Alessandro Severino Valler Zenni

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5969499799398310
  • Última atualização do currículo em 17/08/2018


Possui graduação em Direito pela Universidade Estadual de Maringá (1991), mestrado em Direito Negocial com área específica em Trabalho e Processo do Trabalho pela Universidade Estadual de Londrina (1997) e doutorado em Filosofia do Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2004). Pós-Doutor na Universidade de Lisboa. Atualmente é professor concursado titular em Direito e Processo do Trabalho na Universidade Estadual de Maringá, Professor da Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas de Cascavel Univel, professor titular - Faculdades Maringá, professor da União de Faculdades Metropolitana de Maringá, professor T-40 do Centro Universitário de Maringá. Tem experiência na área de Direito, com ênfase em Direito Constitucional, Direito e Processo do Trabalho, Filosofia do Direito, atuando principalmente nos seguintes temas: transdisciplinariedade, contemporaneidade, trabalho, prova e dignidade. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Alessandro Severino Valler Zenni
Nome em citações bibliográficas
ZENNI, Alessandro Severino Valler;VALLER ZENNI, ALESSANDRO SEVERINO

Endereço


Endereço Profissional
Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas de Cascavel Univel.
Av. Tito Muffato, 2317
Santa Cruz
85806080 - Cascavel, PR - Brasil
Telefone: (45) 30363636
URL da Homepage: http://www.univel.br


Formação acadêmica/titulação


1999 - 2004
Doutorado em Filosofia do Direito.
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.
Título: Crítica realista ao individualismo jurídico, Ano de obtenção: 2004.
Orientador: Dr Cláudio de Cicco.
1995 - 1997
Mestrado em Direito Negocial.
Universidade Estadual de Londrina, UEL, Brasil.
Título: As Peculiaridades da Prova no Processo do Trabalho,Ano de Obtenção: 1998.
Orientador: Dr Pedro Vidal Neto.
1986 - 1991
Graduação em Direito.
Universidade Estadual de Maringá, UEM, Brasil.


Pós-doutorado


2011 - 2013
Pós-Doutorado.
Universidade de Lisboa, UL, Portugal.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas


Formação Complementar


2009 - 2009
Extensão universitária em Introduction à la pensée philosophique en français. (Carga horária: 20h).
Universidade Estadual do Oeste do Paraná, UNIOESTE, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Estadual de Maringá, UEM, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Vínculo Estatutário

Atividades

02/2014 - Atual
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia do Direito
Processo Trabalho

Centro Universitário de Maringá, CESUMAR, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor

Atividades

01/2012 - Atual
Ensino, Mestrado em Ciências Jurídicas, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria Geral e Filosofia do Direito
Teoria, Ética e Filosofia do Direito
Políticas Públicas de Promoção Humana
01/2005 - Atual
Ensino, Ciências Jurídicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria Geral e Filosofia do Direito
Ações Constitucionais e Direitos da Personalidade
06/2004 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Mestrado em Ciências Jurídicas, .

7/2004 - 07/2010
Ensino, Mestrado em Direito, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Contratos e trabalhos - Pós-Graduação Lato Sensu em Direito Civil Processual Civil - 15 horas 19 a 20 agosto/2010.
Contratos e trabalhos - Pós-Graduação Lato Sensu em Direito Civil Processual Civil - 25 horas abril a agosto/2011.
Contratos e trabalhos - Pós-Graduação Lato Sensu em Direito Civil Processual Civil - 30 horas setembro a novembro/2011.
Direito Civil
Seminários de tópicos abertos
Teoria da Justiça e Interpretação Constitucional

Centro de Ensino Superior do Paraná, CESPAR, Brasil.
Vínculo institucional

1999 - 2013
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 0

Atividades

9/1999 - Atual
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Direito

Assossiação Paranaense de Ensino e Cultura Unipar, APEC, Brasil.
Vínculo institucional

1998 - 1999
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor titular

Atividades

3/1998 - 2/1999
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Direito do Trabalho

Assessoria Jurídica Zenni Simões, AJZS, Brasil.
Vínculo institucional

1992 - 2013
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: advogado, Carga horária: 0

Atividades

6/1992 - Atual
Serviços técnicos especializados , Assessoria Jurídica Zenni Simões, .

Serviço realizado
Advogado.

Esacheu Nascimento e Associados, ENA, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2012
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Profissional Liberal


Escritório de Assessoria Jurídica, EAJ, Brasil.
Vínculo institucional

1986 - 1991
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: , Carga horária: 0

Atividades

1/1986 - 12/1991
Estágios , Escritório de Assessoria Jurídica, .

Estágio realizado
Estagiário.

Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas de Cascavel Univel, FCSAC, Brasil.
Vínculo institucional

1999 - 2013
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 20
Outras informações
Coordenador Convênio Incra/Univel início 11/2001

Vínculo institucional

2003 - 2003
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Coordenador, Carga horária: 0
Outras informações
Coordenado do Curso de Direito

Atividades

2/1999 - Atual
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Direito do Trabalho I
Filosofia Jurídica
1/1999 - Atual
Ensino, Direito, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Processo Civil

Faculdades Maringá, FM, Brasil.
Vínculo institucional

1999 - 2012
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor titular

Atividades

5/1999 - 06/2012
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Direito Romano
Filosofia Geral e Jurídica

União de Faculdades Metropolitanas de Maringá, UNIFAMMA, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2013
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: professor, Carga horária: 40


Universidade Paranaense, UNIPAR, Brasil.
Vínculo institucional

1998 - 1998
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: , Carga horária: 0


Instituto Cesumar de Ciência, Tecnologia e Inovação, ICETI, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Associado Colaborador
Outras informações
Pesquisador Bolsista-Modalidade Produtividade em Pesquisa para Doutor- PPD-o Instituto Cesumar de Ciência, Tecnologia e Inovação (ICETI)



