William Magalhães Barcellos

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3063061710566545
  • Última atualização do currículo em 10/08/2018


FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação em Engenharia Mecânica pela Universidade Gama Filho (RJ/1979); Mestrado em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro - COPPE (RJ/1993); Doutorado em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro - COPPE (RJ/2001); Pós-Doutorado em Combustão pela University of Illinois at Chicago - UIC (USA/2004). ----- ATIVIDADE ATUAL: Professor Associado do Departamento de Engenharia Mecânica do Centro de Tecnologia da Universidade Federal do Ceará (DEMP/CT/UFC); Professor do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica (PPGEM/UFC); Coordenador do Laboratório de Combustão e Energias Renováveis (LACER/PPGEM/UFC) e Coordenador do Curso de Engenharia de Energias Renováveis. ----- ÁREAS DE INTERESSE: i) "Combustão de Filtração" (Caldeiras e Aquecedores de Baixa-Emissão e Alta-Eficiência, e Síntese de Hidrogênio por Reforma Autotérmica Superadiabática); ii) "Energia de Fontes Renováveis de Biomassa" (Pirólise, Gaseificação, Purificação e Combustão de Biogás); iii) "Geração e Co-geração de Energia" (Motores de Combustão Interna e Externa, e Ciclo Termodinâmico Combinado, Células de Combustível), iv) "Desenvolvimento de Máquinas Térmicas Não-Convencionais" (Máquina a Vapor Rotativa de Paletas, Turbina Tesla, Motor de Pistão Líquido, etc.) (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
William Magalhães Barcellos
Nome em citações bibliográficas
BARCELLOS, W. M.;BARCELLOS, WILLIAM M.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Ceará, Centro de Tecnologia.
Av. Humberto Monte s/No, Pici - UFC - Campus do Pici - Bloco 715 - 2o Andar (Laboratório de Combustão e Energias Renováveis)
Pici
60455760 - Fortaleza, CE - Brasil
Telefone: (85) 33669641
Fax: (85) 33669640
URL da Homepage: http://http://www.ufc.br/


Formação acadêmica/titulação


1994 - 2000
Doutorado em Engenharia Mecânica.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: Desenvolvimento de um Novo Modelo de Máquina Rotativa a Vapor de Palhetas Deslizantes, Ano de obtenção: 2001.
Orientador: Antonio MacDowell de Figueiredo.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Maquinas a Vapor Rotativas; Palhetas Deslizantes; Combustíveis de Baixo Poder Calorífico.
Grande área: Engenharias
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Engenharia Térmica / Especialidade: Aproveitamento da Energia.
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Engenharia Térmica / Especialidade: Termodinâmica.
Setores de atividade: Energia; Desenvolvimento Rural; Produtos e Serviços Voltados Para A Defesa e Proteção do Meio Ambiente, Incluindo O Desenvolvimento Sustentado.
1990 - 1993
Mestrado em Engenharia Mecânica.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, COPPE/UFRJ, Brasil.
Título: Desenvolvimento de Motor de Combustão Interna a 2 tempos de Pistão Líquido Operando com GLP,Ano de Obtenção: 1994.
Orientador: Luiz Cláudio Vieira Fernandes.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico, CNPQ, Brasil.
Palavras-chave: Motor de Pistao Liquido; Gás Natural; GLP.
Grande área: Engenharias
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Projetos de Máquinas.
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Engenharia Térmica.
Setores de atividade: Produtos e Serviços Voltados Para A Defesa e Proteção do Meio Ambiente, Incluindo O Desenvolvimento Sustentado; Desenvolvimento Rural; Energia.
1975 - 1979
Graduação em Engenharia Mecânica.
Universidade Gama Filho, UGF, Brasil.
Título: Desenvolvimento de Sistemas de Condicionamento de Água Gelada, Ventilação e Exaustão Aplicado a Edificio Comercial de 16 andares.
Orientador: Thompson Leite.


Pós-doutorado


2002 - 2004
Pós-Doutorado.
University of Illinois at Chicago, UIC, Estados Unidos.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Grande área: Engenharias
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Engenharia Térmica / Especialidade: Termodinâmica.
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Engenharia Térmica / Especialidade: Aproveitamento da Energia.


Atuação Profissional



Universidade Federal do Ceará, UFC, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Professor Adjunto, lotado no Departamento de Engenharia Mecânica e de Produção no Programa de Engenharia de Energias Renováveis. Desde de 2007, tem sido Coordenador do Laboratório de Combustão e Energias Renováveis e Professor do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica da Universidade Federal do Ceará. Atualmente, é Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica

Vínculo institucional

2007 - 2008
Vínculo: Professor vistante, Enquadramento Funcional: Professor Visitante, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
ATUAÇÃO: - Professor do Programa de Graduação em Engenharia Mecânica, lecionando Disciplinas de Termodinâmica, Motores Térmicos e Transmissão de Calor; - Professor Permante do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica da Universidade Federal do Ceará, lecionando Disciplinas de Mestrado: Termodinâmica Aplicada e Fundamentos da Combutão.

Vínculo institucional

2004 - 2007
Vínculo: Bolsista - DCR, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Trabalhou na implantação de um projeto de pesquisa na área de combustão de meios porosos, com aplicação prática no desenvolvimento de um sistema de geração de energia elétrica a partir da queima do biogás produzido no tratamento anaeróbio da casca do coco verde, participando do convênio institucional EMBRAPA Agroindústria Tropical - CE e o Departamento de Engenharia Ambiental da Universidade Federal do Ceará para realização desse projeto.

Atividades

12/2005 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Tecnologia, .

08/2007 - 12/2007
Ensino, Engenharia Mecânica, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Combustão
3/2007 - 7/2007
Ensino, Engenharia Mecânica, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Termodinâmica Avançada
03/2007 - 07/2007
Ensino, Termodinamica Aplicada, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Termodinâmica Aplicada

University of Illinois at Chicago, UIC, Estados Unidos.
Vínculo institucional

2002 - 2004
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Supervisor de Laboratorio, Carga horária: 20
Outras informações
Trabalhando no pós-doutoramento em projetos de pesquisa com "Combustão em Meios Porosos" para desenvolver novos modelos de sistemas térmicos: caldeira a vapor superadiabática e reformador autotérmico para sintese de hidrogênio, pude também paralelamente realizar supervisão de projetos de pesquisa de alunos de graduação e de mestrado em pesquisas correlatas.

Atividades

02/2002 - 10/2004
Pesquisa e desenvolvimento , Energy Systems Laboratory - Department of Mechanical Engineering, .
02/2002 - 10/2004
Pesquisa e desenvolvimento , Energy Systems Laboratory - Department of Mechanical Engineering, .

Linhas de pesquisa
Combustão em Meios Porosos

Coordenação de Programas de Pós Graduação Em Engenharia, COPPE/UFRJ, Brasil.
Vínculo institucional

1991 - 2001
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Supervisor de Laboratorio, Carga horária: 20
Outras informações
Atuava como Assistente do Coordenador do Laboratorio de Máquinas Térmicas do Departamento de Engenharia Mecânica - UFRJ na gestão de Projetos de Pesquisa e de Engenharia para Empresas e Instuições Governamentais e Não-Governamentais

Atividades

06/1990 - 01/2002
Pesquisa e desenvolvimento , Laboratorio de Maquinas Termicas, .


