Debora Diniz Rodrigues

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3865117791041119
  • Última atualização do currículo em 16/10/2018


É professora da Universidade de Brasília e pesquisadora da Anis - Instituto de Bioética. É membro do Advisory Committee do Global Doctors for Choice / Brasil. É vice-chair do board da International Women's Health Coalition. Desenvolve projetos de pesquisa sobre bioética, feminismo, direitos humanos e saúde. Foi pesquisadora visitante na University of Leeds, Reino Unido (Gender Studies); Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Instituto de Medicina Social); Instituto Oswaldo Cruz (Comunicação, Informação e Saúde); University of Michigan, Estados Unidos (Law Faculty); University of Toronto, Canadá (Law Faculty e Joint Center for Bioethics); Universidade de Sophia, Tóquio (Iberoamerican Institute); Cermes, França (Centre de Recherche, Médecine, Sciences, Santé, Santé Mentale, Societé); University of California at Berkeley, Estados Unidos (Sociology Department); e University of Leiden, Holanda (Department of Anthropology). Integra a equipe do blog Vozes da Igualdade (www.vozesdaigualdade.org.br). (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Debora Diniz Rodrigues
Nome em citações bibliográficas
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA

Endereço


Endereço Profissional
Universidade de Brasília, Faculdade de Direito.
Caixa Postal 8011
Sudoeste
70673970 - Brasília, DF - Brasil - Caixa-postal: 06511
Telefone: (61) 33431731
Fax: (61) 33431731


Formação acadêmica/titulação


1995 - 1999
Doutorado em Antropologia.
Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
Título: Da Impossibilidade do Trágico: conflitos morais e bioética, Ano de obtenção: 1999.
Orientador: Rita Laura Segato.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Bioética; Conflito Moral; Filosofia Moral; Relativismo Moral; Bioética Feminista; antropologia da saúde.
Grande área: Ciências da Saúde
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia da Saúde / Especialidade: Antropologia da Saúde.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Ética.
Setores de atividade: Saúde Humana.
1993 - 1995
Mestrado em Antropologia.
Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
Título: O Reino da Solidão: uma etnografia da vida em clausura de monjas carmelitas descalças,Ano de Obtenção: 1995.
Orientador: Mireya Suarez.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Religião; Gênero; Monja; Carmelita Descalça; Etnografia; Clausura.
Grande área: Ciências Humanas
Setores de atividade: Outros Setores.
1989 - 1992
Graduação em Ciências Sociais.
Universidade de Brasília, UnB, Brasil.


Pós-doutorado


2010 - 2010
Pós-Doutorado.
University of Michigan Law School, UMICH, Estados Unidos.
2010 - 2010
Pós-Doutorado.
University of Toronto - Faculty of Law, UTORONTO, Canadá.
2003 - 2003
Pós-Doutorado.
Instituto de Medicina Social / UERJ, IMS/UERJ, Brasil.


Formação Complementar


2017
Portrait. (Carga horária: 180h).
New York Institute of Photography, NYIP, Estados Unidos.
2010
Extensão universitária em Documentary. (Carga horária: 40h).
University of Toronto, UTORONTO, Canadá.
2017 - 2017
Principles of Photo Composition and Digital Image Post-Production. (Carga horária: 10h).
University of Michigan, UMICH, Estados Unidos.
2017 - 2017
Seeing Through Photographs. (Carga horária: 12h).
Museum of Modern Art, MOMA, Estados Unidos.
2013 - 2013
Communicate Clearly. (Carga horária: 4h).
The Language Company - Berkeley, TLC, Estados Unidos.
2013 - 2013
Curso de fotografia básico [turma noite]. (Carga horária: 7h).
Espaço f/508 de Fotografia, F/508, Brasil.
2012 - 2012
Oficina de Psiquiatria do Instituto de Psiquiatria. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
2011 - 2011
Atualiz. em Saúde Mental, Comunicação e Informação. (Carga horária: 60h).
Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.
2010 - 2010
Extensão universitária em Sex and Equality. (Carga horária: 60h).
Michigan State University, MSU, Estados Unidos.
2009 - 2009
Workshop de Desenvolvimento de Projetos e Formação. (Carga horária: 13h).
Cultura Inglesa, CI, Brasil.
2008 - 2008
Forum de Producción Documental. (Carga horária: 40h).
Instituto Nacional de Cine y Artes Visuales, INCAA, Argentina.
2008 - 2008
Documentário - Vídeo Advocacy. (Carga horária: 120h).
University of Concordia/Witness, UC, Canadá.
2007 - 2007
Curso a distância de pesquisa na BVS Saúde Pública. (Carga horária: 40h).
BIREME, BIREME, Brasil.
2003 - 2006
Curso de Curta Duração.
Casa Thomas Jefferson, CTJ, Brasil.
2003 - 2003
Treinamento de Mídia. (Carga horária: 20h).
Instituto Patrícia Galvão, IPG, Brasil.
2002 - 2002
Treinamento Supervisionado em Tradução Simultânea. (Carga horária: 60h).
Die Presse, DIE PRESSE, Brasil.
2002 - 2002
Justice, Equality and the Challenge of Disability.
Sarah Lawrence College, SLC, Estados Unidos.
2001 - 2001
Região Mercosur El Poder Legislativo en La Democra.
Organização dos Estados Americanos, OEA, Paraguai.
2001 - 2001
Ethical, Legal and Social Implications of the HGP.
Dartmouth College, DC, Estados Unidos.
2000 - 2000
Curso Avançado de Língua Inglesa.
University of Leeds, LEEDS, Grã-Bretanha.
1998 - 1998
Curso Avançado de Língua Japonesa.
Kansai Kokusai Center, KANSAI, Japão.
1996 - 1996
V Progr. de Est. Saúde Reprodutiva e Sexualidade.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
1991 - 1993
Língua Japonesa. (Carga horária: 250h).
Associação de Intercâmbio Cultural Brasil - Japão (Instituto Midori), AICBJ, Brasil.


Atuação Profissional



Casa Thomas Jefferson, CTJ, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Conselheira, Enquadramento Funcional: Conselheira do Conselho Cultural


Consorcio Latinoamericano Contra el Aborto Inseguro, CLACAI, Peru.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Comité Coordinador, Enquadramento Funcional: Integrante do Comitê Coordenador


Leiden University, LEIDEN, Holanda.
Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Pesquisadora Visitante, Enquadramento Funcional: Pesquisadora Visitante
Outras informações
Faculty of Social and Behavioral Sciences


Centre de Recherche Medecine, Sciences, Sante et Societe, CERMES, França.
Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Pesquisadora Visitante


University of California at Berkeley, UC BERKELEY, Estados Unidos.
Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Pesquisadora Visitante, Enquadramento Funcional: Pesquisadora Visitante
Outras informações
UC Berkeley Sociology Department


Ministério da Previdência e Assistência Social, MPAS, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Consultora, Enquadramento Funcional: Integrante de Grupo de Trabalho
Outras informações
Grupo de Trabalho para acompanhar o trâmite, analisar desdobramentos e impactos, bem como preparar expedientes no âmbito da Previdência Social sobre a aprovação do Projeto de Lei da Câmara ? PLC n° 40/2010 - Complementar (na Câmara PLP 227/05) pelo Plenário do Senado em 03/04/2012, que dispõe sobre a pessoa com deficiência e altera as Leis nª 8.742, de 7 dezembro 1993, 8.213, de 24 de julho de 1991, e 11.788 de 25 de setembro de 2008.


Centro de Estudos de Estado Y Sociedad, CEDES, Argentina.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Conselheira, Enquadramento Funcional: Conselheira
Outras informações
Integrante do Consejo Asesor de la Diplomatura "Salud y derechos sexuales y reproductivos. Gestión integral de políticas, programas y servicios" (Programa de Posgrado de la Universidad ISalud y el Centro de Estudios de Estado y Sociedad (CEDES).


Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social do Distrito Federal, CDES-DF, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Conselheira, Enquadramento Funcional: Conselheira


Sophia University, S.U., Japão.
Vínculo institucional

2012 - 2012
Vínculo: Pesquisadora Visitante, Enquadramento Funcional: Pesquisadora Visitante


Associação Brasileira de Antropologia, ABA, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Membro de Comitê, Enquadramento Funcional: Membro do Comitê de Ética em Pesquisa

Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: Membro de Grupo de Trabalho, Enquadramento Funcional: Membro do GT Deficiência e Acessibilidade


Ministério da Saúde - Secretaria de Atenção à Saúde (SAS), MS/SAS, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: Membro, Enquadramento Funcional: Câm. Téc. de Ética e Pesquisa em Transplantes


Global Doctors for Choice / Brasil, GDC/BRASIL, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: Conselheira, Enquadramento Funcional: Advisory Committee


Coleção Scielo Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Parecerista ad hoc, Enquadramento Funcional: Parecerista


World Health Organization, WHO, Suiça.
Vínculo institucional

2011 - 2014
Vínculo: Member, Enquadramento Funcional: Research Project Review Panel (RP2)


Universidad de Chile, UC, Chile.
Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professora

Atividades

06/2011 - 06/2011
Ensino, Derechos Humanos y Mujeres, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Videoactivismo y Derechos Humanos: el uso del documental como una herramienta de intervención

Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: Voluntária, Enquadramento Funcional: Professora

Atividades

01/2011 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Programa de Pós-Graduação em Bioética, Ética Aplicada e Saúde Coletiva, .

Linhas de pesquisa
Saúde Coletiva e Bioética
01/2011 - Atual
Ensino, Bioética, Ética Aplicada e Saúde Coletiva, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Metodologia da Pesquisa Social em Bioética

Council on Health Research for Development, COHRED, Suiça.
Vínculo institucional

2010 - 2013
Vínculo: Membro do Board, Enquadramento Funcional: Membro do Board


University of Toronto, UTORONTO, Canadá.
Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Pesquisadora Visitante, Enquadramento Funcional: Pesquisadora Visitante


University of Michigan, UMICH, Estados Unidos.
Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Pesquisadora Visitante, Enquadramento Funcional: Pesquisadora Visitante


Universitat de Barcelona, UB, Espanha.
Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Observatori de Bioètica i Dret


Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal, FAP/DF, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - Atual
Vínculo: Membro de comitê científico, Enquadramento Funcional: Membro do Comitê Científico


International Women's Health Coalition, IWHC, Estados Unidos.
Vínculo institucional

2010 - Atual
Vínculo: Vice-chair, Enquadramento Funcional: Vice-chair

Vínculo institucional

2007 - 2010
Vínculo: Membro do Board of Directors, Enquadramento Funcional: Membro do Board of Directors


University of Birmingham, BIRMINGHAM, Inglaterra.
Vínculo institucional

2001 - 2003
Vínculo: Membro do Board, Enquadramento Funcional: Centre for the Study of Global Ethics Board


University of Leeds, LEEDS, Grã-Bretanha.
Vínculo institucional

2001 - 2001
Vínculo: Pesquisadora Visitante, Enquadramento Funcional: Pesquisadora Visitante

Vínculo institucional

2000 - 2000
Vínculo: Pesquisadora Visitante, Enquadramento Funcional: Pesquisadora Visitante


International Network on Feminist Approaches to Bioethics, FAB, Estados Unidos.
Vínculo institucional

1998 - Atual
Vínculo: Diretoria, Enquadramento Funcional: Diretora


Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Membro do CEP-IH, Enquadramento Funcional: Conselheira Suplente
Outras informações
Conselheira Suplente do Comitê de Ética em Pesquisa do Instituto de Ciências Humanas da UnB

Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora Associada 2, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Progressão Funcional para Professora Associada II por meio do Ato da Reitoria 0907/2015, de 10/08/2015. Em vigor a partir de 18/08/2015.

Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Gestora
Outras informações
Gestora do Acordo de Cooperação FUB / Universidade Eduardo Mondlane, Código FUB nº 9161, que tem por objetivo regular a forma e as condições pelas quais as partes convenentes se propõem a desenvolver um programa de mútua cooperação e intercâmbio acadêmico, científico e cultural, envolvendo áreas de interesse mútuo.

Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Membro da Comissão de Ética

Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Membro suplente da Câmara de Carreira Docente
Outras informações
Representante do Instituto de Ciências Humanas.

Vínculo institucional

2013 - 2015
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora Associada 1, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Professora do Departamento de Serviço Social até setembro de 2014 e da Faculdade de Direito a partir de outubro de 2014 Disciplinas ministradas 1/2013 - Departamento de Serviço Social: - Trabalho de Conclusão de Curso - Projeto de Trabalho de Conclusão de Curso - Pesquisa Social 2 - Prática de Pesquisa Social 2 - Prática de Pesquisa Social 3 - Prática de Pesquisa Social 4 Disciplinas ministradas 1/2013 - Programa de Pós-Graduação em Política Social: - Prática Docente em Política Social - Seminário Avançado em Política Social Disciplinas ministradas 2/2013 - Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde: - Metodologia Científica Básica Disciplinas ministradas 1/2014 - Departamento de Serviço Social: - Trabalho de Conclusão de Curso - Projeto de Trabalho de Conclusão de Curso - Pesquisa Social 1 - Pesquisa Social 4 Disciplinas ministradas 1/2014 - Programa de Pós-Graduação em Política Social: - Metodologia da Pesquisa Social - Seminário de Pesquisa e Dissertação - Prática Docente em Política Social - Seminário de Tese 1 em Política Social Disciplinas ministradas 1/2014 - Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde: - Estágio Docência em Ciências da Saúde Disciplinas ministradas 2/2014 - Departamento de Serviço Social: - Gênero, Raça/Etnia e Política Social - Trabalho de Conclusão de Curso - Projeto de Trabalho de Conclusão de Curso - Pesquisa Social 2 - Prática de Pesquisa Social 1 Disciplinas ministradas 2/2014 - Programa de Pós-Graduação em Política Social: - Seminário de Pesquisa e Dissertação Disciplinas ministradas 1/2015 - Departamento de Serviço Social: - Trabalho de Conclusão de Curso Disciplinas ministradas 1/2015 - Faculdade de Direito: - Pesquisa Jurídica - Atualização e Prática do Direito 2 Disciplinas ministradas - 1/2015 - Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde: - Metodologia Científica Básica

Vínculo institucional

2011 - 2013
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora Adjunta 4, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2009 - 2011
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professora Adjunta 3, Carga horária: 40
Outras informações
Professora do Departamento de Serviço Social

Vínculo institucional

2007 - 2009
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professora Adjunta 2, Carga horária: 40
Outras informações
Professora do Departamento de Serviço Social

Vínculo institucional

2004 - 2007
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora Adjunta 1, Carga horária: 40
Outras informações
Professora do Departamento de Serviço Social

Vínculo institucional

2001 - 2004
Vínculo: Pesquisadora Associada, Enquadramento Funcional: Pesquisadora Associada, Carga horária: 10
Outras informações
Pesquisadora Associada do Curso de Graduação em Serviço Social. Pesquisadora colaboradora do Programa de Pós-Graduação em Política Social.

Vínculo institucional

2000 - 2001
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisadora Associada
Outras informações
Pesquisadora Associada do Departamento de Saúde Coletiva e Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde.

Vínculo institucional

1999 - 2000
Vínculo: Professor vistante, Enquadramento Funcional: Professora visitante

Vínculo institucional

1997 - 2000
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisadora Associada, Carga horária: 20
Outras informações
Como pesquisadora associada, atuei no Núcleo de Estudos e Pesquisa em Bioética, onde desenvolvi atividades docentes, de orientação e pesquisa.

Vínculo institucional

1997 - 1998
Vínculo: Consultora, Enquadramento Funcional: Assessora, Carga horária: 20
Outras informações
Consultoria para a estruturação e criação do I Curso de Especialização em Bioética da Faculdade de Ciências da Saúde.

Vínculo institucional

1989 - 1989
Vínculo: Monitora de Graduação, Enquadramento Funcional: Monitora, Carga horária: 4

Atividades

09/2012 - Atual
Direção e administração, Fundação Universidade de Brasília, .

Cargo ou função
Gestora do Acordo de Cooperação entre a FUB e a Universidade de Aarhus/Dinamarca, para a promoção da cooperação acadêmica em todas as áreas de conhecimento por meio do intercâmbio de docentes/pesquisadores, estudantes e membros da equipe técnico-administr.
01/2012 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Reitoria, .

Cargo ou função
Membro suplente do GT de Combate à Homofobia.
08/2015 - 12/2015
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Projeto de Monografia A
Projeto de Monografia B
08/2015 - 12/2015
Ensino, Programa de Pós-Graduação em Direito, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Tradições e Desobediências da Pesquisa Acadêmica
03/2015 - 07/2015
Ensino, Serviço Social, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Trabalho de Conclusão de Curso
03/2015 - 07/2015
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Pesquisa Jurídica
Atualização e Prática do Direito 2
03/2015 - 07/2015
Ensino, Pós-Graduação em Ciências da Saúde, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Metodologia Científica Básica
03/2013 - 07/2013
Ensino, Antropologia Social, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Dissertação
03/2013 - 07/2013
Ensino, Serviço Social, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Trabalho de Conclusão de Curso
Projeto de Trabalho de Conclusão de Curso
Pesquisa Social 2
Prática de Pesquisa Social 2
Prática de Pesquisa Social 3
Prática de Pesquisa Social 4
03/2013 - 07/2013
Ensino, Política Social, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário de Pesquisa e Dissertação
Prática Docente em Política Social
Seminário Avançado em Política Social
03/2013 - 07/2013
Ensino, Ciências da Saúde, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Pós Graduação em Ciências da Saúde
08/2012 - 03/2013
Ensino, Pós-Graduação em Política Social, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Prática Docente em Política Social
Seminário de Pesquisa e Dissertação
08/2012 - 03/2013
Ensino, Pós-Graduação em Ciências da Saúde, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Estágio Docência em Ciências da Saúde 1
Estágio Docência em Ciências da Saúde 2
Práticas Interdisciplinares de Educação para a Saúde Integral
08/2012 - 03/2013
Ensino, Serviço Social, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Prática de Pesquisa Social 4
Prática de Pesquisa Social 1
Tópicos Especiais - Pesquisa Social em Serviço Social
Projeto de Trabalho de Conclusão de Curso
Prática de Pesquisa Social 2
Trabalho de Conclusão de Curso
Pesquisa Social 1
02/2012 - 07/2012
Ensino, Serviço Social, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Trabalho de Conclusão de Curso
Projeto de Trabalho de Conclusão de Curso
Pesquisa Social 2
Prática de Pesquisa Social 1
Prática de Pesquisa Social 3
02/2012 - 07/2012
Ensino, Antropologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário de Pesquisa Antropológica
02/2012 - 07/2012
Ensino, Pós-Graduação em Política Social, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário Avançado em Política Social
02/2012 - 07/2012
Ensino, Pós-Graduação em Ciências da Saúde, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Estágio Docência em Ciências da Saúde 1
Geografia da Saúde
05/2011 - 05/2012
Conselhos, Comissões e Consultoria, Comissão de Ética, .

Cargo ou função
Membro suplente.
08/2011 - 12/2011
Ensino, Serviço Social, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Trabalho de Conclusão de Curso
Pesquisa Social 1
Tópicos Especiais - Pesquisa Social em Serviço Social
Projeto de Trabalho de Conclusão de Curso
08/2011 - 12/2011
Ensino, Pós-Graduação em Política Social, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário de Pesquisa e Dissertação
03/2011 - 07/2011
Ensino, Serviço Social, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos Especiais em Politica Social
Trabalho de Conclusão de Curso
Projeto de Trabalho de Conclusão de Curso
03/2011 - 06/2011
Ensino, Pós-Graduação em Política Social, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Metodologia da Pesquisa Social
03/2009 - 03/2011
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Ciências Humanas, .

Cargo ou função
Presidente do Comitê de Ética em Pesquisa CEP/IH.
08/2010 - 12/2010
Ensino, Serviço Social, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Trabalho de Conclusão de Curso
Projeto de Trabalho de Conclusão de Curso
08/2010 - 12/2010
Ensino, Pós-Graduação em Ciências da Saúde, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Estágio Docência em Ciências da Saúde 1
02/2010 - 07/2010
Ensino, Pós-Graduação em Política Social, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário de Pesquisa e Dissertação
03/2009 - 03/2010
Conselhos, Comissões e Consultoria, Comitê Gestor Institucional do Programa de Iniciação Científica - ProIC, .

Cargo ou função
Membro.
11/2009 - 11/2009
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares, .

Cargo ou função
Mini-Curso de Publicação Científica.
10/2009 - 10/2009
Extensão universitária , Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares, .

Atividade de extensão realizada
Mini-Curso de Elaboração de Projetos de Pesquisa.
3/2009 - 6/2009
Ensino, Serviço Social, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Pesquisa em Serviço Social 2
Prática de Pesquisa Social 3
Prática de Pesquisa Social 4
Projeto de Trabalho de Conclusão de Curso
Trabalho de Conclusão de Curso
3/2009 - 6/2009
Ensino, Política Social, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário de Pesquisa e Dissertação
PGCS
Seminário de Tese 1 em Política Social
Topicos Especiais em Pesquisa
05/2009 - 05/2009
Extensão universitária , Departamento de Serviço Social, .

Atividade de extensão realizada
Saúde Mental e Direitos Humanos.
8/2007 - 3/2009
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Ciências Humanas, .

Cargo ou função
Secretaria Executiva do CEP/IH.
8/2008 - 12/2008
Ensino, Serviço Social, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Pesquisa em Serviço Social 2
Prática de Pesquisa Social 1
Projeto de Conclusão de Curso
Trabalho de Conclusão de Curso
8/2008 - 12/2008
Ensino, Política Social, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário de Pesquisa e Dissertação
Seminário de Tese 1 em Política Social
09/2008 - 10/2008
Extensão universitária , Decanato de Extensão, .

Atividade de extensão realizada
Evento na Semana de Extensão Universidade e Democracia.
07/2007 - 07/2008
Conselhos, Comissões e Consultoria, Conselho de Pesquisa e Pós-Graduação, .

Cargo ou função
Membro Titular da CPP representando o IH.
3/2008 - 6/2008
Ensino, Serviço Social, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estágio Supervisionado em Biologia 2 - Bacharel
Prática de Pesquisa Social 4
Prática de Pesquisa Social 1
Pesquisa em Serviço Social 1
Prática de Pesquisa Social 3
Projeto de Trabalho de Conclusão de Curso
Trabalho de Conclusão de Curso
3/2008 - 6/2008
Ensino, Política Social, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
PGCS
Seminário de Pesquisa e Dissertação
Seminário de Tese 1 em Política Social
Topicos Especiais em Pesquisa
11/2007 - 05/2008
Extensão universitária , Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares, .

Atividade de extensão realizada
Curso de Divulgação em Ciência e Tecnologia.
11/2007 - 03/2008
Extensão universitária , Coordenadoria de Alocação de Recursos, .

Atividade de extensão realizada
Feminismo, Educação e Cidadania.
8/2007 - 12/2007
Ensino, Serviço Social, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Pesquisa em Serviço Social 1
Prática de Pesquisa 1
Projeto de Conclusão de Curso
Trabalho de Conclusão de Curso
8/2007 - 12/2007
Ensino, Política Social, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário de Tese 1 em Política Social
Seminário de Pesquisa e Dissertação
3/2007 - 6/2007
Ensino, Serviço Social, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Projeto de Trabalho de Conclusão de Curso
Trabalho de Conclusão de Curso
Tópicos Especiais em Pesquisa
Pesquisa em Serviço Social 1
3/2007 - 6/2007
Ensino, Política Social, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Metodologia da Pesquisa Social
11/2006 - 6/2007
Conselhos, Comissões e Consultoria, Conselho de Pesquisa e Pós-Graduação, .

Cargo ou função
Representante Suplente do Instituto de Humanidades no Conselho de Pesquisa e Pós-Graduação.
05/2007 - 05/2007
Extensão universitária , Departamento de Serviço Social, .

Atividade de extensão realizada
Mini-curso Deficiência e Cinema.
03/2007 - 03/2007
Extensão universitária , Departamento de Serviço Social, .

Atividade de extensão realizada
Deficiência e Cinema.
03/2007 - 03/2007
Extensão universitária , Departamento de Enfermagem, .

Atividade de extensão realizada
Mini-curso Ética em Pesquisa com Seres Humanos e Cinema.
07/2006 - 09/2006
Extensão universitária , Departamento de Serviço Social, .

Atividade de extensão realizada
Metodologia de Pesquisa Feminista.
06/2006 - 06/2006
Extensão universitária , Departamento de Serviço Social, .

Atividade de extensão realizada
Estatística para Ciências Sociais.
03/2006 - 04/2006
Extensão universitária , Departamento de Serviço Social, .

Atividade de extensão realizada
Curso de Extensão Estatística Aplicada às Ciências Sociais - 20 horas.
03/2006 - 03/2006
Extensão universitária , Departamento de Serviço Social, .

Atividade de extensão realizada
Bioética e Cinema.
08/2005 - 08/2005
Extensão universitária , Departamento de Serviço Social, .

Atividade de extensão realizada
Curso de Extensáo Ética e Moral em Friederich Nietzsche.
03/2005 - 08/2005
Ensino, Política Social, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Bioética e Direitos Humanos
Bioética e Ética em Pesquisa
Epistemologia
Justiça e Teorias Feministas
Seminario Pesquisa Dissertação
Teorias de Justiça e Democracria
08/2004 - 08/2005
Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Serviço Social, .

Linhas de pesquisa
Direitos Humanos e Feminismo
04/2005 - 05/2005
Extensão universitária , Departamento de Serviço Social, .

Atividade de extensão realizada
Moral e Ética em Friedrich Nietzsche.
08/2004 - 12/2004
Ensino, Serviço Social, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Pesquisa em Serviço Social 1
Pesquisa em Serviço Social 2
Prática de Pesquisa Social 3
Projeto de Trabalho de Conclusão de Curso
Trabalho de Conclusão de Curso
3/2004 - 08/2004
Ensino, Serviço Social, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Bioética e Direitos Humanos
Pesquisa em Serviço Social 1 e 2
Teorias de Gênero e Violência contra a Mulher
Teorias de Justiça: Rawls e Dworkin
03/2004 - 07/2004
Ensino, Política Social, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário Pesquisa Dissertação
03/2004 - 07/2004
Ensino, Política Social, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Prática Docente
08/2003 - 12/2003
Ensino, Serviço Social, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Projeto de Trabalho de Conclusão de Curso
Trabalho de Conclusão de Curso
03/2003 - 07/2003
Ensino, Serviço Social, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Trabalho de Conclusão de Curso
Projeto de Trabalho de Conclusão de Curso
Relações de Gênero e Serviço Social
06/2003 - 06/2003
Extensão universitária , Departamento de Serviço Social, .

Atividade de extensão realizada
Comunicação Científica.
03/2002 - 07/2002
Ensino, Serviço Social, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Prática de Pesquisa Social 1
08/2001 - 12/2001
Ensino, Serviço Social, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Trabalho de Conclusão de Curso
2001 - 12/2001
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Ciências da Saúde, Faculdade de Ciências da Saúde.

Atividade realizada
Orientadora do projeto de pesquisa.
2001 - 12/2001
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Ciências da Saúde, Faculdade de Ciências da Saúde.

Atividade realizada
Orientadora do projeto de pesquisa "Adolescência e Direitos Sexuais e Reprodutivos"..
03/2001 - 07/2001
Ensino, Serviço Social, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Projeto de Trabalho de Conclusão de Curso
8/1998 - 6/2001
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares, Núcleo de Estudos e Pesquisas em Bioética.
3/1997 - 6/2001
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares, Núcleo de Estudos e Pesquisas em Bioética.
3/1995 - 6/2001
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Ciências Humanas, Departamento de Antropologia.
8/1998 - 4/2001
Outras atividades técnico-científicas , Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares, Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares.

Atividade realizada
Orientação de 8 estudantes de curso de especialização.
3/1997 - 4/2001
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Ciências da Saúde, Faculdade de Ciências da Saúde.

Atividade realizada
Membro do Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos.
6/2000 - 3/2001
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Ciências da Saúde, Departamento de Saúde Coletiva.
3/2000 - 6/2000
Ensino, Curso de Especialização em Bioética, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Bioética Feminista
Fundamentos da Bioética
3/2000 - 6/2000
Ensino, Bioética, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Bioética, Vulnerabilidade e Gênero
4/2000 - 4/2000
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Ciências da Saúde, Faculdade de Ciências da Saúde.

Atividade realizada
Membro da Banca Examinadora do Processo Seletivo dos Candidatos ao I Curso de Especialização em Enfermagem Obstetrícia..
2/2000 - 2/2000
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Medicina, Faculdade de Medicina.

Atividade realizada
Membro da Banca Examinadora do Processo Seletivo dos Candidatos ao II Curso de Especialização em Bioética..
2000 - 2000
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Ciências da Saúde, Faculdade de Ciências da Saúde.

Atividade realizada
Membro da Banca Examinadora da tese de Doutorado "Escravas do Risco: bioética, mulheres e Aids"..
2000 - 2000
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Ciências da Saúde, Faculdade de Ciências da Saúde.

Atividade realizada
Membro da Banca Examinadora da monografia "Deficiência e Inclusão Escolar Sob o Olhar da Bioética"..
2000 - 2000
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Ciências da Saúde, Faculdade de Ciências da Saúde.

Atividade realizada
Co-orientadora do projeto de tese de doutoramento "Escravas do Risco: bioética, mulheres e Aids"..
2000 - 2000
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Ciências da Saúde, Faculdade de Ciências da Saúde.

Atividade realizada
Orientadora do projeto de pesquisa "O Cuidar Feminino de Crianças Portadoras de Paralisia Cerebral Grave"..
2000 - 2000
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Ciências da Saúde, Faculdade de Ciências da Saúde.

Atividade realizada
Orientadora do projeto de pesquisa "Qualidade de Vida e Decisões Éticas: um estudo sobre famílias e doença neuromuscular"..
2000 - 2000
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Ciências da Saúde, Faculdade de Ciências da Saúde.

Atividade realizada
Orientadora do projeto de pesquisa "Aborto, Mídia e Bioética"..
8/1998 - 9/1999
Ensino, Bioética, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Bioética Feminista
Teoria Bioética
Teoria da Eutanásia
Teoria do Aborto
4/1999 - 8/1999
Ensino, Odontologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Bioética
8/1998 - 8/1999
Serviços técnicos especializados , Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares, Núcleo de Estudos e Pesquisas Em Bioética.

Serviço realizado
Coordenação do I Curso de Especialização em Bioética.
4/1999 - 5/1999
Ensino, Saúde do Adolescente, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Antropologia e Adolescência
Bioética e Adolescência
8/1998 - 1/1999
Serviços técnicos especializados , Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares, Núcleo de Estudos e Pesquisas Em Bioética.

Serviço realizado
Projeto do I Curso de Especialização em Bioética.
1999 - 1999
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Ciências da Saúde, Faculdade de Ciências da Saúde.

Atividade realizada
Membro da Banca Examinadora da monografia "Adolescência, Violência e Videogames", para o I Curso de Especialização em Saúde do Adolescente..
1999 - 1999
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Ciências da Saúde, Faculdade de Ciências da Saúde.

Atividade realizada
Orientadora do projeto de pesquisa "Decisões éticas em contexto de escassez: os critérios para aceitação de pacientes em UTI"..
1999 - 1999
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Ciências da Saúde, Faculdade de Ciências da Saúde.

Atividade realizada
Orientadora do projeto de pesquisa "Estudo Bioético e Biológico das Informações Científicas Divulgadas pela Mídia Impressa"..
1999 - 1999
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Ciências da Saúde, Faculdade de Ciências da Saúde.

Atividade realizada
Orientadora do projeto de pesquisa "Solidariedade: um caminho para o conflito moral"..
1999 - 1999
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Ciências da Saúde, Faculdade de Ciências da Saúde.

Atividade realizada
Orientadora do projeto de pesquisa "Sexualidade e Escolha Profissional como ritos de passagem da adolescência"..
7/1998 - 7/1998
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Ciências da Saúde, Faculdade de Ciências da Saúde.

Atividade realizada
Membro da Banca Examinadora do Processo Seletivo dos Candidatos ao I Curso de Especialização em Saúde do Adolescente..
4/1997 - 4/1998
Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Odontologia, .
3/1997 - 3/1998
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares, Núcleo de Estudos e Pesquisas em Bioética.

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - Atual
Vínculo: Coordenadora de Pesquisa, Enquadramento Funcional: Pesquisa

Vínculo institucional

1999 - 2000
Vínculo: Bolsista recém-doutor, Enquadramento Funcional: Bolsista Recém-Doutor, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
O Projeto de Pesquisa, Orientação e Ensino mantido no Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, Área de Concentração Bioética, da Universidade de Brasília, avaliava a produção brasileira em bioética. Era um projeto de pesquisa documental.

Atividades

12/1999 - 03/2001
Pesquisa e desenvolvimento , Fundação Universidade de Brasília, .
03/2000 - 12/2000
Ensino, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Bioética, Gênero e Vulnerabilidade
03/2000 - 11/2000
Ensino, Especialização em Bioética, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Bioética Feminista
Bioética: Fundamentos
Ciências Sociais e Bioética
10/1998 - 03/2000
Conselhos, Comissões e Consultoria, Comitê de Ética em Pesquisa, .

Cargo ou função
Conselheira.
2000 - 2000
Ensino, Especialização em Saúde do Adolescente, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Ciências Sociais

Anis Instituto de Bioética Direitos Humanos e Gênero, ANIS, Brasil.
Vínculo institucional

1999 - Atual
Vínculo: Pesquisadora, Enquadramento Funcional: Pesquisadora
Outras informações
A ANIS é a única organização não-governamental no campo da bioética na América Latina. Foi uma das sócias-fundadoras e do Conselho Diretor de 1999-2006.

Atividades

8/2006 - Atual
Direção e administração, Anis Instituto de Bioética Direitos Humanos e Gênero, .

Cargo ou função
Editora-Chefe da Editora LetrasLivres.
01/2004 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Programa Pesquisa, .

09/2001 - 08/2006
Conselhos, Comissões e Consultoria, Comitê de Ética em Pesquisa, .

Cargo ou função
Presidente.
08/2001 - 04/2002
Ensino, Programa Implicações Éticas e Sociais do PGH, Nível: Aperfeiçoamento

Disciplinas ministradas
Antropologia da Saúde
Bioética
Filosofia da Ciência
Metodologia
2002 - 2002
Ensino, Oficina Bioética, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Bioética e Legislativo
Bioética e Mídia
Conflitos Morais
Introdução à Bioética
2001 - 2002
Ensino, Oficina Ferramentas de Metodologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Escrita Acadêmica
Levantamento Bibliográfico
Pesquisa Eletrônica
Registro da Informação

International Association of Bioethics, IAB, Estados Unidos.
Vínculo institucional

2003 - Atual
Vínculo: Conselho Diretor/Secretariado, Enquadramento Funcional: Diretoria

Atividades

08/2003 - Atual
Direção e administração, Secretariat, .

