Marcello de Souza Freitas

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/2983865168700715
  • Última atualização do currículo em 19/06/2018


Meu campo de pesquisa é o estudo das relações culturais internacionais, dos fluxos de comunicação global, da diplomacia pública, da diplomacia cultural, das indústrias culturais e da política externa brasileira. Sou doutorando em política internacional na Aberystwyth University. Minha pesquisa atual é a análise das iniciativas de comunicação externa e diplomacia cultural do Brasil, durante os governos do Presidente Lula (2003-2010). Além disso, estudei um mestrado em Relações Internacionais na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), onde pesquisei o papel da música na política externa brasileira, durante os governos do presidente Lula. Em minha trajetória acadêmica, sempre busco basear meus estudos em uma abordagem multidisciplinar, que visa combinar Relações Internacionais, História, Comunicação Social e Economia Política e Economia da Cultura. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Marcello de Souza Freitas
Nome em citações bibliográficas
FREITAS, M. S.


Formação acadêmica/titulação


2016
Doutorado em andamento em International Politics.
Aberystwyth University, ABER, Gales.
Título: The cultural diplomacy of Lula Da Silva's governments,
Orientador: Professor Gary Rawnsley.
Coorientador: Dr Lucy Taylor.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: diplomacia cultural; política cultural externa; relações culturais internacionais.
2012 - 2014
Mestrado em Relações Internacionais.
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
Título: O universo da música na política externa brasileira,Ano de Obtenção: 2014.
Orientador: Mônica Leite Lessa.
Bolsista do(a): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ, FAPERJ, Brasil.
2009 - 2010
Especialização em História das Relações Internacionais. (Carga Horária: 360h).
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
Título: RELAÇÕES CULTURAIS NO CONE SUL: Expectativas em Relação ao Papel da UNILA como Fator de Ampliação do Mercosul Cultural (2007 - 2009).
Orientador: Monica Leite Lessa.
2008 - 2009
Especialização em Relações Internacionais. (Carga Horária: 382h).
Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-Rio, Brasil.
Título: A Rede das Mercocidaes e o Fator Cultural no Processo de Integração Regional: Um Novo Rumo para o MERCOSUL.
Orientador: Monica Salomón.
2008 interrompida
Graduação interrompida em 2010 em Relações Internacionais.
Universidade Estácio de Sá, UNESA, Brasil.
Ano de interrupção: 2010
1998 - 2004
Graduação em Administração.
Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
Título: O Futuro da Indústria Fonográfica no Brasil.
Orientador: Cláudio Gurgel.
2004 - 2005
Curso técnico/profissionalizante.
Instituto de Artes e Técnicas em Comunicação, IATEC, Brasil.




