Maurício Barros de Castro

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3089883152078688
  • Última atualização do currículo em 04/02/2019


Doutor em História pela Universidade de São Paulo (USP). Professor adjunto do Instituto de Artes da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Coordenador e professor permanente do Programa de Pós-graduação em Artes (PPGArtes) da UERJ. Líder dos grupos de pesquisa Arte, Cultura e Poder (CNPQ/UERJ) e Museus Afro-digitais, Relações Raciais e Artes Visuais (CNPQ/UERJ). Membro da Latin American Studies Association (LASA) e da Brazilian Studies Association (BRASA). Desenvolve pesquisas na área de Artes, com ênfase nos intercâmbios entre artes visuais, antropologia e cultura popular. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Maurício Barros de Castro
Nome em citações bibliográficas
CASTRO, M. B.;DE CASTRO, MAURÍCIO BARROS;CASTRO, MAURÍCIO BARROS DE

Endereço


Endereço Profissional
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Departamento de Ciências Sociais.
Rua São Francisco Xavier 524 sala 9001 bloco A
Maracanã
20550-900 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil
Telefone: (21) 23340889
Ramal: 20


Formação acadêmica/titulação


2002 - 2007
Doutorado em História Social.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Na roda do mundo: Mestre João Grande entre a Bahia e Nova York, Ano de obtenção: 2007.
Orientador: José Carlos Sebe Bom Meihy.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: capoeira; identidade; memória coletiva; globalização; diáspora.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: Memória Social / Especialidade: História Oral.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Moderna e Contemporânea.
Setores de atividade: Outros; Educação Superior; Desenvolvimento Urbano.
2000 - 2002
Mestrado em Memória Social.
Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, UNIRIO, Brasil.
Título: Zicartola - Memória de uma Casa de Samba,Ano de Obtenção: 2002.
Orientador: Vera Lucia Doyle Dodebei e José Carlos Sebe Bom Meihy.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: memória do samba; musicalidade; identidade; espaço social; memória coletiva; resistência cultural.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
Setores de atividade: Outros Setores; Produtos e Serviços Recreativos, Culturais, Artísticos e Desportivos; Desenvolvimento Urbano.
1991 - 1996
Graduação em Comunicação Social.
Faculdades Integradas Helio Alonso, FACHA, Brasil.
Título: Poesia que se canta.
Orientador: André Valente.


Pós-doutorado


2010 - 2015
Pós-Doutorado.
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
Bolsista do(a): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ, FAPERJ, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas


Formação Complementar


2011 - 2011
XIV Fabrica de Ideias 2011. (Carga horária: 40h).
Centro de Estudos Afro Orientais da Universidade Federal da Bahia, CEAO-UFBA, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

03/2017 - Atual
Direção e administração, Instituto de Artes, .

Cargo ou função
Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Artes.
04/2015 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Educação e Humanidades, Insituto de Artes.

Linhas de pesquisa
Arte, Cognição e Cultura
08/2017 - 03/2018
Ensino, Artes, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Arte e Antropologia III
04/2017 - 07/2017
Ensino, Artes Visuais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Arte e Antropologia II
03/2017 - 06/2017
Ensino, Programa de Pós-graduação em Artes, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
No lugar do outro: arte, cultura e representação
06/2015 - 03/2017
Direção e administração, Instituto de Artes, .

Cargo ou função
Chefe do Departamento de Ensino da Arte e Cultura Popular.
08/2016 - 12/2016
Ensino, Programa de Pós-graduação em Artes, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Arte contemporânea, cultura popular e políticas de alteridade
07/2016 - 12/2016
Ensino, Artes Visuais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Arte e Antropologia III
07/2016 - 08/2016
Ensino, Curso de Especialização em Ensino da Arte, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Arte e Cultura
08/2015 - 12/2015
Ensino, Artes Visuais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Arte e Antropologia II
Arte e Identidade
03/2015 - 07/2015
Ensino, Artes Visuais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Arte e Antropologia III

Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ, FAPERJ, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2015
Vínculo: Bolsista recém-doutor, Enquadramento Funcional: pesquisador

Atividades

09/2010 - 04/2015
Pesquisa e desenvolvimento , Insittuto de Ciências Sociais, .


Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - DF, IPHAN/DF, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2007
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: pesquisador senior

Atividades

09/2006 - 12/2007
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, .


Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2006
Vínculo: bolsista doutorado, Enquadramento Funcional: pesquisador, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

3/2002 - 5/2007
Pesquisa e desenvolvimento , USP, .

Linhas de pesquisa
História Social


Linhas de pesquisa


1.
História Social
2.
Patrimônio Cultural Imaterial
3.
Literatura, música e cinema em perspectivas comparadas
4.
Arte, Cognição e Cultura


Projetos de pesquisa


2016 - Atual
Intercâmbios: arte contemporânea e cultura popular
Descrição: O projeto aborda os intercâmbios, mediações, negociações, tensões e conflitos entre os campos da arte contemporânea e da cultura popular. Analisa o impacto destes intercâmbios na produção artística contemporânea e focaliza o movimento de busca do artista por um campo antropológico para produção de suas obras, o seu deslocamento dos ateliês para a realidade social. Assim, é possível traçar novos itinerários onde ocorrem esses intercâmbios e ações políticas. O objetivo principal do projeto é refletir sobre as representações do outro, as relações étnico-raciais, as políticas da alteridade e o impacto da cultura popular nos diversos circuitos artísticos, transitando entre o local e o global..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (3) .

Integrantes: Maurício Barros de Castro - Coordenador / Thereza Cristina de Goes Lopes - Integrante / Leonardo Abreu Reis - Integrante / Weslley Fontenelle Frota - Integrante / Susanna Gabriella Costa Sousa - Integrante / Barbara da Paz Ferraz Santos - Integrante / Ivana M. do Rego Monteiro - Integrante.
2016 - Atual
Arte, cultura e imagens da diáspora
Descrição: O projeto focaliza a produção de imagens relacionadas às culturas diaspóricas e suas conexões, principalmente, nas Américas, no Caribe, na Europa e África. Discute o conceito de Atlântico Negro e a ambivalência da tradição e da modernidade, das identidades nacionais e diaspóricas. A pesquisa busca entender as diversas poéticas das artes visuais que se dedicam ao tema. Dessa maneira, também aborda aspectos como as relações étnico-raciais, a memória da escravidão, as práticas corporais, musicais e religiosas, os rituais e performances, o diálogo e tensão entre arte e antropologia..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .

Integrantes: Maurício Barros de Castro - Coordenador / Giselle Magioli Fernandes da Silva - Integrante / Roberta Paula Ferreira Aleixo - Integrante.

Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1
2016 - Atual
No lugar do outro: arte, cultura e representação
Descrição: As relações entre arte e cultura durante as primeiras décadas do século XX se consagraram em torno do diálogo estabelecido entre as vanguardas artísticas e os antropólogos, principalmente no que diz respeito ao estudo dos objetos etnográficos, pilhados em empreitadas coloniais européias para compor as coleções dos museus das chamadas metrópoles. A partir da segunda metade do século XX uma série de reivindicações identitárias, envolvendo primordialmente as relações étnico-raciais e questões de gênero, aliada às lutas anti-coloniais, principalmente na África, alterou as relações entre arte e cultura centralizadas pelo debate com a antropologia. A emergência dos estudos culturais e sua abordagem que incorpora ao debate as produções de imagens da mídia, as políticas da alteridade, a globalização e a diáspora, assim como as tensões pós-coloniais, traz consigo a crítica ao legado colonial da antropologia e utiliza como ferramenta teórica o conceito de representação. Ao mesmo tempo, as reivindicações por auto-representação promovem uma crítica contundente aos circuitos artísticos e culturais e à própria História da Arte. É sobre este cenário que a pesquisa pretende refletir..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .

Integrantes: Maurício Barros de Castro - Coordenador / Thais Rocha Barbosa - Integrante / George Magaraia - Integrante.
Número de orientações: 1
2010 - 2015
Memória do Projeto Kalunga: música popular e construção de identidades entre Rio de Janeiro e Luanda (1975-1980)
Descrição: Projeto Kalunga é o nome pelo qual ficou conhecida uma missão de 65 músicos, artistas, produtores, cineastas e jornalistas brasileiros que viajaram para Angola, em 1980, quando o pais estava em Guerra Civil. O convite foi feito pelo governo angolano e a caravana percorreu Luanda, Benguela e Lobito, cidades onde os músicos realizaram shows, contabilizando uma viagem de 12 dias, marcada por forte conotação política. O Projeto Kalunga aconteceu sem o reconhecimento oficial do governo brasileiro e não foi divulgado pela imprensa do país. Assim, a pesquisa busca refletir sobre os motivos que levaram ao esquecimento do Projeto Kalunga no Brasil e os impactos do evento em Angola. Os significados do termo Kalunga, intimamente ligado ao sentido das travessias atlânticas, também merecem destaque. Por fim, pretende-se entender as relações contemporâneas entre samba e semba na construção de identidades nacionais e diaspóricas entre os dois países..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Maurício Barros de Castro - Coordenador.
Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 13


Projetos de extensão


2016 - Atual
Ações Curatoriais no Museu Afrodigital Rio
Descrição: O ambiente da Web 2.0 tem promovido novas possibilidades de produções em diversas áreas. As artes visuais e os museus tem dialogado intensamente com esse novo cenário. Neste sentido, o objetivo do projeto é realizar exposições digitais no Museu Afrodigital Rio (www.museuafrorio.uerj.br), que podem também ser montadas de forma presencial em outros espaços expositivos. A partir do desenvolvimento de pesquisas vinculadas ao projeto principal é possível propor ações não apenas de montagem de exposições, mas também de constituição de arquivos digitais, de organização de encontros, oficinas, grupo de estudos e aulas públicas. O projeto pretende contribuir também para produção de conteúdo relacionado à Lei 10.639, que obriga o ensino da história da África e da cultura afrobrasileira nas escolas..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .

Integrantes: Maurício Barros de Castro - Coordenador / Myrian Sepulveda dos Santos - Integrante / Gabriel Cid - Integrante / Maria Alice Rezende Gonçalves - Integrante / Giselle Magioli Fernandes da Silva - Integrante.


Membro de corpo editorial


2015 - Atual
Periódico: Revista Textos Escolhidos de Cultura e Arte Popular


Áreas de atuação


1.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: Artes visuais.
2.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: Cultura Popular.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia das Populações Afro-Brasileiras.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Francês
, Lê Bem.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Lê Bem.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
Gonçalves, Maria Alice Rezende2018Gonçalves, Maria Alice Rezende ; CASTRO, MAURÍCIO BARROS DE . A FEIRA DAS YABÁS E O PROJETO -MUSEU AFRODIGITAL RIO: memória entre gerações nos quintais do samba da Grande Madureira-. Outros Tempos (Online), v. 15, p. 95-107, 2018.

2.
DE CASTRO, MAURÍCIO BARROS2018 DE CASTRO, MAURÍCIO BARROS. The Global/Local Power of the Inhotim Institute: Contemporary Art, the Environment and Private Museums in Brazil. AM JOURNAL OF ART AND MEDIA STUDIES (ONLINE), v. 1, p. 161-172, 2018.

3.
CASTRO, M. B.2018 CASTRO, M. B.. Dos 7000 componentes eu sou um: Carlos Vergara e a ditadura militar, tempos sombrios e o carnaval como espaço de criação na arte contemporânea. Revista Arte Ensaios, v. 1, p. 126-135, 2018.

4.
CASTRO, MAURÍCIO BARROS DE2016 CASTRO, MAURÍCIO BARROS DE; SANTOS, MYRIAN SEPÚLVEDA DOS . UM VERGER, DOIS OLHARES: a construção da africanidade brasileira por um estrangeiro. Cadernos do CRH (Online), v. 29, p. 149-164, 2016.

5.
CASTRO, MAURÍCIO BARROS DE2016CASTRO, MAURÍCIO BARROS DE. DIÁRIO DO PROJETO KALUNGA: MEMÓRIAS E NARRATIVAS DE UMA MISSÃO DE MÚSICOS BRASILEIROS NA GUERRA CIVIL DE ANGOLA. TEXTOS ESCOLHIDOS DE CULTURA E ARTE POPULARES (IMPRESSO), v. 13, p. 115-126, 2016.

6.
DE CASTRO, MAURÍCIO BARROS2015DE CASTRO, MAURÍCIO BARROS. Remembering and forgetting the Kalunga Project: popular music and the construction of identities between Brazil and Angola. African and Black Diaspora: An International Journal, v. 1, p. 1-13, 2015.

