Carlo Kleber da Silva Rodrigues

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/4860474255962383
  • Última atualização do currículo em 10/10/2018


Doutor em Engenharia de Sistemas e Computação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ, 2006). Mestre em Sistemas e Computação pelo Instituto Militar de Engenharia (IME, 2000). Graduado em Engenharia Elétrica (Eletrônica e Eletrotécnica) pela Universidade Federal de Campina Grande (UFCG, 1993). Professor do Centro de Matemática, Computação e Cognição (CMCC) da Universidade Federal do ABC (UFABC), no Curso de Bacharelado em Ciência da Computação. Associado efetivo da Sociedade Brasileira de Computação (SBC). Atua na subárea Redes de Computadores e suas linhas de pesquisa atuais incluem Distribuição de Conteúdo Multimídia na Internet, Análise de Criptomoedas, e Tecnologias Blockchain e Tangle. Em sintonia com a abordagem interdisciplinar e a educação continuada, possui ainda interesse em Sistemas de Software, Análise de Algoritmos, e Ensino Superior. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Carlo Kleber da Silva Rodrigues
Nome em citações bibliográficas
RODRIGUES, C. K. S.;Rodrigues, Carlo Kleber da Silva;DA SILVA RODRIGUES, CARLO KLEBER;KLEBER DA SILVA RODRIGUES, CARLO

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do ABC, Centro de Matemática, Computação e Cognição.
Avenida dos Estados, 5001, Bloco A, Torre 2, Sala 546-2
Santa Terezinha
09210580 - Santo André, SP - Brasil
Telefone: (11) 49968342
URL da Homepage: http://www.ufabc.edu.br/


Formação acadêmica/titulação


2002 - 2006
Doutorado em Engenharia de Sistemas e Computação.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: Mecanismos de Compartilhamento de Recursos para Aplicações de Mídia Contínua na Internet, Ano de obtenção: 2006.
Orientador: Rosa Maria Meri Leão.
Palavras-chave: Vídeo sob Demanda; Streaming; Qualidade de Serviço; Multimídia; Multicast; Roteamento.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Elétrica / Subárea: Engeharia de Sistemas e Computação.
1998 - 1999
Mestrado em Sistemas e Computação.
Instituto Militar de Engenharia, IME, Brasil.
Título: O Problema do Caminho mais Rápido,Ano de Obtenção: 2000.
Orientador: Lilian Markenzon.
Palavras-chave: Algoritmos; caminhos; complexidade; rotas.
Grande área: Engenharias
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Ciência da Computação.
2009 - 2009
Especialização em Preparação à ECEME, Pós-Graduação, Lato Sensu. (Carga Horária: 566h).
Escola de Comando e Estado Maior do Exército, ECEME, Brasil.
Título: Bases Geo-Históricas para formulação Estratégica.
2005 - 2005
Especialização em Conhecimentos Militares, Pós-Graduação, Lato Sensu. (Carga Horária: 420h).
Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais, ESAO, Brasil.
Título: Mecanismos de Compartilhamento de Banda para Ensino a Distância.
1987 - 1993
Graduação em Engenharia Elétrica.
Universidade Federal de Campina Grande, UFCG, Brasil.
Título: Módulos Coletores de Dados de uma Ferramenta de Avaliação de Interfaces Usuário-Computador.
Orientador: Maria de Fatima Queiroz Vieira.




Formação Complementar


2015 - 2015
Estágio de Nivelamento de Gerenciamento de Projetos. (Carga horária: 9h).
Escritório de Projetos do Exército, EPEX, Brasil.
2012 - 2012
Estágio Intensivo de Idiomas. (Carga horária: 275h).
Centro de Estudos de Pessoal do Exército e Forte Duque de Caxias, CEP/FDC, Brasil.
2012 - 2012
Analista de Processos de Tecnologia da Informação. (Carga horária: 32h).
X25 Informática, X25 Informática, Brasil.
2011 - 2011
Garantia da Qualidade de Software. (Carga horária: 16h).
Eficácia Organização LTDA, EFICÁCIA, Brasil.
2011 - 2011
Análise e Projeto OO - UML. (Carga horária: 32h).
OAT Solutions, OAT, Brasil.
2011 - 2011
Elaboração de questões avaliativas. (Carga horária: 5h).
Centro Universitário de Brasília, UniCEUB, Brasil.
2011 - 2011
ITIL - V3 Foundations. (Carga horária: 16h).
G4F - Soluções Corporativas, G4F, Brasil.
2011 - 2011
Introdução à Qualidade de Software. (Carga horária: 16h).
Eficácia Organização LTDA, EFICÁCIA, Brasil.
2011 - 2011
Introdução ao MPS.BR. (Carga horária: 16h).
X25 Informática, X25 Informática, Brasil.
2011 - 2011
Entendendo SOA - Arquitetura Orientada por Serviço. (Carga horária: 16h).
Training Tecnologia - Treinamentos e Consultoria em TI, TRAINING TEC, Brasil.
2010 - 2010
COBIT 4.1 Foundations Exam Prep. (Carga horária: 16h).
Trainning Education Services, TRAINNING, Brasil.
2010 - 2010
Mastering Requirements Management with Use Cases. (Carga horária: 24h).
Fóton Informática S.A, FÓTON, Brasil.
2010 - 2010
Enterprise Architect - Fundamento e uso do produto. (Carga horária: 16h).
OAT Solutions, OAT, Brasil.
2010 - 2010
Treinamento em Assuntos Geoespaciais. (Carga horária: 28h).
Centro de Desenvolvimento de Sistemas, CDS, Brasil.
2009 - 2009
Fundamentos para questões operatórias. (Carga horária: 4h).
Centro Universitário de Brasília, UniCEUB, Brasil.
2009 - 2009
Gerenciamento de Projetos. (Carga horária: 40h).
Redecom Tecnologia, REDECOM, Brasil.
2009 - 2009
UML aplicada ao processo RUP. (Carga horária: 60h).
Redecom Tecnologia, REDECOM, Brasil.
2009 - 2009
Construção do Projeto Pedagógico. (Carga horária: 4h).
Centro Universitário de Brasília, UniCEUB, Brasil.
2007 - 2007
Bco Dados Oracle 9i - SQL, Rede, Administ, Backup. (Carga horária: 108h).
Centro de Desenvolvimento de Sistemas, CDS, Brasil.
2006 - 2006
Gerência de Projeto. (Carga horária: 20h).
Centro de Desenvolvimento de Sistemas, CDS, Brasil.
2002 - 2002
Oratória Emocional & Expressão Verbal. (Carga horária: 15h).
Curso de Oratória, ORATÓRIA, Brasil.
2000 - 2000
Criptografia e Sistemas DATACRIPT-IP e CS. (Carga horária: 36h).
Acron Telecomunicações e Informática Ltda, ACRON, Brasil.
1997 - 1997
Central MD-110 (Administração & Manutenção). (Carga horária: 120h).
Ericsson do Brasil Comércio e Indústria S/A, ERICSSON, Brasil.
1997 - 1997
Centrais Telefônicas SOPHO iS3030 & iS3050. (Carga horária: 72h).
PHILIPS Telecomunicações S.A, PHILIPS, Brasil.
1996 - 1996
Sistema de Videoconferência Concorde. (Carga horária: 40h).
GAP Sistemas de Comunicação LTDA, GAP, Brasil.
1995 - 1995
Rádio HF, 1kW, RF-3200E-10, HARRIS RF. (Carga horária: 36h).
Haegler S/A & Microars, HAEGLER S/A & MI, Brasil.
1994 - 1994
Extensão universitária em Curso de Formação Específica - Eng Eletrônica. (Carga horária: 360h).
Instituto Militar de Engenharia, IME, Brasil.
1985 - 1986
Curso de Idioma Inglês.
Escola de Idiomas FISK, FISK, Brasil.
1982 - 1985
Idioma Inglês.
Escola de Idiomas CCAA, CCAA, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal do ABC, UFABC, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

09/2018 - Atual
Direção e administração, Centro de Matemática, Computação e Cognição, .

Cargo ou função
Coordenador da disciplina Análise e Estruturas de Dados II (Ciência da Computação).
09/2018 - Atual
Ensino, Ciência da Computação, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Análise e Estruturas de Dados II
09/2018 - Atual
Ensino, Ciência e Tecnologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Bases Computacionais da Ciência
02/2018 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Matemática, Computação e Cognição, .

06/2018 - 08/2018
Ensino, Ciência e Tecnologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Bases Computacionais da Ciência
Comunicação e Redes
02/2018 - 06/2018
Ensino, Ciência da Computação, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Segurança de Dados

Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - 2018
Vínculo: Universidade de Brasília, Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 20

Atividades

08/2017 - 02/2018
Ensino, Engenharia de Redes de Comunicação, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Algoritmos e Estrutura de Dados
Tópicos em Redes de Comunicação I - Live Streaming
08/2017 - 02/2018
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Tecnologia - Departamento de Engenharia Elétrica, Faculdade de Tecnologia - Departamento de Engenharia Elétrica.

Atividade realizada
Orientação de Projeto Final de Graduação I, sob título: Blockchain - Análise de Segurança e Aplicações.

Centro Universitário de Brasília, UniCEUB, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - 2018
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor titular

Vínculo institucional

2007 - 2017
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor

Vínculo institucional

2001 - 2002
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor

Atividades

08/2015 - 02/2018
Conselhos, Comissões e Consultoria, FATECS - Faculdade de Tecnologia e Ciências Sociais Aplicadas, .

Cargo ou função
Integrante do Núcleo Docente Estruturante do curso de Ciência da Computação.
07/2015 - 02/2018
Pesquisa e desenvolvimento , FATECS - Faculdade de Tecnologia e Ciências Sociais Aplicadas, .

07/2015 - 02/2018
Ensino, Ciência da Computação, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Rede de Computadores
01/2017 - 07/2017
Ensino, Engenharia de Computação, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Redes de Computadores II
07/2016 - 12/2016
Ensino, Engenharia de Computação, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Arquitetura de Computadores
01/2016 - 07/2016
Ensino, Engenharia de Computação, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Redes de Computadores II
07/2015 - 12/2015
Ensino, Engenharia de Computação, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Arquitetura de Computadores
09/2013 - 06/2015
Outras atividades técnico-científicas , FATECS - Faculdade de Tecnologia e Ciências Sociais Aplicadas, FATECS - Faculdade de Tecnologia e Ciências Sociais Aplicadas.