Cargo ou função
Secretária Geral da Diretoria.

Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres da Presidência da Repúbli, SEPM, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2006
Vínculo: Coordenadora de Pesquisa, Enquadramento Funcional: s/ef


Hospital Sarah do Aparelho Locomotor, HS-SSA, Brasil.
Vínculo institucional

1995 - 1996
Vínculo: Pesquisadora, Enquadramento Funcional: Técnica em Pesquisa, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

2/1995 - 3/1996
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Estudos Carlos Castello Branco, Salvador.
2/1995 - 3/1996
Outras atividades técnico-científicas , Centro de Estudos Carlos Castello Branco, Centro de Estudos Carlos Castello Branco.

Atividade realizada
Coordenação do Grupo de Estudos em Antropologia do Corpo.

Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Pesquisadora Visitante, Enquadramento Funcional: Pesquisadora visitante

Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Pesquisadora Visitante, Enquadramento Funcional: Pesquisadora visitante

Vínculo institucional

2002 - 2003
Vínculo: Pesquisadora Visitante, Enquadramento Funcional: Pesquisadora visitante, Carga horária: 40

Atividades

03/2003 - 06/2003
Ensino, Biologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Bioética
06/2002 - 06/2003
Ensino, Saúde Coletiva, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Bioética, Genética e Reprodução

Aliança Brasileira de Genética, ABG, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - Atual
Vínculo: Conselho de Ética, Enquadramento Funcional: Consultor, Carga horária: 2

Atividades

05/2006 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Conselho de Ética, .

Cargo ou função
Representante do Conselho de Ética.

Conselho Federal de Medicina, CFM, Brasil.
Vínculo institucional

1998 - 2000
Vínculo: Consultora, Enquadramento Funcional: Consultora, Carga horária: 0
Outras informações
Como consultora de bioetica do CFM, em um projeto de Educação Médica Continuada em Bioética, meu papel foi supervionar a produção de programas televisivos educativos em bioética. Foram produzidos sob a minha supervisão 77 vídeos.

Atividades

8/1998 - 06/2000
Pesquisa e desenvolvimento , Programa de Educação Médica Continuada, Brasília.
8/1998 - 06/2000
Serviços técnicos especializados , Programa de Educação Médica Continuada, Brasília.

Serviço realizado
Produção de Vídeos em Bioética.

Instituto Camillo Filho, ICF, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2003
Vínculo: Professora Visitante, Enquadramento Funcional: Professora Visitante - Extensão

Atividades

04/2003 - 04/2003
Extensão universitária , Curso de Direito, .

Atividade de extensão realizada
Curso de Extensão em Bioética.

Instituto Camillo Filho e Anis: Instituto de Bioética, Direitos Humanos e, ISC E ANIS, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professora

Vínculo institucional

2007 - 2008
Vínculo: Coordenadora de Curso, Enquadramento Funcional: Coordenadora
Outras informações
Coordenadora do Curso de Especialização em Bioética e Direitos Humanos

Vínculo institucional

2004 - 2004
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professora

Atividades

01/2009 - Atual
Ensino, Curso de Especialização em Bioética e Direitos Hum, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Fundamentos da Bioética
01/2004 - 12/2005
Ensino, I Curso de Especialização em Bioética, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Projeto de Conclusão de Curso

Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Sul, CRMRS, Brasil.
Vínculo institucional

1999 - 2000
Vínculo: Consultora, Enquadramento Funcional: Escritor, Carga horária: 0

Atividades

3/1999 - 3/2000
Serviços técnicos especializados , Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Sul, Jornal.

Serviço realizado
Ensino de Bioética.

Ronaldo Duque e Associados, DUQUE, Brasil.
Vínculo institucional

1999 - 2000
Vínculo: Assessora Bioética, Enquadramento Funcional: Assessora, Carga horária: 4

Atividades

4/1999 - 3/2000
Serviços técnicos especializados , Produtora, .

Serviço realizado
Produção de Vídeos Educativos em Bioética.

Sociedade Brasileira de Bioética, SBB, Brasil.
Vínculo institucional

1998 - 2001
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro da Comissão de Ética, Carga horária: 0

Atividades

01/2006 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Revista Brasileira de Bioética ? RBB, .

Cargo ou função
Membro do Conselho Editorial da Revista Brasileira de Bioética ? RBB.
10/1998 - 08/2001
Direção e administração, Comitê de Ética, .

Cargo ou função
Representante do Comitê de Ética.

União Pioneira de Integração Social, UPIS, Brasil.
Vínculo institucional

1997 - 1999
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 10

Vínculo institucional

1993 - 1995
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 10

Atividades

3/1997 - 10/1997
Ensino,

Disciplinas ministradas
Projeto CineDebate

Universidade Católica de Brasília, UCB/DF, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - 2002
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 20

Atividades

10/2000 - 10/2002
Pesquisa e desenvolvimento , Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, .
10/2000 - 10/2002
Ensino, Psicologia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Bioética
Metodologia

Hospital Heliópolis - Unidade de Gestão Assistencial 1, HELIOPOLIS, Brasil.
Vínculo institucional

1998 - 1998
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 0

Atividades

9/1998 - 9/1998
Ensino, Medicina (Cirurgia de Cabeça e Pescoço), Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Bioética

O Corpo e a Letra, CORPO, Brasil.
Vínculo institucional

1996 - 1996
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 0

Atividades

9/1996 - 9/1996
Treinamentos ministrados , O Corpo e a Letra, .

Treinamentos ministrados
Antropologia do Corpo

Intern. Network for the Reduction of Abortion Discrimination and Stigma, INROADS, Estados Unidos.
Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: Membro do Comitê Diretor, Enquadramento Funcional: Membro do Comitê Diretor


International Network of the UNESCO Chair in Bioethics (Haifa), UNESCO, Israel.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Membro do Steering Committee, Enquadramento Funcional: ENSP/Fiocruz
Outras informações
Brazil - Rio de Janeiro Bioethics Unit of the International Network of the UNESCO Chair in Bioethics (Haifa) at the National School of Public Health (ENSP/Fiocruz). Integrante do Steering Committee da Cátedra UNESCO de Bioética na Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP/Fiocruz).


Instituto UniCEUB de Cidadania, IUC, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Membro do Conselho Acadêmico, Enquadramento Funcional: Membro do Conselho Acadêmico


Ministério da Saúde, MS, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Integrante de grupo de estudos, Enquadramento Funcional: Integrante de grupo de estudos
Outras informações
Rede Nacional de Especialistas em Zika e Doenças Correlatas ? RENEZIKA


Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Coordenadora de atividade, Enquadramento Funcional: Coordenadora
Outras informações
Coordenadora da atividade "Bioética na prática: defesa dos direitos humanos na área da saúde no Brasil", na disciplina Seminários de Bioética, oferecido pela Pós-graduação em Ciências da Saúde: Infectologia e Medicina Tropical da Faculdade de Medicina da UFMG.



Linhas de pesquisa


1.
Direitos Humanos e Feminismo
2.
Documentário e Antropologia Visual
3.
Saúde Coletiva e Bioética


Projetos de pesquisa


2016 - Atual
Zika, direitos fundamentais e políticas sociais
Descrição: A presente pesquisa visa preencher uma lacuna sobre a compreensão das necessidades, atitudes e práticas relacionadas ao planejamento familiar (prevenção em tempo de epidemia, aborto e gravidez) e cuidado em saúde no contexto da epidemia do vírus zika. Para tanto, será realizado um estudo prospectivo com grupos de mulheres com crianças com a síndrome do zika congênito, grávidas e não-grávidas, parceiros do sexo masculino e profissionais de saúde sobre as atitudes, práticas e necessidades relacionadas à gravidez e ao planejamento familiar em tempo de epidemia do vírus zika..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Debora Diniz Rodrigues - Coordenador / Luciana Stoimenoff Brito - Integrante / Sinara Gumieri - Integrante / Gabriela Rondon - Integrante / Vanessa Canabarro Dios - Integrante / Artur de Andrade Neves Menescal - Integrante.
2015 - Atual
Arquivo de um reformatório para adolescentes em conflito com a lei no DF: reconstrução da trajetória institucional do Centro de Atendimento Juvenil Especializado (CAJE)
Descrição: O presente projeto pretende realizar pesquisa documental nos arquivos que contam sobre a trajetória institucional e dos 38 anos de funcionamento do antigo Centro de Atendimento Juvenil Especializado (CAJE), unidade destinada ao abrigo de adolescentes em conflito com a lei no Distrito Federal. A pesquisa terá como objetivo geral resgatar a história institucional do CAJE através de pesquisa em arquivos administrativos desde sua inauguração à desativação e demolição do edifício, a fim de analisar a reconstrução da política de socioeducação no Distrito Federal. O estudo consistirá em quatro etapas e terá duração de 24 meses. A primeira etapa terá como finalidade o levantamento das publicações nos últimos 10 anos sobre o tema da infração na adolescência e medida socioeducativas para criação de biblioteca digital e construção das unidades de análise; a segunda etapa terá como objetivo a recuperação, mapeamento e digitalização dos documentos do CAJE sob guarda da Secretaria da Criança do DF; a terceira etapa será a de análise qualitativa dos documentos a partir da técnica da teoria fundamentada; a quarta e última etapa será a de divulgação dos resultados de pesquisa..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (2) .
Integrantes: Debora Diniz Rodrigues - Coordenador / Natália Pereira - Integrante / Luciana Stoimenoff Brito - Integrante / Sinara Gumieri - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2015 - Atual
Observatório sobre idade penal nas mídias brasileiras e radiografia das adolescentes em medida socioeducativa no Distrito Federal
Descrição: O presente projeto pretende realizar radiografia da infração na adolescência, tomando como perspectiva duas dimensões do real. A primeira dimensão refere-se à representação da infração na adolescência e analisará a formação de opinião e opinião pública nas mídias brasileiras. A segunda dimensão refere-se aos fatos e analisará o perfil das adolescentes em conflito com a lei e as concepções sobre a aplicação da medida socioeducativa de privação de liberdade. Essa dimensão investigará quem são as meninas em conflito com a lei, como vivem no contexto de privação de liberdade e tomará como recorte as adolescentes do sexo feminino no Distrito Federal..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) Doutorado: (1) .
Integrantes: Debora Diniz Rodrigues - Coordenador / Luciana Stoimenoff Brito - Integrante / Sinara Gumieri - Integrante / Bruna Santos Costa - Integrante / Gabriela Rondon - Integrante.
2014 - Atual
Mulheres perigosas - o infanticídio nos manicômios
Descrição: Este projeto de pesquisa tem por objetivo geral analisar os discursos sobre as infanticidas loucas que vivem em manicômios judiciários, a fim de entender como os saberes penais e psiquiátricos se sobrepõem para definir o estatuto antinatural da mulher perigosa que mata seus filhos. Os objetivos específicos são a) esquadrinhar os saberes policiais, penais e psiquiátricos sobre a mulher louca e infanticida; b) recuperar os murmúrios da mulher infanticida sobre si mesma e seu sofrimento; c) avaliar o dobramento penal-psiquiátrico para a determinação da medida de segurança à mulher louca e infanticida..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (3) .
Integrantes: Debora Diniz Rodrigues - Coordenador / Natália Pereira - Integrante / Júlia Albuquerque - Integrante / Luciana Stoimenoff Brito - Integrante / Juliana Paiva - Integrante / Cecília Froemming - Integrante / Laura Sarmiento Marulanda - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2014 - Atual
Judicialização de medicamentos de alto custo no Brasil: 2010 a 2013
Descrição: Este projeto fará uma análise da judicialização de medicamentos de alto custo no Brasil, com o objetivo de oferecer evidências para advocacy pelo direito à saúde, e contribuir com a revisão das políticas de saúde farmacêutica no país..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) .
Integrantes: Debora Diniz Rodrigues - Coordenador / João Neves - Integrante / Luciana Stoimenoff Brito - Integrante / Sinara Gumieri - Integrante.Financiador(es): Open Society Foundations - Outra.
2014 - Atual
Acesso das famílias de mulheres presas ao Programa Bolsa Família no Distrito Federal
Descrição: O objetivo do presente projeto é realizar diagnóstico sobre o acesso ao Cadastro Único das famílias das mulheres presas no Presídio Feminino do Distrito Federal (Colmeia). A pesquisa será desenvolvida em quatro fases complementares, com vistas a compreender: (i) o perfil sociodemográfico das mulheres presas na Colmeia pelas seguintes variáveis: renda, número de filhos, local de moradia da família, entre outras a serem definidas; (ii) conhecer as organizações atuantes no presídio que realizam a ponte entre as presas, suas famílias e as políticas sociais, dando prioridade para os profissionais da própria instituição, e instituições religiosas autorizadas a realizar atividades internamente ou de outras organizações civis; (iii) realizar observação participante com as famílias das presas durante os dias de visita na Penitenciária e realizar entrevistas semiestruturadas sobre acesso ao Cadastro Único e ao Bolsa Família; (iv) sistematização dos dados coletados com vistas a produzir subsídios para auxiliar no acesso às famílias de presas às políticas do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), escrita de artigos acadêmicos e participação em fóruns políticos e acadêmicos de debates..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - Atual
Mapeamento das denúncias de tortura contra adolescentes em privação de liberdade no território brasileiro
Descrição: Mapear e acompanhar a trajetória das denúncias de tortura contra adolescentes em privação de liberdade no território brasileiro, a fim de conhecer os encaminhamentos e soluções encontradas para o combate à tortura e maus tratos, bem como subsidiar políticas específicas para a população de adolescentes em conflito com a lei..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) Doutorado: (1) .
Integrantes: Debora Diniz Rodrigues - Coordenador / Luciana Stoimenoff Brito - Integrante / Sinara Gumieri - Integrante / Gabriela Rondon - Integrante.Financiador(es): Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República - Outra.
2013 - 2014
Observatório sobre direitos sexuais nas mídias brasileiras
Descrição: O presente projeto pretende instalar um observatório sobre direitos sexuais nas mídias brasileiras, a ser intitulado Observatório Igualdade Sexual. O objetivo é identificar as matrizes de enquadramento da igualdade sexual por veículos nacionais e regionais por meio de técnicas mistas e comparativas de levantamento e análise dos dados. O universo de análise serão matérias jornalísticas publicadas em veículos impressos e em plataformas digitais de circulação regional e nacional. A hipótese de pesquisa é a de que a igualdade sexual é um conceito diferentemente negociado quanto à sua aceitação pelas mídias, a depender da demanda política dos movimentos sociais ou dos indivíduos. A hipótese secundária é que o discurso dos direitos humanos concorre com estigmas de gênero associados à diversidade sexual e com outras formas de enfrentamento à discriminação, como a abordagem policial e reparação por meio de ações judiciais. As matérias serão recuperadas a partir de uma base de dados de clipping nacional de matérias sobre diversidade sexual. Será feita uma análise em profundidade das matérias publicadas por veículos nacionais e regionais que publiquem notícias simultaneamente em formato impresso e eletrônico..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) Doutorado: (2) .
Integrantes: Debora Diniz Rodrigues - Coordenador / Roger Raupp Rios - Integrante / Malu Fontes - Integrante / Lina Vilela Santos - Integrante / Juliana Paiva - Integrante / Sinara Gumieri - Integrante / Cecília Froemming - Integrante / Gabriela Rondon - Integrante / Andrea Cronemberger Rufino - Integrante / Tobias Sponchiado - Integrante / Luiz Gustavo Oliveira Souza - Integrante.Financiador(es): SEDH/PR - Auxílio financeiro.
2012 - 2015
Um estudo censitário sobre os serviços de aborto legal no Brasil
Descrição: O objetivo geral deste projeto de pesquisa é realizar um censo nos Serviços de Aborto Legal no Brasil em 2012, tendo as seguintes variáveis como referência: a) organização institucional; b) composição da equipe multiprofissional; c) fluxo de atendimento; d) perfil das mulheres atendidas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2014
Crime de Mulheres no Distrito Federal: um estudo longitudinal no Presídio Feminino
Descrição: Este projeto de pesquisa tem por objetivo geral radiografar o crime feminino no Distrito Federal, tendo por unidade de análise as quase 10.000 pastas de documentos dos arquivos permanente e atual da única unidade prisional feminina do Distrito Federal, Colméia. Trata-se de um estudo na interface de diferentes saberes, em particular o direito, a história e a antropologia, em uma perspectiva dos direitos humanos. O levantamento de dados será realizado no setor de arquivos da Colméia, cujas pastas de documentos encontram-se catalogados, segundo o critério temporal de entrada da mulher na entidade. É um estudo de abrangência local, de natureza quantitativa e qualitativa, com pesquisa em arquivos permanentes e ativos do presídio. A população atual da Colméia é de 540 mulheres e se estima um arquivo permanente de 10.000 casos. Os objetivos específicos do projeto são: 1. traçar um perfil das mulheres presas no Distrito Federal em um período de 51 anos de acordo com variáveis sociodemográficas e penais; 2. demonstrar variações no perfil e apontar tendências atuais que permitam o delineamento de políticas públicas voltadas a essa população; 3. definir estudos de caso como resultado da fase exploratória-descritiva da pesquisa..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Debora Diniz Rodrigues - Coordenador / João Neves - Integrante / Fabiana Paranhos - Integrante / Juliana Paiva - Integrante / Rayane Noronha - Integrante / Júlia Freire de Alencastro - Integrante / Janaína Frota - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2012 - 2014
Avaliação da efetividade da intervenção do sistema de justiça do Distrito Federal para a redução da violência doméstica e familiar contra a mulher
Descrição: Este projeto de pesquisa tem por objetivo geral avaliar como o instituto da ?suspensão condicional do processo? afeta a condução de processos criminais de violência contra a mulher no Distrito Federal, no período de 2006 a 2012. A ?suspensão condicional do processo? é um instituto jurídico que permite a suspensão do processo com a implementação de medidas protetivas em favor da mulher e determinações de medidas a serem cumpridas pelo réu, além do acionamento de outros dispositivos jurídicos e de políticas públicas para a intervenção nos casos que chegam à Justiça. Há uma controvérsia jurídica e política em curso sobre sua adequação para os processos de violência contra a mulher. No Distrito Federal, há registros de Juizados de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, cumulados ou não com outras competências, que implementaram o instituto da ?suspensão condicional do processo?. Não há, contudo, avaliações sobre o impacto desse instituto no curso do processo criminal, na proteção dos direitos da mulher e na sensibilização do agressor para o fim do ciclo de violência. Projeto dentro da iniciativa MPEficaz do MPDFT..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Debora Diniz Rodrigues - Coordenador / João Neves - Integrante / Fabiana Paranhos - Integrante / Juliana Paiva - Integrante / Érica Quináglia - Integrante / Sinara Gumieri - Integrante / Bruna Santos Costa - Integrante / Jéssica D'Avilla e Oliveira - Integrante / Marcos Venicius de Oliveira Silva - Integrante / Raylane Stephany Barbosa de Souza - Integrante.Financiador(es): Escola Superior do Ministério Público da União - Outra.
2011 - 2014
Observatório da violência contra a mulher no DF
Descrição: O objetivo deste projeto de pesquisa foi o de radiografar o fenômeno da violência contra a mulher no Distrito Federal, tendo o Instituto Médico Legal do Distrito Federal como unidade de análise..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2011 - 2014
Conscientious Objection in legal abortion services in Brazil / Objeção de Consciência e Serviços de Aborto Legal no Brasil
Descrição: A objeção de consciência por razões religiosas é a principal estratégia moral para obstruir o acesso das mulheres aos serviços de aborto legal no Brasil. O objetivo geral deste projeto é garantir que os direitos das mulheres ao aborto legal não sejam restringidos pela objeção de consciência de médicos ginecologistas e obstetras (gineco-obstetras). Nosso objetivo é garantir que as políticas públicas protejam as mulheres, tendo como com referência evidências de pesquisa que mostrem como o dever institucional do cuidado é ameaçado por crenças privadas. O aborto no Brasil é autorizado em duas situações: em casos de estupro ou risco de vida para a mãe. Os objetivos são: 1. realizar um survey quali-quantitativo em nível nacional entre gineco-obstetras para coletar casos, opiniões e práticas relacionados à objeção de consciência em programas de aborto legal; 2. realizar uma pesquisa qualitativa entre gineco-obstetras chefes de cinco serviços de aborto legal em cinco capitais; 3. formular um documento ético-normativo com recomendações sobre objeção de consciência para médicos para o Ministério da Saúde, com o objetivo de fortalecer a política pública vigente..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) .
Integrantes: Debora Diniz Rodrigues - Coordenador / João Neves - Integrante / Seânio Sales - Integrante / Miryam Mastrella - Integrante / Madeiro, Alberto - Integrante / Fabiana Paranhos - Integrante / Juliana Paiva - Integrante.Financiador(es): Safe Abortion Action Fund - Outra.
2010 - 2012
Hospitais de Custódia e Tratamento Psiquiátricos: um estudo censitário
Descrição: O projeto tem como objetivo geral o acesso e o reconhecimento dos direitos das pessoas presas, internadas e egressas, por meio da realização de um censo nos Hospitais de Custódia e Tratamento Psiquiátricos (HCTP), a fim de fundamentar ações de assistência e garantia de direitos articuladas à realidade dessa população. A pesquisa de campo será realizada nas 23 unidades de HCTP, e também nas 2 alas psiquiátricas existentes em penitenciárias comuns, abrangendo cerca de 4.500 pessoas em todo o país. Os HCTP, também conhecidos como manicômios judiciários, são instituições invisíveis, não apenas por segregarem e excluírem os seus internos do convívio comunitário, mas também por estarem às margens de processos políticos e sociais fundamentais à democracia. Os HCTP estão também ocultos ao movimento da reforma psiquiátrica e à grande parte das ações de revisão do sistema prisional brasileiro. Esse limbo entre a psiquiatria e a lei dificulta a garantia dos direitos sociais e humanos do louco infrator. São instituições que carecem das diretrizes norteadoras tanto da política nacional de saúde mental quanto da política nacional de segurança pública. Os objetivos específicos desta pesquisa são (1) apresentar a magnitude da população de internos em HCTP, e (2) traçar um perfil dessa população quanto a: (a) número de internações; (b) tempo de permanência no HCTP; (c) ato infracional; (d) diagnóstico médico; (e) escolaridade; (f) região; (g) cor; (h) sexo; (i) idade; (j) situação legal (medida de segurança ou outra); (k) registro civil; (l) situação jurídica (curatela ou autonomia civil)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2010 - 2011
Judicialização do direito à saúde: o caso do Distrito Federal
Descrição: Esta proposta tem por objetivo geral analisar as tendências do Poder Judiciário frente às demandas sobre judicialização do direito à saúde, por meio de um estudo de caso de demandas judiciais cíveis por acesso à assistência em saúde no Distrito Federal. Por judicialização do direito à saúde, entende-se a judicialização de variadas prestações de saúde (assistência em saúde, medicamentos, suplementos alimentares, custeio de tratamento no exterior, entre outras), tal como proposto pelo despacho para a audiência pública de instrução do Supremo Tribunal Federal sobre esta matéria em 2009. A escolha do direito à saúde como estudo de caso para esta investigação se justifica pelas seguintes razões: 1. estudos acadêmicos e dados oficiais da União, Estados e Municípios demonstram o crescimento da judicialização do direito à saúde em todo o território nacional; 2. não há consenso sobre qual deva ser a participação do Poder Judiciário nesta matéria no Brasil, tendo sido esta uma das questões centrais que justificaram o ciclo de audiências públicas do STF; 3. não há estudos sistemáticos em profundidade no Distrito Federal sobre o fenômeno da judicialização do direito à saúde, o que acarreta uma ausência de dados confiáveis para o debate sobre a implementação e a garantia dos direitos sociais relacionados à política de saúde nessa unidade da federação; 4. a recente formação de um grupo de trabalho pelo Conselho Nacional de Justiça para elaborar estudos e propor medidas concretas e normativas frente à judicialização das prestações de saúde no Brasil; 5. a importância de informações estatísticas e detalhadas sobre o julgamento de ações para o diagnóstico dos problemas envolvidos na prestação jurisdicional. O objetivo geral da pesquisa é analisar as tendências do Poder Judiciário frente às demandas sobre judicialização do direito à saúde a fim de propor alternativas à judicialização quanto à efetivação do direito à saúde.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2010 - 2011
Judicialização da Saúde no Brasil: uma análise das ações judiciais do Ministério da Saúde
Descrição: Identificar as doenças mais judicializadas que alcançam o Ministério da Saúde. Levantar e analisar estudos nacionais e internacionais sobre o fenômeno da judicialização de medicamentos. Analisar as demandas à luz das diretrizes do Ministério da Saúde, da literatura nacional e internacional e das políticas disponíveis para as doenças judicializadas.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2010 - 2010
Loucura e Direito Penal: uma análise crítica das Medidas de Segurança
Descrição: Esta proposta visa analisar a execução das medidas de segurança no país, a fim de avaliar seus limites quanto à constitucionalidade. O objetivo geral é realizar um diagnóstico comparativo da constitucionalidade das medidas de segurança nos estados da Bahia e Minas Gerais, de forma a apresentar evidências que permitam impulsionar uma revisão da legislação penal à luz das garantias constitucionais. Medidas de segurança é a sanção penal aplicável às pessoas que cometeram crimes, mas que são inimputáveis em razão de serem portadoras de transtorno, doença ou deficiência mental, de acordo com o Código Penal Brasileiro (CPB) e com a Lei n. 7.210 de 1984, conhecida como Lei de Execuções Penais (LEP). Os Hospitais de Custódia e Tratamento Psiquiátrico (HCTP) são as instituições nas quais ocorre a execução das medidas de segurança de internação, aplicáveis no caso de crimes puníveis com reclusão ou quando o juiz, mesmo diante de um crime apenado com detenção, submete o agente inimputável à internação. No Brasil, além dos HCTP, há Alas Psiquiátricas em Presídios Comuns (APPC), nas quais também ocorre a execução das medidas de segurança. Estima-se que cinco mil pessoas vivam nos trinta e um HCTP e APPC no país. A Lei n. 10.216, de 6 de abril de 2001, conhecida como Lei da Reforma Psiquiátrica, trouxe uma nova compreensão sobre a saúde mental ao proibir o tratamento psiquiátrico em regime asilar e introduzir como finalidade permanente o cuidado e a reinserção social do paciente. Segundo o novo paradigma de atenção psicossocial implementado pela legislação referida, a internação deve ser estruturada de forma a oferecer assistência integral à pessoa portadora de transtornos mentais, incluindo serviços médicos, de assistência social, psicológicos, ocupacionais e de lazer. Os objetivos específicos desta proposta de pesquisa são: 1. traçar um perfil censitário de delitos, diagnósticos e dados sócio-demográficos da população vivendo sob medida de segurança nos HCTP dos estados da Bah..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2011
Homofobia e adoção: desafios ao reconhecimento legal de novas famílias
Descrição: Este projeto corresponde à fase de pesquisa de campo para elaboração de documentário etnográfico sobre adoção de crianças por casais não-heterossexuais. O projeto será realizado pela organização não-governamental Anis: Instituto de Bioética, Direitos Humanos e Gênero, entidade de pesquisa sem fins lucrativos, em parceria com o Laboratório Imagens & Palavras da Universidade de Brasília. Todo o equipamento para filmagens e edição já está disponível nas duas entidades. O objetivo do projeto é produzir um documentário etnográfico com casais não heterossexuais que adotaram legalmente crianças, a fim de oferecer evidências de que a homofobia dificulta a emergência de novos arranjos familiares pela adoção de crianças. Este projeto corresponde à fase de pesquisa de campo do filme, isto é, fase de pré-produção do documentário etnográfico. A pergunta da pesquisa, e que guiará o roteiro do filme, é que casais não-heterossexuais enfrentam violência institucional, resultado de valores homofóbicos, no processo de adoção legal de crianças para constituir família. Será realizada uma busca ativa de histórias de vida por um chamado à participação voluntária de casais que tenham adotado legalmente crianças. A busca será feita por redes e movimentos de diversidade sexual. Serão realizadas visitas exploratórias para recuperação das histórias de vida e, posteriormente, entrevistas em profundidade para a elaboração do roteiro etnográfico. A estimativa é que o roteiro se baseie em três histórias familiares de adoção, a partir de uma maior recuperação de famílias na primeira fase de visitas exploratórias. Os instrumentos de levantamento de dados serão entrevistas abertas com roteiro por tópico-guia, análise de arquivos fílmicos e fotográficos familiares, entrevistas e observação da vida cotidiana gravadas por imagens. O projeto será submetido à avaliação por um comitê de ética em pesquisa especializado em Ciências Humanas antes de seu início na Universidade de Brasília. Ao final desta pesqu.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Debora Diniz Rodrigues - Coordenador / Tatiana Lionço - Integrante / Vanessa Carrião - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2009 - 2010
Pesquisa Nacional de Aborto (PNA) - Planejamento familiar para a promoção da saúde sexual e reprodutiva que são eficazes na prevenção do aborto
Descrição: Em 2007, o governo federal lançou a política nacional de planejamento familiar. Entre as ações previstas pela política quatro merecem destaque: 1. a venda nas farmácias populares de anticoncepcionais com preços acessíveis para a maioria da população; 2. a inclusão da vasectomia na política nacional de cirurgias eletivas; 3. divulgação de informações sobre os métodos contraceptivos, com o intuito de orientar à população sobre diferentes formas de planejar a fecundidade; 4. aprimoramento da qualidade e ampliação dos serviços públicos de saúde que realizam laqueadura. O aborto inseguro é considerado problema de saúde pública. Por estar relacionado a casos de gravidez indesejada, este problema é alvo da política nacional de planejamento familiar que, entre seus objetivos, buscar orientar à população sobre diferentes formas de planejar a fecundidade. Informações sobre abortos no Brasil são cruciais para o planejamento futuro e implementação da política de saúde reprodutiva. Atualmente estas informações são escassas e dificultam a ação do Estado brasileiro para reduzir o aborto inseguro. A pesquisa pretende traçar a magnitude do aborto no Brasil de modo a relacioná-la às ações da política..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Debora Diniz Rodrigues - Coordenador / Rosana Castro - Integrante / Marcelo Medeiros - Integrante / Lina Vilela Santos - Integrante / Guaia Monteiro - Integrante / Renata Brito - Integrante / Helena Patini Lancellotti - Integrante / Barbara Silva - Integrante.Financiador(es): Ministério da Saúde - Auxílio financeiro.
2009 - 2010
Livros didáticos de ensino religioso e diversidade cultural
Descrição: Analisar a qualidade discursiva de uma amostra de livros didáticos de ensino religioso a partir de categorias de análise estabelecidas com base nas recomendações da Convenção sobre a proteção e promoção da diversidade das expressões culturais, ratificada pelo Brasil pelo Decreto Legislativo 485/2006..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Debora Diniz Rodrigues - Coordenador / Tatiana Lionço - Integrante / Vanessa Carrião - Integrante / Rosana Castro - Integrante.Financiador(es): Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura - Auxílio financeiro.
2009 - Atual
Produção de vídeo documentário com histórias de vida de usuários da rede pública de saúde mental
Descrição: Este projeto tem o objetivo de realizar filme documentário sobre a Cracolândia, em São Paulo..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) .
Integrantes: Debora Diniz Rodrigues - Coordenador / João Neves - Integrante / Luciana Stoimenoff Brito - Integrante / Fabiana Paranhos - Integrante / Sinara Gumieri - Integrante.Financiador(es): Ministério da Saúde - Outra.
2008 - 2011
Bioética Feminista, Direitos Sexuais e Reprodutivos: ações de assessoramento, pesquisa e capacitação
Descrição: O projeto ?Bioética feminista, direitos sexuais e reprodutivos: ações de assessoramento, pesquisa e capacitação? inscreve-se entre três campos disciplinares e políticos: a ética aplicada (bioética), os estudos de feminismo e gênero, e de direitos humanos. Em continuidade às ações desenvolvidas no biênio 2006-2008, pelo projeto ?Bioética Feminista: ações de assessoramento, pesquisa e capacitação em direitos sexuais e reprodutivos?, este projeto de difusão, intervenção e educação em bioética e direitos sexuais e reprodutivos terá como objetivo geral promover ações de assessoramento, pesquisa e capacitação em bioética, sob a perspectiva dos direitos humanos e do feminismo, no campo dos direitos sexuais e reprodutivos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Debora Diniz Rodrigues - Coordenador / Lina Vilela Santos - Integrante / Fabiana Paranhos - Integrante.Financiador(es): Fundação Ford - Auxílio financeiro.
2008 - 2011
Anemia falciforme, informação genética e aconselhamento genético: os desafios do Programa Nacional de Triagem Neonatal
Descrição: Este projeto tem como objetivo analisar a experiência de aconselhamento genético a partir de estudo etnográfico em dois centros de referência para triagem neonatal em anemia falciforme. A anemia falciforme justifica-se por se tratar da doença genética mais prevalente na população brasileira. A pesquisa será realizada em dois centros de triagem, um localizado na cidade de Brasília-DF e outro na cidade de Salvador-BA. O trabalho de campo será feito por meio do método de observação participante e utilizará entrevistas semi-estruturadas. Os resultados da pesquisa serão divulgados: publicação de dois artigos científicos em periódicos indexados; participação em seminários e eventos científicos nacionais e internacionais; e publicação de artigos em jornais de divulgação. Com os resultados dessa pesquisa espera-se promover o debate sobre as especificidades éticas do aconselhamento genético, em especial sobre uma doença genética com um programa pioneiro no campo da saúde pública..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2010
Sistema Cep/Conep: diagnóstico e proposições
Descrição: O objetivo deste projeto é analisar o sistema regulatório brasileiro em ética em pesquisa. Será feita uma análise comparada com outras regulamentações internacionais, a fim de permitir uma avaliação propositiva do sistema brasileiro.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Debora Diniz Rodrigues - Coordenador.Financiador(es): Ministério da Saúde - Auxílio financeiro.
2008 - 2010
Quando o aborto se aproxima do tráfico: uma análise da comercialização do misoprostol
Descrição: Este projeto analisará um conjunto de processos penais de venda ilegal de misoprostol. A pesquisa considerará as ações penais que tenham sido transitadas e julgadas. O objetivo é conhecer o itinerário de comercialização do misoprostol a partir das evidências apresentadas nos processos penais e nas narrativas das pessoas presas pela venda ilegal do medicamento, a fim de analisar novos cenários de risco para as mulheres que abortam na ilegalidade..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Debora Diniz Rodrigues - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2008 - 2009
Documentário A Casa dos Mortos sobre Manicômios Judiciários no Brasil
Descrição: Bubu é um poeta com doze internações em manicômios judiciários. Ele desafia o sentido dos hospitais-presídios, instituições híbridas que sentenciam a loucura à prisão perpétua. O poema A Casa dos Mortos foi escrito durante as filmagens do documentário e desvelou as mortes esquecidas dos manicômios judiciários. São três histórias em três atos de morte. Jaime, Antônio e Almerindo são homens anônimos, considerados perigosos para a vida social, cujo castigo será a tragédia do suicídio, o ciclo interminável de internações, ou a sobrevivência em prisão perpétua nas casas dos mortos. Bubu é o narrador de sua própria vida, mas também de seu destino de morte..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2009
Células-Tronco e Estado Laico: um desafio à liberdade de pesquisa
Descrição: Este projeto visa analisar a legislação comparada de 30 países sobre a pesquisa com células-tronco embrionárias e adultas. O objetivo é permitir a elaboração de um mapa que indique as tendências internacionais de pesquisa e regulação..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2009
Estudo e Pesquisa sobre a Incorporação da CIF para o Ministério da Saúde e nos Programas de Previdência e Assistência Social
Descrição: Descrever como a CIF foi incorporada nos programas de previdência e assistência social por meio de levantamento junto aos peritos médicos do INSS e análise das mudanças no perfil da população com deficiência atendida pelo INSS depois da substituição da CID pela CIF a partir de dados do Dataprev. Analisar o impacto da adoção da CIF para o Ministério da Saúde em termos de mudanças conceituais para suas ações, isto é, analisar em que medida as definições de saúde e deficiência atualmente utilizadas pelo Ministério da Saúde seriam alteradas pela adoção da CIF, conforme recomendado pela OMS. Traçar um perfil da população com deficiência no Brasil com base em diferentes fontes de informação e conceitos de deficiência, quais sejam o censo demográfico, a pesquisa nacional por amostra de domicílios, em que medida as distintas definições convergem. Estimar a população contida nesta interseção..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Debora Diniz Rodrigues - Coordenador / Tatiana Lionço - Integrante / Wederson Santos - Integrante / Janaína Penalva - Integrante / Medeiros, Marcelo - Integrante / Barbosa, Lívia - Integrante / Maria Cristina Fernandes - Integrante.Financiador(es): Ministério da Saúde - Auxílio financeiro.
2008 - 2009
Discriminação e Deficiência no Distrito Federal: o diálogo com o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios
Descrição: Avaliar como o fenômeno da discriminação contra pessoas com deficiência ocorre no Distrito Federal (DF). A pesquisa de campo será conduzida na Promotoria de Defesa dos Direitos do Idoso e Portador de Deficiência (PRODIDE) do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT). Esta pesquisa espera demonstrar como os interesses das pessoas com deficiência são ameaçados por restrições de direitos e atos de discriminação..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2007 - 2010
O Ensino Religioso nas Escolas Públicas Brasileiras: qual pluralismo?
Descrição: Este projeto analisará como o ensino religioso é regulamentado pelo Ministério da Educação e pelas Secretarias de Educação Estaduais e avaliará a qualidade dos livros didáticos de ensino religioso em circulação para o ensino público fundamental. Serão analisadas todas as leis, regulamentações federais e estaduais sobre o ensino religioso em escolas públicas e será realizada uma amostra de livros didáticos em circulação sobre ensino religioso para análise de conteúdo. O mapa da legislação nacional e estadual permitirá avaliar a diversidade de interpretações da regulamentação federal sobre o conteúdo do ensino religioso nas escolas públicas e a análise dos livros didáticos permitirá avaliar o papel de um instrumento chave à política de educação básica e médico no país para a promoção do conceito de diversidade religiosa e Estado laico..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2007 - 2009
Qual Diversidade Sexual dos Livros Didáticos Brasileiros?
Descrição: Este projeto avaliará a qualidade dos livros didáticos destinados ao ensino público fundamental e médio para a promoção da diversidade sexual e combate aos valores homofóbicos. Serão anali-sados todos os livros didáticos recomendados pela Secretaria de Educação Infantil e Fundamental (SEIF) e pela Secretaria de Educação Média e Tecnológica (SEMTEC), dentro do Programa Na-cional do Livro Didático (PNLD) e do Programa Nacional do Livro Didático para o Ensino Médio (PNLEM), e uma amostra de livros didáticos em circulação sobre orientação sexual e ensino reli-gioso. A análise dos livros didáticos permitirá avaliar o papel de um instrumento chave à política de educação básica e fundamental no país para a promoção da diversidade sexual. O produto final será um relatório analítico com evidências quantitativas e qualitativas sobre o conteúdo de diversidade sexual dos livros didáticos no Brasil. O relatório discutirá: 1. se há livros didáticos e/ou disciplinas onde o tema da diversidade sexual e homofobia se apresentam; 2. como se representa a diversidade sexual nos livros didáticos brasileiros; 3. papel do sistema de avaliação do livro didá-tico do Ministério da Educação para a promoção da diversidade sexual e combate à homofobia e 4. papel estratégico dos livros didáticos de orientação sexual e educação religiosa para a promo-ção de valores democráticos e saúde sexual para crianças e adolescentes. Os dados permitirão avaliar como o livro didático se situa na promoção de uma sociedade mais justa e tolerante frente à diversidade sexual. Os resultados finais poderão ser utilizados por editores, autores, professores e gestores de políticas de educação para o enfrentamento da homofobia em ambiente escolar e para a tomada de decisões positivas frente à diversidade sexual da população brasileira. Para o Ministério da Saúde, o relatório final poderá servir como subsídio técnico para proposições de a-ções junto ao Comitê Técnico Saúde da População GLTB (Portaria 2.227 de 14/10/04)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Debora Diniz Rodrigues - Coordenador / Cristiano Guedes - Integrante / Flavia Squinca - Integrante / Roger Raupp Rios - Integrante / Tatiana Lionço - Integrante / Cláudia Vianna - Integrante / Lula Ramires - Integrante / Wederson Santos - Integrante / Fernando Pocahy - Integrante / Taís Imperatori - Integrante / Janaína Penalva - Integrante / Barbosa, Lívia - Integrante / Rosana Medeiros de Oliveira - Integrante.Financiador(es): Programa Nacional de DST/AIDS - Auxílio financeiro.
2007 - 2008
Aborto e Saúde Pública: uma metanálise da literatura brasileira
Descrição: Este é um projeto de metanálise da literatura científica brasileira sobre aborto. O objetivo geral do projeto é levantar, sistematizar e compilar as evidências científicas de diferentes áreas do conhecimento sobre o aborto. Para isso, serão levantadas as fontes de informação e referências bibliográficas relacionadas ao tema do aborto produzidas no período de 1987 a 2007. A abrangência será de publicações em Língua Portuguesa, publicadas por autores, periódicos e editoras nacionais ou estrangeiras. O levantamento de dados cobrirá os seguintes tipos de informação: informação científica das diversas áreas, especialidades e subespecialidades do conhecimento, bem como informação social, política e religiosa produzida pela sociedade civil. O resultado deste projeto será um relatório sistematizado das evidências produzidas pela ciência brasileira sobre o tema do aborto, de forma a qualificar as principais teses atualmente em debate no cenário político..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Debora Diniz Rodrigues - Coordenador / Marilena Villela Dias Corrêa - Integrante.Financiador(es): Ministério da Saúde - Auxílio financeiro.
2006 - 2007
Deficiência em Questão
Descrição: O tema da deficiência norteia todas as pesquisas do Grupo de Pesquisa Ética, Saúde e Desigualdade. A deficiência é um tema desafiante para as políticas sociais e projetos de justiça de igualdade, dois campos de pesquisa e intervenção para o Grupo. Os projetos de PIBIC fazem parte de um projeto de pesquisa mais amplo realizado em parceria com outros centros de pesquisa, em particular o International Poverty Center (PNUD/IPEA) e a Anis: Instituto de Bioética, Direitos Humanos e Gênero. Desde 2004, desenvolvemos atividades de avaliação e de implementação de políticas sociais para a deficiência no Brasil e na América Latina. Em 2005, o projeto ?Transferência de Renda para Pessoas com Deficiências? foi financiado pelo CTNInfor e pela Fundação Ford, e o principal resultado foi o relatório ?Study of the Brazilian Programme for Cash Benefits to Disabled Persons and their Families: an analysis of the Continuous Cash Benefit Programme?, recentemente publicado como working paper pelo PNUD/IPEA. Para 2006, solicitamos apoio do CNPq no edital de Ciências Humanos de março passado para dar continuidade às pesquisas. A equipe é composta de estudantes de graduação vinculados ao PIBIC, estudantes de pós-graduação bolsistas da CAPES e de pesquisadores sêniors das entidades parceiras. Até o momento, foram publicados artigos científicos e relatórios técnicos, além de os pesquisadores terem participado intensamente de discussões políticas e acadêmicas em torno do tema no Brasil e no exterior..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Debora Diniz Rodrigues - Coordenador.Financiador(es): Universidade de Brasília - Bolsa.
2006 - 2006
Vídeo Etnográfico: Quem são elas?
Descrição: Este é um projeto de vídeo-etnográfico com mulheres que realizaram aborto em caso de anencefalia. Durante três meses, após a concessão da liminar do Supremo Tribunal Federal que autorizou o aborto neste caso, foram acompanhadas e gravadas as histórias de vida de 58 mulheres em 8 estados brasileiros. Para este projeto, serão analisadas as narrativas de 12 mulheres de 5 estados, dado o caráter representativo de suas histórias de vida para compreender a diversidade de razões que levam as mulheres a optar pelo aborto em caso de anencefalia no feto. As imagens foram capturadas pela pesquisadora-coordenadora deste projeto durante um trabalho etnográfico extenso sobre o processo decisório das mulheres pelo aborto em caso de gestação de fetos inviáveis. O projeto foi submetido a um Comitê de Ética em Pesquisa que aprovou a coleta de imagens e todas as mulheres assinaram o termo de consentimento livre e esclarecido, além de terem cedido o direito de imagem. As narrativas encontram-se em estado bruto, em um total de 82 horas de gravação. As histórias foram coletadas em dois momentos: inicialmente nos hospitais em que estas mulheres estavam internadas e, posteriormente, na residência, ocasião em que outros membros da família foram também entrevistados. O objetivo deste projeto é, de posse do material bruto, organizar as entrevistas sob a forma de uma narrativa etnográfica que explicite: 1. as histórias de vida de mulheres dependentes do Sistema Único de Saúde e da legalidade do aborto para a realização do procedimento médico de interrupção da gestação; 2. as ambigüidades inerentes à escolha pelo aborto em um momento da gestação em que as mulheres já são potencialmente futuras mães; 3. as razões morais que fundamentam a escolha das mulheres pelo aborto. O principal resultado deste projeto será a elaboração do vídeo-etnográfico narrado pelas próprias mulheres, de forma a descortinar um mundo privado de sofrimento, mas de fundamental importância para a elaboração de políticas púb.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado profissional: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Debora Diniz Rodrigues - Coordenador.
2006 - 2006
Bibliografia de Estudos Sobre a Violência Contra a Mulher no Brasil
Descrição: Este é um projeto multidisciplinar de levantamento e compilaçao da bibliografia brasileira sobre violência contra a mulher. Os objetivos do projeto são: Reunir as fontes de informação de estudos sobre violência contra a mulher no Brasil, no período de janeiro de 1980 a janeiro de 2005; Disseminar e democratizar o acesso às fontes de informação sobre violência contra a mulher no Brasil; Atualizar informação corrente sobre violência contra a mulher no Brasil; Complementar a demanda de informação de pesquisadoras, profissionais, educadoras e estudantes já iniciadas nos estudos sobre violência contra a mulher no Brasil; Orientar e estimular estudantes e público em geral na iniciação dos estudos sobre violência contra a mulher no Brasil; Abreviar tempo e recursos de pesquisadoras, educadoras, estudantes e público em geral para a busca por informação sobre violência contra a mulher; Divulgar, nacional e internacionalmente, esta área do conhecimento e linha de pesquisa sob a perspectiva brasileira. Foi publicada a obra "Bibliografia Maria da Penha: violência contra a mulher no Brasil"..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Debora Diniz Rodrigues - Coordenador.Financiador(es): Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres - Cooperação.
2005 - 2007
Teste do pezinho: anemia falciforme, aconselhamento genético e bioética
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Debora Diniz Rodrigues - Coordenador.
2005 - 2006
Liberdade de Cátedra e Direitos Sexuais e Reprodutivos
Descrição: O objetivo deste projeto é fomentar a criação de mecanismos jurídicos que garantam, promovam e protejam o ensino e a pesquisa em direitos sexuais e reprodutivos no Brasil, fortalecendo a norma constitucional da liberdade de cátedra. Vale frisar que a existência de uns poucos grupos atuantes ou mesmo de pesquisadores especializados sobre o tema dos direitos sexuais e reprodutivos em universidades confessionais não resolve a questão da incongruência jurídica entre a norma constitucional e a identidade confessional ou ideológica destes centros. A existência de exceções não anula a necessidade de garantias jurídicas universais. A pergunta deste projeto não deve ser sobre quais foram as estratégias adotadas por estas pesquisadoras para a inclusão do tema nestas universidades, mas sobre a promoção de garantias constitucionais para a liberdade de cátedra para o ensino e a pesquisa em direitos sexuais e reprodutivos no ensino superior brasileiro..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Debora Diniz Rodrigues - Coordenador.
2002 - 2006
Bioética Feminista: ações de pesquisa, assessoramento e advocacy
Descrição: O projeto ?Bioética Feminista: ações de assessoramento, pesquisa e capacitação em direitos sexuais e reprodutivos? inscreve-se entre dois campos disciplinares e políticos: a ética aplicada (bioética) e os estudos de feminismo e gênero. Em continuidade as ações desenvolvidas no biênio 2000-2002, pelo projeto ?Direitos Sexuais e Reprodutivos: um assessoramento do legislativo e da mídia impressa no Brasil sob a ótica da bioética feminista?, onde os objetivos foram a difusão da bioética feminista no Legislativo e na mídia impressa nacional, bem como a promoção de pesquisas sobre temas bioéticos relacionados à saúde e aos direitos sexuais e reprodutivos, este projeto de difusão, democratização e educação em bioética..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (14) / Mestrado profissional: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Debora Diniz Rodrigues - Coordenador / Ana America Gonçalves Silva - Integrante / Kátia Soares Braga - Integrante / Cristiano Guedes - Integrante / Fabiana Paranhos - Integrante / Marcelo Medeiros - Integrante.Financiador(es): Fundação Ford - Auxílio financeiro.
2001 - 2006
Novos desafios de justiça na pesquisa genética
Descrição: Este projeto teve início com a participação no Ethical, Legal and Social Implications of the Human Genome Project, em parceria com a médica sanitarista Marilena Corrêa, apoiada pelo CNPq. No Brasil, instituímos o I Programa Brasileiro de Implicações Éticas e Sociais do Projeto Genoma Humano que visava: 1.capacitar 14 pesquisadores de diferentes áreas do conhecimento para as implicações éticas e sociais das pesquisas genéticas e genômicas; 2.instituir um grupo de pesquisa permanente sobre o tema da genética e das implicações éticas e sociais; 3.estabelecer linhas de pesquisa e intervenção sobre temas prioritários e estratégicos à informação genética no Brasil. Com o grupo formado, institui-se um grupo de trabalho "Anemia Falciforme, Políticas de Saúde e Bioética no Brasil" responsável por desenvolver pesquisas e ações em políticas públicas voltadas para o tema da anemia falciforme. Agregaram-se ao projeto estudantes de graduação do Programa de Iniciação Científica da Universidade de Brasília e, em julho de 2004, foi lançado o livro "Admirável Nova Genética: bioética e sociedade"..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Debora Diniz Rodrigues - Coordenador.Número de orientações: 5


