Catalina Revollo Pardo

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/1976265962317059
  • Última atualização do currículo em 05/09/2018


Pós-doutoranda do Programa em Psicossociologia de Comunidades e Ecologia Social, EICOS, com o projeto de pesquisa acerca coletivos migrantes na cidade do Rio de Janeiro, e professora colaboradora do programa EICOS da UFRJ desenvolvendo tarefas de (a) atividades de pesquisa, (b) atividades de ensino, (c) atividades de gestão, (d) atividades de extensão. Doutora em Psicossociologia de Comunidades e Ecologia Social EICOS, instituto de psicologia IP da Universidade Federal de Rio de Janeiro.Tese de doutorado: Traduzindo testemunhos de migração forçada de mulheres vítimas do "desplazamiento" na Colômbia. Possui mestrado em psicossociologia de comunidades e ecologia social - EICOS, instituto de psicologia IP da Universidade Federal de Rio de Janeiro, graduação em Psicologia - Universidad de La Sabana (2003), Especialização em Psicanálise Clínica (2007) e MBA (2007) em Gestão de Pessoas. É pesquisadora de comunidades em assuntos migratorios, desenvolve projetos comunitarios artísticos em comunidades do Rio de Janeiro e Bogotá-Colômbia. Tem matricula no Conselho Regional de Psicologia-Rio de Janeiro. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Catalina Revollo Pardo
Nome em citações bibliográficas
REVOLLO PARDO, C.;REVOLLO PARDO, CATALINA

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Rio de Janeiro, Instito de Psicologia/Programa de Psicossociologia e Ecologia Social EICOS.
Avenida Pasteur 250-Pavilhão Nilton Campos
Urca
22290250 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil
Telefone: (21) 38735349


Formação acadêmica/titulação


2011 - 2015
Doutorado em Psicossociologia de Comunid.E Ecologia Social.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: Traduzindo Testemunhos de Mulheres Vítimas de Desplazamiento Forçado na Colômbia, Ano de obtenção: 2015.
Orientador: MARIA INACIA D'AVILA NETO.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: PSICOSSOCIOLOGIA de COMUNIDADES; Migração Forçada; Testemunhos; Desplazamiento; ESTUDO de MULHERES.
2009 - 2011
Mestrado em Psicossociologia de Comunid.E Ecologia Social.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: Narrativa das Mulheres Viúvas em Situação de Deslocamento em Colômbia,Ano de Obtenção: 2011.
Orientador: Maria Inácia D'Ávila Neto.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Conflito armado colombiano; Deslocamento interno; Migração Forzada; Testemunhos.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Psicologia.
2006 - 2007
Especialização em Psicanálise Clínica. (Carga Horária: 456h).
Institutos Superiores de Educação Nossa Senhora Auxiliadora, ISECENSA, Brasil.
Título: Psicanálise & Neurose de Guerra, Uma leitura aproximada ao fenômeno guerrilheiro colombiano.
Orientador: Professor Doutor Paulo Arthur Buchvitz.
1998 - 2003
Graduação em Psicologia.
Universidad de La Sabana, UNISABANA, Espanha.
Título: Estado del Arte de la Investigación en Orientación Vocacional y Profesional de Bogotá desde 1990 / 2002.
Orientador: Ester Susana Martinez.


Pós-doutorado


2017
Pós-Doutorado.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Outros / Área: Defesa / Subárea: Estudos Migratorios.
Grande Área: Outros / Área: Defesa / Subárea: Estudos de Memória.


Formação Complementar


2006 - 2008
MBA em MBA em Gestão de Pessoas. (Carga Horária: 360h).
Universidade Salgado de Oliveira, UNIVERSO, Brasil.
2004 - 2005
General English. (Carga horária: 1300h).
The Burlington School of English London, BSE, Inglaterra.
2004 - 2004
Ways of Seeing. (Carga horária: 64h).
University of London, UL, Inglaterra.
2001 - 2001
Taller de Gestores. (Carga horária: 40h).
Corporación Opción Colombia, COC, Colômbia.


Atuação Profissional



Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, UFRRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Professora Colaboradora, Enquadramento Funcional: Professora Colaboradora, Carga horária: 40
Outras informações
Minhas tarefas estão relacionadas aos quesitos de: (a) atividades de pesquisa, (b) atividades de ensino, (c) atividades de gestão, (d) atividades de extensão Atividades de ensino Disciplinas: 2017-1 Ecologia Social e Comunidades (graduação) 2017-2 Identidades Culturais na Contemporaneidade - Estudos avançados dos legados da Crítica decolonial latino-americana; para o contexto da Psicossociologia de Comunidades e Ecologia Social. (pós graduação) 2018-1 - Identidades Culturais na Contemporaneidade: Pesquisa Participativa 2018-2 - Identidades Culturais na Contemporaneidade: Trajetórias da Crítica Decolonial Latino-Americana: legados para a interpretação deslocada do fenômeno social na contemporaneidade. Atividades de gestão Membro de comissões: Comissão de Bolsas Comissão Relatório Sucupira Comissão de Credenciamento dos Professores do Programa EICOS Comissão Base de Dados Comissão Programa Sanduíche PDSE-CAPES

Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: pos-doutoanda, Carga horária: 40
Outras informações
Orientador Mohammed Elhajji Projeto: Analisando os coletivos da população imigrante no Rio de Janeiro

Vínculo institucional

2009 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Bolsista

Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professora Visitante, Carga horária: 3
Outras informações
Disciplina: Migrações, Diásporas, Identidades Transnacionais e Mediações Interculturais Para Mestrado-Doutorado Pósgraduação em Psicossociologia de Comunidades e Ecologia Social EICOS - IP e Programa de Pós-graduação em Comunicação e Cultura - ECO

Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professora Visitante, Carga horária: 3
Outras informações
IPS - 815 Disciplina Identidades Culturais na Contemporaneidade

Atividades

07/2016 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instito de Psicologia/Programa de Psicossociologia e Ecologia Social EICOS, .

Linhas de pesquisa
DIASPOTICS
03/2016 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instito de Psicologia/Programa de Psicossociologia e Ecologia Social EICOS, .

03/2009 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Psicologia, .


Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, UNIRIO, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: pesquisadora convidada, Enquadramento Funcional: pesquisadora convidada, Carga horária: 10
Outras informações
Grupo de pesquisa Grupo de Estudos e Pesquisas Formação de Professores/as, Currículo (s), Interculturalidade e Pedagogias Decoloniais - GFPPD., do(a) Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professora Visitante, Carga horária: 3
Outras informações
Disciplina: Tópicos Especiais em Educação - Contribuição dos estudos pós-coloniais para o campo educacional. Para Mestrado-Doutorado Programa de Pósgraduação em Educação.

Atividades

03/2016 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Reitoria, Centro de Ciências Humanas e Sociais (CCH).


Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Psicologia, ANPEPP, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Pesquisadora convidada, Enquadramento Funcional: Membro GT Psicologia Comunitaria


La Clandestina, LACLAN, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Escola do Parlamento da Câmara Municipal de São Paulo, EPCMP, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 4
Outras informações
Curso: São Paulo de Todos os Imigrantes Modulo: Colômbia: Acordo de Paz e os impactos nos deslocamentos humanos


Prefeitura Municipal de São Paulo, PMSP, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Oficinista, Carga horária: 3
Outras informações
Realização da oficina ?Fazendo MANDALAS Huicholes Mexicanos com La Clandestina?, na unidade escolar, parte integrante da programação da Jornada Municipal de Educação para as Relações Étnico-raciais. Você realizará a atividade com educandos do Programa ProJovem (Jovens e Adultos) no CEU EMEF Feitiço da Vila. Abaixo, seguem as informações: · Data: 14/09/2016; · Horário: 19h30; · Local: CEU EMEF Feitiço da Vila; · Telefone: 3397-6603/3397-6607 · Endereço: R. Feitiço da Vila, 399 - Chácara Santa Maria, São Paulo


Institutos Superiores de Educação Nossa Senhora Auxiliadora, ISECENSA, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2007
Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Psicólogo clínico na área de psicanálise, Carga horária: 6
Outras informações
Análise de adultos, adolescentes e crianças.


Corporación Opción Colombia, COC, Colômbia.
Vínculo institucional

2002 - 2002
Vínculo: Funcionario, Enquadramento Funcional: Pesquisador social e Psicólogo Educativo, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Delegado pela corporação para executar o programa dos Ministérios de Comunicações e de Educação, ?Computadores para Educar?, na cidade de Moñitos no departamento de Córdoba ? Colômbia. Desenvolvimento das áreas: legal, sócio-educativa e técnica, do projeto.


Camara de Comercio de Bogotá, CCB, Colômbia.
Vínculo institucional

2003 - 2004
Vínculo: Funcionario, Enquadramento Funcional: Pesquisador na area de comunidades, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Delegado para o programa; Zonas Seguras da Prefeitura Maior de Bogotá, Policia Metropolitana de Bogotá e Câmara de Comercio de Bogotá.


Fundación Cardio Infantil, FCI, Colômbia.
Vínculo institucional

2003 - 2003
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Assistente de Psicóloga Clínica, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


Instituto Colombiano de Bienestar Familiar, ICBF, Colômbia.
Vínculo institucional

2000 - 2001
Vínculo: Voluntario, Enquadramento Funcional: Pesquisador e capacitador, Carga horária: 4


Gobernación de Cundinamarca, GC, Colômbia.
Vínculo institucional

2001 - 2001
Vínculo: Voluntario, Enquadramento Funcional: Pesquisador de comunidades, Carga horária: 4
Outras informações
Pesquisador social para o Projeto de Participação Cidadã do Governo de Cundinamarca, na Cidade de Cajica


Asociación Santa Cruz Colombia, ASCC, Colômbia.
Vínculo institucional

1999 - 2001
Vínculo: Voluntario, Enquadramento Funcional: Dirigente de grupos, Carga horária: 4
Outras informações
Criar e liderar atividades educativas, brindar orientação psicológica para adolescentes


Vanguardia de Acción Católica Social, VACS, Colômbia.
Vínculo institucional

1994 - 1997
Vínculo: Voluntario, Enquadramento Funcional: Professor de catequeses, Carga horária: 4



Linhas de pesquisa


1.
Laboratório de Imagens: gênero, corpo, espaço, participação e desenvolvimento - UFRJ

Objetivo: Desenvolvimento Durável, Mulheres, Desigualdades e Justiça Social Gênero, desenvolvimento e meio ambiente Memória cultural, invenção do quotidiano, metodologias narrativas e participação.
2.
Laboratório de memórias, territórios e ocupações: rastros sensíveis
3.
DIASPOTICS
4.
Grupo de Estudos e Pesquisas Formação de Professores/as, Currículo (s), Interculturalidade e Pedagogias Decoloniais - GFPPD