7.
CASTRO, M. B.2014CASTRO, M. B.. 'Memoria do Projeto Kalunga no Museu Afrodigital Rio de Janeiro': reflexões sobre identidades negras e africanas no Brasil. Revista Diversitas, v. 1, p. 126-150, 2014.

8.
CASTRO, M. B.;DE CASTRO, MAURÍCIO BARROS;CASTRO, MAURÍCIO BARROS DE2009CASTRO, M. B.. Zicartola: trajetória da casa de samba de Cartola e Dona Zica. REPOM : Revista de Estudos Poético-Musicais (UFSC), v. 1, p. s/p- numero 5-s/p, 2009.

9.
CASTRO, M. B.;DE CASTRO, MAURÍCIO BARROS;CASTRO, MAURÍCIO BARROS DE2008CASTRO, M. B.. Berimbau: a influência da capoeira nas canções inspiradas no nacional popular (1963-1972). Oralidades (USP), v. 3, p. 125-139, 2008.

10.
CASTRO, M. B.;DE CASTRO, MAURÍCIO BARROS;CASTRO, MAURÍCIO BARROS DE2008CASTRO, M. B.. A memória do corpo na narrativa de Mestre João Grande. Antropolítica (UFF), v. 24, p. 41-62, 2008.

11.
CASTRO, M. B.;DE CASTRO, MAURÍCIO BARROS;CASTRO, MAURÍCIO BARROS DE2007CASTRO, M. B.. Historia Oral e Cultura Popular. Oralidades (USP), v. 1, p. 51-58, 2007.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
CASTRO, M. B.. Gilberto Gil: Refavela. 1. ed. Rio de Janeiro: Cobogó, 2017. v. 1. 112p .

2.
CASTRO, M. B.; SANTOS, M. S. (Org.) . Relações Raciais e políticas de patrimônio. 1. ed. Rio de Janeiro: Azougue Editorial, 2016. v. 1. 200p .

3.
GONÇALVES, Ana Maria ; CASTRO, M. B. ; FRAGA, Cesar . Do outro lado / On the other side. 1. ed. São Paulo: Olhares, 2014. v. 1. 244p .

4.
CASTRO, M. B.; SANTOS, M. S. (Org.) ; PONTES JR., G.P (Org.) . Diálogos interdisciplinares: literatura e políticas culturais. 1. ed. Rio de Janeiro: EDUERJ, 2014. v. 1. 326p .

5.
CASTRO, M. B.. Zicartola: política e samba na casa de Cartola e Dona Zica. 2. ed. Rio de Janeiro: Azougue Editorial, 2013. v. 1. 144p .

6.
CASTRO, M. B.. Patrimônios do Brasil. 1. ed. Rio de Janeiro: Azougue Editorial, 2013. v. 1. 144p .

7.
VILHENA, B. ; CASTRO, M. B. . Estácio: vidas e obras. 1. ed. Rio de Janeiro: Retina 78, 2013. 272p .

8.
CASTRO, M. B.. Mestre João Grande: na roda do mundo. 1. ed. Rio de Janeiro: Biblioteca Nacional/Garamond, 2010. v. 1. 152p .

9.
CASTRO, M. B.; ABREU, Frede (Org.) . Capoeira. 1. ed. Rio de Janeiro: Azougue Editorial, 2009. v. 1. 228p .

Capítulos de livros publicados
1.
CASTRO, M. B.. Capoeira. In: Milton Guran. (Org.). Roteiro da herança africana no Rio de Janeiro. 1ed.Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2018, v. 1, p. 98-104.

2.
CASTRO, M. B.; CID, G. . Processos de patrimonialização e internacionalização: algumas reflexões iniciais sobre o caso da capoeira entre o nacional e o global. In: Mauricio Barros de Castro e Myrian Sepulveda dos Santos. (Org.). Relações Raciais e políticas de patrimônio. 1ed.Rio de Janeiro: Azougue Editorial, 2016, v. 1, p. 147-164.

3.
CASTRO, M. B.. As tias cariocas e os quintais da Grande Madureira: a construção de um berço do samba. In: Myrian Sepulveda dos Santos. (Org.). Nos quintais do samba da Grande Madureira: memória, história e imagens de ontem e hoje. 1ed.São Paulo: Olhares, 2016, v. 1, p. 42-48.

4.
CASTRO, M. B.; CID, G. . Da capoeirgagem: a capoeira, a violência, o esporte e a cultura popular em debate no Rio de Janeiro. In: Antônio Liberac Cardoso Simões Pires; Franciane Figueiredo; Paulo Magalhães; Sara Abreu. (Org.). Capoeira em múltiplos olhares: estudos e pesquisas em jogo. 1ed.Cruz das Almas; Belo Horizonte: EDUFRB; Fino Traço, 2016, v. 13, p. 203-214.

5.
CASTRO, M. B.. Memória do Projeto Kalunga: música popular e construção de identidades entre Rio de Janeiro e Luanda (1975-1980). In: Sergio Figueiredo Ferretti. (Org.). Museus afrodigitais e política patrimonial. 1ed.São Luiz: EDUFMA, 2012, v. 1, p. 63-92.

6.
CASTRO, M. B.. Do samba ao semba: travessias atlânticas entre Brasil e Angola. In: Maria Alice Rezende Gonçalves ; Ana Paula Alves Ribeiro. (Org.). História e Culturas Afro-­brasileira e Africana na Escola    . 1ed.Rio de Janeiro: Outras Letras, 2012, v. 1, p. 68-79.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
CASTRO, M. B.. Chegou o Carnaval. Revista Historia Viva, p. 42 - 47, 01 jan. 2014.

2.
CASTRO, M. B.. Gangues do Rio de Janeiro. Revista História Viva, São Paulo, p. 66 - 71, 01 fev. 2011.

3.
CASTRO, M. B.. Um sambista divino. Revista de História (Rio de Janeiro), Rio de Janeiro, p. 36 - 39, 01 out. 2008.

4.
CASTRO, M. B.. História que deu samba. Nossa História (São Paulo), Rio de Janeiro, p. 28 - 32, 01 maio 2006.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
CASTRO, M. B.. Memoria e esquecimento do Projeto Kalunga: narrativas identitárias e cartografias musicais. In: African Dynamics in a Multipolar World: 5th European Conference on African Studies, 2014, Lisboa. African Dynamics in a Multipolar World: 5th European Conference on African Studies ? Conference Proceedings. Lisboa: Centro de Estudos Internacionais do Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL), 2014. v. 1. p. 555-575.

