Ana Cristina Richter Krolow

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5412023412789260
  • Última atualização do currículo em 01/08/2018


Possui graduação em Farmácia Bioquímica Hab Tecnologia de Alimentos pela Universidade Federal de Santa Catarina (1985), mestrado e doutorado em Ciência e Tecnologia Agroindustrial pela Universidade Federal de Pelotas (obtidos em 1996 e 2007, respectivamente). Atualmente é pesquisadora A da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, lotada na Embrapa Clima Temperado, Pelotas/RS. Tem experiência na área de Ciência e Tecnologia de Alimentos, com ênfase em leite e derivados lácteos, frutas e hortaliças, também atuando na área de desenvolvimento de produtos com arroz. Além dos projetos de pesquisa, também atua em projetos de desenvolvimento como "Quintais Orgânicos de Alimentos" e "Sabor Nativo", ambos financiados pela FINEP, além do "APL Alimentos", financiado pela Embrapa. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Ana Cristina Richter Krolow
Nome em citações bibliográficas
KROLOW, A. C. R.;Krolow, Ana Cristina R;KROLOW, ANA CR;KROLOW, ANA CRISTINA RICHTER;ANA CRISTINA KROLOW;KROLOW, ANA CRISTINA;KROLOW ANA CRISTINA

Endereço


Endereço Profissional
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Centro de Pesquisa Agropecuária de Clima Temperado.
AC Pelotas
Centro
96010971 - Pelotas, RS - Brasil - Caixa-postal: 403
Telefone: (53) 32758100
Ramal: 8184
Fax: (53) 32758221
URL da Homepage: http://www.cpact.embrapa.br


Formação acadêmica/titulação


2002 - 2007
Doutorado em Ciência e Tecnologia Agroindustrial.
Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.
Título: Influência da temperatura e de Pediococcus acidilactici no controle de aminas biogênicas e na formação de ácidos graxos em salame produzido com carne suína e ovina., Ano de obtenção: 2007.
Orientador: Germano Jorge Dorneles Soares.
Palavras-chave: ácidos graxos; aminas biogênicas; bacteriocina; Pediococcus acidilactici; salame.
1991 - 1996
Mestrado em Ciência e Tecnologia Agroindustrial.
Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.
Título: Sistema lactoperoxidase na preservação de leite cru e sua influência sobre a produção de iogurte,Ano de Obtenção: 1996.
Orientador: Celso Medina Fagundes.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: lactoperoxidase; leite; conservação.
Grande área: Ciências Agrárias
Setores de atividade: Ensaios de Materiais e de Produtos; Análise de Qualidade.
1986 - 1987
Especialização em Ciência dos Alimentos. (Carga Horária: 390h).
Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.
Título: Análise sensorial de iogurte com polpa de pêssego.
Orientador: Rosa de Oliveira Treptow.
1980 - 1985
Graduação em Farmácia Bioquímica Hab Tecnologia de Alimentos.
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.




Formação Complementar


2014 - 2014
Aproveitamento de soro de queijo. (Carga horária: 80h).
Commonwealth Scientific and Industrial Research Organization, CSIRO, Austrália.
2013 - 2013
Indicação Geográfica. (Carga horária: 120h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2011 - 2011
COMUNICAÇÃO EM APRESENTAÇÃO. (Carga horária: 40h).
Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.
2010 - 2010
Academic English Immersion Program. (Carga horária: 130h).
Casa Thomas Jefferson, CTJ, Brasil.
2009 - 2009
VIII CURSO INTERNACIONAL EN TECNOLOGÍA DE PRODUCTO. (Carga horária: 162h).
Institut de Recerca I Tecnologia Agroalimentaries, IRTA, Espanha.
2009 - 2009
Postharvest Technical Tour. (Carga horária: 40h).
University of Florida, UF, Estados Unidos.
2009 - 2009
AUDITOR BPL (BOAS PRÁTICAS LABORATORIAIS). (Carga horária: 16h).
METROQUALITY METROLOGIA E ENSAIOS LTDA., METROQUALITY, Brasil.
2009 - 2009
Tecnologia de produção de geléias e doces de fruta. (Carga horária: 16h).
Instituto de Tecnologia de Alimentos, ITAL, Brasil.
2008 - 2008
Curso de Auditoria Interna ISO/IEC 17025:2005. (Carga horária: 16h).
Associação Rede de Metrologia e Ensaios do Rio Grande do Sul, REDE METROLÓGICA, Brasil.
2008 - 2008
PRODUÇÃO INTEGRADA DE ARROZ IRRIGADO. (Carga horária: 24h).
Centro de Pesquisa Agropecuária de Clima Temperado, CPACT, Brasil.
2007 - 2007
FORMAÇÃO EM DIREITO HUMANO À ALIMENTAÇÃO ADEQUADA. (Carga horária: 50h).
MINISTERIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME, MDS, Brasil.
2006 - 2006
Curso de Econometria. (Carga horária: 15h).
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, EMBRAPA, Brasil.
2005 - 2005
Boas Práticas Agrícolas Para Produção Segura de Fr. (Carga horária: 40h).
The Joint Institute Fo Food Safety And Applied Nutrition, JIFSAN, Estados Unidos.
2004 - 2004
II Curso de Atualização Em Agricultura Familiar e. (Carga horária: 96h).
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, EMBRAPA, Brasil.
2001 - 2001
Formação de Consultores em APPCC. (Carga horária: 80h).
SENAI - Departamento Nacional, SENAI/DN, Brasil.
2001 - 2001
Formação de Consultores em APPCC-Mesa. (Carga horária: 70h).
Serviço Nacional do Comércio, SENAC, Brasil.
2001 - 2001
Projeto de Ensino Atualização Docente. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.
1999 - 1999
Projeto Agroindústria Área de Pescados-AEPC. (Carga horária: 88h).
SENAI - Departamento Nacional, SENAI/DN, Brasil.
1999 - 1999
Leite e Derivados-AEPC. (Carga horária: 88h).
Instituto de Laticínios Cândido Tostes, ILCT, Brasil.
1999 - 1999
Processamento de Frutas e Hortaliças-AEPC. (Carga horária: 88h).
SENAI - Departamento Nacional, SENAI/DN, Brasil.
1997 - 1997
Mini-Curso de Biologia Molecular. (Carga horária: 9h).
Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.


Atuação Profissional



Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, EMBRAPA, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: PesquisadorA, Carga horária: 40

Atividades

1/2005 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Pesquisa Agropecuária de Clima Temperado, .

12/2002 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro Nacional de Pesquisa de Caprinos, .

Linhas de pesquisa
Tecnologia de alimentos
3/2004 - 3/2004
Treinamentos ministrados , Centro Nacional de Pesquisa de Caprinos, .

Treinamentos ministrados
Processamento Industrial da Carne Caprina - Iniciando um Pequeno Grande Negócio Agroindustrial
Processamento da carne e fabricação de embutidos e hambúrgueres
Estratégias andragógicas de multiplicação do conteúdo programático
Formação de multiplicadores em processamento de carnes caprina e ovina
12/2003 - 12/2003
Treinamentos ministrados , Centro Nacional de Pesquisa de Caprinos, .

Treinamentos ministrados
Processamento de carne de caprinos e ovinos
9/2003 - 10/2003
Treinamentos ministrados , Centro de Pesquisa Agropecuária do Trópico Semi Árido, .

Treinamentos ministrados
Processamento de carnes caprina e ovina
5/2003 - 5/2003
Treinamentos ministrados , Centro Nacional de Pesquisa de Caprinos, .

Treinamentos ministrados
Cortes padronizados de carnes caprina e ovina - Dia de Campo
4/2003 - 4/2003
Treinamentos ministrados , Centro Nacional de Pesquisa de Caprinos, .

Treinamentos ministrados
Cortes e padronização de carcaças e beneficiamento de peles

Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2001
Vínculo: Contrato temporário, Enquadramento Funcional: professor substituto, Carga horária: 40
Outras informações
Contrato temporário como professor substituto do Departamento de Ciência e Tecnologia Agroindustrial, lotado na Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel da Universidade Federal de Pelotas.

Vínculo institucional

1997 - 1999
Vínculo: Contrato temporário, Enquadramento Funcional: professor substituto, Carga horária: 40
Outras informações
Contrato temporário como professor substituto do Departamento de Ciência e Tecnologia Agroindustrial, lotado na Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel da Universidade Federal de Pelotas.

Atividades

4/2001 - 12/2001
Ensino, Agronomia e Medicina Veterinária, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Tecnologia agroindustrial I
Tecnologia agroindustrial II
Tecnologia de produtos de origem animal
Tecnologia de leite
12/2000 - 12/2000
Treinamentos ministrados , Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel, Departamento de Zootecnia.

Treinamentos ministrados
Frigoconservação de pescado
6/2000 - 6/2000
Treinamentos ministrados , Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel, Departamento de Ciência e Tecnologia Agroindustrial.

Treinamentos ministrados
Tecnologia de leite e derivados
7/1999 - 7/1999
Treinamentos ministrados , Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel, Departamento de Ciência e Tecnologia Agroindustrial.

Treinamentos ministrados
Tecnologia de leite e derivados
4/1997 - 3/1999
Ensino, Agronomia e Medicina Veterinária, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Tecnologia agroindustrial I
Tecnologia agroindustrial II
Tecnologia de produtos de origem animal
4/1997 - 12/1997
Treinamentos ministrados , Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel, Departamento de Ciência e Tecnologia Agroindustrial.

Treinamentos ministrados
Tecnologia de leite e derivados
Sucos de frutas
Geléias de frutas
Picles e conservas vegetais
Compotas de frutas
1/1997 - 12/1997
Extensão universitária , Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel, Departamento de Ciência e Tecnologia Agroindustrial.

Atividade de extensão realizada
Projeto de extensão em Processamento agroindustrial em pequena escala.


Linhas de pesquisa


1.
Tecnologia de alimentos

Objetivo: Desenvolvimento e aperfeiçoamento de produtos derivados de frutas e olerícolas.
Grande área: Ciências Agrárias
Setores de atividade: Outro.
Palavras-chave: APPCC; agricultura familiar; conservas vegetais; frutas; hortaliças.
2.
Processamento de frutas nativas
3.
Processamento de pequenas frutas
4.
Agricutlura familiar

Objetivo: Apresentação de propostas de segurança alimentar e alimentos seguros aos menos favorecidos..
Grande área: Ciências Agrárias
Setores de atividade: Produção Vegetal.
Palavras-chave: Alimentos; assentados; conservas vegetais; leite e derivados.


