Lúcia Maria Guimarães Arantes

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/2451803436243515
  • Última atualização do currículo em 03/04/2018


Graduada em Fonoaudiologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1982), mestrado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1989) e doutorado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2000). Atualmente é coordenadora do Curso de Fonoaudiologia e foi , também , Chefe do Departamento de Clínica Fonoaudiológica e Fisioterápica ( 2015-2017) FACHS- PUCSP, é, também, professora do Programa de Pós Graduação de Linguística Aplicada e Estudos ds Linguagem da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. É fonoaudióloga do Serviço de Patologia da Linguagem da DERDIC/PUC-SP -CER II Tem experiência na área de Fonoaudiologia, com ênfase em Diagnóstico e Terapia de Linguagem (fala e escrita), atuando principalmente nos seguintes temas: clínica de linguagem, avaliação de linguagem aquisição e patologias da linguagem. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Lúcia Maria Guimarães Arantes
Nome em citações bibliográficas
ARANTES, L. M. G.

Endereço


Endereço Profissional
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Faculdade de Fonoaudiologia.
Rua Monte Alegre,n.984
Perdizes
05014-901 - Sao Paulo, SP - Brasil - Caixa-postal: 2419
Telefone: (11) 36708000
Ramal: 8172
Fax: (11) 36708552
URL da Homepage: http://


Formação acadêmica/titulação


1996 - 2000
Doutorado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem.
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.
Título: Diagnóstico e Cínica de Linguagem, Ano de obtenção: 2001.
Orientador: Maria Francisca Lier-DeVitto.
Palavras-chave: avaliação fonoaudiológica; Avaliação de linguagem; Patologias de Linguagem; normal epatológico na linguagem; Clínica de Linguagem.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
Setores de atividade: Saúde Humana.
1983 - 1989
Mestrado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem.
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.
Título: A constituição de procedimentos de negação,Ano de Obtenção: 1989.
Orientador: Fernando Tarallo.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: aquisição de linguagem; Aquisição da Negação; Pré-Linguagem.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
Setores de atividade: Outros Setores.
1979 - 1982
Graduação em Fonoaudiologia.
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.




Formação Complementar


2017
Crueldade. (Carga horária: 48h).
Instituto Vox, VOX, Brasil.
2014
Seminário 12 de J. Lacan. (Carga horária: 60h).
Instituto Vox, VOX, Brasil.
2016 - 2016
As Psicoses- Seminário 3 de Jacques Lacan. (Carga horária: 30h).
Instituto Vox, VOX, Brasil.
2009 - 2014
A clínica do Psicanalista. (Carga horária: 120h).
Escola de Psicanálise de Campinas, EPC, Brasil.
2013 - 2013
Seminário sobre a Voz na experiência psicanalítica. (Carga horária: 30h).
Escola de Psicanálise de Campinas, EPC, Brasil.
2008 - 2009
O Édipo em Freud. (Carga horária: 30h).
Núcleo de Formação em Clínica de Linguagem, NFCL, Brasil.
2007 - 2007
Figuras da Angústia na Infância. (Carga horária: 12h).
Espaço Psicanálitico de Americana, EPA, Brasil.
2006 - 2007
Histeria e Neurose Obsessiva. (Carga horária: 50h).
Escola de Psicanálise de Campinas, EPC, Brasil.
2006 - 2006
Identificação e Fantasia. (Carga horária: 12h).
Centro de Estudos Psicanalíticos, CEP, Brasil.
2003 - 2004
Freud e a construção do aparelho psíquico. (Carga horária: 150h).
Escola de Psicanálise dos Fóruns do Campo Lacaniano - Brasil., EPFCL, Brasil.
1997 - 1997
Estudos Pós Graduado em Comunicação e Semiótica. (Carga horária: 24h).
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.
1990 - 1991
A leitura lacaniana da obra de Freud. (Carga horária: 120h).
Instituto Sigmund Freud, ISF, Brasil.


Atuação Profissional



Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.
Vínculo institucional

1985 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor associado, Carga horária: 40

Atividades

02/2018 - Atual
Ensino, Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
? TEORIA LINGUÍSTICA II: PATOLOGIAS DE LINGUAGEM, TEORIA LINGUÍSTICA E PSICANÁLISE
08/2017 - Atual
Direção e administração, Faculdade de Ciências Humanas e da Saúde, .

Cargo ou função
Coordenadora do Curso de Fonoaudiologia.
02/2005 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Programa De Pós Graduação e Estudos da Linguagem e DERDIC, .

2/2003 - Atual
Ensino, Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Clínica de crianças e clínica de adultos
Descrever, Analisar, Interpretar: modos de abordagem da fala
A criança e a fala :questões empíricas e teóricas
Questões relativas à abordagem da fala sintomática (seminário de pesquisa)
Linguagem e estruturação subjetiva: Piaget, Vygotsky e Freud
Diagnóstico e Clínica de Linguagem
Interacionismo e aquisição da linguagem: do sujeito da Psicologia ao sujeito da Psicanálise.
Tópicos em Estudos da Linguagem: Aquisição e Patologia de Linguagem
12/2001 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, .

Cargo ou função
Membro do Comitê de Formação e Pesquisa.
2/1995 - Atual
Estágios , Divisão de Educação e Reabilitação dos Distúrbios da Comunicação, .

Estágio realizado
Supervisora do Estágio Atraso de Linguagem no SPL para os alunos do curso de fonoaudiologia.
08/1990 - Atual
Serviços técnicos especializados , Divisão de Educação e Reabilitação dos Distúrbios da Comunicação, .

Serviço realizado
Fonoaudióloga do Serviço de Patologia da Linguagem -.
08/1989 - Atual
Serviços técnicos especializados , Divisão de Educação e Reabilitação dos Distúrbios da Comunicação, .

Serviço realizado
FONOAUDIÓLOGA :DO SERVIÇO DE PATOLOGIAS DA LINGUAGEM- ATENDIMENTO E SUPERVISÃO DE ESTÁGIO.
8/1989 - Atual
Serviços técnicos especializados , Divisão de Educação e Reabilitação dos Distúrbios da Comunicação, .

Serviço realizado
suprvisão de estágio; coordenação de curso de aprimoramento; pesquisa.
3/1985 - Atual
Ensino, Fonoaudiologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Problemas de Linguagem Oral
Estágio Supervisionado em Fonoaudiologia Escolar
Aqusição de Linguagem I
Avaliação de Linguagem (I,II,III)
08/2017 - 12/2017
Ensino, Fonoaudiologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
PSICANÁLISE I
02/2017 - 12/2017
Ensino, Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
LINGUÍSTICA APLICADA II: A RELAÇÃO DIALÓGICA EM SITUAÇÃO CLÍNICA E EDUCACIONAL
? TEORIA LINGUÍSTICA II: PATOLOGIAS DE LINGUAGEM, TEORIA LINGUÍSTICA E PSICANÁLISE
08/2015 - 07/2017
Direção e administração, Faculdade de Ciências Humanas e da Saúde, Departamento de Clínica Fonoaudiológica e Fisioterápica.

Cargo ou função
Chefe de Departamento.
08/2016 - 12/2016
Ensino, Fonoaudiologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Psicanálise I
Avaliaçãp de Linguagem
02/2016 - 12/2016
Ensino, Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
LINGUÍSTICA APLICADA II: FALAS SINTOMÁTICAS E CLÍNICA DE LINGUAGEM
TEORIA LINGUÍSTICA II: QUESTÕES TEÓRICO-METODOLÓGICAS SOBRE A RELAÇÃO INVESTIGADOR/CLÍNICO COM OS DADOS
02/2015 - 12/2015
Ensino, Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
AQUISIÇÃO DE LINGUAGEM E ESTRUTURAÇÃO SUBJETIVA
LINGUÍSTICA APLICADA II: SOBRE A ABORDAGEM DA FALA NOS CASOS DE PSICOPATOLOGIA
02/2015 - 07/2015
Direção e administração, Faculdade de Ciências Humanas e da Saúde, Departamento de Clínica Fonoaudiológica e Fisioterápica.

Cargo ou função
COORDENADOR DE ESTÁGIO DO CURSO DE FONOAUDIOLOGIA.
08/2013 - 02/2015
Direção e administração, Faculdade de Fonoaudiologia, .

Cargo ou função
Vice-coordenação do Curso de Fonoaudiologia.
02/2014 - 12/2014
Ensino, Fonoaudiologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Orientação de TCC I e II
02/2014 - 12/2014
Ensino, Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
TEORIAS DA LINGUAGEM II: AQUISIÇÃO DE LINGUAGEM E ESTRUTURAÇÃO SUBJETIVA
MODOS DE INTERPRETAÇÃO DO "ERRO": DÉFICIT, DESVIO, SINTOMA
08/2012 - 12/2013
Conselhos, Comissões e Consultoria, Pós Graduação em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem, .

Cargo ou função
Comissão de reforma do Regulamento -LAEL -PUCS-SP.
02/2013 - 07/2013
Ensino, Fonoaudiologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estágio Supervisionado em Avaliação de Linguagem
Problemas de Fluência
O fonoaudiólogo e o atendimento de crianças com transtornos psiquícos
02/2013 - 06/2013
Ensino, Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Estruturação subjetiva Alienação Superação II
08/2012 - 12/2012
Ensino, Fonoaudiologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Psicanálise II
Tutoria IV
08/2012 - 12/2012
Ensino, Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Estrutruação Subjetiva: alienação e separação
6/2003 - 08/2012
Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-Reitoria de Pós-Graduação da PUC/SP, Programa de Pós-Graduação em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem.

Cargo ou função
Membro da comissão de qualificação em área suplementar.
02/2012 - 06/2012
Ensino, Fonoaudiologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Tutoria I
02/2012 - 06/2012
Ensino, Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Psicanálise e transmissão: Questão para escola para clínica de linguagem
9/2001 - 01/2007
Conselhos, Comissões e Consultoria, Serviço de Patologia da Linguagem, Serviço de Patologia da Linguagem.

Cargo ou função
Membro do Conselho Diretor.
2/1998 - 12/2000
Conselhos, Comissões e Consultoria, Divisão de Educação e Reabilitação dos Distúrbios da Comunicação, .

Cargo ou função
Coordenadora do Serviço de Patologia da Linguagem e membro do Colegiado da Clínica.
3/1996 - 12/2000
Pesquisa e desenvolvimento , Pró-Reitoria de Pós-Graduação da PUC/SP, Programa de Pós-Graduação em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem.

3/1985 - 12/1998
Extensão universitária , Divisão de Educação e Reabilitação dos Distúrbios da Comunicação, .

Atividade de extensão realizada
Docente:.
2/1992 - 12/1996
Conselhos, Comissões e Consultoria, Serviço de Patologia da Linguagem, Serviço de Patologia da Linguagem.

Cargo ou função
Membro do Conselho Diretor.