2.
CASTRO, M. B.; CID, G. . Processos de patrimonialização e internacionalização: algumas reflexões iniciais sobre o caso da capoeira entre o nacional e o global. In: IV SEMINÁRIO INTERNACIONAL: POLÍTICAS CULTURAIS, 2013, Rio de Janeiro. IV SEMINÁRIO INTERNACIONAL: POLÍTICAS CULTURAIS, 2013.

3.
CASTRO, M. B.. O samba no AtlIantico Negro: Patrimônio Imaterial e diáspora Africana. In: XI Congresso Luso Afro Brasileiro de Ciências Sociais, 2011, Salvador. XI Congresso Luso Afro Brasileiro de Ciências Sociais: Diversidades e (Des)Igualdades, 2011.

Artigos aceitos para publicação
1.
CASTRO, M. B.. Dos 7000 componentes eu sou 1: Carlos Vergara e a ditadura militar; tempos sombrios e o carnaval como espaço de criação na arte contemporânea. Revista Arte Ensaios, 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
CASTRO, M. B.. Abdias do Nascimento e o Museu de Arte Negra (MAN). 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
CASTRO, MAURÍCIO BARROS DE. Samba e diáspora. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
CASTRO, M. B.. The Global/Local Power of the Inhotim Institute: contemporary art and private museums in Brazil. 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

4.
CASTRO, M. B.. Um olhar para fora: Carlos Vergara e o Cacique de Ramos, apropriações e intercâmbios entre arte contemporânea e cultura popular no Rio de Janeiro. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
CASTRO, M. B.. Museu Afrodigital Rio de Janeiro: trajetória, projetos e debates. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
CASTRO, M. B.. Esclavitud: historia, memoria y patrimonio cultural: el caso del Brasil y Africa. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
CASTRO, M. B.. Esclavitud y memoria: reflexiones teorico-metodologicas. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
CASTRO, M. B.. Notícias de Angola: o impacto do Projeto Kalunga na imprensa angolana. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
CASTRO, M. B.. News from Angola: the impact of the Kalunga Project in the Angolan press. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
CASTRO, M. B.; CID, G. . Processos de patrimonialização e internacionalização: algumas reflexões iniciais sobre o caso da capoeira entre o nacional e o global. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

11.
CASTRO, M. B.. Memória e esquecimento do Projeto Kalunga: narrativas identitárias e cartografias musicais. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

12.
CASTRO, M. B.. 'Memória do Projeto Kalunga' no Museu Afrodigital Rio de Janeiro: reflexões sobre identidades negras e africanas no Brasil. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

13.
CASTRO, M. B.. A exposição 'Memória do Projeto Kalunga' do Museu AfroDigital - Galeria Rio de Janeiro. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

14.
CASTRO, M. B.. Diário do Projeto Kalunga: memórias e narrativas de uma missão de músicos brasileiros na Guerra Civil de Angola. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

15.
CASTRO, M. B.. Expressões populares e estudos acadêmicos: a capoeira como bem cultural. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

16.
CASTRO, M. B.. O samba no Atlântico Negro: patrimônio imaterial e diáspora africana. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

17.
CASTRO, M. B.. História oral e a memória de eventos: narrativas do Projeto Kalunga. 2011. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

18.
CASTRO, M. B.. The Daughter of Samba: The Intellectual Trajectory of Lygia Santos. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

19.
CASTRO, M. B.. A transformação da capoeira em Patrimônio. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

20.
CASTRO, M. B.. Capoeira: Patrimônio Imaterial do Brasil. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

21.
CASTRO, M. B.. História Oral e Cultura Popular. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

22.
CASTRO, M. B.. Música e memória: a presença da capoeira nas canções brasileiras dos anos de contestação. 2004. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

23.
CASTRO, M. B.. Zicartola: memória de uma casa de samba. 2000. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
CASTRO, M. B.. Prefácio. São Luís, 2015. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

2.
CASTRO, M. B.. Na Roda da Capoeira. Rio de Janeiro: IPHAN-CNFCP, 2008 (catálago da exposição).

3.
CASTRO, M. B.. Das origens à globalização: a história da capoeira. Rio de Janeiro: UCAM-CEAA, 2007 (resenha).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
CASTRO, M. B.. Revista do Instituto de Estudos Brasileiros. 2018.

2.
CASTRO, M. B.. Revista Temporalidades. 2018.

3.
CASTRO, MAURÍCIO BARROS DE. Revista Arquivo CMD. 2018.

4.
CASTRO, M. B.. Revista História, Histórias. 2017.

5.
CASTRO, M. B.. Civitas ? Revista de Ciências Sociais. 2017.

6.
CASTRO, M. B.. Vibrant - Virtual Brazilian Anthropology. 2012.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
CASTRO, MAURÍCIO BARROS DE. Zicartola, de Maurício Barros de Castro. 2018. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

2.
CASTRO, M. B.; FERREIRA, M. . Livro reporta a criação de álbum em que Gil seguiu o passo da jovem geração 'black'. 2017. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

3.
CASTRO, M. B.; PASSOS, A. C. . Refavela é comemorado com show de Gil na Concha. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
CASTRO, M. B.; SCHWARCZ, L. . Refavela de novo. 2017. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

5.
CASTRO, MAURÍCIO BARROS DE. Escritor lança livro sobre a trajetória do disco Refavela, de Gilberto Gi. 2017. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

6.
CASTRO, M. B.; ESSINGER, S. . O Gilberto Gil da diáspora africana revive em Refavela 40. 2017. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

7.
CASTRO, M. B.. Samba sempre vai ser contracultura. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

8.
CASTRO, M. B.. O samba ainda sofre preconceito. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

9.
CASTRO, M. B.; YEPEZ, A. . La herencia africana es un fuerte componente de la identidad brasilera. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

10.
NETO, H. ; CASTRO, M. B. . Samba de Contracultura. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

11.
FERRAZ, Ana ; CASTRO, M. B. . Casa de Bambas. 2014. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

12.
CESARINO, P. C. ; CASTRO, M. B. . Rua da Carioca, 53. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

13.
CASTRO, M. B.. Historias, samba e boa comida na casa de Zica e Cartola. 2013. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

14.
JUNIOR, G. ; CASTRO, M. B. . Na roda da vida. 2009. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

15.
ALDÉ, Lorenzo ; CASTRO, M. B. . Berimbau Universal. 2008. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

16.
CAPOEIRA, Nestor ; CASTRO, M. B. . A capoeira na globalização. 2008. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

Redes sociais, websites e blogs
1.
CASTRO, M. B.. Impressões da Cultura Brasileira. 2013. (Blog).