Mac Laren Aco-Fibra S.A., MAC LAREN, Brasil.
Vínculo institucional

1987 - 1990
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Gerente da Qualidade, Carga horária: 44, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Atuou como Gerente da Garantia da Qualidade e do Controle da Qualidade, coordenando os contratos das baleeiras a prova de fogo em fibra de vidro para as plataformas e navios da PETROBRÁS. Desenvolveu novos prototipos de embarcações a prova de fogo e coordenou os contratos de desenvolvimentos de novos produtos e embarcações.

Atividades

01/1987 - 05/1990
Serviços técnicos especializados .

Serviço realizado
Gerente do Departmento de Garantia e Controle da Qualidade.

Mac Laren - Estaleiros e Servicos Maritimos S.A., MAC LAREN, Brasil.
Vínculo institucional

1981 - 1986
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Supervisor de Produçao/Planejamento/Qualidade, Carga horária: 48, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Atou com Engenheiro de Produção na Construção de Supply Boats e de Rebocadores de Medio Porte. Trabalhou na coordenação do reparo do navio de perfuração e sondagem de poços PETROBRAS II. Participou do desenvolvimento de tecnologias na empresa, com a implantação de um sistema de alinhamento de determinação de cargas em mancais, com apoio de software especifico da Classificadora DNV. Trabalhou por um longo periodo com inspetor de qualidade em fabricantes, nas áreas de motores, turbinas, caldeiras, bombas, compressores, vasos de pressão, dentre outros.

Atividades

03/1981 - 12/1986
Serviços técnicos especializados .

Serviço realizado
Chefe dos Setores de Planejamento, Producao e Controle de Qualidade.

Cronus Industria e Comercio S.A., CRONUS, Brasil.
Vínculo institucional

1980 - 1981
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Gerente de Manutenção, Carga horária: 44, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Gestão dos serviços de manutenção de equipamentos de construção civil, que incluem: sistemas e máquinas de içamento (guindastes, gruas, pontes rolantes, guinchos, etc.), centrais de compressão de ar, equipamentos de carga/transporte, etc.

Atividades

03/1980 - 03/1981
Serviços técnicos especializados .

Serviço realizado
Chefe do Setor de Manutencao de Equipamentos.

Centro de Pesquisa e Desenvolvimento do Estado da Bahia, CEPED, Brasil.
Vínculo institucional

1979 - 1980
Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Assistente de Engenharia, Carga horária: 20
Outras informações
Atuação na Gerência Off-Site para Projeto de Sistemas de Utilidades e Infra-Estrutura do Complexo Industrial da Caraíba Metais S/A., provendo facilidades operacionais, tais como: redes de suprimentos (ar comprimido, eletricidade, vapor, gases, etc.), instalações industriais, oficinas, etc.

Atividades

01/1979 - 01/1980
Serviços técnicos especializados .

Serviço realizado
Assistente da Gerencia de Engenharia do Projeto de Cobre para Caraiba Metais.

Empresa Brasileira de Reparos Navais S.A., RENAVE, Brasil.
Vínculo institucional

1977 - 1978
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Técnico de Produção, Carga horária: 48, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Atuou no Setor de Obras e Expansão para Reestruturação do Pátio Industrial da Empresa, envolvendo a engenharias civil, mecânica e eletrica, e utilidades em geral. Destacando como obra de vulto, a instalação do Dique Flutuante Almirante Alexandrino e toda infra-estrutura de apoio, como construção de pier, sistemas de alimentação de energia e demais recursos operacionais.

Atividades

05/1977 - 10/1978
Serviços técnicos especializados .

Serviço realizado
Assistente de Engenharia no Setor de Producao e Manutencao.


Linhas de pesquisa


1.
Pesquisas em Máquinas Térmicas e Motores de Combustão Interna

Objetivo: Desenvolmento de Estudos Teóricos-Experimentais na Área de Máquinas Térmicas (caldeiras e máquinas a vapor) e Motores de Combustão Interna, inclusive com desenvolvimento de protótipos, utilizando diferentes combustiveis.
Grande área: Engenharias
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Fenômenos de Transporte / Especialidade: Transferência de Calor.
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Termodinâmica.
Setores de atividade: Energia; Produtos e Serviços Voltados Para A Defesa e Proteção do Meio Ambiente, Incluindo O Desenvolvimento Sustentado.
Palavras-chave: Motores de Ciclo Diesel Queimando Oleos Vegetais; Gas Natural em Motores Ciclo Otto; Motor de Pistao Liquido; Maquinas a Vapor Rotativas.
2.
Combustão em Meios Porosos

Objetivo: Desenvolver sistemas térmicos de elevada eficiência e baixas emissões de CO e NOx..
Grande área: Engenharias
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia de Energia / Subárea: Termodinâmica.
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia de Energia / Subárea: Engenharia de Energia.
Setores de atividade: Energia.
Palavras-chave: caldeiras de baixa emissao; Combustão de Filtração; Reatores Porosos.
3.
Geração de Energia com Máquinas Térmicas Não-Convencionais

Objetivo: - Desenvolvimento de máquinas térmicas não-convencionais, tais como: turbina a vapor do tipo Tesla, motores de ciclo Otto a biogás, máquinas rotativas a vapor, motores de pistão líquido; para aplicação em sistemas de geração de energia e co-geração de energia,.
Grande área: Engenharias
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Projetos de Máquinas / Especialidade: Aproveitamento de Energia.
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Engenharia Térmica / Especialidade: Combustão.
Setores de atividade: Produtos e Serviços Voltados Para A Defesa e Proteção do Meio Ambiente, Incluindo O Desenvolvimento Sustentado; Energia; Desenvolvimento Rural.
Palavras-chave: Turbina de Discos do Tipo Tesla; Motor de Pistao Liquido; Maquinas a Vapor Rotativas.
4.
Sistema de Energia a partir da Biomassa

Objetivo: - Desenvolvimento de novos sistema de energia a partir de biomassa proveniente de resíduos sólidos e líquidos, urbanos e agroindustriais. - Desenvolvimento de tecnologias de combustão para aplicar na queima de biogás; - Desenvolvimento de sistemas de purificação de biogás de baixo custo e alta eficiência;.
Grande área: Engenharias
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Engenharia Térmica / Especialidade: Combustão.
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Engenharia Térmica / Especialidade: Controle Ambiental.
Setores de atividade: Produtos e Serviços Voltados Para A Defesa e Proteção do Meio Ambiente, Incluindo O Desenvolvimento Sustentado; Energia; Desenvolvimento Rural.
Palavras-chave: Biogás; Gaseificação de glicerol; Geração em aterros sanitários; Remoção de CO2 e H2S.
5.
Combustão em Meios Porosos

Objetivo: - Desenvolver fornos, caldeiras e aquecedores de água e de processo de alta eficiência e baixíssima emissão; - Desenvolver Sistemas Ultra-compactos de Síntese de Hidrogênio pelo médodo da Oxidação Parcial do Gás Natural ou Biogás; - Desenvolver Sistemas Ultra-compactos de Síntese de Hidrogênio pelo médodo da Reforma Auto-Térmica do Gás Natural ou Biogás;.
Grande área: Engenharias
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Engenharia Térmica / Especialidade: Termodinâmica.
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Engenharia Térmica.
Setores de atividade: Produtos e Serviços Voltados Para A Defesa e Proteção do Meio Ambiente, Incluindo O Desenvolvimento Sustentado; Energia; Produção e Distribuição de Eletricidade e Gás.
Palavras-chave: Combustão em Meios Porosos; Síntese de Hidrogênio por Combustão; Extracao de Energia de Combustao de Filtracao; caldeiras de baixa emissao.


