Sonia Maria Furian Dias

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/1446475684857281
  • Última atualização do currículo em 13/02/2018


Possui graduação em Geografia pela Universidade de São Paulo (1979), mestrado em Geografia (Geografia Física) pela Universidade de São Paulo (1981) e doutorado em Sciences de La Terre - Université de Caen & Inra Rennes (1993). Atualmente é professor doutor efetivo da Universidade de São Paulo. Foi pesquisador, sem vínculo empregatício, da Faculte Des Sciences Et Techniques de Noukchott (Mauritânia); no (IRD) Institut de Recherche Pour Le Developpement (Senegal, India) e no Indian Institute Of Science (Bangalore, India). Tem experiência na área de Geografia Física, com ênfase em Pedologia e Geomorfologia, atuando principalmente nos seguintes temas: escorregamentos, morfolologia e funcionamento hídrico de solos, zonas umidas, mineralogia das argilas e dinâmica das coberturas pedologicas. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Sonia Maria Furian Dias
Nome em citações bibliográficas
FURIAN, Sonia;FURIAN, S;Furian, S.;Furian, Sônia

Endereço


Endereço Profissional
Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, Departamento de Geografia.
Av. Lineu Prestes, 338 - LABORATÓRIO DE PEDOLOGIA
BUTANTÃ
05508-000 - Sao Paulo, SP - Brasil - Caixa-postal: 8105
Telefone: (11) 30913794
Fax: (11) 30913159
URL da Homepage: http://


Formação acadêmica/titulação


1991 - 1993
Doutorado em Sciences de La Terre.
Université de Caen Inra Rennes, UNIVERSITÉ DE CA, França.
Título: MORPHOGENESE ET PEDOGENESE EN MILIEU TROPICAL HUMIDE DE LA SERRA DO MAR, BRÉSIL: CONTRIBUTION DE L'ALTÉRATION ET DE LA PEDOGENÈSE À UNE DYNAMIQUE ACTUELLE DE GLISSEMENT, Ano de obtenção: 1994.
Orientador: J P. LAUTRIDOU E PIERRE CURMI.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: MORFOGÊNESE; PEDOGOGÊNESE; DINÂMICA HÍDRICA DE VERTENTE; ALTERAÇÃO; PROCESSOS ATUAIS DE SOLOS E VERTENTES; MACRO E MICROMORFOLOGIA.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geografia Física / Especialidade: Geomorfologia.
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geografia Física / Especialidade: Hidrogeografia.
Setores de atividade: Educação; Produtos e Serviços Voltados Para A Defesa e Proteção do Meio Ambiente, Incluindo O Desenvolvimento Sustentado.
1980 - 1981
Mestrado em Geografia (Geografia Física).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Estudo do escoamento superficial pluvial em parcelas experimentais (plot test) na bacia experimental D, Cunha, Sao Paulo,Ano de Obtenção: 1986.
Orientador: Pra Dra Olga Cruz.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
1974 - 1979
Graduação em Geografia.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.


Pós-doutorado


1999 - 1999
Pós-Doutorado.
Institut de Recherche Pour Le Développement, IRD, Senegal.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geografia Física / Especialidade: Geomorfologia.
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geografia Física / Especialidade: Fotogeografia (Físico-Ecológica).


Atuação Profissional



Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Assessor Científico da FAPESP, Carga horária: 1

Vínculo institucional

2008 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: coordenador de projeto


Faculte Des Sciences Et Techniques, FST, Mauritânia.
Vínculo institucional

2003 - 2005
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Sem vinculo empregaticio, Carga horária: 0


Indian Institute Of Science, IISC, Índia.
Vínculo institucional

2002 - 2006
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: colaborador, Carga horária: 35

Atividades

8/2002 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Indo French Cell For Water Sciences, .


Institut de Recherche Pour Le Developpement, IRD, França.
Vínculo institucional

2002 - 2006
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: colaborador, Carga horária: 35


Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

1988 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Doutor Efetivo, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

8/2001 - Atual
Ensino, Geografia (Geografia Física), Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Os caminhos da água
2/1988 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, Departamento de Geografia.

2/1988 - Atual
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
geomorfologia
iniciação à pesquisa em geografia física
solos tropicais
hidrologia
estudos de processos geomórficos atuais
metodologia da ciência
técnica de campo e de laboratório em geografia física
análise de solos


Linhas de pesquisa


1.
Estudos de pedogenese e fisica do solo aplicados as pesquisas de escorregamentos na Serra do Mar
2.
Pedogenese e morfogenese
3.
hidrologia de vertentes e processos fisico-quimicos em bacias hidrograficas
4.
Pesquisas de hidrologia de vertentes ligadas aos escoamentos superficiais
5.
Processos pedologicos e geoquimicos e evolucao de paisagems
6.
Problemas de salinidade na Africa Saheliana
7.
Estudo de um sistema de transformacao de solo vermelho-sole preto


