobre Pesquisa Antártica. São Paulo: USP, 2004.

4.
PEREIRA, Ella Soares.; FRONZA, Giovani . Ciclo de Vida de um Vórtice de Águas Quentes na Confluência Brasil Malvinas. In: ll Mostra da Produção Universitária, 2004, Rio Grande. III Mostra da Produção Universitária - FURG. Rio Grande: FURG, 2004.

5.
PEREIRA, Ella Soares.; GARCIA, Carlos Alberto Eiras ; BERTOLDI, Giuliano L ; SOUZA, Ronald B de ; MATA, Mauríco M . Estrutura e Propagação de um vórtice quente da Corrente do Brasil em águas Subantárticas durante a OPERANTAR XXI. In: XI SEMINARIO SOBRE PESQUISA ANTÁRTICA, 2003, São Paulo. Anais do XI Seminario sobre Pesquisa Antártica, 2003. v. 1. p. 10-10.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
PEREIRA, Ella Soares.; RUSSO, Arnaldo. D. P. G. ; GARCIA, Carlos Alberto Eiras . APLICAÇÃO DO ALGORITMO DE CORREÇÕES ATMOSFÉRICA NIR-SWIR, PARA AS ADJACÊNCIAS DA ILHA JAMES ROSS ANTÁRTICA.. In: V Congresso Brasileiro de Oceanografia, 2012, Rio de Janeiro. Anais do V Congresso Brasileiro de Oceanografia, 2012.

2.
CIOTTI, A. M. ; GIANNINI, M. F. C. ; MAZZUCO, A. C. ; PEREIRA, Ella Soares. ; GARCIA, Carlos Alberto Eiras . In situ variable fluorescence parameters across the upper layers of South Subtropical Ocean. In: Ocean Optics Conference, 2012, Glasgow. Proceedings of the XXI Ocean Optics Conference, 2012.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
FRONZA, Giovani ; PEREIRA, Ella Soares. . Adaptação de um Sistema de Recepção de Imagens de Satélites no Laboratório de Sensoriamento Remoto da FURG. In: I JORNADA DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA DA REGIÃO SUL, 2007, Florianópolis. ANAIS DA I JORNADA DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL, 2007.

Apresentações de Trabalho
1.
PEREIRA, Ella Soares.; SPEROTTO, F. A. ; GALDINO F. ; GARCIA, Carlos Alberto Eiras . Deployment Strategy of the Brazilian Coastal Monitoring System (SiMCosta). 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

2.
SPEROTTO, F. A. ; PEREIRA, Ella Soares. ; GARCIA, Carlos Alberto Eiras . SiMCosta - Sistema de Monitoramento da Costal Brasileira. 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

3.
FRONZA, Giovani ; PEREIRA, Ella Soares. ; GARCIA, Carlos Alberto Eiras . AUTOMATIZAÇÃO DE ETAPAS DO PROCESSAMENTO DEIMAGENS DE SATÉLITES NOAA/HRPTCAPTURADAS NA ESTAÇÃO RECEPTORA DA FURG. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
PEREIRA, Ella Soares.. UTILIZAÇÃO DO SENSOR MODIS EM OCEANOGRAFIA. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
PEREIRA, Ella Soares.; FRONZA, Giovani . Oceanografia por Satélite. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
PEREIRA, Ella Soares.; FRONZA, Giovani . Oceanografia por Satélite. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
PEREIRA, Ella Soares.. Projeto ATLANSAT. 2004.


Demais tipos de produção técnica
1.
PEREIRA, Ella Soares.; GARCIA, Carlos Alberto Eiras ; MATA, Maurício Magalhães . Automatização do processamento de imagens dos sensores Sea-viewing Wide Field-of-view Sensor (SeaWiFS) e Moderate Resolution Imaging Spectroradiometer (MODIS). 2007. (Relatório de pesquisa).

2.
PEREIRA, Ella Soares.; GARCIA, Carlos Alberto Eiras ; MATA, Maurício Magalhães . Detecção de Anomalias na Concentração de Chlo-a no Estreito de Bransfield Atráves de Imagens MODIS. 2006. (Relatório de pesquisa).

3.
PEREIRA, Ella Soares.. Monitoramento de vórtices de águas quentes da região da confluência Brasil-Malvinas durante a OPERANTAR XXll através de imagens AVHRR/NOAA. 2004. (Relatório de pesquisa).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
RODRIGUES, E. F.; RUHOFF, A. L.; PEREIRA, Ella Soares.. Participação em banca de Sabrina da Costa Neto, Fernanda Rodrigues Vaz. Forçantes de Mudanças no município de Rio grande - RS. 2008. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Técnico em Geomática) - Colégio Técnico Industrial Prof. Mário Alquati.

2.
RODRIGUES, E. F.; RUHOFF, A. L.; PEREIRA, Ella Soares.. Participação em banca de Adriano Nunes Ferreira. Classificação de Imagens das Áreas Urbanas da Cidade do Rio Grande - RS. 2008. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Técnico em Geomática) - Colégio Técnico Industrial Prof. Mário Alquati.

