Amauri Morais de Albuquerque Júnior

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/8106852821148541
  • Última atualização do currículo em 06/11/2018


Graduado em História pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). Especialista em Ensino de História e Geografia pela UNINTER. Mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais e Humanas (PPGCISH/UERN). Tem experiência na área de História. Atuou no ensino básico da rede pública do Estado do Rio Grande do Norte e no setor privado na cidade de Mossoró. Atualmente é professor efetivo do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Amauri Morais de Albuquerque Júnior
Nome em citações bibliográficas
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.

Endereço


Endereço Profissional
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, IFRN Campus Macau.
Rua das Margaridas
Conj. COHAB
59500000 - Macau, RN - Brasil
Telefone: (84) 40054106
URL da Homepage: http://portal.ifrn.edu.br/campus/macau


Formação acadêmica/titulação


2016 - 2018
Mestrado em Ciências Sociais e Humanas.
Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, UERN, Brasil.
Título: A LETRA E O ESPÍRITO: REPRESENTAÇÕES DA IDENTIDADE E ALTERIDADE RELIGIOSA NO PERIÓDICO ?O JORNAL BAPTISTA? (1929-1934),Ano de Obtenção: 2018.
Orientador: André Victor Cavalcanti Seal da Cunha.
Palavras-chave: Representações; Evangélicos; Periódicos; Alteridade Religiosa.
Grande área: Ciências Humanas
2014 - 2015
Especialização em Metodologia do Ensino de História e Geografia. (Carga Horária: 390h).
UNINTER, UNINTER, Brasil.
Título: Reflexões sobre os Sistemas Apostilados de Ensino.
Orientador: Dirlei Afonso Schier.
2010 interrompida
Especialização interrompida em 2012 em História da Região Nordeste. (Carga Horária: 450h).
Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, UERN, Brasil.
Título: Entre o prescrito e o consumido: análise de sistemas apostilados de ensino utilizados na rede privada de ensino em Mossoró (2009-2011)).
Orientador: Aryana Lima Costa.
Ano de interrupção: 2012
2015 - 2015
Aperfeiçoamento em História do Brasil. (Carga Horária: 200h).
Centro Educacional Sul Mineiro, CESM, Brasil.
Título: História do Brasil. Ano de finalização: 2015.
2006 - 2010
Graduação em História.
Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, UERN, Brasil.
Título: O Abrigo dos Estranhos: A Casa de Saúde São Camilo de Lélis e a institucionalização da loucura em Mossoró (1969-1987)..
Orientador: Andre Victor Cavalcanti Seal da Cunha.




Formação Complementar


2007
ETED. (Carga horária: 1350h).
Seminário Teológico Nazareno do Brasil, STNB, Brasil.
2018 - 2018
Curso de formação presencial da 10ª ONHB. (Carga horária: 30h).
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
2015 - 2015
Curso de História do Brasil. (Carga horária: 200h).
Centro Educacional Sul Mineiro, CESM, Brasil.
2009 - 2009
Extensão universitária em Aprendendo novas temáticas nos livros didáticos. (Carga horária: 32h).
Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, UERN, Brasil.
2009 - 2009
Lugares de Memória: novos locais de aprendizado. (Carga horária: 10h).
Universidade Regional do Cariri, URCA, Brasil.
2009 - 2009
História da Saúde no Brasil: Idéias, Políticas. (Carga horária: 8h).
Associação Nacional de História, ANPUH, Brasil.
2008 - 2008
Histórias da Historiografia Brasileira (1920-2000). (Carga horária: 10h).
Associação Nacional de História - Seção Rio Grande do Norte, ANPUH/RN, Brasil.


Atuação Profissional



Convesti Colégio e Curso, CONVESTI, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 6


Secretaria da Educação Básica do Ceará, SEDUC, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 20


Governo do Estado do Rio Grande do Norte, GOVERNO/RN, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2015
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 30
Outras informações
Atuou entre 2012 e 2013 na Escola Estadual Gilberto Rola. Atuou entre 2014 e 2015 na Escola Estadual 30 de Setembro.


Colégio Pequeno Príncipe, CPP, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2012
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 8
Outras informações
Professor das disciplinas de Empreendedorismo e Ética, Filosofia e Sociologia nos níveis Fundamental II e Médio.


