Rosangela Gonçalves Peccinini

Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 2

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/1066743423929093
  • Última atualização do currículo em 21/09/2018


Possui graduação em Farmácia Bioquímica pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1987), mestrado em Toxicologia e Análises Toxicológicas pela Universidade de São Paulo (1995) e doutorado em Toxicologia pela Universidade de São Paulo (2003). Atualmente é professor assistente doutor da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Tem experiência na área de Farmacologia, com ênfase em Toxicologia, atuando principalmente nos seguintes temas: farmacocinética, toxicologia e medicamentos. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Rosangela Gonçalves Peccinini
Nome em citações bibliográficas
PECCININI, R. G.;Peccinini, Rosangela G.;PECCININI, ROSÂNGELA GONÇALVES;PECCININI, ROSANGELA;PECCININI, ROSÂNGELA;MACHADO, R.G.P.;Machado, Rosangela G.P.;PECCININI, ROSÂNGELA G.;PECCININI, ROSANGELA GONÇALVES;PECCININI, R.G.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Araraquara, Departamento de Princípios Ativos Naturais e Toxicologia.
Rodovia Araraquara - Jaú Km 1
Campus Universitário
14801-902 - Araraquara, SP - Brasil - Caixa-postal: 502
Telefone: (16) 33016988
Fax: (16) 33016980
URL da Homepage: http://www.unesp.br


Formação acadêmica/titulação


1999 - 2003
Doutorado em Toxicologia.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Enantiosseletividade na faramcocinética do carvedilol em pacientes idosos hipertensos metabolizadores extensivos da debrisoquina, Ano de obtenção: 2003.
Orientador: Vera Lúcia Lanchote.
Palavras-chave: Farmacocinética; enantiosseletividade; carvedilol.
Grande área: Ciências Biológicas
Setores de atividade: Saúde Humana.
1989 - 1995
Mestrado em Toxicologia e Análises Toxicológicas.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Métodos Imediatos para diagnóstico laboratorial da intoxicação aguda por fenobarbital,Ano de Obtenção: 1995.
Orientador: Ovandir Alves Silva.
Palavras-chave: intoxicações agudas; fenobarbital.
Grande área: Ciências Biológicas
Setores de atividade: Saúde Humana.
1983 - 1987
Graduação em Farmácia Bioquímica.
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.




Formação Complementar


2011 - 2011
Workshop "Preparação de Artigos Científicos". (Carga horária: 12h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2011 - 2011
HPLC: Aplicações na Área Farmacêuticas. (Carga horária: 16h).
Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP, FCF - UNESP, Brasil.
2010 - 2010
Treinamento Sobre Segurança em Laboratório. (Carga horária: 4h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2009 - 2009
Extensão universitária em Movimento Saúde e Dia de Alerta. (Carga horária: 8h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2005 - 2005
Noções Básicas em Pesquisa Clínica. (Carga horária: 8h).
Sociedade Brasileira de Profissionais em Pesquisa Clínica, SBPPC, Brasil.
2005 - 2005
Atualizações em Farmacocinética. (Carga horária: 90h).
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
2004 - 2004
Pesquisa Clínica. (Carga horária: 8h).
Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP, FCF - UNESP, Brasil.
2004 - 2004
Fundamentos e Atualizações em Farmacocinética. (Carga horária: 90h).
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
2002 - 2002
Interações Medicamentosas. (Carga horária: 8h).
Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP, FCF - UNESP, Brasil.
2002 - 2002
o Farmacêutico como Perito Criminal. (Carga horária: 4h).
Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP, FCF - UNESP, Brasil.
2002 - 2002
Pesquisa Clínica. (Carga horária: 4h).
Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP, FCF - UNESP, Brasil.
2002 - 2002
Alimentos Transgênicos. (Carga horária: 4h).
Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP, FCF - UNESP, Brasil.
2002 - 2002
Farmacogenética. (Carga horária: 4h).
Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP, FCF - UNESP, Brasil.
1999 - 1999
Extensão universitária em Terapia Breve Para o Uso Nocivo de Álcool. (Carga horária: 40h).
Faculdade de Ciências Médicas e biológicas de Botucatu - UNESP, FCMBB, Brasil.
1989 - 1989
Extensão universitária em Toxicologia e Toxinologia Clínica. (Carga horária: 24h).
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
1988 - 1988
Extensão universitária em Cromatográfia em Fase Gasosa. (Carga horária: 40h).
Instrumentos Científicos C.G. LTDA., CG LTDA, Brasil.
1987 - 1987
Extensão universitária em Aplicação da cromatografia a Gás.. (Carga horária: 32h).
Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP, FCF - UNESP, Brasil.
1987 - 1987
Extensão universitária em Intoxicação por Agrotóxicos. (Carga horária: 32h).
Universidade Metodista de Piracicaba, UNIMEP, Brasil.
1986 - 1986
Extensão universitária em Toxicomanias e Perícias Toxicológicas. (Carga horária: 16h).
Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP, FCF - UNESP, Brasil.
1986 - 1986
Ensaios Imunoenzimáticos. (Carga horária: 8h).
Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP, FCF - UNESP, Brasil.
1985 - 1985
Extensão universitária em Engenharia Genética. (Carga horária: 20h).
Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP, FCF - UNESP, Brasil.
1984 - 1984
Extensão universitária em Homeopatia. (Carga horária: 16h).
Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP, FCF - UNESP, Brasil.
1983 - 1983
Extensão universitária em Primeiro Socorros. (Carga horária: 16h).
Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP, FCF - UNESP, Brasil.
1983 - 1983
Aspectos Gerais da Profissão Farmacêutica. (Carga horária: 8h).
Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP, FCF - UNESP, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Vínculo institucional

1998 - Atual
Vínculo: Efetivo, Enquadramento Funcional: Professor Assistente Doutor, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

03/2017 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Araraquara, Departamento de Princípios Ativos Naturais e Toxicologia.

Cargo ou função
Representante titular do Departamento junto ao Conselho de Curso de Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia.
01/2017 - Atual
Direção e administração, Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Araraquara, Departamento de Princípios Ativos Naturais e Toxicologia.

Cargo ou função
Chefe do Departamento.
01/2017 - Atual
Direção e administração, Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Araraquara, .

Cargo ou função
Vice-Supervisora do Núcleo de Atendimento à Comunidade (NAC).
05/2016 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Araraquara, Departamento de Princípios Ativos Naturais e Toxicologia.

Cargo ou função
Representante suplente do Departamento no Conselho de Curso de Graduação em Farmácia-Bioquímica.
01/2009 - Atual
Direção e administração, Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Araraquara, .

Cargo ou função
Coordenador do Laboratório de Bioequivalência.
03/2008 - Atual
Ensino, Ciências Farmacêuticas, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Farmacocinética aplicada ao desenvolvimento de fármacos e medicamentos (4 créditos)
08/2006 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, UPECLIN, .

Cargo ou função
Representante da FCF junto ao Conselho Gestor da UPECLIN.
2003 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Araraquara, .

5/1998 - Atual
Ensino, Farmácia Bioquímica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Toxicologia (Análises Toxicológicas)
Toxicologia Geral
03/2016 - 03/2017
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Araraquara, Departamento de Princípios Ativos Naturais e Toxicologia.

Cargo ou função
Representante do Departamento na Comissão Permanente de Pesquisa.
01/2015 - 01/2017
Direção e administração, Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Araraquara, Departamento de Princípios Ativos Naturais e Toxicologia.

Cargo ou função
Vice-Chefe do Departamento.
03/2014 - 02/2016
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Araraquara, Departamento de Princípios Ativos Naturais e Toxicologia.

Cargo ou função
Membro e Vice-Presidente da Comissão Permanente de Pesquisa.
07/2012 - 04/2015
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Araraquara, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de reestruturação curricular do curso de Farmácia-Bioquímica.
01/2013 - 01/2015
Direção e administração, Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Araraquara, Departamento de Princípios Ativos Naturais e Toxicologia.

Cargo ou função
Vice-Chefe do Departamento.
08/2011 - 08/2013
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Araraquara, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de Ética Ambiental da FCF, como representante da Coordenadoria de Fármacos e Medicamentos.
05/2012 - 04/2013
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Araraquara, .

Cargo ou função
Membro titular do Conselho do Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas.
03/2002 - 03/2013
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Araraquara, .

Cargo ou função
Membro da Comissão para Implementação do Centro de Bioequivalência e Euivalência Farmacêutica da UNESP.
01/2009 - 01/2013
Direção e administração, Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Araraquara, .

Cargo ou função
Vice-Coordenador da Coordenadoria de Fármacos e Medicamentos - NAC.
10/2006 - 01/2013
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Araraquara, .

Cargo ou função
Membro Titular do Conselho do Departamento.
2004 - 2013
Direção e administração, Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Araraquara, .

Cargo ou função
Vice coordenadora do Centro de Biequivalência e Equivalência Farmacêutica da UNESP.
11/2004 - 11/2012
Conselhos, Comissões e Consultoria, Conselho Regional de Farmácia -CRF, .

Cargo ou função
Comissão de ética.
10/2008 - 10/2012
Direção e administração, Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Araraquara, Departamento de Princípios Ativos Naturais e Toxicologia.

Cargo ou função
Vice-Coordenador do Comitê de Ética em Pesquisa.
08/2008 - 08/2012
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Araraquara, Departamento de Princípios Ativos Naturais e Toxicologia.

Cargo ou função
Membro titular do Comitê de Ética em Pesquisa.
06/2010 - 05/2012
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Araraquara, .

Cargo ou função
Membro suplente do Conselho do Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas.
05/2008 - 05/2010
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Araraquara, Departamento de Princípios Ativos Naturais e Toxicologia.

Cargo ou função
Representante do Departamento no Conselho de Curso de Graduação.
10/2007 - 10/2009
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Araraquara, .

Cargo ou função
Membro da Congregação (representante da CPEU).
10/2007 - 10/2009
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Araraquara, .

Cargo ou função
Vice-Presidente da CPEU.
06/2007 - 12/2007
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Araraquara, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de Estágio Curricular Supervisionado.
04/2007 - 04/2007
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Araraquara, .

Cargo ou função
Comissão Eleitoral - Vice-Supervisor do NAC.
03/2007 - 03/2007
Ensino, Cirurgia Veterinária, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Tema: Farmacocinética clínica e experimental - junto a disciplina Farmacologia Aplicada à Anestesiologia
03/2005 - 12/2005
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Araraquara, .

Cargo ou função
Vice presidente da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes - CIPA.
02/2004 - 02/2005
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Araraquara, .

Cargo ou função
Vice presidente da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes.

Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Vínculo institucional

1987 - 1998
Vínculo: Servidor público ou celetista, Enquadramento Funcional: tecnico apoio operacional, Carga horária: 40

Atividades

2/1992 - 4/1998
Serviços técnicos especializados , Hospital das Clínicas, Centro de Controle de Intoxicações.

Serviço realizado
Implantação e Coordenação do Curso de Aprimoramento em Toxicologia da Unicamp.
10/1987 - 4/1998
Serviços técnicos especializados , Hospital das Clínicas, Centro de Controle de Intoxicações.

Serviço realizado
Implantação e coordenação do laboratório de Análises Toxicologicas. Execução de análises laboratoriais para diagnóstico de intoxicações agudas.


Linhas de pesquisa


1.
Interações Medicamentosas

Objetivo: Avaliar as consequências das associações medicamentosas sobre a farmacocinética e sobre os efeitos tóxicos dos medicamentos..
Grande área: Ciências da Saúde
Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Farmácia / Subárea: farmacologia clínica.
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Farmacologia / Subárea: Farmacocinética.
Setores de atividade: Saúde Humana.
Palavras-chave: associações medicamentosas; Farmacocinética; TOXICOLOGIA.
2.
Toxicologia de Medicamentos

Objetivo: Avaliar parâmetros bioquímicos relacionados aos efeitos tóxicos de medicamentos em exposições a doses excessivas, doses múltplas ou em associações medicamentosas..
Setores de atividade: Saúde Humana.
Palavras-chave: associações medicamentosas; intoxicações agudas; TOXICOLOGIA.
3.
Farmacocinética

Objetivo: Cálculo de parâmetros farmacocinéticos em modelos animais de novas moléculas com potencial uso terapêutico e de novas formulações de medicamentos. Estudo do perfil farmacocinético em populações especiais..
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Farmacologia / Subárea: farmacocinética pré clínica.
Setores de atividade: Saúde Humana; Desenvolvimento de Produtos Tecnológicos Voltados Para A Saúde Humana.
Palavras-chave: Farmacocinética; idosos; novos medicamentos; Novos fármacos; populações especiais.