Demais tipos de produção técnica
1.
CASTRO, M. B.. Arte e Cultura. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

2.
CASTRO, M. B.. Memória do Projeto Kalunga: música popular e construção de identidades entre Rio de Janeiro e Luanda (1975-1980). 2016. (Relatório de pesquisa).

3.
CASTRO, M. B.. III Curso de Extensão em História e Cultura Negra. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

4.
CASTRO, M. B.. Curso de Extensão Capacitando Capoeiristas. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

5.
CASTRO, M. B.. Na roda da capoeira. 2008. (Pesquisa e texto).


Produção artística/cultural
Artes Visuais
1.
CASTRO, M. B.. Carlos Vergara: carnavais revelados. 2016. Diversas.

2.
CASTRO, M. B.. Letras e Imagens do Centro do Rio. 2010. Fotografia.



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
CASTRO, MAURÍCIO BARROS DE. Participação em banca de Thais Rocha Barbosa. Mulheres negras na fotografia contemporânea: Ana Lira e Valda Nogueira. 2019. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Artes) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

2.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Elisa Simoni da Silva. Sobre mulheres e muros: o protagonismo negro feminino no grafite. 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Educação, Cultura e Comunicação em Periferias) - Faculdade de Educação da Baixada Fluminense.

3.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Weslley Fontenelle Frota. Bumba-Meu-boi no palco e na festa: teatro e cultura popular no Piauí. 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Artes) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

4.
CASTRO, MAURÍCIO BARROS DE. Participação em banca de Bernardo Wagner Marques Baptista. A vida social da rabeca na marujada de Bragança (PA): biografia de um instrumento musical no século XXI. 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Artes) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

5.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Vitor Cerqueira dassie. A Companhia Mariocas e o tambor de Crioula: cultura popular sob a ótica da retórica da perda. 2017. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Artes) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

6.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Ana Carolina Lourenço dos Santos da Silva. 300 anos depois: Quilombo dos Palmares, memória e emoção. 2016. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Artes) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

7.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Déborah Nicchio Sathler Fernandes. Historia oral de vida: relações de identidade e gênero no segmento cigano. 2016. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Humanidades, Culturas e Artes) - Universidade do Grande Rio.

8.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de João Gustavo Martins Melo de Sousa. estidos para Brilhar: uma análise da trajetória dos destaques das escolas de samba do Rio de Janeiro. 2016. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Artes) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

9.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Tatiana Tucunduva. Mestre Sabú: memória social e práticas culturais com a capoeira em Goiás. 2015. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) - Universidade Federal de Goiás.

10.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Lia Vieira Ramalho Bastos. "Niterói: terra de índio: Araribóia como herói mítico de um processo civilizatório. 2015. Dissertação (Mestrado em Cultura e Territorialidades) - Universidade Federal Fluminense.

11.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Catarina Laboure Madeira Barreto Ferreira. Linguagem epistolar e oralidade: ecos de guerra, um estudo da memória do clã Madeira Barreto. 2014. Dissertação (Mestrado em Letras e Ciencias Humanas) - Universidade do Grande Rio.

12.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Eduardo Rangel Monteiro. A capoeira de Marcel Gautherot. 2013. Dissertação (Mestrado em Estudos Contemporâneos das Artes) - Universidade Federal Fluminense.

13.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Fernanda Paiva Guimarães. O samba em pessoa: narrativas das Velhas Guardas da Portela e do Império Serrano. 2011. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo.

14.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Livia Pagano Andreozzi da Rosa. Os Emos da Galeria do Rock de São Paulo: cultura juvenil, tribalismo e comunidades estéticas. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciências da Arte) - Universidade Federal Fluminense.

15.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Alisson Bernardo Pinheiro. Din, Don, Don: Mestre Paraná e o Grupo Folclórico de Capoeira São Bento. 2010. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Teses de doutorado
1.
CASTRO, MAURÍCIO BARROS DE. Participação em banca de Cristiane Albuquerque Costa. Os sentidos da cura: religião, saúde e performance na "Barquinha" de Niterói-RJ. 2019. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

2.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Luiz Anselmo Bezerra. As transformações nas redes de financiamento das grandes escolas de samba do Rio de Janeiro (1984-2015). 2018. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em História) - Universidade Federal Fluminense.

3.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Eduardo Rangel Monteiro. Ou Wè'y Ou Pa Wé'y - Ladja e as máscaras do visível?. 2018. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Artes) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

4.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Marta Martines Ferreira. NANDAIA NANDAIA - Vamos todos Nandaia? Um estudo sobre o cururu e o siriri no Mato Grosso. 2018. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Artes) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

5.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Julia Jenior Lotufo. Ensino de performance e descolonização na América Latina. 2018. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Artes) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

6.
CASTRO, MAURÍCIO BARROS DE. Participação em banca de Cyntia Araújo Nogueira. Cinema, artes e cultura da vida - Bahia 1950-1970. 2018. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Artes) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

7.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Renato de Azevedo Rezende Neto. Linhas de força do contemporâneo: arte brasileira. 2017. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Artes) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

8.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Eleonora Gabriel. Rodas e redes de saberes e criação: o encontro dançante entre a universidade e a cultura popualr ao som da Tamborzada. 2017. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Artes) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

9.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Manan Terra Cabo. Vitrines de moda e a alteridade da intervenção: a construção do ato artístico em ato de consumo. 2017. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Artes) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

10.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Ana Lise Vieira. Atuações e desafios dos atores do teatro da laje: Posso falar?. 2017. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Artes) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

11.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Grabriel da Costa Turano. UES, UGES, FBES, UGESB, CES, CBES EAESB! Que carnaval é esse? As instituições carqnvalescas no processo de formação das escolas de samba entre os anos de 1935 e 1953. 2017. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Artes) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

12.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Martha Carvalho Nogueira. Diversidade cultural e patrimônio imaterial: dos discursos globais ao cotidiano de uma feira patrimonializada. 2016. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

13.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Belchior Faustino Canivete. História e memória em Moçambique: disputa sobre a memória na cidade da Beira. 2016. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

14.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Nilcemar Nogueira. O Centro Cultural Cartola e o processo de patrimonialização do samba carioca. 2015. Tese (Doutorado em Pós-doutorado em Psicologia Social) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

