Danielle Cireno Fernandes

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/4438377691253112
  • Última atualização do currículo em 05/10/2018


Professora Associada do Departamento de Sociologia da UFGM. Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Pernambuco (1988), Mestrado em Sociologia pela Universidade Federal de Pernambuco (1991) e Ph.D. Sociology - University of Wisconsin - Madison (1999). Editora da Revista Teoria e Sociedade. Membro do grupo de trabalho - Consejo Latino-Americano de Ciencias Sociales ? CLACSO. Membro da Sociedade Brasileira de Sociologia onde atualmente é a coordenadora do GT Desigualdades e Estratificação: analisando sociedades em mudança. Líder de dois Grupos de Pesquisa do CNPq: Observatório da Política Social e Grupo Interdisciplinar de Metodologias em Avaliação de Políticas Públicas ? GIMAPP. Coordenadora do Centro de Capacitação e Pesquisa em Programas Sociais ? CECAPS/UFMG. Tem experiência na área de Sociologia, com ênfase em Desigualdade Racial, atuando principalmente nos seguintes temas: desigualdade racial, desigualdade social, desigualdade educacional, capital humano e estrutura ocupacional. Coordenou e coordena vários projetos de pesquisa dentre eles o com apoio do CNPq e FAPEMIG, detre eles: Transmissibilidade Intergeracional, Pobreza e Desigualdade Racial: uma Análise Quantitativa. Educação Superior e Mercado de Trabalho: avaliando origens e destinos dos egressos da UFMG. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Danielle Cireno Fernandes
Nome em citações bibliográficas
FERNANDES, D. C.;Fernandes, Danielle C.;FERNANDES, D;Fernandes, Danielle Cireno;Danielle Cireno Fernandes,;Cireno, Danielle Fernandes

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Minas Gerais, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Departamento de Sociologia e Antropologia.
Av. Antônio Carlos, 6627
Pampulha
31270-901 - Belo Horizonte, MG - Brasil
Telefone: () 34995032
Fax: () 34995029
URL da Homepage: http://


Formação acadêmica/titulação


1993 - 1999
Doutorado em Ph. D. Sociology.
University of Wisconsin - Madison, WISC, Estados Unidos.
Título: Educational Stratification Race and Socioeconomic Development in Brazil, Ano de obtenção: 1999.
Orientador: Archibald O Haller.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: raça; educação; estratificação social; desenvolvimento; desigualdade educacional.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia da Educacao / Especialidade: Desigualdade Educacional.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Trabalho e Capital Humano / Especialidade: Determinancao de Rendimentos.
Setores de atividade: Mercado de Trabalho e Mão-De-Obra.
1989 - 1992
Mestrado em Sociologia.
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Título: O Útil e o Agradável: Manutenção de Poder Político e Utilização do Estado em Pernambuco,Ano de Obtenção: 1992.
Orientador: Roberto Oliveira de Aguiar.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: poder político; elites; oligarquia açucareira; estratificação social.
Grande área: Ciências Humanas
Setores de atividade: Outros.
1984 - 1988
Graduação em Ciências Sociais.
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Título: O Doce Poder.
Orientador: Roberto Oliveira de Aquiar.
Bolsista do(a): Financiadora de Estudos e Projetos, FINEP, Brasil.


Pós-doutorado


2001 - 2002
Pós-Doutorado.
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Bolsista do(a): Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Trabalho e Capital Humano.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Desigualdade Social.


Atuação Profissional



Consejo Latino-Americano de Ciencias Sociales - Argentina, CLACSO, Argentina.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Membro do Grupo de Trabalho, Carga horária: 5
Outras informações
El Grupo de Trabajo "Políticas Educativas y Desigualdad en América Latina y el Caribe" fue seleccionado por el Comité Directivo del Consejo Latinoamericano de Ciencias Sociales (CLACSO) en el marco de la 6º convocatoria del Programa de Grupos de Trabajo para el período 2011-2013. Está integrado por investigadores de distintos países de la región, nucleados en torno a Grupos de Trabajo de CLACSO de convocatorias anteriores sobre Política y Educación , a la Red Latinoamericana de Estudios sobre Trabajo Docente (Red ESTRADO), y al Foro Latinoamericano de Política Educativa (FLAPE). Centra su actividad en el estudio de las actuales políticas educativas en el nuevo y complejo escenario en América Latina y el Caribe, en el que nuevos gobiernos, que buscan recuperar el papel del Estado en la definición e implementación de las políticas públicas, conviven con gobiernos que continúan con la agenda reformista de la década de los ´90 basada en los principios del denominado Consenso de Washington; a la vez que al interior de algunos de estos países coexisten de modo contradictorio las dos tendencias señaladas. El GT se propone analizar las políticas educativas y los mecanismos de producción, reproducción y superación de la desigualdad en nuestros países. El trabajo se estructura en torno a los siguientes tres ejes: Las políticas de inclusión y el derecho a la educación. Las políticas en materia de formación y trabajo docente. Las propuestas educativas de los movimientos sociales y la democratización del conocimiento. Coordinadores: Rafael Lucio Gil (IDEUCA-Nicaragua) y Myriam Feldfeber (UBA-Argentina)


Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais, ANPOCS, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2013
Vínculo: Coordenadora, Enquadramento Funcional: GT Desigualdade e estratificação Social, Carga horária: 5
Outras informações
GT06 - Desigualdade e estratificação social Coordenadores: Danielle Fernandes (UFMG), Diogo Helal (FUNDAJ) Ementa: A proposta do GT de Desigualdade e Estratificação Social é criar espaço para a discussão de projetos e estudos originais que investiguem processos de diferenciação e progressão social ao longo do ciclo de vida e entre gerações. Visando aprimorar o progresso da área, o grupo propõe-se a revisitar idéias estabelecidas e a discutir novas teorias, métodos e evidências empíricas que apontem causas e consequências associadas a dinâmica da desigualdade e mobilidade social no Brasil e no mundo. Estudos quantitativos e qualitativos, evidenciando a desigualdade e diferenciais de mobilidade entre grupos específicos segundo fontes de heterogeneidade relevantes (atributos pessoais, status migratório, origem social, status socioeconomico, status marital, escolaridade, status e comportamentos de saúde, raça, sexo, idade, período e coorte) são particularmente bem vindos. Estudos sobre novas tipologias de classe e investigações sobre a assimetria alocativa entre formação, profissão e ocupação também serão bem recebidos pelo grupo.


Simpósio Internacional Trabalho , Relações de Trabalho, Educaçã, e.Identida, SITRE, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: Coordenador, Enquadramento Funcional: GT 12 Juventude e Mercado de Trabalho...., Carga horária: 5
Outras informações
GT12 - Juventude e Mercado de Trabalho: a Transição da Escola ao Trabalho e suas Consequências para a Reprodução Social Coordenadores: Profª. Danielle Cireno Fernandes (UFMG), Prof. Diogo Henrique Helal (FUNDAJ), Prof. Cláudio Santiago Dias Júnior (UFMG) Ementa: A desigualdade social brasileira é vítima de um processo que se perpetua entre gerações, qual seja: a entrada precoce no mercado de trabalho a qual alija as chances de realização educacional e a mesma restringe o acesso digno ao mercado de trabalho compondo-se assim em um círculo vicioso. O investimento em educação, antes de qualquer interpretação, deve ser entendido como tendo um fim em si mesmo, qual seja: o aprendizado. Entretanto, para a literatura acadêmica e para os gestores públicos, anos de escolarização e a qualidade dos mesmos tem sido compreendido quase que exclusivamente como fonte de acesso ao mercado de trabalho. Este grupo de trabalho tem como foco exatamente no estudo do contexto da transição da escola para o mercado de trabalho aqui entendido como feito em qualquer etapa do sistema escolar mesmo concomitantemente.


Faculdade Boa Viagem, FBV, Brasil.
Vínculo institucional

1999 - 2001
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professo Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

5/1999 - 2/2001
Ensino, Engenharia da Produção, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Metodologia de Pesquisa
05/1999 - 1/2001
Pesquisa e desenvolvimento , Diretoria Academica, Coordenacao de Pesquisa.

Linhas de pesquisa
Desigualdade Educacional
05/1999 - 1/2001
Ensino, Administração, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introducao a sociologia
Sociologia
Introducao as Ciencias Sociais
metodologia Científica
Metodologia de Pesquisa
5/1999 - 1/2001
Ensino, Administração, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Metodologia de Pesquisa
5/1999 - 1/2001
Ensino, Ciências Econômicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introducao a Sociologia
05/1999 - 01/2000
Direção e administração, Diretoria Academica, Coordenacao dos Cursos de Graduacao.

Cargo ou função
Coordenadora dos Cursos de Graduacao.

Faculdade Integrada do Recife, FIR, Brasil.
Vínculo institucional

1998 - 1999
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 40

Atividades

05/1998 - 04/1999
Pesquisa e desenvolvimento , Corordenacao de Pesquisa, .

Linhas de pesquisa
Desigualdade Racial
5/1998 - 4/1999
Ensino, Relações Internacionais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia Aplicada a Administracao
5/1998 - 4/1999
Ensino, Ciências Econômicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introducao a Sociologia
05/1998 - 04/1999
Ensino, Administração, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia
Sociologia Aplicada à Administracao
Inttroducao à Sociologia

Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Vice Chefe do Departamento de sociologia, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Editora da Revista Teoria e Sociedade, Carga horária: 4

Vínculo institucional

2010 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Vice Chefe do Departamento de sociologia, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2002 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora Titular, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2016 - 2017
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Membro da Câmara Departamental, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2014 - 2016
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Colegiado Programa de Pós Graduação Sociolog, Carga horária: 1

Vínculo institucional

2001 - 2001
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor Visitante, Carga horária: 10
Outras informações
Professora da disciplina Análise de Dados da PNAD com o uso do SPSS no Programa de Dooutorado em Sociologia e Política.

Vínculo institucional

2000 - 2000
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor Visitante, Carga horária: 10
Outras informações
Professora da disciplina Análise de Dados da PNAD com o uso do SPSS no Programa de DSoutorado em Sociologia e Política.

Atividades

05/2009 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Educação, GESTRADO- Grupo de Trabalho Sobre Política Educacional e Trabalho Docente.

05/2008 - Atual
Extensão universitária , Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Departamento de Sociologia e Antropologia.

Atividade de extensão realizada
Avaliação do Programa Habirar Brasil Programa Habitar Brasil/BID ? Vila Senhor dos Passos- Belo Horizonte.
08/2005 - Atual
Direção e administração, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Centro de Pesquisa e Capacitação em Programas Sociais - CECAPS-UFMG.

Cargo ou função
Coordenador de Curso de Especialização em Elaboração, Gestão e Avaliação de Programas Sociais.
01/2005 - Atual
Direção e administração, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Centro de Pesquisa e Capacitação em Programas Sociais - CECAPS-UFMG.

Cargo ou função
Coordenadora.
11/2004 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Departamento de Sociologia e Antropologia.

Cargo ou função
Membro da Câmara do Departamento de Sociologia e Antropologia - SUPLENTE.
03/2004 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Colegiado do Curso de Ciências Sociais.

Cargo ou função
Membro do Colegiado do Curso em Ciências Sociais.
06/2002 - Atual
Direção e administração, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, .

Cargo ou função
Coordenadora do Laboratório de Metodologia em Ciêcias Sociais - LMCS.
06/2002 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Departamento de Sociologia e Antropologia.

06/2002 - Atual
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Elaboração e Avaliação de rojetos Sociais
Metododlogia 2 - análise de dados quantitativos com o uso do SPSS
Metodologia 1
Topicos Especiais em Metodologia
01/2012 - 10/2013
Direção e administração, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Departamento de Sociologia e Antropologia.

Cargo ou função
Vice Chefe do Departamento.
06/2002 - 07/2010
Ensino, Sociologia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Análise de Dados B
Análise de Dados da PNAD com o uso do SPSS
Elaboração de Projetos e Teses e Dissertações
Estrutura de Classes e Estratificação Social
03/2004 - 03/2006
Direção e administração, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Colegiado do Curso de Ciências Sociais.

Cargo ou função
Vice Coordenador do Curso de Graduação de Ciencias Sociais.
3/2003 - 3/2003
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Curso de Doutorado em Socilogia e Política.

Cargo ou função
Comissão de Seleção de Bolsista PRODOC.

Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2002
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor Visitante, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

2/2001 - 05/2002
Ensino, Administração, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Metodologia de Pesquisa em Administracao
2/2001 - 5/2002
Ensino, Gestão de Negócios, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Metodologia de Pesquisa
2/2001 - 5/2002
Ensino, Gestão de Marketing, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Metodologia de Pesquisa
2/2001 - 5/2002
Ensino, Gestão de Serviços, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Metodologia de Pesquisa
2/2001 - 5/2002
Ensino, Finanças Corporativas, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Metodologia de pesquisa
1/2001 - 5/2002
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Departamento de Ciências Administrativas.

1/2001 - 5/2002
Ensino, Ciências Administrativas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Metodologia de Pesquisa em Administração
Sociologia das Organizacoes

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPQ, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista PQ, Carga horária: 10



Linhas de pesquisa


1.
Desigualdade Educacional

Objetivo: Expansão educacional e as barreiras da cor; o efeito da herança socioecônomica sobre o alcance educacional; As consequencias da expanção educacional sobre a igualdade de acesso educacional;.
Palavras-chave: Estratificação Educacional; Ensino superior; Ensino Fundamental; Desigualdade Racial; Transmissão Intergeracional.
2.
Organização e Trabalho. Coordenadora do Núclo de Estudos Sobre Trabalho Tecnologia e Educacao. Núcleo de Pesquisa já desenvolveu 3 projetos. Atualmente desenvolvendo mais um

Objetivo: Efeitos da expansão educacional sobre o mercado de trabalho; a seguimentação no mercado de trabalho brasileiro; Desigualdades regionais do mercado de trabalho brasileiro e seu papel da transmissão intergeracional da desigualdade social.
Palavras-chave: Capital Humano; CHANCES DE EMPREGO; Desenvolvimento Econômico; desigualdade educacional.
3.
Desigualdade Racial

Objetivo: A transmissão intergeracional da desigualdade racial no Brasil. A regionalizaão da desigualdade racial brasileira; estratificação educacional e desigualdade racial.
Palavras-chave: Desenvolvimento Econômico; Desigualdade Racial; desigualdade educacional.
4.
Política Educacional e Trabalho Docente
5.
Mercado de Trabalho e Estratégias de Sobrevivência

Objetivo: Criar indicadores de inserção no mercado de trabalho sensíveis à participação no setor informal. Analisar a posição no sistema de estratificação social segundo a inserção no mercado de trabalho, incluindo-se as formas precárias de participação nesse mercado..
Grande área: Ciências Humanas
Palavras-chave: Capital Humano; Empregabilidade; Organizações e Trabalho.
6.
Raça e Desigualdades Sociais

Objetivo: Analisar indicadores de desigualdades sociais por raça. Analisar os critérios de identificação social por raça (fenótipo, ancestralidade, etc.) Analisar critérios de cor e as formas de auto-identificação a partir desses critérios.Construir escalas de identificação por cor que evite as dificuldades encontradas nos critérios atualmente acionados pelas agências públicas oficiais coletoras de dados..
Grande área: Ciências Humanas
Palavras-chave: Desigualdade Racial; desigualdade educacional; estratificação social.
7.
Estratificação e Mobilidade Social

Objetivo: Análise das desigualdades sociais por nível educacional, status ocupacional, nível de rendimentos, por classe, gênero, raça, idade e região. Enfoque análitico é dado ao processo de mobilidade social e estratificação educacional.
Grande área: Ciências Humanas
Palavras-chave: desigualdade educacional; estratificação social; Estrutura Ocupacional; Mobilidade Social; Metodologia Quantitativa.


