Reinaldo Cardenuto Filho

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/2442047354028157
  • Última atualização do currículo em 28/12/2018


Professor Adjunto do Departamento de Cinema e Vídeo da Universidade Federal Fluminense (UFF), Reinaldo Cardenuto é graduado em jornalismo (PUC-SP) e em Ciências Sociais (FFLCH-USP). Doutor em Meios e Processos Audiovisuais pela Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP, defendeu em 2014 a tese ?O cinema político de Leon Hirszman (1976-1981): engajamento e resistência durante o regime militar brasileiro?, pela qual recebeu três premiações. Com pesquisas voltadas principalmente para as áreas de História do Cinema e Dramaturgia, nos últimos anos publicou artigos como ?Dramaturgia de avaliação: o teatro político dos anos 1970? (2012, revista Estudos avançados), ?L?écriture de l?histoire dans le cinéma de Leon Hirszman? (2013, Cinémas d?Amérique Latine), ?Mais humor, menos política: uma certa tendência no drama contemporâneo brasileiro? (2016, revista Varia história) e ?Ser cineasta, ser historiador: Patricio Guzmán entre as memórias e a nostalgia da luz? (2017, catálogo Paixão de memória). Em 2016, dirigiu o seu terceiro documentário, "Entre imagens (intervalos)", premiado como o melhor curta-metragem no VII Festival Internacional Cinema de Fronteira. No mesmo ano, foi curador da exposição "Antonio Benetazzo, permanências do sensível", que resultou na publicação de um livro homônimo sobre esse artista plástico e militante político assassinado durante o regime militar. Editor da revista Significação, foi professor da Fundação Armando Alvares Penteado (de 2007 a 2018), além de docente temporário na ECA-USP (de 2017 a 2018). (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Reinaldo Cardenuto Filho
Nome em citações bibliográficas
CARDENUTO, Reinaldo;CARDENUTO, REINALDO;CARDENUTO FILHO, REINALDO

Endereço


Endereço Profissional
Fundação Armando Álvares Penteado.
Rua Alagoas, 903
01242-902 - Sao Paulo, SP - Brasil
URL da Homepage: http://


Formação acadêmica/titulação


2010 - 2014
Doutorado em MEIOS E PROCESSOS AUDIOVISUAIS.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: O cinema político de Leon Hirszman (1976-1981): engajamento e resistência durante o regime militar brasileiro, Ano de obtenção: 2014.
Orientador: Eduardo Victorio Morettin.
Palavras-chave: Leon Hirszman; Gianfrancesco Guarnieri; Cinema Novo; ABC da greve; Eles não usam black-tie; novo sindicalismo.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: Teatro.
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Comunicação / Subárea: Rádio e Televisão.
2005 - 2008
Mestrado em Ciências da Comunicação.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Discursos de intervenção: o cinema de propaganda ideológica para o CPC e o Ipês às vésperas do golpe de 1964,Ano de Obtenção: 2008.
Orientador: Rubens Luis Ribeiro Machado Júnior.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Golpe de 1964; cinema de propaganda ideológica; Centro Popular de Cultura; Instituto de Pesquisas e Estudos Sociais; Comunismo; Anticomunismo.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
1999 - 2005
Graduação em Ciências Sociais.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
1999 - 2002
Graduação em Jornalismo.
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.




Formação Complementar


2009 - 2009
Cinema e anarquismo. (Carga horária: 12h).
Cinemateca Brasileira, CB, Brasil.
2009 - 2009
Processo Meisner na Direção de Atores. (Carga horária: 12h).
Fundação Armando Álvares Penteado, FAAP, Brasil.
2002 - 2002
Curso Básico sobre a lei Rouanet. (Carga horária: 8h).
Ministério da Cultura, MinC, Brasil.
1999 - 1999
Extensão universitária em Curso de Jornalismo Cultural. (Carga horária: 32h).
Faculdade Cásper Líbero, FCL, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - 2018
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor temporário, Carga horária: 12

Atividades

05/2017 - Atual
Ensino, Superior do Audiovisual, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História do Audiovisual Brasileiro II
História do Audiovisual Brasileiro III
História do Audiovisual I
Estudos sobre o cinema contemporâneo

Fundação Armando Álvares Penteado, FAAP, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2018
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor de História do Cinema


Universidade Anhembi Morumbi, UAM, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2009
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor de História do Cinema


Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto
Outras informações
Professor Adjunto no Departamento de Cinema e Vídeo

Atividades

09/2018 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Estudos Gerais, Instituto de Artes e Comunicação Social.

09/2018 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Estudos Gerais, Instituto de Artes e Comunicação Social.

Cargo ou função
Integrante do Núcleo Docente Estruturante do Departamento de Cinema e Vídeo.
07/2018 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Estudos Gerais, Instituto de Artes e Comunicação Social.

Cargo ou função
Integrante da Comissão de Sites e Mídias Sociais.
05/2018 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Estudos Gerais, Instituto de Artes e Comunicação Social.

Cargo ou função
Integrante da Comissão de Produção do Departamento de Cinema e Vídeo.


Linhas de pesquisa


1.
Pensar o cinema no Brasil: filmes, escritas e oralidades

Objetivo: A partir de um recorte amplo, o objetivo da linha é estimular reflexões em torno dos inúmeros pensamentos construídos sobre o cinema brasileiro no decorrer de sua história. Para além da documentação habitualmente mobilizada dentro desse campo de estudo, sobretudo textos e depoimentos de intelectuais, críticos e agentes artísticos, a proposta também contempla outros objetos que são centrais para a formulação do pensar em sua variedade: filmes, roteiros, materiais visuais de origens diversas etc..
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
Palavras-chave: Cinema brasileiro; Cinema e pensamento; História do pensamento cinematográfico.


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Cinema e resistência durante o regime militar brasileiro: para além dos cânones da contestação
Descrição: No decorrer das últimas décadas, as pesquisas em torno do cinema brasileiro concentraram-se no estudo de algumas expressões artísticas como epicentro do engajamento contra o autoritarismo presente durante o regime militar ocorrido entre 1964 e 1985. A partir de um processo de seleção intelectual, a historiografia dedicou-se, sobretudo, a pensar a resistência política advinda de movimentos como o Cinema Novo, o Cinema Marginal, os documentários em torno do novo sindicalismo existente no final dos anos 1970 e os filmes ideologicamente próximos ao Partido Comunista Brasileiro (PCB). Movimentos de abrangência ampla - a reunir cineastas, coletivizar pensamentos e propor projetos estéticos específicos para o fazer criativo - , tais casos consolidaram-se nos estudos de história como ?políticas culturais? canônicas de oposição às estruturas conservadoras da sociedade brasileira. Uma vez que esses marcos foram objetos recorrentes de investigação - com análises que situam sua historicidade, suas propostas e contradições -, a finalidade central da pesquisa que pretendo desenvolver, como docente da Universidade Federal Fluminense (UFF), é mapear outras reações fílmicas à ditadura que até o momento foram esquecidas ou posicionadas em plano secundário dentro do universo acadêmico. A partir de uma ampliação do conceito de resistência, alargando-o para além da ideia de ?políticas culturais? que agruparam cineastas em torno de projetos e movimentos coletivos, a proposta é deslocar-se para fora dos cânones já estabelecidos no campo da contestação, partindo para a investigação de casos ainda não incluídos na história do cinema brasileiro como filmografias de questionamento ao autoritarismo. Entre 1964 e 1985, foram vários os realizadores que, apartados das ?políticas culturais? centrais de oposição, lançaram-se à criação de obras singulares, por vezes pouco debatidas, que demarcaram posições críticas contra os ideários conservadores e os aparatos repressivos desencadeados pelo regime militar. A intenção principal da pesquisa é estudar a produção artística de cineastas que não se tornaram cânones dentro do campo cultural, não ganharam o status de ícones políticos ou mesmo ícones da trajetória do cinema nacional, mas cujas obras expressaram atos de repúdio à condição autoritária que atravessou o país durante as décadas de 1960 a 1980. Com isso, pretende-se ampliar mais ainda a leitura de que a resistência cultural no período da ditadura foi marcada por uma multiplicidade de lugares ideológicos, sociais e estéticos. Como ponto de partida, sem refutar a inclusão futura de outros realizadores na pesquisa, a investigação volta-se para cineastas como Mário Fiorani, Luiz Paulino dos Santos, Hugo Carvana, Fernando Coni Campos, Tereza Trautman e Ana Carolina..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - 2016
Exercícios de história cultural conectada: caminhos cruzados entre Brasil, América Latina e França
Descrição: Minha pesquisa dentro desse projeto é: Réflexions sur les dilemmes du cinéma politique dans les années 1970 : les collectifs français et les filmes brésiliens autour le mouvement ouvrier Pendant le voyage de recherche, je voudrais étudier quelques débats qui ont été proposé par les principaux collectifs de militance politique et cinématographique trouvés en France dans les années 1970 (ISKRA, L?ARC, Cinélutte, Le Grain de sable etc.). Pendant des années, ces groups ont maintenu un débat tendu et intense autour de l?engagement au cinéma. Quelques question ont été constants dans leur manifestes et déclarations publiques : doit-on maintenir la fidélité aux présupposées universelle du marxisme traditionnelle ou doit-on proposer un rompement qui conduit les cameras sur le terrain du engagement spécifique ? le féminisme ou les politiques sexuelles ? Il est nécessaire, ou nom, que les ouvriers sont insérés dans le processus de création du documentarisme sur les mouvements grévistes ? Doit-on faire un cinéma amateur et d?urgence ou doit-on réaliser des filmes politique plus professionnelles et avec une meilleure qualité technique ? Mon intention est de réaliser une étude comparative entre les questions générales proposées par les collectifs cinématographiques français et les dilemmes artistiques et intellectuelles vécus, en ce même moment au Brésil, par les réalisateurs qui en on fait un cinéma d?engagement et de représentation politique du mouvement ouvrier (Leon Hirszman, Renato Tapajós, João Baptista de Andrade, Adrian Cooper). Sans oublier la formation historique et culturelle spécifique à chaque pays, ce projet de recherche a pour objectif d?étudier comme le cinéma politique, dans les années 1970, a proposé questions et rénovations face à la crise du communisme comme projet révolutionnaire de transformation du monde. Pendant le voyage en France, je pense en chercher des magazines qui ont dédié des pages au débat sur le cinéma militant (Cinéma d?aujourd?hui, Écran, Cinéthique et Cahiers de la Cinémathèque), en regarder quelques filmes politiques des années 1970 et en lire des textes rédiges par des chercheurs comme Michel Cadé, Guy Hennebelle, François Albera, Dominique Noguez et Emmanuel Barot..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2013 - Atual
Cinema e história no Brasil: estratégias discursivas do documentário na construção de uma memória sobre o regime militar
Descrição: O projeto pretende discutir as relações entre cinema e história a partir dos documentários brasileiros que se ocuparam do período do regime militar, analisando as estratégias de autenticação de seu discurso, como o uso de material de arquivo, do testemunho e da voz over, dentre outros procedimentos. Ao mesmo tempo, pretende mapear a discussão teórica sobre o campo, realizando, dentre outras ações, o levantamento da produção de dissertações de mestrado e teses de doutorado defendidas no Brasil sobre história e cinema..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.


