Ana Karina de Oliveira

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3339188648996616
  • Última atualização do currículo em 26/08/2018


Possui graduação em Biomedicina pelo Centro Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas FMU-SP (2005), Mestrado em Biotecnologia pelo Programa de Pós-Graduação Interunidades em Biotecnologia da Universidade de São Paulo (2009) e Doutorado em Ciências (Bioquímica) pelo Programa de Bioquímica do Instituto de Química da USP (2015). Atualmente é pesquisadora de pós-doutorado pelo Programa de Estomatopatologia da Faculdade de Odontologia de Piracicaba - FOP/Unicamp (PNPD/CAPES), desenvolvendo projeto de pesquisa no Laboratório Nacional de Biociências (LNBio) do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), tendo como linha de pesquisa a análise de vesículas extracelulares em modelos de câncer oral utilizando ferramentas ômicas. Tem experiência nas áreas de Bioquímica, com ênfase em química de proteínas e proteômica quantitativa e funcional de amostras complexas e no isolamento e caracterização biológica e estrutural de enzimas proteolíticas e suas interações com proteínas plasmáticas e da matriz extracelular. Na área de Hemostasia, tem experiência no estudo de proteínas plasmáticas e de proteínas envolvidas nas funções plaquetárias. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Ana Karina de Oliveira
Nome em citações bibliográficas
OLIVEIRA, A. K.;Oliveira, Ana K.;de Oliveira, Ana Karina;Oliveira, Ana Karina

Endereço


Endereço Profissional
Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais, Laboratório Nacional de Biociências.
Rua Giuseppe Máximo Scalfaro, 10.000
Guará
13083970 - Campinas, SP - Brasil
Telefone: (019) 35121244
URL da Homepage: www.lnbio.cnpem.br


Formação acadêmica/titulação


2010 - 2015
Doutorado em Ciências Biológicas (Bioquímica).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Caracterização proteômica comparativa da agregação plaquetária induzida pela trombina e pela PA-BJ, uma serinoproteinase do veneno da Bothrops jararaca, Ano de obtenção: 2015.
Orientador: Dra. Solange Maria de Toledo Serrano.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: fosfoproteoma; espectrometria de massas; serinoprotease; agregação plaquetária; sinalização.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica / Subárea: Química de Macromoléculas.
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica / Subárea: Química de Macromoléculas / Especialidade: Proteínas.
Setores de atividade: Pesquisa e desenvolvimento científico.
2006 - 2009
Mestrado em Biotecnologia.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Estudo sobre a interação de metaloproteinases das classes P-I e P-III do veneno de Bothrops jararaca com proteínas plasmáticas e de matriz extracelular,Ano de Obtenção: 2009.
Orientador: DRA. SOLANGE MARIA DE TOLEDO SERRANO.
Palavras-chave: Veneno de serpente; metaloproteinases; proteínas plasmáticas; matriz extracelular; hemorragia.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica / Subárea: Química de Macromoléculas.
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica / Subárea: Química de Macromoléculas / Especialidade: Proteínas.
2002 - 2005
Graduação em Biomedicina.
Centro Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas, FMU, Brasil.
Título: Análise comparativa da atividade proteolítica de duas metaloproteinases do veneno de Bothrops jararaca sobre proteínas plasmáticas e de matriz extracelular..
Orientador: Dra. Solange Maria de Toledo Serrano.


Pós-doutorado


2017
Pós-Doutorado.
Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais, CNPEM, Brasil.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Grande área: Ciências da Saúde
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica.
2015 - 2017
Pós-Doutorado.
Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais, CNPEM, Brasil.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Biológicas


Formação Complementar


2017 - 2017
Novas Abordagens para Otimização de Painéis Multicolor. (Carga horária: 16h).
BD Bioscience, BD, Brasil.
2017 - 2017
Treinamento Operacional BD FACSCanto II. (Carga horária: 24h).
BD Bioscience, BD, Brasil.
2016 - 2016
Extensão universitária em Citometria de Fluxo. (Carga horária: 30h).
Escola de Extensão da Unicamp, EXTECAMP, Brasil.
2016 - 2016
Integrated analysis of shotgun proteomic data with PatternLab for proteomic. (Carga horária: 16h).
Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais, CNPEM, Brasil.
2015 - 2015
Proteomics Informatics Course - TPP. (Carga horária: 40h).
Institute for Systems Biology, ISB, Estados Unidos.
2014 - 2014
Método Lógico para Redação Científica. (Carga horária: 8h).
Instituto Butantan, IBU, Brasil.
2014 - 2014
Primeira Escola de Espectrometria de Massas. (Carga horária: 32h).
Sociedade Brasileira de Espectrometria de Massas, BRMASS, Brasil.
2013 - 2013
Treinamento no uso de animais de experimentação. (Carga horária: 8h).
Instituto de Ciências Biomédicas - Universidade de São Paulo, ICB-USP, Brasil.
2012 - 2012
Computational Mass Spectrometry-Based Proteomics. (Carga horária: 40h).
Max-Planck-Institut für Biochemie, BIOCHEM, Alemanha.
2011 - 2011
Concepts and Techniques in Molecular Modeling. (Carga horária: 10h).
Universidade Federal do ABC, UFABC, Brasil.
2011 - 2011
Abordagens proteômicas para a Biologia Sistêmica. (Carga horária: 12h).
Instituto Butantan, IBU, Brasil.
2009 - 2009
Proteomica quantitativa. (Carga horária: 8h).
Sociedade Brasileira de Espectrometria de Massas, BRMASS, Brasil.
2007 - 2007
Mecanismos celulares que modulam sistemas homeost.. (Carga horária: 15h).
Instituto Butantan, IBU, Brasil.
2007 - 2007
Oficina de Tutores. (Carga horária: 24h).
SENAC LAPA TITO, SENAC-SP, Brasil.
2005 - 2005
Citometria de Fluxo. (Carga horária: 30h).
Centro Universitário Senac, SENAC/SP, Brasil.
1994 - 1995
Auxiliar de enfermagem. (Carga horária: 1150h).
Serviço Naciomal de Aprendizagem Comercial SP, SENAC, Brasil.


Atuação Profissional



Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais, CNPEM, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pós doutoramento, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

06/2015 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Laboratório Nacional de Biociências, .


Instituto Butantan, IBU, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2015
Vínculo: Estagiária, Enquadramento Funcional: Aluna de doutorado, Carga horária: 30
Outras informações
Estagiária do Laboratório Especial de Toxinologia Aplicada (CAT/CEPID). Desenvolvimento do projeto de doutorado.

Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: Estudante, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2006 - 2009
Vínculo: Estudante (Mestrado), Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 30

Vínculo institucional

2005 - 2005
Vínculo: Estudante (In. Científica), Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20

Atividades

02/2009 - 06/2015
Estágios , LETA - Laboratório Especial de Toxinologia Aplicada, .