Formação Complementar


2013 - 2013
Extensão universitária em Mídia e Relações Internacionais (Módulo I). (Carga horária: 20h).
Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (UERJ), IFCH, Brasil.
2013 - 2013
Produção e Gestão de Projetos Culturais. (Carga horária: 16h).
Centro de Orientação de Negócios da Economia Criativa do RJ (RIO CRIATIVO), RIO CREIATIVO, Brasil.
2013 - 2013
Produção Executiva Para o Mercado Fonográfico. (Carga horária: 18h).
Instituto de Artes e Técnicas em Comunicação, IATEC, Brasil.
2012 - 2012
CULTURA E DESENVOLVIMENTO. (Carga horária: 8h).
Casa do Saber, CS, Brasil.
2012 - 2012
Sociedade Criativa. (Carga horária: 8h).
Casa do Saber, CS, Brasil.
2011 - 2011
A diplomacia e as opções internacionais do Brasil. (Carga horária: 8h).
Casa do Saber, CS, Brasil.
2009 - 2009
Español Intensivo - Avanzado I. (Carga horária: 40h).
Mundo Español Buenos Aires, MB, Argentina.
2007 - 2008
Cambridge English Advanced (CAE). (Carga horária: 300h).
Cultura Inglesa, CI, Brasil.
2006 - 2007
Hospitality English Program. (Carga horária: 500h).
International House Whistler - Canadá, IH, Canadá.
2006 - 2006
WHMIS TRAINING. (Carga horária: 30h).
INTRAWEST ULC RESORT CLUB GROUP, ULC, Canadá.
2005 - 2005
Técnicas de Gravação - Prática de Gravação. (Carga horária: 30h).
Instituto de Artes e Técnicas em Comunicação, IATEC, Brasil.
2005 - 2005
Produção Executiva de Shows e Eventos. (Carga horária: 45h).
Instituto de Artes e Técnicas em Comunicação, IATEC, Brasil.
2004 - 2005
Curso Técnico em Engenharia de Áudio (Reg. Áudio). (Carga horária: 225h).
Instituto de Artes e Técnicas em Comunicação, IATEC, Brasil.
2003 - 2004
Treinamento em Pro Tools. (Carga horária: 50h).
Instituto de Artes e Técnicas em Comunicação, IATEC, Brasil.
2003 - 2003
Masterização. (Carga horária: 12h).
Instituto de Artes e Técnicas em Comunicação, IATEC, Brasil.
2003 - 2003
Medidas em Áudio. (Carga horária: 30h).
Instituto de Artes e Técnicas em Comunicação, IATEC, Brasil.
2003 - 2003
Home Studio. (Carga horária: 40h).
Instituto de Artes e Técnicas em Comunicação, IATEC, Brasil.
2003 - 2003
Restauração de Áudio. (Carga horária: 6h).
Instituto de Artes e Técnicas em Comunicação, IATEC, Brasil.
2003 - 2003
Produção Fonográfica. (Carga horária: 30h).
Instituto de Artes e Técnicas em Comunicação, IATEC, Brasil.
2003 - 2003
Áudio ? Fundamentos. (Carga horária: 30h).
Instituto de Artes e Técnicas em Comunicação, IATEC, Brasil.
2002 - 2003
Curso Básico - Canto popular. (Carga horária: 300h).
Escola de Música Villa Lobos, EMVL, Brasil.
2000 - 2000
Extensão universitária em Logística e a Cadeia de Suprimentos. (Carga horária: 24h).
Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.
2000 - 2000
Extensão universitária em Marketing de Serviços. (Carga horária: 20h).
Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.
1997 - 1999
Cambridge First Certificate in English (FCE). (Carga horária: 500h).
Lady Mary Prep Course, LM, Brasil.
1998 - 1998
Sistema de Integração de Agentes. (Carga horária: 40h).
Rede Globo - Matriz, TV GLOBO, Brasil.
1988 - 1997
Curso de Inglês. (Carga horária: 780h).
Centro de Cultura Anglo Americana (CCAA), CCAA, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Programa de Estágio Docente, Carga horária: 4
Outras informações
Graduação em Relações Internacionais (UERJ) - Turma de História das Relações Internacionais I Supervisão: Profa. Mônica Leita Lessa.

Atividades

05/2012 - 08/2014
Pesquisa e desenvolvimento , PPGRI, .


Colégio ADN, ADN, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2012
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estágio Docente, Carga horária: 4
Outras informações
Disciplina: História - Turmas: Ensino Médio


Club IntraWest Whistler, CI, Canadá.
Vínculo institucional

2006 - 2007
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Work Experience, Carga horária: 45


DICE - English Course, DC, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2004
Vínculo: professor estagiário, Enquadramento Funcional: professor de inglês, Carga horária: 20


Instituto de Artes e Técnicas em Comunicação (IATEC), IATEC, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2004
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Assistente Produção Fonográfica, Carga horária: 10


UERJ / Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais., PPGRI, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: professor voluntário da graduação em RI(UERJ), Carga horária: 4
Outras informações
Aulas ministradas por Marcello de Souza Freitas na graduação de Relações Internacionais da UERJ, nas disciplinas: história das relações internacionais I, mídia e relações internacionais e cultura e relações internacionais.