Projetos de extensão


2007 - 2009
Curso de Atualização a Distância em Ética em Pesquisa
Descrição: Este é um projeto de capacitação à distância destinado a membros de comitês de ética em pesquisa com seres humanos (CEP). O objetivo é fortalecer a ação de membros de comitês para o exercício de avaliação ética e acompanhamento de projetos de pesquisa por meio de uma formação em bioética aplicada à ética em pesquisa.. As atividades do projeto dividem-se em iniciativas de capacitação e de produção de informação especializada: um curso de atualização de 100 horas à distância para 200 membros de CEP promovido pela Universidade de Brasília, aquisição e distribuição de material bibliográfico para a educação continuada sobre ética em pesquisa e bioética. O público-alvo deste projeto são membros de CEP do sistema CEP/Conep de diferentes formações disciplinares e regiões do país. O projeto visa fortalecer a atividade dos CEP para o controle social da pesquisa científica..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Debora Diniz Rodrigues - Coordenador / Cristiano Guedes - Integrante / Fabiana Paranhos - Integrante / Flavia Squinca - Integrante / Udo Schuklenk - Integrante / Florencia Luna - Integrante / Wederson Santos - Integrante / Andrea Sugai - Integrante / Corrêa, Marilena - Integrante / Costa, Sérgio Ibiapina Ferreira - Integrante / Barbosa, Lívia - Integrante / Guerreiro, Iara - Integrante / Braga, Kátia Soares - Integrante.Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro.
2003 - 2004
O Serviço Social e a Enfermagem Enfrentam a Violência Sexual Contra a Mulher: um projeto de capacitação do ensino superior no Brasil
Descrição: Este é um projeto de capacitação de recursos humanos, tendo por público-alvo estudantes e professoras dos cursos de Serviço Social e Enfermagem de todo o país. O objetivo é proporcionar instrumentos pedagógicos que permitam a essas duas carreiras contemplar o tema da violência sexual contra a mulher em seus currículos, aperfeiçoando, assim, a atuação profissional e política das assistentes sociais e das enfermeiras. Por ser uma iniciativa educativa e em nível nacional, espera-se que uma geração de assistentes sociais e enfermeiras sejam sensibilizadas sobre a gravidade e urgência do tema, tornando-as capazes de reconhecer e enfrentar situações de violência sexual contra a mulher de maneiras mais eficazes e duradouras que as atuais. O projeto se divide em duas fases. Na primeira fase, intitulada ?Mapa dos Estudos e Pesquisas Sobre Violência Sexual Contra a Mulher no Brasil? serão realizadas duas ações: 1.pesquisa de identificação com todas as professoras universitárias de Serviço Social e de Enfermagem sobre pesquisas e ações no campo da violência sexual contra a mulher. O objetivo é identificar pontos focais de iniciativas, em especial aqueles não registrados no diretório de grupos de pesquisa do CNPq; 2.guia bibliográfico, ?Bibliografia Estudos Sobre Violência Sexual Contra a Mulher: 1984-2003?, cujo objetivo é proporcionar um diretório de autoras e obras em diferentes áreas do conhecimento sobre o tema da violência sexual contra a mulher. Na segunda fase, intitulada ?O Enfrentamento da Violência Sexual Contra a Mulher?, serão realizadas três ações: 1.kit didático contendo um programa de ensino sobre o tema da violência sexual contra a mulher aplicado a cada carreira com referências bibliográficas, sugestões de aula e temas para pesquisa; 2.pré-teste do kit didático na Universidade de Brasília, nos cursos de graduação em Serviço Social e Enfermagem e 3.distribuição do livro ?Bibliografia Estudos Sobre Violência Sexual Contra a Mulher: 1984-2003? e do kit didático.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.


Membro de corpo editorial


2016 - Atual
Periódico: Coleção Bioética e Ética Aplicada (Editora Fiocruz)
2013 - Atual
Periódico: Brasiliana (Rio de Janeiro)
2011 - Atual
Periódico: Revista dos estudantes de direito da Universidade de Brasília
2011 - Atual
Periódico: Editora Insular
2010 - Atual
Periódico: Gestão e Saúde (1982-4785)
2008 - Atual
Periódico: RECIIS. Revista eletrônica de comunicação, informação & inovação em saúde (
2007 - Atual
Periódico: SérieAnis (1518-1324)
2007 - Atual
Periódico: Ciência e Saúde Coletiva (Impresso)
2007 - Atual
Periódico: International Journal of Feminist Approaches to Bioethics (1937-4577)
2005 - Atual
Periódico: Developing World Bioethics (Print)
2005 - 2006
Periódico: Revista da Sociedade Brasileira de Bioética (1808-6020)
2004 - 2009
Periódico: Ser social (1415-6946)
2002 - Atual
Periódico: Editora LetrasLivres
2002 - Atual
Periódico: Journal of Bioethical Inquiry (1872-4353)
2002 - Atual
Periódico: PHYSIS Revista de Saúde Coletiva (0103-7331)


Membro de comitê de assessoramento


2014 - 2014
Agência de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
2012 - Atual
Agência de fomento: (CNPq) Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
2012 - 2012
Agência de fomento: Fundação de Empreendimentos Científicos e Tecnológicos
2011 - Atual
Agência de fomento: (FAP/DF) Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal


Revisor de periódico


2012 - 2012
Periódico: Cadernos de Saúde Pública
2006 - 2006
Periódico: Cadernos de Saúde Pública
2012 - 2012
Periódico: Revista Brasileira de Educação Médica
2006 - 2009
Periódico: Revista Brasileira de Educação Médica
2006 - 2006
Periódico: Mana - Estudos de Antropologia Social (0104-9313)
2006 - 2006
Periódico: Editora Fiocruz
2010 - 2010
Periódico: Revista Estudos Feministas
2003 - 2003
Periódico: Revista Estudos Feministas
2012 - 2012
Periódico: Bioethics (0269-9702)
2011 - 2011
Periódico: Bioethics (0269-9702)
2009 - 2009
Periódico: Bioethics (0269-9702)
2002 - 2004
Periódico: Bioethics (0269-9702)
2007 - 2007
Periódico: Ciência & Saúde Coletiva
2007 - Atual
Periódico: Editora Universidade de Brasília
2007 - 2007
Periódico: Revista Brasileira de Epidemiologia
2008 - Atual
Periódico: British Medical Bulletin
2008 - 2008
Periódico: Revista Anthropológicas
2010 - 2010
Periódico: Revista Brasileira de Ciências Sociais
2009 - 2009
Periódico: Revista Brasileira de Ciências Sociais
2009 - Atual
Periódico: Reproductive Health Matters
2009 - Atual
Periódico: Sexualidade, Saúde e Sociedade - Revista Latino-Americana
2012 - 2012
Periódico: Revista de Saúde Pública (USP. Impresso)
2009 - 2009
Periódico: Revista de Saúde Pública (USP. Impresso)
2009 - 2009
Periódico: Comitê de Avaliação e Seleção de Periódicos LILACS
2010 - 2010
Periódico: Interface. Comunicação, Saúde e Educação
2011 - 2011
Periódico: Genomics, Society and Policy
2012 - 2012
Periódico: Temporalis (Brasília)
2011 - 2011
Periódico: Temporalis (Brasília)
2011 - 2011
Periódico: História, Ciências, Saúde-Manguinhos (Impresso)
2004 - 2004
Periódico: História, Ciências, Saúde-Manguinhos (Impresso)
2011 - 2011
Periódico: Revista Katálysis (Impresso)
2011 - 2011
Periódico: Anthropology and Medicine
2011 - 2011
Periódico: MEDICC Review
2011 - 2011
Periódico: Journal of Medical Ethics
2011 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Ciência Política
2011 - Atual
Periódico: Em Pauta (Rio De Janeiro)
2011 - Atual
Periódico: AJOB Primary Research
2012 - 2012
Periódico: Journal of Clinical Research & Bioethics
2012 - Atual
Periódico: Coleção Scielo Brasil
2012 - Atual
Periódico: Bioethics (Oxford. Print)
2013 - Atual
Periódico: Revista Direito GV
2013 - Atual
Periódico: Ciência Hoje
2013 - 2013
Periódico: Etnográfica (Lisboa
2013 - 2013
Periódico: Journal of Medical Ethics
2014 - 2014
Periódico: Revista de Antropologia (USP. Impresso)
2014 - 2014
Periódico: Culture, Medicine and Psychiatry
2015 - Atual
Periódico: Bioethics (0269-9702)
2015 - 2015
Periódico: Revista de Estudos Empíricos em Direito
2015 - 2015
Periódico: Comitê de Avaliação e Seleção de Periódicos LILACS


Revisor de projeto de fomento


2014 - 2014
Agência de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
2014 - 2014
Agência de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
2012 - 2012
Agência de fomento: (FAPERJ) Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesq. do Estado do Rio de
2012 - Atual
Agência de fomento: Fundação de Empreendimentos Científicos e Tecnológicos
2011 - 2012
Agência de fomento: Financiadora de Estudos e Projetos
2016 - 2016
Agência de fomento: Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia / Feminismo, Direitos Sexuais, Direitos Reprodutivos e Violência.
2.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Saúde Coletiva / Saúde Mental, Sistema Prisional e Direitos Humanos.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Filosofia / Ética, Bioética e Estado Laico.


Idiomas


Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.
Italiano
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Japonês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2017
Prêmio Jabuti - categoria ciências da saúde para o livro "Zika do sertão nordestino à ameaça global", Câmara Brasileira do Livro.
2016
Prêmio Professor Parceiro da Imprensa, Universidade de Brasília.
2016
100 Leading Global Thinkers 2016, Foreign Policy Magazine.
2015
Prêmio Professor Parceiro da Imprensa, Universidade de Brasília.
2015
Concurso UNESCO - Dia dos Professores 2015 - O que faz do meu professor um herói? - Professora Homenageada, Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura - UNESCO.
2015
Orientadora - Menção Honrosa - Prêmio Destaque de Iniciação Científica do 19º Congresso de Iniciação Científica e 10º Congresso de Iniciação Científica do DF, Universidade de Brasília.
2014
Orientadora - Artigo Científico Premiado - 9º Prêmio Construindo a Igualdade de Gênero - Categoria Graduada (Sinara Gumieri), Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presid. da República / MCTI / MEC / CNPq / ONU Mulheres.
2014
Prêmio Pesquisador Parceiro da Imprensa, Universidade de Brasília.
2013
Prêmio Professor Parceiro da Imprensa, Universidade de Brasília.
2013
Orientadora - Menção Honrosa - Prêmio Destaque de Iniciação Científica do 19º. Congresso de Iniciação Científica da UnB e 10º. Congresso de Iniciação Científica do DF., Universidade de Brasília.
2012
Fred L. Soper Award for Excellence in Public Health Literature, Pan American Health Organization (PAHO) / Pan American Health and Education Foundation (PAHEF).
2012
Prêmio Professor Parceiro da Imprensa, Universidade de Brasília.
2011
Orientadora do Prêmio de Melhor Trabalho por Sessão (Sessão 20) - "Mulheres e Aborto no Distrito Federal: práticas e segredos", de Lina Vilela, VIII Congresso de Iniciação Científica do DF e XVII Congresso de Iniciação Científica da UnB.
2011
Membro Emérito, Liga Humanista Secular do Brasil - LiHS.
2010
Premio Latino-Americano de Derechos Humanos, Articulación Regional Feminista de Derechos Humanos y Justicia de Género.
2010
Menção Honrosa Prêmio Pierre Verger- Melhor Filme Etnográfico A Casa dos Mortos, Associação Brasileira de Antropologia.
2010
Melhor Roteiro Documentário - A Casa dos Mortos, III Curta Taquary - Taquaritinga do Norte PE.
2010
Melhor Filme Documentário - A Casa dos Mortos, 3o EntreTodos Festival de Direitos Humanos - CMDH/FESPSP/SESC.
2010
Prêmio Educando para a Diversidade Sexual, The Global Alliance for LGBT Education.
2010
Melhor Filme Documentário - Uma História Severina, I Mostra online Entretodos - ELO.
2010
Prêmio Pesquisador Parceiro da Imprensa, Universidade de Brasília.
2010
Melhor Filme Documentário Júri Popular - A Casa dos Mortos, I Festival Inconfidentes.
2010
Melhor Trabalho de Etica, Bioetica, Direitos e Sociedade - V Congresso Nacional de Serviço Social em Saúde, Unesp/USP/Unicamp.
2009
Troféu Amazônia de Bronze - Melhor Curta A Casa dos Mortos, I Amazônia Doc.
2009
Best International Short - Solitário Anônimo, Birds Eye View Film Festival - UK.
2009
Menção Especial do Júri Melhor Documentário - A Casa dos Mortos, Festival Internacional do Cinema Feminino - Femina Fest.
2009
Special Mention Best Documentary - A Casa dos Mortos, A Corto di Donne - Festival do Cinema Feminino, Napoli Itália.
2009
Menção Honrosa Melhor Documentário A Casa dos Mortos, II Festival de Cinema de Triunfo - PE.
2009
Melhor Filme Juri Popular - A Casa dos Mortos, VI Festival do Cinema e Vídeo de Cuiabá.
2009
Melhor Documentário Internacional - A Casa dos Mortos, Izmir International Short Film Festival - Turquia.
2009
Filme Hors-Concours - A Casa dos Mortos, III Festival de Cinema de Itu.
2009
Melhor Filme Solitário Anônimo, XXVIII Congresso Brasileiro de Psiquiatria.
2009
Melhor Documentário - Premio do Júri Lacoste - A Casa dos Mortos, VI Amazonas Film Festival.
2009
10 Curtas Mais Votados pelo Público - A Casa dos Mortos, 20 Festival de Curtas de São Paulo.
2009
Menção Honrosa Júri Técnico Melhor Filme - A Casa dos Mortos, Curta Carajás.
2009
Melhor Filme A Casa dos Mortos - Prêmio Lousa de Ouro, Arouca Film Festival - Porto, Portugal.
2009
Melhor Documentário A Casa dos Mortos, Arouca Film Festival - Porto, Portugal.
2009
Melhor Curta Internacional A Casa dos Mortos, Certamen Internacional de Cortos, Soria - Espanha.
2009
Melhor Filme A Casa dos Mortos, VIII Araribóia Cine - Niterói, RJ.
2009
Melhor Documentário 8 Mostra Nacional de Videos Universitários e Independentes do Mato Grosso, Universidade Federal do Mato Grosso - Cineclube Coxiponés.
2009
Menção Honrosa -Tróféu Jangada - Melhor Documentário A Casa dos Mortos, XVI Vitória Cine Vídeo.
2009
Menção Honrosa - Júri Organização Católica Internacional de Cinema - A Casa dos Mortos, XVI Vitória Cine e Vídeo.
2009
Menção Honrosa Categoria Individual Prêmio USP de Direitos Humanos, Comissão de Direitos Humanos da USP.
2009
Melhor Filme I Mostra Juliette de Cinema - A Casa dos Mortos, Juliette Editora - Mostra Juliette de Cinema.
2009
Prêmio Danna Merril - Melhor Documentário A Casa dos Mortos, FestCine Amazônia.
2009
Menção Honrosa Melhor Documentário - A Casa dos Mortos, III International Rights Film Festival STEPS 2009 - Ucrânia.
2009
Orientadora do Premio de Melhor Trabalho de Iniciação Científica, XV Congresso de Iniciação Científica da UnB e 6º Congresso de Iniciação Científica do DF.
2008
Menção Honrosa Melhor Documentário Categoria Mulheres - Quem são elas?, V Encuentro Hispanoamericano de Cine y Video Documental Independiente: Contra el Silencio Todas las.
2008
Menção Honrosa Melhor Documentário Categoria Direitos Humanos - Solitário Anônimo, V Encuentro Hispanoamericano de Cine y Video Documental Independiente: Contra el Silencio Todas las.
2008
Melhor Documentário - Solitário Anônimo, XI Vide-Vídeo - Festival Universitário de Cinema e Vídeo da UFRJ.
2008
Melhor Filme Etnográfico Uma História Severina - Prêmio Pierre Verger, Associação Brasileira de Antropologia.
2008
II Lugar Melhor Documentário - Solitário Anônimo, V Festival Universitário PUTZ! Festival Universitário de Cinema e Vídeo.
2008
Melhor Vídeo Documentário - Solitário Anônimo, XII Florianópolis Audiovisual Mercosul.
2008
Melhor Filme Documentário - Uma História Severina, V Mostra Vídeo Saúde - Fundação Oswaldo Cruz.
2008
Prêmio Destaque da Realidade Nacional - Solitário Anônimo, Festival Universitário do Cinema Brasileiro.
2008
Melhor Filme Júri Popular - Solitário Anônimo, Mostra de Filmes Fazendo Gênero.
2008
Melhor Filme Mostra Competitiva Documental - Júri Popular, II Festival Audiovisual do Sertão Paraibano - II Cinema com Farinha.
2008
Projeto Documentário Mais Criativo Arte France - A Casa dos Mortos, Doc Buenos Aires 08.
2008
Melhor Vídeo - Solitário Anônimo, IV Edição do Festival Curta-Canoa.
2008
Melhor Documentário Visão Social - Solitário Anônimo, II Festival de Direitos Humanos EntreTodos.
2008
Prêmio Professor Parceiro da Imprensa, Universidade de Brasília.
2007
Prêmio Melhor Roteiro - I Festival de Curtas Metragens de Direitos Humanos - Filme Uma História Severina, Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo e Comissão Municial de Direitos Humanos.
2007
Melhor Filme Júri Universitário - Uma História Severina, III Festival Curta Nordestino - Natal.
2007
Terceiro Lugar Melhor Filme Júri Oficial - Uma História Severina, III Festival Curta Nordestino - Natal.
2007
Melhor Filme Documentário Júri Oficial V Festival Guaçuano de Vídeo - Filme Quem são elas?, V Festival Guaçuano de Vídeo.
2007
Melhor Filme Documentário Júri Popular V Festival Guaçuano de Vídeo - Filme Quem são elas?, V Festival Guaçuano de Vídeo.
2007
Melhor Documentário - Uma História Severina (Júri Oficial), I Festival de Curtas Metragens de Cabo Frio e Mostra Internacional.
2007
Terceiro Lugar Melhor Documentário Solitário Anônimo no World Student Festival Tailândia, World Student Festival.
2007
Melhor Filme Documentário - Uma História Severina - III Festival do Cinema Feminino Tudo Sobre Mulheres, III Festival do Cinema Feminino - Tudo sobre Mulheres.
2007
Melhor Filme Documentário - Uma História Severina - V Festival de Cinema de Varginha, Festival de Cinema de Varginha.
2007
Melhor Vídeo - Júri Popular (Produção Universitária) - Uma História Severina, Mostra 14 Bis de Audiovisual.
2007
Prêmio Especial do Júri Oficial - Documentário Solitário Anônimo, XVII Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro.
2007
II Lugar Melhor Documentário Solitário Anônimo - Festival de Vídeo de Teresina, Festival de Vídeo de Teresina.
2007
Prêmio Jovem Cientista, Universidade de Brasília.
2007
Prêmio Professor Amigo da Imprensa, Universidade de Brasília.
2007
Melhor Documentário Solitário Anônimo, III Festival Aruanda de Vídeo.
2006
Menção Honrosa na categoria Melhor documentário da Competição Brasileira [curta-metragem | Júri oficial] - pelo documentário Uma História Severina, É Tudo Verdade.
2006
Prêmio da Associação Brasileira de Documentaristas na categoria Curta pelo documentário Uma História Severina, É Tudo Verdade.
2006
Prêmio Revelação Megacolor pelo documentário Uma História Severina, É Tudo Verdade.
2006
I Festival MEC de Filmes e Vídeos Universitários ? 2006/Terceiro colocado com o documentário Habeas Corpus, MEC.
2006
Melhor Curta - Uma História Severina, 5o Festival de Cinema e Vídeo de Santa Maria.
2006
Melhor Vídeo Documentário - Uma História Severina - Júri Oficial, IV Festival Guaçuano de Vídeo.
2006
Melhor Vídeo Documentário - Uma História Severina - Júri Popular, IV Festival Guaçuano de Vídeo.
2005
Melhor Filme pela Associação de Críticos do Rio de Janeiro (Uma história Severina), Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro.
2005
Terceiro Colocado Melhor Filme no Fort Lauderdale International Film Festival (Uma história Severina), Fort Lauderdale International Film Festival - USA.
2004
Prêmio Melhor Trabalho Científico, II Congresso Nacional de Serviço Social em Saúde.
2004
Prêmio Heliônia Ceres de Direitos Humanos Para as Mulheres, Universidade Federal de Alagoas.
2004
Premio Melhor Roteiro de Vídeo Etnográfico - À Margem do Corpo, Associação Brasileira de Antropologia / Fundação Ford.
2002
Prêmio Manuel Velasco-Suarez de Bioética - Primeira Edição, Organização Pan-Americana de Saúde.
2002
International Bioethics Leadership Award - Primeira Edição, International Network on Feminist Approaches to Bioethics.
2002
Prêmio SEMESP - Orientadora do 2o Lugar, SEMESP - 2o Congresso Nacional de Iniciação Científica.
2002
Homenagem da UnB à Orientadora do 2o Lugar do Prêmio SEMESP, Universidade de Brasília.
2000
Prêmio Antropologia e Direitos Humanos, Associação Brasileira de Antropologia / Fundação Ford.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Web of Science
Total de trabalhos:37
Total de citações:8
Fator H:2
Diniz, Debora  Data: 02/07/2015

SciELO
Total de trabalhos:53
Total de citações:53
Debora Diniz  Data: 27/08/2013

Artigos completos publicados em periódicos

1.
DINIZ, DEBORA2018DINIZ, DEBORA. Is there an end to an epidemic?. Developing World Bioethics, v. 18, p. 67-67, 2018.

2.
BIEHL, JOÃO2018BIEHL, JOÃO ; SOCAL, MARIANA P. ; GAURI, VARUN ; Diniz, Debora ; Medeiros, Marcelo ; RONDON, GABRIELA ; AMON, JOSEPH J. . Judicialization 2.0: understanding right-to-health litigation in real time. Global Public Health, v. 1, p. 1-10, 2018.