Estágio realizado
Análise da proteólise de colágenos por metaloproteinases de venenos de serpentes. ORIENTAÇÃO: Dra. Solange Maria de Toledo Serrano.
02/2006 - 02/2009
Estágios , LETA - Laboratório Especial de Toxinologia Aplicada, .

Estágio realizado
Desenvolvimento do projeto de Mestrado.
01/2005 - 12/2005
Estágios , LETA - Laboratório Especial de Toxinologia Aplicada, .

Estágio realizado
INICIAÇÃO CIENTÍFICA: Caracterização estrutural do fator hemorrágico HF3 da serpente Bothrops jararaca. ORIENTAÇÃO: Dra. Solange M. T. Serrano.

Goethe Universität Frankfurt am Main, UNI-FRANKFURT, Alemanha.
Vínculo institucional

2012 - 2012
Vínculo: Aluna de doutorado, Enquadramento Funcional: Visiting Graduate Student, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Estágio de 3 semanas (25/06/2012 a 13/07/2012) desenvolvido no Excellence Cluster Cardio-Pulmonary System Center for Molecular Medicine Vascular Matrix Biology, Johann Wolfgang Goethe-University, Frankfurt, Germany. O estágio contou com a supervisão do professor e pesquisador do Department of Vascular Matrix Biology, Prof. Dr. Johannes A. Eble. Durante o estágio foram realizados ensaios para avaliar alterações induzidas por toxinas do veneno de B. jararaca na adesão celular e na agregação plaquetária mediadas pela integrina α2β1.


Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estudante de Doutorado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2006 - 2009
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estudante de Mestrado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Colaborador


Faculdades Metropolitanas Unidas, FMU, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2005
Vínculo: Estudante, Enquadramento Funcional: Estudante de graduação em Biomedicina, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2004 - 2004
Vínculo: Estudante, Enquadramento Funcional: Estagiário de Inciação Científica, Carga horária: 20

Atividades

01/2004 - 12/2004
Estágios , NÚCLEO DAS CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE, .

Estágio realizado
INICIAÇÃO CIENTÍFICA: Tema: Identificação, caracterização de compostos sintéticos derivados de produtos naturais existentes na Própolis brasileira com propriedades sobre a ativação de macrófagos ORIENTAÇÃO: Dra. Zuleica Caulada Benedetti.


Linhas de pesquisa


1.
Análise de microvesículas em modelos de câncer oral
2.
Estudo do papel do sistema imunológico na progressão tumoral
3.
Estudo do câncer oral utilizando ferramentas ômicas


Projetos de pesquisa


2016 - Atual
Ativ pró-inflamatória de proteinases de venenos de serpentes: i)obtenção de proteinases recombinantes em sistema livre de cel; ii) geração de microvesículas por monócitos estimulados com proteinases nativas e recomb e sua interação com células endoteliai

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Solange Maria de Toledo Serrano em 30/10/2017.
Descrição: Células liberam formas múltiplas de vesículas extracelulares, incluindo estruturas conhecidas como microvesículas (MVs), que são capazes de alterar o ambiente extracelular. Apesar do crescente número de estudos sobre MVs, sua biogênese, função e conteúdo, além dos mecanismos que regulam a entrega de seus conteúdos ainda são pouco conhecidos. MVs são geradas por diversos tipos celulares como células endoteliais, plaquetas, monócitos, células tumorais, entre outras, e podem estar envolvidas em eventos fisiológicos e patológicos, participando na comunicação célula-célula, através de interações mediadas por receptores ou por transferir moléculas bioativas, incluindo receptores de membrana, proteínas, lipídios, tRNAs, mRNAs, microRNAs e organelas. Toxinas de venenos de serpentes viperídeas induzem resposta inflamatória aguda, que contribui para a gravidade dos sintomas observados no envenenamento, possivelmente envolvendo a liberação de MVs. No entanto, a participação de MVs no quadro patológico do envenenamento ofídico não é conhecida. Sendo assim, pretendemos neste projeto analisar o efeito de MVs geradas por monócitos ativados por uma metaloproteinase (bothropasina), e uma serinoproteinase (PA-BJ) do veneno Bothrops jararaca, na forma nativa e recombinante, sobre células endoteliais. O conteúdo das diferentes MVs será avaliado utilizando abordagens proteômicas e peptidômicas a fim de compreender como a carga destas MVs pode afetar o endotélio durante o envenenamento. Ainda, o presente projeto visa à implantação da técnica de produção de toxinas recombinantes utilizando um sistema de expressão livre de célula derivado de Escherichia coli, inédito no Brasil. O sucesso no estabelecimento desse projeto no Instituto Butantan permitirá a implantação de uma plataforma para produção de proteínas de interesse acadêmico e biotecnológico.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2015 - Atual
Efeito de vesículas extracelulares de câncer de boca na diferenciação de macrófagos
Descrição: Nos últimos anos, o microambiente tumoral tem recebido importante atenção dos pesquisadores, já que as células que o compõe (neoplásicas ou não) estão em um estado dinâmico de interações com as células cancerosas, gerando um ambiente favorável para o desenvolvimento tumoral. Macrófagos associados a tumores (TAM, do inglês Tumor-Associated Macrophage), também residentes neste microambiente, compreendem diferentes subtipos celulares, sendo que o subtipo M2 é mais prevalente. Macrófagos M2 estão associados ao aumento da remodelação tecidual ao estimular angiogênese e a degradação de componentes da matriz extracelular, induzindo tolerância imunológica e, dando assim, suporte ao desenvolvimento das células neoplásicas. Embora os mecanismos envolvidos na modulação de células do sistema imune durante o desenvolvimento tumoral ainda sejam pouco conhecidos, recentemente as vesículas extracelulares (VEs) tem assumido um importante papel fisiológico e patológico na comunicação célula-célula através de interações mediadas por receptores ou por transferir moléculas bioativas, incluindo receptores, proteínas, lipídios, tRNAs, mRNAs, microRNAs, e organelas, alterando o fenótipo da célula receptora. Células tumorais podem transferir informações a diferentes tipos celulares, utilizando VEs como veículo, alterando características do microambiente tumoral e estabelecendo um nicho metastático. Assim, este estudo tem o objetivo de: 1) analisar o papel de VEs na diferenciação e na modulação da atividade de monócitos e macrófagos, utilizando i) VEs isoladas das linhagens celulares SCC-9 (câncer oral de sítio primário), HSC-3 (câncer oral de sítio metastático), HaCaT (queratinócitos normais); ii) VEs isoladas de amostras de câncer oral, de hiperplasia fibrosa inflamatória, e de mucosa oral normal; 2) utilizar abordagens proteômicas para identificar proteínas contidas nestas vesículas com o objetivo de compreender o seu possível papel na modulação do fenótipo celular e na progressão do câncer oral.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2015
Caracterização proteômica e peptidômica dos venenos de aranhas brasileiras por espectrometria de massas