Membro de corpo editorial


2014 - Atual
Periódico: Significação-Revista de Cultura Audiovisual
2012 - 2013
Periódico: Revista Movimento


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Comunicação / Subárea: Estudos dos Meios e da Produção Mediática.
2.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: Cinema.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia da Arte.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Francês
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2016
Menção Honrosa no 5º Prêmio Tese Destaque Usp, USP.
2016
Prêmio de melhor filme de curta?metragem, para o documentário Entre imagens (intervalos), no VII Festival Latinoamericano Cinema de Fronteira, VII Festival Pachamama ? Cinema de Fronteira.
2015
Menção Honrosa no Prêmio Compós de Teses Eduardo Peñuela, Associação Nacional dos Programas de Pós-graduação em Comunicação (Compós).
2015
Menção honrosa no Prêmio Capes de Tese, Capes - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.
2002
Menção Honrosa (Artes) no 11º Encontro de Iniciação Científica da PUC-SP, PUC-SP.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
MORETTIN, EDUARDO VICTORIO2018MORETTIN, EDUARDO VICTORIO ; CARDENUTO FILHO, REINALDO ; CARVALHO, DANIELLE CREPALDI . Apresentação. SIGNIFICAÇÃO: REVISTA DE CULTURA AUDIOVISUAL, v. 45, p. 12, 2018.

2.
CARDENUTO, Reinaldo2017CARDENUTO, Reinaldo. As camadas do despencar no filme A queda, de Ruy Guerra e Nelson Xavier. La Furia Umana, v. 1, p. 1-30, 2017.

3.
CARDENUTO, REINALDO2016CARDENUTO, REINALDO. Mais humor, menos política: Uma certa tendência no drama contemporâneo brasileiro. Varia Historia (UFMG. Impresso), v. 32, p. 293-325, 2016.

4.
CARDENUTO FILHO, REINALDO2015CARDENUTO FILHO, REINALDO; PRIOSTE, Marcelo . Apresentação. SIGNIFICAÇÃO: REVISTA DE CULTURA AUDIOVISUAL, v. 42, p. 11-14, 2015.

5.
CARDENUTO, Reinaldo2013 CARDENUTO, Reinaldo. L?écriture de l?histoire dans le cinéma de Leon Hirszman: un communiste face aux contradictions du mouvement ouvrier (1979-1981). Cinémas d'Amérique Latine, v. 1, p. 56-67, 2013.

6.
CARDENUTO, Reinaldo;CARDENUTO, REINALDO;CARDENUTO FILHO, REINALDO2012 CARDENUTO, Reinaldo. Dramaturgia de avaliação: o teatro político dos anos 1970. Estudos Avançados (USP. Impresso), v. 26, p. 311-332, 2012.

7.
CARDENUTO, Reinaldo;CARDENUTO, REINALDO;CARDENUTO FILHO, REINALDO2011CARDENUTO, Reinaldo. ABC da Greve, de Leon Hirszman: a escrita da história em confronto. Rumores (USP), v. 9, p. 259-259, 2011.

8.
CARDENUTO, Reinaldo;CARDENUTO, REINALDO;CARDENUTO FILHO, REINALDO2009 CARDENUTO, Reinaldo. O golpe no cinema: Jean Manzon à sombra do Ipês. ArtCultura (UFU), v. 11, p. 59-77, 2009.

9.
CARDENUTO, Reinaldo;CARDENUTO, REINALDO;CARDENUTO FILHO, REINALDO2006CARDENUTO, Reinaldo. Improvisando a democracia digital. Revista d'Art, v. 12, p. 80-82, 2006.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
CARDENUTO, REINALDO. Antonio Benetazzo, permanências do sensível. 1. ed. São Paulo: Prefeitura de São Paulo, 2016. v. 1. 124p .

2.
CALIL, C. A. M. (Org.) ; CARDENUTO, Reinaldo (Org.) . Leon Hirszman 04: A falecida, Nelson Cavaquinho, Partido Alto. São Paulo: Videofilmes, 2009. v. 1. 72p .

3.
CALIL, C. A. M. (Org.) ; CARDENUTO, Reinaldo (Org.) . Leon Hirszman 03: S. Bernardo, Maioria absoluta e Cantos de trabalho. 1ª. ed. São Paulo: Videofilmes, 2008. v. 1. 64p .

4.
CALIL, C. A. M. (Org.) ; CARDENUTO, Reinaldo (Org.) . Leon Hirszman 01-02: Eles não usam black-tie, Pedreira de São Diogo e ABC da greve. , 2007. v. 1. 72p .

5.
CARDENUTO, Reinaldo. Mostra Leon Hirszman. São Paulo: SESC SP, 2005. v. 1. 64p .

6.
CARDENUTO, Reinaldo. Golpe de 64: amarga memória. São Paulo: CCSP, 2004. v. 1. 48p .

7.
CARDENUTO, Reinaldo; CAMPOS, Plácido (Org.) . Festival Internacional de Cinema de 1954. São Paulo: CCSP, 2004. v. 1. 60p .

Capítulos de livros publicados
1.
CARDENUTO, REINALDO. As camadas do despencar no filme A Queda, de Ruy Guerra e Nelson Xavier. In: Nuno Cesar Abreu; Alfredo Suppia; Marcius Freire. (Org.). Golpe de vista: cinema e ditadura militar na América do Sul. 1ed.São Paulo: Alameda, 2018, v. 1, p. 313-338.

2.
CARDENUTO, REINALDO. Memórias em negociação: o documentário brasileiro nos trânsitos entre a História e a subjetividade. In: Eduardo Morettin; Marcos Napolitano. (Org.). O cinema e as ditaduras militares: contextos, memórias e representações audiovisuais. 1ed.São Paulo: Intermeios, 2018, v. 1, p. 167-193.

3.
CARDENUTO, Reinaldo. Ser cineasta, ser historiador: Patricio Guzmán entre as memórias e a nostalgia da luz. In: Luis Ludmer. (Org.). Paixão da memória: Patricio Guzmán. 1ed.São Paulo: Instituto Vladimir Herzog, 2017, v. 1, p. 36-45.

4.
CARDENUTO, Reinaldo. O cinema de Leon Hirszman e as comunhões do popular. In: Bruno Hilário. (Org.). 19° FESTCURTASBH : Festival Internacional de Curtas de Belo Horizonte. 1ed.Belo Horizonte: Fundação Clóvis Salgado, 2017, v. 1, p. 216-223.

5.
CARDENUTO, Reinaldo. The cinema of Leon Hirszman and the communions of the popular. In: Bruno Hilário. (Org.). 19° FESTCURTASBH : Festival Internacional de Curtas de Belo Horizonte. 1ed.Belo Horizonte: Fundação Clóvis Salgado, 2017, v. 1, p. 224-232.

6.
CARDENUTO, Reinaldo. Antonio Benetazzo, permanências do sensível. In: Reinaldo Cardenuto. (Org.). Antonio Benetazzo, permanências do sensível. 1ed.São Paulo: Prefeitura de São Paulo, 2016, v. , p. 9-30.

7.
CARDENUTO, Reinaldo. Do luto à luta: Eles não usam black-tie e os ajustes do tempo. In: Francis Vogner dos Reis. (Org.). 11ª Mostra de Cinema de Ouro Preto. 1ed.Ouro Preto: CineOP, 2016, v. 1, p. 45-47.

8.
CARDENUTO, Reinaldo. Negotiating Memories: the Dialogue between History and Subjectivity in Brazilian Documentary. In: Natalia Pinazza. (Org.). New Approaches to Lusophone Culture. 1ed.Londres: Cambria Press, 2016, v. 1, p. 111-140.

9.
CARDENUTO, Reinaldo. O regime militar no trânsito entre a memória e o esquecimento. In: Cezar Migliorin; Rafael de Luna; Alexandre Guerreiro; Issac Pipano. (Org.). 9ª Mostra Cinema e Direitos Humanos no Hemisfério Sul. 1ed.Brasília: Secretaria dos Direitos Humanos / Ministério da Cultura, 2014, v. , p. 150-160.

10.
CARDENUTO, Reinaldo. A sobrevida da dramaturgia comunista na televisão dos anos de 1970: o percurso de um realismo crítico em negociação. In: Marcos Napolitano; Rodrigo Czajka; Rodrigo Patto Sá Motta. (Org.). Comunistas Brasileiros: Cultura política e produção cultural. 1ed.Belo Horizonte: UFMG, 2013, v. , p. 85-106.