3.
Diniz, Debora2017Diniz, Debora; Medeiros, Marcelo ; Madeiro, Alberto . Pesquisa Nacional de Aborto 2016. Ciência & Saúde Coletiva (Online), v. 22, p. 653-660, 2017.

4.
Rasanathan, Jennifer2017Rasanathan, Jennifer ; Diniz, Debora . Engaging Human Rights in the Response to the Evolving Zika Virus Epidemic. AMERICAN JOURNAL OF PUBLIC HEALTH, v. 107, p. 525-531, 2017.

5.
Diniz, Debora2017Diniz, Debora; GUMIERI, S. ; GALLI, B. ; COOK, R. J. ; DICKENS, B. M. . Zika virus infection in Brazil and human rights obligations. INTERNATIONAL JOURNAL OF GYNECOLOGY & OBSTETRICS, v. 136, p. 105-110, 2017.

6.
DINIZ, DEBORA2017DINIZ, DEBORA. Dignity is a useful concept for bioethics. Developing World Bioethics, v. 17, p. 62-62, 2017.

7.
DINIZ, DEBORA2017DINIZ, DEBORA; AMBROGI, ILANA . Research ethics and the Zika legacy in Brazil. Developing World Bioethics, v. 17, p. 142-143, 2017.

8.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2017Diniz, Debora; Medeiros, Marcelo ; MADEIRO, ALBERTO . Pesquisa Nacional de Aborto 2016. Ciência & Saúde Coletiva (Online), v. 22, p. 653-660, 2017.

9.
Diniz, Debora2016Diniz, Debora; Brito, L. . “Eu não sou presa de juízo, não”: Zefinha, a louca perigosa mais antiga do Brasil. História, Ciências, Saúde-Manguinhos (Online), v. 23, p. 113-130, 2016.

10.
MADEIRO, ALBERTO PEREIRA2016MADEIRO, ALBERTO PEREIRA ; DINIZ, DEBORA . Serviços de aborto legal no Brasil ? um estudo nacional. Ciência & Saúde Coletiva (Online), v. 21, p. 563-572, 2016.

11.
Diniz, Debora2016Diniz, Debora. Vírus Zika e mulheres. Cadernos de Saúde Pública (Online), v. 32, p. 1, 2016.

12.
Diniz, Debora2016Diniz, Debora. The Protection to Women?s Fundamental Rights Violated by the Zika Virus Epidemic. American Journal of Public Health, v. 106, p. e9-e9, 2016.

13.
Diniz, Debora2016Diniz, Debora; Brito, L. . Epidemia provocada pelo vírus zika: informação e conhecimento. RECIIS - Revista Eletrônica de Comunicação, Informação & Inovação em Saúde, v. 10, p. 1-5, 2016.

14.
DINIZ, DEBORA2016DINIZ, DEBORA. Zika virus, women and ethics. Developing World Bioethics (Print), v. 16, p. 62-63, 2016.

15.
MINAYO, MARIA CECÍLIA DE SOUZA2016MINAYO, MARIA CECÍLIA DE SOUZA ; DINIZ, DEBORA ; GOMES, ROMEU . O artigo qualitativo em foco. Ciência & Saúde Coletiva (Online), v. 21, p. 2326-2326, 2016.

16.
Diniz, Debora2016Diniz, Debora; Madeiro, Alberto ; Medeiros, Marcelo . Brazilian women avoiding pregnancy during Zika epidemic. JOURNAL OF FAMILY PLANNING AND REPRODUCTIVE HEALTH CARE, v. 43, p. 43, 2016.

17.
MADEIRO, ALBERTO PEREIRA2015MADEIRO, ALBERTO PEREIRA ; DINIZ, DEBORA . Induced abortion among Brazilian female sex workers: a qualitative study. Ciência e Saúde Coletiva (Impresso), v. 20, p. 587-593, 2015.

18.
DINIZ, DEBORA2015DINIZ, DEBORA. Empirical Research and Bioethics. Developing World Bioethics (Print), v. 15, p. iii-iii, 2015.

19.
Diniz, Debora2015Diniz, Debora. Ela, Zefinha ? o nome do abandono. Ciência & Saúde Coletiva (Online), v. 20, p. 2667-2674, 2015.

20.
Diniz, Debora2015Diniz, Debora; GUMIERI, S. ; COSTA, Bruna . Nomear feminicídio: conhecer, simbolizar e punir. REVISTA BRASILEIRA DE CIÊNCIAS CRIMINAIS, v. 114, p. 225-239, 2015.

21.
DINIZ, DEBORA2015DINIZ, DEBORA; TYKANORI KINOSHITA, ROBERTO . Penrose hypothesis and ethical implications. Developing World Bioethics (Print), v. 15, p. iii-iii, 2015.

22.
DINIZ, DEBORA2015DINIZ, DEBORA. Pesquisas em cadeia. Revista Direito GV, v. 11, p. 573-586, 2015.

23.
Rosana Medeiros de Oliveira2014Rosana Medeiros de Oliveira ; Diniz, Debora . Materiais didáticos escolares e injustiça epistêmica: sobre o marco heteronormativo. Educacao e Realidade, v. 39, p. 241-256, 2014.

24.
DINIZ, DEBORA2014DINIZ, DEBORA. Bioethics and Forensic Psychiatry. Developing World Bioethics (Print), v. 14, p. ii-ii, 2014.

25.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2014Diniz, Debora; MACHADO, TERESA ROBICHEZ DE CARVALHO ; Penalva da Silva, J. L. . A judicializacao da saude no Distrito Federal, Brasil. Ciência e Saúde Coletiva (Impresso), v. 19, p. 591-598, 2014.

26.
DINIZ, DEBORA2014DINIZ, DEBORA; Madeiro, Alberto ; Rosas, Cristião . Conscientious objection, barriers, and abortion in the case of rape: a study among physicians in Brazil. Reproductive Health Matters (Print), v. 22, p. 141-148, 2014.

27.
DINIZ, DEBORA2014DINIZ, DEBORA. O Escândalo da Homofobia - Imagens de vítimas e sobreviventes. Revista Eco-Pós (Online), v. 17, p. 1-19, 2014.

28.
Diniz, Debora2014Diniz, Debora; Dios, Vanessa ; MASTRELLA, M. ; Madeiro, Alberto . A verdade do estupro nos serviços de aborto legal no Brasil. Revista Bioética (Impresso), v. 22, p. 291-298, 2014.

29.
Diniz, Debora2014Diniz, Debora. Prisioneiras. Revista da Associação dos Juízes para a Democracia, v. 14, p. 12-12, 2014.

30.
Diniz, Debora2014Diniz, Debora; PAIVA, J. . Mulheres e prisão no Distrito Federal: itinerário carcerário e precariedade da vida. Revista Brasileira de Ciências Criminais, v. 111, p. 313-328, 2014.

31.
Diniz, Debora2014Diniz, Debora. A arquitetura de uma ação em três atos: anencefalia no STF. DIREITO.UNB, v. 1, p. 161-183, 2014.

32.
Marcelo Medeiros2013Marcelo Medeiros ; Diniz, Debora ; Ida Schwartz . A tese da judicialização da saúde pelas elites: os medicamentos para mucopolissacaridose. Ciência e Saúde Coletiva (Impresso), v. 18, p. 1089-1098, 2013.

33.
Nunes, Maria das Dores2013Diniz, Debora; Nunes, Maria das Dores ; Madeiro, Alberto . Histórias de aborto provocado entre adolescentes em Teresina, Piauí, Brasil. Ciência e Saúde Coletiva (Impresso), v. 18, p. 2311-2318, 2013.

34.
Diniz, Debora2013Diniz, Debora. Deficiência e Políticas Sociais ? entrevista com Colin Barnes. Ser Social (UnB), v. 15, p. 237-251, 2013.

35.
Diniz, Debora2013Diniz, Debora. Estado laico, objeção de consciência e políticas de saúde. Cadernos de Saúde Pública (ENSP. Impresso), v. 29, p. 1704-1706, 2013.

36.
Diniz, Debora2013Diniz, Debora. A Casa dos Mortos: do poema ao filme. Revista TRAMA Interdisciplinar, v. 4, p. 21-35, 2013.

37.
DINIZ, DEBORA2013DINIZ, DEBORA; CAVALCANTI, MARIA TAVARES . Mental illness and crime in Brazil. Lancet (British edition), v. 382, p. 1877-1878, 2013.

38.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2012Diniz, Debora; Madeiro, Alberto . Cytotec e aborto: a polícia, os vendedores e as mulheres. Ciência e Saúde Coletiva (Impresso), v. 17, p. 1795-1804, 2012.

39.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2012Diniz, Debora; Medeiros, Marcelo ; Schwartz, Ida Vanessa D. . Consequências da judicialização das políticas de saúde: custos de medicamentos para as mucopolissacaridoses. Cadernos de Saúde Pública (ENSP. Impresso), v. 28, p. 479-489, 2012.

40.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2012Diniz, Debora. A Casa dos Mortos: do poema ao filme. Encontros Lusófonos, v. 14, p. 1-11, 2012.

41.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2012Diniz, Debora; Medeiros, Marcelo ; MEDEIROS, Marcelo . Itinerários e métodos do aborto ilegal em cinco capitais brasileiras. Ciência e Saúde Coletiva (Impresso), v. 17, p. 1671-1681, 2012.

42.
Medeiros, Marcelo2012Medeiros, Marcelo ; MEDEIROS, Marcelo ; Diniz, Debora . Recommendations for abortion surveys using the ballot-box technique. Ciência e Saúde Coletiva (Impresso), v. 17, p. 1721-1724, 2012.

43.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2012Diniz, Debora; Menezes, Greice . Aborto: saúde das mulheres. Ciência e Saúde Coletiva (Impresso), v. 17, p. 1668-1668, 2012.

44.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2012Diniz, Debora; Medeiros, Marcelo . Os autores respondem. Ciência e Saúde Coletiva (Impresso), v. 17, p. 1687-1688, 2012.

45.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2012Diniz, Debora. Harm Reduction and Abortion. Developing World Bioethics (Print), v. 12, p. ii-ii, 2012.

46.
Penalva da Silva, J. L.2012Penalva da Silva, J. L. ; Diniz, Debora . Mínimo social e igualdade: deficiência, perícia e benefício assistencial na LOAS. Revista Katálysis (Impresso), v. 15, p. 262-269, 2012.

47.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2011Diniz, Debora; Rosana Castro . O comércio de medicamentos de gênero na mídia impressa brasileira: misoprostol e mulheres. Cadernos de Saúde Pública (ENSP. Impresso), v. 27, p. 94-102, 2011.

48.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2011Diniz, Debora. Objeção de consciência e aborto: direitos e deveres dos médicos na saúde pública. Revista de Saúde Pública (USP. Impresso), v. 45, p. 981-985, 2011.

49.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2011Diniz, Debora. VISUAL BIOETHICS. Developing World Bioethics (Print), v. 11, p. ii-ii, 2011.

50.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2011Diniz, Debora. Ética, aborto y democracia. Perspectivas Bioéticas, v. 15, p. 28-39, 2011.

51.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2011Diniz, Debora; Munhoz, Ana Terra Mejia . Cópia e pastiche: plágio na comunicação científica. Argumentum (Vitória), v. 3, p. 11-28, 2011.

52.
Munhoz, Ana Terra Mejia2011Munhoz, Ana Terra Mejia ; Diniz, Debora . Nem tudo é plágio, nem todo plágio é igual: infrações éticas na comunicação científica. Argumentum (Vitória), v. 3, p. 50-55, 2011.

53.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2011Diniz, Debora. Estereótipos de gênero nas cortes internacionais - um desafio à igualdade. Revista Estudos Feministas (UFSC. Impresso), v. 19, p. 451-462, 2011.

54.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2011Diniz, Debora. Conscientious objection and abortion: rights and duties of public sector physicians. Revista de Saúde Pública (USP. Impresso), v. 45, p. 1-4, 2011.

55.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2011Diniz, Debora. Editorial: Morte anunciada. Boletim IBCCRIM, v. 226, p. 1-1, 2011.

56.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2010Diniz, Debora. CONSCIENTIOUS OBJECTION IN DEVELOPING COUNTRIES. Developing World Bioethics, v. 10, p. ii-ii, 2010.

57.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2010 Diniz, Debora; Medeiros, Marcelo . Aborto no Brasil: uma pesquisa domiciliar com técnica de urna. Ciência & Saúde Coletiva, v. 15, p. 959-966, 2010.

58.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2010Diniz, Debora. Bioetica para profissionais de saúde. Cadernos de Saúde Pública (ENSP. Impresso), v. 26, p. 1052-0153, 2010.

59.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2010Diniz, Debora. Laicidade e ensino religioso nas escolas públicas: o caso do Rio de Janeiro. Revista Brasileira de Ciências Criminais, v. 84, p. 112-123, 2010.

60.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2010Diniz, Debora. BIOETHICS AND CULTURE. Developing World Bioethics (Print), v. 10, p. ii-iii, 2010.

61.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2010Diniz, Debora; Vanessa Carrião . Ensino religioso nas escolas públicas. Presença Pedagógica, v. 16, p. 27-32, 2010.

62.
Janaína Penalva2010Janaína Penalva ; Diniz, Debora ; Medeiros, Marcelo . O Benefício de Prestação Continuada no Supremo Tribunal Federal. Sociedade e Estado (UnB. Impresso), v. 25, p. 52-70, 2010.

63.
Guedes, Cristiano2009Guedes, Cristiano ; Diniz, Debora . A ética na história do aconselhamento genético: um desafio à educação médica. Revista Brasileira de Educação Médica (Impresso), v. 33, p. 247-252, 2009.

64.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2009Diniz, Debora; Guedes, Cristiano ; Barbosa, Lívia ; Tauil, Pedro Luiz ; Magalhães, Ísis . Prevalência do traço e da anemia falciforme em recém-nascidos do Distrito Federal, Brasil, 2004 a 2006. Cadernos de Saúde Pública (FIOCRUZ), v. 25, p. 188, 2009.

65.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2009Diniz, Debora; Corrêa, Marilena ; Squinca, Flávia ; Braga, Kátia Soares . Aborto: 20 anos de pesquisas no Brasil. Cadernos de Saúde Pública (FIOCRUZ), v. 25, p. 939-942, 2009.

66.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2009Diniz, Debora; Avelino, Daniel . Cenário internacional da pesquisa em células-tronco embrionárias. Revista de Saúde Pública / Journal of Public Health, v. 43, p. 541-547, 2009.

67.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2009Diniz, Debora; Ana Cristina Gonzalez . Anencefalia e razão pública no Supremo Tribunal Federal. Revista Brasileira de Ciências Criminais, v. 77, p. 219-236, 2009.

68.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2009Diniz, Debora; Penalva, Janaína ; Faúndes, Aníbal ; Rosas, Cristião . A magnitude do aborto por anencefalia: um estudo com médicos. Ciência & Saúde Coletiva, v. 14, p. 1619-1624, 2009.

69.
Wederson Santos2009Wederson Santos ; Diniz, Debora ; Natália Pereira . Deficiência e perícia médica: os contornos do corpo. RECIIS. Revista eletrônica de comunicação, informação & inovação em saúde (Edição em português. Online), v. 3, p. 16-23, 2009.

70.
Wederson Santos2009Wederson Santos ; Diniz, Debora ; Natália Pereira . Disability and medical inspection: the outline of the body. RECIIS. Electronic journal of communication information and innovation in health (English edition. Online), v. 3, p. 16-23, 2009.

71.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2009Diniz, Debora. Rationing the access to high cost medicines in developing world countries. Developing World Bioethics, v. 9, p. ii-iii, 2009.

72.
Barbosa, Lívia2009Barbosa, Lívia ; Diniz, Debora ; Wederson Santos . Diversidade corporal e perícia médica: novos contornos da deficiência para o Benefício de Prestação Continuada. Textos & Contextos (Porto Alegre), v. 8, p. 377-390, 2009.

73.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2009Diniz, Debora; Barbosa, Lívia ; Wederson Santos . Deficiência, Direitos Humanos e Justiça. Sur. Revista Internacional de Direitos Humanos (Impresso), v. 6, p. 12-24, 2009.

74.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2009Diniz, Debora. Por que publicar em periódicos? - Comentário II sobre o artigo "Há pedras no meio do caminho..." (GARCIA, 2009). Argumentum (Vitória), v. 1, p. 20-23, 2009.

75.
Diniz, Debora2009Diniz, Debora; Barbosa, Lívia ; Wederson Santos . Discapacidad, Derechos Humanos y Justicia. Sur. Revista Internacional de Direitos Humanos (Impresso), v. 6, p. 64-77, 2009.

76.
Diniz, Debora2009Diniz, Debora; Barbosa, Lívia ; Wederson Santos . Disability, Human Rights and Justice. Sur. Revista Internacional de Direitos Humanos (Impresso), v. 6, p. 60-71, 2009.

77.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2008Diniz, Debora; Guilhem, Dirce . Bioética feminista na América Latina: a contribuição das mulheres. Revista Estudos Feministas, v. 16, p. 599-612, 2008.

78.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2008Diniz, Debora. Ética na pesquisa em ciências humanas: novos desafios. Ciência & Saúde Coletiva, v. 13, p. 417-426, 2008.

79.
Marcelo Medeiros2008Marcelo Medeiros ; Diniz, Debora . Paradigmas de Justiça Distributiva em Políticas Sociais. Revista de Estudos Universitárias (Sorocaba), v. 34, p. 19-32, 2008.

80.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2008Diniz, Debora. Research ethics in social sciences: The Severina's Story documentary. International Journal of Feminist Approaches to Bioethics, v. 1, p. 23-35, 2008.

81.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2008Diniz, Debora. Bioética e Gênero. Bioética (Brasília), v. 16, p. 207-216, 2008.

82.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2008Diniz, Debora; Vélez, Ana Cristina Gonzalez . Aborto na Suprema Corte: o caso da anencefalia no Brasil. Revista Estudos Feministas, v. 16, p. 647-652, 2008.

83.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2008Diniz, Debora. EMBRYONIC STEM CELL RESEARCH: ETHICAL CHALLENGES FOR DEVELOPING WORLD BIOETHICS. Developing World Bioethics, v. 8, p. ii-iv, 2008.

84.
Diniz, Débora2008Diniz, Debora; Diniz, Débora ; Sugai, Andréa ; Serruya, Suzanne Jacob ; Machado, Carlos José Saldanha . Ética em Pesquisa - Temas Globais. RECIIS. Revista Eletrônica de Comunicação, Informação & Inovação em Saúde (Edição em Português. Online), v. 2, p. Sup4-Sup6, 2008.

85.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2008Diniz, Debora; Guerreiro, Iara . Ética na Pesquisa Social: desafios ao modelo biomédico. RECIIS. Revista Eletrônica de Comunicação, Informação & Inovação em Saúde (Edição em Português. Online), v. 2, p. 78-91, 2008.

86.
Diniz, Débora2008Diniz, Debora; Diniz, Débora ; Sugai, Andréa ; Serruya, Suzanne Jacob ; Machado, Carlos José Saldanha . Research Ethics - Global Topics. RECIIS. Electronic Journal of Communication Information and Innovation in Health (English edition. Online), v. 2, p. Sup4-Sup6, 2008.

87.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2008Diniz, Debora; Guerreiro, Iara . Ethics in Social Research: challenges to the biomedical model. RECIIS. Electronic Journal of Communication Information and Innovation in Health (English edition. Online), v. 2, p. Sup74-Sup86, 2008.

88.
Cláudia Vianna2008Cláudia Vianna ; Diniz, Debora . Em foco: homofobia nos livros didáticos, um desafio ao silêncio. Revista Psicologia Política, v. 15, p. 305-306, 2008.

89.
Tatiana Lionço2008Tatiana Lionço ; Diniz, Debora . Homofobia, silêncio e naturalização: Por uma narrativa da diversidade sexual. Revista Psicologia Política, v. 15, p. 307-324, 2008.

90.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2007Diniz, Debora. Fórum: violência sexual e saúde. Posfácio. Cadernos de Saúde Pública (FIOCRUZ), v. 23, p. 477-478, 2007.

91.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2007Diniz, Debora; FIGUEROA PEREA, JUAN-GUILLERMO ; LUNA, FLORENCIA . REPRODUCTIVE HEALTH ETHICS: LATIN AMERICAN PERSPECTIVES. Developing World Bioethics, v. 7, p. ii-iv, 2007.

92.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2007Diniz, Debora. SELECTIVE ABORTION IN BRAZIL: THE ANENCEPHALY CASE. Developing World Bioethics, v. 7, p. 64-67, 2007.

93.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2007Diniz, Debora. Aborto e saúde pública no Brasil. Cadernos de Saúde Pública (FIOCRUZ), v. 23, p. 1992-1993, 2007.

94.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2007Diniz, Debora; Medeiros, Marcelo ; Squinca, Flávia . Reflexões sobre a versão em Português da Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde. Cadernos de Saúde Pública (FIOCRUZ), v. 23, p. 2507-2510, 2007.

95.
Diniz, Debora2007Diniz, Debora ; Squinca, Flávia ; Medeiros, Marcelo ; Diniz, Debora . Qual deficiência?: perícia médica e assistência social no Brasil. Cadernos de Saúde Pública (FIOCRUZ), v. 23, p. 2589-2596, 2007.

96.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2007Diniz, Debora. Fé Privada, Desvios Públicos. Educação (São Paulo), v. 11, p. 50-52, 2007.

97.
Cristiano Guedes2007Cristiano Guedes ; Diniz, Debora . Um caso de discriminação genética: o traço falciforme no Brasil. Physis. Revista de Saúde Coletiva, v. 17, p. 501-520, 2007.

98.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2007Diniz, Debora; Ana Cristina Gonzalez . Aborto e Razão Pública: o desafio da anencefalia no Brasil - Número Especial Gênero, Religião e Políticas Públicas. Mandrágora (São Bernardo do Campo), v. 13, p. 22-32, 2007.

99.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2007Diniz, Debora. Avaliação Ética em Pesquisa Social: o caso do sangue yanomami. Bioética (Brasília), v. 15, p. 284-297, 2007.

100.
DINIZ, DEBORA2007DINIZ, DEBORA. Debate sobre o artigo de Correia et al.. Cadernos de Saúde Pública (ENSP. Impresso), v. 23, p. 2005-2005, 2007.

101.
Flavia Squinca2006Flavia Squinca ; Diniz, Debora ; Kátia Soares Braga . Violência Sexual Contra a Mulher. Bioética (Brasília), Brasília, v. 12, n.02, p. 127-135, 2006.

102.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2006Diniz, Debora. Fórum: o fim da vida. Cadernos de Saúde Pública (FIOCRUZ), Rio de Janeiro, v. 22, n.9, p. 1739-1740, 2006.

103.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2006 Diniz, Debora. Quando a morte é um ato de cuidado: obstinação terapêutica em crianças. Cadernos de Saúde Pública (FIOCRUZ), Rio de Janeiro, v. 22, n.8, p. 1741-1748, 2006.

104.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2006Diniz, Debora. Tecnologias Reprodutivas no Debate Legislativo. Multiciência (UNICAMP), v. 6, p. 1-22, 2006.

105.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2006Diniz, Debora; Guedes, Cristiano . Informação genética na mídia impressa: a anemia falciforme em questão. Ciência & Saúde Coletiva, v. 11, p. 1055-1062, 2006.

106.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2006Diniz, Debora; Rosely Gomes . Infertilidad e Infecundidad: acceso a las nuevas tecnologías de reproducción asistida. Perspectivas Bioéticas, v. 11, p. 29-44, 2006.

107.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2005Diniz, Debora; Guedes, Cristiano . Confidencialidade, aconselhamento genético e saúde pública: um estudo de caso sobre o traço falciforme. Cadernos de Saúde Pública (FIOCRUZ), Rio de Janeiro, v. 21, n.3, p. 747-755, 2005.

108.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2005Diniz, Debora. Fórum: aborto en Brasil, Colombia y Uruguay. Cadernos de Saúde Pública (FIOCRUZ), Rio de Janeiro, v. 21, n.2, p. 622-623, 2005.

109.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2005Diniz, Debora. Aborto e inviabilidad fetal: el debate brasileño. Cadernos de Saúde Pública (FIOCRUZ), Rio de Janeiro, v. 21, n.2, p. 634-639, 2005.

110.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2005Diniz, Debora; Guedes, Cristiano ; Trivelino, Alexandra . Educação para a genética em saúde pública: um estudo de caso sobre a anemia falciforme. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 10, p. 365-372, 2005.

111.
Diniz, Debora2005Diniz, Debora. Ethics and ethos of scientific communication. CTJ journal, v. 43, p. 14-17, 2005.

112.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2004Diniz, Debora. Abortion in Brazilian Bioethics. CQ. Cambridge Quarterly of Healthcare Ethics, Inglaterra, v. 13, n.3, p. 275-279, 2004.

113.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2004Diniz, Debora. Gênero e feminismo no Brasil: uma análise da Revista Estudos Feministas. Revista Estudos Feministas, Florianópolis, v. 12, p. 245-253, 2004.

114.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2004Diniz, Debora; Medeiros, Marcelo . Envelhecimento e alocação de recursos em saúde. Cadernos de Saúde Pública (FIOCRUZ), Rio de Janeiro, v. 20, n.5, p. 1154-1155, 2004.

115.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2004Diniz, Debora. Por que morrer? Um comentário ao filme Mar Adentro.. Alter. Jornal de Estudos Psicodinâmicos, Brasília, v. XXIII, n.1, p. 123-126, 2004.

116.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2003Diniz, Debora. Autonomia reprodutiva: um estudo de caso sobre a surdez. Cadernos de Saúde Pública (FIOCRUZ), Rio de Janeiro, v. 19, n.1, p. 175-181, 2003.

117.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2003Diniz, Debora; Guedes, Cristiano . Anemia Falciforme: Um Problema Nosso. Uma abordagem bioética sobre a nova genética. Cadernos de Saúde Pública (FIOCRUZ), Rio de Janeiro, v. 19, n.6, p. 1761-1770, 2003.

118.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2003Diniz, Debora. Quem autoriza o aborto seletivo no Brasil? Médicos, promotores e juízes em cena. Physis. Revista de Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 13, n.2, p. 251-272, 2003.

119.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2003Diniz, Debora. Apresentação: diagnóstico pré-natal e aborto seletivo. Physis. Revista de Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 13, n.2, p. 247-249, 2003.

120.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2003Diniz, Debora. Educação Médica: também uma questão de gênero. Revista Brasileira de Educação Médica, Rio de Janeiro, v. 27, n.3, p. 169-170, 2003.

121.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2003Diniz, Debora. Tecnologias Reprodutivas Conceptivas: o estado da arte do debate legislativo brasileiro. Jornal Brasileiro de Reprodução Assistida, Rio de Janeiro, v. 7, n.3, p. 10-19, 2003.

122.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2003Diniz, Debora; Foltran, Paula . Estudos de gênero no Brasil: uma análise da Revista Estudos Feministas. Série Anis (Brasília), v. 31, p. 1-7, 2003.

123.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2003Diniz, Debora; Cristiano Guedes . Educando para a genética: anemia falciforme e políticas de saúde no Brasil. Série Anis (Brasília), v. 25, p. 1-19, 2003.

124.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2003Diniz, Debora. Modelo social da deficiência: a crítica feminista. Série Anis (Brasília), v. 28, p. 1-10, 2003.

125.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2002Diniz, Debora. New Reproductive Technologies, Ethics and Gender. Bioethics (Oxford), v. 2, n.1, p. 144-158, 2002.

126.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2002Diniz, Debora; Ana América Gonçalves . Predestinação Genética e Social: a clonagem de Hitler no filme Meninos do Brasil. O Mundo da Saúde, São Paulo, v. 26, n.1, p. 154-158, 2002.

127.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2002Diniz, Debora; Lucélia Pereira . Educação Sexual para Adolescentes: um estudo sobre a moralidade dos aconselhadores. Ser Social (UnB), Brasília, v. 10, p. 225-240, 2002.

128.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2002Diniz, Debora. Bioética: Fascínio e Repulsa. Acta Bioethica, Santiago, v. 8, n.1, p. 41-46, 2002.

129.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2002Diniz, Debora. Um Espelho das Moralidades: o debate sobre aborto no Congresso Nacional Brasileiro. Perspectivas em Saúde e Direitos Reprodutivas, São Paulo, v. 5, p. 24-27, 2002.

130.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2002Diniz, Debora. Por Que Não Clonar Humanos?. Polemica: Nossas Certezas São Sempre Provisórias, Rio de Janeiro, v. 6, 2002.

131.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2001Diniz, Debora; Corrêa, Marilena . Declaração de Helsinki: relativismo e vulnerabilidade. Cadernos de Saúde Pública (FIOCRUZ), v. 17, n.3, p. 679-688, 2001.

132.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2001Diniz, Debora. As fronteiras da pesquisa antropológica: Ética, Autonomia e Tráfico de Órgãos. Um comentário a The Global Traffic in Human Organs, de Nancy Scheper-Hughes. Cadernos de Saúde Pública (FIOCRUZ), v. 17, n.1, p. 215-219, 2001.

133.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2001Diniz, Debora. Vulnerability, Scientific Research and AIDS. Developing World Bioethics, v. 1, n.2, p. 153-155, 2001.

134.
Costa, Sérgio Ibiapina Ferreira2000Costa, Sérgio Ibiapina Ferreira ; Diniz, Debora . Mídia, clonagem e bioética. Cadernos de Saúde Pública (FIOCRUZ), Rio de Janeiro, v. 16, n.1, p. 155-162, 2000.

135.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2000Diniz, Debora. Declaração de Helsinki: o prefácio do mundo. O Mundo da Saúde, 2000.

136.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2000Diniz, Debora. Declaração de Helsinki: uma história de dignidade. O Mundo da Saúde, São Paulo, v. 24, n.2, p. 157-160, 2000.

137.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2000Diniz, Debora; Costa, Sérgio Ibiapina Ferreira . A Conquista da História. O Mundo da Saúde (CUSC. Impresso), São Paulo, v. 24, n.3, p. 223-223, 2000.

138.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA2000Diniz, Debora; Dirce Guilhem . Feminismo, Bioética e Vulnerabilidade. Revista Estudos Feministas, v. 8, n.1, 2000.

139.
Garrafa, Volnei1999Garrafa, Volnei ; Diniz, Debora ; Guilhem, Dirce Bellez . Bioethical language and its dialects and idiolects. Cadernos de Saúde Pública (FIOCRUZ), São Paulo, v. 15, n.1, p. 35-42, 1999.

140.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA1999Diniz, Debora; Ana Cristina Gonzalez . Bioética Feminista: a emergência da diferença. Revista Estudos Feministas, Rio de Janeiro, v. 6, n.2, p. 255-264, 1999.

141.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA1999Diniz, Debora. Introdução à Bioética I. O Mundo da Saúde, São Paulo, v. 23, p. 188-189, 1999.

142.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA1999Diniz, Debora. Introdução à Bioética II. O Mundo da Saúde, São Paulo, v. 23, p. 189-190, 1999.

143.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA1999Diniz, Debora; Dirce Guilhem ; Volnei Garrafa . Bioethics in Brazil. Bioethics (Oxford), Londres, v. 13, n.3/4, p. 244-249, 1999.

144.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA1999Diniz, Debora. Henry Beecher e a gênese da Bioética. O Mundo da Saúde (CUSC. Impresso), São Paulo, v. 24, p. 175-183, 1999.

145.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA1999Diniz, Debora; Dirce Guilhem . Bioética Feminista: o resgate político do conceito de vulnerabilidade. Bioética (Brasília) (Cessou em 2006. Cont. ISSN 1983-8042 Revista Bioética (Impresso)), v. 7, p. 181-187, 1999.