Linhas de pesquisa


1.
OS DIREITOS DA PERSONALIDADE E SEU ALCANCE NA CONTEMPORANEIDADE


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
PROJETO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA: OS PRINCÍPIOS TRABALHISTAS NO CONTEXTO DA LEI 13.467/2017
Descrição: O Direito do Trabalho é uma disciplina fruto da conjugação de fatores socioeconômicos, políticos e culturais . Este ramo especializado do Direito se desenvolveu de forma significativa com o advento e evolução do sistema econômico capitalista, o qual fora deflagrado com a Revolução Industrial no século XVIII, na Inglaterra, quando da suplantação das formas primitivas de organização da produção e inserção maciça do trabalho humano subordinado como força motriz desta. À medida que surgiram movimentações políticas com participação marcante dos obreiros - dadas as precárias condições em que viviam e trabalhavam - principalmente em confronto com o liberalismo econômico, eram necessárias respostas jurídicas aptas à resolução dos conflitos, que não eram encontradas no diploma civilista clássico de formação liberal-individualista, o qual reduzia as questões empregatícias às de contrato bilateral. É nesse contexto que se insere o Direito do Trabalho como expressão máxima de um processo de lutas coletivas da classe trabalhadora, disciplina fundada sob princípios tais como: princípio da proteção ao trabalhador; norma mais favorável ao trabalhador; condição mais benéfica ao trabalhador; in dubio pro operário; irrenunciabilidade dos direitos trabalhistas; continuidade da relação de emprego e boa-fé e princípio da primazia da realidade. No entanto, em 13 de julho de 2017 ocorreu o advento da Lei 13.467/2017, cujo contexto de criação e elaboração é marcado por intensas discussões políticas e ideológicas, dada a instabilidade política nacional do momento de sua aprovação. A referida Lei veicula alguns preceitos que embatem diretamente o princípio da Dignidade da Pessoa Humana. Este, por sua vez, é o fundador da ordem jurídico-constitucional do país. Se a referida lei, hipoteticamente, não vai ao seu encontro, faz ela oposição direta, também, aos preceitos sustentadores do Direito do Trabalho, este enquanto disciplina baseada nos fins de proteção ao trabalhador e diminuição das desigualdades provenientes do antagonismo trabalho e capital..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Alessandro Severino Valler Zenni - Coordenador / Maria Rita Prates Fregadoli - Integrante.
2017 - Atual
PROJETO DE INICIAÇÃO: CIENTÍFICA IDEOLOGIA NA DIGNIDADE HUMANA
Descrição: Declarada como principio e fonte dos Estados Democráticos, a dignidade da pessoa humana imprime a ideia de igualdade e fraternidade, confere a todos a garantia de ter seus direitos concretizados e possuir o mínimo existencial para busca da felicidade, ao menos é o que se expõe formalmente. A partir de uma análise histórica e filosófica do conceito de digni-dade desde a cultura clássica, pretende-se compreender de maneira dialética a construção do conceito atual, que submerso na ideologia burguesa, não possui condição suficientemente elevada, além de expressar uma imagem distorcida e invertida da realidade. Faz-se de funda-mental importância o enfoque nos momentos históricos que constituíram as ideias fundamen-tais da ideologia vigente, que necessariamente representa a atual disparidade entre a realidade formal e a realidade de fato no âmbito dos direitos fundamentais e da própria dignidade. O Direito, consequentemente, vem a ser usado como instrumento de manutenção do sistema vigente, legitimando a dominação estatal, tanto na visão jusnaturalista quanto na positivista, a fim de conservar a ?ordem social? e irradiar uma concepção de mundo que diverge da reali-dade. Portanto, faz-se necessário o reconhecimento de que a sociedade atual é definida estru-turalmente pela existência de duas classes sociais bem definidas, quais sejam, os proprietários dos meios de produção, e aqueles que vendem sua força de trabalho.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Alessandro Severino Valler Zenni - Coordenador / Bruno Henrique Violin - Integrante.
2017 - Atual
PROJETO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA : A JORNADA DE TRABALHO E AS NOVAS TECNOLOGIAS ? A ESCRAVIDÃO NA PÓS MODERNIDADE
Descrição: A Constituição Federal Brasileira (art. 1º, inciso III) menciona a dignidade da pessoa humana como fundamento do nosso Estado Democrático de Direito1. Nas palavras do desembargador do TJRS Ingo Wolfgang Sarlet: ?Consagrando expressamente, no título dos princípios fundamentais, a dignidade da pessoa humana como um dos fundamentos do nosso Estado democrático (e social) de Direito (art.1º, inc. III, da CF), o nosso Constituinte de 1988 ? a exemplo do que ocorreu, entre outros países, na Alemanha -, além de ter tomado uma decisão fundamental a respeito do sentido, da finalidade e da justificação do exercício do poder estatal e do próprio Estado, reconheceu categoricamente que é o Estado que existe em função da pessoa, e não o contrário, já que o ser humano constitui a finalidade precípua, e não meio da atividade estatal.?Ocorre que, não somente em matéria constitucional, tal princípio é característica basilar das relações pessoais e principalmente profissionais, se aplicado efetivamente ao direito do trabalho.Cabe ressaltar que está em discussão características que vão além da dignidade da pessoa humana, como a higidez mental e física do trabalhador inserido no atual sistema regido pela tecnologia, cuja finalidade reside em processar a maior quantidade de informações em menos tempo e em qualidade suficiente a atingir os anseios da sociedade moderna capitalista, e da classe econômica.Os meios e modo de exploração do trabalho humano se renovam constantemente, basta simples análise da jornada efetuada no contexto da revolução industrial e a praticada atualmente. O cenário atual, não só brasileiro, mas em proporções globais, se rendeu as infinitas possibilidades trazidas pelo advento tecnológico, que permite unir, pessoas, informações, documentos e qualquer ?coisa? que esteja a um clique de distância. Em matéria trabalhista, a duração do trabalho que se estende paulatinamente a além do próprio local de serviço, traduz a seguinte realidade: vivemos em tempos líquidos, a modernidade é ?leve? ?fluida? e dinâmica. A fluidez a que a sociedade atual está imersa, retrocede ao período escravocrata, da chamada coisificação. O trabalhador é tratado como res, sujeito às variações das regras de mercado.O fator tecnológico tem como coadjuvante o capitalismo, combustível essencial para desenvolvimento da sociedade moderna, associado à volatilidade na forma de produção, ou seja, quanto maior a produção maior o consumo. De outra banda, em razão desta alienação consumerista, faz-se necessário entender, a necessidade da classe proletária em ver limitada sua jornada de trabalho, bem como garantido seu direito a descanso e lazer. Neste viés, é importante buscar compreender se o trabalho que o homem desempenha atualmente é trabalho escravo ou se o homem se tornou escravo do próprio trabalho..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Alessandro Severino Valler Zenni - Coordenador / Aline Vendrame dos Santos - Integrante / Aroldo Luiz Morais - Integrante.
2017 - Atual
PROJETO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA: TERCEIRIZAÇÃO E DUMPING SOCIAL
Descrição: O presente estudo tem o intuito principal de traçar um paralelo entre o fenômeno da terceirização e a prática do dumping social. Nesse sentido, com estudos aprofundados, procura-se entender o surgimento do fenômeno da terceirização a partir do modelo de gestão de produção toyotista, bem como demonstrar de que maneira tal prática contribui para o aumento na violação dos direitos do trabalhador. Dessa forma, no contexto social atual o trabalhador se tornou objeto na relação empresarial e sujeito de constantes violações, e a busca por um ambiente de trabalho decente e não degradante à integridade física e mental do trabalhador ainda não obteve a concretização almejada. Então, com a prática do dumping social sendo cada vez mais recorrente nas empresas, vê-se que não é apenas o trabalhador terceirizado o prejudicado, mas sim a sociedade como um todo. Portanto, é necessário que o tema seja objeto de estudos e debates em busca da melhoria nas condições de trabalho e a proteção aos direitos sociais do trabalhador. O tema se mostra extremamente atual, haja vista a Lei 13.429, sancionada em 31 de março de 2017, que permite a terceirização ampla e irrestrita (inclusive das atividades-fim, em discordância com a Súmula 331 do TST), precarizando ainda mais as relações empregatícias..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Alessandro Severino Valler Zenni - Coordenador / Joao Vítor A. Alavarse Gonzales - Integrante.
2016 - 2017
PROJETO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA: A SUPERESTRUTURA DA DOMINAÇÃO: MORAL, ESTADO E DIREITO
Descrição: O advento e a implantação de teorias marxistas obtiveram repercussão mundial, propiciando conquistas sociais e acarretando o amadurecimento de conceitos como o materialismo histórico, o internacionalismo, o derrotismo revolucionário, o fetichismo de mercadoria, a economia planejada, a mais-valia, a ditadura do proletariado e o comunismo, os quais prosperaram com o estabelecimento da União Soviética. Intrínseca e indissociável do marxismo é a análise da base econômica e da superestrutura capitalistas. Evgeni Pachukanis, renomado jurista soviético, construiu uma crítica ampla do Direito, abordando-o no âmbito ideológico, moral e econômico. Pretende-se discorrer sobre a Teoria Geral de Evgeni Pachukanis correlacionando-a ao ordenamento jurídico brasileiro. Abordar-se-á, pois, mormente no plano legal, político e filosófico, o Direito brasileiro como uma superestrutura de dominação decorrente das relações materiais, que perpetua a exploração do trabalho e consolida as desigualdades sociais, conforme as elaborações teóricas de Evgeni. Cruciais são as inferências do materialismo histórico que delineiam a superestrutura como o corolário dos meios de produção, da base econômica. Evidenciar-se-á, por conseguinte, o caráter estagnante e fetichista dos institutos jurídicos, que decorrem precipuamente da troca de mercadoria (commodity exchange) e sustentam-se na ideologia burguesa, da qual advém a comutatividade, a capacidade, a igualdade, o contratualismo, a liberdade e a moralidade. Focar-se-á, inclusive, na imiscuição, dentro da seara penal, da ideologia burguesa de compra e venda, de troca e correspondência monetária. Pretende-se expor a elaboração de Evgeni sobre o Direito como um instrumento de subjugação das massas e consolidação do capitalismo, caracterizado como um artifício fundado na violência classicista e na irracionalidade retrógrada da ideologia burguesa. O trabalho de Evgeni orientará a lógica expositiva da pesquisa. Em conjunto à obra do soviético, discorrer-se-á sobre a moralidade de Nietzsche e o Estado conforme Bakunin e Lênin, corroborando-se para uma perspectiva crítica da superestrutura capitalista. Conforme a orientação marxista, a moral é um constructo social de conformismo e submissão, sendo o cristianismo, segundo Nietzsche, uma moral de domesticação. Nietzsche argue que o Direito constituiu a moral ? não o contrário ? por ser um instrumento de repressão que a incutiu violentamente nas massas ? os cordeiros -. Segundo Nietzsche, a classe dominante, os exploradores são quem define o que é belo ou feio, correto ou errado, moral ou imoral. Portanto, haverá uma troca dialética de diversas obras de orientações plurais que culminará na plena caracterização da superestrutura capitalista, expondo-a abertamente pelo que é e o que representa segundo uma orientação marxista-leninsta..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Alessandro Severino Valler Zenni - Coordenador / LUCAS GUILHERME MALDONADO - Integrante.
2016 - Atual
PROTEÇÃO INTEGRAL DA PESSOA: INTERAÇÕES DOS DIREITOS HUMANOS, DOS DIREITOS FUNDAMENTAIS E DOS DIREITOS DA PERSONALIDADE
Descrição: Identificação e estudo dos novos desafios da proteção integral do indivíduo (direitos humanos, fundamentais e da personalidade) em sua cultura ou em suas interações transculturais da dignidade da pessoa humana na sociedade contemporânea. Comparabilidade entre as teorias constitucionais e da justiça quanto à despersonalização do homem na sociedade do alto capitalismo, ou da modernidade liquida. Análise e sistematização dos direitos humanos e direitos fundamentais para consolidação dos direitos da personalidade no Brasil e no ocidente..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (25) .
Integrantes: Alessandro Severino Valler Zenni - Integrante / Zulmar Fachin - Integrante / Cleide Fermentão - Integrante / Cleber Otero - Coordenador / Alexander Rodrigues de Castro - Integrante.Financiador(es): Instituto Cesumar de Ciência, Tecnologia e Inovação - Bolsa.
2015 - 2018
A (DES)PERSONALIZAÇÃO DO SER HUMANO NA PÓS MODERNIDADE: O PAPEL DO DIREITO CONTEMPORÂNEO
Descrição: O trabalho desenvolvido objetiva conceituar a dignidade da pessoa humana e abordar o fenômeno humano na pós modernidade. A captação da vida humana pela técnica, tanto do corpo, ideias, desejos e sonhos, torna a concepção de pessoa algo assaz rarefeito no instante coevo, orquestrada por formas de poder diluídos, como o são os processos de modernidade de terceira fase. O sistema de poder labora com a sociedade dos papeis e do relativismo axiológico para manter as consciências obliteradas, usurpando do direito e dos conceitos jurídicos abertos, para, mediante axiologias ideológicas, manter ordem e segurança à custa da pessoa. Responsabilidade, confiança, ética, justiça, autonomia, igualdade e democracia participativa, premissas do Direito, são sequestrados pelos funcionalismos pós-modernos, marcadamente utilitaristas, impedindo a concretização do projeto humano de elevação das pessoas. Nesse sentido o Direito capitaneado pelo poder vai militar em prol da uniformização e padronização coletiva, empanando o próprio fundamento da dignidade da pessoa humana, da mesma forma que frustrará o finalismo solidário e justo. Na perspectiva metafísica é que será possível emergir do fosso em que se aloca pessoa e Direito, restituindo à filosofia o seu papel na pós modernidade..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (4) .
Integrantes: Alessandro Severino Valler Zenni - Coordenador.Financiador(es): Fundação Nacional de Desenvolvimento do Ensino Superior Particular - Bolsa.
2015 - 2016
PROJETO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA: O PRINCÍPIO DA DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA, FUNDAMENTO DA REPÚBLICA, COMO INSTRUMENTO DE HUMANIZAÇÃO DA JUSTIÇA
Descrição: O presente projeto tem por objetivo pesquisar e avaliar o princípio da dignidade da pessoa humana em seu aspecto histórico e jurídico, também como fundamento da República ? art. 1º inc. III da Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, e a sua aplicabilidade nas decisões judiciais como instrumento da humanização da justiça. Abrangerá um estudo sobre decisões judiciais em diversas instâncias e tribunais, para constatação da aplicação ou não do princípio constitucional da dignidade da pessoa humana como meio de verificar ainda, os reflexos comportamentais em relação ao princípio motivador do presente projeto. E finalmente, verificar através de consultas de jurisprudência nos sites dos Tribunais de Justiça dos Estados e dos Tribunais Superiores S.T.J. e S.T.F., decisões onde se encontram presentes o princípio da dignidade humana como instrumento da humanização da justiça..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Alessandro Severino Valler Zenni - Coordenador / Aroldo Luiz Morais - Integrante / Ayumi Karine Pasquarello Izaki - Integrante / Gabriela Rossi de Sousa - Integrante.
2015 - 2016
PROJETO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA: UNIFORMIZAÇÃO SOCIAL X INDIVIDUALIZAÇÃO DA PESSOA HUMANA
Descrição: A pesquisa em tela propõe uma investigação dos meios midiáticos e a influência sociocultural dos mesmos sobre cada ser humano, tornando-se a tecnologia um instrumento de dominação e manipulação e, consequentemente, verdadeira alienação coletiva. Destarte se faz necessário desvendar o papel do Direito na tarefa de dignificar a pessoa humana frente o poder cibernético da mídia..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Alessandro Severino Valler Zenni - Coordenador / WILSON PERALTA DEMORI - Integrante.
2014 - 2017
PROJETO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA: A (IN)DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA NA SOCIEDADE TECNOLÓGICA: O PAPEL DO DIREITO JUSTO NA PÓS MODERNIDADE
Descrição: A pesquisa que se propõe tem por norte aprofundar o conceito de pessoa humana e as possibilidades de revitalização no instante coevo da história, onde o estruturalismo combaliu a personalidade. Como o direito tem na dignidade da pessoa humana a fonte e norte hermenêutico à decisão, seja em caráter abstrato, no plano da normatividade, seja concretamente, na seara da aplicação, impõe-se o resgate da ars inveniendi que lhe caracterizou historicamente, para fazer face ao puro procedimentalismo que o alimenta hodiernamente, como possibilidade de redenção humana. Presentemente, o homem líquido, descartável e virtual, ganha tratamento numérico e estatístico no plano jurídico, por influência da sociografia, e passa a ser aliviado de responsabilidade, ao mesmo tempo em que se encontra esmaecido no livre arbítrio, de sorte que o sentido de liberdade que sempre se fez presente na antropologia é eclipsado pela uniformidade, categoria que embota, ainda, a definição de igualdade. O prenúncio desse drama experienciado pela humanidade está na racionalidade e o hiato entre realidade e valor, na sequência o homo faber e sua técnica, desembocando na tecnologia e eficiência atuais, descomprometidas com as virtudes. O direito como técnica ganhou em funcionalidade e sucumbiu em justiça e ética. Portanto, aproximar direito, ética e política, resgatar o metafísico clássico da prudência e da justiça, significa restituir à humanidade o elo perdido e evitar o fim da história..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2014 - 2015
PROJETO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA: O PROGRAMA MAIS MÉDICOS SOB A ÓTICA DO PRINCÍPIO DA DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA.
Descrição: O presente trabalho, tem como escopo a análise dos Direitos da Personalidade dos empregados no regime de contratação do Programa Mais Médicos, especialmente no que tange o Princípio da Dignidade da Pessoa Humana e o Princípio da Função Social do Contrato que estão voltados para a garantia do ambiente digno ao trabalhador, que é aquele no qual seus direito de personalidade são respeitados. Ao final, apresenta propostas para as questões que envolvem o meio ambiente do trabalho e a função social do contrato de trabalho, concluindo que o Princípio de Proteção é fundamental para que haja a consecução deste objetivo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Alessandro Severino Valler Zenni - Coordenador / Camila Juliana da Silva - Integrante.
2014 - 2015
PROJETO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA: ÉTICA DO ADVOGADO NO DIREITO PROCESSUAL
Descrição: O presente projeto de pesquisa propõe-se a compreender a ética do advogado no direito processual. Fundamenta-se na necessidade de uma reflexão acerca da ética do advogado no direito processual que, na modernidade, desencaminhou-se dos preceitos iniciais do direito e da instituição do advogado. A ineficácia das normas jurídicas, assim como das normas sociais no âmbito da ética processual do advogado, torna este assunto passível de estudo, a fim de averiguar as razões dessa denegação pela ética por parte da maioria dos advogados ativos no Brasil. Desta forma, o presente trabalho buscará compreender como funciona a ética do advogado no direito processual e como deveria funcionar. Em uma tentativa de depreender as razões da ineficácia da aplicação da ética do advogado no direito processual. Diversas condutas antiéticas advindas de alguns advogados resultaram no maldizer por parte da sociedade por esta profissão, que, de acordo com a própria Constituição Federal, é indispensável à administração da justiça. Isto posto, o presente projeto de pesquisa propõe-se a estudar as ações de advogados no direito processual, levando em consideração a ética profissional. A fim de empenhar-se em encontrar uma solução fidedigna ao imbróglio ético processual que paira sobre esta profissão..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2015
O DIREITO E A PESSOA: UM RETORNO AO DIREITO NATURAL CLÁSSICO
Descrição: O trabalho a ser desenvolvido objetiva conceituar a dignidade da pessoa humana e as possibilidades de sua construção neste momento da historia. O homem líquido e descartável, uniformizado pelo direito e por ele aliviado de responsabilidade ética, mergulha em crise abissal contemporaneamente. A história registra que o hiato direito, valor e política foi decisivo para neutralizar a construção da pessoa, embargando-lhe o projeto de redenção. Os artifícios manejados na modernidade impedem o homem de sua realização em physis e telus, ao mesmo tempo em que mantem o paradoxo da sociedade liquida garantida por dignidade humana. Aproximar direito, moral e política da ação humana, ou seja, resgatar o direito imantado de metafísica, significa devolver à humanidade o elo perdido e restituir-lhe a possibilidade de evitar o fim da história..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (11) .
Integrantes: Alessandro Severino Valler Zenni - Coordenador / Wesley Macedo de Sousa - Integrante / Vitor Affonso Vieira Machado - Integrante / Fernanda Menegotto Sironi - Integrante / Givago Dias Mendonça - Integrante / Marco Antonio de Souza - Integrante / Leonardo de Abreu Pitoni - Integrante / Rogério Sato Capelari - Integrante / Adriana Regina Barcellos - Integrante.Financiador(es): Fundação Nacional de Desenvolvimento do Ensino Superior Particular - Bolsa.