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Estudo de ADME de candidatos a fármacos para o tratamento da tuberculose
Descrição: A tuberculose é uma doença infecto-contagiosa provocada pelo Mycobacterium tuberculosis ainda muito presente na sociedade, sendo responsável por 10,4 milhões de novos casos em 2015. O tratamento consiste do uso da associação de Isoniazida, Rifampicina,Pirazinamida e Etambutol. Porém são crescentes os casos de resistência aos medicamentos, sendo a Tuberculose Multirresistente e a Tuberculose de Resistência Extensiva, os mais graves e preocupantes. Assim, o grupo de pesquisa da Unifesp-Diadema desenvolveu novos compostos com potencial atividade antimicobacteriana derivados do ácido pirazinóico, principal metabólito da pirazinamida que apresentaram resultados promissores. Considerando que características farmacocinéticas favoráveis resultam em maior chance de continuidade do desenvolvimento dos produtos farmacêuticos, ensaios in vitro podem ser utilizados para prever características farmacocinéticas precocemente, como forma de screening, antes da realização e do planejamento dos estudos in vivo. O presente projeto tem como objetivo a realização de ensaios físico-químicos, através da avaliação da estabilidade química e ex vivo e determinação do log P por método cromatográfico, além dacaracterização da permeabilidade, empregando o modelo de monocamadas Caco-2 e do metabolismo in vitro, empregando microssoma hepático de ratos e de humanos. As informações obtidas neste projeto fundamentarão as decisões com relação ao futuro dos candidatos a fármacos e o planejamento de ensaios pré-clínicos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Rosangela Gonçalves Peccinini - Coordenador / Taísa Busaranho Franchin - Integrante / João Paulo dos Santos Fernandes - Integrante.
2017 - Atual
Estudo de ADME de candidatos a fármacos para o tratamento da leishmaniose visceral e tripanossomíase
Descrição: A leishmaniose e a tripanossomíase constituem importante problema de saúde pública não só no Brasil, mas em diversas regiões do continente Americano. São escassas as opções de tratamento para essas doenças e os disponíveis apresentam diversas complicações durante o uso, sendo alta a desistência ao tratamento. Neste sentido, um grupo de pesquisa da UnifespDiadema reportou a atividade antiparasitária - sobre o Trypanosoma cruzi e sobre a Leishmania infantum de derivados planejados a partir do gibbilimbol A e B. Cerca de 40% do insucesso da introdução de novos fármacos no mercado está relacionado à elevada toxicidade e características farmacocinéticas inadequadas que foram evidenciadas tardiamente. A realização de estudos de ADME permite a seleção dos candidatos com maior probabilidade de sucesso terapêutico nos estágios iniciais do desenvolvimento. O presente projeto tem como objetivo realizar ensaios para avaliar características físico-químicas, a permeabilidade e o metabolismo in vitro dos derivados. Estas avaliações serão realizadas utilizando o modelo de monocamadas Caco-2 e o modelo microssomal hepático de ratos e de humanos. Os resultados obtidos permitirão selecionar os compostos com características mais apropriadas para a continuidade de estudos pré-clínicos e clínicos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Rosangela Gonçalves Peccinini - Coordenador / João Paulo dos Santos Fernandes - Integrante / Bruna Cristina Ulian Silva - Integrante.
2016 - 2017
Farmacocinética do efavirenz administrado na forma de nanoparticulas inorganicas em coelhos.
Descrição: O antirretroviral efavirenz é o um inibidor da transcriptase reversa não análogo de nucleosídeo (ITRNN) mais utilizado no tratamento da Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (SIDA/AIDS) devido à sua potente atividade antiviral e eficácia clínica, quando combinado com dois inibidores da transcriptase reversa análogo de nucleosídeo (ITRN) na terapia de primeira linha. O efavirenz pertence à classe II no Sistema de Classificação Biofarmacêutica (SCB) e a sua biodisponibilidade oral (Foral) em humanos apresenta um perfil variável entre indivíduos devido a influência de fatores como solubilidade aquosa e taxa de dissolução. A tecnologia farmacêutica oferece muitas estratégias, como a utilização de excipientes funcionais como nanopartículas inorgânicas, que permitem otimizar a taxa de dissolução e aumentar a biodisponibilidade, o que permite reduzir dose e frequência das administrações, além de diminuir o risco de efeitos adversos. Este trabalho tem a finalidade de avaliar e comparar a farmacocinética do EFV veiculado a partir de uma nanopartícula inorgânica, desenvolvida por Fontes e colaboradores, da Universidade Federal de Pernambuco, ao ativo livre..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Rosangela Gonçalves Peccinini - Coordenador / Evelin dos Santos Martins - Integrante / Pedro José Rolim Neto - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
2016 - 2017
Farmacocinética do efavirenz em coelhos: estudo comparativo de formas farmacêuticas sólidas
Descrição: A Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDS) é uma pandemia que afeta milhões de pessoas em várias regiões do mundo. Essa doença é transmitida pelo Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV), que promove diminuição da atividade imunológica, deixando o indivíduo infectado exposto a doenças oportunistas. O tratamento da infecção pelo vírus HIV se dá pela associação de diversos fármacos que atuam em diferentes estágios da replicação viral. Esta terapia recebe o nome de Terapia antirretroviral Altamente Potente (HARRT). Um dos fármacos de maior eficácia neste tratamento é o Efavirenz (EFV), que possui elevada potência para promover supressão viral. No entanto o EFV é um fármaco que apresenta baixa solubilidade e alta permeabilidade (Classe II segundo o Sistema de Classificação Biofarmacêutica); e esta baixa solubilidade interfere significativamente na sua absorção no trato gastrointestinal resultando principalmente em biodisponibilidade errática, característica que pode contribuir para a variabilidade de resposta ao tratamento. O Laboratório de Tecnologia de Medicamentos (LTM) da Universidade Federal de Pernambuco produziu uma nova dispersão sólida (DS) com o objetivo de aumentar a solubilidade do EFV e melhorar suas características de absorção. As avaliações in vitro desta formulação, já realizadas por este Laboratório, apontam características promissoras para a continuidade do desenvolvimento do produto. Neste sentido, o presente projeto tem como objetivo avaliar e comparar a farmacocinética do EFV em modelo animal na administração da nova dispersão e da formulação atualmente disponibilizada para a população pelo Ministério da Saúde. As informações obtidas neste projeto permitirão verificar se há vantagens do ponto de vista farmacocinético que justifique a continuidade do desenvolvimento da nova formulação; ainda, estas informações fundamentarão o planejamento de futuros ensaios clínicos se os resultados in vivo forem promissores..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Rosangela Gonçalves Peccinini - Coordenador / Pedro José Rolim Neto - Integrante / Jonata Augusto de Oliveira - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2016 - Atual
Implementação de ensaios in vitro de permeação e metabolismo para novas moléculas candidatas à fármacos (Fapesp 2016/04927-0)
Descrição: A constatação de propriedades farmacocinéticas inadequadas e toxicidade elevada constituem mais de 50% das causas de interrupção no desenvolvimento de alternativas terapêuticas para o homem. Assim, a farmacocinética deve ser avaliada o quanto antes no desenvolvimento de fármacos, para que o aperfeiçoamento simultâneo do perfil farmacocinético e da potência farmacológica possa resultar num candidato mais promissor ao uso terapêutico. O conhecimento prévio de uma série de características do candidato a fármaco como capacidade de permeação e susceptibilidade ao metabolismo, proporciona o planejamento adequado dos primeiros estudos de farmacocinética em modelos animais e pode direcionar a seleção destes modelos, das vias de administração apropriadas assim como auxiliar a interpretação dos resultados obtidos nos estudos in vivo. O modelo de monocamadas de células Caco-2 mimetiza a parede intestinal em diversos aspectos e sua relevância para o desenvolvimento de fármacos é reconhecida pelas principais agências reguladoras, que o indicam como teste preditivo para a absorção oral de fármacos. O ensaio de metabolismo in vitro pode ser realizado com células ou frações celulares do modelo animal no qual se planeja realizar o ensaio de farmacocinética, ou com células ou frações celulares humanas, permitindo a correlação dos clearances observados in vitro e in vivo para o modelo animal e o calculo do clearance humano previsto.O presente projeto tem como objetivo implementar o modelo de monocamadas de células Caco-2 e ensaios de metabolismo in vitro no Laboratório do grupo de Pesquisa da FCFAr/UNESP para obtenção de informações relevantes à fundamentação do planejamento dos ensaios pré-clínicos, de forma a acelerar as avaliações do perfil farmacocinético das novas moléculas candidatas a fármacos e selecionar dentre estas o(s) candidato(s) com características mais apropriadas para a continuidade dos estudos pré-clínicos. Para a implementação do modelo de monocamadas Caco-2 foram selecionadas os derivados ftalimídicos LAPDESF-SCD03 e LAPDESF-SCD04 e para a implementação dos ensaios de metabolismo in vitro foram selecionados as moléculas GQ-11, GQ-19 e GQ-177. Após implementação, os ensaios supracitados constituirão os ensaios preliminares ao planejamento de ensaios pré-clínicos de todas as moléculas candidatas a fármacos estudadas pelo grupo de pesquisa da FCFAr/UNESP..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2015 - 2016
Avaliação da farmacocinética da isoniazida em ratos Wistar expostos ao etanol
Descrição: A tuberculose é uma doença infecto-contagiosa provocada pelo Mycobacterium tuberculosis que ainda em 2013 foi responsável 1,5 milhões de mortes. Seu tratamento consiste do uso da associação de Isoniazida, Rifampicina e Pirazinamida por dois meses, seguidos de quatro meses de uso de Isoniazida e Rifampicina. Apesar de sua gravidade a tuberculose pode ser completamente curada se o tratamento for seguido corretamente, mas o longo tempo de tratamento e efeitos adversos como a hepatotoxicidade podem levar a um abandono da terapêutica. A isoniazida possui metabolização hepática e, ao ser oxidada pela enzima CYP2E1, gera um composto altamente hepatotóxico. Diversos relatos na literatura mostram que um fator também altamente relacionado ao abandono do tratamento é o etilismo. O etanol possui metabolização hepática, que ocorre predominante via enzima álcool desidrogenase e aproximadamente 10% da metabolização ocorrem via Sistema de Oxidação Microssomal de Etanol, onde a principal enzima envolvida na oxidação do etanol é a CYP2E1 que sofre indução por seus substratos. Como a CYP2E1 participa do processo de metabolização da isoniazida e pode ter seus níveis aumentados com o uso de álcool, há uma probabilidade de que haja interação farmacocinética em casos de uso de álcool concomitante ao tratamento da tuberculose. Portanto, o presente trabalho pretende avaliar os efeitos do uso de etanol sobre os parâmetros farmacocinéticos da isoniazida em um grupo de animais (ratos Wistar) sob tratamento com INH+RMP+PYR, após uma administração única da associação..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Rosangela Gonçalves Peccinini - Coordenador / Taísa Busaranho Franchin - Integrante.
2015 - Atual
Farmacocinética da doxorrubicina: um estudo comparativo entre a forma cloridrato, lipossomal e nanopartículas poliméricas
Descrição: A doxorrubicina (DOX) é um dos fármacos antineoplásicos de maior importancia clínica, porém sua utilização terapêutica prolongada tem sido limitada pela ocorrência cardiomiopatia, principalmente devido à sua distribuição não seletiva. Neste contexto, pesquisadores da Universidade Federal do Rio Grande do Norte desenvolveram uma nova formulação para modificar a distribuição deste fármaco com o objetivo de diminuir o efeito tóxico com benefícios relativos à sua aplicação clínica. O novo sistema é composto de nanopartículas (NPs) poliméricas carregadas de DOX, funcionalizadas pela técnica nanoprecipitação. O perfil farmacocinético desfavorável e alta toxicidade são importantes causas de falhas nos estágios finais de desenvolvimento de medicamentos, e é amplamente recomendado que os estudos de farmacocinética sejam realizados o mais cedo possível no processo de desenvolvimento. Neste trabalho propomos avaliar a atividade antitumoral e o perfil farmacocinético da Dox nesta nova formulação e comparar com o perfil da DOX administrada na forma de cloridrato e na forma lipossomal, ambas disponíveis no mercado. Os resultados deste estudo relevante permitirá testar se o perfil de distribuição da DOX pode ser melhorado por esta estratégia de inovação incremental e, assim, prosseguir com o desenvolvimento de um novo medicamento que terá um grande impacto na terapia do câncer..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Rosangela Gonçalves Peccinini - Coordenador / Caroline Damico Candido - Integrante.Financiador(es): Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP (PADC) - Auxílio financeiro.Número de orientações: 1
2014 - 2017
Avaliação do perfil farmacocinético do acido ursolico em ratos wistar
Descrição: No Brasil, o único fármaco disponível para tratamento da doença de Chagas é o benznidazol. No entanto, além dos efeitos adversos graves e longo tempo de tratamento, este fármaco é eficaz somente na fase aguda da doença. Estudos realizados pelo grupo coordenado pelo professor Sergio Albuquerque da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da USP de Ribeirão Preto apontam que o ácido ursólico possui atividade sobre as formas tripomastigotas e amastigotas intracelulares de T cruzi. Ainda, a investigação sobre os efeitos farmacológicos e tóxicos deste triterpenoide tem apontado aplicações clínicas potenciais como anti-inflamatório, antiulcerativo, analgésico, antitumoral e antimicrobiano com atividade sobre Streptococcus pneumoniae, Sthaphylococcus aureus e estreptococos resistentes à vancomicina. Neste sentido, este trabalho tem como objetivo desenvolver um método bioanalítico para a detecção de ácido ursolico em plasma de rato e avaliar o perfil farmacocinético. Os parâmetros obtidos serão comparados entre a via intravenosa e oral. Estes resultados permitirão definir um regime posológico adequado e o planejamento de futuros ensaios com ácido ursolico..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Rosangela Gonçalves Peccinini - Coordenador / MANOEL A H ALZATE - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2014 - 2017
Screening farmacocinético e estudos in vitro para a seleção de tiazolidinodionas promissoras à administração oral (Fapesp Bolsa DR 2014/20552-0)
Descrição: As tiazolidinodionas(TZDs) são fármacos utilizados no tratamento de Diabetes Mellitus tipo 2(DM2), seu mecanismo de ação ocorre ativando os receptores do núcleo celular PPAR-³ (peroxisome proliferator activated receptor) que regulam a expressão de genes que afetam o metabolismo glicídico e lipídico, atividade anti-inflamatória, diminuir a pressão arterial, colesterol e triglicérides além de atenuar os riscos cardiovasculares decorrentes da DM2, principalmente sobre a progressão da aterosclerose decorrente da síndrome metabólica que acomete estes pacientes. Tendo em vista a ampla aplicação das TZDs e a presença de apenas uma alternativa terapêutica do mercado, a pioglitazona, pesquisadores do Laboratório de Planejamento e Síntese de Fármacos da Universidade Federal de Pernambuco selecionaram diversos derivados de TZDs promissores em relação à atividade anti-aterosclerose. Entre os compostos com melhores performances destacaram-se as GQ-2 (5-(4-cloro-benzilideno)-3-(4-metil-benzil)-tiazolidina-2,4-diona), GQ-11 (5-(indol-3-il-metileno)-3-(4-metlbenzil)-Tiazolidina-2,4-diona), GQ-19 (5-(indol-3-il-metileno)-3-(4-metlbenzil)-Tiazolidina-2,4-diona) e GQ-177 (PAULA et al., 2010,MOURÃO et al., 2006). Novos medicamentos para o tratamento da aterosclerose necessitam possuir administração não invasiva para que haja maior aceitação dos pacientes (via oral) e para apresentar vantagem competitiva em relação aos seus pares do mercado. Para determinar a absorção oral destas novas moléculas é possível empregar métodos de screening farmacocinético, entre os métodos de screenings que utilizam menor número de animais e que não apresentam riscos de interações entre substâncias está o CARRS, descrito por Korfmacher e colaboradores do Instituto de Pesquisa da Schering-Plough (2001). Neste método utilizam-se apenas 2 animais por fármaco, administrado pela via oral, e 6 tempos de coleta ao longo de 6 horas. Além do screening farmacocinético, características físico-químicas são facilmente avaliadas e geram informações relevantes quanto ao processo de absorção, como a determinação do LogP, por exemplo, que tem influência direta nos eventos que sucedem a administração enteral dos fármacos, pois relaciona-se diretamente com a solubilidade do composto nos fluidos estomacais e intestinais e, ainda, influencia na permeabilidade do fármaco através das membranas celulares envolvidas no processo de absorção (WATERBEEMD & GRIFFOLD, 2003). Ainda, os testes in vitro, como o modelo de monocamadas de células Caco-2, também contribuem para determinar e entender a absorção oral de fármacos. Estas células mimetizam a parede intestinal e sua relevância para o desenvolvimento de fármacos é reconhecida pelas principais agências reguladoras, que indicam este teste para prever a absorção oral de fármacos Assim, o presente projeto tem como objetivo utilizar o screening farmacocinético por CARRS, o modelo de monocamadas de células Caco-2 e a determinação de características físico químicas para selecionar dentre os compostos derivados de tiazolidinodionas - GQ-2, GQ-11, GQ-19 e GQ-177 - o(s) candidato(s) com características mais apropriadas para a continuidade dos estudos pré-clínicos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Rosangela Gonçalves Peccinini - Coordenador / Elias Carvalho Padilha - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.Número de orientações: 1
2014 - 2016
Farmacocinética pré-clínica de novas formulações de benznidazol para o tratamento de doença de Chagas
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Rosangela Gonçalves Peccinini - Coordenador / Pedro José Rolim Neto - Integrante / DAVANÇO, MARCELO - Integrante.Financiador(es): Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP (PADC) - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 5
2014 - 2015
Determinação do LogP e estabilidade química do composto antichagásico tiazolilhidrazona 9 (TZH 9)
Descrição: A doença de Chagas é uma doença parasitária causada pelo protozoário Trypanosoma cruzi (T. cruzi), que acomete o sistema digestivo e, principalmente, o cardíaco. É uma doença endêmica principalmente nos países da América Latina. A busca por novos fármacos para o tratamento dessa doença é de suma importância já que os existentes provocam severos efeitos adversos e são efetivos somente na fase aguda. A molécula tiazolilhidrazona-9 (TZH-9), planejada por pesquisadores da Universidade de Buenos Aires tem mostrado resultados promissores para a sua aplicação no tratamento da doença e a continuidade de estudos de desenvolvimento, como os ensaios de farmacocinética e metabolismo, requerem o desenvolvimento de métodos bioanalíticos para a sua condução. Assim, desenvolver e validar um método bioanalítico para quantificar o TZH-9 em plasma de ratos e de humanos e avaliar a estabilidade de TZH-9 em plasma (ex vivo) de ratos e de humanos são os objetivos do presente trabalho..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Rosangela Gonçalves Peccinini - Coordenador / Evelin dos Santos Martins - Integrante.Financiador(es): Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1
2014 - 2015
Desenvolvimento e validação de método bioanalítico para determinação do antichagásico tiazolilhidrazona-9 (TZH-9) e determinação da estabilidade ex vivo.
Descrição: Dentre uma infinidade de doenças negligenciadas, a doença de Chagas destaca-se por estar presente em 19 países do continente americano, e ainda sem cura, é responsável por 300 mil casos por ano na américa latina. Atualmente, seu tratamento é realizado com o uso de dois principais medicamentos: o nifurtimox (não comercializado no Brasil) e o benznidazol, ambos apresentando baixos níveis de cura durante a fase crônica da doença além de uma variedade de efeitos adversos, que por muitas vezes são responsáveis pela interrupção do tratamento. Recentemente, pesquisadores da Universidade de Buenos Aires, sintetizaram 17 tiazolilhidrazonas, buscando assim, encontrar uma molécula bioativa que apresentasse uma resposta satisfatória contra a T. cruzi. Após a caracterização dessas moléculas, testes in vitro foram realizados e entre os resultados obtidos destacou-se a ação da tiazoilhidrazona 9 ou TZH9. Após avaliação in vitro do composto, o desenvolvimento de novos fármacos deve envolver estudos in vivo e modelos animais. No entanto, a administração do composto nestes modelos requer o conhecimento prévio de algumas propriedades físico químicas que interferem no planejamento da pré-formulação e no seu comportamento farmacocinético..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Rosangela Gonçalves Peccinini - Coordenador / Emiliana Maldonado de Paula - Integrante.Financiador(es): PIBIC/CNPq - Bolsa.
2014 - Atual
Ácido ursólico: estudo da terapêutica e farmacocinética na doença de Chagas experimental
Descrição: A doença de Chagas é um problema de saúde pública, com dados preocupantes referentes ao número de pessoas contaminadas e daquelas que ainda permanecem expostas ao risco de infecção. A dificuldade do combate a Trypanosoma cruzi, agente etiológico da doença, está intimamente relacionada às interações existentes entre o parasito e o hospedeiro, sendo que até o momento, nenhum medicamento ou substância tem demonstrado real eficácia ao combate ao parasito. Nesse sentido, a triagem de diferentes classes de potenciais princípios ativos naturais, derivados de plantas pertencentes à flora brasileira, pode resultar em um caminho empírico promissor para o encontro de uma nova substância capaz de atuar sobre o parasito, independentemente da fase da doença de Chagas. Assim, nossa proposta de trabalho é avaliar o potencial terapêutico de ácido ursólico livre e associado ao benzonidazol em diferentes preparações farmacêuticas, uma vez que essa substância já demonstrou atividade sobre as formas tripomastigotas e amastigotas intracelulares de T. cruzi, além de apresentarem excelente atividade in vivo, em trabalhos preliminares realizados por nosso grupo de pesquisa. Para isso, utilizaremos no presente trabalho metodologia in vivo a fim de avaliarmos o potencial terapêutico dessa substância, associada ou não ao benzonidazol, bem como o comportamento farmacocinético modelos experimentais in vivo e in vitro..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Rosangela Gonçalves Peccinini - Integrante / Sérgio de Albuquerque - Coordenador / Juliana Maldonado Marquetti - Integrante / Manuel Henao Alzate - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.Número de orientações: 1
2013 - 2016
Farmacocinética pré-clínica e avaliação de segurança e eficácia de inovadora formulação de anfotericina B
Descrição: Após quase 50 anos de uso na terapêutica, a elevada potência e o amplo espectro de ação asseguram que a anfotericina B (AmB) permaneça como fármaco de escolha na terapia moderna contra as infecções fúngicas invasivas que afetam pacientes imunocomprometidos. A infusão por via endovenosa é a única forma de administração da AmB, que possui, além da pronunciada nefrotoxicidade, biodisponibilidade oral de apenas 5%.As formulações utilizadas atualmente na terapêutica são formadas por AmB e desoxicolato em tampão fosfato em decorrência da baixa hidrossolubilidade do fármaco. Porém, essa forma farmacêutica não é homogênea, e apresenta três diferentes formas de AmB: monomérica, oligomérica e, ainda, agregados de AmB com desoxicolato. A eficácia clínica do produto é limitada por diversos fatores como: toxicidade (principalmente nefrotoxicidade), outros efeitos adversos, adesão ao tratamento devido à necessidade de hospitalização e altos custos do tratamento. Um inovador sistema foi desenvolvido por Franzini (2010), onde a AmB foi complexada com ²-ciclodextrina e, posteriormente, esse complexo foi incorporado a um sistema de liberação microemulsionado. Após ensaios de caracterização da formulação proposta, Franzini (2010) concluiu que o sistema elaborado para a AmB apresentou um grande potencial como sistema de liberação de fármacos, com potencial para minimizar as características indesejáveis da AmB. Desta forma, espera-se aumentar significantemente a biodisponibilidade oral do fármaco, o que pode ter consequências positivas sobre o seus efeitos nefrotóxicos.O presente trabalho propõe investigar o perfil farmacocinético, eficácia e também realizar a avaliação de toxicidade em ratos wistar do novo produto comparando-o com a formulação já comercializada atualmente. Os ensaios pré-clínicos propostos nesse projeto são imprescindíveis para que futuros testes clínicos da inovadora forma farmacêutica sejam delineados..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Rosangela Gonçalves Peccinini - Coordenador / MARCO ANTONIO FERRAZ NOGUEIRA FILHO - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.
2013 - 2015
Avaliação do perfil farmacocinético e da toxicidade renal e hepática da AmB complexada à beta-ciclodextrina em ratos Wistar
Descrição: A anfotericina B (AmB) é um antibiótico da classe dos polienos com forte atividade antifúngica, sendo este um dos mais eficazes e amplamente utilizados agentes para o tratamento de micoses sistêmicas provocadas por fungos oportunistas. A dificuldade na produção de formas farmacêuticas para a AmB é decorrente da dificuldade de solubilização do fármaco e, assim, somente a forma injetável é disponível atualmente no mercado. Ainda, sua característica de baixa permeabilidade, aliada à baixa solubilidade, determinam baixa biodisponibilidade oral, inviabilizando essa administração enteral na terapêutica. Na década de 90 foram lançadas novas formulações com AmB a partir de lipossomas, emulsões e nanopartículas, mas somente apresentações de uso parenteral. Nos últimos anos, tem ocorrido uma busca considerável por novos sistemas de liberação de fármacos para resolver os problemas farmacocinéticos decorrentes das características físico-químicas e um dos recursos farmacotécnicos utilizados está a complexação de ativos com ciclodextrinas. Em um trabalho realizado por Franzini (2010) constatou-se que a incorporação de AmB em SB-βCD (sulfobutileter-βCD) promove aumento de sua solubilidade, entre várias outras características promissoras para a formulação. Ainda, a formulação caracterizada por Franzini (2010) leva à expectativa de aumento da biodisponibilidade oral do fármaco, o que representa uma grande vantagem para o uso clínico do produto..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Rosangela Gonçalves Peccinini - Coordenador / Martina Campana Borges - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.
2013 - 2014
Padronização de múltiplos parâmetro bioquímicos de coelhos albinos, camundongos swiss e ratos wistar provenientes do biotério central da Unesp
Descrição: A avaliação preliminar de toxicidade preliminar de novos medicamentos pode ser realizada através de exames bioquímicos em animais expostos à estas substâncias para determinar a toxicidade renal, hepática e cardíaca do composto. Porém, para poder interpretar os resultados obtidos em qualquer estudo é necessário conhecer os níveis basais dos parâmetros estudados para cada modelo animal a ser utilizado. Apesar da existência de diversos estudos de padronização dos marcadores bioquímicos na literatura, muitos destes apresentam resultados conflitantes. Estas diferenças podem ocorrer devido ao sexo, linhagem, genótipo e podem ainda ser influenciadas pela idade, dieta, manuseio, ambiente, entre outros fatores que podem ocorrer interbiotérios. Estas disparidades nos valores dos biomarcadores somada à necessidade do conhecimento das consequências da manutenção dos animais nas instalações em nossa instituição nos remete a proposição de um estudo sobre as condições metabólicas dos nossos animais em diversos momentos de sua estadia, até o sacrifício. Assim, o intuito desse trabalho é padronizar os parâmetros bioquímicos para coelhos, ratos e camundongos provenientes do biotério central da UNESP/Botucatu. Esses resultados serão utilizados como valores de referência para todos os estudos de farmacocinética conduzidos pelo grupo de pesquisa..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Rosangela Gonçalves Peccinini - Coordenador / Pedro Henrique de Oliveira - Integrante.Financiador(es): PIBIC/CNPq - Bolsa.
2013 - Atual
Investigação da atividade de biofármacos, agonistas de PPARs e produtos naturais com potencial terapêutico na aterosclerose (projeto temático processo 12/51316-5)
Descrição: As doenças cardiovasculares, que ocorrem como conseqüência da aterosclerose, constituem uma das principais causas de mortalidade e morbidade mundial, causando atualmente cerca de 30% do total de mortes em todo o mundo, inclusive no Brasil, com gastos elevados para saúde pública devido ao comprometimento de grande parte da população economicamente ativa. A aterosclerose é uma doença crônica imuno-inflamatória e multifatorial, cuja única estratégia terapêutica considerada efetiva é o controle dos seus fatores de risco, visando proporcionar aumento da expectativa de vida com maior qualidade e a prevenção das complicações graves como infarto do miocárdio, acidente vascular isquêmico e morte. Uma vez que a terapêutica atual da aterosclerose apenas proporciona a redução da progressão da placa aterosclerótica, a busca por novos fármacos para o tratamento desse processo é essencial. Neste contexto, nosso grupo de pesquisa tem desenvolvido diferentes estratégias focando a descoberta de candidatos a fármacos e bio-fármacos que possam atuar no processo aterosclerótico. Neste projeto, propomos diferentes abordagens para o estudo da ação anti-aterogênica de fragmentos de anticorpos recombinantes, peptídeos, produtos naturais e compostos sintéticos em sistemas in vitro, ex vivo e in vivo, utilizando ensaios celulares e modelos experimentais. Serão avaliadas as ações destes compostos sobre a resposta imune, o processo inflamatório e a angiogênese, que são relevantes na aterogênese e na progressão das lesões ateroscleróticas, com o objetivo maior de contribuir para o desenvolvimento de novas estratégias terapêuticas para a aterosclerose..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2016
Farmacocinética pré-clínica de novos fármacos e Medicamentos - subprojeto INCTif
Descrição: No Brasil existem grupos de pesquisa voltados à síntese de novas moléculas, sua caracterização e investigação de suas aplicações terapêuticas. No entanto, neste país, as pesquisas na área de farmacocinética pré-clínica - essenciais aos futuros ensaios clínicos - tem histórico relativamente recente. Neste projeto englobamos a avaliação do perfil farmacocinético e toxicidade de novos fármacos planejados por pesquisadores de diferentes Instituições brasileiras, entre os quais PT-31(analgésico), NFOH( pró-fármaco com potencial anti-chagásico; Phe-Ala-PQ (pró-fármaco com potencial anti-malárico) GQ2(hipoglicemiante), LYSO-7(anti-inflamatório) e de uma nova microemulsão de doxorrubicina. Todos os objetos de pesquisa são fármacos inovadores, com exceção da doxorrubicina, cuja ineditismo está na formulação proposta. Ainda, neste projeto, propõe-se o desenvolvimento de novos ensaios pré-clínicos in vitro, a formação de recursos humanos para execução de ensaios pré-clínicos; gerar informações que viabilizem a transposição do novo fármaco à etapa clínica e evidenciar precocemente os candidatos inviáveis como produto terapêutico. A maior eficiência na triagem de compostos viáveis deve resultar em menor custo do produto final e na otimização dos métodos de investigação pré-clínica com menor geração de resíduos e utilização de menor número de animais nos ensaios pré-clínicos.Este grupo de pesquisa tem como objetivo central consolidar a cadeia de desenvolvimento de novos produtos farmacêuticos no Brasil..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Rosangela Gonçalves Peccinini - Coordenador / Helen Mariana Baldan - Integrante / Jean Leandro dos Santos - Integrante / Chung Man Chin - Integrante / Ana Paula Lopes Bacaglini Zambon - Integrante / Michel Leandro de Campos - Integrante / Juliana Uruguay Correa Vidigal Assumpção - Integrante / Elias Carvalho Padilha - Integrante / Marcelo Gomes Davanço - Integrante / Marco Antonio Ferraz Nogueira Filho - Integrante / Diego Vinícius de Pontes Machado - Integrante / Regina Vincenzi Oliveira - Integrante / Caroline Damico Candido - Integrante / Carla Monalizi Vieira - Integrante / Julia Miranda Ribeiro Bazzano - Integrante / Rodrigo Felip Dias Lourenço - Integrante / Ivan da Rocha Pitta - Integrante / Suely Lins Galdino - Integrante / Maria do Carmo Lima - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 17 / Número de orientações: 9
2012 - 2015
Farmacocinética pré-clínica e avaliação preliminar de segurança hepática e renal de derivados ftalimídicos em ratos (Fapesp Bolsa DR processo 2011/23007-5)
Descrição: Este projeto envolve a realização de ensaios para avaliação do perfil farmacocinético pré-clínico e da segurança hepática e renal de derivados ftalimídicos com atividade terapêutica demonstrada. Esses compostos foram planejados para o tratamento sintomático de anemia falciforme.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Rosangela Gonçalves Peccinini - Coordenador / Jean Leandro dos Santos - Integrante / Michel Leandro de Campos - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1
2012 - 2015
Aspectos tóxico-farmacológicos da doxorrubicina contida em microemulsão em cães portadores de tumor venéreo transmissível
Descrição: A doxorrubicina (DOX) é utilizada no tratamento de diversos tumores sólidos em animais e seres humanos, e é fármaco de segunda escolha para o tratamento, em cães, do tumor venéreo transmissível (TVT) resistente a outros quimioterápicos. Seu uso terapêutico é limitado em decorrência da cardiotoxicidade e mielosupressão, efeitos dose-dependentes. A cardiotoxicidade da DOX já foi constatada em cães hígidos, porém, o perfil farmacocinético e os efeitos tóxicos neste modelo animal submetido ao regime posológico para o tratamento do TVT ainda não foram investigados. Ainda, têm sido propostas novas formulações contendo o quimioterápico com o intuito de melhorar sua eficácia e diminuir a toxicidade. Este trabalho teve como objetivo investigar o perfil farmacocinético da DOX administrada na forma de cloridrato na dose de 30 mg/m2 a cada 21 dias, em quatro ciclos, por infusão contínua por 30 minutos, em cães com TVT (n=10) assim como avaliar efeitos tóxicos através de parâmetros bioquímicos, hematológicos e de urinálise de amostras colhidas antes e após a exposição ao quimioterápico. Ainda, neste trabalho, propôs-se avaliar o perfil farmacocinético e toxicidade sistêmica da DOX veiculada em sistema microemulsionado em cães com TVT tratados sob o mesmo regime posológico da DOX cloridrato. Para a investigação do perfil farmacocinético, em ambos os grupos, um método bioanalítico por cromatografia líquida de ultra eficiência (CLUE) para a determinação de DOX foi desenvolvido e validado..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Rosangela Gonçalves Peccinini - Coordenador / Juliana Uruguay Correa Vidigal Assumpção - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.
2012 - 2014
Farmacocinética pré-clínica e Avaliação Toxicológica do composto [5-(5-bromo-1H-indol-3-metieleno)-3-(4-cloro-benzil)-tiazolidina-2,4-diona)] (Lyso-07). (Bolsa Ms FAPESP 2012/21216-9)
Descrição: Neste trabalho, será desenvolvido e validado um método bioanalítico para a determinação da Lyso-07 em plasma por LCMS/MS. Este método será aplicado na avaliação do perfil farmacocinético desta nova molécula que será administrada em ratos wistar por gavagem e pela via intravenosa. Ainda, alguns parâmetros bioquímicos serão avaliados nos animais expostos ao produto em dose única com o intuito de obter informações preliminares sobre a toxicidade do composto..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Rosangela Gonçalves Peccinini - Coordenador / Elias Carvalho Padilha - Integrante / Ivan da Rocha Pitta - Integrante / Suely Lins Galdino - Integrante / Maria do Carmo Lima - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.Número de orientações: 1
2011 - 2013
Farmacocinética pré-clínica de novos fármacos e medicamentos (Fapesp processo 2011/11239-9)
Descrição: Os principais fatores que inviabilizam a introdução de novos fármacos no mercado têm relação direta ou, pelo menos, uma co-relação com problemas farmacocinéticos. Um perfil farmacocinético desfavorável - como baixa biodisponibilidade, volume de distribuição limitado ou excreção e metabolismo excessivamente rápidos - pode determinar ineficácia terapêutica ou efeitos tóxicos relevantes. Os estudos em farmacocinética pré-clínica tem validade preditiva na construção de regimes posológicos para estudos clínicos e possuem estreita relação com a farmacodinâmica e com a toxicodinâmica. Desta forma, estes estudos são fundamentais para a avaliação de novos produtos farmacêuticos anteriormente à sua aplicação em ensaios clínicos. No Brasil existem numerosos grupos de pesquisa voltados à síntese de novas moléculas, sua caracterização e investigação de suas aplicações terapêuticas. No entanto, neste país, as pesquisas na área de farmacocinética pré-clínica - essenciais para futuros ensaios clínicos - têm histórico relativamente recente. Neste projeto, apresentamos uma proposta para solicitar equipamentos de laboratório e materiais de consumo para a realização de estudos em farmacocinética pré-clínica, que contempla subprojetos de três produtos desenvolvidos pelo grupo da FCF/Unesp - um candidato a pró-farmaco com propriedades antiinflamatórias (DICCIC) , um potencial pró-fármaco antichagásico e um sistema microemulsionado contendo Doxorrubicina..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Rosangela Gonçalves Peccinini - Coordenador / Helen Mariana Baldan - Integrante / Kelly Chrystina Pestana - Integrante / Anselmo Gomes de Oliveira - Integrante / Jean Leandro dos Santos - Integrante / Chung Man Chin - Integrante / Rodrigo Vieira Pires - Integrante / Michel Leandro de Campos - Integrante / Juliana Uruguay Correa Vidigal Assumpção - Integrante / Elias Carvalho Padilha - Integrante / Marcelo Gomes Davanço - Integrante / Marco Antonio Ferraz Nogueira Filho - Integrante / José Marcos Scolari - Integrante / Caroline Damico Candido - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 6 / Número de orientações: 3
2011 - 2013
Farmacocinética pré-clínica do hidroximetilnitrofural (NFOH) - potencial pró-fármaco antichagásico (CNPq Processo 470715/2011-1
Descrição: A doença de Chagas é uma enfermidade que acomete de 15 a 16 milhões de pessoas na América latina e os recursos terapêuticos disponíveis no mercado são os produtos nifurtimox (Lampit® Bayer) e benznidazol (Rochagan® Roche). Esses fármacos apresentam efeitos tóxicos severos e não apresentam ação na fase crônica da doença. Em 1996, Chung et al sintetizaram um pró-fármaco recíproco de nitrofural (NF) - hidroximetilnitrofural (NFOH) ? com atividade contra T. cruzi superior ao seu fármaco matriz e ao benznidazol. O produto apresentou diminuição da toxicidade em 4 vezes quando comparado ao nitrofural em camundongos e o perfil farmacocinético do NFOH administrado (200 mg/kg) em dose única (gavagem) em ratos wistar demonstrou características favoráveis à minimização dos efeitos tóxicos de NF em decorrência da lenta liberação do fármaco matriz. Desta forma, a administração do pró-fármaco apresentou resultados promissores para a sua aplicação clínica. No entanto, a investigação clínica deve ser precedida da avaliação do produto em pelo menos dois modelos animais, um mamífero roedor e um não roedor. Assim, o presente projeto propõe a investigação do perfil farmacocinético do produto em coelhos albinos, assim como a avaliação de alguns aspectos de sua toxicidade neste modelo animal. O estudo envolverá a administração em dose única do NFOH e NF em dois grupos de coelhos albinos (n=10) para a avaliação do perfil farmacocinético e em doses múltiplas em outros dois grupos de coelhos albinos (n=10) por 24 dias para avaliação da toxicidade. Assim, este projeto fornecerá informações fundamentais para o proposição e delineamento de futuros estudos clínicos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Rosangela Gonçalves Peccinini - Coordenador / Marco Antonio Ferraz Nogueira Filho - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 1
2011 - 2013
Farmacocinética pré-clínica e Avaliação Toxicológica do composto 5-(4-cloro-benzilideno)-3-(4-metil-benzil)-tiazolidina-2,4-diona (GQ-2).
Descrição: Este projeto tem como objetivo a avaliação pré-clínica in vivo do composto GQ-2 através da avaliação do perfil farmacocinético e da toxicidade hepática e renal provenientes da administração de GQ-2 na dose de 12 mg/kg em ratos Wistar..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Rosangela Gonçalves Peccinini - Coordenador / Carla Monalizi Vieira - Integrante / Ivan da Rocha Pitta - Integrante / Suely Lins Galdino - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 1
2011 - 2013
Avaliação da Distribuição da Doxorrubicina em tecido tumoral de camundongos
Descrição: O presente projeto propõe a avaliação da distribuição da doxorrubicina incorporada em microemulsão (DOX-ME) em tecido tumoral de camundongos swiss fêmeas inoculadas com tumor sólido de Ehrlich. Este estudo envolverá um grupo de animais que receberá a DOX-ME e outro que receberá a DOX comercial, viabilizando a comparação da captação desta substância ativa pelas células tumorais na administração das diferentes formulações..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Rosangela Gonçalves Peccinini - Coordenador / Anselmo Gomes de Oliveira - Integrante / Caroline Damico Candido - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1
2010 - 2013
Farmacocinética pré-clínica e aspectos toxicológicos do PT-31 GIRSUPAN
Descrição: Os estudos em farmacocinética pré-clínica são fundamentais para a avaliação de novos produtos farmacêuticos anteriormente à sua aplicação em ensaios clínicos. Assim, a presente proposta tem como objetivo a realização do estudo em farmacocinética pré-clínica do composto PT-31 GIRSUPAN, sintetizado a partir da molécula imidazolidina-2,4-diona. Este composto apresenta um perfil analgésico resultante da ativação do a2-adrenoceptor no sistema nervoso central. Ainda, quando administrado pela via intraperitoneal, em camundongos (15 mg/kg), o produto apresenta efeito sinérgico com a morfina (Sudo et al, 2010). As características farmacológicas do PT-31 GIRSUPAN são suficientes para consideraderar-se o uso potencial na terapêutica, justificando a realização dos estudos de farmacocinética pré-clinica. O objetivo da proposta deste grupo de pesquisa é a continuidade dos estudos com esta molécula para obtenção de informações sobre sua aplicabilidade futura na terapêutica através da obtenção dos primeiros parâmetros farmacocinéticos do novo composto que viabilizarão novos estudos pré-clínicos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Rosangela Gonçalves Peccinini - Coordenador / Helen Mariana Baldan - Integrante.Financiador(es): CAPES - Centro Anhanguera de Promoção e Educação Social - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 1
2010 - 2012
Tratamento da Tuberculose: estudo de interações farmacocinéticas da isoniazida
Descrição: Atualmente a tuberculose (TB) faz aproximadamente 3,0 milhões de vítimas por ano, superando doenças como a AIDS, malária e doenças tropicais combinadas. Estima-se que cerca de 1,7 bilhões de indivíduos em todo o mundo estejam infectados pelo M. tuberculosis, o que corresponde a 30% da população mundial. Neste contexto, o Brasil ocupa o 13º lugar no ranking dos 22 países que concentram 80% dos casos mundiais de TB com a ocorrência de cerca de 115 mil novos casos com 6 mil mortes ao ano. O tratamento da TB consiste na utilização dos medicamentos rifampicina (RMP), isoniazida(INH), pirazinamida(PYR), etionamida(Et), etambutol(ETH) entre outros. Porém o tempo de tratamento é considerado longo e a quimioterapia produz efeitos adversos que levam os pacientes a ter um índice de até 20% de abandono. Esse é um dos fatos que acarreta o surgimento de cepas de bacilos resistentes aos fármacos de primeira linha. Entre os efeitos adversos do tratamento da tuberculose encontra-se principalmente a intolerância gastrintestinal, que leva ao aparecimento de inapetência, náuseas, azia, dor epigástrica e abdominal. Em geral estes sintomas estão associados ao desenvolvimento da hepatite decorrente do efeito tóxico da isoniazida. A associação medicamentosa, apesar de útil sob o ponto de vista terapêutico, pode levar ao aparecimento de efeitos indesejáveis durante o tratamento e esses efeitos podem ser resultantes de interações farmacocinéticas. O presente trabalho tem como objetivo avaliar o perfil farmacocinético da isoniazida administrada isoladamente e associada aos fármacos rifampicina, pirazinamida e etambutol - que são os fármacos de uso mais freqüente no tratamento ? assim como na associação com a fluoroquinolona ciprofloxacino, em ratos Wistar, doses múltiplas, e avaliar parâmetros bioquímicos relacionados às funções hepática e renal desses animais..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Rosangela Gonçalves Peccinini - Coordenador / Elias Carvalho Padilha - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1
2010 - 2012
Farmacocinética pré-clínica do composto 1-(2,6-diclorofenil)indolin-2-ona (DICCIC) , candidato a pró-fármaco, com propriedades anti-inflamatórias
Descrição: Os fármacos antiinflamatórios não esteroidais AINEs são a base do tratamento para o controle da inflamação e das patologias músculo esqueléticas com grande impacto na sociedade, como artrite reumatóide (AR) e osteoartrite (OA), e existe uma prerrogativa de benefícios na utilização de AINEs para a prevenção do desenvolvimento da doença de Alzheimer (DA). Como toda farmacoterapia, a indicação dos AINEs requer a avaliação do risco benefício e entre os seus principais efeitos adversos estão a gastroulceração, problemas renais e eventos cardiovasculares. Há mecanismos que justificam a toxicidade sobre a mucosa gástrica, um deles é o contato direto em conseqüência da natureza ácida dos fármacos. Pesquisas na área farmacêutica têm sido realizadas com a finalidade de desenvolvimento de novos fármacos e/ou terapias aplicáveis ao tratamento das inflamações crônicas assim como para a DA, que possuam maior eficácia com supressão dos sintomas causados pela doença e menor incidência e gravidade de efeitos colaterais. Nesse sentido, Chung et al, mediante o emprego de latenciação, sintetizaram o composto derivado de diclofenaco planejado como candidato a pró-fármaco - 1-(2,6-diclorofenil)indolin-2-ona (DICCIC) - que demonstrou atividade antiinflamatória, avaliada por teste em edema de pata de rato induzido por carragenina levemente superior a do diclofenaco, porém sem promover gastroulceração significativa ─ publicação em anexo. O DICCIC, resultante de reação intramolecular, teve o grupo ácido carboxílico presente na molécula matriz mascarado, o que reduziu a natureza ácida da molécula, responsável por um dos mecanismos causadores da irritação da mucosa gástrica. O composto demonstrou estabilidade em testes de hidrólise tanto in vitro (pH 1,2 e 7,4); quanto ex vivo (em plasma humano). A avaliação do perfil farmacocinético é essencial para continuidade do desenvolvimento de um fármaco de potencial uso na terapia. Para tal é necessária a disponibilidade de métodos bioanalít.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Rosangela Gonçalves Peccinini - Coordenador / Michel Leandro de Campos - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 3 / Número de orientações: 1
2010 - 2012
Subprojeto INCT(CNPq): Ensaios em farmacocinética pré-clinica para o desenvolvimento de fármacos e medicamentos ? PT-31 GIRSUPAN, DICLOFENACO CÍCLICO E Fenilalanina-alanina-Primaquina (PHE-ALA-PQ)
Descrição: A eficácia terapêutica de um fármaco é função de duas características básicas: sua capacidade de exercer o efeito farmacológico desejado e suas propriedades toxicológicas. Assim, para considerar-se a sua utilidade terapêutica é necessária a realização de uma série de investigações relacionadas às suas propriedades físico-químicas tais como estabilidade, solubilidade, permeabilidade; propriedades farmacológicas e toxicológicas em diferentes espécies animais, sob diferentes doses, vias e formas de administração. Nos estudos de farmacocinética, as características disposicionais do fármaco são relacionadas ao curso temporal dos efeitos terapêuticos, buscando-se os valores de parâmetros farmacocinéticos que determinarão o regime posológico que deve ser adotado na terapêutica. Assim, a farmacocinética tem validade preditiva com relação à construção do regime de doses que deve ser utilizado na terapêutica para o homem e possui estreita relação com a farmacodinâmica. Neste projeto, apresentamos uma proposta que contempla subprojetos para a avaliação do perfil farmacocinético - em modelo animal - de dois produtos desenvolvidos pelo grupo da FCF/Unesp - um candidato a pró-farmaco com propriedades antiinflamatórias (DICCIC) e um pró-fármaco de primaquina com potencial antichagásico; além da avaliação do perfil farmacocinético de um novo candidato a analgésico (GIRSUPAN) desenvolvido pelo grupo de pesquisa da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Rosangela Gonçalves Peccinini - Coordenador / Helen Mariana Baldan - Integrante / Michel Leandro de Campos - Integrante / Marcelo Gomes Davanço - Integrante / Marco Antonio Ferraz Nogueira Filho - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 3
2009 - 2010
Farmacocinética pré-clínica de Phe-Ala-PQ ? pró-fármaco potencialmente antichagásico.
Descrição: Pesquisas na área farmacêutica têm sido realizadas com a finalidade de desenvolvimento de fármacos aplicáveis ao tratamento da doença de Chagas que possuam maior eficácia ? supressão dos sintomas causados pela doença, potencialização do efeito antiparasitário, menor incidência e gravidade de efeitos colaterais. Quando referimos sobre a introdução de novos fármacos, os processos de modificação molecular merecem destaque, entre eles, a latenciação- transformação do fármaco em transporte inativo, que in vivo, mediante reação química ou enzimática, libera a porção ativa no local de ação ou próximo dele. Este processo tem sido bastante utilizado nos últimos anos, tornando-se uma das principais ferramentas na parte de planejamento de quimioterápicos específicos. Dessa forma a latenciação permite, mediante escolha de transportadores adequados, via de regra desprovidos de atividade biológica, o melhoramento das propriedades do fármaco (Chung,1999). Chung (1996) e Chung e colaboradores (1997) iniciaram estudos de pró-fármacos derivados de primaquina potencialmente contra a Doença de Chagas. Estes pesquisadores sintetizaram, mediante emprego de latenciação, pró-fármacos dipeptídicos de primaquina, aproveitando a especificidade primária da cruzipaína, protease encontrada apenas no tripanossoma. Os dipeptídios empregados foram Phe-Arg, Phe-Ala e Lys-Arg. Os testes iniciais de atividade antichagásica in vitro, realizados em cultura de células LLC-MK2 infectadas com formas tripomastigotas de T. cruzi demonstraram atividade antichagásica superior ao fármaco matriz primaquina. Os resultados obtidos nesses estudos apontaram o composto Phe-Ala-PQ como um dos mais promissores. A liberação do composto ativo foi o primeiro foco dos estudos realizados com as moléculas sintetizadas, uma vez que tratam-se de pró-fármacos. Esta etapa foi realizada por Ricardo Vian Marques (Processo 02/13233-9) - ensaio de hidrólise in vitro e ex vivo, em pH 1,2 e 7,4 e desenvolvimento do método de extr.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Rosangela Gonçalves Peccinini - Coordenador / Marcelo Gomes Davanço - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 3 / Número de orientações: 1
2007 - 2011
Interações medicamentosas: avaliação do perfil farmacocinético da pirazinamida associada a isoniazida e a ciprofloxacina
Descrição: A Tuberculose (TB) tem sido considerada um dos maiores problemas mundiais de saúde pública e o tratamento adequado, preconizado pelo Consenso Brasileiro(2004), envolve a associação dos fármacos isoniazida (H), rifampicina (R) e pirazinamida (Z) por um período de até seis meses (Tratamento E-1). Apesar da eficácia do tratamento observam-se taxas crescentes de abandono com conseqüente diminuição de sua efetividade e aparecimento de microorganismos resistentes com agravamento da doença Os principais aspectos relacionados à dificuldade de aderência do paciente ao tratamento medicamentoso da tuberculose relacionam-se ao tratamento prolongado e ao aparecimento de efeitos adversos, que estão associados ao desenvolvimento da hepatite . Assim, tem sido mundialmente relatado um alarmante crescimento de casos de tuberculoses resistentes à isoniazida, pirazinamida e rifampicina. Dessa forma, outros esquemas de tratamento têm sido propostos por especialistas da área, visando contornar o problema da resistência bacteriana e a progressão da doença. Entre os fármacos alternativos propostos figuram as fluoroquinolonas ? ofloxacina, ciprofloxacina e levofloxacina. Considerando-se a possibilidade de que a administração concomitante desses produtos leve a diferenças nos seus parâmetros farmacocinéticos e então a diferenças no aparecimento de efeitos tóxicos,o presente projeto tem como objetivo avaliar o perfil farmacocinético da pirazinamida associada a isoniazida e a ciprofloxacina em modelos animais..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Rosangela Gonçalves Peccinini - Coordenador / Rodrigo Vieira Pires - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1
2007 - 2010
Síntese e farmacocinética pré-clínica de derivado do etambutol : pró-fármaco com potencial terapêutico para meningite tuberculosa
Descrição: O tratamento da meningite tuberculosa envolve a quimioterapia com associação de etambutol, isoniazida e rifampicina. Esses fármacos são associados entre si com vistas ao sinergismo de ação e prevenção do surgimento de resistência. O etambutol é ativo frente ao M. tuberculosis, mas não atravessa meninges intactas e apenas 10 a 50% podem atravessar meninges inflamadas, com a probabilidade do aparecimento de efeitos adversos tais como cefaléia, hiperuricemia, transtornos gastrintestinais, erupção cutânea, neurite óptica e reações de hipersensibilidade. O desenvolvimento de pró-fármaco do etambutol, potencialmente tuberculostático de liberação central, através do processo de modificação molecular latenciação-CDS (sistema de liberação central), deverá resultar na forma latente neutra, lipofílica, que é capaz de alcançar o SNC. No SNC, esta forma lipofílica deverá sofrer oxidação, gerando forma hidrofílica - incapaz de transpor a barreira hematencefálica no sentido oposto - acumulando-se e permitindo a liberação do etambutol no fluido cerebral. Assim, o CDS abre perspectivas de que haja o aumento da disponibilidade do fármaco nas meninges, minimização de efeitos adversos, maior eficácia e ação prolongada. As informações biofarmacêuticas e farmacocinéticas sobre o derivado do etambutol que buscamos no presente trabalho são imprescindíveis para determinar o seu potencial clínico para o tratamento da meningite tuberculosa..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Rosangela Gonçalves Peccinini - Coordenador / Leonardo Santos Ribeiro Pinto - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 1
2007 - 2009
Preparação e farmacocinética pré-clinica de Phe-Ala-PQ ? pró-fármaco potencialmente anti-chagásico
Descrição: Pesquisas na área farmacêutica têm sido realizadas com a finalidade de desenvolvimento de fármacos aplicáveis ao tratamento da doença de Chagas que possuam maior eficácia ? supressão dos sintomas causados pela doença, potencialização do efeito antiparasitário, menor incidência e gravidade de efeitos colaterais.Chung (1996) e Chung e colaboradores (1997) iniciaram estudos de pró-fármacos derivados de primaquina potencialmente contra a Doença de Chagas.Estes pesquisadores sintetizaram, mediante emprego de latenciação, pró-fármacos dipeptídicos de primaquina, aproveitando a especificidade primária da cruzipaína, protease encontrada apenas no tripanossoma. O presente projeto visa dar continuidade aos trabalhos iniciados por Chung (1996) e Marques (Processo 02/13233-9) ? validar o método analítico para a determinação de primaquina e fenilalaninaalaninaprimaquina em plasma por HPLC, estabelecendo os seus limites de confiança, bem como avaliar o perfil farmacocinético em modelo animal (ratos wistar) de Phe-Ala-PQ administrado por gavagem e por via intravenosa, comparando-o com o fármaco matriz, primaquina..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Rosangela Gonçalves Peccinini - Coordenador / Sílvio Lopes Campos - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1
2006 - 2009
Microemulsão contendo anfotericina B para uso oral: estudo da farmacocinética e toxicidade em modelos animais
Descrição: A anfotericina B (AmB) é o antibiótico mais efetivo para o tratamento de micoses sistêmicas. A absorção da AmB por via oral é mínima (menor que 5%), por isso as infecções sistêmicas devem ser tratadas por via endovenosa. A administração parenteral da AmB é limitada pelos seus efeitos tóxicos que incluem febre, calafrios, náuseas, vômitos e hipocalemia, além do efeito nefrotóxico pronunciado que se observa em tratamentos prolongados. A baixa lisolubilidade e alta toxicidade da AmB observadas na administração das formulações convencionais são características que têm estimulado o desenvolvimento de novas formulações. O presente estudo tem como objetivo avaliar os parâmetros farmacocinéticos e indicadores bioquímicos de nefro e hepatotoxicidade de uma formulação de anfotericina B na forma de microemulsão O/A para administração oral, desenvolvida pelo grupo da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da UNESP, utilizando ratos Wistar como modelo animal.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Rosangela Gonçalves Peccinini - Integrante / Kelly Chrystina Pestana - Integrante / Anselmo Gomes de Oliveira - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 1
2006 - 2008
Incorporação da doxorubicina em microemulsões lipídicas e estudo da atividade anti-tumoral
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Rosangela Gonçalves Peccinini - Integrante / Anselmo Gomes de Oliveira - Coordenador / Thalita Pedroni Formariz - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 1
2005 - 2008
Estudo da hidrólise in vitro e em meio biológico do hidroximetilnitrofural(NFOH), um novo agente antichagásico
Descrição: Considerando a importância de investigar novos fármacos para a doença de Chagas, este trabalho faz parte do Projeto Fapesp (Proc. 03/05791-4; temático Proc. 01/01192-3) ,e tem como objetivo principal determinar a meia vida do NFOH, através de ensaios de hidrólise in vitro e em in vivo, através da avaliação do perfil farmacocinético do NFOH em modelos animais..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Rosangela Gonçalves Peccinini - Integrante / Eliana Ometto Pavan Serafim - Integrante / Chung Man Chin - Coordenador.
Número de produções C, T & A: 1
2005 - 2007
Aspectos farmacológicos da (+)-(S)- cetamina administrada isoladamente e associada ao midazolam em cães hígidos
Descrição: Os objetivos do presente trabalho são: avaliar aspectos farmacológicos da (+)-(S)-cetamina administrada isoladamente e associada ao midazolam; através da determinação dos parâmetros farmacocinéticos da (+)-(S)-cetamina administrada isoladamente, dos parâmetros farmacocinéticos da (+)-(S)-cetamina administrada associada ao midazolam e da avaliação dos efeitos clínicos na administração da (+)-(S)-cetamina isoladamente e associada ao midazolam..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Rosangela Gonçalves Peccinini - Integrante / C.A.A. Valadão - Coordenador / A. GALHARDO - Integrante.
Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1
2005 - 2006
Farmacocinética da cetamina associada ao midazolam
Descrição: A cetamina, anestésico que produz anestesia dissociativa, tem sido utilizada para indução e manutenção da anestesia em medicina veterinária há mais de 30 anos, e em geral, associada a um agente sedativo para prevenir efeitos colaterais tais como excitação, hipertensão e hipertonicidade muscular, frequentemente observados no emprego de cetamina isolada. A associação cetamina-midazolam parece ser mais efetiva que cetamina-diazepam na redução desses efeitos, além de produzir menor efeito sobre o tempo de recuperação do animal. As evidências de que associação cetamina-midazolam resulta em diferenças nos efeitos de indução da anestesia e no aparecimento de efeitos adversos levam à expectativa de que possam ocorrer alterações no perfil farmacocinético da cetamina na presença de midazolam, além da interação farmacodinâmica. Assim, o objetivo do presente trabalho é determinar e comparar os parâmetros farmacocinéticos da cetamina administrada isoladamente e na associação com midazolam, procurando evidências de alterações na farmacocinética da cetamina em cães..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Rosangela Gonçalves Peccinini - Coordenador / R Amorim - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1
2004 - 2006
Efeitos da rifampicina na farmacocinética e hepatotoxicidade da isoniazida
Descrição: Existem evidências de relações entre a hepatotoxicidade da isoniazida e o seu metabolismo. No tratamento da tuberculose, principal aplicação terapêutica do fármaco, existe associação com rifampicina, o que pode resultar em modificações no perfil farmacocinético da isoniazida com consequências sobre a taxa de formação dos seus metabólitos. O presente trabalho tem como objetivo Investigar a disposição cinética da isoniazida e seus metabólitos em animais tratados com doses múltiplas de Iisoniazida, com doses múltiplas de rifampicina e com doses múltiplas da associação isoniazida e rifampicina e os parâmetros bioquímicos relacionados às possíveis alterações hepáticas decorrentes desses tratamentos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Rosangela Gonçalves Peccinini - Coordenador / Helene Jorge de Rosa - Integrante / Valdecir Farias Ximenes - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 2
2004 - 2006
Influência da Pirazinamida na farmacocinética e hepatotoxicidade da isoniazida
Descrição: Existem evidências de relações entre a hepatotoxicidade da isoniazida e o seu metabolismo. No tratamento da tuberculose, principal aplicação terapêutica do fármaco, existe associação com pirazinamida, o que pode resultar em modificações no perfil farmacocinético da isoniazida com consequências sobre a taxa de formação dos seus metabólitos. O presente trabalho tem como objetivo Investigar a disposição cinética da isoniazida e seus metabólitos em animais tratados com doses múltiplas de isoniazida, com doses múltiplas de pirazinamida e com doses múltiplas da associação isoniazida e pirazinamida e os parâmetros bioquímicos relacionados às possíveis alterações hepáticas decorrentes desses tratamentos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Rosangela Gonçalves Peccinini - Coordenador / Helen Mariana Baldan - Integrante / Iguatemy Lourenço Brunetti - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 3