146.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA1998Diniz, Debora. Os Congressos Internacionais de Bioética no Japão. O Mundo da Saúde, São Paulo, v. 22, n.6, p. 388-392, 1998.

147.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA1998Diniz, Debora. Bioética y Aborto. Profamilia: planificacíon, poblacíon y desarrollo, Bogotá, v. 17, n.32, p. 31-37, 1998.

148.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA1997Diniz, Debora. O aborto seletivo no Brasil e os alvarás judiciais. Bioética (Brasília) (Cessou em 2006. Cont. ISSN 1983-8042 Revista Bioética (Impresso)), Brasília, v. 5, n.1, p. 19-24, 1997.

149.
Volnei Garrafa1997Volnei Garrafa ; Gabriel Oselka ; Diniz, Debora . Saúde Pública, Bioética e Equidade. Bioética (Brasília), Brasília, v. 5, n.1, p. 27-35, 1997.

150.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA1997Diniz, Debora. O que é isso que chamamos antropologia da saúde no Brasil?. Revista Múltipla (UPIS), Brasília, v. 2, p. 41-64, 1997.

151.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA1997Diniz, Debora. Bioética y metafora de la lengua. Profamilia: planificacíon, población y desarrollo, Bogotá, v. 15, n.30, p. 28-34, 1997.

152.
Gabriel Oselka1997Gabriel Oselka ; Garrafa, Volnei ; Diniz, Debora . Apresentação - Simpósio: A Ética da Alocação de Recursos em Saúde. Bioética (Brasília) (Cessou em 2006. Cont. ISSN 1983-8042 Revista Bioética (Impresso)), v. 5, p. 25-26, 1997.

153.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA1996Diniz, Debora. Dilemas éticos da vida humana: a trajetória hospitalar de crianças portadoras de paralisia cerebral grave. Cadernos de Saúde Pública (FIOCRUZ), Rio de Janeiro, v. 12, n.3, p. 345-355, 1996.

154.
Diniz, Debora;DINIZ, DEBORA1995Diniz, Debora. A árvore dos galhos de ouro: a migração nipo-brasileira para o Distrito Federal. Revista Textos Graduados, Brasília, v. 1, n.1, p. 5-24, 1995.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
Diniz, Debora. Zika em Alagoas: a urgência dos direitos. 1. ed. , 2017.

2.
Diniz, Debora. Zika em Alagoas: a urgência dos direitos. 1. ed. Brasília: LetrasLivres, 2017.

3.
Diniz, Debora. Zika in Brazil: women and children at the center of the epidemic. 1. ed. , 2017.

4.
DINIZ, DEBORA. Zika: From the Brazilian Backlands to Global Threat. 1. ed. , 2017.

5.
Diniz, Debora. Zika: do sertão nordestino à ameaça global. 1. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2016.

6.
Diniz, Debora. Cadeia: relatos sobre mulheres. 1a. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2015. v. 1. 224p .

7.
Gomes, Patricia ; Diniz, Debora ; Santos, Maria Helena ; Diogo, Rosália . O que é feminismo?. 1a. ed. Lisboa: Escolar Editora, 2015. v. 1. 104p .

8.
Diniz, Debora; Munhoz, Ana Terra Mejia . Plágio: palavras escondidas. 1ª. ed. Brasília e Rio de Janeiro: LetrasLivres e Editora Fiocruz, 2014. v. 1. 196p .

9.
Diniz, Debora; Rosana Medeiros de Oliveira (Org.) . Notícias de homofobia no Brasil. 1a. ed. Brasília: LetrasLivres, 2014. v. 1. 218p .

10.
Diniz, Debora. A custódia e o tratamento psiquiátrico no Brasil: censo 2011. 1a. ed. Brasília: LetrasLivres / Editora UnB, 2013. v. 1. 400p .

11.
Diniz, Debora. A custódia e o tratamento psiquiátrico no Brasil: censo 2011 (ebook): http://www.anis.org.br//Arquivos/Textos/A%20cust%C3%B3dia%20e%20o%20tratamento%20psiqui%C3%A1trico%20no%20Brasil%20censo%202011.pdf. 1a. ed. Brasília: LetrasLivres / Editora UnB, 2013. v. 1. 382p .

12.
Diniz, Debora. Rebecca Cook entrevistada por Debora Diniz. 1a. ed. Rio de Janeiro: EdUERJ, 2012. 94p .

13.
Diniz, Debora. Carta de uma orientadora: o primeiro projeto de pesquisa. Brasília: LetrasLivres, 2012. v. 1. 108p .

14.
Diniz, Debora; Dirce Guilhem . O que é bioética. 8a. ed. São Paulo: Editora Brasiliense (Coleção Primeiros Passos), 2012. 122p .

15.
Diniz, Debora. O que é deficiência. 3a. ed. São Paulo: Editora Brasiliense (Coleção Primeiros Passos), 2012. v. 1. 79p .

16.
Dirce Guilhem ; Diniz, Debora . O que é ética em pesquisa. 3a. ed. São Paulo: Editora Brasiliense (Coleção Primeiros Passos), 2012. v. 1. 105p .

17.
Diniz, Debora. Carta de uma orientadora: o primeiro projeto de pesquisa (ebook). 1a. ed. Brasília: LetrasLivres, 2012. v. 1. 108p .

18.
Diniz, Debora. Carta de uma orientadora: o primeiro projeto de pesquisa. 2a. ed. Brasília: LetrasLivres, 2012. v. 1. 108p .

19.
Diniz, Debora; Guilhem, Dirce . O que é bioética. 7a. ed. São Paulo: Editora Brasiliense (Coleção Primeiros Passos), 2011. 122p .

20.
Diniz, Debora; Marcelo Medeiros (Org.) ; Barbosa, Lívia (Org.) . Deficiência e Igualdade. Brasilia: LetrasLivres e EdUnB, 2010. v. 1. 218p .

21.
Diniz, Debora; Tatiana Lionço ; Vanessa Carrião . Laicidade e Ensino Religioso no Brasil. Brasilia: LetrasLivres; Unesco; EdUnB, 2010. 107p .

22.
Diniz, Debora; Wederson Santos (Org.) . Deficiência e Discriminação. Brasília: LetrasLivres e EdUnB, 2010. v. 1. 286p .

23.
Diniz, Debora. O que é deficiência. 2a. ed. São Paulo: Editora Brasiliense (Coleção Primeiros Passos), 2010. v. 1. 79p .

24.
Dirce Guilhem ; Diniz, Debora . O que é ética em pesquisa. 2a. ed. São Paulo: Editora Brasiliense (Coleção Primeiros Passos), 2010. v. 1. 105p .

25.
Tatiana Lionço (Org.) ; Diniz, Debora (Org.) . Homofobia & Educação: um desafio ao silêncio. Brasília: LetrasLivres e Editora Universidade de Brasília, 2009. v. 1. 192p .

26.
Diniz, Debora; Dirce Guilhem . O que é bioética. 6a. ed. São Paulo: Editora Brasiliense (Coleção Primeiros Passos), 2009. 122p .

27.
Dirce Guilhem ; Diniz, Debora . O que é ética em pesquisa. 1a. ed. São Paulo: Editora Brasiliense (Coleção Primeiros Passos), 2008. v. 1. 105p .

28.
Diniz, Debora; Dirce Guilhem (Org.) ; Andrea Sugai (Org.) ; Udo Schucklenk (Org.) . Ética na Pesquisa: experiência de treinamento em países sul-africanos. Brasília: LetrasLivres/Editora Universidade de Brasília, 2008. 198p .

29.
Diniz, Debora; Andrea Sugai (Org.) ; Dirce Guilhem (Org.) ; Flavia Squinca (Org.) . Ética em pesquisa: temas globais. Brasília: LetrasLivres e EdUnB, 2008. v. 1. 404p .

30.
Diniz, Debora; Guilhem, Dirce . O que é bioética. 5a. ed. São Paulo: Editora Brasiliense (Coleção Primeiros Passos), 2008. 122p .

31.
Dirce Guilhem (Org.) ; Diniz, Debora (Org.) ; Fabio Zicker (Org.) . Pelas Lentes do Cinema: bioética e ética em pesquisa. 1a. ed. Brasília: Editora Universidade de Brasília e Editora LetrasLivres, 2007. v. 1. 216p .

32.
Diniz, Debora. O que é deficiência. 1a. ed. São Paulo: Editora Brasiliense (Coleção Primeiros Passos), 2007. v. 1. 89p .

33.
Sérgio Costa ; Diniz, Debora . Ensaios Bioética. Brasília/São Paulo: LetrasLivres/Brasiliense, 2006.

34.
Diniz, Debora; Samantha Buglione (Org.) ; Roger Raupp Rios (Org.) . Entre a Dúvida e o Dogma: Liberdade de Cátedra e Universidades Confessionais no Brasil. Brasília/Porto Alegre: LetrasLivres/Editora Livraria do Advogado, 2006. v. 1. 216p .

35.
Kátia Soares Braga (Org.) ; Elise Nascimento (Org.) ; Diniz, Debora (Org.) . Bibliografia Maria da Penha: violência contra a mulher no Brasil. Brasília: Ed. LetrasLivres e Ed. Universidade de Brasília, 2006. v. 1. 320p .

36.
Diniz, Debora. Admirável Nova Genética: bioética e sociedade. Brasília: LetrasLivres/Editora da UnB, 2005.

37.
Diniz, Debora; Dirce Guilhem (Org.) ; Udo Schucklenk (Org.) . Ética na Pesquisa: experiência de treinamento em países sul-africanos. 1a. ed. Brasília: LetrasLivres/Editora Universidade de Brasília, 2005. 192p .

38.
Diniz, Debora; Dirce Guilhem . O que é bioética. 2a. ed. São Paulo: Editora Brasiliense (Coleção Primeiros Passos), 2005. 122p .

39.
Kátia Soares Braga (Org.) ; Diniz, Debora (Org.) ; Elise Nascimento (Org.) . Bibliografia Estudos sobre Violência Sexual Contra a Mulher: 1984 - 2003. Brasília: Ed. LetrasLivres/EdUnB, 2004. 285p .

40.
Diniz, Debora; Diaulas Costa Ribeiro . Aborto por Anomalia fetal. Brasília: LetrasLivres, 2003. 152p .

41.
Diniz, Debora; Samantha Buglione (Org.) . Quem Pode Ter Acesso às Tecnologias Reprodutivas? Diferentes Perspectivas do Direito Brasileiro. Brasília: LEtrasLivres, 2002.

42.
Diniz, Debora; Dirce Guilhem . O que é bioética. 1a. ed. São Paulo: Editora Brasiliense (Coleção Primeiros Passos), 2002. 122p .

43.
Diniz, Debora; Sérgio Costa . Bioética: Ensaios. Brasília: LetrasLivres, 2001. 208p .

44.
Diniz, Debora; Anne Donchin (Org.) . Bioethics. Londres: Blackwell Publishers, 2001. v. 15.

45.
Diniz, Debora. Conflitos Morais e Bioética. Brasília: LetrasLivres, 2001. 212p .

Capítulos de livros publicados
1.
Diniz, Debora; Brito, L. ; RONDON, G. ; GUMIERI, S. . Proteção constitucional à infância e à adolescência: uma crítica à redução da maioridade penal. In: Anderson Pereira de Andrade; Bruno Amaral Machado. (Org.). Justiça Juvenil: paradigmas e experiências comparadas. 1ed.Brasília; São Paulo: Fundação Escola Superior do MPDFT; Marcial Pons Brasil, 2017, v. , p. 95-106.

2.
Diniz, Debora. Não grite eugenia: ouça as mulheres. In: Carla Rodrigues; Luciana Borges; Tânia Regina Oliveira Ramos. (Org.). Problemas de Gênero. 1ed.Rio de Janeiro: Funarte, 2016, v. , p. 39-42.

3.
Diniz, Debora. The House of the Dead: the ethics and aesthetics of documentary. In: Paul Macneill. (Org.). Ethics and the Arts. 1ed.Holanda: Springer, 2014, v. , p. 79-87.

4.
Diniz, Debora. Voces y textos. Objeción de Conciencia: un debate sobre la libertad y los derechos. 1ªed.Montevideo: Cotidiano Mujer, 2014, v. , p. 31-48.

5.
Diniz, Debora. Perspectivas e articulações de uma pesquisa feminista. In: Cristina Stevens; Susane Rodrigues de Oliveira; Valeska Zanello. (Org.). Estudos Feministas e de Gênero: articulações e perspectivas. 1ªed.Florianópolis: Editora Mulheres, 2014, v. , p. 11-21.

6.
Diniz, Debora. Enquadramentos e vidas precárias. In: Ana Carolina da Costa e Fonseca. (Org.). Cinema, ética e saúde (e-book). 1aed.Porto Alegre: Bestiário, 2014, v. , p. 17-20.

7.
Diniz, Debora. O escândalo da homofobia: imagens de vítimas e sobreviventes. In: Debora Diniz; Rosana Medeiros de Oliveira. (Org.). Notícias de homofobia no Brasil. 1aed.Brasília: LetrasLivres, 2014, v. 1, p. 57-85.

8.
Diniz, Debora. Igualdade, discriminação e ódio nas notícias. In: Debora Diniz; Rosana Medeiros de Oliveira. (Org.). Notícias de homofobia no Brasil. 1aed.Brasília: LetrasLivres, 2014, v. 1, p. 191-203.

9.
Diniz, Debora; Barbosa, Lívia . Artigo 2 - Definições. In: Joelson Dias; Laíssa da Costa Ferreira; Maria Aparecida Gugel; Waldir Macieira da Costa Filho. (Org.). Novos Comentários à Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência. 1aed.Brasília: Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência, 2014, v. 1, p. 36-40.

10.
Diniz, Debora. Objeção de Consciência e Aborto: direitos e deveres dos médicos na saúde pública. In: Débora Gozzo; Wilson Ricardo Ligiera. (Org.). Bioética e Direitos Fundamentais. 1aed.São Paulo: Editora Saraiva, 2012, v. , p. 77-89.

11.
Diniz, Debora. Objeción de Conciencia y Aborto: derechos y deberes de los medicos respecto de la salud pública en Brasil. In: María Casado; Florencia Luna. (Org.). Cuestiones de Bioética en y desde Latinoamérica. 1aed.Pamplona: Thomson Reuters, 2012, v. , p. 145-155.

12.
Diniz, Debora. Aborto e contracepção: três gerações de mulheres. In: Joana Maria Pedro; Carla Bassanezi Pinsky. (Org.). Nova História das Mulheres no Brasil. São Paulo: Editora Contexto, 2012, v. , p. 313-332.

13.
Diniz, Debora. Introdução. Rebecca Cook entrevistada por Debora Diniz. 1ed.Rio de Janeiro: EdUERJ, 2012, v. 1, p. 11-20.

14.
DINIZ, DEBORA. Enquadramentos e vidas precárias. In: Ana Carolina da Costa e Fonseca. (Org.). Cinema, ética e saúde. 1aed.Porto Alegre: Editora Bestiário, 2012, v. , p. 19-23.

15.
Diniz, Debora. Aborto. In: Antonio Carlos de Souza Lima. (Org.). Antropologia & Direito: temas antropológicos para estudos jurídicos. 1aed.Blumenau: Associação Brasileira de Antropologia / Nova Letra, 2012, v. 1, p. 405-411.

16.
Diniz, Debora. Psicologia, laicidade e diversidade sexual. In: Conselho Federal de Psicologia. (Org.). Psicologia e diversidade sexual: desafios para uma sociedade de direitos. 1aed.Brasília: Conselho Federal de Psicologia, 2011, v. , p. 133-137.

17.
Diniz, Debora; Marcelo Medeiros ; Barbosa, Lívia . Deficiência e Igualdade: o desafio da proteção social. In: Debora Diniz; Marcelo Medeiros; Lívia Barbosa. (Org.). Deficiência e Igualdade. 1aed.Brasilia: LetrasLivres e EdUnB, 2010, v. , p. 11-20.

18.
Barbosa, Lívia ; Diniz, Debora ; Wederson Santos . Diversidade corporal e perícia médica no Benefício de Prestação Continuada. In: Debora Diniz; Marcelo Medeiros; Lívia Barbosa. (Org.). Deficiência e Igualdade. 1aed.Brasilia: LetrasLIvres e EdUnB, 2010, v. , p. 43-60.

19.
Wederson Santos ; Diniz, Debora ; Natália Pereira . Deficiencia e Perícia Mèdica: os contornos do corpo. In: Debora Diniz; Marcelo Medeiros; Lívia Barbosa. (Org.). Deficiencia e Igualdade. 1aed.Brasilia: LetrasLivres e EdUnB, 2010, v. , p. 153-174.

20.
Diniz, Debora; Tatiana Lionço . Educação e Laicidade. In: Debora Diniz; Tatiana Lionço; Vanessa Carrião. (Org.). Laicidade e Ensino Religioso no Brasil. 1aed.Brasilia: LetrasLivres; Unesco; EdUnB, 2010, v. , p. 11-37.

21.
Diniz, Debora; Vanessa Carrião . Ensino religioso nas escolas públicas. In: Debora Diniz; Tatiana Lionço; Vanessa Carrião. (Org.). Laicidade e ensino religioso no Brasil. 1aed.Brasilia: LetrasLivres; Unesco; EdUnB, 2010, v. , p. 37-63.

22.
Diniz, Debora; Tatiana Lionço . Diversidade cultural nos livros de ensino religioso. In: Debora Diniz; Tatiana Lionço; Vanessa Carrião. (Org.). Laicidade e ensino religioso no Brasil. 1aed.Brasília: LetrasLivres; Unesco; EdUnB, 2010, v. , p. 63-96.

23.
Diniz, Debora; Tatiana Lionço . Justiça religiosa: o principal desafio do ensino religioso. In: Debora Diniz; Tatiana Lionço; Vanessa Carrião. (Org.). Laicidade e ensino religioso no Brasil. 1aed.Brasilia: LetrasLIvres; Unesco; EdUnB, 2010, v. , p. 97-108.

24.
Diniz, Debora. A pesquisa social e os comitês de ética no Brasil. In: Soraya Fleischer; Patrice Schuch. (Org.). Ética e regulamentação na pesquisa antropológica. Brasilia: LetrasLivres e Editora Universidade de Brasilia, 2010, v. , p. 183-192.

25.
Diniz, Debora; Wederson Santos . Deficiência e Direitos Humanos: desafios e respostas à discriminação. In: Debora Diniz; Wederson Santos. (Org.). Deficiência e Discriminação. 1aed.Brasília: LetrasLivres e EdUnB, 2010, v. , p. 9-18.

26.
Diniz, Debora; Barbosa, Lívia ; Wederson Santos . Deficiência, Direitos Humanos e Justiça. In: Debora Diniz; Wederson Santos. (Org.). Deficiência e Discriminação. 1aed.Brasília: LetrasLivres e EdUnB, 2010, v. , p. 97-116.

27.
Diniz, Debora; Barbosa, Lívia . Direitos Humanos e as pessoas com deficiência no Brasil. In: Gustavo Venturi. (Org.). Direitos Humanos: percepções da opinião pública - análses de pesquisa nacional. 1aed.Brasília: Secretaria de Direitos Humanos, 2010, v. , p. 201-218.

28.
Diniz, Debora; Dirce Guilhem . Bioethics and Women in Latin America: a biographical and genealogical essay. In: Leo Pessini; Christian de Paul de Barchifontaine; Fernando Lolas Stepke. (Org.). Ibero-American Bioethics - History and Perspectives. 1aed.London: Springer, 2010, v. 106, p. 297-308.

29.
Diniz, Debora. Direitos Sexuais e Reprodutivos: qual o desafio imposto pela deficiência/. In: Ministério da Saúde. (Org.). I Seminário Nacional de Saúde: direitos sexuais e reprodutivos e pessoas com deficiência. 1aed.Brasília: Ministério da Saúde, 2010, v. , p. 80-82.

30.
Janaína Penalva ; Diniz, Debora ; Marcelo Medeiros . Política Assistencial, Orçamento e Justiça no Benefício de Prestação Continuada. In: Debora Diniz; Marcelo Medeiros; Lívia Barbosa. (Org.). Deficiência e Igualdade. 1aed.Brasília: LetrasLivres e EdUnB, 2010, v. , p. 61-84.

31.
Tatiana Lionço ; Diniz, Debora . Qual a diversidade sexual dos livros didáticos brasileiros?. In: Tatiana Lionço; Debora Diniz. (Org.). Homofobia & Educação: um desafio ao silêncio. 1aed.Brasília: LetrasLivres e Editora Universidade de Brasília, 2009, v. , p. 9-15.

32.
Tatiana Lionço ; Diniz, Debora . Homofobia, Silêncio e Naturalização: por uma narrativa da diversidade sexual. In: Tatiana Lionço; Debora Diniz. (Org.). Homofobia & Educação: um desafio ao silêncio. 1aed.Brasilia: LetrasLivres e Editora Universidade de Brasília, 2009, v. , p. 47-72.

33.
Cristiano Guedes ; Diniz, Debora . Aconselhamento genético e bioética. In: Quagliato, E; Marques, M. (Org.). Doença de Huntington: guia para famílias e profissionais de saúde. São Paulo: Associação Brasil Huntington, 2009, v. , p. 69-79.

34.
Diniz, Debora. Aborto. In: Antonio Carlos de Souza Lima. (Org.). Antropologia & Direito: temas antropológicos para debates jurídicos. Brasilia; Blumenau: ABA; Nova Letra, 2009, v. , p. 12-19.

35.
Diniz, Debora; Andrea Sugai . Ética em Pesquisa: temas globais. In: Diniz, Debora; Sugai, Andrea; Guilhem, Dirce; Squinca, Flávia. (Org.). Ética em Pesquisa: temas globais. 1aed.Brasília: LetrasLivres e EdUnB, 2008, v. , p. 9-23.

36.
Diniz, Debora; Iara Guerriero . Ética na Pesquisa Social: desafios ao modelo biomédico. In: Diniz, Debora; Sugai, Andréa; Guilhem, Dirce; Squinca, Flávia. (Org.). Ética em Pesquisa: temas globais. 1aed.Brasília: LetrasLivres e EdUnB, 2008, v. , p. 289-322.

37.
Diniz, Debora. Quando a morte é um ato de cuidado. In: Daniel Sarmento; Flávia Piovesan. (Org.). Nos Limites da Vida: aborto, clonagem humana e eutanásia sob a perspectiva dos direitos humanos. 1aed.Rio de Janeiro: LumenJuris, 2007, v. , p. 295-307.

38.
Diniz, Debora. O Sangue Yanomami: um desafio para a ética na pesquisa. In: Dirce Guilhem; Fabio Zicker. (Org.). Ética na Pesquisa em Saúde: Avanços e Desafios. 1aed.Brasília: LetrasLivres e Editora Universidade de Brasília, 2007, v. , p. 76-98.

39.
Diniz, Debora; Dirce Guilhem . Bioética e Gênero. In: Márcio Fabri dos Anjos; José Eduardo de Siqueira. (Org.). Bioética no Brasil: tendências e perspectivas.. 1aed.São Paulo: Idéias e Letras, 2007, v. 1, p. 95-112.

40.
Diniz, Debora; Dirce Guilhem . La bioética y las mujeres en América Latina: un ensayo biográfico y genealógico. In: Leo Pessini; Christian de Paul de Barchifontaine; Fernando Lolas. (Org.). Perspectivas de la Bioética en Iberoamérica. 1aed.Santiago: Organización Panamericana de la Salud, 2007, v. , p. 233-245.

41.
Diniz, Debora. Ética e Pesquisa Social em Saúde. In: Dirce Guilhem; Debora Diniz; Fabio Zicker. (Org.). Pelas Lentes do Cinema: bioética e ética em pesquisa. 1aed.Brasília: LetrasLivres/Ed. Universidade de Brasília, 2007, v. , p. 135-158.

42.
Diniz, Debora; Ana América Gonçalves ; Dirce Guilhem . Ética e Pesquisa Genética. In: Dirce Guilhem; Debora Diniz; Fabio Zicker. (Org.). Pelas Lentes do Cinema: bioética e ética em pesquisa. 1aed.Brasília: LetrasLivres/Editora da Universidade de Brasília, 2007, v. , p. 161-179.

43.
Dirce Guilhem ; Diniz, Debora ; Fabio Zicker . Introdução da obra Pelas lentes do cinema: bioética e ética em pesquisa. In: Dirce Guilhem; Debora Diniz; Fabio Zicker. (Org.). Pelas Lentes do Cinema: bioética e ética em pesquisa. 1aed.Brasília: LetrasLivres/Editora Universidade de Brasília, 2007, v. , p. 17-25.

44.
Diniz, Debora. Severina torturada. In: Cláudia Porto. (Org.). Olhares Femininos, Mulheres Brasileiras. 1aed.São Paulo: X Brasil/SENAC, 2006, v. , p. 45-54.

45.
Diniz, Debora; Ana Cristina Gonzalez . Aborto y Razón Pública: el desafío de la anencefalia en Brasil. In: Susana Checa. (Org.). Realidades y coyunturas del aborto. 1aed.Buenos Aires: Paidós, 2006, v. , p. 111-130.

46.
Diniz, Debora; Roger Raupp Rios ; Samantha Buglione . Introdução da obra Entre a Dúvida e o Dogma: liberdade de cátedra e universidades confessionais no Brasil. In: Diniz, Debora; Buglione, Samantha; Rios, Roger Raupp. (Org.). Entre a Dúvida e o Dogma: liberdade de cátedra e universidades confessionais no Brasil. 1aed.Brasília/Porto Alegre: LetrasLivres e Livraria Editora do Advogado, 2006, v. , p. 9-21.

47.
Diniz, Debora. Quando a verdade é posta em dúvida: liberdade de cátedra e universidades confessionais. In: Debora Diniz; Samantha Buglione; Roger Raupp Rios. (Org.). Entre a Dúvida e o Dogma: Liberdade de Cátedra e Universidades Confessionais no Brasil. 1aed.Brasília; Porto Alegre: LetrasLivres/Livraria Editora do Advogado, 2006, v. , p. 71-104.

48.
Diniz, Debora. Depoimentos: trinta anos de pesquisas feministas brasileiras sobre violência. In: Miriam Pillar Grossi; Luzinete Simões Minella; Rozeli Porto. (Org.). Depoimentos: trinta anos de pesquisas feministas brasileiras sobre violência. 1aed.Santa Catarina: Editora Mulheres, 2006, v. , p. 67-72.

49.
Diniz, Debora; Flavia Squinca ; Marcelo Medeiros . Deficiência, Cuidado e Justiça Distributiva. In: Malu Fontes; Sergio Costa; Flávia Squinca. (Org.). Tópicos em Bioética. 1aed.Brasília: LetrasLivres, 2006, v. , p. 82-94.

50.
Diniz, Debora. Direitos Humanos e Liberdade: Um Desafio Complexo. In: Veet Vivarta. (Org.). Mídia e Direitos Humanos. 1aed.São Paulo: Andi-SEDH-Unesco, 2006, v. , p. 298-299.

51.
Diniz, Debora; Rosely Gomes . Infertilidad e Infecundidad: accesso a las nuevas tecnologías conceptivas. In: Carlos Cáceres; Gloria Careaga; Tim Frasca; Mario Pecheny. (Org.). Sexualidad, Estigma y Derechos Humanos: desafíos para el acesso a la salud en América Latina. 1aed.Lima: FASPA/UPCH, 2006, v. , p. 55-67.

52.
Diniz, Debora; Kátia Soares Braga . De Inocência a Maria da Penha. In: Kátia Soares Braga; Elise Nascimento; Debora Diniz. (Org.). Bibliografia Maria da Penha: violência contra a mulher no Brasil. 1aed.Brasília: Ed. LetrasLivres e Ed. Universidade de Brasília, 2006, v. 1, p. 11-22.

53.
Diniz, Debora; Rosely Gomes . Infertilidade e Infecundidade: acesso às novas tecnologias conceptivas.. In: FERREIRA, Verônica; ÁVILA, Maria Betânia; PORTELLA, Ana Paula (Orgs.). (Org.). Feminismo e novas tecnologias reprodutivas. 1aed.Recife: SOS CORPO - Instituto Feminista para a Democracia., 2006, v. , p. 49-66.

54.
Diniz, Debora; Ana América Gonçalves . Predestinação Genética e Social: a Clonagem de Hitler no Filme Meninos do Brasil. In: Debora Diniz. (Org.). Admirável Nova Genética: bioética e sociedade. 1aed.Brasília: LetrasLivres/Editora da UnB, 2005, v. , p. 73-82.

55.
Marilena Vilella Dias Corrêa ; Diniz, Debora . O Gene Gay: uma entrevista com Dean Hamer. In: Debora Diniz. (Org.). Admirável Nova Genética: bioética e sociedade. 1aed.Brasília: LetrasLivre/Editora da UnB, 2005, v. , p. 83-94.

56.
Diniz, Debora. Cultura Surda: entre a genética e a diversidade cultural. In: Debora Diniz. (Org.). Admirável Nova Genética: bioética e sociedade. 1aed.Brasília: LetrasLivres/Editora da UnB, 2005, v. , p. 97-114.

57.
Diniz, Debora. Quem autoriza o aborto seletivo no Brasil? Médicos, Juízes e Promotores em Cena. In: Miriam Grossi; Roseli Porto e Marlene Tamanini. (Org.). Novas tecnologias reprodutivas conceptivas: questões e desafios. Brasília: LetrasLivres/Editora da UnB, 2005, v. , p. 139-152.

58.
Diniz, Debora; Cristiano Guedes . Educando para a Genética: anemia falciforme e políticas de saúde no Brasil. In: Debora Diniz. (Org.). Adimirável Nova Genética: bioética e sociedade. 1aed.Brasília: LetrasLivres/Editora da UnB, 2005, v. , p. 141-179.

59.
Diniz, Debora. Anencefalia: Ciência e Estado Laico. In: Adesse, Leila. (Org.). A Saúde Sexual e Reprodutiva da Mulher no Brasil: diferentes visões no contexto do aborto.. 1aed.Porto Alegre: Metrópole, 2005, v. , p. 67-70.

60.
Diniz, Debora; Cristiano Guedes . Traço falciforme na saúde pública: confidencialidade e aconselhamento genético na doação de sangue. In: Debora Diniz. (Org.). Admirável Nova Genética: Bioética e Sociedade. 1aed.Brasília: LetrasLivres/Editora da UnB, 2005, v. , p. 181-204.

61.
Diniz, Debora; Cristiano Guedes ; Alexandra Trivelino . Anemia Falciforme no Plural: o que as pessoas entendem de aconselhamento?. In: Debora Diniz. (Org.). Admirável Nova Genética: Bioética e Sociedade. 1aed.Brasília: LetrasLivres/Editora da UnB, 2005, v. , p. 205-220.

62.
Diniz, Debora; Cristiano Guedes . A Informação Genética na Mídia Impressa: a anemia falciforme em questão. In: Sergio Rego e Roland Schramm. (Org.). Bioética, Riscos e Proteção.. 1aed.Rio de Janeiro: Ed. Fiocruz, 2005, v. , p. 211-228.

63.
Dirce Guilhem ; Diniz, Debora . A Ética na Pesquisa no Brasil. In: Debora Diniz; Dirce Guilhem; Udo Schuklenk. (Org.). Ética na Pesquisa: experiência de treinamento em países sul-africanos. 1aed.Brasília: LetrasLivres e Editora da Universidade de Brasília, 2005, v. , p. 11-28.

64.
Diniz, Debora. Á Ética e o Ethos da Comunicação Científica. In: Debora Diniz; Dirce Guilhem; Udo Schuklenk. (Org.). Ética na Pesquisa: experiência de treinamento em países sul-africanos. 1aed.Brasília: LetrasLivres e Editora Universidade de Brasília, 2005, v. , p. 181-187.

65.
Diniz, Debora. A violência contra a mulher. In: Júlio Cezar Meirelles. (Org.). A Lógica da Maldade: a violência no seio da Medicina. 1aed.Montes Claros: Ed. Unimontes, 2005, v. , p. 235-236.

66.
Diniz, Debora. A moral da violência no Brasil. In: Júlio Cézar Meirelles Gomes. (Org.). A lógica da maldade: a violência no seio da medicina. 1aed.Montes Claros: Editora Unimontes, 2005, v. , p. 236-239.

67.
Diniz, Debora; Cristiano Guedes . Confidencialidad y Salud Pública: un estudio de caso de la anemia falciforme. In: Hoyos, Guillermo; Rueda, Eduardo. (Org.). Aspectos Éticos de La Biotecnologia. Bogotá: Poliedros Collection, 2004, v. , p. 25-52.

68.
Diniz, Debora; Sérgio Costa . Morrer com Dignidade: um direito fundamental. In: Ana Amélia Camarano. (Org.). Os novos idosos brasileiros: muito além dos 60?. 1ed.Rio de Janeiro: IPEA, 2004, v. , p. 121-133.

69.
Kátia Soares Braga ; Diniz, Debora . Introdução. In: Katia Soares Braga; Elise do Nascimento; Debora Diniz. (Org.). Bibliografia Estudos sobre Violência Sexual Contra a Mulher: 1984 - 2003. 1aed.Brasília: Ed. LetrasLivres/EdUnB, 2004, v. , p. 1-18.

70.
Marcelo Medeiros ; Diniz, Debora . Elderly and Disability. In: Ana Amélia Camarano. (Org.). Muito além dos 60: os novos idosos brasileiros. 1aed.Rio de Janeiro: IPEA, 2004, v. , p. 107-120.

71.
Marcelo Medeiros ; Diniz, Debora . Envelhecimento e Deficiência. In: Ana Amélia Camarano. (Org.). Os novos idosos brasileiros: muito além dos 60?. 1ed.Rio de Janeiro: IPEA, 2004, v. , p. 107-120.

72.
Diniz, Debora; Sérgio Costa . Dying with Dignity: a human right. In: Ana Amélia Camarano. (Org.). Muito além dos 60: os novos idosos brasileiros. 1aed.Rio de Janeiro: IPEA, 2004, v. , p. 121-136.

73.
Diniz, Debora. Apresentação da obra Anencefalia e Supremo Tribunal Federal. In: CREMEB. (Org.). Anencefalia e Supremo Tribunal Federal. 1aed.Brasília: Ed. LetrasLivres, 2004, v. , p. 7-14.

74.
Diniz, Debora. Quem autoriza o aborto seletivo no Brasil? Médicos, Juízes e Promotores em Cena. In: Miriam Grossi; Marlene Tamanini; Rozeli Porto. (Org.). Novas Tecnologias Reprodutivas Conceptivas: questões e desafios. 1aed.Brasília: LetrasLivres, 2003, v. , p. 139-152.