11.
CARDENUTO, Reinaldo. Fragmentos da vida. In: Natália Pinazza; Louis Bayman. (Org.). Directory of World Cinema: Brazil. 1ed.Bristol, UK / Chicago, USA: Intellect, 2013, v. , p. 45-47.

12.
CARDENUTO, Reinaldo. Limite. In: Natália Pinazza; Louis Bayman. (Org.). Directory of World Cinema: Brazil. 1ed.Bristol, UK / Chicago, USA: Intellect, 2013, v. 1, p. 51-52.

13.
CARDENUTO, Reinaldo. São Paulo, city of the imagination. In: Natália Pinazza; Louis Bayman. (Org.). World film locations: São Paulo. 1ed.Londres: Intellect, 2013, v. , p. 6-7.

14.
CARDENUTO, Reinaldo. O golpe no cinema: Jean Manzon à sombra do Ipês. In: Eduardo Morettin; Mônica Kornis; Marcos Napolitano. (Org.). História e documentário. 1ed.Rio de Janeiro: Editora FGV, 2012, v. , p. 119-150.

15.
CARDENUTO, Reinaldo. A economia do cinema nacional-popular (comentários em torno dos anos 1960). In: GATTI, André; FREIRE, Rafael de Luna. (Org.). Retomando a questão da indústria cinematográfica brasileira. 1ªed.Rio de Janeiro: Associação Cultural Tela Brasilis, 2009, v. , p. 76-89.

16.
CARDENUTO, Reinaldo. A voz coletiva do Partido Alto. In: CALIL, C. A. M.; CARDENUTO, Reinaldo. (Org.). Leon Hirszman 04: A falecida, Nelson Cavaquinho e Partido Alto. São Paulo: Videofilmes, 2009, v. 1, p. 52-60.

17.
CARDENUTO, Reinaldo. Retratos do militante na dramaturgia do CPC. In: Rubens Machado Jr.; Rosana de Lima Soares; Luciana Corrêa de araújo. (Org.). Estudos de Cinema - SOCINE. 7ed.São Paulo: Annablume, 2006, v. 1, p. 343-350.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
CARDENUTO, Reinaldo. O céu de Suely. Revista Interlúdio, São Paulo, 01 dez. 2012.

2.
CARDENUTO, Reinaldo; SARAIVA, Leandro . Ilusionismo de viés. Retrato do Brasil, São Paulo, , v. 51, p. 56 - 58, 01 out. 2011.

3.
CARDENUTO, Reinaldo. Dramaturgia de combate. Retrato do Brasil, São Paulo, p. 38 - 43, 01 dez. 2010.

4.
CARDENUTO, Reinaldo. 2º Seminário de Fotografia e Cinema: reflexões sobre Thomaz Farkas. Qualimetria (São Paulo), São Paulo, p. 20 - 22, 01 out. 2010.

5.
CARDENUTO, Reinaldo. Imagens e telas há anos partilhadas: a relação entre as cinematografias brasileira e francesa. Carta Capital, p. 48 - 49, 22 abr. 2009.

6.
CARDENUTO, Reinaldo. Trilogia do terror. José Mojica Marins: 50 anos de carreira, São Paulo, p. 62 - 63, 01 out. 2007.

7.
CARDENUTO, Reinaldo. Sexo e sangue na trilha do tesouro. José Mojica Marins: 50 anos de carreira, São Paulo, p. 68 - 69, 01 out. 2007.

8.
CARDENUTO, Reinaldo. Evolução (homens e máquinas: a luta do século no planeta dos botões). José Mojica Marins: 50 anos de carreira, São Paulo, p. 96 - 96, 01 out. 2007.

9.
CARDENUTO, Reinaldo. A amizade como resistência: Cinema, aspirinas e urubus e Cidade baixa observam o relacionamento entre homens numa realidade miserável e esmagadora. Revista Trópico, São Paulo, 01 jan. 2006.

10.
CARDENUTO, Reinaldo. Edição de entrevista inédita de Leon Hirszman para Paulo Emilio. Catálogo da Mostra Leon Hirszman, São Paulo, 01 ago. 2005.

11.
CARDENUTO, Reinaldo. Migrantes e Caso Norte: Especial Documentários de João Batista de Andrade. Cine Imperfeito, São Paulo, 01 ago. 2005.

12.
CARDENUTO, Reinaldo. Repentes sobre o digital paulista. Catálogo da Décima Oitava Mostra do Audiovisual Paulista, São Paulo, 01 dez. 2004.

13.
CARDENUTO, Reinaldo. Utopia televisiva: o projeto de Vianinha. Catálogo da mostra "Utopia televisiva: o projeto de Vianinha", São Paulo, p. 01 - 05, 01 out. 2004.

14.
CARDENUTO, Reinaldo. O corpo aprisionado: como o recente cinema universitário paulista questiona a presença do corpo na sociedade. Revista Trópico, São Paulo, 01 ago. 2004.

15.
CARDENUTO, Reinaldo. Descobrindo Carlos Manga. Catálogo da Mostra Diretores Brasileiros: Carlos Manga, São Paulo, 01 abr. 2004.

16.
CARDENUTO, Reinaldo. Bye Bye Brasil e o desencanto pela globalização. Revista de Cinema, São Paulo, 01 ago. 2003.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
CARDENUTO, Reinaldo. ABC da greve, de Leon Hirszman: a escrita da história em conflito. In: I Jornada Discente do PPGMPA - ECA/USP, 2010, S. Paulo. Anais da I Jornada Acadêmica Discente ? PPGMPA ECA/USP, 2010.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
CARDENUTO, Reinaldo. Entre o infortúnio e o entusiasmo: os desenhos de Antonio Benetazzo durante a luta armada contra o regime militar brasileiro. In: XXIX Simpósio Nacional de História - Anpuh, 2017, Brasília. Caderno de resumos do XXIX Simpósio Nacional de História. Brasília: Anpuh, 2017. v. 1. p. 117-118.

2.
CARDENUTO, Reinaldo. Deriva e sobrevivência: por uma síntese do contemporâneo no filme Jovens infelizes ou um homem que grita não é um urso que dança. In: I IntermIdia Conference/ II Cinemídia Meeting, 2016, São Carlos. I IntermIdia Conference/ II Cinemídia Meeting 2016. São Carlos: I IntermIdia Conference/ II Cinemídia Meeting, 2016. v. 1. p. 41-41.

3.
CARDENUTO, Reinaldo. Resistências à ditadura no filme 'Que país é este?', de Leon Hirszman. In: XIX Encontro Socine, 2015, Campinas. Cadernos de resumo: XIX Encontro Socine. Campinas: SOCINE, 2015. v. 1.

4.
CARDENUTO, REINALDO. O despencar da História e da forma em A queda (1976), de Ruy Guerra. In: XVII Encontro Socine, 2013, Florianópolis. Caderno de resumos: XVII ENCONTRO SOCINE - A SOBREVIVÊNCIA DAS IMAGENS. Florianópolis: Socine, 2013. v. 1.

5.
CARDENUTO, REINALDO. Eles não usam black-tie no cinema: Leon Hirszman diante da(s) morte(s). In: XVI Encontro Socine, 2012, São Paulo. Anais do XVI Encontro Socine. São Paulo: Socine, 2012. v. 1.

6.
CARDENUTO, REINALDO. Leon Hirszman em Cuba: contribuições para o cinema político. In: XV Encontro Socine, 2011, Rio de Janeiro. Anais do XV Encontro da Sociedade Brasileira de Estudos de Cinema e Audiovisual. Rio de Janeiro: Socine, 2011. v. 1.

7.
CARDENUTO, REINALDO. Vianinha e o projeto de uma televisão política. In: XIII Encontro Socine, 2011, São Paulo. Anais do XVII Encontro Socine. São Paulo: Socine, 2011.

Apresentações de Trabalho
1.
CARDENUTO, REINALDO. Heranças do popular e do cinema de Leon Hirszman no filme Arábia. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
CARDENUTO, REINALDO. A disputa pelo Cinema Novo nas páginas de O metropolitano: Miguel Borges e a recusa ao filme Pedro e Paulo (1962). 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
CARDENUTO, REINALDO. Os homens que eu tive (1973), de Tereza Trautman: poliamor, crítica aos costumes e censura ao cinema durante o regime militar brasileiro. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
CARDENUTO, REINALDO. Os homens que eu tive (1973), de Tereza Trautman: poliamor, crítica aos costumes e censura ao cinema durante o regime militar brasileiro. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
CARDENUTO, Reinaldo. Entre o infortúnio e o entusiasmo: os desenhos de Antonio Benetazzo durante a luta armada contra o regime militar brasileiro. 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

6.
CARDENUTO, REINALDO. Leon Hirszman ao gravador: as origens estéticas do filme Black-tie. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
CARDENUTO, REINALDO. Dramaturgia de Avaliação: o teatro político dos anos 1970. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
CARDENUTO, REINALDO; GUERRA, Ruy . Introdução à conferência Toda arte é política, proferida por Ruy Guerra. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
CARDENUTO, Reinaldo. O cinema de Leon Hirszman: política e resistência. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
CARDENUTO, Reinaldo. Globo repórter anos 70 vê a modernização conservadora: 'Retrato de Classe', de Gregório Bacic. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
CARDENUTO, Reinaldo. Análise do filme 'Os homens que eu tive', de Teresa Trautman. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
CARDENUTO, Reinaldo. Deriva e sobrevivência: por uma síntese do contemporâneo no filme Jovens infelizes ou um homem que grita não é um urso que dança. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