Revisor de periódico


2007 - Atual
Periódico: Biopharmaceutics & Drug Disposition
2009 - 2009
Periódico: Journal of Pharmaceutical and Biomedical Analysis (Print)
2010 - Atual
Periódico: Journal of the Brazilian Chemical Society (Impresso)
2011 - Atual
Periódico: Química Nova (Impresso)
2010 - 2010
Periódico: Química Nova (Impresso)
2010 - 2010
Periódico: Revista de la Facultad de Farmacia
2011 - 2011
Periódico: Química Nova (Impresso)
2012 - 2012
Periódico: Brazilian Journal of Pharmaceutical Sciences (Impresso)
2012 - 2012
Periódico: European Journal of Clinical Pharmacology
2012 - 2012
Periódico: Revista de Ciências Farmacêuticas Básica e Aplicada


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Farmácia / Subárea: farmacologia/Especialidade: farmacocinética.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Farmacologia / Subárea: Toxicologia.
3.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Farmácia / Subárea: Avaliação e analises toxicológicas.
4.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Farmacologia / Subárea: Farmacologia Clínica.
5.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Farmácia.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Inglês
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2016
1º lugar na Premiação Reconhecimento Técnico - 10º ENIFARMED (MARTINS, E.S. et.al), ENIFARMED.
2016
2º lugar na Premiação Reconhecimento Técnico - 10º ENIFARMED (OLIVEIRA, J.A. et al.), ENIFARMED.
2016
5º lugar na Premiação Reconhecimento Técnico - 10º ENIFARMED (DE CAMPOS, M.L. et al.), ENIFARMED.
2015
2º lugar na Premiação Reconhecimento Técnico, PROTEC.
2015
Best Poster Award - Preclinical pharmacokinetic profile of a new drug candidate to treat sickle cell disease symptoms, OMICS International - European Pharma Congress.
2015
Best Poster Award - Oral screening of the new thiazolidinedione drug candidates GQ-2, GQ-11, GQ-19 and GQ-177, OMICS International - European Pharma Congress.
2013
Prêmio CAPES - Melhor Tese na Área de Farmácia (2012) - Co-orientadora, CAPES.
2013
Prêmio Capes-Interfarma de Inovação e Pesquisa 2013, CAPES.
2012
Professor Homenageado da 78a. turma de Farmácia Bioquímica, Faculdade de Ciências Farmacêuticas da UNESP/Araraquara.
2011
Patronesse da 77ª Turma de Farmácia-Bioquímica, Faculdade de Ciências Farmacêuticas -UNESP.
2010
Melhor trabalho científico na área de Fármacos e Medicamentos, DAVANÇO, M.G. et al., Jornada Farmacêutica da UNESP.
2010
Patronesse da 76ª Turma de Farmácia-Bioquímica, Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP.
2010
Prêmio CAPES - Melhor Tese na Área de Farmácia (2009) - Co-orientadora, CAPES.
2009
Menção Honrosa - relevantes serviços prestados na Comissão de Ética, CRF-SP.
2008
Patronesse da 74ª Turma de Farmácia-Bioquímica, Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP.
2007
Patronesse da 73ª Turma de Farmácia-Bioquímica, Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP.
2006
Melhor Painel - Setor de Farmacologia, com o trabalho "Farmacocinética da cetamina associada ao midazolam, Amorim, R., Valadão, C.A.A., Machado, R.G.P., Sociedade Brasileira de Farmacologia e Terapêutica Experimental.
2006
Paraninfo - 72ª Turma de Farmácia-Bioquímica, Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP.
2004
Professor Homenageado - 70ª Turma de Farmácia-Bioquímica, Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP.
2003
Paraninfo - 70ª Turma de Farmácia-Bioquímica, Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP.
2002
Professor Homenageado - 69ª Turma de Farmácia-Bioquímica, Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP.
2000
Patronesse da 100ª Turma de Farmácia-Bioquímica, Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Web of Science
Total de trabalhos:27
Total de citações:172
Fator H:7

SCOPUS
Total de trabalhos:40
Total de citações:207
PECCININI RG (H =9)  Data: 19/02/2018

Artigos completos publicados em periódicos

1.
PARRA, NEWTON2018PARRA, NEWTON ; CAZELATO, THIAGO ; FAEDA, RAFAEL ; PECCININI, ROSÂNGELA ; CHIARI-ANDRÉO, BRUNA ; PILON, THALITA . Avaliação dos efeitos do complexo B no processo de cicatrização de tecido mole em ratos Wistar. FULL DENTISTRY IN SCIENCE, v. 9, p. 114-120, 2018.

2.
ALONSO, J.M.2018ALONSO, J.M. ; PECCININI, R.G. ; CAMPOS, M.L. ; NITTA, T.Y. ; AKUTAGAWA, T.Y.M. ; CRESCENCIO, A.P. ; ALVES, A.L.G ; RODRIGUES, C.A. ; WATANABE, M.J. ; HUSSNI, C.A. . Plasma and peritoneal fluid concentrations of ceftriaxone after intravenous and intraperitoneal administration in horses. VETERINARY JOURNAL, v. 234, p. 72-76, 2018.