Centro Educacional Aproniano Martins de Oliveira, CEAMO, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2015
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 30
Outras informações
Professor contratado para assumir a disciplina de História nas séries do Ensino Fundamental.


Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, UERN, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Aluno de Iniciação Científica


Secretaria de Estado da Educação e da Cultura, SEEC, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Professor de História, Carga horária: 30
Outras informações
Bolsista do Programa Escola do Governo do Estado do Rio Grande do Norte, atuei na disciplina de História, Geografia e Cultura do RN nas séries do Ensino Fundamental II e Ensino Médio na Escola Estadual Gilberto Rola.


Prefeitura Municipal de Mossoró, PMM, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2011
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Agente Comunitário de Saúde, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Aprovado em concurso público para o preenchimento de vagas de Agente Comunitário de Saúde junto a Prefeitura Municipal de Mossoró.


Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, IFRN, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor de História, Regime: Dedicação exclusiva.



Projetos de pesquisa


2015 - 2016
A guerra em essência: o uso de armas químicas na 2ª Guerra Mundial
Descrição: Após 70 anos de dissolução do conflito nominado de 2ª Guerra Mundial, observamos, ainda, os efeitos devastadores do sangrento conflito que opôs as principais potências do mundo nas décadas de 1930 e 1940 além dos anos que se seguiram com a famigerada Guerra Fria. A humanidade como um todo não pode sair incólume aos seus efeitos. O símbolo maior da devastação causada pela guerra é tipificado pelos campos de concentração do Eixo e o uso de armas químicas para eliminação sistemática de prisioneiros. Apesar de terem sido os judeus a principal população afetada por essa tecnologia com o episódio conhecido como Holocausto, o genocídio de judeus durante a 2ª Guerra, esse não foi o único exemplo de uso de agentes químicos contra seres humanos no conflito. A fim de fomentar um estudo histórico com ênfase no uso de agente químicos como armas de destruição em massa na 2ª Guerra Mundial e instigar em especial os alunos/pesquisadores do projeto provenientes do curso Técnico Integrado de Química do IFRN Macau, o projeto de pesquisa proposto atende a um legítimo interesse científico de aliar conhecimentos multidisciplinares na construção de um trabalho que atende aos interesses da instituição e aprofunda saberes específicos com a finalidade de tornar significante o conteúdo histórico abordado em sala de aula..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2015 - 2016
Conhecendo as funções e programas do governo vinculados ao Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM)
Descrição: O Enem é, atualmente, o exame em larga escala mais importante do Brasil. De acordo com o MEC, em 2015, mais de 7 (sete) milhões de participantes foram inscritos em todo o País. Assim, considerando o ENEM como uma política de reestruturação do currículo do Ensino Médio e um mecanismo de inclusão social este trabalho procura investigar a percepção que discentes e docentes do Ensino Médio integrado do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN) - Câmpus Macau possuem acerca do ENEM e os programas do governo vinculados ao Exame..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2015 - 2016
O uso de jogos eletrônicos e suas implicações para a realidade acadêmica do IFRN Macau
Descrição: Das primeiras plataformas de jogos de entretenimento lançadas especialmente na segunda metade do século XIX, aos difusos aplicativos em smartphones, tablets ou laptops, os jogos eletrônicos deram origem a um fenômeno mundial que influenciou e influencia as últimas gerações de modo direto. Seja pela forma como compelem a uma mudança de hábitos ou mesmo pela implicação direta quanto as sociabilidades dos indivíduos, os jogos exercem um papel preponderante no cenário do comportamento humano observado, por exemplo, o quanto dedicamos tempo nessas atividades, ou mesmo a forma abrangente com que atende um público cada vez mais amplo não importando etnia, gênero ou mesmo idade. Nesse sentido importa-nos atentar para como esse fenômeno repercute em nosso contexto na conformação da realidade escolar no que tange a esfera acadêmica dos alunos do IFRN Macau. Atentando para a realidade difusa dos jogos eletrônicos em nossa comunidade, pretendemos investigar quais os efeitos gerais, sejam positivos e ou negativos, na construção de uma realidade acadêmica específica. Não pretendendo eleger os jogos eletrônicos como vilões em nosso contexto, analisaremos quantitativamente a abrangência de seu uso em meio a nosso público discente, bem como, do ponto de vista qualitativo, as relações diretas ou indiretas, positivas ou negativas sobre indicadores acadêmicos de nossos alunos sob a ótica de seus próprios testemunhos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2015 - 2016