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Migrações, Interculturalidade e Cidadania: analisando os coletivos da população imigrante no Rio de Janeiro
Descrição: Com a intenção de aportar elementos para os estudos migratórios, este projeto tem como objetivo Investigar os processo de configuração, produção e ação dos coletivos sociais e redes de coletivos sociais da população migrante no Rio de Janeiro. Nesta primera fase da pesquisa foi constituido o enquadramento teoricos metodologico para prolematizar as categorias de intercilturalidade e cidadania com os aportes da proposta de analsie transnaiconal, como também com elementos críticos do legado da critica decolonial. Se localizaram 12 coletivos de migrantes da cidade do Rio de Janeiro, foram sistematizados seus elementos constitutivos para começar a construir do dados. Palavras Chave: Migração, Coletivos Migrantes, Rio de Janeiro, Interculturalidade, Cidadania..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Catalina Revollo Pardo - Coordenador / Mohamed ElHajji - Integrante.
2017 - Atual
Práticas interculturais dos migrantes transnacionais no Brasil: Negócios étnicos e negociações identitárias
Descrição: O objetivo central do presente projeto de pesquisa é desvelar as estruturas discursivas atrás das práticas interculturais empreendidas pelos migrantes recém estabelecidos no Brasil. O estudo ambiciona, ainda, identificar as principais modalidades de comunicação intercultural próprias ao contexto migratório brasileiro e tentar avaliar seu grau de sucesso em termos de reconhecimento simbólico e integração social. Para tanto, pretende-se investigar de que modo e em que medida a escolha e desempenho de uma determina atividade social, cultural ou supostamente puramente comercial, por parte dos migrantes transnacionais, redunda em estratégias discursivas de enunciação de sua identidade social, cultural e étnica, e serve de mote no processo de negociação de seu lugar simbólico na hierarquia social do país de acolhimento. Palavras-chave: Migrações Transnacionais; Narrativas Identitárias; Comunicação Intercultural..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Catalina Revollo Pardo - Integrante / mohammed Elhajji - Coordenador.
2011 - 2015
Tradução de testemunhos de mulheres desplazadas colombianas
Descrição: Projeto de tese de doutorado Orientadora Maria Inacia D Avila Neto.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Catalina Revollo Pardo - Integrante / Maria Inacia D Avila Neto - Coordenador.
2008 - 2010
Migração Feminina no Brasil e as Estrategias Cotidianas de Sobrevivência
Descrição: A temática do presente projeto tem com objetivo estudar a gramática social das desigualdades na globalização em relação aos grupos desfavorecidos, em especial mulheres migrantes de regiões com precárias condições sócio-culturais-econômicas. O presente projeto visa obter recursos para o desenvolvimento de uma pesquisa com mulheres migrantes brasileiras. O estudo servirá como uma interface junto ao projeto aprovado recentemente pela MESH - Maison Europeenne des Sciences de l'Homme et de La Société, da França, e que contempla a luta das mulheres migrantes nesse último país, na busca pelo reconhecimento social, devendo ser realizado pela equipe da Université de Lille3, equipe a qual estamos integrando na qualidade de pesquisador estrangeiro convidado. O desenvolvimento da pesquisa, como um todo, implica na construção de redes, não só para comparações interculturais da questão, em uma perspectiva de globalização, mas também possibilidades futuras de ação, através de pesquisas participativas e action research dentro das premissas de educação para o desenvolvimento sustentável ou durável. A possibilidade da pesquisa estar previamente inserida na perspectiva de um projeto intercultural permite-nos avançar, em termos menos abstratos, na chamada globalização, e especialmente numa questão chave, como globalização e feminização da pobreza (D?Ávila Neto, 2005, Bahri, 2006 , Boaventura Santos, 2006). A idéia é comparar, posteriormente, os resultados, para assim buscar uma melhor compreensão das lutas pela Justiça Social e Participação de mulheres, entendendo as desigualdades nesses diferentes contextos e traçando novas perspectivas para um desenvolvimento durável, em termos globais e locais. A condução dos estudos obedece a um protocolo bilateral previamente estabelecido para permitir esse tipo de analise, com a participação da pesquisadora proponente, como membro convidado da equipe francesa..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2018 - Atual
Fórum de Migraçoes
Descrição: Tem como objetivo reunir pesquisadores e especialistas de vários países para debater a questão migratória em sua conjugação com o campo da comunicação social, das teorias da cultura, dos estudos fronteiriços e no marco de noções como política, democracia e cidadania..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) Doutorado: (5) .
Integrantes: Catalina Revollo Pardo - Integrante / mohammed Elhajji - Coordenador / Camila Escudero - Integrante / Guilherme Oliveira Curi - Integrante / María del Carmen Villarreal Villamar - Integrante / Ana Elizabeth León Gonzalez - Integrante / Gabriela Azevedo Aguiar - Integrante / Otávio Cezarini Ávila - Integrante / Suzana Duarte Santos Mallard - Integrante.
2018 - Atual
oestrangeiro.org
Descrição: Site de informações e apoio aos migrantes, refugiados e estudantes estrangeiros..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Catalina Revollo Pardo - Integrante / mohammed Elhajji - Coordenador.
2018 - Atual
A CULTURA DE DIREITOS SEM FRONTEIRAS: O FORTALECIMENTO DAS PRÁTICAS CULTURAIS DE LATINO-AMERICANOS NO RIO DE JANEIRO
Descrição: O projeto A cultura de direitos sem fronteiras: o fortalecimento das práticas culturais de latino-americanos no Rio de Janeiro tem como objetivo ampliar e fortalecer o exercício da cidadania dos imigrantes no Brasil, dentro do marco do Programa Nacional de Direitos Humanos- 3 e da Nova Lei de Migração (Lei 13.445) tendo como foco os imigrantes latino-americanos e suas práticas culturais coletivas no Rio de Janeiro. Entendendo a cultura como central na inserção dos latino-americanos na sociedade brasileira e no seu reconhecimento como sujeitos de direitos, desenvolveremos uma combinação de pesquisa e extensão para mapear as atividades culturais coletivas protagonizadas por latino-americanos Rio de Janeiro e, em seguida, estimular a circulação de saberes, com base em princípios participativos e solidários, entre as comunidades imigrantes, a universidade e a sociedade brasileira. Para alcançar tais objetivos, este projeto empregará metodologias participativas articulando pesquisa e extensão, incluindo uma pesquisa-ação com grupos e coletivos migrantes que organizam práticas culturais, observação participante em eventos e atividades culturais, oficina de gestão de negócios para produtores culturais migrantes e um curso de extensão de música e danças afrolatinas para o público brasileiro. Assim, o projeto visa contribuir para desconstruir estereótipos sobre a América Latina, diminuir a distância cultural do Brasil em relação aos países vizinhos, chamando a atenção para sua diversidade cultural e, assim, explorar o potencial democrático das culturas latino-americanas e o efetivo exercício dos direitos humanos..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.


Outros Projetos


2012 - Atual
Coletivo La Clandestina
Descrição: Colectivo conformado por migrantes latinoamericanos e brasileiros que moram na cidade do Rio de Janeiro, com o objetivo de promover no territorio carioca espaços contra-hegemonicos de troca entre as diferentes culturas que conferem nesta cidade. Realizamos intervenções urbanas alternativas com gastronomia musica e dança em praças, parques e casas de show. Acreditando na livre expressão da população migrante no brasil fomentando dando renda solta ao hibridismo cultural..
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.


Revisor de periódico


2014 - Atual
Periódico: Iztapalapa (Universidad Autonoma Metropolitana)
2017 - Atual
Periódico: REVISTA INTERDISCIPLINAR DA MOBILIDADE HUMANA


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: PSICOSSOCIOLOGIA de COMUNIDADES.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: ECOLOGIA SOCIAL.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: Psicologia Social.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2002
Aluno destacado por excelência acadêmica para o oitavo período de psicologia, Facultad de Psicología, Universidad de la Sabana.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Outras
Total de trabalhos:1
Total de citações:1
REVOLLO PARDO  Data: 28/02/2013

Artigos completos publicados em periódicos

1.
REVOLLO PARDO, C.2018REVOLLO PARDO, C.. As Redes Migratórias Político-Comunitárias tecidas pelas Mulheres Vítimas do Desplazamiento na Colômbia. O SOCIAL EM QUESTÃO (ONLINE), v. 21, p. 265-282, 2018.

