Taise dos Santos Alves

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/2719568516998723
  • Última atualização do currículo em 06/12/2018


Possui graduação em Licenciatura em Geografia pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB) - Campus XI - Serrinha (2011). Especialista em Educação de Jovens e Adultos pela Universidade Federal da Bahia - UFBA (2012). Mestra em Geografia pela Universidade Federal da Bahia - UFBA (2015). Doutoranda em Geografia pela Universidade Federal de Pernambuco - UFPE. Integrante dos grupos de pesquisa: GeografAR - A Geografia dos Assentamentos na Área Rural (POSGEO/UFBA/CNPq) - do LEPEC - Laboratório de Estudos e Pesquisas sobre Espaço Agrário e Campesinato (UFPE) e o LIECTT - Laboratório Interdisciplinar de Estudos em Comunidades e Territórios Tradicionais (UFRB). Dedica-se aos estudos e pesquisas no âmbito da Organização/Produção do Espaço agrário, atuando principalmente nos seguintes temas: ensino de geografia; territorialidades e organização das comunidades tradicionais pesqueiras e áreas afins. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Taise dos Santos Alves
Nome em citações bibliográficas
ALVES, T. S.

Endereço


Endereço Profissional
SECRETARIA DA EDUCAÇÃO DO ESTADO DA BAHIA.
Setor Centro Administrativo da Bahia
Centro Administrativo da Bahia
41745000 - Salvador, BA - Brasil
Telefone: (71) 31151401


Formação acadêmica/titulação


2017
Doutorado em andamento em Geografia.
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Título: Por uma "Geografia das Águas". A dimensão da escola na identidade pesqueira,
Orientador: Claudio Ubiratan Gonçalves.
Coorientador: Guiomar Inez Germani.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco, FACEPE, Brasil.
2013 - 2015
Mestrado em Geografia.
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Título: A Pesca Artesanal em Baiacu - Vera Cruz (BA): identidades, contradições e produção do espaço,Ano de Obtenção: 2015.
Orientador: Guiomar Inez Germani.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Espaço geográfico; Produção; Organização; Pescadores(as) artesanais.
2010 - 2012
Especialização em Educação de Jovens e Adultos. (Carga Horária: 425h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Título: Oficinas pedagógicas de Cartografia: uma proposta metodológica na Educação de Jovens e Adultos.
Orientador: Welber Lima Santos.
2013 - 2014
Aperfeiçoamento em Atendimento Educacional Especializado. (Carga Horária: 250h).
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
Título: Sem TCC. Ano de finalização: 2014.
2007 - 2011
Graduação em licenciatura em geografia.
Universidade do Estado da Bahia, UNEB, Brasil.
Título: O ensino da Cartografia aliada as Tics: um estudo no Centro Educacional 30 de junho - Serrinha (Ba).
Orientador: Ana Margarete Gomes da Silva.




Formação Complementar


2018 - 2018
Mapas para os Direitos Territoriais de Povos e Comunidades Tradicionais. (Carga horária: 60h).
Fundação Joaquim Nabuco, FUNDAJ, Brasil.
2018 - 2018
USO PEDAGÓGICO DE TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS. (Carga horária: 120h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
2017 - 2018
Curso de Aperfeiçoamento em Tecnologias Educacionais. (Carga horária: 180h).
Universidade do Estado da Bahia, UNEB, Brasil.
2017 - 2017
curso básico de Arcgis. (Carga horária: 10h).
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
2017 - 2017
Educação Básica do Campo: articulando princípios educativos e agroecológic. (Carga horária: 30h).
Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, UFRB, Brasil.
2017 - 2017
Conflitos Ambientais, Trabalho e Saúde. (Carga horária: 48h).
Universidade Federal do Ceará, UFC, Brasil.
2016 - 2016
Apoio à implementação do Programa de Educação Ambiental e Agricultura Famil. (Carga horária: 120h).
Ministério do Meio Ambiente e da Amazonia Legal, MMA, Brasil.
2012 - 2012
Movimentos Feministas. (Carga horária: 2h).
Universidade do Estado da Bahia, UNEB, Brasil.
2012 - 2012
Medicalização e educação. (Carga horária: 2h).
Universidade do Estado da Bahia, UNEB, Brasil.
2012 - 2012
Ensino de Geografia. (Carga horária: 51h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
2012 - 2012
Movimentos Sociais pela Primeira Infância. (Carga horária: 2h).
Universidade do Estado da Bahia, UNEB, Brasil.
2011 - 2011
Matématica. (Carga horária: 60h).
SINEBAHIA, SINE, Brasil.
2009 - 2009
Extensão universitária em Todos pela alfabetização (TOPA). (Carga horária: 80h).
Universidade do Estado da Bahia, UNEB, Brasil.
2009 - 2009
Extensão universitária em O uso das TICs na prática docente. (Carga horária: 40h).
Universidade do Estado da Bahia, UNEB, Brasil.
2004 - 2004
Atendimento ao cliente. (Carga horária: 15h).
Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas da Bahia, SEBRAE/BA, Brasil.
2002 - 2002
Informática profissional básica. (Carga horária: 60h).
Serviço Social do Transporte (BA), SEST-BA, Brasil.
2001 - 2001
Ampliando direitos e horizontes. (Carga horária: 260h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.


Atuação Profissional



Secretaria Estadual de Educação, GOVERNO, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 20
Outras informações
Afastada para cursar doutorado (2018 a 2020) conforme publicação do Diário Oficial do Estado da Bahia em 12/05/2018.

Vínculo institucional

2015 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 20
Outras informações
Projeto: PROJOVEM URBANO

Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Prestação de serviços, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 20

Atividades

2013 - Atual
Ensino,

Disciplinas ministradas
Geografia
05/2015 - 01/2016
Ensino,

Disciplinas ministradas
Ciências Humanas e Participação Cidadã
04/2015 - 06/2015
Direção e administração, SEC, .

Cargo ou função
Vice direção.

Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Estudante, Enquadramento Funcional: Doutorado em Geografia

Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Pesquisadora, Enquadramento Funcional: Pesquisadora associada ao LEPEC


Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Pesquisadora, Enquadramento Funcional: Pesquisadora associada ao GeografAR

Vínculo institucional

2013 - 2015
Vínculo: Bolsista CAPES, Enquadramento Funcional: Bolsista - Mestrado em Geografia


Movimento dos Pescadores e Pescadoras Artesanais, MPP, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Colaboradora, Enquadramento Funcional: Professora
Outras informações
Professora colaboradora na Escola das Águas (Escola organizada pelo MPP/Bahia).


Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, UFRB, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Pesquisadora, Enquadramento Funcional: Pesquisadora associada ao LIECTT
Outras informações
Pesquisadora associada ao Laboratório Interdisciplinar de Estudos em Comunidades e Territórios Tradicionais (LIECTT)


Prefeitura Municipal de Vera Cruz - Secretária de Educação, Cultura e Saúde, PMVC, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2012
Vínculo: Contrato, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 20

Atividades

2012 - 2012
Ensino,

Disciplinas ministradas
Geografia
2012 - 2012
Ensino,

Disciplinas ministradas
Geografia (Pré IFBA)

Universidade do Estado da Bahia, UNEB, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2012
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitora - Projeto Vivência Estudantil, Carga horária: 20
Outras informações
Projeto Sociocultural de Vivência Estudantil em Comunidades para a promoção de justiça social em comunidades vulneráveis de municípios/bairros que apresentam baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). Foi realizado um trabalho sociocultural de vivências envolvendo discentes dos três cursos do Departamento de Educação - DEDC I - Pedagogia, Psicologia e Ciências Sociais na Escolinha Fonte do Saber cituada no bairro da Engomadeira.

Vínculo institucional

2010 - 2011
Vínculo: Monitora, Enquadramento Funcional: Monitora - Laboratório de Cartografia -LACARD, Carga horária: 12

Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Monitora, Enquadramento Funcional: Monitora - UNICOM e UPT, Carga horária: 10


Colégio Fischer, CF, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Horista, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 18

Atividades

2011 - 2011
Ensino,

Disciplinas ministradas
Geografia

Prefeitura Municipal de Serrinha - Secretaria de Educação e Cultura, PMS, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Contrato, Enquadramento Funcional: Estagiaria, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Contrato, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 20
Outras informações
Disciplinas: Geografia (ensino fundamental II).


Programa Brasil Alfabetizado, PBA, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Coordenadora, Enquadramento Funcional: Coordenadora de turma, Carga horária: 20
Outras informações
Atuando como coordenadora de turma do TOPA (Todos pela Alfabetização), programa do governo do Estado da Bahia em parceira com o Governo Federal.



Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Entre la consolidación y la descomposición de las economías campesinas. Una lectura comparada de las experiencias de Brasil y Colombia
Descrição: Esta investigación pretende evaluar los diferentes escenarios de articulación al mercado de las comunidades campesinas, en términos de autonomía, sostenibilidad económica, sustentabilidad ecológica y productiva, con el ánimo de valorar los riesgos, problemáticas y/u oportunidades que unos u otros escenarios de articulación representan para la economía campesina, a propósito de la viabilidad y reproducción social de las formas de vida campesina. Así mismo con esta investigación se busca entender las fuerzas históricas que determinan tal heterogeneidad y en ese sentido identificar la política pública que favorece uno u otro escenario de articulación. Además busca explicar y valorar las transformaciones de las economías campesinas en el marco de su integración al mercado, a la luz de la comparación de casos de Brasil y de Colombia..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (3) .
Integrantes: Taise dos Santos Alves - Integrante / Claudio Ubiratan Gonçalves - Coordenador / Maria Rosana Oliveira - Integrante / Junior, Plácido - Integrante.
2014 - 2016
Comunidades Tradicionais, Políticas Públicas e Desenvolvimento Territorial na Bahia: indígenas e quilombolas

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Guiomar Inez Germani em 17/06/2014.
Descrição: Identificar e analisar as políticas públicas para comunidades indígenas e quilombolas do estado da Bahia e compreender os impactos da implantação e implementação dessas políticas na organização socioterritorial dessas comunidades..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (4) Doutorado: (5) .
Integrantes: Taise dos Santos Alves - Integrante / Guiomar Inez Germani - Coordenador / Kássia Aguiar Noberto Rios - Integrante / Tiago Rodrigues Santos - Integrante / Avelar Araujo - Integrante.
2013 - Atual
Projeto GeografAR - A Geografia dos Assentamentos na Área Rural
Descrição: O Projeto Integrado de Pesquisa A Geografia dos Assentamentos na Área Rural Projeto GeografAR vem desenvolvendo as suas pesquisas, desde agosto de 1996, tendo como proposta principal discutir o processo de apropriação/produção/organização do espaço geográfico no campo baiano, assim como as diferentes espacialidades e territorialidades que emergem ao longo deste processo. Para tanto, parte-se do pressuposto de que o espaço geográfico deve ser analisado em sua totalidade e que, neste contexto, o campo expressa uma intensa conflituosidade territorial dada pelos interesses antagônicos entre os agentes hegemônicos do capital, o Estado, as organizações e os movimentos sociais de luta pela/na terra. A princípio, adotou como escala de análise os Projetos de Assentamento (PA's) em áreas de Reforma Agrária. Posteriormente, incorporou os Acampamentos de trabalhadores rurais sem terra, os projetos de assentamento realizados pela política fundiária do Banco Mundial: Programa Cédula da Terra (PCT)/ Programa Crédito Fundiário (PCF), as áreas de Fundo e Fechos de Pasto, as Comunidades Negras Rurais Quilombolas e as Comunidades de Pescadores Artesanais. O elo entre essas diferentes modalidades de assentamentos rurais são as políticas públicas voltadas para o equacionamento da luta pela/na terra, historicamente organizada, pelos diferentes grupos sociais que configuram a diversidade agrária do/no campo baiano. Nesta perspectiva, os movimentos sociais do campo, as políticas públicas e a produção do espaço constituem-se como eixo de análise do grupo de pesquisa..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2018 - Atual
Educação do Campo e das Águas: demarcando novas territorialidades e rompendo desafios
Descrição: Este projeto prevê o desenvolvimento de ações educativas para os sujeitos oriundos das comunidades tradicionais pesqueiras e quilombolas do estado da Bahia, tendo como referência uma pedagogia que dialogue com os saberes tradicionalmente construídos e os modos de vida destas comunidades. A partir da articulação de atividades de ensino, pesquisa e extensão busca-se ainda a efetivação de novas pontes de dialogo e troca de conhecimentos entre as comunidades envolvidas, docentes e discentes da UFRB e demais IEs parceiras. Metodologicamente, as atividades planejadas encontram-se organizadas através de 5 eixos principais: Formação Política, Alfabetização, Processos Seletivos, Formação Técnica e Diversos. A partir desses eixos, serão desenvolvidos cursos de Formação Política, Seminário temáticos, Oficinas/Cursos de alfabetização e letramento, Oficinas preparatórias para processos seletivos (IEs, Enem, CPA, etc.), Oficinas/Cursos de Arte de Cultura, Feiras da pesca e da agricultura familiar, cursos de formação técnica, oficinas de expressão corporal e oralidade, rodas de conversa, entre outras atividades que contribuam na melhoria da qualidade de vida dos beneficiários e na defesa dos territórios pesqueiros e quilombolas. Nossa estimativa é estar beneficiando cerca de 200 pescadores, entre pescadores, pescadoras, quilombolas, docentes e discentes da UFRB e demais IEs parceiras...
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2017 - 2017
Questão Agrária Pés no Chão