Desenvolvimento e conflitos socioambientais em Galinhos-RN
Descrição: O presente projeto de pesquisa pretende estudar e mapear os conflitos socioeconômicos e ambientais na dinâmica de desenvolvimento territorial no município de Galinhos-RN, destacando os processos de atribuição, disputa e negociação em torno do usos e significados do território costeiro para os atores sociais (pescadores, agentes estatais de fiscalização ambiental e empresas salineiras, eólicas, hoteleiras e de turismo) envolvidos e implicados nas principais atividades econômicas do município. Utiliza-se como categorias de análise a noção de campo de desenvolvimento (RIBEIRO, 2005), figuração social (ELIAS,2009) e gramática moral (BOLTANSKI & THÉVENOT, 1991) para compreender e analisar a dinâmica de poder e de significados morais e simbólicos subjacente as disputas econômicas e territoriais na definição e legitimação de concepções e práticas econômicas e ambientais sobre o uso e ocupação do território costeiro e de seus recursos naturais. Com a pesquisa, esperamos fornecer importantes subsídios para compreensão dos processos de mudança econômica e ambiental e os conflitos sociais decorrentes vivenciados pelas comunidades costeiras, buscando com isso orientar e otimizar futuras ações do IFRN Macau quanto a sua atuação regional, assim como de outros órgãos e instituições competentes e atuantes na mediação socioambiental da zona costeira do estado..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2015 - 2016
Reflexões sobre as contribuições da Olimpíada Nacional em História do Brasil no âmbito da iniciação científica
Descrição: Nas últimas décadas, diversas iniciativas bem-sucedidas têm fomentado a criação de um ?circuito? nacional de olimpíadas científicas. Nesse cenário, inicialmente consolidaram-se aquelas relativas as ciências exatas e naturais. Concebida em 2008, a Olimpíada Nacional em História do Brasil (ONHB) foi efetivada a partir de 2009 como projeto vinculado ao Museu Exploratório de Ciências da UNICAMP. Nessa competição, destaca-se o exercício das metodologias científicas específicas de um historiador, o que leva a um novo patamar de conhecimento de temas históricos e historiográficos e incide sobre o ensino e a divulgação da história do Brasil, ao mesmo tempo em que alerta para os padrões hierárquicos que associam a história nacional aos grandes ciclos econômicos e levam à invisibilidade histórica de regiões nacionais no discurso histórico geral. Ao levantar tais questões, os participantes da Olimpíada, principalmente os estudantes, passam a ter contato com o produzir da história, o fazer historiográfico, levando a esses alunos um pouco da produção histórica cientifica encontrada nas instituições de ensino superior do Brasil, e com o qual muito dificilmente teriam contato. O projeto de pesquisa que se segue vincula-se ao campo de pesquisa da história do ensino, este por sua vez se caracteriza por múltiplos referenciais epistemológicos uma vez que se liga a diversas matrizes relacionadas às ciências humanas e sociais. Com relação aos objetos de seu interesse, constituem-se enquanto temas clássicos e que já se encontram consolidados e amplamente discutidos as pesquisas relacionadas ao currículo, as práticas de ensino e aos materiais didáticos. Ultimamente, pesquisadores tem atentado para o estudo das contribuições acadêmicas de competições e olimpíadas científicas tendo em vista sua ampla difusão e estímulo, seja pelo governo ou instituições privadas. Sendo assim, propomos uma reflexão analítica do modelo que compõe a Olimpíada Nacional em História do Brasil a fim de que aprimoremos e estimulemos o uso dos recursos que compõem o seu arcabouço instrumental por alunos do ensino básico promovendo, portanto, a iniciação científica sob o prisma da historiografia nacional..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2015 - 2016
Observação dos Astros Celestes
Descrição: Muitas pessoas estão interessadas no que está além da Terra e da lua. Os seres humanos, por natureza, são curiosos e por isso, é natural que as pessoas queiram aprender e entender mais e mais sobre estrelas, planetas, cometas e galáxias. Além disso, as séries populares de ficção científica de televisão e filmes alimentam ainda mais o desejo de olhar para o espaço. Desta forma, pretende-se propor essa experiência a comunidade do Campus Macau do IFRN..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História da Saúde.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História da Saúde/Especialidade: História da Psiquiatria.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Ensino de História.