3.
CAMPOS, M.L.2018CAMPOS, M.L. ; CERQUEIRA, L. B. ; SILVA, B. C. U. ; FRANCHIN, T. B. ; PITTA, M. G. R. ; PITTA, I. R. ; Peccinini, Rosangela G. ; PONTAROLO, R. . New Pioglitazone Metabolites and Absence of Opened Ring Metabolites in New N-substituted Thiazolidinedione. DRUG METABOLISM AND DISPOSITION, v. 46, p. 879-887, 2018.

4.
CASTRO, A.C.C.M.2018CASTRO, A.C.C.M. ; ODA, F.B. ; ALMEIDA-CINCOTTO, M.G.J. ; DAVANÇO, M.G. ; CHIARI-ANDRÉO, B.G. ; CICARELLI, R.M.B. ; PECCININI, R.G. ; ZOCOLO, G.J. ; RIBEIRO, P.R.V. ; CORRÊA, M.A. ; ISAAC, V.L.B. ; SANTOS, A.G. . Green coffee seed residue: A sustainable source of antioxidant compounds. FOOD CHEMISTRY, v. 246, p. 48-57, 2018.

5.
PRADO, A. H.2017PRADO, A. H. ; BORGES, M. C. ; ELOY, J. O. ; PECCININI, R. G. ; Chorilli, M. . An ultra-high performance liquid chromatography method to determine the skin penetration of an octyl methoxycinnamate-loaded liquid crystalline system. Die Pharmazie (Berlin), v. 10, p. 563-567, 2017.

6.
DE GRANDIS, RONE A.2017DE GRANDIS, RONE A. ; DE CAMARGO, MARIANA S. ; DA SILVA, MONIZE M. ; LOPES, ÉRICA O. ; PADILHA, ELIAS C. ; RESENDE, FLÁVIA A. ; PECCININI, ROSÂNGELA G. ; PAVAN, FERNANDO R. ; DESIDERI, ALESSANDRO ; BATISTA, ALZIR A. ; VARANDA, ELIANA A. . Human topoisomerase inhibition and DNA/BSA binding of Ru(II)-SCAR complexes as potential anticancer candidates for oral application. BIOMETALS, v. 30, p. 321-334, 2017.

7.
DE CAMPOS, MICHEL LEANDRO2017DE CAMPOS, MICHEL LEANDRO ; DE MOURA ALONSO, JULIANA ; DOS SANTOS MARTINS, EVELIN ; OLIVEIRA, JONATA AUGUSTO ; HUSSNI, CARLOS ALBERTO ; PECCININI, ROSÂNGELA GONÇALVES . Ceftriaxone pharmacokinetics by new simple and sensitive ultra-high-performance liquid chromatography method. DIAGNOSTIC MICROBIOLOGY AND INFECTIOUS DISEASE, v. 88, p. 95-99, 2017.

8.
ALONSO, JULIANA DE MOURA2017ALONSO, JULIANA DE MOURA ; NITTA, THIAGO YUKIO ; AKUTAGAWA, TATIANA YUMI MIZUCINA ; CRESCENCIO, AMANDA PAULINO ; TAKAHIRA, REGINA KIOMI ; DOS SANTOS, BRUNA ; ALVES, ANA LIZ GARCIA ; WATANABE, MARCOS JUN ; RODRIGUES, CELSO ANTÔNIO ; PECCININI, ROSANGELA GONÇALVES ; DE CAMPOS, MICHEL LEANDRO ; HUSSNI, CARLOS ALBERTO . Evaluation of Tenckhoff Catheter Use and Ceftriaxone Intraperitoneal Administration in Horses. JOURNAL OF EQUINE VETERINARY SCIENCE, v. 53, p. 55-63, 2017.

9.
DAVANÇO, MARCELO2016DAVANÇO, MARCELO ; CAMPOS, MICHEL ; ROSA, TALITA ; PADILHA, ELIAS ; ALZATE, MANUEL ; ROLIM, LARISSA ; ROLIM-NETO, PEDRO ; PECCININI, ROSÂNGELA . Benznidazole extended-release tablets for improved treatment of Chagas disease: preclinical pharmacokinetic study. Antimicrobial Agents and Chemotherapy (Print), v. 1, p. AAC.02506-15, 2016.

10.
MARQUES, L. M. M.2016MARQUES, L. M. M. ; CALLEJON, D. R. ; PINTO, L. G. ; CAMPOS, M. L. ; OLIVEIRA, A. R. M. ; VESSECCHI, R. ; ADHIKARI, A. ; SHRESTHA, R. L. S. ; PECCININI, R. G. ; LOPES, N. P. . Pharmacokinetic properties, in vitro metabolism and plasma protein binding of govaniadine an alkaloid isolated from Corydalis govaniana Wall.. Journal of Pharmaceutical and Biomedical Analysis (Print), v. 131, p. 464-472, 2016.

11.
CAMPOS, MICHEL2016CAMPOS, MICHEL ; DE OLIVEIRA, ISABELA ; MARCELO, DAVANÇO ; DOS SANTOS, JEAN ; PECCININI, ROSANGELA . UHPLC Quantitation Method and In Vitro Studies of Two New Phthalimide Derivatives Planned to Treat Sickle Cell Disease. Current Pharmaceutical Analysis, v. 12, p. 1-1, 2016.

12.
VIEIRA, CARLA2016VIEIRA, CARLA ; CAMPOS, MICHEL ; PADILHA, ELIAS ; PITTA, MARINA ; PITTA, IVAN ; LIMA, MARIA ; PECCININI, ROSÂNGELA . UHPLC Quantitation Method for New Thiazolidinedione LPSF/GQ-02 and In Vitro/In Vivo Kinetic Studies. Drug Metabolism Letters, v. 10, p. 206-212, 2016.

13.
GASPARETTO, J. C.2015GASPARETTO, J. C. ; PECCININI, R. G. ; DE FRANCISCO, T. M. G. ; CERQUEIRA, L. B. ; CAMPOS, F. R. ; PONTAROLO, R. . A Kinetic Study of the Main Guaco Metabolites Using Syrup Formulation and the Identification of an Alternative Route of Coumarin Metabolism in Humans. Plos One, v. 10, p. e0118922, 2015.

14.
GUTIERRES, VÂNIA ORTEGA2015GUTIERRES, VÂNIA ORTEGA ; CAMPOS, ML ; ARCARO, CARLOS ALBERTO ; ASSIS, RENATA PIRES ; BALDAN-CIMATTI, HELEN MARIANA ; PECCININI, R. G. ; PAULA-GOMES, SILVIA ; KETTELHUT, ISIS CARMO ; BAVIERA, AMANDA MARTINS ; BRUNETTI, IGUATEMY LOURENÇO . Curcumin Pharmacokinetic and Pharmacodynamic Evidences in Streptozotocin-Diabetic Rats Support the Antidiabetic Activity to Be via Metabolite(s). Evidence-Based Complementary and Alternative Medicine (Print), v. 2015, p. 1-13, 2015.

15.
DUTRA, L. A.2014DUTRA, L. A. ; DE ALMEIDA, L. ; PASSALACQUA, T. G. ; REIS, J. S. ; TORRES, F. A. E. ; MARTINEZ, I. ; PECCININI, R. G. ; MAN CHIN, C. ; CHEGAEV, K. ; GUGLIELMO, S. ; FRUTTERO, R. ; GRAMINHA, M. A. S. ; DOS SANTOS, J. L. . Leishmanicidal Activity of Novel Synthetic Furoxan and Benzofuroxan Derivatives. Antimicrobial Agents and Chemotherapy (Print), v. 58, p. 4837-4847, 2014.

16.
DAVANÇO, M. G.2014DAVANÇO, M. G. ; AGUIAR, A. C. C. ; SANTOS, L. A. ; PADILHA, E. C. ; CAMPOS, M. L. ; ANDRADE, C. R. ; FONSECA, L. M. ; SANTOS, J.L. ; CHUNG, M. C. ; KRETTLI, A. U. ; PECCININI, R. G. . Evaluation of Antimalarial Activity and Toxicity of a New Primaquine Prodrug. Plos One, v. 9, p. e105217, 2014.

17.
CAMPOS, ML2014CAMPOS, ML ; PADILHA, ELIAS ; PECCININI, R. G. . A Review of Pharmacokinetic Parameters of Metabolites and Prodrugs. Drug Metabolism Letters, v. 08, p. 1-1, 2014.

18.
CANDIDO, CAROLINE DAMICO2014CANDIDO, CAROLINE DAMICO ; Campos, Michel Leandro ; CORREA VIDIGAL ASSUMPÇÃO, JULIANA URUGUAY ; PESTANA, KELLY CHRYSTINA ; PADILHA, ELIAS CARVALHO ; CARLOS, IRACILDA ZEPPONE ; PECCININI, ROSÂNGELA GONÇALVES . Biocompatible Microemulsion Modifies the Tissue Distribution of Doxorubicin. JOURNAL OF PHARMACEUTICAL SCIENCES, v. 103, p. 3297-3301, 2014.

19.
DAVANÇO, M. G.2014DAVANÇO, M. G. ; DE CAMPOS, MICHEL LEANDRO ; PECCININI, R. G. . Rapid and sensitive ultra-high-pressure liquid chromatography method for quantification of antichagasic benznidazole in plasma: application in a preclinical pharmacokinetic study. BMC. Biomedical Chromatography, v. 29, p. n/a-n/a, 2014.

20.
ASSUMPÇÃO, J.U.C.V.2013ASSUMPÇÃO, J.U.C.V. ; De CAMPOS, M.L. ; NOGUEIRA FILHO, M.A.F. ; PESTANA, K.C. ; BALDAN, H.M. ; FORMARIZ, T. P. ; OLIVEIRA, A.G. ; PECCININI, R. G. . Biocompatible microemulsion modifies the pharmacokinetic profile and cardiotoxicity of doxorubicin. Journal of Pharmaceutical Sciences, v. 102, p. 289-296, 2013.

21.
CARVALHO, FLÁVIA CHIVA2013CARVALHO, FLÁVIA CHIVA ; CAMPOS, ML ; PECCININI, R. G. ; GREMIÃO, MARIA PALMIRA DAFLON . Nasal administration of liquid crystal precursor mucoadhesive vehicle as an alternative antiretroviral therapy. European Journal of Pharmaceutics and Biopharmaceutics, v. 84, p. 219-227, 2013.

22.
NOGUEIRA FILHO, M.A.F.2013NOGUEIRA FILHO, M.A.F. ; PADILHA, E.C. ; De CAMPOS, M.L. ; MACHADO, D.V.P. ; DAVANCO, M. G. ; PESTANA, K.C. ; CHUNG, M.C. ; PECCININI, R. G. . Pharmacokinetics of Hydroxymethylnitrofurazone and Its Parent Drug Nitrofurazone in Rabbits. Drug Metabolism Letters, v. 7, p. 58-64, 2013.

23.
CARVALHO, FLAVIA2013CARVALHO, FLAVIA ; CAMPOS, ML ; CAMPOS, MICHEL ; PECCININI, R. G. ; GREMIAO, MARIA PALMIRA . An HPLC-UV Method for the Quantification of Zidovudine in Rat Plasma. Current Pharmaceutical Analysis, v. 9, p. 340-346, 2013.

24.
SERAFIM, E. O. P.2013SERAFIM, E. O. P. ; SILVA, A. T. D. A. E. ; MORENO, A. D. H. ; VIZIOLI, E. D. O. ; FERREIRA, E. I. ; PECCININI, R. G. ; RIBEIRO, M. L. ; CHUNG, M. C. . Pharmacokinetics of Hydroxymethylnitrofurazone, a Promising New Prodrug for Chagas' Disease Treatment. Antimicrobial Agents and Chemotherapy (Online), v. 57, p. 6106-6109, 2013.

25.
CAMPAGNOL, D.2012CAMPAGNOL, D. ; Teixeira Neto, F.J. ; PECCININI, R. G. ; ALVAIDES, R. ; MEDEIROS, L.Q. . Comparison of the effects of epidural or intravenous methadone on the minimum alveolar concentration of isoflurane in dogs.. The Veterinary Journal (London, England. 1997), v. 192, p. 311-315, 2012.

26.
PADILHA, E.C.2012PADILHA, E.C. ; PIRES, R.V. ; NOGUEIRA FILHO, M.A.F. ; MACHADO, D.V.P. ; BALDAN, H.M. ; De CAMPOS, M.L. ; DAVANCO, M. G. ; Brunetti, I.L. ; PECCININI, R. G. . ?Pharmacokinetic and safety evaluation of the use of ciprofloxacin on isoniazid-rifampicin regimen in rabbits. Biopharmaceutics & Drug Disposition, v. 33, p. 501-509, 2012.

27.
SANTOS, J.L.2012SANTOS, J.L. ; Moreira, V. ; De CAMPOS, M.L. ; Chelucci, R.C. ; Barbieri, K.P. ; Souto, P.C.M.de Castro ; Matsubara, M.H. ; Teixeira, C. ; Bosquesi, P.L. ; PECCININI, R. G. ; CHUNG, M.C. . Pharmacological evaluation and preliminary pharmacokinetics studies of a new diclofenac prodrug without gastric ulceration effect. International Journal of Molecular Sciences (Online), v. 13, p. 15305-15320, 2012.

28.
Pelizzari, C.2012Pelizzari, C. ; Raiser, AC ; Mazzanti, A ; Souza, SF ; Martins, VMV ; PECCININI, R. G. ; De CAMPOS, M.L. . Concentração plasmática de diclofenaco sódico em cães, submetidos à fonoforese. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia, v. 64, p. 1449-1455, 2012.

29.
DAVANÇO, M. G.2012DAVANÇO, M. G. ; Davanço, Marcelo Gomes ; Campos, Michel Leandro ; Nogueira, Marco Antonio ; Campos, Silvio Lopes ; Marques, Ricardo Vian ; DOS SANTOS, JEAN LEANDRO ; Chin, C. M. ; DA FONSECA, LUIZ MARCOS ; PECCININI, R. G. . In vitro and in vivo evaluation of a primaquine prodrug without red blood cell membrane destabilization property. Biopharmaceutics & Drug Disposition, v. 33, p. 437-445, 2012.

30.
CAMPOS, MICHEL2012CAMPOS, MICHEL ; BALDAN-CIMATTI, HELEN ; DAVANCO, MARCELO ; DAVANÇO, M. G. ; NOGUEIRA, MARCO ; PADILHA, ELIAS ; CANDIDO, CAROLINE ; PECCININI, R. G. ; SANTOS, JEAN . Pharmacokinetic Profile of A New Diclofenac Prodrug without Gastroulcerogenic Effect. Drug Metabolism Letters, v. 6, p. 235-241, 2012.

31.
EMERICK, G. L.2010EMERICK, G. L. ; PECCININI, R. G. ; OLIVEIRA, G. H. . Organophosphorus induced delayed neuropathy: a simple and efficient therapeutic strategy. Toxicology Letters, v. 192, p. 238-244, 2010.

32.
SANTOS, J.L.2010PECCININI, R. G.; SANTOS, J.L. ; CHELUCCI, R. ; CHIQUETTO, R. ; CHUNG, M.C. ; De CAMPOS, M.L. . Synthesis, Characterization and Pharmacological Evaluation of 1-(2-Chloro-6-Fluorophenyl)-5-Methylindolin-2-One: A New Anti-Inflammatory Compound with Reduced Gastric Ulceration Properties. Molecules (Basel. Online), v. 15, p. 8039-8047, 2010.

33.
CHUNG, M.C.2009 PECCININI, R. G.; CHUNG, M.C. ; SANTOS, J.L. ; Oliveira, EV ; BLAU, L. ; MENEGON, R.F. . Synthesis, ex Vivo and in Vitro Hydrolysis Study of an Indoline Derivative Designed as an Anti-Inflammatory with Reduced Gastric Ulceration Properties. Molecules (Basel. Online), v. 14, p. 3187-3197, 2009.

34.
MUZARDO, G.A.2008MUZARDO, G.A. ; PECCININI, R. G. ; OLIVEIRA, G. H. . Effects of calcium gluconate and PMSF in the treatment of acute intoxication of chicken by TOCP. Human & Experimental Toxicology, v. 27, p. 247-252, 2008.

35.
PECCININI, R. G.;Peccinini, Rosangela G.;PECCININI, ROSÂNGELA GONÇALVES;PECCININI, ROSANGELA;PECCININI, ROSÂNGELA;MACHADO, R.G.P.;Machado, Rosangela G.P.;PECCININI, ROSÂNGELA G.;PECCININI, ROSANGELA GONÇALVES;PECCININI, R.G.2008 PECCININI, R. G.; Ximenes, V.F. ; CESARINO, E. J. ; LANCHOTE, V. L. . Stereoselective analysis of carvedilol in human plasma and urine using HPLC after chiral derivatization. Biopharmaceutics & Drug Disposition, v. 29, p. 280-288, 2008.

36.
AMORIM, R.2008AMORIM, R. ; GALHARDO, A. ; VALADAO, C. ; PECCININI, R. G. . Determinação de cetamina em plasma por HPLC: aplicação em um estudo de farmacocinética de associação medicamentosa em cães. Revista de Ciências Farmacêuticas Básica e Aplicada, v. 29, p. 73-80, 2008.

37.
BALDAN, H.M.2007 BALDAN, H.M. ; Rosa, H.J. ; Brunetti, I.L. ; Ximenes, V.F. ; PECCININI, R. G. . The effect of rifampicin and pyrazinamide on isoniazid pharmacokinetics in rats. Biopharmaceutics & Drug Disposition, v. 28, p. 409-413, 2007.

38.
Rosa, H.J.2007 Rosa, H.J. ; BALDAN, H.M. ; Brunetti, I.L. ; Ximenes, V.F. ; PECCININI, R. G. . The Effect of pyrazinamide and rifampicin on isoniazid metabolism in rats. Biopharmaceutics & Drug Disposition, v. 28, p. 291-296, 2007.

39.
SANTOS, J.L.2007SANTOS, J.L. ; BLAU, L. ; MENEGON, R.F. ; OLIVEIRA, H.P. ; BUELONI, R.H. ; BOFFO, E. ; PECCININI, R. G. ; LONGO, M.C. ; CHUNG, M.C. . Síntese e modelagem molecular do novo derivado indolinônico como candidato a antiinflamatório COX-2 seletivo. Revista de Ciências Farmacêuticas Básica e Aplicada, v. 28, p. 235-240, 2007.

40.
Ximenes, V.F.2007Ximenes, V.F. ; PECCININI, R. G. ; FERNANDES, J. R. ; BUENO, V. B. ; CATALANI, L. H. ; OLIVEIRA, G. H. . The effect of pH on horseradish peroxidase-catalyzed oxidation of melatonin: production of N1-acetyl-N2-formyl-5-methoxykynuramine versus radical-mediated degradation. Journal of Pineal Research, v. 42, p. 291-296, 2007.

41.
CAPITANI, E. M.2004CAPITANI, E. M. ; MADUREIRA, P. R. ; SALGADO, P. E. T. ; MORISHITA, F. ; PECCININI, R. G. . Estudo comparativo de tratamento quelante de pacientes intoxicados por chumbo inorgânico com EDTACaNa2 por duas vias de administração.. Revista Brasileira de Medicina do Trabalho, v. 2, n.3, p. 161-164, 2004.

Capítulos de livros publicados
1.
PECCININI, R. G.. Fenobarbital: Determinação em Sangue, plasma ou soro por espectrofotometria. In: Regina Lucia de Moraes Moreau; Maria Elisa Pereira Bastos Siqueira. (Org.). Toxicologia Analítica. 2ed.Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2016, v. 1, p. 270-272.

2.
PECCININI, R. G.; De CAMPOS, M.L. . Fundamentos de farmacocinética clínica. In: Moacyr Luiz Aizenstein. (Org.). Fundamentos para o uso racional de medicamentos. 3ed.Rio de Janeiro: Elsevier, 2016, v. 1, p. 81-119.

3.
PECCININI, R. G.; CAMPOS, M.L. . Fundamentos de Farmacocinética Clínica. In: Moacyr Luiz Aizenstein. (Org.). Fundamentos para o Uso Racional de Medicamentos. 2ed.São Paulo: Clube de Autores, 2015, v. 1, p. 105-142.

4.
PECCININI, R. G.. Fundamentos de farmacocinética clínica. In: Moacyr Luiz Aizenstein. (Org.). Fundamentos para o uso racional de medicamentos. 1ed.São Paulo: Artes Médicas, 2010, v. 1, p. 87-114.

5.
PECCININI, R. G.. Fenobarbital: determinação de fenobarbital em sangue, plasma ou soro por espectrofotometria. In: MOREAU, R.L.M.; SIQUEIRA, M.E.P.B. (Org.). Toxicologia Analítica. 1ed.Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2008, v. 1, p. 261-264.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
CAPITANI, E. M. ; MADUREIRA, P. R. ; MOREIRA, D. C. F. ; SALGADO, P. E. T. ; PECCININI, R. G. ; MORISHITA, F. . Estudo comparativo da eficácia de tratamento quelante IM versus IV com EDTACaNa2 em pacientes intoxicados por chumbo inorgânico. In: IX Congresso Brasileiro de Toxicologia, 1995, Ribeirão Preto. IX Congresso Brasileiro de Toxicologia, 1995.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
FRANCHIN, T. B. ; SILVA, B. C. U. ; OLIVEIRA, JONATA AUGUSTO ; MARTINS, E. S. ; CANDIDO, C. D. ; PITTA, M G R ; PADILHA, E.C. ; CAMPOS, M. L. ; PECCININI, R. G. . ?Aplicação do ensaio de estabilidade metabólica in vitro na avaliação de candidatos a farmacos'. In: VII Congresso Farmacêutico da UNESP, 2017, Araraquara. Revista de Ciências Farmacêuticas Básica e Aplicada., 2017.

2.
OLIVEIRA, J. A. ; MARTINS, E. S. ; FRANCHIN, T. B. ; SILVA, B. C. U. ; ALZATE, M. A. H. ; CANDIDO, C.D. ; PECCININI, R. G. . Disposição cinética do efavirenzadministrado pela via intravenosa em coelhos. In: VII Congresso Farmacêutico da UNESP, 2017, Araraquara. Revista de Ciências Farmacêuticas Básica e Aplicada., 2017.

3.
ALZATE, M. A. H. ; PESTANA-BIAVA, K.C. ; NOGUEIRA FILHO, M.A.F. ; CANDIDO, CAROLINE DAMICO ; ALBUQUERQUE, S. ; PECCININI, ROSANGELA GONÇALVES . ?Validação de método bioanalítico por HPLC para a determinação do ácido ursólico em plasma. In: VII Congresso Farmacêutico da UNESP, 2017, Araraquara. Revista de Ciências Farmacêuticas Básica e Aplicada., 2017.

4.
MARTINS, E. S. ; OLIVEIRA, J. A. ; FRANCHIN, T. B. ; SILVA, B. C. U. ; PECCININI, R. G. . Validação de método bioanalítico por UHPLC para a determinação de efavirenz em plasma. In: VII Congresso Farmacêutico da UNESP, 2017, Araraquara. Revista de CIências Farmacêuticas Básica e Aplicada, 2017.

5.
SILVA, B. C. U. ; FRANCHIN, T. B. ; MARTINS, E. S. ; OLIVEIRA, J. A. ; PADILHA, E.C. ; CAMPOS, M. L. ; PECCININI, R. G. . Implementação de estudos de metabolismo in vitro: Comparação da adição de NADPH e sistema regenerador de NADPH. In: Congresso Farmacêutico da UNESP, 2017, Araraquara. Revista de CiÊncias Farmacêuticas Básica e Aplicada, 2017.

6.
PADILHA, ELIAS C. ; S, Pranav ; JIANG, AWJK ; PECCININI, R. G. ; Xu, x . Role of metabolite identification in lead optimization of fibrodysplasia ossificans progressiva compounds. In: 5 th International Conference on current trends in mass spectrometry and chromatography, 2017, Atlanta. Journal of chromatography and separation techniques, 2017. v. 8. p. 1-1.

7.
OLIVEIRA, JONATA AUGUSTO ; MARTINS, E. S. ; MACHADO, L. P. ; PECCININI, R. G. . A inclusão do Dolutegravir no tratamento da AIDS no Brasil. In: XII Congresso de Iniciação Científica da UNIARA, 2017, Araraquara. Anais do XII Congresso de Iniciação Científica da UNIARA, 2017.

8.
OLIVEIRA, JONATA AUGUSTO ; MARTINS, E. S. ; FRANCHIN, T. B. ; CANDIDO, C. D. ; SILVA, B. C. U. ; FUJIMOTO, A. K. ; MASSU, N. C. ; PECCININI, ROSÂNGELA GONÇALVES . ?Evaluation of the pharmacokinetic profile of efavirenz administered intravenously and orally in albino rabbits. In: 11th International Congress of Pharmaceutical Sciences, 2017, Ribeirao Preto. Anais do 11th International Congress of Pharmaceutical Sciences, 2017.

9.
FRANCHIN, T. B. ; CANDIDO, C.D. ; MARTINS, E. S. ; CAMPOS, MICHEL ; PECCININI, ROSÂNGELA GONÇALVES . Ethanol exposure: hepatotoxicity and isoniazid pharmacokinetics in wistar rats. In: 11th International Congress of Pharmaceutical Sciences, 2017, Ribeirão Preto. Anais do 11th International Congress of Pharmaceutical Sciences, 2017.

10.
MARTINS, E. S. ; OLIVEIRA, JONATA AUGUSTO ; FRANCHIN, T. B. ; ALZATE, M A H ; SILVA, B. C. U. ; MASSU, N. C. ; FUJIMOTO, A. K. ; AKF, F. ; ROLIM-NETO, P J ; PECCININI, R. G. . Comparative pharmacokinetic of efavirez with and without CAAL-LAYERED double hydroxide as a drug delivery system. In: 11th International Congress of Pharmaceutical Sciences, 2017, Ribeirão Preto. Anais do 11th International Congress of Pharmaceutical Sciences, 2017.

