Marco Aurélio Chaves Cepik

Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 2

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3923697331385475
  • Última atualização do currículo em 10/12/2018


Marco Cepik é professor titular do Departamento de Economia e Relações Internacionais (DERI) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Doutor em Ciência Política (IUPERJ, 2001), realizou pós-doutorado na Universidade de Oxford (2005) e no Instituto de Relações Internacionais da PUC Rio (2018). Cepik foi professor do Departamento de Ciência Política da UFMG (1995-2003), além de professor visitante na Renmin University of China (RUC), Instituto Superior de Relações Internacionais de Moçambique (ISRI), Naval Post Graduate School (NPS-USA), Facultad Latinoamericana de Ciências Sociales (FLACSO-EC) e Indiana University of Pennsylvania (IUP). Suas linhas de pesquisa são: 1) Segurança Internacional. 2) Inteligência Governamental. 3) Governança Digital. Publicações disponíveis em: http://professor.ufrgs.br/marcocepik. ORCID: orcid.org/0000-0003-4147-5486. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Marco Aurélio Chaves Cepik
Nome em citações bibliográficas
CEPIK, Marco;CEPIK, MARCO

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Faculdade de Ciências Econômicas.
Avenida João Pessoa, 52
Centro
90040000 - Porto Alegre, RS - Brasil
Telefone: (51) 33084715
URL da Homepage: https://www.ufrgs.br/ppgeei/


Formação acadêmica/titulação


1995 - 2001
Doutorado em Ciência Política.
Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro, IUPERJ, Brasil.
Título: Serviços de Inteligência: Agilidade e Transparência como Dilemas de Institucionalização, Ano de obtenção: 2001.
Orientador: Maria Regina Soares de Lima.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Instituições Politicas; Relações Internacionais; serviços de inteligência; Estudos Estratégicos.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Estado e Governo / Especialidade: Instituições Governamentais Específicas.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Políticas Públicas / Especialidade: Análise Institucional.
Setores de atividade: Educação.
1991 - 1994
Mestrado em Ciência Política.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Título: Problemas de Sociologia da Revolução: Tilly e Skocpol,Ano de Obtenção: 1994.
Orientador: Otávio Soares Dulci.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Sociologia Política; Análise Política; Sociologia Histórica; Revoluções Sociais.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Teoria Política / Especialidade: Teoria Política Contemporânea.
Setores de atividade: Educação.
1988 - 1990
Graduação em História.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.


Pós-doutorado


2005 - 2005
Pós-Doutorado.
Oxford University, OX, Grã-Bretanha.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Estado e Governo / Especialidade: Sistemas Governamentais Comparados.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Política Internacional / Especialidade: Estudos Estratégicos.


Formação Complementar


2002 - 2002
Defense Economics and Budgeting. (Carga horária: 120h).
National Defense University, NDU, Estados Unidos.
2001 - 2001
Seminário Relações Civis Militares Brasília. (Carga horária: 40h).
Naval Post Graduate School, NPGS, Estados Unidos.
2000 - 2000
Defense Planning And Resources Management. (Carga horária: 120h).
National Defense University, NDU, Estados Unidos.
1997 - 1998
American Foreign Policy. (Carga horária: 180h).
Indiana University Of Pennsylvania, IUP, Estados Unidos.


Atuação Profissional



Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Representante Adjunto CP & RI, Enquadramento Funcional: Representante Adjunto Area, Carga horária: 10


Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

11/2018 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, .

Cargo ou função
Membro do Grupo Gestor de Projeto Institucional de Internacionalização no Âmbito do Programa CAPES-PRINT.
03/2011 - Atual
Ensino, Estudos Estratégicos Internacionais, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Tecnologia, Estado e Segurança Internacional
Tópicos em Segurança Internacional
01/2010 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , CEGOV - Centro de Estudos Internacionais sobre Governo, .

08/2003 - Atual
Ensino, Relacoes Internacionais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estudos Estrategicos
Politica Comparada
Politica Comparada da America Latina
Seguranca Internacional
Teoria Relacoes Internacionais A
Teoria Relacoes Internacionais B
Sistemas de Inteligência Comparados
01/2011 - 12/2014
Direção e administração, CEGOV - Centro de Estudos Internacionais sobre Governo, .

Cargo ou função
Diretor de Unidade.
08/2003 - 12/2013
Ensino, Ciência Política, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Estudos Estrategicos
Inteligencia Governamental na Guerra e na Paz
Politica Comparada
Politica Comparada America Latina
Seguranca Internacional
Sistema Internacional
Teoria das Relacoes Internacionais
Teoria Politica
09/2011 - 06/2013
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciências Econômicas, .

Cargo ou função
Representante Docente Titular no Conselho da Unidade.
01/2011 - 06/2013
Direção e administração, ILEA - Instituto Latino Americano de Estudos Avançados, .

Cargo ou função
Membro do Conselho Superior.
01/2011 - 02/2013
Direção e administração, Faculdade de Ciências Econômicas, .

Cargo ou função
Coordenador Adjunto do PPG Estudos Estrategicos Internacionais.
03/2008 - 12/2012
Extensão universitária , ILEA - Instituto Latino Americano de Estudos Avançados, .

Atividade de extensão realizada
Programa de Extensao NERINT - CEGOV.
03/2003 - 12/2009
Ensino, Relações Internacionais, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria Relações Internacionais
Segurança Internacional
05/2005 - 04/2009
Direção e administração, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, .

Cargo ou função
Coordenador Adjunto PPG Ciencia Politica.
03/2006 - 12/2006
Ensino, Segurança Pública (Crime, Violência, Polícia e Cid, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Inteligencia Seguranca Publica
Sociologia da Polícia

Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-Rio, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Pós Doutorado, Enquadramento Funcional: Pós Doutorado

Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Participante em Equipe Projeto Pesquisa CNPq, Carga horária: 2


Renmin University of China, RUC, China.
Vínculo institucional

2018 - 2018
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Visiting Professor Summer School, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Visiting Professor Summer School, Carga horária: 8


University of Oxford, OX, Inglaterra.
Vínculo institucional

2005 - 2005
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor Visitante


Naval Post Graduate School, NPGS, Estados Unidos.
Vínculo institucional

2004 - 2004
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Contrato, Carga horária: 35


Instituto Superior de Relações Internacionais, ISRI, Moçambique.
Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor Visitante, Carga horária: 4


Facultad LAtinoamericana de Ciencias Sociales, FLACSO, Equador.
Vínculo institucional

2006 - 2006
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: contrato, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2003 - 2003
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: contrato, Carga horária: 20


Indiana University Of Pennsylvania, IUP, Estados Unidos.
Vínculo institucional

1997 - 1998
Vínculo: pesquisador visitante, Enquadramento Funcional: Outro (visiting scholar), Carga horária: 0, Regime: Dedicação exclusiva.


Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Vínculo institucional

1995 - 2002
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

1991 - 1992
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor Substituto Departamento de Historia, Carga horária: 20


Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, PUC Minas, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2005
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor Visitante, Carga horária: 4


Empresa de Informática e Informação do Município de Belo Horizonte, PRODABEL, Brasil.
Vínculo institucional

1994 - 1995
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Chefe de Gabinete da Presidência, Regime: Dedicação exclusiva.


Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, P/BELO HORIZONTE, Brasil.
Vínculo institucional

1993 - 1994
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Assessor do Secretário de Governo, Regime: Dedicação exclusiva.


Digitus Industria e Comercio, DIGITUS, Brasil.
Vínculo institucional

1988 - 1990
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Gerente de Marketing, Regime: Dedicação exclusiva.


International Studies Association, ISA, Estados Unidos.
Vínculo institucional

2010 - Atual
Vínculo: Filiado, Enquadramento Funcional: Membro


International Political Science Association, IPSA, Canadá.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: Associado, Enquadramento Funcional: Sócio


Latin American Studies Association, LASA, Estados Unidos.
Vínculo institucional

2010 - Atual
Vínculo: Filiado, Enquadramento Funcional: Membro


Associacao Brasileira de Relacoes Internacionais, ABRI, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - Atual
Vínculo: Filiado, Enquadramento Funcional: Membro


Associacao Brasileira de Ciencia Politica, ABCP, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - Atual
Vínculo: Filiado, Enquadramento Funcional: Membro


Associação Brasileira de Estudos de Defesa, ABED, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - Atual
Vínculo: Filiado, Enquadramento Funcional: Membro


Association for Asian Studies, AAS, Estados Unidos.
Vínculo institucional

2010 - 2012
Vínculo: Filiado, Enquadramento Funcional: Membro


Instituto Sul-Americano de Política e Estratégia, ISAPE, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2016
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Colaborador


Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Estudos sobre os EUA, INCT-INEU, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Pesquisador



Linhas de pesquisa


1.
Segurança Internacional
2.
Governança Digital
3.
Inteligência Governamental


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
CNPQ-PANDIA - Inteligência Estratégica e Segurança Internacional: estruturas militares permanentes em temas críticos
Descrição: Este projeto propõe uma pesquisa sobre o chamado problema da inteligência em segurança internacional, ou seja, como os agentes lidam com severas incertezas e assimetrias informacionais que envolvem ameaças existenciais, vulnerabilidades e suas consequencias em escalas temporais variadas. Dados dados constrangimentos diversos, a inteligência estratégica visa a redução da incerteza por meio do tratamento probabilístico (estimativas) ou estruturadamente especulativo (cenários) de problemas analíticos complexos. Por meio de revisão sistemática da literatura especializada e síntese interpretativa, trata-­se de analisar a inteligência estratégica em três contextos: 1) Inteligência sobre as capacidades mútuas de segundo ataque nuclear nas interações entre as Grandes Potências. 2) Inteligência sobre terrorismo internacional em operações de contraterrorismo. 3) inteligência multidimensional para as missões de paz das Nações Unidas. Como resultado da pesquisa, pretende-­se explicar as principais tendências e desafios relativos à qualidade e relevância da inteligência para fins estratégicos na área de segurança internacional..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Marco Aurélio Chaves Cepik - Coordenador / Romulo Pitt - Integrante / Guilherme Simionato - Integrante / João Estavam dos Santos Filho - Integrante / Emilio Jovando Zeca - Integrante / Victor Hugo Dresch da Silva - Integrante / Paulo Ricardo da Silva - Integrante / Carlo Gustavo Morais de Mello - Integrante / Henriques Marcelino - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2018 - Atual
HANBAN-UFRGS - United States and China in Latin America: An International Security Assessment
Descrição: The purpose of this research proposition is to analyze the strategic balance between United States of America (USA) and People?s Republic of China (PRC) as a predictor variable explaining the consequences of an increased role of PRC in Latin America. First, the current and projected nuclear and conventional forces of both powers will be compared in order to assess the relative material and symbolic importance of Latin America for each of them. Second, the institutional and discursive setting of both USA and PRC current policies to the region will be compared. Particularly considering the antagonistic stance of Trump administration. Even more so in contrast with the rapid expansion of PRC?s role since the December 2016 Policy Paper calling the region a ?Land Full of Vitality and Hope?. Finally, the collective and singular capacity of Latin American countries to act strategically also need to be updated after three years of severe crisis, especially in the case of Brazil. Mainly in areas such as military exchanges, security cooperation, and military acquisitions. In short, growing presence of Chinese interests and cooperation efforts with Latin America will be more or less threatening to United States pending the results of their direct bilateral relations in other critical issues and regions. However, Latin America is also an important test bed for a balanced and cooperative global relation between USA and PRC..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2018 - Atual
CNPQ-PQ - Segurança Internacional: Contexto, Estrutura, Interações
Descrição: O objetivo da pesquisa proposta é desenvolver um modelo de análise sobre segurança internacional. O projeto será executado em três etapas. Primeiro,trata-se de priorizar elementos empíricos do contexto, da estrutura e das interações. Sugere-se o levantamento de poucos indicadores significativos para quatro elementos contextuais de alcance global (transição demográfica, mudança climática, matriz energética e revolução tecnológica). Também sugere-se incorporar ao modelo um único atributo estrutural do sistema (distribuição de capacidades nucleares, espaciais e de projeção de força convencional), compilando evidências sobre quatro países (Estados Unidos, China, Rússia e Índia). Finalmente, propõe-se obter evidências sobre três dinâmicas interativas relevantes para os quatro países (dissuasão nuclear, contra-terrorismo e operações de paz). A segunda etapa da pesquisa consiste na especificação de um modelo conceitual (Protocolo ODD) e computacional (UML) para a simulação. Como resultado, na terceira etapa serão analisadas diferentes configurações de causas e efeitos, identificando de maneira mais precisa como as interações maximizam (ou não) a segurança relativa de cada estado, bem como se as incertezas oriundas do contexto e da estrutura geram mais ou menos incentivos para a melhoria cooperativa da segurança coletiva..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2017 - Atual
CNPQ-UNIVERSAL - Segurança Internacional: Estrutura, contexto e dinâmica
Descrição: Esse projeto tem por objetivo analisar os nexos causais entre a estrutura, o contexto e as interações entre os agentes na configuração da segurança internacional contemporânea. Através da delimitação conceitual e da análise de indicadores empíricos selecionados, pretende-se avaliar como se dá e quais são as consequências do uso e da ameaça do uso da força no sistema internacional. Primeiro, buscar-se-á atualizar um entendimento sobre a estrutura política e os fundamentos da distribuição de poder no sistema. Segundo, trata-se de caracterizar quatro variáveis contextuais na forma de transições globais (macro-históricas) em curso, a saber as mudanças climática, demográfica, energética e tecnológica. A estrutura e o contexto da segurança internacional, por sua vez, são afetados pela dinâmica atual das relações de poder entre Estados Unidos, China e Rússia, bem como pela interação daquelas com potências regionais. Como resultado, pretende-se construir um modelo acerca da coevolução entre estrutura (em particular a distribuição de poder) e ação (especificamente as interações entre os agentes relevantes envolvendo força militar) que possa ser simulado computacionalmente..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Marco Aurélio Chaves Cepik - Coordenador / Romulo Pitt - Integrante / Guilherme Simionato - Integrante / João Estavam dos Santos Filho - Integrante / Emilio Jovando Zeca - Integrante / Carlo Gustavo Morais de Mello - Integrante / Henriques Marcelino - Integrante / Beatriz Vieira Rauber - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2014 - 2017
CNPQ-PANDIA - Sistemas de Inteligencia e o Entorno Estrategico do Brasil
Descrição: Este projeto é uma iniciativa conjunta do CEGOV-UFRGS e do IMM-ECEME. Ele se insere na linha de pesquisa sobre Entorno Estratégico, no tema Novas e Velhas Ameaças. Nele, se busca responder duas perguntas: 1) Como estão estruturados institucionalmente os sistemas nacionais de inteligência dos países da América do Sul e da África subsaariana? 2) Como se pode melhorar a capacidade de identificação e neutralização de ameaças novas e tradicionais por meio da cooperação com os países do entorno estratégico brasileiro? Para responder a primeira pergunta será utilizada a Análise de Redes para comparar Brasil, Argentina, Paraguai, Chile, Equador, Peru, Colômbia, Venezuela, Angola, África do Sul e Nigéria. Para responder a segunda pergunta, serão utilizadas sete Técnicas Estruturadas de Análise (Geração de Idéias; Decomposição e Visualização; Cenários e Indicadores; Geração e Teste de Hipóteses; Gerenciamento de Conflito; Avaliação de Causa e Efeito; Suporte à Decisão) para analisar sete tipos de ameaças relevantes para a segurança nacional e regional. Previsão de Conclusão: 11/12/2016 (24 meses).
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Marco Aurélio Chaves Cepik - Coordenador / Gustavo Möller - Integrante / Pedro Romero Marques - Integrante / Giovanna Marques Kuele - Integrante / EDUARDO XAVIER FERREIRA GLASER MIGON - Integrante / Mariana Chaise - Integrante / Tathiany Barros Bonavita de Almeida - Integrante / Flávio César de Siqueira Marques - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 8 / Número de orientações: 6
2014 - Atual
CAPES-Pro-DEFESA - Brasil e a Segurança no Atlantico Sul: Política Externa e Estratégia de Defesa
Descrição: O projeto será estruturado de acordo com quatro principais linhas de pesquisa: (a) Cooperação em segurança marítima: Esta linha de pesquisa visa o mapeamento e análise da cooperação em segurança marítima do Brasil no Atlântico Sul ao longo da última década. Focará na relação entre os princípios norteadores da política externa brasileira e o crescente papel da ferramenta militar nesta, assim como as implicações da acrescida importância do Atlântico Sul dada a descoberta das reservas petrolíferas do Pré-Sal. (b). Criação de uma região estratégica transatlântica: Aplicará a teoria acima relacionada para elucidar o andamento de um processo de inserção internacional do Brasil tem do entorno de segurança Atlântico Sul como eixo. Dar-se-á destaque para o papel do Brasil neste processo e o seu atendimento às necessidades estratégicas do País, tanto pelos laços bilaterais quanto através de iniciativas estratégicas de escopos regional e internacional como a União de Nações Sul-Americanas (UNASUL), a Zona de Paz e Cooperação no Atlântico Sul (ZOPACAS) e a cooperação marítima do IBSAMAR: a importância do mar como meio de comunicação, recurso ambientalmente explorado em suas diversas fontes (minerais, energéticas e vivas) e a regulação internacional dessa exploração serão analisados sob o enfoque estratégico brasileiro. (c). Avanço das relações com países da África Ocidental: Entre as iniciativas estratégicas e escopos da cooperação (inclusive militar), a articulação transatlântica com a África Ocidental parece ser a mais visível, seja para atender um entorno de segurança para o pré-sal e outras áreas de recursos do Atlântico Sul, seja como plataforma para o crescente protagonismo internacional da política externa e das indústrias brasileiras no continente africano. Assim, é importante ter um foco especial e analisar o espaço atlântico como foco de crescente interesse da política externa brasileira, na ampliação das relações político-diplomáticas e econômico-comerciais com o continente africano. (d). A Antártica na estratégia brasileira para o Atlântico Sul: Reconhecendo que, sobretudo a partir da publicação do Livro Branco da Defesa, a Antártica passa a desempenhar um papel mais visível na estratégia brasileira de defesa para o Atlântico Sul, esta linha de pesquisa busca analisar a evolução do Programa Antártico Brasileiro (PROANTAR), sobretudo dada a multiplicidade de atores (dentre eles, a comunidade científica e os Ministérios da Defesa, das Relações Exteriores e da Ciência e Tecnologia e Inovação) na formulação de prioridades e estratégias para o continente. Previsão de Conclusão: 26/11/2018 (48 meses).
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (2) .
Integrantes: Marco Aurélio Chaves Cepik - Integrante / Érico Duarte - Integrante / Mônica Herz - Integrante / Analucia Danitevicz Pereira - Integrante / Laura de Castro Quaglia - Integrante / Kai Michael Kenkel - Coordenador / André Panno Beirão - Integrante / Adriana Erthal Abdenur - Integrante / Carlos Chagas Vianna Braga - Integrante / Rodrigo Fernandes More - Integrante / Cláudio Rogério de Andrade Flor - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro / Ministério da Defesa - Cooperação.
Número de produções C, T & A: 9 / Número de orientações: 1
2013 - 2016
CNPQ-PQ - Modelagem e Simulação de Políticas Públicas: Operação em Rede e Desempenho de Unidades Militares
Descrição: Entre as diretrizes da Estratégia Nacional de Defesa (END) estabelecida pelo Decreto No. 6.703/2008, destaca-se a reorganização das Forças Armadas brasileiras ?sob a égide do trinômio monitoramento/controle, mobilidade e presença? (BRASIL, 2008, p. 11). Para viabilizar essa diretriz de política pública são necessários estudos e ferramentas que permitam explicitar diferentes problemas associados, bem como propor maneiras de resolvê-los. Neste projeto, propõe-se analisar duas noções interrelacionadas: Operações Centradas em Redes (Network-Centric Operations), bem como Comando e Controle Descentralizado/Compartilhado (Distributed and Decentralised Command and Control). Justifica-se esse foco na pesquisa porque, ao mesmo tempo em que o surgimento destas novas modalidades de gestão do C4I (Comando, Controle, Comunicações, Computadores e Inteligência) representa oportunidades para as Forças Armadas, novas dificuldades foram criadas. Há, por exemplo, riscos de perda de consciência situacional, coesão, consistência e capacidade de ação por parte das forças em períodos de paz e de guerra. Em outras palavras, a descentralização permitida pela digitalização diversificou os padrões de operação, mas surgiu também a necessidade de escolher e testar qual a configuração mais adequada para as unidades militares. Especificamente, a pesquisa procura responder a seguinte pergunta: Por que e como a quantidade e o grau de certeza das informações circulando em uma rede de tomadores de decisões afeta o comportamento dos agentes e as propriedades estruturais da rede? A hipótese de trabalho é a seguinte: agentes com capacidade individual e coletiva de aprendizagem evolucionária e restrições de tempo são sensíveis à qualidade da informação medida em níveis de incerteza sobre a situação operacional. A quantidade de informações aumenta a complexidade estrutural da rede de comando e controle (C2) em resposta ao risco de sobrecarga informacional e paralisia decisória. Para testar a hipótese, será desenvolvida uma ferramenta de simulação computacional a partir do método de Modelagem Baseada em Agentes (MBA), considerado adequado para o propósito de lidar com sistemas cujo comportamento é marcadamente dinâmico e não linear. A MBA permite construir cenários que incorporem aspectos como capacidades individuais heterogêneas (incluindo fatores humanos intangíveis, tais como liderança e moral) e aprendizagem evolucionária (individual e coletiva). Além disso, ela permite a utilização de elementos de estocasticidade identificados com o conceito de ?névoa de guerra? (impossibilidade de se projetar o desempenho das forças de maneira determinística devido às incertezas intrínsecas ao combate). O referente empírico da pesquisa são os agentes e as estruturas de C2 da 3ª Divisão de Exército (DE) do Exército Brasileiro (EB), sediada em Santa Maria-RS. Além do comando da divisão (CMDO 3ª DE) propriamente dito, serão consideradas também as relações entre o CMDO 3ª DE e os comandos das quatro Grandes Unidades subordinadas à 3ª DE, a saber, a 1ª Brigada de Cavalaria Mecanizada, a 2ª Brigada de Cavalaria Mecanizada, a 6ª Brigada de Infantaria Blindada e a Artilharia Divisionária/3. Previsão de Conclusão: 15/01/2016 (36 meses).
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (4) Doutorado: (2) .
Integrantes: Marco Aurélio Chaves Cepik - Coordenador / Christiano Ambros - Integrante / Marcelo Mesquita Leal - Integrante / Gustavo Möller - Integrante / Frederico Licks Bertol - Integrante / Laura Quaglia - Integrante / Thiago Borne Ferreira - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2012 - 2015
CNPQ-UNIVERSAL - Segurança Internacional: Problemas analíticos e representação georreferenciada de temas e dinâmicas
Descrição: O presente projeto visa à elaboração de um atlas de Segurança Internacional, através da montagem de um banco de dados, que leve em consideração essa preocupação em retratar os problemas na área da defesa no século XXI. O foco constitui-se na Segurança Internacional, nas condições de emprego da força, ambiente político de gestão e prevenção de conflitos em escalas global e regional. Notadamente, a par dos grandes temas de segurança internacional, o projeto visa, também, a busca da interface dos problemas concernentes ao território brasileiro e sua posição na América do Sul. Previsão de Conclusão: 05/11/2015 (35 meses).
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Marco Aurélio Chaves Cepik - Coordenador / Thiago Borne - Integrante / Christiano Ambros - Integrante / Felipe Machado - Integrante / Marcelo Mesquita Leal - Integrante / Pedro Txai Brancher - Integrante / Marjorie da Nóbrega Stadnik Berdún - Integrante / Laura de Castro Quaglia - Integrante / Frederico Licks Bertol - Integrante / João Arthur da Silva Reis - Integrante / Luiza Olmedo - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 23 / Número de orientações: 19
2012 - 2014
CNPQ-HUMANAS - Programa Espacial e Segurança Internacional: Brasil, Índia e China
Descrição: Tendo percebido a necessidade de sustentação e de defesa do programa espacial brasileiro como uma política estratégica do Brasil não apenas para o desenvolvimento econômico do país, mas também para sua própria projeção internacional de poder e de segurança, a presente proposta busca, através de uma perspectiva comparada, examinar, os programas espaciais de Brasil, de Índia e de China. Previsão de término: dez/2014.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Marco Aurélio Chaves Cepik - Coordenador / Thiago Borne - Integrante / Felipe Machado - Integrante / Marcelo Mesquita Leal - Integrante / Matheus Machado Hoscheidt - Integrante / Josiane Simão Sarti - Integrante / Gustavo Möller - Integrante / Antônio Assis Brasil - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Outra.Número de orientações: 1
2012 - 2013
MP-UFRGS - Planejamento Estratégico da Força de Trabalho
Descrição: Realização de estudos preliminares, elaboração de subsídios e diretrizes no contexto do projeto ?Planejamento Estratégico da Força de Trabalho? (PEFT), que visa ao desenvolvimento de um modelo permanente de planejamento estratégico da força de trabalho nas unidades da administração pública federal direta, autárquica e fundacional. O PEFT objetiva desenvolver e implementar um modelo permanente de planejamento da força de trabalho (FT) da Administração Pública Federal (APF), capaz de orientar o seu dimensionamento, as decisões relativas a sua composição e recomposição, e de articular um conjunto de diretrizes que orientem a reorganização da arquitetura de carreiras..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2011 - 2013
CNPQ-UNIVERSAL - Avaliação das novas tecnologias pedagógicas e sua aplicação ao ensino de Relações Internacionais
Descrição: O objetivo geral deste projeto é dar uma resposta estruturada e embasada na literatura especializada acerca do uso de novas tecnologias educacionais aplicadas no campo das Relações Internacionais, levando em conta tanto as características epistemológicas e demandas informacionais específicas desse campo científico quanto as mais recentes descobertas da teoria pedagógica..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (3) .
Integrantes: Marco Aurélio Chaves Cepik - Integrante / Érico Duarte - Coordenador / Thiago Borne - Integrante / diego canabarro - Integrante / Edson José Neves Junior - Integrante / tiago cerqueira campos - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2010 - 2012
MP-UFRGS - Governança de TI no Brasil: Analise na Institucionalizacao do Sistema de Administracao dos Recursos de Informacao e Informatica
Descrição: O presente projeto tem como metas (i) analisar, em retrospectiva, os quinze anos de existência do SISP; (ii) descrever os desafios políticos e institucionais detectados, até os dias atuais, para a consolidação do modelo do SISP e (iii) apresentar/avaliar os cursos de ação possíveis e mais adequados para garantir a sustentabilidade e a efetividade das atividades de gestão de TI no Brasil em prol da plena governança eletrônica..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (5) .
Integrantes: Marco Aurélio Chaves Cepik - Coordenador / Hélio Henkin - Integrante / diego canabarro - Integrante / Ana Júlia Possamai - Integrante / Fernando Sebben - Integrante / Silvia Sebben - Integrante / Aline Hellmann - Integrante / Guilherme Severo - Integrante / Daniel Selao - Integrante.Financiador(es): Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão - Auxílio financeiro / Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 5 / Número de orientações: 4
2010 - 2012
APEX-UFRGS - Metodologia Avaliação Contínua Indicadores Desempenho e Estrategias de Inserção Externa (APEX II)
Descrição: Metodologia de avaliação contínua de indicadores de desempenho e implementação de estratégias de inserção externa: desenvolvimento e aplicação ao caso brasileiro no contexto da dinâmica recente da economia mundial..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2013
CNPQ-PQ - Política Comparada e Serviços de Inteligência: Análise de Redes em 35 países
Descrição: O projeto pretende agregar à pesquisa comparada uma perspectiva ainda pouco explorada de análise dos sistemas de inteligência: propõe-se, através da Análise de Redes, o desenvolvimento de índices capazes de mensurar atributos estruturais das organizações de inteligência. Tais índices permitirão a padronização da análise para diversos casos a fim de possibilitar a sua comparação. A partir da comparação de 35 casos de estudo, pretende-se criar uma tipologia baseada em aspectos estruturais dos sistemas de inteligência. Utilizando como ferramentas de análise os principais algoritmos de centralidade estrutural (Betweenness centrality, Closeness centrality e Degree centrality), serão apreciadas características como o grau de coordenação e cooperação interagências e o grau de separação entre os tomadores de decisão e as agências de inteligência. Como variáveis dependentes, consideramos a efetividade e a legitimidade dos sistemas de inteligência. Assim este projeto dará um passo adiante no processo de teorização dos Estudos de Inteligência e auxiliará na consolidação da agenda comparativa para futuras pesquisas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Mestrado acadêmico: (4) .
Integrantes: Marco Aurélio Chaves Cepik - Coordenador / Christiano Ambros - Integrante / Felipe Machado - Integrante / Luciana Ghiggi - Integrante / Guilherme Goelzer - Integrante / Pedro Borba - Integrante / Romulo Pitt - Integrante / Natasha Pergher - Integrante / Aline Hellmann - Integrante / Eduardo Urbanski Bueno - Integrante / Guilherme Severo - Integrante / Joana Oliveira de Oliveira - Integrante / Marcelo Mesquita Leal - Integrante / Pedro Romero Marques - Integrante / Giovanna Marques Kuele - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2009 - 2013
CNPQ-UNIVERSAL - Política Comparada e Serviços de Inteligência: Análise de Redes em 35 países
Descrição: O projeto pretende agregar à pesquisa comparada uma perspectiva ainda pouco explorada de análise dos sistemas de inteligência: propõe-se, através da Análise de Redes, o desenvolvimento de índices capazes de mensurar atributos estruturais das organizações de inteligência. Tais índices permitirão a padronização da análise para diversos casos a fim de possibilitar a sua comparação. A partir da comparação de 35 casos de estudo, pretende-se criar uma tipologia baseada em aspectos estruturais dos sistemas de inteligência. Utilizando como ferramentas de análise os principais algoritmos de centralidade estrutural (Betweenness centrality, Closeness centrality e Degree centrality), serão apreciadas características como o grau de coordenação e cooperação interagências e o grau de separação entre os tomadores de decisão e as agências de inteligência. Como variáveis dependentes, consideramos a efetividade e a legitimidade dos sistemas de inteligência. Assim este projeto dará um passo adiante no processo de teorização dos Estudos de Inteligência e auxiliará na consolidação da agenda comparativa para futuras pesquisas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Mestrado acadêmico: (4) .
Integrantes: Marco Aurélio Chaves Cepik - Coordenador / Christiano Ambros - Integrante / Felipe Machado - Integrante / Luciana Ghiggi - Integrante / Guilherme Goelzer - Integrante / Pedro Borba - Integrante / Romulo Pitt - Integrante / Natasha Pergher - Integrante / Aline Hellmann - Integrante / Eduardo Urbanski Bueno - Integrante / Guilherme Severo - Integrante / Joana Oliveira de Oliveira - Integrante / Marcelo Mesquita Leal - Integrante / Pedro Romero Marques - Integrante / Giovanna Marques Kuele - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 44 / Número de orientações: 4
2009 - 2011
CNPQ-PROSUL - Digitalização, Integração Regional e Segurança na América do Sul: Capacidade de Governo e Controle Democrático na Argentina, Brasil, Equador e Uruguai
Descrição: O projeto Digitalização, Integração Regional e Segurança na América do Sul: Capacidade de Governo e Controle Democrático na Argentina, Brasil, Equador e Uruguai pretende avaliar comparativamente o impacto da digitalização na construção de condições para a cooperação na área de segurança compatíveis com um elevado grau de accountability democrática. Especificamente, serão analisados os problemas de segurança doméstica e regional, as iniciativas dos Estados em termos de reforma e provimento de segurança, o grau de digitalização nas instituições governamentais dos países estudados, bem como será feita a avaliação das conseqüências do uso das Tecnologias de Informação e Comunicação para o avanço das organizações securitárias regionais e sua possível cooperação. As semelhanças e diferenças entre quatro dos países da região podem ser capturadas de maneira rigorosa por meio deste trabalho colaborativo, com o devido apoio das instituições de fomento científico..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Marco Aurélio Chaves Cepik - Coordenador / Adrian Bonilla - Integrante / Carlos Arturi - Integrante / Marcelo Cavarozzi - Integrante / Miguel Serna. - Integrante / Ana Júlia Possamai - Integrante / Ana Paula Ranzi - Integrante / Aline Hellmann - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 10 / Número de orientações: 2
2009 - 2009
BID-MP-UFRGS - Plataforma para a Integração de Servicos Publicos: para além da E-PING
Descrição: Os objetivos do projeto são: (i) realizar um diagnóstico e uma análise acerca do marco institucional vigente para a interoperabilidade de sistemas entre Ministérios do Governo Federal e (ii) participar no desenho da estrutura institucional e operacional que seria necessária para desenvolver, implantar, operar e regular o uso de uma plataforma de interoperabilidade no Brasil.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Marco Aurélio Chaves Cepik - Coordenador / diego canabarro - Integrante / Alejandro Barros - Integrante.Financiador(es): Banco Interamericano de Desenvolvimento - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1
2008 - 2010
APEX-UFRGS - Desenvolvimento de Metodologia de Indicadores de Desempenho (APEX I)
Descrição: O Nucleo de Estudos sobre Industria, Tecnologia e Comércio Internacional (NETIT-UFRGS), em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Investimentos (APEX-Brasil), irá desenvolver uma metodologia para a avaliação contínua de indicadores de desempenho e implementação de estratégias de inserção externa. O objetivo é identificar que fatores internos e externos às empresas contribuem para o sucesso (ou insucesso) na atividade exportadora. Desta forma, procurar-se-a contribuir para uma melhor gestão das ações da APEX..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Marco Aurélio Chaves Cepik - Integrante / Andre Cunha - Integrante / Hélio Henkin - Coordenador / Pedro Borba - Integrante / Aline Hellmann - Integrante / Pedro Txai Brancher - Integrante.Financiador(es): Agência de Promoção de Exportações do Brasil - Auxílio financeiro.
2008 - 2009
MP-UFRGS - Avaliando o Desempenho do Governo Eletrônico no Brasil
Descrição: O presente projeto de pesquisa construirá e/ou validará um conjunto de indicadores para a avaliação dos serviços públicos disponíveis em portais eletrônicos do Governo Federal, tanto do ponto de vista de sua efetividade, quanto de sua legitimidade. O foco principal da pesquisa recairá sobre a relação cidadão-governo, analisando como os recursos de governo eletrônico são disponibilizados 'a sociedade. Os indicadores, métricas e procedimentos desenvolvidos nesta pesquisa pretendem ser aplicáveis a portais de governo eletrônico a nível local, regional, nacional e internacional. Além de justificar-se por seu caráter aplicado e sua relevância potencial para a construção de capacidade estatal e legitimidade democrática no Brasil, a pesquisa proposta justifica-se também, em termos analíticos, uma vez que uma vez que ainda são incipientes no país os estudos sobre digitalização e e-Gov..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Marco Aurélio Chaves Cepik - Coordenador / Jose Miguel Quedi Martins - Integrante / Luiza Schneider - Integrante / Thabita Abrahim - Integrante / diego canabarro - Integrante / Ana Júlia Possamai - Integrante / Ilton Freitas - Integrante / Andre Olivera - Integrante / Eduardo Zluhan Samrsla - Integrante / Guilherme Severo - Integrante / Aline G. Hellmann - Integrante.Financiador(es): Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão - Bolsa / Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão - Auxílio financeiro.Número de orientações: 3
2007 - 2011
CNPQ-RENATO ARCHER - Rede de Pesquisa em Paz e Segurança
Descrição: A justificativa central para um projeto de pesquisa visando a estruturação de uma rede de pesquisa em paz e segurança internacional a partir do tema da segurança regional diz respeito ao crescimento da importância das dinâmicas locais e regionais para a segurança internacional após a Guerra Fria. Por um lado, a regionalização das interações internacionais é um fenômeno hoje universal, tanto do ponto de vista espacial, atingindo praticamente todos os cantos do planeta, quanto do ponto de vista funcional, estando as organizações regionais envolvidas em assuntos tão diversos quanto comércio internacional, a construção de instituições democráticas ou a resolução de conflitos. Por outro lado, a regionalização aparece como resposta às ameaças percebidas no processo de globalização, o qual obteve impulso importante com a incorporação dos países do ex-bloco socialista ao universo das relações econômicas capitalistas. Ocorre também uma competição entre blocos que estimula projetos regionais. Atualmente, cerca de quinze organizações regionais estão representadas nas reuniões de alto nível na ONU, por exemplo: CARICOM (Comunidade Caribenha), CIS (Commonwealth of Independent States), Secretariado da Commonwealth, Conselho Europeu, ECOWAS, Comissão Européia, União Européia, Liga dos Estados Árabes, OTAN, União Africana, OEA, Organisation Internationale de la Francophonie, Organização da Conferência Islâmica, OSCE e WEU (Western European Union). A ação de atores regionais organizações regionais, coalizões ou potências regionais - portanto, é fundamental para uma compreensão adequada da segurança internacional no mundo de hoje..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (3) .
Integrantes: Marco Aurélio Chaves Cepik - Coordenador / Eugenio Diniz - Integrante / Helena Jornada - Integrante / Luiza Schneider - Integrante / Alcides Vaz - Integrante / Mônica Herz - Integrante / Paulo Esteves - Integrante / Rafael Villa - Integrante / Reginaldo Nasser - Integrante / Felipe Machado - Integrante / Luciana Ghiggi - Integrante / Romulo Pitt - Integrante / Natasha Pergher - Integrante / Fernando Sebben - Integrante / igor castellano - Integrante / Aline Hellmann - Integrante / Marcelo Mesquita Leal - Integrante / Angela silva - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2007 - 2010
CNPQ-PQ - Estudos Estratégicos e Guerra no Século XXI
Descrição: Os Estudos Estratégicos constituem um campo interdisciplinar que procura explicar as diversas relações sociais, técnicas e políticas entre o uso da força e as finalidades a que se destina. O uso da força para submeter outrem à vontade do sujeito é o âmago da guerra, um fenômeno que acompanha a humanidade desde o Paleolítico. O estudo da guerra tem no combate o centro articulador de todos os programas de investigação na área de Estudos Estratégicos. Enquanto os Estudos de Segurança Internacional e de Segurança Pública são mais amplos do que os Estudos Estratégicos, o foco dos EE é bem mais claro e delimita-se epistemologicamente pelo estudo sistemático das relações entre as dinâmicas operacionais, táticas, logísticas e estratégicas associadas aos diversos usos da força e seus contextos sociais, tecnológicos e políticos. Este projeto procura explicar estas dinâmicas da guerra no começo do século XXI à luz do debate teórico em curso nos Estudos Estratégicos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Marco Aurélio Chaves Cepik - Coordenador / Jose Miguel Quedi Martins - Integrante / Lucas Kerr Oliveira - Integrante / Arthur Diniz - Integrante / Helena Jornada - Integrante / Fabricio Ávila - Integrante / Gustavo Piccinini DULLIUS - Integrante / Thiago Borne - Integrante / Fernando Sebben - Integrante / igor castellano - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 12 / Número de orientações: 10
2007 - 2008
CNPQ-UNIVERSAL - Guerra Assimetrica e Digitalizacao: Comparação entre as doutrinas americana e chinesa da guerra assimétrica
Descrição: Esse projeto pretende comparar as concepções americanas e chinesas sobre a guerra de quarta geração ou guerra assimétrica com a modernização empreendida em cinco áreas das Forças Armadas da China. Em seguida, examinar as três filosofias chinesas da guerra (guerra popular, guerra local e revolução em assuntos militares), comparando-as com as decisões práticas tomadas no âmbito da construção e administração do armamento e demais meios militares. Por fim, relacionar estes níveis analíticos com o referente empírico. Para isso, o estudo da espantosa coincidência de opiniões entre articulistas, militares e civis, da China e dos Estados Unidos, sobre o significado da guerra de quarta geração, da guerra assimétrica e da digitalização, que tem como denominador comum uma aproximação entre Clausewitz e Sun Tzu, é importante marco teórico..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2006 - 2008
CGEE-MCT - Radar do Sistema Internacional
Descrição: Análise dos conflitos internacionais, formas de negociação, operações de paz, interação entre segurança e desenvolvimento, os mecanismos preventivos, regimes de controle de armamentos e desarmamento. Da mesma forma, serão analisados os novos paradigmas tecnológicos, o comércio de armas, a criminalização do seu fluxo, a terceirização do uso da força e a cooperação internacional para controle de atividades ilícitas. Análise dos conflitos bélicos atuais, em especial as guerras denominadas de baixa intensidade, as formas assimétricas de combate e as possíveis organizações e formas de combate do século XXI. Dever-se-á dar atenção especial ao chamado novo terrorismo internacional como forma de guerra e de fazer política. A aplicabilidade de novas tecnologias aos conflitos, e a redefinição das chamadas novas ameaças , tais como tráfico de drogas, de armas e de pessoas, serão considerados..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2005 - 2006
FORD-IUPERJ - Cooperação de Segurança: Brasil, África do Sul e Índia
Descrição: Pretendemos analisar neste projeto as razões para a baixa ocorrência de cooperação securitária entre os grandes países intermediários. O referente empírico do projeto é delimitado pelas unidades estatais constituídas pelos três países. Serão estudados seis fatores causais que condicionam as possibilidades de cooperação na área de segurança entre os governos centrais dos três países, sendo três fatores de tipo estrutural e três fatores de tipo institucional. Os três aspectos estruturais são: 1) O ambiente estratégico regional de cada país e a distribuição de poder característica de cada balança regional. 2) Os problemas de desenvolvimento sócio-econômico em cada país, com particular atenção para as condições de financiamento do setor público. 3) A capacidade instalada dos três países nas áreas de defesa nacional, inteligência e segurança pública. Os três tipos de configurações institucionais que serão comparadas são: 4) A rede de tratados, acordos e alianças da qual participa cada país na área de segurança internacional e as ameaças de segurança percebidas pelos governos centrais dos três países; 5) As instituições políticas democráticas com impacto mais direto no desempenho estatal nas áreas de provimento de bem-estar e segurança; 6) O desenho organizacional das forças armadas, ministérios da defesa, serviços de inteligência e de segurança, polícias e forças constabulares. Como o foco da pesquisa está posto na determinação do peso relativo de fatores causais de tipo estrutural ou estratégico e não sobre a variação histórica dos níveis de cooperação em segurança, o período temporal a ser considerado corresponde ao da situação internacional pós-2001..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2004 - 2005
CNPQ-PDE - Comparando Sistemas Nacionais de Inteligencia: Africa do Sul, Brasil, Colombia e India
Descrição: O objetivo deste projeto é analisar a relação entre a reforma dos serviços de inteligência e o grau de consolidação democrática em três países: África do Sul, Brasil, Colômbia e Índia. Três desafios motivam este projeto, na medida em que são desafios socialmente relevantes para as sociedades destes países e também constituem importantes problemas analíticos que estruturam a pesquisa: o desafio institucional da construção de sistemas de inteligência eficazes, eficientes e consistentes com as demandas de segurança e defesa dos países; o desafio institucional da construção de sistemas de inteligência responsivos, responsáveis e consistentes com as demandas de controle público democrático. E, por fim, o desafio profissional da construção de sistemas de inteligência flexíveis, capacitados e analiticamente relevantes. Espera-se, portanto, produzir conhecimentos cientificamente válidos sobre o funcionamento e o papel dos sistemas de inteligência durante processos de consolidação democrática e contribuir para aumentar o grau de expertise civil e reconhecimento público sobre a importância e os dilemas envolvidos na atuação dos serviços de inteligência..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2004 - 2005
CCMR-NPS - Regime Politico e Servicos de Inteligencia: legitimidade e efetividade no Brasil (1999-2004)
Descrição: Qual a relação entre regime político e perfil organizacional e legal das atividades de inteligência? Esta é a pergunta que a pesquisa procura responder analisando o caso do Brasil. Segundo medidas agregadas mínimas, este país está aproximando-se dos limiares que permitem considerar o regime democrático consolidado. Isto se traduz em um marco legal desenvolvido para a área de inteligência, com mecanismos explicitos de coordenação, supervisão e controle externo. Entretanto, persistem problemas de desempenho das novas estruturas organizacionais que também são consistentes com os problemas persistentes indicados por medidas mais desagregadas de consolidação democrática. As duas constatações empíricas não são contraditórias, apenas mostram a relevância de uma abordagem teórica capaz de integrar perspectivas estruturais e estratégicas. Por um lado, a pesquisa realizada mostra que problemas de desempenho tendem a gerar renovados problemas de legitimidade. Por outro lado, demonstra-se como a utilização de medidas mais desagregadas de consolidação democrática e de capacidade estatal permitem uma associação mais clara entre as características do regime político e as mudanças observadas em diferentes países na área de inteligência ao longo dos últimos quinze anos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2003 - 2004
ILDES-FESCOL - Agenda de Seguranca Andes Brasil
Descrição: Com esse projeto, pretende-se identificar e priorizar os itens que compõem a agenda contemporânea de segurança entre o Brasil e os países da Comunidade Andina (Bolívia, Peru, Equador, Colômbia e Venezuela). Serão considerados dois eixos dessa agenda, o bilateral e o multilateral. Por meio da análise dos documentos produzidos pelos enlaces diplomáticos, especialmente nas áreas de defesa e segurança, bem como por meio de entrevistas e discussões com grupos focais, análise comparada de dados agregados e da realização de dois seminários regionais, será possível contribuir para uma melhor compreensão mútua dos problemas de segurança da região. A formulação de uma agenda de segurança compartilhada pelas sociedades sul-americanas exige a construção de espaços públicos específicos de pesquisa e discussão que sirvam para a produção de insumos para a política exterior dos países e também para identificar, precisamente, os temas e prioridades de uma tal agenda, especialmente os pontos comuns entre os diversos interesses sociais e regionais..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2017 - 2017
PROREXT-UFRGS - THE FUTURE OF EUROPE AND THE OBOR INITIATIVE
Descrição: Projeto de Extensão THE FUTURE OF EUROPE AND THE OBOR INITIATIVE: PERSPECTIVES FROM LATIN AMERICA AND CHINA.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Marco Aurélio Chaves Cepik - Coordenador / Paulo Vizentini - Integrante / Romulo Pitt - Integrante / Athos Munhoz Moreira da Silva - Integrante / Guilherme Simionato - Integrante / Thais Jesinski Batista - Integrante / Beatriz Rauber - Integrante / João Estevam dos Santos - Integrante / Guilherme Thudium - Integrante / Antonio Padula - Integrante.
2017 - 2017
PROREXT - UFRGS Jogos de Simulação Inferenciais em Contextos de Conflito, Competição e Cooperação
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2015 - 2016
PROREXT-UFRGS - Minicurso EAD Espaço e Relações Internacionais
Descrição: A Acão de Extensão visa a formular e ministrar um minicurso utilizando ferramentas de ensino à distância (EAD) para apresentar os fundamentos do Comando do Espaço e suas implicações para o estudo de Segurança Internacional...
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Marco Aurélio Chaves Cepik - Coordenador / Thiago Borne - Integrante / Josiane Simão Sarti - Integrante / Laura Quaglia - Integrante.
2014 - 2014
SEAD-UFRGS Edital 19 Linha A - Minicurso EAD Espaço Sideral e Segurança Internacional
Descrição: A proposta visa a formular e ministrar um minicurso utilizando ferramentas de EAD para apresentar os fundamentos do Comando do Espaço e suas implicações para o estudo de Segurança Internacional. Os objetivos do projeto são: Auxiliar na formação de estudantes de Ensino Superior por meio de um curso à distância, fomentando a consciência crítica e multidisciplinar e estimulando a disseminação de debates e publicações nas áreas relacionadas ao Comando do Espaço e Segurança Internacional. Especificamente, objetiva-se: (i) criar um curso à distância sobre Comando do Espaço; (ii) promover debates e discussões sobre a temática de Comando do Espaço e a centralidade dos programas espaciais para o planejamento estratégico, defesa nacional e desenvolvimento econômico de inúmeros países; (iii) demonstrar a importância da Estratégia Nacional do Brasil para o Espaço e a necessidade da infraestrutura espacial para o desenvolvimento e independência nacional do país; (iv) analisar o caso do Programa Espacial Indiano; (v) comparar programas espaciais de países emergentes: Brasil, Índia e China; (vi) incentivar e promover, de modo mais amplo, publicações sobre os temas tratados..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Marco Aurélio Chaves Cepik - Coordenador / Thiago Borne - Integrante / Felipe Machado - Integrante / Pedro Txai Brancher - Integrante / Matheus Machado Hoscheidt - Integrante / Josiane Simão Sarti - Integrante / Laura de Castro Quaglia - Integrante / Bruno Kern - Integrante.Financiador(es): Secretaria de Educação a Distância UFRGS - Bolsa.
2014 - 2014
PROREXT-UFRGS - Oficinas Temáticas sobre Segurança Internacional
Descrição: Esta Ação de Extensão busca a sinergia entre a comunidade e a Universidade através de debates temáticos realizados na Oficina de Estudos Estratégicos; essa aproximação será materializada na publicação de um livro disponibilizado digital e impresso..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) .
Integrantes: Marco Aurélio Chaves Cepik - Integrante / Jose Miguel Quedi Martins - Coordenador / João Arthur da Silva Reis - Integrante / João Gabriel Burmann - Integrante / Giovana Zucatto - Integrante / Giordano Bruno Ronconi - Integrante / Guilherme Simionato - Integrante.Financiador(es): Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Bolsa.
2014 - 2014
PROREXT-UFRGS - Minicurso EAD Espaço Sideral e Segurança Internacional
Descrição: A Acão de Extensão visa a formular e ministrar um minicurso utilizando ferramentas de ensino à distância (EAD) para apresentar os fundamentos do Comando do Espaço e suas implicações para o estudo de Segurança Internacional..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Marco Aurélio Chaves Cepik - Coordenador / Thiago Borne - Integrante / Felipe Machado - Integrante / Pedro Txai Brancher - Integrante / Josiane Simão Sarti - Integrante / Laura de Castro Quaglia - Integrante / Bruno Kern - Integrante / Giovanna Marques Kuele - Integrante.Financiador(es): Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Bolsa.
2014 - 2014
PROREXT-UFRGS - Programa Segurança Internacional e Estudos de Governo
Descrição: O programa utiliza debates, seminários e cursos sobre assuntos relacionados a Segurança Internacional e aos Estudos de Governo, promovendo a discussão entre a Universidade e a comunidade, fomentando o debate público sobre formulação de Políticas Públicas..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (8) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Marco Aurélio Chaves Cepik - Coordenador / Jose Miguel Quedi Martins - Integrante / Thiago Borne - Integrante / Felipe Machado - Integrante / Pedro Txai Brancher - Integrante / Josiane Simão Sarti - Integrante / Laura de Castro Quaglia - Integrante / João Arthur da Silva Reis - Integrante / Giovanna Marques Kuele - Integrante / Helena Marcon Terres - Integrante / João Gabriel Burmann - Integrante / Giovana Zucatto - Integrante / Giordano Bruno Ronconi - Integrante.Financiador(es): Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Bolsa.
2014 - 2014
PROREXT-UFRGS - II Seminário Casas de União: Políticas Públicas e Centros Urbanos
Descrição: O evento é uma Ação de Extensão realizada em Florianópolis, SC, no dia 09 de abril de 2014. Terá duas mesas temáticas, que são: (1) Casas de União e Capacidade Estatal: Crise do CME e os Desafios da Integração Regional; (2) Casas de União: Segurança Energética e Segurança Pública..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2014 - 2014
PROREXT-UFRGS - Minicurso EAD Projetos de Pesquisa em Segurança Internacional
Descrição: O projeto visa a formular e ministrar um minicurso utilizando ferramentas de ensino à distância (EAD) para ensinar os fundamentos metodológicos necessários para a elaboração de monografias e artigos científicos no campo de Relações Internacionais..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (8) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Marco Aurélio Chaves Cepik - Coordenador / Thiago Borne - Integrante / Marcelo Mesquita Leal - Integrante / Pedro Txai Brancher - Integrante / Josiane Simão Sarti - Integrante / Gustavo Möller - Integrante / Laura de Castro Quaglia - Integrante / Frederico Licks Bertol - Integrante / Pedro Romero Marques - Integrante / Giovanna Marques Kuele - Integrante / Mariana Chaise - Integrante.
2014 - 2014
SEAD-UFRGS Edital 20 Linha A - Oferta da Disciplina de Segurança Internacional
Descrição: A disciplina de Segurança Internacional apresenta os elementos analíticos básicos para o estudo do uso da força nas Relações Internacionais. Ela é uma disciplina de panorama que expõe os alunos à leitura, reflexão e exercício das possibilidades de usos da força como instrumento de política externa estatal e de outros atores internacionais. Além das ferramentas oferecidas pelo MOODLE, serão utilizados os Objetos de Aprendizagem desenvolvidos de acordo com os Editais UFRGS EAD 09/2007 e 17/2012 (Linhas B e C), a saber: (a) Imagens de Fontes Ostensivas Tratadas Analiticamente; (b) Mapas Temáticos com Legendas Especializadas; (c) Animações em Flash e (d) Vídeos-Aula..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Marco Aurélio Chaves Cepik - Coordenador / Thiago Borne - Integrante / Laura de Castro Quaglia - Integrante / Mariana Chaise - Integrante.Financiador(es): Secretaria de Ensino a Distancia - UFRGS - Bolsa.
2012 - 2016
MDIC-UFRGS - Planejamento Estrategico do MDIC e seu Sistema: Desdobramentos Institucionais e Operacionais
Descrição: O presente projeto tem como objetivo apoiar o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) no desdobramento das diretrizes e estratégias resultantes do Plano Brasil Maior (PBM) e dos Planejamentos Estratégicos do MDIC e de seu Sistema. Mais especificamente, procura-se desdobrar e alinhar as agendas estratégicas sistêmicas desenvolvidas durante os anos de 2011 e 2012, e dar eficiência, eficácia e efetividade à supervisão e coordenação geral das políticas governamentais de desenvolvimento socioeconômico dos sistemas produtivos, comerciais e de serviços. Para tanto, busca-se desenvolver a pesquisa a partir de quatro eixos: (1) desdobramento do planejamento estratégico em indicadores, ações e projetos prioritários; (2) mapeamento e revisão dos processos do MDIC, promovendo diagnósticos e propostas de ajustes na estrutura organizacional; (3) diagnostico e plano de capacitação da força de trabalho do ministério; (4) desenho e implementação da central de monitoramento e avaliação de resultados. Previsão de término: nov/2015.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Marco Aurélio Chaves Cepik - Integrante / Andre Cunha - Integrante / Hélio Henkin - Coordenador / Natasha Pergher - Integrante / Aline Hellmann - Integrante / Eduardo Urbanski Bueno - Integrante / Joana Oliveira de Oliveira - Integrante / Marcelo Mesquita Leal - Integrante / Alejandro German Frank - Integrante / Angela Beatriz Busato Scheffer - Integrante / Claudia Simone Antonello - Integrante / Fernanda Gomes Victor - Integrante / Jose Luis Duarte Ribeiro - Integrante / Leticia Medeiros da Silva - Integrante / Maria Ivanice Vendruscolo - Integrante / Márcia Bianchi - Integrante / Ricardo Augusto Cassel - Integrante / Claudio José Muller - Integrante / Diego Carlin - Integrante / Aline Machado Tavares - Integrante / Ana Claudia Vazquez - Integrante / André Mello - Integrante / Ariel Behr - Integrante / Bernardo Sfredo Miorano - Integrante / Camila Zanon Bussolar - Integrante / Celso Fritsch - Integrante / Claudia Medianeira Cruz Rodrigues - Integrante / Diogo Joel Demarco - Integrante / Everton da Silveira Farias - Integrante / Fernanda Garbin - Integrante / Fernando Preusser - Integrante / Guilherme Cardoso Soares - Integrante / Henrique Pigozzo da Silva - Integrante / Hugo Fridolino Muller Neto - Integrante / Isaac da Silva Torres - Integrante / Isabel Pereira - Integrante / Isadora Cidade Mariano - Integrante / Liza Bastos Bischoff - Integrante / Marcelo Cortimiglia - Integrante / Marcelo Eduardo Cardoso - Integrante / Marcia dos Santos Ramos - Integrante / Matheus Sena Poppl - Integrante / Ricardo Fagundes Leães - Integrante / Roberta Cristina Sawitzki - Integrante / Rodolfo Reinaldo Hermes Petter - Integrante / Romulo Tevah - Integrante / William Prigol Lopes - Integrante.Financiador(es): Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior - Outra.
Número de produções C, T & A: 10 / Número de orientações: 3
2012 - 2013
SEAD-UFRGS - Edital 18 Linha C - Objetos Aprendizagem e Análise de Políticas Públicas
Descrição: Propõem-se à elaboração de três tipos de Objetos de Aprendizagem, a saber: (1) Imagens de Fontes Ostensivas Tratadas Analiticamente; (2) Mapas Temáticos com Legendas Especializadas; (3) Animaçõs em Flash e Video-Aulas. Os Objetos de Aprendizagem fornecerão ao usuário experiências individuais a partir das quais estes poderão modificar e intervir na informação recebida de maneira uni ou bidimensional. Este processo garantirá maior eficiência ao desenvolvimento cognitivo do estudante, ao invés da passividade presente nos métodos tradicionais de ensino..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Marco Aurélio Chaves Cepik - Coordenador / Thiago Borne - Integrante / Ana Júlia Possamai - Integrante / Aline Hellmann - Integrante / Marcelo Mesquita Leal - Integrante / Matheus Machado Hoscheidt - Integrante / Bruno Quevedo Sivelli - Integrante.Financiador(es): Secretaria de Educação a Distância UFRGS - Bolsa.
2012 - 2013
FDRH-UFRGS - Curso Extensao Monitoramento Avaliação Políticas Públicas
Descrição: Contrato que possui o objetivo geral de qualificar os profissionais da gestão pública através de três cursos de extensão ministrados junto a FDRH, no âmbito do Projeto Escola do Governo do Estado do Rio Grande do Sul, intitulados ?Estado e Políticas Públicas de Segurança?, ?Monitoramento e Avaliação de Políticas Públicas? e Segurança Pública e Cidadania?..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Marco Aurélio Chaves Cepik - Coordenador / Ana Júlia Possamai - Integrante / Aline Hellmann - Integrante / Klei Medeiros - Integrante / Ligia Mori Madeira - Integrante.Financiador(es): Fundação para o Desenvolvimento de Recursos Humannos - Cooperação.
Número de produções C, T & A: 4
2012 - 2013
SEAD-UFRGS - Edital 18 Linha B - Ensino a Distância e Relações Internacionais
Descrição: O objetivo geral deste projeto é dar uma resposta estruturada e embasada acerca do uso de novas tecnologias educacionais aplicadas ao campo das Relações Internacionais, levando em conta tanto as características epistemológicas e demandas informacionais específicas desse campo científico quanto as mais recentes descobertas da teoria pedagógica..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Marco Aurélio Chaves Cepik - Coordenador / Thiago Borne - Integrante / Pedro Txai Brancher - Integrante / Airton Gregório Martins - Integrante / Matheus Machado Hoscheidt - Integrante.Financiador(es): Secretaria de Educação a Distância UFRGS - Bolsa.
2010 - 2013
SERPRO-MP-UFRGS - Especialização Engenharia de Software e Requisitos
Descrição: O objetivo específico do curso é proporcionar a estes profissionais uma oportunidade de conhecer e aplicar novos conceitos, métodos, técnicas e ferramentas, como meio de propiciar aumento da qualidade dos serviços prestados, em particular no que tange às áreas mencionadas, visando o atendimento das demandas crescentes de gerência, desenvolvimento e manutenção de sistemas pelo SERPRO.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Marco Aurélio Chaves Cepik - Integrante / Luiza Schneider - Integrante / diego canabarro - Integrante / Ana Júlia Possamai - Integrante / Aline Hellmann - Integrante / Marjorie da Nóbrega Stadnik Berdún - Integrante / Athos Munhoz Moreira da Silva - Integrante / Klei Medeiros - Integrante / Marcelo Soares Pimenta - Integrante / Carla Maria Dal Sasso Freitas - Coordenador.Financiador(es): Universidade Cooperativa - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 15 / Número de orientações: 8
2008 - 2009
PROREXT-UFRGS - Curso Introdução à Segurança Energética
Descrição: Analisar o problema da Segurança Energética no mundo atual, avaliando os diferentes tipos de impacto para a Política Internacional. Partindo de uma análise do papel da Segurança Energética no modelo de economia industrial contemporânea, serão avaliados os principais conflitos internacionais pelo controle de recursos energéticos ao longo do século XX, até a presente década, incluindo uma breve avaliação do papel da energia para indústria e na logística dos transportes nos períodos de guerra e paz. A discussão dos limites estruturais do atual modelo energético global, assentado nos hidrocarbonetos fósseis, deverá auxiliar na discussão de cenários de desenvolvimento da atual crise energética global. Os desdobramentos da crise energética nos complexos conflitos armados existentes em países exportadores de petróleo e gás natural, serão analisados em conjunto com as disputas entre as grandes potências pelo controle e segurança do acesso aos recursos energéticos. Por fim serão avaliadas as principais alternativas existentes ou propostas para substituir a base da atual matriz energética global, desde as novas formas de utilização de energia fóssil (liquefação de carvão mineral, areias oleaginosas, xisto betuminoso), passando pelas fontes alternativas de eletricidade (solar, eólica, maremotriz, geotérmica, biodigestão, fusão nuclear e outras em desenvolvimento) e combustíveis como hidrogênio e bio/agrocombustíveis (álcool, óleos vegetais, biodiesel)..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Marco Aurélio Chaves Cepik - Coordenador / Lucas Kerr Oliveira - Integrante / Aline Hellmann - Integrante.
Número de produções C, T & A: 4 / Número de orientações: 2
2007 - 2008
PROREXT-UFRGS - Oficina de Elaboração de Projetos de Pesquisa
Descrição: O objetivo da oficina de elaboração de projetos de pesquisa é transformar áreas de interesse e curiosidade dos participantes em problemas de pesquisa, construindo desenhos de pesquisa consistentes, relevantes e viáveis. Encontro I ? Definindo Temas e Problemas de Pesquisa: Objetivos da pesquisa (descrever, explicar, prescrever) e diferentes modos e finalidades da apresentação de resultados. Motivações individuais e adequações institucionais. Ciência, validação de conhecimentos e programas de pesquisa. O papel das controvérsias teóricas na seleção de temas e problemas de pesquisa. Pesquisa teórica e empírica. Encontro II ? Formulando Hipóteses: Premissas, axiomas e proposições testáveis. Hipóteses como respostas provisórias a problemas. Pesquisas para testar hipóteses ou para gerar novas hipóteses? Verdade como curva assintótica e princípio da falseabilidade. Hipótese alternativa (H1) e hipótese nula (H0). Encontro III ? Especificando Variáveis e Indicadores: Definição operacional de conceitos, extensão e intensidade. Níveis de mensuração (nominal, ordinal, intervalar e razão) e modelagem de relações causais. Unidades de variação (independentes, intervenientes e dependentes), unidades de observação (casos) e unidades de mensuração (indicadores). Tempo e espaço como dimensões relevantes da observação. Encontro IV ? Realizando a Pesquisa e Interpretando os Resultados: Estudos de caso e comparações com N pequeno. Inferência estatística, causalidade e análise multivariada. Mensuração de erros e aumento progressivo de observações. Validade interna e externa dos resultados da pesquisa. Revendo a teoria à luz dos resultados das pesquisas. Ganhos teóricos e relevância prática das pesquisas em Ciências Sociais. Orçamento e ética na pesquisa, dois aspectos negligenciados..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Marco Aurélio Chaves Cepik - Coordenador / Andre Borges - Integrante / Aline Hellmann - Integrante.
Número de produções C, T & A: 6
2007 - 2008
PROREXT-UFRGS - Curso Gestão em Políticas Públicas
Descrição: Conceitos e ferramentas de análise para o desenho, implementação e avaliação de políticas públicas. Encontro I ? Conceitos de política, poder, autoridade, governo, burocracia, grupos de interesse e políticas públicas. Tipologia de políticas públicas e problemas para análise: racionalidade da ação, dilemas de ação coletiva, conexão fins-meios e o problema das maiorias cíclicas. Instituições, processos de institucionalização e critérios para o desenho institucional. Encontro II ? Evolução do Estado moderno e capitalismo. Teorias do Estado: Liberalismo, Marxismo e Teoria das Elites. Funções básicas do Estado: provimento de segurança e bem-estar. Surgimento, evolução e crise dos sistemas de proteção social desde a II Guerra Mundial. A Nova Administração Pública e a agenda contemporânea das políticas públicas: desempenho gerencial, descentralização, empoderamento e participação social. Encontro III ? Dois tipos de políticas públicas: defesa nacional e políticas sociais. Desigualdade, miséria e pobreza como problemas políticos. Justiça distributiva e políticas públicas. Políticas sociais e desigualdade no Brasil, evolução do gasto público federal e impactos sociais. Encontro IV - Avaliação de políticas públicas ao longo dos eixos efetividade e legitimidade. O ciclo de Políticas Públicas. Informações e avaliação de Políticas Públicas. Indicadores de produção, impacto, conseqüências e legitimidade. Recursos humanos como fator crucial. Decisões sobre Continuidade e Finalização de Políticas Públicas..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Marco Aurélio Chaves Cepik - Coordenador / Andre Borges - Integrante / Aline Hellmann - Integrante.
Número de produções C, T & A: 14