The Global Communications Research Centre (Aberystwyth University), GCRC, Grã-Bretanha.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Assistente
Outras informações
The Global Communications Research Centre (GCRC) is hosted by the Department of International Politics, Aberystwyth University. GCRC aims to develop a research culture oriented around global and strategic communications. It will build on existing research strengths and projects in the University while identifying other areas for investigation. At the same time, the expertise embedded in the Centre will make a strong contribution to the research outreach of other Centres hosted by Interpol, helping to strengthen the Department?s integrated research culture. Moreover, the GCRC will bring together colleagues from across the University with research interests in global and strategic communications to encourage an interdisciplinary perspective and research agenda. We will promote outreach as one of the Centre?s key responsibilities. Providing practical solutions to contemporary communication challenges, the Centre will engage routinely with policymakers in the UK and overseas. Our aim will be to separate myth from reality when assessing how new technologies affect communication power, and understanding how diplomats, the military, and the media may work better together and what they may learn from each other. In short, the CGRC will promote advanced and, where possible, applied research, support teaching, encourage an interdisciplinary research culture, and enhance understanding of global and strategic communications across the University and beyond.



Linhas de pesquisa


1.
POLÍTICA, CULTURA E INSTITUIÇÕES


Projetos de pesquisa


2014 - Atual
Meios do Brasil
Descrição: O website reúne dados coletados e analisados na investigação empírica Estudo de Propriedade e Concentração de Mídia no Brasil, desenvolvido no âmbito do Programa de Pós-graduação em Comunicação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Nesta fase da pesquisa (2012-2015) exploramos as configurações da propriedade dos grupos de mídia e de telecomunicações no Brasil e o fluxo das fusões, aquisições e de INVESTIMENTO do capital estrangeiro no setor. A coleta de dados e a análise empírica estão ancoradas no faturamento bruto anual das empresas, em índices de audiência, no número de acessos em banda larga de 10 indústrias de mídia e de telecomunicações: telefonia com fio, telefonia sem fio, cinema (distribuição), portais de notícias, TV aberta, TV por assinatura, rádio, jornais, revistas e editoras de livros. A investigação tem origem e dá continuidade ao trabalho de pesquisa de campo e de diagnóstico setorial desenvolvido originalmente como parte do projeto colaborativo International Media Concentration Research Project, abrigado no Columbia Institute for Tele-Information (CITI) da Universidade de Columbia em Nova York (2009-2011). O livro que resulta desse estudo comparado internacional tem lançamento previsto para agosto de 2015: Who Owns the World Media? Media Concentration and Ownership around the World, Oxford University Press, organização de Eli Noam, coordenador do projeto. http://www.meiosnobrasil.com.br/.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Marcello de Souza Freitas - Coordenador / Sonia Virgínia Moreira - Integrante.
2012 - 2014
Mídia e Relações Internacionais
Descrição: Pesquisa Vinculada ao Núcleo de Estudos Internacionais Brasil - Argentina (NEIBA).
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (5) / Mestrado acadêmico: (3) .
Integrantes: Marcello de Souza Freitas - Coordenador / Hugo Rogelio Suppo - Integrante.
2009 - 2010
HISTÓRIA, CULTURA E POLÍTICA NO BRASIL - UERJ
Descrição: Descrição: As linhas de pesquisa deste Grupo desenvolveram-se em diversos sentidos, tanto acadêmicos quanto institucionais, concretizando assim a incorporação de novos pesquisadores de IES. Note-se também a integração com outros grupos e pesquisadores através da Rede Alfredo de Carvalho, bem como a participação de um dos líderes deste Grupo na Comissão nomeada pela Reitoria da UERJ, para tratar das atividades referentes ao Bicentenário da Imprensa no Brasil, em 2008. Da mesma forma que a participação de outros membros deste GRPEsq na Rede de Pesquisa Agendas e Atores de Política Externa, sediada no IRI-PUC-RJ. Em virtude do interesse suscitado pelas Relações Internacionais a linha foi ampliada com o ingresso de novos pesquisadores e desdobrou-se em uma segunda linha: "Estudo das Relações Internacionais". Os trabalhos de orientação e pesquisa materializados nos diversos Projetos PIBIC (CNPq e UERJ), as inúmeras dissertações concluídas, bem como as publicações nessa área atestam a coerência desse grupo . Nesse sentido um dos passos mais importante foi a fundação do Laboratório de Estudo de Assuntos Internacionais (2000) e, desde a última atualização dos dados referentes a este grupo, destacamos a organização e participação dos líderes e pesquisadores em diversas palestras, conferências, bancas, entrevistas e artigos na mídia, congressos e publicações especializadas e, sobretudo, em 2008, a criação do Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais da UERJ. Assinalamos ainda a coerência dos participantes no que tange a relação entre pesquisa-orientação-publicação-docência.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Revisor de periódico