Membro de corpo editorial


2005 - Atual
Periódico: Revista Jurídica CESUMAR. Mestrado


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Direito Privado/Especialidade: Direito do Trabalho.
2.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Direito Público/Especialidade: Direito Processual Civil.
3.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Teoria do Direito/Especialidade: Filosofia do Direito.
4.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Teoria do Direito/Especialidade: Direito Romano.


Idiomas


Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
DE ALMEIDA, FERNANDO RODRIGUES2018DE ALMEIDA, FERNANDO RODRIGUES ; ZENNI, Alessandro Severino Valler . A saída neutra de Kelsen: O instrumento kantiano em Hans Kelsen. REVISTA QUAESTIO IURIS, v. 11, p. 281-296, 2018.

2.
DINIZ AIRES, FERNANDA2018DINIZ AIRES, FERNANDA ; VALLER ZENNI, ALESSANDRO SEVERINO ; MENENGOTI GONÇALVES RIBEIRO, DANIELA . A TUTELA DO EMBRIÃO IN VITRO NA CONVENÇÃO AMERICANA DE DIREITOS HUMANOS: UMA INTERPRETAÇÃO DA CORTE INTERAMERICANA DE DIREITOS HUMANOS. REVISTA QUAESTIO IURIS, v. 11, p. 737-756, 2018.

3.
2CARLOS, NAIANE LEVIZ DA SILVA2017CARLOS, NAIANE LEVIZ DA SILVA ; ZENNI, Alessandro Severino Valler . Um olhar crítico à pena de prisão: a minimalização do cárcere como uso alternativo do direito. Revista do Curso de Direito do UNIFOR, v. 8, p. 114-129, 2017.

4.
4ZENNI, Alessandro Severino Valler;VALLER ZENNI, ALESSANDRO SEVERINO2016ZENNI, Alessandro Severino Valler; PINHEIRO, P. A. G. . A RACIONALIDADE TECNOLÓGICA E A DESCONSTRUÇÃO DA PESSOA HUMANA: O DESAFIO DO DIREITO CONTEMPORÂNEO DO ETERNO RETORNO. Jus Vox, v. 1, p. 1-15, 2016.

5.
3ZENNI, Alessandro Severino Valler;VALLER ZENNI, ALESSANDRO SEVERINO2016ZENNI, Alessandro Severino Valler. OS ?RUÍDOS? DA CIÊNCIA E O RETORNO AO DIREITO CLÁSSICO: ÚNICA VIA À DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA. UNIVERSITAS JUS, v. 27, p. https://www.pub, 2016.

6.
5ZENNI, Alessandro Severino Valler;VALLER ZENNI, ALESSANDRO SEVERINO2016ZENNI, Alessandro Severino Valler. O SENTIDO DA EXISTÊNCIA E O PAPEL DO DIREITO NO PROJETO DE VIDA. REVISTA DE ESTUDOS JURÍDICOS E SOCIAIS, v. 5, p. 226-243, 2016.

7.
6ZENNI, Alessandro Severino Valler;VALLER ZENNI, ALESSANDRO SEVERINO2014ZENNI, Alessandro Severino Valler; MESQUITA, C. . CRÍTICA À JUSTIÇA DA ATUALIDADE: POR UM RESGATE HISTÓRICO DA FILOSOFIA DO DIREITO. REVISTA QUAESTIO IURIS, v. 7, p. 63-87, 2014.

8.
7ZENNI, Alessandro Severino Valler;VALLER ZENNI, ALESSANDRO SEVERINO2013ZENNI, Alessandro Severino Valler; SOUSA, W. M. . O DIREITO À VIDA E À DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA ANTE A PESQUISA COM CÉLULAS-TRONCO EMBRIONÁRIAS A PARTIR DO JULGAMENTO DA ADI Nº 3.510. REVISTA JURÍDICA CESUMAR. MESTRADO, v. 13, p. 11-32, 2013.

9.
8ZENNI, Alessandro Severino Valler;VALLER ZENNI, ALESSANDRO SEVERINO2012ZENNI, Alessandro Severino Valler; PARRON, S. F. . POR UMA FILOSOFIA DA PESSOA NO DIREITO DO TRABALHO. REVISTA JURÍDICA CESUMAR. MESTRADO, v. 12, p. 9-32, 2012.

10.
9ZENNI, Alessandro Severino Valler;VALLER ZENNI, ALESSANDRO SEVERINO2011ZENNI, Alessandro Severino Valler; FELIX, D. V. . EDUCAÇÃO PARA CONSTRUÇÃO DE DIGNIDADE: TAREFA EMINENTE DO DIREITO. REVISTA JURÍDICA CESUMAR. MESTRADO, v. 11, p. 169-192, 2011.

11.
10ZENNI, Alessandro Severino Valler;VALLER ZENNI, ALESSANDRO SEVERINO2010ZENNI, Alessandro Severino Valler; CAVALCANTE, B. . O PRINCÍPIO DA PUBLICIDADE NOS PROCEDIMENTOS ARBITRAIS. REVISTA JURÍDICA CESUMAR. MESTRADO, v. 10, p. 261-274, 2010.

12.
11ZENNI, Alessandro Severino Valler;VALLER ZENNI, ALESSANDRO SEVERINO2009ZENNI, Alessandro Severino Valler; SILVA, E. L. . ALGUMAS CONSIDERAÇÕES SOBRE O PRINCÍPIO DA DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA. REVISTA JURÍDICA CESUMAR. MESTRADO, v. 9, p. 201-222, 2009.

13.
12ZENNI, Alessandro Severino Valler;VALLER ZENNI, ALESSANDRO SEVERINO2008ZENNI, Alessandro Severino Valler; SILVA, E. L. . ASPECTOS GERAIS DA LÓGICA DO RAZOÁVEL COMO ARTE DE INTERPRETAÇÃO JURÍDICA. REVISTA JURÍDICA CESUMAR. MESTRADO, v. 8, p. 117-129, 2008.

14.
13ZENNI, Alessandro Severino Valler;VALLER ZENNI, ALESSANDRO SEVERINO2007ZENNI, Alessandro Severino Valler. O AGIR COMUNICATIVO EM HABERMAS E A NOVA RETÓRICA DE PERELMAN. REVISTA JURÍDICA CESUMAR. MESTRADO, v. 7, p. 461-470, 2007.

15.
14ZENNI, Alessandro Severino Valler;VALLER ZENNI, ALESSANDRO SEVERINO2005ZENNI, Alessandro Severino Valler. DIREITOS E PODER NA FILOSOFIA PÓS-MODERNA. REVISTA JURÍDICA CESUMAR. MESTRADO, v. 5, p. 13-30, 2005.

16.
15ZENNI, Alessandro Severino Valler;VALLER ZENNI, ALESSANDRO SEVERINO2004ZENNI, Alessandro Severino Valler. O RETORNO DA METAFÍSICA COMO CONDIÇÃO PARA CONCRETIZAÇÃO DA DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA. REVISTA JURÍDICA CESUMAR. MESTRADO, v. 4, p. 5-14, 2004.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. Labirinto da filosofia do direito. 1. ed. São paulo: LiberArs, 2018. v. 1.

2.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. PESSOA E JUSTIÇA: QUESTÃO DE DIREITO. 1. ed. , 2017.

3.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; FERDINANDI, M. B. T. (Org.) ; ANTONASSE, A. T. (Org.) ; FRANCISCHINI, M. C. L. (Org.) . DIREITOS DA PERSONALIDADE DOS INTEGRANTES DE MINORIAS E DE GRUPOS VUNERÁ- VEIS A FUNÇÃO SOCIAL DO DIREITO. 1. ed. Maringá: IDDM, 2017. v. 1. 164p .

4.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; SILVA, M. C. R. . REMUNERAÇÃO E JORNADA DE TRABALHO. 2. ed. Curitiba-PR: Juruá, 2016. v. 1. 176p .

5.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; FELIX, D. V. . CRÍTICA À TEORIA CLÁSSICA DOS DIREITOS DA PERSONALIDADE. 2. ed. Maringá-PR: Humanitas Vivens, 2015. v. 1. 144p .

6.
VIEIRA, A. D. ; ZENNI, Alessandro Severino Valler ; FERMENTAO, C. . HERMENÊUTICA II. 1. ed. Florianópolis-SC: Fundação Boiteux, 2014. v. 1. 334p .

7.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; COSTA, R. N. . DO PRINCÍPIO FUNDANTE DA DIGNIDADE HUMANA À NEUTRALIZAÇÃO DA PESSOA UMA CRÍTICA À HERMENÊUTICA CONSTITUCIONAL. 1. ed. Florianópolis-SC: Fundação Boiteux, 2011. v. 2. 28p .

8.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; ANDREATTA FILHO, D. R. . O DIREITO NA PERSPECTIVA DA DIGNIDADE HUMANA. 1. ed. Porto Alegre-RS: Sergio Antonio Fabris editor, 2010. v. 1. 111p .

9.
ANDREATTA FILHO, D. R. ; ZENNI, Alessandro Severino Valler . A (RE)CONSTRUÇÃO DA DIGNIDADE HUMANA E DO DIREITO EM PERSPECTIVA INTERDISCIPLINAR NA CONTEMPORANEIDADE. 1. ed. São Paulo-SP: CONPEDI, 2009. v. 1.

10.
SILVA, E. L. ; ZENNI, Alessandro Severino Valler . A DIGNIDADE DO TRABALHADOR: BÚSSOLA AOS NOVOS PARADIGMAS DO TRABALHO, EMPREGO E INCREMENTO HARMONIZADOR ENTRE CAPITAL E TRABALHO. 1. ed. Florianópolis-SC: Fundação Boiteux, 2009. v. 1.

11.
OLIVEIRA, C. R. T. ; ZENNI, Alessandro Severino Valler . (RE)SIGNIFICAÇÃO DOS PRINCÍPIOS DE DIREITO DO TRABALHO. 1. ed. Porto Alegre-RS: Sergio Fabris Editor, 2009. v. 1. 136p .

12.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. ASPECTOS ATUAIS DO SALÁRIO E JORNADA DE TRABALHO. Curitiba: Juruá, 2006.

13.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; RAFAEL, Márcia Cristina . REMUNERAÇÃO E JORNADA DE TRABALHO. 1. ed. Curitiba-PR: Juruá, 2006. v. 1. 204p .

14.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. A CRISE DO DIREITO LIBERAL NA PÓS-MODERNIDADE. 1. ed. Porto Alegre-RS: Sérgio Antonio Fabris, 2006. v. 1. 183p .

15.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. A PROVA NO DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO. 1. ed. Curitiba-PR: Juruá, 1998. v. 1. 214p .

Capítulos de livros publicados
1.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; SILVA, S. C. G. . FEMINICÍDIO, DIGNIDADE E GÊNERO: A APLICAÇÃO DO FEMINICÍDIO AOS HOMICÍDIOS QUE VITIMAM TRANSEXUAIS. FEMINICÍDIO, DIGNIDADE E GÊNERO: A APLICAÇÃO DO FEMINICÍDIO AOS HOMICÍDIOS QUE VITIMAM TRANSEXUAIS. 1ed.: , 2017, v. 4, p. 74-.

2.
SILVA, M. A. ; ZENNI, Alessandro Severino Valler . DEPOIMENTO POLICIAL COMO PROVA PENAL. In: Gustavo Noronha de Ávila; Andrea Carla de Moraes Pereira Lago; Walter Barbosa Bittar. (Org.). Prova Penal, psicologia do testemunho e direitos da personalidade.. 1ed.Maringá: IDDM, 2017, v. 1, p. 59-66.

3.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. A DEPOSIÇÃO DA RAZÃO COMO GARANTIA À DIGNIDADE DE PESSOA HUMANA. In: Maria Clara Calheiros; Maria Cristina Vidotte Blanco Tarrega. (Org.). Filosofia do Direito. 1ed.Florianópolis-SC: CONPEDI, 2017, v. 1, p. 6-26.

4.
MASHIBA, G. C. X. ; ZENNI, Alessandro Severino Valler . TEORIA CRÍTICA DO DIREITO E O PRINCÍPIO FUNDAMENTAL DA DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA. In: Edimur Ferreira de Faria; Rubens Beçak. (Org.). Direitos Humanos, Direito Internacional e Direito Constitucional: Judicialização, Processo e Sistemas de Proteção II. 1ed.Florianópolis-SC: CONPEDI, 2017, v. 1, p. 229-245.

5.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. TRATAMENTO DOS MÉDICOS CUBANOS PELO DIREITO BRASILEIRO E À REDUÇÃO DA CONDIÇÃO ANÁLOGA À DE ESCRAVO. In: LEDA MARIA MESSIAS DA SILVA , MURIANA CARRILHO BERNARDINELI. (Org.). TEMÁTICAS DO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO DIGNO. Ied.São Paulo: LTR, 2017, v. , p. 29-39.

6.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. O ESCLARECIMENTO E A DESCONSTRUÇÃO DA PESSOA HUMANA: DESAFIOS DO DIREITO ATUAL. O ESCLARECIMENTO E A DESCONSTRUÇÃO DA PESSOA HUMANA: DESAFIOS DO DIREITO ATUAL. 1ed.: , 2016, v. , p. 349-.

7.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. O SENTIDO DA EXISTÊNCIA E O PAPEL DO DIREITO NO PROJETO DE VIDA. In: Oscar Sarlo; Ynes da Silva Félix. (Org.). O SENTIDO DA EXISTÊNCIA E O PAPEL DO DIREITO NO PROJETO DE VIDA. 1ed.Florianópolis-SC: CONPEDI, 2016, v. 1, p. 155-172.