11.
MARTINS, E. S. ; ALZATE, M A H ; PECCININI, R. G. . Avaliação do perfil farmacocinético do ácido ursólico em ratos Wistar. In: XII Congresso de Iniciação Científica da UNIARA, 2017, Araraquara. Anais do XII Congresso de Iniciação Científica da UNIARA, 2017.

12.
FRANCHIN, T. B. ; SILVA, B. C. U. ; OLIVEIRA, JONATA AUGUSTO ; CAMPOS, M.L. ; PECCININI, R. G. . Determinação de LOGP de candidatos à fármacos por método cromatográfico. In: XII Congresso de Iniciação Científica da UNIARA, 2017, Araraquara. Anais do XII Congresso de Iniciação Científica da UNIARA, 2017.

13.
SILVA, B. C. U. ; FRANCHIN, T. B. ; MARTINS, E. S. ; OLIVEIRA, J. A. ; CANDIDO, C.D. ; PADILHA, E. C. ; CAMPOS, M. L. ; PECCININI, R. G. . ?Implementação de estudos de metabolismo in vitro: Comparação da adição de NADPH e sistema regenerador de NADPH. In: VII Congresso Farmacêutico da UNESP e III Jornada de Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia, 2017, Araraquara. Revista de Ciências Farmacêuticas Básica e Aplicada, 2017.

14.
SILVA, B. C. U. ; PECCININI, R. G. . Resíduos de medicamentos veterinários em alimentos de origem animal. In: XII Congresso de Iniciação Científica da UNIARA, 2017, Araraquara. Anais do XII Congresso de Iniciação Científica da UNIARA, 2017.

15.
MARTINS, E. S. ; PADILHA, E.C. ; CAMPOS, M. L. ; PAULA, E. M. ; OLIVEIRA, J. A. ; FRANCHIN, T. B. ; PECCININI, ROSANGELA . Validação de método bioanalítico para quantificação de tiazolilhidrazona-9 (TZH-9) e determinação da estababilidade em plasma ex vivo. In: VI Congresso Científico da UNESP e II Jornada de Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia, 2016, Araraquara - SP. Rev Ciênc Farmacêuticas Básica e Aplicada (supl.), 2016. v. 37.

16.
OLIVEIRA, J. A. ; REIS JR., M. A. ; REIS, J. S. ; MARTINS, E. S. ; FRANCHIN, T. B. ; Almeida, AE ; PECCININI, ROSANGELA ; SANTOS, J.L. ; Chorilli, M. . Estudo da estabilidade química de moléculas fotoprotetoras derivadas de avobenzona, resveratrol e ácido ferúlico. In: VI Congresso Científico da UNESP e II Jornada de Engenharia de Bioprocessos e Biotecologia, 2016, Araraquara - SP. Rev Ciênc Farmacêuticas Básica e Aplicada (supl.), 2016. v. 37.

17.
FRANCHIN, T. B. ; MARTINS, E. S. ; OLIVEIRA, J. A. ; PADILHA, E.C. ; CAMPOS, M. L. ; PECCININI, R. G. . Desenvolvimento e validação de método bioanalítico para a isoniazida em plasma de ratos. In: VI Congresso Científico da UNESP e II Jornada de Engenharia de Bioprocessos e Biotecologia, 2016, Araraquara - SP. Rev Ciênc Farmacêuticas Básica e Aplicada (supl.), 2016. v. 37.

18.
REIS JR., M. A. ; REIS, J. S. ; SANTOS, J.L. ; OLIVEIRA, J. A. ; PECCININI, R. G. ; ALONSO, J. D. ; CHIARI, B. G. ; Almeida, AE ; ISAAC, V. L. B. . Eficácia e segurança do inovador ativo fotoprotetor (E)-4- (terc-butil)-N'-((E)-3-(4-metoxifenil) alilideno) benzidrazida. In: VI Congresso Científico da UNESP e II Jornada de Engenharia de Bioprocessos e Biotecologia, 2016, Araraquara - SP. Rev Ciênc Farmacêuticas Básica e Aplicada (supl.), 2016. v. 37.

19.
MARTINS, E. S. ; OLIVEIRA, J. A. ; CAMPOS, M. L. ; PECCININI, R. G. . Desenvolvimento e validação de método bioanalítico para quantificação de tiazolilhidrazona-9 (TZH-9) e determinação da estabilidade em plasma ex vivo. In: 10º Encontro Nacional de Inovação em Fármacos e Medicamentos, 2016, São Paulo. Poster - apresentação oral, 2016.

20.
OLIVEIRA, J. A. ; REIS JR., M. A. ; REIS, J. S. ; MARTINS, E. S. ; FRANCHIN, T. B. ; Almeida, AE ; SANTOS, J.L. ; PECCININI, R. G. . Estudo da estabilidade química de moléculas fotoprotetoras derivadas de avobenzona, resveratrol e ácido ferúlico. In: 10º Encontro Nacional de Inovação em Fármacos e Medicamentos, 2016, São Paulo. Poster - apresentação oral, 2016.

21.
De CAMPOS, M.L. ; SANTOS, J.L. ; PECCININI, R. G. . Perfil farmacocinético-farmacodinâmico de um novo candidato a fármaco para o tratamento da doença falciforme. In: 10º Encontro Nacional de Inovação em Fármacos e Medicamentos, 2016, São Paulo. Anais, 2016.

22.
PECCININI, ROSÂNGELA GONÇALVES; CAMPOS, MICHEL ; PADILHA, ELIAS CARVALHO ; ALZATE, M A H ; ROLIM-NETO, P J ; DAVANÇO, M. G. . New extended-release tablets of benznidazole for chagas disease treatment: pre-clinical pharmacokinetics studies. In: European Pharma Congress, 2015, Valencia. Proceedings of European Pharma Congress. Hyderabad, India: OMICS, 2015. v. 2. p. 134-134.

23.
CAMPOS, M.L. ; DAVANÇO, M. G. ; OLIVEIRA, I J ; SANTOS, J L ; PECCININI, R. G. . Preclinical pharmacokinetic profile of a new drug candidate to treat sickle cell disease symptoms. In: European Pharma Congress, 2015, Valencia. Proceedings of European Pharma Congress. Hyderabad, India: OMICS, 2015. v. 2. p. 144-144.

24.
PADILHA, ELIAS CARVALHO ; CAMPOS, M.L. ; DE GRANDIS R ; VARANDA, E A ; PITTA, I. R. ; PECCININI, R. G. . Oral screening of the new thiazolidinedione drug candidates GQ-2. GQ-11, GQ-19 and GQ-177. In: European Pharma Congress, 2015, Valencia. Proceedings of European Pharma Congress. Hyderabad, India: OMICS, 2015. v. 2. p. 154-154.

25.
PADILHA, ELIAS CARVALHO ; CAMPOS, M.L. ; NOGUEIRA, M A F ; PITTA, M G R ; PITTA, I. R. ; PECCININI, R. G. . Preclinical pharmacokinetics of new thiazolidinedione LYSO-07. In: European Pharma Congress, 2015, Valencia. Proceedings of European Pharma Congress. Hyderabad, India: OMICS, 2015. v. 2. p. 155-155.

26.
CAMPOS, M.L. ; OLIVEIRA, I J ; SANTOS, J L ; PECCININI, R. G. . Plasma protein binding of new phthalimide derivative, LAPDESF-SCD03. In: IV International Symposium on Drug Discovery, 2015, Araraquara. Anais do IV International Symposium on Drug Discovery, 2015.

27.
DAVANCO, M. G. ; CAMPOS, M.L. ; PADILHA, E.C. ; ALZATE, M A H ; ROSA, T A ; ROLIM-NETO, P J ; PECCININI, R. G. . Estudo farmacocinético pre-clínico de novos comprimidos de benznidazol para o tratamento da doença de chagas. In: 9º Encontro Nacional de Inovação em Fármacos e Medicamentos, 2015, Sao Paulo. Anais do 9º Encontro Nacional de Inovação em Fármacos e Medicamentos, 2015.

28.
MARTINS, E. S. ; CAMPOS, M.L. ; PADILHA, ELIAS ; PECCININI, R. G. . Desenvolvimento de método bioanalítico por UPLC para determinação do candidato à fármaco tiazolilhidrazona-9 (TZH-9) em plasma de ratos. In: XXVII Congresso de Iniciação Científica da UNESP - CIC, 2015, Araraquara. Anais do XXVII Congresso de Iniciação Científica da UNESP, 2015.

29.
PAULA, E. M. ; PADILHA, E.C. ; CAMPOS, M.L. ; PESTANA-BIAVA, K.C. ; PECCININI, R. G. . Estabilidade química do composto antichagásico tiazolilhidrazona-9 (TZH9). In: XXVII Congresso de Iniciação Científica da UNESP, 2015. Anais do XXVII Congresso de Iniciação Científica da UNESP, 2015.

30.
AGUIAR, A. J. A. ; Rosa, A C ; PECCININI, R. G. ; Lopes, C ; Pantoja, J C F ; Beier, S L . Pharmacokinetics and sedative effects of detomidine administered by intravenous and intramuscular routes in donkeys. In: 12th World Congresso f Veterinary Anaesthesiology, 2015, Kyoto. Congress Handbook 2015. Kyoto, 2015. v. 1. p. 187-187.

31.
AGUIAR, A. J. A. ; Rosa, A C ; PECCININI, R. G. ; Lopes, C ; Pantoja, J C F ; Beier, S L . Pharmacokinetics and sedative effects of xylazine administered by intravenous and intramuscular routes in donkeys. In: 12th World Congresso f Veterinary Anaesthesiology, 2015, Kyoto. Congress Handbook 2015, 2015. v. 1. p. 194-194.

32.
Castro, ACCM ; DAVANÇO, M. G. ; Moro, IJ ; CORREA, M. A. ; PECCININI, R. G. ; ISAAC, V. L. B. ; SANTOS, A.G. . Comparação dos teores de cafeína, ácido clorogênico e de flavonóides em estratos da torta da semente verde e da semente verde de Coffea arabica (Rubiaceae). In: XXIII Simposio de Plantas Medicinais do Brasil, 2014, Goiânia. Anais do XXIII Simpósio de Plantas Medicinais do Brasil, 2014.

33.
PRADO, A.H. ; BORGES, M. C. ; PESTANA, KELLY CHRYSTINA ; PECCININI, R. G. ; Chorilli, M. . Validação de método analítico para a determinação de p-metoxicinamato de octila por UPLC. In: SIMCRO, 2014, Campos do Jordão. ANAIS DO SIMCRO 2014, 2014.

34.
PESTANA, K.C. ; BORGES, M. C. ; PECCININI, R. G. . Determinação da gentamicina em plasma e líquido sinovial por LC-MS/MS. In: SIMCRO, 2014, Campos do Jordão. ANAIS DO SIMCRO 2014, 2014.

35.
BORGES, M. C. ; PESTANA, K.C. ; PECCININI, R. G. . Validação de método bioanalítico de xilazina e detomidina em HPLC/MS. In: SIMCRO, 2014, Campos do Jordão. ANAIS DO SIMCRO 2014, 2014.

36.
PADILHA, E.C. ; CAMPOS, M.L. ; MARTINS, A. ; SANTOS NETO, A. ; PITTA, I. R. ; PECCININI, R. G. . Método e separação isomérica da tiazolidinodiona LPSF/LYSO-07 por UPLC e espectrometria de massas.. In: SIMCRO, 2014, Campos do Jordão. ANAIS DO SIMCRO 2014, 2014.

37.
DAVANCO, M. G. ; CAMPOS, M.L. ; PECCININI, R. G. . Rapid and sensitive ultra-performance liquid chromatography method for quantification of antichagasic benznidazole in plasma: application in a preclinical pharmacokinetic study. In: II CONGRESS OF THE BRAZILIAN ASSOCIATION OF PHARMACEUTICAL SCIENCES., 2014, Búzios- Rio de Janeiro. Anais do II CONGRESS OF THE BRAZILIAN ASSOCIATION OF PHARMACEUTICAL SCIENCES., 2014.

38.
VIEIRA, C. M. ; De CAMPOS, M.L. ; PITTA, I. R. ; LIMA, M. C. ; PECCININI, R. G. . Validação de método bioanalítico da nova tiazolidinadiona 5-(4-cloro-benzilideno)-3-(4-metil-benzil)-tiazolidina-2,4-diona (GQ-2) por UPLC em plasma de rato. In: XVI Conferência Ibero-Americana de Faculdades de Farmácia - COIFFA, 2013, Brasília. CD-ROM, 2013.

39.
VIEIRA, C. M. ; De CAMPOS, M.L. ; PITTA, I. R. ; LIMA, M. C. ; PECCININI, R. G. . Estudo da estabilidade ex vivo do composto 5-(4-cloro-benzilideno)-3-(4-metil-benzil)-tiazolidina-2,4-diona (GQ-2) - candidato a novo fármaco para o tratamento de Diabetes mellitus Tipo 2. In: XVI Conferência Ibero-Americana de Faculdades de Farmácia - COIFFA, 2013, Brasília. CD-ROM, 2013.

40.
CANDIDO, C.D. ; Baldan-Cimatti, H.M. ; PESTANA, K.C. ; De CAMPOS, M.L. ; LIMA, M. C. ; PITTA, I. R. ; GALDINO, S. L. ; PECCININI, R. G. . Validação de método bioanalítico para determinação de um novo agonista alfa2-adrenoreceptorgirsupan PT-31 em plasma de ratos. In: XVI Conferência Ibero-Americana de Faculdades de Farmácia - COIFFA, 2013, Brasília. CD-ROM.

41.
CANDIDO, C.D. ; PESTANA, K.C. ; De CAMPOS, M.L. ; ASSUMPÇÃO, J.U.C.V. ; PECCININI, R. G. . Desenvolvimento e validação de método bioanalítico por UPLC para quantificação de doxorrubicina em tecido tumoral e cardíaco de camundongos. In: XVI Conferência Ibero-Americana de Faculdades de Farmácia - COIFFA, 2013, Brasília. CD-ROM, 2013.

42.
PECCININI, R. G.; De CAMPOS, M.L. ; OLIVEIRA, I. J. ; SANTOS, J.L. . Obtenção do valor de LogP para novos compostos planejados para anemia falciforme. In: XVI Conferência Ibero-Americana de Faculdades de Farmácia - COIFFA, 2013, Brasília. CD-ROM, 2013.

43.
DAVANÇO, M. G. ; RIBEIRO, A. R. ; ROSA, J. A. ; CHUNG, M.C. ; PECCININI, R. G. . IN VIVO EVALUATION OF ANTICHAGASIC ACTIVITY OF PHE-ALA-PQ: A NEW PRIMAQUINE PRODRUG. In: III International Symposium on Drug Discovery, 2013, Araraquara, SP. Anais do III International Symposium on Drug Discovery, 2013.

44.
ASSUMPÇÃO, JULIANA URUGUAY CORREA VIDIGAL ; PESTANA, KELLY CHRYSTINA ; Campos, Michel Leandro ; BORGES, M. C. ; CANDIDO, C.D. ; PADILHA, E.C. ; PECCININI, R. G. . DETERMINATION OF DOXORUBICIN IN PLASMA BY ULTRA PERFORMANCE LIQUID CHROMATOGRAPHY (UPLC). In: III International Symposium on Drug Discovery, 2013, Araraquara, SP. Anais do III International Symposium on Drug Discovery, 2013.

45.
BORGES, M. C. ; PESTANA, KELLY CHRYSTINA ; ASSUMPÇÃO, JULIANA URUGUAY CORREA VIDIGAL ; TRAVENSOLI, M. M. ; KAWANAMI, A. E. ; OLIVEIRA, J. P. ; LOPES, M. C. S. ; SILVA, A. S. L. ; CHUNG, D. G. ; GERING, A. P. ; FLORES, F. N. ; VALADAO, C. A. A. ; PECCININI, R. G. . PHARMACOKINETIC PARAMETERS OF TRAMADOL AND -DESMETHYLTRAMADOL IN TURTLES. In: III International Symposium on Drug Discovery, 2013, Araraquara, SP. Anais do III International Symposium on Drug Discovery, 2013.

46.
Davanço, Marcelo Gomes ; SANTOS, L. A. ; CAMPOS, M. L. ; PADILHA, E.C. ; ANDRADE, C. ; FONSECA, L. M. ; PECCININI, R. G. . AVALIAÇÃO HISTOPATOLÓGICA E HEMATOLÓGICA DO TRATAMENTO COM DOSES MÚLTIPLAS DE PRIMAQUINA E SEU PRÓ-FÁRMACO (PHE-ALA-PQ) EM RATOS. In: XVIII Congresso Brasileiro de Toxicologia - CBTOX, 2013, Porto Alegre. Anais do CBTOX 2013, 2013.

47.
DAVANÇO, M. G. ; PADILHA, E.C. ; CAMPOS, M. L. ; PECCININI, R. G. . Avaliação preliminar de segurança hepática e renal de Phe-Ala-PQ pró-fármaco de primaquina com potencial antichagásico. In: XV Congresso de Iniciação Científica da UNESP e I Fórum Internacional de Iniciação Científica da UNESP, 2013, Araraquara. Anais XV CIC 2013, 2013.

48.
SALINA, L.F.G. ; PADILHA, E. C. ; MACHADO, D.V.P. ; NOGUEIRA FILHO, M. A. F. ; DAVANCO, M. G. ; GALDINO, S. L. ; PITTA, I. R. ; PECCININI, R. G. . AVALIAÇÃO TOXICOLÓGICA DA [5-(5-BROMO-1H-INDOL-3-METIELENO)-3-(4-CLORO-BENZIL)-TIAZOLIDINA-2,4-DIONA)] (LYSO-07). In: XVIII Congresso Brasileiro de Toxicologia - CBTOX, 2013, Porto Alegre. Anais do CBTOX 2013, 2013.

49.
PONTAROLO, R. ; PECCININI, R. G. ; de FRANCISCO, TMG ; CAMPOS, F. R. ; CERQUEIRA, L. ; UBER, C. ; MARTINS, C. ; PONTES, F. ; GASPARETTO, J. C. . PILOT STUDY ON BIOAVAILABILITY IF THE MAIN GUACO METABOLITES USING SYRUP FORMULATION. In: CIFARP 2013, 2013, Ribeirão Preto. Anais do CIFARP 2013, 2013.

50.
PADILHA, E. C. ; PIRES, R. V. ; MACHADO, D.V.P. ; BALDAN, H.M. ; NOGUEIRA FILHO, M.A.F. ; DAVANCO, M. G. ; De CAMPOS, M.L. ; Brunetti, I.L. ; PECCININI, R. G. . Avaliação do efeito da ciprofloxacina sobre a hepatotoxicidade e sobre o perfil farmacocinético da isoniazida em coelhos. In: IV Congresso Brasileiro de Toxicologia Clínica, 2012, Águas de Lindóia. Anais do IV Congresso Brasileiro de Toxicologia Clínica, 2012.

51.
BALDAN, H.M. ; DAVANCO, M. G. ; PADILHA, E. C. ; GALDINO, S. L. ; LIMA, M. C. ; PITTA, I. R. ; PECCININI, R. G. . Avaliação preliminar de toxicidade do PT-31 girsupan: novo analgésico de ação central. In: IV Congresso Brasileiro de Toxicologia Clínica, 2012, Águas de Lindóia. Anais do IV Congresso Brasileiro de Toxicologia Clínica, 2012.

52.
ASSUMPÇÃO, J.U.C.V. ; NOGUEIRA FILHO, M.A.F. ; Baldan-Cimatti, H.M. ; VIEIRA, C. M. ; CANDIDO, C.D. ; PECCININI, R. G. . Preclinical pharmacokinetics and cardiotoxicity of doxorubicin carried by microemulsion system. In: 3rd Pharmacokinetics & Pharmacodynamics Conference, 2012, Philadelphia. 3rd Pharmacokinetics & Pharmacodynamics, 2012.

53.
Baldan-Cimatti, H.M. ; NOGUEIRA FILHO, M.A.F. ; GALDINO, S. L. ; LIMA, M. C. ; PITTA, I. R. ; PECCININI, R. G. . Pharmacokinetic profile of PT-31 girsupan, a novel 2-adrenoceptor agonist with analgesic properties. In: 3rd Pharmacokinetics & Pharmacodynamics Conference, 2012, Philadelphia. 3rd Pharmacokinetics & Pharmacodynamics, 2012.

54.
NOGUEIRA FILHO, M.A.F. ; BALDAN, H.M. ; PADILHA, E. C. ; MACHADO, D.V.P. ; PECCININI, R. G. . Preclinical pharmacokinetic study of a new antichagasic prodrug. In: 3rd Pharmacokinetics & Pharmacodynamics Conference, 2012, Philadelphia. 3rd Pharmacokinetics & Pharmacodynamics, 2012.

55.
Cardoso, J.O. ; PECCININI, R. G. ; PITTA, I. R. ; GALDINO, S. L. ; OLIVEIRA, R. V. . Development of analytical methods for the determination of PT31 in liver microsomes by LC-UV-RF and LC-MS. In: Congresso Latino-Americano de Cromatografia e Técnicas Relacionadas (COLACRO XIV), 2012, Florianópolis. COLACRO XIV, 2012.

56.
PECCININI, R. G.; DAVANCO, M. G. ; De CAMPOS, M.L. ; NOGUEIRA FILHO, M.A.F. ; CHUNG, M.C. ; SANTOS, J.L. . Preclinical pharmacokinetic study of a new primaquine prodrug. In: 3rd International Conference on Drug Discovery & Therapy, 2011, Dubai. Current Medicinal Chemistry, 2011. p. 194-194.

57.
PECCININI, R. G.; DAVANCO, M. G. ; De CAMPOS, M.L. ; NOGUEIRA FILHO, M.A.F. ; SANTOS, J.L. ; SILVA, M. . Stability study of a new CDS drugs of ethambutol. In: 3rd International Conference on Drug Discovery & Therapy, 2011, Dubai. Current Medicinal Chemistry, 2011. p. 194-195.

58.
ASSUMPÇÃO, J.U.C.V. ; PESTANA, K.C. ; BALDAN, H.M. ; OLIVEIRA, A.G. ; PECCININI, R. G. . Avaliação da cardiotoxicidade da doxorrubicina incorporada em microemulsão. In: XVII Congresso Brasileiro de Toxicologia, 2011, Ribeirão Preto. Anais do XVII Congresso Brasileiro de Toxicologia, 2011.

59.
DAVANCO, M. G. ; GILENO, M. C. ; NOGUEIRA FILHO, M.A.F. ; De CAMPOS, M.L. ; PADILHA, E. C. ; FONSECA, L. M. ; PECCININI, R. G. . Teste de fragilidade osmótica de eritrócitos: aplicação em estudo de toxicidade pré-clínica de fármacos. In: XVII Congresso Brasileiro de Toxicologia, 2011, Ribeirão Preto. Anais do XVII Congresso Brasileiro de Toxicologia, 2011.

60.
PADILHA, E. C. ; PIRES, R. V. ; MACHADO, D.V.P. ; NOGUEIRA FILHO, M.A.F. ; De CAMPOS, M.L. ; BALDAN, H.M. ; DAVANCO, M. G. ; Brunetti, I.L. ; PECCININI, R. G. . Efeito da associação da rifampicina e ciprofloxacina sobre a hepatotoxicidade e a farmacocinética da isoniazida. In: XVII Congresso Brasileiro de Toxicologia, 2011, Ribeirão Preto. Anais do XVII Congresso Brasileiro de Toxicologia, 2011.

61.
ASSUMPÇÃO, J.U.C.V. ; PESTANA, K.C. ; BALDAN, H.M. ; De CAMPOS, M.L. ; NOGUEIRA FILHO, M.A.F. ; OLIVEIRA, A.G. ; PECCININI, R. G. . Preclinical pharmacokinetics and cardiotoxicity of doxorubicin carried by microemulsion system. In: 8th International Congress of Pharmaceutical Sciences, 2011, Ribeirão Preto. 8th International Congress of Pharmaceutical Sciences, 2011.

62.
DAVANCO, M. G. ; NOGUEIRA FILHO, M.A.F. ; De CAMPOS, M.L. ; PADILHA, E. C. ; FONSECA, L. M. ; PECCININI, R. G. . Avaliação da fragilidade osmótica de eritrócitos in vivo de primaquina e seu pró-fármaco ? PHE-ALA-PQ. In: Congresso Farmacêutico da UNESP, 2011, Araraquara. Revista de Ciências Farmacêuticas Básica e Aplicada, 2011. v. 32. p. 87-87.

63.
CARVALHO, F.C. ; Bellizzi, D.M. ; De CAMPOS, M.L. ; PECCININI, R. G. ; GREMIÃO, M.P.D. . Determination of zidovudine from rat plasma by liquida method extraction for HPLC analysis. In: 8th International Congress of Pharmaceutical Sciences, 2011, Ribeirão Preto. 8th International Congress of Pharmaceutical Sciences, 2011.

64.
De CAMPOS, M.L. ; BALDAN, H.M. ; DAVANCO, M. G. ; SANTOS, J.L. ; PECCININI, R. G. . Validated HPLC bionalytical method for simultaneous determination of new diclofenac prodrug/diclofenac in rat plasma. In: 23rd Intertional Symposium on Pharmaceutical and Biomedical Analysis, 2011, João Pessoa - PB. Book of Abstracts, 2011. p. 126-126.

65.
De CAMPOS, M.L. ; BALDAN, H.M. ; DAVANCO, M. G. ; NOGUEIRA FILHO, M.A.F. ; PADILHA, E. C. ; CANDIDO, C.D. ; SANTOS, J.L. ; PECCININI, R. G. . Comparison of the preclinical pharmacokinetics of diclofenac after administration of diclofenac and its prodrug 1-(2,6-diclorofenil)indolin-2-ona.. In: 23rd Intertional Symposium on Pharmaceutical and Biomedical Analysis, 2011, João Pessoa - PB. Book of Abstracts, 2011. p. 127-127.

66.
DAVANCO, M. G. ; De CAMPOS, M.L. ; PADILHA, E. C. ; NOGUEIRA FILHO, M.A.F. ; CHUNG, M.C. ; PECCININI, R. G. . Evaluation of effect of multiple doses of primaquine and PHE-ALA-PQ on the erythrocyte osmotic fragility in rats. In: II Symposium on Drug Design and Development for Neglected Diseases, 2011, São Paulo. II Symposium on Drug Design and Development for Negligected Diseases - Abstracts, 2011. p. 14-14.