Pontifícia Universidade Católica do Paraná, PUC/PR, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2005
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 2
Outras informações
Professora de uma disciplina "O normal eo Patológico na Clínica de Linguagem"

Vínculo institucional

1991 - 1991
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor Convidado, Carga horária: 2

Vínculo institucional

1990 - 1990
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor Convidado, Carga horária: 2

Atividades

3/2004 - 12/2005
Ensino, Especilização Em Fonoaudiologia, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Normal e o Patológico na Lingaugem
3/2004 - 12/2005
Extensão universitária , Centro de Ciências Biológicas e da Saúde, Departamento de Fonoaudiologia.

Atividade de extensão realizada
ministrar aula em curso de Especialização.
3/1991 - 6/1991
Extensão universitária , Centro de Ciências Biológicas e da Saúde, Departamento de Fonoaudiologia.

Atividade de extensão realizada
docente-"Avaliação de Linguagem".
3/1990 - 6/1990
Extensão universitária , Centro de Ciências Biológicas e da Saúde, Departamento de Fonoaudiologia.

Atividade de extensão realizada
Docente - Avaliação de Lingugem.

Núcleo de Formação Em Clínica de Linguagem, NFCL, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2008
Vínculo: Sócio, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 4
Outras informações
Curso de Especialização oferecido pelos membros do grupo de pesquisa Aquisição, Patologias e clínica de Linguagem, coordenado por Maria Francisca Lier-DeVitto

Atividades

3/2004 - Atual
Ensino, Especialização Em Clínica de Linguagem, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
A configuração da Clínica de Linguagem
Atraso de Linguagem
2/2004 - Atual
Extensão universitária , Núcleo de Formaçaõ Em Clínica de Linguagem, Especialização.

Atividade de extensão realizada
Especilzação.


Linhas de pesquisa


1.
Aqusição, Patologias e Clínica de Linguagem

Objetivo: A linha de pesquisa ?Patologias e Clínica de linguagem? da qual faço parte junto com a Profa. Dra. Maria Francisca Lier-De Vitto, reflete sobre questões teóricas, empíricas e clínicas relacionadas ao acontecimento patológico na fala. Pretende-se oferecer uma reflexão lingüística sobre o fato sintomático, admitindo não ser eticamente aceitável tratar a fala sem assumir compromisso com uma teorização sobre a linguagem. Ao lado desse investimento, outros, de natureza teórico-clínica, são enfrentrados. Dito de outro modo, nesta linha de pesquisa não se considera irrelevante ou dispensável a discussão com outros campos clínicos (Medicina, Psicologia e Psicanálise) e com a Educação uma vez que, nesses espaços, ?sintomas na fala? interrogam e que as soluções por eles oferecidas merecem discussão. Também, uma proposta de clínica de linguagem tem sido produzida e é meta desta linha de pesquisa. Integram esta linha 3 de meus 5 orientandos no LAEL-PUC-SP. Todos eles com bolsa(CNPq e CAPES) e seis aprimorandos da DERDIC.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: PATOLOGIAS DE LINGUAGEM / Especialidade: Clínica de Linguagem.
Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Fonoaudiologia.
Setores de atividade: Cuidado À Saúde das Pessoas; Educação.
Palavras-chave: Aquisição e Clínica de Linguagem; diagnóstico de linguagem; Distúrbios Articulatórios; Entevista Fonoaudiológica; erro e sintoma.
2.
Linguagem e Patologias da Linguagem

Objetivo: Trata-se de um studo crítico sobre a relação de continuidade suposta na área de Aquisição da Linguagem entre acontecimentos "normais" e "sintomáticos", ou melhor, questiona-se a idéia de que erros patológicos sejam "desvios" de um padrão ideal de nomalidade. Diferentes quadros sintomáticos de fala são discutidos e materiais clínicos analisados (afasias, demências, gagueira, distúrbio articulatório, distúrbios de leitura e escrita, retardo de linguagem). Trata-se de discussão que questiona a nososgrafia proposta na área da Fonoaudiologia e da Medicina. A aceitação implícita ou explícita da causaliade direta lesão-sintoma, o raciocínio etiológico que impera nas acima referidas áreas (e clínicas), entre outros temas, são debatidos criticamente.. Essa linha foi desenvolvida inicialmente pela Profa. Dra. Maria Francisca lier-DeVitto, com quem trabalho no LAEL-PUCSP.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Fonoaudiologia.
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: PATOLOGIAS DE LINGUAGEM / Especialidade: Clínica de Linguagem.
Setores de atividade: Cuidado À Saúde das Pessoas; Saúde Humana.
Palavras-chave: Aquisição e Clínica de Linguagem; Concepções clínicas; Falas sintomáticas.


Projetos de pesquisa


2015 - Atual
SOBRE AS RELAÇÕES ENTRE A ESTRUTURAÇÃO SUBJETIVA E A ESTRUTURAÇÃO DA LINGUAGEM: SEGUNDA ETAPA
Descrição: A questão deste projeto, em sua primeira fase, esteve voltada para a distinção entre retardo de linguagem, psicose e autismo e para o modo como tal distinção afeta a posição do clínico de linguagem e a condução do tratamento. Foi empreendida uma reflexão sobre o atendimento de crianças autistas e psicóticas no âmbito da clinica de linguagem, partindo da hipótese de que estruturação da linguagem e estruturação subjetiva são processos solidários. A segunda etapa também tem como foco a relação sujeito-linguagem, mas agora o objetivo é estabelecer um diálogo com o campo da educação, isto é, discutir as dificuldades de escrita a partir de um diálogo com literatura psicanalítica. Para atingir as metas almejadas material empírico será colocado em discussão nos trabalhos dos membros da equipe.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Lúcia Maria Guimarães Arantes - Coordenador / Luciamar Bízio - Integrante / Maria Miriam de A. Pereira - Integrante / Luzia Alves - Integrante.Número de orientações: 3
2010 - 2014
SOBRE AS RELAÇÕES ENTRE A ESTRUTURAÇÃO SUBJETIVA E A ESTRUTURAÇÃO DA LINGUAGEM: QUESTÕES TEÓRICO-CLÍNICAS I
Descrição: O objetivo dessa pesquisa é discutir a imbricação entre estruturação e a estruturação da linguagem. A meta principal é colocar em discussão, psicose no âmbito da Clinica de Linguagem, a especificidade do atendimento de crianças que não falam: casos de retardo de linguagem, distúrbios específicos de linguagem e, também, autismo e psicose. Se a ausência ou uma perturbação de fala, independente de sua variação, conferem espaço para o clínico de linguagem (esse sintoma é de linguagem), faz-se necessário indagar em que medida a presença de um quadro psicopatológico determina alguma peculiaridade na condução do tratamento; em outras palavras, assim a questão deste projeto pode ser assim enunciada: ?como a distinção entre retardo de linguagem, psicose e autismo afetaria a posição do clínico de linguagem? Porém, esclarecer a especificidade da clínica de linguagem, no atendimento desses casos, implica considerar um modo singular de abordar a fala desses pacientes, circunscrever sua particularidade, cernir diferenças entre os quadros, de forma que, sustentado por uma teorização sobre a linguagem que abarque o acontecimento clínico, seja possível produzir um dizer sobre a natureza da fala desses sujeitos.? O objetivo específico: Neste trabalho pretendo explorar falas de crianças com vistas a esclarecer a especificidade da clínica de linguagem, no atendimento desses casos. Como indiquei acima isso implica considerar um modo singular de abordar a fala desses pacientes, circunscrever sua particularidade, cernir diferenças entre os quadros, de forma que - sustentada por uma teorização sobre a fala e sobre o falante, que abarque o acontecimento clínico - seja possível produzir um dizer sobre a natureza da fala desses sujeitos Fundamentação teórica: Para alcançar tais objetivos se faz necessário um passo em direção à Psicanálise, que não deixe à margem a necessária teorização dos pólos língua/fala que comparecem na imbricada tríade sujeito/língua/fala, quero com isso dizer que o movimento de teorização da clínica de linguagem se dá no gume da complexa relação entre Lingüística e Psicanálise. Esclareço. Pretendo encaminhar uma análise do material clínico de meus pacientes, tendo como foco a densidade significante da fala e a partir dessa visada colocar em discussão questões teórico- clínicas relativas à relação entre fala e estruturação subjetiva. Ainda no que se refere à fundamentação teórica, esclareço que no âmbito do Grupo de Pesquisa ?Aquisição, Patologias e Clínica de Linguagem?, desenvolvido na PUCSP LAEL/(DERDIC), coordenado pela Profa. Dra. Maria Francisca Lier-DeVitto, toma-se distanciamento das práticas clínicas ortopédicas que caracterizam o Campo da Fonoaudiologia.Ao contrário, assume-se que a linguagem não é objeto manipulável, nem comportamento modelável. Parte-se do reconhecimento de sua ordem própria, ou seja, de que a linguagem tem funcionamento regido por leis de referência interna, que determinam os movimentos da fala. Movimentos, esses, que são sempre singulares já que não há fala sem falante. Implicar o sujeito em sua relação com linguagem significa, portanto, admitir que esse funcionamento, embora universal, não é cego, uma vez que o sujeito - ao enunciar, enunciar-se - faz marca de sua singularidade no corpo da linguagem. Trata-se de entender que o efeito patológico da perturbação/ausência de fala não deixa de dizer, em palavras de Lier-DeVitto (2002), ?de modos singulares de enlaçamento de um corpo pelo Outro?.Considerações Metodológicas:Neste projeto cruzam-se duas linhas de reflexão, uma de natureza teórica relativa ao enfrentamento de uma questão de grande complexidade, a saber: a relação entre a possibilidade de diálogo entre Lingüística e Psicanálise. É necessário um movimento de verticalização teórica, que abarque ambos os campos, para que o encontro entre essas áreas seja problematizado e permita circunscrever uma.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Lúcia Maria Guimarães Arantes - Coordenador / Caroline Lopes - Integrante / Treyce Rosemary Vicente De Lucca - Integrante / Rafaella Leite Ribeiro Moysés - Integrante / Amanda Faleiros - Integrante.
2006 - 2010
Diagnóstico e Clinica de Linguagem: considerações sobre as possíveis relações entre avaliação e tratamento
Descrição: Este projeto tem com foco discutir as relações entre avaliação de linguagem e direção do tratamento. Entende-se que uma avaliação deve ultrapassar uma "taxonomia às avessas", que não permitem distinguir positivamente o específico daquilo que numa fala produz efeito de patologia e nem explicar a natureza de tais acontecimentos. Explicar é interpretar, é fazer render conceitos (e não aplicar fragmentos de modelos teóricos) é explorar o vigor de uma teorização sobre a linguagem no singular de uma fala. Pretende-se a partir de uma perspectiva teórica definida discutir a avaliação de linguagem de crianças e como, a partir deste processo, encaminhar a direção do tratamento. Em pauta estão os quadros de atraso de linguagem, distúrbio articulatório e distúrbio de leitura e escrita..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) .
Integrantes: Lúcia Maria Guimarães Arantes - Coordenador / Fernanda Fudissaku - Integrante / Anna Elisa Fongaro - Integrante / Milena Marchiori - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 9 / Número de orientações: 4
2005 - 2009
Impasses do siagnóstico: considerações sobre as possíveis relações entre avaliação e tratamento
Descrição: O objetivo dessa pesquisa é discutir a especificidade do atendimento de crianças autistas e psicóticas no âmbito da Clinica de Linguagem. Se a ausência ou uma perturbação de fala, independente de sua variação, conferem espaço para o clínico de linguagem (esse sintoma é de linguagem), faz-se necessário indagar em que medida a presença de um quadro psicopatológico determina alguma peculiaridade na condução do tratamento; em outras palavras, assim a questão deste projeto pode ser assim enunciada: ?como a distinção entre retardo de linguagem, psicose e autismo afetaria a posição do clínico de linguagem? Porém, esclarecer a especificidade da clínica de linguagem, no atendimento desses casos, implica considerar um modo singular de abordar a fala desses pacientes, circunscrever sua particularidade, cernir diferenças entre os quadros, de forma que, sustentado por uma teorização sobre a linguagem que abarque o acontecimento clínico, seja possível produzir um dizer sobre a natureza da fala desses sujeitos.? PROJETO TEVE RECONHECIMENTO DE MÉRITO DO CNPq POR OCASIÃO DA SOLICITAÇÃO DE BOLSA DE PRODUTIVIDADE.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
1998 - 2005
Projeto Integrado CNPq coord. M. Frsncisca Lier- DeVitto
Descrição: O Projeto Integrado CNPq 522002/97-8 foi coordenado pela Profa. Dra. Maria Francisca Lier-De Vitto. O desafio que este grupo enfrenta é o de produzir "um discurso lingüístico" sobre as falas patológicas. Deve-se dizer que as abordagens vigentes dessas manifestações de fala têm recebido, em sua avassaladora maioria, uma produção incipiente e de cunho pré-teórico. Esse panorama não poderia ser diferente uma vez que a Lingüística, ou não é chamada à discussão, ou tem uma entrada marginal e enviesada nos trabahos realizados - basicamente no campo da Fonoaudiologia. Pode-se dizer que a originalidade das reflexões que se desenvolvem no grupo de pesquisa "Aquisição, patologias e clínica de linguagem" pode ser qualificada como teórica. Dito de outro modo, uma reflexão que ultrapassa a visada meramente descritiva/aplicativa sobre a fala. É exatamente esse compromisso com a teorização sobre a linguagem e a fala, que permite pensar uma teoria da técnica - permite teorizar sobre as instâncias diagnóstica e terapêutica na clínica de linguagem. A originalidade da reflexão encaminhada por este grupo de pesquisa e sua importância são reconhecidas pelos diferentes órgãos oficiais (FAPESP, CNPq e CAPES). As repercussões dos trabalhos podem ser avaliadas, também, pela demanda crescente por formação, tanto por alunos da PUCSP, quanto de outras universidades brasileiras. O diálogo com pesquisadores e docentes de outras Instituições (PUCPR, PUCRS, UFG, UEPe, UNICAMP, USP, entre outras) é indicador dos efeitos e do reconhecimento deste grupo. No âmbito internacional, relações sólidas com pesquisadores da Universidade Autônoma do México e das Universidades de Buenos Aires e Rosário têm favorecido a divulgação dos trabalhos nesses países latinoamericanos. O mesmo ocorre na Europa,por meio da participação do grupo em congressos internacionais. Pelo tempo de vigência desta linha de reflexão, pode-se considerar que sua produção é sólida e extensa..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Lúcia Maria Guimarães Arantes - Coordenador / Lourdes Andrade Pereira - Integrante / Rosana Landi - Integrante / Suzana Cariello da Fonseca - Integrante / Sônia Maria de Mello Araújo - Integrante / Viviane Orlandi Faria - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.