Membro de corpo editorial


2018 - Atual
Periódico: URVIO - Revista Latinoamericana de Estudios de Seguridad
2017 - Atual
Periódico: Revista da CGU
2015 - Atual
Periódico: Contexto Internacional (PUCRJ. Impresso)
2014 - Atual
Periódico: Coleção Meira Mattos - Revista das Ciências Militares
2014 - Atual
Periódico: Revista do Serviço Público
2013 - Atual
Periódico: Economic and Political Studies EPS
2012 - Atual
Periódico: Conjuntura Internacional (Belo Horizonte. Online)
2012 - Atual
Periódico: Austral
2010 - Atual
Periódico: Conjuntura Austral
2007 - 2012
Periódico: Revista Argentina Global
2007 - 2009
Periódico: Strategic Evaluation. International Journal of Defence & Conflict Analysis
2003 - 2007
Periódico: IP. Informática Pública
2003 - Atual
Periódico: Teoria & Sociedade (UFMG)
2003 - Atual
Periódico: Revista de Sociologia e Política
2003 - 2012
Periódico: Estudios Político Militares (0717-6392)


Revisor de projeto de fomento


2012 - Atual
Agência de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul
2002 - Atual
Agência de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
2002 - Atual
Agência de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Política Internacional/Especialidade: Segurança Internacional.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Inteligência Governamental.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Governança Digital.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2015
Prêmio CAPES de Tese 2015 Menção Honrosa, CAPES.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
CEPIK, Marco2017CEPIK, Marco. Bosses and Gatekeepers: A Network Analysis of South America?s Intelligence Systems. The International Journal of Intelligence and Counter Intelligence, v. 30, p. 701-722, 2017.

2.
CEPIK, Marco2017CEPIK, Marco; KUELE, G. M. . Intelligence Support to MONUSCO: Challenges to Peacekeeping and Security. The International Journal of Intelligence, Security, and Public Affairs, v. 19, p. 44-68, 2017.

3.
CEPIK, MARCO2017CEPIK, MARCO; MÖLLER, GUSTAVO . National Intelligence Systems as Networks: Power Distribution and Organizational Risk in Brazil, Russia, India, China, and South Africa. Brazilian Political Science Review, v. 11, p. 1-26, 2017.

4.
CEPIK, Marco2017CEPIK, Marco; BRANCHER, P. T. . ESTRUTURA E AGÊNCIA NAS RELAÇÕES INTERNACIONAIS: CONSTRUÇÃO DO ESTADO E A EVOLUÇÃO DO SISTEMA POLÍTICO INTERNACIONAL. Austral: Brazilian Journal of Strategy & International Relations, v. 6, p. 154-189, 2017.

5.
SIMIONATO, G.2017SIMIONATO, G. ; CEPIK, Marco . O conceito de Ataque Global Imediato: premissas equivocadas, consequências perigosas. Carta Internacional, v. 12, p. 5, 2017.

6.
CEPIK, MARCO2016CEPIK, MARCO; LICKS BERTOL, FREDERICO . Defense policy in Brazil: bridging the gap between ends and means?. Defence Studies, v. 16, p. 1-19, 2016.

7.
CEPIK, Marco2016CEPIK, Marco; KUELE, G. M. . Inteligência em Operações de Paz da ONU: Déficit Estratégico, Reformas Institucionais e Desafios Operacionais. DADOS - REVISTA DE CIÊNCIAS SOCIAIS, v. 59, p. 963-993, 2016.

8.
CEPIK, Marco2015CEPIK, Marco; OLIVEIRA, Lucas Kerr ; BRITES, P. . O pré-sal e a segurança do Atlântico Sul: a defesa em camadas e o papel da integração Sul-Americana. Revista da Escola de Guerra Naval, v. 20, p. 139-164, 2015.

9.
CEPIK, Marco2015CEPIK, Marco; CANABARRO, Diego ; BORNE, Thiago . Cyberwar: Clausewitzian Encounters. Space & Defense, v. 08, p. 19-33, 2015.

10.
CEPIK, Marco2015CEPIK, Marco; KUELE, G. M. . Inteligência em Operações de Paz da ONU (1945-2000). Carta Internacional (USP), v. 10, p. 21-38, 2015.

11.
CEPIK, Marco;CEPIK, MARCO2014CEPIK, Marco; AMBROS, Christiano . Intelligence, Crisis, and Democracy: Institutional Punctuations in Brazil, Colombia, South Africa, and India. INTELLIGENCE AND NATIONAL SECURITY, v. 29, p. 523-551, 2014.

12.
CEPIK, Marco;CEPIK, MARCO2014CEPIK, Marco. Origens do Sistema de Inteligência dos Estados Unidos: 1775-1946. Carta Internacional (USP), v. 9, p. 03-18, 2014.

13.
CEPIK, Marco;CEPIK, MARCO2013CEPIK, Marco. A Arte da Guerra em Maquiavel. Ciência Hoje, v. 51, p. 15-17, 2013.

14.
CEPIK, Marco;CEPIK, MARCO2012CEPIK, Marco; AMBROS, Christiano . Explicando falhas de inteligência governamental: fatores histórico-institucionais, cognitivos e políticos. Varia História (UFMG. Impresso), v. 28, p. 79-99, 2012.

15.
CEPIK, Marco;CEPIK, MARCO2012CEPIK, Marco; BORBA, Pedro ; BRANCHER, P. T. . Arábia Saudita e Segurança Regional após as Revoltas no Mundo Árabe. Meridiano 47 (UnB), v. 13, p. 44-49, 2012.

16.
CEPIK, Marco;CEPIK, MARCO2012CEPIK, Marco; BRANCHER, P. T. ; GRANDA, Sebastian . A Colombia e os Desafios para a Integracao Sul-Americana. Conjuntura Austral, v. 03, p. 18-32, 2012.

17.
CEPIK, Marco;CEPIK, MARCO2011CEPIK, Marco; PITT. Romulo . A Índia e a Segurança Regional após Abbottabad. Conjuntura Austral, v. 1, p. 2, 2011.

18.
CEPIK, Marco;CEPIK, MARCO2011CEPIK, Marco. A política da cooperação espacial chinesa: contexto estratégico e alcance internacional. Revista de Sociologia e Política (UFPR. Impresso), v. 19, p. 81-104, 2011.

19.
CEPIK, Marco;CEPIK, MARCO2011CEPIK, Marco; SOUSA, Romulo Paes de . A Politica Externa Brasileira e a Cooperacao Internacional em Saude no Comeco do Governo Lula. Século XXI : revista de relações internacionais / Escola Superior de Propaganda e Marketing do Rio Grande do Sul., v. 02, p. 109-134, 2011.

20.
CEPIK, Marco;CEPIK, MARCO2011CEPIK, Marco; ARTURI, Carlos . Tecnologias de informação e integração regional: desafios institucionais para a cooperação Sul-Americana na área de segurança. Dados (Rio de Janeiro. Impresso), v. 54, p. 651-692, 2011.

21.
CEPIK, Marco;CEPIK, MARCO2011CEPIK, Marco; MACHADO, Felipe . O Comando do Espaço na Grande Estratégia Chinesa: Implicações para a ordem internacional contemporânea. Carta Internacional (USP), v. 06, p. 112-131, 2011.

22.
CEPIK, Marco;CEPIK, MARCO2011CEPIK, Marco; PERGHER, Natasha . A Politica de Integracao Regional da Argentina na Era Kirchner. Conjuntura Austral, v. 03, p. 15-30, 2011.

23.
CEPIK, Marco;CEPIK, MARCO2011CEPIK, Marco; BORBA, Pedro . Crime organizado, estado e segurança internacional. Contexto Internacional (PUCRJ. Impresso), v. 33, p. 375-405, 2011.

24.
CEPIK, Marco;CEPIK, MARCO2010CEPIK, Marco; BORBA, Pedro . Brasil e Colômbia: Desafios para a Cooperação após Uribe. Cadernos ADENAUER (São Paulo), v. XI, p. 77-97, 2010.

25.
CEPIK, Marco;CEPIK, MARCO2010CEPIK, Marco; SCHNEIDER, Luiza . O papel da Etiopia no Chifre da Africa: uma potencia regional capaz de impor a paz?. Conjuntura Austral, v. 1, p. 3, 2010.

26.
CEPIK, Marco;CEPIK, MARCO2009CEPIK, Marco; AVILA, Fabrício ; MARTINS, Jose Miguel Quedi . Armas estratégicas e poder no sistema internacional: o advento das armas de energia direta e seu impacto potencial sobre a guerra e a distribuição multipolar de capacidades. CONTEXTO INTERNACIONAL (PUCRJ. IMPRESSO), v. 31, p. 49-83, 2009.

27.
CEPIK, Marco;CEPIK, MARCO2009CEPIK, Marco; JORNADA, Helena ; SCHNEIDER, Luiza . Globalização e Corrupção. Meridiano 47 (UnB), v. 103, p. 29-31, 2009.