Idiomas


Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2018
Medalha de Honra ao Mérito na Olimpíada Nacional em História do Brasil, UNICAMP.
2015
Medalha de Honra ao Mérito na Olimpíada Nacional em História do Brasil, UNICAMP.
2015
Medalha de Honra ao Mérito na Olimpíada Nacional em História do Brasil, UNICAMP.
2015
Medalha de Honra ao Mérito na Olimpíada Nacional em História do Brasil, UNICAMP.
2015
Medalha de Honra ao Mérito na Olimpíada Nacional em História do Brasil, UNICAMP.
2015
Medalha de Honra ao Mérito na Olimpíada Nacional em História do Brasil, UNICAMP.
2014
Medalha de Bronze na Olimpíada Nacional em História do Brasil, UNICAMP.
2014
Medalha de Honra ao Mérito na Olimpíada Nacional em História do Brasil, UNICAMP.
2014
Medalha de Honra ao Mérito na Olimpíada Nacional em História do Brasil, UNICAMP.
2013
Medalha de Honra ao Mérito na Olimpíada Nacional em História do Brasil, UNICAMP.
2013
Medalha de Honra ao Mérito na Olimpíada Nacional em História do Brasil, UNICAMP.
2013
Medalha de Honra ao Mérito na Olimpíada Nacional em História do Brasil, UNICAMP.
2013
Medalha de Honra ao Mérito na Olimpíada Nacional em História do Brasil, UNICAMP.
2013
Medalha de Honra ao Mérito na Olimpíada Nacional em História do Brasil, UNICAMP.
2013
Medalha de Honra ao Mérito na Olimpíada Nacional em História do Brasil, UNICAMP.
2013
Medalha de Honra ao Mérito na Olimpíada Nacional em História do Brasil, UNICAMP.
2013
Medalha de Honra ao Mérito na Olimpíada Nacional em História do Brasil, UNICAMP.
2013
Medalha de Honra ao Mérito na Olimpíada Nacional em História do Brasil, UNICAMP.
2013
Medalha de Honra ao Mérito na Olimpíada Nacional em História do Brasil, UNICAMP.
2012
Medalha de Prata na Olimpíada Nacional em História do Brasil, UNICAMP.
2012
Medalha de Honra ao Mérito na Olimpíada Nacional em História do Brasil, UNICAMP.
2012
Medalha de Honra ao Mérito na Olimpíada Nacional em História do Brasil, UNICAMP.
2007
III Concurso Literário Maria Silvia de Vasconcelos Câmara, Prefeitura Municipal de Mossoró.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.2009ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.; TAVARES, E. F. . Cenas do Anormal no filme Instinto, de Jon Turteltaub. Tendências (Crato), v. 01, p. 48, 2009.

2.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.2009ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.. Da loucura diluída à loucura reprimida: A trajetória do louco até a Idade Moderna. Tendências (Crato), v. 01, p. 06, 2009.

Capítulos de livros publicados
1.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.. Entre o prescrito e o consumido: Usos de recursos apostilados de história por professores e alunos do Ensino Médio. In: Jean Mac Cole Tavares Santos; Francisco das Chagas Silva Souza; Albino Oliveira Nunes; Francisca Natália da Silva; Augusto Sávio Guimarães do Nascimento. (Org.). SENACEM: História, mobilização e perspectivas.. 01ed.Mossoró: UERN/UFAL, 2011, v. 01, p. 730-738.