13.
CARDENUTO, Reinaldo. Eles não usam black?tie e os ajustes do tempo. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
CARDENUTO, Reinaldo. Resistências à ditadura no filme 'Que país é este?', de Leon Hirszman. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

15.
CARDENUTO, Reinaldo. O despencar da História e da forma no filme A queda, de Ruy Guerra. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

16.
CARDENUTO, REINALDO. A vida e a obra de Antonio Benetazzo: os três autorretratos de 1971. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

17.
CARDENUTO, REINALDO. Debate sobre o filme 'Um dia nublado: crônica de um fim de semana'. 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

18.
CARDENUTO, REINALDO. Que país é este? (1976-77), de Leon Hirszman: resistências à ditadura em um filme desaparecido. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

19.
CARDENUTO, REINALDO. As greves do ABC paulista no cinema (1979-1981): representações dissonantes do movimento operário nos documentários de Leon Hirszman e Renato Tapajós. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

20.
CARDENUTO, REINALDO. Eisenstein / Rocha / Hirszman : conexões e influências. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

21.
CARDENUTO, REINALDO. A construção e o desmanche dos sonhos: representações da metrópole no campo cinematográfico. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

22.
CARDENUTO, REINALDO. O despencar da História e da forma em 'A queda' (1976), de Ruy Guerra. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

23.
CARDENUTO, REINALDO. L´écriture de l´histoire dans le cinéma de Leon Hirszman : un communiste face aux contradictions du mouvement ouvrier (1979-1981). 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

24.
CARDENUTO, REINALDO. O declínio dos deuses: A queda (1976), de Ruy Guerra. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

25.
CARDENUTO, REINALDO. Eles não usam black-tie no cinema: Leon Hirszman diante da(s) morte(s). 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

26.
CARDENUTO, REINALDO. A sobrevida da dramaturgia comunista na televisão dos anos 1970: o percurso de um realismo crítico em negociação. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

27.
CARDENUTO, REINALDO. Leon Hirszman e Gianfrancesco Guarnieri ao gravador: o processo criativo de Eles não usam black-tie. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

28.
CARDENUTO, REINALDO. Leon Hirszman em Cuba: contribuições para o cinema político. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

29.
CARDENUTO, REINALDO. ABC da greve, de Leon Hirszman: a escrita da história em confronto. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Outras produções bibliográficas
1.
CARDENUTO, Reinaldo. A poesia no calor dos tempos. São Paulo, 2017. (Prefácio, Pósfacio/Posfácio)>.

2.
CARDENUTO, REINALDO. Os anos 1960 em revisão: um depoimento de Maurice Capovilla. SOCINE, 2013 (Entrevista).

3.
CARDENUTO, Reinaldo. O retorno de ?Eles não usam black-tie? ao palco: entrevista com Dan Rosseto e Flávio Guarnieri 2012 (Entrevista).

4.
MENDES, Adílson ; UCHOA, Fabio ; CARDENUTO, Reinaldo . Modernidade e vanguarda do cinema. Rio de Janeiro: Azougue Editorial, 2012. (Tradução/Livro).

5.
CARDENUTO, Reinaldo. O abate dos bois, o cinema abatido 2011 (Ensaio).

6.
CARDENUTO, Reinaldo. Ilusionismo de viés: Cópia fiel, de Abbas Kiarostami 2011 (Ensaio).

7.
CARDENUTO, Reinaldo. Sobre Georges Méliès 2011 (Ensaio).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
CARDENUTO, Reinaldo. Antonio Benetazzo, permanências do sensível. 2016.

2.
CARDENUTO, REINALDO. Carlos Ebert: deslocamentos. 2013.

3.
CARDENUTO, Reinaldo. Assessoria para a Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo. 2007.

4.
CARDENUTO, Reinaldo. Programação para a sala de cinema do Centro Cultural São Paulo. 2005.

Trabalhos técnicos
1.
CARDENUTO, REINALDO. Pareceres para a revista Significação. 2018.

2.
CARDENUTO, Reinaldo. Parecer para a revista Novos Estudos. 2017.

3.
CARDENUTO, Reinaldo. Pareceres para a revista Significação. 2017.

4.
CARDENUTO, Reinaldo. Pareceres para o II Colóquio Internacional Cinema e História. 2017.

5.
CARDENUTO, Reinaldo. Parecer para a Revista Tempo e Argumento. 2017.

6.
CARDENUTO, Reinaldo. Pareceres para a revista significação. 2016.

7.
CARDENUTO, Reinaldo. Pareceres para o I Colóquio Internacional Cinema e História. 2016.

8.
CARDENUTO, REINALDO. Parecer para dois artigos enviados à revista Antíteses, v.08, número 15. 2015.

9.
CARDENUTO, Reinaldo. Pareceres para a revista Significação. 2015.

10.
CARDENUTO, Reinaldo. Parecer para a revista Rebeca. 2015.

11.
CARDENUTO, REINALDO. Parecer para artigo enviado à revista eletrônica da ANPHLAC, número 10. 2011.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
CARDENUTO, REINALDO. Quem foi Antonio Benetazzo e qual a dimensão de sua obra. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
CARDENUTO, REINALDO. 7 produções essenciais para entender o cinema de Nelson Pereira dos Santos. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
CARDENUTO, REINALDO. Reinaldo Cardenuto fala sobre 'Os homens que eu tive', de Tereza Trautman. 2016. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

4.
BERGAMO, Monica ; CARDENUTO, Reinaldo . Artista indigente, militante morto pela ditadura tem sua obra redescoberta. 2015. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

5.
CARDENUTO, Reinaldo; SIMON, Rodrigo . Fala Doutor. 2015.

6.
SUPPIA, Alfredo ; CARDENUTO, Reinaldo ; GATTI, André ; AUTRAN, Arthur . Cinema brasileiro em ritmo industrial?. 2013. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

7.
CARDENUTO, Reinaldo. Move Cine Arte - Videocast#5. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

8.
CARDENUTO, Reinaldo; REICHENBACH, Carlos ; ANDRADE, João Batista ; CORRÊA, Rogério . ABCD em revista - O cinema nacional e o trabalhador. 2012.

9.
CARDENUTO, Reinaldo; TAPAJOS, Renato . Memória e contexto - Movimento operário no cinema nacional. 2011. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

10.
CARDENUTO, Reinaldo. Com ares de novela, reality shows criam personagens reais na TV. 2010. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
CARDENUTO, REINALDO; CARVALHO, DANIELLE CREPALDI . Arte cinematográfica e contextos culturais: produções, circulações, processos. 2018. (Organização de Dossiê para a revista Significação, número 49).

2.
CARDENUTO, Reinaldo. O cinema na ditadura: resistências e construções da memória. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
CARDENUTO, Reinaldo; PRIOSTE, Marcelo . Estudos sobre o cinema latino-americano. 2015. (Organização de Dossiê para a revista Significação, número 44).

4.
CARDENUTO, Reinaldo. História do Cinema Brasileiro I. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Outra).


Produção artística/cultural
Artes Cênicas
1.
CARDENUTO, Reinaldo; FONTANA, Emílio . Investigação Paciente. 2003. Audiovisual.

Artes Visuais
1.
COSTA, Andre ; CARDENUTO, REINALDO . Entre imagens (intervalos). 2016. Filme.

2.
ESCOREL, E. ; CARDENUTO, Reinaldo . Deixa que eu falo. 2007. Filme.

3.
CARDENUTO, Reinaldo. Mário de Andrade e a missão de pesquisas folclóricas. 2004. Vídeo.

4.
CARDENUTO, Reinaldo. improvise!. 2004. Vídeo.

5.
CARDENUTO, Reinaldo. Patamares. 2002. Vídeo.

Outras produções artísticas/culturais
1.
CARDENUTO, Reinaldo. Antonio Benetazzo, permanências do sensível. 2016 (Curadoria de exposição).

2.
CARDENUTO, Reinaldo. Antonio Benetazzo, permanências do sensível (itinerância). 2016 (Curadoria de Exposição).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
CARDENUTO, REINALDO; Hermeto, Miriam; CARDOSO, Maurício; NAPOLITANO, Marcos. Participação em banca de Mariana Rodrigues Rosell. Ator sem consciência é bobo da corte: frentismo cultural e realismo crítico na dramaturgia brasileira de matriz comunista, 1973-1979. 2018. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo.

2.
CARDENUTO, REINALDO; Dávila, Ignacio Del Valle; SILVA, Mariana Duccini Junqueira. Participação em banca de Leandro Cesar Caraça. Destino, apuros e papagaios: a história da Multifilmes. 2018. Dissertação (Mestrado em Multimeios) - Universidade Estadual de Campinas.

3.
MOURÃO, Dora; REWALD, Rubens; CARDENUTO, Reinaldo. Participação em banca de Philippe Barcinski. A dialética narrativa do cinema de montage e de découpage. 2015 - Universidade de São Paulo.

Teses de doutorado
1.
Silva, Denilson Lopes; Vieira Junior, Erly Milton; Prysthon, Ângela Freire; Furtado, Sylvia Beatriz Bezerra; CARDENUTO, REINALDO. Participação em banca de Camila Vieira da Silva. Rastros no visível: estética do desaparecimento no cinema contemporâneo brasileiro. 2018. Tese (Doutorado em Comunicação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
CARELLI, Fabiana; MARQUES, Davina; CARDENUTO, Reinaldo; CUNHA, Maria Zilda; JUNIOR, Benjamin Abdala. Participação em banca de Anna Carolina Botelho Takeda. Sofrimento, solidão e desordem: a representação trágica como meio político no cinema de Leon Hirszman. 2017. Tese (Doutorado em Letras (Est.Comp. de Liter. de Língua Portuguesa)) - Universidade de São Paulo.