8.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; PINHEIRO, P. A. G. . DIREITOS DA PERSONALIDADE NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO A (IN) DIGNIDADE DO TRABALHO COMO FUNDAMENTO JURÍDICO DA VIDA. DIREITOS DA PERSONALIDADE NO MEIO AMBIENTE DE TRABALHO A (IN) DIGNIDADE DO TRABALHO COMO FUNDAMENTO JURÍDICO DA VIDA. 1ed.: , 2016, v. 3, p. 181-.

9.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; BERTI, M. G. . DIREITO E DEMOCRACIA - O PERCURSO DA ARQUE NO CONTEXTO DA HISTÓRIA E AS MITOLOGIAS DO ESCLARECIMENTO. In: Armando Albuquerque de Oliveira; Yamandu Acosta Roncagliolo. (Org.). Teorias da Democracia e Direitos Políticos. 1ed.Florianópolis-SC: CONPEDI, 2016, v. 1, p. 109-129.

10.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; ZENNI, Alessandro Severino Valler PAULO, A. R. REIS JUNIOR, A. S. SEGATTO, A. C. MINHOTO, A. C. B. FERREIRA, A. R. M. PATTO, B. J. PINTO, C. E. V. CARVALHO, E. M. BRITO, F. CARVALHO, G. M. MACHADO, I. V. RUIZ, I. A. TRINTIN, J. G. TERRA, J. L. S. DYNIEWICZ, L. G. R. COLIMOS, L. G. S. C. TURATTI JUNIOR, M. A. COSTA, M. F. FUGITA JUNIOR, N. SILVA, N. T. C. CARDOSO, S. L. M. LUZ, T. V. ALVES, T. R. CARDIN, V. S. G. , et al.SILVA, V. C. CONSALTER, Z. M. ; Vulnerabilidade do deficiente e a educação como instrumento da consecução do direito de ser pessoa. In: Nilson Tadeu Reis Campos Silva. (Org.). O direito e as pessoas vulneráveis na contemporaneidade. 1ed.Rio de Janeiro: Livraria e Editora Lumen Juris LTDA, 2016, v. 1, p. 75-104.

11.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; PEDROZO, P. R. V. . A REALIZAÇÃO DA FLEXIBILIZAÇÃO TRABALHISTA PELAS INSTITUIÇÕES TRABALHISTAS EM GERAL E EM PARTICULAR PELA AUDITORIA-FISCAL DO TRABALHO. In: Everaldo Gaspar Lopes de Andrade; Frederico da Costa carvalho Neto; Rodrigo Garcia Schwarz. (Org.). Direito do Trabalho e Meio Ambiente do Trabalho I. 1ed.Florianópolis-SC: CONPEDI, 2015, v. 1, p. 56-87.

12.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; OLIVEIRA, C. R. T. . DA CONSCIÊNCIA À JURISPRUDÊNCIA: O DIREITO COMO DECISÃO DE JUSTIÇA. In: Adriana Dias Vieira; Alessandro Severino Vallér Zenni; CleideAparecida Gomes Rodrigues Fermentão. (Org.). Hermenêutica II. 1ed.Florianópolis-SC: Boiteux, 2014, v. 1, p. 231-260.

13.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; OLIVEIRA, C. R. T. . A PESSOA COMO CAUSA E FIM DE TODO DIREITO. In: Pietro de Jesús Lora Alarcón. (Org.). Filosofia do Direito III. 1ed.Florianópolis-SC: Boiteux, 2014, v. 1, p. 39-54.

14.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. O RESGATE DA JUSTIÇA JURÍDICA NA METODOLOGIA DO DIREITO: UM RETORNO À PESSOA HUMANA. In: Rubens Beçak; Alexandre Walmott Borges: Ana Maria D'Avilla Lopes. (Org.). Hermenêutica. 1ed.Florianópolis-Sc: Fundação Boiteux, 2014, v. 1, p. 521-550.

15.
PEGINI, A. R. B. ; ZENNI, Alessandro Severino Valler . DIREITO HUMANO FUNDAMENTAL À SAÚDE MENTAL E NECESSIDADE DE POLÍTICAS PÚBLICAS EFETIVAS DE TRATAMENTO E COMBATE AO PRECONCEITO. In: Adriana Regina Barcellos Pegini. (Org.). Direito e pessoa humana. 1ed.Maringá-PR: Vivens, 2014, v. 1, p. 17-67.

16.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; PINHEIRO, P. A. G. . O RESGATE DA JUSTIÇA JURÍDICA NA FILOSOFIA DO DIREITO: UM RETORNO À PESSOA HUMANA. In: LETÍCIA CARLA BAPTISTA ROSA; PRISCILA KUTNE ARMELIN. (Org.). DIREITO E POLÍTICAS PÚBLICAS: ESTUDOS INTERDISCIPLINARES. 1ed.Maringá: GRÁFICA CANIATTI, 2014, v. 1, p. 191-216.

17.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; ELGER, M. . A EMANCIPAÇÃO HUMANA NA DEMOCRACIA PARTICIPATIVA. In: Valéria Silva Galdino Cardin. (Org.). Novos rumos dos Direitos Especiais da Personalidade e seus Aspectos Controvertidos. 1ed.Curitiba-PR: Juruá, 2013, v. 1, p. 227-241.

18.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. RESTAURAÇÃO DO MÉTODO DO DIREITO JUSTO. In: Alexandre Walmott Borges; João Mauricio Leitão Adeodato; Iara Rodrigues de Toledo. (Org.). Hermenêutica. 1ed.Florianóplis-SC: Boiteux, 2013, v. 1, p. 486-514.

19.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. O PRINCÍPIO DA DIGNIDADE HUMANA: SINGELAS REFLEXÕES HISTÓRICAS E FILOSÓFICAS. Impasses e Inovações no Direito Contemporâneo. 1ed.Maringá-PR: Clichetec, 2012, v. , p. 1-9.

20.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; SILVA, E. L. . O RESGATE DA PESSOA NA TRAGÉDIA HISTÓRICA DA HUMANIDADE - RETORNO AO DIREITO NATURAL CLÁSSICO. Anais do XX Encontro Nacional do CONPEDI. Tema: Democracia e reordenação do pensamento jurídico: compatibilidade entre a autonomia e a intervenção estatal.- B. Horizonte-MG. 1ed.Florianópolis-SC: Fundação Boiteux, 2011, v. 1, p. 10069-.

21.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. METODOLOGIA EXLÉTICA: UMA PROPOSTA TRANSVERSAL PARA CONHECER O DIREITO. Anais do XIX Congresso Nacionao do Conpedi. 1ed.Florianópolis-SC: Fundação Boiteux, 2010, v. 1, p. 1-20.

22.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. O CONCEITO DE VIDA DIGNA EM PERSPECTIVA FENOMENOLÓGICA, METAFÍSICA E SISTÊMICA: UMA PROPOSTA TRANSDISCIPLINAR PARA A ONTOLOGIA DO DIREITO. Anais do XIX Encontro Nacional do Conpedi. 1ed.Florianópolis-SC: Fundação Boiteux, 2010, v. 1, p. 1-20.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
NASCIMENTO, H. M. ; ZENNI, Alessandro Severino Valler . A ATUAL SITUAÇÃO DA DEMOCRACIA BRASILEIRA: RUPTURA CONSTITUCIONAL?. In: X EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica, 2017, Maringá. Anais Eletrônicos do X EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica. Maringá: UNICESUMAR, 2017. v. 1. p. 1-5.

2.
CAMILO, E. L. F. ; ZENNI, Alessandro Severino Valler . DANOS EXISTENCIAIS NO DIREITO DO TRABALHO. In: X EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica, 2017, Maringá. Anais Eletrônicos do X EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica. Maringá: UNICESUMAR, 2017. v. 1. p. 1-3.

3.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. O ESCLARECIMENTO E A DESCONSTRUÇÃO DA PESSOA HUMANA: DESAFIOS DO DIREITO ATUAL. In: XXV ENCONTRO NACIONAL DO CONPEDI/BRASILIA-DF, 2016, BRASILIA-DF. FILOSOFIA DO DIREITO I, 2016.

4.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; BERTI, M. G. . DIREITO E DEMOCRACIA - O PERCURSO DA ARQUE NO CONTEXTO DA HISTÓRIA E AS MITOLOGIAS DO ESCLARECIMENTO. In: V ENCONTRO INTERNACIONAL DO CONPEDI MONTEVIDÉU ? URUGUAI, 2016, MONTEVIDÉU. TEORIAS DA DEMOCRACIA E DIREITOS POLÍTICOS, 2016. p. 109-129.

5.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. O SENTIDO DA EXISTÊNCIA E O PAPEL DO DIREITO NO PROJETO DE VIDA. In: XXV CONGRESSO DO CONPEDI - CURITIBA, 2016, CURITIBA-PR. FILOSOFIA DO DIREITO 1, 2016.

6.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. PERSONALIDAD COMO LEY NATURAL EN AQUINO. In: I Congresso Internacional de Direitos da Personalidade, 2014, Maringá-PR. Anais do I Congresso Internacional de Direitos da Personalidade, 2014. p. 1-22.

7.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. PROTEÇÃO DOS DIREITOS DE PERSONALIDADE COM A TUTELA INIBITÓRIA: UM REFLEXO AO ACESSO À JUSTIÇA. In: I Congresso Internacional de Direitos da Personalidade, 2014, Maringá-PR. Anais do I Congresso Internacional de Direitos da Personalidade, 2014. p. 1-25.

8.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. O RESGATE DA PESSOA NA TRAGÉDIA HISTÓRICA DA HUMANIDADE - RETORNO AO DIREITO NATURAL CLÁSSICO. In: XX Encontro Nacional - CONPEDI, 2011, Belo Horizonte-MG. Anais do XX Encontro Nacional CONPEDI. Belo Horizonte-MG: CONPEDI, 2011.

9.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. METODOLOGIA EXLÉTICA: UMA PROPOSTA TRANSVERSAL PARA CONHECER O DIREITO. In: XIX Congresso Nacional do Conpedi, 2010, Florianópolis-SC. XIX Congresso Nacional do Conpedi. Florianópolis-SC: COMPEDI, 2010.

10.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. O CONCEITO DE VIDA DIGNA EM PERSPECTIVA FENOMENOLÓGICA, METAFÍSICA E SISTÊMICA: UMA PROPOSTA TRANSDISCIPLINAR PARA A ONTOLOGIA DO DIREITO. In: XIX Congresso Nacional do Conpedi, 2010, Florianópolis-SC. XIX Congresso Nacional do Conpedi. Florianópolis-SC: CONPEDI, 2010. v. 1. p. 1920-1955.

11.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; SILVA, E. L. . A DIGNIDADE DO TRABALHADOR: BÚSSOLA AOS NOVOS PARADIGMAS DO TRABALHO, EMPRETO E INCREMENTO HARMONIZADOR ENTRE CAPITAL E TRABALHO. In: XVIII Congresso Nacional do Conpedi, 2009, São Paulo-SP. Anais do XVIII Congresso Nacional do Conpedi. São Paulo-SP, 2009.

Artigos aceitos para publicação
1.
VALLER ZENNI, ALESSANDRO SEVERINO; DINIZ AIRES, FERNANDA . O ABUSO E A EXPLORAÇÃO SEXUAL DE MULHERES PELOS PEACEKEEPERS NAS MISSÕES DE PAZ: A EFICÁCIA DAS MEDIDAS ADOTADAS PELA ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS NO ENFRENTAMENTO DA QUESTÃO. REVISTA DE ESTUDOS JURÍDICOS DA UNESP, 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; TEIXEIRA, M. A. C. . A GREVE POLÍTICA COMO UM ATO DE RESISTÊNCIA. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; BARTH, M. . O PRINCÍPIO FUNDAMENTAL DA DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA NO ORDENAMENTO JURÍDICO BRASILEIRO. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
FURLAN, L. F. ; ZENNI, Alessandro Severino Valler . OS SISTEMAS DE REPRESENTATIVIDADE NAS CONSTITUIÇÕES BRASILEIRAS. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
SANTOS, A. V. ; ZENNI, Alessandro Severino Valler . SUBORDINADOS PELO RADAR (IN)VISÍVEL DA TECNOLOGIA. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. A DEPOSIÇÃO DA RAZÃO COMO GARANTIA À DIGNIDADE DE PESSOA HUMANA. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
MASHIBA, G. C. X. ; ZENNI, Alessandro Severino Valler . TEORIA CRÍTICA DO DIREITO E O PRINCÍPIO FUNDAMENTAL DA DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. Direito e Amor. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. Direito e Amor. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
Alessandro Zenni ; ZENNI, Alessandro Severino Valler . DIREITOS FUNDAMENTAIS E O HOMO SACER: UMA REFLEXÃO SOBRE OS INCLUÍDOS E EXCLUDENTES NO MUNDO CONTEMPORÂNEO. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

10.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. O MUNDO DO TRABALHO A PARTIR DO GERMINAL. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

11.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. JURIDIFICAÇÃO E JUDICIALIZAÇÃO NO ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO: LEI, RAZÃO E DISCURSO EM ROBERT ALEXY. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

12.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. A REFORMA DO DIREITO E DO TRABALHO. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