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Desenvolvimento tecnológico e incremental de derivados cárneos de origem ovina como oportunidade de agregação de valor.
Descrição: Em 2012, com o inicio do projeto APROVINOS (Aproveitamento integral e agregação de valor à carne de ovinos de diferentes categorias dos campos sul-brasileiros: da avaliação in vivo à produção de derivados cárneos), teve inicio no CPPSUL a linha de pesquisas em tecnologia de derivados cárneos. Desde então, diversos resultados foram alcançados no sentido de entender a percepção do consumidor brasileiro de carne, melhores formas de apresentação de cortes para as carcaças de cordeiro (independente de raça), no desenvolvimento de produtos derivados de carne ovina e também de vísceras. Foram propostas três linhas de posicionamento de mercado - linha Premium, low-cost e regional - para o estudo de desenvolvimento de derivados cárneos utilizando carne ovina de categorias de animais não-cordeiro, ou seja, animais mais velhos. Dentre eles pode-se citar produtos com alto potencial de agregação de valor, tais como presuntos crus e copas de ovino, linguiça ovina light e os oveicons (bacon ovino). Além dos hambúrgueres, o patê de fígado ovino, a mortadela, buchada, sarapatel e a dobradinha. Grande aceitabilidade e interesse pelos diversos segmentos do setor nas tecnologias desenvolvidas do projeto APROVINOS 1, foi e tem sido diagnosticada, principalmente pelo caráter inovativo, resolutivo de problemas de gargalos de produção da cadeia produtiva e que, portanto, poderiam ser uma alternativa para estímulo e retomada da ovinocultura e das agroindústrias locais. Com isto, é uma grande oportunidade, tanto científica, quanto tecnológica dar continuidade aos trabalhos iniciados com o APROVINOS1 com agregação de valor a partir de derivados cárneos de origem ovina. Assim, o objetivo da proposta atual é qualificar as tecnologias para agregação de valor à carne ovina, de diversas categorias de animais, estudando alternativas não-convencionais na elaboração de derivados cárneos. Aprimorando os processos tecnológicos para desenvolvimento de produtos das linhas Premium, low-cost e regionais, estudados no APROVINOS1, para os quais foram estabelecidos parâmetros para o processamento, com formulações, tempos e temperaturas de processo. Que, todavia, necessitam de ajustes e de acompanhamento mais acurado durante o tempo de processamento, o qual pode variar de 2 dias para linguiça ovina light até 101 para os presuntos crus, até a obtenção do produto final. Na etapa seguinte, serão avaliados em conjunto estabilidade do produto final (pós-processamento), que incluirá desde a caracterização físico-química e avaliação microbiológica dos produtos, visando estimar a vida de prateleira dos produtos finais durante tempos específicos pré-determinados e a aceitação dos consumidores de cada um dos produtos padronizados. Como parte de controle de processo, serão caracterizadas a microbiota fúngica durante o desenvolvimento de presuntos crus e copas ovinas, bem como estabelecidas práticas para o biocontrole destes, a partir da utilização de leveduras, ao invés, de compostos químicos. Para atender demandas de saudabilidade e bem estar, serão pesquisados a utilização de extratos de frutas e/ou plantas com ação oxidante em substituição aos produtos químicos convencionais, aliado ao estudo de revestimentos também naturais, como forma de conservação e aumento da vida de prateleira dos produtos cárneos de ovinos. Tecnologias importantes para combater os efeitos da oxidação lipídica (rancificação) que podem comprometer a qualidade dos produtos finais. Por fim, a equipe do CPPSUL será capacitada a realizar levantamento de custos de produção e viabilidade econômica dos produtos desenvolvidos. Serão propostas formas de prospectar empresas parceiras, formalizar parcerias e estabelecer estratégias de comunicação adequadas para compartilhar resultados do projeto. Os conhecimentos e tecnologias geradas poderão ser utilizados por abatedouros-frigoríficos e agroindústrias de alimentos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Ana Cristina Richter Krolow - Integrante / Caroline Dellinghausen Borges - Integrante / Márcia Vizzotto - Integrante / Rogério Oliveira Jorge - Integrante / Elen Silveira Nalério - Coordenador / GILDO ALMEIDA DA SILVA - Integrante / LISIANE BASSOLS BRISOLARA - Integrante / VINICIUS DO NASCIMENTO LAMPERT - Integrante / ESTEFANIA DAMBORIARENA - Integrante / ARI JARBAS SANDI - Integrante / Roger Wagner - Integrante / Marina Venturini Copetti - Integrante / RENATA TIEKO NASSU - Integrante / LUCIMARA APARECIDA FORATO - Integrante / LISIANE DORNELES DE LIMA - Integrante / CITIELI GIONGO - Integrante / MARCO ANTONIO KARAM LUCAS - Integrante.Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.
2015 - Atual
Melhoramento genético do morangueiro visando adaptação, resistência a pragas e qualidade de fruta - Ciclo 2015-2019.
Descrição: O morango (Fragaria x ananassa sp) é apreciado no mundo inteiro, sendo consumido in natura ou industrializado, e tem grande mercado nas principais economias mundiais. No Brasil, em geral, essa cultura é cultivada em pequenas propriedades rurais, que dedicam normalmente de 0,20 a 1,0 ha ao seu cultivo, utilizando mão-de-obra familiar durante todo o seu ciclo. Atualmente é cultivada principalmente no Rio Grande do Sul, Minas Gerais e São Paulo, além de diversos outros estados com diferentes solos e clima, como Paraná, Santa Catarina, Distrito Federal, Goiás e Espírito Santo. Nesses estados, a cultura tem se expandido gradativamente, tornando-se uma excelente opção de renda. Dentre os entraves da cultura no Brasil é unanimidade a carência de cultivares nacionais disponíveis aos agricultores. Atualmente não existem cultivares de morangueiro nacionais competitivas. Todas as cultivares no mercado tem origem em programas de melhoramento genético estrangeiros, basicamente Estados Unidos, causando a total dependência internacional. Considerando o exposto acima é imperioso que a pesquisa com a cultura no Brasil evolua para o lançamento de cultivares nacionais de morangueiro, que sejam competitivas do ponto de vista econômico e ambiental, fornecendo opção ao produtor. Além disso, permitindo a reativação do setor de produção de mudas nacional, concentrando autonomia no país e gerando a manutenção interna das divisas geradas pelo setor, tanto oriundo dos direitos das cultivares quanto da produção de mudas. Para contribuir com a solução desse problema a Embrapa retomou o seu programa de melhoramento genético de morangueiro em 2009. Entre 2009 e 2014 foi conduzido o primeiro ciclo dessa nova fase de melhoramento da cultura na Embrapa com resultados expressivos por meio do avanço do conhecimento do germoplasma disponível e geração de clones superiores em relação as características de adaptação, tolerância a doenças e sabor da fruta. Visando dar continuidade as ações em curso, a presente proposta tem como objetivo promover o melhoramento genético do morangueiro para melhor adaptação, resistência a pragas e qualidade da fruta, por meio do enriquecimento e exploração da variabilidade genética da espécie contribuindo para a sustentabilidade econômica, social e ambiental da cultura no país. Para tanto é proposto dentro do período de quatro anos focar esforços na ampliação da base genética disponível, melhorar o conhecimento do germoplasma quanto as características alvo, além de melhorar o germoplasma atualmente disponível dentro do programa de melhoramento da Embrapa, para as principais características alvo, tanto do ponto de vista de interesse do agricultor quanto do consumidor. Além disso, é objetivo avançar na geração de clones com potencial de se tornarem cultivares. Para tanto são propostas ações organizadas em cinco Planos de Ação (PA). O PA 1 trata da gestão do projeto, com ênfase na gestão técnica, financeira e de recursos humanos. O PA 2 envolve as atividades de desenvolvimento de germoplasma e geração de cultivares. O PA 3 aborda a parte de pragas, incluindo estudos das principais doenças fúngicas e bacterianas, além de considerável atenção ao ácaro rajado, principal praga da cultura. O PA 4 fará estudos de pós colheita tratando de parâmetros físicos, químicos e fisiológicos, caracterização nutricional e de alergenos e caracterização quanto a compostos funcionais das frutas. O PA 5 tem como objetivo a avaliação do germoplasma de interesse em diferentes ambientes, procurando avaliar a adaptação e comportamento agronômico desses genótipos. Germoplasma será avaliado no Rio Grande do Sul (CPACT e FEPAGRO), Santa Catarina (UDESC), Paraná (UFPR) e Minas Gerais (IF Sul de Minas)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Ana Cristina Richter Krolow - Coordenador / José Ernani Schwengber - Integrante / LUIS EDUARDO CORREA ANTUNES - Integrante / CARLOS REISSER JUNIOR - Integrante / BERNARDO UENO - Integrante / RUFINO FERNANDO FLORES CANTILLANO - Integrante / CÉSAR BAUER GOMES - Integrante / Márcia Vizzotto - Integrante / Sandro Bonow - Integrante / DUTRA, LEONARDO F - Integrante / CASTRO, LUIS ANTONIO SUITA DE - Integrante / ANDREA DENISE HILDEBRANDT NORONHA - Integrante / Uemerson Silva da Cunha - Integrante / André Samuel Strassburger - Integrante / Maria Aparecida Cassilha Zawadneak - Integrante / Luiz Carlos Dias da Rocha - Integrante / Miriam Valli Büttow - Integrante / Jefferson Luís Meirelles Coimbra - Integrante.
2014 - Atual
Inovação tecnológica para a elaboração de produtos que agreguem valor na cadeia da maçã
Descrição: O cultivo da maçã é muito importante econômica e socialmente para o país, seja pelo volume comercializado ou pela geração de empregos, fixando o homem no campo e ocupando muita mão de obra de forma permanente. Pelo grande volume produzido, especialmente das categorias 2 e 3, não se consegue comercializar de forma rápida e/ou obtém um preço baixo no mercado, permanecendo muito tempo em câmaras frias o que pode aumentar as perdas pós-colheita. Uma alternativa é elaborar produtos inovadores com um maior valor agregado, o que pode permitir uma maior rentabilidade ao produtor e a satisfação do consumidor. Os produtos minimamente processados ou de 4ª gama, biofortalecidos com compostos bioativos, a elaboração de novos produtos como maçã fatiada em suco de calda light de sucrolase, suco de maçã, gelatina, polpas, extrato de maçã encapsulado, extrato de maçã para prevenir o fotoenvelhecimento e câncer de pele podem ser alternativas a serem utilizadas pelo setor da maçã. O objetivo do projeto é gerar tecnologias inovadoras que permitam a elaborar produtos que visem agregar valor na cadeia da maçã. Será realizada a caracterização da matéria-prima das maçãs cvs. Gala e Fuji, mediante análises físico-quimicos (firmeza, cor, sólidos solúveis, pH, acidez titulável), enzima polifenoloxidase, avaliação sensorial (cor, textura, sabor, aroma), avaliação funcional (vitamina C, carotenoides totais e individuais, fenóis totais e individuais, tocoferóis totais e individuais, antocianinas totais e individuais e capacidade antioxidante); serão elaborados os produtos de 4ª gama ou minimamente processados das cultivares de maçã, sendo utilizados produtos antioxidantes como o ac. eritórbico, eritorbato de sódio, L-cisteína, 4-hexilresorcinol, ac. kójico, ac. ascórbico, em combinação com cloreto de cálcio em varias concentrações e diversos períodos de armazenamento; serão utilizados revestimentos comestíveis e encapsulamento de compostos bioativos em duas cvs. de maçã de 4ª gama, sendo aplicadas as coberturas comestíveis fécula de mandioca, gelatina, alginato de sódio, quitosana, ac. oleico em concentrações e formas variadas. Será realizado o micro e nanoencapsulamento de compostos bioativos para serem aplicados junto à cobertura comestível. Após as aplicações, as frutas serão armazenadas a 4ºC por períodos variados; também será elaborado extrato de maçã para prevenir o fotoenvelhecimento e o câncer de pele sendo estudadas a extração e a estabilidade do extrato bruto e frações, os compostos bioativos do extrato, a viabilidade e citotoxicidade para fibroblastos, a atividade protetora do DNA, o efeito antinflamatório e o potencial antiproliferativo e anticarcinogénico. O projeto também contempla a elaboração de novos produtos processados como maçã fatiada em embalagens individuais com diversos tipos de liquido de cobertura. Será realizada a transferência de tecnologia dos produtos inovadores de cultivares de maçã, sendo realizadas reuniões, palestras e capacitação para produtores, técnicos, gerentes de agroindústrias e de supermercados. Este projeto espera disponibilizar para o consumidor maçã minimamente processada, biofortalecida e com ampla vida pós-colheita, maçã processada em embalagem individual de conveniência, polpa com alto valor funcional e nutricional bem como extratos/frações ricos em compostos bioativos para uso em produtos cosméticos para prevenir o fotoenvelhecimento e o câncer de pele..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Ana Cristina Richter Krolow - Integrante / RUFINO FERNANDO FLORES CANTILLANO - Coordenador / Maria Laura Turino Mattos - Integrante / Márcia Vizzotto - Integrante / LEONARDO NORA - Integrante / REGINA ISABEL NOGUEIRA - Integrante / ALEXANDRE HOFFMANN - Integrante / CESAR LUIS GIRARDI - Integrante / MARCOS DAVID FERREIRA - Integrante / RENATA VALERIANO TONON - Integrante / Alessandro de Oliveira Rios - Integrante / Márcia Arocha Gularte - Integrante / Rosane da Silva Rodrigues - Integrante / EDY SOUSA DE BRITO - Integrante / Elizandra Braganhol - Integrante.Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.Número de orientações: 1
2011 - Atual
MELHORAMENTO GENÉTICO DO MORANGUEIRO VISANDO ADAPTAÇÃO, RESISTÊNCIA A PRAGAS E QUALIDADE DE FRUTA
Descrição: A produção de morangos no Brasil apresenta grande importância e vem se expandindo a cada ano. Essa cultura apresenta ainda grande importância do ponto de vista social, uma vez que a maioria das áreas são cultivadas em propriedades com base na agricultura familiar, significando maior renda para a família, geração de empregos e fixação do homem ao campo. Apesar da importância, várias são as lacunas tecnológicas e poucas são as instituições de pesquisa envolvidas na pesquisa com o morangueiro atualmente. A maior parte da produção nacional é baseada em cultivares estrangeiras, tornando o setor produtivo dependente de programas de melhoramento de outros países, entre eles Estados Unidos e Espanha. O programa de melhoramento da Embrapa Clima Temperado encontra-se desativado há mais de uma década, e atualmente há apenas o programa de melhoramento do IAC, cujas últimas cultivares registradas junto ao MAPA foram em 1999. Este projeto visa restabelecer o programa de melhoramento do morangueiro, com ações que irão da montagem de uma boa coleção de trabalho, caracterização agronômica e fitossanitária , cujo resultado será o desenvolvimento de clones mais adaptados às condições edafoclimáticas das diferentes regiões produtoras, com melhor qualidade de fruta (mais firme e de melhor sabor) e resistência a pragas. O projeto terá ações de difusão das novas informações geradas, por meio de divulgação em diferentes meios de comunicação, reuniões técnicas, cursos, palestras e dias de campo..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Ana Cristina Richter Krolow - Integrante / José Ernani Schwengber - Integrante / ROSA LÍA BARBIERI - Integrante / LUIS EDUARDO CORREA ANTUNES - Integrante / CARLOS REISSER JUNIOR - Integrante / BERNARDO UENO - Integrante / RUFINO FERNANDO FLORES CANTILLANO - Integrante / CÉSAR BAUER GOMES - Integrante / Márcia Vizzotto - Integrante / Luis Antônio Suita de Castro - Integrante / ANA CLÁUDIA BARNECHE DE OLIVEIRA - Integrante / Mirtes Melo - Integrante / Roberto Pedroso de Oliveira - Integrante / Sandro Bonow - Coordenador.Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.
2010 - 2013
Desenvolvimento e adequação de tecnologias à cultura da oliveira no sul do Brasil
Descrição: Azeitonas e azeite de oliva são produtos encontrados com freqüência na mesa dos brasileiros. Devido a pequena área de plantio e produção insignificantes no Brasil, a importação tem sido a alternativa para suprir a demanda interna. Em 2007, o país importou US$ 170 milhões em azeites e US$ 250 milhões em azeitonas, segundo dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior . Pesquisas realizadas pela Epamig, em Maria da Fé - MG, demonstraram ser possível à exploração racional da oliveira na Região Sudeste do Brasil, havendo inclusive recomendação de duas cultivares para regiões frias (Grapollo - destinada a produção de azeite e Ascolana - produção de azeitonas de mesa) (FAGUNDES, 2004; Epamig, 2008). A Embrapa Clima Temperado, em 2006, por meio do projeto "Introdução e desempenho agronômico de cultivares de oliveira no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina", retornou às atividades de pesquisa com a cultura da oliveira, as quais tinham sido suspensas no início da década de 80. O projeto foi elaborado considerando os resultados obtidos pela EPAMIG-MG, o desempenho de olivais cultivados no Chile, na Argentina, no Peru e no Uruguai, os relatos encontrados sobre o cultivo da oliveira no Brasil e o alto potencial de geração de renda e diversificação do agronegócio que o cultivo da oliveira representa, principalmente na Região Sul do Brasil. No entanto, para consolidação da cultura da oliveira como mais uma alternativa ao agronegócio brasileiro e para que os agricultores obtenham sucesso na exploração racional e sustentável (ambiental, econômica e social), são necessárias intensivas atividades de pesquisa que possibilitem a implementação de um sistema de produção à cultura da oliveira que propicie a identificação de cultivares de oliveiras produtoras de azeitonas para mesa e azeite, sistemas eficientes de produção de mudas, técnicas modernas de implantação e condução de olivais, manejo integrado de pragas e doenças e tecnologias avançadas de produção de.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Ana Cristina Richter Krolow - Integrante / Enilton Fick Coutinho - Coordenador / CÉSAR BAUER GOMES - Integrante / Rogério Oliveira Jorge - Integrante / Zaida Luiza Camacho Jorge - Integrante / Marcos Silveira Wrege - Integrante / JOSÉ CARLOS FACHINELLO - Integrante / RUI CARLOS ZAMBIAZI - Integrante / leonardo ferreira dutra - Integrante / emerson dias gonçalves - Integrante / Adriana Graciela Desiré Zecca - Integrante.Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.
2008 - 2011
Prevenção e manejo de contaminantes na pós-colheita de grãos e sementes de trigo, milho, soja e arroz, para competitividade e sustentabilidade do agronegócio
Descrição: Promover a identificação, a prevenção e o manejo dos contaminantes biológicos, químicos e físicos na pós-colheita de grãos e sementes de trigo, milho, soja e arroz, visando garantir a qualidade e a competitividade dos grãos e sementes brasileiras..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2011
Alternativas para agregar valor a cadeia produtiva da maçã
Descrição: O setor macieiro esta em busca de novas alternativas para a cadeia produtiva. O exercício constante de enxergar o futuro, e buscar estratégias inovadoras, é fundamental para este negócio. A cadeia produtiva da maçã bate recordes de produção a cada ano, no entanto, o consumo in natura esta estabilizado em 5kg/pessoa/ano, necessitando-se a busca de alternativas que absorvam esta produção, por exemplo, o desenvolvimento de novos produtos, sejam eles alimentares ou não. Neste contexto, este projeto visa a obtenção de um extrato antioxidante multifuncional para utilização na formulação de alimentos com características funcionais (iogurte e leite flavorizado), e também, na formulação de cosméticos (creme antioxidante). Muitos fitoquímicos já identificados em maçã apresentam características antioxidantes e podem atuar na prevenção de doenças crônicas não-transmissíveis..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Ana Cristina Richter Krolow - Integrante / Enilton Fick Coutinho - Integrante / Márcia Vizzotto - Coordenador / Conceição Accetturi - Integrante.Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.
2007 - 2010
Uso da diversidade de frutas nativas do Sul do Brasil para a geração de renda na agricultura familiar
Descrição: Dentre as várias espécies de frutas nativas do Sul do Brasil, a pitanga, o araçá, a uvaia e o butiá merecem destaque pelo interesse que despertam como alternativa de renda para a agricultura da região. Além da possibilidade de exploração para consumo in natura, podem ser exploradas pela agroindústria para sucos e para uso no fabrico de sorvetes, geléias, doces, licores e outros produtos. Estas espécies também vêm despertando a atenção da indústria farmacêutica, pois as frutas são ricas em vitaminas e em substâncias antioxidantes, dentre outras, como óleos essenciais que podem ser extraídos das folhas e de outras partes da planta. Assim, há um grande campo com potencial a ser explorado para a inserção de novas espécies em sistemas produtivos. Hoje, estas espécies ainda são pouco conhecidas pelo mercado consumidor, mas apresentam, a médio e longo prazo, um grande potencial como espécies de importância comercial, principalmente em pequenas propriedades rurais, oportunizando uma renda adicional, ao mesmo tempo em que poderão trazer benefícios para os consumidores, através da diversificação da dieta com base em frutas.Infelizmente, as fruteiras nativas no sul do Brasil vêm sendo dizimadas pelo homem para dar lugar a outras culturas. Contrário a isso, a Embrapa Clima Temperado mantém uma coleção destas fruteiras nativas, com o objetivo de preservá-las e estudar seu potencial. Através destes estudos, espera-se que, num futuro próximo, possa haver novas alternativas de consumo, com algumas destas espécies diversificando a produção de frutas no Brasil. Apesar de seu cultivo apresentar um grande potencial de crescimento, a pesquisa envolvendo estas espécies é bastante recente. Com o objetivo de promover o uso sustentável da diversidade de pitanga, araçá, uvaia e butiá, estão sendo propostas atividades em oito Planos de Ação: gestão do projeto, mapeamento da biodiversidade e etnobotânica, melhorias no processo de produção de mudas, levantamento e monitoramento das principais.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (2) .
Integrantes: Ana Cristina Richter Krolow - Coordenador / Fernando Rogério Costa Gomes - Integrante / ROSA LÍA BARBIERI - Integrante / LUIS EDUARDO CORREA ANTUNES - Integrante / BERNARDO UENO - Integrante / CÉSAR BAUER GOMES - Integrante / João Carlos Costa Gomes - Integrante / Márcia Vizzotto - Integrante / Maria do Carmo Bassols Raseira - Integrante / José Francisco Martins Pereira - Integrante / Dori Edson Nava - Integrante / Amélia Teresinha Henriques - Integrante / Joel Henrique Cardoso - Integrante / Ana Paula Schneid Afonso - Integrante / Caroline Marques Castro - Integrante / Mery Elizabeth Oliveira Couto - Integrante / Jorge Luiz Vivan - Integrante.Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.
2007 - 2010
Racionalização do uso da água pela cultura do arroz irrigado em ecossistemas de várzea
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2007 - 2008
Desenvolvimento de arroz pré-pronto
Descrição: Os consumidores estão cada vez mais preocupados com a alimentação e os produtos ingeridos, devendo esta ser composta por carboidratos, proteínas, lipídios, minerais e vitaminas, sendo o arroz um cereal de importante relevância na alimentação humana devido ao seu valor nutritivo. Mudanças no estilo de vida das famílias, a maior participação da mulher no mercado de trabalho, a maior freqüência de refeições fora de casa, as variações no preço do alimento, variações na renda dos consumidores, o lançamento de novos produtos substitutos, entre outros, são aspectos que influenciam o consumo de arroz dos brasileiros. É preciso que as indústrias desenvolvam uma linha de produtos com preparo facilitado e rápido..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2006 - 2009
Avaliação da qualidade do leite de diferentes raças bovinas e regiões do Brasil, com ênfase ao leite instável não ácido (LINA)
Descrição: Na região Sul do Brasil, a atividade leiteira envolve cerca de 180 mil produtores diretamente vinculados às empresas de laticínios e cooperativas. O Leite Instável Não-Ácido (LINA) é um complexo cujas causas ainda não estão definidas. Esta situação é caracterizada por alterações generalizadas nas propriedades físico-químicas do leite. Ocorre a perda da estabilidade da caseína, resultando em sua precipitação na prova do álcool sem, entretanto, haver acidez do leite. Alterações desta natureza foram relatadas pela literatura em diferentes regiões do mundo como no Japão, na Itália, no Iran, em Cuba e no Uruguai. No Brasil, a incidência do LINA ainda carece de diagnóstico devido à falta de trabalhos de pesquisa. Entretanto, alguns estudos realizados demonstram a ocorrência de leite com características alteradas. Em um levantamento da incidência do LINA na região de Pelotas, em 2002, com a avaliação de 8.053 amostras de leite, resultou numa incidência elevada (61%), demonstrando a gravidade do problema com prejuízos em toda a cadeia produtiva. O objetivo deste trabalho foi estabelecer os parâmetros adequados para caracterização e diagnóstico do LINA, sua etiologia e forma de controle..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Ana Cristina Richter Krolow - Integrante / Maria Edi da Rocha Ribeiro - Coordenador / ROSÂNGELA SILVEIRA BARBOSA - Integrante / MAIRA BALBINOTTI ZANELA - Integrante / VIVIAN FISCHER - Integrante / Waldyr Stumpf Junior - Integrante.Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.
2003 - 2004
Bactérias ácido láticas no controle dos níveis de aminas biogênicas e na formação de aroma em salame de ovino deslanado
Descrição: Este projeto está em fase de final de elaboração da tese de doutorado em Ciência e Tecnologia Agroindustrial do PPGCTA/FAEM/UFPEL (Pelotas/RS), sob orientação do Dr. Germano Jorge Dorneles Soares..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Ana Cristina Richter Krolow - Coordenador / Germano Jorge Dorneles Soares - Integrante.
2001 - 2002
Introdução e desenvolvimento da agricultura sustentável na região costeira do RS
Descrição: O objetivo deste projeto foi a introdução e o desenvolvimento sustentável dos sistemas de produção praticados pelos agricultores familiares da região da restinga da Lagoa dos Patos (Mostardas, Tavares e São José do Norte), através: - do teste e desenvolvimento de um modelo de rotação de culturas, alternativo ao agrossitema predominante, permitindo a diversificação de atividades de produção e diminuindo o impacto ambiental; - estudos e ações na área de comercialização de forma a apoias a viabilização econômica dos distemas de produção propostos; - de suporte ao desenvolvimento rural da região, através de ações de apoio às organizações dos produtores, educação a,biental e capacitação. Dentro deste projeto, houve a capacitação dos agricultores e agicultoras no processamento tecnológico de cebola (cebola em conserva) e estudo sobre a implantação de unidades de processamento de cebola desidratada. Este projeto foi desenvolvido através de uma parceria: EMBRAPA/UFPEL/EMATER.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Ana Cristina Richter Krolow - Integrante / João Pedro Llanos Zabaleta - Coordenador.
2000 - 2001
Caracterização Físico-química e Tecnológica de Leite de Búfalas criadas na Região Sul do Estado do Rio Grande do Sul
Descrição: Os objetivos deste trabalho foi: A partir do leite de búfalas criadas na região sul do Rio Grande do Sul: - Caracterizar físico-quimicamente a matéria-prima (leite de búfala); - Desenvolver metodologia de produção de queijo mozzarella, requeijão, queijo tipo "Minas Frescal" e ricota; - Desenvolver metodologia para doce de leite e iogurte; - Verificar a aceitação e preferência dos produtos desenvolvidos; - Avaliar físico-química e microbiologicamente os produtos obtidos, comparando-os com os padrões exigidos pela legislação vigente. Este projeto foi desenvolvido em parceria com a Embrapa Clima Temperado/Pelotas-RS..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Ana Cristina Richter Krolow - Integrante / PAULO CÉSAR ANTONIOLLO - Integrante / WLADIMIR PADILHA DA SILVA - Coordenador / Germano Jorge Dorneles Soares - Integrante / Maria Cecília Florisbal Damé - Integrante / Eduarda Halal Duval - Integrante.
1997 - 1997
Avaliação da Qualidade Microbiológica do Leite In Natura da Bacia Leiteira de Pelotas/RS, comparando Redutase e Contagem em Placas
Descrição: Este projeto teve por objetivo avaliar efetivamente a relação existente entre Contagem Global de Bactérias em Placa com o método ráido de detecção por redutase, verificando a qualidade do leite da bacia leiteira de Pelotas, recebido em uma Cooperativa da região..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Ana Cristina Richter Krolow - Coordenador / Eneida Moreira Goularte - Integrante.