28.
CEPIK, Marco;CEPIK, MARCO2009CEPIK, Marco; AMBROS, Christiano . Os Servicos de Inteligencia no Brasil. Ciência Hoje, v. 45, p. 28-33, 2009.

29.
CEPIK, Marco;CEPIK, MARCO2005CEPIK, Marco. Regime político e sistema de inteligência no Brasil: legitimidade e efetividade como desafios institucionais. DADOS-REVISTA DE CIENCIAS SOCIAIS, Rio de Janeiro, v. 48, n.01, p. 67-113, 2005.

30.
CEPIK, Marco;CEPIK, MARCO2003CEPIK, Marco; ANTUNES, P. . Brazil's New Intelligence System: An Institutional Assessment. The International Journal of Intelligence and Counter Intelligence, Nova York - NY, v. 16, n.2, p. 349-373, 2003.

31.
CEPIK, Marco;CEPIK, MARCO2003CEPIK, Marco; FARIA, C. A. P. . Brasil y América Latina: bolivarismos antiguos y modernos. Análisis Político (Bogotá), Bogota, v. 49, n.1, p. 63-82, 2003.

32.
CEPIK, MARCO2003CEPIK, MARCO. Sistemas nacionais de intelig?ncia: origens, l?gica de expans?o e configura??o atual. Dados (Rio de Janeiro. Impresso), v. 46, p. 75-127, 2003.

33.
CEPIK, Marco;CEPIK, MARCO2002CEPIK, Marco. Serviços de inteligência na era da informação?. REVISTA DE SOCIOLOGIA E POLÍTICA (UFPR. IMPRESSO), Curitiba - PR, n.junho 2002, p. 153-155, 2002.

34.
CEPIK, Marco;CEPIK, MARCO2002CEPIK, Marco. Novo institucionalismo e agências de segurança nacional. REVISTA BRASILEIRA DE CIÊNCIAS SOCIAIS (IMPRESSO), Sao Paulo - SP, v. 17, n.48, p. 209-211, 2002.

35.
CEPIK, Marco;CEPIK, MARCO2002CEPIK, Marco. Inteligência e Políticas Públicas. Security and Defense Studies Review, Washington - DC, v. 04, n.01, p. 21-45, 2002.

36.
CEPIK, Marco;CEPIK, MARCO2001CEPIK, Marco. Segurança Nacional e Controle Público: Limites dos Mecanismos Institucionais Existentes. Contexto Internacional (PUCRJ. Impresso), Rio de Janeiro - RJ, v. 23, n.02, p. 295-359, 2001.

37.
CEPIK, Marco;CEPIK, MARCO2001CEPIK, Marco. Segredos Públicos: Um Dilema para a Democracia. Insight Inteligência (Rio de Janeiro), Rio de Janeiro - RJ, v. 14, n.0, p. 148-155, 2001.

38.
CEPIK, Marco;CEPIK, MARCO2001CEPIK, Marco. Do Estado Nacional ao Império Mundial?. Sociedade em Debate (UCPel), Pelotas - RS, v. 07, n.01, p. 03-30, 2001.

39.
CEPIK, Marco;CEPIK, MARCO2001CEPIK, Marco. Segurança Nacional e Segurança Humana: Problemas Conceituais e Consequências Políticas. Security and Defense Studies Review, Washington - DC, v. 01, n.01, p. 01-19, 2001.

40.
CEPIK, Marco;CEPIK, MARCO2001CEPIK, Marco; EISENBERG, J. M. ; EKLUND, M. S. . Desenhos Institucionais em Informática Pública: Estudo Comparativo em Quatro Cidades Brasileiras. IP. Informática Pública, Belo Horizonte - MG, v. 03, n.02, p. 47-72, 2001.

41.
CEPIK, Marco;CEPIK, MARCO2000CEPIK, Marco. Direito à Informação: Situação Legal e Desafios. IP. Informática Pública, Belo Horizonte - MG, v. 02, n.02, p. 43-56, 2000.

42.
CEPIK, Marco;CEPIK, MARCO1999CEPIK, Marco. Para uma Sociologia Histórica das Revoluções Modernas. Teoria & Sociedade (UFMG), Belo Horizonte - MG, v. 03, p. 129-162, 1999.

43.
CEPIK, Marco;CEPIK, MARCO1997CEPIK, Marco. Inteligencia, Politica e Poder no Estado Contemporaneo - Resenha do livro de Michael Herman (1996). Revista de Sociologia e Política (UFPR. Impresso), Curitiba - PR, v. 09, n.1997, p. 193-196, 1997.

44.
CEPIK, Marco;CEPIK, MARCO1996CEPIK, Marco. Sociologia das Revoluções Modernas: Uma Revisão da Literatura Norte Americana. BIB Revista Brasileira de Informacao Bibliografica em Ciencias Sociais, Rio de Janeiro - RJ, v. 42, p. 59-109, 1996.

45.
CEPIK, Marco;CEPIK, MARCO1995CEPIK, Marco. Estrutura e Ação na Sociologia das Revoluções Modernas: Skocpol & Tilly. Anos 90 (UFRGS), Porto Alegre - RS, v. 04, p. 153-178, 1995.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
CEPIK, Marco; CANABARRO, Diego (Org.) . Governança de TI: transformando a administração pública no Brasil. 2. ed. Porto Alegre: Editora UFRGS, 2014. v. 1. 220p .

2.
BRANDAO, Priscila (Org.) ; CEPIK, Marco (Org.) . Inteligência de Segurança Pública: Teoria e Prática no Controle da Criminalidade. 1. ed. Niterói: Impetus, 2013. v. 1. 377p .

3.
CEPIK, Marco. Inteligência Governamental: Contextos Nacionais e Desafios Contemporâneos. 01. ed. Niteroi: Impetus, 2011. v. 01. 317p .

4.
VIZENTINI, Paulo ; CEPIK, Marco ; PEREIRA, Analucia D. . G3 - Forum de Dialogo IBAS. 01. ed. Curitiba: Jurua, 2011. v. 01. 178p .

5.
CEPIK, Marco. Seguranca Internacional: praticas, conceitos, tendencias. 1. ed. Sao Paulo: HUCITEC, 2010. v. 01. 280p .

6.
CEPIK, Marco; CANABARRO, Diego (Org.) . Governança de TI. Transformando a Administração Pública no Brasil. 1. ed. Porto Alegre: WS Editor, 2010. v. 1. 205p .

7.
CEPIK, Marco. América do Sul: Economia e Política da Integração Regional. 1. ed. Porto Alegre: UFRGS, 2008. v. 1. 157p .

8.
CEPIK, Marco; RAMIREZ, Socorro (Org.) . Agenda de Seguridad Andino-Brasilena: primeras aproximaciones. 1. ed. Bogota: IEPRI-FESCOL, 2005. v. 1. 517p .

9.
CEPIK, Marco; MARTINS, Jose Miguel Quedi . Politica Internacional. 1. ed. Belo Horizonte: Editora Newton Paiva, 2004. v. 01. 120p .

10.
CEPIK, Marco. Espionagem e Democracia. 1. ed. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2003. v. 1. 259p .

11.
CEPIK, Marco; EISENBERG, J. M. (Org.) . Internet e Política: Teoria e Prática da Democracia Eletrônica. 1. ed. Belo Horizonte - MG: Editora da UFMG, 2002. v. 1. 315p .

Capítulos de livros publicados
1.
CEPIK, Marco. Estado. In: Rosa Castilhos Fernandes; Aline Hellmann. (Org.). Dicionário Crítico de Assistência Social. 01ed.Porto Alegre: Editora UFRGS, 2016, v. 01, p. 101-103.

2.
CEPIK, Marco; AMBROS, Christiano . Intelligence, Crisis, and Democracy: Institutional Punctuations in Brazil, Colombia, South Africa, and India. In: Peter Gill; Michael Andregg. (Org.). Democratization of Intelligence. 01ed.New York - NY: Routledge, 2015, v. 01, p. 123-151.

3.
CEPIK, Marco; CANABARRO, Diego ; POSSAMAI, Ana Júlia . Do Novo Gerencialismo a Era da Governanca Digital. In: CEPIK, Marco; CANABARRO, Diego. (Org.). Governança de TI. Transformando a Administração Pública no Brasil. 1ed.Porto Alegre: Editora UFRGS, 2014, v. 1, p. 11-35.

4.
CEPIK, Marco; CANABARRO, Diego ; POSSAMAI, Ana Júlia . A Institucionalizacao do SISP e a Era Digital no Brasil. In: CEPIK, Marco; CANABARRO, Diego. (Org.). Governança de TI. Transformando a Administração Pública no Brasil. 2ed.Porto Alegre: Editora UFRGS, 2014, v. 1, p. 37-78.

5.
CEPIK, Marco; CANABARRO, Diego ; POSSAMAI, Ana Júlia ; SEBBEN, Fernando . Desafios da TI no Governo Federal. A percepcao dos Gestores. In: CEPIK, Marco; CANABARRO, Diego. (Org.). Governança de TI. Transformando a Administração Pública no Brasil. 2ed.Porto Alegre: Editora UFRGS, 2014, v. , p. 150-167.

6.
CEPIK, Marco; CANABARRO, Diego ; POSSAMAI, Ana Júlia ; SEBBEN, Fernando . Alinhando TI e Politicas Publicas. Quatro Temas Prioritarios. In: CEPIK, Marco; CANABARRO, Diego. (Org.). Governança de TI. Transformando a Administração Pública no Brasil. 2ed.Porto Alegre: Editora UFRGS, 2014, v. , p. 168-181.

7.
CEPIK, Marco; CANABARRO, Diego ; BORNE, Thiago . Securitização do Ciberespaço e o Terrorismo: Uma Abordagem Crítica. In: Andréde Mello e Souza; Reginaldo Mattar Nasser; Rodrigo Fracalossi de Moraes. (Org.). Do 11 de setembro de 2001 à guerra ao terror: reflexões sobre o terrorismo no século XXI. 1ed.Brasília: IPEA, 2014, v. 1, p. 162-186.

8.
CEPIK, Marco; MARTINS, Jose Miguel Quedi . Defesa Nacional Antimíssil dos EUA: a lógica da preempção e suas implicações nacionais. In: Carlos Schmidt Arturi. (Org.). Políticas de Defesa, Inteligência e Segurança. 1ed.Porto Alegre: UFRGS, 2014, v. 1, p. 14-47.

9.
CEPIK, Marco; HENKIN, Hélio. ; RIBEIRO, J. L. D. ; FRANK, A. G. ; MULLER, C. J. ; CARLIN, D. . Modelo Integrado de Transformação Institucional (MITI). In: Helio Henkin. (Org.). Modelo Integrado de Transformação Institucional: o caso do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. 1ed.Porto Alegre: UFRGS, 2014, v. 1, p. 27-38.

10.
CEPIK, Marco; JORNADA, Helena . Segurança Internacional: estrutura e risco político em mercados prioritários para o Brasil. In: André Moreira Cunha; Hélio Henkin; Marcos Tadeu Caputi Lélis. (Org.). A Internacionalização do Brasil na Era da Globalização. 01ed.Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2014, v. 01, p. 131-174.

11.
CEPIK, Marco; AMBROS, Christiano . Inteligência de Segurança Pública nos Estados Unidos. In: Priscila Brandão; Marco Cepik. (Org.). Inteligência de Segurança Pública: Teoria e Prática no Controle da Criminalidade. 1ed.Niterói: Impetus, 2013, v. 1, p. 21-50.

12.
CEPIK, Marco; AMBROS, Christiano ; MARQUES, P. R. ; QUAGLIA, L. C. . Listado de Términos de Inteligencia (13 verbetes). In: Antonio Díaz. (Org.). Diccionario LID Inteligengia y Seguridad. 1ed.Madri: LID Editorial, 2013, v. 1, p. 7-329.

13.
CEPIK, Marco. Segurança Internacional: Da Ordem Internacional aos Desafios para a América do Sul e para a CELAC. In: Adrián Bonilla Soria; Isabel Álvarez Echandi. (Org.). Desafíos estratégicos del regionalismo contemporáneo: CELAC e Iberoamérica. 1ed.San José: FLACSO, 2013, v. 1, p. 307-324.

14.
CEPIK, Marco; JORNADA, Helena . Estados Unidos da América: contexto político, política externa e relações com o Brasil. In: Ricardo Dathein. (Org.). Parceiros Estratégicos para a Inserção Internacional do Brasil. 01ed.Porto Alegre: UFRGS, 2012, v. 01, p. 11-21.

15.
CEPIK, Marco; JORNADA, Helena ; BORBA, Pedro . México: segurança, política e relações bilaterais com o Brasil. In: Ricardo Dathein. (Org.). Parceiros Estratégicos para a Inserção Internacional do Brasil - Volume 1 (Américas). 01ed.Porto Alegre: UFRGS, 2012, v. 01, p. 63-72.

16.
CEPIK, Marco; JORNADA, Helena ; BORBA, Pedro . Panamá: Segurança, Política externa e Relações com o Brasil. In: Ricardo Dathein. (Org.). Parceiros Estratégicos para a Inserção Internacional do Brasil - Volume 1 (Américas). 01ed.Porto Alegre: UFRGS, 2012, v. 01, p. 93-99.

17.
CEPIK, Marco; JORNADA, Helena ; BORBA, Pedro . Argentina: Segurança, Política e Relações Bilaterais com o Brasil. In: Ricardo Dathein. (Org.). Parceiros Estratégicos para a Inserção Internacional do Brasil - Volume 1 (Américas). 01ed.Porto Alegre: UFRGS, 2012, v. 01, p. 141-152.

18.
CEPIK, Marco; JORNADA, Helena . Chile: Segurança, Política Externa e Relações Bilaterais com o Brasil. In: Ricardo Dathein. (Org.). Parceiros Estratégicos para a Inserção Internacional do Brasil - Volume 1 (Américas). 01ed.Porto Alegre: UFRGS, 2012, v. 01, p. 169-174.

19.
CEPIK, Marco; JORNADA, Helena . Colômbia: Segurança, Política Externa e Relações Bilaterais com o Brasil. In: Ricardo Dathein. (Org.). Parceiros Estratégicos para a Inserção Internacional do Brasil - Volume 1 (Américas). 01ed.Porto Alegre: UFRGS, 2012, v. 01, p. 195-203.

20.
CEPIK, Marco; JORNADA, Helena . Peru: Segurança, Política Externa e Relações Bilaterais com o Brasil. In: Ricardo Dathein. (Org.). Parceiros Estratégicos para a Inserção Internacional do Brasil - Volume 1 (Américas). 01ed.Porto Alegre: UFRGS, 2012, v. 01, p. 219-228.

21.
CEPIK, Marco; JORNADA, Helena ; MACHADO, Felipe ; BORBA, Pedro . China: Segurança, Política externa e Relações Bilaterais com o Brasil. In: Ricardo Dathein. (Org.). Parceiros Estratégicos para a Inserção Internacional do Brasil - Volume 2 (Ásia, África e Europa). 01ed.Porto Alegre: UFRGS, 2012, v. 02, p. 13-29.

22.
CEPIK, Marco; JORNADA, Helena . Angola: Segurança, Política externa e Relações Bilaterais com o Brasil. In: Ricardo Dathein. (Org.). Parceiros Estratégicos para a Inserção Internacional do Brasil - Volume 2 (Ásia, África e Europa). 01ed.Porto Alegre: UFRGS, 2012, v. 02, p. 197-204.

23.
CEPIK, Marco; JORNADA, Helena . Emirados Árabes Unidos: Segurança, Política externa e Relações Bilaterais com o Brasil. In: Ricardo Dathein. (Org.). Parceiros Estratégicos para a Inserção Internacional do Brasil - Volume 2 (Ásia, África e Europa). 01ed.Porto Alegre: UFRGS, 2012, v. 02, p. 245-251.

24.
CEPIK, Marco; JORNADA, Helena . Rússia: Segurança, Política externa e Relações Bilaterais com o Brasil. In: Ricardo Dathein. (Org.). Parceiros Estratégicos para a Inserção Internacional do Brasil - Volume 2 (Ásia, África e Europa). 01ed.Porto Alegre: UFRGS, 2012, v. 02, p. 297-303.

25.
CEPIK, Marco. Seguranca Regional e Integracao na America do Sul. In: Marco Cepik. (Org.). Seguranca Internacional: praticas, conceitos, tendencias. 01ed.Sao Paulo: HUCITEC, 2010, v. 01, p. 43-91.

26.
CEPIK, Marco; SCHNEIDER, Luiza . Kenneth Waltz. In: Marcelo Medeiros; Marcos Costa Lima; Rafael Villa; Rossana Rocha Reis. (Org.). Os Classicos das Relacoes Internacionais. 01ed.Sao Paulo: HUCITEC, 2010, v. 01, p. 84-109.

27.
CEPIK, Marco; SCHNEIDER, Luiza . Defesa e Seguranca na Africa do Sul Contemporanea. In: Paulo Visentini; Analucia Pereira. (Org.). Africa do Sul: Historia, Estado e Sociedade. 1ed.Brasilia: FUNAG, 2010, v. 01, p. 185-206.

28.
CEPIK, Marco. Combate ao Terrorismo e Estado no Brasil: avaliacao critica e sugestoes preliminares. In: Monica Herz; Athur Bernardes do Amaral. (Org.). Terrorismo e Relacoes Internacionais. 01ed.Rio de Janeiro: Loyola / PUC-Rio, 2010, v. 01, p. 121-145.

29.
BARROS, Alejandro ; CEPIK, Marco ; CANABARRO, Diego . Para alem da e-PING: o desenvolvimento de uma plataforma de interoperabilidade de e-Servicos no Brasil. In: MESQUITA. Claudia do Socorro; BRETAS, Nazare Lopes. (Org.). Panorama da Interoperabilidade no Brasil. 0ed.Brasilia: MP/SLTI, 2010, v. 1, p. 137-157.

30.
CEPIK, Marco. Seguranca Regional, Instituicoes de Defesa e Capacidades Militares nos Paises do Forum IBAS: India, Africa do Sul e Brasil em Perspectiva Comparada. In: Paulo Visentini; Marco Cepik; Analucia Pereira. (Org.). G3 - Forum de Dialogo IBAS. 1ed.Curitiba: Juruá, 2010, v. , p. 63-149.

31.
CEPIK, Marco. Regional Security and Integration in South America: UNASUR, OSCE, and SCO. In: Roger Kanet. (Org.). The United States and Europe in a Changing World. 1ed.Dordrecht: Republic of Letters, 2009, v. 1, p. 229-251.

32.
CEPIK, Marco. Segurança Nacional e Cooperação Sul-Sul: Índia, Brasil e África do Sul. In: Maria Regina Soares de Lima; Mônica Hirst. (Org.). Brasil, Índia e África do Sul: desafios e oportunidades para novas parcerias. 1ed.Rio de Janeiro: Paz&Terra, 2009, v. 1, p. 63-118.

33.
CEPIK, Marco; CUNHA, Andre . O Estudo das Relações Econômicas Internacionais na UFRGS. In: Geronimo Moscardo. (Org.). Pesquisas em Relações Econômicas Internacionais. 1ed.Brasília: FUNAG, 2009, v. 1, p. 47-78.

34.
CEPIK, Marco; BRUNEAU, Thomas . Brazil: national culture of intelligence. In: Stuart Farson; Peter Gill; Mark Phythian; Shlomo Shpiro. (Org.). PSI Handbook oh Global Security and Intelligence. 1ed.: Praeger Security International, 2008, v. 1, p. 112-129.

35.
CEPIK, Marco. Structural Change and Democratic Control of Intelligence in Brazil. In: Thomas Bruneau; Steven Boraz. (Org.). Reforming Intelligence: Obstacles to Democratic Control and Effectiveness. 01ed.Austin-TX: University of Texas Press, 2007, v. 01, p. 149-169.

36.
CEPIK, Marco. Inteligência de Segurança Pública em Seis Países: Mandatos Legais e Estrutura Organizacional. In: RATTON Jr, Jose Luiz; BARROS, Marcelo. (Org.). Po´licia, Democracia e Sociedade. 01ed.Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2006, v. 01, p. 101-149.

37.
CEPIK, Marco; BONILLA, Adrian . Seguridad Andino-Brasilena: conceptos, actores y debates. In: Socorro Ramirez; Marco Cepik. (Org.). Agenda de Seguridad Andino Brasilena. 01ed.Bogota: IEPRI-FESCOL, 2005, v. 01, p. 37-94.

38.
FARIA, Carlos Aurélio Pimenta de ; CEPIK, Marco . O Bolivarismo dos Antigos e o Bolivarismo dos Modernos: o Brasil e a América Latina na década de 1990. In: Jorge Ferreira; Lucilia Neves. (Org.). História do Brasil Republicano. 1ed.Rio de Janeiro - RJ: Civilização Brasileira, 2003, v. 4, p. 349-389.

39.
CEPIK, Marco; ANTUNES, Priscila Brandão . The Professionalization of Intelligence in Brazil: career path, knowledge and cultural values. In: Russell Swenson; Susana Lemozy. (Org.). Intelligence Professionalism in the Americas. 1ed.Washington - D.C.: JMIC / NDU Press, 2003, v. 1, p. 109-154.

40.
CEPIK, Marco. Inteligência Militar. In: Aldo Rebelo; Luis Fernandes. (Org.). Política de Defesa para o Século XXI. 1ed.Brasília: Câmara dos Deputados, 2003, v. 1, p. 132-145.

41.
CEPIK, Marco; EISENBERG, J. M. . Internet e Instituições Políticas Semi-Periféricas. In: Marco Aurélio Chaves Cepik; José Monroe Eisenberg. (Org.). Internet e Política: Teoria e Prática da Democracia Eletrônica. 1ed.Belo Horizonte: Editora da UFMG, 2002, v. 1, p. 293-314.

42.
CEPIK, Marco; FREY, K. ; EISENBERG, J. M. . O Acesso à Informação. In: Bruno Speck. (Org.). Caminhos da Transparência. 1ed.Campinas - SP: Editora da Unicamp, 2002, v. 01, p. 378-408.

43.
CEPIK, Marco. Liberdade Convencional em Rousseau. In: Antonio Mitre. (Org.). Ensaios de Teoria e Filosofia Politica: Homenagem ao Professor Carlos Baesse. 1ed.Belo Horizonte-MG: DCP UFMG, 1994, v. 1, p. 33-47.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
CEPIK, Marco; AVILA, Fabrício ; MARTINS, Jose Miguel Quedi . Escudo Antimíssil EUA e Resposta Russa. Radar do Sistema Internacional, internet, 01 ago. 2007.

2.
CEPIK, Marco; OLIVEIRA, Lucas Kerr . Petróleo e Conflitos na Nigeria. Radar do Sistema Internacional, internet, 01 jul. 2007.

3.
CEPIK, Marco; OLIVEIRA, Lucas Kerr . Petróleo e Guerra Civil no Sudão. Radar do Sistema Internacional, 01 jun. 2007.

4.
CEPIK, Marco; OLIVEIRA, Lucas Kerr . Petróleo e Segurança na África. Radar do Sistema Internacional, 01 maio 2007.

5.
CEPIK, Marco. Resenha: Behera, Navnita. State, People and Security: The South Asian Context. Radar do Sistema Internacional, 30 jan. 2007.

6.
CEPIK, Marco. Resenha: Gill, Peter et al. Intelligence in an Insecure World. Radar do Sistema Internacional, 15 jan. 2007.

7.
CEPIK, Marco; CARRA, Marcos . Nacionalizacao na Bolivia e Desafios da America do Sul. OPSA - Observatorio Politico da America do Sul, Rio de Janeiro, 10 maio 2006.

8.
CEPIK, Marco. Seguranca na America do Sul: tracos estruturais e conjuntura. Analise de Conjuntura OPSA, Rio de Janeiro, , v. 1, p. 1 - 11, 15 ago. 2005.

9.
DINIZ, Eugênio ; CEPIK, Marco ; PROENÇA JR, Domicio . A Área de Inteligência no Novo Governo. Jornal O Globo, Rio de Janeiro, , v. 1, p. 03 - 03, 09 jan. 2003.

10.
PROENÇA JR, Domicio ; DINIZ, Eugênio ; CEPIK, Marco ; DUARTE, Érico . Que falta faz um projeto para as forças armadas. Jornal O Estado de são Paulo, Sao Paulo, , v. 1, p. 03 - 03, 03 jan. 2003.

11.
CEPIK, Marco. Lazos Andinos con Brasil. UN Periódico, Bogota, , v. 1, p. 12 - 13, 02 nov. 2002.

12.
CEPIK, Marco. Brasil y el Plan Colombia: notas sobre la diplomacia presidencial. Boletim de Analise de Conjuntura Politica, Belo Horizonte-MG, 04 abr. 2002.

13.
CEPIK, Marco. Terrorismo, Inteligencia y Brasil. Argentina Global, 02 dez. 2001.

14.
CEPIK, Marco. Contra-Terrorismo como Guerra de Coalizão: Riscos Sistêmicos. Boletim de Análise de Conjuntura Política, Belo Horizonte-Minas Gerais, 30 set. 2001.

15.
CEPIK, Marco; EISENBERG, J. M. . Barreira Digital e Desigualdades Sociais. Boletim de Análise de Conjuntura Política, Belo Horizonte-Minas Gerais, 30 ago. 2001.

16.
CEPIK, Marco. O Acordo Sino-Russo e a Defesa Anti-Misseis dos EUA. Boletim de Análise de Conjuntura Política, Belo Horizonte-Minas Gerais, 01 ago. 2001.

17.
CEPIK, Marco. A Guerra da Coreia Terminou?. Boletim de Análise de Conjuntura Política, Belo Horizonte-Minas Gerais, 31 maio 2000.

18.
CEPIK, Marco. E agora Taiwan?. Boletim de Análise de Conjuntura Política, Belo Horizonte-Minas Gerais, 31 mar. 2000.

19.
CEPIK, Marco. Russia: Uma Transição Quase à Brasileira. Boletim de Análise de Conjuntura Política, Belo Horizonte-Minas Gerais, 30 jan. 2000.

20.
CEPIK, Marco. Colombia, Amazônia e Regimes Internacionais Assimétricos. Boletim de Análise de Conjuntura Política, Belo Horizonte-Minas Gerais, 01 out. 1999.

21.
CEPIK, Marco. Timor Leste. Boletim de Análise de Conjuntura Política, Belo Horizonte-Minas Gerais, 01 set. 1999.

22.
CEPIK, Marco. Africa Austral: Uma Difícil Transição. Boletim de Análise de Conjiuntura Política, Belo Horizonte-Minas Gerais, 28 ago. 1999.

23.
CEPIK, Marco; ANTUNES, P. . A crise dos grampos e o futuro da ABIN. Boletim de Análise de Conjuntura Política do DCP, Belo Horizonte-Minas Gerais, 30 jun. 1999.

24.
CEPIK, Marco; ANTUNES, P. . Para Além dos Grampos: O que se quer da ABIN. Jornal O Globo, 05 jun. 1999.

25.
CEPIK, Marco; FARIA, Carlos Aurélio Pimenta de . OTAN para quê?. Boletim de Análise de Conjuntura Política, Belo Horizonte-Minas Gerais, 28 maio 1999.

26.
CEPIK, Marco; MARTINS, Jose Miguel Quedi . Europa, Estados Unidos e a Crise nos Bálcãs. Boletim de Análise de Conjuntura Política do DCP, Belo Horizonte - Minas Gerais, 30 abr. 1999.

27.
CEPIK, Marco. Guerra na Iugoslávia. Boletim de Análise de Conjuntura Política do DCP, Belo Horizonte-Minas Gerais, 31 mar. 1999.

28.
CEPIK, Marco; MARTINS, Jose Miguel Quedi . O Brasil no Centro da Crise Internacional. Boletim de Análise de Conjuntura Política do DCP, Belo Horizonte-Minas Gerais, 29 jan. 1999.

29.
CEPIK, Marco; MARTINS, Jose Miguel Quedi . União Européia: O Futuro da Centro-Esquerda. Boletim de Análise de Conjuntura Política do DCP, Belo Horizonte-Minas Gerais, 28 dez. 1998.

30.
CEPIK, Marco; MARTINS, Jose Miguel Quedi . O Contexto Internacional do Pacote Brasileiro. Boletim de Análise de Conjuntura Política, Belo Horizonte-Minas Gerais, 28 nov. 1998.

31.
CEPIK, Marco. O Homem que não falava Javanês.. O Tempo, Belo Horizonte, 02 set. 1997.

32.
CEPIK, Marco. Governo Mundial ?. O Tempo, Belo Horizonte, 25 ago. 1997.

33.
CEPIK, Marco. De Jerusalém a Damasco. O Tempo, Belo Horizonte, 19 ago. 1997.

34.
CEPIK, Marco. Paz no Oriente Médio ?. O Tempo, Belo Horizonte, 10 ago. 1997.

35.
CEPIK, Marco. Uma Bósnia Russa ?. O Tempo, Belo Horizonte, 05 ago. 1997.

36.
CEPIK, Marco. Just China. O Tempo, Belo Horizonte, 25 jul. 1997.

37.
CEPIK, Marco. Narcotráfico Globalizado. O Tempo, Belo Horizonte, 09 jul. 1997.

38.
CEPIK, Marco. De Hong Kong a Pequim. O Tempo, 02 jul. 1997.

39.
CEPIK, Marco. Fora Fujimori. O Tempo, Belo Horizonte, 26 jun. 1997.

40.
CEPIK, Marco. Segurança Européia. O Tempo, Belo Horizonte, 16 jun. 1997.

41.
CEPIK, Marco. Cuba: yankees go home?. O Tempo, Belo Horizonte, 12 jun. 1997.

42.
CEPIK, Marco. Para onde foi o KGB ?. O Tempo, Belo Horizonte, 04 jun. 1997.

43.
CEPIK, Marco. A Rússia e a OTAN. O Tempo, Belo Horizonte, 20 maio 1997.

44.
CEPIK, Marco. Quem se Importa com a África. O Tempo, Belo Horizonte, , v. 1, p. 03 - 03, 08 maio 1997.

45.
CEPIK, Marco. Globalização versus Nacionalismo. O Tempo, Belo Horizonte, 26 abr. 1997.

46.
CEPIK, Marco. A China é um Tigre de Papel?. O Tempo, 24 abr. 1997.

47.
CEPIK, Marco. Demografia e Segurança Internacional. O Tempo, Belo Horizonte, 26 mar. 1997.

48.
CEPIK, Marco. Desordem Internacional. O Tempo, Belo Horizonte, 24 mar. 1997.

49.
CEPIK, Marco. Uma Agenda Global. O Tempo, Belo Horizonte, 04 mar. 1997.

50.
CEPIK, Marco. Globalização Assimétrica: os investimentos externos diretos. O Tempo, Belo Horizonte, 26 fev. 1997.

51.
CEPIK, Marco. Consolidação Democrática na América Latina ?. O Tempo, Belo Horizonte, 25 jan. 1997.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
CANABARRO, Diego ; POSSAMAI, Ana Júlia ; CEPIK, Marco ; PIMENTA, M. S. . Ambientes Informacionais Voltados ao Monitoramento e à Avaliação de Políticas Públicas: construindo capacidade estatal e democracia na Era Digital. In: XVIII Congreso Internacional del CLAD sobre la Reforma del Estado y de la Administración Pública, 2013, Montevidéu. XVIII Congreso Internacional del CLAD sobre la Reforma del Estado y de la Administración Pública, 2013.

2.
CANABARRO, Diego ; BORNE, Thiago ; CEPIK, Marco . Three Controversies on Cyberwar: a Critial Perspective. In: MPSA Annual Conference, 2013, Chicago. MPSA Conference Paper Archive, 2013.

3.
CEPIK, Marco; CANABARRO, Diego ; POSSAMAI, Ana Júlia ; SAMRSLA, Eduardo Z. ; OLIVERA, Andre ; FREITAS, Ilton . Avaliando o Desempenho do Governo Eletrônico no Brasil: o Índice de Qualidade de e-Serviços Governamentais. In: I CONFERÊNCIA W3C WEB, 2009, Sao Paulo. ANAIS DA I CONFERÊNCIA W3C WEB, 2009. v. 1. p. 01-06.

4.
CEPIK, Marco. Adequacao e Preparo Institucional do Brasil para o Enfrentamento da Ameaca Terrorista: Avaliacao Critica e Sugestoes Preliminares. In: O Brasil diante da Ameaca Terrorista, 2004, Brasilia. Anais do II Encontro de Estudos sobre Terrorismo. Brasilia-DF: Gabinete de Seguranca Institucional da Presidencia da Republica, 2004. v. 01. p. 47-77.

5.
CEPIK, Marco. Profissionalização da Atividade de Inteligência: critérios de avaliação e desafios atuais. In: Atividades de Inteligência no Brasil: contribuições para a soberania e a democracia, 2003, Brasilia - DF. Anais do Seminário Atividades de Inteligência no Brasil: contribuições para a soberania e a democracia. Brasilia - DF: ABIN - Congresso Nacional, 2002. v. 1. p. 179-198.

6.
CEPIK, Marco. Informação e Decisão Governamental: Uma Contradição em Termos?. In: Seminario Informacao, Estado e Sociedade, 1997, Curitiba-PR. Informacao, Estado e Sociedade. Curitiba-PR: IMAP - Prefeitura de Curitiba, 1997. v. 1. p. 27-43.

7.
CEPIK, Marco. Serviços de Inteligência: Abordagem Preliminar. In: XVIII Encontro Anual da ANPOCS, 1994, Caxambu. Anais da ANPOCS. São Paulo: ANPOCS, 1994.

8.
CEPIK, Marco. A Arte da Guerra: Sun Tzu e Maquiavel. In: XVI Encontro Anual da ANPOCS, 1992, Caxambu. Anais da ANPOCS. São Paulo: ANPOCS, 1992.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
CEPIK, Marco. Coordinating National Defense Public Policies: Analyzing the Case of Brazil. In: IPPA - 3rd International Conference on Public Policy, 2017, Cingapura. IPPA - 3rd International Conference on Public Policy, 2017.

2.
CEPIK, Marco. Strategic Intelligence: Nuclear Deterrence, Counterterrorism and Peacekeeping. In: ISA - 58th Annual Convention, 2017, Baltimore. ISA - 58th Annual Convention, 2017.

3.
CEPIK, Marco. Democracia Digital: Pesquisa Internacionalizacao. In: COMPOLITICA - 7o Encontro Nacional, 2017, Porto Alegre. COMPOLITICA - 7o Encontro Nacional, 2017.

4.
CEPIK, Marco. Consolidação do Sistema de Inteligência nos Estados Unidos (1947-1961). In: ABCP - 10º Encontro, 2016, Belo Horizonte. ABCP - 10º Encontro, 2016.

5.
CEPIK, Marco. Cooperação Militar e Diplomacia de Defesa. In: ABED - 9º Encontro Nacional, 2016, Florianópolis. ABED - 9º Encontro Nacional, 2016.

6.
CEPIK, Marco. Intelligence in UN Peacekeeping Operations: a case study of MONUSCO. In: IPSA - 24th World Congress of Political Science, 2016, Poznań. IPSA - 24th World Congress of Political Science, 2016.

7.
CEPIK, Marco. National Intelligence Systems as Networks: Brazil, Russia, India, China, and South Africa. In: ISA - 56th Annual Convention, 2015, Nova Orleans. ISA - 56th Annual Convention, 2015.

8.
CEPIK, Marco. Brazilian Defense Policy: Institutions, Doctrine, Budget, and Capabilities. In: FLACSO-ISA Conferencia Conjunta/Joint Conference, 2014, Buenos Aires. FLACSO-ISA Conferencia Conjunta/Joint Conference, 2014.

9.
CEPIK, Marco. Painel de Debates: O Ano Internacional da Avaliação como Instrumento de Promoção da Avaliação em Diversos Países. In: RBMA - VI - Seminário da Rede Brasileira de Monitormaneto e Avaliação, 2014, Porto Alegre. RBMA - VI - Seminário da Rede Brasileira de Monitormaneto e Avaliação, 2014.

10.
CEPIK, Marco. China Space Policy: Implications for Asia, South America and Africa. In: PSS-ISA - Joint Conference, 2013, Budapeste. PSS-ISA - Joint Conference, 2013.

11.
CEPIK, Marco. Órgãos de Controle e Inteligência: desafios da institucionalização. In: ABCP - 8o Encontro Nacional, 2012, Gramado - RS. ABCP - 8o Encontro Nacional, 2012.

12.
CEPIK, Marco. Inteligência Governamental no Século XXI. In: ABED - 6o Encontro Nacional, 2012, São Paulo. ABED - 6o Encontro Nacional, 2012.

13.
CEPIK, Marco. Teoria de Relações Internacionais no Brasil: uma visão crítica. In: ABRI - 1° Seminário Nacional de Pós-Graduação, 2012, Brasília. ABRI - 1° Seminário Nacional de Pós-Graduação, 2012.

14.
CEPIK, Marco. Painel ? Colóquio sobre um Programa de Pesquisa em Governo Eletrônico. In: WCGE - VIII Simpósio Brasileiro de Sistemas de Informação, 2012, São Paulo. WCGE - VIII Simpósio Brasileiro de Sistemas de Informação, 2012.