2.
REVOLLO PARDO, C.2018REVOLLO PARDO, C.. DECONSTRUYENDO LA CATEGORÍA DE MUJERES VÍCTIMAS DEL DESPLAZAMIENTO EN COLOMBIA. Revista Eleuthera, v. 19, p. 77-94-94, 2018.

3.
REVOLLO PARDO, CATALINA2018REVOLLO PARDO, CATALINA. RESEÑA CRÍTICA SOBRE EL CONCEPTO DE TERCER ESPACIO DE HOMI BHABHA: DEL LOCAL DE LA CULTURA HASTA NUEVAS MINORÍAS, NUEVOS DERECHOS - NOTAS SOBRE COSMOPOLITISMO VERNÁCULOS. REVISTA INTERINSTITUCIONAL ARTES DE EDUCAR, v. 3, p. 377-385, 2018.

4.
REVOLLO PARDO, C.;REVOLLO PARDO, CATALINA2014REVOLLO PARDO, C.. Behar Ruth. Cuéntame algo, aunque sea una mentira. Las historias de la comadre Esperanza. Iztapalapa (Universidad Autonoma Metropolitana), v. 76, p. 211-2014, 2014.

5.
D'ÁVIILA NETO, I2012D'ÁVIILA NETO, I ; REVOLLO PARDO, C. . Desplazamiento y 'nuevas' identidades en la migración. TRAMAS. SUBJETIVIDAD Y PROCESOS SOCIALES, v. 37, p. 13-31, 2012.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
ELHAJJI, M. (Org.) ; ESCUDERO, C. (Org.) ; REVOLLO PARDO, C. (Org.) ; CURI, G. O. (Org.) ; VILLAMAR, M. C. V. (Org.) ; MAGALHAES, L. F. (Org.) . IV Simpósio de Pesquisa sobre Migrações Caderno de resumos. 1. ed. Rio de Janeiro: Editora Villarreal Consultoria e Pesquisa, 2017. 164p .

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
REVOLLO PARDO, C.; GONZALEZ, A. E. L. ; AMAYA, A. C. L. . Colombianxs por la paz - Rio de Janeiro: entre a mobilização pela paz e a aposta por uma cidadania transnacioanl. A Presença do Migrante no Rio de Janeiro: o olhar do Imigrante e do Refugiado, Rio de Janeiro, p. 24 - 28, 01 dez. 2017.

2.
REVOLLO PARDO, C.. A luta das mulheres pela liberdade na Colômbia. A Verdade, Brasil, p. 5 - 5, 29 jul. 2015.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
GONZALEZ, A. E. L. ; REVOLLO PARDO, C. . Configuração de redes e relações de cuidado no Rio de Janeiro: estratégias de mulheres migrantes latino-americanas. In: XI Seminário Internacional Fazendo Gênero - 13th. Women?s Worlds, 2018, Florianópolis. Anais do XI Seminário Internacional Fazendo Gênero : 13th. Women?s Worlds. Florianópolis: Ed. UFSC, 2017.

2.
REVOLLO PARDO, C.. TRADUCIENDO LOS TESTIMONIOS DE LAS MUJERES VÍCTIMAS DEL DESPLAZAMIENTO EN COLOMBIA n. In: XI Seminário Internacional Fazendo Gênero : 13th. Women?s Worlds, 2018, Florianópolis. Anais do XI Seminário Internacional Fazendo Gênero : 13th. Women?s Worlds. Florianópolis: Ed. UFSC, 2018.

3.
REVOLLO PARDO, C.; D'ÁVIILA NETO, I . Testemunhos de migração forçada de mulheres na Colômbia. In: Fazendo Gênero 9 Diásporas, Diversidades, Deslocamentos, 2010, Florianopolis - SC. Seminário Internacional Fazendo Gênero(9. : 2010 : Florianópolis, SC) Anais eletrônicos [recurso eletrônico] / Semi- nário Internacional Fazendo Gênero 9 : Diásporas, Diversidades, Deslocamentos. - Florianópolis : Universidade Federal de Santa Catarina, 2, 2010. v. S471a.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
REVOLLO PARDO, C.. Migrações, encontros e reivindicações: analisando os processos de configuração, produção e ação dos coletivos sociais e redes de coletivos sociais das populações imigrantes no Rio de Janeiro. In: IV Simpósio de Pesquisa sobre Migrações Caderno de resumos, 2017, Rio de Janeiro. IV Simpósio de Pesquisa sobre Migrações Caderno de resumos. Rio de Janeiro: Ed. Villarreal Consultoria e Pesquisa, 2016.

Apresentações de Trabalho
1.
TORRES, M. C. L. ; REVOLLO PARDO, C. . NARRATIVAS DE CÍRCULOS DE MULHERES: Ponte entre os Estudos da Memória e a Violência de Gênero. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
REVOLLO PARDO, C.. GT de Culturas de Resistência - Fórum Social Mundial. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
REVOLLO PARDO, C.. Colombianxs por la paz - Rio de Janeiro: entre a mobilização pela paz e a aposta por uma cidadania transnacioanl. 2018. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

4.
REVOLLO PARDO, C.. Aprendendo com os espaços de resistência e protagonismo de migrantes e refugiados: La Clandestina e Colombianxs por la Paz. 2018. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

5.
REVOLLO PARDO, C.. Coletivos Imigrantes: laços afetivos nos encontros interculturais, do doméstico ao público. 2018. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

6.
REVOLLO PARDO, C.. Migrações, Interculturalidade e Cidadania na Interface com a Psicossociologia de Comunidades. 2018. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

7.
REVOLLO PARDO, C.. Niñas/os e Mayores: compartilhando trajetórias e Narrativas. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
REVOLLO PARDO, C.; GONZALEZ, A. E. L. . Oficina preparatoria para os guias da Exposição Migrações e refúgio: presença, história e desafios no Rio de Janeiro. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
REVOLLO PARDO, C.; ELHAJJI, M. . Migrações transnacionais e comunicação intercultural: as práticas sociais e seu valor simbólico.. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
REVOLLO PARDO, C.. Traduciendo los testimonios de las mujeres víctimas del desplazamiento en Colombia. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