Projetos de extensão


2001 - 2001
Proposta para o Desenvolvimento da Comunidade do Município de São José do Norte - RS (Programa Universidade Solidária Regional)
Descrição: Acompanhamento a grupos emergentes, cujo público alvo são Comunidades de Baixa Renda, cujo projeto foi aprovado no COCEPE so o Código nº 50500002, com carga horária de 180 horas, dentro do Programa Programa de Integração Comunitária, com as seguintes parcerias: Fac.de Ciências Domésticas, Fac. de Nutrição,Fac.de Odontologia,Fac.de Enfermagem e Obstetrícia,FAEM/Ciência e Tecnologia Agroindustrial/Fac.de Direito, ILA, ESEF, Fac.de Medicina,Medicina Veterinária, Engenharia Agrícola FaE, Informática, Arquitetura,Turismo/DEXT/ SESC/SENAI/SESI/SEBRAE/EMATER/9º BIM, cujo objetivo é o da Universidade Federal de Pelotas, através de seus cursos de graduação atuar, de forma multidisciplinar e integrada, para o atendimento das necessidades detectadas por ocasião da visita precursora ao Município de São José do Norte, RS, com vistas a melhoria da qualidade de vida de sua população, sob a Coordenação de Fernanda Lessa Freitas Camargo..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.


Projetos de desenvolvimento


2013 - Atual
Reinforcing disadvantaged communities in South American Countries
Descrição: O objetivo deste projeto é estudar a distribuição da produção de soro de queijo nos estados do sul e sudeste do Brasil, principalmente originado de pequenas fábricas de queijo, com a finalidade de modelar o fluxo de produção e possibilitar a identificação do local ideal para instalação de unidades de processamento de soro de queijo. O projeto também inclui o desenvolvimento de produtos com soro objetivando reduzir a desnutrição e melhorar o desenvolvimento rural e sustentabilidade ambiental. O projeto é custeado pela AusAid com a participação do INTI (Argentina), UITA (Uruguay), USLB (Colombia), Embrapa (Brazil)..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
2013 - Atual
Quintais Orgânicos de Frutas
Descrição: O projeto fundamenta-se na produção de mudas frutíferas na Embrapa Clima Temperado, seleção e demarcação de áreas, juntamente com os parceiros e beneficiários, implantação de quintais orgânicos de frutas a partir de processo participativo e com tecnologia da Embrapa Clima Temperado, buscando promover o intercâmbio e transferência de tecnologia. Os quintais implantados compõem uma rede de referência ou unidades demonstrativas, as quais permitem pesquisar e validar a utilização de frutas como estratégia para a segurança alimentar, disponibilizando, com regularidade de oferta durante todo o ano, frutas saudáveis, nutritivas e com propriedades medicinais. Cada quintal possui cinco plantas de, pelo menos 12 espécies de frutas escolhidas em função de suas características nutricionais e medicinais e por se adaptarem bem aos solos e ao clima da região de clima temperado. As 60 plantas que constituem cada quintal são constituídas pelas seguintes espécies de fruteiras de clima temperado (algumas delas nativas do Sul): pêssego, figo, laranja, amora-preta, cereja-do-Rio Grande, araçá, goiaba, caqui, pitanga, romã, tangerina e limão. A partir de 2006, outras espécies de frutas nativas também passam a integrar os pomares ecológicos, entre as quais, guabiju, araticum, uvaia, e guabiroba. Os primeiros quintais foram implantados em 2004 e até o final de 2009 atingiu-se 899 Quintais Orgânicos de Frutas. Trata-se de trabalho que privilegia, técnica e conceitualmente, os princípios da produção orgânica e que busca contribuir para a segurança alimentar em áreas rurais e urbanas. O trabalho com os quintais já permitiu a realização das primeiras colheitas de frutas durante o ano de 2006. Os beneficiários recebem alem das mudas frutíferas e de quebra-ventos, todos os insumos, são considerados PARCEIROS e como contrapartida deverão disponibilizar a área para a implantação do quintal orgânico de frutas e se comprometerem com a mão de obra, tanto para a sua implantação como manutenção. O projeto que inicialmente atingia o Rio Grande do Sul foi ampliado para os estados do Paraná, Santa Catarina e para o país vizinho - Uruguai. A partir de 2010, em função da maturidade do projeto, produção de maior quantidade de frutas, será priorizada a realização de pesquisas e cursos de capacitação na transformação das frutas em sucos concentrados, geléias, doces em massa etc. e sobre o aproveitamento de suas propriedades funcionais. Também, em função do caráter dinâmico do projeto serão pesquisadas para inclusão nos quintais novas espécies, como videira, maracujá etc. O projeto atingiu nos anos de 2005, 2006, 2007, 2008 e 2009 um total de 33.574 beneficiários diretos, sendo: 2.195 Agricultores Assentados, 20.010 alunos, 2.502 Indígenas, 437 quilombolas, 2.774 agricultores familiares e 6.656 diversos. Foram implantados 226 quintais em Agricultores Assentados, 107 em escolas, 42 em Comunidades Indígenas, 41 em comunidades Quilombolas, 390 em agricultores familiares e 93 em beneficiários diversos totalizando 899 Quintais Orgânicos de Frutas, já implantados, em mais de 90 municípios da região Sul do Brasil. Através dos quintais orgânicos de frutas foram implantadas 200.700 plantas, sendo 63.700 frutíferas (aproximadamente 50%, nativas e em via de extinção) e 137.000 plantas utilizadas como cortinas vegetais ou quebra-ventos..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (4) Graduação: (7) .
Integrantes: Ana Cristina Richter Krolow - Integrante / Fernando Rogério Costa Gomes - Coordenador / ROSA LÍA BARBIERI - Integrante / Márcia Vizzotto - Integrante / Jair Costa Nachtigal - Integrante.Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro.
2008 - 2010
Apoio ao Programa de Agroecologia Familiar (PROAF) nos territórios de Frederico Westphalen e Mafra
Descrição: O objetivo geral do Projeto de apoio ao Programa da Agroecologia Familiar - PROAF, é melhorar a vantagem competitiva das unidades familiares de produção, com o enfoque de desenvolvimento territorial e rural. Os objetivos específicos: - Agregar valor à produção primária de produtos da Agricultura Familiar nos territórios de Frederico Westphalen e Mafra; - Apoiar a fruticultura nos territórios de Frederico Westphalen, RS e de Mafra, SC; - Inovação tecnológica para produção de leite; - Avaliar e validar genótipos de hortaliças por meio de experimentação participativa local em sistema de produção de base ecológica; - Realizar estudos de solos e de geoprocessamento dos territórios de Frederico Westphalen e Mafra..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
2007 - 2009
Inovações tecnológicas em MPEs de alimentos de Pelotas e Região
Descrição: Este projeto visa propiciar o desenvolvimento e a colaboração numa rede de sete micro e pequenas empresas e agroindústrias familiares do Arranjo Produtivo Local de Alimentos da região de Pelotas-RS, através da introdução de inovações em processos industriais e criação de novos produtos a partir de matérias-primas atualmente não processadas (ou novos produtos intermediários segundo o Manual de Oslo) que são o milho farináceo, as frutas nativas e as pequenas frutas da região de clima temperado..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Ana Cristina Richter Krolow - Integrante / Enilton Fick Coutinho - Coordenador / Fernando Rogério Costa Gomes - Integrante / Maria do Carmo Bassols Raseira - Integrante / Sérgio Delmar dos Anjos e Silva - Integrante / Daniel Aquini - Integrante.Financiador(es): Arleti Oertel Vieira ME - Outra / Embala Indústria de Alimentos Ltda. - Outra / Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro / Fragole Produtos Alimentícios Ltda. - Outra / Indústria de Doces Caseiros Crochemore Ltda. - Outra / Luiz Antônio Vieira Coelho ME - Outra / Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas - Auxílio financeiro / Sílvia Chocolates - Outra / Valmatra Indústria e Comércio de Produtos Vegetais Ltda. - Outra.
2005 - 2007
Qualificação de sistemas locais de produção: Capacitação e agregação de valor
Descrição: Este projeto tem por objetivo principal transferir tecnologias e capacitar agricultores familiares da metade sul do Rio Grande do Sul para a produção sustentável de alimentos e agregação de valor à mesma, contribuindo para a segurança alimentar e diminuição das desigualdades sociais..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Ana Cristina Richter Krolow - Integrante / Enilton Fick Coutinho - Coordenador / Apes Perera Falcão - Integrante / Darcy Camelatto - Integrante / Edgar Noremberg - Integrante / Fernando Rogério Costa Gomes - Integrante / Gilberto A P Bevilaqua - Integrante / Gustavo K Gomes - Integrante / Gustavo Schiedeck - Integrante / Janní André Haerter - Integrante / João Pedro L Zabaleta - Integrante / Jorge Fainé Gomes - Integrante / José Ernani Schwengber - Integrante.Financiador(es): Ministério do Desenvolvimento Social Programa Fome Zero - Auxílio financeiro.
2005 - 2007
Plano de viabilização sócio-econômica da Parceria Solidária Agroecológica-Fortaleza Orgânica
Descrição: Este projeto tem por finalidade instituir uma série de atividades que visam efetivar a construção da PSA - Fortaleza Orgânica, construindo um processo solidário. Esta parceria visa à construção de alicerces sólidos da iniciativa coletiva e solidária entre os parceiros, construindo uma nova proposta de empresa associativa, onde se cultive constantemente a autogestão e sustentabilidade de suas ações produtivas. Objetiva, também, a capacitação técnica permanente, para, dessa forma, tornar-se um laboratório de construção permanente do coletivo, autogestão e desenvolvimento sustentável. A PSA - Fortaleza Orgânica, visa de forma coletiva e organizada, absorver tecnologias, incentivos econômicos, extensão técnica e apoio logístico, para bem desenvolver as atividades sócio-econômicas de seus parceiros..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Ana Cristina Richter Krolow - Integrante / Enilton Fick Coutinho - Integrante / Fernando Rogério Costa Gomes - Integrante / Gustavo Schiedeck - Integrante / João Pedro L Zabaleta - Integrante / José Ernani Schwengber - Integrante / João Cláudio Duarte Couto - Coordenador.Financiador(es): Companhia de Geração Térmica de Energia Elétrica - Auxílio financeiro.
2004 - Atual
Quintais orgânicos de frutas: contribuição para a segurança alimentar em áreas rurais, indígenas e urbanas.
Descrição: Este projeto tem por objetivo introduzir e validar, em áreas urbanas e rurais, tecnologias que propiciem a implantação de quintais orgânicos de frutas, com propriedades nutricionais e medicinais, de forma a contribuir com a diminuição da fome e melhorar a qualidade de vida da população..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (12) .
Integrantes: Ana Cristina Richter Krolow - Integrante / Enilton Fick Coutinho - Integrante / Fernando Rogério Costa Gomes - Coordenador / Mery Elizabeth Oliveira Couto - Integrante / CARLOS ELÓI BRAGA RIBEIRO - Integrante / JOSÉ BASSÉGIO - Integrante / JOÃO COUTO - Integrante / MARISTELA BURON - Integrante / PAULO FERNANDO PALMA ALVES - Integrante / EDUARDO PAGOT - Integrante / Gustavo Nunes - Integrante / Elisa Rondan Caetano - Integrante / Sandro Danenberg - Integrante / Jorge Omar de Mello Lopes - Integrante / Priscylla Silveira de Oliveira - Integrante / Josseane Pereira - Integrante / Fabricio Torchelsen da Silveira - Integrante / Leandro Adilio Ferreira - Integrante / Luana Camacho Vais - Integrante / Eduardo Longo Gomes - Integrante / Glésio dos Santos Rodigues - Integrante / Nei Aquino - Integrante / Patricia Linhares - Integrante / Larissa Pinto Carvalho - Integrante.Financiador(es): Companhia de Geração Térmica de Energia Elétrica - Cooperação.
2004 - Atual
Quintais Orgânicos de Alimentos
Descrição: O projeto "Quintais Orgânicos de Frutas" é desenvolvido, desde 2004, através da parceria entre Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - (Embrapa Clima Temperado) e Eletrobras CGTEE (Companhia de Geração Térmica de Energia Elétrica). A partir de 2013, conta também com o apoio da Finep (Financiadora de Estudos e Projetos), por ter sido agraciado com o prêmio de Inovação na categoria "Tecnologia Social" (Região Sul e Nacional). Esta ação tem como objetivo contribuir com a sustentabilidade social, econômica e ambiental de públicos em situação de vulnerabilidade e de risco social, econômico e alimentar, principalmente agricultores familiares, assentados da reforma agrária, comunidades indígenas, quilombolas e alunos de escolas rurais e urbanas. A iniciativa privilegia técnica e conceitualmente os princípios da produção de base ecológica, abordando questões culturais, étnicas, ambientais, alimentares, econômicas e medicinais. De 2004 a 2016, foram implantados 2.018 Quintais em 194 municípios do Sul do Brasil e do Uruguai, atingindo 60.701 beneficiários diretos. Em que pesem os inúmeros projetos de pesquisa e desenvolvimento patrocinados pelo Estado, a miséria, a escassez de alimentos, a desnutrição, o declínio das condições de saúde e a degradação ambiental continuam sendo problemas dos países em desenvolvimento. A Região Sul do Brasil, composta pelos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, onde há predominância da agricultura familiar, também têm enfrentado dificuldades de acesso às informações tecnológicas dentro do âmbito dessa modalidade de arranjo fundiário. Miséria, desemprego, educação precária, degradação do meio ambiente, falta de capacitação e motivação, alimentação deficiente em vitaminas e sais minerais, principalmente de agricultores familiares, assentados, comunidades quilombolas e indígenas são uma triste realidade que precisa ser combatida. Perdeu-se também a tradição da produção local de alimentação diversificada e em sistemas menos agressivos ao meio ambiente e a saúde. Neste contexto, a proposta da iniciativa dos "Quintais Orgânicos de Frutas" é que os beneficiários, através da adoção de tecnologias apropriadas e pela capacitação, complementem sua alimentação com as frutas, hortaliças e grãos produzidos nos quintais e, adicionalmente, agregando valor às matérias primas visando o incremento dos rendimentos auferidos. Debita-se à modalidade o aumento da autoconfiança dos assistidos pelo projeto, ao torná-los tecnicamente mais competentes para que sejam capazes de assumir a responsabilidade de correção das suas próprias ineficiências e de protagonizar a solução de seus problemas. A metodologia fundamenta-se na produção de mudas frutíferas, seleção e implantação dos quintais, juntamente com os parceiros, a partir de processo participativo e com tecnologia da Embrapa Clima Temperado. Os quintais implantados compõem uma Rede de Referência e/ou Unidades Demonstrativas, as quais, além de promover o intercâmbio e transferência de tecnologias, permitem ainda, pesquisar e validar a utilização de frutas, grãos e hortaliças. Como estratégia para a segurança alimentar, a iniciativa atua disponibilizando com regularidade de oferta durante todo o ano, alimentos saudáveis, nutritivos e com propriedades funcionais. Os beneficiários recebem as mudas frutíferas, mudas de quebra-ventos, diversos insumos e, como contrapartida, deverão disponibilizar a área para implantação do quintal e se comprometerem com a mão de obra, tanto para a sua implantação como manutenção. Cada quintal possui cinco plantas de 18 espécies de frutas, escolhidas em função de suas características nutricionais e medicinais e por se adaptarem bem aos solos e ao clima da região de clima temperado. As 90 plantas que compõem cada quintal são constituídas pelas seguintes espécies de frutíferas: pêssego, figo, laranja, amora-preta, cereja-do-rio.
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (30) Graduação: (20) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Ana Cristina Richter Krolow - Integrante / Fernando Rogério Costa Gomes - Coordenador / Márcia Vizzotto - Integrante / Jair Costa Nachtigal - Integrante.Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro / Companhia de Geração Térmica de Energia Elétrica - Auxílio financeiro.
2003 - 2004
Implantação de unidades artesanais de processamento de carnes caprina e ovina no Território dos Inhamuns
Descrição: O objetivo geral deste projeto é: Enfrentamento da seca e Geração de emprego e renda Este projeto é uma Proposta de Implantação de cinco unidades artesanais para processamento de carnes caprina e ovina, acompanhada de processo de capacitação para agregação de valor ao sistema de produção, conseqüentemente uma estratégia de geração de emprego e renda. A proposta vincula-se também a dois grandes problemas regionais; insegurança alimentar e a seca do Nordeste, já que o processamento das carnes se constituirá em reserva alimentar para as famílias e impedirá que os afetados pela seca tenha que ceder ao destino de empobrecer ao vender seus animais no período de estiagem para os capitalizados terratenentes..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Ana Cristina Richter Krolow - Integrante / HELENIRA ELLERY MARINHO VASCONCELOS - Coordenador.Financiador(es): Ministério Extraordinário de Segurança Alimentar e Combate à Fome - Outra.