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Políticas públicas para a melhoria do ensino médio: socialização científica, tradução e transferência de resultados
Descrição: pesquisa coordenada pelo Gestrado tem como objeto o estudo sobre os efeitos das políticas educativas na reestruturação da profissão docente frente aos processos de globalização que determinam a agenda internacional da educação. Faz uma análise das transformações recentes no Ensino Médio no Brasil, a partir de um estudo comparativo que permite identificar as influências internacionais sobre as políticas de ampliação da sua oferta, de orientação das suas finalidades e dos resultados nas principais avaliações, com o intuito de subsidiar medidas que visem a sua melhoria. Pretende-se, possibilitar, por meio da cooperação internacional, a construção de uma síntese científica e a tradução e transferência de resultados de pesquisas entre Brasil, França e Portugal. O projeto tem como estratégia metodológica facilitar o intercâmbio e cooperação em nível nacional e internacional para disseminar o conhecimento científico e para transferi-lo para os profissionais (diretores, formadores, professores) por meio de um triplo processo: produção, mediação e tradução. Esta proposta pretende mapear resultados de pesquisa em âmbito internacional em áreas relevantes para a formulação de políticas para o Ensino Médio: abandono escolar, habilidades básicas, desenvolvimento profissional, avaliação, o uso de tecnologias digitais. Além da UFMG (Faculdade de Educação, Departamento de Ciência da Computação, Escola de Ciência da Informação e Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas), integram a pesquisa a Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), a Universidade do Estado da Bahia (Uneb), a Universidade Federal de Pelotas (UFPel), a Universidade de Lisboa e a Universidade de Strasbourg..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (8) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Danielle Cireno Fernandes - Integrante / Álvaro Moreira Hypólito - Coordenador / Lívia Maria Fraga Vieira - Integrante / Maria Helena Oliveira Gonçalves Augusto - Integrante.
2016 - Atual
Educação Superior e Mercado de Trabalho: avaliando origens e destinos dos egressos da UFMG.
Descrição: O projeto visa dar continuidade à pesquisa ?Acompanhamento de Egressos de cursos de Graduação UFMG 1980-2000 realizada no ano de 2006. O objetivo consiste em investigar os limites e as possibilidades encontradas pelos egressos no mercado de trabalho, mensurados a partir da renda e do prestígio ocupacional alcançados. Considera variáveis de origem e de capital humano, investigando o efeito destas, mediante a conclusão do ensino superior, sobretudo, o efeito da raça, para identificar barreiras e novas possibilidades para a transição intrageracional desses egressos. Mediante o recente contexto de expansão do ensino superior no Brasil, para jovens de origem pobre e negros, faz-se importante refletir sobre os limites e as possibilidades que tais políticas podem enfrentar. A investigação projeta cenários para as trajetórias desses jovens e ao mesmo tempo, reflete sobre a atual perspectiva do governo federal que considera a promoção da inclusão social a partir do acesso à educação superior. Desse modo, pretende realizar nova pesquisa entre os vinte e três (23) cursos de graduação da Universidade Federal de Minas Gerais, com o objetivo de prosseguir a avaliação entre os egressos, a partir de questões relacionadas aos seguintes temas: (1) perfil, (2) background familiar, (3) carreira profissional e estudantil e (4) continuidade dos estudos. A continuidade do presente projeto vai de encontro à consolidação de uma base de dados de ex-alunos de diferentes origens sociais e raciais que se graduaram nesta universidade e vêm construindo suas trajetórias profissionais. O projeto irá comparar egressos de diferentes cursos de áreas diversas graduados em 2013, período que inaugura a primeira coorte de egressos que tiveram acesso à política de Bônus desenvolvida pela universidade a partir de 2009..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Danielle Cireno Fernandes - Coordenador / Juliana Anacleto dos Santos - Integrante / Aline Amorim Melgaço Guimarães - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.Número de orientações: 3
2013 - 2016
Africa do Sul, Brasil e EUA: Transmissibilidade Intergeracional, Pobreza e Desigualdade Racial: uma Análise Quantitativa
Descrição: Programa Pesquisador Mineiro PPM 0570-13.Esse projeto foi primeiramente financiado pelo CnPq sob o número de concessão: de bolsa PQ:310969/2011-5. Nessa segunda etapa que ocorre paralela pude receber recursos da FAPEMIG que me possibilitaram a execução de levantamento de dados qualitativo e do tratamento das bases de dados americanas, brasileiras e sul africanas. A intenção desta proposta de pesquisa é investigar os determinantes da desigualdade educacional entre jovens brasileiros, americanos e sul africanos e transição para o mercado de trabalho. Daremos ênfase às interações entre raça e classe social como efeitos nas decisões de continuar ou desistir de prosseguir no sistema educacional e/ou m inserir no mercado de trabalho. Utilizaremos a perspectiva da Análise do Curso da Vida (Buchmann, Marlis, 1989; Shanahan, 2000;). O estudo tem um foco comparativo incluindo três países: Brasil, África do Sul e Estados Unidos. A pesquisa comparativa é essencial para entender como padrões de arranjos institucionais específicos de cada país ? tais como o sistema educacional, a família e a estrutura do mercado de trabalho ? podem explicar as diferenças na estrutura de oportunidades oferecida aos jovens (Buchmann, 2000; Tienda, and Wilson, 2002). Alternativamente, podemos encontrar nos três países padrões semelhantes no processo de formalização de recursos e autonomização de status independente dos diferentes arranjos institucionais..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado profissional: (1) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Danielle Cireno Fernandes - Coordenador / Juliana Anacleto dos Santos - Integrante / Aline Amorim Melgaço Guimarães - Integrante / Marta Santos Sales - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.
2012 - 2015
Transmissibilidade Intergeracional, Pobreza e Desigualdade Racial: uma Análise Quantitativa
Descrição: bolsa PQ:310969/2011-5. A intenção desta proposta de pesquisa é investigar os determinantes da desigualdade educacional entre jovens. Daremos ênfase às interações entre raça e classe social como efeitos nas decisões de continuar ou desistir de prosseguir no sistema educacional. Utilizaremos a perspectiva da Análise do Curso da Vida (Buchmann, Marlis, 1989; Shanahan, 2000;). O estudo tem um foco comparativo incluindo três países: Brasil, África do Sul e Estados Unidos. A pesquisa comparativa é essencial para entender como padrões de arranjos institucionais específicos de cada país ? tais como o sistema educacional, a família e a estrutura do mercado de trabalho ? podem explicar as diferenças na estrutura de oportunidades oferecida aos jovens (Buchmann, 2000; Tienda, and Wilson, 2002). Alternativamente, podemos encontrar nos três países padrões semelhantes no processo de formalização de recursos e autonomização de status independente dos diferentes arranjos institucionais..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Danielle Cireno Fernandes - Coordenador / Carlos Alexandre Soares Silva - Integrante / Juliana Anacleto dos Santos - Integrante / Luciano Rodrigues Costa - Integrante / Jose Ricardo Costa de Mendonca - Integrante / Lívia Aparecida Ferreira Santos - Integrante / Aline Amorim Melgaço Guimarães - Integrante.Financiador(es): Universidade Federal de Minas Gerais - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 6 / Número de orientações: 4
2012 - 2014
Estudo Sobre o Perfil das Famílias que Sofreram Repercussões Sobre o Benefício do Programa Bolsa Família ? Bloqueio ou Cancelamento ? em Decorrência do Processo de Revisão Cadastral de 2010 e Sobre as Razões Para o Seu Não Comparecimento Dentro do Prazo
Descrição: ?Estudo Sobre o Perfil das Famílias que Sofreram Repercussões Sobre o Benefício do Programa Bolsa Família ? Bloqueio ou Cancelamento ? em Decorrência do Processo de Revisão Cadastral de 2010 e Sobre as Razões Para o Seu Não Comparecimento Dentro do Prazo Previsto?..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Danielle Cireno Fernandes - Coordenador / Cinthia Barros dos Santos - Integrante / Lívia Aparecida Ferreira Santos - Integrante.Financiador(es): Ministério do Desenvolvimento Social - Auxílio financeiro.
2012 - 2013
Trabalho docente na Educação Básica no Brasil ? Fase II (SEB/MEC/INEP)
Descrição: Pesquisa quali-quanti sobre trabalho docente na educação básica no Brasil, realizada em cinco estados brasileiros - MG, PA, PR, GO e RN, que pretende investigar opinião dos docentes, por meio de grupos focais e outras estratégias de investigação, sobre mudanças na organização do trabalho, decorrentes de mudanças introduzidas nas políticas educacionais nos últimos vinte anos. Constitui-se na perspectiva de aprofundamento das informações produzidas na fase 1 da pesquisa de mesmo nome..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (7) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Danielle Cireno Fernandes - Integrante / Dalila Andrade Oliveira - Coordenador / Adriana Maria Cancella Duarte - Integrante / Álvaro Moreira Hypólito - Integrante / Eliza Bartolozzi Ferreira - Integrante / Lívia Maria Fraga Vieira - Integrante / Maria Helena Oliveira Gonçalves Augusto - Integrante.
2010 - 2011
Pesquisa socioeconômica e cultural de povos e comunidades tradicionais de terreiro
Descrição: Metas do Projeto: 1) Definição de Comunidade de Terreiro no âmbito das políticas públicas, com ênfase no caráter étnico e à dimensão comunitária, tanto em termos de organização social dos terreiros quanto do trabalho comunitário desenvolvido pelos mesmos. Esta é a definição que o inventário deve focar. 2) Inventário como estratégia política de reconhecimento, valorização e visibilidade das comunidades de terreiro e de avaliação da segurança alimentar e nutricional da comunidade envolvida ? 3) Elaboração de estratégias para inclusão de aspectos sócio-político-econômicos e culturais do entorno dos terreiros na realização do inventário e futura elaboração de políticas públicas. 4) Adequação metodológica da pesquisa, considerando seu foco ações e atividades previstas, limites de tempo e recurso (instrumentos, amostragem, banco de dados, etc.) 5) Estratégia de mobilização inicial ? reunião com representantes de terreiros, por região metropolitana, podendo haver ato de lançamento da pesquisa. 6) Importância da participação protagonista de lideranças das comunidades de terreiro na coordenação/supervisão local. 7) Relação na elaboração do inventário com movimentos sociais, conselhos e pesquisadores. 8) 1.500 terreiros por região metropolitana: Belo Horizonte, Recife Belém e Porto Alegre..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Danielle Cireno Fernandes - Coordenador / Michel Almada de Castro Boa Ventura - Integrante / Rafael Barros - Integrante.Financiador(es): Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura - Auxílio financeiro.
2009 - 2012
Trabalho Docente na Educação Básica no Brasil
Descrição: A pesquisa pretende analisar o trabalho docente nas suas dimensões constitutivas, identificando seus atores, o que fazem e em que condições se realiza nas escolas de Educação Básica, com a finalidade de subsidiar a elaboração de políticas públicas no Brasil. Objetiva conhecer quem é, o que faz e em que condições se realiza o trabalho docente nas escolas públicas estaduais e municipais de Educação Básica no Brasil e instituições de educação infantil conveniadas com o poder público. Analisar em que medida as mudanças trazidas por nova regulação educativa impactam na constituição das identidades e dos perfis dos profissionais da educação básica, identificando estratégias desenvolvidas pelos docentes para responder tais exigências. Buscará ainda conhecer e analisar as mudanças promovidas pelas recentes políticas públicas para a educação básica no que se refere à organização e gestão escolar e suas conseqüências para a formação e carreira docente, observando ainda suas conseqüências sobre a saúde dos docentes. Para tanto, espera-se traçar o perfil sócio-econômico e cultural dos docentes em exercício na Educação Básica no Brasil; mapear a divisão técnica do trabalho na escola, a emergência de postos, cargos e funções derivados de novas exigências e atribuições, bem como as atividades desenvolvidas pelos docentes; conhecer as condições de trabalho dos docentes: os meios físicos, os recursos pedagógicos e o acesso a formação continuada, à literatura específica, às tecnologias e a outros bens culturais para o desenvolvimento de seu trabalho; levantar as formas de contratação, as condições salariais e de carreira em diferentes redes de ensino; identificar necessidades de formação continuada dos professores da Educação Básica. A pesquisa será realizada em sete estados brasileiros (Pará, Rio Grande do Norte, Minas Gerais, Goiás, Paraná, Santa Catarina e Espírito Santo) contemplando critérios de abrangência regional..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (8) / Mestrado acadêmico: (7) / Doutorado: (5) .
Integrantes: Danielle Cireno Fernandes - Integrante / Dalila Andrade Oliveira - Coordenador / Adriana Maria Cancella Duarte - Integrante / Álvaro Moreira Hypólito - Integrante / Eliza Bartolozzi Ferreira - Integrante / Lívia Maria Fraga Vieira - Integrante / Maria Helena Oliveira Gonçalves Augusto - Integrante.
2008 - 2009
Estratificação Educacional e Desigualdade Social em Minas Gerais
Descrição: Apesar da expansão (fruto da universalização e da democratização), ainda encontramos evidências de desigualdade no sistema educacional brasileiro (sejam essas raciais, de gênero, regionais, institucionais). Nesse contexto, torna-se necessário entender, de forma mais detalhada, como se dá o processo de passagem da infância para a vida adulta, considerando as transições educacionais. Se, por um lado, está bastante evidenciada, na literatura científica, a disparidade educacional entre brancos e negros e entre homens e mulheres, por outro, sabe-se muito pouco sobre o efeito das circunstâncias sociais e culturais em que os jovens se encontram inseridos sobre os caminhos educacionais distintos dos mesmos. Para se ter uma idéia da natureza das oportunidades e dos riscos aos quais os jovens estão expostos, é extremamente importante considerar o contexto socioeconômico e cultural em que estes estão imersos (Shanahan, Michael, J. 2000). A partir dessas considerações, propomos responder à seguinte questão: como variáveis referentes ao aluno (por exemplo, defasagem idade/série e local de residência) e referentes à escola (por exemplo, localização, unidade administrativa, infra-estrutura, recursos didáticos, número de alunos por turma e formação dos professores) relacionam-se para explicar as chances dos alunos permanecerem na escola e, nesse caso, passarem para um novo ciclo educacional? Assumimos aqui que a localização da escola é proxy do contexto socioeconômico e cultural em que os jovens se encontram inseridos; isto porque, assim como o Brasil, Minas Gerais é um estado bastante heterogêneo do ponto de vista regional (no que se refere aos fatores econômicos, demográficos, culturais e sociais) e pode-se esperar que o perfil da discriminação no ensino seja distinto entre as localizações das escolas no estado..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Danielle Cireno Fernandes - Coordenador / Elaine Meire Vilela - Integrante / Marcos Arcanjo de Assis - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.
2007 - 2009
Avaliação de Impacto dos Programas Sociais em Minas Gerais
Descrição: Os objetivos desse Projeto de Pesquisa é proceder uma análise dos efeitos dos Programas Sociais Federais e Estaduais desenvolvidos em larga escala no estado de Minas Gerais, considerando o contexto de implementação das Políticas Sociais de abrangência nacional, com focalização dos estudos em Programas com condicionalidades na área de educação e saúde; Nesse contexto, considera-se fundamental desenvolver uma avaliação dos efeitos dos Programas Sociais na redução da pobreza e da desigualdade social no país, com um recorte para o estado de Minas Gerais considerando as suas notáveis diferenças regionais que produzem disparidades econômicas e sociais importantes entre a população. Os aspectos socioeconômicos encontrados em Minas evidenciam a importância da implementaçào de Programas Sociais para a população pobre, com o objetivo de minimizar os efeitos das desigualdades econômicas e sociais entre os estratos sociais, principalmente no aspecto referente à quebra da pobreza intergeneracional..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (3) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (1) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Danielle Cireno Fernandes - Coordenador / Jorge Alexandre Barbosa Neves - Integrante / Magna Inácio - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 4 / Número de orientações: 3
2007 - 2009
Transmissibilidade Intergeracional, Pobreza e Desigualdade Racial: uma Abordagem Quantitativa
Descrição: A intenção desta proposta de pesquisa é investigar, utilizando-se das técnicas da metodologia quantitativa, os determinantes da desigualdade educacional entre jovens. Daremos ênfase às interações entre raça e classe social como efeitos nas decisões de continuar ou desistir de prosseguir no sistema educacional. Utilizaremos a perspectiva da Análise do Curso da Vida (Buchmann, Marlis, 1989; Shanahan, 2000;). O estudo tem um foco comparativo incluindo três países: Brasil, África do Sul e Estados Unidos. A pesquisa comparativa é essencial para entender como padrões de arranjos institucionais específicos de cada país ? tais como o sistema educacional, a família e a estrutura do mercado de trabalho ? podem explicar as diferenças na estrutura de oportunidades oferecida aos jovens (Buchmann, 2000; Tienda, and Wilson, 2002). Alternativamente, podemos encontrar nos três países padrões semelhantes no processo de formalização de recursos e autonomização de status independente dos diferentes arranjos institucionais..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Danielle Cireno Fernandes - Coordenador / Jorge Alexandre Barbosa Neves - Integrante / Diogo Helal - Integrante / Flávia Pereira xavier - Integrante / Gabriela Chaves Moraes - Integrante / Maria Teresa Gonzags - Integrante / Flávio Cireno fernandes - Integrante / Murillo Marchner Alves de Brito - Integrante / Henrique Guimarães Coutinho - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 4
2006 - 2009
Avaliação do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (PRONAF) em Minas Gerais: impactos do crédito rural sobre o segmento classificado no grupo C
Descrição: Avaliação dos impactos do PRONAF em Minas Gerais, considerando, em particular, os efeitos do programa sobre a renda familiar e a capacidade de absorção de novas tecnologias. Impactos do crédito rural sobre o segmento classificado no grupo C.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2004 - 2006
Perdas Sociais Causadas pela Violência: A Violência nas Escolas de Belo Horizonte.
Descrição: A pesquisa sobre violência nas escolas busca informações detalhadas sobre a violência e eventos de criminalidade no contexto das escolas e em suas proximidades, eventos esses que podem prejudicar seu desempenho no papel de educar e socializar alunos. Cabe a esta pesquisa apurar informações sobre: - Características gerais da escola - As condições de infra-estrutura urbana das comunidades onde as escolas se inserem - As condições de segurança da vizinhança da escola segundo a percepção do entrevistado - Características individuais relativas à vida acadêmica do entrevistado - Medidas de percepção de desordem e violência no ambiente escolar - Ocorrência de eventos de violência ou criminalidade no contexto escolar.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (3) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Danielle Cireno Fernandes - Coordenador / Cláudio Beato - Integrante / Manoel Francisco Andrade Santos - Integrante / Karina Rabelo Leite - Integrante / Rodrigo Alisson Fernandes - Integrante / Elaine Meire Vilela - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 5 / Número de orientações: 9
2002 - 2008
Qualificação Estrutura Ocupacional, Mercado de Trabalho e Determinação de Salários no Brasil - de 1973 a 1996.
Descrição: O objetivo geral deste projeto é o de analisar os processos de transformação do mercado de trabalho e da estrutura ocupacional no Brasil, como também perceber as possíveis mudanças nas relações causais associadas a esses processos no período entre 1973 a 1996. Especificamente, a idéia é analisar possíveis transformações nos processos de determinação das posições ocupacionais e do salário dos indivíduos, a partir de uma modelagem estrutural que permita a observação de efeitos diretos e indiretos. Sendo uma proposta de estudo de caráter longitudinal, o entendimento do processo de modernização socioeconômica, e o processo dede flexibilização do mercado de trabalho e suas conseqüências para os padrões de desigualdades sociais são de extrema importância no desenvolvimento da pesquisa..
Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Danielle Cireno Fernandes - Coordenador.
Número de produções C, T & A: 2