11.
GONZALEZ, A. E. L. ; REVOLLO PARDO, C. . Configuração de Redes e Relações de Cuidado no Rio de Janeiro: estratégias de mulheres migrantes latino-americanas.. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

12.
REVOLLO PARDO, C.. Legados de Memoria de los Testimonios de las Mujeres Víctimas del Desplazamiento en Colombia.. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

13.
REVOLLO PARDO, C.. Perspectivas Decoloniais.Apresentação do grupo de pesquisa Laboratorio de Memórias Territorios Ocupações. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

14.
REVOLLO PARDO, C.; GONZALEZ, A. E. L. . Mesa de Coletivos Imigrantes. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
REVOLLO PARDO, C.. A Experiencia do Refugio sobre o Olhar Feminino. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

16.
REVOLLO PARDO, C.. Em Tempos de Songoro Cosongo: memórias dos encontros interculturais migrantes na cidade do Rio de Janeiro. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

17.
REVOLLO PARDO, C.. Traduzindo os Testemunhos das Mulheres Vítimas do Desplazamiento na Colômbia. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

18.
REVOLLO PARDO, C.. Traduzindo Testimonios de las Mujeres Víctimas del Desplazamiento en Colombia. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

19.
REVOLLO PARDO, C.. Fazendo Mandalas Huicholes com a Clandestina. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

20.
REVOLLO PARDO, C.; ALARCÓN, P . Colômbia, Acordo de Paz e os Impactos nos Deslocamentos Humanos. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

21.
REVOLLO PARDO, C.. Analise Migratoria: o impacto dos acordos de paz nos fluxos migratórios na America Latina.. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

22.
REVOLLO PARDO, C.. Migrações, encontros e reivindicações: analisando os processos de configuração, produção e ação dos coletivos sociais e redes de coletivos sociais das populações imigrantes no Rio de Janeiro. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

23.
REVOLLO PARDO, C.. Traduciendo los testimonios de las mujeres víctimas del desplazamiento en Colombia n. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

24.
REVOLLO PARDO, C.. Exploração de processo teórico-metodólogico na psicossociologia de comunidades desde a perspectiva dos estudos da memória e da tradução - Experiencia da pesquisa: traduzindo testemunhos de mulheres vítimas do deslocamento na Colômbia. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

25.
REVOLLO PARDO, C.. Traduções de testemunhos entre mulheres colombianas vítimas do 'desplazamiento' e mulheres colombianas migrantes no Rio de Janeiro. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

26.
REVOLLO PARDO, C.. Migração Forçada de mulheres da Colômbia: trajetórias e testemunho. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

27.
REVOLLO PARDO, C.; D'ÁVIILA NETO, I . Tradução de testemunhos de Migração Forçada de Mulheres colombianas. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

28.
REVOLLO PARDO, C.. Migração Forçada de mulheres da Colômbia: trajetórias e testemunho. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

29.
D'ÁVIILA NETO, I ; COSTA NAZARETH, J ; REVOLLO PARDO, C. ; JACOME, M. . Investigación y Acciones Comunitarias con grupo de Mujeres - Un Abordaje Feminista Nómade. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

30.
REVOLLO PARDO, C.; D'ÁVIILA NETO, I . Testimonios de Migración Forzada de Mujeres en Colombia. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

31.
REVOLLO PARDO, C.; D'ÁVIILA NETO, I . Migração forçada de Mulheres na Colômbia: trajetórias e testemunhos.. 2011. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

32.
REVOLLO PARDO, C.; D'ÁVIILA NETO, I . Migración Forzada de Mujeres en Colombia: trayectorias y testimonio. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

33.
REVOLLO PARDO, C.; D'ÁVIILA NETO, I . Testemunhos de migração forçada de mulheres na Colômbia. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

34.
REVOLLO PARDO, C.; D'ÁVIILA NETO, I . Análise de testemunhos de mulheres migrantes por causa da guerra na Colômbia. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Outras produções bibliográficas
1.
Niño Jiménez, Irma Consuelo, dir. ; REVOLLO PARDO, C. ; Artunduaga Pineda, Silvia Johana ; Poveda Rodríguez, Gleydys Esperanza . Estado del arte de la investigación en orientación vocacional y profesional en Bogotá desde 1990-2002. Bogotá- Colômbia: Universidad de la Sabana, 2012 (Trabalho final do curso em Psicologia).

2.
REVOLLO PARDO, C.; D'ÁVIILA NETO, I . Migrações forçadas entre comunidades campesinas na Colombia 2011 (Dissertação Mestrado em Psicossociologia de Comunidades e Ecologia Social).

3.
REVOLLO PARDO, C.. Síntomas depresivos en hospitalizaciones por insuficiencia cardíaca: prevalencia, indicadores y mortalidad. Buenos Aires- Argentina: Insuficiencia Cardiaca, 2010. (Tradução/Artigo).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
REVOLLO PARDO, C.; GONZALEZ, A. E. L. . Oficina preparatoria para os guias da Exposição Migrações e refúgio: presença, história e desafios no Rio de Janeiro. 2018.

Trabalhos técnicos
Redes sociais, websites e blogs
1.
REVOLLO PARDO, C.; PARRHESIA, S. . Parrhesia RADIO WEB. 2017; Tema: arrhesia Radio Web vem se estruturando a partir da expansão da rede do Parrhesia em Movimento, agregando as culturas de resistência em nosso cotidiano, mesclando a diversidade de um mundo sem fronteiras, com ritmos Hip Hop , Cumbia, Raga, Rock, Punk, MPB. (Rede social).

2.
ELHAJJI, M. ; REVOLLO PARDO, C. ; AGUIAR, G. A. ; AVILA, O. C. ; GONCALVES, C. . diaspotics.org. 2016; Tema: Migrações, Diásporas e Comunicação em Rede. (Site).

3.
ELHAJJI, M. ; REVOLLO PARDO, C. ; CURI, G. O. . Brasil País de Imigração. 2016; Tema: Grupo no Facebook Migrantes, Refugiados, Estudantes Estrangeiros.. e também todos aqueles que se interessam pelo tema ou se sensibilizam pela questão ou se sensibilizam pela causa. (Rede social).

4.
ELHAJJI, M. ; REVOLLO PARDO, C. ; AVILA, O. C. ; AGUIAR, G. A. ; GONCALVES, C. . oestrangeiro.org. 2016; Tema: IMigrantes, Refugiados e Estudantes Estrangeiros. (Site).