Revisor de periódico


2008 - Atual
Periódico: Ciência Rural
2007 - Atual
Periódico: Boletim da Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos
2010 - Atual
Periódico: Revista Boletim de Indústria Animal
2011 - Atual
Periódico: Pesquisa Agropecuária Tropical (Impresso)
2010 - Atual
Periódico: Ciência Animal Brasileira (UFG. Impresso)
2011 - Atual
Periódico: Alimentos e Nutrição (UNESP. Marilia)
2008 - Atual
Periódico: Brazilian Journal of Food Technology (Online)
2014 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Fruticultura


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Ciência e Tecnologia de Alimentos / Subárea: Tecnologia de Alimentos/Especialidade: Tecnologia de Produtos de Origem Animal.
2.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Ciência e Tecnologia de Alimentos / Subárea: Tecnologia de Alimentos/Especialidade: Tecnologia de Produtos de Origem Vegetal.
3.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Ciência e Tecnologia de Alimentos / Subárea: Ciência de Alimentos/Especialidade: Avaliação e Controle de Qualidade de Alimentos.
4.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Ciência e Tecnologia de Alimentos / Subárea: Ciência de Alimentos/Especialidade: Padrões, Legislação e Fiscalização de Alimentos.
5.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Ciência e Tecnologia de Alimentos / Subárea: Ciência de Alimentos/Especialidade: Química, Física, Fisico-Química e Bioquímica dos Alim. e das Mat-Primas Alimentares.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2010
Premiação Nacional de Equipes - categoria: Parcerias - Rede Nacional de Recursos Genéticos Vegetais - Rede Vegetal, EMBRAPA.
2009
Premiação Nacional de Equipes - categoria: Qualidade Técnica - Melhoramento genético de batata para ecossistemas tropicais e sub-tropicais do Brasil, EMBRAPA.
2008
Prêmio nacional por equipe, EMBRAPA.
2007
Prêmio de equipe por subprojeto, EMBRAPA.
2007
Prêmio Institucional, EMBRAPA CLIMA TEMPERADO.
2006
Prêmio Nacional por Equipes, EMBRAPA.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
VIZZOTTO, MÁRCIA2017VIZZOTTO, MÁRCIA ; PEREIRA, ELISA DOS SANTOS ; VINHOLES, JULIANA ROCHA ; MUNHOZ, PRISCILA CARDOSO ; FERRI, NÚBIA MARILIN LETTNIN ; CASTRO, LUIS ANTONIO SUITA DE ; KROLOW, ANA CRISTINA RICHTER . Physicochemical and antioxidant capacity analysis of colored sweet potato genotypes: in natura and thermally processed. CIÊNCIA RURAL, v. 47, p. 01-08, 2017.

2.
VIZZOTTO, MÁRCIA2017VIZZOTTO, MÁRCIA ; PEREIRA, ELISA DOS SANTOS ; CASTRO, LUIS ANTONIO SUITA DE ; RAPHAELLI, CHIRLE DE OLIVEIRA ; KROLOW, ANA CRISTINA . Composição mineral em genótipos de batata-doce de polpas coloridas e adequação de consumo para grupos de risco. Brazilian Journal of Food and Technology, v. 21, p. 1-8, 2017.

3.
PEREIRA, ARIONE S2015PEREIRA, ARIONE S ; NAZARENO, NILCEU RX ; SILVA, GIOVANI O ; BERTONCINI, ODONE ; CASTRO, CAROLINE M ; HIRANO, ÉLCIO ; BORTOLETTO, ANTONIO C ; TREPTOW, ROSA O ; DUTRA, LEONARDO F ; LIMA, MIRTES F ; GOMES, CÉSAR B ; KROLOW, ANA CR ; MEDEIROS, CARLOS AB ; CASTRO, LUIS AS ; SUINAGA, FÁBIO A ; LOPES, CARLOS A ; MELO, PAULO E . BRSIPR Bel: Cultivar de batata para chips com tubérculos de boa aparência. Horticultura Brasileira (Impresso), v. 33, p. 135-139, 2015.

4.
BISOGNIN, M.2015BISOGNIN, M. ; NAVA, D. E. ; DIEZ-RODRIGUEZ, G. I. ; VALGAS, R. A. ; GARCIA, M. S. ; KROLOW, A. C. R. ; ANTUNES, L. E. C. . Development of Anastrepha fraterculus (Diptera: Tephritidae) Related to the Phenology of Blueberry, Blackberry, Strawberry Guava, and Surinam Cherry Fruits. Journal of Economic Entomology, v. 108, p. 192-200, 2015.

5.
LUVIELMO, MÁRCIA DE MELLO2015LUVIELMO, MÁRCIA DE MELLO ; BORGES, CAROLINE DELLINGHAUSEN ; SCHIAVON, MARINA VIGHI ; ARMAS, DANIELA SILVA DE ; PAIVA, FLÁVIA FERNANDES ; KROLOW, ANA CRISTINA RICHTER ; FERRI, NÚBIA MARILIN LETTININ . Características físico-químicas e sensoriais de batata frita da cultivar BRS Ana branqueada e revestida com metilcelulose. Brazilian Journal of Food Technology (Online), v. 18, p. 211-219, 2015.

6.
LUVIELMO, M. M.2013LUVIELMO, M. M. ; BORGES, C. D. ; KROLOW, A. C. R. ; ARMAS, D. S. ; SCHIAVON, M. V. ; PAIVA, F. F. . Cor e textura de batata fritas, das variedades BRS ANA e Asterix, submetidas ao branqueamento, adição de sais e revestimentos de metilcelulose.. Higiene Alimentar, v. 27, p. 3697-3701, 2013.

7.
LUVIELMO, M. M.2013LUVIELMO, M. M. ; BORGES, C. D. ; KROLOW, A. C. R. ; ARMAS, D. S. ; PAIVA, F. F. ; SCHIAVON, M. V. . Influência do branqueamento, sais e revestimentos de metilcelulose no teor de umidade e gordura da batata frita das variedades BRS ANA e Asterix.. Higiene Alimentar, v. 27, p. 3771-3775, 2013.

8.
PEREIRA, ARIONE DA S2013PEREIRA, ARIONE DA S ; BERTONCINI, ODONE ; SILVA, GIOVANI O DA ; CASTRO, CAROLINE M ; GOMES, CÉSAR B ; HIRANO, ÉLCIO ; BORTOLETTO, ANTONIO CÉSAR ; MELO, PAULO EDUARDO DE ; MEDEIROS, CARLOS ALBERTO B ; TREPTOW, ROSA O ; DUTRA, LEONARDO F ; LOPES, CARLOS ALBERTO ; NAZARENO, NILCEU RX ; LIMA, MIRTES F ; CASTRO, LUIS ANTÔNIO S DE ; Krolow, Ana Cristina R ; SUINAGA, FÁBIO A ; REISSER JUNIOR, CARLOS . BRS Clara: cultivar de batata para mercado fresco, com resistência à requeima. Horticultura Brasileira (Impresso), v. 31, p. 664-668, 2013.

9.
CORREA, A. P. A.2013CORREA, A. P. A. ; SILVA, S. D. S. ; DAVILA, R. ; KROLOW, A. C. R. ; ZAMBIAZI, R. C. . PERFIL DE ÁCIDOS GRAXOS DO ÓLEO DE SEMENTE DE ABÓBORAS CRIOULAS (Cucurbita máxima L.). Revista Magistra, v. 25, p. 1-5, 2013.

10.
KROLOW, A. C. R.2012KROLOW, A. C. R.. Beneficiamento de frutas vermelhas. Informe Agropecuário (Belo Horizonte), v. 33, p. 96-103, 2012.

11.
Antunes, Luis Eduardo C2010KROLOW, A. C. R.; Antunes, Luis Eduardo C ; Ristow, Nara Cristina ; Carpenedo, Sílvia ; Reisser Júnior, Carlos . Yield and quality of strawberry cultivars. Horticultura Brasileira (Impresso), v. 28, p. 222-226, 2010.

12.
RISTOW, N. C.2009RISTOW, N. C. ; CARPENEDO, S. ; REISSER JUNIOR, C. ; KROLOW, A. C. R. ; SCHWENGBER, José Ernani ; ANTUNES, L. E. C. . Characterization of Strawberry Cultivars in Southern Brazil. Acta Horticulturae, v. 2, p. 515-518, 2009.

13.
KROLOW, A. C. R.;Krolow, Ana Cristina R;KROLOW, ANA CR;KROLOW, ANA CRISTINA RICHTER;ANA CRISTINA KROLOW;KROLOW, ANA CRISTINA;KROLOW ANA CRISTINA2007KROLOW, A. C. R.; SCHWENGBER, José Ernani ; FERRI, N. L. . Avaliações físicas e químicas de morango cv. Aromas produzidos em sistema orgânico e convencional. Revista Brasileira de Agroecologia, v. 2, p. 1732-1735, 2007.

14.
KROLOW, A. C. R.;Krolow, Ana Cristina R;KROLOW, ANA CR;KROLOW, ANA CRISTINA RICHTER;ANA CRISTINA KROLOW;KROLOW, ANA CRISTINA;KROLOW ANA CRISTINA1997KROLOW, A. C. R.; FAGUNDES, C. M. . Sistema lactoperoxidase na conservação de leite cru integral. Revista dos Criadores, São Paulo, v. 808, p. 28-29, 1997.