2015 - Atual
Periódico: Revista NEIBA (Núcleo de Estudos Internacionais Brasil e Argentina)


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Administração.
2.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Comunicação.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
BRAGANCA, D. A.2018BRAGANCA, D. A. ; FREITAS, M. S. . Lobo sem pele de cordeiro: o impacto do ?fator Trump? para a mobilização conservadora latino-americana.. CONJUNTURA INTERNACIONAL (BELO HORIZONTE. ONLINE), v. 14, p. 59-69, 2018.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
FREITAS, M. S.. O Universo da Música na Política Externa Brasileira. 1. ed. Saarbrücken: Novas Edições Acadêmicas, 2015. v. 1. 276p .

Capítulos de livros publicados
1.
FREITAS, M. S.. The Creative Cultural Industry: The production of concepts in the process of commodification of culture and its impact. In: Paulo FAustino; Terry Flew. (Org.). JOCIS - Journal of Creative Industries and Cultural Studies (Vol II) (Volume Book 2). 1ed.Lisboa: MediaXXI, 2018, v. II, p. 62-81.

2.
FREITAS, M. S.. Oportunidades e desafios para as políticas de difusão externa da música brasileira. In: Paulo Faustino e Sónia Virgínia Moreira. (Org.). Estratégias, Economia e Administração de Empresas de Mídias e Criativas. 1ed.Lisboa: Media XXI, 2015, v. 1, p. 191-210.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
FREITAS, M. S.. OS DESAFIOS PARA A DIPLOMACIA CULTURAL BRASILEIRA NO SÉCULO XXI: AS POLÍTICAS DE DIFUSÃO EXTERNA DA MÚSICA BRASILEIRA ENTRE 2003 E 2010. In: I JORNADA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS DO NEIBA, 2014, Rio de Janeiro. Anais da I JORNEIBA / Jornada de Relações Internacionais do NEIBA. Rio de Janeiro: NEIBA-PPGRI, UERJ, 2014. v. 1. p. 80-100.

2.
FREITAS, M. S.. Os Desafios da Indústria da Música no Brasil no Século XXI. In: IX Enecult - Encontro de Estudos Multidisciplinares em Cultura, 2013, Salvador. IX Enecult - Encontro de Estudos Multidisciplinares em Cultura. Salvador: UFBA, 2013. v. v.1.

3.
FREITAS, M. S.. Aspectos da Economia Criativa no Mercosul: o caso do Brasil e da Argentina (2003 - 2011). In: III Congresso Internacional do Núcleo de Estudos das Américas (NUCLEAS), 2012, Rio de Janeiro. III Congresso Internacional do Núcleo de Estudos das Américas - América Latina: processos civilizatórios e crises do capitalismo contemporâneo. rio de janeiro: UERJ / NUCLEAS / FCE / Faculdade de Direito, 2012.

4.
FREITAS, M. S.. A Economia da Cultura e o Desenvolvimento no Cone Sul: Novos Caminhos para Integração entre Brasil e Argentina através da Indústria da Música (2003-2011). In: 4º Encontro Nacional da União Latina de Economia Política da Informação, da Comunicação e da Cultura (ULEPICC-Brasil), 2012, Rio de Janeiro. Encontro ULEPICC Brasil, 2012. v. 4.

5.
FREITAS, M. S.. ASPECTOS DA ECONOMIA CRIATIVA NO MERCOSUL A Indústria Fonográfica como fator de aproximação entre Brasil e Argentina (2003 ? 2011). In: III CEPIAL - Congresso de Cultura e Educação para Integração da América Latina - Semeando Novos Rumos, 2012, Curitiba. ANAIS III CEPIAL: Eixo 4: Cultura e Identidade na América Latina - GT 4.7: Interculturalidade, Identidades e Arte Latino-americana. Curitiba -PR: CASLA - Casa Latino Americana, 2012. v. 3º.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
FREITAS, M. S.. Aspectos da Economia Criativa no Mercosul: o caso do Brasil e da Argentina (2003 - 2011). In: III Congresso Internacional do Núcleo de Estudos das Américas - América Latina: processos civilizatórios e crises do capitalismo contemporâneo, 2012, Rio de Janeiro. III Congresso Internacional do Núcleo de Estudos das Américas - América Latina: processos civilizatórios e crises do capitalismo contemporâneo - Livro de Resumos. rio de janeiro: UERJ / NUCLEAS / FCE / Faculdade de Direito, 2012. v. 1. p. 88-88.