Atividade realizada
Professor visitante na Universidade das Forças Armadas ESPE, Equador..
08/2007 - 12/2012
Pesquisa e desenvolvimento , FATECS - Faculdade de Tecnologia e Ciências Sociais Aplicadas, .

02/2011 - 10/2012
Ensino, Engenharia de Computação, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estrutura de Dados
Sistemas Operacionais
02/2007 - 10/2012
Ensino, Ciência da Computação, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estrutura de Dados, Organização e Recuperação da Informação
Modelagem e Projeto de Banco de Dados I
Sistemas Operacionais
01/2001 - 01/2002
Ensino, Engenharia da Computação, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Arquitetura de Computadores

Escuela Politécnica del Ejercito, ESPE, Equador.
Vínculo institucional

2013 - 2015
Vínculo: Professor Visitante e Assessor, Enquadramento Funcional: Professor Visitante e Assessor Militar, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

02/2013 - 02/2015
Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Eléctrica y Electrónica, .

02/2013 - 02/2015
Ensino, Departamento de Engenharia Eletrônica e Eletrotécnica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Comunicação de Dados

Instituto Euro-Americano de Educação, Ciência e Tecnologia, EUROAM, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2009
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor

Atividades

08/2006 - 02/2009
Ensino, Tecnologia em Gerência de Redes, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Comunicacão de Dados I
Transmissão de Dados I
04/2006 - 02/2009
Ensino, Sistemas de Informacão, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Algoritmos
02/2006 - 02/2009
Ensino, Tecnologia em Gerência de Redes, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Roteamento

Sociedade Objetivo de Ensino Superior, SOES/CESUBRA, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2002
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor

Atividades

02/2001 - 02/2002
Ensino, Tecnologia em Processamento de Dados, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Arquitetura de Computadores
02/2001 - 02/2002
Ensino, Ciência da Computacão, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Arquitetura de Computadores

Instituto Compacto de Ensino Superior e Pesquisa, ICESP, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - 2001
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor

Atividades

07/2000 - 01/2001
Ensino, Administracão, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Administracão de Sistemas de Informacão
07/2000 - 01/2001
Ensino, Tecnologia em Processamento de Dados, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Análise e Projeto de Sistemas

Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-Rio, Brasil.
Vínculo institucional

1999 - 1999
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Instrutor Horista

Atividades

03/1999 - 07/1999
Ensino, Tecnólogo em Processamento de Dados, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estruturas de Dados

Exército Brasileiro, EXÉRCITO, Brasil.
Vínculo institucional

1994 - 2017
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Engenheiro Militar, Carga horária: 40
Outras informações
Engenheiro do Quadro de Engenheiros Militares (QEM). Atuou na área de Ciência e Tecnologia. No período de 1995 a 1997, trabalhou em setores de Informática e/ou Telecomunicações. Nos períodos de 2000 a 2001 e de 2005 a 2012, trabalhou nos setores de elaboração de projetos de infraestrutura de redes e de desenvolvimento de sistemas de software corporativos. Por fim, no período de 2015 até janeiro de 2017, trabalhou nos setores de planejamento estratégico de Ciência e Tecnologia e de desenvolvimento de sistemas de simulação para treinamento.

Atividades

09/2016 - 01/2017
Serviços técnicos especializados , Exército, .

Serviço realizado
Chefe da Seção de Desenvolvimento de Sistemas da Divisão de Simulação da 1ª SCh do Comando de Operaçãões Terrestres, Brasília, DF.
08/2015 - 09/2016
Serviços técnicos especializados , Exército, .

Serviço realizado
Adjunto da Seção de Planejamento e Execução Orçamentária (SLM-3) da 4ª SCh do Estado-Maior do Exército, Brasília, DF.
03/2015 - 08/2015
Serviços técnicos especializados , Exército, .

Serviço realizado
Adjunto da Seção de Tecnologia (SLM-4) da 4ª SCh do Estado-Maior do Exército, Brasília, DF.
01/2012 - 12/2012
Serviços técnicos especializados , Exército, .

Serviço realizado
Adjunto da Divisão de Sistemas do Centro de Desenvolvimento de Sistemas (CDS), Brasília, DF..
01/2011 - 12/2011
Direção e administração, Exército, .

Cargo ou função
Chefe da Seção de Apoio (Técnico) da Divisão de Engenharia do Centro de Desenvolvimento de Sistemas (CDS), Brasília, DF..
01/2010 - 12/2010
Direção e administração, Exército, .

Cargo ou função
Chefe da Seção de Projetos da Divisão de Engenharia do Centro de Desenvolvimento de Sistemas (CDS), Brasília, DF..
01/2005 - 12/2009
Serviços técnicos especializados , Exército, .

Serviço realizado
Adjunto da Divisão de Engenharia do Centro de Desenvolvimento de Sistemas (CDS), Brasília, DF..
01/2000 - 12/2001
Serviços técnicos especializados , Exército, .

Serviço realizado
Adjunto da Divisão de Engenharia do Centro de Desenvolvimento de Sistemas (CDS), Brasília, DF..
01/1997 - 12/1997
Direção e administração, Exército, .

Cargo ou função
Chefe da Seção do Serviço Rádio da 9a. RM, Campo Grande, MS..
01/1996 - 01/1997
Serviços técnicos especializados , Exército, .

Serviço realizado
Adjunto à Seção do Serviço Rádio do Cmdo da 9a. RM, Campo Grande, MS..
01/1995 - 12/1995
Direção e administração, Exército, .

Cargo ou função
Chefe da Seção de Informática do Cmdo da 9a. RM, Campo Grande, MS..

Instituto de Tecnologia Eletro Eletrônica, ITEEL, Brasil.
Vínculo institucional

1990 - 1992
Vínculo: CNPq-Iniciacão Tecnológica, Enquadramento Funcional: Pesquisador
Outras informações
Pesquisa de Iniciacão Tecnológica na área de Informática/ Microeletrônica, sob o título PROJETO DE CIRCUITOS INTEGRADOS DE APLICACÃO ESPECÍFICA, orientado pelos professores: William Ferreira Giozza (DSC/CCT/UFPB) e Antonio Carlos Cavalcante (DI/CCEN/UFPB), no período de 01/08/1990 a 31/07/1992.

Atividades

08/1990 - 07/1992
Pesquisa e desenvolvimento , ITEEL - Instituto de Tecnologia Eletro-Eletrônica, .


Curso Pró-Militar, PRÓ-MILITAR, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - 2000
Vínculo: Professor Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor

Atividades

01/2000 - 12/2000
Ensino, Análise e Projeto - Estruturada e OO, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Análise e Projeto de Sistemas - Estruturada e Orientacão a Objetos
Linguagem de programação C

Escola de Idiomas FISK, FISK, Brasil.
Vínculo institucional

1993 - 1994
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor

Vínculo institucional

1986 - 1990
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor

Atividades

03/1993 - 01/1994
Ensino, Básico, Intermediário e Avançado, Nível: Aperfeiçoamento

Disciplinas ministradas
Inglês Intermediário e Avançado
03/1986 - 08/1990
Ensino, Básico, Intermediário e Avançado, Nível: Aperfeiçoamento

Disciplinas ministradas
Inglês Básico, Intermediário e Avançado


Linhas de pesquisa


1.
Interdisciplinar: Sistemas de software, Análise de Algoritmos e Ensino Superior

Objetivo: Analisar e desenvolver metodologias para o desenvolvimento de sistemas de TI. Analisar a simulação via software para treinamento de equipes especializadas em operações sensíveis. Analisar e desenvolver metodologias para execução de projetos de pesquisa e inovação do paradigma do Ensino Superior brasileiro. Analisar soluções algorítmicas visando à otimização da complexidade assintótica de tempo e espaço..
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Elétrica / Subárea: Engeharia de Sistemas e Computação.
Palavras-chave: Algoritmos; Análise de requisitos; Ciclo de Vida; complexidade; educação; Modelagem.
2.
Análise de Criptomoedas, Blockchain & Tangle

Objetivo: Análise e desenvolvimento de criptomoedas para aperfeiçoar os sistemas de pagamentos eletrônicos. Análise do conceito de blockchain e tangle para prover maior segurança aos sistemas de pagamentos eletrônicos e inovação de sistemas computacionais baseados em alocação de recursos finitos..
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Elétrica / Subárea: Engenharia de Sistemas e Computação.
Palavras-chave: Algoritmos; Bitcoin; complexidade; Peer-to-peer; Tecnologia da Informação; Modelagem.
3.
Distribuição de conteúdo multimídia em redes

Objetivo: Analisar e criar protocolos para distribuição de conteúdo multimídia na Internet utilizando arquitetura Cliente-Servidor e Peer-to-Peer. Prospectar temas inseridos na área de redes de computadores que podem potencialmente influenciar o desenvolvimento de soluções para a distribuição de conteúdo multimídia..
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Elétrica / Subárea: Engeharia de Sistemas e Computação.
Palavras-chave: Algoritmos; BitTorrent; Streaming; Multimídia; Peer-to-peer; Segurança.
4.
Informática/Microeletrônica

Objetivo: Desenvolvimento de células para circuitos integrados de tecnologia VLSI (Very-Large Scale Integration).
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Elétrica / Subárea: Engeharia de Sistemas e Computação.
Palavras-chave: Algoritmos; Roteamento; Engenharia Eletrônica; complexidade.
5.
Estudo e Análise do protocolo Bitcoin

Objetivo: Entender e mensurar a robustez do protocolo Bitcoin Propor aperfeiçoamentos e novos conceitos relacionados ao sistema de pagamento baseado no protocolo Bitcoin..
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Elétrica / Subárea: Engeharia de Sistemas e Computação.
Palavras-chave: Algoritmos; Bitcoin; complexidade; criptomoeda; Peer-to-peer.
6.
Interdisciplinar: Sistemas de software, Análise de Algoritmos e Ensino Superior

Objetivo: Analisar e desenvolver metodologias para o desenvolvimento de sistemas de TI. Analisar a simulação via software para treinamento de equipes especializadas em operações sensíveis. Analisar e desenvolver metodologias para execução de projetos de pesquisa e inovação do paradigma do Ensino Superior brasileiro. Analisar e desenvolver soluções algorítmicas visando à otimização da complexidade assintótica de tempo e espaço..
Grande área: Engenharias
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Ciência da Computação.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Educação.
Palavras-chave: Ensino Superior; Software; Algoritmos; Modelagem; simulação.
7.
Distribuição de conteúdo multimídia em redes de comunicação

Objetivo: Analisar e criar protocolos para distribuição de conteúdo multimídia sob arquitetura Cliente-Servidor e Peer-to-Peer em cenários de infraestrutura cabeada e sem fio. Ainda, prospectar temas relacionados à área de redes de computadores que podem influenciar o desenvolvimento de soluções para a distribuição de conteúdo multimídia em redes..
Grande área: Engenharias
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Ciência da Computação.
Palavras-chave: Peer-to-peer; MANET (Mobile Ad Hoc Network); Cliente-Servidor; Multimídia; Redes cabeadas; Algoritmos.
8.
DLT, Blockchain & Tangle

Objetivo: Analisar DLTs (Distributed Ledger Technologies), Blockchain e Tangle para provimento de eficiência e segurança considerando aplicações baseadas em alocação de recursos controlados e finitos em sistemas distribuídos e em IoT..
Grande área: Engenharias
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Ciência da Computação.
Palavras-chave: Bitcoin; Tangle; Distributed Ledger Technology (DLT); Sistemas Distribuídos; IoT (Internet of Things).