Projetos de pesquisa


2011 - 2013
Processos pedológicos e hidroquímicos na Bacia do Alto Paraguai, Pantanal.
Descrição: Os conhecimentos sobre "zonas úmidas" avançaram muito nos últimos anos, mas continuam parciais em muitos aspectos. O Pantanal, considerado como a maior zona úmida continental do planeta, é constituído por um mosaico de sub-regiões contrastadas do ponto de vista geomorfológico, pedológico, geoquímico e bioquímico. Em um projeto precedente, a variabilidade química dos solos e das águas foi focalizada desde a escala da bacia do alto Paraguai até a escala local das lagoas da Nhecolândia, uma das principais sub-regiões do Pantanal. O principal objetivo daquele projeto foi identificar fontes de variabilidade química das aguas, e suas distribuiçoes no espaço. O presente projeto visa dar continuidade e aprofundar o precedente, e divide-se em três eixos de pesquisas. O objetivo do primeiro eixo é a aquisição de uma série de dados que acompanhe, no tempo, a variabilidade química das águas que alimentam a planície do Pantanal. Para isto e durante um ano hidrológico completo, serao realizadas medidas de vazao juntamente com coletas regulares de águas e suas análises em elementos maiores e traços. O objetivo é compreender o papel da planície nos fluxos de elementos químicos. O segundo eixo se dedica aos estudos de sistemas de solos em duas regiões quimicamente contrastadas, a Nhecolândia e o Nabileque. Finalmente, o terceiro eixo se refere ao desenvolvimento de uma tipologia de lagoas salinas da Nhecolândia, com base em critérios complementares geoquímicos e bio-geoquímicos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) .
Integrantes: Sonia Maria Furian Dias - Coordenador / LAURENT BARBIERO - Integrante / ARY TAVARES REZENDE FILHO - Integrante / Victoria Reynaldo - Integrante / Maria Victoria Ramos Ballester - Integrante / Alex Krusche - Integrante / Elisângela Rosemari Curti Martins - Integrante / Tatiana Mascari Parizotto - Integrante / Martinelli - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
2009 - 2010
OS PANTANAIS: interações água-solo nas sub-regiões do Pantanal.
Descrição: O conhecimento das zonas úmidas teve grande avanço nos últimos anos, mas ainda é parcial em muitos aspectos. Tanto a identificação quanto a delimitação dessas zonas colocam problemas em razão de suas diversidades e heterogeneidades espaciais resultantes dos diferentes processos físicos, químicos e biológicos que as controlam. O Pantanal Mato-Grossense, considerado como a maior zona úmida continental do planeta, apresenta-se como um mosaico de áreas muito diferenciadas do ponto de vista geomorfológico, pedológico e geoquímico. A compreensão do conjunto do Pantanal passa por uma compartimentação em função de seu funcionamento atual, baseada num inventário dos processos responsáveis pelas interações água e solo. O Pantanal apresenta características curiosas, quiça contraditórias, pois considerado uma zona úmida, recentes estudos mostram que o processo de concentração das águas é responsável pela variabilidade química observada em grandes superfícies. Por isto, métodos utilizados para discriminar processos atuais em zonas semi-áridas parecem adaptados para estudá-lo. O objetivo é avaliar o impacto da evaporação no funcionamento desse bioma. Para isto, o presente trabalho integra 4 tipos de ações complementares, a serem realizadas em 3 escalas encaixadas, ou seja: (1) discriminação de compartimentos através da qualidade química da água que entra na planície e da evolução dessa água por evaporação. (2) análise espaço-temporal e regional da assinatura isotópica das chuvas. (3) identificação e hierarquização de processos responsáveis pela variabilidade hidroquímica de 2 ou 3 regiões contrastadas. (4) verificação, local, em áreas-pilotos, da adequação entre tipo de cobertura pedológica, qualidade química da água circulante e processos discriminados na ação 3..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) .
Integrantes: Sonia Maria Furian Dias - Coordenador / ARY TAVARES REZENDE FILHO - Integrante / BARBIERO, L - Integrante / Victoria Reynaldo - Integrante / Maria Victoria Ramos Ballester - Integrante / Alex Krusche - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
2008 - 2010
DIFERENCIAÇÃO DE PAISAGENS CÁRSTICAS SOBRE ROCHAS SILICICLÁSTICAS NA SERRA DO ESPINHACO MERIDIONAL - BRASIL
Descrição: Apesar de evidências morfológicas apontarem para processos mecânicos de ?piping?, a erosão química parece desempenhar papel fundamental na carstificação de rochas siliciclásticas. A área de estudo situa-se na Serra do Espinhaço Meridional, Minas Gerais, que, localizadamente, tem morfologia cárstica. O principal objetivo é identificar e estudar processos e mecanismos de alteração e de pedogênese responsáveis pela diferenciação do modelado e pelo aparecimento de morfologia cárstica. Incluí-se: 1) o estudo da evolução mineralógica e das formas de relevo sejam elas resultantes da evolução geoquímica ou de um ?input? geoquímico, e 2) a datação de superfícies de cimeira e de depósitos Neogênicos inconsolidados. Para tal é preciso: (a) esclarecer se existem relações entre formas de dissolução e coberturas de solos que lhes são associadas; (b) estabelecer uma cronologia dos sistemas de solos e interar os compartimentos de relevo com as diversas escalas temporais envolvidas em sua formação; (c) discernir, através do estudo do funcionamento atual das coberturas, processos antigos dos atuais e; (d) identificar indicadores pertinentes que ajudariam a diferenciar estes processos. Estão previstas cinco ações de pesquisa: 1) caracterização morfotectônica, hidrogeológica e compartimentação geomorfológica; 2) caracterização geomorfológica e datação de superfícies de cimeira e de depósitos Neogênicos inconsolidados; 3) caracterização das organizações pedológicas - macro e microscópicas-, textural, geoquímica e mineralógica dos sistemas de solos e dos depósitos Neogênicos; 4) caracterização das águas: relação entre os processos hidrobiogeoquímicos e morfogenéticos; 5) identificação da natureza das substâncias inorgânicas mal e bem cristalizadas e dos complexos orgâno-metálicos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2005 - 2006
Processos Fisico-quimicos e Bio-geoquimicos no Pantanal da Nhecolandia e suas representacoes espaciais