75.
Diniz, Debora. Bioética: um novo conceito. A Ética nos Grupos: contribuição do psicodrama. 1aed.São Paulo: Agora, 2002, v. , p. 29-40.

76.
Kátia Soares Braga ; Diniz, Debora . Introdução. Bibliografia Bioética Brasileira: 1990 - 2002. 1aed.Brasília: LetrasLivres, 2002, v. , p. 03-12.

77.
Diniz, Debora. Introdução. In: Debora Diniz; Samantha Buglione. (Org.). Quem Pode ter Acesso às Tecnologias Reprodutivas? Diferentes perspectivas do direito brasileiro. 1aed.Brasília: LetrasLivres, 2002, v. , p. 09-21.

78.
Diniz, Debora; Ana Paula Damasceno . Mídia brasileira dissocia o aborto da saúde da mulher. In: Elizabeth Nardelli; Francisco Sant'Anna. (Org.). Mulher e Imprensa na América Latina. 1aed.Brasília: UNESCO, 2002, v. , p. 135-141.

79.
Diniz, Debora. Novas Tecnologias Reprodutivas, Ética e Gênero: o debate legislativo no Brasil. In: Leo Pessini; Christian De Paul de Barchifontaine. (Org.). Bioética: alguns desafios. 1aed.São Paulo: Loyola, 2001, v. , p. 203-224.

80.
Diniz, Debora. Antropologia e os limites dos direitos humanos: o dilema moral de Tashi. In: Regina Reyes Novaes; Roberto Kant de Lima. (Org.). Antropologia e Direitos Humanos. 1aed.Rio de Janeiro: Editora da Universidade Federal Fluminense, 2001, v. , p. 17-46.

81.
Diniz, Debora. Universalismo e Relativismo: os antropólogos e os direitos humanos. Antropologia e Direitos Humanos II. 1aed.Rio de Janeiro: Editora da Universidade Federal Fluminense, 2001, v. , p. 02-03.

82.
Diniz, Debora. Feminist Bioethics: the emergence of the oppresed. In: Rosemarie Tong. (Org.). Globalizing Feminist Bioethics. 1aed.New York: Westview, 2000, v. , p. 62-72.

83.
Diniz, Debora; Marilena Vilella Dias Corrêa . Novas Tecnologias Reprodutivas no Brasil: um debate à espera de regulação. In: Carneiro, Fernanda; Emerick, Maria Celeste. (Org.). A Ética e o Debate Jurídico sobre Acesso e Uso do Genoma Humano. 1ed.Rio de Janeiro: Fiocruz, 2000, v. , p. 103-112.

84.
Diniz, Debora; Marco de Almeida . Bioética e Aborto. In: Volnei Garrafa; Gabriel Oselka; Sérgio Ibiapina. (Org.). Iniciação à Bioética. 1ed.Brasília: CFM, 1998, v. , p. 125-137.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
Diniz, Debora. Dia do professor: exercitamos mal a prática de duvidar do que se posta. Marie Claire, 15 out. 2018.

2.
Diniz, Debora. Debora Diniz: Resista sem medo e tenha esperança. Marie Claire, 11 out. 2018.

3.
Diniz, Debora. As mulheres nordestinas irão decidir as eleições. Marie Claire, 01 out. 2018.

4.
Diniz, Debora. Debora Diniz fala sobre luta pela descriminalização do aborto: 'Questão de tempo'. Marie Claire, 28 set. 2018.

5.
Diniz, Debora. Nós, mulheres, decidiremos as eleições. Marie Claire, 13 set. 2018.

6.
Diniz, Debora. O ataque a Jair Bolsonaro: quando o ódio se transforma em linguagem política. HuffPost Brasil, 09 set. 2018.

7.
Diniz, Debora. Por que é errado usar plebiscito para decidir sobre descriminalização do aborto. Marie Claire, 04 set. 2018.

8.
Diniz, Debora. Aborto não é (mesmo) método contraceptivo, mas é uma necessidade eventual. Marie Claire, 30 ago. 2018.

9.
Diniz, Debora. Pesquisas eleitorais revelam medo de homens que se sentem encurralados por mulheres. Marie Claire, 21 ago. 2018.

10.
Diniz, Debora. Edital da PM do Paraná não é para futuros matadores de organizações criminosas. Marie Claire, 13 ago. 2018.

11.
Diniz, Debora. Argentinas prometem retornar às eleições com rechaça aos políticos contrários ao aborto. Marie Claire, 09 ago. 2018.

12.
Diniz, Debora. Debora Diniz: ?Todas as mulheres fazem aborto, mas só em algumas a polícia bota a mão?. El País, 03 ago. 2018.

13.
Diniz, Debora. Criminalização é responsável por morte de babá que tentou aborto em casa. Marie Claire, 26 jul. 2018.

14.
Diniz, Debora. Os brasileiros na Rússia: o assédio sem fronteiras. Marie Claire, 21 jun. 2018.

15.
Diniz, Debora. Debora Diniz: A pré-candidatura de Sônia Guajajara à vice-presidência. Marie Claire, 19 abr. 2018.

16.
Diniz, Debora. Debora Diniz: Morte de Marielle Franco suscita resistência de multidão. Marie Claire, 15 mar. 2018.

17.
Diniz, Debora. Retorno à crueldade. Revista TPM, 05 jun. 2017.

18.
Diniz, Debora. Histórias de aborto são segredo para o mundo, mas não para as mulheres. The Huffington Post Brasil, 02 jun. 2017.

19.
Diniz, Debora. Hotel Laide: A lembrança da Cracolândia. The Huffington Post Brasil, 25 maio 2017.

20.
Diniz, Debora. A destruição da Cracolândia. CartaCapital, 23 maio 2017.

21.
Diniz, Debora. A história de Desirée, cujo pior crime foi ser usuária de crack. CartaCapital, 12 maio 2017.

22.
Diniz, Debora. Mulheres, por que greve geral?. Revista AzMina, 28 abr. 2017.

23.
Diniz, Debora. As dez mil mulheres que abortaram. The Huffington Post Brasil, 10 abr. 2017.

24.
Diniz, Debora. Aborto na Corte. Le Monde Diplomatique Brasil, 05 abr. 2017.

25.
Diniz, Debora. Uma abusada pelo padre, a outra estuprada pelo avô. Revista AzMina, 05 abr. 2017.

26.
Diniz, Debora. A carta de José Mayer mostra o fosso entre homens e mulheres. CartaCapital, 05 abr. 2017.

27.
Diniz, Debora. Um recém-nascido em caixa de papelão. CartaCapital, 29 mar. 2017.

28.
Diniz, Debora. Como um aborto espontâneo se transformou em uma investigação sobre 'morte a esclarecer'. HuffPost Brasil, 20 mar. 2017.

29.
Diniz, Debora. O estupro não choca?. CartaCapital, 16 mar. 2017.

30.
Diniz, Debora. Os desajustes dos preços no mercado não tornam as mulheres economistas, mas sobreviventes. HuffPost Brasil, 13 mar. 2017.

31.
Diniz, Debora. Nem uma a menos no STF. CartaCapital, 08 mar. 2017.

32.
Diniz, Debora. 'Nem uma a menos': isso é ser feminista. Folha de S. Paulo - Blog #AgoraÉQueSãoElas, 08 mar. 2017.

33.
Diniz, Debora. Enfim o Brasil vai discutir o direito amplo ao aborto. Revista TPM, 07 mar. 2017.

34.
Diniz, Debora. Violência obstétrica: Ela existe ou é mais uma 'invenção de feministas'?. HuffPost Brasil, 22 fev. 2017.

35.
Diniz, Debora. As mulheres do zika foram esquecidas. CartaCapital, 06 fev. 2017.

36.
Diniz, Debora. Debora Diniz: ?Ser feminista e contra o aborto é uma incoerência?. Revista AzMina, 01 fev. 2017.

37.
Diniz, Debora. A cabeça raspada de Eike Batista. HuffPost Brasil, 31 jan. 2017.

38.
Diniz, Debora. Gatinhas e vaginas: o dia seguinte a Trump. CartaCapital, 23 jan. 2017.

39.
Diniz, Debora. Estupro coletivo: Homens, unam-se à luta!. HuffPost Brasil, 17 jan. 2017.

40.
Diniz, Debora. Americanas vão às ruas sábado contra Trump e pelo aborto. Revista AzMina, 17 jan. 2017.

41.
Diniz, Debora. Bem-vindo à Cracolândia, Dória. CartaCapital, 10 jan. 2017.

42.
Diniz, Debora. A chacina em Campinas e o ódio que se transforma em máquina de matar mulheres. HuffPost Brasil, 02 jan. 2017.

43.
Diniz, Debora. 2017 será um ano feminista. CartaCapital, 02 jan. 2017.

44.
Diniz, Debora. 2016 foi ano de olharmos para os femicídios causados pela lei. Revista AzMina, 20 dez. 2016.

45.
Diniz, Debora. Três grandes mitos sobre o aborto. Revista AzMina, 07 dez. 2016.

46.
Diniz, Debora. A cada minuto uma mulher faz um aborto no Brasil. Carta Capital, 06 dez. 2016.

47.
Diniz, Debora. Expulsões, de Saskia Sassen, por Debora Diniz. Blog da Editora Record, 06 dez. 2016.

48.
Diniz, Debora. Decisão do STF encara a realidade sobre o aborto. Carta Capital, 30 nov. 2016.

49.
Diniz, Debora. Papa Francisco e o perdão do aborto. HuffPost Brasil, 23 nov. 2016.

50.
Diniz, Debora. Um ano da epidemia do vírus zika no Brasil. Correio Braziliense, 19 nov. 2016.

51.
Diniz, Debora. Garotinho, Sérgio Cabral e os presídios brasileiros. Carta Capital, 18 nov. 2016.

52.
Diniz, Debora. Por uma universidade livre de machismo. HuffPost Brasil, 11 nov. 2016.

53.
Diniz, Debora. O zika e o bilhete da sobrevivência. Carta Capital, 09 nov. 2016.

54.
Diniz, Debora. Eleição nos EUA: Trump, quem é o seu 'todos'?. Carta Capital, 09 nov. 2016.

55.
Diniz, Debora. Como lidar com os fanáticos? Com a lei!. Revista AzMina, 03 nov. 2016.

56.
Diniz, Debora. Carta a um professor. Carta Capital, 25 out. 2016.

57.
Diniz, Debora. Por que só nos restou marchar?. HuffPost Brasil, 19 out. 2016.

58.
Diniz, Debora. Livro conta a história do zika vírus ? esse, sim, um legado da Copa do Mundo. Revista AzMina, 18 out. 2016.

59.
Diniz, Debora. Basta é basta! Michelle Obama e a indignação. Revista Claudia - M de Mulher, 14 out. 2016.

60.
Diniz, Debora. A infância nos tempos de zika: Marcela Temer e a criança feliz. Carta Capital, 11 out. 2016.

61.
Diniz, Debora. Polônia nos ensina: religião e direito ao aborto não são incompatíveis. Revista AzMina, 06 out. 2016.

62.
Diniz, Debora. Aborto legal é proteção à saúde mental e física das meninas e mulheres. HuffPost Brasil, 28 set. 2016.

63.
Diniz, Debora. Pesquisadora e escritora Debora Diniz resenha o livro ?A tortura como arma de guerra?. Blog da Editora Record, 20 set. 2016.

64.
Diniz, Debora. Em nome de Deus. HuffPost Brasil, 19 set. 2016.

65.
Diniz, Debora. A Ministra Carmem Lúcia e a lição básica de como o machismo está entranhado na vida social. HuffPost Brasil, 15 set. 2016.

66.
Diniz, Debora. 5 clichês sobre aborto e zika. Folha de S. Paulo - Blog #AgoraÉQueSãoElas, 12 set. 2016.

67.
DINIZ, DEBORA. Você sabe do que está falando quando se diz contra a educação sexual nas escolas?. Revista AzMina, 05 set. 2016.

68.
DINIZ, DEBORA. A saída de Ela Wiecko não causa vergonha, mas empossa uma heroína. HuffPost Brasil, 01 set. 2016.

69.
DINIZ, DEBORA. Ele é ela; ou não será ninguém. HuffPost Brasil, 05 ago. 2016.

70.
DINIZ, DEBORA. Toda escola tem que tomar partido. HuffPost Brasil, 27 jul. 2016.

71.
DINIZ, DEBORA. Considerações sobre a chamada 'ideologia de gênero'. HuffPost Brasil, 21 jul. 2016.

72.
DINIZ, DEBORA. Quem manda aqui? Paulina Chiziane é mais do que uma mulher negra escritora de Moçambique. HuffPost Brasil, 14 jul. 2016.

73.
DINIZ, DEBORA. E se fosse seu filho?. Correio Braziliense, 04 jul. 2016.

74.
DINIZ, DEBORA. E se o menino fosse seu filho?. Correio Braziliense, 04 jul. 2016.

75.
DINIZ, DEBORA. Luiza Brunet e o bilionário bruto. Correio 24h, 02 jul. 2016.

76.
DINIZ, DEBORA. Não há como resolver a fissura da droga pela abstinência mágica. HuffPost Brasil, 23 jun. 2016.

77.
DINIZ, DEBORA. Gays querem (e devem) doar sangue. HuffPost Brasil, 17 jun. 2016.

78.
Diniz, Debora. O Papa é feminista. HuffPost Brasil, 09 jun. 2016.

79.
DINIZ, DEBORA. Jogos Olímpicos do Rio devem ser adiados ou transferidos por causa de surto de zika? SIM. Folha de S. Paulo, São Paulo, 04 jun. 2016.

80.
DINIZ, DEBORA. Pelo fim do crime de estupro. HuffPost Brasil, 30 maio 2016.

81.
DINIZ, DEBORA. Ana Hickman e a 'loucura dos machos'. HuffPost Brasil, 25 maio 2016.

82.
DINIZ, DEBORA. Aborto, por que não ouvir as religiões?. HuffPost Brasil, 23 maio 2016.

83.
DINIZ, DEBORA. Além dos mosquitos, as mulheres. HuffPost Brasil, 15 maio 2016.

84.
DINIZ, DEBORA. A celebração da misoginia. HuffPost Brasil, 12 maio 2016.

85.
Diniz, Debora. The Zika Virus and Brazilian Women?s Right to Choose. The New York Times, Nova York, Estados Unidos, 08 fev. 2016.

86.
Diniz, Debora. Não grite eugenia: ouça as mulheres. Folha de S.Paulo - Blog #AGORAÉQUESÃOELAS, São Paulo, 04 fev. 2016.

87.
Diniz, Debora. Grávida vítima de zika deve ter direito ao aborto? Sim.. Revista Época Online, Rio de Janeiro, 04 fev. 2016.

88.
Diniz, Debora. Descaso da pior espécie. Portal Justificando, São Paulo, 01 fev. 2016.

89.
Diniz, Debora. Descaso da pior espécie. O Estado de S.Paulo, São Paulo, p. E3 - E3, 31 jan. 2016.

90.
Diniz, Debora. Cirurgia trans: necessidade de saúde. Portal Justificando, São Paulo, 26 jan. 2016.

91.
Diniz, Debora. Enem e violência doméstica: o que as redações revelaram. Portal Justificando, São Paulo, 18 jan. 2016.

92.
Diniz, Debora. O bebê indígena morto. Portal Justificando, São Paulo, 11 jan. 2016.

93.
Diniz, Debora. Cavalo doido. Correio Braziliense, Brasília, p. 11 - 11, 08 jan. 2016.

94.
Diniz, Debora. Por uma sociedade sem manicômios. Portal Justificando, São Paulo, 22 dez. 2015.

95.
Diniz, Debora. Mulheres na universidade: vítimas da violência impositiva. Portal Justificando, São Paulo, 14 dez. 2015.

96.
Diniz, Debora. Zika vírus: a biopolítica dos úteros. Portal Justificando, São Paulo, 07 dez. 2015.

97.
Diniz, Debora. 16 dias de ativismo: não há natureza na violência contra as mulheres. Portal Justificando, São Paulo, 01 dez. 2015.

98.
Diniz, Debora. Paris, Bento Rodrigues e a tragédia. Portal Justificando, São Paulo, 23 nov. 2015.

99.
Diniz, Debora. A matança de mulheres negras. Portal Justificando, São Paulo, 17 nov. 2015.

100.
Diniz, Debora. Orgulho de ser hétero: as fronteiras entre a fala livre e a odiosa. Portal Justificando, São Paulo, 10 nov. 2015.

101.
Diniz, Debora. Multidão de mulheres presas. Folha de S.Paulo, São Paulo, 06 nov. 2015.

102.
Diniz, Debora. Eduardo Cunha, quem é a mulher mentirosa?. Portal Justificando, São Paulo, 03 nov. 2015.

103.
Diniz, Debora. Gênero no Enem. Correio 24 Horas, Salvador, 27 out. 2015.

104.
Diniz, Debora. Mulheres e transexuais: protegidas pela Lei Maria da Penha?. Portal Justificando, São Paulo, 26 out. 2015.

105.
Diniz, Debora. Um bebê abandonado, uma mulher desesperada. Portal Justificando, São Paulo, 19 out. 2015.

106.
Diniz, Debora. A minha morte. Correio Braziliense, Brasília, p. 15 - 15, 18 out. 2015.

107.
Diniz, Debora. A bíblia obrigatória nas escolas públicas viola a Constituição?. Portal Justificando, São Paulo, 13 out. 2015.

108.
Diniz, Debora. Financiamento de campanha e igualdade. Portal Justificando, São Paulo, 29 set. 2015.

109.
Diniz, Debora. Uma cadeia de mulheres. Portal Justificando, São Paulo, 22 set. 2015.

110.
Diniz, Debora. Quem é família?. Portal Justificando, São Paulo, 15 set. 2015.

111.
Diniz, Debora. O perdão do aborto. Portal Justificando, São Paulo, 08 set. 2015.

112.
Diniz, Debora. Cadeia de Papel - Nome de horror. Revista Liberdades - IBCCRIM, São Paulo, , v. 20, p. 234 - 244, 01 set. 2015.

113.
Diniz, Debora. O zumbido de um direito. O Estado de S.Paulo, São Paulo, p. E3 - E3, 12 jul. 2015.

114.
Diniz, Debora. A farda e o feminicídio. Correio Braziliense, Brasília, p. 17 - 17, 11 jun. 2015.

115.
Diniz, Debora. Cadeia de Papel - Escrevo, por quê e para quem?. Revista Liberdades - IBCCRIM, São Paulo, , v. 19, p. 104 - 109, 29 maio 2015.

116.
Diniz, Debora. Qual é o problema?. Correio Braziliense, Brasília, p. 11 - 11, 25 mar. 2015.

117.
Diniz, Debora. Alcance não tão longo. O Estado de S.Paulo, São Paulo, p. E9 - E9, 15 mar. 2015.

118.
Diniz, Debora. A previdência e as viúvas. Correio Braziliense, Brasília, p. 11 - 11, 06 jan. 2015.

119.
Diniz, Debora. Depois daquele beijo. O Estado de S.Paulo, São Paulo, p. E10 - E10, 16 nov. 2014.

120.
Diniz, Debora. Donas de Casa. Correio Braziliense, Brasília, p. 13 - 13, 21 out. 2014.

121.
Diniz, Debora. Itinerário do abandono. O Estado de S.Paulo, São Paulo, p. E3 - E3, 31 ago. 2014.

122.
Diniz, Debora. Estupros na capital. Correio Braziliense, Brasília, p. 17 - 17, 15 ago. 2014.

123.
Diniz, Debora. Quesito hímen. O Estado de S.Paulo, São Paulo, p. E3 - E3, 10 ago. 2014.

124.
DINIZ, DEBORA. O diagnosticador do presente. O Estado de S.Paulo, São Paulo, p. D9 - D9, 29 jun. 2014.

125.
Diniz, Debora. Promíscuos por decreto. O Estado de S.Paulo, São Paulo, p. E3 - E3, 06 abr. 2014.

126.
Diniz, Debora. Pior a emenda. O Estado de S.Paulo, São Paulo, p. E8 - E8, 02 mar. 2014.

127.
Diniz, Debora. Rolezinho - Quem tem medo?. Correio Braziliense, Brasília, p. 7 - 7, 26 jan. 2014.

128.
Diniz, Debora. Rir ainda é melhor. O Estado de S.Paulo, São Paulo, p. E9 - E9, 12 jan. 2014.

129.
Diniz, Debora. Diversidade em trânsito. O Estado de S.Paulo, São Paulo, p. E9 - E9, 29 dez. 2013.

130.
Diniz, Debora. A marca do dono. O Estado de S.Paulo, São Paulo, p. E9 - E9, 10 nov. 2013.

131.
Diniz, Debora. Dono da praça pública. O Estado de S.Paulo, São Paulo, p. E9 - E9, 22 set. 2013.

132.
Diniz, Debora. A pele que habito. O Estado de S.Paulo, São Paulo, p. E4 - E4, 25 ago. 2013.

133.
Diniz, Debora. Vítimas de estupro. Correio Braziliense, Brasília, p. 13 - 13, 07 ago. 2013.

134.
Diniz, Debora; GUMIERI, S. . Violência contra as mulheres - um comentário. Portal Compromisso e Atitude - Lei Maria da Penha, Brasília, p. 1 - 1, 16 jul. 2013.

135.
Diniz, Debora. Poderosa demais. O Estado de S.Paulo, São Paulo, p. E9 - E9, 07 jul. 2013.

136.
Diniz, Debora. Cura gay. Correio Braziliense, Brasília, p. 11 - 17, 22 jun. 2013.

137.
Diniz, Debora. Refém do corpo. O Estado de S.Paulo, São Paulo, p. E3 - E3, 09 jun. 2013.

138.
Diniz, Debora. Mercado do medo. O Estado de S.Paulo, São Paulo, p. E3 - E3, 18 maio 2013.

139.
Diniz, Debora. O Estatuto do Nascituro e o terror. Correio Braziliense, Brasília, p. 15 - 15, 08 maio 2013.

140.
Diniz, Debora. A PEC nº 99/2011 e a laicidade. Correio Braziliense, Brasília, p. 13 - 13, 02 abr. 2013.

141.
Diniz, Debora. Ecos de Belém. O Estado de S.Paulo, São Paulo, p. J7 - J7, 24 mar. 2013.

142.
Diniz, Debora. A que ponto chega a homofobia?. Correio Braziliense, Brasília, p. 9 - 9, 25 fev. 2013.

143.
Diniz, Debora. Qual mal-entendido?. O Estado de S.Paulo, São Paulo, p. J6 - J6, 27 jan. 2013.

144.
Diniz, Debora. Entre o coice e o estigma. O Estado de S.Paulo, São Paulo, p. J5 - J5, 13 jan. 2013.

145.
Diniz, Debora. Crime e Loucura. Correio Braziliense, Brasília, p. 11 - 11, 07 jan. 2013.

146.
Diniz, Debora. O novo status da imagem. O Estado de S.Paulo, p. J6 - J6, 30 dez. 2012.

147.
Diniz, Debora. Aborto: uma viagem ao Uruguai. Correio Braziliense, Brasília, p. 3 - 3, 23 out. 2012.

148.
Diniz, Debora. Procuram-se virgens. O Estado de S.Paulo, São Paulo, p. J2 - J2, 30 set. 2012.

149.
Diniz, Debora. Lógica abissal. O Estado de S.Paulo, São Paulo, p. J3 - J3, 26 ago. 2012.

150.
Diniz, Debora. Destino evitável. O Estado de S.Paulo, São Paulo, p. 4 - 4, 12 ago. 2012.

151.
Diniz, Debora. Pelo menor dano. O Estado de S.Paulo, São Paulo, p. 4 - 4, 10 jun. 2012.

152.
Diniz, Debora. Pesadelo de menina. O Estado de S.Paulo, São Paulo, p. 5 - 5, 26 maio 2012.

153.
Diniz, Debora. Uma escolha severina. Correio Braziliense, Brasília, p. 5 - 5, 11 abr. 2012.

154.
Diniz, Debora. Uma história Severina. O Estado de S.Paulo, São Paulo, p. 5 - 5, 07 abr. 2012.

155.
Diniz, Debora. Adequação ad hoc. O Estado de S.Paulo, São Paulo, p. 5 - 5, 31 mar. 2012.

156.
Diniz, Debora. Cuidados fatais. O Estado de S.Paulo, São Paulo, p. 5 - 5, 25 mar. 2012.

157.
Diniz, Debora. O poder permanente da memória. O Estado de S.Paulo, São Paulo, p. 5 - 5, 04 mar. 2012.

158.
Diniz, Debora. Nova ministra. De volta à agenda.. O Estado de S.Paulo, São Paulo, p. 4 - 4, 12 fev. 2012.

159.
Diniz, Debora. Duplicidade estética. O Estado de S.Paulo, São Paulo, p. A3 - A3, 15 jan. 2012.

160.
Diniz, Debora. Feminismo na periferia. O Estado de S.Paulo, p. 4 - 4, 25 dez. 2011.

161.
Diniz, Debora. Aids tem preconceito?. O Estado de S.Paulo, São Paulo, p. 5 - 5, 03 dez. 2011.

162.
Diniz, Debora. Por que não julgar a ADPF 54?. Correio Braziliense - Caderno Direito & Justiça, Brasília, p. 1 - 1, 21 nov. 2011.

163.
Diniz, Debora. Privilégio à custa de assédio. O Estado de S.Paulo, São Paulo, p. 5 - 5, 23 out. 2011.

164.
Diniz, Debora. Análise - Direito ao aborto e planejamento familiar fazem parte da discussão. Folha de S.Paulo, São Paulo, p. 4 - 4, 11 set. 2011.

165.
Diniz, Debora. Os limites da vida. Boletim IBCCRIM, São Paulo, p. 16 - 17, 02 set. 2011.

166.
Diniz, Debora. Bolsonaro e as calcinhas. O Estado de S.Paulo, São Paulo, p. 4 - 4, 07 ago. 2011.

167.
Diniz, Debora. Heteroinquisidores. O Estado de S.Paulo, São Paulo, p. 5 - 5, 24 jul. 2011.

168.
Diniz, Debora. A verdade da caneta. O Estado de S.Paulo, São Paulo, p. 4 - 4, 25 jun. 2011.

169.
Diniz, Debora. Kit-polêmica. O Estado de S.Paulo, São Paulo, p. J8 - J8, 29 maio 2011.

170.
Diniz, Debora. Famílias saem do armário. O Estado de S.Paulo, São Paulo, p. 4 - 4, 07 maio 2011.

171.
Diniz, Debora. A Unica Decisão Justa. O Correio Braziliense, Brasília, p. 5 - 5, 06 maio 2011.

172.
Diniz, Debora. Só para mulheres. O Estado de S. Paulo, São Paulo, p. 4 - 4, 24 abr. 2011.

173.
Diniz, Debora. Medicina, ética e capitalismo. Correio Braziliense, Brasília-DF, p. 25 - 25, 10 abr. 2011.

174.
Diniz, Debora. E o que pensa a mãe?. O Estado de S.Paulo, São Paulo, p. 4 - 4, 09 abr. 2011.

175.
Diniz, Debora. Púlpito e Cátedra. O Estado de S. Paulo, p. 5 - 5, 05 mar. 2011.

176.
Diniz, Debora. Indelével Vergonha Ética. O Estado de S. Paulo, São Paulo, p. 5 - 5, 27 fev. 2011.

177.
Diniz, Debora. Desejo de Filhos. Folha de S. Paulo, p. 4 - 4, 28 jan. 2011.

178.
Diniz, Debora. Quem tem medo da laicidade?. O Estado de S. Paulo, p. J7 - J7, 23 jan. 2011.

179.
Diniz, Debora. A Presidente e a Primeira-Dama. O Estado de S. Paulo, São Paulo, p. 4 - 4, 09 jan. 2011.

180.
Diniz, Debora. Estupro - O que as mulheres temem ao contar sua história a médicos?. Folha de S. Paulo, São Paulo, p. 4 - 4, 20 dez. 2010.

181.
Diniz, Debora. Souvenir Perverso. O Estado de S. Paulo, São Paulo, p. 5 - 5, 15 nov. 2010.

182.
Diniz, Debora. Aborto - os perigos da simplificação. O Estado de S. Paulo, São Paulo, p. 3 - 3, 10 out. 2010.

183.
Diniz, Debora; Marcelo Medeiros . Questão de saúde. O Correio Braziliense, Brasília, p. 4 - 4, 17 jul. 2010.

184.
Diniz, Debora. Patriarcado da Violência. O Estado de S. Paulo, São Paulo, p. 5 - 5, 10 jul. 2010.

185.
Diniz, Debora. Vão-se os anéis, fica o pacote. Jornal O Estado de S. Paulo, São Paulo, p. J6 - J6, 28 mar. 2010.

186.
Diniz, Debora. Doutores em humilhação. O Estado de S. Paul, São Paulo, p. 6 - 6, 07 fev. 2010.

187.
Diniz, Debora. Aborto e Direitos Humanos. Correio Braziliense, Brasilia, p. 5 - 5, 09 jan. 2010.

188.
Diniz, Debora. O Urro Ancestral da Faculdade Injuriada. O Estado de S. Paulo, São Paulo, p. 5 - 5, 01 nov. 2009.

189.
Diniz, Debora. Ódio Enrustido. Caderno Aliás - Jornal O Estado de S. Paulo, São Paulo, p. 5 - 5, 27 set. 2009.

190.
Diniz, Debora. O milagre da criação na alcova de laboratório. O Estado de S. Paulo, São Paulo, p. J5 - J5, 30 ago. 2009.

191.
Diniz, Debora. Tortura contra as mulheres. Jornal A Tarde, Salvador, p. 3 - 3, 07 jul. 2009.

192.
Diniz, Debora. Um caso para Salomão. O Estado de S.Paulo, São Paulo, p. 5 - 5, 14 jun. 2009.

193.
Diniz, Debora. O aborto deve ser discriminalizado? Sim. Jornal O Correio Braziliense, Brasília, p. 13 - 13, 03 maio 2009.

194.
Diniz, Debora; Tatiana Lionço . Morte Digna e Luto: direitos a considerar. O Estado de S. Paulo, São Paulo, p. 4 - 4, 15 fev. 2009.

195.
Diniz, Debora. Entre o sonho, o tratamento e o vácuo da lei. O Estado de S. Paulo, Sao Paulo, p. 5 - 5, 25 jan. 2009.

196.
Diniz, Debora; Janaína Penalva . Estupro - crime sem atenuantes. O Estado de S. Paulo, São Paulo, p. 3 - 3, 16 nov. 2008.

197.
Diniz, Debora; Janaína Penalva . Anencefalia e Tortura. Boletim IBCCRIM, São Paulo, p. 19 - 19, 01 nov. 2008.

198.
Diniz, Debora; Janaína Penalva . Duas Mulheres e o Supremo. O Correio Braziliense, Brasília, p. 8 - 8, 29 ago. 2008.

199.
Diniz, Debora; Heverton Pettersen . O Aborto de Anencéfalo. O Estado de S. Paulo, p. A19 - A19, 28 ago. 2008.

200.
Diniz, Debora. Dilemas da Pesquisa em Humanos. O Estado de S. Paulo, São Paulo, p. J6 - J6, 24 ago. 2008.

201.
Diniz, Debora. Sob o escrutínio da ética. Jornal O Estado de S. Paulo - Caderno Aliás, São Paulo, p. 6 - 6, 01 jun. 2008.

202.
Diniz, Debora. Células-Tronco e Aborto. Blog do Noblat, 04 mar. 2008.

203.
Diniz, Debora. O STF e as células-tronco. Correio Braziliense, Brasília, p. 25 - 25, 29 fev. 2008.

204.
Diniz, Debora. Bolsa Estupro. Correio Braziliense, Brasília, 27 dez. 2007.

205.
Diniz, Debora. Ética, Aborto y Democracia. Hojas Informativas CEDES/FEIM/IPPF, Buenos Aires, p. 1 - 7, 01 dez. 2007.

206.
Diniz, Debora. Em Benefício da Coletividade - Células-Tronco. O Estado de S. Paulo, São Paulo, p. 3 - 3, 14 out. 2007.

207.
Diniz, Debora. Severina e Cacilda. O Correio Braziliense, Brasília, 18 ago. 2007.

208.
Diniz, Debora. O Papa e o Aborto. O Correio Braziliense, Brasília, 12 maio 2007.

209.
Diniz, Debora. Sim à Pesquisa - Um Falso Problema. Jornal da Ciência, 23 abr. 2007.

210.
Diniz, Debora. Um Falso Problema. Folha de S. Paulo, São Paulo, 20 abr. 2007.

211.
Diniz, Debora. A Velhice. Revista E - Em Pauta, São Paulo, p. 37 - 39, 01 dez. 2006.

212.
Diniz, Debora. Cobaias Humanas. Jornal de Brasília, Brasília, 09 out. 2006.

213.
Diniz, Debora. Sexto Congresso Internacional de Perspectivas Feministas de Bioética. Boletim SBB, São Paulo, p. 7 - 7, 01 set. 2006.

214.
Cristiano Guedes ; Diniz, Debora . Aconselhamento Genético. Informativo ABH, São Paulo, p. 3 - 3, 01 mar. 2006.

215.
Diniz, Debora. Por que morrer?. Jornal de Brasília, Brasília, p. 14, 12 abr. 2005.

216.
Diniz, Debora. Pesquisa com seres humanos. Jornal de Brasília, Brasília, p. 10, 29 mar. 2005.

217.
Diniz, Debora. Ser livre para morrer é uma expressão da democracia. O Estado de São Paulo, São Paulo, p. J5, 27 mar. 2005.

218.
Diniz, Debora. 2005 - rumo à revolução. Jornal de Brasília, Brasília, p. 10, 15 fev. 2005.

219.
Diniz, Debora. A cultura surda. Jornal de Brasília, Brasília, p. 14, 22 jan. 2005.

220.
Diniz, Debora. Assassinos e assassinadas. Correio Braziliense, Brasília, p. 19, 13 jan. 2005.

221.
Diniz, Debora. Anencefalia, à luz da ciência e do Estado laico. O Estado de São Paulo, São Paulo, p. H7 - H7, 31 dez. 2004.

222.
Diniz, Debora. Humanos e não-humanos. Jornal de Brasília, p. 14 - 14, 17 dez. 2004.

223.
Diniz, Debora. Idosos e o Direito de Morrer. Jornal de Brasília, Brasília, p. 4 - 4, 12 out. 2004.

224.
Diniz, Debora. O luto das mulheres brasileiras. Jornal da Febrasgo, São Paulo, , v. 9, p. 8 - 9, 01 out. 2004.

225.
Diniz, Debora. Bioética e aborto. Toques de Saúde - Cunhã Coletivo Feminista, João Pessoa (PB), p. 19 - 20, 01 out. 2004.