5.
REVOLLO PARDO, C.; VASQUEZ, H. M. S. ; BARRIOS, G. C. P. ; EISMAN, A. ; VERGARA, R. . La Clandestina. 2012; Tema: pagina do Coletivo La Clandestina: promover no territorio carioca espaços contra-hegemonicos de troca entre as diferentes culturas que conferem nesta cidade. (Rede social).


Demais tipos de produção técnica
1.
REVOLLO PARDO, C.; GONZALEZ, A. E. L. . Oficina preparatoria para os guias da Exposição Migrações e refúgio: presença, história e desafios no Rio de Janeiro. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
REVOLLO PARDO, C.. Problematizando as trajetórias do conflito social politico econômico e armado colombiano. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
REVOLLO PARDO, C.. Pensamento Decolonial Latino-americano. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

4.
REVOLLO PARDO, C.. Cosmologias e epistemologias na produção de saberes: Póscolonialidade e Decolonialidade. 2017. .

5.
REVOLLO PARDO, C.. Fazendo MANDALAS Huicholes Mexicanos com La Clandestina. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

6.
REVOLLO PARDO, C.; ALARCÓN, P . Colômbia ? Acordo de Paz e os Impactos nos Deslocamentos Humanos. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
REVOLLO PARDO, C.. Participação em banca de Elena Maria Pilar Valdivia Diaz. A Re-existência do cotidiano: mulheres guarani Mbya. 2018. Dissertação (Mestrado em Psicossociologia de Comunid.E Ecologia Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
REVOLLO PARDO, C.. Participação em banca de Maria Carolina León Torres. Analise do cuidado de mulheres vitimas de violencia domestica em Círculos de Mulheres. 2018. Dissertação (Mestrado em Psicossociologia de Comunid.E Ecologia Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

3.
REVOLLO PARDO, C.. Participação em banca de Ana Elizabeth León. Prácticas e Trabalhos do Cuidado de um grupo de mulheres migrantes no Rio de Janeiro. 2018. Dissertação (Mestrado em Psicossociologia de Comunid.E Ecologia Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

4.
REVOLLO PARDO, C.. Participação em banca de Samira Younes Ibrahim. Vale do Cuiabá: memórias coletivas do desastre socioambiental de 12 de janeiro de 2011, em Petrópolis região serrana do estado do Rio de Janeiro. 2018. Dissertação (Mestrado em Psicossociologia de Comunid.E Ecologia Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

5.
REVOLLO PARDO, C.. Participação em banca de María Camila Pinilla Herrera. Mas allá de los Cerros Orientales de Bogotá: conflictos socio-ambientales en los Cerros Compartidos de La Calera, Cundinamarca. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

6.
ELHAJJI, M; COCCO, G. M; REVOLLO PARDO, C.. Participação em banca de Lou Shou. Mídia, Chinesidade e a Vida Sociocultural dos Sino-cariocas: historia e perpectivas. 2017. Dissertação (Mestrado em Comunicação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

7.
ELHAJJI, M; REVOLLO PARDO, C.; Dos Santos, S; Daniel, C. Participação em banca de Ketty Karen Aire Laureano. Andinos no Brasil: un estudo sobre as identidades dos andinos no Rio de Janeiro. 2017. Dissertação (Mestrado em Comunicação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Teses de doutorado
1.
REVOLLO PARDO, C.. Participação em banca de Guilherme Oliveira Curi. O MAHJAR É Aqui: a produção contra-hegemônica dos intelectuais árabe-brasileiros. 2018. Tese (Doutorado em COMUNICAÇÃO E CULTURA) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
CAVAS,C; REVOLLO PARDO, C.; FIGUEREDO, N; JARDIM, G; RIBEIRO, E. Participação em banca de Cláudia Borges Colcerniani. O Direito Social Trabalho como Meio de Inclusão de Mulheres Chefes de Familia Monoparental em Situação de Pobreza. 2017. Tese (Doutorado em Psicossociologia de Comunid.E Ecologia Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

3.
CAVAS,C; COSTA. S; JARDIM, G; REVOLLO PARDO, C.; PEREIRA, S. Participação em banca de Dulce Santoro Mendes. Com um te botaram com dois eu te tiro! Benzedeiras e benzedeiros moradores de comunidades quilombolas de Igreja Nova-Alagoas. 2017. Tese (Doutorado em Psicossociologia de Comunid.E Ecologia Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

4.
COSTA. S; CAVAS,C; MACIEL BARROS. T; DORNELLES. P; MIRANDA. C; REVOLLO PARDO, C.. Participação em banca de Heliana Castro Alves. " Eu não sou o milho que me soca no pilão": Jongo e Mémoria Pós-Colonial na comunidade Quilombola Machadinha-Quisamã. 2016. Tese (Doutorado em Psicossociologia de Comunid.E Ecologia Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

5.
MACIEL BARROS. T; BEYSSAC, M; NUNES, S. B.; COSTA. S; CAVAS,C; JARDIM, G; MIRANDA. C; REVOLLO PARDO, C.. Participação em banca de Eliana Nunes Ribeiro. Poéticas Políticas: O Teatro de Oprimido como ferramenta de reflexão para a prática da pesquisa psicossocial. 2016. Tese (Doutorado em Psicossociologia de Comunid.E Ecologia Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Qualificações de Doutorado
1.
REVOLLO PARDO, C.. Participação em banca de Carolina Aves Gomes de oliveira. A Educação Ambiental de Base Comunitária como aporte para uma Educação Ambiental desde el Sur: Um olhar a partir da experiência das mulheres. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Educação) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

2.
LEMOS, R; MEDEIROS, L; REVOLLO PARDO, C.. Participação em banca de Ana Taisa da Silva Falcão. Hasta que se haga justicia!: Violência sexual e deslocamento forçado de mulheres no conflito armado colombiano. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

3.
MACIEL BARROS. T; THIOLLENT, M; TAVARES JR., F. A.; REVOLLO PARDO, C.. Participação em banca de Rosa Lidice de Moraes Valim. Mulheres de Vila das Canoas na luta pela conquista de espaços de poder. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Psicossociologia de Comunid.E Ecologia Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

4.
MACIEL BARROS. T; THIOLLENT, M; GIATTI, L; PESSOA DIAS, A; REVOLLO PARDO, C.. Participação em banca de Gustavo Carvalhaes Xavier Martins. Saneamento Ecológico: Uma Abordagem Integral de Pesquisa-ação aplicada na Comunidade Caiçara da Praia do Sono em Paraty. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Psicossociologia de Comunid.E Ecologia Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Qualificações de Mestrado
1.
ELHAJJI, M; REVOLLO PARDO, C.; SODRE, M; Nunes, G. Participação em banca de Ketty Kare Aire Laureano. Andinos no Brasil: un estudo sobre as identidades dos andinos no Rio de Janeiro. 2017.