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
C&T e Educação: Sistemas de Software, Análise de Algoritmos e Ensino Superior
Descrição: Este projeto aborda diferentes assuntos que se inter-relacionam por aderência aos conceitos de pluridisciplinaridade, interdisciplinaridade, transdisciplinaridade e educação continuada. São três objetivos correntes. O primeiro volta-se para a avaliação e a proposição de metodologias relacionadas ao desenvolvimento eficiente de sistemas de software. O segundo objetiva o estudo e análise do recurso de simulação para treinamento de equipes, visando à redução de custo (comparativamente ao ambiente real) e a segurança dos envolvidos. Por fim, o terceiro tenciona uma discussão sobre o ensino superior focado em ciência e tecnologia, incluindo a proposição de metodologias para a condução de projetos de pesquisa científica. Pretende-se a produção de artigos em revistas especializadas e postagens em blogs direcionados para os objetivos elencados..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2018 - Atual
Distribuição de Conteúdo Multimídia na Internet
Descrição: A distribuição de conteúdo multimídia em redes de computadores (arquiteturas Cliente-Servidor e P2P), especialmente na Internet, é uma necessidade real para as sociedades modernas atuais e futuras. O problema de pesquisa consiste na escolha da arquitetura mais adequada para esta finalidade. A arquitetura tradicional Cliente-Servidor é usualmente baseada em esquemas de multicast e distribuição hierarquizada de fluxos de dados. Essa arquitetura tem pouco atrativo atual em face do crescente tráfego de dados nas redes de comunicação. A arquitetura P2P, por sua vez, traz a simplicidade de não se ter um nó centralizado como na arquitetura Cliente-Servidor. Por outro lado, essa arquitetura traz também a necessidade de um monitoramento e busca frequente por nós da rede para que o conteúdo desejado possa ser devidamente transmitido. Pretende-se a elaboração de artigos científicos para contribuir para este campo de pesquisa, considerando redes com fio (wired networks) e redes móveis (mobile wireless networks)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2018 - Atual
Análise de Criptomoedas, Blockchain & Tangle
Descrição: Este projeto tem dois objetivos precípuos. O primeiro é analisar especificamente o sistema Bitcoin e discutir sua aplicação para automatização da gestão orçamentária e financeira (pública e privada), considerando-se transações isoladas de uma economia local (cidade, estado, país) e aquelas entre países em um cenário globalizado. O segundo é analisar e avaliar em escopo abrangente a segurança e a eficiência provida pelos conceitos tecnológicos de Blockchain & Tangle na implementação de processos de contagem como, por exemplo, em eleições, além de aplicações emergentes em IoT, Smart Grids, Smart Cities e afins. Pretende-se a elaboração de artigos científicos para contribuir para este campo de pesquisa..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - 2018
Distribuição de conteúdo multimídia em arquiteturas P2P
Descrição: A distribuição de conteúdo multimídia em redes de computadores (arquiteturas Cliente-Servidor e P2P), especialmente na Internet, é uma necessidade real para as sociedades modernas atuais e futuras. A arquitetura Cliente-Servidor é baseada em multicast e distribuição de fluxos de dados em estruturas hierarquizadas, como árvores. A arquitetura P2P traz, por um lado, a simplicidade de não se ter um nó centralizado como na arquitetura Cliente-Servidor. Por outro lado, a arquitetura P2P traz a necessidade de um monitoramento e busca frequente por nós da rede para que o conteúdo desejado possa ser devidamente transmitido. Pretende-se a elaboração de artigos científicos para contribuir para este campo de pesquisa..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2016 - 2018
Análise de Criptomoedas, Blockchain e Tangle
Descrição: Este projeto tem dois objetivos. O primeiro é analisar o sistema Bitcoin e discutir sua aplicação para automatização da gestão orçamentária e financeira (pública e privada), considerando-se as transações isoladas de uma economia local (cidade, estado, país) e aquelas entre países em um cenário globalizado. O segundo é analisar e avaliar a segurança provida pelo conceito tecnológico de blockchain & tangle na implementação de processos de contagem como, por exemplo, em eleições, além de aplicações diversas em IoT, Smart Grids, Smart Cities e afins. Pretende-se a elaboração de artigos científicos para contribuir para este campo de pesquisa..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2016 - 2018
C&T e Educação: Sistemas de Sofware, Análise de Algoritmos e Ensino Superior
Descrição: Este projeto aborda diferentes assuntos que se inter-relacionam por aderência aos conceitos de pluridisciplinaridade, interdisciplinaridade, transdisciplinaridade e educação continuada. São três objetivos correntes. O primeiro volta-se para a avaliação e a proposição de metodologias relacionadas ao desenvolvimento eficiente de sistemas de software. O segundo objetiva o estudo e análise do recurso de simulação para treinamento de equipes, visando à redução de custo (comparativamente ao ambiente real) e a segurança dos envolvidos. Por fim, o terceiro tenciona uma discussão sobre o ensino superior focado em ciência e tecnologia, incluindo a proposição de metodologias para a condução de projetos de pesquisa científica. Pretende-se a produção de artigos em revistas especializadas e postagens em blogs direcionados para os objetivos elencados..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2015 - 2017
Análise competitiva da mineração de bitcoins e litecoins
Descrição: Este projeto visa à avaliação do processo de mineração individual para as moedas bitcoin e litecoin. Para tanto, são feitas análises comparativas em cenário nacional (Brasil) e mundial, considerando países de diferentes continentes. Pretende-se aqui a produção de artigos científicos que possam contribuir para esse tema de pesquisa..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) .
Integrantes: Carlo Kleber da Silva Rodrigues - Coordenador / Guilherme Albuquerque Barbosa Silva - Integrante.
2014 - 2015
Criptomedas: a eficiência da mineração
Descrição: Bitcoin é um protocolo projetado para trocar dinheiro em modo on-line. As primeiras transferências de moeda eletrônica surgiram na década de 60. Para aumentar a segurança para o crescente número de transações eletrônicas ao longo do tempo foram utilizadas assinaturas digitais. Essas implementações foram feitas por bancos e instituições centrais com um alto custo em hardware e software. Por esta razão, os custos de transações em seus primeiros anos eram muito mais elevados do que hoje. Cartões de débito e de crédito foram gradualmente diminuindo os seus custos de operação e manutenção. Em 2009, surge o protocolo Bitcoin. Ao contrário dos métodos de pagamento como o PayPal, o BitCoin não depende de qualquer organização ou empresa centralizada. Bitcoin não é apoiado por nenhum governo ou depende de confiança em qualquer transmissor central, mas usa uma Prova de Trabalho para evitar gastos em duplicidade. O processo de validação, que envolve a Prova de Trabalho, é denominado de mineração. A dificuldade de mineração é ajustada dependendo da geração de blocos na rede. A mineração isolada (por um nó da rede) é mais complicada que a mineração em grupos (vários nós em conjunto), denominados de pools. Este projeto investiga como realizar um processo de mineração mais eficiente. Pretende-se aqui a produção de artigos científicos que contribuam para esse tema de pesquisa..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Carlo Kleber da Silva Rodrigues - Coordenador / Juan José Garcia Chávez - Integrante / Juan Eduardo Pazmiño Chicaiza - Integrante.
2013 - 2014
BitTorrent aplicado para transmissão de conteúdo multimídia
Descrição: Este projeto tem um foco na distribuição de dados multimídia em redes de computadores. O elemento principal do estudo será o BitTorrent, um protocolo projetado para compartilhamento de arquivos Internet peer-to-peer. É um dos protocolos mais comuns para transferir arquivos grandes. Em janeiro de 2012, o BitTorrent tinha 150 milhões de usuários ativos. Estimou-se que o número total de usuários mensais de BitTorrent era mais do que 250 milhões. A qualquer instante de tempo BitTorrent tem, em média, mais usuários ativos que o YouTube e Facebook juntos. O objetivo deste projeto é principalmente produzir artigos científicos para publicação em revistas e conferências nesta área do conhecimento..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) .
Integrantes: Carlo Kleber da Silva Rodrigues - Coordenador / Dennys Segundo Aucancela Arévalo - Integrante / Diana Marcela Huera Vaca - Integrante / Ronie Stalin Martínez Gordon - Integrante / Alexander SAntiago Dueñas Flores - Integrante.
2012 - 2013
Análise de protocolos para transmissão de dados em redes PLC
Descrição: A diversidade atual das formas de comunicação (p. ex., redes sociais e mensagens instantâneas) e a necessidade de informações a todo instante exigem, cada vez mais, meios flexíveis e eficientes de transmissão e recepção de dados. Esses meios devem ser acessíveis, independentemente da localização geográfica, com um aceitável custo/benefício e uma satisfatória velocidade de comunicação. Uma tecnologia que apresenta essas características e está sendo amplamente estudada é a comunicação através da rede elétrica. Conhecida como Power Line Communication (PLC), esta surge como opção principalmente em regiões onde o custo/benefício da rede wireless ou a cabo não é atrativo. Essa tecnologia se beneficia da instalação de rede elétrica, que é encontrada na maior parte das construções civis. Como produto final resultante deste trabalho de pesquisa, pretende-se a elaboração de dois artigos científicos e um tutorial, os quais abordarão as mais efetivas soluções de transmissão de dados na rede PLC. Esses textos constituirão uma valiosa fonte de informação possível de ser utilizada por professores, alunos e pesquisadores, e se revestem de indubitável importância..
Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Carlo Kleber da Silva Rodrigues - Coordenador / Sérgio Oliveira Bergmann - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2012 - 2013
Mobilidade de Código