Descrição: Trabalhos precedentes realizados no Pantanal da Nhecolandia - MS, mostraram seus principais eixos geoquimicos de funcionamento. A complexidade geografica desta regiao de lagoas de agua doce e muitas salinas representam um obstaculo para a elaboracao de balancos regionais. O objetivo deste programa e compreender e quantificar a complexidade estrutural dessa paisagem. O trabalho sera realizado a partir da utilizacao de instrumentos modernos da geografia, tais como os de sensoreamento remoto e incluira, com metodos de indicadores geoquimicos, uma espacializacao de areas experimentais representativas desses ecossistemas (reconhecimento das organizacoes pedologicas, inducao eletromagnetica (EM38), dentre outras.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (5) / Mestrado profissional: (1) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Sonia Maria Furian Dias - Integrante / LAURENT BARBIERO - Integrante / JOSE PEREIRA DE QUEIROZ NETO - Coordenador / ARNALDO SAKAMOTO - Integrante / VINCENT VALLES - Integrante / Monique FORT - Integrante / Bernard DUPRE - Integrante / Rosely Pacheco Dias Ferreira - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Cooperação.
2003 - 2004
Funcionamento hidrologico, Fisico et biogeoquimico do Pantanal da Nhecolandia, Mato Grosso do Sul, Brasil
Descrição: Projeto submetido Problemática : A alta bacia do Paraguai, na América do Sul, é fortemente influenciada pela planície do Pantanal, reconhecida como a maior zona úmida contínua de água doce do planeta. O graben do Pantanal controla não apenas as cheias do Paraguai e de seus afluentes mas também a sedimentação de uma boa parte das partículas oriundas da erosão dos planaltos circundantes assim como os ciclos biogeoquímicos dos elementos. Uma sub-região do Pantanal, a Nhecolândia, desenvolvida na porção sul do cône aluvial do Taquari, caracteriza-se pela presença de milhares de lagoas, geralmente de água doce mas, às vezes, salgada. Durante muito tempo, a salinidade foi atribuida a processos antigos decorrentes de fases áridas do Pleistoceno. Entretanto, um estudo recente mostra que a salinidade resulta, na realidade, de processos atuais em curso. Objetivos da pesquisa: Nós propomos um projeto de pesquisa, com duração de 4 anos, visando identificar o ciclo hidro-bio-geoquímico dos elementos maiores, menores e traços nas lagoas da Nhecolândia. O objetivo subentendido deste projeto é gerar conhecimento para propor um modo de gestão das lagoas, as quais representam a grande riqueza desta região. A originalidade deste estudo é acoplar procedimentos estruturais e mineralógicos permitindo identificar a cronologia dos processos (transformações pedológicas e direção dessas transformações) aos procedimentos hidro-bio-químicos que permitem caracterizar o funcionamento atual do sistema (processos de concentração e precipitações associadas, processos ligados às condições redox e proliferação algária)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (5) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Sonia Maria Furian Dias - Integrante / LAURENT BARBIERO - Integrante / JOSE PEREIRA DE QUEIROZ NETO - Coordenador / ARNALDO SAKAMOTO - Integrante / VINCENT VALLES - Integrante / Bernard DUPRE - Integrante / Rosely Pacheco Dias Ferreira - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 6
2002 - 2006
Estudo de um sistema de solo vermelho-solo preto no Sul da India.
Descrição: Ces dernières années, plusieurs études ont été réalisée sur de petits bassins versant en domaine ferralitique, principalement au Brésil et au Cameroun, visant à intégrer les transferts de matière soluble et particulaire et à définir les processus physico-chimiques d'altération-érosion prépondérants actuels et passés (Benedetti et al., 1994 ; Eyrolle, 1994 ; Lucas et al., 1992 ; Viers et al., 2000 ; Braucher et al., 2000). La minéralogie de ces environnements est assez peu diversifiée (kaolinite, gibbsite, hématite, g?thite, quartz), et les sources, la nature et les mécanismes de transfert des éléments majeurs et en trace qui les composent, ainsi que le rôle de la matière organique, sont aujourd'hui mieux connus (Oliva et al., 1999 ; Dupré et al., 2000 ; Viers et al., 2001). A l'autre extrémité climatique, les régions arides sont caractérisées par des bassins versants de grande taille, difficile à équiper en tant que bassin versant expérimental. Par ailleur, peu de travaux ont été réalisé dans ce sens dans les zones de transition climatique intermédiaires entre les zones sèches et les zones humides. Les écoulement peuvent y être continus ou saisonniers mais non intermittents, les formations superficielles présentent un cortège minéralogique varié et les bassins versant sont généralement de taille relativement réduite et peuvent être équipés pour l'étude du cycle hydro-biogéochimique des éléments majeurs, mineurs et traces. Mon programme de recherche s'insère dans un programme plus vaste de caractérisation et de quantification du cycle hydro-biogéochimique des éléments majeurs, mineurs et traces sur un bassin versant à écoulement saisonnier du Sud de l'Inde. Ma contribution concerne la connaissance des relations entre les phases solides et les flux dissous au sein de la couverture pédologique..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Sonia Maria Furian Dias - Coordenador.
Número de produções C, T & A: 2
2002 - 2003
Caractérisation géochimique d'une séquence menant des Sols Sulfatés Acides aux Vertisols de la vallée du fleuve Sénégal.
Descrição: Nous proposons de mener une action de recherche sur une séquence de sols représentative de la couverture pédologique de la vallée du fleuve Sénégal. Cette action concerne la caractérisation fine de la géochimie des solutions sur une portion où des transformation latérales ont été identifiées précédemment. Elle portera à la fois sur les éléments majeurs, mineurs et traces. Ce travail ouvre la porte à des possibilités de bilans régionaux, ainsi qu'à une estimation quantitative du devenir des sols soumis à l'irrigation avec les eaux du fleuve Sénégal..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Sonia Maria Furian Dias - Coordenador / LAURENT BARBIERO - Integrante / ABDALLAHI OULD MOHAMEDOU - Integrante / Alain Aventurier - Integrante.Financiador(es): Governo da Mauritânia-Faculté Sciences et Techniques - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 3