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Alexandre Keiji Tashima em 13/11/2013.
Descrição: A diversidade de atividades biológicas encontradas em secreções de aranhas como veneno e hemolinfa têm motivado diversos grupos de pesquisa a procurar por moléculas com potencial uso terapêutico, o que resulta em um número crescente de toxinas isoladas e sequenciadas nos últimos anos. Mas apesar dos avanços, o número de peptídeos de aranhas isolado e caracterizado é estimado em apenas 0,01% do total de possíveis sequências existentes. Recentes estudos indicaram a presença de componentes com atividade antimicrobiana no veneno de diversas aranhas brasileiras, entretanto, poucos desses componentes foram caracterizados. Considerando-se o potencial biológico das moléculas contidas nos venenos de aranhas brasileiras, a importância de se caracterizar essas toxinas e a importância de se prospectar novas moléculas ativas, propomos neste projeto de pesquisa o fracionamento de proteínas e peptídeos presentes no veneno de aranhas brasileiras, a identificação de atividades biológicas e a determinação de suas estruturas através de análises por espectrometria de massas e sequenciamento de novo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2010 - Atual
Análise proteômica dos efeitos da PA-BJ, uma serinoprotease do veneno de Bothrops jararaca, sobre plaquetas
Descrição: A PA-BJ é um serinoprotease do veneno da Bothrops jararaca que induz agregação plaquetária em plasma rico em plaquetas e em suspensões de plaquetas lavadas. O efeito da PA-BJ em plaquetas é mediado pelos receptores de trombina PAR1 e PAR4, que são receptores plaquetários acoplados à proteína G. A PA-BJ cliva in vitro o exodomínio recombinante do receptor PAR1 nas ligações Arg41-Ser42 e Arg46-Asn47, resultando na inativação do ?tethered ligand?. Ainda, a PA-BJ promove a liberação de cálcio em fibroblastos transfectados com o receptor PAR4 e tornam estas células insensíveis à ação da trombina. Sua seqüência de aminoácidos foi determinada por técnicas de química de proteínas e apresenta um sítio de N-glicosilação e um de O-glicosilação. Já foram identificadas pelo menos oito isoformas de PA-BJ com diferenças de massa molecular e ponto isoelétrico e provavelmente diferenças entre seus resíduos de aminoácidos e diferentes graus de glicosilação. Com o objetivo de elucidar os eventos de sinalização causados pela interação da PA-BJ com os receptores PAR1 e PAR4, pretendemos utilizar algumas abordagens proteômicas e fosfoproteômicas após ativação plaquetária pela PA-BJ e comparar os resultados obtidos com os dados sobre a análise proteômica dos efeitos da trombina sobre plaquetas. Ainda, analisaremos o papel da porção de carboidratos da PA-BJ e suas isoformas na sua interação e clivagem do exodomínio recombinante do receptor PAR1. Este estudo deverá resultar na geração de novos conhecimentos sobre a interação de serinoproteases com seus substratos macromoleculares e a descrição de novas vias de sinalização celular em plaquetas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) .
Integrantes: Ana Karina de Oliveira - Integrante / Zelanis, André - Integrante / Yamashiro E.T. - Integrante / Aline Soriano Lopes - Integrante / Marcelo Larumi Santoro - Integrante / Serrano, Solange M. T. - Coordenador.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
2008 - 2016
Proteômica aplicada ao estudo da interação funcional de HF3, uma metaloproteinase do veneno da Bothrops jararaca, com alvos alvos celulares e plasmáticos.
Descrição: O HF3 é uma MP extremamente hemorrágica do veneno da Bothrops jararaca, cuja dose mínima hemorrágica (quantidade de proteína suficiente para produzir uma área hemorrágica de 10 mm2 na derme de coelho) é de 15 ng, ou 240 pmoles. A estrutura primária do HF3 foi determinada por clonagem molecular, mostrando que o precursor do HF3 é composto por peptídeo sinal, e domínios pró, metaloproteinase, tipodisintegrina e rico em cisteínas. O HF3 tem atividade pró-inflamatória, demonstrada pela sua capacidade de ativação da fagocitose mediada pela integrina aMb2, tanto pelo HF3 nativo como pela proteína recDC-HF3 (composta pelos domínios tipo-disintegrina e rico em cisteínas). Além disso, o HF3, e as proteínas recombinantes recDC-HF3 e recC-HF3 (domínio rico em cisteínas), e peptídeos sintéticos derivados da região hiper-variável do domínio rico em cisteínas, ativam o rolamento de leucócitos em vênulas pós-capilares sendo esta atividade também mediada pela integrina aMb2. A porção de carboidratos do HF3 desempenha um papel importante na sua interação com outras proteínas. A deglicosilação parcial do HF3 leva à perda parcial de suas atividades hemorrágica e fibrinogenolítica. Em ensaios de ressonância plasmônica de superfície, onde foram imobilizados colágeno I e VI, o HF3 deglicosilado ligou-se com maior afinidade a esses substratos quando comparado com a proteinase nativa, indicando alguma alteração conformacional gerada pela deglicosilação. Ainda, a análise dos efeitos in vivo do HF3 na pele e no plasma de camundongos, realizada por diversas abordagens proteômicas, revelou novas proteínas (intracelulares e extracelulares) que são clivadas em conseqüência da atividade direta e/ou indireta do HF3, e ainda o fato de que o HF3 promove o aumento de alguns inibidores plasmáticos na pele, indicando uma reação tecidual à presença desta MP. Neste projeto pretendemos utilizar diversas metodologias proteômicas para analisar a interação do HF3 com plaquetas e proteínas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2006 - 2009
Estudo sobre a interação de metaloproteinases das classes P-I e P-III do veneno de Bothrops jararaca com proteínas plasmáticas e de matriz extracelular
Descrição: A principal característica do envenenamento por serpentes da família Viperidae é a intensa hemorragia local que, em casos graves, pode chegar a ser sistêmica, e é causada por metaloproteinases. As metaloproteinases de venenos de serpentes fazem parte da família M12B das metaloproteinases, composta pelas reprolisinas (proteases que dependem de zinco para a catálise) e se apresentam em quatro classes distintas, de acordo com a composição de seus domínios. Diversos trabalhos têm mostrado que há uma interação específica entre as metaloproteinases e seus substratos, sejam estes proteínas relacionadas com a hemostasia ou proteínas da matriz extracelular. O que ainda não está claro é o modo como estas proteinases interagem com cada substrato e de que forma a proteólise está relacionada com a hemorragia local observada, principalmente com metaloproteinases da classe P-III. Na tentativa de melhor entender o mecanismo de geração de hemorragia pelas proteinases da classe P-III de venenos de serpentes, pretendemos realizar um estudo com metaloproteinases de diferentes classes do veneno de Bothrops jararaca, comparando suas atividades caseinolítica e hemorrágica, habilidades em clivar proteínas plasmáticas e de matriz extracelular in vitro, e afinidades por essas proteínas, por meio de ensaios de ligação em fase sólida..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Revisor de periódico