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Guiomar Inez Germani em 25/02/2018.
Descrição: "A cabeça pensa onde os pés pisam". É com a inspiração desta frase de Frei Betto, religioso e militante, que compreendemos a proposta ora apresentada, qual seja, propor um Programa de Extensão "Geografia Agrária: Pés no Chão", para estudantes, pesquisadores e militantes de movimentos sociais de luta na e pela terra na Bahia.Promover a troca de experiências e conhecimento entre os sujeitos sociais organizados no campo baiano. - Contribuir para o debate qualificado sobre o campo e a questão agrária na Bahia. - Contribuir na formação de lideranças de entidades e movimentos para lidar com a complexidade da questão agrária atual;- Permitir aos alunos de graduação, sobretudo os bolsistas e voluntários do Grupo GeografAR, a vivência com lideranças e militantes do campo baiano; Reforçar as atividades do "Encontro Terra e Território", promovida pelos movimentos sociais de luta na/pela terra...
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2016 - 2018
Questão Agrária, Comunidades Tradicionais Pesqueiras e a luta/na pela terra e água na Bahia: um histórico de contradições e resistência
Descrição: O projeto de extensão ?Questão Agrária, Comunidades Tradicionais Pesqueiras e a luta/na pela terra e água na Bahia: um histórico de contradições e resistência? nasce da busca pelo aprofundamento teórico-metodológico das principais questões que envolvem a questão agrária na Bahia, em especial no âmbito das comunidades tradicionais pesqueiras e como forma de suprir uma demanda do Movimento dos Pescadores e Pescadoras Artesanais da Bahia (MPP/BA). Neste, indicamos como proposta a discussão e análise no âmbito da questão agrária e a partir de um olhar geográfico, da importância da atividade da pesca artesanal para o estado da Bahia, assim como do processo histórico de contradições e resistência que envolve as comunidades tradicionais pesqueiras. Propomos ainda, a identificação e o mapeamento das comunidades tradicionais pesqueiras litorâneas/ribeirinhas e os principais conflitos existentes nos territórios pesqueiros. Para tal, no referido projeto, a permanência histórica da questão agrária definindo contradições, antagonismos e conflitos no cotidiano da vida social, assume a centralidade analítica. A Questão Agrária é entendida enquanto uma questão territorial, tendo como essência o enfrentamento de lógicas distintas pelo uso e apropriação social do espaço geográfico. Na qual uma questão se concretiza, a conformação de distintos territórios e territorialidades, com repercussões espaciais no campo (e também, na cidade). Nesse contexto, definem-se as ações coletivas pela conquista e reconhecimento dos direitos sociais ao território. Afinal, a territorialidade é um elemento condicionante para a reprodução social da vida, em suas distintas temporalidades e espacialidades. Nesse contexto que inseridos os pescadores artesanais baianos, estes que têm buscado, no decorrer do tempo, manter viva a cultura, a identidade, o respeito, os laços de pertencimento ? a tradicionalidade ? que caracterizam o seu modo de vida e sua territorialidade. Na Bahia, estima-se, atualmente, cerca de 600 comunidades tradicionais que tem na pesca artesanal a sua principal, e muitas vezes única, fonte de renda. Todavia, mesmo com sua importância, o que tem se observado, são essas comunidades num processo cotidiano de luta e resistência contra a invisibilidade histórica que as caracteriza e que, de certa forma, tem evidenciado as contradições existentes e influenciado direta/indiretamente no surgimento das inúmeras disputas territoriais e conflitos que as envolvem...
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2013 - 2015
Campanha Nacional pela Regularização dos Territorios das Comunidades Tradicionais Pesqueiras no estado da Bahia: Desafios e Perspectivas

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Guiomar Inez Germani em 17/06/2014.
Descrição: A Campanha Nacional pela Regularização do Território das Comunidades Tradicionais Pesqueiras surge a partir da mobilização de diversos pescadores (as) de todo o país que dentre outros objetivos lutam pelo reconhecimento e regularização de seus direitos sobre os territórios tradicionais pesqueiros. Com o lema Território pesqueiro: Biodiversidade, Cultura e Soberania Alimentar do povo Brasileiro , a Campanha trás a proposta de uma Lei de Iniciativa Popular, que regulamente os direitos territoriais das comunidades pesqueiras tradicionais. Para tal, os pescadores precisaram da assinatura de 1% do eleitorado brasileiro (1.385.000). Neste projeto, temos como objetivo auxiliar as comunidades tradicionais pesqueiras no desenvolvimento da Campanha no estado da Bahia, a partir da realização de oficinas, palestras, seminários, mapeamentos, dentre outros..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2013 - 2015
Identidade e Território das Comunidades Tradicionais Pesqueiras

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Guiomar Inez Germani em 17/06/2014.
Descrição: A pesquisa sobre Identidade e Território das Comunidades Tradicionais Pesqueiras vem sendo desenvolvida junto com o Movimento Nacional dos Pescadores e Pescadoras Artesanais (MPP), o Conselho Pastoral dos Pescadores (CPP) e demais órgãos parceiros no âmbito da Campanha Nacional pela Regularização dos Territórios das Comunidades Tradicionais Pesqueira. Até o presente momento destaca-se como produto técnico - cientifico do grupo: a publicação da Cartilha para Trabalho de Base da Campanha pelo Território Pesqueiro" (2012) e a "Cartilha - Projeto de Lei de Iniciativa Popular Sobre Território Pesqueiro" (2013)..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) .
Integrantes: Taise dos Santos Alves - Integrante / Guiomar Inez Germani - Coordenador / Kássia Aguiar Noberto Rios - Integrante.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Geografia.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Outras
Total de trabalhos:1
Total de citações:1
Alves, T. S.  Data: 16/08/2011

Artigos completos publicados em periódicos

1.
ALVES, T. S.2017ALVES, T. S.. PESCADORES(AS) ARTESANAIS E PRODUÇÃO DO ESPAÇO: A COMUNIDADE PESQUEIRA DO BAIACU ? VERA CRUZ (BA). Revista ABPN, v. 9, p. 132-150, 2017.

2.
ALVES, T. S.2011ALVES, T. S.; CARNEIRO, J. S. ; OLIVEIRA, A. A. ; SANTOS, C. R. . ESPACIALIZAÇÃO DA VIOLÊNCIA URBANA NA PRAÇA MORENA BELA NA CIDADE DE SERRINHA-BA (ISSN: 1984-4891). Observatorium, v. 3, p. 02-18, 2011.

3.
ALVES, T. S.2011ALVES, T. S.; Alves, A. R. S. . A arte na educação e na educação de jovens e adultos. E.T.C. Educação, Tecnologia e Cultura, v. 8, p. 57-64, 2011.