15.
KROLOW, A. C. R.;Krolow, Ana Cristina R;KROLOW, ANA CR;KROLOW, ANA CRISTINA RICHTER;ANA CRISTINA KROLOW;KROLOW, ANA CRISTINA;KROLOW ANA CRISTINA1996KROLOW, A. C. R.; FAGUNDES, C. M. . Conservabilidade de leite cru à 20ºC pela ativação da lactoperoxidase e adição de tiocianato de sódio. Revista Brasileira de Agrociencia (UFPEL), Pelotas/RS, v. 2, n.2, p. 109-112, 1996.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
REISSER JUNIOR, C. ; ANTUNES, L. E. C. ; PEREIRA, J. F. M. ; RASEIRA, M. C. B. ; VIZZOTTO, M. ; SIMOES, F. ; OLIVEIRA, A. C. B. ; KROLOW, A. C. R. ; UENO, B. ; MEDEIROS, C. A. ; CASTRO, C. M. ; GOMES, C. B. ; NAVA, D. E. ; MADAIL, J. C. M. ; SCHWENGBER, José Ernani ; WOFF, L. F. ; MAGNANI, M. ; MATTOS, M. L. T. ; MATTOS, N. A. ; MAYER, N. A. ; BARBIERI, R. L. ; CANTILLANO, R. F. F. . IV SIMPÓSIO NACIONAL DO MORANGO, III ENCONTRO SOBRE PEQUENAS FRUTAS E FRUTAS NATIVAS DO MERCOSUL - palestras & resumos. Pelotas: Embrapa Clima Temperado, 2008. v. 01. 173p .

2.
KROLOW, A. C. R.. Hortaliças em conserva. 01. ed. Brasília: Embrapa, 2006. v. 01. 40p .

Capítulos de livros publicados
1.
KROLOW, A. C. R.. Industrialização de pêssego. In: MARIA DO CARMO BASSOLS RASEIRA; JOSÉ FRANCISCO MARTINS PEREIRA; FLÁVIO LUIZ CARPENA CARVALHO. (Org.). PESSEGUEIRO. 1ed.Brasília: Embrapa Informação Tecnológica, 2014, v. 1, p. 01-776.

2.
KROLOW, A. C. R.. Tecnologia de Agroindustrialização. In: Luís Eduardo Corrêa Antunes; Alexandre Hoffmann. (Org.). Pequenas Frutas - coleção 500 perguntas, 500 respostas. 1ed.Brasília: Embrapa Informação Tecnológica, 2012, v. 01, p. 171-177.

3.
GONCALVES, E. D. ; MEDEIROS, R. M. L. ; KROLOW, A. C. R. ; VIZZOTTO, M. . ELABORAÇÃO DE AZEITONAS DE MESA DE QUALIDADE. In: ADELSON FRANCISCO DE OLIVEIRA. (Org.). OLIVEIRA NO BRASIL - tecnologias de produção. 1ed.BELO HORIZONTE: EPAMIG, 2012, v. 1, p. 593-628.

4.
CASTRO, C. M. ; RASEIRA, M. C. B. ; VIZZOTTO, M. ; KROLOW, A. C. R. . The use of native Southern Brazilian fruit tree genetic resources. In: Arthur da Silva Mariante; Maria José Amstalden Sampaio; Maria Cléria Valadares Inglis. (Org.). The state of Brazil´s plant genetic resources: second national report: conservation and sustainable utilization for food and agriculture. 1ed.Brasília: Embrapa Technological Information, 2009, v. , p. 123-124.

5.
KROLOW, A. C. R.; DIAS, Ronaldo Ponte . Abate, Cortes de carcaça e Processamento de carne caprina e ovina. In: Ana Clara Rodrigues Cavalcante; Alcido Elenor Wander; Eneas Reis Leite. (Org.). Caprinos e ovinos de corte. 1ªed.Brasília: Embrapa Informação Tecnológica, 2005, v. 1, p. 195-209.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
KROLOW, A. C. R.. Consumo do café: benefício à saúde ou fator de risco?. Página Rural, 27 dez. 2011.

2.
KROLOW, A. C. R.. Algo mais sobre a maçã. Página Rural, 30 dez. 2010.

3.
KROLOW, A. C. R.. Você conhece a batata que come?. Jornal Diário da Manhã, Pelotas, 25 dez. 2009.

4.
KROLOW, A. C. R.. Consumir ou não produtos lácteos?. Portal do agronegocio, 04 dez. 2008.

5.
KROLOW, A. C. R.. Ceará investe no processamento de carne de cabra. DCI - SP, São Paulo/SP, p. B-5 - B-5, 08 dez. 2004.

6.
KROLOW, A. C. R.. Viabilidade do processamento de carne caprina. Nordeste Rural - Negócios do campo, mídia eletrônica, 20 jan. 2004.

7.
KROLOW, A. C. R.. Alternativa para conservação do leite. Jornal Diário Popular, Pelotas/RS, p. 34 - 34, 10 ago. 1997.

8.
KROLOW, A. C. R.. Gaúcha mostra pesquisa na 35º Semana do Laticinista. Jornal Hoje em Dia, Belo Horizonte/MG, p. 03 - 03, 22 jul. 1997.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
FONSECA, L. X. ; KROLOW, A. C. R. ; BARBIERI, R. L. ; LEITE, T. B. ; NORA, L. . CARACTERIZAÇÃO QUÍMICA E FÍSICA DE FRUTOS DE BUTIÁ (Butia capitata). In: XIII CONGRESO CONGRESO ARGENTINO DE CIENCIA Y TECNOLOGIA DE ALIMENTOS - CYTAL 2011, 2011, BUENOS AIRES. PROMOVIENDO LA SALUD, LA CALIDAD Y LA SUSTENTABILIDAD: NUEVOS PROCESOS, PRODUCTOS E INGREDIENTES. Buenos Aires: Associación Argentina de Tecnólogos Alimentarios, 2011.

2.
FONSECA, L. X. ; KROLOW, A. C. R. ; LEITE, T. B. ; SCHWENGBER, José Ernani . AVALIAÇÃO DE PARÂMETROS FÍSICOS E FÍSICO-QUÍMICOS DE CULTIVARES DE TOMATE CEREJA ORGÂNICO (Lycopersicon esculentum var. cerasiforme). In: XIII CONGRESO CONGRESO ARGENTINO DE CIENCIA Y TECNOLOGIA DE ALIMENTOS - CYTAL 2011, 2011, Buenos Aires. Promoviendo la salud, la calidad y la sustentabilidad: nuevos procesos, productos e ingredientes. Buenos Aires: Asociación Argentina de Tecnólogos Alimentarios, 2011.

3.
KROLOW, A. C. R.. Processamento de butiá. In: Simpósio Nacional do Morango e Encontro sobre Pequenas Frutas e Frutas Nativas do Mercosul, 2010, Pelotas. Palestras e resumos. Pelotas: Embrapa Clima Temperado, 2010. p. 141-146.

4.
KROLOW, A. C. R.; AQUINI, D. . Sabor Nativo: Inovações e transferência de tecnologia em rede de micro empresas e agroindústrias familiares na região de Pelotas-Brasil.. In: Simpósio Nacional do Morango e Encontro sobre pequenas frutas e frutas nativas do Mercosul, 2010, Pelotas. Palestras e resumos. Pelotas: Embrapa Clima Temperado, 2010. p. 85-89.

5.
KROLOW, A. C. R.. Qualidade do Alimento x Perspectiva de consumo da carne ovina e caprina. In: VI CONPAVET, IV CONPABUI e I COBOV, 2004, Santos/SP. VI CONPAVET, IV CONPABUI e I COBOV, módulo BUIATRIA, 2004.

6.
KROLOW, A. C. R.; FAGUNDES, C. M. . Sistema lactoperoxidase na conservaçao de leite cru integral. In: XXXV Semana do Laticinista, 1997, Juiz de Fora/MG. Rev. Inst. Latic. Cândido Tostes. Juiz de Fora/MG, 1997. v. 300. p. 66-70.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
MORENO, M. B. ; CORREA, A. P. A. ; KROLOW, A. C. R. ; LEITE, T. B. ; ROMBALDI, C. V. ; GOMES, C. B. . ANÁLISE DAS FOLHAS DE ALFACE CV. ELISA SUBMETIDA A DIFERENTES TRATAMENTOS COM TORTA DE MAMONA NO SOLO INFESTADO COM MELOIDOGYNE JAVANICA. In: VI CONGRESSO LATINO AMERICANO DE HIGIENISTAS DE ALIMENTOS, XII CONGRESSO BRASILEIRO DE HIGIENISTAS DE ALIMENTOS, II ENCONTRO NACIONAL DE VIGILÂNCIA DAS ZOONOSES, IV ENCONTRO DO SISTEMA BRASILEIRO DE INSPEÇÃO DE PRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL, 2013, GRAMADO. Os alimentossob a ótica da sustentabilidade entre a consciência e a prática: anais. São Paulo: L.F.G.S. Higiene Alimentar Publicações e Serviços Ltda., 2013. v. 1. p. 1-4.

2.
KRUMREICH, F. D. ; CORREA, A. P. A. ; HARTWIG, N. ; SOUSA, C. T. ; KROLOW, A. C. R. ; ZAMBIAZI, R. C. . Características físico-químicas e de rendimento de cultivares de goiabas (Psidium guajava l.) produzidas em Pelotas-RS. In: XXII CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA; XV ENCONTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO, 2013, PELOTAS. XXII CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA; XV ENCONTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO. PELOTAS: UFPEL, 2013. v. 1. p. 1-4.

3.
KROLOW, A. C. R.; PEREIRA, A. S. ; FERRI, N. L. ; CORREA, A. P. A. ; GONCALVES, B. ; ALVES, C. . Quantificação de açúcares redutores e matéria seca de batata cultivar asterix em diferentes temperaturas durante o armazenamento.. In: 25º CONGRESSO DE LA ASSOCIACIÓN LATINOAMERICANA DE LA PAPA; 14º ENCONTTRO NACIONAL DE PRODUÇÃO E ABASTECIMENTO DE BATATA, 2012, UBERLÂNDIA. A importância da Batata à Humanidade e A Importância da Modernizaçao da Cadeia da Batata aos países Latino Americanos. Uberlândia: ABBA, 2012. p. 1-2.

4.
BIALVES, T. S. ; ARAUJO, V. F. ; VIZZOTTO, M. ; KROLOW, A. C. R. ; FERRI, N. L. ; NACHTIGAL, J. C. . Avaliação físico-química e funcional de goiaba (psidium guajava l.) Cultivar paluma em diferentes estádios de maturação .. In: 4º SIMPÓSIO DE SEGURANÇA ALIMENTAR, 2012, GRAMADO. RETORNO ÀS ORIGENS. PORTO ALEGRE: SBCTARS, 2012. p. 1-4.

5.
FONSECA, L. X. ; KROLOW, A. C. R. . QUALIDADE MICROBIOLÓGICA DE BOMBONS E TRUFAS. In: III Simpósio de Ciência e Tecnologia de Alimentos, II Congresso do Instituto Nacional de Frutas Tropicais, IV Seminário de Ciência de Alimentos: avanços e perspectivas, 2011, Recife. Estratégias para o desenvolvimento do nordeste. Pernambuco: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos PE, 2011. v. 1. p. 1-3.

6.
FONSECA, L. X. ; KROLOW, A. C. R. ; BARBIERI, R. L. ; NORA, L. . Composição mineral de butiá (Butia odorata). In: III Simpósio de Ciência e Tecnologia de Alimentos, II Congresso do Instituto Nacional de Frutas Tropicais, IV Seminário de Ciência de Alimentos: avanços e perspectivas, 2011, Recife. Estratégias para desenvolvimento do nordeste. Recife: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos PE, 2011. v. 1. p. 1-1.

7.
JORGE, Z. L. C. ; COUTINHO, Enilton Fick ; KROLOW, A. C. R. ; TREPTOW, R. O. ; ZAMBIAZI, R. C. ; JORGE, R. O. . Avaliação das características sensoriais de aparência de morangos Cv. Camarosa tratados com luz germicida UV-C em dois períodos de armazenamento.. In: Congresso Brasileiro de Fruticultura, 2010, Natal. Frutas: saúde, inovação e responsabilidade. Natal: Sociedade Brasileira de Fruticultura, 2010. p. 1-4.

8.
GOMES, Fernando Rogério Costa ; NACHTIGAL, J. C. ; GOMES, E. L. ; GIACOBBO, C. L. ; KROLOW, A. C. R. . Impactos sociais e ambientais do projeto quintais orgânicos de frutas. In: Congresso Brasileiro de Fruticultura, 2010, Natal. Frutas: saúde, inovação e responsabilidade. Natal: Sociedade Brasileira de Fruticultura, 2010. p. 1-4.

9.
GOMES, C. B. ; GABANA, A. ; KROLOW, A. C. R. ; GOMES, Fernando Rogério Costa ; OLIVEIRA, C. M. G. . Levantamento da nematofauna associada a fruteiras nativas no sul do Rio Grande do Sul. In: Congresso Brasileiro de Fruticultura, 2010, Natal. Frutas: saúde, inovação e responsabilidade. Natal: Sociedade Brasileira de Fruticultura, 2010. p. 1-4.

10.
KROLOW, A. C. R.; NACHTIGAL, J. C. ; FERRI, N. L. ; LEITE, T. B. ; FONSECA, L. X. . Perdas de vitamina C em suco de goiaba obtido por arraste de vapor.. In: Congresso Brasileiro de Fruticultura, 2010, Natal. Frutas: saúde, inovação e responsabilidade. Natal: Sociedade Brasileira de Fruticultura, 2010. p. 1-4.

11.
KROLOW, A. C. R.; VIZZOTTO, M. ; BARBIERI, R. L. ; FONSECA, L. X. ; NORA, L. . Processing and characterization of Butia capitata from Rio Grande do Sul, Brazail. In: International Conference on Food Innovation, FoodInnova 2010, 2010, Valencia. International Conference on Food Innovation. Valencia: Editorial Universitat Politècnica de València, 2010. v. 1. p. 1-4.

12.
KROLOW, A. C. R.; SCHWENGBER, José Ernani ; FERRI, N. L. . Avaliações físicas e químicas de morango cv. Aromas produzidos em sistema orgânico e convencional. In: V Congresso Brasileiro de Agroecologia, 2007, Guarapari/ES. 5º Congresso Brasileiro de Agroecologia- Agroecologia e Territórios Sustentáveis. GUARAPARI/ES: INCAPER, 2007.

13.
BARBOSA, R. S. ; KROLOW, A. C. R. ; RIBEIRO, M. E. R. ; ZANELA, M. B. ; HAUSEN, L. J. V. . Ensaios preliminares sobre o efeito do leite instável não ácido (LINA) na industrialização do queijo minas frescal. In: Encontro de iniciação científica e pós-graduação da Embrapa Clima Temperado, 2006, Pelotas. Idéias, inovação e tecnologia. Pelotas: Embrapa Clima Temperado, 2006. p. 147-149.

14.
KROLOW, A. C. R.; SCHWENGBER, José Ernani ; CASTANEDA, L. M. F. . Avaliações físicas e químicas de cinco cultivares de morango produzidos em sistema orgânico. In: IV Congresso Brasileiro de Agroecologia, 2006, Belo Horizonte. Contruindo Horizontes Sustentáveis. Belo Horizonte, 2006.

15.
RIBEIRO, M. E. R. ; KROLOW, A. C. R. ; BARBOSA, R. S. ; BORGES, C. D. ; ZANELA, M. B. ; FISCHER, V. ; HAUSEN, L. J. V. . ENSAIOS PRELIMINARES SOBRE O EFEITO DO LEITE INSTÁVEL NÃO ÁCIDO (LINA) NA INDUSTRIALIZAÇÃO DO IOGURTE BATIDO. In: II CONGRESSO BRASILEIRO DE QUALIDADE DO LEITE, 2006, COIÂNIA. II CONGRESSO BRASILEIRO DE QUALIDADE DO LEITE. GOIÂNIA: FUNAPE, 2006.