2.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.. Redemocratizando a História: O processo de redemocratização do ensino no Brasil, a LDB (Lei nº 9.394/96) e suas implicações para a disciplina História.. In: Jean Mac Cole Tavares Santos; Francisco das Chagas Silva Souza; Albino Oliveira Nunes; Francisca Natália da Silva; Augusto Sávio Guimarães do Nascimento. (Org.). SENACEM: História, mobilização e perspectivas.. 01ed.Mossoró: UERN/UFAL, 2011, v. 01, p. 540-547.

3.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.. Facetas da Anormalidade no Filme Instinto. In: Francisco Paulo da Silva; Pedro Fernandes de Oliveira Neto. (Org.). Linguagem, sujeito e sociedade. Anais do II Colóquio Nacional de Linguagem e Discurso.. 1ed.Mossoró-RN: Edições UERN, 2011, v. , p. 58-66.

4.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.. O Abrigo dos Estranhos: a Casa São Camilo de Lélis e a institucionalização da loucura em Mossoró-RN. In: Francisco Paulo da Silva; Pedro Fernandes de Oliveira Neto. (Org.). Linguagem, sujeito e sociedade. Anais do II Colóquio Nacional de Linguagem e Discurso.. 1ed.Mossoró-RN: Edições UERN, 2011, v. , p. 45-57.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.. Entre o prescrito e o consumido: usos dos recursos apostilados de história por professores e alunos do ensino médio.. In: SENACEM - Seminário Nacional do Ensino Médio: História, Mobilização, perspectivas., 2011, Mossoró. I Seminário nacional do ensino médio SENACEM, 2011. v. 01. p. 730-738.

2.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.. Redemocratizando a História: O processo de redemocratização do ensino no Brasil, a LDB (Lei nº 9.394/96)e suas implicações para a disciplina História.. In: SENACEM - Seminário Nacional do Ensino Médio: História, Mobilização, perspectivas., 2011, Mossoró. I Seminário nacional do ensino médio SENACEM, 2011. v. 1. p. 540-547.

3.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.. O Abrigo dos Estranhos: A Casa São Camilo de Lélis e a institucionalização da loucura em Mossoró-RN.. In: II CONLID - Colóquio Nacional de Linguagem e Discurso, 2011, Mossoró-RN. Linguagem, Sujeito e Sociedade. Anais II Colóquio Nacional de Linguagem e Discurso.. Mossoró-RN: Edições UERN, 2011. v. 1. p. 45-57.

4.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.. Facetas da Anormalidade no Filme Instinto. In: II CONLID - Colóquio Nacional de Linguagem e Discurso, 2011, Mossoró-RN. Linguagem, Sujeito e Sociedade. Anais II Colóquio Nacional de Linguagem e Discurso.. Mossoró-RN: Edições UERN, 2011. v. 1. p. 58-66.

5.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.. Da loucura diluída à loucura reprimida: a trajetória do louco até a idade moderna.. In: I Semana de Ensino de História da UERN, 2009, Mossoró-RN. Anais da I Semana de Ensino de História da UERN, Desafios e possibilidades do ensino de História: Diálogos sobre a formação do Professor-Historiador, 2009.

6.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.; TAVARES, E. F. . Cenas do anormal no filme Instinto, de Jon Turteltaub.. In: I Semana de Ensino de História da UERN, 2009, Mossoró-RN. Anais da I Semana de Ensino de História da UERN, Desafios e possibilidades do ensino de História: Diálogos sobre a formação do Professor-Historiador, 2009.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.. A República ?deflorada?: O Jornal Batista e a midiatização de crimes do clero ante a Ação Católica (1930-1934). In: VIII Encontro Estadual de História da ANPUH/RN, 2018, Caicó. CADERNO DE RESUMOS DO VIII ENCONTRO ESTADUAL DE HISTÓRIA DA ANPUH-RN E XIV SEMANA DE ESTUDOS HISTÓRICOS DO CERES-UFRN: A HISTÓRIA E O FUTURO DA EDUCAÇÃO NO BRASIL, 2018.

2.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.; CUNHA, A. V. C. S. . A LETRA E O ESPÍRITO: REPRESENTAÇÕES MÚTUAS DE EVANGÉLICOS E ESPÍRITAS EM PERIÓDICOS RELIGIOSOS BRASILEIROS (1929-1937). In: Colóquio Nacional História Cultural e Sensibilidades, 2017, Caicó-RN. Caderno de Resumos do VII Colóquio Nacional História Cultural e Sensibilidades, 2017.