13.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL E TEORIA GERAL DAS PROVAS. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

14.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. O ESCLARECIMENTO E A DESCONSTRUÇÃO DA PESSOA HUMANA: DESAFIOS DO DIREITO ATUAL. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

15.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. O SENTIDO DA EXISTÊNCIA E O PAPEL DO DIREITO NO PROJETO DE VIDA. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

16.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; BERTI, M. G. . DIREITO E DEMOCRACIA - O PERCURSO DA ARQUE NO CONTEXTO DA HISTÓRIA E AS MITOLOGIAS DO ESCLARECIMENTO. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

17.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; PEGORARO JUNIOR, P. R. . Aspectos metodológicos da (juris)prudência do novo código de processo civil: a construção comparticipativa da decisão jurídica. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

18.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. A REALIZAÇÃO DA FLEXIBILIZAÇÃO TRABALHISTA PELAS INSTITUIÇÕES TRABALHISTAS EM GERAL EM PARTICULAR PELA AUDITORIA-FISCAL DO TRABALHO. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

19.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. A Metafísica no Direito como antítese ao Culturalismo Relativista: Salvaguarda da Pessoa e da Justiça à Luz da Filosofia Clássica. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

20.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. Aspectos Metodológicos da (Juris)Prudência do Novo Código de Processo Civil: A Construção Comparticipativa da Deciisão Jurídica. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

21.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; PEDROZO, P. R. V. . A REALIZAÇÃO DA FLEXIBILIZAÇÃO TRABALHISTA PELAS INSTITUIÇÕES TRABALHISTAS EM GERAL E EM PARTICULAR PELA AUDITORIA-FISCAL DO TRABALHO. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

22.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. A personalidade como direito natural em Tomás de Aquino. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

23.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; SOUZA, M. A. . Proteção dos direitos de personalidade com a tutela inibitória: um reflexo ao acesso à justiça. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

24.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. O resgate da justiça jurídica na metodologia do direito: um retorno à pessoa humana. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

25.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; OLIVEIRA, C. R. T. . A pessoa como causa e fim de todo direito. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

26.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; OLIVEIRA, C. R. T. . Da consciência à jurisprudência: o direito como decisão de justiça. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

27.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. A metafísica no direito como antítese ao culturalismo relativista: salvaguarda da pessoa e da justiça à luz da filosofia clássica. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

28.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. O resgate da justiça jurídica na filosofia do direito: um retorno à pessoa humana. 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

29.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. A justiça como possibilidade humana. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

30.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. Justiça jurídica e dignidade da pessoa humana. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

31.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. A justiça como possibilidade humana. 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

32.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. Proteção dos direitos humanos de personalidade e o ativistismo judicial: um meio de acesso à justiça. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

33.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; SOUZA, M. A. . Restauração do método do direito justo. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

34.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. Restituição da autonomia do direito como alternativa humana. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

35.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. Do combate às práticas abusivas para efetivação da norma de defesa do consumidor. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

36.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. Política, ideologia e dignidade humana na pós-modernidade. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

37.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; MACHADO, V. A. V. . Centralidade da constituição e constitucionalização do direito à luz da hermanêutica tópica. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

38.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; MACHADO, V. A. V. . Um mundo em crise e os desafios do direito transdisciplina na pós-modernidade. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

39.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. Justiça jurídica e dignidade da pessoa humana. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

40.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. Metodologia Exlética: Uma Proposta Transversal Para Conhecer o Direito. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

41.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. O resgate da pessoa na tragédia histórica da humanidade - retorno ao direito natural clássico. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

42.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. O resgate da pessoa na tragédia histórica da humanidade - retorno ao direito natural clássico. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

43.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. Do princípio fundante da dignidade humana à neutralização da pessoa - uma crítica à hermenêutica conctitucional. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

44.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. Metodologia exlética: uma proposta transversal para conhecer o direito. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

45.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. O conceito de vida digna em perspectiva fenomenológica, metafísica e sistêmica: uma proposta transdisciplinar para a ontologia do direito. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

46.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; SILVA, E. L. . A dignidade do trabalhador: bússola aos novos paradigmas do trabalho, emprego e incremento harmonizador entre capital e trabalho. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

47.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. A reconstrução da dignidade humana e do direito em perspectiva interdisciplinar na contemporaneidade. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
BESSA, C. ; ZENNI, Alessandro Severino Valler ; MELHADO, R. . Além da Subordinação Jurídica no Direito do Trabalho. São Paulo, 2017. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

2.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. DIREITO E PESSOA HUMANA. Maringá, 2014. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. PARECER TÉCNICO DE ARTIGOS PARA O IV CONGRESSO INTERNACIONAL DE DIREITOS DA PERSONALIDADE E V CONGRESSO DE NOVOS DIREITOS E DIREITOS DA PERSONALIDADE. 2017.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. ENTRE A REGRA E A EXCEÇÃO - Fronteiras da Racionalidade Jurídica. 2017. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).


Demais tipos de produção técnica
1.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. Disciplina: Processo do Conhecimento Contemporâneo - Curso de Especialização em Direito e Processo do Trabalho - Turma X. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

2.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. Disciplina: Direito Constitucional do Trabalho - Curso de Especialização em Direito e Processo do Trabalho - Turma V. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

3.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. Disciplina: Direito Trabalhista e previdenciário - Curso de Especialização em MBA Executivo em Gestão de Negócios- Turma I. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

4.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. Disciplina:Módulo Apresentação de TCC - Curso de Especialização em Direito e Processo do Trabalho - Turma IV. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

5.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. Disciplina: Orientação de TCC - Curso de Especialização em Direito e Processo do Trabalho - Turma IV. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

6.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. Disciplina: Direito Constitucional do Trabalho - Curso de Especialização em Direito e Processo do Trabalho - Turma III. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
FACHIN, Z. A.; ZENNI, Alessandro Severino Valler; PINTO, R. B.. Participação em banca de João Francisco Toso. Em defesa da Constituição: desobediência civil e direitos fundamentais. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

2.
FACHIN, Z. A.; ZENNI, Alessandro Severino Valler; PINTO, R. B.. Participação em banca de Junior Xavier Fonseca. Análise da participação da mulher na política brasileira. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

3.
OTERO, C.; ZENNI, Alessandro Severino Valler; OLIVEIRA, R. M. F.. Participação em banca de Luciana Souza Fante. Direito e literatura: um diálogo para o reconhecimento de direitos da personalidade das mulheres por intermédio da interpretação a partir das obras literárias de Machado de Assis. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

4.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; AVILA, G. N.; GOMES, M. A. M.. Participação em banca de Mayara Aparecida da Silva. Medida de segurança: desconstrução da personalidade do interno?. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

5.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; OTERO, C. S.; OLIVEIRA, R. M. F.. Participação em banca de Lucas Alexandre Zanutto Vaz. A crise do direito pós-moderno e papel do direito clássico na busca pelo justo. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

6.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; FACHIN, Z. A.; CENCI, E. M.. Participação em banca de Clóris Patrícia Pimenta. Direito ao aborto: escolha contra a vida. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

7.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; FACHIN, Z. A.; CENCI, E. M.. Participação em banca de Gutemberg Freire. Biopolítica e direitos humanos: reflexões sobre aproximações e distanciamentos e partir das teses de Foucault e Agamben. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

8.
FACHIN, Z. A.; ZENNI, Alessandro Severino Valler; CENCI, E. M.. Participação em banca de Renato Augusto Rocha de Oliveira. O direito ao sigilo das informações no ambiente digital. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

9.
AVILA, G. N.; ZENNI, Alessandro Severino Valler; GOMES, M. A. M.. Participação em banca de Mayara Aparecida da Silva. Internamento compulsório por medida de seguranã como meio de desconstrução da personalidade do interno - o homo sacer da atualidade. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

10.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; SOUZA NETO, J. L.; CAMBI, E. A. S.. Participação em banca de Luciana Gabriel Chemim. A Justiça Restaurativa e a Cultura do Diálogo no Processo Civil Atual. 2017. Dissertação (Mestrado em Direito Processual e Cidadania) - Universidade Paranaense.

11.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; NETTO, J. L. S.; CAMBI, E. A. S.. Participação em banca de Clarissa Lopes Alende Sgarioni. A distribuição do ônus da prova na busca da proteção jurisdicional aos vulneráveis. 2017. Dissertação (Mestrado em Direito Processual e Cidadania) - Universidade Paranaense.

12.
SILVA, L. M. M.; ZENNI, Alessandro Severino Valler; MATSUSHITA, T. L.. Participação em banca de Matheus Ribeiro de Oliveira Wolowski. O assédio moral por excesso de trabalho. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

13.
RUIZ, I. A.; ZENNI, Alessandro Severino Valler; MACHADO, E. D.. Participação em banca de Priscilla Galli Silva. Fundamentação das decisões judiciais sob a perspectiva do discurso jurídico com vistas à efetivação dos direitos da personalidade. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

14.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; TEIXEIRA, R. V. G.; CARVALHO, G. M.. Participação em banca de João Lucas Silva Terra. Educação inclusiva como um direito da personalidade: a cota no ensino superior à pessoa com deficiência. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

15.
FACHIN, Z.; ZENNI, Alessandro Severino Valler; SGARBOSSA, L. F.. Participação em banca de Fabíola Cristina Carrero. A terceirização do trabalho em face dos direitos fundamentais do trabalhador nas relações privadas. 2017. Dissertação (Mestrado em pós graduação em direitos da personalidade) - Centro Universitário de Maringá.

16.
ALVES, G. B.; ZENNI, Alessandro Severino Valler; ARANTES, M. A.. Participação em banca de Rodrigo Arthur dos Santos. judicialização da saúde, justiça e resolutividade: Um perfil do usuário-litigante na Comarca de Matelândia-PR. 2017. Dissertação (Mestrado em pós-graduação em ciências sociais) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

17.
RIBEIRO, D. M. G.; ZENNI, Alessandro Severino Valler; ROQUE, N. C.. Participação em banca de Caroline Christine Mesquita. Critérios de justiça em Aristóteles: uma perspectiva de aplicação dos direitos da personalidade com a efetivação do princípio da dignidade da pessoa humana pela educação, práxis virtuosa do ser humano. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

18.
TEIXEIRA, R. V. G.; ZENNI, Alessandro Severino Valler; CARVALHO, G. M.. Participação em banca de Henrique Nunhez Meyer. Da superação do obstáculo cultural ao acesso à justiça pelo empoderamento do cidadão na solução dos conflitos. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

19.
CARDIN, V. S. G.; ZENNI, Alessandro Severino Valler; REGIS, M. L. D.. Participação em banca de Renata da Costa Luz Pacheco Moutinho. Possibilidade de reconhecimento jurídico das uniões poliafetivas. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

20.
MOTTA, I. D.; ZENNI, Alessandro Severino Valler; COSTA, F. V.. Participação em banca de Caroline Rodrigues Celloto Dante. O direito à educação e à qualidade do ensino: ofensa aos direitos da personalidade em decorrência do fracasso escolar. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

21.
MOTTA, I. D.; ZENNI, Alessandro Severino Valler; SOUZA, P. R. P.. Participação em banca de Fabrício Antonio Silva Miotto. Direito à educação inclusiva: a efetividade da política pública no Paraná. 2016. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

22.
Drª Iara Rodrigues de Toledo; SILVA, D. N. F.; ZENNI, Alessandro Severino Valler. Participação em banca de Melrian Ferreira da Silva Simões. A multiparentalidade nas famílias recompostas ou tentaculares: Um novo Paradigma no Direito de Família.. 2016. Dissertação (Mestrado em Direito) - Centro Universitário Euripedes de Marília.

23.
ORIENTADOR, D. O. G. J.; PINTO, D. R. B.; ZENNI, Alessandro Severino Valler. Participação em banca de Fernando Rodrigues de Almeida. Validade contra gênese: Sobre Direito, Violência e Poder.. 2016. Dissertação (Mestrado em Direito) - Centro Universitário Euripedes de Marília.

24.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. Participação em banca de Juliana Miqueletti Soncin. A Proteção do Consumidor Superendividado e o Princípio da Dignidade da Pessoa Humana no Ordenamento Jurídico Brasileiro. 2016. Dissertação (Mestrado em Direito) - Centro Universitário de Maringá.

25.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. Participação em banca de Osmar Gonçalves Ribeiro Junior. A Tutela Jurídica do Consumidor e a Personalidade do Indivíduo na Sociedade de Consumo. 2016. Dissertação (Mestrado em Direito) - Centro Universitário de Maringá.

26.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. Participação em banca de Paulo Ricardo Vijande Pedrozo. A Pessoa Humana e a Busca da Felicidade nas Relações Laborais: Limites à Flexibilização Trabalhista. 2016. Dissertação (Mestrado em Direito) - Centro Universitário de Maringá.

27.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. Participação em banca de Sergio Saes. Adicional Noturno: Uma Tese Pelo Direito de Personalidade à Saúde do Trabalhador. 2016. Dissertação (Mestrado em Direito) - Centro Universitário de Maringá.