2018 - Atual
Periódico: Scientific Reports


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica / Subárea: Química de Macromoléculas/Especialidade: Proteômica.
3.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Câncer.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Web of Science
Total de trabalhos:17
Total de citações:151
Fator H:7
Oliveira, Ana Karina  Data: 26/08/2018

SCOPUS
Total de trabalhos:16
Total de citações:159
Oliveira, AK; de Oliveira, AK; Oliveira, Ana K; de Oliveira, Ana Karina; ; Oliveira, Ana Karina  Data: 07/09/2009

Artigos completos publicados em periódicos

1.
DA SILVA, LUDMILA B.2018DA SILVA, LUDMILA B. ; Menezes, Milene C. ; KITANO, EDUARDO S. ; Oliveira, Ana K. ; ABREU, AFONSO G. ; SOUZA, GISELE O. ; HEINEMANN, MARCOS B. ; ISAAC, LOURDES ; FRAGA, TATIANA R. ; Serrano, Solange M. T. ; BARBOSA, ANGELA S. . Leptospira interrogans Secreted Proteases Degrade Extracellular Matrix and Plasma Proteins From the Host. Frontiers in Cellular and Infection Microbiology, v. 8, p. 1/92-11, 2018.

2.
BUSSO-LOPES, ARIANE F.2018BUSSO-LOPES, ARIANE F. ; CARNIELLI, CAROLINA M. ; WINCK, FLÁVIA ; RIAÑO-PACHÓN, DIEGO M. ; Oliveira, Ana K. ; COSTA, RUTE A. ; RIVERA, CÉSAR ; CALDANA, CAMILA ; Fox, Jay W. ; LEME, ADRIANA F. PAES . Abstract 5649: Multi-omics data indicate that primary and lymph node oral cancer cells-derived extracellular vesicles carry cargo molecules with a specific aggressive pattern. CANCER RESEARCH, v. 78, p. 5649-5649, 2018.

3.
Oliveira, Ana K.2018Oliveira, Ana K.; BUSSO-LOPES, ARIANE F. ; SÁ, JAMILE OLIVEIRA ; RIVERA, CÉSAR ; LEME, ADRIANA F. PAES . Abstract 5648: Proteomics analysis of oral cancer cell-derived extracellular vesicles. CANCER RESEARCH, v. 78, p. 5648-5648, 2018.

4.
DA SILVA, CRISTIANE CASTILHO FERNANDES2017DA SILVA, CRISTIANE CASTILHO FERNANDES ; MENEZES, MILENE CRISTINA ; PALOMINO, MIRYAM ; Oliveira, Ana Karina ; IWAI, LEO KEI ; FARIA, MARCELLA ; PORTARO, FERNANDA VIEIRA . Peptides derived from plasma proteins released by bothropasin, a metalloprotease present in the Bothrops jararaca venom. TOXICON, v. 137, p. 65-72, 2017.

5.
RIVERA, CÉSAR2017RIVERA, CÉSAR ; Oliveira, Ana Karina ; COSTA, RUTE ALVES PEREIRA ; DE ROSSI, TATIANE ; PAES LEME, ADRIANA FRANCO . Prognostic biomarkers in oral squamous cell carcinoma: A systematic review. ORAL ONCOLOGY, v. 72, p. 38-47, 2017.

6.
CHAVES, ALISON F.A.2017CHAVES, ALISON F.A. ; CASTILHO, DANIELE G. ; NAVARRO, MARINA V. ; OLIVEIRA, A. K. ; SERRANO, S. M. T. ; Tashima, Alexandre K. ; BATISTA, WAGNER L. . Phosphosite-specific regulation of the oxidative-stress response of Paracoccidioides brasiliensis: a shotgun phosphoproteomic analysis. Microbes and Infection, v. 19, p. 34-46, 2017.

7.
BERTHOLIM, LUCIANA2016BERTHOLIM, LUCIANA ; Zelanis, André ; Oliveira, Ana K. ; Serrano, Solange M. T. . Proteome-derived peptide library for the elucidation of the cleavage specificity of HF3, a snake venom metalloproteinase. Amino Acids (Wien. Print), v. 48, p. 1331-1335, 2016.

8.
Zelanis, André2015Zelanis, André ; HUESGEN, PITTER F. ; OLIVEIRA, A. K. ; Tashima, Alexandre K. ; SERRANO, S. M. T. ; OVERALL, CHRISTOPHER M. . Snake venom serine proteinases specificity mapping by proteomic identification of cleavage sites. Journal of Proteomics (Print), v. 113, p. 260-267, 2015.

9.
ASEGA, AMANDA F.2014ASEGA, AMANDA F. ; Oliveira, Ana K. ; Menezes, Milene C. ; NEVES-FERREIRA, ANA GISELE C. ; Serrano, Solange M.T. . Interaction of Bothrops jararaca venom metalloproteinases with protein inhibitors. Toxicon (Oxford), v. 80, p. 1-8, 2014.

10.
Serrano, S. M. T.2014Serrano, S. M. T. ; Oliveira, Ana Karina ; M.C.Menezes ; Zelanis, André . The proteinase-rich proteome of Bothrops jararaca venom. Toxin Reviews, v. 33, p. 169-184, 2014.

11.
Cajado Carvalho, D.2014Cajado Carvalho, D. ; Kuniyoshi, A. K. ; Kodama, R. T. ; Oliveira, Ana K. ; Serrano S.M.T. ; Tambourgi, D. V. ; Portaro, F. V. . Neuropeptide Y family-degrading metallopeptidases in the Tityus serrulatus venom partially blocked by commercial antivenoms. Toxicological Sciences (Print), v. 142, p. 418-426, 2014.

12.
YAMASHIRO, EDSON T.2014YAMASHIRO, EDSON T. ; OLIVEIRA, A. K. ; KITANO, EDUARDO S. ; Menezes, Milene C. ; JUNQUEIRA-DE-AZEVEDO, INÁCIO L. ; Leme, AFP ; Serrano, Solange M.T. . Proteoforms of the platelet-aggregating enzyme PA-BJ, a serine proteinase from Bothrops jararaca venom. Biochimica et Biophysica Acta. Proteins and Proteomics, v. 17, p. 1, 2014.

13.
Paes Leme, Adriana F.2012 Paes Leme, Adriana F. ; Sherman, Nicholas E. ; Smalley, David M. ; Sizukusa, Letícia O. ; Oliveira, Ana K. ; Menezes, Milene C. ; Fox, Jay W. ; Serrano, Solange M. T. . Hemorrhagic Activity of HF3, a Snake Venom Metalloproteinase: Insights from the Proteomic Analysis of Mouse Skin and Blood Plasma. Journal of Proteome Research (Print), v. 11, p. 279-291, 2012.