Descrição: Ao longo dos últimos anos, um intenso tráfego de dados em redes de computadores tomou forma em escala mundial. Explicado não só pela expansão da internet, mas também pelo aumento de canais de comunicação inter e intra organizacionais e pelo paradigma da computação móvel. Esse tráfego massivo tem afligido as redes de computadores, impactando negativamente em seu desempenho. Tanto no meio acadêmico, quanto na indústria, surgiram iniciativas de solucionar o problema supracitado sob a óptica de conceitos de mobilidade de código. A maioria delas não foi totalmente aceita ou adotada por não levar em consideração, a nível de projeto, as diferenças entre computação local e remota, ou ainda, por relegar a localidade dos componentes de uma aplicação ao status de detalhe de implementação. Diferentemente das outras alternativas, a abordagem de código móvel traz em sua definição o conceito de localidade, base da diferenciação entre computação local e remota, e é apontada por muitos pesquisadores como um campo promissor nas busca por soluções eficazes para o problema acima mencionado. À luz do exposto, este projeto de pesquisa tem, por finalidade precípua, o estudo, a análise e a prospecção das questões concernentes à mobilidade de código direcionadas ao suporte às operações desconectadas visando a redução do tráfego de rede. Além disso, também serão elaborados dois artigos científicos bem como um texto didático que encerra a apresentação detalhada e completa das tecnologias supracitadas, o que redundará em uma fonte de informações que poderá ser utilizada por professores, alunos e pesquiadores com interesse nessa área de conhecimento. Pretende-se a elaboração de textos científicos..
Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Carlo Kleber da Silva Rodrigues - Coordenador / Marcos Natan Brito da Silva Pacheco - Integrante.
2011 - 2012
Janelas para Seleção de Blocos visando à Otimização do Protocolo BitTorrent para VoD
Descrição: O protocolo BitTorrent tem sido reconhecido como um dos mecanismos mais eficientes na distribuição de conteúdos em arquiteturas peer to peer (P2P). Por esse motivo, pesquisas recentes estão sendo realizadas para adaptar esse protocolo às aplicações de vídeo sob demanda (VoD). A distribuição de conteúdo por meio do protocolo BitTorrent é escalável, robusto e garante altas taxas de transferência. A ideia geral é dividir o objeto de interesse (p.ex., um vídeo ou uma música) em pequenos blocos e, então, transmití-los individualmente e aleatoriamente pela rede. Para tanto, o servidor e os próprios clientes participam ativamente da transmissão.Duas importantes políticas são adotadas para a implementação dessa idéia: a de seleção de blocos e a de seleção de vizinhos. A primeira é uma estratégia que utiliza o critério da raridade, priorizando a solicitação dos blocos menos replicados. Com isso, assegura-se a diversidade dos blocos e a alta disponibilidade do objeto completo na rede. A segunda política busca incentivar a cooperação entre os clientes, inibindo a existência de clientes egoístas, ou seja, que não colaboram com a transmissão de dados pela rede. Neste contexto, o presente projeto de pesquisa tem, pois, o objetivo principal de avaliar o conceito de janelas de seleção de blocos visando à otimização do protocolo BitTorrent para emprego em aplicações de VoD. Pretende-se a elaboração de artigos científicos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Carlo Kleber da Silva Rodrigues - Coordenador / Ananda Gorck Streit - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2010 - 2011
Análise de Protocolos baseados no paradigma BitTorrent para Transmissão de Mídia Contínua
Descrição: Este projeto de pesquisa tem, por finalidade precípua, o estudo, a análise e a prospecção das soluções mais atuais para a transmissão de mídia contínua que são baseadas no protocolo BitTorrent. Além disso, também se pretende elaborar um texto didático que encerre a apresentação detalhada e completa dessas soluções, o que redundará em uma fonte de informações que poderá ser utilizada por professores, alunos e pesquisadores com interesse nessa área de conhecimento. Esse texto termina por se revestir de significativo valor por não haver, salvo melhor juízo, trabalho semelhante na língua portuguesa. Pretende-se a elaboração de artigos científicos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Carlo Kleber da Silva Rodrigues - Coordenador / PANIZZO, D.S. - Integrante.Financiador(es): Centro Universitário de Brasília - Remuneração.
2009 - 2010
Redes P2P para Implementação de Sistemas Interativos de VoD
Descrição: Aplicações baseadas em transmissão de mídia contínua na rede Internet, como vídeo sob demanda, ensino a distância e mundos virtuais, vem aumentando sua popularidade ao longo dos anos. No entanto, a rede não oferece a qualidade de serviço (QoS) exigida para a satisfação plena dos clientes. No contexto do cenário supracitado, uma das áreas de pesquisa que mais tem recebido atenção nos últimos anos é a do desenvolvimento de soluções que permitam oferecer a QoS exigida pelas aplicações e que ao mesmo tempo as tornem escaláveis. Estudos da literatura indicam como solução a possibilidade do emprego de dois tipos de arquiteturas principais: Cliente-Servidor (C/S) e Peer-to-Peer (P2P). No caso da arquitetura C/S, as pesquisas voltam-se para a construção de protocolos de compartilhamento de fluxos de concepção centralizada, i.e., rodando em um servidor específico na rede, para emprego conjunto com técnicas de gerência de buffer. De forma ortogonal, coexistem pesquisas voltadas para a solução baseada no emprego de arquiteturas P2P. A idéia por trás desta arquitetura é considerar que todos os elementos da rede e com interesse em algum conteúdo podem potencialmente auxiliar na transmissão do próprio conteúdo, conseguindo, assim, remover ou diminuir a necessidade de um elemento exclusivo (i.e., servidor) para a transmissão deste conteúdo por toda a rede .Os resultados já publicados na literatura para ambas arquiteturas apontam otimizações bem atrativas do sistema, constituindo soluções merecedoras de ampla e detalhada investigação. Este projeto de pesquisa é direcionado para o estudo, análise e prospecção da arquiteturas P2P para transmissão de mídia contínua na Internet. Pretende-se a elaboração de textos científicos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Carlo Kleber da Silva Rodrigues - Coordenador / Willian Douglas de Oliveira Santos - Integrante.Financiador(es): Centro Universitário de Brasília - Remuneração.
2008 - 2009
Arquiteturas P2P para transmissão de mídia contínua com interatividade
Descrição: Aplicações baseadas em transmissão de mídia contínua na rede Internet, como vídeo sob demanda, ensino a distância e mundos virtuais, vem aumentando sua popularidade ao longo dos anos. No entanto, a rede não oferece a qualidade de serviço (QoS) exigida para a satisfação plena dos clientes. No contexto do cenário supracitado, uma das áreas de pesquisa que mais tem recebido atenção nos últimos anos é a do desenvolvimento de soluções que permitam oferecer a QoS exigida pelas aplicações e que ao mesmo tempo as tornem escaláveis. Estudos da literatura indicam como solução a possibilidade do emprego de dois tipos de arquiteturas principais: Cliente-Servidor (C/S) e Peer-to-Peer (P2P). No caso da arquitetura C/S, as pesquisas voltam-se para a construção de protocolos de compartilhamento de fluxos de concepção centralizada, i.e., rodando em um servidor específico na rede, para emprego conjunto com técnicas de gerência de buffer. De forma ortogonal, coexistem pesquisas voltadas para a solução baseada no emprego de arquiteturas P2P. A idéia por trás desta arquitetura é considerar que todos os elementos da rede e com interesse em algum conteúdo podem potencialmente auxiliar na transmissão do próprio conteúdo, conseguindo, assim, remover ou diminuir a necessidade de um elemento exclusivo (i.e., servidor) para a transmissão deste conteúdo por toda a rede. Os resultados já publicados na literatura para ambas arquiteturas apontam otimizações bem atrativas do sistema, constituindo soluções merecedoras de ampla e detalhada investigação. Este projeto de pesquisa é direcionado para o estudo, análise e prospecção da arquiteturas P2P para transmissão de mídia contínua na Internet. Pretende-se a elaboração de textos científicos..
Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Carlo Kleber da Silva Rodrigues - Coordenador / Michelle Gomes da Silveira - Integrante.Financiador(es): Centro Universitário de Brasília - Remuneração.
2008 - 2009
Modelagem conceitual visando ao projeto de bancos de dados
Descrição: Visando à criação de um banco de dados, boa parte da literatura especializada trata a modelagem de dados sob o ponto de vista estrito de implementação lógica das estruturas de dados (observadas ou imaginadas) do ambiente de negócio em análise. Isso tem levado a uma visão distorcida do processo de modelagem em si e, por conseguinte, tem impedido a obtenção dos resultados potenciais então provenientes do processo da modelagem em si. A solução é a adoção obrigatória do processo conceitual que, então, dará origem ao Modelo Conceitual de Dados (MCD) e servirá, em uma etapa seguinte, para o desenvolvimento do Modelo Lógico de Dados (MLD). Podemos, de forma flexível, admitir duas principais abordagens a serem consideradas para o desenvolvimento de um banco de dados: Entidade-Relacionamento e Orientada a Objetos com Unified Modeling Language (UML). A primeira foi proposta por Peter Chen na década de 70 e teve ao longo dos anos uma agregação de novos elementos semânticos que a tornam ainda aplicável e atualizada para os dias atuais. A segunda foi formalmente admitida no final da década de 90 e teve como principais autores Grady Booch, James Rumbaugh e Ivar Jacobson. Esta abordagem trouxe consigo o paradigma inovador da orientação a objetos (OO) e teve como uma das principais promessas a apresentação de uma metodologia mais rica e intuitiva.Ambas abordagens envolvem uma rica gama de elementos semânticos. Este projeto de pesquisa é, pois, direcionado para o estudo e análise das abordagens Entidade-Relacionamento e OO com UML, além das principais ferramentas CASE atualmente utilizadas em modelagem e projeto de bancos de dados. Pretende-se a elaboração de artigos científicos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Carlo Kleber da Silva Rodrigues - Coordenador / Yasmim Vasconcelos Gomes de Oliveira - Integrante / Sérgio Fernando Muniz - Integrante.Financiador(es): Centro Universitário de Brasília - Remuneração.
2007 - 2008
Buffering para Otimização de Sistemas Multimídia com Interatividade
Descrição: Aplicações baseadas em transmissão de mídia contínua na rede Internet, como vídeo sob demanda, ensino a distância e mundos virtuais, vem aumentando em número ao longo dos anos. No entanto, a rede não oferece a qualidade de serviço (QoS) exigida para a satisfação plena dos clientes. No contexto do cenário supracitado, uma das áreas de pesquisa que mais tem recebido atenção nos últimos anos é o desenvolvimento de mecanismos que permitam oferecer a QoS exigida pelas aplicações e que ao mesmo tempo as tornem escaláveis. Estudos da literatura demonstram que as técnicas para compartilhamento da banda do servidor, empregadas conjuntamente com técnicas de gerência de buffer, oferecem reduções significativas nos recursos utilizados pelas aplicações, constituindo assim uma solução merecedora de investigação. Pretende-se a elaboração de trabalhos científicos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Carlo Kleber da Silva Rodrigues - Coordenador / Andreas Cauê Cabral Magalhães - Integrante.Financiador(es): Centro Universitário de Brasília - Remuneração.