Projetos de desenvolvimento


2007 - Atual
Surdez: considerações sobre a Língua Materna e a Aquisição da Escrita
Descrição: Este projeto tem como objetivo pesquisar os efeitos da surdez no processo de estruturação da linguagem e da estruturação subjetiva do surdo. O foco central é a discussão acerca da língua de sinais considerada como a língua materna do surdo. Pretende-se problematizar as conseqüências da equivalência assumida nos estudos sobre a surdez entre L1 e língua materna. Mais particularmente, pretende-se abordar a relação entre a língua de sinais (L.1) e a escrita, considerada no campo da pedagogia como a segunda língua (L.2) do surdo. Portanto, neste projeto estará também em questão a relação singular do sujeito surdo com a linguagem. Pretemde-se movimentar as discussões sobre a língua materna do surdo, a definição de L1 e L2 e a entrada do surdo no universo da escrita. A abordagem do tema enfatizará a discussão teórica sobra a aquisição de linguagem do surdo e, também, questões relacionadas à escrita e os efeitos da surdez no universo pedagógico. Assim, estarão em tela de discussão as dificuldades encontradas pelo surdo na leitura e na produção do texto escrito. Serão abordadas as possibilidades de contribuição do diálogo com a Lingüística e também com a Psicanálise, com vistas a considerar a singularidade do surdo..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Lúcia Maria Guimarães Arantes - Coordenador / Lucimar Bizio - Integrante / Silvana Zajac - Integrante.Financiador(es): Secretaria de Educação do estado de São Paulo - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 4 / Número de orientações: 2


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Fonoaudiologia / Subárea: Diagnóstico e Terapia de Linguagem.
2.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Psicolingüística/Especialidade: Aquisição de Linguagem e Patologias da Linguagem.
3.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Linguagem/Especialidade: Patologias da Linguagem.
4.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Psicolingüística/Especialidade: Aquisição de Linguagem.
5.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Linguagem/Especialidade: Teoria e Análise Lingúística.
6.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Assessoria Escolar.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.
Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Italiano
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2005
Professor Associado, PUC-SP.
2003
Professor Assistente Doutor, PUC-SP.
1991
Professor Assistente Mestre, PUC-SP.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
LIER-DEVITTO, M. F.2015LIER-DEVITTO, M. F. ; ARANTES, L. M. G. . Repetição e diferença na fala da criança: diferença é singularidade?. Prolíngua (João Pessoa), v. 10, p. 190-198, 2015.

2.
CATRINI, M.2015CATRINI, M. ; LIER-DEVITTO, M. F. ; ARANTES, L. M. G. . 'Apraxias: considerações sobre o corpo e suas. Cadernos de Estudos Linguísticos (UNICAMP), v. 2, p. 119-129, 2015.

3.
ARANTES, L. M. G.2008ARANTES, L. M. G.; FONSECA, S. C. . Efeitos da escrita na clínica de linguagem. Estilos da Clínica (USP), v. 25, p. 14-35, 2008.

4.
ARANTES, L. M. G.2005ARANTES, L. M. G.. Sobre os efeitos do interacionismo no diagnóstico de linguagem. Cadernos de Estudos Lingüísticos (UNICAMP), v. 47(1-2, p. 151-158, 2005.

5.
ARANTES, L. M. G.2004ARANTES, L. M. G.. Erro Sintomático (ou não): a questão diagnóstica. Letras de Hoje, Rio Grande do Sul, v. v.39, n.no.3, p. 337-345, 2004.

6.
ARANTES, L. M. G.2003ARANTES, L. M. G.. A Clínica Psicanalítica e a Fonoaudiológica com crianças que não falam. Distúrbios da Comunicação, São Paulo, v. 15, n.1, p. 59-69, 2003.

7.
ARANTES, L. M. G.2001ARANTES, L. M. G.. As Múltiplas faces da Especularidade. Letras de Hoje, Rio Grande do Sul, v. 36, n.3, p. 253-259, 2001.

8.
DEVITTO, Maria Francisca Lier1998 DEVITTO, Maria Francisca Lier ; ARANTES, L. M. G. . Sobre os efeitos da fala da criança: da heterogeneidade desses efeitos. Letras de Hoje, Porto Alegre, v. 33, n.2, p. 65-72, 1998.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
LIER-DEVITTO, Maria Francisca ; ARANTES, L. M. G. . Adquisición, patolgías y clínica del lenguage. 1a.. ed. Rosário: Editorial de la Universidad Nacional de Rosario UNR, 2014. v. 1. 550p .

2.
LIER-DEVITTO, Maria Francisca (Org.) ; ARANTES, L. M. G. (Org.) . Faces da Escrita:linguagem, clínica ,escola. 1a. ed. Campinas: Mercado de Letras, 2011. v. 500. 280p .

3.
LIER DEVITTO, M. F. (Org.) ; ARANTES, L. M. G. (Org.) . Aquisição, Patologia e Clínica de Linguagem. 2. ed. São Paulo: Educ - FAPESP, 2007. v. 1. 446p .

4.
LIER-DEVITTO, Maria Francisca (Org.) ; ARANTES, L. M. G. (Org.) . Aquisição Patologia e Clínica de Linguagem. 1a.. ed. São Paulo: FAPESP EDUC-PUCSP, 2006. v. 1. 446p .

Capítulos de livros publicados
1.
ARANTES, L. M. G.. Sobre la instancia diagnóstica en la Clínica de Lenguaje. In: LIER-DEVITTO,M.F.; ARANTES, L.M.G.. (Org.). Adquisición, patolgías y clínica del lenguage. 1a.ed.Rosário: Editorial de la Universidad Nacional de Rosario UNR, 2014, v. 1, p. 389-408.

2.
ARANTES, L. M. G.. Impasses en la distinción entre producciones desviantes sintomáticas
y no sintomáticas. In: LIER-DEVITTO,M.F.; ARANTES, L.M.G>. (Org.). Adquisición, patolgías y clínica del lenguage. 1a.ed.Rosário: Editorial de la Universidad Nacional de Rosario UNR, 2014, v. 1, p. 271-280.

3.
LIER DEVITTO, M. F. ; ARANTES, L. M. G. . Estrutura e subjetividade: considerações sobre uma questão crucial implicada em falas de crianaça. In: Marianne Carvalho Bezerra Cavalcante; Evgangelina Maria Brito de Faria.Marcio Martins Leitão. (Org.). Aquisição da Linguagem e processamento lingüístico - perspectivas teóricas e aplicadas. 1a.ed.João Pessoa:: Editora Ideia - UFPR, 2011, v. V1, p. 53-76.

4.
ARANTES, L. M. G.; FONSECA, S. C. . Efeitos da Escrita na clínica de linguagem. In: Maria Francisca Lier DeVitto; Lúcia Arantes. (Org.). Faces da Escrita:linguagem, clínica, escola. 1a.ed.Campinas: Mercado de Letras, 2011, v. , p. 117-141.