15.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Aparecida Marina de Souza Rangel. Museu Casa de Rui Barbosa: entre o público e o privado. 2015. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

16.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Andrea Rizzoto Falcão. Novas demandas, outros desafios:estudo sobre a implementação da politica de patrimônio imaterial do Brasil e seus desdobramentos no processo de inventário, registro e salvaguarda do jongo. 2011. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

17.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Johnny Menezes Alvarez. O aprendizado da capoeira Angola como um cultivo na e da tradição. 2007. Tese (Doutorado em Psicologia - P.S.E da P.E Cognitiva) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Qualificações de Doutorado
1.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Caroline Pires ting. Colecionismo orientalista como resultado de um processo de interação cultural entre China, Macau e Portugal. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-graduação em Artes) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

2.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Lidia Costa Larangeira. Cartografias do corpo na cidade. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-graduação em Artes) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

3.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Eleonora Gabriel. Rodas e redes de saberes e criação: pesquisa viva em dança popular brasileira. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-graduação em Artes) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

4.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Marta Martines Ferreira. Nandaia Nandaia-Vamos todos Nandaiá?Um estudo sobre o cururu e o siriri de Mato Grosso. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-graduação em Artes) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

5.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Carla Machado Lopes. Escolas de samba mirins: negritude, arte e educação. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-graduação em Artes) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

6.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Judivânia Maria Nunes Rodrigues. Do Lugar-Entre: corpos e imagens em diálogos no jogo da Capoeira Angola. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-graduação em Artes) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

7.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Gabriel da Costa Turano. UES, UGES, FPSCR, FMSC, UNE, LDN, FBES, UGESB, ULES, CES, AESB...Que carnaval é esse?. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-graduação em Artes) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

8.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Aparecida Marina de Souza Rangel. Museu Casa de Rui Barbosa: entre o público e o privado. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

9.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Nilcemar Nogueira. O impacto da política de patrimônio a partir da titulação do Samba Carioca, na reconstrução social dos sambistas: conflitos e negociações. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-graduação em Psicologia Social) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Qualificações de Mestrado
1.
CASTRO, MAURÍCIO BARROS DE. Participação em banca de Fernando Boechat Lessa. Nouvelle Vague: em busca de uma definição. 2019. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação em Artes) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

2.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Thabata Castro Roberto. Quando o presente percorre a cidade o cotidiano ganha a festa: rituais públicos a Iemanjá no Rio de Janeiro. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação em Artes) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

3.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Cristiane Souza de Oliveira. Missa dos Quilombos: confluências de uma performance estético-política. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação em Artes) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

4.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Thais Rocha Barbosa. Mulheres negras na fotografia contemporânea: Ana Lira e Valda Nogueira. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação em Artes) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

5.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Luiz Carlos Silva Guimarães. Dois museus, dois aterros. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação em Artes) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

6.
CASTRO, MAURÍCIO BARROS DE. Participação em banca de Thiago Augusto Teixeira Barros. A reconstrução da paisagem. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação em Artes) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

7.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Elisa Simoni da Silva. Sobre mulheres e muros: o protagonismo negro feminino na arte urbana. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em Educação, Cultura e Comunicação) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

8.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Weslley Fontenelle Frota. Ê, Bumba-Yê-Yê-Boi - Intercâmbios entre cultura popular e teatro no Piauí. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação em Artes) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

9.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Bernardo Wagner Marques Baptista. A Rabeca da Marujada de Bragança (PA): vida social de um artefato musical. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação em Artes) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

10.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Déborah Nicchio Sathler Fernandes. Historia oral de vidas: relações de identidade e gênero no segmento cigano. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação em Humanidades, Culturas e Artes) - Universidade do Grande Rio.

11.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de João Gustavo Martins Melo de Souza. Tributo à vaidade: uma abordagem da trajetória dos destaques das Escolas de Samba do Rio de Janeiro. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação em Artes) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

12.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Vitor Cerqueira Dassie. Tambor de crioula: tradição e modernidade na cultura brasileira sob a ótica da Antropologia da Arte. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação em Artes) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

13.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Fábio Antônio Vieira dos Santos. Marquês sem fantasia em meio à folia. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação em Artes) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

14.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Ana Carolina Lourenço Santos da Silva. "De pé e em frente, irmão, vamos todos a Palmares": peregrinação, memória e emoção. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
CASTRO, MAURÍCIO BARROS DE. Participação em banca de Marianne da Silva Rocha.Diálogos Panafricanistas: Abdias Nascimento, Brasil e África. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciencias Sociais) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

2.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Leonardo Nascimento da Silva.Rio Baile Funk: uma antropologia visual do funk carioca. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Cinema e Audiovisual) - Universidade Federal Fluminense.

3.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Paulo Henrique dos Reis Junior.Africa na Baixada: uma análise do ensino de história da África. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciencias Sociais) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

4.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Mariana Santos Gonçalves Pinto.Vila Mimosa: o lugar que não estava lá. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Produção Cultural) - Universidade Federal Fluminense.

5.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Rafaelly Camilo Costa.Uma trajetória policial: o caso de Getúlio Cantuária da Silva. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciencias Sociais) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

6.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Marina Freitas Garcia.Novas Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs), o Midiativismo e as Jornadas de Junho de 2013 no Brasil: algumas discussões. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciencias Sociais) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

7.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de João Paulo Angeli Valadares.Capoeira nos espaços de educação: experiências do jogo entre a cultura e a educação formal. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

8.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Rodrigo Antonio Reduzino.Existe preto e branco para além do arco-iris? Estudo de interseccionalidade de raça e sexualidade: um olhar interseccional da Rua da Lama. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciencias Sociais) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

9.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Barbara Tinoco Ganotti.Capoeira: de proibida a patrimônio cultural imaterial. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Produção Cultural) - Universidade Federal Fluminense.

10.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Debora Monken Rolim.A identidade negra através da capoeira na Revista Toques D'Angola: a releitura do jogo. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciencias Sociais) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

11.
CASTRO, M. B.. Participação em banca de Luís Ronaldo Gomes de Araújo.Comida e capoeira: patrimônios do Brasil. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Produção Cultural) - Universidade Federal Fluminense.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
CASTRO, M. B.. Banca Examinadora de Seleção do Concurso Público para contratação de professores substitutos para o Departamento de Ensino de Arte e Cultura Popular. 2016. Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

2.
CASTRO, M. B.. Banca Examinadora de Seleção de Mestrado Acadêmico em Artes. 2016. Programa de Pós-graduação em Artes - UERJ.