Membro de corpo editorial


2016 - 2018
Periódico: Universitas: Gestão e TI
2014 - Atual
Periódico: American Journal of Scientific and Industrial Research


Revisor de periódico


2011 - 2016
Periódico: Information Technology Research Journal (ITRJ)
2011 - 2016
Periódico: Journal of Engineering and Computer Innovations (JECI)
2014 - 2016
Periódico: American Journal of Scientific and Industrial Research
2016 - 2016
Periódico: Computational Optimization and Applications
2010 - 2018
Periódico: Universitas: Gestão e TI
2015 - 2017
Periódico: International Journal of Computer Networks and Communications
2017 - Atual
Periódico: IEEE Latin America Transactions
2017 - Atual
Periódico: REVISTA DE SISTEMAS E COMPUTAÇÃO - RSC
2016 - Atual
Periódico: Anais - SIMPEP
2018 - Atual
Periódico: iSys - Revista Brasileira de Sistemas de Informação


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Ciência da Computação.
2.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Elétrica / Subárea: Engenharia de Sistemas e Computação.
3.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Ciência da Computação / Subárea: Sistemas de Computação.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2015
Medalha do Pacificador, Exército Brasileiro.
2015
Medalha de Prata e Passador de Prata, Exército Brasileiro.
2015
Medalha Estrela das Forças Armadas do Equador, Exército do Equador.
2015
Medalha Honra e Glória (Colar do Mérito Militar), Exército do Equador.
2006
Menção honrosa: Artigo "Técnicas para Sistemas de Vídeo sob Demanda Escaláveis" classificado entre os seis melhores do Simpósio, SBRC 2006.
2005
Menção honrosa: Artigo "Novas Técnicas de Banda para Servidores de Vídeo com Interatividade" classificado entre os seis melhores do Simpósio, SBRC 2005.
2005
Medalha Militar e Passador de Bronze, Exército Brasileiro.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Web of Science
Total de trabalhos:4
Total de citações:1
Fator H:1
Rodrigues, Carlo K S  Data: 16/01/2017

Artigos completos publicados em periódicos

1.
ROCHA, J. G.2018ROCHA, J. G. ; DA SILVA RODRIGUES, CARLO KLEBER . PROJETO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA: UMA PROPOSTA DE PROCESSO. Universitas: Gestão e TI, v. 7, p. 93-104, 2018.

2.
SILVA, G. A. B.2018 SILVA, G. A. B. ; Rodrigues, Carlo Kleber da Silva . RENTABILIDADE ECONÔMICA DA MINERAÇÃO DE BITCOINS E LITECOINS. Universitas: Gestão e TI, v. 7, p. 75-82, 2018.

3.
DA SILVA RODRIGUES, CARLO KLEBER2017 DA SILVA RODRIGUES, CARLO KLEBER. Sistema Bitcoin: uma análise da segurança das transações. iSys - Revista Brasileira de Sistemas de Informação, v. 10, p. 5-23, 2017.

4.
Rodrigues, Carlo Kleber da Silva2017 Rodrigues, Carlo Kleber da Silva; ROCHA, M. V. M. . A Dispersão de Dados como Critério para a Política de Seleção de Peers em uma Rede BitTorrent para Streaming Sob Demanda Interativo. REVISTA DE SISTEMAS E COMPUTAÇÃO - RSC, v. 7, p. 36-43, 2017.

5.
RODRIGUES, C. K. S.2017RODRIGUES, C. K. S.. Uma Análise Simples de Eficiência e Segurança da Tecnologia Blockchain. REVISTA DE SISTEMAS E COMPUTAÇÃO - RSC, v. 7, p. 147-162, 2017.

6.
DA ROCHA, JOSÉ GLADISTONE2016DA ROCHA, JOSÉ GLADISTONE ; DA SILVA RODRIGUES, CARLO KLEBER . O Processo de Negócio do Sistema de Transações Financeiras Bitcoin - DOI: 10.5102/un.gti.v6i1.3855. Universitas: Gestão e TI, v. 6, p. 1-14, 2016.

7.
PAZMINO, J. E.2015PAZMINO, J. E. ; Rodrigues, Carlo Kleber da Silva . Simply dividing a Bitcoin network node may reduce transaction verification time. The SIJ Transactions on Computer Networks & Communication Engineering, v. 3, p. 17-21, 2015.

8.
Rodrigues, Carlo Kleber da Silva2015Rodrigues, Carlo Kleber da Silva; CHAVEZ, J. J. G. . A Simple Algorithm for Automatic Hopping among Pools in the Bitcoin Mining Network. The SIJ Transactions on Computer Networks & Communication Engineering, v. 3, p. 22-27, 2015.

9.
STREIT, A. G.2015STREIT, A. G. ; RODRIGUES, C. K. S. . Proposing a BitTorrent-Like Protocol for Efficient Interactive Multimedia Streaming Applications. The SIJ Transactions on Computer Networks & Communication Engineering, v. 3, p. 28-37, 2015.

10.
DA ROCHA, JOSÉ GLADISTONE2015DA ROCHA, JOSÉ GLADISTONE ; DA SILVA RODRIGUES, CARLO KLEBER . Uma proposta de customização de metodologia para o desenvolvimento de sistemas de informação de nível acadêmico - DOI: 10.5102/un.gti.v5i2.3413. Universitas: Gestão e TI, v. 5, p. 1-11, 2015.

11.
GÖRCK STREIT, ANANDA2015GÖRCK STREIT, ANANDA ; KLEBER DA SILVA RODRIGUES, CARLO . Improving BitTorrent's Peer Selection for Multimedia Content On-Demand Delivery. INTERNATIONAL JOURNAL OF COMPUTER NETWORKS AND COMMUNICATIONS, v. 7, p. 111-124, 2015.

12.
RODRIGUES, C. K. S.2014RODRIGUES, C. K. S.. Analyzing Peer Selection Policies for BitTorrent Multimedia On-Demand Streaming Systems in Internet. INTERNATIONAL JOURNAL OF COMPUTER NETWORKS AND COMMUNICATIONS, v. 6, p. 203-221, 2014.

13.
RODRIGUES, C. K. S.2014RODRIGUES, C. K. S.. On the Optimization of BitTorrent-Like Protocols for Interactive On-Demand Streaming Systems. INTERNATIONAL JOURNAL OF COMPUTER NETWORKS AND COMMUNICATIONS, v. 6, p. 39-58, 2014.

14.
RODRIGUES, C. K. S.2014RODRIGUES, C. K. S.. Análisis del Comportamiento Interactivo del Cliente para Diseñar Políticas de Selección de Pares para Protocolos basados en BitTorrent. Revista Maskay Electrónica, v. 4, p. 7-13, 2014.

15.
STREIT, A. G.2013STREIT, A. G. ; RODRIGUES, C. K. S. . On the design of protocolos for efficient multimedia streaming over Internet. ESPE - CIENCIA Y TECNOLOGÍA, v. 4(1), p. 25-39, 2013.

16.
ROCHA, M. V. M.2013ROCHA, M. V. M. ; RODRIGUES, C. K. S. . On Client-s Interactive Behaviour to Design Peer Selection Policies for Bittorrent-Like Protocols. INTERNATIONAL JOURNAL OF COMPUTER NETWORKS AND COMMUNICATIONS, v. 5, p. 141-159, 2013.

17.
RODRIGUES, C. K. S.2013RODRIGUES, C. K. S.; OLIVEIRA, Y. V. G. . Uma discussão das abordagens Relacional e Orientada a Objetos para a modelagem e o projeto de bancos de dados. REVISTA DO CCEI, v. 17, p. 307-324, 2013.

18.
STREIT, ANANDA GORCK2012STREIT, ANANDA GORCK ; Rodrigues, Carlo Kleber da Silva . Novos protocolos baseados no bittorrent para streaming de objetos multimídia na internet - doi: 10.5102/un.gti.v2i2.1906. Universitas: Gestão e TI, v. 2, p. 1-16, 2012.

19.
STREIT, A. G.2012STREIT, A. G. ; RODRIGUES, C. K. S. . Janelas para seleção de blocos visando à adaptação do protocolo BitTorrent para vídeo sob demanda. Universitas: Gestão e TI, v. 2(1), p. 35-46, 2012.

20.
HOFFMANN, L.J.2011HOFFMANN, L.J. ; RODRIGUES, C. K. S. ; LEAO, R. M. M. . BitTorrent-Like Protocols for Interactive Access to VoD Systems. EUROPEAN JOURNAL OF SCIENTIFIC RESEARCH, v. 58(4), p. 550-569, 2011.