5.
ARANTES, L. M. G.; CARDOSO, R. . Considerações sobre o atendimento de crianças psicóticas na clínica de linguagem. In: Maria Cristina Kupfer; Fernanda Noya Pinto. (Org.). Lugar de Vida, vinte anos depois: exercícioos de educação terapêutica. 1ed.São Paulo: Escuta - Fapesp, 2010, v. 1, p. 165-173.

6.
ARANTES, L. M. G.. Sobre a instância diagnóstica na Clínica de Linguagem. In: Lier-DeVito, M.F. ; Arantes , L.. (Org.). Aquisição, Patologias e Clínica de Linguagem. 2ed.Saõ Paulo: EDUC-FAPESP, 2007, v. 1, p. 315-331.

7.
ARANTES, L. M. G.. Impasses na distinção entre produções sintomáticas desviantes e não desviantes. In: Lier-DeVitto. (Org.). Aquisição, Patologias e Clínica de Linguagem. 2ed.São Paulo: EDUC-FAPESP, 2007, v. 1, p. 219-226.

8.
ARANTES, L. M. G.. Impasses na distinção entre produções sintomáticas desviantes e não desviantes. In: Maria Francisca Lier-De Vitto; Lúcia M. G. Arantes. (Org.). Aquisição, Patologias e Clínica de Linguagem. 1a.ed.São Paulo: , 2006, v. , p. 219-226.

9.
ARANTES, L. M. G.. Sobre a instância diagnóstica na Clínica de Linguagem. In: Maria Francisca Lie-DeVitto. (Org.). Aquisição,Patologias e Clínica de Linguagem. 1a.ed.São Paulo: Educ Fapesp, 2006, v. , p. 315-331.

10.
ARANTES, L. M. G.; ANDRADE, L. ; LIERDEVITTO, M. F. . A clínica de linguagem com crianças que não falam:diagnósticco e direção do tratamento. In: Sandra Pavone;Yone Rafaelli. (Org.). Audicao, Voz e Linguagem: a clínica e o sujeito. 1ed.Sao Paulo: Cortez, 2005, v. 01, p. 141-150.

11.
ARANTES, L. M. G.; ANDRADE, L. ; LIER DEVITTO, M. F. . Impasses relativos ao encaminhamento de crianças que nao falam. In: Sandra Pavone;Yone Rafaeli. (Org.). Audicao, Voz e Linguagem: a clínica eo sujeito. 1ed.Sao Paulo: Cortez, 2005, v. 1, p. 100-108.

12.
ARANTES, L. M. G.. Voz e sistema sensório motor oral. In: Freire, Regina. (Org.). Fonoaudiologia: seminários e debates. 1ed.São Paulo: Roca, 2000, v. 3, p. 125-127.

13.
ARANTES, L. M. G.. O fonoaudiólogo esse aprendiz de feiticeiro. In: Lier- DeVitto, Maria Francisca. (Org.). Fonoaudiologia: no sentido da linguagem. 2ed.São Paulo: Cortez, 1994, v. , p. 23-38.

14.
ARANTES, L. M. G.; RUBINO, R. . A dimensão patológica da linguagem: um apelo à investigação científica em fonoaudiologia. In: Rojo, Roxane; Cunha, Maria Cláudia; Garcia, Ana Luiza. (Org.). Fonoaudiologia e Lingüística. 1ed.São Paulo: Educ, 1991, v. , p. 69-76.

15.
PALLADINO, R. R. ; PEREIRA, Lourdes Andrade ; ARANTES, L. M. G. . Investigação lingüística: sua natureza e função. In: Rojo, Roxane; Cunha, Maria Cláudia; Garcia, Ana Luiza. (Org.). Fonoaudiologia e Lingüística. 1ed.São Paulo: Educ, 1991, v. , p. 77-82.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
ARANTES, L. M. G.. ?Mother tongue?, ?foreign language?, ?first language? and ?second language?: in search for distinctions and definitions.. In: 14th International Pragmatics Conference, 2015, Antuérpia. 14th International Pragmatics Conference, 2015.

2.
ARANTES, L. M. G.. A instância diagnóstica na clínica de linguagem: um espaço privilegiado para a discussão sobre diferenças individuais e singularidade. In: ALFAL, 2014, João Pessoa. Anais do XVII Congresso Internacional da Alfal, 2014.

3.
ARANTES, L. M. G.. FALAS ECOLÁLICAS E HESITAÇÕES/ REFORMULAÇÕES. In: XVI CONGRESSO DE LA ASSOCIACION DE LINGUISTICA Y FILOLOGIA DE LA AMERICA LATINA, 2011, ALCALA DE HENARES. ACTA DEL XVI CONGRESSO INTERNACIONAL DE LA ALFAL, 2011.

4.
ARANTES, L. M. G.. DIAGNÓSTICO DE LINGUAGEM: SOBRE OS EFEITOS DAS FALAS SINTOMÁTICAS. In: Simpósio Nacional de Letras e LingüísticaIISimpósio Internacional de Letras e Linguística, 2010, Uberlandia. Revista Philologus. Uberlândia: Editora da Universidade Federal de Uberlândia, 2010. v. 12. p. x-x.

5.
ARANTES, L. M. G.. A singularidade como um problema na constituição do método clínico. In: XIV Congresso ALFAL- Congresso Latino Americano de Lingüística, 2005, Monterrey. ACTAS XV Congresso internacional ALFAL. Chile: Alba Vaência E. (editora), 2005. v. 1.

6.
ARANTES, L. M. G.. As Múltiplas Faces da Especularidade. In: 5o. Encontro Nacional e 1o. Encontro Internacional Sobre Aquisição de Linguagem, 2000, Porto Alegre. Letras de Hoje (Impresso). Porto Alegre: EDIPUCRS, 2000. v. 36. p. 253-259.

7.
ARANTES, L. M. G.; RUBINO, R. . Assumindo o certo e verbalizando o incerto: uma crítica à hipótese de Greenfield. In: GRUPOS DE ESTUDOS LINGÜÍSTICOS (GEL), 1984, AssIs. Anais do Seminário GEL. Batatais: Departamento de Letras da Faculdade de Ciências e Letras, 1984. v. v.9. p. 230-234.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
ARANTES, L. M. G.. 13th International Pragmatics Conference. In: 13th International Pragmatics Conference, 2013, Nova Dekhi. 13th International Pragmatics Conference, 2013. v. 1. p. 137-137.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
ARANTES, L. M. G.. 15th International Pragmatics Conference. In: 15th International Pragmatics Conference, 2017, Belfast. 15th International Pragmatics Conference, 2017.

2.
ARANTES, L. M. G.. DIAGNÓSTICO NA CLÍNICA DE LINGUAGEM: ESCUTA E INTERPRETAÇÃO. In: XVIII ALFAL- Bogotá, 2017, Bogotá. XVIII Congresso Internacional da ALFAL- Bogotá, 2017.

3.
ARANTES, L. M. G.. Adquisición, patolgías y clínica del lenguage. In: III Congresso internacional de Fonoaudiologia, 2017, Rosario. III Congresso internacional de Fonoaudiologia, 2017.

4.
ARANTES, L. M. G.. Fonoaudiologia: sobre impasses e embaraços na constituição de um ?texto próprio. In: 17º InPLA - Intercâmbio de Pesquisas em Lingüística Aplicada, 2009, São Paulo. 17o. InPLA Perspectivas, Dimensões e Desafios da Linguística Aplicada. São Paulo :: Artcolor Ltda, 2009. v. 1. p. 16-17.

5.
ARANTES, L. M. G.. On pragmatic approaches to language in the autistic and psychotic children. In: 10th international pragmatics, 2007, Gotemburgo. 10th. international pragmatics - abstracts. Bélgica, 2007. v. 10. p. 64.

6.
ARANTES, L. M. G.. Avaliação de linguagem: sobre o que a fala sinaliza de uma condição subjetiva da criança. In: 7o. Encontro Nacional sobre Aquisição de Linguagem, 2006, Porto Alegre. 7o. Encontro Nacional Sobre Aquisição de Linguagem: Livro de Resumos. Porto Alegre: Editora da PUCRS, 2006. p. 64-64.

7.
ARANTES, L. M. G.. Clínica de linguagem:entre os efeitos de ler e escutar uma fala. In: V Encontro Nacional de Língua Falada e Escrita, 2006. V ELFE Programação e Resumos. Maceió: Universidade Federal de Alagoas, 2006. p. 145-146.

8.
ARANTES, L. M. G.. On pragmatic approches to language in the autistic and psycothic children. In: 9th. International Pragmatics Conference, 2005, Riva del garda. 9th International Pragmatics Conference:Abstracts, 2005. v. 9. p. 23.

9.
ARANTES, L. M. G.. Leitura e escuta no diagnóstico de linguagem. In: InplA- Intercâmbio de Pesquisas em Lingüística Aplicada, 2003, São Paulo. Metodologias de Pesquisa em Linguística Aplicada. São Paulo: Educ, 2003. v. 1. p. 168-168.

10.
ARANTES, L. M. G.. Pontuações Sobre o Diálogo da Clínica De Linguagem com a Lingüística. In: ABRALIN, 2003, Rio de Janeiro. Anais do IIICongresso Internacional da ABRALI. rio de janeiro: abralin, 2003. v. 1.

11.
ARANTES, L. M. G.. Erro sintomático(ou não): a questão diagnóstica. In: Encontro Nacional Sobre Aquisição de linguagem, 2003, Porto Alegre. Letras de Hoje. Poro Alegre, 2003. v. 39. p. 337-345.

12.
ARANTES, L. M. G.. Problemas metodológicos de descrição e análise de falas sintomáticas. In: InPLA- Intercâmbio de Pesquisas em Lingüística Aplicada, 2003, São Paulo. Metodologias de Pesquisa em Lingüística Aplcada. São Paulo: Educ, 2003. v. 1. p. 161-161.

13.
ARANTES, L. M. G.. Sobre a avaliação de linguagem e a direção do tratamento na clínica fonoaudiológica. In: InPLA- Intercâmbio de Pesquisas em Lingüística Aplicada, 2002, São Paulo. As interlocuções na Lingüística Aplicada. São Paulo: Educ, 2002. p. 162-162.

14.
ARANTES, L. M. G.. Fala e Sintoma na patologia de linguagem. In: 11o. Inpla - Intercâmbio de Pesquisas em Lingüística Aplicada, 2001, São Paulo. Intercâmbio (PUCSP). São Paulo: Educ, 2000. p. 215-216.

15.
ARANTES, L. M. G.. O que é um diagnóstico de Retardo de Linguagem. In: 11o. Inpla - Intercâmbio de Pesquisas em Lingüística Aplicada, 2001, São Paulo. Intercâmbio (PUCSP). São Paulo: Educ, 2001. p. 215-215.