Projetos de pesquisa


2013 - Atual
Desenvolvimento de Sistema de Purificação de Biogás e de Gases de Combustão Utilizando Reatores de Absorção Conjugados para Sequestro de CO2 e H2S
Descrição: Este projeto propõe o desenvolvimento de um sistema de purificação de biogás proveniente de aterros sanitários ou de reatores biológicos anaeróbios de digestão de biomassa, bem como de gases de combustão. A produção de biogás em aterros ou reatores biológicos naturalmente vem acompanhada de impurezas nocivas ao seu aproveitamento para fins práticos em instalações industriais e para geração de energia, em especial o sulfeto de hidrogênio (H2S), na forma de traço, e o dióxido de carbono (CO2), em elevadas concentrações. Propõe-se, então, o desenvolvimento de uma Micro-Unidade de Purificação, robusta e de baixo custo, composta de reatores em série, sendo: i) um para seqüestro de CO2 por processo de absorção a base de água pressurizada, para fazer a captura de carbono através da absorção por arraste (conhecida por CCS %u2013 %u201CCarbon Capture Scrubbing%u201D); e ii) um segundo para realizar a remoção de H2S pelo processo de adsorção em meio poroso constituído de um composto especial a base óxido de ferro. A pesquisa foi iniciada há mais de um ano no Laboratório de Combustão em Energias Renováveis (LACER) do DEMP/CT/UFC, em que protótipos preliminares foram construídos para serem estudados e otimizados seus projetos conceitual e construtivo. Alguns experimentos preliminares realizados têm assegurado a viabilidade em se continuar o desenvolvimento do projeto, pelos valores obtidos em comparação com outros métodos de purificação normalmente empregados nesse tipo de aplicação. Prioritariamente, busca-se consolidar os experimentos realizados, impondo condições de laboratório severas, simulando a operação real de %u201Ccampo%u201D. A Bolsa de Iniciação Científica a ser conseguida com a submissão do projeto ao Comitê de Avaliação tem o objetivo de fortalecer o grupo de pesquisa do LACER, formado por pesquisadores em nível de mestrado, empenhados no desenvolvimento dos reatores de purificação, que se caracteriza como tecnologias inovadoras em âmbitos nacional e internacional..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: William Magalhães Barcellos - Coordenador / Thiago Martins Dantas - Integrante / Vilma Eugênia Girão Galvão - Integrante.Financiador(es): Universidade Federal do Ceará - Bolsa.Número de orientações: 1
2012 - 2013
Desenvolvimento de Reator de Gaseificação por Leito Fluidizado Aplicado à Casca da Castanha de Caju
Descrição: Projeto e construção de um modelo de reator de leito poroso fluidizado, constituído de sílica, em que o ar é usado como fluido que escoa no meio para fluidização e transporte da material combustível (castanha).
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: William Magalhães Barcellos - Coordenador / Antonio Philipi Alves Moreira - Integrante / João Diego Moreira Feitosa - Integrante / Paula Costa Brauer - Integrante / Iago Lins Cavalcanti - Integrante.Financiador(es): Universidade Federal do Ceará - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1
2006 - 2009
SISTEMA DE GERAÇÃO DE ENERGIA A PARTIR DO BENEFICIAMENTO DA CASCA DO COCO VERDE
Descrição: Desenvolvimento de uma Mini-Termoelétrica constituida de Ciclo Rankine composto de uma Caldeira Superadiabática de Queimador Poroso e uma Turbina Tesla, em que o combustível de estudo é o Biogás obtido do tratamento Anaeróbio do Líquido Residual do Beneficiamento da Casca do Coco Verde..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: William Magalhães Barcellos - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.Número de orientações: 1
2005 - 2007
MINI-ESTAÇÃO DE PESQUISA PARA ESTUDO DA COMBUSTÃO EM MEIOS POROSOS
Descrição: Desenvolvimento de uma Mini-Estação de Pesquisa para estudo da tecnologia da Combustão em Meios Porosos, especialmente construída para estudar os problemas e parâmetros que envolvem o processo de combustão do gás natural em um queimador de meio poroso, com análise de modelo de simulação, objetivando o desenvolvimento de sistemas térmicos mais limpos e eficientes..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: William Magalhães Barcellos - Coordenador.Financiador(es): Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.