21.
RODRIGUES, C. K. S.;Rodrigues, Carlo Kleber da Silva;DA SILVA RODRIGUES, CARLO KLEBER;KLEBER DA SILVA RODRIGUES, CARLO2011RODRIGUES, C. K. S.; PANIZZO, D.S. . Protocolos de VoD baseados no BitTorrent. Universitas: Gestão e TI, v. 1, p. 19-34, 2011.

22.
RODRIGUES, C. K. S.;Rodrigues, Carlo Kleber da Silva;DA SILVA RODRIGUES, CARLO KLEBER;KLEBER DA SILVA RODRIGUES, CARLO2008RODRIGUES, C. K. S.; HOFFMANN, L.J. ; LEAO, R. M. M. . Técnicas para Sistemas de Vídeo sob Demanda Escaláveis. REVISTA BRASILEIRA DE REDES DE COMPUTADORES E SISTEMAS DISTRIBUÍDOS, v. 1(1), p. 9-22, 2008.

23.
RODRIGUES, C. K. S.;Rodrigues, Carlo Kleber da Silva;DA SILVA RODRIGUES, CARLO KLEBER;KLEBER DA SILVA RODRIGUES, CARLO2008RODRIGUES, C. K. S.. Escalabilidade de Sistemas Interativos de Vídeo sob Demanda na Internet. C&T. REVISTA MILITAR DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA, v. 25(1), p. 17-34, 2008.

24.
RODRIGUES, C. K. S.;Rodrigues, Carlo Kleber da Silva;DA SILVA RODRIGUES, CARLO KLEBER;KLEBER DA SILVA RODRIGUES, CARLO2008RODRIGUES, C. K. S.; HOFFMANN, L.J. ; LEAO, R. M. M. . On Scalable Interactive Video-On-Demand Services. EUROPEAN JOURNAL OF SCIENTIFIC RESEARCH, v. 21(4), p. 662-686, 2008.

25.
RODRIGUES, C. K. S.;Rodrigues, Carlo Kleber da Silva;DA SILVA RODRIGUES, CARLO KLEBER;KLEBER DA SILVA RODRIGUES, CARLO2007RODRIGUES, C. K. S.; LEAO, R. M. M. . Bandwidth Usage Distribution of Multimedia Servers using Patching. Computer Networks, v. 51(3), p. 569-587, 2007.

26.
RODRIGUES, C. K. S.;Rodrigues, Carlo Kleber da Silva;DA SILVA RODRIGUES, CARLO KLEBER;KLEBER DA SILVA RODRIGUES, CARLO2001RODRIGUES, C. K. S.; MARKENZON, L. . O Problema do Caminho mais Rápido. C&T. REVISTA MILITAR DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA, Rio de Janeiro - RJ, v. 18(2), p. 53-67, 2001.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
DA SILVA RODRIGUES, CARLO KLEBER. Mecanismos de Compartihamento de Recursos - Aplicações de Mídia Contínua na Internet. 1. ed. Riga, Letônia: Novas Edições Acadêmicas, 2018. 181p .

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
RODRIGUES, C. K. S.. Ciclo de Vida de Software do Exército Brasileiro. Revista do Centro de Desenvolvimento de Sistemas, Brasília, DF, p. 17 - 19, 28 ago. 2012.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
MATA, R. Z. A. ; RODRIGUES, C. K. S. . Uma Análise Competitiva entre as Tecnologias Blockchain e Tangle para o Projeto de Aplicações IoT. In: CSBC 2018 / 17º WPerformance, 2018, Natal, RN. Anais do 17º Workshop em Desempenho de Sistemas Computacionais e de Comunicação (WPerformance), 2018. v. 17. p. 69-82.

2.
OYAMA, L. S. ; PERES, S. S. L. ; DA SILVA RODRIGUES, CARLO KLEBER ; GOLDIEZ, B. . Terrain Database Correlation Assessment Using an Open Source Tool. In: The Interservice/Industry Training, Simulation and Education Conference (I/ITSEC), 2017, Orlando, Florida, EUA. Proceedings of the I/ITSEC 2017. Orlando, Florida: I/ITSEC, 2017. p. 1-12.

3.
SILVA, G. A. B. ; DA SILVA RODRIGUES, CARLO KLEBER . Mineração individual de bitcoins e litecoins no mundo. In: SBSeg 2016 / WTICG 2016, 2016, Niterói. Anais do XVI Simpósio Brasileiro em Segurança da Informação e de Sistemas Computacionais (SBSeg 2016), 2016. p. 524-533.

4.
CHAVEZ, JUAN JOSE GARCIA ; KLEBER DA SILVA RODRIGUES, CARLO . Automatic hopping among pools and distributed applications in the Bitcoin network. In: 2016 XXI Symposium on Signal Processing, Images and Artificial Vision (STSIVA), 2016, Bucaramanga. 2016 XXI Symposium on Signal Processing, Images and Artificial Vision (STSIVA). p. 1.

5.
MONTEIRO, S. B. S. ; RODRIGUES, C. K. S. ; MORAES, R. A. ; ROCHA, J. G. ; BRANCO, I. G. C. . Análise de Riscos em Desenvolvimento de Software Ágil: Estudo de Caso na Administração Pública Federal. In: XXII SIMPÓSIO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO. Política Nacional de Inovação e Engenharia de Produção., 2015, Bauru. XXII SIMPÓSIO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO., 2015.

6.
HOFFMANN, L.J. ; RODRIGUES, C. K. S. ; LEAO, R. M. M. . BIVoD: Um novo protocolo P2P para acesso interativo em. In: SBCR 2010, 2010, Gramado, RS. Anais do XXVIII Simpósio Brasileiro de Redes de Computadores e Sistemas Distribuídos, 2010.

7.
HOFFMANN, L.J. ; RODRIGUES, C. K. S. ; LEAO, R. M. M. . Acesso Interativo para Aplicações P2P de Streaming de Vídeo. In: SBRC, 2009, Recife, PE. Anais do XXVII Simpósio Brasileiro de Redes de Computadores e Sistemas Distribuídos, 2009. v. 1. p. 599-612.

8.
RODRIGUES, C. K. S.; HOFFMANN, L.J. ; LEAO, R. M. M. . Buffering para Otimização de Sistemas Interativos de VoD. In: XXV Simpósio Brasileiro de Redes de Computadores e Sistemas Distribuídos (SBRC), 2007, Belém, PA. Anais do XXV Simpósio Brasileiro de Redes de Computadores e Sistemas Distribuídos (SBRC), 2007. v. 2. p. 941-954.

9.
RODRIGUES, C. K. S.; LEAO, R. M. M. . Técnicas para Sistemas de Vídeo sob Demanda Escaláveis. In: XXIV Simpósio Brasileiro de Redes de Computadores e Sistemas Distribuídos (SBRC), 2006, Curitiba - PR. Anais do XXIV Simpósio Brasileiro de Redes de Computadores e Sistemas Distribuídos, 2006. v. 1. p. 247-262.

10.
RODRIGUES, C. K. S.; LEAO, R. M. M. . Novas Técnicas de Compartilhamento de Banda para Servidores de Vídeo sob Demanda com Interatividade. In: XXIII Simpósio Brasileiro de Redes Computadores e Sistemas Distribuídos (SBRC) 2005., 2005, Fortaleza - CE. Anais do XXIII Simpósio Brasileiro de Computadores e Sistemas Distribuídos, 2005. v. 1. p. 451-464.

11.
RODRIGUES, C. K. S.; LEAO, R. M. M. . Cálculo da Distribuicão da Banda para Servidores de Vídeo. In: III Workshop de Desempenho em Sistemas Computacionais e de Comunicação (WPerformance)/XXIV Congresso da Sociedade Brasileira de Computação (SBC), 2004, Salvador - BA. Anais do XXIV Congresso da Sociedade Brasileira de Computação, 2004. p. 1362-1380.


Produção técnica
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
DA SILVA RODRIGUES, CARLO KLEBER; FONTES, G. S. . Entrevista sobre Criptomoedas para produção de livro: Os 100 maiores crimes na Internet. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
RODRIGUES, C. K. S.; OLIVEIRA, I. . Streaming conquista novos mercados e a disputa pela audiência fica ainda mais acirrada. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Redes sociais, websites e blogs
1.
DA SILVA RODRIGUES, CARLO KLEBER. A Escola do Futuro?. 2018; Tema: Ensino Superior no Brasil e no mundo. (Blog).

2.
RODRIGUES, C. K. S.. Como formar um bacharel em Ciência da Computação?. 2017; Tema: Ensino Superior no Brasil e no mundo. (Blog).

3.
RODRIGUES, C. K. S.. Quero ser Doutor. Tem certeza?. 2015; Tema: Ensino Superior no Brasil e no mundo. (Blog).

4.
RODRIGUES, C. K. S.. Nações diferentes com desafios semelhantes. 2013; Tema: Mudar para Evoluir - Ensino Superior no Brasil e no Mundo. (Blog).

5.
Rodrigues, Carlo Kleber da Silva. Professor ou pesquisador no Ensino Superior?. 2013; Tema: Mudar para Evoluir - Ensino Superior no Brasil e no Mundo. (Blog).

6.
Rodrigues, Carlo Kleber da Silva. Ensino Superior: Industrial ou Humano?. 2013; Tema: Mudar para Evoluir - Ensino Superior no Brasil e no Mundo. (Blog).

7.
Rodrigues, Carlo Kleber da Silva. Trabalho final de conclusão de curso?. 2013; Tema: Mudar para Evoluir - Ensino Superior no Brasil e no Mundo. (Blog).

8.
RODRIGUES, C. K. S.. Ciência, Tecnologia e...Diploma?. 2013; Tema: Mudar para Evoluir - Ensino Superior no Brasil e no Mundo. (Blog).

9.
RODRIGUES, C. K. S.. Geração Y no Ensino Superior. 2012; Tema: Mudar para Evoluir - Ensino Superior no Brasil e no Mundo. (Blog).

10.
RODRIGUES, C. K. S.. Cresce a Evasão no Ensino Superior - O que fazer?. 2012; Tema: Mudar para Evoluir - Ensino Superior no Brasil e no Mundo. (Blog).

11.
RODRIGUES, C. K. S.. Modelo de Educação Chinês no Brasil?. 2012; Tema: Mudar para Evoluir - Ensino Superior no Brasil e no Mundo. (Blog).