2.
ELHAJJI, M; REVOLLO PARDO, C.; PAIVA, R; Nunes, G. Participação em banca de Lou Shou. Saudade, Identidade ou Resistencia; chineses e imigrantes Chineses no Rio de Janeiro. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Comunicação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

3.
CAVAS,C; REVOLLO PARDO, C.; ELHAJJI, M; FACUNDO, A.. Participação em banca de Ana Elizabeth León Gonzalez. Dimensões do cuidado nas relações e redes de mulheres migrantes latino-americanas no Rio de Janeiro. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Psicossociologia de Comunid.E Ecologia Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

4.
CAVAS,C; REVOLLO PARDO, C.; COSTA. S; MIRANDA. C. Participação em banca de Maria Carolina León Torres. Memórias Sociais e Violência de Gênero. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Psicossociologia de Comunid.E Ecologia Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

5.
COSTA. S; BENITES, S; DORNELES; REVOLLO PARDO, C.; PEREIRA, S. Participação em banca de Elena Maria Pilar Valdivia Diaz. A Re-existência do cotidiano: mulheres guarani Mbya. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Psicossociologia de Comunid.E Ecologia Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
17º SIMPÓSIO de Pesquisa e Intercambio Ciêntifico ANPEPP/ GT Piscologia Comunitaria.Migrações, Interculturalidade e Cidadania na Interface com a Psicossociologia de Comunidades. 2018. (Simpósio).

2.
Fórum Social Mundial. GT de Culturas de Resistência - Fórum Social Mundial. 2018. (Congresso).

3.
I Simpósio Internacional sobre Migrações, Refúgios & Laços Culturai.Coletivos Imigrantes: laços afetivos nos encontros interculturais, do doméstico ao público. 2018. (Oficina).

4.
IV Coloquio Colonialidade/Decolonialidade do poder/saber/ser: abordagens pedagógicas transformadoras. ARRATIVAS DE CÍRCULOS DE MULHERES: Ponte entre os Estudos da Memória e a Violência de Gênero. 2018. (Congresso).

5.
Migrações e refúgio: presença, história e desafios no Rio de Janeiro. Niñas/os e Mayores: compartilhando trajetórias e Narrativas. 2018. (Exposição).

6.
Seminário: A presença do migrante no Rio de Janeiro: olhar dos migrantes e refugiados.Colombianxs por la paz - Rio de Janeiro: entre a mobilização pela paz e a aposta por uma cidadania transnacioanl. 2018. (Seminário).

7.
Seminário Internacional de Migrações e Refúgio: caminhos para a cultura do encontro.Aprendendo com os espaços de resistência e protagonismo de migrantes e refugiados: La Clandestina e Colombianxs por la Paz. 2018. (Seminário).

8.
A Experiencia do Refugio sob o olhar Feminino.A Experiencia do Refugio sob o olhar Feminino. 2017. (Outra).

9.
IX FÓRUM DE MIGRAÇÕES / MIGRATIC 2017. 2017. Em Tempos de Songoro Cosongo. 2017. (Congresso).

10.
Perspectivas Decoloniais.Apresentação do grupo de pesquisa Laboratorio de Memórias Territorios Ocupações: Rastros Sensíveis. 2017. (Encontro).

11.
V Congreso Asociación Latinoamericana de Antropologia. Traduciendo los testimonios de las mujeres víctimas del desplazamiento en Colombia n. 2017. (Congresso).

12.
XIII Mundos de Mulheres/Fazendo Gênero 11. Legados de Memoria de los Testimonios de las Mujeres Víctimas del Desplazamiento en Colombia. 2017. (Congresso).

13.
XIII Mundos de Mulheres/Fazendo Gênero 11. Configuração de Redes e Relações de Cuidado no Rio de Janeiro: estratégias de mulheres migrantes latino-americanas. 2017. (Congresso).

14.
Colóquio Internacional - Os dilemas das desigualdade na América Latina.. 2016. (Simpósio).

15.
Fórum Social da Educação Popular. 2016. (Outra).

16.
Fórum Social Mundial das Migrações.GT Cultural Playlists La Clandestina. 2016. (Outra).

17.
Fórum Social Mundial Temático 2016.Midia livre. 2016. (Outra).

18.
I Mostra Internacional de Investigação de Doutorandos na Universidade de CoimbraESPERAR O INESPERADO Do Transdisciplinar ao Interdisciplinar.Traduzindo os Testemunhos das Mulheres Vítimas do Desplazamiento na Colômbia. 2016. (Encontro).

19.
IV Simpósio de Pesquisa sobre Migrações.Migrações, encontros e reivindicações: analisando os processos de configuração, produção e ação dos coletivos sociais e redes de coletivos sociais das populações imigrantes no Rio de Janeiro. 2016. (Simpósio).

20.
Jornada de Educação para as Relações Étnico-raciais da Secretaria Municipal de Educação Prefeitura de São Paulo.Fazendo Mandalas Huicholes com a Clandestina. 2016. (Oficina).

21.
Mariposas Amarillas: Diálogos latino-americanos sobre guerra e paz na Colômbia.Analise Migratoria: o impacto dos acordos de paz nos fluxos migratórios na America Latina.. 2016. (Seminário).

22.
Ciclo de palestras: Psicossociologia, Olhares e fazeres. Exploração de processo teórico-metodólogico na psicossociologia de comunidades desde a perspectiva dos estudos da memória e da tradução - Experiencia da pesquisa: traduzindo testemunhos de mulheres vítimas do deslocamento na Colômbia. 2015. (Exposição).

23.
Debate: O deslocamento lá e aqui é diferente? Qual a nossa busca ao sairmos de nossa cidade de origem?.Traduciendo los testimonios de las mujeres víctimas del desplazamiento en Colombia n. 2015. (Oficina).

24.
VII FÓRUM DE MIGRAÇÕES.Traduções de testemunhos entre mulheres colombianas vítimas do 'desplazamiento' e mulheres colombianas migrantes no Rio de Janeiro. 2015. (Seminário).