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geografia Física/Especialidade: Pedologia.
2.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geografia Física/Especialidade: Geomorfologia.
3.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geografia Física/Especialidade: Hidrogeografia.
4.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geografia Física/Especialidade: Geocartografia.


Idiomas


Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.
Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Web of Science
Total de trabalhos:14
Total de citações:169
Fator H:8
Furian, Sônia  Data: 13/02/2018

SCOPUS
Total de trabalhos:12
Total de citações:114
Furian, S  Data: 18/04/2015

Artigos completos publicados em periódicos

1.
BARBIERO, LAURENT2016BARBIERO, LAURENT ; BERGER, GILLES ; REZENDE FILHO, ARY T. ; MEUNIER, JEAN-FRANÇOIS ; MARTINS-SILVA, ELISÂNGELA R. ; FURIAN, Sonia . Organic Control of Dioctahedral and Trioctahedral Clay Formation in an Alkaline Soil System in the Pantanal Wetland of Nhecolândia, Brazil. PLoS One, v. 11, p. e0159972, 2016.

2.
REZENDE-FILHO, ARY T.2015REZENDE-FILHO, ARY T. ; VALLES, VINCENT ; Furian, Sônia ; OLIVEIRA, CÉLIA M.S.C. ; OUARDI, JAMILA ; BARBIERO, LAURENT . Impacts of Lithological and Anthropogenic Factors Affecting Water Chemistry in the Upper Paraguay River Basin. Journal of Environmental Quality, v. 44, p. 1832-1842, 2015.

3.
Furian, Sônia2013Furian, Sônia; ROSEMERI CURTI MARTINS, ELISÂNGELA ; MASCARI PARIZOTTO, TATIANA ; TAVARES REZENDE-FILHO, ARY ; LUIZ VICTORIA, REYNALDO ; BARBIERO, LAURENT . Chemical diversity and spatial variability in myriad lakes in Nhecolândia in the Pantanal wetlands of Brazil. Limnology and Oceanography, v. 58, p. 2249-2261, 2013.

4.
REZENDE FILHO, A. T.2012REZENDE FILHO, A. T. ; Furian, S. ; Victoria, R. L. ; Mascré, C. ; VALLES, V. ; BARBIERO, L. . Hydrochemical variability at the Upper Paraguay Basin and Pantanal wetland. Hydrology and Earth System Sciences Discussions (Print), v. 9, p. 3129-3163, 2012.

5.
REZENDE FILHO, A. T.2012REZENDE FILHO, A. T. ; FURIAN, S ; Victoria, R. L. ; Mascré, C. ; VALLES, V. ; BARBIERO, L . Hydrochemical variability at the Upper Paraguay Basin and Pantanal wetland.. Hydrology and Earth System Sciences, v. 16, p. 2737, 2012.

6.
Furian, S.2011 Furian, S.; MOHAMEDOU, A. O. ; Hammecker, C. ; Maeght, J.-L. ; BARBIERO, L. . Soil cover and landscape evolution in the Senegal floodplain: a review and synthesis of processes and interactions during the late Holocene. European Journal of Soil Science (Print), v. 62, p. 902-912, 2011.