226.
Diniz, Debora. Comissão Nacional de Bioética. Jornal de Brasília, Brasília, p. 4 - 4, 28 set. 2004.

227.
Diniz, Debora. Anencefalia e Transplante de Órgãos. Jornal de Brasília, Brasília, p. 4 - 4, 14 set. 2004.

228.
Diniz, Debora. Anencefalia. Jornal Conselho Federal Medicina, Brasília, p. 19 - 19, 09 set. 2004.

229.
Diniz, Debora. Anencefalia. Correio Braziliense, Brasília, p. 5 - 5, 16 ago. 2004.

230.
Diniz, Debora. Liberdade por Órgãos. Jornal de Brasília, Brasília, p. 4 - 4, 03 ago. 2004.

231.
Diniz, Debora. Criacionismo nas Escolas. Jornal de Brasília, Brasília, p. 4 - 4, 20 jul. 2004.

232.
Diniz, Debora. Anencefalia e STF. Jornal de Brasília, Brasília, p. 4 - 4, 06 jul. 2004.

233.
Diniz, Debora. O direito à saúde, dignidade e liberdade. Jornal Medicina, Brasília, p. 19 - 19, 05 jul. 2004.

234.
Diniz, Debora; Marilena Vilella Dias Corrêa . Medicamentos para todos. Jornal de Brasília, Brasília, p. 18 - 18, 22 jun. 2004.

235.
Diniz, Debora. Quem é Deficiente no Brasil?. Jornal de Brasília, Brasília, p. 4 - 4, 08 jun. 2004.

236.
Diniz, Debora. Bioética no Brasil. Revista de Informação do Terceiro Setor, p. 1 - 1, 07 jun. 2004.

237.
Diniz, Debora; Núbia Mello . Mulheres morrem na gravidez. Jornal de Brasília, Brasília, p. 10 - 10, 25 maio 2004.

238.
Diniz, Debora; Núbia Mello . As Mulheres Morrem na Gravidez. Jornal de Brasília, Brasília, p. 4 - 4, 18 maio 2004.

239.
Diniz, Debora. A Ciência Perseguida. Jornal de Brasília, Brasília, p. 4 - 4, 11 maio 2004.

240.
Diniz, Debora. Quando a justiça tortura as mulheres. Correio Braziliense - Direito & Justiça, Brasília, p. 1 - 1, 26 abr. 2004.

241.
Diniz, Debora; Medeiros, Marcelo . A igualdade pelas cotas. Jornal de Brasília, Brasília, p. 18 - 18, 20 abr. 2004.

242.
Diniz, Debora. Quem pode ter filhos?. Jornal de Brasília, Brasília, p. 10 - 10, 06 abr. 2004.

243.
Diniz, Debora. O Estado brasileiro é Laico?. Jornal de Brasília, Brasília, p. 10 - 10, 23 mar. 2004.

244.
Diniz, Debora. O 8 de março e a desigualdade. Jornal de Brasília, Brasília, p. 10 - 10, 06 mar. 2004.

245.
Diniz, Debora. O direito ao aborto. O Globo, Rio de Janeiro, p. 7 - 7, 06 mar. 2004.

246.
Diniz, Debora; Roger Raupp Rios . Direitos humanos e orientação sexual. Jornal de Brasília, Brasília, p. 10 - 10, 24 fev. 2004.

247.
Diniz, Debora. Quando o caixão substitui o berço. Jornal de Brasília, Brasília, p. 10 - 10, 25 jan. 2004.

248.
Diniz, Debora. O que é bioética?. O Popular, Goiânia, p. 9 - 9, 22 jan. 2004.

249.
Diniz, Debora. A difícil decisão de antecipar um parto. Correio Braziliense, Brasília, p. 22 - 22, 04 jan. 2004.

250.
Diniz, Debora. Eu quero escolher quando morrer. Correio Braziliense, Brasília, p. 13 - 13, 09 nov. 2003.

251.
Diniz, Debora. Aborto e anomalia fetal grave. Correio Braziliense, Brasília, p. 19 - 19, 23 set. 2003.

252.
Diniz, Debora. Vulnerabilidade e prática médica: a lição deixada pela AIDS. Jornal do CREMEB, Salvador, p. 7 - 7, 01 ago. 2003.

253.
Diniz, Debora. Lésbicas também desejam ter filhos. Correio Braziliense, Brasília, p. 21 - 21, 27 jul. 2003.

254.
Diniz, Debora. Eva e a Clonagem Humana. Jornal da Ciência, São Paulo, 02 jan. 2003.

255.
Diniz, Debora. Liberdade de expressão, bioética e aborto. Correio Braziliense, Brasília, p. 5 - 5, 18 nov. 2002.

256.
Diniz, Debora. Bioética Feminista. Femea, Brasília, , v. 118, p. 9 - 9, 01 nov. 2002.

257.
Corrêa, Marilena ; Diniz, Debora . À procura das origens sexuais. Correio Braziliense, Brasília, p. 11 - 11, 13 ago. 2001.

258.
Diniz, Debora; Ana Paula Damasceno . Mulheres, mídia e aborto. Jornal da Comunidade, Brasília, p. 14 - 14, 13 maio 2001.

259.
Diniz, Debora. A Máquina Humana. Jornal da Comunidade, Brasília, p. 16 - 16, 25 mar. 2001.

260.
Diniz, Debora. Declaração de Helsinki: o futuro incerto da pesquisa com seres humanos. Boletim da Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, p. 6 - 6, 01 abr. 2000.

261.
Diniz, Debora; Costa, Sérgio Ibiapina Ferreira . Declaração de Helsink: dignidade. Jornal da Ciência, Rio de Janeiro, p. 10 - 10, 17 mar. 2000.

262.
Diniz, Debora. Declaração de Helsinki: uma história de dignidade. Jornal Fêmea, Brasília, p. 9 - 9, 06 mar. 2000.

263.
Diniz, Debora. Declaração de Helsinki: ética e regulamentação da pesquisa clínica com seres humanos. Jornal Fêmea, Brasília, , v. 86, p. 9 - 10, 01 mar. 2000.

264.
Diniz, Debora. Uma história de dignidade. Gazeta Mercantil - Centro-Oeste, Brasília, p. 2 - 2, 15 fev. 2000.

265.
Diniz, Debora. Declaração de Helsinki e o Futuro da Humanidade. Gazeta Mercantil, 14 fev. 2000.

266.
Diniz, Debora. Pesquisa com seres humanos. Correio Braziliense, Brasília, 09 fev. 2000.

267.
Diniz, Debora. Declaração de Helsinki: uma história de dignidade. Jornal Medicina, Brasília, p. 8 - 9, 01 fev. 2000.

268.
Costa, Sérgio Ibiapina Ferreira ; Diniz, Debora . Direitos dos pacientes na tomada de decisão. Jornal do Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, p. 18 - 19, 01 nov. 1999.

269.
Diniz, Debora. A cirurgia de mutilação genital feminina - Parte I. Jornal da Comunidade, Brasília, p. 20 - 20, 17 out. 1999.

270.
Diniz, Debora; Costa, Sérgio Ibiapina Ferreira . Conflito materno-fetal?. Jornal do Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, p. 15 - 16, 01 ago. 1999.

271.
Diniz, Debora. O Médico e o Monstro: a fronteira entre a eutanásia e o homicídio. Jornal do Conselho Federal de Medicina do Distrito Federal, Brasília, p. 11 - 11, 01 jul. 1999.

272.
Costa, Sérgio Ibiapina Ferreira ; Diniz, Debora . Introdução à Bioética II. Jornal do Conselho Federal de Medicina do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, p. 20 - 20, 07 jun. 1999.

273.
Diniz, Debora; Costa, Sérgio Ibiapina Ferreira . Assassinato de aluguel não é eutanásia!. Jornal Medicina, Brasília, p. 28 - 28, 01 jun. 1999.

274.
Diniz, Debora. O Médico e o Monstro: a fronteira entre a eutanásia e o homicídio. Jornal da Comunidade, Brasília, p. 10 - 10, 30 maio 1999.

275.
Diniz, Debora. Assassinato de aluguel não é eutanásia. Correio Braziliense, Brasília, 12 maio 1999.

276.
Diniz, Debora. O dr. Morte e a eutanásia. Correio Braziliense, Brasília, 20 abr. 1999.

277.
Diniz, Debora. Bioética e Enfermagem. Jornal do Conselho Regional de Enfermagem do DF, Brasília, , v. 29, p. 4 - 5, 05 abr. 1999.

278.
Diniz, Debora. A despenalização da eutanásia passiva: o caso colombiano. Jornal Medicina, Brasília, , v. 98, p. 8 - 9, 01 out. 1998.

279.
Diniz, Debora. Por que minha bonequinha Singu volta ao Japão?. Japão - Informativo Econômico da Fundação Getúlio Vargas, Rio de Janeiro, p. 2 - 5, 04 jan. 1993.

280.
Diniz, Debora; Volnei Garrafa . Passatempo Repugnante. Correio Braziliense, Brasília.

281.
Costa, Sérgio Ibiapina Ferreira ; Diniz, Debora . Introdução à Bioética I. Jornal do Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.

282.
Diniz, Debora. Mutilação Genital Feminina II. Jornal da Comunidade.

283.
Diniz, Debora. Mutilação Genital Feminina III. Jornal da Comunidade.

284.
Diniz, Debora. Declaração de Helsinki e a Pesquisa com Seres Humanos. Jornal da Comunidade.

285.
Diniz, Debora. Declaração de Helsinki: o prefácio do mundo. Jornal Medicina.

286.
Diniz, Debora; Patrícia Álvares . Genoma Humano: segredo e sentido. Olhar Sobre a Mídia.

287.
Diniz, Debora; Dirce Guilhem . Bioética Feminista: o resgate do conceito de vulnerabilidade. Bioética.

288.
Diniz, Debora. O Direito de Não Nascer. Correio Braziliense, Brasília.

289.
Diniz, Debora; Marilena Vilella Dias Corrêa . Evidências para a Influência Biológica para a Homossexualidade Masculina. Correio Braziliense, Brasília.

290.
Diniz, Debora. Declaração de Helsinki: uma história de dignidade. Bioética & Gênero, p. 6 - 7.

291.
Diniz, Debora. Declaração de Helsinki e o Futuro da Ciência. Jornal do Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.

292.
Diniz, Debora. Bioética e a Ética ao Cuidar. Revista Bioética e Gênero, Brasília.

293.
Diniz, Debora. Justiça na Alocação de Recursos em Saúde. Jornal do Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.

294.
Diniz, Debora. A Relação Médico-Paciente. Jornal do Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.

295.
Diniz, Debora; Ana Cristina Gonzalez . Feminist Bioethics: the emergence of difference. The International Network on Feminist Approaches to Bioethics.

296.
Diniz, Debora; Volnei Garrafa . Clonagem, Terror e Mídia. Jornal do Conselho Regional de Medicina de São Paulo.

297.
Diniz, Debora. A Moral da Violência no Brasil. Jornal Medicina, Brasília.

298.
Diniz, Debora. Passatempo Repugnante. Correio Braziliense, Brasília.

299.
Diniz, Debora. Pro-Escolha ou Anti-Vida?. Saúde em Debate, Curitiba, p. 16 - 21.

300.
Diniz, Debora. O que é bioética?. Jornal O Popular, Goiânia.

301.
Diniz, Debora. Anencefalia: Ciência e Estado Laico.. Revista de Saúde Sexual e Reprodutiva.

302.
Diniz, Debora. Liberdade de cátedra e laicidade. Conciencia Latinoamericana - Red Latinoamericana de Católicas por el Derecho a Decidir, Cidade do México, , v. XVI, p. 2 - 4.

303.
Diniz, Debora. Bioética: uma teoria feminista. Revista Ser Médico, São Paulo, , v. II.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
Wederson Santos ; Taís Imperatori ; Tatiana Lionço ; Diniz, Debora . Qual diversidade sexual dos livros didáticos brasileiros?. In: VI Encontro da Rede Brasileira de Estudos e Pesquisas Feministas, 2008, Belo Horizonte. Anais do VI Encontro da Rede Brasileira de Estudos e Pesquisas Feministas - REDEFEM. Belo Horizonte: REDEFEM, 2008.

2.
Wederson Santos ; Taís Imperatori ; Tatiana Lionço ; Diniz, Debora . Significando a diversidade sexual: uma análise dos dicionários em uso nas escolas públicas. In: VI Encontro da Rede Brasileira de Estudos e Pesquisas Feministas, 2008, Belo Horizonte. Anais do VI Encontro Brasileiro da Rede de Estudos e Pesquisas Feministas. Belo Horizonte: REDEFEM, 2008.

3.
Denise Bomtempo ; Diniz, Debora ; Perci Coelho de Souza ; Potyara Pereira ; Rosa Stein . Política Social, Justiça e Direitos de Cidadania na América Latina. In: Política Social, Justiça e Direitos de Cidadania na América Latina, 2007, Brasília. Política Social, Justiça e Direitos de Cidadania na América Latina. Brasília: Departamento de Serviço Social, 2007. v. 3. p. 1-215.

4.
Diniz, Debora. Culture, Research and Ethics: the Yanomamo Case. In: The 8th World Congress of The International Association of Bioethics, 2006, Beijing. Book of Abstracts. v. 1. p. 45-45.

5.
Diniz, Debora. Abortion in Brazil: Severina's Story. In: The 6th International Congress of Feminist Approaches to Bioethics, 2006, Beijing. Book of Abstracts. v. 1. p. 12-12.

6.
Diniz, Debora. Perspectivas da Sociedade Brasileira. In: Fórum Nacional - Declaração de Helsinki, 2000, Brasília. Fórum Nacional - Declaração de Helsinki. São Paulo: Sociedade Brasileira de Bioética, 2000. p. 8-9.

7.
Diniz, Debora; Volnei Garrafa ; Gabriel Oselka . Saúde Pública, Bioética e Equidade. In: V Congresso Brasileiro de Saúde coletiva, 1997, Águas de Lindóia. Anais do V Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva. São Paulo: Abrasco, 1997. v. 1. p. 56-67.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
Dirce Guilhem ; Fabio Zicker ; Diniz, Debora . Teaching Bioethics and Research Ethics: through movies and documentaries. In: Bioethics Education: contents, methods, trends, 2010, Zefat. Bioethics Education: contents, methods, trends, 2010. v. 1.

2.
Dirce Guilhem ; Flavia Squinca ; Diniz, Debora ; Andrea Sugai . Distance Learning Course in Bioethics and Research Ethics. In: Bioethics Education: contents, methods, trends, 2010, Zefat. Bioethics Education: contents, methods, trends, 2010. v. 1.

3.
Wederson Santos ; Taís Imperatori ; Tatiana Lionço ; Diniz, Debora . Qual diversidade sexual dos livros didáticos brasileiros?. In: Seminário Internacional Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder, 2008, Florianopolis. Anais do Seminário Internacional Fazendo Gênero 8. Florianopolis: Editora Mulheres, 2008.

4.
Wederson Santos ; Taís Imperatori ; Tatiana Lionço ; Diniz, Debora . Significando a diversidade sexual: uma análise dos dicionários em uso nas escolas públicas. In: Seminário Internacional Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder, 2008, Florianopolis. Anis do Seminário Internacional Fazendo Gênero 8. Florianopolis: Editora Mulheres, 2008.

5.
Diniz, Debora. Doença Falciforme: um compromisso com a ética e o direito à saúde. In: X Congresso Latino-Americano de Medicina Social; IV Congresso Brasileiro de Ciências Sociais e Humanas em Saúde; XIV Congress of the International Association of Health Policy, 2007, Salvador. Ciencia e Saúde Coletiva. São Paulo: ABRASCO, 2007.

6.
Diniz, Debora; Cristiano Guedes ; Flavia Squinca . Serviço Social, Bioética e Aconselhamento Genético: uma experiência no contexto da doação de sangue. In: II Congresso Nacional de Serviço Social em Saúde e V Simpósio de Serviço Social em Saúde, 2004, São Paulo. Anais II Congresso Nacional de Serviço Social em Saúde, 2004.

7.
Diniz, Debora; Cristiano Guedes ; Alexandra Trivelino . Anemia Falciforme, Nova Genética e Saúde Pública: um estudo bioético brasileiro. In: I Congresso de Bioética do Estado do Rio de Janeiro, 2003, Rio de Janeiro. I Congresso de Bioética do Estado do Rio de Janeiro, 2003.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
DINIZ, DEBORA. Perspectivas e articulações de uma pesquisa feminista. In: II Colóquio de Estudos Feministas e de Gênero: Articulações e Perspectivas, 2014, Brasília. Caderno de Resumos. Brasília: Cfemea - Centro Feminista de Estudos e Assessoria, 2014. p. 8-8.

2.
Diniz, Debora; Madeiro, Alberto ; MASTRELLA, M. ; Rosas, Cristião . Conscientious objection in abortion services in case of rape: reports from Brazilian physicians. In: 2nd International Congress on Women's Health and Unsafe Abortion - IWAC 2013, 2013, Bangkok. IWAC 2013 - The Second International Congress on Women's Health and Unsafe Abortion - Program and Abstract Book. Bangkok: IWAC, 2013. v. 1. p. 187-187.

3.
Diniz, Debora; Madeiro, Alberto ; MASTRELLA, M. ; Rosas, Cristião . Obstacles and conscientious objection to legal abortion among obstetrician-gynecologists: a Brazilian national study. In: 2nd International Congress on Women's Health and Unsafe Abortion - IWAC 2013, 2013, Bangkok. The Secoond International Congress on Women's Health and Unsafe Abortion - Program and Abstract Book. Bangkok: IWAC, 2013. v. 1. p. 208-208.

4.
Diniz, Debora. Abortion and the Secular State - A Latin American Perspective. In: 10th World Congress of Bioethics, 2010, Cingapura. 10th World Congress of Bioethics - Abstract Book. Cingapura: International Association of Bioethics, 2010. p. 150-150.

5.
Diniz, Debora. Bioética e Controle Social: O Aconselhamento Genético. In: IV Simpósio Internacional de Hemoglobinopatias, 2007, Rio de Janeiro. Anais do IV Simpósio Internacional de Hemoglobinopatias. Rio de Janeiro, 2007. v. 1. p. xx-xx.

6.
Diniz, Debora. Bioética e Serviço Social: A Experiência na Organização Não-Governamental de Bioética, Direitos Humanos e Gênero. In: III Conasss e IV SIMPSSS, 2006, Ribeirão Preto. 1, 2006.

7.
Diniz, Debora. O Risco Genético Reprodutivo na Perspectiva das Cuidadoras de Crianças e Adolescentes com Anemia Falciforme. In: III CONASSS e IV SIMPSSS, 2006, Ribeirão Preto. 1.

8.
Diniz, Debora. Quando a Morte é um Ato de Cuidado. In: Seminário A Morte e a Vida em Debate, 2006, São Paulo. Seminário A Morte e a Vida em Debate. São Paulo: Centro Cultural Banco do Brasil, 2006. v. 1. p. 12-12.

9.
Diniz, Debora. Aborto e o Desafio da Anencefalia no Brasil. In: 11 Congresso Mundial de Saúde Pública e 8 Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, 2006, Rio de Janeiro. 11 Congresso Mundial de Saúde Pública e 8 Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, 2006. v. 1.

10.
Diniz, Debora. Reprodução assistida e direitos sexuais na saúde pública. In: VI Congresso Brasileiro de Bioética; I Congreso de Bioética del Mercosur, 2005, Foz do Iguaçu. Anais do VI Congresso Brasileiro de Bioética; I Congreso de Bioética del Mercosur. São Paulo: Sociedade Brasileira de Bioética, 2005. p. 14-14.

11.
Diniz, Debora; Cristiano Guedes ; Lucia Jasper . Anemia Falciforme e Reprodução. In: III Fórum de Educação e Saúde, 2004, Brasília. III Fórum de Educação e Saúde, 2004.

12.
Diniz, Debora. Movimento surdo: identidade cultural e "nova genética". In: XXIV Reunião Brasileira de Antropologia - Nação e Cidadania, 2004, Olinda. XXIV Reunião Brasileira de Antropologia - Nação e Cidadania. Brasília: Associação Brasileira de Antropologia, 2004. p. 22-22.

13.
Diniz, Debora. Ética e Solidariedade: o olhar e o agir da enfermagem. In: 60 Semana Brasileira de Enfermagem, 1999, Brasília. Jornal do COREM, 1999.

14.
Diniz, Debora. Eutanásia passiva: considerações gerais. In: VI Congresso Brasileiro de Ética Médica, 1998, Salvador. Anais do VI Congresso Brasileiro de Ética Médica, 1998.

15.
Diniz, Debora. Bioética, Mídia e Clonagem. In: V Congresso Médico Acadêmico do Piauí, 1998, Teresina. Anais do V Congresso Médico Acadêmico do Piauí, 1998.

16.
Diniz, Debora. Principialist theory and cross-culturalism on bioethics: the Brazilian case. In: IV World Congress of Bioethics, 1998, Tóquio. Global Bioethics, 1998. v. 1. p. 47-47.

17.
Diniz, Debora. Bioética na Contemporaneidade. In: V Congresso Médico de Brasília, 1997, Brasília. Anais do V Congresso Médico de Brasília. Brasília, 1997. v. 1.

18.
Diniz, Debora. O Aborto por anomalia fetal e os alvarás judiciais brasileiros. In: I Encontro Latino-americano sobre síndrome de Down, 1997, Brasília. Anais do I Encontro Latino-americano sobre síndrome de Down, 1997.

19.
Diniz, Debora. A situação do doente mental na doação presumida de órgãos: aspectos éticos, jurídicos e psiquiátricos. In: 15 Congresso Brasileiro de Psiquiatria, 1997, Brasília. Anais do 15 Congresso Brasileiro de Psiquiatria. Brasília, 1997.

20.
Volnei Garrafa ; Diniz, Debora . Bioética e Saúde Pública: uma questão de eqüidade. In: V Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva / V Congresso Paulista de Saúde Pública, 1997, Águas de Lindóia. Livro de Resumos do V Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva / V Congresso Paulista de Saúde Pública. Rio de Janeiro: Abrasco, 1997. p. 119-119.

21.
Diniz, Debora. O Aborto seletivo no Brasil através dos Alvarás Judiciais. In: VI Congresso Internacional de Medicina e Bioética, 1996, São Paulo. Anais do VI Congresso de Medicina Legal e Bioética. São Paulo: Sociedade Brasileira de Medicina Legal, 1996. v. 1.

22.
Diniz, Debora. The therapeutical abortion in Brazil: its ethical and juridical implications. In: Forense - Congresso de Medicina Legal e Bioética, 1996, São Paulo. Forense'96 - Abstracts Book, 1996. p. 71-72.

Apresentações de Trabalho
1.
Diniz, Debora. Mesa redonda narrativa e cinema. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
Diniz, Debora. The House of the Dead: An Ethnographic Documentary in a Brazilian Psychiatric Asylum. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

3.
DINIZ, DEBORA. Abortion and Brazilian Legislation. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
Diniz, Debora; Madeiro, Alberto ; MASTRELLA, M. ; Rosas, Cristião . Conscientious objection in abortion services in case of rape: reports from Brazilian physicians. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
Diniz, Debora. La lutte pour la légalisation de IMG pour malformation foetale létale au Brésil. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

6.
Cristiano Guedes ; Diniz, Debora ; Flavia Squinca ; Lucia Jasper . Anemia falciforme e reprodução. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
Diniz, Debora. Research Experiences in Prison. Oxford, Reino Unido: Oxford Human Rights Hub, 2016 (Working Paper).

2.
Diniz, Debora. Prefácio. São Paulo, 2015. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

3.
Diniz, Debora. Os limites da vida. São Paulo: Católicas pelo Direito de Decidir, 2013 (Working Paper).

4.
Diniz, Debora. Etnografia da Infertilidade. Rio de Janeiro: Cadernos de Saúde Pública, 2008 (Resenha).

5.
Diniz, Debora. Rumo ao Útero Artificial. Rio de Janeiro: Fiocruz, 2007 (Resenha).

6.
Diniz, Debora; Marcelo Medeiros ; Flavia Squinca . Cash Benefits to Disabled Persons in Brazil: an analysis of the BPC - Continuous Cash Benefit Programme. UNPD: International Poverty Centre, 2006 (Working Paper).

7.
Marcelo Medeiros ; Diniz, Debora ; Flavia Squinca . Cash Benefits to Disabled Persons in Brazil: an analysis of BPC. Brasília: IPEA, 2006 (Working Paper).

8.
Diniz, Debora; Muñoz, Ana Terra Mejia . Sócrates na Universidade Religiosa. Washington: Harvard University Press, 2006. (Tradução/Artigo).

9.
Diniz, Debora; Marcelo Medeiros ; Isabella Hogne . À Margem do Corpo - Disembodied Woman. Brasília: ImagensLivres, 2006. (Tradução/Outra).

10.
Diniz, Debora. Prefácio à edição em Língua Espanhola para o Livro Ensaios Bioética. São Paulo e Brasília: Editora Brasiliense e Editora LetrasLivres, 2006. (Tradução/Outra).

11.
Diniz, Debora; Rosely Gomes . Infertilidad e Infecundidad: acceso a las nuevas tecnologías de reproducción asistida. Lima: Campaña por la Convención, 2005 (Working Paper).

12.
Diniz, Debora; Muñoz, Ana Terra Mejia . Ética na Pesquisa; a experiencia de treinamento de países sul-africanos. Brasília: LetrasLivres e Editora Universidade de Brasília, 2005. (Tradução/Livro).

13.
Diniz, Debora; Isabella Hogne ; Marcelo Medeiros . Uma História Severina - Severina's Story. Brasília: ImagensLivres, 2005. (Tradução/Outra).

14.
Diniz, Debora; Isabella Hogne . Habeas Corpus. Brasília: ImagensLivres, 2005. (Tradução/Outra).

15.
Diniz, Debora; CASTRO, M. . Diagnóstico Pré-Natal e Aborto Seletivo: um desafio à prática e às políticas de saúde. Rio de Janeiro: Physis, 2003. (Tradução/Artigo).

16.
Diniz, Debora. Common Women, Uncommon Practices: The Queer Feminist of Greenham. 2000 (Resenha).

17.
Diniz, Debora. Newsletter da Feminist Approaches to Bioethics. New York, 2000. (Tradução/Outra).

18.
Diniz, Debora. Newsletter da Feminist Approaches to Bioethics. New York, 2000. (Tradução/Outra).

19.
Diniz, Debora. Newsletter da Feminist Approaches to Bioethics. New York, 1999. (Tradução/Outra).

20.
Diniz, Debora. O Mercado Humano: estudo bioético da compra e venda de partes do corpo 1997 (Resenha).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
Diniz, Debora. Consultora - Prociência / UERJ. 2012.

2.
Diniz, Debora. Consultation on the Draft of WHO Ethical and Safety Guidance Notes for Research with Adolescents. 2011.

3.
Diniz, Debora. Mapa da Deficiência no Brasil. 2003.

4.
Diniz, Debora. Educação Médica Continuada. 1999.

Trabalhos técnicos
1.
Diniz, Debora. CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. 2013.

2.
Diniz, Debora. Programa de Pós-Graduação em Política Social. 2013.

3.
Diniz, Debora. Edital de aplicação de recursos PROAP-CAPES. 2013.

4.
Diniz, Debora. National University of Singapore. 2013.

5.
Diniz, Debora. IV Congresso de Bioética do Rio de Janeiro. 2012.

6.
RALHA, C. G. ; Diniz, Debora ; REZENDE, A. V. ; ROCHA, M. P. ; MARANHAO, A. Q. ; SALLES, H. M. M. L. A. ; DINIZ, D. M. . Regulamentação das Políticas de Inovação, Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia no âmbito da UnB. 2011.

7.
Diniz, Debora. Comitê Avaliador no Processo Seletivo do Programa de Incentivo à Produção Científica, Técnica e Artística-Prociência 2011 - UERJ. 2011.

8.
Diniz, Debora. Inclusão de grupo de pesquisa ao Programa de Pós-Graduação em Política Social da UnB. 2011.

9.
Diniz, Debora. Welcome Trust. 2008.

10.
Diniz, Debora. LILACS. 2008.

11.
Diniz, Debora. Memorial ADIn Células-Tronco Supremo Tribunal Federal - Anis. 2007.

12.
Diniz, Debora; Marcelo Medeiros . Estudo do Programa Brasileiro de Transferência de Rendas para a População com Deficiência e Suas Famílias: uma análise do Benefício de Prestação Continuada. 2006.

13.
Diniz, Debora. Carta de Brasília - Documento final das discussões do Fórum Nacional Declaração de Helsinki. 2000.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
Diniz, Debora. Chacina de Campinas foi impregnada de cultura machista, para especialistas. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
Diniz, Debora. Após silêncio, Temer convoca reunião com ministros sobre massacre no AM. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
Diniz, Debora. Debora Diniz: É preciso ouvir o mundo. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
Diniz, Debora. Estupro coletivo compartilhado: a união do machismo com a busca por likes. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

5.
Diniz, Debora. Viva Maria: Pesquisadora Debora Diniz critica agressões contra mulheres e detentos. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

6.
Diniz, Debora. Um retrato dos presídios femininos no Brasil. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

7.
Diniz, Debora. Debora Diniz: ?É preciso tirar o aborto do Código Penal?. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

8.
Diniz, Debora. Debora Diniz fala sobre o feminismo em 2017. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

9.
Diniz, Debora. ?A epidemia de zika é espelho da desigualdade?, diz antropóloga. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

10.
Diniz, Debora. O Supremo por elas. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

11.
Diniz, Debora. Revolucionárias: Conheça a história de oito mulheres pioneiras que estão transformando a maneira de pensar da sociedade. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

12.
Diniz, Debora. Aborto legal - um direito negligenciado. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

13.
Diniz, Debora. Homens e o aborto. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

14.
Diniz, Debora. ?Mães de filhos com microcefalia estão abandonadas pelo Estado?. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

15.
Diniz, Debora. Debora Diniz: 'As mulheres com zika sumiram da pauta'. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

16.
Diniz, Debora. Doce e forte. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

17.
Diniz, Debora. O Brasil deve descriminalizar o aborto?. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

18.
Diniz, Debora. Antropóloga acompanha dependente química em documentário filmado na Cracolândia. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

19.
Diniz, Debora. Documentário mostra vida de usuária de crack em pensão na cracolândia. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

20.
Diniz, Debora. 'Desamparo vai se acentuar', diz pesquisadora sobre mães de crianças com microcefalia. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

21.
Diniz, Debora. Registro de microcefalia é falho, diz estudo. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

22.
Diniz, Debora. Fim de situação de emergência para zika preocupa estudiosos da área. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

23.
Diniz, Debora. A reforma que as mulheres querem no Brasil. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

24.
Diniz, Debora. Aborto: 'Movimentação é sinal de que o tema é relevante para o STF'. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

25.
Diniz, Debora. Perseguidas: elas recusam o silêncio e transformam ameaças em força para lutar. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

26.
Diniz, Debora. Debora Diniz, antropóloga: 'uma das mãos é algemada, a outra segura o filho'. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

27.
Diniz, Debora. A voz das internas. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

28.
Diniz, Debora. Grupo prepara ação no STF por aborto em casos de microcefalia. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

29.
Diniz, Debora. Should it be legal for women with Zika to have an abortion?. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

30.
Diniz, Debora. Zika outbreak raises fears of rise in deaths from unsafe abortions. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

31.
Diniz, Debora. Zika virus could lead to rise in unsafe abortions in Latin America. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

32.
Diniz, Debora. ?As mulheres são vítimas de negligência?, diz especialista que defende aborto em casos de zika. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

33.
Diniz, Debora. Brasil: pedirán a Corte Suprema que autorice abortos por microcefalia. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

34.
Diniz, Debora. Zika sparks Brazil debate over abortion, access to contraception. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

35.
Diniz, Debora. Por causa do Zika, o Brasil debate o aborto. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

36.
Diniz, Debora. Débora Diniz, la antropóloga que lucha por los abortos seguros del zika. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

37.
Diniz, Debora. Entrevista com Debora Diniz | Direito, saúde e reprodução ? como combater o Zika Vírus?. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

38.
Diniz, Debora. Zika Scare Reopens Abortion Debate in Brazil. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

39.
Diniz, Debora. Au Brésil, Zika s'invite dans le débat sur l'avortement - See more at: http://info.arte.tv/fr/au-bresil-zika-sinvite-dans-le-debat-sur-lavortement#sthash.PHZaE4Lg.dpuf. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

40.
Diniz, Debora. Para pesquisadora, questão central do aborto não é a microcefalia, mas o direito à saúde da mulher. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

41.
Diniz, Debora. ?Durante crises políticas é muito fácil se fazer concessões a forças conservadoras?. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

42.
DINIZ, DEBORA. Hospitais barram aborto até em casos previstos por lei. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

43.
DINIZ, DEBORA. Governos evitam relacionar zika com aborto, diz ativista. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

44.
DINIZ, DEBORA. Ter 'presidenta' fez diferença para as mulheres?. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

45.
DINIZ, DEBORA. Espero que surta efeito, diz única do país a assinar carta à OMS sobre Rio-2016. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

46.
DINIZ, DEBORA. Governos não atuam perante zika para evitar debate sobre aborto, diz ativista. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

47.
DINIZ, DEBORA. Zikaepidemin kan bli inkörsport till aborträtt i Brasilien. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

48.
DINIZ, DEBORA. Feministas criticam escolha de socióloga contra aborto para secretaria de Política para Mulheres. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

49.
DINIZ, DEBORA. Por que precisamos falar sobre aborto?. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

50.
DINIZ, DEBORA. Única brasileira na carta à OMS vê zika 'subestimada'; gráfico sinaliza queda. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

51.
DINIZ, DEBORA. Médicos da USP rebatem tese americana de risco da zika na Olimpíada. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

52.
DINIZ, DEBORA. Epidemia nos holofotes. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

53.
DINIZ, DEBORA. Zika, a epidemia que espelha desigualdades. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

54.
DINIZ, DEBORA. Polícia investiga três casos de estupro de meninas entre 11 e 15 anos. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

55.
DINIZ, DEBORA. EUA minimizam risco de contágio pelo zika no Rio. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

56.
DINIZ, DEBORA. Há danos permanentes nas futuras gerações, diz pesquisadora. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

57.
DINIZ, DEBORA. Condições para um debate. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

58.
DINIZ, DEBORA. Zika in Rio: afinal, o que é real?. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

59.
DINIZ, DEBORA. Efeito dominó do contágio pode se tornar sinônimo de caos. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

60.
DINIZ, DEBORA. Zika and Reproductive Rights: Your Donation in Action. 2016.

61.
DINIZ, DEBORA. El zika reabre el debate del aborto en Sudamérica. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