Projetos de extensão


2016 - 2016
Curso: Avaliação de Impacto - CEMIG
Descrição: O curso tem o foco na metodologia de avaliação de impacto. A intenção é a de proporcionar aos alunos o conhecimento acerca da avaliação de impacto de programas sociais e de suas principais metodologias. Apresentar os instrumentos e métodos de avaliação e conceitos tais como: avaliação ex-ante, avaliação ex-post e avaliação de impacto, focalização, tipos de beneficiários e incentivos adversos. Atenção especial será dada para o entendimento da metodologia de avaliação de impacto, indicadores: construção e utilidade e marco lógico. Através do exame das principais características dos programas sociais, buscaremos compreender os principais desafios subjacentes ao campo da gestão de projetos sociais..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2016 - Atual
Curso: Elaboração de Projetos Sociais à Distância
Descrição: Qualificar profissionais de qualquer área do conhecimento interessados em se capacitar na área de elaboração de projetos sociais à distância. Ao final do curso o aluno deverá dominar todas as etapas da elaboração de um projeto social..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Danielle Cireno Fernandes - Coordenador / Davidson Patrício Novais - Integrante.Financiador(es): Universidade Federal de Minas Gerais - Outra.
2016 - Atual
Curso: UAB-CAPES EDITA 75/2014 Elaboração, Gestão e Avaliação de Programas Sociais em Áreas Urbanas
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) .
Integrantes: Danielle Cireno Fernandes - Coordenador / Corine Davis Rodrigues - Integrante / Bráulio Figueiredo SIlva - Integrante.Financiador(es): Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa - Outra.
2016 - Atual
Curso: Medida Socioeducativa em Meio Aberto - Atuação Técnica no âmbito do SUAS
Descrição: O curso discutirá o atendimento socioeducativo em Meio Aberto preconizado pelo SUAS. Para tanto, os marcos conceituais sobre adolescente, família e sociedade serão apresentados, assim como as leis e os atos normativos que concernem à temática. As diretrizes nacionais sobre o Serviço de Proteção Social a Adolescentes em Cumprimento de Medidas Socioeducativas em Meio Aberto de Liberdade Assistida (LA) e de Prestação de Serviço à Comunidade (PSC) tipificado pelo SUAS, sua articulação com outros serviços desse Sistema e a intersetorialidade da política de Assistência Social com demais políticas, assim como os procedimentos metodológicos de atuação, serão trabalhados em aula e praticados por meio de estudos de casos..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2015 - Atual
Indicadores Sociais Aplicados as Políticas Públicas
Descrição: O objetivo do curso é apresentar a importância do uso de indicadores sociais na construção, monitoramento e avaliação de diversas políticas, demonstrando onde encontrar e como utilizar as inúmeras plataformas de indicadores e os dados sociodemográficos disponíveis na internet (Data Sus, INEP, Portal ODM, Atlas de Desenvolvimento Humano, Censo Suas)..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Danielle Cireno Fernandes - Coordenador / Ernesto Friedrich de Lima Amaral - Integrante.Financiador(es): Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa - Outra.
2015 - Atual
Curso: Gestão do Trabalho no Sistema Único de Assistência Social: organização dos serviços e formação dos equipamentos.
Descrição: O curso percorre brevemente a história da Assistência Social no Brasil, demarcando as mudanças na concepção e operacionalização da Política de Assistência Social (PNAS) após da Constituição de 1988. Em seguida, apresenta o marco normativo da PNAS e do Suas, principalmente a tipificação dos serviços socioassistenciais que padroniza dos serviços a serem ofertados em cada nível de proteção social e equipamentos correspondentes. Na sequência, trabalha-se a composição e as atribuições das equipes multiprofissionais do Suas, discutindo os desafios e as potencialidades do trabalho em equipe para a efetivação dos objetivos da PNAS e para o trabalho cotidiano nos equipamentos..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2015 - Atual
SUAS: O Novo Modelo da Assistência Social
Descrição: Qualificar profissionais de qualquer área do conhecimento interessados em se capacitar na área do novo modelo de Assistência Social: SUAS. Ao final do curso o aluno deverá compreender a importância da utilização de indicadores para a avaliação de projetos sociais. As principais características dos indicadores sócias tais como a sua relevância social a capacidade de representar o(s) objetivo(s) do projeto que está sendo avaliado..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Danielle Cireno Fernandes - Coordenador / Marcos Arcanjo de Assis - Integrante.Financiador(es): Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa - Outra.
2015 - Atual
Curso de capacitação para o atendimento integrado à mulher vítima de violência doméstica
Descrição: O Programa Mulher, Viver sem Violência, instituído pelo Governo Federal em agosto de 2013, objetiva integrar e ampliar os serviços públicos existentes voltados às mulheres em situação de violência, mediante a articulação dos atendimentos especializados no âmbito da saúde, da justiça, da rede socioassistencial e da promoção da autonomia financeira. Com base nessa política pública, o presente curso de apresenta como um mecanismo de capacitação de profissionais visando sua articulação com a Política Nacional de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Danielle Cireno Fernandes - Coordenador / Juliana Anacleto dos Santos - Integrante.Financiador(es): Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa - Outra.
2014 - 2014
Desenvolver Metodologia para construção de Ferramentas e Indicadores para Avaliar e Monitorar Projetos de Pesquisa em Educação
Descrição: Objeto: Desenvolver metodologia para acompanhamento e controle, bem como ferramentas e indicadores que possibilitem acompanhar e avaliar o desempenho dos projetos de pesquisa Observatório da Educação e Núcleos de Estudos sobre Educação..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2014 - Atual
Curso: Diagnóstico Participativo e Mobilização Comunitária
Descrição: O curso pretende aprofundar os estudos sobre envolvimento das populações beneficiárias em políticas públicas, programas e projetos. Formas de consulta, envolvimento e mobilização das comunidades nas diversas etapas de um projeto social..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Danielle Cireno Fernandes - Coordenador / Clarice Assis Libânio - Integrante.Financiador(es): Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa - Outra.
2014 - Atual
Curso: Elaboração de estudos de impacto ambiental - meio antrópico
Descrição: O curso tem como objetivo propor metodologias de elaboração de estudos de impacto ambiental - EIA, Planos de Controle Ambiental - PCA e Planos de Manejo, com foco nos estudos socioeconômicos e impactos sobre o meio antrópico..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Danielle Cireno Fernandes - Coordenador / Maraluce Maria Custodio - Integrante.Financiador(es): Universidade Federal de Minas Gerais - Outra.
2014 - Atual
Curso: Pesquisa, Diagnóstico e Mapeamento Cultural
Descrição: O curso apresentará ferramentas e metodologias para realização de diagnósticos na área cultural, pesquisas de público, mapeamento e levantamento de dados e indicadores que possam subsidiar as etapas de planejamento, gestão e execução de políticas e projetos culturais, na área pública, privada ou do terceiro setor..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Danielle Cireno Fernandes - Coordenador / Clarice Assis Libânio - Integrante.Financiador(es): Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa - Outra.
2011 - 2011
Censo da População de Alunos Vinculados à Educação de Jovens e Adultos nas Escolas Municipais de Belo Horizonte
Descrição: ? Levantamento censitário de todos os alunos vinculados ao programa de Educação de Jovens e Adultos da prefeitura Municipal de Belo Horizonte. A intenção foi a de realizar um censo da população de crianças, adolescentes e jovens como forma compor uma demanda da Secretaria de Educação da Prefeitura de Belo Horizonte na busca de priorizar a gestão políticas sociais tendo como foco o atingimento de metas com transparência. O público alvo bem definido, são requisitos básicos para que uma política social atinja sua metas com eficiência e eficácia..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (13) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Danielle Cireno Fernandes - Coordenador / Zakia Hachem - Integrante / Michel Almada de Castro Boa Ventura - Integrante / Farney Aulélio - Integrante.Financiador(es): Prefeitura Municipal de Belo Horizonte - Auxílio financeiro.
2011 - Atual
Curso: Elaboração de Projetos Culturais
Descrição: Objetivos gerais: · Introduzir junto aos participantes elementos básicos para a concepção de projetos, o planejamento e o diagnóstico na área da cultura. Discutir as etapas e ferramentas de elaboração de um projeto cultural ? diagnóstico, planejamento, captação de recursos, gestão, monitoramento e avaliação; Objetivos específicos: · Apresentar e definir conceitos principais da elaboração de projetos culturais. Projeto Matriz e o passo a passo na elaboração de projetos culturais: público-alvo, objetivos e resultados, recursos, composição do orçamento, cronograma físico-financeiro e plano operativo; · Apresentar estratégias e elementos importantes para a captação de recursos, o estabelecimento de parcerias e trabalho em rede no campo da Cultura: mecanismos e oportunidades de inscrição de projetos culturais, leis de incentivo à cultura, editais, fundos, etc. · Exercitar e esboçar coletivamente um projeto cultural. Ementa: O curso tem como foco a apresentação de metodologias de planejamento e elaboração de Projetos Culturais, suas etapas e custos. Conceitos Básicos: Programas e Projetos; Projetos culturais; planejamento; diagnóstico; Projeto Matriz; Fases de um projeto; plano operativo; Estratégias de viabilização, captação de recursos e construção de parcerias..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) .
Integrantes: Danielle Cireno Fernandes - Coordenador / Daniel Perini - Integrante.Financiador(es): Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa - Outra.
2011 - Atual
Captação de Recursos para o Terceiro Setor
Descrição: O terceiro setor como fonte de oportunidades, desenvolvimento e Implementação de novos empreendimentos e projetos sociais. Como captar recursos em empresas e no setor público..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Danielle Cireno Fernandes - Coordenador / Cinthia Barros dos Santos - Integrante.Financiador(es): Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa - Outra.
2009 - Atual
Curso: Elaboração de Projetos Sociais Presencial
Descrição: O curso tem como foco a apresentação de metodologias de elaboração e gestão de Projetos Sociais, suas etapas e custos. Conceitos Básicos: Programas e Projetos Sociais, planejamento estratégico, diagnóstico, avaliação e monitoramento, entre outros..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Danielle Cireno Fernandes - Coordenador.Financiador(es): Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa - Outra.
2009 - Atual
Curso: Introdução ao Uso do PSPP.
Descrição: Oferecer uma introdução ao uso do software livre PSPP. EMENTA: apresentação de todas as funcionalidades disponíveis do PSPP para o uso de avalição de políticas públicas..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Danielle Cireno Fernandes - Coordenador / Michel Almada de Castro Boa Ventura - Integrante.Financiador(es): Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa - Outra.
2009 - Atual
Empreendedorismo Social
Descrição: Oportunidades, desenvolvimento e implementação de novos negócios e projetos sociais. O perfil do empreendedor social. O choque de papéis. Percepção de problemas sociais e sua transformação em oportunidades de negócios..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Danielle Cireno Fernandes - Coordenador / Diogo Hellal - Integrante.Financiador(es): Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa - Outra.
2008 - 2009
Estudo Qualitativo para Avaliação do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil - PETI.
Descrição: Realização do Estudo Qualitativo para Avaliação do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil, como forma de minimizar os efeitos negativos que essa inserção precoce no trabalho possa ter causado ao público alvo do PETI. Espera-se, assim, dar condições para o aprimoramento dessas experiências de Jornada Ampliada, de modo a fortalecer os padrões e parâmetros conceituais e metodológicos orientadores de metas e das atividades, e, conseqüentemente, potencializar seus efeitos sobre os participantes (e suas famílias) e universalizar ainda mais seu alcance. TERMO DE REFERÊNCIA NÚMERO: 40-9423. BID ? Empréstimo 1609/OC-BR.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (6) .
Integrantes: Danielle Cireno Fernandes - Coordenador / Jorge Alexandre Barbosa Neves - Integrante / Flávia Pereira xavier - Integrante / Luciana Coceição de Lima - Integrante.Financiador(es): Banco Interamericano de Desenvolvimento - Cooperação.
2008 - 2008
Curso: Avaliação do Programa Habitar Brasil/BID ? Vila Senhor dos Passos
Descrição: O Programa Habitar Brasil-BID visa melhorar a habitabilidade de famílias que vivem em Vilas e Favelas, atendendo assim, preferencialmente famílias com renda de até três (03) salários-mínimos, financiando ações integradas de habitação, saneamento, infra-estrutura, trabalho social, cursos profissionalizantes, geração de trabalho e renda e ainda promover a titulação dos terrenos de propriedade pública. Em Belo Horizonte, o programa está sendo desenvolvido nas Vilas Califórnia e Senhor dos Passos, esta última estando localizada no Bairro Lagoinha, regional noroeste. Nela existiam, no ano 2000, aproximadamente 1060 domicílios, perfazendo uma população de 3.800 habitantes..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Danielle Cireno Fernandes - Coordenador / Adriana Maria da Costa - Integrante.Financiador(es): Banco Interamericano de Desenvolvimento - Auxílio financeiro.
2007 - Atual
Curso: Planejamento estratégico para organizações do terceiro setor.
Descrição: O curso instrumentaliza as organizações do terceiro setor, em qualquer área de atuação, para desenvolvimento de seu planejamento estratégico através da aplicação de suas ferramentas à lógica das organizações participantes. Ao final do curso, pretende-se discutir o esboço inicial do Planejamento Estratégico produzido durante as aulas e criar uma rede para o seu acompanhamento..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Danielle Cireno Fernandes - Coordenador / Diogo Helal - Integrante.Financiador(es): Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa - Outra.
2007 - Atual
Curso: Avaliação de Projetos Sociais
Descrição: A ampliação do foco em resultados assim como um movimento recente, por maior responsabilidade no uso dos recursos destinados a programas sociais trazem para o topo da agenda a preocupação com as avaliações de programas sociais tanto públicos como aqueles sob responsabilidade do Terceiro Setor. Entretanto, essa emergência acabou por evidenciar lacunas no que tange a capacitação de recursos humanos para não só a execução da avaliação de projetos sociais, mas também profissionais que dominem a discussão subjacente a esse tema. Nesse sentido, cursos de capacitação que preencham essa lacuna são fundamentais visto que forma profissionais que são capazes de compreender a avaliação como um instrumento importante para a melhoria da qualidade dos processos de tomada de decisão trazendo informações que subsidiem os gestores (quanto ao início, continuidade ou reformulações de programas e projetos. Discutir os instrumentos e métodos de avaliação e conceitos tais como avaliação ex ante, avaliação ex post e avaliação de impacto. Através do exame das principais características dos programas sociais buscaremos compreender os principais desafios subjacentes ao campo da gestão social..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Danielle Cireno Fernandes - Coordenador.Financiador(es): Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa - Outra.
2005 - Atual
Curso de Especialização em Elaboração Gestão e Avaliação de Programas Sociais em Áreas Urbanas
Descrição: Objetivo: Propiciar uma formação sólida em elaboração, gestão e avaliação de projetos sociais não apenas para atender uma demanda urgente, mas também para preencher uma lacuna hoje existente na formação dos cientistas sociais brasileiros, bem como de outros profissionais que atuam com projetos sociais. Formar profissionais qualificados para a formulação, implementação e análise de programas sociais e desenvolver metodologias de acompanhamento e avaliação de projetos sociais..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Danielle Cireno Fernandes - Coordenador / Bruno Reis - Integrante / Corine Davis Rodrigues - Integrante / Cláudio Santiago Dias Júnior - Integrante.