Outras participações
1.
CASTRO, M. B.. Comissão de avaliação de documentação - Seleção do Mestrado Profissional em Preservaçnao do Patrimônio Cultural do Iphan. 2015. Coordenação-Geral de Documentação e Pesquisa.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
II Simpranto - Simpósio de Antropologia da UFPI.A ética na pesquisa antropológica: entre a prática e a regulamentação. 2018. (Simpósio).

2.
VI Jornada de Educação e Relações Étnico-raciais do Museu de Arte do Rio.Samba e diáspora. 2018. (Outra).

3.
XIV Congresso Internacional da Associação de Estudos Brasileiros (BRASA). Abdias do Nascimento e o Museu de Arte Negra (MAN). 2018. (Congresso).

4.
I Seminário UFF - Escolas de samba: história pública, saberes e artes.Patrimonialização: matrizes do samba do Rio de Janeiro. 2017. (Seminário).

5.
The Global Power of Private Museums: Arts and Publics - States and Markets / International Symposium.The Global/Local Power of the Inhotim Institute: contemporary art and private museums in Brazil. 2017. (Simpósio).

6.
ARENA Casa França-Brasil: Teorias da etnicidade.Candomblé no Brasil. 2016. (Seminário).

7.
XII ENECULT: Encontro de Estudos Multidisciplinares em Cultura. Um olhar para fora: Carlos Vergara e o Cacique de Ramos, apropriações e intercâmbios entre arte contemporânea e cultura popular no Rio de Janeiro. 2016. (Congresso).

8.
I Seminário Carnaval em Andamento.Mesa Redonda 3. 2015. (Seminário).

9.
Memorias de la Esclavitud y Herencia Africana, preservacion ón del legado africano en Cuba y Brasil.As correntes de Bulol: representações da escravidão entre Brasil e Africa. 2015. (Seminário).

10.
VII Congresso Nacional de Investigaciones en Antropologia. "Historia, memoria y patrimonio cultural. El caso de Brasil y Africa. 2015. (Congresso).

11.
Seminário Internacional PPCIS 20 anos.Memória do Projeto Kalunga. 2014. (Seminário).

12.
XII Congresso Internacional da Associação de Estudos Brasileiros (BRASA). News from Angola: the impact of the Kalunga Project in the Angolan press. 2014. (Congresso).

13.
XXXII International Congress of the Latin American Studies Association (LASA). Notícias de Angola: o impacto do Projeto Kalunga na imprensa angolana. 2014. (Congresso).

14.
IV Seminário Internacional de Políticas Culturais.Processos de patrimonialização e internacionalização: algumas reflexões iniciais sobre o caso da capoeira entre o nacional e o global. 2013. (Seminário).

15.
Seminário Internacional Conhecimentos Compartilhados: Tradição e Modernidade."Memória do Projeto Kalunga" no Museu Afrodigital Rio de Janeiro: reflexões sobre identidades negras e africanas no Brasil. 2013. (Seminário).

16.
Seminários Centro de Estudos Sociais - CES.A exposição "Memória do Projeto Kalunga" do Museu AfroDigital - Galeria Rio de Janeiro. 2013. (Seminário).

17.
V European Conference on African Studies: African Dynamics in a Multipolar World. Memória e esquecimento do Projeto Kalunga: narrativas identitárias e cartografias musicais. 2013. (Congresso).

18.
Seminário Internacional "O trabalho da imaginação na textura do presente: reflexões antropológicas a partir de etnografias desenvolvidas em Angola e Moçambique.Diário do Projeto Kalunga: memórias e narrativas de uma missão de músicos brasileiros na Guerra Civil de Angola. 2012. (Seminário).

19.
Temas interdisciplinares: cultura popular, gênero e narrativas.Expressões populares e estudos acadêmicos: a capoeira como bem cultural. 2012. (Seminário).

20.
Seminário de Estudantes de Pós-Graduação em Ciencias Sociais.Comunidade e Etnicidade. 2011. (Seminário).

21.
Seminario Internacional NEHO 20 Anos.Historia oral e a memória de eventos: narrativas do Projeto Kalunga. 2011. (Seminário).

22.
Toward an Intellectual History of Black Women: An International Conference. The Daughter of Samba: The Intellectual Trajectory of Lygia Santos. 2011. (Congresso).

23.
XI Congresso Luso Afro Brasileiro de Ciências Sociais. O samba no Atlântico Negro: patrimônio imaterial e diáspora africana. 2011. (Congresso).

24.
IX Seminário dos Alunos do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Uerj.Conhecimentos compartilhados nas Ciências Sociais. 2010. (Seminário).

25.
Primeiro Seminário do Museu Digital da Memória Afro-Brasileira.A transformação da capoeira em patrimônio. 2010. (Seminário).

26.
Capoeira Meetings of the First Kind.Capoeira: Patrimônio Imaterial do Brasil. 2007. (Seminário).

27.
História Oral: 15 anos de experiência do NEHO-USP.História Oral e Cultura Popular. 2006. (Seminário).

28.
II Simpósio Nacional de História Cultural.Música e memória: a presença da capoeira nas canções brasileiras dos anos de contestação. 2004. (Simpósio).

29.
Do oral ao escrito - 500 anos de História do Brasil / II Encontro de História Oral do Nordeste.Memória do Zicartola - casa de samba e resistência. 2000. (Encontro).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
CASTRO, MAURÍCIO BARROS DE; CERBINO, B. ; MARTINS, T. . Corpos e territórios: arte em disputa. 2018. (Congresso).

2.
CASTRO, M. B.. Carlos Vergara: Carnavais Revelados. 2016. (Exposição).

3.
CASTRO, M. B.. Letras e Imagens do Centro do Rio. 2011. (Exposição).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Susanna Gabriella Costa Sousa. Jogo do coco e jogo da cena: reflexões sobre o corpo do ator e a cultura popular. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Artes) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro. (Orientador).

2.
Barbara da Paz Ferraz Santos. Cidade expressiva: um olhar sobre as imagens alternativas de rua. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Artes) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro. (Orientador).

3.
Thais Rocha Barbosa. Mulheres negras na fotografia contemporânea: Ana Lira e Valda Oliveira. Início: 2016. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Artes) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro. (Orientador).