Projetos de desenvolvimento


2016 - Atual
CONVERSÃO DE ÁGUAS RESIDUÁRIAS EM BIOGÁS E LODO EM ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ESGOTO PARA GERAÇÃO DE ENERGIA AMBIENTALMENTE SUSTENTÁVEL
Descrição: Esta proposta consiste de um projeto ambientalmente sustentável de aproveitamento do potencial energético das águas residuárias de Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs), através do desenvolvimento de tecnologias inovadoras que integram o tratamento anaeróbio da biomassa para obtenção de biogás com sistemas de geração descentralizada de energia elétrica de mínimo impacto ambiental. Fundamentalmente, o diferencial deste projeto de pesquisa/engenharia, no tocante à contribuição técnico-científica, são as especificidades dos processos inovadores que constituem a Usina-Modelo (UM) de geração de energia, em proposição. O desenvolvimento dessa UM engloba vários processos categorizados como ?Tecnologias Limpas?, tais como: i) produção de biogás em reatores biológicos anaeróbios de elevada eficiência de conversão da biomassa; ii) reuso dos rejeitos sólidos desses reatores biológicos em reatores de combustão de leito fluidizado para co-geração de energia renovável; iii) purificação do biogás em sistema de absorção a base de água; iv) tratamento e separação por sistema de catálise dos produtos de combustão; v) sequestro de CO2 por sistema de adsorção regenerativo. A justificativa do projeto concentra-se no fato das águas residuárias de ETEs representarem um grave problema sócio-ambiental das pequenas e grandes cidades, devido ao expressivo quantitativo de resíduos orgânicos e inorgânicos, crescentes e proporcionais ao aumento demográfico. Essa questão tem demandado mais do que políticas governamentais indutoras de desenvolvimento de infra-estrutura e procedimentos de controle ambiental. Acima de tudo, são necessárias tecnologias inovadoras em termos de sistemas de tratamento e de geração de energia, que possam lidar com as características físico-químicas desse tipo de biomassa, normalmente constituída de elevadas concentrações de água e de compostos de enxofre, com demanda química de oxigênio (DQO) relativamente baixa. Esse projeto representa, então, um desafio de engenharia, não só pela dificuldade de obtenção de um biogás de qualidade em reatores biológicos anaeróbios alimentados com águas residuárias, mas também, pelos riscos do processo corrosivo em instalações térmicas de geração, devido às elevadas concentrações de sulfeto de hidrogênio (H2S) e dióxido de carbono (CO2). Por essa razão, busca-se desenvolver sistemas com tecnologias não-convencionais, adequados às águas residuárias, para prover eficiência e robustez nos equipamentos, como também, índices ultra-baixos de emissão de poluentes, atendendo a normas e regulamentos futuros de controle ambiental. Essa Usina-Modelo (UM) utiliza diferentes tecnologias integradas, as quais são especificadas para atender às condições de operação das ETEs, em termos de vazão de esgoto; características geográficas da região; demanda de energia; distância em relação aos grandes centros urbanos; e capacitação da mão-de-obra local. Esses parâmetros definem a tecnologia a ser utilizada, bem como, determina a viabilidade da ETE em exportar energia e/ou apenas utilizá-la para consumo próprio (pleno ou parcial). Dentre os benefícios técnico-econômicos e sócio-ambientais, que podem consubstanciar e justificar este projeto, ressaltam-se alguns dividendos tecnológicos para a região nordeste, que podem criar expertises em termos de tecnologias limpas, tais como: i) reator biológico anaeróbio de fluxo ascendente (tipo UASB) otimizado para produzir um biogás com teor de metano superior a 80% a partir de águas residuárias; ii) sistema de purificação de biogás de baixo custo e alta eficiência, capaz de substituir os comercializados no Brasil provenientes de importação; iii) reator de leito fluidizado de gaseificação do lodo residual do reator UASB para co-geração de energia, com renovação contínua do leito pela reposição com areia residual.
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) .
Integrantes: William Magalhães Barcellos - Coordenador / Francisco Nivaldo Aguiar Freire - Integrante / João Diego Moreira Feitosa - Integrante / Paula Costa Brauer - Integrante / SAVELIEV, ALEXEI V. - Integrante / Thiago Martins Dantas - Integrante / Vilma Eugênia Girão Galvão - Integrante / Samuel Matos de Carvalho - Integrante.
2014 - Atual
DESENVOLVIMENTO DE AQUECEDOR MULTICOMBUSTÍVEL DE BAIXA EMISSÃO
Descrição: O Aquecedor de Água Superadiabático a Gás será um modelo inovador em termos de equipamentos e sistemas térmicos de combustão, empregando a ?combustão em meio poroso? (CMP) como base tecnológica, o que permitirá que, empregando um único queimador, seja capaz de operar com inúmeros combustíveis gasosos (gás natural, GLP, biogás etc.), mantendo elevada eficiência e baixíssimos índices de emissões de monóxido de carbono (CO), óxidos de nitrogênio (NOx) e hidrocarbonetos não queimados, atendendo regulamentos de controle ambiental nacionais (vigentes e em perspectiva de aplicação no futuro próximo) e internacionais. A aplicação da tecnologia de base (CMP) no desenvolvimento desse aquecedor permitirá alcançar índices de eficiência superiores a 95%, em ampla faixa de funcionamento, podendo operar com o processo de combustão mantido a razões ar-combustível com excesso de ar de até 90%, o que é impossível para os equipamentos convencionais. Além disso, há de se considerar a ocorrência de acidentes com aquecedores domésticos e comerciais devido a características de projeto inapropriadas e à ausência de controle e monitoramento de processo, propiciando condições inseguras de uso. Pretende-se não só desenvolver um equipamento moderno, de baixo custo e com tecnologia limpa de combustão, mas acima de tudo, um equipamento que ofereça segurança operacional para seus usuários..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: William Magalhães Barcellos - Coordenador / Welkson Carneiro de Araújo - Integrante / Plácido Gonçalves Ferreira - Integrante / Thiago Martins Dantas - Integrante / Rafael Magalhães Siqueira - Integrante.
Número de produções C, T & A: 3 / Número de orientações: 2
2012 - Atual
DESENVOLVIMENTO DE UM REATOR DE LEITO FLUIDIZADO APLICADO À COMBUSTÃO DE BIOMASSA SÓLIDA
Descrição: A fluidização gasosa de partículas sólidas surge como uma tecnologia alternativa para gaseificar biomassas de forma eficiente e com baixa emissão de poluentes, em particular, com reduzidas emissões de NOx. Para isso, faz-se necessário um estudo mais aprofundado dos fenômenos fluidodinâmicos presentes na fluidização de um meio heterogêneo, visando sua aplicação prática, através de queimadores, gaseificadores e caldeiras não-convencionais. Neste contexto, este trabalho tem o intuito de desenvolver um novo modelo de reator, que deve funcionar como uma caldeira de vapor, utilizando a tecnologia de leito fluidizado para extração de energia de maneira eficiente. Por essa razão, decidiu-se por um estudo experimental criterioso sobre o processo, dividido em duas partes: i) estudo fluidodinâmico para investigação dos parâmetros, que influenciam a fluidização gasosa de partículas de sílica; e ii) estudo da combustão em leito fluidizado em um reator, para análise da viabilidade técnico-econômica e obtenção de parâmetros de projeto. No estudo fluidodinâmico, utilizando ar para fluidizar o leito de partículas de areia de praia, objetivou-se aprender sobre o perfil de pressão característico do leito e, principalmente, sobre os fenômenos fluidodinâmicos presentes no leito, verificando os efeitos da variação de diâmetro, e da granulometria das partículas constituintes do leito e da biomassa. O aparato experimental foi constituído de tubos com diâmetros diferentes (44, 65 e 90 mm), para diferentes alturas de coluna e diferentes granulometrias de partículas de sílica (72,43; 321,02; e 546,61 microns). Numa segunda etapa, correspondente ao estudo da combustão, o aparato experimental tem sido um reator de diâmetro interno de 53 mm e comprimento de 550 mm, instrumentado para medir pressão e temperatura ao longo do leito, como também, as emissões de NOx. A partir dos resultados da fluidização gasosa no reator, investiga-se o processo de ?start up?, identificando as limitações e particularidades do sistema, para projetar uma caldeira otimizada em relação ao reator preliminar, em escala de laboratório. Utilizando gás natural veicular como combustível de referência para iniciar a operação, obtem-se emissões da ordem de 2 ppm de NOx em ampla variação de razão de equivalência. A partir desses experimentos, tem sido possível desenvolver um projeto construtivo de uma caldeira de vapor saturado para operar com um queimador de leito fluidizado a base de biomassa sólida, incorporando todos acessórios componentes da instalação..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: William Magalhães Barcellos - Coordenador / Antonio Philipi Alves Moreira - Integrante / João Diego Moreira Feitosa - Integrante / Paula Costa Brauer - Integrante / Patrick Vieira Saintrain - Integrante / Virginia Madeira Barros de Queiroz - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1
2012 - Atual
DESENVOLVIMENTO DE REATOR POROSO DE GASEIFICAÇÃO DE BIOMASSA LÍQUIDA POR OXIDAÇÃO PARCIAL APLICADO AO GLICEROL
Descrição: Este projeto traz uma solução de engenharia para aproveitamento da biomassa líquida residual de processos agrícolas e agroindustriais, em geral, os quais representam recursos renováveis em quantidade expressiva, sem uma destinação econômica e ambientalmente sustentável. Como exemplo, a solução quanto aos estoques de glicerina, resultante da transesterificação de óleos vegetais para obtenção do biodiesel, tem sido postergada pela carência de alternativas de engenharia apropriadas ao aproveitamento adequado dessa biomassa.Por essa razão, foi iniciado o desenvolvimento de um reator de gaseificação destinado à biomassa líquida pela via da oxidação parcial, onde é empregada uma tecnologia de combustão não convencional, a Combustão de Filtração, como base de projeto para a concepção do reator, em que a biomassa de referência utilizada foi o glicerol (C3H8O3). Este trabalho tem sido realizado devido à construção de um protótipo de reator de gaseificação, em escala de laboratório, em que seu queimador é preenchido completamente por esferas cerâmicas de alumina (Al2O3), formando assim uma matriz porosa inerte, que fica parcialmente imersa no glicerol na sua extremidade inferior e que envolve um trocador de calorinstalado na partesuperior do reator. O processo é investigado no sentido de identificar algumas características fundamentais de projeto, tais como: limite de operação do reator em termos de misturas ar-combustível; presença de fenômenos de instabilidade; velocidade de propagação da onda de combustão; e influência dos principais parâmetros de operação, razão de equivalência, taxa de consumo de combustível e vazões de ar e água na reação.Os experimentos, respaldados por instrumentos de monitoramento e análise cromatográfica, foram apoiados por um estudo teórico a partir de um modelo analítico simplificado, com base na reação global de oxidação parcial associadaà reação de deslocamento água?gás. Resultados experimentais demonstraram aviabilidade do processo, constatando estabilidade operacional em ampla faixa de razão de equivalência,e eficiência de conversão (>20%) do glicerol emgás de síntese, mantendo extração de energia da reação..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: William Magalhães Barcellos - Coordenador / Iago Lins Cavalcanti - Integrante / Rafael Benevides Parente - Integrante / rafael Queiroz - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2009 - Atual
REFORMADOR-CALDEIRA AUTOTÉRMICO POROSO APLICÁVEIS A COMBUSTÍVEIS GASOSOS E LÍQUIDOS DE FÁCIL EVAPORAÇÃO
Descrição: Este projeto trata-se do desenvolvimento de um sistema térmico de combustão compacto que integra dois processos distintos num único equipamento: a síntese de hidrogênio (como um dos produtos da reação de reforma de um combustível) e a geração de vapor (por extração de energia da câmara de reação). A originalidade do protótipo está no fato de se empregar a técnica da ?Combustão de Filtração? para realizar esses dois processos de forma autosustentável, em termos de suprimento de calor e vapor necessários à reforma autotérmica, com ampla versatilidade operacional (em termos de faixa de potência) e grande flexibilidade (em temos de combustível);visando preferencialmente os combustíveis gasosos (gás natural, butano, hidrogênio, biogás, etc.) e aqueles líquidos de fácil evaporação (gasolina, álcool, querosene, etc.). O gás hidrogênio (H2) tem acentuada importância para vários processos industriais, em especial, para processos químicos e farmacêuticos e para a indústria de alimentos, mas também, para aplicação em sistema de geração de energia a base de célula a combustível, a qual é uma tecnologia considerada como obrigatória na composição da matriz energética do futuro. Em geral, esse combustível (H2) é gerado através de reformadores a vapor, que produz um gás constituído basicamente de monóxido de carbono e hidrogênio. Por meio de um processo complementar, esse gás recebe mais vapor d?água em ?reator de deslocamento? (conhecido com reator shift) para que o monóxido seja novamente processado a fim de gerar mais hidrogênio. O protótipo foi desenvolvido em escala de laboratório e instrumentado com vários sensores de pressão e temperatura para determinação de parâmetros de projeto de equipamento em escala real. As emissões de óxidos de nitrogênio (NOx) e monóxido de carbono (CO) obtidas atendem regulamentos futuros com base em requisitos de normas internacionais..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (7) / Mestrado acadêmico: (6) .
Integrantes: William Magalhães Barcellos - Coordenador / Luís Carlos Eduardo Oliveira de Souza - Integrante / Iraldo Belchior Cristino Aguiar - Integrante / Welkson Carneiro de Araújo - Integrante / Plácido Gonçalves Ferreira - Integrante / Amanda Rafaele Serpa Camelo - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 7 / Número de orientações: 8
2009 - Atual
SISTEMA DE PURIFICAÇÃO DO BIOGÁS POR REMOÇÃO DE CO2 DE BAIXO CUSTO E ALTA EFICIÊNCIA
Descrição: Este projeto vem trazer uma solução para permitir a utilização do biogás como um recurso renovável para aplicações e sistemas térmicos de potência tem sido restringido pela própria composição dos seus gases constituintes. Em geral, o biogás é proveniente de biodigestores e aterros sanitários, contendo elevados teores de CO2 e H2S, os quais são bastante prejudiciais ao processo de combustão e saúde, interferindo na estabilidade de reação e nas emissões. Algumas técnicas de remoção do CO2 e H2S têm sido desenvolvidas para reduzir o teor a nível semelhante ao gás natural, com base em normas de operação e manutenção de equipamentos sofisticados. Este projeto propõe uma alternativa de baixo custo de instalação e mão-de-obra, empregando materiais recicláveis para compor o recheio do reator do processo de remoção. Um protótipo, construído, em escala laboratorial, foi desenvolvido para aplicar na purificação do biogás, empregando colunas independentes, sendo uma usando a técnica de absorção por água pressurizada e outra de solução de EDTA(Fe), para atingirem eficiências de remoção de desses gases em mais de 90%. Dimensões e parâmetros ideais para o sistema de purificação foram estabelecidos através de simulação de processos de operações unitárias. Alguns experimentos de laboratório e de campo são realizados para verificar o desempenho real do sistema em relação aos valores teóricos obtidos em simulação..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (1) .
Integrantes: William Magalhães Barcellos - Coordenador / Thiago Martins Dantas - Integrante / Yárina Machado da Silva - Integrante / Edson Moreira Dantas Jr. - Integrante.Financiador(es): Companhia de Água e Esgoto do Ceará - Auxílio financeiro.Número de orientações: 3
2008 - 2014
DESENVOLVIMENTO TEÓRICO-EXPERIMENTAL DE UM MODELO DE TURBINA TESLA APLICADO À GERAÇÃO DESCENTRALIZADA POR FONTES RENOVÁVEIS
Descrição: Este projeto trata do desenvolvimento teórico-experimental de um novo modelo da Turbina Tesla, também conhecida como turbina de discos, em que o foco do trabalho é estudar esse dispositivo de propulsão visando sua aplicação em sistemas de geração de energia distribuída a partir de fontes renováveis de biomassa. Um protótipo da turbina foi desenvolvido, em escala de laboratório, para determinar os parâmetros de projeto através de estudos teórico e experimental, a fim de interpretar os fenômenos presentes nos processos internos desse tipo de máquina de fluxo. O desenvolvimento está direcionado à análise dos efeitos do espaçamento entre discos sobre o torque e a potência, como uma função da camada limite fluidodinâmica do escoamento, correlacionando os regimes de velocidades de escoamento às propriedades do fluido de trabalho. A metodologia para cálculo das eficiências isentrópicas e exergéticas é estabelecida a partir de dados experimentais e da análise teórica por simulação (apoiada pelo software ANSYS-CFX), a qual determina o perfil de distribuição de pressão dentro da câmara de expansão, caracterizando as linhas de escoamento e os gradientes de pressão. Complementarmente, uma análise modal dos sinais de vibração da turbina é também realizada, para estudar o comportamento dinâmico da estrutura com o propósito de detectar as freqüências naturais e investigar a influência do espaçamento dos discos sobre o nível de vibração desse dispositivo. O protótipo é caracterizado pela robustez e versatilidade operacional, pelo fato de admitir ampla faixa de rotação e por sua fácil adaptação a geradores comerciais, sugerindo sua aplicação em sistemas de geração e co-geração tanto para o meio rural como para a indústria..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (2) .
Integrantes: William Magalhães Barcellos - Coordenador / Hilário Vale Filho - Integrante / Samuel Matos de Carvalho - Integrante.
Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 4