Artigos aceitos para publicação
1.
FREITAS, M. S.. As políticas para a difusão da música brasileira para o mundo. Revista Neiba Cadernos Argentina-Brasil v. 4, n. 1, 2015.

2.
FREITAS, M. S.. RELAÇÕES CULTURAIS NO CONE SUL: Expectativas em Relação ao Papel da UNILA como Fator de Ampliação do Mercosul Cultural (2007 - 2009). Anais do Fórum Universitário do Mercosul (FOMERCO), 2011.

Apresentações de Trabalho
1.
FREITAS, M. S.; FREITAS, M. S. ; FREITAS, M. S. . As políticas para a difusão internacional da música brasileira. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
FREITAS, M. S.. Cultura e Relações Internacionais. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
FREITAS, M. S.. O Universo da Música na Política Externa Brasileira. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
FREITAS, M. S.. Introdução ao Conceito de Soft Power. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
FREITAS, M. S.. Reflexões de Jean-Baptiste Duroselle sobre as relações culturais internacionais. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
FREITAS, M. S.. Introdução a obra de Stuart Hall: A Identidade Cultural na Pós-modernidade. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
FREITAS, M. S.. Os Desafios para a Diplomacia Cultural Brasileira no Século XXI: as políticas de difusão externa da música brasileira entre 2003 e 2010. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
FREITAS, M. S.. As políticas para a difusão da música brasileira para o mundo. 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

9.
FREITAS, M. S.. Os Desafios da Indústria da Música no Brasil no Século XXI. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
FREITAS, M. S.. ASPECTOS DA ECONOMIA CRIATIVA NO MERCOSUL: A Indústria Fonográfica como fator de aproximação entre Brasil e Argentina (2003 ? 2011). 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

11.
FREITAS, M. S.. Aspectos da Economia Criativa no Mercosul: o caso do Brasil e da Argentina (2003 - 2011). 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

12.
FREITAS, M. S.. A Economia da Cultura e o Desenvolvimento no Cone Sul: Novos Caminhos para Integração entre Brasil e Argentina através da Indústria da Música (2003-2011). 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

13.
FREITAS, M. S.. RELAÇÕES CULTURAIS NO CONE SUL: Expectativas em Relação ao Papel da UNILA como Fator de Ampliação do Mercosul Cultural (2007 - 2009). 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Outras produções bibliográficas
1.
FREITAS, M. S.. Manual do software Cyber Dj, 2004. (Tradução/Outra).


Produção técnica
Redes sociais, websites e blogs
1.
FREITAS, M. S.. O Fator Cultural. 2015; Tema: Cultura e relações internacionais. (Blog).

2.
FREITAS, M. S.. Revista digital 'O Fator Cultural' Facebook. 2015; Tema: cultura e relações internacionais. (Rede social).

3.
FREITAS, M. S.; Thiago Fernandes . www.myspace.com/nocomplai. 2005; Tema: Música. (Rede social).


Demais tipos de produção técnica

Produção artística/cultural
Música
1.
FREITAS, M. S.; Thiago Fernandes . CD Compilación Do It Yourself. 2007. Registro Fonográfico.

2.
FREITAS, M. S.; Thiago Fernandes . CD NOCOMPLAI: 'O Rock Não São Flores!'. 2007. Registro Fonográfico.

3.
FREITAS, M. S.; Thiago Fernandes . CD Coletânea Zona Punk. 2006. Registro Fonográfico.

4.
FREITAS, M. S.. CD Coletânea Underground Storm. 2006. Registro Fonográfico.

5.
FREITAS, M. S.; Thiago Fernandes . CD Coletânea Músicas Bacanas para pessoas Descoladas vol. 3. 2006. Registro Fonográfico.