62.
DINIZ, DEBORA. Associação espírita é contra aborto em casos de microcefalia. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

63.
DINIZ, DEBORA. Brazilian Legislators Look to Increase Abortion Penalties in the Wake of Zika Outbreak. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

64.
DINIZ, DEBORA. Zika transforma gravidez e maternidade em angústia. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

65.
DINIZ, DEBORA. Débora Diniz: ?O novo governo se mostrou insuficiente para acolher e proteger as mulheres?. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

66.
DINIZ, DEBORA. Documentário dá voz às mulheres vítimas da zika. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

67.
DINIZ, DEBORA. A epidemia de zika e seus impactos para as mulheres. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

68.
DINIZ, DEBORA. PL agrava pena para aborto em caso de microcefalia. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

69.
DINIZ, DEBORA. O vírus zika e o direito de escolha. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

70.
DINIZ, DEBORA. Antropóloga fala sobre a realidade de mulheres vítimas do zika no nordeste. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

71.
DINIZ, DEBORA. ?Completely failing women?: Why the Zika epidemic is really a women?s rights crisis. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

72.
DINIZ, DEBORA. Brazil?s abortion rights debate fails to convince some mothers of microcephaly babies. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

73.
DINIZ, DEBORA. In Brazil, Zika Fuels Abortion Debate. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

74.
DINIZ, DEBORA. Academia Nacional de Medicina discute a questão do aborto em diversos aspectos. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

75.
DINIZ, DEBORA. Por que é tão difícil conseguir um aborto legal no Brasil. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

76.
DINIZ, DEBORA. Zika and Reproductive Justice in Latin America. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

77.
DINIZ, DEBORA. El zika desnuda los conflictos sobre el aborto en Brasil. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

78.
DINIZ, DEBORA. Zika vírus traz aborto de volta ao debate e coloca fé e saúde pública em choque. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

79.
DINIZ, DEBORA. Zika emergency pushes women to challenge Brazil's abortion law. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

80.
DINIZ, DEBORA. Zika increases demand for abortions in countries where it's illegal to have one. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

81.
DINIZ, DEBORA. How the Zika Virus Is Fueling the Abortion Debate in Brazil. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

82.
DINIZ, DEBORA. Legalização de aborto para grávidas com vírus zika em meio a surto de microcefalia gera debate. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

83.
DINIZ, DEBORA. Realidade das mulheres presas será debatida em comissão mista. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

84.
DINIZ, DEBORA. ONU e governo fortalecem ações sobre direitos das mulheres em resposta ao zika vírus. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

85.
DINIZ, DEBORA. Zika. Igreja dividida sobre hipótese de mulheres fazerem aborto. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

86.
DINIZ, DEBORA. Aborto em casos de microcefalia não está em debate no governo, diz Cardozo. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

87.
DINIZ, DEBORA. Pope Francis Says Contraception Can Be Acceptable in Regions Hit by Zika Virus. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

88.
DINIZ, DEBORA. Mulheres não podem temer cadeia ou morte. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

89.
DINIZ, DEBORA. 'Frauen müssen im Zentrum der Debatte über Zika stehen'. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

90.
DINIZ, DEBORA. No Easy Answers in Brazil. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

91.
DINIZ, DEBORA. ?Zika: do sertão nordestino à ameaça global?, por Debora Diniz. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

92.
DINIZ, DEBORA. Grupo aciona Supremo por direito a aborto se mulher tiver zika. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

93.
DINIZ, DEBORA. Defensores públicos pedem ao STF que mulheres com zika possam abortar. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

94.
DINIZ, DEBORA. Veja recomenda 'Zika: do Sertão nordestino a ameaça global'. 2016. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

95.
DINIZ, DEBORA. Livro registra a primeira biografia do zika virus no Brasil. 2016. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

96.
DINIZ, DEBORA. Descoberta da zika provocou mágoa entre pesquisadores. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

97.
DINIZ, DEBORA. Italiana é a mãe de 1º bebê com vírus da zika no cérebro. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

98.
DINIZ, DEBORA. Livro revela descoberta do vírus e drama da primeira geração de crianças afetadas pelo zika no país. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

99.
DINIZ, DEBORA. Grávidas afetadas pelo vírus da zika podem ter a chance de fazer um aborto sem desrespeitar a lei. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

100.
DINIZ, DEBORA. Anis e Associação de Defensores Públicos acionam STF por direito ao aborto em tempos de zika. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

101.
DINIZ, DEBORA. Direito ao aborto para afetadas por zika. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

102.
DINIZ, DEBORA. ?O governo brasileiro é negligente com o zika?, diz professora de bioética. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

103.
DINIZ, DEBORA. 'A zika ainda precisa de respostas'. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

104.
DINIZ, DEBORA. Como primeira 'presidenta', Dilma deixou algum legado para as mulheres?. 2016. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

105.
DINIZ, DEBORA. Casal da Paraíba conta a rotina com a filha que nasceu com microcefalia. 2016. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

106.
DINIZ, DEBORA. Uma obra necessária nos dias atuais. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

107.
DINIZ, DEBORA. Biografia do vírus zika. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

108.
DINIZ, DEBORA. ?As mulheres estão sumindo do poder?, dizem feministas. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

109.
DINIZ, DEBORA. O trâmite de uma disputa. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

110.
DINIZ, DEBORA. Uma biografia sertaneja do zika. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

111.
DINIZ, DEBORA. Antropóloga conta como médicos nordestinos identificaram efeitos do zika. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

112.
DINIZ, DEBORA. 'Para as mulheres com zika, o pré-natal é uma sentença'. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

113.
DINIZ, DEBORA. Procurador-geral defende legalidade de aborto em grávidas com zika. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

114.
DINIZ, DEBORA. Janot defende legalidade de aborto em grávidas com zika. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

115.
DINIZ, DEBORA. Procurador-geral defende legalidade de aborto em grávidas com zika. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

116.
DINIZ, DEBORA. Procurador-geral defende legalidade de aborto em grávidas com zika. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

117.
DINIZ, DEBORA. Para Igreja, aval está ?fora de cogitação?; ONGs elogiam. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

118.
Diniz, Debora. Antropóloga conta como médicos nordestinos identificaram efeitos do zika. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

119.
Diniz, Debora. As fronteiras da zika: 'Só atentaremos à epidemia quando chegar a grandes centros', diz antropóloga. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

120.
Diniz, Debora. Aedes aegypti é um mascote da família brasileira, diz especialista no zika vírus. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

121.
Diniz, Debora. Vídeo: Violência contra a mulher, entrevista com Debora Diniz. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

122.
Diniz, Debora. Pesquisadora lança a primeira biografia sobre a epidemia de zika no Brasil. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

123.
Diniz, Debora. Fim da emergência global da zika foi um erro, dizem cientistas. 2016. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

124.
Diniz, Debora. 'Diferente do que dizem, aborto não foi descriminalizado', diz autora de ações no Supremo. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

125.
Diniz, Debora. Em 2015, quase meio milhão de brasileiras passaram por aborto ilegal. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

126.
Diniz, Debora; Munhoz, Ana Terra Mejia . Como a fraude em artigos afeta a atividade científica. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

127.
Diniz, Debora. Abortion in Brazil: a matter of life and death. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

128.
Diniz, Debora. Com grávidas contra aborto, ação em rede social expõe debate raso sobre questão. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

129.
Diniz, Debora. A vitimização do lobo. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

130.
Diniz, Debora. Grupo resgata rituais ancestrais, pratica poligamia e vive num casarão em Laranjeiras. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

131.
Diniz, Debora. ?Leis sozinhas não revertem a precarização das mulheres', diz Debora Diniz. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

132.
Diniz, Debora; Munhoz, Ana Terra Mejia . O que NÃO é plágio?. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

133.
Diniz, Debora. Diferentes vozes feministas. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

134.
Diniz, Debora. Diversidade sem igual. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

135.
Diniz, Debora. ?Não há argumentos consistentes para a redução da maioridade penal?. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

136.
Diniz, Debora. Punições já são suficientes, diz especialista. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

137.
Diniz, Debora. Sobre o ensino religioso e estado laico - Debora Diniz. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

138.
Diniz, Debora. Inspiração para as mulheres. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

139.
Diniz, Debora. Cientistas reforçam posição contra ensino religioso nas escolas públicas. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

140.
Diniz, Debora. Número de presos no Brasil dobrou nos últimos 10 anos. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

141.
Diniz, Debora. Antropóloga Debora Diniz conta experiência no Presídio Feminino de Brasília. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

142.
Diniz, Debora. Invisíveis para a sociedade e esquecidos pela família. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

143.
Diniz, Debora. Estatuto da Criança e do Adolescente, uma referência internacional. 2015. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

144.
Diniz, Debora. Barreiras do aborto legal. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

145.
Diniz, Debora. Exigências fora da lei dificultam acesso a aborto após estupro, diz estudo. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

146.
Diniz, Debora. Presa fácil. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

147.
Diniz, Debora. Quinze anos depois de massacre na Papuda, presídio continua superlotado. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

148.
Diniz, Debora. Viva Maria: novo blog discute igualdade pela voz das mulheres. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

149.
Diniz, Debora. Livro conta histórias de mulheres presidiárias no Distrito Federal. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

150.
Diniz, Debora. Entrevista com Debora Diniz aborda episódios e crises no sistema carcerário feminino. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

151.
Diniz, Debora. Histórias do cárcere. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

152.
Diniz, Debora. Dramas femininos enjaulados. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

153.
Diniz, Debora. Juristas e especialistas consideram fusão ministerial ?apagão histórico?. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

154.
Diniz, Debora. Relegadas ao esquecimento. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

155.
Diniz, Debora. Prova bomba nas redes sociais. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

156.
Diniz, Debora. Mulheres são processadas após denunciarem casos de estupros. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

157.
Diniz, Debora. 'Violência contra as mulheres é uma injustiça na sociedade brasileira', diz ONG feminista. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

158.
Diniz, Debora. Cai número de locais que fazem aborto legalizado no Brasil. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

159.
Diniz, Debora. Adolescente detida por tráfico de drogas tem redação premiada pela ONU. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

160.
Diniz, Debora. Menina de Unidade de Internação de Menores Infratores vence concurso nacional de redação. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

161.
Diniz, Debora. O elo perdido. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

162.
Diniz, Debora. Debora Diniz fala sobre sistema penitenciário feminino - Jornalistas Livres. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

163.
Diniz, Debora. 'Aborto não pode ser moeda de troca para estabilidade política', afirma pesquisadora. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

164.
Diniz, Debora. Projeto da UnB muda a vida de jovens em conflito com a lei. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

165.
Diniz, Debora. A Máquina - Debora Diniz. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

166.
Diniz, Debora. Pesquisadora da UnB fala do combate à homofobia. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

167.
DINIZ, DEBORA. Zika, um enredo árido. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

168.
Diniz, Debora. Especial Sistema Penitenciário - Contradições legais motivam extinção dos manicômios judiciários. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

169.
Diniz, Debora. Loucura documentada. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

170.
Diniz, Debora. Manicômios Judiciários: encarceramento eterno e falta de cuidados. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

171.
Diniz, Debora. Uma intelectual popozuda. 2014. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

172.
DINIZ, DEBORA. Muito prazer - Múltiplas brasileiras. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

173.
DINIZ, DEBORA. Gente que faz a diferença. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

174.
Diniz, Debora. Mulheres de países africanos e asiáticos usam cremes para clarear a pele. 2014. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

175.
Diniz, Debora. Stigma of Brazil abortions in spotlight in case of mssing woman. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

176.
Diniz, Debora. Cópias silenciosas. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

177.
Diniz, Debora. Aborto é problema de saúde pública, alerta Anistia Internacional. 2014. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

178.
Diniz, Debora. As women die from illegal abortions in Brazil, presidential candidates remain silent. 2014. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

179.
Diniz, Debora. Antropóloga critica ausência do debate sobre aborto nas eleições. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

180.
Diniz, Debora. 'O aborto é um processo comum à vida reprodutiva das mulheres brasileiras'. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

181.
Diniz, Debora. Culpa não é dos ultrassons, diz especialista sobre aborto de fetos femininos. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

182.
Diniz, Debora. Como, onde, quando, com quem e por que acontece sexo no cárcere. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

183.
Diniz, Debora. Precisamos falar sobre aborto. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

184.
Diniz, Debora. #Precisamos falar sobre aborto. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

185.
Diniz, Debora. Justo agora?. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

186.
Diniz, Debora. Antropóloga revela o mundo desconhecido do Presídio Feminino de Brasília. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

187.
Diniz, Debora. Debate promovido pela revista TPM discute o aborto. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

188.
Diniz, Debora. Ética Médica: controvérsia. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

189.
Diniz, Debora. Justiça na Manhã Entrevista: Eutanásia. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

190.
Diniz, Debora. Presos que já poderiam estar soltos seguem em manicômios judiciários. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

191.
Diniz, Debora. Aborto - Está na hora de o Brasil encarar esse tema. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

192.
Diniz, Debora; Rosas, Cristião ; GOLLOP, Thomaz ; DREZETT, J. . Um ano após decisão do STF, aborto de anencéfalos esbarra em entraves. 2013. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

193.
Diniz, Debora. Serviço de aborto legal no Brasil está jogado 'às traças', diz ministra. 2013. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

194.
Diniz, Debora. Aborto no Brasil: a alguns passos do retrocesso (Especial do Diário de Pernambuco). 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

195.
Diniz, Debora. Boa de briga. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

196.
Diniz, Debora. Sem avaliação psiquiátrica, 'psicopatas anônimos' dividem cela com criminosos. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

197.
Diniz, Debora. Unidos por uma separação. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

198.
Diniz, Debora. Tudo é possível para Debora. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

199.
Diniz, Debora. Mulheres negras e pobres são mais vulneráveis ao aborto com risco, mostra dossiê. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

200.
Diniz, Debora. STF julga descriminalização de aborto de feto anencéfalo. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

201.
Diniz, Debora; Marilena Vilella Dias Corrêa ; Madeiro, A. ; ZORDO, Silvia ; AQUINO, Estela . A verdade nua e crua. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

202.
Diniz, Debora; GOLLOP, Thomaz ; ADESSE, Leila . O ponto crítico do aborto. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

203.
Diniz, Debora. Supremo aprova aborto de fetos sem cérebro, mas polêmica continua. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

204.
Diniz, Debora. Resolução do CFM determina que médicos sigam orientação de pacientes terminais. 2012. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

205.
Diniz, Debora. Quanto vale a sua virgindade?. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

206.
Diniz, Debora. Condenados para sempre. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

207.
Diniz, Debora. 52 anos detido por furtar alimentos / Tentativa de reabilitação em Minas. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

208.
Diniz, Debora. Vozes que levam à violência. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

209.
Diniz, Debora. Perdidos na espera. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

210.
Diniz, Debora. Elas matam mais que os homens. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

211.
Diniz, Debora. Especial - Manicômios judiciários. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

212.
Diniz, Debora. Brasil trata problema do aborto ilegal com superficialidade, avalia antropóloga. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

213.
Diniz, Debora. Quando a Justiça enxerga o aborto. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

214.
Diniz, Debora. Mire-se no exemplo. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

215.
Diniz, Debora. A vida depois do aborto. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

216.
Diniz, Debora. Pesquisa mostra que 35% dos internos de manicômios não voltam à liberdade. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

217.
Diniz, Debora. Entrevista com Debora Diniz. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

218.
Diniz, Debora. A guerra dos embriões. 2004. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

219.
Diniz, Debora. Em nome da mãe. 2004. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

220.
Diniz, Debora. Nas mãos da Justiça - Mistério para a Ciência. 2004. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

221.
Diniz, Debora. Em nome da razão. 2004. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

222.
Diniz, Debora. É uma questão de direito. 2004. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

223.
Diniz, Debora. Brasil é 4o no ranking de nascidos sem cérebro. 2004. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

224.
Diniz, Debora. Vida e dignidade em questão. 2004. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

225.
Diniz, Debora. O circo da clonagem. 2003. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

226.
Diniz, Debora. Cientista diz que burrice é genética. 2003. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

227.
Diniz, Debora. Fé cega nos genes. 2003. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

228.
Diniz, Debora. Restrições ao doador. 2003. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

229.
Diniz, Debora. Mães de proveta. 2003. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

230.
Diniz, Debora. Polêmica está longe do fim. 2003. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

231.
Diniz, Debora. Questões de vida e morte. 2003. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

232.
Diniz, Debora. Compromisso com a ética. 2003. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

233.
Diniz, Debora. Jovens e loucos. 2002. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

234.
Diniz, Debora. Clone Humano - Cientista garante que ele está em gestação. 2002. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

235.
Diniz, Debora. Filhos do silêncio. 2002. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

236.
Diniz, Debora. Estado brasileiro ignora a homossexualidade. 2002. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

237.
Diniz, Debora. Nas asas do saber. 2002. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

238.
Diniz, Debora. Denúncia sem arrependimento. 2002. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

239.
Diniz, Debora. Paz e respeito. 2002. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

240.
Diniz, Debora. Cientistas buscam a fertilização perfeita. 2002. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

241.
Diniz, Debora. Primeiros passos na Bioética. 2002. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

242.
Diniz, Debora. Holandeses legalizam eutanásia. 2001. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

243.
Diniz, Debora. E depois, o que acontece?. 2001. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

244.
Diniz, Debora. Mulheres reagem a promotor. 2001. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

245.
Diniz, Debora. Cena da noite - Estudantes debatem aborto. 2001. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

246.
Diniz, Debora. DF prepara banco de DNA. 2001. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

247.
Diniz, Debora. Dedicação recompensada. 2001. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

248.
Diniz, Debora. Entrevista / Debora Diniz. 2001. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

249.
Diniz, Debora. O conflito entre o corpo e a consciência. 2001. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

250.
Diniz, Debora. A ciência deve ter limite?. 2001. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

251.
Diniz, Debora. A mágica da escolha. 2001. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Redes sociais, websites e blogs
1.
Diniz, Debora; GUMIERI, S. ; RONDON, G. ; COSTA, Bruna ; Brito, L. ; João Neves ; PARANHOS, F. ; Munhoz, Ana Terra Mejia . Vozes da Igualdade. 2015; Tema: Um parlatório sobre igualdades e direitos humanos. (Blog).


Demais tipos de produção técnica
1.
Diniz, Debora. Interdisciplinaridade nas Ciências Sociais; Ética em Pesquisa (Minicurso de Extensão em Pesquisa em Direito). 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
Diniz, Debora. Deficiência e Direitos. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
Guedes, Cristiano ; Diniz, Debora . SER Social - Politica Social e Deficiência. 2013. (Editoração/Periódico).

4.
Diniz, Debora. Videoativismo e Direitos Humanos. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

5.
Diniz, Debora. 10º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva. 2012. (Parecerista).

6.
Diniz, Debora. Workshop Aborto e Direitos Humanos: práticas contraceptivas e aborto em grupos populares urbanos. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

7.
Diniz, Debora. A anencefalia em cena: Uma história Severina. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

8.
Diniz, Debora. Curso de Metodologia de Pesquisa em Ciências Sociais. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

9.
Diniz, Debora. Cineativismo e Saúde - Curso de Atualização em Cinema Etnográfico, Imagem e Pesquisa Qualitativa em Saúde. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

10.
Diniz, Debora. Ética em Pesquisa - A experiência do Comitê de Ética em Pesquisa do Instituto de Ciências Humanas (CEP-IH). 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

11.
Diniz, Debora. Bioética e Direito. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

12.
Diniz, Debora; Fabiana Paranhos ; João Neves . Doc-Ativismo. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

13.
Diniz, Debora. Minicurso: Bioética - Desafios. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

14.
Diniz, Debora; Dirce Guilhem . Deficiência e Cinema. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

15.
Diniz, Debora; Dirce Guilhem ; Flavia Squinca ; Diaulas Costa Ribeiro . Bioética e Cinema. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

16.
Diniz, Debora; Marcelo Medeiros . Estatística para as Ciências Sociais. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

17.
Diniz, Debora. Metodologia de Pesquisa Feminista. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

18.
Diniz, Debora. Bioética e Direitos Humanos. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

19.
Diniz, Debora. Oficina Fundamentos da Bioética Aplicados à Pesquisa Envolvendo Seres Humanos. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

20.
Diniz, Debora. Intensive Training Course on Health Research Ethics. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

21.
Diniz, Debora. Moral e Ética em Friedrich Nietzsche. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

22.
Diniz, Debora; Kátia Soares Braga ; Marcelo Medeiros . Comunicação Científica. 2003. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

23.
Diniz, Debora; Kátia Soares Braga . Mini-Curso - Introdução à Bioética. 2002. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

24.
Diniz, Debora. Ética na Pesquisa com Seres Humanos. 2002. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

25.
Diniz, Debora. Oficina Bioética. 2002. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

26.
Diniz, Debora. Programa Implicações Éticas e Sociais do Projeto Genoma Humano. 2001. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

27.
Diniz, Debora. Da morte e do morrer: fim da vida. 1998. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).


Produção artística/cultural
Artes Visuais
1.
Diniz, Debora. Quinquilharia - Sofrimento na pós-graduação. 2016. Vídeo.

2.
Diniz, Debora. Quinquilharia - O lugar de fala. 2016. Vídeo.

3.
Diniz, Debora. Quinquilharia - Autorização institucional. 2016. Vídeo.

4.
Diniz, Debora; GUMIERI, S. . Zika vírus e as impertinências do Ministro da Saúde. 2016. Vídeo.

5.
Diniz, Debora. Quinquilharia - Feminicídio de mulheres negras. 2016. Vídeo.

6.
Diniz, Debora; GUMIERI, S. . Tortura na socioeducação no Ceará. 2016. Vídeo.

7.
Diniz, Debora. Quinquilharia - Uso do tempo. 2016. Vídeo.

8.
Diniz, Debora. As motivações aparentes do bullying. 2016. Vídeo.

9.
Diniz, Debora; GUMIERI, S. . A zika no Congresso e direitos das mulheres. 2016. Vídeo.

10.
Diniz, Debora. Quinquilharia - Revisão de literatura. 2016. Vídeo.

11.
Diniz, Debora. Quinquilharia - Dados sobre vírus zika. 2016. Vídeo.

12.
Diniz, Debora; GUMIERI, S. . O necessário cuidado do Estado com mulheres cuidadoras. 2016. Vídeo.

13.
Diniz, Debora. Quinquilharia - Processso de escrita. 2016. Vídeo.

14.
Diniz, Debora; GUMIERI, S. . 8 de março das meninas feministas. 2016. Vídeo.

15.
DINIZ, DEBORA. Quinquilharia - Como escolher uma orientadora. 2016. Vídeo.

16.
DINIZ, DEBORA. Nossa voz urgente - A morte de Louise Ribeiro. 2016. Vídeo.

17.
DINIZ, DEBORA; GUMIERI, S. . A novela da homofobia. 2016. Vídeo.

18.
DINIZ, DEBORA; GUMIERI, S. . A legenda que esquece o trabalho infantil. 2016. Vídeo.

19.
DINIZ, DEBORA. Quinquilharia - As travas da escrita. 2016. Vídeo.

20.
DINIZ, DEBORA; GUMIERI, S. . Aborto não é matéria de prevenção. 2016. Vídeo.

21.
DINIZ, DEBORA. Quinquilharia - Pesquisa em tempos de epidemia. 2016. Vídeo.

22.
DINIZ, DEBORA; GUMIERI, S. . Discriminação disfarçada de objeção de consciência. 2016. Vídeo.

23.
DINIZ, DEBORA. Quinquilharia - Como preparar uma qualificação. 2016. Vídeo.

24.
DINIZ, DEBORA. Quinquilharia - Instrumentos de pesquisa em temas sensíveis. 2016. Vídeo.

25.
DINIZ, DEBORA. Zika, o documentário. 2016. Filme.

26.
DINIZ, DEBORA. Quinquilharia - Hipótese nas pesquisas sociais. 2016. Vídeo.

27.
DINIZ, DEBORA. Quinquilharia - O que não fazer na defesa. 2016. Vídeo.

28.
DINIZ, DEBORA. Quinquilharia - Por que fazer resenha. 2016. Vídeo.

29.
DINIZ, DEBORA. Quinquilharia - Ineditismo e originalidade na pós-graduação. 2016. Vídeo.

30.
DINIZ, DEBORA. A epidemia do Zika e direitos reprodutivos. 2016. Vídeo.

31.
DINIZ, DEBORA. Quinquilharia - O que é uma fonte confiável. 2016. Vídeo.

32.
DINIZ, DEBORA. Quinquilharia - Competição na pós-graduação. 2016. Vídeo.

33.
DINIZ, DEBORA. Quinquilharia - Como fazer uma monografia de graduação. 2016. Vídeo.

34.
DINIZ, DEBORA. Quinquilharia - Como fazer quando não há orientadora no meu tema. 2016. Vídeo.

35.
DINIZ, DEBORA. Quinquilharia - Sofrimento com o tema de pesquisa. 2016. Vídeo.

36.
DINIZ, DEBORA. Como preparar a defesa. 2016. Vídeo.

37.
DINIZ, DEBORA. Quinquilharia - Como se aproximar de uma pesquisadora referência. 2016. Vídeo.

38.
DINIZ, DEBORA. Quinquilharia - Problemas com o orientador. 2016. Vídeo.

39.
DINIZ, DEBORA. Quinquilharia - Como fazer pesquisa militante. 2016. Vídeo.

40.
DINIZ, DEBORA. Quinquilharia -- Como se preparar para a seleção de pós-graduação (Parte 1). 2016. Vídeo.

41.
DINIZ, DEBORA. Quinquilharia - Como se preparar para a seleção da pós-graduação (Parte 1). 2016. Vídeo.

42.
DINIZ, DEBORA. Quinquilharia - Como se preparar para a seleção de pós-graduação (Parte 2). 2016. Vídeo.

43.
DINIZ, DEBORA. Quinquilharia - Formas de organizar um grupo de pesquisa. 2016. Vídeo.

44.
DINIZ, DEBORA. Quinquilharia - Como se preparar para seleção de pós-graduação (Parte 3 - A banca). 2016. Vídeo.

45.
Diniz, Debora. TEDx - Cadeia de papel. 2015. Outra.

46.
Diniz, Debora. Quinquilharia - Cadeia: relatos sobre mulheres. 2015. Vídeo.

47.
Diniz, Debora. Quinquilharia - Solitário Anônimo. 2015. Vídeo.

48.
Diniz, Debora. Quinquilharia - Zefinha. 2015. Vídeo.

49.
Diniz, Debora; COSTA, Bruna . O direito penal não é fraterno com as mulheres. 2015. Vídeo.

50.
Diniz, Debora; COSTA, Bruna . Mulheres presas e a precarização da vida. 2015. Vídeo.

51.
Diniz, Debora; COSTA, Bruna . Aborto é questão de saúde pública. 2015. Vídeo.

52.
Diniz, Debora; COSTA, Bruna . Qual é o problema?. 2015. Vídeo.

53.
Diniz, Debora; COSTA, Bruna . Uma estratégia de proteção, mas também de segregação. 2015. Vídeo.

54.
Diniz, Debora; COSTA, Bruna . Nota de repúdio é homofobia. 2015. Vídeo.

55.
Diniz, Debora; COSTA, Bruna . O enquadramento do horror. 2015. Vídeo.

56.
Diniz, Debora; COSTA, Bruna . Cura gay é charlatanismo. 2015. Vídeo.

57.
Diniz, Debora; COSTA, Bruna . Estranhando os números. 2015. Vídeo.

58.
Diniz, Debora; COSTA, Bruna . Discriminação por deficiência não é proteção. 2015. Vídeo.

59.
Diniz, Debora; COSTA, Bruna . No Brasil existe segregação racial. 2015. Vídeo.

60.
Diniz, Debora; COSTA, Bruna . Pornografia de vingança não é o nome. 2015. Vídeo.

61.
Diniz, Debora. Quinquilharia - A casa dos mortos. 2015. Vídeo.

62.
Diniz, Debora; GUMIERI, S. . O medo vigia a desigualdade. 2015. Vídeo.

63.
Diniz, Debora; GUMIERI, S. . Para adoradoras do leque, catequese não pode. 2015. Vídeo.

64.
Diniz, Debora; GUMIERI, S. . O perfume da histeria. 2015. Vídeo.

65.
Diniz, Debora; GUMIERI, S. . Especialista afirma: gênero na escola pode, sim. 2015. Vídeo.

66.
Diniz, Debora; GUMIERI, S. . O veto à igualdade. 2015. Vídeo.

67.
Diniz, Debora; GUMIERI, S. . Bernardino precisa ser lembrado. 2015. Vídeo.

68.
Diniz, Debora; GUMIERI, S. . Pilota de drone. 2015. Vídeo.

69.
Diniz, Debora. Quinquilharia - Ensino religioso. 2015. Vídeo.

70.
Diniz, Debora. Nossa voz urgente - Prisão não é a solução. 2015. Vídeo.

71.
Diniz, Debora; GUMIERI, S. . Homens saqueadores de corpos de mulheres. 2015. Vídeo.

72.
Diniz, Debora; GUMIERI, S. . Violência contra mulheres não é protesto político. 2015. Vídeo.

73.
Diniz, Debora; GUMIERI, S. . A escolha da prostituição. 2015. Vídeo.

74.
Diniz, Debora; GUMIERI, S. . Perguntas para as branquinhas. 2015. Vídeo.

75.
Diniz, Debora; GUMIERI, S. . Pequenas corrupções ou grandes injustiças?. 2015. Vídeo.

76.
Diniz, Debora; GUMIERI, S. . O dia a dia do especismo. 2015. Vídeo.

77.
Diniz, Debora; GUMIERI, S. . Universidade confessional e democrática. 2015. Vídeo.

78.
Diniz, Debora; GUMIERI, S. . Perdoadas pelo papa, culpadas pelo Estado. 2015. Vídeo.

79.
Diniz, Debora; GUMIERI, S. . Famílias no plural. 2015. Vídeo.

80.
Diniz, Debora; GUMIERI, S. . A linguagem do abandono. 2015. Vídeo.

81.
Diniz, Debora. Quinquilharia - Feminicídio. 2015. Vídeo.

82.
Diniz, Debora; GUMIERI, S. . O financiamento que não queremos. 2015. Vídeo.

83.
Diniz, Debora. Quinquilharia - PNA. 2015. Vídeo.

84.
Diniz, Debora; GUMIERI, S. . Acomodando direitos. 2015. Vídeo.

85.
Diniz, Debora; GUMIERI, S. . Laicidade e maiorias religiosas. 2015. Vídeo.

86.
Diniz, Debora. Quinquilharia - Dia das professoras. 2015. Outra.

87.
Diniz, Debora. Nossa voz urgente - Gênero no Enem. 2015. Outra.

88.
Diniz, Debora; GUMIERI, S. . Sexo, gênero e Lei Maria da Penha. 2015. Vídeo.

89.
Diniz, Debora. Quinquilharia - Como sobreviver aos Comitês de Ética em Pesquisa - Parte 1. 2015. Vídeo.

90.
Diniz, Debora; GUMIERI, S. . Meninas fraudadoras de serviços de saúde?. 2015. Vídeo.

91.
Diniz, Debora. Quinquilharia - Gênero do @. 2015. Vídeo.

92.
Diniz, Debora; GUMIERI, S. . Liberdade de expressão e ódio na internet - vale tudo?. 2015. Vídeo.

93.
Diniz, Debora. Quinquilharia - Como sobreviver à pós-graduação - Parte 1. 2015. Vídeo.

94.
Diniz, Debora; GUMIERI, S. . O patriarcado racista em dados. 2015. Vídeo.

95.
Diniz, Debora. Quinquilharia - O que perguntar em uma pesquisa?. 2015. Vídeo.

96.
Diniz, Debora; GUMIERI, S. . Paris e Bento Rodrigues: sofrimento, terror e capitalismo. 2015. Vídeo.

97.
Diniz, Debora. Quinquilharia - Como compartilhar benefícios da pesquisa social?. 2015. Vídeo.

98.
Diniz, Debora; GUMIERI, S. . Aprendizado internacional: cultura não justifica violência contra mulheres. 2015. Vídeo.

99.
Diniz, Debora. Quinquilharia - Aborto e teratogenia: viéses na coleta de dados. 2015. Vídeo.

100.
Diniz, Debora; GUMIERI, S. . Zika vírus e microcefalia: eugenia não é prevenção. 2015. Vídeo.

101.
Diniz, Debora. Quinquilharia - Masculino plural. 2015. Vídeo.

102.
Diniz, Debora; GUMIERI, S. . Pesquisa aponta: para combater violência, estudantes querem gênero na sala de aula. 2015. Vídeo.

103.
Diniz, Debora. A violência contra a mulher no ambiente universitário: raiz. 2015. Vídeo.

104.
Diniz, Debora. Quinquilharia - Pesquisas de opinião. 2015. Vídeo.

105.
Diniz, Debora. Quinquilharia - Pesquisas com dados de mídias sociais e jornais. 2015. Vídeo.

106.
Diniz, Debora; GUMIERI, S. . A solidão da mãe que abandona. 2015. Vídeo.

107.
Diniz, Debora. A Casa dos Mortos. 2009. Filme.

108.
Diniz, Debora. Solitário Anônimo. 2007. Vídeo.

109.
Diniz, Debora. À Margem do Corpo. 2006. Vídeo.

110.
Diniz, Debora. Quem são elas?. 2006. Vídeo.

111.
Diniz, Debora; Eliane Brum . Uma História Severina. 2005. Vídeo.

112.
Diniz, Debora; Ramon Navarro . Habeas Corpus. 2005. Vídeo.

Outras produções artísticas/culturais
1.
Diniz, Debora. Programa de Educação Médica Continuada - A Educação na Bioética. 1999.

2.
Diniz, Debora. Programa de Educação Médica Continuada - A Ética na Escolha de Sexo. 1999.

3.
Diniz, Debora. Programa de Educação Médica Continuada - A Ética da Informação Médica na Mídia. 1999.

4.
Diniz, Debora. Programa de Educação Médica Continuada - A AIDS e a Ética Médica. 1998.

5.
Diniz, Debora. Programa de Educação Médica Continuada - A Bioética e Suas Fronteiras. 1998.

Demais trabalhos
1.
Diniz, Debora. Especial: Talk-show - O Mercado Humano. 1999 (video) .

2.
Diniz, Debora. O Direito à Greve de Fome. 1999 (vídeo) .

3.
Diniz, Debora. Especial: Talk-show - Aborto Legal. 1999 (video) .

4.
Diniz, Debora. Laqueadura de trompas. 1999 (video) .

5.
Diniz, Debora. Reforma Psiquiátrica no Brasil. 1999 (video) .

6.
Diniz, Debora. Reforma do Código Penal. 1999 (video) .

7.