28.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; ALVES, G. B.; ARANTES, M. A.. Participação em banca de Bianca Ribeiro da Silva. Ativismo Judicial e judicialização da política no Supremo Tribunal Federal: Um estudo de três julgados proferidos pela Corte (2008-2010). 2016. Dissertação (Mestrado em CIÊNCIAS SOCIAIS) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

29.
CARVALHO, G. M.; ZENNI, Alessandro Severino Valler; NORONHA, G.. Participação em banca de Flávio Henrique Franco de Oliveira. O crime de tortura e a integridade moral como bem jurídico indisponível no direito penal brasileiro. 2014. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

30.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; CLAYTONREIS,; KNOERR, V.. Participação em banca de Marco Antonio de Souza. Proteção dos direitos da personalidade na aplicação da desconsideração da pessoa jurídica: uma faceta da justiça como equidade. 2014. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

31.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; MOTTA, I. D.; AZEVEDO, A. L.. Participação em banca de Adriana Regina Barcellos Pegini. Acesso à justiça: processo civil democrático à luz da dignidade da pessoa humana e direitos da personalidade. 2014. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

32.
CLAYTONREIS,; ZENNI, Alessandro Severino Valler; BENACCHIO, M.. Participação em banca de Maria Cristina Seára Veltrini. Assédio moral no ambiente laboral como ofensa aos direitos da personalidade. 2014. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

33.
CARVALHO, G. M.; ZENNI, Alessandro Severino Valler; NORONHA, G.. Participação em banca de Thais Aline Mazetto Corazza. O direito à intimidade e as atuais tendências punitivas: castração química, monitoramento eletrônico e bancos de perfis genéticos criminais. 2014. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

34.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. Participação em banca de Cesar Sebastião da Silva. Controle judicial das políticas públicas de segurança pública. 2013. Dissertação (Mestrado em Direito Processual e Cidadania) - Universidade Paranaense.

35.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; ESPOLADOR, R. C.. Participação em banca de Letícia Carla Baptista Rosa. Da vulnerabilidade das crianças oriundas da reprodução humana assistida quando da realização do projeto homoparental. 2013. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

36.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; FACHIN, Z.; MUNIZ, T. L.. Participação em banca de Rogério Sato Capelari. O abismo humano na racionalidade: o princípio da dignidade da pessoa humana como fonte primeira do direito. 2013. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

37.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; CLAYTONREIS,; CARDOZO, F.. Participação em banca de Vitor Affonso Vieira Machado. Um mundo em crise e os desafios do direto transdisciplina na promoção da dignidade humana. 2013. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

38.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; FERMENTAO, C.; MUNIZ, T. L.. Participação em banca de Wesley Macedo de Sousa. O pragmatismo jurídico e a dignidade da pessoa humana. 2013. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

39.
CLAYTONREIS,; ZENNI, Alessandro Severino Valler; CARDOZO, F.. Participação em banca de Simone Xander Pereira Pinto. Assédio moral no ambiente laboral e sua repercussão nos direitos da personalidade com enfoque no gênero feminino. 2013. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

40.
FACHIN, Z.; ZENNI, Alessandro Severino Valler; AZEVEDO, A. L.. Participação em banca de Karina Pereira Benhossi. Eficácia horizontal dos direitos fundamentais: perspectivas interdisciplinares. 2013. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

41.
OTERO, C.; ZENNI, Alessandro Severino Valler; MINHOTO, A.. Participação em banca de Okçana Yuri Bueno Rodrigues. O Estado como agente de lesão aos direitos da personalidade de pacientes com doenças terminais.. 2013. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

42.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; DIAS, J. F.; AZEVEDO, A. L.. Participação em banca de Fernanda Menegotto Sironi. O papel do direito na proteção da dignidade da pessoa humana frente à prostituição. 2013. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

43.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; OTERO, C.; FIGUEIRA, M. S.. Participação em banca de Givago Dias Mendonça. A livre iniciativa econômica à luz dos direitos da personalidade. 2013. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

44.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. Participação em banca de Nady Miró Neto. A ação civil pública como instrumento de promoção do meio ambiente. 2012. Dissertação (Mestrado em Direito Processual e Cidadania) - Universidade Paranaense.

45.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; GUNTHER, L. E.. Participação em banca de Roberson Neri Costa. A importância da política e da democracia para a dignidade da pessoa humana no estado democrático brasileiro. 2012. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

46.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. Participação em banca de Stênio Ferreira Parron. O direito de imagem da pessoa pública. 2012. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

47.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. Participação em banca de Roberson Neri Costa. Os fundamentos da política e da democraica para a dignidade da pessoa humana no estado democrático brasileiro. 2012. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

48.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. Participação em banca de Diogo Valério Félix. Crítica à teoria clássica dos direitos da personalidade. 2012. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

49.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. Participação em banca de Luciane Pussi. Os aspectos dos direitos da personalidade em face da dignidade da pessoa humana na perspectiva de iminente morte e post mortem e o acesso à justiça. 2012. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

50.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. Participação em banca de Andreia Cristina Marques. A utilização da conciliação e da mediação no direito brasileiro com instrumentos de efetivação dos direitos da personalidade. 2012. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

51.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. Participação em banca de Carla Sakai Pacheco. A quebra do sigilo bancário sem autorização judicial: violação a direitos da personalidade e a decorrente responsabilidade do Estado. 2012. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

52.
FERMENTAO, C.; ZENNI, Alessandro Severino Valler; GUNTHER, L. E.. Participação em banca de Roberson Neri Costa. A importância da olítica e da democracia para a dignidade da pessoa humana no estado democrático brasileiro. 2012. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

53.
MOTTA, I. D.; ZENNI, Alessandro Severino Valler; CARLINI, A.. Participação em banca de Cássio Marcelo Mochi. A violência escolar no direito educacional e seus reflexos nos direitos da personalidade. 2011. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Ciências Jurídicas) - Centro de Ensino Superior de Maringá.

54.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; CARVALHO, G. M.; TOMASZEWSKI, A.. Participação em banca de Frederico Marcos Krüger. A formação educacional e profissional do policial militar do Estado do Paraná: um direito da personalidade. 2011. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Ciências Jurídicas) - Centro de Ensino Superior de Maringá.

55.
MOTTA, I. D.; CARLINI, A.; ZENNI, Alessandro Severino Valler. Participação em banca de Andrea Carla de Moraes Pereira Lago. Mediação no processo educativo: possibilidade de convergência entre os direitos da personalidade e a solução de conflitos. 2011. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Ciências Jurídicas) - Centro de Ensino Superior de Maringá.

56.
SILVA, L. M. M.; ZENNI, Alessandro Severino Valler; VIEIRA, T.. Participação em banca de Heloisa Alva Cortez Gonçalves. O meio ambiente de trabalho e a função social empresarial sob a ótica dos direitos da personalidade dos empregados. 2011. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Ciências Jurídicas) - Centro de Ensino Superior de Maringá.

57.
GALDINO, V.; ZENNI, Alessandro Severino Valler; STRIQUER, M.. Participação em banca de Vitor Eduardo Frosi. Amor e a efetiva proteção jurídica do ser humano. 2011. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Ciências Jurídicas) - Centro de Ensino Superior de Maringá.

58.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; FACHIN, Z.; STRIQUER, M.. Participação em banca de Anderson Alex Vanoni. A supremacia da dignidade da pessoa humana e dos direitos sociais frente da reserva do possível. 2011. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Ciências Jurídicas) - Centro de Ensino Superior de Maringá.

59.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; SILVA, L. M. M.; VIEIRA, T.. Participação em banca de Thomaz Jefferson Carvalho. Síndrome de Burnout e a tutela dos direitos da personalidade: uma reflexão acerca da dignidade do empregado contemporaneidade. 2011. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Ciências Jurídicas) - Centro de Ensino Superior de Maringá.

60.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. Participação em banca de Anderson Alex Vanoni. Os direitos sociais frente à reserva do possível. 2011. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

61.
MOTTA, I. D.; ZENNI, Alessandro Severino Valler; TOMASZEWSKI, A.. Participação em banca de Danilo Lemos Freire. A educação como direito da personalidade e imperativo para uma dignificação humana. 2010. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Ciências Jurídicas) - Centro de Ensino Superior de Maringá.

62.
SILVA, L. M. M.; ZENNI, Alessandro Severino Valler; CARDOSO, S. L. M.. Participação em banca de Rogério Irineu de Oliveira. A garantia dos direitos da personalidade em processos seletivos de empregados. 2010. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Ciências Jurídicas) - Centro de Ensino Superior de Maringá.

63.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; ANDRADE, R.; SILVA, L. M. M.. Participação em banca de Marllon Beraldo. Direitos da personalidade na relação de emprego: aspectos relevantes acerca do assédio moral e de sua criminalização. 2010. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Ciências Jurídicas) - Centro de Ensino Superior de Maringá.

64.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; OLIVEIRA, J. S.; TOMASZEWSKI, A.. Participação em banca de Daniel Ricardo Andreatta Filho. A dignidade humana e do direito em perspectiva interdisciplinar na contemporaneidade. 2010. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Ciências Jurídicas) - Centro de Ensino Superior de Maringá.

65.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. Participação em banca de Aluisio Hentique Ferreira. O poder diretivo do empregador e os direitos da personalidade do empregado. 2009. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

66.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. Participação em banca de Janaina de Oliveira Campos. O assédio moral nas relações de trabalho com ênfase na responsabilidade civil do empregador em face da inobservância do princípio da dignidade da pessoa humana. 2009. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

67.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. Participação em banca de Marco Antonio bosio. O dano moral coletivo nas relações de trabalho nos direitos da personalidade. 2009. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

68.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. Participação em banca de Elizabet Leal da Silva. Emancipação do trabalhador e dignidade no trabalho. 2009 - Centro de Ensino Superior de Maringá.

69.
NETTO, J. L. S.; ARAUJO, F. C.; ZENNI, Alessandro Severino Valler. Participação em banca de Paulo Roberto Pegoraro Junior. A unidade processual e sua compreensão sistêmica. 2009. Dissertação (Mestrado em Direito Processual e Cidadania) - Universidade Paranaense.

70.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. Participação em banca de Christiane Singh Bezerra. A função social nos contratos de planos de saúde sob a perspectiva dos direitos da personalidade. 2008. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Direito) - Centro Universitário de Maringá.

71.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. Participação em banca de Henrique Kloch. O sistema prisional e os direitos da personalidade do apenado com fins de res(socialização). 2008. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Direito) - Centro Universitário de Maringá.

72.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. Participação em banca de Laert Mantovani Junior. A tutela à intimidade e à vida privada. 2008. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Direito) - Centro Universitário de Maringá.

73.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. Participação em banca de Paulo André de Souza. A tutela de urgência no direito de família como garantia dos direitos da personalidade. 2008. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Direito) - Centro Universitário de Maringá.

74.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. Participação em banca de Wanderson Lago Vaz. O direito da personalidade diante da responsabilidade civil do médico e do consentimento informado. 2008. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Direito) - Centro Universitário de Maringá.

Teses de doutorado
1.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; GEDIEL, J. A. P.; DANTAS, F. A. C.; PORTO, L. M.; FOWLER, M. B.. Participação em banca de André Viana da Cruz. Identidade cultural como elemento determinante pata titulação de terras quilombolas. 2016. Tese (Doutorado em Pós graduação em Direito-Doutorado) - Universidade Federal do Paraná.

2.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; RAMOS FILHO, W.; WOLDRAFF, C. H.; VIDAL NETO, P.; LIMA, S. F.. Participação em banca de Renato LIma Barbosa. O poder normativo da Justiça do Trabalho: a emenda Constitucional nº45 de 2004.. 2006. Tese (Doutorado em Direito) - Universidade Federal do Paraná.

Qualificações de Mestrado
1.
SILVA, L. M. M.; OLIVEIRA, J. S.; ZENNI, Alessandro Severino Valler. Participação em banca de Ana Paula Lemos Baptistaa Marques. Inteligência artificial no meio ambiente de trabalho e a violação aos direitos da personalidade. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

2.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; OTERO, C. S.; FACHIN, Z. A.. Participação em banca de Andressa Sechi Marra. O dano ao projeto de vida livre do homem contemporâneo causado pelo excesso de normatividade: aspectos críticos e prejudiciais do positivismo na contemporaneidade. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

3.
CARDIN, V. S. G.; ZENNI, Alessandro Severino Valler; OLIVEIRA, J. S.. Participação em banca de César Dallabrida Junior. Das relações familiares no direito internacional privado. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

4.
OLIVEIRA, J. S.; CARDIN, V. S. G.; ZENNI, Alessandro Severino Valler. Participação em banca de Eduardo Gesse. Os reflexos da multiparentalidade na adoção e na sucessão em linha reta ascendente. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

5.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; MOTTA, I. D.; SILVA, L. M. M.. Participação em banca de Fernanda Diniz Aires. A tutela penal da vida humana dependente à luz de uma filosofia perene de cunho neotomista: uma proposta do humanismo integral. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

6.
SILVA, L. M. M.; OLIVEIRA, J. S.; ZENNI, Alessandro Severino Valler. Participação em banca de Jeferson Luiz Cattelan. O assédio moral à luz da reforma trabalhista e a proteção à dignidade do empregado. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

7.
SILVA, L. M. M.; OLIVEIRA, J. S.; ZENNI, Alessandro Severino Valler. Participação em banca de Leandra Cauneto Alvão. O trabalho escravo dos madeireiros do Pará e as violações aos direitos da personalidade no meio ambiente de trabalho: uma análise crítica à políticas atuais adotadas pelo estado brasileiro quanto ao combate da prática. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

8.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; OTERO, C. S.; FACHIN, Z. A.. Participação em banca de Lucas Ferreira Furlan. A busca pela qualidade de democracia e a evolução da república brasileira em prol do desenvolvimento da personalidade. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

9.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; OLIVEIRA, J. S.; SILVA, L. M. M.. Participação em banca de Maurício Kenji Yonemoto. Critérios distintivos dos efeitos da união estável e do casamento como fonte de garantia da segurança jurídica dos indivíduos e da coletividade. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

10.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; FACHIN, Z. A.; OTERO, C. S.. Participação em banca de Muriel Barth. Da mitologia dos direitos fundamentais à nudez do homem contemporâneo. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

11.
OLIVEIRA, J. S.; CARDIN, V. S. G.; ZENNI, Alessandro Severino Valler. Participação em banca de Paulo Gimenes Alonso. O destino do bem de família na dissolução da entidade familiar. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

12.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; CIOTTA, T.; ANTUNES, J.. Participação em banca de Marcio Guedes Berti. A relação entre leis, delitos e pena em Hegel. 2017.

