Brunna de Mattos Granja

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5448963490235370
  • Última atualização do currículo em 14/02/2018


Médica Veterinária, graduada na Universidade Federal de Santa Maria. Interesse em: Qualidade de Leite, Bovinocultura Leiteira e Medicina de Ruminantes. Mestranda em Nutrição e Produção Animal - FMVZ / USP, Laboratório QualiLeite. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Brunna de Mattos Granja
Nome em citações bibliográficas
GRANJA, B. M.


Formação acadêmica/titulação


2012 - 2017
Graduação em Medicina Veterinária.
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
2008 - 2009
Ensino Médio (2º grau).
Colégio Marista Assunção, CMA, Brasil.




Formação Complementar


2017 - 2017
Manejo Sanitário e Qualidade do Leite. (Carga horária: 30h).
SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL, SENAR-AR/SP, Brasil.
2017 - 2017
Qualidade do Leite. (Carga horária: 20h).
Tambo Cestonaro e Filhos, CESTONARO, Brasil.
2017 - 2017
Como controlar a mastite em 3 passos. (Carga horária: 4h).
Agripoint Consultoria, AGRIPOINT, Brasil.
2017 - 2017
Importância do período de transição em vacas leiteirias. (Carga horária: 4h).
Agripoint Consultoria, AGRIPOINT, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Estagiária e bolsista de iniciação científica no Laboratório de Doenças Parasitárias - LADOPAR/UFSM Bolsista

Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Medicina de Ruminantes - Hospital Veterinário UFSM Bolsista CNPQ Total de 840 horas.

Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Monitoria, Enquadramento Funcional: Monitor de Anestesiologia Veterinária, Carga horária: 12
Outras informações
Monitora da disciplina de Anestesiologia Veterinária na Universidade Federal de Santa Maria, com carga horária total de 180 horas.


Fazenda Colorado, FC, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Estágio Curricular Obrigatório, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Estágio Curricular Obrigatório - Fazenda Colorado, Araras -SP Auxílio no pré e pós parto; Acompanhamento do manejo de ordenha; Processos da cria e recria de bezerros; Auxílio nos processos clínicos e cirúrgicos como um todo; Acompanhamento do processo de produção de forragens e nutrição do gado; Análises cabíveis ao laboratório relacionados a qualidade do leite. Total de 504 horas.


Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia - USP, FMVZ - USP, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Prática Profissionalizante, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 8, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Prática profissionalizante em qualidade do leite no laboratório Qualileite / FMVZ-USP.