4.
ALVES, T. S.2011ALVES, T. S.. A utilização do aplicativo Google Maps no processo de ensino-aprendizagem da cartografia: uma experiência na escola pública. Revista Praes: Saberes e produções discentes UNEB, v. 1, p. 120-133, 2011.

Capítulos de livros publicados
1.
ALVES, T. S.. PESCADORES(AS) ARTESANAIS ENQUANTO SUJEITOS DA ANALISE GEOGRÁFICA: OLHARES SOBRE A COMUNIDADE PESQUEIRA DO BAIACU ? VERA CRUZ (BA). In: Catia Antonia da Silva e Cristiano Quaresma de Paula (orgs.). (Org.). Brasil e moçambique - diálogos geográficos sobre a pesca artesanal. 1ed.Rio de Janeiro: Consequência, 2016, v. 1, p. 1-.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
ALVES, T. S.. DAS ÁGUAS AOS TERRITÓRIOS PESQUEIROS: A ESCOLA NO SER/SE FAZER PESCADOR(A) ARTESANAL. In: ENCONTRO NACIONAL DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM GEOGRAFIA, 2017, PORTO ALEGRE. ANAIS DO ENANPEGE. PORTO ALEGRE: EDUFRGS, 2017. v. 1. p. 1-15.

2.
ALVES, T. S.; GONCALVES, C. U. . Educar para as águas: experiências formativas nos territórios pesqueiros. In: II Simpósio Baiano de Geografia Agrária: entre a teoria e a prática, articulações e resistências, 2017, Salvador. II Simpósio Baiano de Geografia Agrária: entre a teoria e a prática, articulações e resistências. Salvador: EDUFBA, 2017. p. 1-12.

3.
ALVES, T. S.. TERRITÓRIO PESQUEIRO DO BAIACU ? VERA CRUZ (BA): organização e produção pesqueira. In: VIII Simpósio Internacional de Geografia Agrária e IX Simpósio Nacional de Geografia Agrária, 2017, Curitiba. VIII Simpósio Internacional de Geografia Agrária e IX Simpósio Nacional de Geografia Agrária. Curitiba: EDUFPR, 2017. p. 1-17.

4.
ALVES, T. S.; GERMANI, G. I. . Em contextos da diversidade. O papel da escola na formação dos sujeitos em comunidades tradicionais pesqueiras: entre ser/se fazer pescadores(as) artesanais na comunidade do Baiacu ? Vera Cruz (BA). In: II Colóquio Docência e Diversidade na Educação Básica: políticas, práticas e formação, 2015, Salvador. Anais II Colóquio Docência e Diversidade na Educação Básica: políticas, práticas e formação. Salvador: EDUNEB, 2015. v. 1. p. 386-400.

5.
ALVES, T. S.; GERMANI, G. I. . A GESTÃO DA ATIVIDADE PESQUEIRA NO BRASIL: UM BREVE RELATO DAS HISTORIAS, CONFLITOS E LUTAS DOS PESCADORES(AS) ARTESANAIS. In: VII SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE GEOGRAFIA AGRÁRIA E VIII SIMPÓSIO NACIONAL DE GEOGRAFIA AGRÁRIA, 2015, Goiânia. VII SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE GEOGRAFIA AGRÁRIA E VIII SIMPÓSIO NACIONAL DE GEOGRAFIA AGRÁRIA:. Goiânia: EDUFG, 2015. v. 1. p. 1-15.

6.
ALVES, T. S.. A PESCA ARTESANAL EM BAIACU - VERA CRUZ (BA): DAS CONTRADIÇÕES A PRODUÇÃO DO ESPAÇO. In: XI Encontro Nacional da ANPEGE, 2015, Presidente Prudente. XI Encontro Nacional da ANPEGE: A Diversidade da Geografia Brasileira: escalas e dimensões da Análise e da ação. Presidente Prudente: Editora UFGD. v. 1. p. 6004-6013.

7.
ALVES, T. S.. Da organização a produção do espaço pesqueiro: a pesca artesanal em Vera Cruz (BA). In: VII Congresso Brasileiro de Geógrafos, 2014, Vitória. VII Congresso Brasileiro de Geógrafos: ?A AGB e a Geografia brasileira no contexto das lutas sociais frente aos projetos hegemônicos?. Vitória: EDUFES. v. 1. p. 1-10.

8.
ALVES, T. S.; GERMANI, G. I. . A ORGANIZAÇÃO DO ESPAÇO PESQUEIRO: CONSIDERAÇÕES SOBRE A PESCA ARTESANAL NA BAHIA. In: VI Encontro da Rede de Estudos Rurais, 2014. VI Encontro da Rede de Estudos Rurais: Desigualdade, Exclusão e Conflitos nos Espaços Rurais. Campinas: EDUNICAMP. v. 1. p. 1-15.

9.
ALVES, T. S.; GERMANI, G. I. . ?NO RIO E NO MAR, PESCADORES NA LUTA!?. UM OLHAR SOBRE O MOVIMENTO DOS PESCADORES E PESCADORAS ARTESANAIS. In: II Congresso Nacional Movimentos Sociais e Educação, 2014, Ilhéus. Anais II Congresso Nacional Movimentos Sociais e Educação. Ilhéus: Eduesc, 2014. v. 1. p. 1-15.

10.
ALVES, T. S.; GERMANI, G. I. . Comunidades tradicionais pesqueiras: entre enfrentamentos e resistências pelo território. In: XXII Encontro Nacional de Geografia Agrária, 2014, Natal. XXII Encontro Nacional de Geografia Agrária: Agentes, processos, conflitos e conteúdos do espaço agrário brasileiro. Natal: EDUFRN, 2014. v. 1. p. 1-15.

11.
ALVES, T. S.. Territorialidades e políticas públicas. O papel do Estado frente a pesca artesanal em Vera Cruz (BA). In: IX Congreso Latinoamericano de Sociología Rural, 2014, Ciudad de México. X Congreso de la Asociación Latinoamericana de Sociología Rural ?Sociedades Rurales latinoamericanas. Diversidades, contrates y alternativas?. Ciudad de México: Universidad Autonoma Metropolitana Xochimilco, 2014. v. 1. p. 1-15.

12.
ALVES, T. S.. CARTOGRAFIA DA AÇÃO SOCIAL: ENTRE DISPUTAS E AÇÕES NO ENSINO DA GEOGRAFIA. In: V Fórum Internacional de Pedagogia, 2013, Vitória da Conquista. Anais Fiped V (2013). Campina Grande: Realize, 2013. v. 1. p. 1-11.