Qualificações de Doutorado
1.
CARDENUTO, REINALDO; SALINAS, Fernando; AMARAL, Gloria Carneiro do. Participação em banca de Hugo de Almeida Harris. Narração como elemento constitutivo no documentário performático Elena, de Petra Costa. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Letras) - Universidade Presbiteriana Mackenzie.

2.
CARDOSO, Maurício; CARDENUTO, Reinaldo; NAPOLITANO, Marcos. Participação em banca de Regina Flora Egger Pazzanese. Greves, máquinas, trabalhadores: Uma análise sobre as representações da luta operária e sindical dos anos 1970 no cinema documentário paulistano. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado) - Universidade de São Paulo.

Qualificações de Mestrado
1.
CARDENUTO, REINALDO; Filho, Antonio Rago; Peron, Mauro Luiz. Participação em banca de Mariana Lucas Setubal. Distopia e reparação política na Ceilândia de Adirley Queirós: uma análise dos filmes "A cidade é uma só?" e "Branco sai, preto fica". 2018. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

2.
CARDENUTO, REINALDO; FERREIRA, Carolin Overhoff; Kunsch, Graziela. Participação em banca de Filipe Fernandes Bonita. Tempo, memória e montagem em The Clock, de Christian Marclay. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em História da Arte) - Universidade Federal de São Paulo.

3.
CARDENUTO, REINALDO; Bragança, Maurício de; Migliorin, Cezar. Participação em banca de Juliana Serfaty. Um traçado dos movimentos periféricos no cinema contemporâneo. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Cinema e Audiovisual) - Universidade Federal Fluminense.

4.
SUPPIA, Alfredo; REWALD, Rubens; CARDENUTO, Reinaldo. Participação em banca de Natasha Romanzoti. Quatro roteiros: um olhar sobre a cultura do roteiro no cinema brasileiro nos anos 50. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Multimeios) - Universidade Estadual de Campinas.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
CARDENUTO, REINALDO; PETRONIO, Rodrigo. Participação em banca de Bruna Bopp Pitombo. Ziza. 2018. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado.

2.
CARDENUTO, REINALDO; TIEZZI, Ricardo; Medeiros, Vana. Participação em banca de Renato Augusto Gasparoto Rodrigues. Tudo que dissemos que não era. 2018. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado.

3.
CARDENUTO, REINALDO. Participação em banca de Louise Castro Smith Gonzaga. BAV - Beijo de Amor Verdadeiro. 2018. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado.

4.
CARDENUTO, REINALDO; PETRONIO, Rodrigo; TIEZZI, Ricardo. Participação em banca de Alexandre Royg Machado. Ingênuos na eterna escuridão. 2018. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado.

5.
CARDENUTO, REINALDO; TIEZZI, Ricardo. Participação em banca de Ian Perlungieri Frugoli Peixoto. Super - Projeto de Série de TV. 2018. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado.

6.
CARDENUTO, REINALDO; PETRONIO, Rodrigo; TIEZZI, Ricardo. Participação em banca de Rodrigo Mallmann Camarinha Braz. Aurora Solar - Roteiro para longa-metragem. 2018. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado.

7.
TIEZZI, Ricardo; Fernanda Umbra; CARDENUTO, Reinaldo. Participação em banca de Vanessa Martins Andrade Medeiros. Tamanho único. 2017. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado.

8.
CARDENUTO, Reinaldo; TIEZZI, Ricardo; Carvalho, José. Participação em banca de Tiago de Carvalho Ferreira. Abrindo o próprio negócio. 2017. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado.

9.
CARDENUTO, Reinaldo; TIEZZI, Ricardo; Carvalho, José. Participação em banca de Luciana Cristine Verssão. Os viajantes dos mundos paralelos. 2017. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado.

10.
CARDENUTO, Reinaldo; TIEZZI, Ricardo; Carvalho, José. Participação em banca de Thais Ribeiro. Lázaro. 2017. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado.

11.
TIEZZI, Ricardo; SADEK, José Roberto; CARDENUTO, Reinaldo. Participação em banca de Wagner Patti. O jogador. 2017. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado.

12.
CARDENUTO, Reinaldo; TIEZZI, Ricardo; Carvalho, José. Participação em banca de André Moreira Neves. O ópio. 2017. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado.

13.
TIEZZI, Ricardo; CARDENUTO, Reinaldo; PETRONIO, Rodrigo. Participação em banca de Dimitri Aiello. As voltas. 2016. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Argumento e roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado.

14.
Leandro Maciel; CARDENUTO, Reinaldo; TIEZZI, Ricardo. Participação em banca de Mateus Loner. Trilhos. 2016. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Argumento e roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado.

15.
COIMBRA, Fernando; CARDENUTO, Reinaldo; ABIB, Aleksei. Participação em banca de Elaine Belmonte. Enquanto eu escrevia para Ela. 2016. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Argumento e roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado.

16.
CARDENUTO, Reinaldo; ABIB, Aleksei; MORETTI, Di. Participação em banca de Felipe Henriques Papaterra Limongi. Antes da água. 2016. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Argumento e roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado.

17.
CARDENUTO, Reinaldo; CASTILHO, Rodrigo; FOGAÇA, Thiago. Participação em banca de Marina Lima de Souza. CRAS. 2016. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Argumento e roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado.

18.
CARDENUTO, REINALDO; TIEZZI, Ricardo; SADEK, José Roberto. Participação em banca de Gabriel Vitor Pereira Gallindo. FAMED - Faculdade de Medicina. 2015. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Argumento e roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado.

19.
CARDENUTO, REINALDO; TIEZZI, Ricardo; SADEK, José Roberto. Participação em banca de Loreana Maria Constantino Valentini. Sombras. 2015. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Argumento e roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado.

20.
CARDENUTO, REINALDO; SADEK, José Roberto; Leandro Maciel. Participação em banca de Patrícia Batista de Sá. O mergulho. 2015. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Argumento e roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado.

21.
CARDENUTO, REINALDO; PETRONIO, Rodrigo; TIEZZI, Ricardo. Participação em banca de Caio Monteiro Lopes. No ventre. 2015. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Argumento e roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado.

22.
CARDENUTO, REINALDO; TIEZZI, Ricardo; PETRONIO, Rodrigo. Participação em banca de Jarleo Barbosa Valverde de Oliveira. Exterminadora. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Argumento e roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado.

23.
CARDENUTO, REINALDO; TIEZZI, Ricardo; PETRONIO, Rodrigo. Participação em banca de Tatiana Marra. No mundo de Hugo. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Argumento e roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado.

24.
CARDENUTO, REINALDO; TIEZZI, Ricardo; PETRONIO, Rodrigo. Participação em banca de Rodolfo Birbeire Ferreira Vicentin. Pacheco. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Argumento e roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado.

25.
CARDENUTO, REINALDO. Participação em banca de Rosalvo Afonso Santana Costa. Andro. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Argumento e roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado.

26.
CARDENUTO, REINALDO; TIEZZI, Ricardo. Participação em banca de Luis Henrique Melhado Barbosa. Velhos Lobos. 2013. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Argumento e roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado.

27.
CARDENUTO, REINALDO; TIEZZI, Ricardo. Participação em banca de Helena Bertho Dias. Suicida de Aluguel. 2013. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Argumento e roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado.

28.
CARDENUTO, REINALDO; GALVAO, Edilamar. Participação em banca de Ieda Mara Saraiva Marcondes. A comédia sensível de Buster Keaton. 2013. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Jornalismo Cultural) - Fundação Armando Álvares Penteado.

29.
TIEZZI, Ricardo; CARDENUTO, Reinaldo; FOGLIA, Rossana. Participação em banca de Luiz Felipe Faria Claudio. Suicídio. 2012. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Argumento e roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado.

30.
TIEZZI, Ricardo; SADEK, José Roberto; CARDENUTO, Reinaldo. Participação em banca de Rafael Calixto Tauil. O projeto. 2012. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Argumento e roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado.

31.
TIEZZI, Ricardo; FOGLIA, Rossana; CARDENUTO, Reinaldo. Participação em banca de Miguel Antonio Escobar Silva. Operação pandora. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Argumento e roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado.

32.
SADEK, José Roberto; TIEZZI, Ricardo; CARDENUTO, Reinaldo. Participação em banca de Marco Antonio Tavares Alves. Vera. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Argumento e roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado.

33.
TIEZZI, Ricardo; CARDENUTO, Reinaldo; D´ÁVILA, Roberto. Participação em banca de Rodrigo de Barros Coutinho. Na corda bamba. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Argumento e roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado.

34.
TIEZZI, Ricardo; ANZUATEGUI, Sabina; CARDENUTO, Reinaldo. Participação em banca de Solange Augusta de Castro Neves. Encontro com Giullia. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Argumento e roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado.

35.
TIEZZI, Ricardo; SADEK, José Roberto; CARDENUTO, Reinaldo. Participação em banca de Antonio Mauro Ramos Morais. Parafilia. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Argumento e roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado.

36.
ARRUDA, Luiz Eduardo Pesce de; SADEK, José Roberto; CARDENUTO, Reinaldo. Participação em banca de Renato Martins Galan Francês. Anjos da vida, a sinergia dos bombeiros. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Argumento e roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado.

37.
NUZZI, Vitor; TIEZZI, Ricardo; CARDENUTO, Reinaldo. Participação em banca de Gabriel Avólio. Vandré. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Argumento e roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado.

38.
TIEZZI, Ricardo; SADEK, José Roberto; CARDENUTO, Reinaldo. Participação em banca de Maria Isabel Quintino Nicotero Pestana. A travessia - a história de Amyr Klink. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Argumento e roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado.

39.
FOGLIA, Rossana; CARDENUTO, Reinaldo. Participação em banca de Maiara Pires. Vida e música. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Argumento e roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado.