3.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.. O JORNAL BATISTA, A REVOLUÇÃO DE 1930 E A AÇÃO CATÓLICA: CONVERGÊNCIAS E DISTANCIAMENTOS ENTRE O GOVERNO PROVISÓRIO E AS IGREJAS EVANGÉLICAS BRASILEIRAS (1929 - 1934). In: Colóquio Nacional História Cultural e Sensibilidades, 2017, Caicó-RN. Caderno de Resumos do VII Colóquio Nacional História Cultural e Sensibilidades, 2017.

4.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.. Quem tem a razão? Identidade e Loucura na Sociedade Moderna.. In: XV Semana de História da URCA - CE, O Ensino de História na Atualidade: Formação, Práticas e Saberes, 2009, Crato. Tendências (Crato), 2009.

Apresentações de Trabalho
1.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.. A República ?deflorada?: O Jornal Batista e a midiatização de crimes do clero ante a Ação Católica (1930-1934). 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.. O JORNAL BATISTA, A REVOLUÇÃO DE 1930 E A AÇÃO CATÓLICA: CONVERGÊNCIAS E DISTANCIAMENTOS ENTRE O GOVERNO PROVISÓRIO E AS IGREJAS EVANGÉLICAS BRASILEIRAS (1929 - 1934). 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.; CUNHA, A. V. C. S. . A LETRA E O ESPÍRITO: REPRESENTAÇÕES MÚTUAS DE EVANGÉLICOS E ESPÍRITAS EM PERIÓDICOS RELIGIOSOS BRASILEIROS (1929-1937). 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.. Entre o prescrito e o consumido: usos dos recursos apostilados por professores e alunos do Ensino Médio.. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.. Redemocratizando a história: o processo de redemocratização do ensino no Brasil, a LDB (lei nº 9.394/96) e suas implicações para a disciplina História.). 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.. O abrigo dos estranhos: A casa de Saúde São Camilo de Lélis e a institucionalização da Loucura em Mossoró.. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.. Facetas da anormalidade no filme Instinto. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.. Quem tem a razão? Identidade e Loucura na Sociedade moderna. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.. Da loucura diluída à loucura reprimida: a trajetória do louco até a idade moderna.. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.; TAVARES, E. F. . Cenas do anormal no filme Instinto, de Jon Turteltaub.. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).


Produção técnica
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.. Escola de Mossoró classifica estudantes para a final da Olimpíada Nacional em História. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.. Dicas para o ENEM 2014. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.. Natureza histórica do 7 de setembro.. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.. Quiz - 7 de setembro. 2011. (Programa de rádio ou TV/Outra).


Demais tipos de produção técnica
1.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.; SILVA NETO, F. F. . Explorando a História do São Francisco. 2014. (Aula de Campo).

2.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.; SILVA NETO, F. F. . Análise da História Cearense - Guaramiranga e a região do Maciço do Baturité. 2014. (Aula de Campo).

3.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.; SILVA NETO, F. F. . Explorando a Região Serrana Potiguar. 2014. (Aula de Campo).

4.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.. 6ª Olimpíada Nacional em História do Brasil - ONHB. 2014. (Olimpíada Científica).

5.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.. Análise da História Cearense - Redenção e a região do Maciço do Baturité. 2013. (Aula de Campo).

6.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.. Explorando a História das Minas Gerais. 2013. (Aula de Campo).

7.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.. 5ª Olimpíada Nacional em História do Brasil - ONHB. 2013. (Olimpíada Científica).

8.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.. Explorando a região da Chapada do Araripe - Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha-CE. 2012. (Aula de Campo).

9.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.. Análise da Pré-história norteriograndense. 2012. (Aula de Campo).

10.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.. 4ª Olimpíada Nacional em História do Brasil - ONHB. 2012. (Olimpíada Científica).

11.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.. Análise da Pré-história norteriograndense. 2011. (Aula de Campo).

12.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.. Explorando a região da Chapada do Araripe - Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha-CE. 2011. (Aula de Campo).

13.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.. Explorando a Serra da Ibiapaba - Viçosa do Ceará, Ubajara. 2011. (Aula de Campo).