6.
FREITAS, M. S.; FREITAS, M. S. ; Thiago Fernandes . Hangar 110 - Lançamento da Coletânea 'Andando Por Aí...'. 2005. Apresentação de Obra (para compositores).

7.
FREITAS, M. S.. Circo Voador - Domingo no Circo com show do Nocomplai. 2005. Apresentação de Obra (para compositores).

8.
FREITAS, M. S.. Espaço Marun - Festa 'manisfesto new school' - show Nocomplai. 2005. Apresentação de Obra (para compositores).

9.
FREITAS, M. S.. Espaço Cultural Constituição - Projeto Reggae 'léo'. 2005. Apresentação de Obra (para compositores).

10.
FREITAS, M. S.; Thiago Fernandes . CD Coletânea Andando Por Ai. 2004. Registro Fonográfico.

11.
FREITAS, M. S.. CD Coletânea 'Andando Por Ai...'. 2004. Registro Fonográfico.

12.
FREITAS, M. S.. CD DEMO Nocomplai II. 2004. Registro Fonográfico.

13.
FREITAS, M. S.. CD DEMO Nocomplai. 2003. Registro Fonográfico.

14.
FREITAS, M. S.. Lona Cultural Gilberto Gil - Apresentação da banda Nocomplai. 2003. Apresentação de Obra (para compositores).

15.
FREITAS, M. S.. Villa Lobos - Apresentação 'prática de conjunto' no Auditório da EMVL. 2003. Apresentação de Obra (para compositores).

16.
FREITAS, M. S.. Show na loja de instrumentos ' A Guitarra de Prata'. 2002. Apresentação de Obra (para compositores).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
ABEP-UK Conference 2018: Pós-graduação e pesquisa no exterior: oportunidades e desafios da internacionalização. 2018. (Congresso).

2.
UNESCO: promoting and protecting culture across the world. 2018. (Oficina).

3.
BISA-The British International Studies Association 42nd Annual Conference. 2017. (Congresso).

4.
AU Learning and Teaching Conference 2016 (Aberystwyth University. 2016. (Seminário).

5.
British Council / ABRUEM - Brazil UK Study Tour.A diplomacia Cultural dos governos Lula. 2016. (Encontro).

6.
Drawing in Research (Cardiff University). 2016. (Oficina).

7.
Powerful Presentation (Aberystwyth University). 2016. (Oficina).

8.
CEBRI: Does South Africa Still Have Soft Power?. 2015. (Exposição).

9.
IV Congresso de Comunicação & Música (UERJ). As políticas para a difusão internacional da música brasileira. 2015. (Congresso).

10.
Argentina e Brasil face às mudanças do sistema internacional. 2013. (Seminário).

11.
IX Enecult - Encontro de Estudos Multidisciplinares em Cultura.Os Desafios da Indústria da Música no Brasil no Século XXI. 2013. (Encontro).

12.
Mídia e Política no Brasil. 2013. (Seminário).

13.
Mídia e Relações Internacionais. 2013. (Seminário).

14.
Propriedade Intelectual e Patentes: mitos, desafios e oportunidades (FAPERJ). 2013. (Seminário).

15.
The Future of Corporate Governance And Intellectual Property Protection (FGV). 2013. (Congresso).

16.
4º Encontro Nacional da União Latina de Economia Política da Informação, da Comunicação e da Cultura (ULEPICC-Brasil).A Economia da Cultura e o Desenvolvimento no Cone Sul: Novos Caminhos para Integração entre Brasil e Argentina através da Indústria da Música (2003-2011). 2012. (Encontro).

17.
Brasil-Argentina: a construção de uma estratégia conjunta (CEBRI). 2012. (Seminário).

18.
Europe Day Conference ?Perspectives for the Future of the European Union? (FGV). 2012. (Congresso).

19.
III CEPIAL - Congresso de Cultura e Educação para Integração da América Latina - Semeando Novos Rumos. ASPECTOS DA ECONOMIA CRIATIVA NO MERCOSUL: A Indústria Fonográfica como fator de aproximação entre Brasil e Argentina (2003 ? 2011). 2012. (Congresso).