16.
ARANTES, L. M. G.. Questions on Speech therapy clinical interviews and diagnosis. In: 7th. International Pragmatics Conference, 2000, Budapeste. 7th. International Pragmatics Conference - Abstracts. Antuérpia: IPrA &The Authors, 2000. p. 200-200.

17.
ARANTES, L. M. G.. Productions déviantes symptomatiques: comment les distinguer des production non-symptomatiques. In: 6th. International Pragmatics Conference, 1998, Reims. 6th. International Pragmatics Conference: abstracts, 1998. v. I.

18.
ARANTES, L. M. G.. A Linguagem em cena na clínica. In: InPLA- Intercâmbio de Pesquisas em Lingüística Aplicada, 1998, São Paulo. Caderno de Resumos. São Paulo: Edusp, 1998. p. 55-56.

19.
ARANTES, L. M. G.. A Fala da criança e seus efeitos. In: IV Encontro Nacional Sobre Aquisição da Linguagem, 1997. Resums IV Encontro Nacional sobre Aquisção da Linguagem. p. 11-11.

20.
ARANTES, L. M. G.. A questão da linguagem na Fonoaudiologia. In: SBPC, 1996, São Paulo. Anais da 48* Reunião Anual da SBPC, 1996. v. II. p. 438-438.

Artigos aceitos para publicação
1.
ARANTES, L. M. G.. DIAGNÓSTICO NA CLÍNICA DE LINGUAGEM: ESCUTA E INTERPRETAÇÃO. LINGUISTICA (MADRID), 2018.

2.
ARANTES, L. M. G.. Efeitos da leitura do texto de Saussure: diagnóstico e clínica de linguagem. DELTA. Documentação de Estudos em Lingüística Teórica e Aplicada, 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
ARANTES, L. M. G.. DIAGNÓSTICO NA CLÍNICA DE LINGUAGEM: ESCUTA E INTERPRETAÇÃO. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
ARANTES, L. M. G.. Interpretation in the Speech Therapy clinical setting: focusing diagnostic procedures.. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
ARANTES, L. M. G.; LIER-DEVITTO, M. F. . Aquisição, Patologias e Clínica de Linguagem. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
ARANTES, L. M. G.. ?Mother tongue?, ?foreign language?, ?first language? and ?second language?: in search for distinctions and definitions.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
ARANTES, L. M. G.. A instância diagnóstica na clínica de linguagem: um espaço privilegiado para a discussão sobre diferenças individuais e singularidade. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
ARANTES, L. M. G.. Sobre os efeitos da leitura do texto de Saussure: diagnóstico e clínica de linguagem. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
ARANTES, L. M. G.. Children?s difficulties in moving from dialogue to narrative: change? as a structural issue in language acquisition and speech pathology.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
ARANTES, L. M. G.. Questões sobre a escuta de materiais clínicos. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

9.
LUCCA, T. R. V. ; ARANTES, L. M. G. . RELAÇÕES ENTRE QUEIXA E DEMANDA NOS CASOS DE RETARDO DE LINGUAGEM. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

10.
ARANTES, L. M. G.. FONOAUDIOLOGIA E CLÍNICA DE LINGUAGEM. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
ARANTES, L. M. G.. FALAS ECOLÁLICAS E HESITAÇÕES/REFORMULAÇÕES. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
ARANTES, L. M. G.. FALAS ECOLÁLICAS E HESITAÇÕES/REFORMULAÇÕES. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
ARANTES, L. M. G.. FALAS ECOLALICAS E HESITAÇÕES/REFORMULAÇOES. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
LUCCA, T. R. V. ; ARANTES, L. M. G. . RELAÇÕES ENTRE QUEIXA E DEMANDA NOS CASOS DE RETARDO DE LINGUAGEM. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

15.
ARANTES, L. M. G.. DIAGNÓSTICO DE LINGUAGEM: SOBRE OS EFEITOS DAS FALAS SINTOMÁTICAS. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

16.
ARANTES, L. M. G.. Clínica de Linguagem: Reflexividade em falas de crianças psicóticas. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

17.
ARANTES, L. M. G.. A avaliação de linguagem na clínica com crianças: sobre o espaço entre ler e escutar uma fala. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

18.
ARANTES, L. M. G.. Clínica de Linguagem: entre os efeitos de ler e escutar uma fala. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

19.
ARANTES, L. M. G.. Avaliação de Linguagem: sobre o que a fala sinaliza de uma condição subjetiva da criança. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

20.
ARANTES, L. M. G.. Desdobramentos clínicos no tratamento de uma criança psicótica na clínica de linguagem. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

21.
ARANTES, L. M. G.. On Pragmatic Approaches to language in the autistic and psycothic children. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

22.
ARANTES, L. M. G.. A singularidade como um problema na constituição do método clínico. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

23.
ARANTES, L. M. G.. Singularidade e Construção do método Clínico: a mútua determinação entre fala e escuta. 2005. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

24.
ARANTES, L. M. G.. Diagnóstico:avaliação de linguagem. 2005. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

25.
ARANTES, L. M. G.. Assessoria Fonoaudiológica à Escola. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

26.
ARANTES, L. M. G.; LIER DEVITTO, M. F. . Estar (mal estar) na linguagem. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

27.
ARANTES, L. M. G.. Uma experiência de Assessoria Fonoaudiológica à Escola. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

28.
ARANTES, L. M. G.. Sobre a marginalidade das falas sintimáticas e seus efeitos nos campos clínicos. 2003. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

29.
ARANTES, L. M. G.. Erros Sintomáticos (ou não):a questão diagnóstica. 2003. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

30.
ARANTES, L. M. G.; ANDRADE, L. . Impasses na direçào do tratamento de crianças que não falam. 2003. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

31.
ARANTES, L. M. G.. Leitura e escuta no diagnóstico de linguagem. 2003. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

32.
ARANTES, L. M. G.. Diagnóstico e Clínica de Linguagem. 2002. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

33.
ARANTES, L. M. G.. A clínica fonoaudiológica e a clínica psicanalítica com crianças que não falam. 2002. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

34.
ARANTES, L. M. G.. Sobre a avaliação de linguagem e a direção do tratamento na clínica fonoaudiológica. 2002. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

35.
ARANTES, L. M. G.. O que é um diagnóstico de retardo de linguagem. 2001. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

36.
ARANTES, L. M. G.. As múltiplas faces da especularidade. 2000. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

37.
ARANTES, L. M. G.. Diagnóstico doRetardo de Linguagem. 2000. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

38.
ARANTES, L. M. G.. A interpretaçào como técnica fonoaudiológica. 2000. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

39.
ARANTES, L. M. G.. Questions on speech therapy and diagnostic clinical interviews. 2000. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

40.
ARANTES, L. M. G.. Abordagem interacionista na clínica fonoaudiológica. 2000. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Outras produções bibliográficas
1.
LIERDEVITTO, M. F. ; ARANTES, L. M. G. . PRESENTACION. Rosário Argentina, 2014. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

2.
LIER-DEVITTO, Maria Francisca ; ARANTES, L. M. G. . Prefácio. Campinas10, 2011. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

3.
LIER-DEVITTO, Maria Francisca ; ARANTES, L. M. G. . Aquisição, Patologias e Clínica de Linguagem. São Paulo, 2007. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

4.
LIER-DEVITTO, Maria Francisca ; ARANTES, L. M. G. . Aquisição, Patologias e Clínica de Linguagem. São Paulo, 2006. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

5.
ARANTES, L. M. G.. Avaliação de linguagem: uma visão panorâmica(resenha). São Paulo: EDUC, 2001 (Resenha).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
ARANTES, L. M. G.. Assessoria Educação Infantil Escola Viva. 2013.

2.
ARANTES, L. M. G.. Assessoria Educação Infantil Escola Viva. 2011.

Trabalhos técnicos
1.
ARANTES, L. M. G.. Revista Delta. 2017.

2.
ARANTES, L. M. G.. Revista DIC. 2017.

3.
ARANTES, L. M. G.. Revista DIC. 2017.

4.
ARANTES, L. M. G.. FAPESP. 2017.

5.
ARANTES, L. M. G.. Reforma Curricular do Curso de Enfermagem. 2017.

6.
ARANTES, L. M. G.. parecer fapesp. 2016.

7.
ARANTES, L. M. G.. DIC - parecer. 2016.

8.
ARANTES, L. M. G.. FAPESP parecer ad hoc. 2015.

9.
ARANTES, L. M. G.. DIC parecer ad hoc. 2015.

10.
ARANTES, L. M. G.. REVISTA DE ESTUDOS LINGUÍSTICOS UFMG. 2015.

11.
ARANTES, L. M. G.. FAPESP parecer ad hoc. 2014.

12.
ARANTES, L. M. G.. DELTA parecer ad hoc. 2014.

13.
ARANTES, L. M. G.. DIC parecer ad hoc. 2014.

14.
ARANTES, L. M. G.. FAPESP parecer ad hoc. 2013.

15.
ARANTES, L. M. G.. Capes parecer ad hoc. 2013.

16.
ARANTES, L. M. G.. Revista Intercambio. 2012.

17.
ARANTES, L. M. G.. Reforma curricular do curso de Fonoaudiologia. 2012.

18.
ARANTES, L. M. G.. Revista de Psicologia Clínica do Rio de Janeiro. 2011.

19.
ARANTES, L. M. G.. FAPESP. 2010.

20.
ARANTES, L. M. G.. CAPES. 2009.

21.
ARANTES, L. M. G.. FAPESP. 2007.

22.
ARANTES, L. M. G.. REVISTA DELTA. 2007.

23.
ARANTES, L. M. G.. CEPE. 2007.

24.
ARANTES, L. M. G.. FAPESP. 2006.

25.
ARANTES, L. M. G.. parecerista CEPE. 2006.

26.
ARANTES, L. M. G.. parecer para qualificação em área complementar. 2006.

27.
ARANTES, L. M. G.. Parecer de Pesquisa - CEPE. 2005.

28.
ARANTES, L. M. G.. Parecer de artigo para qualificaçào em área complementar-LAEL. 2005.

29.
ARANTES, L. M. G.. Revista Interações. 2003.

30.
ARANTES, L. M. G.. Revista Interâmbio vol xii. 2003.

31.
ARANTES, L. M. G.. Parecerista do Comitê de Pesquisa da DERDIC. 2002.

32.
ARANTES, L. M. G.. Parecer de artigo para qualificaçào de área complementar-LAEL. 2002.


Demais tipos de produção técnica
1.
ARANTES, L. M. G.; LIER-DEVITTO, Maria Francisca . Adquision, Patologia y Clinica del lenguaje. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
ARANTES, L. M. G.; ANDRADE, L. ; FONSECA, S. C. ; LANDI, R. ; LIER-DEVITTO, Maria Francisca . A Clínica de Lingugem; Afasia Alzheimer, Retardo de Linguagem, Distúrbio Articulatório e E Distúrbio de Leitura e Escrita. 2007. .