14.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.. Análise da Pré-história norteriograndense. 2010. (Aula de Campo).

15.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M.; TAVARES, E. F. . O Método Arqueogenealógico em Foucault e a Pesquisa Historiográfica. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
10ª Olimpíada Nacional em História do Brasil - ONHB. Final presencial (UNICAMP). 2018. (Olimpíada).

2.
VIII Encontro Estadual de História da ANPUH/RN.A República ?deflorada?: O Jornal Batista e a midiatização de crimes do clero ante a Ação Católica (1930-1934). 2018. (Simpósio).

3.
VII Colóquio Nacional História Cultural e Sensibilidades.A LETRA E O ESPÍRITO: REPRESENTAÇÕES MÚTUAS DE EVANGÉLICOS E ESPÍRITAS EM PERIÓDICOS RELIGIOSOS BRASILEIROS (1929-1937). 2017. (Simpósio).

4.
VII Colóquio Nacional História Cultural e Sensibilidades.O JORNAL BATISTA, A REVOLUÇÃO DE 1930 E A AÇÃO CATÓLICA: CONVERGÊNCIAS E DISTANCIAMENTOS ENTRE O GOVERNO PROVISÓRIO E AS IGREJAS EVANGÉLICAS BRASILEIRAS (1929 - 1934). 2017. (Simpósio).

5.
Ciclo de Palestras da 6ª Olimpíada em História do Brasil. 2014. (Olimpíada).

6.
Feira de Ciências da 12ª DIRED. A beleza ao seu alcance: desenvolvimento de cosméticos à base de babosa (Aloe Vera) para o tratamento de acnes e estrias.. 2014. (Feira).

7.
IV Feira de Ciências do Semiárido Potiguar. Sistema de resfriamento de computadores a partir de óleo automotivo.. 2014. (Feira).

8.
IV Feira de Ciências do Semiárido Potiguar. A beleza ao seu alcance: desenvolvimento de cosméticos à base de babosa (Aloe Vera) para o tratamento de acnes e estrias.. 2014. (Feira).

9.
ONHB - Olimpíada Nacional de História do Brasil. Orientador de 3 equipes na final presencial da competição. 2014. (Olimpíada).

10.
ONHB - Olimpíada Nacional de História do Brasil. Prova Final da Olimpíada Nacional de História do Brasil. 2013. (Olimpíada).

11.
Ciclo de Palestras da 4ª Olimpíada em História do Brasil. 2012. (Olimpíada).

12.
ONHB - Olimpíada Nacional de História do Brasil. Prova Final da Olimpíada Nacional de História do Brasil. 2012. (Olimpíada).

13.
II CONLID.O abrigo dos estranhos: A Casa de Saúde São Camilo de Lélis e a institucionalização da Loucura em Mossoró.. 2011. (Outra).

14.
SENACEM - Seminário Nacional do Ensino Médio: História, Mobilização, perspectivas..Redemocratizando a história: o processo de redemocratização do ensino no Brasil, a LDB (lei nº 9.394/96) e suas implicações para a disciplina História.). 2011. (Seminário).

15.
XII Fórum do Cangaço. 2010. (Outra).

16.
I Encontro de Pesquisa em História Social e Cultural da UERN. 2009. (Encontro).

17.
I Semana de Ensino de História.Da loucura diluída a loucura reprimida: a trajetória do louco até a Idade Moderna. 2009. (Outra).

18.
Vivências e Saberes de um Povo: Barbalha uma visão histórica mostrada através de suas ruas e prédios.. 2009. (Oficina).

19.
XV Semana de História da URCA.Quem tem a razão? Identidade e Loucura na Sociedade Moderna. 2009. (Outra).

20.
XXV Simpósio Nacional de História. 2009. (Simpósio).

21.
III Encontro Estadual de História ANPUH - História e Ética. 2008. (Encontro).

22.
VIII CONEUERN - Congresso dos Estudantes da UERN. 2008. (Congresso).

23.
XV ENCOPE. 2008. (Encontro).

24.
A regulamentação da profissão de Historiador. 2006. (Seminário).

25.
Ciência e Religião. 2006. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
CUNHA, A. V. C. S. ; BRAZ, E. P. ; DONATO, A. ; ALBUQUERQUE JÚNIOR, A. M. . I Semana de Ensino de História da UERN. 2009. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Iniciação científica
1.
Francisco Ariston Amilton Lopes Neto. A GUERRA EM ESSÊNCIA: O USO DE ARMAS QUÍMICAS NA 2ª GUERRA MUNDIAL. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Química) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte. Orientador: Amauri Morais de Albuquerque Júnior.