20.
III Congresso Internacional do Núcleo de Estudos das Américas - América Latina: processos civilizatórios e crises do capitalismo contemporâneo. Aspectos da Economia Criativa no Mercosul: o caso do Brasil e da Argentina (2003 - 2011). 2012. (Congresso).

21.
II Seminário de Economia Criativa da ESPM. 2012. (Seminário).

22.
1º Seminário de Economia Criativa da ESPM. 2011. (Seminário).

23.
XII CONGRESSO INTERNACIONAL DO FORUM UNIVERSITÁRIO DO MERCOSUL (FOMERCO). RELAÇÕES CULTURAIS NO CONE SUL: Expectativas em Relação ao Papel da UNILA como Fator de Ampliação do Mercosul Cultural (2007 - 2009). 2011. (Congresso).

24.
A Integração Latino-Americana em Foco: 50 Anos de ALALC / ALAD (Fundação Alexandre de Gusmão). 2010. (Seminário).

25.
200 Anos de Independência: Olhar o Futuro numa Perspectiva Sul-Americana - 1° Encontro de Historiadores. 2008. (Encontro).

26.
CEBRI 10 Anos: Desafios da política externa brasileira.. 2008. (Seminário).

27.
Encontro com o Mercosul. 2008. (Congresso).

28.
O Brasil na América do Sul :promovendo a integração e a cooperação regionais (CINDES). 2008. (Seminário).

29.
Segurança Internacional em Debate - IRI - PUC RJ. 2008. (Seminário).

30.
O QUEBRA-CABEÇAS DA INTEGRAÇÃO SUL AMERICANA - DESAFIOS NACIONAIS, REGIONAIS E GLOBAIS.(IRI - PUC RJ). 2007. (Seminário).

31.
VII Encontro Regional dos Estudantes de Administração. 1999. (Encontro).

32.
Encontro Internacional de QFD - Fundação Christiano Ottoni. 1997. (Encontro).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
FREITAS, M. S.; RAWNSLEY, G. . Public diplomacy and Taiwan's campaign to join the WHA. 2018. (Congresso).

2.
FREITAS, M. S.; RAWNSLEY, G. . ​Public lecture by Professor Leighton Andrews on ?Facebook, the Media and Democracy?. 2018. (Outro).

3.
FREITAS, M. S.. The Deserving Poor:Colonial Genealogies from Abolition to Brexit (lecture by Professor Robbie Shilliam). 2017. (Outro).

4.
FREITAS, M. S.; SUPPO, H. R. . II Jornada de Relações Internacionais do NEIBA. 2015. (Congresso).

5.
FREITAS, M. S.. XIII Congresso Internacional FoMerco 2012 - Fórum Universitário Mercosul. 2012. (Congresso).

6.
FREITAS, M. S.. Resistência Underground. 2008. (Festival).

7.
FREITAS, M. S.. Festival Cena Urbana II -O Rock na Praça Continua. 2006. (Festival).

8.
FREITAS, M. S.; Thiago Fernandes . Hardcore no Posto II. 2006. (Festival).

9.
FREITAS, M. S.. Festival Cena Urbana I - Rock na Praça. 2005. (Festival).

10.
FREITAS, M. S.; Thiago Fernandes . Hardcore no Posto I. 2005. (Festival).

11.
FREITAS, M. S.. Resistência Underground II - itinerante. 2005. (Festival).

12.
FREITAS, M. S.. Resistência Underground III - Campeonato de skate. 2005. (Concerto).

13.
FREITAS, M. S.. ZNóide. 2002. (Outro).

14.
FREITAS, M. S.. Ideal Skateboard Rock Party. 2000. (Outro).



Educação e Popularização de C & T



Redes sociais, websites e blogs
1.
FREITAS, M. S.. O Fator Cultural. 2015; Tema: Cultura e relações internacionais. (Blog).

2.
FREITAS, M. S.. Revista digital 'O Fator Cultural' Facebook. 2015; Tema: cultura e relações internacionais. (Rede social).

3.
FREITAS, M. S.; Thiago Fernandes . www.myspace.com/nocomplai. 2005; Tema: Música. (Rede social).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/11/2018 às 23:39:06