3.
ARANTES, L. M. G.; ARAÚJO, Sônia . Configuração da Clínica Fonoaudiológica. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
ORIENTADORA, Maria Francisca Lier de Vitto; ARANTES, L. M. G.; BARZOTTO, V. H.. Participação em banca de Maria da Glória Vianna Amorim Silva. Encontros e Desencontros entre a Psicanálise e a Linguística: a presença de Jacques Lacan. 2012. Dissertação (Mestrado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

2.
ARANTES, L. M. G.; LIER-DEVITTO, M. F.; ARAÚJO, Sônia Maria de Mello. Participação em banca de Samar el Malt. Aquisição de Linguagem: considerações sobre as relações entre língua materna e língua estrangeira. 2012. Dissertação (Mestrado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

3.
ORIENTADORA, Maria Francisca Lier de Vitto; ARANTES, L. M. G.; CARNEVALE,L.. Participação em banca de Fabiana Rgiani da Costa. Frente o lápis e o papel: uma discussão sobre a instituição da posição leitor. 2012. Dissertação (Mestrado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

4.
ARANTES, L. M. G.; LIER DEVITTO, M. F.; ROCHA, A. C. O.. Participação em banca de CAROLINE LOPES BARBOSA. SOB EFEITO DAS FALAS SINTOMATICAS: UM ESTUDO SOBRE A AVALIAÇÃO DE LINGUAGM NOS CASOS DE AUTISMO E PSICOSE. 2011. Dissertação (Mestrado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

5.
ARANTES, L. M. G.; LIER-DEVITTO, Maria Francisca; ARAÚJO, Sônia Maria de Mello. Participação em banca de Fernanda Fudissaku. Sobre as entrevistas: a escuta para a fala dos pais na clínica de Linguagem. 2009. Dissertação (Mestrado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

6.
ARANTES, L. M. G.; LIER-DEVITTO, Maria Francisca; CARNEVALE,L.. Participação em banca de Anna Eliza Mattos Fongaro. Manifestações sintomáticas na escrita e a clínica de linguagem. 2009. Dissertação (Mestrado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

7.
ARANTES, L. M. G.; CASTRO, M. F. P.; LIER-DEVITTO, Maria Francisca. Participação em banca de Lucimar Bizio. Considerações sobre a Educação de Surdos. 2008. Dissertação (Mestrado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

8.
Freire, R.; Dunker, C.; ARANTES, L. M. G.. Participação em banca de Gisele Gouveia da Silva. Por uma multiestratificação do sintoma. 2007. Dissertação (Mestrado em Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

9.
ORIENTADORA, Lúcia Maria Guimarães Arantes; ARANTES, L. M. G.; PEREIRA, Lourdes Andrade; LEMOS, Maria Teresa. Participação em banca de Claudia Cerqueira. Clínica de Linguagem: reflexões e pontuações sobreos quuadros de atraso de linguagem. 2005. Dissertação (Mestrado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

10.
ARANTES, L. M. G.; ANDRADE, L.. Participação em banca de Milena de Faria Trigo. Distúrbios Articulatórios: da articulação de um sintoma 'a desarticulação de um fala. 2003.

11.
ARANTES, L. M. G.; LEMOS, C. T. G.; ORIENTADORA, Maria Francisca Lier de Vitto. Participação em banca de Mariana Trenche de Oliveira. Ecolalia: quem fala nessa voz. 2001. Dissertação (Mestrado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Teses de doutorado
1.
LEITE, N. V. A.; SAFATLE, V. P.; ARANTES, L. M. G.; DE LEMOS,C.T.G.; VERAS, V. A.. Participação em banca de Carlos Eduardo Borges. A Est-Ética da Fala: o equívoco em julgamento. 2015. Tese (Doutorado em Doutorado em Lingüística) - Universidade Estadual de Campinas.

2.
ORIENTADORA, Maria Francisca Lier de Vitto; FONSECA, S. C.; ARANTES, L. M. G.; FLORES, W.; CARVALHO, G. M. M.. Participação em banca de Evelin Tesser. O diálogo na Clinica de Linguagem considerações sobre a transferencia e a intersubjetividade. 2012. Tese (Doutorado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

3.
DEVITTO, Maria Francisca Lier; FARIA, M. R.; ARANTES, L. M. G.; CARNEVALE,L.; CASTRO, M. F. P.. Participação em banca de CLAUDIA FERNANDA POLLONIO. ESCUTA E INTERPRETAÇÃO NA CLÍNICA DE LINGUAGEM. 2011. Tese (Doutorado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

4.
LIER-DEVITTO, Maria Francisca; VORCARO, A.; ARANTES, L. M. G.; FONSECA, S. C.; COUDRY, M. I.. Participação em banca de MELISSA CATRINI. APRAXIA: A COMPLEXA RELAÇAO ENTRE CORPO E LINGUAGEM. 2011. Tese (Doutorado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

5.
ARANTES, L. M. G.; ANDRADE, L.; Leite, N.A.; Silveira E.M.; LIER DEVITTO, M. F.. Participação em banca de RoseliVasconcellos Siqueira Manoel. Organismo e Sujeito: uma diferença sensível. 2010. Tese (Doutorado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

6.
LIER-DEVITTO, Maria Francisca; ARANTES, L. M. G.; NOVAES, M.; ANDRADE, L.; SILVEIRA, C.. Participação em banca de LUCIANA CARNEVALE SILVEIRA. O falante entre cenas: descaminhos da comunicação na deficência mental. 2008. Tese (Doutorado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

7.
DEVITTO, Maria Francisca Lier; ARANTES, L. M. G.; VORCARO, A.; Leite, N.A.; ANDRADE, L.. Participação em banca de Ana Lúcia Franco Nobile Girardi. Aclínica com bebês entre o discurso do risco e ola. 2008. Tese (Doutorado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

8.
LIER-DEVITTO, Maria Francisca; ARANTES, L. M. G.; FONSECA, S. C.; Bakker, N. R.; VORCARO, A.. Participação em banca de Rosana Landi. "Falas Vazias": língua, referência e sujeito na demência". 2007. Tese (Doutorado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

9.
ARANTES, L. M. G.; LANJOUNQUIER, L.; MOLA, L. G. C.; FONSECA, S. C.; ORIENT, M. F. L. V.. Participação em banca de Viviane Orlanadi Faria. Distúrbio Articulatório: um pretexto para refletir sobre a disjunção teoria e prática na clínica de linguagem. 2004. Tese (Doutorado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

10.
ARANTES, L. M. G.; LEMOS, C.; BARBARA, L.; CARVALHO, G.; LIERDEVITTO, F.. Participação em banca de Lourdes Andrade. Ouvir e Escutar na constituição da clínica de linguagem. 2003. Tese (Doutorado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

11.
ARANTES, L. M. G.; LIER DEVITTO, M. F.; FÁVERO, L. L.; ANDRADE, M. L. C. O.; AQUINO, Z. G. O.. Participação em banca de Sônia Maria da Mello Araújo. O Fonoaudiólogo Frente à Fala Sintomática de Crianças: uma posição terapêutica?. 2002. Tese (Doutorado em Lingüística) - Universidade de São Paulo.

12.
ARANTES, L. M. G.; LEMOS, C.; VORCARO, A.; MOTA, S.; LIER, F.. Participação em banca de Suzana Carielo da Fonseca. O Afásico na Clínica de Linguagem. 2002. Tese (Doutorado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Qualificações de Doutorado
1.
ARANTES, L. M. G.; ANDRADE, L.; LIERDEVITTO, M. F.; Faria, M. R.. Participação em banca de Cláudia Fernanda Pollonio. Sobre escuta e interpretação na Clínica de Linguagem. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

2.
ARANTES, L. M. G.; ANDRADE, L.. Participação em banca de Helena Maria Ferreira. "A lição de casa". 2007. Exame de qualificação (Doutorando em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

3.
ARANTES, L. M. G.; FONSECA, S. C.; ORIENT, M. F. L. V.. Participação em banca de Rosana Landi. Sobre a distinção lingüística entre quadros de lesão e degeneração cerebral. 2006. Exame de qualificação (Doutorando em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

4.
ARANTES, L. M. G.; ORIENTADORA, Maria Francisca Lier de Vitto; NOVAES, M.. Participação em banca de Luciana Branco Carnevale. "Nonsense" nas falas sintomáticasum impasse na instância diagnóstica. 2006. Exame de qualificação (Doutorando em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

5.
ARANTES, L. M. G.; ORIENTADORA, Maria Francisca Lier de Vitto. Participação em banca de Helena Maria Ferreira. Questões sobre a lição de casa. 2006. Exame de qualificação (Doutorando em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

6.
ARANTES, L. M. G.; ORIENTADORA, Maria Francisca Lier de Vitto. Participação em banca de Rosana Landi. A clínica de linguagem nos quadros de Alzheimer(provisório). 2005. Exame de qualificação (Doutorando em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

7.
ARANTES, L. M. G.. Participação em banca de Luciana Branco Carnevale. Sobre a direção do tratamento na vigência dos quadros de atraso de linguagem. 2004. Exame de qualificação (Doutorando em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

8.
ARANTES, L. M. G.; BRAIT, E.. Participação em banca de Viviane Orlandi Faria. Distúrbios Articulatórios: abordagens explicativas vs abordagens terapêuticas. 2003. Exame de qualificação (Doutorando em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

9.
ARANTES, L. M. G.; LEMOS, C.; VORCARO, A.. Participação em banca de Suzana Carielo da Fonseca. A clínica da afasia: uma presença anunciada no entremeio de teorizações. 2002. Exame de qualificação (Doutorando em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

10.
ARANTES, L. M. G.; BARBARA, L.. Participação em banca de Lourdes Andrade. Ouvir e Escutar na Constituição da Clínica. 2002. Exame de qualificação (Doutorando em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
ARANTES, L. M. G.; RUBINO, R.. Participação em banca de Tryce DeLucca.Entrevistas na Clínica de Linguagem: sobre as relações entre queixa e demanda nos casos de Retardo de Linguagem. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fonoaudiologia) - Puc Sp.

Outros tipos
1.
ARANTES, L. M. G.; FONSECA, S. C.. Participação em banca de Daniela Spina de Carvalho. Clínica de Linguagem: algumas considerações sobre a interpretação. 2002. Outra participação, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

2.
ARANTES, L. M. G.; FONSECA, S. C.. Participação em banca de Milena de Faria Trigo. Distúrbios Articulatórios: da articulação de um sintoma à desarticulação de uma fala. 2002. Outra participação, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
ARANTES, L. M. G.; Freire, R.; MASINI, L.. Avaliação dos Trabalhos de IC- Pibic. 2012. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

2.
ARANTES, L. M. G.; MOURA, C.; ANDRADA, M.S.. AVALIAÇÃO DOS TRABALHOS APRESENTADOS 20 ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIBIC. 2011. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

3.
ARANTES, L. M. G.; Dórange Ferreira, A.; Freire, M.M.; IKEDA, S. N.. Comissão de Seleção de Tese do LAEL - indicação prêmio CAPES. 2007. Pontifícia Da Universidade Católica de São Paulo.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
15 th International Pragmatics Conference. Interpretation in the Speech Therapy clinical setting: focusing diagnostic procedures.. 2017. (Congresso).