7.
PARIZOTTO, T. M.2011PARIZOTTO, T. M. ; FURIAN, Sonia ; BARBIERO, L. . Estudo da Cobertura Pedológica de uma Micro-Depressão por Indução Eletromagnética - Pantanal da Nhecolândia, MS. Revista GeoPantanal, v. 6, p. 75-86, 2011.

8.
MARTINS, E. R. C.2011MARTINS, E. R. C. ; FURIAN, Sonia ; REZENDE FILHO, A. T. . Distribuição Espacial da Salinidade em Lagoas Da Nhecolândia, Pantanal (MS). Revista GeoPantanal, v. 6, p. 87-100, 2011.

9.
BARBIERO, L.2010BARBIERO, L. ; Kumar, M.S. Mohan ; Violette, A. ; Oliva, P. ; Braun, J.J. ; KUMAR, C. ; Furian, S. ; Babic, M. ; Riotte, J. ; VALLES, V. . Ferrolysis induced soil transformation by natural drainage in Vertisols of sub-humid South India. Geoderma (Amsterdam), p. 173-188, 2010.

10.
Furquim, Sheila Aparecida Correia2010Furquim, Sheila Aparecida Correia ; Barbiéro, Laurent ; Graham, Robert C. ; de Queiroz Neto, José Pereira ; FERREIRA, Rosely Pacheco Dias ; Furian, Sônia . Neoformation of micas in soils surrounding an alkaline-saline lake of Pantanal wetland, Brazil. Geoderma (Amsterdam), v. 158, p. 331-342, 2010.

11.
BARBIERO, L2008 BARBIERO, L ; REZENDE FILHO, A. T. ; FURQUIM, S ; FURIAN, Sonia ; SAKAMOTO, A ; VALLES, V ; GRAHAM, R ; FORT, M ; FERREIRA, R ; NETO, J . Soil morphological control on saline and freshwater lake hydrogeochemistry in the Pantanal of Nhecolândia, Brazil. Geoderma (Amsterdam), v. 148, p. 91-106, 2008.

12.
BARBIERO, L2007 BARBIERO, L ; PARATE, H ; DESCLOITRES, M ; BOST, A ; FURIAN, S ; MOHANKUMAR, M ; KUMAR, C ; BRAUN, J . Using a structural approach to identify relationships between soil and erosion in a semi-humid forested area, South India. CATENA, v. 70, p. 313-329, 2007.

13.
MARIOT, M2007MARIOT, M ; DUDAL, Y ; FURIAN, S ; SAKAMOTO, A ; VALLES, V ; FORT, M ; BARBIERO, L . Dissolved organic matter fluorescence as a water-flow tracer in the tropical wetland of Pantanal of Nhecolândia, Brazil. Science of the Total Environment, v. 388, p. 184-193, 2007.

14.
BARBIERO, L2005 BARBIERO, L ; MOHAMEDOU, A. O. ; ROGER, Lucien ; FURIAN, S ; AVENTURIER, Alain ; REMY, Jeanclaude ; MARLET, Serge . The origin of Vertisols and their relationship to Acid Sulfate Soils in the Senegal valley. CATENA, Holanda, v. 59, p. 93-116, 2005.

15.
BARBIERO, L2004BARBIERO, L ; MOHAMEDOU, A. O. ; LAPERROUSAZ, C ; FURIAN, S ; CUNNAC, S . Polyphasic origin of salinity in the Senegal delta and middle valley. CATENA, Holanda, p. 101-124, 2004.

16.
FURIAN, S2002 FURIAN, S; BARBIERO, L ; BOULET, R. ; CURMI, P. ; GRIMALDI, M. ; GRIMALDI, C. . Distribution and dynamics of gibbsite and kaolinite in an oxisol of Serra do Mar, southeastern Brazil. Geoderma (Amsterdam), Holanda, v. 106, n.1, p. 83-100, 2002.

17.
MOHAMEDOU, A. O.2001MOHAMEDOU, A. O. ; BARBIERO, L. ; FURIAN, Sonia ; CARUBA, R . L'érosion du sol en fonction du système pédologique dans le Parc National du Diawling, Mauritanie.. Sécheresse (Montrouge), FRANÇA, v. 12, n.3, p. 183-186, 2001.

18.
MOHAMEDOU, A. O.2001MOHAMEDOU, A. O. ; BARBIERO, L. ; CIORNEI, G ; FURIAN, Sonia ; CARUBA, R . Origine et répartition des sels dans la vallée du fleuve Sénégal (Sénégal-Mauritanie). Sécheresse (Montrouge), FRANÇA, v. 12, n.4, p. 251-257, 2001.

19.
FURIAN, S1999FURIAN, S; BARBIERO, L ; BOULET, R. . Organisation of the soil mantle in tropical southeastern Brazil (Serra do Mar) in relation to landslides processes. Catena (Cremlingen), Holanda, v. 38, n.1, p. 65-83, 1999.

20.
LUCAS, Y.1996LUCAS, Y. ; CORNU, S. ; FURIAN, Sonia . Soil Processes and Gibbsite and Kaolinite Generation. Revista de Geociências da Universidade Aveiro, Portugal, v. 10, n.1, p. 31-37, 1996.