16.
KROLOW, A. C. R.; CHIATTONE, Priscila ; SOARES, Germano Jorge Dorneles . Influência da cultura starter na formação de aminas biogênicas totais em salame processado com diferentes temperaturas de fermentação. In: 3º Simpósio em Ciência de Alimentos, 2005, Florianópolis/SC. SIMPOCAL 2005/Tecnologia de Alimentos (TA-038), 2005.

17.
KROLOW, A. C. R.; ALBUQUERQUE, Carolina Lima Cavalcanti de ; CAVALCANTI, Rodrigo Nunes ; CARVALHO, Renata Mesquita de ; MADRUGA, Marta Suely . ANÁLISE FÍSICO-QUÍMICA E DE COMPOSIÇÃO CENTESIMAL DO SALAME COM ADIÇÃO DE CULTURAS STARTER (Pediococcus acidilacticci). In: 57º Reunião Anual da SBPC, 2005, Fortaleza/CE. 57º Reunião Anual da SBPC, 2005.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
CORREA, A. P. A. ; ALVES, M. C. ; MARTINS, R. F. ; KROLOW, A. C. R. ; ANTUNES, L. E. C. . Características físico-químicas dos frutos de amoreira preta Cv. Xavante, submetidas a diferentes doses de potássio (K). In: VI ENCONTRO SOBRE PEQUENAS FRUTAS E FRUTAS NATIVAS DO MERCOSUL, 2014, PELOTAS. VI ENCONTRO SOBRE PEQUENAS FRUTAS E FRUTAS NATIVAS DO MERCOSUL - Resumos e Palestras. Brsília, DF: Embrapa, 2014. v. 1. p. 37-37.

2.
VIZZOTTO, M. ; FERRI, N. M. L. ; BIALVES, T. S. ; ARAUJO, V. F. ; PEREIRA, E. S. ; KROLOW, A. C. R. . extrato de maçã: citotoxidade e proteção do DNA. In: X SIMPOSIO LATINOAMERICANO DE CIENCIA DE ALIMENTOS, 2013, CAMPINAS. Ciência dde alimentos: impacto na nutrição esaúde: anais. CAMPINAS: UNICAMP/FEA, 2013. v. 1. p. 332-332.

3.
VIZZOTTO, M. ; KROLOW, A. C. R. . Apple exytract prevent DNA damage on human fibroblasts.. In: 16º WORLD CONGRESS OF FOOD SCIENCE AND TECHNOLOGY; 17º LATIN AMERICAN SEMINAR OF FOOD SCIENCE AND TECHNOLOGY, 2012, FOZ DO IGUAÇU. Addressing global food security and wellness through food science and technology: abstracts. CAMPINAS: iufost, 2012. p. 1-1.

4.
GOMES, C. B. ; BOSENBECKER, V. K. ; KROLOW, A. C. R. ; GABANA, A. ; SANTIAGO, M. F. . Efeito da incorporação da torta de neen sobre as populações do nematóide anelado (Mesocriconema xenoplax) em pomar de pessegueiro. In: 43º Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2010, Cuiabá. Tropical Plant Pathology (Suplemento). Lavras: Sociedade Brasileira de Fitopatologia, 2010. v. 35. p. S44-S44.

5.
BARBIERI, R. L. ; ROSSATO, M. ; BUTTOW, M. V. ; SCHWARTZ, E. ; CORREA, L. B. ; HEIDEN, G. ; CASTRO, C. M. ; KROLOW, A. C. R. ; VIZZOTTO, M. ; STUMPF, E. R. T. . Genetic resources of Butia (Arecaceae) in Southern Brazil: a native multiple purpose palm. In: 28th International Horticultural Congress, 2010, Lisboa. IHC Lisboa 2010 - Science and Horticulture for People. Abstracts.. Lisboa: International Society for Horticultural Science _ ISHS, 2010. v. II. p. 572-572.

6.
FONSECA, L. X. ; KROLOW, A. C. R. ; LEITE, T. B. . Determinação dos teores de umidade de frutos de butiá (Butia capitata) utilizando método convencional e analisador de umidade. In: III ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E PÓS GRADUAÇÃO DA EMBRAPA CLIMA TEMPERADO, 2010, Pelotas. Carreira , ética e inovação: o que você está fazendo?. Pelotas: Embrapa Clima Temperado, 2010. v. 1. p. 1-1.

7.
KROLOW, A. C. R.; EMYGDIO, B. M. ; FONSECA, L. X. ; LEITE, T. B. . Avaliação de cultivares de milho para produção DE MINIMILHO EM CONSERVA. In: 8º SLACA - SIMPÓSIO LATINO AMERICANO DE CIÊNCIA DE ALIMENTOS, 2009, Campinas. 8º SLACA-, 2009.

8.
KROLOW, A. C. R.; RIBEIRO, M. E. R. ; BARBOSA, R. S. ; FONSECA, L. X. . Aproveitamento do Leite Instável Não Ácido para produção de queijo tipo minas padrão. In: 8º SLACA - SIMPÓSIO LATINO AMERICANO DE CIÊNCIA DE ALIMENTOS, 2009, Campinas. 8º SLACA-"Ciência de Alimentos no mundo globalizado: Novos desafios, Novas perspectivas", 2009.

9.
FINKENAUER, D. ; MOURA, G. C. ; CARPENEDO, S. ; VIGNOLO, G. K. ; KROLOW, A. C. R. ; ANTUNES, L. E. C. . análise físico-química de genótipos de amoreiras-pretas. In: Encontro Nacional sobre Fruticultura de Clima Temperado, 2009, Fraiburgo. 11º Encontro Nacional sobre Fruticultura de Clima Temperado. Caçador: EPAGRI, 2009. v. 1. p. 12-12.

10.
FONSECA, L. X. ; KROLOW, A. C. R. . Elaboração de doce em massa de araçá. In: 8º SLACA - SIMPÓSIO LATINO AMERICANO DE CIÊNCIA DE ALIMENTOS, 2009, Campinas. 8º SLACA-"Ciência de Alimentos no mundo globalizado: Novos desafios, Novas perspectivas", 2009.

11.
RISTOW, N. C. ; CARPENEDO, S. ; REISSER JUNIOR, C. ; KROLOW, A. C. R. ; SCHWENGBER, José Ernani ; ANTUNES, L. E. C. . Characterization of strawberry cultivars in the southern of the Brazil. In: VI International Strawberry Symposium, ISHS, 2008, Huelva. Book of Abstracts VI International Strawberry Symposium, ISHS. Andalucía: Viceconsejería. Servicio de Publicaciones y Divulgación., 2008. p. 165-165.

12.
TREVISAN, R. ; COUTO, M. ; ANTUNES, L. E. C. ; KROLOW, A. C. R. ; REISSER JUNIOR, C. . EFEITO DO ÁCIDO GIBERÉLICO NAS CARACTERÍSTICAS DOS CACHOS DE UVA SEM SEMENTE, NA REGIÃO SUL DO RIO GRANDE DO SUL. In: 11º Congresso Nacional de Hortifruticultura, 2007, Montevideo. SUFH - 11º Congresso Nacional de Hortifruticultura/3º Congreso Panamericano Promoción del Consumo de Frutas y Hortalizas. Montevieo: Sociedad Uruguaya de Hortifruticultura, 2007.

13.
CAMPOS, A. D. ; SANHUEZA, R. M. V. ; UENO, B. ; KROLOW, A. C. R. ; RODRIGUES, A. C. ; CANTILLANO, R. F. F. . VINAGRE DE MAÇÃ É UM PRODUTO ALTERNATIVO COM POTENCIAL PARA REDUZIR A SUSCETIBILIDADE A PODRIDÕES E MANTER A QUALIDADE DA MAÇÃ.. In: 11º Congreso Nacional de Hortifruticultura, 2007, Montevideo. SUHF - 11º Congreso Nacional de Hortifruticultura/3º Congreso Panamericano Promoción del Consumo de Frutas y Hortalizas. Montevideo: Sociedad Uruguaya de Hortifruticultura, 2007.

14.
GOMES, C. B. ; LIMA, D. L. ; KROLOW, A. C. R. ; CANTILLANO, R. F. F. ; SILVA, S. D. A. . REPRODUCCIÓN DE Mesocriconema xenoplax EN FRUTILLAS CULTIVADAS EN SUELO SOLARIZADO Y BIOFUMIGADO CON TORTA DE TÁRTAGO Y REPOLLO. In: 11º CONGRESO NACIONAL DE HORTIFRUTICULTURA, 2007, MONTEVIDEO. SUHF - 11º CONGRESO NACIONAL DE HORTIFRUTICULTURA/3º CONGRESO PANAMERICANO PROMOCIÓN DEL CONSUMO DE FRUTAS Y HORTALIZAS. MONTEVIDEO: SOCIEDAD URUGUAYA DE FRUTICULTURA, 2007.

15.
GOMES, C. B. ; LIMA, D. L. ; MOURA, A. B. ; SILVA, S. D. A. ; KROLOW, A. C. R. ; ANTUNES, L. E. C. ; MATTOS, M. L. T. ; CASAGRANDE JR., J. G. ; NASCIMENTO, J. S. ; CANTILLANO, R. F. F. . Impact of soil solarization and biofumigation using castor cake and cabbage to the nematofauna, microbiota and aspects related to strawberry production.. In: XXXIX Reunión Anual - Annual Meeting, 2007, Córdoba. XXXIX Reunión Anual - Annual Meeting/ONTA-Organización de Nematólogos de los Trópicos Americanos. Códoba, 2007.

16.
KROLOW, A. C. R.; BASSINELLO, P. Z. ; FAGUNDES, P. R. R. ; Magalhães Jr., A.M. ; FRANCO, D. F. ; MORAIS, O. P. ; RANGEL, P. H. N. ; NEVES, P. ; MOURA, F. . Melhoramento para qualidade de grão de arroz irrigado na Embrapa. In: ENCONTRO DA PESQUISA DO PÓS-COLHEITA EM ARROZ, 2006, Cachoeirinha/RS. Encontro da Pesquisa do Pós-Colheita em Arroz. CACHOEIRINHA/RS: IRGA - INSTITUTO RIO GRANDENSE DO ARROZ, 2006.

17.
KROLOW, A. C. R.; SOARES, Germano Jorge Dorneles ; MADRUGA, Marta Suely ; FILGUERAS, R. . Perfil de ácidos graxos em salame de carne suína e ovina, em duas temperaturas de fermentação. In: 6º Simpósio Latino Americano de Ciência de Alimentos, 2005, Campinas. 6º SLACA, 2005.

18.
KROLOW, A. C. R.; MIGUENS, F. P. ; GULARTE, M. ; POUEY, J. L. O. F. ; FAGUNDES, C. M. ; BANDEIRA, F. S. ; ANTONIOLLO, P. C. ; SILVA, W. P. . Avaliações físico-químicas e sensorial de linguiça calabresa fresca elaborada a partir de filés de carpa húngara (Cyprnus carpio) submetidas ou não à depuração. In: XVII Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia de Alimentos, 2000, Fortaleza/CE. XVII Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia de Alimentos - Livro de Resumos, 2000. v. 3. p. 11.78-11.78.

19.
KROLOW, A. C. R.; MIGUENS, F. P. ; GULARTE, M. ; POUEY, J. L. O. F. ; BANDEIRA, F. S. ; ANTONIOLLO, P. C. ; SILVA, W. P. . Qualidade higiênica de linguiça calabresa fresca elaborada a partir de filés de carpa húngara (Cyprinus carpio) submetida ou não à depuração.. In: XVII Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia de Alimentos, 2000, Fortaleza/CE. XVII Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia de Alimentos - Livro de Resumos, 2000. v. 1. p. 4.71-4.71.

20.
LL, S. ; JI, C. ; ACR, K. ; WP, S. ; M, G. . Influência da depuração dos filés de carpa húngara (Cyprinus carpio) na aceitabilidade da linguiça calabresa fresca. In: XII Salão de Iniciação Científica e IX Feira de Iniciação Científica da UFRGS, 2000, Porto Alegre/RS. XII Salão e IX Feira de Iniciação Científica - Livro de Resumos, 2000.

21.
KROLOW, A. C. R.; GOULARTE, E. . Qualidade microbiológica do leite in natura recebido na bacia leiteira de Pelotas/RS: comparação entre contagem total de mesófilos e resazurina. In: VII Encontro Estadual de Farmacêuticos e Bioquímicos e V Congresso Catarinense de Farmacêuticos e Bioquímicos, 1998, Florianópolis/SC. VII Encontro Estadual de Farmacêuticos e Bioquímicos e V Congresso Catarinense de Farmacêuticos e Bioquímicos - Livro de Resumos, 1997. p. C5-4-C5-4.

22.
KROLOW, A. C. R.; GOULARTE, E. . Influência da mamite, pelo teste Whiteside, sobre a redutase e contagem global de mesófilos em leite in natura, proveniente da bacia leiteira de Pelotas/RS. In: VII Encontro Estadual de Farmacêuticos e Bioquímicos e V Congresso Catarinense de Farmacêuticos e Bioquímicos, 1998, Florianópolis/SC. VII Encontro Estadual de Farmacêuticos e Bioquímicos e V Congresso Catarinense de Farmacêuticos e Bioquímicos - Livro de Resumos, 1998. p. C5-3-C5-3.

23.
KROLOW, A. C. R.; FAGUNDES, C. M. . Sistema lactoperoxidase na preservação de leite cru e sua influência sobre a produção de iogurte. In: I Congresso de Pós-Graduação em Ciências Agrárias da UFPEL, 1997, Pelotas/RS. I Congresso de Pós-Graduação em Ciências Agrárias da UFPEL - Importância da Pós-Graduação no Processo de Inserção Social/ANAIS. Pelotas/RS: UFPEL, 1997. p. 119-119.

Apresentações de Trabalho
1.
KROLOW, A. C. R.. Agroindustrialidade de frutas. 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

2.
KROLOW, A. C. R.. Tendências para a indústria de alimentos. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
KROLOW, A. C. R.. Tendências na Indústria de Alimentos. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
KROLOW, A. C. R.. Processamento do Morango. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

5.
KROLOW, A. C. R.; PEREIRA, A. S. ; FERRI, N. L. ; CORREA, A. P. A. ; GONCALVES, B. ; ALVES, C. . Quantificação de açúcares redutores e matéria seca de batata cultivar asterix em diferentes temperaturas durante o armazenamento.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
GOMES, C. B. ; BOSENBECKER, V. K. ; KROLOW, A. C. R. ; GABANA, ; SANTIAGO, M. F. . Efeito da incorporação da torta de neen sobre as populações do nematóide anelado (Mesocriconema xenoplax) em pomar de pessegueiro. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
KROLOW, A. C. R.. Tendência de mercado na tecnologia de alimentos para frutas e hortaliças.. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
BARBIERI, R. L. ; ROSSATO, M. ; BUTTOW, M. V. ; SCHWARTZ, E. ; CORREA, L. B. ; HEIDEN, G. ; CASTRO, C. M. ; KROLOW, A. C. R. ; VIZZOTTO, M. ; STUMPF, E. R. T. . Genetic resources of Butia (Arecaceae) in Southern Brazil: a native multiple purpose palm. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Outras produções bibliográficas
1.
ANTUNES, L. E. C. ; RISTOW, N. C. ; KROLOW, A. C. R. ; CARPENEDO, S. ; REISSER JUNIOR, C. . Comportamento produtivo de novas cultivares de morangueiro na região de Pelotas, RS. Pelotas: Embrapa Clima Temperado, 2008 (Série Documentos Embrapa).

2.
KROLOW, A. C. R.. Preparo artesanal de frutas cristalizadas. Pelotas: Embrapa Clima Temperado, 2007 (Série Documentos Embrapa).

3.
BARBIERI, R. L. ; STUMPF, E. R. T. ; FISCHER, S. Z. ; KROLOW, A. C. R. . IDÉIAS, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - ANAIS DO ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E PÓS-GRADUAÇÃO DA EMBRAPA CLIMA TEMPERADO. PELOTAS/RS: EMBRAPA CLIMA TEMPERADO, 2006 (Série Documentos Embrapa).

4.
KROLOW, A. C. R.; RIBEIRO, M. E. R. . Obtenção de leite com qualidade e elaboração de derivados. Pelotas: Embrapa Clima Temperado, 2006 (Série Documentos Embrapa).