3.
PEREIRA, Ella Soares.; RUHOFF, A. L.; RODRIGUES, E. F.. Participação em banca de Adriano Trasantes Oliveira, Ilvania Fochesatto,Katsue Solano. SIG de Cruzeiros Oceanográficos Realizados no Estuário da Laguna dos Patos. 2008. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Técnico em Geomática) - Colégio Técnico Industrial Prof. Mário Alquati.

4.
PEREIRA, Ella Soares.; RODRIGUES, E. F.; LEMOS, D. M.. Participação em banca de Carlos Magno Rey Cantero. Forçantes de Mudanças no Município de São Jose do Norte. 2008. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Técnico em Geomática) - Colégio Técnico Industrial Prof. Mário Alquati.

5.
GANDRA, T.; KOEHLER, P.; PEREIRA, Ella Soares.. Participação em banca de Alexandra Cruz Vasconcelos. Correção Geometrica da geomorfologia em Rio Grande. 2008. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Técnico em Geomática) - Colégio Técnico Industrial Prof. Mário Alquati.

6.
LEMOS, D. M.; RODRIGUES, E. F.; PEREIRA, Ella Soares.. Participação em banca de Eduardo R. Canteiro, José A. C. Coutinho Jr, Juliana Lopes. Classificação Automática de Áreas Urbanas no Município de São José do Norte - RS, com Base em Imagens Multiespectrais. 2008. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Técnico em Geomática) - Colégio Técnico Industrial Prof. Mário Alquati.

7.
ROCHA, Carlos Rodrigues.; SILVA, Tatiana Silva da.; PEREIRA, Ella Soares.. Participação em banca de Elenice da Silva Rodrigues. Cadastro Georreferenciado de Alunos Egressos do Colégio técnico Industrial. 2008. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Técnico em Geomática) - Colégio Técnico Industrial Prof. Mário Alquati.

8.
GONÇALVES, Glauber Acunha; PEREIRA, Ella Soares.; RODRIGUES, E. F.. Participação em banca de Sidnei Silva da Costa Junior. Censo Sobre Escolas Públicas do Rio Grande. 2008. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Técnico em Geomática) - Colégio Técnico Industrial Prof. Mário Alquati.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
II Workshop APECS-BRASIL.-. 2012. (Outra).

2.
3º Seminário de Software Livre Tchelinux Pelotas. 2010. (Seminário).

3.
lV Congresso Brasilleiro de Oceanografia. 2010. (Congresso).

4.
XXI SCAR - Open Science Conference. 2010. (Congresso).

5.
1 Fórum Brasileiro da Amazônia Azul e Antártica. 2009. (Seminário).

6.
9 Fórum Internacional de Software Livre. 2008. (Congresso).

7.
8 Fórum Internacional de Software Livre. 2007. (Outra).

8.
I JORNADA DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL. Adaptação de um Sistema de Recepção de Imagens de Satélites no Laboratório de Sensoriamento Remoto da FURG. 2007. (Congresso).

9.
ll Mostra Nacional de Iniciação Cientifica e Tecnológica Interdisciplinar. AUTOMATIZAÇÃO DE ETAPAS DO PROCESSAMENTO DEIMAGENS DE SATÉLITES NOAA/HRPTCAPTURADAS NA ESTAÇÃO RECEPTORA DA FURG. 2007. (Congresso).

10.
Semana integrada de Tecnologia em Computaçõa e Geomática.Utilização do sensor MODIS em Oceanografia. 2006. (Seminário).

11.
Dia da Matemática. 2004. (Encontro).

12.
Semana Acadêmica de Matemática. 2004. (Seminário).

13.
I Semana de Geomática.Oceanografia por Satélite. 2003. (Seminário).

14.
I Simpósio Brasileiro de Geomática. 2002. (Simpósio).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Orientações de outra natureza
1.
Giovani Fronza. Geração Automática de Produtos de Temperatura Superficial do Mar utilizando Imagens dos Satélites NOAA/HRPT. 2007. Orientação de outra natureza. (Técnico em Geomática) - Colégio Técnico Industrial Prof. Mário Alquati. Orientador: Ella Soares Pereira.



Outras informações relevantes


2008  - Treinamento Pré-Antártico
Participação em Cruzeiros Oceanográficos:
Jan/2009 - PATEX VII - OPERANTAR XXVII - NaPOc Ary Rongel
Fev/2010 - SOS CLIMATE - OPERANTAR XXVIII - NaPOc Ary Rongel
Dez/2010 - MCTII - NHO Cruzeiro do Sul
Out-Dez/2011 - CO2 Atlântico Sul e Austral - NHO Cruzeiro do Sul
Fev-Mar/2013 - PRO-OASIS I/POLAR CANION II - OPERANTAR XXXI - NPO Almirante Maximiano
Fev-Mar/2014 - PRO-OASIS II/POLAR CANION III - OPERANTAR XXXII - NPO Almirante Maximiano



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/02/2019 às 11:36:04