Capítulos de livros publicados
1.
BARBIERO, L. ; FURQUIM, Sheila ; VALLES, V. ; FURIAN, Sonia ; SAKAMOTO, A. ; REZENDE FILHO, A. T. ; GRAHAN, R. C. ; FORT, Monique . Natural arsenic in Groundwater and alkaline lakes at the upper Paraguay basin, Pantanal, Brazil. In: BATTACHARYA P., MUKHERJEE A.B., LOEPPERT R.H.. (Org.). Arsenic in Soil and Groundwater Environment: Biogeochemical interactions. Elsevier Book Series ?Trace metals and other contaminants in the environment. Amsterdam: Elsevier, 2007, v. 9, p. 101-126.

2.
MANFREDINI, S. ; FURIAN, Sonia ; QUEIROZ NETO, J. P. ; FERREIRA, Rosely Pacheco Dias . Técnicas em Pedologia. In: Luiz Antonio Venturi Bittar. (Org.). Praticando Geografia: Técnicas de Campo e Laboratório. 1ed.São Paulo: Oficina de Textos, 2005, v. 1, p. 85-98.

3.
FURQUIM, Sheila ; QUEIROZ NETO, J. P. ; FURIAN, Sonia ; BARBIERO, L. ; GRAHAN, R. C. . Mg-mica formation in alkaline environment of the Nhecolândia, South Mato Grosso, Brazil. In: PECCHIO et al. (Org.). Applied Mineralogy. Developments in Science and Technology. 1ed.São Paulo: ICAM-BR, 2004, v. 1, p. 411-414.

4.
BARBIERO, L. ; CURMI, P. ; FURIAN, Sonia ; ARCOVA, F.C.S. ; CICCO, V . Functioning of a small experimental watershed in the Serra do Mar, Brazil. The need of a multidisciplinary approach.. In: Venkateshwara Rao B.; Ramamohan Reddy K.; Sarala C.; Raju K.. (Org.). Hydrology and Watershed Management with a Focal Theme on Water Quality and Conservation for Sustainable Development. Hyderabad: , 2002, v. 1, p. 286-299.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
REZENDE FILHO, A. T. ; FERREIRA, Rosely Pacheco Dias ; CASTRO, Selma Simoes de ; FURIAN, Sonia . Estudo Micromorfológico de um Terraço do Rio Piracicaba/SP. In: VII sinageo, 2008, Belo Horizonte - MG. VII SIMPÓSIO NACIONAL DE GEOMORFOLOGIA - II Encontro Latino-Americano de Geomorfologia. São Paulo: Editora Tec Art - São Paulo, 2008.

2.
CICCO, V ; FURIAN, Sonia ; GRANDIQUE, M.E.G. ; ARCOVA, F.C.S. ; RANZINI, M. . Estimativas da evapotranspiração por floresta de Mata Atlântica em uma microbacia experimental na região de Cunha, SP. In: XII Simpósio Brasileiro de Geografia Física Aplicada, 2007, NATAL. Natureza, Geotecnologias, Ética e Gestão do Território, 2007. p. 1542-1558.

3.
BARBIERO, L. ; CURMI, P. ; FURIAN, Sonia ; ARCOVA, F.C.S. ; CICCO, V . Functioning of a small experimental watershed in the Serra do Mar, Brazil. The need of a multidisciplinary approach.. In: International Conference on Hydrology and Watershed Management with a Focal Theme on Water Quality and Conservation for Sustainable Development, 2002, Hyderabad. Proceeding of International Conference on Hydrology and Watershed Management with a Focal Theme on Water Quality and Conservation for Sustainable Development. Hyderabad: VENKATESHWARA RAO B., RAMAMOHAN REDDY K., SARALA C., RAJU K., 2002. v. 1. p. 286-299.

4.
FURIAN, Sonia . Les sols comme ressource naturelle dans un contexte de développement durable. Illustration par un exemple Mauritanien.. In: 2nd African Summit on Sciences and Technologies, 2002, Nouakchott. Proceedings of the 2nd African Summit on Sciences and Technologies. Nouakchott: F.S.T., 2002.

5.
BARBIERO, L. ; QUEIROZ NETO, J. P. ; FURIAN, Sonia ; SAKAMOTO, A. ; VALLES, V. ; VIERS, J. . Comportamento de elementos menores, elementos traços e terras raras em processos de concentração de soluções na Nhecolândia, Pantanal de Mato Grosso (MS). In: VIII Congresso Brasileiro de Geoquímica e I Sympósio de Geoquímica dos Países do Mercosul, 2001, Curitiba. A Geoquímica e o Desenvolvimento Sustentável, 2001. v. CD.

6.
FURIAN, Sonia ; BARBIERO, L. ; BOULET, R. . Organisation and dynamic of a soil mantel in tropical southeastern Brazil (Serra do Mar). Relation with landslides processes. In: 16éme Congrès AISS,, 1998, Montpellier. Proceedings of the 16éme Congrès AISS,, 1998.