Projetos de pesquisa


2016 - Atual
Potencial da utilização de diferentes adjuvantes na redução da infecção de ovinos naturalmente infectados (infecção mista) e experimentalmente com Haemonchus contortus
Descrição: Nematódeos gastrointestinais são considerados, atualmente, os parasitas causadores de uma das principais enfermidades de ovinos e determinam inúmeras perdas anuais da produção e de rebanho em todo o mundo. O controle das helmintoses apresenta dificuldades principalmente relacionadas a questão da resistência aos anti-helmínticos por parte dos parasitos, dependendo do rebanho e intensidade de tratamentos. Por isso, cada vez mais, buscam-se alternativas para estabelecer condições de superar este desafio parasitário, ter animais mais produtivos e reduzir o número de tratamentos antiparasitários. Com isso, este projeto compreendetrês subprojetos distintos, sendo o primeiro - Potencial da utilização de diferentes adjuvantes na redução da infecção e reinfecção de ovinos experimentalmente com Haemonchuscontortus; o segundo -Potencial da utilização de diferentes adjuvantes na redução da infecção de ovinos naturalmente infectados (infecção mista) com nematoides do trato gastrointestinal; e o terceiro - Aplicação de diferentes adjuvantes na redução da infecção por nematódeos em rebanhos ovinos no estado do Rio Grande do Sul, Brasil..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Brunna de Mattos Granja - Integrante / FERNANDO DE SOUZA RODRIGUES - Integrante / LUIS ANTONIO SANGIONI - Integrante / Fernanda Silveira Flores Vogel - Coordenador / Gisele Gehrke - Integrante / Luiza Pires Portella - Integrante / Fernanda Ramos - Integrante / Fagener Fernandes - Integrante / Camila Encarnação Minuzzi - Integrante.
2016 - Atual
Perfil da resposta imune humoral de ovelhas e cordeiros naturalmente expostos à infecção por Eimeria spp.
Descrição: Eimeriose é a infecção causada pelo protozoário Eimeria spp. e está entre as principais enfermidades que acometem os pequenos ruminantes em todo o mundo, impactando negativamente sobre a produção pecuária. Os ovinos são frequentemente acometidos, podendo haver diarreia e emagrecimento progressivo, sobretudo em animais jovens sob condições de manejo intensivas ou semi-intensivas. O controle eficiente da eimeriose abrange, além do tratamento profilático, o conhecimento das relações parasito-hospedeiro, destacando-se especialmente os fatores de patogenicidade do agente e os imunológicos relacionados ao hospedeiro. Neste sentido, características da imunidade passiva e ativa, relações entre grau de infecção versus desenvolvimento de anticorpos específicos e a influência de tratamento no desenvolvimento da resposta imunológica frente a isolados de Eimeria spp. são aspectos que necessitam ser elucidados. Destaca-se que a maioria das informações sobre a imunidade contra Eimeria spp. em ovinos ainda não estão disponíveis na literatura, sendo assim, justifica-se o desenvolvimento de pesquisas com intuito de esclarecer as diversas lacunas referentes à epidemiologia e imunologia de eimeriose em pequenos ruminantes. Esta pesquisa tem por objetivos: determinar a imunidade passiva específica em cordeiros filhos de ovelhas parasitadas e as não parasitadas por Eimeria spp.; avaliar os títulos de IgG, IgM e IgA em cordeiros naturalmente infectados por Eimeria spp.; identificar as espécies de Eimeria spp. que acometem cordeiros em condições naturais; bem como verificar os títulos de IgG, IgM e IgA no colostro de ovelhas parasitadas e ovelhas não parasitadas por Eimeria spp. O estudo será realizado em uma fazenda de criação de ovinos localizada na região central do Rio Grande do Sul. Serão utilizadas 26 ovelhas, da raça Corriedale aptas para reprodução, mantidas em sistema de criação extensivo. Essas ovelhas serão colocadas em estação reprodutiva e a gestação será confirmada por ultrassonografia após três meses. Serão realizadas quatro coletas de fezes semanalmente e a partir disso os animais serão separados em três grupos de acordo com a contagem de oocistos por grama de fezes (OoPG) e o diagnóstico de gestação. Grupo 1 - ovelhas prenhas e parasitadas naturalmente; Grupo 2 - ovelhas prenhes tratadas com toltrazuril 5%; e Grupo 3 - ovelhas não prenhes e parasitadas - grupo controle da infecção. As ovelhas e os cordeiros serão monitorados clinicamente e serão coletadas amostras de fezes, sangue e colostro. As espécies de Eimeria recuperadas das fezes dos animais serão identificadas pelas características morfológicas e morfométricas. As amostras de soro serão submetidas à pesquisa de anticorpos anti-Eimeria spp. através da técnica de imunofluorescência indireta (RIFI) e as amostras de soro (sanguíneo e do colostro) serão testadas para a presença de imunoglobulinas G, M e A por RIFI, dot-Blot ou Elisa indireto. Entre os principais resultados e impactos esperados deste trabalho destaca-se a obtenção de informações relevantes a cerca da resposta humoral dos cordeiros e ovelhas infectados naturalmente por Eimeria spp.; a aquisição de dados referentes a imunidade colostral contra Eimeria spp. Os dados da pesquisa serão divulgados à comunidade científica na forma de comunicações em eventos e a publicação de manuscritos científicos em periódicos indexados. Adicionalmente buscar-se-á a formação de recursos humanos no âmbito científico e de inovação tecnológica nas áreas que envolvem a parasitologia e doenças parasitárias..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Brunna de Mattos Granja - Integrante / LUIS ANTONIO SANGIONI - Integrante / SONIA DE AVILA BOTTON - Integrante / Fernando de Sousa Rodrigues - Integrante / Fernanda Flores Vogel - Coordenador.