40.
TIEZZI, Ricardo; SADEK, José Roberto; CARDENUTO, Reinaldo. Participação em banca de Rodrigo Nelson Freire. Elo. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Argumento e roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado.

41.
TIEZZI, Ricardo; SADEK, José Roberto; CARDENUTO, Reinaldo. Participação em banca de Newton Carlos de Uzeda Moreira. Uni-Evil. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Argumento e roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado.

42.
TIEZZI, Ricardo; CARDENUTO, Reinaldo. Participação em banca de Leandro Marques Samudio. 1/4 Baseado em vidas reais. 2011 - Fundação Armando Álvares Penteado.

43.
ENTLER, Ronaldo; CARDENUTO, Reinaldo; LOPES, Elizeu. Participação em banca de Amanda de Freitas Coelho. A incomunicabilidade em Antonioni: arquitetura vazia e silenciosa. 2010. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Crítica de Cinema) - Fundação Armando Álvares Penteado.

44.
GATTI, André; CARDENUTO, Reinaldo; LOPES, Elizeu. Participação em banca de Gustavo Lucas da Cruz e Silva. Maurice Legeard: cinema e cineclubismo em Santos. 2010. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Crítica de Cinema) - Fundação Armando Álvares Penteado.

45.
BRITO, Flávio; CARDENUTO, Reinaldo; GALVAO, Edilamar. Participação em banca de Fernanda Marchesim Leite. A política dos autores e a recepção de Alfred Hitchcock na França. 2010. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Crítica de Cinema) - Fundação Armando Álvares Penteado.

46.
BRITO, Flávio; CARDENUTO, Reinaldo; GALVAO, Edilamar. Participação em banca de Henrique de Souza Bastos. Perdidos na noite, dois invisíveis em Nova Iorque. 2010. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Crítica de Cinema) - Fundação Armando Álvares Penteado.

47.
BRAZ, C. D.; CARDENUTO, Reinaldo; GALVAO, Edilamar. Participação em banca de Lucy Mary Rego Nobre Franco. 33 e Filmefobia: hibridismo e performance no cinema documentário. 2010. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Crítica de Cinema) - Fundação Armando Álvares Penteado.

48.
MALKI, Yara; CARDENUTO, Reinaldo; LOPES, Elizeu. Participação em banca de Cristina Castrucci Pedrinola. Walt Disney: por trás de um grande mito. 2010. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Crítica de Cinema) - Fundação Armando Álvares Penteado.

49.
PORTO, Flávio; CARDENUTO, Reinaldo; GALVAO, Edilamar. Participação em banca de Flávia Marujo. As personagens de Giulieta Masina na obra de Fellini. 2010. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Crítica de Cinema) - Fundação Armando Álvares Penteado.

50.
NUNES, Sandra; CARDENUTO, Reinaldo; GALVAO, Edilamar. Participação em banca de Marcela Marconato Cintra. Razão e Sensibilidade: das páginas de Jane Austen às telas. 2010. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Crítica de Cinema) - Fundação Armando Álvares Penteado.

51.
GATTI, André; CARDENUTO, Reinaldo; GALVAO, Edilamar. Participação em banca de André Bushatsky. O cinema indiano e quem quer ser visto?. 2010. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Crítica de Cinema) - Fundação Armando Álvares Penteado.

52.
NUNES, Sandra; CARDENUTO, Reinaldo; GALVAO, Edilamar. Participação em banca de Bruna Menezes da Silva. A teledramaturgia e a reconstrução histórica: o caso da minissérie Queridos Amigos. 2010. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Produção executiva e gestão da televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado.

53.
CARDENUTO, Reinaldo; Artur Marques. Participação em banca de Fernando Cezar Romero Moreira. Os seriados de TV: Seriados de curta temporada apresentados pela globo em 2009. 2010. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Produção executiva e gestão da televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado.

54.
NUNES, Sandra; BRITO, Flávio; CARDENUTO, Reinaldo. Participação em banca de Márcia Noemi Kamijo. A linguagem documental no cinema de ficção. 2010. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Jornalismo Cultural) - Fundação Armando Álvares Penteado.

55.
GALVAO, Edilamar; CARDENUTO, Reinaldo. Participação em banca de Maria Luiza Oliveira. A crise e a estrada. 2010. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Jornalismo Cultural) - Fundação Armando Álvares Penteado.

56.
GALVAO, Edilamar; BIN, Marco; CARDENUTO, Reinaldo. Participação em banca de Ricardo Luiz Sorrenti. Novo cinema argentino: características de um cinema que surgiu durante a pior crise financeira do país. 2010. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Jornalismo Cultural) - Fundação Armando Álvares Penteado.

57.
CARDENUTO, REINALDO. Participação em banca de Sabina Regiani Anzuategui. Teatro, telenovela, política: 1969-1980. 2010. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Jornalismo) - Faculdade Cásper Líbero.

58.
GALVAO, Edilamar; Artur Marques; CARDENUTO, Reinaldo. Participação em banca de Christian Grinstein. Convenção em torno do método do montador. 2009. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Crítica de Cinema) - Fundação Armando Álvares Penteado.

59.
GALVAO, Edilamar; GOZZE, José; CARDENUTO, Reinaldo. Participação em banca de Lívia Fusco Rodrigues. O envelhecimento precoce do novo cinema latino-americano. 2009. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Crítica de Cinema) - Fundação Armando Álvares Penteado.

60.
GALVAO, Edilamar; LOPES, Elizeu; CARDENUTO, Reinaldo. Participação em banca de Ed Anderson Mascarenhas Silva. Meu nome não é Pixote - a presença do jovem anti-herói no cinema brasileiro recente. 2009. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Crítica de Cinema) - Fundação Armando Álvares Penteado.

61.
GALVAO, Edilamar; ENTLER, Ronaldo; CARDENUTO, Reinaldo. Participação em banca de Paula Vidal Poleto. Laranja mecânica e a sociedade de controle. 2009. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Crítica de Cinema) - Fundação Armando Álvares Penteado.

62.
NUNES, Sandra; CARDENUTO, Reinaldo; ENTLER, Ronaldo. Participação em banca de Ariela Plaza Lenharo. Nosferatu: do antigo ao contemporânei. 2009. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Crítica de Cinema) - Fundação Armando Álvares Penteado.

63.
GALVAO, Edilamar; ENTLER, Ronaldo; CARDENUTO, Reinaldo. Participação em banca de Gabriel Jarreta. Questão de desordem: Crash, Babel e a função da narrativa no cinema contemporâneo. 2008. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Crítica de Cinema) - Fundação Armando Álvares Penteado.

64.
GALVAO, Edilamar; LOPES, Elizeu; CARDENUTO, Reinaldo. Participação em banca de Wagner Palazzi Perez. O Fantástico Mundo de Michel Gondry. 2008. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Crítica de Cinema) - Fundação Armando Álvares Penteado.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
Alvim, Luiza; Tedesco, Marina; CARDENUTO, REINALDO. Participação em banca de Pedro Scofano de Almeida.A construção do "homem novo socialista" em Cuba e suas expressões em Lucía. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Cinema e Audiovisual) - Universidade Federal Fluminense.

2.
Oliveira Jr., Luiz Carlos; Morais, Fernando; CARDENUTO, REINALDO. Participação em banca de Rodrigo Leme.Uma breve análise sobre coralidade como tendência recente num cinema brasileiro independente. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Cinema e Audiovisual) - Universidade Federal Fluminense.

3.
Amaral, Carolina; Leocádio, João Luiz; CARDENUTO, REINALDO. Participação em banca de Júlia Cupolillo Alvarez.Documental em Gabriel Mascaro. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Cinema e Audiovisual) - Universidade Federal Fluminense.

4.
Oliveira Jr., Luiz Carlos; Holanda, Karla; CARDENUTO, REINALDO. Participação em banca de Lucas Junqueira Badini Serodio.Por um Kiarostami incompleto. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Cinema e Audiovisual) - Universidade Federal Fluminense.

5.
PRIOSTE, Marcelo; RUSCHIONI, Ruggero; CARDENUTO, REINALDO. Participação em banca de Mário Roberto Sivi Filho.Wall Painted Animation: Graffiti em movimento. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Rádio e TV) - Faculdade Cásper Líbero.

6.
CARDENUTO, Reinaldo; CARVALHO, Noel; CARVALHO, Ananda. Participação em banca de Ana Flávia Dias de Almeida, Daniela Rewald, Flora Assumpção.Sentimento de Mundo. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Rádio e Televisão) - Universidade Anhembi Morumbi.

7.
CARDENUTO, Reinaldo; ZEN, Tânia; REINALDO, Maurício. Participação em banca de Elaine.Nelson Rodrigues e o cinema. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Cinema) - Universidade Anhembi Morumbi.

8.
CARDENUTO, Reinaldo; MACHADO, Rubens; REINALDO, Maurício. Participação em banca de Eduardo Longo.O Guardião da noite. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Cinema) - Universidade Anhembi Morumbi.

9.
HINGST, Bruno; MIRANDA, Susana Reck; CARDENUTO, Reinaldo. Participação em banca de Fabiano Moura.Maldita carne. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Cinema) - Universidade Anhembi Morumbi.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
Maia, Carla; CARDENUTO, REINALDO; Baltar, Mariana; Carvalho, Rafael; Almeida, Carol. Júri da Crítica na 21 Mostra de Cinema de Tiradentes. 2018. Universo Produções.

2.
CARDENUTO, Reinaldo; COSTA, Andre; BISSO, Steve; RAMÍREZ, Isidro; RAPPAPORT, Mat. Júri da segunda edição do Move Cine Arte. 2017. Move Cine Arte.

3.
CARDENUTO, Reinaldo; TOLEDO, Moira; SETUBAL, Mariana; BRITO, Flavio de Souza. Júri da segunda edição do faap.doc. 2017. Fundação Armando Álvares Penteado.