67.
SANTOS, J.L. ; DAVANCO, M. G. ; MARQUES, R. V. ; CHUNG, M.C. ; PECCININI, R. G. . Estudo de hidrólise in vitro e ex-vivo de PHE-ALA-PQ - pró-fármaco potencialmente chagásico. In: XX Congresso Pan-Americano de Farmácia; XIV Congresso da Federação Farmacêutica Sul-Americana, 2010, Porto Alegre - RS. CD-ROM, 2010.

68.
ZAMBON, A.P.L.B. ; CORREA, M. A. ; PECCININI, R. G. . Estabilidade química do P-metoxicinamato de octila em emulsões contendo filtros solares. In: 24º Congresso Brasileiro de Cosmetologia, 2010, São Paulo - SP. CD-ROM, 2010.

69.
ZAMBON, A.P.L.B. ; CORREA, M. A. ; PECCININI, R. G. . Estudo da estabilidade química acelerada do P-metoxicinamato de octila em formulações fotoprotetoras. In: 57ª Jornada Farmacêutica da UNESP, 2010, Araraquara - SP. Anais da Jornada, 2010. p. 107-108.

70.
DAVANCO, M. G. ; CHUNG, M.C. ; SANTOS, J.L. ; PECCININI, R. G. . Estudo da estabilidade química e enzimática de PHE-ALA-PQ: pró-fármaco com atividade antichagásica. In: 57ª Jornada Farmacêutica da UNESP, 2010, Araraquara - SP. Anais da Jornada, 2010. p. 161-162.

71.
DAVANCO, M. G. ; De CAMPOS, M.L. ; NOGUEIRA FILHO, M.A.F. ; BALDAN, H.M. ; SANTOS, J.L. ; PECCININI, R. G. . Development and validation of HPLC method for determination of primaquine in plasma: application in a pharmacokinetic study. In: SIMCRO 2010, 2010, Campos do Jordão - SP. CD-ROM, 2010.

72.
NOGUEIRA FILHO, M.A.F. ; PINTO, L. S. R. ; DAVANCO, M. G. ; De CAMPOS, M.L. ; BALDAN, H.M. ; SILVA, M. ; PECCININI, R. G. . Ex in vivo and in vitro hydrolysis study of a new chemical delivery system (CDS) candidate designed for tuberculosis meningitis treatment. In: XVI Congresso Paulista de Farmacêuticos, 2010, São Paulo - SP. CD-ROM, 2010.

73.
ZAMBON, A.P.L.B. ; CHIARI, B. G. ; MORAES, J. D. D. ; CEFALI, L. C. ; CORREA, M. A. ; ISAAC, V. L. B. ; PECCININI, R. G. . Influência do alpha lipoic acid na estabilidade de emulsões O/A contendo filtros solares. In: 23º Congresso Brasileiro de Cosmetolobia, 2009, São Paulo - SP. CD-ROM, 2009.

74.
CHIARI, B. G. ; ZAMBON, A.P.L.B. ; CEFALI, L. C. ; CORREA, M. A. ; SALGADO, H. R. N. ; PECCININI, R. G. ; ISAAC, V. L. B. . Caracterização do comportamento reológico de emulsão O/A contendo ácido alfa-lipóico. In: II Congresso Nacional de Ciências Dermatocosméticas, 2009, Lisboa. Revista Lusófona de Ciências e Tecnologias da Saúde, 2009. p. 49.

75.
ZAMBON, A.P.L.B. ; CHIARI, B. G. ; MORAES, J. D. D. ; CEFALI, L. C. ; CORREA, M. A. ; SALGADO, H. R. N. ; ISAAC, V. L. B. ; PECCININI, R. G. . Influência de filtros solares na reologia de emulsões cosméticas. In: II Congresso Nacional de Ciências Dermocosméticas (I Congresso da Sociedade Portuguesa de Ciências Cosmetológicas), 2009, Lisboa. Revista Lusófona de Ciências e Tecnologias da Saúde., 2009. p. 49.

76.
PIRES, R. V. ; PINTO, L. S. R. ; De CAMPOS, M.L. ; BALDAN, H.M. ; PECCININI, R. G. . Rapid HPLC method for determination of pyrazinamide in plasma: application to pharmacokinetic study. In: 7th International Congress of Pharmaceutical Sciences, 2009, Ribe~irão Preto. Annals of 7th Internacional Congress of Pharmaceutical Science, 2009.

77.
PESTANA, K.C. ; FRANZINI, C. M. ; BALDAN, H.M. ; PECCININI, R. G. ; OLIVEIRA, A.G. . Pharmacokinetics and Toxicity of amphotericin B following oral administration in a lipid-based oral formulation in rats. In: 7th International Congress of Pharmaceutical Sciences, 2009, Ribeirão Preto. Annals of 7th Internacional Congress of Pharmaceutical Science, 2009.

78.
ZAMBON, A.P.L.B. ; EMERICK, G. L. ; OLIVEIRA, G. H. ; FLORES, F. ; SACRAMENTO, L. V. S. ; PECCININI, R. G. ; ASSUMPÇÃO, J.U.C.V. . Estudo da toxicidade de infuso e do decocto da planta Cissus gongyloides Planchon em ratos Wistar. In: XVI Congresso Brasileiro de Toxicologia, 2009, Belo Horizonte - MG. CD-ROM, 2009.

79.
PESTANA, K.C. ; OLIVEIRA, A.G. ; PECCININI, R. G. . Quantitative analysis of amphotericin B in formulations and plasma by high-performance liquid chromatography. Application to pharmacokinetics in rats. In: CONGRESSO LATINO AMERICANO DE CROMATOGRAFIA- COLACRO, 2008, FLORIANÓPOLIS. Journal of Chromatographic Science, 2008.

80.
PINTO, L. S. R. ; Fernandes, JT ; REGASINI, LO ; PECCININI, R. G. ; SILVA, M. . Synthesis of prodrug with therapeutic potential for tuberculosis meningitis using CDS. In: 4th Brazilian Symposium on Medicinal Chemistry, 2008, PORTO DE GALINHAS - PE. JOURNAL OF THE BRAZILIAN CHEMICAL SOCIETY, 2008.

81.
Serafim, E.O.P. ; PECCININI, R. G. ; Ribeiro,M.L. ; CHUNG, M.C. . Development and validation of a method to analyse the prodrug hydroxymethylnitrofurazone (NFOH) in human plasma by high-performance liquid cromatography (HPLC-LLE). In: 3rd International Symposium of Post Graduation and Research - SINPOSPq, 2008, Ribeirão Preto - SP. CD-ROM, 2008.

82.
FORMARIZ, T. P. ; PIOVANI, J. ; OLIVEIRA, A.G. ; PECCININI, R. G. . Estudo da toxicidade aguda e dos parâmetros bioquímicos de microemulsões lipídicas estabilizadas pela oleato de sódio. In: XV Congresso Brasileiro de Toxicologia, 2007, Búzios - RJ. Revista Brasileira de Toxicologia (suplemento 3), 2007. v. 20. p. 56-56.

83.
FORMARIZ, T. P. ; PIOVANI, J. ; SATO, C.S. ; OLIVEIRA, A.G. ; PECCININI, R. G. . Estudo da toxicidade aguda e dos parâmetros bioquímicos de microemulsões O/A contendo colesterol como fase oleosa. In: XV Congresso Brasileiro de Toxicologia, 2007, Búzios - RJ. Revista Brasileira de Toxicologia (suplemento 3), 2007. v. 20. p. 55-55.

84.
AMORIM, R. ; VALADAO, C. ; PECCININI, R. G. . Farmacocinética da cetamina associada ao midazolam. In: 38º Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental, 2006, Ribeirão Preto - SP. CD-ROM, 2006.

85.
GALHARDO, A. ; VALADAO, C. ; PECCININI, R. G. . Pharmacokinetics of an intravenous bolus of S(+)-ketamine with and without midazolam in dogs. In: 9th Word Congress of Veterinary Anaesthesiology, 2006, Santos - SP. Congress Proceedings, 2006. p. 188-188.

86.
Rosa, H.J. ; BALDAN, H.M. ; Ximenes, V.F. ; PECCININI, R. G. . Influência da rifampicina na farmacocinética da isoniazida. In: 38º Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental, 2006, Ribeirão Preto - SP. CD-ROM, 2006.

87.
BALDAN, H.M. ; Rosa, H.J. ; Brunetti, I.L. ; PECCININI, R. G. . Influência da pirazinamida na farmacocinética da isoniazida. In: 38º Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental, 2006, Ribeirão Preto - SP. CD-ROM, 2006.

88.
PECCININI, R. G.; BALDAN, H.M. ; Rosa, H.J. ; Brunetti, I.L. ; Ximenes, V.F. . HPLC method for determination of isoniazid and its metabolites in serum: application to pharmacokinetics studies. In: 5th Congress of Pharmaceutical Sciences - CIFARP 2005, 2005, Ribeirão Preto. 5th Congress of Pharmaceutical Sciences - CIFARP 2005, 2005. v. 41. p. 483-483.

89.
Serafim, E.O.P. ; Ribeiro,M.L. ; Ferreira, E.I. ; PECCININI, R. G. . Plasma hydrolysis study of the hydroxymethylnitrofurazone prodrug. In: 5th Congress of Pharmaceutical Sciences ? CIFARP 2005, 2005, Ribeirão Preto. 5th Congress of Pharmaceutical Sciences ? CIFARP 2005, 2005. v. 41. p. 396-396.

90.
PECCININI, R. G.; CESARINO, E. J. ; LANCHOTE, V. L. . Aspectos farmacocinéticos e farmacodinâmicos do carvedilol em idosos hipertensos metabolizadores extensivos da debrisoquina. In: XXV Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo, 2004, Campos do Jordão. Revista da Sociedade Brasileira de Cardiologia do Estado de São Paulo, 2004. v. 14. p. 117-117.

91.
PECCININI, R. G.; LANCHOTE, V. L. ; CESARINO, E. J. . Enantioselectivity of carvedilol in hypertensive elderly patients phenotyped as extensive metabolizers of debrisoquin. In: 4th Congress of Pharmaceutical Sciences, 2003, Ribeirão Preto. European Journal of Pharmaceutical Sciences, 2003.

92.
PECCININI, R. G.; LANCHOTE, V. L. ; CESARINO, E. J. . Enantioselective Analysis of carvedilol in plasma and urine: applications to clinical pharmacokinetics. In: 3rd Congress of Pharmaceutical Sciences, 2001, Águas de Lindóia/SP. European Journal of Pharmaceutical Sciences. United Kingdom: Elsevier, 2001. v. 13. p. 154-154.

93.
PECCININI, R. G.; FERNANDES, M. D. ; MELLO, S. M. ; GOMES, R. S. . Laboratório do Centro de Controle de Intoxicações da Unicamp: análise da perspectiva de trabalho. Uma visão crítica. In: X Congresso Brasilleiro de Toxicologia, 1997, Salvador. Revista Brasileira de Toxicologia, 1997. v. 10. p. 112-112.

94.
MELLO, S. M. ; PECCININI, R. G. ; FERNANDES, M. D. ; MIRANDOLA, L. . Perfil de nove laboratórios de centros de toxicologia do Brasil. In: X Congresso Brasileiro de Toxicologia, 1997, Salvador. Revista Brasileira de Toxicologia, 1997. v. 10. p. 94-94.

95.
FERNANDES, M. D. ; PECCININI, R. G. ; MELLO, S. M. ; ROSSETO, E. V. . Estudo comparativo para a determinação de metemoglobina. In: X Congresso Brasileiro de Toxicologia, 1997, Salvador. Revista Brasileira de Toxicologia, 1997. v. 10. p. 103-103.

Apresentações de Trabalho
1.
PECCININI, R. G.. Palestra: Construção de Regime Posológico, durante a XIII Semana Acadêmica e Mostra Científica da UEPG. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
PECCININI, R. G.; CAMPOS, ML ; OLIVEIRA, I. J. ; SANTOS, J.L. . Obtenção do valor do LogP para novos compostos planejados para anemia falciforme. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
DAVANCO, M. G. ; RIBEIRO, A. R. ; ROSA, J. A. ; CHUNG, M.C. ; PECCININI, R. G. . In vivo evaluation of antichagasic activity of Phe-ALA-Pq: a new primaquine prodrug. 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

4.
ASSUMPÇÃO, J.U.C.V. ; Campos, Michel Leandro ; Peccinini, Rosangela G. . Doxorubicin carried by an innovative microemulsion system: a different pharmacokinetic profile without cardiotoxicity in rats.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
PECCININI, R. G.. Palestra: As propriedades físico-químicas dos fármacos e o planejamento de estudos farmacocinéticos, durante o Curso Internacional Tópicos Avançados em Biofarmácia e Farmacocinética. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
PECCININI, R. G.. Palestra: Cálculo e interpretação dos parâmetros farmacocinéticos e aplicação na bioequivalência farmacêutica, durante o Curso Internacional Tópicos Avançados em Biofarmácia e Farmacocinética. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
PECCININI, R. G.. Palestra: Drogas, no 6º, 7º e 8º Ano do Ensino Fundamental II - Escola COC de Matão. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
PECCININI, R. G.; DAVANCO, M. G. ; De CAMPOS, M.L. ; NOGUEIRA FILHO, M.A.F. ; CHUNG, M.C. ; SANTOS, J.L. . Pre clinical pharmacokinetic study of a new primaquine prodrug. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
PECCININI, R. G.; DAVANCO, M. G. ; De CAMPOS, M.L. ; NOGUEIRA FILHO, M.A.F. ; CHUNG, M.C. ; SANTOS, J.L. ; SILVA, M. . Stability study of a new CDS prodrug of ethambutol. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
PECCININI, R. G.. Palestra: Alterações farmacocinéticas no idoso, durante o III CONCISU. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
PECCININI, R. G.. Palestra: Farmacocinética aplicada ao desenvolvimento de novos fármacos e medicamentos, 2º Encontro Brasileiro para Inovação Terapêutica. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
PECCININI, R. G.. Palestra: Estudos de bioequivalência e farmacocinética - II Curso de Atualização em Pesquisa Clínica. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
PECCININI, R. G.. Palestra: Farmacocinética - Estudos Pré-Clínicos Aplicados ao Desenvolvimento de Fármacos e Medicamentos. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

14.
PECCININI, R. G.; PLANETA, C. S. . Palestra: Conversando sobre Álcool e Drogas. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
PECCININI, R. G.. Palestra: Bioequivalência e Biodisponibilidade de medicamentos, durante o 1º Congresso de Ciências da Saúde da UNIARA - CONCISU. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

16.
PECCININI, R. G.. Palestra: Bioequivalência e biodisponibilidade de medicamentos, 1º Congresso de Ciências da Saúde da UNIARA. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

17.
PECCININI, R. G.. Palestra: Bioequivalência e biodisponibilidade de medicamentos, VIII Jornada de Integração Farmacêutica. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

18.
PECCININI, R. G.. Curso: Noções de Desenvolvimento de Medicamentos Genéricos (Biodisponibilidade e Bioequivalência). 2005. (Apresentação de Trabalho/Outra).

19.
PECCININI, R. G.. Palestra: Drogas, durante o I Seminário de Atualização Profissional do PROERD. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

20.
PECCININI, R. G.; LANCHOTE, V. L. ; CESARINO, E. J. . of carvedilol in hypertensive elderly patients phenotyped as extensive metabolizers of debrisoquin. 2003. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

21.
PECCININI, R. G.. Palestra: Drogas de Abuso. 2003. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

22.
PECCININI, R. G.. Palestra: Toxicologia, na UNIFENAS. 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

23.
PECCININI, R. G.. Palestra: Toxicologia. 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

24.
PECCININI, R. G.. Palestra: Dependência e Abuso de Drogas. 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

25.
PECCININI, R. G.; LANCHOTE, V. L. ; CESARINO, E. J. . Enantioselective Analysis of carvedilol in plasma and urine: applications to clinical pharmacokinetics.. 2001. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

26.
Peccinini, Rosangela G.. Palestra: Aspectos Farmacológicos do Uso de Drogas. 2001. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

27.
Peccinini, Rosangela G.. Palestra: Drogas de Abuso e Dependências. 2001. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

28.
PECCININI, R. G.. Palestra: Dependência e Abuso de Drogas. 2000. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

29.
PECCININI, R. G.. Palestra: Drogas, Projeto Adolescente Trabalhador. 2000. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

30.
Peccinini, Rosangela G.. Palestra; O Risco do Uso Indevido de Medicamentos. 2000. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

31.
Peccinini, Rosangela G.. Conferência: Alcoolismo. 2000. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

32.
Peccinini, Rosangela G.. Palestra: Dependentes de Drogas. 2000. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

33.
PECCININI, R. G.. Palestra: Drogas. 1999. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

34.
Peccinini, Rosangela G.. Palestra: A Farmacodependência e as Drogas de Abuso. 1999. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

35.
Peccinini, Rosangela G.. Palestra: Alcoolismo. 1999. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

36.
Peccinini, Rosangela G.. Palestra: Drogas de Abuso. 1999. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

37.
Peccinini, Rosangela G.. Palestra: Drogas de Abuso. 1999. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

38.
PECCININI, R. G.. Conferência: Toxicologia clínica, Importância dos Testes Laboratoriais no Diagnóstico e Monitoramento das Intoxicações Agudas. 1998. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

39.
Peccinini, Rosangela G.. Palestra: Drogas de Abuso. 1998. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

40.
PECCININI, R. G.; FERNANDES, M. D. ; MELLO, S. M. ; GOMES, R. S. . Laboratório do Centro de Controle de Intoxicações da UNICAMP: análise da perspectiva de trabalho. Uma visão crítica.. 1997. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

41.
PECCININI, R. G.. Mesa Redonda: Diagnóstico de intoxicação por pesticida através da determinação da atividade colinesterásica sanguínea. 1997. (Apresentação de Trabalho/Outra).

42.
Peccinini, Rosangela G.. Curso: Toxicologia (Intoxicações Agudas). 1995. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

43.
PECCININI, R. G.. Palestra: Centro de controle de intoxicações. 1993. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
PECCININI, R. G.. Assessor Ad Hoc Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - FAPESP. 2013.

2.
PECCININI, R. G.. Assessor científico Brazilian Journal of Pharmaceutical Sciences. 2013.

3.
PECCININI, R. G.. Assessor científico em projetos de pesquisa, Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas, FCF/UNESP. 2013.

4.
PECCININI, R. G.. Assessor científico em relatório docente, Comissão de Pesquisa, FCF/UNESP. 2013.

5.
PECCININI, R. G.. Assessor científico projetos de Extensão, FCF/UNESP. 2013.

6.
PECCININI, R. G.. Assessor científico Revista Brasileira de Ciências Farmacêuticas Básica e Aplicada. 2013.

7.
PECCININI, R. G.. Assessor científico Programa PIBIC/CNPQ/UNESP. 2013.

8.
PECCININI, R. G.. Assessor Ad Hoc Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - FAPESP. 2012.

9.
PECCININI, R. G.. Assessor científico em projetos de pesquisa, Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas, FCF/UNESP. 2012.

10.
PECCININI, R. G.. Assessor científico Brazilian Journal of Pharmaceutical Sciences. 2012.

11.
PECCININI, R. G.. Assessor científico Revista Brasileira de Ciências Farmacêuticas Básica e Aplicada. 2012.

12.
PECCININI, R. G.. Assessor científico projetos de Extensão, FCF/UNESP. 2012.

13.
PECCININI, R. G.. Assessor científico Programa PIBIC/CNPQ/UNESP. 2012.

14.
PECCININI, R. G.. Assessor científico em relatório docente, Comissão de Pesquisa, FCF/UNESP. 2012.

15.
PECCININI, R. G.. European Journal of Pharmacology. 2012.

16.
PECCININI, ROSÂNGELA GONÇALVES. Journal of Liquid Chromatography & Related Technologies. 2012.

17.
PECCININI, R. G.. Assessor científico em relatório de pesquisa de Doutorado, Programa de Pós-Graduação em Toxicologia, FCF-RP/USP. 2011.

18.
PECCININI, R. G.. Assessor Ad Hoc Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - FAPESP. 2011.

19.
PECCININI, R. G.. Assessor científico em relatório de pesquisa de Doutorado, Programa de Pós-Graduação em Toxicologia, FCF-RP/USP. 2010.

20.
PECCININI, R. G.. Assessoria em trabalho submetido à Revista de Ciências Farmacêuticas Básica e Aplicada. 2009.

21.
PECCININI, R. G.. Assessor científico em projeto de pesquisa de Doutorado, Programa de Pós-Graduação em Toxicologia, FCF-RP/USP. 2009.

22.
PECCININI, R. G.. Assessor Ad Hoc Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - FAPESP. 2009.

Trabalhos técnicos
1.
PECCININI, R. G.. Parecer em relatório de atividades docentes. 2013.

2.
PECCININI, R. G.. Parecer em projeto, Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas. 2013.

3.
PECCININI, R. G.. Parecer em relatório de atividades docentes. 2012.

4.
PECCININI, R. G.. Parecer em projeto, Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas. 2012.

5.
PECCININI, R. G.. Parecer em relatório de atividades docentes. 2011.

6.
PECCININI, R. G.. Projetos submetidos ao Comitê de Ética em Pesquisa - FCF/UNESP. 2011.

7.
PECCININI, R. G.. Parecer em projeto, Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas. 2011.

8.
PECCININI, R. G.. Parecer em projeto, Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas. 2010.

9.
PECCININI, R. G.. Parecer em relatório de Estágio Curricular Supervisionado - pequisa clínica. 2010.

10.
PECCININI, R. G.. Projetos submetidos ao Comitê de Ética em Pesquisa - FCF/UNESP. 2010.

11.
PECCININI, R. G.. Relatora de Estágio Curricular Supervisionado de dois alunos do curso de Farmácia-Bioquímica, modalidade Fármacos e Medicamentos. 2009.

12.
PECCININI, R. G.. Projetos submetidos ao Comitê de Ética em Pesquisa - FCF/UNESP. 2009.

13.
PECCININI, R. G.. Avaliadora dos trabalhos científicos na 56ª Jornada Farmacêutica da UNESP. 2009.

14.
PECCININI, R. G.. Projetos submetidos ao Comitê de Ética em Pesquisa - FCF/UNESP. 2008.

15.
PECCININI, R. G.. Relatora de Estágio Curricular Supervisionado de três alunos do curso de Farmácia-Bioquímica, modalidade Fármacos e Medicamentos. 2008.


Demais tipos de produção técnica
1.
PECCININI, R. G.. Farmacocinética aplicada à terapêutica, durante a XIII Semana Acadêmica e Mostra Científica da UEPG. 2017. .

2.
PECCININI, R. G.. V Curso de Atualização em Tecnologias Farmacêuticas Aplicadas (ATEFA) - Pesquisa e Desenvolvimento nas Ciências Farmacêuticas. 2017. .

3.
PECCININI, R. G.. II Curso de Farmacocinética. 2015. .

4.
PECCININI, R. G.. I Curso de Farmacocinética. 2014. .

5.
Peccinini, Rosangela G.. Curso: Parâmetros Farmacocinéticos em Modelos Animais e Farmacocinética Pré-Clínica de Novos Fármacos e Medicamentos. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

6.
Peccinini, Rosangela G.. Aula sobre 'Farmacocinética: Princípios e Cálculos'. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

7.
VALADAO, C. A. A. ; PECCININI, R. G. . Aula sobre 'Farmacocinética Aplicada à Anestesiologia Veterinária', durante a disciplina 'Farmacologia Aplicada à Anestesiologia Veterinária'. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

8.
VALADAO, C. A. A. ; PECCININI, R. G. . Aula sobre 'Farmacocinética Aplicada à Anestesiologia Veterinária', durante a disciplina 'Farmacologia Aplicada à Anestesiologia Veterinária'. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

9.
PECCININI, R. G.. Aula sobre "Fundamentos da farmacocinética clínica", durante o Curso de Difusão - Fundamentos para o uso racional de medicamentos. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

10.
PECCININI, R. G.; VALADAO, C. . Aula sobre 'Farmacocinética Aplicada a Anestesiologia Veterinária', durante a disciplina 'Farmacologia Aplicada à Anestesiologia Veterinária'. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

11.
PECCININI, R. G.; VALADAO, C. . Aula sobre 'Farmacocinética Clínica e Experimental', durante a disciplina 'Farmacologia Aplicada à Anestesiologia'. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

12.
PECCININI, R. G.. Noções de desenvolvimento de genéricos (biodisponibilidade e bioequivalência), durante a 3ª Jornada Farmacêutica da UNIARA. 2005. .