2.
Tamiris Cristina de Lima Pereira. A GUERRA EM ESSÊNCIA: O USO DE ARMAS QUÍMICAS NA 2ª GUERRA MUNDIAL. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Química) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte. Orientador: Amauri Morais de Albuquerque Júnior.

3.
Clenilson José Silva de Sousa. A GUERRA EM ESSÊNCIA: O USO DE ARMAS QUÍMICAS NA 2ª GUERRA MUNDIAL. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Química) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte. Orientador: Amauri Morais de Albuquerque Júnior.

4.
Fredson Silva de Souza Aquino. O USO DE JOGOS ELETRÔNICOS E SUAS IMPLICAÇÕES PARA A REALIDADE ACADÊMICA NO IFRN MACAU. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Informática) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte. Orientador: Amauri Morais de Albuquerque Júnior.

5.
Kaio Guilherme Lemos dos Santos. O USO DE JOGOS ELETRÔNICOS E SUAS IMPLICAÇÕES PARA A REALIDADE ACADÊMICA NO IFRN MACAU. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Informática) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte. Orientador: Amauri Morais de Albuquerque Júnior.

6.
Paulo Otávio da Silva Ferreira. O USO DE JOGOS ELETRÔNICOS E SUAS IMPLICAÇÕES PARA A REALIDADE ACADÊMICA NO IFRN MACAU. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Informática) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte. Orientador: Amauri Morais de Albuquerque Júnior.

7.
Leide Carla de Santana Silva. O USO DE JOGOS ELETRÔNICOS E SUAS IMPLICAÇÕES PARA A REALIDADE ACADÊMICA NO IFRN MACAU. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Informática) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte. Orientador: Amauri Morais de Albuquerque Júnior.

8.
Nicolas Queiroz de Araújo. O USO DE JOGOS ELETRÔNICOS E SUAS IMPLICAÇÕES PARA A REALIDADE ACADÊMICA NO IFRN MACAU. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Informática) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte. Orientador: Amauri Morais de Albuquerque Júnior.

Orientações de outra natureza
1.
Sarah Rosânia e Wigna Talyta. A beleza ao seu alcance: desenvolvimento de cosméticos à base de babosa (Aloe Vera) para o tratamento de acnes e estrias.. 2014. Orientação de outra natureza - Secretaria de Estado da Educação e da Cultura. Orientador: Amauri Morais de Albuquerque Júnior.

2.
Randson Ramos e Matheus Henrique. Utilização do óleo automotivo para a refrigeração de computadores. 2014. Orientação de outra natureza - Secretaria de Estado da Educação e da Cultura. Orientador: Amauri Morais de Albuquerque Júnior.



Outras informações relevantes


Aprovado em 7º lugar no concurso para provimento de vagas de professor do ensino básico promovido pelo SEARH/SEEC-RN conforme consta em Portaria nº 044 de 27 de fevereiro de 2012 publicado no DOE-RN. 
Aprovado em 23º lugar no concurso para provimento de vagas de professor do ensino básico promovido pela SEDUC-CE conforme consta em Edital de Homologação nº 010/2014, publicado no DOE-CE de 11 de abril de 2014.
Aprovado em 7º lugar no concurso para provimento de vagas de professor do ensino básico promovido pela Prefeitura Municipal de Icapuí conforme consta em Edital de Homologação nº 01/2013 de 18 de novembro de 2012 publicado no Diário Oficial dos Municípios do Estado do Ceará.
Aprovado em 3º lugar no Concurso Público de Provas e Títulos para o Cargo de Professor do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico na Área de História do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí conforme o DOU nº 125, Seção 03, pág. 105, de 03/07/2014)



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/11/2018 às 9:21:51