15.
CEPIK, Marco. China's Space Cooperation. The Politics of a Security Dilemma. In: AAS - Association of Asian Studies Conference, 2011, Honolulu. AAS - Association of Asian Studies Conference, 2011.

16.
CEPIK, Marco. IR Theory in Brazil, China, India and South Africa: a critical appraisal. In: WISC - World International Studies Council - Third Global International Studies Conference, 2011, Porto. WISC - World International Studies Council - Third Global International Studies Conference, 2011.

17.
CEPIK, Marco. Regional Security and Integration in South America: What UNASUR Could Learn form the OSCE and the Shanghai Cooperation Organization. In: LASA XXIX International Congress, 2010, Toronto. LASA XXIX International Congress, 2010.

18.
CEPIK, Marco. National Intelligence Systems as Networks: integration and centralization. In: ECPR - 5th General Conference, 2009, Potsdam. ECPR - 5th General Conference, 2009.

19.
CEPIK, Marco. Intelligence Organizations as Networks: Centrality, Complexity, Legitimacy and Effectiveness in Comparative Perspective. In: ISA - 50th Annual Convention of International Studies Association, 2009, Nova York. ISA - 50th Annual Convention of International Studies Association, 2009.

20.
CEPIK, Marco. Inteligência e Operações de Paz e Segurança da ONU: aspectos organizacionais e políticos. In: LASA - XXVIII International Congress, 2009, Rio de Janeiro. LASA - XXVIII International Congress, 2009.

21.
CEPIK, Marco. Segurança Internacional: desafios para as próximas décadas. In: ABED - II Encontro Nacional da Associacao Brasileira de Estudos de Defesa ? ABED, 2008, Niterói. ABED - II Encontro Nacional da Associacao Brasileira de Estudos de Defesa ? ABED, 2008.

22.
CEPIK, Marco. Digitalização, Estado e Democracia no Brasil. In: CONSEGI - I Congresso Internacional Software Livre e Governo Eletronico, 2008, Brasília. CONSEGI - I Congresso Internacional Software Livre e Governo Eletronico, 2008.

23.
CEPIK, Marco. The Integration of Intelligence in the Interagency Process in Brazil. In: ISA - 49th Annual Convention of International Studies Association, 2008, San Francisco. ISA - 49th Annual Convention of International Studies Association, 2008.

24.
CEPIK, Marco. Regional Security and Integration in South America: What UNASUR could learn from the OSCE and the Shanghai Organization experiences?. In: WISC - II Global International Studies Conference, 2008, Ljubljana. WISC - II Global International Studies Conference, 2008.

25.
CEPIK, Marco. Segurança Mundial: Soberania versus responsabilidade. In: ABRI - 1º Encontro Nacional de Relações Internacionais, 2007, Brasília. ABRI - 1º Encontro Nacional de Relações Internacionais, 2007.

26.
CEPIK, Marco. Seguranca Internacional. In: ABCP - V Encontro da Associacao Brasileira de Ciencia Politica, 2006, Belo Horizonte. ABCP - V Encontro da Associacao Brasileira de Ciencia Politica, 2006.

27.
CEPIK, Marco. Inteligência como Política Pública. In: REDES - Research and Education in Defense and Security, 2002, Brasília. REDES - Research and Education in Defense and Security, 2002.

28.
CEPIK, Marco. Inteligencia y Democracia en las America: Desafios para el Siglo XXI. In: REDES - Research and Education in Defense and Security Studies, 2001, Washington. REDES - Research and Education in Defense and Security Studies, 2001.

29.
CEPIK, Marco. A Inserção Internacional do Brasil: Balanço dos anos 1990 e Perspectivas Futuras. In: ANPOCS - Seminário Temático da Área de Relações Internacionais, 2001, Caxambu. ANPOCS - Seminário Temático da Área de Relações Internacionais, 2001.

Apresentações de Trabalho
1.
CEPIK, Marco. Brazilian Defense Policy: Institutions, Doctrine, Budget, and Capabilities. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

2.
CEPIK, Marco. Fundamentos de Poder na Ordem Internacional Contemporânea: Comando do Espaço, Dissuasão Nuclear, e Digitalização. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

3.
CEPIK, Marco. O Brasil e a Ásia. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

4.
CEPIK, Marco. Contribuições para um Programa de Pesquisa em Governo Eletrônico. 2012. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

5.
CEPIK, Marco. Órgãos de Controle e Inteligência: desafios da institucionalização. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

6.
CEPIK, Marco. Inteligência Governamental no Século XXI. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

7.
CEPIK, Marco. IR Theory in Brazil, China, India and South Africa: a critical appraisal. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
CEPIK, Marco. National Security and South-South Cooperation: India, South Africa and Brazil. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
CEPIK, Marco. Comando do Espaco e Capacidade Dissuasoria: o caso chines e suas implicacoes para a distribuicao internacional de poder. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

10.
CEPIK, Marco. Regional Security and Integration in South America: What UNASUR Could Learn from the OSCE and the Shanghai Cooperation Organization. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

11.
CEPIK, Marco. Diplomacia e Seguranca na Regiao Africana. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

12.
CEPIK, Marco. Metodologias de Pesquisa nos Estudos de Inteligência: Evidências Bibliométricas e o Desafio Comparativo. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
CEPIK, Marco. Intelligence Organizations as Networks: Centrality, Complexity, Legitimacy and Effectiveness in Comparative Perspective. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

14.
CEPIK, Marco; FARIA, Carlos Aurélio Pimenta de ; COUTINHO, Marcelo . A Integração da América do Sul. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
CEPIK, Marco. Modelos de Inteligencia: modelos internacionales. 2009. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

16.
CEPIK, Marco. O Estado e a Função de Inteligência. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

17.
CEPIK, Marco. The Geopolitics of Emerging Regional Powers: Africa, South America, South Asia (Panel). 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

18.
CEPIK, Marco. Formato Institucional do Sistema: a existência de um órgão central. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

19.
CEPIK, Marco. Sistema Brasileiro de Inteligência: discussão e reformulação. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

20.
CEPIK, Marco. National Intelligence Systems as Networks: integration and centralization. 2009. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

21.
CEPIK, Marco. National Intelligence Systems as Networks: integration and centralization. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

22.
CEPIK, Marco. Seguranca Internacional: o caso das armas nucleares. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

23.
CEPIK, Marco. Estudos de Inteligencia: situacao atual e agendas de pesquisa. 2009. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

24.
CEPIK, Marco. Segurança Externa e Proteção Doméstica: os novos desafios. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

25.
CEPIK, Marco. Digitalização, Estado e Democracia no Brasil. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

26.
CEPIK, Marco. The Integration of Intelligence in the Interagency Process in Brazil. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

27.
CEPIK, Marco; AVILA, Fabrício ; MARTINS, Jose Miguel Quedi . Segurança Internacional: desafios para as próximas décadas. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

28.
CEPIK, Marco. Regional Security and Integration in South America: What UNASUR could learn from the OSCE and the Shanghai Organization experiences?. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

29.
CEPIK, Marco. A Democracia na África. 2008. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

30.
CEPIK, Marco. 9º Salão de Extensão da UFRGS. 2008. (Apresentação de Trabalho/Outra).

31.
CEPIK, Marco. Politica Externa dos EUA para a Asia. 2008. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

32.
CEPIK, Marco. Seleção de Teorias em Relações Internacionais na Perspectiva de Imre Lakatos. 2008. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

33.
CEPIK, Marco. O Estado e a Função de Inteligência. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

34.
CEPIK, Marco. Serviço Público e o Cidadão. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

35.
CEPIK, Marco. Desafios de Segurança na América do Sul. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

36.
CEPIK, Marco. O Brasil no contexto das Relações Internacionais. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

37.
CEPIK, Marco. Segurança Mundial: Soberania versus responsabilidade.. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

38.
CEPIK, Marco. Segurança e Guerras na África Subsaariana. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

39.
CEPIK, Marco. Segurança na América Latina, o caso Colombiano. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

40.
CEPIK, Marco. Politica Internacional e Politica Externa: balanco do governo Lula. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

41.
CEPIK, Marco. El Sistema Político Brasileño: crisis y superacion. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

42.
CEPIK, Marco. Seguranca Internacional. 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

43.
CEPIK, Marco. Mecanismos de Combate ao Terrorismo. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

44.
CEPIK, Marco. Desafios de Seguranca na America do Sul. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

45.
CEPIK, Marco. Politica Internacional : agenda de pesquisa nos proximos dez anos. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

46.
CEPIK, Marco. Intelligence and Multilateral Decision and action. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

47.
CEPIK, Marco. Sistema Internacional Contemporaneo e Subsistemas Regionais: uma analise. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

48.
CEPIK, Marco. Inteligência Policial: sua importância e perspectiva para a Polícia Militar.. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

49.
CEPIK, Marco. Inteligência Policial: sua importância e perspectiva para a Polícia Militar.. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

50.
CEPIK, Marco. Comparing National Intelligence Systems: an institutional model and the cases of Brasil, Colombia, India and South Africa. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

51.
CEPIK, Marco. National Security in Brazil: the institutionalisation path. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

52.
CEPIK, Marco. Intelligence Services and National Security: South Africa and India. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

53.
CEPIK, Marco. Restruturacao Servicos de Inteligencia: um balanco. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

54.
CEPIK, Marco. Agenda de Seguridad Brasilena y la Region Andina: un balance. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

55.
CEPIK, Marco. Adequacao e Preparo Institucional para o Enfrentamento da Ameaca Terrorista Internacional. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

56.
CEPIK, Marco. Política Exterior de Brasil para América Latina desde 1990. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

57.
CEPIK, Marco. Modelos Estruturais e Institucionais de Explicação sobre Estabilidade dos Regimes, Grau de Democratização e Capacidade Estatal: notas metodológicas para a comparação entre México, Colômbia, Venezuela e Argentina. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

58.
CEPIK, Marco. Contestação Internacional, reação securitária e democracia. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

59.
CEPIK, Marco. Papel das Forças Armadas Brasileiras na Segurança Regional Amazônica. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

60.
CEPIK, Marco. Desafios de La Agenda de Seguridad: perspectivas desde Brasil. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

61.
CEPIK, Marco. La inserción Internacional de Seguridad de Brasil y la Región Andina. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

62.
CEPIK, Marco. Guerra no Iraque: Implicações para a Governança Global e o papel da ONU. 2003. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

63.
CEPIK, Marco. Desafios de La Agenda de Seguridad: perspectivas desde Brasil. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

64.
CEPIK, Marco. Espionage and Diplomacy: which actions should be taken by UN?. 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

65.
CEPIK, Marco. As Bases Econômicas da Guerra contra o Terrorismo no Governo Bush: uma análise crítica. 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

66.
CEPIK, Marco. Economia Política da Internet e Governo Eletrônico. 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

67.
CEPIK, Marco. Política de Defensa en Brasil: un comentário crítico. 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

68.
CEPIK, Marco. Inteligência como Política Pública. 2002. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

69.
CEPIK, Marco. Inteligência Militar: estrutura, objetivos e controle. 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

70.
CEPIK, Marco. Profissionalização da atividade de inteligência: desafios institucionais, funcionais e normativos. 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

71.
CEPIK, Marco. Compartilhamento de Informações e Manutenção de Alianças Internacionais: o caso das Missões de Paz da ONU. 2002. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

72.
CEPIK, Marco. Los Vecinos ante el conflicto colombiano. 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

73.
CEPIK, Marco. Inteligência no Contexto dos Sistemas de Comando e Controle. 2001. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

74.
CEPIK, Marco. Argentina y Brasil Frente a los Nuevos Desafios de Defensa Y Seguridad International de Mercosur. 2001. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

75.
CEPIK, Marco. A Inserção Internacional do Brasil: Balanço dos anos 1990 e Perspectivas Futuras. 2001. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

76.
CEPIK, Marco. Segredos Públicos: O Brasil em Perspectiva Comparada. 2001. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

77.
CEPIK, Marco. O Direito à Informação no Brasil: Balanço e Perspectivas. 2001. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

78.
CEPIK, Marco. Brasil y el Plan Colombia. 2001. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

79.
CEPIK, Marco. Inteligencia y Democracia en las America: Desafios para el Siglo XXI. 2001. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

80.
CEPIK, Marco. Sistemas de Comando, Controle, Comunicações e Inteligência (C3I): desafios para o Brasil. 2001. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

81.
CEPIK, Marco. Seguridad National y Seguridad Humana: De Los Problemas Conceptuales a los Problemas Politicos. 2000. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

82.
CEPIK, Marco. The Brazilian Intelligence System: An Institutional Assessment. 1999. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

83.
CEPIK, Marco. Inteligência e Segurança: Desafios para o Brasil. 1999. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

84.
CEPIK, Marco. Amazônia como tema de Política Internacional e de Segurança Humana. 1999. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

85.
CEPIK, Marco. Inteligência Policial: Como Reformar. 1999. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Outras produções bibliográficas
1.
CEPIK, Marco. Inteligência de Segurança Pública. Belo Horizonte, 2017. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

2.
CEPIK, Marco. Intelligence Oversight: Commentary on Section One. Washington-D.C., 2015. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

3.
CEPIK, Marco. Understanding Brazil-United States Relations. Brasília, 2013. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

4.
CEPIK, Marco. Dossiê China: Desenvolvimento Economico e Seguranca Internacional. Curitiba, 2011. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

5.
CEPIK, Marco. Apresentacao: Inteligencia Govenamental. Niteroi, 2011. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

6.
CEPIK, Marco. Democratización de la Función de Inteligencia: cultura y instituciones. Washington-D.C., 2009. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

7.
CEPIK, Marco. Parliamentary Oversight of the Security Service. Lausanne: DCAF, 2005. (Tradução/Livro).


Produção técnica
Programas de computador sem registro
1.
CEPIK, Marco; BUENO, Eduardo U. ; SEVERO, Guilherme ; MÖLLER, G. ; BRASIL, A. A. ; LEAL, M. M. . Sistema de Apoio ao Pesquisador (SIPESQ). 2011.

2.
CEPIK, Marco; CANABARRO, Diego ; OLIVERA, Andre ; SAMRSLA, Eduardo Z. ; POSSAMAI, Ana Júlia ; FREITAS, Ilton . Avaliador Digital de e-Serviços Governamentais (ADESG). 2009.

Processos ou técnicas
1.
CEPIK, Marco; MÖLLER, G. ; OLIVEIRA, Joana ; FERREIRA, T. B. ; LEAL, M. M. ; HELLMANN, Aline . Governança - Centro de Estudos Internacionais sobre Governo. 2014.

Trabalhos técnicos
1.
CEPIK, Marco. Parecer CAPES 01/2018. 2018.

2.
CEPIK, Marco. Parecer CAPES 02/2018. 2018.

3.
CEPIK, Marco. Parecer CAPES 03/2018. 2018.

4.
CEPIK, Marco. Parecer Revista Austral 01/2018. 2018.

5.
CEPIK, Marco. Parecer Revista Brasileira de Estudos de Defesa 01/2018. 2018.

6.
CEPIK, Marco. Parecer Revista DADOS 01/2018. 2018.

7.
CEPIK, Marco. Parecer CAPES 04/2018. 2018.

8.
CEPIK, Marco. Parecer CNPq 01/2018. 2018.

9.
CEPIK, Marco. Parecer Revista Austral 02/2018. 2018.

10.
CEPIK, Marco. Parecer Revista Carta Internacional 01/2017. 2017.

11.
CEPIK, Marco. Parecer Coleção Meira Mattos 01/2017. 2017.

12.
CEPIK, Marco. Parecer Revista DADOS 01/2017. 2017.

13.
CEPIK, Marco. Parecer Revista Relaciones Internacionales 01/2017. 2017.

14.
CEPIK, Marco. Parecer IJISPA 01/2017. 2017.

15.
CEPIK, Marco. Parecer AUSTRAL 01/2017. 2017.

16.
CEPIK, Marco. Parecer AUSTRAL 02/2017. 2017.

17.
CEPIK, Marco. Parecer IJISPA 02/2017. 2017.

18.
CEPIK, Marco. Parecer RBED 01/2017. 2017.

19.
CEPIK, MARCO. Parecer Revista Perspectiva 1/2016. 2016.

20.
CEPIK, MARCO. Parecer Revista Carta Internacional 1/2016. 2016.

21.
CEPIK, MARCO. Parecer Revista Brasileira de Estudos de Defesa 1/2016. 2016.

22.
CEPIK, Marco. Parecer Coleção Meira Mattos 4/2016. 2016.

23.
CEPIK, Marco. Parecer Revista Carta Internacional 2/2016. 2016.

24.
CEPIK, Marco. Parecer Revista Conjuntura Internacional 1/2016. 2016.

25.
CEPIK, Marco. Parecer Revista Brasileira de Estudos de Defesa 2/2016. 2016.

26.
CEPIK, Marco. Parecer Brazilian Political Science Review 2/2016. 2016.

27.
CEPIK, Marco. Parecer Revista Brazilian Political Science Review 1/2016. 2016.

28.
CEPIK, Marco. Parecer Revista Austral 1/2016. 2016.

29.
CEPIK, Marco. Projeto UFRGS-PROPESQ - Inteligência Estratégica e Segurança Internacional: Dissuasão nuclear, contraterrorismo e operações de paz. 2016.

30.
CEPIK, Marco. Projeto CNPQ-UNIVERSAL - Segurança Internacional: Estrutura, contexto e dinâmica. 2016.

31.
CEPIK, Marco. Parecer CNPq 1/2015. 2015.

32.
CEPIK, Marco. Parecer CAPES 1/2015. 2015.

33.
CEPIK, Marco. Parecer CAPES 2/2015. 2015.

34.
CEPIK, Marco. Parecer CAPES 3/2015. 2015.

35.
CEPIK, Marco. Parecer Revista Brazilian Political Science Review 01/2015. 2015.

36.
CEPIK, Marco. Parecer CAPES 4/2015. 2015.

37.
CEPIK, Marco. Parecer Revista Tres Pontos 01/2015. 2015.

38.
CEPIK, Marco. Parecer Revista Interseções 01/2015. 2015.

39.
CEPIK, Marco. Parecer Revista Carta Internacional 01/2015. 2015.

40.
CEPIK, Marco. Parecer Revista Ciências Militares Coleção Meira Mattos 01/2015. 2015.

41.
CEPIK, Marco. Parecer CNPq 2/2015. 2015.

42.
CEPIK, Marco. Parecer Boletim Meridiano 47 1/2015. 2015.

43.
CEPIK, Marco. Parecer CNPq 3/2015. 2015.

44.
CEPIK, Marco. Parecer RBPI 1/2015. 2015.

45.
CEPIK, Marco. Parecer Revista Contexto Internacional 01/2015. 2015.

46.
CEPIK, Marco. Parecer RBPI 01/2014. 2014.

47.
CEPIK, Marco. Parecer CNPq 1/2014. 2014.

48.
CEPIK, Marco. Parecer CAPES 2/2014. 2014.

49.
CEPIK, Marco. Parecer CAPES 1/2014. 2014.

50.
CEPIK, Marco. Parecer CNPq 2/2014. 2014.

51.
CEPIK, Marco. Parecer Revista Contexto Internacional 1/2014. 2014.

52.
CEPIK, Marco. Parecer CAPES 3/2014. 2014.

53.
CEPIK, Marco. Parecer CAPES 4/2014. 2014.

54.
CEPIK, Marco. Parecer CNPq 3/2014. 2014.

55.
CEPIK, Marco. Parecer CNPq 4/2014. 2014.

56.
CEPIK, Marco. Parecer CAPES 5/2014. 2014.

57.
CEPIK, Marco. Parecer CAPES 6/2014. 2014.

58.
CEPIK, Marco. Parecer Revista Carta Internacional 1/2014. 2014.

59.
CEPIK, Marco. Parecer Revista Meridiano 47 1/2014. 2014.

60.
CEPIK, Marco. Parecer RBPI 02/2014. 2014.

61.
CEPIK, Marco. Projeto CNPQ-PANDIA - Sistemas de Inteligencia e o Entorno Estrategico do Brasil. 2014.

62.
CEPIK, Marco. Parecer CAPES 1/2013. 2013.

63.
CEPIK, Marco. Parecer CAPES 2/2013. 2013.

64.
CEPIK, Marco. Parecer CAPES 3/2013. 2013.

65.
CEPIK, Marco. Parecer CNPq 1/2013. 2013.

66.
CEPIK, Marco. Parecer CNPq 2/2013. 2013.

67.
CEPIK, Marco. Parecer CNPq 3/2013. 2013.

68.
CEPIK, Marco. Parecer CNPq 4/2013. 2013.

69.
CEPIK, Marco. Parecer CNPq 5/2013. 2013.

70.
CEPIK, Marco. Parecer LASA 1/2013. 2013.

71.
CEPIK, Marco. Parecer Revista Ciência Hoje 1/2013. 2013.

72.
CEPIK, Marco. Parecer Revista DADOS 1/2013. 2013.

73.
CEPIK, Marco. Projeto CNPQ-PQ - Modelagem e Simulação de Políticas Públicas: Operação em Rede e Desempenho de Unidades Militares. 2013.

74.
CEPIK, Marco. Parecer Revista DADOS 01/2012. 2012.

75.
CEPIK, Marco. Parecer CAPES - 1/2012. 2012.

76.
CEPIK, Marco. Parecer Revista Meridiano 47 03/2012. 2012.

77.
CEPIK, Marco. Parecer Revista Austral - 1/2012. 2012.

78.
CEPIK, Marco. Parecer CAPES - 2/2012. 2012.

79.
CEPIK, Marco. Parecer CAPES - 3/2012. 2012.

80.
CEPIK, Marco. Parecer CAPES - 4/2012. 2012.

81.
CEPIK, Marco. Parecer Conjuntura Austral - 1/2012. 2012.

82.
CEPIK, Marco. Parecer Contexto Internacional 01/2012. 2012.

83.
CEPIK, Marco. Parecer Revista de Sociologia e Política - 01/2012. 2012.

84.
CEPIK, Marco. Projeto CNPQ-HUMANAS - Programa Espacial e Segurança Internacional: Brasil, Índia e China. 2012.

85.
CEPIK, Marco. Projeto MP-UFRGS - Planejamento Estratégico da Força de Trabalho. 2012.

86.
CEPIK, Marco. Projeto CNPQ-UNIVERSAL - Segurança Internacional: Problemas analíticos e representação georreferenciada de temas e dinâmicas. 2012.

87.
CEPIK, Marco. Parecer CNPq 01/2011. 2011.

88.
CEPIK, Marco. Parecer CNPq 02/2011. 2011.

89.
CEPIK, Marco. Parecer CNPq 03/2011. 2011.

90.
CEPIK, Marco. Parecer CNPq 04/2011. 2011.

91.
CEPIK, Marco. Parecer CNPq 05/2011. 2011.

92.
CEPIK, Marco. Parecer CNPq 06/2011. 2011.

93.
CEPIK, Marco. Parecer CNPq 07/2011. 2011.

94.
CEPIK, Marco. Parecer Contexto Internacional 01/2011. 2011.

95.
CEPIK, Marco. Parecer Contexto Internacional 02/2011. 2011.

96.
CEPIK, Marco. Parecer Intelligence and National Security 01/2011. 2011.

97.
CEPIK, Marco. Parecer Revista de Sociologia e Politica 01/2011. 2011.

98.
CEPIK, Marco. Parecer CAPES 01/2010. 2010.

99.
CEPIK, Marco. Parecer CAPES 02/2010. 2010.

100.
CEPIK, Marco. Parecer CAPES 03/2010. 2010.

101.
CEPIK, Marco. Parecer CAPES 04/2010. 2010.

102.
CEPIK, Marco. Parecer CAPES 05/2010. 2010.

103.
CEPIK, Marco. Parecer CAPES 06/2010. 2010.

104.
CEPIK, Marco. Parecer CNPq 01/2010. 2010.

105.
CEPIK, Marco. Parecer CNPq 02/2010. 2010.

106.
CEPIK, Marco. Parecer CNPq 03/2010. 2010.

107.
CEPIK, Marco. Parecer CNPq 04/2010. 2010.

108.
CEPIK, Marco. Parecer 01/2010 - Revista Brasileira de Política Internacional. 2010.

109.
CEPIK, Marco. Parecer 02/2010 - Revista Brasileira de Politica Internacional. 2010.

110.
CEPIK, Marco. Parecer 03/2010 - Revista Contexto Internacional. 2010.

111.
CEPIK, Marco. Parecer 04/2010 - Revista Contexto Internacional. 2010.

112.
CEPIK, Marco. Parecer 05/2010 - Prêmio Franklin Delano Roosevelt. 2010.

113.
CEPIK, Marco. Parecer CAPES 04/2009. 2010.

114.
CEPIK, Marco. Projeto MP-UFRGS - Governança de TI no Brasil: Analise na Institucionalizacao do Sistema de Administracao dos Recursos de Informacao e Informatica. 2010.

115.
CEPIK, Marco. Parecer CAPES 01/2009. 2009.

116.
CEPIK, Marco. Parecer CAPES 02/2009. 2009.

117.
CEPIK, Marco. Parecer CAPES 03/2009. 2009.

118.
CEPIK, Marco. Parecer CAPES 05/2009. 2009.

119.
CEPIK, Marco. Parecer CNPq 04/2009. 2009.

120.
CEPIK, Marco. Parecer CNPq 06/2009. 2009.

121.
CEPIK, Marco. Parecer CAPES 04/2009. 2009.

122.
CEPIK, Marco. Parecer CAPES 06/2009. 2009.

123.
CEPIK, Marco. Parecer CNPq 01/2009. 2009.

124.
CEPIK, Marco. Parecer CNPq 02/2009. 2009.

125.
CEPIK, Marco. Parecer CNPq 03/2009. 2009.

126.
CEPIK, Marco. Parecer CNPq 05/2009. 2009.

127.
CEPIK, Marco. Parecer CNPq 07/2009. 2009.

128.
CEPIK, Marco. Parecer 01/2009 - Revista Brasileira de História. 2009.

129.
CEPIK, Marco. Parecer 02/2009 - Revista Contexto Internacional. 2009.

130.
CEPIK, Marco. Projeto BID-MP-UFRGS - Plataforma para a Integração de Servicos Publicos: para além da E-PING. 2009.

131.
CEPIK, Marco. Projeto CNPQ-UNIVERSAL-PQ Política Comparada e Serviços de Inteligência: Análise de Redes em 35 países. 2009.

132.
CEPIK, Marco. Projeto CNPQ-PROSUL - Digitalização, Integração Regional e Segurança na América do Sul: Capacidade de Governo e Controle Democrático na Argentina, Brasil, Equador e Uruguai. 2009.

133.
CEPIK, Marco. Parecer CAPES 01/2008. 2008.

134.
CEPIK, Marco. Parecer CAPES 02/2008. 2008.

135.
CEPIK, Marco. Parecer CAPES 03/2008. 2008.

136.
CEPIK, Marco. Parecer CNPq 01/2008. 2008.

137.
CEPIK, Marco. Parecer CNPq 02/2008. 2008.

138.
CEPIK, Marco. Parecer CNPq 03/2008. 2008.

139.
CEPIK, Marco. Parecer 01/2008 - Revista Cena Internacional. 2008.

140.
CEPIK, Marco. Parecer 02/2008 - Revista Perspectiva. 2008.

141.
CEPIK, Marco. Projeto MP-UFRGS - Avaliando o Desempenho do Governo Eletrônico no Brasil. 2008.

142.
CEPIK, Marco. Parecer CAPES 01/2007. 2007.

143.
CEPIK, Marco. Parecer CAPES 02/2007. 2007.

144.
CEPIK, Marco. Parecer CAPES 03/2007. 2007.

145.
CEPIK, Marco. Parecer CNPq 01/2007. 2007.

146.
CEPIK, Marco. Parecer CNPq 02/2007. 2007.

147.
CEPIK, Marco. Parecer CNPq 03/2007. 2007.

148.
CEPIK, Marco. Parecer CNPq 04/2007. 2007.

149.
CEPIK, Marco. Parecer CNPq 05/2007. 2007.

150.
CEPIK, Marco. Parecer CNPq 06/2007. 2007.

151.
CEPIK, Marco. Parecer CNPq 07/2007. 2007.

152.
CEPIK, Marco. Parecer 01/2007 - Revista de Sociologia e Política. 2007.

153.
CEPIK, Marco. Parecer 02/2007 - Revista Brasileira de Política Internacional. 2007.

154.
CEPIK, Marco. Parecer 03/2007 - Revista Perspectiva. 2007.

155.
CEPIK, Marco. Projeto CNPQ-RENATO ARCHER - Rede de Pesquisa em Paz e Segurança. 2007.

156.
CEPIK, Marco. Projeto CNPQ-PQ - Estudos Estratégicos e Guerra no Século XXI. 2007.

157.
CEPIK, Marco. Projeto CNPQ-UNIVERSAL - Guerra Assimetrica e Digitalizacao: Comparação entre as doutrinas americana e chinesa da guerra assimétrica. 2007.

158.
CEPIK, Marco. Parecer CAPES 01/2006. 2006.

159.
CEPIK, Marco. Parecer 01/2006 - Revista ICONOS - FLACSO. 2006.

160.
CEPIK, Marco. Parecer CAPES 01/2005. 2005.

161.
CEPIK, Marco. Parecer CAPES 02/2005. 2005.

162.
CEPIK, Marco. Parecer CNPq 01/2005. 2005.

163.
CEPIK, Marco. Parecer 01/2005 - FAPEMAT. 2005.

164.
CEPIK, Marco. Projeto FORD-IUPERJ - Cooperação de Segurança: Brasil, África do Sul e Índia. 2005.

165.
CEPIK, Marco. Parecer 01/2004 - Revista Barbaroi. 2004.

166.
CEPIK, Marco. Projeto CNPQ-PDE - Comparando Sistemas Nacionais de Inteligencia: Africa do Sul, Brasil, Colombia e India. 2004.

167.
CEPIK, Marco. Projeto CCMR-NPS - Regime Politico e Servicos de Inteligencia: legitimidade e efetividade no Brasil (1999-2004). 2004.

168.
CEPIK, Marco. Parecer 01/2003 - Revista Dados. 2003.

169.
CEPIK, Marco. Parecer 02/2003 - Revista Informatica Publica. 2003.

170.
CEPIK, Marco. Parecer 03/2003 - Revista Teoria & Sociedade. 2003.

171.
CEPIK, Marco. Parecer 04/2003 - Revista Teoria & Sociedade. 2003.

172.
CEPIK, Marco. Projeto ILDES-FESCOL - Agenda de Seguranca Andes Brasil. 2003.

173.
CEPIK, Marco; EISENBERG, J. M. . Projeto PRODABEL - Paidéia: Internet e Cultura Cívica nas Escolas. 1998.

174.
CEPIK, Marco. Projeto IUPERJ - A Reforma dos Serviços de Inteligência nos Estados Unidos nos Anos 90. 1995.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
CEPIK, Marco. Espionagem: Qual o Limite?. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
CEPIK, Marco. Dilma visita Turquia com relações em alta entre os países. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
CEPIK, Marco. China Veto on the Syrian Question. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
CEPIK, Marco. Eleições na África do Sul e o novo presidente, Jacob Zuma. 2009. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

5.
CEPIK, Marco. A Nova Politica Nacional de Inteligencia do Brasil. 2009. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

6.
CEPIK, Marco. Futuro de Zelaya será determinado por pressões. 2009. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

7.
CEPIK, Marco. Os conflitos políticos no Quênia. 2008. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

8.
CEPIK, Marco. A incursão da Colômbia em território equatoriano. 2008. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

9.
CEPIK, Marco. Conflitos na África do Sul. 2008. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

10.
CEPIK, Marco. Análise sobre a libertação de Ingrid Betancourt. 2008. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

11.
CEPIK, Marco. Abin precisa fazer inteligência externa. 2008. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

12.
CEPIK, Marco. Renúncia do Presidente da África do Sul Thabo Mbeki. 2008. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

13.
CEPIK, Marco. Piratas na Somália. 2008. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

14.
CEPIK, Marco. Acordo Brasil/Uruguai e o futuro da América do Sul. 2007. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

15.
CEPIK, Marco. A visita de Bush e o acordo Brasil/Uruguai. 2007. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

16.
CEPIK, Marco. O Futuro da América do Sul. 2007. (Programa de rádio ou TV/Outra).

17.
CEPIK, Marco. Somália: a batalha de Mogadiscio. 2007. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

18.
CEPIK, Marco. Crise na Colômbia. 2007. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

19.
CEPIK, Marco. Radio Caracas Television Venezuela. 2007. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

20.
CEPIK, Marco. Corrupcao e Valores do Eleitorado Brasileiro. 2006. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

21.
CEPIK, Marco. Terrorismo Internacional. 2006. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

22.
CEPIK, Marco. IBAS e dificuldades com a India. 2006. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

23.
CEPIK, Marco. Nacionalizacao do Gas e Petroleo na Bolivia: avaliacao da resposta do governo brasileiro. 2006. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

24.
CEPIK, Marco. Repercussoes do Ataque Terrorista em Londres. 2005. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

25.
CEPIK, Marco. Liberdades Civis e Seguranca no Reino Unido. 2005. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

26.
CEPIK, Marco. Cooperacao Internacional de Seguranca Apos os atentados em Londres. 2005. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

27.
CEPIK, Marco. O Ataque Terrorista e a Resposta dos Estados Unidos. 2001. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

28.
CEPIK, Marco. Militarização do Espaço: O que há de novo?. 2001. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

29.
CEPIK, Marco. Direitos Civis e Atividades de Inteligência no Mundo Pós-Guerra Fria. 2000. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

30.
CEPIK, Marco. Programa do Jô Soares. 1999. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Redes sociais, websites e blogs
1.
CEPIK, Marco. CLIPPING CACD - Energia e Geopolítica Internacional. 2018; Tema: Energia e Geopolítica Internacional. (Site).

2.
CEPIK, Marco. CLIPPING CACD - Segurança Cibernética. 2018; Tema: Segurança Cibernética. (Site).

3.
CEPIK, Marco. CLIPPING CACD - Migração, Fronteiras e Defesa. 2018; Tema: Migração e Segurança. (Site).

4.
CEPIK, Marco. CLIPPING CACD - Brasil e Integração da América do Sul: conjuntura, instituições, desafios. 2018; Tema: Brasil. (Site).

5.
CEPIK, Marco. CLIPPING CACD - Relações Internacionais: conceitos, atores, processos, instituições e teorias. 2018; Tema: Teoria. (Site).

6.
CEPIK, Marco. CLIPPING CACD - Inteligência: controle externo e organização. 2018; Tema: Inteligência. (Site).

7.
CEPIK, Marco. CLIPPING CACD - Inteligência: conceitos, política e estratégia. 2018; Tema: Inteligência. (Site).

8.
CEPIK, Marco. CLIPPING CACD - Rússia: Defensiva Estratégica e Aliança com a China. 2018; Tema: Segurança Internacional. (Site).

9.
CEPIK, Marco. CLIPPING CACD - Índia: o limiar de uma grande potência. 2018; Tema: Índia. (Site).

10.
CEPIK, Marco. CLIPPING CACD - China: ameaça ou pilar da ordem global?. 2018; Tema: China. (Site).

11.
CEPIK, Marco. CLIPPING CACD - Estados Unidos: liderança, primazia, declínio?. 2018; Tema: Estados Unidos. (Site).

12.
CEPIK, Marco. CLIPPING CACD - Transição Tecnológica Global e Inteligência no Brasil. 2018; Tema: Inteligência. (Site).

13.
CEPIK, Marco. CLIPPING CACD - Dissuasão Nuclear, Não-Proliferação e Desarmamento. 2018; Tema: Segurança Internacional. (Site).

14.
CEPIK, Marco. CLIPPING CACD - Segurança das Fronteiras e Inteligência no Brasil. 2018; Tema: Segurança Internacional. (Site).