13.
ALVES, T. S.; GERMANI, G. I. . O ensino da Geografia para além da formalidade: uma abordagem da cartografia da ação. In: III Simpósio de Cartografia para Escolares, 2013, Salvador. III Simpósio de Cartografia para Escolares: Cartografia Escolar e a Interdisciplinaridade no Âmbito da Educação Básica. Salvador: EDUNEB, 2013. v. 1. p. 1-13.

14.
ALVES, T. S.. O ensino-aprendizagem da cartografia na educação de jovens e adultos: uma perspectiva de formação do professor de Geografia. In: II Simpósio Baiano de Licenciaturas, 2012, Salvador. II Simpósio Baiano de Licenciaturas: Políticas de formação de professores para a educação básica. Salvador: EDUNEB, 2012. p. 1-11.

15.
ALVES, T. S.. O ENSINO-APRENDIZAGEM DA CARTOGRAFIA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS ATRAVÉS DAS OFICINAS PEDAGÓGICAS: UMA PERSPECTIVA DE FORMAÇÃO DOCENTE. In: Encontro Nacional de Geógrafos, 2012, Belo Horizonte. Anais ENG 2012. Belo Horizonte: EDUFMG, 2012. v. 1. p. 1-10.

16.
ALVES, T. S.; BORGES, J. S. S. . A ultilização do aplicativo google maps no processo de ensino-aprendizagem da Cartografia: uma experiência na escola pública. In: XI Encontro Nacional de Práticas de Ensino de Geografia, 2011, Goiânia. XI Encontro Nacional de Práticas de Ensino de Geografia: a produção do conhecimento e a pesquisa sobre o ensino de Geografia, 2011.

17.
ALVES, T. S.; Alves, A. R. S. . O QUE SE QUER DO CURRÍCULO? REFLEXÃO SOBRE O CURRÍCULO NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS. In: II Seminário Nacional Educação e Pluralidade Sócio-Cultural, 2011, Feira de Santana. II Seminário Nacional Educação e Pluralidade Sócio-Cultural: Sociedade e Culturas - tempos, espaços e sujeitos da educação, 18 - 20 de outubro de 2011. Feira de Santana: EDUEFS, 2011. v. 1. p. 106-118.

18.
ALVES, T. S.. OFICINAS PEDAGÓGICAS DE CARTOGRAFIA NA EUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: UMA PROPOSTA METODOLÓGICA. In: II Seminário Nacional Educação e Pluralidade Sociocultural, 2011, Feira de Santana. II Seminário Nacional Educação e Pluralidade Sociocultural, Sociedade e Culturas: tempos, espaços e sujeitos da educação. Feira de Santana: EDUEFS, 2011. v. 1. p. 195-205.

19.
ALVES, T. S.. A utilização do aplicativo Google Maps no processo de ensino-aprendizagem da cartografia: uma experiência na escola pública. In: XV Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2011, Curitiba. Anais XV Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto - SBSR. Curitiba, 2011. p. 3408-3414.

20.
ALVES, T. S.; BORGES, J. S. S. ; CARNEIRO, J. S. . Litoral Norte - BA: um estudo sócio ambiental. In: IIV Encontro Baiano dos Estudantes de Geografia: Sertão e Identidade: Olhares geográficos Sobre as Implicações Sócio-economicas na Bahia, 2010, Serrinha - Bahia. IIV Encontro Baiano dos Estudantes de Geografia: Sertão e Identidade: Olhares geográficos Sobre as Implicações Sócio-economicas na Bahia, 2010.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
ALVES, T. S.. A GEOGRAFIA E TIC NA PRATICA DOCENTE: UMA NOVA PERSPECTIVA NO ENSINO DA GEOGRAFIA. In: Encontro Baiano dos Estudante de Geografia, 2009, Santo Antonio de Jesus. VI Encontro Baiano dos Estudantes de Geografia, 2009.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
ALVES, T. S.. TERRITÓRIO PESQUEIRO: diversidade, cultura, saberes formativos e desafios no ensino de Geografia. In: XIX Encontro Nacional de Geógrafos, 2018, João Pessoa. Anais do XIX Encontro Nacional de Geógrafos. João Pessoa: EDUFPB, 2018. p. 1-1.

2.
ALVES, T. S.; GERMANI, G. I. . A PESCA ARTESANAL EM VERA CRUZ (BA): Identidades, contradições e produção do espaço. In: XXXII SEMINÁRIO ESTUDANTIL DE PESQUISA - SEMPPG /SEMEP, 2013, Salvador. Livro de Resumos. Salvador: EDUFBA. v. 1. p. 1-1.

3.
ALVES, T. S.. O ensino da Cartografia aliada as Tics: um estudo no Centro Educacional 30 de junho - Serrinha, Ba.. In: SIMPE - I Simpósio de Prática de Ensino, 2011, Campina Grande - PB. I SIMPE - A prática de ensino como ferramenta de transformação social (Anais). Campina Grande - PB: EDUEPB, 2011.

4.
ALVES, T. S.; BORGES, J. S. S. . A CARTOGRAFIA NO CONTEXTO ESCOLAR: RELATO DE EXPERIÊNCIA DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO. In: Colóquio de Prática Pedagógica e Estágio: Cotidiano escolar e práticas educativas, 2010, Alagoinhas. Colóquio de Prática Pedagógica e Estágio: cotidiano escolar e práticas educativas: caderno de resumos. Alagoinhas: EDUNEB, 2010.

5.
ALVES, T. S.; CARNEIRO, J. S. ; OLIVEIRA, A. A. . ESPACIALIZAÇÃO DA VIOLÊNCIA NA PRAÇA MORENA BELA NA CIDADE DE SERRINHA - BA. In: Seminário Estudantil de Pesquisa e Extensão, 2010, Cruz das Almas. Anais do VII Seminário Estudantil de Pesquisa e Extensão - Política e Ciência: realidades e possibilidades da pesquisa. Cruz das Almas: FAMAM, 2010. v. 1.

Apresentações de Trabalho
1.
ALVES, T. S.; RIOS, K. A. N. . Quadro seis anos da Escola das Águas. 2018. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

2.
ALVES, T. S.. TERRITÓRIO PESQUEIRO: diversidade, cultura, saberes formativos e desafios no ensino de Geografia. 2018. (Apresentação de Trabalho/Outra).

3.
ALVES, T. S.; RIOS, K. A. N. ; SANTOS, E. B. ; SALLES, M. M. ; SANTOS, M. S. . ESCOLA DAS ÁGUAS: UMA PROPOSTA DE EDUCAÇÃO PENSADA E CONSTRUÍDA PELAS COMUNIDADES TRADICIONAIS PESQUEIRAS DO ESTADO DA BAHIA. 2018. (Apresentação de Trabalho/Outra).