2015 - 2016
Efeito acaricida de extratos brutos de embira e casca de acácia em bovinos infectados experimentalmente por Riphicephalus microplus
Descrição: Este estudo terá como objetivo avaliar a ação de extratos vegetais carrapaticidas em bovinos. Para isso serão utilizados 32 bovinos brangus, com idade média de 18 meses e 160 quilos de peso vivo. Os animais serão mantidos na Embrapa Pecuária Sul em potreiro de campo nativo e com disponibilidade de água e sal mineral durante todo o período experimental. Quarenta e cinco dias antes do estudo será realizada aplicação de carrapaticida e manutenção dos bovinos em pastagem livre de carrapatos. Posteriormente, os animais serão divididos em 4 grupos experimentais com 8 animais cada: Grupo controle negativo (GCN); Grupo controle positivo (GCP) - pulverizado com Cyperclor Plus; Grupo tratado 1 (GT1) pulverizado com extrato de bruto de embira e Grupo tratado 2 (GT2) pulverizado com extrato bruto de casca de acácia. Os extratos serão preparados na concentração de: extrato de bruto de embira 100 mg/mL e extrato bruto de casca de acácia 100 mg/mL. Os extratos serão diluídos em água a 40 ºC, filtrados e utilizados 6 litros de solução pronta para pulverização dos animais. Em quatro animais de cada grupo será realizado exame físico (freqüência cardíaca, freqüência respiratória, temperatura retal, coloração de mucosas, apetite e comportamento, avaliação da pele e pelo) e laboratóriais (hemograma completo, atividade das enzimas aspartato oaminotransferase, gama-glutamiltransferase; ureia e creatinina) para avaliar se os produtos causam toxicidade. Este estudo terá duração de 30 dias, dividido em 11 momentos experimentais. No dia zero será feita a infestação dos animais com 5000 larvas de Riphicephalus microplus espalhadas no dorso dos animais; no dia sete será realizada a segunda infestação com a mesma quantidade de larvas. No dia 9 os animais serão tratados com os extratos e o produto comercial mediante pulverização de todo o corpo, excluindo a face do animal. No dia 19 será realizada a primeira contagem dos carrapatos referente a primeira infestação e nos dias 26 e 31 a segunda contagem referente a segunda infestação. A avaliação clínica e coleta de sangue para as analises laboratoriais serão realizadas nos tempos 24 e 48 horas, sete, 14 e 21 dias após o tratamento. No 31º dia de experimento os animais serão pulverizados com carrapaticida e liberados para o campo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Brunna de Mattos Granja - Integrante / MARTA LIZANDRA DO REGO LEAL - Coordenador / Alexia Pretto - Integrante / Valeska Paula Casanova - Integrante.
2013 - 2015
Biodisponibilidade do Edetato de Zinco em Cordeiros
Descrição: O Zinco é um mineral traço que possui uma grande atividade antioxidante e importante papel no metabolismo energético dos seres vivos. O objetivo deste estudo é determinar a biodisponibilidade e a curva sérica de uma nova fonte de zinco injetável, denominada Edetato de Zinco. Serão utilizados seis cordeiros machos da raça Texel com 4 meses e 30 quilos de peso vivo (PV). Os animais serão divididos em 2 grupos sendo um controle (GC) e um grupo tratado (GT). Os mesmos serão alocados em gaiolas metabólicas onde passarão por um período de 10 dias de adaptação. Nesse tempo serão avaliados o consumo de alimento para determinar a quantidade a ser ofertada durante o experimento. A dieta ofertada será à base de feno de aveia e azevém e ração comercial totalizado uma dieta com 13 % de proteína bruta.O experimento terá a duração de 60 dias e serão avaliadas a produção de fezes e as concentrações plasmáticas, fecais e urinárias de Zinco. As amostras biológicas serão coletadasa cada 24 horas durante 7 dias.Após esse período as coletas serão realizadas a cada três dias até o término do experimento. Ao final do estudo, os animais serão submetidos aeutanásia para coleta de amostra de fígado, rim e músculo para posterior determinação dos teores de zinco..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (6) .
Integrantes: Brunna de Mattos Granja - Integrante / Adelina Rodrigues Aires - Integrante / Evelyn Kaus Dotto - Integrante / Felipe Lamberti Pivoto - Integrante / Gabriela Aline SZINWELSKI - Integrante / JOSÉ FRANCISCO XAVIER DA ROCHA - Integrante / MARCELO DA SILVA CECIM - Integrante / MARTA LIZANDRA DO REGO LEAL - Coordenador / SERGIO HENRIQUE MIOSO CUNHA - Integrante.