2.
III Encontro Internacional de Fonoaudiologia. La Clínica de Lenguaje con Niños. 2017. (Congresso).

3.
XVIII ALFAL -Bogotá. DIAGNÓSTICO NA CLÍNICA DE LINGUAGEM: ESCUTA E INTERPRETAÇÃO. 2017. (Congresso).

4.
14th IPRa. Mother tongue?, ?foreign language?, ?first language? and ?second language?: in search for distinctions and definitions.. 2015. (Congresso).

5.
XVII Congresso Internacional de la Asocición de Linguística y Filologia de la América Latina. A instância diagnóstica na clínica de linguagem: um espaço privilegiado para a discussão sobre diferenças individuais e singularidade. 2014. (Congresso).

6.
13th International Pragmatics Conference. Children's difficulties in moving from dialogue to narrative. 2013. (Congresso).

7.
19o. InPLa. CRIANÇA E LINGUAGEM: TEMAS RELEVANTES PARA A AQUISIÇÃO E PARA A CLÍNICA DE LINGUAGEM. 2013. (Congresso).

8.
19o. Inpla 5o. SIL. FALAS ECOLÁLICAS E HESITAÇÕES/REFORMULAÇÕES: A PASSAGEM DO DIÁLOGO À NARRATIVA. 2013. (Congresso).

9.
18 INPLA. FONOAUDIOLOGIA E CLÍNICA DE LINGUAGEM. 2011. (Congresso).

10.
19° Congresso Brasileiro e 8º Internacional de Fonoaudiologia,. RELAÇÕES ENTRE QUEIXA E DEMANDA NOS CASOS DE RETARDO DE LINGUAGEM. 2011. (Congresso).

11.
XVI CONGRESSO INTERNACIONAL DE LA ASSOCIACIO DE LINGUISTICA E FILOLOGIA DE LA AMÉRICA LATINA. CAMPOS CLÍNICOS FRENTE AO FENOMENO DA LINGUAGEM. 2011. (Congresso).

12.
XVIII Semana De Fonoaudiologia, VII Jornada Mauro Spinelli e IV Semana de Fisioterapia.AFASIA. 2011. (Encontro).

13.
II Congresso Internacional de Fonoaudiología. QUESTÕES DIAGNÓSTICAS NA CLÍNICA DE LINGUAGEM COM CRIANÇAS. 2010. (Congresso).

14.
17º InPLA - Intercâmbio de Pesquisas em Lingüística Aplicada. Fonoaudiologia: sobre impasses e embaraços na constituição de um ?texto próprio". 2009. (Congresso).

15.
20º InPLA - Intercâmbio de Pesquisas em Lingüística Aplicada. Língua Materna. 2009. (Congresso).

16.
XV congresso Internacional da ALFAL. Clínica de Linguagem: Reflexividade em Falas de Crianças Psicóticas. 2008. (Congresso).

17.
10th International Pragmatics Conference. On live speech and data speech: a theoretical discussion about autistic and psychotic children?s diagnostic approaches in the Speech Therapy Clinic. 2007. (Congresso).

18.
16o. INPLA. A avaliação de Linguagem na clínica com crianças: sobre o espaço entre ler e escutar uma fala. 2007. (Congresso).

19.
I Seminário Paranaense de Fonoaudiologia.A clínica de Linguagem com Crianças. 2007. (Seminário).

20.
VI Semana de Fonoaudiologia FMU.Diagnóstico de Linguagem. 2007. (Encontro).

21.
7o. Encontro Nacional sobre Aquisição de Linguagem.Avaliação de Linguagem: sobre o que a fala sinaliza de uma condição subjetiva da criança. 2006. (Encontro).

22.
V Encontro Nacional de Língua Falada e Escrita.Clínica de Linguagem: entre os efeitos de ler e escutar uma fala. 2006. (Encontro).

23.
15o. InPLA. Singularidade e Construção do Método Clínico. 2005. (Congresso).

24.
9th International Pragmatics Conference. On pragmatic approaches to language in the autistic and psychotic children. 2005. (Congresso).

25.
XIV Congresso ALFAL- congresso latino americano de Lingüística. A singularidade como problema na constituição do método clínico. 2005. (Congresso).

26.
Forum clínico DERDIC: leituras do sintoma.Estar (mal estar) na fala. 2004. (Encontro).

27.
V Colóquio do LEPSI :A psicanálise, as Instituições e a Infância.Encaminhamento de crianças que não falam: clínica de linguagem ou clínica psicanalítica?. 2004. (Seminário).

28.
V colóquio -LEPSI- a psicanálise, as instituições e a infância.O encaminhamento e a especificidade da escuta na clínica de linguagem. 2004. (Encontro).

29.
13o. Inpla. Problemas Metodológicos de Descrição e Análise de Fala Sintomáticas. 2003. (Congresso).

30.
13o. Inpla.Leitura e Escuta no Diagnóstico de Linguagem. 2003. (Seminário).

31.
6o. Encontro Nacional de Aquisisção de Linguagem.Erros Sintomático(ou não):a questão diagnóstica. 2003. (Encontro).

32.
Forum Clínico.Impasses na condução de crianças sem fala oralizada. 2003. (Simpósio).

33.
III Congresso Internacional da ABRALIN. Pontuações Sobre o Diálogo da Clínica de Linguagem com a Lingüística. 2003. (Congresso).

34.
12o. InPLA.Sobre a avaliaç/ao de linguagem e a direção do tratamento. 2002. (Seminário).

35.
Forum Clínico: A clínica, a linguagem, o sujeito.A Clínica Psicanalítica e Fonoaudiológica com crianças que não falam. 2002. (Simpósio).

36.
Seminário Comemorativo do Projeto de Aquisição de Linguagem.Comemoração dos 25 anos Do Projeto de Aquisição de Linguagem IEL-UNICAMP. 2002. (Seminário).

37.
11o.Inpla.O que é um diagnóstico de Retardo de Linguagem?. 2001. (Seminário).

38.
11o. Inpla.Fala e Sintoma na Patologia de Linguagem. 2001. (Simpósio).

39.
5o Congresso Nacional e 10o. Encontro Internacional Sobre Aquisição de Linguagem. As Múltiplas Faces da Especularidade. 2000. (Congresso).

40.
7th Internacional Pragmatics Conference. Questions on speech therapy and diagnostic clinical interviews. 2000. (Congresso).

41.
IX Jornada de Fonoaudiologia.A Interpretação como técnica fonoaudiológica. 2000. (Outra).

42.
VII Semana de Fonoaudiologia.Diagnóstico do Retardo de Linguagem. 2000. (Encontro).

43.
Da Comunicação à Linguagem.Aquisção e Patologia da Linguagem. 1999. (Encontro).

44.
6th International Pragmatics Conference. Productions symptomatique déviantes: comment les distinguer des productions non symptomatiques. 1998. (Congresso).

45.
Intercâmbio de Pesquisas em Lingüístics Aplicada. A linguagem em cena na clínica. 1998. (Congresso).

46.
IV Encontro Nacional eSobre Aquisição de Linguagem.Sobre os efeitos da fala criança:da heterogeneidade desses efeitos. 1997. (Encontro).

47.
II Encontro Itajaense de Estudos da Linguagem.A questão do diagnóstico de linguagem. 1996. (Encontro).

48.
SBPC.A questão da linguagem na Fonoaudiologia. 1996. (Encontro).

49.
Simpósio: os caminhos da Fonoaudiologia.Lingüística e Fonoaudiologia: modos de interpretação da linguagem. 1996. (Simpósio).

50.
II Simpósio Nacional de Fonoaudiologia.A Clínica Fonoaudiológica à luz da Teoria Interacionista. 1993. (Simpósio).

51.
I Simpósio sobre Comunicação : Linguagem e Processos Clínicos.Linguagem e processos clínicos. 1992. (Simpósio).

52.
VI semana de Estudos de Fonoaudiologia.Quem é o outro?. 1992. (Encontro).

53.
IV Congresso Esradual de Fonoaudiologia. A Clínica do retardo de linguagem. 1991. (Congresso).

54.
Batatais jornada Estadual de Fonoaudiologia.Avaliação de linguagem: debate e reflexão. 1988. (Simpósio).

55.
II Congrsso Internacional dos Profissionais em Fonoaudiologia. Atraso no desenvovimento da linguagem e a pesquisa em Fonoaudiologia. 1984. (Congresso).

56.
Seminários do Grupo de Estudos Lingüísticos.Assumindo o certo e verbalizando o incerto: uma crítica à hipótese de Greenfield. 1984. (Simpósio).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
LESSA, A. ; Barbara, L. ; BRAIT, B. ; LIBERALI, F. ; ARANTES, L. M. G. ; LIERDEVITTO, M. F. ; SOUZA-E-SILVA, M. C. P. ; MAGALHAES, M. C. C. ; CAMARGO, Z. ; MADUREIRA, S. ; ZANOTTO, M. S. ; IKEDA, S. N. ; SARDINHA, T. B. ; CELANI, M. A. . 20o. Intercâmbio de Pesquisa em Linguística Aplicada. 2015. (Congresso).

2.
Barbara, L. ; ARANTES, L. M. G. ; BRAIT, B. ; LIER-DEVITTO, M. F. ; Freire, M.M. ; RAMOS, R. C. G. ; IKEDA, S. N. ; LESSA, A. ; LIBERALI, F. ; MAGALHAES, M. C. ; MADUREIRA, S. ; CAMARGO, Z. ; SOUZA-E-SILVA, M. C. P. . 19o. Inpla. 2013. (Congresso).

3.
ANDRADE, L. ; ARANTES, L. M. G. ; FONSECA, S. C. ; HARRISON, K. ; Giannini, S. ; LIERDEVITTO, F. . V SIMPÓSIO DERDIC:Mecanismos de exclusão, estratégias de inclusão. 2012. (Congresso).

4.
ARANTES, L. M. G.. 18 InPLA. 2011. (Congresso).

5.
ARANTES, L. M. G.. 20 Encontro de Iniciação Científica. 2011. (Outro).

6.
ARANTES, L. M. G.; BARBARA, L. ; COLLiNS, H. ; LIER DEVITTO, M. F. . 17o. InPLA. 2009. (Congresso).

7.
LIER-DEVITTO, Maria Francisca ; PEREIRA, C. ; HARRISON, K. ; BALIERO, C. ; ARANTES, L. M. G. . IV SIMPÓSIO DERDIC: ESCRITA. 2008. (Outro).