14.
Menezes, Milene C.2011 Menezes, Milene C. ; de Oliveira, Ana Karina ; Melo, Robson L. ; Lopes-Ferreira, Mônica ; Rioli, Vanessa ; Balan, Andrea ; Paes Leme, Adriana F. ; Serrano, Solange M.T. . Disintegrin-like/cysteine-rich domains of the reprolysin HF3: Site-directed mutagenesis reveals essential role of specific residues. Biochimie (Paris. Print), v. 93, p. 345-351, 2011.

15.
Komegae, Evilin Naname2011Komegae, Evilin Naname ; Ramos, Anderson Daniel ; Oliveira, Ana Karina ; de Toledo Serrano, Solange Maria ; Lopes-Ferreira, Mônica ; Lima, Carla . Insights into the local pathogenesis induced by fish toxins: Role of natterins and nattectin in the disruption of cell cell and cell extracellular matrix interactions and modulation of cell migration. Toxicon (Oxford), v. 58, p. 509-517, 2011.

16.
OLIVEIRA, A. K.2010 OLIVEIRA, A. K.; Paes Leme, A. F. ; Asega, A. F. ; Camargo, A. C. M. ; Fox, J. W. ; Serrano, S. M. T. . New insights into the structural elements involved in the skin haemorrhage induced by snake venom metalloproteinases. Thrombosis and Haemostasis, p. 485-497, 2010.

17.
Paes Leme, Adriana F.2010Paes Leme, Adriana F. ; Escalante, Teresa ; Pereira, Jose G.C. ; Oliveira, Ana K. ; Sanchez, Eladio F. ; Gutiérrez, José M. ; Serrano, Solange M.T. ; Fox, Jay W. . High resolution analysis of snake venom metalloproteinase (SVMP) peptide bond cleavage specificity using proteome based peptide libraries and mass spectrometry. Journal of Proteomics (Print), v. 74, p. 401-410, 2010.

18.
OLIVEIRA, A. K.;Oliveira, Ana K.;de Oliveira, Ana Karina;Oliveira, Ana Karina2009 OLIVEIRA, A. K.; Paes Leme, Adriana F. ; Assakura, Marina T. ; Menezes, Milene C. ; Zelanis, André ; Tashima, Alexandre K. ; Lopes-Ferreira, Mônica ; Lima, Carla ; Camargo, Antonio C.M. ; Fox, Jay W. . Simplified procedures for the isolation of HF3, bothropasin, disintegrin-like/cysteine-rich protein and a novel P-I metalloproteinase from Bothrops jararaca venom. Toxicon, v. 53, p. 797-801, 2009.

Capítulos de livros publicados
1.
Menezes, Milene C. ; de Oliveira, Ana Karina ; Serrano, Solange M.T. . Hemorrhagic Factor 3 (HF3). In: Neil D. Rawlings; Guy S. Salvesen,. (Org.). Handbook of Proteolytic Enzymes. 3ed.: Oxford: Academic Press,, 2013, v. 1, p. 997-999.

2.
de Oliveira, Ana Karina; Yamazaki, Kendi ; Tomishige, Toshiro . Mucosectomia e Dissecção Submucosa. In: Silva, M.G.; Maluf Filho, F.; Sakai, P.; Moura, E.G.H.. (Org.). Enfermagem em Endoscopia Digestiva e Respiratória. 1ed.São Paulo: Editora Atheneu, 2010, v. 1, p. 199-205.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
RIVERA, C. ; Oliveira, Ana K. ; COSTA, R. A. P. E. ; ROSSI, T. ; A.F.Paes Leme . Biomarcadores potenciais para o carcinoma de células escamosas da cavidade oral: uma revisão sistemática com meta-análise, avaliação Remark, Scicurve e construção de redes de interação proteica. In: 25º Congresso Nacional de Pós Graduandos, 2016, Belo Horizonte. Pós graduandos em defesa da democracia para superar a crise e conquistar mais direitos, 2016.

2.
PALOMINO, M. ; M.C.Menezes ; Oliveira, Ana K. ; Castilho, D. G. ; Sant'anna OA ; MENDONCA, R. Z. ; Faria, M . The bothropasin, a snake venom metalloproteinase, promotes the proliferation and migration in HUVEC-CS cells through the Erk signaling pathway. In: SIMEC 2015 - XIII Simpósio Brasileiro de Matriz Extracelular & VIII International Symposium on Extracellular Matrix, 2015, Búzios. SIMEC 2015 - XIII Simpósio Brasileiro de Matriz Extracelular & VIII International Symposium on Extracellular Matrix, 2015.

3.
PALOMINO, M. ; M.C.Menezes ; Castilho, D. G. ; Sant'anna OA ; MENDONCA, R. Z. ; Oliveira, Ana K. ; Faria, M . Syntetic peptides of DC-domains of bothropasin can modulate proliferation and migration in Huvec-cs cells. In: XIII CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE TOXINOLOGIA, 2015, Campos do Jordão. Toxins in the light of molecular technologies: Towards knowledge and innovation, 2015.

4.
Oliveira, Ana K.; Zelanis, André ; Lopes, AS ; Kitano E.S. ; Santoro, ML ; Serrano, S. M. T. . Degradomics analysis of platelets activated by thrombin and PA-BJ. In: Gordon Research Conference, 2014, Barga. Proteolytic Enzymes & Their Inhibitors, 2014.

5.
PALOMINO, M. ; Menezes, Milene C. ; Oliveira, Ana K. ; Silva CCF ; Sant'anna OA ; Faria, M . The SVMP bothropasin by means of its disintegrin-like/cysteine-rich domain can modulate endothelial cell proliferation, migration, and adhesion to collagen I in a integrin alpha2beta1 dependent manner. In: 16th Scientific Meeting of Instituto Butantan, 2014, São Paulo. Overview and Perspectives, 2014.

6.
Ferreira, AK ; Silva CCF ; Menezes, Milene C. ; Cajado D. ; PALOMINO, M. ; Azevedo, RA ; De-Sá-Junior, PL ; Oliveira, Ana K. ; Tashima, Alexandre K. ; Melo, R. L. ; Portaro, F. V. ; Padarnaud, L ; Eichmann, A ; Sant'anna OA ; Faria M. . Alphastatin C, a 14-aminoacid peptide generated by the hydrolysis of human fibrinogen by the SVMP bothropasin is an inhibitor of endothelial cell activation in vitro and an antiangiogenic and pro-arteriogenic agent in vivo. In: 16th Scientific Meeting of Instituto Butantan, 2014, São Paulo. Overview and Perspectives, 2014.