13.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; MOTTA, I. D.; FERIATO, J. M. F.. Participação em banca de João Lucas Silva Terra. Educação inclusiva como um direito da personalidade: a cota no ensino superior a pessoa com deficiência. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

14.
CARDIN, V. S. G.; ZENNI, Alessandro Severino Valler; AVILA, G. N.. Participação em banca de Caio Eduardo Costa Cazelatto. Do discurso de ódio homofóbico no Brasil: um instrumento violador da sexualidade e da dignidade da pessoa humana. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

15.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; FACHIN, Z. A.; OTERO, C. S.. Participação em banca de Clóris Patrícia Pimenta. Aborto: uma discussão acerca da autonomia da gestante e a saúde do seu corpo em confronto com o direito fundamental a vida na preservação dos direitos do nascituro. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

16.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; FACHIN, Z. A.; MOTTA, I. D.. Participação em banca de Gutemberg Freire. Os direitos da personalidade como instrumento biopolítico de controle dos corpos e das consciências: reflexões em Michel Foucault e Giorgio Agamben. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

17.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; MOTTA, I. D.; FACHIN, Z. A.. Participação em banca de Lucas Alexandre Zanutto Vaz. A crise do direito pós-moderno e papel do direito clássico na busca pelo justo. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

18.
AVILA, G. N.; ZENNI, Alessandro Severino Valler; FERIATO, J. M. F.. Participação em banca de Valine Castaldelli Silva. A (in)admissibilidade do uso das informações obtidas por meio da estação rádio base no ius persequendi brasileiro. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

19.
RUIZ, I. A.; OLIVEIRA, J. S.; ZENNI, Alessandro Severino Valler. Participação em banca de Nicola Frascati Junior. A ética profissional como garantia dos direitos da personalidade e o acesso à justiça. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

20.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; FERMENTAO, C.; RIBEIRO, D. M. G.. Participação em banca de Caroline Christine Mesquita. Critérios da justiça em Aristóteles: uma perspectiva de efetividade do princípio da dignidade da pessoa humana. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

21.
SIQUEIRA, D. P.; ZENNI, Alessandro Severino Valler; AVILA, G. N.. Participação em banca de Gabrielli Agostineti Azevedo. Direitos da personalidade, crimes contra a ordem tributária e planejamento tributário: uma releitura em prol da concretização da dignidade da pessoa humana. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

22.
OTERO, C. S.; SIQUEIRA, D. P.; ZENNI, Alessandro Severino Valler. Participação em banca de Ihgor Jean Rego. Saúde, da enunciação à efetividade: aspectos filosóficos do direito da contemporaneidade. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

23.
SIQUEIRA, D. P.; RIBEIRO, D. M. G.; ZENNI, Alessandro Severino Valler. Participação em banca de Luis Carlos Mucci Júnior. Direitos da personalidade e o dever de informação na relação médico-paciente. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

24.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; MOTTA, I. D.; FACHIN, Z. A.. Participação em banca de Marcelo Vinícius Dressler. Democracia participativa frente à crise da pós-modernidade. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

25.
MOTTA, I. D.; ZENNI, Alessandro Severino Valler. Participação em banca de Fabrício Antonio Silva Miotto. Direito à educação inclusiva: a efetividade da política pública no Paraná. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

26.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; SILVA, L. M. M.. Participação em banca de Leonardo de Abreu Pitoni. A terceirização do contrato de trabalho: afronta à dignidade do trabalhador. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

27.
OLIVEIRA, J. S.; ZENNI, Alessandro Severino Valler. Participação em banca de Marcio Antonio Luciano Pires Pereira. Do direito do homem de não ser pai diante da filiação biológica como efetivação da autodeterminação para concretização da justiça fundada no direito de igualdade entre gêneros. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

28.
CLAYTONREIS,; ZENNI, Alessandro Severino Valler. Participação em banca de Maria Cristina Seára Veltrini. Assédio moral no ambiente laboral como ofensa aos direitos da personalidade. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

29.
CARVALHO, G. M.; ZENNI, Alessandro Severino Valler. Participação em banca de Thais Aline Mazetto Corazza. O direito à intimidade e as atuais tendências punitivas: castração química, monitoramento eletrônico e bancos de perfis genéticos criminais. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

30.
OLIVEIRA, J. S.; RUIZ, I. A.; ZENNI, Alessandro Severino Valler. Participação em banca de Arlete Aparecida Chavenco. O processos eletrônico como meio de acesso à justiça e instrumento de efetivação dos direitos fundamentais.. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

31.
FACHIN, Z.; ZENNI, Alessandro Severino Valler; CAMPOS, N.. Participação em banca de Luiz Carlos Gallo. Tributação e meio ambiente: o ICMS ecológico na perspectiva dos direitos fundamentais. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

32.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; GALDINO, V.; CLAYTONREIS,. Participação em banca de Fernanda Menegotto Sironi. O papel do direito na proteção da dignidade da pessoa humana frene à prostituição.. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

33.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; OTERO, C.; CLAYTONREIS,. Participação em banca de Givago Dias Mendonça. A livre iniciativa econômica à luz dos direitos da personalidade.. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

34.
CARVALHO, G. M.; ZENNI, Alessandro Severino Valler; DIAS, J. F.. Participação em banca de Flávio Henrique Franco de Oliveira. O crime de tortura e a integridade moral como bem jurídico indisponível no direito penal brasileiro. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

35.
CARVALHO, G. M.; ZENNI, Alessandro Severino Valler; DIAS, J. F.. Participação em banca de Hamiltom Belloto Heriques. O cárcere biológico: a pena da cela ao corpo e seus reflexos nos direitos da personalidade. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

36.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; VALENTE, R.; CLAYTONREIS,. Participação em banca de Marco Antonio de Souza. Proteção dos direitos da personalidade na aplicação da desconsideração da pessoa jurídica: uma faceta da justiça como equidade.. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

37.
OTERO, C.; ZENNI, Alessandro Severino Valler; GALDINO, V.. Participação em banca de Okçana Yuri Bueno Rodrigues. O Estado como agente de lesão aos direitos da personalidade de pacientes com doenças terminais.. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

38.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; OLIVEIRA, J. S.. Participação em banca de Adriana Regina Barcellos Pegini. Acesso à justiça: processso civil democrático à luz da dignidade da pessoa humana e direitos da personalidade. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Jurídicas) - Centro de Ensino Superior de Maringá.

39.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; RUIZ, I. A.; FERMENTAO, C.. Participação em banca de Rogério Sato Capelari. O abismo humano na racionalidade: o princípio da dignidade da pessoa humana como fonte primeira do direito.. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

40.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; MOTTA, I. D.; FERMENTAO, C.. Participação em banca de Vitor Affonso Vieira Machado. Um mundo em crise e os desafios do direito transdisciplinar na promoção da dignidade humana. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.

41.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; MOTTA, I. D.; FERMENTAO, C.. Participação em banca de Wesley Macedo de Sousa. O pragmatismo jurídico e a dignidade da pessoa humana.. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. Concurso Público para Provimento no Cargo de Professor de Ensino Superior. 2007. Universidade Estadual de Londrina.

Outras participações
1.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; CAMPOS, N.. Qualificação Turma 2011: Tributação e meio ambiente: o ICMS ecológico na perspectiva dos direito fundamentais. 2012.

2.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; RUIZ, I. A.. Qualificação Turma 2011: O abismo humano na racionalidade: o princípio da dignidade da pessoa humana como fonte primeira do direito. 2012. Centro Universitário de Maringá.

3.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; MOTTA, I. D.. Qualificação Turma 2011: ~Um mundo em crise e os desafios do direito transdisciplina na promoção da dignidade humana. 2012. Centro Universitário de Maringá.

4.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; MOTTA, I. D.. Qualificação Turma 2011:O pragmatismo jurídico e a dignidade da pessoa humana. 2012.

5.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; MOTTA, I. D.. B. Qualificação Turma 2010: Educação para construção de dignidade: uma proposta constitucional. 2011.

6.
FACHIN, Z.; ZENNI, Alessandro Severino Valler. B. Qualificação Turma 2010: Proteção da privacidade versus liberdade de informação: autoridades públicas. 2011. Centro de Ensino Superior de Maringá.

7.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; FACHIN, Z.. B. Qualificação Turma 2009: A supremacia da dignidade da pessoa humana e dos direitos sociais frente da reserva do possível. 2010. Centro de Ensino Superior de Maringá.

8.
Leda Maria; ZENNI, Alessandro Severino Valler. B. Qualificação Turma 2009: O meio ambiente de trabalho e a função social empresarial sob a ótica dos direitos da personalidade dos empregados. 2010. Centro de Ensino Superior de Maringá.

9.
FERMENTAO, C.; ZENNI, Alessandro Severino Valler. B. Qualificação Turma 2008: Longevidade e dignidade da pessoa humana. 2010. Centro de Ensino Superior de Maringá.

10.
CLAYTONREIS,; ZENNI, Alessandro Severino Valler. B. Qualificação Turma 2008: Dano moral nas relações conjugais como tutela aos direitos da ersonalidade. 2010.

11.
SILVA, L. M. M.; MOTTA, I. D.; ZENNI, Alessandro Severino Valler. B. Qualificação Turma 2008: A garantia dos direitos da personalidade em processos seletivos de empregados. 2010. Centro de Ensino Superior de Maringá.

12.
SILVA, L. M. M.; ZENNI, Alessandro Severino Valler. B. Qualificação Turma 2009: Revista íntima: limites e abrangências do poder de controle do empregador. 2010. Centro de Ensino Superior de Maringá.

13.
ZENNI, Alessandro Severino Valler; MOTTA, I. D.; LIMANA, A.. B. Qualificação Turma 2008: A dignidade humana e do direito em perspectiva interdisciplina na contemporaneidade. 2010. Centro de Ensino Superior de Maringá.

14.
MOTTA, I. D.; ZENNI, Alessandro Severino Valler. B. Qualificação Turma 2008: A educação como direito da personalidade e imperativo para uma dignificação humana. 2010. Centro de Ensino Superior de Maringá.

15.
MOTTA, I. D.; ZENNI, Alessandro Severino Valler. B. Qualificação Turma 2009: A violência escolar no direito educacional e seus reflexos nos direitos da personalidade. 2009. Centro de Ensino Superior de Maringá.

16.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. B. Qualificação Turma 2009: A formação educacional e profissional do plicial militar do Estado do Paraná: um direito da personalidade. 2009. Centro de Ensino Superior de Maringá.

17.
MOTTA, I. D.; ZENNI, Alessandro Severino Valler. B. Qualificação Turma 2008: O direito à educação e o acesso ao conhecimento na sociedade informacional: um estudo sobre a biblioteca digital e os alcances e limites do direito autoral. 2009. Centro de Ensino Superior de Maringá.

18.
SILVA, L. M. M.; ZENNI, Alessandro Severino Valler. B. Qualificação Turma 2008: Direitos da personalidade na relação de emprego: aspectos relevantes acerca do assédio moral e de sua criminalização. 2009.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
IV Congresso Internacional de Direitos da Personalidade e V Congresso de Novos Direitos e Direitos da Personalidade. Os direitos da personalidade como instrumentos jurídicos da sociedade pós-moderna. 2017. (Congresso).

2.
IV Congresso Internacional de Direitos da Personalidade e V Congresso de Novos Direitos e Direitos da Personalidade. Reforma trabalhista e direitos da personalidade. 2017. (Congresso).

3.
IV Congresso Internacional de Direitos da Personalidade e V Congresso de Novos Direitos e Direitos da Personalidade. A tutela do embrião in vitro na convenção americana de direitos humanos. 2017. (Congresso).

4.
IV Congresso Internacional de Direitos da Personalidade e V Congresso de Novos Direitos e Direitos da Personalidade. O dano ao projeto de liberdade causado pela hipernormatividade. 2017. (Congresso).

5.
IV Congresso Internacional de Direitos da Personalidade e V Congresso de Novos Direitos e Direitos da Personalidade. A dinamização do ônus da prova como acesso à justiça e sua aplicação no processo do trabalho. 2017. (Congresso).

6.
IV Congresso Internacional de Direitos da Personalidade e V Congresso de Novos Direitos e Direitos da Personalidade. A tutela do embrião in vitro na convenção americana de direitos humanos. 2017. (Congresso).

7.
IV Congresso Internacional de Direitos da Personalidade e V Congresso de Novos Direitos e Direitos da Personalidade. A greve política como um ato de resistência. 2017. (Congresso).