7.
FURIAN, Sonia ; CURMI, P. ; BOULET, R. . Organisation des couvertures pédologiques sur migmatites du plateau atlantique, Cunha/Serra do Mar, SP-Brésil. In: Table Ronde sur l'analyse structurale de la couverture pedologique, 1991, Caen. Table Ronde sur l'analyse structurale de la couverture pedologique. Caen: CNRS-Univ Caen, 1991.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
MARTINS, E. R. C. ; FURIAN, S ; BARBIERO, L ; REZENDE FILHO, A. T. ; PARIZOTTO, T. M. . ESTUDO DA DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL DA SALINIDADE EM LAGOS DA NHECOLÂNDIA, PANTANAL (MS). In: 3º Simpósio de Geotecnologias no Pantanal, 2010, Cáceres. 3º Simpósio de Geotecnologias no Pantanal, 2010.

2.
PARIZOTTO, T. M. ; Furian, S. ; BARBIERO, L ; REZENDE FILHO, A. T. ; MARTINS, E. R. C. . ESTUDO DA COBERTURA PEDOLÓGICA DE UMA MICRO-DEPRESSÃO POR INDUÇÃO ELETROMAGNÉTICA; PANTANAL DA NHECOLÂNDIA, MS. In: 3º Simpósio de Geotecnologias no Pantanal, 2010, Cáceres. 3º Simpósio de Geotecnologias no Pantanal, 2010.

3.
FURIAN, Sonia; BARBIERO, L. ; KUMAR, C. ; PARANATE, H. R. ; KUMAR, M. S. M. . Soil-erosion relationships in a forested watershed of South India. In: SINAGEO - VI International Symposium of Geomorphology, 2006, Goiânia. Anais do SINAGEO - VI International Symposium of Geomorphology, 2006.

4.
FURIAN, Sonia; BARBIERO, L. ; MOHAMEDOU, A. O. . Interactions between Biological, soil-forming, Hydrodynamical, geomorphological and geochemical processes in the Senegal valley.. In: Regional Conference on Geomorphology ? VI Brazilian Symposium on Geomorphology., 2006, Goiânia-GO. Tropical and subtropical Geomorphology: processes, methods and techniques.. Goiânia-GO, 2006.

5.
FURQUIM, Sheila ; GRAHAN, R. C. ; BARBIERO, L. ; QUEIROZ NETO, J. P. ; FURIAN, Sonia . ?Present-day illite neoformation in an alkaline environment, Pantanal Wetland, Brazil?. In: Soil Science Society of America Annual Meeting, 2005. Anais do Soil Science Society of America Annual Meeting, 2005.

6.
FURQUIM, Sheila ; BARBIERO, L. ; QUEIROZ NETO, J. P. ; GRAHAN, R. C. ; FURIAN, Sonia . . Clay formation and its influence on the control of major elements in alkaline lakes of the Nhecolândia, Pantanal, Brazil. In: 4th International Symposium on Environmental Geochemistry of Tropical Countries, 2004, Búzios. Anais do 4th International Symposium on Environmental Geochemistry of Tropical Countries, 2004.

7.
FURIAN, Sonia; FURQUIM, Sheila ; QUEIROZ NETO, J. P. ; SAKAMOTO, A. ; REZENDE FILHO, A. T. ; BARBIERO, L. ; VALLES, V. . Natural Arsenic in groundwater and alkaline lakes of the Nhecolândia, South Mato Grosso, Brazil. In: 4th International Symposium on Environmental Geochemistry of Tropical Countries, 2004, Búzios. Anais do 4th International Symposium on Environmental Geochemistry of Tropical Countries, 2004.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
REZENDE FILHO, A. T. ; FURQUIM, Sheila ; BARBIERO, L. ; FURIAN, Sonia . Hydrogeochemistry around two adjacent saline and freshwater lakes in the Pantanal of Nhecolândia, South Mato Grosso ? Brazil. In: 8th INTECOL International Wetland Conference, 2008, Cuiabá. 8th Intecol, 2008.

2.
FERREIRA, Rosely Pacheco Dias ; REZENDE FILHO, A. T. ; CASTRO, Selma Simoes de ; FURIAN, Sonia . Estudo Micromorfológico de um Terraço do Rio Piracicaba/SP.. In: VII sinageo, 2008, Belo Horizonte - MG. VII SIMPÓSIO NACIONAL DE GEOMORFOLOGIA - II Encontro Latino-Americano de Geomorfologia, 2008. v. 1. p. 132-133.

3.
FURIAN, Sonia ; BARBIERO, L. ; VALLES, V. . Arsenic distribution in saline and freshwater lakes of Nhecolandia, Pantanal of South Mato Grosso, Brazil. In: 32nd International Geological Congress - Pre-Congress Workshop BWO 06 - NATURAL ARSENIC IN GROUNDWATER, 2004, Florence, 2004.

4.
FURQUIM, Sheila ; QUEIROZ NETO, J. P. ; BARBIERO, L. ; FURIAN, Sonia . Mg-Silicate formation in alkaline environment of the Nhecolândia, Mg-Silicate formation in alkaline environment of the Nhecolândia, South Mato Grosso, Brazil. In: 8th International Congress on Applied Mineralogy, 2004, Aguas de Lindoia, 2004.