4.
ALVES, T. S.; GONCALVES, C. U. . Educar para as águas: experiências formativas nos territórios pesqueiros. 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

5.
ALVES, T. S.. DAS ÁGUAS AOS TERRITÓRIOS PESQUEIROS: A ESCOLA NO SER/SE FAZER PESCADOR(A) ARTESANAL. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

6.
ALVES, T. S.. 'Território pesqueiro em Baiacu ? Vera Cruz (BA): organização e produção pesqueira'. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

7.
ALVES, T. S.; RIOS, K. A. N. . Pescadores(as) Artesanais. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

8.
ALVES, T. S.. A GESTÃO DA ATIVIDADE PESQUEIRA NO BRASIL: UM BREVE RELATO DAS HISTORIAS, CONFLITOS E LUTAS DOS PESCADORES(AS) ARTESANAIS. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

9.
ALVES, T. S.. Da organização a produção do espaço pesqueiro: a pesca artesanal em Vera Cruz (BA). 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
ALVES, T. S.; GERMANI, G. I. . A PESCA ARTESANAL COMO ELEMENTO DA ORGANIZAÇÃO DO ESPAÇO EM VERA CRUZ (BA). 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

11.
ALVES, T. S.; GERMANI, G. I. . O ensino da Geografia para além da formalidade: uma abordagem da cartografia da ação. 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

12.
ALVES, T. S.; GERMANI, G. I. . A PESCA ARTESANAL EM VERA CRUZ (BA): IDENTIDADES, CONTRADIÇÕES E PRODUÇÃO DO ESPAÇO. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

13.
ALVES, T. S.. O ENSINO-APRENDIZAGEM DA CARTOGRAFIA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS ATRAVÉS DAS OFICINAS PEDAGOGICAS: UMA PERSPECTIVA DE FORMAÇÃO DOCENTE. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

14.
ALVES, T. S.; BORGES, J. S. S. . A UTILIZAÇÃO DO APLICATIVO GOOGLE MAPS NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM DA CARTOGRAFIA: UMA EXPERIÊNCIA NA ESCOLA PÚBLICA. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

15.
ALVES, T. S.; Alves, A. R. S. . O QUE SE QUER DO CURRÍCULO?: REFLEXÕES SOBRE O CURRÍCULO NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

16.
ALVES, T. S.; Alves, A. R. S. . O QUE SE QUER DO CURRÍCULO? REFLEXÃO SOBRE O CURRÍCULO NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS. 2011. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

17.
ALVES, T. S.. OFICINAS PEDAGÓGICAS DE CARTOGRAFIA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: UMA PROPOSTA METODOLÓGICA. 2011. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

18.
ALVES, T. S.; TEIXEIRA, M. S. . Litoral Norte - BA: Da expansão aos problemas sócios ambientais. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

19.
ALVES, T. S.. O ensino de Cartografia aliada as TICs: um estudo no Centro Educacinal 30 de junho - Serrinha - BA. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

20.
ALVES, T. S.; Josiana Silva Santos Borges . A CARTOGRAFIA NO CONTEXTO ESCOLAR: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO. 2009. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

21.
ALVES, T. S.; Josiana Silva Santos Borges . Juazeiro - BA: Evolução do Espaço Citadino. 2009. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

22.
ALVES, T. S.; Josiana Silva Santos Borges . Trajetória Geográfica no Recôncavo Baiano: Uma Análise Ambiental em Cachoeira, São Félix e Maragogipe. 2009. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

23.
ALVES, T. S.; Josiana Silva Santos Borges . O uso da tecnologia da informação e comunicação (TICS) nas aulas de cartografia: um recurso inovador. 2009. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

24.
ALVES, T. S.. Mercado popular de Serrinha: inflências e diversidade no bairro das Aboboras. 2009. (Apresentação de Trabalho/Outra).

25.
ALVES, T. S.. A Geografia e a TIC na prática docente: uma nova perspectiva no ensino de Geografia. 2009. (Apresentação de Trabalho/Outra).

26.
ALVES, T. S.. A Geografia e a TIC na pratica docente: Uma nova pespectiva no ensino da Geografia. 2008. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

Outras produções bibliográficas
1.
ALVES, T. S.. Cartografia é imprescindível para a ciência geográfica (entrevista). Brasília: MEC, 2012 (Jornal do Professor).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
ALVES, T. S.; Alcântara, D. M. ; NASCIMENTO, A. P. ; GERMANI, G. I. . Relatório Preliminar Comunidade pesqueira quilombola Conceição de Salinas. 2018.

2.
GERMANI, G. I. ; ANTONINO, L. Z. ; SANTOS, T.R. ; Alcântara, D. M. ; ALVES, T. S. . Relatório Preliminar COMUNIDADE NEGRA RURAL QUILOMBOLA PORTO DE DOM JOÃO. SÃO FRANCISCO DO CONDE (BA). 2015.

Redes sociais, websites e blogs
1.
ALVES, T. S.; RIOS, K. A. N. . Campanha pelo Território Pesqueiro/UFBA. 2013; Tema: Campanha pelo Território Pesqueiro Salvador/UFBA. (Rede social).


Demais tipos de produção técnica
1.
ALVES, T. S.. Assentamento Chico Mendes. 2018. (Cartas, mapas ou similares/Mapa).

2.
ALVES, T. S.. A linguagem dos mapas. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
ALVES, T. S.; Alcântara, D. M. . Projeto Político Pedagógico da Escola das Águas. 2017. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - material pedagógico).

4.
ALVES, T. S.. Comissão Cientifica - 2° Simpósio Baiano de Geografia Agrária. 2017. (Comissão Científica).

5.
ALVES, T. S.. Dilemas da Educação Básica: Geografias, violência escolar e formação docente. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

6.
ALVES, T. S.. Pescadores(as) artesanais e produção do espaço geográfico. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

7.
ALVES, T. S.; RIOS, K. A. N. . Identificação dos conflitos territoriais em áreas de comunidades tradicionais pesqueiras na Bahia. 2014. (oficina).

8.
ALVES, T. S.; RIOS, K. A. N. . Mapeando as comunidades Tradicionais Pesqueiras na Bahia e áreas de pesca. 2014. (oficina).

9.
ALVES, T. S.; RIOS, K. A. N. . Comunidades Tradicionais: lutas pelo território pesqueiro. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

10.
ALVES, T. S.; RIOS, K. A. N. . Pesca Artesanal, Territórios Pesqueiros e Conflitualidades. 2013. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - texto).

11.
ALVES, T. S.. Cartografia Interativa. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
Junior, P.; Torlbi, T.; ALVES, T. S.. Participação em banca de Vitor Matias de Souza.Comunidade Quilombola Varzinha dos Quilombolas: Territorialização no Sertão do Pajeú. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Pernambuco.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Encontro Nacional de Geógrafos.TERRITÓRIO PESQUEIRO: diversidade, cultura, saberes formativos e desafios no ensino de Geografia. 2018. (Encontro).