8.
VI Encuentro Internacional del CONPEDI. 2017. (Congresso).

9.
VII Encontro Internacional do CONPEDI. 2017. (Congresso).

10.
XXVI Encontro Nacional do CONPEDI. 2017. (Congresso).

11.
XXVI Encontro Nacional do CONPEDI. Educação inclusiva como forma de promover a igualdade e oportunidades dos deficientes. 2017. (Congresso).

12.
XXV Congresso Nacional do CONPEDI. 2016. (Congresso).

13.
XXIV Congresso do CONPEDI. A REALIZAÇÃO DA FLEXIBILIZAÇÃO TRABALHISTA PELAS INSTITUIÇÕES TRABALHISTAS EM GERAL EM PARTICULAR PELA AUDITORIA-FISCAL DO TRABALHO. 2015. (Congresso).

14.
XXIV Encontro Nacional do Conpedi. 2015. (Encontro).

15.
I Congresso Internacional de Direitos da Personalidade. Personalidade como ley natural en aquino. 2014. (Congresso).

16.
XXIII Congresso Nacional do Conpedi. 2014. (Congresso).

17.
XXIII Encontro Nacional do Conpedi. 2014. (Encontro).

18.
XXIII Encontro Nacional do Conpedi.Ante à máscara do totalitarismo: protestos já. 2014. (Encontro).

19.
Seminário Internacional de Direitos da Personalidade.Justiça Jurídica e a Dignidade da Pessoa Humana. 2013. (Seminário).

20.
Simpósio Internacional.O resgate da justiça jurídica na filosofia do direito: um retorno à pessoa humana. 2013. (Simpósio).

21.
Simpósio Jurídico UNIFAMA.A justiça Jurídica como Possibilidade Humana. 2013. (Simpósio).

22.
1º Simpósio de Estudos Jurídicos das Faculdades Catuaí.Justiça Jurídica e Dignidade da Pessoa Humana. 2012. (Simpósio).

23.
III Encontro Científico de Direitos Fundamentais e Sociedade Política.Do combate às práticas abusivas para efetivação da norma de defesa do consumidor. 2012. (Encontro).

24.
IV Semana do curso de serviço social: política, sociedade e pós-modernidade.Política, Ideologia e Dignidade Humana na Pós-Modernidade. 2012. (Encontro).

25.
Simpósio da Faculdade de Direito Catuaí: Direito e Justiça: mito ou realidade?ignidade da pe.Restituição da autonomia do direito como alternativa humana. 2012. (Simpósio).

26.
XXI Encontro Nacional do Conpedi.Um mundo em crise e os desafios do direito transdisciplinar. 2012. (Encontro).

27.
XXXI Congresso Nacional do Conpedi. Centralidade da constituição e constitucionalização do direito à luz da hermanêutica tópica. 2012. (Congresso).

28.
1º Congresso de Direito do Trabalho da PUC. Goiás. (Re)significação dos Princípios de Direito do Trabalho. 2011. (Congresso).

29.
CONPEDI. Do Princípio Fundante da Dignidade Humana à Neutralização da Pessoa - Uma Crítica à Hermenèutica Constitucional. 2011. (Congresso).

30.
II Congresso Cascavelense de Direito. O conceito de vida digna em perspectiva femenologica, metafísica e sistêmica: uma proposta interdisciplinar para a ontologia do direito. 2011. (Congresso).

31.
IV Ciclo de estudos integrados e V Simpósio Jurídico da UNIFAMMA.A dignidade humana à luz da máxima efetividade constitucional. 2011. (Simpósio).

32.
IX Congresso Regional da Escola da Magistratura e IX Semana Jurídica da Univel. Lançamento dos livros A Dignidade Humana na perspectiva do Direito de sua autoria e de Daniel Ricardo Andreatta Filho.. 2011. (Congresso).

33.
V Congresso Jurídico Integrado de Maringá - CONJURI. 2011. (Congresso).

34.
VIII Encontro Científico Brasileiro de Direito Constitucional e Cidadania I Congresso Latino-Americano de Estudantes de Direito Ambiental. A Interpretação Sistematizada dos Direitos Sociais. 2011. (Congresso).

35.
XX Congresso Nacional do Conpedi. O resgate da pessoa na tragédia histórica da humanidade - retorno ao direito natural clássico. 2011. (Congresso).

36.
XX Encontro Nacional - CONPEDI. O resgate da Pessoa na tragédia histórica da humanidade - retorno ao Direito Natural Clássico. 2011. (Congresso).

37.
II Congresso Basileiro de Direitos da Personalidade. 2010. (Congresso).

38.
II Congresso Brasileiro de Direitos da Personalidade. Título ?. 2010. (Congresso).

39.
IV Congresso Jurídico Integrado de Maringá - Conjuri. Mesa intitulada: "As ondas evolutivas do Estado e o controle de convencionalidade" - Palestrante Valério Mazzuoli.. 2010. (Congresso).

40.
Reunião Geral dos Alunos do Curso de Direito da UNIFAMMA.Advocacia e a formação do profissional cidadão comprometido com as Políticas Públicas. 2010. (Outra).

41.
XI Ciclo de Atualização em Ciências Jurídicas da Faculde Mater Dei.Contribuições com o evento. 2010. (Outra).

42.
XIX Congresso Nacional do Conpedi. Metodologia exlética: uma proposta transversal para conhecer o direito. 2010. (Congresso).

43.
XIX Encontro Nacional do CONPEDI. 2010. (Encontro).

44.
XVIII Congresso Nacional do Conpedi. A dignidade do trabalhador: bússola aos novos paradigmas do trabalho, emprego e incremento harmonizador entre capital e trabalho. 2009. (Congresso).

45.
III Encontro Nacional de filosofia do direito em Homenagem ao Prof. Miguel Reale.Debatedor no Encontro Nacional em Homenagem ao Prof. Miguel Reale. 2008. (Encontro).

46.
4º Simpósio Jurídico de Direito da Faculldade Maringá.Dano Moral e Acidente de Trabalho, Competência da Justiça do Trabalho e Quantificação da Indenização.. 2005. (Simpósio).

47.
Direito do Consumidor IV. 1998. (Outra).

48.
XII Encontro Estadual de Assessores Jurídicos e Dirigentes. 1998. (Encontro).

49.
Congresso Sul Brasileiro de Direito do Trabalho. Congressista Sul Brasileiro do Direito do Trabalho. 1997. (Congresso).

50.
Atualização em Direito Tributário.Curso de Atualização em Direito Tributário. 1993. (Outra).

51.
I Congresso Brasileiro de Direito Processual Civil. A Função Social do Processo, devido Processo Legal e o Acesso à Justiça. 1991. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. ?IX SIMPÓSIO DE DIREITOS FUNDAMENTAIS E SOCIEDADE POLÍTICA E IX ENCONTRO CIENTÍFICO DE DIREITOS FUNDAMENTAIS E SOCIEDADE POLÍTICA. 2018. (Congresso).

2.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. Presidente de Mesa no III Congresso Brasileiro de Direitos da Personalidade no painel I apresentado no dia 05/10/2011.. 2011. (Congresso).

3.
ZENNI, Alessandro Severino Valler. Presidente de Mesa intitulada: Inseminação post mortem e direito de personalidade apresentado pelo Mestrando: Paulo Gomes de Lima JuniorIII Congresso Brasileiro de Direitos da Personalidade.. 2011. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Muriel Barth. Da mitologia dos direitos fundamentais à nudez do homem contemporâneo. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Direito) - Centro Universitário de Maringá. (Orientador).

2.
Fernanda Diniz Aires. Tutela jurídico penal do embrião humano. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá. (Orientador).

3.
Mauricio kenji Yonemoto. A garantia à integridade física e seus reflexos civis ante sua violação. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Direito) - Centro Universitário de Maringá. (Orientador).

4.
Lucas Ferreira Furlan. As instituições democráticas e os direitos da personalidade. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá. (Orientador).

5.
Andressa Sechi Marra. Reenvio Constitucional - Materialização dos preceitos e/ou dignidade da perspectiva do direito da personalidade. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Direito) - Centro Universitário de Maringá. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Clóris Patrícia Pimenta. Direito ao aborto: escolha contra a vida. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá, . Orientador: Alessandro Severino Valler Zenni.

2.
Gutemberg Freire. Biopolítica e direitos humanos: reflexões sobre aproximações e distanciamentos a partir das teses de Foucault e Agamben. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá, . Orientador: Alessandro Severino Valler Zenni.

3.
Lucas Alexandre Zanutto Vaz. A crise do direito pós-moderno e papel do direito clássico na busca pelo justo. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá, . Orientador: Alessandro Severino Valler Zenni.

4.
João Lucas Silva Terra. Educação inclusiva como um direito da personalidade: a cota no ensino superior a pessoa com deficiência. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá, . Orientador: Alessandro Severino Valler Zenni.

5.
Adriana Regina Barcellos Pegini. Acesso à justiça: processo civil democrático à luz da dignidade da pessoa humana e direitos da personalidade. 2014. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá, . Orientador: Alessandro Severino Valler Zenni.

6.
Rogério Sato Capelari. O abismo humano na racionalidade: o princípio da dignidade da pessoa humana como fonte primeira do direito. 2013. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Ciências Jurídicas) - Centro de Ensino Superior de Maringá, . Orientador: Alessandro Severino Valler Zenni.

7.
Wesley Machado de Sousa. O pragmatismo jurídico e a dignidade da pessoa humana. 2013. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá, . Orientador: Alessandro Severino Valler Zenni.

8.
Fernanda Menegotto Sironi. Da transexualidade e dos direitos da personalidade: da perspectiva de uma inclusão legal. 2013. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá, . Orientador: Alessandro Severino Valler Zenni.

9.
Givago Dias Mendonça. A livre iniciativa econômica à luz dos direitos da personalidade. 2013. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá, . Orientador: Alessandro Severino Valler Zenni.

10.
Wesley Macedo de Sousa. O pragmatismo jurídico e a dignidade da pessoa humana. 2013. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá, . Orientador: Alessandro Severino Valler Zenni.

11.
Marco Antonio de Souza. Proteção dos direitos da personalidade no instituto da desconsideração da pessoa jurídica. 2013. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá, . Orientador: Alessandro Severino Valler Zenni.

12.
Diogo Valério Félix. Crítica à teoria clássica dos direitos da personalidade. 2012. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Ciências Jurídicas) - Centro de Ensino Superior de Maringá, . Orientador: Alessandro Severino Valler Zenni.

13.
Stênio Ferreira Parron. O direito de imagem da pessoa pública. 2012. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Ciências Jurídicas) - Centro de Ensino Superior de Maringá, . Orientador: Alessandro Severino Valler Zenni.

14.
Vitor Affonso Vieira. Os direitos sociais frente à reserva do possível. 2012. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Ciências Jurídicas) - Centro de Ensino Superior de Maringá, . Orientador: Alessandro Severino Valler Zenni.

15.
Vitor Affonso Vieira Machado. Um mundo em crise e os desafios do direto transdisciplina na promoção da dignidade humana. 2012. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá, . Orientador: Alessandro Severino Valler Zenni.

16.
Rogério Sato Capelari. O abismo humano na racionalidade: o princípio da dignidade da pessoa humana como fonte primeira do direito. 2012. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá, . Orientador: Alessandro Severino Valler Zenni.

17.
Thomaz Jefferson Carvalho. Síndrome de burnout e a tutela dos direitos da personalidade: uma reflexão acerca da dignidade do empregado na contemporaneidade. 2012. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá, . Orientador: Alessandro Severino Valler Zenni.

18.
Frederico Marcos Kruger. A formação educacional e profissional do policial militar do Estado do Paraná: um direito da personalidade. 2011. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá, . Orientador: Alessandro Severino Valler Zenni.

19.
Aluisio Henrique Ferreira. O poder diretivo do empregador e os direitos da personalidade do empregado. 2009. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá, . Orientador: Alessandro Severino Valler Zenni.

20.
Elizabet Leal da Silva. Emancipação do trabalhador e dignidade no trabalho. 2009. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Jurídicas) - Centro Universitário de Maringá, . Orientador: Alessandro Severino Valler Zenni.

Iniciação científica
1.
Alana Sibeli Fava. Assédio moral no meio ambiente de trabalho: ética e aspectos jurídicos. 2006. Iniciação Científica. (Graduando em Direito) - Centro de Ensino Superior de Maringá. Orientador: Alessandro Severino Valler Zenni.

2.
Thaís Aline Mazetto Corazza. Assédio moral no meio ambiente de trabalho: ética e aspectos jurídicos. 2006. Iniciação Científica. (Graduando em Direito) - Centro de Ensino Superior de Maringá. Orientador: Alessandro Severino Valler Zenni.

Orientações de outra natureza
1.
Marion Helena Fernandes. Projeto de Extenção: Esclarecimentos sobre o desconhecimento dos direitos decorrentes da jornada de trabalho. 2007. Orientação de outra natureza. (Direito) - Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas de Cascavel Univel. Orientador: Alessandro Severino Valler Zenni.

2.
Raquel Salgado. Projeto de Extensão: Esclarecimentos sobre o desconhecimento dos direitos decorrentes da jornada de trabalho. 2007. Orientação de outra natureza. (Direito) - Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas de Cascavel Univel. Orientador: Alessandro Severino Valler Zenni.



Outras informações relevantes


Membro do Nucleo Docente Estruturante - NDE da UNIFAMMA



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 21/11/2018 às 24:03:38