5.
FURIAN, Sonia ; BARBIERO, L. ; CICCO, V . Functioning of a small experimental watershed in the Serra do mar, Brazil.. In: Hydrology and watershed management, 2002, Hyderabad. Jawaharal Nehru Technological University publication. Hyderabad: JNTU, 2002. p. 21.

Demais trabalhos
1.
FURIAN, Sonia . Rapport de Mission en Mauritanie du 20 au 25 Mars 2002. Installation de collecteurs de nappe dans le Parc National du Diawling.. 2002 (relatorio de missao internacional) .

2.
BARBIERO, L. ; DIATTA, Sitapha ; FURIAN, Sonia ; BARRO . Rapport de Mission sur le Perimetre de Foum Gleita (Mauritanie) en appui au programme de these de Piet Van Asten. 1999 (relatorio de missao internacional) .

3.
FURIAN, Sonia . Esquisse geomorphologique de la zone de Tinkoto, Senegal Oriental.. 1999 (Relatorio pos-doutorado) .

4.
BARBIERO, L. ; FURIAN, Sonia . Rapport de Mission en Mauritanie, Parc National du Diawling. Appuis au programme de these d'Abdallahi Ould Mohamedou. 1997 (relatorio de missao international) .

5.
BARBIERO, L. ; FURIAN, Sonia . Rapport de Mission en Mauritanie du 12 au 22 Avril 1996. 1996 (relatorio de missao internacional) .

6.
FURIAN, Sonia . Origines de la repartition de l'alcalinisation sur le périmètre de Lossa (terrasses du Niger : rapport d'une mission d'appui au programme de thèse de L. Barbiero. 1991 (relatorio de missao internacional) .

7.
FURIAN, Sonia . Rapport de Mission au Niger du 5 au 20 Fevrier 1991. 1991 (relatorio de missao internacional) .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Teses de doutorado
1.
BARBIERO, L; FERREIRA, Rosely Pacheco Dias; Salomao, FXT; Peres-Filho, A.; Montes C.R.; Furian, S.. Participação em banca de Ary Tavares Rezende Filho. Variabilidade quimica das aguas na bacias do alto Paraguai: Uma compartimentaçao do Pantanal Mato-grossense. 2011. Tese (Doutorado em Geografia (Geografia Física)) - Universidade de São Paulo.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
SINAGEO - VI Simpósio Nacional de Geomorfologia.Alteração, Pedogênese e Suscetibilidades Erosivas em Vertentes. 2006. (Simpósio).

2.
2nd African Summit on Sciences and Technologies. Representante da America do Sul no 2nd African Summit on Sciences and Technologies, Nouakchott 20-22 March 2002, convidada pelo M. Ould Sidi Ahmed Taya, Presidente da republica da Mauritania.. 2002. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Tatiana Mascari Parizotto. Estudo morfológico e hidroquímico de uma micro depressão no Pantanal da Nhecolândia - MS. 2012. Dissertação (Mestrado em Geografia (Geografia Física)) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Sonia Maria Furian Dias.

2.
Ary Tavares Rezende Filho. ESTUDO DA VARIABILIDADE E ESPACIALIZAÇÃO DAS UNIDADES DA PAISAGEM: Banhado(baía/vazante), Lagoa Salina e Lagoa Salitrada no Pantanal da Nhecolândia, MS,. 2005. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Sonia Maria Furian Dias.

3.
Valdir de Cicco. Analise de séries temporais hidrológicas em microbacia com cobertura vegetal natural de Mata Atlântica. 2004. Dissertação (Mestrado em Geografia (Geografia Física)) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Sonia Maria Furian Dias.

Tese de doutorado
1.
Elisângela Rosemeri Curti Martins. Tipologia de Lagoas Salinas no Pantanal da Nhecolândia (MS). 2012. Tese (Doutorado em Geografia (Geografia Física)) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Sonia Maria Furian Dias.

2.
Ary Tavares Rezende Filho. VARIABILIDADE QUÍMICA DAS ÁGUAS NA BACIA DO ALTO PARAGUAI: uma compartimentação do Pantanal Mato-grossense. 2011. Tese (Doutorado em Geografia (Geografia Física)) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Sonia Maria Furian Dias.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Débora Ayumi Ishida. Estudo da organização bidimensional de uma toposeqüência de solos na bacia B do Parque Estadual da Serra do Mar - Núcleo Cunha / SP. 2002. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Geografia) - Universidade de São Paulo. Orientador: Sonia Maria Furian Dias.

Iniciação científica
1.
Ary Tavares Rezende Filho. Estudos da Morfologia do Solo em uma Toposseqüência na àrea da Fazenda Santa Clara, no Pantanal do Abobral. 2003. Iniciação Científica. (Graduando em geografia) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Sonia Maria Furian Dias.

2.
Débora Ayumi Ishida. Caracterização da cobertura pedológica de uma toposseqüencia em Cunha - SP. 2002. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Sonia Maria Furian Dias.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 13/11/2018 às 20:20:58