7.
Serrano, S. M. T. ; Bertholim, L. ; Oliveira, Ana K. ; Zelanis, André ; Menezes, Milene C. ; Lopes, AS ; Asega, A. F. . Hemorrhage induced by the snake venom metalloproteinase HF3: insights from proteomic/peptidomic analysis of the degradation of components of human plasma and platelets, and mouse skin. In: 16th Scientific Meeting of Instituto Butantan, 2014, São Paulo. Overview and Perspectives, 2014.

8.
Menezes, Milene C. ; Zelanis, André ; Oliveira, Ana K. ; E.S.KITANO, ; Serrano, S. M. T. . Evaluation of the effects of the hemorrhagic metalloproteinase HF3 on muscle cells: a proteomic approach. In: 16th Scientific Meeting of Instituto Butantan, 2014, São Paulo. Overview and Perspectives, 2014.

9.
Cajado D. ; Kuniyoshi, A. K. ; Kodama, R. T. ; Duzzi, B ; Oliveira, Ana K. ; Serrano, S. M. T. ; Tambourgi, D. V. ; Portaro, F. V. . Neuropeptide-degrading enzymes: new metal-dependent activity in the Tityus serrulatus venom partially blocked by commercial antivenoms. In: 16th Scientific Meeting of Instituto Butantan, 2014, São Paulo. Overview and Perspectives, 2014.

10.
Yamashiro E.T. ; Oliveira, Ana K. ; E.S.KITANO, ; Menezes, Milene C. ; JUNQUEIRA-DE-AZEVEDO, INÁCIO L. ; Paes Leme, A. F. ; Serrano, S. M. T. . Proteoforms of the platelet-aggregating enzyme PA-BJ, a serine proteinase from Bothrops jararaca venom. In: 16th Scientific Meeting of Instituto Butantan, 2014, São Paulo. Overview and Perspectives, 2014.

11.
Oliveira, Ana K.; Zelanis, André ; Lopes, AS ; Kitano E.S. ; SANTORO, M. L. ; Serrano, SMT . Comparative analysis of platelets stimulated with thrombin, TRAP and PA-BJ: a proteomics approach. In: HUPO 12th Annual World Congress, 2013, Yokohama. The Evolution of Technology in Proteomics. Yokohama, 2013. p. 258-258.

12.
Menezes, Milene C. ; Zelanis, André ; Oliveira, Ana Karina ; Kitano E.S. ; Asega, A. F. ; Serrano S.M.T. . Hemorrhagic Activity of HF3, A Snake Venom Metalloproteinase: Insights from the Peptidomic Analysis of Muscle Cells. In: HUPO 12th Annual World Congress, 2013, Yokohama. The Evolution of Technology in Proteomics. Yokohama, 2013. p. 258-258.

13.
Zelanis, André ; Huesgen, P. F. ; Prudova, A. ; Rogers, L. ; Lange, P. ; Oliveira, Ana K. ; Tashima, Alexandre K. ; Overall, C. M. ; Serrano, SMT . Expanding the Known Substrate Degradome of Snake Venom Metalloproteinases by Mass Spectrometric Analysis Using PICS and TAILS. In: HUPO 12th Annual World Congress, 2013, Yokohama. The Evolution of Technology in Proteomics. Yokohama, 2013. p. 256-256.

14.
Chaves, A. F. A. ; Castilho, D. G. ; Tashima, Alexandre K. ; Oliveira, Ana K. ; Batista, W. L. . Proteomic insight into phosphorylation pathways of pathogenic fungus Paracoccidioides brasilliensis under oxidative stress conditions.. In: VIII Meeting of the Society for Free Radical Biology and Medicine South American Group., 2013, Buenos Aires. VIII International Congress SFRBM-SAG, 2013.

15.
Oliveira, Ana K.; Zelanis, André ; Lopes, AS ; Kitano E.S. ; Santoro, ML ; Serrano S.M.T. . Comparative analysis of platelets stimulated with thrombin, TRAP and PA-BJ: a proteomics approach. In: XV Reunião Científica Anual do Instituto Butantan, 2013, SÃO PAULO. Internacionalização da Ciência Brasileira: Caminhos e Desafios para o Instituto Butantan, 2013.

16.
M.C.Menezes ; Zelanis, André ; Oliveira, Ana K. ; Kitano E.S. ; ASEGA, A. F. ; Serrano S.M.T. . Hemorrhagic activity of HF3, a snake venom metalloproteinase: insights from the peptidomic analysis of muscle cells. In: XV Reunião Científica Anual do Instituto Butantan, 2013, SÃO PAULO. Internacionalização da Ciência Brasileira: Caminhos e Desafios para o Instituto Butantan, 2013.

17.
Sumitomo, BN ; Abreu, TF ; Oliveira, Ana K. ; Zelanis, André ; Kitano E.S. ; Serrano S.M.T. ; Silva Jr, PI ; Tashima, Alexandre K. . Proteomic and peptidomic characterization of venoms from the spider Acanthoscurria gomesiana. In: XV Reunião Científica Anual do Instituto Butantan, 2013, SÃO PAULO. Internacionalização da Ciência Brasileira: Caminhos e Desafios para o Instituto Butantan, 2013.

18.
Zelanis, André ; Huesgen, P. F. ; Prudova, A. ; Rogers, L. ; Lange, P. ; Oliveira, Ana K. ; Tashima, Alexandre K. ; Overall, C. M. ; Serrano, S. M. T. . Expanding the known substrate degradome of snake venom metalloproteinases by mass spectrometric analysis using PICS and TAILS. In: XV Reunião Científica Anual do Instituto Butantan, 2013, SÃO PAULO. Internacionalização da Ciência Brasileira: Caminhos e Desafios para o Instituto Butantan, 2013.

19.
M.C.Menezes ; Zelanis, André ; Oliveira, Ana K. ; E.S.KITANO, ; Asega, A. F. ; Serrano, S. M. T. . Evaluation of the effects of HF3 and its non-catalytic domains on muscle cells: a proteomic approach. In: XI Congress of the Pan American Section of the International Society of Toxinology and the XII Congress of the Brazilian Society of Toxinology, 2013, Guarujá. Envenomation by poisonous animals: a neglected disease, 2013.

20.
Asega, A. F. ; de Oliveira, Ana Karina ; Melo, Robson L. ; Neves-Ferreira, A.G.C. ; Serrano, Solange M.T. . Interaction of snake venom metalloproteinases from Bothrops jararaca with peptide and proteins inhiibitors. In: XIII Reunião Científica Anual do Instituto Butantan, 2011, São Paulo. Instituto Butantan 110 Anos: um Olhar para o Futuro, 2011.

21.
Asega, A. F. ; de Oliveira, Ana Karina ; FREITAS, VM ; Jaeger, RG ; SERRANO, S. . New insights into matrix degradation induced by the hemorrhagic metalloproteinase HF3: characterization of the interaction and cleavage of proteoglycans by immunohistochemistry and surface plasmon resonance. In: XIII Reunião Científica Anual do Instituto Butantan, 2011, São Paulo. Instituto Butantan 110 Anos: um Olhar para o Futuro, 2011.