25.
1º Encontro Nacional do Movimento de Mulheres Olga Benario.Tradução de testemunhos de Migração Forçada de Mulheres colombianas. 2014. (Encontro).

26.
IV Conferencia Internacional de Psicología Comunitaria. Investigación y Acciones Comunitarias con grupo de Mujeres - Un Abordaje Feminista Nómade. 2013. (Congresso).

27.
The Second ISA Forum of Sociology Social justice and democratization - Sessão ?Biografía y experiencias con violencia? - Comité de Investigación 38 'Biografía y Sociedad'.. Testimonios de Migración Forzada de Mujeres en Colombia. 2012. (Congresso).

28.
Colóquio Internacional Fronteiras e Diversidades Culturais no Século XXI: Desafios para o reconhecimento no estado global.Migração forçada de Mulheres na Colômbia: trajetórias e testemunhos. 2011. (Seminário).

29.
Colóquio Internacional Fronteiras e Diversidades Culturais no Século XXI: Desafios para o reconhecimento no estado global.Migração forçada de Mulheres na Colômbia: trajetórias e testemunhos. 2011. (Seminário).

30.
XXXIII Congresso Interamericano de Psicologia. Migración Forzada de Mujeres en Colombia: trayectorias y testimonio. 2011. (Congresso).

31.
Fazendo Gênero 9 Diásporas, Diversidades, Deslocamentos.Testemunhos de migração forçada de mulheres na Colômbia. 2010. (Seminário).

32.
Tercera Conferencia Internacional de Psicoogia Comunitaria. Análise de testemunhos de mulheres migrantes por causa da guerra na Colômbia. 2010. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
REVOLLO PARDO, C.. Migrações e refúgio: presença, história e desafios no Rio de Janeiro. 2018. (Exposição).

2.
REVOLLO PARDO, C.; YOUNES, S. ; PINHEIRO, M. . Seminário Internacional: Desastres socioambientais: perspectivas interdisciplinares. 2018. (Congresso).

3.
ELHAJJI, M. ; REVOLLO PARDO, C. . Simposio Migrações transnacionais e comunicação intercultural: as práticas sociais e seu valor simbólico.. 2018. (Outro).

4.
REVOLLO PARDO, C.; ELHAJJI, M. ; VILLAMAR, M. C. V. ; CURI, G. O. ; AGUIAR, G. A. ; AVILA, O. C. ; ESCUDERO, C. ; MAGALHAES, L. F. . VI Simposio de Pesquisa sobre Migrações. 2018. (Congresso).

5.
ELHAJJI, M ; REVOLLO PARDO, C. . IX Forum das Migrações/ MIGRATIC 2017. 2017. (Congresso).

6.
COSTA. S ; REVOLLO PARDO, C. . I Seminario Memorias Territorios e Ocupações, Rastros Sensíveis. 2017. (Outro).

7.
MACIEL BARROS. T ; REVOLLO PARDO, C. ; CASTRO, F. ; VALIM, R. . Seminário Internacional Interdisciplinar Comunidades e Ecologia Social:
 Homenagem à Professora Maria Inácia D?Ávila Neto. 2016. (Congresso).

8.
ELHAJJI, M ; REVOLLO PARDO, C. . VIII Forum Das Migrações. 2016. (Congresso).

9.
PORTO-GONCALVES, C. W. ; SANCHEZ, C. ; LASI, M. ; FACUNDO, A. ; REVOLLO PARDO, C. ; RODRIGUEZ, J. ; TAPIRO, J. P. S. ; MEZA, L. ; BETANCOURT, M. ; QUINTERO, S. . I Encontro Internacional Pensando América Latina desde o Brasil, ?Colombia al derecho y al revés? e IV ?Diálogos desde el sur: Brasil-Colombia?. 2014. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Geraldo da Silva Bastos. MULHERES QUE REZAM E CURAM: Narrativas de Resistência diante do Racismo e da Intolerância Religiosa1 na Baixada Fluminense. Início: 2018. Dissertação (Mestrado profissional em Psicossociologia de Comunid.E Ecologia Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

2.
Veronica Pardo Argáez. Barreras culturales y sociales para que las mujeres accedan al proceso de Restitución de Tierras adelantada por la Unidad Administrativa de Gestión y Restitución de Tierras Despojadas y/o abandonadas, en Colombia. Início: 2016. Dissertação (Mestrado em Maestria en Género, sociedad y políticas) - Facultad Latinoamericana de Ciencias Sociales - Argentina. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Felipe M. Castello-Branco. As blackfaces do consumo ? se é preto, pode vender: discursos e práticas de consumo que têm o público negro brasileiro como alvo, objeto, agente e destinatário. Início: 2018. Tese (Doutorado em Psicossociologia de Comunid.E Ecologia Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. (Coorientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Ana Elizabeth León. Prácticas e Trabalhos do Cuidado de um grupo de mulheres migrantes no Rio de Janeiro. 2016. Dissertação (Mestrado em Psicossociologia de Comunid.E Ecologia Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Catalina Revollo Pardo.

2.
Maria Carolina León Torres. Analise do cuidado de mulheres vitimas de violencia domestica em Círculos de Mulheres. 2016. Dissertação (Mestrado em Psicossociologia de Comunid.E Ecologia Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Coorientador: Catalina Revollo Pardo.

3.
Ketty Kare Aire Laureano. Andinos no Brasil: un estudo sobre as identidades dos andinos no Rio de Janeiro. 2016. Dissertação (Mestrado em Comunicação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Coorientador: Catalina Revollo Pardo.

4.
Elena Valdivia Diaz. Ocupação e (re)existência: cotidiano de mulheres guarani Mbya. 2016. Dissertação (Mestrado em Psicossociologia de Comunid.E Ecologia Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Catalina Revollo Pardo.

5.
Samira Younes Ibrahim. Vale do Cuiabá: memórias coletivas do desastre socioambiental de 12 de janeiro de 2011, em Petrópolis região serrana do estado do Rio de Janeiro. 2016. Dissertação (Mestrado em Psicossociologia de Comunid.E Ecologia Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Coorientador: Catalina Revollo Pardo.



Inovação



Outros projetos


Educação e Popularização de C & T



Cursos de curta duração ministrados
1.
REVOLLO PARDO, C.; ALARCÓN, P . Colômbia ? Acordo de Paz e os Impactos nos Deslocamentos Humanos. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/12/2018 às 6:36:29