Projetos de extensão


2016 - Atual
Monitoramento e diagnóstico das infecções parasitárias dos animais domésticos e de produção na saúde animal - Etapa II
Descrição: A principal forma de controle às infecções parasitárias é a adoção de medidas preventivas. Para tanto, exames laboratoriais complementares aos planos de diagnósticos são de grande valia, uma vez que, a utilização das técnicas laboratoriais como instrumento de auxílio na planificação de programas sanitários está pouco difundida entre os pecuaristas. Através da utilização de exames coproparasitológicos, sorológicos e testes in vitro de suscetibilidade de drogas, pode-se obter o grau de infecção do rebanho e susceptibilidade parasitária e assim instituir programas estratégicos. Desta forma, podem-se utilizar as medidas de controle de forma racional, propondo a utilização adequada de antiparasitários, abolindo a utilização de um calendário de tratamentos pré-determinados. Além da utilização dos exames laboratoriais, salienta-se a existência de outras medidas de controle integrado. Para tal, deve-se conhecer a epidemiologia das infecções parasitárias mais freqüentes. Neste sentido, o objetivo deste projeto visa a prestação de serviços de diagnóstico das afecções parasitárias aos médicos veterinários, produtores rurais e profissionais afins dos estados do sul brasileiro, bem como, avaliar a epidemiologia dos principais agentes parasitários dos animais domésticos..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (6) .
Integrantes: Brunna de Mattos Granja - Integrante / LUIS ANTONIO SANGIONI - Integrante / Fernanda Silveira Flores Vogel - Coordenador / Gisele Gehrke - Integrante / Fernanda Ramos - Integrante / Fagener Fernandes - Integrante / FERNANDA OLIVEIRA CASTRO - Integrante / FABIANA RAQUEL RATZLAFF - Integrante / CAROLINE ZAMPERETE REGINATO - Integrante / CAROLINE SOBOTYK DE OLIVEIRA - Integrante / CAMILA BALCONI MARQUES - Integrante / ALFREDO SKREBSKY CEZAR - Integrante / Fernando de Sousa Rodrigues - Integrante.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária / Subárea: Clínica e Cirurgia de Ruminantes.
2.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária / Subárea: Bovinocultura Leiteira.
3.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária / Subárea: Medicina Veterinária Preventiva.


Idiomas


Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Resumos publicados em anais de congressos
1.
CASANOVA, V. P. ; AIRES, A. R. ; PRETTO, A. ; LIMANA, J. F. T. ; MARCHIORETTO, G. P. ; COLLET, S. G. ; KRAUSE, A. ; EBLING, R. C. ; LEAL, M. L. R. ; GRANJA, B. M. . Suplementação com ferro injetável em cordeiros infectados experimentalmente por Haemoncus contortus. In: Congresso Nacional de Buiatria, 2017, Foz do Iguaçu - Paraná. Suplementação com ferro injetável em cordeiros infectados experimentalmente por Haemoncus contortus, 2017. p. 587-588.

Apresentações de Trabalho
1.
AIRES, A. R. ; PIVOTO, F. L. ; ROCHA, J. F. X. ; LEAL, M. L. R. ; GRANJA, B. M. . Biodisponibilidade do Edetato de Zinco em Cordeiros. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
18° Congresso Estadual de Medicina Veternária e 1° Encontro de Buiatria do CONESUL. 2016. (Congresso).

2.
Minicurso sobre "Fermentação Ruminal". 2016. (Oficina).

3.
16° Seminario de Producción Lechera para Estudiantes Universitarios. 2015. (Seminário).

4.
24° ENCORTE. 2015. (Simpósio).

5.
Campanha de Vacinação Anti - rábica Canina e Felina.Campanha de Vacinação Anti - Rabica Canina e Felina. 2015. (Oficina).

6.
II Simpósio Internacional de Produção Leiteira. 2015. (Simpósio).

7.
Minicurso sobre "Mastite nos Rebanhos Sul Brasileiros". 2015. (Oficina).

8.
I Simpósio Internacional de Produção Leiteira. 2014. (Simpósio).

9.
I Simpósio Nacional da Vaca Leiteira. 2014. (Simpósio).

10.
22º Encorte. 2013. (Encontro).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 20/11/2018 às 10:01:48