13.
PECCININI, R. G.. Farmacocinética Básica e Bioquivalência. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

14.
PECCININI, R. G.; VALADAO, C. . Aula sobre 'Farmacocinética Básica e Avançada', durante a disciplina 'Farmacologia Aplicada à Anestesiologia'. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

15.
PECCININI, R. G.. Farmacocinética básica e bioequivalência. 2005. .

16.
PECCININI, R. G.. Aula sobre 'Cálculos em Farmacocinética', durante a disciplina de 'Farmacologia'. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

17.
PECCININI, R. G.; EVANGELISTA, R. C. . Curso de 'Cromatografia Líquida de Alta Eficiência - HPLC'. 2003. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

18.
PECCININI, R. G.. Aula sobre 'Farmacocinética em Grupos Especiais de Pacientes: Idosos, Recém-nascidos, Gestantes, Hepatopatas e Nefropatas', durante a disciplina de 'Farmácia Hospitalar'. 2003. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

19.
PECCININI, R. G.; CHUNG, M.C. . Aula sobre 'Farmacocinética e Pró-Fármacos', durante a disciplina 'Latenciação de Fármacos'. 2002. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

20.
Peccinini, Rosangela G.. Aula sobre 'Toxicologia Analítica', durante o Curso de Especialização em Medicina do Trabalho. 1998. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

21.
Peccinini, Rosangela G.. Aula sobre 'Toxicocinética e Toxicodinâmica', durante o XIII Curso de Toxicologia Clínica. 1997. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

22.
PECCININI, R. G.. Intoxicações agudas, durante a VIII Jornada Farmacêutica Universitária da USF. 1995. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

23.
Peccinini, Rosangela G.. Toxicologia Analítica. 1995. .

24.
PECCININI, R. G.. Aulas sobre 'Epidemiologia das intoxicações e princípios gerais em Toxicologia', durante o curso de Intoxicações Agudas. 1994. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

25.
PECCININI, R. G.. Aula sobre o tema "Aspectos gerais da toxicologia", durante o X Curso de Toxicologia Clínica. 1994. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

26.
Peccinini, Rosangela G.. Toxicologia Analítica. 1994. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

27.
Peccinini, Rosangela G.. Aula sobre 'Critérios para Escolha, Coleta e Conservação de Amostras de Material Biológico', durante a disciplina 'Diagnóstico Laboratorial das Intoxicações Agudas'. 1994. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

28.
Peccinini, Rosangela G.. Intoxicações agudas, durante a VII Jornada Farmacêutica Universitária da USF. 1994. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

29.
PECCININI, R. G.. Intoxicações agudas. 1992. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

30.
Peccinini, Rosangela G.. Aula sobre 'Toxicologia Analítica: Métodos, Interpretação', durante o curso de Especialização em Medicina do Trabalho. 1992. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

31.
Peccinini, Rosangela G.. Aula sobre 'Laboratório Toxicológica', durante a disciplina 'Medicina do Trabalho e Saúde Ambiental'. 1990. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

32.
Peccinini, Rosangela G.. 'Aula tórico-prática de Toxicologia dos Inseticidas', durante a disciplina de Toxicologia. 1990. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
PECCININI, R. G.; ROLIM-NETO, P J; AGUIAR, A. J. A.. Participação em banca de Jonata Augusto de Oliveira. Farmacocinética do efavirens em coelhos: estudo comparativo de formas farmacêuticas sólidas. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

2.
PECCININI, R. G.; ROLIM-NETO, P J; HUSSNI, C. A.. Participação em banca de Evelin dos Santos Martins. Farmacocinética do efavirens administrado na forma de nanopartículas inorgânicas em coelhos. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

3.
MORAES, N. V.; DACH, F.; PECCININI, R. G.. Participação em banca de Priscila Akemi Yamamoto. Impacto dos polimorfismos genéticos de OCT2 e OCTN1 na disposição cinética da gabapentina em pacientes com dor crônica. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

4.
BAVIERA, AMANDA MARTINS; Brunetti, I.L.; PASCHOAL, J. A. R.; PECCININI, R. G.. Participação em banca de Jhohann Richard de Lima Benzi. Influência do inibidor do transportador de cátions orgânicos 2 (OCT2) cimetidina e do diabestes experimental na disposição cinética da gapapentina em ratos. 2018. Dissertação (Mestrado em Toxicologia) - Universidade de São Paulo.

5.
PECCININI, R. G.; ALBUQUERQUE, S.; SANTOS, A.G.. Participação em banca de Manuel Alejandro Henao Alzate. Avaliação do perfil farmacocinético do ácido ursólico em ratos Wistar. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

6.
PECCININI, R. G.; BARRAVIERA, B.; De CAMPOS, M.L.. Participação em banca de Carolina Peres. Planejamento de estudo clínico para a avaliação da biodisponibilidade comparativa de nova formulação de liberação prolongada de benzonidazol. 2017. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Pesquisa Clínica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

7.
CIRELLI, J. A.; PECCININI, R. G.; SILVA, F. H.. Participação em banca de Natalia da Ponte Leguizamon. Avaliação da atividade inibitória de fitocistatinas sobre catepsinas e citocinas pró-inflamatórias. Estudo in vitro e in vivo.. 2017. Dissertação (Mestrado em Odontologia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

8.
PECCININI, R. G.. Participação em banca de Luísa Helena Perin de Melo. Desenvolvimento e validação de um método bioanalítico para estudos de farmacocinética e biodistribuição do fármaco anti-chagásico benznidazol em modelo murino. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal de Ouro Preto.

9.
PONTAROLO, R.; GASPARETTO, J. C.; TRINDADE, A. C. L. B.; PECCININI, R. G.. Participação em banca de Leticia Paula Leonart. Avaliação dos principais produtos de excreção da cumarina na urina de humanos. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal do Paraná.

10.
PEREIRA, L. R. L.; VELASCO, T. R.; PECCININI, R. G.. Participação em banca de Fabiana Angelo Marques. Monitorização terapêutica do topiramato em pacientes com epilepsia refratária. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade de São Paulo.

11.
MARQUES, V. B. B.; PECCININI, R. G.; SAKAKIBARA, I. M.. Participação em banca de Juliana Savioli Simões. Influência do diabetes mellitus no metabolismo de fármacos marcadores de atividade dos CYP 2D6 E 3a4 em ratos. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal de Alfenas.

12.
RODRIGUES, C. A.; PAES, A. C.; PECCININI, R. G.. Participação em banca de Karoline Alves Rodrigues. Farmacocinética da gentamicina administrada pela via intravenosa regional em equinos com a utilização de dois modelos de torniquetes. 2014. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia Animal) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

13.
PECCININI, R. G.; KIMURA, E.; SANTOS, J.L.. Participação em banca de Marco Antonio Ferraz Nogueira Filho. Farmacocinética pré-clínica do hidroximetilnitrofural (NFOH) - potencial pró-fármaco antichagásico. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

14.
KIMURA, E.; Rolim, CMB; PECCININI, R. G.. Participação em banca de Thiago Ferreira dos Santos. Monitorização terapêutica do Meropenem em pacientes da UTI: desfecho terapêutico e econômico. 2013. Dissertação (Mestrado em Biociências Aplicadas à Farmácia) - Universidade Estadual de Maringá.

15.
PECCININI, R. G.; OLIVEIRA, A.G.; FORMARIZ, T. P.. Participação em banca de Caroline Candido Damico. Avaliação da Distribuição de Doxorrubicina em Tecido Tumoral em camundongos. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

16.
PECCININI, R. G.; SANTOS, J.L.; FORMARIZ, T. P.. Participação em banca de Carla Monalizi Vieira. Farmacocinética pré-clínica e Avaliação Toxicológica do composto 5-(4-cloro-benzilideno)-3-(4-metil-benzil)-tiazolidina-2,4-diona (GQ-2).. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

17.
PECCININI, R. G.; SALGADO, H. R. N.; Queiroz, R.H.C.. Participação em banca de Juliana Uruguay Correa Vidigal Assumpção. Farmacocinética pré-clínica e cardiotoxicidade da doxorrubicina veiculada por sistema microemulsionado. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

18.
LANCHOTE, V. L.; PECCININI, R. G.; COELHO, E. B.. Participação em banca de Carolina Pinto Vieira. Farmacocinética e PK-PD dos isômeros do nebivolol em voluntários sadios metabolizadores extensivos ou lentos para o CYP2D6. 2011. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós Graduação em Ciências) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto -USP.

19.
PECCININI, R. G.; SANTOS, J.L.; LANCHOTE, V. L.. Participação em banca de Leonardo Santos Ribeiro Pinto. Síntese, atividade antimicrobiana e farmacocinética de pró-fármaco do etambutol com potencial terapêutico para meningite tuberculosa. 2010. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

20.
MARCHI, M. R. R.; PECCININI, R. G.; TORNISIELO, V. L.. Participação em banca de Stephane Franco. Otimização, validação e aplicação de método para análise de diuron e seus metabólitos de degradação em urina de ratos utilizando SPE e HPCL-DAD. 2009. Dissertação (Mestrado em Quimica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

21.
OLIVEIRA, G. H.; SA-ROCHA, L. C.; PECCININI, R. G.. Participação em banca de Guilherme Luz Emerick. Efeito do gliconato de cálcio e do nimodipino no tratamento de intoxicações agudas por triorto-cresil-fosfato em galinhas. 2009. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

22.
OLIVEIRA, G. H.; PECCININI, R. G.; Santos, A.C.. Participação em banca de Gabriela Andriollo Muzardo. Efeito do gliconato de cálcio e do fluoreto de fenilmetilsulfonil (PMSF) no tratamento da intoxicação aguda por organofosforado neuropático em galinhas, utilizando como protótipo o tri-orto-cresil fosfato (TOCP). 2007. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

23.
PECCININI, R. G.; Queiroz, R.H.C.; CARVALHO, D.. Participação em banca de Camila Guimarães. Tolerabilidade e eficácia da fluoxetina na redução de parâmetros antropométricos e metabólicos em mulheres obesas. 2006 - FACULDADE DE CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS DE RIBEIRÃO PRETO.

24.
Ximenes, V.F.; MOREAU, L. M.; PECCININI, R. G.. Participação em banca de Helene Jorge de Rosa. Efeitos da rifampicina na farmacocinética e hepatotoxicidade da isoniazida. 2006. Dissertação (Mestrado em Biociências e Biotecnologia Aplicadas à Farmácia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

25.
Brunetti, I.L.; MOREAU, R. L. M.; PECCININI, R. G.. Participação em banca de Helen Mariana Baldan. Influência da pirazinamida na farmacocinética e hepatotoxicidade da isoniazida associada ou nao à rifampicina. 2006. Dissertação (Mestrado em Biociências e Biotecnologia Aplicadas à Farmácia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

26.
Queiroz, R.H.C.; Santos, A.C.; PECCININI, R. G.. Participação em banca de Maurício Homem de Mello. N-acetilcisteína e dapsona: avaliação da toxicidade hemtaológica e bioquímica em ratos wistar. 2005 - FACULDADE DE CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS DE RIBEIRÃO PRETO.

27.
PECCININI, R. G.. Participação em banca de Daniel Rossi de Campos. Detecção de esteróides androgênicos anabólicos por CG/MS em urina de esportistas e alterções séricas bioquímicas e hormonais. 2004. Dissertação (Mestrado em Análises Toxicológicas) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas.

28.
PECCININI, R. G.. Participação em banca de Edna Maria Miello Hernadez. Estudo epidemiológico das intoxicações agudas na grande São Paulo. 2004. Dissertação (Mestrado em Análises Toxicológicas) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas.

29.
PECCININI, R. G.. Participação em banca de Gabriela Cristina dos Santos. Repeated Amphetamine during adolescence enhances nicotine-induced locomotor activation in adolescent and adult rats. 2004 - Universidade Federal de São Carlos.

Teses de doutorado
1.
Chorilli, M.; MAGALHAES, N. S. S.; LEITAO, A.; LEITE, C. Q. F.; PECCININI, R. G.. Participação em banca de Karen Cristina dos Santos. Avaliação do potencial de sistemas precursores de cristais líquidos mucoadesivos para administração nasal de rifampicina aplicáveis na terapia da tuberculose. 2018. Tese (Doutorado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

2.
OLIVEIRA, A. R. M.; PASCHOAL, J. A. R.; PUPO, M. T.; BARTH, T.; PECCININI, R. G.. Participação em banca de Fernanda de Lima Moreira. Estudo in vitro do perfil metabólico do agente antitumoral piplartina frente às enzimas do citocromo P450 e predição de parâmetros farmacocinéticos. 2017. Tese (Doutorado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade de São Paulo.

3.
PECCININI, R. G.; PITTA, M. G. R.; OLIVEIRA, A. R. M.; Marin, MT; Chorilli, M.. Participação em banca de Elias Carvalho Padilha. Screening farmacocinético e estudos in vitro para a seleção de tiazolidinodionas promissoras à administração oral. 2017. Tese (Doutorado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

4.
HUSSNI, C. A.; WATANABE, M. J.; RODRIGUES, C. A.; PECCININI, R. G.; ROMEIRO, F. G.. Participação em banca de Juliana de Moura Alonso. Avaliação da reatividade peritoneal e das concentrações plasmáticas e peritoneais da ceftriaxona após administração intraperitoneal via cateter Tenckhoff em equinos. 2016. Tese (Doutorado em Biotecnologia Animal) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

5.
CARVALHO, L. M.; Rolim, CMB; PECCININI, R. G.; EMANUELLI, T.; COSTA, T. D.. Participação em banca de Ana Paula Lançanova. Estudo de fármacos emagrecedores em suplementos alimentares e avaliação da interação medicamentosa no tratamento da obesidade. 2016. Tese (Doutorado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal de Santa Maria.

6.
PECCININI, R. G.; SILVA JUNIOR, A. A.; PESTANA-BIAVA, K.C.; Rolim, CMB; OLIVEIRA, A.G.. Participação em banca de Marco Antonio Ferraz Nogueira Filho. Farmacocinética pré-clínica e avaliação de segurança e eficácia de inovadora formulação de anfotericina B. 2016. Tese (Doutorado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

7.
VALADAO, C. A. A.; FORMARIZ-PILON, T.P.; Brunetti, I.L.; SANTOS, A. C. C.; PECCININI, R. G.. Participação em banca de Juliana Uruguay Correa Vidigal Assumpção. Aspectos tóxicos-farmacológicos da doxorrubicina em cães portadores de tumor venéreo transmissível. 2015. Tese (Doutorado em Programa de Pós Graduação em Ciências Farmacêutica) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP.

8.
RODRIGUES, C. A.; AGUIAR, A. J. A.; ALVES, A. L. G.; PECCININI, R. G.; SILVA, L. C. L. C.. Participação em banca de Leandro Americo Rafael. Farmacocinética da gentamicina no plasma e líquido sinovial de equinos, após administração em dose única, intravenosa e intravenosa regional. 2015. Tese (Doutorado em Biotecnologia Animal) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

9.
LOPES, N. P.; OLIVEIRA, D. P.; GAITANI, C. M.; PECCININI, R. G.; GREGORIO, L. E.. Participação em banca de Ivanildes Vasconcelos Rodrigues. Desenvolvimento e validação de um métodos bioanalíticos para avaliação farmacocinética de uma mistura binária de triterpenos pentacíclicos e de seus metabólitos in vivo. 2014. Tese (Doutorado em Toxicologia) - Universidade de São Paulo.

10.
PECCININI, R. G.; CHUNG, M.C.; SANTOS, J.L.; FORMARIZ, T. P.; Sudo, R.T.. Participação em banca de Helen Mariana Baldan Cimatti. Farmacocinética pré-clínica e avaliação toxicológica do PT-31 GIRSUPAN. 2013. Tese (Doutorado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

11.
OLIVEIRA, G. H.; GREMIÃO, M.P.D.; Santos, A.C.; PECCININI, R. G.; CALAFATTI, S. A.. Participação em banca de Guilherme Luz Emerick. Avaliação de neurotoxicidade de formas enantioméricas de praguicidas organofosforados: estudo comparativo em células humanas e de galinhas. 2012. Tese (Doutorado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

12.
SALGADO, H. R. N.; CASS, Q. B.; Rolim, CMB; Chorilli, M.; PECCININI, R. G.. Participação em banca de Lucélia Magalhães da Silva. Desenvolvimento e Validação de Metodologia Analítica e Estudo de Estabilidade da Tigeciclina em Produto Farmacêutico. 2012. Tese (Doutorado em Programa de Pós Graduação em Ciências Farmacêutica) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP.

13.
CHUNG, M.C.; Cyrino, A.P.P.; Bazotte, R.B.; Ueta, J.; PECCININI, R. G.. Participação em banca de Silvia Ferreira Lima Cavalheiro. Desenvolvimento e avaliaçao de um protocolo de atenção farmacêutica intensiva com metodologia educacional de empoderamento para adultos com Diabetes mellitus tipo 2 - estudo translacional fase 1.. 2011. Tese (Doutorado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

14.
BONATO, P. S.; Queiroz, R.H.C.; OLIVEIRA, A. R. M.; PECCININI, R. G.; OLIVEIRA, R. V.. Participação em banca de Patrícia da Fonseca. Análise enantioseletiva da venlafaxina e de seus principais metabólitos - aplicações em estudos de biotransformação in vitro e in vivo. 2011. Tese (Doutorado em Programa de Pós Graduação em Toxicologia) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto -USP.

15.
OLIVEIRA, R. V.; LANCHOTE, V. L.; CASS, Q. B.; BONATO, P. S.; PECCININI, R. G.. Participação em banca de Katia Roberta Anacleto Belaz. Estudos in vitro para a investigação do efeito da má nutrição proteica no metabolismo do albendazol em frações microssomais e estudos de inibição com os enantiômeros do albendazol sulfóxido em células tumorais humanas. 2011. Tese (Doutorado em Química) - Universidade Federal de São Carlos.

16.
Queiroz, R.H.C.; CHUNG, M.C.; CARVALHO, D.; PECCININI, R. G.; LANCHOTE, V. L.. Participação em banca de Camila Guimarães. Avaliação das preferências dos pacientes por atributos de risco/benefício do tratamento insulínico no diabetes: um modelo de escolha discreta. 2009. Tese (Doutorado em Toxicologia) - Universidade de São Paulo.

17.
Queiroz, R.H.C.; BARBOZA JUNIOR, F.; PEREIRA, L. R. L.; PECCININI, R. G.; MALFARA, W. R.. Participação em banca de Mauricio Homem de Mello. Avaliação de dados antropométricos, hemodinâmicos e metabólitos em pacientes esquizofrênicos que utilizam a olanzapina. 2009. Tese (Doutorado em Toxicologia) - Universidade de São Paulo.

18.
LANCHOTE, V. L.; SERRA, C. H. R.; LEPERA, J. S.; BONATO, P. S.; PECCININI, R. G.. Participação em banca de Ana Leonor Pardo Campos Godoy. Influência do diabetes experimental na disposição cinética e no metabolismo estereosseletivos do tramadol em ratos. 2009. Tese (Doutorado em Toxicologia) - Universidade de São Paulo.

19.
LANCHOTE, V. L.; CARVALHO, D.; COELHO, E. B.; PECCININI, R. G.; BONATO, P. S.. Participação em banca de Flávia Garcez da Silva. Influência do Diabetes mellitus e da insuficiência renal crônica em tratamento dialítico na farmacocinética e farmadinâmica do carvedilol em pacientes hipertensos. 2008. Tese (Doutorado em Toxicologia) - Universidade de São Paulo.

20.
PECCININI, R. G.. Participação em banca de Daniel Rossi de Campos. Avaliação 'in vitro'-'in vivo' de duas formulações de pantoprazol: estudos farmacocinéticos e perfis de dissolução em meios biorelevantes. 2008. Tese (Doutorado em Farmacologia) - Universidade Estadual de Campinas.

Qualificações de Doutorado
1.
PECCININI, R. G.; Marin, MT; DHUARTE, A. B.. Participação em banca de Caroline Damico Cândido. Farmacocinética da doxorrubicina: um estudo comparativo entre a forma cloridrato, lipossomal e nanopartículas poliméricas. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

2.
OLIVEIRA, D. P.; PECCININI, R. G.; LEPERA, J. S.. Participação em banca de Roberta Natália Cestari. Mecanismos de toxicidade. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Toxicologia) - Universidade de São Paulo.

3.
PECCININI, R. G.; De CAMPOS, M.L.; Dos Santos Neto, A.J.. Participação em banca de Elias Carvalho Padilha. Screening farmacocinético e estudos in vitro para a seleção de tiazolidinodionas promissoras à administração oral. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

4.
PECCININI, R. G.; Dos Santos Neto, A.J.; Ximenes, V.F.. Participação em banca de Michel Leandro Campos. Farmacocinética pré-clínica, estudo de relação pk/pd, estudo de metabolismo em hepatócitos e avaliação preliminar de segurança hepática e renal de derivado ftalimídico em ratos. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós Graduação em Ciências Farmacêutica) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP.

5.
PECCININI, R. G.; Chorilli, M.; PESTANA-BIAVA, K.C.. Participação em banca de Marco Antonio Ferraz Nogueira Filho. Farmacocinética pré-clínica e avaliação de segurança e eficácia de inovadora formulação de Anfotericina B. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

6.
PECCININI, R. G.; SANTOS, A. C. C.; Baldan-Cimatti, H.M.. Participação em banca de Juliana Uruguay Corrêa Vidigal Assumpção. Aspectos tóxicos-farmacológicos da doxorrubicina contida em microemulsão em cães portadores de tumor venéreo transmissível. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

7.
PONTAROLO, R.; CAMPOS, F. R.; PECCININI, R. G.. Participação em banca de João Cleverson Gasparetto. Avaliação da biodisponibilidade dos principais metabólitos secundários do guaco a partir da forma farmacêutica xarope. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal do Paraná.

8.
PECCININI, R. G.; FORMARIZ-PILON, T.P.; SANTOS, J.L.. Participação em banca de Helen Mariana Baldan Cimatti. Farmacocinética pré-clínica e avaliação toxicológica do PT-31 GIRSUPAN. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós Graduação em Ciências Farmacêutica) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP.

9.
SANTOS, A.G.; Perazzo, F.; PECCININI, R. G.. Participação em banca de Elaise Gonçalves Pierri. Avaliação das atividades cicatrizante e anti-inflamatória de Casearia sylvestris Swartz em animais e identificação dos marcadores químicos. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós Graduação em Ciências Farmacêutica) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP.

10.
CHUNG, M.C.; PECCININI, R. G.; SANTOS, J.L.. Participação em banca de Silvia Ferreira Lima Cavalheiro. Desenvolvimento e avaliação de um protocolo de atenção farmacêutica com metodologia de empoderamento para o acompanhamento de indivíduos com Diabetes mellitus Tipo 2. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

11.
OLIVEIRA, G. H.; SALGADO, H. R. N.; PECCININI, R. G.. Participação em banca de Guilherme Luz Emerick. Avaliação de neurotoxicidade de formas enantioméricas de praguicidas organofosforados: um estudo comparativo em células humanas e de galinhas. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

12.
PECCININI, R. G.; SOUZA, A. L. M. C.; COLOMBARI, D. S. A.. Participação em banca de Fábio Cardoso Cruz. The reinstatement of amphetamine-induced place preference in adolescent rats is long - lasting and related to changes in the expression of AMPA receptors in the nucleus accumbens. 2006. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Fisiológicas) - Universidade Federal de São Carlos.

13.
NUNES-DE-SOUZA, R.N.; SOUZA, A. L. M. C.; COLOMBARI, D. S. A.; PECCININI, R. G.. Participação em banca de Marcelo Tadeu Marin. Cocaine-induced behavioral sensitization in adolescent rats endures until adulthood: involvement of GluR1 and NR1 glutamate receptor subunits and tyrosine hydroxylase in the nucleus accumbens. 2006. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Fisiológicas) - Universidade Federal de São Carlos.

Qualificações de Mestrado
1.
SANTOS, A.G.; CROTTI, A. E. M.; PECCININI, R. G.. Participação em banca de Fernando Bombarda Oda. Obtenção e avaliação da ação anti-inflamatória de derivados de diterpenos clerodânicos de Casearia sylvestris Swartz (Salicaceae). 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

2.
PECCININI, R. G.; LIMA, S. A. M.; Baldan-Cimatti, H.M.. Participação em banca de Carolina Peres. Estudo clínico para avaliação de biodisponibilidade comparativa entre formulação de liberação imediata e formulação de liberação prolongada do benzonidazol em participantes sadios de ambos os sexos. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Pós-Graduação em Pesquisa Clínica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

3.
PECCININI, R. G.; PESTANA-BIAVA, K.C.; DUHARTE, A. B.. Participação em banca de Evelin dos Santos Martins. Farmacocinética de Efavirenz administrado na forma de nanopartículas inorgânicas em coelhos. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

4.
PECCININI, R. G.; PESTANA-BIAVA, K.C.; COSTA, P. I.. Participação em banca de Jonata Augusto de Oliveira. Farmacocinética do Efavirenz em coelhos: estudo comparativo de formas farmacêutica sólidas. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

5.
PECCININI, R. G.; PESTANA-BIAVA, K.C.; Chorilli, M.. Participação em banca de Marcelo Gomes Davanço. Estudo farmacocinético pré-clínico de novos comprimidos de benznidazol para o tratamento da Doença de Chagas. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

6.
PECCININI, R. G.; Baldan-Cimatti, H.M.; PESTANA, K.C.. Participação em banca de Martina Campana Borges. Avaliação do perfil farmacocinético e da toxicidade renal e hepática da AmB complexada a B-ciclodextrina em ratos wistar. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós Graduação em Ciências Farmacêutica) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP.

7.
PECCININI, R. G.; FORMARIZ-PILON, T.P.; SANTOS, A.G.. Participação em banca de Caroline Candido Damico. Avaliação da Distribuição de Doxorrubicina em Tecido Tumoral em camundongos. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós Graduação em Ciências Farmacêutica) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP.

8.
PECCININI, R. G.; Chorilli, M.; CRESTANI, C.C.. Participação em banca de Elias Carvalho Padilha. Desenvolvimento e validação de método bioanalítico e farmacocinética pré-clínica do composto [5-(5-bromo-1H-indol-3-metieleno)-3-(4-cloro-benzil)-tiazolidina-2,4-diona)]. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

9.
PLANETA, C. S.; CRESTANI, C.C.; PECCININI, R. G.. Participação em banca de Lígia Cury Casula. Efeito da pré-exposição ao etanol sobre comportamentos relacionados à ansiedade e motivação a autoadministração de etanol em ratos. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

10.
PECCININI, R. G.; FORMARIZ-PILON, T.P.; CRESTANI, C.C.. Participação em banca de Carla Monalizi Vieira. Farmacocinética pré-clínica e Avaliação Toxicológica do composto 5-(4-cloro-benzilideno)-3-(4-metil-benzil)-tiazolidina-2,4-diona (GQ-2).. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós Graduação em Ciências Farmacêutica) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP.