Revisor de periódico


2003 - 2004
Periódico: Clean Air: International Journal on Energy for a Clean Environment
2010 - Atual
Periódico: Energy - The International Journal
2010 - Atual
Periódico: Proceedings of the Combustion Institute
2011 - Atual
Periódico: Heat Transfer Engineering


Revisor de projeto de fomento


2016 - 2016
Agência de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico


Áreas de atuação


1.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Engenharia Térmica/Especialidade: Combustão.
2.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Engenharia Térmica/Especialidade: Termodinâmica.
3.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Engenharia Térmica.
4.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Engenharia Térmica/Especialidade: Aproveitamento da Energia.
5.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Italiano
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Francês
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


1992
Projeto de Pesquisa Inovador na Aera de Transporte, Fundacao de Amparo a Pesquisa do Rio de Janeiro - FAPERJ.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
1Barreto, A. C. H.2012Barreto, A. C. H. ; Fechine, P. B. A. ; Rosa, D. S. ; Freitas, J. E. B. ; BARCELLOS, W. M. ; Junior, A. E. C. ; Freire, F. N. A. ; Mazzetto, S. E. . Biocomposites from dwarf-green Brazilian coconut impregnated with cashew nut shell liquid resin. Journal of Composite Materials, v. 0(0), p. 1-8, 2012.