5.
BARBIERI, R. L. ; STUMPF, E. R. T. ; FISCHER, S. Z. ; KROLOW, A. C. R. . IDÉIAS, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - RESUMOS DO ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E PÓS-GRADUAÇÃO DA EMBRAPA CLIMA TEMPERADO. PELOTAS/RS: EMBRAPA CLIMA TEMPERADO, 2006 (Série Documentos Embrapa).

6.
KROLOW, A. C. R.. Preparo artesanal de geléias e geleiadas. Pelotas/RS: Embrapa Clima Temperado, 2005 (Série Documentos Embrapa).

7.
REIS, G. ; ROMBALDI, C. ; BÜTTOW, J. ; KROLOW, Ana Cristina . Conserva de Legumes e Hortaliças. Porto Alegre/RS: SENAR/RS, 1998 (apostila).

8.
KROLOW, A. C. R.; FAGUNDES, C. M. . Tecnologia do leite e derivados. Porto Alegre/RS: SENAR/RS, 1998 (apostila).


Produção técnica
Produtos tecnológicos
1.
KROLOW, A. C. R.; FONSECA, L. X. ; CORREA, A. P. A. . Butiá em pó liofilizado. 2011.

2.
KROLOW, A. C. R.. Geleia de butiá. 2010.

3.
KROLOW, A. C. R.. Geleia de uvaia. 2009.

4.
KROLOW, A. C. R.. Iogurte integral sabor café. 2008.

Processos ou técnicas
1.
KROLOW, A. C. R.. Geléia de Uvaia. 2009.

2.
KROLOW, A. C. R.. Iogurte integral sabor café. 2007.

Trabalhos técnicos
1.
KROLOW, A. C. R.. Revista Ciência e Tecnologia de Alimentos/SBCTA. 2005.

2.
KROLOW, A. C. R.. Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado da Paraíba, edital 003/2003-Programa Primeiros Projetos-MCT/CNPq-FAPESQ/PB. 2004.

3.
KROLOW, A. C. R.; VASCONCELOS, Helenira Ellery Marinho . Ações integradas de capacitação para formação de uma rede de empreendedores em territórios rurais do semi-árido nordestino.. 2004.

4.
KROLOW, A. C. R.; VASCONCELOS, Helenira Ellery Marinho . Processamento e marketing de carnes caprina e ovina nas unidades de produção familiar de territórios rurais do semi-árido. 2004.

5.
KROLOW, A. C. R.; DIAS, Ronaldo Ponte . Elaboração de derivados cárneos a partir da carne de caprinos de descarte. 2003.

6.
KROLOW, A. C. R.. Fortalecimento da capacidade institucional para melhorar a produção e comercialização de produtos de pequenos ruminantes e incrementar a geração de renda nas zonas áridas da América Latina. 2003.


Demais tipos de produção técnica
1.
KROLOW, A. C. R.. Curso sobre processamento de hortaliças para conserva. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
SGARBI, J. ; CRUZ, F. T. ; PREZOTTO, L. L. ; KROLOW, A. C. R. . Agroindústria Familiar Rural - contribuições para o desenvolvimento agroecológico. 2007. (Cartilha).

3.
BARBIERI, R. L. ; STUMPF, E. R. T. ; FISCHER, S. Z. ; KROLOW, A. C. R. . IDÉIAS, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E PÓS-GRADUAÇÃO DA EMBRAPA CLIMA TEMPERADO. 2006. (Editoração/Anais).

4.
KROLOW, A. C. R.. Processamento de carnes caprina e ovina. 2003. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - apostila).

5.
KROLOW, A. C. R.. Frigoconservação de pescado. 2000. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - apostila).

6.
KROLOW, A. C. R.; RODRIGUES, Ailton . Processamento de pescado. 2000. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - apostila).

Demais trabalhos
1.
KROLOW, A. C. R.. Elaboração de geléias e geleiadas, doces em massa e cremosos. 2005 (Curso ministrado) .

2.
KROLOW, A. C. R.; RIBEIRO, M. E. R. . Capacitação em produção de leite e derivados. 2005 (Curso ministrado) .

3.
KROLOW, A. C. R.. Processamento de conservas vegetais, compotas, doces e sucos. 2005 (Curso ministrado) .

4.
KROLOW, A. C. R.; VASCONCELOS, Helenira Ellery Marinho ; COSTA, Arlindo Luiz da ; PESSOA, Pedro Felizardo de Paula . Ações integradas de capacitação para formação de uma rede de empreendedores em territórios rurais do semi-árido nordestino. 2004 (Participação em projetos) .

5.
KROLOW, A. C. R.. Processamento de carnes caprina e ovina. 2004 (Curso ministrado) .

6.
KROLOW, A. C. R.. Curso de Ovinocaprinocultura. 2004 (Curso ministrado) .

7.
KROLOW, A. C. R.; VASCONCELOS, Helenira Ellery Marinho . Processamento e marketing de carnes caprina e ovina nas unidades de produção familiar de territórios rurais do semi-árido. 2004 (Projeto de pesquisa) .

8.
KROLOW, A. C. R.. Verticalização para agregação de valores na produção de frutas. 2004 (Palestra proferida) .

9.
KROLOW, A. C. R.. Qualidade do Alimento x Perspectiva de consumo da carne ovina e caprina. 2004 (Palestra proferida) .

10.
KROLOW, A. C. R.. Cortes padronizados de carcaça e industrialização de carnes caprina e ovina. 2003 (Palestra proferida) .

11.
KROLOW, A. C. R.. Corte de carnes e queijos de caprinos. 2003 (Palestra proferida) .

12.
KROLOW, A. C. R.. APPCC na Indústria de Alimentos. 2003 (Palestra proferida) .

13.
KROLOW, A. C. R.. Programas de Controle de Qualidade na Indústria de Carnes (BPF, PPHO, APPCC). 2003 (Palestra proferida) .

14.
KROLOW, A. C. R.. Processamento de embutidos. 2003 (Curso ministrado) .

15.
KROLOW, A. C. R.. Processamento de carnes caprina e ovina. 2003 (Curso ministrado) .

16.
KROLOW, A. C. R.. Obtenção das carnes e transformação em embutidos e defumados de qualidade tecnológica aceitável. 2003 (Participação em projetos) .

17.
KROLOW, A. C. R.; DIAS, Ronaldo Ponte . Elaboração de derivados cárneos a partir da carne de caprinos de descarte.. 2003 (Participação em projetos) .

18.
KROLOW, A. C. R.; VASCONCELOS, Helenira Ellery Marinho . Implantação de unidades artesanais de processamento de carnes caprina e ovina, no território dos inhamuns. 2003 (Participação em projetos) .

19.
KROLOW, A. C. R.; SOARES, Germano Jorge Dorneles . Bactérias ácido láticas no controle dos níveis de aminas biogênicas e na formação de aroma em salame de ovino deslanado. 2003 (Projeto de pesquisa) .

20.
KROLOW, A. C. R.. Fortalecimento da capacidade institucional para melhorar a produção e comercialização de produtos de pequenos ruminanhtes e incrementar a geração de renda nas zonas áridas da América Latina.. 2003 (Participação em projetos) .

21.
KROLOW, A. C. R.. Processamento de Leite e Derivados. 2002 (Curso ministrado) .

22.
KROLOW, A. C. R.. APPCC para técnicos de indústria. 2002 (Curso ministrado) .

23.
KROLOW, A. C. R.. Processamento de Pescado. 2002 (Curso ministrado) .

24.
KROLOW, A. C. R.. Produção de leite e derivados no Mercosul. 2002 (Palestra proferida) .

25.
KROLOW, A. C. R.. Processamento de leite e derivados. 2001 (Curso ministrado) .

26.
KROLOW, A. C. R.. Processamento de pescado. 2001 (Curso ministrado) .

27.
KROLOW, A. C. R.. Introdução e desenvolvimento da agricultura sustentável na região costeira do RS. 2001 (Participação em projetos) .

28.
KROLOW, A. C. R.. Embutidos de Pescado. 2000 (Curso ministrado) .

29.
KROLOW, A. C. R.. Beneficiamento e comercialização de pescado. 2000 (Curso ministrado) .

30.
KROLOW, A. C. R.. Conservação de Pescado. 2000 (Curso ministrado) .

31.
KROLOW, A. C. R.. Processamento de Leite e Derivados. 2000 (Curso ministrado) .

32.
KROLOW, A. C. R.. Caracterização Físico-Química e Tecnológica de Leite de Búfalas Criadas na Região Sul do Estado do Rio Grande do Sul.. 2000 (Participação em projetos) .

33.
KROLOW, A. C. R.. Processamento de Pescado. 1999 (Curso ministrado) .

34.
KROLOW, A. C. R.. Laticínios. 1999 (Curso ministrado) .

35.
KROLOW, A. C. R.. Tecnologia de Frutas e Hortaliças. 1999 (Curso ministrado) .

36.
KROLOW, A. C. R.. Tecnologia de Leite e Derivados. 1999 (Curso ministrado) .

37.
KROLOW, A. C. R.. Processamento de Leite e Derivados. 1997 (Curso ministrado) .

38.
KROLOW, A. C. R.. Qualidade dos diversos tipos de leite. 1997 (Palestra proferida) .

39.
KROLOW, A. C. R.. Sistema lactoperoxidase na conservação de leite cru integral.. 1997 (Palestra proferida) .

40.
KROLOW, A. C. R.. Projeto de Extensão em Agroindústria em Pequena Escala. 1997 (Participação em projetos) .

41.
KROLOW, A. C. R.. Avaliação da qualidade microbiológica do leite in natura da bacia leiteira de Pelotas/RS, comparando redutase e contagem em placas.. 1997 (Projeto de pesquisa) .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
MOREIRA, A. S.; OLIVEIRA, P. D.; Chim, J. F.; KROLOW, A. C. R.. Participação em banca de Vanessa Rodrigues Duarte de Souza. Influência do tratamento térmico com vapor e adição de xantana na preservação de compostos bioativos fenólicos em polpas de mirtilo.. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia Agroindustrial) - Universidade Federal de Pelotas.

2.
Chim, J. F.; RODRIGUES, R. S.; JACQUES, A. C.; KROLOW, A. C. R.. Participação em banca de Lisiane Pintanela Vergara. Balas mastigáveis convencionais e de reduzido valor calórico de araçá vermelho, de araçá amarelo e de pitanga vermelha. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia Agroindustrial) - Universidade Federal de Pelotas.

3.
Chim, J. F.; Rodrigues, R.S.; FRANZON, R. C.; KROLOW, A. C. R.. Participação em banca de Gabriela Niemeyer Reissig. geleias de araçá vermelho (Psidium cattleianum Sabine) e pitanga vermelha (Eugenia uniflora L.) com reduzido teor de sólidos solúveis: efeito do processamento e armazenamento nas características fitoquímicas.. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia Agroindustrial) - Universidade Federal de Pelotas.

4.
FAGUNDES, C. M.; KROLOW, A. C. R.; OSORIO, M. T.; KUHN, C. R.. Participação em banca de RENATA SCHMIDT FILGUERAS. ESTIMULAÇÃO ELÉTRICA E AMINAS BIOATIVAS EM CARNE MATURADA DE BOVINOS DE CORTE COM E SEM ESTIMULAÇÃO. 2007. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia Agroindustrial) - Universidade Federal de Pelotas.

Teses de doutorado
1.
PEREIRA, A. S.; PEGORARO, C.; KROLOW, A. C. R.; SILVA, G. O.. Participação em banca de Francieli Fátima Cima. Capacidade de combinação de genitores, parâmetros genéticos de aparência e de rendimento de tubérculos e características de qualidade funcional e industrial de clones de batata. 2018. Tese (Doutorado em programa de Pós-graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Pelotas.

2.
Rodrigues, R.S.; SOARES, L. A. S.; CANTILLANO, R. F. F.; KROLOW, A. C. R.. Participação em banca de CRISTINA SIMÕES DA COSTA. Prolongamento da vida útil e qualidade pós-colheita de morango pelo emprego de cobertura comestível. 2009. Tese (Doutorado em Ciência e Tecnologia Agroindustrial) - Universidade Federal de Pelotas.

3.
FACHINELLO, J. C.; ROSSATO, M.; CASTRO, C. M.; KROLOW, A. C. R.; RUFATO, A. R.. Participação em banca de ELISANE SCHWARTZ. PRODUÇÃO, FENOLOGIA E QUALIDADE DOS FRUTOS DE Butia capitata EM POPULAÇÕES DE SANTA VITÓRIA DO PALMAR. 2008. Tese (Doutorado em Fruticultura) - Universidade Federal de Pelotas.

Qualificações de Doutorado
1.
KROLOW, ANA CRISTINA RICHTER; NORA, L.; BORGES, C. D.; BARBOSA, F. F.; DALMAZO, G. O.; CANTILLANO, R. F. F.. Participação em banca de Maurício Seifert. Maçãs minimamente processadas: influência da matéria-prima na qualidade e adição de agentes coadjuvantes para estender a vida de prateleira.. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência e Tecnologia Agroindustrial) - Universidade Federal de Pelotas.

2.
ZAMBIAZI, R. C.; KROLOW, A. C. R.; GANDRA, E. A.; PRENTICE-HERNANDEZ, C.; SILVA, J. A.; FAGUNDES, C. M.. Participação em banca de renata Schmidt Filgueras. Colour, lipid and protein stability of Rhea americana meat during air- and vacuum- packaged storage: influence of muscle on oxidative processes. 2010. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência e Tecnologia Agroindustrial) - Universidade Federal de Pelotas.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
KROLOW, A. C. R.; Chim, J. F.; Ferri, V. C.. Participação em banca de Cleice Dalla Nora.Acompanhamento e desenvolvimento das análises de rotina e análises dos projetos de frutas nativas, orgânicas e compostos funcionais em maçã. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Química de Alimentos) - Universidade Federal de Pelotas.

2.
KROLOW, A. C. R.; Leitão, A.M.; Rodrigues, R.S.; Rodrigues, R.S.. Participação em banca de Susana Vieira Lamas.Avaliação de relatório da disciplina de Estágio Supervisionado em Laticínios. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Química de Alimentos) - Universidade Federal de Pelotas.

3.
GOULARTE, E. M.; KROLOW, A. C. R.; OLIVEIRA, A. P.; MÜLLER, D.. Participação em banca de Eneida Moreira Goularte.Avaliação da qualidade microbiológica do leite recebido na bacia leiteira da região de Pelotas/RS, comparando contagem global e redutase.. 1997. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Domésticas) - Universidade Federal de Pelotas.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
KROLOW, A. C. R.. Salão de Iniciação Científica e Inovação Tecnológica- Iniciação Científica Vegetal. 2014. Fundação Estadual de Pesquisa Agropecuária.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
XXIII Congresso Brasileiro de Fruticultura - Opostunidades e Desafior para o Brasil. 2014. (Congresso).

2.
XXIV Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia de Alimentos. 2014. (Congresso).

3.
XXIV Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia de Alimentos. Caracterização físico-química de frutos de pitaia oriundos de Santa Rosa do Sul, SC.. 2014. (Congresso).

4.
16º WORLD CONGRESS OF FOOD SCIENCE AND TECHNOLOGY; 17º LATIN AMERICAN SEMINAR OF FOOD SCIENCE AND TECHNOLOGY. APPLE EXTRACT PREVENT DNA DAMAGE ON HUMAN FIBROBLASTS. 2012. (Congresso).

5.
16º WORLD CONGRESS OF FOOD SCIENCE AND TECHNOLOGY; 17º LATIN AMERICAN SEMINAR OF FOOD SCIENCE AND TECHNOLOGY. Physical and chemical analyzes to identify harvest point in peach. 2012. (Congresso).

6.
XIII CONGRESO CONGRESO ARGENTINO DE CIENCIA Y TECNOLOGIA DE ALIMENTOS - CYTAL 2011. CARACTERIZAÇÃO QUÍMICA E FÍSICA DE FRUTOS DE BUTIÁ (Butia capitata). 2011. (Congresso).

7.
Congresso Brasileiro de Fruticultura. Avaliação das características sensoriais de aparência de morangos Cv. camarosa tratados com luz germicida UV-C em dois períodos de armazenamento. 2010. (Congresso).