11.
PECCININI, R. G.; CHUNG, M.C.; PLANETA, C. S.. Participação em banca de Marco Antonio Ferraz Nogueira Filho. Farmacocinética pré-clínica do hidroximetilnitrofural (NFOH) - potencial pró-fármaco antichagásico. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
PECCININI, R. G.; OLIVEIRA, J. A.; MARTINS, E. S.. Participação em banca de Pedro Henrique de Oliveira.Padronização de múltiplos parâmetros bioquímicos de coelhos albinos, camundongos Swiss e ratos Wistar do Biotério Central da UNESP de Botucatu. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia e Bioquímica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

2.
SANTOS, J.L.; PECCININI, R. G.; Marin, MT. Participação em banca de Maria Carolina de Alencar Pery.Atenção Farmacêutica em Pediatria. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia e Bioquímica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

3.
PECCININI, R. G.; ALZATE, M. A. H.; PESTANA-BIAVA, K.C.. Participação em banca de Luciano Carlos dos Santos.Avaliação de possíveis interações de associações medicamentosas em dose fixa. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia e Bioquímica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

4.
SACRAMENTO, L. V. S.; SANTOS, A.G.; PECCININI, R. G.. Participação em banca de Lucca Tassinari Gurgel.Análise do mercado de drogas vegetais e fitoterápicos e uso da farmacopéia no controle de qualidade. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia e Bioquímica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

5.
ANDRADE, C. R.; Almeida, AE; PECCININI, R. G.. Participação em banca de Milene Ferrari Jesus.Terapia farmacológica quimioter[apica e diferenças farmacogenéticas em terapia de cancer de cabeça e pescoço. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP.

6.
ANDRADE, C. R.; Brunetti, I.L.; PECCININI, R. G.. Participação em banca de Bruno Galante.Quimioterapia como uma modalidade terapêutica em carcinomas epidermóides de boca. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP.

7.
PECCININI, R. G.. Participação em banca de Rodrigo Vieira Pires.Interações medicamentosas: avaliação do perfil farmacocinético da pirazinamida associada a isoniazida e a ciprofloxacina. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia Bioquímica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

8.
PECCININI, R. G.. Participação em banca de Elias Carvalho Padilha.Tratamento da tuberculose: estudo das interações farmacocinéticas da isoniazida. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia Bioquímica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

9.
PECCININI, R. G.. Participação em banca de Felipe Ferrão Spinelli.A dopagem no esporte. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia Bioquímica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

10.
De Monte, A.; Vendramini,R.; PECCININI, R. G.. Participação em banca de Laura Renata Candido de Moraes.Interações fármaco-alimento no quadro de hipertensão arterial. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia Bioquímica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

11.
De Monte, A.; Vendramini,R.; PECCININI, R. G.. Participação em banca de Priscila Sotero Pião.Interação Medicamento-Alimento na terapêutica do Diabetes Mellitus tipo 2. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia Bioquímica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
Chorilli, M.; CHIAVACCI-FAVORIN, L. A.; PECCININI, R. G.. Concurso publico para contratação docente substituto disciplina Química Farmacêutica. 2018. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

2.
ISAAC, V. L. B.; NASSUTE, J. C.; PECCININI, R. G.. Concurso publico para contratação docente substituto disciplina Química Farmacêutica e Medicinal. 2017. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

3.
SANTOS, A.G.; SACRAMENTO, L. V. S.; PECCININI, R. G.. Concurso publico para contratação docente substituto disciplina Farmacobotânica. 2017. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

4.
PECCININI, R. G.; SACRAMENTO, L. V. S.; SANTOS, A.G.. Concurso publico para contratação docente substituto disciplina Farmacognosia. 2015. Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP.

5.
PECCININI, R. G.. Concurso Público de Provas e Títulos para Docente, área de Farmácia - Análise Toxicológica. 2015. Universidade Federal de Ouro Preto.

6.
PECCININI, R. G.; Marin, MT; SACRAMENTO, L. V. S.. Concurso publico para contratação docente substituto disciplina Farmacognosia. 2014. Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP.

7.
PECCININI, R. G.; PUPO, A. S.; CAROBREZ, A. P.. Concurso público para Professor Assistente Doutor no conjunto de disciplinas da Farmacologia, FCF/UNESP. 2013. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Outras participações
1.
SALGADO, H. R. N.; PECCININI, R. G.; BAUAB, T. M.. Comissão examinadora para seleção de candidatos ao curso de Doutorado do Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas. 2012.

2.
BAUAB, T. M.; PECCININI, R. G.; SCARPA, M. V. C.. Comissão examinadora para seleção de candidatos ao curso de Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas. 2011. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

3.
PECCININI, R. G.. Comissão de seleção de candidatos ao Programa de Doutorado no país com extágio no Exterior - PDEE. 2010. Universidade de São Paulo.

4.
SALGADO, H. R. N.; BAUAB, T. M.; PECCININI, R. G.. Comissão examinadora para seleção de candidatos ao curso de Doutorado do Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas. 2010. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

5.
SALGADO, H. R. N.; SCARPA, M. V. C.; PECCININI, R. G.; BAUAB, T. M.. Comissão examinadora para seleção de candidatos ao curso de Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas. 2008. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
European Pharma Congress. New extended-release tablets of benznidazole for chagas disease treatment: pre-clinical pharmacokinetics studies. 2015. (Congresso).

2.
II Congress of the Brazilian Association of Pharmaceutical Sciences. 2014. (Congresso).

3.
5th BBBB International Conference. Doxorubicin carried by an innovative microemulsion system: a different pharmacokinetic profile without cardiotoxicity in rats.. 2013. (Congresso).

4.
III International Symposium on Drug Discovery.IN VIVO EVALUATION OF ANTICHAGASIC ACTIVITY OF PHE-ALA-PQ: A NEW PRIMAQUINE PRODRUG. 2013. (Simpósio).

5.
XVI Conferência Ibero-Americana de Faculdades de Farmácia - Coiffa. Desenvolvimento e Validação de Método Bioanalítico por UPLC para a Quantificação de Doxorrubicina em Tecido Tumoral e Cardíaco de Camundongos. 2013. (Congresso).

6.
Curso Internacional Tópicos Avançados em Biofarmácia e Farmacocinética.Cálculo e Interpretação dos Parâmetros Farmacocinéticos e Aplicação em Bioequivalência Farmacêutica. 2012. (Outra).

7.
Curso Internacional Tópicos Avançados em Biofarmácia e Farmacocinética.As Propriedades Fisico-químicas dos Fármacos e o Planejamento de Estudos Farmacocinéticos. 2012. (Outra).

8.
2º Encontro Brasileiro para Inovação Terapêutica.Farmacocinética Aplicada ao Desenvolvimento de Novos Fármacos e Medicamentos. 2011. (Encontro).

9.
3rd International Conference on Drug Discovery & Therapy. Preclinical pharmacokinetic suty of a new primaquine prodrug. 2011. (Congresso).

10.
8th International Congress of Pharmaceutical Sciences. Preclinical pharmacokinetics and cardiotoxicity of doxorubicin carried by microemulsion system. 2011. (Congresso).

11.
Congresso Farmacêutico da UNESP. Avaliação da fragilidade osmótica de eritrócitos in vivo de primaquina e seu pró-fármaco PHE-ALA-PQ. 2011. (Congresso).

12.
III Congresso de Ciências da Saúde da UNIARA - CONCISU. Alterações Farmacocinéticas no Idoso. 2011. (Congresso).

13.
II International Symposium on Drug Discovery. 2011. (Simpósio).

14.
II Simpósio de Planejamento e Desenvolvimento de Novos Fármacos para Doenças Negligenciadas. 2011. (Simpósio).

15.
II Symposium on Drug Design and Development for Negligected Diseases.Evaluation of effect of multiple doses of primaquine and PHE-ALA-PQ on the erythrocyte osmotic fragility. 2011. (Simpósio).

16.
XVII Congresso Brasileiro de Toxicologia. Teste de fragilidade osmótica de eritrócitos: aplicação em estudo de toxicidade pré-clínica de fármacos. 2011. (Congresso).

17.
III Workshop de Biodisponibilidade e Bioequivalência. 2010. (Outra).

18.
7º Fórum dos Comitês de Ética em Pesquisa Clínica do Estado de São Paulo. 2009. (Outra).

19.
III Encontro dos Programas de Pós-Graduação da FCF. 2009. (Encontro).

20.
1º Congresso de Ciências da Saúde da UNIARA - CONCISU. Bioequivalência e Biodisponibilidade de Medicamentos. 2007. (Congresso).

21.
VIII Jornada de Integração Farmacêutica - Professora Ms. Rute Aparecida Casas Garcia.Bioequivalência e Biodisponibilidade de Medicamentos. 2007. (Outra).

22.
II Oficina de Trabalho entre ANVISA e Centros Públicos de Equivalência Farmacêutica e Bioequivalência. 2006. (Oficina).

23.
I Oficina de Trabalho entre ANVISA e Centros Públicos de Equivalência Farmacêutica e Bioequivalência. 2006. (Oficina).

24.
III JoFar - Jornada Farmacêutica da UNIARA.Noções de Desenvolvimento de Medicamentos Genéricos (Biodisponibilidade e Bioequivalência). 2005. (Outra).

25.
VI Encontro Nacional de Profissionais em Pesquisa Clínica. 2005. (Encontro).

26.
2º Congresso Estadual de Segurança E Saúde no Trabalho da UNESP. 2003. (Congresso).

27.
4th Congress of Pharmaceutical Sciences. Enantioselectivity of carvedilol in hypertensive elderly patients phenotyped as extensive metabolizers of debrisoquine.. 2003. (Congresso).

28.
49ª jornada Farmacêutica da UNESP. 2002. (Outra).

29.
XXII Seminário Nacional Antidrogas nas Escolas Superiores. 2002. (Seminário).

30.
3rd Congress of Pharmaceutical Sciences. Enantioselective analysis of carvedilol in plasma and urine: applications to clinical pharmacokinetics. 2001. (Congresso).

31.
Ciclo de Palestras "Capacitação em Saúde".Aspectos Farmacológicos do Uso de Drogas. 2001. (Outra).

32.
III Jornada de Patologia Clínica de Campinas e Região.Toxicologia Clínica: Importância dos Testes Laboratoriais no Diagnóstico e Monitoramento das Intoxicações Agudas. 1998. (Outra).

33.
10º Congresso Brasileiro de Toxicologia e 1º Econtro de Toxicologia do Mercosul. Laboratório do Centro de Controle de Intoxicações da UNICAMP: uma análise da perspectiva de trabalho,. 1997. (Congresso).

34.
I Congresso Pernambucano de Farmacêuticos e I Encontro Internacional de Farmacêuticos. Mesa Redonda: Diagnóstico de Intoxicação por Pesticidas Através da Determinação da Atividade Colinesterásica Sanguínea. 1997. (Congresso).

35.
II Jornada Integrada de Biomedicina e Farmácia de Araras "Sra. Duse Ruegger Ometto".Toxicologia (Intoxicações agudas). 1995. (Outra).

36.
VIII Jornada Universitária Farmacêutica (JOFAR).Intoxicações Agudas. 1995. (Outra).

37.
VII Jornada Universitária Farmacêutica (JOFAR).Intoxicações agudas. 1994. (Outra).

38.
II Congresso de Farmácia e Análises Clínicas de Maringá. Centro de Controle de Intoxicações. 1993. (Congresso).

39.
Seminário Latino-Americano importância dos Valores Limiares na Avaliação Toxicológica. 1993. (Seminário).

40.
VII Congresso Brasileiro de Toxicologia. 1991. (Congresso).

41.
VI Congresso Brasileiro de Toxicologia. 1989. (Congresso).

42.
XXXIII Jornada Farmacêutica "Prof. dr. Gilberto Luiz Pozetti". 1986. (Outra).

43.
XXXII Jornada Farmacêutica. 1985. (Outra).

44.
XXXI Jornada Farmacêutica. 1984. (Outra).

45.
XXX Jornada Farmacêutica "Prof. Luiz Marcos da Fonseca". 1983. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
PECCININI, R. G.. Organizadora do 2º Congresso Estadual de Segurança e Saúde no Trabalho da UNESP. 2003. (Congresso).

2.
PECCININI, R. G.. Coordenadora do estande de Intoxicações e Drogas de Abuso, da IV Semana de Atenção Farmacêutica Estudantil - SAFE. 2002. (Outro).

3.
PECCININI, R. G.. Coordenadora do curso "Cromatografia Líquida de Alta Eficiência - HPLC". 2001. (Outro).

4.
PECCININI, R. G.. Coordenadora do curso "Intoxicações Agudas", durante Jornada Universitária Farmacêutica da USF. 1994. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Bruna Cristina Ulian Silva. Estudo de ADME de candidatos a fármacos para o tratamento da leishmaniose visceral e tripanossomíase. Início: 2017. Dissertação (Mestrado profissional em Ciências Farmacêuticas) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

2.
Taísa Busaranho Franchin. Estudo de ADME de candidatos a fármacos para o tratamento da tuberculose. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Jonata Augusto de Oliveira. Perfil farmacocinético e efeitos sedativos e comportamentais do cloridrato de xilazina, administrado por diferentes vias, em muares. Início: 2018. Tese (Doutorado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

2.
Evelin dos Santos Martins. Avaliação da farmacocinetica e farmacodinâmica da levofloxacina em equinos e construção do regime posológico. Início: 2018. Tese (Doutorado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

3.
Caroline Damico Candido. Farmacocinética da Doxorrubicina: Um estudo comparativo entre a forma cloridrato, lipossomal e nanopartículas poliméricas.. Início: 2015. Tese (Doutorado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

Supervisão de pós-doutorado
1.
Helen Mariana Baldan Cimatti. Início: 2017. Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP.

Iniciação científica
1.
Natália Chiantelli Massú. Avaliação do perfil farmacocinético do benzonidazol associado ao posaconazol em coelhos albinos. Bolsa. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Farmácia) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Jonata Augusto de Oliveira. Farmacocinética do efavirenz em coelhos: estudo comparativo de formas farmacêuticas sólidas.. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

2.
Evelin dos Santos Martins. Farmacocinética do efavirenz administrado na forma de dispersão sólida em coelhos.. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

3.
Manuel Alejandro Henao Alzate. Avaliação do perfil farmacocinético do ácido ursólico em ratos Wistar. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

4.
Carolina Peres. Estudo clínico para avaliação de biodisponibilidade comparativa entre formulação de liberação imediata e formulação de liberação prolongada do benzonidazol em participantes sadios de ambos os sexos. 2017. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Pesquisa Clinica) - Faculdade de Ciências Médicas e biológicas de Botucatu - UNESP, . Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

5.
Martina Borges. Avaliação do perfil farmacocinético e da toxicidade renal e hepática da anfotericina B em ratos Wistar.. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

6.
Marcelo Gomes Davanço. Farmacocinética pré-clínica de novas formulações de benznidazol para o tratamento da doença de Chagas. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

7.
Elias Carvalho Padilha. Desenvolvimento e validação de método bioanalítico e farmacocinética pré-clínica do composto [5-(5-bromo-1H-indol-3-metieleno)-3-(4-cloro-benzil)-tiazolidina-2,4-diona)]. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

8.
Marco Antonio Ferraz Nogueira Filho. Farmacocinética pré-clínica e hepatotoxicidade do hidroximetulnitrofural (NFOH) - potencial pró-fármaco antichagásico.. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

9.
Caroline Damico Candido. Disposição cinética da doxorrubicina veiculada por sistema microemulsionado. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

10.
Carla Monalizi Vieira. Farmacocinética pré-clínica de GQ2 - novo composto com propriedades hipoglicemiantes. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

11.
Michel Leandro de Campos. Farmacocinética pré-clínica do composto 1-(2,6-diclorofenil)indolin-2-ona (DICCIC) , candidato a pró-fármaco, com propriedades anti-inflamatórias. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

12.
Juliana Uruguay Corrêa Vidigal Assumpção. Farmacocinética pré-clínica e cardiotoxicidade da doxorrubicina veiculada por sistema microemulsionado. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

13.
Ana Paula Lopes Bacaglini Zambon. Influência da associação de filtros solares sobre estabilidade, liberação, permeação e retenção cutânea do p-metoxicinamato de octila. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

14.
Leonardo Santos Ribeiro Pinto. Síntese, atividade antimicrobiana e farmacocinética de pró-fármaco do etambutol com potencial terapêutico para meningite tuberculosa. 2010. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

15.
Alessandro Galhardo. Aspectos farmacológicos da (+)-(S)- cetamina administrada isoladamente e associada ao midazolam em cães hígidos. 2007. Dissertação (Mestrado em Cirurgia Veterinária) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Coorientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

Tese de doutorado
1.
Elias Carvalho Padilha. Screening farmacocinético e estudos in vitro para a seleção de tiazolidinodionas promissoras à administração oral. 2017. Tese (Doutorado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

2.
Marco Antonio Ferraz Nogueira Filho. 'Farmacocinética pré-clínica e avaliação de segurança e eficácia de inovadora formulação de anfotericina B. 2016. Tese (Doutorado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

3.
Juliana Uruguay Correa Vidigal Assumpção. Aspectos farmacológicos e toxicológicos da doxorrubicina na forma de microemulsão em cães. 2015. Tese (Doutorado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

4.
Michel Leandro de Campos. Farmacocinética pré-clínica, estudo da relação PD/PD e avaliação preliminar de segurança hepática e renal de derivado ftalimídico em ratos. 2015. Tese (Doutorado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

5.
Helen Mariana Baldan. Farmacocinética pré-clínica e aspectos toxicológicos do PT-31 GIRSUPAN. 2013. Tese (Doutorado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

6.
Flávia Chiva Carvalho. Sistemas nanoestruturados mucoadesivos para administração nasal de zidovudina. 2012. Tese (Doutorado em Pós-graduação em Ciências Farmacêuticas) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Coorientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

7.
Thalita Pedroni Formariz. Incorporação da doxorubicina em microemulsões lipídicas e estudo da atividade anti-tumoral. 2008. Tese (Doutorado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Coorientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

8.
Kelly Chrystina Pestana. Microemulsões contendo anfotericina B para administração por via oral: liberação. 2006. Tese (Doutorado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

Supervisão de pós-doutorado
1.
Michel Leandro Campos. 2017. Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Rosangela Gonçalves Peccinini.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Pedro Henrique de Oliveira. Padronização de múltiplos parâmetros bioquímicos de coelhos albinos, camundongos Swiss e ratos Wistar do biotério central da UNESP de Botucatu. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Farmácia e Bioquímica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

2.
Luciano Carlos dos Santos. Avaliação de possíveis interações de associações medicamentosas em dose fixa. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Farmácia e Bioquímica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

3.
Taísa Busaranho Franchin. Avaliação da farmacocinética da isoniazida em ratos Wistar expostos ao etanol. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Farmácia e Bioquímica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

4.
Evelin dos Santos Martins. Desenvolvimento e validação de método bioanalítico para determinação do antichagásico tiazolilhidrazona-9 (TZH-9) e determinação da estabilidade ex vivo. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Farmácia e Bioquímica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

5.
Bruna Cristina Ulian. Resíduos de medicamentos veterinários em alimentos de origem animal. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Farmácia e Bioquímica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

6.
Kelly Francisco da Cunha. Determinação de levamizol em amostra de cocaína na cidade de Campinas e região. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Farmácia e Bioquímica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

7.
Marcelo Gomes Davanço. Farmacocinética pré-clínica e hematotoxicidade de Phe-Ala-PQ ? pró-fármaco de primaquina. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Farmácia Bioquímica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

8.
Diego Vinícius de Pontes Machado. Avaliação comparativa da segurança hepática e cardíaca do potencial fármaco anti-chagásico hidroximetilnitrofural (NFOH) com nitrofurazona (NF) em coelhos.. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Farmácia) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

9.
Rodrigo Vieira Pires. Interações medicamentosas: avaliação do perfil farmacocinético da pirazinamida associada a isoniazida e a ciprofloxacina. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Farmácia Bioquímica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

10.
Elias Carvalho Padilha. Tratamento da tuberculose: estudo de interações farmacocinéticas da isoniazida. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Farmácia Bioquímica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

11.
Felipe Ferrão Spinelli. A dopagem no esporte. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Farmácia Bioquímica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

Iniciação científica
1.
Emiliana Maldonado de Paula. Avaliação da taxa de ligação a proteínas plasmáticas e estabilidade ex vivo das moléculas GQ-11, G1-19 e GQ177. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Farmácia e Bioquímica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

2.
Luciano Carlos dos Santos. Planejamento de projeto para o desenvolvimento e validação de um método para análise de resíduos de medicamentos veterinários em leite de vaca. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Farmácia e Bioquímica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

3.
Anita Kaori Fuentealba Fujimoto. Avaliação de segurança da administração de altas doses de vitamina D em ratos Wistar. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Farmácia) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

4.
Taísa Busaranho Franchin. Avaliação da farmacocinética da isoniazida em ratos Wistar expostos ao etanol. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Farmácia e Bioquímica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

5.
Bruna Cristina Uilian Silva. Validação parcial do método bioanalítico para a determinação de doxorrubicina em tecido tumoral e cardíaco de camundongos. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Farmácia e Bioquímica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

6.
Evelin dos Santos Martins. Desenvolvimento e validação de método bioanalítico para determinação do antichagásico tiazolilhidrazona-9 (TZH-9) e determinação da estabilidade ex vivo.. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Farmácia) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP, PIBIC/CNPq. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

7.
Emiliana Maldonado de Paula. Determinação do LogP e Estabilidade química do composto 4-(4-Chlorophenyl)-2-(2-(4-methyl-2,3-dihydro-1H-inden-1-ylidene)hydrazinyl)thiazolim clhoride (TZH 9).. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Farmácia) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP, PIBIC/UNESP. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

8.
Pedro Henrique de Oliveira. Padronização de múltiplos Parâmetros Bioquímicos de Coelhos Albinos, Camundongos Swiss e Ratos Wistar do biotério central da UNESP de Botucatu. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Farmácia) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

9.
Marcelo Gomes Davanço. ?Aspectos toxicológicos de Phe-Ala-PQ ? pró-fármaco de primaquina?.. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Farmácia Bioquímica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

10.
Luis Fernando Guerta Salina. Avaliação Toxicológica do composto [5-(5-bromo-1H-indol-3-metieleno)-3-(4-cloro-benzil)-tiazolidina-2,4-diona)] (Lyso-07).. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Farmácia Bioquímica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

11.
Julia Miranda Ribeiro Bazzano. Determinação do LogP e Estabilidade química do composto [5-(5-bromo-1H-indol-3-metieleno)-3-(4-cloro-benzil)-tiazolidina-2,4-diona)] (Lyso-07).. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Farmácia Bioquímica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

12.
Diego Vinícius de Pontes Machado. Cardiotoxicidade do hidroximetilnitrofural - potencial pró-fármaco antichagásico.. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Farmácia) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

13.
Diego Vinícius de Pontes Machado. Hepatotoxicidade do hidroximetilnitrofural (NFOH) ? potencial pró- fármaco antichagásico.. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Farmácia Bioquímica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

14.
Marcelo Gomes Davanço. Avaliação pré-clínica de Phe-Ala-PQ: novo pró-fármaco com potencial anti-chagásico. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Farmácia) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

15.
Rodrigo Vieira Pires. Tratamento da tuberculose: estudo de interações farmacocinéticas da pirazinamida. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Farmácia Bioquímica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

16.
Elias Carvalho Padilha. Tratamento da tuberculose: estudo das interações farmacocinéticas da isoniazida. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Farmácia Bioquímica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

17.
Marcelo Gomes Davanço. Farmacocinética pré-clínica de PHE-ALA-PQ: pró-fármaco potencialmente anti-chagásicoI - Investigação da hepatotoxicidade. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Farmácia Bioquímica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

18.
Elias Carvalho Padilha. Tratamento da tuberculose: estudo de interações farmacocinéticas da isoniazida. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Farmácia Bioquímica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

19.
Marcelo Gomes Davanço. Farmacocinética pré-clínica de PHE-ALA-PQ: pró-fármaco potencialmente anti-chagásico. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Farmácia Bioquímica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

20.
Silvio Lopes Campos. Preparação e farmacocinética pré-clínica de Phe-ALA-Pq pró-fármaco potencialmente anti-chagásico. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Farmácia Bioquímica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

21.
Raquel Amorim. Farmacocinética da cetamina associada ao midazolam. 2006. Iniciação Científica. (Graduando em Farmácia Bioquímica) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

Orientações de outra natureza
1.
Jonata Augusto de Oliveira. Estágio Curricular Supervisionado. 2015. Orientação de outra natureza. (Farmácia e Bioquímica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

2.
Ana Paula Bacaglini Zambon. Ensaio Pré-clínico no Desenvolvimento de Novos Fármacos e Medicamentos. 2013. Orientação de outra natureza. (Farmácia) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

3.
Martina Borges. Farmacocinética Pré-clínica de Novos Fármacos e Medicamentos. 2012. Orientação de outra natureza. (Farmácia Bioquímica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

4.
Kira Roth. Farmacocinética pré-clínica de novos fármacos e medicamentos. 2012. Orientação de outra natureza. (?Medical Biotechnology) - Universität Rostock, International Association for the Exchange of Students for Technical Experi. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

5.
Carla Monalizi Vieira. Disciplina Toxicologia dos Medicamentos - FCF/UNESP. 2012. Orientação de outra natureza. (Farmácia) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

6.
Caroline Candido Damico. Disciplina Toxicologia dos Medicamentos - FCF/UNESP. 2012. Orientação de outra natureza. (Farmácia) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

7.
Julia Miranda Bazzano. Treinamento em ensaios pré-clínicos de novos fármacos e medicamentos. 2012. Orientação de outra natureza. (Farmácia) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

8.
Luis Fernando Guerta Salina. Treinamento em ensaios pré-clínicos de novos fármacos e medicamentos. 2012. Orientação de outra natureza. (Farmácia) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

9.
Michel Leandro de Campos. Disciplina Toxicologia dos Medicamentos - FCF/UNESP. 2010. Orientação de outra natureza. (Farmácia) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

10.
Michel Leandro de Campos. Aperfeiçoamento em ensaios pré-clínicos de novos fármacos e medicamentos. 2010. Orientação de outra natureza. (Farmácia) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

11.
Ana Paula Lopes Bacaglini Zanbom. Disciplina Toxicologia Geral - FCF/UNESP. 2009. Orientação de outra natureza. (Farmácia) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.

12.
Juliana Uruguay Corrêa Vidigal Assumpção. Disciplina Toxicologia Geral - FCF/UNESP. 2009. Orientação de outra natureza. (Farmácia) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP. Orientador: Rosangela Gonçalves Peccinini.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/10/2018 às 8:02:44