2.
2BARCELLOS, W. M.;BARCELLOS, WILLIAM M.2011 BARCELLOS, W. M.; SOUZA, L. C. E. O. ; SAVELIEV, A. V. ; KENNEDY, L. A. . ULTRA-LOW EMISSION STEAM BOILER CONSTITUTED OF RECIPROCAL FLOW POROUS BURNER. Experimental Thermal and Fluid Science, v. 35, p. 570-580, 2011.

3.
3BARCELLOS, W. M.;BARCELLOS, WILLIAM M.2005 BARCELLOS, W. M.; CONTARIN, F. ; SAVELIEV, A. V. ; KENNEDY, L. A. . Energy extraction from porous media reciprocal flow with embedded heat exchangers. Journal of Heat Transfer, v. 00, p. 00, 2005.

4.
4BARCELLOS, W. M.;BARCELLOS, WILLIAM M.2003BARCELLOS, W. M.; BELCHIOR, C. R. ; PIMENTEL, V. S. B. . Performance Analysis of Conversion Apparatus from Petrol to Natural Gas Engines. Clean Air: Environmental Combustion Technologies, v. 00, p. 00, 2003.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
MOREIRA, A. P. A. ; BARCELLOS, W. M. ; FEITOSA, J. D. M. ; BRAUER, P. C. ; FREIRE, F. N. A. ; MAZZETO, S. E. . PARAMETRIC APPROACH OF THE FLUIDIZATION OF BED OF SILICON AND CASHEW NUT SHELL PARTICLES. In: COBEM 2013, 2013, Ribeirão Preto. 22nd International Congress of Mechanical Engineering (COBEM 2013), 2013.

2.
BARCELLOS, W. M.; LEITAO, J. I. R. ; CAVALCANTI, I. L. ; DIAS, P. H. F. ; Rafael Benevides Parente ; MAZZETO, S. E. ; FREIRE, F. N. A. . GASIFICATION OF GLYCEROL IN POROUS REACTOR. In: 22nd International Congress of Mechanical Engineering (COBEM 2013), 2013, Ribeirão Preto. 22nd International Congress of Mechanical Engineering (COBEM 2013), 2013.

3.
ARAUJO, W. C. ; BARCELLOS, W. M. ; FERREIRA, P. G. ; FREIRE, F. N. A. ; CAMELO, A. R. S. ; ARAUJO, R. V. M. . BIOGAS COMBUSTION ON RECIPROCAL FLOW POROUS BURNER WITH ENERGY EXTRACTION. In: 22nd International Congress of Mechanical Engineering (COBEM 2013), 2013, Ribeirão Preto. 22nd International Congress of Mechanical Engineering (COBEM 2013), 2013.

4.
BARCELLOS, W. M.; SOUZA, L. C. E. O. ; Aguiar, I.B.C. ; SAVELIEV, A. V. . Hydrogen Synthesis in a Reciprocal Flow Porous Reactor with Energy Extraction. In: ECOS 2009 ? 22ND International Conference on Efficiency, Cost, Optimization, Simulation, and Environmental Impact of Energy Systems, 2009, Foz do Iguaçu - Paraná. Proceedings of ECOS 2009. ABCM, 2009.

5.
BARCELLOS, W. M.; COSTA, P.A.R. ; Aguiar, I.B.C. ; SAVELIEV, A. V. . Combustion Wave Propagation Simulation in the Porous Burner Superadiabatic Boiler?s Flame-Throw Ignition System. In: ECOS 2009 ? 22ND International Conference on Efficiency, Cost, Optimization, Simulation, and Environmental Impact of Energy Systems, 2009, Foz do Iguaçu - Paraná. Proceedings of ECOS 2009. Rio Janeiro: ABCM, 2009.

6.
BARCELLOS, W. M.; SOUZA, L. C. E. O. ; COURAS, D. J. P. N. ; Aguiar, I.B.C. ; CARVALHO, B. O. . Micro-termelétrica de baixa emissão constituída de caldeira superadiabática e turbina Tesla operando com biogás. In: V Congresso Nacional de Engenharia Mecânica ? CONEM 2008, 2008, Salvador - Bahia. Código do Tema ? 24 ?Produtos e Processos Sustentáveis e Tecnologias Limpas?, 2008.

7.
BARCELLOS, W. M.; CARVALHO, C. O. ; SOUZA, L. C. E. O. ; BEZERRA, I.V. ; BANANEIRA, E. L. . Biogás Combustion Process Simulation in a Porous Burner Superadiabatic Boiler. In: XXIX CILAMCE - Iberian Latin American Congress on Computational Methods in Engineering, 2008, Maceió - Alagoas. XXIX CILAMCE 2008, 2008.

8.
BARCELLOS, W. M.; HILUY FILHO, J. J. ; DUTRA, C. F. . Caldeiras Superadiabática de Baixa Emissão Operando com Biogás da Casca do Coco Verde. In: Congresso Brasieiro de Engenharia Química - COBEQ, 2006, Santos - São Paulo. XVI Congresso Brasileiro de Engenharia Química e III Congresso Brasileiro de Termodinâmica Aplicada, 2006.

9.
BARCELLOS, W. M.; SAVELIEV, A. V. ; CONTARIN, F. ; KENNEDY, L. A. . A reciprocal flow filtration combustion burner with embedded heat exchangers. In: Summer Asme Heat Transfer Conference, 2003, Las Vegas. Proceedings of the ASME Summer Heat Transfer Conference, 2003.

10.
BARCELLOS, W. M.; SAVELIEV, A. V. ; KENNEDY, L. A. . Low NOx and CO Emissions saturated steam boiler with reciprocal flow inert porous media combustor burning ultra-lean natural gas/air mixtures. In: Seventh Internation Conference on Energy for a Clean Environment - Clean Air, 2003, Lisbon. Seventh Internation Conference on Energy for a Clean Environment - Clean Air, 2003.

11.
BARCELLOS, W. M.; BELCHIOR, C. R. ; PIMENTEL, V. S. B. . Performance Analysis of Combustion Apparatus from Petrol to Natural Gas Engines. In: Seventh Internation Conference on Energy for a Clean Environment - Clean Air, 2003, Lisbon. Seventh Internation Conference on Energy for a Clean Environment - Clean Air, 2003.

12.
CONTARIN, FABIANO ; BARCELLOS, WILLIAM M. ; SAVELIEV, ALEXEI V. ; KENNEDY, LAWRENCE A. . A Porous Media Reciprocal Flow Burner With Embedded Heat Exchangers. In: ASME 2003 Heat Transfer Summer Conference, 2003, Las Vegas. Heat Transfer: Volume 2. v. 2. p. 35-42.

13.
BARCELLOS, W. M.; BELCHIOR, C. R. ; PIMENTEL, V. S. B. . Performance Analysis of Engine Conversion Apparatus From Petrol to Natural. In: International Congress and Exposition of Mobility Technology, 2001, São Paulo. International Congress and Exposition of Mobility Technology, 2001.