12.
RODRIGUES, C. K. S.. Profundidade de Conhecimento. 2012; Tema: Mudar para Evoluir - Ensino Superior no Brasil e no Mundo. (Blog).

13.
RODRIGUES, C. K. S.. O Ensino Superior e as três Pirâmides. 2012; Tema: Mudar para Evoluir - Ensino Superior no Brasil e no mundo. (Blog).

14.
RODRIGUES, C. K. S.. Um retrato da Educação Superior no Brasil. 2012; Tema: Mudar para Evoluir - Ensino Superior no Brasil e no Mundo. (Blog).

15.
RODRIGUES, C. K. S.. Ultrapassando as fronteiras. 2012; Tema: Mudar para Evoluir - Ensino Superior noo Brasil e no mundo. (Blog).

16.
RODRIGUES, C. K. S.. Paradigma de Educação Superior. 2011; Tema: Mudar para Evoluir - Ensino Superior no Brasil e no Mundo. (Blog).

17.
RODRIGUES, C. K. S.. Como melhor avaliar no Ensino Superior?. 2011; Tema: Mudar para Evoluir - Ensino Superior no Brasil e no Mundo. (Blog).

18.
RODRIGUES, C. K. S.. Critérios para a avaliação no Ensino Superior. 2011; Tema: Mudar para Evoluir - Ensino Superior no Brasil e no Mundo. (Blog).

19.
RODRIGUES, C. K. S.. Profissões de Ensino Superior. 2011; Tema: Mudar para Evoluir - Ensino Superior no Brasil e no Mundo. (Blog).

20.
RODRIGUES, C. K. S.. Perfis de aluno do Ensino Superior. 2011; Tema: Mudar para Evoluir - Ensino Superior no Brasil e no Mundo. (Blog).


Demais tipos de produção técnica


Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
MELLO, C. A. B.; RODRIGUES, C. K. S.; QUEIROZ, R. J. G. B.. Participação em banca de Severino Mizael da Silva. Uso de robôs em bolsas de Bitcoin. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciência da Computação) - Centro de Informática da UFPE.

2.
ALCHIERI, E. A. P.; DRUMMOND, A. C.; RODRIGUES, C. K. S.. Participação em banca de Democlydes Divino Pereira de Carvalho. Implantação e Análise do Protocolo IPv6 com foco na Mobilidade. 2015. Dissertação (Mestrado em Computação Aplicada) - Universidade de Brasília.

3.
DRUMMOND, A. C.; ARAUJO, A. P. F.; RODRIGUES, C. K. S.. Participação em banca de Nathaniel Simch de Morais. Proposta de modelo de migração de sistemas de ambiente tradicional para nuvem privada para o Polo de Tecnologia da Informação do Exército Brasileiro. 2015. Dissertação (Mestrado em Computação Aplicada) - Universidade de Brasília.

4.
MONTEIRO, S. B. S.; ALMEIDA, R. B.; Rodrigues, Carlo Kleber da Silva. Participação em banca de Ricardo Alves Moraes. Proposta de Melhoria para o Processo de Desenvolvimento de Software do Exercito Brasileiro com base no Modelo de Gestao de Risco e na Metodologia Ágil. 2015. Dissertação (Mestrado em Computação Aplicada) - Universidade de Brasília.

Qualificações de Mestrado
1.
Denise Hideko Goya; João Henrique Kleinschmidt; RODRIGUES, C. K. S.. Participação em banca de Rodrigo Pennella Cardoso. Um Framework para Interoperabilidade de Instituições Heterogêneas de Ensino utilizando Blockchain. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência da Computação) - Universidade Federal do ABC.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
Rodrigues, Carlo Kleber da Silva. Participação em banca de Marco Antonio Caixeta Altoé.Sistema Automatizado de Irrigação para Culturas Específicas. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Computação) - Centro Universitário de Brasília.

2.
Rodrigues, Carlo Kleber da Silva. Participação em banca de Fernando Ulhôa Pimentel.Acionamento de Interrupção em Semáforo para Pedestres por Botão no Solo. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Computação) - Centro Universitário de Brasília.

3.
Rodrigues, Carlo Kleber da Silva. Participação em banca de Thiago Silvino Rocha Oliveira.Sistema de Monitoramento e Controle de Acionamento de Dispositivo Umidificador. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Computação) - Centro Universitário de Brasília.

4.
Rodrigues, Carlo Kleber da Silva. Participação em banca de André Luiz Lopes de Almeida.Sistema de Controle Automatizado de Antena de TV. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Computação) - Centro Universitário de Brasília.

5.
Rodrigues, Carlo Kleber da Silva. Participação em banca de Victor de Sá Mendes Júnior.Automação Residencial Utilizando Aparelho Móvel com Tecnologia Bluetooth. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia da Computação) - Centro Universitário de Brasília.

6.
Rodrigues, Carlo Kleber da Silva. Participação em banca de Rafael de Carvalho Paniago.Goniômetro Eletrônico. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia da Computação) - Centro Universitário de Brasília.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
13ª Semana de Tecnologia da Fatec de São Bernardo do Campo.Eficiência e Segurança das Criptomoedas Bitcoin e IOTA para IoT. 2018. (Outra).

2.
IV Semana do CMCC. 2018. (Seminário).

3.
IV Semana do CMCC.Aplicações e Inovações em Redes e Sistemas Distribuídos. 2018. (Seminário).

4.
XXXVIII CSBC - 17º WPerformance. Uma Análise Competitiva entre as Tecnologias Blockchain e Tangle para o Projeto de Aplicações IoT. 2018. (Congresso).

5.
Sessão Comemorativa de 20 anos de Engenharia de Redes na UnB.Importância do Curso de Engenharia de Redes de Comunicação no cenário de desenvolvimento das redes no Brasil. 2017. (Outra).

6.
UniCEUB: I Semana Pedagógica de 2017.A ética nos trabalhos científicos e o plágio acadêmico. 2017. (Outra).

7.
XV Congresso de Ensino, Pesquisa e Extensão e XV Encontro de Iniciação Científica do UniCEUB. Análise de Correlação de Bases de Dados de Terreno Utilizando uma Ferramenta de Código Aberto. 2017. (Congresso).

8.
IX Conferência Bilateral de Estado-Maior Brasil-Paraguai.Acordos Bilaterais entre os Exércitos do Brasil e do Paraguai. 2016. (Outra).

9.
Reunião preparatória para Conferência Bilateral de Estado-Maior Brasil-Colômbia.Acordos Bilaterais entre o Exército do Brasil e o Exército da Colômbia. 2016. (Outra).

10.
Conferência Bilateral entre o Ministério da Defesa do Brasil eo Exército dos Estados Unidos.Acordos Bilaterais entre o Exército do Brasil e o Exército dos Estados Unidos. 2015. (Outra).

11.
Conferência de Ciência e Tecnologia dos Comandantes dos Exércitos Americanos - Ciclo XXIX.Sistema de Comunicações da CEA. 2011. (Simpósio).

12.
Conferencia de Ejércitos Americanos - Reunión Preparatoria - Ciclo XXIX.Sistema de Comunicações da CEA. 2011. (Simpósio).

13.
Peacekeeping Operations (PKO) Science and Technology Ad Hoc Meeting of the XXIX Conference of the American Armies.Sistema de Comunicações da CEA. 2011. (Simpósio).

14.
Semana das Engenharias do UniCEUB.Janelas para Seleção de Blocos visando à Otimização do Protocolo BitTorrent para Vídeo Sob Demanda. 2011. (Encontro).

15.
Peacekeeping Operations (PKO) Science and Technology Conference.Sistema de Comunicações da CEA. 2010. (Simpósio).

16.
Seminário Internacional de Nanotecnologia e Defesa - Atualiadades e Perspectivas. 2009. (Seminário).

17.
VII Congresso de ensino, pesquisa e extensão & VII Encontro de iniciação científica do UniCEUB. Arquiteturas P2P para Transmissão de Mídia Contínua com Interatividade. 2009. (Congresso).

18.
VII Congresso de ensino, pesquisa e extensão & VII Encontro de Iniciação Científica do UniCEUB. Modelagem Conceitual visando ao Projeto de Bancos de Dados. 2009. (Congresso).

19.
I Seminário de Segurança da Informação e Comunicações. 2008. (Seminário).

20.
VI Congresso de Ensino, Pesquisa e Extensão e VI Encontro de Iniciação Científica do UniCEUB. Buffering para Otimização de Sistemas Multimídia com Interatividade. 2008. (Congresso).

21.
Mostra de Soluções em Tecnologia da Informação e Comunicações aplicadas ao Setor Público. 2007. (Seminário).

22.
V Congresso de Ensino, Pesquisa e Extensão e V Encontro de Iniciação Científica do UniCEUB. Buffering para Otimização de Sistemas Multimídia com Interatividade. 2007. (Congresso).

23.
XXIV Simpósio Brasileiro de Redes de Computadores (SBRC).TÉCNICAS PARA SISTEMAS DE VÍDEO SOB DEMANDA ESCALÁVEIS. 2006. (Simpósio).

24.
II Semana da Engenharia e Computação do Centro Universitário de Brasília - UniCEUB.TÉCNICAS DE COMPARTILHAMENTO DE BANDA PARA SERVIDORES DE VÍDEO SOB DEMANDA COM INTERATIVIDADE. 2005. (Seminário).

25.
XXIII Simpósio Brasileiro de Redes Computadores (SBRC) 2005..NOVAS TÉCNICAS DE COMPARTILHAMENTO DE BANDA PARA SERVIDORES DE VÍDEO SOB DEMANDA COM INTERATIVIDADE. 2005. (Simpósio).

26.
III Workshop de Desempenho em Sistemas Computacionais e de Comunicação (WPerformance)/XXIV Congresso da Sociedade Brasileira de Computação (SBC). CÁLCULO DA DISTRIBUIÇÃO DA BANDA PARA SERVIDORES DE VÍDEO. 2004. (Congresso).

27.
VI Congresso da Sociedade Brasileira de Microeletrônica. 1991. (Congresso).

28.
SBT/IEEE International Telecommunications Sysposium. 1990. (Simpósio).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Iniciação científica
1.
Guilherme Gouveia Martinez. Análise das Tecnologias Blockchain e Tangle aplicadas à IoT. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Ciência da Computação) - Universidade Federal do ABC. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Ananda Gork Streit. Adaptação do protocolo BitTorrent para aplicações de Vídeo Sob Demanda (VoD). 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciência da Computação) - Centro Universitário de Brasília. Orientador: Carlo Kleber da Silva Rodrigues.