22.
Oliveira, Ana K.; Asega, A. F. ; Melo, R. L. ; Neves-Ferreira, A.G.C. ; Serrano, SMT . Effect of DM43 and of venom peptides on the proteolytic activity of metalloproteinases of Bothrops jararaca venom. In: XII Reunião Científica Anual do Instituto Butantan, 2010, São Paulo. Biotecnologia e Inovação em Saúde Pública: Perspectivas para a Próxima Década, 2010. v. I. p. 16-16.

23.
Menezes, Milene C. ; Oliveira, Ana K. ; Melo, R. L. ; Lopes-Ferreira, Mônica ; Rioli, V. ; Balan, A. ; Paes Leme, A. F. ; Serrano, SMT . Disintegrin-like/cysteine-rich domains of the reprolysin HF3: site-directed mutagenesis reveals essential role of specific residues. In: XII Reunião Científica Anual do Instituto Butantan, 2010, São Paulo. Biotecnologia e Inovação em Saúde Pública: Perspectivas para a Próxima Década, 2010. v. I. p. 18-18.

24.
Serrano S.M.T. ; Paes Leme, Adriana F. ; OLIVEIRA, A. K. ; Assakura M.T. ; Camargo A.C.M. ; SMALLEY, D.M. ; Sherman N. ; Fox, Jay W. . Skin pathology induced by snake venom metalloproteinases: analysis of the hemorrhageome.. In: 8th HUPO World Congress, 2009, Toronto. Proteomics of Human Health: Environment and Disease, 2009.

25.
Cajado D. ; Paes Leme, Adriana F. ; OLIVEIRA, A. K. ; Camargo A.C.M. ; Serrano S.M.T. ; Faria M. . Characterization of biologically active peptides derived from the proteolysis of fibrinogen by bothropasin.. In: X Reunião Científica Anual - Instituto Butantan, 2008, São Paulo. X Reunião Científica Anual - Instituto Butantan, 2008.

26.
A.F.Paes Leme ; Asega A.F. ; Milene M.C. ; OLIVEIRA, A. K. ; Olivo R. ; Klitzke C.F. ; Teixeira C.F. ; Camargo A.C.M. ; Serrano S.M.T. . Interaction of P-III SVMPs and their non-catalytic domains with cell and extracellular matrix proteins by surface plasmon resonance.. In: X Reunião Científica Anual - Instituto Butantan, 2008, São Paulo. X Reunião Científica Anual - Instituto Butantan, 2008.

27.
Sizukusa L.O. ; OLIVEIRA, A. K. ; Tashima, Alexandre K. ; Klitzke C.F. ; Camargo A.C.M. ; Serrano S.M.T. ; A.F.Paes Leme . Exploring the effects of disintegrin-like/cysteine-rich domains, isolated from Bothrops jararaca venom, on mouse skin by proteomic approaches.. In: X Reunião Científica Anual - Instituto Butantan, 2008, São Paulo. X Reunião Científica Anual - Instituto Butantan, 2008.

28.
OLIVEIRA, A. K.; Assakura M.T. ; Tashima, Alexandre K. ; Zelanis, André ; Lopes-Ferreira, Mônica ; Lima, Carla ; Camargo A.C.M. ; Fox, Jay W. ; Serrano S.M.T. . Role of the disintegrin-like/cysteine-rich domains in the interactions of snake venom metalloproteinases with plasma and extracellular matrix proteins.. In: X Reunião Científica Anual - Instituto Butantan, 2008, São Paulo. X Reunião Científica Anual - Instituto Butantan, 2008.

29.
S.M.Serrano, ; E.S.KITANO, ; E.T.Yamashiro ; OLIVEIRA, A. K. ; M.C.Menezes ; K.Konno ; ASSAKURA, M. T ; CAMARGO, A. C. M ; P.L.Ho ; A.F.Paes Leme ; J.W.Fox . Proteomic Analysis of Proteinases from Bothrops Venoms. In: ABRF - Association of Biomolecular Resource Facilities Annual Meeting, 2007, Tampa - Florida. Discovering the Biological Road Map, 2007.

30.
S.M.Serrano, ; A.F.Paes Leme ; OLIVEIRA, A. K. ; ASSAKURA, M. T ; CAMARGO, A. C. M ; J.W.Fox . Studies on the in vivo/in vitro effects of snake venom metalloproteinases by proteomic approaches. In: IX Pan-American Congress of the International Society on Toxinology, 2007, Juriquilla/Querétaro. Livro de Resumos - IX Pan-American Congress of the International Society on Toxinology, 2007.

31.
OLIVEIRA, A. K.; ASSAKURA, M. T ; CAMARGO, A. C. M ; J.W.Fox ; S.M.Serrano, . Interaction of P-I and P-III snake venom metalloproteinases with plasma and extracellular matrix proteins. In: IST - International Society on Toxinology, 2007, Juriquilla/Querétaro. LIvro de Resumos - IX Pan-American Congress of the International Society on Toxinologia - 2007, 2007.

32.
OLIVEIRA, A. K.; ASSAKURA, M. T ; CAMARGO, A. C. M ; S.M.Serrano, . Comparison of the proteolytic activity of P-I and P-III snake venom metalloproteinases on plasma and extracellular matrix proteins. In: XXXV Reunião Anual da SBBq, 2006, Águas de Lindóia - SP. Livro de Resumos - 2006, 2006.

33.
OLIVEIRA, A. K.; ASSAKURA, M. T ; CAMARGO, A. C. M ; S.M.Serrano, . Comparison of the proteolytic activit of P-I and P-III snake venom metalloproteinases on plasma and extracellular matrix proteins. In: VIII Reunião Científica Anual do Instituto Butantan, 2006, Sao Paulo. Memórias do Instituto Butantan - 2006, 2006. v. 63. p. 21-21.

34.
OLIVEIRA, A. K.; ASSAKURA, M. T ; CAMARGO, A. C. M ; S.M.Serrano, . Characterization of enzimatic and structural properties of HF3, a hemorrhagic metalloproteinase of the P-III class from the venom of Bothrops Jararaca.. In: VII REUNIÃO CIENTÍFICA ANUAL DO INSTITUTO BUTANTAN, 2005, Sao Paulo. Memórias do Instituto Butantan - 2005, 2005.