Supervisão de pós-doutorado
1.
Leonardo Abreu Reis. Início: 2018. Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Monografias de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Ivana M. do Rego Monteiro. Escrita e invenção: Os arquivos de Hélio Oiticica. Início: 2016. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DA ARTE) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro. (Orientador).

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
George Magaraia. Urutau Guajaraja e o atravessamento entre arte e vida na Aldeia Marakanã. Início: 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Artes Visuais) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro. (Orientador).

2.
Giselli Magioli Fernandes da Silva. Ensino da arte e a lei 10.649: representações da história e cultura africana e afro-brasileira na escola. Início: 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Artes Visuais) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro. (Orientador).

3.
Barbara da Paz Ferraz Santos. O uso de táticas artísticas para intervenção no cotidiano. Início: 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Artes Visuais) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Thais Rocha Barbosa. Mulheres negras na fotografia contemporânea: Ana Lira e Valda Nogueira. 2019. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Artes) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, . Orientador: Maurício Barros de Castro.

2.
Weslley Fontenelle Frota. Bumba-Meu-boi no palco e na festa: teatro e cultura popular no Piauí. 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Artes) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Maurício Barros de Castro.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Daniel Mota Silva. Do Abapuru à americanização: uma análise dos processos de inferiorização e construções subjetivas. 2017. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DA ARTE) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Orientador: Maurício Barros de Castro.

2.
Andreia Menezes. O ensino de artes no Cenarte, Pontão de Cultura Guerreiros Alagoanos. 2017. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DA ARTE) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Orientador: Maurício Barros de Castro.

3.
Marcela Botelho Tavares. Samico e as serpentes: cosmologia, temporalidade e arte na obra de Gilvan Samico. 2017. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DA ARTE) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Orientador: Maurício Barros de Castro.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Barbara da Paz Ferraz Santos. Potência expressiva, crítica e transformadora: uma reflexão acerca das intervenções urbanas e proposta para o ensino de Artes. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Artes) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Orientador: Maurício Barros de Castro.

2.
Roberta Paula Ferreira Aleixo. Rubem Valentim: arte afro-brasileira e sincretismo afirmativo. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Artes Visuais) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Orientador: Maurício Barros de Castro.

3.
Leandro de Santana Silva. Lugar dos bambas: das ruas da cidade à avenida do samba. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Artes Visuais) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Orientador: Maurício Barros de Castro.



Educação e Popularização de C & T



Livros e capítulos
1.
CASTRO, M. B.; ABREU, Frede (Org.) . Capoeira. 1. ed. Rio de Janeiro: Azougue Editorial, 2009. v. 1. 228p .

2.
CASTRO, M. B.. Mestre João Grande: na roda do mundo. 1. ed. Rio de Janeiro: Biblioteca Nacional/Garamond, 2010. v. 1. 152p .

3.
CASTRO, M. B.. Zicartola: política e samba na casa de Cartola e Dona Zica. 2. ed. Rio de Janeiro: Azougue Editorial, 2013. v. 1. 144p .

4.
CASTRO, M. B.. Patrimônios do Brasil. 1. ed. Rio de Janeiro: Azougue Editorial, 2013. v. 1. 144p .

5.
GONÇALVES, Ana Maria ; CASTRO, M. B. ; FRAGA, Cesar . Do outro lado / On the other side. 1. ed. São Paulo: Olhares, 2014. v. 1. 244p .

6.
VILHENA, B. ; CASTRO, M. B. . Estácio: vidas e obras. 1. ed. Rio de Janeiro: Retina 78, 2013. 272p .

1.
CASTRO, M. B.. As tias cariocas e os quintais da Grande Madureira: a construção de um berço do samba. In: Myrian Sepulveda dos Santos. (Org.). Nos quintais do samba da Grande Madureira: memória, história e imagens de ontem e hoje. 1ed.São Paulo: Olhares, 2016, v. 1, p. 42-48.


Apresentações de Trabalho
1.
CASTRO, M. B.. Um olhar para fora: Carlos Vergara e o Cacique de Ramos, apropriações e intercâmbios entre arte contemporânea e cultura popular no Rio de Janeiro. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).


Cursos de curta duração ministrados
1.
CASTRO, M. B.. III Curso de Extensão em História e Cultura Negra. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
CASTRO, M. B.. Curso de Extensão Capacitando Capoeiristas. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).


Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
CESARINO, P. C. ; CASTRO, M. B. . Rua da Carioca, 53. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
NETO, H. ; CASTRO, M. B. . Samba de Contracultura. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
CASTRO, M. B.. Samba sempre vai ser contracultura. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
CASTRO, M. B.. O samba ainda sofre preconceito. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

5.
CASTRO, M. B.; FERREIRA, M. . Livro reporta a criação de álbum em que Gil seguiu o passo da jovem geração 'black'. 2017. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

6.
CASTRO, M. B.; PASSOS, A. C. . Refavela é comemorado com show de Gil na Concha. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

7.
CASTRO, M. B.; SCHWARCZ, L. . Refavela de novo. 2017. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

8.
CASTRO, M. B.; YEPEZ, A. . La herencia africana es un fuerte componente de la identidad brasilera. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

9.
CASTRO, MAURÍCIO BARROS DE. Escritor lança livro sobre a trajetória do disco Refavela, de Gilberto Gi. 2017. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

10.
CASTRO, MAURÍCIO BARROS DE. Zicartola, de Maurício Barros de Castro. 2018. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

11.
JUNIOR, G. ; CASTRO, M. B. . Na roda da vida. 2009. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

12.
ALDÉ, Lorenzo ; CASTRO, M. B. . Berimbau Universal. 2008. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

13.
CAPOEIRA, Nestor ; CASTRO, M. B. . A capoeira na globalização. 2008. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

14.
CASTRO, M. B.; ESSINGER, S. . O Gilberto Gil da diáspora africana revive em Refavela 40. 2017. (Programa de rádio ou TV/Comentário).


Redes sociais, websites e blogs
1.
CASTRO, M. B.. Impressões da Cultura Brasileira. 2013. (Blog).



Outras informações relevantes


Foi Assistente de Coordenação do Inventário para Registro e Salvaguarda da Capoeira como Patrimônio Imaterial Cultural do Brasil, projeto do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) que instruiu o registro da capoeira como bem cultural reconhecido pelo governo brasileiro, em 2008.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/02/2019 às 11:42:26