14.
BARCELLOS, W. M.; CALVAO, A. O. ; PINTO, J. C. ; PIMENTEL, V. S. B. . Efficiency Evaluation of Catalysts for Engines at Idle running. In: 5Th International Congress and Exposition of Mobility Technology, 1996, São Paulo. 5Th International Congress and Exposition of Mobility Technology, 1996.

15.
BARCELLOS, W. M.; CALVAO, A. O. ; PIMENTEL, V. S. B. ; PINTO, J. C. . Evaluation of Level of Pollution by Carbono Monoxide in City of Rio de Janeiro. In: 5Th International Congress and Exposition of Mobility Technology, 1996, São Paulo. 5Th International Congress and Exposition of Mobility Technology, 1996.

16.
BARCELLOS, W. M.; FERNANDES, L. C. V. . Desenvolvimento de um Protótipo de Máquina Térmica com Pistão Líquido para Propulsão de Pequenas Embarcações. In: III Congresso de Engenharia Mecânica de Norte-Nordeste, 1994, Belem. III Congresso de Engenharia Mecânica de Norte-Nordeste, 1994.

17.
BARCELLOS, W. M.; FERNANDES, L. C. V. . Problemas de Introdução de Máquinas Térmicas com Pistão Líquido nos Países de Perfil Agrícola. In: IV National Meeting of Thermal Science, 1992, Belem. IV National Meeting of Thermal Science, 1992.


Produção técnica
Produtos tecnológicos
1.
BARCELLOS, W. M.; Rafael Benevides Parente . Gaseificador de Biomassa Líquida por Reforma Autotérmica. 2012.

2.
BARCELLOS, W. M.; SOUZA, L. C. E. O. ; Aguiar, I.B.C. ; Amanda Rafaele Serpa Camelo . Reformador-Caldeira Autotérmico Poroso. 2011.

3.
BARCELLOS, W. M.; Samuel Carvalho Matos . Dinamômetro de Corrente Parasita Arrefecido com Água. 2010.

4.
BARCELLOS, W. M.; Daut de Jesus Peixoto Nogueira Couras ; Hilário . Turbina de Discos Rotativos Multifluido do Tipo Tesla. 2008.

5.
BARCELLOS, W. M.; KENNEDY, L. A. ; SAVELIEV, A. V. . Caldeira Superadiabática de Queimador Poroso Reciproco. 2003.

6.
BARCELLOS, W. M.. Maquina a Vapor Rotativa. 2001.

7.
BARCELLOS, W. M.. Maquina a Vapor Rotativa Tricilindrica. 1995.

8.
BARCELLOS, W. M.. Motor de Combustao Interna de Pistao Liquido. 1993.

9.
BARCELLOS, W. M.; Publicacoes em Congressos ; FERNANDES, L. H. . Motor de Combustao Interna de Pistao Liquido. 1991.


Demais tipos de produção técnica
1.
BARCELLOS, W. M.. Tecnologia Automotiva. 1997. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).



Patentes e registros



Patente

A Confirmação do status de um pedido de patentes poderá ser solicitada à Diretoria de Patentes (DIRPA) por meio de uma Certidão de atos relativos aos processos
1.
 BARCELLOS, W. M.; Publicacoes em Congressos ; FERNANDES, L. H. . Motor de Combustao Interna de Pistao Liquido. 1991, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: PI9101511-1, título: "Motor de Combustao Interna de Pistao Liquido" . Depósito: 26/11/1991; Pedido do Exame: 01/01/1992; Concessão: 01/03/1992.

2.
 BARCELLOS, W. M.. Maquina a Vapor Rotativa Tricilindrica. 1995, Brasil.
Patente: Modelo de Utilidade. Número do registro: MU7500749-5, título: "Maquina a Vapor Rotativa Tricilindrica" . Depósito: 13/06/1995; Pedido do Exame: 01/08/1995; Concessão: 01/12/1995. Instituição(ões) financiadora(s): Fundacao Jose Bonifacio - UFRJ.

3.
 BARCELLOS, W. M.; SOUZA, L. C. E. O. ; Amanda Rafaele Serpa Camelo ; Aguiar, I.B.C. . Reformador-Caldeira Autotérmico Poroso Aplicável a Combustíveis Gasosos e Líquidos de Fácil Evaporação. 2011, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: PI13110000475, título: "Reformador-Caldeira Autotérmico Poroso Aplicável a Combustíveis Gasosos e Líquidos de Fácil Evaporação" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 07/12/2011; Depósito PCT: 12/12/2011. Instituição(ões) financiadora(s): Universidade Federal do Ceará.



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
AQUINO, M. D.; BARCELLOS, W. M.. Participação em banca de André de Freitas Linard. Análise do Aproveitamento Energético do Biogás do Aterro Sanitário do Metropolitano Oeste em Caucaia. 2010. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil (Recursos Hídricos)) - Universidade Federal do Ceará.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
HOLANDA, C.A.M.; FREIRE, F. N. A.; BARCELLOS, W. M.. Participação em banca de João Vitor Goes Pinheiro.Estudo de redução de carga térmica de resfriamento para otimização da refrigeração de ambientes. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal do Ceará.

2.
HILUY FILHO, J. J.; BARCELLOS, W. M.; Fechine, P. B. A.. Participação em banca de Luis Henrique Nunes Quezado.Avaliação de Tecnologias para Aproveitamento Energético dos Resíduos Sólidos Urbanos. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Universidade Federal do Ceará.

3.
BARCELLOS, W. M.; SILVA, M. E. V.; COSTA, P.A.R.. Participação em banca de Érico de Macedo Gurgel.Sistema de Purificação do Biogás por Remoção de H2S de Baixo Custo e Alta Eficiência. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal do Ceará.

4.
BARCELLOS, W. M.; TORRES, A. E. B.; COSTA, P.A.R.. Participação em banca de Edson Moreira Dantas Junior.tema de Purificação do Biogás por Remoção de CO2 de Baixo Custo e Alta Eficiência. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal do Ceará.

5.
BARCELLOS, W. M.; BUENO, A. V.; BEZERRA, R. A.. Participação em banca de Bruno de Oliveira Carvalho.Projeto de um Novo Modelo de Turbina do Tipo Tesla. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal do Ceará.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
BARCELLOS, W. M.. Consulta International do CLEAN AIR Jornal para Avaliacao de Publicacao Tecnica. 2004. CLEAN AIR JOUNAL.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Seventh International Conference on Energy for a Clean Environment ? CLEAN AIR/2003. Seventh International Conference on Energy for a Clean Environment?CLEAN AIR. 2003. (Congresso).

2.
The Third Joint Meeting of the US Sections of Combustion Institute. The Third Joint Meeting of the US Sections of Combustion Institute. 2003. (Congresso).

3.
International Congress and Exposition of Mobility Technology. International Congress and Exposition of Mobility Technology ? SAE/BRAZIL. 2001. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
BARCELLOS, W. M.. Seminario sobre Motores de Combustao Interna. 1997. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Iniciação científica
1.
Thiago Martins Dantas. Desenvolvimento de Sistema de Purificação de Biogás e de Gases de Combustão Utilizando Reatores de Absorção Conjugados para Sequestro de CO2 E H2S. Início: 2013. Iniciação científica (Graduando em Engenharia Química) - Universidade Federal do Ceará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Rafael Magalhães Siqueira. COMBUSTÃO DE FILTRAÇÃO APLICADA AO BIOGÁS COM ELEVADA CONCENTRAÇÃO DE SULFETO DE HIDROGÊNIO. 2015. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal do Ceará, Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: William Magalhães Barcellos.