2.
A. L. F. DOS SANTOS, D. F. DA SILVA, F. M. M. VALE. TECNOLOGIAS DE REDES: PPP, FRAME RELAY, VPN/IP E MPLS. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Tecnologia em Gerência de Redes) - Instituto Euro-Americano de Educação, Ciência e Tecnologia. Orientador: Carlo Kleber da Silva Rodrigues.

3.
P. L. DE ARAÚJO, R. C. A. DE SOUZA, S. P. N. CAMPOS. PROPOSIÇÃO DE PARÂMETROS DE SEGURANÇA EM AMBIENTES CORPORATIVOS. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Tecnologia em Gerência de Redes) - Instituto Euro-Americano de Educação, Ciência e Tecnologia. Orientador: Carlo Kleber da Silva Rodrigues.

Iniciação científica
1.
Rafael Zerbini Alves da Mata. Tecnologias Blockchain e Tangle. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia de Redes de Comunicações) - Universidade de Brasília. Orientador: Carlo Kleber da Silva Rodrigues.

2.
Guilherme Albuquerque Barbosa Silva. Criptomoedas: a rentabilidade da mineração e um novo conceito de criptomoeda. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Ciência da Computação) - Centro Universitário de Brasília. Orientador: Carlo Kleber da Silva Rodrigues.

3.
João Marcos Bizarro Lopes. Estudo e análise da segurança de criptomoedas na nova era digital. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Ciência da Computação) - Centro Universitário de Brasília. Orientador: Carlo Kleber da Silva Rodrigues.

4.
Juan José García Chávez. Salto Automático entre Pools de Minería en Red Bitcoin. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Elétrica e Eletrônica) - Universidad de las Fuerzas Armadas ESPE. Orientador: Carlo Kleber da Silva Rodrigues.

5.
Juan Eduardo Pazmiño Chicaiza. División de nodo de la red Bitcoin. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Elétrica e Eletrônica) - Universidad de las Fuerzas Armadas ESPE. Orientador: Carlo Kleber da Silva Rodrigues.

6.
Dueñas Flores Alexander Santiago. Mecanismos para la distribución de contenidos multimedia en redes de computadoras. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Ingeniería Eléctrica y Electrónica) - Universidad de las Fuerzas Armadas ESPE. Orientador: Carlo Kleber da Silva Rodrigues.

7.
Ronie Stalin Martínez Gordon. Mecanismos para la distribución de contenidos multimedia por redes de computadoras.. 2013. Iniciação Científica - Escuela Politécnica del Ejercito. Orientador: Carlo Kleber da Silva Rodrigues.

8.
Dennys Segundo Aucancela Arévalo. Mecanismos para la distribución de contenidos multimedia por redes de computadoras. 2013. Iniciação Científica - Escuela Politécnica del Ejercito. Orientador: Carlo Kleber da Silva Rodrigues.

9.
Marcos Natan Brito da Silva Pacheco. Mobilidade de Código. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Ciência da Computação) - Centro Universitário de Brasília. Orientador: Carlo Kleber da Silva Rodrigues.

10.
Sérgio Oliveira Bergmann. Análise de protocolos para transmissão de dados em redes PLC. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia de Computação) - Centro Universitário de Brasília. Orientador: Carlo Kleber da Silva Rodrigues.

11.
Ananda Gorck Streit. Janelas para Seleção de Blocos visando à Otimização do Protocolo BitTorrent para Vídeo Sob Demanda. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Ciência da Computação) - Centro Universitário de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Carlo Kleber da Silva Rodrigues.

12.
Daniel Senna Panizzo. Análise de Protocolos baseados no paradigma BitTorrent para Transmissão de Mídia Contínua na Internet. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Ciência da Computação) - Centro Universitário de Brasília, Centro Universitário de Brasília. Orientador: Carlo Kleber da Silva Rodrigues.

13.
Michelle Gomes da Silveira. Redes P2P para Implementação de Sistemas Interativos de VoD. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Ciência da Computação) - Centro Universitário de Brasília, Centro Universitário de Brasília. Orientador: Carlo Kleber da Silva Rodrigues.

14.
Willian Douglas de Oliveira Santos. Arquiteturas P2P para Transmissão de Mídia Contínua com Interatividade. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Ciência da Computação) - Centro Universitário de Brasília, Centro Universitário de Brasília. Orientador: Carlo Kleber da Silva Rodrigues.

15.
Sérgio Fernando Lopes da Silva Muniz. Modelagem Conceitual visando ao Projeto de Bancos de Dados. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Ciência da Computação) - Centro Universitário de Brasília. Orientador: Carlo Kleber da Silva Rodrigues.

16.
Andreas Cauê Cabral Magalhães. Buffering para Otimização de Sistemas Multimídia com Interatividade. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Ciência da Computação) - Centro Universitário de Brasília, Centro Universitário de Brasília. Orientador: Carlo Kleber da Silva Rodrigues.

Orientações de outra natureza
1.
Évilin Vieira Dantas. Blockchain - Análise de Segurança e Aplicações (Projeto Final de Graduação I). 2017. Orientação de outra natureza. (Engenharia de Redes de Comunicação) - Universidade de Brasília. Orientador: Carlo Kleber da Silva Rodrigues.

2.
Diego Lima Siqueira, Rodrigo Alberto Queiroz Costa, Rodrigo. SISTEMAS DE VÍDEO SOB DEMANDA EM ENSINO A DISTÂNCIA (Projeto de Graduação I). 2006. Orientação de outra natureza. (Sistemas de Informacão) - Instituto Euro-Americano de Educação, Ciência e Tecnologia. Orientador: Carlo Kleber da Silva Rodrigues.



Inovação



Projetos de pesquisa


Educação e Popularização de C & T



Textos em jornais de notícias/revistas
1.
RODRIGUES, C. K. S.. Ciclo de Vida de Software do Exército Brasileiro. Revista do Centro de Desenvolvimento de Sistemas, Brasília, DF, p. 17 - 19, 28 ago. 2012.


Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
DA SILVA RODRIGUES, CARLO KLEBER; FONTES, G. S. . Entrevista sobre Criptomoedas para produção de livro: Os 100 maiores crimes na Internet. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
RODRIGUES, C. K. S.; OLIVEIRA, I. . Streaming conquista novos mercados e a disputa pela audiência fica ainda mais acirrada. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Redes sociais, websites e blogs
1.
RODRIGUES, C. K. S.. Como formar um bacharel em Ciência da Computação?. 2017; Tema: Ensino Superior no Brasil e no mundo. (Blog).

2.
RODRIGUES, C. K. S.. Paradigma de Educação Superior. 2011; Tema: Mudar para Evoluir - Ensino Superior no Brasil e no Mundo. (Blog).

3.
RODRIGUES, C. K. S.. Como melhor avaliar no Ensino Superior?. 2011; Tema: Mudar para Evoluir - Ensino Superior no Brasil e no Mundo. (Blog).

4.
RODRIGUES, C. K. S.. Critérios para a avaliação no Ensino Superior. 2011; Tema: Mudar para Evoluir - Ensino Superior no Brasil e no Mundo. (Blog).

5.
RODRIGUES, C. K. S.. Profissões de Ensino Superior. 2011; Tema: Mudar para Evoluir - Ensino Superior no Brasil e no Mundo. (Blog).

6.
RODRIGUES, C. K. S.. Geração Y no Ensino Superior. 2012; Tema: Mudar para Evoluir - Ensino Superior no Brasil e no Mundo. (Blog).

7.
RODRIGUES, C. K. S.. Cresce a Evasão no Ensino Superior - O que fazer?. 2012; Tema: Mudar para Evoluir - Ensino Superior no Brasil e no Mundo. (Blog).

8.
RODRIGUES, C. K. S.. Modelo de Educação Chinês no Brasil?. 2012; Tema: Mudar para Evoluir - Ensino Superior no Brasil e no Mundo. (Blog).

9.
RODRIGUES, C. K. S.. Profundidade de Conhecimento. 2012; Tema: Mudar para Evoluir - Ensino Superior no Brasil e no Mundo. (Blog).

10.
RODRIGUES, C. K. S.. O Ensino Superior e as três Pirâmides. 2012; Tema: Mudar para Evoluir - Ensino Superior no Brasil e no mundo. (Blog).

11.
RODRIGUES, C. K. S.. Um retrato da Educação Superior no Brasil. 2012; Tema: Mudar para Evoluir - Ensino Superior no Brasil e no Mundo. (Blog).

12.
RODRIGUES, C. K. S.. Ultrapassando as fronteiras. 2012; Tema: Mudar para Evoluir - Ensino Superior noo Brasil e no mundo. (Blog).

13.
RODRIGUES, C. K. S.. Nações diferentes com desafios semelhantes. 2013; Tema: Mudar para Evoluir - Ensino Superior no Brasil e no Mundo. (Blog).

14.
Rodrigues, Carlo Kleber da Silva. Professor ou pesquisador no Ensino Superior?. 2013; Tema: Mudar para Evoluir - Ensino Superior no Brasil e no Mundo. (Blog).

15.
Rodrigues, Carlo Kleber da Silva. Ensino Superior: Industrial ou Humano?. 2013; Tema: Mudar para Evoluir - Ensino Superior no Brasil e no Mundo. (Blog).

16.
Rodrigues, Carlo Kleber da Silva. Trabalho final de conclusão de curso?. 2013; Tema: Mudar para Evoluir - Ensino Superior no Brasil e no Mundo. (Blog).

17.
RODRIGUES, C. K. S.. Ciência, Tecnologia e...Diploma?. 2013; Tema: Mudar para Evoluir - Ensino Superior no Brasil e no Mundo. (Blog).

18.
RODRIGUES, C. K. S.. Quero ser Doutor. Tem certeza?. 2015; Tema: Ensino Superior no Brasil e no mundo. (Blog).

19.
RODRIGUES, C. K. S.. Perfis de aluno do Ensino Superior. 2011; Tema: Mudar para Evoluir - Ensino Superior no Brasil e no Mundo. (Blog).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/10/2018 às 15:04:14