15.
CEPIK, Marco. CLIPPING CACD - Segurança Energética como Desafiopara o Brasil. 2018; Tema: Brasil. (Site).

16.
CEPIK, Marco. CLIPPING CACD - Mudança Climática, Segurança e o Futuro da Amazônia. 2018; Tema: Brasil. (Site).

17.
CEPIK, Marco. CLIPPING CACD - Inteligência em tempos de crise: avanços e desafios. 2018; Tema: Inteligência. (Site).

18.
CEPIK, Marco. CLIPPING CACD - A Crise na Venezuela: uma saída negociada para onde?. 2018; Tema: Venezuela. (Site).

19.
CEPIK, Marco. CLIPPING CACD - Terrorismo, uma ameaça global?. 2018; Tema: Terrorismo. (Site).

20.
CEPIK, Marco. CLIPPING CACD - Terrorismo. 2017; Tema: Terrorismo. (Site).

21.
CEPIK, Marco. CLIPPING CACD - Crise na Venezuela. 2017; Tema: Venezuela. (Site).

22.
CEPIK, Marco. CLIPPING CACD - Inteligência. 2017; Tema: Inteligência. (Site).

23.
CEPIK, Marco. CLIPPING CACD - Meio Ambiente. 2017; Tema: Meio Ambiente. (Site).

24.
CEPIK, Marco. CLIPPING CACD - Segurança Energética. 2017; Tema: Segurança Energética. (Site).

25.
CEPIK, Marco. CLIPPING CACD - Segurança de Fronteiras. 2017; Tema: Segurança. (Site).

26.
CEPIK, Marco. CLIPPING CACD - Questão Nuclear. 2017; Tema: Segurança. (Site).

27.
CEPIK, Marco. CLIPPING CACD - Transição Tecnológica. 2017; Tema: Segurança. (Site).

28.
CEPIK, Marco. CLIPPING CACD - Estados Unidos. 2017; Tema: Estados Unidos. (Site).

29.
CEPIK, Marco. CLIPPING CACD - China. 2017; Tema: China. (Site).

30.
CEPIK, Marco. CLIPPING CACD - Rússia. 2017; Tema: Rússia. (Site).

31.
CEPIK, Marco. CLIPPING CACD - Índia. 2017; Tema: Índia. (Site).

32.
CEPIK, Marco. BOLETIM CEGOV - Operação Tinder. 2016; Tema: Segurança Internacional e Defesa. (Site).

33.
CEPIK, Marco. BOLETIM CEGOV - Governança Pública na Era Digital. 2015; Tema: Governança Digital. (Site).


Demais tipos de produção técnica
1.
CEPIK, Marco. RUC Summer School - Security Issues in Latin America. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
CEPIK, Marco. UNLP Retos Analíticos de la Inteligencia Estratégica. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

3.
CEPIK, Marco. PUC-Minas - Segurança na América Latina. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

4.
CEPIK, Marco. Memorial DERI UFRGS Professor Titular. 2018. (Relatório de pesquisa).

5.
CEPIK, Marco. RUC Summer School - Security Issues in Latin America. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

6.
CEPIK, Marco. Relatório CNPQ-PQ - Modelagem e Simulação de Políticas Públicas. 2016. (Relatório de pesquisa).

7.
CEPIK, Marco. Relatório CNPQ-PANDIA - Sistemas de Inteligencia e o Entorno Estrategico do Brasil. 2016. (Relatório de pesquisa).

8.
CEPIK, Marco. Espaço e Relações Internacionais Turma 1. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

9.
CEPIK, Marco; BORNE, Thiago ; SARTI, J. ; REISDOERFER, B. ; QUAGLIA, L. . Espaço e Relações Internacionais. 2015. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material Didático).

10.
CEPIK, Marco. Relatório CNPQ-UNIVERSAL - Segurança Internacional: Problemas analíticos e representação georreferenciada de temas e dinâmicas. 2015. (Relatório de pesquisa).

11.
CEPIK, Marco. Relatório CNPQ-HUMANAS - Programa Espacial e Segurança Internacional. 2015. (Relatório de pesquisa).

12.
CEPIK, Marco. Relatório FRS - La politique de défense brésilienne: institutions, doctrines, capacités et économie. 2014. (Relatório de pesquisa).

13.
CEPIK, Marco; HELLMANN, Aline ; POSSAMAI, Ana Júlia ; MEDEIROS, K. ; SIVELLI, B. Q. . Monitoramento e Avaliação de Políticas Públicas. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

14.
CALVETE, C. S. ; CEPIK, Marco ; GOSMANN, M. C. ; CANABARRO, Diego ; CARVALHO, D. A. ; KONZEN, E. ; PEREIRA, G. F. ; MÖLLER, G. ; PINHEIRO, I. A. ; SILVEIRA, J. I. ; SCHERER, J. O. ; FELIX, M. L. M. ; PALERMO, M. B. ; DONAZAR, R. C. ; CASSEL, R. A. ; OLIVEIRA, Joana . Relatório SEGESP-MP - Mapeamento da Força de Trabalho da Administração Pública Federal. 2013. (Relatório de pesquisa).

15.
GOSMANN, M. C. ; CEPIK, Marco ; BERDÚN, M. N. S. ; LEAL, M. M. ; PEREIRA, G. F. ; CANABARRO, Diego ; CALVETE, C. S. ; CARVALHO, D. A. ; KONZEN, E. ; MÖLLER, G. ; PINHEIRO, I. A. ; SILVEIRA, J. I. ; PALERMO, M. B. ; DONAZAR, R. C. ; OLIVEIRA, Joana ; MAISTER, C. R. ; BAUDASSO, T. O. . Relatório SEGESP-MP - Mapeamento das Aposentadorias na Força de Trabalho da Administração Publ;ica Federal (2013-2023). 2013. (Relatório de pesquisa).

16.
CANABARRO, Diego ; CEPIK, Marco ; CARVALHO, D. A. ; PEREIRA, G. F. ; MÖLLER, G. ; DONAZAR, R. C. ; BORNE, Thiago ; MARQUES, P. R. ; BRANCHER, P. T. ; SARTI, J. ; REIS, J. A. S. ; KERN, B. ; OLIVEIRA, Joana ; LEAL, M. M. ; BAUDASSO, T. O. . Relatório SEGESP-MP - Mapemanto das Estruturas Organizativas de Cargos da Administração Pública Federal. 2013. (Relatório de pesquisa).

17.
CEPIK, Marco; CALVETE, C. S. ; GOSMANN, M. C. . Relatório SEGESP-MP - Propostas para a Recomposição da Força de Trabalho da Administração Pública Federal (2013-2015). 2013. (Relatório de pesquisa).

18.
CEPIK, Marco; CALVETE, C. S. ; GOSMANN, M. C. . Relatório SEGESP-MP - Propostas de Alteração na Arquitetura Atual de Carreiras na Administração Pública Federal. 2013. (Relatório de pesquisa).

19.
CEPIK, Marco; CALVETE, C. S. ; GOSMANN, M. C. . Relatório SEGESP-MP - Propostas para Balizar a Criação de Novas Carreiras na Administração Pública Federal. 2013. (Relatório de pesquisa).

20.
CEPIK, Marco. Relatório CNPQ-UNIVERSAL-PQ - Política Comparada e Serviços de Inteligência. 2013. (Relatório de pesquisa).

21.
CEPIK, Marco. Relatório MP-UFRGS - Planejamento Estratégico da Força de Trabalho. 2013. (Relatório de pesquisa).

22.
CEPIK, Marco. Relatório CNPQ-UNIVERSAL - Avaliação das novas tecnologias pedagógicas e sua aplicação ao ensino de Relações Internacionais. 2013. (Relatório de pesquisa).

23.
CEPIK, Marco. Relatório APEX-UFRGS - Metodologia Avaliação Contínua Indicadores Desempenho e Estrategias de Inserção Externa (APEX II). 2013. (Relatório de pesquisa).

24.
CEPIK, Marco. Relatório MP-UFRGS - Governança de TI no Brasil: Analise na Institucionalizacao do Sistema de Administracao dos Recursos de Informacao e Informatica. 2012. (Relatório de pesquisa).

25.
CEPIK, Marco; BRANCHER, P. T. ; GRANDA, Sebastian . Relatório APEX - Colombia: Seguranca, Politica externa e Relacoes Bilaterais do Brasil. 2012. (Relatório de pesquisa).

26.
VIZENTINI, Paulo ; CEPIK, Marco ; OLIVEIRA, Guilherme Ziebell . Relatório APEX - Peru: Politica Interna e Diplomacia. 2012. (Relatório de pesquisa).

27.
CEPIK, Marco. Relatório CNPq - Politica Comparada e Servicos de Inteligencia: Utilizando a Analise de Redes para avaliar os desafios de coordenacao na construcao de capacidade governamental na area de seguranca nacional em 35 paises. 2011. (Relatório de pesquisa).

28.
CEPIK, Marco. Relatório CNPQ-RENATO ARCHER - Rede de Pesquisa em Paz e Segurança. 2011. (Relatório de pesquisa).

29.
CEPIK, Marco. Relatório CNPQ-PROSUL - Digitalização, Integração Regional e Segurança na América do Sul. 2011. (Relatório de pesquisa).

30.
CEPIK, Marco; BORBA, Pedro . Relatório APEX - Arabia Saudita: Seguranca, Politica Externa e Relacoes com o Brasil. 2011. (Relatório de pesquisa).

31.
CEPIK, Marco; PERGHER, Natasha ; BRANCHER, P. T. . Relatório APEX - Argentina: Seguranca, Politica Externa e Relacoes com o Brasil. 2011. (Relatório de pesquisa).

32.
VIZENTINI, Paulo ; CEPIK, Marco . Relatório APEX - Cuba: Regime Político, Política Externa e Relações Bilaterais com o Brasil. 2011. (Relatório de pesquisa).

33.
CEPIK, Marco; PITT. Romulo . Relatório APEX - India: Seguranca, Politica Externa e Relacoes com o Brasil. 2011. (Relatório de pesquisa).

34.
VIZENTINI, Paulo ; CEPIK, Marco . Relatório APEX - Turquia: Conjuntura Política, Política Externa e Relações com o Brasil. 2011. (Relatório de pesquisa).

35.
CEPIK, Marco. Relatório CNPQ-PQ - Estudos Estratégicos e Guerra no Século XXI. 2010. (Relatório de pesquisa).

36.
CEPIK, Marco. Relatório APEX-UFRGS - Desenvolvimento de Metodologia de Indicadores de Desempenho (APEX I). 2010. (Relatório de pesquisa).

37.
CEPIK, Marco; BORBA, Pedro . Relatório APEX - Franca: Seguranca, Politica Externa e Relacoes com o Brasil. 2010. (Relatório de pesquisa).

38.
CEPIK, Marco; BORBA, Pedro . Relatório APEX - Libano: Seguranca, Politica Externa e Relacoes com o Brasil. 2010. (Relatório de pesquisa).

39.
CEPIK, Marco; BORBA, Pedro . Relatório APEX - Quenia: Seguranca, Politica Externa e Relacoes com o Brasil. 2010. (Relatório de pesquisa).

40.
CEPIK, Marco; BORBA, Pedro . Relatório APEX - Reino Unido: Seguranca, Politica Externa e Relacoes com o Brasil. 2010. (Relatório de pesquisa).

41.
CEPIK, Marco; BORBA, Pedro . Relatório APEX - Sudão: Seguranca, Politica Externa e Relacoes com o Brasil. 2010. (Relatório de pesquisa).

42.
BARROS, Alejandro ; CEPIK, Marco ; CANABARRO, Diego . Relatório SLTI-MP - Plataforma para la Integracion de Servicios Publicos. 2010. (Relatório de pesquisa).

43.
CEPIK, Marco; BRANDAO, Priscila ; SANGALLI, C. Lucas . Inteligencia de Seguranca Publica. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

44.
CEPIK, Marco. Balanca de Poder na Historia. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

45.
CEPIK, Marco. Programa de Extensão em Estudos Estratégicos. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

46.
CEPIK, Marco. Relatório BID-MP-UFRGS - Plataforma para a Integração de Servicos Publicos: para além da E-PING. 2009. (Relatório de pesquisa).

47.
CEPIK, Marco. Relatório MP-UFRGS - Avaliando o Desempenho do Governo Eletrônico no Brasil. 2009. (Relatório de pesquisa).

48.
CEPIK, Marco; JORNADA, Helena . Relatório APEX - Angola: Seguranca, Politica Externa e Relacoes com o Brasil. 2009. (Relatório de pesquisa).

49.
CEPIK, Marco; JORNADA, Helena . Relatório APEX - Chile: Seguranca, Politica Externa e Relacoes com o Brasil. 2009. (Relatório de pesquisa).

50.
CEPIK, Marco; JORNADA, Helena . Relatório APEX - Colombia: Seguranca, Politica Externa e Relacoes com o Brasil. 2009. (Relatório de pesquisa).

51.
CEPIK, Marco; JORNADA, Helena . Relatório APEX - Emirados Arabes Unidos: Seguranca, Politica Externa e Relacoes com Brasil. 2009. (Relatório de pesquisa).

52.
CEPIK, Marco; JORNADA, Helena . Relatório APEX - Estados Unidos da America: Seguranca, Politica Externa e Relacoes com o Brasil. 2009. (Relatório de pesquisa).

53.
CEPIK, Marco; JORNADA, Helena . Relatório APEX - Peru: Seguranca, Politica Externa e Relacoes com o Brasil. 2009. (Relatório de pesquisa).

54.
CEPIK, Marco; JORNADA, Helena . Relatório APEX - Segurança Internacional: Estrutura e Risco Político em Mercados Prioritários para o Brasil. 2009. (Relatório de pesquisa).

55.
CEPIK, Marco; POSSAMAI, Ana Júlia ; CANABARRO, Diego ; FREITAS, Ilton ; SAMRSLA, Eduardo Z. ; OLIVERA, Andre . Relatório SLTI-MP - Aplicando o IQUES e Utilizando o ADESG: análise dos resultados para 195 E-serviços federais brasileiros. 2009. (Relatório de pesquisa).

56.
CEPIK, Marco; POSSAMAI, Ana Júlia ; CANABARRO, Diego ; ABRAHIM, Thabita ; FREITAS, Ilton ; SCHNEIDER, Luiza . Relatório SLTI-MP - Avaliação de Sítios de E-Serviços Governamentais. 2009. (Relatório de pesquisa).

57.
CEPIK, Marco; CANABARRO, Diego ; FREITAS, Ilton ; POSSAMAI, Ana Júlia ; OLIVERA, Andre ; SAMRSLA, Eduardo Z. . Relatório SLTI-MP - Avaliador Digital de E-Serviços Governamentais: software e amostra de 195 e-serviços federais. 2009. (Relatório de pesquisa).

58.
CEPIK, Marco; FREITAS, Ilton ; POSSAMAI, Ana Júlia ; CANABARRO, D. R. ; SCHNEIDER, Luiza ; OLIVERA, Andre ; SAMRSLA, Eduardo Z. . Relatório SLTI-MP - Indice de Qualidade de E-Serviços Governamentais (IQUES). 2009. (Relatório de pesquisa).

59.
CEPIK, Marco; CANABARRO, Diego ; POSSAMAI, Ana Júlia ; FREITAS, Ilton ; SAMRSLA, Eduardo Z. ; OLIVERA, Andre . Relatório SLTI-MP - Marco Legal do E-Governo Brasileiro. 2009. (Relatório de pesquisa).

60.
CEPIK, Marco; JORNADA, Helena . Relatório APEX - Russia: Seguranca, Politica Externa e Relacoes com o Brasil. 2009. (Relatório de pesquisa).

61.
CEPIK, Marco. O Estado e a Função de Inteligência. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

62.
CEPIK, Marco. Introdução à Segurança Energética. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

63.
CEPIK, Marco. Oficina de Projeto de Pesquisa. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

64.
CEPIK, Marco. Oficina de Projeto de Pesquisa - Planejamento. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

65.
CEPIK, Marco. Oficina de Projeto de Pesquisa - Turma A. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

66.
CEPIK, Marco. Relatório SEDS-MG - Desenho Institucional para a Assessoria de Inteligencia. 2008. (Relatório de pesquisa).

67.
CEPIK, Marco. Relatório SEDS-MG - Analise Criminal e Inteligencia de Seguranca Publica: diferencas e sinergias possiveis. 2008. (Relatório de pesquisa).

68.
CEPIK, Marco. Relatório SEDS-MG - Plano de Capacitacao Trienal para o Pessoal da Assessoria de Inteligencia da SEDS MG. 2008. (Relatório de pesquisa).

69.
CEPIK, Marco. Relatório SEDS-MG - Diretrizes para um Plano Estadual de Integracao entre Estatistica Criinal e Inteligencia de Seguranca Publica. 2008. (Relatório de pesquisa).

70.
CEPIK, Marco; MARTINS, Jose Miguel Quedi ; AVILA, Fabrício ; JORNADA, Helena . Relatório CNPQ-UNIVERSAL - Guerra Assimetrica e Digitalizacao. 2008. (Relatório de pesquisa).

71.
CEPIK, Marco. Relatório CGEE-MCT - Radar do Sistema Internacional. 2008. (Relatório de pesquisa).

72.
CEPIK, Marco. Relatório SEDS-MG - Análise Criminal e Inteligência de Segurança Pública: sinergias e especificidades. 2008. (Relatório de pesquisa).

73.
CEPIK, Marco. Relatório SEDS-MG - Diretrizes para um Plano Estadual de Inteligência. 2008. (Relatório de pesquisa).

74.
CEPIK, Marco. Relatório SEDS-MG - Estrutura Institucional para a Assessoria de Consolidação de Informações e Inteligência ACI. 2008. (Relatório de pesquisa).

75.
CEPIK, Marco. Relatório SEDS-MG - Plano de Capacitação Trienal em Sistemas de Informação e Inteligência. 2008. (Relatório de pesquisa).

76.
CEPIK, Marco; BORGES, Andre . Curso de Capacitação de Gestores de Políticas Públicas Turma B. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

77.
CEPIK, Marco; BORGES, Andre . Método Comparado. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

78.
CEPIK, Marco; BORGES, Andre . Curso de Capacitação de Gestores de Políticas Públicas Turma A. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

79.
CEPIK, Marco; BORGES, Andre . Curso de Capacitação de Gestores de Políticas Públicas Turma 1 TRT. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

80.
CEPIK, Marco; BORGES, Andre . Curso de Capacitação de Gestores de Políticas Públicas Turma 2 TRT. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

81.
CEPIK, Marco; BORGES, Andre . Curso de Capacitação de Gestores de Políticas Públicas Turma 3 TRT. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

82.
CEPIK, Marco. África do Sul: política externa e agenda de segurança regional. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

83.
CEPIK, Marco. Democracia e Representações Políticas. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

84.
COSTA, S. G. ; ARTURI, Carlos ; CEPIK, Marco . Nós e o Nosso Público: uma relação tão delicada. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

85.
CEPIK, Marco. Curso de Capacitação em Gestão de Políticas Públicas. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

86.
CEPIK, Marco. Curso de Metodologia da Pesquisa Social. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

87.
CEPIK, Marco. Armas Nucleares no Século XXI. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

88.
CEPIK, Marco. Teoría de las Relaciones Internacionales y Seguridad Internacional. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

89.
CEPIK, Marco. Inteligencia e Politicas Publicas: conceitos e instituicoes. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

90.
CEPIK, Marco. Historia da Atividade de Inteligencia: contexto internacional e Brasil. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

91.
CEPIK, Marco. Terrorismo e Contra-terrorismo. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

92.
CEPIK, Marco. Analise de Politica Externa. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

93.
CEPIK, Marco. Inteligencia Multilateral: limites e o desafio das Operacoes de Paz. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

94.
CEPIK, Marco. Relações Internacionais do Brasil, África do Sul e Índia. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

95.
CEPIK, Marco; ANTUNES, Priscila Brandão . Relatório FORD-IUPERJ - Cooperação na área de Segurança entre Brasil, África do Sul e Índia. 2006. (Relatório de pesquisa).

96.
CEPIK, Marco. Relatório SAGI-MDS - Avaliacao de Politicas Sociais: metodos e exemplos. 2006. (Relatório de pesquisa).

97.
CEPIK, Marco; BORGES, Andre . Relatório SAGI-MDS - Combate à pobreza no PPA. 2006. (Relatório de pesquisa).

98.
CEPIK, Marco. Relatório SAGI-MDS - Projeto Livro Fome Zero. 2006. (Relatório de pesquisa).

99.
CEPIK, Marco. Relatório SAGI-MDS - Relatorio Pesquisas SAGI I. 2006. (Relatório de pesquisa).

100.
CEPIK, Marco; BORGES, Andre . Relatório SAGI-MDS - Relatorio Pesquisas SAGI II. 2006. (Relatório de pesquisa).

101.
CEPIK, Marco; BORGES, Andre . Relatório SAGI-MDS - Relatorio Pesquisas SAGI III. 2006. (Relatório de pesquisa).

102.
CEPIK, Marco. Relatório CNPQ-PDE - Comparando Sistemas Nacionais de Inteligencia: Africa do Sul, Brasil, Colombia e India. 2005. (Relatório de pesquisa).

103.
CEPIK, Marco. Relatório CCMR-NPS - Regime Politico e Servicos de Inteligencia: legitimidade e efetividade no Brasil (1999-2004). 2005. (Relatório de pesquisa).

104.
CEPIK, Marco. Intelligence and Democracy: Southeast Europe and South America Compared. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

105.
CEPIK, Marco. Relatório ILDES-FESCOL - Agenda de Seguranca Andes Brasil. 2004. (Relatório de pesquisa).

106.
CEPIK, Marco. Sistemas de Información y Toma de Decisiones. 2003. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

107.
CEPIK, Marco; SOUSA, Romulo Paes de . Relatório SE-MinSAUDE - Política de Saúde e Política Externa do Governo Lula. 2003. (Relatório de pesquisa).

108.
CEPIK, Marco. Relatório SENASP-MJ - Critérios para a tomada de decisão sobre a aquisição e/ou desenvolvimento de plataformas informatizadas para o trabalho de inteligência na área de segurança pública.. 2003. (Relatório de pesquisa).

109.
CEPIK, Marco. Relatório SENASP-MJ - Estrutura organizacional e missões das organizações de inteligência em seis países: Estados Unidos, Canadá, Alemanha, Itália, Israel e África do Sul. 2003. (Relatório de pesquisa).

110.
CEPIK, Marco. Relatório SENASP-MJ - Legislação comparada sobre inteligência policial em seis países: Estados Unidos, Canadá, Alemanha, Itália, Israel e África do Sul. 2003. (Relatório de pesquisa).

111.
CEPIK, Marco. Relatório SENASP-MJ - Programas das Unidades Didáticas do Curso de Aperfeiçoamento em Inteligência de Segurança Pública (CAISP).. 2003. (Relatório de pesquisa).

112.
CEPIK, Marco. Relatório SENASP-MJ - Proposta de matérias e ementas do Curso de Aperfeiçoamento em Inteligência de Segurança Pública (CAISP). 2003. (Relatório de pesquisa).

113.
CEPIK, Marco. Relatório SENASP-MJ - Subsídios para a formulação de um Plano Nacional de Inteligência de Segurança Pública (PNISP).. 2003. (Relatório de pesquisa).

114.
CEPIK, Marco; SOUSA, Romulo Paes de . Relatório PRODABEL - Reorganização das Atividades de Pesquisa & Desenvolvimento: relatório técnico. 2002. (Relatório de pesquisa).

115.
CEPIK, Marco; EISENBERG, J. M. . Relatório PRODABEL - Informática Pública e Internet: análise comparada entre Porto Alegre, Curitiba, Rio, Belo Horizonte, Estocolmo, Buenos Aires, NY, Cidade México e Bolonha. 2000. (Relatório de pesquisa).

116.
CEPIK, Marco; EISENBERG, J. M. . Relatório PRODABEL - Internet Popular: Democratizando o Acesso às Tecnologias de Informação e Comunicação. 1999. (Relatório de pesquisa).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
CEPIK, Marco; DUARTE, Érico; SVARTMAN, Eduardo; MAKRAKIS, H.. Participação em banca de Frederico Licks Bertol. Comando e Controle no Contexto da Digitalização: um estudo com base em modelagem computacional. 2018. Dissertação (Mestrado em PPG em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

2.
ARTURI, Carlos; CEPIK, Marco; PERES, P. S.; DUARTE, Érico. Participação em banca de Victor Merola. Counterterrorism Institutionalization: the cases of American and French intelligence. 2018. Dissertação (Mestrado em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

3.
ARTURI, Carlos; CEPIK, Marco; SILVA, André Reis da.; SVARTMAN, Eduardo. Participação em banca de Laura Vicentin Lammerhirt. A Securitização do Terrorismo no Contexto Sul-Americano: Dinâmicas das Relações de Segurança entre América do Sul e Estados Unidos no século XXI. 2018. Dissertação (Mestrado em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

4.
DUARTE, Érico; CEPIK, Marco; LOPES, G. V.; PINTO, D.. Participação em banca de Bruna Toso da Alcântara. Internet, Terror e Ciberterrorismo: uma Análise Comparativa. 2018. Dissertação (Mestrado em PPG em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

5.
CEPIK, Marco. Participação em banca de João Arthur da Silva Reis. Da Industrialização à Digitalização da Guerra: a Economia Política da Mudança de Estrutura das Forças Armadas Estadunidenses. 2018. Dissertação (Mestrado em Economia Política Internacional) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

6.
CEPIK, Marco. Participação em banca de Josiane Simão Sarti. Aplicações Militares do Programa Espacial da Índia: As Forças Armadas e a Guerra Centrada em Rede. 2018. Dissertação (Mestrado em CIÊNCIAS MILITARES) - Escola de Comando e Estado Maior do Exército.

7.
CEPIK, Marco; DUARTE, Érico; PAUTASSO, Diego; CASTELLANO, Igor. Participação em banca de Bruno Magno. Revolução Nacional e Guerra Prolongada na China: Análise Estratégica e Operacional da Segunda Guerra Sino-Japonesa (1937-1945). 2018. Dissertação (Mestrado em PPG em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

8.
CEPIK, Marco; DUARTE, Érico; SOARES, Samuel Alves; VIGEVANI, T.. Participação em banca de Guilherme Henrique Simionato dos Santos. Projeção de Força em Zonas Contestadas: o Caso da China e a Dinâmica Securitária na Ásia-Pacífico. 2018. Dissertação (Mestrado em PPG em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

9.
VISENTINI, P.; CEPIK, Marco; PEREIRA, Analucia D.; ARTURI, Carlos. Participação em banca de Guilherme Paiva Stamm Thudium. A Alemanha e sua Política Exterior e de Segurança na República de Berlim: entre o Leste e o Oeste, o Global e o Regional. 2018. Dissertação (Mestrado em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

10.
CEPIK, Marco; DUARTE, Érico; SILVA, André Reis da.; DULCI, O. S.. Participação em banca de Pedro Txai Leal Brancher. Estrutura e Agência nas Relações Internacionais: Análise da Relação entre Processos de Construção do Estado e a Evolução dos Sistemas Políticos Internacionais. 2017. Dissertação (Mestrado em PPG em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

11.
SILVA, André Reis da.; CEPIK, Marco. Participação em banca de Diogo Ives. Os paradigmas de Estado e os projetos regionais contemporâneos de Brasil, Colômbia e Venezuela. 2017. Dissertação (Mestrado em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

12.
DUARTE, Érico; CEPIK, Marco; SVARTMAN, Eduardo; ARTURI, Carlos. Participação em banca de Luis Rodrigo Machado. Cooperative Security Strategy in the South Atlantic. 2017. Dissertação (Mestrado em PPG em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

13.
CEPIK, Marco; MIGON, E. X. F. G.; ARTURI, Carlos; DUARTE, Érico. Participação em banca de Giovanna Marques Kuele. Inteligência em Operações de Paz da ONU: Um Estudo de Caso da MONUSCO. 2017. Dissertação (Mestrado em PPG em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

14.
CASTRO, H. C. O.; CEPIK, Marco; RANINCHESKI, S. M.; SILVA, Carla E. M.. Participação em banca de Jose Jorge Rodrigues Branco. A Política de Autonomia Regional e de Cooperação Industrial na Área de Defesa dos Governos Lula da Silva e Dilma Rousseff: uma estratégia de hegemonia política na América do Sul. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

15.
MARTINS, Jose Miguel Quedi; CEPIK, Marco; DORFMAN, Adriana; RIBEIRO, Luiz Dario Teixeira. Participação em banca de Jessika Tessaro Rucks. O Estreito de Ormuz: da Competição Estratégica à Guerra Proxy no Golfo Pérsico. 2016. Dissertação (Mestrado em PPG em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

16.
MARQUES, A.; CEPIK, Marco; GOLDONI, L R F. Participação em banca de Thatyani Barros Bonavita de Almeida. A Atividade de Inteligência nas Operações das Nações Unidas - Uma perspectiva brasileira sobre a MINUSTAH. 2016. Dissertação (Mestrado em CIÊNCIAS MILITARES) - Escola de Comando e Estado Maior do Exército.

17.
GOLDONI, L R F; CEPIK, Marco; LESKE, A. D. C.. Participação em banca de Rodrigo Damasceno Sales. Sistemas de Comando e Controle no Brasil ? uma análise das contribuições do Exército Brasileiro. 2016. Dissertação (Mestrado em CIÊNCIAS MILITARES) - Escola de Comando e Estado Maior do Exército.

18.
CEPIK, Marco; MILAN, Marcelo; VADELL, Javier Alberto. Participação em banca de Lucas de Oliveira Paes. Diferenciação, Estatificaçóes e Transição Hierárquica: uma proposta de estudo de potencias emergentes no sul global. 2016. Dissertação (Mestrado em PPG em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

19.
ARTURI, Carlos; CEPIK, Marco; Alves, H. R. C.; PERES, P. S.. Participação em banca de Joana Oliveira de Oliveira. Efeitos da desigualdade econômica em direitos políticos da cidadania: o caso do financiamento eleitoral privado. 2016. Dissertação (Mestrado em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

20.
ARTURI, Carlos; CEPIK, Marco; DUARTE, Érico; RANINCHESKI, S. M.. Participação em banca de Michelle Gallera Dias. Assistência Antidrogas dos Estados Unidos à Colômbia: Trajetória e Influência Política Atual. 2016. Dissertação (Mestrado em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

21.
CEPIK, Marco; DUARTE, Érico; RANINCHESKI, S. M.; ARTURI, Carlos. Participação em banca de Laura Quaglia. National Security Institutional Change: The case of the US National Security Council (2001 - 2015). 2016. Dissertação (Mestrado em PPG em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

22.
SANTOS, Norma Breda; CEPIK, Marco; PENNA FILHO, P.. Participação em banca de Saint-Clair Lima da Silva. Brazil Country of the Future: a Realist Perspective on Brazil?s Rise in the International Arena. 2015. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Universidade de Brasília.

23.
CEPIK, Marco; ARTURI, Carlos; SVARTMAN, Eduardo; SILVA, André Reis da.. Participação em banca de Tamires Aparecida Ferreira Souza. Cooperação em defesa e a região sul-americana: o papel do Conselho de Defesa Sul-Americano, da UNASUL. 2015. Dissertação (Mestrado em PPG em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

24.
DUARTE, Érico; CEPIK, Marco; SILVA, André Reis da.; DINIZ, Eugenio. Participação em banca de Fernando Scholz. Implicações da Dissuasão Nuclear como Capacidade de Poder: o caso indiano. 2015. Dissertação (Mestrado em PPG em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

25.
CEPIK, Marco; SCHNEIDER, A.; GOBETTI, S. W.; SILVA, André Reis da.. Participação em banca de Germano Ribeiro Fernandes da Silva. Sistema Tributário e Construção do Estado: um estudo de caso sobre o Paraguai (1989-2013). 2015. Dissertação (Mestrado em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

26.
CEPIK, Marco; ARTURI, Carlos; NASSER, Reginaldo; MIELNICZUK, F. P.. Participação em banca de Marcelo Mesquita Leal. Guerra e Ciberespaço: implicações político-estratégicas. 2015. Dissertação (Mestrado em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

27.
CEPIK, Marco. Participação em banca de Flavia Carolina de Resende Fagundes. Cooperação em Segurança e Defesa no Espaço Andino-Amazônico: Contradições, ambiguidades e potencialidades. 2014. Dissertação (Mestrado em PPG em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

28.
ARTURI, Carlos; CEPIK, Marco; GONZALEZ, Rodrigo; MARQUES, T. C. S.. Participação em banca de Anaís Medeiros Passos. Estado das Relações Civis-Militares no Brasil: um estudo de caso do Ministério da Defesa. 2014. Dissertação (Mestrado em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

29.
MARQUES, A.; CEPIK, Marco; CASTRO, C. C. P. Participação em banca de Túlio Marcos Santos Cerávolo. A Integração da Inteligência nas Operações Interagências no Brasil Contemporâneo. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciências Militares) - Escola de Comando e Estado Maior do Exército.

30.
KENKEL, K. M.; HERZ, Mônica; CEPIK, Marco. Participação em banca de Polyanna Rosa de Medeiros Machado. Inteligência no Processo Decisório do Conselho de Segurança das Nações Unidas. 2014. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

31.
MARQUES, A.; CEPIK, Marco; GONZALES, S. M.. Participação em banca de Marcelo de Paiva. A Atividade de Inteligencia em Ambientes Interagências no Combate aos Delitos Transnacionais na Faixa de Fronteira Brasil-Colômbia. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências Militares) - Escola de Comando e Estado Maior do Exército.

32.
CEPIK, Marco. Participação em banca de Kaline Zeni. A coalizão do IBAS e a concertação política no Conselho de Segurança da ONU (2011). 2013. Dissertação (Mestrado em PPG em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

33.
CEPIK, Marco. Participação em banca de Mariana Fonseca Lima. Percepções sobre interação entre defesa, diplomacia e inteligência no Brasil. 2012. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Universidade de Brasília.

34.
CEPIK, Marco; SVARTMAN, Eduardo; FARIA, L. A.. Participação em banca de Carolina Rigotti Coutinho. Relações triangulares e em eixo: uma análise das relações entre Brasil, Argentina e Estados Unidos entre 1990 e 2010. 2012. Dissertação (Mestrado em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

35.
CEPIK, Marco; CATTANI, Antonio; ARTURI, Carlos. Participação em banca de Alexandre Ben Rodrigues. O retorno do desenvolvimentismo: Um balanço das políticas públicas de proteção social no Brasil no período de 2008-2012. 2012. Dissertação (Mestrado em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

36.
COSTA, Eugenio P. L. D.; SOUZA, M.; ANASTASIA, M. F. J.; CEPIK, Marco. Participação em banca de Carla Pereira Silva. Urbanizacao de Assentamentos Precarios e a Seguranca Humana: Cooperacao Internacional entre Brasil e Alianca de Cidades. 2011. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

37.
VIZENTINI, Paulo; CEPIK, Marco; CUNHA, Andre; PEREIRA, Analucia D.. Participação em banca de Nathaly Silva Xavier. A Politica Externa Chinesa e a Recepcao dos Paises Africanos: o Contraste entre Zambia e Angola (1989-2009). 2011. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

38.
VIZENTINI, Paulo; CEPIK, Marco; FILIPPI, Eduardo Ernesto; PEREIRA, Analucia D.. Participação em banca de Mamadou Alpha Diallo. A Construcao do Estado no Senegal e a Integracao na Africa Ocidental: os problemas da Gambia, de Casamance e da Integracao Regional. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

39.
FARIA, L. A.; CEPIK, Marco; PEREIRA, Analucia D.; VIZENTINI, Paulo. Participação em banca de Raquel Chamis. O Fórum De Diálogo Índia, Brasil e África do Sul. 2010. Dissertação (Mestrado em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

40.
CEPIK, Marco; DINIZ, Eugenio; FARIA, Carlos Aurélio Pimenta de. Participação em banca de Lucas Pereira Rezende. O Engajamento Do Brasil Nas Operações De Paz Da ONU: Um Estudo Comparativo. 2010. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

41.
CEPIK, Marco; FONSECA, Pedro Cezar Dutra; VIZENTINI, Paulo; MARTINS, Jose Miguel. Participação em banca de Rodrigo Bertoglio Cardoso. Cooperação e segurança na fronteira norte: Brasil, Venezuela e Guiana (2003-2008). 2010. Dissertação (Mestrado em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

42.
CEPIK, Marco. Participação em banca de Marcel Carrijo de Oliveira. A Democratização Tardia da Inteligência na Argentina e no Brasil. 2010. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Universidade de Brasília.

43.
SANTOS, Norma Breda; CEPIK, Marco; VAZ, Alcides. Participação em banca de Joao Victor Scherrer Bumbieris. Espirito de Xangai. Potencialidades e limites do concerto sino-russo na Asia Central. 2010. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Universidade de Brasília.

44.
CEPIK, Marco; FARIA, Carlos Aurélio Pimenta de; VADELL, Javier Alberto. Participação em banca de Joana Laura Marinho Nogueira. A Articulação Doméstica da Burocracia Brasileira para Implementação das Ações do Fórum IBAS. 2009. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

45.
VILLA, Rafael Antonio Duarte; Reis, Rossana; CEPIK, Marco. Participação em banca de Manuela Trindade Viana. A dimensão internacional do conflito armado colombiano: a internacionalização dos processos de paz segundo as agendas hemisférica e global. 2009. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação FFLCH) - Universidade de São Paulo.

46.
CEPIK, Marco. Participação em banca de Rodrigo Fracalossi de Moraes. Cooperação brasileiro-argentina na área de defesa (2005-2008): motivações políticas e econômicas. 2009. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

47.
CEPIK, Marco; WASSERMAN, Claudia; NOLL, Maria Izabel S.; ARTURI, Carlos. Participação em banca de Alexander Arciniegas Arreño. Colombia y Venezuela: uma comaración mas allá de los liderazgos de Álvaro Uribe y Hugo Chaves. 2009. Dissertação (Mestrado em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

48.
CEPIK, Marco. Participação em banca de Diego Rafael Canabarro. O Brasil das Pequenas Armas: Lucro versus Segurança?. 2009. Dissertação (Mestrado em PPG Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

49.
CEPIK, Marco. Participação em banca de Gutemberg de Vilhena Silva. Usos Contemporâneos da Fronteira Franco-Brasileira: Entre os Ditames Globais e a Articulação Local. 2008. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

50.
CEPIK, Marco; ARTURI, Carlos; VIZENTINI, Paulo; MOSQUEIRA, Mauro. Participação em banca de Fabrício Schiavo Ávila. Armas Estratégicas: O Impacto da Digitalização sobre a Guerra e a Distribuição de Poder no Sistema Internacional. 2008. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

51.
CEPIK, Marco; ARTURI, Carlos; FARIA, Luiz. A. Estrella.; CUNHA, Andre. Participação em banca de Marcos Carra. A Importância da Petrobrás nas Relações Brasil-Bolívia (1996-2007). 2008. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

52.
CEPIK, Marco. Participação em banca de Gabriel Pessim Adam. As relações entre Rússia, Ucrânia e Bielorússia e o papel que nelas exercem os recursos energéticos. 2008. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

53.
CEPIK, Marco. Participação em banca de Shênia Kellen de Lima. A Preeminência de Autoridades Civis na Formação e na Implementação da Poilitica de Defesa dos Estados Unidos da América: Período McNamara 1961-1968. 2008. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal de Minas Gerais.