Projetos de desenvolvimento


2008 - 2009
Estratificação Educacional e Desigualdade Social em Minas Gerais
Descrição: A intenção desta proposta de pesquisa é investigar os determinantes da desigualdade educacional entre jovens Mineiros. Daremos ênfase às interações entre raça e classe social como efeitos nas decisões de continuar ou desistir de prosseguir no sistema educacional. Utilizaremos a perspectiva da Análise do Curso da Vida (Buchmann, Marlis, 1989; Shanahan, 2000;). O estudo tem um foco comparativo, o que é essencial para entender como padrões de arranjos institucionais específicos de cada região do estado ? tais como família e estrutura do mercado de trabalho ? podem explicar as diferenças na estrutura de oportunidades oferecida aos jovens (Buchmann, 2000; Tienda, and Wilson, 2002). Uma escola privada situada em um bairro nobre em Belo Horizonte certamente oferece arranjos institucionais bem diferentes de uma escola pública da rede estadual situada em um município localizado no Vale do Jequitinhonha. Da mesma maneira a capacidade a estrutura social de escolas situadas no setor rural em todo o estado estão inseridas em um contexto socioeconômico bem diferente das inseridas em contextos urbanos. Alternativamente, podemos encontrar em todo o estado de Minas Gerais padrões semelhantes no processo de formalização de recursos e autonomização de status independente dos diferentes arranjos institucionais escolares, social e familiar.Filhos de famílias extensas podem sofre a mesma conseqüência no alcance educacional independente se ele estuda em uma escola com mais ou menos recursos..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Danielle Cireno Fernandes - Coordenador.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.
2008 - 2009
Estratificação Educacional e Desigualdade Social em Minas Gerais
Descrição: A intenção desta proposta de pesquisa é investigar os determinantes da desigualdade educacional entre jovens Mineiros. Daremos ênfase às interações entre raça e classe social como efeitos nas decisões de continuar ou desistir de prosseguir no sistema educacional. Utilizaremos a perspectiva da Análise do Curso da Vida (Buchmann, Marlis, 1989; Shanahan, 2000;). O estudo tem um foco comparativo, o que é essencial para entender como padrões de arranjos institucionais específicos de cada região do estado ? tais como família e estrutura do mercado de trabalho ? podem explicar as diferenças na estrutura de oportunidades oferecida aos jovens (Buchmann, 2000; Tienda, and Wilson, 2002). Uma escola privada situada em um bairro nobre em Belo Horizonte certamente oferece arranjos institucionais bem diferentes de uma escola pública da rede estadual situada em um município localizado no Vale do Jequitinhonha. Da mesma maneira a capacidade a estrutura social de escolas situadas no setor rural em todo o estado estão inseridas em um contexto socioeconômico bem diferente das inseridas em contextos urbanos. Alternativamente, podemos encontrar em todo o estado de Minas Gerais padrões semelhantes no processo de formalização de recursos e autonomização de status independente dos diferentes arranjos institucionais escolares, social e familiar.Filhos de famílias extensas podem sofre a mesma conseqüência no alcance educacional independente se ele estuda em uma escola com mais ou menos recursos..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Danielle Cireno Fernandes - Coordenador.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.
2005 - 2008
INSTITUTOS DO MILÊNIO: A Dimensão Social das Desigualdades Sistema de Indicadores de Estratificação e Mobilidade Social
Descrição: Este projeto propõe um sistema de indicadores sociológicos para o acompanhamento da dinâmica da desigualdade e da mobilidade social no Brasil. Tal sistema depende da especificação das categorias sociais analiticamente relevantes, da identificação dos grupos "em risco", e da análise do processo de criação e transmissão das desigualdades ao longo do ciclo de vida dos indivíduos. A combinação desses elementos permitirá identificar os pontos nevrálgicos do processo de estruturação das desigualdades, e conseqüentemente fornecerá subsídios cruciais para políticas públicas..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Danielle Cireno Fernandes - Integrante / Nelson do Valle Silva - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Universidade Federal de Minas Gerais - Cooperação.
Número de produções C, T & A: 10 / Número de orientações: 3


Membro de corpo editorial


2016 - Atual
Periódico: Teoria e Sociedade
2009 - Atual
Periódico: Sociology of Education
2008 - Atual
Periódico: Administração Pública e Gestão Social
2006 - Atual
Periódico: population Review


Revisor de periódico


2005 - Atual
Periódico: Dados (Rio de Janeiro)
2005 - Atual
Periódico: O&S. Organizações & Sociedade (1413-585X)
2007 - Atual
Periódico: Texto para Discussão (IPEA)
2005 - Atual
Periódico: Population Review
2007 - Atual
Periódico: Sociology of Education
2016 - Atual
Periódico: Civitas: Revista de Ciências Sociais (Impresso)
2016 - Atual
Periódico: Revista del Instituto de Investigaciones en Ciencias de la Educación


Revisor de projeto de fomento


2012 - Atual
Agência de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Desigualdade Social/Especialidade: Desigualdade Racial.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Desigualdade Social/Especialidade: Estratificação Social.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Desigualdade Social.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Trabalho e Capital Humano.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2014
Programa Pesquisador Mineiro VII, FAPEMIG.
2008
Programa Pesquisador Mineiro II, FAPEMIG.
2004
Prêmio IPEA 40 Anos - A Superação das Desigualdades Sociais no Brasil -PRIMEIRO LUGAR, Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas.
2004
Prêmio ANPAD - Gestão de Pessoas e Relações de Trabalho, ANPAD.
2000
Premio ANPAD - Organizacoes, como o melhor trabalho do país apresentado na área, ANPAD - Associacao Nacional dos Programas Pós-Graduacao em Administracao.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
SALES, M. S.2018SALES, M. S. ; MELO, G. ; FERNANDES, D. C. . O início da trajetória ocupacional: quais são seus determinantes?. Revista Ciências Sociais Unisinos, v. v. 54, p. 106-116, 2018.

2.
Sales, S. M.2017Sales, S. M. ; Fernandes, Danielle C. . Aspirações e Status Ocupacional: Qual a distância entre o sonho e a realização?. Contemporânea - revista de sociologia da UFSCar, v. 7, p. 193-210, 2017.

3.
FERNANDES, D. C.2017FERNANDES, D. C.; SALATA, A. ; CAVALHAES, F. . Desigualdades e Estratificação: analisando sociedades em mudança. REVISTA BRASILEIRA DE SOCIOLOGIA, v. 5, p. 86-112, 2017.

4.
FERNANDES, D. C.2011FERNANDES, D. C.; DIAS JUNIOR, C. S. . Dossiê Desigualdades Sociais. TEORIA & SOCIEDADE (UFMG), v. 17.2, p. 9-238, 2011.

5.
Danielle Cireno Fernandes,2010Danielle Cireno Fernandes,; Jorge Alexandre Neves, . Urban Bias in Development and Educational Attainment in Brazil. The Journal of Developing Areas (Online), v. 43, p. 271-288, 2010.

6.
Neves, Jorge A.2007 Neves, Jorge A. ; FERNANDES, D. C. ; Helal, Diogo H. . Region, Industry, and Intergenerational Status Transmission in Urban Brazil. Population Review (Print), v. 46, p. 12-28, 2007.

7.
FERNANDES, D. C.;Fernandes, Danielle C.;FERNANDES, D;Fernandes, Danielle Cireno;Danielle Cireno Fernandes,;Cireno, Danielle Fernandes2007FERNANDES, D. C.; NEVES, Jorge Alexandre Barbosa ; HELLAL, Diogo . Autoridade e Capital Humano em Organizações Centradas no Conhecimento: O Caso do Setor Elétrico em Pernambuco. O&S. Organizações & Sociedade, v. 14, p. 121-136, 2007.

8.
HELLAL, Diogo2007HELLAL, Diogo ; NEVES, Jorge Alexandre Barbosa ; FERNANDES, D. C. . Empregabilidade Gerencial no Brasil. RAC Eletrônica (Online), v. 01, p. 01, 2007.

9.
FERNANDES, D2004 FERNANDES, D. RACE, SOCIOECONOMIC DEVELOPMENT AND THE EDUCATIONAL STRATIFICATION PROCESS IN BRAZIL. Research in Social Stratification and Mobility, Estados Unidos, v. 22, p. 365-422, 2004.

10.
Neves, Jorge Alexandre2002Neves, Jorge Alexandre ; Fernandes, Danielle Cireno . Estrutura ocupacional, autoridade gerencial e determinação de salários em organizações fordistas: o caso da indústria de transformações no Brasil. RAC. Revista de Administração Contemporânea, Curitiba-PR, v. 6, n.1, p. 127-140, 2002.

11.
FERNANDES, D. C.;Fernandes, Danielle C.;FERNANDES, D;Fernandes, Danielle Cireno;Danielle Cireno Fernandes,;Cireno, Danielle Fernandes1999FERNANDES, D. C.; NEVES, Jorge Alexandre Barbosa . Credencialismo, Correspodência ou Capital Humano? Como a Escolaridade Afeta a Determinação de Cargos e Salários de Trabalhadores da Indústria de Transformação no Brasil. Estudos Avancados em Administracao, Joao Pessoa - PB, v. 7, p. 1033-1048, 1999.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
HALLER, A. O. (Org.) ; FERNANDES, D. C. (Org.) ; SANTOS, J. A. (Org.) ; GUIMARAES, A. A. M. (Org.) ; TOURINHHO, M. (Org.) . O Sistema de Estratificação Social Brasileiro: pensando sistematicamente como a desigualdade funciona. 1. ed. Belo Horizonte: Fino Traço, 2014. v. 1. 500p .

2.
FERNANDES, D. C.; HELAL, Diogo (Org.) . As Cores da Desigualdade. Belo Horizonte: Fino Traço Editora, 2011. v. 1. 191p .

3.
NEVES, Jorge Alexandre Barbosa (Org.) ; Fernandes, Danielle C. (Org.) ; HELAL, Diogo (Org.) . Educação, Trabalho e Desigualdade Social. 01. ed. Belo Horizonte-MG: Argvmentvn, 2009. v. 01. 271p .

Capítulos de livros publicados
1.
HALLER, A. O. ; Danielle Cireno Fernandes, ; Juliana Anacleto dos Santos ; GUIMARAES, A. A. M. ; TOURINHHO, M. . Introdução- do livro O Sistema de Estratificação Social Brasileiro: pensando sistematicamente como a desigualdade funciona. In: Achbalde O.Haller, Danielle Cireno Fernandes, Juliana Anacleto dos Santos, Alien Amorim Melgaço, Manoel Malheiros Tourinho. (Org.). O Sistema de Estratificação Social Brasileiro: pensando sistematicamente como a desigualdade funciona. 1ed.Belo Horizonte: Fino Traço, 2014, v. 1, p. 15-23.