8.
III ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E PÓS GRADUAÇÃO DA EMBRAPA CLIMA TEMPERADO.Determinação dos teores de umidade de frutos de butiá (Butia capitata) utilizando método convencional e analisador de umidade. 2010. (Encontro).

9.
International Conference on Food Innovation, FoodInnova 2010. Processing and characterization of Butia capitata from Rio Grande do Sul, Brazil. 2010. (Congresso).

10.
SIMPÓSIO NACIONAL DO MORANGO E ENCONTRO SOBRE PEQUENAS FRUTAS E FRUTAS NATIVAS DO MERCOSUL.Processamento de butiá. 2010. (Simpósio).

11.
8º SLACA - SIMPÓSIO LATINO AMERICANO DE CIÊNCIA DE ALIMENTOS.www.slaca.com.br. 2009. (Simpósio).

12.
I SIMPÓSIO SOBRE PRODUÇÃO ORGÂNICA E I SEMINÁRIO TÉCNICO INTERNACIONAL EM AGROECOLOGIA. 2009. (Seminário).

13.
I SIMPÓSIO SOBRE PRODUÇÃO ORGÂNICA E I SEMINÁRIO TÉCNICO INTERNACIONAL EM AGROECOLOGIA. 2009. (Simpósio).

14.
Iª Conferência Internacional sobre Leite Instável.participação como moderadora na Iª Conferência Internacional sobre Leite Instável. 2009. (Outra).

15.
Tour Técnico em Pós-colheita. 2009. (Outra).

16.
Treinamento e capacitação para avaliação sensorial de azeites ? Modulo Avançado. 2009. (Outra).

17.
Treinamento e capacitação para avaliação sensorial de azeites ? Modulo Básico. 2009. (Outra).

18.
1º WORKSHOP - SEGURANÇA, QUALIDADE E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS PARA O CONSUMIDOR.Projetos em Tecnologia de Produtos de Origem Animal. 2007. (Outra).

19.
V Congresso Brasileiro de Agroecologia. Avaliações físicas e químicas de morango cv. Aromas produzidos em sistema orgânico e convencional. 2007. (Congresso).

20.
Aminas Biogênicas x Produtos Fermentados.VI SEMANA ACADÊMICA DO CURSO DE BACHARELADO EM QUÍMICA DE ALIMENTOS. 2006. (Outra).

21.
ENCONTRO DA PESQUISA DO PÓS-COLHEITA EM ARROZ.MELHORAMENTO PARA QUALIDADE DE GRÃO DE ARROZ IRRIGADO NA EMBRAPA. 2006. (Encontro).

22.
II Congresso Brasileiro de Qualidade do Leite. ENSAIOS PRELIMINARES SOBRE O EFEITO DO LEITE INSTÁVEL NÃO ÁCIDO (LINA) NA INDUSTRIALIZAÇÃO DE IOGURTE BATIDO. 2006. (Congresso).

23.
IV Congresso Brasileiro de Agroecologia. Avaliações físicas e químicas de cinco cultivares de morango produzidas em sistema orgânico. 2006. (Congresso).

24.
SEMINARIO-TALLER "INNOVACIONES INSTITUCIONALES EN EL CONO SUR, PARA LA IMPLEMENTACIÓN DE PROGRAMAS DE I + D PARA AGRICULTURA FAMILIAR". 2006. (Seminário).

25.
6º Simpósio Latino Americano de Ciência de Alimentos.6º Simpósio Latino Americano de Ciência de Alimentos. 2005. (Simpósio).

26.
Seminário sobre Redação Científica Internacional. 2005. (Seminário).

27.
Agricultura Familiar, Agroecologia e Mercado no Nordeste do Brasil. 2004. (Seminário).

28.
Simpósio de Alimentos Minimamente Processados. 2001. (Simpósio).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
RIBEIRO, M. E. R. ; SCHAFHAUSER JUNIOR, J. ; ZANELA, M. B. ; KROLOW, A. C. R. . 1ª Conferência Internacional sobre Leite Instável. 2009. (Outro).

2.
WOFF, L. F. ; KROLOW, A. C. R. ; ALVES, R. C. ; BEHRENSDORF, A. M. G. . XIII Seminário Estadual de Apicultura, VII Encontro Estadural de Meliponicultores, XI Feira Estadual de Produtos Apícolas e IX Concurso Estadual da Qualidade do Mel.. 2008. (Outro).

3.
OLIVEIRA, A. C. B. ; KROLOW, A. C. R. ; UENO, B. ; MEDEIROS, C. A. ; REISSER JUNIOR, C. ; CASTRO, C. M. ; GOMES, C. B. ; NAVA, D. E. ; SIMOES, F. ; MADAIL, J. C. M. ; SCHWENGBER, José Ernani ; PEREIRA, J. F. M. ; ANTUNES, L. E. C. ; WOFF, L. F. ; VIZZOTTO, M. ; MAGNANI, M. ; RASEIRA, M. C. B. ; MATTOS, M. L. T. ; MAYER, N. A. ; BARBIERI, R. L. ; CANTILLANO, R. F. F. . IV Simpósio Nacional do Morango e III Encontro sobre Pequenas Frutas. 2008. (Outro).

4.
Magalhães Jr., A.M. ; FAGUNDES, P. R. R. ; GOMES, A. S. ; ANDRES, A. ; SCIVITTARO, W. B. ; STEINMETZ, S. ; PETRINI, J. A. ; NUNES, C. D. M. ; MARTINS, J. F. S. ; MATTOS, M. L. T. ; FRANCO, D. F. ; KROLOW, A. C. R. ; AZAMBUJA, I. H. V. ; THEISEN, G. . V Congresso Brasileiro de Arroz Irrigado. 2007. (Congresso).

5.
KROLOW, A. C. R.; RIBEIRO, C. E. ; BANDEIRA, D. ; QUINCOZES, E. ; COUTINHO, Enilton Fick ; GOMES, Fernando Rogério Costa ; FIRMINO, J. ; COSTA, J. L. ; MACHADO, N. P. ; JOAO, P. L. ; JORGE, R. O. ; COSTA, V. B. ; JORGE, Z. L. C. . I Simpósio de Olivicultura do Sul do Brasil. 2007. (Outro).

6.
KROLOW, A. C. R.; MITTELMANN, A. ; MEDEIROS, C. A. ; PILLON, C. N. ; STUMPF, E. R. T. ; SCHIEDECK, Gustavo ; GOMES, J. C. C. ; SCHWENGBER, José Ernani ; PORTO, M. P. ; BARBIERI, R. L. ; FISCHER, S. Z. ; STUMPF JUNIOR, W. . Idéias, tecnologia e inovação - Encontro de iniciação científica e pós-graduação da Embrapa Clima Temperado. 2006. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Rosiele Couto Corrêa. Desenvolvimento de purê de maçã cultivares Gala e Fuji, tratado termicamente em microondas e avaliação das características fisioquímicas, sensorias e nutricionais.. Início: 2015. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia Agroindustrial) - Universidade Federal de Pelotas. (Coorientador).

2.
Liane Xavier Fonseca. Caracterização e processamento de Butia capitata. Início: 2010. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia Agroindustrial) - Universidade Federal de Pelotas. (Coorientador).

Iniciação científica
1.
Taisa Bandeira Leite. Processamento de frutas nativas do Rio Grande do Sul: propriedades funcionais e nutricionais. Início: 2010 - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. (Orientador).

Orientações de outra natureza
1.
ANA PAULA CORRÊA ANTUNES. Inovações tecnológicas em MPEs de alimentos de Pelotas e Região. Início: 2008. Orientação de outra natureza. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Rosiele Couto Correa. Preservação de purê de maçã (Malus domestica Borkh) por agentes químicos e físico. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia Agroindustrial) - Universidade Federal de Pelotas, . Coorientador: Ana Cristina Richter Krolow.

2.
Liane Xavier Fonseca. Caracterização de frutos de butiazeiro (Butia odorata Barb. Rodr.) Noblick & Lorenzi e estabilidade de seus compostos bioativos na elaboração e armazenamento de geleias. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia Agroindustrial) - Universidade Federal de Pelotas, Centro de Pesquisa Agropecuária de Clima Temperado. Coorientador: Ana Cristina Richter Krolow.

Tese de doutorado
1.
Rogério Oliveira Jorge. CARACTERIZAÇÃO DE AZEITES VIRGEM EXTRA ?GOURMET? VARIETAIS E ?BLENDS? COMERCIALIZADOS NO MERCADO DO RIO GRANDE DO SUL. 2010. Tese (Doutorado em Ciência e Tecnologia Agroindustrial) - Universidade Federal de Pelotas, . Coorientador: Ana Cristina Richter Krolow.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Angélica Maske. Análises de Açúcares Redutores em Batatas e Açúcares Totais em Sorgo Sacarino. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Química de Alimentos) - Universidade Federal de Pelotas. Orientador: Ana Cristina Richter Krolow.

2.
Andréia Maske. QUALIDADE DA BATATA (solanum tuberosun L.) PARA FRITURA, EM FUNÇÃO DOS NÍVEIS DE AÇÚRARES REDUTORES. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Química de Alimentos) - Universidade Federal de Pelotas. Orientador: Ana Cristina Richter Krolow.

3.
Thaise Grandi Chaves. Relatório de Estágio Curricular/Alimentos. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Farmácia) - Universidade Católica de Pelotas. Orientador: Ana Cristina Richter Krolow.

4.
Cleice Dalla Nora. Análises físicas e químicas de frutas de clima temperado, orgânicos e arroz. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Química de Alimentos) - Universidade Federal de Pelotas. Orientador: Ana Cristina Richter Krolow.

5.
Maira Peres Mendes. Relatório de estágio curricular. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia de Alimentos) - Universidade Federal do Rio Grande. Orientador: Ana Cristina Richter Krolow.

6.
Eneida Goularte. Avaliação da qualidade microbiológica do leite recebido na bacia leiteira da região de Pelotas/RS, comparando contagem global e redutase.. 1997. 47 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Domésticas) - Universidade Federal de Pelotas. Orientador: Ana Cristina Richter Krolow.



Inovação



Produto tecnológico
1.
KROLOW, A. C. R.; FONSECA, L. X. ; CORREA, A. P. A. . Butiá em pó liofilizado. 2011.


Projetos de pesquisa

Projeto de desenvolvimento tecnológico


Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos completos publicados em periódicos
1.
KROLOW, A. C. R.;Krolow, Ana Cristina R;KROLOW, ANA CR;KROLOW, ANA CRISTINA RICHTER;ANA CRISTINA KROLOW;KROLOW, ANA CRISTINA;KROLOW ANA CRISTINA1997KROLOW, A. C. R.; FAGUNDES, C. M. . Sistema lactoperoxidase na conservação de leite cru integral. Revista dos Criadores, São Paulo, v. 808, p. 28-29, 1997.

2.
KROLOW, A. C. R.;Krolow, Ana Cristina R;KROLOW, ANA CR;KROLOW, ANA CRISTINA RICHTER;ANA CRISTINA KROLOW;KROLOW, ANA CRISTINA;KROLOW ANA CRISTINA1996KROLOW, A. C. R.; FAGUNDES, C. M. . Conservabilidade de leite cru à 20ºC pela ativação da lactoperoxidase e adição de tiocianato de sódio. Revista Brasileira de Agrociencia (UFPEL), Pelotas/RS, v. 2, n.2, p. 109-112, 1996.

3.
RISTOW, N. C.2009RISTOW, N. C. ; CARPENEDO, S. ; REISSER JUNIOR, C. ; KROLOW, A. C. R. ; SCHWENGBER, José Ernani ; ANTUNES, L. E. C. . Characterization of Strawberry Cultivars in Southern Brazil. Acta Horticulturae, v. 2, p. 515-518, 2009.

4.
Antunes, Luis Eduardo C2010KROLOW, A. C. R.; Antunes, Luis Eduardo C ; Ristow, Nara Cristina ; Carpenedo, Sílvia ; Reisser Júnior, Carlos . Yield and quality of strawberry cultivars. Horticultura Brasileira (Impresso), v. 28, p. 222-226, 2010.

5.
KROLOW, A. C. R.2012KROLOW, A. C. R.. Beneficiamento de frutas vermelhas. Informe Agropecuário (Belo Horizonte), v. 33, p. 96-103, 2012.

6.
LUVIELMO, M. M.2013LUVIELMO, M. M. ; BORGES, C. D. ; KROLOW, A. C. R. ; ARMAS, D. S. ; SCHIAVON, M. V. ; PAIVA, F. F. . Cor e textura de batata fritas, das variedades BRS ANA e Asterix, submetidas ao branqueamento, adição de sais e revestimentos de metilcelulose.. Higiene Alimentar, v. 27, p. 3697-3701, 2013.

7.
LUVIELMO, M. M.2013LUVIELMO, M. M. ; BORGES, C. D. ; KROLOW, A. C. R. ; ARMAS, D. S. ; PAIVA, F. F. ; SCHIAVON, M. V. . Influência do branqueamento, sais e revestimentos de metilcelulose no teor de umidade e gordura da batata frita das variedades BRS ANA e Asterix.. Higiene Alimentar, v. 27, p. 3771-3775, 2013.

8.
VIZZOTTO, MÁRCIA2017VIZZOTTO, MÁRCIA ; PEREIRA, ELISA DOS SANTOS ; VINHOLES, JULIANA ROCHA ; MUNHOZ, PRISCILA CARDOSO ; FERRI, NÚBIA MARILIN LETTNIN ; CASTRO, LUIS ANTONIO SUITA DE ; KROLOW, ANA CRISTINA RICHTER . Physicochemical and antioxidant capacity analysis of colored sweet potato genotypes: in natura and thermally processed. CIÊNCIA RURAL, v. 47, p. 01-08, 2017.

9.
LUVIELMO, MÁRCIA DE MELLO2015LUVIELMO, MÁRCIA DE MELLO ; BORGES, CAROLINE DELLINGHAUSEN ; SCHIAVON, MARINA VIGHI ; ARMAS, DANIELA SILVA DE ; PAIVA, FLÁVIA FERNANDES ; KROLOW, ANA CRISTINA RICHTER ; FERRI, NÚBIA MARILIN LETTININ . Características físico-químicas e sensoriais de batata frita da cultivar BRS Ana branqueada e revestida com metilcelulose. Brazilian Journal of Food Technology (Online), v. 18, p. 211-219, 2015.


Livros e capítulos
1.
KROLOW, A. C. R.. Tecnologia de Agroindustrialização. In: Luís Eduardo Corrêa Antunes; Alexandre Hoffmann. (Org.). Pequenas Frutas - coleção 500 perguntas, 500 respostas. 1ed.Brasília: Embrapa Informação Tecnológica, 2012, v. 01, p. 171-177.

2.
GONCALVES, E. D. ; MEDEIROS, R. M. L. ; KROLOW, A. C. R. ; VIZZOTTO, M. . ELABORAÇÃO DE AZEITONAS DE MESA DE QUALIDADE. In: ADELSON FRANCISCO DE OLIVEIRA. (Org.). OLIVEIRA NO BRASIL - tecnologias de produção. 1ed.BELO HORIZONTE: EPAMIG, 2012, v. 1, p. 593-628.

3.
KROLOW, A. C. R.. Industrialização de pêssego. In: MARIA DO CARMO BASSOLS RASEIRA; JOSÉ FRANCISCO MARTINS PEREIRA; FLÁVIO LUIZ CARPENA CARVALHO. (Org.). PESSEGUEIRO. 1ed.Brasília: Embrapa Informação Tecnológica, 2014, v. 1, p. 01-776.


Textos em jornais de notícias/revistas
1.
KROLOW, A. C. R.. Alternativa para conservação do leite. Jornal Diário Popular, Pelotas/RS, p. 34 - 34, 10 ago. 1997.

2.
KROLOW, A. C. R.. Viabilidade do processamento de carne caprina. Nordeste Rural - Negócios do campo, mídia eletrônica, 20 jan. 2004.


Apresentações de Trabalho
1.
KROLOW, A. C. R.; PEREIRA, A. S. ; FERRI, N. L. ; CORREA, A. P. A. ; GONCALVES, B. ; ALVES, C. . Quantificação de açúcares redutores e matéria seca de batata cultivar asterix em diferentes temperaturas durante o armazenamento.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 23/10/2018 às 13:54:15