54.
REIS, Bruno Wanderley Pinheiro; NOLL, Maria Izabel S.; CEPIK, Marco. Participação em banca de Laura Maria Loss Schwarz. O Processo Internacional de Elaboração de Políticas para as Florestas. 2008. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

55.
CANEPA, Mercedes; CORTES, S. M. V.; NOLL, Maria Izabel S.; CEPIK, Marco. Participação em banca de Mônica Cecília Moreno Moreno. Salud como derecho en el contexto de la reforma en salud em Colombia 1999-2007. 2008. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

56.
CEPIK, Marco; HERZ, Mônica; MESSARI, Nizar. Participação em banca de Aline Louro de Souza e Silva Rabello. O Conceito de Terrorismo nos Jornais Americanos - Uma análise de textos do New York Times e do Washington Post, logo após os atentados de 11 de Setembro.. 2007. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

57.
CEPIK, Marco. Participação em banca de Lucas Kerr de Oliveira. Petróleo e Segurança Internacional: Aspectos Globais e Regionais das Disputas por Petróleo na África Subsaariana. 2007. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

58.
CEPIK, Marco. Participação em banca de Alessandro Segabinazzi. A Atuação da Petrobrás no mercado de gás natural da Argentina e da Bolívia e possíveis convergências com a política Externa Brasileira. 2007. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

59.
CEPIK, Marco; VIZENTINI, Paulo; CUNHA, Andre; ARTURI, Carlos. Participação em banca de José Antônio Moreira Neves. O setor elétrico na integração da América do Sul: o desafio da autonomia energética. 2007. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

60.
CEPIK, Marco. Participação em banca de Maíra Baé Baladão Vieira. Relações Brasil-Índia (1991-2006). 2007. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

61.
CEPIK, Marco. Participação em banca de Daniel Russman Gallas. A Política externa da África do Sul de 1994 aos dias de hoje - condicionantes internos e limites externos. 2007. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

62.
CEPIK, Marco; ARTURI, Carlos; WASSERMAN, Claudia; PADROS, H.. Participação em banca de Mathias Seibel Luce. O Subimperialismo Brasileiro Revisitado: a política de integração regional do governo Lula (2003-2007). 2007. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

63.
CEPIK, Marco; ROJO, Raul; SERRANO, Carlos; ARTURI, Carlos. Participação em banca de Tatiana Vargas Maia. Intervencao da ONU em Angola: 1988-1999. 2006. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

64.
CEPIK, Marco; SERRANO, Carlos; ARTURI, Carlos; ROJO, Raul. Participação em banca de Luciano da Silva Colares. As Missoes de Paz da ONU e a questao do Timor Leste: Ponto de Inflexao?. 2006. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

65.
CEPIK, Marco; WASSERMAN, Claudia. Participação em banca de Carla Ferreira. Ideologia Bolivariana: as apropriacoes do legado de Simon Bolivar em uma experiencia de povo em armas na Venezuela: o caso da Guerra Federal de 1859-1863.. 2006. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

66.
CEPIK, Marco; VIZENTINI, Paulo; ROJO, Raul. Participação em banca de Silvia Ferabolli. A (Des) Construcao da Grande Nacao Arabe: condicionantes sistemicos, regionais e estatais para a ausencia de integracao politica do mundo arabe. 2006. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

67.
CEPIK, Marco; VIZENTINI, Paulo; CUNHA, Andre; ARTURI, Carlos. Participação em banca de Patricia Dick. A Parceria Estrategica entre Brasil e China: a contribuicao da politica externa brasileira. 2006. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

68.
CEPIK, Marco; MITRE, Antonio; CARDOSO, Vera Alice. Participação em banca de Renata Peixoto de Oliveira. Sistemas políticos e Reformas Estruturais na América Latina em perspectiva comparada. 2005. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal de Minas Gerais.

69.
CEPIK, Marco; VIZENTINI, Paulo; HEIDRICH, Alvaro. Participação em banca de Elmir Flach. A Unificacao Alema no Contexto das Relacoes Germano-Sovieticas. 2004. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

70.
CEPIK, Marco; MOREIRA, Early Macarthy; SILVEIRA, Helder Gordim da. Participação em banca de Jose Miguel Quedi Martins. Elementos Historicos e Sociologicos da Parceria Estrategica entre o Brasil e a China. 2003. Dissertação (Mestrado em História) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

71.
BORGES FILHO, N.; CEPIK, Marco; GUIMARÃES, Juarez. Participação em banca de Frederico Carlos de Sá Costa. Forças Armadas: para um conceito de ordem. 2002. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal de Minas Gerais.

72.
BATITUCCI, Eduardo; CEPIK, Marco; FARIA, Carlos Aurélio Pimenta de. Participação em banca de João Lopes. A Segurança Pública em Minas Gerais: reflexões sobre a desarticulação entre a Polícia Civil e a Polícia Militar. 2002. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Administração Pública) - Escola de Governo da Fundação João Pinheiro.

73.
LESSA, Antônio Carlos Moraes; CEPIK, Marco; CERVO, Amado Luiz. Participação em banca de João Paulo Soares Alsina Júnior. A Síntese Imperfeita: a articulação entre política externa e política de defesa no governo Fernando Henrique Cardoso. 2002. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Universidade de Brasília.

74.
CEPIK, Marco. Participação em banca de Cintia Aparecida Chagas Arreguy. O Uso das Tecnologias da Informação e Comunicação para Preservação e Difusão de Acervos Históricos. 2002. Dissertação (Mestrado em Administração Pública) - Fundação João Pinheiro.

75.
SILVA, V. A. C.; CANAHUATI, A. F. M.; CEPIK, Marco. Participação em banca de Ana Maria Rodrigues de Oliveira. Perspectivas do Estado Nacional no Contexto da Globalização: Elementos para um debate atual. 1999. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal de Minas Gerais.

76.
REIS, F. W.; CEPIK, Marco; AVRITZER, L.. Participação em banca de Lúcio Paiva Monteiro. Participação, Competição e Consenso na Democracia Contemporânea. 1996. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Teses de doutorado
1.
CEPIK, Marco; MAGODE, J. M. J.; RODRIGUEZ, J.; GROHMANN, Luis Gustavo Mello; SVARTMAN, Eduardo. Participação em banca de Emilio Jovando Zeca. Segurança Nacional, Direito à Informação e Proteção do Segredo do Estado em Moçambique: Desafios e Perspectivas. 2018. Tese (Doutorado em PPG em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

2.
ARTURI, Carlos; CEPIK, Marco; SVARTMAN, Eduardo; DETONI, Jackson. Participação em banca de Christiano Ambros. Base Industrial de Defesa e Arranjos Internacionais: África do Sul, Austrália e Brasil em perspectiva comparada. 2017. Tese (Doutorado em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

3.
DUARTE, Érico; CEPIK, Marco; SVARTMAN, Eduardo; ROCHA, A. J. R.. Participação em banca de Tamiris Santos Pessoa. A Formação de Oficiais e as Operações Conjuntas na Costa Brasileira. 2017. Tese (Doutorado em PPG em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

4.
NASSER, Reginaldo; CEPIK, Marco; MELLO, Flavia de Campos; PEREIRA, Paulo José dos Reis; TELLES, Vera da Silva. Participação em banca de Tomaz Oliveira Paoliello. Anatomia de uma empresa militar e de segurança privada: a empresa DynCORP em perspectiva global. 2016. Tese (Doutorado em Relações Internacionais (Unesp/Unicamp/Puc-Sp)) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

5.
CEPIK, Marco; MELLO, Flavia de Campos; VILLA, Rafael Antonio Duarte; SOARES, Samuel Alves; NASSER, Reginaldo. Participação em banca de David Magalhães. A política basileira de exportação de armas no contexto da revitalização da base insdustrial de defesa. 2016. Tese (Doutorado em Relações Internacionais (Unesp/Unicamp/Puc-Sp)) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

6.
NETO, O. A.; CEPIK, Marco; SANTOS, F. G. M.; FONTES, J. R.; GOLDSZMIDT, R.. Participação em banca de Gustavo José Baracho De Sousa. Os Livros Brancos e Outros Documentos de Defesa. 2016. Tese (Doutorado em doutorado em administração) - Fundação Getúlio Vargas.

7.
MIGON, E. X. F. G.; CEPIK, Marco; MARTINS, Jose Miguel Quedi; OLIVEIRA, M. G.; COSTA, J. M. D.. Participação em banca de Flávio César de Siqueira Marques. Fusão de Dados na Inteligência Militar. 2016. Tese (Doutorado em Ciências Militares) - Escola de Comando e Estado Maior do Exército.

8.
CEPIK, Marco; ARTURI, Carlos; SAMPAIO, R. C.. Participação em banca de Ana Júlia Possamai. Dados Abertos no Governo Federal Brasileiro: desafios de transparencia e interoperabilidade. 2016. Tese (Doutorado em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

9.
CASTRO, H. C. O.; CEPIK, Marco; COSTA, B. L. D.; CANABARRO, D. R.. Participação em banca de Nazaré Lopes Bretas. Desenvolvimento Institucional Digitalmente mediado e o Estado de Bem Estar Social. 2016. Tese (Doutorado em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

10.
MOROSINI, F.; Branco, Gerson; MOTTE-BAUMVOL, J.; CEPIK, Marco. Participação em banca de Luciano Vaz Ferreira. A construcão do regime jurídico internacional antissuborno e seus impactos no Brasil: Como o Brasil pode controlar o suborno praticado por empresas transnacionais?. 2015. Tese (Doutorado em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

11.
MARTINS, Jose Miguel Quedi; CEPIK, Marco; TONI, J. S.; LIMA, M. F. C.. Participação em banca de Fernando Dall'Onder Sebben. Infraestrutura e Desenvolvimento: estudo de caso sobre IIRSA e COSIPLAN. 2015. Tese (Doutorado em PPG em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

12.
HERZ, Mônica; CEPIK, Marco; ESTEVES, Paulo; KENKEL, K. M.; SILVA, F. C. T.. Participação em banca de Marcio Antonio Scalercio. As Armas e as Consciencias. 2015. Tese (Doutorado em PPG em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

13.
VIZENTINI, Paulo; CEPIK, Marco; ARTURI, Carlos; SEIBERT, K. G.. Participação em banca de Igor Castellano da Silva. Política Externa na África Austral: causas das mudanças nos padrões de cooperação-conflito (1975-2010). 2015. Tese (Doutorado em PPG em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

14.
MISOCZKY, Maria Ceci A.; PAIVA, B. A.; CEPIK, Marco; SILVA, S. M. G.; MENDES, A. A.. Participação em banca de Paulo Ricardo Zilio Abdala. A Organização do Conceito 'Nova Classe Média': dialética do consumo e superexploração renovada do trabalho. 2014. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Administração) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

15.
CEPIK, Marco; MARENCO, Andre; AVRITZER, L.; WAGNER, F. R.. Participação em banca de Diego Rafael Canabarro. Governança Global da Internet: tecnologia, poder e desenvolvimento. 2014. Tese (Doutorado em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

16.
CEPIK, Marco; VAZ, Alcides; ARTURI, Carlos; FUCCILLE, L. A.. Participação em banca de Lucas Pereira Rezende. Explicando a Cooperação em Defesa na América so Sul: uma teoria realista-ofensiva. 2013. Tese (Doutorado em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

17.
CEPIK, Marco; VAZ, Alcides; FUCCILLE, L. A.; SILVA, André Reis da.. Participação em banca de Fabrício Schiavo Ávila. Polaridade e Polarização no Século XXI: Impactos políticos na transição demográfica. 2013. Tese (Doutorado em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

18.
ESTEVES, Paulo; CEPIK, Marco; HERZ, Mônica; KENKEL, K. M.; VILLA, Rafael Antonio Duarte. Participação em banca de Marcos Vinícius de Figueiredo. A sociedade internacional sul-americana no pós-Guerra Fria: da cultura da rivalidade à cultura da amizade. 2013. Tese (Doutorado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

19.
DANILEVICZ, Ana Lúcia; CEPIK, Marco; VIZENTINI, Paulo. Participação em banca de Maíra Baé Baladão Vieira. A política externa indiana para a África no século XXI: condicionantes domésticos e sistêmicos. 2012. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

20.
CEPIK, Marco; MARTINS, Jose Miguel Quedi; PAUTASSO, Diego. Participação em banca de Márcio Azevedo Guimarães. A Política de Defesa do Brasil e o Conselho de Defesa Sul-Americano. 2012. Tese (Doutorado em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

21.
CUNHA, Andre; CEPIK, Marco. Participação em banca de Mauro Salvo. A Insercao das Economias Emergentes e a Distribuicao de Poder no Cenario Politico Internacional. 2011. Tese (Doutorado em Economia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

22.
VIZENTINI, Paulo; CEPIK, Marco; ARTURI, Carlos; PROENÇA JR, Domicio. Participação em banca de Clovis Eugenio Georges Brigagao. Paz, Seguranca Internacional e a Insercao Brasileira. 2011. Tese (Doutorado em PPG Estudos Estrategicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

23.
CEPIK, Marco; VIZENTINI, Paulo; LIMA, Maria Regina Soares de; TOKATLIAN, J.. Participação em banca de Monica Ellen Seabra Hirst. As Relacoes Brasil-Estados Unidos desde uma Perspectiva Multidimensional. 2011. Tese (Doutorado em PPG em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

24.
CEPIK, Marco; ARTURI, Carlos; SALDANHA, Clezio; DIAS, Marcia. Participação em banca de Ilton Luiz Pacheco de Freitas. E-Governo e a accountability nas poliarquias: aspectos teoricos e desenvolvimentos recentes no Brasil. 2011. Tese (Doutorado em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

25.
ARTURI, Carlos; RODEGHERO, C. S.; CEPIK, Marco; MILANI, R. S.. Participação em banca de Teresa Cristina Schneider Marques. Militancia Politica e Solidariedades Transnacionais: a Trajetoria Politica dos Exilados Brasileiros no Chile e na Franca. 2011. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

26.
SOUZA, Susana Bleil de Souza; CEPIK, Marco; RIVERA, E. G. P.; PRA, J. R.; GUAZZELLI, César. A. B.. Participação em banca de Jorge Luiz do Nascimento. Trincheiras ideológicas: o debate entre os jornais peruanos "El Comercio" e "La Tribuna". 2010. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em História UFRGS) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

27.
VIZENTINI, Paulo; CEPIK, Marco; PEREIRA, Analucia D.; CARLETTI, Anna. Participação em banca de Diego Pautasso. A Politica Externa Chinesa para a Russia. O papel das relações bilaterais na insercao internacional Chinesa (1989-2009). 2010. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

28.
ARTURI, Carlos; CEPIK, Marco; FARIA, Luiz. A. Estrella.; PAGLIARI, Graciela. Participação em banca de Rogerio Santos da Costa. A America do Sul do Brasil: a integracao e suas instituicoes na estrategia brasileira no governo Lula. 2010. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

29.
ARTURI, Carlos; CEPIK, Marco; PADROS, H.; MALLMANN, Maria. Participação em banca de Jose Vieira Loguercio. Globalizacao e Nacao no Seculo XXI. 2010. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

30.
CUNHA, Andre; CEPIK, Marco. Participação em banca de Mauro Salvo. A Insercao das Economias Emergentes e a Distribuicao de Poder no Cenario Politico Internacional. 2010. Tese (Doutorado em Economia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

31.
CEPIK, Marco; CUNHA, Andre. Participação em banca de Mauro Salvo. A Inserção das Economias Emergentes e a Distribuição de Poder no Cenário Político Internacional: o caso do Brasil. 2009. Tese (Doutorado em Programa de Pós Graduação em Economia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

32.
CEPIK, Marco; VIZENTINI, Paulo; GROHMANN, Luis Gustavo Mello; DANILEVICZ, Ana Lúcia. Participação em banca de Eduardo Brigidi de Mello. A Nova Política Externa Independente: O Brasil e a Ilusão do Desenvolvimento. 2009. Tese (Doutorado em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

33.
CEPIK, Marco. Participação em banca de Graciela de Conti Pagliari. Segurança regional e política externa brasileira: as relações entre Brasil e América do Sul, 1990-2006. 2009. Tese (Doutorado em Relações Internacionais) - Universidade de Brasília.

34.
PROENÇA JR, Domicio; CEPIK, Marco; PORTO, Marcelo F. S.; COSTA, Eugenio P. L. D.; BARTHOLO, Roberto. Participação em banca de Erico Esteves Duarte. O Conceito da Logística de Clausewitz e seu Teste pela Análise Crítica da Campanha de 1777, em Saratoga. 2009. Tese (Doutorado em Programa de Engenharia da COPPE - UFRJ) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

35.
CEPIK, Marco; GUEDES, M. M.; ALTEMANI, H.; VIZENTINI, Paulo. Participação em banca de Jose Miguel Quedi Martins. Digitalização e Guerra Local: como fatores do equilíbrio internacional. 2008. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

36.
ARTURI, Carlos; CEPIK, Marco; VIZENTINI, Paulo; MACEDO, José Rivair; BRANDALISE, Carla. Participação em banca de Analúcia Danilevicz Pereira. África do Sul e Brasil: dois caminhos para a transição ao pós-Guerra Fria (1984-1994). 2007. Tese (Doutorado em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

37.
CEPIK, Marco; OLIVEIRA, Eliezzer Rizzo de; COSTA, Valeriano Ferreira; MARTINS FILHO, Joao Roberto; ARAUJO, Maria Celina. Participação em banca de Priscila Carlos Brandao Antunes. ARGENTINA, BRASIL E CHILE E O DESAFIO DA RECONSTRUÇÃO DAS AGÊNCIAS NACIONAIS CIVIS DE INTELIGÊNCIA NO CONTEXTO DE DEMOCRATIZAÇÃO. 2005. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Universidade Estadual de Campinas.

38.
PROENÇA JR, Domicio; LIMA, Maria Regina Soares de; BARTHOLO, Roberto; CEPIK, Marco; MOSQUEIRA, Mauro; PINHEIRO, Letícia. Participação em banca de Eugenio Pacelli Lazzarotti Diniz Costa. Clausewitz, o Balanço Ataque-Defesa e a Teoria das Relações Internacionais. 2002. Tese (Doutorado em Engenharia de Produção) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Qualificações de Doutorado
1.
VIGEVANI, T.; CEPIK, Marco; AYERBE, L. F.. Participação em banca de Fernanda Petená Magnotta. Omissão estratégica: a reação dos Estados Unidos à presença chinesa na América Latina no início dos anos 2000. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Relações Internacionais (Unesp/Unicamp/Puc-Sp)) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

2.
DUARTE, Érico; CEPIK, Marco; SVARTMAN, Eduardo. Participação em banca de Michelly Sandy Geraldo. Não-Proliferação e a Política Externa Nuclear dos Estados Unidos. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em PPG em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

3.
CEPIK, Marco; DUARTE, Érico; PAUTASSO, Diego; CASTELLANO, Igor. Participação em banca de Romulo Barizon Pitt. Inserção Estratégica Internacional da Indonésia: Construção do Estado Nacional e Relações Civis-Militares. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em PPG em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

4.
RANINCHESKI, S. M.; CEPIK, Marco; CASTRO, H. C. O.; DA ROS, Luciano.. Participação em banca de Paulo Roberto da Silva Pinto. Digitalizacao das Decisoes Judiciais com Uso de Inteligencia Artificial: a visao de dentro do poder. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

5.
PINHEIRO, Letícia; LIMA, Maria Regina Soares de; CEPIK, Marco. Participação em banca de Fernanda Nanci Gonçalves. Entre convergências e tensões: politica externa e política de defesa no Brasil e na Colômbia. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Ciência Política) - Instituto de Estudos Políticos e Sociais.

6.
CEPIK, Marco; THAY, Antonio Hama; ARTURI, Carlos. Participação em banca de Emílio Jovando Zeca. Segurança Internacional e Direito a Informação: desafios e perspectivas para a proteção do segredo do Estado e classificação de documentos em Moçambique. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em PPG Estudos Estrategicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

7.
SVARTMAN, Eduardo; CEPIK, Marco; MARX, Vanessa; DALMARCO, Gustavo. Participação em banca de Christiano Cruz Ambros. Base Industrial de Defesa: inserção estratégica internacional e arranjos institucionais. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

8.
DORFMAN, Adriana; CEPIK, Marco; ARTURI, Carlos. Participação em banca de Rafael Francisco França. Por uma nova gestão de fronteiras: riscos e desafios. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

9.
BONILLA, Adrian; CEPIK, Marco; RIVERA, F.; Orozco, G.. Participação em banca de Lester Martín Andrés Cabrera Toledo. La valoración territorial y la duplicidad de agenda político-comercial en la relación chileno-peruana entre 1999 y 2008: una visión desde la geopolítica crítica.. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Programa Doctoral en Estudios Internacionales) - Facultad Latinoamericana de Ciencias Sociales - Ecuador.

10.
ARTURI, Carlos; CEPIK, Marco; SVARTMAN, Eduardo. Participação em banca de Tiago Estivalet Nunes. Estado, Monitoramento em Massa e Privacidade na Era Digital. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

11.
CEPIK, Marco; ARTURI, Carlos; NASSER, Reginaldo; MIELNICZUK, F. P.. Participação em banca de Thiago Borne Ferreira. Sistemas Roboticos e Capacidades Militares: conceito de emprego, pesquisa e desenvolvimento, e estrutura de força. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em PPG em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

12.
CEPIK, Marco; PERES, P. S.; SAMPAIO, R. C.. Participação em banca de Ana Julia Possamai. Informação, Capacidade Estatal e Democracia: uma análise institucional da política de dados abertos no Rio Grande do Sul. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

13.
CEPIK, Marco; PERES, P. S.; COSTA, B. L. D.. Participação em banca de Nazaré Lopes Bretas. Desenvolvimento Institucional e Igualdade de Acesso a Direitos Sociais: Analise Comparada da Previdencia e Saude na Era Digital do Brasil. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

14.
HOLLANDA, C. B.; CARVALHO, Bruno S.; REZNIK, Luis; CEPIK, Marco. Participação em banca de Thiago da Silva Pacheco. Da Ditadura a Democracia: a política enquanto inteligência no Estado Novo. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em História Comparada) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

15.
MIGON, E. X. F. G.; CEPIK, Marco; MARTINS, Jose Miguel Quedi; GOLDONI, L R F. Participação em banca de Flávio Cesar de Siqueira Marques. Fusão de Dados na Inteligência Militar. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Militares) - Escola de Comando e Estado Maior do Exército.

16.
DUARTE, Érico; CEPIK, Marco; SVARTMAN, Eduardo. Participação em banca de Tamiris Pereira dos Santos. Operações Conjuntas na Costa Brasileira: a formação de oficiais sob o prisma da análise de defesa. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em PPG em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

17.
NETO, O. A.; FONTES, J. R.; GOLDSZMIDT, R. G. B.; SANTOS, F. G. M.; CEPIK, Marco. Participação em banca de Gustavo José Baracho de Souza. Os livros Brancos de Defesa: a difusão, a orientação estratégica e as consequencias. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em doutorado em administração) - Fundação Getúlio Vargas.

18.
ARTURI, Carlos; CEPIK, Marco; MOYA, M. A.. Participação em banca de José Antonio Moreira das Neves. Uma luz no fim do Túnel? A integração elétrica da América do Sul iluminada pela abordagem Neofuncionalista da Integração. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

19.
VIZENTINI, Paulo; CEPIK, Marco; PEREIRA, Analucia D.. Participação em banca de Nathaly Xavier. Integração na África Austral: A Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC) e os Condicionantes Históricos e Políticos da Integração. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

20.
ARTURI, Carlos; CEPIK, Marco; SVARTMAN, Eduardo. Participação em banca de Cláudio Júnior Damin. O Experimento da Cláusula da Guerra nos Estados Unidos e o grande precedente da Guerra da Coréia em 1950. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

21.
CEPIK, Marco; ARTURI, Carlos; SVARTMAN, Eduardo. Participação em banca de Lucas Pereira Rezende. Explicando a Cooperação em Segurança na América do Sul: Uma teoria realista-ofensiva. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

22.
CEPIK, Marco; ARTURI, Carlos; DUARTE, M. F.. Participação em banca de Sandra Goldman Ruwel. Processo de Institucionalização da Atividade de Inteligência Prisional: um estudo de caso sobre Israel. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

23.
ARTURI, Carlos; CEPIK, Marco; OLIVEIRA, Lucas Kerr. Participação em banca de Marcos Carra. A PETROBRAS e a Integração da América do Sul: As divergências com o Estado brasileiro (1995-2010). 2013. Exame de qualificação (Doutorando em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

24.
ARTURI, Carlos; CEPIK, Marco; OLIVEIRA, Lucas Kerr. Participação em banca de Marcelino Teixeira Lisboa. A disputa política entre grupos de interesse na Bolívia e suas consequências para o comércio do gás natural com o Brasil (2005-2015). 2013. Exame de qualificação (Doutorando em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

25.
DANILEVICZ, Ana Lúcia; CEPIK, Marco. Participação em banca de Gabriel Pessin Adam. A Federação russa como potência eurasiana. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

26.
CEPIK, Marco; MARTINS, Jose Miguel Quedi. Participação em banca de Alexander Arciniegas. Relaciones cívico-militares en América del Sur: El caso colombiano durante el plan Colômbia y la política de defensa y seguridad democratica (2002-2010). 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

27.
ARTURI, Carlos; CEPIK, Marco. Participação em banca de Diego Canabarro. A Política na Era Digital e a Governança da Internet: Problemas, Atores e Perspectivas. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

28.
CEPIK, Marco; LECHINI, Gladys. Participação em banca de Igor Castellano da Silva. Política externa na África Austral: Causas das mudanças nos padrões de cooperação-conflito (1975-2010). 2012. Exame de qualificação (Doutorando em PPG em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

29.
CEPIK, Marco; FONSECA, Pedro Cezar Dutra. Participação em banca de Fernando Dall'Onder Sebben. Infraestrutura, instituições e governança: América do Sul em perspectiva comparada. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em PPG em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

30.
CEPIK, Marco; SANCHEZ, Michelle. Participação em banca de Luciano Vaz Ferreira. A implementação de normas internacionais anticorrupção no contexto brasileiro. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em PPG em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

31.
CEPIK, Marco; ARTURI, Carlos; MARTINS, Jose Miguel Quedi; DUARTE, Érico. Participação em banca de Arthur Coelho Dornelles Junior. O significado da modernizacao militar da China na Unipolaridade: implicacoes globais e regionais. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

32.
CEPIK, Marco; MARTINS, Jose Miguel; DUARTE, Érico. Participação em banca de Fabricio Schiavo Avila. O Demos e a Defesa da Polis no Seculo XXI. Transicao Demografica e Digitalizacao no Sistema Internacional. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

33.
ARTURI, Carlos; CEPIK, Marco. Participação em banca de Marcio Azevedo Guimaraes. O Conselho Sul-Americano de Defesa e a Politica de Defesa no Governo Lula da Silva (2006-2010). Efeitos sobre a seguranca regional. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

34.
CEPIK, Marco; ARTURI, Carlos; DUARTE, Érico; MARTINS, Jose Miguel. Participação em banca de Lucas Kerr de Oliveira. Desafios da Transicao do Paradigma Energetico. Seguranca Energetica na Sustentabilidade da Grande Estrategia de Estados Unidos, China e Brasil. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

35.
CEPIK, Marco; GROHMANN, Luis Gustavo Mello; GUGLIANO, Alfredo. Participação em banca de Ilson Luiz Pacheco de Freitas. E-Governo e Accountabillity nas Poliarquias: Aspectos Teóricos e Desenvolvidos Recentemente no Brasil. 2010. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

36.
ARTURI, Carlos; VIZENTINI, Paulo; HENKIN, Hélio.; CEPIK, Marco. Participação em banca de Diego Pautasso. A Política Externa Chinesa para a Rússia no Pós Guerra Fria: o papel das relações bilateirais na inserção chinesa no sistema internacional. 2009. Exame de qualificação (Doutorando em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

37.
CEPIK, Marco; NOLL, Maria Izabel S.; ARTURI, Carlos. Participação em banca de José Vieira Loguércio. O Crescente Papel Político do Estado Nacional na Globalização Atual. 2009. Exame de qualificação (Doutorando em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

38.
VIZENTINI, Paulo; ARTURI, Carlos; CEPIK, Marco. Participação em banca de Rogério Santos da Costa. Instituições e Integração na América do Sul: desenvolvimento e inserção internacional autônoma. 2008. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

39.
VIZENTINI, Paulo; CEPIK, Marco. Participação em banca de Márcio Voigt. Os Impactos dos Choques Petrolíferos na Diplomacia Brasileira (1969-1985). 2008. Exame de qualificação (Doutorando em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

40.
CEPIK, Marco; MARENCO, Andre. Participação em banca de Gustavo Giora. Social Democracia sem Keynes. Avanço e Desafio das Esquerdas no Brasil, Chile e Uruguai - Gustavo Giora. 2007. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

41.
CEPIK, Marco; SANTOS, José Vicente Tavares.; MISOCZKY, M. C.. Participação em banca de Rogerio Faé. Apropriação do Conhecimento no campo da Cooperação para o desenvolvimento: o programa escola aberta. 2007. Exame de qualificação (Doutorando em Administração) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

42.
CEPIK, Marco; BORGES, Andre; VIZENTINI, Paulo. Participação em banca de Luciane Mallmann. Cooperacao Tecnica entre Brasil e Africa do Sul: politicas de saude e desenvolvimento social. 2006. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

43.
CEPIK, Marco; ARTURI, Carlos; VIZENTINI, Paulo. Participação em banca de Jose Miguel Quedi Martins. Digitalizacao e Balanca de Poder Regional: a transformacao da guerra e o equilibrio mundial. 2006. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

44.
CEPIK, Marco; MARENCO, Andre; CANEPA, Mercedes. Participação em banca de Antonio Salvador Cardarello. Reeleicao e Impacto no Sistema Partidario: Brasil, Argentina, Uruguai e Mexico. 2004. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

45.
CEPIK, Marco; VIZENTINI, Paulo; FONSECA, Pedro Cezar Dutra. Participação em banca de Ana Lucia Danilevicz Pereira. A Politica Externa do Governo Collor (1990-1992). 2003. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Qualificações de Mestrado
1.
LESKE, A. D. C.; CARPES, Mariana M.; CEPIK, Marco. Participação em banca de Josiane Sarti. Aplicacoes Militares do Programa Espacial da India: o Exercito e a Guerra Centrada em Redes. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em CIÊNCIAS MILITARES) - Escola de Comando e Estado Maior do Exército.

2.
CEPIK, Marco. Participação em banca de Barbara Idaerla Santos Calderon. Avanços Tecnológicos e Difusão de Poder: O Impacto da Dark Web na Estrutura de Poder dos Estados Unidos da América. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Relações Internacionais) - Universidade Federal de Santa Catarina.

3.
MARQUES, A.; CEPIK, Marco; FRANCHI, T.. Participação em banca de Tathiany Barros Bonavita de Almeida. A Atividade de Inteligencia em Operações de Paz nas Nações Unidas: uma perspectiva brasileira sobre a MINUSTAH.. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em CIÊNCIAS MILITARES) - Escola de Comando e Estado Maior do Exército.

4.
MARQUES, A.; CASTRO, C. C. P; CEPIK, Marco. Participação em banca de Tulio Marcos Santos Ceravolo. A Integração da Inteligência de Estado e de Defesa nas Operações Interagências e Conjuntas por Meio da Central de Inteligência. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Militares) - Escola de Comando e Estado Maior do Exército.

5.
CEPIK, Marco; JIMENEZ, Martha Olivar. Participação em banca de Diego Rafael Canabarro. O Brasil das Pequenas Armas: Lucro 'versus' Segurança?. 2008. Exame de qualificação (Mestrando em PPG Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

6.
CEPIK, Marco. Participação em banca de Denise de Oliveira Barreiro. -. 2007. Exame de qualificação (Mestrando em PPG Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

7.
ROJO, Raul; CEPIK, Marco. Participação em banca de Gabriel Pessin Adam. As Relações entre Rússia, Ucrânia e Belarus e o Papel que nelas Exercem os Recursos Energéticos. 2007. Exame de qualificação (Mestrando em PPG Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

8.
CEPIK, Marco. Participação em banca de Alessandro Segabinazzi. A atuação da Petrobrás no mercado de gás natural da Argentina e da Bolívia e possíveis convergências com a política externa brasileira.. 2007. Exame de qualificação (Mestrando em PPG Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

9.
CEPIK, Marco. Participação em banca de Fabrício Schiavo Avila. O Impacto da Digitalização sobre a Guerra e a Distribuição de Poder no Sistema Internacional. 2007. Exame de qualificação (Mestrando em PPG Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

10.
RUCKERT, A. A.; CEPIK, Marco. Participação em banca de Gutemberg de Vilhena Silva. Usos contemporâneos da fronteira franco-brasileira: entre os ditames globais e as articulação local. 2007. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em Geociências) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

11.
CEPIK, Marco. Participação em banca de Arthur Coelho Dornelles Júnior. A Questão de Taiwan: suas implicações políticas e militares para as relações entre Estados Unidos - Taiwan - China (1991-2004). 2006. Exame de qualificação (Mestrando em PPG Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

12.
CEPIK, Marco; ARTURI, Carlos; ROJO, Raul Enrique. Participação em banca de Daniel Gallas. A Política Externa da África do Sul pós-Apartheid. 2006. Exame de qualificação (Mestrando em PPG Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

13.
CEPIK, Marco; HEIDRICH, Alvaro; ARTURI, Carlos. Participação em banca de Lucas Kerr. Petróleo e Segurança Internacional: aspectos globais e regionais das disputas por petróleo na África Subsaariana. 2006. Exame de qualificação (Mestrando em PPG Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

14.
ARTURI, Carlos; CEPIK, Marco; WASSERMAN, Claudia. Participação em banca de Mathias Seibel. O Subimperialismo Brasileiro Revisitado. 2006. Exame de qualificação (Mestrando em PPG Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

15.
CEPIK, Marco; VIZENTINI, Paulo; HEIDRICH, Alvaro. Participação em banca de Maíra Bae Vieira. Relações Brasil-Índia (1991-2006). 2006. Exame de qualificação (Mestrando em PPG Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

16.
CEPIK, Marco; ROJO, Raul Enrique; AMARAL, Livio. Participação em banca de Ricardo Castro. Cooperação Nuclear entre Brasil e Argentina. 2005. Exame de qualificação (Mestrando em PPG Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

17.
VIZENTINI, Paulo; CEPIK, Marco. Participação em banca de Elmir Jose Flach. A unificação alemã e as relações RFA-URSS. 2003. Exame de qualificação (Mestrando em PPG Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

18.
ARTURI, Carlos; CEPIK, Marco; ROJO, Raul Enrique. Participação em banca de Graciela Pagliari. Segurança Hemisférica e Política Externa Brasileira: Temas, Prioridades e Mecanismos Institucionais. 2003. Exame de qualificação (Mestrando em PPG Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

19.
VIZENTINI, Paulo; CEPIK, Marco; TREIN, Franklin. Participação em banca de Jose Alberto Antunes de Miranda. A Política Externa e de Segurança Comum da União Européia: um estudo crítico. 2003. Exame de qualificação (Mestrando em PPG Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

20.
CEPIK, Marco; SILVA, Heloisa Machado da; HEIDRICH, Alvaro. Participação em banca de Marcelo Franciosi. Interesse Nacional e Integração Energética: A Política Externa do Brasil para a América do Sul. 2003. Exame de qualificação (Mestrando em PPG Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

21.
CEPIK, Marco. Participação em banca de Carla Andréa Ribeiro. Governança Informacional na Reforma do Estado: estudo exploratório sobre política pública de acesso à informação governamental. 2002. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências da Informação) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
CEPIK, Marco. Participação em banca de Claudio da Silva Ramos Jr.. Interceptação de Conversações Telefônicas no Âmbito da Segurança Pública. 2001. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização Em Segurança Pública) - Escola de Governo da Fundação João Pinheiro.

2.
CEPIK, Marco. Participação em banca de Edson Hilário da Silva. Sistema de Inteligência do Corpo de Bombeiros: necessidades de adequação após a desvinculação com a Polícia Militar. 2001. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização Em Segurança Pública) - Escola de Governo da Fundação João Pinheiro.