2.
Marchner, M. A. B. ; FERNANDES, D. C. ; HELAL, Diogo . Raça, capital social e posição socio-ocupacional: um estudo aproximativo para a região metropolitana de Belo Horizonte. In: Murilo Fahel, Xavier Rambla, Bruno Lazzarotti e Carla Bronzo. (Org.). Desigualdades Educacionais & Pobreza. 1ed.Belo Horizonte: Editora PUC Minas Gerais, 2012, v. 1, p. 325-342.

3.
FERNANDES, D. C.; SILVA, Carlos. A. S. . Perfil docente da educação básica no Brasil: uma análise a partir dos dados da PNAD. In: : Dalila Andrade Oliveira;Lívia Fraga Vieira. (Org.). Trabalho na Educação Básica: Condição dos Docentes nos Sete Estados Brasileiros. 1ed.Belo Horizonte: Fino Traço, 2012, v. 1, p. 1-30.

4.
FERNANDES, D. C.; HELAL, Diogo . Introdução (do livro 'As Cores da Desigualdade'). In: Danielle Cireno Fernandes, Diogo Henrique Hela. (Org.). As Cores da Desigualdade. 1ed.Belo Horizonte: Fino Traço Editora, 2011, v. , p. 11-18.

5.
FERNANDES, D. C.; SILVA, Carlos. A. S. . Jovens e o acesso ao mercado de trabalho: uma análise longitudinal. In: Danielle Cireno Fernandes, Diogo Henrique Hela. (Org.). As Cores da Desigualdade. Belo Horizonte: Fino Traço Editora, 2011, v. , p. 75-104.

6.
HELAL, Diogo ; FERNANDES, D. C. ; NEVES, Jorge Alexandre Barbosa . O acesso a cargos públicos no Brasil: meritocracia ou reprodução social?. In: Danielle Cireno Fernandes, Diogo Henrique Hela. (Org.). As Cores da Desigualdade. Belo Horizonte: Fino Traço Editora, 2011, v. , p. 161-188.

7.
Fernandes, Danielle C.; Helal, Diogo H. . Precarização do Trabalho. In: OLIVEIRA, Dalila Andrade; DUARTE, Adriana Maria Cancella; VIEIRA, Lívia Maria Fraga.. (Org.). Dicionário de Trabalho, Profissão e Condição Docente;. : , 2010, v. , p. -.

8.
Danielle Cireno Fernandes,; Helal, Diogo H. . AÇÃO AFIRMATIVA NA EDUCAÇÃO. In: OLIVEIRA, Dalila Andrade; DUARTE, Adriana Maria Cancella; VIEIRA, Lívia Maria Fraga.. (Org.). Dicionário de Trabalho, Profissão e Condição Docente;. Belo Horizonte MG: Faculdade de Educação, 2010, v. , p. -.

9.
NEVES, Jorge Alexandre Barbosa ; Fernandes, Danielle C. ; HELAL, Diogo . Introdução: Sociologia, Economia e Desigualdade. In: Neves, Jorge A.; Fernandes, Danielle C.; Helal, Diogo H.. (Org.). Educação, Trabalho e Desigualdade Social. 01ed.Belo Horizonte-MG: Argvmentvn, 2009, v. 01, p. 03-08.

10.
XAVIER, F. P. ; Fernandes, Danielle C. ; TOMÁS, M. C. . Fatores Econômicos e Estrutura Social: A Escolaridade como Fator Explicativo para o Diferencial de Salários no Brasil. In: Neves, Jorge A.; Fernandes, Danielle C.; Helal, Diogo H.. (Org.). Educação, Trabalho e Desigualdade Social. 01ed.Belo Horizonte-MG: Argvmentvn, 2009, v. 01, p. 60-95.

11.
NEVES, Jorge Alexandre Basbosa ; HELAL, Diogo ; Fernandes, Danielle C. . Modernidade, Burocracia e Classe Gerencial: A Determinação de Rendimentos no Brasil e na Polônia. In: Neves, Jorge A.; Fernandes, Danielle C.; Helal, Diogo H.. (Org.). Educação, Trabalho e Desigualdade Social. 01ed.Belo Horizonte-MG: Argvmentvn, 2009, v. 01, p. 132-167.

12.
NEVES, Jorge Alexandre Barbosa ; Fernandes, Danielle C. . Pós-Fordismo e os Retornos Salariais do Investimento em Capital Humano na Agropecuária Brasileira. In: Neves, Jorge A.; Fernandes, Danielle C.; Helal, Diogo H.. (Org.). Educação, Trabalho e Desigualdade Social. 01ed.Belo Horizonte-MG: Argvmentvn, 2009, v. 01, p. 168-183.

13.
NEVES, Jorge Alexandre Barbosa ; FERNANDES, D. C. ; XAVIER, F. P. ; TOMÁS, M. C. . POLÍTICAS DE TRANSFERÊNCIA DIRETA DE RENDA, CAPITAL SOCIAL E ALCANCE EDUCACIONAL NO BRASIL. In: MURILO FAHEL; JORGE ALEXANDRE BARBOSA NEVES. (Org.). GESTÃO E AVALIAÇÃO DE POLÍTICAS SOCIAIS NO BRASIL. 01ed.BELO HORIZONTE-MG: EDITORA PUCMINAS, 2007, v. 01, p. 275-290.

14.
AGUIAR, N. F. ; FERNANDES, D. C. ; NEVES, Jorge Alexandre Barbosa . Mobilidade Social feminina. In: Neuma Figueiredo Aguiar. (Org.). Desigualdade Sociais, Redes de Sociabilidade e Participação Política. Belo Horizonte: Editora da Universidade Federal de Minas Gerais -UFMG, 2007, v. , p. 165-180.

15.
FERNANDES, D. C.. Estratificação Educacional, Origem Socioeconômica e Raça No Brasil: as Barreiras da Cor. In: Instituto de Pesquisas Sociais Aplicadas. (Org.). Prêmio IPEA 40 Anos. Brasília: IPEA, 2005, v. , p. 21-72.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
FERNANDES, D. C.; LIMA, L. C. ; FONSECA, I. . Occupational Segregation by Race and its Consequences to the Perception of Discriminatory Practices in Brazil and South Africa. In: Research Commeettee 28 on Social Stratification and Mobility, 2008, Floreça. Research Commeettee 28 on Social Stratification and Mobility, 2008. v. 1. p. 1-1.

2.
Marchner, M. A. B. ; FERNANDES, D. C. . ?Discutindo Determinantes do Trabalho de Crianças e Adolescentes no Brasil ? 1988, 1992, 1996 e 2002?. In: XIII Congresso Brasileiro de Sociologia - SOCIEDADE BRASILEIRA DE SSOCIOLOGIA SBS, 2007, Recife-PE. ANAIS DO XIII Congresso Brasileiro de Sociologia, 2007.

3.
Santos, C.B. ; Santos, P.P. ; FERNANDES, D. C. . A focalização de Projetos Sociais do Governo Federal no Nordeste. In: 13º Encontro de Ciências Sociais Norte e Nordeste, 2007, Maceió. Anais do 13º Encontro de Ciências Sociais Norte e Nordeste. Maceió, 2007.

4.
FERNANDES, D. C.. Race and Educational Transitions in Brazil and the USA: the Barriers of Colors. In: http://www.ru.nl/springmeetingnijmegen/, 2006, nijmegen. RC28 Spring meeting Nijmegen: Intergenerational transmissions: cultural, economic or social resources?, 2006.

5.
BUAJONE, D. . J. ; FERNANDES, D. C. . Mobilidade por estratos e classes sociais na Região Metropolitana de Belo Horizonte. In: XII Congresso Brasileiro de Sociologia, 2005, Belo Horizonte. Annais do XII Congresso Brasileiro de Sociologia. Belo Horizonte, 2005.

6.
XAVIER, F. P. ; FERNANDES, D. C. ; TOMÁS, M. C. . Fatores Econômicos e Estrutura Social: A Escolaridade como Fator Explicativo para o Diferencial de Salários no Brasil. In: XII Congresso Brasileiro de Sociologia, 2005, Belo Horizonte. Annais do XII Congresso Brasileiro de Sociologia, 2005.

7.
FERNANDES, D. C.. The Brazilian and South African Youth and the Foregone Opportunities: race, education and social inequality. In: Comparative Perspectives on Adolescent Development in a Globalizing World: Changing Opportunities, Constraints and Pathways of Risk, 2005, Palo Alto. Comparative Perspectives on Adolescent Development in a Globalizing World: Changing Opportunities, Constraints and Pathways of Risk, 2005.

8.
FERNANDES, D. C.; HELAL, Diogo ; NEVES, Jorge Alexandre Barbosa . Empregabilidade Gerencial no Brasil: um Estudo Longitudinal. In: XXVIII Encontro Naciaonal dos Programas de Pós-Graduação em Admministarção, 2004, Curitiba. Resumo de Trabalhos Enampad 2004. Curitiba: Anpad, 2004.

9.
FERNANDES, D. C.; NEVES, Jorge Alexandre Barbosa ; HELAL, Diogo . Autoridade e Capital Humano em Organizações Centradas no Conhecimento: o Caso do Setor Elétrico em Pernambuco. In: XXVIII Encontro Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Administração, 2004, Curitiba. Resumo de Trabalhos XXVIII. Curitiba: Anpad, 2004.

10.
FERNANDES, D. C.; HELAL, Diogo . Estrutura Ocupacional e Capital Social. In: Belo Horizonte em Questão: II Seminário do Survey da Região Metropolitana de Belo Horizonte, 2004, Belo Horizonte. Belo Horizonte em Questão: II Seminário do Survey da Região Metropolitana de Belo Horizonte. Belo Horizonte, 2004.

11.
FERNANDES, D. C.. Persisitent Barriers. Race and Educational Stratification in Brasil. In: I International Seminar about Racial Inequality in Brazil, 2004, Belo Horizonte. I International Seminar about Racial Inequality in Brazil. Belo Horizonte, 2004.

12.
FERNANDES, D. C.; BRITO, M. M. A. DE . Raça, capital social e posição sócio-ocupacional: um estudo aproximativo para a Região Metropolitana de Belo Horizonte. In: IV FÓRUM DE DESENVOLVIMENTO: CAPITAL SOCIAL: DIFERENTES VISÕES, 2004, Recife. Anais doIV FÓRUM DE DESENVOLVIMENTO: CAPITAL SOCIAL: DIFERENTES VISÕES. Recife, 2004.

13.
FERNANDES, D. C.; NEVES, Jorge Alexandre Barbosa . Análise da discrepância na percepção entre a auto percepção da cor e a percepção de outros. In: Belo Horizonte em Questão: I Seminário do Survey Da Região Metropolitana de Belo Horizonte, 2003, Belo Horizonte. Belo Hoerizonte em Questão: I Seminário do Survey Da Região Metropolitana de Belo Horizonte. Belo Horizonte, 2003.

14.
FERNANDES, D. C.. Educação e raça em Belo Horizonte. In: XXVII ENCONTRO ANUAL DA ANPOCS, 2003, Caxambu - MG. ANAIS DO XXVII ENCONTRO ANUAL DA ANPOCS, 2003.

15.
FERNANDES, D. C.. Variações estaduais na desigualdade de acesso à educação no Brasil. In: XXVI da Encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação em Ciências Sociais, 2002, Caxambu. Anais do XXVI da ANPOCS, 2002.

16.
FERNANDES, D. C.. Capital Humano, Capital Cultural e Determinacao da Posicao Gerencial. In: XXI Encontro Nacional de Engenharia da Producao, 2001, Salvador-BA. XXI Encontro Nacional de Engenharia da Producao, 2001.

17.
FERNANDES, D. C.. Raca Origem Socioeconomica e Desigualdade Educacional no Brasil. In: XXV Encontro da Associacao Nacional de Pós-Graduacao e Pesquisa em Ciencias Sociais, 2001, Caxambu-MG. Anais do Encontro Anual da Associacao Nacional de Pós-Graduacao e Pesquisa em Ciencias Sociais- ANPOCS, 2001.

18.
NEVES, Jorge Alexandre Barbosa ; FERNANDES, D. C. . Estrutura Ocupacional, Autoridade Gerencial e a Determinação de Salários em Organizações Fordistas: O Caso da Indústria de Transformação no Brasil. In: XXIV Encontro Anual da ANPAD, 2000, Florianópolis. Anais do XXIV Encontro Anual da ANPAD, 2000.

19.
FERNANDES, D. C.; NEVES, Jorge Alexandre Barbosa . Interpretações e Efeitos da Escolaridade na Determinação de cargos e Salários no Brasil. In: III Encontro Regional da Associação Brasileira de Estudos do Trabalho ? ABET, 2000, Recife. Anais do III Encontro Regional da Associação Brasileira de Estudos do Trabalho ABET, 2000.

20.
NEVES, Jorge Alexandre Barbosa ; FERNANDES, D. C. . Determinantes da Empregabilidade no Setor Formal no Brasil: Variações Inter-RegionaisBrasil. In: II Encontro Regional da Associação Brasileira de Estudos do Trabalho ABET, 1999, Joao Pessoa. Anais do II Encontro Regional da Associação Brasileira de Estudos do Trabalho ABET, 1998. v. 1. p. 1333-156.

21.
NEVES, Jorge Alexandre Barbosa ; FERNANDES, D. C. . Pós-Fordismo e os Retornos Salariais do Investimento em Capital Humano na Agro-Pecuária Brasileira. In: Encontro Anual da ANPAD, 1998, Foz do Iguaçu. Anais do XXII Encontro Anual da ANPAD, 1998.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
FERNANDES, D. C.. Identidade Racial, Desigualdade Educacional e Ações Afirmativas. In: XIII ENCONTRO NACIONAL DA ASSOCIAÇÕA BRASILEIRA DE PSICOLOGIA SOCIAL, 2005, BELO HORIZONTE. ANAIS DO XIII ENCONTRO NACIONAL DA ASSOCIAÇÕA BRASILEIRA DE PSICOLOGIA SOCIAL, 2005.

2.
FERNANDES, D. C.. Raca e Desigualdade Educacional no Brasil. In: X Encontro Anual da Sociedade Brasileira de Sociologia - SBS, 2001, Fortaleza-CE. Anais do X Encontro Anual da Sociedade Brasileira de Sociologia - SBS, 2001.

3.
FERNANDES, D. C.; NEVES, Jorge Alexandre Barbosa ; HALLER, A. O. . Rural Origin, Socioeconomic Development, and Educational Stratification in Brazil. In: X World Congress of Rural Sociology XXXVIII Congresso Brasileiro de Economia e Sociologia Rural Sociologia, 2000, Rio de Janeiro. X Congress of Rural Sociology XXXVIII Congresso Brasileiro de Economia e Sociologia Rural Sociologia - Abstracts, 2000. p. 420.

4.
FERNANDES, D. C.; NEVES, Jorge Alexandre Barbosa ; HALLER, A. O. . Race and Educational Inequality in Brazil. In: X World Congress of Rural Sociology XXXVIII Congresso Brasileiro de Economia e Sociologia Rural Sociologia, 2000, Rio de Janeiro. X World Congress of Rural Sociology XXXVIII Congresso Brasileiro de Economia e Sociologia Rural Sociologia - Abstracts, 2000. p. 130.