Apresentações de Trabalho
1.
Serrano S.M.T. ; Paes Leme, Adriana F. ; OLIVEIRA, A. K. ; Assakura M.T. ; Camargo A.C.M. ; Sherman N. ; Fox, Jay W. . Proteomic analysis of the in vivo effects of a hemorrhagic snake venom metalloproteinase.. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
Serrano S.M.T. ; A.F.Paes Leme ; Kitano E.S. ; Yamashiro E.T. ; OLIVEIRA, A. K. ; Milene M.C. ; Konno K. ; Assakura M.T. ; Fox, Jay W. ; Camargo A.C.M. . Proteomic analysis of proteinases from Bothrops venoms. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Teses de doutorado
1.
DIAS, S. M. G.; SMETANA, J. H.; OLIVEIRA, A. K.; MARIN, T. M.; KOBARG, J.. Participação em banca de Carolline Fernanda Rodrigues Ascenção. Estudo do mecanismo de ação da via mTOR sobre a atividade da enzima glutaminase C e identificação e caracterização de modificações pós-traducionais nesta enzima. 2018. Tese (Doutorado em Genética e Biologia Molecular) - Universidade Estadual de Campinas.

2.
Barbosa, A. S.; Moreno, A. M.; Oliveira, Ana Karina; Piazza, R. M. F.; Gonçales, A. P.. Participação em banca de Ludmila Bezerra da Silva. Identificação de proteases de Leptospiras envolvidas na degradação de proteínas da matriz extracelular e do plasma humano. 2017. Tese (Doutorado em Epidemiologia Experimental Aplicada às Zoonoses) - Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
Oliveira, Ana K.. XXIV Jornada Odontológica de Piracicaba. 2017.

2.
de Oliveira, Ana Karina. Comissão de Pré Avaliação FEBRACE. 2015.

3.
Oliveira, Ana K.. Feira de Ciências e Engenharia - FEBRACE. 2014. Escola Politécnica da Universidade de São Paulo.

4.
OLIVEIRA, A. K.. Comissão de Pré Avaliação FEBRACE. 2014. Escola Politécnica da Universidade de São Paulo.

5.
Oliveira, Ana K.. Feira de Ciências e Engenharia - FEBRACE. 2013. Escola Politécnica da Universidade de São Paulo.

6.
Oliveira, Ana Karina. Mostra Paulista de Ciências e Engenharia, MOP. 2013. Escola Politécnica da Universidade de São Paulo.

7.
Oliveira, Ana K.. Mostra Paulista de Ciências e Engenharia. 2012. Governo do Estado de São Paulo.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
AACR Annual Meeting, Driving Innovative Cancer Science to Patient Care. Proteomics analysis of oral cancer cell-derived extracellular vesicles. 2018. (Congresso).

2.
AACR Annual Meeting, Driving Innovative Cancer Science to Patient Care. Multi-omics data indicate that primary and lymph node oral cancer-derived extracellular vesicles carry cargo molecules with a specific aggressive pattern. 2018. (Congresso).

3.
Frontiers in Molecular Oncology. 2018. (Simpósio).

4.
AACR International Conference on Translational Cancer Medicine. 2017. (Congresso).

5.
Sao Paulo School of Advanced Science on Mass Spectrometry-based Proteomics - SPSAS-MS. 2017. (Outra).

6.
VII Proteomics Workshop - LNBio/CNPEM.Comparative analysis of oral cancer cell-derived extracellular vesicles from HSC-3 and SCC-9 cell lines: a proteomics approach. 2016. (Seminário).

7.
Current Trends in Biopharma - Agilent Technologies. 2015. (Seminário).

8.
II Workshop Tópicos Avançados em Proteômica - Fiocruz - Rio de Janeiro. 2015. (Seminário).

9.
VI Proteomics Workshop - LNBio/CNPEM. 2015. (Seminário).

10.
16th ScientificMeeting of Instituto Butantan. Degradomics analysis of platelets activated by thrombin and PA-BJ. 2014. (Congresso).

11.
Gordon Research Conference - Barga/Itália. Degradomics analysis of platelets activated by thrombin and PA-BJ. 2014. (Congresso).

12.
II Symposium on Cell Death - ICB - USP. 2014. (Simpósio).

13.
V Proteomics Workshop - LNBio/CNPEM. 2014. (Seminário).

14.
HUPO 12th Annual World Congress - Yokohama/Japão. Comparative analysis of platelets stimulated with thrombin, TRAP and PA-BJ: a proteomics approach. 2013. (Congresso).

15.
XV Reunião Científica Anual do Instituto Butantan. Comparative analysis of platelets stimulated with thrombin, TRAP and PA-BJ: a proteomics approach. 2013. (Congresso).

16.
III Workshop de Proteômica - LNBio - CNPEM. 2012. (Seminário).

17.
XIV Reunião Científica Anual do Instituto Butantan. 2012. (Congresso).

18.
I Escola Brasileira de Modelagem Molecular. 2011. (Congresso).

19.
XIII Reunião Científica Anual do Instituto Butantan. Interaction of snake venom metalloproteinases from Bothrops jararaca with peptide and proteins inhiibitors. 2011. (Congresso).

20.
I Workshop de Proteômica - LNBio/CNPEM. 2010. (Outra).

21.
XII Reunião Científica Anual do Instituto Butantan.Effect of DM43 and of venom peptides on the proteolytic activity of metalloproteinases of Bothrops jararaca venom.. 2010. (Outra).

22.
3º Congresso Brasileiro de Espectrometria de Massas BrMass. 2009. (Congresso).

23.
XI Reunião Científica Anual - Instituto Butantan. 2009. (Outra).

24.
X Reunião Científica Anual - Instituto Butantan. Role of the disintegrin-like/cysteine-rich domains in the interactions of snake venom metalloproteinases with plasma and extracellular matrix proteins.. 2008. (Congresso).

25.
IX Pan-American Congress International Society on Toxinology - IST. Interaction of P-I and P-III snake venom metalloproteinases with plasma and extracellular matrix proteins. 2007. (Congresso).

26.
VIII Reunião Científica Anual do Instituto Butantan.Comparison of the proteolytic activity of P-I and P-III snake venom metalloproteinases on plasma and extracellular matrix proteins. 2006. (Encontro).

27.
XXXV REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE BIOQUÍMICA E BIOLOGIA MOLECULAR SBBq. Comparison of the proteolytic activity of P-I and P-III snake venom metalloproteinases on plasma and extracellular matrix proteins. 2006. (Congresso).

28.
VII REUNIÃO CIENTÍFICA ANUAL DO INSTITUTO BUTANTAN.CHARACTERIZATION OF ENZIMATIC AND STRUCTURAL PROPERTIES OF HF3, A HEMORRHAGIC METALLOPROTEINASE OF THE P-III CLASS FROM THE VENOM OF Bothrops Jararaca. 2005. (Encontro).

29.
VI Reunião Científica Anual Instituto Butantan. 2005. (Outra).

30.
IX Congresso Brasileiro de Biomedicina. 2004. (Congresso).



Outras informações relevantes


Membro da Comissão da SBTx Jovem - Sociedade Brasileira de Toxinologia (SBTx), 2014.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 15/10/2018 às 10:34:15