2.
Fórum Social Mundial. 2018. (Outra).

3.
III Seminário da Escola das Águas: construção de saberes nas correntes das águas.Quadro seis anos da Escola das Águas. 2018. (Seminário).

4.
ENCONTRO NACIONAL DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM GEOGRAFIA.DAS ÁGUAS AOS TERRITÓRIOS PESQUEIROS: A ESCOLA NO SER/SE FAZER PESCADOR(A) ARTESANAL. 2017. (Encontro).

5.
II Simpósio Baiano de Geografia Agrária.Educar para as águas: experiências formativas nos territórios pesqueiros. 2017. (Seminário).

6.
Oficina: Sequência Didática Interativa no Ensino de Ciências. 2017. (Oficina).

7.
Palestra: Redes sociais na educação: algumas questões para a formação de educadores. 2017. (Outra).

8.
Questão Agrária "Pés nos Chão".Pescadores(as) Artesanais. 2017. (Outra).

9.
Semana de Inovação Pedagógica - CECINE/UFPE. 2017. (Outra).

10.
VIII SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE GEOGRAFIA AGRÁRIA E IX SIMPÓSIO NACIONAL DE GEOGRAFIA AGRÁRIA."Território pesqueiro em Baiacu ? Vera Cruz (BA): organização e produção pesqueira". 2017. (Simpósio).

11.
Geografando nas sextas: o campo baiano em debate. 2016. (Outra).

12.
II Seminário da Escola das Águas: Educando nas Águas da autonomia. 2016. (Seminário).

13.
VII SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE GEOGRAFIA AGRÁRIA E VIII SIMPÓSIO NACIONAL DE GEOGRAFIA AGRÁRIA.A GESTÃO DA ATIVIDADE PESQUEIRA NO BRASIL: UM BREVE RELATO DAS HISTORIAS, CONFLITOS E LUTAS DOS PESCADORES(AS) ARTESANAIS. 2015. (Simpósio).

14.
II Congresso Internacional de Povos e Comunidades Tradicionais. 2014. (Congresso).

15.
I Seminário Integrado de Pesquisa, Ensino e Extensão em Geografia.Pescadores(as) artesanais e produção do espaço geográfico. 2014. (Seminário).

16.
I Simpósio de Geografia UNEB Campus V: "Bahia e suas diversidades".A PESCA ARTESANAL COMO ELEMENTO DA ORGANIZAÇÃO DO ESPAÇO EM VERA CRUZ (BA). 2014. (Simpósio).

17.
Painel do Mapeamento Biorregional das Comunidades Tradicionais na Bahia. 2014. (Outra).

18.
Palestra: "A questão agrária: desafios para entender a sua problemática na pesquisa geográfica. 2014. (Outra).

19.
Palestra: Reforma do Estado e Políticas Territoriais Contemporâneas. 2014. (Outra).

20.
Semana de Recepção dos calouros de Geografia. Exposição dos grupos de pesquisa do IGEO/UFBA: Projeto Integrado GeografAR. 2014. (Exposição).

21.
Seminário: Balanço da Reforma Agrária na Bahia. 2014. (Outra).

22.
Seminário: Monocultivo do Eucalipto: conflitos sócio-econômico e ambiental. 2014. (Seminário).

23.
VII Congresso Brasileiro de Geógrafos. Da organização a produção do espaço pesqueiro: a pesca artesanal em Vera Cruz (BA). 2014. (Congresso).

24.
III Simpósio de Cartografia para Escolares.O ensino da Geografia para além da formalidade: uma abordagem da cartografia da ação. 2013. (Simpósio).

25.
II Seminário Nacional de Espaços Costeiros. 2013. (Seminário).

26.
I Seminário de Estudos Agrários Bahia: Seca e a produção de alimentos. 2013. (Seminário).

27.
IX Encontro Baiano dos Estudantes de Geografia.Comunidades Tradicionais: lutas pelo território pesqueiro. 2013. (Encontro).

28.
Seminário: Caderno conflitos no campo baiano 2012. 2013. (Encontro).

29.
Seminário "Juntada" dos Saberes e Experiências - Projeto GeografAR.Perspectivas da Pesca Artesanal em Vera Cruz (BA). 2013. (Seminário).

30.
Seminário de Metodologia para o Levantamento da produção Pesqueira Artesanal. 2013. (Seminário).

31.
Seminário Estadual Terra, Território e Soberania Alimentar: Semeando a unidade e colhendo a liberdade. 2013. (Seminário).

32.
SEMINÁRIO NACIONAL - CONTRIBUIÇÃO À GEOGRAFIA BRASILEIRA. ENCONTRO DE GERAÇÕES. 2013. (Seminário).

33.
Seminário Reconstruindo a Cartografia: do produto a obra. 2013. (Seminário).

34.
XXXII SEMINÁRIO ESTUDANTIL DE PESQUISA e XIV SEMINÁRIO PESQUISA E PÓS GRADUAÇÃO.A PESCA ARTESANAL EM VERA CRUZ (BA): IDENTIDADES, CONTRADIÇÕES E PRODUÇÃO DO ESPAÇO. 2013. (Seminário).

35.
III Jornada Pedagógica do DEDC I: Educação e Movimentos Sociais: enlaces multidisciplinares. 2012. (Outra).

36.
II Simpósio Baiano de Licenciaturas.O ensino-aprendizagem da cartografia na educação de jovens e adultos: uma perspectiva de formação do professor de Geografia. 2012. (Seminário).

37.
XIX Encontro Nacional de Geógrafos.TERRITÓRIO PESQUEIRO: diversidade, cultura, saberes formativos e desafios no ensino de Geografia. 2012. (Encontro).

38.
XVII Encontro Nacional de Geógrafos.O ENSINO-APRENDIZAGEM DA CARTOGRAFIA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS ATRAVÉS DAS OFICINAS PEDAGÓGICAS: UMA PERSPECTIVA DE FORMAÇÃO DOCENTE. 2012. (Encontro).

39.
II Feira de Saberes em Educação de Jovens e Adultos.O QUE SE QUER DO CURRÍCULO?: REFLEXÕES SOBRE O CURRÍCULO NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS. 2011. (Outra).

40.
II Seminário Aberto do Grupo de Estudos Urbanos (GEU):. 2011. (Seminário).

41.
II Seminário Nacional Educação e Pluralidade Sociocultural.OFICINAS PEDAGÓGICAS DE CARTOGRAFIA NA EUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: UMA PROPOSTA METODOLÓGICA. 2011. (Seminário).