5.
NEVES, Jorge Alexandre Barbosa ; FERNANDES, D. C. ; HALLER, A. O. . Earnings Returns to the Investments in Education in Brazilian Agriculture. In: X World Congress of Rural Sociology XXXVIII Congresso Brasileiro de Economia e Sociologia Rural, 2000, Rio de Janeiro. X World Congress of Rural Sociology XXXVIII Congresso Brasileiro de Economia e Sociologia Rural, 2000. p. 446.

6.
NEVES, Jorge Alexandre Barbosa ; FERNANDES, D. C. ; HALLER, A. O. . Classs Structure, Human Capital, and the Earnings Determination of the Agricultural Labor Force in Brazil: 1973,1982, and 1988.. In: X World Congress of Rural Sociology XXXVIII Congresso Brasileiro de Economia e Sociologia Rural, 2000, Rio de Janeiro. X World Congress of Rural Sociology XXXVIII Congresso Brasileiro de Economia e Sociologia Rural - Abstracts, 2000. p. 440.

7.
FERNANDES, D. C.; NEVES, Jorge Alexandre Barbosa . Interpretações e Efeitos da Escolaridade na Determinação de Cargos e Salários no Brasil. In: Business Association of Latin American Studies BALAS, 1999, Nova Orleans. Business Association of Latin American Studies BALAS, 1999. p. 355.

8.
FERNANDES, D. C.; NEVES, Jorge Alexandre Barbosa . Labor Force Class and the Earning Determination of the Farm Population of a Less Developed Nation-Brazil. In: 94th Anual Meeting of the American Sociological Association, 1999, Chicago. Final Program of the 94th Anual Meeting of the American Sociological Association, 1999. p. 197.

Artigos aceitos para publicação
1.
Sales, S. M. ; Fernandes, Danielle C. . O Laço Invisível: estado civil e herança socioeconômica e a (RE)produção das desigualdades de gênero no mercado de trabalho. TEORIA & SOCIEDADE (UFMG), 2017.

Apresentações de Trabalho
1.
FERNANDES, D. C.; LIMA, L. C. ; FONSECA, I. . Occupational Segregation by Race and its Consequences to the Perception of Discriminatory Practices in Brazil and South Africa. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
FERNANDES, D. C.. Desigualdades Educacionais e Relações Raciais no Brasil. 2007. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

3.
FERNANDES, D. C.. Race and Educational Transitions in Brazil and the USA: The Barriers of Color. 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
FERNANDES, D. C.; LIMA, L. C. C. ; Moraes, G.C. . Segregação Ocupacional Por Raça: o Efeito das Políticas de Expansão do Sistema Educacional e de Investimento no Treinamento de Mão-de-Obra no Brasi. 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
FERNANDES, D. C.; NEVES, Jorge Alexandre Barbosa ; Moraes, G.C. . Vocational Education and Socioeconomic Attainment in Brazil. 2006. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

Outras produções bibliográficas
1.
Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento ; FERNANDES, D. C. . Relatório de Desenvolvimento Humano. São Paulo: Editora Primeira Página, 2005 (Relatório de Pesquisa).

2.
FERNANDES, D. C.; BALBINO, E. L. M. . Regressão Logística e Árvore de Classificação: Uma nova abordagem da distribuição de Cotas em Universidades 2004 (Relatório de Pesquisa).

3.
FERNANDES, D. C.. Análise preliminar dos dados da Pesquisa da Região Metropoloitana de Belo Horizonte. Validade, confiabilidade e testes de Aderencia 2003 (Relatório de Pesquisa).

4.
DOURADO, D. ; FERNANDES, D. C. ; MELO, M. J. . Seminário em Gestao de Organizacoes Sociais 2000 (Coletania de Artigos).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
FERNANDES, D. C.; SCALON, C. . Seleção da Melhor tese de Doutorado Em Sociologia do Brasil. 2016.

2.
FERNANDES, D. C.. Desenvolver metodologia para acompanhamento e controle, bem como ferramentas e indicadores que possibilitem acompanhar e avaliar o desempenho dos projetos de pesquisa Observatório da Educação e Núcleos de estudos sobre Educação. 2014.

3.
FERNANDES, D. C.; HACHEM, Z. . Perfil dos Alunos da Educação de Jovens e Adultos de Belo Horizonte. 2011.

4.
FERNANDES, D. C.. A Expansão do Acesso ao Ensino Superior e a desigualdade ocupacional por raça no Brasil. 2005.

5.
FERNANDES, D. C.. O vestibular e as Chances de se Obter um diploma universitário ? os Limites das Políticas de Quotas como Medida Isolada. 2005.

6.
FERNANDES, D. C.. A Focalização da Educação Fundamental no Brasil e a Perpetuação da Desigualdade Racial. 2005.

7.
FERNANDES, D. C.. Transmissão Intergeracional Da Educação e a Questão Racial: As Barreiras da Cor. 2005.

Trabalhos técnicos
1.
FERNANDES, D. C.. Parecerista da Revista Population Review. 2006.

2.
FERNANDES, D. C.. Parecerista da revista Dados. 2005.

3.
FERNANDES, D. C.. Parecerista da Revista organizações e Sociedade. 2005.

4.
FERNANDES, D. C.. Parecerista da Revista organizações e Sociedade. 2004.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
Fernandes, Danielle Cireno. Razões para a queda de número de passageiros de ônibus no país e em Belo Horizonte. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
FERNANDES, D. C.; XAVIER, F. P. . Avaliação da SUPERAGRO 2007. 2008. (Relatório de pesquisa).

2.
FERNANDES, D. C.. ANALISE DE DADOS COM O USO DA PNAD. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
FERNANDES, D. C.. ANALISE DE DADOS COM O USO DA PNAD. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

4.
FERNANDES, D. C.. ANALISE DE DADOS COM O USO DA PNAD. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

5.
FERNANDES, D. C.. ANALISE DE DADOS COM O USO DA PNAD. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

6.
FERNANDES, D. C.. ANALISE DE DADOS COM O USO DA PNAD. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

7.
FERNANDES, D. C.. INTRODUÇAÕ ESTATÍSTICA ANÁLISE DE DADOS B. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

8.
FERNANDES, D. C.. INTRODUÇÃO À ANÁLISE ESTATÍSTICA. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

9.
FERNANDES, D. C.. ANALISE DE DADOS COM O USO DA PNAD. 2003. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

10.
FERNANDES, D. C.. INTRODUÇÃO À ANÁLISE ESTATÍSTICA. 2003. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

11.
FERNANDES, D. C.. ANALISE DE DADOS COM O USO DA PNAD. 2002. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

12.
FERNANDES, D. C.. ANALISE DE DADOS COM O USO DA PNAD. 2001. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

13.
FERNANDES, D. C.. ANALISE DE DADOS COM O USO DA PNAD. 2000. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
PEREZ L. F.; FERNANDES, D. C.; MEDEIROS, R. P.. Participação em banca de Juliano de Carvalho Fonseca. Juventudes: uma leitura sobre a interação entre estudantes universitários em Ouro Preto-MG. 2016. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Sociologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

2.
J., Muniz; Sales, S. M.; FERNANDES, D. C.. Participação em banca de Sávio Nunes de Freitas. O Sonho de uma Faculdade: como professores, família e amigos afetam as aspirações educacionais de jovens estudantes em três diferentes escolas na cidade de Pitangui. 2015. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

3.
RIGOTTI, J. I. R.; BOGUTCHI, T. F.; RIBEIRO, A. M.; FERNANDES, D. C.. Participação em banca de Melissa Caldeira Brant de Souza Lima. Educação e (A) Diversidade a relação entre família e escola de alunos da rede pública de Belo Horizonte. 2015. Dissertação (Mestrado em Demografia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

4.
SANTOS, Francisco Coelho dos; COSTA, L. D.; FERNANDES, D. Participação em banca de Igor Adolfo Assaf Mendes. Trajetórias Educacionais, Capital Cultural e Herança Familiar. 2012. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

5.
COSTA, L. D.; FERNANDES, D. C.; Guimarães, A. Q.. Participação em banca de Marcos Arcanjo de Assis. ?EDUCAÇÃO E DESIGUALDADE EM MINAS GERAIS: um diagnóstico a partir das transições educacionais?. 2012. Dissertação (Mestrado em Administração Pública) - Fundação João Pinheiro.

6.
Santos, P.P.; Danielle Cireno Fernandes,. Participação em banca de Priscila Pereira Santos. Pobreza, necessidades básicas insatisfeitas, vulnerabilidade social: faz alguma diferença?. 2010. Dissertação (Mestrado em Administração Pública) - Fundação João Pinheiro.

7.
Bronzo, C.; FERNANDES, D. C.; COSTA, L. D.. Participação em banca de Cinthia Barros dos Santos Miranda. Articulação nos Centros de Referência de Assistência Social. 2010. Dissertação (Mestrado em Administração Pública) - Fundação João Pinheiro.

8.
Juliana de Melo Franco Murari; Danielle Cireno Fernandes,. Participação em banca de Juliana de Melo Franco Murari. Formação de Competências Profissionais por meio do Estágio no Curso de Administração de uma IES Privada de Belo Horizonte. 2009. Dissertação (Mestrado em Administração) - Centro Universitário Unihorizontes.

9.
FIGUEIREDO SANTOS, J.A.; BRITTES, J. G.; FERNANDES, D. C.. Participação em banca de Juliana Anacleto dos Santos. Desigualdade de Raça entre as mulheres: Participação Racial e de Gênero nas categorias de gerentes, Empregados Especialistas, Empregados Qualificados e Supervisores no Brasil - 1992 a 2005. 2008. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Juiz de Fora.

10.
Peixoto, M.C.L.; NOUGUEIRA, M. A. L. G.; FERNANDES, D. C.. Participação em banca de Michely Lima Ferreira Vargas. Ensino Superior , Assistencia Estudantil e Mercado de Trabalho: Um Estude de Egressos da UFMG. 2008. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Minas Gerais.

11.
Lima, D.,M.; FERNANDES, D. C.; FIGOLI, L.. Participação em banca de Luciana Aparecida Teixiera. Raça, Igualdade e Hierarquia. Uma Análise do Paradigma da Morenidade e do Paradigma da desigualdade racial segundo a Teoria de Louis Dumond. 2008. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

12.
FERNANDES, D. C.; NEVES, Jorge Alexandre Barbosa; AMARAL E. F. L.. Participação em banca de Murillo Marchner de Brito. Discutindo o Trabalho de Crianças e Adolescentes no Brasil. 2008. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

13.
FERNANDES, D. C.; FAZI, R.; Gonzaga, M. T.. Participação em banca de RODRIGO EDNILSON DE JESUS. ?O QUE SER AOS TRINTA??ASPIRAÇÕES OCUPACIONAIS DE JOVENS, NEGROS E BRANCOS, NA CIDADE DE BELO HORIZONTE.. 2006. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

14.
FERNANDES, D. C.; RODRIGUES, Corine Davis; SAPORI, Luiz Flavio. Participação em banca de Adriana Maria de Costa. Controle Social e o Codigo de Trânsito Brasileiro: Um Estudo Sobre o Crime de Lesao Corporal Culposa na Direcao de Veiculo Automotor. 2004. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

15.
OLIVEIRA, Rezilda Rodrigues de; FERNANDES, D. C.; FALK, James. Participação em banca de Georgia Patricia da Silva. Planejamento Estrategico como Fonte de Capital Social. 2004. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Federal de Pernambuco.

16.
FERNANDES, D. C.; CESAR, C. C.; RIOS NETO, E. L. G.; MARTELETO, L.. Participação em banca de Gláucia Alves Macedo. Fatores associados ao rendimento escolar de alunos da 5ª série (2000) uma abordagem do valor adicionado e da heterogeneidade. 2004 - Universidade Federal de Minas Gerais.

17.
NEVES, Jorge Alexandre Basbosa; FERNANDES, D. C.; ALVES, Sergio. Participação em banca de Diogo Henrique Helal. Flexbilizacao do Trabalho, Estrutura Ocupacional e Empregabilidade no Brasil: de 1973 a 1996. 2003. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Federal de Pernambuco.

Teses de doutorado
1.
NUNES, J. H; FERNANDES, D. C.; LIMA, M.; SANTOS, C. P.; OLIVEIRA, D. D.. Participação em banca de Neville Julio de Vilasboas e Santos. A Desigualdade no Topo: Empregadores(as) Negros(as) E Brancos(as) no Mercado de Trabalho Brasileiro. 2016. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade Federal de Goiás.

2.
FERNANDES, D. C.; SARAIVA, L. A. S.; PAIVA, K. C. M.; BARROS, José B.; GUIMARAES, A. A. M.. Participação em banca de Paloma Elaine Santos Goulart. Artista Como Trabalhador do Presente: a relação entre ensino superior e trabalho. 2016. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Socilogia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

3.
FERNANDES, D. C.; TEXEIRA, R. P.; SOUZA, R. S. R.; SANTOS, A.; MELO, A. A. S.. Participação em banca de Adrinana Maria Amado da Costa de Andrade. A Perspectiva Sociológica da resolução de Conflitos no Estudo do Comportamento Frente as Instituições. 2014. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Socilogia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

4.
FERNANDES, D. C.; JESUS, R. E.; HELAL, Diogo; CARVALHAES, F. A. O.; GUIMARAES, A. A. M.. Participação em banca de Marta Santos Sales. Aspirações Ocupacionais e Realização de Status. 2014. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Socilogia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

5.
GUIMARAES, A. S.; FERNANDES, D. C.; RIBEIRO, Carlos Antonio Costa; COMIM, A. A.; Guimarães, N. A.. Participação em banca de Murillo Marschner Alves de Brito. Dependência na Origem. Desigualdades no Sistema Educacional Brasileiro e a Estruturação Social das Desigualdades. 2014. Tese (Doutorado em PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SOCIOLOGIA) - Universidade de São Paulo.

6.
FERNANDES, D. C.; NEVES, Jorge Alexandre Barbosa; DULCI, Otavio; Clivelari, H.; Moutinho, L. M. G.. Participação em banca de Diogo Henrique Helal. A Dinâmica da Estratificação Social no Setor Público Brasileiro: Meritocracia ou reprodução Socials. 2008. Tese (Doutorado em Sociologia e Política) - Universidade Federal de Minas Gerais.

7.
NEVES, Jorge Alexandre Barbosa; Nascimento, R.; SILVA, N. V.; FERNANDES, D. C.; Baeringe, R.. Participação em banca de ELAINE MEIRE VILELA. IMIGRAÇÃO INTERNACIONAL E ESTRATIFICAÇÃO NO MERCADO DE TRABALHO BRASILEIRO. 2008. Tese (Doutorado em Sociologia e Política) - Universidade Federal de Minas Gerais.

8.
FERNANDES, D. C.; SOARES, J. F.; BROOKE, N. P. L.; MAFRA, Leila Alvarenga; LOURENÇO, Fernando Antônio; GONSALVES, Luíz Alberto de Oliveira. Participação em banca de Maria Teresa Gonzaga Alves. Efeito-escola e fatores associados ao progresso acadêmico dos alunos entre o início da 5a série e o fim da 6a série do EF: um estudo longitudinal em escolas públicas no município de Belo Horizonte.. 2006. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal de Minas Gerais.

9.
CARVALHO, I.; FERNANDES, D. C.; VERHINE, R.; VELLOSO, J.. Participação em banca de Ana Luiza Machado de Codes Lima. Modelagem de Equações Estruturais: uma Contribuição Metodológica para Estudo da Pobreza. 2005. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Universidade Federal da Bahia.