3.
SAPORI, Flávio; CEPIK, Marco. Participação em banca de Ricard Franco Gontijo. Sistema Integrado de Gestão de Informações de Segurança Pública: Viabilidade e Oportunidade. 2000. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Segurança Pública) - Escola de Governo da Fundação João Pinheiro.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
CEPIK, Marco; DUARTE, Érico; SVARTMAN, Eduardo. Participação em banca de Thais Jesinski Batista.Potências Regionais e Segurança Internacional: o caso do Brasil na América do Sul. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

2.
VIZENTINI, Paulo; CEPIK, Marco; PEREIRA, Analucia D.. Participação em banca de Pedro Henrique Prates Cattelan.A Nova Rota da Seda: uma nova estratégia chinesa?. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

3.
CEPIK, Marco; DUARTE, Érico; SVARTMAN, Eduardo. Participação em banca de Priscila Gonçalves Schelp.A Modernização Naval Chinesa e as Respostas na Região Ásia-Pacífico. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

4.
DUARTE, Érico; CEPIK, Marco; SVARTMAN, Eduardo. Participação em banca de Aline de Ávila Rocha.A Transformação das Forças Armadas Alemãs: uma revisão do pós Segunda Guerra Mundial ao dias atuais. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

5.
CEPIK, Marco; RANINCHESKI, S. M.; GROHMANN, Luis Gustavo Mello. Participação em banca de Marjorie da Nóbrega StadnikBerdún.Cooperação em Saúde e Saúde Global: A Atuação da OMS e a Saúde na América Latina. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

6.
VIZENTINI, Paulo; CEPIK, Marco; RANINCHESKI, S. M.. Participação em banca de Daniela Zapata de Oliveira.Estado Islâmico e a Intervenção no Oriente: Os Casos de Iraque e Síria. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

7.
VIZENTINI, Paulo; CEPIK, Marco; RIBEIRO, Luiz Dario Teixeira. Participação em banca de Patrícia Graeff Machry.Afeganistão e Iêmen: Condicionantes e Características da Crise dos Estados. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

8.
MARTINS, Jose Miguel Quedi; CEPIK, Marco; DUARTE, Érico. Participação em banca de Bernardo Jurado Prates.Pacto de Elites e Integração Produtiva: Desafios para Regionalização da América do Sul. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

9.
CEPIK, Marco; MARTINS, Jose Miguel Quedi; DUARTE, Érico. Participação em banca de Eduardo Kreibich.Ciberespaço Brasileiro: Caracterização, Organização e Políticas. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

10.
DUARTE, Érico; CEPIK, Marco; MARTINS, Jose Miguel Quedi. Participação em banca de Gustavo Hack de Moura.A Controvérsia Brasileira sobre Tecnologia Militar: Revisão da Literatura. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

11.
MARTINS, Jose Miguel Quedi; CEPIK, Marco; DUARTE, Érico. Participação em banca de Luana Jardim Arosteguy da Rosa.Defesa e Desenvolvimento: Análises dos Casos de Reino Unido, EUA e China. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

12.
CEPIK, Marco; MARTINS, Jose Miguel Quedi; DUARTE, Érico. Participação em banca de Rodrigo Pasqualini Milagre.Cooperação em Inteligência na União Europeia: entre a Segurança Nacional e a Integração Regional. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

13.
CEPIK, Marco; MARTINS, Jose Miguel Quedi; DUARTE, Érico. Participação em banca de Juliana Figueira Freitas.Modelagem Baseada em Agentes nas Ciências Sociais e Relações Internacionais. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

14.
DUARTE, Érico; CEPIK, Marco; MARTINS, Jose Miguel Quedi. Participação em banca de Lívia Machado Costa.As Atuações do Brasil e da China em Angola e Moçambique no Século XXI. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

15.
MARTINS, Jose Miguel Quedi; CEPIK, Marco; DUARTE, Érico. Participação em banca de Marcela Fischer Friedman.A Doutrina da Vantagem Militar Qualitativa (VMQ) e as Relações entre Israel e os Estados Unidos. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

16.
CEPIK, Marco; MARTINS, Jose Miguel Quedi; RIBEIRO, Luiz Dario Teixeira. Participação em banca de Bruna Rohr Reisdoerfer.Segurança na Europa: As Implicações da Entente Frugale para a Polarização Regional. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

17.
MARTINS, Jose Miguel Quedi; CEPIK, Marco; RIBEIRO, Luiz Dario Teixeira. Participação em banca de Guilherme Henrique Simionato dos Santos.A Polaridade sob a Perspectiva dos Conceitos Operacionais: O Caso do A2/AD e do Air-Sea Battle. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

18.
MARTINS, Jose Miguel Quedi; CEPIK, Marco; RIBEIRO, Luiz Dario Teixeira. Participação em banca de Helena Marcon Terres.Base Industrial de Defesa: Experiência Estadunidense e Desenvolvimento Socioeconômico (1930-1990). 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

19.
CEPIK, Marco; MARTINS, Jose Miguel Quedi; RIBEIRO, Luiz Dario Teixeira. Participação em banca de Josiane Simão Sarti.O Programa Espacial da Índia: Evolução Histórica e Implicações Estratégicas. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

20.
MARTINS, Jose Miguel Quedi; CEPIK, Marco; RIBEIRO, Luiz Dario Teixeira. Participação em banca de Laís Helena Andreis Trizotto.A Contribuição da Experiência Militar Israelense para a Doutrina da Batalha Aeroterrestre. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

21.
CEPIK, Marco; MARTINS, Jose Miguel Quedi; RIBEIRO, Luiz Dario Teixeira. Participação em banca de Júlia Oliveira Rosa.O Sistema de Inteligência da China (1927-2015). 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

22.
MARTINS, Jose Miguel Quedi; CEPIK, Marco; RIBEIRO, Luiz Dario Teixeira. Participação em banca de Osvaldo Alves Pereira Filho.Da Intimidação Nuclear ao Escudo Antimíssil: Condicionantes do Programa Estratégico-Nuclear Chinês. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

23.
CEPIK, Marco; MARTINS, Jose Miguel Quedi; RIBEIRO, Luiz Dario Teixeira. Participação em banca de Victor Merola.A Reforma do Sistema de Inteligência dos Estados Unidos (2010-2015). 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

24.
CEPIK, Marco; ARTURI, Carlos; DUARTE, Érico. Participação em banca de Giovanna Marques Kuele.Atividade de Inteligência e Missões de Paz da ONU: rumo à institucionalização?. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

25.
CEPIK, Marco; ARTURI, Carlos; DUARTE, Érico. Participação em banca de Bruno Kern Duarte.O Sistema Político da China: desafio à institucionalização. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

26.
CEPIK, Marco; ARTURI, Carlos; DUARTE, Érico. Participação em banca de Pedro Romero Marques.Inteligencia e Guerra no Século XXI: aspectos estratégicos, operacionais e táticos. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

27.
CEPIK, Marco; ARTURI, Carlos; DUARTE, Érico. Participação em banca de Pedro Txai Leal Brancher.Estrutura e Agencia nas Relações Internacionais: o processo de evolução dos sistemas internacionais. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

28.
RANINCHESKI, S. M.; PRA, J. R.; CEPIK, Marco. Participação em banca de Isadora Campregher Paiva.Abordagens Feministas de Relações Internacionais: Uma Comparação Entre a Primeira e a Segunda Geração. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

29.
ARTURI, Carlos; CEPIK, Marco; DUARTE, Érico. Participação em banca de Mariana Falcão Chaise.Reforma no sistema de inteligência argelino: uma análise política. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

30.
DUARTE, Érico; CEPIK, Marco; ARTURI, Carlos. Participação em banca de Gustavo Vernier Nascimento.O Papel do Corredor Energético no Projeto de Inserção Regional da Turquia (2003-2012). 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

31.
DUARTE, Érico; CEPIK, Marco; ARTURI, Carlos. Participação em banca de Giordano Bruno Antoniazzi Ronconi.Análise do Mercado Internacional de Aeronaves Militares: Requisitos e Possibilidades de Participação. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

32.
ARTURI, Carlos; CEPIK, Marco; DUARTE, Érico. Participação em banca de Laura Vicentin Lammerhirt.O Cone Sul na estratégia estadunidense de Guerra Global ao Terror: o processo de securitização da tríplice fronteira entre Argentina, Brasil e Paraguai. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

33.
ARTURI, Carlos; CEPIK, Marco; DUARTE, Érico. Participação em banca de Bernardo Lobo Vinhas.O Ciberespaço e a Dinâmicas Internaciona: a Inserção Brasileira e seus Obstáculos. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

34.
CEPIK, Marco; PEREIRA, Analucia D.. Participação em banca de Nilton César Fernandes Cardoso.Conflito Armado na Somália: Análise das Causas da Desintegração do País após 1991. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

35.
CEPIK, Marco; DUARTE, Érico. Participação em banca de Anaís Medeiros Passos.O Overlay na Agenda de Segurança da América do Sul: as FARC e os Planos Colômbia 1 e 2. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

36.
CEPIK, Marco; PEREIRA, Analucia D.. Participação em banca de Athos Munhoz Moreira da Silva.As Relações Sino-Japonesas: da Guerra Fria à Interdependência. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

37.
CEPIK, Marco; MARTINS, Jose Miguel Quedi. Participação em banca de Gisele Araújo de Andrade.Compreender e Promover Mudanças no Sistema Internacional: Contribuições das Teorias Críticas de Relações Internacionais. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

38.
CEPIK, Marco; VIZENTINI, Paulo. Participação em banca de Erik Herejk Ribeiro.A Birmânia até 1950: Desafios e Legado Histórico. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

39.
MARTINS, Jose Miguel; CEPIK, Marco; DUARTE, Érico. Participação em banca de Pedro Vinicius Pereira Brites.A Situacao na Peninsula Coreana. Estrutura, Panorama e Cenarios. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

40.
MARTINS, Jose Miguel; CEPIK, Marco; VIZENTINI, Paulo. Participação em banca de Joao Marcelo Conte Cornetet.Identidade e Integracao Regional. Reflexoes Teoricas e Sugestoes para o Caso Sul-Americano. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

41.
DUARTE, Érico; CEPIK, Marco; PEREIRA, Analucia D.. Participação em banca de Laura de Souza Lequain.Capacidade Governativa nos Paises Andinos. Governanca e Governabilidade de 1990 a 2003. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

42.
DUARTE, Érico; CEPIK, Marco; PEREIRA, Analucia D.. Participação em banca de Dimitri Silva Nunes de Oliveira.Unipolaridade do Sistema Internacional. Proposicao, debate e revisao. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

43.
MARTINS, Jose Miguel; VIZENTINI, Paulo; CEPIK, Marco. Participação em banca de Romulo Barizon Pitt.Indonesia. Construcao do Estado e Dinamica Regional. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

44.
SILVA, André Reis da.; HAFFNER, J. A. H.; CEPIK, Marco. Participação em banca de Gustavo Frota Lima e Silva.O Regime do Atomo no Brasil e na Argentina. A Adesao ao Tratado de Nao-Proliferacao de Armas Nucleares. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

45.
VIZENTINI, Paulo; CEPIK, Marco. Participação em banca de Jonas Araujo Lunardon.Conflitos Armados Contemporaneos na Africa Negra e suas Causas Ambientais. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

46.
VIZENTINI, Paulo; CEPIK, Marco. Participação em banca de Fernanda Barth Barasuol.Teoriazação Independente. As Teorias de Relações Internacionais e a formulação da Política Externa Brasileira. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

47.
SILVA, André Reis da.; CEPIK, Marco; RIBEIRO, Luiz Dario Teixeira. Participação em banca de Mario Augusto Brudna Sogari.Declinio de uma Parceria? As relações Brasil e Japão nos anos 1970-1989 e na virada da década de 1990. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

48.
BAQUERO, Marcello; CEPIK, Marco. Participação em banca de Rafael Sabini Scherer.Subsidios para a Consolidação Democrática. Os casos de Brasil e Venezuela. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

49.
SILVA, André Reis da.; CEPIK, Marco; VIZENTINI, Paulo. Participação em banca de Bruna Kunrath.A Construção da Liderança Brasileira e a Integração Regional Sul-Americana no Século XXI. Subimperialismo ou cooperação?. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

50.
SILVA, André Reis da.; CEPIK, Marco. Participação em banca de Niala Pessuto.Projeção Brasileira em Energias Renovaveis. A política externa do Governo Lula para os biocombustiveis. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

51.
VIZENTINI, Paulo; CEPIK, Marco. Participação em banca de Camila Lumertz Garcia.A Influência dos Recursos Energéticos Russos nas suas Relações Exteriores Contemporâneas com a Europa. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

52.
CEPIK, Marco; RIBEIRO, Luiz Dario Teixeira; GAUDIOSO, Tomoko Kimura. Participação em banca de João Rodrigues Chiarelli.Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA) como ferramenta política: mecanismos de integração regional. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciencias Sociais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

53.
FARIA, Luiz. A. Estrella.; CEPIK, Marco; FILIPPI, Eduardo Ernesto. Participação em banca de Adilma Zuleica Monteiro.Diplomacia e Integração dos Emigrantes Cabo-Verdianos. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

54.
VIZENTINI, Paulo; CEPIK, Marco; PEREIRA, Analucia D.. Participação em banca de Pedros Biaggio Siebeneicher.O Brasil no Cenário Sul-Americano de Defesa e Segurança no Início do Século XXI. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

55.
VIZENTINI, Paulo; CEPIK, Marco; ARTURI, Carlos. Participação em banca de Gustavo Gayer Müller.Parcerias Estratégicas Brasil-França: perspectivas estratégicas para o desenvolvimento de blindados. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

56.
SILVA, André Reis da.; CEPIK, Marco; VIZENTINI, Paulo. Participação em banca de Karina Klein Kapel.A Cooperação Técnica Triangular na Política Externa do Governo Luula: diversificando linhas de cooperação Sul-Sul. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

57.
ARTURI, Carlos; CEPIK, Marco; SIMÃO, Ana. Participação em banca de Fabrício Brugali Dreger.Integração na América do Sul: a UNASUL e o Conselho de Defesa Sul-Americano. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

58.
CUNHA, Andre; CEPIK, Marco; BAE, Maira. Participação em banca de Anita Ouriques Capeletto.Atuação Nacional e Internacional da República Popular da China em Busca de Segurança Alimentar. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

59.
CUNHA, Andre; CEPIK, Marco; FARIA, Luiz. A. Estrella.. Participação em banca de Lídia Brochier.A Intensificação da Integração Regional no Leste Asiático: motivações e desafios no período pós-crise financeira de 1997-1998. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

60.
CEPIK, Marco; JIMENEZ, Martha Olivar; GUGLIANO, Alfredo. Participação em banca de Camila de Macedo Braga.A Doutrina de Intervenção Humanitária no Pós-Guerra Fria: uma análise crítica da experiência internacional. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

61.
CEPIK, Marco; VIZENTINI, Paulo; ARTURI, Carlos. Participação em banca de Priscila Pimont Berndt.A Cooperação Técnica como Instrumento da Política Externa Brasileira: o Brasil como doador junto aos países africanos. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

62.
CEPIK, Marco; ARTURI, Carlos; VIZENTINI, Paulo. Participação em banca de Paula Lazzai.A Política Externa Brasileira de Segurança Internacional: análise do discurso no governo Luis Inácio Lula da Silva. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

63.
CEPIK, Marco; ARTURI, Carlos; GRAEFF, Bibiana. Participação em banca de Ana Clara Backes Martins.Resposta à Mudança Climática: cooperação internacional e os esforços de mitigação, adaptação e geongenharia. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

64.
SCHNEIDER, Luiza; CEPIK, Marco. Participação em banca de Luíza Galiazzi Schneider.Padrões de Conflito na África Contemporânea: o caso do Sudão em Perspectiva Comparada. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

65.
JORNADA, Helena; CEPIK, Marco. Participação em banca de Helena Lobato da Jornada.Índia e China: Cooperação e Conflito no Sudeste Asiático. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciencias Sociais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

66.
DULLIUS, G. P.; CEPIK, Marco. Participação em banca de Gustavo Piccinini Dullius.Chile e Venezuela: política de defesa e capacidade militar comparada. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

67.
SCHEIBE, Eduarda Figueiredo; CEPIK, Marco. Participação em banca de Eduarda Figueiredo Scheibe.Matriz Energética e Integração na América do Sul: o Impacto dos Biocombustíveis. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

68.
BORNE, Thiago; CEPIK, Marco. Participação em banca de Thiago Borne.Guerra Informacional e Ordem Internacional: Desafios Normativos. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

69.
CEPIK, Marco; VIZENTINI, Paulo. Participação em banca de Mauricio Mattatia Wofchuk.Oportunidades e Desafios na Cooperação Aeroespacial entre Brasil e Israel. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

70.
CEPIK, Marco; ARTURI, Carlos; MARTINS, Jose Miguel Quedi. Participação em banca de Cláudio Júnior Damin.George W. Bush e o discurso da guerra: a racionalização a partir da liberdade. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciencias Sociais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

71.
ARTURI, Carlos; CEPIK, Marco; MARTINS, Jose Miguel Quedi. Participação em banca de Júlio César Cossio Rodriguez.Cooperação Securitária Transatlântica após o 11 de setembro de 2001. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

72.
CEPIK, Marco; MARTINS, Jose Miguel Quedi; VIZENTINI, Paulo. Participação em banca de Fernando Dall'Onder Sebben.Separatismo e Hipótese de Guerra Local na Bolívia: Possíveis Implicações para o Brasil. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

73.
CEPIK, Marco; MARTINS, Jose Miguel Quedi; VIZENTINI, Paulo. Participação em banca de Larissa Schneider Calza.A participação do Brasil na Minustah: os dilemas da inserção internacional de uma potência média. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

74.
CEPIK, Marco; MARTINS, Jose Miguel Quedi; VIZENTINI, Paulo. Participação em banca de Bernardo Macke.Drogas e Conflito Armado na Colômbia: Permanência e Desenvolvimentos Recentes. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

75.
CEPIK, Marco; RIBEIRO, Luiz Dario Teixeira; MARTINS, Jose Miguel Quedi. Participação em banca de Lorenzo de Aguiar Peres.A Influência da Religião na Formação do Japão Moderno. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

76.
FARIA, Luiz. A. Estrella.; CEPIK, Marco; MONTEIRO, S. M. M.. Participação em banca de Manuela Mauler.Política Externa Brasileira para a América do Sul : uma análise do governo Fernando Henrique Cardoso (1995-2002). 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

77.
SILVA, André Reis da.; CEPIK, Marco; VIZENTINI, Paulo. Participação em banca de Giovanna Antunes Bocaccio.Mediação Internacional no pós-Guerra Fria. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

78.
HENKIN, Hélio.; CEPIK, Marco; MARTINS, Jose Miguel Quedi. Participação em banca de João Paulo Curia Pereira.Indústria de Defesa Brasileira. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

79.
CEPIK, Marco; BORGES, Andre; VARGAS, Soraya. Participação em banca de Egidio dos Santos Ferreira.As Politicas Sociais de Saude e Educacao nos Governos Collares, Britto e Olivio Dutra. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciencias Sociais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

80.
MARENCO, Andre; NOLL, Maria Izabel S.; CEPIK, Marco. Participação em banca de Marcos Carra.A Petrobrás e a Integração da América do Sul: desafios políticos e econômicos. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciencias Sociais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

81.
MARENCO, Andre; NOLL, Maria Izabel S.; CEPIK, Marco. Participação em banca de Roberta Mallmann Souto-Pereira.Representatividade e Efetividade do Sistema Partidário: Instituições Políticas do Brasil, do Chile e da Argentina. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciencias Sociais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

82.
CEPIK, Marco; MARENCO, Andre; AZEVEDO, Ricardo. Participação em banca de Joana Pegoraro.Judicializacao da Politica. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciencias Sociais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

83.
REIS, Bruno; CEPIK, Marco. Participação em banca de Valéria da Silva de Paiva.Max Weber: notas sobre o significado do conceito de racionalidade. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais.

84.
CEPIK, Marco; REIS, Bruno Wanderley Pinheiro. Participação em banca de Caiuby Nascimento de Freitas.Aspectos de uma Distopia Politica: entre a Sociedade da Informacao e a Democracia Virtual. 2002. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais.

85.
CEPIK, Marco. Participação em banca de Renata Peixoto de Oliveira.Estados Unidos e América Latina no pós Guerra Fria: segurança e comércio são realmente duas agendas diferentes?. 2002. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais.

86.
CEPIK, Marco; REIS, Bruno Pinheiro Wanderley. Participação em banca de Alice Soares Guimaraes.Seguranca e Conflito Pos Guerra Fria: reavaliacao conceitual e o caso da America Latina. 2002. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais.

87.
BEATO, Cláudio; CEPIK, Marco. Participação em banca de Amarildo Odilon Rezende de Aguiar.Análise do processo de institucionalização da Lei de Execução Penal no estado de Minas Gerais à luz das Regras Mínimas da Organização das Nações Unidas para o Tratamento de Presos. 2001. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais.

88.
DULCI, O. S.; CEPIK, Marco. Participação em banca de Liana Araújo Lopes.O Anti-semitismo e a Afirmação de Identidades Nacionais. 1997. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Avaliação de cursos
1.
CEPIK, Marco. Avaliação Recursos dos Programas de Pós-graduação stricto sensu de Ciência Política. 2007. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.

Outras participações
1.
CEPIK, Marco; Fernandes, A. C.; Cardoso, N. Participacao em Banca do Salao de Iniciacao Cientifica da UFRGS. 2016. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

2.
CEPIK, Marco; FILIPPI, Eduardo Ernesto; RANINCHESKI, S. M.. Comissão de Seleção Programa de Pós Graduação em Estudos Estratégicos Internacionais UFRGS. 2015. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

3.
CEPIK, Marco; MILAN, Marcelo; MOROSINI, F.; MARTINS, Jose Miguel Quedi. Comissão de Seleção Programa de Pós Graduação em Estudos Estratégicos Internacionais UFRGS. 2014. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

4.
CEPIK, Marco. Comissao Julgadora do Premio Franklin Delano Roosevelt 2010. 2010.

5.
CEPIK, Marco; VIZENTINI, Paulo; GONZALEZ, Rodrigo. Participacao em Banca do Salao de Iniciacao Cientifica da UFRGS. 2010. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

6.
CEPIK, Marco. Programa Escala Estudantil - Entrevista Intercâmbio. 2009. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

7.
CEPIK, Marco; ARTURI, Carlos; CORSETTI, E. P.. Comissão Examinadora Monitoria UFRGS. 2008.

8.
ARTURI, Carlos; CEPIK, Marco; MORITZ, M. L. R. F.. Comissão Examinadora do processo seletivo para professor substituto. 2007. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

9.
CEPIK, Marco; ROJO, Raul Henrique; JIMENEZ, Martha; VIZENTINI, Paulo. Comissao de Selecao do PPG Relacoes Internacionais. 2006. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

10.
CEPIK, Marco. Comissão Julgadora do XVII Salao de Iniciacao Cientifica da UFRGS. 2005. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

11.
CEPIK, Marco; VIZENTINI, Paulo; SILVA, Heloisa Machado da; JIMENEZ, Martha Olivar; MORAES, Roberto Camps de. Comissao de Seleção Mestrado em Relacoes Internacionais. 2004. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

12.
CEPIK, Marco; MARENCO, Andre; ARTURI, Carlos; PINTO, Celi; TRINDADE, Helgio; CORADINI, Odaci. Comissao de Seleção Doutorado Ciencia Politica. 2004. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

13.
CEPIK, Marco. Comissão Julgadora do XV Salao de Iniciacao Cientifica. 2003. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

14.
CEPIK, Marco; ZAULI, Eduardo. Comissão Avaliadora da X Semana de Iniciação Científica da UFMG. 2002. Universidade Federal de Minas Gerais.

15.
CEPIK, Marco; MELO, Carlos Ranulfo F; RODRIGUES, Marta Assumpção. Banca de Seleção para o Mestrado em Ciência Política. 2001. Universidade Federal de Minas Gerais.

16.
CEPIK, Marco; VIEIRA, M. L. M.; ZAULI, Eduardo. Banca de Seleção para Professor Substituto do Departamento de Ciência Política da UFMG. 1999. Universidade Federal de Minas Gerais.

17.
CEPIK, Marco; BORGES FILHO, N.; POMPERMAYER, M. J.. Banca de Seleção de Professor Substituto do Departamento de Ciência Política da UFMG. 1998. Universidade Federal de Minas Gerais.

18.
CEPIK, Marco; SOUSA, Rômulo Paes de. Banca Examinadora do Processo Seletivo Público realizado pela PRODABEL. 1996. Empresa de Informática e Informações da Prefeitura de Belo Horizonte.

19.
CEPIK, Marco; GUIMARÃES, J. R.; AZEVEDO, S.. Banca de Seleção de Monitoria de Pós-Graduação do Mestrado em Ciência Politica da UFMG. 1996. Universidade Federal de Minas Gerais.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
ABED - 10º Encontro Nacional.Segurança Regional Sul-Americana: Papel dos Estados Unidos, Europa e China. 2018. (Encontro).

2.
FES-IRI PUC Rio - Brazil: Regional and Multilateral Regression.Multilateral Peace and Security: The Changing Landscape. 2018. (Seminário).

3.
INCT-INEU - Seminário 2018: Governo Trump ? Primeiro Tempo.As Eleições de 2018 e Perspectivas.A América Latina como campo de competição estratégica. 2018. (Seminário).

4.
LASA - International Congress. La actividad de inteligencia en Latinoamérica. 2018. (Congresso).

5.
MD - Programa Álvaro Alberto de Indução à Pesquisa em Segurança Internacional e Defesa Nacional nº29/2014.Sistemas de Inteligência e o Entorno Estratégica do Brasil: análise institucional e identificação de ameaças. 2018. (Seminário).

6.
PPGRI SAN TIAGO DANTAS - INEU - Seminario Estados Unidos China América Latina.Estados Unidos e China na América Latina: segurança internacional. 2018. (Seminário).

7.
RIAL - Reunión del Comité Directivo de RIAL. Inserción externa de América Latina. 2018. (Congresso).

8.
UNIVATES - Seminário 10 Anos RI. Teoria dos Complexos Regionais de Segurança e América Sul. 2018. (Exposição).

9.
COMPOLITICA - 7o Encontro Nacional.Democracia Digital: Pesquisa Internacionalizacao. 2017. (Encontro).

10.
ENAP - Encontro da Rede de Escolas de Governo 2017.Desafios da Profissionalização no Setor Público na Era Digital. 2017. (Encontro).

11.
ESG - Política Nacional de Defesa.Política Nacional de Defesa. 2017. (Simpósio).

12.
IPEA - Seminario DIEST.Por que é difícil desenhar carreiras na APF?. 2017. (Seminário).

13.
IPPA - 3rd International Conference on Public Policy. Coordinating National Defense Public Policies: Analyzing the Case of Brazil. 2017. (Congresso).

14.
ISA - 58th Annual Convention. Strategic Intelligence: Nuclear Deterrence, Counterterrorism and Peacekeeping. 2017. (Congresso).

15.
NEE-CMS - Oficina de Assuntos Militares.Inteligência estratégica: uma visão prospectiva no Brasil e no Mundo. 2017. (Oficina).

16.
NUS - 3rd International Conference on Public Policy. International Conference on Public Policy. 2017. (Congresso).

17.
SISBIN - Seminário Desafios Estratégicos para a Inteligência do Brasil.Inteligência no Brasil: desafios para atuação em rede. 2017. (Seminário).

18.
UNICEUB-CEEEx - Geopolitica, Defesa e Seguranca do Brasil.Defesa, seguranca e Inteligencia. 2017. (Seminário).

19.
ABCP - 10º Encontro.Consolidação do Sistema de Inteligência nos Estados Unidos (1947-1961). 2016. (Encontro).

20.
ABED - 9º Encontro Nacional.Cooperação Militar e Diplomacia de Defesa. 2016. (Encontro).

21.
CMS-UFRGS-ISAPE - Seminários de Estudos Estratégicos.Segurança Internacional Contemporânea e os Cenários do Exército Brasileiro para 2035. 2016. (Seminário).

22.
FJP - Escola de Governo Curso Administração Pública.Meritocracia e Cidadania: um desafio para a democracia. 2016. (Seminário).

23.
IESP - Seminario Atlas Defesa Brasileira.Aspectos operacionais militares da defesa brasileira. 2016. (Seminário).

24.
IPSA - 24th World Congress of Political Science. Intelligence in UN Peacekeeping Operations: a case study of MONUSCO. 2016. (Congresso).

25.
MD-UE-BE - 2o Simposio Seguranca Regional Europa-America do sul.Cooperacao Regional em Inteligencia e a Seguranca America do Sul. 2016. (Simpósio).

26.
UFSM - Café Defesa 2016.Inteligência e contexto estratégico internacional. 2016. (Outra).

27.
DATAPREV - I Reunião Gerencial 2015.O futuro da TI no setor público: modelos de governança e desafios tecnológicos. 2015. (Seminário).

28.
ESG - II Seminario de Inteligencia Estrategica.A Inteligencia Estratégica como Função Publica do Estado. 2015. (Seminário).

29.
FGV - Desafios para a Paz e Segurança Internacional.Prioridades para o Brasil na Agenda de Segurança Internacional. 2015. (Seminário).

30.
FJP - Democracia, Efetividade e Profissionalização no Setor Público.Profissionalização e Domecracia: tensões e desafios. 2015. (Seminário).

31.
ISA - 56th Annual Convention. National Intelligence Systems as Networks: Brazil, Russia, India, China, and South Africa. 2015. (Congresso).

32.
ISAPE - III Seminário Casas de União: Consórcios e Convênios na Reforma do Estado.Desafios e Tarefas: Reformas autofortalecedoras. 2015. (Seminário).

33.
PANDIA-MD - 2ª Reunião de Coordenação do Programa Álvaro Alberto.Sistemas de Inteligência e o Entorno Estratégico do Brasil: análise institucional e identificação de ameaças. 2015. (Encontro).

34.
CARTA MAIOR - A Internacional do Capital Financeiro.Debate sobre o livro. 2014. (Encontro).

35.
ECEME - XIII Ciclo de Estudos Estratégicos.Inteligência Multilateral e Operações de Paz: rumo à institucionalização?. 2014. (Seminário).

36.
ESG - I Seminário de Inteligência Estratégica.A Inteligência Estratégica como Instrumento de Diplomacia do Estado. 2014. (Seminário).

37.
FLACSO-ISA Conferencia Conjunta/Joint Conference. Brazilian Defense Policy: Institutions, Doctrine, Budget, and Capabilities. 2014. (Congresso).

38.
ISAPE - II Seminário Casas de União: Políticas Públicas e Centros Urbanos.Federalismo, Sistema Eleitoral e Agenda de Políticas Públicas: o Papel das Casas de União. 2014. (Seminário).

39.
RBMA - VI - Seminário da Rede Brasileira de Monitormaneto e Avaliação.Painel de Debates: O Ano Internacional da Avaliação como Instrumento de Promoção da Avaliação em Diversos Países. 2014. (Seminário).

40.
SPGPC/RS - Estado e Desenvolvimento: Uma agenda para o futuro.Modernização da Gestão Pública e Avaliacão de Políticas. 2014. (Seminário).

41.
UNB - Simpósio Internacional em Inovação e Governança Digital.Comentários sobre a Agenda de Pesquisa em Democracia Digital. 2014. (Simpósio).

42.
CLAD - XVIII Congreso Internacional. Ambientes Informacionais Voltados ao Monitoramento e à Avaliação de Políticas Públicas: Construindo Capacidade Estatal e Democracia na Era Digital. 2013. (Congresso).

43.
FLACSO - Seminario Internacional.International Security: A Brazilian Perspective. 2013. (Seminário).

44.
MPSA - 71st Annual Conference. Three Controvesies on Cyberwar: A Critical Perspective. 2013. (Congresso).

45.
PSS-ISA - Joint Conference. China Space Policy: Implications for Asia, South America and Africa. 2013. (Congresso).

46.
SEFAZ/RS - V Seminário de Avaliação de Políticas Públicas e Qualidade do Gasto.Avanços e Inovações na Avaliação e Monitoramento de Políticas Públicas. 2013. (Seminário).

47.
ABCP - 8o Encontro Nacional.Órgãos de Controle e Inteligência: desafios da institucionalização. 2012. (Encontro).

48.
ABED - 6o Encontro Nacional.Inteligência Governamental no Século XXI. 2012. (Encontro).

49.
ABRI - 1° Seminário Nacional de Pós-Graduação.Teoria de Relações Internacionais no Brasil: uma visão crítica. 2012. (Seminário).

50.
PUCMG - Seminário Atores e Agendas da Política Externa Brasileira.O Brasil e a Ásia. 2012. (Seminário).

51.
SEBREEI - Seminário Brasileiro de Estudos Estratégicos Internacionais.Tecnologia, Estado e Segurança Internacional. 2012. (Seminário).

52.
WCGE - VIII Simpósio Brasileiro de Sistemas de Informação.?Painel ? Colóquio sobre um Programa de Pesquisa em Governo Eletrônico?. 2012. (Simpósio).

53.
AAS - Association of Asian Studies Conference. China's Space Cooperation. The Politics of a Security Dilemma. 2011. (Congresso).

54.
MINISTERIO DEFESA BRASIL - Seminario Livro Branco.Necessidade de Inteligencia de Defesa e Ameacas ao Estado Brasileiro. 2011. (Seminário).

55.
UFRGS - Ciclo de Conferencias da PROREXT.A Dimensao Etica das Politicas Publicas: o caso da inclusao digital. 2011. (Simpósio).

56.
WISC - World International Studies Council - Third Global International Studies Conference. IR Theory in Brazil, China, India and South Africa: a critical appraisal. 2011. (Congresso).

57.
LASA - XXIX International Congress. Regional Security and Integration in South America: what UNASUR Could Learn from the OSCE and the Shanghai Cooperation Organization. 2010. (Congresso).

58.
REPUBLICA DE ANGOLA - Seminario Internacional Sobre Inteligencia e Seguranca.Inteligencia e Seguranca. 2010. (Seminário).

59.
RIPE - Relações Internacionais para Educadores.Os EUA e a Ascensão de Novos Pólos: a China e os BRICS. 2010. (Outra).

60.
SAAPS - Biennial Conference of the South African Association of Political Studies: Democracy in the 1st Decade of the 21st Century. National Security and South-South Cooperation: India, South Africa and Brazil. 2010. (Congresso).

61.
UFMG - Ciclo de Palestras do CEEIG.Metodologias de Pesquisa nos Estudos de Inteligência: Evidências Bibliométricas e o Desafio Comparativo. 2010. (Outra).

62.
UFRGS - África do Sul: Mitos e Verdades.Diplomacia e Segurança na Região Africana. 2010. (Seminário).

63.
UFRGS-CAPES - I Seminario Sino-Brasileiro de Desenvolvimento Economico e Seguranca Internacional.Comando do Espaco e Capacidade Dissuasoria: o caso chines e suas implicacoes para a distribuicao internacional de poder. 2010. (Seminário).

64.
ECPR - 5th General Conference. National Intelligence Systems as Networks: integration and centralization. 2009. (Congresso).

65.
GSI - Reforma do Sistema Brasileiro de Inteligência.Formato Institucional do Sistema: a existência de um órgão central resolve?. 2009. (Encontro).

66.
INTERLIGARE - 1st International Forum.Intelligence as Information. 2009. (Seminário).

67.
ISA - 50th Annual Convention of International Studies Association. Intelligence Organizations as Networks: Centrality, Complexity, Legitimacy and Effectiveness in Comparative Perspective. 2009. (Congresso).

68.
ISA - 50th Annual Convention of International Studies Association. The Geopolitics of Emerging Regional Powers: Africa, South America, South Asia (Panel). 2009. (Congresso).

69.
LASA - XXVIII International Congress. Inteligência e Operações de Paz e Segurança da ONU: aspectos organizacionais e políticos. 2009. (Congresso).

70.
PUC MG - Mini ONU.Seguranca Internacional: o caso das armas nucleares. 2009. (Seminário).

71.
PUC MG - Seminário 10 Anos do MINI-ONU. Segurança Externa e Proteção Doméstica: os novos desafios. 2009. (Congresso).

72.
SAE - Sistema Brasileiro de Inteligência: discussão e reformulação.Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE). 2009. (Oficina).

73.
UFMG - Seminario do CEEIG.Situacao Atual dos Estudos de Inteligencia e Agenda de Pesquisa. 2009. (Simpósio).

74.
ABED - II Encontro Nacional da Associacao Brasileira de Estudos de Defesa ? ABED.Segurança Internacional: desafios para as próximas décadas. 2008. (Encontro).

75.
CMC - Conferência Mundial sobre Desenvolvimento de Cidades. Digitalização, Estado e Democracia no Brasil. 2008. (Congresso).

76.
CONSEGI - I Congresso Internacional Software Livre e Governo Eletronico. Digitalização, Estado e Democracia no Brasil. 2008. (Congresso).

77.
FLACSO - Ecuador-Peru: Evaluacion de una decada de paz y desarollo.Aplicaciones eventuales de este tipo de negociácion a otros conflictos. 2008. (Seminário).