42.
Seminário Integrado PIBID Pedagogia e Dança: práticas arte-educadoras em alfabetização. 2011. (Seminário).

43.
VI SEMINÁRIO DE PESQUISA E PÓS GRADUAÇÃO UNEB.OFICINAS PEDAGÓGICAS DE CARTOGRAFIA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: UMA PROPOSTA METO´DOLÓGICA. 2011. (Seminário).

44.
X Encontro do Fórum de Estudual de EJA Bahia: o papel dos Fóruns de EJA e a construção do XII ENEJA. 2011. (Encontro).

45.
XI Encontro Nacional de Prática de Ensino de Geografia.A UTILIZAÇÃO DO APLICATIVO GOOGLE MAPS NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM DA CARTOGRAFIA: UMA EXPERIÊNCIA NA ESCOLA PÚBLICA. 2011. (Encontro).

46.
I Seminário Despertando a Idéia de Cidadania Planetária em época de Globalização.Litoral Norte - BA: Da expansão as implicações socio-ambientais. 2010. (Seminário).

47.
VII EBEGEO.Litoral Norte - BA: um estudo sócio ambiental. 2010. (Encontro).

48.
I Colóquio entre Educadores. 2009. (Outra).

49.
II Encontro Territorial de Políticas para Mulheres. 2009. (Encontro).

50.
III Semana de Geografia. 2009. (Seminário).

51.
III Semana de Geografia.Participação na oficina: A linguagem Cartográfica no cotidiano escolar. 2009. (Outra).

52.
III Semana de Geografia ? Campus XI.Mercado popular de Serrinha: diversidade e influência no bairro das Abóboras. 2009. (Seminário).

53.
III Semana de Geografia ? Campus XI.A geografia e a TIC na prática docente: uma nova perspectiva no ensino da geografia. 2009. (Seminário).

54.
IV Seminário do NUPE.A Cartografia no contexto escolar: um relato de esperiência do estágio supervisionado. 2009. (Seminário).

55.
VI Encontro Baiaino de Estudantes de Geografia.A geografia e a TIC na prática docente: uma nova perspectiva no ensino da geografia. 2009. (Encontro).

56.
XXVI Encontro Regional de Estudantes de Geografia do Nordeste. 2009. (Encontro).

57.
Extensão: A pesquisa em geografia e os trabalhos acadêmicos. 2008. (Outra).

58.
I Conferência Territorial de Juventude. 2008. (Oficina).

59.
III Seminário de pesquisa do NUPE - Campus XI. 2008. (Seminário).

60.
Seminário interdepartamental gênero raça e diversidade. 2008. (Seminário).

61.
Seminario Paulo Freire (UNEB, Campus XI).A Geografia e a TIC na Pratica Docente: Uma nova espectativa no ensino da Geografia. 2008. (Seminário).

62.
V Encontro Baiano dos Estudantes de Geografia - EBEGEO 2008. 2008. (Encontro).

63.
Encontro Interdepartamental: Cultura, Gênero e Raça. 2007. (Encontro).

64.
II Seminario do Núcleo de Pesquisa e Extensão - NUPE (UNEB, Campus XI). 2007. (Seminário).

65.
XIX Encontro Estadual dos Estudantes de Pedagogia ENEESP. 2007. (Encontro).

66.
Extensão: Metodologia do Trabalho Científico. 2006. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
ALVES, T. S.; Alcântara, D. M. ; RIOS, K. A. N. . III Seminário da Escola das Águas. 2018. (Outro).

2.
ALVES, T. S.; RIOS, K. A. N. ; Alcântara, D. M. . Encontro de Formação da Escola das Águas/MPP. 2018. (Outro).

3.
ALVES, T. S.; RIOS, K. A. N. ; Alcântara, D. M. ; SANTOS, T.R. ; ANTONINO, L. Z. ; GERMANI, G. I. . II Simpósio Baiano de Geografia Agrária. 2017. (Outro).

4.
ALVES, T. S.; A. C ; J J ; OLIVEIRA, M. R. . Lançamento do livro "R-EXISTÊNCIAS SOCIAIS PELA VIDA: camponesas e camponeses do que hoje é Suape (Brasil) e das zonas de reserva camponesas (Colômbia)". 2017. (Outro).

5.
GERMANI, G. I. ; SANTOS, T.R. ; LIMA, A. O. ; Lima, S. A. ; RIOS, K. A. N. ; ALVES, T. S. . Questão Agrária "Pés nos Chão". 2017. (Outro).

6.
ALVES, T. S.; SANTOS, T.R. ; ANTONINO, L. Z. . Exposição dos grupos de pesquisa do IGEO/UFBA: Projeto Integrado GeografAR. 2014. (Outro).

7.
ALVES, T. S.; SANTOS, T.R. ; ANTONINO, L. Z. ; GERMANI, G. I. ; LIMA, A. O. . Geografando nas sextas: o campo baiano em debate - Balanço da Reforma Agrária na Bahia. 2014. (Outro).

8.
ALVES, T. S.; GERMANI, G. I. ; LIMA, A. O. ; COUTO, S. M. S. ; RIOS, K. A. N. . Geografando nas Sextas: o campo baiano em debate - Lançamento caderno conflitos no campo Brasil 2012. 2013. (Outro).

9.
ALVES, T. S.; RIOS, K. A. N. . Estudantes da UFBA juntos nessa Campanha! Stands - Campanha Nacional pela Regularização dos Territórios das Comunidades Tradicionais Pesqueiras. 2013. (Outro).

10.
ALVES, T. S.. VII Encontro Baiano dos Estudantes de Geografia. 2010. (Outro).

11.
ALVES, T. S.. I Fórum Regional de Educação Inclusiva de Serrinha. 2009. (Outro).

12.
ALVES, T. S.. III Seminário do Núcleo de Pesquisa e Extenção - NUPE. 2008. (Outro).

13.
ALVES, T. S.. III Semana de Cultura de Serrinha. 2007. (Outro).



Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
ALVES, T. S.; GERMANI, G. I. . O ensino da Geografia para além da formalidade: uma abordagem da cartografia da ação. 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

2.
ALVES, T. S.; GERMANI, G. I. . A PESCA ARTESANAL EM VERA CRUZ (BA): IDENTIDADES, CONTRADIÇÕES E PRODUÇÃO DO ESPAÇO. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).



Outras informações relevantes


1. Aprovada em 3° lugar na Seleção pública para Prof. Substituto (edital 103/2015 - Geografia) da Universidade do Estado da Bahia - Campus Jacobina - 2015.


2. Aprovada em 5º lugar no concurso para Professor Padrão P  Grau 1 da carreira do Magistério Público do Ensino Fundamental e do Ensino Médio do Estado da Bahia - 2010 (DIREC 1A - POLO 4).


3. Aprovada no concurso público para professor da Prefeitura Municipal de Salvador para a disciplina Geografia. Edital (nº 01/2010).



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/12/2018 às 3:47:09