Qualificações de Doutorado
1.
AGUIAR, N. F.; Souza, M.F.; Prates, A.A.P.; FERNANDES, D. C.. Participação em banca de Luiz Flávio Neubert. Desigualdade Ocupacional e os Usos do Tempo: Comparação Entre os Indivíduos Adultos Residentes em Belo Horizonte e nas Regiões metropolitanas Americanas. 2010. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em Sociologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

2.
FERNANDES, D. C.; NEVES, Jorge Alexandre Basbosa; Clivelari, H.. Participação em banca de Diogo Henrrique Hellal. Exame de Qualificação Doutorado em Socilogia. 2007. Exame de qualificação (Doutorando em Sociologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
KARRUZ A.; FERNANDES, D. C.. Participação em banca de Tatyhana Cristina Rodrigues Santos.Reserva de Vagas na UFMG: uma avaliação da efetividade da lei das cotas. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Gestão Pública) - Universidade Federal de Minas Gerais.

2.
SILVA, Carlos. A. S.; Danielle Cireno Fernandes,. Participação em banca de Carlos Alexandre Soares da Silva.Inserção do jovem no mercado de trabalho no contexto da reestruturação produtiva. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Cîências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais.

3.
Rodrigo Nunes; Danielle Cireno Fernandes,. Participação em banca de Rodrigo Nunes Meira.Reciprocidade presente nas formas de organizações sociais que atuam na economia solidária. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Cîências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais.

4.
INACIO, M.; FERNANDES, D. C.. Participação em banca de Cinthia Barros dos Santos.Relação Organizações da Sociedade Civil e o Estado: a influência de agendas governamentais nessa relação.. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais.

5.
DOIMO, A.M.; FERNANDES, D. C.. Participação em banca de Igor Adolfo Assaf Mendes.Parcerias entr ONGs e o Estado Na Imprementação de Políticas Públicas: Complementariedades e Tensões. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais.

6.
DOIMO, A.M.; FERNANDES, D. C.. Participação em banca de Juliana Carvalho Arantes.Breve Relato Sobre as recompensas e Desafios do Investimento Social Privado. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Cîências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais.

7.
FERNANDES, D. C.; CARDOSO, A. A.. Participação em banca de Gabriela Lima de Paula.Percepção Ambiental do Instituto Metodista Izabela Hendrix - Campus Bahia. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Cîências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais.

8.
FERNANDES, D. C.; RIBEIRO, P. M.. Participação em banca de Gabriela Chaves Moraes.Impactos da Gravidez na Adolescência na vida das mulheres: Educação e Rendimento. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Cîências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais.

9.
FERNANDES, D. C.; REIS, B.. Participação em banca de Erly do Prado.A Saga Pecuária Leitera no Brasil: uma Atividade Historicamente Desfigurada Tanto pelo Estado Quanto pelo Mercado. 2005 - Universidade Federal de Minas Gerais.

10.
FERNANDES, D. C.; RIBEIRO, P. M.. Participação em banca de Maria Eponina de Abreu e Torres.Raça, Educação e Implicações para as Ações Afirmativas: um estudo comparativo das mulheres de 15 a 59 anos em Belo Horizonte e Recife, 2002. 2004 - Universidade Federal de Minas Gerais.

11.
FERNANDES, D. C.; NEVES, Jorge Alexandre Barbosa. Participação em banca de Jana Paula Sampaio Botelho.Cor e Mobilidade Intergeracional na Estrutura Social de Belo Horizontina -1996. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais.

12.
FERNANDES, D. C.; DULCI, Otavio. Participação em banca de Flavia Pereira Xavier.Teoria do Capital Humano e Teoria do Credencialismo: A Escolaridade como Fator Explicativo para o Diferencial de Rendimentos. 2003 - Universidade Federal de Minas Gerais.

13.
FERNANDES, D. C.. Participação em banca de Luiz Flávio Neubert.O uso do tempo e suas variações por classes sociais. 2003 - Universidade Federal de Minas Gerais.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
MEDEIROS, M.; FERNANDES, D. C.; DAL ROSSO, S.. Concurso Público Para Professor Adjunto em Métodos Quantitativos em Sociologia para. 2012. Universidade de Brasilia.

2.
OLIVEIRA, M. R. P.; FERNANDES, D. C.; Muniz, J. N.. Concuros para professor Adjunto de Sociaologia na Universidade federal de Viçosa. 2009. Universidade Federal de Viçosa.

Outras participações
1.
FERNANDES, D. C.; BRITO, F; FERREIRA, C.G.; PINHEIRO L. E. T.. Banca Examinadora de Promoção para Professor Associado. 2016. Universidade Federal de Minas Gerais.

2.
Silva, I. L. F.; Rasia, J. M.; Castro, E.M. R.; Tavares Júnior, F.; Santos, J. B. F.; FERNANDES, D. C.. Comissão da Análise Julgadora do Prêmio Capes de Tese Edição 2016. 2016. Universidade Federal de Minas Gerais.

3.
FERNANDES, D. C.; Arnaldo, L., M.; COSTA, L. D.. Banca de Defesa de Projeto de Mestrado Entre a universidade e o trabalho: equidade do acesso ao ensino superior e o desempenho de trabalhadores-estudantes e estudantes-trabalhadores.. 2016. Universidade Federal de Minas Gerais.

4.
FERNANDES, D. C.; PEREZ, L. F.; PASSOS, M.. Banca de Defesa de Projeto de Mestrado Saudade da minha terra: as "ressonâncias" da cultura popular no contexto rural das modas de viola. 2016. Universidade Federal de Minas Gerais.

5.
BRITO, F; FERNANDES, D. C.; PINHEIRO L. E. T.; BRESSAN, A. A.. Banca Examinadora de Promoção para Professor Associado. 2016. Universidade Federal de Minas Gerais.

6.
BRITO, F; FERNANDES, D. C.; PINHEIRO L. E. T.; BRESSAN, A. A.. Banca Examinadora de Promoção para Professor Associado. 2016. Universidade Federal de Minas Gerais.

7.
BRITO, F; FERNANDES, D. C.; PINHEIRO L. E. T.; BRESSAN, A. A.. Banca Examinadora de Promoção para Professor Associado. 2016. Universidade Federal de Minas Gerais.

8.
BRITO, F; FERNANDES, D. C.; PINHEIRO L. E. T.; BRESSAN, A. A.. Banca Examinadora de Promoção para Professor Associado. 2016. Universidade Federal de Minas Gerais.

9.
LADEIRA, Marcelo; BRITO, F; FERREIRA, C.G.; FERNANDES, D. C.. Banca Examinadora de Promoção para Professor Associado. 2015. Universidade Federal de Minas Gerais.

10.
PEREZ L. F.; FERNANDES, D. C.; DAYRELL, J. Banca de defesa de Projeto de Mestrado: Juventudes: uma leitura sobre a interação entre estudantes universitários em Ouro Preto-MG. 2015. Universidade Federal de Minas Gerais.

11.
FERNANDES, D. C.; PAIVA, K. C. M.; SARAIVA, L. A. S.. Banca Examinadora de defesa do projeto de tese de doutorado de Paloma Elaine Santos. Empreendedorismo Como Valor nos Cursos Superiores com Habilitação Artística. 2015. Universidade Federal de Minas Gerais.

12.
AGUIAR, N. F.; Prates, A.A.P.; A., Collares; FERNANDES, D. Projeto de Tese de Doutorado: Estratificação do Acesso ao Ensino Superior Brasileiro. 2012. Universidade Federal de Minas Gerais.

13.
J., Muniz; SANTOS, Y, G.; FERNANDES, D. C.. Projeto de Tese de Doutorado: Debates Sobre o Retorno Financeiro do Capital Humano: o aumento da escolaridade das mulheres foi capaz de reduzir o hiato salarial de gênero?. 2012.

14.
FERNANDES, D. C.; NEVES, Jorge Alexandre Basbosa. Banca de seleção da Equipe para Desenvolver o Sistema de Informação do Censo UFMG. 2008. Centro de Pesquisa e Capacitação em Programas Sociais - CECAPS-UFMG.

15.
FERNANDES, D. C.; SOARES, J. F.. Defese de Projeto de Mestrado. 2008. Universidade Federal de Minas Gerais.

16.
FERNANDES, D. C.; SANTOS, Francisco Coelho dos. Exame de Seleção de Candidatos do Curso de Mestrado em Sociologia. 2007. Universidade Federal de Minas Gerais.

17.
FERNANDES, D. C.; NEVES, Jorge Alexandre Barbosa. Exame de Qualificação do Curos de Doutorado em Sociologia. 2007. Universidade Federal de Minas Gerais.

18.
FERNANDES, D. C.; NEVES, Jorge Alexandre Barbosa; TEXEIRA, J. G.. Banca de Seleção de Canditatos ao Curso de Especialização em Elaboração Gestão e Avaliação de Progrmas Sociais em Áreas Urbanas. 2007. Universidade Federal de Minas Gerais.

19.
FERNANDES, D. C.; NEVES, Jorge Alexandre Barbosa; TEXEIRA, J. G.. Banca de Seleção de Canditatos ao Curso de Especialização em Elaboração Gestão e Avaliação de Progrmas Sociais em Áreas Urbanas. 2007. Universidade Federal de Minas Gerais.

20.
FERNANDES, D. C.; NEVES, Jorge Alexandre Barbosa; DOLABELA, M. L.. Banca de Seleção de Canditatos ao Curso de Especialização em Elaboração Gestão e Avaliação de Progrmas Sociais em Áreas Urbanas. 2006. Universidade Federal de Minas Gerais.

21.
FERNANDES, D. C.; HELLAL, Diogo; NEVES, Jorge Alexandre Barbosa. Banca de Seleção de Canditatos ao Curso de Especialização em Elaboração Gestão e Avaliação de Progrmas Sociais em Áreas Urbanas. 2006. Universidade Federal de Minas Gerais.

22.
FERNANDES, D. C.; AGUIAR, N. F.. SELEÇÃO DE CANDIDATOS A BOLSA PRODOC (CAPES). 2006. Universidade Federal de Minas Gerais.

23.
DOLABELA, M. L.; FERNANDES, D. C.; TEXEIRA, J. G.. Banca de Seleção de Canditatos ao Curso de Especialização em Elaboração Gestão e Avaliação de Progrmas Sociais em Áreas Urbanas. 2005. Universidade Federal de Minas Gerais.

24.
FERNANDES, D. C.; AGUIAR, N. F.; DOLABELA, M. L.. Banca de Seleção dos Candidatos ao Curso de Doutorado em Sociologia e Política. 2005. Universidade Federal de Minas Gerais.

25.
FERNANDES, D. C.; SANTOS, Francisco Coelho dos. Banca de Exame de Qualificação do Curso de Doutorado em Ciencias Humanas: Sociologia e Política. 2004. Universidade Federal de Minas Gerais.

26.
FERNANDES, D. C.; CESAR, C. C.; RIOS NETO, E. L. G.; MORO, S.; OLIVEIRA, A. M. H. C.; NEVES, Jorge Alexandre Barbosa. Exame de qualificação (Doutorando em Demografia). 2004. Universidade Federal de Minas Gerais.

27.
FERNANDES, D. C.; FIGOLI, L.; COELHO, P. H. O.. Banca de Seleção de Candidatos para o Curso de Mestrado em Sociologia. 2004. Universidade Federal de Minas Gerais.

28.
FERNANDES, D. C.. Pré Defesa de Tese. 2004. Universidade Federal de Minas Gerais.

29.
FERNANDES, D. C.; AGUIAR, N. F.; REIS, B.. Seleção de Bolsa PRODOC (CAPES). 2003. Universidade Federal de Minas Gerais.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Minas Contra o Trabalho Infantil. 2016. (Seminário).

2.
XVII Congresso Brasileiro de Sociologia. Para além da educação superior: origem x capital humano na explicação do alcance de Prestígio e Renda no mercado de trabalho. 2015. (Congresso).

3.
3ª Conferência da FORGES. Estratificação Educacional no Ensino Superior. 2013. (Congresso).

4.
XVI Congresso Brasileiro de Sociologia. Classe Social e Desigualdade nas Chances de Vida. 2013. (Congresso).

5.
XXXVI Encontro Anual da ANpocs. Desigualdades e Estratificação Social. 2012. (Congresso).

6.
XXXV Encontro Anual da Anpocs. Desigualdades e Estratificação Social. 2011. (Congresso).

7.
XXII Reunião da ANPED. Desigualdade Educacional no Brasil: As Barreiras da Cor. 2009. (Congresso).

8.
RC28 Spring Meeting 2008 Social Stratification and Insiders/Outsiders:. Occupational Segregation by Race and its Consequences to the Perception of Discriminatory Practices in Brazil and South Africa. 2008. (Congresso).

9.
XIII Congresso Brasileiro de Sociologia - SOCIEDADE BRASILEIRA DE SSOCIOLOGIA SBS. Discutindo Determinantes do Trabalho de Crianças e Adolescentes no Brasil ? 1988, 1992, 1996 e 2002?. 2007. (Congresso).

10.
RC28 Spring meeting Nijmegen: Intergenerational transmissions: cultural, economic or social resources?. Race and Educational Transitions in Brazil and the USA: the Barriers of Colors. 2006. (Congresso).

11.
Comparative Perspectives on Adolescent Development in a Globalizing World: Changing Opportunities, Constraints and Pathways of Risk.Comparative Perspectives on Adolescent Development in a Globalizing World: Changing Opportunities, Constraints and Pathways of Risk. 2005. (Seminário).

12.
XII Congresso Brasileiro de Sociologia. Mobilidade por estratos e classes sociais na Região Metropolitana de Belo Horizonte. 2005. (Congresso).

13.
XII Congresso Brasileiro de Sociologia. XII Congresso Brasileiro de Sociologia. 2005. (Congresso).

14.
XIII ENCONTRO NACIONAL DA ASSOCIAÇÕA BRASILEIRA DE PSICOLOGIA SOCIAL. Identidade Racial, Desigualdade Educacional e Ações Afirmativas. 2005. (Congresso).

15.
XXIX Encontro Anula da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciencias Sociais. XXIX Encontro Anulal da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciencias Sociais. 2005. (Congresso).

16.
Belo Horizonte em Questão: II Seminário do Survey da Região Metropolitana de Belo Horizonte.Estrutura Ocupacional e Capital Social In: Belo Horizonte em Questão. 2004. (Seminário).

17.
I International Seminar about Racial Inequality in Brazil.Persisitent Barriers. Race and Educational Stratification in Brasil. 2004. (Seminário).

18.
IV FÓRUM DE DESENVOLVIMENTOCAPITAL SOCIAL: DIFERENTES VISÕES.IV FÓRUM DE DESENVOLVIMENTOCAPITAL SOCIAL: DIFERENTES VISÕES. 2004. (Seminário).

19.
XXVIII Encontro Naciaonal dos Programas de Pós-Graduação em Admministarção. Empregabilidade Gerencial no Brasil: um Estudo Longitudinal. 2004. (Congresso).

20.
XXVIII Encontro Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Administração. Autoridade Gerencial, Gestão do Conhecimento. 2004. (Congresso).

21.
Belo Horizonte em Questão: I Seminário do Survey Da Região Metropolitana de Belo Horizonte.Análise da discrepância na percepção entre a auto percepção da cor e a percepção de outros. 2003. (Seminário).