4.
CARDENUTO, Reinaldo; TOLEDO, Moira; SETUBAL, Mariana; PRIOSTE, Marcelo; BRITO, Flavio de Souza. Júri da primeira edição do faap.doc. 2016. Fundação Armando Álvares Penteado.

5.
CARDENUTO, Reinaldo. Júri de pré-seleção do II concurso de roteiros televisivos NETLABTV. 2014.

6.
CARDENUTO, Reinaldo. Júri de pré-seleção do I concurso de roteiros televisivos NETLABTV. 2013. NET TV.

7.
CARDENUTO, Reinaldo; STARLING, Cássio; GAMBINI, Regina; SOARES, Ricardo; GUERRA, Flavia. Edital público da prefeitura de SP para selecão de projetos cinematográficos de curta e de média duração: editais de curta-metragem, Doc. bairro e Crônicas da cidade de São Paulo. 2012. Prefeitura Municipal de São Paulo.

8.
CARDENUTO, Reinaldo; MOLITOR, Simone; MELLO, Christine. Juri da primeira edição do Move Cine Arte. 2012. Move Cine Arte.

9.
CARDENUTO, Reinaldo. 15º Festival Internacional de Curtas-Metragens. 2004. Kinoforum.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Acolhimento de docentes em estágio probatório. 2018. (Outra).

2.
Arte como resistência: Antonio Benetazzo.Arte como resistência: Antonio Benetazzo. 2018. (Outra).

3.
Debate sobre o documentário Guarnieri.Debate sobre o documentário Guarnieri. 2018. (Outra).

4.
II Jornada de Estudos em História do Cinema Brasileiro. Os homens que eu tive (1973), de Tereza Trautman: poliamor, ruptura moral e censura ao cinema durante o regime militar brasileiro. 2018. (Congresso).

5.
VI Cocaal ? Colóquio de Cinema e Arte da América Latina/II Cocaf ? Colóquio de Cinema de Autoria Feminina.[Coordenador de GT] Memória, História e Arquivo. 2018. (Simpósio).

6.
VI Cocaal - Colóquio de Cinema e Arte da América Latina. A disputa pelo Cinema Novo nas páginas de O metropolitano: Miguel Borges e a recusa ao filme Pedro e Paulo (1962). 2018. (Congresso).

7.
XVI Encontro Regional de História - Anpuh PR. Os homens que eu tive (1973), de Tereza Trautman: poliamor, crítica aos costumes e censura ao cinema durante o regime militar brasileiro. 2018. (Congresso).

8.
XVI Encontro Regional de História - Tempo de Transição.[Coordenação de Simpósio Temático] A cultura e as artes na ditadura militar. 2018. (Encontro).

9.
XXII Encontro da Sociedade Brasileira de Estudos de Cinema e Audiovisual - Socine. Heranças do popular e do cinema de Leon Hirszman no filme Arábia. 2018. (Congresso).

10.
XXII Encontro da Sociedade Brasileira de Estudos de Cinema e Audiovisual - SOCINE. [Coordenação de Seminário Temático] Cinema brasileiro contemporâneo: política, estética, invenção. 2018. (Congresso).

11.
I Colóquio Teatro e História: Diálogos possíveis.Dramaturgia de avaliação: o teatro político dos anos 1970. 2017. (Simpósio).

12.
Seminário Diversitas: Arte e Revolução.Introdução à conferência Toda arte é política, proferida por Ruy Guerra. 2017. (Seminário).

13.
XIX Simpósio Nacional de História.Entre o infortúnio e o entusiasmo: os desenhos de Antonio Benetazzo durante a luta armada contra o regime militar brasileiro. 2017. (Simpósio).

14.
XXI Encontro da Socine. Leon Hirszman ao gravador: as origens estéticas do filme Black-tie. 2017. (Congresso).

15.
11ª Mostra de Cinema de Ouro Preto.Globo repórter anos 70 vê a modernização conservadora: "Retrato de Classe", de Gregório Bacic. 2016. (Seminário).

16.
Cine Direitos Humanos.Análise do filme "Os homens que eu tive", de Teresa Trautman. 2016. (Outra).

17.
I Colóquio Internacional de Cinema e História.Eles não usam black tie e os ajustes do tempo. 2016. (Simpósio).

18.
I IntermIdia Conference/II Encontro Cinemídia 2016: ?Towards an Intermedial History of Brazilian Cinema?.Deriva e sobrevivência: por uma síntese do contemporâneo no filme Jovens infelizes ou um homem que grita não é um urso que dança. 2016. (Simpósio).

19.
Pesquisa em foco.O cinema de Leon Hirszman: política e resistência. 2016. (Seminário).

20.
Debate Cedem/Unesp: Arte e militância durante a ditadura e hoje.A vida e a obra de Antonio Benetazzo: os três autorretratos de 1971. 2015. (Encontro).

21.
Ruy Guerra et la pensée critique des images.O despencar da História e da forma no filme A queda, de Ruy Guerra. 2015. (Simpósio).

22.
XIX Encontro da Socine. Resistências à ditadura no filme "Que país é este?", de Leon Hirszman. 2015. (Congresso).

23.
I Colóquio Nacional de Estudos do Autoritarismo: a censura e a repressão às artes e à imprensa no regime militar brasileiro.Debate sobre o filme "Um dia nublado: crônica de um fim de semana". 2014. (Simpósio).

24.
I Colóquio Nacional de Estudos do Autoritarismo: a censura e a repressão às artes e à imprensa no regime militar brasileiro.Que país é este? (1976-77), de Leon Hirszman: resistências à ditadura em um filme desaparecido. 2014. (Simpósio).

25.
LXXIV Seminário do Grupo de Pesquisa CNPq "História e Audiovisual: circircularidades e formas de comunicação".As greves do ABC paulista no cinema (1979-1981): representações dissonantes do movimento operário nos documentários de Leon Hirszman e Renato Tapajós. 2014. (Seminário).

26.
Mostra Sergei Eisenstein.Eisenstein / Rocha / Hirszman : conexões e influências. 2014. (Seminário).

27.
Semana Integrada de Artes Plásticas da FAAP.A construção e o desmanche dos sonhos: representações da metrópole no campo cinematográfico. 2014. (Encontro).

28.
18º Festival Internacional de Documentários É tudo verdade.Apresentação em torno dos filmes realizados pelo Ipês (Instituto de Pesquisas e Estudos Sociais). 2013. (Outra).

29.
Itinerância do Move Cine Arte em São Paulo.Análise do documentário Opalka, de Andrzej Sapija. 2013. (Outra).

30.
XVII Encontro Socine. O despencar da História e da forma em "A queda" (1978), de Ruy Guerra. 2013. (Congresso).

31.
Histoire(s) du cinéma brésilien.L?écriture de l?histoire dans le cinéma de Leon Hirszman : un communiste face aux contradictions du mouvement ouvrier (1979-1981). 2012. (Seminário).

32.
III Jornada Discente PPGMPA. O declínio dos deuses: A queda (1976), de Ruy Guerra. 2012. (Congresso).

33.
Move Cine Arte - Festival Internacional de Monte Verde.Análise crítica do filme A arca do Éden, de Marcelo Felix. 2012. (Outra).

34.
Move Cine Arte - Festival Internacional de Monte Verde.Análise crítica do filme Testemunha 4, de Marcelo Grabowsky. 2012. (Outra).

35.
Move Cine Arte - Festival Internacional de Monte Verde.Análise crítica do filme A maleta mexicana, de Trisha Ziff. 2012. (Outra).

36.
XVI Encontro Socine. Eles não usam black-tie no cinema: Leon Hirszman diante da(s) morte(s). 2012. (Congresso).

37.
3º Seminário de Fotografia e Cinema: José Medeiros. A presença de José Medeiros no Cinema Novo. 2011. (Congresso).

38.
Comunistas brasileiros: cultura política e produção cultural.A sobrevida da dramaturgia comunista na televisão dos anos 1970: o percurso de um realismo crítico em negociação. 2011. (Simpósio).

39.
II Jornada discente PPGMPA/USP. Leon Hirszman e Gianfrancesco Guarnieri ao gravador: o processo criativo de Eles não usam black-tie. 2011. (Congresso).

40.
II Panorama latino-americano de cinema: filmes cubanos.Panorama do cinema cubano pós-Revolução. 2011. (Seminário).

41.
Imagens do movimento operário no cinema nacional.Personagem de ficção e agente de transformação política: o operário no cinema de Leon Hirszman. 2011. (Encontro).

42.
Revoluções: uma política do sensível. 2011. (Seminário).

43.
XV Encontro da SOCINE. Leon Hirszman em Cuba: contribuições para o cinema político. 2011. (Congresso).

44.
13ª Feira do Estudante - Expo CIEE 2010. O cinema na formação intelectual: um estímulo ao olhar crítico. 2010. (Exposição).

45.
2º Seminário de fotografia e cinema: reflexões sobre Thomaz Farkas.Caravana Farkas, por um inventário da cultura popular. 2010. (Seminário).

46.
2º Seminário de fotografia e cinema: reflexões sobre Thomaz Farkas.Thomaz Farkas e o cinema. 2010. (Seminário).

47.
I Jornada discente PPGMPA-ECA/USP. ABC da greve, de Leon Hirszman: a escrita da história em confronto. 2010. (Congresso).

48.
Os espaços da política nos cinejornais.Ecos do anticomunismo norte-americano no cinejornal brasileiro às vésperas do golpe de 1964. 2009. (Seminário).

49.
Reflexão sobre Jean Manzon. Jean Manzon e a política brasileira. 2009. (Congresso).

50.
XIII Encontro SOCINE. Vianinha e o projeto de uma televisão política. 2009. (Congresso).

51.
Marx + Artes.Discursos de intervenção no cinema de propaganda ideológica às vésperas do golpe de 1964. 2008. (Encontro).