8.
ARANTES, L. M. G.. Organização de Simpósios e Sessão Coordenada- 16o. InPLA. 2007. (Congresso).

9.
ANDRADE, L. ; LIER-DEVITTO, Maria Francisca ; ARANTES, L. M. G. ; FONSECA, S. C. ; LANDI, R. . Ciclo de Palestras DERDIC: A criança e a escrita -perspectivas. 2007. (Outro).

10.
Jerusalinsky,J. ; Warshop,G ; Appolônio,C. ; ARANTES, L. M. G. . Brincar Terapêutico. 2007. (Outro).

11.
ARANTES, L. M. G.; TABITH, A. ; DEVITTO, Maria Francisca Lier ; YOSHIOKA, M. C. P. ; FONSECA, S. C. . II Simpósio sobre Comunicação DERDIC: as afasia. 1995. (Congresso).

12.
ARANTES, L. M. G.; TABITH, A. ; CUNHA, M. C. ; YOSHIOKA, M. C. P. ; LIER, M. F. ; PALLADINO, R. R. R. . I Simpósio sobre Comunicação DERDIC: linguagem e processos clínicos. 1992. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Ana Carolina Prisco. Sobre a complexidade envolvida no diagnóstico precoce de autismo: uma questão de linguagem. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Sofia Nery Lieber. Impasses no atendimento psicanalítico de surdos usuários da Língua Brasileira de Sinais. Início: 2017. Tese (Doutorado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

2.
Luzia Alves. Aquisição de linguagem e transferência:a constituição do sujeito com deficiência intelectual. Início: 2015. Tese (Doutorado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. (Orientador).

3.
MIRIAM MAIA DE A. PEREIRA. O PROCESSO DE LETRAMENTO DO SURDO GRADUADO E SUA RELAÇÃO COM A ESCRITA EM LÍNGUA PORTUGUESA.. Início: 2013. Tese (Doutorado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Iara Maria Ferreira Santos. Falas Ecolálicas: uma discussão sobre a multiplicidade de seus efeitos. 2015. Dissertação (Mestrado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Lúcia Maria Guimarães Arantes.

2.
Caroline Lopes. O EFEITO DAS FALAS PATOLÓGICAS QUESTÕES RELATIVAS A AVALIIAÇÃO DE LINGUAGEM NOS CASOS DEAUISMO E PSICOSE INFANTIL. 2011. Dissertação (Mestrado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, . Orientador: Lúcia Maria Guimarães Arantes.

3.
Samar el Malt. AS VICISSITUDES SUBJETIVAS DA LÍNGUA MATERNA PARA A LÍNGUA ESTRANGEIRA: INSCRIÇÃO DO SUJEITO EM DISCURSIVIDADE DA LÍNGUA.. 2010. Dissertação (Mestrado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Lúcia Maria Guimarães Arantes.

4.
Fernanda Fudissaku. Fernanda Fudissaku. 2009. Dissertação (Mestrado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Lúcia Maria Guimarães Arantes.

5.
Anna Eliza Mattos Fongaro. Manifestações sintomáticas na escrita e a clínica de linguagem. 2009. Dissertação (Mestrado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Lúcia Maria Guimarães Arantes.

6.
Lucimar Bizio. Considerações sobre o ensino de línguia portuguesa para surdos. 2008. Dissertação (Mestrado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, . Orientador: Lúcia Maria Guimarães Arantes.

7.
Milena Quinto Marchiori. Testes e Provas: possibilidades de interrogar o "distúrbio articulatório" como categoria nosográfica na clínica de linguagem. 2008. Dissertação (Mestrado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Lúcia Maria Guimarães Arantes.

8.
Claudia Hashimoto Cerqueira. Sobre a Interpretação de falas Sintomáticas de Crianças- a posição do clínico de linguagem. 2005. 0 f. Dissertação (Mestrado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Lúcia Maria Guimarães Arantes.

Tese de doutorado
1.
Lucimar Bizio. SOBRE O MODO DE RELAÇÃO DO SURDO COM A LÍNGUA PORTUGUESA ESCRITA. 2015. Tese (Doutorado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Secretaria da educação do estado de são paulo. Orientador: Lúcia Maria Guimarães Arantes.

2.
Silvana Zajac. Ensino de Língua Portuguesa para Surdos: novas perspectivas. 2011. Tese (Doutorado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, . Orientador: Lúcia Maria Guimarães Arantes.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Monica Sasso. Algumas considerações sobre o normal e o patológico a partir de um caso clínico. 1998. 0 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Aquisição da Linguagem e Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Orientador: Lúcia Maria Guimarães Arantes.

2.
Andréa Mendes Rey. Fonoaudiologia e Psicanálise- encontros e desencontros. 1998. 0 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Aquisição da Linguagem e Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Orientador: Lúcia Maria Guimarães Arantes.

3.
Ceris Pereira. Uma releitura de um caso clínico. 1998. 0 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Aquisição da Linguagem e Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Orientador: Lúcia Maria Guimarães Arantes.

4.
Adriane Teruya. Linguagem escrita: considerações sobre o papel do terapeuta na clínica fonoaudiológica. 1998. 0 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Aquisição da Linguagem e Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Orientador: Lúcia Maria Guimarães Arantes.

5.
Rosana Landi. O modo de presença de Chomsky no trabalho de Schuell. 1996. 0 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Aquisição da Linguagem e Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Orientador: Lúcia Maria Guimarães Arantes.

6.
Sandr Giorgi. Reflexões sobre a gagueira. 1996. 0 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Aquisição da Linguagem e Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Orientador: Lúcia Maria Guimarães Arantes.

7.
Sandra Tristão. Trabalho com pais em fonoaudiologia: diferentes abordagens. 1996. 0 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Aquisição da Linguagem e Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Orientador: Lúcia Maria Guimarães Arantes.

8.
Paula Andrya de Souza. Repensando o trabalho fonoaudiológico com deficientes mentais. 1996. 0 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Aquisição da Linguagem e Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Orientador: Lúcia Maria Guimarães Arantes.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
PAULA ROITMAN. Fonoaudiologia e Indicadores de Risco: uma revisão bibliográfica. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Lúcia Maria Guimarães Arantes.

2.
Ana Carolina Prisco. Retrospectiva dos estudos sobre alterações de linguagem escrita: como o diálogo entre psicanálise e fonoaudiologia pode afetar o entendimento do tema. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Fonoaudioologia) - Pontifícia Da Universidade Católica de São Paulo. Orientador: Lúcia Maria Guimarães Arantes.

3.
Amanda Faleiros. Diagnóstico Precoce: implicações e complicações. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Orientador: Lúcia Maria Guimarães Arantes.

4.
Teryce R. Vicente De Lucca. Entrevistas na Clínica de Linguagem: sobre as relações entre queixa e demanda nos casos de Retardo de Linguagem. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Fonoaudiologia) - Puc Sp. Orientador: Lúcia Maria Guimarães Arantes.

Iniciação científica
1.
PAULA ROITMAN. INDICADORES DE RISCO: QUESTÕES E IMPLICAÇOES. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Lúcia Maria Guimarães Arantes.

2.
Treyce de Lucca. Retardo de Linguagem: sobre as possibilidades de leitura da fala de. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Lúcia Maria Guimarães Arantes.

3.
Rafaella Moysés. Retardo de Linguagem: sobre as possibilidades de leitura da fala de pacientes com retardo de linguagem. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Lúcia Maria Guimarães Arantes.

4.
Célia Silva dos Santos. A avaliação de linguagem de crianças autistas:sobre as possibilidades de abordar a fala. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Lúcia Maria Guimarães Arantes.

5.
Nara Castanhas Zimermano. O papel do fonoaudiólogo no atendimento de crianças com diagnóstico de autismo e psicose: o ?estado da arte? na Fonoaudiologia brasileira. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Lúcia Maria Guimarães Arantes.

6.
Juliana Habiro Miguel. Sobre a posição do clínico de linguagem nos quadros de autismo, psicose e retardo de linguagem:a produção fonoaudiológica. 2005. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Lúcia Maria Guimarães Arantes.

7.
Maíra Caricari Saavedra. Sobre a posição do clínico de linguagem nos quadros de autismo, psicose e retardo de linguagem: os estudos sobre a fala na psicanálise. 2005. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Lúcia Maria Guimarães Arantes.

8.
Karen Fiori Cabette. Sobre a relação entre o modo de abordar a fala e a posição do clínico de linguagem: as contribuições da lingüística e da Análise do Discurso. 2005. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Lúcia Maria Guimarães Arantes.

9.
Mirela Cassano Battaglia. Sobre a relação entre o modo de abordar a fala e posição do clínico de linguagem:revisão dos trabalhos fonoaudiológicos. 2005. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Orientador: Lúcia Maria Guimarães Arantes.

10.
Priscila Esteves Ciocchi. Sobre a Avaliação de Linguagem: o fonoaudiólogo e a escuta para a fala da criança. 2004. 39 f. Iniciação Científica. (Graduando em Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Puc Sp. Orientador: Lúcia Maria Guimarães Arantes.

11.
Fernanda Fudissaku. Sobre as Entrevistas: o fonoaudiólogo e a escuta para a fala dos pais. 2004. 20 f. Iniciação Científica. (Graduando em Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Puc Sp. Orientador: Lúcia Maria Guimarães Arantes.

12.
Daniele Guilhermino. Diagnóstico de retardo de linguagem: umponto controverso na fonoaudiologia. 1998. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Lúcia Maria Guimarães Arantes.

13.
Marina Bonilha. Avaliação de linguagem: visitando um passado recente. 1997. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Lúcia Maria Guimarães Arantes.



Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos aceitos para publicação
1.
ARANTES, L. M. G.. DIAGNÓSTICO NA CLÍNICA DE LINGUAGEM: ESCUTA E INTERPRETAÇÃO. LINGUISTICA (MADRID), 2018.

2.
ARANTES, L. M. G.. Efeitos da leitura do texto de Saussure: diagnóstico e clínica de linguagem. DELTA. Documentação de Estudos em Lingüística Teórica e Aplicada, 2018.


Livros e capítulos
1.
LIER-DEVITTO, Maria Francisca ; ARANTES, L. M. G. . Adquisición, patolgías y clínica del lenguage. 1a.. ed. Rosário: Editorial de la Universidad Nacional de Rosario UNR, 2014. v. 1. 550p .



Outras informações relevantes


Líder do Grupo de Pesquisa "Aquisição, patologias e clínica de linguagem", que tem produzido bibliografia extensa e original sobre diversos assuntos relacionados ao nome que designa este Grupo. Líder Principal do Grupo: Maria Francica de Andrade Ferreira Lier-DeVItto
Verba FAPESP 2010 solicitação FAPLivrosLINHA DE PESQUISA: Linguagem e patologia da linguagem
Pesquisador: Lúcia Maria Guimarães Arantes
Total : 41 livros



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 14/12/2018 às 13:25:35