78.
ISA - 49th Annual Convention of International Studies Association. The Integration of Intelligence in the Interagency Process in Brazil. 2008. (Congresso).

79.
PUC MG / FULLBRIGHT - Politica Externa dos EUA para a Asia.A Proxima Administracao: Politica Externa e de Defesa dos EUA. 2008. (Seminário).

80.
UFRGS-CNPq - Desempenho institucional e Qualidade Democrática nos Países Africanos..A Democracia na África: capacidade estatal e conflitos civis. 2008. (Seminário).

81.
UNB-CNPq - Teorias e Conceitos de Relacoes Internacionais.Seleção de Teorias em Relações Internacionais na Perspectiva de Imre Lakatos. 2008. (Seminário).

82.
WISC - II Global International Studies Conference. Regional Security and Integration in South America: What UNASUR could learn from the OSCE and the Shanghai Organization experiences?. 2008. (Congresso).

83.
ABRI - 1º Encontro Nacional de Relações Internacionais.Segurança Mundial: Soberania versus responsabilidade. 2007. (Encontro).

84.
ESPM-RJ - Semana de Relações Internacionais.O Brasil no contexto das Relações Internacionais. 2007. (Outra).

85.
NERINT - África Austral: Relações Internacionais Contemporâneas.Segurança e Guerra na África Subsaariana. 2007. (Outra).

86.
TRF 4 - Contextualizando a Justiça Federal.O Serviço Público e o Cidadão. 2007. (Outra).

87.
UFMG - Política, Desenvolvimento e as Relações Internacionais da América Latina.Desafios de Segurança na América do Sul. 2007. (Outra).

88.
UFRGS - Semana Acadêmica das Relações Internacionais.Segurança Nacional na Índia: contexto regional e instituições.. 2007. (Outra).

89.
UFRGS - V Jornadas Latinoamericanas de Historia de las Relaciones Internacionales.Segurança na América Latina, o caso Colombiano. 2007. (Outra).

90.
ABCP - V Encontro da Associacao Brasileira de Ciencia Politica.Seguranca Internacional. 2006. (Encontro).

91.
FLACSO - El Sistema Político Brasileño.El Sistema Político Brasileño: crisis y superacion. 2006. (Outra).

92.
GSI - O Terrorismo e as Relacoes Internacionais.Mecanismos de Combate ao Terrorismo. 2006. (Outra).

93.
NERINT - Seminarios de Relacoes Internacionais.Politica Internacional e Politica Externa: balanco do governo Lula. 2006. (Outra).

94.
OPSA - III FORO SUL-AMERICANO.Desafios de Seguranca na America do Sul. 2006. (Outra).

95.
PMMG - Seminário de Inteligência da Polícia Militar.Inteligência Policial: sua importância e perspectivas no Brasil. 2006. (Outra).

96.
PUC MINAS - Sistema Internacional, Relacoes Multilaterais e Atuacao Internacional do Brasil.Sistema Internacional Contemporaneo e Subsistemas Regionais: uma analise. 2006. (Outra).

97.
UFRGS-CAPES - Tendencias da Ciencia Politica nos Proximos Dez Anos.Politica Internacional : agenda de pesquisa nos proximos dez anos. 2006. (Outra).

98.
UFRGSMUN - UN Simulation Model.Intelligence and Multilateral Decision and action. 2006. (Outra).

99.
ABIN - Atividades de Inteligencia: Desafios Contemporaneos.Restruturacao Servicos de Inteligencia: um balanco. 2005. (Outra).

100.
OXFORD - Academic Program Hilary Term.Comparing National Intelligence Systems: an institutional model and the cases of Brasil, Colombia, India and South Africa. 2005. (Outra).

101.
OXFORD - Academic Programme Trinity Term.National Security in Brazil: the institutionalisation path. 2005. (Outra).

102.
OXFORD - Intelligence Group Trinity Term.Intelligence Services and National Security: South Africa and India. 2005. (Outra).

103.
UNIVERSIDAD CENTRAL VENEZUELA - Agenda Seguridad Andes Brasil.Agenda de Seguridad Brasilena y la Region Andina: un balance. 2004. (Outra).

104.
ESG - Seminario Guerra no Iraque.Guerra no Iraque: Implicações para a Governança Global e o papel da ONU. 2003. (Outra).

105.
FESCOL - Inserción Internacional de Colombia y sus Vecinos.La inserción Internacional de Seguridad de Brasil y la Región Andina. 2003. (Outra).

106.
GSI - Encontro de Estudos sobre Terrorismo Internacional.Adequacao e Preparo Institucional para o Enfrentamento da Ameaca Terrorista Internacional. 2003. (Encontro).

107.
SAE - CGEE - Seminário Internacional.Papel das Forças Armadas Brasileiras na Segurança Regional Amazônica. 2003. (Seminário).

108.
UFRGS - LABMUNDO UFBA - Seminário Internacional Temas Contemporâneos Internacionais.Contestação Internacional, reação securitária e democracia. 2003. (Seminário).

109.
UFRGS-UFMG - Colóquio Sul-Minas de Ciência Política.Modelos Estruturais e Institucionais de Explicação sobre Estabilidade dos Regimes, Grau de Democratização e Capacidade Estatal: notas metodológicas para a comparação entre México, Colômbia, Venezuela e Argentina. 2003. (Encontro).

110.
UNIVERSIDAD EXTERNADO COLOMBIA - Maestria en Asuntos Internacionales.Política Exterior de Brasil para América Latina desde 1990. 2003. (Outra).

111.
UNIVERSIDAD NACIONAL COLOMBIA - Seminario Internacional.Desafios de La Agenda de Seguridad: perspectivas desde Brasil. 2003. (Seminário).

112.
CONGRESSO NACIONAL CCAI - Política de Inteligência para o Século XXI.Profissionalização da atividade de inteligência: desafios institucionais, funcionais e normativos. 2002. (Outra).

113.
CONGRESSO NACIONAL CREDEN - Política de Defesa para o Século XXI.Inteligência Militar: estrutura, objetivos e controle. 2002. (Outra).

114.
ECUADOR - Seminário Libro Blanco de Defensa Nacional.Política de Defensa en Brasil: un comentário crítico. 2002. (Seminário).

115.
FESCOL - Perspectivas de Una Agenda de Seguridad Andino Brasilena.Los Vecinos ante el conflicto colombiano. 2002. (Outra).

116.
FSM - Observatório do Fórum Social Mundial.As Bases Econômicas da Guerra contra o Terrorismo no Governo Bush: uma análise crítica. 2002. (Encontro).

117.
PRODABEL - Seminário Cidadania e Governo Eletrônico.Economia Política da Internet e Governo Eletrônico. 2002. (Seminário).

118.
REDES - Research and Education in Defense and Security.Inteligência como Política Pública. 2002. (Outra).

119.
UFRJ - Missões de Paz, Segurança e Defesa.Compartilhamento de Informações e Manutenção de Alianças Internacionais: o caso das Missões de Paz da ONU. 2002. (Outra).

120.
WORLD MUN HARVARD - UN Simulation Program.Espionage and Diplomacy: which actions should be taken by UN?. 2002. (Outra).

121.
ANPOCS - Seminário Temático da Área de Relações Internacionais.A Inserção Internacional do Brasil: Balanço dos anos 1990 e Perspectivas Futuras. 2001. (Seminário).

122.
AUGM - Seminário Internacional de Ciência Política.Segredos Públicos: O Brasil em Perspectiva Comparada. 2001. (Seminário).

123.
GOVERNO ESTADUAL RJ - Seminário Infomação Governamental: Transparência e Cidadania.O Direito à Informação no Brasil: Balanço e Perspectivas. 2001. (Seminário).

124.
IME - Seminário Melhoria de Desempenho da Força Terrestre.Inteligência no Contexto dos Sistemas de Comando e Controle. 2001. (Seminário).

125.
REDES - Research and Education in Defense and Security Studies.Inteligencia y Democracia en las America: Desafios para el Siglo XXI. 2001. (Outra).

126.
UNIVERISIDAD CENTRAL VENEZUELA - Seminário Internacional America Latina y Plan Colombia: Estabilidad o Crisis?.Brasil y el Plan Colombia. 2001. (Seminário).

127.
UNIVERSIDAD NACIONAL BUENOS AIRES - Taller La Nueva Situación Internacional y su Impacto em las Cuestiones de Defensa Y Seguridad em el Mercosur.Argentina y Brasil Frente a los Nuevos Desafios de Defensa Y Seguridad International de Mercosur. 2001. (Outra).

128.
UNIVERSIDAD NACIONAL CHILE - Seminario Inteligencia en el Siglo XXI.Seguridad National y Seguridad Humana: De Los Problemas Conceptuales a los Problemas Politicos. 2000. (Seminário).

129.
ABIN - Seminário Anual da Agência Brasileira de Inteligência.Inteligência e Segurança: Desafios para o Brasil. 1999. (Seminário).

130.
NPS - Naval Post Graduate School National Security Affairs Department.The Brazilian Intelligence System: An Institutional Assessment. 1999. (Outra).

131.
POLICIA CIVIL RJ - Seminário sobre Inteligência Policial e Criminalidade.Inteligência Policial: como reformar. 1999. (Seminário).

132.
SAE - CGEE - International Workshop on Amazon.Amazônia como tema de Política Internacional e de Segurança Humana. 1999. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
CEPIK, Marco; MARTINS, Jose Miguel Quedi . ISAPE - III Seminário Casas de União: Consórcios e Convênios na Reforma do Estado. 2015. (Outro).

2.
CEPIK, Marco. CEGOV - II Reunião Ibero-americana de Sócio-economia. 2015. (Congresso).

3.
CEPIK, Marco. CEGOV - 5º Seminário: Potencializando a Gestão em Políticas Públicas 2015-2018. 2014. (Outro).

4.
CEPIK, Marco. ISAPE - II Seminário: Casas de União: Políticas Públicas e Centros Urbanos. 2014. (Outro).

5.
CEPIK, Marco. ABRI - 4º Encontro Nacional. 2013. (Congresso).

6.
CEPIK, Marco. CEGOV - 2º Encontro dos Pesquisadores. 2013. (Outro).

7.
CEPIK, Marco. CEGOV - 4º Seminário:Estado e Democracia no Brasil. 2013. (Outro).

8.
CEPIK, Marco. ABRI - 1o Seminário de Pós-Graduação. 2012. (Congresso).

9.
CEPIK, Marco; BRANDAO, Priscila . ABED - Simpósio Temático: Os Desafios da Atividade de Inteligência. 2012. (Outro).

10.
CEPIK, Marco. CEGOV - 3º Seminário: Capacidade Estatal e Democracia na Era Digital. 2012. (Outro).

11.
CEPIK, Marco. CEGOV - 1º Encontro de Pesquisadores. 2012. (Outro).

12.
CEPIK, Marco. CEGOV - 2º Seminário: Universidade e Políticas Públicas. 2011. (Outro).

13.
CEPIK, Marco. UFRGS - Seminário Sino-Brasileiro de Desenvolvimento Econômico e Segurança Internacional. 2010. (Outro).

14.
CEPIK, Marco. CEGOV - 1º Seminário: e-Gov e Informação: Desafios para o Brasil. 2010. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Ana Luiza Vedovato. Estrutura sistêmica na América do Sul: mudanças macro-históricas e interações regionais (1810-2010). Início: 2018. Dissertação (Mestrado em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. (Orientador).

2.
Bruno Magno. A 2ª Guerra Sino-japonesa e a Construção do Modo Asiático de Fazer a Guerra: Legados para a dinâmica regional de segurança. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em PPG em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. (Orientador).

3.
Paulo Ricardo da Silva. A inteligência argentina na Guerra das Malvinas: uma avaliação necessária. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em PPG em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Bruna Rohr Reisdoerfer. Os Condicionantes da Cooperação em Defesana União Europeia. Início: 2018. Tese (Doutorado em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. (Orientador).

2.
Carlo Gustavo Morais de Mello. Desafios da Guerra Cibernética para o Exército Brasileiro no Âmbito do Comando Militar do Sul. Início: 2017. Tese (Doutorado em PPG em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. (Orientador).

3.
Henriques Marcelino. Segurança Cibernética e Ciberdefesa: Estratégia de Moçambique no Sistema Internacional sobre a Segurança do Espaço Cibernético. Início: 2017. Tese (Doutorado em PPG em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. (Orientador).

4.
Rômulo Barizon Pitt. Política Externa e Importação de Armas: Causas e Consequencias da Política de Defesa para as Relações Externas da Indonésia. Início: 2016. Tese (Doutorado em PPG em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Victoria Ellwanger Pires. Segurança Internacional:Contexto, Estrutura e Interações. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. (Orientador).

2.
Victor Hugo Dresch da Silva. Inteligência Estratégica e Segurança Internacional: estruturas militares permanentes em temas críticos. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. (Orientador).

3.
Beatriz Rauber. Segurança Internacional: Estrutura, Contexto e Dinâmica. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Guilherme Henrique Simionato dos Santos. Projeção de Força em Zonas Contestadas: o caso da China e a dinâmica securitária na Ásia-Pacífico. 2018. Dissertação (Mestrado em PPG em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

2.
Pedro Txai Leal Brancher. Estrutura e Agência nas Relações Internacionais: Análise da Relação entre Processos de Construção do Estado e a Evolução dos Sistemas Políticos Internacionais. 2017. Dissertação (Mestrado em PPG em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

3.
Giovanna Marques Kuele. Inteligência e Efetividade em Operações de Paz da ONU: um estudo de caso da MONUSCO. 2017. Dissertação (Mestrado em PPG em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

4.
Frederico Licks Bertol. Comando e Controle no Contexto da Digitalização: um estudo com base em modelagem computacional. 2017. Dissertação (Mestrado em PPG em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

5.
Laura de Castro Quaglia. National Security Institutional Change: The case of the US National Security Council (2001 - 2015). 2016. Dissertação (Mestrado em PPG em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

6.
Gustavo Möller. National Intelligence Systems as Networks - Brazil Russia India China South Africa. 2015. Dissertação (Mestrado em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

7.
Tamires Ferreira Souza. Cooperação em Defesa na América do Sul: o papel do Conselho de Defesa Sul-Americano, da UNASUL. 2015. Dissertação (Mestrado em PPG em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

8.
Marcelo Mesquita Leal. Guerra e ciberespaço: implicações político-estratégicas. 2015. Dissertação (Mestrado em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

9.
Germano Ribeiro Fernandes da Silva. Sistema Tributário e Construção do Estado: um estudo de caso sobre o Paraguai (1989-2013). 2015. Dissertação (Mestrado em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

10.
Felipe da Silva Machado. Estratégia Nacional de Desenvolvimento das Atividades Espaciais do Brasil: justificativa, requisitos e componentes. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

11.
Thiago Borne Ferreira. Guerra Irregular Complexa: aspectos conceituais e o caso da batalha de Vukovar. 2012. Dissertação (Mestrado em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

12.
Fernanda Barth Barasuol. Teorias de Relações Internacionais no Brasil: Tendências e desafios no ensino e na pesquisa. 2012. Dissertação (Mestrado em PPG em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

13.
Luiza Galiazzi Schneider. O papel da guerra na construção dos Estados modernos: o caso da Etiópia. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

14.
Igor Castellano. Guerra e Construcao do Estado na Rep. Democratica do Congo: a definicao militar do conflito como pre-condicao para a paz. 2011. Dissertação (Mestrado em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

15.
Christiano Cruz Ambros. Inteligencia Governamental e Politicas Publicas: Aspectos Cognitivos Individuais e Fatores Institucionais. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

16.
Ana Julia Possamai. Instituicoes Politicas e a Governanca da Era Digital: governo e cidadania na America do Sul em perspecticva comparada.. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

17.
Fernando Dall Onder Sebben. O Separatismo na Bolívia e suas implicacoes para a America do Sul. 2010. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

18.
Tomas Pinheiro Fiori. Economia Politica Internacional do Petroleo. 2010. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

19.
Lorenzo de Aguiar Peres. Religião e Construção do Estado no Japão. 2010. Dissertação (Mestrado em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

20.
Laura Schwarz. Convenção de Florestas: análise crítica a partir da teoria dos regimes internacionais.. 2009. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

21.
Marcos Carra. A Importância da Petrobrás nas Relações Brasil-Bolívia (1996-2007). 2008. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

22.
Fabricio Schiavo Avila. Armas Estratégicas: O Impacto da Digitalização sobre a Guerra e a Distribuição de Poder no Sistema Internacional. 2008. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

23.
Alessandro Segabinazzi. A atuação da Petrobrás no mercado de gás natural da Argentina e da Bolívia e possíveis convergências com a política externa brasileira.. 2007. 0 f. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

24.
Lucas Kerr de Oliveira. Petróleo e Segurança Internacional : aspectos globais e regionais das disputas por petróleo na África Subsaariana.. 2007. 0 f. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

25.
José Antônio Moreira das Neves. O setor elétrico na integração da América do Sul : o desafio da autonomia energética.. 2007. 0 f. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

26.
Maíra Vieira Baé. Relacoes Brasil India: 1990-2005. 2007. 0 f. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

27.
Andres Piedra. Organização do Tratado de Cooperação Amazônica e Integração da América do Sul. 2007. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

28.
Maria da Graca Hahn Mantovani. Tribunal Sul Americano: uma concepcao cibernética de integração. 2006. 0 f. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

29.
Ricardo Medeiros de Castro. Reinterpretando a cooperação nuclear entre Brasil e Argentina : as diversas nuances e perspectivas deste relacionamento no contexto mundial.. 2006. 0 f. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

30.
Diego Pautasso. A China na transição do sistema mundial : suas relações com EUA e Índia. 2006. 0 f. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

31.
Arthur Coelho Dornelles Júnior. A questão de Taiwan : suas implicações políticas e militares para as relações entre Estados Unidos - Taiwan - China (1991 - 2004).. 2006. 0 f. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

32.
Samuel Correa Duarte. El Condor Pasa: A Guerra na Fronteira entre Peru e Equador. 2004. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

33.
Marcelo Remião Franciosi. Interesse Nacional e Integração Energética:A Política Externa do Brasil para a América do Sul. 2004. 0 f. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

34.
Cintia Aparecida Chagas Arreguy. O Uso de Tecnologias de Informação para a Preservação e Difusão de Acervos Históricos. 2002. 130 f. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Administração Pública) - Escola de Governo da Fundação João Pinheiro, Empresa de Informática e Informações da Prefeitura de Belo Horizonte. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

35.
Gustavo Domingos Romano Oliveira. Estados Soberanos: Gênese, Crise e Perspectivas. 2000. 0 f. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

36.
Lincoln Avelino de Barros. Informatica Publica e Reforma do Estado: A Prodabel como Experiencia Inovadora. 1997. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Administração Pública) - Escola de Governo da Fundação João Pinheiro, Empresa de Informática e Informações da Prefeitura de Belo Horizonte. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

37.
Luiz Claudio da Silva Barros. Tecnologia de Informação e Gestão Pública: A Introdução de Groupware na Prefeitura de Belo Horizonte. 1997. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Administração Pública) - Escola de Governo da Fundação João Pinheiro, Empresa de Informática e Informações da Prefeitura de Belo Horizonte. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

Tese de doutorado
1.
Emílio Jovando Zeca. Segurança Nacional, Direito à Informação e Proteção do Segredo de Estado em Moçambique: Desafios e Perspectivas. 2018. Tese (Doutorado em PPG em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

2.
Thiago Borne Ferreria. Tecnologia, Guerra e Capacidades Militares: Sistemas Robóticos e Desenho de Força No Século XXI. 2017. Tese (Doutorado em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

3.
Sandra Goldman. Institucionalização da Atividade de Inteligência Prisional: o caso de Israel. 2015. Tese (Doutorado em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

4.
Diego Rafael Canabarro. Governança Global da Internet: tecnologia, poder e desenvolvimento. 2014. Tese (Doutorado em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

5.
Fabricio Schiavo Avila. População e Defesa: Polaridade, Polarização e Atrito no Séc XXI. 2013. Tese (Doutorado em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

6.
Lucas Pereira Rezende. Sobe e Desce! Explicando a Cooperação Militar na América do Sul: uma teoria realista-ofensiva. 2013. Tese (Doutorado em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

7.
Lucas Kerr de Oliveira. Energia como recurso de poder na política internacional: geopolítica e o papel do Centro de Decisão Energética. 2012. Tese (Doutorado em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

8.
Arthur Coelho Dornelles Júnior. China e Estados Unidos na Balança de Poder do Leste Asiático: comparações econômicas e militares. 2012. Tese (Doutorado em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

9.
Pedro Luiz da Silveira Osório. Partido Revolucionário Comunista (PRC): Trajetória e Contribuições para o PT. 2012. Tese (Doutorado em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

10.
Ilton Luiz Pacheco de Freitas. E-Governo e a accountability nas poliarquias: aspectos teoricos e desenvolvimentos recentes no Brasil. 2011. Tese (Doutorado em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

11.
Clóvis Eugênio Georges Brigagão. Paz Segurança Internacional e a Inserção Brasileira. 2011. Tese (Doutorado em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

12.
Monica Ellen Seabra Hirst. s Relações Brasil-Estados Unidos desde uma Perspectiva Multidimensional. 2011. Tese (Doutorado em Estudos Estratégicos Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

13.
Rogerio Santos da Costa. A America do Sul do Brasil: a integracao e suas instituicoes na estrategia brasileira no Governo Lula. 2010. 0 f. Tese (Doutorado em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

14.
Diego Pautasso. A Politica Externa Chinesa para a Russia: o Papel das Relacoes Bilaterais na Insercao Chinesa (1989-2009). 2010. Tese (Doutorado em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

15.
José Miguel Quedi Martins. Digitalização e Guerra Local: Como Fatores de Equilíbrio Internacional.. 2008. Tese (Doutorado em PPG Ciência Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Christiano Cruz Ambros. Hierarquia Internacional da Indústria de Defesa: o trilema da modernização de defesa no caso brasileiro. 2016. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Economia e Políticas para o Desenvolvimento) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

2.
Marcelo Antonio Cunha Coelho. O SERPRO como agente na melhoria da transparência e controle das finanças públicas no governo federal do Brasil. 2012. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Engenharia de Requisitos e Modelagem de Negócios) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

3.
Luís Eduardo Pino Schuch Colvara. A Importância da Formação de Quadros Partidários Capacitados para Gestão Pública. 2009. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

4.
Edson Hilário da Silva. Sistema de Inteligência do Corpo de Bombeiros: necessidades de adequação após a desvinculação com a Polícia Militar. 2001. 65 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização Em Segurança Pública) - Escola de Governo da Fundação João Pinheiro. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

5.
Cláudio da Silva Ramos Jr. Interceptação de Conversações Telefônicas no âmbito da Segurança Pública: aspectos técnicos, políticos e legais. 2001. 65 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização Em Segurança Pública) - Escola de Governo da Fundação João Pinheiro. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Priscila Gonçalves Schelp. A Modernização Naval Chinesa e as Respostas na Região Ásia-Pacífico. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

2.
Thais Jesinski Batista. Potências Regionais e Segurança Internacional: o Caso do Brasil na América do Sul. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

3.
Marjorie da Nóbrega Stadnik Berdún. Cooperação em Saúde e Saúde Global: A Atuação da OMS e a Saúde na América Latina. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

4.
Juliana Freitas. Modelagem Baseada em Agentes. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

5.
Rodrigo Pasqualini Milagre. Inteligência no Entorno Estratégico do Brasil. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

6.
Eduardo Kreibich. Defesa Cibernética e Dissuasão: Aspectos legais, estratégicos e operacionais. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

7.
Josiane Simão Sarti. O Programa Espacial da India: evolucao historica e implicacoes estrategicas. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

8.
Victor Merola. A Reforma do Sistema de Inteligencia dos Estados Unidos (2002-2015). 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

9.
Julia Rosa. O Sistema de Inteligência da China (1927-2015). 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

10.
Bruna Reisdoerfer. Segurança na Europa: as implicações da Entente Frugale para a polarização regional. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

11.
Pedro Romero Marques. Serviços de Inteligência: análise de configuração organizacional. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

12.
Giovanna Marques Kuele. Atividade de Inteligência e Operações de Paz da ONU. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

13.
Pedro Txai Leal Brancher. Guerra e Construção do Estado: variações regionais pós-independência. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

14.
Bruno Kern Duarte. O Processo de Tomada de Decisão dentro do Partido comunista Chinês. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

15.
Laura de Castro Quaglia. Civis em Conflitos Armados: As consequências da não proteção. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

16.
Luiza Bulhões Olmedo. O Processo de Tomada de Decisão Dentro do Ministério da Defesa Brasileiro. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

17.
Frederico Licks Bertol. Comparação de Inventários Militares : Desafios Metodológicos, Uso Pedagógico e Relevância para Estudos Estratégicos. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

18.
Joana Oliveira de Oliveira. A Dimensão Social da Democracia: Discussão Sobre a Qualidade da Democracia e sua Relação com a Capacidade Estatal. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

19.
Gustavo Möller. Surpresa Estratégica e Reformas nos Sistemas Nacionais de Inteligência. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

20.
Robiériem Takushi. Plano Colômbia: implicações domésticas e regionais da ingerência norte-americana no conflito armado colombiano. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

21.
Felipe Machado. O Comando do Espaco na Grande Estrategia Chinesa. Teoria, Projetos e Analise de Capacidades Atuais. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

22.
Germano Ribeiro Fernandes da Silva. Agenda de Seguranca do Paraguai. Desafios para a Integracao na America do Sul. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

23.
Ana Paula Ranzi. A Insercao do Brasil na Nova Ordem Economica Mundial. Aspectos Macroeconomicos e de Comercio Internacional. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

24.
Mauricio Reis Nothen. Politica de Defesa e Capacidades Militares do Ira. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

25.
Pedro dos Santos de Borba. Drogas Ilegais, Crime Organizado e Inseguranca no Mexico: uma Reflexao Critica a partir da da Experiencia Colombiana. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

26.
Guilherme Joao Goelzer. Controle Externo Sobre a Inteligencia Governamental: um Estudo de Caso SObre os Comites de Inteligencia nos Estados Unidos. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

27.
Christiano Cruz Ambros. Inteligencia Governamental e Tomada de Decisoes em Politica Externa: Aspectos Cognitivos e Modelos de Personalidade. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

28.
Ana Julia Possamai. Instituicoes e Desempenho do Governo Digital: Argentina, Brasil, Chile e Uruguai em Perspectiva Comparada. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

29.
Laura Schilling Meller. Agenda de Seguranca do Equador: Estudo Critico Sobre as Respostas do Estado Equatoriano Frente aos Desafios Regionais. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

30.
Luciana Ghiggi. Estrategia de Integracao Regional da Turquia: Caucaso, Asia Central e Oriente Medio. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

31.
Lucas Cé Sangalli. Pensando em Sistemas. Abordagens do Sistema Internacional. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

32.
Paula Lazzari. A política brasileira de segurança internacional: análise do discurso no governo Luis Inacio Lula da Silva. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

33.
Priscila Berndt. A Cooperação Técnica como Instrumento da Política Externa Brasileira: o Brasil como doador junto a países africanos. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

34.
Ana Clara Martins. Resposta à mudança climática: cooperação internacional e os esforços de mitigação, adaptação e geoengenharia. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

35.
Camila Braga. A Doutrina das Intervenções Humanitárias no Pós-Guerra Fria: uma análise crítica da experiência internacional.. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

36.
Luíza Galiazzi Schneider. Padrões de Conflito na África Contemporânea: o caso do Sudão em Perspectiva Comparada. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

37.
Helena Lobato da Jornada. Índia e China: Cooperação e Conflito no Sudeste Asiático. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

38.
Gustavo Piccinini Dullius. Gastos militares na América do Sul: Venezuela e Chile (2003-2008). 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

39.
Eduarda Figueiredo Scheibe. Matriz Energética e Integração na América do Sul: o Impacto dos Biocombustíveis. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

40.
Thiago Borne Ferreira. Empresas Militares Privadas: falta de controle estatal ou gestao eficiente do atrito?. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

41.
Luiz Alfredo Mello Vieira. Politica de Seguranca dos Estados Unidos para a America Latina - 2001-2008. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

42.
Igor Castellano da Silva. Influencia da Religiao nas Politicas de Defesa dos Estados Unidos e Brasil. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

43.
Natasha Pinheiro Agostini. A relacao entre o Itamaraty e a Presidencia da Republica: aspectos teoricos e organizacionais e o caso da Reforma do Conselho de Seguranca da ONU. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

44.
Larissa Schneider Calza. A participação do Brasil na Minustah: os dilemas da inserção internacional de uma potência média. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

45.
Fernando Dall'Onder Sebben. Separatismo e Hipótese de Guerra Local na Bolívia: Possíveis Implicações para o Brasil. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

46.
Bernardo Macke. Drogas e Conflito Armado na Colômbia: Permanência e Desenvolvimentos Recentes. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

47.
Lorenzo de Aguiar Peres. A Influência da Religião na Formação do Japão Moderno. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

48.
João Paulo Curia Pereira. Indústria de Defesa Brasileira. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

49.
Gustavo Ferreira. Para uma compreensão crítica do pensamento Integralista. 2003. 30 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

50.
Caiuby Freitas. Aspectos de uma distopia política: entre a sociedade da informacao e a democracia virtual. 2002. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

51.
Alice Soares Guimarães. Segurança no Pós-Guerra Fria: Aspectos Conceituais e o Caso da Colômbia. 2002. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

52.
Alfredo Bastos de Paula. Emergência e Dificuldades na Implementação de Tratados Ambientais Multilaterais. 2002. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

53.
Renata Peixoto de Oliveira. Estados Unidos e América Latina no Pós-Guerra Fria: segurança e comércio são realmente duas agendas distintas?. 2002. 43 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

54.
Milene Yoko Nomura. O Terceiro Setor e a Sociedade Internacional: o caso da Sokka Gakkai. 2002. 28 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

55.
Evandro Marcelo Alves Fernandes. Policiamento Ostensivo e Criminalidade. 2001. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

56.
Adriana Nunes Vasconcelos. Políticas de Assistência à Infância em Belo Horizonte - Avaliação Preliminar. 2000. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

Iniciação científica
1.
Ian Lane. Segurança Internacional: Estrutura, contexto e dinâmica. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

2.
Sofia Oliveira Perusso. Segurança Internacional: Contexto, Estrutura e Interações. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

3.
João Estevam dos Santos Filho. Segurança Internacional: Estrutura, Contexto e Dinâmica. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

4.
Rodrigo Pasqualini Milagre. Inteligência no Entorno Estratégico do Brasil. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

5.
Thais Jesinski Batista. Segurança Internacional: Estrutura, contexto e dinâmica. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

6.
Mateus Borges. Inteligência no Entorno Estratégico do Brasil. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

7.
Matheus Vasconcelos. Inteligência no Entorno Estratégico do Brasil. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

8.
Cinthia Becker. Base de Dados de Segurança Internacional. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Estatística) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

9.
Victor Merola. A Reforma do Sistema de Inteligencia dos Estados Unidos (2002-2015). 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

10.
Josiane Simão Sarti. O Programa Espacial da India: evolucao historica e implicacoes estrategicas. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

11.
Bruna Reisdoerfer. Segurança na Europa: as implicações da Entente Frugale para a polarização regional. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

12.
Luisa Acauan Lorentz. Sistemas Nacionais de Inteligência na Ásia: uma análise comparada de Japão e Coreia do Sul. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

13.
Josiane Simão Sarti. Programa Espacial e Segurança Internacional: o caso do Brasil, da Índia e da China. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

14.
Pedro Romero Marques. Política Comparada em Serviços de Inteligência: Análise de redes em 35 países. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

15.
Giovanna Marques Kuele. Política Comparada em Serviços de Inteligência: Análise de redes em 35 países. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

16.
Pedro Txai Leal Brancher. Segurança Internacional: Problemas e Dinâmicas. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

17.
Bruno Kern Duarte. Segurança Internacional: Problemas e Dinâmicas. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

18.
João Arthur da Silva Reis. Segurança Internacional: Problemas e Dinâmicas. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

19.
Laura de Castro Quaglia. Segurança Internacional: Problemas e Dinâmicas. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

20.
Frederico Licks Bertol. Segurança Internacional: Problemas e Dinâmicas. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

21.
Joana Oliveira de Oliveira. Segurança Internacional: Problemas e Dinâmicas. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

22.
Marjorie da Nóbrega Stadnik Berdún. Diagnóstico das Ações de Modernização da Administração Pública Federal. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Fundação de Fundação de Apoio da Universidade Federal do RS. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

23.
Natasha Pergher Silva. Planejamento Estrategico Sistema MDIC. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Fundação de Fundação de Apoio da Universidade Federal do RS. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

24.
Romulo Barizon Pitt. Segurança e Relações Internacionais na Ásia. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

25.
Natasha Pergher Silva. Segurança e Relações Internacionais na América do Sul. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

26.
Silvia Carolina Sebben. Política Comparada e Serviços de Inteligência: Análise de Redes em 35 países. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

27.
Marcelo Leal. Questões de Segurança no Continente Africano. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

28.
Felipe da Silva Machado. O Papel do Comando do Espaco na Grande Estrategia Chinesa. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

29.
Pedro Borba. América do Sul: questões de segurança. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

30.
Luciana Ghiggi. Política Comparada e Serviços de Inteligência: Análise de Redes em 35 países. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Fundação de Fundação de Apoio da Universidade Federal do RS. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

31.
Lucas Cé Sangalli. Sistemas de Inteligência. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

32.
Christiano Cruz Ambros. Sistemas de Inteligencia em Perspectiva Comparada. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

33.
Ana Júlia Possamai. Digitalização e Estudos Estratégicos. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

34.
Helena Jornada. India e ASEAN: politica externa e seguranca. 2006. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

35.
Luiza Schneider. Crise de Darfour: historia e contexto internacional. 2006. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

36.
Sérgio Franco. Economia Política Internacional e Políticas Públicas: limites da Globalização. 2002. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais, Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

Orientações de outra natureza
1.
João Estevam dos Santos Filho. Os Estados Unidos e a Reforma Militar Colombiana (1998-2010): Um Caso de Cooperação Militar Assimétrica em uma Hegemonia Regional. 2018. Orientação de outra natureza. (Relacoes Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

2.
Luisa Acauan Lorentz. Sistemas de Inteligencia na Asia Pacifico: Japão, Coreia do Sul, China e Australia. 2016. Orientação de outra natureza. (Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

3.
Matheus Machado Hoscheidt. Ensino a Distância e Relações Internacionais. 2014. Orientação de outra natureza. (Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Secretaria de Educação a Distância UFRGS. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

4.
Frederico Licks Bertol. Modelagem Baseada em Agentes Aplicada a Estruturas Militares de Comando e Controle. 2014. Orientação de outra natureza. (Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

5.
Eduardo Urbanski Bueno. Informatica Publica e Governo Eletronico: Desafios Economicos e Estrategicos da Digitalizacao. 2013. Orientação de outra natureza - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, SERPRO-FAURGS. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

6.
Guilherme Rosa Severo. Sistema de Apoio ao Pesquisador - SIPESQ. 2013. Orientação de outra natureza - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

7.
Antonio Assis Brasil. Segurança Internacional: Problemas e Dinâmicas. 2013. Orientação de outra natureza. (Jornalismo) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

8.
Luciana Costa Brandão. Monitoria Teoria das Relações Internacionais B. 2013. Orientação de outra natureza. (Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Fundação de Fundação de Apoio da Universidade Federal do RS. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

9.
Diego Canabarro. Informatica Publica e Governo Eletronico: Desafios Economicos e Estrategicos da Digitalizacao. 2010. Orientação de outra natureza - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

10.
Ana Julia Possamai. Informatica Publica e Governo Eletronico: Desafios Economicos e Estrategicos da Digitalizacao. 2010. Orientação de outra natureza - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

11.
Pedro dos Santos de Borba. Metodologia de Avaliação de Projetos Setoriais de Exportação da APEX e Acompanhamento da Conjuntura Econômica e Política dos Mercados Prioritários. 2010. Orientação de outra natureza - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.

12.
Christiano Cruz Ambros. Política Comparada e Serviços de Inteligencia: Analise de Redes em 35 paises. 2009. Orientação de outra natureza - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marco Aurélio Chaves Cepik.



Inovação



Programa de computador sem registro
1.
CEPIK, Marco; CANABARRO, Diego ; OLIVERA, Andre ; SAMRSLA, Eduardo Z. ; POSSAMAI, Ana Júlia ; FREITAS, Ilton . Avaliador Digital de e-Serviços Governamentais (ADESG). 2009.

2.
CEPIK, Marco; BUENO, Eduardo U. ; SEVERO, Guilherme ; MÖLLER, G. ; BRASIL, A. A. ; LEAL, M. M. . Sistema de Apoio ao Pesquisador (SIPESQ). 2011.


Processos ou técnicas
1.
CEPIK, Marco; MÖLLER, G. ; OLIVEIRA, Joana ; FERREIRA, T. B. ; LEAL, M. M. ; HELLMANN, Aline . Governança - Centro de Estudos Internacionais sobre Governo. 2014.


Projetos de pesquisa



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 14/12/2018 às 12:28:45