22.
XXVII ENCONTRO ANUAL DA ANPOCS. XXVII ENCONTRO ANUAL DA ANPOCS. 2003. (Congresso).

23.
XXVI da Encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação em Ciências Sociais. XXVI da Encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação em Ciências Sociais. 2002. (Congresso).

24.
X Encontro Anual da Sociedade Brasileira de Sociologia - SBS. Raca e Desigualdade Educacional no Brasil. 2001. (Congresso).

25.
XXI Encontro Nacional de Engenharia da Producao. Capital Humano, Capital Cultural e Determinacao da Posicao Gerencial. 2001. (Congresso).

26.
XXV Encontro da Associacao Nacional de Pós-Graduacao e Pesquisa em Ciencias Sociais. Raca Origem Socioeconomica e Desigualdade Educacional no Brasil. 2001. (Congresso).

27.
III Encontro Regional da Associação Brasileira de Estudos do Trabalho ? ABET. Interpretações e Efeitos da Escolaridade na Determinação de cargos e Salários no Brasil. 2000. (Congresso).

28.
X World Congress of Rural Sociology XXXVIII Congresso Brasileiro de Economia e Sociologia Rural. Race and Educational Inequality in Brazil. 2000. (Congresso).

29.
X World Congress of Rural Sociology XXXVIII Congresso Brasileiro de Economia e Sociologia Rural. Classs Structure, Human Capital, and the Earnings Determination of the Agricultural Labor Force in Brazil: 1973,1982, and 1988.. 2000. (Congresso).

30.
X World Congress of Rural Sociology XXXVIII Congresso Brasileiro de Economia e Sociologia Rural. Rural Origin, Socioeconomic Development, and Educational Stratification in Brazil. 2000. (Congresso).

31.
X World Congress of Rural Sociology XXXVIII Congresso Brasileiro de Economia e Sociologia Rural. Earnings Returns to the Investments in Education in Brazilian Agriculture. 2000. (Congresso).

32.
XXIV Encontro Anual da ANPAD. Estrutura Ocupacional, Autoridade Gerencial e a Determinação de Salários em Organizações Fordistas: O Caso da Indústria de Transformação no Brasil. 2000. (Congresso).

33.
94th Anual Meeting of the American Sociological Association. Labor Force Class and the Earning Determination of the Farm Population of a Less Developed Nation-Brazil. 1999. (Congresso).

34.
Business Association of Latin American Studies BALAS. Interpretações e Efeitos da Escolaridade na Determinação de Cargos e Salários no Brasil. 1999. (Congresso).

35.
II Encontro Regional da Associação Brasileira de Estudos do Trabalho ABET. Determinantes da Empregabilidade no Setor Formal no Brasil: Variações Inter-RegionaisBrasil. 1999. (Congresso).

36.
Encontro Anual da ANPAD. Pós-Fordismo e os Retornos Salariais do Investimento em Capital Humano na Agro-Pecuária Brasileira. 1998. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
TOMASI, A. ; FERNANDES, D. C. ; HELAL, Diogo . VII Simpósio Internacional, Trabalho, Relações de Trabalho, Educação e Identidade. 2018. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Supervisão de pós-doutorado
1.
Paloma Goulart. Início: 2018. Universidade Federal de Minas Gerais.

Iniciação científica
1.
Elisa Couto Rocha. O Efeito do Acesso ao Ensino Superior na Reprodução Intergeracional da Pobreza e das Desigualdades: um estudo baseado no acompanhamento de egressos formandos de cursos de graduação da UFMG 1980-2000.. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Camila Moreira Costa. Entre a universidade e o trabalho: equidade do acesso ao ensino superior e o desempenho dos trabalhadores-estudantes e estudantes-trabalhadores. 2017. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

2.
Zakia Ismail Hachem. Entre Muros: As Expectativas e Aspiraçoes Educacionais em Torno De Adolescentes em Conflito Com a Lei Cumprindo a Medida Socioeducativa de Internação em Minas Gerais. 2012. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

3.
Jana Paula Sampaio Botelho. Expansão Educacional e a Disparidade de Acesso à Educação Superior no Brasil: Análise Longitudinal de 1996 a 2005. 2008. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

4.
Murillo Marchner de Brito. Discutindo o trabalho de Crianças e Adolescentes no Brasil. 2008. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

5.
Izabel Costa da Fonseca. Raça e Transmissão Intergeracionla da Desigualdade Racial. 2007. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

6.
RODRIGO EDNILSON DE JESUS. O QUE SER AOS TRINTA? ASPIRAÇÕES OCUPACIONAIS DE JOVENS, NEGROS E BRANCOS, NA CIDADE DE BELO HORIZONTE. 2006. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

7.
Jana Paula Sampaio Botelho. Determinantes da Estratificação Educacional em Aglomerados Subnormais Urbanos: Os casos de Belo Horizonte e Recife.. 2004. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Sociologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

8.
Daniel Biagioni. Mobilidade Social no Brasil: Perpectiva Comparada dos Modelos Marxista e Weberiano. 2004. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Danielle Cireno Fernandes.

9.
Maria José Nogueira. O que você vai ser quando você crescer:sexualidade, gênero e maternidade na adolescência. 2003. Dissertação - Universidade Federal de Minas Gerais, . Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

10.
Rosana de Fátima Oliveira Pedrosa. As transformações no perfil da forma de trabalhodo setor de saúde no Brasil. 2003. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Federal de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

Tese de doutorado
1.
Cinthia Barros dos Santos. Trabalho Infantil: O que mudou nas últimas décadas?. 2017. Tese (Doutorado em Sociologia e Política) - Universidade Federal de Minas Gerais, . Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

2.
Paloma Elaine Santos Goulart. ARTISTA COMO TRABALHADOR DO PRESENTE: a relação entre trabalho, ensino superior e empreendedorismo. 2016. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

3.
Marta Santos Sales. Aspirações Ocupacionais e Realização de Status. 2014. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Socilogia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

4.
Adriana Maria Amado da Costa Andrade. A Perspectiva Sociológica da Resolução de Conflitos no Estudo do Comportamento Frente as Instituições. 2014. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Socilogia) - Universidade Federal de Minas Gerais, . Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

5.
Nícia Raies Moreira de Souza. Trajetórias Profissionais, Negociações e Estratégias: uma análise de gênero. 2014. Tese (Doutorado em Sociologia e Política) - Universidade Federal de Minas Gerais, . Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

6.
Aline Amorim Melgaço Guimarães. RICOS E POBRES NO MERCADO DE TRABALHO: AMPLIAÇÃO DO ACESSO AO ENSINO SUPERIOR X BARREIRAS SOCIAIS. 2013. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, . Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

7.
Marta Sales Santos. Aspirações Ocupacionais Femininas e Realização do Status. 2012. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

8.
Juliana Anacleto dos Santos. Trabalho Doméstico no Brasil: uma ánlise das transformações recentes. 2011. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Socilogia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

9.
Adriana Maria da Costa. Mediação de Conflitos e Desigualdade Social: um estudo sobre a mediação institucional em Minas Gerais. 2010. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, . Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

10.
Alessandro Gomes Enoque. O Trabalho no Domicilio no Brasil. 2009. Tese (Doutorado em Dourato em Ciências Humanas Sociologia e Politica) - Universidade Federal de Minas Gerais, . Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

11.
Diogo Henrique Helal. A Dinâmica da Estratificação Social no Setor Público Brasileiro. 2008. 0 f. Tese (Doutorado em Sociologia e Política) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

Supervisão de pós-doutorado
1.
Luciano Rodrigues Costa. 2012. Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Danielle Cireno Fernandes.

2.
José Ricardo Costa de Mendonça. 2012. Universidade Federal de Minas Gerais, . Danielle Cireno Fernandes.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Glória Fabiana dos Reis. Avaliando as Políticas Públicas de Educação Ambiental dos Municípios de Betim e Contagem/mg e sua Contribuição para o Desenvolvimento Educacional. 2011. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Elaboração, Gestão e Avaliação de Programas Sociais em Áreas Urbanas) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

2.
LUANA RODARTE OLIVEIRA ZADOROSNY. Projeto Usina Verde: uma Alternativa para a Gestão do Resíduo Urbano de Belo Horizonte. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Elaboração, Gestão e Avaliação de Programas Sociais em Áreas Urbanas) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

3.
Rosilene Borges dos Santos. Judicialização da Saúde e Espaço de Atuação do Judiciário Frente à Política de Medicamentos: os Novos Paradigmas do Direito à Saúde e suas Implicações- o Caso Mineiro. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Elaboração, Gestão e Avaliação de Programas Sociais em Áreas Urbanas) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

4.
Elizabeth de Oliveira. Parcerias Intersetoriais e Relações de Consumo: Desafios e Oportunidades para uma Sociedade Consciente. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Elaboração, Gestão e Avaliação de Programas Sociais em Áreas Urbanas) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

5.
Flaviane Rezende Aparecida. Projeto Social Vem Ser. 2009. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Elaboração, Gestão e Avaliação de Programas Sociais em Áreas Urbanas) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

6.
Pollyana Alves. UM ESTUDO SOBRE A NECESIDADE DE UM SISTEMA DE COTAS PARA NEGROS/AS NA UFMG. 2008. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Elaboração, Gestão e Avavaliação de Programas Soci) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

7.
- POLLYANNA ALVES NICODEMOS. Um Estudo Sobre a Necessidade de um Sistema de Cotas para Negros/as na UFMG. 2008. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Elaboração, Gestão e Avaliação de Programas Sociais em Áreas Urbanas) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

8.
Pedro Luiz Neves Victer Ananias. Centro de Referência Das Juventudes. 2007. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Elaboração, Gestão e Avavaliação de Programas Soci) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

9.
PEDRO LUIZ NEVES VICTER ANANIAS. Centro de Referência das Juventudes. 2007. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Elaboração, Gestão e Avaliação de Programas Sociais em Áreas Urbanas) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

10.
Adriana Luciano da Silva. Acidentes de Trânsito com Vítimas em Belo Horizonte. 2004. Monografia - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

11.
Fábio Adame Bahense da Silva. Viabilização da Polícia Judiciária Vinte e Quatro Horas. 2004. Monografia - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

12.
João Maria dos Santos. Segurança Pública e Violência: Delinqüência Infanto-Juvenil. 2004. Monografia - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

13.
Maria de Lourdes Bernadete Silva e Silva. O Menor Infrator: A Questão da Imputabilidade Penal para Maiores de 16 anos. 2004. Monografia - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

14.
Saulo de Tasso Gomes de Oliveira. O Soldado do 4º. Batalhão da Polícia Militar do Rio Grande do Norte e. 2004. Monografia - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

15.
Rosemeire Aparecida Cardoso. Veículos Tomados de Assalto em Belo Horizonte/MG, no ano de 2002 ?. 2003. Monografia - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

16.
Silvia Adriana Silva. A Polícia Militar e o Preconceito Racial. 2003. Monografia - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

17.
Simone Azevedo de Oliveira Prado. A Importância do Batalhão Metrópole na Redução dos Índices de. 2003. Monografia - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

18.
Roberval José Batista. Análise do Programa de Ensino de Jovens e Adultos Ministrados no SESI-Goiana-PE. 2000. Monografia - Universidade Federal de Pernambuco. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

19.
Risonete Assis de Lima. Educacao Construtivista - Nova Metodologia de Ensino-Aprendizagem. 2000. Monografia - Universidade Federal Rural de Pernambuco. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Karla Juliana Onofre da Silva. As Representações Sociais do Trabalho Infantil no Contexto Familiar. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

2.
Juliana Carvalho Arantes. Investimentos Empresariais em Projetos Sociais. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Cîências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

3.
Frederico Dias da Rocha Coutinho. Paternidade adolescente: Determinantes de risco de gravidez entre adolescentes no Brasil.. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Cîências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

4.
Alexandre William Barbosa Duarte. A Cor do Trabalho. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Cîências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

5.
Gabriela Lima de Paula. Percepção Ambiental do Instituto Metodista Izabela Hendrix - Campus Bahia. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

6.
Frederico dias da Rocha Coutinho. Paternidade Adolescente no Brasil: Determinantes de Risco de Ser Pai Antes dos 20. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Cîências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

7.
Clarice Correa de Mendonça. Programas Sociais Empresariais. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Cîências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

Iniciação científica
1.
Lohana Morielli. Educação Superior e desigualdades raciais: Analisando o efeito da raça no mercado de trabalho. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

2.
Lívia Aparecida Ferreira Santos. Transmissibilidade Intergeracional, Pobreza e Desigualdade Racial: uma Análise Quantitativa. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia de Produção) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

3.
Carlos Alexandre Soares da Silva. O Efeito da Educação Sobre o Rendimento dos Jovens Brasileiros. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Cîências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

4.
Priscila Pereira Santos. A focalização de Projetos Sociais do Governo Federal no Nordeste. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Cîências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

5.
Juliana Carvalho Arantes. BREVE RELATO SOBRE AS RECOMPENSAS E DESAFIOS DO INVESTIMENTO SOCIAL PRIVADO. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Cîências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

6.
Clarice Corrêa de Mendonça. Perspectivas de Crescimento e Incentivo da Ação Social das Empresas Brasileiras: Como se Pode Estimular as Ações Sociais Empresariaisno Brasil?. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

7.
Gabriela Lima de Paula. Percepção Ambiental do Instituti Metodista Izabela Hendrix - Campus Rua da bahia. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

8.
Gabriela Chaves Moraes. Gravidez na Adolescência: impactos no alcance educacional das mulheres no Brasil. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Cîências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

9.
Luciana Conceição de Lima. SEGREGAÇÃO OCUPACIONAL POR RAÇA E SUAS CONSEQÜÊNCIAS: PERCEPÇÕES DE PRÁTICAS DISCRIMINATÓRIAS, DIFERENCIAIS DE RENDA, RETORNOS AO INVESTIMENTO EM CAPITAL HUMANO. 2006. Iniciação Científica. (Graduando em Cîências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

10.
Murillo Marschner Alves de Brito. Reestruturação Produtiva e a Dinâmica dos Determinantes do Trabalho Infantil e seus Efeitos na Escolarização Formal no Brasil de 1988 a 2003. 2005. 42 f. Iniciação Científica - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

11.
Julia Lima. Efeito da raça nas chances de cursar o ensino superior: Variações Regionais. 2005. 68 f. Iniciação Científica - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

12.
Marina Gimarães Paes de Barros. EMPREGABILIDADE JUVENIL: ANÁLISE DOS PADRÕES E CHANCES DE EMPREGO DOS JOVENS NO BRASIL DE 1993 A 2003. 2005. 42 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

13.
Túlio Felury Pacheco. Uma Avaliação da Escola Plural em uma Escola em Belo Horizonte. 2004. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

14.
Marina Pereira. Avaliação de um programa de moradia popular: probleas de focalização. 2004. Iniciação Científica - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

15.
Flávia Pereira Xavier. Credencialismo ou Capital Humano. O fator educação na Determinação do Salário. 2003. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

16.
Jana Paula Botelho. Mobilidade Social Feminina me Belo Horizopnte. 2003. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.

17.
Hélio Calado. Variáveis Sociais, Estrutura Ocupacional e Determinanção de Salários no Brasil: do Milagre Econômico à Globalização (1973-1996). 2002. Iniciação Científica - Universidade Federal de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Danielle Cireno Fernandes.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 14/11/2018 às 9:11:00