52.
XII Encontro Socine. Discursos de intervenção no cinema de propaganda ideológica às vésperas do golpe de 1964. 2008. (Congresso).

53.
XIX Encontro Regional de História. O cavador Jean Manzon nos subterrâneos da atividade cinematográfica. 2008. (Congresso).

54.
Análise de filmes, análise de sociedades.Retratos do militante na dramaturgia do CPC. 2007. (Seminário).

55.
Imagens do Oriente.O cinema árabe e iraniano na atualidade. 2007. (Encontro).

56.
XI Encontro Socine. Crises e soluções para o Brasil no cinema produzido pelo CPC e pelo Ipês. 2007. (Congresso).

57.
X Encontro Socine. O cinema novo na crítica engajada de Maurice Capovilla. 2006. (Congresso).

58.
XVIII Encontro Regional de História (Anpuh). A disputa pela favela na militância cinematográfica dos anos 1960. 2006. (Congresso).

59.
Cinema Brasileiro: Estética e Política.Debate sobre o audiovisual de periferia na cidade de São Paulo. 2005. (Outra).

60.
IX Encontro Socine. Do CPC ao Ipês: os espaços de ação, as dinâmicas e as experiências no audiovisual brasileiro contemporâneo ao golpe de 1964. 2005. (Congresso).

61.
XXIII Simpósio Nacional de História.Do CPC ao Ipês: os espaços de ação, as dinâmicas e as experiências no audiovisual brasileiro contemporâneo ao golpe de 1964. 2005. (Simpósio).

62.
Encontro com Nancy Goldman. 2004. (Encontro).

63.
Escola na Cinemateca.Análise do filme "Ato de violência", de Eduardo Escorel. 2004. (Encontro).

64.
11º Simpósio Internacional de Iniciação Científica (USP).Os efeitos de sentido na cinematografia iraniana de Abbas Kiarostami: o caso de "Gosto de Cereja". 2003. (Simpósio).

65.
13º INPLA (Intercâmbio de Pesquisas em Lingüística Aplicada). A resenha e a crítica cinematográfica na mídia: lugar de identificação ou de diferenciação?. 2003. (Congresso).

66.
11º Encontro de Iniciação Científica (PUC). Os efeitos de sentido na cinematografia iraniana de Abbas Kiarostami: o caso de "Gosto de Cereja". 2002. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
CARDENUTO, Reinaldo. II Panorama latino-americano de cinema: filmes cubanos. 2011. (Outro).

2.
CARDENUTO, Reinaldo; FERNANDES Jr., Rubens . 3º Seminário de fotografia e cinema: reflexões sobre José Medeiros. 2011. (Congresso).

3.
FERNANDES Jr., Rubens ; CARDENUTO, Reinaldo . 2º Seminário de fotografia e cinema: reflexões sobre Thomaz Farkas. 2010. (Congresso).

4.
CARDENUTO, Reinaldo. Reflexão sobre Jean Manzon. 2009. (Congresso).

5.
CARDENUTO, Reinaldo; MORAES, Eliane Robert . Sade no cinema. 2006. (Outro).

6.
TONI, F. ; CARDENUTO, Reinaldo . O legado do departamento de cultura. 2006. (Congresso).

7.
CARDENUTO, Reinaldo. Mostra Eduardo Escorel. 2005. (Outro).

8.
CARDENUTO, Reinaldo; CESAR FILHO, F. . Embrafilme, filmes e debates. 2005. (Outro).

9.
CARDENUTO, Reinaldo; CALIL, C. A. M. . Mostra Leon Hirszman. 2005. (Outro).

10.
CARDENUTO, Reinaldo. Utopia televisiva: o projeto de Vianinha. 2004. (Outro).

11.
CARDENUTO, Reinaldo; CESAR FILHO, F. . Diretores brasileiro: Carlos Manga. 2004. (Outro).

12.
CARDENUTO, Reinaldo; CESAR FILHO, F. . Festival Internacional de Cinema de São Paulo. 2004. (Outro).

13.
CARDENUTO, Reinaldo. Golpe de 64:amarga memória. 2004. (Outro).

14.
CARDENUTO, Reinaldo; CESAR FILHO, F. . O cinema brasileiro encarcerado: a censura no regime militar. 2003. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Ian Perlungieri Frugoli Peixoto. Super - Projeto de série de TV. 2018. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado. Orientador: Reinaldo Cardenuto Filho.

2.
Alexandre Royg Machado. Ingênuos na eterna escuridão. 2018. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado. Orientador: Reinaldo Cardenuto Filho.

3.
Louise Smith. BAV - Beijo de amor verdadeiro. 2018. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado. Orientador: Reinaldo Cardenuto Filho.

4.
Renato Rodrigues. Tudo que dissemos que não era. 2018. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado. Orientador: Reinaldo Cardenuto Filho.

5.
Tiago de Carvalho. Abrindo o próprio negócio. 2017. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Argumento e roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado. Orientador: Reinaldo Cardenuto Filho.

6.
André Moreira Neves. O ópio. 2017. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado. Orientador: Reinaldo Cardenuto Filho.

7.
Thais Ribeiro. Lázaro. 2017. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado. Orientador: Reinaldo Cardenuto Filho.

8.
Luciana Verssão. Os viajantes dos mundos paralelos. 2017. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Argumento e roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado. Orientador: Reinaldo Cardenuto Filho.

9.
Mateus Loner. Trilhos. 2016. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Argumento e roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado. Orientador: Reinaldo Cardenuto Filho.

10.
Elaine Belmonte. Enquanto eu escrevia para ela. 2016. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Argumento e roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado. Orientador: Reinaldo Cardenuto Filho.

11.
Felipe Henrique Papaterra Limongi. Antes da Água. 2016. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Argumento e roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado. Orientador: Reinaldo Cardenuto Filho.

12.
Marina Lima de Souza. CRAS. 2016. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Argumento e roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado. Orientador: Reinaldo Cardenuto Filho.

13.
Thais Ribeiro. Ao cordeiro reserva a salvação. 2016. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Argumento e roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado. Orientador: Reinaldo Cardenuto Filho.

14.
Loreana Valentini. Sombras. 2014. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Argumento e roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado. Orientador: Reinaldo Cardenuto Filho.

15.
Patrícia Sá. O mergulho. 2014. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Argumento e roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado. Orientador: Reinaldo Cardenuto Filho.

16.
Caio Monteiro. Gravidade. 2014. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Argumento e roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado. Orientador: Reinaldo Cardenuto Filho.

17.
Rodolfo Birbeire Ferreira Vicentin. Pacheco. 2013. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Argumento e roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado. Orientador: Reinaldo Cardenuto Filho.

18.
Jarleo Barbosa Valverde de Oliveira. Exterminadora. 2013. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Argumento e roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado. Orientador: Reinaldo Cardenuto Filho.

19.
Henrique M. Barbosa. Velhos lobos. 2013. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Argumento e roteiro para cinema e televisão) - Fundação Armando Álvares Penteado. Orientador: Reinaldo Cardenuto Filho.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Pedro Scofano de Almeida. A construção do "homem novo socialista" em Cuba e suas expressões em Lucía. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Cinema e Audiovisual) - Universidade Federal Fluminense. Orientador: Reinaldo Cardenuto Filho.

2.
Rodrigo Leme. Uma breve análise sobre coralidade como tendência recente num cinema brasileiro independente. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Cinema e Audiovisual) - Universidade Federal Fluminense. Orientador: Reinaldo Cardenuto Filho.

3.
Júlia Cupolillo Alvarez. Documental em Gabriel Mascaro. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Cinema e Audiovisual) - Universidade Federal Fluminense. Orientador: Reinaldo Cardenuto Filho.

4.
Lucas Junqueira Badini Serodio. Por um Kiarostami incompleto. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Cinema e Audiovisual) - Universidade Federal Fluminense. Orientador: Reinaldo Cardenuto Filho.

5.
Ana Flávia Dias de Almeida, Daniela Rewald, Flora Assumpção. Sentimento de mundo. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Rádio e Televisão) - Universidade Anhembi Morumbi. Orientador: Reinaldo Cardenuto Filho.

6.
Eduardo Longo. O Guardião da noite. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Cinema) - Universidade Anhembi Morumbi. Orientador: Reinaldo Cardenuto Filho.

Iniciação científica
1.
Thais Orchi Abdala. Quelque chose: a colagem sonora em Éloge de l´amour, de Jean-Luc Godard. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Cinema) - Fundação Armando Álvares Penteado. Orientador: Reinaldo Cardenuto Filho.

2.
Tania Arrais de Campos. O Estado das coisas: o cinema autoral de Wim Wenders em oposição à lógica industrial hollywoodiana. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Cinema) - Fundação Armando Álvares Penteado. Orientador: Reinaldo Cardenuto Filho.

3.
Anna Paula Fonseca Carneiro. A representação estereotipada do negro no cinema brasileiro. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Cinema) - Fundação Armando Álvares Penteado. Orientador: Reinaldo Cardenuto Filho.

4.
Guilherme Gil de Oliveira Melo. Autoritarismo e modernização na experiência estética de Guerra Conjugal, de Joaquim Pedro de Andrade. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Cinema) - Fundação Armando Álvares Penteado. Orientador: Reinaldo Cardenuto Filho.

5.
Marcelo Lee. Por um cinema sem limite e O bandido da luz vermelha: modernismo e indústria cultural na obra de Rogério Sganzerla. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Cinema) - Fundação Armando Álvares Penteado. Orientador: Reinaldo Cardenuto Filho.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/01/2019 às 24:38:41