2.
Plácido Gonçalves Ferreira. EFEITOS DO DIÓXIDO DE CARBONO DO BIOGÁS NA COMBUSTÃO DE FILTRAÇÃO. 2015. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal do Ceará, Conselho Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico. Orientador: William Magalhães Barcellos.

3.
Antonio Philipi Alves Moreira. DESENVOLVIMENTO DE UM REATOR DE LEITO FLUIDIZADO APLICADO À COMBUSTÃO DE GÁS NATURAL. 2014. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal do Ceará, Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: William Magalhães Barcellos.

4.
Rafael Benevides Parente. Reforma Auto-Térmica do Glicerol em Reator Poroso. 2012. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal do Ceará, Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: William Magalhães Barcellos.

5.
Amanda Rafaele Serpa Camelo. Combustão do Gás Natural e do Biogás de Alta Concentração de H2S em Reator Poroso Recíproco. 2012. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal do Ceará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: William Magalhães Barcellos.

6.
Patrick Vieira Saintrain. ESTUDO EXPERIMENTAL DA FLUIDIZAÇÃO GASOSA DE LEITO DE PARTÍCULAS DE SÍLICA E CASCA DE CASTANHA DE CAJU. 2012. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal do Ceará, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: William Magalhães Barcellos.

7.
Iraldo Belchior Cristino Aguiar. Aquecedor Poroso com Sistema de Ignição Lança-Chama Aplicado ao Gás Natural e ao Biogás. 2010. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal do Ceará, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: William Magalhães Barcellos.

8.
Luís Carlos Eduardo Oliveira de Souza. Estudo Teórico-Experimental de Caldeira de Queimador Poroso Aplicado ao Biogás. 2009. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal do Ceará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: William Magalhães Barcellos.

9.
Daut de Jesus Nogueira Peixoto Couras. Desenvolvimento Teórico-Experimental de uma Turbina Tesla Aplicada à Geração Descentralizada por Fontes Renováveis. 2009. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal do Ceará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: William Magalhães Barcellos.

Tese de doutorado
1.
Valeria Said de Barros Pimentel. Estudo Teorico-experimental do Desempenho de Motores de Ciclo Diesel Operando com Oleo de Dende. 2002. Tese (Doutorado em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Coorientador: William Magalhães Barcellos.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Rafael de Almeida Galdino. ESTUDO PRELIMINAR DE SISTEMA DE GERAÇÃO DE ENERGIA EM ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ESGOTO A PARTIR DO LODO DE REATORES BIOLÓGICOS ANAERÓBIOS. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: William Magalhães Barcellos.

2.
João Diego Moreira Feitosa. APLICAÇÃO DA TECNOLOGIA DE LEITO FLUIDIZADO EM PROJETO DE CALDEIRA DE VAPOR. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: William Magalhães Barcellos.

3.
Ricardo Luiz Guimarães de Miranda. GERAÇÃO DE ENERGIA COM MCI DE CICLO OTTO A PARTIR DO BIOGÁS DE ÁGUAS RESIDUÁRIAS. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: William Magalhães Barcellos.

4.
Plácido Gonçalves Ferreira. Estudo teórico-experimental de uma Caldeira de Filtração aplicada à um biocombustível. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: William Magalhães Barcellos.

5.
Samuel Matos de Carvalho. Projeto de Construção de um Novo Dinamômetro de Corrente Parasita. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Projeto de Máquinas) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: William Magalhães Barcellos.

6.
Felipe Carneiro Brígido. ANÁLISE DE TECNOLOGIAS INOVADORAS EM SISTEMAS DE GERAÇÃO DESCENTRALIZADA DE ENERGIA A BIOGÁS. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: William Magalhães Barcellos.

7.
Filipe de Souza Queiroz. Instrumentação e Operação de um Reator Poroso de Reforma Autotérmica Aplicada ao Glicerol. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: William Magalhães Barcellos.

8.
Hilário Rodrigues Vale Filho. Análise de Desempenho de Turbina Tesla com Diferentes Fluidos de Trabalho. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: William Magalhães Barcellos.

9.
José Rafael Bezerra Anastácio. Projeto de Reator Poroso para a Reforma Auto-Térmica do Glicerol. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: William Magalhães Barcellos.

10.
Murilo Cavalcante Maciel. Sistema de Suprimento dos Fluidos de Operação do Aquecedor Superadiabático.. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: William Magalhães Barcellos.

11.
Hilder Caldas Ferreira. Análise do Processo de Gaseificação do Glicerol por Reforma Auto-Térmica Porosa. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Química) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: William Magalhães Barcellos.

12.
George Miranda Alves de Moraes e Silva. Análise de Sinais Vibratórios em Turbina Tesla. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Projeto de Máquinas) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: William Magalhães Barcellos.

13.
Amanda Rafaele Serpa Camelo. Desenvolvimento de Sistema de Ignição Lança-Chamas para Queimadores Porosos. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Termodinâmica Aplicada) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: William Magalhães Barcellos.

14.
Rafael Benevides Parente. Projeto, Fabricação e Montagem de um Queimador de Biogás de Baixo Custo Tipo ?Flare?. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Termodinâmica Aplicada) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: William Magalhães Barcellos.

15.
Edson Moreira Dantas Junior. Projeto, Fabricação e Montagem de Torre de Absorção de Baixo Custo para Remoção de CO2 do Biogás. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Termodinâmica Aplicada) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: William Magalhães Barcellos.

16.
Érico de Macedo Gurgel. Sistema de Purificação do Biogás por Remoção de H2S de Baixo Custo e Alta Eficiência. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Termodinâmica Aplicada) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: William Magalhães Barcellos.

17.
Bruno de Oliveira Carvalho. Projeto de um Novo Modelo de Turbina do Tipo Tesla. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Projeto de Máquinas) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: William Magalhães Barcellos.

18.
Iraldo Belchior Cristino Aguiar. Projeto de Bancada de Pesquisa de Caldeira Superadiabática. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Termodinâmica Aplicada) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: William Magalhães Barcellos.

Iniciação científica
1.
Iago Lins Cavalcanti.. Desenvolvimento de Reator Gaseificado por Leito Fluidizado Aplicado à Castanha de Caju.. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia de Energias Renováveis) - Universidade Federal do Ceará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: William Magalhães Barcellos.



Inovação



Patente
1.
 BARCELLOS, W. M.; SOUZA, L. C. E. O. ; Amanda Rafaele Serpa Camelo ; Aguiar, I.B.C. . Reformador-Caldeira Autotérmico Poroso Aplicável a Combustíveis Gasosos e Líquidos de Fácil Evaporação. 2011, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: PI13110000475, título: "Reformador-Caldeira Autotérmico Poroso Aplicável a Combustíveis Gasosos e Líquidos de Fácil Evaporação" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 07/12/2011; Depósito PCT: 12/12/2011. Instituição(ões) financiadora(s): Universidade Federal do Ceará.


Projetos de pesquisa

Projeto de desenvolvimento tecnológico


Outras informações relevantes


PROJETOS DE PESQUISA/ENGENHARIA:
- Mini-Estação de Pesquisa para Estudo da Combustão em Meios Porosos - Financiamento da FUNCAP (Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico) - 2005/2007
- Sistema de Geração de Energia a partir do Beneficiamento da Casca do Coco Verde - Financiamento do CNPq/CT-Energ - 2007/2009
- Estudo do Potencial Energético do Biogás do Aterro Sanitário de Fortaleza - Financiamento UFC/PETROBRAS - 2007
- Estudo de Engenharia para Aproveitamento da Biomassa da Poda das Árvores de Fortaleza para Geração de Energia - Fianciamento PMF - 2007



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 11/12/2018 às 24:28:08